Page 1

®

Diretor Administrativo: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Editor: Victor Cervi (Mtb 11226) - Santa Rosa de Viterbo, 07/12/2013 - Ano 20 - N.º 920 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

R$ 2,00

Com a fé intacta, Pedro se recupera bem de cirurgia

Entre as Luiz Bignelli, esquina com a Olimpio Alves de Melo, e a rodovia “Conde” foi feito um grande serviço anti-enchente. A chuva do último domingo mostrou que não funcionou, pois um rio ali formou. E no Nova Roma, a mesma chuva mostrou que o recape não foi tão bom assim.

Moradora já limpa a futura casa no “Montorão” Sorteio dos endereços foi na quinta-feira O cônego Pedro Santos está na expectativa de saber, na próxima quarta-feira, como prosseguirá sua luta contra um câncer de próstata. Convalescendo da cirurgia a que se submeteu na semana passada, ele admite ter experimentado angústias humanas, diz que sua fé não foi abalada e acredita em cura radical.

Lixão irregular - Um lixão que ficava na zona rural em terreno da prefeitura, foi reativado e o local está repleto de sacolas plásticas e todo tipo de lixo. Há três anos o Jornalzão já tinha denunciado a irregularidade.

Banda é primeira em Concurso Estadual de Bandas de Música SABESB diz que canos de amianto não trazem risco à saúde Dona Rosa, cearense de fibra

Mulher passa o dia no PS, "esquecida" por ambulância Sem acordo no reajuste de convênios médicos Homem encontrado morto na cadeia local Assassino pode levar pena de 30 anos

Melhorando a qualidade de vida - Aconteceu no último sábado em Nhumirim: Henrique, estudante de veterinária, colocou ferraduras nas patas de um cavalo, cena nada comum de se observar. Um dos dois profissionais capazes de prestar esse serviço no município, ele diz que a saúde do animal começa no casco.


PÁGINA 2

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 3


EDITORIAL / CARTAS À REDAÇÃO

PÁGINA 4

EDITORIAL Do facebook para a delegacia - Uma postagem no facebook fez com que o prefeito ligasse para uma usuária da rede social em busca de satisfações. A usuária da rede social se sentiu ofendida e deu queixa na polícia. Ontem, ambas as partes foram até a delegacia dar esclarecimentos, e tudo ficou resolvido amigavelmente. O prefeito não pode ligar para ninguém em busca de satisfações, pois vivemos em uma democracia, onde temos liberdade de expressão. A usuária pode se expressar livremente na rede social, desde que não haja ofensas pessoais. E neste caso, não houve nenhuma ofensa. Políticos tem que aprender a conviver com isso (críticas), pois se a moda pega, haja dinheiro público para pagar conta de celular. Prefeitura cassa quatro alvarás de bares - Parece que agora vai. A prefeitura cassou alvará de quatro bares que ofereciam caça níqueis aos clientes, o que é proibido. Vão pensar duas vezes antes de instalar essas maquininhas malditas, que acabam com famílias inteiras. O mesmo filme - O Jornalzão denunciou há cerca de três anos que a prefeitura estava usando um terreno na zona rural como lixão, época do prefeito Chiaperini. Pois é, depois das denúncias retiraram o lixo de lá e agora estão usando o terreno de cerca de um alqueire para depositar todo tipo de material, poluindo o ambiente. Recape - Nem bem acabou, o recape de algumas ruas do Nova Roma já está sendo motivo de reclamações, porque a chuva forte de domingo tirou o asfalto de algumas ruas, sem falar da reclamação de moradores sem asfalto que não foram beneficiados pelo governo atual.

EXPEDIENTE O JOR NA LZÃ O é um a pub lic açã o da edi to ra And ré Na gib Mo uss a ME Re da çã o: rua C ond ess a F ilo me na Mat ara zz o, 95 - C en tro - San ta Ro sa de Vi ter bo- SP - CEP 14 .27 0- 000 Fo ne/ f a x: (16 ) 395 4 3 289 Us uár io Pap el Im un e: UP - 081 09 /01 4 - Di ret or Ad min ist ra tivo: And ré Mou ssa - Dir eto r d e R ed açã o: Vic to r C erv i - Free lancer - Romeu Antunes - Co la bor ad ore s: Ana Lígia, P a dre A lex, C lél ia Za nar do, S erg inh o G omes, João de Bem, Mário Egidio e Ro gér io Mo sca rdi ni Ar te f i nal ist a: Ju nio r - Co nt ato C ome rc ia l: Joa na Dobras Ti rage m: 3 .000 exe mpla res - Ci rcul açã o: S anta R osa d e Vit e r b o Pe r i o d ic i d a d e : Se ma n a l - R $ 2 ,0 0 p o r e xe mp l a r - E mai l:o jor nal zao @oj or nal zao .co m Im pre ssã o: Gra fi sc, Sã o C ar los . “ A rt igo s a ssi na dos s ão de in tei ra res pon sa bil ida de de se us aut ore s, nã o r epr ese nta nd o n ece ssa ri ame nte a opi ni ão do jor na l.” O Jor nal zão s e r ese rva o di rei to de res umi r c art as que co nsi dera r i nad equ ada s a o e spa ço dis pon íve l. O JOR NA LZÃO É AFIL IADO À A B RA RJ

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

Indignado com o prefeito Venho através desta carta, manifestar toda minha indignação com a administração publica. Sou morador da rua Maria de Lourdes Campanini Costa, Nova Roma, e em dias de chuva tenho muita dificuldade para guardar meu carro na garagem, afinal, alem da rua não ter asfalto, também não tem guia, consequentemente não consigo fazer uma calçada com rampa para guardar o carro, pois se faço, a primeira chuva que der leva o cimentado embora. Na semana passada, ao chegar do trabalho, estavam terminando o recape do asfalto que concordo ser necessário e realmente ficou muito bom e lá estava o Sr. José Vicente que sinceramente não sei o que é, apenas sei que é envolvido em política e então o questionei a respeito das ruas sem asfalto, e o mesmo me respondeu que seriam asfaltadas em Janeiro de 2014 exceto a Maria de Lourdes Campanini Costa, por conta de um terreno acima da Ari Scarso defronte a minha casa ser do Prefeito, mas se o terreno sendo do Sr. Prefeito, é motivo para a rua não ser asfaltada, imagine se fosse ele um cidadão comum? Desde já estou no aguardo de uma resposta do nosso ilustre Prefeito! E esclareço que pago meus impostos como todos os outros moradores do bairro. João Batista Honório

IPTU mais caro Como está chegando o final de 2013 e nada se mudou em Santa Rosa, outra vez nada foi feito de melhoria para os munícipes dessa cidade pela administração e vereadores atuais, estamos aqui reivindicando o que pagamos com os nossos impostos e por direito. Então vamos falar do IPTU, nós moradores do bairro Morumbi, pagamos o IPTU mais caro de imóvel residencial na cidade, no entanto, eu, e os moradores do Morumbi gostaríamos que o Sr. Prefeito, o vice e o presidente da Câmara com os outros 10 vereadores viessem andar com os seus carros novos pela rua do bairro, e vão notar que o asfalto das ruas estão se deteriorando, fora os buracos que cada vez mais vem aumentando, nós não queremos mais operação tapa buracos, que vem acontecendo a anos e que não resolve, queremos é um Recapeamento do asfalto que já esta pago por nós a muito tempo. O asfalto deste bairro foi feito no primeiro mandato do ex-prefeito Decão. Então Srs. Políticos, estamos aguardando uma resposta de vocês, nós moradores do Morumbi. E que Deus ilumine a todos vocês para que nós munícipes tenhamos um 2014 melhor !!! Euler A. Gallão

Sabesb explica "Prezado editor, Considerando a matéria publicada pelo jornal sobre o uso de redes de água feitas de amianto, a Sabesp gostaria de esclarecer aos leitores que ela cumpre a legislação vigente para garantir água de qualidade para a população atendida. A principal legislação é a portaria 2914/11, do Ministério da Saúde, que estabelece o padrão de potabilidade a ser seguido em todo o país. A Sabesp utiliza atualmente redes de ferro fundido, PVC e PEAD (Polietileno de Alta Dens idade). Entretanto, ainda há redes mais antigas feitas com amianto e que estão sendo substituídas dentro de um

programa constante de renovação das redes, especialmente com vistas a evitar vazamentos e, consequentemente, perda de água. Na cidade de Santa Rosa de Viterbo existem redes de distribuição de água tratada construídas em cimento amianto que correspondem a aproximadamente 5% do total de redes existentes no município. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), não há "evidências consistentes ou convincentes de que a ingestão de amianto é perigosa à saúde, não havendo, portanto, necessidade de se estabelecer um valor limite para amianto na água potável"

(c onforme o doc umento "Health criteria and other supporting information" "Guidelines for drinkingw ater" - "As bes tos in drinking water"). A Lei Paulis ta nº 12.684/07, que proíbe o uso de produtos, materiais ou artefatos que contenham quaisquer tipos de amianto, permite, em seu artigo 4°, transcrito abaixo, a utilização desses materiais ou artefatos até que haja sua substituição definitiva, proibindo a exposição para concentrações de poeira. No c aso das tubulações de água, não há qualquer exposição, pois o material encontra-se em estado inerte. "Artigo 4º - Até que

haja a substituição definitiva dos produtos, materiais ou artefatos, em uso ou instalados, que contêm amianto, bem como nas atividades de demolição, reparo e manutenção, não será permitida qualquer exposição humana a concentrações de poeira acima de 1/10 (um décimo) de fibras de amianto por centímetro cúbico (0,1f/cc)." É importante destacar que a água distribuída à população de Santa Rosa de Viterbo atende a todos os padrões de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde." Assessoria de Imprensa da Sabesp


CARTAS À REDAÇÃO

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 5

“Repasse foi considerado regular pelo TC” Em matéria veiculada na edição n. 919 desse conceituado jornal, foi noticiado que "TC vê irregularidades em repasses de Nando e Chiaperini para Hospital". Com todo respeito ao editor do jornal, referida matéria não traz a informação correta. Como advogado que cuida do processo que analisa os repasses e consequentemente a prestação de contas do exercício de 2008, vislumbro que, ante o teor deturpado da notícia, a necessidade de esclarecer os fatos. Após assumir a administração municipal, e com a finalidade de não deixar que o nosso único hospital viesse a fechar as portas, o Município de Santa Rosa de Viterbo, representado à época pelo Prefeito Municipal Luis Fernando Gas perini, c elebrou em 19/11/2002 convênio com a Santa Casa local, objetivando a ampliação ao atendimento à população através de conjugação de esforços da Santa Casa e do Município. A Lei municipal n. 2544 de 11/10/ 2002 autorizou a celebração do convênio entre as partes. As prestações de contas referente aos repasses efetuados nos exercícios de 2002 até 2008 (18/11/2008) foram devidamente aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo: 2002: Proc es s o n. T C

1836/006/03; 2003: Process o n. T C 1674/006/04; 2004: Proc es s o n. T C 1555/006/05: 2005: Process o n. T C 2002/006/06: 2006: Proc es s o n. T C 1660/006/07: 2007: Processo n. T C 2253/006/08: e 2008 (até 18/11/2008) Processo n. TC 1768/006/09. O repasse e cons equentemente a prestação de contas do período de 19/11/ 2008 a 31/12/2008 no valor de R$ 161.652,21 estão sendo analisados pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo nos autos do processo n. 1769/006/09, e diferentemente do que consta da matéria jornalística, referida prestação de contas já obteve parec er pela sua regularidade (aprovação) dos órgãos técnicos do TCE/SP. Consta do despacho da Conselheira Dra. Cristiana de Castro Moraes, publicado no D.O.E. de 26/11/ 2013: "Em relação à prestação de contas de 2008, em que pesem as falhas verificadas, as manifestações da UR-06, ATJ -Economia e sua Chefia, após a concessão de prazo e apresentação de esclarecimentos por parte dos interessados, foram no sentido de regularidade da matéria, com os alertas devidos." O que não foi aceito pelos órgãos técnicos do Tribunal de Contas do Es-

tado de São Paulo, até a presente data, são as prestações de contas do ano de 2010 e 2011 que tinha como prefeito o Sr. José Tadeu Chiaperini. Assim se pronunciou a mesma Conselheira: "Referente a 2010 também houve o apontamento de impropriedades que não foram totalmente afastadas com as justificativas e documentos ofertados. Dessa forma, concluíram pela irregularidade parcial da prestação de contas a Fiscalização (irregular a aplic ação de R$ 2. 040.195,85 e regular a aplic ação de R$ 418.052,83) e ATJ-Economia (irregularidade da destinação da quantia de R$ 2.040.195,85; regularidade quanto ao valor de R$ 418. 252, 83, s endo R$ 418. 052, 83 efetivamente gastos e R$ 190,00 devolvido à Prefeitura, ressaltando-se a existência de saldo não aplic ado de R$ 6.247,08)." Com relação às contas de 2011, que tramita em outro processo (TC 1440/ 006/12) assim se manifestou a Conselheira: "Não obstante a vasta documentação carreada, a UR-06, no relatório de fls. 4661/4679, reiterou sua manifestação anterior pela irregularidade da matéria em relação à maior parte do valor examinado (R$

2.507.167,61). O Ministério Público de Contas, também considerando não afastadas as impropriedades constatadas nos autos, opinou no sentido de irregularidade da prestação de contas." Portanto, o repas se efetuado pelo Município quando o Chefe do Executivo era o Sr. Luis Fernando Gasperini (período de 19/11/2008 a 31/12/2008), já foi considerado regular pelos órgãos técnicos do TCE/SP. Merece ser esclarecido também, que não foi feita qualquer menção pelo Ministério Público de Contas sobre irregularidades no repasse efetuado em 2008 ou de indícios de improbidade administrativa. O Ministério Público de c ontas opinou pela irregularidade da prestação de contas nos autos do processo que analisa a pres tação de contas de 2011 do ex-prefeito José Tadeu Chiaperini (TC 1440/ 006/12). Outro fato que merece ser elucidado é que a sindicância instaurada pela Prefeitura Municipal não se refere aos repasses e prestação de contas dos exercícios anteriores, e sim sobre os fatos ocorridos no presente exercício (2013). Era o que cabia esclarecer. Dr. Juliano de Oliveira, advogado

COLUNA GOSPEL por Rogério Moscardini

Atenção às palavras Uma semana depois que C.S. Lewis morreu em 1963, colegas e amigos se reuniram numa capela, em Oxford, Inglaterra, para prestar homenagem ao homem cujos escritos tinham alimentado as chamas da fé e da imaginação em crianças e estudiosos. Durante o funeral, um amigo próximo de Lewis chamado Austin Farrer comentou que Lewis sempre enviou uma resposta escrita à mão a cada carta que recebeu de leitores de todo o mundo. "Sua atitude característica para as pessoas em geral era de consideração e respeito", Farrer disse. "Ele pagou a vocês o elogio de prestar atenção às suas palavras." Dessa forma, Lewis se espelhou na notável atenção que Deus dá para o que dizemos a Ele em oração. Durante um momento de grande dificuldade, o escritor do Salmo 66 clamou a Deus (v. 10-14). Mais tarde, ele louvou ao Senhor por Sua ajuda dizendo: "Entretanto, Deus me tem ouvido e me tem atendido a voz da oração" (v. 19). Quando oramos, o Senhor ouve as nossas palavras e conhece os nossos corações. Verdadeiramente podemos dizer como o salmista: "Bendito seja Deus que não me rejeita a oração, nem aparta de mim a sua graça!" (v.20). Nossas orações se tornam o caminho para um relacionamento mais profundo com Deus. Em todos os momentos, mesmo nas horas de maior necessidade, Ele presta atenção às nossas palavras. Deus sempre presta atenção em nós.


PÁGINA 6

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 11


PÁGINA 12

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


GERAL

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 13

Pedro fala de expectativa enquanto se recupera de cirurgia "A vida é expectativa. O homem não vive sem expectativa, seja ela boa ou ruim". A frase, do cônego Pedro Carlos Cruz Santos, titular da Paróquia Santa Rosa de Viterbo, foi dita na última quarta-feira, uma semana depois de se submeter a uma delicada cirurgia para retirada de tumores pros táticos. Na próxima quarta ele vai tomar ciência dos próximos passos a trilhar na luta contra o câncer. - Estou me sentindo um pássaro preso - reclamou diante da imposição médica de repouso absoluto - Mas estou cumprindo à risca as recomendações. Tal sensação começou ainda no quarto de pósoperação que, em sua visão, 'estava cada vez mais apertado'. Até que, no último

domingo, recebeu autorização e voltou pra casa. - Nem cheguei a ver São Simão, tal a sensação de liberdade que senti durante a viagem de volta. A es trada para Santa Rosa parecia o caminho do céu, de tão bonita. Com 27 anos de sacerdócio e 57 de idade, Pedro reconhece. - Senti, sim, angústias humanas quando fiquei sabendo da doença, mas em momento algum tive dúvidas da minha fé em Deus.

Cônego Pedro tem 27 anos de sacerdócio

E tem esperança na cura total Desde 2009 ele faz acompanhamento anual de prevenção ao câncer de próstata. Uma sensação de incômodo levou-o a reclamar para sua mãe, em visita que fez a ela na Bahia, em junho deste ano. - Ela me deu chá de milona, uma erva que tem esse nome porque, dizem, curou mil homens. Mamãe dá isso aos filhos, desde que éramos crianças, para curar diarréia e outros males da barriga. Em agosto os exames mostraram a realidade. - Acostumado a visitar pessoas doentes, lembreime de quando uma mulher - com câncer no seio - me revelou o desespero de carregar aquele corpo estranho em si. Eu cheguei a ter a mesma sensação em certas noites quando estava sozinho. Por outro lado, confiou na ciência e foi à luta. Agora, Pedro diz que faz o tempo de recuperação andar mais rápido com reflexões e leituras. - Está sendo um aprendizado enorme. Os médicos que fizeram a cirurgia - no hospital São Francisco, em Ribeirão - aguardam exames, que mandaram fazer do material extraído, para saber se o caso vai requerer radioterapia, quimioterapia, ou nenhum dos dois. - Eles me disseram que há grande chance de cura, e eu tenho esperança de que assim seja.


PÁGINA 14

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

GERAL

PÁGINA 15

Construção da nova ciclovia começa segunda-feira

DE OLHO NA CIDADE

Começa depois de amanhã a cons trução de uma cic lovia (com faixa anexa para caminhada) no canteiro central da av. Prof. José Dilermando Ribeiro. A informação é do encarregado Márcio Aparecido Rosa, que trabalha para a empresa AT Engenharia, de Ribeirão Preto, responsável pela obra. - A gente começa segunda, mas não sei qual é o prazo de entrega - disse ele anteontem, enquanto fixava Marcações foram feitas anteontem estacas demarcatórias do traçado. para colocação da base, de metros de largura, será asA grama será retirada solo brita. A pista, de 2,5 faltada. Q ua nd o s aiu a ve rb a do r ec ap e do No va R om a, o J or nalzão fez matéria explic ando que o bairro não tem galerias pluviais s ufic ientes e que novas deveriam ser feitas . A a dmin is tra ção

respondeu que is s o era "um problema de gestões pas sadas ", e que a verba era apenas para o recape. Uma única chuva, domingo pass ado, bastou para que o as falto "desc olas s e" em diversos pontos . E não pára por aí.

Alunos do COC no Jô Soares Alunos do COC assistiram as gravações do Programa do Jô na Globo em São Paulo no último dia 3 e voltaram maravilhados. Participaram da gravação de três entrevistas. Foram 43 alunos num ônibus fretado pela escola. Na foto, as alunas que participaram das gravações - Joyce, Marrieli e Liliana.

O serviço "anti enchente" feito na rodovia e na rua Luis Bignelli parec e não ter func ionado também, pois na mes ma c huva um rio s e fo rmo u n aqu ela ru a, c om água a meio metro de altura.

Prefeitura fará nebulização para acabar com pernilongos A equipe de controle de vetores realizará nos bairros da cidade uma nebulização para tentar amenizar a quantidade de pernilongos que apareceram nos últimos dias. Os pernilongos estão atacando em todos os bairros da cidade. A nebulização ou fumacê mata somente o inseto adulto, por isso é necessário o cuidado em dobro dos moradores com suas residências sem deixar água acumulada em qualquer tipo de recipiente para formar

um foco. A partir da próxima semana a nebulização começa pelas COHABs a partir das 18h. Um carro de som passará anunciando um dia

antes no bairro onde será executada o serviço. A orientação é para cobrir as gaiolas e guardar os animais. Afinal é um problema de todos e a solução também.

CHOCOLATERIA BUZZI BOM GOSTO E REQUINTE NA CHOCOLATERIA TEM AR REFRIGERADO PARA SEU CONFORTO! APRECIE NOSSAS CRIAÇÕES EM CHOCOLATE! PRODUZIMOS O MELHOR SORVETE DA CIDADE.

Estamos bem ali ao lado do Correio, na Avenida Rio Branco. Chega lá!

BOLOS, TORTAS, PAVÊS, BEBIDAS NÃO ALCOÓLICAS, SUCOS. PÃO-DE-QUEIJO, EMPADA, CROISSANT, CAFÉ GOUMERT E MUITO MAIS DELÍCIAS.


PÁGINA 16

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 19


PÁGINA 20

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

CHICO XAVIER

GERAL

PÁGINA 21

Entregues as últimas chaves do Montorão

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Deus quer misericórdia Se confias em Deus, alma querida, Vem com Jesus, do lar, que te resguarda e eleva, Ao vale da aflição onde vagam na sombra Os romeiros da angústia e as vítimas da treva!... Na crença que te nutre, acende a chama Do amor que te desvende, trilha afora, Os convidados d'Ele ao banquete da vida, Os que formam na Terra a multidão que chora. Vamos!... Jesus à frente, nos precede, Insistindo por nós, de caminho a caminho, E pede proteção ao que segue em penúria, Reconforto a quem vai padecente e sozinho... Aqui, passam em bando, aos ímpetos do vento, Pequeninos sem fé, sem apoio, sem nome. Que fazem? de onde vêm? aonde vão? Ninguém sabe E nem sabe explicar a mágoa que os consome; Ali, geme, sem teto, o doente esquecido, Além, tropeça e cai, sem a escora de alguém, O velhinho largado à vastidão da noite, Que recebe, por leito, a terra de ninguém; Mais adiante, é a viuvez cansada de abandono, Almas na solidão de torturante espera, Implorando socorro ao telheiro vazio, A recolher somente a dor que as dilacera; Flagelam-se, mais longe, os tristes companheiros Que andaram sem pensar, nas veredas do crime, Rogando leve olhar de bondade e esperança, Numa frase de paz que os restaure e reanime!... Ante os erros que encontres, não censures Nem te queixes... Trabalha, alma querida!... Deus quer misericórdia!... Ama, serve, abençoa E Deus te susterá nas provações da vida. Vem como és e auxilia quanto possas, Não clames pelo Céu, sonhando em vão!... Nosso Senhor te aguarda tão-somente, Traze teu coração!... Maria Dolores ( Poema extraído do livro "Poetas Redivivos" - Psicografia de Chico Xavier)

As chaves das últimas 192 casas do Montorão foram entregues pela CDHU na quinta-feira à tarde no ginásio de esportes Américo Portugal Gouveia, para alegria das famílias c ontempladas . O primeiro casal a rec eber a chave foi Valentim Donizetti da Costa e sua esposa (foto). As famílias só poderão entrar nas cas as quando elas forem entregu es t erminada s pe la construtora. A Chefe da Seção de Habitação, Dalila

Verucc i, explica que primeiramente a equipe da CDHU vai fazer os contratos de cada um dos contemplados, para em seguida entregar as c haves. Quanto à falta do aquecimento Solar, prometido des de o c omeço da construção das casas, a explicação da CDHU é de que, como ele é ins talado por outra empresa, só depois de todas as casas entregues que os compradores poderão se benefic iar de banhos quentes à vontade.

Convênios & conveniados - sem acordo Em reunião da última quinta-feira na promotoria local, conveniados do Serv Saúde e Eurípedes Ferreira & Outros não entraram em acordo sobre o reajuste das mensalidades para este ano, que os associados conside-

raram abusivos. Na reunião, os convênios propuseram um reajuste de 40% para os dois planos, o que não foi aceito pelos conveniados. Anteriormente os planos de saúde queriam reajuste de 129,37 % - Eurípedes Fer-

reira e 65%, Serv Saúde. "Nós queremos o reajuste permitido pela Agência Nacional de Saúde que é de 9,04%", diz João Rodrigues, representante dos conveniados. Diante do impasse, ficou marcada nova reunião

para a próxima quinta-feira, dia 12. Rodrigues explica que se não houver acordo, há a possibilidade de o promotor abrir uma Ação Civil Pública para que os planos de saúde cumpram a determinação da ANS.

ATENÇÃO CONVENIADOS SERV-SAÚDE INFORMAMOS que, por determinação da Promotoria na reunião com São Francisco Clínicas na quinta-feira passada, dia 05, os beneficiários do contrato Serv Saúde - Valdivino Soares dos Santos ME pagarão as mensalidades de dezembro sem reajuste. No ato do pagamento daremos os devidos desconto nos boletos em poder dos interessados; ISSO VALE SOMENTE PARA ESSE CONTRATO. Serv Saúde - Valdivino Soares dos Santos ME


PÁGINA 22

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

GERAL PROFISSÃO RARA

AGENDA DO EMPRESÁRIO por Ângelo Eduardo Monici

e-Social vai mudar culturas São muitas as perspectivas e dúvidas criadas pelo e-Social, projeto desenvolvido pela Receita Federal do Brasil que visa unificar o envio das obrigações acessórias no âmbito da CEF, Previdência Social e do Ministério do Trabalho e Emprego, centralizando as informações prestadas em um único canal. O que promete o novo projeto: Detalhar as informações da folha de pagamento; Envio das informações em tempo real (demissões, rescisões; férias, afastamentos, entre outros); Redução das obrigações acessórias (CAGED/RAIS/DIRF); Maior controle na fiscalização das empresas; Acesso por outros órgãos, conforme a competência; Livro de Registro de Empregados Digital; Envio das informações com Assinatura Digital (E-CPF); Substituição da matricula CEI pelo CAEPF (Cadastro de atividades da pessoa física); Substituição do CEI para as obras para o CNO (Cadastro nacional de obras) sempre acoplado a um CNPJ ou CPF; Substituição futura do PIS pelo CPF como identificador dos trabalhadores. Uma das questões que mais se destaca é a premissa de um maior controle da Receita Federal do Brasil na fiscalização das empresas e das obrigações provenientes do trabalho, criando um engessamento nas rotinas trabalhistas e uma forte mudança cultural das empresas para o cumprimento rigoroso da legislação. Os costumes e vícios errôneos desenvolvidos ao longo do tempo por algumas empresas, na verdade o descumprimento da legislação vigente uma vez que não há uma fiscalização atuante, geram diversos aspectos que precisam ser trabalhados e/ou analisados com o intuito de se adequar a nova realidade imposta pelo programa e-Social. Segunda Feira última por iniciativa da OSA Contabilidade juntamente com outros profissionais da área, foi realizada uma palestra com a Dra. Líris Tognoli, consultora Jurídica, Preventiva Fiscal, Trabalhista e Previdenciária que presta serviços ao nosso escritório, onde foi demonstrada toda a parafernália e complexidade dessa nova obrigação e que já esta deixando nossos cabelos em pé, até mesmo nós, acostumados com tantas e tantas mudanças. Entendemos que de uma vez por toda, as empresas deverão avaliar como será a sua gestão frente a esse novo desafio, havendo a necessidade de quebrar paradigmas e antigos costumes e preceitos. E seus colaboradores, estão preparados? A busca incessante pela boa gestão com planejamento de processos, cercada por profissionais qualificados e atualizados para este e outros desafios que virão será, sem sobra de dúvida, o diferencial e o seu êxito para enfrentar a fiscalização ágil e eficaz que chega junto com o e-Social.

PÁGINA 23

Henrique diz que ferra, em média, dois cavalos por dia

'Pito' na boca serve para acalmar o bicho Uma cena pouco comum pôde ser notada por quem passou pelo bairro de Numirim, no último sábado: o cavalo - chamado Hebreu - recebendo ferraduras nas quatro patas, em plena rua São Sebastião. O executante da tarefa, Henrique Procópio da Silva, um dos dois profissionais do município que ferram eqüinos, assegura que o mercado está

carente desse tipo de profissional. Ele contou que a saúde desses animais começa nos cascos. - Casco ruim significa qualidade de vida ruim. Depois dos cascos são os dentes que merecem cuidados. Ele está no 3º ano de veterinária, na 'Moura Lacerda' de Ribeirão, e pretende se especializar em ortopedia e odontologia eqüina.

Ferramentas apropriadas para o conforto do animal Dirigindo uma caminhonete equipada com ferramentas especiais, Henrique percorre a região atendendo hípicas, s ítios e fazendas que demandem serviços de ferragem e casqueamento. - Eu ferro ou c as queio, em média, dois animais por dia. Ferrar as quatro patas custa entre 100 e 120 reais - revela o estudante, de 22 anos, que está na

profis s ão faz um ano e meio. Com o pito (ou cachimbo), amarra o focinho do animal para que este permaneça imóvel, e com auxílio de um pedestal, trabalha os cascos. - Não pode apertar muito, só o suficiente para ele se acalmar. Não se deve judiar do bicho, nem gritar com ele - ensina.

DE OLHO NA CIDADE Novas roçadeiras ? Estes dois animais pastavam tranquilamente entre a ciclovia e a rodovia “Conde”, onde o mato está alto. Um morador que caminhava soltou: -Será que são as novas roçadeiras da prefeitura? O c erto é que os donos deixam s oltos porque a prefeitura não fisc aliza. Começa a multar e a rec olher para ver s e alguém mais deixa “o bic ho s olto”.


PÁGINA 24

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 25


POLÍCIA

PÁGINA 26

CRÔNICA & CONTEXTO por João de Bem

SANTO OU SATANÁS? Hoje (05/12/2013) pela manhã, minha mulher abriu o envelope que continha um boleto de pagamento da Serv Saúde. Assustou-se - olha aqui, o quanto aumentaram nosso plano de saúde! Olhei e também fiquei assustado. Acompanhando o boleto havia uma cópia de carta datada de 13/11/2013 endereçada ao Ministério Público Promotoria de Justiça de Santa Rosa de Viterbo, justificando o aumento de 65,33%. Imediatamente liguei para a Serv Saúde empresa que comercializa o plano em Santa Rosa. Falei com o responsável. Deu-me algumas informações dizendo para analisar as questões pontuadas na carta. O que concluí é que não há como justificar o brutal reajuste. O contrato de Plano de Saúde revela-se como de trato sucessivo e, o nosso, anterior a lei 9656/98 deve ter negociação pactuada pelo código de defesa do consumidor. Independentemente de lei ou mecanismo legal regulamentador, o que percebemos, no mérito, é um despudor legal - absolutamente fora de qualquer prática atual de reajuste. Nota-se clara evidência em encobrir a real causa do problema da prestadora do serviço dentro da economia de mercado em regime capitalista - a incompetência da instituição denominada fantasiosamente de São Francisco Clínicas - talvez por erro de avaliação ou ausência de um plano estratégico que contemplasse previsões de mercado e riscos futuros. O mais chocante é o claro desprezo pela vida humana em função de problema financeiro implícito no condicionamento espúrio, forçando muitos aposentados previdenciários, com reajustes abaixo dos índices do plano, a desistirem deles. O desrespeito pela terceira idade, fase temporal humana que mais necessita de cuidados a saúde, é escandaloso. Já fomos jovens, contribuímos por mais de vinte anos com a entidade sem necessariamente usarmos os serviços, portanto capitalizamos a instituição nesse período. Percebe-se claramente a ação de gestores equivocados, ou mesmo indecentes, não importa a adjetivação - o fato é que o problema aí está. Talvez para ajustar uma questão financeira premente da São Francisco, indicado pelo índice estratosférico do reajuste, ou talvez por ter comprometido recursos correntes com investimentos de longo prazo de retorno, no momento podendo estar em dificuldades, assumiu como solução imediata e sem o custo que uma operação financeira bancária demandaria, optou por equacionar a defasagem de caixa com reajuste leonino aos planos antigos, prevalecendo-se de artifícios jurídicos. Chega a ser satânico o plano do santo - com uma paulada resolve três problemas: - diminui o volume de gastos com materiais e serviços; força a desistência de beneficiários com maiores despesas e adequa a demanda de serviços ao corpo clínico e instalações hospitalares com a nova configuração de beneficiários. Empresarialmente se enquadra à economia de mercado, equilibrando receita e despesa com a frieza dos números. Ideal se não fosse pelo gênero! Ao pensamento capitalista só interessa o lucro. Aqui a vida é apenas um fator circunstancial. Esperamos que justiça se faça. Não devemos arcar com prejuízos financeiros que não foram proporcionados por nós. Não devemos ficar passivos diante de evidente agressão a nossos direitos, muito menos por imposição de ilícitos, como os índices de reajuste da operadora de nosso Plano de Saúde!

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

"Beiçola" matou colega com podão e pode levar 30 anos de prisão Na quinta-feira à tarde foi realizada a primeira audiênc ia do c rime que aconteceu no dia 3 de setembro, quando duas pessoas foram mortas depois de uma briga no começo da noite. Um dos assass inos poderá ir à Júri Popular e a pena vai de 12 a 30 anos de prisão. Naquele dia três de setembro a festa começou no final de tarde da quartafeira. Os amigos se reuniram para beber umas e outras na casa de Valdecir, no Centro da cidade, esquina da rua Cícero Martinelli com a rua do Comércio. Entre os presentes estavam Raimundo Nonato Conceição, conhecido como o Beiçola, de 26 anos, Romilson Damasceno de Assis, mesma idade, Claudiney Rodrigues dos Santos, maranhense de 31 anos, e mais alguns amigos convidados.

Segundo a polícia, no meio da festança, Claudiney "brincou" com um dos presentes , conhec ido como Douglinhas. Uma brincadeira de empurra-empurra. Douglinhas não gostou da brincadeira e o xingou. Claudiney entrou na casa, pegou uma faca e partiu para cima do Douglinhas. Os outros que estavam na festa seguraram Claudiney e tiraram a faca da mão dele. Tudo apaziguado, a fes tança continuou.Quando Douglinhas estava indo embora, Claudiney mexeu novamente com ele. Isso foi por volta de oito horas da noite, já escuro. Nisso, chegou Romilson de moto, e passou a defender Douglinhas. Contam que Romilson deu um soco no rosto de Claudiney, que entrou novamente na casa, pegou uma faca e saiu correndo atrás de Romilson. Na rua Henrique Dumont,

Encontrado morto na cadeia Um homem de 42 anos, pedreiro, de Ribeirão Preto, preso provisoriamente na cadeia local sob acusação de estupro foi encontrado morto na cela que ocupava sozinho na cadeia local no último domingo. Ele teria se enforcado com um pedaço de pano. O caso será investigado pela Justiça

Claudiney deu uma facada certeira no peito de Romilson. A Polícia Militar foi acionada, socorreu Romilson que foi encaminhado ao PS ainda com vida, mas não resistiu, morrendo em seguida. Nes te meio tempo, Beiçola teria se apoderado de um podão, segundo testemunhas, e saiu correndo atrás de Claudiney. Contam que Beiçola encontrou Claudiney na esquina das ruas Fátima Salim e Comércio, pertinho da praça Santo Antônio, dois quarteirrôes acima da casa de Valdecir. Beiçola, com um golpe de podão, decepou o braço es-

querdo de Claudiney. Claudiney ainda caminhou por cerca de 80 metros, rumo ao Hospital deixando um rastro de sangue por onde pass ou. Ele foi resgatado caído na c alçada da rua Henrique Dumont, chegou com vida ao PS local. Foi encaminhado para o HC de Ribeirão, mas falec eu na manhã do outro dia.Depois da audiência de quarta-feira, o processo vai ao promotor e para a defesa. Terminada esta fase, o juiz deve se decidir se Beiçola será submetido a júri popular. Ele é acusado de homicídio triplamente qualificado, cuja pena vai de 12 a 30 anos de prisão.

Correição na delegacia O juiz Alexandre César Ribeiro e o diretor do Fórum, Ilsinei Tadeu fizeram correição anual na delegacia e cadeia locais na segunda-feira, com a presença dos delegados Gonini Junior e Eduardo Rodrigues Martinez. O juiz Alexandre disse que a situação da cadeia está normal, com número de presos dentro da capacidade. "Não há superlotação e a estrutura está dentro da normalidade" explicou. Além dessa correição anual, o doutor Alexandre faz correição na cadeia uma vez por mês para verificar a situação dos presos e tratamento dado a eles. Quanto à correição na delegacia, ele informou que é uma rotina anual para verificação de livros e processos.


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 27


PÁGINA 28

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

Mulher passa o dia no PS, "esquecida" por ambulância

Dona Maria Lúcia Monteiro, 51 anos reclama que ficou quase o dia inteiro da quarta-feira esperando uma ambulância levá-la para Guariba,onde seria operada de uma fratura na perna esquerda, ocasionada por um tropicão num buraco de tatu. Segundo ela, na semana passada ficou agendado que uma ambulância passaria por sua casa às oito horas da manhã de quarta-feira para levá-la, mas isso não aconteceu. "Acordei cedo e fiquei esperando, mas não apareceu ninguém". Como não apareceu ninguém ela foi levada por familiares ao Pronto Socorro para tentar resolver a situação. Ela conta que foi mal recebida por funcionárias e até chamou a Polícia para tentar resolver o caso. Levada para o corredor do P.S. às 15 horas ainda esperava por nova regulação às 15 horas da tarde da quarta-feira. O chefe de Divisão de Atenção à Saúde da Pessoa, Jorge Andrade Siqueira, que foi ao Pronto Socorro para dar atendimento ao caso, disse que pode ter havido um erro de alguma pessoa envolvida e que tudo seria analisado para saber o que aconteceu para tomar as providências. "Já aconteceu, agora é preciso atender e mulher e investigar onde aconteceu o erro para que não aconteça novamente".

GERAL

PÁGINA 29

Dona Rosa, mulher de coragem Dona Rosa é uma cearense trabalhadora, decidida e corajosa que recicla lixo na cidade todas as segundas, quartas e s extasfeiras na "baixada" da rua do Comércio e proximidades. Rosa Regina dos Santos tem 70 anos, é baixinha e sorridente e não parece que tem essa idade. Tem uma rotina que não muda-começa a recolher os recicláveis - papel, garrafas, papelão, latinhas e plástico às sete e meia da manhã e termina ali pelas onze horas. É conhecida de todos moradores e faz um apelo para que as pessoas separem o lixo ante de colocar na rua, porque tem que botar a mão nos sacos, revirar para pegar o que é aproveitável e nem tudo é limpo. "É bom pra todo mundo e para a limpeza da cidade. Se os moradores fizerem o favor, eu

agradeço". Ela diz que recolhe cerca de um c aminhão de recicláveis por mês. Não fala quanto ganha em dinheiro, mas frisa que faz isso porque gosta. "Eu gosto muito de trabalhar, não consigo ficar parada. Minhas filhas me criticam, mas eu gosto disso". Quando não está cuidando de casa, ainda carpe o quintal, planta milho, mandioca, abóbora, lava roupa... Aposentada, revela que não precisa do dinheiro ganho com o que arrecada para s ua manutenção, mas que ele ajuda com as filhas que moram com ela. Teve dez filhos, quatro morreram, ficaram seis e duas das filhas moram com ela em casa, mais um neto. Os outros moram na vizinhança de sua casa na Vila Mendes. Dificuldade s - O

marido trabalhava em Amália, foi mandado embora e os dois começaram a recolher recicláveis e foram tocando a vida. Conta que quando ela e o marido acabaram de cobrir a cas a que construíam num terreno de sua propriedade, o marido morreu num ac idente e ela teve que acabar a casa sozinha. Ela veio de Juazeiro do Norte no Ceará, terra do "Padim Ciço", onde morava no s ítio Mandac aru. "Quando era inverno e chovia, a gente tinha o que comer, quando vinha a seca a gente pas s ava fome". Certa época, um filho resolveu vir para São Paulo, depois outro e finalmente o marido; foi quando ela resolveu se mudar também, há 16 anos. Ela conta que assim que chegou aqui, o marido arrumou emprego logo foi fichado e os filhos

também estavam empregados, foi uma maravilha. "Eu achava que não ia acostumar porque diziam que aqui era muito frio. Mas foi muito bom aqui temos fartura, nunca passamos fome aqui é muito bom". Quanto às dific uldades ela revela que nada a preoc upa. "Deus dá o frio conforme a roupa que a gente tem", finaliza.


PÁGINA 30

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

ECONOMIA Para ÚNICA, diesel mais caro anulará ganho do etanol

GERAL

PÁGINA 31

FUNDO DO BAÚ

"O impacto da alta do diesel no custo de produção do etanol é muito significativo. O diesel mais caro afeta plantio, colheita, carregamento e transporte. É um dos insumos mais importantes para a produção do biocombustível de cana" - disse o diretor técnico da ÚNICA (União da Indústria de Cana de Açúcar), Antonio de Pádua Rodrigues, ao comentar o reajuste de combustíveis anunciado pelo Governo Federal. Ele lembra também que o aumento do diesel provoca alta nos custos de outros insumos importantes para a produção do etanol. "Além de tudo isso, a lei determina que a partir de 2014 as usinas terão que adquirir o S10, versão menos poluente do diesel, e ainda mais cara. Assim, qualquer ganho de competitividade para o etanol, com o aumento no preço da gasolina, será praticamente neutralizado pelo aumento que o diesel vai gerar nos custos de produção". Em sua argumentação, o diretor da ÚNICA comparou. "A Petrobras enfrenta aumentos em seus custos de produção de gasolina da mesma forma que o setor sucroenergético. A diferença é que as perdas da Petrobras são acomodadas pelo governo com dinheiro público, enquanto as perdas do setor sucroenergético resultam em prejuízo para as empresas que produzem etanol". (Fonte: novaCana.com)

POLÍTICA Deputado mostra 'bicho pegando' em quinta amena na Câmara O deputado Chico Alencar (Psol-RJ) postou no facebook, anteontem, um relato pessoal sobre um discurso 'adrenalina pura', do deputado Garotinho (também do Rio), e uma resposta pouco respeitosa de Bala Rocha a uma ilação feita por Arlindo Chinaglia. Leia abaixo a íntegra do relato: "As s essões matinais das quintas-feiras, aqui na Câmara, são sempre 'amenas'. Mas hoje o 'bicho pegou'! Garotinho mostrou registros cartoriais dizendo que os pais e a irmã do prefeito Eduardo Paes, do Rio, têm contas no Panamá, de quase R$ 20 milhões, que seriam administradas pelo mesmo 'laranja' Ritter, 'dono' do tal hotel que ofereceu emprego de alta remuneração para Zé Dirceu. É de se supor que o COAF, do Ministério da Fazenda, tenha ciência de toda e qualquer movimentação de brasileiros no exterior. Esperamos esclarecimentos e apuração. Depois, por uma discussão em torno de Acordo Brasil-República Francesa (Guiana) quanto a garimpo ilegal, o deputado Bala Rocha, sentido-se ironizado pelo líder do governo, Arlindo Chinaglia (que fez referência a uma antiga detenção do colega), mandou bala, com um sonoro "Filho da P.!" ao microfone. O clima ficou pesado. Crianças e jovens que visitavam o Plenário devem ter saído com uma péssima impressão... O tal 'espírito natalino' ainda não pintou aqui."

No dia do casamento do Pachola - 14 de setembro de 1963 - essas meninas posaram, cada uma com seu copo na mão, para essa foto maravilhosa, no quintal da casa da noiva Sirlei (filha do Reinaldo 'Coruja' Carvalho e Itália Titarelli) que morava na atual rua José Garcia Duarte (naquele tempo, Quintino Bocaiúva). Atrás da cerca de bambu ficava o 'pasto dos Titarelli' onde foi construída a Cadeia Pública - e delegacia de polícia. Pachola era o apelido de Francisco Ferreira de Carvalho, gerente do cine Caiçara. Eis os nomes das personagens, quase todas de sapato branco: Lene Falconi está no fundo, à esquerda. Depois, Ilara Tincani, Cidinha Carvalho, Fátima Salim, Joana D'Arc e Heloísa (ambas de Ribeirão Preto), Maria do Rosário Iacovelo, Carlos Rui (no colo), Maria do Carmo Iacovelo, Solange Balbão, Estela Cagliari, Lourdes Persiani e Odete Titarelli.

Em SP, Alckmin tem 43%, Skaf, 19%, e Kassab, 8%, diz Datafolha Pesquisa divulgada no dia 2 tem margem de erro de 2 pontos percentuais Pes quisa Datafolha divulgada nes ta s egundafeira (2) pelo jornal "Folha de S. Paulo" indic a que o governador de São Paulo, Geraldo Alc kmin (PSDB), tem 43% das intenções de voto para as eleições estaduais de 2014 e venceria no primeiro turno s e dis putass e com Paulo Skaf (PMDB), Gilbert o Kas s ab (PS D) e Alexandre Padilha (PT). O presidente da Fi-

es p (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, tem 19% das inte nções de voto, s eguido pelo ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kas s ab, c om 8%, e pelo minis tro da Saúde, Alexandre Padilha, com 4%. Votos em branco ou nulos foram a opção de 17%. Outros 9% responderam que não s abem em quem votar.

A pes quisa entrevistou 1. 723 eleitores em 46 munic ípios do es tado, na quinta (28) e na sexta-feira (29), e tem margem de erro de dois pontos perc ent uais pa ra mais ou para menos . Alc km in c r es c e u três pontos nas intenções de voto em c omparação ao Dat afolha rea lizado nos dias 27 e 28 de junho, que tes tou o mesmo c enário, c om os mes mos

c andidatos . Capital x inte rior - Alc kmin lidera a pes quisa de intenção de voto c om tranquilidade no int er ior pa u lis t a, c o m 51%, contra 36% na capital. Entre s eus advers ár ios , Skaf tem 17% das intenções de voto no interior e 22% na c apital; Kass ab tem 9% e 7%, res pec tivamente, e Padilha 3% e 5%.


PÁGINA 32

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 33


CLASSIFICADOS

PÁGINA 34

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

Os Classificados para particulares são gratuitos (máx. 10 palavras). Empresas e demais pagam R$ 2,00 por cada 10 palavras. Não pegamos classificados por telefone. Entrega até às 17:00h da Quinta-feira.

FAÇO CARRETO COM SAVEIRO semanais, sábados, domingos e feriados. 39546003/ 9145-3447/ 9145-2869

CASA NOVA vendo no Julio Moretti a 40 m do Solar, 3 dorm., suíte, sala ampla, cozinha, banheiro azulejado e lavanderia com armários, aquecedor solar, portão eletrônico e jd. de inverno, direto com o proprietário. 91663028 VENDO casa nova 92m² rua Albina Pedresqui 125 Luiz Gonzaga 2º rua em fase de acabamento com 3 dorm.,, sala, cozinha e w c. 9166-3028 VENDO duas casas no bairro Ari Carneiro, 2 dorm., sala, cozinha, w c, azulejados, 60m² e 61m². 9166-3028 VENDO roteador D´link. 9 9174-9180 VENDO Brasília 78 9 8151-0476 VENDO vaca com 3 crias. 9 8151-0476 VENDO moto CG titan 99 único dono. 9 9193-3706 ALUGO sítio para festas à 10km da cidade ótimo preço. 9 9200-9992

ALUGO VENDO MUDAS 3 cômodos, quarto, canoa 6m com cozinha e w c no tamarindo carreta R$ Nosso Teto. 9 3500,00. 3954maracuja, 9130-6668 5961/ 9 9338graviola, manga, 3945 marolo, jurubeba, VENDO ameixa, acerola, ALUGO honda CG doc OK completa 2003. R$ mesas e cadeiras guariroba, para festas. cajamanga, lichia, 3.000,00. 9 92362151 3954-1442 abacate, jambo, VENDO goiaba, limao VENDO honda bis 2006 cravo, boldo porco 30kg R$ Doc OK R$ 3 mil. 9 150,00. 9 92649236-2151 chileno, plantas 4363/ 9 8151ornamentais. R$ VENDO 0476 3,00 cada. 3954- cavalo e uma égua. 9 9101-7445 3270 VENDO casa 100m² por VENDO R$ 125 mil. 9 camisa do São VENDO 9174-1818 Paulo azul serie caminhão especial tamanho agregado na VENDO G. 9 8115-2632 casa com 90m² artivinco R$ 50 mil. PROCURO R$ 115 mil. 9 9 9234-0706 carteira de trabalho 9174-1818 perdida próximo ao bar da vera Nosso SERVIÇOS VENDO Teto. em nome de faço instalações gol 2001 flex com Célio Lopes higienizações e rodas de liga. 9 Faria.3954-7848 9174-1818 limpeza de ar PROCURO condicionado de PROCURO todas as marcas. serviço em lojas de calçado ou de serviço de faxina tratar com Ricardo roupas. 9 93723x por semana. 16 99132-9511 8796 3954-6582/ 9 9136-4673 VENDO máquina de ALUGO PROCURO sorvete de palito e salão de festas massa. 3954-690 para limpar escritório. 9 9338em frente o PROCURO 2414 buracanã. 3954terreno para negociar que tenha 2822 EXCURSÃO pago R$ 20 mil. para feirinha da 3954-7278 madrugada no VENDO Bras dia 10/12. DOA-SE passat ano 86/87 lindos filhotes de 3954-6582/ 9 vilage documentos cachorro porte 9136-4673 às 22h pequeno. 3954OK com rodas de 5514/ 9 9109-4899 PROCURO liga leve. R$ emprego de VENDO 3000,00. 9 9236ou alugo mesa de doméstica diarista 2151 vidro para decorar ou babá. 9 91398563 festas. 9 81152632 VENDO ALUGO DVD R$ 50,00. 9 PRECISO ótima casa na rua 8151-0476 de doações de Santa Catarina, roupinhas, fraldas, 498. 3954-5269 carrinho etc para VENDO menino. Rua: José 2.000m² de terra VENDO A. Oliveira, 459 casa no Luiz Nosso Teto ou troco por casa. esquina NOta 10 Gonzaga com 3 9 8151-0476/ 9 dorm., suíte, sala, VENDO 9264-4363 copa, cozinha e casa com 5 área de cômodos, terreno churrasco. 9 VENDO de 308m² R$ 130 9382-8789 mil. 9 9243-4726 casa no Jardim Aquárius com 3 VENDO 2 gondulas dorm., w c, sala, brancas com 5 cozinha e área de prateleiras de casa serviço R$ 130 lado R$ 450,00. 9 8142-1149 mil. 3954-5620 VENDO colchão de casal na garantia. 9 8839-7885

SERVIÇOS acabamento e serviços gerais, pedreiro. 9 93885894

ALUGO salão de cabeleireira ou manicure. Santa Catarina, 500. 3954-5269

VENDO VENDO casa no NOsso lote próximo ao Teto. 9 8839-7885 club de campo 520m². 9 8198VENDO fantasia para 9641/ 9 93332344/ 9 9619-0070 festas, colegial, policial, noiva R$ 25,00 cada ou as VENDO 4 por R$ 90,00. terreno que possa todas tamanho M. 9 9189-4392 dividir. 9 81989641/ 9 9333VENDO 2344/ 9 9619-0070 banco de madeira, mesa de madeira. 3954-5079/ 9 VENDO 9332-1870 Magal casa na rua São VENDO Sebastião 406 Jd kombi ano 86 Aquárius. 9 8198ótimo preço 9641/ 9 9333conservada. 9 2344/ 9 9619-0070 9234-4741 COMPRO casa na praça Matriz ou próxima. 9 8198-9641/ 9 9333-2344/ 9 9619-0070 COMPRO casa pequena para reformar. 9 8198-9641/ 9 9333-2344/ 9 9619-0070 VENDO casa na 7 de setembro próximo a prefeitura. 9 8198-9641/ 9 9333-2344/ 9 9619-0070

VENDO gol quadrado 1.6 ano 92 R$ 6500,00. 9 91221864 PROCURO serviço de doméstica. 9 9372-8796 DEDETIZAÇÃO faço todos os tipos contra pulgas, pragas, carrapatos, cupins e limpeza de forros. 9 91028074/ 3954-6077 VENDO casa de esquina na avenida principal do Nosso Teto. 9 9294-2148

VENDO casa na rua Orestes Murari, VENDO 37, Sebastião de lote no Luiz Campos, 382 e Gonzaga 10x25. 9 Maria Ap. Ferreira, 46 bairro Nosso 8198-9641/ 9 Teto. 3954-0840 9333-2344/ 9 9619-0070 VENDO vectra branco ano 99. 3954COMPRO 0840 sitio pequeno até 30 alqueires. 9 VENDO 8198-9641/ 9 mesa de escritório e computador com 9333-2344/ 9 gavetas e cadeira 9619-0070 por R$ 200,00. 9 8142-1149 VENDO VENDO duas casas no serra fita para mesmo terreno açougue . 9 8142oportunidade. 9 1149 8198-9641/ 9 VENDO 9333-2344/ 9 uma escada nova 9619-0070 no valor de R$ 200,00. Rua: São VENDO José, 34 Vila motor trifasico Ranzani 3cv. 9 8839- 7885

VENDO máquina de assar ALUGO frangos para 30 salão comercial na unidades. 9 8142- rua Alagoas, 272 1149

VENDO moto pop 100 cor preta ano 2008. 9 9205-4067

EDITA L DE PROCLA MA S PA RA CA SA MENTO EDITA L DE PROCLA MA S nº. 1779 Faç o s aber que pretendem s e c as ar e apres entam os doc umentos exigidos pelo artigo 1 .5 2 5 , nº. I I I I e I V do C ódigo C ivil, os pretendentes : // WI L BE RT A BRE U SI L V A e A L I N E BE RT O C H I P I E RA ZZO //. E le, natural de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, nas c ido aos vinte (2 0 ) de maio de um mil novec entos e oitenta e s ete (1 9 8 7 ), profis s ão mec ânic o, es tado c ivil divorc iado, domic iliado e res idente à Rua A méric o M oimaz, 1 7 6 , L uiz G onzaga, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filho de RE G I N A LD O SI L V A e de dona SO N I A D O S SA NT O S A BRE U SI L V A . E la, natural de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, nas c ida aos dezes s eis (1 6 ) de març o de um mil novec entos e noventa e dois (1 9 9 2 ), profis s ão do lar, es tado c ivil s olteira, domic iliada e res idente à Rua Bernardo A taíde P as s os , nº. 3 7 3 , C H L A N D RE I A , na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filha de V A L D I M I R A P A RE C I D O P I E RA ZZO e de dona RO M I L D A P I E RA ZZO . EDITA L DE PROCLA MA S nº. 1780 Faç o s aber que pretendem s e c as ar e apres entam os doc umentos exigidos pelo artigo 1 .5 2 5 , nº. I I I I e I V do C ódigo C ivil, os pretendentes : // J A BE S FE L I P E D E A BRE U P I M E N TA e M Ô N I C A BI L AT T O //. E le, natural de M oc oc a, E s tado de São P aulo, nas c ido aos onze (1 1 ) de outubro de um mil novecentos e noventa e três (1 9 9 3 ), profis são auxiliar adminis trativo, es tado c ivil s olteiro, domic iliado e res idente à Rua D r. M ario C arneiro da C unha, 5 0 3 , M onte A lto, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filho de E L I A S BA RRE T O P I M E N TA e de dona M I RI Ã D E A BRE U P I M E N TA . E la, natural de I tapira, E s tado de São P aulo, nas c ida aos dezenove (1 9 ) de outubro de um mil novec entos e noventa e dois (1 9 9 2 ), profis s ão s ec retaria, es tado c ivil s olteira, domic iliada e res idente à Rua D r. M ario C arneiro da C unha, 1 8 6 , M onte A lto, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filha de M A RC I O A ND RÉ BI L AT T O e de dona SI L V I A A D RI A N A M A RT I N S. EDITA L DE PROCLA MA S nº. 1781 Faç o s aber que pretendem s e c as ar e apres entam os doc umentos exigidos pelo artigo 1 .5 2 5 , nº. I , I I I e I V do C ódigo C ivil, os pretendentes : // D I E G O H E N RI Q U E C O E L H O SA N TA N A e A N A M A RI A FE I T O ZA //. E le, natural de Santa C ruz das P almeiras , E s tado de São P aulo, nas c ido aos treze (1 3 ) de dezembro de um mil novec entos e oitenta e s eis (1 9 8 6 ), profis s ão operador de empilhadeira, es tado c ivil s olteiro, domic iliado e res idente à Rua Wils on V ital, 5 2 , A ri C arneiro Barbos , na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filho de RO N A L D O SA N TA N A e de dona M A I SA C O E LHO . E la, natural de São P aulo, E s tado de São P aulo, nas c ida aos vinte e c inc o (2 5 ) de julho de um mil novec entos e oitenta e c inc o (1 9 8 5 ), profis s ão func ionaria públic a, es tado c ivil s olteira, domic iliada e res idente à Rua J oão C os ta A raújo, 3 6 , J ardim J ulio M oreti, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filha de RE G I N A L D O BA RRO S FE I T O ZA e de dona G E RM A N A M A RI A D A C O N C E I Ç Ã O FE I T O ZA . EDITA L DE PROCLA MA S nº. 1782 Faç o s aber que pretendem s e c as ar e apres entam os doc umentos exigidos pelo artigo 1 .5 2 5 , nº. I I I I e I V do C ódigo C ivil, os pretendentes : // L U I S SA L V A D O R SI Q U E I RA e A N T O N I A V I TA D O S SA N T O S //. E le, natural de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, nas c ido aos quatro (0 4 ) de març o de um mil novec entos e s es s enta e quatro (1 9 6 4 ), profis s ão motoris ta, es tado c ivil divorc iado, domic iliado e res idente à Rua V ereador P aulo Xavier, 3 2 , N ova V iterbo, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filho de L U I Z D E J E SU S SI Q U E I RA e de dona M A RI A M E RC E C A RRA RO SI Q U E I RA . E la, natural de Serra A zul, E s tado de São P aulo, nas c ida aos dez (1 0 ) de janeiro de um mil novec entos e s es s enta e s ete (1 9 6 7 ), profis s ão do lar, es tado c ivil s olteira, domic iliada e res idente à Rua V ereador P aulo Xavier, 3 2 , N ova V iterbo, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filha de J O Ã O I N Á C I O D O S SA N T O S e de dona M A RI A A P A RE C I D A D O S SA N T O S. EDITA L DE PROCLA MA S nº. 1783 Faç o s aber que pretendem s e c as ar e apres entam os doc umentos exigidos pelo artigo 1 .5 2 5 , nº. I , I I I e I V do C ódigo C ivil, os pretendentes : // RE N A N D I E G O L U C A S e I SI S I N D A G O FO N TA N E T T I //. E le, natural de C ajuru, E s tado de São P aulo, nas c ido aos vinte e dois (2 2 ) de janeiro de um mil novec entos e oitenta e oito (1 9 8 8 ), profis s ão C arpinteiro, es tado c ivil s olteiro, domic iliado e res idente à Rua J ulia A mbrus t Wiezel, 1 2 0 , J ardim do Sol, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filho de RE G I N A L D O L U C A S e de dona RO SÂ N G E L A A P A RE C I D A D A SI L V A L U C A S. E la, natural de Taquaritinga, E s tado de São P aulo, nas c ida aos trinta e um (3 1 ) de dezembro de um mil novec entos e oitenta e c inc o (1 9 8 5 ), profis s ão es tetic is ta, es tado c ivil s olteira, domic iliada e res idente à Rua J oão E s teves O zores , P arque do Sol N as c ente, na c idade de Santa Ros a de V iterbo, E s tado de São P aulo, filha de J O SÉ V I C E N T E FO N TA N E T T I e de dona A N D RÉ A I N D A G O FO N TA N E T T I . Se alguém s ouber de algum impedimento ao cas amento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gis ele Calderari Cos s i - Oficial.


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 35

Celulares 8112 1222 e 8139 0699 e.mail: imobiliariaunimoveis@hotmail.com

CASAS Centro - 450m2 de construção, excelente ponto, em 2 terrenos (700m de terreno), com 5 quartos (sendo 2 suites), escritório, lavanderia, duas salas amplas, duas cozinhas, 3 banheiros, ampla área de lazer com piscina e churrasqueira, ampla garagem, ampla edícula no fundo com quarto, sala, banheiro e cozinha, etc .... R$ consulte-nos Jardim Aquarius 170 m de construção, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem ampla + edicula, lavanderia, terreno de 425m2 .......................................................................................... R$ 250 mil Sobrado Luiz Gonzaga, 2 dorm, sala, copa, coz, lavanderia e garagem ................................. R$ 120 mil Sobrado Cohab 1, esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem ...................................... R$ 180 mil Cohab 1 2 dorm, sala, coz, wc social ................................................................................ R$ 70 mil Nova Roma 2 dom, sala, coz, wc, murada, garagem ........................................................... R$ 140 mil Nova Roma, 2 dorm, sala, coz, wc, murada, ótima oportunidade, não ac. financ. ...................... R$ 68 mil Jardim das Flores (nova) 2 dorm, sala, coz, wc social ac, financ. ........................................ R$ 115 mil Luiz Gonzaga 3dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem, pequeno salão comercial .... R$ 148 mil Luiz Gonzaga 3dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem, meio terreno .................... R$ 105 mil Rua São Sebastião 3 dorm, sala, coz, lavanderia (forro e piso frio), não ac. financiamento ........... R$ 82 mil Condomínio Viterbo 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, área churrasco ............................. R$ 130 mil Rua São Sebastião (esquina), próx av. São Paulo, 2 dorm, sala, coz, área serviço e garagem .... R$ 135 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, garagem, murada .................................................. R$ 75 mil + prestações Rua Pestalozzi 2 dorm, sala, coz, wc social, toda murada .................................................... R$ 160 mil Monte Alto 3dorm, sala, coz, mais edícula (não aceita financiamento). precisa reforma ................. R$ 70 mil Rua Rio Pardo 3 dorm, sala, coz, área serviço, garagem ..................................................... R$ 140 mil Vila Ranzani 2 dorm,suite, sala, cozinha, lavanderia e ampla garagem ................................... R$ 150 mil Jardim Aquarius 3 dorm, sala, coz, lavanderia, garagem, portão basculante, de esquina .......... R$ 160 mil Edícula L. Gonzaga 1dorm, sala, coz, a. serv, varanda, 54m2 const, terr. 141,36m não ac. financ. R$ 75 mil Residencial Nova Viterbo - 3 dorm, 1 suite, sala,copa, coz, garagem, edicula ....................... R$ 220 mil Centro próx. saracura, 2 dorm, sala, ampla coz, lavanderia e garagem .................................... R$ 120 mil

Centro (nova) R$ 300 mil 3 dorm, 3 wc, sala, copa, coz, lavanderia, despensa, área lazer, garagem, portão eletrônico

Casa Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, coz, wc social, sacada, ampla garagem, 230 m2 construção (2 terrenos de 500 metros quadrados)

R$ 250 mil

TERRENOS

Monte Alto 2 dorm, sala, coz, garagem, lavanderia, toda murada, portão, 94m2 de construção .... R$ 160 mil Centro, sendo 3 dorm, 2 wc, sala, copa, coz, garagem, área lazer, lavanderia, piscina ................ R$ 330 mil Centro 4 dorm, sala, coz, wc, mais edícula ....................................................................... R$ 130 mil Nova Roma, 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, portão ................................................... R$ 120 mil Jd Aquarius 3 dorm, suite, sala, copa, coz, wc social, área serviço e garagem ......................... R$ 200 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, edícula + pequeno salão comercial .......................... R$ 90 mil + prestações Nosso Teto quitada (esq. avenida) 3 dorm, sala, copa, coz, lavand, laje e piso frio, 98 m2 const. R$ 120 mil Casa Próximo ao Solar III 3 dorm, suite, sala, coz + - 180mts de construção com terreno ao lado todo murado de 440m2 (área total do terreno 660m2) ............................................................................ R$ 230 mil Casa Morumbi de esquina 3 dorm, suite, sala, copa, coz, garagem ....................................... R$ 480 mil Av. São Paulo 2 dorm, sala, copa, coz, wc social, lavand, terreno de 15x28 defronte rodoviária .. R$ 200 mil Nova Roma sobrado, 3 dorm, sala, coz, 2 wc, garagem, portão ............................................ R$ 330 mil Casa de madeira, Nova Roma, 3 dorm, sala, coz, wc, terreno 11x25, murada e portão ............ R$ 110 mil Vila Ranzani semi nova, próx. rodoviária, 2 dorm, sendo 1 suíte, sala, copa, coz, gar. e edicula R$ 250 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, lavanderia + edicula (2 alugueis) ........................................ R$ 105 mil Monte Alto 3 dorm, sala, cozinha, wc social, garagem ........................................................ R$ 150 mil Casa Rua São Paulo 2 dorm, sala, coz, wc, murada, garagem (próximo a Sabesp) .................. R$ 160 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, garagem ........................................................................ R$ 150 mil Casa + salão comercial esq. da av. Nosso Teto (salão com montagem p/ restaurante) ............... R$ 120 mil Nova Roma 240 m2 de construção, com 5 suites, sendo 1 com hidro, sala ampla, copa, coz, wc social, amplo salão de festa com cozinha (terreno com 750m2) ................................................................. R$ 380 mil Casa próx Estação 2 dorm, sala, copa, coz + edícula ......................................................... R$ 120 mil Casa rua Rio Pardo 2 dorm, suite, sala, cozinha, wc social, terreno 11x39 ............................ R$ 140 mil Centro próx Grêmio, 250m2 de construção, 3 dorm, sala, copa, coz, 2 wc, ampla área de lazer, despensa com wc, garagem, piscina, terreno 541m2, aceita imóvel em São Paulo ou ABC .................................. R$ 350 mil Casa Nova Roma 3 dorm, sala, copa, coz, 2 wc, área churrasco com wc, piscina, murada, ótima localização, terreno de 20x50, ou seja, 1000 m2 ................................................................................. R$ 400 mil

Casa (ótima localização) - Consulte-nos 800m2 de construção, 5 dorm, sendo 3 suites com hidro, salas, copa, coz, tudo com armários embutidos, garagem coberta 3 autos e área livre para 10 carros, lavanderia, sauna, piscina, quadra de esporte, acabamento de 1ª, construída em 4 terrenos

SÍTIOS e FAZENDAS

Áreas urbanas de frente à pista de 1.000 a 5.000m2, imperdível ..................... a partir de R$ 130,00 o m2 Morumbi Novo 12x30 ou seja, 360m2 ................................................................................ R$120 mil Terreno de frente quadra da Jas12x26 ............................................................................... R$ 85 mil Terreno de frente quadra da Jas 936m2 ........................................................................... R$ 160 mil Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, ................................................. R$ consulte-nos Terreno esquina loteamento Ari Carneiro ........................................................... R$ 12 mil + prestações Área 3.000 m2, Saracura, com casa, 3 dorm, sendo 1 suite, área churrasco, 2 poços artesianos .... consulte-nos

Chácara dentro da cidade 1.212 m2 toda formada, com água, energia, asfalto, esgoto, murada, com casa, pomar, área de churrasco, fogão lenha, a 3 quarteirões da avenida São P aulo ................................................................................. consulte-nos Fazenda 120 alq (90 alq em cana) restante em pasto e reserva .......................................................................... R$ 6.500.000,00 Sítio 33 alqueires em mato (para reserva) .......................................................................................................R$ 30 mil o alqueire Sítio 20 mil m2 com casa, energia e água .......................................................................................................................... R$ 200 mil

TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

Terrenos “ Ari Carneiro” ................................................................................................. Consulte-nos

Terreno no Residencial Paloma Com 1.086m2, plano, face sombra, R$ 120,00 o metro quadrado Entrada de 50% + saldo em 60 parcelas

Chácara 2.955m2 Com casa de 3 dorm, sendo 1 suite, sala, cozinha, lavanderia, toda cercada, dentro da cidade, ao lado da Cohab 1

R$ consulte-nos


PÁGINA 36

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

Reunião discute eventos do Dia Internacional da Mulher O 13º encontro da mulher que acontecerá no dia 8 de março 2014, no Grêmio Recreativoestará sob a responsabilidade do Conselho Municipal da Mulher e já está com a programação em andamento. Em reunião esta semana foi estabelecido que o evento terá atrações curtas e totalmente voltada para diversão, pois trata-se de um momento de comemoração e alegria, deixando os assuntos mais sérios como saúde da mulher, violência, Lei Maria da Penha e outros temas para encontros durante o mês de março. Na programação da noite festiva entram teatro com muito humor trazendo uma mensagem de mais ou menos 20 minutos, dança do ventre, dança infantil e terceira idade, muita musica, contos e dinâmicas animadas com o público e um espaçoonde as escritoras , com livros publicados, estarão mostrando e falando de seus livros. Conscientizar a mulherque a leitura é essencial para a vida, para o intelecto e para a alma é o objetivo deste espaço. Os sorteios continuarão com muitos presentes para as mulheres.O evento contará, como todos os anos, com o apoio do comércio e empresas da cidade.

O Fundo Social de Solidariedade Municipal agradece toda a população pela grande adesão na campanha "Natal Solidário"

AGRADECIMENTO O Ser humano se modifica e se ilumina quando se despoja de si, e é capaz de pensar no próximo. Agradecer apenas é pouco. Mas é tudo o que podemos fazer. Muito obrigado de coração. Aproveitamos para convidá-lo (a) a visitar sempre que possível o Fundo Social de Solidariedade. Sua presença em muito nos honrará. Desejo que tenha um Natal de Paz, Saúde e Fraternidade. Um 2014 de Sucesso e excelentes realizações. Deus abençoe grandemente. Marialda Ap. Bertocco Assis Cunha Presidente do Fundo Social de Solidariedade "Nesta vida, não podemos fazer grandes coisas. Mas pequenas coisas com amor." Madre Teresa de Calcutá

GERAL

PÁGINA 37

Banda Sinfônica Municipal é 1ª em Concurso Estadual de Bandas de Música A Banda Sinfônica de Santa Rosa de Viterbo conquistou a 1ª colocação na dis puta do "X Paulis tão 2013", Campeonato Paulista de Fanfarras e Bandas organizado pela FFABESP Federação de Fanfarras e Bandas do Es tado de São Paulo, concorrendo na categoria de Bandas Musicais de Concerto. O regulamento do campeonato determinava que as bandas apresentassem duas músicas, num tempo máximo de 25 minutos, em três diferentes cidades do Es tado de São Paulo. A primeira etapa aconteceu dia 22 de setembro na cidade de Santa Rita do Passa Quatro, durante o Festival Zequinha de Abreu, quando a banda conquistou a segunda colocação, ficando apenas atrás, da banda da cidade de Mairinque. Na segunda etapa, ocorrida no

dia 19 de outubro na cidade de Cotia, banda venceu a disputa, se classificando em primeiro lugar. Na última fase, ocorrida dia 30 de novembro na cidade de São Roque, a Banda Sinfônica apres entou as mús ic as "Dança do Fogo", peça que exalta a cultura japonesa e "Perc uss ão Es panhola", obra de nível técnico avançado, onde instrumentos de sopro travam um intenso diálogo com o naipe de percussão. Sendo avaliada por uma banca de jurados, formada por professores do Conservatório Estadual de Tatuí - SP., a banda conseguiu totalizar o maior número de pontos, somadas as três fases do concurso, e venceu o campeonato. Conquista inédita A Banda Sinfônica de Santa Rosa de Viterbo foi criada

Músicos comemoram a vitória no ano de 1.985, pelo Prefeito Nagib Moussa, e sempre foi liderada pelo Maestro Maurílio de Oliveira Júnior. Ao longo de sua história, a banda vivenciou uma incessante busca no aprimoramento do grupo; projetos elaborados pelo maestro Maurílio através de Leis de Incentivos Fiscais, possibilitaram a aquisição de instrumentos e equipamentos de qualidade, bem como, a realização de cursos de reciclagem e aprimoramento dos músicos e dos professores de nossa Escola Munic ipal de Música. Desde sua criação, inúmeras gera-

ções de músicos já passaram pela banda, que sempre primou pela execução de um repertório eclético, que viaja do erudito ao popular, dos dobrados aos temas do folclore mundial. Desta forma, a banda c onquis tou mais um grande sonho: vencer o campeonato que reúne as melhores bandas do Estado de São Paulo. O Maestro Maurílio, feliz com a vitória, agradece a Deus pelas benções recebidas, a dedicação de seus músicos, o incentivo de nossa população e o apoio incondicional da administração pública municipal.


PÁGINA 38

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

Leões F.C decide título amanhã contra Luís Antônio O Leões F.C vai disputar a final do Campeonato Amador de Futebol, que vem sendo disputado na cidade de São Simão. O adversário será a equipe de Luís Antônio, invicta na competição. O campeonato reuniu oito dos melhores times de futebol da região e o Leões, que representa Santa Rosa, chegou à final após derrotar por 2x1 a equipe de Serra Azul que até então não havia perdido nenhuma partida. O jogo aconteceu no último domingo no estádio do Bento Quirino, naquela cidade. O zagueiro Dédi tirou uma bola em cima da risca que seria o gol de empate de Serra Azul em 2x2, após o goleiro Hudson, que praticou defesas ao estilo "São Marcos", goleiro aposentado do Palmeiras, estar batido no lance. Segundo o técnico Alex Sandro Guiotti, do time santarosense, o jogo foi "pegado" e com as duas equipes procurando balançar a rede adversária para evitar a loteria dos pênaltis. "Nós marcamos primeiro e no segundo tempo eles empataram. Aos trinta minutos do segundo tempo nós fizemos o segundo gol e seguramos o resultado. O time foi aguerrido e acreditou sempre na vitória", disse ele. Amanhã, domingo às 9h, jogam na preliminar, Bento Quirino e Serra Azul, decidindo segundo e terceiro lugares. Depois às 10h: 30min jogam Leões e Luís Antônio, decidindo o campeonato. A promessa é de um grande jogo e Santa Rosa vive clima de revanche, já que perdeu o primeiro confronto na primeira fase. Compareça para incentivar nossos jogadores.

FALA NOSSO TETO

PÁGINA 39

por Serginho Gomes

Chuva inunda ruas do bairro

Inauguração

A chuva que começou por volta das 14h do último domingo e durou cerca de vinte minutos assustou moradores que se viram a mercê da enxurrada. Várias ruas foram tomadas por um grande volume de água que invadiu calçadas e algumas casas. Moradores desobstruíram debaixo de chuva as bocas de lobo para evitar maiores prejuízos em suas casas, enquanto crianças brincaram de nadar no rio que se formou em plena rua. Um morador da rua Luiz Nogueira, disse que saiu de casa para limpar a boca de lobo. "A água estava na minha cintura,cerca de um metro" disse. Depois que a chuva passou restaram muita areia e mais buracos no asfalto, além de moradores revoltosos com problema de escoamento da água da chuva.

Inaugurou no último sábado a loja de variedades "Tati Variedades" que substituiu a antiga Loja do Miro da Barraca. Os novos proprietários, Gilberto e Maria, distribuíram pipoca e algodão doce a todos que prestigiaram a inauguração. Espinhos na ciclovia Moradores estão se queixando dos espinhos que estão tomando conta do canteiro de flores na ciclovia na altura entrada do bairro. Segundo eles os espinhos grudam na roupa e uma planta está dificultando a passagem das pessoas por causa dos galhos. Eles pedem à prefeitura que tome providência. Também cobram a placa de identificação da ciclovia, tirada para manutenção faz um bom tempo.

Ação solidária No próximo dia 15 haverá grande Ação Entre Amigos no Ginásio de Esportes em favor da Santa Casa. Compre já sua cartela. É uma oportunidade de se ajudar ajudando a entidade que cuida de todos nós quando precisamos. Os prêmios são excelentes!.

Dormindo na praça Há três semanas Antônio Carlos de Souza, o "Buca", pessoa muito popular no bairro, está dormindo ao relento. O local é a "Praça dos Aposentados", localizada na rua Lazinho Antônio de Oliveira. Ele despertou para nos "atender" por volta das 6 horas da manhã de quinta-feira, após ter passado mais uma noite deitado no concreto. Segundo afirmou, um desentendimento familiar provocado pelo vício do álcool (vício assumido por ele) o levou àquela situação. Uma boa alma vizinha à Praça, diz ele, dá-lhe o que comer e cede-lhe o chuveiro para o banho, mas, o pouso não tem jeito, é na praça faça chuva ou não. "Eu quero ser internado o mais rápido possível!", afirma o pedreiro de 45 anos. "Eu quero sair dessa vida!", diz resoluto. "O Luiz da Paz está cuidando da papelada para minha internação", diz já sentado no banco da praça, depois de enrolar os panos que usou como cobertor e prendê-los nos caibros da construção. Antes da despedida, "Buca"diz que está sendo ameaçado por jovens. Um homem recém-chegado confirma a história "Eles estão dizendo que vão botar fogo nele com gasolina".


PÁGINA 40

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

RG DA MODA


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 41

NOVA ROMA MULTIMARCAS


PÁGINA 42

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 43


PÁGINA PÁGINA44

44

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013 RN AL Z ÃO Clélia Zanardo O JO cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAL ESQUERDA

ED IÇ ÃO 920 07/12/2013


JO RN Z ÃO OOJOR NAAL LZÃ O - EDClélia . 920 - 07/12/2013 Zanardo ED IÇ ÃO 920 07/12/2013

cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

SOCIAL DIREITA

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

PÁGINA PÁGINA 45

45


PÁGINA 46

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013

PÁGINA 47


PÁGINA 48

O JOR NA LZÃ O - ED . 920 - 07/12/2013


O Jornalzão, edição 920  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you