Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 18/02/2017 - Ano 23 - N.º 1.087 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

R$ 3,00

Eu sou o Dougras,

GRANA EXTRA PARA ALIVIAR A CRISE

você não é o Dougras

Tesouro de Momo vai pagar “milim” Enigma circula no próximo sábado. Junte sua turma para caçar Santa Casa inaugura hoje terceira fase das reformas Solenidade é às 9h

Prefeitura despeja Associação de Recicladores Vídeo de Douglas Junior Castro teve mais de 5 milhões de visualizações na Internet

Mulher dá paulada em homem para roubar carteira

ASSESSORIA

Esporte tem novo chefe, mas Gabinete está vago

Vestido de noiva - O sobrado da praça Guido Maestrello, que já acolheu Câmara e Grupo Escolar, teve suas paredes externas cobertas por véu esta semana. A dona dele explica que é só para evitar acidentes com quem passa pelas calçadas ao redor, nega que vá reformá-lo já e assegura não pretender mudar sua fachada.

Decisão do STJ leva vice-prefeito a se licenciar da advocacia Quadrinistas fazem oficina de gibi no 'Vergínio Melloni'

Campanha de Vacinação atende quase 700 pessoas Mutirão contra dengue acontece hoje Atendimento do Banco do Brasil normaliza aos poucos


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 3


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

Obituário Aparecido Rocha Fal eceu na última sexta-feira (10), em São Paulo, Aparecido Rocha (P aciência). Mecânico de profissão, nasceu na Fazenda Amáli a, em 1936, onde trabalhou até 1969 quando foi para São Paulo. Ingressou na Engesa e, por ela, viajou o mundo. Primeiro, Venezuela e Peru, para dar assistência técnica a caminhões de cana que a empresa exportava. Depois foi à Líbia de Kadafi fazer demonstrações dos tanques anfíbios brasileiros que o ditador comprava para seu exército. Quando a empresa fechou as portas, em 1989, Paciência continuou recebendo salário mensal, por certo tempo, pelos relevantes serviços prestados. Foi zagueiro do Santa Rosa FC onde atuou, sempre como titular, nas décadas 1950/60. Familiares disseram que ele foi passear em São Paulo onde sentiu uma dor, na lateral do abdome, que exigiu cirurgia durante a qual faleceu. Era casado com Edméia de Oliveira com quem teve 5 filhos. Desde 2012 o casal residia em Santa Rosa, na Vila Mendes. Maria Esmeralda Massa Dois dias depois, no último domingo (11), faleceu Maria Esmeralda Vieira Rodrigues Massa, contadora da Câmara Municipal. Ela havia completado 53 anos no dia 9. Casada com André Luiz Rodrigues Massa, com teve dois filhos (Rafaela, 25 anos, e Otávio, 24 ano s), Esmê - como era conhecida - morreu por 'metástase de um câncer nos ossos', segundo a primogênita Rafaela que acrescentou: "Ela era apaixonada por Jesus; onde ia, falava dele" . Esmeralda nasceu na Fazenda Amália e, depois de passar pelas escolas 'Teófilo' e 'Conde', formou-se em Biologia na 'Barão de Mauá', em Ribeirão. Maria Emília Guimarães E no domingo (11) foi sepultada no cemitério local Maria Emília Guimarães, 76 anos, filha caçula do ex-prefeito de Santa Rosa, maestro Antônio Guimarães, com quem aprendeu a tocar piano. Mila foi professora de desenho no Ginásio Estadual ('Conde'). Sua morte, segundo familiares, aconteceu em Bauru, onde resida em uma clínica de repouso, depois de um segundo AVC. Era viúva, tinha um casal de filhos e uma neta.

PÁGINA 5

Prefeitura despeja Associação de Recicladores A prefeitura despejou a RECISA - Associação de Agentes Ambientais e Recicladores de Santa Rosa de Viterbo do prédio que ocupava no Nosso Teto. A prefeitura pediu o prédio, segundo documento obtido pelo Jornalzão, po rque a associ ação estava sem a CND - Certidão Negativa de Débito s em di versos ó rgãos, e também por não ter o número mínimo de associados. A RECISA foi criada em 201 3 e era co mposta por 29 recicladores que através de convênio com a prefeitura, faziam a coleta seletiva de lixo na cidade. Além do prédio a associação tinha um caminhão exclusivo para este fim. Atualmente a associação conta apenas com 5 membros para fazer a coleta, o que gera uma renda média de 600 reais para cada um. As despesas de manut enção do prédio e do caminhão, pelo convênio, são de responsabilidade da prefeitura. Os catadores da associação recolhem o material pela cidade e levam para o barracão onde é todo separado. Depois é destinado para a venda. Eles mantinhas uma agenda pela manhã nos bairros, de segunda a sexta e à tarde em locais pré determinados. Associação de bairro - No mesmo documento

A sede da entidade está fechada a prefeitura alega que tem um novo projeto para continuar a coleta seletiva na cidade, em parceria com a associação de bairro, fundo social e departamento de desenvolvimento social. Grasiela Oliveira disse quinta feira ao Jornalzão que gostaria muito de dar continuidade na RECISA. "Temos interesse sim, em sentar com os membros e ajudar a entidade a crescer novamente", falou. Tudo em dia - A presidente da associação, Elis Regina Vieira, mostrou ao Jornalzão que todas as certidões da associação estão

em dia. Segundo ela, a associação "murchou" exatamente por falta de orientação. "Somos pessoas simples e vivemos de reciclados e preci samo s de um suporte que não tivemos",

explicou. "A gente gostaria que a prefeitura continuasse a ser parceira e que desse suporte para que a entidade crescesse novamente, po is quant o mais gent e, maior a renda", finalizou.


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

EDITORIAL

MENSAGEM CRISTÃ

CRÔNICA DA SEMANA

Vai ter Tesouro de Momo - Este ano o Jornalzão resolveu não fazer o tesouro de Momo, por causa da crise que passa a cidade e o país. Preferimos descansar um ano. Mas nesta cidade ainda existem pessoas que acreditam na gente e nas tradições, e procurados pelo Valdir Sobon e Zé Mário Balbão (dois grandes caçadores de tesouro), doutor Renato, Elias Moussa, José Salim, Gilberto Rangon, Carlão Passoni e Clélia Zanardo, diretora de cultura municipal, e prefeitura municipal, eles nos garantiram a realização do tesouro este ano, pois esta tradição não poderia acabar. Fizeram um rateio e assim teremos a realização do evento de quase 40 anos. Não temos como expressar nossa gratidão a eles e aos leitores que fazem da caçada um evento de lazer familiar. Muito obrigado.

João Murari

Daniel Almada

A palavra escrita

Ambição e vícios

Assisti a um programa comovente sobre a vida de um jogador de futebol, que acabara de ser indicado para o prêmio de melhor jogador do campeonato nacional. Mas o programa não era exatamente sobre o futebol. Aquele comentário mostrava que esse jogador de futebol, por muitos anos, costumava escrever uma carta de próprio punho elogiando a carreira e o caráter dos jogadores que ele admirava e que estavam encerrando suas carreiras. As pessoas qu e receberam essas suas cartas expressaram a sua profunda gratidão pela atitude de um dos maiores jogadores de todos os tempos. Era um lembrete poderoso sobre a influência exercida pela palavra escrita. Embora uma carta ou bilhete escrito por um atleta respeitado tenha muito valor, nenhum palavra humana pode ser comparada com a Palavra escrita por Deus, nas Escrituras Sagradas. Paulo escreveu: "Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras tenhamos esperança" (Romanos 15:4). Na sabedoria transformadora da Bíblia, temos uma mensagem pessoal sobre o que Deus deseja que sejamos e o que o Senhor deseja ser para nós. Ele nos deu a Sua Palavra escrita para que "tenhamos esperança" quando enfrentarmos as dificuldades da vida. Cheios de gratidão, vamos ler a mensagem escrita por Deus e praticá-la, permitindo que Ele aja em nossa vida. Deus fala através da Sua Palavra àqueles que a ouvem com o seu coração.

Ambição e vícios são os maiores pecados da humanidade, dizia o simpático padre Antônio do alto do púlpito nos concorridos sermões dominicais. Justo ele que sonhava ser papa, e adorava apostar uns trocadinhos nas corridas dos cavalinhos, todo domingo depois da missa, sagrado!

RECISA - Uma boa conversa entre as partes pode definir com tranquilidade o futuro da Associação de Reciclagem. É importante o fortalecimento desta associação, pois ela bem gerida, trará renda para a cidade e dignidade para muitos trabahadores. Pílula - É inacreditável que a pílula do câncer, criada ali em São Carlos e que era para ser fabricada em Cravinhos, esteja sendo feita nos Estados Unidos e será comercializada para o Brasil. E a gente faz piada com os irmãos portugueses. Burros somos nós. Reclamações - Muitas reclamações no atendimento do banco do Brasil esta semana, por causa da mudança de agências. Toda mudança gera um desconforto inicial, mas que com o tempo tudo voltará ao noral. Boa sorte na casa (nem tão) nova. Nova etapa - A Diretoria da Santa Casa inaugura hoje mais uma etapa das reformas dos apartamentos e enfermaria. Um trabalho de formiguinha que vem dando bons resultados, apesar de uns politiquinhos atrapalhar. Parabéns a todos os envolvidos.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO CNPJ 24.933.354/0001-57 Redação: rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.000 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. Reprodução de conteúdo somente com prévia autorização. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

Atendimento do Banco do Brasil normaliza aos poucos

Com o fechamento da agência do banco do Brasil da avenida Rio Branco, o atendimento ao público foi bastante prejudicado nesta semana na agência da Condessa. Política do banco fez com que as duas agências se tornassem uma. Na segunda feira a agência abriu apenas às 14h com filas enormes e problemas nos caixas eletrônicos, Muita gente reclamou. Ao longo da semana os problemas foram diminuindo, mas as filas continuavam enormes e com poucos caixas funcionando. Ontem, todos os caixas estavam funcionando e as filas eram bem menores. Segundo o gerente da agência André Luís Bellório, ao longo da próxima semana os problemas devem acabar. "Numa migração é normal termos problemas", disse. Ele explicou também que a partir de agora os caixas eletrônicos fecharão às 20 horas. "É um problema de segurança. Recebemos esta notificação e temos que cumprir", explicou. André disse que vai tentar junto a Diretoria do banco voltar o funcionamento dos caixas eletrônicos até às 22 horas. "Vamos tentar reverter, mas não podemos garantir sucesso", disse. "Estou à disposição de todos os clientes para resolver qualquer problema relativo à agência. Podem me procurar", finalizou André.


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 11

Santa-rosense se torna fenômeno na internet Além dos milhões de visualizações, Douglas já ganhou um tratamento dentário Gabriel Carmello Caldas

"Eu sou o Dougras, você não é o Dougras", se você leu essa frase cantando, com a voz do Douglas Ju nior Castro, 24, fique tranquilo, você não é o único, o Brasil todo está com essa frase chiclete na cabeça por causa do santa-rosense. Tudo começou como uma brincadeira no fim de semana passado quando ele foi pescar com os amigos. Pegou o celular e se filmou, improvisando uma música com menos de um minuto, que além de deixar bem claro que é o 'Dougras' e você não é, descreveu o lo cal onde estava, imaginou uma seleção brasileira com Kaká, Cristiano Ronaldo e Messi e lançou outras frases que também caíram na boca do povo: "Deus é Baum", "Se

é fei em fíii". Seus amigos adoraram a gravação que começou a circular pelo Whatsapp de alguns usuários da cidade. Luciana de Souza e Rafael Galdi no foram os pri meiros a post arem no facebook, isto no domingo (12). Ela ainda mandou em um grupo secreto na internet chamado Tretas na Net. O administrador do 'Khalifa Chapado', uma página de humor do facebo ok com mais de 820 mil curtidas, adorou o vídeo e na última segunda o publicou. Meme santa-rosense - O sucesso foi imediato e absurdo, em poucas horas se tornou um viral da internet, ou seja, um conteúdo compartilhado milhares de vezes nas redes sociais, muitos deles de forma inesperada. Douglas já

Faleceu a contadora da Câmara Municipal Faleceu no final de semana, 11, Maria Esmeralda Vieira Rodrigues Massa, de 53 anos, vítima de câncer. Esmeralda era diretora da Câmara de Santa Rosa. Contadora, trabalhou no Escritório de Contabilidade do Sérgio Silva, DTM, na Fazenda Amália, na Reproart, em Ribeirão Preto, e na Câmara Municipal. Casada há 28 anos com André Luiz Rodrigues Massa, deixa os filhos Otávio, 23, estudante de direito e consultor tributário, e Rafaela, 25, formada em Administração Pública - Unesp, assistente administrativo e estudante de teologia. Exemplo de esposa, mãe, filha, de irmã, de amiga, de profissional, de serva de Deus, que sempre exalou amor, carinho, paz, alegria e o bom perfume de Cristo, Esmeralda deixará saudades. Expressamos nossos sentimentos a todos os familiares e amigos. Concurso - Para a vaga de Esmeralda, de contadora da Câmara, um novo concurso deve ser feito ainda este semestre. Também haverá concurso para a vaga de advogado.

ultrapassou quatro milhões de visualizações, isso apenas publicado pelo 'Khalifa Chapado', poi s inúmeras outras páginas compartilharam e replicaram a história, como o 'Não Salvo', com seus cinco milhões de seguidores, o humorista do Pânico Eduardo Sterblich, além de mais milhares de visualizações, somando as dezenas de contas no You Tube, que também já repostaram. Como todo grande viral, ganhou várias versões diferentes, na internet, isso se chama meme. São vídeos que colocam ele cantando pagode, rock e até em uma cena do filme, 'As Braquelas'. Douglas fez outras gravações, sempre improvisando e com a frase famosa, que também caíram no gosto da população brasileira. Ele já tem uma página

no facebook, um grupo no Whatsapp ' Amantes do Dougras' e ganhou um tratamento dentári o de um dentista de Tanabí (SP) e agora está correndo atrás de ajuda para a viagem. Uma criança com o seu olhar - Douglas não fazia ideia que uma brincadeira ganharia tanta repercussão e está se divertindo muito com a fama que conquistou não se importando nenhum pouco com as críticas. Gostaria muito de ir no 'Programa da Eliana' ou no 'Pânico na Band', mas de tudo, o que mais lhe faz feliz, é o reconhecimento das crianças. "A maior alegria que tive foi quando uma criança apontou pra mim e começou a cantar, toda contente, 'Eu sou o Dougras, você não é o Dougras', essa é a maior riqueza que existe".

A 2ª edição do Sarau em Movimento teve bom público e biblioteca voluntária A 2ª edição do Sarau em Movimento ocorreu na última sexta-feira (10), por volta das 21h, na Praça das Bandeiras. Uma das inovações desta edição foi à biblioteca voluntária, em que a população fez doações de livros e os participantes do evento puderam levar para casa, com o compromisso de devolver no próximo mês. Renan Jouberth, um dos organizadores, disse que foram arrecadados 100 livros, e 28 destes, levados para casa por leitores, o que segundo ele, foi muito bom, mas pretendem continuar aumentar cada vez, com mais exemplares, e convida, a todos para doarem também. As batalhas são o que atraem o público, mas o espaço também foi aberto para pessoas puderam mostrar seu talento, declamando poesias, cantando e dançando. Quatro rappers participaram da competição. João Vitor Rodrigues e Igor protagonizaram a final, e fizeram uma espécie de tira teima. O primeiro, já havia vencido a primeira edição no mês passado, já Igor, foi o campeão da 'Batalha Cultural' que ocorreu em dezembro e foi o evento precursor do sarau. Igor foi declarado pelo público, o ganhador desta edição, e ganhou sua vaga para a grande final em dezembro, que terá a participação dos vencedores das disputas dos próximos meses. O local será escolhido novamente através de votação pela página do facebook do Sarau. Duas atrações musicais fecharam o evento, o Projeto O Ermo, banda de um homem só, que agitou todos com clássicos do rock e p rapper Indynho Psicodélico, que morou muito tempo em Santa Rosa, e soltou suas rimas autorais. O próximo encontro será 10 de março, a segunda sexta do mês, e será assim até o fim do ano.


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 13

Números da segurança santa-rosense são revelados em audiência pública A 3ª audiência pública organizada pela Polícia Militar revelou os dados do trabalho realizado pela instituição em Santa Rosa, no Centro Cultural, terça-feira (14), às 19h. Os palestrantes foram o Subtenente e Responsável pelo Comando do 1º P el/P M de Santa Rosa, Adão Pereira, Major Adalberto e Capitão Freitas. O número de participantes manteve a média da última edição, em novembro do ano passado, com cerca de 30 pessoas, porém, as autoridades ainda acreditam que a participação ainda é baixa, principalmente daquelas pessoas que criticam muito nas redes sociais e não vão para conversar ou tentar entender a situação. Esta reunião visa estreitar os laços com a comunidade, criar uma rede de coo peração, dialogar,

fortalecer a prevenção, e uma das iniciativas para tentar essa integração, será a criação de grupos no Whatsapp, com a intenção de os moradores de cada bairro, zelarem uns pelos outros, passando informações precisas para que a polícia possa impedir furtos e prender ladrões. O Subtenente também participará, para ter maior fluidez nas mensagens. Os números apresentados nesta audiência focaram nos furtos e roubos que ocorreram entre outubro, novembro e dezembro de 2016. Nos mais de mil atendimentos de ocorrências realizados pela PM durante o período, foram constatados um roubo, dois furtos de veículos e 10 furtos diversos no primeiro mês daquele trimestre, dois roubos, um

furto de carro e 11 furtos diverso s em novembro e um roubo e 13 furtos em dezembro. "Não é para entrar em desespero por conta destes dados. Estamos preocupados com estes furtos, mas a cidade é muito segura e está bem policiada", tranquiliza Adão, que conta com 17 PMs no efetivo local. O Delegado Adalberto Gonini, também participou, e deu os parabéns ao trabalho dos policiais que vem fazendo grandes apreensões de drogas, pegando os principais traficantes. Ao final, o públ ico participou dando ideias, sugestões e críti cas. Ent re elas, foi cogitada a reimplementação do Proerd (Programa Educacional de Resistência as Drogas), que era destinado para os jovens. O próximo encontro está previsto para maio.

Com uma paulada na cabeça, mulher rouba homem Uma mulher roubou a carteira de um homem dando uma paulada na cabeça dele, na última sexta-feira (10), na rodoviária, por volta das 16h. Consta no B.O, que do Batalhão da PM, foram ouvidos gritos de "Devolve minha carteira". Uma equipe policial foi até o local e flagraram um homem correndo atrás de uma mulher, que entregou o produto do roubo para um homem em uma garupa de moto e fugiu. A vítima estava com um corte na testa e alegou que tinha sido agredido com uma paulada pela mulher. Ele foi para o Pronto Socorro e ela para a delegacia. As pessoas que estavam na moto não foram encontradas e nem a carteira

Polícia recupera televisão furtada no jardim Aquarius Uma casa foi furtada no Jardim Aquarius, no último sábado (11), por volta das 23h30. Disse a vítima no B.O, que havia saído de casa para resolver um problema, e quando retornou, não encontrou mais o objeto, mas tinha certeza que o ex-marido havia levado. No outro dia, o suspeito estava andando pela Avenida São Paulo, quando se deparou com a cadela da ex e foi levá-la para a casa da dona. A polícia foi até o local e pegou o suspeito, que confessou o crime e alegou ter vendido para um amigo. A polícia encontrou o objeto na casa desse amigo, que informou ter desembolsado R$100 e não sabia que era furtada. Todos foram levados para a delegacia e liberados.

Jovem é preso tráfico no 'Nosso Teto' Um jovem foi preso traficando drogas na última quarta-feira (15), no 'Nosso Teto', por voltas das 22h. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a polícia recebeu uma denúncia que o indivíduo estava vendendo drogas nas casas. Quando uma equipe policial foi para o bairro se deparou com o suspeito saindo de um bar. Com ele, foi encontrado R$10. Questionado sobre a acusação, disse que tinha apenas maconha para consumo próprio. Na casa do suspeito, foram encontrados, três pinos de cocaína, 27 pedras de crack. Ele foi encaminhado para a cadeia pública local.

Pílula do câncer será importada legalmente, mas venda é proibida no Brasil

A fosfoetanolamina, mais conhecida como 'pílula do câncer' começará a ser vendi da online como suplemento alimentar e os brasileiros poderão comprar legalmente. Pesquisadores estão produzindo a substância na Flórida, Estados Unidos, e prometem vender para o mundo todo a partir de 16 de março. Mesmo com a produção e venda da pílula suspensas no Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) afirmou em nota que "a importação de produtos de interesse à saúde dispensa a autorização da autoridade". Porém, a importação em grande escala está vet ada. Só não será necessária a aut ori zação prévia da agência em casos de importação para uso próprio , "co m quant idade e frequência de compra compatível com a duração e finalidade do tratamento, ou que não caracterize comércio ou prestação de serviços a terceiros". Também não será possível comerci al izar a subst ânci a no país, de acordo com a Anvisa. O órgão disse que a fosfoetanolamina não possui comprovação segura como suplemento alimentar e, portanto, sua venda em território nacional está proibida. A propaganda no e-

commerce não relaciona a fosfoetanolamina ao combate ao câncer, pelo que ficou conhecida no Brasil. Isso porque se prometesse tratar a doença, a 'pílula do câncer' teria que se enquadrar na regulamentação de medicamentos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), da qual está fora por não ter confirmações científicas da sua eficácia. Os responsáveis pelo novo produto no Brasil são o biotecnólogo Marcos Vinícius de Almeida e o médico Renato Meneguelo, que colaboraram com o químico Gilberto Chierice no desenvolvimento inicial da fosfoetanolamina sintética, no Instituto de Química da USP em São Carlos, mas recentemente se separaram do pro-

fessor - considerado o "pai" da substância. A produção e comercialização da fosfoetanolamina sintética como droga anticâncer chegou a ser autorizada no Brasil, em abril de 2016, por um projeto de lei aprovado no Congresso e sancio nado pela ent ão presidente Dilma Rousseff, sob forte pressão política e popular. Mas a lei foi suspensa no mês seguinte por uma decisão do STF (Superior Tribunal Federal), por falta de evidências científicas da sua eficácia. Estu do s real izados pel o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação indicam que a fosfo não é tóxica, mas não encontraram nenhum efeito antitumoral na substância.


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

Câmara Municipal de Santa Rosa de Viterbo Ata da P ri mei ra Sessão Ordinári a do ano de doi s mil e dezesset e, reali zada ao s seis dias do mês de fevereiro. As Co missõ es P ermanent es da Câmara Mu ni ci pal fo ram, po r co nsenso , assi m co nst i t u í das: Co mi ssão P ermanent e de Ju st i ça, Redação e Legi sl ação , Presi dent e: Adalbert o Go ni ni Júni or, Relato r: Lu ís dos Rei s Augusto , Membro: F abrí ci o da Si l va Lu i z; Co mi ssão P ermanente de F i nanças, Orçament o , F iscali zação e Co nt rol e, P resi dente: Heit o r Apareci do Bert occo , Relat or: Ro bert a Cri st i na de Andrade Alves P erei ra, Membro : Renat o França de Ol i vei ra; Co mi ssão Permanent e de Admi nist ração , P l anej ament o, Obras e Servi ço s P ú bli co s, P resi dent e: Laércio Cost a Arru da, Rel at o r: F abí u l a Fernanda Bezerra Mo u ra, Membro : Renat o F rança de Oli vei ra; Co missão P ermanent e de Edu cação , Cu lt u ra, Ci ênci a e Tecnol ogia, P resi dent e: Adal bert o Go ni ni Júnior, Relato r: Mário Marco Barbo sa Ti t arell i , Membro : Lu í s dos Rei s Augu st o ; Co mi ssão P ermanent e de Segu ri dade So ci al , Saú de, P revi dênci a e Assi st ênci a So ci al , President e: P au lo Henrique de Mello Wiezel, Relato r: Roberta Cri st i na de Andrade Al ves P ereira, Membro : F abíu l a Fernanda Bezerra Mo ura; Co missão P ermanent e de Mei o Ambient e, Agri cul t u ra, Indú st ri a, Co mérci o e Servi ços, P resi dent e: Mári o Marco Barbo sa Ti tarell i, Rel at or: Fabrício da Si lva Lu iz e Membro: P au lo Henri qu e de Mel lo Wi ezel . Vot os de P esar 01 /2 01 7, de aut o ri a do Vereado r Adal bert o Go ni ni Júnio r (Dr. Gonini), de mani fest ação de pesar pelo fal ecimento do senho r Deldu que de Barro s Ri bei ro. Del i beração : Acatado. Indi cação n. 0 1 / 17 , de au t o ri a do s Vereadores F ranci sco Ju st ino Mo t a Net o (Chi cão do Depó si t o ) e Lu í s do s Rei s Au gu st o (Bo de), que i ndicam inst al ação de abrigo no po nt o de ônibus sit u ado na Avenida São Paul o, pró xi mo ao nú mero 1 .4 60 , ao l ado da P ista de Skat e "Ro naldo Jo sé Moret to ". Del iberação : Encami nhada ao E xecu ti vo . Indi caç ão n. 0 2 / 1 7 , de au t o r i a do Vere ado r L u í s do s R ei s Au gu s t o (Bo de), qu e indica que sej a concedido ao s Consel heiro s Tu tel ares do Mu nicí pi o o co nvêni o médi co e o Ti cket Ali ment ação . Del i beração : E ncami nhada ao E xecu ti vo. Indi cação n. 03 /1 7 , de aut ori a do Vereador Lu ís do s Rei s August o (Bo de), qu e sugere manu tenção na i lu mi nação da P raça "Mari a Ro sa de Jesu s", l ocali zada no Co nj unto Habi t acio nal "Adib Mo ussa". Deli beração : E ncaminhada ao Execut i vo . Indi caç ão n. 0 4 / 1 7 , de au t o r i a do Vere ado r L u í s do s R ei s Au gu s t o (Bo d e), qu e i ndi ca o pe ração t apa b u raco s nas R u as Lu i z Go n zaga Po rt o e Ho lzer Theófilo Wiesel. Del iberação : E ncaminhada ao Execut i vo . Indi cação n. 0 5 / 1 7 , de au t o ri a do Vereado r F abrí ci o da Si l va Lu i z (F abrí ci o da Capo eira), qu e i ndi ca dispo ni bi l i zação do espaço do anfit eatro na Praça "Zul ei ka de Mel o Mo ura Balbão" para reuniõ es e event os". Deli beração : E ncaminhada ao E xecut ivo. Indi cação n. 06 / 17 , de aut oria do Vereado r F abrí ci o da Silva Lu iz (Fabrí ci o da Capoei ra), qu e i ndi ca est u do de ho rári o para at endimento na farmáci a da UBS "P aschoal Cagli ari". Deli beração : Encami nhada ao Execut ivo. Indicação n. 07 / 17 , de aut ori a do Vereado r F abrí ci o da Si lva Lu iz (Fabrí ci o da Capoeira), qu e indi ca permanência dos portõ es abert os apó s as 1 6 ho ras e no s fi nai s de semana no CE ME C "Jo ão Cândi do do s Rei s". Deli beração : E ncami nhada ao Execu t ivo . Indi cação n. 0 8/ 1 7 , de aut oria do Vereado r Fabrício da Sil va Lui z (F abrício da Capo ei ra), que so li cit a co lo cação de redu t or de velo cidade na Aveni da Jo aqu ina Custó dia Ribeiro. Deli beração : E ncami nhada ao Execu ti vo. Indi cação n. 09 / 17 , de au t oria do s Vereadores F abríci o da Si lva Lui z (Fabrí ci o da Capo ei ra) e Renat o F rança de Ol i veira (Renat o da Bo rrachari a), qu e so li ci t am ret í fica o u su bst i tu i ção do s mo to res das vans qu e se enco nt ram paradas na garagem da P refei t ura Mu ni cipal. Del iberação : E ncami nhada ao Execu t ivo . Indicação n. 1 0/ 1 7, de au t ori a do s Vere-

adores F abrí cio da Si lva Lui z (F abrí ci o da Capo ei ra) e Renat o França de Oli veira (Renat o da Borracharia), que i ndicam dedet ização de to da a ext ensão do Bai rro "Residenci al Jú l io Morett i". Del iberação : Encaminhada ao E xecu t ivo. Indi cação n. 11 /1 7, de aut ori a do s Vereado res F abrí ci o da Si l va Lu i z (F abrí ci o da Capo e i ra) e Re nat o F ran ça de Ol ivei ra (Renat o da Borrachari a), que i ndi cam passar repel ent e para pombos no Gi násio de E spo rtes "Améri co Po rtu gal Go uvêa". Del i beração : Encaminhada ao E xecu ti vo . Indicação n. 1 2/ 17 , de au to ri a do s Vereadores F abrí ci o da Si l va Lu iz (F abrí ci o da Capo ei ra) e Renat o F rança de Ol ivei ra (Renat o da Bo rrachari a), que indi cam l i mpeza na P raça "José F ranci sco dos Sant os Fi lho ", no Jardi m Nova Roma. Del iberação : E ncami nhada ao Execu ti vo. Indi cação n. 13 / 17 , de aut o ri a do s Vereadores Fabrício da Sil va Lui z (F abrício da Capoeira) e Renat o F rança de Ol ivei ra (Renat o da Bo rrachari a), qu e i ndicam real izar est udos para di sponibil i zar uma ciclo faixa. Deli beração : Encaminhada ao E xecu t i vo . Indi cação n. 1 4 / 1 7 , de au t o ri a do s Vereado res F abrí cio da Sil va Lu iz (F abrí cio da Capoei ra) e Renat o F rança de Oli veira (Renat o da Bo rrachari a), que so li ci tam reparos no pi so da Ci cl o via do s Ipês. Del i beração : E ncami nhada ao E xecu ti vo . Indicação n. 15 / 17 , de aut ori a do s Vereado res F abrí cio da Si lva Lui z (Fabrí ci o da Capoei ra) e Renato F rança de Ol i vei ra (Renat o da Bo rrachari a), qu e i ndi cam i l u mi nação adequ ada no Co nj u nt o Habi t acio nal "André F ranco Mo nt o ro ". Del i beração : E ncami nhada ao E xecu t i vo . Indi cação n. 1 6/ 1 7 , de au to ria dos Vereado res F abrí cio da Sil va Lu iz (Fabrí ci o da Capo eira) e Renato F rança de Ol i vei ra (Renat o da Bo rrachari a), que i ndi cam pro vi denci ar il uminação na Ru a "Professor Lui z Ant ôni o Ri bei ro ". Deli beração : E ncami nhada ao Execu ti vo. Indi cação n. 17 /1 7 , de au to ri a do Vereado r F abrício da Sil va Lu iz (F abrício da Capo eira), qu e indica mu dança de l o cal de mo nument o qu e especi fi ca. Del i beração : E ncami nhada ao E xecu t i vo . Indi cação n. 1 8 / 17 , de au t o ri a do Vereado r F abrí ci o da Si l va Lu i z (F abrí ci o da Capo ei ra), que i ndi ca apagar as l âmpadas de i l uminação públi ca do s bai rro s qu e ai nda não po ssu em co nst ru çõ es. Del i beração : E ncami nhada ao E xecut i vo . Indi cação n. 19 / 17 , de au to ria do Vereador F abrí ci o da Si lva Lui z (F abrí ci o da Capoei ra), qu e so li cit a recapear a Aveni da Pro fesso ra Lui za Garci a Ribei ro . Del i beração : Encami nhada ao E xecu t ivo . Indi cação n . 2 0 / 1 7 , de au t o ri a do Vereado r F abrí ci o da Si l va Lu i z (F abrí ci o da Capo ei ra), qu e indi ca mudança de i t i nerári o de ôni bu s ci rcu l ar e co l ocação de po nt o de ô ni bus. Deli beração : E ncami nhada ao E xecu ti vo . Indicação n. 21/ 17 , de aut ori a do Vereado r Laércio Costa Arru da (Laércio Arru da), qu e i ndica pro l ongamento de rede col et ora de esgo t o. Del iberação: Encami nhada ao E xecut i vo. Indicação n. 22 / 1 7 , de au t o ri a do Vereado r Laérci o Co st a Arru da (Laérci o Arru da), que indica co lo cação de placa de i dent ifi cação de di reção de sent ido ao P ól o Indu st ri al da F azenda Amália, na Rot at ória Jo ão Genti l. Del iberação : E ncami nhada ao E xecu t i vo . Indi cação n. 2 3 / 17 , de aut o ri a do Vereado r Laérci o Cost a Arru da (Laérci o Arru da), qu e indica criação de comi ssão técni ca para aval iação de pri ori dade de recape e pavi ment ação . Del i beração : E ncaminhada ao E xecut i vo . Requ eri ment o n. 0 1/ 1 7 , de 3 / 2 / 1 7 , de au t o ri a do Vereado r Fabrí ci o da Si l va Lu i z (F abrí ci o da Capo ei ra), qu e "Requ er i nfo rmaçõ es de áreas di spo ní vei s para incenti vo à vi nda de empresas para o Mu ni cí pio ". Deli beração: Aprovado po r u nani mi dade. Requ eriment o n. 0 2/ 1 7 , de 3 / 2 /1 7 , de aut oria do Vereado r Fabrício da Sil va Lui z (F abrício da Capo ei ra), qu e "Requ er i nfo rmaçõ es so bre o andamento das o bras do campo de fu tebo l "Kleber Alessandro da Si lva". Deliberação : Aprovado po r unani mi dade.


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 15

Cidade tem novo chefe do Esporte, mas Gabinete está vago Romes Cury Neto, o Rominho, professor de educação física, é o novo coordenador de esportes do município. Ele substitui a Thiago Pereira, que ficou pouco no cargo. Já o cargo de Chefia de gabinete está vago. O nome anunciado para o cargo era o de Carlos Ramos, mas por problemas particulares ele não assumiu. Depois a prefeitura anunciou o nome de Rodrigo Leigo, que também não assumiu por ainda não ter se desligado da empresa.

Sobrado recebe véu protetor, mas não será reformado O prédio original do Grupo Escolar (entre 1915 e 1937) - antes utilizado pela Câmara (de 19 11 a 1915) -, localizado na praça Guido Maestrello (foto), há muitos anos sem utilização, teve su as paredes externas revesti das co m um véu branco esta semana. Um decreto, em mandato anterior do prefeito Nando Gasperini, tombou o edifício, proibindo mudança em su a fachada e manifestando interesse em adquiri-lo. - O decreto tinha prazo, e esse prazo expirou disse ontem Juliano de Oliveira, diretor jurídico municipal. A médica Lâmia Elias Yazbeck, que comprou so brado e o colo cou em nome dos netos, disse que o véu foi colocado para evitar problemas co m quem passa pelas calçadas laterais, como queda de reboco, por exemplo, mas nega que ele vai passar por refo rma imedi at a. No ano passado a prefeitura che-

gou a interditá-lo quando a dona mandou retirar as vidraças. - Comprei o prédio por razões sentimentais, já que morei nele com meus pais. Mas, olhando para o seu interior, vejo que ele é inviável. Estou esperando

uma luz para ver o que faremos dele. Mas não tenho a intenção de descaracteri-

zar sua fachada - assegurou a médica. O sobrado foi construído em 1907.


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

O JORNALZÃO NAS RUAS

Onde você vai passar o carnaval e o que você vai fazer? Carnaval é festa, mas também descanso, oração, passeios, família ... Fomos às ruas e perguntamos o que o santa-rosense fará na festa de Momo. Veja as respostas. por Eduardo Fedi

Rodrigo Lúcio de Oliveira, 36 - "Vou estar próximo ao carnaval de rua na casa de um parente e vou aproveitar a festa."

Samara de Paula, 19 "Vou ir para o carnaval na rua, dançar e me divertir."

Dyemerson Augusto Alvez Barreiros, 17 "Vou sair para a rua para me divertir com meus amigos."

Leo nardo Henrique Breve dos Santos, 17 "Vou passar em casa, jogando no celular."

Geraldo Argeri, 62 "Vou para a rua, aproveitar os dias de festa já que não tem faz tempo."

Antônio Durando, 65 "Em casa, uma festa em família mesmo."

Lilian Augusto da Silva, 35 "Carnaval de rua mesmo, pretendo curtir bastante e espero por um carnaval sem brigas."

Ciro Alvez Pereira, 41 "E m casa mesmo, aproveitando o feriado patra descansar."

Luciene Cristina dos Santos Moreira, 36 "Vou ficar mesmo em casa repousando."

Rita Villas Boas, 30 "Ficar aqui pela cidade mesmo e dar uma volta pelo carnaval de rua."

Selma dos Santos Silva, 37 "Retiro com o pessoal da minha igreja."

Juliana de Castro Oliveira Silva, 18 "Aqui em Santa Rosa mesmo, e vou aproveitar os dias de festa."

Gustavo Mencuci ni Duarte, 18 "Vo u fi car em casa mesmo e apro veitar para descansar."

Eloana Feliciano da Silva, 29 "Vou ficar aqui pela cidade mesmo, e vou ficar em casa e descansar."

Telma Maria Morais, 38 - "Ainda não sei bem o que vou fazer, mas vou ficar aqui pela cidade mesmo."

Karina Cristina Arruda Thomas, 28 "No retiro da igreja, passar ou em família ou sozinha mesmo."

Danilo Vieira, 20 "Vou para São Simão, bem, carnaval é para exceder os limites, vou beber e me divertir muito."

Bruno Cesar Santana, 19 - "Vou viajar pela região, vou me divertir muito, fugir da rotina um pouco."


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 19

Decisão do STJ leva Yara, a última professora que lecionou vice-prefeito a se nos dois prédios do Grupo Escolar licenciar da advocacia Por Romeu Antunes

Renato Rocha Jr. se viu obrigado a optar

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça, tomada em dezembro último, obrigou o vice-prefeito de Santa Rosa, Renato Palma Rocha Jr., a optar pelo cargo, para o qual foi eleito em outubro do ano passado, e se licenciar da advocacia. - Ao me candidatar, eu achava que a lei não me alcançava, pelo fato do vice ser um reserva que só assume se o prefeito não puder exercer o cargo. Mas a decisão do STJ me obrigou a escolher - declarou Renato ao Jornalzão esta semana. Seu nome já está coberto por plástico negro na porta de seu escritório, na rua Condessa F. Matarazzo, que ele agora utiliza para o exercício das funções atribuídas ao vice. - Eu já sabia que ser prefeito, membro da mesa, presidente ou secretário da Câmara (que nunca fui), e ser advogado militante não pode, mas era discutível se tal fosse incompatível com o cargo de vice-prefeito - complementou. A discussão vem desde que foi criado, em 1994, o estatuto da advocacia, que rege a profissão. Em dezembro último saiu a decisão do STJ que fez a lei alcançar o vice também. - Era uma questão de responsabilidade, com os mais de sete mil votos que recebemos, continuar viceprefeito e me licenciar da advocacia durante o mandato.

Às vésperas de completar 99 anos de idade - no próximo dia 3 de maio - Yara Garcia de Barros revela que sente muita saudade. - Tenho vontade de rasgar essa seda... - diz com olhar perdido, gesticulando em direção à cortina da janela de su a casa, na rua Condessa Filomena Matarazzo, como se quisesse abrir uma porta para voltar ao passado. Professora primária formada em Pirassununga, ela foi substituta no Grupo Escolar (atual "Teófilo"), e vivenciou a transição da primeira sede para a atual, no dia 1º de julho de 1937. Sua memória, onde não mais existem nomes de colegas, guarda o de um aluno: Levy Pinheiro, filho do cartorário Américo Pinheiro. O último dia 15 de janeiro marcou o primeiro centenário do Grupo Escolar de Santa Rosa que por 20 anos foi sediado no prédio localizado na esquina da praça Guido Maestrello com rua 9 de Julho.

Ela nasceu em plena epidemia de gripe espanhola Nascida em 1918, final da Grande Guerra, e em plena epidemia de gripe espanhola que assolou o Brasil, Yara Garcia experimenta súbita lembrança. - Perdi minha irmã, mulher do Juca Palma. Ela morava em Palmeiras - diz tentando mencionar o nome da irmã. Não consegue. Mas uma sobrinha socorre, via facebook: Letícia, Lali para os íntimos. Tal nome, em homenagem, foi colocado também na caçula cujo apelido era Léia. O fazendeiro João Garcia Duarte - vereador da primeira Câmara, que exerceu o cargo de prefeito, substituindo Guido Maistrello em diversos períodos - e sua mulher Maria tiveram 17 filhos. Só dois nascidos depois de Yara que se casou com Gabriel Garcia de Barros no tempo em que ele foi delegado de Santa Rosa. Tiveram uma filha, quatro netos e diversos bisnetos. - Fiquei sozinha - diz em tom de lamento - Ah, tenho muita saudade. Só eu andava na mulinha Pilica pra buscar goiabas com que mamãe fazia doce. Mamãe era uma santa...

"Um homem bateu em mim" Apontando para manchas senis e um leve ferimento o braço, ele parece delirar com nova revelação. - Vou contar pra você que isso aqui foi gentileza de um homem. Ele bateu em mim aqui e aqui. Diante da incredulidade do repórter, ela sorri antes de contar que o tal homem tentou ajudá-la a subir um degrau na cabeleireira que frequenta, e acabou machucando seu braço. - He he, esse rapaz não é daqui, é um viajante. Coitado! Ele ficou tão desesperado. Quis ser gentil... Eu procurei acalmar o rapaz que queria até me levar ao médico - diverte-se a antiga professora.


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

Santa Rosa Folia: a volta da alegria O Espaço Mogiana será palco do Carnaval de Rua 2017 que terá como tema: Santa Rosa Folia, a volta da alegria. O evento acontecerá no sábado, segunda e terçafeira e a entrada será social, com doação de 1kg de alimento não perecível. No sábado e na segunda-feira, o evento terá início às 21h com término previsto para as 2h da manhã. Já na terça-feira, o início será às 15h com encerramento às 22h. A animação ficará por conta de trio elétrico com DJ todas as noites. O ambiente terá ainda praça de alimentação e sanitários para maior comodidade do público. Dezenas de vigilantes farão a segurança do evento.

Quinta-feira tem 1º Pré-carnaval no Centro de Convivência do Idoso Na próxima quinta-feira, 23, a partir das 18h o cantor Emílio Costa e banda animam o 1º Pré-carnaval no Centro de Convivência do Idoso Laila Mussi Moussa, que funciona em prédio anexo ao Ginásio de Esportes. Para participar basta ter 60 anos ou mais.

Especial cênico "Carnaval - a festa das festas" Na próxima sexta-feira, 24, a Fundação Cultural apresenta o espetáculo cênico "Carnaval - a festa das festas" como parte das programações do Carnaval Cultural. A peça é uma produção da Cia. Representando a Arte, grupo que coordenou uma oficina de iniciação artística destinada a crianças e adolescentes que compõem o espetáculo. A apresentação acontece no Centro Cultural às 19h30 com entrada gratuita. Direção: Richard Oliveira. Apoio e produção: Luiz Fernando Correa. Maquiagem: Jeniffer Moura. Participação especial da atriz Tamires Azevedo.

Campanha de Vacinação atende quase 700 pessoas e aplica 2200 doses

Realizada no último sábado, a Campanha de Vacinação atendeu 698 pessoas que estavam com o cartão de vacinação desatualizado. Ao todo, foram aplicadas 2200 doses de vacinas diversas segundo informações do setor de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura. É importante salientar que as vacinas continuam à disposição no Ambulatório Paulo Ricci, na Cohab, no Ambulatório Paschoal Cagliari, no Nosso Teto e na UBS do Povo.

Mutirão contra dengue acontece neste sábado Uma ação em parceria da EPTV com a Prefeitura de Santa Rosa busca atacar os focos de proliferação do mosquito aedes aegypti. O mosquito que transmite várias doenças, gosta de água parada e o único modo possível de evitar a transmissão da dengue é a eliminação do mosquito transmissor. A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. O mutirão acontece neste sábado a partir das 8h e acontecerá em cerca de 300 cidades com cobertura televisiva pela EPTV. Faça sua parte e contribua com a eliminação dos focos de acúmulo de água em sua casa.

Autoridades querem câmeras de segurança na cidade O delegado Adalberto Gonini, o Sub-tenente da Polícia Militar Adão Alves Pereira e o Prefeito Luís Fernando Gasperini estão em busca de soluções para ampliar a segurança pública da cidade de Santa Rosa de Viterbo. Na última semana os três se reuniram para discutir a viabilidade da instalação de câmeras em pontos estratégicos da cidade. O objetivo é aumentar a segurança dos moradores, principalmente após a onda de assaltos realizada nas últimas semanas. Foram consultados alguns especialistas que argumentaram qual a melhor maneira de instalar o equipamento, usando a tecnologia adequada para a cidade. O prefeito se comprometeu a fazer um esforço financeiro para começar o projeto neste ano, mesmo não tendo orçamento previamente designado para isso. Para os anos seguintes, a intenção é destinar recursos específicos para esta área. Já o delegado e o comandante local da PM vão analisar tecnicamente os melhores pontos para a instalação das câmeras e montar um projeto adequado para a cidade e a segurança de seus moradores.

Curso pré-vestibular está com inscrições abertas O cursinho pré-vestibular gratuito que funciona na Escola Municipal Geraldo Magela Ribeiro está com inscrições abertas. São 30 vagas disponíveis para o ano de 2017 e podem inscrever alunos do 3º. ano ou egressos do ensino médio de escolas públicas. Se o aluno tiver frequentado escola particular também tem direito a inscrição, desde que apresente declaração de bolsista. As inscrições acontecem nos dias 20 e 21 de fevereiro no período das 19h30 às 22h na E.M. Geraldo Magela Ribeiro que fica na rua João Navas, 50 - Adib Moussa. Documentos Necessários: Cópia CPF e RG e comprovante de residência, declaração de matrícula ou certificado de conclusão do Ensino Médio e uma foto 3x4. Para aqueles que vêm de escolas particulares, também é necessário apresentar a declaração de bolsista.

Quadrinistas fazem oficina de gibi no 'Vergínio Melloni' A roteirista Fernanda Jaber e o ilustrador Fellipe Martins, deram uma oficina de quadrinhos, na manhã da última quinta-feira (16), na escola 'Vergínio Melloni'. O projeto faz parte de uma contrapartida cultural, pois o casal foi contemplado com o Programa de Ação Cultural (ProAC) para publicar a primeira história em quadrinho deles, "Sem Laço de Fita", no final do ano passado. Os alunos aprenderam os passos básicos para se fazer uma narrativa, passando por roteiro, problemática e construção. Depois, eles receberam papel sulfite para usarem toda a criatividade. Podiam fazer em dupla ou individual, desenhar ou recortar personagens e colarem. Os palestrantes - Fernanda conta histórias, e já teve seu trabalho produzido no Brasil, Inglaterra, Escócia e China. Com Fellipe Martins, trabalha junto desde 2009. Ele ilustra quadrinhos para empresas dos Estados Unidos desde 2008, como a Boom Studios, responsável por publicações que as crianças amam, como 'A Hora da Aventura', 'Steven Universo', 'O Maravilho Mundo de Gumball'. Em algumas destas histórias, ela cria o roteiro e ele ilustra.


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 21

SAUDADE DA FAZENDA AMÁLIA

A greve de 1962, segundo documentos e testemunhas (II) Por Romeu Antunes A história das greves de trabalhadores nas indústrias Matarazzo no município pode ser resumida desta maneira. O primeiro levante, em meados de 1945, exigia reajuste salarial. O temor pelas possíveis consequências das manifestações levou a que um batalhão de polícia, de Batatais, se deslocasse para o município. Um caminhão, cheio de soldados, desceu a Av. Rio Branco no início da noite, no rumo da cadeia (hoje Centro Cultural), assombrando os moradores. Comerciantes baixaram a porta com receio de depredações e saques. No dia seguinte, grevistas foram detidos na Amália a trazidos para a cadeia pública local. Algumas testemunhas contaram que foram colocados em uma mesma cela, "espremidos como sardinha na lata". Nelson Menta, 92 anos, motorista da usina, deu sua versão ao Jornalzão, numa entrevista no ano passado: "Eu só sei que peguei a turma na estação da Amália e levei pra cadeia. Duas camadas de homem... e dois policiais acompanhando, de fuzil. Deitava uma camada assim, e depois outra camada por cima. Aqueles nego gordão deitado em cima daqueles magrelos, coitadinho! Nem entraram na cela, foram obrigados a lavar a cadeia toda, só pra judiar. Eles todos moravam em Santa Rosa. Depois do castigo, liberados, foram pra casa.

Greve colocou fim à cobrança de aluguel Em novo movimento, uma assembleia no sindicato, realizada em abril de 1957, aprovou acordo para aumento de salário, mas desistiu da reivindicação pelo fim da cobrança do aluguel que era então cobrado dos colonos. "O aluguel era cobrado na seguinte proporção: o chefe da casa pagava 33% do salário mínimo, o primeiro e o segundo dependentes, a metade (16,5% do SM). Mas os chefões e seus apaniguados, não pagavam nada" - lembra um ex-funcionário, para quem a conta 'salgada' sobrava para a maioria dos empregados, aqueles cujos salários eram o mínimo. Outro ex-funcionário complementa. "A gente pagava pra plantar e pra criar animais, e eles descontavam também mensalidade de clube que eu nem frequentava".

Trabalhadores da usina reunidos, em janeiro de 1990, na Amália

O troco veio em 66, com demissões e o fim das colônias O movimento de 1962, época em que Jango era Presidente da República, reivindicava, além do fim dos alugueis, reajuste salarial de 50% para todos. O movimento grevista - que paralisou a Fazenda Amália quase que 100% resultou na extinção dos alugueis, mais 35% de reajuste salarial. O baque nas finanças da empresa Agro Industrial Amália S/A foi expressivo. O tempo passou e o troco veio, dois anos depois do movimento de 1964 (nomeado de diversas maneiras, "Revolução de 64, "Revolução Redentora", Golpe Militar") cujo resultado foi a ascensão dos militares ao Poder no à frente do qual ficaram por 21 anos. Uma semana de paralização - em novembro de 1966 - custou a perda de 2.000 empregos (segundo alguns cálculos) e expulsão das famílias das colônias.

Aos poucos os Matarazzo foram saindo de cena Outras paralizações ocorreram nas décadas seguintes. Em janeiro de 1990 os trabalhadores da usina reivindicavam na Justiça equiparação salarial aos do Papel. Sem acordo, 150 foram demitidos. Em janeiro de 91 Luiz A. Medeiros, líder sindical, participou de manifestação em frente à Matriz de Santa Rosa. No ano seguinte a usina entrou em concordata. Com o arrendamento dela usina (em 1993) e a venda da fábrica de papel (em fevereiro do ano seguinte), os Matarazzo - que já não eram donos da fábrica de Ácido Cítrico desde a década anterior - praticamente saíram da cena, restando apenas a fábrica de sabonete, que, transferida de São Paulo para Santa Rosa em 1987, foi desativada em julho de 2008.


PÁGINA 22 EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2327 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do C ódigo Civil, os pretendentes: // WELTON BATISTA DA SILVA e THAMYRES THAYS SANTOS DA SILVA //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos quatro (04) de agosto de um mil novecentos e noventa e cinco (1995), profissão servente, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Benjamin Constant,123, Centro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo , filho de JOSE MILTON RODRIGUES SILVA e de dona MARIA DE FATIMA PEREIRA DOS SA NTOS. Ela, natural de Moreno, Estado de Pernambuco, nascida aos vinte e três (23) de julho de um mil novecentos e noventa e cinco (1995), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Benjamin Constant,123, Centro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOSÉ BENEDITO RUFINO DA SILVA e de do na SUELÍ ANTONIA DOS SANTOS. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2328 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do C ódigo Civil, os pretendentes: // PAULO HENRIQUE RIBEIRO e NATÁLIA FERNANDES DOS SANTOS C ARVALHO //. Ele, natural de Jacupiranga, Estado de São Paulo, nascido aos quinze (15) de abril de um mil novecentos e noventa e sete (1997), profissão auxiliar de produção, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Sebastião de C ampos, 220, Nosso Teto, na cidade de Santa Ro sa de Viterbo , Estado de São Paulo, filho de ANTONIO C ARLOS RIBEIRO e de dona NIVANDA RIBEIRO . Ela, natural de Tambaú, Estado de São Paulo, nascida aos dez (10) de maio de um mil novecentos e noventa e sete (1997), pro fissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Antonio Pagim, 16, Nosso Teto, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de ISAIAS ANTONIO C ARVALHO e de do na IRENE FERNANDES DOS SANTOS. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2329 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do C ódigo Civil, os pretendentes: // ROBERTO VISNARDI JÚNIOR e JANAINA TEIXEIRA DOS SANTOS //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos quatorze (14) de julho de um mil novecentos e oitenta e dois (1982), profissão carregador, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Angelo Alonso, 204, Jardim das Flores, na cidade de Santa Ro sa de Viterbo, Estado de São Paulo , filho de ROBERTO VISNARDI e de do na MARIA APARECIDA LOURENÇ O V IS NA R DI. Ela, natural de São Paulo, Estado de São Paulo , nascida aos seis (06) de dezembro de um mil novecento s e o itenta e quatro (1984), pro fissão cabeleireira, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Angelo Alo nso , 204, Jardim das Flo res, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo , filha de WILSON ROBERTO DOS SANTOS e de dona NUBIA LAFAIETE TEIXEIR A DA SIL VA. (Conversão de União Estável) EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2330 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do C ódigo Civil, os pretendentes: // MIC HAEL DOS SANTOS OLIVEIRA e MONALISA C RISTINE LINO FERRAZ //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos quatro (04) de agosto de um mil novecentos e oitenta e sete (1987), profissão serralheiro, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Orvaldo Sério, 224, Vila Barros, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo , filho de JOÃO BATISTA DE OLIVEIRA e de do na JANETE RIBEIRO DOS SANTOS O L IV E IR A . Ela, natural de São Paulo, Estado de São Paulo, nascida aos dois (02) de julho de um mil novecentos e oitenta e sete (1987), pro fissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Orvaldo Sério, 224, Vila Barros, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOSÉ LUIZ FERRAZ e de dona MARIA DE LOURDES LINO. (Conversão de União Estável) Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

A construção da Mini Rodoviária segue em ritmo acelerado A construção da mini rodoviária na praça Zuleika de M. Moura Balbão, segue em ritmo acelerado Os pedreiros já trabalham com o auxílio de andaimes. Tijolo a tijolo o empreendimento vai ganhando a forma idealizada no projeto. A obra é financiada pelo Governo Federal, com contra partida da Prefeitura. A construtora tem até o mês de junho deste ano para finalizá-la.

Campanha de vacinação A Prefeitura Municipal, através do setor de Vigilância Epidemiológica, realizou Campanha de Vacinação, no último sábado (11). O ambulatório Paschoal Cagliari, localizado no bairro, foi uma das unidades de saúde que integraram a empreitada. O local permaneceu aberto das 8h às 16h para atender àqueles que precisaram colocar a carteira de vacinação em dia. Durante o período houve fila, mas ninguém reclamou da situação. Um dos motivos da busca por atendimento no ambulatório foi à procura pela vacina contra a febre amarela. A ajudante de produção, Nivia Ariane Aparecida Augusto, 29, estava neste grupo: -Resolvi tomar a vacina contra a febre amarela por causa do surto da doença. Aproveitei e trouxe minha filha para vacinar também, disse ela. Os números da vacinação no bairro não foram divulgados -até o fechamento desta edição- porque, segundo profissionais da saúde, a vacinação continuou durante a semana. -O balanço será feito pela Vigilância Epidemiológica, disseram.

GRAMÁTICA NA MEDIDA Você já deve ter ouvido a expressão "correr atrás do prejuízo". Porém, vamos parar para pensar: tem sentido fazer isso? Se algo deu errado, devemos partir em busca de soluções. Dessa forma, é mais sensato dizer, por exemplo, "correr atrás de soluções". Pensando-se positivo, tudo se resolve! Então, fique de olho! Aline Vilela é professora da rede privada de ensino e corretora de vestibulares. #gramáticanamedida

FALA NOSSO TETO

Serginho Gomes

Fios caídos e festa adiada Esta semana a presidente da Associação de Bairros L.U.A/J.P, Sueli Corato, informou que em breve a fiação elétrica utilizada no projeto Natal Iluminado, será retirada das árvores da avenida prof.ª Luíza Garcia Ribeiro. O projeto Natal Iluminado leva iluminação natalina nas árvores da avenida "Luíza", durante o mês de dezembro. O projeto existe desde 2.008. O ano passado, porém, não foi realizado por causa da destruição sistemática dos piscas. O motivo do recolhimento da fiação, segundo ela, é o rompimento dos fios. Apesar da fiação não estar energizada, eles ficam dependurados nas árvores podendo causar acidentes. O fato tem gerado inúmeras reclamações dos moradores. - Nossa intenção é voltar o projeto em dezembro, mas estamos estudando com a prefeitura a continuação da ciclovia dos Ipês dentro do bairro. Se de certo, as árvores serão cortadas e substituídas por outra espécie mais adequada à zona urbana, disse ela. Sueli disse ainda que a festa de aniversário do bairro este ano será adiada, possivelmente para o mês de Junho. Normalmente a festa é realizada em Abril. - A festa será adiada por causa da construção da mini rodoviária, frisou ela- a obra citada está sendo construída na "praça do Teto", mesmo local onde a festa é realizada desde 2008. -Já estamos fazendo contato com artistas, finalizou elasem dar pistas de quais seriam.

Bazar em prol do hospital Voluntários realizaram mais um bazar em prol do Hospital na manhã do último sábado (11), na creche Nagib Moussa. Segundo um dos organizadores, a população do bairro colaborou com o evento.

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 27


PÁGINA 28

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

SOCIAIS DO ÉDI CARLOS

PÁGINA 29


PÁGINA 30

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017


O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.087 - 18/02/2017

O Jornalzão, edição 1087  
O Jornalzão, edição 1087  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement