Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 14/04/2018 - Ano 24 - N.º 1.146 - Semanal - Preço do exemplar R$ 3,00

Grupo distribui ‘abraço grátis’ no Espaço Mogiana

Por falta de espaço no cemitério, santa-rosense é enterrado em Ribeirão Drone nas alturas - Rogério Monici

“Espaço para lixo é cada vez menor”, revela funcionário municipal

Prefeitura empurra problema há 15 anos e não faz investimento para construção de um novo cemitério

Primavera Tigers é “celeiro” de atletas

Santa Rosa FC goleia Luís Antônio e pega Brodowski fora de casa neste domingo

Robson Bruno supera paraplegia para realizar sonho de ser músico


PÁGINA 2

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

Vinte MEIs da cidade participaram de Feira em Sampa

O grupo no Anhembi. Sebrae patrocinou a viagem Vinte pessoas de Santa Rosa, dividindo ônibus com outras de São Simão, passaram a última terça-feira na capital do Estado, participando da Feira do Empreendedor, a maior da América Latina, direcionada ao MEI (Micro Empreendedor Individual). Eles se misturaram aos pouco mais de 140 mil presentes ao evento que durou de 07 a 10 deste mês, no pavilhão de exposições do Anhembi. A Feira reúne expositores, consultores e representa “excelente oportunidade de fechar novos negócios e se atualizar empresarialmente”, segundo o site da mesma. A viagem foi patrocinada pelo Sebrae. - A Feira representa uma grande vitrine para quem quer fazer contatos, além de oferecer serviços, novos produtos e soluções para melhorar a empresa de quem participa. Acontece anualmente, sendo 4 dias de evento. Este ano foi de 7 à 10 de abril – explicou Carolina Leal de Moraes, agente de atendimento local do órgão.

PÁGINA 3

CEMITÉRIO LOTADO

Santa-rosense é enterrado em Ribeirão por falta de espaço E a novela não acaba nunca. Mais uma vez o cemitério local cheio é assunto. Ontem um santa-rosense teve que ser enterrado em Ribeirão devido à lotação do cemitério. O c orpo de um s enhor foi velado em Santa Rosa e à tarde foi enterrado em Ribe irão Pre to. Uma amiga da família mostrou sua indignação no facebook. A família tentou comprar um espaço, mas também não havia e a solução foi enterrar em Ribeirão Preto. O cemitério está lotado desde o início dos anos 2000 e de lá pra cá, apenas remendos foram feitos para atender a demanda. E a administração atual não pode reclamar, pois Nando enfrentou o problema em duas gestões e nada fez. No início do século há uma declaração de Nando, então prefeito, no Jornalzão, dizendo que “cemitério é prioridade”. Não foi. E pelo jeito hoje também não é, apesar de o terreno estar aprovado desde o final da gestão Cassinho, para tal

O cemitério fica no centro da cidade e não tem mais espaço finalidade, e nenhuma ação concreta foi feita pela atual administração. O que o exe cuti vo aguarda é a liberação da tal da multa da Artivinco, que viabilizará a construção do novo cemitério. Mas e se ela demorar mais 10 anos? E com isso os cidadãos vão se indignando com a morosidade (ou descaso) da administração pública com o

fato. Padre Alex, da paróquia São Judas Tadeu usou as redes sociais para apimentar o caso: “Eu só gostaria de entender algo aqui em Santa Ros a. Crianças nas cendo na sua maioria fora. E os cidadãos falecidos sendo enterrados fora! Que cidade é essa? Ou vai me dizer que está tudo bem , que isso é normal? Acorda gente.” Outro cidadão foi irônico: “O povo tem que entender e parar de morrer daí sana o problema. Parem de morrer.” Gambiarras – E ao longo dos últimos 20 anos várias tentativas foram fei-

3954 3371 - 3954 6920

tas para suprir a demanda, mas tudo com data de validade. Ossário, retirada antecipada de corpos (corpo ainda em decomposição foi retirado). Conversas de que a prefeitura iria estender o cemitério até o parque infa ntil também sur gira m. Mas isso seria impossível, uma vez que o terreno onde está instalado a escolinha pertence a USP – Universidade de São Paulo - e está cedido em c omodato ao município. O terreno ao lado do Montorão é o local escolhido em Audiência Pública. Tem os laudos de aprovação. Mas nenhum investimento do município. Aí fica difícil.


PÁGINA 4

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

DE OLHO NA CIDADE

“Melhorias no fornecime nto” – Quatro caminhões da CPFL deram suporte a uma equipe que passou boa parte do último domingo trabalhando na rede elétrica, em local próximo à estrada municipal “Pedro Titarelli” (fotos). Procurada pelo Jornalzão, a assessoria de imprensa da empresa informou o seguinte: “A CPFL Paulista informa que as obras realizadas na estrada municipal Pedro Titarelli, município de Santa Rosa do Viterbo, tem como objetivo oferecer melhorias no fornecimento de energia elétrica para a cidade”.

OPORTUNIDADE - TERRENO Alto do Morumbi, condomínio fechado.

Tratar com Mara 16 991712838

PÁGINA 5

“Espaço para lixo é cada vez menor”, revela funcionário municipal Um caminhão e uma carregadeira estiveram, anteontem de manhã , re colhendo o lixo da caçamba colocada à disposição, pela Prefeitura, na estrada rural ‘Hani Debs’, que liga a cidade ao bairro de Nhumirim. A carregadeira se justifica pelo costume da população que prefere atirar o lixo em torno da caçamba, não dentro dela. É bem verdade que a quantidade de lixo depositada indica que o mesmo não caberia dentro de uma só caçamba. “A gente tem recolhido perto de 20 toneladas de lixo rural por semana” – calculou um dos funcionári os desl ocados para o serviço. A coleta tem sido feita uma vez por semana nos diversos pontos da zona rura l em que há caçamba. “Mais que isso não dá porque não tem onde colocar; o espaço é cada vez menor lá na empresa”, salientou o mesmo funcionário. A ‘empresa’ é um departamento da Prefeitura localizado na Av. São Paulo. Entre os resíduos levados pela população, da cidade para aquele local, há restos de alimento e até

Vai de tudo para o lixão...

de ofi c i na s me c â nic a s . “Tem coleta de lixo na cidade, mas o pessoal prefer e colocar na caça mba da estrada” – e stranha o funci onári o. Uma carreta da concessionária dos serviços de coleta de lixo urbano tem apanhado o lixo depositado na empresa para transportá-lo ao aterro sanitário, em Guatapará, segundo outro funcionário, que completa: “Mas a quantidade de lixo só aumenta!”

... espalhado ao lado da caçamba vazia


PÁGINA 6

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

EDITORIAL A prefeitura gastou quase 600 mil reais para contratar um avião que fotografou as residências do município para poder aumentar o IPTU. Este serviço poderia ser feito em campo com os próprios funcionários da prefeitura, que passam o dia sentado no ar condicionado sem muita produção. Bastaria um drone, uma foto panorâmica de alta qualidade e os fiscais iriam onde há discrepâncias nas medidas, confrontando pelos carnês. Mas, enfim, gastou-se 600 mil de dinheiro do caixa do município. Com esse dinheiro a cidade já poderia ter iniciado a primeira etapa de um novo cemitério, pelo menos para atender alguns anos da demanda. Iniciada a etapa, aos poucos poderia ir terminando. O povo, que votou e confiou em Nando, por essas e outras, não confia mais. Seu discurso não cola mais e o cidadão bota a boca no trombone. O estilingue virou vidraça e o vidro é daqueles bem finos. Não pode não, senhor pre feito - Uma professora da escola Wolmar, ocupa um cargo de suporte pedagógico, nomeada por portaria pelo prefeito. Pela portaria ela deve cumprir 6 horas diárias de trabalho sendo a responsável da parte pedagógica do Projeto CEMEC, que é uma integração entre Educação e Desenvolvimento Social, no Nosso Teto. Com isso, a professora deixa a sala de aula e cumpre as horas no referido local ganhando como professora. Acontece que de acordo com a LC 61/04, criada pelo próprio prefeito Nando em 2004, a jornada de trabalho do referido cargo de suporte pedagógico é de 8 horas. Faz tempo que a professora deixou a sala de aula, mas a portaria que a designa é de março deste ano. Inclusive em sua ausência, antes de março era um “salseiro” com as crianças de sua sala, pois ou tinham que ser remanejadas para outras salas, ou serventes tinham que cuidar da classe. Com estes arranjos mais a falta de material básico nas escolas para que os professores possam trabalhar (xerox, tinta de impressora, papel...) são os motivos de que, também na Educação, nossa cidade vai de mal a pior. Mas o que vai bem? - Mas tem coisas que vão bem. O setor de cultura, esporte e lazer sempre oferece bons eventos, alternativos e gratuitos. O setor de comunicação social é muito bom. O departamento jurídico, apesar de sobrecarregado, trabalha bem. A Assistência Social parece bem atenta. A Saúde por mais que tente, nunca estará a contento e o Diretor é ciente disso. Em outros setores a coisa caminha graças ao esforço do mal pago servidor municipal de carreira.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua Condessa Filomena Matarazzo, 58 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP- CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 99164.4623 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo e São simão Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. Reprodução de conteúdo somente com prévia autorização. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

CHICO XAVIER Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Código Divino Outrora, os mártires sofreram nos circos para doar ao mundo a Bênção da Revelação. Através de fogueiras e sacrifícios, traçaram um roteiro de luz para o mundo paganizado. Em seguida, quando as trevas da Idade Média consagravam a autocracia do poder, os cristãos livres experimentaram a perseguição, a morte e o anátema para restaurarem a senda luminosa, conferindo à Terra as Luzes da Verdade. Hoje, porém, meus amigos, os seguidores do Mestre Divino, irmanados em torno da cruz redentora, foram chamados à doação da Fraternidade às criaturas. Amparados pela evolução dos códigos que se tocaram das claridades sublimes da Boa Nova, através dos séculos, desfrutam de liberdade relativa para concretizarem a divina missão de que foram cometidos. Antigamente, dolorosa de renunciação era exigida aos companheiros do Mestre Nazareno, de fora para dentro; agora, no entanto, é a luta renovadora do santuário íntimo para o mundo externo. Não é o circo do martírio que se abre na praça pública, nem a fogueira dos autos de fé, instaladas dentro dos povos livres e robustos em nome das confissões religiosas. A atualidade reclama corações consagrados ao Senhor na esfera de si mesmos. A fraternidade constituir-nos-á abençoado clima de trabalho e realização, dentro do Espiritismo Evangélico, ou permaneceremos na mesma expectação inoperante do princípio, quando o material divino da Revelação e da Verdade não encontrava acesso em nossos espíritos irredimidos. Formemos não somente grupos de indagação intelectual ou de crítica nem sempre construtiva, mas, sobretudo, ergamos um templo interior à bondade, porque sem espírito de amor todas as nossas obras falham na base, ameaçadas pela vaga incessante que caracteriza o campo falível das formas transitórias. “Amemo-nos uns aos outros”, segundo a palavra do Mestre que nos reúne, sem desarmonia, sem discussões ruinosas, sem desinteligências destrutivas, sem perda de tempo nos comentários vagos e inoportunos, amparando-nos reciprocamente pelo trabalho, pela tolerância salvadora, pela fé viva e imperecível. Se nos encontramos realmente empenhados no Espiritismo que melhora e regenera, que esclarece e redime, que salva e ilumina, sob a égide de Jesus, recordemos a palavra do Código Divino, para vivê-las na acústica de nossa alma, seguindo o Senhor em Sua exemplificação de sacrifício, de solidariedade e de amor: - “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”; “ninguém irá até o Pai senão por Mim”. Bezerra de Menezes Página extraída do livro “Doutrina e Aplicação” – Psicografia de Chico Xavier.

A elegância A elegância é a eloquência do simples e o ritmo do autêntico. Não busca a aparência, nem foge do romântico, é caminhante do puro que chega antes. O vento que traz a elegância carrega consigo o mais fino aroma, contagia o éter, dele não se enobrece, faz toda a diferença e a arrogância emudece. Do mais forte aço da espada afiada não se arranca a elegância, não se acumula a ela o bárbaro nem o insano. Tampouco a ela pertence o pretenso egocêntrico letrado. Ah! Como inflama a decência da elegância: no movimento; na distância; na inocência. Se irradia e a íris não desvia, se atreve e se sacia. Quem me dera estar nos domínios da elegância, ter dela a confiança e todo medo afugentar... Na indiferença o mundo se afunda, é caustico, não vale a parte. Prefiro a elegância que leva a vida à poesia, que ocupa os vazios do dia-a-dia, ante a demência que inibe a crença, aquela que da alma faz a causa, à sua essência eternizar.

CRÔNICA DA SEMANA Daniel Almada

Onça faminta E lá ia ela com o cabelo azul-turquesa, unhas de onça faminta, mesmo olhar de ontem, segura do tempo e do vento, deslizando feito transatlântico em festa, cruzando a avenida com o amanhã prometido nas mil cores dos sete anéis. Do outro lado, dois olhos jovens, mudos, um revólver. Desejo de tênis e chocolate.

SEMANA ESPÍRITA REGIONAL DE RIBEIRÃO PRETO Em comemoração aos 161 anos do lançamento do “Livro dos Espíritos” em Paris, na França, em 18 de abril de 1857 – data considerada como fundação do Espiritismo – a União das Sociedades Espíritas de Ribeirão Preto, estará promovendo uma comemoração festiva em toda a região. Em Santa Rosa o evento ocorrerá no Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”, Dia 18 às 20h, onde o orador André Zolla fará uma interessante palestra. Todos os interessados estão convidados. Serão sorteados livros de Chico Xavier e coleções das cinco obras básicas da Doutrina Espírita. O evento é aberto ao público.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 11


PÁGINA 12

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PROSEANDO Por Zé Pretinho

Bando de Loko!!! Com muita honra e satisfação imensa! Abrimos alas, jogamos no tapete verde as cores preto e branco, com todas as pompas e circunstâncias, prestamos essa homenagem ao grande e poderoso timão, sempre altaneiro, és do Brasil, o clube mais brasileiro e paulista, 29 vezes campeão que tem respeito pelo “paulistinha” como grande paulistão; Aplausos ao excelentíssimo SC Corinthians Paulista! Bi campeão paulista!!! A humildade dum grande time campeão mundial de respeito internacional, que se faz pequeno, simples e aguerrido, como o povo batalhador que lhe segue fielmente! Hoje o bando de loko passa dos 40 milhões de torcedores no Brasil e milhares mundo afora, como Cristiano Ronaldo em entrevista à uma rádio AM de Portugal, não se declarou Corinthiano, admitiu que quando vê o Corinthians em campo, sente seu coração bater, timão, timão... Disse que se morasse no Brasil jogaria pelo Corinthians, perguntado de novo porque (?) Simplesmente respondeu; Muito se identifica com o timão pela simplicidade, garra na superação, a resiliência na dificuldade, e a determinação para vencer, além da identidade com o povão trabalhador e sofredor, nesse país do jogo bruto, campeão da injustiça social. Povo que acredita e tem esperança dum mundo melhor e menos desigual, lutando até o último minuto, quando Deus dá o apito final no jogo da vida... Outro que passou pela escola Corinthiana e nunca esquece, é Carlitos Tevez, que tem o timão como segunda casa depois do Boca Juniors. A nação fiel não para de crescer. Todo ano nascem milhares de Corinthianos e chegam centenas de novos torcedores que viraram a casaca, antes em outras agremiações desportistas do Brasil, e chegam cantando: - Salve o Corinthians campeão dos campeões, eternamente dentro de nossos corações, salve o Corinthians de tradições e glórias mil, tu és orgulho dos desportistas do Brasil-! É de arrepiar a bagaça ver ex adversários vestindo a camisa do timão e cantando o hino mais bonito do mundo! Os portões da Arena Corinthians sempre estarão abertos para receber os novos lokos na família fiel! Nosso passado é uma bandeira, nosso presente uma lição, figuramos entre os primeiros do nosso esporte bretão! É uma emoção indescritível ser Corinthiano! Nunca menospreze o poderoso timão, não cante vitória antes do apito final... No último minuto, quando ninguém acredita no improvável, só a fiel, entra em campo a força do bando de lokos nas arquibancadas e mundo afora, que mesmo em desvantagem no placar canta incentivando o timão e vem a virada histórica com o grito da fiel, goool! Vai Corinthians! Vai nosso campeão! A taça é nossa! Viva o time do povo! Avante em busca do Bi do Brasileirão! Tinha mais cem linhas de homenagem, o espaço da coluna acabou... PS - A todos os nossos fregueses “desculpa por tudo”, grande abraço Corinthiano, inté mais vê... Para encerrarmos com chave de ouro, grita comigo na mais forte emoção; Vai Corinthians!

PÁGINA 13

Grupo distribui ‘abraço grátis’ no Espaço Mogiana A ideia de formar um grupo que pratica o “abraço grátis” em Santa Rosa surgiu em dezembro do ano passado, quando um amigo de Michelle Pozitano, que mora na Bahia, pediu para trazer a campanha para cá. Após consultar alguns amigos para ajudar amadurecer a ideia, o grupo foi formado e já conta com 12 participantes. O primeiro encontro com o público aconteceu no primeiro sábado de abril (7), na Feira Livre, no Espaço Mogiana, onde permaneceram por duas horas. O grupo estampa sorriso no rosto, usa camisa com os dizeres ‘abraço grátis’ e espalha o amor a todos que estejam dispostos a receber. Na última quinta (12), se reuniram pela segunda vez,

na Feira da Mogiana. Michelle explica que o objetivo é apenas fazer as pessoas se sentirem melhor. “Estamos com uma geração de ‘muita’ te cnol ogia e ‘pouco’ amor. Durante um abraço você não tem ideia das coisas que ouvimos. O abr aço é um exemplo de bondade, de humanismo. As pessoas precisam saber que são importantes, que são especiais!”, explica Michelle. Quer abraçar a causa? - Quem quiser participar, deve ir a um dos eventos com o grupo para ver como funciona a ação e depois compartilhar sua experiência com os outros integrantes, para assim, mostr ar s e te m intere sse em continuar. Caso opte pela

permanência, a pessoa deve arrumar uma camisa branca para fazer a impressão, que custa R$10. Os eventos acontecerão todo primeiro sábado de cada mê s, norma lmente, por ém, em al guns cas os,

acontecerá em dias especiais. Por isso, são feitas reuniões antes, para definir o local e data que serão divulgadas com antecedência na página do facebook ‘Abraço Grátis Santa Rosa de Viterbo - SP’.

Moradores do “Moretti” debatem situação do bairro Os moradores do bairro Jardim Júlio Moretti se reuniram com o diretor de obras, Fábio Sachetto, e os vereadores Fabrício Luiz, Renato França e Aparecida Estevam para fazer solicitações de melhoria para o bairro, na noite da última segundafeira (9). A reunião aconteceu na Rua João Zanella, em frente a casa numero 333, e começou por volta das 19h. Os pedidos foram levados para o prefeito Nando, que já autorizou algumas benfeitorias no local, como: limpeza dos bueiros, operação tapa-buraco em alguns pontos críticos e a troca de lâmpadas nos postes da CPFL, esta última, será a primeira melhoria. Ainda, ficou comprometido, tanto pelo prefeito quanto vereadores, que irão buscar recursos dos governos estadual e federal para o recapeamento asfáltico do bairro. Uma das participantes da reunião fez um agradecimento em uma página do Facebook. “Gostaria de agradecer os 19 participantes, na reunião e deixar o agradecimento dos vereadores e Fábio Sachetto que foram muito atenciosos, tivemos bom proveito e até o incentivo de montar uma associação de bairro, pra ajudar nos problemas do bairro.”


PÁGINA 14

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 19

DARCI ROCHA

Salão comercial Cento próx. biblioteca, com 50m2, terreno 250m2 ..................................................... R$ 150 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................................... .... R$ 115 mil Casa nova no Ari carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................... R$ 120 mil Apto. Ribeirão 69 m2, com 2 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, armários, próx. Catedral ..... R$ 300 mil Avenida Jd. das Flores 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia, despensa, área churras com garagem .............. R$ 285 mil Jardim Aquarius 4 terrenos juntos ................................................................................................ R$ 320 mil Dom Bosco nova, 3 dorm, sala, coz, wc social, piso porcelanato, murado, portao, quintal parte ciment. .... R$ 200 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz, murada ............................................................................................ R$ 115 mil Próximo a Capela esquina, 2 dorm, sala, copa, coz, despensa, wc, mais edícula ind, com quarto sala coz .. R$ 380 mil Vila Mendes 2 dorm, sala, cozinha, precisa de boa reforma, terreno amplo ............................................... R$ 65 mil Cohab 3 - 2 dorm, sala, coz, área serviço coberta mais despensa ampla .................................................. R$ 115 mil Casa centro próx. Grick e Matriz, 2 dorm, sala, copa, coz, varanda, lavanderia, terreno amplo. ót. local .... R$ 200 mil Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem ................................................................................................. R$ 120 mil Itamaraty 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia e edicula no fundo ............................................ R$ 180 mil Casa Centro ao lado Banco do Brasil, 2 dorm, sala, coz, terreno 176m2 ............................................... R$ 270 mil Dom Bosco 3 dorm, garagem 2 carro, área no fundo, murada ................................................................... R$ 200 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão .......................... R$ 270 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ...................................................... R$ 190 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2 ............ R$ 1.500.000,00 ac. proposta Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ........................ R$ 230 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real ............................................................... R$ 180 mil Rua Pestalozzi 3 dorm, sala, coz, garagem, + salão comercial ................................................................. R$ 120 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ..................... R$ 450 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 ............................. R$ 350 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc sociais, terreno 600 m2 ..................... R$ 400 mil Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de 676 m2R$ 900 mil Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ........................................................... R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia ................................................ R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc .............................................. R$ 240 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. ..................... R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor

2 terrenos juntos Jd. Itamaraty 2 com 230m2 cada ................................................................ R$ 60 mil cada um Terreno amplo 3800m2, ótimo local para área de lazer, com pequena represa .................................... R$ 250 mil Jd. Aquarius 10x25 .................................................................................................... ................. R$ 42 mil Centro com cerca de 1.200m2, todo murado (aceito casa na troca) .................................................... R$ 450 mil Terreno de frente a praça Matriz 1375 m2, ao lado e fundo da caixa Federal ................... R$ 200 mil Jd. Bela Vista .................................................................................................... ........ R$ 13 mil + prestação Terreno Ari Carneiro 200m2 ......................................................... entrada de 18 mil + parcelas de R$ 442,00 Nova Roma ótima localização, próximo à ciclovia, med 13x25 (325m2), murado, plano ..................... R$ 100 mil Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, ....................................................... R$ consulte-nos Terreno Canaã, quitado, 10x25, ótima localização .......................................................................... R$ 60 mil Terreno AV São Paulo esquina com 200m2 de frente ao centro cultural ............................................ R$ 190 mil Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ............................... R$ 350 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavand, área churras, esq .............................. R$ 380 mil Jd Aquarius 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, garagem (próx rodoviária) .......................... R$ 200 mil Nova Roma 114 m2, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem e port. 153 m2 de terreno ........ R$ 160 mil Cohab 3 esquina, 3 dorm, 2 salas, copa, coz, área lazer, garagem + edícula ............................................ R$ 220 mil Filtro 3 dorm, sendo 1 suite e closet, sala, copa, coz, garagem, portão, .................................................. R$ 220 mil Cohab 4 esquina, 2 dorm, sala, coz, garagem ....................................................................................... R$ 90 mil Casa Jardim do Sol (esquina) 02 dorm, sala, cozinha, murada..................................................................................R$ 180 mil Jd. das Flores 2 dorm, sala, coz, wc, salão de jogos, garagem 4 carros, piscina ...................................... R$ 320 mil Rua Prudente de Morais 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia e garagem ................................................. R$ 210 mil Centro seminova, de frente ao antigo correio, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, area churras .... R$ 250 mil Nova Roma 2 dorm, sala, coz, area serviço, murada e portão ................................................................ R$ 200 mil Avenida Fiuta 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia .................................................................. R$ 180 mil Morumbi velho 275 m2 de const. 2 terr. med. 663 m2, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, ed. fundo . R$ 590 mil Casa com sobrado e salão comercial Nosso Teto, esquina próxima ao Nota 10 ................................... R$ 160 mil Nova Roma, esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavand, área churras, garagem, amplo terreno ........ R$ 250 mil Casa Primavera 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, gar. terreno 400m ................................. R$ 230 mil Av. Fiuta 2 dorm, sala, coz, copa, lavanderia, garagem, murada, quintal cimentado, portão, perto Solar ...... R$ 220 mil CasaItamaraty, 3 dorm, copa, sala, coz, garagem, quintal cimentado, portão (terreno 12x25) .................... R$ 200 mil Salão comercial Ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha ................................................ R$ 250 mil Casa Centro róximo ao HSBC, com 353,94m2 const, acabamento de 1ª, terr. 1.045m2, murado, portões .... R$ 700 mil Nova Roma 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem, construída em 2 terrenos ............................ R$ 400 mil Nova Roma 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, garagem, ótimo acabamento ..................................... R$ 230 mil Jd. do Sol 2 dorm, sala, coz, área de lazer, terreno 10x38,5 ................................................................... R$ 190 mil Cohab1 esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, garagem, área serviço ............................................... R$ 100 mil Próx. praça Fuim (avenida) 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, alpendre, terreno 10x30 ........................... R$ 260 mil Rua do Comércio 2 dorm, sala, cozinha, amplo terreno ...................................................................... R$ 350 mil Cohab 1 esquina, com 3 dorm, sendo 1 suite, sala estar, sala TV, cozinha, garagem, varanda. ót local ........ R$ 135 mil Nova Roma 184m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, área serv + edicula (2 terr.) ........................... R$ 420 mil Sobrado Nosso Teto com 3 aluguéis ................................................................................................ R$ 120 mil Centro próx. Gricki, 2 dorm, sala, copa, coz, área serviço, garagem ....................................................... R$ 210 mil

Chácara fundo Cohab 1 1.100m2, com casa de 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, despensa, área de lazer com currasqueira, pomar ............................................................................................... R$ 450 mil Chácara jd Aquarius 2mil m2, amplo salão de festas, coz, wc, piscina, arborizada, murada, energia e água Sabesp ..................................................................................................................................... R$ 560 mil Sítio 20 mil m2 Módulo rural, ótima localização, próximo a Nhumirim a 600 m do asfalto. Consulte-nos 1 alqueire dentro da cidade, ót. locl para loteamento ................................................................ R$ 650 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 180 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ............................................................................... R$ 160 mil Sítio 16 alqueires (sem benfeitorias) forma de pagamento à combinar ............................... R$ 1.100.000,00 Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

DOIS TERRENOS

SALÃO COMERCIAL

CASA COHAB 3

SALÃO COMERCIAL

Nova Roma, avenida Nicolas Yasbeck, medindo 20x50 ou seja, 1.000m2 cada um. Murado. R$ 250 mil cada

Ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha R$ 250 mil

2dorm.sala.cozinha e nos fundos +um dorn e wc, garagem, murada, portao. 78 mil quitada Ótima localização

e squina, antigo HSBC, 220m2 de construção, te rre no com 330m2. Oportunidade única R$ 280 mil

CASA NOSSO TETO 3 dorm, sala, coz, reformada, murada, piso e forro PVC. Aceito carro ou financiamento. R$ 95 mil


PÁGINA 20

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

REVOLUÇÃO DE 30

Santa Rosa apoiou Júlio Prestes cuja posse Vargas impediu Na eleição presidencial realizada no dia 1º de março de 1930, o paulista Júlio Prestes de Albuque rque (1882 – 1946) (foto) venceu o gaúcho Getúlio Dornelles Vargas (1882 – 1954), mas foi impedido de assumir o cargo pela chamada ‘Revolução de 30’. Como se sabe, Vargas ignorou o resultado da eleição, assumiu o Poder e comandou o país por 15 anos consecutivos. Saiu em 1945, elegeu-se Presidente em 1952 e suicidou-se em 1954, no meio do mandato. Quatro dias depois do pleito de 30, o jornal Correio Paulistano trouxe os números do interior do Estado. Santa Rosa apoiou com firmeza o paulista de Itapetininga, dando-lhe 442 votos contra apenas 2 para Vargas. Votação idêntica receberam os candidatos a vice, Vital Soares (com Prestes) e João Pessoa (com Vargas). Houve também eleição para uma vaga no Senado, e Manuel P. Villaboim obteve 419 votos contra 2 dados a Cândido Rodrigues pelos eleitores santa-rosenses. Nos municípios vizinhos, São Simão deu a Prestes 786 votos contra 81 de Vargas, e Soares, 763 contra 102 de Pessoa. Em Santa Rita do Passa Quatro, Prestes 791 e Vargas 74, Soares 787 e Pessoa 74; Tambaú, Prestes 456, Vargas 338; Soares 469, Pessoa 330, e Cajuru, Prestes 619, Vargas 80, com votações idênticas para os respectivos vices.

IMPRENSA ANTIGA

Quem é Quem na Banda? Rubens Ap. Antunes Jr. tem 16 anos e é natural de Ribeirão Preto. É filho de Badra Farah Antunes e Rubens Ap. Antunes. Ele toca na banda há 8 anos, seu instrumento é o trompete. Seu melhor momento na banda foi quando participou do Festival de Inverno de música, em Tatuí, em 1993. “Nessa ocasião eu conheci o conservatório de música desta cidade, e tive contato com estudantes de música de várias cidades do Brasil, o que contribuiu muito para o meu desenvolvimento musical”, conta ele. Para o futuro, Rubinho tem o desejo de tocar num conjunto de musica popular brasileira. Atualmente ele vai a Tatuí uma vez por semana para ter aulas de música no Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” daquela cidade. (O Jornalzão, 28 de setembro de 1995)

PÁGINA 21

Robson Bruno supera paraplegia para realizar sonho de ser músico Gabriel Carmello Caldas

Já dizia o filósofo alemã o Fr iedr ich Nie tzsc he “Sem a música, a vida seria um err o”, erro este, que Robson Bruno Villas Boas, 27, jamais cometeu. É nela que o jovem portador de uma doença chamada Paraplegia Espástica Familiar, que tem como fundamental característica a rigidez progressi va e contraç ão nos membros inferiores e ainda lhe causa um problema de dicção, encontra a felicidade, desde muito pequeno. A músic a si mple smente o fascina, a maior parte do seu dia é caçando canções no YouTube. Ele conhece tudo sobre duplas sertanejas, acompanha todos os lançamentos e novidades. Além da melodia, é apaixonado nos instrumentos, já tentou tocar violão e bateria. Até que neste ano, o e seu cuidador, Jorge, incentivou a entrar na Banda

Professor Renato Massaro, no Teófilo Siqueira, onde o jovem estuda. Prime iras notas Ainda tímido e meio sem jeito, Robson foi ao primeiro ensaio na última terça e foi bem acolhido pela ‘Família Renato Massaro’, deixando-l he e xtre mame nte contente. “Estou realizando um sonho”, revelou o jovem. Segundo a mãe, Clarice Ap. Caetano, participar da banda é muito mais que fazer música, é a busca pela independênc ia. “Mes mo com todas as dificuldades, ele é muito determinado e otimista, quer andar com as próprias pernas, ser livre pra ser feliz. Não vê a hora de viajar e se apresentar em outras cidades”. Além disso, ele está fazendo amigos, algo que sempre desejou, mas não sabia como fazer essa integração. Nos outros dois ensaios que foi esta semana, já estava mais re-

la xado, concentrado, tocando com toda paixão a ‘caixinha’ e prestando muita atenção nas orientações do Maestro Pedro, parecendo já estar na banda há vários anos. Pedro explica que o mé todo Montes sor i, que ele usa como didática, é livre, sem partitura, o aluno se molda e isso vai facilitar muito para Robson. “A música não tem fronteira, ela é para todos, inclusive para ele, que já chegou arrasando no ensaio, e logo vai pega a bateria, que é o instrumento que ele mais quer aprender.” A irmã mais velha do novo músico, Julia-

na, também sofre da mesma doença, e foi acompanhá-lo no ensaio e gostou do que viu. “Vamos ver se ela vai querer fazer”, disse a mãe. Vagas - Quem tiver interesse em participar da banda, ainda tem as vagas para comissã o de frente, corpo coreográfico e musical. Os ensaios regulares acontecem todas as terças e quartas das 17h30 às 19h, na quadra do Teófilo Siqueira. É um curso livre, aberto. Pode participar qualquer pessoa. A partir de nove anos devido ao peso dos instrumentos e dos desfiles.


PÁGINA 22

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

EDITAIS DE PROCLAMAS EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2494 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // IRDEU DE QUEIROZ e NEUSA JOSÉ DOS SANTOS //. Ele, natural de Paulistas, Estado de Minas Gerais, nascido aos sete (07) de setembro de um mil novecentos e quarenta e nove (1949), profissão carpinteiro aposentado, estado civil viúvo, domiciliado e residente à Rua Doacir Antonio Bueno, 276, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JAIR DE QUEIROZ e de dona GERALDA DE JESUS. El a, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dez (10) de fevereiro de um mil novecentos e setenta e um (1971), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Doacir Antonio Bueno, 276, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de MANOEL JOSÉ DOS SANTOS e de dona MARIA JOSÉ APPARECIDA DOS SANTOS. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2495 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // CLAYTON RODRIG UES MARTINS e TALITA CRISTINA PAIXÃO TEODORO //. Ele, natural de Bocaiúva, Estado de Minas Gerais, nascido aos quatro (04) de fevereiro de um mil novecentos e noventa e cinco (1995), profissão balanceiro, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Angelo Caetano, 257, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de SIDINEY BARBOSA MARTINS e de dona EDNA RODRIGUES DA SILVA. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos doze (12) de janeiro de um mil novecentos e noventa e nove (1999), profissão estudante, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Angelo Caetano, 257, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de ODAIR DONIZETI TEODORO e de dona LUCIENE PAIXÃO. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2496 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // GLEBER JÚNIOR CLEMENTE e GISLENE APARECIDA DOS SANTOS //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos quinze (15) de novembro de um mil novecentos e oitenta (1980), profissão sindicalista, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua José Val, 317, Nosso Teto, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de EDNA MARIA CLEMENTE. El a, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos seis (06) de novembro de um mil novecentos e oitenta e dois (1982), profissão secretária, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua José Val, 317, Nosso Teto, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de DEVAIR APARECIDO DOS SANTOS e de dona MARIA ISALTINA DOS SANTOS. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2497 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // JEFFERSON DONIZETI RIBEIRO e CARLA ESTEFANE LOPES FLAUZINO //. Ele, natural de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, nascido aos sete (07) de abril de um mil novecentos e noventa e três (1993), profissão inativo, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Via de Acesso Arcírio Rigoto, Km 1, na cidade de Balbinos, Estado de São Paulo, filho de BENEDITO RIBEIRO e de dona MARIA DE LOURDES SOUZA RIBEIRO. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos treze (13) de junho de um mil novecentos e noventa e nove (1999), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Professor Reinaldo dos Santos, 468, André Franco Montoro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JEFFERSON FLAUZINO e de dona RENATA APARECIDA LOPES. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2498 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // NOEL BEVILACQUA e THALIA NASCIMENTO DE OLIVEIRA //. Ele, natural de Santa Cruz das Palmeiras, Estado de São Paulo, nascido aos seis (06) de março de um mil novecentos e oitenta e três (1983), profissão retireiro, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Vereador Paulo Xavier, 156, Nova Viterbo, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ARMANDO SACHI BEVILACQUA e de dona LUIZA IGNACIO BEVILACQUA. Ela, natural de Mombaça, Estado do Ceará, nascida aos treze (13) de junho de dois mil (2000), profissão estudante, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Vereador Paulo Xavier, 156, Nova Viterbo, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOSÉ AG ARCI DE OLIVEIRA e de dona MARIA GRACIELE DA SILVA NASCIMENTO. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi – Oficial.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

REUNIÕES TODAS AS TERÇAS FEIRAS 19h30 às 21h30- Rua José Garcia Duarte, 182, sala 01 Toda primeira reunião do mês é aberta às famílias

APOIO DO JORNALZÃO


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

Primavera Tigers é “celeiro” de atletas

O Primavera Tigers é um conjunto de modalidades esportivas, sendo, academia, basquete, futebol, futsal e lutas, todas realizadas nas imediações do Primavera Country Club. A princípio, o objetivo do projeto era formar cidadãos e atletas, sem necessariamente, formar profissionais. Porém, o trabalho está gerando muitos frutos, e os jovens estão conquistando vagas em grandes equipes esportivas. Um desses casos é o futebolista Felipe, que vai como uma revelação para o Botafogo de Ribeirão Preto. Além do futebol, o garoto também treinou basquete. O basquete é outra modalidade onde os atletas estão se destacando. Victor Hugo Stivaletti, Victor e Kauê Picheco, são os novos jogadores do Cravinhos Basketball, uma das equipes mais fortes do país, tendo uma “peneira” com 300 meninos de todo o Brasil e na última temporada estiveram entre os primeiros lugares em todas as categorias que disputaram campeonatos. “Estou gostando muito, a experiência em Cravinhos está sendo ótima. É um lugar que eu tenho certeza que vou conseguir crescer e alcançar o meu objetivo e sonho que é ser jogador profissional”, revela Kauê. Já Enzo, foi essa semana para o Campo Mourão Basquete, equipe que disputou o último NBB, na 1º divisão e já foi campeã Brasileira no JAB´s, Sul Brasileiro, Jogos da Juventude de 2011, pentacampeã Paranaense, hexacampeã dos Jogos Abertos, bicampeã da Copa do Brasil. “A experiência aqui é a melhor possível, são profissionais muito bem qualificados. Treino três vezes por dia, de formas que nunca tinha visto na vida. Campo Mourão é uma cidade que respira basquete, tudo está sendo especial, o trabalho deles é impressionante.”

PÁGINA 27

VALE A LIDERANÇA

Santa Rosa FC pega Brodowski fora de casa neste domingo Ama nhã, 10h, e m Brodowski tem duelo entre líder e vic e-lí der do grupo C do Amador 2018. Santa Rosa com 10 pontos enfrenta a equipe local que tem 9. E noss o “ Leã o da Comarca” tem os desfalques de Manga, suspenso, e Henrique, lesionado. O motorzinho do meio campo Miguel é dúvida . O empate garante a classificação antecipada do Leão, mas o té c ni co De nti nho promete colocar o time no ataque. “Não adianta jogar pe lo empate e toma r um gol no fim, como te mos visto nos campeonatos regionais. Temos que jogar do jeito que sempre jogamos, em cima do adversário”, explicou Sérgio Ricardo Stefanelli, o Dentinho. O té cni co ta mbé m ressaltou a força que Brodowski tem em sua casa. “Lá é sempre jogo de casa cheia, com muita pressão e raramente eles perdem. Vamos tentar beliscar essa escrita”. Vit ória e m cas a – No último domingo o Leão goleou Luis Antonio por 5 a 1 jogando em casa. Com e ste r e sul ta do a equipe mante ve a l ide ra nça do grupo e assumiu a liderança geral entre as 16 equipe s. Os gols foram a notados por Evandro, Arthur, Henrique e Marcos Aurélio (2). Jogaram: Dê, Binguinha, Coutinho, Cardos o e Ma nga; He nri que , Evandro, Miguel e Erivelton; Arthur e Diogo. Entraram: Rafa, Marcos Aurélio, Gu, João Ma theus, Richard e Yago.

Le ãozinho – O Santa Rosa FC começou também um trabalho com garotos, que já tem dado resultado. O Leãozinho venceu a equipe dos Amigos dos Neris pelo campeonato municipal e terminou na lidera nça do grupo nesta primeira fase. É o futuro do futebol s anta-rosense começando a mostrar sua car a. Camisas – A Diretoria do Leão colocou à venda as camisas oficiais do time esta semana. O preço é de 50 reais e tem camisa de todos os tamanhos nas duas versões do uniforme, branco e preto. As camisas estão sendo vendidas na loja Carlota Maria, na avenida Rio Branco e ta mbém podem ser pedidas pe l o fa c ebook do Santa Rosa Futebol Clube. Apoios e patrocínio – O Sa nta Ros a Futebol Clube sobrevive graças ao apoio e patrocínio da Skymax, Supermerc ados Solar, Chiaperini Industrial, Milanez Frios e Romavilli Pani ficadora . Colaboram também a Prefeitura e os pos tos de c ombus tívei s Rotatória, Titarelli e Nova

Roma . Outra aj uda funda mental vem de carnês de associados que estão sendo vendidos pelos diretores, além da venda de pi-

zzas, de camisas e da exploração do bar do campão. Se algum dos Diretores bater à sua porta, col abor e. É pa ra uma boa ca us a.

Time de Ellen Braga está na decisão da Superliga de vôlei

A ponteira (nº 7, à esquerda)vibrando com a vitória contra Osascco A decisão da Superliga feminina de Vôlei, 2017/18, começa amanhã, às 10 horas, na ‘Arena Carioca 1’, Rio de Janeiro, quando o ‘Sesc RJ’ recebe o ‘Praia Clube MG’. O jogo de volta acontece no próximo domingo, às 09h10, no ginásio ‘Sabiazinho’, em Uberlândia. Compõe o elenco do Praia a ponteira Ellen Braga, cujos pais são santa-rosenses, e sua avó materna ainda reside na cidade. Ela nasceu em Pernambuco, tem 26 anos e 1,78 m., está em Uberlândia desde 2016 e joga ao lado de grandes feras do vôlei: Fernanda Garai, Fabiana, Walewska e Nicole Fawcet (da seleção norte americana). Para chegar à decisão, o Praia Clube bateu Osasco por 3 x 2 nos play offs.


FALA NOSSO TETO

PÁGINA 28

por Serginho Gomes

Joãozinho recebeu cadeira de rodas O advento da semana Santa ocasionou um “milagre” na vida de João Carlos Kill, 50. Desde o nascimento ele sofre de atrofia das pernas. A doença congênita, poderia tê-lo deixado paralítico, mas ele a enfrentou com determinação e, apesar da dificuldade, consegue se loc omover arra stando os pés. Pa ra a judá -lo, se us amigos lanç aram mã o de uma campanha visando adquirir uma cadeira de rodas motorizada para ele. A boa ação ganhou os jornais e redes sociais. Ao tomar conhe cimento da campanha, uma família da capital dou-lhe uma cadeira seminova. A cadeira chegou na semana Santa. A reação de Joãozinho ao recebe-la foi equivalente a criança recebendo doce:

-Não tenho palavras para agradecer a esta família e a todas as pessoas que ajudaram. Estou muito feliz porque agora posso ir para onde quiser sem arrastar os pés, disse ele. A cadeira está equipada com buzina, marcha ré, acelerador, indicador de carga, banco giratório, cesta para carregar objetos, tudo funcionando perfeitamente. - Estamos gratos a todos que ajudaram nosso amigo Joãozinho, comemora Antônio Flaviano Silva. As boas notícias não param por aí. Após dois anos na fila de espera, o HC de Ribeirão Preto, agendou o retorno de Joãozinho para o final deste mês. -Dependendo da avaliação, Joãozinho poderá receber do HC uma cadeira adaptada para ele. Não que esta não seja boa, está perfeita, mas vindo de lá, terá

respaldo médico, avalia Silva. Silva ainda menciona que, assim que tomou conhecimento da doação da cadeira, suspendeu a campanha: - Vamos levanta r o valor arrecadado e depois que a situação se resolver no HC, iremos decidir o que fazer e informar a todos que possam interessar, frisa ele.

Uma das hipóteses é usar a quantia para comprar peças sobressalentes para a cadeira. Cas o o HC forne ça nova cadeira, Joãozinho já sabe o que fará com doada pela família: -Vou doar para outra pessoa que esteja precisando, é muito duro não poder ir para onde se deseja, finaliza ele.

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

Atenção motoristas, sinalização irá mudar Em recente reunião, o Conselho Municipal de Trânsito determinou que, os condutores não poderão mais acessar a rua Lazinho Antônio de Oliveira, pelas ruas Ângelo Sordi e Agostinho Tavares Pereira, ou seja, o sentido passará a ser contramão de dire ção. A rua continuará a ser mão dupla, porém não poderá ser acessada por estas duas outras. Segundo informou um Conselheiro, a medida visa a diminuir o risco de acidente no local: - Ali tem muito movimento e os motoristas têm pouca visibilidade, disse ele. Para quem viaja pela rodovia conde Francisco Matarazzo Júnior, nos dois sentidos (Santa Rosa- São Simão e vice-versa), nada muda. Poderá acessar o bairro pelo trevo Adriano de Castro Gil e entrar na rua Lazinho Antônio de Oliveira, normalmente. As outras opções serão; fazê-lo cruzando a rodovia ou pela avenida prof. ª Luíza Garcia Ribeiro, pegando uma das ruas que cruzam a “Lazinho”. A mudança ocorrerá em breve, informou o Conselheiro.

Acidente na “Vargas” - carro vai parar em cima da calçada Por volta das 18h da última quinta-feira (12), um veículo Passat e um Fiat Uno se envolveram num acidente na avenida Presidente Vargas. Segundo testemunhas, o Uno seguia no sentido bairro- centro quando o Passat, na tentativa de cruzar a avenida no sentido Bairro Jardim do Sol, pela rua Mato Grosso, bateu no Uno. Com o impacto, o Uno foi parar sobre a calçada. Ninguém se feriu. Os dois carros ficaram danificados.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.146 - 14/04/2018

O Jornalzão, edição 1146  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

O Jornalzão, edição 1146  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement