Page 21

O J ORNALZ ÃO - E D . 1.044- 23/04/2016

PÁGINA 21

CHICO XAVIER

SANTA-ROSENSE NA ROMA

Grupo Espírita “Bezerra de Menezes”

Em amistoso para novo Diretor, Felipinho faz 3 dá assistência para 2

Tenhamos paz "Tende paz entre vós." - Paulo.

(I Tessalonicenses, 5:13)

Se não é possível respirar num clima de paz perfeita, entre as criaturas, em face da ignorância e da belicosidade que predominam na estrada humana, é razoável procure o aprendiz a serenidade interior, diante dos conflitos que buscam envolve-lo a cada instante. Cada mente encarnada constitui extenso núcleo de governo espiritual, subordinando agora a justas limitações, servido por várias potências, traduzidas nos sentidos e percepções. Quando todos os centros individuais de poder estiverem dominados em si mesmos, com ampla movimentação no rumo do legítimo bem, então a guerra será banida do Planeta. Para isso, porém, é necessário que os irmãos em humanidade, mais velhos na experiência e no conhecimento, aprendam a ter paz consigo. Educar a visão, a audição, o gosto e os ímpetos representa base primordial do pacifismo edificante. Geralmente, ouvimos, vemos e sentimos, conforme nossas inclinações e não segundo a realidade essencial. Registramos certas informações longe da boa intenção em que foram inicialmente vazadas, e, sim, de acordo com as nossas perturbações internas. Anotamos situações e paisagens com a luz ou com a treva que nos absorvem a inteligência. Sentimos com a reflexão ou com o caos que instalamos no próprio entendimento. Eis por que, quanto nos seja possível, façamos serenidade em torno de nossos passos, ante os conflitos da esfera em que nos achamos. Sem calma, é impossível observar e trabalhar para o bem. Sem paz dentro de nós, jamais alcançaremos os círculos da paz verdadeira. Emmanuel Página extraída do livro "Pão Nosso" - Psicografia de Chico Xavier.

Ex-diretor de Felipinho foi um dos melhores camisas 10 da “Azzurra”

Felipinho com Leandro Castan O santa-rosense Felipinho Clemente está em alta nas categorias de base de futebol da Roma da Itália. Ele foi destaque de um amistoso na última terçafeira. O Diretor de Futebol das categorias de base Bruno Conti subiu de posto e o novo diretor Tarantino quis conhecer os garotos e marcou este amistoso. E o “novo imperador”, como Conti chamava Felipinho, se deu bem mais uma vez. Sua equipe venceu por 5 a 4, e ele fez 3 gols e deu as duas assistências para os outros. “Jogo cada jogo como se fosse uma final de campeonato, como se fosse meu último jogo”, disse

o jogador santa-rosense de 16 anos - faz 17 este ano. Felipinho por ser menor e estrangeiro não pode assinar contrato com a equipe italiana. Seus procuradores estão fazendo uma varredura em seus antepassados para encontrar alguma ligação para que ele possa conseguir cidadania italiana e assim, mesmo menor, assinar contr ato com a Roma. Caso contrário só assinará o contrato no dia que completar 18 anos. A situação dele é igual a de Alexandre Pato, que quando foi para a Itália, menor de idade e assinou o contrato depois de completar maioridade.

Na Copa de 82, o camisa 10 Conti é marcado de perto pelo lateral brasileiro Junior Ponta esquerda dos mais elétricos, Bruno Conti foi um dos pilares da era mais gloriosa da história da equipe da Roma, que entre 1980 e 1991 venceu um Campeonato Italiano e cinco Copas da Itália. Ao lado de ídolos como Falcão, Antognoni e Oriali, Conti fez história e até hoje deixa os torcedores romanistas com saudades. Dominar o mundo pela seleção foi o maior feito de Conti em sua carreira. Mas ainda lhe faltava ser campeão italiano. Na sequência do tricampeonato mundial pela Itália, a Roma voltou às manchetes com o seu segundo scudetto, conquistado em 1983 com quatro pontos de vantagem sobre a arquirrival Juventus. Após a aposentadoria Bruno Conti continua a trabalhar na Roma: foi treinador de equipes de base e também coordenou o setor juvenil até a semana passada. hoje é diretor de base. Foi ele que avalizou a contratação do garoto santa-rosense Felipinho Clemente.

O Jornalzão, edição 1044  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

O Jornalzão, edição 1044  

Jornal semanal de Santa Rosa de Viterbo

Advertisement