Page 1

®

Diretor: André Nagib Moussa (Mtb 34286) - Santa Rosa de Viterbo, 18/06/2016 - Ano 22 - N.º 1.052 - Semanal - Fone/Fax 3954 3289

'Costa Bruno' será concluída por mãos haitianas

R$ 3,00

Fraudes na merenda devem ser investigadas por Polícia Federal Nesta nova fase devem acontecer 16 prisões

Construtor leva pedreiros na Câmara pedindo agilidade em loteamento Santa-rosenses pedem emprego

Quatro imigrantes haitianos começaram a trabalhar, na última segunda feira, na conclusão da escola 'José Roberto Costa Bruno'. Contratados por empresa da capital (vencedora da licitação), eles são poliglotas, pegam cedo no batente e se esmeram no trabalho.

“ÓIA A COBRA. É MENTIRA”

Esta aberta a temporada de festas juninas

Santa-rosense

faz 'vaquinha' para ajudar cachorros

Faz 40 anos que os vereadores locais recebem salário

FORAM 3

Santa Casa realizou seus primeiros partos após a reforma

Santa Rosa registrou a manhã mais fria dos últimos anos

Termômetro registrou 2 graus


PÁGINA 2

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 3

Faz 40 anos que os vereadores locais recebem salário Antônio Élio de Oliveira era membro da Câmara de Santa Rosa em 1976, e considera inexpressivo o subsídio mensal que os vereadores passaram a receber a partir daquele ano. - Era uma coisa mínima. Na época eu trabalhava com meu pai, na loja que ele tinha - relata o advogado de 77 anos. Eleito em 1973 pela primeira vez (reelegeu-se em 76), ele vivenciou a transição. A Lei complementar nº 25, de 02 de julho de 1975, estendeu o subsídio aos vereadores de cidades de todos os tamanhos. Até então, só recebiam salários os membros d e Câmar as d aq u elas com mais de 200 mil habitantes. - Eu acho justo vereador receber salário. O

"Se mostrar serviço, é justo"

Gentil diz que é justo, se trabalhar

Queiroz deu nome à 'Conde'

Para Oliveira, salário era pouco povo fala muito, mas assina em baixo com o voto - opina o advogado casa-

do, três filhos e 7 netos (contando com Lorenzo que está para vir à luz).

Um dos mais velhos chegou a discutir com juiz Arys Eleutério, com 92 anos, (membro da Câmara entre 1960 - 1963) é o sobrevivente mais antigo do tempo de vereador sem salário. Selim Cury, o segundo mais velho, entrou no lugar de Antônio Ribeiro Tavares, na administração 1956 - 59, e foi o segundo mais votado na eleição que o habilitou para mandato entre 1960 e 63. - Eu e o Luiz Berti tivemos 15% dos votos naquela eleição. Ele considera ter sido eleito por que mexia com futebol e outras coisas da cidade. - Fui Presidente de banda, já viu isso?! Lembra-se de uma reunião, antes da sessão da Câmara, em que o juiz Hélio Ivo Dória acusou os vereCury discutiu com juiz adores de diversos deslizes. - Eu então disse, 'meritíssimo, se o senhor provar só uma dessas acusações, nós aceitaremos todas as outras'. O juiz reconsiderou as críticas na hora. Selim, nascido em 1932, casado, 3 filhos e 4 netos, ressalta que, naquele tempo, as prefeituras tinham como investir com recursos do próprio orçamento. - Não é como agora que a prefeitura vive atrás do Estado pra pegar dinheiro e fazer as coisas - encerra Selim, enfatizando o orgulho de ser 'vicentino' há 46 anos.

Dos membros daquela Câmara, já faleceram Moacyr Juns, Nege Salim, Amilcar de Oliveira, Argemiro Domingos Zílio, Gelindo Aparecido Pereira, Luiz Berti, Márcio 'Bolão' Guimarães, e João de Andrade. Estão vivos, além de Antônio Élio, Mário Titarelli e José Queiroz. - Eu não me lembro de ter recebido salário como vereador - admite José Queiroz, 81 anos, casado 2 filhos e 4 netos. Seu primeiro mandato foi cumprido entre 1960 e 63. - O que eu me lembro é que dei o nome de Conde Francisco Matarazzo Jr. à estrada até a Anhanguera. Eu cheguei a falar com o conde antes de apresentar o projeto. Era caminhoneiro e levava verduras, carne e queijo da fazenda Amália até a casa dele em São Paulo. José Vicente Gentil,

78 anos, casado, 3 filhos e 7 netos, é dos poucos sobreviventes da época em que vereador não ganhava nada. - Quando me elegi pela primeira vez, em 1968, não recebia nada, e nem por isso deixava de trabalhar salienta. Para ele, é justo vereador receber salário. - Se trabalhar, mostrar serviço, é justo. Tá recebendo o que a lei permite.

Norberto Procópio Villas Boas, casado, 70 anos, 2 filhos e 5 netos, é da primeira turma dos eleitos que entraram recebendo salários. - Eu trabalhava no banco Comind na época, e o salário que recebia como vereador era quase nada. Acho justo, mas não tanto quanto ganham hoje - opina. Atualmente, os vereado res ganh am R$ 4.633,85.


PÁGINA 4

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

EDITORIAL

CARTA À REDAÇÃO

COLUNA ROTÁRIA

Não responde não - O prefeito falta com a verdade em alguns pontos na nota publicada no facebook, sobre o loteamento Nova Canaã. Primeiro quando diz que a prefeitura não deu qualquer informação sobre o assunto. Deu sim, prefeito. O seu engenheiro nos passou a informação. Errada, mas passou. O prefeito também falta com a verdade quando diz que a sua assessoria está sempre aberta a responder as questões levantadas pela imprensa local. Só na semana passada foram quatro perguntas que o prefeito não quis responder: 1- Sobre a luz do Bosque, a prefeitura pensa em reacender? 2Cemitério, tem alguma ação na justiça contra a prefeitura? 3-Porque a prefeitura está enrolando para doar o prédio da ETEC? 4-Um motorista de ônibus de estudantes causou um problema sério na estrada recentemente e a prefeitura não abriu procedimento nenhum. O que aconteceu? Estas aí de cima foram na semana passada, sem contar as dezenas de perguntas de edições anteriores que o prefeito ignorou.

Informações especulativas

Henrique Gil

Erramos e pedimos desculpas - Como o Jornalzão tinha a informação do engenheiro da prefeitura, tinha a reclamação do construtor, fizemos a matéria. Erramos sim em não ligar para a empresa responsável pelo loteamento, e esta ligação evitaria estes transtornos. Pedimos desculpas aos leitores e anunciantes pela primariedade do erro. E o engenheiro Fábio Sassi foi muito honrado em reconhecer o pequeno equívoco. Parabéns a ele pela hombridade. Difícil situação - Começaram as obras do entorno da escola "Costa Bruno". E lá tem haitianos trabalhando, contratados pela empresa vencedora da licitação. E nesta mesma semana, pedreiros locais foram na Câmara cobrar agilidade em loteamento porque queriam trabalhar. Os daqui sem empregos, os refugiados trabalhando. Ressaltamos que todos têm o direito ao trabalho e ali todos estão legalmente e trabalhando honestamente. Mas será que nossa cidade pode se dar ao luxo de abrir mão de vagas de trabalho para forasteiros?

EXPEDIENTE O JORNALZÃO é uma publicação da editora André Nagib Moussa ME - Redação:rua José Garcia Duarte, 182 - Centro - Santa Rosa de Viterbo-SP - CEP 14.270-000 Fone/fax: (16) 3954 3289 Usuário Papel Imune: UP-08109/014 - Diretor de Redação: André Moussa Free lancer - Gabriel Caldas e Romeu Antunes Contato Comercial: Joana Dobras Tiragem: 2.500 exemplares - Circulação: Santa Rosa de Viterbo Periodicidade: Semanal - R$ 3,00 por exemplar - E-mail:ojornalzao@ojornalzao.com Impressão: Grafisc, São Carlos. “Artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal.” O Jornalzão se reserva o direito de resumir cartas que considerar inadequadas ao espaço disponível. O JORNALZÃO É AFILIADO À ABRARJ

A Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo esclarece por meio desta que, a matéria veiculada na Ed. 1.051 de 11/06/2016 na página 9 deste conceituado periódico, sob o título “Donos de terrenos e construtores reclamam da prefeitura por não liberar Jardim Nova Canaã” possui informações que não condizem com a verdade. A Prefeitura Municipal não recebeu, até o momento nenhum pedido de liberação do loteamento. O responsável pelo loteamento e representante do Grupo Josan, senhor Sandro Carrera, por meio de nota, informou o motivo pelo qual a empresa não solicitou a liberação do loteamento: “Diante do requerido, venho esclarecer que não foi protocolado na Prefeitura de Santa Rosa de Viterbo S/P a solicitação de Vistoria e recebimento das obras do Loteamento , pois ainda não foram totalmente concluídas”. Desta forma, a Prefeitura Municipal esclarece que as informações obtidas pelo periódico “O Jornalzão” junto a construtores são meramente especulativas, uma vez que a empresa responsável pelas obras sequer as concluiu. Assessoria de Comunicação do Município Nota da redação: Leia a nossa opinião no editorial e matéria na página 13.

Rotary International promovendo a Paz

As zonas de conflito mundiais têm gerado enorme prejuízo à sociedade. Guerras, pobreza, violência e tráfico fazem parte do cenário o qual atrapalha a chegada de remédios, escolas e água potável. Na foto, a ex-bolsista Rotary pela Paz Louisa Dow (à esquerda), coordenadora do Habitat para a Humanidade no Haiti, conversa com Renette Pierre, coordenadora de engajamento social, sobre um projeto em Simon Pele. Através do mapa que mostra áreas em que os residentes sentem falta de segurança, a comunidade pode priorizar mudanças como instalação de postes de iluminação ou calçadas. Anualmente, são oferecidas bolsas de estudo nos Centros Rotary pela Paz. Ao se formarem, os bolsistas saem como especialistas em assuntos de paz e resolução de conflitos, seguindo carreiras no governo, ONGs, forças armadas, segurança pública e organizações internacionais, como Nações Unidas e Banco Mundial. O prazo para as inscrições deste ano se encerra em 31 de maio. O Rotary é formado por líderes de diversos continentes, culturas e áreas de atuação, que se unem e entram em ação para ajudar comunidades em todo o mundo. Os mais de 34.000 Rotary Clubs realizam projetos e atividades locais e também formam parcerias para trabalhar em outros países. Saiba mais: Doação para os Centros Rotary pela Paz: http://bit.ly/rotary_paz Inscrição às bolsas Rotary pela Paz: http:// bit.ly/bolsas_paz Fan Page do Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: http://facebook.com/rotarysrv Rotary Club de Santa Rosa de Viterbo: Av. Henrique Alonso Martins, 275


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 5

Haitianos poliglotas não enjeitam serviço pesado Emp ur rand o uma carriola cheia, que vai despejar na caçamba, John, 33 anos, sem parar, confirma que é do Haiti, e que está no Brasil há 8 meses. Engatinhando na língua portuguesa, ele revela ser "de outra cidade que não capital, né!". Diz o nome da cidade, mas é impossível entender. Mais algum tempo e ele terá incorporando mais um idioma à sua cultura: a exemplo dos outros três companheiros que trabalham no término da obra da escola 'José Roberto Costa Bruno', no Jd. Aquarius, John fala também francês, crioulo haitiano (línguas oficiais do país), além de inglês e espanhol. Eles dizem que virão mais haitianos trabalhar na obra. Perguntado se está se saindo bem no Brasil,

John responde "claro!", para, em seguida corrigir, "mais ou menos". Lembra que tem família no Haiti para onde deseja voltar. Acrescenta que é solteiro, mas tem uma filha a quem envia dinheiro. "Longe da família é triste!". Os quatro sorriam diante da provocação sobre a derrota do país, para o Brasil, por 7 x 1 na Copa América Centenária de futebol, em disputa nos EUA, da qual os dois times já estão de fora. Mas não deixam de mencionar 'outro 7 x 1' que tanto incomoda brasileiros...

Eles querem autorização para trabalhar além da hora

Eles querem estender jornada de trabalho - Quinze pras sete da manhã, já estão todos aqui - diz uma funcionária da escola que funciona normalmente apesar das obras - Trabalham das 7 às 11 e das 13 às 17, mas esperam autorização do engenheiro para trabalharem até as 19 horas. E não param um minuto. Os quatro se hospedam em casa ao lado da escola, alugada pela empresa. O encarregado da obra segredou à funcionária que prefere trabalhar com haitianos do que com brasileiros. - Ontem foram despejadas pedra e areia no meio da rua, e eles limparam tudo pra não atrapalhar a passagem. Quando que brasileiros fazem isso?! Enquanto John revelava o nome dos companheiros - Antenor, Libonete e Delange -, toca o celular que ele carrega no bolso. - Isso deve ser ligação lá do Haiti - arrisca a funcionária segundo a qual, através whatsapp, eles estão em permanente contato com parentes. E falam com eles, ao telefone, em crioulo. - Aí a gente não entende nada! - admite ela.

Empresa da capital foi contratada pelo Estado Uma licitação feita pelo Estado - sem a participação da prefeitura - contratou a empresa Uliarte, de São Paulo, para terminar a obra da 'Costa Bruno'. O contrato, de R$ 460 mil, prevê o fechamento da escola, tela na quadra, divisão de salas de aula e grade de proteção nas escadas. O trabalho começou na última segundafeira. O ano de 2010 marcou o início da grande imigração de haitianos para o Brasil. Eles começaram a entrar no país pelo Acre, depois do terremoto que arrasou o país terceiro maior país caribenho, em particular a capital, Porto Príncipe. Morreram mais de 150 mil pessoas, e mais de 300 mil tiveram que se deslocar de onde moravam.


PÁGINA 6

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

VERSO E PROSA

COLUNA GOSPEL

CHICO XAVIER

por Evandro Junior

por Rogério Moscardini

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Chegou o fim de semana Olha eu aqui de novo Rimando aquilo que sei Dizendo a verdade pro povo Por falar em verdade E esse diz que me diz O que o Jornalzão escreve Pro Prefeito não condiz Inverdade, que palavra bonita É o que Exmo pensa O homem anda mal na fita Segundo ele a liberação de Terrenos não houve pedido E mal informados somos nós O Homem tá perdido Quem passou a informação foi o Engenheiro Prefeito Pessoa de boa índole Tem todo o nosso respeito Sobre a sua Assessoria Atenta como o Sr fala Quando o Jornalzão pergunta Muitas vezes ela se cala Nesse jogo de Xadrez O Rei acaba sozinho Acho que quis assim Não é verdade Cassinho? Sobre verdade o povo sabe Eu também sei muito disso Conseguiu até hoje honrar dez por cento de seus compromissos?

Sonhadores Quando Deus falou com Abrão, ele o obedeceu prontamente, e partiu para uma terra desconhecida firmado apenas na promessa. Sem filhos, confiou em Deus para fazer dele "uma grande nação". Deus normalmente faz o Seu trabalho por meio de sonhadores - que se entusiasmam com inacreditável fé. No entanto, minha tendência é tomar decisões ponderadamente. Num momento de crise, a minha igreja marcou uma noite de vigília. Discutimos muito a praticidade desse evento antes de uma decisão. Um grupo de membros idosos e de baixa renda da congregação, residentes no mesmo bairro, respondeu com o maior entusiasmo. Eu imaginava quantas orações sem respostas eles já haviam feito e mesmo assim, ainda demonstravam genuína confiança no poder da oração. "Quantas horas vocês querem ficar - uma ou duas?", perguntamos, pensando na questão do transporte. "A noite toda", responderam. Uma mulher com 90 anos explicou: "Podemos orar. Temos tempo e temos fé. Alguns de nós não dormimos muito mesmo. Podemos orar a noite toda se for preciso." E assim todos fizeram. Nesse meio tempo, um grupo de jovens profissionais ambiciosos e prósperos, de uma igreja urbana, aprendeu uma importante lição: A fé comumente surge nos lugares mais inesperados e vacila onde deveria prosperar.

A gente fala quando acerta E homem gosta e aplaude Quando ele erra e a gente aponta... Lá vem ele com a "Inverdade"...

Mensagem do homem triste Passaste por mim com simpatia, mas quando me viste os olhos parados, indagaste em silêncio porque vagueio na rua. Talvez por isso estugaste o passo e, embora te quisesse chamar, a palavra esmoreceu-me na boca. É possível tenhas suposto que desisti do trabalho, no entanto, ainda hoje, bati, em vão, de oficina a oficina... Muitos disseram que ultrapassei a idade para ganhar dignamente o meu pão, como se a madureza do corpo fosse condenação à inutilidade, e outros, desconhecendo que vendi minha roupa melhor para aliviar a esposa doente, despediram-me apressados, acreditando-me vagabundo sem profissão. Não sei se notaste quando o guarda me arrancou à contemplação da vitrina, a gritar-me palavras duras, qual se eu fosse vulgar malfeitor. Crê, porém, que nem de leve me passou pela mente a ideia de furto; apenas admirava os bolos expostos, recordando os filhinhos a me abraçarem com fome, quando retorno à casa. Ignoro se observaste as pessoas que me endereçavam gracejos, imaginando-me embriagado, porque eu tremesse, encostado no poste: afastaram-se todas, com manifesto desprezo, contudo não tive coragem de explicar-lhes que não tomo qualquer alimento, há três dias... A ti, porém, que me fitaste sem medo, ouso rogar apoio e cooperação. Agradeço a dádiva que me estendas, no entanto, acima de tudo, em nome do Cristo que dizemos amar, peço me restituas a esperança, a fim de que eu possa honrar, com alegria, o dom de viver. Para isso, basta que te aproximes de mim, sem asco, para que eu saiba, apesar de todo o meu infortúnio, que ainda sou teu irmão. Meimei Página extraída do livro "Ideal Espírita" Psicografia de Chico Xavier.

PALESTRA ESPÍRITA

Que maldade!

Estão convidados todos os confrades, simpatizantes e demais interessados, para assistirem à palestra que será realizada nesta segunda-feira, dia 20/06/2016, às 20 horas, na sede do Grupo Espírita "Bezerra de Menezes", situada à Rua Eugênio Melloni nº 195 - Jardim Planalto, nesta cidade de Santa Rosa de Viterbo. O tema abordado será "Mecanismos e Eficácia da Prece" e o palestrante será o Sr. Basílio Leme, da USE-Ribeirão Preto. Desde já a diretoria desta entidade agradece a presença dos interessados. 3954 3371 - 3954 6920


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 7


PÁGINA 8

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 9


PÁGINA 10

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 11

SAUDADE DA FAZENDA AMÁLIA

Complexo industrial mandava na política municipal Ermelino Matarazzo não compareceu à posse na Câmara...

Ermelino Matarazzo (sentado, camisa escura) no aeroporto, antes de uma de suas viagens para a França Guido Maistrello, diretor da Fazenda Amália ainda propriedade de Henrique Santos Dumont - foi o primeiro prefeito de Santa Rosa de Viterbo quando o município nasceu, em 1910, com o nome de Ibiquara. Naquele tempo, o prefeito era um dos seis vereadores, eleito pelos

seus pares. Mário Carneiro da Cunha substituiu Guido na direção do complexo industrial, que virou propriedade do conde Matarazzo a partir de 1920, e assumiu também a prefeitura em sucessivos mandatos, a partir de 1924. A Revolução de 30 quebrou a escrita: dois prefeitos -

Tho maz Eu gên io d e Abreu e Theóphilo Siqueira, nomeados pelo interventor no estado de São Paulo, nada tinham a ver com os Matarazzo. Mas a nomeação do próximo, João Bueno dos Reis, farmacêutico na Amália, reed itou a influên cia da Amália. Foi o mais longo

dos mandatos, de julho de 1938 a março de 1947. Co m o f im do Estado Novo, em 1945, voltaram as eleições em todos os níveis, e Antônio Guimarães tornou-se prefeito em 1947, derrotando Theóphilo Siqueira, com decisivo apoio da Fazenda Amália.

O filho do conde, Ermelindo, foi um dos 13 vereadores eleitos. A ata da sessão de posse, arquivada no TRE-SP, registrou a seguinte observação: "O vereador Ermelino Matarazzo não tomou posse no dia 1º de janeiro de 1948 por estar ausente do país, na França". Ele só apareceu na quinta sessão de Câmara, no dia 8 de março, e a ata da sessão é um primor de bizarrice. Com Ermelino na plateia, o presidente, Santo Stefanelli consulta os 10 vereadores presentes se poderia dar posse ao filho do conde. Com a concordância de todos, Ermelino foi "convidado a assinar seu mandato, antes fazendo as exigências de Requerimento Interno". Apesar da leitura de projetos de lei e ofícios, nada foi discutido porque o presidente revelou que não mais pretendia ficar no cargo. É preciso lembrar que Santo Stefanelli era funcionário da Fazenda Amália. E prossegue a ata da reunião: "Demitido o presidente, os outros membros o acompanharam. Nesse ponto, foi a sessão suspensa por dez minutos para que se procedesse à eleição da nova diretoria". Ermelino foi eleito presidente por unanimidade, e assumiu imediatamente o posto.

... e acabou cassado por abandono A ata da décima sessão (22 de maio de 1948) documenta: "Não tendo comparecido às reuniões o presidente eleito Sr. Ermelino Matarazzo, foi substituído por seu sucessor legítimo, o vice-presidente Sr. Moacyr Cintra. Tendo esse último, por ofício, solicitado licença pelo prazo de quarenta dias, assumiu a presidência da Mesa o secretário Sr. José Massaro, único membro presente da diretoria eleita e, por tal, eu José Dilermando Ribeiro, convidado, aceitei secretariar a presente reunião". Aos 7 de junho de 1948 aconteceu a décima primeira reunião da câmara Municipal de Icaturama, nome que o município teve entre 1944 e 1949, e a na ata ficou historiado. "A ela compareceram nove dos vereadores empossados, deixando, portanto, de comparecer o vereador Ermelino Matarazzo que tem seu mandato cassado por abandono..."


PÁGINA 12

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

DE OLHO NA CIDADE Aí não, né?

Leitor flagrou esta semana veículo oficial parado em local irregular e ainda na contra-mão. Foi na rua Iracy Leme

Placa quebrada - Na rotatória João Gentil, na entrada da cidade

PÁGINA 13

Construtor leva pedreiros na Câmara pedindo agilidade em loteamento O construtor Marcos Durando levou alguns pedreiros na última sessão da Câmara, para pressionar os vereadores na liberação do loteamento Nova Canaã. Porém, o que o construtor ouviu do vereador Luís dos Reis Augusto, o Bode, foi que o loteamento ainda não está pronto porque faltam algumas obras de esgoto, além do trevo que deverá ser feito. Na última edição o construtor criticou os vereadores e a prefeitura pela demora da liberação. "Depois que saiu a matéria no Jornalzão fui me informar na prefeitura e me disseram que o dono do loteamento ainda não pediu a liberação do loteamento e portanto não há nenhum atraso da prefeitura", informou o vereador. Segu nd o Bod e, o construtor saiu informado da situação: "Expliquei tudo para eles e eles saíram com a informação correta", disse. Na última edição do Jornalzão, o construtor

Marcos Durando criticou prefeitura e Câmara pela demora na liberação do loteamento. Porém a demora se deve porque o loteamento não está pronto. O equívoco pode ter sido cometido por causa de uma declaração na edição 1.048 do Jornalzão, de 21 de maio último, página 3, onde o engenheiro da prefeitura Fábio Aguilar Sassi informou, por telefone, que naquele loteamento só faltava o trevo para ser liberado. Naquela edição, o Jornalzão fez matéria sobre a grande quantidade de lotes à venda no município - cerca de quatro mil, e o engenheiro deu um resumo da situação de diversos loteamentos pela cidade, inclusive o Canaã.

06/2016 na página 9 com o título: "Donos de terrenos e construtores reclamam da prefeitura por não liberar Jardim Nova Canaã" contém informações que não condizem com a verdade. A Prefeitura informa que não recebeu nenhum pedido de liberação do loteamento por parte do proprietário e que a liberação do dispositivo de acesso (trevo), não tem relação com a liberação do loteamento. Desta forma, não há atraso na liberação do loteamento, já que não há pedido de liberação. Em nenhum momento a Prefeitura Municipal foi procurada pelo periódico em questão para tratar de assuntos relacionados ao loNão quis respon- teamento. der - A prefeitura divulgou Ressaltamos que o uma nota de esclarecimen- Departamento de Comunito no facebook, que o Jor- cação da Prefeitura Muninalzão publica na íntegra: cipal está sempre aberto "A Prefeitura Municipal de para atender as solicitaSanta Rosa de Viterbo es- ções da imprensa local, clarece que a matéria vei- para evitar este tipo de culada na Ed. 1.051 de 11/ matéria rech eada d e

DE OLHO NA CIDADE Quem não se lembra dessas duas figurinhas carimbadas? Pica pau e Picirica, dois bons de copo - agora frequentando os bares do além - no dia em que posaram pra essa foto (em data não definida) estavam biritando no antigo bar do Zé Roq uin ho, na pra ça Guido Maestrello.

achismos e inverdades". Para o jornal a prefeitura enviou outra nota de esclarecimento, com conteúdo diferente, que democraticamente publicamos em nossa seção de cartas desta edição. Falou sim, prefeito - O Diretor do Jornalzão André Moussa falou com o engenheiro da prefeitura Fábio Sassi no dia 20 de maio último e ele deu a informação equivocada, em matéria sobre a grande oferta de terrenos nos vários loteamentos da cidade. "Como eram muitos loteamentos, o Fábio pode ter se equivocado, mas o curioso é que anteriormente ninguém questionou a matéria, mas agora sim", disse o Diretor do jornal. "Se há algum erro na matéria, foi provocado pela informação equivocada do engenheiro e na recusa do prefeito em falar com o jornal em questões que não lhe agradam", disse o jornalista.


PÁGINA 14

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

Os Classificados para particulares são gratuitos (máx. 10 palavras). Empresas e dem ais pagam R$ 2,00 por cada 10 palavras. Não pegam os classificados por telefone. Entrega até às 17:00h da Quinta-feira.

FAÇO CARRETO COM SAVEIRO E CAMINHÃO 3/4 semanais aos sábados,

VENDO filhotes de pincher com 13 dias, preço a combinar. 3954-1036 ou na rua João Bueno dos Reis, 33

domingos e feriados. 39546003/ 9 91452869/ 9 9145-3447

VENDO casa pronta para morar Albina Pedreschi, 125, 3 dorm., sala, cozinha grande, wc toda murada,

VENDO estufa fia semi nova para lanchonete R$ 140,00. 9 81192262/ 3954-7942 VENDO bomba de graxa pneumática revisada R$ 500,00. 9 81192262/ 3954-7942

VENDO casa nova 2 eletronico. 9 9166- dorm., R$ 105 mil, aceito 3028/ Zé do Bar financiamento. 9 9144-4740 VENDO VENDO casa reformada bar na rua cohab II na rua Alagoas, 272 Caetano Conti, 16, lavanderia portão

VENDO terreno no Itamaraty 1300m². 3954-6071 VENDO gol ano 97 duas portas, travas e vidros eletricos R$ 8 mil. 3954-6071 CHAVES foi encontrado um molho de chaves próximo ao salão capela, procurar no Jornalzão VENDO tv 29 polegadas R$ 350,00. 9 81279560 VENDO casa ou financio no bairro Ari Carneiro R$ 150 mil. 9 9101-1241 Murada com portão

VENDO terreno no |tamarati 2 lote bem localizado R$ 14.500,00 + prestações. 9 VENDO 3 dorm.,, sala 2 9101-1241 freezer horizontal ambientes, de 2 tampas R$ VENDO cozinha grande, 450,00. 9 8119casa 2 dorm., R$ 2262/ 3954-7942 wc, garagem, 110 mil, financio no Ari carneiro. 9 alpendre e VENDO 9101-1241 lavanderia. R$ 130 caixas de cerveja 600ml R$ 20,00 mil. 9 9166-3028 VENDO cada. 9 8119casa nova 2 dorm., 2262/ 3954-7942 garagem 2 carros JR R$ 132 mil. Ari

VENDO cas ano Jd das flores 2 dorm., sala, cozinha terreno 10x25. 9 9136-1608 VENDO casa nova 2 dorm., 2 lado murados R$ 105 mil. 9 9144-4740 VENDO rack R$ 70,00. 9 9452-4205 PROCURO casa para alugar 4 comodos. 9 9452-4205 VENDO terreno em Luiz Antonio na rua Amazonas, 291 esquina 14x27m. 3954-2334/ 9 9773-0353 VENDO moto twister 250cc 2007 amarela. 39542334/ 9 81048181 VENDO picadeira R$ 1200,00. 9 81279560 ALUGO casa no Centro com 3 dorm., cozinha e garagem. 39546167/ 9 91853649 VENDO ou alugo Apto 2 dorm., sem garagem no Centro- Ribeirão Preto. 9 92741241

VENDO carneiro. 99101casa ncom 3 1241 COMPRO DEDETIZAÇÃO dorm.,sala, copa, casa ate R$ 110 limpeza em caixas VENDO mil para cozinha e wc. financiar.3954terreno Ari área de serviço e d´agua, calhas 1000/ 9 8198garagem para tres Carneiro R$ 17.990 9641/ 9 9333etc., limpeza e + prestações. 9 carros, edpicula 2344/ 9 96199101-1241 descupinização de com 2 comodos, 0070 sala, cozinha e forros e lajes, VENDO VENDO wc troco por chacara dentro da aplicação de punto prata chácara. Rua: cidade com essence 1,6 16v repelente para escritura.3954Porto Alegre, 313 completo doc Ok. 9 1000/ 9 8198Vila Mendes pardais, pombos, 9276-6618 9641/ 9 93332344/ 9 9619morcegos, VENDO 0070 VENDO clareamento em casa 3 dorm., na rack em madeira VENDO pedras telhado rua Januario maciça, padrão casa na 2º rua do cerejeira de canto Vieira, 480 Dom Luiz Gonzaga. lavagem. 9 91601,50cm à vosta R$ Bosco, aceito 3954-1000/ 9 9140/ 9 8117-3690 299,00. 9 91198198-9641/ 9 financiamento. 9333-2344/ 9 9872 Reginaldo 3954-6071 9619-0070 HIGIENIZAÇÃO E


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 15

Nhumirim 2 dorm, sala, coz, garagem ............................................................................................ R$ 120 mil Nova Roma - 200m2 de construção, sendo 3 dorm, sala, coz, lavanderia, varanda, garagem, murada, portões, construída em dois terrenos com 696m2 (24x29) ............................................................................. R$ 350 mil Edícula Jd. Primavera reformada, sala, coz, 1 dorm amplo, lav, murada, quint ciment. ac financ. R$ 105 mil Dom Bosco 2 dorm, sala, coz, wc social, varanda, murada .............................................................. R$ 130 mil Luiz Gonzaga 3 dorm, sala, copa, coz, área churrasco, garagem, ac. casa ou ap em Ribeirão ......... R$ 270 mil Cohab 2 - 2 dorm, sala, copa, coz, portão, murada ......................................................................... R$ 130 mil Casa Nova Roma esquina, 2 dorm, murada, portão ........................................................................ R$ 160 mil Duas edículas próx. Real .............................................................................................................. R$ 110 mil Ap. Recanto Lagoinha 2 dorm ...................................................................................................... R$ 160 mil Casa e salão comercial rua Piauí, rua do Magu, ót. ponto comercial ............................................. R$ 190 mil Edícula Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, wc e garagem .................................................................. R$ 80 mil Dois barracões 1900m2, na área industrial, Bento Quirino, terreno 3.587,50m2R$ 1.500.000,00 ac. proposta Julio Moretti esq, 3 dorm, sala, coz, wc social, murada, portão eletrônico ..................................... R$ 180 mil Nhumirim 145m2 const, 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, terr.600m2, ac imóv. menor valor ...... R$ 230 mil Luiz Gonzaga 2 dorm com arm. emb, sala, copa, coz planejada, gar 2 carros ................................. R$ 220 mil Sobrado Cohab 1, esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem .............................................. R$ 180 mil Casa de madeira, Nova Roma, 3 dorm, sala, coz, wc, terreno 11x25, murada e portão ............... R$ 110 mil Barracão com mesanino energia trifásica, próx. superm. Real ....................................................... R$ 180 mil Rua Pestalozzi 3 dorm, sala, coz, garagem, + salão comercial ....................................................... R$ 140 mil Nova Roma 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, copa, arm emb, lavand, gar, aquec. solar, acab 1ª ... R$ 450 mil Casa Jardim Elite 2 dorm, sala, coz, lavanderia, garagem, terreno amplo ..................................... R$ 130 mil Rua Francisco Zaac 2 drm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, lavand, garagem, terr. 608m2 ............. R$ 350 mil Casa Luiz Gonzaga 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, á. serv, á. churras, gar, aq. solar ........ R$ 430 mil Jardim Aquarius, 3 dorm, suite, sala, copa, coz, área lazer, gar, 3 wc sociais, terreno 600 m2 ... R$ 400 mil Rua Goiás 3 dorm, sala, coz, varanda, garagem.............................................................................. R$ 230 mil Sobrado com Comércio, de frente a escola Conde .......................................................................... R$ 330 mil Rua Alagoas esquina, 2 dorm, sala, coz, wc social, garagem e salão comercial .............................. R$ 170 mil Morumbi 3 suites, 3 salas, copa, coz, wc social, escritório, salao de festas, área churrasco + 3 dorm nos fundos, wc social, sala, cozinha, casa toda com aquecedor solar, garagem 4 carros 493,15m2 de constr em dois terrenos de

02 terrenos Canaã ............................................................................. Entrada + parcelas de R$ 470,00 cada um 2 terrenos juntos Nova Roma 10x20 cada .................................................................................. R$ 52 mil cada Morumbi Novo ............................................................................................................................... R$ 105 mil Terreno Ari Carneiro 200m2 ............................................................ entrada de 18 mil + parcelas de R$ 442,00 Terreno Luiz Gonzaga 4 terrenos rua Roberto Armbrust, .......................................................... R$ consulte-nos Morumbi Novo terreno de esquina medindo 388m2, plano, ótima localização (imperdível) .............. consulte-nos Loteamento Canaã 10x25, ............................................................................... entrada + parcelas de R$ 560,00 Temos terrenos no Jardim Itamaraty 2 - Consulte-nos

676 m2 ............................................................................................................................................. R$ 900 mil Centro esquina, 2 dorm, sala, cozinha, wc social, lavanderia, garagem, murada ............................. R$ 130 mil Centro 50m construído, 2 dorm, sala, coz, murada ......................................................................... R$ 120 mil Barracão rua Amazonas 2 salas, 2 wc e galpão, 150m de const. ................................................... R$ 250 mil Próximo rodoviária 3 dorm, sendo 1 suite, sala, coz, wc, gar., lavanderia .................................... R$ 240 mil Próximo Solar 3 dorm, sala, coz, lavand, garagem, salão comercial com wc ................................. R$ 240 mil Cohab 1 3 dorm, sala, coz, copa, área churras, lavand, garagem, esquina ....................................... R$ 140 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, coz, murada .......................................................................................... R$ 98 mil Casa Nova Roma, 2 dorm, sala, coz, terreno 5,5x25 .................................................................... R$ 108 mil Dom Bosco 3 dorm, sala, coz, wc social, em construção ................................................................. R$ 150 mil Jd Elite 2 dorm, sala, coz, semi nova, ................................................... R$ 55 mil + prestações de R$ 390,00 Edícula Nova Roma, 2 dorm, sala, coz varanda, com churrasqueira e garagem ............................. R$ 200 mil Ap. Ribeirão 48m2 (parque dos lagos) 2 dorm............................................................................... R$ 165 mil Apartamento Ribeirão Preto, jardim Paulistano, 1 dormitório (reformado) .................................. R$ 160 mil Dom Bosco 3 dorm, sendo 1 suíte, sala, copa, coz, área lazer, garagem, acab. 1ª ........................... R$ 365 mil Nosso Teto 3 dorm, sala, coz, área serviço, garagem, edícula separada, ótimas p/aluguel ............... R$ 100 mil Júlio Moretti 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, á. serv, gar. e ed. ... R$ 270 mil ac carro, ap. Rib., casa - valor Sobrado Jd Primavera 3 dorm (1 suite), sala, copa, coz, lavabo, área churras, piscina, ót local ... R$ 400 mil Av. Rio Branco 3 dorm, sala, copa, coz, garagem, armário embutido coz, terreno 11,60x28,40 .... R$ 350 mil rua Rio de Janeiro 3 dorm, sala, copa, coz, wc social, lavanderia, área churras, gar 2 carros ........ R$ 220 mil Nosso Teto esquina, 2 dorm, sala, coz, 2wc, área churrasco .............................................................. R$ 95 mil Luiz Gonzaga 2 dorm, sala, cozinha, wc social, sacada, terreno 11x25 .......................................... R$ 110 mil Monte Alto esquina, 3 dorm, sendo 1 suite, 2 salas, copa, coz, lavand, garagem ampla .................. R$ 290mil Julio Moretti 2 dorm,sala, coz, portão eletrônico ........................................................................... R$ 120 mil Casa Jardim Aquarius 2 dorm, sala, coz, wc social, murada, terrno 5x25 ...................................... R$ 85 mil Casa próx. Estrela Azul 3 dorm, sendo 1 suite, sala ampla, coz, garagem, area serviço ................ R$ 350 mil Cohab 3 2 dorm, duas sals, copa, coz, lavanderia, área lazer .......................................................... R$ 100 mil Cohab 4 quitada, 2 dorm, sala, coz (piso frio e forrada) + edícula com laje .................................... R$ 105 mil Centro rua 7 de Setembro, 285 m2, 3 suites, com 2 closets, sala de visita e TV, copa, coz, lavanderia, garagem (falta acabamento) terreno de 570 m2 ............................................................................................... R$ 420 mil

Sítio 2.18 alqueires, em Cajuru, terra roxa - ót. plantio) com casa e água corrente ..................... R$ 320 mil Área urbana 1.500m com casa e edícula sem acabar, curral, chiqueiro, fundo da Cohab 1 ......... R$ 170 mil Área de 1.000 m2 com toda infra estrutura ................................................................................... R$ 160 mil Área urbana Jd Elite com casa, 1047m2, ótimo para investimento, pode desmenbrar até 8 lotesR$ 260 mil Área Jd Primavera 2370 metros com asfalto, urbano, excelente localização ............................... R$ 250 mil Sítio 20.000m2 com córrego no fundo, energia próxima, ac casa na troca .................................... R$ 150 mil Sítio 42.0000m2 frente a pista, venda ou troca por casa ac troca por casa ..................................... R$ 200 mil Sítio defronte a pista de São Simão a Santa Rosa, 1 alqueire, com casa simples, 8 forno pra carvão e 2 mil pés de eucalíptos com 2 anos .............................................................................................................. R$ 200 mil TEMOS VÁRIOS SÍTIOS E FAZENDAS À VENDA, CONSULTE-NOS

CASA JD DO SOL

OPORTUNIDADE ÚNICA

TERRENO GRANDE JD. PALOMA

CASA NOVA ROMA

138m2 de construção, 3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz, garagem, semi nova R$ 200 mil

Duas casas a serem construídas de frente a escola de química no Luiz Gonzaga, sendo uma de esquina e a outra ao lado. Aceita financiamento. Consulte-nos

Medindo 632 metros, sendo 15x42, com toda infraestrutura. Liberado para cnstruir R$ 190 o m2, saldo devedor de 21 mil. Entrada ac carro e divide em 4x. Total 120 mil

3 dorm, sendo 1 suite, sala, copa, coz planejada, lavanderia, área churrasco, fgão à lenha, churrasqueira, despensa com wc, terreno de esquina, 300m2 R$ 380 mil

12 terrenos juntos No Jardim Aquarius, escritura individual, todos cercados, com uma casa, com infraestrutura. R$ 380 mil


PÁGINA 16

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 17


PÁGINA 18

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 19

DE OLHO NA CIDADE

OPERAÇÃO ALBA BRANCA

Esta aberta a temporada de festas juninas

PF pode assumir Alba Branca contra máfia da merenda em São Paulo

Mesmo que em menor escala, as tradicionais festas juninas em homenagem aos três santos católicos, São João, São Pedro e Santo Antônio ainda são muito comemoradas em Santa Rosa. Hoje tem o Arraiá em Nhumirim, organizado pela população do bairro. O terço começa às 19h, onde terá fogueira, quadrilha e muitas comidas típicas. Os organizadores pedem apenas para quem quiser participar, levar um prato de doce ou salgado. Algumas escolas também vão organizar arraiás, como o caso da ETEC, no dia 24 e no 'Conde', 27. Ambas se iniciam às 18h30 e tem como objetivo, arrecadar dinheiro para as formaturas dos alunos. As festas se estenderão pelo mês de julho. No primeiro sábado do próximo mês (2), será rezado o terço junino no Primavera Country Club, e como atração, terá show ao vivo, além dos comes e bebes. A entrada será gratuita onde poderão comparecer sócios e não sócios. Já no dia 9, o Clube da Terceira Idade, alugará a Quadra da Jas, onde haverá a animada quadrilha das jovens senhoras, forró ao vivo, comilança, tudo por um preço simbólico que ainda não foi revelado.

Justiça estadual acolhe argumento do Ministério Público de que quase toda a verba desviada em contratos supostamente fraudados envolvendo pelo menos 37 prefeituras paulistas saiu dos cofres públicos federais A Polícia Federal poderá assumir as investigações da Operação Alba Branca contra a máfia da merenda escolar que se teria instalado em pelo menos 37 prefeituras de São Paulo (entre elas a de Santa Rosa de Viterbo) para fraudar licitações. A Justiça estadual remeteu os autos para a Justiça Federal em Ribeirão Preto acolhendo manifestação do Ministério Público Estadual de que a quase totalidade da verba desviada em contratos supostamente dirigidos saiu dos cofres públicos da União. Em maio, a Promotoria questionou as administrações municipais sobre a origem do dinheiro. A resposta: 92,72% dos valores foram liberados por Brasília. As informações foram reveladas nesta terçafeira, 14, pelo repórter Walace Lara, da TV Globo. As in vestigações apontam para o suposto envolvimento do deputado estadual Fernando Capez (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo. Ele teria sido beneficiário de parte de propinas sobre contratos fraudados - segundo o Ministério Público, as fraudes ocorreram a partir da con-

Polícia apreendeu documentos na prefeitura de Santa Rosa, que faz parte do esquema tratação da Coaf, cooperativa de agricultores instalada no município de Bebedouro, para fornecimento de alimentos e sucos. Um delator da Alba Branca, o lobista Marcel Júlio, afirmou que mais de R$ 400 mil foram repassados para a campanha de Capez em 2014. O deputado nega com veemência ligação com a organização. Essa parte da investigação, porém, não será deslocada para a PF porque Capez, na condição de procurador de Justiça membro do Ministério Pú-

blico paulista - tem foro privilegiado perante o Tribunal de Justiça do Estado. A Corte já decretou a quebra do sigilo bancário e fiscal do deputado. Diante d o quadro apresentado pelo Ministério Público, de que a verba federal foi desviada pela máfia da merenda, a juíza Vanessa Barbosa, da Comarca de Bebedo uro base das investigações que estavam a cargo da Polícia Civil e da Promotoria estadual - reconheceu a incompetência da Justiça de São Paulo para o caso.

A decisão de Vanessa de deslocar os autos para a Justiça Federal foi tomada no dia 3 de junho, pouco antes de uma nova etapa da Alba Branca que iria ser deflagrada. Nessa nova fase, a Polícia iria prender 16 investigados. Inicialmente, Alba Branca identificou negócios supostamente ilícitos com 22 administrações municipais, entre elas Santa Rosa. Os desdobramentos da investigação apontam para contratos fraudados em 37 prefeituras. (Fonte: Fausto Macedo/Estadão)


PÁGINA 20

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

EDITAL DE PROCLAMAS PARA CASAMENTO EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2216 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // WAGNER DE SOUZA FAGUNDES e GIOVANA GABRIELLI DE SOUZA SILVA //. Ele, natural de Tambaú, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e nove (29) de agosto de um mil novecentos e noventa e cinco (1995), profissão consultor, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Albina Pedreschi, 671, Luiz Gonzaga, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de JOSÉ DONIZETTI FAGUNDES e de dona VALDETE APARECIDA DE SOUZA FAGUNDES. Ela, natural de Mococa, Estado de São Paulo, nascida aos vinte e quatro (24) de julho de um mil novecentos e noventa e seis (1996), profissão estudante, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua João Carlos Pozzato, 95, Ari Carneiro, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de DANIEL SILVA e de dona MARIA MORETTI DE SOUZA SILVA. EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2217 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // OSVALDO SIMÕES DOS SANTOS JUNIOR e CELMA MARTINS PINTO //. Ele, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e cinco (25) de fevereiro de um mil novecentos e oitenta e seis (1986), profissão supervisor de TI, estado civil divorciado, domiciliado e residente à Rua Antonio Carlos Murari, 76, COHAB II, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de OSVALDO SIMÕES DOS SANTOS e de dona JURACI FRANCISCA DOS SANTOS. Ela, natural de Pitanga, Estado do Paraná, nascida aos dezesseis (16) de novembro de um mil novecentos e setenta e seis (1976), profissão caixa, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua José Ozorio Junior, 40, COHAB III, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de EZEQUIEL MARTINS PINTO e de dona MARIA JOSÉ PINTO.

REUNIÕES TODAS AS TERÇAS E SÁBADOS 19h30 - Rua Alagoas, 370 APOIO DO JORNALZÃO

EDITAL DE PROCLAMAS nº. 2218 Faço saber que pretendem se casar e apresentam os documentos exigidos pelo artigo 1.525, nº. I III e IV do Código Civil, os pretendentes: // DOUGLAS ROBERTO VISNARDI e DANILA ROBERTA BIANCHESI PELISSARI //. Ele, natural de São Simão, Estado de São Paulo, nascido aos vinte e cinco (25) de agosto de um mil novecentos e setenta e quatro (1974), profissão motorista, estado civil solteiro, domiciliado e residente à Rua Isami Hyano, 469, Jardim Dom Bosco, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filho de ROBERTO VISNARDI e de dona MARIA APARECIDA LOURENÇO VISNARDI. Ela, natural de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, nascida aos dezessete (17) de setembro de um mil novecentos e oitenta e um (1981), profissão costureira, estado civil solteira, domiciliada e residente à Rua Isami Hyano, 469, Jardim Dom Bosco, na cidade de Santa Rosa de Viterbo, Estado de São Paulo, filha de JOÃO DONIZETI PELISSARI e de dona CACILDA APARECIDA BIANCHESI. Se alguém souber de algum impedimento ao casamento de algum dos contraentes acima, oponha-o na forma da lei. Eu, Gisele Calderari Cossi - Oficial.


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 21

Santa Rosa registrou sua manhã mais fria do ano Gorros, cachecóis, jaquetas, botas e luvas foram as 'armaduras' que os guerreiros santa-rosenses usaram para lutar contra o frio durante toda essa semana, que foi a mais gelada de 2016. A manhã de segunda (13) foi a mais fria do ano. O termômetro que foi instalado na Praça do 'Estrela Azul', marcou 2ºC. Por pouco a terça não igualou o recorde, chegando a 4ºC graus. Já de quarta até sexta, as mínimas estavam mais 'quentes', variando na casa dos 10ºC. Isso tudo porque ainda estamos no outono, o inverno só terá inicio na próxima segunda-feira (20). Não foi fácil criar coragem na segunda, o

aposentado José Militão Silva, 87, teve que usar quatro blusas para suportar a friagem, ainda mais que sofre com problemas respiratórios, tentou se proteger o máximo possível. "Eu até gosto do frio, mas não precisa de tanto assim", brinca. A grande dificuldade para a dona de casa Lucimar a Apar ecid a d e Campos da Silveira, 26, foi tr ab alh ar co m a águ a. "Mexer com água, lavando louça e roupa foi duro demais,". Outro problema levantando por ela foi à saúde do seu filho de um ano de idade, que mesmo todo agasalhado, pegou gripe. "Por essas e por outras, eu prefiro o calor,

já estou com saudades", diz sorrindo. Frio polar - Além de Santa Rosa, mais 10 capitais nacionais bateram recorde de temperatura baixa este ano, em São Paulo, por exemplo, foi registrado o frio mais intenso dos últimos 20 anos. A culpada por tanto frio do foi uma massa de ar polar muito forte que chegou ao Brasil este ano. Esta massa polar está se afastando aos poucos do Brasil nos últimos dias, mas o calor não voltará ainda. Durante o inverno, outras massas polares parecidas ou até piores podem voltar em algumas áreas do Sudeste.

Santa Casa realizou seus primeiros partos após a reforma Esta semana, a Santa Casa da Misericórdia de San ta Rosa, realizou três partos normais, os primeiros após a reforma, que se iniciou no ano passado e finalizado em maio, a reinaugur ação foi realizada no dia 7 daquele mês. Na manhã da última terça-feira (14), foram feitos os primeiros, de um menino e de uma menina. Na quinta, o terceiro, da pequena Sofia (Foto). Esse é o segundo filho da mãe Vânia, que aprovou as novas instalações. O Administrador da Santa Casa, Mauro De Angeli, explica que por conta da reforma, não estavam sendo feito partos e por isso, estes foram os primeiros partos, todos de forma natural. As cesarianas já poderão ser feitas e agendas a partir do mês que vem.


PÁGINA 22

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

Santa-rosense faz 'vaquinha' para ajudar cachorros Gabriel Carmello Caldas

A estudante de ciências contábeis, Giovana Parisi, 22, sempre teve animais enquanto morava em Santa Rosa e acostumou a ter o bicho como parte da família. Residindo em Ribeirão, não tinha espaço pra ter cachorro, mas ajudava os animais como podia, doando ração e dinheiro. Há pouco tempo, ela se mudou para uma casa com um quintal maior, e seu primeiro pensamento foi adotar um cão. No dia 4 de maio, ela encontrou o Torrada, de uns oito meses através do Facebook de uma ONG, se apaixonou e o adotou. Ele estava desnutrido, lhe garantiram que tinha a saúde em ordem, apenas se recuperava da doença do carrapato. Giovana percebeu que o totó mancava de uma pata e uma veterinária da ONG, disse que era uma fratura antiga já cicatrizada, e que ele irá ficar assim mesmo, pois atrofiou. Alguns dias no novo lar, Parisi notou que aquilo ainda o incomodava, e decidiu levar em uma clínica de fisioterapia. A veterinária fisioterapeuta examinou e disse que Torrada precisava de oito sessões de fisioterapia, que custariam R$ 900. Mesmo sem dinheiro, ela aceitou. No dia 7 deste mês, abriu uma campanha para conseguir dinheiro, em um site chamado Vakinha.

"Fiquei desesperada! Já tinha fechado o pacote de fisioterapia na clínica, mas a fisioterapeuta não poderia fazer as sessões antes de corrigir esse osso. Mesmo errada, ela não cancelou o pacote, e ainda cobrou uma 'multa' de R$250." Giovana procurou outra profissional e descobriu que a cirurgia custaria R$ 1500. Aconselhada, Parisi, levou o animal para ser consultado no Centro Veterinário da Moura Lacerda, e lá foi constatado que ainda tinha a doença do carrapato e lhe ofereceram uma altern ativa mais barata que a cirurgia, porém, pode não dar certo. Mesmo assim, a jovem irá arriscar, o procedimento será segunda-feira e ela calcula que sairá em torno de R$ 200. Até agora, entre consultas e exames, foram gastos R$420. No site, a meta é conseguir R$950. "Vou gastar mais que R$ 950, pois o Torrada vai precisar de acompanhamento depois de recolocar o osso no lugar. Ainda terei que comprar três remédios que ficarão R$125, mas esse valor já ajudará muito". O valor mínimo que o site aceita é R$10, que pode ser pago no boleto ou no cartão até 5 de setembro, no site www.vakinha.com.br/ vaquinha/ajude-o-torrada.

Regaste do Jacaré - "Eu comecei a campanha Problema - A fisio- só com o Torrada, mas terapeuta pediu um raio-x depois veio o Jacaré, ene descobriu que o proble- tão esse dinheiro vai acama na verdade, era uma bar ajudando os dois". O luxação causada por atro- Jacaré ela encontrou no pelamento, que deslocou o último sábado (11), passefêmur. ando de carro com seu

namorado em uma estrad a de ter ra em Santa Rosa. Ouviram o choro do cachorro, que estava sendo atacado por um enxame de marimbondos. "Ele veio correndo e entrou sozinho no carro, chorando. Não podia deixar ele ali, ia morrer por causa das 15 picadas, ou de fome, estava tão magro que estava aparecendo os ossos". O casal tirou os marimbondos do totó e o levou em uma veterinária.

Ap ós um h emogr ama, descobriu que ele também tem a doença do carrapato. Ele será submetido a um tratamento e receberá vitaminas para anemia. "O Jacar é ain da ch ora muito de medo, fica angustiado quando não estou perto e come desesperadamente. Não consigo nem imaginar o que ele passou e por quanto tempo, então eu tento fazer o possível pra se sentir bem logo."


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 23


PÁGINA 24

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 25


PÁGINA 26

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 27

Primeira peneira de futebol leva 35 jovens ao 'Campão'

Leões F.C derrota Real Primavera e está na final do Torneio 'Amigos do Leões' A grande final será disputada amanhã, às 10 horas

Foi dado o pontapé inicial do projeto que pretende reestruturar o Santa Rosa Fu tebo l Club e (SRFC). O primeiro passo foi uma avaliação física e técnica dos atletas, no último sábado (11), às 14 horas, no Estádio Municipal Rubens (Campão). Compareceram cerca de 35 postulantes, que variavam entre 16 e 23 anos. "Foi bom o primeiro encontro, tivemos observando que

tem uns garotos bons para iniciar a composição da equipe", avaliou o assistente técnico, Wagner Venâncio. Os testes continuarão hoje, no mesmo horário da semana passada. "Nós vamos dar continuidade na avaliação, mas desta vez, com o propósito de já começar a selecionar os atletas para a formação do plantel." A intenção dos orga-

nizadores, é que mais jovens atletas santa-rosenses se interessem pelo projeto e que se inscrevam para também serem avaliados hoje, para assim, poder formar um time forte. "A nossa intenção é que compareçam novos atletas para somar com os demais, porém, desta vez apenas os melhores atletas poderão permanecer treinando no 'Campão' com a gente," Finaliza Wagner.

Quem compareceu no Estádio Municipal Rubens Bellizzi (Campão), na manhã do último domingo (12), pode presenciar um grande clássico municipal, entre Leões F.C e Real Primavera, válido pela semifinal Torneio 'Amigos do Leões'. No começo do jogo só deu Leões, que após desperdiçar algumas chances, abriu o placar com o camisa 10 Cleiton. Precisando reverter a situação, o Real Primavera cresceu muito e ainda acertou uma

bola na trave. O segundo tempo começou e a pressão do Real, que tinha muito mais a posse de bola, mas não conseguia concluir em gol. Por outro lado, dava espaços para contra-ataques, e em um desses, Biel fez o segundo do Leões. Nos últimos minutos, o jogo ficou muito aberto, com grandes oportunidades, tendo até bola na trave, mas ninguém mais balançou as redes. Final de jogo, 2 a 0, e o Leões conquistou a vaga para a final.

O ponto negativo do dia ficou por conta do outro jogo da semi, que seria entre Nova Geração, de Cajuru e Amigos do Serjão, de Serra Azul, este segundo não compareceu a tempo, e foi eliminado. Nova Geração ganhou por W.O. Leões chega a final invicto, com duas vitórias e um empate. Nova Geração tem uma derrota e três vitórias, incluindo o W.O. A grande final será amanhã, às 10 horas, no Estádio Municipal Rubens Bellizzi (Campão).

Armas e munições são apreendidas em fazenda Dois revólveres e munições foram apreendidas na última terça-feira (14), às 9h, em uma fazenda. A polícia compareceu ao local após receber denúncias anônimas que na fazenda havia duas armas de fogo. A PM encontrou dentro de um tanque de lavar roupa um revólver calibre 32 com quatro cartuchos intactos. Dentro de uma bolsa, acharam mais uma porção de munições de calibre 38, 32 e 28. Continuando a revista, a PM encontrou outro revólver, um calibre 38, sem munição e numeração raspada. Os dois homens receberam voz de prisão, por posse ilegal de arma, porém pagaram uma fiança de R$900 e foram liberados.

Quatro jovens são detidos com cinco porções de maconha Quatro jovens foram surpreendidos com cinco porções de maconha, no último sábado (11), por volta da 1h15, no Jardim Nova Roma. Uma equipe da PM estava patrulhando o local, quando se depararam com o grupo em atitudes suspeitas. Durante a abordagem, dois menores, que estavam no grupo, jogaram a maconha embalada no chão e pronta para venda. Todos foram levados para a delegacia e liberados na sequência.

Celular é furtado dentro de residência no 'Teto' Um celular foi furtado, no último sábado (11), por voltas das 19h, no 'Nosso Teto'. De acordo com a vítima, ela estava sentada em frente a sua casa, quando dois indivíduos pediram para que ela acendesse o cigarro deles. Ela entrou em seu lar, e em quanto conversava com a irmã, um dos indivíduos pegou seu celular que estava perto da televisão na sala. A polícia foi chamada e foi até a casa de um dos suspeitos. Após uma busca, foi encontrado o objeto no quarto, escondido dentro de um monte de roupas. Ambos foram presos.


PÁGINA 28

Niver da dona Cida - É bonito de se ver quando uma família se reúne para comemorar o aniversário de um ente querido, principalmente quando se trata de um idoso (foto nesta página). Ao longo dos anos a "instituição família" vem se degradando por diversos motivos, por isso, ficamos felizes com o exemplo da família Vilela que resiste ao tempo.

FALA NOSSO TETO

Serginho Gomes

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

Festa junina no "arraiá" do Recriança

Moradora reclama de buracos nas ruas

Na última sexta-feira (10), aconteceu uma animada festa junina no CEMEC- Centro Educacional Municipal de Educação Complementar- João Candido dos Reis (antigo Recriança). O "arraiá" foi organizado pela direção, professores e funcionários. As crianças que frequentam o projeto dançaram uma bem ensaiada quadrilha, na quadra coberta da instituição de ensino. No terreno ao lado do prédio uma fogueira aqueceu o ambiente, até então gelado pelo frio antecipado do inverno. Pipoca, quentão, lanches, pastel e barraca de pesca, entre outras atrações, incrementaram a festa. Segundo informações, cerca de duzentas e cinquenta crianças têm aulas de bordado, tricô, artesanato, dança, educação física, pintura em tecido e artes em geral. Ainda segundo informações, o dinheiro arrecadado com a festa, será revertido em prol das crianças que estudam no local. O CEMEC João Cândido dos Reis funciona o dia todo.

Daniele Souza mora no bairro Nosso Teto. Ela reclama da situação das ruas do bairro: -Não é to do mundo que tem caminhonete 4x4 como o prefeito. Está difícil de andar com o carro. A gente tem que ficar desviando dos buracos e mesmo assim as rodas empenam. Já passou da hora de recapear as ruas. E não só aqui no "teto", porque na cidade inteira tem muitos buracos nas ruas, frisa ela. A prefeitura anunciou no início do ano o recape total da avenida Profª. Luíza Garcia Ribeiro- a via mais movimentada do bairro, mas por enquanto, às portas do meio do ano, o serviço não foi realizado ainda. Vez por outra funcionários da prefeitura fazem a conhecida operação tapa buracos, que resolve momentaneamente o problema, mas depois causa outro: as pedras soltam se espalham pelo asfalto e o buraco fica maior.

GRAMÁTICA NA MEDIDA Escreve-se e fala-se que houve uma "perda", e não "perca". Repare: nesse caso, trata-se de um substantivo, "um nome" (está até acompanhado do artigo uma). Porém, ao aconselhar alguém, você deve dizer/escrever: não "perca" a esperança. Aqui, trata-se do verbo, ou seja, da ação. Os tempos são difíceis, as perdas, incontáveis. Contudo, não percamos a esperança. E nem a habilidade com a língua portuguesa (então, observe como usei as expressões aqui também). Fique de olho! Aline Vilela é professora das redes pública e privada de ensino e corretora de vestibulares. #gramáticanamedida


JORNALZÃO ALZ ÃO- E DClélia OOJORN . 1.052 Zanardo - 18/06/2016 E D IÇ ÃO 1.052 18/06/2016

cleliazanardo@bol.com.br

SOCIAIS

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

PÁGINA PÁGINA 29 Informe Publicitário

29


PÁGINA PÁGINA30

30

APACOS Associação Paulista dos Colunistas Sociais

SOCIAIS

O JORN ALZ ÃO OClélia JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016 Zanardo cleliazanardo@bol.com.br

E D IÇ ÃO 1.052 1.043 16/04/2016 18/06/2016


O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

PÁGINA 31


PÁGINA 32

O JORN ALZÃO - E D . 1.052 - 18/06/2016

O Jornalzão, edição 1052  
O Jornalzão, edição 1052  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement