Issuu on Google+

®

Diretor Administrativo: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Editor: Victor Cervi (Mtb 11226) - Santa Rosa de Viterbo, 27/07/2013 - Ano 19 - N.º 901 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

Meninos de ouro - Moçada de Santa Rosa fatura medalha de ouro nos Jogos Regionais de Araraquara jogando handebol por Taquaritinga

Empresário que atropelou e matou estudante em manifestação passou pela cadeia local

Homem que deu tiro em funcionário público se apresenta a policia

Agora é lei - som alto tem que respeitar limite

Atenção redobrada, motoristas e “pilotos” - O grande número de motocicletas fez aumentar e muito o número de acidentes na cidade, como este do último sábado. Todos devem ter atenção redobrada.

A vítima está internada e corre risco de morrer

Festival Evangélico de Inverno reúne dezenas de artistas cristãos

R$ 2,00

Grande lateral esquerdo - Este homem foi jogador de futebol, treinador e tinha 127 quilos. Perdeu peso, o apelido de Marieta e virou pastor evangélico

Frio chegou para valer Muitas pessoas registraram 2 graus em termômetros caseiros. A garota Bia (foto) se preveniu com gorro, blusa e botas

Empresa de telemarketing oferece 200 empregos para Santa Rosa Cuidado com carta mal intencionada: é estelionato


OPINIÃO

PÁGINA 2

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

EDITORIAL

CARTAS À REDAÇÃO

As ofensas proferidas pelo vereador Carlos Messias a um funcionário público rendeu. Ele foi multado e perdeu a "primariedade" na justiça por cinco anos. Vai ter que andar na linha e não desrespeitar mais ninguém, senão dança.

Pagar pela placa de rua

Placas - A sinalização na cidade há muito tempo deixa a desejar. Quem vem de fora sofre com as placas com nomes de ruas em péssimo estado, isso quando tem placa. Quem é da cidade também tem dificuldades, pois não são todos que conhecem toda a cidade. Sinalizar a cidade é obrigação da prefeitura, e quando isso não é feito é porque a coisa vai mal. Esta semana uma leitora (leia carta nesta edição), cujo pai dá nome a uma rua da cidade, disse que pagaria com dinheiro do bolso o emplacamento da rua. É feio isso para o município deixar chegar a este ponto. Simples - A garotada de Santa Rosa que foi campeã por Taquaritinga é um exemplo de que com pouco investimento no esporte a coisa dá certo. Hoje não existe mais uma escolinha municipal voltada para o esporte funcionando. Isso é descaso com o futuro. Investir na base do esporte, na educação é a certeza para uma juventude sadia e inteligente. Investir cem mil em rodeio pode. Noventa mil num veículo também pode. Zero no esporte é que não dá. Enquete - No novo site do Jornalzão o leitor terá a chance de opinar em enquetes. A primeira é uma avaliação da administração Cassinho. Sabemos que em 7 meses pouco pode se fazer, mas a enquete pode nos mostrar qual é a tendência do munícipe quanto a administração. Visite www.ojornalzao.com e vote na enquete: "Que nota você dá para a administração Cassinho?".

AGENDA DO EMPRESÁRIO - OBRIGAÇÕES 31/jul - C SLL,C OFINS, PIS (fonte) fatos geradores na 1ª Qinz. de Julho/2013 IRPF (C arne Leão) IRPF - GANHOS DE C APITAL (alienação de bens) IRPJ - SIMPLES - GANHOS DE C APITAL (alienação de ativo) IRPJ - C SLL (Lucro Real- Presumido) 1ª QUOTA do 2º Trim/2013 IRPF (pessoa física) 4ª QUOTA

EXPEDIENTE O JORNALZÃO é u ma pu blic açã o da e ditora And ré Nag ib Mo ussa ME - Re da çã o: rua Co ndessa Filo me na Ma ta ra zz o, 95 - Cen tro - San ta Ro sa de Vit er bo -SP - CEP 14 .2 70 -0 00 Fo ne /f ax : ( 16 ) 3 9 54 3 28 9 Us uá ri o Pa pe l Im un e : UP 08 10 9/0 14 - Di re to r Admin is tr at ivo: An dr é Mo ussa - Di re to r de Re da çã o: Vict or Ce rv i - Fre e lance r - Romeu Antunes - Co la bo ra do re s: Ana Lígia, Pa dr e Ale x, Clélia Za na rdo, Se rgin ho Go me s, João de Bem, Mário Egidio e Rogé rio Mosca rdini Ar te f ina li st a: Junior - Co nt ato C om e rc ia l: Jo an a Dobras Ti ra ge m: 3. 00 0 e xe mp lar es - Ci rc ula çã o: San ta Ro sa de Vite rbo Pe ri odic idade : Se man al - R$ 2 ,0 0 po r ex em plar E- ma il :o jo rna lza o@ojo rn alz ao. co m Im pr e s sã o: Gr afisc, São Ca rlos. “ Art igos assina dos sã o de in teira r esp on sa bilidade de se us a ut ore s, n ão re pr esent an do n ece ssar ia men te a op in iã o do jo rn al.” O Jo rn alz ão se reser va o dire ito de resum ir c art as que co nsider ar ina dequadas ao esp aço dispo nív el. O J O RNALZÃO É AFILIADO À AB RARJ

Nasci, vivi e pass ei os melhores anos de minha vida em Santa Ros a. Saí daí c asada e morei no exterior por muitos anos, mas nunca deixei de vis itar minha amada cidade, cada vez que estive de férias no Bras il. Pas sei o último fim de semana aí com meus familiares. Levei minha filha para c onhecer a rua que , tive confirmação pelos moradores, leva o nome de meu pai que, num pas sado já bem remoto,

foi prefeito da c idade. Infelizmente, por mais que proc uráss emos , a plac a indicativa do nome da rua não exis te. No final do ano passado, um amigo já tinha tirado fotos da tal placa, toda enferrujada, amarrada ao poste, de cabeça para baixo. Assim que vi a foto enviei uma mens agem ao futuro prefeito que logo tomaria posse. Eu lhe pedi que tomasse providência a respeito do assunto. Agora fui à c idade e pude cer-

tificar-me que um pequeno detalhe para os políticos pode ter grande importância para os familiares. Eu gos taria de saber s e nós, os filhos de Orvaldo Serio poderíamos pagar pela plac a pois, ao meu ver, a situação é de desc aso. Se é por falta de verba, q ue nos inf ormem quanto custa a placa e nós a pagaremos. O que quero é, voltar à cidade e encontrar a rua corretamente indicada, c omo tantas ou-

tras da c idade. Aproveito a oportunidade para parabenizar O Jornalzão pelo novo Portal. Simples , fácil de navegar mas bem c ompleto. Para nós que es tamos longe da cidade é de grande importânc ia. Continuem c umprindo a miss ão de todo bom jornal: informar com imparcialidade. Atenciosamente. Saudações. Ida Maria Serio Benvenuti

Ainda o Padre Donizetti A reportagem sobre o Pe. Donizzetti (O Jornalzão, 13/7/2013), citando trabalho meu de tantos anos atrás, foi feita sem que eu soubesse. Se fosse ouvido, diria que não se deve levar a sério as idéias de um repórter principiante, mesmo diante de fatos reais. Padre Donizzetti, em

Tambaú, é um fenômeno histórico e religioso acima de qualquer escrito feito às pressas. De uma família de tradição católica, sei que as coisas da religião têm de ser respeitadas como são. De novo: se fosse ouvido, pediria que a matéria não fosse feita. Hoje eu não faria a reportagem da-

quele jeito. E gosto de Tambaú engrandecido... Viva o Papa Francisco! José Hamilton Ribeiro

entrevista com José Hamilton Ribeiro. Por considerar, tanto este quanto o Pe. Donizetti, ícones de nossa região, resolvemos disponibilizar, aos nosNota da Redação: A sos leitores que não frequenmatéria em questão foi saca- tam a Internet, o trecho em da do site Jornalistas & Cia que o repórter conta como foi on line, (o crédito está devi- a primeira reportagem de sua damente mencionado), uma notável carreira.

Animais abandonados irritam moradora Povo de Santa Rosa e região. Peço encarec idamente que cuide de s eus cães e gatos, não abandonem eles aqui no bairro de Nhumirim. Por causa dessas atitudes já aconteceu um acidente fatal, onde minha sogra foi atropelada e morta por uma motociclista sem habilitação, quando a motociclista estava vindo na rua onde uma quantidade de cachorros foi para atacá-la e ela no impulso para desviar dos cães acabou atingindo minha sogra, que seguia para sua casa na mesma rua, sendo que a mesma foi jogada para longe e caiu batendo a cabeça e falecendo em s eguida. Até hoje lamentamos a sua perda tão trágica. E o pior: ainda que sabemos que nenhuma ati-

tude das autoridades foi tomada, pois a mesma criatura que estava na moto ainda continua até hoje dirigindo na cidade e passando aqui nas ruas de Nhumirim, e todos sabem que ela continua sem habilitação. E sabendo que nenhuma providência foi tomada com os animais, e até hoje o problema continua, pois a cada dia aparecem mais cães e gatos aqui no bairro. No último sábado sai da minha casa as 07h00 da manhã e fui praticamente atacada por vários cães que latiam querendo me morder. Foi o maior sacrifício conseguir chegar onde tinha que ir. Pois hoje através deste manifesto no Jornalzão, peço a prefeitura de Santa Rosa que tome atitude com as pes soas que abandonam

seus animais aqui no bairro. Peço ao prefeito que olhe mais para este bairro. Caso nenhuma atitude for tomada depois deste manifesto serei obrigada a cha-

mar atenção de outro jeito, quem sabe trazendo a TV para filmar e mostrar em toda região esta situação. Maria Helena Ferreira Abachi

Carta com foto - Olha o descaso da Prefeitura Municipal com o entulho jagado na rua Juvenal F. Faria no Nova Roma. E com as chuvas agora fica tudo com água parada. Mateus Badan


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

CRÔNICA & CONTEXTO por João de Bem

IDOLATRADOS E IDÓLATRAS Em meio ao desconforto das manifestações aqui nesse Brasil de politiqueiros, com o governo central sendo acossado por mudanças reivindicadas por maioria absoluta da sociedade que paga para eles gerenciarem bem os recursos arrecadados via impostos e taxas obrigatórias, o que não fazem direito, nem de longe, simultaneamente outros dois eventos chamam a atenção - a visita do Papa Francisco e o nascimento do bisneto da rainha da Inglaterra. De um lado um povo sem pátria, politicamente integrados pela Igreja Católica - jovens de todos os continentes em verdadeira idolatria pelo Sumo Pontífice, pagam espontaneamente para manter a instituição viva. Para esses as questões políticas em seus países não influencia sua opção religiosa. O Papa é o líder comum para assuntos de fé. É impressionante como o povo tem necessidade histórica de convergir para uma liderança - imposta ou natural. No caso da Igreja é uma liderança que o povo não escolheu. O comandante supremo foi escolhido por um grupo pequeno de cardeais a portas fechadas. Algo nada popular considerando parâmetros democráticos onde o povo escolhe seus representantes. No caso da Igreja, os eleitores do papa são nomeados, também fora do ritual democrático. Os católicos não elegem seus representantes - porém aceitam pacificamente a hierarquia quase ditatorial da instituição Igreja Católica com sede mundial no Estado do Vaticano. O rei e o reinado ficam na Europa cercado pelo território italiano. Por outro lado e quase no mesmo diapasão, o povo inglês idolatra sua rainha e tudo o que vem atrelado ao reino. Lá, embora os procedimentos políticos sejam democráticos em termos institucionais, com eleições para o poder executivo e legislativo, eles ainda se apegam a monarquia de conveniência e ficam muito felizes por isso. A rainha é mera coadjuvante nas questões econômicas, politicas e sociais. A praticidade administrativa da rainha é quase nula. A pergunta é - Por que o reinado é mantido pelo erário inglês? A única explicação que particularmente entendo é porque deu certo - os gastos com a família real são na verdade um investimento para o bem estar da nação. Eles, os ingleses se habituaram à monarquia e não sabem mais viver sem ela. É uma questão subjetiva com efeito prático nas contas do capitalismo objetivo. Mantida a iconização mantem-se também a integridade dos súditos e sua motivação para continuar trabalhando por seu país. Os povos historicamente sempre tiveram necessidade de liderança, alguém que os comande, que os motive a trabalhar ou ir a guerra. A história registra uma infinidade de lideranças protagonizadas por indivíduos com variados perfis de atuação. Em todos, característica comum - idolatrados por uns e odiados por outros. Alguns construíram, outros demoliram seus países. No Brasil político está difícil encontrarmos lideranças que traduzam - mesmo subjetivamente - a esperança do povo em um Brasil onde se possa ter motivação para pagar, "legalmente", o volume de impostos para manter uma democracia tomada pela corrupção e desvio do dinheiro público!

GERAL

PÁGINA 3

Sindicância para investigar ex-prefeito não sai do papel A Prefeitura ainda não abriu Sindicância para apurar supostas irregularidades na construção da nova escola do Jardim Aquarius, cujas obras se arrastam há mais de cinco anos. ASindicância foi pedida pelo Tribunal de Contas, em maio deste ano, depois que encontrou irregularidades na concorrência e no contrato feitos pela prefeitura na gestão do ex-prefeito Nando Gasperini. A obra, de mais de um milhão e 700 mil reais se arrasta há mais de 5 anos. O departamento jurídico da prefeitura informou

que "não foi instaurado Sindicância e/ou processo administrativo nem foi nomeada qualquer comissão Sindicante/Processante até o momento uma vez que o processo que trata do referido assunto no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo até a pres ente data não transitou em julgado."

tado de São Paulo. Segundo o TC, além da concorrência da obra, o contrato de mais de 1 milhão e 700 mil reais também está irregular. O contrato foi firmado em 10 de junho de 2008. A construção da escola se arrasta por mais de cinco anos e a obra não tem data para ser entregue à populaEntenda o caso - A ção. A empresa que ganhou concorrência da nova esco- a concorrência abandonou la do Jardim Aquarius, a a obra. O Jornalzão já pu"Profes sor J os é Roberto blicou diversas reclamações Cos ta Bruno" foi dada de moradores devido ao escomo irregular pelo TC - tado de abandono da obra. Tribunal de Contas do Es- O Tribunal de Contas ainda

quer mais investigações sobre as irregularidades encontradas na concorrência da esc ola. O ex-prefeito Nando foi multado em R$ 6 mil pelo órgão. Segundo despacho do TC, de 16 de maio deste ano, a prefeitura deveria abrir uma sindicância para apurar as responsabilidades para possível ressarcimento dos prejuízos e ainda informar o órgão do resultado da mesma; a Câmara deverá ser notificada, assim como o Ministério Público, que poderá abrir Inquérito Civil contra o ex-prefeito.

Saúde continua sem Diretor A enfermeira s imonense Paula Filomena Salvador não as sumiu a Diretoria Municipal de Saúde de Santa Ros a. A portaria chegou a ser feita,

ma s a enfe rmeira n ão ac eitou o c argo, pois ac umula serviços em Santa Rosa e São Simão. A Diretoria que também es tá sem chefe é a de Obras.

O arquiteto e ex-prefeito Omar Nagib deixou o cargo esta s emana. Ventilase que o ex-prefeito Vic ente Cintra pode as sumir o cargo.

Já na Cultura quem deve as sumir o c argo de diretor a partir do dia 1º é Marc elo Roc ha. O c oordenador de cultura deve ser Ric ardo Costa.


PÁGINA 4

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 5


GERAL

PÁGINA 6

Cuidado com carta avisando que você tem dinheiro a receber Uma pessoa deu queixa na Polícia Civil esta semana contra empresa que es tá enviando cartas para aposentados exigindo dinheiro para retirar depósito que estão em nome deles em razão de aplicações financeiras que teriam feito anteriormente. A empresa Brasil Prev - Consultoria Gomes & Silva informa na carta que a pessoa tem direito a determinada quantia resultado de desconto em folha de pagamento para aposentadoria complementar e carteiras de pecúlio das empresas, já falidas, Capserv Previdência, Capemi, Ipesp, Caixa de Pecúlio dos Militares, Montepio Mongeral da Família Militar e Caixa Geral S/A Seguradora. "Na notificação, a empresa informa que eu tenho um valor nominativo de 45 mil reais c omo base e que, corrigido iria para 55 mil reais, mas com custas processuais de mais de 6 mil reais e que este valor teria que ser depositado na conta da Brasilprev. Ocorre que eu nunca fui contribuinte de nenhuma das empresas citadas e não telefonei para a empresa, como eles pediam. É uma fraude", diz o reclamante. O delegado Gonini Júnior alerta as pessoas que receberam a carta para que não entrem em contato com a empresa e denunciem à polícia a tentativa de estelionato.

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Desavença entre vereador e funcionário municipal termina em acordo A pendência entre o administrador do cemitério Paulo José Bianchini e o vereador Carlos Messias, do PDT, terminou em acordo na Justiça em audiência realizada na semana retrasada. O vereador concordou em recolher multa de duzentos reais. Como não houve crime, apenas uma discussão, no entender da Justiça, o vereador não foi condenado, mas terá que ficar cinco anos sem cometer nenhum desatino, se cometer, perde a qualidade de "réu primário" e aí, sim, poderá ser penalizado. O entrevero aconteceu antes de um sepultamento quando Paulo José tinha ido cuidar de documentos na prefeitura e, ao chegar à funerária, já encontrou o vereador afoito e possesso, soltando fogo pelas ventas com o dedo em riste, soltando palavrões que atingiram a honra do administrador, que não revidou aos ataques. "Eu simplesmente continuei fazendo o meu serviço, depois dei queixa na polícia e fiquei aguardando a audiência", explica o perplexo Paulo José. Ele ainda não decidiu se vai denunciar o vereador na Câmara pelo crime de falta de decoro parlamentar. Paulo José diz que tem testemunhas do fato, que comprovaram os acontecimentos em depoimento à polícia.


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


GERAL

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

AGENDA DO EMPRESÁRIO

PÁGINA 9

Homem supera tiro e volta a pedalar após dois anos

por Ângelo Eduardo Monici

Brasil e seu cenário tributário O cenário tributário brasileiro é um dos 20 menos atrativos do mundo, segundo estudo elaborado pelo centro econômico europeu Econstor, que analisou 100 países entre 2005 e 2009. O índice mostra que até países com impostos elevados podem oferecer condições favoráveis, segundo a Econstor. O Estados Unidos, por exemplo, obteve nota 0,2432, abaixo da brasileira (0,3203) e fica na sétima posição entre os países com cenário tributário menos atrativo. O Brasil também está à frente de China (0,3197 pontos), Canadá (0,3147), México (0,2899) e Japão (0,2748). As menores pontuações são da Argentina (com 0,0890 pontos ), Venezuela (0,1301), Coreia do Sul (0,1505) e Peru (0,1927). Países conhecidos como paraísos fiscais lideram a lista dos mais atrativos (veja tabela no final da matéria). "Eles oferecem ambientes fiscais muito atraentes porque não cobram imposto de renda", afirma o relatório. Regionalmente, o destaque é dos países no Caribe (com média 0,6621) e os europeus (0,5127). No Caribe, muitos países simplesmente não tem taxas. Já na Europa, muitos se beneficiam pela nãocobrança de impostos entre membros da União Europeia e das isenções de participação para dividendos e ganhos de capital, que são comuns, segundo o estudo. O Econstor desenvolveu um índice de atratividade do cenário tributário de cada país. O índice de atratividade do cenário tributário tem 16 componentes do sistema de taxas como o sistema de impostos determinado pelo estatuto e a taxação de dividendos e ganhos de capital, entre outros. Veja os 10 países com o cenário mais atrativo, de acordo com os impostos, segundo o estudo da Econstor: País Nota (0 a 1) 1 Bahamas 0,8125 2 Bermuda 0,8125 3 Ilhas Cayman 0,7813 4 Ilhas virgens britânicas 0,7739 5 Emirados Árabes Unidos 0,7682 ... 83 Brasil 0,320 Fonte: Exame.com

Ronny Santos

O Diretor da Minasçúcar Sérgio Tadeu Buonarotti contou ao repórter Cristiano Pavini, do jornal A Cidade de Ribeirão Preto, na edição de 24 de julho, um pouco do drama que viveu nos últimos dois anos. O Jornalzão reproduz a seguir a matéria: "Foi emocionante sentir o vento bater no rosto depois de tanto tempo", resume Sérgio Tadeu Buonarotti, que no último sábado reencontrou os pedais da bicicleta pela primeira vez desde que ficou entre a vida e a morte há dois anos. No dia 6 de agosto de 2011, Sérgio e outros dois ciclistas foram assaltados por oito homens quando pedalavam próximo ao Anel Viário. Na ação ele levou um tiro no abdômen e fic ou cerca de 80 dias hospitalizado, s endo 74 deles em coma e entubado na UTI (Unidade de T ratamento Intensivo). "Passei por 50 cirurgias" diz Sérgio, hoje com 42 anos. Entre elas, foram retirados o rim esquerdo, baço, vesícula e parte do

estômago. Além disso, teve que realizar sessões de hemodiálise e recebeu quase 40 litros de transfusão de sangue. Mas ele tinha fôlego para enfrentar a maratona clínica. Atleta de triatlo (que reúne ciclismo, natação e atletismo), Sérgio participou, alguns meses antes do assalto, do Iron Man Brasil, onde percorreu 226 quilômetros. Após as c irurgias , teve que mesclar a paciência pela recuperação à força para a superação. Ele se afastou do trabalho por um ano e meio enquanto se recuperava. "Na época, era pratic amente impos sível pensar que eu voltaria a pedalar", diz. Mas no início deste ano a melhora ac elerou. Tanto que deu c onfiança para o esperado retorno aos pedais no último sábado com a mesma bicicleta que ele utilizou no dia em que foi baleado. "Por várias vezes eu percebi que havia me superado, mas nesse final de semana foi a principal volta por cima", afirma Sérgio. Ele c omprovou que andar de bicicleta é algo que

Dois anos após ser baleado, Sérgio reencontrou a bicicleta e pretende pedalar todo fim de semana não se esquece jamais , e pedalou por duas horas seguidas com amigos. Agora, Sérgio pretende sentir o vento no rosto todo sábado. E ir além. Seus próximos passos são o retorno para o atletismo e natação, algo que deve acontecer em breve. E não des-

carta, inclusive, voltar a competir. "Mas agora estou reaprendendo a conhecer os meus limites, ver até onde posso chegar", diz Sérgio. Ele já provou, entretanto, que o conceito de limite pedala ao lado da superação em sua trajetória.

O Jornalzão estréia site novo

Já está no ar o novo site do Jornalzão. Mais fácil de navegar, visual mais moderno e com mais conteúdo. O leitor poderá encontrar mais de 150 edições anteriores no arquivo. O jornalista, historiador e fotógrafo Romeu Antunes tem espaço com as "50 fotos de Romeu Antunes ". Um canal no youtube mostra algumas músicas executadas por nossa banda. Todo mês o leitor poderá votar numa enquete. Na estréia o leitor poderá avaliar o início de gestão do prefeito Cassinho. As edições são atualizadas toda segunda-feira. Faça uma visita e aproveite para votar na enquete. www.ojornalzao.com


PÁGINA 10

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


GERAL

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Festival Evangélico de Inverno reúne dezenas de artistas cristãos No último sábado a Igreja Presbiteriana Independente foi sede do 1º Festival Evangélico de Inverno, chamado de Winter Impact. Por cerca de 4h, vários grupos musicais e de coreografia se apresentaram, mostrando um viés cultural muito forte dentro das igrejas, mas pouco conhecido do público. Idealizado para ser um grande enc ontro de músicos cristãos, o Festival cumpriu com seu planejamento inicial e mostrou aos participantes um lado diferente dos membros das igrejas evangélicas. "Em nenhum momento a mensagem foi deixada de lado para priorizar o estilo musical, mas, com esse evento, mostramos que a música cristã é muito rica e de alta qualidade. Tivemos no evento grupos que podem se apresentar em qualquer palco, mas que escolheram levar uma mensagem de paz e salvação através da arte" revela Rogério Moscardin, um dos organi-

PÁGINA 11

Vagas abertas no Projeto Guri De 29 de julho a 30 de agosto o Projeto Guri Polo Santa Rosa de Viterbo, estará com as vagas abertas para crianças e adolescentes entre 08 e 18 anos incompletos nos cursos de violão e percussão/bateria. Para participar não é preciso ter conhecimento prévio em música e nem possuir instrumentos. Os interessados deverão se dirigir ao Centro Cultural Municipal, na Rua

Sete de Setembro, 1000, Centro, acompanhados pelo pai, mãe ou um responsável, de s egunda a sexta, das 13h30 às 17h30, levando os seguintes documentos: cópia da certidão de nascimento ou RG do interessado, cópia do RG de um responsável pelo interessado, cópia do comprovante de endereço, cópia do Boletim Escolar de 2012 e Declaração de Matrícula Escolar. As matrícu-

Baile e Rally para encerrar 43ª Susa zadores. Dentre os participantes, destaque para as bandas da Igreja Presbiteriana Independente e da Igreja do Evangelho Quadrangular, que mostraram estilos diferentes na condução do louvor na igreja. Já os meninos da Banda Identidade, de São José do Rio Pardo levantaram o público com riffs marcantes de guitarra e muita simpatia. A banda santa-rosense DeTroni encerrou a noite com a tradicional e forte pegada de guitarra e contrabaixo, algo c arac terístic o da banda. Entre as apresentações das

bandas, muitos cantores e grupos de coreografia que abrilhantaram o evento e mostraram a alta qualidade da música cristã. Destaque para o afinadíssimo Grupo Voc al da As s embleia de Deus e da cantora Daniela Alves, além da bela coreografia do grupo da Igreja Quadrangular. Para a comissão organizadora do evento os objetivos foram alcançados. Os mais de 30 membros da equipe viram o trabalho valer a pena e já se preparar para a edição de verão do evento, no próximo mês de janeiro.

O Rally da Susa, amanhã às 14 horas, é o evento que encerra a 43ª Semana Universitária Santarrosense. Podem participar jeeps, gaiolas e carros, e as inscrições custam R$ 5,00 por

pessoa. Hoje à noite tem baile, no Grêmio, para fechar a programação do Bar da Susa que durou a semana toda. O Rally é de regularidade. Na saída, o participante recebe mapa e pla-

BOM GOSTO E REQUINTE NA CHOCOLATERIA TEM AR REFRIGERADO PARA SEU CONFORTO!

APRECIE NOSSAS CRIAÇÕES EM CHOCOLATE! PRODUZIMOS O MELHOR SORVETE DA CIDADE.

BOLOS, TORTAS, PAVÊS, BEBIDAS NÃO ALCOÓLICAS, SUCOS.

PÃO-DE-QUEIJO, EMPADA, CROISSANT, CAFÉ GOUMERT E MUITO MAIS DELÍCIAS.

nilha com o tempo que deve percorrer entre pontos determinados. Ganha quem efetuar o trajeto total num tempo o mais próximo possível ao estabelecido na planilha.

Cerca de 80 comparecem ao Encontro de Turmas

CHOCOLATERIA BUZZI

Estamos bem ali ao lado do Correio, na Avenida Rio Branco. Chega lá! Telefone: 3954 6521

las serão realizadas conforme disponibilidade de vagas e serão por ordem de chegada. O Projeto Guri Polo Santa Rosa de Viterbo funciona em parceria com a Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Santa Rosa de Viterbo. Qualquer dúvida falar com Ros ana Dobras no telefone (16) 3954-8865.

Perto de 80 pessoas atenderam à 'convocação' feita para o 4º Encontro de Turmas que aconteceu no último sábado na c idade. Desde 2008 a turma do Terror (estudantes dos anos 60 que pass avam férias em Santa Rosa) marc a es se

tipo de reunião festiva para matar saudades. Com o passar do tempo incorporou o grupo 'Sem Meia' (adversários de futebol na época), formado por residentes locais, além dos organizadores das primeiras edições da Susa.


PÁGINA 12

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 13


CLASSIFICADOS

PÁGINA 14

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Os Classificados para particulares são gratuitos (máx. 10 palavras). Empresas e demais pagam R$ 2,00 por cada 10 palavras. Não pegamos classificados por telefone. Entrega até às 17:00h da Quinta-feira.

FAÇO CARRETO COM SAVEIRO semanais, sábados, domingos e feriados. 39546003/ 9145-3447/ 9145-2869

CASA NOVA vendo no Julio Moretti a 40 m do Solar, 3 dorm., suíte, sala ampla, cozinha, banheiro azulejado e lavanderia com armários, aquecedor solar, portão eletrônico e jd. de inverno, direto com o proprietário. 91663028 VENDO casa nova 70m² rua Albina Pedresqui 125 Luiz Gonzaga 2º rua em fase de acabamento com 3 dorm.,, sala, cozinha e w c. 9166-3028 VENDO duas casas no bairro Ari Carneiro, 2 dorm., sala, cozinha, w c, azulejados, 60m² e 61m². 9166-3028 ALUGO salão para festas em frente o buracanã. 39542822 VENDO microondas Brastemp novo. 9200-6011 VENDO vaso sanitário cor areia e assento na mesma cor quadrado. 39543302

VENDO VENDO VENDO terreno 11x25 alto chácara de 5000m² tv. 9199-0000 ou troco por do Nova Roma. terreno na cidade. 9773-5988 VENDO 9294-9237/ 82029885 Marcelo ou kit gás GNV com 2 João VENDO cilindros 15m³. Ipod na caixa. 9198-1818 VENDO 3954-6582 carretinha para carro. 9784-0175 VENDO PROCURO 4 rodas de ferro VENDO serviço de aro 14 com 4 computador doméstica aqui ou positivo completo pneus R$ 400,00. em ribeirao preto. HD 320GB 2 GB de 9199-0000 memória monitor 9109-9672 led 15 3d VENDO w indow s 8 novo. PROCURO uno 93 álcool R$ 1460,00 ou 12x R$ 137,53. 9279para cuidar de financiado 4078 idosos 3x por faltando 12 semana. 9283parcelas. 92205706 VENDO 4662/ 3954-6390 lavadora de ALUGA-SE pressão 1700LBS PROCURO sitio para finais de 127v R$ 331,70 ou casa ampla para semana e feriados 12x R$ 33,54 alugar em Santa casa grande, 9279-4078 Rosa até R$ fogão a lenha, 400,00 tratar. mesas de sinuca VENDO 9391-1355 e pebolim, Tel: jogo de auto Eduardo 3954 1485 ou falante 6x9 H 9243 9871 Buster 60w R$ JR 159,00 ou 12 x R$ higienização e PROCURO 16,18 novo. 9279dedetização, casa ou edícula 4078 limpeza de caixa para alugar. 9341d`agua , limpeza e 0229/ 3954-6390 VENDO descupinização jogo de auto em forro, PROCURO falante 6 H Buster aplicação de casa para alugar R$ 99,90 ou 12 x repelent4es em nhumirim até R$ 10,10 novo . contra pombos, R$ 300,00, com 2 9279-4078 morcegos etc. meses de 9160-9140 depósito. 9395VENDO 8620 amplificador PROCURO Pyramid Gold serviço de VENDO series 800W R$ caseiro, leitoa caipira. 360,00 ou 12 x R$ aposentado e 9784-0175 36,40 novo. 9279- sozimnho. 91364078 5429 Walter VENDO saveiro ano 84 ou VENDO VENDO troco por moto. Smarth Phone s3 2 ar condicionado 9298-3870 chip desbloqueado de parede branco R$ 499,00 Eletrolux digital. VENDO ou 12 x R$ 50,55 3954-7896 cambio de fusca novo. 9279-4078 com motor de VENDO partida. 9298VENDO mesa para 3870 Baiano computador com 3 furadeira linha PROCURO gavetas e Hobby 127v R$ serviço de divisórias. 395479,90 ou 12 x R$ doméstica. 39546390/ 9341-0229

8,08. 9279-4078

7896

VENDO VENDO casa com 7 casa a Av São cômodos, 2 w c, Paulo, 957 garagem, área de somente para serviço, piso frio. comércio R$ Rua: Agustinho 750,00 por mes. tavares, 97 Nosso 9247-5012/ 8120VENDO Teto 2437 estante novapreta e cinza, cama de BRASÍLIA ALUGO vendo ano 80 solteiro e colchão 3 salas na rua ótimo estado. Rua: de solteiro semi Paraná, 153 R$ Agustinho novo. 3954-5967 400,00. 9247Tavares, 97 5012/ 8120-2437 Nosso Teto VENDO fogão 4 bocas ALUGO VENDO branco usado Gol bola ano 96 barracão 300m² Jd Continental. 3954Aquarius R$ 1.8 completo. 5967 9137-3911 700,00.9247-5012/ 8120-2437 ALUGO VENDO mesas e cadeiras VENDO GOL ano 85 para festas. 3954- portão de grade 2 branco original 1442 folhas 2,70x1,60 álcool documentos R$ 180,00. 9247OK. R$ 3500,00 VENDO 5012/ 8120-2437 8243-1251/ 9248tres casas no 0373 mesmo terreno no VENDO Nosso Teto. 3954vitrine de vidro 2 0840 VENDO metros R$ 150,00 casa nova 57m² cada. 9247-5012/ VENDO sala, cozinha, 2 8120-2437 Vectra branco 99 dorm., w c R$ 90 ótimo estado. mil. 9144-4740 3954-0840 VENDO VENDO auto falante de 12 VENDO casa 50m² nova 02 estruturas bobina dupla , Roma 1/2 terreno metálicas com precisa vidro para vitrine, recondicionar. R$ R$ 85 mil aceito 1 luminoso, financiamento. 50,00. 9143-0888 medidas: 2,50 m x 9144-4740 0,50 m, VENDO 1 terreno Luiz corsa classic PROCURO Gonzaga, cinza 4 portas ano para passar medindo: 10 x 25 2000 quitado e roupas. 8196ponto comercial conservado. 91574776/ 9315-2176 (Vermelhinho). 5198 Fones: 39546664 ou 9308VENDO 1926 gol 2001 rodas de VENDO liga. R$ 12.500,00. serra Policorte VENDO 9174-1818 sem motor R$ máquina de Overloque nova. 399,00 ou 12 x R$ PROCURO R$ 800,00. 9243- 40,44. novo 9279empresário para 4726 4078 investir em músico de funk com letras VENDO ALUGO fusca ano 78 R$ próprias de bom casa na rua do 3800,00. 9243conteúdo e Comércio, 548. 4726 3954-2174/ 8123registradas. 93734875 9555 CURSO DE VENDO CALIGRAFIA VENDO caminhão 1618 casa 100m² R$ início dia 14/08/13 ano 95 agregado 125 mil dreto com para melhorar, na artivinco. 9109o dono. 9174-1818 aperfeiçoar, 6239 atraves de exercícios. Centro VENDO PROCURO Fusca 82, branco, Cultural. 9160para fazer faxina em bom estado de 9140 duas bezes por conservação. semana. 9132Tratar fone: 16 2652 VENDO 92611097 fusca 1300 ano VENDO VENDO 75 branco clarinete semi casa 90m² R$ 115 documentos OK. novo marca Viril mil, falta 8243-1251/ 9248- R$ 400,00. 9250acabamento. 0373 0312 9174-1818 VENDO pálio 97 ar, travas, 4 portas. 39546208/ 8117-7312/ 9377-9482

EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 1699 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os d ocumentos exigidos p elo ar tigo 1.525, nº. I, III e IV do Código Civil, os pretendentes: JARDS ANDRÉ ARAGÃO, brasileiro, solteiro, técnico em refrigeração, com 29 anos de idade, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, onde nasceu em 28 de agosto de 1983, residente e domiciliado nesta cidade, filho de José Domingos Aragão e de Maria Imaculada Salviato Aragão. GISELY FRANÇA PIRONI, brasileira, solteira, vendedora, com 34 anos de idade, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, onde nasceu em 01 de agosto de 1978, residente e domiciliada nesta cidade, filha de José Carlos Pironi e de Joana Darc França Pironi. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 1700 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os d ocumentos exigidos p elo ar tigo 1.525, nº. I, III e IV do Código Civil, os pretendentes: CARLOS ROBERTO GER ALDINO RODR IGUES, brasileiro, solteiro, eletrecista, com 31 anos de idade, natural de Limeira do Oeste, Estado de Minas Gerais, onde nasceu em 15 de agosto de 1981, residente e domiciliado nesta cidade, filho de Paulo Rodrigues e de Marli Geraldino. ÉRICA LEANDRO DA SILVA, brasileira, solteira, bancária, com 29 anos de idade, natural de Santa Rita do Passa Quatro, Estado de São Paulo, onde nasceu em 18 de outubro de 1983, residente e domiciliada nesta cidade, filha de Waltercides Leandro da Silva e de Maria Helena Modesto da Silva. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 1701 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os d ocumentos exigidos p elo ar tigo 1.525, nº. I, III e IV do Código Civil, os pretendentes: JOSENILTON SILVA DOS SANTOS, brasileiro, solteiro, operador, com 19 anos de idade, natural de Maceió, Estado de Alagoas, onde nasceu em 27 de novembro de 1993, residente e domiciliado ne sta cidade , filho de José Ranildo dos Santos e de Maria José Conceição da Silva. THAYNNÁ KELLY DOS SANTOS LIRA, brasileira, solteira, estudante, com 16 anos de idade, natural de Matriz de Camaragibe, Estado de Alagoas, onde nasceu em 04 de julho de 1997, residente e domiciliada nesta cidade, filha de Everaldo dos Santos Lira e de Eliane Maria dos Santos. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 15

Celulares 8112 1222 e 8139 0699 e.mail: imobiliariaunimoveis@hotmail.com

CASAS

Casa Morumbi de esquina 3 dorm, suite, sala, copa, coz, garagem ....................................... R$ 480 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz,m garagem ............................................................................ R$ 75 mil

Edícula L. Gonzaga 1dorm, sala, coz, a. serv, varanda, 54m2 const, terr. 141,36m não ac. financ. R$ 80 mil Edícula Nova Roma 2 dorm, sala, coz, wc social, terreno 5x25, não aceito financiamento .......... R$ 95 mil Jd. Elite nova, 2 dorm, sala, coz, wc social (terreno 5x25), aceito financiamento ....................... R$ 90 mil

Av. São Paulo 2 dorm, sala, copa, coz, wc social, lavand, terreno de 15x28 defronte rodoviária .. R$ 200 mil Julio Moretti 2 dorm, sala, coz, wc social, gar ampla, area lazer, murada, portão basculante ...... R$ 135 mil Nova Roma sobrado, 3 dorm, sala, coz, 2 wc, garagem, portão ............................................ R$ 330 mil

Luiz Gonzaga esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem, toda murada ............................ R$ 130 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, copa, coz, area serv, ampla garagem (toda de laje) ........................... R$ 100 mil Centro (nova) 3 dorm, 3 wc, sala, copa, coz, lavanderia, despensa, área lazer, garagem, portão el. R$ 330 mil

Casa de madeira, Nova Roma, 3 dorm, sala, coz, wc, terreno 11x25, murada e portão ............ R$ 110 mil Vila Ranzani semi nova, próx. rodoviária, 2 dorm, sendo 1 suíte, sala, copa, coz, gar. e edicula R$ 250 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, lavanderia + edicula (2 alugueis) ........................................ R$ 105 mil

Centro próx. saracura, 2 dorm, sala, ampla coz, lavanderia e garagem .................................... R$ 120 mil Monte Alto 2 dorm, sala, coz, garagem, lavanderia, toda murada, portão, 94m2 de construção .... R$ 160 mil Centro, sendo 3 dorm, 2 wc, sala, copa, coz, garagem, área lazer, lavanderia, piscina ................ R$ 330 mil

Jd do Sol 3 dorm, sala, coz, wc social (terreno10x25) ........................................................ R$ 110 mil Cohab 3 2 dorm, sala, coz, wc, garagem, murada, não aceita financiamento .............................. R$ 75 mil Monte Alto 3 dorm, sala, cozinha, wc social, garagem ........................................................ R$ 150 mil

Dom Bosco 2 dorm, sala, coz, wc entrada de R$ 85 mil + saldo devedor de R$ 52 mil, parcelas de R$ 430,00 Centro 4 dorm, sala, coz, wc, mais edícula ....................................................................... R$ 140 mil Monte Alto geminada, próx. Helenotur, sendo 1 dorm, sala, coz, wc social, lavanderia (cada uma)R$ 110 mil

Casa Rua São Paulo 2 dorm, sala, coz, wc, murada, garagem (próximo a Sabesp) .................. R$ 160 mil Jardim Aquarius 1212m2 de terreno, toda murada, area churrasco, fogão lenha ....................... R$ 250 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, garagem ........................................................................ R$ 150 mil

Edícula Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, wc social, varanda, murada, portão ........................... R$ 90 mil Nova Roma, 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, portão ................................................... R$ 120 mil Jd Aquarius 3 dorm, suite, sala, copa, coz, wc social, área serviço e garagem ......................... R$ 200 mil

Casa + salão comercial esq. da av. Nosso Teto (salão com montagem p/ restaurante) ............... R$ 120 mil Nova Roma 240 m2 de construção, com 5 suites, sendo 1 com hidro, sala ampla, copa, coz, wc social, amplo salão de festa com cozinha (terreno com 750m2) ................................................................. R$ 300 mil

Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, edícula + pequeno salão comercial ........................... R$ 90 mil + prestações Nosso Teto quitada (esq. avenida) 3 dorm, sala, copa, coz, lavand, laje e piso frio, 98 m2 const. R$ 120 mil Casa Nosso Teto (quitada) 2 dorm, sala, coz, wc social, murada ........................................... R$ 75 mil

Casa próx H3P 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, área serviço, garagem 2 carros ......... R$ 240 mil Casa próx Estação 2 dorm, sala, copa, coz + edícula ......................................................... R$ 120 mil Casa rua Rio Pardo 2 dorm, suite, sala, cozinha, wc social, terreno 11x39 ............................ R$ 140 mil

Casa Próximo ao Solar III 3 dorm, suite, sala, coz + - 180mts de construção com terreno ao lado todo murado de 440m2 (área total do terreno 660m2) ............................................................................ R$ 230 mil

Casa Nova Roma 3 dorm, sala, copa, coz, 2 wc, área churrasco com wc, piscina, murada, ótima localização, terreno de 20x50, ou seja, 1000 m2 ................................................................................. R$ 400 mil

Casa - Residencial Nova Viterbo

Casa Nova Roma (nova)

3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz,

3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, copa, coz, wc social, área churasco com piscina, garagem,

garagem + edícula

R$ 220 mil

Casa Luiz Gonzaga (nova)

portão eletrônico com ótimo acabamento

3 dorm, sendo 1 suite, com armário embutido, duas salas, copa, cozinha planejada, wc social, garagem, aquecedor solar, portão eletrônico, jardim de inverno, escritório, lavabo, 2 terrenos 500 m2

R$ 270 mil

R$ 420 mil

Casa Centro (próx. Grêmio) 250m2 construção R$ 350 mil 3 dorm, sala, copa, coz, 2 wc, ampla area lazer, despensa com wc, garagem 3 auto, piscina, terreno 541m2 Aceito imóvel em SP no ABC

TERRENOS

SÍTIOS e FAZENDAS

Terreno de frente quadra da Jas12x26 ............................................................................... R$ 85 mil

Chácara dentro da cidade 1.212 m2 toda formada, com água, energia, asfalto, esgoto, murada, com casa, pomar, área de churrasco, fogão lenha, a 3 quarteirões da avenida São P aulo ..................................................................................... R$ 250 mil

Terreno de frente quadra da Jas 936m2 ........................................................................... R$ 160 mil

Sítio 10,5 alq formado em laranja ......................................................................................................................................... R$ 550 mil Fazenda 120 alq (90 alq em cana) restante em pasto e reserva .......................................................................... R$ 6.500.000,00

Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, ................................................. R$ consulte-nos

Sítio 33 alqueires em mato (para reserva) .......................................................................................................R$ 30 mil o alqueire Sítio 20 mil m2 com casa, energia e água .......................................................................................................................... R$ 200 mil

Área 3.000 m2, Saracura, com casa, 3 dorm, sendo 1 suite, área churrasco, 2 poços artesianos .... consulte-nos TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

4 terrenos juntos no bairro Luiz Gonzaga R$ consulte-nos

Sítio 24.000 m2 próximo a cidade Sede com 3 dorm, suíte, 3 salas, cozinha, lavanderia, área churrasco com cozinha, piscina, mais casa de caseiro com 4 cômodos, cocheira, duas báias, pomar, poço artesiano, a 300 m do Nova Roma. Aceito troca. consulte-nos. R$ 350 mil


PÁGINA 16

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

COLUNA GOSPEL por Rogério Moscardini

Mais, mais, mais Algumas pessoas gostam de fazer compras. Elas têm um desejo eterno de comprar, comprar e comprar. A mania de encontrar a última oferta é mundial. Há enormes shopping centers ao redor do mundo. O aumento nas compras em lojas físicas e virtuais revela que comprar é um fenômeno global. Comprar pode ser divertido, Certamente, não há nada de errado e tentar encontrar um bom negócio e desfrutar das coisas que Deus nos deu. Mas quando ficamos preocupados em adquirir bens materiais, perdemos o foco. Jesus desafiou Seus ouvintes com estas palavras: "...Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui" (Lucas 12:15). Ele continuou contando uma parábola sobre u homem "Assim é o que entesoura para si mesmo...", mas não está preocupado com o seu relacionamento com Deus (v.21). Como podemos aprender a nos contentar com o que temos e não sermos consumidos pela vontade de acumular mais? Aqui estão algumas maneiras: Considere os bens materiais como dádivas de Deus para serem utilizados sabiamente (Mateus 25: 14-30). Trabalhe com afinco para ganhar e economizar dinheiro (Provérbios 6:6-11). Doe para a obra do Senhor e aos necessitados (2 Coríntios 9:7, Provérbios 19:17). E lembre-se sempre de ser agradecido e de apreciar o que Deus lhe dá (1 Timóteo 6:17). Ser rico em Deus é muito melhor do que ser rico em bens materiais.

GERAL

PÁGINA 17

Empresa promete 200 vagas para santa-rosenses A empresa Atento do Brasil informou esta semana que vai oferecer mais de 200 vagas de emprego para moradores de Santa Rosa. "Em contato com a empresa Atento do Brasil, conseguimos viabilizar a contratação de pelo menos 200 santarosenses para trabalhar na empresa instalada na cidade de Ribeirão Preto" informou o prefeito Cassinho, ontem através de sua assessoria de comunicação. Os interessados podem levar seu currículo na Avenida São Paulo, nº 100 - Vila Barros - Centro do Empreendedorismo de Santa Rosa de Viterbo. Com a Carteira de Trabalho, CPF e RG. Pré- requisitos: - A partir de 18 anos; - Ensino médio completo/cursando; - Não há necessidade experiência - Noções de informática.A entrevista e seleção deverão ocorrer no mês que vem

Que frio, heim? Foi a frase que mais se ouviu na cidade nos últimos dias depois que uma frente fria vinda da Argentina (sempre eles) chegou à cidade sem avisar e ainda por cima trazendo chuva de molhar até os ossos. No centro da cidade não se via viva alma ao entardecer, todos dentro de casa aconchegados nos cobertores cheirando a guardado e tomando sopas quentes com torradas. Mas no Jardim do Sol, face II, por exemplo, a situação era bem diferente.

Numa casa sem forro e janelas cheias de buraco, crianças se acotovelavam perto do fogão de lenha, pouca roupa no corpo, tremendo de frio. A mãe não deixou tirar retrato porque podia "roubar a alma" das crianças. O maior frio - Segundo meteorologistas de plantão o frio foi mesmo de lascar, o maior (ou menor) dos últimos tempos. Aurélio Santos diz que colocou o termômetro - (que trou-

xe de Amália no tempo em que trabalhava lá) - no quintal e o aparelho marcou 2 graus. "Isso era lá pela meia noite. Acho que na madrugada foi menos ainda,virou sorvete". Nas proximidades da Loteca e Rodoviária a questão era outra, saber se fez mais frio ontem ou anteontem. "Acho que hoje tá mais frio", dizia um aposentado "quentando sol," sentado no banco da pracinha onde joga truco todo dia, quando o astro rei deu as

caras depois do almoço. O outro, ainda pensando no truco, retrucou, "que nada, foi ontem, eu garanto!". A disc us s ão rendeu umas boas meias horas de conversa, sem acordo. Sem registro oficial das temperaturas tidas e havidas na cidade,o senso comum registrou que "foi o frio mais frio dos últimos tempos na cidade". E o Jornalzão registra - os dias 23,24 e 25 foram os mais frios dos últimos tempos na cidade.


PÁGINA 18

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Impressões de quem viu o papa na JMJ

Leonardo, de barba, com colegas no Rio Leonardo Gomes, 25 anos, compõe o grupo da Paróquia Santa Rosa de Viterbo presente à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que durante toda esta semana movimentou o Rio de Janeiro, com a presença do Papa Francisco. Exclusivamente para O Jornalzão, Leonardo mandou o seguinte relato, com suas impressões pessoais do evento: “Nos três primeiros dias no Rio fomos acolhidos, com muita alegria, na casa das Irmãs Beneditinas da Divina Providência. Elas fizeram valer o lema que é a motivação dos seus trabalhos: acolher, educar e assistir. Convivemos com peregrinos de todo o Brasil, e também de países como Itália, Argentina, México, Malawi. Tivemos uma festa em que a cultura típica de todos esses povos veio à tona. Na terça-feira saímos para conhecer alguns lugares da cidade, como a Catedral de Nossa Senhora da Penha. No mesmo dia fomos a Copacabana para a abertura oficial da JMJ. A chuva até incomodou um pouco, mas nada pode atrapalhar uma grandiosa festa em que todos estavam muitos alegres e cheios do Espírito Santo. O que mais assustou foi o transporte público, uma multidão querendo se servir dele ao mesmo tempo. Mas o que se viu mesmo foi muitas pessoas ajudando e sendo ajudadas. As catequeses, com bispos, serviram para aprofundar nossos conhecimentos sobre nossa santa igreja. Na quinta feira, novamente em Copacabana, mais de um milhão de pessoas reunidas para acolher o Santo Padre. Seu rosto sempre sorridente cativou a todos os presentes. Não teve como se emocionar. Ele aproveitou para reforçar o que já tinha dito antes: 'Jesus bota fé nos jovens!' Mergulhados nessa certeza, continuamos aqui reunidos até o final dessa grandiosa festa para Cristo que vive no meio de nós!”

GERAL

PÁGINA 19

Ex-jogador vira pastor evangélico Ele foi muito conhecido na cidade pelo apelido de Marieta, que ganhou quando teve que substituir o goleiro no time de Amália, fechou o gol e os colegas puseram o apelido de um goleiro de Cajuru. Com o passar do tempo, ele rejeitou o apelido de comum acordo com a esposa, porque ele se converteu e a sua igreja diz que o homem tem apenas um nome de batismo. José Carlos Gonçalves tem 51 anos, que completa no dia 12 de agosto. Nasceu no hospital de Amália e ainda jovem começou a trabalhar na fábrica de papel como lubrificador, onde ficou até recentemente quando se afastou do trabalho devido a um acidente no joelho direito. Começou a jogar futebol no Palmeirinha quando se destacou como lateral esquerdo, c om 12, 13 anos. Segundo ele, os c raques daquele tempo eram Silvinho de São Simão, Wilsinho, Bassinho. "Eu jogava de quarto-zagueiro depois fui para a lateral esquerda. Com 14 anos, era titular do juvenil e com 16 anos, fui chamado para jogar no titular do Amália, o Cid André tinha machucado e fiquei titular. Era o Futrica, Arvinão, Bocão, Tonin da Bina, Marc im,

Time de 1983. Em pé: Caçapa, Futrica, Zé Roque, Arvinão, Eduardo Ferri, Marieta e Luiz Neri, técnico. Agachados: R.Carlos, Cavanhão, Marim, Marco Campanini, Afonso, Jorge Persa e Jorginho Panzeri

Paulinho Burguês, Jorginho Panzeri e eu, tudo craque. Fomos campeões muitas vezes". Ele serviu na aeronáutica em Pirassununga quando completou 18 anos, também foi titular do time de lá que, segundo ele, tinha muitos craques. Em 90, ele parou de jogar devido ao joelho e pass ou a treinar a molecada em Amália, mas continuou trabalhando. "Na verdade, não era só para jogar futebol, mas para for-

mar os meninos, educar, ter caráter. Uma escola para formar homens e não só jogador de futebol". Ele conta que muita gente passou por ele, Alexandre Vila, Cardoso, o Bê, Marcelo, Ney de Vila, o André Moussa e muitos outros. "O André não deu nada no futebol, mas é grande jornalista, uma grande pes soa e grande amigo". Em 2003 se tornou evangélico e desde 2010 é pastor da Igreja Pentecostal Assembléia SHEKI-

NAH, de Cássia dos Coqueiros, para onde vai duas vezes por s emana para evangelizar pessoas. Mora numa casa confortável no Jardim Aquarius com a espos a Cidinha e o filho Amauri, de 13 anos. Conta que além do futebol e da religião, venceu uma outra grande batalha com ajuda da medicina. "Pesava 127 quilos, hoje meu peso é normal graças a Deus. Sou um homem feliz", diz abrindo o sorriso alegre e simpático.

Angélica vence prova em Morro Agudo A amazona santa-rosense Angélica Moreti foi campeã do Rodeio Rodeio Fest de Morro Agudo na prova dos Três Tambores, com sua parceira "Kimy Backer" no último sábado naquela cidade. As amazonas Giovanna dos Santos e Valkiria dos Santos, do Centro de Treinamento Totó, também tiveram participação expressiva no torneio. "Estou muito feliz por esta conquista, pois é muito difícil cada etapa, cada rodeio as dificuldades enfrentadas, a luta do dia a dia, não é fácil" diz Angélica. Ela explica ainda que diversas pessoas foram importantes para sua vitória - os amigos Gabriela Alves, ao meu patrocinador Água Mineral Minaura, Juliano Brigaram (ferrador), André Simon (veterinário), Lelis (tratador), meu pai (treinador),a mãe Flávia, e o namorado Henrique Procópio. "A vocês que sempre me acompanham, tenho que dizer muito obrigado pelo imenso carinho, pois sem vocês eu não teria conseguido. Valeu !"


PÁGINA 20

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 21


MEMÓRIA

PÁGINA 22

CHICO XAVIER Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Atribulados e perplexos "Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados." - Paulo (II Coríntios, 4:8.)

Desde os primeiros tempos do Evangelho, os leais seguidores de Jesus conhecem tribulações e perplexidades, por permanecerem na fé. Quando se reuniam em Jerusalém, recordando o Mestre nos serviços do Reino Divino, conheceram a lapidação, a tortura, o exílio e o confisco dos bens; quando instituíram os trabalhos apostólicos de Roma, ensinando a verdade e o amor fraterno, foram confiados aos leões do circo, aos espetáculos sangrentos e aos postes de martírio. Desde então, experimentam dolorosas surpresas em todas as partes do mundo. A idade medieval, envolvida em sombras, tentou desconhecer a missão do Cristo e acendeu-lhes fogueiras, conduzindo-os, além disso, a tormentos inesperados e desconhecidos, através dos tribunais políticos e religiosos da Inquisição. E, ainda hoje, enquanto oram confiantes, exemplificando o amor evangélico, reparam o progresso dos ímpios e sofrem a dominação dos vaidosos de todos os matizes. Enquanto triunfam os maus e os indiferentes, nas facilidades terrestres, são eles relegados a dificuldades e tropeços, à frente das situações mais simples. Apesar da evolução inegável do direito no mundo, ainda são chamados a contas pelo bem que fazem e vigiados, com rudeza, devido à verdade consoladora que ensinam. Mas todos os discípulos fiéis sabem, com Paulo de Tarso, que "em tudo serão atribulados e perplexos", todavia, jamais se entregarão à angústia e ao desânimo. Sabem que o Mestre Divino foi o Grande Atribulado e aprenderam com Ele que da perplexidade, da aflição, do martírio e da morte, transfere-se a alma para a Ressurreição Eterna. Emmanuel ( Página extraída do livro "Vinha de Luz" - Psicografia de Chico Xavier)

3954 3371 - 3954 6920

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Assassino revelou ter atirado em Lu a 5 metros de distância Um tiro certeiro de garruc ha, a 5 metros do alvo, abalou a cidade em 1964 quando, por falta de acordo financ eiro, Corino se desentendeu com Lu, administrador da chác ara onde aquele trabalhava, e o matou. Nesta semana O Jornalzão teve acesso ao processo - que havia solicitado ha cerca de três meses , e agora revela detalhes que não compuseram a matéria sobre o assunto, publicada no último dia 29 de junho. Corino Evangelista do Prado era o nome do homem que tinha 63 anos quando assassinou Sebastião Costa (Lu) no dia 21 de fevereiro de 1964. Segundo s eu depoimento, soube na manhã deste dia, através da vítima, que seria dispensado da Chácara Boa Esperança onde trabalhava desde novembro de 1961. Embora contrariado pela dispensa, disse ao juiz Milton Teodoro Guimarães que toparia um acerto na base de 20 mil cruzeiros, embora assegurasse ser credor de 37 mil. Mas Lu, que ad-

ministrava a chácara - propriedade de sua mãe adotiva, Maria Garcia (Fiúta) disse que só lhe devia 9 mil cruzeiros. Por volta das 10h30, quando Lu chegava de seu trabalho no Banco F. Barretto, a discussão continuou: "O interrogado voltou a discutir com a vítima - registrou o juiz - momento em que esta disse ao interrogado que este não valia nem mesmo os 9 mil cruzeiros que ela se dispunha a pagar. (...) O interrogado perdeu o controle de si, e fazendo uso de uma garrucha que trazia no bolso direito da calça, fez um disparo contra a vítima, não tendo visto se esse disparo chegou ou não a atingi-la". Lu teria dito 'não precisa disso, seu Corino!', diante da arma apontada contra si. O tiro, segundo o assassino, foi disparado de 5 metros de distância da vítima que estava de frente. O impacto derrubou a vítima, mas ela ainda se levantou, apanhou latões de leite, pães e guarda chuva que deixara cair, caminhou alguns metros até a entrada da casa em que morava, e disse à

es posa Maria de Lourdes dos Santos: 'Neguinha, não agüento mais !' . Levado ao hospital, próximo dali, Lu faleceu pouco depois.

Lu (no dia do casamento em 1960) morreu com 28 anos

Em Cajuru, Corino já havia tentado um homicídio Uma sobrinha de Corino contou ao Jornalzão que ele lhe prometera metade de todo dinheiro trazido de Cajuru (resultado da venda do sítio e do gado que possuía) e entregue à guarda de Sebastião Costa (Lu). Mas só cumpriria a promessa quando resolvesse ir embora da cidade. O prometido seria a paga pelo fato da sobrinha lavar e passar sua roupa desde que chegara a Santa Rosa. Mas Corino sequer mencionou esse detalhe nos depoimentos que deu à Justiça. O dinheiro do qual dizia ser credor, revelou, eram salários acumulados. Quando foi preso, na tarde do dia do crime, estava próximo à represa Barro Preto, da fazenda Amália, tentando encontrar o caminho para a casa de sua "mana". O depoimento do sargento Edmundo Nelson Padovan, do destacamento local, revela que Corino, ao receber ordem de prisão, tentou sacar a garrucha ainda em seu bolso. O sargento, 30 anos mais novo, o imobilizou e o desarmou. A garrucha continha uma bala intacta e um cartucho detonado. Até então Corino não sabia que havia matado Lu. O policial reconheceu nele o homem que havia atirado, de espingarda, em outra vítima, anos antes, em Cajuru, sem acertar o alvo. Em outubro de 1964, Corino admitiu ao juiz estar arrependido do que fizera, que gostava muito, tanto da dona da chácara, quanto de seu filho adotivo, vítima de seu disparo fatal. Contou também que comprara a garrucha em São Simão, de um desconhecido que, pretendendo viajar, aceitou vendê-la por 3 mil cruzeiros. Mas não repetiu a história contada por sua sobrinha, segundo quem Corino ofereceu-lhe a garrucha de presente, e a pediu de volta dias antes de cometer o crime.


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


POLÍCIA

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Empresário que atropelou estudante passou pela cadeia local Reprodução

O empres ário ribeirão-pretano Alexs andro Ishiato de Azevedo passou esta semana pela cadeia de Santa Rosa. Ele ficou dois dias e uma noite na cadeia local, e posteriormente foi transferido. O empresário, que estava foragido, foi preso no último dia 18 em Bragança Paulista e indiciado por atropelar e matar o estudante Marcos Delefrate, 18

anos, durante manifestação em Ribeirão Preto no dia 20 de junho. Além de Marcos, foram atropelados 12 manifestantes, dos quais quatro ficaram feridos. O empresário dirigia um automóvel Land Rover que avançou contra a multidão de manifestantes no c ruzamento das avenidas João Fiúza e Adolfo Molina em Ribeirão Preto.

PÁGINA 25

Acusado de dar tiro se entrega à polícia Valdecir Correa se entregou à Polícia esta semana e contou que realmente atirou em Adelson Francisco Lisboa com uma velha espingarda calibre 32 no último dia 19 na rua Ari Scarso, no final do Nova Roma, onde moram as famílias que residiam na antiga "Favelinha". Valdecir, que entregou a arma à polícia, diz que deu o tiro em "legítima defesa" porque estava sendo ameaçado por Adelson na frente de sua casa e que Adelson estaria com um podão de cortar cana querendo pular

o portão para pegá-lo. Segundo testemunhas, Valdecir tinha apenas um cartucho na arma e estava com a mãe e irmã dentro de casa. Ele teria dado o tiro através do vitrô aberto da sala. O tiro atingiu Adelson na barriga e ele continua internado em Ribeirão Preto em estado grave. A história da briga é confusa, porque começou de manhã naquela rua- Adelson teria dado um murro no olho de um parente de Valdecir. A PM foi chamada, mandou todo mundo "descer", mas hou-

ve nova confusão defronte à delegacia até as coisas se acalmarem. Mas não s e acalmaram, porque os ânimos es tavam exaltados e,como todos moram muito perto, são parentes entre si, houve nova confusão. A PM teve que voltar, mas não adiantou muito, porque na madrugada Adelson resolveu tirar satisfações com Valdecir e levou tiro na barriga. Até ontem à tarde, as informações eram de que ele teve “leve melhora no estado clínico, mas que seu estado ainda era grave”.

"Trevo da Morte" faz mais duas vítimas O trevo Adriano de Castro Gil, o "trevo da morte" como está sendo chamado, fez mais duas vítimas - duas pessoas que se envolveram num acidente na noite da última sexta-feira, por volta das 21 horas. Alex Gomes Leal, pilotava uma moto Sundow, no sentido São Simão - Santa Rosa, quando, ao cruzar o "trevo da morte" bateu no carro Fiat Ideia, conduzido por Tadeu Lourenço Maximiano dos Santos,. Tadeu conta que estava deixando o bairro pela rua Lazinho Antônio de Oliveira e quando cruzava o trevo, não teria visto a moto se aproximar, porque o farol do carro estaria apagado ou regulado em luz baixa. A moto atingiu e amassou as portas do motorista e do carona do carro e ficou com o pneu dianteiro quase em forma de "oito" além de sofrer outras avarias O pai do motociclista, José G. Leal, que compareceu ao local do acidente nega: "Faz cinco anos que meu filho trabalha no horário noturno na ARTVINCO, jamais ele saiu de casa com algum problema na moto" afirma.. Alex Gomes Leal, piloto da moto, ficou machucado e foi socorrido pela ambulância do SAMU. Durante essa semana familiares informaram que ele está bem e que uma revisão na moto não teria apontado defeitos na parte elétrica. Os ocupantes do carro não sofreram ferimentos.

No sábado pela manhã outro acidente de moto deixou a motociclista com a perna fraturada. Diversos acidentes com motos estão acontecendo na cidade. Atenção redobrada a todos, principalmente na “avenida”.


PÁGINA 26

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

MENSAGEM DE FÉ

ESPORTES

PÁGINA 27

Jovens são campeões de handebol nos Regionais

por Padre Alex Cássio

A ORAÇÃO PERFEITA No evangelho de hoje vemos que Jesus ensina aos seus discípulos a oração perfeita! A súplica dos discípulos em querer fazer uma oração perfeita toca no mais profundo do coração de Jesus. Por isso Ele diz: "Quando quiserdes orar, dizei. Pai nosso que estás nos céus." A fórmula oracional ensinada por Jesus aos discípulos é simples, todos conseguem compreender e todas as memórias conseguem guardar. Nada falta e nem sobra nesta oração. Tudo nesta oração é novidade, sobretudo as palavras iniciais. Ao usar a palavra Pai, Jesus aproxima o contato das pessoas com Deus. Pai, protetor. Jesus cria uma intimidade com o Pai. Até então, as orações eram protocolares, ou seja, eram formadas por pensamentos vazios. O Pai Nosso aproxima o humano do divino. Jesus observa os olhares atentos e interrogadores dos discípulos. Por isso, após à oração ele narra uma parábola aos discípulos. Ensinando que em suas orações devem estar presentes a perseverança e confiança. À noite não é fácil atender um amigo importuno. Todavia, a perseverança deve ser essencial. Em seguida Jesus faz uma comparação com o pão e pedra, peixe, serpente, ovo e escorpião. Se o que pedimos é bom, Deus irá atender nosso pedido, mas se não for bom, com certeza o pedido não será atendido. Deus concede o que é importante para nós! Assim como eu você deve ter aprendido a oração do Pai Nosso desde criança. O Pai Nosso é uma oração universal. O Pai nosso é a oração de confiança. Mas quais são os momentos que o rezamos? Apenas quando estamos apurados? Ou somente quando vamos à Igreja? No decorrer da vida com essa oração aprendemos que quando rezamos o Pai Nosso estamos pedindo e agradecendo. As vezes mais pedimos do que agradecemos. Claro que Jesus afirma que devemos ser perseverantes. Porém, devemos, sobretudo agradece o que conquistamos. Sejamos humanos, nada mais. Humanos que sabem agradecer e sabem pedir. Que em nossas orações nossos pedidos não sejam egoístas, pelo contrário, vamos pedir por aqueles que também necessitam. Seja humano. Simplesmente humano. Você pode, você consegue.

Marcos Rodrigo da Costa, o Kim, 21 anos, Ronaldo Donizete Orlando, o Nadão, 24 anos e Rodrigo Araújo, 18 anos , foram campeões dos Jogos Regionais de Araraquara jogando handebol por Taquaritinga. Este ano Santa Rosa não enviou nenhum atleta para a competição. Os três já haviam ganho divers os jogos e c ampeonatos por Santa Rosa, inclusive foram medalhas de bronze por Santa Rosa nos regionais de Jaboticabal. "Também ganhamos a liga de Rio Pardo e de São Carlos. Santa rosa tinha um timão", conta Kim. Os três aprenderam a jogar handebol há oito anos com o professor de educação física João Bosco Mussolim Lagoeiro, que através da prefeitura dava aulas quase que diariamente aos meninos e meninas. "Era uma époc a boa, e o professor João tinha muita paciência com a gente", conta Kim. Ele diz que Nadão começou com ele há oito anos e Rodrigo começou depois. "O Rodrigo é o mais novi-

nho, então ele começou depois, mas sempre mostrou talento", conta. O jovem Kim lamenta que as aulas e os treinos pararam com a saída do professor, pois muitos jogadores poderiam ter surgido. "Es te ano teríamos chance se tivéssemos jogado por Santa Rosa". Kim não sabe o motivo das aulas terem parado na cidade. Taquaritinga - Ano pas sado, Kim jogou por Guaíra e a equipe ganhou pratic amente tudo, mas o

time acabou e veio o convite para jogar por Taquaritinga. "Aproveitei e indiquei os dois amigos e deu certo", conta. Na final dos Regionais deste ano, em Araraquara, na última terça, dia 23, Taquaritinga venceu Nova Europa por 28x19 e ficou com a medalha de ouro de handebol da segunda divisão. Taquaritinga foi campeã invicta - 5 jogos, 5 vitórias. Em outubro o grupo deve representar Taquaritinga nos Jogos Abertos em Mogi das Cruzes e ano que

vem vão disputar a Primeira Divisão. Kim gostaria de ver Santa rosa brilhar novamente no esporte. Para isso deveria abrir mais espaço para o handebol, ter um professor exclusivo para a modalidade. "Se com um pequeno trabalho ganhamos tanto, imagina com um trabalho um pouco mais elaborado", diz. Taquaritinga ainda disputa a Liga Paulista de Handebol e com os meninos de Santa Rosa está em terceiro lugar na classificação.

Árbitro santa-rosense apita final do Campeonato Amador do Estado O árbitro Fábio Sidney Cardoso "Carudo", apitará neste domingo a final do Campeonato Amador do Estado promovido pela Federação Paulista de Futebol. A partida será realizada no estádio "Fredericão" na cidade de Sertãozinho entre a equipe da casa e Brodósqui. a partir das 10h. Fábio foi selecionado entre dezenas de árbitros e comandará a grande decisão. O torneio é o maior campeonato amador do Estado de São Paulo. É mais uma conquista para o árbitro local.


PÁGINA 28

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 29


GERAL

PÁGINA 30

Enquanto descansa, deputado carrega sacos de lixo Sempre que vem a Santa Rosa, o deputado Chic o Alencar (PSOL-RJ) ocupa parte de sua estadia, no s ítio que herdou da mãe, para fazer faxina na estrada Pedro Titarelli, por onde c ostuma caminhar. Aproveitado o recess o do congres so, Chico pas sou esta semana no sítio São João da Serra, sem descuidar da limpeza. - Me inquieta ver os dejetos de plástico, papelão e alumínio jogados no caminho. Os mal feitos poluidores são cometidos por pessoas que passam de carro, e pelos c aminhões que levam o lixo da cidade para o vazadouro do calcário denuncia o parlamentar. Ele recolhe em s acos tudo o que encontra, para depositar na caçamba já dis-

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Agora é lei - som alto tem que respeitar limite O prefeito Cassinho sancionou lei regulamentando o som de carros nas ruas da cidade na qual limita o nível de ruído permitido em 50 decibéis para horário noturno e 60 para horário diurno. A lei também proíbe o som alto na frente de bares e restaurantes , lanchonetes e outros locais públicos. A lei é a seguinte:

Chico Alencar (camisa branca) recolhendo lixo esta semana, com a ajuda de seus hóspedes ponível na estrada. E costuma colocar seus hóspedes na 'dança'. - Rec onheço que seja

um bom exerc ício abdominal, mas espero não s er obrigado a fazê-lo a vida inteira.

"Art. 1º. Os veículos automotores estacionados em vias, logradouros públicos e estacionamentos particulares ou em trânsito na circunscrição do Município, ficam proibidos de emitir ruídos sonoros provenientes de aparelhos de som de qualquer natureza e tipo, portáteis ou não, que atinjam no ambiente exterior ao local que tem origem, em nível sonoro superior a 50 dB (cinquenta decibéis) no período noturno e 60 dB (sessenta decibéis) no período diurno, medidos no curso C do "medidor de intensidade de som", de acordo com o método MB-268, prescrito pela ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas e demais legislação pertinente. §1º. Entende-se por aparelhos de som, para os fins desta Lei, todos os tipos de aparelho eletroeletrônico reprodutor, amplifica-

dor ou transmissor de sons, sejam eles de rádio, de televisão, de vídeo, de CD, de DVD, de MP3, de Ipod, celulares, gravadores, viva voz, instrumentos musicais ou assemelhados. §2º. Entende-s e por vias e logradouros públicos, para os fins desta Lei, a área compreendendo o leito carroçável, o meio-fio, as calçadas, a entrada e saída de veíc ulos nas garagens e todas as áreas destinadas a pedestres. §3º. Entende-s e por período diurno o horário compreendido entre as 07:00 (sete) e 22:00 (vinte e duas) horas e período noturno o horário compreendido entre as 22:00 (vinte e duas) e 07:00 (sete) horas. §4º. Inc luem-s e nas proibições desta Lei, os aparelhos de som utilizados em veículos automotores de propaganda volante e de vendedores ambulantes e excluem-se das proibições desta Lei, em caráter excepcional, os veículos utilizados em manifestações sindicais, associativas ou populares. Art. 2º. Fica proi-

bida, independente do nível sonoro, a execução de som de veículo estacionado em frente a bares, lanchonetes, restaurantes, quiosques, trailers e assemelhados, bem como nas praças e em locais de lazer, com acesso ao público, exceto aqueles autorizados como vendedores ambulantes. Art. 3º. Ainfração ao disposto nesta Lei acarretará a aplicação de multa no valor correspondente a 300 (trezentas) UFM's, valor que será dobrado na primeira reincidência, entendendo-se como reincidência o cometimento da mesma infração num período inferior a 30 (trinta) dias. Art. 4º. Em caso de recusa do atendimento da ordem de abaixar o som, adequandoo aos padrões estabelec idos pela legislação vigente, a autoridade munic ipal responsável pela fiscalização aprenderá provisoriamente o aparelho de som ou o próprio veículo no qual ele estiver instalado, até o restabelecimento da ordem pública e demais providências que se fizerem necessárias à execução desta Lei. Parágrafo único. O proprietário do veículo responderá por eventuais custas de remoção e estadia. Art. 6º. "Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, produzindo seus efeitos no prazo de 60 (sessenta) dias".

Erramos No anúncio "Gratificação" publicado na semana passada erramos: Onde se lê: (...) no viveiro da chácara Altafim. Sito à rua São Sebastião (...); entenda: (...) no viveiro da chácara Altafim, sito à rua São Sebastião (...). Nossas sinceras desculpas ao anunciante.


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

Não abriu as portas Quase um ano já se passou desde a inauguração e o Centro de Triagem Municipal, localizado no bairro, sequer abriu as portas para receber seus cooperados. Nenhum quilo de material reciclável foi comercializado até hoje, enquanto isso a Prefeitura gasta com aluguel de outros prédios no bairro para manter outras atividades. Segundo a prefeitura o programa frente de trabalho encerrou-se em 25 de julho, com 33 participantes. Como parte do programa, eles fizeram um curso de capacitação profissional na ETEC, de 2 meses com 16 horas semanais.O curso foi ministrado pelo Prof. Marcos Gonçalves de Oliveira, técnico ambiental. Com o término do curso eles retomam as atividades no Centro de Triagem na 1ª semana de agosto.

FALA NOSSO TETO

por Serginho Gomes

Bar tira o sossego dos vizinhos Um bar localizado na rua José Gentil estaria tirando o sossego dos vizinhos. O bar é o mesmo onde há cerca de duas semanas houve uma briga nas proximidades, que resultou no esfaqueamento de um homem por um jovem menor de idade. "Nós perdemos a liberdade e o sossego. Os frequentadores usam nossos muros para fazer xixi, a música é tocada muito alta de domingo a domingo. Duas igrejas evangélicas e a escola infantil, Maria Salim Sordi, estão nas redondezas e também estão sendo prejudicadas", dizem. Os moradores dizem ainda que têm receio de sair no portão das casas por causa de pessoas estranhas que circulam nas proximidades. O outro lado - Segundo o proprietário do bar a situação está sendo controlada. O som foi diminuído e ele está tomando outras providências para que tudo funcione adequadamente. "Viemos de outra cidade para colaborar com o progresso de Santa Rosa e não prejudicá-la. Nossas portas estão abertas para qualquer tipo de fiscalização e a Polícia e nossos vizinhos serão sempre bem vindos", disse.

PÁGINA 33

Casal planta,colhe,torra, mói e côa o próprio café O c as al, Enedino e Emília cultiva um pé de café no quintal de sua casa na rua, Bernardo Ataíde Passos, conforme mostramos em matéria anterior. Todo proc es s o para render um café puro e saboroso é realizado manualmente e em cumplicidade pelo casal. Durante essa semana flagramos os dois torrando e moendo o pó que secaram faz pouco tempo.

"Seu Madruga" agride o próprio filho com podão de cortar cana Com um podão de cortar cana, Antônio Severino dos Santos , 57 anos , o "s eu Madruga" agrediu Antônio Marcos S. dos Santos, 31 anos, seu próprio filho, na tarde do último s ábado, dia 20,com um podão de cortar cana. O crime, qualificado como lesão corporal no Boletim de Ocorrência, aconteceu na rua Lazinho Antônio de Oliveira, onde a família mora. O filho contga que estava em casa com a mulher, quando o pai chegou,provavelmente embriagado. Segundo ele, o pai foi até a cozinha onde pegou o podão e veio e deu um golpe que o atingiu na mão esquerda causando grave lesão. O filho diz ainda que para se defender deu um murro na cara do pai. O pai nada quis declarar. Os policiais Baruco, Barbosa, Augusto e Leandro, encontraram dentro da casa a arma do crime, uma faca de açougueiro, duas espingardas calibre 22'' e um saco contendo esferas de chumbo para recarga das espingardas. A mulher do "seu" Madruga, diz no BO que viu a agressão do seu marido contra o filho e que vem sofrendo constantes ameaças de morte com as armas que os policias encontraram na casa. Pai e filho foram socorridos no Pronto Socorro local,foram medicados e depois apresentados ao Plantão da Polícia Civil, para que outras providências fossem tomadas e os motivos da agressão melhor investigados.


PÁGINA 34

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 35


PÁGINA 36

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013

PÁGINA 37


PÁGINA PÁGINA38

38

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

O JO RN AL Z ÃO O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013 Clélia Zanardo cleliazanardo@bol.com.br

ED IÇ ÃO 901 27/07 /2013


JO RN Z ÃO OOJOR NAAL LZÃ O - EDClélia . 901 - 27/07/2013 Zanardo ED IÇ ÃO 901 27/07 /2013

cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

PÁGINA PÁGINA 39

39


PÁGINA 40

O JOR NA LZÃ O - ED . 901 - 27/07/2013


O Jornalzão, edição 901