Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 02/07/2016 - Ano 22 - N.º 1.054 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

R$ 3,00

Cassinho anuncia 203 casas populares

Chiaperini e Transvalco dão sinais de crescimento

Santa Casa demite médicos e enfermeira por “má conduta”

“Trevão” traz Nosso Teto mais perto do Centro

Recuperação Judicial fez bem às duas empresas da cidade. Transvalco está contratando e Chiaperini com estoque todo pago

Drone do Cleyton - Especial para o Jornalzão

Susa: começa a venda de ingressos Hoje tem “Arraiá do Primavera”

No alto da foto à esquerda vemos o Montorão, à esquerda o Nova Canaã, à direita o “Teto” e embaixo o Dom Bosco

Após sobreviver a câncer e acidente de trem, peregrino percorreu 80 mil km a pé

SAUDADE DA FAZENDA AMÁLIA Greve em 1966 acelerou o fim das colônias

Santa Rosa volta a ter campanha de vacinação contra a raiva


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

EDITORIAL Boa notícia - Chiaperini e Transvalco são a boa notícia da semana. As duas empresas empregam juntas 450 funcionários diretos e quase outro tanto desse indiretamente. E se a saúde dessas empresas vai bem, da cidade também vai. Nota-se que a preocupação de ambas foi a de pagar primeiro os salários, depois os fornecedores locais. Esperamos que em breve as duas estejam com o dobro de funcionários e que o momento ruim seja apenas uma lembrança. Casas - Mais 203 casas populares. E olha que tem santa-rosense precisando sim de moradia. Mas é preciso rever a forma de distribuição e sorteio destas moradias, pois o recém entregue Montorão, já tem casa para aluguel, venda, troca, rolo ... Santa Casa - Certíssima a atitude da Diretoria da Santa Casa. Tem que fazer Boletim de Ocorrência sim e tem que mandar embora esses “doutores” que acham que podem fazer o que quiser. Horário tem que cumprir e lá dentro o respeito tem que ser dado, senão vira a casa da mãe Joana. Parabéns, Elizeu e demais diretores. Vacinação - Mais uma referência que a cidade perde: a vacinação antirrábica de porta em porta, brilhantemente coordenada pela veterinária Ana Rita. Acabar com este serviço é uma economia burra, é um desserviço para a população.

EXPEDIENTE O JORNALZÃO é uma publicação da editora André Nagib Moussa ME - Redação:rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Joana Dobras Tiragem: 2.500 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

CARTA À REDAÇÃO

COLUNA ROTÁRIA Henrique Gil

Faltou licença A Diretoria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, esclarece a população que a interrupção dos exames auriculares que estavam sendo realizados no Salão Capela se deu pela falta de licença e autorização dos órgãos competentes do município para a realização dos exames.

Rotary Club prepara o prêmio “Roque Bonacin”

Todo trabalho realizado no município na área da saúde deve seguir alguns tramites legais, como a identificação dos profissionais e respectivos registros nos órgãos de classe e a verificação dos laudos dos equipamentos utilizados nos exames. A Diretoria de Saúde ressalta que tais medidas são executadas para garantir a segurança e a saúde da população, contra possíveis falsos profissionais e/ou fraudes. Nenhum trabalho no setor de saúde pode ser realizado sem as devidas autorizações dos órgãos competentes da municipalidade. Ressaltamos ainda que nada impede que empresas de qualquer área da saúde executem seus trabalhos em nosso município, desde que todas as exigências legais sejam cumpridas. Diretoria Municipal de Saúde

O Prêmio Roque Bonacin, organizado anualmente pelo Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo, na escola Salustiano Lemos, presta homenagem aos melhores alunos de cada sala. A homenagem é dada a cerca de 25 alunos. Durante o evento, são distribuídos certificados e canetas personalizadas aos alunos mais dedicados, além de um Buffet com familiares, direção da escola e autoridades locais. Se você já foi ganhador do Prêmio Roque Bonacin, por favor, envie uma foto com depoimento para nossa página no Facebook. O link está no final deste artigo. O Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo solicita patrocínios ao evento. Os interessados devem nos procurar, informando qual a cota de patrocínio será contratada: Cota 1 - R$150,00: divulgação da logomarca em jornais e permissão para uso de banners durante o evento. Cota 2 - R$250,00: toda a divulgação da Cota 1, mais Propaganda Volante com o slogan do estabelecimento. O Rotary International tem o objetivo de reunir líderes para discutir ideias e colocá-las em prática.

Entre em contato: Página do Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: http://facebook.com/rotarysrv Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: Av. Henrique Alonso Martins, 275 99206-5235 - Rafael Bonacin, presidente do Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

DE OLHO NA CIDADE

PÁGINA 3

Santa Casa faz BO contra médicos

Denunciada criminalmente A ex-servidora municipal Luana R. Belem foi denunciada pelo Ministério Público pelo crime de peculato. Ela foi exonerada do cargo público municipal que ocupava por receber IPTU e não repassar para os cofres públicos. O prejuízo aos cidadãos causado por ela chega a quase 25 mil reais.

Depôs na “CPI” Ontem foi a vez do prefeito Cassinho depor na “CPI” da Merenda, aberta pela Câmara Municipal. Segundo apurou o Jornalzão, o prefeito afirmou que só soube dos desmandos quando da deflagfração da operação “Alba Branca”, em 19 de janeiro.

Seis candidatos, ou seriam sete? Parece que teremos seis candidatos na próxima eleição. Nando, Chiaperini, Professora Estelinha, Tadeu Cicolani, Fernando Engenheiro e Stela Dalécio. Os bastidores estão agitados. O PTB vai apoiar Nando rachado. O PSDB deve rachar também no apoio a Chiaperini. Mas a novidade foi a notícia dada por Zé Vicente, na reunião do PSDB esta semana, de que o prefeito Cassinho se animou em concorrer a reeleição. Será?

Médicos e enfermeira foram dispensados por “má conduta” O presidente da Santa Casa Elizeu Sabino dos Santos fez Boletim de Ocorrência por causa do não comparecimento de dois médicos ao trabalho, no plantão de domingo do Pronto Socorro. Sabino alegou que os médicos são responsáveis pelos seus horários e que o BO foi para resguardo da Diretoria e da entidade. "Se caso acontecesse algo, a responsabilidade seria dos

médicos, que assinaram suas escalas e deveriam comparecer no posto de trabalho, conforme contrato assinado", disse. O plantão dos dois médicos foi coberto pelos médicos locais, Lâmia Yasbeck e Marco Sério. Retaliação - No domingo à noite o Jornalzão recebeu queixas de cidadãos pelo não comparecimento dos médicos. Nos-

sa reportagem entrou em contato com o coordenador dos médicos, doutor Ricardo Betim, através de seus dois telefones celulares, mas ele não atendeu as ligações. A Diretoria do Hospital também entrou em contato com o médico, para que ele cobrisse a ausência dos faltantes, mas ele também não atendeu as ligações do presidente da Santa Casa. Especula-se que a não vinda dos médi-

cos foi uma retaliação por causa da demissão de dois médicos e uma enfermeira, ocorrida semana passada por "má conduta em local de trabalho". "A salvação foi caseira", disse Elizeu, se referindo aos médicos locais. Quando perguntado o que seria "má conduta em local de trabalho", o presidente da casa se esquivou em esclarecer. "Foi apenas isso", disse.


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 5


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

VERSO E PROSA

COLUNA GOSPEL

CHICO XAVIER

por Evandro Junior

por Rogério Moscardini

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Deixando pra depois!

Letreiros da vida

O bicho tá pegando Tomara que Deus nos ajude Olha o que aconteceu no Departamento de Saúde Médicos faltam ao Plantão Não fizeram a Lição de Casa E o resultado foi BO feito pela Santa Casa Vacinação Antirrabica vai começar Cuide do seu amiguinho Leve-o pra Vacinar Duas Empresas passam bem depois de passarem muito mal Chiaperine e Transvalco se recuperam após difícil situação Judicial Ainda bem, duas Empresas seguem firmes na Cidade Já perdemos tantas, não é verdade? Término da Joaquina parece que está perto Vamos cruzando os dedos Quem sabe agora dá certo E a moradia? Vou falar pra vocês Santa Rosa recebe Casas Populares Um total de 203 SUSA está chegando aí A Novinha aprovou No embalo do Mc Gui ela diz: Eu vou que vou Por falar em ir Tô partindo meu povo Semana que vem tô de volta Rimando as Notícias pro meu povo

Muitos de nós lutamos com a procrastinação. Um professor universitário estudou a procrastinação durante 5 anos e concluiu que 95% da população adia a realização de suas tarefas. Uma estimativa revelou que os brasileiros perdem milhões de reais, anualmente, adiando o pagamento de impostos! Devido ao temor do fracasso ou outras inseguranças, esperamos demais antes de iniciar um projeto ou tomar uma decisão. A procrastinação também é problema dentro da igreja. Muitos de nós adiamos o nosso serviço a Deus. Sabemos que devemos alcançar outras pessoas, mas nos sentimos inseguros ou preocupados com o que deve ser feito. Por estarmos incertos sobre nossos dons ou interesses, adiamos o nosso envolvimento na igreja. Ficamos preocupados: E seu eu não fizer um bom trabalho? E se eu nem mesmo conseguir fazê-lo? Paulo nos oferece encorajamento. O servir começa ao nos apresentarmos a Deus como sacrifício vivo (Romanos 12:1). Ore e dedique-se novamente ao Senhor e a Sua obra. Depois olhe ao redor e veja o que os outros estão fazendo em sua igreja e pergunte se você pode juntar-se a eles. Se for preciso comece devagar e depois experimente vários ministérios. A sua igreja precisa de você. Peça a Deus para ajuda-lo a superar os seus problemas de procrastinação.

ATENÇÃO, ATENÇÃO Pessoal, a usina Guarani está fazendo uma campanha, onde a entidade mais votada ganhará auxilio da Usina. O Hospital do Câncer de Barretos é uma das instituições préselecionadas, mas infelizmente está em 3º lugar... O prêmio, caso o Hospital do Câncer seja o vencedor, será doação de energia elétrica, o que muito ajudará a instituição que tantas pessoas ajudam na nossa cidade e região. Para votar é bem fácil... Só entrar no site e votar. http://www.guaranimaisqueacucar.com.br/signoweb/participe.php

Olhar de alguém, quando é bom, Além da sombra se apruma, Vê serviço em qualquer parte, Não vê mal em parte alguma. Doutrina de perfeição, Anoto a melhor que vi: Perdão para todo mundo, Nunca perdão para si. Se falas, fala falando Na fala nobre do bem. Cada um fala na vida, Conforme a vida que tem. Infeliz de quem não sofre!... Quem não sofre não entende, Quem não entende não serve, Quem não serve não aprende. Sinal de Jesus contigo: A luta que te desola. Cristão sem a cruz do bem: Aluno ausente da escola. Augusto de Oliveira Página extraída do livro "Trovas do Outro Mundo" - Psicografia de Chico Xavier.


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

DE OLHO NA CIDADE

E o prefeito respondeu ... 1- O prefeito publicou que começaria a construção da mini rodoviária no Nosso Teto. Quando a obra começará? A obra já está licitada, a empresa vencedora foi a Cagicon Construtora e Incorporadora LTDA. O valor da obra será de R$ 209.907,75 e a prefeitura está apenas aguardando a liberação dos recursos para o início das obras. Vale salientar que no dia 02/07 entramos em período eleitoral e os repasses dos valores ficam suspensos até 02/10. Portanto, caso o Governo Federal não repasse o recurso até na sexta feira, as obras terão início somente em outubro. A emenda é Federal, encaminhada pelo Deputado Federal Arlindo Chinaglia - PT.

PÁGINA 9

Mesmo com carteiros candidatos, Correios funcionará normalmente Dois funcionários dos Correios de Santa Rosa se afastam nesta semana, a partir de segunda-feira (4), para poderem participar das eleições municipais que ocorrerão em outubro deste ano. Algumas pessoas questionaram se isso poderia prejudicar as entregas de cartas durante o período eleitoral. O Jornalzão apurou e descobriu que a princípio tudo vai funcionar normalmente. A cidade possui nove carteiros e sempre que algum deles precisa se ausentar por algum motivo, como férias e doença, por exemplo, é solicitado na central de Ribeirão Preto, para que seja realocado alguém para o local, e o pedido para estas substituições já foram feitas. Falta de conscientização - O corte de grama, que uma equipe da prefeitura efetuou no canteiro da rotatória 'João Gentil' - quartafeira passada -, revelou bem mais que simples e férteis restos vegetais. Trouxe à tona uma infinidade de plásticos atirados impiedosamente por cidadãos sem nenhum compromisso com a limpeza da cidade. Um dos funcionários aproveitou a presença do Jornalzão no local para denunciar: "Precisa ver as lixeiras de concreto, o que eles fazem com elas: retiram o plástico e colocam todo tipo de tranqueira: peixe, carne podre...". Bastam algumas pessoas, sem o mínimo cuidado, para colocar em cheque toda a população, como se ela fosse integralmente responsável pela sujeira que se se deu a ver naquele

02- O prefeito anunciou o recape da avenida Luiza. Quando começará? A obra já está licitada, a empresa vencedora foi BGL Construtora LTDA EPP. O valor da obra será de R$ 246.611,11 e a iberação dos recursos aconteceu ontem. A emenda é Federal, encaminhada pelo Deputado Federal Duarte Nogueira PSDB. 03- Nos passe detalhes da assinatura da construção de 203 casas. Onde serão, qual o sistema de construção, etc O pedido das 203 casas foi feito ao Governador Geraldo Alckmin pelo prefeito Cassinho na ocasião da entrega das 300 casas do bairro André Franco Montoro. A resposta do Governador foi positiva e a prefeitura ficou incumbida de realizar a sondagem do terreno e do projeto, que foram realizados de acordo com as normas da CDHU. Após a aprovação do projeto, a CDHU convocou o prefeito para assinar o convênio na última quarta feira (29). De posse do convênio a prefeitura irá abrir o processo licitatório para dar início a construção das casas. 04- Como foi a entrega das 12 casas do Montorão? As 12 casas foram entregues na última segunda feira em cerimônia que contou com a presença do Prefeito Cassinho, da Primeira Dama Marialda Cunha, da Chefe do Setor de Habitação Dalila Verucci, dos vereadores João Villas Boas, Gisa Badan e Roseli Guidelli, além dos representantes do CDHU. As casas foram entregues após as demais por conta da construção do muro de arrimo, que necessitou de um aditamento no convênio. As chaves já estão em posse dos moradores que já começaram a se mudar para as novas casas.

cartão postal de Santa Rosa.

Como era e como ficou - A foto da esquerda mostra um momento eleitoral da cidade. Antônio Guimarães, em frente à porta aberta, de lenço na lapela, com correligionários na campanha de 1947 que venceu para se tornar o primeiro prefeito de Santa Rosa (naquela época, Icaturama) depois da ditadura Vargas. Ele morava na casa que serviu de cenário para a foto. Ela foi reformada anos mais tarde e recentemente foi demolida. Um tapume de madeira foi então colocado para fechar o terreno. O movimento de máquinas no local, verificado durante a semana que passou, sugere nova mudança no cenário do centro de Santa Rosa.


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 11

Santa Rosa volta a ter campanha de vacinação contra a raiva Até o dia 13 de agosto serão vacinados cerca de sete mil animais No ano passado, por falta de investimento do Governo Federal, não houve campanha de vacinação contra a raiva na cidade, e por sorte, Santa Rosa não registrou nenhum caso, aliás, faz muitos anos que não se tem nenhuma notificação. Todavia, como o medicamento tem prazo de validade de um ano, corremos riscos de ter algum animal contaminado. Agora em 2016, a história é outra, as vacinas antirr ábicas já chegaram. A campanha começa nesta segunda e vai até o dia 13 de agosto, e pr omete v acinar cer ca de sete mil cachorros e gatos. Por ém, a parte rural, Nhumirim, Amália e os animais comunitários (aqueles que moram nas ruas e possuem diversos 'donos') já foram medicados. Não vai passar de porta em porta- Por fal-

Confira a programação da vacinação antirrábica O horários de Vacinação é o mesmo em todos os pontos: das 8h às 11h30 e das 13h30 às 15h30.

ta de funcionários, a veterinária Ana Rita Fonseca, envolvida na campanha a cerca de 15 anos, revela que infelizmente não passarão de porta em porta, como nos anos anteriores, por falta de funcionários. "Estamos apenas em quatro, pois o pessoal da v igilância está empenhado com a dengue,

e fica impossível", explica. Com essa mudança, será muito importante a participação popular. "A campanha vai voltar como era no começo. Vamos montar barraquinhas nos bairros, e a população deve levar seus animais para serem vacinados." Ana Rita alerta que mesmo sem nenhum ani-

mal doente na cidade, algumas cidades próximas possuem, como Ribeirão Preto, Altinópolis, Cássia dos Coqueiros e Cajuru, e podem facilmente chegar aqui. "Se não tem casos é porque a prevenção está sendo bem feita", enfatiza. Na coluna ao lado, veja os horários e cronograma da vacinação.

3954 3371 - 3954 6920

Nosso Teto - 04, 05 e 06 de Julho na Praça Zuleika Balbão Franco Montoro - 07 de Julho na Praça Zuleika Balbão Itamaraty e Dom Bosco - 08 de Julho na CMEC João Cândido dos Reis Nova Roma - 11 de Julho na Praça José Francisco dos Santos Filho Jardim Primavera - 12 de Julho no Ginásio de Esportes Américo Portugal Gouvea Jardim Elite - 13 de Julho no Ginásio de Esportes Américo Portugal Gouvea (Quadra Coberta) Jardim Planalto - 14 de Julho na Praça Conde Francisco Matarazzo (Estrela Azul) Jardim do Sol - 15 de Julho na Escola Professor José Costa Bruno Jardim Aquarius - 18 de Julho na Escola Professor José Costa Bruno Vila Ranzani - 19 de Julho na Estação da Cultura Jardim Alto da Boa Vista (Filtro) - 20 de Julho na Estação da Cultura Parque do Sol Nascente (Morumbi) - 21 de Julho na Praça Concilia Titarelli Jardim Gurilândia - 22 de Julho na Praça do Fuim Jardim Bela Vista - 25 de Julho no Salão Capela Luiz Gonzaga - 26 e 27 de Julho na ETEC Jardim das Flores - 28 de Julho no Ambulatório Paulo Ricci Júlio Moretti - 29 de Julho Praça do Júlio Moretti Cohabs I e II - 1º de Agosto no Bosque Municipal Cohab III - 02 de Agosto na Praça André Passoni Cohab IV - 03 de Agosto na Quadra Ka Coelho Ari Carneiro - 04 de Agosto na Quadra Cá Coelho Vila Mendes - 05 de Agosto na Praça José M. Santos Centro - 08 de Agosto na Praça da Matriz Centro - 09 de Agosto na Praça Santo Antônio Saracura - 10 de Agosto na Praça Antônio B. Aparecido Durante todo o período da campanha (inclusive aos sábados) haverá um posto fixo na Associação Bicho Amigo, que fica na Rua Alexandre de Angelis, 109. Aos sábados das 8h às 12h.


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 13


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

TIRAS POLICIAIS Motorista causa acidente com quatro carros Um motorista, segundo o BO aparentemente embriagado, causou um acidente envolvendo mais três veículos sexta-feira (24), às 20h, na Avenida São Paulo. Uma das vítimas informou que seu carro estava estacionado pelo local quando ouviu um forte barulho. Ao verificar sobre o que se tratava, viu que outro veículo tinha se chocado na traseira do seu. O choque foi tão forte que arremessou automóvel em um terceiro, e este em um quarto. O condutor que causou o acidente machucou a testa e os joelhos e foi levado para Pronto Socorro. O veículo dele foi retirado pelo irmão. O carro que recebeu a primeira batida foi guinchado por não ter condições para trafegar, já os outros foram liberados para os donos. O responsável pelas batidas foi liberado, mas responderá por embriaguez ao volante.

Rapaz é preso com 80 pedras de crack na 'Favelinha' Um jovem foi preso com 80 pedras de crack, terça-feira (28), por volta das 19h, na Rua Rio Pardo, antiga 'Favelinha'. Uma equipe policial formada por duas viaturas foi deslocada para o local após uma denúncia que lá estava ocorrendo tráfico de drogas. Quando as viaturas chegaram, dois indivíduos tentaram fugir, correndo para um matagal. Um conseguiu escapar, já o outro foi detido. Na abordagem, além das pedras de droga envolvidas em alumínio, foi encontrado um pino de cocaína e R$16. O jovem, que mora em Ribeirão, foi levado para a delegacia local onde foi preso.

Jovem é preso após furtar celular para comprar droga Um rapaz foi preso ao furtar um celular, terçafeira (28), por volta do meio dia, no Nova Roma. A vítima afirmou que havia deixado o aparelho na casa da mãe e notou que havia sumido. Ela desconfiou que um familiar, que já tinha cometido outros delitos, havia furtado, já que ele esteve na casa naquele dia. A cunhada da vítima foi atrás do suspeito. Quando o encontrou, de início negou, mas acabou confessando o crime e falando que escondeu em um bueiro. Ele ainda afirmou que era usuário e iria vender para comprar drogas. O celular foi encontrado, mas sem os dois chips. A polícia foi acionada e prendeu o jovem em flagrante. Na quarta-feira, outro celular foi furtado, desta vez no bosque municipal, às 14h. A vítima conta que estava caminhado pelo local quando foi surpreendido por um indivíduo que o empurrou e pegou o celular. A polícia fez patrulhamento pelo local, mas não encontrou o suspeito.

PÁGINA 15

Após curar câncer e sobrevier a acidente de trem, peregrino percorreu 80 mil km a pé Gabriel Carmelo Caldas

"Eu tinha um tumor bem aqui e doía muito", disse Antônio Pereira, 70, apontando para o pescoço, "O câncer crescia muito e quase perdi a vista. O médico já dizia que não teria mais o que fazer e me mandou embora." Muito chateado, voltou para sua Fazenda em Porto Velho (RO), onde reside. Em uma noite, foi pegar graveto para acender o fogo para fazer pão, e a sua vida, que estava ruim, piorou ainda mais. No trajeto foi atropelado por um trem. Ele não ouviu o apito e tentou pular para evitar a batida, mas não conseguiu se livrar completamente e acertou em suas pernas. Se o câncer não tinha o matado, Antônio acreditou que desse dia não passaria, mas fez uma promessa. "Falei com minha amiguinha, Nossa Senhora, que se eu saísse daquela situação, iria a pé até Aparecida do Norte duran-

te 25 anos e todo dia, daria metade de tudo aquilo que recebesse durante a peregrinação para a primeira pessoa que encontrasse andando". O primeiro milagre aconteceu, e ele sobreviveu.

correndo risco de amputar as pernas. Durante a noite sua, 'amiguinha' apareceu na sua frente. "Ela estava com uma roupa branca, morena, se vestia como uma freira e me deu uma medicação, que evitou que eu precisasse operar", conA freira morena - ta. Na hora ele não entenAntônio ficou internado por deu muito bem o ocorrido. quase dois anos, e tinha No outro dia de manhã, uma operação marcada, quando uma das cinco freiras que tomavam conta dele foram lhe medicar, ele disse que não iria tomar remédio de novo, porque uma freira morena já tinha lhe dado, e isso causou um espanto enorme entre elas, pois não tinha nenhuma religiosa com aquela característica. Antônio entendeu que era Nossa Senhora. O fim da jornada chegou - Já recuperado, no dia 15 de janeiro de 1991 decidiu que já era hora de começar a promessa, sem um real, e vi-

veria de doações. Desde então percorreu mais de 80 mil quilômetros, passando por 527 cidades, entre Uruguai, Paraguai, Argentina, Cuiabá, Campo Grande, Paraná, Minas Gerais, Goiás e São Paulo, trajeto que percorre em seis meses. Foi assaltado 23 vezes, a última o bandido lhe quebrou os dentes da frente. Assistiu 2.238 missas, conheceu 617 padres, 10 bispos e centenas de pessoas, das quais ajudou e foi ajudado. Chegou a dormir até em cemitério. O peregrino esteve ontem em Santa Rosa, pela quarta vez em todas as suas peregrinações, e foi a penúltima cidade, já que vai se aposentar. Sua promessa foi paga no ano passado, porém, resolveu fazer outra vez. Hoje ele irá assistir sua última missa em Tambaú, na derradeira parada, e depois volta de ônibus para Porto Velho.


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PERGUNTAS E RESPOSTAS

Entenda como funciona a Recuperação Judicial 1 - O que é recuperação judicial? A recuperação judicial é uma medida para evitar a falência de uma empresa. É pedida quando a empresa perde a capacidade de pagar suas dívidas. É um meio para que a empresa em dificuldades reorganize seus negócios, redesenhe o passivo e se recupere de momentânea dificuldade financeira", explica o advogado especialista no tema, Artur Lopes. A recuperação judicial é abordada no capítulo três da lei Lei de Falências e Recu peração de Empr esas ( LFRE), d e 2005. De acordo com a lei, a recuperação judicial tem como objetivo viabilizar que a empresa supere a situação de crise econômico-financeira, buscando evitar a falência. Com isso, a empresa mantém sua produção, o emprego dos trabalhadores e o interesses dos credores (que querem ser pagos), "promovendo, assim, a preservação da

fluxo de caixa da empresa. É necessário fazer uma a projeção de como a companhia fará para organizar as contas e sair do vermelho, explicou Miretti. É necessário apresentar aos credores como é que as dívidas serão pagas, em qual prazo e como fará isso. Por exemplo, deve estar discriminado se o pagamento será feito em parcelas fixas, se para isso a empresa venderá bens, se irá se desfazer de uma filial etc.

empresa, sua função social e o estímulo à atividade econômica", diz a lei.

que autoriza a recuperação. "Se tiver alguma dúvida, algum documento fatando, ele vai pedir para a 2 - Como a empre- empresa completar a dosa entra em recupera- cumentação", diz o advoção judicial? gado. Após o despacho, a O pedido de recupe- empresa tem 60 dias para ração judicial deve ser fei- apresentar o plano de reto na Justiça, explica Lo- cuperação à Justiça (caso pes. A partir do pedido, a contrário, o juiz decreta a empresa tem 6 meses para falência). Apresentando o tentar um acordo com cre- plano, o juiz vai divulgar dores sobre um plano de esse plano para que os crerecuperação que definirá dores se manifestem. como sairá da crise finanOs credores tem 180 ceira. Assim que entra dias (contados a partir do com o pedido de recupe- despacho) para aprovar ou ração judicial, a empresa não o plano. Se aprovado, precisa apresentar um pro- a empresa entra em processo para o juiz. O juiz cesso de recuperação. Se analisa esse processo e se não for aprovado, o juiz dea documentação estiver creta a falência da emprecompleta, dá o despacho sa. A negociação entre as

partes é intermediada por um administrador judicial nomeado pela Justiça. 3 - O que deve constar no plano de recuperação? A empresa e tem que apresentar à Justiça e aos cr edo res u m p lano de como sairá da atual crise, de acordo com o advogado Luiz Antonio Caldeira Miretti, especialista em recuperação de empresas e falências. É um processo baseado na negociação e permite que credores e devedores apresentem as condições que acreditam ser razoáveis. No plano, é analisada toda a parte contábil, de produção, estoque e

4 - O que é feito durante a recuperação judicial? Durante a recuperação judicial, a empresa deve cumprir o estabelecido no plano. Enquanto isso, as operações da empresa seguem normalmente. A empr esa pr ecisa apresentar um balanço mensal para prestar contas ao juiz e aos credores sobre o andamento da empresa. O administrador judicial nomeado pela Justiça funciona como intermediador entre a empresa, os credores e a Justiça. Caso a empresa não cu mpr a o que está no acordo, o juiz decreta a falência da empresa. 5 - O que acontece com as ações da empresa durante a recuperação? Quando a empresa apresenta um pedido de recuperação judicial, as negociações com su as ações são suspensas na Bolsa de Valores.

6 - Como é encerrada a recuperação judicial? A recuperação é encerrada quando a empresa cumprir tudo o que estava previsto no plano de recuperação. "O que normalmente acontece com as recuperações judiciais que dão errado é que o empresário não faz a lição de casa", explica o especialista Artur Lopes. Se a empresa cumprir tudo o que está previsto, depois de tudo pago, o juiz finaliza o processo de recuperação. 7 - O que acontece se a empresa não conseguir um acordo para a recuperação judicial ou não cumprir o que está no acordo? É decretara a falência da empresa. O capítulo cinco da Lei de Falências é o que diz respeito à falência. Com a falência, o devedor é afastado suas atividades com o objetivo de preservar e otimizar a utilização produtiva dos bens, ativos e recursos produtivos (inclusive os intangíveis) da empresa. Segundo a lei, "a decretação da falência determina o vencimento antecipado das dívidas do devedor e dos sócios", e as partes responsáveis "serão representadas na falência por seus administradores ou liquidantes, os quais terão os mesmos direitos e, sob as mesmas penas, ficarão sujeitos às obrigações que cabem ao falido".


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 17

RECUPERAÇÃO JUDICIAL COMPLETA DOIS ANOS EM SETEMBRO

Chiaperini está pronta para nova etapa de crescimento No início da entrevista o empresário José Tadeu Chiaperini diz o que significou a recuperação Judicial para sua empresa: "Foi de suma importância para nossa sobrevivência". Em setembro completam dois anos que a empresa trabalha sob o regime de RJ. E Tadeu tem motivos para comemorar. "Hoje podemos dizer que 90% dos fornecedores ditos essenciais já receberam seus créditos, e 100% dos materiais e estoques que se encontram na fábrica, estão totalmente pagos. Outros credores, como instituições financeiras, por exemplo, estão recebendo em dia conforme previsto no Plano da Recuperação", diz o empresário. A Chiaperini fez algumas contratações pontuais n a área co mer cial.

Hoje o seu quadro é composto por 208 colaboradores, incluindo os representantes comerciais. Todos com seus pagamentos rigorosamente em dia, como foi nos últimos 30 anos. Pelos números apresentados por Chiaperini, é possível te ruma ideia do po tencial d a empr esa. "Apenas para se ter uma ideia da importância, de lá para cá, já geramos mais de 20 milhões de reais em impostos e já adquirimos e pagamos mais de 50 milhões em materiais. Apesar da baixa demanda pela recessão e crise". A Chiaperini está em todo o território nacional, e conta com parceiros internacionais. "O nosso produto pode ser encontrado em mais de 4.000 vitrines de lojas. Com a meta de chegarmos a 6.000 nos próximos 12 meses", explica

Chiaperini. Tadeu se anima com possíveis novas parceiras internacion ais. "Temos sim, fornecedores internacionais da Alemanha, da Bélgica, da China, entre outros. Como que parceiros sendo co-fabricantes, principalmente de componentes. A maioria deles já tem nos visitado e demonstrado certo interesse de se instalarem no Brasil e abrir novos mercados", comemora. "O governo chinês, em especial, tem incentivos próprios para empresas que queiram abrir filiais em outros países. Já acontece com a linha automotiva, com a linha branca de eletrodomésticos, e não tardará no nosso segmento. Estaremos juntos", completa. A Chiaperini é uma das quatro maiores empre-

sas da cidade e se ela vai bem, a cidade também vai. A sua recuperação total é u m alen to p ar a Santa Rosa, que a cada ano vinha perdendo mais e mais postos de trabalho. "Só temos que agra-

decer a todos os colaboradores e àqueles que acreditaram e acreditam em nós. Nunca nos colocamos como simplesmente vítimas do sistema, temos a nossa mea-culpa, mas somos adeptos ao empreen-

dedorismo e riscos fazem parte dele. Somos confiantes na força do trabalho ético. Vivemos cada dia com entusiasmo, procurando atitudes renovadoras e sobretudo com fé", finaliza Tadeu.

Transvalco dribla fechamento de usinas e busca novos clientes A crise, juros altos, somados com o fechamento e o mau desempenho de diversas usinas da região, como Santa Rita, Ibirá, Abengoa e Baldin, afetaram diretamente os negócios da Transvalco em Santa Rosa. A empresa, que completa 30 anos em agosto, se viu obrigada a pedir recuperação judicial em outubro de 2015. E hoje a empresa já mostra sinais claros de recuperação. A Transvalco, que trabalha com comercialização de biomassa, transporte e locação de equipamentos, chegou a ter 400

funcionários e 100 terceirizados trabalhando 24 horas por dia, no início de 2014. Durante o início do processo de recuperação judicial a empresa tinha 160 funcionários e hoje, readquirindo fôlego, já conta com 210 funcionários, mais 50 terceirizados e está contratando. "Pode colocar aí que estamos contratando motoristas, operadores e mecânicos", diz o empresário Wander Costa, Diretor da empresa. Wand er diz q ue a empresa tem fechado novos contratos, mesmo com o cenário nacional nebulo-

so, por isso as contratações. "Para quem lê a revista Exame deste dia 10 se assusta. Ali mostra que 55% das empresas brasileiras estão no Serasa, e também que aumentou em 95% o número de pedidos de recuperação judicial, ou seja, a vida não está fácil para ninguém", diz o empresário, que acredita que a Transvalco ainda levará cinco anos para chegar no patamar de 2014. Wander salienta que mesmo no período mais difícil, os salários sempre foram pagos em dia. "A gente privilegiou os salári-

os e os fornecedores locais, deixando os bancos para um segundo momento", explicou. A rotina da recuperação judicial não atrapalha o bom andamento da empresa, q ue tem q ue prestar contas uma vez por mês para um interventor

nomeado pelo juiz Alexandre Cesar Ribeiro. Este período dura dois anos. A Transvalco fica na rua Amazonas, saída para Amália, e se você se enquadra no perfil que eles estão procurando, currículo na mão e corre lá para entregar.


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 19


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 21


PÁGINA 22

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

CRÔNICA DA SEMANA Daniel Almada

Um rosto nas nuvens Cheguei aqui sob o signo da morte, num tecoteco que pousou trepidante no campo de aviação da fazenda Amália. Parentes e curiosos esperavam com olhar perplexo, mistura de pena, solidariedade e espanto. Tinha quatro anos e não entendi nada. Só percebi aquele imenso silêncio e aquele clima de disfarce inócuo que mais mostrava que escondia o sentimento e as intenções daquela gente toda. Perto da praça, o relógio da igreja bateu forte um único som, assustador, funéreo destacando, de certa maneira, o silêncio que reinava na cidade desconhecida. Na casa - enorme, com janelas e portas gigantescas, móveis escuros e pesados -, um relógio de parede parecia bater no tempo de minha solidão, de meu desespero. De repente tornei-me o centro do mundo que se desmanchava em piedade e sorrisos amarelos. Não parava de ganhar balas, bolas e batatas fritas. Fiquei ainda mais desentendido do mundo real que me cercava naquele momento porque, que eu soubesse, não era meu aniversário. Uma festa triste, sem sentido, sem comemorações, sem bolo na mesa. Daí em diante foi o martírio de viver com uma dor sem origem naquele lugar sombrio, com aquelas pessoas que jamais tinha visto. O desentendimento sobre esse novo mundo, onde eu havia caído de tecoteco, foi tamanho que demorei a aceitar a ideia de ir à escola. E só fui porque minha professora se revelou extremamente gentil e sensível. Até que um dia passei a ver nela uma mãe (aquela que tinha sumido, subido aos céus). Aliás, essa ladainha sempre repetida me fez um incondicional apaixonado pelas nuvens. Todo santo dia passava horas olhando para o céu em busca do rosto dela no formato mutante das nuvens. E mesmo sem me lembrar, às vezes via-o na imaginação, no sonho generoso de menino. Mas essa sensação estranha, desconfortável, mesmo atenuada pelo tempo, continua presente dentro do peito, e acho que a levarei para sempre comigo.

PÁGINA 23

SUSA começa a vender ingressos esta semana Os ingressos para a 46ª SUSA (Semana Universitária Santa-Rosense) que será realizada de 17 a 31 de julho, no PrimaveraCountry Club, começarão a ser comercializados na próxima segunda-feira (4). Além do próprio clube, os convites antecipados poderão ser adquiridos na HeigiConcept, It Store e Intuição Modas. O Show do MC Gui custará R$35 sócios e R$40 não sócios, já nas outras noites, os sócios pagarão R$10 e não sócios pagarão R$ 20.Os sócios só poderão comprar no clube. O tradicional desfile d o 'Gar o to e Gar ota

SUSA' será o primeiro evento, no dia17. As inscrições já estão abertas nos mesmos pontos de venda dos ingressos por R$ 40,00,para meninos e meninas, entre 14 e 19 ano s. O 'Bar d a SUSA'abre no dia 21, com o show do Red Halls e Invasores do Sertão. O dia 22 ficará por conta da Boy Band, O Clã. A dupla sertaneja Junior e Lucas anima o dia 23. Eva Luna fecha os shows da primeira semana, no dia 24. A Noite de Talentos abre as atividades noturnas da última semana de SUSA e será gratuito. "No dia do Show de Talentos as pes-

soas que fazem qualquer tipo de artesanato poderão expor seus trabalhos e comercializá-lo no clube", enfatiza a presidente, Elaine Cristina da Silva Ribeiro. Os shows retornam no dia 29, com o Grupo Lapidar. A atração principal do evento, Mc Gui, se apresentará no dia 30. Segundo Elaine, a diretoria da SUSA aind a bu sca mais um show para o encerramento no dia 31. Esporte - Os esportistas também terão espaço na SUSA. Serão diversas atividades, bem divididas, para que todos possam participar. Será

cobrada uma taxa de inscrição, de R$5 por atleta. No dia 23 (sábado), terá basquete de trio às 9h, truco às 10h e taco às 13h. O campeonato de futebol 'canindé', se iniciará no dia 25, partir das 18h30, durante toda a semana. No próximo sábado (30), será disputado o vôlei de areia, às 9h, e o torneio de vídeo game às 13h. A gincana de duplas encerra as atividades esportivas, no domingo. A SUSA ainda lançou uma novidade esse ano, um desenho temporário da festa para personalizar imagem de perfil no facebook.

MEMÓRIA

Icaturama é 'água boa' Entre janeiro de 1944 e dezembro de 1949 o município chamou-se Icaturama. Ele foi criado em 21 de dezembro de 1910 como Ibiquara, e retomou, em 01 de agosto de 1912, o nome do povoado que lhe deu início, ainda no século XIX. Além dos documentos, os jornais, editados esporadicamente durante o período, acrescentaram informações relevantes sobre a história local, com destaque para o professor José Dilermando Ribeiro. Foi ele o primeiro a explicar que Ibiquara significava 'lugar de buraco', 'sepultura', na linguagem indígena. Foi ele que eternizou o caso do casal Feliciano e Sá Chica que comprou a santa errada para ornamentar o altar da igreja construída em terras doadas pelos dois à igreja católica: era pra ser Nossa Senhora Aparecida, mas o mascate vendeu uma Santa Rosa de Viterbo. Foi essa a referência histórica mais conhecida pelos santa-rosenses durante quase todo o século XX. Agora, o geólogo Paulo Tarso Ribeiro revela que seu pai, José Dilermando, teve participação decisiva também na outra troca de nome experimentada pelo município. - Ele me contava ter sido o compositor do nome Icaturama - diz o geólogo. Não entrava em pormenores, mas acho que os vereadores queriam homenagear o município pela excelência de sua água, e para isso usar um nome indígena. Meu pai, então, tomou três palavras tupis: I =água , Catu = boa e Rama = lugar. Justapôs as 3 e resultou no nome do município. Tal mudança ocorreu por obrigação: um decreto de Vargas, de 1941, proibia dois municípios brasileiros terem o mesmo nome, e a Santa Rosa do Rio Grande do Sul é mais velha que a paulista. Em 1949 bastou colocar o suplemento 'de Viterbo' para o município voltar às origens.

Placa de carro com o nome da cidade na época


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

HISTÓRIAS DO NOSSO FUTEBOL 'Onde Ouro' tomou de 14 em Casa Branca Em 1944, o time local "11 de Ouro", formado por 'pernas de pau', arrumou um jogo em Casa Branca. Só o goleiro Zé Caporalini - que aceitou substituir o titular que não pode viajar - era bom de bola. Pouco antes da hora do embarque, no trem das 7h30, o benzedor e rezador Evaristão percebeu a agitação dos moços na gare da estação. Assim que soube aonde iam, propôs: - Dá uns trocado pro véio, que o véio amarra o jogo daqui, e é vitória certa. Choveu trocado na mão do velho bruxo. Na estação de Casa Branca, uma friagem percorreu a espinha de cada membro da delegação quando notaram o imenso cartaz pregado na parede, anunciando o jogo entre o temível Mogyana e o ... Santa Rosa F.C "O Santa Rosa vem com seus maiores jogadores" - prometia o cartaz. O "11 de Ouro" entrou em campo como se marchasse no calvário. A plateia, tão logo percebeu que aquele time não era de nada, vaiou o quanto pode. O resultado foi 14 x 0 pro Mogyana, apesar da grande atuação de Zé Caporalini. A volta da delegação foi tranquila. O "11 de Ouro" chegou por volta das 06h00, e já encontrou o Evaristão em plena atividade na estação. Informado do resultado, o rezador não se abalou: -Ô, diabo! Então lá tinha um mais forte do que eu...

PÁGINA 25

Zé Bala fica entre os dez nos 100km dos Canaviais O ciclista santa-rosense Zé Bala e atleta da equipe Alta Mogiana da cidade de Orlândia alcançou o 9° lugar na 13ª Maratona 100kmdos Canaviais, em Ribeirão Preto, no último domingo (26). A prova que reuniu cerca de 600 ciclistas, amadores e profissionais, teve sua largada e chegada no Manoel Aras Ipeca. No trajeto, os atletas passaram, além de canaviais, plantações de café e eucaliptos, enfrentaram pesadas subidas e descidas com areião, tempo muito seco, baixa umidade do ar e o forte sol, obstáculos que credenciam esta como um das maiores e mais desafiadoras corridas de ciclismo do interior. "Esta pro va exige muito de qualquer atleta,

porém eu estava muito bem preparado e graças a Deus conquistei uma boa colocação dentro de tanto atletas renomados, isto me deixa feliz e me fortalece

cada dia mais para poder estar sempre lutando pelos meus objetivos", enfatiza. O atleta se prepara agora para participar dos Jogos Regionais em Ser-

tãozinho, pela equipe da cidade de Orlândia, competição pela qual já faturou três medalhas de ouro, nos anos de 2008,2011 e 2013.

DE OLHO NA CIDADE

Pedágios estão 9,32% mais caros desde ontem Os pedágios das rodovias administradas pelas concessionárias Autovias, Centrovias, Intervias e Vianorte tiveram reajuste de 9,32% desde ontem. O aumento afeta carros, ônibus e caminhões. Na região de Ribeirão, as tarifas vão de R$ 6,40 em Sertãozinho até R$ 13,70, na praça de Guatapará. Com reajuste, o pedágio de Ribeirão passou a cobrar R$ 6,90. Segundo a Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo), o aumento segue a alteração do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). O dinheiro pago nos pedágios, tem como objetivo a conservação das rodovias, operação de viaturas de resgate, guinchos e inspeções de tráfego, entre outros serviços.

Ai que coceira - Os dois ‘totós” rolam no chão para coçar as costas. Um em frente ao pronto socorro e o outro no canteiro da avenida São Paulo. Logo eles terão que ser vacinados contra a raiva, na campanha que começa esta semana.


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

Os Classificados para particulares são gratuitos (máx. 10 palavras). Empresas e dem ais pagam R$ 2,00 por cada 10 palavras. Não pegam os classificados por telefone. Entrega até às 17:00h da Quinta-feira.

FAÇO CARRETO COM SAVEIRO E CAMINHÃO 3/4 semanais aos sábados, domingos e

VENDO filhotes de pincher com 13 dias, preço a combinar. 3954-1036 ou na rua João Bueno dos Reis, 33

feriados. 39546003/ 9 91452869/ 9 9145-3447 VENDO casa pronta para morar Albina Pedreschi, 125, 3 dorm., sala, cozinha grande, wc toda murada, lavanderia portão eletronico. 9 9166-

VENDO estufa fia semi nova para lanchonete R$ 140,00. 9 81192262/ 3954-7942 VENDO bomba de graxa pneumática revisada R$ 500,00. 9 81192262/ 3954-7942

3028/ Zé do Bar VENDO casa reformada cohab II na rua Caetano Conti, 16,

VENDO casa nova 2 dorm., R$ 105 mil, aceito financiamento. 9 9144-4740

3 dorm.,, sala 2 ambientes, cozinha grande, wc, garagem,

VENDO bar na rua Alagoas, 272

VENDO terreno no Itamaraty 1300m². 3954-6071 VENDO gol ano 97 duas portas, travas e vidros eletricos R$ 8 mil. 3954-6071 CHAVES foi encontrado um molho de chaves próximo ao salão capela, procurar no Jornalzão VENDO tv 29 polegadas R$ 350,00. 9 81279560 VENDO casa ou financio no bairro Ari Carneiro R$ 150 mil. 9 9101-1241 Murada com portão VENDO terreno no |tamarati 2 lote bem localizado R$ 14.500,00 + prestações. 9 9101-1241

alpendre e lavanderia. R$ 130 mil. 9 9166-3028 JR HIGIENIZAÇÃO E

VENDO freezer horizontal de 2 tampas R$ 450,00. 9 81192262/ 3954-7942

VENDO casa 2 dorm., R$ 110 mil, financio no Ari carneiro. 9 9101-1241

VENDO VENDO casa nova 2 dorm., limpeza em caixas caixas de cerveja garagem 2 carros R$ 132 mil. Ari d´agua, calhas 600ml R$ 20,00 carneiro. 99101cada. 9 8119etc., limpeza e 1241 descupinização de 2262/ 3954-7942 DEDETIZAÇÃO

forros e lajes,

VENDO cas ano Jd das flores 2 dorm., sala, cozinha terreno 10x25. 9 9136-1608 VENDO casa nova 2 dorm., 2 lado murados R$ 105 mil. 9 9144-4740 VENDO rack R$ 70,00. 9 9452-4205 PROCURO casa para alugar 4 comodos. 9 9452-4205 VENDO terreno em Luiz Antonio na rua Amazonas, 291 esquina 14x27m. 3954-2334/ 9 9773-0353 VENDO moto twister 250cc 2007 amarela. 39542334/ 9 81048181 VENDO picadeira R$ 1200,00. 9 81279560 ALUGO casa no Centro com 3 dorm., cozinha e garagem. 39546167/ 9 91853649 VENDO ou alugo Apto 2 dorm., sem garagem no Centro- Ribeirão Preto. 9 92741241

COMPRO lote no Jd Nova Roma Dom bosco ou Itamaraty. 3954-1000/ 9 8198-9641/ 9 9333-2344/ 9 9619-0070 VENDO casa ótimo comercio , próximo ao estrela azul. 3954-1000/ 9 8198-9641/ 9 9333-2344/ 9 9619-0070 VENDO casa no Jd do Sol 3 dorm., ótimo preço.3954-1000/ 9 8198-9641/ 9 9333-2344/ 9 9619-0070

ALUGO casa 3 dorm., sala, cozinha, 2 wc, garagem área de serviço. 9 9185-3649 VENDO bar na rua Alagoas, 272 VENDO porta com vidro 2mts, 1 cooktop elétrico 4 bocas. 3954-3317/ 9 9109-6199 VENDO montana branca 2012 25000km. 9 9189-4373 ALUGO salao para festas em frente buracanã. 39542822

VENDO casa com salão comercial ótimo ALUGO para investimento.3954- mesas e cadeiras para festas. 39541000/ 9 81981442 9641/ 9 93332344/ 9 9619-0070 VENDO galinha caipira R$ VENDO picadeira motor 10 25 reais. 9 81818632/ 9 8161cavalos R$ 8752 900,00. 9 81818632/ 9 8161-8752 VENDO escort completo, monza semi novo .9 8181-8632/ 9 8161-8752

VENDO tv 29 polegadas R$ 350,00 troco pór tv de 20. 9 8181-863 2/ 9 8161-8752

VENDO VENDO chacara dentro da pneu aro 13 cidade com montado R$ 80,00. escritura.39549 8181-8632/ 9 1000/ 9 81988161-8752 9641/ 9 93332344/ 9 9619VENDO 0070 alqueire de terra com casa, água, VENDO luz, 6 km da casa na 2º rua do cidade, troco com Luiz Gonzaga. casa na cidade. 9 3954-1000/ 9 8181-8632/ 9 8198-9641/ 9 8161-8752 9333-2344/ 9

VENDO VENDO terreno Ari casa ncom 3 Carneiro R$ 17.990 repelente para COMPRO + prestações. 9 dorm.,sala, copa, pardais, pombos, casa ate R$ 110 9101-1241 cozinha e wc. mil para morcegos, área de serviço e financiar.3954VENDO clareamento em garagem para tres 1000/ 9 8198punto prata 9619-0070 9641/ 9 9333pedras telhado carros, edpicula ALUGO essence 1,6 16v 2344/ 9 9619casa próximo a lavagem. 9 9160com 2 comodos, completo doc Ok. 9 VENDO 0070 Etec, de 9276-6618 2 portas de ferro 9140/ 9 8117-3690 sala, cozinha e preferência casal 2 vidros, wc troco por VENDO Reginaldo aposentado. 9 venezianas R$ VENDO lotes no chácara. Rua: 9330-0493 300,00. 9 8181rack em madeira loteamento novo, Porto Alegre, 313 8632/ 9 8161FILHOTES maciça, padrão aprovado já pode VENDO Vila Mendes 8752 cerejeira de canto construir, Filhotes de Shih filhotes de Shih 1,50cm à vosta R$ residencial Tzu e Basset e Tzu e Basset VENDO VENDO 299,00. 9 9119fechado, lotes a Fusca 72 azul parcelamos em partir de 300m² R$ dividimos em até 9872 casa 3 dorm., na 10 x no cartão royal, motor 1600, 230,00 o m² a 10x no cartão rua Januario Telefone: (16) alternador 35, vista ou VENDO Fone:(16)3984Vieira, 480 Dom 3984-2802 ou (16) rebaixado e com financiado ao lado TV 20 polegadas Bosco, aceito 2802 ou (16) funcionando , sem do jd das flores. 3984-2858 Espaço rodas 14 (boca de financiamento. Rural São Simão fogão). Tratar : 3954-10000/ 9 3984-2858 Espaço controle R$ 90,00. SP 99254-1553 8198-9641 3954-6071 3954-7356 Rural São Simão aplicação de


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem ................................................................................................... R$ 120 mil Nova Roma - 200m2 de construção, sendo 3 dorm, sala, coz, lavanderia, varanda, garagem, murada, portões, construída em dois terrenos com 696m2 (24x29) ..................................................................................................... R$ 350 mil Edícula Jd. Primavera reformada, sala, coz, 1 dorm amplo, lav, murada, quint ciment. ac financ. ................ R$ 105 mil Dom Bosco 2 dorm, sala, coz, wc social, varanda, murada ....................................................................... R$ 130 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão ........................ R$ 270 mil Cohab 2 - 2 dorm, sala, copa, coz, portão, murada ................................................................................... R$ 130 mil Casa Nova Roma esquina, 2 dorm, murada, portão ................................................................................ R$ 160 mil Duas edículas próx. Real ..................................................................................................................... R$ 110 mil Ap. Recanto Lagoinha 2 dorm ............................................................................................................. R$ 160 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ...................................................... R$ 190 mil Edícula Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, wc e garagem ............................................................................ R$ 80 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2 ......... R$ 1.500.000,00 ac. proposta Julio Moretti esq, 3 dorm, sala, coz, wc social, murada, portão eletrônico ................................................ R$ 180 mil Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ..................... R$ 230 mil Luiz Gonzaga 2 dorm com arm. emb, sala, copa, coz planejada, gar 2 carros .............................................. R$ 220 mil Sobrado Cohab 1, esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem .......................................................... R$ 180 mil Casa de madeira, Nova Roma, 3 dorm, sala, coz, wc, terreno 11x25, murada e portão .............................. R$ 110 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real................................................................ R$ 180 mil Rua Pestalozzi 3 dorm, sala, coz, garagem, + salão comercial .................................................................. R$ 140 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ................... R$ 450 mil Casa Jardim Elite 2 dorm, sala, coz, lavanderia, garagem, terreno amplo ................................................ R$ 130 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 ........................... R$ 350 mil Casa Luiz Gonzaga 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, á. serv, á. churras, gar, aq. solar ....................... R$ 430 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc sociais, terreno 600 m2 .................. R$ 400 mil Rua Goiás 3 dorm, sala, coz, varanda, garagem ...................................................................................... R$ 230 mil Sobrado com Comércio, de frente a escola Conde ................................................................................... R$ 330 mil Rua Alagoas esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem e salão comercial ......................................... R$ 170 mil Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de 676 m2R$ 900 mil Centro esquina, 2 dorm, sala, cozinha, wc social, lavanderia, garagem, murada ........................................ R$ 130 mil Centro 50m construído, 2 dorm, sala, coz, murada .................................................................................. R$ 120 mil

02 terrenos Canaã ............................................................................. Entrada + parcelas de R$ 470,00 cada um Morumbi Novo ............................................................................................................................... R$ 105 mil Terreno Ari Carneiro 200m2 ............................................................ entrada de 18 mil + parcelas de R$ 442,00 Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, .......................................................... R$ consulte-nos Morumbi Novo terreno de esquina medindo 388m2, plano, ótima localização (imperdível) .............. consulte-nos Terreno Jardim Paloma medindo 632 m2, sendo 15x42 com toda infra, liberado para construir...R$ 190,00 o m2, saldo devedor de 20 mil. Entrada ac carro e divide em 4x. Total R$ 120 mil 12 terrenos juntos Jardim Aquarius, escritura individual, todos cercados com uma casa. ...................... R$ 380 mil Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

PÁGINA 27

Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ........................................................... R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia ............................................... R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc .............................................. R$ 240 mil Cohab 1 3 dorm, sala, coz, copa, área churras, lavand, garagem, esquina .................................................. R$ 140 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, murada .................................................................................................. R$ 98 mil Casa Nova Roma, 2 dorm, sala, coz, terreno 5,5x25 ............................................................................. R$ 108 mil Dom Bosco 3 dorm, sala, coz, wc social, em construção .......................................................................... R$ 150 mil Jd Elite 2 dorm, sala, coz, semi nova, ............................................................... R$ 55 mil + prestações de R$ 390,00 Edícula Nova Roma, 2 dorm, sala, coz varanda, com churrasqueira e garagem ......................................... R$ 200 mil Ap. Ribeirão 48m2 (parque dos lagos) 2 dorm ...................................................................................... R$ 165 mil Apartamento Ribeirão Preto, jardim Paulistano, 1 dormitório (reformado) ............................................ R$ 160 mil Dom Bosco 3 dorm, sendo 1 suíte, sala, copa, coz, área lazer, garagem, acab. 1ª ........................................ R$ 365 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, área serviço, garagem, edícula separada, ótimas p/aluguel ........................... R$ 100 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. .................. R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor Sobrado Jd Primavera 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, lavabo, área churras, piscina, ót local ................. R$ 400 mil Av. Rio Branco 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, armário embutido coz, terreno 11,60x28,40 ................... R$ 350 mil rua Rio de Janeiro 3 dorm, sala, copa, coz, wc social, lavanderia, área churras, gar 2 carros ..................... R$ 220 mil Nosso Teto esquina, 2 dorm, sala, coz, 2wc, área churrasco ....................................................................... R$ 95 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, cozinha, wc social, sacada, terreno 11x25 .................................................... R$ 110 mil Monte Alto esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, lavand, garagem ampla ............................... R$ 290mil Julio Moretti 2 dorm,sala, coz, portão eletrônico ................................................................................... R$ 120 mil Casa Jardim Aquarius 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, terrno 5x25 ................................................. R$ 85 mil Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ............................. R$ 350 mil Cohab 3 2 dorm, duas sals, copa, coz, lavanderia, área lazer .................................................................... R$ 100 mil Cohab 4 quitada, 2 dorm, sala, coz (piso frio e forrada) + edícula com laje ............................................... R$ 105 mil Jardim do Sol 138m2, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem ..................................................... R$ 200mil Luiz Gonzaga de frente escola de Química, 2 dorm, sala, coz, banheiro .................................................... R$ 130 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavand, área churras, esq ............................ R$ 380 mil Cohab 1 2 dorm, sala, coz, garagem ......................................................................................................... R$ 95 mil Jd Aquarius 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavanderia, garagem (próx rodoviária) ....................... R$ 200 mil Nova Roma Estamos construindo casas no plano Minha Casa Minha Vida ......................................... Consulte-nos Centro rua 7 de Setembro, 285 m2, 3 suites, com 2 closets, sala de visita e TV, copa, coz, lavanderia, garagem (falta acabamento) terreno de 570 m2 ............................................................................................................. R$ 420 mil

Sítio 2.18 alqueires, em Cajuru, terra roxa - ót. plantio) com casa e água corrente ..................... R$ 320 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 170 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ................................................................................... R$ 160 mil Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil Área Jd Primavera 2370 metros com asfalto, urbano, excelente localização ............................... R$ 250 mil Sítio 20.000m2 com córrego no fundo, energia próxima, ac casa na troca .................................... R$ 150 mil Sítio 42.0000m2 frente a pista, venda ou troca por casa ac troca por casa ..................................... R$ 200 mil Sítio defronte a pista de São Simão a Santa Rosa, 1 alqueire, com casa simples, 8 forno pra carvão e 2 mil pés de eucalíptos com 2 anos .............................................................................................................. R$ 200 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS


PÁGINA 28

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 29


PÁGINA 30

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

REUNIÕES TODAS AS TERÇAS E SÁBADOS 19h30 - Rua Alagoas, 370 APOIO DO JORNALZÃO


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 33

SAUDADE DA FAZENDA AMÁLIA

Greve em 1966 acelerou o fim das colônias Par ece ter caíd o como luva, para os planos do grupo Matarazzo, a greve dos trabalhadores da fazenda Amália em 1966. O movimento, que uniu indústria e lavoura, deteriorou de vez as relações entre pa-

trão e empregados, e abriu caminho para o monumental desmonte das colônias espalhadas pelo imenso território da fazenda que abrangia quatro municípios. Foi, sem dúvida, o maior êxodo rural experimen-

tado pelo município de Santa Rosa. Mas para o Conde Francisco Matarazzo Jr. foi o pretexto ideal para

diminuir o número de pessoas sob sua dependência, livrar-se da eventualidade daqueles colonos reivindi-

carem a posse definitiva das terras e do surgimento de vilas e cidades a partir daqueles pequenos núcle-

os. Além disso, desatrelou a relação de quase posse entre patrão e empregados.

Demitidos 2 mil de uma vez só A greve, encabeçada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Santa Rosa de Viterbo, durou uma semana - de 29 de outubro a 05 de novembro de 66 -mas as consequências perduraram por cinco anos. Muitas ações foram ajuizadas em decorrência da paralisação, mas o processo nº 166/66 é exemplar para se entender o que se passou naquele momento em Santa Rosa. O resultado imediato da greve foi a demissão sumária de um número incerto de trabalhadores. Já se falou em 2.000 pessoas, 700 famílias e outros números. O processo citado defendia 102 trabalhadores rurais que reivindicaram readmissão ao emprego e recebimento de salários "vencidos e vincendos". Na discussão jurídica, vieram à tona importantes informações históricas: "Na década de 50 desmembrou-se da fazenda Amália uma área de 45.289 metros quadrados, menos, portanto, do que dois alqueires, exatamente onde estavam localizadas a usina de açúcar, fábrica de ácido cítrico, fábrica de papel e papelão, laticínios, oficinas, serrarias... organizando-se uma sociedade anônima, conhecida por Agro Industrial Amália S/A. Em 1º agosto de 1966 constituiu-se uma outra sociedade anônima, a S/A Santa Rosa de Produtos e Trabalho Agro Pastoril que explora apenas a mão-de-obra dos que trabalham nas terras da fazenda Amália" - escreveu o juiz da época.

Funcionários da Amália na década 1980, duas décadas depois de ganharam causa na Justiça

Cinco anos depois, empresa foi considerada perdedora Na sentença, expedida em 5 de setembro de 1967, o mesmo juiz qualificou o comportamento da empresa de "odioso, anti-cristão e não merecedor de acolhida na Justiça", e fixou prazo de 10 dias para que os trabalhadores fossem reintegrados às suas funções. Amália recorreu de novo e levou mais uma negativa, no dia 16 de junho de 1969, quase três anos depois da greve. Enquanto isso, os demitidos permaneceram parados e sem salários. Três outros recursos resultaram infrutíferos para a empresa. A última confirmação dos acórdãos, negando pedidos de embargo feitos pelos Matarazzo, foi feita pelo TST de Brasília, no dia 14 de janeiro de 1971, quase cinco anos depois do movimento. (Extraído do livro "Histórias de Santa Rosa de Viterbo", de Romeu Antunes)


PÁGINA 34

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

GRAMÁTICA NA MEDIDA Você sabe a diferença entre "acerca de" e "a cerca de"? Embora tenham a mesma sonoridade, note que a grafia (= forma de escrever) é um pouco diferenciada. E isso também ocorre com o sentido! "Acerca de" significa "sobre" ou "a respeito de". Por exemplo: não sei nada acerca disso (de + isso = disso). Já "a cerca de" (com a letra "a" separada) significa "a aproximadamente". Por exemplo: moro a cerca de 200 quilômetros de Santa Rosa de Viterbo. Fique de olho! Aline Vilela é professora das redes pública e privada de ensino e corretora de vestibulares. #gramáticanamedida

Pula Fogueira iaiá, Pula fogueira ioiô... Uma galera animada da rua Maria Aparecida Ferreira, promoveu na noite do último domingo (26), um arraiá em plena rua. Segundo informações, moradores se juntaram para realizar a festa junina que teve quentão, pipoca, doces, bolos. Quitutes à vontade feitos por eles mesmos. Ao som de: Pula fogueira iaiá, Pula fogueira ioiô música de Getúlio Marinho e João B. Filho, os moradores, alguns vestidos à "moda da roça" puxaram uma aninada dança de quadrilha, debaixo das bandeirinhas coloridas penduradas sobre a rua.

FALA NOSSO TETO

PÁGINA 35

Começou a construção do trevo da "Joaquina" Finalmente começou a construção do trevo da avenida Joaquina Custódia Ribeiro. O trevo ligará o "Teto" aos bairros: Itamaraty, Nova Roma, jardim dom Bosco e Nova Canaã, além de beneficiar os moradores do Montorão. Para viabilizar a obra foi preciso derrubar um pedaço do muro do estádio de futebol Kléber Alessandro da Silva. Um exemplar de óleo de Copaíba existente no local escapou por centímetros de ser cortado. As estacas que demarcam a obra rasparam o seu tronco. Outro exemplar centenário que habitava ali também não teve a mesma sorte. Foi derrubado juntamente com outras árvores para ceder lugar à ampliação da avenida. Moradores de toda a cidade protestaram com o fato, ocorrido há mais de um ano. Paralisada na mesma ocasião, por causa de um erro de planejamento (a avenida iria avançar sobre uma propriedade particular) só descoberto com a obra em andamento, a avenida ficou interditada todo esse tempo, até que a pendenga fosse resolvida. O caso gerou ainda mais irritação e protesto da população. A Canaã Yamashita Empreendimentos Imobiliários- que assinou convênio com a prefeitura e irá custear a obra- conforme publicação da prefeitura em rede social tem pressa em sua conclusão. -Não temos um prazo para terminar, mas a ordem é para acabar o mais rápido possível, afirmaram trabalhadores da obra.


PÁGINA 36

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

PÁGINA 37


PÁGINA PÁGINA38

38

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

O -JORN ALZ ÃO O Clélia JORN ALZÃO - E D . 1.053 25/06/2016 Zanardo cleliazanardo@bol.com.br

E D IÇ ÃO 1.054 1.043 16/04/2016 02/07/2016


JORNALZÃO ALZ ÃO- E DClélia OOJORN . 1.053 Zanardo - 25/06/2016 E D IÇ ÃO 1.054 02/07/2016

cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

PÁGINA PÁGINA 39 Informe Publicitário

39


PÁGINA 40

O JORN ALZÃO - E D . 1.053 - 25/06/2016

O Jornalzão, edição 1054  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

O Jornalzão, edição 1054  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement