Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 26/05/2018 - Ano 24 - N.º 1.152 - Semanal - Preço do exemplar R$ 3,00

Carille nas arábias é coisa de santa-rosense

O empresário brasileiro Eduardo Maluf, o empresário saudita Ali Alrammah e o santa-rosense Marcelo Tavares, que participou das negociações que levou o técnico do Corinthians à Arábia

Bola de fogo cruza o céu e estrondo assusta moradores de Santa Rosa Bólido tinha tamanho de uma bola de gude, viajava a mais de 126 mil km/h e não atingiu o solo

Morador de Tambaú morre com suspeita de febre amarela

Saudade de 64 – Apesar da trégua anunciada pelo Governo na última quinta, os protestos dos caminhoneiros prosseguiram por todo o país. No bloqueio que os manifestantes locais faziam ontem, no trevo Antônio Zaac, eles estenderam faixas com a frase “Intervenção Militar” sugerida em áudios gravados por diretores nacionais do movimento, e veiculados pela internet.

Caçambas de entulho poderão custar 150 reais Tomateiro do “seu” Luiz Antônio nasce no cimento

Jogo do SRFC pelas semifinais é adiado por causa da greve

Domingo tem a finalíssima do municipal de futebol


PÁGINA 2

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 3

Bola de fogo cruza o céu e estrondo assusta moradores de Santa Rosa Bólido tinha tamanho de uma bola de gude, viajava a mais de 126 mil km/h e não atingiu o solo Uma grande bola de fogo, que foi vista cruzando o céu de toda a região, provocou grande explosão, às 21h42 de anteontem (24), e e a notícia movimentou as redes sociais. O clarão, seguido do tremor, foi visto e sentido em São Carlos, Araraquara, Ribeirão Preto, Pirassununga, Santa Rita, Santa Rosa e Descalvado. Observatórios da região captaram as imagens de um bólido (bola de fogo (fireball) que finda seu voo visível em um flash terminal luminoso). Os bólidos são fenômenos raros, produzidos por meteoroides de grande tamanho cuja origem pode ser asteroidal ou ainda cometária. O meteoro iniciou sua fase luminosa exatamente às 21:41:54  sobre o município de Descalvado  a 77,1 Km de altitude. Em pouco mais de 2 segundos percorreu 67,9 Km de atmosfera em direção ao oeste até sua explosão final entre Araraquara e Porto Ferreira, a 18,6 Km de altitude. O subtenente PM, Adão Ismael Pereira, estava trabalhando em um posto de gasolina na rodovia ‘Conde’ quando viu o clarão e sentiu o estrondo. “Quase caí da cadeira. Pensei que tinha sido gol do Corinthians e a torcida estava soltando fogos, mas depois percebi que não era”, disse. No Nosso Teto uma mulher saiu da igreja e observou o fenômeno. “Será que Cristo está voltando?”, indagou ao Pastor.   Explicações - A Bramon – Brazilian Meteor Observation Network divulgou uma nota à imprensa e disponibilizou as imagens das câmeras de monitoramento, onde é possível ver a passagem do Bólido (veja nesta página). Leia a nota na íntegra: “As estações da BRAMON RCP1/SP em Nhandeara, a IDS2/MG em Patos de Minas e a BGS1/SP em Jaguariúna registraram diretamente o meteoro / bólido. Outras três estações registram também o clarão gerado pela passagem atmosférica do meteoro, a ACD1/SP em Rio Claro, a OCA3/SP em Bilac e a CAV1/ SP em Batatais. Após a análise inicial, concluímos que o objeto que gerou o meteoro visto em várias cidades do interior de São Paulo, na noite de quinta feira, provavelmente tinha o tamanho de uma bola de gude, um pouco mais de dois centímetros de diâmetro e 20 gramas de massa. Meteoro é o fenômeno luminoso causado pela passagem de um fragmento rochoso em altíssima velocidade pela atmosfera. A atmosfera freia esse fragmento, e converte sua energia cinética em outras formas de energia das quais percebemos apenas uma pequena parte dessa energia na forma de luz. A energia cinética é definida pela fórmula m.v²/2, onde m é a massa e v, a velocidade. Logo, se a energia liberada foi grande, e a massa era pequena, certamente a velocidade do meteoro era bastante alta. De acordo com os dados coletados em nossas estações de monitoramento de meteoros, calculamos a velocidade de entrada em 35,11 Km/s, o que equivale a absurdos 126.396 Km/h.”

Meteorito ainda intriga moradores 50 anos após queda no interior de SP: ‘achava que era um disco voador’ O barulho e o clarão observados no céu ainda estão presentes na memória de quem os testemunhou em 14 de agosto de 1967. Cinque nta e um anos depois, a queda do Meteorito Saulo Gomes ainda intriga moradores da região de Ribeirão Preto (SP), onde seus fra gmentos foram enc ontrados. “Todo mundo pe rguntava o que tinha acontecido, mas ninguém tinha explicação. A maior parte achava que e ra um disco voador, uma bola de fogo, mas ninguém sabia o que era realmente”, afirma Rita de Cássia Puccini, que tinha 13 anos quando vivenciou o fenômeno astr onômico em São Simão (SP). O episódio colocou a cidade até então de 15,5 mil habitantes no noticiário nacional e internacional da

época. Com nome em homenagem ao jornalista que preservou seus três únicos resquícios conhecidos na Terra, o aerólito foi classificado por pesquisadores brasileiros, da Unesp de Rio Claro (SP), e canadenses, de um laboratório de Vancouver, como um condrito ordinário, ou seja, um tipo comum de meteorito, composto pela mesma matéria que deu origem ao sistema solar há 4,5 bilhões de anos. A descoberta da ciência, que somente veio em 2009, foi possível porque Saulo Gomes, jornalista da extinta TV Tupi em São Paulo que cobriu a queda do meteorito em 1967, guardou por quatro décadas as pedras encontradas no estábulo de uma fazenda em Buritizal (SP). Dessas, uma ficou de

recordação. Outra foi doada ao Museu Heinz Ebert, na Unesp de Rio Claro onde a pesquisa foi realizada -, e a terceira foi concedida, há três anos, para o Museu Nacional do Rio de Janeiro, que detém a maior coleção no país de fragmentos espaciais coletados desde o Brasil Império. ‘Bola de fogo’ O fotógrafo aposentado Antônio José Zerbetto dormia quando foi acordado por seu pai, assustado, por volta das 3h40 de 14 de agosto de 1967, em São Simão. “Uma bola de fogo caiu do céu aqui na região”, lembra. Em um grupo formado por quatro pessoas, ele saiu à procura do objeto misterioso em meio ao cerrado característico da re-

gião. “A cidade inteirinha entrou em alvoroço, todo mundo falando, só se falava nisso. Qualquer rodinha que você ia, qualquer lugar, o assunto era esse”, lembra. Foram seis horas de buscas cheias de dúvidas e nenhuma certeza na volta para a cidade. “A gente ouvia falar do clarão e do estrondo que deu. Mas não achamos nada. Achamos uma queimada, olhamos em volta não tinha sinal nenhum de reviravolta no chã o, nada”, cita. O empresário Sérgio Salvador relata que os moradores, com medo e sem saber o que tinha acontecido, chegaram a cogitar a explosão de uma locomotiva. “A cidade ficou em polvorosa , ni nguém s abia o que tinha acontecido. Se era bomba, se tinha caído alguma coisa”, diz.


PÁGINA 4

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018

Greve dos caminhoneiros muda a rotina de Santa Rosa A greve nacional dos caminhoneiros chegou em Santa Rosa na última sexta - fe ir a ( 18) . Entr e a s pautas dos caminhoneiros locais estão a redução do preço do combustível, impostos, pedágio, óleo die se l e a val ori za ç ão da cl ass e. Os caminhoneiros se mobilizaram e organizaram a primeira carreata na segunda (21), mas não teve uma adesão tão alta. Já na quar ta, cerc a de 80% da fr ota dos caminhone ir os da cidade participaram, o que seria cerca de 100 caminhões, segundo um dos organizadores da greve.

Para não atrapalhar o trânsito, a aglomeração foi fei ta no ac ostamento da Rodovia Conde Francisco Matarazzo Júnior, que liga o bairro ‘Nosso Teto’ com o restante da cidade. Ofícios foram enviados com antecedência para PM e o setor de trânsito avisando sobre a manifestação. Um carro de som passou pela cidade durante à tarde convi da ndo a popula çã o. O grupo de c aminhonei ros passou pela Avenida Presidente Vargas, Rio Branc o, São Paul o, r etor nou para Rotatória e finalizou fazendo bloqueio do Trevo de Santa Rosa a Tam-

baú com quei mada de pneus. Durante todo o trajeto aconteceu ‘buzinaço’, os veículos estavam com fai xas ou pi nta dos e m apoio a greve e receberam apoio com buzinas de outros motoristas da cidade que passavam por eles. Um dos pa rti cipa ntes contou que a população está apoiando 100% o movimento. Os restaurante s e outr os muní ci pe s estão levando água e comida para eles. De acordo com e ste me smo partici pante, a gre ve só vai acabar quando o governo aceitar todas as reinvindicações da categoria. (GC)

Aglomeração foi na rodovia “Conde”. O caminhão do dinheiro passou

Caminhão acelera no trevo bloqueado e recebe pedrada A temperatura subiu assim que uma viatura da PM chegou ao trevo de encontro das rodovias Conde e Pe. Donizetti – por volta de 09h35 da manhã de anteontem. Um caminhão baú – carroçaria de alumínio – foi parado pelos caminhoneiros que se manifestavam no local. O motorista tentava seguir pela rodovia

“Conde Mata razzo Jr.”. “Pára, pára, aqui não vai passar”, reagiram os manifestantes. Algumas pequenas fogueiras estavam acesas em diversos pontos à beira das duas rodovias, e uma faixa exibindo os dizeres: “Greve. Intervenção Já. Vamos lutar até o fim”. Para que o motorista do baú aderisse ao movimento, al-

guns desafiaram: “Você é homem ou não é”. E ele argumentou “Eu só vim comprar peças, e já estou indo”. Os â ni mos e sque ntar am um pouco mais. “Esse movi me nto é bom pr a todo mundo” , bra dou um dos manifestantes. Uma fila de veículos pequenos se formou atrás do ponto de bloqueio. (RA)

Acima: momento em que homem atirou pedaço de madeira no furgão

Manifestantes discutiram com motorista que queria passar pelo bloqueio

Policiais dialogaram com manifestantes


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 5

“Por que os Indústrias podem parar, coleta de lixo pode ser ‘Sem Terra’ podem?” prejudicada e mercados ainda tem produtos A Polícia iniciou diálogo com os manifestantes que logo liberaram o furgão. “Por que os Sem Terra bloqueiam estrada e não acontece nada? Porque eles podem, e a gente não”, argumentou um manifestante ao policial. Depois de liberado, o furgão arrancou acelerando. “Ele jogou o caminhão em cima da gente” – denunciou um manifestante justificando um objeto arremeçado que atingiu o furgão. Outro caminhoneiro, cujo veículo carregado de cana estava parado na “Padre Donizetti”, informou. - Tô levando cana pra usina ‘Moreno’, tenho que pegar a rodovia ali. Mas parei para ser solidário com o pessoal. Vem vindo gente da usina para resolver. Outro, que também parou em apoio ao movimento, com o caminhão vazio estacionado no sentido Tambaú, brincou. - A cana vai estragar, hein?! E o primeiro completou. - Ah, antes de estragar a gente fabrica pinga, e bebe!

Fila nos postos de combustíveis Enquanto a manifestação ocorria no trevo, uma fila se formava na Av. Presidente Vargas, num posto de combustíveis da Coopercana (ex-Betinho), e um comerciante vizinho alertava os motoristas da fila sobre o risco de serem multados pela polícia. - Acho que nosso álcool não vai dar até amanhã. Recebemos ontem 35 mil litros. A gasolina já está acabando – disse um dos frentistas em serviço. A empresa Heleno Tur, por falta de diesel em seu depósito, enviou 5 ônibus para abasteceram no posto. (R. A.) A situação ontem, 18h, nos postos de combustíveis locais era a seguinte, segundo seus gerentes e proprietários: Copercana: somente o diesel está normal. Nova Roma: 1.400 diesel S10 nos tanques e só. Titarelli: disponível cerca de 2 mil litros de diesel. Iguatemi: um pouco de diesel que poderia acabar ontem mesmo. Rotatória: Apenas diesel disponível. (RA)

Viatura da PM passando pela fila no posto

As indústrias de Santa Rosa também sentem os efeitos da greve. O Jornalzão ouviu as principais indústrias da cidade. A Chiaperini Industri al , por e xe mpl o, e stá com vários caminhões de entregas parados pelo país tanto nas estradas quanto nos pátios das transportadoras. O produto não chega aos clientes e a matéria prima não chega à fábrica. Se a greve persistir, a e mpre s a pode a té pa ra r por falta de matéria prima. A NIG bri nque dos ta mbé m sente, pois se us caminhões não conseguem fazer a s entregas e estão todos parados. A empresa tem matéria prima para trabalhar por mais 10 dias. A Tate & Lyl e te m matéria prima para trabalhar até a próxima quarta feir a e também pode parar caso não haja abastec imento. Na Arti vi nco nã o conseguimos contato, mas há relatos de que a fábrica parou ao meio dia de ontem por falta de aparas.

A Hel e notur, que transporta funcionários da maioria das empresas locais, garantiu o transporte até s e gunda fe ir a e caso a greve se al ongue, poderá comprometer este serviço. Pre fe itura - Na prefeitura os serviços essenci ais não serã o afetados por enqua nto. Há cortes em s etor es c omo es porte , li mpeza e dos veíc u-

los que assessores usam. Um serviço essencial que pode ser afetado é a coleta de lixo, que já a partir de se gunda fe ira pode rá ter problemas com a falta de c ombustíveis. Abas t e c ime nt o Boa parte dos mercados da cidade tem seus estoques abastecidos para mais alguns dias. Os setores mais pre judic a dos s ão os de carne e hortifrutis vindos do Ceasa.

Marcos Lourenço do Supermercado Solar disse que por enquanto os estoques es tão sa ti sfa tór ios, mas se a greve se prolongar, pode faltar alguns produtos. “Mas te mos que salientar que a greve dos c aminhone ir os é justa e nós damos total apoio a eles”, frisou. (AM)


PÁGINA 6

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018

EDITORIAL

CHICO XAVIER

Justiça “susta” leilão de terras - O leilão de cerca de 250 alqueires de terras dos Matarazzo, denominada gleba de terras Itaipava, que deveria acontecer ontem, foi sustado esta semana pela justiça porque parte da dívida com a Fazenda Estadual foi renegociada.

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Dona Bebé se foi – Faleceu a dona Bebé que tanta gente educou no Teófilo Siqueira. Exemplo de professora, mão e avó. Nossos sentimentos à família de nossa eterna professora. A conta chegou – Dissemos aqui, semana passada, sobre o preço das caçambas. Que poderia ser reajustado. E foi. Problema que se arrasta há anos e que nunca foi encarado pelos nossos governantes. Poderíamos ter um britador e transformar esses entulhos em material apropriado para as estradas rurais, poderíamos ter um Centro de triagem que amenizaria os problemas do lixo, mas não temos. E agora a conta chegou, claro, para o povão pagar. Febre amarela - Quando a febre amarelo chegou perto da gente, com a morte de 3 macacos infectados em matas próximas, demos o alerta. Novamente alertamos, pois a morte chegou em Tambaú, ali pertinho, e que ainda tem mais 3 casos suspeitos. Atenção Saúde, vamos intensificar a vacinação e população, vamos procurar os postos de saúde. O perigo mora ali.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua Condessa Filomena Matarazzo, 58 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP- CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 99164.4623 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo e São simão Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. Reprodução de conteúdo somente com prévia autorização. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

O Conquistador Invencível Sem nos referirmos aos guerreiros e tiranos do Nilo e do Eufrates, outros grandes conquistadores haviam passado, antes d’Ele... Cambises, rei dos persas, à feição de louco, após assassinar o irmão e a esposa, dominou o Egito, incendiando lares, destruindo santuários, trucidando mulheres e crianças, acabando a existência vitimado pela própria agressividade. Alexandre Magno, rei da Macedônia, alçado à História por valoroso comandante da civilização, impôs-se aos trácios, aos gregos, aos sírios, aos judeus, aos egípcios, aos persas, marcando a sua passagem com os sinais da humilhação e da morte, e, ainda moço, veio a perecer, melancolicamente, de febre, na Babilônia. Aníbal, o chefe cartaginês, em seu ódio a Roma, senhoreou terras e populações da Espanha e da Itália, espalhando maldição e miséria, aflições e ruínas, envenenando-se, mais tarde, na Bitínia, para não entregar aos inimigos a própria cabeça. Cipião, o famoso general romano, submeteu a África, emoldurando a sua carreira com o pavor e o sangue dos vencidos, sucumbindo, depois, no exílio da Campânia, entre desesperos e amarguras. Todos passaram, empertigados nos seus carros triunfais, com luzidas armaduras e gritos selvagens de dominação, temidos, odiados, para descerem dos pináculos de triunfo aos vales escuros de cinza e esquecimento. Ele, porém, chega e fica. Seu berço é a manjedoura singela que uma estrela assinala. Não traz carruagens de ouro, nem se serve com baixelas de prata. Não tem exércitos nem palácios. Não possui legionários nem escravos. Não dispõe de alianças com os poderosos da Terra, nem conta com o apoio de juízes do mundo. Ergue, porém, diante de todos, o coração inflamado de amor e chama a si os fracos e os tristes, os pobres e os desamparados, os vencidos e os doentes, os velhos e as crianças... Descortina à inteligência do povo a visão do Reino da Luz, cujas portas devem ser descerradas com as chaves da bondade e do trabalho, do entendimento e do perdão... Caminha para diante, ajudando e servindo, e para que o ódio e a crueldade, a ignorância e a violência não se entronizem nas almas, submete-se, Ele mesmo, ao sacrifício na cruz, legando á Humanidade a revelação da vida eterna sobre o túmulo vazio. Reaviva-se a fé, amplia-se a esperança e a caridade brilha, imorredoura... Desde então, o poder do Invencível Conquistador cresce com os dias... E sempre que o mundo recorda o Rei Divino, descido do trono celestial às palhas da manjedoura, o pensamento humano, por suas forças mais representativas, associa-se aos cânticos das milícias celestiais e acrescenta, deslumbrado: - Glória a ti, ó Cristo! A esperança da Terra te saúda e glorifica para sempre!... Irmão X Página extraída do livro “Estante da Vida” – Psicografia de Chico Xavier.

O mico na boleia A fila enorme, a espera seria longa. Carecia ter paciência - como muitas vezes na vida -, mesmo porque com o tanque vazio não conseguiria voltar para casa ainda naquela noite, como era o meu desejo. Caminhei até o frentista. O precioso líquido daria até chegar minha vez? Tudo indicava que sim. Aproveitei para dar uma espiada ao redor. Eu, um desconhecido no pedaço, distante de minha cidade... entretanto, o círculo de conversas me soava bem familiar: pessoas resmungando da complicada situação criada pela greve dos caminhoneiros. Claro que a discussão se acalorava quando alguém tentava imputar culpas neste ou naquele. Em um país democrático é assim: elegemos quem queremos e depois apontamos o dedo para quem e quando queremos. Além do que, defendemos os que quere mos. Mesmo que corruptos e oportunistas. Pedrinho, um garçom de carreira, dizia que se o Brasil não tivesse cedido aos encantos americanos de fortalecer o transporte rodoviário e abandonar a malha ferroviária, os custos internos seriam bem menores. Talvez hoje não estaríamos tão dependentes das rodas e rodovias. A simplicidade da atendente Maria dos Anjos foi mais longe, contabilizando que caminhoneiros sozinhos não teriam como articular a tamanha façanha de parar um país continental como o Brasil. A bem da verdade, continuava ela, tem sim forças oligárquicas com interesses escusos por trás disso tudo... e que nunca aparecem. Usam da fragilidade e inocência das pessoas. Uma coisa era consenso, que não existe milagre, alguém tem que pagar a conta. Ora pela ineficiência da má gestão do governo, ora pela roubalheira acometida por anos na Petrobras, e que o mico não pode ficar na boleia do caminhoneiro. Quase chegando minha vez, ainda com tempo de ouvir o senhor Antônio, que na sua maturidade não se conformava com o nosso governo omisso, que sim, poderia ter evitado todo esse transtorno e prejuízo. Lembrou até de algumas mentiras contadas na reeleição da ex-presidente Dilma, que omitiu os problemas e pintou um cenário irreal que a nação já passava. Memória boa hein?! Foi lá no “apagão” de 2001. Repetiu e reiterou que não é hora de brigar, que somos irmãos no mesmo Lar, e como tais não nos maltratemos. Aliás, se ajudam e mesmo com rusgas dão-se as mãos na hora da necessidade. Hora essa que se faz agora em nosso País! Não vamos perder combustível caçando culpas e culpados agora. Vamos procurar o entendimento e as soluções que urgem, antes que a situação se agrave ainda mais. Mesmo que funcionem como paliativos e analgésicos por ora, aliviando a dor mas sem curar o mal na raiz, vamos resolver com calma e ponderação, prevenindo para que não haja novamente descuidos. É esse Brasil, de apaga incêndios, é que nós temos que mudar.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

Banda Sinfônica toca sábado no Espaço Mogiana

A Banda Sinfônica de Santa Rosa de Viterbo sob a regência do maestro Maurílio de Oliveira Júnior toca neste sábado, dia 26 de maio, às 08:00 horas no Espaço Mogiana, ao lado da Estação da Cultura. A apresentação da banda, acontece durante a tradicional feira livre e abre a temporada de concertos do ano de 2018. A sinfônica mostra um repertório popular, onde citamos o tema do filme SPIDER-MAN, a canção CROCODILE ROCK de Elton John, e uma seleção de canções do grupo COLDPLAY. A Banda Sinfônica de Santa Rosa de Viterbo no ano passado conquistou o pentacampeonato paulista no Concurso Estadual de Bandas de Música, organizado pela FFABESP – Federação de Fanfarras e Bandas do Estado de São Paulo. O concerto é uma realização é da Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Santa Rosa de Viterbo.

Há vagas para aprender música Há vagas na Escola Municipal de Música “Plácido Bertocco”, para o aprendizado dos seguintes instrumentos musicais: trompete, sax-horn, trompa, trombone, bombardino e tuba. Os interessados devem comparecer na Estação da Cultura, situada na Praça da Bandeira, nº 850, centro, em horário comercial. As aulas são gratuitas e a seleção é realizada pelos primeiros inscritos. Os instrumentos são emprestados aos alunos, que recebem aulas práticas e teóricas. Os horários dos cursos são agendados de acordo com a disponibilidade dos alunos e dos professores. Outras informações pelo fone 3954-1918. Os cursos são mantidos pela Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Santa Rosa de Viterbo.

PÁGINA 11

Caçambas de entulho poderão custar 150 reais A conta do lixão da empresa vai chegar ao bolso da população. Em reunião realizada na quinta feira, entre caçambeiros, prefeitura e pH7, ficou definido que o preço das caçambas será reajustado de 40 para 150 reais, segundo determinação da prefeitura. Isso porque o conteúdo das caçambas deve ser descartado no aterro do calcário da pH7, que cobrará aproximadamente 50 reais por caçamba dos concessionários que exploram o servi-

ço na cidade. O material era des cartado gratui tame nte no pátio da empresa, mas por determinação judicial isso não pode mais ocorrer. O preço definido leva em conta o valor do descarte, da locomoç ão, te mpo gasto, desgaste e o lucro da empresa. Por e nquant o não muda – Apesar da prefeitura ter dito na reunião que a muda nç a oc or r e ri a a partir da próxima segunda feira, a Lei Municipal

2902/05, criada pelo próprio Nando Gasperini em 2005, diz que os ca çambeiros devem depositar o e ntul ho e m l oc al dentr o do perímetro urbano, indi c ado pe l o muni c ípi o, que tem a responsabilidade de encaminhar a destinação final. Pelo menos uma das empresas autorizadas diz que continuará a depositar as caçambas na empresa e se houver algum i mpedimento da prefeitura irá acionar na justiça, enquanto a

Lei não for alterada. “O novo formato, com cobrança na faixa de 150 reais por caçamba, só será iniciado com a mudança da Lei”, disse. Vale lembrar que na semana passada o Juiz Alexandre Cesar Ribeiro determinou que a empresa não pode receber mais nenhum tipo de resíduo, dando ao município quatr o me ses para deixar o pátio da empresa limpo. Essa novela promete nos próximos capítulos.

Prefeitura constrói ‘piscinões’ para evitar alagamento de rodovia A Prefeitura começou, há cerca de 20 dias, construir piscinões no espaço entre a rua Ângelo Sordi e a rodovia Conde F. Matarazzo Jr., com objetivo de evitar alagamentos na pista desta. Eles ficam nos pontos mais baixos do trecho, para reterem água de chuva que vem do Jd. Nova Roma. - A rede de escoamento não dá conta e a água, às vezes, acaba alagando a rodovia. Com os piscinões, ela ficará retida até o nível da tubulação que atravessa a pista – disse um funcionário. Segundo o mesmo, a obra está sendo elaborada por funcionários municipais, e não tem tempo determinado para acabar.

Máquina retirando terra do piscinão


PÁGINA 12

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

Candidatos eleitos na Escola Maurílio tomam posse e conhecem gabinete do prefeito Os candida tos ele itos a prefeito, vice e ver eadores do Projeto Eleições e Cidadania da Escola Maurílio de Olive ira foram empossados nesta terça-feira (22). A cerimônia aconteceu na Câmara Municipal e contou com a presença do Prefeito Luís Fernando Gasperini, do vice-prefeito Renato Palma Rocha Jr. e dos vereadores Francisco Justino Mota Neto, Aparecida Estevam, Fabíula Moura, Roberta Andrade, Fabrício Luiz, Mário Marco Titarelli e Marcos Neri. Os alunos receberam seus diplomas, sentaram nas cadeiras dos vereadores e ainda fizeram discurso de posse. Foram eleitos no período da manhã como prefeita a aluna Ana Júlia e Mateus, como vice. Já no período da tarde, os eleitos foram Maria Eduarda (prefeita) e Murilo (vice). Além deles, foram eleitos 11 vereadores em cada período. Após a cerimônia de posse, os alunos foram conhecer o gabinete do prefeito, na sede administrativa da Prefeitura Municipal. No local, ficaram encantados com as fotos de todos os ex-prefeitos da cidade.

PÁGINA 13

Tomateiro do “seu” Luiz Antônio nasce no cimento Há doi s me ses , Luiz Antônio de Lima, 56, estava limpando sua casa e encontrou uma mudinha de tomate, até aí, tudo normal, porém, o pezinho estava nascendo de uma pequena fresta, no chão de cimento, ao lado de um poste de força. “Já vi muita coisa na minha vida, mas um tomate crescendo sem terra e sem ninguém ter plantado, é a primeira vez”, diz. “Trabalhei em roça, no plantio de tomate, mas nunca tinha presenci ado nestas c ondi ções ,” complementa. Pelo fato da fruta ser muito delicada e de difícil de cuidar, Luiz achou que logo morreria e deixou o pezinho a sua própria sorte. Para sua surpresa, a rama foi crescendo e ganhando cada vez mais espaço pelo muro. Ainda surpreso com o que estava presenciando, Luiz amarrou os galhos na parede para que os tomates não caíssem e quebrassem os galhos. Hoje, o tomateiro tem cerca de 2,30m e não para de crescer. Têm pelo menos trinta tomates verdes, fora os que já foram colhidos e comidos por Luiz, que garante que o sabor é o mesmo, e ainda está longe de agrotóxicos. E ainda tem muito brotinho se formando. “Todo mundo que chega aqui fica espantado, tentando entender com que esse tomateiro nasceu aqui”.

João Negrinho recebe uma visita peculiar na sua casa

3954 3371 - 3954 6920

Desde segunda-feira, João de Oliveira, 90, mais conhecido com João Negrinho, está com uma visita peculiar no seu quintal, que chegou sem pedir licença e por lá foi ficando. Ele encontrou um abrigo de baixo de algumas madeiras de construção e lona preta. Morador da Rua do Comércio há 64 anos, João Negrinho diz que já viu muita coisa por lá, inclusive bastante cobras, e por medo desta, decidiu ver o que estava vivendo nos fundos da sua casa, mas apenas na quintafeira. Quando pegou a lona, achou que seria muito pesado para ser uma serpente e finalmente descobriu o que era: Um gambá. O animal tinha no mínimo, 30 cm, segundo as contas de João Negrinho. O motivo do bicho ter se alojado ali o intriga, pois não tem galinha e as e frutas não estão maduras, por isso especula dois motivos. “Pode ser uma fêmea querendo dar cria, pois está muito pesada, ou está escondendo do frio”, e garante que o animal não está machucado. A família de João acionou a prefeitura para fazer a retirada do gambá, porém, caso não apareçam, o aposentado disse, enquanto não o tirarem de lá, vai deixar seu hóspede ficar por lá mais um tempinho.


PÁGINA 14

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018

CONTABILIDADE E ERA DA REVOLUÇÃO DIGITAL por Angelo Eduardo Monici Pesquisa no setor contábil revelou, que o perfil do setor contábil no Brasil, em média, 8% do faturamento são investido em tecnologia. A OSA Contabilidade, vivenciando todas essas mudanças tecnológicas e preocupada com o futuro de seus clientes, esta em constante busca para essas transformações vindas da digitalização, dos sistemas e, dos avanços como big data, robotização e inteligência artificial. O foco do nosso escritório hoje é a automatização de processos que são repetitivos, sendo que a atuação intelectual do profissional dar-se-á na execução de tarefas que requerem avaliações e julgamentos. Estamos agregando, a nossa prestação de serviço que limitava-se como executor de operações e balanços contábeis, um perfil mais próximo do conselheiro e — por que não como Gestor. Em artigo recém publicado no The CPA Journal, editado pela Associação de Contadores do Estado de Nova York, uma das principais faculdades de negócios dos EUA observou que o mundo da contabilidade e auditoria está mudando muito rapidamente e cada vez mais em busca da TI. Essa tecnologia transforma nossos trabalhos, propiciando o processamento de grande quantidade de dados úteis, numa rapidez impressionante e trazendo com isso uma série de obrigações acessórias. Nossos clientes tem um papel fundamento para todas essas mudanças tecnológicas. O cliente OSA será treinado e orientado pra toda essa transformação e mudança de comportamento no sentido de entenderem e aceitarem todas essas mudanças, quebraremos paradigmas. Estamos diante de um fenômeno real, num cenário no qual nós contadores precisaremos avançar muito, modernizando procedimentos. Nesse contexto e em meio dessa movimentação toda, há algo que precede a tecnologia: a inteligência profissional, que abrange o conhecimento acadêmico e prático, a experiência, o discernimento, a capacidade de análise, o bom senso e, não menos importante, a ética profissional. A OSA Contabilidade vivendo toda essa transformação tecnológica, investe cada vez mais em sistemas e em treinamentos à seus colaboradores na busca interminável do conhecimento.

Milton Nascimento e Santa Rosa – O cantor e compositor Milton Nascimento mencionou o nome da cidade neste recado que enviou ao deputado Chico Alencar, saudando o concurso literário promovido pela Prefeitura local. A entrega dos prêmios está marcada para as 08h30 do próximo dia 7 de julho, em frente ao Centro Cultural, durante a feira livre. As inscrições – para quem quiser concorrer – estarão abertas de 04 a 22 de julho. Chico Alencar, como sempre, estará presente à solenidade de entrega.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 15

DARCI ROCHA

Salão comercial Centro próx. biblioteca, com 50m2, terreno 250m2 ................................................... R$ 150 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................................... .... R$ 115 mil Casa nova no Ari carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................... R$ 120 mil Apto. Ribeirão 69 m2, com 2 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, armários, próx. Catedral ..... R$ 300 mil Avenida Jd. das Flores 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia, despensa, área churras com garagem .............. R$ 285 mil Jardim Aquarius 4 terrenos juntos ................................................................................................ R$ 320 mil Dom Bosco nova, 3 dorm, sala, coz, wc social, piso porcelanato, murado, portao, quintal parte ciment. .... R$ 200 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz, murada ............................................................................................ R$ 115 mil Próximo a Capela esquina, 2 dorm, sala, copa, coz, despensa, wc, mais edícula ind, com quarto sala coz .. R$ 380 mil Vila Mendes 2 dorm, sala, cozinha, precisa de boa reforma, terreno amplo ............................................... R$ 65 mil Cohab 3 - 2 dorm, sala, coz, área serviço coberta mais despensa ampla .................................................. R$ 115 mil Casa centro próx. Grick e Matriz, 2 dorm, sala, copa, coz, varanda, lavanderia, terreno amplo. ót. local .... R$ 200 mil Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem ................................................................................................. R$ 120 mil Itamaraty 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia e edicula no fundo ............................................ R$ 180 mil Casa Centro ao lado Banco do Brasil, 2 dorm, sala, coz, terreno 176m2 ............................................... R$ 270 mil Dom Bosco 3 dorm, garagem 2 carro, área no fundo, murada ................................................................... R$ 200 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão .......................... R$ 270 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ...................................................... R$ 190 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2 ............ R$ 1.500.000,00 ac. proposta Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ........................ R$ 230 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real ............................................................... R$ 180 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ..................... R$ 450 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 ............................. R$ 350 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc saociais, terreno 600 m2 ................... R$ 400 mil Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de 676 m2R$ 900 mil Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ........................................................... R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia ................................................ R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc .............................................. R$ 240 mil Salão comercial esquina, antigo HSBC, 220m2, terreno de 330m2, oportunidade única ........................ R$ 280 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. ..................... R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor Salão comercial ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha ................................................ R$ 250 mil Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ............................... R$ 350 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavand, área churras, esq .............................. R$ 380 mil

2 terrenos Nova Roma, av Nicolas Yasbeck, med. 20x50 ou seja, mil metros cada um, murado ...... R$ 250 mil cada 2 terrenos juntos Jd. Itamaraty 2 com 230m2 cada ................................................................ R$ 60 mil cada um Terreno amplo 3800m2, ótimo local para área de lazer, com pequena represa .................................... R$ 250 mil Jd. Aquarius 10x25 .................................................................................................... ................. R$ 42 mil Centro com cerca de 1.200m2, todo murado (aceito casa na troca) .................................................... R$ 450 mil Terreno de frente a praça Matriz 1375 m2, ao lado e fundo da caixa Federal ................... R$ 200 mil Jd. Bela Vista .................................................................................................... ........ R$ 13 mil + prestação Terreno Ari Carneiro 200m2 ......................................................... entrada de 18 mil + parcelas de R$ 442,00 Nova Roma ótima localização, próximo à ciclovia, med 13x25 (325m2), murado, plano ..................... R$ 100 mil Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, ....................................................... R$ consulte-nos Terreno Canaã, quitado, 10x25, ótima localização .......................................................................... R$ 60 mil Terreno AV São Paulo esquina com 200m2 de frente ao centro cultural ............................................ R$ 190 mil Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

OITO TERRENOS JUNTOS Próximo ao cruzeiro, no final da avenida do Bosque. Planos, medindo 8x20, ou seja, 160m2, cada um com toda infraestrutura. R$ 40 mil cada.

Jd Aquarius 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, garagem (próx rodoviária) ......................... R$ 200 mil Nova Roma 114 m2, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem e port. 153 m2 de terreno ......... R$ 160 mil Cohab 3 esquina, 3 dorm, 2 salas, copa, coz, área lazer, garagem + edícula ............................................. R$ 220 mil Filtro 3 dorm, sendo 1 suite e closet, sala, copa, coz, garagem, portão, ................................................... R$ 220 mil Cohab 4 esquina, 2 dorm, sala, coz, garagem ....................................................................................... R$ 90 mil Casa Jardim do Sol (esquina) 02 dorm, sala, cozinha, murada..................................................................................R$ 180 mil Jd. das Flores 2 dorm, sala, coz, wc, salão de jogos, garagem 4 carros, piscina ....................................... R$ 320 mil Rua Prudente de Morais 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia e garagem ................................................. R$ 210 mil Centro seminova, de frente ao antigo correio, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, area churras ..... R$ 250 mil Nova Roma 2 dorm, sala, coz, area serviço, murada e portão ................................................................ R$ 200 mil Avenida Fiuta 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia ................................................................... R$ 180 mil Morumbi velho 275 m2 de const. 2 terr. med. 663 m2, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, ed. fundo . R$ 590 mil Casa com sobrado e salão comercial Nosso Teto, esquina próxima ao Nota 10 .................................... R$ 160 mil Nova Roma, esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavand, área churras, garagem, amplo terreno ......... R$ 250 mil Casa Primavera 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, gar. terreno 400m .................................. R$ 230 mil Av. Fiuta 2 dorm, sala, coz, copa, lavanderia, garagem, murada, quintal cimentado, portão, perto Solar ....... R$ 220 mil CasaItamaraty, 3 dorm, copa, sala, coz, garagem, quintal cimentado, portão (terreno 12x25) ..................... R$ 200 mil Salão comercial Ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha ................................................. R$ 250 mil Casa Centro róximo ao HSBC, com 353,94m2 const, acabamento de 1ª, terr. 1.045m2, murado, portões ... R$ 700 mil Nova Roma 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem, construída em 2 terrenos ............................ R$ 400 mil Nova Roma 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, garagem, ótimo acabamento ...................................... R$ 230 mil Jd. do Sol 2 dorm, sala, coz, área de lazer, terreno 10x38,5 ................................................................... R$ 190 mil Cohab1 esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, garagem, área serviço ................................................ R$ 100 mil Próx. praça Fuim (avenida) 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, alpendre, terreno 10x30 ............................ R$ 260 mil Rua do Comércio 2 dorm, sala, cozinha, amplo terreno ....................................................................... R$ 350 mil Cohab 1 esquina, com 3 dorm, sendo 1 suite, sala estar, sala TV, cozinha, garagem, varanda. ót local ......... R$ 135 mil Nova Roma 184m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, área serv + edicula (2 terr.) ............................ R$ 420 mil Sobrado Nosso Teto com 3 aluguéis ................................................................................................. R$ 120 mil Barracão com edícula Julio Moretti ................................................................................... R$ 180 mil ac. troca Barracão próx. avenida Pres. Vargas, atrás do Vergínio melloni ........................................................... R$ 220 mil Casa Nova Luiz Gonzaga, 2 dorm, sala, coz ....................................................................................... R$ 125 mil Edícula Luiz Gonzaga 1 dorm, sala, coz, varannda e lavanderia ........................................................... R$ 100 mil Edícula Ari Carneiro 1 dorm, sala, coz, lavanderia, murada, portão eletr., próx a quadra .......... R$ 50 mil + prestação Centro próx. Gricki, 2 dorm, sala, copa, coz, área serviço, garagem ........................................................ R$ 210 mil

Chácara fundo Cohab 1 1.100m2, com casa de 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, despensa, área de lazer com currasqueira, pomar ............................................................................................... R$ 450 mil Chácara jd Aquarius 2mil m2, amplo salão de festas, coz, wc, piscina, arborizada, murada, energia e água Sabesp ..................................................................................................................................... R$ 560 mil Sítio 20 mil m2 Módulo rural, ótima localização, próximo a Nhumirim a 600 m do asfalto. Consulte-nos 1 alqueire dentro da cidade, ót. locl para loteamento ................................................................ R$ 650 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 180 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ............................................................................... R$ 160 mil Sítio 16 alqueires (sem benfeitorias) forma de pagamento à combinar ............................... R$ 1.100.000,00 Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

CASA JD. PRIMAVERA

CASA NOVA ROMA

TERRENO JD AQUARIUS

2 dorm, sala, coz, banheiro, lavand, garagem, murada, quintal cimentado, portão eletr, com financiamento. R$ 110 mil

180m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, nos fundos 1 dorm, lavanderia e área de churrasco. garagem para 4 carros, murada, quintal cimentado, portão eletr., pintura nova, terreno 12x25 9300m2) R$ 290 mil

plano, med. 5 x 25, ou seja, 125m2, estrutura ok, oportunidade única imperdível. R$ 23.500,00

CASA NOSSO TETO 3 dorm, sala, coz, reformada, murada, piso e forro PVC. Aceito carro ou financiamento. R$ 95 mil


PÁGINA 16

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

Dener é atração na finalíssima do Municipal de Futebol

PÁGINA 19

Carille nas arábias é coisa de santa-rosense Grande imprensa noticiou, mas Marcelo Tavares, o “Cileno”, não aceitou fazer parte da Comissão Técnica do ex-corintiano

O atacante em ação no sub-17 do Botafogo A mãe do atacante Dener, 16 anos, confirmou a presença do jogador na finalíssima do Campeonato Municipal de Futebol, marcada para as 09h30 de amanhã, no ‘Campão’, na qual seu time, ‘Neris’ enfrenta o ‘Leões’. - Eu acho que ele não deveria jogar, mas fazer o que, ele quer! – ponderou Robertha Venâncio. Dener Augusto Venâncio defende o Botafogo de Ribeirão na Copa Paulista de Futebol Sub-17. Lá seu nome é Dener dos Santos’. O Jornalzão noticiou, em fevereiro de 2014, que o garoto foi aprovado em ‘peneira’ feita na cidade pelo ex- goleiro Doni. Como tinha apenas 12 anos na época, precisaria esperar mais dois para se alojar na base do São Paulo FC da capital. Por esta razão o empresário prometeu colocá-lo em experiência no Botafogo. - Nada disso aconteceu – conta a mãe de Dener –, com o Doni não deu nada certo.

Novo empresário alentou sua carreira No final do ano passado apareceu Matheus Tavares (empresário de futebol, descobridor do talento do garoto) que retomou a representação e o conduziu para Ribeirão. Antes, levou-o para testes no Atlético de Goiás e Curitiba. - Era pra ter ido também para Belo Horizonte, mas o Dener me disse que longe de casa não quer ir – ressalta sua mãe. Problemas familiares, na época, desanimaram o jogador que ficou sem jogar até o fim de 2017 quando reatou com seu empresário original, e retomou a carreira. Na entrevista que deu para o Jornalzão, Dener esperava jogar na Itália, conforme lhe prometera o empresário Doni.

Jogo do Leão adiado Depois de um empate sofrido no último domingo contra São Simão, o Santa Rosa Fc jogaria amanhã em Brodowski pelas semifinais do campeonato amador, mas o jogo foi adiado devido a greve dos caminhoneiros, que deixou vazios os tanques dos ônibus da cidade, impossibilitando a viagem.

A ida do técnico do Corinthians Fábio Carille para a Arábia Saudita te m um de do do santa- rose nse Marc e lo Tavare s, 37 anos , que fe z carre ira jogando futebol e m paí s e s do O rie nt e Médio. Marc e lo Tavare s , c onhe c ido e m Sant a Rosa por “Cile no”, falou c om e xc lus ividade ao Jornalz ão, e e le contou e m de talhe s como foram as ne gociaçõe s. Me lhore s ligas do mundo - O Presidente da Autoridade Esportiva Geral e do Comitê Olímpico da Arábia Saudita, o ministro Turki bin Abdulmohsen Al-Sheikh é o homem-forte do futebol no país. Ele cha mou Tavares e o empre sári o Eduardo Mal uf, par a a ca s a de le (ne sta época ele estava na Arábia Saudita tratando de negóc ios pa r ti c ul a r es ) e c onfi de nc iou que que r transformar a Liga de Fute bol da Ará bia em uma da s 10 maiores do mundo. E para isso, além de i nves ti me ntos pe s ados , vai aumentar a cota de estra nge ir os por cl ube de três para sete. Troc a de t ime de Carille – Nesta conversa, o Ministro disse a Tavares que não quer ia o técnico Fábio Carille no Al-Hilal e sim no Al-Wehda e pediu que Tavares intermediasse as negoci ações . “Ele me pediu informações sobre o Carille e dei as melhores possíveis”, disse. Segundo Tavares, Carille e ele

Cileno (esq) jogou por 10 anos nas arábias são amigos, fizeram o curso de técnico na CBF juntos . “E somos da me sma região, ele de Sertãozinho e eu de Santa Rosa”, disse. Depois desta reunião com o Ministro, Maluf fez a intermediação junto com o Paulo Pitombeira, que é o empresário do Carille. “ Conve r se i c om o Fábio, expliquei como são as coisas na Arábia e o negóc io a cabou acontec endo”, disse. Convite para faz e r parte – Na entrevista de Fábi o Car il l e a o s ite gl oboes porte .c om, o e xté cnic o cori ntia no dis se que Marcelo Tavares faria parte de sua comissão técnica, mas o santa-rosense di ss e que nã o ac ei tou o convite. “Não seria ético de minha parte aceitar, pois fi z parte da negoci açã o. Poderia soar como se eu

estivesse negociando para a rr uma r um ca r go pr a mim”, explicou. Ele disse que logo depois da entrevista Carille ligou e disse que citou seu nome na entrevista. “Ele até me pediu de sc ulpas por ci tar meu nome, mas expliquei a ele a situação e ele compreendeu”. Ve m mais por aí – Tavares confidenciou que os árabes vão investir pesado em cima de jogadores brasileiros. “Pode esperar que vem mais coisa por estes dias, mais jogadores brasileiros vão assinar com time s de lá” . O repórter do Jornalzão, cor intia no, pe di u que ne nhum jogador cor intia no fosse ne goc ia do, pr inc ipal mente Rodri gui nho. “Olha, não dá pra falar em nomes, mas pode esperar mai s ge nte i ndo embora, porque quando a proposta

vem é muito dinheiro e o jogador vai”, disse. Carre ira nas arábias – O santa-rosense Marcelo Tavares “Cileno” é filho do Carlinhos do Fórum e da professora e Diretora Maria José. Ele tem um irmão, Matheus, que empresaria jogadores. Na Arábia ele casou-se com uma jornalista francesa, hoje repórter corre spondente de uma emissora esportiva do Qatar. Ta va re s s oma ma is de 10 anos de experiência na Arábia Saudita e no Qatar. O ex-zagueiro jogou no Al-Hilal de 2004- 2008, no Al-Rayyan de 2008-2010, no Al- Sha ba b de 20102012 ( sauditas) e no AlSailiya de 2012- 2014 (qatarianos). No Brasil ele jogou em gra ndes e quipes como Avaí e Cruzeiro. Atualmente ele mora no Rio de Janeiro.


PÁGINA 20

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018

EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2507 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // ANTONIO CARLOS FRANCISCO SIMÃO e VIVIANE RAQUEL CAMARGO //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos dezessete (17) de agosto de um mil novecentos e oitenta e quatro (1984), profissão jardineiro, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Estância 2 A, Zona Rural, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ANTONIO DELFINO SIMÃO e de dona SOLANGE FRANCISCO SIMÃO. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos vinte (20) de outubro de um mil novecentos e oitenta e nove (1989), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Estância 2 A, Zona Rural, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de dona VALDIRENE CRISTINA CAMARGO. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi – Oficial.

Câmara Municipal de Santa Rosa de Viterbo

EDITAL DE CONVOCAÇÃO  A ASSOCIAÇÃO DOS PRODUTORES RURAIS DE SANTA ROSA DE VITERBO /SP, com sede na Avenida Presidente Vargas nº 01, (casa da lavoura), inscrita no cnpj sob nº 07.288.184/0001-86, através de seu Diretor Presidente infra assinado, CONVOCA todos os seus associados em condições de votarem, para participarem de uma ASSEMBLÉIA GERAL, que será realizada no dia 06.06.18, as 17,30 horas em primeira convocação, 18,30 horas em segunda convocação e as 19,30 horas em terceira convocação, para deliberarem sobre a seguinte pauta:   a) Eleição e posse da nova diretoria e conselho fiscal para o biênio 2.018/2.020 b) Outros assuntos pertinentes   A Assembléia será realizada na sede da Associação, situada na Avenida Presidente Vargas nº 01, bairro Jardim Boa Vista, Santa Rosa de Viterbo /sp. (cada da lavoura) Santa Rosa de Viterbo /sp, 24 de junho de 2.018. Argemiro Donizete Caetano Diretor Presidente


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 21

Auto desafio é a novidade do ‘Dia do Desafio’ 2018 O Lançamento da 24º ‘Dia do Desafio’ aconteceu na manhã da última quartafeira (23), no Centro Cultural. O evento esportivo acontece apenas na próxima quarta-feira (30). A reunião contou com a presença de representantes da educação e foi presidida pelo diretor de esporte Rominho. Que explicou que o formato do evento mudou. A partir deste ano, será um Desafio Trienal – 2018 a 2020. Com o objetivo de proporcionar uma participação mais qualificada, serão sorteadas duplas de cidades que se tornarão competidoras e parceiras por três anos. O resultado irá contemplar tanto os números conquistados por cada cidade, como a somatória de seus esforços. Porém, tem outra modalidade: O auto desafio. No qual o município precisa superar a participação do ano anteri-

or, e foi esta opção escolhida por Santa Rosa. A cidade teve uma participação de 27% dos munícipes no ano passado, e a intenção é passar este número. Qualquer mor ador da cida de pode participar basta tirar uma foto praticando algum esporte com a hashtag #diadodesa fios rv, pos tar em qualquer rede social e informar o número de pessoas que estão participando juntos. Programação - A partir das 8h, haverá atividades nas empresas e prédios públicos, com apoio dos professores de educação física do setor de esporte s. Começam também os exercícios nas escolas, coordenadas pelos professores das próprias unidades escolares: Bosque Municipal, praça do Estrela Azul, Espaço Mogiana, Ginásio de Esportes, academia ao ar livre da Co-

hab 3, praça Zuleika Balbão e a praça em frente ao Salustiano A partir das 14h, retornam as atividades, desta vez na praça do Estrela Azul, com apoio da equipe do Departamento de Esportes. Terá tênis de Mesa, dominó, Damas e Xadrez, basquete de trios, vôlei de areia, futsal, passeio ciclístico e caminhada.

Desfile e concurso literário garantidos Mei re, dire tora de Educação e Clélia, da Cultura, confirmaram que Santa Rosa terá o desfile do dia da cidade, no dia 2, tendo com o tema a música, porém ainda não foi definido horário e nem local. O Concurso Cultural Chico Alencar, já foi confirmado para este ano e também abordará a música.

Morador de Tambaú morre com suspeita de febre amarela Mais três casos são suspeitos na cidade Um morador de Tambaú (SP), de 53 anos (ele faria 54 anos anteontem), morreu com suspeita de febre amarela na quarta-feira (23). A cidade descobriu no início de abril três casos confirmados da doença em macacos, que foram encontrados mortos. A vítima morava na zona rural de Tambaú. De acordo com informações da Coordenadoria de Saúde, o caso era grave e o paciente estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Outros três casos suspeitos estão sendo investigados na cidade. Segundo a prefeitura, os pacientes estão realizando exames de acompanhamento e passam bem. A orientação é que as pessoas que ainda não foram vacinadas devem procurar o Posto de Saúde mais próximo para ser imunizado. De acordo com a prefeitura, nas últimas semanas foram realizados mutirões de vacinação na área rural e cerca de 60 famílias foram imunizadas. (G1)

NA PRÓXIMA SEMANA O JORNALZÃO CIRCULA NORMALMENTE NO SÁBADO, 02/06


PÁGINA 22

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018

PROSEANDO

CANTINHO DO EDU

Por Zé Pretinho

Eduarco Alves

A Boléia Nos meus tempos de estrada levei cargas nesse país de norte a sul, e no aconchego da boléia as lembranças e as histórias inesquecíveis... No piloto do Ford 29, FNM cara larga, o cara chata e o mercedes 2213, por fim a nave espacial comprada com suados trinta anos de trabalho duro nas estradas, dei o mercedão de entrada e voltei suaves sessenta parcelas no carnezinho, tá pago! A nave é a carreta de câmbio automático, moderna, caneluda, no lombo setenta toneladas carrega brincando, a transformação da marcha do progresso no tempo do meu Ford 29 para os dias atuais, que evolução! A carreta é uma empresa familiar, passei ao meu filho como um troféu de um “herói sem valor”. Literalmente cuida mais bem da carreta do que da própria esposa que tanto ama, ela entende os meses fora de casa para sustentar a família, sabe que o marido a ama e cuida bem da família. No meu tempo raramente era assaltado, a não ser o lote de quengas na beira da estrada que limpavam a gibeira de alguns colegas, numa voracidade de piranhas! Eu vuava fora e acelerava pensando nos filhos e na esposa. Dois meses depois de voltar lá da Amazônia, chegava em casa com o bolso cheio, e garantia o celeiro cheio por mais um ano, óleo diesel num preço justo, frete bom, pouco pedágio, não tínhamos que pagar os vinte bilhões que roubaram da Petrobrás, alias nosso, porque a Petrobrás é uma estatal do país. Compensava ser caminhoneiro, profissão que amo! Eu sempre fui um cabra viajado, porém vacinado contra as armadilhas da estrada. Hoje vejo a luta de meu filho na boléia e os milhares de irmãos e irmãs da estrada, transportando as riquezas desse país e tão desvalorizados... Quando é empregado, é explorado e obrigado a voar baixo, trabalhar turnos longos, desgastando a saúde para poder sobreviver. Quando é autônomo, o custo alto para manter seu caminhão ou sua carreta, mecânico, pneus, combustível, pedágios, tudo caro, e o frete barato! Sofrimento nas estradas sem segurança, bagunrança terrível desse país dominado por bandidos! Muitos irmãos não tem a sorte e são mortos nas estradas da vida por bandidos que dominam esse pais! A força e a garra que eu vi essa semana da família de caminhoneiros que parou o país, faz me acreditar novamente na esperança de mudar esse país para melhor! Eu apoio a greve dos caminhoneiros, devemos e temos obrigação de aderir esse grande movimento! Só assim com o povo nas ruas, mostrando sua força e poder, os bandidos vão ser acuados e expulsos do poder! Conclamo toda população a ajudar nossos irmãos caminhoneiros nesses dias de greve! Ajudar e tomar a coragem desses heróis do asfalto, lutando pelos nossos direitos roubados por essa corja de bandidos no poder! Jesus Cristo comprou nossa liberdade na cruz, pagou com seu precioso sangue! E se preciso for pagaremos com nosso sangue a libertação do povo das algemas dos poderosos! PS – Sem caminhão o Brasil para! A mais forte filosofia de para-choque! Tamo junto!

Senhora Razão Absoluta e o Senhor Dúvida.. Com o tempo, sem aprender, fui aprendendo a me prender, e nesse meio tempo de viver o tempo sem tempo perder, me prendi à minha maior paixão, ela, tão certa, tão indubitável, Senhora Razão Absoluta.. Me trouxe aquilo que antes eu não sentia, certezas sobre tudo me fez ser aquilo que antes eu não conseguia ser, correto sobre tudo com ela, me senti totalmente seguro, totalmente inviolável e isso tudo me encadearam sensações de prazeres instantâneos e duráveis sem a necessidade incômoda da mutábilidade.. Mas como toda alegria e sensações positivas acarretadas por algo terá seu inverso.. Existe e sempre nos trombará em qualquer esquina o diferente, o incômodo, o incoveniente à razão plena.. Caminhando, como diário, amiúde, de braços dados à minha plena paixão viva, Razão Absoluta.. Que sempre me trouxe conforto.. Deparamos de frente a um Senhor de idade mais avançada em relação ao tempo e não esperávamos nada mais, além isso.. Ele observando há tempos nosso relacionamento.. Decidiu desta vez encarar nossas faces com um diálogo breve... E ele veio a me dizer que faz 15 anos que ele mora nesta cidade onde habito e que semelhante é o tempo em que trilho todos os dias o mesmo caminho, e pratico as mesmas ações.. E questionou se eu não teria um mínimo de vontade de conhecer novas paisagens, novos recantos.. Respondi que sim, porém não posso deixar minha esposa que a tanto tempo me acompanha e me condiciona uma vida sem perturbações.. Acabei por esquecer, de questionar.. qual seu nome mesmo? - Para você, Senhor Dúvida.. Em seguinte me apresentei, também minha acompanhante.. Ao ouvir o nome do Senhor, minha esposa apresentou uma face desconfortável e tremula algo que nunca tinha visto antes, logo ela, sempre tão certa e tão plena.. Por fim, aceitamos seu convite de sigo-lo ao caminho que iria trilhar com a nossa companhia... Longo caminho e todos sem dizer algo se quer.. Quando chegamos a um lugar totalmente desconhecido mas que se apresentava logo diante nosso olhos diários e nunca arriscamo-nos a conhecer.. O Senhor Dúvida nos engajou com uma única fala.. Sabe este lugar, existem muitos outros tão atraentes e belos a serem maravilhados por pessoas como você.. Porém muitos, trilham o caminho da vida por inteiro sem se desviar dos mesmos trilhos diários, pelo pequeno prazer na certeza e pelo medo que lhe é implantado após longas relações com Sr(as) Razões Absolutas.. Alguns escolhem o divórcio mais cedo e aproveitam o restante do que tem a viver sem conter este compromisso com essas relações.. E outros, mesmo sabendo que a relação não propõe certa dose de felicidade diária deixam a ser escolhidos e passam inercialmente por viver à ver.

CRÔNICA DA SEMANA Daniel Almada O Patriarca - E o Patriarca, o jequitibá-rosa da serra de Santa Rita? Mais de mil anos, quase a idade de Deus, braçada de 30 homens, e alto como a misericórdia. Um ato de resistência plantado no coração da terra, bandeira nua da criação. Quase sobrenatural! O urubu - Já tinha decidido: numa outra vida deixaria o reino dos homens. Seria, sim, um urubu pleno de voos silentes, impávido nos vácuos do ar, absoluto nas asas do vento, sempre 50 metros acima da sombra humana, e com aquele estômago de ferro e aço, em paz com as carcaças da Terra.

IMPRENSA ANTIGA

Ulisses visita o Palacete O presidente nacional do PMDB, deputado Ulisses Guimar ães, visitou Santa Rosa e São Simão. Ulisses veio num pequeno avião alugado que desceu no aeroporto de Amália. Dali, o presidente do PMDB seguiu par a Sa nta Rosa onde, acompanhado por uma caravana de carros, passeou pelas ruas centrais da cidade acenando para o povo. De Santa Rosa, Ulisses foi para São Simão onde falou para cerca de 50 pessoas no Recreasta Clube. De volta a Santa Rosa, almoçou na Churras cari a Le on. Na churrascaria, Ulisses fez um pequeno discurso criticando a eleição indireta para Presidente da República. E, durante o almoço, foi cumprimentado pelo juiz de direito local,Wando Henrique Cardim Filho, que foi seu aluno na Faculdade de Direito do Mackenzie. Antes de retornar a Rio Claro, ele teve um enc ontr o de 10 minutos com Mar ia Pia Matarazzo, no Palacete da Amália, onde estavam também pr esentes o pr efeito Edson Bonacin e o vice-prefeito eleito José Geraldo Lerco Coelho. (Correio do Rio Pardo, 1ª quinzena de dezembro, 1982)


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

Corpus Christi 2.018 A Paróquia de São Judas Tadeu já está empenhada na confecção do tradicional tapete de Corpus Christi, que este ano ocorrerá na quinta-feira, 31 de maio. A partir das 5h da quinta-feira, voluntários se reunirão no salão de festas da Paróquia, localizado na rua José Gentil, para dar início à confecção do tapete, com materiais tais como, serragem e pó de café. Quando estiver pronto, o tapete chegará à praça Zuleika de Melo Moura Balbão, onde será realizada Missa no final da tarde, seguida de procissão, na qual será conduzido o Santíssimo Sacramento, até a Igreja de São Judas Tadeu. A Paróquia convida toda a população para ajudar no trabalho. E pede a quem puder trazer bisnaga colorida. Um café comunitário será servido a todos, às 5h.

FALA NOSSO TETO

por Serginho Gomes

Praga de formigas-cortadeiras está “devorando” a praça do Teto

PÁGINA 27

Quadra de Maia será reinaugurada hoje

Em clima de Copa do Mundo O clima da Copa do Mundo de Futebol que será disputada na Rússia no mês que vem, já contagiou o bairro. Esta semana um comerciante colocou bandeiras verde amarela, num trecho da avenida prof.ª Luíza Garcia Ribeiro. Desde que o técnico Tite assumiu o comando da seleção canarinho, ainda na fase de classificação, a confiança do torcedor voltou após o 7x1 da Alemanha.

Elas são pequeninhas, mas unidas formam um exército poderoso. Uma força temida e respeitada na natureza. Seu ninho chega a ter alguns metros debaixo da terra. Dependendo da espécie, a população pode atingir alguns milhões de indivíduos. Este poderio está concentrado na praça Zuleika de Melo Moura Balbão- praça do Teto- e preocupa os moradores. Na academia ao ar livre da praça, por exemplo, montes de terra solta retirada do subsolo, indicam um dos olheiros. Por todos os lados há trilhos por onde as cortadeiras passam em busca de alimentos. A presença delas na praça está causando desfolha que pode provocar a morte de plantas. Junto a isso há o risco de algum frequentador ser picado por elas.

Na tarde da última quarta-feira (23), o Chefe de Setor de Esportes da Prefeitura, Romes Curi Neto, se reuniu com um grupo de moradores do bairro na Quadra de Maia, anexa ao Centro Comunitário. O grupo é simpatizante desta modalidade esportiva. Conforme foi noticiado pelo Jornalzão, a Quadra passaria por reparos. No momento está quase finalizada, restando alguns detalhes. -O portão já está pronto para ser instalado e vamos fazer os detalhes da pintura, disse o Chefe, ao grupo. As duas pistas de jogo da Quadra foram recuperadas e uma divisória composta de tijolos foi construída para separá-las, de modo que, ao serem lançadas as maias não cruzem de um lado para o outro. Os moradores pediram ainda a Romes Curi Neto, a construção de uma rampa de acesso ao local, e ele se prontificou a construir. Segundo o grupo de moradores, hoje (sábado), a partir das 13h, haverá jogo de reabertura da Quadra de Maia.


PÁGINA 28

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018

REUNIÕES TODAS AS TERÇAS FEIRAS 19h30 às 21h30- Rua José Garcia Duarte, 182, sala 01 Toda primeira reunião do mês é aberta às famílias

APOIO DO JORNALZÃO


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152- 26/05/2018

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.152 - 26/05/2018

O Jornalzão, edição 1152  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

O Jornalzão, edição 1152  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement