Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 17/06/2017 - Ano 23 - N.º 1.104 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

É um pássaro, é um avião?

OVNI intriga moradores do Dom Bosco

R$ 3,00

Saúde recebe 500 mil reais Informatização do sistema vai integrar todas as unidades e facilitar o atendimento Audiência Pública das chácaras irregulares marcada para o dia 27 Sertãozinho a Aparecida

Ele levantou voo ao lado da árvore e seu tamanho impressionou

Ciclistas concluem 571 km do “Caminho da Fé”

Obra acelerada - A construção do novo Supermercado Dia está em ritmo acelerado. A obra é financiada por investidores que fizeram parceria com a franquia. A entrega é prevista para outubro de 2017.

Rapidamente ele ganhou altura e sumiu no meio da chuva

Polícia impede furto de casa

Jovem detido com droga é suspeito de ter roubado grávida na semana passada

Foi por pouco - Caminhão freia para passagem de vaca, no acesso duplicado à cidade. Diariamente mais de dez animais pastam livremente no meio do trânsito constante. Prefeitura e DER fingem que não veem. E na volta dos animais para “casa”, na estrada de terra à Nhumirim, eles passam por uma área reflorestada que está severamente danificada pela passagem dos animais.


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

DE OLHO NA CIDADE

PÁGINA 3

Saúde recebe 500 mil reais para equipar unidades Pedidos feitos ano passado preveem informatização das unidades e a compra de um veículo para a Saúde da Família no Nosso Teto

O legado dos loteamentos - O excesso de loteamentos na cidade tem causado alguns problemas nas ruas de Santa Rosa. Tanto no Nova Roma, no Dom Bosco, Na Cohab 4, no Morumbi, ..., as empresas loteadoras abrem o asfalto para passar a rede de esgoto das áreas de expansão e na hora de cobrir, fazem um serviço mal feito. A prefeitura, sem pessoal para fiscalizar, recebe o serviço executado sem conferir de perto a qualidade. E o resultado é este da foto. Por toda a cidade os “remendos” estão afundando deixando buracos e ruas em total desnível E a conta, caro leitor? É sua, claro. O lucro já foi embora da cidade e o problema ficou pra gente. O Ministério Público poderia entrar nesta história e cobrar o refazimento do bolso de quem aprovou, pois tais serviços recebidos obviamente não estão de acordo com as normas de engenharia e causou profundo prejuízo ao erário público e aos munícipes.

Programa do leite para idoso é ampliado O Departamento de Desenvolvimento Social ampliou a distribuição de leite para os idosos do município. Mais de cem idosos receberão o benefício, que serão distribuídos no CRAS - Centro de Referência da Assistência Social - e na sede do Departamento. Os 75 primeiros beneficiários participaram de um evento no CRAS, no Nosso Teto, onde foram informados sobre o benefício. Já na sede do Departamento foram contempladas mais famílias. A entrega contou com a participação do Prefeito Luís Fernando Gasperini e do Diretor de Desenvolvimento Social, Guilherme Felizardo.

Todas as unidades de Saúde serão integradas através de sistema de informática A prefeitura foi contemplada co m verbas de emendas dos deputados Tiririca, Paulinho da Força e Baleia Rossi no total de 493 mil e quinhentos reais. Segundo o ex-Diretor de Saúde Chico Vacis estes pedidos foram feitos ano passado e estão vinculados a uma série de projetos que vão beneficiar muito a população. Segundo Vacis, “a verba deve ser gasta em equipamentos para a Saúde, dentre os quais: um veículo no valor de 40 mil para a equipe de saúde da família PSF do Nosso Teto, dois consultórios completos de odontologia para UBS do

Povo, novos equipamentos para todos os outros consul tórios de odontolo gia existentes, equipamentos de informática para informatizar todo setor da saúde, inclusive implementar prontuários eletrônicos em todas as unidades, para controlar entrada, saída e entrega de medicamentos entre o almoxarifado da saúde, farmácias, médicos e usuários por leitor de código de barras. Todos os consultórios médicos estão contemplados com computador”, detalhou. Ele disse ainda que o setor deverá investir em um data show e equipamentos auxiliares para cursos de

Os valores de cada deputado R$ 200.000,00 - Tiririca (PR) R$ 193.530,00 - Paulinho da Força (SD) R$ 100.000,00 - Baleia Rossi (PMDB)

qualificação e palestras para os servidores da saúde, e como será i mplantado o prontuário eletrônico as recepções das unidades também serão dotadas de leitores de código de barra. Segundo Vacis esta verba fará com que o atendimento dê “um salto gigantesco para melhorar e agilizar o atendimento do paciente” O ex-vereador e atual vice-prefeito Renato Palma Rocha Junior, que fez o pedido da verba enviada pelo deputado Baleia Rossi, ano passado, disse que a verba já está na conta da prefeitura. “Já pode usar e aprovei-

to para agradecer ao Deputado pela emenda”. A verba só poderá ser usada nestes equipamentos, não podendo ser usada, por exemplo, para comprar medicamentos, que andam em falta nos postos de saúde.


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 5

Extraterrestres ?

DE OLHO NA CIDADE

Objeto estranho voa no céu de Santa Rosa

Eita povinho ruim - É brincadeira o que fazem nas caçambas rurais. Parece que o único racional é o cachorrinho da foto, que se refastela, com o banquete do dia encontrado dentro da caçamba. Roubaram a placa de “proibido jogar lixo fora da caçamba” na estrada rural Pedro Titarelli. Já não basta jogarem todo o lixo fora das caçambas, agora roubaram a placa. Além de porcos, são ladrões. O Jornalzão está pensando em “amoitar” umas câmeras no meio do mato, clicar os porcalhões e ladrões e exibir para toda a cidade ver quem são. Quem sabe param, né?

No final da tarde de terça feira, po r vo lta de 17h30, fazia frio e caia uma chuva fina, quando abriu um lindo arco íris que chamou a atenção de um morador do Jardim Dom Bosco. Ele pegou seu celular e clicou, mas logo notou que havia algo voando no céu, bem longe, que havia levantado voo perto de uma grande árvore, ele fixou bem os olhos e o objeto parou. Ele fotografou. Logo depois o

objeto saiu em disparada sumindo nas nuvens do céu carregado. Ele conseguiu duas fotos e ficou intrigado. Afinal, o que seria aquele OVNI? Procurou o Jornalzão e mostrou as fotos. “É um drone”, falou um colaborador do jornal. Mas o fotógrafo, que pediu para não ser identificado, pois iam achar que ele estava louco, disse que não era dro ne, porque estava muito longe,

e drone é bem pequeno, além de estar chovendo na hora. “O objeto levantou voo perto de uma grande árvore lá no horizonte e muito rapidamente sumiu no meio das nuvens”, disse assustado. O Jornalzão ligou para a Força Aérea de Pirassununga. O sargento Nilson, responsável pelo tráfego aéreo disse que neste dia e horário não havia registro de nenhuma aero nave da

corporação fazendo exercícios nesta área, o que é comum. “Não tivemos nenhuma atividade em Santa Rosa neste período. Vamos registrar as suas informações e averiguar”, disse Nilson. Entre os moradores do bairro o assunto ganhou a semana. “É um disco voador”, falou um. “É um satélite reposicionando”, disse outro. “Podia ser estraterrestre para dar jeito nessa bagunça que está o país”.

FUNDO DO BAÚ

Três em um - O local para se fazer esta quadra não poderia ser mais apropriado, entre as ruas João Carlos Pozzato, ex-goleiro do Santa Rosa, e Antônio Carlos Vital, ex-diretor da ADCA. E a quadra tem o nome de Cá Coelho, que foi craque de bola na cidade. Mas o que temos ali hoje são somente problemas. Primeiro é que cortaram a bela árvore que tinha no local, causando indignação nos vizinhos. Segundo que tem um enorme buraco há mais de um ano, que a cada dia cresce. E por fim a iluminação da quadra não funciona. É o descaso com a coisa pública. É o retrato do abandono.

Quando a Paróqui a Santa Rosa de Viterbo chegou aos 50 anos de existência, em 195 9, u m grupo de Missionários católicos esteve na cidade. Para marcar a data, uma cruz ("Cruzeiros das Santas Missões") foi erguida e existe até hoje entre "Luiz Gonzaga" e Vila Mendes. Para inaugurar o monumento, uma procissão saiu do centro da cidade e foi até o local, voltando depois da sol enidade. A foto mostra esse retorno: multidão preenchendo completamente a avenida que hoje se chama "Fiúta Ribeiro" e parte de sua continuidade, a rua Tiradentes. O prédio branco, acima à direita, é o hospital ainda em construção.


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

CARTAS À REDAÇÃO

EDITORIAL A interligação que será feita entre todas as unidades de saúde do município vai facilitar em muito o atendimento ao paciente. Sabemos que o atendimento na Saúde é precário em todo lugar, mas também tem paciente que passa de médico em médico, um dia em cada posto. Com a interligação isso não será possível e vai diminuir a frequência nos postos. Que a verba seja bem aplicada, pois quem ganha em qualidade de serviço é a população. Quem conseguiu? - Já está circulando aquela velha briguinha que quem conseguiu a verba foi esse ou aquele. Foi do ano passado ou foi desse. A verba foi pedida ano passado sim, mas será aplicada neste. Se bem aplicada, mérito a todos que contribuíram de alguma forma para o dinheiro se transformar em bons serviços à população. Assunto espinhoso - Dia 27 tem audiência pública sobre as chácaras que estão sendo questionadas pela Promotoria. Importante a participação de toda a população, para amanhã ninguém vir chorar. Reparos mal feitos - Tem loteamento por aí que o asfalto estraga antes da obra ser entregue. Ele esfarela porque é mal feito. E a prefeitura aceita. E além de terem qualidade duvidosa, para que a água e o esgoto cheguem aos novos empreendimentos, as ruas da cidade são quebradas para passagem das tubulações. E o reparo destes remendos também são mal feitos. E a prefeitura, cega, também aceita. Mas com pouco tempo se arrebenta e a prefeitura, o povo, tem que pagar, enquanto os empreendedores ficam com os bolsos cheios da grana. Diversas ruas com estes remendos estão afundando por causa do péssimo serviço executado. Será que é justo o povo pagar? Por que a prefeitura não notifica os caras para refazerem o serviço? Os administradores que assinaram o recebimento destes reparos tem que ser responsabilizados e pagar isso do bolso, caso a empresa não faça. Já que nenhuma “otoridade” toma providência, o Jornalzão se coloca à disposição do MP para assinar a denúncia se for preciso. A crise já “tá braba” e a gente ainda tem que pagar conta de rico que não é nossa responsabilidade? Cadê a Câmara? Dormindo e ganhando muito!

Faleceu em Sorocaba Comunicamos que faleceu hoje, 15/06/2017 as 6:00 h o Sr. Rubens Moretto, nascido em 15/01/1928, filho de Alberto Moretto e Rosa Bertoni. O sr. Rubens é nascido em Santa Rosa de Viterbo, a quem tinha muito estima, amor e consideração. Sempre recordava dos tempos de sua infância e juventude vividos na Fazenda Matarazzo donde partiu para Sorocaba - SP aos 19 anos. Casou-se com Manoela Estaregui Moretto e teve duas filhas, Márcia e Renata e 3 netos. Há 6 anos visitou Santa Rosa depois de mais de 60 anos, quando visitou suas primas das famílias Moretto e Bertoni em um emocionante encontro. Fomos na ocasião recebidos pelo jornalista Victor Cervi, deste Jornal que muito carinhosamente o ouviu e publicou sua história. Aos 89 anos nos deixa com um exemplo de lealdade, respeito por todos e amor à família. Atenciosamente Rinaldo Compagnoni Renata Helena Moretto C. Compagnoni

Fez ontem 56 anos que o padre Donizetti faleceu Completou ontem 56 anos a morte do Padre Donizetti Tavares de Lima, ocorrida em 1.961quando contava 79 anos de idade. Ele nasceu em Cássia-MG, no dia 03 de Janeiro de 1882, filho de Tristão Tavares de Lima e de Francisca Cândida Tavares de Lima, e teve 8 irmãos. Quando tinha quatro anos, sua família mudo u-se para F ranca-SP. Aos 15 fo i matricu lado no curso preparatório do antigo Seminário Episcopal de São Paulo, e depois de três anos cursou o Colégio em Sorocaba, voltando em 19 00 para o Seminário. No dia 12 de Julho de 1908 foi ordenado Sacerdote em Pouso Alegre-MG. Sua posse como titul ar da P aróquia de Santo Antônio, em Tambaú, aconteceu no dia 13 de junho de 1926.

Ele tinha 79 anos

"Eu não curo ninguém. Eu peço a Deus" "Na década de 50, fatos impressionantes de religiosidade popular aconteceram e levaram o padre Donizetti a ter fama de Santo. Muitas curas foram atribuídas às suas bênçãos. A partir de outubro de 1.954 a vida de Tambaú saiu da rotina para entrar num verdadeiro caos, j á que não existiam acomodações suficientes para tantos fiéis que procuravam a cidade. El a co ntava, então, com cerca de 9.500 habitantes, uma pensão e um pequeno hotel. As indústrias cerâmi-

cas paralisavam a produção, pois não tinham como se locomover na cidade, os trens vinham lotados da capital e as estradas de rodagem, qu e na épo ca eram intransitáveis, apresentavam um volume de tráfego su rpreendente e caótico, registrando-se filas de quase 20 quilômetros de caminhões conduzindo. A situação atingiu um ponto tão críti co que o prefeit o da época chegou a decret ar estado de calamidade pública em 1955, obrigando o Padre Donizetti a terminar

com as benções e, por conseguinte, com as romarias no dia 30 de maio de 1.955, tendo durado o fenômeno religioso exatos 7 meses. Entretanto, o padre dizia aos romeiros: "Eu não curo nin-

guém. Eu peço a Deus e ele atende por intercessão da 'Virgem de Aparecida'. Não me transformem em notícia de sensação, pelo amor de Deus". plataformaverri.com.br

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. Reprodução de conteúdo somente com prévia autorização. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 11

Alunos do COC participam de gravação do 'Programa do Porchat' Os 54 alunos de 14 a 17 anos do 9º ano do Ensino Fundamental a 3ª série do Ensino Médio participaram de três gravações do 'Programa do Porchat', na Rede Record, em São Paulo, na última segunda-feira (11). O grupo chegou ao estúdio às 13h, onde permaneceu até às 19h. Receberam dois lanches, sucos e podiam sair apenas para ir ao banheiro, nos intervalo s das gravações. El es acompanharam de perto as entrevistas do casal Rodrigo Faro e Vera Viel, a dupla sertaneja Matheus e Kauan,

e por último Sylvinho BlauBlau com a esposa Ana Paula. Um dos alunos do COC ai nda part ici pou de u ma brincadeira com a plateia, mesmo sendo o maior grupo no estúdio, ainda existiam outros menores. "Foi muito interessante para os alunos acompanharem todo o desenrolar das gravações, os bastidores do programa, os erros, os improvisos e tudo mais", destacou Giovana So bon que também viajou com os alunos. Todos os programas já foram ao ar durante esta semana.

Espetáculo reconta Romeu e Julieta através de bonecas O espetáculo teatral Romeu e Julieta da Cia Talagadá - Teatro de Formas Animadas, promovido pelo Circuito Cultural Paulista, PROAC do Governo do Estado de São Paulo e prefeitura municipal levou cerca de 60 pessoas para a apresentação que ocorreu no domingo (11), às 19h, no anfiteatro da Praça das Bandeiras (ao lado da Estação da Cultura). A história se passa em um lixão, onde cinco moradores abusam de figuras grotescas, objetos, instalações, música ao vivo para reco nt ar, de uma forma particular, o clássico Romeu e Julieta, de William Shakespeare. Com a ajuda de duas bo necas, que represent avam o famoso casal do escritor do inglês, a trupe fez

releituras originais de várias partes da história, como o momento que se conheceram, conflitos familiares, casamento e a morte dos personagens. Tu do bem frisado em diversos atos, nos quais, um dos atores, pegava uma placa e mostrava qual seria a parte que iriam retratar. Além disso, os famosos personagens representavam t odos e qu aisquer amantes, os quais tiveram que lutar contra a intolerânci a de su as famí li as, uma sociedade preconceitu osa, hi pó crit a, medí ocre, cu jo s at os também culminam em um final trági co, em que a art e, por sua vez, consegue vingarse e o transformar em uma bel a metáfora da bu sca pelo amor, liberdade, respeito e tolerância.


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

Jovem detido com droga é suspeito de ter roubado grávida na semana passada

PÁGINA 13

Audiência pública das chácaras irregulares marcada para o dia 27 Está marcada para o próximo dia 27 - às 19h00, no Centro Cultural - uma audiência pública para discutir o esboço de projeto de lei que visa à regulamentação de chácaras irregulares na zona rural do município. Áreas de 5 mil m2 foram vendidas individualmente, em desacordo com o módulo mínimo de fracionamento do município que é de 20 mil m2. Por conta disso o Ministério Público acionou a Prefeitura e mais cerca de 300 proprietários dessas áreas. O diretor jurídico municipal, Juliano de Oliveira, elaborou o texto da lei que dá o status de "zona de expansão urbana" (às chácaras vizinhas do perímetro urbano) ou "zona de expansão específica" (às distantes do mesmo).

Um jovem foi detido pela polícia traficando drogas por volta das 6h, do último sábado (10), no Jardim Boa Vista. Ele também é suspeito de ter roubado duas mulheres, sendo uma delas grávida, com um simulacro de arma na segunda-feira (5). Consta no boletim de ocorrência que através de denúncias de tráfico a polícia se deslocou até a casa do suspeito. O Indivíduo permitiu a entrada. Através de buscas foram encontrados e apreendidos oito invólucros de maconha, 36 pedras de crack e R$670. Ele foi levado para a delegacia onde o delegado ratificou a prisão, sendo encaminhado para fazer exame de corpo de delito e encaminhado para a cadeia pública local.

Polícia impede quadrilha de furtar casa no Dom Bosco Uma quadrilha formada por cinco integrantes foi detida em flagrante ao tentar furtar uma casa no Jardim Dom Bosco, por volta das 21h, na última terça (13). De acordo com o B.O, a polícia recebeu informação que uma quadrilha havia acabado de furtar uma casa e saiu na captura dos indivíduos. Um dos suspeitos, menor de idade, mora em frente à casa da vítima, que segundo relatos, ele furtava o local com frequência. O pai dele levou a polícia até onde o filho estava. Já os outros suspeitos se esconderam em outra casa. A polícia chamou, mas ninguém saiu. Ao verem a porta da cozinha aberta e a televisão do furto em cima da mesa, entraram, junto com uma testemunha. Se trancaram em um quarto e banheiro. Em buscas, foram encontradas uma sanduicheira, batedeira, furadeira, máquina de solda, aparelho de som, gaiola com um trinca ferro, ventilador, panela elétrica e a televisão. A vítima foi até o local e reconheceu todos seus produtos. O grupo foi levado para a delegacia. Os menores foram liberados e estão em liberdade assistida.

Conseg está no facebook O Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) criou um perfil no facebook esta semana para divulgar campanhas, au diências e outros projetos do grupo. A ideia do uso da internet é para agilizar a transmissão das mensagens e trazer o cidadão para perto do Conseg, conhecer e valorizar o trabalho das policias militar e civil. Entre as campanhas, estão fazendo panfletos com dicas de segurança, trânsito, orientações para incentivar as denúncias anônimas pelo 190 e 181. Além disso, também est á abert o para receber sugestões, críticas

e esclarecer dúvidas. O conselho é um grupo de indivíduos que podem ser do mesmo bairro ou município e se reúnem para discutir, analisar, planejar, acompanhar a solução de problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas, estreitar laços de entendimento e cooperação entre as várias lideranças locais. Em Santa Rosa, a equipe é formada por sete pessoas, sendo cinco representantes da comunidade, junto com o Comandante da Polícia Militar e o Delegado. Dentro do conselho existe uma diretoria,

co m president e e o utros membros. Quem quiser ficar atualizado sobre as in-

fo rmações pode envi ar convites para o perfil do facebook que serão aceitos.

MENSAGEM CRISTÃ João Murari

Vencendo os gigantes Em 1935, alguns estudantes negros, que faziam parte de um grupo de debates de uma pequena e desconhecida universidade, no Texas-EUA, inesperadamente derrotaram a imbatível equipe dos estudantes brancos de uma renomada universidade da Califórnia. Foi um caso clássico de desconhecidos que triunfaram sobre um gigante nacional. Quando Israel estava em perigo nas mãos dos filisteus, havia um menino, cujo nome era Davi, que triunfou sobre um gigante (1 Samuel 17). Os exércitos estavam acampados em ambos os lados do Vale de Elá. Estavam provavelmente com medo um do outro e decidiram que o resultado da batalha seria determinado por uma luta de campeões. Os filisteus ofereceram Golias, um gigante, mas Israel não conseguia encontrar ninguém que fosse suficientemente valente e digno para lutar. Davi ouviu falar do dilema e pediu a Saul que o deixasse enfrentar Golias. Saul relutantemente concordou. Davi, armado com cinco pedras lisas e com uma fé inabalável no "Senhor Todo-Poderoso", triunfou sobre o campeão nacional dos filisteus. Todos nós enfrentamos gigantes em nossa vida preocupação, dúvida, medo, pecado e culpa. Com recursos improváveis e limitados, e a confiança inabalável em nosso Deus Todo-poderoso, nós também podemos triunfar sobre eles. Deus nos dá coragem para desafiarmos os nossos gigantes.


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

Câmara Municipal de Santa Rosa de Viterbo Ata da Décima Oitava Sessão Ordinária do ano de dois mil e dezessete, realizada aos cinco dias do mês de junho. Ata da Décima Sétima Sessão Ordinária do ano de dois mil e dezessete, realizada aos vinte e nove dias do mês de maio. Deliberação: Aprovada por unanimidade dos Vereadores presentes. Indicação n. 177/17, de autoria do Vereador Laércio Costa Arruda (Laércio Arruda), que solicita redutor de velocidade na Rua Januário Cândido Vieira, altura do número 159. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 178/17, de autoria do Vereador Renato França de Oliveira (Renato da Borracharia), que solicita bueiros na Rua Kalil Debs, esquina com a Rua Rio Pardo. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 179/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita faixa amarela e placa de proibido parar e estacionar na Rua Major João Garcia Duarte, altura do número 1300. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 180/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita estudo da possibilidade de falta abonada, sem prejuízo de vencimentos e vantagens, no dia do aniversário do servidor público municipal. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 181/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita estudar a possibilidade de realizar uma parceria com o Ministério das Cidades para a criação de um fundo para atender pessoas carentes. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 182/17, de autoria dos Vereadores Francisco Justino Mota Neto; Luís dos Reis Augusto, Renato França de Oliveira, Mário Marco Barbosa Titarelli e Marcos Lúcio Neri, que sugerem melhorias na Escola Municipal "Profº Maurílio de Oliveira". Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 183/17, de autoria do Vereador Paulo Henrique de Mello Wiezel (Dr. Paulo), que indica iluminação da quadra de bocha e liberação de horários para utilização. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 184/17, de autoria do Vereador Renato França de Oliveira (Renato da Borracharia), que solicita limpeza e colocação de placas na Rua José Geraldo Coelho. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Comissão Permanente de Assuntos da Região Metropolitana: Presidente - Laércio Costa Arruda; Relator - Renato França de Oliveira e Membro - Fabrício da Silva Luiz.


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 19

No antigo bar 'Para Todos' tem bastante cachaça! Por Romeu Antunes Quando Rodrigo Ferri Pereira ouve a pergunta 'tem pinga nesse bar?', sua resposta é curta e imediata. - Tem bastante! Para provar que não exagera, ele conta, na frente do freguês (no caso, a reportagem do Jornalzão), e chega as 160 marcas diferentes de aguardente, dispostas em duas prateleiras. Com 37 anos, Rodrigo representa a terceira geração da família a dirigir o bar 'do Dim Dim', apelido de seu pai, Gelindo Aparecido Pereira (1950 - 2001). É fato que, nos primórdios, ele se chamava 'Bar Para Todos'. Entre as décadas 1950/60 chamou-se 'do Zé Pereira', de seu avô que foi candidato a vice-prefeito nas eleições de 1968, acompanhando Moacyr Juns (chapa derrotada por Elias Baú e Vergínio Melloni). O pai de Rodrigo foi vereador na gestão 1973 - 1976. (O bar se localiza na esquina da Pra-

ça da Bandeira com Av. Rio Branco). Du as coi ncidênci as acompanham o comerciante e sua coleção: Rodrigo é casado com uma bisneta de João Bonacin - fabricante da lendária pinga 'Bonacin' no municí pio de São Simão - e seu pai faleceu aos 51 anos, número que significa 'boa ideia' no universo cachaceiro. Ele desconfia que ainda tenha algum exemplar de '51' do tempo de seu pai, mas, ao procurar, só encontra um litro de 20 07 . As mais recent es compras que fez, para figurar nas prateleiras, são especiais da marca '51' que garante ter pago R$ 120,00 cada litro. Na colação não falt am ' Ypió ca' e 'Nega Fu lô', aco ndi cionada em garrafa de barro. - E tem essa 'Velho Barreiro' aqui, metade desse preço, mas que é difícil de achar - mostra. Rodrigo não abre as que ganha de presente - Os amigos que co-

nhecem minha coleção, por onde passam e encontram uma pinga diferente, me trazem pelo menos 1 litro conta ele, mostrando litros com cachaças sem marca, mas com dedicatórias de Zé Carlos Romeiro, Tiaguinho dentista, Márcio Idali no, Édson G. Silvério Santos entre outros. Só que Rodrigo não abre garrafa de pinga que ganha de presente. - A pinga que mais vendo aqui é do barril - e mostra dois barris, de 200 litros cada, no depósito. Tal cachaça ele compra em Frutal, e garante que esses 400 litros duram quase que pelo ano inteiro. Rodrigo já experimentou, mas não tem costume de tomar cachaça. Negócio dele é vender as marcas triviais e colecionar as raras. - Tô sempre buscando pingas novas. Por fim aproveita a reportagem para dizer que está sempre aberto a doações de cachaças raras...

A contagem revelou 160 marcas diferentes

Rodrigo posa com duas 'Ypioca' e 'Nega Fulô'

Nos dois barris, pinga pro ano inteiro


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 21

REVOLUÇÃO DE 1932

Há 85 anos Santos Dumont fazia apelo contra guerra Por Romeu Antunes Alberto Santos Dumont, o 'pai da aviação', estava internado, em 1931, em um hospital do sul da França, quando um sobrinho foi buscá-lo. Ter saído do cenário onde seu invento se desenvolvia vertigi no sament e, t eria dado causa à depressão que virou sua tormenta. Apontase também, como causa da moléstia, o uso intensivo da aviação na Revol ução Constitucionalista de 1932.

Em São Paul o passou a receber a visita quase diária do médico Sinésio Rangel Pestana que lhe recomendou uma temporada na Estância Balneária da Ilha de Santo Amaro (Guarujá), Litoral Paulista, para recuperar a saúde. Na Capital já se sentiam os dias co nturbado s da 'Revol ução'. Guarujá prometia-lhe estada paradisíaca, mas sobrevoos ameaçadores de aviões fizeram piorar seu estado. Nascido em Palmira,

MG, em 2 0 de ju lho de 1873, sexto filho de Henrique Dumont, um dos reis do café de Ribeirão Preto, Alberto pegou a herança, deixada pelo pai, e mudouse para a França onde seus inventos brilharam e o tornaram mundialmente famoso. Já seu irmão Henrique Santos Dumont, primogénito de Henrique e Francisca da Paula Santos, fundava, ao mesmo tempo, a Fazenda Amália, base econômica sem a qual o povoado de Santa Rosa de Viter-

Alberto está sentado de terno claro, ladeado por Amália e seu irmão Henrique, em foto de janeiro de 1914 bo dificilmente se tornaria município. Uma carta aberta (leia a íntegra da mesma nesta

página), escrita pelo do 'pai da aviação' completou 85 anos na semana qu e passou. Ele a redigiu 39 dias

antes de morrer em Guaru já, ato rmentado pela guerra que opôs São Paulo ao governo Vargas.

Um chamado à obediência da 'lei magna' Eis a íntegra da carta que Alberto Santos Dumont escreveu a mão, no dia 14 de junho de 1932, na qual ele destaca a 'glória da pátria': "Meus patrícios: Solicitado pelos meus conterrâneos mineiros, moradores neste Estado, para subscrever uma mensagem que reivindica a ordem constitucional do país, não me é dado, por motivo de moléstia, sair do refúgio a que forçosamente me acolhi, mas posso ainda, por estas palavras escritas, afirmar-lhes, não só o meu inteiro aplauso, como também o apelo de quem, tendo sempre visado a glória de sua Pátria dentro do progresso harmônico da humanidade, julga poder dirigir-se em geral a todos os seus patrícios, como um crente sincero em que os problemas da ordem política e econômica que ora se debatem, somente dentro da Lei magna poderão ser resolvidos, de forma a conduzir a nossa Pátria à superior finalidade dos seus altos destinos. Viva o Brasil Unido!"


PÁGINA 22

Associação dos Produtores Rurais consegue permissão para uso do selo da Agricultura Familiar A Associação dos Produtores Rurais de Santa Rosa de Viterbo cumpriu todos os requisitos necessários para receber a permissão de uso do Selo de Identificação da Participação da Agricultura Familiar - SIPAF. É por meio dele que os produtos serão identificados nos supermercados como sinônimo de desenvolvimento sustentável, geração de emprego e renda no campo e preservação do meio ambiente. O SIPAF é uma importante conquista da Agricultura Familiar, pois constitui-se em um mecanismo de promoção comercial para os produtos de forma a melhor posicioná-los no mercado e promover a valorização da Agricultura Familiar como importante segmento para o desenvolvimento econômico e social do país. O SIPAF fortalece sua identidade perante os consumidores, informando e divulgando sua presença na produção de alimentos, bebidas e artesanatos. Além disso, o selo pretende dar visibilidade às empresas e aos empreendimentos que promovem a inclusão econômica e social dos agricultores, gerando mais empregos e renda no campo. EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2367 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os do cumentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // ROBSON MARC ELO DOS SANTOS e PRISCILA FERREIRA DOS SANTOS //. Ele, natural de São Paulo, Estado de São Paulo, nascido aos doze (12) de julho de um mil novecentos e oitenta e um (1981), profissão operador de maquina, estado civil solteiro, do miciliado e residente à Rua Angelo Caetano, 116, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de EDISON DOS SANTOS e de dona SARA ALVES DOS SANT OS . Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e sete (27) de setembro de um mil novecentos e oitenta e dois (1982), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Angelo Caetano, 116, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de do na MAURA FERREIRA DOS SANTOS. (Conversão de União Estável) EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2368 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os do cumentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // THA LES GIOV ANI VILA S B OAS FASC IANI e C EC ÍL IA DA C OSTA LUZ LOURENÇ O PAC HEC O //. Ele, natural de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, nascido aos cinco (05) de dezembro de um mil novecentos e setenta e quatro (1974), profissão Advogado , estado civil so lteiro, domiciliado e residente à Rua Doutor Renato Palma Rocha, 69, Jardim Morumbi, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de THALES GIOVANI CAMINHAS FASC IANI e de dona WANDA LUCIA VILAS BOAS FASC IANI. Ela, natural de Raul So ares, Estado de Minas Gerais, nascida aos treze (13) de maio de um mil novecentos e setenta e oito (1978), profissão Oficial Registrado ra, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Doutor Renato Palma Rocha, 69, Jardim Morumbi, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de MARC O TULLIO CIC ERO PAC HECO e de dona NELY DA C OSTA LUZ LOURENÇ O PACHECO. (Conversão de União Estável) Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

Campanha de Vacinação de cães e gatos Começa no próximo dia 21 de junho a edição 2017 da Campanha de Vacinação de cães e gatos. A campanha começará pela zona rural do município e esta primeira etapa irá até o dia 4 de julho, sempre das 8h às 16h. Depois disso, os profissionais estarão em outros pontos da cidade, como a Fazenda Amália, Nhumirim e vários locais da área urbana. O calendário completo será divulgado no site oficial da Prefeitura. Além disso, há um posto fixo de vacinação, que fica na Associação Bicho Amigo (Avenida Alexandre de Angelis, 109), de segunda a sábado, das 8h às 11h.

Cultura nos bairros

No dia 17 de Junho às 17h30 no anfiteatro do Nosso Teto, a Cia. Pé de Chinelo apresenta o espetáculo Circo de Dois, com entrada gratuita. A Palhaça Jirda chega com seu parceiro Bisgoio, para fazer aquele que seria o maior espetáculo de todos os tempos. Ela se apresenta e convoca o público. O que era pra ser a consagração dessa dupla se torna um grande fiasco em meio a números de grande periculosidade, música e malabares, tudo vai por água abaixo.

Prefeitura faz limpeza na Praça do Nosso Teto

Nesta semana, funcionários do Departamento de Serviços Públicos da Prefeitura realizaram uma operação de limpeza e poda de árvores na Praça Zuleica de Melo Moura Balbão, no Nosso Teto. Além das benfeitorias na praça, os funcionários também realizaram obras em Nhumirim e no Bairro Santa Terezinha.

Projeto Eleições na Escola no "Maurílio de Oliveira" O projeto que teve início no ano passado tem como objetivo trazer aos alunos a importância da participação na política, além de debater assuntos relevantes da atualidade. Os alunos ainda elegem vereadores e prefeito após analisarem os projetos e propostas de cada um. O projeto tem suma importância para que os nossos pequenos saibam a responsabilidade de escolher os representantes do Município, Estado e País, revela a diretora da escola, Silvana Buzzi. O Prefeito Luís Fernando Gasperini palestrou diante de alunos e professores da escola sobre o importante papel da Gestão Pública e também sobre a participação dos vereadores no poder legislativo e do papel do Ministério público no município. Após a palestra no qual o prefeito apresentou o plano de governo que foi elaborado na campanha ele respondeu a diversas perguntas feitas pelos próprios alunos que envolviam: Educação, Trânsito, Meio Ambiente, Saúde e outras. Emocionado ao falar da escola que fica na rua onde morou por muitos anos o prefeito disse que assim como ele os alunos podem um dia exercer um papel na Gestão Pública, afinal para ser prefeito é preciso ter muita vontade, estudar bastante e saber ouvir a população.


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 27

Ciclistas pedalam 571 km pelo "Caminho da Fé" A fé que move montanhas e bicicletas O trajeto foi longo e prazeroso para o o quinteto formado pelos ciclistas Leandro Jardel da Silva, Mateus Humberto de Souza, Franci sco Cuchi Junio r, Fernando Abachi e Tiago de Castro Gouvea Gomes Leal, que pedalaram 571 km pelo "Caminho da Fé" de Sertãozinho a Santa Rosa e daqui até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Saíram no sábado de manhã e chegaram a Aparecida na noite de quinta feira, em um trajeto de estrada de terra. Um desafio de fé e resistência física postos à prova no ramal, Sertãozinho - Aparecida. O mais longo entre os ramais do Caminho da Fé (571 km). Segundo eles, a peregrinação de bike pelo Caminho da Fé era um desejo antigo do grupo, que foi concretizado depois de um longo período de preparação. A turma pedala junto há tempos e por isso se conhece bem e se dizem dispostos ao desafio. Eles revelaram ao Jornalzão, antes da partida, que o objetivo inicial era sair de

Santa Rosa e pedalar até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, mas como a última cidade do roteiro do Caminho da Fé é Sertãozinho- SP (ou o ponto de partida), optaram por fazer o trecho de 111 km, de Sertãozinho à Santa Rosa, no último dia 27 de maio. Só então, a partir de Santa Rosa, percorreram o restante da trilha de sábado a quinta. Na somatória do trajeto, 571 km até o destino final, o Santuário (média aproximada de 95 km pedalados por dia, distância desencorajadora para muitos ciclistas). Indagados sobre os principais desafios da aventura, disseram que será a altimetria, já que além da "subida da Luminosa" (a mais temida), na região de Campos de Jordão, o percurso é bastante íngreme e longo. -O desgaste físico será maior nesse t recho. Porque a previsão de passagem por ele será após cinco dias pedalando, disse Cuchi antes da partida. Tiago é o mais expe-

riente do grupo. Ele já percorreu o Caminho da Fé por doze vezes a cavalo e uma a pé, em companhia da esposa: -Acredito que o modo mais desgastante de viajar deva ser de fato de bike, porque ao encarar de bicicleta os morros, nas subidas mais fortes, não há alternativa senão pedalar, enquanto que a pé ou a cavalo existe a possibilidade de se diminuir o ritmo, disse ele antes da partida. Out ra preocupação do grupo era o frio, já que na última semana os termômetros marcavam 4 graus na regi ão de Campos do Jordão. Numa demonstração de fé e confiança, os cristãos aventureiros optaram por não utilizar meios de apoio. As bagagens, ferramentas e peças de reposição serão levadas em bagageiros instalados nas bicicletas. A alimentação ficará por conta das cidades que serão "cortadas" durante o caminho. O pernoite será feito em hotéis e pousadas que

recebem peregrinos no Caminho da Fé. -A expectativa é grande e o que nos estimula sem dúvida é a fé. Aliar o gosto pelo esporte, ao roteiro encantador e o destino, que sem sombra de dúvidas é a principal mo tivação para quem acredita em Deus e é devoto de Nossa Senhora, disseram no sábado antes da

partida. Ontem falamos com Mateus Humberto, já em Aparecida. Ele disse ao Jornalzão que o trajeto "foi longo, mas muito prazeroso e que foi concluído sem nenhum empecilho", disse. Mateus explicou que já estaria de volta em Santa Rosa na noite de ontem (voltariam de carro) com o senti-

mento de dever cumprido. O Caminho da Fé Foi inspirado no milenar Caminho de Sant iago de Compost ela (Espanha), para dar estrutura às pessoas que fazem peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida. Ele foi inaugurado em 11/02/2003, na cidade de Águas da Prata.


FALA NOSSO TETO

PÁGINA 28

Serginho Gomes

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

Procissão e Missa de Corpus Christi Houve muito capricho e dedicação dos cató li co s da Igreja de São Judas Tadeu, na preparação e decoração do tapete para a Procissão de Corpus Chri sti, real izada na tarde de quinta-feira (15). Se valendo de materiais diverso s tais como, serragem, pó de café, areia, casca de ovo, tinta, a u ni ão das dezenas de voluntários realizaram um trabalho minucioso e com riqueza de detalhes. O esfo rço resu lt ou

nu m mo sai co co lo ri do com motivos bíblicos, que cobriu a rua José Gentilonde a Igreja se localizaat é a praça Zu l ei ka de Melo Moura Balbão. Uma di st ânci a aproximada de trezentos metros. P adre Al ex Cássi o Pereira celebrou a Missa de Corpus Christi, no Anfi t eat ro "Wal do mi ro Lima", localizado na praça, e lembrou que o tapete representa a manifestação pública da fé em Cristo .

Fiéis lotaram o Anfiteatro. Logo após a celebração, seguiram em procissão por sobre o tapete,

até a Igreja de São Judas Tadeu, onde a multidão se dispersou e um grupo cuidou em limpar a rua.


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.104 - 17/06/2017

O Jornalzão, edição 1104  
O Jornalzão, edição 1104  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement