Page 1

Edição 823 - 26/03/2016

Página 1

Diretor Responsável: Homero T. Tranquilli - CNPJ: 09573449/0001-13 - Cajuru, Sábado, 26/03/2016 -

Ano 17 - N.° 823 Semanal - Distribuição Gratuita / Assinantes

A Páscoa na APAE foi assim... Cajuru estreia com vitória na Taça EPTV De Fustal Páscoa solidária!!!

Página 2

Página 2


Edição 823 - 26/03/2016

Página 2

acontece

Rede Municipal de Ensino comemora Cajuru estreia com vitória na Taça EPTV De Fustal a Páscoa com entrega de ovos de chocolate Foi realizada nesta segunda, dia 21/03, em Cajuru, a rodada da TAÇA EPTV FUTSAL 2016, onde estreamos com vitória sobre a equipe de Bonfim Paulista. Na rodada recebemos dois jogos em casa e o placar ficou assim: São Simão 2 x 3 Cravinhos Cajuru 4 x 1 Bonfim Paulista Em noite muito inspirada o atleta João Paulo marcou

Durante a semana, as unidades educacionais do município trabalharam o tema Páscoa com os alunos. Cada escola desenvolveu atividades com suas turminhas, que foram desde a origem, símbolos, jogos, até chegar aos chocolates.

Na escola “Mousart Alves da Silva”, por exemplo, além dessas atividades, os alunos também assistiram ao filme sobre a Ressurreição de Cristo. Na quarta-feira, as

unidades encerraram a programação com a entrega dos ovos de chocolate. De todas as festividades, a mensagem mais importante foi a do Cristo ressuscitado e os votos de uma Santa Páscoa para todas às famílias.

Páscoa: Celebração da vida que nasce do amor A Páscoa é a celebração da presença salvadora de um Deus vivo e vivente em Jesus Cristo. Para nós cristãos, é a ‘’passagem’’ do Deus Amor que liberta e salva. É uma passagem plena de vida que renova as nossas vidas. A renovação se faz pela ação restauradora do amor. Foi por amor que Deus criou o universo. Foi por amor que Deus criou o homem à sua imagem semelhança. Foi por amor que Deus se fez homem na Encarnação do Verbo de Deus. Foi por amor que Jesus Cristo, o Filho de Deus humano, morreu na Cruz para a nossa salvação. Foi o amor de Deus que ressuscitou Jesus Cristo e venceu a morte. Assim, a Páscoa

cristã é a celebração da festa da vida e da vitória do Amor. É nessa atitude de entrega e doação que a vida vence a morte, que a luz afasta as trevas, que a graça expulsa o pecado, que a paz e a justiça superam os egoísmos e as divisões e faz comunhão. Em verdade, é o amor que gera a vida e a faz crescer e amadurecer. Vencer barreiras, vencer distâncias, superar dificuldades, vencer o mal e suas seduções, vencer os egoísmos não sadios e o individualismo; enfim, vencer todas as idolatrias: eis o caminho necessário para a nossa libertação definitiva. Eis o calvário que é necessário subir. Eis a cruz que é necessário carregar para sermos livres e vencedo-

res. Se formos capazes de morrer com Ele, com Ele também ressuscitaremos. Assim como Jesus Cristo, assim também nós. É esse o caminho da ressurreição: dar, oferecer com generosidade e liberalidade a própria vida pelos irmãos e irmãs. Essa é a Páscoa do Senhor em nós. Essa é a vida que vence a morte em suas causas. Essa é a vitória que enaltece. Essa é a nossa alegria: viver em plenitude, afastando de nós tudo aquilo que leva à morte.A Páscoa é a festa da vida, da vitória da vida e do amor. Vida do Cristo Ressuscitado e de todos os cristãos. Vivamos, pois, como ressuscitados em Cristo. Feliz Páscoa à todos vocês! André Fernandes

os quatro gols de Cajuru. A equipe jogou muito bem e contamos com a presença de muita torcida. Nosso próximo compromisso será na próxima segunda, dia 28/3, na cidade de Santo Antônio da Alegria onde vamos jogar contra a equipe de Altinópolis a partir das 20h15. Lembrando que nosso grupo é composto pelas seguintes cidades: Cajuru , Bonfim Paulista e Altinópolis onde classificam as duas melhores .

A equipe de Cajuru está representada (veja foto) por: em pé: Michel (goleiro), Adailsson, Eduardo, Hugo, Leo, Nei e Gim. Agachados: Michell (prep.

físico), Evandro, Rone, Antônio, Elvis, Nelsinho, Dozinho e João Paulo. Nossa equipe é formada somente com atletas da cidade.


Edição 823 - 26/03/2016

Página 3


Edição 823 - 26/03/2016

Página 4

A Páscoa na APAE foi assim... Páscoa solidária!!!

PARA SEMPRE...

Assim o Colégio Pirâmide fez para a APAE. Recebemos os alunos juntamente com seus coordenadores para presentear nossos alunos com uma caixa de chocolate Bis. Adoramos!!! Muito obrigada alunos e equipe Colégio Pirâmide.

Daniela Souza e família, representantes da Cacau Show em Cajuru, nos fez uma visita e presenteou nossos alunos com ovos de chocolate da Cacau Show. Que delícia Daniela, somos muito agradecidos. A APAE então só tem a agradecer a população

cajuruense que muito nos ajuda, proporcionando dias melhores aos nossos alunos. E juntamente com tudo isso, nesse dia 24/03 a APAE completou 32 anos de existência. Parabéns a APAE, seus dirigentes, diretores, coordenadores e todos os funcionários.

Fussesp doa ovos de Páscoa para os projetos Prefeito, presidente do Fundo Social e Secretário da Assistência Social fizeram a entrega O Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, através da primeiradama Dona Lu Alckmin, doou ovos de chocolate e colombas pascais para serem entregues nos projetos realizados no município. Na quarta-feira (23), o prefeito Dr. Luís Estevão, a presidente do Fundo Social de Cajuru e o secretário de Assistência Social Adilson Simeão fizeram as entregas. Durante a comemoração da Páscoa, o prefeito ressaltou a importância da data falando do principal motivo: Cristo ressuscitado. Na mesma ocasião respondeu perguntas dos alunos e falou dos investimentos que vem fazendo na Educação,

desde o material escolar que conta com o método Positivo (um dos melhores do país), dos cursos de capacitação voltados aos professores, diretores e coordenadores e das construções/reformas/ ampliações/adequações nas unidades escolares. A primeira-dama falou da importância de cada um estudar e saber pensar por si, ter visão crítica e sempre questionar para formar sua própria opinião. Em todas as unidades desejaram uma Feliz e Santa Páscoa. Em outro momento, o secretário de Assistência Social entregou ovos de chocolate (que ganhou) às presas da Cadeia Pública de Cajuru.

Bom dia a todos. Pessoal, hoje começo falando do meu time do coração e que torço desde que me interessei por futebol. Meu time não está na libertadores, não está disputando títulos e já nem aparece nos principais noticiários esportivos. Muito pelo contrário. Meu time do coração, a Portuguesa Desportos, ou a famosa (pelo menos para mim ) Lusa, disputa atualmente a Segunda Divisão do campeonato paulista e a terceira divisão do brasileirão. Atualmente só consigo acompanhar meu time pela internet, não há outra maneira. Mesmo assim nunca vou deixar de torcer para a Lusa,

pois esse é o time do meu coração. Já na política eu não torço eternamente e nunca torci para partido nenhum. Torço momentaneamente ( e voto) naquele partido que me parece ser o melhor para o nosso país. Em 1989 votei no saudoso Mario Covas no primeiro turno para presidente. Perdi. No segundo turno daquela eleição, fui a comícios, coloquei adesivos no meu carro e também votei no então candidato Luis Inácio Lula da Silva, candidato do PT, Partido dos Trabalhadores, que concorria com Fernando Collor de Melo. Perdi novamente. Naquela ocasião eu estava sim torcendo para

o Lula. Os anos se passaram e a assim como meu time, Lula e seu bando me decepcionaram muito, e o PT atualmente não tem minha torcida e muito menos o meu voto. Mas para o meu time continuo torcendo para o resto da minha vida Para mim há uma diferença muito grande entre um partido político e um time de futebol. Enquanto um partido político decide o futuro do país para o bem ou para o mal, o futebol não passa de uma brincadeira, de uma distração. Mudar de time de futebol nunca, mas mudar de partido, quando esse não agrada, sempre. Muitos não pensam assim, infelizmente

CANDIDATOS Todos sabem que em Outubro desse ano teremos eleição para escolher o nosso novo Prefeito. Já estou ouvindo alguns nomes para o cargo de comandante da nossa cidade. Como bom jornalista vou começar nessa edição a revelar os nomes. O amigo Luciano Menta, o popular Marreta está confirmado e vai ser candidato a Prefeito. Marreta é um homem de visão e vai escolher as pessoas certas, para os cargos certos. A primeira medida do nosso futuro Prefeito será a mudança da sede da prefeitura. Mareta passará a despachar no Kantão, onde estará mais próximo dos eleitores. Marreta já escolheu seu vice. O ex Vereador e o maior goleiro que Cajuru já teve, Muxoxo, já está confirmado. Muxoxo pretende fazer uma boa campanha e agradar os eleitores.Ele vai distribuir grande quantidade de FRANGOS e PERUS para a população. Marreta me conta ainda que Cajuru vai ser a cidade modelo na área da educação, e para o cargo de secretário ele vai contar com Breta ou Alexandre Turco ou Ademir Toseti. Ou melhor ainda. Os três para dar uma

boa educação em dose tripla para nossas crianças. Que maravilha. Já para secretário do Meio Ambiente o futuro prefeito já fechou contrato com o senhor Miguel Simplício, o defensor da natureza, e sua fiel e inseparável Moto Serra. Marreta promete ainda acabar com a dengue, eliminando é claro o Aedes Egypti, e para isso já contratou o Paulinho SAPO e o RÃ. Não vai sobrar mosquito em Cajuru. Já nossas crianças terão aulas de futebol todos os Sábados e Domingos. As aulas serão ministradas pelos professores Bolinha, Xixi, João Beline e eu também, além do seu Vitório, que trouxe uma nova técnica de futebol do Japão. As aulas serão teóricas e serão dadas no Kantão, tudo isso com a supervisão do João Branca. As crianças vão sair verdadeiros craques. Já na oficina da nossa prefeitura o Marreta contratou como chefe o Paulinho. Boa contratação, pois se quebrar alguma peça o Marreta pede para que o Paulinho SORDI, não precisa comprar peça nova. Já na área da segurança podemos dormir tranquilos, pois foram contratados os irmãos GUAR-

DINHAS, o da Farmácia e da Apae, além do MAJOR.No aniversário da cidade o futuro prefeito promete fazer o maior e mais gostoso bolo. Já foram contratados o Zé do LEITE, o Tadeu PÓ ROYAL, a dona GEMA e o João COCO. Já a nossa praça central ficará mais bonita ainda, pois nela serão colocados na gestão do Marreta o Vander GRAMINHA, a ROSA a HORTÊNCIA e a MARGARIDA, além do COROTE cheio de água para regar as plantas. Já a nossa horta municipal vai ficar por conta do Zezinho VERDUREIRO, que já convocou o Jones ABOBRINHA, o CEBOLA , o CHUCHU, o BATATA e até o João BANANA. Nessa horta fica expressamente proibida a entrada do José Carlos COELHO, do Silvio Barrufini, o CABRITA e do Luis Henrique Toseti, o BODE , que vão comer as nossas verduras e frutas... Vote Marreta, ele vai arrumar a cidade... BOM FINAL DE SEMANA A TODOS E FIQUEM COM DEUS eugenio.p.elias@gmail. com


Edição 823 - 26/03/2016

Página 5


Página 6

Edição 823 - 26/03/2016


Edição 823 - 26/03/2016

Página 7

HOLO-COLUNA No momento, vamos tratar da liberdade do indivíduo e transcendência divina na reflexão filosófica hebraica contemporânea, destacandose fundamentalmente Buber e Lévina. Matin Buber, nasceu em Viena no dia 8 de fevereiro de 1878 e, aos três anos de idade, com a separação dos pais, foi morar com os avós em Lemberg (Leópolis), na Galícia, permanecendo até os quatorze anos. Nesse período, o avô Salomon, estudioso da tradição midráxica, o influenciou muito. Buber torna-se um estudioso do hassidismo, o movimento místico popular que tinha um notável seguimento na Europa Oriental - Podólia, Volínia, Galícia, Ucrânia - a partir do século XVIII. Também, sustenta o sionismo, compreendido como “educação”, e como desejo de conhecimento das próprias raízes, consciência da profunda identidade hebraica em grau de abrir o judeu ao compromisso e ao confronto com no mundo, e não tanto como doutrina política a ser colocada como base

de qualquer partido. A partir de 1904, depois da ruptura com Herzl, Buber dedica-se ao estudo do hassidismo, passando do apreço estético dele para uma interpretação religiosa que vê nos textos dos relatos do hassidismo o senso sagrado da vida. Daí, resultam as obras: As histórias de Rabbi Nachman, 1906; A lendo do Bal Shem, 1908; Confissões estáticas, 1909; Daniel: diálogos sobre a realização,1913. Mas é em 1923 que ele publica a sua obra filosófica mais conhecida: O princípio dialógico. Em 1925, juntamente com Rosenzweig, Buber inicia a tradução da Bíblia em alemão, contudo, com a morte de Rosenzweig em 1929, ele prossegue sozinho até concluir a empreitada em 1961; um trabalho de 36 anos de dedicação. Da meditação sobre a tradição hebraica nascem livros importantes: A realeza de Deus, 1932; A fé dos profetas, 1942; Moisés, 1945. Em 1938, por causa da perseguição nazista, Buber se transfere da Alemanha para Jerusalém, passando a ensinar sociologia até o ano de 1951.

406 - Buber e Lévinas

Depois dos oitenta anos passa a enfrentar uma campanha antipopular, mediante a sua manifestação de contrariedade pela execução de Eichmann, um dos principais responsáveis pelo Holocausto. Buber morre em Jerusalém no dia 12 de junho de 1965, aos 87 anos de idade. Emmanuel Lévinas nasceu em Kaunas, na Lituânia, em dezembro de 1905. Seu pai era papeleiro e livreiro. E isso fez com que ainda jovem viesse se familiarizar com grandes escritores da literatura russa: Dostoiewski, Puskin e Gogol. Aos 12 anos está na Ulcrânia e, ainda adolescente testemunha a revolução russa. Em 1923 transfere-se para a França; e em Estrasburgo segue os cursos de filosofia, e faz amizade com Maurice Blanchot; em 1928 e 1929 vai a Friburgo, na Brisgóvia, onde, além de assistir às aulas de Husserl, conhece Heidegger. Assim, é reconhecido como um dos primeiros a levar os pensamentos destes dois filósofos ao meio francês. Lévinas se associa à srta. Peiffer

RUBBERKING INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE AUTO PEÇAS LTDA torna público que recebeu da CETESB a Renovação da Licença de Operação Simplificada Nº 4000219 , válida até 22/03/2020, para Peças e acessórios nãoeletricos, n.e., para veículos automotores; fab à RUA JOSÉ BONIFÁCIO, 160, CENTRO, CAJURU METALURGICA TANAKA IND. E COM. LTDA, torna público que requerem na CETESB a Renovação de Licença de Operação para fabricação de terminais de direção, sito a Rua Benedito Inácio Barbosa, nº.20, Distrito Industrial, Cajuru-SP

para traduzir as Meditações cartesianas de Husserl; e o primeiro estudo em francês sobre Heidegger é atribuído a Lévinas. Apesar da amizade e da gratidão a Heidegger, nunca o perdoou pelo fato de haver se comprometido com o nazismo: “A muitos alemães se pode perdoar, mas há alemães aos quais é difícil perdoar. É difícil perdoar Heidegger”. Depois da guerra Lévinas dirige a Escola Normal Israelita Oriental e, a partir de 1957 comenta o Talmud no decorrer dos “Colóquios” dos intelectuais hebreus franceses. Mas, somente em 1961 publica sua grande obra: Totalité et infini (Totalidade e infinito). Torna-se professor na Universidade de Poitiers, depois, a partir de 1967, vai para a Universidade de Nanterre; em 1973 migra para a Sorbone. No ano seguinte apresenta o livro Diversamente que ser ou para além da essência; e em 1982 é a vez da obra De Deus que vem à idéia. Em 1995, aos 90 anos, Lévinas morre. Hassidismo. Com este ter-

mo (de hassid, hebraico, que significa “piedoso”) indica-se o movimento místico-popular judaico que, embora presente em séculos anteriores em outros países, teve influência notável e amplo seguimento na Europa oriental. Sionismo. Concebe-se o movimento cultural e político hebraico nascido pela metade do século, que tende à volta na e à reapropriação da terra de Israel, como traços constitutivos de identidade do povo judeu. Foi Moises Hess (1812-1875) que lançou a idéia de uma volta à terra de Israel em seu livro Roma e Jerusalém (1862). A Holosofia confia ao PHS (Programa Holosófico de Saúde) o planejamento, a execução e a supervisão dessa inédita metodologia de uma medicina social holística, destinada à comunidade, a partir do indivíduo. E, nesse contexto, a comunicação tem função importante em dire-

ção à saúde, daí este espaço jornalístico preenchido semanalmente com a Holo-coluna. A história dos filósofos acima ilustra muito bem a relevância do “pensar” na vida saudável da pessoa e da sociedade. Traga esta afirmativa para a realidade atual brasileira e conclua o quanto de prejuízo material e moral um “grupo” (ou uma “facção criminosa” , investida do “Poder”) é capaz de causar a uma Nação, com expressiva maioria de não-pensantes. Talvez, no fim, o crime pela quebra de sigilo (sobre corrupção de autoridades) seja considerado mais grave do que a soma de bilhões de reais subtraídos do povo. Então, teremos confirmada a célebre frase: “O errado é que está certo”. Eis ai a caracterização de uma gravíssima doença (mental e moral) de indivíduos e de uma sociedade. Portanto, um desfecho imprevisível.

Prof. Me. Sebastião Saraiva, Maitreya Médico, holósofo e filósofo Cel. (098) 8282.9888 Site: www.holosofia.com.br Amor é ação,vai além da palavra.

A Coca Cola Industria de Refrigerantes Internacional escolheu a Montadora Colhicana de Cajuru como fornecedor de maquinas de Colher Cana para produção de açúcar. Colhicana levando o nome de Cajuru pelo Brasil e pelo Mundo.


Página 8

Edição 823 - 26/03/2016


Edição 823 - 26/03/2016

Página 9


Página 10

Edição 823 - 26/03/2016


Edição 823 - 26/03/2016

Página 11


Página 12

Edição 823 - 26/03/2016


Edição 823 - 26/03/2016

Página 13

Zaocaj823 sitee  
Advertisement