Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 06/08/2016 - Ano 22 - N.º 1.059 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

"Estou aliviado!", diz Cassinho ao anunciar que não é candidato

Fim do mistério! Cassinho (foto) desiste de se candidatar à reeleição, mas não menciona o nome de quem apoiará para sucedê-lo. Ao falar sobre os aliados que o abandonaram, na entrevista exclusiva ao Jornalzão, dispara: "Quem tinha interesse escuso se afastou".

R$ 3,00

O JORNALZÃO PERGUNTA

Candidatos falam sobre funcionalismo

Fernando Engº

Chiaperini

Professora Estela

Tadeu Cicolani

Nando Gasperini

Durante as próximas oito semanas o Jornalzão fará perguntas a todos os candidatos a prefeito de Santa Rosa. Cada semana um tema. Hoje é sobre funcionalismo. As perguntas serão enviadas através de e.mail, com espaço igual para resposta aos cinco candidatos. Aquele que declinar, o espaço será deixado em branco, conforme orientação do Juiz Eleitoral Alexandre Cesar Ribeiro, para dar igualdade a todos. Com isso o Jornalzão espera contribuir no processo eleitoral, trazendo o candidato mais próximo da população. “De prima” agradecemos a todos eles pela participação.

Tocha Olímpica em Santa Rosa - Aproveitando o espírito olímpico, O Jornalzão e Prefeitura Municipal fizeram uma parceria e nesta segunda feira trarão a tocha olímpica oficial para uma “visita” à Santa Rosa. O condutor Luciano Semeão (foto) visitará todas as escolas municipais para a garotada fazer selfies e ver de perto a tocha que ele conduziu em Ribeirão Preto.

Hemocentro faz coleta de sangue hoje no 'Maurílio'

SUSA termina com show de MC adiado

O Hemocentro de Ribeirão Preto realizará hoje na EMEF Prof. Maurílio de Oliveira, na Rua Éfren Testa, 39, a segunda campanha de doação de sangue do ano (a primeira foi em fevereiro), e atenderá das 7 da manhã ao meio dia.

Febre mundial, 'Pokémon Go' chegou em Santa Rosa

Cia. Minaz de Ópera em Santa Rosa hoje. Não Perca

Dois de Santa Rosa na segurança olímpica


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 3

ENTREVISTA

Cassinho decide não se candidatar à reeleição Desfazendo o mistério que provocou, no final de semana passado, o prefeito Cassinho afirmou que não será candidato, e que se sente aliviado pelo fim próximo de seu manda to . Evita falar em nome de candidato a prefeito que possa apoiar e acrítica antigos aliados que dele se afastaram.

Cassinho decidiu esta semana não disputar a reeleição, e diz que sua decisão está lastreada "por uma série de razões que, no momento certo, serão explicadas". O prefeito, eleito com 7.629 votos em 2012 (recorde municipal), não declara apoio a qualquer dos pré-candidatos. Os meios políticos se agitaram, durante a sema-

PÉROLAS POLÍTICAS Reprodução

na que passou, quando circular am b oato s so br e eventual desistência do pré-candidato, e ex-prefeito, Chiaperini que apoiou Cassinho em sua sucessão. - Desde o começo, jamais trabalhamos pensando em reeleição. O que aconteceu é que, nas últimas duas semanas, tivemos um susto aí, e fizemos algum movimento na direção de uma possível mudança de rumo. Ia

ser um desespero, na verdade. Mas estava claro que não disputaria, nem disputarei, eleição contra o Chiaperini. Depois da convenção desta semana, que lançou oficialmente Chiaperini (SD), Cassinho relaxou. - Estou é muito aliviado. Não tenho ressentimentos. Quero é terminar esses quatro meses de mandato, e tocar minha vida.

"Tem ex-prefeito aí que não participa de nada" Ele avisa que continuará participando da vida da cidade, como voluntário, e alfineta. - Tem um monte de ex-prefeito aí que não participa de nada, que só aparece nas eleições. Apesar disso o atual prefeito diz que "gostaria muito que as pessoas que vivem mais próximas à realidade política fizessem de uma maneira certa, correta, no intuito de melhorar a vida das pessoas, já que esse dever está nas mãos delas." A imprensa nacional destacou, nesta semana, que 87% dos municípios brasileiros estão em grandes dificuldades financeiras. Cassinho assegura que não é o caso de Santa Rosa. - Nossa situação não é a que a gente queria, mas, dentro do possível, estamos administrando. E os serviços públicos estão funcionando. O prefeito, de 54 anos, assegura que as medidas que adotou, para conter gastos, tiveram pleno êxito. - Só na redução dos cargos comissionados, de 89 para 41, passamos a economizar R$ 100 mil por mês destaca.

O contraditório, o hilário e o verdadeiro O ex-prefeito Vicente Cintra, ex-inimigo do ex-prefeito Nando, compartilhou postagem de facebook onde Nando cumprimenta seu vice, o vereador Doutor Renato. O engraçado é que outro candidato a prefeito, Fernando Engenheiro, que foi preterido a vice de Nando na última eleição, curtiu a postagem. Verdadeiro mesmo foi o cidadão, que “desceu a lenha” na atual administração e nos vereadores (inclusive o da foto).

Prefeito não revela o nome de quem irá apoiar

"Quem tinha interesse escuso se afastou" Para ele, o ano mais difícil para fechamento de contas será este, por ser o de encerramento de mandato, e por conta da crise nacional que vem se agravando. E avisa que vai ser preciso mais um pouquinho de arrocho. Cassinho considera que o próximo prefeito não poderá se afastar da conduta que ele adotou desde quando assumiu. - A próxima administração tem que ser técnica e não política. Por fazer isso estou pagando alto preço político - críticas e rejeição ao meu nome. Mas me orgulho dessa postura. Questionado sobre se tal conduta tenha provocado afastamento de antigos aliados, Cassinho responde. - Os aliados que tinham interesses escusos, se afastaram. Os que partilhavam da ideia nossa de fazer pela cidade, estão comigo até hoje. Para resumir seus únicos quatro anos de vida pública, Cassinho salienta. - Tenho a minha consciência muito tranquila; eu fiz o melhor que pude pra esse nosso povo. Tentei ser o mais justo possível. Acabei chocando com alguns interesses, que não eram os da maioria. Mas se não tivesse agido assim, estaríamos na lista dos 87% de prefeituras em situação difícil.


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

EDITORIAL

CARTAS À REDAÇÃO

COLUNA ROTÁRIA

Democracia - O Jornalzão agradece aos candidatos a prefeito de Santa Rosa por aceitarem responder nossos questionamentos ao longo da campanha política. É uma boa oportunidade para nosso leitor eleitor comparar. Desejamos aos postulantes que tenham uma ótima campanha, em paz e mantendo o nível. Boa sorte a todos.

Meus dias no escuro

Henrique Gil

Lula disse que foi o maior presidente que o Brasil já teve. Se o Lula que foi o maior presidente do Brasil... Temos que engolir José Neumanny Pinto. Posso até concordar com o Lula dependendo de ver o que ele fez. Há uns dois meses, quase três, Michel Temer assumiu a presidência e já tem gente pesando que Temer foi o responsável pela tragédia que o PT provocou no país. Parte dessa tragédia são quase doze milhões de desempregados, mais de duas mil obras federais paralisadas em todo o país, empresas falidas ou a beira da falência. O que tem segurado as pontas é o agronegócio, responsável por 40% do Produto Interno Bruto, mas está ameaçado por um militante do PT, quando: Em discurso dentro do Palácio do Planalto prometeu invadir e saquear propriedades rurais e foi aplaudido por todos. O PT é especialista em criar classes sociais, em uma delas, com apenas 400 reais, a pessoa sai de uma classe e passa para a outra. É uma matemática que não entendo. Certa vez um amigo me disse que: 2a+b=64, queimei a pestana, mas cheguei a esse resultado. Se contarmos o que o PT fez para o Dr. Josias (Flávio Migliaccio da Novela "Êta Mundo Bom!), ele diria: Gente gente. Uma das causas que leva Dilma ao afastamento, já levou muitos prefeitos ao afastamento Brasil a fora, e que estão enrolados com a justiça. Os desfalques deles são de 25 a 35 mil reais enquanto que o desfalque da Dilma é de 153 bilhões. Enquanto os caixas de "campanhas" do PT seguem recheados de reais e dólares, o povo segue cantando a música do Rio Negro e Solimões: "Minhas queixas/ meus apuros/ Minhas insônias/ Meus dias no escuro. José Carlos Vilas Boas da Rocha

Rotary Club realizou sua transmissão de cargos

Espaços - A diagramação dos espaços dos candidatos mudará toda semana, assim, com uma rotação de páginas, todos ocuparão os mesmos espaços, sem privilégios de páginas pares ou ímpares. Tocha olímpica - Uma parceria da Secretaria Municipal de Educação e do Jornalzão vai trazer nesta segunda feira a tocha olímpica ofical para visitar todas as escolas municipais. O condutor Luciano Semeão, do “Droni Caipira”, virá à caráter para que toda criança faça sua selfie.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO é uma publicação da editora André Nagib Moussa ME - Redação:rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Daniel Pereira Tiragem: 2.500 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo e São Simão Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

Quinta-feira, dia 28 de Julho de 2016, ocorreu a transmissão de cargos do Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo. De maneira festiva, o jantar contou com rotarianos e familiares de diversas cidades da região, além de autoridades locais. Foi com muita alegria que assistimos a troca de PINs do Presidente 2015/16, Rafael Bonacin Juns, para Renato Steffanelli Bonancin, o qual assumirá a presidência do Rotary Club nos anos 2016/2017. O Rotary International é uma ONG que reúne líderes com o objetivo de discutir ideias e colocá-las em prática. As ações, tanto regionais, quanto internacionais, estão voltadas para algumas áreas de enfoque: "Paz e prevenção de conflitos. "Prevenção e tratamento de doenças. "Recursos hídricos e saneamento. "Saúde materno-infantil. "Educação Básica e alfabetização. "Desenvolvimento econômico e comunitário. O Rotary Club de Santa Rosa realiza anualmente o prêmio Roque Bonancin, abrangendo a área Educação Básica. A partir deste ano, serão discutidas, também, ideias para Recursos Hídricos e Saneamento. Empresas interessadas podem entrar em contato. Entre em contato: Página do Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: http://facebook.com/rotarysrv Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: Av. Henrique Alonso Martins, 275


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÉROLAS POLÍTICAS Fora do jogo Stela Dalecio, que se candidataria a prefeita pelo PT, também utilizou o FB para justificar sua desistência. "Por motivos de que somente os malfeitores sabem, infelizmente estou fora da política este ano. Sei que muitos não têm afinidade pelo PT, mas este é o partido que mais contribuiu com verba para o nosso município, e o cenário nacional nada tem haver com o municipal. Eu amo todos vocês como quem ama um irmão. Se seu problema é saúde, pra ti profetizo a cura, se seu problema é financeiro, que Deus derrame sobre sua casa bênçãos sem medida, se é sentimental, você é especial e um Alguém que é todo Poderoso te ama e está nesta peleja."

PÁGINA 5

Dois de Santa Rosa na segurança olímpica O soldado PM aposentado, Carlos Umberto Fernandes, 55 anos, revela muita emoção pelo fato de engrossar as tropas da Força Nacional na segurança na Olimpíada do Rio de Janeiro.

- É coisa do outro mundo isso aqui, lindo demais - disse ele ontem, por telefone, ao Jornalzão. Segundo o policial santa-rosense - 'Tesourinha adestrador de cães', para os íntimos - "o pessoal é muito

Uma ajudinha, pelo amor de Deus! Durante o tempo que durou a dúvida se Cassinho seria ou não candidato à reeleição, muita gente chegou a procurar a Prefeitura. Pessoas dos mais diversos bairros e perfis compareceram levando pedidos os mais diversos. A assessoria do prefeito, por troça, anotou alguns: dinheiro pra comprer pneu, para pagamento de contas de energia, água e aluguéis, para comprar fraudas para crianças e adultos, remédios, fornecimento de cadeira de rodas, serviços de advogados e até expedição de alvará para funcionamento de taxi.

Tesourinha adestrador diz que o Rio está lindo demais

unido, e a organização muito bonita". - O Rio é uma cidade louca, todos sabemos disso. Mas o pessoal daqui tá percebendo que a gente é militar e o tratamento é respeitoso. Segundo ele, o estado de São Paulo deve ter enviado 4 mil homens para o Rio. - Na vila Militar acho

que somos em 10 mil - calcula. O comando da PM paulista comunicou aos aposentados, com até 5 anos de inatividade e até 55 anos de idade, que poderiam se inscrever. Além de Umberto, o sargento Haroldo Pessoas também aceitou o desafio de voltar ao trabalho provisoriamente.


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

CANDIDATO RESPONDE

PÁGINA 11

Professora Estelinha

Tadeu Cicolani

Planejamento é a marca do sucesso

Não serei prefeito promessinha

1- Com a atual situação eco nô mica d o país, a prefeitura tem um déficit mensal grande e o senhor (a), caso ga nhe a eleição, deve a ssumir a p refeitura com alguma dívida. Uma das urgências é a situação d os servid ores. Como o senhor (a) vai tratar d este a ssunto . Qual será a sua política com os servidores municipais? Como servidora tenho como compromisso fazer uma reforma administrativa com plano de carreira para atender aos anseios do funcionalismo. O déficit mensal da prefeitura, segundo o Dep. de Planejamento e Finanças, é em torno de R$ 200 mil mensais. A dívida com fornecedores é de R$ 2 milhões. Os precatórios estão negociados até 2020. O orçamento para este ano é de 58 milhões e arrecadação prevista de 56 milhões. A Dívida Ativa, o que a prefeitura tem a receber, é de R$ 5 milhões. É um grande desafio esclarecer a comunidade e ao funcionalismo da situação atual da Casa do Povo. Com força, equipe competente e criatividade, junto com a comunidade, priorizaremos a aplicação de recursos arrecadados. Como representante do povo, buscarei recursos junto aos governos Estadual e Federal. Equacionando tudo isso colocaremos a casa em ordem. 2- A defasagem salarial atual dos servido-

res é de quase 15% e isso impactaria em mais de 200 mil reais ao mês para os cofres públicos. E já em janeiro a prefeitura deveria repor. O senhor (a) vai repor ou não? Se for, de onde vem o dinheiro, onde vai economizar? Os servidores da ativa estão com salários defasados e já representam 53,38% da arrecadação, no limite da Lei. Tenho comigo que o servidor motivado é a mola propulsora da máquina administrativa e esse aumento de 15% terá que vir da receita própria e redução nos cargos de confiança. Colhi assinaturas para baixar os salários dos cargos do executivo e legislativo da próxima gestão, mas, a vontade popular foi ignorada. Vamos fazer uma reforma administrativa com os servidores e, juntos, procurar uma solução que responda aos anseios de todos. Repito que é necessário equacionar e aumentar a receita do município. O índice DIPAM do ICMS em 2008 fo i de 0,0744 e, em 2016, caiu para 0,0524. Isto em porcentagem representa uma queda de 42,11%, tudo por causa da perda da Fábrica de Sabonetes e a Usina de Açúcar. 3- O senho r (a ) acha que a prefeitura está inchada? Quantos assessores o senhor vai nomear se vencer as elei-

ções? Como o senhor (a) classifica o serviço público prestado pela prefeitura atualmente? A falta de planejamento aparentemente inchou a máquina administrativa. Como funcionária concursada eu vejo isso. Setores inchados e outros faltando. Os cargos de confiança, eram quase 100 em outros governos, hoje são 41, com 38 preenchidos e representam quase R$ 200 mil reais de despesa. A estrutura organizacional está mal elaborada, necessitando urgente uma reforma administrativa. Os Diretores serão no máximo 8 e alguns preenchidos por cargos de carreira dentro de uma lista tríplice indicada pelos funcionários de cada setor. Nestes 3 anos e meio como pré-candidata, busco subsídios em vários setores da comunidade para compor o Plano de Governo. Na saúde faltam enfermeiros, médicos e remédios; em algumas escolas funcionários e até professores. Planejamento e a máquina administrativa redondinha é a marca do sucesso.

1- Com a atual situação eco nô mica d o país, a prefeitura tem um déficit mensal grande e o senhor (a), caso ga nhe a eleição, deve a ssumir a p refeitura com alguma dívida. Uma das urgências é a situação d os servid ores. Como o senhor (a) vai tratar d este a ssunto . Qual será a sua política com os servidores muni- não? Se for, de onde vem cipais? o dinheiro, onde vai economizar? O assunto será tratado como manda a lei. AdRepetindo, faremos ministrar o município é li- tudo o que manda a lei. O dar com todos os recursos princípio fundamental da disponíveis. E o maior re- administração pública, diz curso que a prefeitura tem a Constituição de 1988, em são seus fu ncionár ios. seu artigo 37 é o princípio Sempre que esclarecidos e da legalidade no qual se estimulados, os servidores fundam os demais, a saber municipais serão respeita- - impessoalidade, moralidados e valorizados na razão de, publicidade e eficiêndireta da cooperação de cia. Além disso, é preciso cada um. Eles bem sabem estar atento à Lei Orçaque, com dívida e queda na mentária Anual (LOA) que arrecadação , os co fres o atual prefeito deverá esmunicipais estão vazios. tar elaborando para 2017 Aguardaremos o prazo le- e enviará para aprovação gal para que o atual pre- da atual Câmara de Verefeito me disponibilize a ver- adores. Não serei prefeito dadeira situação do caixa promessinha. Estando clamunicipal. Depois, teremos ra a situação, farei o que gente competente para pode ser feito, sem demacorrer atrás de aumentar gogia. receitas e cortar despesas supérfluas; com isso os 3- O senho r (a ) recursos aparecerão natu- acha que a prefeitura ralmente. está inchada? Quantos assessores o senhor vai 2- A defasagem sa- nomear se vencer as eleilarial atual dos servido- ções? Como o senhor (a) res é de quase 15% e isso classifica o serviço públiimpactaria em mais de co prestado pela prefei20 0 mil rea is ao mês tura atualmente? para os cofres públicos. E já em janeiro a prefeiPenso que o atual tura deveria repor. O se- quadro é suficiente para nhor ( a) vai rep or ou tocar a prefeitura. O que

tem faltado nas últimas gestões do município é a falta de compromisso de alguns diretores, chefes e encarregados cuja responsabilidade não é cobrada pelos prefeitos. Estão ali, por interesse pessoal ou de grupos, sem se preocupar com a qualidade do serviço prestado. Natural que o responsável pela escolha desses ocupantes de cargos comissionados é o prefeito. A população não é boba e enxerga essa negligência; portanto, reclama com razão. Vou colocar pessoas competen tes e identificadas com o ideal de ser útil aos cidadãos, que pagam impostos e querem ver o retorno desses recursos, na forma de um serviço de qualidade. Sem competência e autoridade moral, o serviço público não prospera. Estando clara a situação, faremos o que deve ser feito, sem demagogia. É preciso passar a cidade a limpo. E viva Santa Rosa! Tad eu Cicol an i Pré-candidato a prefeito pelo Partido Verde - PV Uma chance à comp et ên cia. Viva Sa nt a Rosa!


CANDIDATO RESPONDE

PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

Fernando Engenheiro Assessor tem que ter qualidade e eficiência 1- Com a atual situação econômica do país, a prefeitura tem um déficit mensal grande e o senhor (a), caso ganhe a eleição, deve assumir a prefeitura com alguma dívida. Uma das urgências é a situação dos servidores. Como o senhor (a) vai tratar deste assunto. Qual será a sua política com os servidores municipais?

os servidores será participativa em todos os setores, pois tenho diversas ideias e vontade de implantar novas formas de conduzir os trabalhos na administração, mas quem sabe da realidade do dia-a-ia são os que estão executando os serviços e, antes de tomar qualquer atitude em cada setor iremos chegar a um denominador comum juntos.

2- A defasagem saTratarei com o maior larial atual dos servidorespeito e o mais próximo res é de quase 15% e isso possível de cada um, pois impactaria em mais de esta cidade não seria um 20 0 mil rea is ao mês lugar agradável (pedacinho para os cofres públicos. do céu) se não fossem eles, E já em janeiro a prefeiporque passam e entram tura deveria repor. O segestores e os funcionários nhor ( a) vai rep or ou continuam conduzindo mui- não? Se for, de onde vem to bem os trabalhos na pre- o dinheiro, onde vai ecofeitura. Minha política com nomizar?

Qualquer um que conhece um pouco de administração pública sabe que, anualmente, o chefe do executivo fará a revisão da remuneração dos servidores públicos, ou seja, o reajuste inflacionário para que estes possam continuar tendo o poder de compra que lhes é garantido. Acontece que esta regra constitucional vem sendo descumprida pela quase totalidade dos gestores municipais. E, assim, passaram dois, três, ou mesmo mais anos sem qualquer revisão da remuneração que a atualize com a inflação e os vencimentos tornaram-se completamente defasados. Enquanto os trabalhadores da iniciativa privada têm a Justiça do Trabalho para buscarem a

revisão do seu salário para adequá-los à inflação, o servidor público, pelo regime legal vigente, fica prostrado diante da vontade pessoal do chefe do Executivo, para conceder, ou não, o reajuste anual. Sem dúvida nenhuma iremos trabalhar para estabilizar esta situação com os servidores. 3- O senhor ( a) acha que a prefeitura está inchada? Quantos assessores o senhor vai nomear se vencer as eleições? Como o senhor (a) classifica o serviço público prestado pela prefeitura atualmente? Os critérios a serem usados para nomear os assessores serão a qualidade e eficiência. Qualificar a

gestão e torná-la democrática e eficiente deve ser uma prioridade. Antes de mais nada, uma gestão profissional que possa ir além das ilhas de profissionalismo e se legitimar diante da concretização do Interesse Público. Para tanto, incorporar os cargos como de carreira, hoje, sob a jurisdição da nomeação e concretização do Interesse Público é um imperativo. Isso fortalece as capacidades do município. Contudo, é necessário difundir métodos de avaliação que per-

mitam conferir maior eficiência às políticas e estimular, com base no desempenho, a ascensão aos cargos de direção de gestores com competências apropriadas em cada área de política e, com isso, minimizar os riscos de alimentar a "patronagem" ineficiente sem engessar o espaço necessário das decisões de caráter eminentemente político no interior da alta gestão Lembre-se: "DEUS só tem compromisso com quem tem compromisso com ELE!"


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 13

Nando Gasperini

Chiaperini

Assessor tem que ter qualidade e eficiência

Servidor Público é peça fundamental

1- Com a atual situação eco nô mica d o país, a prefeitura tem um déficit mensal grande e o senhor (a), caso ga nhe a eleição, deve a ssumir a p refeitura com alguma dívida. Uma das urgências é a situação d os servid ores. Como o senhor (a) vai tratar d este a ssunto . Qual será a sua política com os servidores municipais? Trataremos a questão dos servidores da mesma maneira como tratamos no período em que governamos: com diálogo, respeito e buscando valorizar o servidor de carreira. Beneficiamos a categoria com o ticket alimentação, a "vale gás", melhoramos a cesta básica, oferecemos abonos, apoiamos os eventos dos servidores, concedemos reajustes anuais, cursos de capacitação, entre outros benefícios. Eu seria inconsequente se fizesse alguma promessa em razão da crise nacional e do déficit que, possivelmente, o futuro prefeito irá receber como "presente". Os servidores me conhecem e minha alegria é o reconhecimento e o respeito que demonstram por minha pessoa. Promessa qualquer um pode fazer, porém, tratar o servidor como ser humano e figura mais importante da administração foi nossa marca. 2- A defasagem salarial atual dos servidores é de quase 15% e isso impactaria em mais de 20 0 mil rea is ao mês

para os cofres públicos. E já em janeiro a prefeitura deveria repor. O senhor ( a) vai rep or ou não? Se for, de onde vem o dinheiro, onde vai economizar? É impossível imaginar o que vai ser do nosso país em janeiro próximo. O Rio de Janeiro, um dos estados mais ricos da federação, até ontem, tem enfrentado dificuldade de honrar a folha dos servidores. Eu respondo a pergunta perguntando: Será que a atual administração irá pagar todas as férias que os servidores têm direito? Será que os compromissos com os servidores vão ser todos honrados? Será que a folha de dezembro e o décimo terceiro serão pagos? Será que o orçamento de 2016 será efetivamente realizado ou a arrecadação seguirá abaixo do que foi orçado? Nunca fui de fazer promessa. O servidor municipal sabe de meu respeito por eles. Sabe que a porta do meu gabinete sempre esteve aberta. Os servidores são nossa prioridade assim com é a Saúde, a Educação e a nossa vontade reconstruir Santa Rosa. 3- O senho r (a )

acha que a prefeitura está inchada? Quantos assessores o senhor vai nomear se vencer as eleições? Como o senhor (a) classifica o serviço público prestado pela prefeitura atualmente? Desconheço o número de servidores hoje e acho precoce pensar em assessores para um eventual governo antes mesmo da eleição. Fui criticado por ter "inchado" a máquina pública em razão da contratação de servidores, porém, todos foram via concurso para atender os vários programas implantados: SEBRAE, Procon, Correio Comunitário, Banco do Povo, PAT, Nova CrecheCasa da criança, da UBS do Povo que construímos da municipalização do Ensino e Saúde etc. O número de cargos de confiança nomeados por mim era menos que a quantidade existente. Quanto à qualidade dos serviços prestados, presencio inúmeras reclamações dos munícipes. A falta de estrutura para o trabalho, a falta de valorização e o desrespeito que os servidores recebem da atual administração fazem com que a grande maioria esteja desmotivada. Isso tem que mudar.

1- Com a atual situação eco nô mica d o país, a prefeitura tem um déficit mensal grande e o senhor (a), caso ga nhe a eleição, deve a ssumir a p refeitura com alguma dívida. Uma das urgências é a situação d os servid ores. Como o senhor (a) vai tratar d este a ssunto . Qual será a sua política com os servidores municipais?

cos etc. Investimos e renovamos. Reduzindo despesas com reparos intermináveis e melhorando condições de trabalho dos funcionários.

2- A defasagem salarial atual dos servidores é de quase 15% e isso impactaria em mais de 20 0 mil rea is ao mês para os cofres públicos. E já em janeiro a prefeitura deveria repor. O senhor ( a) vai rep or ou O servidor público é não? Se for, de onde vem peça fundamental no anda- o dinheiro, onde vai ecomento de um trabalho pú- nomizar? blico de qualidade, com atendimento humanizado Caso sejamos os vencedores da eleição, no dia prestado pela nossa prefeitura. Para isso precisam seguinte, vamos propor a estar motivados além de ser nossa participação e comefundamental investir em çaremos a e implantar a capacitação. Amparados formação de um plano orpor um plano de carreia efi- çamentário para o próximo ciente e salários justos, seja ano. Procuraremos usar na Educação, Saúde, e ou- nossos conhecimentos e tras áreas. Importante que experiência que conquistatenham estrutura e equipa- mos em nossas vidas promentos adequados. Quan- fissionais, para adequar da do assumi em 2009, a fro- melhor maneira os gastos ta, por exemplo, estava to- com a previsão de receita. talmente depreciada, suca- Vamos analisar quais foram teada. Adquirimos mais de as perdas salariais reais e 22 veículos, entre maquiná- tentar inclui-las o mais rários, caminhões, Vans, Am- pido possível ainda dentro bulâncias, ônibus etc. Me- do exercício. Vale lembrar lhoramos condições dos que trabalharemos com o motoristas e usuários. Da mínimo de cargos de confimesma forma estavam pés- ança (comissionados) que simas as condições das es- já não sejam servidores, colas, os postos de saúde as gerando economia para ruas intransitáveis de bura- atingirmos a eficiência que

buscamos. 3- O senho r (a ) acha que a prefeitura está inchada? Quantos assessores o senhor vai nomear se vencer as eleições? Como o senhor (a) classifica o serviço público prestado pela prefeitura atualmente? Inchada é uma palavra um tanto forte demais. O que vamos precisar na administração dos próximos anos, nessa fase de crise instalada, e situação de dificuldade que se encontra nossa cidade e toda nação, é de uma gestão que saiba governar com eficiência, inteligência e criatividade, que tenha experiência e que coloque as coisas no lugar certo. A saúde, por exemplo, precisa de uma mudança radical. Tenho estudado com atenção novos nomes para comporem essa pasta. Vamos dialogar com os profissionais da área antes da escolha. Mais atendimentos nos postos melhora a qualidade e desafoga o pronto socorro e não pode haver falta de remédios. As demais pastas é preciso ser analisada uma a uma. O que posso dizer é que tenho compromisso com Santa Rosa, não tenho nenhum cargo "prometido" pra quem quer que seja. Pela querida cidade vou dar o meu melhor.


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

A febre mundial 'Pokémon Go' chegou em Santa Rosa Gabriel Carmello Caldas

"Pelo o mundo viajarei/ Tentando encontrar/ Um Pokémon e com o seu poder/Tudo transformar", assim começa a música de abertura do anime Pokémon, (estreou no Brasil em 1999), que tem como protagonista Ash Kechtum, que sai em uma jornada pelo mundo para se tornar um mestre Pokémon, com apenas 10 anos. Crianças do mundo todo ficaram alucinadas com a ideia de capturar, criar e batalhar com estes monstrinhos, mas só agora em 2016, o sonho pode ser realizado, graças ao lançamento do jogo 'Pokémon Go', (game de realidade aumentada, no qual, o jogador pode usar seu smartphone para capturar os monstrinhos que aparecem no mundo real), há cerca de um mês, mas que chegou ao Brasil somente na noite desta quarta-feira (3).Em menos de 24 horas, mais de 50 milhões baixaram o app, que lidera a lista de aplicativos gratuitos mais baixados na AppStore. Há pelo menos 10

anos fã da franquia, o estudante, Bruno Luiz, 17, e seus amigos começaram sua jornada na quarta, e ainda está maravilhado com a emoção da primeira captura, que foi em cima da sua cama. "Nostalgia é o que sinto, é a coisa mais sensacional que estou sentindo no momento, quando peguei o meu primeiro foi uma alegria imensa, parecia uma criança, pois era um dos meus favoritos (Ponyta um cavalo de fogo)". O técnico em informática Guilherme Roque, 19, não é um dos maiores conhecedores da série, mas a jogabilidade do app, que usa GPS e internet e faz as pessoas saírem pela cidade procurando Pokémons é o que achou mais divertido. Com pouco mais de 10 capturados, conta que o seu preferido sempre foi o Squirtle (uma tartaruga), que foi sua primeira escolha para começar a

EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2234 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // DA NIEL DURA NDO DE OLIV EIRA e ROS ELI FR A NÇA //. Ele, natural de Santa Ros a de Viterbo, Es tado de São Paulo, nascido aos quatorze (14) de setembro de um mil novecent os e s etenta e oit o (1978), profis são pinto r, est ado civil so lteiro, do miciliado e res ident e à Rua Curit iba, 76, V ila Mendes, na cidade de S anta Ro sa de V it erbo , Est ado de São Paulo , filho de CICERO PRIMO DE OLIV EIRA e de do na ROS A MA RIA OLIV EIRA . Ela, natural de S anta Rosa de Viterbo, Estado de S ão Paulo, nascida aos cinco (05) de fevereiro de um mil novecent os e set enta e três (1973), profis s ão do lar, est ado civil s olteira, do miciliada e res ident e à Rua Curit iba, 76, V ila Mendes, na cidade de S anta Ro sa de V it erbo , Est ado de São Paulo , filha de GERA LDO FRANÇA e de do na S A NTINA PEREIRA FRA NÇA . (Co nversão de União Es tável) EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2235 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // EDW ILS ON LUÍS DROICHI e ÉRICA A PA RECIDA DA S ILV A //. Ele, natural de São Paulo, Es tado de São Paulo , nas cido aos trint a e um (31) de maio de um mil no vecent os e set ent a e um (1971), profissão vigilante, est ado civil so lteiro, domiciliado e res idente à Rua Antonio Pagim, 37, Nosso Teto, na cidade de Santa Ros a de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ELIO A PA RE CIDO D ROICH I e de do na MA RIA A PA R ECIDA DROIC HI. Ela, natural de Santa Rosa de V iterbo, Estado de São Paulo, nascida aos seis (06) de dezembro de um mil no vecentos e setenta e sete (1977), profiss ão auxiliar administ rat iva, es tado civil so lteira, domiciliada e residente à Rua A ntonio Pagim, 37, Nos so Teto, na cidade de Santa Rosa de V iterbo, Es t ado de S ão Paulo , filha de JOÃ O DONIZ E TTI DA S ILV A e de do na IS MÊNIA DE CÁ S S IA FE RREIRA S ILV A . EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2236 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // L EA NDRO NATO E S TULA N O e A LA NA CRIS TINA S IMÃ O DE S OUZ A //. Ele, natural de Sant a Rosa de V iterbo , Est ado de São Paulo, nascido ao s oito (08) de setembro de um mil no vecentos e oitenta e no ve (1989), profis são o perador de máquina, est ado civil so lteiro, domiciliado e residente à Rua Lazaro A lves Terra, 03, Ari Carneiro, na cidade de S ant a Ro sa de V iterbo , Es t ado de S ão Paulo , filho de JOS É APA RECIDO ES TULA NO e de do na MARIA A LICE NAT O ES TULA NO. Ela, natural de Santa Ros a de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos t rinta (30) de julho de um mil novecento s e no vent a e quat ro (1994), pro fiss ão es tudant e, est ado civil so lt eira, do miciliada e residente à Rua Lazaro Alves Terra, 03, Ari Carneiro, na cidade de Sant a Rosa de Viterbo, Es tado de S ão Paulo , filha d e CL A UDEC IR N A S CIMENTO DE S OUZ A e de do na ROS ÉLI D A S ILV A S IMÃ O DE S OUZ A .

jogar, mas a primeira captura foi um Abra (uma espécie de raposa com poderes psíquicos) "Estava andando por aí na rua, e o capturei, fiquei bem empolgado", confessa. O game é compatível para celulares com Android e para iPhone (iOS). Para jogar é preciso fazer o download no Google Play Store e AppStore. Como o jogo ainda é muito recente, alguns problemas estão sendo encontrados na cidade, como falta de Pokestop, que dão brindes aos jogadores e os ginásios, onde podem ser realizadas as batalhas.

EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2237 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // V A ND ERLE I DE OLIV EIR A EU GENIO FILHO e GA B RIEL E GO NÇA L V ES DE O LIV E IRA //. Ele, natural de S anta Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos quatorze (14) de dezembro de um mil novecento s e noventa e cinco (1995), pro fissão t rat orist a, est ado civil s olt eiro, do miciliado e resident e à Rua José Val, 227, Noss o Tet o, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Es tado de S ão Pau lo , filh o de V A N DERL EI D E OL IV EIRA E UGEN IO e de do na LUC IA NA A PA RECIDA MA CENA EU GENIO. Ela, nat ural de Prata, Est ado de Minas Gerais , nas cida ao s quato rze (14) de junho de um mil no vecent os e no vent a e cinco (1995), pro fiss ão operadora de caix a, es tado civil so lt eira, domiciliada e res idente à Rua Roberto Armbrust, 430, Luiz Gonzaga, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Est ado de S ão Paulo , filha de LUIZ CA RLOS DE OLIVEIRA e de dona ROSE MAIRA GONÇA LV ES . EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2238 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // GENIV A L JOS É DA S ILV A e GIS LA INE RA IMO //. Ele, natural de Branquinha, Estado de Alagoas, nascido aos vint e e cinco (25) de junho de um mil no vecent os e cinquent a e o it o (1958), pro fiss ão mo to rist a carreteiro, est ado civil viúvo, domiciliado e residente à Rua Santiago Lopes Castilho , 80, Santa Clara 2, na cidade de Serrana, Estado de S ão Paulo , filho de do na NOEMIA MA RIA DA CONCEIÇÃ O. Ela, natural de Santa Ros a de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dezessete (17) de janeiro de um mil novecent os e s et ent a e seis (1976), profis s ão operado ra de injet o ra, es t ado civil so lt eira, domiciliada e residente à Rua Jos é Hypolit o X avier, 156, No ss o Tet o, na cidade de S anta Ros a de V it erbo , Es t ado de São Paulo , filha de V ICENTE RAIMO e de dona OLINDA ES CA RS O R A IM O . EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2239 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // ELIA S A BRA Ã O A LV ES A LEX A NDRE e JES S ICA J ORGE MA RCOND ES //. Ele, nat ural de S ão S imão, Es tado de S ão Paulo, nascido aos primeiro (01) de julho de um mil no vecent os e noventa e um (1991), pro fiss ão mot orist a, est ado civil so lteiro, domiciliado e res idente à Rua S anto Elias, 550, Jardim No va Roma, na cidade de Sant a Ro sa de V iterbo, Est ado de S ão Paulo, filho de MOIS ÉS ELIA S A LEX A NDRE e de do na IS A BEL A LV ES ALEX A NDRE. Ela, natural de Santa Rosa de V iterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dezesset e (17) de julho de um mil no vecento s e novent a e um (1991), pro fiss ão balco nista, est ado civil so lteira, do miciliada e residente à Rua Santo Elias , 550, Jardim No va Roma, na cidade de S anta Ros a de V it erbo, Es tado de São Paulo, filha de HELIO CURSINO MA RCONDES e de dona LUZ IA JORGE. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2240 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // CA RLOS OLIV EIRA DE B RITO e A L ES S A NDRA GONÇA LV ES DIA S LIMA //. Ele, nat ural de Coco s, Es tado da Bahia, nas cido aos dez ess ete (17) de fevereiro de um mil novecent os e oitent a e o it o (1988), pro fis são operado r de máquinas, est ado civil s olt eiro , domiciliado e residente à Rua Cravinho s, 331, Sant a Maria, na cidade de Luiz Ant onio, Estado de S ão Paulo, filho de FRA NCIS CO ANTÔNIO DE BRITO e de do na MA RLENE DA CONCEIÇÃ O OLIV EIRA DE B R IT O . Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dez (10) de março de um mil no vecent o s e novent a e cinco (1995), pro fis s ão do lar, est ado civil s o lteira, do miciliada e residente à Rua Pedro Chitero, 100, Jardim A quarius , na cidade de Santa Ros a de Viterbo, Estado de S ão P aulo , filha de E DMUNDO DIA S LIMA e de do na MA R IA DA S OLEDA DE G ONÇA LV ES MA C E D O . EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2241 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo art igo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, o s pret endent es : // L UÍS RIC A RDO A PA RECIDO DOS S A N TOS e G A BRIELE TREV IS A N GOMES //. Ele, nat ural de S ão S imão , Es t ado de S ão Paulo , nas cido ao s trez e (13) de junho de um mil no vecent o s e o it ent a e quat ro (1984), pro fis são mecânico , es t ado civil s olt eiro , do miciliado e residente à Colônia Mecânica, 44, Fazenda Amália, na cidade de S ant a Rosa de Vit erbo, Estado de S ão Paulo , filho de A NTONIO DOS SA NTOS e de do na JOA NA DA RC DOS S A NTOS . Ela, nat ural de S ant a Ro sa de V it erbo, Es tado de S ão Paulo, nascida aos vinte e oito (28) de dez embro de um mil novecent os e oitenta e sete (1987), pro fis são do lar, es tado civil s olt eira, do miciliada e res ident e à Co lô nia Mecânica, 44, Faz enda A mália, na cidade de S ant a Ro sa de Viterbo, Es tado de S ão Paulo , filha de S ÉRGIO ROBERTO GOMES e de dona ROS ÂNA TREVISA N. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 15


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

COLUNA GOSPEL por Rogério Moscardini

Nos bastidores Um grupo de voluntários viajou milhares de quilômetros para trabalhar em alguns projetos e num determinado dia, estavam pintando a parte de trás de uma escola para surdos. O local era quente, sujo e malcheiroso. As únicas pessoas que veriam esta parte do prédio seriam o jardineiro e qualquer desafortunado que tivesse que limpar a fossa séptica. Mesmo assim, enquanto os jovens pintavam diligentemente, uma das moças colocou tudo em perspectiva quando disse: "Ninguém virá até aqui para ver isto, mas Deus verá. Portanto, vamos caprichar". E assim o fizeram. Às vezes, enquanto trabalhamos, pensamos que ninguém vê o nosso esforço. Ou quem sabe, ficamos numa linha de montagem montando item por item, num trabalho monótono. Talvez nosso trabalho seja cuidar de bebês chorões no berçário da igreja. Ou às vezes, vivemos a fé cristã da melhor forma possível - e ninguém percebe. Com frequência, o nosso trabalho é nos bastidores. Mas se foi para isso que Deus nos chamou, precisamos fazê-lo de todo o nosso coração. Nossa tarefa é trabalhar com as forças vindas de Deus para trazer-lhe louvor e glória, não a nós mesmos. Parte do nosso chamado é: amar ao próximo profundamente (1 Pedro 4:8), oferecer hospitalidade (v.9) e usar nossos dons para servir ao nosso próximo (v.10). O que realmente importa é que Deus goste daquilo que vê. Cristo não ignora o que fazemos para Ele.

PÁGINA 19

Cia Minaz de Ópera se apresenta em Santa Rosa hoje Resultado da parceria entre o SESC Ribeirão e a Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo/SP, a Cia Minaz de Ópera, de Ribeirão, apresenta-se gratuitamente e com exclusividade hoje, às 20h, no Espaço Mogiana. A apresentação "OS TENORES" traz famosas árias de óperas como Nessun Dorma, da ópera Turandot de Puccini e canções italianas como "O Sole Mio", além de canções espanholas, americanas e brasileiras, intercalando peças populares e eruditas. As canções e árias são interpretadas pelos Tenores Ozório Christovam, Pedro Coelho, Rafael Stein, e Sasha Ganade. Com Lucas de Paula no piano, Vinicius Porfírio Ferreira no contrabaixo, Thiago Carbonari na bateria, Manga Moraes no trompete e Mauro Zacharias no trombone.

Victória ganha vaga para etapa nacional do 'Miss Teen Universe', mas precisa de ajuda

Sesc agradece população pelo apoio ao 'Circuito das Artes' O gerente regional do Sesc - Mauro Jensen - esteve esta semana na cidade especialmente para entregar ao prefeito Cassinho "um registro da participação de Santa Rosa no Circuito Sesc de Arte", na forma de um livro e uma miniatura de ônibus. O livro é o catálogo das apresentações culturais que ocorreram nas cidades participantes, e a miniatura é do veículo que transporta pessoal e material de apoio. Ele estacionou em Santa Rosa no último dia 02 de abril. - Através desse gesto, o Sesc pretende agradecer A santa-rosense Victória Silva Ribeiro, 17, ficou à população de Santa Rosa que respondeu muito bem à em 4º lugar no 'Miss Teen Universe'- Etapa estadual, presença do Circuito das Artes - destacou Jensen. Seem Campinas, no final de julho. gundo ele, Santa Rosa, agora, é parte do circuito e está Victória conta que teria pontuação suficiente para credenciada a receber outras atividades patrocinadas ser a vencedora do evento, porém, foi penalizada com a pelo Sesc. perda de cinco pontos, "pelo fato da minha roupa íntima ter marcado um pouco no vestido, uma coisa que não estava muito evidente sabe", lamenta. Ainda assim conseguiu a vaga para a etapa nacional, que será de 25 a 28 de Agosto, em Campo Grande MS, mas, está procurando patrocinadores para bancar O Programa Ponto Mis, do Museu de Imagem e os custos da viagem, que ficará em torno de R$4 mil e Som, exibirá o curta metragem "Souvenirs de Verão" e tem até segunda-feira para fazer um depósito de 30% o longa "Eu não faço a menor ideia do que tô fazendo das despesas para garantir a vaga dela. da minha vida". A sala de cinema será montada no Centro Cultural Municipal e a exibição terá inicio às 19h30. Miss São Paulo 2017 - Victória já tem planos para o ano que vem: Miss São Paulo 2017. A jovem foi convidada por um dos coordenadores do evento em um concurso em Santa Rita do Passa Quatro (no qual Victória foi jurada), para representar Santa Rosa no concurso de 2016, mas por conta da idade, não pode participar, porém para o próximo ano, e já com 18 anos, ela aceitou o convite e já começou a sua preparação para o evento que será em abril, e que todos os anos é transmitido ao vivo pela Rede Bandeirantes, apresentado pela Renata Fan.

Terça tem cinema gratuito no centro cultural


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

CHICO XAVIER Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Dívida de Amor "Portanto, dai a cada um o que deveis; a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a que honra, honra". Paulo (Romanos, 13:7.)

Todos nós guardamos a dívida geral de amor uns para com os outros, mas esse amor e esse débito se subdividem, através de inúmeras manifestações. A cada ser, a cada coisa, paisagem, circunstância e situação, devemos algo de amor em expressão diferente. A criatura que desconhece semelhante impositivo não encontrou ainda a verdadeira noção de equilíbrio espiritual. Valiosas oportunidades iluminativas são relegadas pelas almas invigilantes, à obscuridade e à perturbação. Que prodigioso éden seria a Terra se cada homem concedesse ao próximo o que lhe deve por justiça! O homem comum, todavia, gravitando em torno do próprio "eu", em clima de egoísmo feroz, cerra os olhos às necessidades dos outros. Esquece-se que respira no oxigênio do mundo e dele recebe o material imprescindível ao aperfeiçoamento e à redenção. A qualquer exigência do campo externo, agasta-se e irrita-se, acreditando-se o credor de todos. Muitos sabem receber, raros sabem dar. Por que esquivar-se alguém aos petitórios do fragmento de terra que nos acolhe o espírito? Por que negar respeito ao que comanda, ou atenção ao que necessita? Resgata os títulos de amor que te prendem a todos os seres e coisas do caminho. Quanto maior a compreensão de um homem, mais alto é o débito dele para com a Humanidade; quanto mais sábio, mais rico para satisfazer aos imperativos de cooperação no progresso universal. Não te iludas. Deves sempre alguma coisa ao companheiro de luta, tanto quanto à estrada que pisas despreocupadamente. E quando resgatares as tuas obrigações, caminharás na Terra recebendo o amor e a recompensa de todos. Emmanuel Página extraída do livro "Vinha de Luz" - Psicografia de Chico Xavier

PÁGINA 21

Mesmo sem show de MC Gui, SUSA agitou Santa Rosa A 46ª SUSA (Semana Universitária Santa-Rosense), que começou no dia 22 de Julho, chegou ao fim no último domingo (31). O 'Bar da SUSA' teve a apresentação do grupo de pagode santa-rosense Lapidar, na última sexta. Sábado, seria a vez, do MC Gui, a grande atração do evento este ano, mas o show precisou ser cancelado. Em nota ao O Jornalzão a assessoria de imprensa do artista informou, "A RW Produtora comunica a todos os fãs, que o Show que aconteceria dia 30/07 na cidade de Santa Rosa de Viterbo foi adiado para o dia 22/10 por motivo particular do nosso artista e não por motivos contratuais, como alguns comentam na região. O Contrato para a cidade em questão encontra-se em prefeitas condições com todas as exigências de ambas as partes." "É importante ressaltar que imprevistos acontecem, estamos aqui para ajudar no que for preciso e dia 22/10 iremos fazer um grande Show para toda a cidade", conclui Débora Santos, assistente administrativa do artista. A nota ainda explica que "os convites já adquiridos serão válido para o show, aqueles que não puderem ir poderão devolver os ingressos nos pontos de venda onde foram comprados. Em breve divulgaremos mais atrações que estarão participando do evento, fiquem ligados. Obrigado e até o Show." A presidente da SUSA, Elaine Cristina da Silva Ribeiro disse que mais de 500 convites já tinham sido vendidos até sexta-feira, mas a procura ainda estava muito grande, como as caravanas de outras cidades, por exemplo, as do Primeiro Fã Clube do cantor, que iriam comprar na hora. Os convites ainda estão sendo vendidos, Sócios R$35 e não sócios 40, na Heigi Concept, It Store e Intuição Modas, e no Primavera Country Club. Segundo a presidente, todos os outros shows, levaram cerca de 300 pessoas, e destaca que as competições esportivas, entre basquete de trio, truco, taco, gincanas, o torneio de vôlei de areia, de FIFA 2016, no Play Station 4, a gincana de casais e o futsal com 14 equipes, movimentaram aproximadamente 200 atletas.

RIO - 2016

Em livro, bisneto de santa-rosense alerta para risco à saúde de atletas

No livro que acaba de lançar, Emanuel Alencar bisneto de João Garcia Duarte, ex-prefeito de Santa Rosa - alerta para os riscos à saúde dos atletas nas competições de vela, na Olimpíada que começa hoje no Rio de Janeiro. Em "Baia de Guanabara, descaso e resistência", o autor lembra que Caetano Veloso chamou de "boca banguela' a entrada da 'Cidade Maravilhosa', tem dúvidas de que a organização conseguirá "garantir que as regatas ocorram sem contratempos" e questiona se "será possível dar as condições mínimas que impeçam os competidores de voltarem aos seus países com problemas estomacais ou hepatite A". "Não é possível nos iludirmos, o dever de casa não foi feito. A baia de Guanabara continua muito contaminada. Como apresentar um Rio de Janeiro de águas limpas para o mundo?", pergunta um oceanógrafo entrevistado para o livro. Recepção "foi ótima" - Nascido em 1981, filho do deputado Chico Alencar (e Ângela Dias), o jornalista formado, em 2006, pela Universidade Federal Fluminense pinta quadro ultrarrealista da Baia que encantou, no século XV, os descobridores do Brasil. Em sua obra de estreia, de 123 páginas, enumera os bilhões de reais dispendidos na despoluição de uma Guanabara cada vez mais poluída, com ênfase especial nos Jogos Olímpicos. Emanuel foi, por 8 anos, repórter do jornal O Globo, e no momento é editor de conteúdo do Museu do Amanhã (RJ). Sobre o lançamento do livro, comentou com exclusividade ao Jornalzão. - A recepção foi ótima. Recebi muitos convites para programas de rádio, TV do Brasil e de fora. No lançamento foram 150 vendidos numa noite. Procurei fazer algo didático, fácil de ler, e com infográficos para atrair um público diverso. Resolvemos abrir o PDF para que todos possam baixar na Internet (www.oeco.org.br).


PÁGINA 22

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

VERSO E PROSA

CRÔNICA E CONTEXTO

por Evandro Junior

por João de Bem

MC Gui não veio Cancelou o Show E dizem por aqui que é porque ele apanhou Que isso novinho? Pra vir aqui você se recusa? E tinha bastante Mc daqui querendo tocar na SUSA O Jornalzão traz pra Santa Rosa a Tocha Olímpica Oficial E ela vai passar por cada Escola Municipal Cassinho chegou a conclusão Não vai tentar a reeleição Cansou de ser Prefeito ou não aguenta mais a pressão? Nas Segurança das Olimpíadas tem dois Santarosenses Nossa Cidade pertinho do Ouro e o Brasil será que vence? Torcemos pra que sim Que os Nossos Atletas sejam estouro Porque no Desenvolvimento infelizmente levamos um Couro Candidatos a Prefeito nessa eleição Começam a responder às perguntas no Jornalzão Nosso povo quer saber O que será que vão dizer? Não precisa mentir, tão pouco prometer Tem gente que fala bonito Tem gente que nem fala É preciso ficar de olho Porque depois é o povo que "rala" Aí dá vontade de arrumar a mala...

O ciclo repetido com modificações no DNA Existe muita coisa que praticamos cotidianamente. Uma delas é tão comum que fazemos quase no automático. É a alimentação. Quando estamos à mesa ao menos a maioria - come o que está sendo servido. Prato feito no popular, feijão arroz e bife acompanhado de salada, Ninguém questiona quem sacrificou o boi, talvez nem saiba como isso acontece e quem é o profissional que executa a tarefa de matar e carnear o animal. Talvez se presenciasse o sacrifício, deixasse de comer carne. E não só de boi, mas de outros animais - porco, ovelha, frango... É o caso daquele ator que tem um programa e teve a rudeza de mostrar na televisão como é o abate de ovelha - o pessoal caiu de pau no protagonista do programa que atuou como matador do bicho. Em outra oportunidade, em outro programa de pegadinha, a cena é dentro de um supermercado. O ator oferece linguiça fresca aos clientes, dá-lhes uma prova, o cliente gosta e pede um quilo.. O ator teatraliza

e pega um porco vivo e diz que vai colocar na máquina - e coloca, porém é uma falsa máquina. O porquinho é pego por alguém dentro da máquina e começa a gritar - a pessoa que queria a linguiça se desespera e diz não assim não, não mate o porco! E parte pra cima do fazedor de linguiça que a essas alturas já está tirando a linguiça industrializada da máquina... A encenação serve aos propósitos do programa e de lambuja nos chama à reflexão. Estamos às vésperas de eleições municipais e como eleitores consumidores somos chamados a provar da "linguiça" com a diferença de que os atores que oferecem, nessas oportunidades, não dizem da procedência e o que está escondido nessa isca. A maioria dos profissionais da política está habituada a esse procedimento enganador, não mostra o porco e convence que a linguiça é comprada no supermercado, sem o sacrifício do suíno! Se o eleitor soubesse o que se esconde nas entranhas do sujeito bajulador, clientelista e mentiroso, talvez

fizesse como aqueles que se zangaram quando enxergaram a realidade - não votariam no embrulhão oportunista. No meio político - o dos profissionais, é uma merda só - ali não há escrúpulo, sensatez, idoneidade, humanidade ou qualquer prática humanitária. O que há é sinistramente o vício de ganhar sem nada oferecer ao encantado eleitor, que come a linguiça em estado de catarse, iludido que o porco não foi sacrificado! Se não fossem mercenários, não haveria tanta briga e deslealdade para conquistar o voto e a vitória nas urnas! Alguém acredita que esses profissionais briguentos, mentirosos e desleais estão intencionados em trabalhar para a comunidade? Olhem para cima, lá pra Brasília - é possível que aqueles "matadores" estejam pensando no bem da Nação? E onde se formaram aqueles filhos da outra? Nas escolas políticas profissionalizantes municipais! É do município que saem os entronchados embriões que se desenvolverão no ambiente da corrupção, consoli-

dando-se como catedráticos nessa prática quando chegam ao Planalto. Ninguém deve se iludir ou pensar que a linguiça sai da prateleira do supermercado. Também não deve se iludir com o político profissional - esse é o maior responsável pela situação do povo em qualquer país. No Brasil é aviltante o que esses sacanas fizeram e por muito tempo pensam fazer - tomar o dinheiro do contribuinte como gangue miserável, estúpida, insensível e sem escrúpulos. Briga por território, a guerra é aberta e o vale tudo - em alguns casos as armas vão de difamações, passando por ameaças e chegam até a matar! Tudo para se eleger, sabedores que quem for eleito terá o comando da "quadrilha" e a administração dos recursos fáceis achacados, via impostos aviltantes, do povo ignorante que "experimentou" a linguiça e comprou como se a origem fosse a prateleira. Depois não reclame, serão quatro anos de sacrifícios, do porco, melhor, do eleitor - que desconhece ou não se dá conta da origem do que engole!


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem .................................................................................................... . R$ 120 mil Rua Pestalozzi 2 dorm, sala, coz (terreno 13x11) ...................................................................................... R$ 75 mil Nova Roma sala, copa, coz, 2 dorm, 2 wc, garagem (troca por casa menor valor) ....................................... R$ 180 mil Casa Centro ao lado Banco do Brasil, 2 dorm, sala, coz, terreno 176m2 .................................................. R$ 270 mil Jardim Aquarius 282,13m2 de construção e terreno de 777,50m2 ......................................................... R$ 350 mil Vila Mendes nova, 2 dorm, sala, coz (minha casa minha vida) ................................................................... R$ 105 mil Vila Mendes 2 dorm, sala, coz, área na frente, terreno 10x27 ........................................................................ R$ 90 mil Dom Bosco 3 dorm, garagem 2 carros, área no fundo, murada .................................................................... R$ 200 mil Nova Roma - 200m2 de construção, sendo 3 dorm, sala, coz, lavanderia, varanda, garagem, murada, portões, construída em dois terrenos com 696m2 (24x29) .................................................................................................... ...... R$ 350 mil Edícula Jd. Primavera reformada, sala, coz, 1 dorm amplo, lav, murada, quint ciment. ac financ. .................... R$ 105 mil Dom Bosco 2 dorm, sala, coz, wc social, varanda, murada ......................................................................... R$ 130 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão ........................... R$ 270 mil Cohab 2 - 2 dorm, sala, copa, coz, portão, murada ..................................................................................... R$ 130 mil Casa Nova Roma esquina, 2 dorm, murada, portão ................................................................................. R$ 160 mil Duas edículas próx. Real .................................................................................................... ................. R$ 110 mil Ap. Recanto Lagoinha 2 dorm .................................................................................................... .......... R$ 160 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ........................................................ R$ 190 mil Edícula Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, wc e garagem .............................................................................. R$ 80 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2 ............. R$ 1.500.000,00 ac. proposta Julio Moretti esq, 3 dorm, sala, coz, wc social, murada, portão eletrônico .................................................. R$ 180 mil Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ........................ R$ 230 mil Luiz Gonzaga 2 dorm com arm. emb, sala, copa, coz planejada, gar 2 carros ................................................ R$ 220 mil Sobrado Cohab 1, esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem ............................................................. R$ 180 mil Casa de madeira, Nova Roma, 3 dorm, sala, coz, wc, terreno 11x25, murada e portão ................................. R$ 110 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real ................................................................. R$ 180 mil Rua Pestalozzi 3 dorm, sala, coz, garagem, + salão comercial .................................................................... R$ 140 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ...................... R$ 450 mil Casa Jardim Elite 2 dorm, sala, coz, lavanderia, garagem, terreno amplo ................................................... R$ 130 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 .............................. R$ 350 mil Casa Luiz Gonzaga 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, á. serv, á. churras, gar, aq. solar .......................... R$ 430 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc sociais, terreno 600 m2 ...................... R$ 400 mil Rua Goiás 3 dorm, sala, coz, varanda, garagem ....................................................................................... R$ 230 mil Sobrado com Comércio, de frente a escola Conde ..................................................................................... R$ 330 mil Rua Alagoas esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem e salão comercial ............................................ R$ 170 mil Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de 676 m2R$ 900 mil

Terreno amplo 1090m2 na rua do Comércio com uma casa velha (ót oportunidade) .................... apenas R$ 75 mil Jd Paloma com 467 m2, lib. construir, ac. carro menor valor (exc. preço), quitado ... R$ 180 o m2 ou seja R$ 84 mil 02 terrenos Canaã ............................................................................. Entrada + parcelas de R$ 470,00 cada um Terreno Ari Carneiro 200m2 ............................................................ entrada de 18 mil + parcelas de R$ 442,00 Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, .......................................................... R$ consulte-nos Morumbi Novo terreno de esquina medindo 388m2, plano, ótima localização (imperdível) .............. consulte-nos Terreno AV São Paulo esquina com 200m2 de frente ao centro cultural ............................................... R$ 190 mil Terreno Jardim Paloma medindo 632 m2, sendo 15x42 com toda infra, liberado para construir...R$ 190,00 o m2, saldo devedor de 20 mil. Entrada ac carro e divide em 4x. Total R$ 120 mil 12 terrenos juntos Jardim Aquarius, escritura individual, todos cercados com uma casa. ...................... VENDIDO Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

PÁGINA 25

Centro esquina, 2 dorm, sala, cozinha, wc social, lavanderia, garagem, murada ........................................... R$ 130 mil Centro 50m construído, 2 dorm, sala, coz, murada .................................................................................... R$ 120 mil Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ............................................................. R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia .................................................. R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc ................................................ R$ 240 mil Cohab 1 3 dorm, sala, coz, copa, área churras, lavand, garagem, esquina ..................................................... R$ 140 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, murada ................................................................................................... R$ 98 mil Casa Nova Roma, 2 dorm, sala, coz, terreno 5,5x25 ............................................................................... R$ 108 mil Dom Bosco 3 dorm, sala, coz, wc social, em construção ............................................................................ R$ 150 mil Jd Elite 2 dorm, sala, coz, semi nova, ................................................................. R$ 55 mil + prestações de R$ 390,00 Edícula Nova Roma, 2 dorm, sala, coz varanda, com churrasqueira e garagem ............................................ R$ 200 mil Ap. Ribeirão 48m2 (parque dos lagos) 2 dorm ........................................................................................ R$ 165 mil Apartamento Ribeirão Preto, jardim Paulistano, 1 dormitório (reformado) .............................................. R$ 160 mil Dom Bosco 3 dorm, sendo 1 suíte, sala, copa, coz, área lazer, garagem, acab. 1ª ........................................... R$ 365 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, área serviço, garagem, edícula separada, ótimas p/aluguel .............................. R$ 100 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. ....................... R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor Sobrado Jd Primavera 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, lavabo, área churras, piscina, ót local .................... R$ 400 mil Av. Rio Branco 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, armário embutido coz, terreno 11,60x28,40 ...................... R$ 350 mil rua Rio de Janeiro 3 dorm, sala, copa, coz, wc social, lavanderia, área churras, gar 2 carros ......................... R$ 220 mil Nosso Teto esquina, 2 dorm, sala, coz, 2wc, área churrasco ......................................................................... R$ 95 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, cozinha, wc social, sacada, terreno 11x25 ....................................................... R$ 110 mil Monte Alto esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, lavand, garagem ampla .................................. R$ 290mil Julio Moretti 2 dorm,sala, coz, portão eletrônico .................................................................................... R$ 120 mil Casa Jardim Aquarius 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, terrno 5x25 ................................................... R$ 85 mil Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ................................ R$ 350 mil Cohab 3 2 dorm, duas sals, copa, coz, lavanderia, área lazer ...................................................................... R$ 100 mil Cohab 4 quitada, 2 dorm, sala, coz (piso frio e forrada) + edícula com laje .................................................. R$ 105 mil Jardim do Sol 138m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem ....................................................... R$ 200mil Luiz Gonzaga de frente escola de Química, 2 dorm, sala, coz, banheiro ...................................................... R$ 130 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavand, área churras, esq ............................... R$ 380 mil Cohab 1 2 dorm, sala, coz, garagem .................................................................................................... ...... R$ 95 mil Jd Aquarius 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, garagem (próx rodoviária) .......................... R$ 200 mil Nova Roma Estamos construindo casas no plano Minha Casa Minha Vida ........................................... Consulte-nos Nova Roma 114 m2, 2 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, lavanderia, garagem e port. 153 m2 de terreno ......... R$ 160 mil Centro rua 7 de Setembro, 285 m2, 3 suites, com 2 closets, sala de visita e TV, copa, coz, lavanderia, garagem (falta acabamento) terreno de 570 m2 .................................................................................................... ............................. R$ 420 mil

Sítio 2.18 alqueires, em Cajuru, terra roxa - ót. plantio) com casa e água corrente ..................... R$ 320 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 170 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ................................................................................... R$ 160 mil Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil Área Jd Primavera 2370 metros com asfalto, urbano, excelente localização ............................... R$ 250 mil Sítio 20.000m2 com córrego no fundo, energia próxima, ac casa na troca .................................... R$ 150 mil Sítio 42.0000m2 frente a pista, venda ou troca por casa ac troca por casa ..................................... R$ 200 mil Sítio 1 alqueire 2 casas, 2 represas e 2 poços, café, cana e pasto, 800 metros do asfalto. Ac. casa R$ 230 mil Sítio defronte a pista de São Simão a Santa Rosa, 1 alqueire, com casa simples, 8 forno pra carvão e 2 mil pés de eucalíptos com 2 anos .............................................................................................................. R$ 200 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 27

SAUDADE DA FAZENDA AMÁLIA

CRÔNICA DA SEMANA Daniel Almada

Entre o claro e o escuro Estranho! À medida que avanço no mais fundo sentir da escrita e da vida, mais doído e belo torna-se o caminho, mais aconchegantes e sofridas ficam as coisas ao redor desses meus passos noturnos; é quase uma despedida de tudo o que vi e vivi; uma saudade triste e doce, equilibrada no tempo, se apodera de mim na exata medida em que insisto e sigo pelos porões desconcertantes e quase contraditórios das palavras que ainda engatinham. É como se vislumbrasse o fim da estrada do homem em mim. Nessa hora inexata - entre o claro e o escuro, no aqui e agora - o indefinível cala fundo na alma desarmada, ausente da moralidade do mundo. Sim, já haviam me avisado desde sempre sobre o perigo desse mergulho na escuridão da vida. Mas, enfim, o desafio falou mais alto, estou nesse voo cego, nesse prazeroso descaminho curtido em desespero e susto. Não é nada fácil assumir compromisso com o divino vigiado de perto pelo demo: ambos são sanguessugas sedutoras e radicais, e a arte é o caminho de fuga, claro, até a consumação do ato por um ou outro.

Festa da Padroeira tem novidades este ano Domingo (7/8) - Chegada da Imagem Peregrina de Santa Rosa, no Bosque Municipal (Carreata Saindo da Igreja Matriz) às 9h. Domingo (14/8) - Chegada da Imagem Peregrina de Santa Rosa, na Praça do Jardim do Sol, às 9h. Domingo (21/8) - Chegada da Imagem Peregrina de Santa Rosa, na Paróquia São Judas Tadeu, às 9h. Sábado (27/8) - 1ª Encenação do Auto da Padroeira, na Praça da Matriz, às 21h. Domingo (28/8) - Translado da imagem até a Praça Conde Francisco Matarazzo. Exposição até 4/9. Quinta (1/9) - 1º Dia do Tríduo, às 19h, na Igreja Matriz (Padre Cléber). Sexta (2/9) - 2º Dia do Tríduo, às 19h, na Igreja Matriz (Bispo Dom Moacir). Sábado (3/9) - 3º Dia do Tríduo, às 19h, na Igreja Matriz. (Padre Pitico). Às 20h30 carreata luminosa pelas ruas da cidade. Domingo (4/9)- Festa da Padroeira Translado saindo da Praça Conde até a Praça Matriz, seguida de alvorada festiva, às 10h30. Missa solene na Padroeira, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, seguida de procissão luminosa até a Praça Matriz, às 16h. De 2 a 4 de setembro - Quermesse de Santa Rosa, no Salão Capela, a partir das 19h.

Porfia política envolve estudantes em formatura Depois de empossado, em 1956, o prefeito João Baptista Garcia (Zizico) solicita à Câmara aumento do velho imposto sobre "Indústria e Profissões" e já esbarra com a oposição. O vereador Elias Baú rebate e argumenta que o pedido causaria aumento do custo de vida. Affonso Sério defende e justifica com a necessidade de se dar jeito na água da cidade, "em situação calamitosa". Antônio Guimarães diz que "imposto para o município represen-

ta o mesmo que o sangue do soldado derramado em batalha". Zizico não atende a um convite do Conde Matarazzo para uma conversa no palacete da Fazenda Amália. Depois recusa uma Cesta de Natal com que Amália tinha costume de presentear autoridades locais. Aliás, o costume se estendia aos filhos dos funcionários das indústrias Matarazzo. Nos Natais, a criançada comparecia ao estádio Ermelino Matarazzo para escolher presentes.

'Cacique de Pinhal' e coquetel de graça A postura do prefeito colocou Amália em pé de guerra contra ele. A terceira turma de formandos do Ginásio Estadual, por sugestão do então diretor, Renato Viana, foi, em comitiva, à sua casa convidá-lo a paraninfar a festa marcada para o dia 6 de fevereiro de 1958. Zizico aceitou, mal disfarçando o orgulho. E os alunos começaram a trabalhar em busca do dinheiro para custear os gastos da formatura.

Três meses antes do final do ano letivo, os formandos foram chamados pelo diretor que lhes anunciou o seguinte: não pagariam nada pela orquestra Cacique de Pinhal - que faria o baile no salão do Cine Don Ju anico , na Amália. A orquestra faria ainda uma apresentação no Cine Caiçara onde seriam entregues os diplomas. Um coquetel seria realizado no próprio Ginásio, sem ônus para os alunos que, além de tudo, receberiam de presente um estojo com duas canetas Parker - uma tinteiro e outra esferográfica ou lapiseira. Tudo em troca apenas de uma mudança: que Eduardo Matarazzo um dos filhos do Conde - fosse o paraninfo da turma.

Conde Matarazzo e Baú confabularam para afastar Zizico

"Quanto você quer para cassar o prefeito?" Sem entender bem a guerra de bastidores, a mesma comissão voltou à casa do prefeito para avisar que ele estava sendo deslocado do posto de Paraninfo para o de Patrono da turma. Apesar do desconforto, Zizico compreendeu. No dia da formatura nem ele, nem Eduardo Matarazzo compareceram. Preferiam mandar representantes. O vereador Elias Baú é convidado para uma reunião em Amália: - O seu Zizico era um homem honesto, porém radical - relembrou o ex-vereador - O Conde foi logo perguntando o quanto eu queria para cassar o mandato do prefeito. Fiz ver a ele que não se tratava de quanto, mas como. Com a infraestrutura oferecida pela fazenda Amália (viagens, advogados) Elias Baú passou a fazer oposição ferrenha ao prefeito na Câmara, e este não resistiu. Pediu licença, por seis meses, no início de 1959, último ano de seu mandato, e a renovou pelos outros seis meses. (Extraído do livro "Histórias de Santa Rosa de Viterbo, de Romeu Antunes)


PÁGINA 28

FALA NOSSO TETO

Reunião decide por mudança no itinerário da Rápido D'Oeste Um pedido de mudança no itinerário dos ônibus da viação Rápido D'Oeste, que chegam de Ribeirão Preto será encaminhado ao diretor empresa. A decisão saiu da reunião entre representantes do Conselho de Segurança, Associação e moradores do bairro Nosso Teto. Segundo Florita M. Dias Cruz, usuária do transporte coletivo, o pedido se apoia no perigoso desembarque de passageiros, na alça do trevo Adriano de Castro Gil- o trevo da morte. -É muito perigoso porque a gente desce no meio do trânsito e pode ser atropelado. Já vi muitas situações que poderiam ter acabado em acidente, diz ela. Pelo novo itinerário sugerido, o ônibus irá entrar no trevo e retornar pela rua Ângelo Sordi, dobrar na rua Domingos da Silva Coelho- na praça dos Aposentados (onde os passageiros saltarão). Daí seguirá o trajeto pela rua Lazinho Antônio de Oliveira, em direção à rodovia "Conde". Segundo Antônio Flaviano Silva, presidente da Associação dos Moradores, a proposta visa melhorar a segurança dos passageiros no momento do desembarque: - Em São Simão, as manobras que os motoristas fazem são bem mais complicadas e os pontos não são tão perigosos como o nosso, frisa ele. Ainda em relação ao tema, também foi sugerido que os ônibus que retornam de Ribeirão Preto, entrem no bairro pela avenida Joaquina Custódia Ribeiro. O antigo pedido dos moradores do Montorão- a entrada do circular da cidade no bairro- também foi discutido. O caso será novamente levado à prefeitura, pois ainda não atendeu a solicitação.

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

Rotatória quase pronta Segue acelerada a construção da rotatória da avenida Joaquina Custódia Ribeiro. Esta semana os trabalhadores concluíram as guias, nivelaram e compactaram o leito da via, deixando-a pronta para aplicação do asfalto. Segundo informações, o asfaltamento comecará assim que os trabalhadores completarem o mesmo tipo de serviço, em outra rua do loteamento Jardim Nova Canaã.

Facada abre barriga do "Macaco" Por volta das 16h da última terça feira, M. H. S de 19 anos conhecido por "macaco" levou uma facada na barriga. O fato aconteceu na rua Erothildes Vieira da Fonseca, no Nosso Teto. Segundo relato da vítima aos policiais Militares que atenderam a ocorrência, o agressor deferiu-lhe o golpe de faca, quando ele foi tirar satisfação com o autor dos fatos, por este ter mexido com a sua namorada. Apelidado de "cara branca" o agressor fugiu do local e não foi localizado pelos policiais. Segundo descrição no BO, ele é loiro de cabelos cacheados e tem uma tatuagem de Cristo na perna. Atendido no Pronto Socorro local "macaco" foi encaminhado para Ribeirão Preto e já circula pelo bairro, segundo moradores.


JORNALZÃO ALZ ÃO- E DClélia OOJORN . 1.059 Zanardo - 06/08/2016 E D IÇ ÃO 1.059 06/08/2016

cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

PÁGINA PÁGINA 29 Informe Publicitário

29


PÁGINA PÁGINA30

30

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

O -JORN ALZ ÃO O Clélia JORN ALZÃO - E D . 1.059 06/08/2016 Zanardo cleliazanardo@bol.com.br

E D IÇ ÃO 1.059 1.043 06/08/2016 16/04/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.059 - 06/08/2016

O Jornalzão, edição 1059  
O Jornalzão, edição 1059  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement