Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 25/08/2018 - Ano 24 - N.º 1.165 - Semanal - Preço do exemplar R$

“Grêmio Recreativo” no facebook atinge mil seguidores em 5 dias

3,00

Santa Casa vai apresentar Plano de Trabalho em setembro Plano para 2019 prevê partos, cirurgias e cirurgião diariamente no hospital

Empresa de Monitoramento faz trabalho inédito e eficaz

Fotos antigas, como esta, do Baile de Debutantes de 1974, são disponibilizadas no canal

Cidadão usa facebook para mostrar trabalho de vereadores Atenção, atenção - O piscinão, que segundo a prefeitura, vai resolver o problema de alagamentos no Nova Roma não tem um guard-rail de proteção em nenhum dos lados. Pode ser problema no futuro. O equipamento de segurança deve ser instalado logo, antes que aconteça algum acidente.

Ex-Sambô canta para público de 20 pessoas Casal de Urubus fez da antiga Casa Santo Antônio, na Praça da Matriz, sua morada

Ele participou do evento Caravana da TV Digital, que passou por Santa Rosa


PÁGINA 2

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

DE OLHO NA CIDADE Aprovado – A Câmara vota na próxima sessão de segunda feira o Decreto legislativo número 7, que prevê a aprovação das contas do ex-prefeito Cassinho, referentes ao ano de 2015. A leitura do relatório enviado pelo Tribunal de Contas foi feita na sessão passada e pede pela aprovação das contas. Com isso Cassinho fecha seus três primeiros anos com as contas aprovadas. Já as contas dele de 2016, que também devem ser aprovadas, só devem chegar para votação dos vereadores no ano que vem. “Agradeço principalmente aos colaboradores e servidores municipais que sempre se empenharam em fazer um bom trabalho e ao Diretor do TC que sempre nos recebeu e ofereceu mecanismos para as práticas de boas condutas frente ao Município”, disse o ex-prefeito ao Jornalzão. “É a onda azul de aprovação”, brincou. Fabíola Bonacin de siste da candidatura a deputada - A vereadora Fabíola Bonacin informou ontem à tarde que desistiu da candidatura a deputada estadual anunciada, com exclusividade pe lo J ornalzão, na edição do último dia 11. Ela alega que tomou a decisão para poder se dedicar ao Projeto Habitação Urbanizada no qual está envolvida há 5 mes es. Embora tenha afirmado – na entrevista que deu ao jornal – que “o cavalo não passa arriado duas vezes”, a vereadora decidiu arriscar. - Eu já estava compromissada com 10 cidades, mas pensei bem e resolvi dar continuidade a esse projeto em benefício de quem não tem casa nem terreno – que envolve mais de 200 pessoas em nossa região – e deixar para depois um voo mais alto na política – justificou.

Ele ições 2018 - Na última quinta os deputados Léo Oliveira e Baleia Rossi estiveram na cidade reunidos com lideranças, quando foram discutidos vários assuntos e melhorias para Santa Rosa. Na ocasião os presentes agradeceram os deputados pela expressiva quantidade de emendas para Santa Rosa.

PÁGINA 3

Santa Casa vai apresentar Plano de Trabalho em setembro Plano para 2019 prevê partos, cirurgias e cirurgião diariamente no hospital A Santa Casa de Santa Rosa de Viter bo deve apresentar o seu Plano de Trabalho para 2019 no mês de setembro. O plano será ana lisa do pe lo Conse lho Munici pal de Saúde que deve aprova-lo ou não. Se gundo apur ou o Jornalzão, o plano vai prever a realização de partos sem riscos, c irurgias e a presença diá ria, em pelo menos 4 horas, de um médic o cirurgião dentro do hospital. O nome forte deste cirurgião é do médico José Francisco Fucchi. Atual mente a Santa Casa realiza apenas partos e mer ge nc ia i s , c i r ur gi a s agendadas através de mutirão e não conta em sua rotina com a presença de um médico cirurgião diariamente em suas de pen-

dê ncia s. O Jornalzão proc urou um membro do Conselho de Saúde e também o Diretor de Saúde do Município, Eduardo Simionato, para comentar sobre o as sunto. O membro do Conselho disse que a tendência, ouvindo seus colegas, é de que o Plano com estas novas medidas deve ser aprovado. O Diretor de Saúde diss e que pe la parte que cabe a ele, se estiver tudo de acordo com a legislação, com aprovação da Regional de Saúde, do Ministério de Saúde, com a liberaçã o do SUS e tudo is so pactuado no papel, ele não vê nenhum pr oble ma . "Tem que ficar claro que não é a prefeitura que apro-

va, são os órgãos de Saúde acima da gente. Se eles aprovarem, nós aprovamos também", disse Simionato. Em julho a população questionou muito, através de redes sociais, a não realização de partos pelo hospital. O Jornalzão então fez maté ria mostrando que o Plano do ano passado (com vigência para este ano) foi reduzido (pela Câmara de Vereadores) no seu orçamento em 600 mil reais e obrigou a Santa Casa a cortar a realização dos partos. Ec onomia - De sde que a Santa Casa incorporou os serviços do Hospital e do Pronto Socorro, no dia 1º de maio de 2015, a economia que a entidade deu para a prefeitura foi de 1 milhão e 500 mil reais,

cerca de meio milhão por ano, s egundo pla ni lhas apresentadas ao Jornalzão ao longo dos anos. Antes, com a prefeitura tomando conta do PS, os gastos com horas extras e demais vantagens eram gra ndes, hoje não. Outra situação comum no serviço público são os afastamentos, que hoje já não ocorrem com tanta frequência. Com a prefeitura eram sete enfermeiras no PS, hoje são sete trabalhando no hospital e Pronto Socorro. "A gente sa be que te m grande dife rença do serviço público do privado. Dificuldade em se demitir, licenças e faltas constantes são coisas comuns no público. No provado se está ruim, troca na hora", disse um Diretor da entidade.

CRÔNICA DA SEMANA

IMPRENSA ANTIGA

Daniel Almada

A Colônia Formiga, em Santa Rosa

Vazio danado Vazio danado na alma, e demônios correm soltos oferecendo dádivas de horror. Poderia citar todas ou algumas, mas isso seria alimentar a memória do mal, o pessimismo, uma forma nua e crua de, por exemplo, ver como infinitas a ignorância e a violência que se multiplicam nas ruas de meu país. Sim, o horror hoje não brota só da insegurança pessoal, está no sentimento de pátria perdida, de mundo em vão. Arrepio e solidão na alma e o grito de socorro na cruz de meu tempo ecoam pelos desertos que ainda virão.

Encontro do cadáver de um operário com 7 facadas nas costas Na colônia Formiga, município de Santa Rosa, foi encontrado, a 23 do corrente, o cadáver de José Venâncio. O morto estava completamente despido e apresentava sete ferimentos nas costas produzidos por faca. Em despacho telegráfico enviado ao chefe de polícia, o delegado de Santa Rosa comunicou o fato acrescentando estar fazendo todas as diligências para esclarecer o bárbaro crime. (Correio Paulistano, 28 de janeiro de 1930)


PÁGINA 4

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PROFISSÃO CONTADOR Por Angelo Eduardo Monici

Contabilidade online e contabilidade tradicional Vivemos hoje em uma era tecnológica, na qual todos os serviços tendem a se voltar para o digital. A Contabilidade não é exceção e não teria medo em errar em afirmar que é a uma das profissões mais envolvidas em toda essa revolução. Algumas dúvidas pairam em qual modelo é mais vantajosa para determinados negócios e situações; vamos elencar quais as principais vantagens de cada modelo. Na Contabilidade Online o prestador de serviço contábil faz uso de uma plataforma na internet/online automatizada para atender seu cliente, emitindo notas fiscais, gerando o balanço e outras atividades possíveis dentro do universo contábil. O próprio gestor (cliente) do negócio quem efetua a maior parte do trabalho, e o sistema online só apresenta os relatórios e as guias. O atendimento não é presencial e apresenta um custo bem mais baixo para o empreendedor. Na Contabilidade tradicional todo trabalho é realizado dentro do escritório, também se faz o uso da tecnologia, mas apenas por profissionais específicos de cada departamento e não pelo empreendedor do negócio. Aqui se faz uso de vários meios para atender seu cliente, inclusive o presencial. Um dos fatores que pode influenciar na escolha da melhor forma de contabilidade para a empresa é a velocidade de atendimento. As empresas Online priorizam a automação da maior parte de seus processos, assim, muitas vezes, geralmente, para sanar uma simples dúvida é gerado um protocolo e é preciso aguardar, bastante, em uma fila de atendimento. Já o modelo Tradicional preza pelo atendimento personalizado, disponibilizando uma equipe de profissionais treinados e capacitados para cuidar especificamente do cliente. Outro aspecto importante é a qualidade e assertividade dos serviços prestados. As Online processam as informações dos clientes de uma maneira automatizada, sem efetivamente acompanhar de perto as informações que seus clientes incluem no sistema. Sendo assim muitas vezes o cliente não está familiarizado com a área contábil e pode deixar passar informações importantes ou mesmo inserir um dado errado, o que pode acarretar problemas futuros. No caso das Organizações Contábeis tradicionais, além de serem capaz de identificar melhores formas de economia tributária, com planejamento estratégico e financeiro, contribuem na análise de rentabilidade do negócio e identificar melhorias nos processos dos clientes, são capazes de fazer a análise de informações em tempo real, de maneira mais criteriosa, consultiva e personalizada. Em relação ao valor cobrado pelos serviços as Contabilidades Online são capazes de oferecer um custo mais baixo em relação às tradicionais; isso tudo se deve aos itens já apresentados acima. As Organizações Contábeis Especializados e tradicionais são mais indicadas devido ao complexo e burocrático sistema tributário Brasileiro que dificulta em muito os processos contábeis, além de gerar muitas dúvidas a serem sanadas, de uma forma personalizada. Esse formato só iremos encontrar no modelo tradicional de organização contábil.

PÁGINA 5

Cidadão usa facebook para mostrar trabalho de vereadores Gabriel Rodrigues (foto), 29, é um internauta que trabalha com tecnologia há 15 anos. Seus amigos mais próximos o chamam de polê mico e suas postagens rea lmente s ão polêmicas. Esta semana ele começou a publicar, no grupo "Sa nta Rosa pre cisa de quê?" o trabalho de cada vereador em Santa Rosa. Começou com o doutor Paulo Wiezel, que interagiu com Gabriel. As postagens começar am meio tens as, mas depois o clima ficou tranquilo, talvez porque o doutor tenha entendido que aquilo ali é um direito do cidadão, contestar, elogiar ou criticar o trabalho público da vereança. Gabriel promete fazer publicações dos onze vereadores. O conteúdo de cada um dos edis, o que cada um fez ao longo de seu tempo

como parlamentar, Gabriel pesquisa através do site da tra nsparê ncia da Câmara Municipal. Gabriel pesquisa os projetos apresentados e como votaram os vereadores em questões de interesse, entre outras coisas. "Vejo o pessoal sempre batendo no prefeito e nunca veri fic am o que o ve reador faz, como el es votam, o que estão fazendo. Muitos acham que eles estão fazendo muito pela cidade, pois ficam postando fotos no fac ebook, quando na realidade na maioria das vezes não estão fazendo nada", disse. A ordem dos vereador es c ujo trabal ho s erá exposto na rede social é escolhida por enquete, publicada em um grupo do facebook. Gabriel é a ntenado com as coisas da cidade e acha ruim o trabalho dos

vereadores atuais. "Pelo que vi lá, o trabalho deles não chega a ser nem mediano", disse. Ele também acredita que o trabalho de um vereador deveria ser gratuito. "O trabalho sendo voluntário vai entrar quem realmente

quer ajudar a cidade", disse. Até o fechamento desta edição a enquete apontava a vereadora Cidinha Estevan como a próxima a ter seu trabalho divulgado pelo internauta.

Nhumirim vai ter cozinha maior na festa da padroeira A Paróquia São Judas Tadeu está ampliando, em cerca de 30 m2, a cozinha do salão de festas da capela de Nhumirim, com vistas às comemorações do dia da padroeira no dia 12 outubro próximo. Como tem acontecido nos últimos 13 anos, a grande atração da festa será o ‘boi no rolete’, animal inteiro colocado para assar na tarde do dia 11 para ser consumido em almoço, ao meio do dia 12, dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira da capela em parceria com São Sebastião.

Mais 30 m2 para auxiliar no almoço do dia 12 de outubro


PÁGINA 6

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

EDITORIAL

CARTA À REDAÇÃO

PROSEANDO

A culpa é de quem? - É comum ao brasileiro buscar culpados em fatos gerados por sua própria omissão. E é mais ou menos isso que está acontecendo com a Feira da Mogiana, pelos problemas causados por jovens no entorno do evento, que é o mais sensacional criado nos últimos anos em Santa Rosa de Viterbo. "A culpa é da cerveja ou do chopp", dizem, mas sempre teve cerveja e chopp, desde o início e lá não tinha problema. A droga e o tal do "corote' rolam soltos nas mãos de menores, mas nenhum dos expositores vende drogas ou corote. O point da droga é visível a qualquer um, fica próximo ao busto do 'Frigo', defronte à Estação e não dentro do recinto. O corote é vendido em outros estabelecimentos, não na Feira. E menores não compram cerveja ou chopp, maiores compram e repassam, pois pelo que sabemos, os produtores e vendedores de bebidas são pessoas conhecidas, idôneas, que certamente não facilitariam isso. A verdade mesmo é que a droga e a bebida consumida por menores rolam solta em qualquer lugar da cidade, principalmente onde tem aglomeração, eventos, etc. O pessoal mais conservador, consumidor de meia idade que sai pouco de casa, não está acostumado a ver isso de perto porque não frequenta a praça Matriz às sextas, ou o a do Estrela Azul aos domingos. Então, vendo isso de perto na Feirinha, choca. Drogas e corotes são comuns nas periferias de quermesses, Carnavais, desfiles, bares, Susa... Nas festividades de aniversário que estão por vir, vai ter também. Se tiver evento popular de segunda a segunda, teremos, infelizmente, drogas em todos. Policiamento ostensivo nas imediações, Conselho Tutelar atuante, organização da feira nas mãos dos "feirantes", punição exemplar aos pais de menores infratores são saídas que podem diminuir o problema. A solução, cujos frutos vamos colher daqui a décadas, está na melhora da educação, começando de dentro de casa, na instrução aos pais. Isso é prevenção. Sem uma política séria de prevenção, é dar soco em ponta de faca. E isso pode começar pelo município, basta querer. Viva a Feirinha, maravilhoso evento popular que atrai gente daqui e de toda região. Não a deixem morrer.

Há 64 anos falecia Getúlio Vargas

Por Zé Pretinho

Morreu para não entregar o país

Salve o maluco beleza!

No dia 24 de agosto de 1954 suicidou-se o presidente nacionalista Getúlio Vargas. Sua morte ocorreu após intensa pressão da elite econômica de então, que almejava o controle da PETROBRAS. Esta foi criada em 1953 e implantada efetivamente 1º de a gosto de 1954, apenas 3 semanas antes da morte do presidente. A esta tal na sceu depois de uma longa campa nha popular iniciada em 1946 e intitulada o petróleo é nosso. Getúlio preferiu morrer a entregar sua filha dileta à sanha rapineira do “mercado”. A elite financeira da época tinha como grande aliada a mídia coorporativa encabeçada pelos Diários Associados, um império de Assis Chateaubriand. O jornalista e político oposicionista Carlos Lacerda, a serviço dos Diários, comandava as vozes da imprensa insuflando a preconceituosa classe média daquela época a pressionar por um golpe militar. Qualquer semelhança com a Rede Globo dos irmãos Marinho, tendo como estafetas os Merval, Camaroti, Leitão, Garcia e cia nos tempos atuais seria mera coincidência? Segundo o jornalista e historiador José Augusto Ribeiro um general do gabinete militar de Getúlio, Mozart Dornelles, por ser antigo amigo de Chatô o procurou sem que o presidente soubesse. Indagou de Chatô o porquê da rancorosa estrondosa perseguição midiática ao governo. Sem meias palavras o chantagista Chateaubriand deu seu preço: Basta Getúlio desistir da Petrobras que eu tiro o Lacerda da televisão. O general procurou Tancredo Neves, então ministro da justiça, contando sobre o caso e indagando o que deveria fazer. Tancredo respondeu: você deve contar ao presidente mas eu tenho certeza que ele preferirá morrer a desis tir da Petrobras . Getulio morreu, aquele golpe iminente foi adiado e teve eleição, com vitória de JK. A Petrobrás cresceu e hoje com as reservas de 50 bilhões de petróleo no pré-sal é alvo dos ataques rapineiros da elite financista. Hoje eu me pergunto: a história se repete? À semelhança de Getúlio que preferiu a morte, o maior líder político da atualidade também foi ao sacrifício. Mesmo podendo resistir nos braços do povo preferiu se entregar à prisão decretada com base uma sentença falaciosa e contaminada por um sem número de ilegalidades. Em outubro teremos eleições e com elas, quem sabe, o começo do renascimento do país. Alberto Lerco Coelho

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua Condessa Filomena Matarazzo, 58 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP- CEP 14.270-000Fone/fax:(16) 99164.4623 Diretor de Redação: André Moussa Free lancer- Gabriel Caldas e RomeuAntunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal- R$ 3,00 por exemplar - E-mail: ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O JORNALZÃO ÉAFILIADO ÀABRARJ

Nessa terça-feira 21 de Agosto, uma legião de fãs espalhadas pelo mundo comemorou o aniversário da derradeira viagem... no Plunct Plact Zum, do eterno Raulzito, rumo a aventura desconhecida, chamada morte... Datava fevereiro 1986, aos dezasseis anos, esse capiau que está na caneta, chegava no colégio agrícola de Santa Rita do Passa Quatro Sp. Na primeira semana de aula, caipirão nato, defensor a punhos da moda caipira de raiz, num apartamento ao lado, escuta uma musica boa, dizia "Let me sing - Me deixe cantar". Vi que o caboclo que ouvia, estava com uma camisa da escola do Conde, da terra querida Santa Rosa, era Marcelo Candinho, filho do saudoso Vardomiro Candinho. Perguntei quem cantava, Marcelo respondeu; Raul Seixas. Na hora me identifiquei e encomendei que gravasse uma fita cassete do Raul Seixas com as melhores. Daí prá frente virei fã, colecionei 22 fitas cassetes, com centenas de clássicos do Raulzito. Já ouvi e ouço até hoje todas as músicas do Maluco Beleza! Como não levantar de um tombo na vida ouvindo a música, "Tente outra vez!" Ou "Cowboy fora da lei", quando mataram Tancredo Neves! O visionário Raulzito, canta na música "Aluga-se", o domínio do capetalismo estrangeiro que domina e explora as riquezas do Brasil, deixando para trás um rastro de pobreza! Feito uma "Metamorfose Ambulante" Raulzito vivia em transformação, através das letras de suas músicas criticava os coronéis da ditadura. Ao tentar criar a "Sociedade Alternativa" livre, Raul foi torturado pelos militares que o acusavam de conspirar contra o governo com a sociedade alternativa, e foi exilado em 1974. O maluco estudou filosofia e psicologia, cético e agnóstico transitou pelo ocultismo com o mago Paulo Coelho, que se tornou grande parceiro, compondo inúmeras músicas para Raul, misturando rock ao baião, forró e sertanejo como a música "Capim Guiné", entre outros ritmos nacionais e internacionais. Casou-se pela primeira vez, aos 23 anos, com Edith quando nasce a filha Simone. Os mais próximos diziam que Raul morreu de amor por Edith, se enveredando pelo alcoolismo. Depois casou se mais quatro vezes, teve mais duas filhas, Vânia com Kika e Scarlet com Glória. Raul tinha um gosto muito sincero pela música, seu sonho maior era ser escritor como Jorge Amado. Raul Santos Seixas (1945-1989), um dos pioneiros do rock brasileiro, considerado o "O Pai do Rock Brasileiro", nasceu em Salvador na Bahia, aos 28 de junho de 1945, data que virou feriado em Salvador, Dia Municipal do Rock. Na adolescência, impressionado com o fenômeno rock and roll, cria a banda "Os Panteras", lançando seu primeiro disco em 1968, "Raulzito e os Panteras", daí por diante foram 26 LPs. Dono de uma vasta biografia, grande para caber nesse espaço. Aos 44 anos, na última curva que conduz ao fim da vida, o "Pai do Rock Brasileiro", em parceria com Marcelo Nova, vocalista da banda punk rock Camisa de Vênus, por ironia do destino, lança seu último LP; " A panela do Diabo"...


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 11

NO FACEBOOK, RECORDAR É VIVER

CHICO XAVIER Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Ajude a você mesmo Não ambicione do seu vizinho senão os dons excelentes que lhe exornam o espírito. * Não permita que os dissabores governem o leme de seu destino. * Não entregue o templo de sua memória às más impressões. * Não retire sua experiência dos fundamentos espirituais. * Não se esqueça de que o ideal superior, objeto de sua admiração, deve corporificar-se em seus caminhos. * Não se prenda ao mal; no entanto, não se desvie das obrigações de fraternidade para com aqueles que foram atingidos pelo mal. * Não apague o archote da fé em seus dias claros, para que não lhe falte luz a você nos dias escuros. * Não fuja às lições da estrada evolutiva, por mais difíceis e dolorosas, a fim de que a vida, mais tarde, lhe abra o santuário da sabedoria. * Não lhe falte tempo para cultivar o que é belo, eterno e bom. * Não olvide que a justiça institui a ordem universal, mas só o amor dilata a obra divina. André Luiz Página extraída do livro “Agenda Cristã” – Psicografia de Chico Xavier.

3954 3371 - 3954 6920

Grupo “Grêmio Recreativo” passa de mil seguidores em 5 dias Quando o “Magrão” criou no facebook o grupo “Grêmio Recr eativo” ele não esperava um sucesso tão imediato. Em apenas cinco dias o grupo já colecionava mil seguidores e ontem, com sete dias, passava dos 1.150. O grupo é exclusivo para que seus seguidores postem suas fotos de algum momento de suas vida, dentro do Grêmio. Ali não se fala de política e nem circulam anúncios, são apenas fotos e uma melhor que a outra. “Recebi alguns álbuns de fotos do Grêmio e a melhor maneira que vi para disponibilizar isso para todo mundo foi expondo em um grupo aberto no facebook”, explica Rogério Menta Monici, o Magrão, filho dos professores Danilo e Leninha. Magrão diz que o material que ele tem é muito vasto e que vai disponibili-

zando aos poucos. “Não dá para digitalizar tudo ao mesmo tempo, pois seriam muitos dias de trabalho, então vou digitalizando conforme meu tempo permite e imediatamente publico no grupo”, falou. E os integrantes também colaboram nas postagens. “ Todo mundo tem uma foto de algum momento de sua vida passada no Grêmio e queremos que todos publiquem para fazermos um arquivo público de memórias desse que foi, até hoje, o melhor lugar de diversão de Sa nta Rosa de todos os tempos”, explicou. Ma gr ão, cori ntia no fanáti co e se gundo el e “ dono de dois mundi ai s que o outro time não tem”, tr abal ha c om tec nologi a e m Ri be i rã o Pr e to, ma s sua infância, juventude e boa parte da vida adulta foi pa ss ada e m Sa nta Ros a. “ O Gr êmio faz par te da

minha vi da e de mui ta s outras pessoas, fui funcionário e Diretor junto com minha esposa Ana e o mínimo que podemos fazer é retribuir preservando sua memória”, finalizou.

Os link do facebook mais fácil para acessar o grupo é este: http://bit.ly/ 2OLsAmE. Entre lá e reviva os bons momentos do nosso eterno Grêmio Recreativo.

Mulheres na luta armada é tema de livro de santa-rosense Foi lançado na última sexta-feira, na capital paulista, o livro “Mulheres na Luta Armada – protagonismo feminino na ALN”, da santa-rosense Maria Cláudia Badan Ribeiro. Di versos membros da orga niza ção (‘guerrilheir a’ para eles, ‘terrorista’ para os governos da época) prestigiaram a noite de autógrafos. Neta dos professores José Dilermando Ribei ro e Mar ia ‘Yayá’ Bernadete, filha do

geólogo Paulo de Tarso, a professora de história, formada pela USP, fala de sua obra como fruto de “um trabalho de fôlego, feito com muita paixão. Não podia ser diferente ao falar dessas bravas mulheres num tempo com cheiro de morte”. - O livro é a minha tese de doutorado realizada na História Social (USP), defendida em 2011 – acrescenta. ALN (Ação Libertado-

ra Nacional) é o nome de um grupo, aparecido em 1967 sob a liderança de Carlos Marighella, que se insurgiu contra o governo militar, nascido após a derrubada de Jango Goulart em 1964, para durar 20 anos.

Maria Cláudia na noite de autografos


PÁGINA 12

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

DE OLHO NA CIDADE

PÁGINA 13

Empresa de Monitoramento faz trabalho inédito e eficaz Câmeras de monitoramento zeram taxa de furtos

Que desleixo – Leitor do Jornalzão enviou foto (através do whatsapp 991644623) deste carro da prefeitura que passou a noite estacionado defronte a uma casa na Cohab 2. O Celta, de placas ENY 9511 apesar de não conter adesivos de identificação é da prefeitura. O lugar que este carro deveria passar a noite é no pátio da municipalidade e não na rua. Está podendo, he in? – Chamou a atenção esta semana no Portal da Transparência do município uma compra direta de mais de 9 mil reais, pagos à EPTV para publicidade e propaganda institucional da prefeitura. A compra direta é a de número 850. O Jornalzão perguntou à prefeitura que tipo de propaganda seria, mas até o fechamento desta edição não obteve a resposta. Caminhada da Fé – Vem aí mais uma edição da “Caminhada da Fé”, evento que se tornou tradicional em novembro, quando romeiros vão a pé de santa Rosa a Tambaú, percorrendo cerca de 34 km de estrada de terra. O evento aumenta a cada ano e em 2018 vai homenagear São João Paulo II. Porte iras abertas? – A advogada Maria Odara Zílio Barbosa ganhou na justiça ribeirão-pretana o direito de pagar o ITCMD, imposto de transmissão causa mortis e doação, sobre o valor venal da tabela do IPTU e não do ITBI, tabelas do município de Santa Rosa. Com isso, o cliente da advogada, que está fazendo o inventário de imóvel na cidade, fará uma economia de 9 mil reais, pois caiu dos 13 mil para 4 mil reais o valor a ser recolhido ao Estado. E nesta próxima semana o Procurador Geral do Estado deve pedir, no TJ, a suspensão da cobrança do novo ITBI, instituído pelo prefeito Nando. Cobrança abusiva – Um cidadão procurou o Jornalzão esta semana para mostrar que comprou uma casa no bairro Nosso Teto, mais precisamente na rua José Gentil, cujo imóvel foi avaliado em 40 mil reais. Mas o “novo ITBI” diz que ele tem que pagar o imposto sobre 150 mil reais. “Rapaz, teve um tal de drone e mais esse novo imposto do Nando que fez o valor da casa subir para 150 mil. Absurdo isso”, disse o proprietário a um vereador, que o orientou a não pagar o imposto agora, pois existe uma ação na procuradoria que pode revogar a nova tabela proposta pelo prefeito.

Um trabalho da empresa de segurança Santa Rosa Monitoramento derrubou para zero o número de furtos em alguns quarteirões do bairro Morumbi. E agora a vigilância, antes feitas apenas por homens, ganha o reforço de câmeras de segurança, que serão instaladas ao longo de 4 quarteirões no bairro. O sistema é chamado Monitoramento Corpor ativo, onde um grupo de mor ador es acessam a câmera de suas casas, notebooks e até pelos celulares. "Um grupo de moradores se reúne e contrata o sistema e paga pela vigi lância mensalmente", disse o proprietário da empre sa Moisé s Ca rlo dos Santos (foto), 49, mineiro de Engenheiro Dolabe la, mas que veio criança para morar na Fazenda Amália. As câmeras, segundo Santos, são de alta qualidade e dá pra dar um zoom e pegar até a placa do carro. "Cada morador do grupo recebe um login e senha, e pode acompanhar tudo de onde estiver. E além disso ter emos um oper ador na

base, 24h por dia, acompanhando tudo", explicou. Com a instalação no Morumbi em fase final, o empresário quer expandir a instalação de câmeras com monitoramento 24h para a avenida Presidente Vargas. "Já temos uma instalada lá para testes e a qualidade é espetacular. Vamos começar a oferecer aos comer-

ciantes da avenida e acho que teremos sucesso, pois o custo mensal é bem baixo, cerca de 65 reais mensais", disse. Pelos cálculos de Santos, cerca de 20 câmeras cobrem toda a extensão da avenida. "Além de ser seguro para quem contrata, também é um serviço público de auxílio às polícias", falou.

Santos saiu de Santa Rosa ainda jovem e pegou experiência de 25 anos trabalhando na área de segurança em São Paulo. Voltou há 7 anos e montou a empresa em Santa Rosa. Para quem se interessar em montar um gr upo corporativo para monitorar sua casa ou rua, o telefone da empresa é 3954.6994.


PÁGINA 14

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

DEPOIMENTO HISTÓRICO

Nelson Mori conta como deixou de ser diretor da Amália Em de poime nt os que gravou e disponibiliz a pe la re de social face book, Ne lson Mori (atualme nt e com 90 anos ), conta sua traje tória de colaborador do grupo Mataraz z o que culminou com o cargo de dire t or das indústrias da Faz enda Amália, até 1974. Diz que estava de férias, e m

Be lo Horizonte, sem pe rde r o "contato te le fônico com Amália", através do qual ouvia que "tudo e stava normal". Mas alguns cole gas de BH falaram de 'ocorrências e m Amália' , sobre as quais circulavam boatos até na matriz . Ape sar da "consciência tranquila", interrompe u as fé rias e vol-

tou. Foi rece bido por pessoal vindo dire t ame nte da Matriz , e m São Paulo. Soube por e le s que de ve ria se dirigir a São Paulo ime diatame nt e . Foi, e lá ouviu outro e xecutivo re ite rar sobre as "ocorrências de Amália" que provocaram uma sindicância para apurar possíve is irre gularidade s.

Grupo Matarazzo achava que ele era dono da Transbraçal Mori admite que seu filho chefiava uma filial da empresa Transbraçal, prestadora de serviços para Amália (aluguel de veículos). "Meu filho telefonou para seu auxiliar na Transbraçal, e foi informado de que 'algo ocorrera em Amália'". E disse mais: que auditores da Matarazzo estavam presentes, e que já havia um substituto ocupando seu cargo na empresa. Com a "crise" já agravada, diz ele, os veículos terceirizados ficaram parados e os interrogatórios se sucediam. Nesses, havia pressão "para que pessoas acusassem a suposta participação do sr. Mori na Transbraçal" e "outras falsidades", acrescenta o depoente. E cita: "Entre os interrogados, Navarro, Mota, Vital, João Balarini, Milton Rodrigues, o prefeito de Santa Rosa, Elias Manoel de Barros", entre outros. "Todos haviam declarado a verdade dos fatos, sem nenhum ato ilícito do senhor Mori".

Auditores: "Irregularidades existem e são muito graves" Ne ls on Mori c onta que, naquela época, terceirizou o serviço de caminhonetes na Fazenda Amália para a empresa Trans-

braçal - onde já trabalhava seu fil ho Ne lsinho - que contratou, também, Navarro, demitido da Amália. O auditor da matriz disse que

o Conde o i nformar a de que Mori concordar a em pedir demissão, e este retrucou que aquilo era falso, "e só poderia ser manobra do chefe administrativo" que o atendeu em São Pa ul o. O mes mo auditor informa ter recebido "um telefonema de Amália pedindo que fôssemos lá verificar algumas irregularidades que lá estavam ocorrendo, e que eram de sua responsabilidade, ou envolviam sua pessoa. E constatamos que, realmente e infelizmente, as irregularidades existem e são muito graves".

Mori em 1971, entre o conde Matarazzo Jr e o prefeito da época, Elias Baú

Caminhões do filho prestavam serviços à Amália, via Petê O próprio Mori enumer a a s ir re gul ar i da de s apontadas pelos auditores: "Primeiro fato: você comprou, 5 c aminhõe s par a seu filho, e os entregou à firma Petê, que presta serviços para Amália. Segundo fato: você aceitou uma proc ur a çã o da fi rma Tr ansbr aça l que ma ntém tra ns a çõe s com Amál ia , muito embora você tenha,

imedia tamente, substabelecido essa procuração em nome do seu filho. Terceiro fato: você utilizou operários da empresa para fazer serviços de adaptação no escritório da Transbraç al e m Ri be ir ã o Pre to, onde o seu filho ia ser gere nte. Quarto fato: você uti li zou funci oná ri os de Amália para cuidar da organização e fazer serviços

de escrita nas firmas Petê e Transbraçal. Por esses motivos, Mori, nós achamos que, apesar da sua hones tidade , apes ar da sua competênci a e do óti mo trabalho que você realizou em Amália, você não tem mais condições de continuar lá porque per deu a confia nç a de subordinados, e não teria mais autoridade sobre o pessoal".

Ele afirma que Eduardo Matarazzo sabia de tudo Ao se justificar, Mori confirmou a compra de apenas 4 caminhões, dois para o filho e dois para a filha: "Desse fato (compra de caminhões) o senhor Eduardo Matarazzo tem pleno conhecimento, e o assunto é feito abertamente, sem nenhum segredo pois é, a meu ver, normalíssimo. Jamais recebi do senhor Eduardo, ou de qualquer outra pessoa, notícia de que isso pudesse ser contrário às normas da firma. Se isso tivesse ocorrido, eu talvez pudesse ter modificado o modo de agir do meu filho. Quanto ao fato de ter entregue os veículos à empresa Petê, poderia ter entregue a qualquer outra, pois Amália faz transporte por concorrência. O que seria grave é que se os caminhões do meu filho tivessem algum frete anormal ou preferencial, prejudiciais à firma; isto, porém, não existiu, e não existe".


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

Projeto inicia montagem de equipes de futsal de base para competições Com treinos duas vezes na semana, cerca de 75 meninos estão se preparando para integrar as equipes de competição do futsal de base do Departamento de Esportes. Os garotos foram divididos em três equipes conforme a faixa etária (sub-09, sub-11 e sub-13), cada uma delas com cerca de 25 meninos selecionados em avaliações técnicas realizadas no início do mês de agosto, coordenadas pelo professor de Educação Física, Juninho Campanini, que cuida voluntariamente da montagem dos times. As equipes estão se preparando para a disputa de torneios regionais de base a partir de 2019 e o professor vê com otimismo o futuro do esporte na cidade. "São meninos de muito talento e força de vontade. Tenho certeza que vem uma geração muito forte por aí, que dará muitas alegrias ao esporte de Santa Rosa", revelou Juninho. O chefe do setor de esportes, Romes Cury Netto disse à reportagem que as equipes estão se consolidando, mas que não descarta novas avaliações no final do ano. "Os times estão ficando muito bons. Os garotos têm talento e estão sendo bem preparados pelo professor Juninho. Mesmo assim, caso seja preciso, faremos novas avaliações técnicas sempre em busca de revelações que possam representar nossa cidade", contou Romes. Nos próximos meses as equipes farão alguns amistosos como forma de preparação para o ano de 2019.

PÁGINA 19

SRFC inicia preparação para Campeonato Paulista Amador Equipe estreia no Amador do Estado dia 09 de setembro em casa

O Santa Rosa Futebol Clube inicia hoje os preparativos para o Campeonato Paulista Amador do Estado, no qual estreia dia 09 de se tembro em ca sa contra o Vasco de São José do Rio Pardo. O amistoso de hoje é contra Luiz An-

tônio, na casa do adversário, às 15h00. No próximo dia 1º de setembro o amistoso deve ser em Brodowski, contra o Bandeirante, considerado o favorito ao título Estadual. Nestas duas partidas cerca de seis atletas serão testados e se

aprovados serão inscritos para o campeonato. A gr ande ba ixa da equipe é o centroavante Arthur Bonacin, artilheiro na campanha vice-campeã do Leão no último amador regional. Ele fraturou a tíbia e teve uma lesão séria no

tornozel o em um jogo amistoso realizado em Nhumirim. O objetivo do Leão no Paulista é passar para a segunda fase da competição, o mesmo do ano passado, quando surpreendeu e chegou na quinta colocação.

FUNDO DO BAÚ

Ciclofaixa foi testada no último domingo A comissão de trânsito de Santa Rosa e um grupo de cicl istas estão com um projeto para a implantação de uma ciclofaixa ao redor da Avenida Prof. José Dilermando Ribeiro (Avenida do Bosque). Na manhã do último domingo, foi feito um teste com cerca de 30 ciclistas e aprovada pelo conselho e os ciclistas. A princípio a ideia é que a ciclofaixa seja liberada todos os domingo, no período da manhã e o trajeto terá cerca de 3km com largura de 2,2m. Todavia, para a implantação do projeto é preciso ser aprovado pelo poder executivo. Segundo Guilherme Felizardo, presidente do conselho, é necessário pintar a faixa, colocar placas e que pelo menos dois funcionários da prefeitura sejam designados para serem responsáveis pelos cones, que os ciclistas estão se mobilizando para comprar. Caso a ciclofaixa seja aprovada pelo executivo e a verba liberada, o projeto retornará ao conselho para os ajustes finais e ser implantada.

Esse time - já veterano - mescla jogadores que atuaram tanto na A. D. C. Amália quanto no Santa Rosa FC. A foto não está datada, mas deve ter sido feita no limiar das décadas 1980/90. Em pé: Idair, Irineu, Marinho, Dito Boneco, Buca, Zé Carlos e Rubens Bellizzi. Agachados: Tão, Romeu Terra, Valdir, Lebrinha, Tonim da Bina, Tiãozinho e Purutau.


PÁGINA 20

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2540 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // ÉRICLES DANIEL TEO DE OLIVEIRA e SARA COELHO ORLANDO //. Ele, natural de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, nascido aos vinte (20) de dezembro de um mil novecentos e noventa e cinco (1995), profissão autônomo, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Porto Alegre, 427, Vila Mendes, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JOSE EDUARDO COSTA DE OLIVEIRA e de dona MARILEIA DA SILVA TEO. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dezenove (19) de julho de um mil novecentos e noventa e um (1991), profissão empregada doméstica, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Rua Porto Alegre, 427, Vila Mendes, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de OSVALDO ORLANDO e de dona NOELIA COELHO DE AMORIM ORLANDO. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2541 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // YURI EDVALDO RIBEIRO e ANA LAURA VITAL //. Ele, natural de Descalvado, Estado de São Paulo, nascido aos dezessete (17) de outubro de um mil novecentos e noventa e seis (1996), profissão eletricista, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Osmar Idalino, 07, Nosso Teto, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ACHILES ANSELMO RIBEIRO e de dona ELISANGELA BRAZ DA SILVA RIBEIRO. Ela, natural de Cajuru, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e dois (22) de maio de um mil novecentos e noventa e oito (1998), profissão balconista, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Luiz Gonzaga Porto, 60, Cohab 3, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de CARLOS AUGUSTO VITAL e de dona MARLI MACHADO LEME CRUZ VITAL. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2542 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // CLAUDEMIR APARECIDO DA SILVA e EDILAINE ITO //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos dezessete (17) de abril de um mil novecentos e sessenta e um (1961), profissão gestor de pessoas aposentado, estado civil divorciado, domiciliado e residente à Estrada do Tenente, Chacara SI, S/N, Zona Rural, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JOSÉ PAULO DA SILVA e de dona JULIA MURARI DA SILVA. Ela, natural de São Paulo, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e três (23) de outubro de um mil novecentos e sessenta e nove (1969), profissão auxiliar de enfermagem, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Estrada do Tenente, Chacara SI, S/N, Zona Rural, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de KATSUNOBU ITO e de dona MARIA RITA FELIX. (Conversão de União Estável) EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2543 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // GLAUCO JOSÉ NAVA e EDNA SANTOS PALMA //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e sete (27) de outubro de um mil novecentos e sessenta e três (1963), profissão serralheiro, estado civil divorciado, domiciliado e residente à Rua Sete de Setembro, 589, Centro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ROMUALDO NAVA e de dona MARIA DE LOURDES RANZANI NAVA. Ela, natural de São Simão, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e sete (27) de junho de um mil novecentos e setenta e quatro (1974), profissão auxiliar de cozinha, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Arlindo Rachetti, 91, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de ADOLFO VIEIRA PALMA e de dona BENEDITA DOS SANTOS PALMA. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2544 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // MÁRIO CESAR BENAVENUTO e JOSIANE JESUS DE CARVALHO //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos três (03) de março de um mil novecentos e setenta e três (1973), profissão vendedor, estado civil divorciado, domiciliado e residente à Rua João Costa Araujo, 155, Julio Moretti, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JOÃO BENAVENUTO e de dona LOURDES GENTINA BENAVENUTO. Ela, natural de Cajuru, Estado de São Paulo, nascida aos três (03) de outubro de um mil novecentos e oitenta (1980), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua João Costa Araujo, 155, Julio Moretti, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de WILSON MANOEL DE CARVALHO e de dona IRACEMA ALVES DE CARVALHO. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi – Oficial.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

MAIS DO PRIMAVERA Coluna semanal do Primavera Country Club

I Festival de Natação de Inverno será feito no Primavera Country Club Com o crescimento da natação da cidade, o Primavera Country Club, está realizando esse festival voltado para os adeptos da modalidade. Com cerca de 50 participantes, no clube, a busca é grande para esse festival. Com a participação direta do organizador Daniel, professor Diego e com o méritos também à professora Lia e Silvia, o setor aquático do clube se reinventa, e com o apoio da diretoria e a iniciativa de manter a piscina aquecida no inverno, o Primavera permite-se criar novas atividades. O organizador Daniel, fala com propriedade sobre o I Festival de Natação de Inverno do Primavera Country Club: "O I Festival de natação do clube é muito importante por que é essencial, um incentivo para as crianças, primeiramente. Serve para conhecer esse lado do esporte, de todos nadarem juntos, um senso de competitividade, crianças de todas as idades e adultos de todas as faixas etárias. Tanto as crianças como os país podem ver que, além de uma aula, feita durante a semana, mostra todo o cuidado do professor e incentivo ao aluno. É um esporte muito bom, mexe com todo o corpo, a desenvoltura da criança é melhor, ganhando naturalmente melhorias da musculatura. Somando o ganho físico, também há o ganho emocional, com disciplina, dedicação e superação. O clube está fazendo esse festival, isso já acontece em cidades maiores com um grande número de integrantes e o Primavera está agora fazendo sua parte com essa iniciativa louvável nesse próximo dia 1 de setembro no clube. Os sócios estão muito contentes e participativos, a ansiedade é grande para fazer bonito na próxima semana."

PÁGINA 21

Miss santa-rosense vence etapa estadual de concurso em Santa Fé do Sul Fernanda Vieira, 39, foi a vencedora do concurso "Miss Plus Size Celebraty 2018", realizado na cidade de Santa Fé do Sul, no último sábado (18). O evento contou com a participação de diversos municí pios do Estado de São Paulo pela agência Cool Models. Fernanda desfilou duas vezes, com traje casual e gala. A modelo ainda venceu uma disputa por votação virtual para eleger a Miss Plus Size de maior popularidade, porém, está conquista nã o lhe rendeu faixa. Depois deste concurso, a Miss foi convidada para participar de outros. O próximo em Outubro na capital paulista, no mês seguinte no Rio de Janeiro e Novembro e Manaus, com data ainda a definir. Fernanda explica que no Estado de São Paulo há várias agências que promovem concursos Plus Size, como a empresa MBPS de São Jose de Rio Preto e a empresa "Impacto Produções" cuja qual, nesta segunda, Fernanda já esta inscrita para o concurso que acontecerá em São

Paulo em De zembro, que elegerá a Miss São Paulo Plus Size, e ainda, Fernanda será a representante da Cool Model em um concurso em Março do ano que vem, na cidade de Pindamonhangaba. "Quero aqui registrar me us s ince ros agr adec imentos à minha família, aos

meus amigos e em especial, ao Édi Carlos Mendes e à Elaine Ribeiro, um dos organizadores do Miss Plus Size Santa Rosa e que estão comigo nesta cami nhada. Agradecer à minha sobrinha Beatriz Vieira que tem me acompanhado nessa jornada e em especial aos patrocinadores", diz a modelo.

Patrocinadores: Andrez a Acessórios, Fabiana Lucio (manicure), Elaine Raimo (de lipação), Elaine Ribeiro (podologia e estetica), Inf lue ncia Modas (traje casual), Roseli Costa (transport e ), Israe l Es tilista (dre ss), Vando Bonfim (make ) , Lyce Lyce (me chas).

Torneio de Tênis O Prima vera Country Clube está rea lizando também nesse dia 1º a final do II Torneio de Tênis Amigos do Primavera. Ano passado foi um sucesso, com a realização do Primavera Country Club, o patrocínio da Guaraviton e o apoio de Claudio Messias, a competição foi realizada com uma estrutura de alto nível, uma quadra reformada e esse promete mais. As finais serão no começo de setembro, junto com outros eventos esportivos, como o amistoso do futebol do Primavera x Amália, o festival de natação e também com o evento gastronômico de Food Trucks.

REUNIÕES TODAS AS TERÇAS FEIRAS 19h30 às 21h30- Rua José Garcia Duarte, 182, sala 01 Toda primeira reunião do mês é aberta às famílias APOIO DO JORNALZÃO


PÁGINA 22

Festival de Pipas abre programação de aniversário A programação dos 108 anos de Santa Rosa de Viterbo terá início neste sábado com um Festival de Pipas e Papagaios no Estádio Rubens Belizze. O evento terá início às 8h30. O evento é promovido em parceria pelos Departamentos de Educação, Cultura e Esportes da Prefeitura e já conta com cerca de 100 inscritos. Quem não se inscreveu antecipadamente não precisa se preocupar: a organização também receberá inscrições no local do evento. Serão premiadas a maior pipa, a menor, a pipa mais criativa e a pipa mais criativa pai e filho (prêmio família). O regulamento do festival está disponível no site da Pre feitura pelo endere ço e letr ônic o: www.santarosa.sp.gov.br

Mudança no Trânsito O trecho da Rua Santa Catarina entre a Rua Mário Carneiro da Cunha e a Avenida São Paulo voltará a ter mão dupla a partir desta quinta-feira (23). Os funcionários do Departamento de Trânsito já fizeram as adequações no local. Para melhor fluxo dos veículos, será proibido estacionar em um dos lados da via.

Oficina de Filme Pintado Vinte e dois alunos participaram, na última sextafeira (17) da Oficina de Filme Pintado, coordenada pelo educador e programador, Kaká. O curso aconteceu no Centro Cultural e faz parte do Ponto Mis, uma iniciativa do Museu da Imagem e do Som em parceria com o Departamento de Cultura do município. A oficina de Filme Pintado estimula o contato com a materialidade da película (filme super 8mm) com a cor e principalmente, com a criação comum. A proposta é uma aventura para realização de imagens de um filme que surja do tato, dos gestos e da nossa intuição. Sobre o oficineiro - Kaká é filme-designer, educador e programador. Seus filmes, video-instalações e textos foram expostos em festivais, museus e galerias como Pantalla Global CCCB-Barcelona; Museo San Telmo -San Sebastián-Espanha; EAC (Espacio de Arte Contemporaneo) Montevideo-Uruguai; 13 Bienal de Artes Mediales (Temblor) Chile; Berwick Film & Media Fesitival-Reino Unido; Revista ArtContexto- Brasil; 19 Fest CurtasBHBrasil; CantorGallery, Massachusetts - USA; VisArts- Frame & Frequency 3- Rockville- USA; CCEG- Centro Cultural España-Guatemala; La Darsena - Argentina; Sala Nordeste -MinC- Recife; Museu da Imagem e do Som (MIS)- São Paulo; Dobra Festival Internacional do Cinema Experimental- Cinemateca MAM- Rio de Janeiro entre outros. Coordenou o projeto Fazer o Mundo Fazendo Video (2014-2016) patrocinado pela Petrobrás, a ação formativa SSS- Irmã Menor do Sul (prêmio Public Air Space) e como educador ministrou cursos junto aos Guarani Mbyas (Ventana a la BioDiversidad/Ibercultura Viva); Filmagem e Revelação em Super-8mm na Casa Ranzini; Cinema Experimental e a Produção do Espaço no IABSão Paulo, além da Oficina de Filme Pintado em programas educativos e em festivais.

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

Programação Festa da Padroeira 2018 "Vós sois o Sal da Terra... Vós sois a Luz do Mundo..." (Mt 5, 13. 14.) 25/08 - Hoje - 17h30 - Quarto dia de peregrinação (Carreata saindo da Igreja N. Senhora de Fatima até o Centro Comunitário da Cohab 3) 26/08 - Domingo - 9h - Translado da Imagem da Padroeira para a Praça "Conde Francisco Matarazzo" - Apresentação da Banda Sinfônica Cele braçõe s Ce ntrais 31/08 - Sexta feira - 19h - Missa Igreja Matriz - Quermesse salão capela 01/09 - Sábado - 19h - Primeiro dia do Tríduo da Padroeira na Igreja Matriz (Presença Padre Fernando) - Quermesse salão capela 02/09 - Domingo - 19h - Segundo dia do Tríduo da Padroeira na Igreja N. Senhora de Fatima (Presença Padre Juliano Gomes). - Quermesse salão capela 03/09 - segunda feira - 19h - Terceiro dia do Tríduo da Padroeira na Igreja Matriz (Presença Padre Kleber Tostes) - 20h30 - Encenação do Terceiro Auto Da Padroeira na Praça Matriz 04/09 - terça-feira - 11h - Translado solene da padroeira da praça "Conde Matarazzo" para a igreja matriz - 12h - Chegada á Praça Matriz Seguida De Ladainha e apresentação Banda "Renato Massaro" - 15h30 - Concentração da paróquia São Judas Tadeu na escola "Teófilo Siqueira" seguida de procissão até a igreja matriz. - 16h - Solene celebração eucarística em louvor a padroeira na praça matriz seguida de procissão.

PÁGINA 27

Caravana da TV Digital passou por Santa Rosa

Ex-vocalista do Sambô se apresentou gratuitamente para público pequeno A Ca ra va na da TV Digital esteve no Espaço Mogiana na última segunda -fei ra , das 9h30 às 17h30. A Seja Digital foi a entidade que realizou o projeto. Durante todo o dia, a popul aç ão tir ou dúvidas sobre como ter acesso ao sinal digital e verificar a possibilidade de retirar o kit gratuitamente e com o NIS (Número de Identificação Social) poder agendar um dia parta retirar os equipamentos. O sinal analógico de Santa Rosa se encerrar no dia 28 de novembro. A Mogiana tinha três tendas, em uma delas para tir ar dúvidas e conhe cer um pouco da história da TV no Brasil. A segunda tinha como tema arte-educação, com várias brincadei ras, palhaços e equilibristas. A terceira era ambiental, explicando a importância do descarte correto da televisão e eletroeletrônicos, embora, com o conversor digital não será preciso fazer o descarte. Quem a pr ovei tou bastante foram as crianças da s es colas que for am ac ompa nhados com se us professores para se divertirem, comer em pipoca e

ainda teve até corte de cabelo grátis. O detalhe negativo ficou por conta do público quase zero para o show do e x- voc al i sta do Sambô, Sandamí, que se apresen-

tou com o gr upo Or el ha Gra nde por vol ta da s 16h30. Os poucos presentes disseram que descobrir am por a ca s o s obr e o show e reclamaram que a divulgação foi muito fra-

ca. "Não acredito que ele está cantando aqui e ningué m me a vi sou", di ss e uma mul he r que pa s sou pel a Mogi ana quando a apresentação estava prestes a terminar.

Campanha de arrecadação de alimentos e produtos de limpeza para a SAREVI A equipe do 'Abraço Grátis' começou uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza na última segunda-feira (20) e vai até o dia 5 de outubro, uma sexta-feira. Pontos de arrecadação - Para facilitar a arrecadação dos produtos o grupo definiu cinco pontos: Supermercado Gricki, Agropecuária da Penha (Av. Presidente Vargas, 59), Loja Alternativa (Av. Presidente Vargas, 215). Rua Januário C.Vieira, 58, Dom Bosco (Casa de voluntário) e na Rua Joaquina Custodio Ribeiro, 304, Franco Montoro (Casa de voluntário). SAREVI - Desde 2010 a SAREVI trabalha resgatando vidas, famílias e a dignidade do ser humano, já esquecido pela sociedade e tem como finalidade ajudar as pessoas na prevenção e recuperação de dependência de substâncias psicoativas, atendendo pessoas com problemas relacionados com drogas e álcool, faz a ressocialização e prepara o indivíduo para voltar à sociedade. A associação não tem fins lucrativos e é mantida com doações e mensalidade paga pelas famílias dos indivíduos que se tratam nela.


PÁGINA 28

Coleta de lixo sem horário definido A variação no horário da coleta de lixo no bairro- anteriormente calculada e divulgada para ocorrer por volta das 20h da segundas, quartas e sextasfeiras, vem causando transtornos aos moradores. A faxineira Adriana Alves mora na rua José Val, segundo ela os coletores ora passam às 18h, ora depois das 22h. -É uma confusão. Um dia a gente põe o lixo mais cedo na rua e passam tarde da noite no outro a gente atrasa um pouco e já passaram. Não tem horário certo, diz ela. Ainda segundo ela, quando há demora cachorros que vivem perambulando atacam as sacolas e espalham o lixo na rua. -Tem que ter um horário definido, finaliza Adriana. Sobre o assunto O Jornalzão entrou em contato com a empresa- Pass Ambiental- responsável pela coleta do lixo na cidade e obteve a seguinte resposta: " A coleta noturna é realizada após às 18h, conforme edital e contrato com a prefeitura. "

FALA NOSSO TETO

Mini Rodoviária, nada de funcionar

Moradores andam reclamando da Mini Rodoviária. Inaugurada no último dia 08 de março de 2018, quase seis meses depois, o principal alvo dos protestos é o não funcionamento. Os banheiros que permanecem fechadosmesmo durante a realização da Feira do LUA- que ocorre em frente ao local toda sexta-feira à noite, também entra na lista de reclamações. -Se não ia funcionar, então por que inaugurou? Indagou um cidadão na rede social Facebook- assunto comentado entre os moradores do bairro. Na época da inauguração o prefeito Nando já previa a demora: "Ainda vai levar um tempo para funcionar por causa da documentação", disse ele. O Jornalzão levou a questão à Assessoria de Comunicação da Prefeitura e teve a seguinte resposta: " A Câmara aprovou ontem (sessão da última segunda-feira, 20), a abertura de dotação orçamentária para aquisição dos bancos (chegaram na manhã de quinta,23, e aguardam instalação). Essa é a etapa que faltava para conclusão da obra. Assim que chegarem, será feito um relatório e enviado ao Ministério (do Turismo- agente participante da obra). O último passo será a obtenção do AVCB- Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros", informou a Assessoria. Nota: Conforme já informamos, a Prefeitura já realizou concorrência pública de concessão da Mini Rodoviária. Venceu a empresa D&D Monitoramento, que entre outras obrigações, terá que manter a segurança 24h por dia do local. A obra é única na cidade.

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

Fogo no meio da rua Por volta das 9h da manhã da do último dia 22, quarta-feira, um indivíduo não identificado, botou fogo num monte de sujeira amontoada no meio da rua Onézimo Wiesel. Em pouco tempo as chamas ameaçaram atingir um poste e os fios de alta tensão da CPFL, com sério risco de se espalhar pela área. Vizinhos do local xingaram bastante e reclamaram que moradores de outros locais despejam sujeira ali sem qualquer cerimônia.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.165 - 25/08/2018

O Jornalzão, edição 1165  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

O Jornalzão, edição 1165  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement