Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 09/09/2017 - Ano 23 - N.º 1.116 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

CAMPEONATO AMADOR ESTADUAL

Santa Rosa FC estreia amanhã 15h em casa

R$ 3,00

AIDESA sofre com dívidas e quer ajuda para não fechar

Competição é mata-mata e cada jogo é decisão

Entidade precisa de 30 mil reais para fazer manutenção dos equipamentos e reformar parte do prédio. Salários estão em dia Xo, dengue - Um desfile da criançada contra a dengue fez parte da programação de aniversário da cidade. A concentração foi na praça da Matriz

Desfile Cívico leva multidão de volta à avenida Presidente Vargas Amanda Garofalo é a Miss Santa Rosa

Prefeito HISTÓRIAS DO assina NOSSO FUTEBOL convênio com Placar do o Detran

jogo que A presença de reinaugurou Santa Rosa de o ‘campão’ Viterbo nas virou igrejas mistério! mineiras

Matheus vai martelar Mercedes na Turquia O santa-rosense Matheus Cicolani viaja amanhã para Istambul, principal cidade da Turquia, para reparar – com seu ‘martelinho de ouro’ – carros Mercedes Benz danificados pelo temporal que arrasou a cidade em julho deste ano.


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 3

SOS AIDESA

Entidade, no vermelho, tem déficit de 30 mil reais Os cerca de mil atendi ment os fisio terápi co s mensais que a AIDESA faz podem ficar comprometidos por causa de um déficit que a entidade tem. O "buraco" nas contas é de 30 mi l reais. E ra maio r, cerca de 45 , mas du as ações proporcionadas pela entidade teve boa arrecadação e os salários dos funcionários ficarão praticamente em dia com os 14 mil arrecadados, faltando apenas as férias. O grito de socorro da entidade é voltado principalmente para manutenção dos equipamentos e prédio. Segundo Ivo nei Almeida, novo presidente da enti dade, vári os equ ipamentos precisam de manutenção, alguns já estão parados e o atendimento tende a ficar prejudicado. "Reduzimos ao máximo os gastos da entidade, cortamos planos de telefone, economizamos no gás que aquecia a piscina, pois reativamos o aquecimento solar, mas o orçamento é bem curto e não sobra para manutenção", explicou Almeida. Recém empo ssado, ele diz que já fez diversas melhorias no prédio, mas

preci sa mais. "Tinhamos diversas telhas quebradas, apenas algumas lâmpadas funcionava e isso já arrumamos. Mas o prédio está com mofo po r causa dos vazament os ant erio res e precisamos arrumar", disse. O prédio foi fundado em 1990, pelo casal Diva e José Roberto Pinati. Trabalho diário - A fila de espera para atendiment o era grande, com mais de cem pessoas. Mas a nova diretoria já zerou est a fil a, de pessoas que não necessitam de transporte para chegar até a sede da entidade. "Nossa meta ago ra é zerar a fil a para quem usa nosso transporte", disse. A entidade conta com duas fisioterapeutas próprias e mais seis da prefeitura, que mantém convênio com a entidade. O município fornece ainda duas estagiárias para aj udar nas coisas do dia-a-dia e mais dois motoristas com transporte para os mais carentes e qu e necessit am de atenção especial. "A gente atende a demanda da prefeitura (SUS) e eles nos repassam 6,2 mil

Ivonei mostra uma grande rachadura na fachada do prédio reais mensais e mais estes funcionários. Convênio é apenas 15% da nossa receita. E é com este valor, mais as nossas promoções que nos sustentam", disse Almeida. Ivonei ressalta a importância do subsídio do município e da ajuda de alguns voluntários. "Se não fosse isso, certamente fecharíamos as portas". A do cu ment ação

atrasada impede o recebimento de outros convênios, mas isso já está mudando . "E stamo s col ocando tudo em dia para podermos respirar com o recebimento de verbas", explicou. Ajuda no s mo ldes do asilo - Ivonei disse que ficou muito feliz com a resposta da população quando todos juntos ajudaram o Asilo. "Foi bonito de se ver

e a co ntri buição do Jo rnalzão foi enorme, mobilizou to da a cidade. Neste momento precisamos bem menos que o Asilo, e se houver uma pequena mobilização já nos ajuda muito. Para isso, estamos com as portas abertas para o voluntariado, para que conheçam nosso trabalho e nos ajude a levantar esta importante entidade que presta um serviço essencial à população, principalmente a mais carente". O drama da Conceição - Dona Conceição Lourenço de Morais estava andando cal mament e pelas calçadas do bairro Nosso Teto , quando em

uma calçada irregular, tropeçou em uma raiz e caiu. Quebrou o pulso. Na AIDESA ela estava fazendo sua quinta sessão de fisioterapia. "Nossa, aqui é uma beleza, as meninas são muito atenciosas. Passo em um monte de aparelho e estou melhorando a cada dia", disse Conceição, enquanto fazia su a sessão no t urbi lhão, que é um recipiente grande, de inox, li mpíssimo, cheio de água em movimento. Igual a dona Conceição passam 50 pessoas por dia na entidade. Gente que precisa de atendimento urgente. A cidade não pode deixar isso acabar.


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

CURIOSIDADE RELIGIOSA A presença de Santa Rosa de Viterbo nas igrejas mineiras

PÁGINA 5

Santa-rosense vai reparar carros atingidos por granizo em Istambul Romeu Antunes A violenta tempestade que desabou sobre Istambul, no último dia 27 de julho, abriu a oportunidade para um santa-rosense demonstrar sua técnica de reparar carros danificados por granizo. Matheus Cicolani, 26 anos, embarca amanhã, em São Paulo, em voo direto para a cprincipal cidade da Turqu ia, com previsão de chegada às 2 2 horas de segu nda feira (horário turco). - Vou ficar dois meses trabalhando na recuperação dos carros danificados pelo granizo – conta o dono da “MC, Martelinho de Ou ro”, empresa est abelecida em Santa Rosa. Co m a i dade de 11 anos, ele aprendeu com o pai a trabalhar em funilaria. Só mais tarde descobriu o ‘martelinho’, instrument o que empu nha no reparo de danifi cações provocadas na latoaria de

Mateus trabalha desde os 11 anos de idade veículos por granizo e outros objetos. - Aprendi vendo outras pessoas, e tomei gosto pela profissão que já tenho faz 8 anos. Em sua loja trabalha

com martelinho, polimento e higienização de veículos, serviços que presta em toda a região. - Fui convidado por colegas de profissão para trabalhar em Istambul por

do is meses. Fo mos co ntratados por uma concessi onária Mercedes Benz. Topei na hora, mas quando pegu ei o passaporte, bateu a dúvi da – admi te Matheus.

Trabalhando desde os 11 anos, Mateus não se arrepende Duas das principais igrejas mineiras de São Francisco de Assis, uma em Ouro Preto e outra em São João Del Rei mantém em seu altar principal imagens de Santa Rosa de Viterbo. Na igreja de Ouro Preto, cujo altar, entalhado por Aleijadinho, ficou pronto em 1.796, é proibido fazer fotografias, mas na de São João Del Rei, fundada em 1.749, também com obras de Aleijadinho, é permitido, e publicamos acima, no destaque. A presença de Santa Rosa é marcante. Santa Rosa nasceu em 1233 e morreu em 1250. Foi seguidora de São Francisco desde a infância, ela nasceu só sete anos após sua morte, em 1226.

Uma co nversa com sua mulher Bruna – com quem se casou há cerca de um ano – serviu para con-

solidar a decisão. - Ela me falou que eu poderia aprender outros tipos de serviço, outras ma-

neiras de trabalho, conhecer outras pessoas, trazer a experiência pra cá pra, diferenciar um pouco. Meus amigos já estão lá, guardando minha vaga, e dizem que é um trabalho muito tranquilo, é outro mundo, um país muito bonito. O que vai ganhar pelos 60 dias de trabalho na Turqui a, ele ai nda não sabe: - Vamos receber em euro, mais que aqui, com certeza. Meu s amigos já fecharam o co ntrato lá. Mas eu tenho que trabalhar pra ver o que vou ganhar. Não é estipulado antes, eu tenho que trabalhar, e ganho por serviço prestado.

Tudo depende de mim. Essa profissão depende só da pessoa, ela é 100% mão de obra. O empresário de 26 anos não se queixa de ter dividido a infância com trabalho. - Meus pais não me deixavam pra rua, não! Ficava na rua um pouquinho sim, mas daquele jeito, né, “hoj e você não vai, t em que trabalhar”. Eu até chorava, mas obedecia. E hoje não me arrependo! O que eu sou, as coisas que corri atrás pra ter, foram por causa de meu pai e minha mãe – reconhece Matheus que estudou até o segundo grau escolar.


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017

EDITORIAL Este jornal tem sido duro com as administrações municipais e com esta não é diferente. Pegamos no pé mesmo, até porque não existe oposição e nem mesmo uma Câmara atuante para fiscalizar. Deixando a humildade de lado, fazemos o papel que estes deveriam fazer e não o fazem. Mas hoje não vamos descer o “sarrafo” em ninguém, mas sim elogiar a excelente festa de aniversário que nossa cidade está tendo. Inclusiva, com a participação de muitas crinças, eventos bem organizados - tiramos fora o rodeio que não comparecemos e não temos como opinar - bonitos, baratos, mostrando que um pouquinho de boa vontade se faz bonito sem gastar horrores. Até a cidade está mais limpa, o povo fica mais alegre, até o jornal vende mais, rs. Parabéns, senhor prefeito Luís Fernando Gasperini, por proporcionar a oportunidade de todos festejarem o aniversário de nossa cidade. Socorro - Dia 17 setembro no salão Capela, às 14h, haverá uma ação em prol da Santa Casa, proporcionada pelos Amigos da Santa Casa, que sempre estõ à disposição para fazer o Bem, com “b” maiúsculo mesmo. Aproveitamos então, este espaço, para pedir que todos aqueles voluntários, que se doam um pouquinho sempre em benefício de boas causas, que olhem um pouquinho à Aidesa. Estivemos lá e conhecemos o belo trabalho que eles realizam e das dificuldades que eles passam. temos a certea que se todos se unirem, como feito pelo Asilo, rapidinho arrecadamos os valores que eles necessitam. Este jornal se coloca à disposição de quem quiser, com espaços publicitários gratuitos para divulgarem ações em prol da Aidesa, a partir de agora. Amigos, contamos com vocês. Vão até a Aidesa e conheçam de perto o que eles fazem.

Prefeito assina convênio com o Detran Em breve teremos uma unidade do novo Detran-SP na cidade de Santa Rosa de Viterbo. O convênio entre a entidade e o município foi assinado nesta semana pelo prefeito Luís Fernando Gasperini. Também assinaram os vereadores Francisco Justino Mota Neto e Renato França de Oliveira. O convênio foi liberado para assinatura após intermediação do Deputado Davi Zaia (PPS) que articulou com a superintendência da pasta para que a cidade pudesse receber o serviço. O Detran funcionará no prédio do antigo Centro do Empreendedorismo que já foi vistoriado pelo departamento técnico da instituição e tem todas as características necessárias para o pleno funcionamento. O local precisou apenas ter sua documentação regularizada, visto que mesmo depois de anos de funcionamento, o prédio ainda não possuía escritura e outras documentações. Confira os serviços que estarão disponíveis quando o Novo Detran for instalado no município: CNH o Primeira habilitação o Renovação o Adição de categoria o Alteração de dados que constam na CNH o Segunda via da CNH o Mudança de endereço e transferência o Pontos e certidão de CNH o Permissão internacional para dirigir o Prova teórica o Prova prática o Suspensão e cassação de CNH

MENSAGEM CRISTÃ João Murari

A vida que conta Isaque Hann foi um pastor pouco conhecido que serviu em uma pequena igreja de Loughwood, Inglaterra, nos meados do século 18. Ao final de seu ministério, a lista de membros de sua igreja constava de 26 mulheres e sete homens, e somente quatro destes frequentavam as reuniões com regularidade. Nesta época de comunicação de massas e megaigrejas, quem consideraria este trabalho bem-sucedido? Hoje, Isaque Hann seria considerado um desses pastores que nunca conseguiriam "chegar lá". Certamente não seria convidado a falar numa conferência para pastores, nem teria escrito artigos sobre o crescimento de igrejas. No entanto, quando ele morreu, com 88 anos, os membros de sua igreja puseram uma placa na parede de seu salão de reuniões, que permanece até hoje. Uma parte dela diz: "Poucos ministros foram tão humildes, no entanto, poucos porém foram tão admirados: amadurecido para o céu por graça divina, como fruto do outono ele caiu; Leitor, não pense viver tanto, mas busque viver igualmente bem". O livro de 1 pedro 5: 5-6 nos vem à mente: "Deus resiste aos soberbos, contudo aos humildes concede sua graça. Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que Ele, em tempo oportuno voz exalte." O reverendo Isaque Hann realizou muito da maneira que importa, com humildade diante de Deus e uma recompensa no céu. Nós também podemos. Humildade é a receita para o sucesso!

Veículos o Licenciamento anual o Segunda via do licenciamento (CRLV) o Segunda via do CRV o Consulta de multas e débitos o Emissão de prontuário o Pesquisa de gravames o Registro de veículo zero quilômetro o Solicitação de emplacamento ou segunda via o Transferência de propriedade o Alteração de endereço e mudança de localidade o Comunicação de venda o Solicitação de alteração do veículo o Solicitação de alteração de categoria o Solicitação de placa adicional traseira o Solicitação de gravação e remarcação do motor o Solicitação de remarcação de chassis o Autorização de transporte escolar

Drogas - Impressionante a quantidade de pinos vazios encontrados nos banheiros e ao redor de onde tem aglomeração de pessoas. Necessitamos de ações concretas, pois a coisa está alarmante.

Infrações o Indicação de condutor o Liberação de veículo/documento o Defesa de autuação o Defesa de penalidade o Consulta de multas

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 9.9164.4623 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. Reprodução de conteúdo somente com prévia autorização. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

Santa Rosa perde e está fora da Copa Record Futsal A equipe de Santa Rosa foi a Brodowski enfrentar Ipuã, na noite de terça feira (5), em jogo válido pela série Prata da Copa Record de Futsal Masculino 2017. Santa Rosa começou em cima, mas logo aos 4 minutos Ipuã abriu o placar. O time não se abateu e continuou buscando o gol chegou até fazer um, mas foi anulado. Ipuã resistiu a pressão e fez mais dois gols, Matheus Tuquinha foi quem fez o gol de honra. Santa Rosa saiu do torneio com três derrotas em três jogos, o primeiro foi contra Cajuru, na cidade de Orlândia. O jogo terminou com a derrota por 3 a 1. O segundo resultado negativo foi diante Altinópolis, na casa do adversário, na quarta-feira (23), a partida foi 6 a 3. Contudo o diretor de esporte Rominho garantiu continuará apoiando o esporte na cidade. "A equipe vai continuar e o apoio ao esporte só tende a crescer, mesmo com dificuldades a prefeitura vai investir e apoiar o esporte em Santa Rosa".

Oficinas de Danças Urbanas com inscrições abertas Numa parceria entre o Departamento de Cultura da Prefeitura e o Governo do Estado de SP será realizada uma Oficina de Danças Urbanas com o professor Alexandre Snoopy, um dos mais premiados coreógrafos da região. Serão duas turmas com 30 vagas cada, destinadas a participantes com idade mínima de 16 anos. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no Centro Cultural (Rua Sete de Setembro, 1000), de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h. Os primeiros inscritos garantem a vaga. A oficina acontecerá no período de 11 de setembro a 09 de outubro.

Palestra apresentará esclarecimentos sobre documentação para vistoria dos Bombeiros A Prefeitura de Santa Rosa está organizando uma palestra ministrada pelo Corpo de Bombeiros de Ribeirão Preto com intuito de proporcionar maior esclarecimento sobre a exigência do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), e a necessária documentação para adequação dos estabelecimentos comerciais diversos, em fase de instalação, ampliação ou em funcionamento no município. A palestra acontecerá no próximo dia 12 de setembro, às 14h no Centro Cultural e é aberta a toda população. Na ocasião, será possível esclarecer as dúvidas dos comerciantes e empresários para que todos os estabelecimentos possam apresentar a documentação necessária para a obtenção do AVCB.

PÁGINA 11

Amanda Garofalo é a Miss Santa Rosa A j ovem Amanda Garofalo foi eleita a moça mais bonita da cidade no Concurso Miss Santa Rosa Be Emotion que aconteceu no ú lt i mo sábado (3), às2 1 h, no P rimavera Country Club. A ex-miss São Paulo Fernanda Leme, não po de comparecer ao local. A abertura do evento foi realizada por músicos que fazem aula na Estação Cult ural. Os primeiros a subirem na passarela foi o casal vencedor do Garoto e Garota SUSA 2017, Marcelo Nascimento e Ana Júlia Murari. Na sequência foi a vez a vencedora do Miss no ano passado, Natália Capeletti, se despedir do título. P art ici param nove candidatas, entre 18 e 26 anos, que desfilaram quatro vezes. A primeira não valia nota, era apenas apresentação para os jurados e público. Depois foram de traj e casu al , de banho e gala. Para eleger as três finalistas foram levados em contra três critéri os, que variavam entre 5 a 10: Beleza, postura e desfile. Durante os desfiles e interval os, a fest a fo i animada pela cantora Bia Camilo e

ainda teve desfile dos patrocinadores Antes de ser revelada a vencedo ra, as co mpetidoras votaram para escolher a Miss Simpatia. O prêmio fo i dado para Amanda Garofalo. Ao final da apuração foram escolhidas, em ordem aleatória, as três primeiras colocadas. Amanda Garofal o que fo i a ganhado ra, Amanda Nascimento que ficou em segundo e Daniela Adão fechando o Top 3. A vencedo ra represent ará Sant a Rosa no Miss São Paulo, que será t ransmi ti do pel a Band. Apó s o desfi l e, teve o Sho w da Bo y Band ' O Cl ã' . O co ncu rso teve o apoio da Fundação Cultural e da Prefeitura Municipal. Mais desfiles - Depois do Garo to e Garota SUSA, e do Miss Sant a Rosa, vem aí o Mi ss e Mister Teen e juvenil em novembro e o Miss Santa Rosa Plus Size, para moças co m pel o menos 1 8 anos, possuir manequim a partir do número 4 4 (tamanho G), ent re ou t ro s requisitos como po stura, personali dade, educação, simpatia e beleza de formas e rosto.

Departamento de Saúde e Sucen fazem reavaliação setorial da cidade O diretor de saúde do município, Eduardo Simionato e o servidor público Geraldo Pinheiro do setor de Vigilância Sanitária estiveram na sede da Sucen - Superintendência de Controle de Endemias, em Ribeirão Preto, para refazer a divisão setorial da cidade, com objetivo de atualizar os dados referentes à Santa Rosa de Viterbo. Os profissionais santa-rosenses foram atendidos pelos técnicos Ademir, Anderson e Mônica. Desde o ano de 2000 essa atualização de dados setoriais não era realizada. De lá para cá, alguns novos bairros foram criados e a cidade cresceu, resultando em novas possibilidades de doenças. Para a Sucen, a atualização dos dados é de extrema importância para o controle de doenças e para a realização de programas específicos em cada localidade. A SUCEN opera de forma articulada com os vários órgãos e instâncias que participam do Sistema Único de Saúde, pactuando os programas de controle das doenças transmitidas por vetores e hospedeiros intermediários entre elas: malária, doença de Chagas, esquistossomose, leishmaniose visceral, leishmaniose tegumentar, dengue, febre amarela e febre maculosa e outras doenças transmitidas por vetores de importância epidemiológica. A SUCEN também desenvolve atividades de informação, educação e comunicação, visando mobilizar a população para participar das atividades de controle de vetores e hospedeiros intermediários. Estes são os programas desenvolvidos pela Sucen: o Controle de Dengue e de Febre Amarela. o Controle de Malária. o Controle de Doença de Chagas. o Controle de Leishmaniose. o Controle de Esquistossomose. o Programa de Assessoria a Municípios.


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 13

Desfile Cívico leva multidão de volta à avenida Presidente Vargas O tradicional Desfile Cívico que comemora o aniversário de Santa Rosa vo ltou , em 20 17, para a Avenida Presidente Vargas e recebeu uma multidão na manhã do último domingo, 03 de setembro. Segundo os organizadores, mais de 8 mil pessoas estiveram na avenida assistindo o desfile e mais de 1.500 pessoas desfilaram no evento. Pontualmente às 8h00 o evento teve início com a apresentação da Banda da Polícia Militar em frente ao palco, montado na esquina entre a Rua João Bueno dos Reis e a avenida. Neste instante, algumas autoridades já estavam sobre o palco e acompanharam a abertura do evento, que contou com as atletas que representaram a cidade no JORI - Jogos Regionais do Idoso trazendo o pavilhão nacional. Dada a abertura do evento, a FAMUSA já descia a avenida com seus mais de 50 integrantes capitaneada pelo maestro Jean, que

assumiu o comando da banda neste ano. At rás dela, uma faixa de Parabéns Santa Rosa de Viterbo puxava todo o bloco da Educação Infantil, com mais de 300 integrantes, alunos das escolas da rede municipal de ensino. Retratando a "Santa Rosa de ontem", os alunos fizeram uma bela apresentação na avenida, mostrando as principais características que ajudaram a formação da cidade, bem como nomearam, u m a um, os mais de 30 bairros existentes no município. Entre os alunos, vinha a Fanfarra escolar de Tambaú, composta por crianças que arrancaram aplausos do público. A banda da Escola da Família de Santa Cruz das Palmeiras também se apresentou e agradou o público presente. O bloco do Ensi no Fundamental era composto por várias escolas e, muito organizado, mostrou a importância da preservação do

meio ambiente e da agricultura no desenvolvimento do município. Quase 500 alunos estavam no bloco do Ensino Fundamental. A banda Pro fessor Renato Massaro veio na sequência e levantou o público com uma apresentação impecável, regida pelo maestro Pedro Ribeiro da Silva Jr. Com cerca de 90 integrantes, todos muito afinados e bem vesti dos, a Banda foi uma das atrações do desfile. Os estudantes das escolas estaduais vieram na sequência e mostraram seus projetos. Conde, Vergínio,

Salustiano Lemos, ETEC e Teófilo mostraram projetos, result ados de trabalho s, equipes esportivas e atividades culturais, numa miscelânea de atividades que envolvem as crianças e adolescentes da cidade. Em seguida, a Banda Cruzeiro do Sul de Porto Ferreira fez sua apresentação com clássicos da música, desde hits sertanejos até pop music americana. O público aplaudiu efusivamente e empolgou a banda que fez uma belíssima apresentação. Fechando a primeira parte do desfile foi a vez dos

participantes dos projetos esportivos e culturais da cidade, que desceram a avenida mostrando seus trabalhos e resultados. Um bolo comemorativo aos 107 feito de garrafas pet. Neste momento, todo o público cantou um emocionado "Parabéns a você!" Abrindo a segunda metade do desfile vieram os agu ardado s bli ndados do exército. Os três veículos foram os mais fotografados de todo o evento e fizeram brilhar os olhos de muitos dos participantes. Na sequência vieram os grupos de jipeiros, gaio-

leiros, motociclistas, carros rebaixados e por fim, fechando o desfile, os cavaleiros. Mui tas auto ridades passaram pelo palco, como o Secretário de Agricultura do Estado, Arnaldo Jardim, os depu tado s Davi Zaia (P PS) e Leo Ol ivei ra (PMDB), assesso res dos deputados Balei a Ro ssi (P MDB), Lo bbe Net to (PSDB), prefeito Dimar de Brito de Santa Cruz da Esperança, vereador Igor Oliveira, de Ribeirão Preto, Claudemir Dolmen, viceprefeito de São Simão, entre outros.

FUNDO DO BAÚ

Eram 4 horas da manhã do dia 4 de setembro de 1973. Esses jovens posaram para esta foto (feita por João Garrincha), em frente à matriz da praça Guido Maestrello, enquanto aguardavam a alvorada pela banda Santa Cecília – do maestro Plácido Bertocco. Entre um dobrado e outro, o canhãozinho – emprestado pela fazenda Sampaio Moreira – cuspia fogo, acionado por Elmo de Oliveira. Eis os nomes da rapaziada, no sentido horário, a partir do primeiro em pé à esquerda: Zito Morgon, João Chanha, Chico ?, Marcinho Pozzatto, Vicente Cintra, Alberto Coelho, Celso Medeiros, Victor Cervi, Francisco ?, não identificado, Evaldo Alexandre, Chico Louco, Bertinho Juns, Romeu Antunes, Tadeu idalino, João Borges, Totonho Abreu, Elmo de Oliveira e Eurípedes Queiroz.


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

IMPRENSA ANTIGA

Santa Rosa de Viterbo comemora hoje o 55º aniversário de sua fundação A data de hoje, 5 de agosto de 1951, assinala o 55º aniversário de fundação de Santa Rosa de Viterbo, próspero município paulista cujo distrito de paz foi ciado em 1896, pela Lei nº 343. A efeméride se reveste, pois, para o seu povo laborioso, da mais grata significação, motivo porque está o município vivendo um de seus grandes dias, jubiloso e festivo. O terreno onde hoje está situada a cidade pertencia a Feliciano da Silva a de sua esposa d. Francisca Feliciana, na fazenda Lagoa, município de São Simão. Francisca Feliciana, mais conhecida por sá Chica Feliciano, possuía uma imagem de Santa Rosa de Viterbo. Todos os domingos reunia as pessoas das redondezas para rezar diante da imagem, e essas pessoas levavam sempre donativos à santa. Em 1884, mais ou menos, por sugestão do casal Luiz Antônio Ribeiro, fazendeiros vizinhos, foram realizados leilões dos donativos angariados e, do produto desses leilões, originou a construção da primeira capela. Em resumo, Santa Rosa de Viterbo teve a sua primeira Câmara Municipal em 12 de março de 1911, e era constituída pelos cidadãos Álvaro Rodrigues Cordeiro, João Garcia Duarte, Guido Maistrello, Manoel José da Silveira, José Cintra Júnior e Agostinho José de Oliveira Costa, todos homens de valor, patriotas e empreendedores, os quais muito trabalharam para o progresso do lugar. (Jornal de Notícias, domingo, 05 de agosto de 1951)

PÁGINA 19

Como era e como ficou... Depois que Mário Juns fechou o Cine Ideal, em 1951 – coluna ‘Imprensa Antiga’, edição de 26/8 passado –, a sala foi reaberta por Jabour Cury com o Cine Rada. Em 1950 a Câmara prometeu isenção de impostos, por dez anos, a quem construísse um prédio para cinema na cidade, e o imigrante libanês se interessou. Tentou comprar um terreno na Av. Rio Branco, não conseguiu e desistiu. E vendeu as confortáveis poltronas reclináveis do Cine Rada para empresa Koury & Sassa e Filho, de Casa Branca, que abriu o Cine Santa Rosa cujo prédio está na foto da esquerda, de 65 anos atrás. A da direita, feita em julho deste ano, mostra o mesmo prédio que continua vazio e com a fachada preservada, na praça Santo Antônio.


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017

REUNIÕES TODOS OS SÁBADOS 19h30 - Rua Alagoas, 370

APOIO DO JORNALZÃO


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 21

HISTÓRIAS DO NOSSO FUTEBOL

Placar do jogo que reinaugurou o ‘campão’ virou mistério! Romeu Antunes Em 1972 foi reinaugurado o estádio que, no final do século XX, receberia o nome de “Rubens Bellizzi”. Vestiários novos, e alambrado substituindo o gradil de madeira, o “campão” ganhou gramado novo também. Para o jogo inaugural, o Santa Rosa FC, composto pelos jogadores campeões amadores de 1970, enfrentou uma seleção paulista de profissionais veteranos. Sobre essa partida, o jornal Santa Rosa Notícias publicou – na edição de 18 de julho de 1980 – crônica assinada por ‘Tunim Tavares’, denominada ‘Cantinho de Saudade’, nos moldes do que o locutor esportivo Fiori Gigliotti fazia na rádio Bandeirantes, naquele tempo. “Em 5 de novembro (de 1972) inaugurava-se a praça de esportes da municipalidade, completamente reformada e entregue ao Santa Rosa FC, pelo prefeito Elias Manoel de Barros”, começava Tavares.

Para Tavares, foi 3 x 2 para os locais Quando se referiu aos Veteranos Paulistas, o cronista lembrou a presença na solenidade de Araken Patuska (1905 – 1990) – antigo atacante que atuou no Santos, São Paulo e Flamengo. “Fanfarras, discursos, fogos, portões abertos ao público, o espetáculo marcou época, oferecido a todos, uma verdadeira exibição de um futebol profissional com jogadas que jamais foram esquecidas (...) Quanta saudade da distribuição precisa de um Meme, dos dribles infernais de Lebrinha e Tião Fonseca, da segurança de nossa defesa, do oportunismo de um Bom Bril, da habilidade de um Romeu Terra...”, viajou Tavares que, no final, revelou o resultado do jogo: Santa Rosa 3 x 2 Veteranos Paulistas.

Tavares discursa em frente ao estádio reinaugurado

Vendo terreno avenida do Bosque 11x28, documentos em dia. Não troco, só vendo. Tratar 3954-2526

O Santa Rosa FC, campeão amador de 1970

Lebrinha testemunha: Pavão jogou bêbado Na memória dos que defenderam o Santa Rosa F. C., os fatos estão embaralhados. Wagner Rachetti, 69 anos, ainda lamenta o gol que sofreu, num escanteio batido por Oreco. - Depois fomos ver, a linha de fundo estava torta, ele bateu o corner com ângulo – defende-se o goleiro para quem o jogo foi 2 x 1 para os visitantes. Gui lherme Tártaro (Meme), 75 anos, arrisca placar de 3 x 1 para os Veteranos, admitindo ter feito o gol de honra dos locais. Romeu Terra, 68 ano s, acha que fez o primeiro gol, mas não se lembra do placar. Tiãozinho Fonseca, 67 anos, assegura que atuou só um tempo, e o placar foi 4 x 2 para os Veteranos. - Nossos gols foram

do Meme e do Bom Bril – acrescenta. Para Jo sé Salvi ato Neto (Lebrinha), 70 anos – que jogou pelo Amália no campeonato de 1970, mas foi convidado para a festa – o resultado foi 3 x 1 para os Veteranos, com gol de Meme, de pênalti, para o Santa Rosa. - No time deles jogou o Pavão (ex lateral do Flamengo) meio bêbado, e provocou confusão; Mirandinha (ex-Corinthians e São Paulo) acabou com o jogo, autor de dois gols. B om B ril diz que marcou de pênalti no gol do Titarelli - Na memória de Lebrinha constam ainda as presenças de Dorval, do Santos, e Oreco, Corinthians, que pouco tempo depois morreu de infarto, den-

Veteranos paulistas posam no 'campão' tro de campo, jogando pelos Veteranos. Segundo a Wikipédia, o gaúcho Oreco – campeão do mundo em 1 95 8 – faleceu em 1985, aos 52 anos, de infarto, quando jogava pelos Veteranos em Ituverava. O centro avante Luiz Antô ni o Jo aqui m (Bom Bril), 68 anos, admite não se lembrar de muitos deta-

lhes desse jogo, mas acrescent a. - Oreco, que foi do Corinthians jogou; o goleiro era o Walter, também do Co ri nthi ans. F i z u m gol de pênalti nele, no gol do Tit arelli; o Meme fez o primeiro, no gol do cemitério. O Araken Patuska vei o aco mpanhando o s Veteranos.


PÁGINA 22

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017

Caminhada contra a dengue lota 'Presidente Vargas' A Caminhada contra o Aedes Aegypti, uma das atividades do aniversário da cidade, aconteceu na última quarta-feira (6), por volta das 8h30 e contou com a participação de centenas de alu nos da rede pública e particular de ensino. O event o realizado pelo Departamento de Saúde do município com apoio dos setores de Educação, Cultura, Serviços Públicos e Trânsito teve duas concentrações. A primeira, na esquina da Rua Alagoas com a Avenida Presidente Vargas, estavam profissionais da saúde, que seguraram faixas, alguns alunos, um homem fantasiado de 'Mosquitão' e a Banda Prof. Renato Massaro, esse grupo seguiu em caminhada até a Praça Primo Cunalli

(Fuim), onde se encontrou com a segunda concentração, que estava repleta de crianças mais novas, fantasiadas e também segurando cartazes. Durante o trajeto, os alunos entregaram panfletos

com orientações de como combater o Aedes Aegypti que transmite dengue, febre chikungunya e o zika vírus. A Praça Guido Maestrello (Matriz) foi o ponto de chegada. Os participantes se enfileiraram em fren-

te à Igreja, onde ganharam água e pipoca dadas pela organização e participaram de um pequeno ato cívico com a execução do Hino Nacional, da Independência e cantaram parabéns ao município.

EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2402 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // CARLOS ALBERTO PE REI RA PASSOS e CLEA FRANCIANE ALVES DE ALBUQUERQUE //. Ele, natural de São Paulo, Estado de São Paulo, nascido aos vinte (20) de janeiro de um mil novecentos e setenta e nove (1979), profissão motorista, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Cristiano Armbrust, 595, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JOSÉ MARIA PASSOS e de dona ZENIRA PEREIRA PASSOS. Ela, natural de Atalaia, Estado de Alagoas, nascida aos vinte e cinco (25) de junho de um mil novecentos e oitenta e dois (1982), profissão do lar, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Rua Cristiano Armbrust, 595, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de CLEBIO SOARES DE ALBUQUERQUE e de dona CLEIDE ALVES DE ALBUQUERQUE. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2403 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // RODRIGO SOARES DE ALMEIDA e JÉSSICA FERNANDA BEDANI //. Ele, natural de Araçuaí, Estado de Minas Gerais, nascido aos vinte e dois (22) de dezembro de um mil novecentos e noventa e dois (1992), profissão soldador, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Vicente Alves de Castro, 125, COHAB III, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de MANOEL SOARES DA SILVA e de dona MARIA ARLETE ALMEIDA. Ela, natural de Porto Ferreira, Estado de São Paulo, nascida aos quinze (15) de julho de um mil novecentos e noventa e cinco (1995), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Adalberto Rodrigues Vieira, 156, COHAB IV, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de MARCIO DONIZETI BEDANI e de dona JULIANI APARECIDA KIILL BEDANI. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2404 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // ALEXANDRE MAXIMIANO e MILENE APARECIDA DOS SANTOS //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos dezesseis (16) de março de um mil novecentos e oitenta e dois (1982), profissão serviços gerais, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Rio Grande do Norte, 381, Fundo, Jardim Gurilandia, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de LUIZ APARECIDO MAXI MIANO e de dona APARECIDA DONIZETI MAXIMIANO. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dez (10) de maio de um mil novecentos e oitenta e cinco (1985), profissão diarista, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Rio Grande do Norte, 381, Fundo, Jardim Gurilandia, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de DEVAI R APARECIDO DOS SANTOS e de dona MARIA ISALTINA DOS SANTOS. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 27

CHEGOU A HORA DA VERDADE

Santa Rosa FC estreia no amador estadual neste domingo Neste domingo o Santa Rosa FC estreia no maior campeonato amador do país contra o Vasco de São Jo sé do Rio P ardo , às 15h00 no campão Rubens Bellizzi. O campeonato estadual de futebol amador tem 22 equipes e é disputado em sistema de matamata. Nesta primeira fase se classificam os 11 vencedores e mais cinco por índice técnico. As dezesseis equipes restantes vão jogando no si st ema mat amata até a grande fi nal. Todos os jogos são em sistema de ida e volta. O j ogo de volta do "Leão" é no sábado, 16, em São José do Rio Pardo.

derão ser selecionados.

direção da associação.

Preparação - O Leão vem com um time mesclado de jogadores locais e de fora. São dez jogadores "estrangeiros" - São Si mão, Luís Antônio, Cajuru, Tambaú, Santa Cruz das Palmei ras, Ribeirão Pret o e São Carlos - e vinte jogadores locais os inscritos. Como preparação a equipe realizou três amistosos vencendo dois - 9 a 1 contra Tambaú e 4 a 2 contra Santa Cruz das Palmeiras e empatou contra o Bandeirante de Brodowsky po r zero a zero. Nestes amistosos, a comissão técnica composta por Juninho Madruga e Dentinho, pôde avaliar cerca de 30 atletas. Para o jogo, apenas 18 po-

Exig ências - P ara participar do campeonato, a Diretoria do Santa Rosa teve que correr para se adequar as exigências da Federação Paulista de Futebol. O bar foi todo reformado pela associação. O gramado está sendo aguado diariamente, chuveiros qu entes ti veram qu e ser inst alados, A ambulância terá que ter um desfibrilador e um médico no banco de reservas, o policiamento deve fi car dent ro do campo, so m obrigat ório para execução do hino naci onal , maca e gandul as são obrigatórios, além de sete bolas em campo, são apenas algumas das exigências, todas cumpridas pela

Torcida organizada - A "Camisa 12", torcida organizada do "Leão" prepara uma grande festa neste domingo. "Vai ter muito batuque, fumaça, bexiga e claro, uniforme da torcida, que será vendido para quem qui ser na hora do jogo", disse Carlinhos Stivaletti, um dos organizadores da Camisa 12. "Ficou muito li ndo essa nossa camisa preto e branca", disse. "O pret o e branco é l indo ", completou. O bar começa a funcionar a partir das 11 horas da manhã, com muita cerveja, refrigerante, salgados e o tradicional churrasquinho de fraldinha. A novidade será uma TV que

Antes do amistoso dos veteranos, no feriado do dia 7, correu uma rifa onde o prêmio era uma camisa do São Paulo FC autografada: Gentina foi o ganhador exibirá o jogo do brasileirão Corinthians e Santos. Veterano empata e "Leõe s" campeã o - No dia 7 os veteranos do Leão empataram contra os veteranos do Comercial de Ribeirão Preto pelo placar de um a um. A equipe local foi formada por craques que disputaram o Canaa do final dos anos de 1990. O gol do Leão foi do Agnaldo (Pé de Cana). Após o amistoso foi disputada a final do campeonato municipal de futebol e em um jogo emocionante os "Leões" foram campeões batendo os "Neris" nos pênaltis, depois de empate em 3 a 3 no tempo normal. Cerca de 600 torcedores acompanharam os jogos.

Brasa ficou emocionado em vestir novamente o “manto” preto e branco

VEM AÍ a "9ª CAMINHADA DA FÉ " Santa Rosa de Viterbo a Tambaú

Dia 10 / 11/ 2.017 - Saída em frente ao Salão do Zezão Reserva de camiseta ou Inscrições : Bar do Sarney - Praça Santo Antônio - Santa Rosa de Viterbo Homenagem a Santo Agostinho

3954 3371 - 3954 6920


PÁGINA 28

Após 5 anos, Desfile Cívico volta à Presidente Vargas Município ganha ponte para a zona rural O povo se amontou na avenida Presidente Vargas para assistir ao Desfile Cívico do último domingo, 3 de setembro, em co memo ração aos 1 07 anos da cidade. Após 5 anos o desfile voltou para a principal avenida de cidade e parece ter agradado a maioria da população, empolgada com as atrações. O Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, (PPS) assinou convênio para liberação de uma ponte metálica para ser instalada no município, durante a festividade. Segundo informações, a ponte terá 6 metros de comprimento e será construída próxima ao residencial Paloma, na SRV-248 (fundos das COHABs), em aproximadamente 60 dias. Assinaram com o Secretário, o prefeito Luís Fernando Gasperini, e os deputados: Davi Zaia (PPS) e Léo Oliveira (PMDB), ambos prestigiaram o evento, juntamente com outras autoridades.

FALA NOSSO TETO

Serginho Gomes

Alergia por causa da poeira O aposentado de 58 anos, Jurandir Adriano, mora na esquina das ruas Ângelo Sordi com Dr. Bernardo Ataíde Passos, local onde o pó da rua, de tão fino, se assemelha a talco. A movimentação de veículos pelo local levanta poeira. A poeira provoca, além de sujeira nas casas, problemas respiratórios nos moradores. -Meu vizinho tem uma menina de dois anos. A mãe vive levando a criança no médico- afirma, Jurandir. Segundo ele a prefeitura vinha molhando a rua com o caminhão pipa desde que ele reclamou do problema no Jornalzão (edição 1.106), mas há duas semanas o caminhão não aparece. -Estamos com problema de alergia por causa da poeira. Com esse tempo seco deveriam manter a rua molhada, já que o prefeito não cumpre a promessa de asfaltar- finaliza, Jurandir Adriano.

Queima do Alho em prol da AIDESA Amanhã, domingo (10), a partir das 11h, haverá a 1ª Queima do Alho em prol da AIDESA -100% da Renda. Comida típica tropeira preparada pelas comitivas no fogão à lenha. Shows sertanejos, bebidas e espetinhos. Valor: 25 reais por pessoa. Local Recinto de Eventos. Pontos de venda: IP Autopeças, Depósito de Bebidas Mota, Bar do Tonho.

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017

GRAMÁTICA NA MEDIDA Devemos escrever "você", e não "voçê". Não é necessário usar o "c cedilha" (ç). Somente fazemos isso quando queremos escrever o som de "sa", "so" ou "su" em palavras em que deveríamos utilizar o "c": "presença", "aço" ou "açúcar", por exemplo. Nesses casos, falando informalmente, escreveríamos a famosa "cobrinha", esse sinal embaixo do "c", para não ficar "presenca", "aco" ou "acúcar" (repetindo, o "c cedilha"). Já em "ce" e "ci", encontramos o som do qual precisamos sem precisar adicionar nada. Fique de olho! Aline Vilela é professora das redes pública e privada de ensino e corretora de vestibulares. #gramáticanamedida


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09

/09/2017

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.117 - 09/09/2017

O Jornalzão, edição 1116  
O Jornalzão, edição 1116  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement