Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 12/11/2016 - Ano 22 - N.º 1.073 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

R$ 3,00

GREVE DOS SERVIDORES

O% de aumento TRT vai contra servidores e faltas devem ser parcialmente repostas

Duas rodas - O excesso de peso fez o velho caminhão abrir o bico. Passou no buraco, a carga de lenha de metro tombou e o "bichão" empinou. Foi na estrada do Barro Preto na tarde de quinta feira, e a Polícia Militar acompanhou de perto. Ninguém se feriu.

Trump, Presidente americano, negociou com Matarazzo

SEMANA BOA

Baile Havaiano é hoje e deve lotar

Prefeitura fatura 1,5 milhão com repatriação e aluguel

Cerca de mil ingressos foram vendidos antecipadamente. São esperadas de 1500 a 2000 pessoas no tradicional baile Havaiano do Primavera Country Club. Mais de cem seguranças darão garantia de festa sem incidentes. Chegue cedo para evitar possíveis transtornos e boa diversão. Em paz.

Pesca no rio Pardo é proibida até com varinha Trecho do Pardo na região tem pesca proibida. Em alguns trechos do Pardo e outros rios, a pesca com vara é liberada, desde que observadas algumas regras. Página 11

Fechando as portas - O 'Café Maravilha' vai deixar órfãos, antes do Natal, os frequentadores fiéis que coleciona há19 anos na Av. Rio Branco. O irreverente Ângelo Ferrari (foto) , brincando como sempre, justifica, em três palavras, a decisão de fechar a casa: "Porque eu quero!"

Mais de 50 perdem Bolsa Família

Jogo ilegal - Em ação conjunta das polícias Militar e Civil, segunda feira, seis caças níqueis foram apreendidos no Jardim Aquarius e Monte Alto

Representante do Incra veio discutir chácaras irregulares

Feira do produtor Região rural chega Metropolitana, só à sua 4ª edição em março de 2017


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

VERSO E PROSA por Evandro Junior Fizeram greve O que é de direito. Queriam aumento Bateram no Peito No cabo de Guerra venceu o Prefeito Servidor tem zero de aumento Decisão Judicial A palavra "Indefiro" doeu na Espinha dorsal Que Vendaval... Literalmente falando Vento forte em Santa Rosa Árvores foram tombando Baile Havaiano se aproxima Promete lotar Com Crise ou sem crise O povo quer é Badalar Um Milhão e meio no Cofre Municipal A Operadora vai pagar aluguel, mas que bom sinal Já colocou a Torre aqui Ganham muito com o Serviço Bora deixar um "alô" pra Cidade Gostei muito disso Pesca no Pardo é Proibida Não pode nem com Varinha Alguém se arrisca jogar a linha? Polícia prende Caça Níqueis Famosos jogos do Azar Azar de quem gasta dinheiro com isso E quem se atreve a teimar Toda quinta tem feira do agricultor Já é realidade Força do Campo que move a Cidade Trump ganhou nos Estados Unidos da América Aqui uns ficaram revoltados Outras Histéricas Dizem que a Estátua da Liberdade vai vir pra cá também Lá no Rio de Janeiro Mãos ao alto ela já tem... Deus me livre, amém!

PÁGINA 3

TRT decide a favor da Prefeitura no caso da greve dos municipais A Prefeitura saiu vencedora na pendência judicial que sustentou contra o si ndicato dos servidores municipais, de acordo com decisão do Tribunal Regional do Trabalho - 15ª região - tomada na última quartafeira. No início deste ano o Sindicato pediu pouco mais de 11% de reajuste salarial, melhoria no cartão alimentação e na cesta básica. A Prefei tura contra propôs 2,5 % de aumento - com melhorias no cartão e cestas - tudo rejeitado. Os municipais entraram em greve em abril último. Suspenderam a mesma, depois de 9 dias, e o caso foi parar no TRT de Campinas. - O acordão ainda não foi publicado, ficamos sabendo dessa decisão por

redes sociais - salientou o advogado Fernando Henrique Viera Garcia, assessor jurídico municipal. Ele disse, anteontem, que aguarda a publicação para analisar a decisão juntamente com out ra - do STF, sobre greve de servidores públicos do Brasil inteiro - para elaborar um relatório que será submetido ao prefeito Cassinho. Dois pesos a menos para o próximo prefeito Fernando Henrique destaca que esta é a segunda conquista de seu departamento que vai beneficiar mais o futuro prefeito do que o atual. Na semana passada, conforme publicou o Jornalzão, a Prefeitura obteve ganho de causa em Ação que re-

Temporal - Esta árvore foi derrubada pelo vendaval de quarta feira. Ficou escorada no prédio da merenda escolar, na avenida São Paulo. Anteontem foi retirada com segurança.

EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2285 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // ROMILDO DONIZETI PEREIRA e NAIARA LUANA SANTANA QUERINO //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e cinco (25) de janeiro de um mil novecentos e oitenta e oito (1988), profissão servente, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Maceió, 26, Vila Mendes, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JORGE PEREIRA e de dona ELIANA MARIA DA SILVA PEREIRA. Ela, natural de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e oito (28) de junho de um mil novecentos e noventa e um (1991), profissão representante de atendimento, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Rua Maceió, 26, Vila Mendes, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de PAULO SÉRGIO DA SILVA QUERINO e de dona JOANA DARC SANTANA. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.

sultará na redução de 2% na Folha de Pagamento. - E agora, com essa vitória no TRT, o próximo prefeito ficará livre de ter

que assumir o cargo já com a obrigação de pagar uma Folha integral, caso o TRT desse ganho de causa ao sindicato.

Justiça a favor da corrupção Pela rede social facebook, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, cunhado do prefeito eleito Nando, disse que a Justiça está a favor da corrupção e dos maus gestores, conforme mostra o ‘print’ acima.


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 5

Região Metropolitana, só em março de 2017 Até foi marcada, para o final deste mês, uma reunião entre os 34 prefeitos das cidades que compõem a região Metropolitana de Ribeirão Preto para que o Conselho de Desenvolvimento seja criado, mas a decisão e os nomes devem ficar apenas para 2017, por causa da posse de diversos novos prefeitos nestas cidades. Al ém di sso, há uma

série de etapas burocráticas a ser cumprida pelo Estado e também pelos 34 municípios que vão compor essa nova região, e por isso, o vice-pesidente da Emplasa (Empresa Paulista de Planejamento), Luiz José Pedretti, prevê que toda a estrutura deva entrar em operação apenas em março de 2017. Cabe agora aos municípios se reunirem para de-

finir a composição do chamado Conselho de Desenvolvimento. Serão eleitos o presidente e seu vice. "A outra etapa caberá ao Alckmin, que terá de enviar um novo projeto de lei complementar para a criação da Agência Metropolitana, que vai gerir o Fundo de Desenvolvimento, para a captação de recursos financeiros", explicou Pedretti.

As etapas da RMRP

De onde virão os recursos Para viabilizar projetos em prol da população regional seja na área de saúde, habitação ou infraestrutura urbana, as 34 prefeituras e o Estado terão de contribuir com recursos financeiros com o Fundo de Desenvolvimento a ser criado por meio de decreto de iniciativa do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Essa será, obrigatoriamente, uma das fontes de recursos. Segundo o vice-presidente da Emplasa, Luiz José Pedretti, as cidades terão de definir em conjunto qual será o valor - mensal ou anual - que irão aplicar no fundo. Já o Estado entrará com a participação do valor igual ao depositado pelas prefeituras. "Se haverá uma aplicação anual de R$ 100 mil, as prefeituras contribuem com valor global de R$ 50 mil e o Estado, com outros R$ 50 mil", diz. O valor da contribuição de cada uma das prefeituras será definido após a elaboração do regimento interno do Conselho de Desenvolvimento. Pedretti informou, ainda, que caberá a Agência Metropolitana buscar novos recursos para o Fundo. "Existem financiamentos disponíveis por meio do Estado e da União, como o PAC da Mobilidade e outras receitas disponíveis pelo Ministério da Saúde", disse.

'Prefeitão' pode ganhar bônus político em 2018 Ser o "prefeitão" da Região Metropolitana de Ribeirão Preto surge como possibilidade para que se consiga adquirir capital político para disputar as eleições de 2018, seja para deputado estadual ou federal. Isso porque o presidente do Conselho de Desenvolvimento terá contato direito com as 34 cidades - que, juntas, possuem 1,6 milhão de habitantes - saldo considerado suficiente para vencer uma disputa eleitoral. Para o vice-presidente da Emplasa, Luiz José Pedretti, se existir esse interesse político de algum dos possíveis integrantes do Conselho de Desenvolvimento, será negativo. Entretanto, para evitar disputa política dentro da Região Metropolitana, o presidente e o vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento são escolhidos por meio de um consenso entre todos os membros para serem eleitos por aclamação.

EMTU vai gerir transporte intermunicipal Com a implantação definitiva da Região Metropolitana de Ribeirão, o transporte intermunicipal deixará de ser gerido pela Artesp (Agência de Transporte do Estado) e ficará a cargo da EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano). A transferência dos contratos de concessão para a EMTU não representará automaticamente a redução no valor da tarifa. Será feito um estudo para a definição dos valores, levando-se em conta a quilometragem entre cidades e os custos com os insumos. Os detalhes sobre a operação e política tarifária serão definidos em fase posterior, seguindo cronograma legislativo idêntico ao das regiões metropolitanas já consolidadas e o maior ganho será na qualidade da prestação do serviço.

A primeira fora da macrometrópole A Região Metropolitana de Ribeirão será a primeira do Estado fora da macrometrópole, onde se encontram as cinco RMs já instituídas: São Paulo, Baixada Santista, Campinas, Vale do Paraíba e Litoral Norte e Sorocaba. Especialistas dizem que algumas das vantagens são questões como segurança, transporte e saúde, que deverão ser articuladas de maneira conjunta. Nas telecomunicações, o projeto resulta na extinção do DDD para telefonemas entre os 34 municípios.

RMRP em números A Região Metropolitana de Ribeirão Preto será composta por 34 municípios. Com população estimada de 1,6 milhão de habitantes (3,7% do Estado e 0,81% do país), segundo dados de 2014, a Região Metropolitana de Ribeirão Preto deverá ocupar um território de 14,8 mil km² (5,96% do Estado e 0,17% do país). O Produto Interno Bruto (PIB) da RMRP também será expressivo, atingindo R$ 48,38 bilhões, de acordo com dados de 2013. Esse valor representa 2,93% do PIB do Estado e 0,94% do PIB brasileiro.


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

EDITORIAL E saiu o resultado no TRT da greve dos servidores municipais: zero por cento de aumento. O que já era esperado. Um servidor publicou na rede social: "ou o prefeito tem pacto com o diabo ou tem algo errado com esse sindicato da prefeitura". É claro que o prefeito não tem pacto com o diabo. O que acontece é que, entre tantos outros fatores, como a crise, a verdade é que em período eleitoral (90 dias antes da eleição e 90 dias após a eleição) NENHUM órgão público pode conceder reajuste salarial. E nenhum órgão público pode gastar mais do que 54% do que arrecada com salários. Simples assim. A grande maioria das prefeituras estão atoladas em dívidas, devido a queda na arrecadação e este percentual de 54% impede qualquer reajuste. Dissemos isso "n" vezes, mas falaram que o Jornalzão é tendencioso, politiqueiro... Tendencioso e politiqueiro, e outras coisas mais, é aquele que usa os menos favorecidos em benefício próprio, para ganho eleitoral, por exemplo. Mas atenção servidores municipais, nem tudo está perdido - A partir de 1º de janeiro de 2017, exatamente 90 dias após as eleições, você poderá EXIGIR o reajuste salarial para repor as suas perdas, que deve girar em torno de 12%. Exija isso de seus representantes sindicais e dos políticos eleitos e reeleitos que foram à porta da prefeitura em épca de greve se fartar com a galinhada e que fomentaram o "movimento". Uma verdadeira reconstrução começa dentro de casa, com os colaboradores "felizes, alegres e contentes". E foi prometido. E para ajudar aos servidores municipais, a atual administração conseguiu desvincular o PASEP da folha de pagamento, diminuindo, hoje, para menos de 52%. E com a demissão dos assessores deve bater os 51%. Sobra boa para os servidores cobrarem aumento junto ao sindicato e ao futuro patrão, reconstrutor. E tem mais em abril - E aproveitando o fim do período eleitoral em 31 de dezembro próximo, caros servidores, vocês já poderiam começar a lutar pelo dissídio de 2016, que deve ser negociado a partir de abril de 2017, que também pode render cerca de 7 a 8% de reajuste salarial. Cobrem do sindicato, porque senão a sua "grana", servidor, vai bancar o "pão e circo" prometido, e nessa festa, você poderá ser o "pierrô". Reforma administrativa - Outra cobrança, esta de suma importância, é uma ampla reforma administrativa, com plano de carreira. Vai melhorar muito, para todos, se for feita. Cobre, porque foi prometida. Piracema - A matéria publicada na edição passada, sobre o início da piracema estava incompleta, quando dissemos que a pesca de vara estava liberada. Está, mas não no nosso rio Pardo. Esta semana, tiramos todas as dúvidas dos leitores, com uma matéria mais completa.

CHICO XAVIER

COLUNA GOSPEL

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

por Rogério Moscardini

Você está acamado?

Memória falha

Todos reconhecem o desconforto da prisão no leito, no entanto, a irritação piora qualquer doença. - A dor sufoca-lhe as esperanças? O consolo da prece é medicamento para todos os males. - A confiança na cura foge-lhe ao coração? Nem médicos ou familiares podem garantir-lhe a melhora que nasce, espontânea, do íntimo de você mesmo. - A revolta envenena-lhe a alma? A Terra só é vale de lágrimas para os olhos do pessimismo. - A morte ronda-lhe os pensamentos? Passagem para a Espiritualidade, caminho de todo s. - O destino dos filhos ensombra-lhe as horas? A herança mais valiosa é o exemplo do amor à Providência Divina, através das obrigações cumpridas. - Saudades aflitivas laceram-lhe a memória? A mente é a nossa primeira farmácia. - Sente remorsos, à vista de antigos passos? Homem algum na Terra pode gabar-se de santo. - Seus lábios já não sabem mais sorrir? Recorde que os enfermos otimistas e alegres amparam caridosamente quem os visita, estimulandolhes a coragem. Guarde a certeza de que se a luz do Evangelho é força no coração e brilho na consciência, a saúde está perto e todos os prognósticos são favoráveis ante o Grande Futuro. André Luiz Página extraída do livro “Ideal Espírita” – Psicografia de Chico Xavier/Waldo Vieira..

Uma pesquisa mencionada num reconhecido jornal relacionou o aumento do armazenamento de dados em computadores com a diminuição de dados armazenados na mente humana. Os recursos eletrônicos armazenam os números de telefone, caminhos que percorremos de carro e outras informações, que costumávamos aprender pelo uso repetitivo. Nas escolas, a memorização e a repetição em voz alta estão desaparecendo do currículo. De acordo com o artigo, nos tornamos "produtos de uma cultura que não reforça o desenvolvimento das habilidades da memória". No entanto, como cristãos, jamais tivemos tanta necessidade de esconder a Palavra de Deus em nosso coração. Memorizar as Escrituras é mais que um exercício mental útil. A meta é saturar a nossa mente com as verdades de Deus para que a nossa vida se ajuste aos Seus caminhos. O salmista escreveu: "Ensina-me, Senhor, o caminho dos teus decretos, e os seguirei até o fim. Desvia os meus olhos para que não vejam a vaidade e vivifica-me no teu caminho" (Salmo 119:33,37). Por que não começamos a memorizar as Escrituras? A regularidade e a memorização são chaves para o sucesso. E assim como o exercício físico, esta disciplina espiritual é fortalecida quando realizada num pequeno grupo ou com um amigo. Que não nos esqueçamos de relembrar e seguir a sabedoria que nos traz a vida. Permita que a Bíblia encha sua mente, governe o seu coração e guie a sua vida.

CRÔNICA DA SEMANA Daniel Almada

EXPEDIENTE O JORNALZÃO é uma publicação da editora André Nagib Moussa ME - Redação:rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.500 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo e São Simão Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

Trump passou a galope Trump passou a galope rumo ao oeste dos velhos tempos. Nós, que não acreditávamos mais em oeste, ouro e, principalmente, nos velhos tempos, só sentimos a passagem do vento quente e o gosto rascante da poeira na boca entreaberta. No entanto, mais que Trump e a busca do vil metal, o que nos surpreendeu e assustou, no fato, foi a percepção imediata da fragilidade de nossas certezas contemporâneas, foi o reconhecimento óbvio de nosso mais absoluto desprezo pelas vozes em torno que já, há tempos, sussurram e até gritam o desespero dos dias. O planeta amanheceu triste e envergonhado, não exatamente pela vitória do abilolado "monstro" apolítico americano, mas por si, pelo seu imenso descuido, o de não ter visto nem ouvido o que ocorria a seu lado em todas as ruas e vielas do mundo. Operantes na virtualidade de nosso tempo, sempre nos alienamos da necessária costura diária do rico e cada vez mais raro tecido humano. Agora, fechemos os olhos e as bocas: mil cavaleiros europeus já vêm lá na linha do horizonte num galope atrevido, cruzando o ilógico deserto dos bárbaros.


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 11

Piracema é piracema e nada de pescar com vara Droni Caipira

Trechos da Instrução Normativa Ibama nº 025, de 1º de setembro de 2009

A pesca no Pardo , durante o período da piracema, que vai até 28 de fevereiro "é proibida em todas as categorias e modalidades, no trecho compreendido entre a jusante da barragem da UHE de Limoeiro até sua foz. Nos demais trechos do rio, é permitida a pesca com vara, desde que no barranco". É isso qu e diz a Instrução Normativa Ibama nº 025, de 1 º de setembro de 2009, que estabelece normas de pesca para o período de proteção à reprodução natural dos peixes, anualmente, de 1º de no-

vembro a 28 de fevereiro, na bacia hidro gráfica do rio Paraná, a qual o Pardo faz parte. Resumindo o que diz a Instrução, a pesca no rio P ardo , em prat i cament e t o do trecho pau l ist a, é proibida, mesmo que apenas co m vara e no barranco . "O qu e o Jornalzão publicou semana passada deixou dúvidas e merece um esclarecimento", disse um policial ambiental esta semana na redação do jornal. Segundo el e, a pesca de barranco é permitida em vári os trecho s de

ri os da baci a do Paraná, desde que observadas algumas regrinhas. "O artigo terceiro é bem claro onde a pesca é proibida na bacia do Paraná", completou o policial. O Jornalzão publica ao lado os artigos 3º e 7º na íntegra. O item XI fala sobre a pesca no Pardo.

Art. 3º - Proibir a pesca para todas as categorias e modalidades: I - nas lagoas marginais; II - a menos de quinhentos metros (500m) de confluências e desembocaduras de rios, lagoas, canais e tubulações de esgoto; III - até um mil e quinhentos metros (1.500m) a montante e a jusante das barragens de reservatórios de empreendimento hidrelétrico, e de mecanismos de transposição de peixes; IV - até um mil e quinhentos metros (1.500m) a montante e a jusante de cachoeiras e corredeiras; V - no rio Grande, no trecho compreendido entre a jusante da barragem da UHE Funil nos municípios de Lavras e Perdões, e a ponte rodoferroviária que interliga os municípios de Lavras e Ribeirão Vermelho, ambos no estado de Minas Gerais; VI - no rio Grande, no trecho a jusante da barragem da UHE de Porto Colômbia até a ponte Engenheiro Gumercindo Penteado (nos municípios de Planura/MG e Colômbia/SP), exceto para fins de transporte, embarque e desembarque, em que se considera como ponto de referencia o Porto Sakuma na margem do estado de São Paulo e o Porto Rio Grande na margem do estado de Minas Gerais. VII - no rio Paranaíba, no trecho compreendido entre a jusante da barragem da UHE São Simão e a ponte rodoviária da BR 365 (nos municípios de Santa Vitória/MG e São Simão/GO); VIII - no rio Paranaíba, no trecho compreendido entre a UHE Itumbiara e a ponte rodoviária da BR 153 nos municípios de Itumbiara (GO) e Araporã (MG); IX - no rio Paranaíba, no trecho compreendido entre a jusante da UHE de Emborcação até a ponte Estelita Campos na BR 050; X - no rio Mogi-Guaçu, até dois mil metros (2.000m) a montante e a jusante da corredeira, situada próximo à ponte do bairro Taquari-Ponte, no município de Leme/SP; XI - no rio Pardo/SP, no trecho compreendido entre a jusante da barragem da UHE de Limoeiro até sua foz; XII - no rio Paranapanema, no trecho entre a barragem de Rosana/SP e a sua foz, na divisa dos estados de São Paulo e Paraná (Porto Maringá); XIII - no rio Tietê, no trecho compreendido entre a jusante da barragem da Usina de Nova Avanhandava até a foz do Ribeirão Palmeiras, no município de Buritama/SP; XIV - nos rios da Prata, Tejuco, Quebra-Anzol, Salitre e seus respectivos afluentes, no estado de Minas Gerais; nos rios Aguapeí, do Peixe, Santo Anastácio, Anhumas, Xavantes, Arigó, Veado, Moinho e São José dos Dourados (afluentes do rio Paraná), Três Irmãos, Jacaré-Pepira e seus respectivos afluentes, no estado de São Paulo; rio Iguaçu e rios com afluência direta ao reservatório de Itaipu, bem como os rios, Ocoí, São Francisco Falso, São Francisco Verdadeiro, Arroio Guaçu, Ivaí, Piquirí, das Cinzas, Tibagí e seus afluentes no estado do Paraná; XV - No rio Bela Vista, em toda a sua extensão e nos canais e lagos artificiais do Parque da Piracema, da UHE Itaipu Binacional, no estado do Paraná; XVI - nos corpos d'água de domínio dos estados em que a legislação estadual específica assim o determinar; XVII - com o uso de aparelhos, petrechos e métodos de pesca não mencionados nesta Instrução Normativa; XVIII - nos entornos do Parque Estadual Morro do Diabo (SP), do Parque Estadual do Rio do Peixe (SP), do Parque Estadual do Rio Aguapeí (SP), da Estação Ecológica do Mico-Leão-Preto (SP);do Parque Estadual de Ivinhema (MS); do Parque Nacional de Ilha Grande (PR/MS); da Estação Ecológica do Caiuá (PR) e do Parque Nacional do Iguaçu (PR). § 1º - Para efeito desta Instrução Normativa entende-se por lagoa marginal os alagados, alagadiços, lagos, lagoas, banhados, canais ou poços naturais situados em áreas alagáveis da planície de inundação, que apresentam comunicação permanente ou intermitente com o rio principal ou canais secundários, podendo, em alguns casos, ser alimentados exclusivamente pelo lençol freático. § 2º - Entende-se por entorno ou zona de amortecimento o raio de 10 km ao redor das Unidades de Conservação ou a área de entorno estabelecida pelo Plano de Manejo da Unidade de Conservação. Art. 7º - Permitir a pesca em rios da bacia, somente na modalidade desembarcada e utilizando linha de mão, caniço, vara com molinete ou carretilha, com o uso de iscas naturais e artificiais: I - nas áreas não mencionadas no art. 3º desta Instrução Normativa; II - para a captura e o transporte sem limite de cota para o pescador profissional, e cota de 10kg mais um exemplar para o pescador amador, no ato de fiscalização, somente das espécies não nativas (alóctones e exóticas) e híbridos tais como: apaiari (Astronotus ocelatus); bagre-africano (Clarias sp.); black-bass (Micropterus sp.); carpa (todas as espécies); corvina ou pescada-do-Piauí (Plagioscion squamosissimus); peixe-rei (Odontesthis sp.); sardinha-de-água-doce (Triportheus angulatus); piranha preta (Serrassalmus rombeus) tilápias (Oreochromis spp. e Tilapia spp.), tucunaré (Cichla spp.); zoiudo (Geophagus surinamensis e Geophagus proximus) e híbridos.


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

Os ladrões e assassinos da Monteira (conclusão) (...) No local aproximado da morte e sepultamento das vítimas, o povo muito piedoso ergueu uma cruz que até pouco tempo foi poupada. A vegetação mudou de cerrado nativo para eucalipto e depois para cana, e a cruz continuou ainda por muito tempo. Sobre ela contam- se vários "causos". Um deles: em uma época de forte seca. o s moradores da região resolveram fazer uma peregrinação levando vasilhas d' água que jogaram em seu pé, ajoelharam e começaram a rezar pedindo a vinda das chuvas. Já iam bem adiantados nas orações quando um deles, por acaso, olhou para os braços da cruz, que tremiam, vibravam violentamente. Alertou o pessoal e todos saíram correndo Outra: um homem da cidade, conhecedor do local, teve um sonho intrigante no qual ficou demonstrado que no pé da cruz havia, entre outras, uma pedra grande e esbranquiçada. Ele deveria ir até lá erguer a pedra embaixo da qual estariam três moedas alinhadas. No rumo formado avistaria uma arvore, um grande pé de sucupira, embaixo, na beira do tronco, estaria enterrado um grande tesouro. O homem foi e encontrou tudo conforme indicado no sonho. Identificou a arvore e, já caminhando para ela com o enxadão nas costas, sentiu medo, não iria enfrentar sozinho o desafio. Tudo era muito estranho. Voltou à cidade e arrumou dois corajosos companheiros aos quais, explicou o fato e eles se dispuseram a acompanhá-lo. Chegando ao local, percebeu que não havia nenhuma pedra grande e esbranquiçada ao redor da cruz, e muito menos uma sucupira por menor que fosse. Era tudo eucalipto, Os dois acompanhantes se entreolharam e um deles gritou "tá birutando seu Oto", e caíram na gargalhada...

PÁGINA 13

Prefeitura vai ter lucro com repatriação de ativos e aluguel de torre A lei que permitiu a volta ao Brasil de recursos financeiros não declarados, depositados em bancos de outros países (Repatriação de Ativos), combinada com o aluguel de uma torre de telefonia, proporcionarão ao município fechar o ano com dinheiro em caixa.

O aluguel da torre de telefonia celular da Vivo, instalada na Empresa Municipal (Av. S. Paulo), cont rat o com prazo de 2 0 anos, renderá R$ 490 mil reai s em duas parcel as, uma agora, e outra em dezembro. Os donos dos ativos

pagaram multa e impostos para tê-los depositados em bancos no Brasil. Além da União, estados e municípios terão sua cota nessa bolada de mais de R$ 50 bilhões. - Recebemo s al go com R$ 800 mil que vai nos ajudar bastante - comentou

o prefeito Cassinho. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios, Santa Rosa tem direito a R$ 1.104.487,29, mesmo valor de Cajuru, enquanto que Tambaú receberá R$ 94 6.703,40, e São Simão, R$ 788.919,50.

Representante do Incra veio discutir chácaras irregulares Um representante do Incra est eve em Sant a Ro sa, esta semana, para tratar do problema criado pel a venda de chácaras com área inferior ao módulo rural do município. Wellinton Luiz Costa Silva, que trabalha no serviço de regularização fundi-

ária do órgão federal, veio a convit e do Mi ni stéri o Público que instaurou cent enas de pro cedi mento s para investigar as irregularidades. Ele visitou o prefeito Cassinho com quem se reuniu na última quarta-feira. - Tivemos uma con-

versa muito longa na hora do almoço, e ele se prontifi cou em colaborar para acharmos uma saí da pra esse assunto. Segundo o prefeito, o objetivo é regularizar as pro pri edades, apesar do ônus que tal provi dência po deri a representar para

os cofres públicos. - Co mo gesto r em fim de mandato, entendo não ser prudente esse ônus ficar pro município. Vou aguardar o relatório, que ele prometeu elaborar até o fim de novembro, para ver o que po deremos fazer - disse Cassinho.

Mais de 50 perdem Bolsa Família O prefeito Cassinho informou anteontem que 51 famílias de Santa Rosa, incluídas no Programa Bolsa Família, do Governo Federal, acabam de perder o auxilio. Auditorias efetuadas pelo programa verificaram que alguns chefes de família tinham empresa no nome, renda maior que o limite ou não foram localizados pelos auditores. Com esses cortes, o município, que tinha 618 famílias no programa, passa a ter 567. Já foram mais de 1 mil em anos anteriores.

Depois de um pente fino nos cadastros do B F, o Ministério do Desenvolvimento Social encontrou irregularidades em 1,1 milhão de benefícios em todo o país. Parte dos contratos foi cancelada e parte teve os pagamentos adiados. O que se descobriu é que quase 470 mil famílias tinham renda acima do limite permitido para os parti cipant es. Esses benefício s fo ram cancelados. Com isso, somente neste mês, o governo federal vai deixar de repassar R$ 85 milhões.


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

Que chato, 'Café Maravilha' vai fechar! Romeu Antunes Depo is de 1 9 anos instalado na Av. Rio Branco, o Café Maravilha fechará suas portas antes do Natal de 2016. O criador da casa, inaugurada no dia 22 de novembro de 1997, tem resposta curta e seca para a pergunta 'por que vai fechar?' - Porque eu quero dispara Ângelo Ferrari, 61 ano s. Seu avô, Carlos Zer-

ba (1904 - 1991) - que foi pedreiro e músico de antigas bandas santa-rosenses -, abriu um armazém no endereço - esquina com a Ru a Iracy Leme -, em 1959, que durou até meados dos anos 1970. Depois disso, ali se instalaram loja de produtos veterinários, sapataria e floricultura, antes do café que marcou época. Logo que iniciou o negócio, Ângelo ouviu de um amigo, 'vai abrir um café? Deixa disso, rapaz,

isso não vira nada!' Entretanto, não só virou um bom negócio, com faturamento compensador, freguesia local farta e fiel, como contabilizou visitas ilustres. O dono - depois de listar a presença de pessoas importantes na casa, artistas, políticos, esportistas a quem serviu seus produtos - apela para filosofia. - Pra mim, todas as pessoas que aqui compareceram são importantes.

'Já servi Presidente da República', garante Ângelo Ferrari Depois das brincadeiras de praxe, Ângelo vai nomeando, de memória, quem já esteve no Café Maravilha: Arnaldo Jardim, Gasparini, Maria Pia Matarazzo... - Recebi também um presidente da República: o Arlindo Chinaglia. O Lula viajou, o Zé de Alencar ficou doente e ele assumiu, já que era presidente da Câmara quando tomou café no meu balcão. Márcio Amaral, cunhado de Carlos Alberto da Nóbrega ('A praça é nossa'), veio recomendado por um amigo paulistano que conhecia o Café Maravilha. - Quando cheguei para abrir a casa, o cara estava me esperando na porta. O amigo recomendou-lhe que, se viesse a Ribeirão Preto, passasse antes no café pra me conhecer. Eu não resisti e disse, 'o que você tem de bom é que sua irmã é muito bonita!'. Um apresentador de uma TV de Ribeirão entrou no café achando que seria reconhecido por todos que enchiam a casa naquele dia. Só que ninguém sabia de quem se tratava... - O cara deixou uma foto dele que eu até perdi... Noutro dia apareceu lá, nada mais, nada menos que o secretário de segurança do Estado, e pediu 'café puro'. - Peguei uma xícara de pó seco de café e dei pra ele. O Luiz Celso (ex-policial civil) até se escondeu atrás do balcão imaginando que eu seria preso imediatamente - diverte-se Ângelo. Um homem que nunca havia estado lá apontou para um salgado, exibido em sua estufa de vidro, e perguntou, 'o que é isso?'. Ângelo respondeu: 'Vidro!'

Angelo Ferrari ficou 19 anos à frente da casa

'Quem fala tem que saber ouvir' Frasista afiado, Ângelo responde de pronto a quem lhe pede um 'quebra galho': - Quem quebra galho é macaco gordo. Gosta de colocar em contato, pessoas que não se conhecem, criando um assunto e estimulando o diálogo. - Aqui não escapa um. Esse aí já foi coroinha! - diz apontando para um que en-

tra no café. Observando outro, que acaba de chegar, lembra-se de uma história. - Eu lhe preparava um café, e ele disse que o moinho era muito bom. O elogio fez travar, na hora, os dois rolamentos do moinho! Consi derado 'chato' por alguns clientes, ele não se abala com a alcunha. - Se eu falo, tenho que estar preparado pra ouvir. É preciso ter 'feedback'. O

atendimento aqui sempre se pautou pela irreverência, mas tem que ser muito bem estudado para não ofender ninguém. Ângelo garante que feccha as portas do seu café antes do Natal. Ainda não sabe se vai passar o ponto depois. Só sabe que vai parar. Por que? Ora, porque ele quer!

"Revolucionei o comércio de Santa Rosa" Antes de vender café adoçado com irreverência e humor, Ângelo Ferrari teve um caminhão de mudança, loja de veículos e padaria. - Voltei a Santa Rosa em 1990 e revolucionei o funcionamento da cidade - assegura - As padarias daqui trabalhavam até meio dia. Eu estendi o horário de todo dia e diversifiquei os produtos, comecei a vender frango assado, sorvete. Abria sexta-feira e fechava no domingo às 22 horas, sem parar, para servir o público noturno que saia do Grêmio. O comerciante acrescenta que o Café Maravilha é só a 'copa' da padaria, trabalhando com café, salgados e refrigerantes. - Sempre trabalhei aqui com produtos próprios, feitos pela minha mulher, dona Maria, e pela minha mãe, dona Neiva. Elas também vão parar.


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

Trump de olho nos Matarazzo

Em matéria de 24 de junho de 1989, o jornal O Estado de S. Paulo falava sobre a próxima aposta de Donald Trump, presidente eleito dos EUA, no Brasil. Num mercado que ele dominava, o imobiliário, o milionário confessava estar de olho numa das joias do mercado paulistano, o terreno da antiga mansão da família Matarazzo, no coração da Avenida Paulista. À época, uma emissária da família, Roberta Matarazzo, chegou a viajar para Nova York para negociar, mas as tratativas não avançaram. Fonte: IRFM - Memória e Preservação

Vagas na Polícia Militar Publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, de 10 de novembro, a abertura de concurso público para o cargo de soldado PM 2° Classe , e são são oferecidas 2.293 vagas para o Estado, com remuneração básica inicial de R$ 2.992, 54, idade mínima 17 anos e máxima 30 anos. Demais orientações e requisitos site: Vunesp.com.br

Eleição da ASE é terça feira A ASE (Associação Santa-rosense dos Estudantes), deverá ter eleita sua nova diretoria para o ano de 2017 em uma assembleia na próxima terça-feira (15), na Unicid, Rua José Mendes Jr, 193, Centro. Por ter apenas uma chapa, o presidente em exercício, Luis Fernando, acredita que a Chapa 1, do presidente Renan Jouberth, assumirá por aclamação. Todos os membros são convidados para participar da assembleia.

PÁGINA 19

Feira do produtor rural chega à sua 4ª edição A Feira do Produtor Rural que foi inaugurada no dia 20 de outubro, chegou a sua 4ª edição ontem de ont em, e aos pou cos vai ganhando público. O evento é uma parceria entre prefeitura, sindicato rural e o SENAR (Serviço de Aprendizagem Rural), e aco ntece em t o das as qui ntas, das 17h ás 2 1h, no Espaço Mogiana. Todos o s feirantes possuem seu próprio estande de bambu, com o nome em uma plaquinha ao fundo , feitos pelos mesmos como resultado de um curso oferecido pelo SENAR. O diferencial da feira é que apenas produtores locais e podem comercializar, sendo apenas produtos produzidos em suas próprias propriedades. Na segunda-feira (7), alguns produtores se reuniram com vereadores na câmara municipal, pouco antes do início da sessão, e pediram para ajudar divulgar e crescer cada vez mais o projeto. Na quinta, teve carro de som que passou pela cidade anunciando a feira, que para muitos ainda é novidade. Teve música ao vivo, com a dupla Bia

e Carlos, uma barraquinha de pastel e caldo de cana e uma novi dade, quando o consumidor compra algo no s estandes, recebe um cupom para concorrer a

uma cesta com produtos da feira. Dentre os estandes que vendem produtos de primei ríssima qual idade, com acompanhamento técnico tem dois com certifi-

cado orgânico, um em sistema de conversão para orgânico, dois estandes com plantio em hidroponia, entre outros que valem a pena conferir a qualidade.


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 21

Santa Rosa recebe o Enem com segurança e tranquilidade Eduardo Fedi O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi aplicado em Santa Rosa no último sábado (5) e domingo, (6). Dentre os aproximadamente 1500 candidatos esperados, Santa Rosa recebeu participantes da cidade de São Simão, onde não houve a avaliação. Sal usti ano Lemo s, Conde Francisco Matarazzo, Vergínio Melloni e Teófilo Siqueira são as escolas onde as provas foram aplicadas, cada uma disponibilizou os seguintes números de salas e participan-

tes: Salustiano recebeu o mai or nú mero, sendo 13 salas com 40 concorrentes, Vergínio Melloni abriu 13 salas para 35 participantes, Teófil o Si queira cont ou com 9 salas de 35 lugares, o Conde com 6 salas para 35 candidatos conta com o detalhe especial de receber participantes com necessidades especiais. Participantes - Pela primeira vez prestando o ENEM, o estudante, Nicholas Leite Marotta, 17, não sentiu a pressão da prova. "Pretendo passar em alguma faculdade, estou calmo

Alunos chegam para a prova no Vergínio

Operação conjunta entre PM e PC apreende seis máquinas caça-níqueis Uma operação conjunta entre as polícias, civil e militar, apreendeu na última segunda-feira (11), por volta das 11h, seis máquinas caça-níqueis, nos Jardins Gurilândia e do Sol. Segundo o boletim de ocorrência, as polícias se dirigiram primeiro a uma casa no Jardim Gurilândia, para averiguar uma denúncia de jogo de azar. Ao chegar ao local, foi encontrado três máquinas caçaníqueis em funcionamento.Em seguida, as equipes partiram para o Jardim do Sol, onde encontraram as outras máquinas, em uma casa vazia. A perícia foi chamada para investigar as duas residências.

Dupla é surpreendida com dinheiro, drogas e uma garrucha Viatura policial escoltou entrga das provas feita pelo Correio e confiante, mesmo sendo a primeira vez que faço o Enem". Mais experiente e em busca de sua tão sonhada faculdade de medici na, Murilo Henrique Mesquita, 19, esbanjou confiança. "É a terceira vez que vou fazer a prova, estou com uma expectativa boa, e muito confiante". Na saída do exame, os participantes comentaram sobre suas maiores dificuldades. "A parte mais complexa foi a de matemática, eu tenho mais facilidade em português. O tema da redação foi bom (intolerância religiosa), é algo fácil de argumentar", comentou Matheus Domingues Wiezel, 17, ao final do segundo dia de prova. Pedro Ivo Turatto,16, não gostou da extensão do exame, que somando os dois dias, somam 10h, "Foi muito cansativo, a maior dificuldade é o número de questões (180). O tema da redação é difícil de disser-

tar, pois é muito polêmico falar sobre religião". Abstenç ão e seg urança - O número de abstenções em Santa Rosa não foi divulgado até o momento, mas segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, o (Inep), as abstenções em todo o país chegaram a 30%, o maior desde 2009, de 8,4 mil hões inscrit os compareceram para fazer a prova 5,8 milhões de participantes. Na cidade não foi registrado nenhum problema. "Os caderno s fo ram entregues nas escolas pelo correio sob a escolta de uma viatura da polícia militar, que o governo disponibilizou somente para manter a ordem durante os dois dias de ENEM para fazer a vigilância nos locais de aplicação, e atender a qualquer chamado das escolas, porém, não tivemos nenhum problema, foi tudo tranquilo ", afirmou o Sargento Adão Pereira.

Dois homens foram surpreendidos pela PM com dinheiro, drogas e uma garrucha, no Jardim Aquarius quarta-feira (9), por volta das 19h30. De acordo com o B.O, a polícia estava em outra ocorrência, quando a dupla de moto passou pelo local. Porém, quando viram a viatura, tentaram fugir, mas na rua de cima, caíram do veículo e foram abordados. Foi encontrada uma porção de maconha e dinheiro. O motoqueiro levou a polícia até sua casa, onde foi encontrada outra porção da droga, somando com a outra, deu 230g, uma garrucha calibre 22, com duas munições que recebeu de presente do avô e pouco mais de R$1,8 mil. Ele recebeu voz de prisão pelo delegado, que também arbitrou uma fiança de R$ 2 mil. Quantia esta que o homem pagou e foi liberado. O outro sujeito irá responder por tráfico e a moto foi apreendida.

Mulher é roubada na estrada de Nhumirim Uma mulher foi roubada por um indivíduo armado na estrada de Nhumirim, na última segunda-feira (7), por volta das 21h30. Consta na ocorrência, que a vítima andava pela estrada e já estava próxima da sua casa, quando foi surpreendida por um sujeito armado que anunciou o assalto. Ele levou uma quantia em dinheiro, porém, ela não soube informar o valor. O bandido fugiu e a vítima não soube informar as características dele e nem a direção que havia tomado. Até o momento o bandido não foi encontrado.

Dupla é presa com crack e maconha Dois homens foram presos com crack e maconha, no Jardim Aquarius,terça-feira (8), por volta das 19h30. Segundo a ocorrência, uma equipe policial estava em patrulhamento pela Estrada Municipal Esdras Wiezel quando se deparou com uma dupla. Um dos indivíduos tentou se desfazer de 18 pedras de crack grandes, várias pequenas, 20 invólucros de maconha e R$ 5. Na abordagem, ainda foi encontrada mais 31 pedras de crack, uma pedra bruta, R$ 400 e oito invólucros de maconha. Eles foram levados para fazer corpo de delito e depois presos na cadeia pública local.


PÁGINA 22

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 27

“Leões” conquista o vice do Torneio de Verão em Cajuru

A equipe do Leões F.C foi derrotada por 3 a 2, pelo Nova Geração, de Cajuru, na final do Torneio de Verão, naquela cidade, na manhã do último domingo (16), no estádio municipal de lá. Os dois times chegaram a final invictos. Na primeira fase, o Leões empatou em 0 a 0 com o Arsenal de Cajuru, e por critérios de desempate, avançou em primeiro lugar no Grupo A. Haveria um segundo jogo, mas o Amigos do Serjão foi eliminado por descumprimento do regulamento. Na semifinal, venceu a equipe santa-rosense, Néri s, nos Pênaltis. O Nova Geração também ganhou desse mes-

mo Néris, por 2 a 1, e classificou-se como primeiro do Grupo B. A agremiação deveria fazer um segundo confronto, porém o adversário, Amigos do Ivanildo, foi desclassificado por não respeitar o regulamento. Na semi, derrotou o Arsenal por 3 a 1. Pouco menos de seis meses, no final de junho, os finalistas protagonizaram a final do Torneio 'Amigos do Leões', disputado no Estádio Municipal Rubens Bellizzi (Campão ), em Santa Rosa. O jogo terminou 2 a 2, e o Leões levou a disputa nos pênaltis. O jogo - O Nova Ge-

ração foi quem abriu o placar. O Leões conseguiu empatar com um gol de Wellington. Novamente o time da casa assumiu a ponta do placar, porém não demorou muito para Wellington empatar, 2 a 2. A segunda decisão estava indo pelo o mesmo caminho da outra, quando faltando apenas cinco minutos para o fim da partida, o Nova Geração fez o terceiro e liquidou a fatura. A agremiação do Leões disputará um amistoso em Nhumirim amanhã, já pensando no próximo domingo (20), quando desembarca em São Simão, para disputar um campeonato naquela cidade, o último deste ano.

Santa-rosense disputa semi do Paulista de basquete sub-17 contra o ‘Verdão’ Pedro Passoni, 1 7, ju nto a seu time, Cravinhos, irá disputar a semi do Paulista sub-17 de basquete contra a equipe do Palmeiras, na próxima segunda (14), às 17h30, no Ginásio Azul do E.C. Pinheiros, em São Paulo. O time de Cravinhos ficou em segundo lugar no geral do estado e terminou invicto em casa. Na segunda fase do torneio, enfrentou times grandes da modalidade, como Pinheiros, Paulistano, Palmeiras e Santos. "Para conseguir tudo isso, treinamos como loucos, com treinos que duravam até 4 horas ou em dois períodos, chegamos a treinar de madrugada, às 4 da manhã, fora academia", revela o atleta. Al ém do trabal ho du ro , mant er o mesmo elenco do ano passado com mais quatro reforços e a mudança de treinador (Alexandre), que inclusive já foi campeão paulista, brasileiro escolar e mundial sub19 fez o time se tornar fortíssimo. "A filosofia do nosso treinador é que defesa é nosso porto seguro (ficamo s com a segunda me-

lhor do estado) e com isso chegaríamos aonde pensamos que fossemo s capazes", completa. O santa-rosense também se destacou individualmente, com média em torno de 10 a 11 pontos, principalmente com chutes de média e longa distância que são seu ponto forte. Pegou entre 8 e 10 rebotes, e ajudava muito com assistências e roubos de bola. Pedro acredi ta que será um jogo duríssi mo. "O t ime do Palmeiras é bem parecido com o nosso. Aliás, a característica

do nosso time é de defesa forte, com marcação pressão e saída para o contraataque, ou seja, um time rápido. Além disso, el es têm no elenco um armador que é um pouco diferenciado dos demais e é um dos cestinhas do campeonato", avalia. Independente do resultado da partida, Cravinhos volta a quadra na terça-feira. Se ganhar, jogará a final do torneio contra o vencedo r de Pi nheiros e SE SI F ranca, caso seja derrotado, disputará o terceiro lugar.


FALA NOSSO TETO

PÁGINA 28

Quase tudo pronto para as comemorações do Dia da Consciência Negra Em reunião ocorrida esta semana, a diretoria do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Consciência Negra, acertou os últimos detalhes para a realização dos eventos do dia da Consciência Negra. A data é comemorada no dia 20 de novembro.

Confira a agenda: Dia 18/11- Abertura com o desfile Garota e Garoto Pérola Negra- a partir das 19h:30; Dia 19/11- Exposição de trabalhos sobre o tema: Consciência Negra - a partir das 13h- e apresentação de Capoeira- a partir das 14h; Dia 20/11/16 - Encerramento com a apresentação da banda Famusa - a partir das 9h. Toda a programação é gratuita e será realizada no Centro Cultural. Os organizadores avisam que durante o desfile haverá venda de salgados, refrigerantes e artesanatos. Ambulantes que queiram vender seus produtos devem entrar em contato pelos fones: 99177-7872 ou 99455-9478.

Serginho Gomes

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

Superlua ou superlua cheia

Natureza sem mistério

Após 70 anos, a última ocorrência aconteceu em 1.946, os amantes e observadores das estrelas -além é claro, dos apaixonados- poderão admirar a superlua ou superlua cheia. O fenômeno é conhecido pelos astrônomos como perigeu, quando o satélite terrestre atinge o ponto máximo de aproximação com o planeta. O fenômeno poderá ser conferido amanhã, domingo (13). Segundo os astrônomos, o melhor horário será ao entardecer, quando ela começar a surgir no céu. Outro fenômeno tão intenso quanto este só daqui a 18 anos, no dia 25 de novembro de 2034, ainda segundo os astrônomos.

A natureza não tem mistério. Basta cuidar e pronto. Um bom exemplo disso está na comparação entre as duas florestas plantadas na nascente do Córrego Gaspar, localizado na divisa entre o Montorão e o Jardim Nova Canaã (como compensação ambiental dos citados empreendimentos imobiliários). Do lado do Montorão o plantio ocorreu há cerca de três anos e, do lado do Canaã, tem menos de um ano. No primeiro caso, sem os devidos tratos silviculturais e ações de degradação humana (como incêndio florestal), as mudas definharam e a floresta virou pasto. Já no segundo, com aplicação de técnicas de manejo da floresta, as mudas estão em franco desenvolvimento. A natureza não tem mistério, colhe-se o que se plantadesde que se cuide.

Audiência Pública No próximo dia 16 de Novembro de 2016, haverá audiência pública com o tema: Segurança. O evento será realizado no Centro Cultural da rua sete de setembro, a partir das 19h. Segundo o presidente do Conselho de Segurança, Sérgio Gomes, a audiência visa aproximar a população da autoridade policial e terá como palestrantes; Sargento Adão Ismael Alves Pereira e do Coordenador Operacional do Batalhão, Major Fabbris. - A segurança diz respeito a todos, portanto a participação é fundamental. É uma oportunidade que cidadão terá para falar abertamente com o comando da PM. Conhecer melhor o trabalho policial, apresentar sugestões, críticas, e esclarecer dúvidas, frisou o presidente.

GRAMÁTICA NA MEDIDA Atenção ao uso das vírgulas! Dependendo de onde ela for empregada,? o sentido de uma frase pode mudar. Darei um exemplo prático: se você escrever "não pare",? está pedindo para que alguém prossiga. Porém, se escrever: "não, pare", está pedindo o contrário... Fique de olho! Aline Vilela é professora da rede privada de ensino e corretora de vestibulares. #gramáticanamedida


JORNALZÃO ALZ ÃO- E DClélia OOJORN . 1.073 -Zanardo 12/11/2016 E D IÇ ÃO 1.073 12/11/2016

cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

PÁGINA PÁGINA 29 Informe Publicitário

29


PÁGINA PÁGINA30

30

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

O JORN ALZ ÃO OClélia JORNZanardo ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016 cleliazanardo@bol.com.br

EEDDIÇ IÇÃO ÃO 1.043 1.073 16/04/2016 12/11/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.073 - 12/11/2016

O Jornalzão, edição 1073  
O Jornalzão, edição 1073  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement