Issuu on Google+

Maceió, sábado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou Igor93279039@hotmail.com Fotos: igor93279039@hotmail.com

Entrevista com Cícera Teixeira diretora da CV Auto Serviço

Página 2

Andamos na nova Picape da marca francesa Peugeot Ela entre para o clube das picapes pequenas, com muita autoridade. As quatro grandes que se cuide. Toyota realiza ação de educação ambiental promovido pela SOS Mata

Atlântica

É inaugurado pela do Brasil no Porto de Suape mais uma central de logística da marca

GM

Página 10


O JORNA L JORNAL Fotos: igor93279039@hotmail.com

2

Sábado,22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

Peugeot Hoggar - Design refinado em um veículo que alia potência e modernidade A Peugeot traz como novidade este mês, a Hoggar, a nova picape desenvolvida completamente no Brasil, que combina características de diversos modelos da marca. Entre seus pontos fortes para vencer a concorrência no segmento, está um design refinado e um carro potente que alia força e modernidade. A Hoggar da Peugeot é a confirmação que a montadora se firma como um dos grandes fabricantes generalistas de automóveis, ou seja, deseja atuar em todos os segmentos. E, como o Brasil é o grande mercado mundial das picapes compactas, foi o país escolhido para o lançamento mundial da Hoggar. Com cabine simples, a dianteira é do 207 brasileiro. Já as lanternas traseiras foram emprestadas do 1007, pequeno monovolume vendido na Europa. A nova picape é produzida em três versões de acabamento - XLine, XR e Escapade -, a Hoggar também herdou os motores do 207: 1.4 com 8V flex (81 cv) na X-Line e XR, e 1.6 com 16V flex (113 cv) na versão aventureira Escapade. Na parte mecânica da traseira, como as caixas de roda, longarinas, suspensão (por barra de torção), piso da caçamba e eixos vêm do furgão Partner. A capacidade da picape é de 742 kg, na X-Line e XR, e 650 kg, na Escapade, e a tampa ainda pode ser tirada em uma inclinação de 45º.


O JORNA L JORNAL 3

Sábado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

A versão de entrada da Hoggar é a X-Line, com para-choque dianteiro pintado na cor do carro, manopla do câmbio com detalhes em alumínio e rodas de 14 polegadas. A versão intermediária é a XR, com faróis dianteiros com máscara negra, duas barras longitudinais em cima da cabine, relógio digital no painel, farol de neblina dianteiro e direção hidráulica. A versão Escapade é a mais completa. De série, a picape vem com ar-condicionado, vidros e travas elétricos, rodas de liga leve e direção hidráulica. O rádio com comandos no volante é opcional. Capota marítima e protetor de caçamba estão disponíveis como acessórios opcionais. Além disso, a Escapade tem ajuste de altura do volante, bancos e espaço interno de 120 litros, o suficiente

para acomodar uma mochila atrás dos bancos. Com o novo lançamento no segmento de picapes compactas, a Peugeot não esconde o otimismo e fala em arrebatar 10% do segmento até o final de 2011. Para isso, conta com o diferencial da Hoggar: a caçamba. A opção da Peugeot foi investir apenas numa única versão de cabine simples, exatamente para poder oferecer o maior espaço possível na caçamba. A da Hoggar é a maior do segmento de compactos, tanto em capacidade de carga útil (742 kg na versão básica X-Line) quanto em volume (1.151 litros). Porta removível, caixas de rodas pouco salientes e vidro traseiro com janela corrediça colaboram com a otimização do aproveitamento da caçamba. Fotos: igor93279039@hotmail.com

O JORNA L JORNAL EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA www.ojornal-al.com.br ojornal@ojornal-al.com.br / veiculos@ojornal-al.com.br

Diretor-Executivo Petronio Pereira petronio@ojornal-al.com.br Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

Editores Igor Pereira igor93279039@hotmail.com veiculos@ojornal-al.com.br Gabriel Mousinho veiculos@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial Eliane Pereira comercial@ojornal-al.com.br Colaboradora editorial Jakeline Siqueira

ENDEREÇO Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS (82) 4009-1970

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700 RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br


O JORNA L JORNAL 4

Sábado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

Fotos: igor93279039@hotmail.com

A intenção da Peugeot é que a Hoggar conciliasse a dirigibilidade de um carro de passeio com a robustez de um utilitário. E a solução adotada foi a utilização de uma plataforma híbrida. A presença do conjunto suspensivo traseiro herdado da Partner ajuda a explicar a ótima capacidade de carga da Hoggar. Como resultado, a picape recebeu a maior plataforma da linha 207, com 4,53 metros. Ou seja, 65,3 cm a mais que o hatch, 45,3 cm mais que o SW e 29 cm mais que o sedã Passion. Com ar fashion, a Hoggar traz o conjunto óptico felino que se estende às laterais harmonizada ao estilo robusto da lateral. A traseira ostenta grandes lanternas trapezoidais que incluem três elipses com as diferentes funções: freio, pisca alerta, luzes indicativas de direção e de ré. Toda a extensão da caçamba é delineada por uma moldura. No para-choque traseiro, dois ressaltos para que quem quiser arrumar a carga na caçamba possa pisar. A versão mais vistosa é a "aventureira" Escapade, com rodas aro 15. A top de linha da Hoggar herda a estética apresentada na versão homônima do 207 SW. Uma grande estratégia está nas três versões que trabalham em conjunto com o mesmo câmbio manual de cinco marchas à frente e uma à ré. A Peugeot afirma que reduziu as relações de marcha da primeira e da segunda, em virtude de se tratar de um veículo que eventualmente vai trabalhar com plena carga.Tudo isso, com preços acessíveis. A versão X-Line vem com para-choque dianteiro pintado na cor do modelo, manopla do câmbio com detalhe tipo alumínio e rodas de aço de 14 polegadas. Em relação à segurança, o modelo possui chave de ignição codificada (transponder), indicador inteligente de manutenção do veículo, lanterna de neblina integrada à lanterna traseira, limpador do para-brisa com temporizador e indexado à velocidade do veículo e protetor de cárter, entre outros. Acima da versão X-Line, a intermediária XR oferece faróis dianteiros com máscara negra, relógio digital no painel, faróis de neblina dianteiros com moldura na cor do veículo e direção hidráulica.


O JORNA L JORNAL 6

Sábado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

Peugeot 3008 será apresentado em outubro no Anhembi com turbo BorgWarner K03 No próximo Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, que terá sua 26ª edição no Anhembi - 28 de outubro a 7 de novembro -, uma das grandes atrações será a apresentação, no Brasil, do Peugeot 3008, um "crossover" compacto dotado de motor a gasolina 1.6 THP de 156 cv e turbocompressor BorgWarner K03. Este propulsor é resultado de parceria entre a Peugeot e a BMW. Com comercialização prevista para ser iniciada no País após o salão, o Peugeot 3008 (caixa de câmbio de 6 marchas) pode ser considerado um veículo pioneiro, principalmente por seu "design": uma mistura de utilitário esportivo, minivan e hatchback. Também carrega uma série de tecnologias novas e originais, oferecendo modernidade, praticidade e prazer ao dirigir. E sua aerodinâmica apresenta Cx de apenas 0,296. No espaçoso interior, o motorista de um Peugeot 3008 ocupa uma posição ergonômica e luxuosa de condução, que lembra os cupês "top" de linha e com alguma semelhança com o "cockpit" de um avião. Também há um grande teto de vidro de 1,60 m2. Destaque-se, ainda, a incrível aderência obtida neste veículo alto e espaçoso.

Alagoas registra crescimento no setor de locação de automóveis ABLA, entidade que representa o setor, apresenta seu anuário estatístico; locadoras que atuam no Estado possuem 1.980 carros A ABLA (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis) concluiu a Pesquisa da Indústria do Aluguel de Automóveis, referente ao ano de 2009. O levantamento mostra que há 30 locadoras que atuam em Alagoas, que juntas disponibilizam uma frota de 1.980 automóveis para aluguel no Estado. Em 2008, havia 24 locadoras operando no Estado, com uma frota total de 1.626 veículos. "A prestação de serviços de qualidade e a atenção às demandas que surgem estão fazendo com que as locadoras do mercado alagoano cresçam. Ou seja, estão trabalhando cada vez melhor, batalhando para que os preços fiquem mais estáveis", afirmou Lusirlei Albertini, diretor regional da ABLA no Estado, durante apresentação do Anuário ABLA 2010 em Maceió.

Números nacionais Os dados que a Pesquisa da Indústria do Aluguel de Automóveis apresenta são animadores para o Brasil todo. Em 2009, o faturamento foi de R$ 4.37 bilhões, crescendo 9,5% em relação a 2008. As 1.955 locadoras passaram a contar com 363.456 automóveis, 14% a mais do que no ano anterior. A importância da atividade na economia do País também se reflete em outros aspectos. No ano passado, as locadoras contribuíram com R$ 1, 443 bilhão em impostos aos cofres públicos. Ao todo, 240.644 postos diretos e indiretos de trabalho foram gerados graças a esta atividade.

A participação da ABLA na venda do setor automobilístico foi de 9,02%, no último ano e o número de usuários aumentou em um milhão, passando de 14,1 milhões para 15,1 milhões. No último ano, 52% da locação de automóveis foi utilizada na terceirização, 22% no turismo e lazer e 26% no turismo de negócios. O Projeto de Certificação, uma parceria do setor de locação com o Ministério do Turismo e Sebrae vai qualificar funcionários e gestores de locadoras associadas à ABLA, fortalecendo ainda mais o segmento. Os números estão na versão 2010 do Anuário ABLA, publicação que chega agora ao mercado e é responsável por mapear o desempenho da atividade de locação de automóveis no Brasil.


O JORNA L JORNAL Sรกbado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

7


8

Sábado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@

"Qualidade no segmento de assistência técn

Fotos: igor93279039@hotmail.com

Há nove anos no mercado alagoano, a CV Autopeças é um Centro Automotivo diferenciado. Além de assistência técnica, a empresa oferece os serviços de pós vendas e porta - a - porta. É também uma empresa que se destaca pela excelência no atendimento e pela qualidade nos serviços. A entrevista da semana do AUTOJORNAL é com a diretora geral da CV Auto Peças, Cícera Teixeira. Ela destaca os equipamentos de última geração que a empresa adquiriu e fala um pouco sobre a ampla gama de serviços oferecidos, além das facilidades no pagamento e dos pontos fortes do Centro Automotivo. AJ - Quais os principais diferenciais da CV Autopeças? CT - Nós somos um Centro Automotivo e já temos uma tradição de nove anos em Alagoas. Somos conhecidos pela qualidade de nossos serviços e pelos serviços especializados que oferecemos. Trabalhamos com veículos nacionais e importados,sejam de linha leve e até mesmo utilitários. A capacitação dos nossos funcionários também se destaca porque é constante, estamos sempre ministrando cursos para a nossa equipe.

Diretora geral da CV Auto Peças, Cícera Teixeira

Outro destaque da empresa é que temos mecânicos especializados em cada linha, tanto na linha de injeção eletrônica como em motor, linha de elétrica, enfim para todos os tipos de veículos e serviços. Os nossos equipamentos são de última geração e a nossa equipe é composta por 21 funcionários, destes, 11 são mecânicos e os demais são pessoal de suporte. Fazemos questão de trabalhar com peças originais e o nosso serviço é de qualidade e diferenciado. Oferecemos garantia nas peças e serviços, que vai de seis meses a um ano. Outro diferencial é que facilitamos as negociações com nossos clientes e os nossos preços são competitivos. E, a nossa intenção é intensificar cada vez mais a nossa qualidade. AJ - Ao longo desses anos, quais foram as principais mudanças da CV Autopeças? CT - Para atendermos melhor os nossos clientes, mudamos a empresa. Foram mudanças consideráveis, desde a fachada ao atendimento. Mudamos também o fardamento e as instalações em geral. Com as mudanças de mercado e exigências da nossa clientela, estamos oferecendo uma sala de espera mais confortável, temos um cantinho gourmet onde o cliente sente-se à vontade para tomar um café, comer biscoitos, balas, chás entre outras especialidades. AJ - Quais os serviços mais procurados? CT - O nosso Centro Automotivo atende a todo tipo de serviços, mas os serviços mais requisitados, são a suspensão e embreagem, partes do veículo que dão problemas com mais freqüência. A injeção eletrônica também é um serviço muito requisitado e temos um mecânico muito experiente nessas áreas. AJ - Os serviços oferecidos são específicos ou multimarcas? CT - Trabalhamos com multimarcas. Recentemente, adquirimos um equipamento especial que vai atender inclusive os novos lançamentos de todas as marcas que estão


9

@ojornal-al.com.br

nica automotiva "

chegando no mercado. Ele é um minicomputador que vai detectar problemas de injeção eletrônica e parte elétrica do veículo, ou mesmo problemas de emissão de gases e poluentes. AJ - A CV trabalha com assistência para o sistema ABS? CT - Com certeza, temos assistência para o Sistema ABS. Os únicos serviços que ainda não trabalhamos é a parte de lanternagem e pintura. Mas, quando há exigência do cliente nós terceirizamos os pedidos. Futuramente, pretendemos também incluir estes serviços em nosso Centro Automotivo. AJ - O cliente que vier aqui terá toda a assistência técnica proporcionada em uma concessionária? CT - Os nossos serviços tem muita qualidade e com certeza temos os mesmos serviços de uma concessionária, o que nos diferencia são os nossos preços, que são bem mais acessíveis. AJ - Quais os equipamentos de suporte que se destacam no atendimento da CV? CT - Temos equipamentos de última geração. São 16 elevadores, onde três deles são elevadores para carros maiores como utilitários, caminhões. Temos equipamento de injeção eletrônica, toda a parte de ferramentas e equipamentos. Temos também máquina de alinhamento, alinhamento em Audi, Passat. E, os equipamentos do diaa-dia, todos esses serviços exigem ferramentas especiais, e temos todas para todos os tipos de serviços. AJ - Na CV Autopeças existe atendimento especial para o público feminino? CT - Temos atendimento especial para o público feminino. O nosso principal diferencial com relação ao atendimento a este público é que a loja é dirigido por uma mulher. Temos uma recepcionista, uma mulher que atende no balcão fazendo os pedidos. O nosso atendimento é feito por mulheres que entendem, e explicam bem, por conhecerem todo o processo. É um público exigente, mas temos atendimentos especiais, então aqui as mulheres se sentem mais tranqüilas. AJ - Quais os pontos fortes da CV Autopeças? CT - O nosso diferencial são os preços e a qualidade no atendimento de excelência, temos facilidade de lidar

com nosso público, seja o público feminino ou masculino. AJ - A CV também trabalha com empresas? CT - Trabalhamos com empresas de outros Estados, como São Paulo, Salvador. E, a maioria das empresas, como locadoras de outros Estados vêm fazer serviços na CV. Atendemos as maiores locadoras de Maceió, temos parceria com muitas concessionárias que utilizam nossos serviços. AJ - Como está o seu estoque de peças? CT - Existe um bom nível de estocagem de peças, e também uma variedade muito grande, onde todo tipo de peças são encontradas aqui. AJ - Quais as facilidades de pagamentos? CT - Oferecemos um bom desconto no pagamento à vista, e temos facilidade no pagamento com cartão de crédito. AJ - Qual o seu recado para o cliente que ainda está em dúvida em vir aqui? CT - A confiança é fundamental na relação com o cliente. Por isso, prezamos por esta parceria. Com certeza ele pode confiar nos nossos serviços. Ele vem aqui para fazer o diagnóstico gratuitamente e ficar à vontade para fazer sua pesquisa comparativa. Mas, com certeza aqui ele encontrará as melhores peças e os melhores serviços. Oferecemos também o atendimento de pós-venda, caso o cliente tenha feito a assistência técnica na CV e tenha algum problema, mesmo que o ele esteja viajando, iremos atendê-lo.

CMYK

O JORNA L JORNAL


O JORNA L JORNAL 10

Sábado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

Fundação Toyota do Brasil leva

educação ambiental ao Viva

Evento promovido pela SOS Mata Atlântica acontece neste fim de semana no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e tem entrada franca A Fundação Toyota do Brasil marca presença na sexta edição do Viva a Mata - Mostra de Iniciativas e Projetos em prol da Mata Atlântica, promovido pela Fundação SOS Mata Atlântica, entre os dias 21 e 23 de maio, na Arena de Eventos do Parque do Ibirapuera, em São Paulo. A Fundação Toyota do

Brasil estará presente no evento com um estande interativo, onde é possível participar de atividades e conferir a exposição dos projetos na área de preservação ambiental. Outra atração do Viva a Mata é o lançamento, no dia 23 de maio, das 16h às 17h, do "Plantando Cidadania: guia do educador ambiental". A publicação tem patrocínio da Fundação Toyota do Brasil e apresenta os resultados do projeto Plantando Cidadania, lançado em 2001, que já envolveu centenas de professores e milhares de alunos em ações de formação e cidadania socioambiental. "Esta é mais uma ação da Fundação Toyota do Brasil em prol da preservação deste da Mata Atlântica. Eventos

como o Viva a Mata são fundamentais para chamar a atenção da sociedade para a natureza, por meio de atividades que trazem entretenimento e educação ambiental para toda a família", acrescenta George Costa e Silva, diretor-executivo da Fundação Toyota do Brasil. Fundação Toyota do Brasil Criada em abril de 2009, a Fundação Toyota do Brasil tem suas atividades focadas na preservação ambiental e formação de cidadãos. Além das novas iniciativas surgidas com a sua criação, a Fundação Toyota do Brasil também unificou e ampliou todas as ações de responsabilidade social já em andamento, que estavam sob a responsabilidade da montadora. Um importante projeto conduzi-

a Mata

do pela instituição é o Toyota e a Mata Atlântica, realizado em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica. A iniciativa pioneira e multidisciplinar atua em diversas frentes para obter resultados efetivos na preservação e reflorestamento deste bioma. A Fundação Toyota do Brasil também agrega as ações sociais implantadas e mantidas nas comunidades onde a empresa possui unidades, em Indaiatuba (SP), Guaíba (RS) e São Bernardo do Campo (SP). Estas iniciativas compreendem as áreas de educação, meio ambiente, cultura e saúde, entre outros, e contam com o apoio dos colaboradores como voluntários.

Pátio em SUAPE tem capacidade de

movimentação de até 25 mil veículos por ano Ipojuca, PE - A General Motors do Brasil inaugurou uma moderna central logística no Complexo Industrial e Portuário Governador Eraldo Gueiros - Porto SUAPE -, em Ipojuca (PE), a 57 quilômetros de Recife. O objetivo é receber veículos importados, armazená-los e distribuí-los para 14 estados das regiões Nordeste e Norte do Brasil. A operação começa com o modelo Chevrolet Agile, produzido na fábrica da GM em Rosario, Argentina. O pátio em SUAPE tem uma capacidade de movimentação de até 25 mil veículos anuais. "A decisão de iniciar este projeto representa uma importante otimização na logística de importação e distribuição de veículos. Com a nova central em Pernambuco, a GM vai reduzir o tempo de entrega dos carros Chevrolet, com foco em atender melhor os consumidores", destaca Jaime Ardila, presidente da General Motors do Brasil e Mercosul. Ardila acrescenta, ainda, que a GM decidiu investir em Pernambuco, pelo grande potencial de crescimento do estado e também pela

perspectiva de desenvolvimento sustentável das regiões Nordeste e Norte. José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da GM do Brasil, ressalta o compromisso que a GM tem com o Brasil: "Nós estamos investindo R$ 5 bilhões até 2012 porque acreditamos no país. O vigoroso crescimento econômico experimentado nos últimos anos pelas regiões Nordeste e Norte, que concentram 40% da população brasileira (cerca de 80 milhões de pessoas), alicerça nossa decisão e nossa confiança no potencial de expansão da economia brasileira". O evento de inauguração oficial, nos cais '4' e '5' do Porto SUAPE, contou com as participações do governador do estado de Pernambuco, Eduardo Campos, do secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, Fernando Bezerra Coelho, dentre outras autoridades - além de diretores do Complexo de Suape e outras autoridades locais. Representando a GM estiveram presentes Jaime Ardila, presidente da GM do Brasil e

Mercosul, José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da GM, Marcos Munhoz, diretor geral de Marketing e Vendas da Chevrolet, Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais da GM, e outros diretores da empresa. A formalização do projeto ao governo pernambucano havia sido feita pela diretoria em nove de maio de 2008. O investimento está orçado em R$ 30 milhões.


O JORNA L JORNAL Sรกbado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

11


O JORNA L JORNAL Sรกbado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

13


O JORNA L JORNAL 14

Sábado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

2B Duracell Racing busca repetir o sucesso da estreia na Superliga de

Motocross

A2B Duracell Racing está preparada para mais um desafio neste fim de semana (22 e 23 de maio). A equipe irá participar da segunda etapa da Superliga de Motocross, que acontece em Cachoeiro do Itapemirim, ES. Depois de uma excelente estreia na competição, onde venceu em três categorias, o time espera repetir o bom resultado e chega com tudo na cidade natal de Roberto Carlos e Rubem Braga. Para isso, irá contar com mais um reforço: Rodrigo “Lama” participa de sua primeira prova junto com os outros integrantes da equipe. Além dele, o time irá contar com Jorge Balbi, Cristopher “Pipo” Castro, Gustavo Amaral, Anderson Amaral e Nivaldo Vianna Líder na MX1 e vice-líder na MX2, Balbi entra na pista em Cachoeiro visando unificar as duas lideranças. Na segunda, ele embarca para os EUA. No fim de semana seguinte, participará da sexta etapa do mundial, que acontecerá em Glenn Helen, CA e depois da segunda etapa do AMA Motocross. Para conseguir seus objetivos, o piloto mineiro sabe que terá muito trabalho pela frente. “Tenho adversários muito fortes nas duas categorias e, para sair de Cachoeiro com as duas lideranças, tenho que vencer as duas provas. Sei que isso será uma tarefa muito difícil mas estou bem preparado e muito focado em obter o melhor desempenho possível. Depois só penso nos EUA”, afirmou o piloto. Além de Balbi, Anderson Amaral e Nivaldo Vianna também entram na pista liderando as categorias Júnior e CRF 230cc, respectivamente. Ambos também estão muito focados e não pretendem abandonar a liderança que conquistaram na etapa de abertura em Indaiatuba, SP. “A prova em Indaiatuba foi uma das mais difíceis para mim. Consegui a vitória apenas na última volta e sei que, em Cachoeiro, não será diferente. Sei que tem muita gente forte brigando pela vitória, mas eu estou entre eles e espero conquistar mais um bom resultado”, comentou Anderson. Nivaldo também se mostra otimista para a prova. “Assim como meus companheiros de equipe sei que não será fácil mas também chego preparado e espero conquistar mais uma vitória para me consolidar de vez na liderança”, disse.


O JORNA L JORNAL Sรกbado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br

15


O JORNA L JORNAL 16

Sรกbado, 22 de maio de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br


AUTOJORNAL 22/05/2010