Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 18/08/2018 - Ano 24 - N.º 1.164 - Semanal - Preço do exemplar R$

ELEIÇÕES 2018 - ENTREVISTA

Stela Dalecio, candidata a deputada federal

Tiago perdeu 78 kg com reeducação alimentar e exercícios. Leia a história dele.

3,00

Lixão em mata nativa tem bezerro e galo mortos, calcinha e sutiã Novo local de descarte clandestino está se formando na estrada de Nhumirim, no meio de uma mata nativa. Lixo se espalha em mais de dois alqueires de terra

Campanha já vacinou 3 mil animais

Hannah mora perto da famosa Golden Gate

Yeda passeou esta semana em Las Vegas

Vida no exterior - Quer fazer intercâmbio e ganhar dinheiro? Seja uma “au pair” nos Estados Unidos. Hannah, 21, e Yeda, 25, foram e estão adorando. Leia a história delas.

“Leão” espera disputar Estadual com portões abertos

Cultura divulga as festividades do aniversário de Santa Rosa


PÁGINA 2

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

Região pode ter Trem Turístico

Em reunião realizada na última segunda-feira (13) em São Simão, a Secretária Adjunta de Turismo do Governo de SP, Bianca Colepicolo, recebeu o projeto de instalação do Expresso Turístico da Alta Mogiana, um trem de passeio que ligará as cidades de Ribeirão Preto e Tambaú, passando por Santa Rosa. A ação é coordenada pelo Consórcio de Municípios da Mogiana - CMM e envolverá as cidades de Ribeirão Preto, Serrana, Cravinhos, São Simão, Santa Rosa de Viterbo e Tambaú. A secretária adjunta se encarregou de levar o material ao Governo de SP para dar prosseguimento aos trâmites necessários para a implantação do projeto. Ao mesmo tempo, a CMM irá agendar reuniões com a Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT para viabilizar a liberação das máquinas e vagões, além da liberação do trecho para a instalação do Trem Turístico. Entenda o projeto - O projeto turístico ferroviário denominado "EXPRESSO TURÍSTICO "TREM DA ALTA MOGIANA" visa resgatar na Região da Alta Mogiana este segmento turístico pouco explorado na Região. Embora nela existam diversas atrações e eventos de grande potencial, o projeto possibilita o desenvolvimento social e econômico, a ser obtido através da geração de emprego e renda voltada ao atendimento do turismo na Região Nordeste do Estado de São Paulo e Região Turística Alta Mogiana. A sua implantação através do CONSORCIO DE MUNICÍPIOS DA MOGIANA - CMM com apoio da REGIÃO METROPOLITANA DE RIBEIRÃO PRETO RMRP, em parceria e com o apoio das Prefeituras Municipais de Ribeirão Preto, Cravinhos, Serrana, São Simão, Santa Rosa de Viterbo e Tambaú, juntamente com a Valor Logística Integrada - VLI, além de gerar uma nova modalidade de exploração turística, contribuirá com o processo desenvolvimento sócio econômico da região. O projeto busca a revitalização dos trens de passageiros, que em outras épocas compunham o mais importante meio de transporte populacional, além da consideração de sua importância histórica para o desenvolvimento dos municípios envolvidos, uma vez que as ferrovias sempre estiveram vinculadas à população, quer se vislumbre as mesmas como um marco cultural, quer se aviste seus horizontes como fator determinante do progresso e do trabalho.

PÁGINA 3

E nasce um novo lixão Mata recebe lixo residencial, animais mortos, restos de construção, móveis velhos e até calcinha e sutiã Um novo lixão está se for mando na estrada de Nhumirim, próximo ao recinto Toninho Amici. A área de mata nativa, de pouco mais de dois alqueires tem lixo espalhado por quase toda sua extensão. O lixão se inicia atrás da caçamba que está colocada na estrada e se mistura com árvores dentro da mata. O Jornalzão esteve no local na manhã de quinta feira e encontrou lixo de todos os tipos, desde animais mortos, como um bezerro e um galo, como lixo domiciliar em saquinhos, restos de materiais de construção, de gesso, de móveis velhos, lixo de quintal e até calcinha e sutiã, penduradas em uma árvore. Uma rede velha de descanso estava montada no local, amarrada em duas árvores. Um veículo que passava pelo local parou e o motorista veio falar com a reportagem. "É uma vergonha isso, tanto por parte da prefeitura, que demora para trocar as caçambas, quanto do povo, que joga lixo em tudo quanto é lugar", disse. Mas não é s ó ali Depois que foi proibido o descarte de lixo na empresa da prefeitura, a situação na periferia da cidade piorou. Em vários terrenos baldios é possível ver que vizinhos amontoam lixo. Uma das praças do Nova Roma, nas imediações da estrada de Nhumirim, foi transformada em depósito de lixo. São entulhos, lixo e móveis velhos, que disputam o espaço com árvores e alguns brinquedos para crianças instalados no local. Na estrada vicinal para Amália é possível ver montinhos de entulho ao longo da rodo-

vi a. Sem fisca liza ção, o povo sem educação fica à vontade para fazer de nossa cidade um lixão a céu aberto. A contaminação ambiental é um problema, mas muitas vezes não consideramos a saúde públi ca! Mui tas doenças pode rão proliferar de maneira acentuada quando os resíduos (lixos) não são manejados corretamente. A prefeitura tem o dever de coibir práticas irregulares de deposição de resíduos, mas em Santa Rosa acontece ao contrário. Rec ente mente fomos comunicados que as caçambas seriam retiradas da Zona Rural, mas nada foi feito. Os ecopontos nunca saíram do papel, caçambas se acumul am em um te rreno na proximidade de Clube de Campo e ninguém faz nada. O lixo continua no pátio da Empresa Municipal e os assessores não tomam qualquer iniciativa. A Cooperativa de Recicladores ainda apresenta problemas... Dois anos de puro descaso. A prefeitura publicou uma matéria sobre a aplicação de multa s devido ao descarte irregular, mas ela mesmo não faz sua parte.

No alto é possível ver o tipo de lixo depositado na mata e acima a calcinha e o sutiã, tamanho extra GG amarrados em uma árvore


PÁGINA 4

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

DE OLHO NA CIDADE Que mancada – O carro da prefeitura que estava estacionado semana passada em vaga para idoso e foi fotografado por leitor, era dirigido por pessoa com o cartão do idoso. O cartão não estava no painel, mas em cima do banco. Mancada do Jornalzão.

Falta sinalização eficiente – Quem transita pela estrada vicinal “Petê” sofre com a falta de sinalização horizontal e vertical, principalmente perto da ponte de ferro. Do lado de Cajuru a estrada está bem conservada e bem sinalizada, mas do lado de cá não. A única placa, velha e ilegível, que sinaliza a ponte, está perdida no meio do mato alto e é ali onde acontecem mais acidentes. Vamos cuidar disso, senhores?

Carro barato – Hoje na Gasparini Veículos, até á 14 horas, a Cical estará apresentando aos consumidores as várias formas de se conseguir comprar um carro zero km com descontos para quem tem certos tipos de doenças, como tendinite, artrose, hérnia, entre outras. No local haverá despachantes, consultores e médicos, que orientarão os consumidores. Boa oportunidade para quem é doente e tem “dindin” para comprar carro barato com descontos superiores a 30%.

PÁGINA 5

Dentista perde 78 kg com reeducação alimentar e exercício Gabriel Carmello Caldas O dentista Tiago Esteves Machado, 39, sempre foi apaixonado por esportes, jogava basque te, futebol, andava de bi cicleta, mas aca bou se entr egando ao sedentarismo, comia mal, exagerava na pizza, lanche, refrigerante, chegou a pesar 179 kg. Sua vida se resumia a trabalho e comer, até que o corpo começou a dar sinais de que aquela rotina iria cobrar um preço alto. Em maio do ano passado, sua pressão arterial estava subindo muito e sofria com constantes taquicardias, decidiu então dar um basta, e perdeu 78 kg em um ano e três meses. Amor à filha - Fazer a cirurgia bariátrica foi considerado por Tiago, mas após pesquisas e uma conversa com um amigo que lhe disse “Foi a melhor coisa que fiz na vida, mas não faria de novo”, a cirurgia era apenas uma barreira física, o mais impor tante era se preparar psicologicamente. Ele já tinha tentado alguns

métodos ‘milagrosos’ que até obtinha resultado, mas o peso retornava com facilidade. Decidiu então emagrecer do seu jeito, fez dietas e tentou sozinho, até que em agos to c omeç ou pra ‘valer’, pois teve mais um incentivo definitivo: o nascimento da sua filha. Ele queria ter mobilidade e mais sa úde para cuidar a dar amor a ela. Procurou nutricionista e educador físico, estabelecendo uma meta de perder 40 kg até dezembro. Meta alcançada e está faltando pouco para ultrapassar a nova, que é sair dos indesejáveis três dígitos, que lhe acompanham desde os 18 anos. “Não transfira re sponsabilidade” - A vida de Tiago deu um 360º. Saiu da calça número 56 para 46, camisa 8 ou 9, para 4 ou 5, dor me melhor, tem mais disposição, acabou a falta de ar, controlou a pressão e a taquicardia. Hoje não bebe refriger ante, diminuiu as massas e parou com as frituras, substituiu por frutas, verduras, legumes e ainda

Tiago antes de começar a reeducação alimentar, no auge dos seus 179 kg

E hoje, quase atingindo a meta dos “dois dígitos” no peso frequenta academia três vezes por semana. Não abandonou as carnes, que tanto gosta, mas a gora aprecia moderadamente. Querer e persistir são os segredos para emagrecer, segundo Tiago. É preciso fazer pequenas metas, não adianta querer perder tudo de uma vez. “Você não engordou tudo em um dia, então não vai perder tudo em um dia também e se tiver uma recaída, insista,

não é na primeira queda que vai desistir de tudo”, além disso, alerta, “Não transfira res ponsabilidade para ninguém, as pessoas ao seu redor não vão mudar os hábitos delas por sua causa, você que deve saber o que fazer e não os outros. No começo é difícil, mas depois quando as pessoas veem os resultados apoiam bastante”, e finaliza. “Não desista, eu sei que você consegue.”

NHUMIRIM

População do bairro planeja monitoramento por câmeras

Que rua é e ssa? Buracos, buracos e mais buracos. É o que se transformou a rua São Luiz, descendo o supermercado Gricki. Intransitável a rua está esquecida pela administração e os moradores sofrem com o abandono.

Sete mora dores de Nhumirim e um empresário, fornecedor de câmeras de segurança, estiveram reunidos na última terça-feira (14) com objetivo de dotar o bairro de um sistema de monitoramento. Pelo menos dez moradores já confirmaram participação no esquema que pretende evitar novas ocor-

rências de roubos e furtos que têm incomodado a população. Os moradores se mobilizam em busca da participação de, pelo menos, 20 residências. A expectativa é colocar, o mais rápido possível, o esquema em funcionamento. Nos anos 50, ‘inspe-

tor de quarte irão’ - Em março de 1952 o inspetor de quarteirão, Adelino Corrêa da Silva, enviou ofício à Câmara solicitando gratificação pelos serviços que prestava ao município no povoado de Nhumirim. O vereador Antônio Guimarães lembrou que dava uma gratificação ao inspetor em seu tempo de

prefeito, entre 1947/51, e opinou que o município continuasse a fazê-lo. O Presidente foi contra. Guimarães, então propôs que o Prefeito oficiasse ao delegado de Polícia solicitando-lhe a cessão de um soldado para fazer a segurança no povoado transformado bairro em novembro de 1978.


PÁGINA 6

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

EDITORIAL

CHICO XAVIER

PROSEANDO

Foi quente a reunião do prefeito, vice-prefeito, assessores e Diretores na quinta feira, no Centro Cultural. Pelo que soubemos, prefeito e vice cobraram muito seus comandados, pois estão cansados das reclamações da população. Prédios públicos mal conservados, sujeira, problemas na saúde como remédios vencidos não distribuídos, foram algumas das cobranças. A cobrança foi para que os servidores de confiança vestissem mais a camisa da cidade e não apenas a própria, uma indireta a alguns que usam o cargo para fazer campanha política para vereador na próxima eleição. Bem resumido foi isso que aconteceu e podemos tirar algumas conclusões rápidas. A primeira é boa, pois prefeito e vice têm consciência de que a coisa está ruim. A expectativa criada em cima da administração mais humana e de reconstrução (7.776 votos) é grande e o que está acontecendo é pouco, quase nada. A segunda é ruim, pois se tem a ciência de que a coisa está ruim não seria a hora de trocar algumas peças? Se a pessoa usa do cargo para se promover politicamente, e os chefões sabem disso, porque manter o cidadão no cargo? É preciso lembrar que o ano de 2018 já acabou para a prefeitura no que se refere a recebimento de verbas. O período eleitoral não permite. Agora só em 2019. Como será que chegaremos até lá? Se não agirem agora, Nando e Renato, será que muda algo na segunda metade do mandato de vocês?

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Por Zé Pretinho

Cartazes da vida

A carta

Calúnia - tormento vão Em que a sombra se atropela. Injúria é sempre a razão Daquele que está sem ela. Enquanto houver sombra em nós, Teremos angústias mil... Só escultura acabada Não mais reclama buril. A vida tem, a rigor, Duas lições a contento: Quem não aceita a do amor Recolhe a do sofrimento. Triunfa, em qualquer lugar, Quem conserva por dever O hábito de calar O que é preciso esquecer. A quem te ofenda na vida, Coração, ama e perdoa!... Terra magoada e ferida Faz o pão que te abençoa. Marcelo Gama Trovas extraídas do livro "Trovas do Outro Mundo" - Psicografia de Chico Xavier

Lixo - Mais uma vez o assunto é lixo. É impressionante a falta de educação do nosso povo e a incapacidade da administração municipal em acabar com o problema. A cada dia piora. Vamos começar a multar esse povo porco, senhores. Fala sério. Praças da cidade abandonadas e tomadas pelo lixo, matas nativas tomadas pelo lixo, a cidade toda tomada pelo lixo. Multa uns 30 porcalhões desses com valores pesados pra ver se não melhora. Vamos agir que a coisa está bem feia. Trem Turístico - Se a ideia vingar e se concretizar será uma excelente oportunidade para a cidade entrar no mapa do turismo ‘caipira’ e gerar renda. Semana de aniversário - Vem aí a comemoração dos 108 anos de Santa Rosa. Bons eventos, inclusivos e ao que parece sem serem onerosos aos cofres públicos. Uma festa na medida do possível, dada as circunstâncias de crises que enfrentam todos os poderes.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua Condessa Filomena Matarazzo, 58 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP- CEP 14.270-000Fone/fax:(16) 99164.4623 Diretor de Redação: André Moussa Free lancer- Gabriel Caldas e RomeuAntunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal- R$ 3,00 por exemplar - E-mail: ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O JORNALZÃO ÉAFILIADO ÀABRARJ

CONVITE PALESTRA Estão convidados todos os confrades, simpatizantes e demais interessados para a palestra que será proferida nesta segunda-feira, 20/08/2018, às 20h00, na sede do Grupo Espírita "Bezerra de Menezes", quando será abordado o tema "Espiritismo e Política - O exemplo do Dr. Bezerra de Menezes", pelo orador da USE-Ribeirão Preto, Eduardo Santucci. A diretoria agradece antecipadamente pela presença de todos. Haverá sorteio de livros.

Companheiros a luta continua! Continência ao general miliciano Sapo barbudo! Quero todos os milicianos da estrela vermelha apostos e coesos! Perdi uma batalha e não a guerra! Não suportarei, estou aqui desde a data histórica para o Brasil! 7 de abril de 2018, a prisão de um expresidente... Quero uma mobilização nacional, mostrem a força da estrela vermelha! Convoquem o MST com suas foices e machados. É o mínimo que vocês devem fazer, sustentei vocês por catorze anos com o farto leite das tetas públicas, seria covardia me abandonarem agora! Daqui da prisão consigo administrar todos os milicianos, tenho certeza que voltaremos ao puder! Sou inocente, vocês sabem, amo a pobreza, por isso não acabei com ela no nosso governo, pois se tivesse acabado com a pobreza, jamais teria ficado tanto tempo no puder! No batalhão de frente nessa luta companheiros, coloquem as primas Pererecas, oitenta capetas não podem com a língua e a força de uma Perereca, com seu puder deixa o rico pobre e o pobre sem vergonha! São milhões de Pererecas seguindo o movimento da estrela vermelha, elas podem conquistar o grande apoio da massa popular! Chamem também todas as Lulas, com vários braços poderão lutar com eficiência na guerra santa e na distribuição de santinhos com a cara larga do irmão Sapo barbudo! Intensifiquem os comícios, contrate Roberto Carlos, Ivete Sangalo e Pink Floyd, para deixar o povo feliz. Façam como o rei de Roma, pão e circo ao povo e basta para que eles me reconduzam ao puder! Muito cuidado com o guerreiro Maximus, o PiT Bull Moro, esse cara é impertérrito! Foi levantado pelo Criador! Batam ferozmente no candidato a presidente Canguru da bolsa, esse é único que está na minha frente nas pesquisas! Manipulem e gastem o que for necessário com a rede bobo do plim plim, para que as pesquisas mostrem Sapo barbudo em primeiro lugar, a rede bobo atinge cem milhões de pessoas todos os dias apoiando todas as aberrações sociais. Lembre-os, quando presidente, perdoei quarenta bilhões de impostos e sonegação do Leão marinho! Se a rede bobo negar o apoio, ameacem botar a boca no trombone através da caguetação premiada! Quero saldar uma dívida com o país, afundei a economia, aumentei a pobreza e a violência dominou tudo, isso porque deixei me levar pela alta corrupção, nunca vi tanto dinheiro na minha vida! Transformei meu filho, um simples zelador do zoológico num mega milionário... Mandei dinheiro para fora do país para os parsas sustentarem um socialismo fracassado, que tira de quem trabalha para sustentar vagabundos, quero pedir perdão à nação. Hoje aprendi que a liberdade e a honradez não se vendem por milhões que surrupiei, comprometendo a vida de milhões de miseráveis, cadeias superlotadas, impunidade sem controle, fila no corredor da morte nos hospitais públicos, proliferação da ignorância no analfabetismo. Estou arrependido, devo pagar pelos meus erros. Quando sair, voltarei para a lagoa no sertão de Caetés AL, vou levar a vida simples, nunca mais troco meu rancho por um tipéxs, luxo e ostentação. Ah se escutasse o que mamãe dizia... não teria entrado nessa fria... PS- Se essa moda pega; Os chefões do crime vão querer sair da cadeia para postularem candidaturas. Que situação meu Brasil... Não vamos desistir de ti gigante!


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

DE OLHO NA CIDADE

PÁGINA 11

Santa Rosa de Viterbo passa a integrar o ‘Orquestrando São Paulo’ Projeto que tem como símbolo o maestro e pianista João Carlos Martins tem como intuito democratizar a música clássica no Brasil Andreia Vital

Porque será? – O muro da escola Professora Lourdes Pereira Massaro aparenta estar em excelentes condições, pintado nas cores que lembram uma “onda azul”. Mas esta semana o muro foi chapiscado, por cima da pintura em esmalte sintético. Estranho.

Saúde faz ações preventivas na zona rural e em bairros Os funcionários do Setor de Controle de Endemias do Departamento de Saúde da Prefeitura fizeram uma ação de conscientização aos moradores da zona rural do município e em alguns bairros de Santa Rosa. De janeiro a julho de 2018, foram visitados 263 sítios onde os servidores públicos entregaram panfletos e deram orientações sobre a doença de chagas e a febre-amarela. Em boa parte dos locais os profissionais também aproveitaram para fazer a vacinação antirrábica nos animais. A ação teve como objetivo conscientizar os moradores da área rural sobre as doenças e também informar os procedimentos necessários quando o sitiante se deparar com os insetos que as causam. Além disso, os funcionários realizaram buscas nas matas próximas à Fazenda Amália procurando vestígios de macacos e orientando os funcionários do local como proceder caso algum animal seja encontrado. Porém, até o momento nenhum macaco foi encontrado na região. Além das ações na área rural, foi realizada uma parceria do Programa de Agentes Comunitários de Saúde – PACS com a equipe do Controle de Endemias nos bairros Liliana Urtiaga Andreazza, Jd. Petrópolis e Franco Montoro que atingiu 3652 pessoas de mais de mil famílias diferentes, que receberam orientação e instrução para prevenir a febre amarela e a doença de chagas.

A Banda Sinfônica de Santa Rosa de Viterbo agora é integrante do Orquestrando São Paulo, um projeto que tem como objetivo apoiar os grupos musicais, com a capacitação do regente local e sua transformação em agente mobilizador, além de organizar a formação de orquestras infanto-juvenis ou adultas reunindo os grupos locais que atuam independentemente, potencializando o trabalho destes grupos. Idealizado pelo maestro João Carlos Martins em par ceri a com o SESI/SP e FIESP, o programa está em seu segundo ano de atuação e já se reuniu com mais de 400 músicos espalhados pelo estado de São Paulo, contando atualmente com 70 orquestras integrantes. No último sába do (11), em encontro do projeto realizado em Pirassununga- SP, Maurílio de Oliveira, maestro da Banda Sinfônica de Santa Rosa de Viterbo, esteve com Martins e outros regentes da região, ocasião na qual se inteirou sobre a iniciativa e pode troca r experi ênc ias com os outros músicos. “O encontro foi excelente, o maestro tem ideias muito promissoras e inteligentes, além de ter uma personalidade forte, que incentiva muito a música no estado de São Paulo e agora no Brasil com este projeto que ele desenvolve”, afirmou Oliveira. Com quase 35 anos, a Sinfônica santa-rosense conta hoje com 65 componentes e vem se destacando em sua atuação, angari-

O maestro Maurílio de Oliveira e seu filho Gustavo estiveram com o maestro João Carlos Martins e sua assessora de imprensa, Andréia Vital, no último sábado ando prêmios pelo estado paulista. “A banda está em uma fase muito boa. Temos uma escola com 200 alunos, que funciona na Estação da Cultura, e agora estamos iniciando uma turma de cordas, e eu tenho certeza que vai decolar”, disse, explicando que além da sinfônica, existem outras quatro bandas de iniciação que funcionam como trampolim para a banda principal. “Villa-Lobos (compositor brasileiro) dizia que não é um público inculto que vai julgar as artes, mas sim as artes é que vão definir a

cultura de um povo e é através das artes, no nosso caso a música, é que vamos mostrar e conseguir trazer milhares de pessoas para esse universo fantástico da música clássica e da música popular brasileira de bom gos to. Es te pr oj e to fa z com que a união de comu-

nidades, união de pessoas através da música tenham uma importância enorme”, disse o maestro João Carl os Ma rti ns , r e forç a ndo que o sonho é o mesmo do compositor brasileir o de fechar o Brasil em forma de um coração através da músic a.


PÁGINA 12

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

Caravana da TV Digital estará em Santa Rosa nesta segunda-feira O sinal analógico de TV será desligado no dia 28 de novembr o em Santa Rosa de Viterbo e em outras 42 cidades da região de Catanduva. A Seja Digital, entidade responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico de TV para o digital no Brasil, inicia o trabalho para levar à população informações sobre o processo. Nesta segunda-feira (20/8), a entidade realiza das 9h30 às 17h30 a Caravana da TV Digital no Espaço Mogiana, localizado na Rua Mario Carneiro da Cunha. Durante a ação, a população poderá tirar dúvidas sobre como ter acesso ao sinal digital e verificar se tem direito ao kit gratuito, composto por antena digital e conversor com controle remoto. Com o número do NIS (Número de Identificação Social) também é possível realizar o agendamento para retirar os equipamentos em um dos pontos disponibilizados pela Seja Digital. “Na Caravana, a população poderá agendar a retirada dos kits gratuitos e também tirar todas as dúvidas sobre a mudança no sinal de TV e a instalação dos equipamentos”, explica a consultora de mobilização da Seja Digital na região, Priscila Santiago. Mais de 845 mil kits gratuitos estão disponíveis para as 395 cidades do interior de São Paulo, onde o sinal analógico será desligado em 28 de novembro deste ano. Para verificar se tem direito aos equipamentos e faze r o agendamento, a população ta mbém pode a cess ar sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para 147.

Atraçõe s - Três tendas serão montadas durante a Caravana. Em uma delas, a tenda da TV Digital, os visitantes poderão fazer uma “via gem no tempo”, desde o início da TV no mundo e no Brasil até os dias de hoje, mostrando a qualidade de som e imagem que a TV digital oferece aos telespectadores, além de tirar dúvidas sobre como instalar a antena digital e o conversor e realizar a busca de canais. A área de arte-educação, or gani zada em uma outra tenda, conta com atividades lúdicas e recreativas, jogos e brincadeiras, além de apresentações de mágicos, mímicos, palhaços e circenses (malabaris-

mo, perna de pau e acrobacia) para divertir quem passar por ali. As Caravanas serão encerradas com espetáculos de música, com início às 16h30. Com foco no me io ambiente, a terceira tenda tem como objetivo informar e orientar a população sobre a importância do descarte correto de televisores e demais eletrônicos quebrados. Embora não seja necessário descartar os aparelhos antigos, uma vez que com o conversor instalado e antena adequada eles continuarão funcionando após o dia 28/11, aparelhos danificados não podem ser descar tados no li xo comum, pois possuem metais tóxicos que contaminam o meio ambiente.

SEU DIREITO Por Dr. Carlos Cruz

Seis fatos sobre o auxílio reclusão 1- Só faz jus ao benefício o preso que já vinha contribuindo para a Previdência antes da prisão, ou seja, que estava trabalhando. 2- Para ter direito, o último salário de contribuição do preso deve ser de até R$1.212,64 (Atenção: este NÃO é o valor do benefício, é um limite da renda); 3- Quem recebe o benefício é a família da pessoa que está na prisão; 4- O preso deve estar em regime fechado ou semiaberto; 5- Caso o segurado seja posto em liberdade, fuja da prisão ou passe a cumprir pena em regime aberto, o benefício é encerrado; 6- Menos de 10% dos presos recebem o auxílio. Carlos Cruz OAB/SP 394.253 Rua Jose Garcia Duarte, nº 167, sala 01, Centro. Fone: (16) 9 9777-8615


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 13

Cultura divulga festividades Lançamento do livro sobre do aniversário da cidade Zé Hamilton será no CM Calendário está em fase final de aprovação A Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Vitebo está em fase final de organização das programações dos 108 anos do município, que será comemorado no próximo dia 4 de setembro. Dentre os principais eventos, destacam-se o Desfile Cívico, que será realizado no dia 2 de setembro, domingo, e o Show de Aniversário da Cidade, um encontro de artistas que acontecerá no dia 6 de setembro, no Espaço Mogiana. Além deles, a programação inclui eventos esportivos, culturais, religiosos e cívicos durante um período de mais de 25 dias. Já o dia 4 de setembro ficará exclusivamente para as programações religiosas organizadas pela Paróquia de Santa Rosa de Viterbo. “Montamos a programação reservando o dia 4 de setembro para que a Igreja fizesse suas programações religiosas. Os demais eventos serão inseridos ao longo das semanas de agosto e setembro”, revelou o prefeito Luís Fernando Gasperini. Confira a programação:

A Fundação Cultural marcou para às 09h30 do próximo dia 08 o lançamento do livro ‘O Jornalista Mais Premiado do Brasil’, de Arnon Gomes, que conta vida e obra de José Hamilton Ribeiro. O evento é parte da programação de aniversário de emancipação política de Santa Rosa (108 anos), e será realizado no Centro de Memória, inaugurado no início deste ano, que leva o nome do jornalista de 81 anos, santa-rosense nato.

Zé Hamilton é o jornalista mais premiado do Brasil

Segunda edição da ‘Afronte’ acontece no próximo sábado Parte da renda será revertida para o Conselho Municipal da Comunidade Negra

Grêmio Recreativo ganha página no facebook para relembrar Foi criado um grupo no facebook onde se pretende publicar todas as fotos que era de propriedade do Grêmio. Elas estão sendo digitalizadas aos poucos e voluntariamente pelo Rogério Monici. Tem fotos de Bailes, de festas, de inaugurações e muito mais. Entre no grupo e chame todas as pessoas que um dia já esteve no Grêmio de Santa Rosa. E se tiver fotos do Grêmio, publica lá! O atalho para chegar no grupo pode ser um desses dois: http://bit.ly/2OLsAmE https://www.facebook.com/groups/230361554291699/

A 2ª edição da ‘Afronte’ acontece no próximo sábado (25), a partir das 23h, na Mr. Frog. A expectativa que partici pem 400 pessoas. Os convites c usta m R$15 até dia 23, depois R$20, com nome na lista e R$25 na portaria. Jhonn, um dos organizadores, explica que a ‘Afronte’ é uma festa que se iniciou em Ribeirão Preto por jovens negros com objetivo de fazer um ‘rolê’ com músicas suburbanas e ao mesmo tempo valorizar os artistas da cidade e região, abrindo espaço e movimentando a cena que na época ainda era fraca. “Sempre pensamos em fazer do espaço um lugar onde todos se sintam acolhidos e respeitados, além de serem os protagonistas deste ‘rolê’, estão participando de um baile que lembra os dos anos 70 e 80. A nossa missão é valorizar a cultura do hip-hop, Funk Carioca e Black Music, e levar a mensagem de empoderamento e que todos devem respeita as diferenças.” A organização da festa doa parte do valor arrecadado para movimentos e conselhos étnico-racial para ajudar no desenvolvimento de ação das comunidades periféricas e no combate contra o racismo. Nesta edição, o (CMCN) Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Santa Rosa, será o contemplado.


PÁGINA 14

Campanha contra raiva já vacinou cerca de três mil animais A campanha contra raiva 2018 já vacinou cerca de três mil a nima is, quase metade da expectativa, que é atender cerca de 7 mil. A vacinação ainda continua e para atender toda a população, estão sendo montados pontos fixos que já passaram pela zona rural, 'Nosso Teto', Jardim Dom Bosco, Nova Roma, Primavera, Planalto, Aquarius e Vila Ranzani. Na próxima segunda, o grupo irá instalar na Praça Paulo Vicente Zerba, Alto da Boa Vista (Filtor), das 8h às 17h. A campamha se encerra no dia 14 de setembro. Quem não conseguiu levar seu animal ou não poderá comparecer nos pontos nas datas estipuladas, pode se dirigir no posto fixo na sede da (ABA) Associação Bicho Amigo, localizado na Av. Alexandre de Angelis, 109, aos sábados das 8 às 12h. Confira o cronograma completo:

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

MAIS DO PRIMAVERA Coluna semanal do Primavera Country Club O Primavera Tigers jogará em casa pela Copa Paulista do Interior hoje, às 9:00h pelo sub-15 e as 10:00h pelo sub-17 contr a a ONG Primeiro Passo Batatais. A equipe santa-rosense segue na disputa por uma va ga nos playoffs. Buscando melhorar na tabela, as equipes, com a chancela do Primavera Country Club, dobraram os treinos e agora praticam, em cada categoria, 4 vezes por semana. Confira a rotina dos Tigers. - segunda-feira: sub 15 e 17 das 14:30 as 17:30 - terça-feira: sub 15 das 14:30 as 16:00 e o sub 12 das 16:00 as 17:00 - quarta-feira: sub-17 das 14:30 as 16:00 e o sub-12 das 16:00 as 17:30 - quinta-feira: sub-12 das 14:30 as 16:00 e o sub-15 das 16:00 as 17:30 - sexta-feira: sub 15 e 17 14:30 as 16:00 e o sub 12 das 16:00 as 17:30 O professor Vinicius Costa comenta como foi a equipe no jogo anterior em Taquaritinga e a expectativa para o jogo de dessa manhã contra a equipe de Batatais. “Tivemos dois jogos difíceis na última rodada, onde nossa equipe sub-15 sofreu o gol da derrota nos minutos finais após um jogo equilibrado. Na equipe sub17, fizemos frente contra uma boa equipe, saímos ganhando após um gol de falta do atleta Dayan Corato e ainda no primeiro tempo tivemos um pênalti desperdiçado, onde o goleiro da equipe deles realizou ótima defesa. Na segunda etapa, sofremos o gol de empate de pênalti também.” Lembrando que a equipe, no 1º turno, contra Batatais, empatou no sub-15 por 0 a 0 e no sub-17 perdeu de virada por 2x1. A equipe santa-rosense ainda disputará, somando todas as categorias, mais nove jogos pelo returno da competição. Confira a tabela dos jogos do returno do Primavera Tigers.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 17

DARCI ROCHA

Dom Bosco 2 dorm, sala, coz, wc, garagem, murada com portão ............................................................ R$ 140 mil Centro Praça Sto Antonio, precisa de reforma ................................................................................... R$ 160 mil Jardim Aquarius 3 dorm, sala, coz, varanda, garagem ........................................................................ R$ 170 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, área lazer, de frente a ETEC. ac casa menor valor ............. R$ 350 mil Salão comercial Centro próx. biblioteca, com 50m2, terreno 250m2 ................................................... R$ 150 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................................... .... R$ 115 mil Casa nova no Ari carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................... R$ 120 mil Apto. Ribeirão 69 m2, com 2 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, armários, próx. Catedral ..... R$ 300 mil Avenida Jd. das Flores 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia, despensa, área churras com garagem .............. R$ 285 mil Jardim Aquarius 4 terrenos juntos ................................................................................................ R$ 320 mil Dom Bosco nova, 3 dorm, sala, coz, wc social, piso porcelanato, murado, portao, quintal parte ciment. .... R$ 200 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz, murada ............................................................................................ R$ 115 mil Próximo a Capela esquina, 2 dorm, sala, copa, coz, despensa, wc, mais edícula ind, com quarto sala coz .. R$ 380 mil Vila Mendes 2 dorm, sala, cozinha, precisa de boa reforma, terreno amplo ............................................... R$ 65 mil Cohab 3 - 2 dorm, sala, coz, área serviço coberta mais despensa ampla .................................................. R$ 115 mil Casa centro próx. Grick e Matriz, 2 dorm, sala, copa, coz, varanda, lavanderia, terreno amplo. ót. local .... R$ 200 mil Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem ................................................................................................. R$ 120 mil Itamaraty 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia e edicula no fundo ............................................ R$ 180 mil Casa Centro ao lado Banco do Brasil, 2 dorm, sala, coz, terreno 176m2 ............................................... R$ 270 mil Dom Bosco 3 dorm, garagem 2 carro, área no fundo, murada ................................................................... R$ 200 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão .......................... R$ 270 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ...................................................... R$ 190 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2 ............ R$ 1.500.000,00 ac. proposta Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ........................ R$ 230 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real ............................................................... R$ 180 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ..................... R$ 450 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 ............................. R$ 350 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc saociais, terreno 600 m2 ................... R$ 400 mil Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de 676 m2R$ 900 mil Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ........................................................... R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia ................................................ R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc .............................................. R$ 240 mil Salão comercial esquina, antigo HSBC, 220m2, terreno de 330m2, oportunidade única ........................ R$ 280 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. ..................... R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor Salão comercial ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha ................................................ R$ 250 mil Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ............................... R$ 350 mil

8 terrenos juntos próximo ao Cruzeiro, final av. bosque, planos, 8x20 (160m2), todos com infra ..... R$ 40 mil cada 2 terrenos Nova Roma, av Nicolas Yasbeck, med. 20x50 ou seja, mil metros cada um, murado ...... R$ 250 mil cada 2 terrenos juntos Jd. Itamaraty 2 com 230m2 cada ................................................................ R$ 60 mil cada um Terreno amplo 3800m2, ótimo local para área de lazer, com pequena represa .................................... R$ 250 mil Jd. Aquarius 10x25 .................................................................................................... ................. R$ 42 mil Centro com cerca de 1.200m2, todo murado (aceito casa na troca) .................................................... R$ 450 mil Terreno de frente a praça Matriz 1375 m2, ao lado e fundo da caixa Federal ................... R$ 200 mil Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, ....................................................... R$ consulte-nos Terreno AV São Paulo esquina com 200m2 de frente ao centro cultural ............................................ R$ 190 mil Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

Centro próx. ao gremio, 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia, garagem, salão comercial .............................. R$ 250 mil Jd. Primavera 2 dorm, sala, coz, wc, lavand, gar, murada, quintal ciment, portão eletr, com financiamento . R$ 110 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavand, área churras, esq .............................. R$ 380 mil Jd Aquarius 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, garagem (próx rodoviária) ......................... R$ 200 mil Nova Roma 114 m2, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem e port. 153 m2 de terreno ......... R$ 160 mil Cohab 3 esquina, 3 dorm, 2 salas, copa, coz, área lazer, garagem + edícula ............................................. R$ 220 mil Filtro 3 dorm, sendo 1 suite e closet, sala, copa, coz, garagem, portão, ................................................... R$ 220 mil Casa Jardim do Sol (esquina) 02 dorm, sala, cozinha, murada..................................................................................R$ 180 mil Jd. das Flores 2 dorm, sala, coz, wc, salão de jogos, garagem 4 carros, piscina ....................................... R$ 320 mil Rua Prudente de Morais 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia e garagem ................................................. R$ 210 mil Centro seminova, de frente ao antigo correio, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, area churras ..... R$ 250 mil Nova Roma 2 dorm, sala, coz, area serviço, murada e portão ................................................................ R$ 200 mil Avenida Fiuta 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia ................................................................... R$ 180 mil Morumbi velho 275 m2 de const. 2 terr. med. 663 m2, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, ed. fundo . R$ 590 mil Casa com sobrado e salão comercial Nosso Teto, esquina próxima ao Nota 10 .................................... R$ 160 mil Nova Roma, esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavand, área churras, garagem, amplo terreno ......... R$ 250 mil Casa Primavera 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, gar. terreno 400m .................................. R$ 230 mil Av. Fiuta 2 dorm, sala, coz, copa, lavanderia, garagem, murada, quintal cimentado, portão, perto Solar ....... R$ 220 mil CasaItamaraty, 3 dorm, copa, sala, coz, garagem, quintal cimentado, portão (terreno 12x25) ..................... R$ 200 mil Salão comercial Ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha ................................................. R$ 250 mil Casa Centro róximo ao HSBC, com 353,94m2 const, acabamento de 1ª, terr. 1.045m2, murado, portões ... R$ 700 mil Nova Roma 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem, construída em 2 terrenos ............................ R$ 400 mil Nova Roma 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, garagem, ótimo acabamento ...................................... R$ 230 mil Jd. do Sol 2 dorm, sala, coz, área de lazer, terreno 10x38,5 ................................................................... R$ 190 mil Cohab1 esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, garagem, área serviço ................................................ R$ 110 mil Próx. praça Fuim (avenida) 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, alpendre, terreno 10x30 ............................ R$ 260 mil Rua do Comércio 2 dorm, sala, cozinha, amplo terreno ....................................................................... R$ 350 mil Cohab 1 esquina, com 3 dorm, sendo 1 suite, sala estar, sala TV, cozinha, garagem, varanda. ót local ......... R$ 135 mil Nova Roma 184m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, área serv + edicula (2 terr.) ............................ R$ 420 mil Sobrado Nosso Teto com 3 aluguéis ................................................................................................. R$ 120 mil Barracão com edícula Julio Moretti ................................................................................... R$ 180 mil ac. troca Barracão próx. avenida Pres. Vargas, atrás do Vergínio melloni ........................................................... R$ 220 mil Casa Nova Luiz Gonzaga, 2 dorm, sala, coz ....................................................................................... R$ 125 mil Edícula Luiz Gonzaga 1 dorm, sala, coz, varannda e lavanderia ........................................................... R$ 100 mil Edícula Ari Carneiro 1 dorm, sala, coz, lavanderia, murada, portão eletr., próx a quadra .......... R$ 45 mil + prestação Centro próx. Gricki, 2 dorm, sala, copa, coz, área serviço, garagem ........................................................ R$ 210 mil

Chácara fundo Cohab 1 1.100m2, com casa de 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, despensa, área de lazer com currasqueira, pomar ............................................................................................... R$ 450 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 180 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ............................................................................... R$ 160 mil Sítio 16 alqueires (sem benfeitorias) forma de pagamento à combinar ............................... R$ 1.100.000,00 Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

Terreno Jd. Primavera

CASA MORUMBI

CASA JD. AQUARIUS

Dois terrenos juntos de 12 metros de frente cada, murado do lado e frente. R$ 85 mil cada

3 dorm, sendo 1 suite, duas salas, duas copas, cozinha ampla, banheiro sosial, churrasqueira, despensa, garagem, + 1 suite, sacada, terreno 13x26. R$ 700 mil

2 dorm, sala, coz, área serviço, R$ 60 mil + parcelas de R$ 540,00

CASA LUIZ GONZAGA

3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, murada R$ 370 mil

CASA NOSSO TETO 3 dorm, sala, coz, reformada, murada, piso e forro PVC. Ac. carro ou financiamento. R$ 95 mil


PÁGINA 18

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 19

‘Au pair’ é trabalho no exterior com cara de intercâmbio Uma recente pesquisa public ada pe lo por tal UOL mostra que 62% dos jovens brasileiros iriam embora do país se pudessem. E hoje vamos mostrar uma modalidade que está ganhando a preferência deles para poderem trabalhar no exterior ga nhando bem, morando bem, comprando e viajando muito. É o trabalho de ‘Au pair’, onde o jovem trabalha em casa de família, cuidando de seus filhos, uma versão moderna para babá. Duas santa-rosenses largaram tudo por aqui e hoje enfrentam a vida trabalhando de babá nos Estados Unidos. Yeda Moussa, 25, e Hannah Eloísa, 21. Yeda mora em Dallas, Texas, e Hannah em Oakland, Califórnia. Ye da cuida de três crianças e viaja muito – Yeda Moussa formou-se em fisioterapia em setembro de 2017 e recebeu uma proposta de emprego no Piauí, na cidade de Parnaíba. Pensou bem e decidiu tentar ser babá nos Estados Unidos. “Trabalhando lá, aprimoro meu inglês, faço alguns cursos e quem sabe volto mais madura e com uma bagagem maior”, disse. Ela conta que assim que foi selecionada para escolher as famílias, começou a ne gociar c om cinc o ao mesmo tempo. “Depois que a gente passa pelo processo na agência, nós começamos a negociar com as famílias que nos escolhem e optamos por aquela que a gente mais se identifica”, explicou. Yeda disse que o processo de acerto do emprego dura em torno de seis meses. “Em uma semana já recebi uma proposta, mas não me identifiquei com a família pelos hábitos que eles tinham, mas continuei

a negociar com as outras”, disse. Dois meses depois ela já estava empregada e com as pass agens ma rcadas para Dallas. Ela viajou dia 7 de janeiro de 2018, com visto até dezembro do mesmo ano. Yeda cuida de três crianças, uma de 7, uma de 9 e outra de 14. Os pais das crianças são médicos. Sua rotina é simples: acordar de manhã e preparar as crianças para a escola. De carro ela as leva e depois busca às 17h (lá as crianças estudam em período integral). De volta em casa dá banho, faz as lições da escola, brinca um pouco e pronto, está liberada. Sábados e domingos são folga e se precisar trabalhar, tem sempre uma “caixinha”. Yeda diz que se sente membro da família. “A família me deu uma suíte excelente, um carro, as crianças são muito boas e o bom é que eles viajam muito e sempre me le vam junto”, disse. Ela falou que já conheceu Nova Iorque, Washington, San Antonio, Hawai, Los Angeles e Las Vegas, entre outras. “Eles pagam tudo, não gasto nada. Está sendo uma experiência maravilhosa”. Por lá Yeda já se formou pela Universidade do Texas no curso de Inglês, pago pela família. “Pelo programa a gente é obrigada a estudar. Tem vários cursos à disposição e a família que nos recebe é obrigada a pagar tudo”, explicou. Yeda conta ainda que tem final de semana que ela arruma trabalho extra. “Às vezes aparece alguma família precisando dos meus serviços, eu vou e eles pagam em torno de 20 dólares a hora”. O programa é válido para um ano, podendo ser renovado pa ra mais um. Yeda vem ao Brasil em dezembro renovar o seu visto

de trabalho e continuar o ci clo no s egundo ano. E vem de mala cheia. “Como o que a gente ganha é limpo, só pra gente, porque a família paga tudo que a gente gasta, sobra dinheiro para boa s compras , pois a qui tudo é muito barato”, disse. Yeda falou que pretende ficar os dois anos do contra to e qua ndo acabar, quem sabe, ficar por lá trabalhando na área de fisioterapia. Hannah virou blogue ira e se acaba nas compras – Hannah Eloísa, 21, largou os estudos e hoje é “au pair” em Oakland, cidade californiana ao lado da belíssima Sa n Francisco. “Estou do outro l ado da ponte e é bem bonito aqui”, disse. Hannah seguiu o mesmo caminho que Yeda, inclusive usa ndo a me sma agência. Aliás, foi dela a ideia de ambas irem para os States. “Dei a ideia, a Yeda gostou, mas ela começou os trâmites primeiro que eu”. Hannah embarcou para os Esta dos Unidos em a bril deste ano e foi morar com a família que tem dois filhos na Califórni a. “Cuido de duas crianças, 3 e 4 anos, onde a mãe é designer e o pai chefe de cozinha, e tem uma fábrica de panetone. “Ele é famoso por aqui. Já foi até no programa da Opr ah ( apre sentador a e atriz famosa nos EUA)”. A rotina de Hannah é bem par ecida com a da Yeda, mas em vez das viagens ela vai às compras. “Moro do outro lado da ponte de San Francisco, adoro ir andar lá, tem muitos pontos turísticos legais, praias, eu vou todos os finais de semana! Adoro c ompr ar que nem uma louca, quando não estou trabalhando, estou comprando”, diz Hannah que também se tornou blogueira.

Hannah e Yeda em Nova Iorque, durante curso de 3 dias Ela diz estar gostando muito da experiência, mas acha que o tempo passa rápido demais. “Apesar da saudade que não é pouca, eu sinto que está sendo uma experiência maravilhosa e que eu estou me encontrando ca da vez mais aqui, descobri mil coisas novas que eu amo e nunca teria descoberto se não tivesse saído da minha zona de conforto, e passei a gostar de muitas coisas que não gostava antes no Brasil, eles têm uma cultura muito inter essa nte e di fere nte, a maneira com que eles educam as crianças...”, diz. Hannah está apr endendo a falar hebreu, porque sua família e crianças vieram de Israel. “Eles são bil íngues, entã o es tou aprendendo um pouquinho da cultura dos judeus”. Hannah deixou a faculdade de Relações Exteriores a seis meses do final para ter a experiência como babá nos Estados Unidos, mas ela diz que assim que voltar vai terminar os estudos. “Procurei alguns cursos de comércio exterior pra fazer aqui, mas são muito ca ros. Estou faze ndo um curso de moda e teatro, pois somos obrigadas a estudar

e este curso foi o que achei mais interessante”, disse. Sobre o que ela está achando da expe riência como um todo, ela diz que “quando se faz intercâmbio, que tem ess e te mpo pra pensar em você mesma, porque está sozinha, você para e presta atenção nas coisas que você realmente gosta e quer”. Hannah e Yeda, amigas, marcaram um encontro em setembro, em San Fra ncis co, quando Yeda fará um curs o na cidade. “Não vejo a hora dela chegar e matar a saudade”, finalizou. Como se tornar uma “au pair” – Para ser uma “au pair” nos Estados Unidos é preciso ter entre 18 e 26 anos, ter um inglês bom e ter carteira de motorista. O pretendente deve procurar uma agência que faça este tipo de intercâmbio. Hannah e Yeda fizeram pela STB – Student Travel Bureau, de Ribeirão Preto. O investimento na agência gira em torno de 500 a 700 dólares, que já dá o direito a passagem aérea de ida e volta. A documentação com o visto de trabalho nos Estados Unidos sai em torno de 300 dólares, com uma

ida na embaixada americana em São Paulo. A negociação do trabalho é feita dire tame nte com a famíl ia americana, via Skype. A família lhe paga cerca de 200 dólares semanais e você tem direito a folga nos finais de semana. Quando aprovada e com negócio fechado, a “au pair” vai para Nova Iorque e fica três dias fazendo um cur so de a perfeiçoamento, com hotel, passagens e alimentação pagos pela agência. No trabalho, a família é obrigada a te tratar como membro da família, ou seja, tudo que os filhos tem, o candidato também terá. Uma suíte da casa deve ser reservada para a “au pair”. A família também é obrigada a pagar cursos na área que o pretendente escolher no valor de até 500 dólares. O prazo médio para se encontrar uma família é de seis meses. As famílias americanas que contratam este tipo de serviço são geralmente de classe alta e moram em subúrbios, nos arre dore s de gr ande s ce ntros. O prazo de contrato é de um ano e pode ser prorrogado para mais um. Este programa “au pair” tem o apoio do Governo Americano. Se gostou procure uma agência e faça as malas.


PÁGINA 20

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 21

ELEIÇÕES 2018

Entrevista com Stela Dalecio, candidata santa-rosense a deputada federal A e mpre sária santarosense Stela Dalecio lançou sua candidatura a deput ada fe de ral durante visita e m Santa Rosa do candidato ao Governo do Es tado Luiz Marinho, quinta feira, 02/08. O que chamou a atenção foi uma de claração da candidata de que a us ina Amália pode ria re abrir. Esta se mana e la respondeu algumas pe rguntas exclusivas para o Jornalzão, envidas por e.mail. Veja na inte gra as respostas dela: O que te levou a ser candidata à deputada federal? R: Sou muito envolvida com o meu próximo. Faço o que estiver ao meu alcance para o bem do coletivo e milito na política há 20 anos, estou disputando minha quarta eleição, acredito que eleição é acúmulo de ideias, de projetos, opiniões, aprendizagem, engajamento e votos, por isso a cada uma me sinto mais preparada. Qual sua expectativa de votos no total? E em Santa Rosa? R: Ne sse momento mensurar voto é impossível, porque começamos a campanha no dia 15, mas espero fazer um bom trabalho e conseguir levar minhas propostas para o maior número de pessoa s possíveis, Porque o voto só acontece se o candidato tiver um mínimo acesso ao eleitor, portanto o desafio é multiplicar essa informação. Em 2014 obtive quase 5500 votos sendo desses 800 em Santa Rosa, espero que se a cidade achar que e u mere ço, pretendo aumentar significativamente essa votação.

Um a campanha para o Congresso não é barata. O partido vai ajudar? R: Não é barata, na ver dade car íssi ma. Mas chega dessa política comprada, das campanhas milionárias, dos ricos e poderosos, não podemos eleger esses candidatos. Classifico como a c ampa nha da criatividade, o partido nos auxilia com materiais e pela primeira vez teremos o fundo partidári o, que nã o é muito, mas ajuda na distribuição desses materiais. O PT foi o partido que mais teve prejuízo com a crise política. É fácil ser candidata pelo PT? R: No Brasil todos os partidos têm a sua banda podre, alianças erradas, traições e desmandos, porém o PT se manteve vivo pelas boas ações que fez em 2,5 governos consec utivos. Com programas voltados a educação, ciências e tecnologia, saúde, assistência social, combate à fome, fomento a agricultura, movimentos de moradia... Ser petista não é fácil, mas existe dentro de nós um ideal que não se abala facilmente, Espírito de Luta, compaixão, amor pelas pessoas. Uma coisa que chamou bastant e a atenção em matéria publicada no Jornalzão, foi sobre a reabertura da Usina Amália. É possível, com clareza, saber como isso será possível? R: Nã o é pos sível porque em uma reestruturação dessa magnitude , por incrível que pareça, manifes tam- se manipulaç ões contrárias ao benefício do povo. Porém, fi rmo um

compromisso de lutar até exaurir minhas forças para ajudar reativar não só a usina, como trazer novas empresas e fortalecer o empresariado local para geração de emprego e renda. A reabertura da usina será apenas com a vitória do PT no Estado ou independe de política? R: Tudo tem ligação, mas se trata de um grupo privado que diretamente é autônomo, mas indiretamente todos poderes são envolvidos judiciário, executivo e legislativo, não somente municipal , mas de grandeza federal. E a Vitória com a reabertura é do povo Santa-rosense. Qual a proposta da candidata Stela? R: Mi nha pr incipal proposta como deputada federal é fortalecer a indústria e comércio da alta mogiana. Valorizar a agricultura, introduzindo políticas de agronegócio, e auxiliar o pequeno produtor a plantar melhor e colher frutos e lucros. Combater a violência

doméstica , tratando a co dependência que aumenta tanto o número de mulheres assassinadas. Lutar com muita garra pelos direitos da mulher, dos negros, jovens e todas as pessoas de bem que querem ajudar a construir o “Brasil que eu quero”. Conte-nos um pouco de você. Idade, história de vida, sonhos, trabalho, etc. R: Meu nome é Stela Regina Dalecio Sibrão, casada com o Tiago, mãe de um casal, Pietra (11) e Octavio (12) cristã, empresária (farmácia) e empreendedora de um produto chamado Descarclean (calcinha descartável) que persevero há 15 anos. Minha irmã Simone e eu somos filhas de Luiz Dalecio e Ma ria de Lourdes Dalecio. Nascida em Santo André, SP, em 30/ 11/1981, sinto-me madura e preparada para este desafio. Sou muito altiva, tenho cur iosi dade , nã o te nho medo de trabalho, me jogo de corpo e alma, me esforço em aprender, aceito correções prudentes. E conheço de perto as mazelas do

povo. Já ajudei muitas pessoas a conseguirem trabalho, treinei muitas mulheres profissional e emocionalmente. Use o e spaç o para deixar uma mensagem ao povo de Santa Rosa R: Quero aproveitar para agradecer este notável veí culo de comunica ção que me proporci onou a chance de expor minha candidatura a Deputada Federal nesta entrevista já con-

vidando-o para uma próxima antes do pleito. Deixar uma mensagem de esperança aos nobres leitores Sei que não temos motivação para ir aos colégios eleitorais no dia 7 de outubro des te a no, mas cre iam que com a mi nha fome de mudança , fé em Deus e bastante ousadia, vai valer a pena. Se você achar que mereço a sua confiança meu número é 1300 #deputadadobrasilqueeuquero #steladalecio.


PÁGINA 22

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

MEMÓRIA

FALECIMENTOS

‘Casas Pernambucanas’ durou pouco na cidade

Alemão Uma parada cardíaca levou à morte, anteontem, o motorista Walter Zílio, de 90 anos. Conhecido pelo apelido de Alemão, ele era irmão do ex-vereador Argemiro Domingos Zílio. Como o pai de ambos – de quem a família herdou o apelido de “Saracura” – e seu irmão “Bhrama”, jogou futebol amador na A. Amália. D. A. Com seu Mercedes Benz “cara chata”, fazia mudanças domiciliares e outros carretos. Em sua primeira viagem a São Paulo, Alemão comprou uma caixa de ferramentas de um ladrão que agia nas imediações do Parque Agua Branca. Preso, o ladrão confessou o furto, e apontou à polícia a quem vendera as ferramentas. Alemão também foi detido. Por sorte, o delegado era Ereovaldo Garcia Duarte, santa-rosense como ele. Este ordenou, então, que Alemão viesse a Santa Rosa, apanhasse o material roubado e o entregasse a ele, o mais rapidamente possível. Assim se passou, e o policial amigo liberou seu conterrâneo sem mais complicações.

Celina

Uma loja da ‘Casas Pernambucanas’ funcionou em Santa Rosa – por pouco tempo, segundo te stemunhas – na década 1950. Ela se instalou na esquina da praça Guido Maestrello com a rua 9 de julho (atual Itaipava Hotel). Uma anedota, que ainda sobrevive na cidade, afirma que a loja pouco durou graças ao “lobby dos turcos” , como eram chamados os sírios e libaneses com presença expressiva no comércio local. À frente da instalação da unidade estava Ary Carneiro Barbosa (1933 – 1994). - Meu pai veio de Minas para montar a loja. Era

essa a função dele, por isso vivia andando de cidade em cidade. Só que se enroscou aqui e não saiu mais – revela Gerson Barbosa, 61 anos. Ary Carneiro – que seria candidato a Prefeito em 1982 – recebeu, no ano anterior, o título de Cidadão Honorário, da Câmara de Santa Rosa. O texto que justifica o projeto – autoria do vereador Antônio Élio de Oliveira – relata que o homenageado era natural de Ituverava, e veio para Santa Rosa “pelos idos de 1952, exercendo, inicialmente, funções comerciais nas Casas Pernambucanas (...) Ingressou na Prefeitura em 1º de janeiro de

1956” e “aqui radicou-se, tendo constituído família” (casou-se com Ofélia Bertocco com quem teve prole de 5). O frei Dionísio Hermoso, titular da Paróquia Santa Rosa de Viterbo, benzeu a solenidade (foto), tendo à sua direita o vereador José Dilermando Ribeiro – com o filho Paulo à frente – , à esquerda, Renato Cagliari (segundo plano), o prefeito Vergínio Melloni e Delduque Garcia Ribeiro (ombro a ombro). O garoto negro, com dedo na boca, é José Machado (Neco), lateral esquerdo do Santa Rosa FC, campeão amador regional em 1970.

IMPRENSA ANTIGA

Quadro de Ouro Neste quadro fica registrado o nome do sr. Theodomiro Sandeville, residente em Santa Rosa, que recebeu o registrado nº 10.678, remetido em 29 de junho próxi mo passa do, contendo o bilhe te nº 48.269, pr emia do c om 100:000$000 na LOTERIA ESPERANÇA extraida ontem, 14 de julho de 1906, cujo bilhete e bem assim toda a centena foram vendidos nesta Estado. (Correio Paulistano, 15 de julho de 1906)

Foi sepultada no último domingo, em Santa Rosa, o corpo de Jocelina Rodrigues Gonçalves, 77 anos. Viúva, duas filhas (Fátima e Rita, esta já falecida), Celina, como era conhecida, foi vitimada por um câncer. Até seus últimos dias, esteve à frente do “Bar do Toinho”, apelido de seu marido que morreu vítima de acidente automobilístico em 1971. O Bar do Toinho já foi ‘point’ da juventude santa-rosense. Localizado próximo ao Centro Cultural, nos anos 70 ficava à beira dos trilhos da ferrovia Mogiana. Toinho e Celina recebiam os jovens, geralmente aos sábados, antes dos bailes do Grêmio Recreativo, oferecendo a sala da residência, colada ao bar. Enquanto bebiam e petiscavam, os rapazes ouviam discos de vinil na vitrola do casal.

Escola Wolmar investe recurso do prêmio “Guardiões das águas” O Prêmio Guardiões das Águas foi criado pelo Instituto International Paper para promover, identificar e apoiar práticas para a conscientização e redução do consumo de água, desenvolvidas nas escolas públicas de Ensino Fundamental. Concorreram ao prêmio todas as escolas municipais de Ensino Fundamental do município, sendo a escola EMEF. Profª Wolmar Ribeiro Balbão a vencedora com o projeto “Pare! Pense: Feche a torneira!”. O projeto vencedor visa executar medidas educativas quanto ao uso consciente da água, além de solucionar o problema de vazamento de água dos bebedouros dos alunos e a limpeza da quadra de esportes, uma vez que era preciso o caminhão pipa vir até a escola para executar a limpeza. Com o recurso de R$ 7 mil pelo prêmio conquistado, foi feita a troca das torneiras dos bebedouros e a captação dessa água em um reservatório para ser reutilizada na limpeza da quadra.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 27

Deputado Rafael Silva se reúne com prefeito e Diretoria do Santa Rosa FC Compromisso é para verba de até 300 mil para estádio

Ricardo e Rafael Silva posam uniformizados para foto com a Diretoria do Leão No início desta semana, o Deputa do Estadual Rafael Silva (PSB) esteve na Prefeitura Municipal para conversar com o prefeito sobre alguns projetos para o município de Santa Rosa de Viterbo. Rafael estava acompanhado da esposa, do filho Ricardo Silva, candidato a deputado federal e de assessores. Um dos assuntos tratados durante a reunião foi a liberação de recursos no val or de R$ 500.000,00 para recapeamento das ruas em situação mais precária do bairro Júlio Moretti e nos trechos mais críticos da Vicinal Claudinete Zurlo que liga Santa Rosa ao Distrito Industrial da Fazenda Amália. O recurso está aguardando a aprovação do Governo de SP que deve ocorrer após o período eleitoral. Rafael Silva revelou ao prefeito que irá dar todo apoio para que Santa Rosa seja considerada Município de Interes se Tur ístico, o que reverteria recursos anualmente para serem utilizados exclusivamente nesta área. O Deputado também

informou que está sendo agendada a vinda do novo Gerente Regional da CDHU, Adão Ferreira de Freitas, em Santa Rosa para tratar com o prefeito e vereadores de assuntos em comum sobre mutuár ios e o iní cio da construção do novo Conjunto Habitacional de Santa Rosa de Viterbo. Além disso, o Deputado garantiu ao prefeito que fará a intermediação junto ao Fundo Social de Solidariedade para liberação dos recursos para os projetos “Costurando o Futuro” e “Natal Espetacular”. Por fim, o prefeito solicitou ao Deputado ajuda para a liberação do aditamento junto ao FDE para conclusão final da creche do bairro Dom Bosco. Reforma no e stádio – Da prefeitura o deputado e comitiva foram a uma reunião com a Diretoria do Santa Rosa Futebol Clube e recebeu o pedido para a liberação de verbas para reforma e adequação do estádio no valor de 300 mil reais. “O pres idente do Sa nta Ros a FC é s ério até no

nome (em alusão ao sobrenome do doutor Marc o, presidente do Leão) e como é um velho amigo farei a indicação este ano para que a verba seja liberada no ano que vem”, disse Rafael. O filho de Rafael, Ricardo Silva, reiterou que aquilo não era uma promessa, mas um compromisso. “Faremos a indicação ainda este ano pelo Governo do Estado, pois meu pai é deputado estadual, e se eu for eleito farei ano que vem pelo Governo Federal, mas que fique claro que para vocês receberem esta verba a prefeitura tem que estar em dia com as CNDs”, explicou Silva. O deputado e seu filho posaram para fotos com as c amisas do Leão, que rec eber am de pr esente. “Como bom palme irense gosto de futebol, que é um meio de tirar jovens das ruas e pelo que ouvi o trabalho do Santa Rosa FC é bem sério, tendo inclusive um time de jovens sub-20. Por isso tem meu total apoio no que precisarem”, finalizou Rafael Silva.

SEMANA IMPORTANTE

SRFC confirma Estadual e espera liberação do estádio Segunda fe ira foi o último dia para que o Santa Rosa Futebol Clube pudesse confirmar sua participação no Campeonato Paulista Amador do Estado, organizado pela FPF - Federaçã o Pa ulis ta de Futebol. Sem ainda ter o estádio liberado a Diretoria optou por confirmar a presença, mesmo que tenha que jogar em outro local ou com portões fec hados. Se nã o confirmasse na segunda, a equipe ficaria de fora. Mas a Diretoria acredita que terá seu estádio liberado, pois a prefeitura fez algumas reformas no “campão” e já encaminhou a defesa para que o Juiz possa dar sua decisão. O advogado do Município, Juliano Oliveira, disse estar otimista. “As adequações foram feitas, a FPF aprovou o estádio ano passado e este ano também, e estamos dando em parceria com a Diretoria do SRFC todas as garantias de segurança para os torcedores, por isso acredito na sensibilidade do Juiz para liberar o estádio”, disse Oliveira. O advogado dis se também que há projetos que serão desenvolvidos com o

SRFC para a melhoria do nosso “campão”. “Te mos proj eto de uma pequena arquibancada, re forma dos vesti ários, alambrados, instalações hidráulica e elétrica, poço artesiano, entre outras coisas, em conjunto com a Diretoria que está se empenhando para buscar verbas”, disse. O Pauli sta Amador tem início previsto para 09 de setembro. O sistema de disputa é o mata-mata em todas as fases até a grande

final. O favorito para este ano é o Bandeirante de Brodowski que contratou o técnico e mais cinco jogadores do Corinthians de São Bernardo, campeão do ano passado. O objetivo do Leão é bem mais modesto: passar da primeira fase e o que vier depois é lucro, assim como foi ano passado, quando a equipe ficou em 5º lugar, em uma campanha que surpreendeu a todos.

Futsal estreia com vitória na Copa Record A equipe de futsal do Departamento de Esportes de Santa Rosa estreou com vitória na Copa Record, em jogo realizado na noite de terça-feira (14), frente a equipe de São Simão. Jogando um bom primeiro tempo a equipe saiu na frente depois de um contra-ataque rápido em que Richard tocou para o meio da área e Erivelton chegou batendo para abrir o placar. Adotando uma postura de marcação avançada, Santa Rosa criou várias oportunidades de ampliar o marcador, mas não conseguiu, fechando a primeira etapa em 1x0. No segundo tempo, São Simão veio pra cima, mas era parado pelas boas defesas do goleiro santarrosense Pedro Salim. O gol de empate só saiu depois que o jogador Simonense acertou um belo chute no ângulo de forma indefensável. Faltando 22 segundos para o final, de novo Erivelton, desta vez acertando uma bomba de fora da área, colocou Santa Rosa na frente novamente, dando números finais a partida. O próximo jogo será no dia 29/08 em Cajuru contra os donos da casa.


PÁGINA 28

EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2535 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // FERNANDO VAL PITSCH e TATIANA LOPES TESTA //. Ele, natural de São Paulo, Estado de São Paulo, nascido aos quatorze (14) de abril de um mil novecentos e oitenta e oito (1988), profissão empresário, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Sete de Setembro, 632, Centro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ARTHUR WILSON PITSCH JUNIOR e de dona ROSELY VAL PITSCH. Ela, natural de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e seis (26) de dezembro de um mil novecentos e oitenta e cinco (1985), profissão farmacêutica, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua São Luiz, 107, Centro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de ORLANDO TESTA JUNIOR e de dona VERA LUCIA LOPES TESTA. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2536 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // RODRI GO VICENTE FERREIRA e SÍLVI A JAQUELI NE DE LIMA //. Ele, natural de Cajuru, Estado de São Paulo, nascido aos nove (09) de julho de um mil novecentos e oitenta e um (1981), profissão motorista, estado civil divorciado, domiciliado e residente à Rua Carlos Zerba, 24, Ari Carneiro Barbosa, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ANTÔNIO VICENTE FERREIRA FILHO e de dona HILDA DE FÁTIMA ARRUDA FERREIRA. Ela, natural de Cajuru, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e seis (26) de agosto de um mil novecentos e oitenta e dois (1982), profissão vendedora, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Rua Carlos Zerba, Ari Carneiro Barbosa, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de dona SÍLVIA APARECIDA DE LIMA. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2537 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // RICARDO MORARI SCASSA e BÁRBARA LIGIA DE SOUSA // . Ele, natural de São Simão, Estado de São Paulo, nascido aos quatro (04) de setembro de um mil novecentos e noventa e um (1991), profissão engenheiro mecânico, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Germiniano Queiroz, 204, Centro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de EDIVALDO FERNANDO SCASSA e de dona DEISE LUCÍ MORARI SCASSA. Ela, natural de Cajuru, Estado de São Paulo, nascida aos quatro (04) de setembro de um mil novecentos e noventa e três (1993), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Germiniano Queiroz, 204, Centro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de PAULO CÉSAR DE SOUSA e de dona VANDA BATISTA DE SOUSA. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2538 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // RUAN CESAR LUQUE e JOYCE MARIA LUZ FERREIRA //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos dois (02) de setembro de um mil novecentos e noventa e quatro (1994), profissão serviços gerais, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Caetano Eleutério, 444, Nosso Teto, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de RONALDO CESAR LUQUE e de dona MARTA TEIXEIRA DA SILVA. Ela, natural de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, nascida aos cinco (05) de dezembro de um mil novecentos e noventa e seis (1996), profissão ajudante geral, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Sebastião de Campos, 352, Nosso Teto, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOSUEL FERREIRA e de dona ISABEL CRISTINA DE PAULA LUZ. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2539 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // ODAIR ARAÚJO DE SOUZA e QUELE DIVINO DOS SANTOS //. Ele, natural de Miguel Calmon, Estado da Bahia, nascido aos vinte e um (21) de fevereiro de um mil novecentos e noventa e dois (1992), profissão trabalhador rural, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Américo Moimaz, 202, Luiz Gonzaga, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ADENIL CÂNDIDO DE SOUZA e de dona NECI ARAÚJO DE JESUS. Ela, natural de Entre Rios, Estado da Bahia, nascida aos vinte e sete (27) de maio de um mil novecentos e noventa e três (1993), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Américo Moimaz, 202, Luiz Gonzaga, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de IVANILDO DA CONCEIÇÃO DOS SANTOS e de dona CREMILDA DOS SANTOS DIVINO. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi – Oficial.

FALA NOSSO TETO

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

Praça do Teto: ‘falta cor e vida’, diz moradora

Moradoras reclamam que passam mal por causa de água empossada

Do tempo em que a área foi reservada para propiciar convivência, recreação e lazer aos moradores (há mais ou menos 35 anos) a praça Zuleika de Melo Moura Balbão - praça do Teto, recebeu duas obras (de edificação), um Anfiteatro e recentemente uma Mini Rodoviária que está prestes a entrar em funcionamento. Ajardinamento, zero. Não há um pé de rosa ou qualquer outra flor cultivada na praça. Árvores foram plantadas visivelmente com pouco ou nenhum critério. Na década de 1990 e em 2008 ela foi remodelada e um playground foi instalado, respectivamente pelos prefeitos Omar Nagib e Fernando Gasperini e mais recentemente, ganhou uma Academia ao Ar Livre, na administração Cassinho. Tanto Academia como Playground estão detonados. Os bancos de madeira assentados na praça, salvo engano, na gestão “tampão” do prefeito - Vicente Cintra vice que assumiu após a cassação do então prefeito “Decão”, são os mesmos que outrora, “ouviam” confissões dos apaixonados e os causos dos aposentados, lá na praça da Matriz - puseram bancos novos lá, mandaram os usados para cá. A praça precisa de revitalização com um projeto paisagístico e arquitetônico que a faça cumprir a função à qual foi destinada- propiciar convivência e recreação a todos. Moradoras do bairro, como a auxiliar de produção, Lidiana de Oliveira concordam: -Seria ótimo se tivesse mais cor e vida na “praça do Teto”. É um ótimo espaço com muitas possibilidades. Com certeza seria um cartão postal do nosso bairro, disse ela.

Uma poça d’água localizada entre as vias, Sebastião de Campos e avenida Joaquina Custódia Ribeiro, está incomodando a vizinhança. O motivo, segundo as moradoras - Maria Inês Palmeiro e Rita de Cássia Michelassi Pedro, é um bueiro que não capta adequadamente a água que escorre pela sarjeta. -A água passa do lado e não cai no bueiro, afirmam elas. Uma deformação no asfalto parece ser a causa do problema. A água fica retida ao redor do bueiro e elas reclamam disso: - Ninguém aguenta o mau cheiro da água parada. Estamos passando mal, frisam as mulheres. O transtorno está acarretando outro problema observado por elas: - Estão aparecendo buracos no asfalto, se a Prefeitura não arrumar logo o prejuízo será maior, avisam as moradoras. Elas finalizam fazendo um pedido à Prefeitura - que resolva o problema logo.

Pedras no passeio Segundo moradores das proximidades da praça Zuleika de Melo Moura Balbão, faz cerca de dois meses que a Prefeitura descarregou pedras - tipo calçamento - em um dos passeios (inacabados) da praça. Recentemente a Prefeitura rebaixou a calçada da avenida Joaquina Custódia Ribeiro e rua José Gentil - ambas endereço da praça - para permitir o acesso de veículos para manutenção e apoio a eventos realizados no local. O acesso possibilitou também que viaturas da PM fizessem rondas preventivas ‘dentro’ da praça para coibir possíveis atividades ilícitas. As pedras deixadas no caminho estão impossibilitando esse trabalho.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.164 - 18/08/2018

O Jornalzão, edição 1164  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

O Jornalzão, edição 1164  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement