Issuu on Google+

Sala Vip

O JORNA L JORNAL

Domingo, 13 de junho de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

Arquivo pessoal

Neném Brêda e Toinho Gusmão

felizes para sempre

Voga Xadrez para o inverno

Acessórios O Luxo da Jóia

Fashion Rio é puro detalhe

Filó Casamento na passarela

CMYK


O JORNA L

C2

Sala Vip

Domingo, 13 de junho de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

"Sempre me senti muito amada, por isso considero que amar não é difícil", Neném Brêda "Respeito, doação e compreensão para um casamento feliz", Antônio Gusmão Fotos: Arquivo pessoal

Parece uma sintonia... melhor dizendo, uma melodia...

Neném e Toinho

Observando e ouvindo o casal Neném e Toinho, com a devida autorização, que na oportunidade de nosso bate papo pronunciei inúmeras vezes, descobrimos segredos de quase completos cinquenta anos de enlace. O carinhoso diminutivo do nome Trechos de uma das cartas de Toinho para Neném Antonio, com simplicidade e meiguice, Neném se dirigia ao marido sempre que relatava um momento vivido ao longo do catar a relação do casal! Velas, Beethoven, cados clássicos, ele fala vários idiomas. Ela se samento. misolas sensuais e pétalas de rosas para increentende com os mais carentes. Toinho é adAos quinze anos Neném conheceu Toinho, que na época já es- mentar. Toinho nem sempre entendia a menvogado e deixou a carreira diplomática para tava com vinte e oito. No aeroporto do Rio de Janeiro, apresenta- sagem, olhava, olhava e olhava. E só lá pelas viver um grande amor, Neném é Mediadora dos por uma prima distante, que também era tia de Neném, Toinho tantas finalmente captava o código sensual. da Câmara de Mediação e Arbritagem, já foi se encantou pela linda jovem que paquerava através do espelho. O casal recebeu o Sala Vip em sua casa cervereadora, fundou o Conselho da Criança e Anos seguintes, Neném perguntava ao marido:cada de boas lembrando Adolescente e o Movimento Dando As ‘Porque você não olhava pra mim no aeroporças. Fomos apresentaMãos, junto com outras amigas auxiliando nas to? ‘Quem disse que não te observava pelo esdas ao piano que foi necessidades mais evidentes, sempre com inpelho? Respondeu Toinho com outra pergunde sua mãe, e descotenso apoio do marido que muitas vezes a ta, desvendando a dúvida que rondava Neném brimos que todas as acompanha. Toinho nos relatou que Neném por anos! mulheres da família tinha que ganhar o mundo, aprender e ensiParticipando das festas de sua época, semque ali sentavam com nar. “Meu marido é minha mola impulsionapre acompanhada pela babá, Neném era muito seus noivos não demodora”, Neném explica. Ciúmes era só do decortejada e perguntava ao seu pai constantemenravam rumo ao altar! cote ou do cabelo vaporoso, de vez em quante se o tal pretendente era boa pessoa. O pai A história é assim: do, segundo o delicado casal! sempre respondia que não, eles nunca eram Mulheres chamam os Neném e Toinho ressaltam que para exisbons filhos, sempre eram farristas e nada de ter noivos que não sabem tir um casamento feliz não há receita, o imBíblia a base do amor bons pretendentes, se dependesse de Sr. Brêda, de nada para uma simportante é a confiança depositada no outro, nada de Neném casar! Mas sua tia Maria tinha ples foto familiar e o equilíbrio de todas as horas. O essencial do enrolado em uma toalha a foto de seu futuro quando menos esperam, estão casando!!! casamento é a doação, a entrega o desprenmarido, mostrando sempre para sobrinha e enfatizando ‘ele vai ser O casamento com direito a aplausos para dimento material, a qualidade da presença seu marido’. Dito e feito, hoje Neném se sente realizada como mu- o noivo e seis metros de cauda para a noiva em casa. “É importante não podar o outro Toinho no clique apaixonante lher e mãe de seis filhos, inclusive quem nos acompanhou neste foi uma das festas mais elogiadas da época. Sr. para não perder”, destaca Toinho. “O essencial bate papo foi sua filha Maria Thomasia, que ajudava aos pais a lem- Brêda construiu uma linda casa para o enlace de é o amor o mais é acessório”, finaliza Neném. brar das situações apimentadas que Neném preparava para esquen- sua única filha em meio de sete irmãos. Neném é do Samba e Toinho O casal deixa uma passagem bíblica: I Corínthios 13.

VOGA

por Ana Brigida - Consultora de Moda le sai da base do jogo e arremata os looks mais modernos da temporada. Ah..quem use ele o ano todo, porém nessa época de lançamento de coleções ele aparece convencionalmente lindo. Em várias versões, grandes, pequenos, tradicionais ou irreverentes, vale a pena olhar com carinho. No nordeste ele também ganha ar de matuto e vira hit. Matuto chic, por sinal. Vale algumas dicas para arrasar, até porque jogar na moda é chic.

O jogo da moda

E

Em looks mais despojados e casuais escolha os tons mais vivos; nos clássicos opte pelos neutros; * As gordinhas e os gordinhos devem dar preferência às estampas menores em tonalidades escuras; * As baixinhas e os baixinhos também devem dar preferências às estampas em xadrez menores e apenas em uma peça, para não encurtar a silhueta ainda mais; * Corpos em formato triângulo-invertido podem se beneficiar da estampa xadrez grande, usando-a em calças, saias ou shorts com camisas escuras; * Corpos em triângulo devem fazer ao contrário; * A camisa xadrez é o carro chefe da estação, tanto em looks femininos, como nos masculinos, use e abuse da peça.

Sala Vip Diretor-Executivo Petronio Pereira petronio@ojornal-al.com.br Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br Diretora Comercial Eliane Pereira comercial@ojornal-al.com.br

Editora Flávia Barros flavia.barros@hotmail.com Diagramação Benedito Lima benedito@ojornal-al.com.br

EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA www.ojornalweb.com ojornal@ojornal-al.com.br Produção de moda Ana Brigida Farias anabrigida1@hotmail.com

ENDEREÇO Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS (82) 4009-1961

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700 RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

CMYK


O JORNA L

Sala Vip

C3

Domingo, 13 de junho de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

ACESSÓRIOS

OPÇÃO PELO AMOR Por Rachel Cabus

Modelos de Jóias lássicos dos anos 80 nos braceletes robustos e inspiração moderna é a proposta da ex-modelo australiana Nikki Phillips para o lançamento de sua própria marca de joias, a Dejoie. O termo em francês significa alegria. As peças são em ouro e prata, mesclando materiais utilitários, a exemplo de parafusos e fechos, a artesanais, como couro liso ou trançado. As primeiras criações chegaram às vitrines ainda em fevereiro de 2009, mas está sendo atualizadas constantemente. A nova marca vai trabalhar com quantias menores de lançamentos, garantindo qualidade e exclusividade. Tudo é desenvolvido em Bali, na Indonésia.

O Boticário

C

Soft Cherry Mousse Hidratante Corporal R$ 39,90 Em embalagem de 250g a deliciosa textura de mousse que derrete na pele e promove um toque incrivelmente sedoso e perfumado. Enriquecido com manteigas vegetais e glicerina, que promovem maciez e hidratação por 24 horas. Deliciosa fragrância inspirada na cereja. Testado dermatologicamente.

Raio X do Soft Cherry Família Olfativa: Cítrico Gourmand Saída: Limão, Lima, Bergamota e Mandarina Corpo: Acorde Rum, Jasmim, Baunilha e Rosa Fundo: Notas Balsâmicas, Musk e Baunilha

DETALHE

Durante muito tempo era comum que com o fim do relacionamento dos pais, os filhos ficassem sob a guarda materna. Ao pai restava tão somente a figura do visitante em finais de semanas alternadas. A quebra da relação matrimonial ou da união estável representava o rompimento da convivência do pai com os filhos. Era uma quebra abrupta do dia a dia dos filhos, que de um momento para o outro se viam privados de toda aquela rotina cotidiana. Entretanto houve uma mudança comportamental nesse campo na medida em que o homem também passou a querer desfrutar da companhia dos filhos. Sai de cena a figura do genitor cedendo lugar para a do pai, aquele que participa, dá amor e assistência aos filhos. Ocorre que muitas vezes a lacuna na convivência pode decorrer do modo pelo qual o relacionamento do ex-casal acabou. Existem relações que chegam ao fim cravadas de mágoas e de ressentimentos. São feridas abertas que interferem na resolução de questões referentes aos alimentos, a guarda e a visita aos filhos menores e que ganham maior relevo quando um ou ambos estão passando pelo "luto" da separação. Esse "luto" retrata exatamente o sentimento do excasal em relação ao fim da convivência a dois. É nesse momento que são trazidas a baila todas as mazelas da união e que infelizmente deságuam nas questões relativas aos filhos. Pode ocorrer que a mãe ou o pai acobertado pela dor da separação, acrescido pelo que entende ter sido o motivo ou 'a gota d'água" desta, procure utilizar das armas que possui para causar transtornos ao outro. Uma questão comum se verifica com a guarda dos filhos menores. Quem será o guardião? Precisamos entender que

o fim da conjugalidade, seja lá pelo motivo que se dê, não acarreta o fim da parentalidade. O homem e a mulher deixarão de ser companheiros na vida, mas não deixarão de ser pai e mãe. O ideal é que os filhos não sejam a moeda de troca quando da separação dos pais. É importante que se busque conscientizar os pais que o melhor para os filhos é que, nada obstante não estarem todos convivendo na mesma casa, a rotina dos filhos pode chegar o mais próximo possível do que era anteriormente à separação. É a tão recomendada guarda compartilhada, onde não se divide o filho ao meio, mas compartilha-se as responsabilidades para com este. Procura-se manter a situação anterior, vale dizer, se à época da união o pai levava os filhos para a escola, acompanhava em festas e a mãe, por sua vez, desenvolvia outra atividades relativas aos filhos, é salutar que se preserve essa rotina. É importante frisar que isso é possível quando os pais conseguem manter o equilíbrio e separam a impossibilidade de convivência entre eles e as responsabilidades em relação aos filhos em comum. Não é necessário que haja amizade entre o ex-casal, mas tão somente uma relação de urbanidade que viabilizará a harmonia na vida dos filhos e consequentemente uma higidez emocional, espiritual, física e mental. Quando isso é possível a conseqüência lógica é que os filhos tenham mantida a convivência com o pai ou mãe que não tenha a guarda física deles. Vivemos a era do novo conceito de família que tem como pano de fundo o amor, o afeto.Não podemos nos permitir que em razão do fim de um relacionamento os nossos filhos sejam privados de uma vida tranqüila, cercados do amor do pai e da mãe, ainda que sob outra forma de arranjo familiar. *Advogada, especialista em direito de família e vicepresidente da OAB/AL

ESPAÇO FASHION

FASHION RIO 2011 Franjas pra todo lado, Florais e laços, além de estampinhas menores e meias setentinhas, são as apostas do Fashion Rio, para o Verão 2011. Tudo é muito solto e sensual com apostas esvoaçantes e românticas. Muitas cores vibrantes e cítricas voltam com ares de modernidade e glamour. Aposte com coragem!

LUCAS NASCIMENTO NEW ORDER

TNG

MARIA BONITA EXTRA ISABELA CAPETO

CMYK


O JORNA L

C4

Sala Vip

Domingo, 13 de junho de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

Por Flávia Barros l flavia.barros@hotmail.com >>>

"O Estilo é a

Melhor Lembrança" Rosamaria Unique

A Gaúcha cidade serrana de Caxias do Sul apresentou para 2011 um desfile de noivas Ousadas, sofisticadas e com riqueza de detalhes, manuais é bom enfatizar. Rosamaria Unique, marca com loja em Novo Hamburgo (RS), participou do evento Vitrine Requinte, 30 de maio deste mês e aproveitou para ampliar sua gama de clientes na região. O modelo slim ainda está em evidência, os volumes ganharam mais força através do jogo de movimento com camadas e tecidos leves, como zibeline, gazar, chiffon, seda, tafetá e a tradicional renda. O busto é valorizado pelos decotes, a intenção, segundo a estilista Rosamaria Isoppo, é acentuar o glamour, enfeitando mais o rosto e tornando cada detalhe mais exuberante. Na mesma linha, os arranjos procuram manter o movimento criado em toda a silhueta. Flores desconstruídas, tops e camadas formam a composição. Na cartela de cores, o branco reina absoluto e abre espaço apenas para o toque do off-white. Para o look noiva, os sapatos são trabalhados com aplicações, e o véu aparece volumoso, em crinol, tule e voillette. Você encontra mais detalhes no: www.rosamaria.com.br/blog

Acessórios Gisele Isoppo

|

Styling Jones Machado |

F I L Ó

Beauty Marquinhos Santos

Hair/Make Isaias Daluz

CMYK


SALAVIP 13/06/2010