Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 20/05/2017 - Ano 23 - N.º 1.100 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

R$ 3,00

Terras da Dine são arrematadas por quase R$ 34 milhões Valor é 60% maior que o lance do outro leilão e chegou a 80% da avaliação. Município fica com 680 mil

Fogo no lixo - Triste situação. A zona rural tem caçambas espalhadas em vários pontos do município. O povo vai até elas, mas deposita o lixo no chão, emporcalhando o local. A prefeitura, por sua vez, não coleta periodicamente o lixo. Então deu nisso: atearam fogo em todo lixão na estrada rural Pedro Titarelli. Foi no início da noite de quarta feira.

É decisão - Chova ou faça sol o “Leão” decide amanhã o seu futuro no amador 2017, às 10h contra a Simonense no “campão”. Compareça e torça.

Sem alvará, nova casa noturna adia inauguração

Diretor quer acabar com os ratos da ‘empresa’

Ex-servidora condenada tem habeas corpus

Prefeitura escapa de golpe milionário. São Simão "dançou"

Desperdício constante - Enquanto nós, clientes, pagamos taxas e sobretaxas de energia elétrica por causa de sobrecarga no consumo, centenas de lâmpadas dos postes de iluminação pública estão acesas mesmo durante o dia, há mais de ano. E esta conta somos nós que pagamos. O desperdício é visível em qualquer ponto da cidade, inclusive em frente à prefeitura, na quarta feira.

Campanha do agasalho adiada Prefeito exonera duas Por causa da previsão de muita chuva, o mutirão em cargos da campanha do agasalho previsto para hoje foi adiado. O Fundo Social divulgará a nova data oportunade confiança mente.


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 3

Mais de 30 prefeitos e ex-prefeitos são envolvidos em golpe em SP

Prefeitura de Santa Rosa escapa de golpe milionário. A de São Simão "dançou" Trinta e dois prefeitos e ex-prefeitos do interior e da Grande São Paulo estão na mira do Ministério Público (MP) do estado. Eles contrataram, sem licitação, um escritório de advo cacia que promet ia descontos no recolhimento de uma contribuição do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Só que era um golpe, segundo o Ministério P úblico, e os prefeitos deixaram dívidas milionárias para seus sucessores. Dezesseis ações penais já foram propostas pelo MP contra prefeitos e ex-prefeitos; outros 16 estão sendo investigados. Os prefeit os e exprefei tos alegam t erem sido enganados por um escritório de advocacia, liderado, segundo a denúncia do Ministério Público, pelo advogado Alécio Castellucci Figueiredo; acusado de ser articulador do esquema. Agora, os atuais mandatários estão recebendo multas milionárias da Receita Federal.

O escritório de Castellucci Figueiredo oferecia, por meio de manobra jurídica, um recolhimento menor de uma taxa cobrada pela Previdência e que sai da folha de pagamento dos funcionários. Tudo de uma forma legal, segundo o escritório. O esquema - Toda prefei tura paga para o INSS de 1% a 3% do valor do salário de cada servidor público. Esse dinheiro vai para um fundo do governo federal que cobre o pagamento de salários quando o funcionário sofre um acidente de trabalho. Segundo a denúncia, o advogado elaborava planilhas em que a prefeitura recolhia sempre pelo menor valor: 1%. Ele ainda pedia compensação sobre aquilo que na visão dele, teria sido pago a mais. Pela suposta economia, ele recebia em torno de 20 % dos val ores que cada prefeitura municipal compensava e deixava de recolher.

"Os serviços prestados pela Castellucci Figueiredo e Advogados Associados consist iam simplesmente em "ensinar" os servidores públ icos municipais a preencher guias de recolhi mento das cont ribu ições previdenci árias co m valores que Al écio Castellucci Figueiredo dizia devidos, mas que, na verdade, acabaram gerando diversos processos administrativos e judiciais, exatamente em decorrência da ilegalidade das compensações tributárias", detalha o processo do Ministério Público sobre o caso. O documento afirma que entre 2009 e 2014, o escritório teria previsto receber mais de R$ 242 milhões em repasses - embora tenha efetivamente recebido R$ 53 milhões. Há investigações em andamento nos municípios de Américo Brasiliense, Angatu ba, Cesário Lange, Embu-Guaçu, Estrela do Norte, Mirante do Paranapanema, Ouro Verde, Pacaembu, P iedade, Pot im, Ribeirão Bonito, Sandovalina, Santa Cruz da Concei-

ção, Tarabai, Tupi Paulista e Votuporanga. O Ministério Público também instaurou investigações em Alumíni o, Álvares Florence, Américo de Campos, Arapeí, Arealva, Carapicuíba, Cunha, Descalvado, Embaúba, Euclides da Cunha Paulista, Ibiúna, Itu, Nantes, São Simão e Serrana. Segundo o promotor Marcelo Mendroni, entre 2008 e 2013, 161 municípios contrataram o escritório e pagaram de honorários: R$ 70 milhões. O dinheiro não teria ficado só no escritório. Na investiga-

ção, o promot or aponta várias transferências feitas para outra empresa, a Finbank Consultoria e Assessoria Empresarial Ltda. São Simão caiu no golpe - A vizinha São Simão caiu no golpe. Segundo o atual prefeito Marcos Bonagamba o tamanho do ro mbo ainda está sendo mensurado, mas ele acredita que a dívida que caiu no seu colo é de cerca de 20 milhões de reais. De honorários ao advogado, supostamente golpista, a prefeitura de São Simão pagou 3 milhões e meio de reais. Santa Rosa escapa A perspicácia do advogado do então prefeito Cassinho fez com que Santa Ro sa não caí sse no gol pe. Se-

3954 3371 - 3954 6920

gundo Cassinho , ele não aceitou a "vantagem para o município" porque seu advogado aconselhou a fazer o pedi do administrativament e e diret ament e ao INSS e não por via jurídica. "É a área dele e se ele aconselho u a gente t em que acatar", explicou. O advogado Fernando Henrique Vieira Garcia, procurado r da época de Cassinho, disse que se lembra de uma visita do representante da firma de advocacia em meados de 2014. "Ele veio, ofereceu o serviço e falou em uma comi ssão de 30 % so bre o valor que ele economizaria ao município", disse. Segundo Garcia, ele ouviu a proposta, mas em vez de contratar os serviços, abriu um processo administrativo. "Fizemos todo o processo em cima daquilo que o representante nos disse e levamo s diret ament e ao INSS e Receita Federal que ainda est ão analisando o caso", explicou. "E ho je vemos que agimos da forma correta", finaliza.


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

DE OLHO NA CIDADE "Saúde" quer acabar com ratos na "empresa" A infestação de ratos que acontece nos prédios que compõem a empresa municipal, na avenida São Paulo parece estar com os dias contatos. Segundo Eduardo Simionato, Diretor de Saúde, o Departamento de Saúde já adquiriu o veneno e deveria iniciar o controle ontem. Os ratos apareceram depois que o lixão que era acumulado no local foi retirado. O setor de merenda, que fica no local, também foi atingido pela infestação.

Inaugura um junho - O posto de combustíveis Copercana deve inaugurar na primeira quinzena de junho. Está tudo praticamente pronto.

Prefeito exonera duas em cargos de confiança Como diz o dito popular: “o pau comeu na casa de Noca”. Foi esta semana na prefeitura. Os gritos eram ouvidos da rua e chamou a atenção de quem estava por perto. Além dos berros, tapas na mesa. E parece que este bate boca culminou com a exoneração de duas servidoras em cargos de confiança: Cristiane Cunha Titarelli Salviato - Chefe de Setor de Gestão Educacional e Nydia Simoes Dos Santos - Assessor de Agricultura Familiar A assessoria de comunicação municipal explicou que a saída das duas faz parte de uma reestruturação da Diretoria de Educação.

PÁGINA 5

Terras da Diné são arrematadas por mais de 33 milhões de reais 762 alqueires foram arrematados pela Usina Ipiranga Os 762 alqueires da Diné Industrial, que estavam penhorados pelo Banco do Brasil, no município de Santa Rosa, foram arrematados em leilão na noite de quinta feira por 33 milhões e 719 mil reais pelo grupo Ipiranga, que t em usi nas em Descalvado e Moco ca. A conclusão do leilão depende da adjudicação do Juiz Alexandre Cesar Ribeiro. As terras foram avaliadas em quase 42 milhões de reais e o lance mínimo era de 27 milhões e 300 mil reais. O fechamento do leilão estava previsto para às 14h30 do dia 18. Até minutos antes do fechamento, nenhum lance havia sido dado até que as ofertas começaram. Eram dois os interessados: a Ipiranga e um grupo de investidores de Ribeirão Preto. Um foi cobrindo a oferta do outro por pouco mais de 4 horas. Foram dados 362 lances pelos dois interessados. Este foi o segundo leilão. O primeiro foi cancelado pelo Juiz Alexandre Cesar Ribeiro depois que o grupo mesmo Ipiranga arrematou o lote por cerca de 21 milhões de reais, em 13 de dezembro de 2 016. O Ju iz consi derou o preço muito baixo pelas terras e marcou novo leilão, com

preço mínimo estipulado em pouco mais de 27 milhões. Juiz não aceitou lance vil - Dos 762 alqueires, 303 são de mata, APP, carreadores e linhas de força, o restante usado para o plantio de cana.No leilão de 13 de dezembro, o mesmo grupo arremat ante havia dado lance vencedor de pouco menos de 21 milhões de reais. O Juiz Alexandre Cesar Ribeiro cancelou o leilão, alegando que o valor era muito abaixo do que o lote valeria e que ele esperava valor maior num próximo leilão para cobrir mais pagamentos a credores do grupo Diné. E pelo que vimos, o Juiz acertou. O valor do arremate do leilão desta semana é 60% maior que o lance que o Juiz não aceitou no leilão anterior. Como as terras foram avaliadas em 42 milhões, este lance vencedor chegou a 80% do valor avaliado. O trâmite agora é o seguinte: A empresa de leilão vai informar oficialmente no processo a arrematação, os dados da arrematante e o valor. Aí a arrematante deposita o valor, o Juiz Alexandre homologa e expede a carta de arrematação. Todo este processo, obedecendo aos prazos legais, deve durar de 20 a 30 dias.

SUV branca vai embora depois de receber informações de colunista do Jornalzão Grupo veio conhecer terras - No sábado, 13, um grupo de investidores em uma SUV branca de luxo passeava pelas terras que foram leiloadas. Eles queriam conhecer o local e curiosamente esbarraram no col aborado r do 'Jo rnalzão', Serginho Gomes, que prontamente lhes deu informações. Próximo à ponte Álvaro (de cimento sobre o rio Pardo) eles conversaram. " P e rg u n t a r am - m e onde ficava a fazendinha, que rio era aquele e que já haviam passado pelo aero-

porto", disse o colunista. Serginho falou que eles realmente não conheciam o local. "Perguntaram pela fazenda "Santa Amália"". Serginho percebeu que se tratava de um grupo de investidores interessados nas terras da Diné quando eles tiraram um mapa que tinha a terra a ser leiloada destacada. "Abriram o mapa e pediram para localizá-los no terreno - nele estava destacada a área a ser leiloada. Estavam vistoriando tudo", finalizou.

Os dois maiores lances oferecidos no leilão. O total já é acrescido da comissão do leiloeiro. Leilão virtual durou pouco mais de 4 horas


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

EDITORIAL Edição 1100 - Temos orgulho de chegar à tão importante edição. 1.100 edições, feitas com muito suor, garra e determinação de toda a equipe. 1.100 edições sustentadas por anunciantes e leitores. Nunca, nestes anos todos, beijamos a mão de políticos ou de qualquer "otoridade", nunca pedimos vantagens e nem oferecemos. Aqui nunca ninguém "moiô a mão". Se nos verem abraçados com políticos, aparta que é briga. Aqui tem trabalho honesto, isento, com a tentativa máxima de imparcialidade. Nossas posições são bem críticas, mas sem nunca faltar com o respeito. Nunca com inverdades. Agradecemos a Deus por nos confiar anunciantes e leitores fiéis, pois sem eles não existiríamos. Em dias de crise e de incertezas vamos caminhando sempre em busca da próxima edição, para que satisfaça nossos leitores e gere negócios aos anunciantes. O Jornalzão, informando, formando opinião, prestando serviços e gerando negócios. "Vamo que vamo". De novo o Juiz - Em 13 de dezembro de 2016 o Juiz não aceitou o lance mínimo de 21 milhões no leilão das terras da Diné. Cancelou o leilão e marcou outro para o dia 18 que passou, com lance mínimo de 27 milhões e pouco. E as terras foram arrematadas por quase 34 milhões de reais pelo mesmo grupo arrematante do primeiro. 60% a mais que o lance do outro leilão e chegou a 80% do valor avaliado. Sabemos que a prefeitura fica com 2% limpinho de toda transação de terras do município. No total abocanhará 680 mil reais. A intervenção do Juiz no caso, além de valorizar as terras, acresceu aos cofres municipais a "bagatela" de 260 mil reais (na diferença entre os lances dos dois leilões). A cidade agradece. Diretas Já - Este jornal defende uma ampla reforma política nacional. A situação atual é insustentável. De país do futuro viramos o país do “faturo”. São raras as exceções de políticos honestos. Chega, não aguentamos mais a corda roer sempre pro lado do povão. Eleições gerais diretas já.

CRISE EM BRASÍLIA

Chico Alencar diz que voto indireto, nem no papa Francisco Falando ontem por e-mail, com exclusividade para ao Jornalzão, sobre as denúncias desta semana que envolveram o presidente Temer, o deputado Chico Alencar (Psol/RJ) declarou: "O PSOL não vota indiretamente, pra presidente, de jeito nenhum. Nem que o papa Francisco fosse candidato!". Ele se refere à Constituição que recomenda eleição indireta, pelo Congresso, no caso de Temer deixar o cargo. "Michel Temer, sendo Michel Temer, fez o de sempre nessa conversa noturna (e fora da agenda) com o Joesley JBS: atualização das negociatas. No mínimo prevaricou", opinou Alencar. Ele revelou que vai "travar a batalha das Diretas Sempre na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara" - da qual é titular - que se reúne na próxima terçafeira. "Uma eleição indireta, como prevê a Constituição, poderia ter como candidato alguém de fora do mundo da política". Para Chico, "Temer perdeu a confiança de parte da elite econômica, de parte do mercado. Mas há interesses ainda fortes - inclusive do fisiologismo político - que podem sustentá-lo mais um tempo".

E adverte não ser o único nome do Psol para 2018 O deputado divulgou mensagem, nesta semana, intitulada "Sobre a candidatura presidencial", denunciando que "a elite política corrupta já está empenhada em nos tirar de cena". Informação publicada pelo jornal O Globo - e reproduzida pelo Jornalzão em sua edição da semana passada - diz que ele deve disputar a presidência da República em 2018. Chico adverte que não é "o único nome possível do Psol", e opina que o partido não fará como os outros "que lançam nomes sem preocupação com programas, projeto de país e visão do mundo". Criticando a "coalizão que engendrou o impeachment (de Dilma Rousseff), e ainda mantém o poder", Alencar garante que jamais disputaria eleição sem consultar representantes de alguns segmentos "da intelectualidade/cultura, da academia e do campo de identidade religiosa (na área da Teologia da Libertação, à qual me filio)".

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. Reprodução de conteúdo somente com prévia autorização. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

MENSAGEM CRISTÃ João Murari

A procura por satisfação Quando se trata de quebra-cabeças, sabemos que para termos um bom resultado todas as peças são igualmente necessárias. A vida, em muitos aspectos, é bem assim. Passamos os nossos dias tentando organizá-la, na esperança de formar um todo, juntando todas as peças espalhadas. Às vezes, temos a impressão de que falta uma peça. Talvez estejamos procurando as peças erradas para o quebra-cabeças. Embora saibamos que tudo que precisamos é uma vida com Deus, será que vivemos como se Ele fosse realmente relevante? E apesar de frequentarmos a igreja regularmente, será que Ele é a motivação da nossa vida? Algumas vezes nos acostumamos ao sentimento de estar longe de Deus e torna-se mais fácil pecar e confundir a percepção de que algo importante está faltando. Não importa quanto possamos nos desgarrar de Deus, Ele nos quer perto dele. Ele disse ao Seu povo por meio do profeta Isaías: "Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão, e o vosso suor naquilo que não satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que é bom, e vos deleitarei com finos manjares". Se algo estiver faltando em sua vida, lembrese de que Deus é o único que pode satisfazê-lo total e abundantemente. Permita que Ele conclua o quebra-cabeças da sua vida. Em cada coração existe um anseio que só Jesus pode satisfazer.

CRÔNICA DA SEMANA Daniel Almada

Grande educador O artesão lapidário é grande educador. Ele não faz a pedra, apenas ajuda-a a ser o que é, reino único e absoluto de toda luz recontada.


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

DE OLHO NA CIDADE

Atrás deste matagal tem uma escola - A escola de Nhumirim está abandonada, às traças. Uma imagem de dar dó. O matagal toma conta.

PÁGINA 11

Grupo do Bem quer arrecadar R$ 20 mil para Asilo Os "Amigos do Bem", que também são integrantes da Comitiva Chapéu de Palha, estão mobilizando um grande número de pessoas, locutores e artistas regionais para um grande evento que visa arrecadar dinheiro para o Asilo São Vicente de Paulo, que passa por sérias dificuldades financeiras, conforme mostrou reportagem do ' Jornalzão' neste mês de maio.

Um grande almo ço está sendo programado para o dia 9 de julho, domingo, no Pri mavera Count ry Club. Eles esperam arrecadar cerca de 20 mil reais com o evento, valor que seria repassado int egralmente à entidade. Os organizadores já receberam a adesão de vários artistas e locutores famosos de rádio. "Neste momento esta-

mos arrecadando alimentos para fazermos o almoço, depois vamos vender os ingressos e no final queremos arrecadar umas prendas pra gente sortear. Esperamos vender uns mil convites", disseram. O 'Jornalzão' se colocou à disposição da organização para o que eles precisarem. O Primavera Country Club vai oferecer o espaço sem a cobrança do alu-

guel. "Graças a Deus onde a gente está passando estamos conseguindo doações", falaram os organizadores. Marque aí na sua agenda: 9 de julho, grande almoço com muito "modão" cercado de solidariedade, no Primavera em prol do asilo. Se você tiver compromisso agendado, compre pel o menos um i ngresso para ajudar.

RECISA aguarda Câmara para começar a operar A nova Diretoria da RECISA - Associação de Agentes Ambientais e Recicladores de Santa Rosa aguarda uma definição da Câmara para recomeçar a atuação no municípi o. A entidade teve u ma breve paralisação na sua atuação, mas agora com Diretoria nova já cont a co m cerca de 50 agentes cadastrados aguardando para trabalhar. Tramit a na Câmara

Que qualidade, hein? - Dentre as centenas de lâmpadas da iluminação pública acesas durante o dia na cidade esta se destaca. Fica na rua Dr. Mário Carneiro da Cunha, ao lado da praça Fabiana. Está acesa 24 horas por dia a cerca de dois anos. Isso nos mostra duas coisas: o descaso com o gasto público é absurdo e a qualidade da lâmpada é impressionante, por ficar tanto tempo acesa sem nem ao menos dar uma piscadinha.

u ma Lei , qu e prevê u m convênio entre prefeitura e RECISA, para que esta use o barracão do Centro de Triagem no No sso Teto , além do cami nhão que foi adquirido na gestão ant erio r para fazer a coleta seletiva de lixo, que já era usado pela Diretoria anterior da entidade. Segundo Carlos Alexandre Ferreira, o Lê da Farmácia, ex-vice-prefei-

to e atual presidente da Associação, o que está segurando a aprovação é apenas um ponto na lei que diz respeito a quem deve fazer o cadast rament o dos agentes recicladores. P el a mi nu ta, o cadastramento será feito pela prefeitura, através de seus depart amentos de Assi stência Social e Meio Ambiente, mas alguns vereadores querem que este ca-

dast ramento fi qu e sob a responsabilidade da Associação . "Acho qu e se a gente acertar apenas essa pendência a lei será aprovada e a Associação começará a funcionar", explicou Lê. "Temo s u rgênci a porque este pessoal cadastrado preci sa t rabalhar e contamos com a boa vontade da Câmara para agilizar isso", finalizou.


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

Câmara Municipal de Santa Rosa de Viterbo Ata da Décima Terceira Sessão Ordinária do ano de dois mil e dezessete, realizada aos oito dias do mês de maio. Eleição do cargo de Primeiro Secretário da Mesa Diretora. Deliberação: Eleita a Vereadora Roberta Cristina de Andrade Alves Pereira, por onze votos favoráveis. Eleição do cargo de Segundo Secretário da Mesa Diretora Deliberação: Eleito o Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli, por onze votos favoráveis. Ata da Décima Segunda Sessão Ordinária do ano de dois mil e dezessete, realizada aos vinte e quatro dias do mês de abril. Deliberação: Aprovada por unanimidade. Indicação n. 124/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita estudos sobre o trânsito e estacionamentos das vias públicas. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 132/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita estudo em conjunto com o Sindicato Rural Patronal e Associação dos Produtores Rurais, para mapeamento dos sítios, fazendas e chácaras do Município. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 133/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita encaminhamento de Projeto de Lei exigindo a disponibilização de guarda-volumes nas agências bancárias. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 134/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita encaminhamento de projeto de lei para pagamento da dívida ativa, sem acréscimo de juros e multas. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 135/17, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), que solicita o prolongamento da Rua Paraná. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 136/17, de autoria do Vereador Fabrício da Silva Luiz (Fabrício da Capoeira), que solicita arborização no entorno do Sistema de Lazer do Conjunto Habitacional André Franco Montoro. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 137/17, de autoria do Vereador Fabrício da Silva Luiz (Fabrício da Capoeira), que solicita manutenção e reposição das mudas ao longo da Avenida Joaquina Custódia Ribeiro. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 138/17, de autoria da Vereadora Fabíula Fernanda Bezerra Moura (Fabíula Bonacin), que solicita disponibilizar placa "PARE" no final da Avenida São Paulo, antes da Rotatória João Gentil". Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 139/17, de autoria da Vereadora Fabíula Fernanda Bezerra Moura (Fabíula Bonacin), que solicita defensas de proteção e sinalização de estreitamento da Estrada Municipal "Esdras Wilson Wiezel", na altura da ponte do Córrego Águas Claras. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 140/17, de autoria da Vereadora Fabíula Fernanda Bezerra Moura (Fabíula Bonacin), solicita providenciar a roçada dos matos; bem como notificar os proprietários de terrenos situados na Rua Francisco Guidelli, para limpeza. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 141/17, de autoria do Vereador/Presidente Francisco Justino Mota Neto (Chicão do Depósito), que solicita disponibilizar um redutor de velocidade na Rua Antônio Gerardi. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 142/ 17, de autoria do Vereador/Presidente Francisco Justino Mota Neto (Chicão do Depósito), que sugere retomada nos estudos de implantação do Plano de Carreira para todos os servidores públicos municipais. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 143/17, de autoria do Vereador Heitor Aparecido Bertocco (Heitor Bertocco), que sugere encaminhamento de Projeto de Lei a esta Casa, visando a emissão eletrônica de certidões. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 144/17, de autoria do Vereador Fabrício da Silva Luiz (Fabrício da Capoeira), que solicita retomar as oficinas de capoeira, jiu jitsu, capaboxe e outras. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 145/17, de autoria da Vereadora Roberta Cristina de Andrade Alves Pereira (Roberta do Banespa), que solicita limpeza e manutenção no Bairro de Nhumirim. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 146/17, de autoria da Vereadora Roberta Cristina de Andrade Alves Pereira (Roberta do Banespa), que solicita ilumina-

ção noturna no Cemitério Municipal. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 147/17, de autoria da Vereadora Roberta Cristina de Andrade Alves Pereira (Roberta do Banespa), que solicita poda das árvores localizadas próximas a Biblioteca Municipal "Licínia Nogueira Magalhães". Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Indicação n. 148/17, de autoria da Vereadora Roberta Cristina de Andrade Alves Pereira (Roberta do Banespa), que solicita lombada e placas de sinalização na Rua Condessa Filomena Matarazzo, próximo ao Banco do Brasil. Deliberação: Encaminhada ao Executivo. Moção n. 02/17, de cinco de maio de 2017, de autoria do Vereador Mário Marco Barbosa Titarelli (Marinho Titarelli), com o apoio de todos os Vereadores. "Parabéns e Congratulações ao Dr. Adalberto Gonini Júnior". Deliberação: Aprovada por unanimidade.

Ata da Décima Quarta Sessão Ordinária do ano de dois mil e dezessete, realizada aos oito dias do mês de maio. Projeto de Lei n. 19/17, de autoria do Executivo Municipal, que "Dispõe sobre a abertura de um crédito adicional suplementar no orçamento vigente no valor de R$ 663.000,00 (seiscentos e sessenta e três mil reais) para reforço de dotações do orçamento da Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo". Deliberação: Aprovado por unanimidade.


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

Católicos comemoraram o '13 de maio' com carreata

PÁGINA 13

Andrea Reis cantou o amor no Pedro II Um ônibus fretado pela diretoria municipal de cultura levou santa-rosenses para prestigiar a apresentação da conterrânea Andrea Cândido dos Reis na última terça-feira, no Theatro Pe-

dro II, em Ribeirão. Ela foi solista do espetáculo "A música de tant os amores", acompanhada por três violinos, piano, violoncelo, baixo, percussão, flauta e oboé - este desempenhado pela

santa-rosense Josiane Cicolani - todos executados por membros da Orquestra Sinfônica de RP, comandados pelo maestro ucraniano, Bogdan Drahan, além do coral da mesma orquestra.

Em russo, inglês, francês e espanhol, Andrea - professora de odontologia - cantou canções de vários países e épocas no show que se situa no "Projeto Pedro II e Amigos da Casa".

Arte e amor significam saúde, diz a cantora

Imagem sobre caminhonete seguida por cortejo Com a imagem de N. S. de Fátima à frente, na carroceria de uma caminhonete, um cortejo de automóveis saiu da Praça Conde F. Matarazzo (Estrela Azul), por volta de 11h00 do último sábado, pela Av. Pres. Vargas, passou pelo centro, Vila Mendes, Av. Prof. Dilermando, até a capela da qual a santa é padroeira. Ali o Cônego Pedro Santos comandou celebração pelo primeiro centenário do chamado "Milagre de Fátima". O Papa Francisco esteve em Portugal, na semana passada, para ratificar a canonização dos irmãos Francisco e Jacinta Marto que, na companhia de Lúcia de Jesus, teriam visto a Virgem Maria no dia 13 de maio de 1917. Um milagre, envolvendo um garoto brasileiro, atribuído ao casal, justificou a santificação de ambos. O Jornalzão mostrou, há duas semanas - que o português, Antônio dos Santos - que residiu na Fazenda Amália - testemunhou as ocorrências de 100 anos atrás.

Com vestido ajustado por sua mãe, Maria Argeri do s Rei s, 8 1 anos, Andrea entrou no palco do Pedro II lamentando a ausência del a, que só não compareceu "por conta da idade". Mas nunca se esquece de que, com dinheiro de costura, Maria pagava as au las de músi ca que a filha, com apenas 9 anos, começou a ter com o maestro Maurílio de Oliveira Jr., num violão presenteado pelo pai. Ao falar sobre o espet ácu l o, a cant ora se emociona. - Foi uma manifestação de estimulo à realização de novos projetos e de confirmação que o amor é um caminho alegre e saudável para vida - disse ela com exclusividade ao Jornalzão. Em suas contas, foram arrecadados "o equivalente a 2.328 unidades de fraldas geriátricas e 1.300 kg de alimentos", para serem dis-

tribuídos a entidades filantrópicas de Ribeirão. Andrea segredou que durante o concerto rezava o t empo t odo "pra qu e tudo de bom que existe no mundo pudesse ser devolvido às pessoas que estavam presentes". - Eu acredito - e tenho comprovação cientifica disso - que arte e amor significam saúde. A presença do publico fecha o ciclo de desejo pelo bem; é por isso que tudo esta sendo doado, pra que nada interrompa essa corrente de amor que foi a proposta do projeto. A presença dos cont errâneo s na plat eia fo i part icu larmente no t ada por ela. - Não consigo descrever a emoção que senti pela participação marcant e do publ ico de Sant a Rosa e o apoio irrestrito de todos os conhecidos, colegas, parentes e amigos.

Ela se apresentou com vestido costurado pela mãe Andrea revelou, por fim, que já recebeu convi-

t es para a reedi ção do evento.

Santa-rosense lança obra sobre migração maranhense O geógrafo, Eduardo Ribeiro da Silva, lançou ontem seu livro "Territorialidades e rede da migração maranhense para o trabalho nos canaviais paulista", ontem, às 18h30, na livraria da Vila, no Jardim Paulista, em Ribeirão Preto. André fez uma análise profunda e contundente sobre os problemas da agricultura canavieira, pois Santa Rosa recebia uma população migratória vinda do Maranhão. Ele foi até aquele estado para fazer pesquisas de campo. O tema foi sua tese de mestrado, doutorado e agora se torna livro, rico em depoimentos e fotos.


PÁGINA 14

Associação Bicho Amigo e Prefeitura ampliam parceria Abadia Malin, Ana Rita Fonseca, Margarida Terra e Luís César Zerba, atual presidente da ABA - Associação Bicho Amigo, reuniram-se com o prefeito Luís Fernando Gasperini e o diretor municipal de saúde, Eduardo Simionato, para discutir e ampliar a parceria entre a entidade e a Prefeitura. O objetivo principal da reunião foi adequar os serviços já prestados pela entidade e atender as solicitações feitas pelo Ministério Público, através de um TAC - Termo de Ajuste de Conduta. A reunião foi muito positiva e permitiu que as relações entre o poder público e a associação fossem ampliadas, inclusive com a realização de obras de melhorias na sede da entidade. O prefeito aproveitou a oportunidade e convidou os membros da ABA para participarem do desfile cívico em comemoração ao aniversário da cidade, onde os proprietários poderão desfilar com seus animais. A ABA existe desde 2006 na cidade e neste período já realizou a castração de 6.937 animais domésticos (cães e gatos). Estima-se que existam na cidade cerca de 5.500 cães e 1.500 gatos. A entidade também está fazendo o cadastro de animais abandonados a fim de evitar a superpopulação.

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

Prefeito nomeia grupo para tratar de desenvolvimento econômico do município Em reunião realizada na última terça-feira, 16, no gabinete do prefeito Luís Fernando Gasperini, ficou definido que um grupo composto de três assessores irá dar início às ações de busca pelo desenvolvimento econômico da cidade. Ana Maria Belavenuto, diretora de planejamento e finanças, Marcelo Felizardo, chefe de gabinete e Rogério Moscardin, assessor de comunicação, são os designados para realizar o levantamento de informações e a elaboração do projeto inicial que visa criar ações para o desenvolvimento econômico do município. Dentre os objetivos do grupo estão o levantamento do perfil econômico do município, realização de pesquisas para descobrir a vocação econômica da cidade e a adequação e atualização de leis que permitam o desenvolvimento das empresas locais, a captação de novos investimentos e novas empresas. Também faz parte dos objetivos deste projeto a criação de um núcleo de desenvolvimento econômico, que irá unir profissionais do serviço público e também da iniciativa privada com objetivo de captar recursos, investimentos e novos negócios para Santa Rosa.

Dia do Desafio - Você se mexe e o mundo mexe junto Neste ano, Santa Rosa de Viterbo enfrentará a cidade cubana de Madruga. Está chegando mais um Dia do Desafio! A 23ª edição desta, que é a maior campanha do mundo para incentivo à prática regular de atividade física e esporte, acontecerá no próximo dia 31 de Maio. Coordenado no Brasil e nas Américas pelo Sesc e promovido mundialmente pela TAFISA - The Association for International Sport for All - o Dia do Desafio foi criado no Canadá nos anos 80 e propõe uma competição amigável entre pessoas, organizações e cidades. Desde sua criação, muita coisa mudou: os hábitos, as relações de convívio, a sociedade de uma forma geral e o Dia do Desafio acompanha essas mudanças, destacando nessa edição uma forma de realização mais ativa e participativa, além da competição entre as cidades. A ideia é que você, que já tem por hábito se mexer, influencie e estimule seus amigos e sua família e desafie alguém a lhe acompanhar. Fique atento às atividades promovidas pelas empresas, escolas, ONGs e pela prefeitura. O Dia do Desafio é um convite ao movimento e, a cada ano, mais e mais pessoas e organizações têm se unido à campanha. Encare seu Desafio! Você se mexe e o mundo mexe junto!


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 17


PÁGINA 18

EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2354 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigi dos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // DANIEL PEDRO DOS SANTOS JUNIOR e PAULA JESSICA ARGERI //. Ele, natural de Osasco, Estado de São Paulo, nascido aos onze (11) de fevereiro de um mil novecentos e oit enta e três (1983), profiss ão mot orista, est ado ci vil divorci ado, domicili ado e residente à Rua Mauro Carvalho de Andrade, 38, Arthur Argeri, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de DANIEL PEDRO DOS SANTOS e de dona LUCIA AMORIM DOS SANTOS. Ela, natural de Sant a Rosa de Viterbo, Est ado de São Paulo, nasci da aos onze (11) de maio de um mil novecentos e noventa e um (1991), profissão estudante, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Pernambuco, 157, Vila Ranzani, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOSÉ PAULO ARGERI e de dona DIRCE BANDEIRA CASTILHO ARGERI. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2355 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigi dos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // EDIMIR ALAIÃO e MARIA JOSELI LOPES PIRES //. Ele, natural de Santa Cruz das Palmeiras, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e oito (28) de novembro de um mil novecentos e oitenta e oito (1988), profissão açougueiro, est ado civil sol tei ro, domici liado e resident e à Rua Vereador Paulo Xavier, 157, Nova Viterbo, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Est ado de São Paul o, filho de PAULO DONIZETI ALAIÃO e de dona EDNA APARECIDA FERREIRA ALAIÃO. Ela, natural de Minas Novas, Estado de Minas Gerai s, nascida aos seis (06) de novembro de um mil novecentos e noventa e dois (1992), profis são auxi liar de produção, estado civil solteira, domiciliada e res idente à Rua Sebasti ão de Campos, 418, Nosso Teto, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOSÉ GOMES PIRES e de dona RITA LOPES GOMES PIRES. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2356 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigi dos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // CARLOS EDUARDO SOARES e JESSICA CANDIDA DE OLIVEIRA //. El e, natural de Santa Rosa de Viterbo, Est ado de São Paulo, nascido aos doze (12) de setembro de um mil novecentos e oitenta e um (1981), profissão técnico de elevador, estado civil divorciado, domiciliado e residente à Rua Paulo Vicente Zerba, 462, Jardi m Nova Roma, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ANTONIO CARLOS SOARES e de dona MARIA OLIVIA ORTELI SOARES. Ela, natural de Francisco Morato, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e seis (26) de dezembro de um mil novecentos e oitenta e sete (1987), profissão auxiliar de escritório, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Paulo Dobrew, 16, Cohab 4, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de ANTONIO CANDIDO DE OLIVEIRA e de dona SOLANGE MORENO DE BARROS OLIVEIRA. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2357 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigi dos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // RODRIGO DA SILVA e ANA PAULA FACIOLI //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos dez (10) de agos to de um mil novecent os e oit enta e s eis (1986), profi ssão tecnico em informatica, es tado civi l sol tei ro, domi cil iado e resi dente à Rua Ibiquara, 798, Jardim Boa Vista, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de AURELIO DA SILVA e de dona NILVA MARIA DA SILVA. Ela, natural de São Simão, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e quatro (24) de janeiro de um mil novecentos e noventa e dois (1992), profissão do lar, estado civi l solt eira, domici liada e resi dente à Rua Ibiquara, 798, Jardim Boa Vista, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de OSMAR APARECIDO FACIOLI e de dona APARECIDA DONIZETTI VILLA FACIOLI. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2358 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigi dos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // LUIZ GUSTAVO FERRO e MÁRCIA HELENA DA SILVA //. El e, natural de Santa Rosa de Viterbo, Est ado de São Paulo, nascido aos doze (12) de agos to de um mil novecentos e oit ent a (1980), profis são mecâni co de manut ênção, est ado ci vil s olt eiro, domicili ado e resi dente à Rua Is ami Hyano, 292, Jardim Dom Bosco II, na cidade de Sant a Rosa de Vi terbo, Estado de São Paulo, filho de CELSO HENRIQUE FERRO e de dona DIVINA FAIOLI FERRO. Ela, natural de Santa Rosa de Vit erbo, Estado de São Paulo, nascida aos s ete (07) de julho de um mi l novecentos e oi tenta e doi s (1982), profiss ão do lar, es tado civil s olt ei ra, domi ci liada e res idente à Rua Is ami Hyano, Jardim Dom Bosco II, na cidade de Sant a Ros a de Vi terbo, Es tado de São Paul o, fi lha de MÁRCIO ANTÔNIO DA SILVA e de dona SILVIA HELENA COLÓZIO SILVA. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

DE OLHO NA CIDADE Ponto de ônibus terá abrigo na Av. São Paulo

Deve ficar pronto em uma semana A chuva que caiu na madrugada de ontem atrapalhou a continuidade das obras do abrigo que a Prefeitura está construindo na Av. São Paulo - em parceria com a empresa Rápido D'Oeste -, junto ao ginásio de esportes da Praçaúde. O ponto ficava no fim da avenida Pres. Vargas, próximo à rotatória João Gentil, mas foi vetado pelo DER. Se a chuva não atrapalhar mais, a obra deverá estar concluída em uma semana, segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura.

PÁGINA 19

Sem alvará, nova casa noturna adia inauguração Foi adiada, por falta de alvará de funcionamento, a inauguração da casa noturna 'Mr. Frog Music Bar'qu e estava marcada para hoje à noite. O requerimento pedindo alvará, enviado pelo proprietário Ferretti Jr., estava em análise quando a Prefeitura recebeu dois ofícios: um do comandante da PM, Adão Pereira, e outro do promotor Wanderl ey Trindade Jr., que substitui o titular Daniel Ardevino Fonseca do Nascimento, alertando para a falta de Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros da casa noturna. O empresário Ferretti Jr. - santa-rosense, batizado Deuslene Ap. Ferretti disse que tudo estará resolvido em 15 ou 20 dias. - Eu tenho casa noturna em Leme, e lá é um pouco diferente. Mas o projeto da 'Mister Frog', muito bem feito, está dentro da legali-

Faltou vistoria dos bombeiros dade, e logo que obtivermos o AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, obteremos o alvará da Prefeitura.

Segu ndo el e, 9 0 % dos ingressos para a inaugu ração já estavam vendidos. - Quem comprou

pode ter o dinheiro de volta, ou guarda o ingresso que vale para quando a inauguração realmente ocorrer garantiu o empresário.

Jovem de 18 anos é novo colunista do Jornalzão "Acho que nunca decidi escrever, veio de dentro, por sentir uma grande necessidade em expressar tudo aquilo que sinto e percebo, que muitos acabam não sentindo ou percebendo. E pelo amor a cultura e música", define assim seu desejo pela escrita, o novo co luni sta d'O Jornalzão, Carlos Eduardo Alves Pereira, 18. Uma vez po r mês, seus textos sobre opressão do s privil egiados, senso comum, sistema político, e escassez da reciprocidade sobre as formas de amar serão publicados em nossas páginas. O estudante do colegial escreve desde os 15

anos, e se inspira na desumanidade, desigualdades, problemas sociais, hipocrisia, superficialidade de tudo, e a crença de que tudo pode ser melhor quando se tem igualdade e amor. Seus pensamentos e sentimentos se restringiam apenas no papel e caneta, mas decidiu expô-los neste periódico, por acreditar historicamente que o 'veículo jornal' sempre foi o maior meio de comunicação apoiador das diversas culturas, manifestações polí ticas, lado intelectual cultural e espiritual das pessoas, principalmente das que vivem à margem. E também por um fato pessoal, depois de ler

um livro contando a história de Edgar Allan Poe, "A vida brilhante e sombria de um gênio" um escritor americano do século XIX, que encontrava seu refúgio e se expressava com seus contos através dos jornais da época, e assim ganhou repercussão. Eduardo foi o idealizador da 'Batalhas de Rimas', que aconteceu no final do ano passado, que acabou se tornando mais tarde, no "Sarau em Movimento", e em um fut uro muito próximo, ainda sonha em lançar um livro. Os textos dele serão publicados sempre na última edição de cada mês.


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

Santa - rosense trocou as piscinas pelos ringues das artes marciais

Brunner encara peso pesado em sua última luta ...

Gabriel Carmello Caldas

As braçadas na piscina e a luta contra o relógio foram à primeira paixão esportiva de Brunner Bavi a Vi to rino, 2 8, que começou a praticar o esporte ao s três anos, parando aos 18. Ele foi campeão de inúmeros campeo nat os, t ant o regi onais, quanto estaduais. Aos 19, decidiu por hobby treinar boxe, pois sempre achou interessante as artes marciais, em especial esta. Foi se apaixonando pel as lut as, mas não se cont ento u em fazer u ma ú ni ca l u t a, e em al gu ns ano s começou a treinar jiu-jitsu , muay t hai, MMA, se t ornando u m amant e da trocação. Ainda sim, sentia que faltava algo, "Somente treinar era pou co, eu preci sava me t est ar mais", disse, e a partir de então decidiu participar de co mpet ições. Há no ve anos neste ramo, o peso pesado de 110 kg, já tem nove lutas profissionais, com apenas uma derrota. Foi campeão do Mato Grosso por dois

ano s co nsecu t i vo s em muay thai. Destas, três foram no MMA, sem nenhuma derrota, ainda não dispu t ou t í t u lo s, mas su a próxima luta será valendo cinturão. Esse ano já tem quatro lutas marcadas.

Valendo c inturão Neste domingo , Brunner lutará no Campeonato Estadual de muay t hai, em Cu iabá. O campeão terá direito de disputar o cam-

peo nat o brasi l ei ro qu e pro vavelment e acontecerá em Ribeirão Preto. Todas suas lutas têm o respaldo do seu mestre, Pedro Jaru tas, da academia CT Jarut as, em Sorriso , MT, o nde o santaro sense t ambém mo ra. Ele é graduado em praijed preta de MuayThai , faixa preta em j i u-j it su e Taekwondo. "Todas as competições que ele julga import antes nó s l ut amo s", explica. As lut as surgem

... que ele venceu em nível estadual, nacional e eventos particulares. Brunner é engenheiro agrônomo e ainda não

se mant êm apenas co m lutas, mas nada que abale sua confiança no seu futuro. "Não sei se chego no

UF C, mas co m cert eza vo u chegar em al gu m event o de mai or expressão nacional".


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 21

Cardoso assina com Botafogo para disputar a série ‘C’ do Brasileirão

AMADOR 2017

Domingo é decisão para o "Leão", com chuva ou sol

Os jogos do Botafogo passam ao vivo no canal Esporte Interativo

Carlos Alexandre Cardoso, o Bê, assinou contrato de 4 meses para disputar a série C do brasileirão com o Botafogo de Ribeirão Preto. O atleta santarosense disputou a séria A ano passado pelo América mineiro. Falando com exclusividade ao 'Jornalzão', Bê disse que em no máximo duas semanas já estará à di spo si ção do t écni co . "Entre uma e duas semanas já atinjo um bom nível físico e estarei apto a jogar", contou. Bê acredita no acesso do Botinha para a série B. "Por pouco o acesso a série B não se concretizou no ano passado. Mas esse é nosso objetivo este ano e to do s est ão focado s no acesso", disse. Em 2015 o Botinha foi campeão da série D e no ano passado ficou nas semifinais da série C. Depois que se desligou do América mineiro, ele ficou por Santa Rosa, mantendo condicionamento fí-

sico e aguardando propostas. Recebeu algumas que preferiu não aceitar, mas quando chegou a do Botafogo não pensou duas vezes. "Apesar de ser perto já estou me mudando para Ribeirão. Ficar indo e vindo com frequência é cansativo e pode me atrapalhar no rendimento", explicou. Cardoso está com 32 anos, iniciou sua carreira no Comercial e passou por times como Vitória-BA e At léti co -GO, em ambos campeão estadual. Jo go u no Améri ca mineiro e também no exterior - Portugal, Azerbaijão e Romênia. A idade parece não pesar: "Pretendo conti nuar por muit o t empo, não tenho pensado ai nda em parar. Deus no comando!", disse. O Jornalzão perguntou ao atleta sobre a diferença de preparação de um time de série A para um da C. Ele explicou que tudo é muito parecido. "Não vejo di ferenças nas preparações. São parecidas tanto

aqui quanto nas equipes por onde eu passei quanto na Europa e Ásia. O que diferencia é a qualidade dos jogadores que dão ritmo nas competições", explicou. Cardoso deu seus primeiros chutes em Amália e at ualmente a sua grande paixão é o Santa Rosa Futebol Clube. Ele faz parte do grupo que tenta reerguer o "Leão", com uma proposta de trabalho a longo prazo e desse grupo ele não quer sair. "Sou participante e vou continuar. Nossa cidade é apaixonada por futebol e a Diretoria é composta por pessoas séri as e do bem. Tamo junto", disse. Co mo o s jo go s do Bo ti nha na série C são transmitidos ao vivo pelo canal "Esporte Interativo", o 'Jornalzão' perguntou se um dia ele fizer gol, vai homenagear a cidade imitando um Leão. "Se eu fizer isso eles me matam, porque "Leão", aqui, é símbolo do Comercial, maior adversário do Botafogo", concluiu sorrindo.

No último jogo em casa o “Leão” foi goleado por 5 a 1

Neste domingo o Santa Rosa FC decide seu futuro no campeonato amador 2017. Apenas a vitória interessa ao "Leão da Comarca" contra a Simonense, e ainda assim depende de uma vitória de Luiz Antô ni o contra o t ime da casa, Sertãozinho. Caso o jogo em Sertãozinho termine empatado, Santa Rosa tem que vencer por 5 gols de diferença para se classifi car. E se Sertãozi nho vencer, a missão fica mais complicada, pois a diferença de saldo de gols entre Santa Rosa e Luiz Antônio

é de dez. Por exemplo, se Sertãozinho ganhar de 2, Santa Rosa tem que ganhar de 8, assim tira os dez gols de sal do de vantagem do concorrente. O jo go entre Santa Rosa e Simonense é neste domingo, às 10h da manhã no estádio "Rubens Bellizzi" (campão da Rio Branco) com entrada gratuita. Às 8 h4 5 haverá parti da preliminar entre o "Tigers Pri mavera" contra o Olé Brasil de Ribeirão Preto, valida pelo campeonato categoria sub-11. A Diretoria promete o

empenho de sempre, bar com toda estrutura de comida e bebida, o mascote "Leonino" distribuindo pirulito pra molecada, sorteio de brindes e uma homenagem no intervalo do jogo. A organizada do "Leão" pro mete muit a batucada. Na condução do som no estádio estará o polivalente Evandro Junior. O portão de entrada pel o "Mo rumbi " também estará aberto. Compareça e leve seu incentivo ao Santa Rosa FC. Leve também dinheiro trocado para gastar no bar.


PÁGINA 22

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

Jovem é preso com LSD e maconha Um jovem foi preso traficando drogas na sexta-feira (12), por volta das 23h30, no 'Nosso Teto'. Consta no B.O, que uma equipe policial estava fazendo patrulhamento pela Rua Ângelo Sordi quando se deparou com um jovem, que segundo denúncias, é traficante. Com ele foram encontradas duas porções de maconha, 10 selinhos com LSD, o popular "docinho" e R$130. As drogas foram apreendidas junto com o dinheiro, e o rapaz foi preso na cadeia local.

Após denúncia, mulher é presa com 60 cápsulas de cocaína e maconha Uma mulher foi detida traficando drogas na última quarta-feira (17), por volta das 15h, na Praça do 'Estrela Azul'. Segundo a ocorrência, a polícia recebeu uma denúncia anônima que uma mulher receberia um carregamento de drogas de um homem no 'Estrela Azul'. A polícia fez buscas pelos arredores e quando a dupla avistou a viatura tentou fugir. Ao serem abordados, foram localizadas 60 cápsulas de cocaína, R$10 e dois invólucros de maconha com a mulher. Ela ainda confessou que na casa dela tinha mais drogas escondidas. A polícia verificou o local e encontrou mais 300g de maconha. Com o homem, nada foi encontrado. Os entorpecentes e o dinheiro foram apreendidos, e a dupla foi levada para a delegacia local. A mulher foi encaminhada para a cadeia de Cajuru. Já o homem, foi liberado.

Menor é surpreendido traficando drogas pela terceira vez Um menor foi surpreendido traficando drogas pela terceira vez, na última quarta-feira (17), por volta das 20h15, no 'Nosso Teto'. De acordo com boletim de ocorrência, a polícia recebeu uma denúncia anônima que um menor estava vendendo droga em um bar na praça central do bairro. Quando a polícia encontrou o suspeito, ele jogou 14 pedras de crack no chão e tentou fugir. Ao ser abordado, ainda estava com R$10. A droga e o dinheiro foram apreendidos e o menor liberado, após ser conduzido para a delegacia.

PÁGINA 27

Ex-servidora, acusada de fraudar IPTU, vai responder em liberdade A ex-servidora pública municipal Luana Aparecida Ribeiro Belém, que na semana passada havia sido condenada a quatro anos e dois meses de prisão por frau des na co brança do IPTU local, ganhou o direito de responder o processo em liberdade, depois que seu advogado impetrou, no Tribunal de Justiça de São Paulo, habeas corpus, com pedido de liminar, que foi concedido. O advo gado da exservidora, que foi exonerada do cargo na prefeitura, disse que "Luana é tecni-

camente primária e possui domicílio fixo, além de ter um filho menor de 12 anos de idade. Aduz ausentes os requisitos para a decretação da prisão preventiva na sentença". Luana, quando servidora municipal na área financeira, foi acusada por receber valores de contribuint es relat ivos a pagament o de IP TU sem dar baixa nos pagamentos. Ela recebia e ficava com o dinheiro, chegando, inclusive, a depositar um pagament o em cheque na sua co nta corrent e no banco

Sant ander. As fraudes ocorreram entre outubro de 2015 e fevereiro de 2016, quando o esquema foi descoberto graças à denúncia de u m co merci ante que percebeu seu cheque, que era para pagar o IPTU, ser deposi tado na cont a corrente da servidora municipal. Ela não chegou a ser presa. Condenação em Ribeirão - Luana foi condenada em o utro processo, desta vez em Ribeirão Preto, quando, segundo a sen-

tença do Juiz Lucio Alberto Eneas da Silva Ferreira, de janeiro a novembro de 2012 se apropriou indevidamente de 50 mil reais da empresa que trabalhava. A pena apli cada de dois anos e oito meses de recl u são fo i co nverti da em prestação pecuniária à vitima no valor de cinco sal ári o s mí ni mos e u m ano, qu atro meses e dez dias de prestação de serviços comunitário s (uma hora por dia) em entidade sem fins lucrativos a ser indicada pelo Juízo de Ribeirão Preto.

Novo Sargento revela dados do trabalho da PM em audiência A 2ª audiência pública organizada pela Polícia Militar este ano, apresentou aos santa-rosenses os números sobre o trabalho realizado pelo comando local, no Centro Cultural, terça-fei ra (1 6), às 19 h. O novo Sargento da PM Responsável pelo Comando de Santa Rosa, Fábio Garbuglio, foi quem conduziu a reunião. A participação da população, que havia melhorado, acabou caindo novamente, com a presença de aproximadament e 10 pessoas. Na reunião foram exibidos números que comparam o desempenhos dos 17 PMs do efeti vo de Santa Rosa, referentes a janeiro a março de 2016 e com os três pri meiros meses de 2017. Por conta da mudança no atendimento do 190,

as ligações estão indo direito para o COPOM em Ribeirão Preto, liberando viatura e mais PMs para as ruas, consequentemente os números das ocorrências atendidas saltaram de 270 operações para 41 3, as buscas pessoais foram 6399, quase dobrando os 3836 do ano anterior. "Ladrão não tem mais cara ou estilo único, por isso acabamos abordando muito mais gente, e pedimos que a população entendesse isso e colaborasse", explica o Sargento. O número de prisões em flagrantes também saltou de 17 para 55, as apreensões de adolescentes foram 15 , contra nenhu ma do ano anterior e apreensão de drogas, subiu quase 1 00 g em relação as 0,263g aprendidas no ano passado, aparent emente po de não parecer muit o,

mas o sargento expli cou que cada pino de cocaína tem 1g e as pedras de crack precisam de 1 5 para chegar neste valor. Quase do is B .Os por dia - O número de furtos teve um pequeno aumento de 58 para 62. Segundo Garbuglio, é um valor baixo, comparado com outras cidades da região, e tem ciência que apenas algu ns caso s são l evadas grandes coisas ou quantidades, mas que a maioria das vezes, são subtrações menores como saco de lati nha, galinha, celu lar, e pede para a população zelar mais por seus bens, pois deixam portas da casa e de carros abertos, facilitando a ação dos criminosos. O número de roubos foi quase extinguido, passando de 13 para apenas 2. Já o fur-

to e roubo de carro se manteve em 4. Ao todo, foram feitos 153 B.Os, cerca de 1,7 por dia. Após serem expostos todos os comparativos, foi passado um vídeo institucional sobre o trabalho da PM e aberto para a população poder comentar, perguntar, cobrar e sugerir. A reimplementação do Proerd (Programa Educacional de Resi st ência as Dro gas) para os j ovens foi no vamente questionada, porém, o Sargento disse que ainda não se tem uma previsão para o projeto funcionar. Ele ainda lembrou que alguns B.Os podem ser feitos no site da secretaria de segurança, como roubo e furto de veículo, perda de documento, ameaça, injúria, difamação, calúnia, acidente de trânsito sem vítima, entre outros.


PÁGINA 28

FALA NOSSO TETO

Serginho Gomes

Festa do dia das mães

#leãoeuacredito!

Durante os festejos em comemoração ao Dia das Mães, cerca de trezentas pessoas, segundo a Associação dos Moradores, passaram pelo Anfiteatro "Waldomiro Lima", localizado na praça Zuleika de Melo Moura Balbão. A festa foi promovida pela Associação dos Moradores e aconteceu no último domingo (14). No palco do Anfiteatro se apresentaram a banda MENSANJOR Group (Banda formada por alunos e professores da Estação da Cultura), e o cantor sertanejo Diney- com participação especial de convidados. A Associação sorteou para as mães 36 brindes, intercalado com as apresentações dos artistas. Um dos momentos marcantes da festa foi a homenagem à Aparecida Felipe Crispim, de 96 anos. Segundo a Associação, ela é a mãe com mais "primaveras" do bairro. Além de músicas e poesias, a anciã recebeu uma cesta de café da manhã. -Agradecemos a todos que nos ajudaram a fazer uma singela homenagem às mães, especialmente àquelas que vieram compartilhar seu Dia com a gente, disse Viviane Corato, diretora de Educação e Cultura, da Associação dos Moradores.

Seja qual for o resultado do jogo de amanhã entre, Santa Rosa e São Simão, válido pelo Campeonato Amador, o certo é que devemos elogiar e aplaudir a turma que abraçou a difícil tarefa de fazer ressurgir o futebol do Santa Rosa FC- o "Leão" da Comarca. Gente de todas as classes sociais, sexo e idade. Até adversários políticos ferrenhos, estiveram unidos sob a bandeira do "Leão" nos dias de jogos. Deu gosto em ver o Rubens Bellizzi lotado de torcedores, a raça dos jogadores em campo e a aplicação da comissão técnica. Amanhã, infelizmente, o "Leão" não dependerá só de si para se classificar, mas de uma combinação de resultados e da força da sua torcida! O adversário é um velho conhecido e osso duro de roer. Haverá muita rivalidade em campo. Compareça e incentive nossos jogadores. E que os deuses do futebol estejam do nosso lado: #leãoeuacredito! Edital de Convocação de Assembleia Geral Ordinária para decidir o futuro da comissão Provisória dos Moradores do bairro André Franco Montoro e criação da Associação dos Moradores A comissão provisória do bairro André Franco Mo ntoro, com sede nesta cidade, devidamente representada por sua presidente, Sra. Patrícia Corato, convoca através do presente edital, todos os mo radores do citado bairro para a Assembleia Geral Ordinária, que será realizada no Anfiteatro Waldomiro Lima, sito à praça Zuleika de Melo Moura Balbão, às 19h do dia 03 de Junho de 2017, com a seguinte ordem do dia: 1-Decidir o futuro da Comissão Provisória e criação da Associação dos Moradores do bairro André Franco Montoro Santa Rosa de Viterbo, 18 de maio de 2017.

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

GRAMÁTICA NA MEDIDA Há uma diferença entre "ouvir" e "escutar". "Ouvir" se refere à "captação do som"; já "escutar" seria "ouvir e prestar atenção". Assim, é possível ouvir a uma música ao realizar atividades mecânicas, pois não necessariamente se está prestando atenção. Porém, se essa música lhe chamar a atenção, e você começar a "senti-la" e analisar o conteúdo, é sinal de que está "escutando", na verdade. Fique de olho! Aline Vilela é professora das redes pública e privada de ensino e corretora de vestibulares. #gramáticanamedida


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.100 - 20/05/2017

O Jornalzão, edição 1100  
O Jornalzão, edição 1100  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement