Issuu on Google+

®

Diretor Administrativo: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Editor: Victor Cervi (Mtb 11226) - Santa Rosa de Viterbo, 08/02/2014 - Ano 20 - N.º 929 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

Hermana morre em Vinhedo

R$ 2,00

Pior janeiro de chuva em 16 anos Homem que morreu no Teto, já tinha matado em outro bar

A morte da irmã Hermana Cancelier, sábado passado, deixou 'um grande vazio' na Casa da Criança, segundo avaliação de uma colega dela. A maioria das crianças ainda não se deu conta da perda. A religiosa trabalhou na CC por 27 anos. Sua morte, em Vinhedo, foi motivada por insuficiência respiratória.

A esposa de Valdeir, sentada ao lado do corpo do marido, que está coberto por uma lona aguardando a perícia chegar. O crime foi na noite de sexta-feira, 31. Os autores dos 5 disparos ainda não foram encontrados

Filha e neta de “seu” Eduardo Aguiar aguardam cumprimento de Lei de 1990 que dá seu nome a uma rua ou praça da cidade

Sabesp garante que não vai racionar água Prefeito na "operação limpeza" desagrada comerciantes Relíquia guarda história do Conde

Barraqueiros acampam na praça “Conde” a espera da Festa de Reis

Pescador preso com 80kg de peixe Um conhecido pescador da cidade foi preso pela Polícia Ambiental ontem de manhã em sua casa. O infrator pagou fiança de 700 reais e vai responder a inquérito por crime ambiental, além de pagar multa de cerca de R$1.800

Ex-goleiro da seleção brasileira vai representar craques santa-rosenses


OPINIÃO

PÁGINA 2

EDITORIAL Cobrar - Conforme noticiou o jornal "A Cidade de Ribeirão Preto" lá em Serrana já estão apurando o uso de empresa recém-criada de transporte para prestação de serviço público de grande valor. Aqui, alunos já começam a vir no Jornalzão reclamar de mensalidade cara. Na verdade, meus jovens, vocês têm que reclamar é da sua associação. Aquela que vos representa. Não adianta chorar que o prefeito tem que dar mais subsídio, pois acreditamos que ele está dando até demais. R$ 60 mil mensais! O problema está no colo de vocês. O Jornalzão vai cobrar das autoridades o cumprimento da lei, a transparência e a aplicação correta de dinheiro público em entidade séria. É o que podemos fazer. Matador - Coincidência ou não o homem que foi morto com tiros na semana passada no Nosso Teto já tinha matado outro pessoa no mesmo bar e na mesma hora em 2006. Seria vingança, tanto tempo depois? A Polícia procura pistas do assassino, mas até ontem o caso permanecia sem solução. Boa notícia - O fato de que o ex-goleiro Doni poderá levar dois garotos de Santa Rosa para times profissionais é auspicioso, porque os garotos poderão ter um futuro melhor, sonho de todos os meninos brasileiros. O que não há, e se houver, é muito raro, é a notícia de que uma empresa vai levar garoto brasileiro para estudar no estrangeiro e depois trazer os conhecimentos para nosso país sair do atraso em que se encontra com tantas denúncias corrupção e roubalheira do dinheiro público; o Brasil não deveria ser só futebol, nada contra o futebol, é claro, mas estudo é fundamental. Barraqueiros - Parecia uma favela a praça “Conde”. Barraqueiros vindos de vários lugares dormindo na praça, embaixo de lonas, sem nenhuma higiene. Alguns foram enviados para a JAS e outros dormiram na quadra de esportes da “Praçaude”. Alguns bares foram fechados por falta de alvará esta semana. E estes barraqueiros? Sem banho, sem nenhum fiscalização, vão vender suas comidas, bebidas e bugigangas livremente?

EXPEDIENTE O JOR NA LZÃ O é um a pub lic açã o da edi to ra And ré Na gib Mo uss a ME Re da çã o: rua C ond ess a F ilo me na Mat ara zz o, 95 - C en tro - San ta Ro sa de Vi ter bo- SP - CEP 14 .27 0- 000 Fo ne/ f a x: (16 ) 395 4 3 289 Us uár io Pap el Im un e: UP - 081 09 /01 4 - Di ret or Ad min ist ra tivo: And ré Mou ssa - Dir eto r d e R ed açã o: Vic to r C erv i - Free lancer - Romeu Antunes - Co la bor ad ore s: Ana Lígia, P a dre A lex, C lél ia Za nar do, S erg inh o G omes, João de Bem, Mário Egidio e Ro gér io Mo sca rdi ni Ar te f i nal ist a: Ju nio r - Co nt ato C ome rc ia l: Joa na Dobras Ti rage m: 2.700 exempl ares - Ci rcul açã o: S anta R osa d e Vit e r b o Pe r i o d ic i d a d e : Se ma n a l - R $ 2 ,0 0 p o r e xe mp l a r - E mai l:o jor nal zao @oj or nal zao .co m Im pre ssã o: Gra fi sc, Sã o C ar los . “ A rt igo s a ssi na dos s ão de in tei ra res pon sa bil ida de de se us aut ore s, nã o r epr ese nta nd o n ece ssa ri ame nte a opi ni ão do jor na l.” O Jor nal zão s e r ese rva o di rei to de res umi r c art as que co nsi dera r i nad equ ada s a o e spa ço dis pon íve l. O JOR NA LZÃO É AFIL IADO À A B RA RJ

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

CARTAS Á REDAÇÃO

CRÔNICA & CONTEXTO

Quem fiscaliza?

por João de Bem

Odorico Paraguaçu? Eu gosto de acompanhar o que acontece na vida pública da nossa cidade, pois creio que só resolveremos os problemas da nação quando conseguirmos resolver os problemas da cidade onde moramos. A câmara de vereadores aprovou uma lei, a 4002/13, que dispõe sobre a emissão de ruídos sonoros proveniente de veículos automotores, de autoria do vereador Adalberto Gonini Junior. Nessa lei, estão previstas sanções a quem descumprí-la, assim como estão definidos os parâmetros para aplicação da mesma, e no seu art. 4º diz que a "autoridade municipal responsável pela fiscalização..." é quem deverá tomar as providências, caso essa lei esteja sendo descumprida. Pois bem. Se levarmos em consideração o texto da lei, posso afirmar que ela está sendo integralmente descumprida, e então, como não sei quem é a autoridade designada para tal, enviei um e-mail à prefeitura através do endereço "administracao@santarosa.sp.gov.br" solicitando informações sobre quem é responsável pela fiscalização, quais os meios de contato, se está disponível dia e noite, inclusive feriados e fins de semana. Ainda não obtive resposta. Faz parte do conceito de cidadania a participação efetiva na vida pública da nossa cidade, e não precisa ser filiado a nenhum partido e nem ocupar nenhum cargo eletivo para participar. Basta acompanhar o que os representantes dos eleitores estão fazendo, cobrar eventuais desvios, sugerir melhorias e inovações, e exigir o cumprimento das leis que existem justamente para melhorar a vida em sociedade. José Roberto Aguiar

Personagem da novelesca "O Bem Amado" de Dias Gomes, muito bem interpretado por Paulo Gracindo, levada ao ar em 1973. Caricaturalmente diz muito de personagens da vida real no cenário político brasileiro. Rumores na Terra do Tirisco - editorial deste jornal sobre contratação de ônibus escolar - e, perguntas respondidas por e-mail sobre três assuntos - Carnaval, Cemitério e Assessores, pode nos oferecer algumas interpretações mais sobre a atuação do personagem real que elegemos como prefeito. O cidadão, ora prefeito, particularmente pode, mas, o prefeito não - dispor de recursos públicos - mesmo não integralmente, para pagar serviço prestado por empresa e/ ou funcionário vinculado ao serviço público. Há impedimento legal. É preciso averiguar o que realmente está ocorrendo para a quebra de continuidade dos serviços com a empresa que tradicionalmente transportou os universitários. A decisão deve estar fundamentada em documentos de licitação. Podemos estar às voltas com nosso Odorico. Sobre o Carnaval - particularmente gostei muito em uma época onde era mais festa que bagunça. Hoje tenho receio - prefiro ficar distante de aglomerações de pessoas que estão sob efeito de qualquer coisa que afete o estado natural de consciência. E, sob condições alteradas, tudo pode acontecer. Tradicionalmente a maioria gosta. Bem entendido - maioria de jovens e adolescentes deslumbrados com a vida nessa idade de hormônios a flor da pele e muita adrenalina. Prevenir é melhor que remediar. Acredito que a maioria dos pais fica preocupada com seus filhos durante esses eventos. Campanhas de prevenção e policiamento ostensivo não são suficientes para reuniões que envolvem uma série de fatores de risco, principalmente a vida de jovens ainda despreparados. Eventuais recursos para o Carnaval deveriam ter melhor destino, como para a educação e a saúde. O que me fez lembrar Odorico, prefeito da ficção a pergunta sobre o cemitério. Canalizar recursos para construir uma nova necrópole parece ser prioritário. Por toda parte ouve-se reclamações. Dizem que alguns corpos vão para cemitérios de cidades vizinhas. Realmente, o atual não tem para onde expandir - a não ser para cima. Seria um paliativo - lá na frente, a manter-se tradição/cultura religiosa, outra área deverá ser disponibilizada para enterrar mortos com construção de grandes jazigos. Assessores - nesse caso são perfeitamente dispensáveis - visto que o prefeito tem características autocráticas. Para quê servem assessores que não assessoram em nada? Não sei quanto recebem esses comissionados, mas não importa o quanto recebam - são caros ao contribuinte, visto o nobre alcaide comandar e decidir por todos. É provável que o "staff" de assessores do prefeito não faça nenhuma diferença operacional. Nosso "Odorico" já deve ter seu "Dirceu Borboleta" na assessoria de imprensa - nota-se pelas palavras nas "esclarecedoras" respostas enviadas ao jornal. Há uma diferença entre o prefeito da ficção e o da vida real - aquele era muito mais divertido - em tudo!


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

GERAL

PÁGINA 3

Nova empresa de ônibus custa mais que a Helenotur Associação de Estudantes paga a empresa R$ 8 mil mensais a mais. Mensalidades subiram A ASE - Assoc iação Santa-rosense de Estudantes mudou a empresa de ônibus que transporta alunos que estudam em Ribeirão Preto. Tirou a Helenotur e contratou uma empres a recém criada, de um motorista da prefeitura, que por sua vez terceirizou ônibus da empresa Cidade Jardim de Serrana. A mudança fez o preço do "pacote de serviços" subir R$ 8 mil mensais. O pacote da Helenotur custa R$ 14.500 por ônibus, R$ 8.500 por micro-ônibus e R$ 4.500 por van. Com o novo formato os estudantes pagarão para a nova empresa R$ 15.500 por ônibus, R$ 9.500 por micro e R$ 6. 500 por van. Pelo

menos R$ 8 mil mais caro, se viajar dois veíc ulos de cada tipo. AASE não cotou com nenhuma outra empres a, conforme disse o seu presidente Diego Rosa, no Jornalzão na semana passada. Orçamento por es crito a ASE apresentou só o da recém criada empresa. O Jornalzão entrou em contato com a Helenotur e a diretora da empresa Elenic e F. A de Siqueira, diss e que a empres a sempre negoc iou com uma comis são de alunos e sempre se chegou a um cons ens o. "Reafirmo que a Helenotur sempre es teve dispos ta, de forma transparente, a negoc iar com a ASE", diss e.

Vereador quer ver alvarás e laudos sanitários dos órgãos municipais O vereador Carlos Messias disse ao Jornalzão que está cobrando da prefeitura os alvarás de fiscalização da ANVISA e laudos da Vigilância Sanitária dos órgãos municipais, entre eles pronto socorro, postos de saúde, cozinha piloto, entre outros. Segundo o vereador, ele foi procurado por diversos donos de bares da cidade e questionado sobre se a situação dos órgãos públicos é legal. "Pedi os laudos e alvarás e aguardo uma resposta", disse. "E se não estiver tudo regularizado, que feche e regularize", completou.

Sobre insinuações de que a empresa não teria doc umentos para viajar, Elenic e mostra o Certificado na Artes p com vencimento em 17/08/2017. "Claro que temos licença. Sempre tivemos. Somos uma empres a idônea, s egura e confiável", diss e. Aumento de preço Um aluno procurou a redação do Jornalzão ontem. Segundo ele, que viaja durante o dia, a mensalidade aumentou cerca de 30%. "Recebi meu boleto e o valor é de quase R$ 210. Aumentou muito", dis se. O Jornalzão enviou e.mail ao presidente da ASE, que respondeu ao Jornalzão. Leia a resposta no box ao lado.

CPI em Serrana Fato parecido acontece em Serrana, cidade da nova empresa de ônibus. Lá a Câmara de Vereadores deve abrir uma CPI para investigar contrato da prefeitura com empresa recém criada de transporte. Vereadores daquela cidade ac reditam que um laranja foi usado para alguém obter vantagem. Esta notícia foi publicada pelo jornal "A Cidade" de Ribeirão Preto. Aqui em Santa Rosa, a empresa rec ém c riada não foi c ontratada diretamente pela prefeitura, e sim pela entidade ASE, que recebe cerca de 56 mil reais mensais de subs ídio da prefeitura.

Vivo deixa cidade “fora do ar”, de novo Bancos fecharam ontem mais cedo e telefones e internet não funcionavam. mais uma vez a Vivo deixou Santa Rosa “fora do ar”. o problema está se tornando frequente e ninguém consegue uma explicação da empresa. Sem cabo telefônico - José Guglielmo, que trabalha com internet mudou-se de São Paulo para o Jardim Dom Bosco faz algum tempo e reclama que não está podendo trabalhar por falta de cabo telefônico naquele bairro. "Já fui na Vivo, na prefeitura, mas até hoje não resolveram o problema." Ele revela que uma padaria, que fica vizinha à sua casa, teve que puxar um cabo do Nosso Teto para poder usar a rede da internet.

Presidente da ASE se pronuncia O Jornalzão enviou e.mail ao presidente da ASE, Diego Rosa, perguntando se havia aumento nas mensalidades dos alunos. Diego respondeu ontem, no final da tarde. Leia na íntegra a resposta: “Sobre os Valores da mensalidade, o valor da mensalidade foi rateado entre os estudantes da seguinte forma. Os estudantes que pagam 50% - que viajam ate 2 vezes por semana Os estudantes que pagam 100% - que viajam de 3 a 5 vezes por semana Algumas linhas que irão começar a partir de 17/01/2014 ex: USP oficial e Anhanguera foram rateados proporcionalmente ate dia 28/02/2014 A partir do mês de março todos os estudantes estarão cadastrados e consequentemente o numero de rateio será maior. Estamos organizando uma rifa, cada estudante recebera um bloco com 10 números no valor de R$ 10,00 Os prêmios será: um X-BOX One e uma TV LG 32' 3D (dinheiro utilizado com as inscrições proporcionais de 01/2014) Os valores serão revertido 100% para o estudante. A quantidade de rifas vendidas será a quantidade de desconto No ano passado tivemos muitas desistências no inicio, caso esse ano aconteça o mesmo numero de desistência eu vou estar atento para corte de veículos. Estou trabalhando com o numero que tenho. Peço a paciência de todos, pois só vou conseguir a visão total da rota de aluno quando todos estiverem viajando.”


PÁGINA 4

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 5


PÁGINA 6

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

GERAL

PÁGINA 9

Morre Hermana Cancelier, 'bondade e humanidade' Hermana Cancelier chegou a dizer a uma amiga que 'gostaria de morrer em Santa Rosa'. Não foi possível. Sua morte, sábado passado, aos 80 anos, oc orreu em Vinhedo, na casa de repouso onde estava internada desde o dia 13 de janeiro último. A causa: 'insufic iência respiratória decorrente dos traumas' no acidente que sofreu em dezembro último, na Casa da Criança onde trabalhou por 27 anos. Assim como seu corpo, sepultado no cemitério local, seu nome ficará para sempre na cidade, eternizado em uma escola municipal, no bairro 'Luiz Gonzaga'. Ela c hegou c om a Congregação Irmãs Benedi-

tinas da Divina Providência que as sumiu a direção da Casa da Criança 'Luíza Garcia Ribeiro' em 1985, e aqui fez história. - Nós aprendemos muito com a irmã Hermana, de bondade e humanidade. Era 100% humana, sabia fazer de tudo, principalmente, compreender a gente - disse a cozinheira Lilian Ap. Tártaro Fedel, 55 anos, 6 dos quais na CC. Sua companheira, Márcia Ap. da Silva Osório, 37 anos, com 6 meses no trabalho, concordou, mexendo panela de leite. - Estamos fazendo queijo, e foi a Hermana que nos ensinou - disseram ao mesmo tempo, na última terça-feira.

Ela colaborou até com Carnaval

Lilian e Márcia aprenderam a fazer queijo com Hermana Irmã Hermana (primeira à esquerda) plantou uma árvore em creche que leva seu nome

Superiora diz que 'era uma guerreira!' Hermana é nome religioso. O de batismo era Salute Cancelier, nascida em Orleans - SC, no dia 13 de agosto de 1933. Ingressou na Congregação das Beneditinas em 1955, e no noviciado, no ano seguinte, em Nova Veneza-SC. Pronun-

ciou seus primeiros votos em 1957, na mesma cidade, e a profissão perpétua em 1962, no Rio de J aneiro. Entre as colegas era tida como 'pessoa com grande espírito de sacrifício, simples, talentosa, transparente, guerreira e muito dedica-

da à missão de acolher, assistir e educar', segundo documento assinado pela irmã Bárbara Cristina Ferreira Britto, superiora provincial. Ela veio para Santa Rosa em agosto de 1983 e trabalhou como voluntária por 1 ano na CC. Manteve-

se ali quando a congregação assumiu a direção, em fevereiro de 1985, embora tenha se ausentado por alguns períodos. Trabalhou também em Três Pontas, Elói Mendes e Contagem - MG, Ramos - RJ, Imbituba - SC e Osasco - SP.

Colega acredita que ela deixará vazio grande Desde que as sumiram, as Beneditinas emprestam estilo próprio de gestão à Cas a da Criança 'Luiza G. Ribeiro'. Menores entre 4 meses e 10 anos têm à disposição 51 profissionais, 21 remunerados pela congregação, e 30 contratados pelo 'Projeto Águia' que tem subsídio oficial. Na parte da manhã os alunos de pré-esc ola trabalham em sala de aula. À tarde vão para o lazer. Os maiores de 7 anos saem para freqüentar as es colas 'Vergílio' , 'Maurílio' e 'Parquinho'. Os bebês s ão as sis tidos por

babás. Todos têm 5 refeições diárias. A s ede mundial da Rede Beneditina está na Itália. No Brasil existem 2 províncias: Norte e Sul que abrangem também outros países. - Somos verdadeiros soldados. A gente vai para onde nos mandam, coerentes com os nossos votos salienta Pierina Copetti. Depois de ajudar na distribuição de alimentos e estimular as crianças a comerem verduras, ela falou sobre a colega desaparecida. - A irmã Hermana foi

incansável em todos os sentidos . Era de gênio forte,

mas acolhedor. Deixará um vazio grande na Casa.

Irmã Pierina (ao fundo) assessorando crianças na hora do almoço

As 238 crianças, matriculadas este ano na instituição, seguem a rotina sem desconfiar de nada. - Na hora em que derem pela falta de Hermana, a gente comunica - explica a irmã Pierina Copetti, membro da mesma confraria. Luiz da Paz, membro do Rotary Club, que acompanha de perto os problemas envolvendo crianças na cidade, é um admirador de Hermana Cancelier. - Ela era uma ovelha que, mesmo perdida em suas dores, mantinha estampados no rosto, amor e carinho pelas crianças. Era também uma leoa, capaz de dar a própria vida pelos filhotes, se a situação obrigasse. André Nagib Moussa, diretor de O Jornalzão, lembra uma peculiaridade. - Quando participamos do 1º carnaval de rua de Santa Rosa, em 1985, não tínhamos quem arrumasse o carro alegórico do nosso bloco, 'Mocidade Dependente do Papai'. Minha mãe (Laila Mussi Moussa) sugeriu, 'procura a Hermana que ela faz'. Hermana acabara de chegar à cidade, a gente ainda nem a conhecia. Bastou pedir e ela nos atendeu com boa vontade e competência.


PÁGINA 10

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

Na procura pelo 'caminho da fé', ciclistas se admiram com ciclovia da cidade

Quatro ciclistas passaram por Santa Rosa, por volta de meio dia do último domingo, para ingressar no 'Caminho da Fé', com destino a Aparecida do Norte. Eles saíram de Jaboticabal, onde residem, a 1 da manhã do sábado, dia primeiro, com previsão de chegada a Aparecida na quarta ou quinta feira da semana que passou. - O que mais chamou nossa atenção em Santa Rosa foi a ciclovia. Em Jaboticabal não tem isso - revelou Orlando Silva, 46 anos, policial aposentado que estava acompanhado pela filha Izabella Theodoro da Silva, estudante de 17 anos. Completavam o grupo, o trabalhador de serviços gerais Rodrigo Marioti, 33 anos, e o engenheiro de software Luiz Madeira, 44 anos. - Sou devoto de N. S. Aparecida, mas estou nesta viagem pra fazer exercício - disse Madeira, membro do Grupo de Mobilidade Urbana que pleiteia uma ciclovia em Jaboticabal. Os demais disseram que a motivação é religiosa. A volta, segundo eles, seria pelo asfalto. Orlando contou que, ao solicitar informações em Santa Rosa, foi aconselhado a 'cortar' o caminho. - Ora, que graça tem isso! Uma das atrações é conhecer um pouco da história das comunidades do caminho. Se a gente cortasse, não teríamos conhecido Nhumirim, por exemplo!

GERAL

Família Rachetti guarda agenda Matarazzo de 1926 Wagner Rachetti herdou do tio João Rachetti uma rarís s ima "Agenda Matarazzo" de 1926, que era dis tribuída na époc a pela empresa para empregados graduados e clientes. Bem cuidada e em perfeito estado, a agenda tem formato de um livro, com 372 páginas, capa colorida e calendário com os santos do dia nas capas internas, c om fotos das indústrias do Conde, inclusive perfis do Conde, de Ermelindo Matarazzo e Francisco Matarazzo Júnior, que veio a herdar o império Matarazzo depois da morte do patriarca. Na época da agenda, 1926, o Conde tinha 35 estabelecimentos, incluindo frigorífico, óleos vegetais, casa bancária, engenho de arroz, navegação, seda artificial, tecelagem, moinho de trigo, fundição, refinação de açúcar, sabonetes, sabão, serraria, adubo, insetic ida e outros. Era correspondente do Banco de Napoli, tinha filiais do Rio de Janeiro, Santos, Curitiba, Pernambuc o, Bahia e Ponta Grossa, Buenos Aires, Rosario de Santa Fé, Bahia Blanca e Nova Iorque. A agenda ainda tem anúncios dos produtos fabric ados pelas Indústrias Reunidas Franc is c o Matarazzo, como Licor Brasil, em que diz: "A preparação desses productos, assim como os

outros de seu fabrico, ou sejam vermouts typo Torino e francez, Quindao, Cognacs, Fernet, Bitters, Genebra, é feita pela destilação de plantas e outros matérias primas de superior qualidade, metic ulos amente escolhidas,não entrando na sua composição nenhuma es péc ie de es s ênc ia, o que,por si só,constitui uma incontestável garantia ao c onsumidor". Como toda agenda, a Matarazzo tem informações sobre o sistema métrico, fórmulas para calcular a área de figuras geométricas mais comuns, datas das festas nacionais brasileiras e festas estaduais, estações do ano, classificação dos solos, conselhos úteis para picada de cobra; choques elétricos e muito mais. No final traz es paços em branc o para que o dono da agenda anotasse compromissos do dia a dia, de segunda a segunda-feira. Não há informações se a IRFM publicou outras agendas ou fic ou neste primeiro número . Naquele ano, o grupo ainda não tinha comprado a Fazenda Amália, que pertencia a Henrique Dumont. Segundo conta o jornalista Victor Cervi no livro "Os desbravadores", onde publicou uma biografia do Conde, quando ele morreu, tinha 365 indústrias, uma para cada dia do ano.

PÁGINA 11


PÁGINA 12

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 13


PÁGINA 14

Abertas matrículas para o ‘Projeto Guri’ De 03 de fevereiro a 07 de março as matrículas estarão abertas no Projeto Guri - Polo Santa Rosa de Viterbo para crianças e adolescentes entre 08 e 18 anos incompletos, nos cursos de violão e percussão/bateria. Para participar não é preciso ter conhecimento prévio em música e nem possuir instrumentos. Os interessados deverão se dirigir ao Centro Cultural Municipal, na Rua Sete de Setembro, 1000 – Centro, acompanhados pelo pai, mãe ou um responsável, de segunda a sexta, das 13h30 às 17h30, levando os seguintes documentos: cópia da Certidão de Nascimento ou RG do interessado, cópia do RG do responsável pelo interessado, cópia de um comprovante de endereço, cópia do Boletim Escolar de 2013 e Declaração de Matrícula Escolar. As matrículas serão realizadas conforme disponibilidade de vagas e serão por ordem de chegada. EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROC LAMAS nº. 1815 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do C ódigo C ivil, os pretendentes: // ELIAS GRAC IUTH e IRÍS REGINA DOS SANTOS / /. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e três (23) de novembro de um mil novecentos e setenta e quatro (1974), profissão operador de máquina, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Sitio Sobradinho, Zona Rural, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JOSÉ GRAC IUTH e de dona EVA LEOPOLDO GRAC IUTH. Ela, natural de São Simão, Estado de São Paulo, nascida aos dois (02) de outubro de um mil novecentos e setenta e nove (1979), profissão agro pecuarista, estado civil solteira, domiciliada e residente à Sitio Sobradinho, Zona Rural, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de e de dona ANADIR JESÚS DOS SANTOS. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele C alderari C ossi - Oficial.

GERAL

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

Chefe do meio-ambiente exonerada pelo prefeito O prefeito Cassinho deu férias desde ontem para a ex-chefe de Divisão do Meio Ambiente, Grasiela de Oliveira, que deve voltar ao cargo original de desenhista depois dess as férias . Grasiela, que está no cargo há cinco anos, explicou ao Jornalzão que a sua saída foi por divergência de opinião com o prefeito em reunião que teve com ele na quarta feira da semana passada, mas que por ética não queria falar sobre o assunto. A portaria da mudança de atividades foi assinada nesta quarta-feira pelo prefeito.

Amor à cidade - Grasiela diz que nestes cinco anos em que esteve no cargo, fez tudo por amor à cidade e que está à disposição para ajudar a pessoa que sucedê-la no cargo. "Tudo que fiz foi com amor e comprometimento com a cidade". Ela foi responsável por Santa Rosa ter obtido primeiro lugar no município verde-azul em 2010, 3º lugar em 2012 e 3º. lugar no ano passado. "Sou uma téc nic a, não política e saio de cabeça erguida porque sempre dei o melhor de mim para a

cidade, que amo". Ontem, o prefeito enviou a seguinte nota ao Jornalzão, por e-mail "A Prefeitura de Santa Rosa de Viterbo não tem Diretoria de Meio Ambiente. Em nosso quadro existe o cargo de Chefe de Divisão de Meio

Ambiente, que era ocupado pela Arquiteta Grasiela Maria de Oliveira, que enquanto esteve no cargo, prestou excelentes serviços a nossa cidade. Por se tratar de cargo de confiança e a título precário, o seu ciclo chegou ao final".

Abertas inscrições gratuitas para curso de teatro Estão abertas as inscrições para o CIAD (Curso de Iniciação à Arte Dramática) no Centro Cultural de Santa Rosa de Viterbo até o dia 24 no centro cultural das 08h00 às 11h00 e 13h00 às 17h00 idade mínima de 14 anos, o critério de seleção será por entrevista. A duração do curso vai de 10 de março a 28 de setembro das 19h00 as 22 horas com pausa em julho. O curso, ministrado por Júlio Ribeiro, é gratuito.


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PROSEANDO Zé Pretinho

A VOLTA TRIUNFANTE DE AZULÃO! Há tempo... Azulão da mata Graciosa, aprendiz de escritor, não proseava aqui no JequitibaZÃO, onde nasceu a coluna Proseando. Naquele tempo... O jornal de oito paginas era digitado num velho computador e nossa prosa escrita na caneta e digitada. De lá para cá foram centenas de crônicas, narrando os causos acontecidos; Seja na barranca do rio Pardo, pescando e tomando um caldinho de Piranha. Roda de velório que revela cada segredo do falecido. A boa prosa depois da pelada de futebol. Àquela prosa de balcão de boteco, quanta mentira para espantar o cansaço, molhar a palavra e trança lá num vai e vem de causos nostálgicos. E a prosa deliciosa e cremosa que vem da banca de leite. Eh caboclo! Ali se reúnem retireiros e outros "mentirosos", antigos e modernos. O causo da felicidade do Mineirinho incluso no programa "Minha vaca, minha vida", financiou cinco vaquinhas. Ouvir o moderno retireiro que se "jurga" empresário sobre a fazenda que comprou em sociedade, Garboso, diz: "Vamos almoçar em Milagres MG?". Outro leiteiro, catoze anos na lida, orienta: "Sociedade é que nem cachorro de dois donos, geralmente morre de fome. E por falar em Milagres, os leiteiros tão precisando dum milagre que faça o governo olhar para essa gente que só faz sofrer! Devagar na viagem!" Da banca de leite nós vamos para a política dar noticia da bicharada do poder na mata Graciosa, executivo e legislativo, se estão ou não cumprindo o que prometeram. Tem bicho velhaco que intimida, persegue, não gosta de criticas, veste a carapuça e escomunga o pobre cronista! É aí que Azulão gosta! Cutucar o Diabo com vara curta, meter o dedo nas feridas e abri-las, ajudando a curar as mazelas sociais! A inspiração para escrever vem de uma causa nobre, são eles, meus estimáveis leitores (as) que me incentivam. Calculo ter meia dúzia. Meus leitores são de alto nível, formadores de opinião, não deixam os Ratos sambarem no celeiro! Mata o Rato e mostra o pau!! É isso aí, odiado por uns e amado por outros, estamos de volta ao vivo e a cores através das páginas de O jornalZÃO, onde lavramos em dezesseis anos mais de oitocentas crônicas. E pedimos ao ABSOLUTO Jesus Cristo de Nazareth, que nos permita lavrar as palavras outros dezesseis ou mais anos... Ou melhor, o quanto ele permitir estaremos a serviço da informação em primeiro lugar! Inté...

GERAL

Prefeito participa de operação da promotoria O prefeito Cassinho participou ativamente da chamada "operação limpeza" comandada pelo promotor Vanderlei Trindade na sexta-feira da semana passada, quando foram fechados diversos bares por falta de alvará, higiene e outras supostas irregularidades. Uma senhora revelou ao Jornalzão que naquele dia vários policiais foram até a casa dela para deter o filho, suspeito de ser usuário de drogas, mas nada foi constatado. Com medo de represália ela não diz o nome, mas revela que se sentiu profundamente ofendida pelo fato do prefeito participar deste tipo de ação junto com a polícia, já que o caso não era ligado à administração, mas sim a área policial. A Vigilância Sanitária disse, por telefone, que somente o prefeito poderia fornecer os números finais da operação. O prefeito também não informou o número de bares fechados. Mandou e-mail cujo teor é o seguinte: "Não conhecemos nenhuma operação limpeza. Foi realizada uma vistoria em diversos estabelecimentos da cidade, coordenada pelo Ministério Público, que convocou diversos departamentos da Prefeitura para acompanhar. Estabelecimentos que continham algumas irregularidades estão obrigados a se enquadrar na legislação pertinente. A Prefeitura no momento tem se preocupado em auxiliar todos esses estabelecimentos a sanar suas irregularidades o mais breve possível". Reclamações - Muitos donos de bares que foram lacrados pela operação, reclamam de que estavam cumprindo a lei desde que abriram os estabelecimentos, faz vários anos. "A gente pede o alvará na prefeitura, espera um prazo e depois vai buscar. A Vigilância Sanitária, que deveria inspecionar o bar e orientar antes de dar o alvará, nunca apareceu por aqui".diz um deles. Outro revela que se antes de conceder o alvará, a prefeitura exigisse providências quanto a banheiro, venda de mercadoria, e outras, cumpriria e não haveria os problemas de hoje. "Mas nunca veio ninguém aqui para dizer, faz isso, faz aquilo, antes de dar o alvará". Esta semana houve uma reunião no "quadrado" da Amazonas entre donos de bares, vigilância sanitária e administração para discutir o assunto. Segundo um dono de bar que participou da reunião, foram explicadas as exigências para obtenção do alvará. "Deviam ter feito isso antes", ironiza. Drogas - Ontem, o delegado Gonini Junior disse que a Polícia Civil só participou das ações policiais naquela "operação" sem relação com a parte administrativa de cassação e alvará. Segundo ele foram apreendidas 11 peças pequenas de cocaína e outras 72 maiores além de 3 pacotes e maconha. "Já instauramos inquérito e estamos pedindo a prisão preventiva do traficantes devido á grande quantidade de droga apreendida". Quanto à droga apreendida num toco de árvore no bosque, o delegado diz que abriu sindicância para averiguar quem é o dono da droga para responsabilizá-lo.

PÁGINA 17

Prefeitura realiza Mutirão da Limpeza Na próxima terça-feira, 11 de fevereiro , a Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo iniciará o "Mutirão da Limpeza", que deverá percorrer todos os bairros da cidade. Segundo Nelson Baruco Júnior, responsável pelo Departamento de Limpeza Pública do Município, o objetivo do mutirão é recolher os resíduos que provavelmente seriam depositados em locais inadequados, tais como móveis e eletrodomés ticos velhos, pneus, latas, garrafas, utensílios domésticos, galhos de árvores e podas, entre outros. Além da coleta, serão pintadas as guias, sarjetas e também haverá a realização de pequenos consertos, como a operação tapa buraco, guias quebradas, entre outros. Segundo a Administração, os moradores devem deixar os entulhos do lado de fora para facilitar a coleta. "Vamos recolher todo o lixo! Será um grande arrastão que limpará todos os bairros da cidade. Pedimos a compreensão e colaboração de toda a população, e, para isso, pedimos que os moradores e donos de terrenos particulares limpem seus terrenos, quintais e depositem os entulhos na calçada para facilitar a coleta. Fiquem atentos, pois um carro de som passará informando o bairro na semana da coleta", finaliza o Diretor Administrativo Francisco Vacis Filho. Além disso, é importante que a população fique atenta aos prazos, pois após a operação no bairro, o "Mutirão da Limpeza" se deslocará para outra região da cidade e voltará naquele bairro somente depois que outros bairros forem atendidos. O primeiro "Mutirão da Limpeza" acontecerá nesta semana, entre os dias 11 a 14 de fevereiro nos bairros: "Cohab I "Cohab II "Cohab III "Cohab IV "Júlio Moretti "Ari Carneiro


PÁGINA 18

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

ACI terá assembleia geral para apresentação das contas e aprovação do novo estatuto AAssociação Comercial e Industrial de Santa Rosa realizará nesta sexta-feira, dia 14, sua assembléia geral ordinária para aprovação do novo estatuto, feito com base nas exigências do novo código civil. Além da aprovação do novo estatuto, a entidade apresentará o balanço financeiro dos últimos cinco anos. Para o presidente da entidade, Valdivino Soares dos Santos, a assembléia servirá para reunir os associados, que hoje chegam a cerca de 80 empresários para um momento de prestação de contas e planejamento para os próximos anos. "As contas da associação estão todas em dia e a assembléia servirá para mostrar ao associado como os recursos têm sido empregados na entidade", revelou o presidente. Ainda segundo o presidente, após a aprovação do novo estatuto a entidade poderá marcar as eleições da nova diretoria. "Já temos uma equipe disposta a assumir a associação para os próximos anos. Com a aprovação das contas e com o novo estatuto, a ACI já poderá marcar as eleições, provavelmente para o mês de março," informa Valdivino. "Com a nova diretoria a ACI poderá crescer muito em Santa Rosa e trazer muitos benefícios para os associados e, em conseqüência, para a população local. São pessoas capacitadas e com ótimas idéias que vão fortalecer a entidade", completou. Todos os associados estão convocados para a assembleia que acontece na sexta-feira, às 19h, na sala Queiroz Ornelas, que fica na Rua Major João Garcia Duarte n. 265.

POLÍCIA

PÁGINA 19

Assassinado já tinha matado no Teto Valdeir Lima Fonseca (foto), que foi morto com vário tiros num bar do Nosso Teto na última sexta-feira, já tinha sido baleado e matado outra pessoa em 2006, quando outras duas pessoas morreram depois de um tiroteio. Na confusão, Valdir levou dois tiros na perna, o dono do bar morreu esfaqueado. Dilson Damião Santos, que estava do outro lado da avenida, morreu atingido por uma bala perdida. Outras cinco pessoas levaram tiros ou facadas. Valdeir foi preso em flagrante na época, mas já estava em liberdade quando praticou o crime na sexta-feira. Testemunha relembra caso da semana passada - Segundo uma testemunha ouvida pelo J ornalzão esta semana, o assassino de Valdeir teria entrado no bar do lado contrário em que Valdeir, conhecido por Tim, estava.

Ele teria chegado cerca de dez minutos antes do seu assassino ao local e conversava com outros dois homens sentados do lado de fora do bar. "O cara chegou, foi direto para o banheiro e quando saiu, foi em direção ao "Tim" e de dentro para fora do bar deu dois tiros nele quase a queima roupa. Na hora pensei que fossem bombinhas explodindo. Depois que deu os tiros o sujeito parou, deu uma olhada em volta tranquilamente e atirou mais três vezes com ele já caído", diz a testemunha. "Aí saímos todos correndo do bar e logo na primeira esquina da rua acima, (rua Ricardo Sordi) encontramos com dois homens de tocaia. Deu para ver que um deles ia sacando um revólver e o companheiro dele segurou sua mão", continuou a testemunha. "Depois diss o o assassino se juntou aos dois que o aguardavam na esquina. Deram mais dois tiros não sei para onde e saíram andando como se nada tivesse acontecido", completou. O delegado Gonini Júnior informa que está investigando o caso, mas que, por enquanto, não há nenhuma pista do assassino.

Polícia apreende drogas na praça Em menos de cinco minutos após receberem denúncia anônima, Policiais Militares surpreenderam dois homens e uma mulher em atitude suspeita na praça "Zuleika". O fato aconteceu por volta das 22h da última terça-feira, 4. Com eles os policiais encontraram 100 reais em dinheiro trocado e apenas quatro pedras de crack, que estavam escondidas debaixo de uma telha ao lado de um banco. O.A.R, 29 anos, M.C.G, 19 anos e P.L.C, 23 anos foram conduzidos à Delegacia. Segundo o Boletim de Ocorrência, uma quarta pessoa, M.J, também foi conduzida à Delegacia de Polícia por ofender com palavrões os policiais, enquanto faziam seu trabalho. A droga e o dinheiro foram apreendidos na Delegacia e os envolvidos liberados após o Policial de plantão ter efetuado a natureza de porte de droga no BOPC.


PÁGINA 20

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 21


GERAL

PÁGINA 22

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

Os Classificados para particulares são gratuitos (máx. 10 palavras). Empresas e demais pagam R$ 2,00 por cada 10 palavras. Não pegamos classificados por telefone. Entrega até às 17:00h da Quinta-feira.

MUDAS VENDO frutas 3,00 poodle toy macho tamarindo, com 45 dias R$ maracuja, 200,00. 9 9393graviola, 9677 das 07h às cajamanga, 17h mamão, manga, goiaba, VENDO guariroba., avião de controle acerola, lichia, remoto. 3954-7952/ pimenta, 9 9111-6351 alamanda, plantas ornamentais. VENDO CASA NOVA 3954-3270 casa 90m² terreno vendo no Julio 13x28 na rua Moretti a 40 m do PROCURO Colombo Cervi,7 R$ emprego para Solar, 3 dorm., 115 mil. 9 9174cuidar de idosos suíte, sala ampla, 1818 com curso da cozinha, banheiro Etec. 9 9405-5221 VENDO azulejado e fusca ano 78 . 9 lavanderia com 9125-8493/ 9 VENDO armários, 9214-8410 gol Ap 1.8 4 bicos aquecedor solar, conservado. 9 VENDO portão eletrônico e 9102-7750/ 9 impressora HP 9217-9616 jd. de inverno, modelo D1660 R$ direto com o 70,00. 3984-2379/ VENDO proprietário. 91669 9384-5565 casa na cohab III 3028 na rua Antonio ALUGO Geraldo Balbão. sítio para VENDO 307 com 3 dorm., confraternizações casa nova 92m² sala, cozinha com piscina, ampla, lavanderia churrasqueira livre rua Albina e garagem. 3954- para o carnaval. 9 Pedresqui 125 2739 proprietária 9200-9992 Luiz Gonzaga 2º FAÇO CARRETO COM SAVEIRO semanais, sábados, domingos e feriados. 39546003/ 9145-3447/ 9145-2869

rua 3 dorm.,, sala, VENDO cozinha e w c. ou troco chácara 9166-3028 toda cercada com energia 2700m R$ 65 mil. 9 9201VENDO 6078 duas casas no bairro Ari Carneiro, VENDO 2 dorm., sala, molas esportivas cozinha, w c, red cool de gol 63, azulejados, 60m² e 62 e 64 R$ 61m². 9166-3028 300,00. 9 91981818 FAÇO CÓPIAS de disco de vinil e copias de filmes VHS para DVD

VENDO kit gás GNV completo 15m³ com 2 cilindros. 9 9198-1818

equipamento

VENDO galo e galinha edição de vídeos. caipira. 3954-3085 especial para 3954-7356 VENDO par de caixas de som Palmer com dois auto falantes

VENDO casa na rua Roberto Ambrust 144 Luiz Gonzaga perto da escola ETEC. 9 93080935

de 12 polegadas cada caixa 200w atts. 39547356

VENDO voyage LS 1.6 álcool original. 9 9297-2781

VENDO caminhão caçamba 83 branco R$ 43 mil. 9 9158-3054 VENDO moto suzuki yes vermelha km 14.000 original. 9 9102-7750

VENDO geladeira brastemp branca. 99298-9913

VENDO bacia de privada branca. R$ 35,00. 9 9247-5012

VENDO kombi ano 76 R$ 3800,00. 9 92978344

EXCURSÃO para o brás saída dia 14/12/ às 10:30h. 9 92989913

VENDO vitrô capelinha com vidro 1,50x0,60 R$ 70,00.9 92475012

VENDO kombi antiga ano 71 R$ 2 mil. 9 9297-8344

EXCURSÃO para o brás dia 25/ VENDO 02/2014. 9 9298ou alugo mesa de 9913/ 9 9600-0315 vidro para festas. 9 8115-2632 PROCURO AULAS serviço de particulares de doméstica. 2x por inglês. 3954-0958 semana. 9 94048967 PROCURO VENDO serviço de passar som automotivo roupas. 9 9395com uma potencia 8621 Pionner de 1000w e uma caixa ALUGO selada. 9 9198casa com 1818 cozinha, w c, quarto na rua VENDO Angelo Caetano, equipamento de 85. R$ 400,00. 9 Motocross, bota, 9146-2955 calça, colete, joelheira e VENDO cotoveleira tudo casa no Jd por R$ 250,00. 9 Aquárius. 39549198-1818 7917 ALUGO VENDO salão comercial na motorola Xt320 VENDO rua Alagoas, 272 ou troco moto CG mini novo. 9 91981818 titan 99 azul R$ VENDO 2500,00. 9 9201galo e galinha VENDO 6078 caipira. 3954-3085 chassis Brasília completa R$ VENDO VENDO 80,00. 9 9247impressora casa no Julio 5012 Moretti, 130m² 4 multifuncional. 9 9201-6078 dorm., 2 w c, sala, copa, cozinha área VENDO de churrasco com VENDO portal peroba rosa w c e quartinho. 9 casa na rua 2,40x2,20 R$ 9174-2870 80,00. 9 9247Antonio Pagin, 26 5012 com sala, 2 dorm., KIA cozinha, copa w c selphia 95 azul e área. R$ 60 mil. VENDO completo rodas 15 9 9333-9462 protetor Santo vidros doc OK. 9 Antonio Ford R$ 9274-4077 VENDO 90,00. 9 9247casa na Vila 5012 VENDO Mendes e Jd do NOTEBOOK Sol. 9 9380-6961 Positivo HD 160GB VENDO processador R$ VENDO vitrô 1,00x0,55 270,00. 3984-2379/ chevete 86 álcool com vidro R$ 9 9384-5565 ou troco por moto. 60,00. 9 9247R$ 2500,00. 9 5012 VENDO 9201-6078 frango indio. 39546151 ligar a tarde PROCURO VENDO COMPRO ovo de Angola. 3954-6151 ligar a tarde

casa para alugar com 2 dorm., até R$ 350,00. 9 9404-8967

VENDO porta de ferro 0,80 com batente R$ 60,00. 9 92475012

VENDO filhotes de labrador preto e chocolate. 9 92048901/ 3954-6404 VENDO bicicleta feminina semi nova original . 3954-7278 VENDO moto p/ trilha partida elétrica freio a disco motor 200cc. 3954-7278

VENDO 4 pneus aro 13 meia vida R$ 280,00. 9 92978344 VENDO 4 rodas liga leve aro 13 R$ 400,00. 9 9297-8344

VENDO máquina para embalar pizzas e carnes. 9 92978344

VENDO cortador de frios elétrico grande. 9 9297-8344

VENDO ótima casa no Jd VENDO do Sol. 3954-1000. golf 97 2.0 9 8198-9641/ 9 completo verde R$ 9333-2344- 9 11 mil. 9 93254912/ 3954-7070 9619-0070 VENDO VENDO cadeira para casa na praça da criança de feira ótimo preço. madeira. R$ 30,00. 954-1000. 9 81989 9297-8344 9641/ 9 93332344- 9 9619-0070 VENDO motor de corcel 1.6 completo R$ VENDO 800,00. 9 9297chácara ótima 8344 localização com escritura. 954VENDO 1000. 9 8198mesa de ferro 9641/ 9 9333inox ideal para 2344- 9 9619-0070 padaria R$ 1000,00. 9 92978344 VENDO ótima casa no VENDO morumbi, preço a perua antiga 71 combinar. 954para reforma. 9 1000. 9 81989297-8344 9641/ 9 93332344- 9 9619-0070 VENDO moto dafra 2010 documentos OK. 9 9297-8344

vitrô 2,00x1,00 de VENDO correr com vidro Voyage ano 85 R$ 80,00 9 9247- modelo 86. 992975012 2781

VENDO casa grande próximo estrela azul. 954-1000. 9 8198-9641/ 9 9333-2344- 9 9619-0070

VENDO VENDO VENDO cota de gás vazia casa em construção Brasília 78 R$ 3 no Dom Bosco com mil. 9 8151-0476 R$ 80,00. 9 93122 dorm., . 39547211 6071/ 9 9315-9389 VENDO VENDO terreno Jd Itamaraty DVD R$ 60,00. 9 pronto para 8151-0476 construir plano com 315m². 3954-6071/ VENDO 9 9315-9389 volante de fusca por R$ 60,00 e VENDO VENDO para-choqye R$ EcoSport 2009 1.6 casa no Nova Roma 60,00. 9 8151completa preta. 9 próximo a ciclovia 3 0476 dorm., suíte, terreno 9276-0227 de 350m² portão eletrônico. 3954VENDO VENDO 6071/ 9 9315-9389 tanque de fusca montana 1.6 preta R$ 60,00. 9 completa 2010. 9 8151-0476 VENDO 9276-0227 tv 29 LG ótimo estado. 3954-6071/ ALUGO VENDO 9 9315-9389 SÍTIO PARA Gol 8 V 98 branco FINAIS DE 2 portas. 9 9220SEMANA E VENDO 2675 FERIADOS, VEJA motor com kit completo para AS FOTOS EM: VENDO portão 220V. 3954- FACEBOOK.COM/ sítio com escritura 6071/ 9 9315-9389 SitioDoToninhoSRV em Cravinhos com TEL: (16) 3954 casa grande piso 1485 OU (16) VENDO e pomar. 9 9276sofá de 2 lugares 99243 9871 0227 cor bordô. 39546071/ 9 9315-9389 ALUGO VENDO PONTO Voyage LS 1.6 5 COMERCIAL NA VENDO marchas álcool parabólica semi AVENIDA original. 9 9297nova com receptor PRESIDENTE 2781 controle e cabos R$ VARGAS , 250,00. 9 8151LIGUE E VENHA 0476 ALUGO CONFERIR salão coemrcial na VENDO (16)99243 9871 Av; São Paulo mula preta 934. 3954-2392 marchadeira 1 ano e VENDO meio R$ 3500,00.. 9 capota de fibra 8151-0476 EXCURSÃO s10. 9 9278para o brás 8122 VENDO feirinha da piscina 5000L R$ 500,00. 9 8151madrugada c/ ALUGO 0476 direito a lanche. 9 edícula na Ari 9168-1592 Scarso, 15 Nova VENDO Roma. 3954máquina de costura EXCURSÃO moderna R$ 350,00. 6821 9 8151-0476 para olímpia VENDO berço com gavetas e colchão. 9 93127211

vespera de FOI VENDO feriados 20/04/ ENCONTRADO 1 alqueire de terra 2014. 9 9168-1592 com água, luz, poço uma cachorrinha para peixe. R$ 350 Basset marrom mil. 9 8151-0476 PROCURO com uma coleira serviço de faxina amarela. o dono VENDO por favor entrar em escritório ou roda com pneu de em contato no casa tenho Escort semi novo. referencia. 99136- R$ 120,00. 9 8151- telefone. 9 92412615 4673 0476


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 23

Centro - 450m2 de construção, excelente ponto, em 2 terrenos (700m de terreno), com 5 quartos (sendo 2 suites), escritório, lavanderia, duas salas amplas, duas cozinhas, 3 banheiros, ampla área de lazer com piscina e churrasqueira, ampla garagem, ampla edícula no fundo com quarto, sala, banheiro e cozinha, etc .......... R$ consulte-nos Casa ótima localização 800m2 de construção, 5 dorm, sendo 3 suites com hidro, salas, copa, coz, tudo com armários embutidos, garagem coberta para 3 carros e área livre para 10 carros, lavanderia, sauna, piscina, quadra de esporte, acabamento de 1166 construida em 4 terrenos .................................................... R$ consulte-nos Edícula Vila Ranzani 2 dorm, sala, coz, wc social, varanda, amplo terreno ............................ R$ 110 mil Jardim Primavera 136m2 const, 3 dorm, sala, copa, coz, lavand, gar, quintal ciment, murada ... R$ 200 mil Jardim Aquarius 170 m de construção, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem ampla + edicula, lavanderia, terreno de 425m2 ........................................................................................... R$ 250 mil Sobrado Luiz Gonzaga, 2 dorm, sala, copa, coz, lavanderia e garagem .................................. R$ 120 mil Sobrado Cohab 1, esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem ....................................... R$ 180 mil Cohab 1 2 dorm, sala, coz, wc social ................................................................................. R$ 70 mil Jardim das Flores (nova) 2 dorm, sala, coz, wc social ac, financ. ......................................... R$ 115 mil Luiz Gonzaga 3dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem, meio terreno ..................... R$ 105 mil Rua São Sebastião 3 dorm, sala, coz, lavanderia (forro e piso frio), não ac. financiamento ............ R$ 85 mil Condomínio Viterbo 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, área churrasco .............................. R$ 130 mil Rua São Sebastião (esquina), próx av. São Paulo, 2 dorm, sala, coz, área serviço e garagem ..... R$ 160 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, garagem, murada ................................................... R$ 75 mil + prestações Rua Pestalozzi 2 dorm, sala, coz, wc social, toda murada ..................................................... R$ 160 mil Monte Alto 3dorm, sala, coz, mais edícula (não aceita financiamento). precisa reforma .................. R$ 70 mil Rua Rio Pardo 3 dorm, sala, coz, área serviço, garagem ...................................................... R$ 145 mil Vila Ranzani 2 dorm,suite, sala, cozinha, lavanderia e ampla garagem .................................... R$ 150 mil Residencial Nova Viterbo - 3 dorm, 1 suite, sala,copa, coz, garagem, edicula ........................ R$ 220 mil Centro próx. saracura, 2 dorm, sala, ampla coz, lavanderia e garagem ..................................... R$ 120 mil Monte Alto 2 dorm, sala, coz, garagem, lavanderia, toda murada, portão, 94m2 de construção ..... R$ 160 mil Centro, sendo 3 dorm, 2 wc, sala, copa, coz, garagem, área lazer, lavanderia, piscina ................. R$ 330 mil

Centro 4 dorm, sala, coz, wc, mais edícula ........................................................................ R$ 130 mil Jd Aquarius 3 dorm, suite, sala, copa, coz, wc social, área serviço e garagem .......................... R$ 230 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, edícula + pequeno salão comercial ............................ R$ 90 mil + prestações Casa Próximo ao Solar III 3 dorm, suite, sala, coz + - 180mts de construção com terreno ao lado todo murado de 440m2 (área total do terreno 660m2) ............................................................................. R$ 230 mil Casa Morumbi de esquina 3 dorm, suite, sala, copa, coz, garagem ........................................ R$ 480 mil Casa de madeira, Nova Roma, 3 dorm, sala, coz, wc, terreno 11x25, murada e portão ............. R$ 100 mil Vila Ranzani semi nova, próx. rodoviária, 2 dorm, sendo 1 suíte, sala, copa, coz, gar. e edicula . R$ 250 mil Casa Rua São Paulo 2 dorm, sala, coz, wc, murada, garagem (próximo a Sabesp) ................... R$ 160 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, garagem ......................................................................... R$ 150 mil Casa + salão comercial esq. da av. Nosso Teto (salão com montagem p/ restaurante) ................ R$ 120 mil Nova Roma 240 m2 de construção, com 5 suites, sendo 1 com hidro, sala ampla, copa, coz, wc social, amplo salão de festa com cozinha (terreno com 750m2) .................................................................. R$ 380 mil Casa próx Estação 2 dorm, sala, copa, coz + edícula .......................................................... R$ 120 mil Centro próx Grêmio, 250m2 de construção, 3 dorm, sala, copa, coz, 2 wc, ampla área de lazer, despensa com wc, garagem, piscina, terreno 541m2, aceita imóvel em São Paulo ou ABC ................................... R$ 320 mil Casa Nova Roma 3 dorm, sala, copa, coz, 2 wc, área churrasco com wc, piscina, murada, ótima localização, terreno de 20x50, ou seja, 1000 m2 .................................................................................. R$ 420 mil Cohab 3 2 dorm, sala, coz ..................................................... R$ 72mil + saldo devedor de R$ 5.200,00 Luiz Gonzaga 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, cozinha planejada, escritório, garagem, área serviço, toda murada, aquecedor solar, portão eletrônico com terreno ao lado .............................................. R$ 450 mil Jd. das Flores 3 dorm, sala, copa, coz, edícula, portão, toda murada ...................................... R$ 300 mil Duas casas com salão comercial no Centro, ótimo para locação. ........................................... R$ 230 mil Nova Roma, sendo 3 drm, sala, copa, coz, edícula, área churrasco, garagem 9semi nova) ........... R$ 290 mil Centro nova, 3 dorm, 3 wc, sala, copa, coz, garagem, área lazer e lavand, portão el. .................. R$ 300 mil Edícula Vila Mendes 2 dorm, sala, coz, wc social, toda reformada (ac. financ) ........................... R$ 85 mil Vila Mendes 3 dorm, sala, coz, + edícula, garagem, murada, terreno amplo ............................. R$ 100 mil

Chácara dentro da cidade 1.212 m2 toda formada, com água, energia, asfalto, esgoto, murada, com casa, Áreas urbanas de frente à pista de 1.000 a 5.000m2, imperdível ................ a partir de R$ 130,00 o m2 Morumbi Novo 12x30 ou seja, 360m2 ........................................................................... R$120 mil Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, ............................................ R$ consulte-nos Terreno esquina loteamento Ari Carneiro ...................................................... R$ 12 mil + prestações Área 3.000 m2, Saracura, com casa, 3 dorm, sendo 1 suite, área churrasco, 2 poços artesianos consulte-nos Terrenos “ Ari Carneiro” ............................................................................................ Consulte-nos

pomar, área de churrasco, fogão lenha, a 3 quarteirões da avenida São Paulo .......................... consulte-nos Sitio 1,5 alqueire, a 4 km do asfalto, água em abundância, 2 córregos, ac troca ................. R$ consulte-nos Sítio 33 alqueires em mato (para reserva) ........................................................... R$ 30 mil o alqueire Chácara 2.955 m2, com casa de 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, toda cercada, dentro da cidade, ao lado da Cohab 1 .................................................................................................... R$ consulte-nos TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

CASA NO CENTRO

CASA NOVA ROMA

CASA JD. AQUARIUS

BARRACÃO COMERCIAL

EDÍCULA JD DO SOL

3 dormitórios, 2 WC, sala, copa, cozinha, garagem, área de lazer, lavanderia e piscina. Portão eletrônico. R$ 320 mil

esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc social, área serviço, garagem, quintal cimentado e murada. R$ 170 mil

2 dorm, 2 salas, coz, lavanderia, quarto despensa, garagem toda murada, quintal cimentado R$ 110 mil

Com casa, excelente ponto comercial, próximo av. Pres. Vargas, 2 aluguéis. Consulte-nos

1 dorm, sala, coz, wc social, varanda, murada, portão eletrônico em terreno 10x25 R$ 140 mil


PÁGINA 24

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

CHICO XAVIER

GERAL

PÁGINA 25

Safra na Ibirá pode começar em maio

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

COMPANHEIROS VACILANTES Nas ocasiões de crise espiritual, será talvez a fé aquela qualidade mais intensivamente examinada no âmago das criaturas. Se conservas contigo os valores da confiança, habilita-te a servir e a suportar. Quando a guerra se manifesta no plano físico, embora a característica sempre lamentável que assume, os resquícios de animalidade ainda arquivados em nós outros - os espíritos em evolução na Terra - desbordam da personalidade, estendendo as ruínas que nos atestam a inferioridade. No entanto, nos embates íntimos, quando as nossas concepções e pontos de vista se entrechocam, adentro da própria alma, tremem as forças em que se nos estrutura o teto mental e nem todos contam com a energia suficiente para se garantirem na própria segurança. Estabelecido o desequilíbrio das idéias e emoções que nos registram o modo de ser, surgem aos montes aqueles que se marginalizam em desalento e ceticismo, ante as lutas de que se sentem objeto, no círculo de negações que se lhes afiguram irreversíveis, associando-se-nos aos desajustes, como que no propósito de ampliá-los. Esse padeceu desilusões com afetos que lhe eram extremamente queridos e caiu em desconfiança pela impossibilidade de sustentar a própria fé, acima das contingências e fragilidades humanas; aquele entrou em tribulações no lar e bandeou-se para a descrença, admitindo-se sem necessidade de lágrimas em favor do próprio burilamento; outro varou empeços que lhe pareceram humilhações, estirando-se espiritualmente em desespero e revolta, por desconhecer-lhes a função educativa; e outros muitos, mergulhados na saudade dos entes queridos que o precederam na Grande Mudança, se fixam em pessimismo e negação ante as sugestões da morte, sem recursos para encontrarem na morte o renascimento da vida. Onde encontres os nossos irmãos caídos em descrença e desânimo, compadece-te deles. São companheiros que adoeceram de angústia, sob o impacto da renovação apressada imposta pela própria vida nos tempos de crise espiritual. Ao invés de acusá-los, estendelhes braços amigos a fim de que se refaçam. E mesmo que te recusem o apoio fraterno, alucinados ou desfalecentes de dor que muitos deles se encontram, abençoa-os com a prece de simpatia e continua para diante nas tarefas nobilitantes que a existência te deu. Eles são enfermos queridos que se magoaram na batalha da evolução e se localizam nas retaguardas do serviço, para as quais as ambulâncias do socorro de Deus, se ainda não chegaram, estão inevitavelmente a caminho. Emmanuel (Página extraída do livro "Seguindo Juntos" Psicografia de Chico Xavier)

Um funcionário da usina Ibirá - que vestia camisa da empresa - assegurou, anteontem, que a safra deste ano começa entre os dias 20 e 25 de maio. Uma mulher que costuma trabalhar na empresa, no período da safra, disse ter ouvido de funcionários, da sessão de Recursos Humanos

da usina, que a safra começa no dia 25 de maio.

realização da safra e a previsão sobre início e fim.

A as sessoria de imprensa do grupo Irmãos Biagi (dono também da usina da Pedra, de Serrana, e arrendatário da Ibirá) não respondeu e-mails enviados es ta semana, pelo J ornalzão, perguntado sobre a

A produção de açúcar e álcool deste ano é a última prevista no contrato assinado em 1998 com a empresa Canamor, proprietária da ex-usina Amália. Boatos circulantes pela cidade informam que 'o que se fez

até agora na usina, nessa entressafra, foi limpeza, e não reforma'. O grupo Irmãos Biagi enviou proposta, no ano passado, para renovação do contrato de arrendamento, mas até dezembro último não havia recebido resposta alguma, segundo sua assessoria de imprensa.

Usinas começarão a moer 'devendo uma safra', diz especialista Faltando pouco para o início da safra 2014/15, as usinas de açúcar e etanol do centro-s ul do Bras il vão começar o novo ciclo descapitalizadas e sem perspectivas para expansão - cenário não muito diferente do ano anterior. "As usinas começam a nova safra já devendo uma safra inteira", diz Alexandre Figliolino, diretor do Itaú BBA. O s etor viveu s eu

boom de investimentos no início dos anos 2000, impulsionado pela retomada do consumo do etanol proveniente do aumento da venda dos carros flex. Agora, as empresas tentam empurrar para frente a dívida contraída, s obretudo entre 2006 e 2008, quando passaram por movimento de expansão e consolidação. Altamente endividadas para bancar a expansão

dos negócios, as empresas foram abatidas pela crise global a partir de setembro de 2008. Algumas das tradicionais famílias de usineiros cederam espaço para grupos internacionais que se aproveitaram da fragilidade financeira das companhias para entrar no setor. Hoje, cerca de 40 grupos estão em recuperação judicial, e dezenas de unidades foram desativadas.

A perspectiva de produção não é animadora. O açúcar está com preço menor, e, com a polític a do governo de segurar o preço da gasolina para conter a inflação, o etanol - combustível verde - perdeu competitividade. Além disso ficou de escanteio, por causa das descobertas do présal. (Fonte: novaCana.com)

3954 3371 - 3954 6920


PÁGINA 26

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

COLUNA GOSPEL por Rogério Moscardini

Ninguém compareceu Guardai-vos de exercer a vossa justiça diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles... (Mateus 6:1) Certa noite de inverno, o compositor Johann Sebastian Bach deveria estrear uma nova composição. Ele chegou à igreja esperando que estivesse cheia, mas descobriu que ninguém tinha vindo. Sem perder o ritmo, Bach disse a seus músicos que ainda assim tocariam como planejado. Todos tomaram seus lugares, Bach ergueu sua batuta e em pouco tempo a igreja vazia encheu-se de música magnificente. Esta história me fez sondar um pouco a minha alma. Será que eu escreveria se Deus fosse meu único leitor? De que maneira o meu texto seria diferente? Os novos escritores, geralmente, são aconselhados a visualizar a pessoa para quem estão escrevendo como uma maneira de manterem-se focados. Faço isso quando escrevo as meditações devocionais; tento manter os leitores em mente porque quero lhes dizer algo que eles queiram ler e que os ajudará em sua jornada espiritual. Duvido que o "escritor de devocionais" Davi, para cujos salmos nos voltamos em busca de consolo e encorajamento tivesse "leitores" em sua mente. O único público que ele tinha em mente era Deus. Sejam nossos "atos" mencionados no livro de Mateus 6 obras de arte ou serviços, deveríamos lembrar que o assunto é entre nós e Deus. Quer alguém veja ou não, não importa. Ele é o nosso público. Faça a sua parte, mesmo que em sua platéia tenha uma só pessoa.

GERAL

PÁGINA 27

Pior janeiro de chuva em 16 anos, segundo a Sabesp A quantidade de chuva que caiu no município, no mês de janeiro, é a menor em 16 anos. Os hidrômetros da Sabesp registraram 98,4 milímetros, maior apenas que janeiro de 1998 quando choveu 73,7

mm. Pra se ter uma idéia da baixa quantidade de água no primeiro mês deste ano, a média de c huva nos janeiros entre 1999 e 2013 (desc ontados, portanto, os dois anos menores) é de 361,6 mm, quase

quatro vezes maior. Um func ionário da Sabesp disse esta semana que o ' quebra-c uia é pequeno, mas é valente', querendo dizer que, por enquanto, o ribeirão que fornece água à cidade está dando conta da

tarefa. Em virtude da falta de chuvas e rios esvaziando, algumas cidades do estado de São Paulo já estão adotando medidas de racionamento e restrição do uso da água, como Campinas e Valinhos, por exemplo.

Não se acha ventilador para comprar Você está com calor e precis a de ventilador? Desista, porque você não encontra o aparelho "nem pra remédio" nas lojas da cidade. Segundo os vendedores, assim que chega um lote na loja no dia seguinte, está tudo vendido. Na Icaturama, tem que encomen-

dar e esperar, na Tropical, a mesma cois a, no Lojão do Faustão, a mesma coisa, no Magazine Luiza está em falta. Na Comerc ial São Jorge, esta semana ainda tinha dois aparelhos no estoque que provavelmente já foram vendidos. Ar condicionado e c limatiza-

dor é a mesmo coisa - o que chega sai no mesmo dia. Os donos e vendedores , embora também s intam c alor, estão contentes, porque como janeiro é mês de poucas vendas, os ventiladores e ar c ondicionados estão "salvando a pátria". "Veio em boa hora",

diz uma vendedora, se abanando para fugir do c alor dentro da loja, que, por acaso não tem ventilador, nem ar c ondicionado. Na Água Sol Piscinas, especializada em construção de piscinas, a procura aumentou muito de janeiro para cá, dizem os donos.

Aumenta consumo de água A SABESP informou ontem que o consumo de água em janeiro deste ano foi de 170.000m³, 9,5 % a mais que no mesmo mês do ano passado.

Segundo a empresa, as altas temperaturas registradas no mês de janeiro, juntamente com a baixa incidência de chuva, 98 mm contra 348 mm de média

histórica, colaboraram para o alto consumo de água no mês. A SABESP informa ainda que o manancial de Santa Rosa, apresenta condições satisfatórias de vazão, suficientes para o abastec imento da cidade "O abastecimento de água não está prejudicado no município, mantendo 100% de abastecimento 24 hs/dia,". Mesmo não havendo risco de faltar água na cidade a Sabesp pede que as pessoas não desperdicem água evitando o risco de desabastec imento se mantidas as condições climáticas atuais. As principais recome ndaçõe s da empre sa

são - Tome banhos curtos e feche o chuveiro ao passar sabonete, Não lave a calçada ou o carro com mangueira, Antes de lavar a louça, retire o excesso de comida com a esponja, sem usar água; deixe a torneira fechada ao ensaboar, Ac umule as roupas para utilizar a máquina de lavar na capacidade máxima. Faça o mesmo com a louça: Deixe a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba Muita atenção com vazamentos dentro do imóvel; corrija-os o mais rápido possível.


PÁGINA 28

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 29


GERAL

PÁGINA 30

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

Barraqueiros acampam em praça aguardando Festa Banco quebrado esmaga dedo do pé de criança de três anos

Hoje tem encontro de música raiz e amanhã acontece o 29º Encontro de Reis em Santa Rosa. O festejo será na praça Conde”. Nesta semana, vários barraqueiros que iam participar do Encontro e Folias de Reis acamparam ao lado e na "Praçasaude" na praça Conde Matarazzo em barracas improvisadas ao lado de caminhonetes e caminhões. Armações de um parque de diversão também estavam no local, tornando o final da rua Mário carneio da Cunha praticamente intransitável, causando muitas reclamações. Na quinta-feira à tarde o diretor de Administração Chico Vacis, acompanhado do diretor de Cultura e o fiscal Fernando, esteve vistoriando o local, que parecia um aglomerado de barracas com muita gente dormindo em colc hões improvisados. Os barraqueiros foram acomodados na quadra de JAS. Alguns (foto) preferiam dormir da quadra de espor-

tes. "Ontem, o setor de comunicação da prefeitura informou o seguinte: "Movimentação na Quadra " Praçaude" e seus entornos é dec orrente do XXIX Encontro de Reis que acontecerá no próximo final de semana, ou seja, 8 e 9/02. O movimento de barracas observado pelo senhor, se deu devido aos ambulantes estarem vindo de Itaú de Minas e Cássia dos Coqueiros, cidades estas que sediaram Festas de Reis semana passada, como nossa cidade é a próxima no calendário, todos se deslocaram para cá, porém o c adas tro já havia sido encerrado e estas pessoas que não haviam se cadastrado anteriormente, tiveram que seguir viagem. Não haverá parque no local, os materiais observados foram de um caminhão que para des carregar outras barrac as, teve que descarregar o material do parque. Por s inal es te c aminhão já deixou noss a cidade".

A manic ure Vânia Alexandre tem um filho de três anos de idade. Ela levou o maior susto ao ver um dos bancos da praça Conde Francis co Matarazzo, c air sobre o pé direito da criança. O fato aconteceu na segunda-feira, 3, por volta das 11h. Segundo contou, o filho brincava perto dela no quiosque onde os

apos entados jogam cartas. "Meu filho subiu no banco e o banco veio a baixo e esmagou o dedão dele". Vânia desc onfia que o banc o estivess e quebrado há algum tempo, porque não havia sinal de areia ou las cas no chão. "Como podem deixar um banc o nes sas condições para as pes soas sentarem?", ques tiona.

Desesperada a mãe levou o filho ao Pronto Socorro, onde a c riança passou por maus bocados que renderiam um capítulo à parte. Ela diz que procurou a Delegac ia de Políc ia para abrir um BO, mas teria s ido desestimulada "É o tipo de ocorrência que não dá em nada" teria ouvido. Indignada, procurou

o jornal para alertar da necessidade de c onsertar o banco, antes que machuque mais alguém. Como a criança não pode ir à crec he, a mãe ficou impossibilitada de trabalhar. "Dou graças à Deus porque se não fos se Ele, o banco poderia ter decepado os dedos do meu filho", finalizou.


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

HISTÓRIAS DO NOSSO FUTEBOL

Lebrinha ainda espera chamado de Wadi Helou

PÁGINA 33

Ex-goleiro da seleção brasileira vai representar craques santa-rosenses Doni, ex-Corinthians e Roma, esteve na cidade ontem e acertou com pais dos garotos

Lebrinha (com a bola) até hoje espera notícias do Corinthians...

Mais um derbi Santa Rosa x Amália, na primeira metade dos anos 60, e mais confusão em campo. Amália vencia o jogo quando um jogador do Santa Rosa FC jogou terra no juiz, e foi expulso. O pau comeu. Fião, massagista, correu atrás de 'sua excelência' que teve a sorte de escapar. Resultado: 9 jogadores suspensos e perda de diversos mandos de campo no campeonato. Assim, quando era para receber o Cinelândia, de Santa Rita, o 'Leão da Comarca' teve que realizar a partida em Porto Ferreira. Na volta, a delegação - chefiada por Orvaldo Sério e Lazinho Antônio de Oliveira - fez uma parada no Posto da Serra onde parou também a delegação do São Paulo FC que jogara, no mesmo dia, em Ribeirão Preto. José Salviato Neto - o craque Lebrinha - tinha seus 14 ou 15 anos e já dava os primeiros toques na bola pelo Santa Rosa. Orvaldo Sério, então vereador, aproximou-se de Laudo Natel, presidente do time da capital, para um bate papo. E aproveitou para apresentar aquele garoto/promessa. Laudo prestou atenção, pediu o endereço e sugeriu que aguardassem seu retorno. - O retorno foi enviado em seguida para o endereço do seu Lazinho, que era, como todos sabemos, corinthiano doente. Ele engavetou a oferta de espaço para que eu fizesse testes no São Paulo. Justificou que conhecia Wadi Helou, presidente do timão, e que iria entrar em contato com ele para viabilizar meu teste no Corinthians. Tô esperando esse teste até hoje! - brinca Lebrinha. O contato com o presidente do Corinthians jamais foi feito, e Lebrinha não pôde exibir seu extraordinário futebol entre os melhores do país. (Texto de Romeu Antunes sobre relato de José Salviato Neto - Lebrinha)

O ex-goleiro Doni, que hoje trabalha c omo empresário de futebol fechou com dois craques santa-ros ens es . J oão Paulo Passoni, 17 anos e Dener Augusto Venâncio dos Santos, 12 anos. O ex-goleiro da seleção esteve na cidade ontem, e acompanhado do amigo Nei da Vila, vis itaram os pais dos garotos. Segundo Nei da Vila, João Paulo, que já esteve no Palmeiras e na Ponte Preta, deve ir para um estágio na Bélgica, no time do Anderlecht e Dener deve fazer um monitoramento no São Pau-

lo FC, porque ele tem menos de 14 anos e não pode ser alojado. “O São Paulo vai monitorar o jogador até ele fazer 14 anos”, disse Nei da Vila. Doni visitou a redação do Jornalzão, deu autógrafos e disse que tem um terceiro garoto ainda, mas que deve revelar mais pra frente. O ex-goleiro disse que as peneiras são importantes e a que ele fez em Santa Rosa na semana passada foi fundamental para a escolha dos dois garotos locais. ‘Eles tem futuro”, garantiu.

João Passoni em jogo da Ponte Preta contra seleção brasileira sub-17; ele fez gol, mas juiz anulou

Dener, o grande destaque da 'peneira' Quando perguntei a dois garotos, na rua Condes sa F. Matarazzo, s e conheciam o Dener, eles logo identificaram. - É o Caçapinha! Ele mora ali. Justo na hora que Dener Augus to Venâncio dos Santos, 12 anos, chegava em cas a, vindo de treino no Campão. - Meu apelido é o do meu avô que jogava bola, o Caçapa. Pelo jornal ficou sabendo da 'peneira' realizada sábado passado, além do que um amigo - Nei da Vila - já alertara sua mãe. Depois de fazer um gol e participar de diversos outros, o garoto se destacou. - O Doni perguntou minha idade e falou que ia arrumar alguma coisa pra

mim. Aí, ontem (quarta-feira passada) o Nei veio aqui e falou que o Doni vai me levar lá pra Itália, pro Roma. Embora destro, o garoto informa que é ponta esquerda. - Só que eu corto pro meio e chuto. Chuto com os dois pés. E quem seria, para ele, o melhor jogador do mundo? - Do mundo é o Messi. Do Brasil é o Neymar. E o Pelé? - Pelé, eu não sei. Só vi na T V retrô dos jogos dele, dos gols. No oitavo ano escolar (7ª série), bom aluno, Dener foi campeão inter-classes, ano passado, no 'Vergínio', e aguarda a confirmação do seu técnico, Tandinha, se o time de garotos,

de 11 e 12 anos, jogará a Copa Paulista desse ano (a do ano passado foi só derrotas!). Doni ficou de vir anteontem falar com seus pais, mas mudou para ontem. - O Nei veio aqui em

casa e falou que meu pai e minha mãe vão comigo pra Itália. Tá gostando disso, Dener? - T ô. Mas tô um pouquinho ansioso! (Romeu Antunes)


PÁGINA 34

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

FALA NOSSO TETO

PÁGINA 35

Serginho Gomes

Famílias cobram cumprimento de Lei Antônio Vilela Filho (1931-78) e Eduardo de Aguiar (1913-90) há muito deveriam ter os nomes batizando uma rua, praça ou avenida da cidade. Segundo Leis decretadas pela Câmara Municipal e promulgadas pelos prefeitos em exercício na época da sua criação, há trinta e dois anos no primeiro caso e vinte e quatro no segundo. O saudoso vereador Onofre Neto da Silva "Norfão", propôs o projeto de Lei em favor de Antônio Vilela Filho em 1982. Já para Eduardo de Aguiar, coube ao então vereador, Sebastião Aparecido Miranda Cabral "Tião Miranda", também falecido, propor o projeto de Lei em 1990.

Novos bairros surgiram na cidade depois da promulgação des sas Leis sem que fosse executada. Indignadas com o fato as famílias resolveram cobrar do Poder Públic o o seu cumprimento. "É uma ques tão de justiça porque os vereadores e prefeitos sabiam que era uma homenagem justa e sincera que estavam prestando aos nossos pais. Queremos que cumpram a Lei só isso. Ou nos digam qual o critério que usam? já que tantos nomes surgiram depois deles e pas saram à frente? É político? Para favorecer essa ou aquela família com mais votos ou maior poder aquisitivo?", questionam os familiares.

"Papai c om a s ua charrete transportava material de construção e ia buscar areia na estrada de Nhumirim todos os dias para entregar nas obras. Ele ajudou na formação do bairro Monte Alto e outros da cidade", diz, Joana de Aguiar Cruz, filha de Eduardo de

Aguiar. "Acreditamos que o prefeito ass im que tomar ciência do fato, irá se sensibilizar e fazer cumprir a Lei em favor das nossas e também de outras famílias que estão na mesma situação", diz, Rita Vilela, filha de Antônio Vilela Filho.

Médico do Trabalhador pode voltar a funcionar Segundo a secretária municipal de saúde, Elaine Mencucine, o projeto Médico do Trabalhador deverá voltar a funcionar até março. O projeto Médico do Trabalhador funcionava há alguns no Ambulatório Paschoal Cagliari. A partir das 18h, um médico atendia exclusivamente o trabalhador impossibilitado de procurar atendimento durante o dia por motivo trabalhista. Como foi o caso de Carlos Henrique, que diz já ter passado por consulta médica depois do trabalho, sem precisar faltar ao compromisso com o patrão. "Ela disse que até março o projeto voltará a funcionar, inclusive com a farmácia aberta como era antes", informou o ex vereador Guilherme Felizardo.


PÁGINA 36

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

PÁGINA 37


O JO RN38 AL Z ÃO PÁGINA ED IÇ ÃO 929 08/02/2014

Clélia Zanardo cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

APACOS O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014 PÁGINA

Associação Paulista dos

Colunistas Sociais

38


APACOS O PÁGINA JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014

39

Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

Clélia Zanardo cleliazanardo@bol.com.br

O JO RN AL Z ÃO PÁGINA 39 ED IÇ ÃO 929 08/02/2014


PÁGINA 40

O JOR NA LZÃ O - ED . 929 - 08/02/2014


O Jornalzão, edição 929