Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 30/03/2018 - Ano 24 - N.º 1.144 - Semanal - Preço do exemplar R$ 3,00

POLÊMICA DO AVCB

Nando admite discutir prorrogação de prazo Pedido partiu de corretor de imóveis através do Jornalzão

TJ pode acabar com três cargos públicos municipais Funções de Chefe do Setor de Manutenção de Frota, Chefe do Setor de Habitação e Chefe do Setor de Trânsito podem ser extintas por inconstitucionalidade

ESCOLAS MUNICIPAIS

Povo cita falta de materiais, prefeitura nega

TJ pode acabar com três cargos públicos municipais

ITBI faz 1ª vítima

E teve mais um acidente na rotatória

Encenação da Paixão de Cristo - Enquanto o garoto brincava no monte de terra colocado propositalmente no meio do cenário, voluntários davam os últimos retoques para que a encenação saia com perfeição, como em anos anteriores. Dez mil pessoas são esperadas em evento que pode se tornar o maior do estado no segmento.

CHIKUNGUNYA

Resultado de caso suspeito chega no início da semana Sábado que vem circularemos normalmente no sábado

O futuro é daqui - O Santa Rosa Futebol Clube, com craques mesclados daqui e de fora, vai batendo seus adversários no amador, o último jogo foi 6 a 1 contra Luis Antonio. Enquanto isso, garotos locais vão se incorporando ao “Leãozinho junior”, para que no futuro o time siga sua trajetória com mais craques formados na cidade. O Jornalzão acompanhou nesta semana um treino deles.


PÁGINA 2

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

Consumo de drogas e álcool por adolescentes afeta saúde pública, diz comandante da PM

PÁGINA 3

POLÊMICA DO AVCB

Nando admite discutir prorrogação de prazo por Romeu Antunes O Pre fe ito admite nova ne gociação com o Ministério Público, caso come rciante s não consigam cumprir a legislação de ntro do prazo

O prefeito Nando Gasperini recebeu o sargento Fábio Garbúglio Dario, comandante local da Polícia Militar, na reunião realizada ontem de manhã, em seu gabinete (foto), com a presença de diversos diretores municipais, cujo objetivo foi traçar estratégias para intensificar o combate ao consumo de drogas e álcool pelos jovens na cidade. O encontro foi sugerido pelo comandante para quem “o consumo de drogas e álcool por adolescentes é um problema de saúde pública. A comunidade precisa se envolver e buscar a prevenção”. Foi decidida uma nova reunião envolvendo todas as escolas públicas e particulares do município, representantes das igrejas e funcionários públicos de vários setores para alinhar as ações de prevenção e a criação de políticas públicas eficazes no enfrentamento desse problema. A diretora de Educação, Meire Pedersoli, acredita em efetiva dentro das escolas. “Vamos realizar ações contínuas dentro de todas as escolas, conscientizando os alunos sobre os perigos que o consumo de drogas e álcool traz a eles”.

Falando com exclusividade ao Jornalzão, o prefeito Nando Gasperini disse ontem que o município está cumprindo o Termo de Ajuste de Conduta assinado com o Ministério Público, e regularizando a situação de prédios públicos que ainda não possuem AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). O pr azo para que diversas instituições, estabelecimentos comerciais e a própria Prefeitura acaba no próximo dia 30 de abril - Assumimos compromisso com o Ministério Público em cima de um cronograma pr a fazer ess as obras. É uma situação que vem há anos, e o MP cobra do município regularizar,

sob pena de omissão – relata Juliano de Oliveira, diretor jurídico municipal. Ele e o prefeito assumem a situação irregular do município, mas adiantam que alguns prédios – do CRAS e Casa Abrigo, por exemplo – já fizeram sua parte. Para Prefeitura, escolas são prioritárias   A diretora de planejamento, Ana Maria Belavenuto acrescenta que no ano passado, quando foi ajustado o TAC com o MP, todos os alvará comerciais da cidade foram renovados, com prazo estabelecido. - Na época do TAC, o promotor queri a que a gente saísse fechando todos os estabelecimentos que não tivessem AVCB. Aí entre gamos uma pr opos ta para ele, dando esses seis meses para todos se adequarem. Ela des tacou ai nda que – ao fazer sua parte – a Pre feitura esta bele ceu

Prefeito fala em renegociar com promotor como prioridade obte r o AVCB para as escolas. - Na eventualidade de acontecer qualquer problema , e o es tabelec imento com alvará de funcionamento estiver sem o AVCB, a Prefeitura será responsabilizada – adverte o diretor Jurídico. “Não podemos fechar postos de trabalho” – diz o prefeito   O prefeito ponderou que a lei é para todos, mas nem sempre todos cumpre m. - Veja o caso dos ranchos, por exemplo. O município de Santa Rosa não tem mais ranchos no Rio Pardo, por força da ação do MP. Mas em outros municípios isso não aconteceu. Ele observou também

que nem todos os comerciantes estão em condições de se adequar ao AVCB. - Pro ‘seu Zé’, dono de boteco, ac aba s endo caro providenciar o AVCB. A renda dele não compensa o investimento que terá de fazer. Na semana passada o Jornalzão trouxe entrevista de um advoga do que protocolou pedido de prorroga ção do prazo. Sobre isso, o prefeito se manifestou. - Se a o fi nal des se pra zo houver es tabele cimentos que não conseguiram obter o AVCB, temos que pr ovoca r uma nova conversa porque não podemos fechar postos de trabalho de pessoas que vivem daquilo; a gente tem que pensar em levar essa sensibilização ao promotor.


PÁGINA 4

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

TJ pode acabar com três cargos públicos municipais O Tribunal de Justiça está analisando uma Ação do Ministério Público, através da Procuradoria Geral do Estado que pode acabar com três cargos públicos: Chefe do Setor de Manutenção de Frota, Chefe do Setor de Habitação e Chefe do Setor de Trânsito, com salário base de R$ 4.100. O Procurador Geral de Justiça, Gianpaolo Poggio Smanio, resumidamente, diz que estes três cargos, por serem técnicos, devem ser ocupados por servidores de carreira, que se enquadrem na CLT, e não ser cargo político como é atualmente, por isso propôs uma Ação Direta de Inconstitucionalidade. A Lei de criação destes cargos é do final de 2015, com mudança na redação em fevereiro de 2016, quando passou a valer. Os cargos hoje são ocupados por Edson Silvino Pereira (Manutenção), Pedro Martinelli (Habitação) e Fábio Sacheto (Trânsito), este, segundo a prefeitura, sem remuneração O desembargador do Tribunal de Justiça já notificou a prefeitura e a Câmara para que se manifestem sobre o caso no processo.

ITBI faz primeira vítima O “novo ITBI” da prefeitura, aprovado pela Câmara fez a primeira vítima. Em um negócio de 30 mil reais, o comprador terá que pagar o ITBI sobre 101 mil reais, por causa da planta genérica aprovada junto com o novo imposto. A conta para ele subiu de 600 reais para mais de 2 mil. O caso chegou ao conhecimento do vereador Heitor Bertocco, que está acompanhando de perto e orientando o comprador, que não quis seu nome revelado. “Informaram que ele pode pedir uma revisão de valores na prefeitura, que irão analisar. Mas a Comissão que analisa é formada pelas mesmas pessoas que fizeram a planta genérica, então fica difícil”, explicou o vereador. “Imagina se eles reconhecem e aprovam a redução, isso significa que eles erraram na planta. Incoerente, né?”, completou. Na justiça – O novo ITBI está nas mãos da Procuradoria Geral do Estado, que pode decidir por uma ação de inconstitucionalidade. A denúncia foi feita pelos cidadãos Tadeu Cicolani e André Moussa no Ministério Público local, que encaminhou à Procuradoria. Na denúncia o empresário e o jornalista destacam a inconstitucionalidade do projeto, mostrando exatamente que casos como o acima podiam acontecer. Eles contestam também a planta genérica que teve valores inseridos por corretores supostamente fictícios. “A prefeitura informa que seis corretores fizeram avaliação, mas nenhum nome foi fornecido quando solicitado, ou seja, indícios de que ninguém foi consultado”. Há também a dúvida de que caso corretores tenham sido convidados – inclusive o chefe do setor de habitação é corretor – e realmente informado os preços, eles possam estar legislando em causa própria, pois preços mais altos significam maiores comissões. O ideal, neste caso, seria que se contratasse uma empresa de fora para fazer o estudo dos valores.

PÁGINA 5

CHIKUNGUNYA

Resultado de caso suspeito chega no início da semana A Vigilância Epidemiológica local aguarda para o início da próxima semana o resultado do exame de um paciente local suspeito de ter contraído chikungunya. A enfermeira chefe do setor, Paula Filomena Salvador, alerta a população para os riscos que essa doença oferece. - É uma possibilidade que está nos rondando. Tivemos casos positivos em Santa Rita do Passa Quatro, Cajuru e temos um caso em São Simão. Segundo ela, três casos suspeitos foram detectados este ano na cidade. Os dois primeiros tiveram resultados negativos. O caso pendente foi notificado na última segunda-feira. Tratase de uma pessoa residente na rua Antônio Geraldo Balbão, Cohab III. - O caso é suspeito nas duas doenças: chikungunya e dengue. Os sintomas são parecidos; na dúvida, fizemos a notificação dobrada. Colhemos o sangue da pessoa na segunda e

outras suspeitas na mesma região, e o bairro passou por vistoria recente. Cai o número de notificações de dengue na cidade

Paula diz que a doença está ao nosso redor enviamos para análise na terça. Me preocupa muito a chikungunya porque a pessoa afetada por ela sofre demais, o efeito dessa do-

Vacinação contra gripe começa no próximo dia 23 A Vigilância Epidemiológica recebeu notificação do Ministério da Saúde, na última quartafeira, sobre mudança de data da campanha de vacinação contra a gripe. Marcada em princípio para começar no próximo dia 16, ela terá início no dia 23 de abril, se estendendo até 1º de junho, sendo 12 de maio o dia da ‘mobilização nacional’. A justificativa para o adiamento foi atraso na produção de vacinas. Segundo a Vigilância Sanitária local, esse atraso se deu porque o Instituto Butantã não está dando conta de produzir e entregar as vacinas na época certa.

ença é devastador, ela ataca as articulações e incapacita para o trabalho. Por outro lado, Paula Salvador salienta o fato de que não houve

Quase não há notifica ções de dengue, nes te ano, segunda a enfermeira. Ela afirma que já alertou todos os estabelecimentos de Saúde sobre a obrigatoriedade da notificação. - Que m atende , tem que notificar, e aí a gente tem que fazer a sorologia. Eles têm ficado só no hemograma, o que não me dá diagnóstico fechado. Mas a enfermeira admite ta mbém que novas suspeitas possam realmente não estar ocorrendo. São quatro os vírus da dengue identificados até agora. - Em Santa Rosa já tivemos três grandes epidemias. Se pensarmos que o vírus que está circulando agora é o mesmo, as pessoas que já tiveram esse tipo não pegarão de novo.

Preço do etanol cai com moagens de março A oferta de etanol aumentou neste mês de março, e o preço do biocombustível despencou para as usinas localizadas no estado de São Paulo. O número de usinas, com moagem de cana-de-açúcar em março, é crescente, e, assim, a oferta de etanol tem aumentado. Essa oferta é maior de etanol hidratado e pressiona os preços para baixo, segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. Conforme eles, na semana, entre 19 a 23/03, o valor do litro do etanol hidratado para as usinas paulistas foi de R$ 1,8617, queda de 2,13% em relação ao período anterior. Segundo o Indicador Cepea/Esalq, o preço do litro do etanol anidro também caiu: foi de R$ 1,9231 na semana entre 19 a 23/03, queda de 0,55% em comparação com a semana anterior. (Fonte: JornalCana)


PÁGINA 6

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

EDITORIAL E surgiu a primeira vítima do novo ITBI. Um prejuízo ao cidadão de mil e quatrocentos reais, por causa da inconcebível planta genérica de valores proposta pelo prefeito Nando e aprovada pelos ignóbeis vereadores. Uma vergonha. A falta de materiais escolares nas salas de aula, de limpeza e higiene nas nas escolas ganharam as redes sociais. O Jornalzão recebeu algumas denúncias e o povo botou a boca no trombone no facebook. Há algum tempo já haviam reclamações da falta de materiais de limpeza em alguns postos de saúde, mas na hora de afirmar, os servidores se sentiam amedontrados em denunciar. Há também, esta certamente, falta de medicamentos. Semana passada algumas máquinas não trabalharam por falta de óleo diesel (mas nos finais de semana elas transitam nas mãos de chefes, sabe-se lá onde e para quem trabalhando). funcionários não cumprem horários, cumprindo uma tal de “tarefa” e saem deixando o ponto aberto. Professor autoridade que não dá aula e tem o dia trabalhado “carimbado” por Diretor. Reajuste salarial de 2% deixando o servidor descontente. Cidade suja e sem nenhum cuidado. Ruas esburacadas. Junte-se a isso nenhuma medida concreta para geração de empregos. O povo está cansando e Nando com sua gestão “mais humana e de reconstrução”, vai caindo em descrédito pela população. Empre go - A preocupação com o povo é tamanha, que ao invés de fazer uma pesquisa aprofundada sobre nossa mão de obra e o que podemos oferecer a possíveis novos investidores, o prefeito preferiu gastar 8 mil reais para avaliar sua administração. Como diz alguns amigos: É o Nando sendo o Nando. Casas populare s - Enquanto isso o prefeito se apega na construção de 203 novas unidades de casas populares. Se houvesse um controle realmente sério, estas casas talvez nem seriam necessárias, pois o Montorão, recém inaugurado tem inúmeras casas vazias e várias sendo comercializadas. E você, leitor, sabe qual o déficit habitacional em Santa Rosa? Não?!? Então, a gente também não sabe e o prefeito muito menos. Mas casa dá votos, então que se faça. Sensibilidade - O prefeito Nando dá um passo certo em tentar prorrogar o prazo para a obrigatoriedade da apresentação do AVCB. Pequenos proprietários, que juntos formam um bom pedaço da renda da cidade, seriam os mais atingidos e poderiam ter seus estabelecimentos fechados. Esperamos que o promotor tenha esta mesma sensibilidade e aceite mais uma vez a prorrogação, proposta através deste jornal pelo corretor de imóveis Marcos Durando. Em uma cidade tão fragilizada pelo aumento do desemprego, seria um alento. Esporte é o caminho - A preocupação do prefeito e do comandante da PM quanto ao aumento do consumo de drogas e álcool por adolescentes tem fundamento e deve ser atacado de frente. É sim caso de saúde pública, mas o esporte pode ser uma boa válvula de escape. O SRFC é um exemplo de um trabalho que pode dar certo. Esporte e saúde caminham juntos.

IMPRENSA ANTIGA

200 contos de Reis Acha-se exposto na vitrine da “Casa Lotérica”, à praça Dr. Antônio Prado, 5, o bilhete inteiro de nº 29.185, da Loteria Federal, extraída no sábado, 1º de março. Esse bilhete que foi vendido pela “Casa Lotérica”, foi pago da seguinte maneira. Meio bilhete ao sr. José de Abreu, chefe da estação de Córrego Fundo, e o outro meio foi pago ontem com o cheque nº 444.000, sobre o Banco do Commércio e Indústria de S. Paulo, ao sr. Misael Ignácio de Rezende, fazendeiro da estação de Santa Rosa, Ramal de Cajuru. (Correio Paulistano, 04 /3/1924)

Santa Rosa Foi o seguinte o resultado da eleição para a mesa da Câmara Municipal de Santa Rosa em 15 deste mês: Capitão Agostinho José de Oliveira Costa, presidente; Avelino Garcia Duarte, vice-presidente; dr. Mário Carneiro da Cunha, prefeito; José Mendes Jr., vice-prefeito. (Correio Paulistano, 2/01/1926)

CRÔNICA DA SEMANA Daniel Almada

Inútil prazer da dor As festas cristãs passeiam nas linhas contraditórias do tempo. Algumas vezes celebram a vida por inteiro, e ultrapassam com brilhantismo a hipocrisia temática do evento. Outras vezes nos jogam nos olhos o véu negro da existência, sem nenhuma consulta prévia. A Quaresma assusta até hoje com seus quarenta dias no deserto da alma, com seu estranho mundo de panos cinza a cobrir imagens, totens, quadros, num cego rito medieval, algo sombrio que se orienta pela imposição doentia do luto, e se espalha no sempre masoquista, inútil e incompreensível prazer da dor.

“Não choreis sobre mim...” Estamos vivenciando a Semana Santa, que é a última do período que o catolicismo chamou de Quaresma, ou seja, quarenta dias de orações, jejum e penitências. A movimentação da festividade religiosa é grande nesta época; culminando com o Tríduo Pascal. É quando relembramos os últimos dias de Jesus, envolvendo a celebração da Última Ceia, com a crucificação e Morte, mais a Ressurreição no terceiro dia, conforme descrito no Novo Testamento; no domingo de Páscoa, sendo esta a principal celebração do ano litúrgico cristão e sua mais importante festa. Em breves palavras, Cristo venceu a morte e esta vitória é conferida gratuitamente aos que creem e praticam o bem, aos que escolheram amar a Deus sobre todas as coisas e aos seus semelhantes como si próprios. Foi assim que pregou Jesus aos seus discípulos diretos e a quem quiser dar-lhe ouvidos. A História não nega as boas intenções do Mestre, sejam nas palavras, nas ações e nas condutas... Tudo apontava para o amor, para a fraternidade, para a paz, para a tolerância, ao perdão, a solidariedade, à moral e ética. A proposta de estar ao lado do que promove a vida, isto seria a santidade. O contrário é o pecado, que divide, que destrói e que prejudica. Se não estamos convencidos, tampouco poderíamos afirmar que no âmbito da ideologia do sucesso moderno está preenchida a sensação de vazio. Parece cada vez mais difícil encontrar o equilíbrio entre a vontade, o querer e a realização. O mundo está demonstrando que a ânsia pelo ter, pelo consumo e pelo acumular não tem sido suficientemente capaz de afastar as depressões e a falta de sentido na missão da vida. Na mesma linha, o exercício do domínio, da briga pelo poder, pelo status e pelo prestígio, tem segregado a humanidade e patrocinado os grandes sofrimentos sociais. Cada um por si. Curiosamente, a caminho do Calvário disse o filho do Homem: “Filhas de Jerusalém, não choreis sobre mim, mas chorai sobre vós mesmas e sobre vossos filhos...”. (Lc 23,28). Ainda soa tão atual, infelizmente! Seja como for, acredito que é sempre tempo de se reavaliar os valores e que a contemplação possa ser alimento de ações concretas em prol da vida. Acolhimento das Boas Aventuranças e um Pai Nosso sincero como abertura de alma e coração.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua Condessa Filomena Matarazzo, 58 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP- CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 99164.4623 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo e São simão Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. Reprodução de conteúdo somente com prévia autorização. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 11

Irmãs Badan fazem sucesso com o ‘Quintal Bistrô’ Livia Badan sempre foi apaixonada pela cozinha, gosta de inventar e criar receitas. Como seu marido é fotógrafo de alimentos, ela acabou se especializando em pratos finos e vistosos para que ele pudesse fazer os clicks. Camila Badan morou 13 anos em São Paulo, e voltou para Santa há dois anos, e junto com a irmã Livia, começou a vender congelados na cidade. O sucesso foi tamanho que decidiram abrir um local para fazer a venda destes produtos. A ideia era simples, algo pequeno e com poucas mesas. O estabelecimento comercial que elas encontraram, acabou sendo bem maior que o planejado, então pensaram em abrir um café ou restaurante. Após pesquisas, se depararam com o conceito de Bistrô, um lugar informal, aconchegante, sem repetição de cardápio, vendas de café e bebida alcoólica. “Decidimos congelar a ideia de congelados, por enquanto”, brincou Camila. E assim surgiu o Quintal Bistrô, há dois meses. Com o novo projeto em mente, a equipe precisou crescer, e contrataram duas profissionais: Luciane Rodrigues, para ajudar Camila no balcão e atendimento, e Cássia Cardoso, que se juntou a Livia na cozinha. O endereço do Quintal Bistrô é na Rua Francisco Carvalho de Andrade, 143, ao lado do fórum. Em casa - A intenção das meninas é que os clientes se sintam bem e em casa, por isso além do atendimento convidativo, oferecem WiFi gratuito, rede para tirar um cochilo após a refeição e por serem mães, e perceberem a falta de um local infantil para que os pequenos possam se divertir, elas decidiram colocar um parquinho no Bistrô. O horário de atendimento é das 9h às 18h,

sendo das 11h às 14h almoço, sempre com dois pratos, especialmente criados por Livia. E partir de segunda, começará o disk entrega, das 11h às 12h30, o número de contato é 3954 - 4209. Durante o restante o dia são oferecidos salgados dif er enciados como pão de queijo multigrãos, pastel assado integral de ricota e de brócolis, lanches nat ur ais, sucos nat ur ais das frutas da estação, além dos campeões de venda: brigadeiro de café e o cappuccino gelado, este, uma receita especial da Camila. Calendário - Além do horário normal de atendimento, o Bistrô já realizou carnaval, noite de rock, aniversários de cliente e outros eventos noturnos. As irmãs Badans já divulgaram o calendário de Abril. No dia 6 (sexta-feira) haverá um Happy Hour, 15 (domingo), almoço, e dia 28 (sábado), o jantar ‘Sabores do Mar’, este, é necessário comprar o menu com antecedência. Daniel Tatuador - Do lado do Bistrô, o irmão das meninas, Daniel Badan, abriu seu estúdio de tatuagem. São 13 anos no ramo. Ele conta que desde pequeno adora desenhar e seu cunhado lhe deu a ideia de tatuar. Então buscou fazer curso e se especializou em São Paulo. “Meu trabalho é exclusivo, meus clientes saem

sempre com uma tatuagem única, que eu mesmo crio”, explica o tatuador. Antes de tatuar, Daniel conversa bastante com os interessados, dando várias instruções sobre as técnicas, cuidados e se a pessoa realmente vai querer fazer a tatuagem e não ser arrepender depois. Daniel ainda coloca piercing e vende assessórios com peças únicas, tanto roupas como matérias de decoração e faz várias produções artísticas. Para entrar em contato com o tatuador, ligue no númer o 99202-2921, que também é WhatsApp ou pelo facebook, Daniel Badan.


PÁGINA 12

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018 Publicação sem custo para a entidade - doada pelo Jornalzão

EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 01/2018 A AIDESA (Associação de Integração Dos Deficientes De Santa Rosa de Viterbo), inscrita no CNPJ sob nº 51.827.152/0001-01, qualificada como Organização da Sociedade Civil, torna público, para conhecimento dos interessados, que real izará proces so seletivo para contrat ação de Auxiliar de Escritório objet ivando formação de quadro de pessoal, estando em conformidade com o Decreto Municipal nº 4612/17 que regulamenta a aplicação da Lei Federal nº 13.019, com o objetivo de dispor o regime jurídico das parcerias realizadas no âmbito do municípi o. 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 O processo seletivo será regido por este edital e executado pela Comissão de Seleção de Pessoal, instituída em Ata nº 02/2018. 1.2 A seleção de que trata este edital compreenderá duas etapas conforme a seguir: a) A primeira etapa compreenderá em uma Prova Objetiva contendo 10 questões de múltipla escolha, sendo 05 de português e 05 de atualidades, de caráter eliminatório e classificatório. b) A s egunda et apa compreenderá em Ent revi sta, de caráter el iminatóri o e classifi catório. 1.3 Dos requisitos básicos para a investidura nas funções: a) Ser aprovado em processo seleti vo; b) Idade igual ou superior a 18 anos; c) Escolaridade mínima exigida equivalente a Ensino Médio; d) Residi r no município (com apresentação de comprovant e de residência); e) Possuir noções bási cas de informática; f) Ter aptidão físi ca e mental para o exercício do cargo, em conformidade com o presente edital; g) Cumprir as determinações deste edital;

6.2 Os currículos serão avaliados para verificar a adequação aos critérios dispostos no item 1.3 deste edital. 6.3 A segunda etapa consistirá na aplicação da PROVA OBJETIVA (05 questões de Português e 05 questões de Múltipla Escolha), com data e horário igual a todos os candi datos. Será posteriorment e avaliada por uma comiss ão compos ta por 03 representantes da entidade e valerá 50 pontos. 6.4 A entrevista será realizada com os candidatos que obtiverem pontuação mínima e quiva lente ou super ior a 25 p onto s na prova de múltipla escolha, tendo a entrevista a pontuação de 50 pontos. Nes t a fas e s erão avaliadas as características e potencialidades dos candidatos selecionados para o desempenho das atividades inerentes ao cargo. 6.5 Os candidat os convocados deverão comparecer impret erivelmente conforme data e horário a ser publicado em jornal e rede social formal. Os candidatos que não comparecerem à segunda etapa da presente seleção serão imediatamente desclassificados, não cabendo qualquer justificativa e/ou recurso. 7.0 DOS RECURSOS 7.1 O candidato poderá apresentar recurso, devidamente fundamentado, informando as razões pelas quais discorda do resultado final. Os recursos deverão ser apresentados em formulário específi co, disponibi lizados pela ent idade e deverão ser entregues na sede da AIDESA, sendo aceitos e apreciados no prazo de 05 dias após a publicação da classificação geral. 7.2 A anális e de event uais recursos será avali ada pela Comis são de Seleção de Pessoal, que se constitui na última instância para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais. 8.0 DO CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO

1.4 O candidato deverá declarar, na solicit ação de inscrição, que t em ciência e acei ta que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da contratação, que foram apresentados no momento da inscrição. 1.5 Não serão contratados servidores públicos de quaisquer das esferas (federal, estadual e municipal) ativos ou sob qualquer tipo de licença,nem seus respectivos cônjuges ou correlatos de parentesco até terceiro grau, de acordo com o DECRETO MUNICIPAL 4612/2017. 2. DO OBJETIVO 2.1 Selecionar candidato para área administrativa e serviços técnicos vinculados a enti dade, cujas at ividades es tão regulamentadas em Termo de Ci ênci a/ Colaboração e Fomento devidamente redigido em 19 de fevereiro de 2018. 3. DO PÚBLICO 3.1 Pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, com escolaridade mínima equivalente ao Ensino Médio, seguindo os critérios já descritos acima. 4.0 DAS VAGAS 4.1 A presente seleção visa o preenchimento imediato de 01 (uma) vaga. Haverá t ambém formação de cadas tro reserva (com os 10 primeiros colocados). 5.0 DAS INSCRIÇÕES 5.1 Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificarse de que preenche todos os requisitos exigidos. 5.2 As inscrições serão feitas exclusivamente na sede da AIDESA, l ocalizada à Rua João Pereira nº 03 – Bairro Jardim Boa Vista no período de 04 a 06/04/2018 das 08:00 às 09:30. 5.3 Para concretizar a inscrição o candidato deverá preencher corretamente todos os campos da ficha de inscrição (fornecida no local). 5.4 Considera-se indeferida a inscrição para o candidato que prestar informações inverídicas quanto ao preenchimento da ficha de inscrição e /ou omitir dados no ato do preenchimento da ficha de inscrição. 5.5 As informações prestadas na solicitação de inscrição serão de inteira responsabili dade do candidato, di spondo a AIDESA do direit o de exclui r do proces so seletivo aquele que não preencher a solicitação de forma completa e correta. 6.0 DAS FASES DO PROCESSO SELETIVO

9.0 DO CRITÉRIO DE DESEMPATE 9.1 Em caso de empate entre os candidatos terá preferência o candidato que tiver maior pontuação na Prova Objetiva, em persistindo o empate, o desempate se dará pela idade. 10.0 DO RESULTADO 10.1 O resultado final do Processo Seletivo será divulgado no início do mês de maio/ 2018. 10.0 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 11.1 O prazo de validade desta seleção esgotar-se-á após um ano contados a partir da data de divulgação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período. 11.2 A AIDESA chamará, posteriormente, por critério discricionário, os candidatos selecionados dentro do número de vagas. 11.3 Não serão fornecidos atestados, certificados ou certidões relativas à classificação ou pontuação dos candidatos, valendo para tal fim os result ados publicados ofi cial ment e. IVONEI APARECIDO DE ALMEIDA PRESIDENTE DA AIDESA


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 13

ESCOLAS MUNICIPAIS REVOLUÇÃO DE 64

Vereadores de Santa Rosa parabenizaram Jango pelas ‘reformas’ No dia 16 de março de 1964 o vereador Oliveiro de Carvalho propôs envio de telegrama ao então presidente João Goulart (Jango) congratulando-se com Sua Excelência pelas medidas tomadas com referência às reformas de base”. Três dias antes, Jango realizara um comício monstro, no Rio de Janeiro, com objetivo de transferir a pressão ao Congresso Nacional para mudar a Constituição e dar ao Executivo poderes especiais. O Plano Trienal, do ano anterior, fracassara, e as reformas de base marchavam para o mesmo caminho. Duzentas mil pessoas se acotovelaram na Central do Brasil para ouvir o pesidente – que no palanque estava ladeado por Leonel Brizola e Miguel Arraes – desapropriar terras produtivas e encampar refinarias particulares de Petróleo. E Jango disse que aquilo era apenas o começo. Seis dias depois do comício, e três depois do telegrama da Câmara de Santa Rosa, acontece a ‘Marcha da Família Com Deus Pela Liberdade’, com meio milhão de pessoas nas ruas da capital paulista “pedindo a cabeça” do Presidente da República. Na sessão da Câmara do dia 16, em Santa Rosa, a ideia do telegrama para Jango foi posta em votação e aprovada por 7 votos contra 3.  

E depois dele deposto, julgaram sua política nociva para o país O vereador Abel Quintilhano, à vista desse placar, propôs que, como não houvesse unanimidade, o telegrama fosse enviado apenas em nome dos 7 favoráveis, e não da Câmara. O vereador Lazinho Antônio de Oliveira, um dos três contrários ao telegrama, chegou a se desculpar com os autores da indicação, explicando que assim procedia por não estar bem certo do significado das tais reformas de base. Finalmente, no dia 31 de março de 1964, João Goulart é deposto e exilado. O Brasil mergulharia numa ditadura militar que só restituiria o poder aos civis na década de 80. Na primeira sessão de Câmara depois do golpe, realizada a 6 de abril de 64, um manifesto de vereadores condenou “política seguida pelo ex-presidente João Goulart como nociva aos interesses do país”, tornando sem efeito o telegrama enviado. No manifesto, os vereadores Bernando Athaydes Passos, João Vital, Oliveiro de Carvalho, Paulino Eleutério, Lauro Campanilli, Abel Pereira Quintilhano e João de Oliveira argumentaram que “ignoravam as verdadeiras intenções do chefe do governo da República” quando decidiram telegrafar em apoio. (Extraído do livro “Histórias de Santa Rosa de Viterbo”, de Romeu Antunes)

Povo cita falta de materiais, prefeitura nega O Jornalzão recebeu na tarde de terça feira reclamações de munícipes e professores de que o setor de Educação Municipal está desabastecido de materiais de todos os tipos, desde limpeza até de material escolar para ser usados nas salas de aulas. Segundo as reclamações, nem tinta para impressora a prefeitura tem fornecido. “A tinta da impressora é comprada com dinheiro de cotização de professores e diretor. Xerox não tem. Até material de limpeza falta”, disse um dos reclamantes. E curiosamente na quarta feira mães de alunos reclamaram nas redes sociais sobre a falta de papel higiênico e até de detergente, na pré-escola do Bosque. “Além de não ter papel higiênico não tinha monitor para acompanhar a criança até o banheiro”, disseram nas redes sociais. Outra rec lamaçã o é sobre os pombos da escola Professor José Riberto Cos-

ta Bruno, que causam sujeiras e podem levar doenças para as crianças. Prefeitura re sponde – O Jornalzã o entrou em contato com o pre feito, através de sua assessoria de comunicação. Sobre a falta de materiais o prefeito disse que “a afirmação não procede. Todas as escolas têm material de limpeza, pedagógico e de apoio em boa quantidade e inclusive estão abertas para visitas a fim de verificar esta situação. As alterações, na verdade, se resumem às práticas de trabalho que estão sendo exigidas aos docentes e que inc omodam pois alguns profissionais precisam se adequar às novas exigências pedagógicas e operacionais.”. Quanto aos pombos o prefeito disse que “a Escola Costa Bruno realmente apresentou problemas com pombos, porém foram tomados os cuidados de limpeza e dedetização. Na ver-

dade, todas as escolas passaram por um processo de limpeza de caixas de água e dedetização antes do início das aulas, em fevereiro. O

setor de Educação tem parceria com a Vigilância Sanitária para verificação de focos criadouros de insetos e animais.”

Professora afastada gera falatório Outra reclamação é quanto ao afastamento da professora Adriana Coelho, cujo nome era o principal para assumir a pasta da Educação de Nando. A professora tem por atribuição dar aulas de manhã e à tarde na escola municipal Wolmar, mas segundo os reclamantes ela não comparece para dar aulas, principalmente à tarde. Eles disseram que os alunos são realocados em outras salas de aula e tem vez que até servente tem que ficar na sala para cuidar dos alunos. O prefeito Nando, através de sua assessoria de comunicação esclareceu que “a professora Adriana Coelho tem dois cargos e está afastada de um (período da tarde) com portaria e neste período, ela atende as atividades inerentes ao departamento, inclusive sendo a responsável da parte pedagógica do Projeto CEMEC, que é uma integração entre Educação e Desenvolvimento Social. Quanto à sua antiga classe dentro de período da tarde, já está designado um substituto via atribuição.”


PÁGINA 14

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 19


PÁGINA 20

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

Ex-ministro Wagner Rossi é preso em operação da PF O ex-ministro Wagner Rossi foi preso na manhã desta quinta-feira (29) em uma das ações da Operação Skala, deflagrada pela Polícia Federal. Também foi preso Milton Ortolan, auxiliar de Rossi. As prisões da Operação Skala foram pedidas pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A operação foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do inquérito que investiga se Temer, por meio de decreto, beneficiou empresas do setor portuário em troca de suposto recebimento de propina. O advogado de Wagner Rossi, Rafael Chiaradia, afirmou que a prisão é “abusiva” e que a defesa ainda tenta entender as circunstâncias da decisão. A carreira - Ex-deputado federal, Wagner Rossi foi ministro da Agricultura nos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, em 2010 e 2011. Em 1999 e 2000, Rossi presidiu a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), estatal administradora do porto de Santos. Ele é pai do deputado Baleia Rossi, líder do MDB na Câmara. Joesley Batista - Em depoimento  à Polícia  Federal em fevereiro deste ano, o empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, disse ter sido procurado por Wagner Rossi após a saída dele do Ministério da Agricultura e ouviu reclamações de que Temer o havia abandonado. Joesley Batista disse que, depois dessa conversa, Temer ligou e pediu que ele fosse ao escritório na Praça Panamericana, e que Temer perguntou sobre o valor que Joesley repassava a Rossi anteriormente e porque havia parado - e que Temer queria confirmar se eram de fato R$ 200 mil mensais. O empresário diz que confirmou a Temer que era esse o valor e que tinha parado de repassar porque Rossi havia saído do Ministério da Agricultura. O delator disse que Temer perguntou se ele não podia continuar, então, repassando R$ 100 mil porque Rossi estava “muito bravo” com ele, Temer. À PF, Joesley disse que ponderou com Temer que Rossi não deveria receber mais dinheiro algum porque não estava mais no ministério, e que Temer insistiu que “gostaria que fosse realizado o pagamento de ao menos R$ 100 mil porque Wagner Rossi estava muito bravo com ele [Temer]”. No mesmo depoimento, Joesley disse que Temer também perguntou se ele conhecia Milton Ortolan e se poderia pagar a ele algum valor entre R$ 20 mil e R$ 30 mil. Joesley, então, disse que concordou e pagou em dinheiro ou com notas fiscais de serviços não executados.

PÁGINA 21

Paixão de Cristo é hoje Está tudo pronto para 18ª ‘Encenação da Paixão de Cristo’, que acontece amanhã, às 20h30, no ‘Buracanã’, que no ano passado, se consolidou como a maior encenação da região, tanto em tempo de duração, quanto em público, atingindo 10 mil pessoas. O tema deste ano será inspirado no versículo do Evangelho de João. “Tendo Amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim”, Jo 13,1. Toda a apresentação terá como base central o amor. A abertura lembrará a Criação do Mundo, primeiro capítulo do Livro de Gênesis, e será representado com Adão, Eva, demônio, fruto proibido para mostrar a origem do bem, do mal e do pecado. A ideia é explicar a necessidade de Deus se fazer ‘humano’ para poder ensinar pessoalmente ao homem sobre o amor. A equipe conta com 250 pessoas e o teatro terá aproximadamente 1h40. Outra novidade será a estrutura, três palcos grandes, sete cenários, que terão posições diferentes de anos anteriores e uma infra-estrutura de segurança melhor com placas ao redor do palco para poder liberar mais espaço para o público, porém, a população que passava por lá se assustou, achando que deveriam desembolsar dinheiro para assistir o espetáculo. Porém, um dos organizadores, José Paulo Orlando, tranquilizou a todos. “A encenação não será cobrada. A estrutura de fechamento montada é apenas na parte de trás dos cenários por questões de segurança entre os atores e o público. Seráaberto como sempre”.

Multas para terrenos sujos serão aplicadas a partir de abril A Prefeitura Municipal de Santa Rosa informou que a partir do mês que vem começará emitir notificações de multas para os proprietários de terrenos baldios ou incultos, ou seja, que não possuem nenhum tipo de cultivo para que no prazo de vinte dias façam a limpeza de seus lotes. Conforme a lei entende-se por limpeza de terrenos baldios, a capinagem mecânica ou roçagem do mato, eventualmente achadiço no imóvel, cata e a remoção dos detritos e lixo domiciliares, comerciais, industriais ou hospitalares depositados nos referidos imóveis, entulhos, cacos e demais fragmentos similares e resíduos botânicos, tais como: galhos, troncos, folhagens e congêneres. A princípio apenas os terrenos dos bairros Nova Roma, Jardim Dom Bosco, Jardim Primavera, Jardim Itamaraty I e II e Jardim Elite receberão as notificações, porém, em breve, a punição será aplicada no restante da cidade. A multa para descumprimento é de 100 UFM, ou seja, R$ 350,49 conforme determina a Lei 2.125/96 nos termos do artigo 33 e alterada pela Lei Complementar nº 42/03. O setor de fiscalização, que pertence ao Departamento de Obras, que será responsável pela atividade.


PÁGINA 22

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PROSEANDO

CHICO XAVIER

Por Zé Pretinho

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Santa Semana No domingo, encerramento dos festejos na mata Graciosa ao Dia Mundial da Água, o seminário Vida Viva entoou os cânticos de louvores e aleluias pelo domingo de Ramos. Início da Sagrada Semana Santa, celebrando vida, morte e Ressureição de Nosso Senhor Jesus Cristo! Um encontro maravilhoso de etnias religiosas de todas as tribos, presentes num único objetivo; Agradecer a Deus pela vida, e ao Senhor Jesus Cristo por todo sofrimento enfrentado por Amor a nós e nossa Liberdade... No mega palco armado na praia da cachoeira da Graciosa, a dupla sertaneja, Barro preto e Águas claras emocionaram os presentes com os louvores iluminados ao Cristo Rei! Cento e cinquenta e duas religiões presentes, de várias partes do mundo, como o missionário Tuiuiú, que veio em caravana do Pantanal com as Garças Pantaneiras. E do Canadá vieram os Gansos, ensinando a bela lição, “O voo dos Gansos”. Os Bandos de Papagaios e Sairas de sete cores. Que espetáculo eclesiástico! Notável de ser apreciado. Uma cena marcante silenciou o evento... Foi quando o Sacerdote Pombo correio, mensageiro na propagação do Santo Evangelho, abraçou de verdade o Urubu, chefe do Candomblé! O grupo de Capoeira, Netos do Quilombo, saldaram Tuiuiú com a dança do Macaco N’água. Os cantos encantando aquele clima de Paz, na sequência vieram a dupla Rio Pardo e Bibiano. Rio Pardo falou com o coração cheio do Espirito Santo: - Aqui não vemos religião, estirpe social, raça ou cor da pele! Aqui nós estamos para Adorar Nosso Senhor Jesus Cristo! Nosso Salvador! Quem de vocês suportaria o sofrimento de Jesus pela nossa liberdade?! Essa foi a semana de dor e Glória de Jesus Cristo! Viva a Semana Santa! Orando em línguas, mais de duzentos bichos e pássaros, levantaram uma grande energia no local, a mata tremeu. O morador de rua Gambá deu seu testemunho: - Fundamental a união de todas as religiões, nossa sociedade está contaminada por uma esquizofrenia social, o vírus se alastra rapidamente, quem não estiver vestido da Armadura de Deus, não vence os transtornos da inversão de valores. Só por Deus! Aleluia! O Budista bicho Preguiça, totalmente zen, fala numa velooociiidade, e traz paz interior, uma brisa paira sobre aquela multidão de seguidores do Cristo Vivo! O Adventista do sétimo dia prega o salmo 91 e Apocalipse, que arrepia o público presente. Macaco agnóstico, fala com eloquência: - Admito a Existência de um Criador que rege o universo com Perfeição na Criação... Essa é uma semana de Perdão e Reconciliação! Uma das últimas palavras de Jesus, antes de Sua morte na Cruz foi: Pai, perdoa-lhes... Aprendemos com Jesus que um coração que perdoa, perdoa independente do outro pedir perdão ou não, independente do outro se arrepender ou não. Viva a Páscoa! Viva o Natal! Opa errei, perdão, a Páscoa primeiro! E assim numa grande energia a multidão dançou e cantou para Deus e Jesus Cristo até o raiar do sol... Quando todos em procissão marcharam rumo ao Grande e Consagrado espetáculo da sexta-feira Santa; A Paixão de Cristo no Buracanã... Imperdível...

Eterna vítima Na silenciosa paz do cimo do Calvário, ainda se vê na cruz o Cristo solitário. Vinte séculos de dor, de pranto e de agonia, represam-se no olhar do Filho de Maria. Abandonado e só na aridez da colina, sofre infindo martírio a vítima divina; Açoitado, traído e calmo, silencioso, da Terra ao Céu espraia o seu olhar piedoso. Dois mil anos de dor, e os seus cruéis algozes passaram sem cessar como chacais ferozes. Caravanas de reis nos tronos passageiros, exaltados na voz das trompas dos guerreiros; Os lendários heróis no dorso dos corcéis, inscrevendo com fogo as máximas das leis. Cavalheiros gentis, valentes brasonados, nobres de sangue azul nos seus mantos dourados. Viram-no seminu, na cruz, ensanguentado, e puseram-se a rir do louco supliciado! O Cristo continuou, humilde e silencioso, espraiando na Terra o seu olhar piedoso. Sábios do tempo antigo abrindo os livros santos olharam-no também, partindo como tantos. Artistas e histriões, poetas e trovadores, castelãs juvenis, turbas de gozadores Inda vieram; depois, aqueles que sem seu nome espalharam a treva o pranto a guerra e a fome. Desolação e horror, mataram-se os irmãos, lobos, tigres, chacais, na capa de cristãos. Contemplaram Jesus no cume da colina, multiplicando a guerra, as lutas e a chacina. O Mestre prosseguiu; sublime e silencioso, espraiando na Terra o seu olhar piedoso. E na época atual, a caravana estranha estaca no sopé da árida montanha; Mas os soberbos reis e césares antigos, hoje mais não são que míseros mendigos; Os nobres doutro tempo agora transformados nos párias do amargor nos grandes desgraçados. Agora vêm, sim, no topo do Calvário, o sacrifício e a dor do eterno visionário. Bradando com furor:- “Socorre-nos Jesus! Que possamos vencer a dor em nossa cruz. Sorvendo o amaro fel nas dores da aflição, temos fome de paz e sede de perdão!” E o Mestre de bondade, o anjo da virtude, estende o seu perdão cheio de mansuetude. E do cimo da cruz, calmo e silencioso, consola a multidão com o seu olhar piedoso. Guerra Junqueiro Poema extraído do livro “Parnaso de Além-Túmulo” – Psicografia de Chico Xavier.

CANTINHO DO EDU Eduarco Alves

                A Voluptuosidade e a Inserção Cultural Em alta análise e preocupação com o presente mais vivo que podemos ter em formas produtivas, criadoras, renovadoras e desenvolvedoras que possuímos enquanto parte unitária da sociedade.. “Adolescentes”. Surge linear aos anos atualizados, se também olharmos aos mais anteriores.. Um fruto do automato em certos aspectos demasiados. Talvez mais vistoso pela denominada “média classe”, por sua posição de facilidade ao corrompimento da própria autonomia,  de uma  formação  de “ser  em si” e não “ser por ser”. Em unidade escalar dos anos, compreendo um crescimento especificamente nas partes citadas de um forte apego e paixão pelos sentidos, pelas percepções instantâneas, pelos prazeres coletâneos em si.. Revitalizando o vigoroso animal que existe em nós, enquanto unidades únicas. Alguns conseguem interpretar e descodificar tais palavras por prévias e outros necessitam de tais explicações detalhadas. Por assim dizendo, farei.. Onde se encaixa em fatos toda essa falácia, mais simplificadamente possível.. Nos novos autores criminais, nos novos improdutivos sociais, nos novos inconscientes de suas condições e percepções enquanto “seres” e “sociedade”, em novos autores incapazes de escrever suas histórias enquanto atores existenciais sem produção de sentido. E nesse meio todo entra uma ferramenta de prudência social, a inserção cultural.. Contanto, toda prudência age visando sua própria deliberação, no entanto esta age para a deliberação do outro e do que está interno e externo a si, criando válvulas e formando autores sociais, impulsionando o fator “sentido” que se perde em meio à volupia exagerada. Nos salvando de uma anomia por parte dos despercebidos, assassinando o caos interno seja ele causa ou do acaso.. Cada vez mais necessitáremos de demandas maiores que envolvem o setor cultural em seus aspectos gerais, para não se diluir pelo ar os setores sociais.


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 23

DARCI ROCHA

Salão comercial Cento próx. biblioteca, com 50m2, terreno 250m2 ..................................................... R$ 150 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................................... .... R$ 115 mil Casa nova no Ari carneiro 2 dorm, sala, coz .................................................................................... R$ 120 mil Apto. Ribeirão 69 m2, com 2 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, armários, próx. Catedral ..... R$ 300 mil Avenida Jd. das Flores 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia, despensa, área churras com garagem .............. R$ 285 mil Jardim Aquarius 4 terrenos juntos ................................................................................................ R$ 320 mil Dom Bosco nova, 3 dorm, sala, coz, wc social, piso porcelanato, murado, portao, quintal parte ciment. .... R$ 200 mil Ari Carneiro 2 dorm, sala, coz, murada ............................................................................................ R$ 115 mil Próximo a Capela esquina, 2 dorm, sala, copa, coz, despensa, wc, mais edícula ind, com quarto sala coz .. R$ 380 mil Vila Mendes 2 dorm, sala, cozinha, precisa de boa reforma, terreno amplo ............................................... R$ 65 mil Cohab 3 - 2 dorm, sala, coz, área serviço coberta mais despensa ampla .................................................. R$ 115 mil Casa centro próx. Grick e Matriz, 2 dorm, sala, copa, coz, varanda, lavanderia, terreno amplo. ót. local .... R$ 200 mil Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem ................................................................................................. R$ 120 mil Itamaraty 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia e edicula no fundo ............................................ R$ 180 mil Casa Centro ao lado Banco do Brasil, 2 dorm, sala, coz, terreno 176m2 ............................................... R$ 270 mil Dom Bosco 3 dorm, garagem 2 carro, área no fundo, murada ................................................................... R$ 200 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão .......................... R$ 270 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ...................................................... R$ 190 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2 ............ R$ 1.500.000,00 ac. proposta Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ........................ R$ 230 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real ............................................................... R$ 180 mil Rua Pestalozzi 3 dorm, sala, coz, garagem, + salão comercial ................................................................. R$ 120 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ..................... R$ 450 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 ............................. R$ 350 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc sociais, terreno 600 m2 ..................... R$ 400 mil Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de 676 m2R$ 900 mil Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ........................................................... R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia ................................................ R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc .............................................. R$ 240 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. ..................... R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor

Terreno amplo 3800m2, ótimo local para área de lazer, com pequena represa .................................... R$ 250 mil Jd. Aquarius 10x25 .................................................................................................... ................. R$ 42 mil Centro com cerca de 1.200m2, todo murado (aceito casa na troca) .................................................... R$ 450 mil Terreno de frente a praça Matriz 1375 m2, ao lado e fundo da caixa Federal ................... R$ 200 mil Jd. Bela Vista .................................................................................................... ........ R$ 13 mil + prestação Terreno Ari Carneiro 200m2 ......................................................... entrada de 18 mil + parcelas de R$ 442,00 Nova Roma ótima localização, próximo à ciclovia, med 13x25 (325m2), murado, plano ..................... R$ 100 mil Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, ....................................................... R$ consulte-nos Terreno Canaã, quitado, 10x25, ótima localização .......................................................................... R$ 60 mil Terreno AV São Paulo esquina com 200m2 de frente ao centro cultural ............................................ R$ 190 mil Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ............................... R$ 350 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavand, área churras, esq .............................. R$ 380 mil Jd Aquarius 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, garagem (próx rodoviária) .......................... R$ 200 mil Nova Roma 114 m2, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem e port. 153 m2 de terreno ........ R$ 160 mil Cohab 3 esquina, 3 dorm, 2 salas, copa, coz, área lazer, garagem + edícula ............................................ R$ 220 mil Filtro 3 dorm, sendo 1 suite e closet, sala, copa, coz, garagem, portão, .................................................. R$ 220 mil Cohab 4 esquina, 2 dorm, sala, coz, garagem ....................................................................................... R$ 90 mil Casa Jardim do Sol (esquina) 02 dorm, sala, cozinha, murada..................................................................................R$ 180 mil Jd. das Flores 2 dorm, sala, coz, wc, salão de jogos, garagem 4 carros, piscina ...................................... R$ 320 mil Rua Prudente de Morais 3 dorm, sala, copa, coz, lavanderia e garagem ................................................. R$ 210 mil Centro seminova, de frente ao antigo correio, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, area churras .... R$ 250 mil Nova Roma 2 dorm, sala, coz, area serviço, murada e portão ................................................................ R$ 200 mil Avenida Fiuta 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia .................................................................. R$ 180 mil Morumbi velho 275 m2 de const. 2 terr. med. 663 m2, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, ed. fundo . R$ 590 mil Casa com sobrado e salão comercial Nosso Teto, esquina próxima ao Nota 10 ................................... R$ 160 mil Nova Roma, esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavand, área churras, garagem, amplo terreno ........ R$ 250 mil Casa Primavera 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, gar. terreno 400m ................................. R$ 230 mil Av. Fiuta 2 dorm, sala, coz, copa, lavanderia, garagem, murada, quintal cimentado, portão, perto Solar ...... R$ 220 mil CasaItamaraty, 3 dorm, copa, sala, coz, garagem, quintal cimentado, portão (terreno 12x25) .................... R$ 200 mil Salão comercial Ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha ................................................ R$ 250 mil Casa Centro róximo ao HSBC, com 353,94m2 const, acabamento de 1ª, terr. 1.045m2, murado, portões .... R$ 700 mil Nova Roma 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem, construída em 2 terrenos ............................ R$ 400 mil Nova Roma 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, garagem, ótimo acabamento ..................................... R$ 230 mil Jd. do Sol 2 dorm, sala, coz, área de lazer, terreno 10x38,5 ................................................................... R$ 190 mil Cohab1 esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, garagem, área serviço ............................................... R$ 100 mil Próx. praça Fuim (avenida) 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, alpendre, terreno 10x30 ........................... R$ 260 mil Rua do Comércio 2 dorm, sala, cozinha, amplo terreno ...................................................................... R$ 350 mil Cohab 1 esquina, com 3 dorm, sendo 1 suite, sala estar, sala TV, cozinha, garagem, varanda. ót local ........ R$ 135 mil Nova Roma 184m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, área serv + edicula (2 terr.) ........................... R$ 420 mil Sobrado Nosso Teto com 3 aluguéis ................................................................................................ R$ 120 mil Centro próx. Gricki, 2 dorm, sala, copa, coz, área serviço, garagem ....................................................... R$ 210 mil

Chácara fundo Cohab 1 1.100m2, com casa de 4 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, despensa, área de lazer com currasqueira, pomar ............................................................................................... R$ 450 mil Chácara jd Aquarius 2mil m2, amplo salão de festas, coz, wc, piscina, arborizada, murada, energia e água Sabesp ..................................................................................................................................... R$ 560 mil Sítio 20 mil m2 Módulo rural, ótima localização, próximo a Nhumirim a 600 m do asfalto. Consulte-nos 1 alqueire dentro da cidade, ót. locl para loteamento ................................................................ R$ 650 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 180 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ............................................................................... R$ 160 mil Sítio 16 alqueires (sem benfeitorias) forma de pagamento à combinar ............................... R$ 1.100.000,00 Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

DOIS TERRENOS

SALÃO COMERCIAL

Área 8.900 m2

SALÃO COMERCIAL

Nova Roma, avenida Nicolas Yasbeck, medindo 20x50 ou seja, 1.000m2 cada um. Murado. R$ 250 mil cada

Ótimo ponto comercial, rua Mário Carneiro da Cunha R$ 250 mil

Plana, ótima localiz ação, ao lado do jardim Itamaraty 3. Consulte - nos

e squina, antigo HSBC, 220m2 de construção, te rre no com 330m2. Oportunidade única R$ 280 mil

CASA NOSSO TETO 3 dorm, sala, coz, reformada, murada, piso e forro PVC. Aceito carro ou financiamento. R$ 95 mil


PÁGINA 24

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 25

LIGUE JÁ. O FUTURO CHEGOU


PÁGINA 26

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 27

“Leão” goleia luiz Antonio fora de casa: 6 a 1 O Santa Rosa FC viajou a Luiz Antonio e goleou a equipe da casa pelo placar de 6 a 1, na manhã deste domingo, 25/03/2018, pelo Campeonato Amador de Futebol. Foi uma partida quase perfeita do Leão, que terminou o primeiro tempo vencendo por 4 a 1. No segundo tempo mais dois gols fecharam o placar. O Santa Rosa FC teve dois jogadores expulsos e Luiz Antonio um. A torcida DESORGANIZADA invadiu Luiz Antonio e deu um show com mais de 50 torcedores que viajaram até a cidade vizinha. Com este placar, Santa Rosa assumiu a liderança isolada com 7 pontos, seguido por Brodowski (6), que hoje bateu SS do Paraíso por 2 a 1, Paraíso (4) e Luiz Antonio (0). Domingo de Páscoa não tem jogo. A próxima partida é em Santa Rosa, contra o mesmo Luiz Antonio no dia 08 de abril. O Leão jogou com Dê, Jé, Coutinho, Cardoso e Richard; Henrique, Evandro, Miguel e Erivelton; Arthur e Diogo. Entraram: Rafael, Yago, Pistolinha, Gu, João Matheus, Alan e Binguinha. Gols: Diogo, Cardoso, Miguel, Arthur, Henrique e Pistolinha. Expulsões (SRFC) Jé e Alan. O Santa Rosa FC joga com patrocínio de SkyMax, Solar Supermercados, Chiaperini Industrial, Milanez Frios, Romavili Panificadora e apoio total da Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo. Fundamental também é a colaboração dos postos de combustíveis do Marinho, Rotatória e Nova Roma.

Cerca de 50 torcedores se deslocaram até Luiz Antonio

Equipe Junior do Santa Rosa FC treina forte O Santa Rosa Futebol Clube está fazendo bonito no Campeonato Amador Regional 2018. No últi mo domi ngo, foi pa ra Luiz Antônio e derrotou a equipe da casa por 6 a 1. Com o resultado, assumiu a liderança isolada do grupo com 7 pontos, seguido por Brodowski (6), Paraíso (4) e Luiz Antônio, que não somou nenhum tento. Esse grande desempenho do time loca l está servindo de estimulo para os meninos que gostam de jogar futebol na cidade, e estão empolgados em participar do SRFC Sub - 20.

O técnico e também jogador do Santa Rosa, Bê Cardoso, ex-profissional, explica que a intenção é que nos pr óxi mos anos se ja usado cada vez mais jogadores nascidos na cidade no time principal. “Estamos preparando esse meninos para ser o futuro do nosso futebol e quem sabe

revelar um os dois jogadores para algum time da região”. Os trei nos acontecem duas vezes por semana e participam cerca de 20 jovens. O time está disputando o campeonato municipal e está tentando entrar no campeonato paulista da categoria.

3954 3371 - 3954 6920


FALA NOSSO TETO

PÁGINA 28

Plantio sem critério Um ato muito comum entre os moradores é o plantio de árvores em espaço público. No bairro, as avenidas prof. ª Luíza Garcia Ribeiro e Joaquina Custódia Ribeiro, são os canteiros preferidos para esta prática. Sob o aspecto ambiental, o ato em si é elogiável, mas a prática sem qualquer orientação técnica pode causar problemas sérios. Saber a espécie da planta, o tipo de raiz e a altura da copa, por exemplos, são informações que devem ser levadas em conta antes de plantar. É sempre recomendável procurar o Setor de Meio Ambiente da Prefeitura em busca de orientação. O que é uma boa ação hoje, pode se tornar em dor de cabeça no futuro. Por exemplo, raízes quebrando o asfalto, galhos atingindo a fiação elétrica. Não plante um problema, plante com orientação técnica.

Brincando com fogo Queimaram o Jardim Nova Canaã. O fato aconteceu na última segunda feira e se repetiu durante a semana. No final da tarde de segunda, enquanto o fogo devorava o mato roçado havia pouco tempo, avistamos dois meninos brincando com fogo, sem se darem conta do perigo. No Jardim Nova Canaã ainda não há construção. Apenas lotes cobertos por mato e vegetação rasteira.

por Serginho Gomes

Procissão do Domingo de Ramos No último domingo (25), domingo que antecede a Páscoa, a comunidade católica da Igreja de São Judas Tadeu se reuniu na capela Mãe Rainha, localizada na praça Gonair Procópio da Silva, para dar início à Procissão do Domingo de Ramos. O Domingo de Ramos dá início à Semana Santa. Tão logo o padre Alex Cássio Pereira benzeu os ramos, o povo seguiu em procissão, como descrevem os quatro Evangelhos canônicos (Marcos 11:1, Mateus 21:111, Lucas 19: 28-44 e João 12: 12-19), representando a entrada de Jesus em Jerusalém. A procissão seguiu por ruas do bairro até a Igreja de São Judas Tadeu, onde o padre celebrou Missa solene. Logo mais às 15h haverá celebração da Santa Cruz e às 19h30, Procissão do Senhor Morto. No sábado, às 20h, terá vigília Paschoal e no domingo de Páscoa, às 8h Missa em Nhumirim e 09h30, na Paróquia de São Judas Tadeu.

Acidente na Rotatória João Gentil - mais um No início da noite da última quarta-feira (28), dois veículos colidiram na rotatór ia João Genti l. Foi ma is um acidente no loca l, que vem contabilizando desastres rotineiramente. Segundo informações, um veículo Fiat Pálio estava pela rotatória no sentido centro- bairro Nosso Teto, quando foi atingido por uma caminhonete Dodge Ram, que trafegava pela avenida Henrique Alonso Martins, sentido rotatória. O para-choque da caminhonete atingiu a porta do passageiro do carro e o arrastou sobre a mureta. No Pálio viajavam um casal e seu filho. O pai, motorista, nada sofreu, seu filho teve dores no braço e sua mulher foi socorrida até o Pronto Socorro local, com a pressão sanguínea alterada. As partes se entenderam quanto ao ressarcimento do prejuízo.

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018


O JO R N AL ZÃO - ED. 1.144 - 30/03/2018

PÁGINA 31


O Jornalzao, edição 1144  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

O Jornalzao, edição 1144  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement