Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 20/08/2016 - Ano 22 - N.º 1.061 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

R$ 3,00

O JORNALZÃO PERGUNTA

Candidatos a prefeito falam sobre empregos Abêia Vidraceiro compôs a música de sua campanha a vereador

Carta de santa-rosense faz dupla Diego e Ramon voltar ao cenário musical

Vendaval de segunda feira causa estragos em Santa Rosa

Operação de PM apreende 250 porções de maconha - Uma operação da PM apreendeu cerca de 250 porções de maconha, cinco de crack e R$65 com um menor, ontem, por volta das 17h, na Rua Luiz Nogueira, no 'Nosso Teto'. Segundo o boletim de ocorrência, a polícia já estava na cola do menor há algum tempo, que ao ser flagrado com uma quantia, confessou que na casa da sua namorada tinha mais droga. Ele ainda disse que é de Ribeirão, mas está morando em Santa Rosa há dois meses. O jovem foi encaminhado para a delegacia.

Promessa santa-rosense disputará a prova de Peão Júnior em Barretos “Cain e Bruninho” fazem dobradinha em rodeio de Serrana

Banda Sinfônica disputa o tetra paulista amanhã Empresa de Santa Rosa é vítima constante de estelionatários


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

EDITORIAL Esta semana mais dois médicos foram desligados do PS. Outro dia tinham demitido uma enfermeira e mais um médico. A Diretoria que está à frente da Santa Casa, e que dirige também o PS é composta por gente séria, não politiqueira, que apenas quer o bem da entidade. Ali não tem oportunistas em busca de cargos públicos. São voluntários, que trabalham sem receber e não almejam trampolim para a política. E a Diretoria não deve se abalar com as críticas justamente de oportunistas, que nunca botaram o pé na entidade para perguntar o que acontece ali. Gente que afirma amar e querer o bem da cidade, mas nunca na vida fizeram um trabalho voluntário ou moveram uma palha para melhorar o ambiente que convivem. Querem sim a boquinha de um mandado público ou de um empreguinho. Querem ser mais um a mamar nas tetas do município. E para isso criticam qualquer coisa para aparecer. Força, caros voluntários, o serviço que vocês prestam à sociedade é imenso. Não se abalem por causa de meia dúzia. Lei eleitoral complicada - A nossa Lei eleitoral, com mudanças recentes é bem complicada. Parace que complicada de propósito, para dar brechas onde o político pode escapulir. Ontem fomos alertados pela colega Jaqueline de Bem, a quem agradecemos publicamente, sobre intepretações legais das publicações de vereadores em jornais e descobrimos que o nome do prefeito não pode sair junto do candidato a vereador, pois como cada candidato pode fazer 10 publicações em cada veículo, se dez candidatos a vereador colocar o nome do prefeito, as dez inserções já teriam se esgotado. Por isso decidimos, nesta edição, retirar o nome do candidato a prefeito de todas as publicações da vereança e na semana que vem faremos uma consulta ao Juiz Eleitoral para que ele nos oriente qual a forma correta e legal.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO é uma publicação da editora André Nagib Moussa ME - Redação:rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.500 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo e São Simão Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

CARTA À REDAÇÃO

COLUNA ROTÁRIA

Responda objetivamente

Henrique Gil

Em relação à matéria veiculada na edição anterior desse conceituado jornal, intitulada como "Nando e Chiaperini "livres para voar", tendo em seu conteúdo a afirmação de que os dois candidatos teriam sido beneficiados com a decisão do Supremo Tribunal Federal, como advogado do Sr. Luis Fernando Gasperini, gostaria que o senhor respondesse objetivamente se o nome do Sr. Luis Fernando Gasperini (Nando) consta da "Relação de responsáveis por contas julgadas irregulares" emitida pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo na data de 18/08/2016 e enviada à Justiça Eleitoral. Gostaria também que o Senhor respondesse se consta o nome de algum outro candidato a Prefeito do Município de Santa Rosa de Viterbo na referida relação e quem é esse candidato. Desde já agradeço a atenção e espero que a resposta seja dada nessa mesma edição. Juliano de Oliveira - advogado Nota da redação: Respondemos com prazer e já, prezado doutor. O nome de Nando Gasperini não aparece na lista divulgada anteontem pelo TCE e o nome constante é de José Tadeu Chiaperini. Porém, na matéria citada pelo senhor, em nenhum momento este jornal faz menção a lista alguma. Apenas citamos que Nando teve 5 contas com parecer desfavorável além de 4 processos apartados e Chiaperini um processo apartado. E que AMBOS foram beneficiados pela decisão do TSE, conforme afirma a matéria em nossa última edição. Sem mais, esperamos ter sido claros e objetivos conforme solicitado pelo doutor.

A energia do Presidente

"Queríamos ter o mesmo nível de energia dele, mas é difícil acompanha-lo", disse Rick Youngblood, presidente do Blood Assurance, banco de sangue norte americano fundado em 1972. Tais palavras se referem a John Germ, atual presidente do Rotary International. Com 77 anos, Germ possui uma energia invejável dedicada ao trabalho para ajudar pessoas. Ao ser questionado o porquê manter o ritmo tão intenso nesta idade, ele respondeu: "Eu não tenho hobbies. Prestar serviço é o que me interessa". Este espaço onde escrevo é pequeno para relatar o enorme currículo do Presidente, bem como todas as ações realizadas em prol da humanidade desde tenra idade. Angariador de fundos de mão cheia, Germ liderou a campanha "Desafio 200 milhões de Dólares do Rotary", a qual desafiou a Fundação Bill e Melinda Gates na arrecadação de fundos para o combate à Polio. Os rotarianos conseguiram exceder a meta, arrecadando US$228,7 milhões. O Rotary International é uma ONG que reúne líderes com o objetivo de discutir ideias e colocá-las em prática. As ações, tanto regionais, quanto internacionais, estão voltadas para algumas áreas de enfoque específicas. Saiba mais: Página do Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: http://facebook.com/rotarysrv Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: Av. Henrique Alonso Martins, 275


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 3

ELEIÇÕES MUNICIPAIS - MEMÓRIA

OS CANDIDATOS

O poder do vice-prefeito (I)

Abêia Vidraceiro compôs a música de sua campanha a vereador

Por Romeu Antunes

João Garcia Duarte e José Mendes Jr., os primeiros vices da nossa história Em quase todas as eleições municipais a escolha do candidato a vice-prefeito costuma ser destaque, tanto na confabulação dos políticos, quanto nas especulações populares. Tal figura, realmente, tem importância especial quando revisitamos o que está registrado na história santa-rosense. Os primeiros vices - João Garcia Duarte e José Mendes Jr. - substituíram muitas vezes o titular Guido Maistrello. Tanto prefeito quanto vice eram vereadores na República Velha (1889 - 1930). Para esses cargos eles eram escolhidos pelos colegas. O Partido Republicano Paulista reinou absoluto durante todo aquele período. O voto popular era descaradamente orientado pelos 'chefes políticos' que davam as cartas em seus 'currais eleitorais'. Na gestão Mário Carneiro da Cunha (1925 - 29) o vice não chegou a substituí-lo. Na chamada 'Era Vargas' (1930 - 47) quando os prefeitos eram nomeados, e não eleitos por voto popular, a figura do vice simplesmente não existiu. Thomas Eugênio de Abreu, o primeiro nomeado, em outubro de 1930, foi substituído por Theóphilo Siqueira quatro anos depois, por decreto, mesmo expediente que o despojou do cargo em favor do farmacêutico João Bueno dos Reis, em 1938. Finda a 'Era Vargas', a primeira eleição em que se votou para vice prefeito foi a de 1951. João Lage (prefeito) e Vergínio Melloni (vice) foram candidatos únicos então. Lage - pela coligação UDN, PSP, PTB que lhe deu 970 votos (Vergínio Melloni teve 915) - permaneceu no cargo até meados do ano em que foi empossado (52), cabendo a Vergínio cumprir o resto do mandato. O prefeito era casado com Ermeralda (Filly), filha do Conde Francisco Matarazzo Jr., e, no dia da posse já se licenciou, alegando que viajaria, para tratamento de saúde, para a França (onde faleceu recentemente). Foi de lá que ele copiou o modelo de pavimentação por paralelepípedos, adotado pela prefeitura de Santa Rosa.

Sérgio Co rreia de Andrade, paranaense de 64 anos, diz que faz músicas e versos, e que era pra já ter sido candidato a vereador, em Santa Rosa, em eleições anteriores. No momento procura quem possa gravar a música que ele mesmo compôs para sua campanha a vereador. - Por duas vezes não me colocaram. Aí o Cassinho me chamou; quando fui ver, tava em dois partidos, quase fui preso. Aí cancelou tudo. Agora o Zé Vicente (Gentil) ficou com

dó de mim e me colocou relata com a simplicidade de qu em ganha a vida como vidraceiro, embora seja formado em contabilidade. Na campanha vai utilizar o apelido: Abêia Vidraceiro. Indagado sobre o que falta à cidade, ele não vacila; - Primeira coisa que tá precisando é de médico - e exemplifica lembrando Candidato é paranaense e fato recente envolvendo veio para Santa Rosa com 5 anos um homem que quase colocou fogo na própria casa, Ele é meio escapa marcha médio que ele toma. Vereacometido de um surto - e não achou, no Posto, re- ador pode resolver isso sim.

Ganhou o apelido por chamar os outros de Abêia Uma rua perto de sua casa, no Filtro, é outro alvo predileto do virtual vereador, bem como a estrada para Nhumirim que quer asfaltar. Vislumbrando boa possibilidade de se eleger, Abêia reforça. - O Zé Pretim, colega do partido, falou pra mim arrumar uns votos pra ele porque eu já ganhei

estourado. Apesar do otimismo, prefere não anunciar outros planos. - Tenho muita coisa aqui na cabeça pra fazer, só que não vou falar porque cachorro que late não morde. Eu não vou falar porque, se der zica, aí dá dengue, né! - diz, dando uma boa risada.

Casado e sem filhos, o candidato informa que, embora tenha nascido no Paraná, seus pais são daqui. - Meu pai, Juca Católico, fazia moldes pra fundição da usina Amália. Ele foi pro Paraná derrubar matas, e eu nasci lá.

Vim pra Santa Rosa com 5 anos. Quanto ao apelido, a explicação é esta. - Já faz uns 20 anos, até minha firma chama Abêia. É porque eu tenho mania de chamar os outros de abêia...

"O mundo é de todo mundo" Abêia Vidraceiro busca a letra da música que compôs para cantá-la de viva voz. Eis alguns trechos dela: "O mundo é de todo mundo/ divido em grande parte/ Deus é pai onipotente/ está dentro de nosso peito/ em toda nossa vida/ a eleição foi bem inventada/pra eleger um bom candidato/ pra depois que ele ganhar/ trabalhar com honestidade". Quem quer vida doce como mel/ vote no Abêia/ pois a coisa da preta, a coisa tá feia/ vote no candidato Abêia. O Brasil é um grande país/ a pátria de nossa gente/ pra ter um bom governante precisa que o povo escolha/ um bom candidato como o Abêia".


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 5


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

CRÔNICA DA SEMANA

COLUNA GOSPEL

Daniel Almada

por Rogério Moscardini

Tímida fúria

A mais fatal das doenças

As palavras me saem como búfalos em tímida fúria. Às vezes, ou sempre, o verbo descabe na intenção, e me conformo na disformidade do escrito. É assim? Foi assim? Sempre será assim? Não sei do caminho a metade, e desconheço o cheiro de sua superfície azulada. O que vale mesmo no contexto talvez sejam, apenas, aqueles momentos antes da escrita nos quais sou inteiramente ausência centrada em mim.

A SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave) foi identificada em 2003, no Vietnã. Antes de ser controlada, a SARS se espalhara pelo mundo matando cerca de 800 pessoas. Houve alto índice de mortalidade porque o vírus não era reconhecido inicialmente. Mas uma vez reconhecido, o vírus foi contido. Há uma doença mais perigosa que toma conta do mundo - o pecado. E também é de difícil controle, pois muitas pessoas não reconhecem sua letalidade. E muitos debatem o que a Bíblia reconhece como pecado. Em Josué 7, lemos a trágica história de Acã. Podemos recuar á vista do tratamento extremo que Deus lhe deu. Contra a ordem de Deus, ele tinha escondido alguns despojos de Jericó em sua tenda. Ele e toda sua família pagaram o erro com suas vidas. Felizmente, Deus não nos trata dessa mesma maneira. Se Ele o fizesse, ninguém sobreviveria. No entanto, não podemos subestimar o perigo mortal do pecado. Foi o que levou Jesus até a cruz por nós. Assim como a SARS, o primeiro passo para lidar com o pecado é reconhece-lo pelo que ele é. Receba com gratidão a dádiva da vida eterna. Então "fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena" as coisas egoístas que desagradam a Deus (Colossenses 3:5). Essa é a maneira de lidar com a mais mortal das nossas doenças. Pecado é uma doença da alma que pode ser curada somente pelo Médico dos médicos.

ARTIGO

Campanha Olímpica Chico Alencar Bem que as Olimpíadas, que vão conviver nesta semana com o início da campanha eleitoral municipal brasileira - para prefeitos e vereadores de 5.570 municípios! -, podiam inspirar nosso(a)s candidato(a)s. A "corrida eleitoral" é de tiro curto: 45 dias. Subirá ao pódio quem conquistar mais votos, mas Sua Excelência o(a) eleitor(a) não anda muito motivado com a disputa: o 'doping' das falcatruas e hipocrisia faz a política ser vista como mera politicagem. As bandeiras partidárias, muitas carregadas por mãos contratadas, são diferentes da Olímpica, embora devessem se inspirar nos anéis de várias cores, símbolo da diversidade. Essa que incomoda autoritários e conservadores de todo tipo. A chama olímpica poderia estimular os que entram no pleito a ter o essencial: valores (não financeiros!), ideais, projetos, propostas. Sem o fogo do 'vir a ser', de uma outra sociedade possível e necessária, a política se corrompe. Seria bonito vigorarem os princípios olímpicos do respeito, da honestidade e da excelência (em fazer Política com 'P' maiúsculo) na disputa que culminará em 2 de outubro, com a eleição de cerca de 64 mil vereadores e prefeitos. E perdurarem nas 92 cidades com mais de 200 mil habitantes onde houver 2º turno para prefeito. Disputa dura, acirrada, com explicitação de divergências não significa baixaria e jogo sujo. Mas isso tem sido a regra, bem distante da contenda com 'fair play'... Os Jogos Paralímpicos transcorrerão em plena campanha. Também seus princípios deviam inspirar os que almejam representar a população dos municípios: coragem (de dizer a verdade), determinação (dos que agem movidos por ideias e causas, e não por interesse mesquinho de poder, prestígio e dinheiro), inspiração (que só a dimensão generosa da cidade que queremos traz) e igualdade - ainda que as condições da disputa eleitoral, pela nova lei, fruto de articulação de Eduardo Cunha com Rodrigo Maia, sejam extremamente desiguais. Sua face mais obscura é tirar dos debates os candidatos que não tenham o apoio de 10 deputados federais. Em campanha, alguns pedem até ajuda aos santos. Mas eles, ao invés de "dar uma forcinha", trazem é alertas muito oportunos aos candidatos (aliás, acredite, a palavra vem de 'cândidos', isto é, alvos, puros!). Muitos ficariam em apuros ouvindo a pregação de São Basílio: "tornaste-te um explorador ao apropriar-se dos bens que recebeste para administrar". Mas há os que ainda se sensibilizam com a denúncia de Santo Agostinho: "removida a Justiça, o que são os reinos senão um bando de ladrões?". Amém!

VERSO E PROSA por Evandro Junior Temporal de Segunda assusta e causa prejuízo Será que o homem lá em cima anda nervoso? Tem gente que não cria juízo Menor é preso com grande quantidade de drogas A juventude perdida No Mundo escuro se joga A Cultura bem aplicada traz grande benefício Que a música que toca a Alma seja o único vício Tem o lado positivo Menos mal assim Vem aí Ramal Cultural Com Coletivo Biquirim Banda Filarmônica disputa o Tetra Campeonato Santa Rosa é berço de Talentos Natos E vem Concurso de Talentos com vaga pro Miss São Paulo Nossas mulheres na passarela buscando um grande salto Ainda falando em Salto tem João Paulo o peão Vai saltar em Touros na Festa do Barretão E eu aqui em casa, pulando tão baixinho Sábado de manhã começou cheio de Espinhos A Esposa já gritou: O Sr do verso Vai consertar o Chuveiro É a décima vez que peço...


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 9

Banda Sinfônica disputa o tetra paulista amanhã

FUNDO DO BAÚ

Quem se lembra do Supermercado Superbom da Fazenda Amália? Sua fachada, nesta da foto da década 1970, mostra que ali eram veiculadas propagandas dos produtos Matarazzo, como Farinha Lili, Macarrão Petybon e Familiar. (Gentileza: Arquivo Éverton Calício)

REUNIÕES TODAS AS TERÇAS 19h30 - Rua Alagoas, 370 APOIO DO JORNALZÃO

A Banda Sinfônica Municipal de Santa Rosa participa amanhã, da primeira fase do Concurso Estadual de Bandas de Música, no Bairro Vila Santa Isabel, em São Paulo. O concurso apelidado "Paulistão 2016" é organizado pela FFABESP (Federação de Fanfarras e Bandas do Estado de São Paulo) e reúne mais de 30 corporações musicais de

todo o estado. O regulamento do campeonato prevê que as bandas apresentem apenas duas músicas, em no máximo de 25 minutos, em duas etapas. A segunda apresentação será 25 de setembro, em Santa Rita do Passa Quatro. Vencerá o concurso a banda que totalizar maior número de pontos, nas duas fases. Sob a batuta do Maestro Mau-

rílio de Oliveira Júnior, a banda santa-rosense executará as músicas "Dança do Fogo" de Quincy Hilliard, obra que exalta a cultura japonesa e "Arca de Noé - Procissão dos Animais" do compositor Toshiro Mayuzumi. A Sinfônica de Santa Rosa venceu o campeonato nos últimos três anos, e amanhã começa a busca pelo o tetra.


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


ESPECIAL

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 11

Carta de santa-rosense faz dupla Diego e Ramon voltar ao cenário musical Novo DVD com música gravada com Cristiano Araújo deve ser o grande trunfo do recomeço Gabriel Carmello Caldas

A dupla sertaneja Diego e Ramon, formada há 10 anos, fez um sucesso tremendo, ao estourar com a música 'Me ame do jeito que sou'. Chegaram a gravar três CDS, compraram carros, ônibus luxuoso e fizeram dezenas de show. Os amigos, Diego de Serrana e Ramon de Santa Rosa, acreditavam que tinham tudo para manter em alta na carreira e fizeram o primeiro DVD, com grandes nomes da música sertaneja, como Moacyr Franco, Juliano Cesar e o Cristiano Araújo. Porém, as coisas começaram a desandar em 2013, quando Wanderley, o empresário

deles desde 2008, que trabalha prestando serviço em usinas revelou não ter mais condições financeiras para bancar os shows, banda, viagens. Aos poucos as apresentações foram acabando e a dupla separou. Diego abriu um bar em Serra Azul e Ramon foi trabalhar em uma mecânica, e o pior, o DVD, não foi finalizado por falta de dinheiro. No final do mês passado, uma tia do Ramon, conversou com o santarosense Robertinho, que se sensibilizou com a história. Admirador da música sertaneja e da dupla, resolveu mandar uma carta para o 'Domingo Show' da Record, na esperança de ajudar. "Não fiz isso

para querer mérito algum, apenas porque gosto de música, e sou muito fã deles", revelou. Na TV - Dois dias depois a produção da Record se interessou pelo assunto e ligou para Robertinho querendo saber mais detalhes sobre a situação da dupla. Alguns dias depois, outro programa da emissora, o 'Balanço Geral' foi até Serrana atrás dos cantores. A repercussão positiva da matéria foi o incentivo que eles precisavam para retomar a carreira. No dia 7, em Pirassununga fizeram o primeiro show da nova turnê, que já teve apresentação em Cajuru, Sumaré e Santa

A dupla com Robertinho e esposa

A TV gravou com Ramon na oficina que ele trabalha

Rosa, onde Robertinho foi ao camarim tirar fotos e finalmente conhecer a dupla. Hoje será em Ribeirão. Na próxima quarta e sexta vão para Barretos, e ainda cantarão em São Sebastião do Paraíso e Conquista, ambas em Minas Gerais. A expectativa que o lançam ento do novo DVD, com a música inédita com Cristiano Araújo, 'Eu e Você', seja em até dois meses.


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 13


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 15

Nando Gasperini

Chiaperini

Em tempos de crise é preciso criatividade e competência para administrar o dinheiro público

“O caminho é ter contato, convidar, trazer, apresentar”

1- Como o senhor vai tratar o problema do DESEMPREGO na cidade? Como atrair indústrias? A questão emprego deve ser tratada com seriedade - e não oportunismo - como aconteceu em Santa Rosa na eleição d e 2008, quando um dos candidatos prometeu a construção de uma unidade de fábrica de sua propriedade argumentando que geraria centenas de empregos. A fabrica foi construída, porém, não foram gerados os empregos prometidos. Em nosso governo, graças à boa aplicação dos recursos públicos e a economia que realizamos ao longo do mandato, conseguimos a façanha de comprar uma área de 20,2768 alqueires, com recursos próprios. O projeto era destinar essa nova área pública à construção do Distrito Industrial. Outra parte projetamos para a habitação popular. Graças ao nosso esforço, o conjunto "Montorão" pode ser construído e mais casas serão construídas neste mesmo local. Meu sucessor recebeu uma "fortuna" da SABESP em razão da concessão dos serviços de água. Não fizeram proveito algum para investir em infraestrutura e muito menos para promover aquela área para atrair novas empresas. Vamos trabalhar muito para atrairmos estes investimentos. 2- Com uma crise

g ener a l iz a d a no país, como aumentar a arrecadação, caso a vinda de grandes indústrias não seja possível? Em tempos de crise é preciso criatividade e competência para administrar o dinheiro público. Antes de pensar na ar recadação pen so em adotar medidas para evitar o desperdício do dinheiro público. Os recursos públicos precisam ser bem administrados e é isso que vamos fazer, assim como já mostramos ser possível quando governamos. Da merenda escolar às obras, é preciso comprometimento. Aplicando bem os recursos nós vamos conseguir melhorar a cidade em todos os aspectos. Santa Rosa tem uma tradição industrial surgida com o grupo Matarazzo. Precisamos explorar os pontos positivos da cidade. Perdemos a fábrica de Sabonete em razão de interesses particulares do grupo que adquiriu a marca. Quiseram atribuir culpa a mim. No atual governo, perdemos a Ibirá. A culpa é de quem? Precisamos criar políticas para a geração de emprego e não usar o emprego para fazer política barata. 3- No seu primeiro ano de governo, quais as principais a ções pa ra tentar reverter este problema? O que a popula-

ção pode esperar de imediato, caso o senhor (a) seja eleito? Vamos criar uma comissão especial para tratar da questão industrial, viabilizar estudos e planejar a melhor maneira para atrairmos investimentos para Santa Rosa. A crise instalada no país já existia em Santa Rosa muito antes. Hoje, o Brasil está paralisado e os investimentos são pequenos. To rço p ar a q ue a economia volte a crescer e as grandes empresas retomem a produção. Sempre fui um prefeito disposto a apoiar as empresas da cidade. Lembro que a Artivinco enfrentou momentos de apreensão em razão de questões ambientais, correndo o risco de seu projeto relacionado à cartonagem ser paralisado. Reuni nosso corpo jurídico e saímos em defesa para preservar os empregos e os benefícios que a produção gera ao nosso município. Conseguimos. Tenho certeza que nas últimas duas décadas nosso governo foi o que mais se dedicou à questão EMPREGO.

1- Como o senhor vai tratar o problema do DESEMPREGO na cidade? Como atrair indústrias?

generalizada no p aís, como aumentar a arrecadação, caso a vinda de grandes indústrias não seja possível?

Sofremos por falta de empregos e por isso precisamos dar suporte e conservar o que temos, oferecer incentivos através de leis específicas, alimentar o cooperativismo o associativismo e as iniciativas agropecuárias fazendo feiras de exposições no recinto. Ampliar o Centro do Empreendedorismo. Fomos por dois anos Prefeito Empreendedor do Estado por ter proporcionado tais incentivos a mais de uma centena de microempresários, com suporte, banco do povo e com cursos técnicos. Fizemos mais de cem obras e trezentas moradias, foi dinheiro Estadual e Federal que entrou na economia local e geraram centenas de emp rego s na construção civil e prestadores de serviços. É necessário seguir nessa linha, trazendo novos recursos e fazendo girar nossa economia. Isso só conseguiremos, inclusive para não piorar, é de um governo empreendedor.

Quatro mil indústrias fechar am esse an o. Manchete do jornal "O Estadão" de 28/03. Com mais de um milhão de demissões. Vemos pelas rodovias imóveis com as placas "vende-se" ou "alugase". Imagens da realidade da crise em nosso país. Não obstante, é incansável a nossa insistência em convidar empresários e investidores nacionais e internacionais para conhecer nossa cidade. A maioria pede-nos discrição, pois estão com novos investimentos paralisados. A vinda da Sul América, fáb rica de embalagens aqui no Teto que emprega, foi um caso deu certo. Esperamos que o município tenha sucesso com n ov as o p o rtu n id ad es. Esse é o caminho, ter contato, convidar, trazer, apresentar. O tempo todo, não apenas na hora da campanha, como ouvimos por aí. Além disso vamos implantar o Parque Industrial e Incubadora de empresa.

2- Com uma crise

3- No seu primeiro

ano de governo, quais as principais a ções pa ra tentar reverter este problema? O que a população pode esperar de imediato, caso o senhor(a) seja eleito? Nas visitas eu apresento as vantagens que possuímos: Cito a Etec, que podemos ter novos cursos, conforme atividade. Mostro as creches novas que dão conforto às mães que trabalham. Mostro a infraestrutura geral da cidade e as rodovias de acesso cuja restauração conseguimos, facilitando o escoamento de produção. Falo das áreas que podem ser adquiridas. E obviamente, destaco o que temos de melhor: a mão de obra disponível. Como disse, seja qual for o governo, não podemos esmorecer em mostrar nosso potencial. Há investimentos no comércio, seja alimentício, de eletrodomésticos e lojas em geral. Vamos recuperar o crédito e comprar o máximo possível no comercio local. Daremos mais suporte, principalmente aos micros e pequenos empresários estabelecemos alguns, mas precisamos de mais. A crise vai passar. Estaremos prontos.


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Professora Estelinha Deixaram as duas grandes empresas empregadoras do município irem embora 1- Como o senhor vai tratar o problema do DESEMPREGO na cidade? Como atrair indústrias? O município precisa revisar suas leis. Criar Grupo de Estudos para elaborar novas leis, estimular e implantar parcerias com os diversos segmentos empresariais para atrair empresas. Não existe milagre e sim trabalho dos governantes e comunidade. Eu e o Edmar, temos qualificação, somos experientes e estamos prontos para isso. O mer cado pede pessoas empreendedoras que tomem decisões, dedique seu tempo e assumam riscos para alcançar metas. Isso requer cuidados. Para trazer indústrias é preciso es-

tudar o município e analisar as possibilidades dos segmentos que poderão ser atraídos. Devemos melhorar a infraestrutura e qualificar a mão de obra através de parcerias com escolas profissionalizantes. Divulgar, através da comunicação, informações sobre as potencialidades do município. Estar atento às tendências da variação do mercado financeiro. Cada vez mais estes fatores devem ser levados em consideração. É necessário fazer o trabalho com cautela e bem feito para cuidar, tanto da cidade como do setor rural, um dos principais empregadores. 2- Com uma crise generalizad a no país, como aumentar a arrecadação, caso a vinda de

grandes indústrias não seja possível? Crise é um assunto muito delicado, não é atoa que a população pede renovação. Os últimos três mandatos foram catastróficos com prefeitos inexperientes, despreparados e cheios de egos para enfrentar a crise no setor público. Deixaram as duas grandes empresas empregadoras do município irem embora com uma queda significativa na arrecadação. Não podemos aumentar o ônus sobre os contribuintes que já sofrem com a cascata de tributos públicos existentes. A iniciativa é colocar a prefeitura em ordem com ajuda dos funcionários públicos e criar soluções para os problemas deixados. Isso

requer revisão nas leis, para facilitar a instalação de empresas de pequeno porte e de serviços, gerando emprego e novas fontes de arrecadação de impostos, para impulsionar a economia bem como ter atenção redobrada para não perdermos mais empresas. Dar logística aos eventos tradicionais e criar outros para movimentar o comércio, hoje um dos principais empregadores. Incentivar através de políticas públicas a economia dos pequenos produtores rurais. 3- No seu primeiro ano de governo, quais as princip ais ações pa ra tentar reverter este problema? O que a população pode esperar de imediato, caso o senhor(a) seja eleito?

Emergencialmente podem-se abrir frentes de trabalho pela prefeitura bem como sensibilizar empresários para este fim. Com muito trabalho e dedicação buscar novos empreendedores nos diversos segmentos de nossa economia. Ao longo da história quatro fatos sustentaram nosso município. No século XIX com o início da ocupação territorial, com a chegada de um dos homens mais rico e influente da época, Henrique Santos Dumont, que inicia a Fazenda Amália. Henrique morre e Amália fica a deriva. É quando chega o Conde Francisco Matarazzo Júnior, que traz as indústrias e amplia as colônias. Com a morte do Conde, chega o capital estrangeiro que dá início ao Com-

plexo Industrial Amália. No século XXI, os últimos governantes colheram o que havia sido plantado ao longo da história e por ignorála se esqueceram de plantar novas ideias e planejar o futuro. O munícipe pode esperar nosso total empenho e comprometimento. Não temos tempo para promessas vazias. Está em nossas mãos criar um novo tempo para o município.


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 17

Tadeu Cicolani

Fernando Engenheiro

A população pode esperar por um prefeito que trabalhará muito e com profunda determinação

“Distrito industrial com planejamento, infraestrutura e qualificação de mão de obra...”

1- C omo o senhor vai tratar o problema do DESE MP RE GO n a c id ad e? C omo atrair indústrias? Os doze milhões de desempregados no País mostram a gravidade deste problema. O Brasil paga hoje um alto preço por uma política econômica equivocada de governos populistas, causando não somente desemprego, mas também algo mais danoso: a d es in du st rializaç ão . Esse quadro revela também o caos social que atinge as diferentes camadas do povo brasileiro. Portanto, o desemprego não tem origem no município, mas na gestão macroeconômica desastrosa do governo federal, da qual o município, em última análise, também é vítima. Até os Estados estão falidos!!! A primeira condição para que empresas venham a se instalar no município é ter uma área com infraestrutura, para ser oferecida aos empresários interessados.

lacionado com a retomada do crescimento da economia brasileira. Diante do quadro acima delineado, no momento, resta-nos aguardar uma guinada racional, por parte do atual governo federal, para melhorar o ambiente econômico. Os Estados também deverão fazer a liçã o de casa, cortando despesas. Com um ligeiro abrandamento da crise nacional, já se respirará uma atmosfera mais otimista e as grandes empresas voltarão a incrementar suas atividades com um consequente aumento no recolhimento de tributos. Isto aliviará também os cofres municipais. Aq ui e m Sa nt a Rosa, não podemos deixar de frisar que, reduzindo as despesas eleva2- Com uma crise das que a Prefeitura tem generalizada no país, - algumas até supérflucomo aumentar a arre- as - e com uma equipe cadação, caso a vinda competente e honesta, de grandes indústrias muito poderá ser feito não seja possível? para o necessário equilíbrio das contas do nosComo visto acima, so município. o aumento da arrecadação está diretamente re3- No seu primei-

ro ano de governo, quais as principais ações para te nt ar re ve rt er este problema? O que a população pode esperar de imediato, caso o se nh or (a ) se ja eleito? Começarei pela última indagação. De imediato, a população pode esperar por um prefeito que trabalhará muito e com profunda determinação. É racionalizar gastos, utilizando os recursos financeiros com grande parcimônia; colocar a máquina pública nos eixos, pois hoje está à deriva e ter como principal foco o ser humano. As pessoas que aqui mor am, es peram um conjunto de ações que façam renovar a confiança no gestor público austero e, ao mesmo tempo sensível às reais necessidades das pessoas que escolheram viver em Santa Rosa. Isto não só no primeiro ano de governo, mas por todo o mandato. Com a cooperação dos servidores dedicados e leais ao povo que lhes paga o salário, vamos fazer Santa Rosa voltar a sorrir. Dê uma chance à competência. Viva Santa Rosa! Tadeu Cicolani Prefeito pelo Partido Verde. Fabinho da Auto Escola-Vice

1 - C omo o se nhor vai tratar o prob le ma d o D E S EM PR EGO na ci dad e? Co mo a tr ai r in dú strias? O prefeito, quando se depara com um problema, toma a iniciativa, que nada mais é do que a capacidade de a pessoa agir, quando necessário. Não há contradições nem diferenças entre os objetivos dos prefeitos e os dos empresários. A solução, então, é trazer novas empresas para o município, o que também requer algun s c u id a d os . E , como sempre, um plano que deve ser seguido para tornar a cidad e at ra en t e pa ra a s empresas como: Distrito industrial adequado com planejamento, infraestrutura, qualificação de mão de obra, apoio da prefeitura, impostos atrativos e principalmente com o município bem cuida-

do, pois ninguém gosta de trabalhar numa c id a d e v is u alme nt e feia, suja e pouco arb or izad a . C ad a ve z mais estes fatores estão sendo levados em consideração. Portanto, é necessário fazer o trabalho e cuidar da nossa cidade.

as portas do município para novas empresas, assim iremos arrecadar mais impo st o s, ma s sem aumentar o ônus sobre os contribuintes, que já sofrem com a cascata de tributos públicos existentes.

3 - N o se u pr i meiro ano de gover2- Com uma cri- no, quais as princis e g e ne r al i za d a n o pais ações para tenpaís, como aumentar tar reverter este proa arrecadação, caso a blema? O que a povinda de grandes in- pulação pode esperar dústrias não seja pos- de imediato, c aso o sível? senho r(a) seja eleito ? Um b om ge s to r público procura exeTR ABALHO, cutar tarefas. O prefei- M UI TO TR A B A to deve buscar aumen- LHO, com uma admitar as receitas do mu- nistração participativa nicípio para, dessa ma- (prefeitura e populaneira, poder realizar ção) vamos fortalecer mais investimentos na o c o me r c io lo c a l a cidade. P orém, dife- todo tempo. rentemente das empreComo citado nas s as p r iv ad a s, nã o é respostas anteriores, possível criar um novo ire mo s inc e nt iva r a produto ou serviço e vinda de novas emprecobrar por isso, para sas para nosso municíaumentar a receita. A pio e, com isso, ausolução é equilibrar as mentar a demanda de contas públicas e abrir emprego.


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Programação dos

106 anos de Santa Rosa O departamento de cultura liberou esta semana a programação festiva para o aniversário de 106 anos de Santa Rosa. Pelo segundo ano consecutivo, não haverá o desfile cívico. 21/8 - Visita da Imagem de Santa Rosa a Paróquia São Judas (apresentação da Famusa). 27/8 - 21h Apresentação do espetáculo teatral "1º. Auto da Padroeira" na Praça da Matriz. 28/8 - 10h30 - Apresentação da Banda Sinfônica na Praça Conde F. Matarazzo para receber a imagem da Padroeira. 01/9 - 19h - 1º. Dia do Tríduo com Padre Cleber de Ribeirão Preto (Igreja Matriz) 02/9 - 19h - 2º. Dia do Tríduo com Arcebispo Dom Moacir (Igreja Matriz) 19h - Quermesse no Salão Capela 03/9 - 9h - Apresentação de Companhia de Reis no Espaço Mogiana (Feira Livre) 10h30 - Show de Música Caipira com Renan e Renato no Espaço Mogiana (Feira Livre) 19h - 3º. Dia do Tríduo com Padre Pitico (Igreja Matriz) 19h - Quermesse no Salão Capela. 20h30 - Carreata Luminosa com Imagem da Padroeira. 22h - "Festa da Música Independente de Santa Rosa de Viterbo" no Primavera Country Clube.

Tempestade assusta e dá prejuízo na cidade Uma tempestade na última segunda feira assustou os moradores de Santa Rosa. Por volta de 16h, o tempo fechou e um vendaval, acompanhado por uma chuva de granizo, destelhou casas, derrubou postes e árvores em todos os cantos da cidade. No Nova Roma casas foram d estelhadas. Adelaine Roberta Pereira estava assu stad a. Sua casa, na rua Maria de Loudes Campanini, teve suas telhas arrancadas pela força do vento. "Foi um susto muito grande. As telhas voando e caindo sobre meu carro. Ainda bem que ninguém se machucou", disse. No Nosso Teto a chuva formou uma enxurrada que parecia um verdadeiro rio. O vento causou estragos derrubando árvores e destelhando o Centro Comunitário e a Associação

Posto na estrada teve grande prejuízo dos Produtores Rurais (leia no Fala Nosso Teto). No Primavera Country Club uma grande árvore caiu e o painel da equipe de basquete foi totalmente destruído. No Jardim Primavera um poste caiu e ficou seguro pelos fios. Se caísse poderia causar problemas graves.

04/9 - 7h - Alvorada Festiva na Praça da Matriz 7h30 - Missa na Igreja Matriz 8 às 12 h - Apresentações culturais no Espaço Mogiana - Banda Sinfônica; - Capoeira; - Jiu-Jitsu; - Circo; - Projeto Guri; - Famusa; - Dança; - Atletas do JORI; - Banda Renato Massaro; - Kung Fu. 12h - Alvorada Festiva - Praça da Matriz. 16h - Missa Solene na Igreja Nossa Senhora de Fátima. 19h - Quermesse no Salão Capela. 05/9 - 19h - Apresentação do Filme "Que horas ela Volta" no Centro Cultural

No posto Terra Santa, entre Santa Rosa e São Simão o prejuízo foi grande. O toten com os preços foi derrubado e a cobertura do posto teve várias placas arrancadas pela força do vento. Mas o prejuízo

maior foi a casa que fica anexa ao posto. Foi destelhada e teve até o forro arrancado. "Foi assustador e por Deus que ninguém se machucou. O vento foi muito forte", disse Florivaldo Costa dos Santos.

Telhas da casa de Adelaine caíram sobre o carro

Poste ficou seguro pelos fios

Associação dos produtores destelhada


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 19


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 21


PÁGINA 22

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Santa-rosenses fazem dobradinha em rodeio de Serrana

“Cain e Bruninho”

Os peões de touro santa-rosenses Caio Cesar Ferreira, 28, (o Cain) e Bruno Eduardo, 20, foram os grandes vencedores do 4º Serrana Rodeio Show, disputado de 11 a 14 de agosto. Entre os mais de 60 competidores de várias cidades, como Batatais, Viradouro, Jardinópolis, Serrana, Cain, foi o ganhador, se tornando bicampeão da competição, com Bruninho em segundo lugar. A final foi muito disputada, a pontuação dos santa-rosenses estavam tão próximas que se caso, Cain caísse, Bruninho assumiria a primeira colocação. "Eu estava bastante confiante e preparado. Já havia ganhado outra vez em Serrana, mas mesmo assim, a vitória é sempre muito emocionante. Queria agradecer todos os meus patrocinadores que sempre me apoiaram", comemora Cain. Além dos peões, passaram pela arena de Serrana, os famosos cantores sertanejos, Israel Novaes, Pedro Paulo e Alex, Mato Grosso e Mathias e Zé Neto e Cristiano. Carreira - Cain já tem 10 anos como peão profissional, e ganhou cerca de 50 rodeios, somando 10 motos. Entre seus títulos, ele é tricampeão em Batatais, bi em Cruz das Posses, Cássia, Passos e campeão em Campo Verde, Araputanga, Cravinhos e Santa Rosa.

PÁGINA 23

Promessa santa-rosense disputará a prova de Peão Júnior em Barretos O jo ve m de 1 7 anos, João Paulo Nascimento, está de malas prontas para participar da categoria Júnior do rodeio da 61ª Festa de Peão de Barretos. O camp eo n ato acontecerá de 24 a 28 de agosto, em uma arena localizada no Rancho do Peãozinho e terá 60 jovens de 16 e 17 anos. Os 30 melho res av an çam para a pr óxima etap a. Depois de sexta e sábado sobram apenas os 10 mais bem pontuados, que montarão a final no Estádio de Rodeios, a arena principal do evento, no domingo. João Paulo monta desde os 13 anos, mas a paixão vem desde infância, sendo que seus aniversários sempre foram com tema de peão. Mesmo jovem, já participou de vários torneios, alcançando o 2º lugar no rodeio júnior em Porto Ferreira e 3º na categoria adulta em Luiz Antônio. Aos 15 anos, fez u m curso de montaria, com Edmundo Gomes, que já foi campeão brasileiro de rodeio em touros. Toda essa experiência deixa o santaro sen se segur o p ara a competição. "Estou bem confiante. Os treinos es-

tão dando muito certo, seja o que Deus quiser. Mas não estou participando por causa de prêmio, não ligo pra isso, vou pra Barretos porque gosto de montar, e ser peão é meu sonho", revela. M a ria na Wie ze l t e nt a o bi no s Três Tambores - Mariana Wiezel, 21, também vai a Barretos, mas para com-

petir na Prova de Três Tambores, disputa esta que já ganhou em 2010, e no ano passado conquis-

tou a 6ª posição, ficando fora do pódio por muito pouco. A competição começa na próxima sexta.


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Biquirim faz outro 'Ramal Cultural' em Nhumirim O Coletivo Biquirim vai realizar, no próximo dia 3 de setembro, a partir das 16 horas, o "3º Ramal Cultural" em frente à antiga estação ferroviária do bairro de Nhumirim. Segundo a organização, o evento terá apresentações de 5 bandas, intervenções circenses, exposição de arte, tatoo, troca de livros, passeio ciclístico, aula de ioga, degustação de cervejas artesanais, camisetas personalizadas, entre outras atrações. - Entre as bandas, teremos Bia e Carlos, Odara Rap, Quarteto Barranco e Porão D'América. Falta uma a confirmar - adianta Maria Augusta Mussolim Lagoeiro, porta voz do grupo.

PÁGINA 25

Miss Santa Rosa 2017 valerá uma vaga para o Miss São Paulo O co ncur so Miss Santa Rosa 2017 terá uma grande novidade: A vencedora, conquistará o direito de participar do Miss São Paulo, em Abril. Elain e Ribeir o é quem está coordenando o concurso. Ela explica que no primeiro momento, seria apenas uma disputa interna, porém, um coordenador regional do Miss São Paulo, Eduardo Mat-

tos, se interessou pela disputa e sugeriu para que o evento fizesse uma parceria com o Miss São Paulo, com isso, agora San ta Rosa tem um canal direto para o concurso de mais importante do estado, sem precisar passar pelo Miss Ribeirão Preto. A principio, Victória Silva Ribeiro, que ficou em 4º lugar no 'Miss Teen Universe'- Etapa estadual, em Campinas, no final de julho é quem vai representar Santa Rosa no Miss São Paulo, a convite de Eduardo Mattos, porém, será submetida a uma seletiva, passando por testes de etiqueta, maquiagem e medidas. Caso ela não seja

aprovada, a vencedora do Miss Santa Rosa 2017, será a representante. Mas se Victória for selecionada, a vencedora, terá sua vaga garantida apenas para a competição de 2018. Ainda sem data definida para o desfile, Elaine só confirma que ocorrerá no começo do ano que vem. A locução será feita pela apresentadora do "Tarde VIP", do SBT, Patrícia Penteado. Ap en as mulheres entre 18 e 26, residentes em Santa Rosa poderão participar. Porém as interessadas deverão passar por uma entrevista individual, que será previamente agendada, onde serão

tomadas todas as medidas ideias para a disputa, como altura e peso e avaliar se ela se encaixa no perfil. Competição Masculina - Também haverá a competição masculina, mas esta não terá o apoio de Eduardo Mattos, que faz parte da coordenação do Miss São Paulo. Porém, Elaine conseguiu algumas parcerias.

Evento de 2015 teve tanto sucesso quanto o do ano anterior

3954 3371 - 3954 6920


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

SAUDADE DA FAZENDA AMÁLIA

Olhar feminino conquista coração do caçador de búfalos O Conde Francisco Matarazzo Jr. cultivava coisas exóticas. Sempre que podia, importava novidades para diversificar as atividades na sua Fazenda Amália. Em certa ocasião, da década 1930, Chiquinho adquiriu um rebanho de búfalos, sabe-se lá de que origem. O fato é que soltou esses os bichos em su as ter ras para p od e apreciar em seus passeios, seja pela malha ferroviária interna, seja no lombo de garbosos cavalos e éguas que colecionava com capricho. Mas aqueles animais, originários da Ásia, gostaram além da conta do novo ambiente, principalmente das várzeas do rio Pardo. E foram 'alongando' nelas para viverem vida própria,

sem dono. E produziram filhotes até o ponto em que se transfo rmaram num grande problema. O Conde Matarazzo convocou os caçadores locais para abatê-los, mas aqueles não estavam preparados para enfrentar animais tão grandes e pesados. Era preciso armas bem mais potentes que aquelas com as quais caçavam capivaras, codornas e outros bichos menores. O diretor da Amália, na época, era um tal Dr. Venosa, tio de outro doutor - esse médico, Vicente Venosa - residente na capital paulista. Vicente foi convidado a vir caçar búfalos na Amália. Certo dia tomou o trem da Mogiana, armado até os dentes, e veio.

O casamento durou quase um século

Tila e Vicente (camisa branca) na inauguração da bibloteca que leva o nome de Licínia

Na estação Santos Dumont fez baldeação; aboletou-se em um vagão que deslizou pelo ramal de Cajuru. Sentado na janela do vagão de passageiros, o médico vinha apreciando a natureza daquele lugar desconhecido, até que o trem aproximou-se da estação de Nhumirim. Na casa da professora Licínia Nogueira Magalhães - de pé até hoje, bem em frente à ferrovia - as filhas dela costumavam se debruçar na janela para ver a passagem do trem. Vicente Venosa percebeu as moças e se apaixonou, imediatamente, por uma delas, Isolina, mais conhecida por Tila. A locomotiva apitou e retomou a viagem rumo à estação de Santa Rosa. O médico foi olhando pra trás até perder de vista aquele olhar que o encantou. Depois de se apresentar ao tio, na fazenda Amália, Vicente arriou um cavalo, e marchou pelo caminho de volta da ferrovia, para ver de perto aquela moça que descobriu em sua passagem por Nhumirim. O encontro dos dois foi definitivo, deu em casamento durou quase um século. Dona Tila sobreviveu ao marido que faleceu recentemente.


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 27


PÁGINA 28

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 29


PÁGINA 30

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Os Classificados para particulares são gratuitos (máx. 10 palavras). Empresas e dem ais pagam R$ 2,00 por cada 10 palavras. Não pegam os classificados por telefone. Entrega até às 17:00h da Quinta-feira.

FAÇO CARRETO COM SAVEIRO E CAMINHÃO 3/4 semanais aos sábados, domingos e feriados. 39546003/ 9 91452869/ 9 9145-3447

VENDO casa pronta para morar Albina Pedreschi, 125, 3 dorm., sala, cozinha grande, wc toda murada, lavanderia portão eletronico. 9 91663028/ Zé do Bar

VENDO casa com 3 dorm., sala, copa, cozinha e wc, área de serviços e garagem para 3 carros, edícula com 2 dorm., sala e cozinha. Rua: Porto Alegre, 313 Vila Mendes VENDO terreno no canaa ótima localização. 19 9 9214-4859 quitado R$ 65 mil ou R$ 30 mil + parcelas VENDO casa nova 52m² R$ 100 mil aceito financiamento.991444740 PROCURO chacara ou sitio para trabalhar. 9 9224-1956

PROCURO serviço de casa reformada cuidadora de idosos, cozinheira cohab II na rua ou auxiliar de Caetano Conti, 16, cozinha. 9 93276521 3 dorm.,, sala 2

cozinha grande, wc, garagem, alpendre e lavanderia. R$ 130

de doações de alimentos, rua: Guida benedita bianchese 568 Cristina ALUGO salão para festas em frente o

VENDO

ambientes,

PRECISO

buracanã. 39542822 VENDO antena parabolica 1 ano de uso R$ 200,00. 9 91024259 PROCURO dois comodos para alugar. 9 81808632

VENDO 3 terrenos no ari carneiro R$ 15 mil + prestações. 9 9228-1074 VENDO maquina de sorvete massa e palito. 9 93406280 VENDO terreno em Luiz Antonio R$ 45 mil. 3954-6622 VENDO panificadora Coronel Garcia, 81. R$ 35 mil. 9 9152-3606 VENDO serra fita comercial. R$ 2 mil. 9 9152-3606

VENDO 500 metros de terra 6km da cidade. 9 81808632 VENDO voyage ano 83

VENDO punto 1.6 2012 prata 39.300km R$ 31.800,00. 9 9276-6618

ALUGO area de lazer com piscina. 9 91210013

documentos OK. 3954-2126/ 9

ALUGO Apartamento Jd Nova Aliança, Ribeirão Preto. 1 quarto (suíte com ar), sala/cozinha (com ar), área de serviço, 1 vaga na garagem. Com armários. Tratar com Mauro 39547354/99717-3534.

9705-1153 R$ 2500,00

ALUGO Apartamento Jd Florida, Ribeirão Preto. 2 quartos, banheiro social, sala, cozinha, área de serviço, 1 vaga na garagem. Com armários. Tratar com Mauro 3954-7354/997173534

PROCURO VENDO serviço como bar na rua cuidadora de Alagoas, 272 idosos, JR acompanhante e folguistas, 9 9330MUDAS HIGIENIZAÇÃO E 7309 frutas DEDETIZAÇÃO graviola, limao DOAÇÃO limpeza em caixas preciso de cravo, jaca, pinha, d´agua, calhas doações de ope rosa, jurubeba, VENDO materiais de Fusca 72 azul etc., limpeza e pitanga, jenipapo, construção para royal, motor 1600, descupinização de fazer 3 cômodos. mamao, akil limao alternador 35, Obrigada. 9 9389- taiti, fruta conde, rebaixado e com forros e lajes, 1982 flores, abil. 9 9410- rodas 14 (boca de aplicação de fogão). Tratar : 7920 99254-1553 VENDO repelente para carroça de pneu. VENDO pardais, pombos, VEDO 9 9172-3294 filhotes de Shih Casa, morcegos, Tzu e Basset VENDO Nosso teto Rua dividimos em até clareamento em casa com edicula Jose Val 10 x no cartão na rua mauro vilas pedras telhado Telefone: (16) 2 Quartos, Edicula boas R, 207 3984-2802 ou lavagem. 9 9160nos Fundos cohab III aceito (16) 3984-2858 9140/ 9 8117-3690 carro no negocio. Valor A combinar Espaço Rural São 9 9388-6042 (016)99140-8653 Simão SP Reginaldo mil. 9 9166-3028

EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2243 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // RAFAEL VIDAL DAMACENO e MELISSA FERREIRA LIMA //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos dez (10) de dezembro de um mil novecentos e oitenta e seis (1986), profissão técnico em manutenção, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Antonio Figueira, Jardim das Flores, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de BENEDITO DOS REIS DAMACENO e de dona SELMA VIDAL DA SILVA DAMACENO. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e cinco (25) de agosto de um mil novecentos e oitenta e cinco (1985), profissão farmacêutica, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua João Zanella, 116, Jardim Julio Moretti, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de ANTONIO CARLOS FERREIRA LIMA e de dona MARIA DE LOURDES MIQUELASSI FERREIRA LIMA. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2244 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // MANOEL MESSIAS SANTOS DE LIMA e BARBARA ALVES DOS SANTOS //. Ele, natural de São José da Tapera, Estado de Alagoas, nascido aos doze (12) de setembro de um mil novecentos e noventa e três (1993), profissão serviços gerais, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Ceará, 95, Jardim Gurilândia, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de NIVALDO BALBINO DE LIMA e de dona MARIA SANTOS DE LIMA. Ela, natural de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, nascida aos vinte (20) de fevereiro de um mil novecentos e noventa e oito (1998), profissão do lar, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Ceará, 95, Jardim Gurilândia, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de FRANCISCO AVELINO DOS SANTOS e de dona MARIA APARECIDA ALVES. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2245 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // MIGUEL OLIVA FILHO e MARILDA MANUEL //. Ele, natural de Tambaú, Estado de São Paulo, nascido aos doze (12) de fevereiro de um mil novecentos e cinquenta e três (1953), profissão jardineiro, estado civil viúvo, domiciliado e residente à Rua Professor Reinaldo dos Santos, 450, André Franco Montoro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de MIGUEL OLIVA e de dona DURVALINA RIBEIRO OLI VA. Ela, natural de Telêmaco Borba, Estado do Paraná, nascida aos trinta (30) de junho de um mil novecentos e sessenta e seis (1966), profissão ajudante de cozinha, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Rua Professor Reinaldo dos Santos, 450, André Franco Montoro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de NELSON MANUEL e de dona THEREZINHA BENTO MANUEL. (Conversão União Estável) EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2246 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // ARMANDO SOBRAL e JOELI LIANA ESTEVES //. Ele, natural de São Paulo, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e sete (27) de maio de um mil novecentos e quarenta e três (1943), profissão cabelereiro, estado civil divorciado, domiciliado e residente à Rua Pedro Eugenio da Silva, 244, Jardim do Sol, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JOÃO SOBRAL e de dona MARIA DE DEUS SOBRAL. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dezenove (19) de novembro de um mil novecentos e sessenta e quatro (1964), profissão carteira, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Rua Pedro Eugenio da Silva, 244, Jardim do Sol, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de ROSÁRIO ESTEVES e de dona FRANCISCA I RIA DA CONCEIÇÃO ESTEVES. (Conversão União Estável) EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2247 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // GUSTAVO MACHADO NETO e DILMA DE CÁSSIA LOURENÇO //. Ele, natural de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, nascido aos dezesseis (16) de setembro de um mil novecentos e oitenta e cinco (1985), profissão vigilante, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Guido Tartaro, 86, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de dona GLEICIEL APARECIDA SEVERINO MACHADO. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos treze (13) de agosto de um mil novecentos e sessenta e seis (1966), profissão esteticista e massoterapeuta, estado civil divorciada, domiciliada e residente à Rua Guido Tartaro, 86, Jardim Aquarius, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOÃO LOURENÇO e de dona MARINA APARECIDA BARBOSA LOURENÇO. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem .................................................................................................... . R$ 120 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sendo 1 suite, com hidro e closet, sala, copa, coz, área lazer, piscina aquecida, gar 2 carros, portão eletronico e aquecedor solar com acabamento de primeira ....................................................................... R$ 400 mil Itamaraty 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia e edicula no fundo ............................................... R$ 180 mil Cohab 3 2 dorm, sala, copa, coz, lavanderia ............................................................................................. R$ 95 mil Rua Pestalozzi 2 dorm, sala, coz (terreno 13x11) ...................................................................................... R$ 75 mil Nova Roma sala, copa, coz, 2 dorm, 2 wc, garagem (troca por casa menor valor) ....................................... R$ 180 mil Casa Centro ao lado Banco do Brasil, 2 dorm, sala, coz, terreno 176m2 .................................................. R$ 270 mil Jardim Aquarius 282,13m2 de construção e terreno de 777,50m2 ......................................................... R$ 350 mil Vila Mendes nova, 2 dorm, sala, coz (minha casa minha vida) ................................................................... R$ 105 mil Vila Mendes 2 dorm, sala, coz, área na frente, terreno 10x27 ........................................................................ R$ 90 mil Dom Bosco 3 dorm, garagem 2 carros, área no fundo, murada .................................................................... R$ 200 mil Nova Roma - 200m2 de construção, sendo 3 dorm, sala, coz, lavanderia, varanda, garagem, murada, portões, construída em dois terrenos com 696m2 (24x29) .................................................................................................... ...... R$ 350 mil Edícula Jd. Primavera reformada, sala, coz, 1 dorm amplo, lav, murada, quint ciment. ac financ. .................... R$ 105 mil Dom Bosco 2 dorm, sala, coz, wc social, varanda, murada ......................................................................... R$ 130 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão ........................... R$ 270 mil Cohab 2 - 2 dorm, sala, copa, coz, portão, murada ..................................................................................... R$ 130 mil Casa Nova Roma esquina, 2 dorm, murada, portão ................................................................................. R$ 160 mil Duas edículas próx. Real .................................................................................................... ................. R$ 110 mil Ap. Recanto Lagoinha 2 dorm .................................................................................................... .......... R$ 160 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ........................................................ R$ 190 mil Edícula Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, wc e garagem .............................................................................. R$ 80 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2 ............. R$ 1.500.000,00 ac. proposta Julio Moretti esq, 3 dorm, sala, coz, wc social, murada, portão eletrônico .................................................. R$ 180 mil Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ........................ R$ 230 mil Luiz Gonzaga 2 dorm com arm. emb, sala, copa, coz planejada, gar 2 carros ................................................ R$ 220 mil Sobrado Cohab 1, esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem ............................................................. R$ 180 mil Casa de madeira, Nova Roma, 3 dorm, sala, coz, wc, terreno 11x25, murada e portão ................................. R$ 110 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real ................................................................. R$ 180 mil Rua Pestalozzi 3 dorm, sala, coz, garagem, + salão comercial .................................................................... R$ 140 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ...................... R$ 450 mil Casa Jardim Elite 2 dorm, sala, coz, lavanderia, garagem, terreno amplo ................................................... R$ 130 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 .............................. R$ 350 mil Casa Luiz Gonzaga 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, á. serv, á. churras, gar, aq. solar .......................... R$ 430 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc sociais, terreno 600 m2 ...................... R$ 400 mil Rua Goiás 3 dorm, sala, coz, varanda, garagem ....................................................................................... R$ 230 mil Sobrado com Comércio, de frente a escola Conde ..................................................................................... R$ 330 mil Rua Alagoas esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem e salão comercial ............................................ R$ 170 mil

Terreno amplo 1090m2 na rua do Comércio com uma casa velha (ót oportunidade) .................... apenas R$ 75 mil Jd Paloma com 467 m2, lib. construir, ac. carro menor valor (exc. preço), quitado ... R$ 180 o m2 ou seja R$ 84 mil 02 terrenos Canaã ............................................................................. Entrada + parcelas de R$ 470,00 cada um Terreno Ari Carneiro 200m2 ............................................................ entrada de 18 mil + parcelas de R$ 442,00 Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, .......................................................... R$ consulte-nos Morumbi Novo terreno de esquina medindo 388m2, plano, ótima localização (imperdível) .............. consulte-nos Terreno AV São Paulo esquina com 200m2 de frente ao centro cultural ............................................... R$ 190 mil Terreno Jardim Paloma medindo 632 m2, sendo 15x42 com toda infra, liberado para construir...R$ 190,00 o m2, saldo devedor de 20 mil. Entrada ac carro e divide em 4x. Total R$ 120 mil 12 terrenos juntos Jardim Aquarius, escritura individual, todos cercados com uma casa. ...................... VENDIDO Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

PÁGINA 31

Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de 676 m2R$ 900 mil Centro esquina, 2 dorm, sala, cozinha, wc social, lavanderia, garagem, murada ........................................... R$ 130 mil Centro 50m construído, 2 dorm, sala, coz, murada .................................................................................... R$ 120 mil Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ............................................................. R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia .................................................. R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc ................................................ R$ 240 mil Cohab 1 3 dorm, sala, coz, copa, área churras, lavand, garagem, esquina ..................................................... R$ 140 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, murada ................................................................................................... R$ 98 mil Casa Nova Roma, 2 dorm, sala, coz, terreno 5,5x25 ............................................................................... R$ 108 mil Dom Bosco 3 dorm, sala, coz, wc social, em construção ............................................................................ R$ 150 mil Jd Elite 2 dorm, sala, coz, semi nova, ................................................................. R$ 55 mil + prestações de R$ 390,00 Edícula Nova Roma, 2 dorm, sala, coz varanda, com churrasqueira e garagem ............................................ R$ 200 mil Ap. Ribeirão 48m2 (parque dos lagos) 2 dorm ........................................................................................ R$ 165 mil Apartamento Ribeirão Preto, jardim Paulistano, 1 dormitório (reformado) .............................................. R$ 160 mil Dom Bosco 3 dorm, sendo 1 suíte, sala, copa, coz, área lazer, garagem, acab. 1ª ........................................... R$ 365 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, área serviço, garagem, edícula separada, ótimas p/aluguel .............................. R$ 100 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. ....................... R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor Sobrado Jd Primavera 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, lavabo, área churras, piscina, ót local .................... R$ 400 mil Av. Rio Branco 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, armário embutido coz, terreno 11,60x28,40 ...................... R$ 350 mil rua Rio de Janeiro 3 dorm, sala, copa, coz, wc social, lavanderia, área churras, gar 2 carros ......................... R$ 220 mil Nosso Teto esquina, 2 dorm, sala, coz, 2wc, área churrasco ......................................................................... R$ 95 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, cozinha, wc social, sacada, terreno 11x25 ....................................................... R$ 110 mil Monte Alto esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, lavand, garagem ampla .................................. R$ 290mil Julio Moretti 2 dorm,sala, coz, portão eletrônico .................................................................................... R$ 120 mil Casa Jardim Aquarius 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, terrno 5x25 ................................................... R$ 85 mil Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ................................ R$ 350 mil Cohab 3 2 dorm, duas sals, copa, coz, lavanderia, área lazer ...................................................................... R$ 105 mil Cohab 4 quitada, 2 dorm, sala, coz (piso frio e forrada) + edícula com laje .................................................. R$ 105 mil Jardim do Sol 138m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem ....................................................... R$ 200mil Luiz Gonzaga de frente escola de Química, 2 dorm, sala, coz, banheiro ...................................................... R$ 130 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavand, área churras, esq ............................... R$ 380 mil Cohab 1 2 dorm, sala, coz, garagem .................................................................................................... ...... R$ 95 mil Jd Aquarius 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, garagem (próx rodoviária) .......................... R$ 200 mil Nova Roma Estamos construindo casas no plano Minha Casa Minha Vida ........................................... Consulte-nos Nova Roma 114 m2, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem e port. 153 m2 de terreno ......... R$ 160 mil Centro rua 7 de Setembro, 285 m2, 3 suites, com 2 closets, sala de visita e TV, copa, coz, lavanderia, garagem (falta acabamento) terreno de 570 m2 .................................................................................................... ............................. R$ 420 mil

Sítio 2.18 alqueires, em Cajuru, terra roxa - ót. plantio) com casa e água corrente ..................... R$ 320 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 170 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ................................................................................... R$ 160 mil Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil Área Jd Primavera 2370 metros com asfalto, urbano, excelente localização ............................... R$ 250 mil Sítio 20.000m2 com córrego no fundo, energia próxima, ac casa na troca .................................... R$ 150 mil Sítio 42.0000m2 frente a pista, venda ou troca por casa ac troca por casa ..................................... R$ 200 mil Sítio 1 alqueire 2 casas, 2 represas e 2 poços, café, cana e pasto, 800 metros do asfalto. Ac. casa R$ 230 mil Sítio defronte a pista de São Simão a Santa Rosa, 1 alqueire, com casa simples, 8 forno pra carvão e 2 mil pés de eucalíptos com 2 anos .............................................................................................................. R$ 200 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Homem é esfaqueado na Avenida Amália Um homem foi esfaqueado no abdômen e nas costas na última quarta-feira (17), por volta das 21h30, na Avenida Amália. Quando a polícia chegou ao local, a vítima estava sendo socorrida pelo SAMU e levado para o Pronto Socorro. O agressor ainda estava no local e foi preso. Indagado sobre o motivo da agressão, ele recusouse a responder. Questionado sobre a arma, alegou ter usado cacos de vidro. A polícia fez vistoria e não encontrou a faca. Ele foi algemado e encaminhado para a delegacia, onde foi feito o boletim e liberado na sequência.

Homem furta DVD de caminhonete para comprar crack Um homem furtou DVD e canivete dentro de uma caminhonete, domingo (14), por volta das 20h30, no Jardim Planalto. A vítima declarou no Boletim de ocorrência, que estava na sua casa no momento, ouviu um barulho. Ele foi verificar e flagrou o suspeito fugindo e o reconheceu. A polícia foi chamada e com as características em mãos, encontrou o sujeito. Os objetos foram recuperados e o homem foi levado para a delegacia, onde foi solto posteriormente.

Duas casas furtadas Duas casas foram furtadas esta semana na cidade. A primeira foi domingo (14), por volta das 20h, no Nova Roma, a vítima afirmou ao B.O, que haviam sido levado uma TV de 42 polegadas, celular e notebook. O segundo crime ocorreu na quarta-feira (17), por volta das 17h30, no Dom Bosco. O dono da casa, ainda não havia contabilizado o prejuízo. Até o momento, ninguém foi preso.

PÁGINA 33

Empresa de Santa Rosa é vítima constante de estelionatários Cansad a de lev ar golpes, a construtora Aumaris já não sabe mais a quem recorrer para resolver seu problema. A empresa é vítima de estelionatários que usam os documento s d a emp r esa para fazer compras por todo o Estado. E como não pagam, a conta vem para Santa Rosa. Segundo o engenheiro Elias

Moussa, um dos sócios da empresa, as compras ultrapassam cem mil reais. "Eles falsificam a documentação que pegam pela Internet, se passam por nós e compram em nome da firma retirando o material. Aí a duplicata chega pra gente, e neste momento ficamos sabendo que foi golpe', conta Elias. E é aí que começa o

transtorno, pois segundo Elias, a empresa que vendeu aciona a cobrança na justiça, envia o CNPJ para os órgãos de proteção e o nome da empresa fica sujo por causa do golpe. "Aí temos que contratar advogado, ir na justiça para provar que não fomos nós que compramos. E como trabalhamos com obras públicas, o prejuízo é grande",

afirma o engenheiro. Foram quatro compras efetuadas que passam dos cem mil reais. Em Franca, Campinas e Bebedouro. "Registramos queixas na polícia, mas como envolve diversas cidades, a investigação é bem demorada, e enquanto isso os estelionatários só estão gastando", desabafa Elias.

Audiência pública divulga novos dados da segurança em Santa Rosa A 2ª audiência pública organizada pela Polícia Militar trouxe novamente a público, os dados locais sobre o trabalho realizado pela instituição, no Centro Cultural, segunda-feira (16), às 19h. Ela foi presidida pelo Sargento da PM Responsável pelo Comando do 1º Pel/PM de Santa Rosa, Adão Pereira e Capitão Guedes. Como no primeiro encontro, que aconteceu em maio, os objetivos da reunião eram estreitar os laços com a comunidade, criar uma rede de cooperação, dialogar, fortalecer a prevenção primária e promover a cultura de segurança, porém novamente, a participação popular foi baixa, com a presença de cerca de 10 pessoas. Também foram apresentados dados comparativos sobre o trabalho do efetivo local, relativos a abril,

maio e junho de 2015 e estes mesmos meses de 2016. Foi relatado um aumento de 68,3% no número de ocorrências, no período, passando de 593 (sendo 197 em abril, 202 maio e 194 junho) para 998 (325 em abril, 329 maio e 344 junho). Segundo o Sargento Adão o motivo foi a implantação do 190 sendo atendido pelo COPOM, fazendo com que em alguns casos, até duas viaturas estejam na rua ao mesmo tempo. E ainda diminuíram os trotes, as pessoas que ligam agora são rastreadas, e isso inibe as brincadeiras de mau gosto. O número de furtos caiu de 58 para 46, uma queda de 20,7%. Desses delitos, a grande maioria é de celular. Enquanto isso, os roubos caíram de 2 para nenhum. Até o fim do ano,

acontecerá uma nova audiência, que provavelmente será no dia 15 de novembro. Vizinhança solidária - Sargentão Adão explicou que pretendem instalar um novo projeto cha-

mado Vizinhança Solidário, que consiste em aproximar os vizinhos para resgatar a sensação de segurança, tomando medidas preventivas, ou seja, um vigia a casa do outro para assegurar a segurança do bairro, rua, comunidade.


PÁGINA 34

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

Gado pasta em área de preservação permanente No último14 de Agosto, domingo dos pais, uma manada de gado pastou na área de preservação permanente do Jardim Nova Canaã. O local fica situado na margem esquerda da nascente do córrego Gaspar e está sendo reflorestado pelo empreendedor do loteamento. A área não está cercada e o gado, provavelmente foragido de algum criador das redondezas, se empanturrou com a grama.

Bom exemplo Dona Maria de 59 anos mudou-se recentemente para a Onézimo Wiesel, próximo à Nig local utilizado para descarte irregular de lixo. Inconformada com a sujeira que encontrou, ela logo pediu caçambas na prefeitura e limpou todo o terreno. "Ser pobre não é defeito, defeito é gostar de sujeira", frisou ela. Que ainda agradece a prefeitura pelas caçambas.

FALA NOSSO TETO

PÁGINA 35

Vendaval assusta Por volta das 16h da última segunda feira (15), um vendaval assustou e causou prejuízos aos moradores do bairro e outros circunvizinhos, como no Nova Roma, onde telhas caíram sobre o veículo da família. Naquele dia o clima estava instável, com ameaça de chuva, porém a violência da tempestade surpreendeu a todos. Telhas voaram das casas como se fossem folhas de papel. O prédio da CEMEC João Cândido dos Reis, que abriga o projeto Recriança, também foi atingido pela fúria da natureza. As telhas de cerâmicas do prédio voaram longe. Segundo informações, naquela hora havia crianças nas salas de aula. Em construção ao lado da CMEC, a sede da associação dos produtores rurais teve o telhado destruído pela ventania. Por todo bairro árvores perderam galhos e muita sujeira foi espalhada pelas ruas. Próximo à indústria Chiaperini um toldo comercial se desprendeu e caiu sobre um veículo. O bairro também ficou sem energia. Na rua Lazinho Antônio de Oliveira, defronte à Salgaderia Parada Obrigatória, fios da alta tensão entraram em curto. Apesar de pouca duração, a tempestade de granizo contabilizou muitos prejuízos. A manhã que se seguiu foi de reconstrução e limpeza. Apesar dos danos materiais, ninguém se feriu.

GRAMÁTICA NA MEDIDA A dica de hoje é um pouco diferente, é para quem faz provas e concursos, bem como vestibulares. Você pode estar pensando que está cansado de sabê-las, mas vez ou outra, as pessoas se esquecem. Vai por mim, sei como ninguém... Dica 1: Escreva à tinta. Isso é muito sério: caneta esferográfica preta ou azul (preferencialmente preta). Aquilo que não está à tinta é desconsiderado na correção. Dica 2: Não ultrapasse os espaços definidos para se escrever uma questão ou redação. Se isso acontece, aquele trecho poderá não ser corrigido... Dica 3: Escreva em letra legível. Você pode escrever com letra cursiva (a famosa "letra de mão") ou letra de imprensa (a famosa "letra de forma"). Tanto faz, desde que esteja compreensível. Em breve, mais dicas destas. Fique de olho! Aline Vilela é professora da rede privada de ensino e corretora de vestibulares. #gramáticanamedida


PÁGINA 36

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

PÁGINA 37


PÁGINA PÁGINA38

38

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

O -JORN ALZ ÃO OClélia JORN ALZÃO - E D . 1.061 20/08/2016 Zanardo cleliazanardo@bol.com.br

E D IÇ ÃO 1.043 1.061 16/04/2016 20/08/2016


JORNALZÃO ALZ ÃO- E DClélia OOJORN . 1.061 -Zanardo 20/08/2016 E D IÇ ÃO 1.061 20/08/2016

cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

PÁGINA PÁGINA 39 Informe Publicitário

39


PÁGINA 40

O JORN ALZÃO - E D . 1.061 - 20/08/2016

O Jornalzão, edição 1061  
O Jornalzão, edição 1061  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement