Issuu on Google+

Exemplar de assinante

O JORNA L ALAGOAS

Maceió, domingo, 29 de maio de 2011 | Ano XVII | Nº 212 | www.ojornalweb.com

Pacto por Alagoas

R$ 3,00

Escolas de Arapiraca foram “esquecidas”

Dom Antônio Muniz, um cidadão de Maceió

Igreja faz 100 anos e realiza 2 mil batismos

Páginas A25 e A26

Página B6

Página B6

João Lyra * Yvette Moura

V

enho insistentemente pregando a união de todas as nossas forças políticas, empresariais e populares em torno de um projeto pelo desenvolvimento de Alagoas. Esclareço, de pronto, que essa convergência não implicaria na renúncia das ideias e posições de quem quer que seja, mas somente em um engajamento consensual transitório, que pudesse contribuir, no curto, médio e longo prazo, para uma rápida retomada do crescimento da economia local. Esse consenso exige a elaboração de um projeto contendo grandes linhas de ação, com objetivos e metas claramente estabelecidos para a realização de investimentos pré-selecionados, em setores que absorvam mão de obra em grande escala. Ao tempo em que se cuidaria dos investimentos e criação de empregos, o foco de atuação governamental, no curto e médio prazo, estaria direcionado para três segmentos fundamentais: segurança pública, saúde e educação. São elementos que chamo de “Pacto por Alagoas”, apoiado na experiência política de tantos anos de embates, na vida pública e na vida privada, que, espero, seja amadurecido por nossas lideranças, e paciente e competentemente implantado. As discussões dos temas citados aprofundariam um modelo norteador da sociedade, capaz de retirar Alagoas do seu isolamento no mapa do Brasil, somente destacado por ocasião de tragédias e de fatos negativos. Aproveitar as lições dos outros não apequena ninguém, mas uma prova de inteligência. No campo da economia, Pernambuco, em pouco mais de dez anos, avançou fortemente na indústria, ganhando investimentos da ordem de R$ 45 bilhões, com uma estimativa de criação de 50 mil empregos diretos. Refinaria, siderúrgica, estaleiros e polo farmacoquímico estão mudando o eixo do setor no Nordeste, cujos efeitos “para trás e para frente” modernizam a infraestrutura e consolidam o desenvolvimento. No campo da segurança, por que não nos esforçamos para a implantação das chamadas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), emblemática iniciativa do governo do Rio de Janeiro, se o seu êxito é indiscutível? Na saúde, não podemos permitir a crescente fragilização do sistema estadual e municipal de hospitais, postos de saúde e clínicas públicas. Refiro-me, sobretudo, à recente crise que paralisou a rede neonatal, a ponto de o Ministério Público recomendar às alagoanas darem à luz em outros estados. Uma suprema e humilhante situação. Quanto à educação, o quadro não é diferente (índice do Ideb, em 2010, abaixo da média nacional e o pior do Brasil), embora melhorado nos últimos dois anos. O que fazer, então? Nossa proposta é de um “Pacto por Alagoas”, juntando ideias criativas, abrindo canais de entendimento. Em primeiro lugar, no plano estadual e, no plano nacional, unidos, levarmos as reivindicações ao Parlamento e ao Executivo, de modo a encontrarmos soluções para os problemas que nos impedem de crescer e sairmos da letargia e do isolamento. É hora, pois, de esquecermos as disputas que nos enfraquecem e turvam os nossos caminhos. É dever de cada alagoano ajudar e integrar-se nessa luta, cujo lema é “tudo por Alagoas”. Está lançado o desafio. *É deputado federal, membro da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania e da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio.

Atividade artesanal é transmitida com sabedoria e beleza, desde os primórdios, como uma peculiaridade cultural da cidade

Renda de bilro, arte que resiste em São Sebastião Páginas B1, B3, B4 e B5

Thiago Sampaio

O JORNAL visitou museus que homenageiam figuras políticas que tiveram Alagoas como berço. É o caso do Museu Palácio Floriano Peixoto, antiga sede do governo do Estado, que conta com móveis e outros objetos dos séculos XIX e XX. Páginas A3 e A4

Pescadores denunciam ASA tem jogos difíceis poluição na Manguaba na sequência da Série B Pescadores do Pilar denunciam que estão sem condições de trabalhar porque espécies como bagre, tainha e carapeba estão sumindo da lagoa. Eles se queixam de uma mancha de óleo. Páginas A13 e A14

O ASA vai enfrentar duas pedreiras nas próximas rodadas da Série B do Brasileiro. O Alvinegro pega na sequência o Goiás, na terça, e o Sport, dia 11, pela competição nacional. Esportes

Energia pré-paga

Página A31

MARÉS

“A Mulher Invisível” Bruno Bert: arte estreia na terça-feira em cada peça

Os incentivos para quem recicla

01h21.................................................................1.9 07h36................................................................ 0.6 13h36................................................................ 1.9 19h51................................................................ 0.6

CMYK


O JORNAL

Política A2

Pauta Geral pautageral@ojornal-al.com.br

CUSTO ALAGOAS Até o momento, nenhum profissional de economia ou administração, por exemplo, fez os cálculos, mas as constantes quedas de energia estão provocando um alto custo para a economia alagoana. Nem é preciso uma ventania maior ou uma chuva mais forte. Aliás, quase nada é preciso. Tem gente que diz que basta um sopro para milhares de pessoas ficarem sem energia. Ora, quem paga uma conta pesada são as famílias que perdem eletrodomésticos, alimentos ficam estragados, há perda de conforto, daí vem a irritação, o estresse, a raiva – e este é um custo, o da saúde, que não é calculado. Na mesma linha, proprietários de restaurantes, bares e do comércio, também ficam no prejuízo com a perda de produtos e a dificuldade em atender os clientes. Nas empresas maiores e nas indústrias, bem como no setor turístico, o prejuízo também é enorme. O danado hoje é como o governo pode atrair empresas para Alagoas se a energia não pode ser garantida. Sem a segurança do sistema energético, não há garantia de produção. A dedução lógica é que dessa forma não é possível atrair indústrias. E as perspectivas de investimento no setor elétrico alagoano inexistem, a não ser que voltemos aos tempos da indústria movida a lenha, a querosene, por exemplo. O fato é que já existem muitos donos de casa e pequenos comerciantes usando a vela e o candeeiro, como no passado.

CONSELHO Aconselhamos ao nosso leitor ter cuidado com a sua saúde. Se não quiser ter raiva, ficar estressado, não procure, nem aconselhe quem quer que seja, a ir à loja da Claro no Maceió Shopping. De acordo com um leitor da coluna, nessa loja são quebradas todas as regras de como um cliente deve ser tratado. O nosso leitor, coitado, queria tanto conhecer o novo Iphone. Mas foi tão destratado que ficou todo IPHODE, pode?

O Brasil é talvez o único país em que existem quatro instâncias no julgamento de uma querela judicial. É em razão dessa quantidade de recursos que temos milhões de processos parados na Justiça”

José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Albuquerque, Toledo, Nezinho e a guerra pelo poder na Assembleia O JORNAL traça cronologia que levou ao bate-boca ocorrido esta semana Alexandre H. Lino Repórter

O deputado estadual Antonio Albuquerque (PTdoB) protagonizou, na última semana, uma cena que demonstrou bem o atual clima na Assembleia Legislativa. Ele foi acusado pelo colega de partido, Ricardo Nezinho, de ser o responsável pela articulação que culminou com a sua saída da Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante da Casa. Os dois tiveram uma longa troca de acusações no plenário, envolvendo

até outros deputados que questionaram os métodos aplicados pela Mesa Diretora na divisão de espaços de poder dentro do Lesgislativo. Essa foi a última parte de uma disputa que começou ainda no mês passado, com a proposta de Albuquerque substituir Nezinho no colegiado – entregue ao presidente Fernando Toledo (PSDB), que demorou muito até tomar a decisão. Antes disso, os três já tinham vivenciado uma tumultuada guerra de bastidores que O JORNAL passa a narrar a partir de agora.

Fotos: Marco Antônio

Albuquerque foi acusado de articular saída de colega de partido da CCJ

Conversas após as eleições gerais do ano passado Desde o final do ano passado, um tempo depois do término da eleição para o governo estadual, os deputados Antonio Albuquerque e Inácio Loiola (PSDB) decidiram que, com a vitória na tentativa de reeleição do governador Teo-

tonio Vilela Filho (PSDB) existia espaço para mudança do comando no Legislativo. Fernando Toledo vinha de uma gestão fragilizada, iniciada, é bem verdade, pela forma como o tucano chegou ao comando da Assembleia, em 2008.

Albuquerque era o então presidente e teve que deixar .o cargo depois do desgaste e do afastamento judicial ocasionado com o desenrolar da Operação Taturana. Todo o seu grupo aliado [Edval Gaia (PSDB), Maurício Tavares (PTB)

e Nelito Gomes de Barros (PSDB)] também abriu mão dos espaços na Mesa Diretora. Naquele momento, Loiola decidiu que seria candidato a presidência aliado ao ex-presidente e na busca de conquistar o apoio do governador.

Na virada do ano, articulações pela presidência Em janeiro deste ano, já com a candidatura na rua e com o apoio de oito deputados, Inácio Loiola viu seu nome crescer dentro da disputa, mesmo sem ainda ter assumido o mandato. Por outro lado, Fernando Toledo já conhecendo a força de articula-

ção do ex-prefeito de Piranhas e de seu principal aliado passou a fazer gestão com o governador Teotonio Vilela na tentativa de emplacar como o nome entre os tucanos para o comando da Assembleia Legislativa. Toledo então fez uma jo-

gada de mestre ao segurar a votação do Orçamento 2011 agradando ao Palácio República dos Palmares, que tinha tido dificuldade em aprovar internamente o documento. É nesta hora que os deputados Gilvan Barros (PSDB) e Ricardo Nezinho aparecem

como aliados do tucano, que já contava com 12 parlamentares na sua composição para reeleição na Mesa Diretora. O atraso na votação terminaria enfraquecendo o grupo oposicionista, pois colaboraria no fortalecimento dos deputados novatos.

SAÍDA

A transferência da indústria Braskem da área onde está instalada em Maceió para o polo cloroquímico de Marechal Deodoro foi defendida pelo deputado Dudu Holanda (PMN). Segundo o parlamentar, os dois últimos acidentes registrados no fim de semana passado só vieram mostrar que a indústria precisa ser retirada da área urbana de Maceió.

NACIONAL

E continua a repercussão da reportagem da Revista Piauí sobre o secretário de Defesa Social, Dário César Cavalcante. De circulação nacional, a edição trouxe informações sobre o passado e o presente do coronel. A avaliação dos tucanos é que a matéria foi negativa para o Estado, devido ao excesso de críticas sobre a violência em Alagoas.

EVENTO O presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros (Sincor) de Alagoas, Otávio Vieira Neto, participa do Encontro Regional dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Encor). O evento foi promovido pela Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor) e tem o objetivo de contribuir para o aperfeiçoamento da categoria.

AMIGA O PT capitalizou bastante a visita da secretária nacional de Direitos das Mulheres, Iriny Lopes, em Maceió. O partido aproveitou a presença dela para fazer uma série de reuniões com lideranças e militantes da causa feminina. Simpática, ela ganhou pontos até com quem não vai muito com a cara dos petistas.

BOM! Ao saber que Alagoas teve o quinto melhor desempenho no País em cobertura vacinal e em primeiro lugar no Nordeste, o próprio governador Teotonio Vilela Filho telefonou para o secretário estadual de Saúde, Alexandre Toledo, para elogiar o engajamento da Sesau. De acordo com o boletim divulgado, o índice de cobertura corresponde a 84,57% da população prioritária.

DIRETAS Muita gente no PT já não vê mais o delegado José Pinto de Luna com bons olhos. Reclamam que ele tem criticado o partido excessivamente. Sua saída é quase certa. O advogado Adriano Soares confirmou que será o novo secretário estadual de Educação. O Sinteal não gostou muito da indicação e já começou a reclamar. Amanhã tem posse de Regis Cavalcante no comando da Secretaria Estadual da Pesca. A cerimônia acontece a partir das 9h no Palácio República dos Palmares.

Nezinho trocou acusações com líder do PTdoB por causa da comissão

Toledo fechou um acordo com governistas que articulavam outra chapa

Pouco antes de fevereiro, um acordo

Em março, a busca por mais espaço

Mesmo assim, Fernando Toledo ainda não tinha os votos suficientes para vencer a disputa. Até porque, o deputado Isnaldo Bulhões (PDT) aparecia como terceira via na corrida, capitalizando ainda os votos do PT, do PMDB e dos descontentes com o governo Vilela. Um acordo de Albuquerque e Loiola com o outro lado, terminaria com a derrota do tucano, e colocaria o governo em uma situação delicada. Foi então que, via governador, o presidente

Só que na política não existe vácuo. E, por toda sua experiência, o deputado Antonio Albuquerque sabe disso. Mesmo que, dentro do acordo para que Fernando Toledo continuasse no comando da Assembleia, passe a possibilidade da ida do tucano para uma vaga de conselheiro no Tribunal de Contas, o tempo até que isso aconteça é incerto. Portanto, apenas esperar a saída do tucano inviabilizaria a força política de Albuquerque, um dos mais experientes em plenário

conseguiu fechar um acordo com os governistas que estavam construindo a outra chapa. Neste momento, foi preciso abrir mão de alguns cargos importantes na Mesa Diretora. Toledo então passou a 1ª secretaria para Inácio Loiola e a vice-presidência para Antonio Albuquerque. Ricardo Nezinho e Gilvan Barros aceitaram continuar compondo e comandando, respectivamente, as comissões de Constituição e Justiça e Orçamento e Finanças.

(no mandato desde 1995), e o deixaria sem ação dentro da Casa. Neste momento, o deputado que acabava de ser indicado pelo presidente para compor nas Comissões de Orçamento e na de Administração e Assuntos Municipais, viu que precisava de mais espaço e mirou a vaga do antigo aliado Ricardo Nezinho na CCJ. Na negociação não foi possível o acordo, o colega de partido alegava que estava no espaço há quatro anos e que tinha chances de continuar na presidência.

No mês passado, os ventos mudaram

Derrubada do veto iniciou o desgaste

Nezinho passou os últimos quatro anos como presidente da CCJ. Nem de longe imaginava que o novo acordo para reeleger Fernando Toledo o tiraria daquele espaço de poder, possivelmente o mais importante dentro da Assembleia. Iniciando o segundo mandato, o deputado viu “cair por terra” suas intenções, com a indicação de Joãozinho Pereira (PSDB) para o comando da Comissão de Constituição e Justiça. Novato e o mais votado nas eleições, o tucano chega-

Antonio Albuquerque apresentou o pedido de troca do representante do partido na CCJ. Começou então uma guerra fria com Nezinho, que . Enquanto isso, o deputado Fernando Toledo evitava efetuar a troca. O tucano empurrava a decisão mais para frente, na tentativa que os dois partidários se entendessem e evitassem o desgaste. No entanto, Albuquerque não aceitou a estratégia do presidente e usou da pressão política para conseguir seu objetivo. Inicialmente,

va com todo o apoio do governador para disputa e tinha como articulador o então aliado e líder do PTdoB, Antonio Albuquerque. Nezinho nada tinha em troca. Na eleição anterior apoiará a candidatura derrotada de Ronaldo Lessa (PDT). Joãozinho foi eleito e o adversário ficou se lamentando, o que na prática gerou um clima tenso dentro da CCJ, repercutindo, inclusive, na Mesa Diretora, e na relação de Toledo com Nezinho e Albuquerque, que iniciavam a troca de acusações.

passou a discordar publicamente da estratégia do presidente em não apresentar para o plenário a proposta de derrubada do veto do governador ao projeto que aumentava em 108% os salários dos deputados estaduais, saltando de R$ 9,6 mil para pouco mais de R$ 20 mil. Toledo não conseguiu um acordo com o Palácio República dos Palmares para aumentar o repasse do duodécimo do Legislativo o que inviabilizaria a aplicação do reajuste.

CMYK


Política

O JORNAL JORNA L A3

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Contexto Roberto Vilanova - bobvilanova@hotmail.com

PENA BRANDA O Brasil e Portugal são os dois únicos países onde o Parlamento se reúne para investigar e punir os seus integrantes. Ou melhor: são os dois únicos países onde o Parlamento pode ser transformado em delegacia de polícia – é só requerer e aprovar uma CPI. Trata-se de um absurdo, sem dúvida, porque a investigação é uma atribuição policial e a denúncia é uma prerrogativa do Ministério Público. Mas tem sido assim. Na semana passada, a Câmara Federal tratou de minimizar a situação para aqueles parlamentares que não se comportam bem e ferem o decoro. A partir de agora, o Parlamento brasileiro tem mais duas opções antes de aplicar a pena máxima de cassação. As duas opções são: a censura e a suspensão do mandato por seis meses. A nova regra vale para as Câmaras de Vereadores e as Assembleias Legislativas – que aprovaram sem restrição.

A FERA

FERIDA

Aviso aos ambientalistas, os falsos e verdadeiros: não provoquem o deputado federal Aldo Rebelo, eleito por São Paulo, mas alagoano de Viçosa, porque ele (Aldo) tem provas contundentes de submissão ao truste internacional.

A maioria dos ambientalistas brasileiros, inclusive “renomados” cientistas, recebe dinheiro dos Estados Unidos para impedir que o Brasil mantenha o controle da Amazônia. “Sei disso; sei que recebem dinheiro, sim”, disse o deputado Aldo Rebelo.

TRAINDO A PÁTRIA O deputado Aldo Rebelo foi o relator do novo Código Florestal Brasileiro, uma peça nacionalista e superpatriótica que não interessa ao truste internacional.

APAGA

RISCO

O senador Renan Calheiros, líder do PMDB no Senado, passou o final de semana em Brasília discutindo a saída para a crise no governo com o caso Palocci. Renan quer evitar que o fogo se espalhe na base aliada e ameace o governo.

Ainda repercute na Escola Superior de Guerra a palestra do senador Fernando Collor (PTB) sobre a vulnerabilidade do Brasil diante da “cobiça” internacional pelas riquezas do País. Collor alertou para os riscos que o Brasil corre.

GRANDE ENCONTRO Dia 6 de junho, os ex-presidentes Collor, FHC e Lula deverão se encontrar na audiência pública na Câmara Federal para debater a reforma política.

VEM

SIM

O jornalista Adelmo dos Santos garantiu ao deputado Dudu Holanda que o ex-presidente Lula virá receber o título de cidadão alagoano – que o deputado apresentou. Exsindicalista, Adelmo foi o primeiro alagoano a se aproximar de Lula quando também era sindicalista.

Um dos fundadores do PT em Alagoas, Adelmo presidiu o Sindicato dos Jornalistas e dos Radialistas e estava em São Paulo quando o ex-presidente Lula se casou com dona Marise – que era viúva. O padrinho de casamento faltou e Lula convidou Adelmo para substituí-lo.

Museus da política em AL: prédios estão conservados, mas falta acervo Na Casa de Marechal Deodoro da Fonseca, mobília é composta de réplicas Gilson Monteiro Repórter

equeno territorialmente e economicamente acanhado, Alagoas sempre chamou a atenção do restante do País por ser o berço de expressivas figuras do cenário político nacional. No mês dedicado aos museus, a reportagem de O JORNAL visitou os acervos dedicados à memória dos personagens da política que despontaram do nosso Estado para marcar o cenário político nacional. Um passeio que começa com o nascimento da República, proclamada pelo primeiro presidente do Brasil, marechal Deodoro

P

da Fonseca; passando pelo seu sucessor, o também marechal Floriano Peixoto. Personagens que são lembrados muito mais por dar nome a ruas e prédios públicos, como Tavares Bastos, que nomeia a Assembleia Legislativa. Os acervos visitados por O JORNAL, em geral, estão em bom estado de conservação, mas alguns sofrem da falta de peças, como é o caso da casa onde nasceu Marechal Deodoro, onde a mobília é composta de réplicas. Também em Marechal, a casa onde nasceu Tavares Bastos se prepara para se transformar em museu. O local não guarda peças e, atualmente, serve de sede para uma colônia de pescadores.

Casa de Marechal: fora dos roteiros turísticos Fotos: Thiago Sampaio

Com pouco mais de 45 mil habitantes, a pequena Marechal Deodoro conserva em suas ruas estreitas a casa onde nasceu o homem que viria comandar a transposição do país do regime monárquico para o republicano. Nascido em 1827, quando a cidade ainda se chamava Cidade das Alagoas, Marechal Deodoro marcou sua gestão como primeiro presidente do país pelo esforço em consolidar o regime republicano, recém-instaurado. Hoje, a casa onde nasceu Deodoro, no centro da cidade, de original conserva apenas a fachada em estilo colonial. Paredes e pisos forma reconstruídos em 1970. Dentro, móveis e utensílios são apenas replicas que tentam reproduzir objetos utilizados na época. A Casa de Marechal ainda guarda algumas fotográficas originais do proclamador da república, entre elas a única onde Deodoro aparece “a paisana”. O guia turístico da cidade reclama da exclusão da cidade dos roteiros turísticos das grandes agências. Segundo Rosenildo Silva, há cerca de 15 anos as grandes empresas de turismo riscaram Marechal Deodoro de seus roteiros. “Ultimamente e que algumas empresas estão começando a incluir a cidade em seus roteiros. É uma pena que isso tenha

Na Casa de Marechal, os móveis são réplicas, que tentam reproduzir os utilizados na época de Deodoro

acontecido, pois essa casa, por si só, tem uma importância histórica muito grande”, lamenta o guia. “Em 1970, a parte de dentro foi construída totalmente. Essas paredes todas foram feitas novamente. De original temos apenas a fachada, que retrata o estilo da época. Os objetos são réplicas. A mãe do Marechal, quando foi embora, levou os objetos no navio”,

conta Rosenildo. Em 2006 a cidade de Marechal Deodoro foi tombada pelo Ministério da Cultura como Patrimônio Histórico Nacional, e mais recentemente serviu de cenário para as locações do filme “O Bem Amado”. RIO DE JANEIRO - Depois de entrar para a carreira militar, Deodoro da Fon-

Floriano Peixoto, o “Marechal de Ferro”

CHAMADA GERAL Do deputado Dudu Holanda: “Quem estiver triste e incomodado no partido que venha se juntar a nós no PSD”.

BAIXO

ALTO

O presidente da União dos Vereadores de Alagoas, Anísio Amorim, voltou eufórico de Brasília com a garantia de que a PEC 330, que nivelou por baixo o percentual para cálculo do duodécimo das Câmaras Municipais, será revogada.

Presidente da Câmara Municipal de Murici, o vereador Anísio Amorim conversou com o deputado federal Eduardo Gomes - que lhe garantiu a aprovação da PEC 514 restabelecendo o sistema anterior de cálculo e fixando em 8% o percentual.

QUEM TEM DIREITO Mas o percentual de 8% da receita municipal como cálculo do duodécimo das Câmaras só será aplicado ao município com mais de 30 mil habitantes.

EXPRESSAS A partir de quarta-feira, 1º de junho, começa a vigorar a nova regra para amortização de débito no cartão de crédito. Pela nova regra, a amortização mínima a partir de 1º de junho será de 15% do total do débito. A partir de dezembro, passa para 20% o valor mínimo. A nova regra vale para quem adquirir cartão de crédito a partir de1º de junho. Para os cartões antigos, a nova regra só começa a vigorar a partir de 1º de junho de 2012. Por falar em cartão de crédito, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou o projeto responsabilizando as operadoras pela clonagem de cartões. Depois de aprovado em plenário na Câmara, o projeto segue para o Senado – que deverá manter o texto original.

seca mudou-se para o Rio de Janeiro, que transformou em museu o sobrado onde residia o marechal, e de onde ele saiu para proclamar a República em 15 de novembro de 1889. Nele foram realizadas várias das reuniões militares e políticas que precederam a queda da monarquia. Em 1971, foi restaurado e passou a servir de sede ao Museu do Exército.

A casa onde nasceu Tavares Bastos, que será transformada em museu, sedia, atualmente, colônia de pescadores

A redescoberta de Tavares Bastos Mais conhecida por ser a terra natal do proclamador da República, Marechal Deodoro também foi berço de outra importante figura política. Aureliano Cândido Tavares Bastos. Mais conhecido por dar nome ao prédio sede da Assembleia Legislativa do Estado, Tavares Bastos terá sua história resgatada em breve. Projeto financiado pelo BNDES irá transformar a casa onde nasceu um dos maiores defensores do federalismo em museu. Deputado estadual por duas vezes, Tavares Bastos foi homenageado este ano em uma sessão solene na Assembleia Legislativa, realizada em abril, pela passagem de seus 172 anos de nascimento.

As obras estão incluídas em um “pacote” de projetos, orçado em R$ 1,2 milhão, que inclui uma segunda reforma na Casa de Marechal Deodoro, do prédio da Sociedade Bom Conselho, da Igrejinha de São Pedro, do Mercado do Peixe e do Mercado das Rendas. O patrocínio do BNDES também deve reeditar livros escritos por Tavares Bastos. Em um deles, “A Província”, Bastos critica duramente a centralização do poder durante o segundo reinado. Atualmente, a casa onde nasceu Tavares Bastos, que também dá nome a rua, abriga a colônia de pescadores Z-6 São Pedro. Segundo o guia turístico da cidade, Rosenildo Silva, tanto a facha-

da quanto as paredes internas são originais. Mas não se tem notícia dos objetos. “Na semana passada, uma equipe de 20 pessoas do BNDES veio à cidade e olhou todos os prédios incluídos no projeto. Esta casa, onde nasceu Tavares Bastos, será transformada em museu. A fachada é original, e, pelo estilo, as paredes de dentro também são. Queremos impulsionar a figura do Tavares Bastos, que também é um personagem histórico importante em Alagoas”, disse o guia. Segundo a secretária Municipal de Planejamento, a arquiteta Fernanda Gueiros, as ordens de serviço das obras devem ser assinadas em junho.

Vice-presidente quando o país estava sob o governo provisório do conterrâneo Deodoro da Fonseca, Marechal Floriano Peixoto acabou sendo eleito vice constitucional, em seguida assumindo a presidência, tornando-se o segundo presidente a República brasileira. Devido a uma atuação enérgica, considerada até ditatorial, contra as sucessivas rebeliões que afloraram nos primeiros anos da República, Floriano Peixoto acabou ficando conhecido como o “Marechal de Ferro”. Em Alagoas, Floriano Peixoto dá nome à antiga sede do governo do Estado, que, em 2006 foi transferida para o Palácio República dos Palmares, inaugurado pelo então governador Luís Abílio. Desde então o local foi transformado no Museu Palácio Floriano Peixoto, o MUPA, por meio do decreto de 27 de março de 2006, assinado pelo então governador Ronaldo Lessa (PDT). Hoje, o acervo do MUPA guarda basicamente mobiliário dos séculos XIX e XX, além de objetos como cristais, prataria, além de telas de pintores alagoanos, entre elas, 21 quadros de Rosalvo Alexandrino Ribeiro, pintor nascido em Marechal Deodoro, e premiado internacionalmente. O Salão de Despachos ainda é utilizado para a realização de reuniões. O acervo guarda ainda uma provável carta do translado do corpo do ex-presidente Floriano Peixoto de São Paulo para Alagoas. Continua na página A4

CMYK


Política

O JORNAL JORNA L

A4

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Fotos: Thiago Sampaio

Acervo do menestrel será digitalizado

Antiga sede do governo do Estado, Palácio Floriano Peixoto foi inaugurado em 1902, após diversas paralisações nas obras de construção

Palácio demorou nove anos para ser inaugurado A homenagem ao alagoano que governou o país entre 19 de abril de 1890 até 22 de janeiro de 1891 demorou a se concretizar, com as sucessivas paralisações das obras. O Palácio Floriano Peixoto teve sua pedra fundamental lançada em 14 de setembro de 1893,

durante a gestão do então governador Gabino Suzano de Araújo Besouro, que governou Alagoas entre 1892 e 1894. Mas a sede do Executivo estadual, que também servia de residência aos governadores, só seria inaugurada em setembro de 1902, nove anos de-

pois do lançamento da pedra fundamental. Antes, em 1984, por falta de recursos, as obras foram paralisadas, sendo retomadas anos depois, na gestão de Manoel Gomes Ribeiro Júnior, o Barão de Traipu. Em 1897 as obras pararam novamente com a saída de

Ribeiro Júnior do poder. O governo de Euclides Vieira Malta retomou as obras em 1900, que foram concluídas dois anos depois. Antes da construção do Palácio Floriano Peixoto, a sede do governo ocupava um casarão colonial na Praça Palmares.

Começando sua carreira po- tiga residência, no bairro do lítica como militante da União Farol, para a Fundação, sendo Democrática Nacional, a UDN, disponibilizado para consulta. partido que fundou em Alagoas O próximo passo, explica o resem 1952, Teotônio Brandão Vilela ponsável pelo acervo, Carlos foi deputado estadual, e vice- André Monteiro, será digitalizar governador, mas foi como sena- algumas obras e 46 fascículos dor que ele encampou a luta pela com discursos de Vilela no seredemocratização que o marca- nado federal. São textos onde o ria nas páginas da história do senador disserta com propriedaBrasil como o menestrel das Ala- de sobre temas como anistia, a goas. igreja e o Estado, entre outros. Em 1983, ano de sua morte, “Queremos disponibilizar o senador foi homenageado esses discursos na internet, para pelos compositores Fernando consulta livre. Além de Brandt e Milton Nascialguns livros, como o de mento com a canção autoria do Márcio Mo“menestrel das Alagoreira Alves, “Teotônio, Material as”. Cantada por Fafá Guerreiro da Paz”, além de Belém, a música se dos discursos dele. pode ser tornou um dos hinos encontrado Estamos catalogando da histórica campanha tudo, para depois plei“Diretas-Já”, movi- na Fundação tearmos esse projeto de mento que se espalhou digitalização, que podeTeotônio pelo país exigindo eleiVilela e no rá ser feito por meio da ções diretas para a preprópria Fundação ou memorial algum convênio”, diz sidência da República no final da ditadura Monteiro, que também militar. gerencia o memorial deApesar de Vilela ter dicado à Vilela na praia de Panascido em Viçosa, em 28 de juçara. maio de 1917, o acervo do menestrel é encontrado em Maceió, PEÇAS - Além da farta bina Fundação Teotônio Vilela, na blioteca, a Fundação Teotônio Rua Sá e Albuquerque, no histó- Vilela guarda alguns objetos do rico bairro de Jaraguá. A entida- menestrel das Alagoas, como de é privada, mantida pela fa- móveis e objetos de escritório: mília, com convênio com a se- “Temos a máquina de datilogracretaria de Estado da Cultura. far que o Teotônio usava, alguns O acervo é um dos únicos, moveis, medalhas e certificados entre os personagens políticos, de homenagens que ele recebeu que guarda objetos pessoas. durante sua carreira política”, Desde novembro do ano passa- explica Carlos André. O acervo do a biblioteca pessoal de Teotô- conta ainda com várias fotogranio, com aproximadamente 2400 fias do senador em plena atuatítulos, foi transferido de sua an- ção no Congresso Nacional.

Memorial à República: homenagem a marechais Em homenagem aos dois primeiros presidentes, que iniciaram no país o regime republicano, em 2005 foi construído, na Praia da Avenida, em Maceió, o Memorial

à República. A homenagem aos marechais Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto possui uma exposição permanente sobre os dois expresidentes, e um salão verde

com fotografias de todos os presidentes da República. “Só está faltando a foto da presidente Dilma [Roussef]. Recebemos visitas diariamente, o espaço tem sido

bastante prestigiado”, diz o guia que acompanhou a reportagem de O JORNAL. O memorial teve o projetado assinado pelo arquiteto alagoano Alex Barbosa.

Ceci Cunha integra acervo das arapiraquenses Em 2008, mais precisamente no dia 8, dia internacional da mulher, foi inaugurado em Arapiraca o Memorial da Mulher Ceci Cunha, primeira alagoana a ser eleita deputada federal. O memorial é, na verdade, uma homenagem às grandes figuras femininas do Agreste, cujo principal expoente foi Ceci Cunha, assassinada violentamente logo após ser diplomada para um segundo mandato na Câmara dos Deputados. No local, pode-se encontrar um acervo de diplomas e certificados recebido pela ex-deputada, além de material audiovisual em vídeo com imagens de Ceci. “Esse memorial homenagem grandes mulheres arapiraquenses, e ganhou o nome da Ceci Cunha por tudo o que ela representa para Arapiraca e para Alagoas”, diz a diretora do Memorial, Klyssiane Márcia Tenório de Souza. O CASO - Iniciando carreira política em Arapiraca como vereadora, a médica Ceci Cunha foi a primeira mulher alagoana eleita para a Câmara dos Deputados. Ela foi assassinada na

Inaugurado em 2008, o Memorial Ceci Cunha conta com material das grandes figuras femininas do Agreste Além da biblioteca, a fundação guarda objetos do menestrel das Alagoas

noite do dia 16 de dezembro de 1998, logo após ter sido diplomada deputada federal, após conseguir se reeleger com uma expressiva votação de 55 mil votos. No último dia 15 de mar-

ço, a Justiça Federal manteve a sentença de pronúncia contra os acusados do assassinato da ex-deputada federal e de mais três pessoas da família. O ex-deputado estadual, Talvane Albuquerque Neto,

além de Jadielson Barbosa da Silva, Alécio César Alves Vasco, José Alexandre dos Santos e Mendonça Medeiros Silva vão a júri popular pelo crime, que ficou conhecido como a “Chacina da Gruta”.

Graciliano Ramos: da política para a literatura Antes de escrever clássicos da literatura nacional, como Vidas Secas e São Bernardo, o escritor Graciliano Ramos administrou, por três anos (entre 1927 e 1930), a cidade de Palmeira dos Índios, no agreste alagoano. Como gestor, “Mestre Graça” marcou sua passagem pela famosa prestação de contas, relatórios onde ele dissertava sobre as receitas e despesas de sua gestão, escritos primorosamente, com sua veia de escritor. O acervo foi possível graças à doação da viúva dele, dona Heloisa Medeiros Ramos ACasa Museu Graciliano Ramos foi fundada em 1973, local onde morou o escritor, nascido em Quebrangulo. Atualmente, além de utensílios pessoais, como

Museu conta com móveis do gabinete quando Graciliano era prefeito

vestimentas e fotografias, o museu guarda dois livros contábeis, que serviram de base para

os famosos relatórios. Em um deles, Graciliano diz: “Quando prefeito, soltava os presos para

construírem estradas”. “Esses livros de entrada e saída, com as contas da prefeitura daquela época, foram escritos de próprio punho pelo Graciliano. Nesses livros, Graciliano mostra detalhadamente todas as contas do município, demonstrando ser um dos precursores da probidade administrativa”, diz o responsável pela conservação do acervo, João Tenório Pereira. O local também guarda os móveis usados pelo escritor em seu gabinete quando ocupou o Poder Executivo no município. “São duas cadeiras e uma mesa utilizadas por Graciliano em seu gabinete na prefeitura”, explica Tenório. Graciliano Ramos morreu em 20 de março de 1953.

CMYK


O JORNAL

Nacional

A5

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: nacional@ojornal-al.com.br

Audiência vai debater consignado Idosos continuam sendo vítimas de juros abusivos e dos “pastinhas”, denuncia deputado federal Congresso em Foco Os golpes contra idosos com o empréstimo consignado continuam ainda hoje, mesmo com as mudanças promovidas nas regras. De acordo com o Procon de São Paulo, as regras iniciais permitiram que milhares de idosos fossem lesados. O deputado federal e delegado de polícia Marllos Sampaio (PMDB-PI) mostra que o problema persiste. De posse de um dossiê com centenas de páginas relatando golpes contra aposentados entre 2007 e 2011, ele organiza uma audiência pública no dia 14 de junho na Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados para discutir o tema, propor uma campanha educativa para prevenção de golpes, ainda que paga com recursos dos banqueiros, aumentar as penas para quem engana idosos e reduzir o número de financeiras e corretores, os “pastinhas”, com acesso às informações bancárias dos idosos. “Tenho elementos mais que suficientes para uma CPI”, disse o deputado ao Congresso em Foco na quinta-feira. Durante cinco anos, Sampaio foi o titular da Delegacia do Idoso em Teresina (PI) e afirma

que o governo federal ainda precisa reforçar os mecanismos que facilitam a ação de quadrilhas - como a terceirização dos serviços dos bancos e o repasse de atribuições e informações sigilosas a financeiras e pastinhas. O deputado diz que a política de incentivo aos consignados é feita pelo governo para incrementar a economia, mas ainda permite várias falhas. Diz que isso possibilita muitos lucros aos bancos e até mesmo ao governo federal. Sampaio diz que esteve em janeiro com o ministro da Previdência, Garibaldi Alves, do seu partido, o PMDB. Falou sobre a necessidade de se realizar uma campanha publicitária educativa para ensinar os idosos a se prevenirem da ação das quadrilhas, o que já foi pedido formalmente ao governo federal. O deputado Sampaio comentou com Garibaldi sobre a futura audiência pública e sobre a necessidade de aumentar as penas para os golpistas. Ele também apresentou um projeto de lei que pune com dois a dez anos de cadeia quem alicia ou induz idosos a contrair empréstimo com desconto em folha. A assessoria do Ministério da Previdência informou que

Marllos Sampaio organiza audiência pública na Câmara para o próximo dia 14, quando divulgará dossiê

ainda não foi realizada licitação para contratação de agência de publicidade. Só depois disso é que será avaliada a formulação de uma campanha educativa visando os idosos e o crédito consignado. O ministério disse que pastinhas, financeiras e bancos não têm acesso aos dados dos idosos registrados no INSS, como sustenta Sam-

paio. Os assessores de Garibaldi informaram que isso só acontece se o aposentado repassar o número de seu benefício. Por isso, o Ministério recomenda que o idoso leve ao banco apenas uma espécie de contracheque, para evitar que terceiros entrem no sistema de computador e obtenham informações particulares dele.

Os principais deveres dos bancos, segundo a assessoria do Ministério da Previdência Social 1. Assinatura prévia do contrato - Somente enviar arquivo de averbação com o contrato e a autorização de averbação assinados previamente pelo beneficiário. 2. Contrato por telefone - É proibido a formalização de contratos por telefone não sendo aceita a autorização por gravação de voz. 3. Onde contratar - A contratação deverá ocorrer em umas das agências da própria IF [instituição financeira], ou pelos correspondentes bancários contratados. 4. Documentos obrigatórios - Exigir no ato da contratação a apresentação do documento de identidade ou Carteira Nacional de Habilitação - CNH e CPF, devendo manter em arquivo suas cópias junto com uma via do contrato. 5. Cobrança de taxas admimistrativas - É vedado a cobrança de TAC ou quaisquer taxas administrativas, como custo adicional de manutenção ou anuidade (cartão de crédito). 6. Carência - É vedado a utilização de prazo de carência para o início de pagamento das parcelas do crédito contratado. 7. Limite da taxa de juros - A taxa de juros fixada pelo INSS não poderá ser extrapolada, devendo expressar o custo efetivo do empréstimo. 8. Limite de parcelas empréstimo pessoal -O limite de parcelas é de até 60. 9. Prazo para disponibilizar o valor contratado - O depósito ou a Ordem de Pagamento do pedido de consignação confirmada pela Dataprev deve ocorrer em até 48h. 10. Depósito do valor contratado - Beneficiário recebe benefício por conta corrente - Quando o beneficiário recebe por conta corrente o valor de empréstimo deverá ser depositado obrigatóriamente na conta corrente em que o beneficiário recebe seu benefício.

adicionais ou derivados. 14. Parcelamento no cartão de crédito - O número máximo de parcelamento no cartão de crédito é de até 60 parcelas. 15. Limite do cartão de crédito - O limite máximo de comprometimento é de duas vezes o valor da renda mensal do benefício, ou seja, esse é o limite do cartão de crédito. 16. Limite da taxa de juros - A taxa de juros fixada pelo INSS para uso do catão de crédito não poderá ser extrapolada, devendo expressar o custo efetivo. 17. Seguro contra roubo - Para o cartão de crédito é permitida a cobrança de seguro contra roubo, perda ou extravio cujo prêmio anual não poderá exceder R$ 3,90. 18. Cobrança de emissão do cartão de crédito - É permitida a cobrança da taxa de emissão de cartão no valor R$ 15,00 podendo ser parcelada em até três vezes. 19. Saque no cartão de crédito - É proibida a utilização do cartão de crédito para saque. 20. Desconto do valor total das compras na data do vencimento - Não poderá aplicar juros sobre o valor das compras pagas com o cartão de crédito quando o beneficiário consignar a liquidação do valor total da fatura em uma única parcela na data do vencimento. 21. Extrato mensal do cartão de crédito - Deverá encaminhar mensalmente, ao titulares de benefícios, extrato com descrição detalhada das operações realizadas, onde conste o valor de cada operação e local onde foram efetivadas, bem como o número de telefone e o endereço para solução de dúvidas.

27. Informações prévias obrigatórias - Dar ciência prévia ao beneficiário de pelo menos das seguintes informações: valor total com e sem juros, taxa efetiva mensal e anual de juros, todos os acréscimos remuneratórios, moratórios e tributários que eventualmente incidam sobre o valor do crédito contratado, valor, número e periodicidade das prestações, soma total a pagar com o empréstimo pessoal ou cartão de crédito e data do início e fim do desconto. 28. Quitação antecipada de débito - A IF terá até cinco dias úteis para disponibilizar o documento para quitação contendo a informação do valor total antecipado, o valor do “desconto” e o valor líquido a pagar, além da planilha demonstrativa do cálculo do saldo devedor. 29. Prazo para exclusão da consignação após a quitação - Até cinco dias úteis. 30. Divulgação das regras de consignação - Deverá divulgar as regras de consignação/retenção/constituição da RMC(aquisição do cartão de crédito), obedecendo nos materias publicitários que se fizer veicular. Respeitar as regras do CDC. 31. Alteração da tabela de juros da Instituições Financeiras - Toda alteração da utilização das taxas de juros e prazos , respeitados os limites fixados pelo INSS, deverão ser comunicadas ao INSS por meio eletrônico instituicional - DIRBEN/DCONB com antecedência mínima de cinco dias úteis. 32. Prazo de guarda da documentação das operações de crédito - Deverá conservar os documentos comprovantes pelo prazo de cinco anos, contados da data do término do contrato de empréstimo e da validade do cartão de crédito.

22. Solcitação de cancelamento do cartão de crédito O beneficiário poderá a qualquer tempo, indempendente do seu inadiplemento contratual, solicitar o cancelamento do cartão de crédito junto a IF.

33. Empréstimo pessoal PROGRAMA “Viaje Mais Melhor Idade” - Ministério do Turismo - somente realizado com o Banco do Brasil e com a CAIXA em até 12 meses somente.

11. Ordem de Pagamento - OP do valor contratado beneficiário que recebe por cartão magnético - Quando o beneficiário recebe por cartão magnético o valor de empréstimo poderá ser depositado em uma conta corrente e poupança em que ele seja o titular ou disponibilizado por Ordem de Pagamento.

23. Solicitação de cancelamento do cartão de crédito com saldo devedor - Ao solicitar o cancelamento - se o beneficiário tiver sado devedor, a instituição financeira deverá dar a opção de pagamento integral por boleto de cobrança ou por descontos mensais em seu benefício em até 60 meses.

34. Número do Contrato - O número do contrato informado pela IF deve ser único e específico para cada contratação ou refinanciamento, devendo a instituição manter em arquivo os contratos identificados e autorizações de consignações correspondentes.

12. Contrato e margem do cartão de crédito - Cartão de crédito também deverá ser assinado contrato específico - sendo nesse caso reservado uma parte da margem consignável para acolher os pagamentos do cartão de crédito, que não possui prazo definido, podendo ser uma sequência de mesmo valor ou não, ou alternados conforme o uso e decisão de pagamento. O limite da margem consignável reservado para esse fim é fixado em 10% ( fixo independente do uso ou da parcela se menor ou igual ao percentual fixado). Esse limite fixo de 10% é denominado RMC ( Reserva de Margem Consignavel).

24. Cancelamento do cartão de crédito - A IF assim que liquidado o saldo devedor deverá excluir a RMC.

13. Cartões adicionais - É vedado a emissão de cartões

25. Pedidos de inclusão - Encaminhamento de pedidos de averbação de consignações deve ser feito até o segundo dia útil de cada mês, para que o processamento da informação ocorra no mesmo mês. Exemplo: arquivo enviado no dia 02/10/2009 e aceito, terá as consignações incluídas na folha de pagamento do mês de outubro, com o primeiro desconto realizado neste mês. 26. Pedidos de exclusão de contratos - As exclusões poderão ocorrer até um dia antes do início do processamento da folha de pagamento dos beneficiários.

35. Alteração de contrato - O banco somente poderá alterar as condições de um contrato mediante a exclusão do que consta no sistema da Previdência e o envio de um novo. Observar o vinculação documento e informação repassada ao INSS. 36. Limite de contratos ativos por beneficiário - Máximo de seis contratos para empréstimo pessoal e mais um para cartão de crédito. 37. Contratação somente no Estado em que o benefício é mantido - Tanto para empréstimo pessoal como para cartão de crédito somente poderá ocorrer no estado em que o benefício é mantido. Assim, o contrato somente poderá ser assinado nesse estado.

O DOSSIÊ - O “Dossiê de crimes financeiros praticados contra idosos” foi elaborado pelo sucessor de Sampaio na delegacia de Teresina, Chanxerlley Brandão, em março deste ano. O documento relata que houve a incidência de 978 crimes financeiros contra velhinhos no ano passado apenas em Teresina, quase 60% do total da delegacia. O dossiê re-

produz dezenas de ocorrências de fraudes contra idosos em todo o estado do Piauí, algumas em 2011. De 2005 pra cá, foram 2.591 crimes registrados apenas em Teresina. Foram abertos 877 inquéritos e termos circunstanciados e 347 prisões. De acordo com Sampaio, os crimes financeiros se relacionam quase que exclusivamente à concessão de empréstimos com desconto na aposentadoria dos idosos. O dossiê mostra que os idosos são vítimas até de familiares, que furtam seus cartões e dados e contraem dívidas nos bancos. Mas há também a ação de quadrilhas. O Ministério Público e a Defensoria do Piauí ajuizaram ações contra quadrilhas e também contra um banco de São Paulo, pedindo o bloqueio de R$ 1 milhão para garantir a restituição de valores a milhares de aposentados lesados. A economista do Procon Neide Ayoub confirma que a situação melhorou de 2008 pra cá, mas ainda não é ideal. “Os problemas diminuíram, mas eles são sempre os mesmos”, afirma ela, que fez parte de um grupo de trabalho com o Ministério Público de São Paulo para debater o tema e propor soluções.

CRIMES FINANCEIROS CONTRA IDOSOS Ano 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Total

Crimes 5 45 205 522 836 978 2.591

(% do total) (4%) (7%) (25%) (46%) (56%) (59%) (44,5%)

Prisões --20 22 69 102 134 347

Inquéritos* --96 185 170 196 230 877

*Inclui termos circunstanciados. Fonte: Delegacia do Idoso de Teresina (PI). Elaboração: Congresso em Foco

Procon ainda luta para limitar juros O Procon de São Paulo ainda luta para conseguir limitar os juros dos empréstimos consignados em 2,34% ao mês, já incluídos os impostos e demais encargos pagos pelo consumidor indiretamente, o chamado Custo Efetivo Total (CET). Pelas normas do INSS, nenhum banco pode cobrar mais do que 2,34% dos aposentados. Mas de acordo com a coordenadora do Núcleo de Superendividamento do órgão, a economista Neide Ayoub, na prática, os bancos cobram essa taxa mas também outros encargos, como o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), o que eleva o custo para o aposentado. Apesar da limitação de 2,34%, dados do próprio Ministério da Previdência mostram que alguns bancos cobram 2,39% ao mês. Neide Ayoub diz que ainda falta entrar em prática a resolução 3954/10 do Banco Central, que obrigará o cadastramento dos corretores, os chamados “pastinhas”. Hoje, o empréstimo é feito e o corretor não pode ser identificado, o que facilita golpes e fraudes, como reclama também o deputado Marllos Sampaio (PMDB-PI), que defende menos acesso dos pastinhas aos dados dos idosos. Com a resolução em prática, na hora de vender um empréstimo ao aposentado, o corretor deverá informar seu endereço, CPF, RG, correspondente bancário, financeira e banco para o qual trabalha. Hoje, essas informações não são registradas. O Procon ainda defende que não seja permitida a liquidação antecipada do empréstimo quando o idoso é eventualmente desligado do INSS. Isso também acontece quando o funcionário é demitido: sem renda, tem que pagar seu empréstimo imedi-

atamente ao banco. Até hoje, diz Neide Ayoub, o Ministério da Justiça não respondeu pedido do Procon para considerar essas cláusulas abusivas. CONQUISTAS - Apesar disso, a economista do Procon comemora algumas conquistas do Grupo de Trabalho do Crédito Consignado, criado em 2008, para debater o tema e propor soluções. Depois de dois anos de discussões com bancos, INSS, Banco Central e Ministério da Justiça, Neide Ayoub ressalta algumas melhoras na relação dos aposentados com o empréstimo com desconto nos benefícios: — Só é possível fechar um contrato de empréstimo pessoalmente no banco, por escrito e com assinatura. Não é possível aceitar a “assinatura eletrônica” pela internet ou pelos terminais de saque. — Quando o aposentado denuncia uma fraude, o desconto é suspenso se o banco não apresentar a cópia do contrato assinado pelo idoso — O banco tem que guardar todo o histórico de consignações feitas pelo idoso, para apuração de qualquer erro ou fraude. — Redução da margem consignável para 10% da renda do idoso quando obtiver um cartão de crédito vinculado ao empréstimo. Nesse caso, o empréstimo só pode comprometer 20% da renda do aposentado. — Proibido fazer saques com cartões de crédito vinculados aos empréstimos. — Proibido fazer empréstimos com carência, ou seja, com espera de mais de 30 dias para chegar a primeira parcela a pagar. — Contratos para empréstimos devem ser feitos em separado dos contratos para os cartões de crédito.

CMYK


O JORNAL

Opinião A6

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com. | e-mail: opiniao@ojornal-al.com.br

Bolsa Esperança As pessoas que são extremamente pobres são aquelas que têm menores níveis de educação, que não tiveram inserção no mercado de trabalho; são famílias que em geral têm um número maior de crianças. Portanto, por mais criticado que seja, o programa Bolsa Família termina sendo a esperança de vida da maioria delas. Para se ter uma ideia, o Brasil tem 16 milhões de brasileiros na miséria extrema. É por isso que a presidente Dilma Rousseff estuda lançar nos próximos meses um novo programa de combate à pobreza ainda mais radical. Enquanto esse novo projeto não sai, é o Bolsa Família que sustenta essa legião de famintos, quase sempre invisíveis aos nossos olhos. São pessoas que vivem na base de um programa de transferência de renda do governo federal, que chama a atenção do mundo porque conseguiu crescer muito e é relativamente barato. No entanto, apesar de o governo repassar anualmente R$ 15 bilhões para o atendimento a cerca de 13 milhões de famílias com Bolsa Família, a porta de saída do programa continua muito distante: 88% dos beneficiados nunca conseguiram ter um único rendimento mensal proveniente do mercado formal de trabalho, entre 2004 e 2007. Ou seja, serão eternos dependentes dos cofres públicos e da ajuda do governo. Os problemas enfrentados pelas pessoas atendidas pelo

programa foram apresentados em um evento em Brasília e assustaram os especialistas. O estudo cita desde a baixa escolaridade até a falta de creches para que os pais possam deixar os filhos pequenos na hora de ir trabalhar. Essas dificuldades impedem que essas pessoas, de fato, consigam sair da situação de pobreza. Dos 51,4 milhões de pessoas entre 16 e 64 anos registradas no Cadastro Único do Bolsa Família, apenas 6,4 milhões, que representam 12%, apresentaram renda além do benefício pago pelo governo federal. Um número que, apesar de milionário, é quase insignificante para o tamanho do programa. O Brasil é enorme, é um país que tem uma estrutura extremamente descentralizada. O programa Bolsa Família, que é nacional, depende em grande medida do empenho das prefeituras. Será esse engajamento que permitirá o funcionamento de programas de capacitação da mão de obra, o que culminará com um elevamento da qualidade do trabalho dessas pessoas que vivem, quase sempre, abaixo da linha da pobreza. É bem verdade que o Bolsa Família, assim como outros programas do tipo do mundo, tem a característica de focar as famílias e crianças mais desfavorecidas, com o objetivo de melhorar a vida das próximas gerações. Essa é a nossa esperança.

Análise de risco ambiental "Tem início com a identificação do perigo ou identificação do problema" Alder Flores Advogado, químico, esp. em Direito, Engenharia e Gestão Ambiental, auditor Ambiental

A análise de risco ambiental, de uma maneira geral, pode ser entendida como uma avaliação do risco associado a um determinado projeto englobando tanto o risco que esse projeto pode causar como o que pode ocorrer. Este tipo de estudo tem também como objetivo evitar ou diminuir ao máximo as perdas humanas e materiais no caso de ocorrer um determinado evento naquela área. Outra conceituação define como um processo de estimativa da probabilidade de ocorrência de um evento e a magnitude de seus efeitos adversos, econômicos, sobre a saúde, a segurança humana, e ecológicos, durante o período de tempo especificado. Existem basicamente três tipos de analise de risco. O de segurança, o de saúde e o ecológico. Para o risco de segurança o foco é dado à segurança do trabalhador e na prevenção de perdas, principalmente em um ambiente de trabalho, na ocorrência de eventos; os mesmos que são de altas consequências e de efeitos imediatos, principalmente dentro dos limites do ambiente de trabalho. Quanto ao risco sobre a saúde, as relações de causa-efeito não são facilmente estabelecidas. O foco é direcionado à saúde dos seres humanos, em geral fora dos ambientes de trabalho. Agora, o estudo de risco ecológico demonstra uma complexidade de interações entre as populações, comunidades e ecossistemas ao nível micro e macro, e grande incerteza na relação causa-efeito; neste caso o foco é direcionado aos impactos ambientais causados ao ecossistema, que podem até se manifestar em

áreas bem distantes da fonte geradora do evento. Esses estudos têm início com a identificação do perigo ou identificação do problema. O perigo é um agente químico biológico ou físico ou um conjunto de condições que se apresentam como uma fonte de risco, mas não o risco propriamente dito. Destacamos que os riscos ecológicos são talvez em ordem de magnitude os mais complexos e mais incertos, e seus efeitos podem ser evidentes, exceto de forma retrospectiva. Se formos seguir o principio do risco zero, nenhum risco seria tolerado, não interessando quão pequeno fosse ele ou quais seriam os benefícios para sociedade. Na prática nós não vivemos em mundo livre de riscos, haverá sempre um risco de fundo, só que um pequeno risco será sempre preferível se um risco maior puder ser evitado. O foco das análises de riscos são os perigos agudos, condições físicas e químicas que apresentam o potencial de causar mortes ao homem, além das perdas econômicas, devendo os mesmos estar centrados nos seguintes parâmetros. O que pode dar errado e por quê? Qual a probabilidade de ocorrer? Quanto negativo pode ser? O que pode ser feito sobre o evento? Esses parâmetros citados embasam toda a análise de risco, incluindo a identificação dos perigos, estimativa da possibilidade de ocorrência de eventos causadores de acidentes, potenciais consequências de cada acidente e as medidas a serem adotadas.

A força econômica do Nordeste "O novo crescimento está significando distribuição de renda" Renan Calheiros Senador e líder da bancada do PMDB

Espíritas e católicos em fraterna comunhão "Vislumbro a chama da Fé na vida de todo aquele que se consome no amor ao outro" João Baptista Herkenhoff Livre-Docente da Universidade Federal do Espírito Santo, professor da Faculdade Estácio de Sá de Vila Velha e escritor

Não sou espírita. Sou católico. Tenho, contudo, grande simpatia pela doutrina espírita. Nem sempre pensei assim. Nasci numa família católica, em Cachoeiro de Itapemirim. Na infância e adolescência respirei um ambiente religioso que não transigia em questões dogmáticas. Só bem adiante é que surgiu João XXIII, o papa que abriu o diálogo da Igreja Católica com todas as religiões e correntes de opinião. O que me encanta na doutrina espírita é a abertura para o próximo, a generosidade. Creio que isto é a síntese do Cristianismo. Neste ponto parece-me que podem comungar católicos, espíritas, protestantes e ateus. Incluo seguramente ateus nesta desejada comunhão porque, segundo minha visão, quem ama o próximo, tem paixão pela Justiça, sonha com um mundo de igualdade, esta pessoa vive a essência da Fé porque a Fé é vida, e não explicitação verbal. Vejam bem. Eu não desconheço que há aqueles que optam consciente e racionalmente pelo Ateísmo. Respeito esta escolha. Apenas vislumbro a chama da Fé na vida de todo aquele que se consome no amor ao outro, indepentemente de uma subjetiva afirmação teísta. Se nos debruçarmos sobre os diversos municípios do meu Estado (Espírito Santo) para descobrir, em nossas cidades, instituições que se abrem para o próximo, que se condoem de presos e de prostitutas, que buscam encaminhar crianças, que se dedicam ao cuidado de seres humanos marcados por déficits físicos ou mentais, veremos que muitas dessas instituições, ou a maioria delas,

são levadas avante por seguidores do Espiritismo. Acredito que o mesmo fato ocorra em outros Estados do Brasil. Segundo o relato bíblico, no julgamento final, Jesus Cristo não chamará as pessoas para o lado dos escolhidos, segundo um determinado timbre ou rótulo religioso, mas segundo as obras: "Vinde a mim, benditos de meu Pai, que me deste pão quando tive fome; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava preso e viestes a mim". Quando fui juiz de Direito, os desembargadores que melhor entenderam meu trabalho e minhas ações eram espíritas. Cito com reverência dois desses desembargadores: Carlos Teixeira de Campos e Mário da Silva Nunes. Foi graças ao apoio deles que consegui resistir. Uma decisão que proferi libertando uma pobre prostituta, envolvida com drogas, porque ela seria mãe, tornou-se nacionalmente conhecida em razão da divulgação dessa sentença pela internet, num site espírita. Transcrevo a seguir um pequeno trecho do decisório. "É uma dupla liberdade a que concedo: liberdade para Edna e liberdade para o filho de Edna que, se do ventre da mãe puder ouvir o som da palavra humana, sinta o calor e o amor da palavra que lhe dirijo, para que venha a este mundo tão injusto com forças para lutar, sofrer e sobreviver. Este Juiz renegaria todo o seu credo, rasgaria todos os seus princípios, trairia a memória de sua Mãe, se permitisse sair Edna deste Fórum sob prisão.

O JORNAL Diretor-Executivo Luciano Goes lucianogoes@ojornal-al.com.br

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

Diretora Administrativo-Financeira Silvia Sacuno silviasacuno@ojornal-al.com.br Diretora Comercial Kaline Lages (Interina) comercial@ojornal-al.com.br

vfamalta@ojornal-al.com.br

recuperação de rodovias, como a BR-101. São estes programas que estão gerando empregos, onde a construção civil encabeça o topo das contratações. O Norte e o Nordeste estão liderando as novas oportunidades de trabalho no Brasil. Os números mostram que, desde a crise financeira internacional, o Norte do país apresentou o maior crescimento na criação de empregos formais - foram abertas 144 mil vagas no ano passado. Comparando com os 60 mil postos de trabalho criados dois anos antes, houve aumento de 138%. No Nordeste, a elevação foi de 90%. Saímos de 266 mil em 2008 para 506 mil empregos com carteira assinada em 2010. Em sentido inverso, a abertura de vagas formais nas regiões Sul, Sudeste e no Centro-Oeste cresceu em ritmo mais lento. No Sul a subida foi de 49%, 39% no Sudeste e 30% na região Centro-Oeste. O crescimento da renda familiar na região Nordeste, no índice de 26%, vem atraindo as grandes redes de supermercados e de varejo do País. Esse incremento do consumo na região promoveu a instalação, desde 2006, de 52 novos shoppings centers, que vieram através de estímulos da Sudene. O Produto Interno Bruto (PIB) do Nordeste cresceu 37,1% entre 2003 e 2010, desempenho bem superior à média nacional, que ficou em 32,2%. Ao contrário do passado, o novo crescimento está significando distribuição de renda e, no que depender do PMDB, serão muitos anos de crescimento e redução das desigualdades.

Datas & Fatos 29 de maio - Dia do Estatístico e do Geógrafo.

 Tomada de Constantinopla - No dia 29 de maio de 1453, os turcos otomanos, comandados pelo califa Maomé II, tomaram a cidade de Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia. O acontecimento marcou o fim do Império Romano e o início da Era Moderna. Com a conquista, os turcos bloquearam as milenares rotas de comércio entre a Europa e o Oriente. 1914 - Morrem 1.023 das 1.467 pessoas que o transatlântico Empress of Ireland transportava. Ele afundou após chocar-se com o cargueiro norueguês Storstad, devido ao nevoeiro no estuário do Rio São Lourenço, no Canadá. 1917 - Nasce John F. Kennedy, ex-presidente dos Estados Unidos. 1990 - Boris Yeltsin vence as eleições para a presidência da República Russa.

EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br site: www.ojornalwebcom Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600 - Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

PABX (082) 4009-1900

FAX/REDAÇÃO (082) 4009-1950

Coordenador Editorial Voney Malta

A economia nordestina, nos últimos anos, vem sendo marcada pelas taxas positivas de crescimento acima da média nacional. A região vive uma nova fase sócioeconômica e isso pode ser constatado pela expansão do PIB, aumento do emprego, distribuição de renda, incremento da massa salarial e redução da pobreza. No período mais recente, notadamente nos últimos oito anos, a renda dos assalariados e dos mais pobres teve um ritmo positivo. Isso é resultado do crescimento da economia regional, formalização do trabalho, estabilidade econômica, aumentos reais do salário mínimo e programas de transferência de renda, como Bolsa Família. São importantes iniciativas que estão transformando a face da região e para as quais tive a honra de colaborar no Senado Federal. Fui relator do programa Bolsa Família e quando presidi o Congresso Nacional criei o grupo que sugeriu a nova fórmula de aumentos reais para o salário mínimo. A elevação da renda foi acompanhada dos novos instrumentos, como o crédito consignado, o microcrédito e, mais recentemente, a consolidação e expansão do micro empreendedor individual, para os quais reduzimos a burocracia e os tributos, estimulando a adesão que já ultrapassou a marca de 1 milhão de micro empreendedores. Neste momento, é indispensável que o governo mantenha e amplie os investimentos públicos em obras do PAC, no programa Minha Casa, Minha Vida e na

FAX/COMERCIAL (082) 4009-1960

CLASSIFICADOS (082) 4009-1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (082) 4009-1919 Vendas avulsas Alagoas Dias úteis - R$ 1,50 Domingos - R$ 3,00 Nºs atrasados - R$ 6,00

Outros estados Dias úteis - R$ 7,00 Domingos - R$ 9,00 Assinaturas em Alagoas: Semestral - R$ 185,00 Anual - R$ 370,00

Sucursais ARAPIRACA – SUCURSAL AGRESTE AVENIDA RIO BRANCO, 157, SALA 10 CENTRO - FONE - 9933-4999 Comercial E-MAIL: arapiraca@ojornal-al.com.br

Assinaturas em outros estados: Anual - R$ 560,00 Semestral - R$ 280,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700 RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br


Nacional

O JORNAL JORNA L A7

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: nacional@ojornal-al.com.br

Obesidade: culpa pode ser de bactérias Especialistas também alertam para a influência de embalagens e produtos de limpeza no ganho de peso SÃO PAULO - Ganhar peso não depende apenas do equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas e a energia gasta com atividades físicas ou da herança genética. Essa equação pode contemplar pelo menos mais três variáveis, como o tipo de bactéria que a pessoa tem em sua flora intestinal, o grau de exposição a substâncias tóxicas e a quantidade de cálcio que ela ingere, de acordo com pesquisadores brasileiros que na última quinta-feira se reuniram para debater o assunto. O tema foi discutido no simpósio Causas não clássicas da Obesidade, durante o 15º Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica, em São Paulo. Um dos palestrantes, o endocrinologista Mário José Abdalla Saad, professor de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, diz que começou a pesquisar sobre o papel da flora bacteriana intestinal na obesidade há quatro anos e sua primeira pesquisa sobre o assunto foi publicada em 2006 pela revista científica Nature. “O número de bactérias que habita nosso intestino é 10 vezes maior do que o número de células do nosso próprio organismo. Por isso, achar que elas não têm nenhum papel relevante em doenças é um pouco de inocência”, analisa. Segundo ele, bactérias presentes no intestino do obeso são diferentes das observadas no intestino de um indivíduo magro, tanto em ratos quanto em seres humanos. Agora, os cientistas investigam como essas bactérias interferem na gordura corporal. Uma das possibilidades é a de que alguns tipos de bactérias, mais frequentes no trato intestinal dos gordinhos, extraiam a energia dos alimentos e a repassem para o organismo do indivíduo, induzindo ao ganho

de peso. Enquanto isso, outras bactérias, mais comuns no intestino dos magros, extraem e consomem essa energia, o que favorece a manutenção de um corpo esbelto. O objetivo das pesquisas é criar um tratamento para a obesidade com base no mecanismo de atuação das bactérias intestinais. “Só é preciso tomar cuidado para não aparecerem ‘milagreiros’oferecendo tratamentos com antibióticos ou probióticos que prometam o fim da obesidade”, alerta Saad. Ele explica que a “eficiência” das bactérias varia de pessoa para pessoa e que, hoje, os estudos ainda estão sequenciando o DNA desses micro-organismos para entender melhor o processo. Segundo o endocrinologista Alfredo Halpern, professor da Faculdade de Medicina da USP e membro da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), é plausível que o excesso de peso esteja relacionado a fatores que não são usualmente investigados como causas para o problema. Para ele, o crescimento da obesidade está atualmente desproporcional à modificação dos hábitos da população. “Não vale mais essa história de que o obeso é um sem-vergonha que come muito e que não se exercita. Há uma série de outros fatores que contribuem para isso”, diz. Segundo Halpern, o trabalho de Saad traz um campo novo de estudos e uma esperança de tratamentos para o futuro. “Além de sabermos que obesos têm bactérias diferentes das de pessoas magras, algumas experiências mostram que se pegarmos as bactérias de um animal obeso e passarmos para o animal magro, ele tende a engordar”, explica. EMBALAGENS - Entre as causas não clássicas de obesi-

Professor da Universidade de Pernambuco, Luiz Henrique Griz enfatiza a relação entre a ingestão de cálcio e vitamina D e a perda de peso

dade discutidas no 15º Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica estão os disruptores endócrinos. São substâncias tóxicas que interferem na ação dos hormônios corporais e podem estar em plásticos, agrotóxicos, produtos de limpeza e embalagens de alimentos. A mais popular delas é o bisfenol A, que foi alvo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no mês passado quando os fabricantes, em todo território nacional, passaram a

ser obrigados a informar a presença do composto em seus produtos. Testes em laboratório comprovaram que substâncias como o bisfenol A, presente em latas de refrigerante e até em mamadeiras, aumentaram o risco de obesidade em ratos, relata o médico Nelson Rassi, chefe da Divisão de Endocrinologia do Hospital Geral de Goiânia e professor visitante do Jackson Memorial Hospital, da Universidade de Miami. Segundo ele, um levantamento nos EUA

mostrou que 95% das crianças e adolescentes daquele país apresentam bisfenol A na urina. Outro composto que teria relação com a obesidade, segundo Rassi, é o ftalato, usado em plásticos, perfumes e loções. De acordo com ele, a substância teria a capacidade de aumentar o volume das células corporais. A tributirina, fungicida usado no tratamento de madeiras, exerceria efeito similar, diz Rassi. Professor da Universidade de Pernambuco, o médico Luiz Henrique Griz apresentou, com

base em um compilado de estudos internacionais, a possível relação entre cálcio, vitamina D e ganho de peso: quanto menor o consumo desses nutrientes, maior o risco. “Vitamina D e cálcio não são uma solução mágica para perder peso, mas têm papel importante nesse processo.” A obesidade tem sido alvo cada vez mais frequente de investigações científicas. E não é por acaso: os homens acima do peso, por exemplo, já são maioria no País.

DE 9 A 26 ANOS

Anvisa aprova vacina de HPV para homens BRASÍLIA - A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou a aplicação da vacina contra HPV (papilomavírus humano) em meninos e homens entre 9 e 26 anos. Aimunização previne as verrugas genitais causadas, principalmente, pelos tipos 6 e 11 do vírus. Avacina, conhecida como Gardasil (Merck Sharp & Dohme), está liberada para os homens nos EUA desde 2009. No Brasil, ela foi aprovada para mulheres em 2008, mas só está disponível na rede privada, ao custo de R$ 900. Para liberar a imunização masculina, a Anvisa se baseou em um estudo publicado no “New England Journal of Medicine”, que comprova a redução de 90% das lesões genitais externas. O estudo clínico, que acom-

panhou 4.065 homens em 18 países, inclusive o Brasil, comprovou a eficácia da vacina contra lesões ligadas aos tipos 6,11, 16 e 18 do HPV. O tipo 16 é o que tem levado ao aumento dos tumores de boca e da região da garganta (orofaringe) no Brasil. Em hospitais brasileiros, até 80% desses cânceres estão associados ao HPV. PROTEÇÃO - Segundo a pesquisadora Luisa Villa Lina, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e uma das maiores especialistas em HPV no país, além das verrugas genitais, espera-se que a vacina proteja os homens contra tumores de pênis, ânus e orofaringe. A infecção pelo papilomavírus está ligada a cerca de 40%

dos casos de câncer de pênis e de 30% a 40% dos de câncer anal em homens. Segundo Lina, o ideal é que, assim como as meninas, os garotos sejam vacinados antes do início da vida sexual. No Brasil, pesquisas indicam que isso acontece aos 13 anos, no caso dos homens, e aos 15, para as mulheres. Mas a pesquisadora acredita que, mesmo que já tenham sido expostos ao HPV, homens e mulheres podem ser beneficiados, porque a vacina evita novas infecções e reduz o risco de câncer. O pesquisador da USP Adhemar Longatto Filho afirma que a aprovação da vacina para homens vai trazer “um benefício tremendo”. “O homem é o principal vetor de muitas das lesões causadas pelo HPV. É crucial que ele seja vacinado.”

HEPATITE C

Novo remédio aumenta chance de cura em até 79% BRASÍLIA - Um novo remédio contra a hepatite C deve chegar ao Brasil em outubro. O Incivek, nome comercial do componente telaprevir, pode aumentar a chance de cura em até 79%. A agência de alimentos e medicamentos do Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) aprovou a nova fórmula na última segunda-feira. O custo da medicação nos EUA varia

entre US$ 20 mil e US$ 30 mil. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Portadores de Hepatite (ABPH), Humberto Silva, o composto é visto com otimismo. “Esse remédio vai complementar a esperança de cura dos portadores de hepatite C que há 20 anos vêm se tratando. No Brasil, são 3 milhões de pessoas infectadas, e apenas 10% sabem que estão doentes.

É uma coisa assustadora”, disse. Ao chegar ao país, o medicamento precisará ter o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser comercializado. O Ministério da Saúde ainda não sabe qual será o valor do remédio no mercado nacional ou se o composto será distribuído no Sistema Único de Saúde (SUS).

CMYK


O JORNAL

Internacional

A8

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: internacional@ojornal-al.com.br

Crescimento do Himalaia ameaça o Nepal Especialistas preveem grande terremoto devido à quera de braço entre placas tectônicas indiana e eurasiática KATMANDU - A neve no topo do Himalaia parece eterna e adormecida, mas não está: cresce a um ritmo anual de quatro milímetros devido à pressão das placas tectônicas, o que aumenta no Nepal o temor por um terremoto. O fenômeno escapa ao olho humano, mas data de milhões de anos. A placa indiana desliza com lentidão sob a placa eurasiática, e essa pressão levanta pouco a pouco as montanhas mais altas da terra. “O subcontinente indiano está situado sobre a placa tectônica indo-asiática, que empurra a europeia a cada ano em direção ao norte”, disse o geólogo Sudhir Rajouria, do Departamento de Minas e Geologia do governo do Nepal. Há centenas de milhões de anos, o subcontinente indiano estava situado, segundo os geólogos, onde hoje está a ilha africana de Madagascar, e desde este local iniciou sua viagem para o nordeste pelo movimento da litosfera terrestre. “Há 50 ou 55 milhões de anos, o subcontinente bateu na placa eurasiática, na qual está o

Neve do Himalaia cresce em ritmo preocupante, advertem cientistas

No último grande tremor no Nepal, em 1934, mais de 20 mil morreram

Tibete”, explicou Rajouria. O impacto entre as duas gigantescas massas terrestres deve ter sido intenso, afinal criou a cordilheira mais alta da terra: o Himalaia, uma fileira de 2.200 quilômetros de montanhas, onde estão o Everest e grande parte dos picos mais procurados pelos alpinistas. A ação das placas pode ser sentida: a cordilheira, segundo

quer notícia de sismos em outros lugares. Do turismo associado ao Himalaia, o Nepal obtém uma de suas principais fontes de receita, mas, ao mesmo tempo, sua situação geográfica na confluência das duas placas faz com que seja inevitável sofrer algum grande terremoto ocasionalmente. “Um avanço acumulado da

Rajouria, cresce por ano 4 milímetros para o alto, porque a placa indiana segue deslizando entre 2 e 2,5 centímetros anuais sob a eurasiática. Na superfície, a queda de braço entre as duas placas tem consequências potencialmente aterrorizantes no Nepal, onde os especialistas preveem um “grande terremoto” e a população reage aterrorizada a qual-

placa entre 3 e 5 metros é suficiente para causar um grande terremoto. Se o empurrão acumulado é de 2,5 centímetros ao ano, em 100 anos o avanço é de 2,5 metros”, declarou o geólogo Amod Mani Dixit. Na última década aconteceram dois grandes terremotos associados ao movimento da placa indo-asiática: um na região indiana de Gujarat em 2001, e

outro que causou a morte de 75 mil pessoas no território da Caxemira, repartido entre a Índia e Paquistão. O último grande tremor no Nepal ocorreu em 1934, deixando mais de 20 mil mortos no leste do país, mas o oeste não sofreu sismos significativos nos últimos 500 anos, ressaltou Dixit, diretor da Sociedade Nacional de Tecnologia de Terremotos (NSET). Diferentes estudos identificaram no Nepal um total de 95 falhas ativas que poderiam funcionar como possíveis epicentros de terremotos e ter consequências catastróficas; um terremoto de 8 graus na escala Richter causaria 100 mil mortos e 300 mil feridos em Katmandu e destruiria 60% das casas, pontes e instalações elétricas, segundo um estudo da NSET. De acordo com o geólogo, o Nepal, um dos países mais pobres do mundo, precisa de uma resposta integrada para os sismos, e não tem ferramentas eficazes nem para prevenir a catástrofe nem para enfrentar suas possíveis consequências.

EM 2016 EGITO

Tumba do general de Tutancâmon e mais cinco sepulcros estão abertos ao público CAIRO - A tumba do general Horemheb, que comandou o Exército de Tutancâmon antes de se tornar faraó, está aberta a visitação desde a última segunda-feira, junto a outros cinco sepulcros de nobres do Império Novo (1539-1075 a.C) do Antigo Egito. Situada à sombra da pirâmide escalonada de Djoser, a mais antiga do Egito, a tumba da necrópole de Saqqara ainda conserva relevos que contam a história e as conquistas de Horemheb quando era comandante do Exército de Tutancâmon (1336-1327 a.C.). Nas paredes das três salas, podem-se ver hieróglifos que narram a vida deste general de origem humilde, que se tornou o faraó que devolveu ao Egito a normalidade depois dos conturbados anos do reinado de Akenatón. O ministro de Estado para as Antiguidades egípcio, Zahi

Hawas, com seu inseparável chapéu de abas largas ao estilo Indiana Jones, guiou os jornalistas através da tumba, que começou a ser escavada em 1975. Sob um calor sufocante e diante dos olhares atentos dos policiais, que vigiavam o local montados em camelos, Hawas apresentou as outras cinco tumbas que formam o único complexo funerário do Império Novo em Saqqara, onde a maioria de sepulcros pertence ao Império Antigo (2575-2150 a.C.). Tais sepulturas pertencem ao tesoureiro de Tutancâmon, Maya; aos nobres Merineiz e Phahemia; à família Raia (pai e filho); e ao militar Tia, que foi subordinado a Ramsés II (1304 a.C. a 1237 a.C.). Hawas reiterou que os túmulos são “únicos” porque revelam como os nobres do Império Novo queriam ficar

Local onde está a tumba de Horemheb, general e depois faraó

perto da antiga capital egípcia de Mênfis, perto de Saqqara, embora a nova capital se encontrasse em Tebas, a atual Luxor, quase 700 quilômetros ao sul. Estes sepulcros sofreram inúmeros saques durante o século XIX, e muitos de

seus tesouros foram tirados do Egito. “Centenas de estátuas e blocos de pedra dessas tumbas foram roubados e estão em museus de todo o mundo, mas um dia serão devolvidos”, afirmou Hawas.

Hawas explicou que a múmia de Horemheb nunca ficou na câmara subterrânea escavada na rocha viva sob o mausoléu porque o general se tornou faraó e foi enterrado no Vale dos Reis. O alto funcionário acredita que a abertura dessas novas tumbas pode contribuir para reerguer o turismo afetado após as revoltas populares que acarretaram na queda do então presidente Hosni Mubarak, no início deste ano. Como parte da campanha turística, Hawas anunciou que os estrangeiros “em breve” poderão visitar também uma “impressionante” necrópole subterrânea onde dezenas de touros foram enterrados - animal que no antigo Egito simbolizava o deus criador Ptah - mumificados e colocados dentro de sarcófagos de pedra.

Braço robotizado coletará mostras de asteroide A Nasa (agência espacial americana) anunciou que vai enviar uma espaçonave até um asteroide próximo da Terra para a coleta de amostras que será feita por um braço robotizado. A missão Osiris-Rex, com início daqui a cinco anos, será a primeira dos EUA a trazer partículas de um asteroide para análise na Terra - o Japão já desenvolve trabalho semelhante. A nave viajaria durante quatro anos para chegar ao asteroide 1999 RQ36, que fica perto do nosso planeta, em 2020. As amostras, em si, chegariam à Terra em 2023. Sem o custo de lançamento do veículo, a missão envolveria aproximadamente US$ 800 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão). Asteroides são considerados restos que surgiram com a formação do Sol e de planetas que deram origem ao Sistema Solar. Por isso, conteriam partículas que poderiam indicar como se processa o nascimento de um conjunto planetário.

CMYK


O JORNAL

Cidades

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

A9 Yvette Moura

Transexual luta na Justiça para garantir direitos do companheiro

Érica exibe documento que garantiu o reconhecimento da união na Justiça

Érica Faison é aposentada da Marinha e diz estar sendo discriminada Láyra Santa Rosa Repórter

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que foi comemorada pelos homossexuais brasileiros, em aprovar o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo e conceder todos os direitos como uma nova forma de família, já se torna um problema em Alagoas. A transexual Érica Faison, 39 anos, aposentada da Marinha do Brasil, luta na Justiça Federal e na corporação que fez parte, pelo direito de incluir o companheiro – já de papel passado – Klécio Fernandes Monteiro, 30, no seu plano de saúde. A briga da transexual começou há dois anos, quando a Marinha autorizou o pedido de incluir Klécio como dependente de Érica. Após seis meses, uma mudança de comando teria feito com a Marinha mudasse de idéia, retirando do companheiro da transexual o plano de saúde. Em dezembro do ano passado, Érica resolveu apelar à Justiça Federal o direito que agora é garantido pelo STF. No próximo dia 7, o casal deverá ter uma audiência no juizado especial da Justiça Federal, onde tentará obrigar a Marinha a acatar o pedido e voltar a incluir Klécio como depen-

dente de Érica. Para a transexual, essa é apenas mais uma batalha das muitas que ela já enfrentou na sua vida, porém um momento decisivo para que a decisão do STF seja respeitada em Alagoas. Érica Faison e Klécio Fernandes também acusam a Marinha de Alagoas de preconceito e apontam uma má vontade em resolver o caso, do atual capitão dos Portos de Alagoas, André Pereira Meire. O casal garante que já são meses de luta e por uma questão, que pode ser de puro preconceito ainda não foi resolvida. A reportagem de O JORNAL entrou em contato com a Capitania dos Portos, numa tentativa de entrevistar o capitão André. A assessoria de comunicação da corporação informou que deveriam ser enviadas perguntas por e-mail, já que sobre esse caso o capitão só falaria por escrito. Recebemos da capitania a seguinte mensagem: “As respostas às perguntas formuladas por Vossa Senhoria estão sendo analisadas pelo setor competente da Marinha do Brasil e serão encaminhadas o mais breve possível.” Continua nas páginas A10 e A11

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L

A10

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Vida marcada por enfrentamento e discriminação Yvette Moura

Uma vida marcada por lutas. Algumas vitórias e outras derrotas. A história do sargento reformado da Marinha do Brasil, Erivaldo Marinho de Oliveira, não tem sido fácil. Desde criança ele descobriu sua preferência pelo mesmo sexo, apesar disso não deixou de lado o sonho do militarismo e aos 18 anos ingressou na Marinha Brasileira. Foi fuzileiro naval, o segundo no curso de tiros e acabou sendo afastado ao revelar ser homossexual. Há sete, conseguiu na Justiça o direito de fazer a cirurgia de mudança de sexo. Foi quando deixou de lado o nome de batismo e se transformou na Érika Faison. Diferente de Erivaldo, Érika tem os cabelos compridos, pele bem tratada e o corpo marcado por algumas cirurgias que a deixaram mais feminina. Bem maquiada, ela procura se vestir de forma elegante e não abandona o salto alto. Há sete anos, a transexual mantém um relacionamento com Klécio Fernandes, segundo ela amor a primeira vista. “Eu estava num Congresso do Grupo Gay, que sou militante e ele estava trabalhando no local. Logo que o vi, me apaixonei. Na época eu tinha acabado de fazer a cirurgia de mudança de sexo. Foi o presente que eu ganhei”, disse a transexual. Klécio que é natural de João Pessoa (PB) separou da esposa e embarcou na paixão por Érica, se mudando para Maceió, onde constituiu uma nova família. “Para mim a Érica é uma mulher. Nunca a vi como homem ou transexual. Ela é muito mais mulher, do que outras mulheres que eu já tive. Assim como ela, me apaixonei logo no primeiro instante. A princípio tive um preconceito, mais o sentimento falou mais forte e hoje vivemos muito felizes. Ela conhece minha família e é aceita por todos”, afirmou. Em relação ao militarismo, Érica lembra que esse sempre foi seu sonho de infância. “Eu tinha minhas preferências pelas coisas femininas. Vestia roupas da minha mãe, dançava musicas da Gretchen e me pintava como uma mulher. Só que o sonho sempre foi ser da Marinha. Aos dezoito anos fugi de casa e fui

Erica e Klécio afirmam que relação teve que superar preconceitos, mas foi amor à primeira vista

para o Rio de Janeiro onde realizei esse meu sonho, um sonho que hoje virou meu pesadelo”, lembra Érica. “Eu entrei na Marinha duas vezes. A primeira fui posto na reserva, por ser homossexual e a segunda, passei no concurso para ser fuzileiro naval. Sempre fiz meu trabalho com muita paixão e fui o segundo na turma de tiros, só que mais uma vez, por ser homossexual acabei sendo aposentado, sob a alegação de problemas mentais”. A aposentadoria pegou Érica de surpresa, porém fez com que ela se envolvesse com a militância homossexual na qual ela faz parte até hoje. Depois disso, Érica começou a lutar na Justiça pela cirurgia de mudança de sexo, uma de suas grandes vitórias e logo em seguida, pelo casamento civil, que aconteceu antes mesmo da autorização do STF. “A cirurgia foi sem dúvida uma das minhas grandes conquistas, com ela consegui também o direito via Justiça. Não passei a ser a Érica Faison em cartório, por medo de perder os direitos que tenho na Marinha. Aquela

corporação tem sido preconceituosa e tem me feito sofrer bastante”, disse. “Em seguida, consegui através da 26ª Vara de Família, com o juiz Wladimir Paes Lira, o direito de declarar a união civil estável com o Klécio. A nossa primeira certidão foi tirada há dois anos e em dezembro do ano passado fizemos outras. Em relação a isso, a Justiça alagoana é bem avançada”. Já a Marinha do Brasil, em Alagoas, segundo Érica, tem criado entraves para a transexual. Com a união civil estável declarada, ela passou a lutar pelo direito de incluir o parceiro como seu dependente no plano de saúde. “Ele está desempregado e para completar sofre com problemas de hipertensão. Há alguns anos, tinha conseguido pacificamente incluí-lo como meu dependente, mais uma mudança no comando da Marinha em Alagoas fez a gente perder esse direito. Como não precisamos de médico durante esse tempo e entre outros problemas para resolver, acabamos deixando essa situação para lá”, contou. “No final do ano, o Klécio voltou a precisar de

médico e então decidimos retomar o caso. Procurei a Marinha algumas vezes e eles ficaram de dar uma resposta, que deveria partir do Rio de Janeiro. Só que até agora não ficou resolvido nada. Pelo que sabemos, o meu pedido sequer foi enviado para o Rio de Janeiro, isso porque o capitão dos Portos, André Meire não quer”. As acusações de Érica Faison vão ainda mais longe, a transexual afirma que existe preconceito na corporação que ela fez parte. “Isso já virou um problema pessoal comigo. Ele bateu o pé e disse que não vai mandar o meu pedido. Eu acredito que seja preconceito. O Klécio tem direito de ser meu dependente, como qualquer outro casal de homem e mulher, e vou brigar por isso”, afirmou. “O pior é que a situação mudou e ele vai acabar tendo que acatar. Existe uma determinação do ministro da Defesa, Nelson Jobim, que coloca que a decisão do STF deve ser cumprida por todos os órgãos militares. Eu espero sinceramente resolver logo esse problema”. Para a advogada da transexual, Virgínia de Andrade, sua cliente tem sido vítima de discriminação. “Entramos com um pedido administrativo e não houve resposta. Então, decidi procurar o capitão dos Portos. Ele me recebeu mal e disse que meu pedido era obsoleto em relação ao caso da Érica. Estranhei, principalmente pelo fato dele dizer que não iria encaminhar o pedido para o Rio de Janeiro, já que não atestava esse tipo de situação e que seria necessário ter um documento judicial declarando a dependência de Klécio”, relatou. “Só que já tínhamos toda essa documentação e bastava apenas boa vontade dele para resolver. A conversa foi complicada, principalmente pelo fato dele não aceitar as relações homossexuais. Cheguei a questionar que esposas tem direito a dependência do parceiro, e porque os homossexuais não podem ter? Ele simplesmente, respondeu que eram situações diferentes”. A advogada também falou sobre a ação que está transcorrendo na Justiça Federal. “Paralelo aos pedidos feitos na capitania dos Portos, entramos na Justiça Federal para garantir que a dependência seja reconhecida e que possamos fazer com que a Marinha reconheça que essa postura tem sido um erro. Eu sinceramente torço para que o juiz esteja sensível a essa causa. Acredito, que a mudança feita pelo STF muda a discriminação velada que existe, sem falar que fica mais fácil de conseguirmos uma vitória”, completou Virgínia Andrade. Continua na página A11

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L A11

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Érica denuncia constrangimento Ainda muito abalada com a luta que tem pela frente, Érica Faison contou que já sofreu bastante constrangimentos na Capitania dos Portos. “Teve um dia que não estava me sentindo bem e fui na Marinha para pedir socorro. Ao invés deles me ajudarem, eles me expulsaram de dentro da Capitania dos Portos. Fui enxotada e colocada na rua. Eles disseram que isso aconteceu por ordem do capitão dos Portos”, revela. “Fiquei na chuva, passando mal e só fui socorrida quando uma conhecida passou pela rua. É esse o tratamento que eles dão a exmilitares “Fui vítima de aqui. Fui preconceito e vítima de maltratada” preconceito, mal trat a d a . Entrei com uma ação na Justiça por danos morais. Eles não podem tratar a vida humana dessa forma”. A transexual colocou ainda, que é preciso que comandantes de instituições militares passem a mudar seus conceitos. “A sociedade está mudando. Ainda é lenta em algumas coisas e também bastante preconceituosa, mais é preciso que exista uma mudança de conceitos, principalmente daqueles que lideram grupos. O capitão dos Portos e outros comandantes de instituições militares precisam aprender a tratar as pessoas, dar a seus combatentes, sejam da reserva ou não, mais dignidade e respeito. Eu não tenho sido respeitada aqui”, completou.

STF já reconheceu direitos das uniões homoafetivas Yvette Moura

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em conceder o direito do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo foi uma vitória para os homossexuais brasileiros. Muitos casais, que já conviviam há anos, aproveitaram o momento para oficializar suas relações. Com a nova forma de família, ficou garantido aos parceiros o direito de receber pensão alimentícia, ter acesso à herança de seu companheiro em caso de morte, podem ser incluídos como dependentes nos planos de saúde, poderão adotar filhos e registrá-los em seus nomes, dentre outros direitos que casais heterossexuais já tem. O julgamento do Supremo, que aprovou por unanimidade o reconhecimento legal da união homoafetiva, torna praticamente automático os direitos que hoje são obtidos com dificuldades na Justiça e põe fim à discriminação legal dos homossexuais. “A união homoafetiva não é um casamento, mais parece com um, dando alguns direitos comuns com o que alguns casais heterossexual já tem. O que acontece é que a união abre precedentes sobre o reconhecimento de uma entidade familiar”, contou o promotor da Vara de Direitos Humanos, do Ministério Público Estadual, Flávio Gomes da Costa. “Vamos supor que um dos dois queira vender um imóvel, ele pode fazer isso sem precisar da autorização do outro, diferente do que acontece hoje, com um casamento heterossexual. Porém, se um dos dois vier a morrer, como muitos não têm dependentes, o patrimônio passaria para os pais, caso os pais não queiram repassar para o parceiro. Ele pode entrar na Justiça e a decisão do STF coloca que ele tem direito a herdar.”. O promotor explica que ainda existe bastante controvérsia sobre a decisão do STF e que pode ser, que alguns magistrados decidam contra a essa depen-

dência. “Ainda não virou Lei, mais já foi uma vitória e que deixa mais garantido, já que um caso analisado já foi ganho. Porém, isso não impede que algum juiz entenda contrário e decida não autorizar a dependência da união civil estável. Caso isso aconteça, o caminho é procurar a Justiça e ir em busca de outras instancias. O Ministério Público está de portas abertas, para atender esses casos”, falou. “O Brasil inteiro precisa se adaptar a essas mudanças. As relações homoafetivas, como família já virou uma realidade. É preciso lutar contra o preconceito e a homofobia. Sem dúvida essa decisão foi uma vitória contra essas duas coisas. É preciso que as pessoas aprendam a viver com as diferenças”. As uniões homoafetivas serão colocadas com a decisão do tribunal ao lado dos três tipos de família já reconhecidos pela Constituição: a família convencional formada com o casamento, a família decorrente da união estável e a família formada, por exemplo, pela mãe solteira e seus filhos. E como entidade familiar, as uniões de pessoas do mesmo sexo passam a merecer a mesma proteção do Estado. Os casais homossexuais estarão submetidos às mesmas obrigações e cautelas impostas para os casais heterossexuais. Um exemplo claro é o fato de que para ter direito à pensão por morte, terá de comprovar que mantinha com o companheiro que morreu uma união em regime estável. Pela legislação atual e por decisões de alguns tribunais, as uniões de pessoas de mesmo sexo eram tratadas como uma sociedade de fato, como se fosse um negócio. Assim, em caso de separação, não havia direito a pensão e a partilha de bens era feita medindo-se o esforço de cada um para a formação do patrimônio adquirido.

A advogada Virgínia Andrade acredita na vitória do casal nas ações

CMYK


O JORNAL JORNA L A12

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: comercial@ojornal-al.com.br

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L A13

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

VAZAMENTO DE ÓLEO

Pescadores denunciam queda da produção Segundo eles, peixes como bagre, tainha e carapeba sumiram da Manguaba depois de acidente na lagoa Carolina Sanches Repórter

Pescadores do município do Pilar denunciam que o vazamento de óleo ocorrido em um dos tanques da Estação de Produção da Petrobras, na Lagoa Manguaba, foi maior do que a empresa divulgou a comunidade. Amancha de óleo apareceu na manhã do dia 8 de abril e os moradores dizem estar sem condições de trabalhar porque muitos peixes morreram na lagoa. O presidente da Colônia Z8 do Pilar, Josué Félix da Silva, destaca que um vazamento como o que aconteceu na região compromete a pesca, único meio de sustento de boa parte das famílias que vivem no entorno da Lagoa Manguaba. “Depois desse

vazamento, o peixe desapareceu e o pescador está numa situação financeira bastante delicada comprometendo a sobrevivência da família”, observou. Segundo os pescadores, o vazamento de óleo proveniente da uma área de exploração da Petrobras provocou a mortandade de peixes, principalmente, das espécies tilápia, bagre, tainha, mandim e carapeba. “Ao invés de esclarecer a comunidade o que estava acontecendo, a estatal tentou dificultar o acesso de técnicos ambientais e da comunidade à região”, denunciou Josué Félix. O presidente da colônia conta que o vazamento foi verificado pelos pescadores por volta de 3h da madrugada, mas a estatal só enviou técnicos no período da

tarde. Segundo ele, um grupo de pescadores observou uma grande quantidade de peixes mortos na região, conhecida como Cobra, situada na Fazenda Lamarão. “Um dos pescadores mais antigos confirmou que nunca viu tantos peixes morrerem. Além disso, a lama da lagoa estava com uma coloração diferente, branca”. Josué Felix disse que, assim que tomou conhecimento do vazamento, procurou o Instituto do Meio Ambiente (IMA), que enviou uma equipe técnica para o local no dia seguinte. “Não pode ter vazado só a quantidade de óleo que a Petrobras informou porque nós estávamos lá e vimos os estragos. Só um pescador da colônia disse ter visto cerca de quinhentos peixes

mortos e isso nunca foi comum na região”. E não foi apenas a Colônia de Pescadores de Pilar que diz ter sido prejudicada pelo vazamento. Em Marechal Deodoro, pescadores relatam que o óleo também atingiu a lagoa Manguaba no município. O presidente da Colônia de Pescadores, Jailson da Silva Santos Barreto, disse que cerca de três mil pescadores que trabalham no local estão sendo prejudicados por causa do vazamento. “O peixe está em uma quantidade muito menor que no mesmo período em outros anos. Sabemos que no inverno a quantidade de peixes diminui, mas o que está acontecendo é que não tem nada para pescar e as famílias estão passando necessidades. Só cobramos que sejam to-

madas soluções para reparar as perdas do trabalhador. Atualmente, só os pescadores que tem algum parente com bolsa família estão com algum dinheiro para comprar os alimentos da casa”, afirma. A presidente da Federação dos Pescadores do Estado de Alagoas (Fepeal), Maria Eliane Conceição falou que a entidade vem procurando organismos governamentais e representantes da sociedade alagoana que possam ser parceiros e colaborarem para a defesa das causas dos pescadores e ao mesmo tempo pelo fortalecimento do pescador. “Estamos preocupados com a situação dos pescadores de Pilar e Marechal Deodoro, por isso estamos solicitando apoio de instituições para ajudá-los”, ressaltou.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Petrobras informou que o vazamento foi detectado no dia 8 de abril deste ano, no trecho próximo à estação de produção, em Pilar. Segundo a nota, o óleo vazado atingiu a rede de águas pluviais e foi escoado em direção à Lagoa Manguaba. A maior parte do vazamento, de acordo com a assessoria de imprensa, foi contido em comportas de segurança. Um pequeno volume (menos de 10 litros) atingiu a Lagoa Manguaba e estão sendo tomadas medidas para sua recuperação. A empresa informou que providenciou medidas de contenção para evitar que o óleo se espalhasse ainda mais e iniciou a apuração das causas do vazamento.

Fotos: Marco Antônio

CEI para investigar vazamento

Eliane procurou órgãos ambientais

Federação dos pescadores diz que o sumiço dos peixes é preocupante porque afeta o sustento das famílias

Depois de tomar conheciAlém do relato de moradomento das denúncias dos pes- res e representantes das colôcadores, a Câmara Municipal nias de pescadores da região, o de Pilar aprovou por unanimi- relatório da CEI será composdade a criação de uma Comis- to por filmagens e fotografias. são Especial de Inquérito (CEI) “Pelas provas que estão sendo para apurar o vazamento. No coletadas já dá para perceber começo eram três vereadores que a situação dos pescadores fazendo parte da comissão, mas é complicada com a morte dos só um continuou. peixes. O nosso papel é o de O presidente da comissão, reunir o máximo de informao vereador Adriano Ramos, ções possíveis que possam escontou que após a reunião com clarecer o que aconteceu na o representante da Petrobras, lagoa e que deixou esse prejuíum dos integrantes da CEI dis- zo a comunidade”, afirma o se que já estava satisfeito com presidente da comissão. as explicações e decidiu deixar Devido às reivinas investigações. Dias dicações da comunidepois, a outra vereadade, a Câmara Munidora que fazia parte da cipal do Pilar convicomissão informou dou representantes da sua saída, mas não disPetrobras para expliReunião se os motivos. “Como car o que aconteceu na debateu já foi instituída pela lagoa. Além disso, a Casa, estou dando conreunião debateu a neprejuízos tinuidade e tenho o de coibir os ambientais cessidade prazo de 120 dias para prejuízos ambientais entregar o relatório, causados pela Petroque será encaminhado bras, com denúncias ao IMAe ao Ministério ao IMA e ao Ibama, e Público Estadual”, disao mesmo tempo de se o vereador. ressarcir as comunidades vítiAdriano Ramos explicou mas da mortandade de peixes que esta colhendo depoimen- provocadas pelo vazamento de tos na comunidade e que óleo e derivados. todos os pescadores ouvidos O encontro contou com a afirmam que a morte dos pei- presença de líderes comunixes está ocorrendo por causa tários, representantes das asdo óleo. “Os moradores não sociações de pescadores da aceitam a informação da região, vereadores do muniPetrobras de que o a quantida- cípio e do deputado estadual de de óleo que atingiu a lagoa Inácio Loiola. Na oportunifoi no máximo um litro. Eles dade, discutiu-se também relatam que o maior proble- que os pescadores precisam ma foi a morte dos alevinos se unir para defender polítiporque o óleo atingiu o berçá- cas públicas voltadas ao interio e isso deve trazer um gran- resse da atividade pesqueira de prejuízo no futuro”, relata. em Alagoas.

ALE também demonstrou preocupação Depois da reunião na Câmara de Pilar, o deputado Inácio Loiola fez um pronunciamento na Assembleia Legislativa de Alagoas. Ele destacou que a preservação do meio ambiente é uma necessidade premente de toda a sociedade – seja da iniciativa privada, seja do pode público –, portanto, é importante que a Petrobras, considerada modelo mundial na exploração de petróleo, se preocupe com o vazamento de óleo na região do município do Pilar que está causando sérios prejuízos aos pescadores. “Os pescadores alagoanos não podem comprometer a so-

brevivência de suas famílias pelos vazamentos de óleo e essas operações sísmicas que deixam a área sem peixe por um longo período”, declarou o deputado, acrescentando que apenas cestas básicas não resolvem as necessidades dos pescadores. “APetrobras é uma empresa renomada que tem muito a contribuir para o desenvolvimento do Estado de Alagoas, porém, precisa sair do discurso e pôr em prática a política de responsabilidade social e de desenvolvimento sustentável”, disse. Continua na página A14

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L

A14

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Óleo que atingiu a lagoa Manguaba no vazamento ocorrido no dia 8 de abril

Relatório do IMA não aponta vazamento de óleo como causa das mortes Embora os pescadores atribuam a mortandade dos peixes ao vazamento de óleo da Petrobrás, o relatório do IMA nega a informação. De acordo com o diretor técnico do órgão, Ricardo César Oliveira, as análises da água que foram feitas no laboratório do instituto não

identificaram índices de contaminação na lagoa. A única analise que ainda está sendo feita é a do solo. Pelo resultado inicial, a Petrobras foi multada em pouco mais de R$ 100 mil. “Além da análise da água, foram feitas vistorias no local. A análise do solo está

sendo elaborada por uma empresa contratada pela Petrobrás que está sendo acompanhada pelo IMA”, afirmou. De acordo com o diretor técnico, na foram encontrados índices de contaminação na água. Ele informou que a análise e o levantamento no local

apontaram para um pequeno vazamento, a mesma quantidade que foi indicada pela empresa (aproximadamente 10 litros). “Foi constatado apenas um filete de óleo, que não teria como atingir maiores proporções. Verificamos que o nível de oxigênio estava normal e

não tem como o vazamento ser o responsável pelo desaparecimento dos peixes”, explica. Para Ricardo César, um dos motivos das mortes dos peixes pode ser a quantidade de chuvas que caíram nos últimos dias. Ele explicou que o aumento no volume de água

em alguns casos mata principalmente os peixes da arte mais funda da lagoa. “Sabemos que a morte dos peixes afeta muitos pescadores e suas famílias, mas o relatório não indica que isso tem alguma relação com o vazamento registrado em abril”, completou.


Cidades

O JORNAL JORNA L A15

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Obras de reconstrução são concluídas Em Rio Largo, além de pontes e muro de contenção, quatro avenidas já foram recuperadas e entregues As obras do Programa da Reconstrução, realizadas pelo Governo Estadual de Alagoas, continuam avançando nos municípios atingidos pelas enchentes ocorridas em junho de 2010. Dezenas de obras de infraestrutura já estão concluídas ou em fase de conclusão em diversos municípios. Em Rio Largo, por exemplo, um dos mais destruídos pelas

águas do Rio Mundaú, pontes, vias urbanas e um muro de contenção já foram entregues à população. Segundo relatos do comerciante Cícero Carneiro da Silva, de 40 anos, as ruas do Centro de Rio Largo ficaram "irreconhecíveis" após as enchentes. "Havia só um enorme buraco de uma ponta a outra. Minha esposa tinha um bar aqui.

A enchente destruiu tudo num segundo, só restou a parede da frente dele. Tentei salvar alguns bens com água até a cintura. Ainda consegui pegar a geladeira e colocar no primeiro andar de uma casa, onde a água não chegava", lembra o comerciante. Mas os cenários de destruição deram lugar a paisagens completamente recuperadas,

Ponte do Riachão destruída na enchente de junho já está sendo normalmente utilizada pela comunidade

após os intensos trabalhos desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). As ruas Manuel Zacarias, Dr. Manoel Oiticica e Alfredo Oiticica, todas localizadas no Centro de Rio Largo, também já foram reconstruídas e entregues à população. Com a reconstrução, a po-

pulação pôde retomar à vida diária normal. De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Marco Fireman, o Governo Estadual tem empenhado todos os esforços para a conclusão das obras de reconstrução nos municípios devastados pelas enchentes. "Muitas dessas obras estão sendo entregues até mesmo antes dos prazos estabelecidos

em contratos com as empresas. Desde o início, cobramos responsabilidade e celeridade às construtoras responsáveis pelas obras e a população colhe os frutos desses esforços. Devolver a dignidade e a tranquilidade às vítimas daquela tragédia tem sido prioridade para o Governo Estadual", destaca o secretário da Infraestrutura, Marco Fireman.

Muro de contenção sobre o rio Mundaú que desabou com as fortes chuvas de 2010 já está reconstruído

Acessos a comunidades já foram restabelecidos A reconstrução completa da ponte do Riachão e da superestrutura da ponte Angelita também foi finalizada pelo Governo Estadual em Rio Largo. A ponte do Riachão é considerada uma das mais importantes da região por dar acesso à rodovia AL-210, uma das saídas da cidade. Já a ponte de acesso à Ilha Angelita é fundamental para o tráfego de moradores que precisam se deslocar para trabalhar no município.

"Sabemos como a população sofreu com a tragédia de 2010 e, desde, então, não medimos esforços para responder às necessidades dos moradores. Trabalhamos dias, noite e feriados para agilizar as obras. O Governo Estadual está trazendo acessibilidade e desenvolvimento para Rio Largo e todos os municípios atingidos", ressalta o diretor-presidente do DER, Marcos Vital. Também foi reconstruído

pelo DER o muro de contenção sobre o Rio Mundaú, em Rio Largo, que desabou após as fortes chuvas de 2010. A reconstrução dos 200 metros de extensão do muro foi fundamental para a população de Rio Largo, pois a estrutura tem por objetivo evitar que as águas do Rio Mundaú transbordem para vias e casas. A obra garante maior segurança aos moradores daquela região. Além disso, mais de 770 me-

tros da avenida Judith Paiva foram restaurados e os moradores puderam retomar a acessibilidade, retornando normalmente às atividades diárias. A Seinfra e o DER continuam o trabalho de reconstrução nos 19 municípios alagoanos, nos Vales do Mundaú e do Paraíba, atingidos pelas enchentes. Para atender os desabrigados da tragédia, o governo estadual também está investindo na reconstrução de 17,6 mil casas.

Mais de 770 metros da Avenida Judith Paiva já foi restaurado


O JORNAL

Universidades A16

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br Fotos: Thallysson Alves/Estagiário

Como em outras cidades do País, 30 minutos de chuva são o suficiente para alagar ruas de Maceió

O problema que está sob os nossos pés Como acontece nas outras capitais, Maceió enfrenta as consequências da impermeabilização do solo Thallysson Alves Estagiário*

Elevadas temperaturas, aumento do volume de chuvas e alagamentos são problemas de cidades que crescem sem planejamento. Como todas as outras capitais, Maceió se desenvolve e expande a passos largos. Mas o que é apontado como sinônimo de progresso modifica o ambiente natural da região, prejudica as trocas térmicas entre o solo e a atmosfera, bem como a alimenta-

ção dos lençóis freáticos. Bastam alguns minutos de intensa chuva para as ruas serem transformadas em rios. Isso acontece por diversas razões, com destaque para o acúmulo de lixo nos bueiros e a fraca drenagem nas ruas. Em ambos os casos, as águas não conseguem passagem entre tantas barreiras. Ficam retidas no asfalto, e invadem domicílios quando a precipitação é grande. As costureiras Maria Isabel Barros, de 53 anos, e Maria Edileusa da Silva, de 49, conhecem

essa realidade há anos. Segundo elas, a Rua Soldado Guilherme, no Poço, paralela a Avenida Júlio Marques Luz, na Jatiúca, sempre alaga durante fortes e demoradas chuvas. “Sempre foi assim. Trinta minutos já são o suficiente para ficarmos preocupadas e tirarmos os objetos do chão. Já realizaram diversas obras para solucionar o problema, mas nenhuma delas conseguiu resolver”, comentou Maria Edileusa. Na mesma rua, que é recheada de mercadinhos, trabalha no

Arborização e avenidas largas, com canteiro central, são soluções defendidas por Ricardo Ramalho

caixa de um deles Cláudia Pessoa, 36. Ela afirma que as águas já invadiram várias vezes o estabelecimento, o que sempre causa algum tipo de prejuízo ao seu proprietário. “Quando não colocamos nossos produtos e equipamentos em locais mais elevados, os perdemos. Por precaução, à noite, quando fechamos o mercadinho, sempre fazemos isso. É o medo da chuva forte, frequente nas últimas madrugadas, causar alagamento na rua e a calçada elevada não ser sufi-

ciente para reter as águas”, disse. Mas, de acordo com a funcionária, os próprios habitantes do entorno são os responsáveis pelo problema. “Não adianta a prefeitura intervir se a população não parar de jogar lixo na rua. Se compra uma pipoca, joga o saquinho fora da lixeira. Se bebe um refrigerante, deixa a latinha no canto da calçada. Se não tem interesse pelo papel, o descarta como quer. Desse jeito fica difícil, pois quando a água vem leva tudo para as galerias. O entope,

e o excesso bóia até nossas casas”, expôs Cláudia Pessoa. “É preciso uma consciência das pessoas sobre as causas que resultam no problema. A rua é toda asfaltada. Quase todas as calçadas são cimentadas. Então a única forma para as águas escoarem é através dos bueiros. Se eles estão cheios de lixo e terra, é obvio que não vão suportar o volume de água”, declarou Maria Isabel. “Nós mesmos estamos criando mais um problema em nossa vida”, completa.

Nem as calçadas elevadas são capazes de conter inundações causadas pelo lixo acumulado em bueiros

Falta planejamento nas ocupações Ilhas de calor mudam clima de Maceió O engenheiro agrônomo e especialista em questões ambientais, Ricardo Ramalho, explica que a impermeabilização do solo é um processo decorrente do crescimento de qualquer cidade. “Apopulação continua a sair das zonas rurais para ocupar as urbanas. Aaceleração desse crescimento populacional é um dos fatores que contribui com a existência do problema, já que não existe planejamento para organizar as ocupações”, argumenta. Novas indústrias, moradias, estradas pavimentadas e ruas asfaltadas são características de um crescimento urbano. “Mas esse crescimento causa fortes transformações ambientais, pois formam uma espécie de capa sobre o solo, que engole rios e riachos – canais naturais de escoamento – e impede a ab-

sorção da água, enfraquecendo os rios subterrâneos”, rebate Ramalho. “Em Maceió existem muitos riachos e lagoas. As chuvas, que atingem a capital com frequência durante todo o ano, formam córregos em diversos lugares. Então o terreno já estava acostumado a receber as precipitações que atingiam o solo. Mas, o homem chegou e construiu avenidas, prédios e casas. Destruiu a harmonia que já existia no ambiente sem um eficiente planejamento nas construções. O resultado disso são os alagamentos, desabamentos e infiltrações que comprometem os espaços ocupados”, explicou o especialista. Para Ricardo Ramalho, o processo de urbanização é natural e inevitável. “Todo mundo quer ter sua rua saneada e asfaltada.

É questão de saúde e garante melhorias também aos meios de transporte. A comunidade se livra da lama e poeira, mas não resolve outros problemas quando não é planejado espaços para arborização”, contou. “Avenidas largas, amplas, com áreas de escape e canteiro central, são excelentes no combate à impermeabilização do solo. As árvores fazem sombra, o solo descoberto pelo asfalto possibilita a passagem da água e as trocas térmicas, o que promove adequação na temperatura do ambiente”, argumentou Ramalho. “Podem comparar. Andem durante o dia pela Rua das Árvores [Centro de Maceió] e depois em qualquer outra sem árvore. É bem mais confortável para nós a primeira caminhada”, incitou. (T.A.)

“A temperatura de nossa capital aumentou no decorrer dos anos”, afirma o especialista. Ao motivo dessa mudança ele atribui à formação de ilhas de calor. “Isso acontece em diferentes bairros da cidade. Naqueles menos permeáveis – Ponta Verde, Jatiúca e Pajuçara – e com maior percentual de ocupação desordenada – Ponta da Terra e Bom Parto, onde o primeiro tem o menor índice de áreas verdes da capital”, revelou. De acordo com Ricardo Ramalho, a origem das ilhas de calor está na elevada capacidade de absorção de calor das superfícies, como asfalto, tijolo, telhas, cimento e concreto. A falta de áreas revestidas pela vegetação também preju-

dica o poder refletor da superfície, bem como a impermeabilização dos solos, concentração de edifícios e poluição atmosférica. “No caso da poluição, vale também lembrar o descarte de materiais nas ruas. Quando chove, tudo é arrastado e depositado nos riachos, rios, lagoas, até alcançar o mar. Quando isso não ocorre, fica retido nas galerias de águas pluviais. Entope, e causa os famosos alagamentos”, explicou Ramalho. Para diminuir os efeitos das ilhas de calor, a Secretaria Municipal da Construção da Infraestrutura (Seminfra) informa que árvores foram plantadas em diferentes pontos da capital. Porém, admi-

te ser complexo extinguir o problema. Também lembra que lagoas de detenção, como a construída no Distrito Industrial, foram construídas para diminuir os alagamentos e melhorar a sensação térmica na região. Segundo o secretário-adjunto da Seminfra, Daniel Eugênio, a invasão de áreas verdes e encostas estão entre as principais práticas que geram a impermeabilização do solo. “Por sabermos disso, os novos empreendimentos, hoje, buscam alternativas sustentáveis, como reter a água da chuva para uso comum. E os equipamentos de uso comum a adoção de pisos intertravados, que permitem o escoamento da água no solo”, declarou. (T.A.)

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L A17

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Mais de 400 famílias da favela de Jaraguá serão beneficiadas

Vila dos Pescadores será entregue à população em julho Divulgação

Cerca de 90% das obras estão prontas, faltando apenas a parte elétrica

inalmente, o sonho da casa própria deverá se tornar realidade, no final de julho, para as 450 famílias que moram na Favela de Jaraguá. A Secretaria Municipal de Habitação Popular e Saneamento confirmou, esta semana, que 90% das obras estruturantes da “Vila dos Pescadores de Jaraguá”, no Trapiche da Barra, estão pronta e que falta apenas a instalação da rede elétrica – tanto externa como interna – e a construção das calçadas para o serviço ser concluído e entregue à população. “Só corremos o risco de haver atraso na entrega da obra se chover muito até julho”, ressaltou o secretário de Habitação Popular e Saneamento, Nilton Nascimento. A declaração do secretário foi suficiente para encher de es-

F

perança o coração das famílias que continuam expostas a variados riscos na Favela de Jaraguá. Diariamente, as pessoas levam muito susto: das águas que invadem seus barracos nos dias chuvosos, do constante, das ameaças dos traficantes, dos periódicos atropelamentos. “A nossa vida aqui é dura. Moro há décadas num barraco de papelão e madeira, que me causa todo tipo de transtorno e de doença, principalmente nas crianças. É claro que só conseguimos pensar em uma única coisa: na nossa tão sonhada mudança, quando vamos conseguir morar em uma casa de verdade”, confessou a dona de casa Maria José dos Santos. E ela não é a única moradora que acalenta esse sonho. Até a última quarta-feira, das 450 pessoas que moram na

A Vila dos Pescadores será contemplada ainda com a construção de mercado de peixe e fábrica de gelo

Favela de Jaraguá, 311 já tinham assinado a adesão no Ministério Público Estadual comprovando que querem ir morar no Trapiche da Barra. “Isso representa a prova de que a Prefeitura de Maceió está indo no caminho certo”, frisou o secretário Nilton. A Vila dos Pescadores fica na Avenida Assis Chateaubriand, em frente ao mar do Sobral. São unidades habitacionais sobrepostas em blocos com três pavimentos, sendo duas unidades por pavimento; cada unidade composta de dois quartos, uma cozinha, sala de estar, banheiro e área de serviço. Mas não é só isso. O conjunto também contará com equipamentos comunitários, ou seja, creche, quadra poliesportiva, áreas de lazer e arborização, além das obras de in-

fraestrutura: eletrificação e iluminação pública, abastecimento de água e rede coletora de esgotos, drenagem e pavimentação. O valor do investimento é de R$ 14.746.334,30. Os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Habitação (FNHIS), através do Programa de Aceleração do Crescimento do Ministério das Cidades e contrapartida da Prefeitura de Maceió. O secretário Nilton Nascimento conta que, também a partir de julho, será iniciada a reurbanização do local onde hoje fica a Favela de Jaraguá. “Assim que os moradores deixarem suas casas para ir morar na Vila dos Pescadores, daremos início à obra”. A meta é deixar o local bonito, porém, mais do que isso, é fazer com que o lugar passe a ter infraestrutura adequada

para desenvolver as atividades pesqueiras. Na prática serão construídos os seguintes equipamentos: mercado de peixe, fábrica de gelo, associação dos pescadores, museu, estaleiro, depósito de material de pesca, espaço para secagem do peixe, estacionamento para automóveis e bicicletas, espaço para exposição de velas e lanchonetes, além da construção de mais 24 unidades habitacionais verticalizadas. Paralelamente, próximo à Vila dos Pescadores, no Trapiche, serão feitas a ampliação da Escola Municipal de Ensino Fundamental Antídio Vieira, a reforma do Posto de Salvamento de Bombeiros e a construção de um centro de atividades múltiplas, que terá como objetivo oferecer cursos profissionalizantes e, assim, aumentar a renda familiar.

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L

A18

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Campanhas para arborizar Maceió Plantio de árvores em praças e canteiros para deixar a cidade mais verde

A chegada da Semana do Meio Ambiente intensifica a discussão em torno da busca por alternativas para atenuar a emissão de gases poluentes e garantir a qualidade de vida da população. O plantio de árvores é considerado pelos ambientalistas umas das ações mais efetivas para a ocorrência do “sequestro de carbono”, um processo natural realizado pelas florestas, em que é feita a absorção de gás carbônico (CO2) da atmosfera, sendo convertido em oxigênio (O2) e liberado para a natureza logo em seguida. Tendo isso em vista, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu o mínimo de 12 km² de área verde por habitante para que uma cidade possa ser considerada arborizada. A estimativa é considerada preocupante por órgãos ambientais como a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente de Maceió (Sempma), que durante um levantamento realizado em 2006, constatou que a capital alagoana possuía 3km² de área verde por habitante, número quatro vezes menor ao recomendado pela OMS. Desde a descoberta, a Sempma criou o projeto

Maceió Mais Verde, objetivando o plantio de 1 milhão de árvores em todo o município até 2012. A secretaria pretende reforçar o aumento dos índices de absorção de CO2 durante a Semana do Meio Ambiente, onde irá lançar as campanhas “Meio Ambiente e seu Bairro” e “Selo Verde”. A Semana do Meio Ambiente vai acontecer em Maceió entre os dias 30 de maio a 9 de junho e contará com uma programação integrada, envolvendo o Instituto Brasileiro do Meio ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Sempma. Durante este período, serão realizadas maratonas de conscientização, seminários e distribuição de mudas. Com foco no plantio de árvores nos bairros e na revitalização das praças da cidade, a campanha “Meio Ambiente e seu Bairro” pretende realizar um levantamento das localidades mais carentes de árvores. “O projeto busca não só aumentar os índices de sequestro de carbono, mas também contribuir com a saúde dos moradores e o visual da cidade”, explicou o secretário de Proteção ao Meio Ambiente

de Maceió, Ivan Bergson. Ainda de acordo com o secretário, o órgão pretende realizar uma triagem das 185 praças da cidade, priorizando as que mais necessitam de cuidados, como a Praça Guedes de Miranda, situada no bairro da Ponta Grossa. A recuperação da praça foi finalizada recentemente e transformou a paisagem do local. De acordo com as informações do departamento de Parques e Jardins da Sempma, foram realizadas na praça ações de concretagem e troca de pisos, pintura, recuperação de bancos e passeios, jardinagem e ornamentação, plantio de mudas e colocação de gramados. A campanha “Selo Verde” será apresentada na Semana do Meio Ambiente aos professores e coordenadores das escolas da rede pública de Maceió. Com o objetivo de habilitar escolas a ingressar em planos de educação ambiental, a campanha almeja capacitar agentes ambientais para fiscalizar as ações das escolas e aproximá-las das comunidades. Segundo a Sempma, a previsão é implementar os projetos ambientais nas instituições de ensino a partir do final de junho.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO Dia 30/05 (segunda-feira) Evento: Abertura oficial da Semana do Meio Ambiente Local: Ibama (Centro de Atividades Ambientais) Horário: 08h às 10h Dia 31/05 (terça-feira) Evento: Arborização da Vila Olímpica Lauthenay Perdigão, no Village Campestre Local: Vila Olímpica (Village Campestre) Horário: 09h Dias 01/06 a 03/06 (quarta-feira a sexta-feira) Evento: Capacitação de professores e apresentação da campanha “Selo Verde” Local: Auditório da Sempma Horário: 09h às 11h / 14h às 16h Dia 04/06 (sábado) Evento: Maratona da Limpeza Local: Orla de Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca Horário: 09h às 11h Dia 05/06 (domingo) Evento 1: Maratona com Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) e doação de mudas de plantas Local: Orla Lagunar Horário: 08h às 10h Evento 2: Ação conjunta envolvendo órgãos e entidades ligadas ao Meio Ambiente, onde serão distribuídas mudas de plantas, orientação de plantio e distribuição de panfletos Local: Orla de Ponta Verde Horário: 10h às 17h Dias 06/06 a 09/06 (segunda-feira a quinta-feira) Evento: Seminários envolvendo órgãos ligados ao Ibama e o Meio Ambiente Local: Auditório do Ibama

Mudas também são plantadas na orla de Maceió

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L A19

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

“Pedal Legal”: se vai de bicicleta, escolha o caminho da segurança

Agentes da SMTT fazem campanha com ciclistas na orla de Maceió

Noções de segurança e responsabilidade no trânsito. Esse é o objetivo da Campanha Pedal Legal, que a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito ‘botou no ar’, seguindo uma recomendação do promotor da Fazenda Pública Estadual, Marcos Mero. Tudo começou quando um grupo de moradores de Maceió enviou um abaixo-assinado ao Ministério Público Estadual alegando insatisfação com a atuação de muitos ciclistas da capital. De acordo com Marcos Mero, as principais queixas eram com relação ao excesso de pessoas trafegando na contramão, circulando em alta velocidade ou atravessando a faixa de pedestre pedalando. “A Prefeitura de Maceió – por meio da SMTT e da Secretaria Municipal de Comunicação Social (Secom) acolheu a recomendação do MP e começou a veicular uma campanha educativa sobre esse tema. O secretário de Comunicação Social, Marcelo Firmino, já me garantiu, inclusive, que já começou a angariar recursos para que a campanha tenha prosseguimento no segundo semestre”, esclareceu o

promotor Marcos Mero. Na prática, a “Pedal Legal” informa a necessidade de o ciclista utilizar os equipamentos de segurança – capacetes, retrovisores e refletores – de maneira simples e direta, para que a população entenda a importância em usá-los. São repassadas regras básicas de trânsito, a exemplo de andar sempre na faixa da direita, redobrar a atenção nos cruzamentos, respeitar o pedestre e jamais andar na contramão. “O objetivo é reduzir a quantidade de acidentes no trânsito que, na maioria dos casos, poderiam ser evitado se todas as precauções com segurança e o conhecimento das leis de trafegabilidade fossem observadas”, frisou o superintendente de Transporte e Trânsito de Maceió, José Pinto de Luna. De acordo com ele, o slogan ‘Se vai de bicicleta escolha o caminho da segurança’ é perfeito para o propósito da campanha. “Entendo que tudo é possível de transformação a partir da educação e da informação. Além disso, estamos atendendo a um pleito justíssimo feito pelo Ministério Público”, afirmou Luna.

Trânsito no bairro do Poço passará por mudanças Tudo indica que haverá outras mudanças no trânsito de Maceió a partir de agosto, mais precisamente no bairro do Poço. A equipe técnica da SMTT confirmou que o objetivo é assegurar maior fluidez e segurança a motoristas e pedestres que circulam pela Comendador Leão, Cid Scala e Pedro Paulino, além das ruas paralelas e perpendiculares a esses importantes corredores de transportes. Para implantá-las, o município está construindo quatro pontilhões sobre os riachos do Sapo e Gulandim, por onde fluirá parte do tráfego. A estrutura de concreto já foi montada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanização (Seminfra), com passagem para veículos e pedestres, cada um no seu espaço. Falta o acabamento e algumas adaptações, para que as conexões entre as ruas sejam feitas com tranquilidade. Por enquanto, os pontilhões aparecem a um nível bem mais alto que o asfalto das ruas que serão ligadas por eles, o que tem causado estranheza em algumas pessoas. Mas isso tem explicação. “Apista será nivelada a eles, depois que toda a estrutura estiver pronta para as mudanças. Por enquanto, vão permanecer assim, porque esta foi a maneira que encontramos para evitar que os motoristas comecem a usar os pontilhões para cortar caminho, sem que as adaptações e a sinalização estejam prontas. Seria um transtorno e muito arriscado”, explica José Moura, assessor especial de Trânsito da SMTT. Segundo ele, a superintendência já está providenciando a compra dos equipamentos de sinalização, inclusive semáforos, para serem instalados onde for necessário. A ideia é que essas mudanças ocorram no mês de julho, aproveitando o período de recesso escolar, em que se observa redução no fluxo de trânsito da cidade. “Ainda não sabemos

Pontilhões estão sendo construídos sobre riachos que cortam região

se vamos conseguir. Tudo está sendo feito com recursos do município, e também entramos no período chuvoso. Mas não temos dúvidas de que esse é o melhor período que temos pela frente, sem ter que esperar as férias de fim de ano”, avalia Moura. Apreocupação, segundo ele, é pelo fato de ser, esta, a mudança mais complexa e de maior amplitude no trânsito de Maceió, em área de extensão. “Vai mexer com uma área muito grande: da Capitania dos Portos, em Jaraguá, até o Posto Tiradentes (próximo à Praça Senhor do Bonfim) e até a Bomba da Marieta, e envolve ruas muito movimentadas, além de outras no miolo do bairro do Poço”, destaca o assessor da SMTT. Entre as mudanças programadas, a Avenida Comendador Leão será mão única no sentido Dona Constança. Já a Cid Scala (que margeia o Riacho do Sapo em direção ao shopping), terá o sentido invertido, fazendo o caminho de volta. APedro Paulino, que hoje é usada por quem vem da Capitania dos Portos em direção ao Posto Tiradentes, também será invertida. Dessa forma, quem desce pela Ladeira Geraldo Melo, no futuro vai atravessar o pontilhão em frente ao Posto Tiradentes e pegar a Pedro Paulino para ter acesso à

Comendador Leão. Melhoria no trânsito - Todas as mudanças que vêm sendo programadas e efetuadas na parte baixa da cidade, segundo José Moura, têm o objetivo único de melhorar o fluxo de veículos, eliminando os gargalos que se formam nos horários de pico. Ele admite que, quase sempre, acontece de uma ou outra pessoa apresentar certa resistência, toda vez que é promovida uma mudança. “Em todos os lugares tem pessoas que não gostam de mudanças, mesmo sem conhecê-las. Mas isso sempre é contornado quando os benefícios aparecem”, avalia Moura, citando o exemplo da Avenida Jatiúca, onde ocorreu a mais recente alteração no trânsito de Maceió, transformando-a em via de mão única no sentido praia-shopping. Hoje, 15 dias depois, ele diz que os resultados surpreenderam até a própria SMTT, que os planejou. “Foi uma repercussão muito positiva. Não temos recebido nenhuma reclamação após a implantação das mudanças. E o trânsito está fluindo facilmente em todos os horários”, diz José Moura, destacando que até a parada e estacionamento de veículos dos dois lados da pista ficaram mais organizados e isso agradou aos comerciantes e pessoas que trafegam pelo local.

Segundo moradores e motoristas, com implantação da mão única, ficou mais fácil transitar na região

AVENIDA

Mão única melhora trânsito na Jatiúca Poucas semanas já foi suficiente para constatar a fluidez do trânsito na Avenida Júlio Marques Luz, mais conhecida como Avenida Jatiúca. Comerciantes de ramos diversificados, moradores e trabalhadores do entorno são unânimes em afirmar que, de três semanas para cá, ficou mais fácil circular pelo local, sobretudo nos horários considerados de pico. A redução no congestionamento foi possível depois que a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) transformou a ave-

nida em mão única, no sentido praia/shopping. Para a comunidade local foi a melhor ação que aconteceu nos últimos anos. “O engarrafamento aqui [na Avenida Jatiúca] era diário e acontecia praticamente o dia inteiro. O que se via, ao trafegar por aqui, eram carros se arrastando de tão devagar; motoristas estressados buzinando o tempo inteiro; e tantos outros veículos parados no meio-fio, o que atrapalhava ainda mais a fluidez no trânsito. Agora, graças a Deus, tudo mudou para melhor”, declarou João

Maurício dos Santos, funcionário de uma loja localizada na avenida. O assessor especial de trânsito da SMTT, José Moura Filho, explicou que as mudanças, além de facilitar a fluidez no trânsito, proporcionaram mais segurança, tanto aos motoristas como os pedestres. “Avenidas como a Julio Marques Luz não comportam mais um trânsito de mão dupla, além do que o trânsito em um único sentido facilita a travessia do pedestre”, afirmou Moura.

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L

A20

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Obras estruturantes beneficiam bairros periféricos de Maceió Feitosa, Vergel do Lago, Clima Bom, Santos Dumont, Santa Lúcia são alguns conjuntos habitacionais de Maceió que estão sendo beneficiados com obras de pavimentação e drenagem. Para a população local, os serviços representam alívio e a realização de um sonho conquistado. No Feitosa, as obras de drenagem e pavimentação de todas as ruas do Loteamento Bariloche foram concluídas em março. Nessa etapa foram beneficiadas 14 ruas – com 4.044 metros quadrados de pavimentação asfáltica, 24.090 metros quadrados de pavimentação com paralelepípedo, bem como 3.828m de meio-fio. A Prefeitura investiu R$ 1.148.327, em recursos próprios. “A população desse loteamento lutava fazia muitos anos por esses melhoramentos e agora vê o sonho se transformar em realidade. É o governo aplicando o imposto que a população paga em favor do próprio contribuinte e, com essas melhorias, acabaram os problemas que existiam, como alagamentos em período de chuvas, poeira no verão e outros que prejudicavam a saúde da comunidade. Sem falar, ainda, no fato de que os imóveis se valorizam mais com essas obras de infraestrutura”, ressaltou o prefeito Cícero Almeida, em seu discurso, durante a solenidade de inauguração da obra. Já o secretário municipal de Infraestrutura, Mosart Amaral, se comprometeu a iniciar o trabalho de pavimentação de outras ruas do bairro em breve. Ele explicou que, desde 2005, quando Cícero Almeida assumiu o comando da Prefeitura de Maceió, mais de 1 300 ruas da capital foram asfaltadas. “Parece exagero, mas o trabalho de pavimentação trouxe grandes benefícios aos moradores daqui do Feitosa, pois bastava chover um pouquinho para tudo ficar alagado. Isso nos causava um transtorno enorme,

Vaivém intenso de máquinas nas ruas do bairro

além de deixar nossas crianças expostas a riscos à saúde”, disse a dona de casa Maria Antônia Vieira dos Santos. O Clima Bom é outro bairro de Maceió que está ganhando visual novo através das obras de pavimentação e drenagem em todas as ruas locais. O serviço vai beneficiar aproximadamente 150 mil famílias que moram na região. Elas também acham que, a partir de agora, o cotidiano, sobretudo no inverno, será mais tranqüilo e seguro. “O inverno aqui era um caos. A gente tinha que fazer malabarismos para se deslocar com tanto lamaçal espalhado pelo chão. As crianças e os idosos terminavam, algumas vezes, caindo na lama. Era um absurdo! Agora, espero que as coisas melhorem, inclusive, nos dias ensolarados, pois a poeira provocada pelo excesso de areia e barro é grande e termina deixando muita gente gripada ou com crise alérgica”, contou a funcionária

JACARECICA

Antigo lixão vai virar parque socioambiental Até o final deste ano, a área do extinto lixão de Maceió, em Jacarecica, será transformada num espaço onde as famílias poderão ver a cidade de uma maneira especial: o primeiro parque socioambiental. A Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) já deu início a 1ª etapa do plantio da vegetação em todo o espaço. Está prevista também no projeto a construção de mirante, campo de futebol e trilhas ambientais para o maceioense poder praticar atividades físicas. Técnicos da Slum asseguram que todos os critérios técnicos foram atingidos e hoje a área está compactada e limpa. Quem passa pelo local pode constatar que não existe nada que lembra a região, como ela era antes. O parque socioambiental será um dos lugares mais procurados da cidade para visitação. “Em minha opinião, Maceió é ainda muito carente em áreas verdes e de lazer. Por isso fiquei muito feliz quando fiquei sabendo os planos para esse local se transformar num parque. Espero que

o poder público continue realizando a manutenção com responsabilidade e periodicidade para que a qualidade do local seja mantida para sempre”, disse a professora Maria de Lourdes Araújo. Já a ambulante Maria Gorete Soares da Silva lamenta a falta de divulgação. “O local está ficando bonito, mas precisa ser mais divulgada para que todos os maceioenses conheçam e se encantem”, argumentou. A expectativa da Slum é iniciar as obras do mirante e das demais áreas de lazer assim que acabar o inverno. Até lá, o foco principal será o plantio da nova vegetação, iniciando nas áreas mais altas do parque. Quando concluído, o parque terá um painel com fotos mostrando todas as etapas que fizeram o extinto lixão de Maceió se transformar em uma área verde voltada para o bem-estar da população nas suas horas de lazer. Em paralelo, a Slum continua realizando melhorias técnicas no aterro sanitário, localizado no Complexo Benedito Bentes. A meta, se-

pública Ana Maria da Silva. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanização (Seminfra) confirmou que todas as 210 ruas locais estão sendo beneficiadas pela ação. Na área, está sendo realizada a etapa final do projeto, que está orçado no valor de R$ 12 milhões, e deverá representar a solução definitiva para os graves problemas existentes nessa área, principalmente de saúde, causados por excesso de poeira, lama e esgoto a céu aberto. Significará, também, a melhoria na qualidade de vida dessa população, bem como a valorização de cada imóvel existente nessa área. “Vai ser bom para todos nós!”, comemorou o taxista João Luiz Amâncio. No total, serão executados 166 mil metros quadrados de pavimentação com paralelepípedo e 40 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica nos quatro corredores de transporte do bairro, formado pelas ruas Padre Cícero, Haroldo de Azevedo, Monitor Válter

Gomes e Ivaldo Cirino, a partir do entroncamento com a BR316 até a pista principal do Conjunto Rosane Collor, além de quatro mil metros de drenagem de galeria celular e seis mil metros de galeria tubular. SANTOS DUMONT - Outro bairro que está sendo contemplado com ações da Prefeitura de Maceió é o Santos Dumont. Está em andamento o projeto para execução de obras e serviços que totalizam 98.930 metros quadrados em paralelepípedo e 39.574 metros quadrados de pavimentação asfáltica, além de drenagem, meio-fio e linha d’água. Ao todo, a Prefeitura de Maceió está investindo mais de R$ 11 milhões. Nas obras de pavimentação e drenagem. Técnicos da Seminfra explicaram que parte das ruas é pavimentada com asfalto, enquanto outra parte com paralelepípedo. O trabalho desenvolvido no bairro teve início em janeiro do ano passado e, atualmente, é

um dos maiores em andamento no município. A Prefeitura garante que a conclusão dos serviços deverá proporcionar vários benefícios aos moradores, como melhores condições de vida - com a eliminação de problemas como poeira e o excesso de lama, mais segurança para o tráfego de veículos e para os pedestres, além da valorização dos imóveis com a nova infraestrutura da área. Além dos serviços de pavimentação e drenagem, a obra contempla a construção de galerias circulares (9.341 metros) e celulares (0,50 x 0,60 e 0,40 x 0,40, totalizando 3.824 metros). Na parte alta da cidade, outro projeto de grande importância que está em andamento é a drenagem e pavimentação de todas as ruas do bairro do Clima Bom e conjuntos adjacentes. MAIS MELHORIAS Moradores do Virgem dos Pobres também estão em contagem regressiva para a conclusão das obras de pavimentação e

drenagem das ruas localizadas no Conjunto Virgem dos Pobres II, no bairro do Vergel do Lago. Estão sendo investidos no local R$ 1,5 milhão, em recursos próprios do município. Com isso, a população da área, finalmente, ficará livre dos alagamentos e lamaçais que costumam tomar conta do lugar na época de inverno. A obra, que começou em janeiro com os trabalhos de drenagem e instalação de galerias pluviais, precisou ser paralisada por conta do esgotamento sanitário que estava sendo feito pelo Estado. No entanto, assim que o serviço foi concluído, a Prefeitura pôde retomar os trabalhos. No momento, segundo o assessor especial de Obras de Grande Porte da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanização (Seminfra), Alcides Tenório, está sendo feita a pavimentação de todo o conjunto, composto por 15 ruas. As vilas da localidade também estão ganhando um visual novo com cimentação. “Todo o investimento é proveniente de recursos próprios da Seminfra e está orçado em, aproximadamente, R$ 1,5 milhão. A obra vai beneficiar cerca de 6 mil pessoas que moram na região”, informou o secretário Mosart Amaral. Além desses benefícios no Conjunto Virgem dos Pobres II, a Prefeitura trabalha em outras frentes, como as obras localizadas no Vale do Reginaldo e na Avenida Márcio Canuto, que vai ligar a Avenida Rotary com o Barro Duro. Moradores do Conjunto Virgem dos Pobres demonstram alegria e satisfação com a proximidade da conclusão do serviço. “Nossa expectativa é grande, afinal, sempre queríamos que isso acontecesse... Agora nosso sonho vidou realidade. Parece mentira que vamos nos livrar das lamas e dos esgotos”, declarou a lavadeira Lúcia Maria Anete dos Santos.

Intervenções já começaram na antiga área do lixão

gundo a equipe da Prefeitura, é aperfeiçoar o trabalho que vem sendo desenvolvido no local. Recentemente, por exemplo, foi realizado um curso de capacitação para os servidores que trabalham nas áreas de fiscalização, administração e educação ambiental do órgão. Na ocasião, cerca de 30 servidores participaram do

curso que foi ministrado pelo assessor técnico da Slum, Alder Flores. Ele enfatizou a importância de iniciativas como esta, que buscam sempre aperfeiçoar os servidores para que continuem prestando um serviço de qualidade à população. “Dividimos o curso em duas turmas para possibilitar a participação de um maior

número de servidores. Capacitações deste porte são importantes, porque sempre estaremos aperfeiçoando nosso planejamento em relação ao gerenciamento de resíduos sólidos urbanos em nossa cidade”, disse ele. A Diretoria de Planejamento da Slum pretende realizar cursos de capacitação técnica para os servidores do

Aterro Sanitário a cada três meses. O curso vem sendo realizado no auditório da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), no bairro do Bebedouro, e será encerrado nesta terça-feira, com a realização de novas palestras para mais uma turma de 30 servidores.

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L A21

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Cadeirantes em exibição de capoeira

Viva a Vila oferece atividades esportivas Projeto oferece esporte e lazer gratuito às comunidades carentes do Village Campestre II e bairros vizinhos A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, lança o Projeto Viva a Vila, que será realizado na Vila Olímpica Lauthenay Perdigão. Oferecendo para as comunidades carentes do Village Campestre II e bairros vizinhos a oportunidade de participarem de atividades físicas com profissionais qualificados. As atividades tiveram início neste mês de maio e se estenderão até dezembro. Participam deste projeto: crianças de 10 a 12 anos, adolescentes de 15 a 17 anos, jovens e adultos. Para os deficientes, é aberto a qualquer faixa etária. As turmas divididas por idade terão no máximo quarenta alunos nos esportes coletivos, vinte nos esportes individuais e na ginástica, serão trinta alunas. As modalidades oferecidas são: Atletismo, Atletismo para Deficientes, Escolinha de Futebol de Campo, Judô, Judô para Cegos, Vôlei de Praia, Futevôlei, Ginástica, Clube de Caminhada e Corrida, Tênis de Mesa, Jogos de Tabuleiro, Futsal, Basquetebol e Handebol. Para participar, basta fazer parte da comunidade, ter a idade para a modalidade desejada e estar em dia com a escola. Para o secretário municipal

de Esporte e Lazer, Gustavo Toledo, o projeto vem pra massificar o esporte no município e tirar os jovens da condição de risco social. A professora de Educação Física e Divisão de Apoio a Atletas Deficientes, Elisângela Alves, destaca a importância do projeto para os deficientes, já que nos bairros vizinhos à Vila Olímpica existem cerca de 20 deficientes que não exercem atividade física. “Para aqueles que nunca praticaram nenhum esporte, garanto que não terão nenhuma dificuldade. Logo, os deficientes é que se adaptam ao esporte e não o esporte a eles”, disse ela. Além da participação das crianças e dos jovens, os pais também poderão participar de algumas modalidades como a ginástica para mulheres e a caminhada orientada para ambos, assim, eles acompanharão de perto o desenvolvimento dos seus filhos. Buscando parcerias com outras secretarias do município, a Semel não irá só oferecer a prática esportiva, como também, passeios educativos de lazer, oficinas de leitura, palestras educativas e ações sociais (documentação, atendimento médico e odontólogos).

Idosos praticando capoeira na Vila Olímpica de Maceió

Assistência Social capacita beneficiários

Plano de enfrentamento da violência é lançado

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) realizou a entrega de certificados para os usuários do programa Bolsa Família que participaram de diversos cursos profissionalizantes. Ao todo, 500 beneficiários foram capacitados para o mercado de trabalho nas áreas de informática, manicure, porteiro, confecção de bolsas, frentista, cobrador de ônibus, cabeleireiro e aplicador de cerâmica. Na oportunidade, o prefeito Cícero Almeida declarou que o momento é positivo para Semas. “O município mais uma vez está cumprindo com sua respons-

A ministra-chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Iriny Lopes, participou, na sexta-feira (27), do lançamento do Plano Municipal de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher. Construído de forma participativa, com organizações governamentais e não governamentais, movimentos sociais, sindicatos, coletivos de mulheres de partidos políticos, Poder Legislativo Municipal, Defensoria Pública Estadual, Ministério Público e Poder Judiciário, o Plano bus-

abilidade, para que esses novos hoje no mercado de trabalho. A profissionais deem seu primeiro perspectiva da Semas passo no mercado de traagora é de capacitar balho”, ressaltou. profissionalmente mais Para o secretário de cinco mil pessoas”, falou. Assistência Social, FranCall Center – Uma cisco Araújo, essa gestão nova rede de atendiPrimeiro mento emergencial pasleva a esperança e a expectativa de dias melpasso no sou a vigorar em Maceió. hores para a população do Call Center mercado de Trata-se maceioense. “A qualifida Secretaria Municipal trabalho de Assistência Social – cação profissional já é uma grande realidade. um serviço de atendiO laboratório de informento as necessidades mática no Santos Dude emergência da popumont, que foi idealizado lação mais carente, que enpelo prefeito, é um dos volve várias atividades sociais exemplos. Vários alunos estão de apoio e assistência.

ca consolidar as ações dos três eixos de atuação, inspirados na Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, que são: prevenção, assistência e combate. Segundo o secretário municipal de Direitos Humanos, Segurança Comunitária e Cidadania, Pedro Montenegro, o Plano Municipal de Enfretamento à Violência contra a Mulher teve como motivação primária responder à demanda dos movimentos feministas e de mulheres por uma ação mais ampla, intersetorial e inte-

grada por parte do município de Maceió, em relação ao grave fenômeno da violação de direitos humanos das mulheres. “O município de Maceió assumiu o desafio de enfrentar uma das principais e cruéis violações dos direitos humanos: a violência contra a mulher, nas suas mais diversas expressões e formas. A elaboração do Plano Municipal de Enfrentamento à Violência contra a Mulher é a resposta da cidade de Maceió a essa violação”, afirma Pedro Montenegro.

CMYK


A22

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalw


web.com | e-mail: comercial@ojornal-al.com.br

O JORNAL JORNA L A23


Cidades

O JORNAL JORNA L

A24

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Maceió é um dos destinos turísticos preferidos por casais em lua de mel Segundo operadora de turismo, Nordeste é o destino preferido dos recém-casados

Maceió está entre os dez destinos mais procurados por casais que estão em lua de mel. A informação é da CVC. Segundo a operadora, quando o assunto é Brasil, os destinos mais procurados são as praias do Nordeste, sendo que os casais ficam entre sete e oito dias em viagem e pagam pelo pacote entre R$ 1.338 e R$ 2.248. Conforme ranking, os destinos mais vendidos são: Costa do Sauípe, Fernando de Noronha,

Natal, Gramado, Jericoacoara, Fortaleza e Maceió. Segundo a secretária municipal de Promoção do Turismo, Claudia Pessôa, Maceió é sonho para os recém-casados que buscam destinos tranquilos, praias bonitas, boa gastronomia e bons hotéis. “Além da beleza das nossas praias, Maceió é uma cidade romântica, tem mar, coqueiros, jangadas, cenário perfeito. A hotelaria também oferece ótimos pacotes de lua

Escola Paulo Bandeira vai ser reformada Agora é oficial: a Escola Municipal Paulo Bandeira, no Benedito Bentes, será reformada. A previsão é de que o serviço, orçado em R$ 600 mil, seja concluído em 8 meses. Além dos reparos que a escola está necessitando, a reforma ainda vai contar com a ampliação de vários ambientes, que fará com que a instituição funcione os três turnos, contando, inclusive, com a criação da sala de informática e de recursos. O secretário municipal de Educação, Thomaz Beltrão, ressalta que a reforma da unidade de ensino vai proporcionar o surgimento de mais vagas para a comunidade do Benedito Bentes. Segundo ele, a conclusão do serviço é uma das prioridades da secretaria. Ele garante, também, que a comunidade vai receber uma instituição com os devidos padrões de acessibilidade. “A reforma da escola deverá priorizar a acessibilidade, fazendo as adequações necessárias, com a finalidade de permitir o seu uso por pes-

soas com necessidades especiais, criando rotas acessíveis, ligando todos os ambientes escolares”, enfatizou Beltrão. A diretora da escola, Avani dos Santos, disse que aguardará o fim das obras porque a comunidade escolar precisa retornar ao prédio original. “Temos hoje 649 alunos matriculados. Com a volta para o nosso prédio, a tendência é aumentar o número de vagas”, afirma. Além da Paulo Bandeira, a Semed já anunciou a ampliação e reforma de outras instituições de ensino. O prefeito Cícero Almeida assinou recentemente ordem de serviço para a construção, por exemplo, da Escola Creche Herbert Souza, em Jacarecica. Com isso, a expectativa é de que a oferta de vagas no bairro aumente de 100 para 300. A nova sede vai permitir a instalação de um berçário para receber crianças com idades de 0 a 2 anos. A construção está orçada em cerca de R$ 1,5 milhão. Até o final de 2012, deverão ser construídas 25 escolas em Maceió.

de mel, com jantar romântico, pétalas de rosas no quarto, entre outros mimos. Este resultado divulgado pela CVC mostra que precisamos promover ainda mais Maceió como capital da lua de mel”, diz Claudia Pessôa. Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Carlos Gatto, Maceió já tem uma tradição de destino de lua de mel. “Em todos os eventos que divulgamos Maceió

ressaltamos que a capital é lugar da família e dos apaixonados. A hotelaria não só da capital, mas em todo Estado, tem tratamento diferenciado aos casais, como enxoval exclusivo, vinho, chocolate, rosas e as belezas das nossas praias somam a favor”, afirmou Carlos Gatto. O gerente do Salinas de Maceió, Ricardo Almeida, informou que o hotel, no ano passado, fez um levantamento que apon-

tou a existência de 300 a 350 casamentos por semana. “Sempre investimos neste mercado, porque viajar depois do casamento não depende de alta e baixa estação, quem casa viaja. No Salinas criamos um programa de lua de mel, com direito a jantar à luz de velas, roupão com nome do casal, café no apartamento, decoração diferencial e a procura por estes pacotes vem crescendo”, disse Ricardo.

Semed discute educação ambiental nas escolas ACoordenação de Educação Ambiental (Creamb) e a Coordenação do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE) da Secretaria Municipal de Educação (Semed) se reuniram, esta semana com diretores e coordenadores da rede municipal de ensino. O objetivo do encontro foi discutir novas alternativas para os estudos em educação ambiental, que apesar de incorporada na educação formal como conteúdo obrigatório em diversas disciplinas, precisa ser implementada de forma eficaz para cumprir suas funções de orientação preventiva quanto à preservação do meio ambiente. Durante toda a manhã, téc-

nicos, diretores e coordenadores discutiram a introdução da aplicação de metodologias de ensino no âmbito da educação ambiental, que deverá ser feita, primordialmente, por meio de projetos que podem ser financiados pelo PDE. Conforme salientou a coordenadora do PDE, Francisca Correia, os recursos também podem ser usados nesses projetos de forma planejada e em sintonia com as metas traçadas para o desenvolvimento da unidade escolar. Segundo a bióloga Yumi Miranda, técnica do Creamb, a consciência ambiental deve ser despertada nos alunos do ensino fundamental desde o início de sua atividade escolar,

pois os valores inseridos e continuamente reforçados nesta fase os acompanharão depois, em sua vida adulta, transformando-os em cidadãos comprometidos com as práticas de preservação ambiental. O PDE é uma ferramenta gerencial que auxilia a escola a realizar melhor o seu trabalho, assegurando que sua equipe atue para atingir objetivos comuns. Ele constitui um esforço disciplinado de todos os segmentos da escola para produzir decisões e ações fundamentadas num processo de planejamento estratégico desenvolvido pela escola para a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem.

CMYK


O JORNAL

Arapiraca

A25

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Educação pede socorro em Arapiraca Maioria das escolas da rede estadual de ensino está sucateada e precisando de mais atenção do governo Carlos Alberto Jr.

Carlos Alberto Jr. Repórter

ARAPIRACA- ADeclaração Universal dos Direitos Humanos é clara em seu Artigo 26 ao afirmar que “toda pessoa tem direito à instrução”. E essa instrução deverá ser gratuita, ao menos em seus graus elementares e fundamentais. “Ainstrução será orientada no sentido do pleno desenvolvimento da personalidade humana e do fortalecimento do respeito pelos direitos humanos e pelas liberdades fundamentais”, termina o artigo. A recomendação contida na Declaração nem sempre é observada quando se fala em Brasil, Nordeste, Alagoas. No caso do nosso Estado, essa regra, infelizmente quase às avessas, vale para as redes municipais e também para a estadual. No total, 331 instituições de ensino estadual estão espalhadas pelos 102 municípios. Existem casos de sucesso, como em Junqueiro, Taquarana e outros poucos. No entanto, sabe-se, a Educação precisa melhorar, e muito, para chegar, por exemplo, às metas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), no que diz respeito ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Em 2009, por exemplo, entre todos os Estados brasileiros, Alagoas obteve o pior desempenho, com a nota 2,9. Areportagem do O JORNAL visitou, durante a última semana, cinco escolas da rede estadual de ensino instaladas na segunda maior cidade de Alagoas e os flagrantes de abandono e aparente descaso chegaram a chocar nos casos mais extremos.

É o caso das escolas Costa Rêgo, localizada no bairro Alto do Cruzeiro, e Artur Ramos, no Cavaco. ACosta Rêgo é uma das mais antigas de Arapiraca, porém o esquecimento parece ter tomado conta da instituição. Desde a década de 1970, a escola divide suas instalações com a hoje Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). Visitando as instalações, a impressão é de que a escola está sendo “devorada” pela Uneal. Apesar da universidade já possuir um prédio anexo, localizado no mesmo terreno, as salas de aula acabam se misturando e a consequência disso não é nada agradável. Pelos desgastados e mal conservados corredores se vê placas de formaturas de turmas da Uneal misturadas, por exemplo, a murais e faixas da escola. Em dias normais, é comum universitários se misturarem a estudantes dos ensinos fundamental e médio. “A gente não pode, na maioria das vezes, usar os espaços da escola para fazer alguma exposição. Várias vezes saímos num dia e quando chegamos no outro, eles [os alunos da escola] já têm arrancado nossas apresentações das paredes, rasgam faixas. E não podemos fazer nada, além de ver e, às vezes, até refazer nossos trabalhos”, revelou um estudante do curso de História. Com relação às condições físicas da Escola Costa Rêgo, é um caso à parte. E a lista de problemas é elevada. Infiltrações, janelas escoradas com pregos, salas com janelas arrancadas, portas danificadas, paredes sujas, cupins, salas sem ventilação adequada. Porém o que mais chama

Nova sede da Uneal muda situação Ao que parece os problemas da Escola Costa Rêgo podem estar com os dias contados. Isso porque a Uneal poderá ganhar uma nova sede para a maioria dos seus cursos. O encontro ocorrido na última semana entre o prefeito Luciano Barbosa, o reitor da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Jairo Campos, e os empresários José Levino e José Levino Júnior, proprietários do loteamento onde está localizado o terreno com área de 30 mil metros quadrados que será doado à Uneal, pode ser o primeiro passo para a saída da universidade do prédio onde atualmente funciona em Arapiraca, no bairro Alto do Cruzeiro. Na reunião ficou definido que, nos próximos dias, a documentação do processo de desmembramento será remetida ao departamento de Arquitetura da Prefeitura de Arapiraca e posteriormente ajustado a oficialização da doação da área, que está localizada nas mediações do Lago da Perucaba e servirá para o curso de Mestrado e futura sede do campus da instituição. Através da rede social Twit-

ter, o reitor da Uneal, Jairo Campos, contou que existe uma briga na justiça entre a Uneal e a Secretaria Estadual de Educação a respeito da escritura do terreno, onde atualmente funciona a universidade no período noturno e durante o dia a Escola Costa Rêgo. “Informalidades do passado”, disse o reitor. “Os recursos para o prédio do mestrado estão garantidos. Estou esperando a doação, preciso escriturar, fazer os projetos, licitar e tocar a obra para frente. De resto, estou nos pés dos deputados federais para disponibilizar emenda para construirmos o campus também”, explicou. Já o prefeito Luciano Barbosa, que foi professor da Uneal, contou ter participado da primeira eleição direta na instituição e que a mesma foi e é responsável pela formação de professores do interior de Alagoas. “A Uneal exerce um papel ímpar. Temos muito caminho pela frente, de certo, enfrentaremos muitos obstáculos na busca do fortalecimento da Universidade”, exaltou Barbosa. (C.A.J.)

Escola Costa Rêgo, uma das mais antigas e tradicionais de Arapiraca, apresenta sinais claros de abandono em toda a sua estrutura

a atenção são as condições dos banheiros masculinos e femininos. Ambos os espaços apresentam condição quase nula para uso, a começar pelo mau cheiro. “Ainda está bom esses dias porque o pessoal está em greve. Quando tem aula, o mau cheiro e a sujeira daqui é algo que não merece comentários. Muitas vezes eu só faço abrir a porta e não tenho coragem para entrar. Sem contar que os alunos da escola

fazem balburdia aí dentro”, relatou um estudante da Uneal que acabava de sair do local e sem querer “aparecer”, como disse. A presidente do núcleo Agreste do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Alagoas (Sinteal), Juracy Pinheiro, disse que a situação do Costa Rêgo é antiga, pois “até hoje nenhum governo nunca deu atenção à escola como deveria.

Há cerca de seis meses, 18 computadores que deveriam ser instalados no laboratório de informática foram roubados e até hoje nenhuma providência foi tomada”, afirmou. Com isso, todas as atividades que envolvem o uso de computadores estão inviabilizadas na escola. Além destes equipamentos, outros também levados pelos assaltantes. Observando as condições de algumas janelas de

salas de aula é fácil perceber por onde e como a ação criminosa foi desencadeada. Em boa parte das salas, alguma janela apresenta problema. Em outras apenas o espaço vazio existe. Como os servidores da Educação estão em greve, a reportagem não conseguiu localizar a diretoria da Escola Costa Rêgo para falar sobre os problemas enfrentados pela unidade escolar.

Escolas perdem alunos por falta de estrutura O bairro Cavaco, na periferia de Arapiraca, é servido por apenas uma unidade escolar do Estado. A Escola Arthur Ramos é antiga e está antiga. Ela foi fundada em 1964 e, desde então, passou por poucas obras de manutenção. As paredes azuis e úmidas dos corredores revelam o que acontece quando o Estado não consegue cuidar do que é seu. As portas velhas estão cansadas e desgastadas pelo tempo. Um delas não resistiu. Nas salas de aula infiltrações no teto e carteiras jogadas nos recantos aguardam substituição. Num dos corredores nos fundos da escola, a diretora mostra as novas que começaram a chegar em migalhas. Os servidores da Escola Arthur Ramos ainda mostram disposição para arregaçar as mangas e trabalhar. Embora os motivos para o relaxamento das atividades sejam vários. "A cada ano nós perdemos alunos. Este ano só matriculamos 407. Em 2006, por exemplo, tínhamos pouco mais de 800", revelou uma das servido-

ras. A diretora da escola prefere não ser identificada apresentando como justificativa um estresse decorrente da luta diária pela melhoria nas condições da escola. Mostrando evidente cansaço físico e mental, ela seguiu apontando os problemas na infraestrutura, porém fez questão de revelar algumas conquistas da escola. "Fizemos parceria com uma loja de material de construção que cede tinta e materiais pára tapar os buracos que aparecem pelas paredes. Além disso, conseguimos implantar aulas de violão, graças também a parceria. Queremos que nossos alunos tenham um aprendizado que vai além da sala de aula", externou a ainda empenhada diretora, por mais que tudo conspire contra. Ela revelou ainda que a escola não tem Ideb, porque os calendários anuais da Arthur Ramos não coincidem com os do Ministério da Educação. Com isso, a escola não preenche os requisitos mínimos necessários.

EM CAPÍTULOS - Já a Escola Estadual Deputado José Tavares, instalada no bairro Baixa Grande, a situação parece ser mais diferente. Parece. Isso porque, obras de reforma e manutenção estão sendo feitas. Porém em doses homeopáticas. Periodicamente, segundo servidores, aparece uma equipe de empresa contratada pelo Estado que avisa a retomada das obras. Uma das servidoras afirma que as obras tiveram início desde agosto de 2010 e ainda não foram concluídas. Aescola funciona nos três turnos, com turmas até o 9º Ano, antiga oitava série. Além disso cede merenda e professores para os assentamentos Rosa Luxemburgo e Mandacaru, ambos do Movimento dos Sem-Terra (MST). Além das obras inacabadas, a Escola José Tavares também precisa de uma linha telefônica para poder implantar o acesso à Internet. Isso porque, há dois anos, através de uma parceria com o Ministério da Educação, a unidade recebeu 300 computadores que estão sem uso desde então.

DEDICAÇÃO - Algumas escolas funcionam parcialmente, graças à presença dos monitores. Em várias delas, a quantidade de temporários é superior a de concursados. É o caso da Escola Manoel Teles, no bairro Jardim Esperança. Lá, apenas dois são titulares. Os demais, cinco no total, ocupam cargos na coordenação e na direção. Algumas salas foram reformadas, mas a iluminação está defasada e não é suficiente para o período noturno. O problema maior é a desativação da sala de informática. "Já se vão três anos sem funcionamento. Além dos 10 computadores instalados existem outros 10 encaixotados", relatou a coordenadora, Adriana da Silva. Outro problema enfrentado pelos alunos da escola é a falta de professores efetivos. "Hoje temos três turmas sem professores de Português. Além dessa disciplina, temos carência em Inglês e Biologia", disse. (C.A.J.) Continua na página A26

CMYK


Arapiraca

O JORNAL JORNA L

A26

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Existe luz no fim do túnel para algumas Apesar de todos os problemas constatados em escolas públicas da rede estadual em Arapiraca, ainda existe esperança para muita gente. A começar pelos servidores e terminando na parte mais interessada dessa situação, os alunos. Ano passado, por exemplo, 245 alunos de escolas da 5ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) foram aprovados no vestibular da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), número que sobe para 261 quando somados os estudantes selecionados nos vestibulares da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal) e faculdades particulares. Esses índices tornam a 5ª CRE, que abrange as 33 unidades da rede pública estadual situadas em Arapiraca e municípios circunvizinhos, a coorde-

nadoria com o maior número de estudantes aprovados para cursar o ensino superior. Dentre as unidades de ensino com melhor desempenho na região está a Escola Estadual Quintella Cavalcanti (Arapiraca) com 58 alunos aprovados; Escola Estadual Senador Rui Palmeira - Premen (Arapiraca), com 43; Escola Estadual Costa Rego (Arapiraca), com 23; Escola Estadual Nossa Senhora da Conceição (Lagoa da Canoa), com 23; Escola Estadual Profª Izaura Antônia de Lisboa (Arapiraca), com 21; Escola Estadual Lions Club (Arapiraca), com 19, e Escola Estadual Santos Ferraz (Taquarana), com 14 aprovados. QUINTELLA CAVALCANTI - Uma das mais tradicionais escolas do Agreste alagoano, a Escola Estadual Quintella Cavalcanti totaliza 58 apro-

vados na Ufal. Aos 17 anos, Marcos Sena é um destes alunos. Selecionado para cursar Direito, no campus Maceió, o jovem, que mora no povoado de Impueiras, em Feira Grande, demorava, todos os dias, uma hora em um ônibus até chegar à escola. "Sempre estudei em escola pública e o meu sonho era ser aluno da escola Quintella Cavalcanti. Cheguei aqui no 2º ano do Ensino Médio e guardarei sempre a lembrança da qualidade dos professores, que eram muito exigentes e não deixavam passar nenhum assunto. Uma cobrança que, no final, valeu a pena", destaca Ediene de Araujo Moura, de anos que voltou aos estudos anos depois e conseguiu ser aprovada no vestibular. Aprovada em Química no campus da Ufal em Arapiraca, Iara da Silva Melo, de 17 anos,

também fala com carinho da escola. "O Quintella é como uma família para mim e sonho, no futuro, voltar para cá como professora de Química", revela. O diretor geral da escola, José Antônio dos Santos, conta que os bons índices da unidade são fruto de um trabalho conjunto envolvendo professores, alunos e pais e do fortalecimento do acompanhamento pedagógico. "Selecionar professores experientes para atuarem nos terceiros anos e realizar um acompanhamento pedagógico intenso junto ao nosso corpo docente permitiram também um avanço na nossa avaliação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que passou de 2,4 em 2007 para 4,7 em 2009, algo que era projetada apenas para daqui a dez anos, em 2021", frisa o diretor. (C.A.J.)

Empenho de professores merece destaque Outra unidade igualmente tradicional e bem avaliada no vestibular 2011 é a Escola Estadual Senador Rui Palmeira. Com 43 aprovados, a unidade teve alunos selecionados em Administração, Enfermagem, Zootecnia, Arquitetura, Ciências da Computação, Letras, Serviço Social, entre outros. Dallyane Ferreira de Lima, de 16 anos, foi aprovada para cursar Letras no campus Arapiraca da Ufal e lembra que os

professores da unidade não se limitavam apenas ao espaço da sala de aula na hora de repassar conteúdo. "Todos os professores daqui são muito empenhados e sempre promoviam eventos externos para complementar aquilo já aprendíamos no dia a dia, o que deixavam as aulas mais dinâmicas", recorda. A diretora da escola, Maria Rosa dos Santos, destaca a união do corpo docente da unidade e se emociona ao falar do êxito

dos seus alunos. "Nossa escola sempre tem bons resultados porque temos estudantes estudiosos e dedicados. E quando vemos a emoção desses jovens ao conquistar essa vitória no vestibular, sabemos que todo o nosso trabalho foi válido", afirma. A coordenadora da 5ª CRE, Mônica Pessoa, comemora o desempenho das escolas da região em vestibulares, que passou de 179 alunos em 2010 para 245 em 2011 e avisa que a meta da coor-

denadoria é alcançar resultados ainda melhores em 2012. "Ser a coordenadoria com o maior número de alunos aprovados é gratificante e isso demonstra a motivação dos estudantes e dos professores. Para melhorar ainda mais esses índices, vamos trabalhar para unificar o calendário letivo das nossas escolas, de forma que todas comecem e terminem as aulas ao mesmo tempo e não sofram atraso de conteúdo", explica. (C.A.J.) Divulgação

Novo secretário não quer pressa O advogado Adriano Soares afirmou, através de postagem no Twitter, na manhã de sexta passada, que aceitou o convite do governador Teotonio Vilela Filho para assumir a pasta da Educação, atualmente comandada por Rogério Teófilo. Porém, colocou condições para sua atuação. "Aceitei o convite para ser secretário de educação com uma condição, aceita pelo Governador e pelo Senador Benedito: autonomia". Disse que sua equipe deverá ser formada por critérios técnicos, porém "sem pressa e aproveitando ao máximo os que lá estão, sobretudo os de carreira", já que seu compromisso, assumido com Vilela e o senador

Benedito de Lira, é fazer um trabalho sério e voltado para melhorar as condições de trabalho dos servidores. "Benedito e Arthur Lira, o PP, me indicaram com esse compromisso de apoio em Brasília, autonomia administrativa e modernização da educação", afirma o novo secretário. Finaliza dizendo que trabalhará para implementar políticas públicas que melhorem a qualidade pedagógica e a estrutura da rede estadual de ensino, com metas e gestão transparente. Além, de "políticas transversais que aproveitem a capacidade de outras secretarias, como a Saúde", disse. (C.A.J.)

Adriano Soares assume pasta apostando em critérios técnicos

CMYK


Arapiraca

O JORNAL JORNA L A27

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Fotos: Carlos Alberto Jr.

Obras no espaço para boliche e boate em fase adiantada de finalização; inauguração será dia 11 de junho

Espaço Kids é atrativo para crianças de 3 a 12 anos; ambientação e brinquedos são destaque

Complexo Ilha do Pirá fica pronto Com restaurante, espaço para crianças e agora com boliche e boate, empreendimento é diferencial na cidade O complexo de lazer e gastronomia Ilha do Pirá, localizado na Avenida Governador Lamenha Filho, no bairro Jardim Tropical, está ficando completo a partir do próximo mês, com a inauguração do boliche e da boate, já batizada de Pirá Night. A inauguração do novo espaço está marcada para o dia 11, véspera do Dia dos Namorados. Para marcar a data, está programado um show com a dupla Raphael e Gabriel, além do top DJ Tukka Farias que retorna à cidade, após uma temporada por alguns Estados do Nordeste. Segundo o empresário Sinaldo Pessoa, este será o terceiro presente do complexo à população de Arapiraca. “A casa terá capacidade para 800 pessoas e será dotada com tudo o que existe de mais moderno no Brasil. Viajamos para cidades de grande porte, como Rio de Janeiro e São Paulo, onde a noite acontece há muito tempo. A referência de luz, animação e ambientação surgiu a partir das ideias que vimos nesses centros”, afirma Pessoa. Na verdade, ele classifica esse terceiro presente como duplo. Isso porque o ambiente terá quatro pistas de boliche e também a estrutura para a boate, onde também haverá shows diversos. “O Pirá Night é uma das casas mais inovadoras da região Nordeste, se não for a mais completa, apesar de eu ser suspeito em falar. Procuramos dotar a estrutura com tudo que a população da cidade merece”, disse. Na pista de boliche haverá instrutores para auxiliar e

orientar quem não tem prática. “E o público não tem idade”, avisa o empresário. Para quem já praticou, sabe, o boliche é uma ferramenta ideal para quem busca diversão. Para os próximos meses, o Pirá Night já está programando um concurso para DJs que, promete o empresário, vai dar o que falar na cidade. PIRÁ KIDS – A casa de festas e também espaço para o lazer das crianças e também dos adultos foi inaugurada no dia oito passado e já vem conquistando seu espaço. Dotado com brinquedos de primeira geração, como samba, cama elástica, tobogã, parede de escalada e o monorreio, um trem que percorre o espaço externo do complexo. O Pirá Kids é um centro de lazer e diversão aberto de terça a domingo e voltado para crianças de três a 12 anos. Toda a equipe recebeu treinamento, com objetivo de atender esse público tão exigente. A estrutura montada para as crianças foi planejada para manter o nível de qualidade verificado nos demais ambientes do complexo. Já o Porto Pirá Steak House, inaugurado há pouco mais de um ano firma-se a cada dia como o espaço mais requintado da cidade. Para quem ainda não sabe o nome Pirá é derivado de Arapiraca. Um dos diferenciais do restaurante é o cardápio recheado com boas opções da culinária do Uruguai, além de um saboroso churrasco. Segundo o empresário o novo empreendimento atende os públicos de todas as classes sociais.

Restaurante Porto Pirá vem conquistando seu espaço e público; após um ano de inauguração espaço é disputado também aos fins de semana

Desde o início desse mês, a casa resolveu diversificar ainda mais as opções de lazer, com abertura de espaço para apresentações musicais aos sábados. É o Pagoshow, com feijoada, sempre a partir das 13 horas. As sexta e sábados à noite conhecidos artistas locais ganham espaço no Porto Pirá.

Nomes como Dona Flor, Eribério e Lourenço estão entre as atrações que farão as noites de junho mais quentes. O complexo Ilha do Pirá é a única casa de Arapiraca que está dentro das exigências, das normas de segurança e higiene em toda a cidade, motivo de orgulho para o empresário

Sinaldo Pessoa que se mostra sempre atento aos mínimo pormenores, quando o assunto é a satisfação da sua cada vez mais vasta clientela. POÇAS – No próximo dia quatro de junho, o Ilha do Pirá será palco de um dos eventos mais concorridos do período

junino, o já tradicional Arraia dos Poças. O evento promete atrair milhares de pessoas. E para fazer a poeira subir, atrações de peso já estão confirmadas. Mano Walter, Rira de Cássia e Borba de Paula. Para animar ainda mais os forrozeiros, a festa será open bar de cerveja.

CMYK


Arapiraca A28

O JORNAL JORNA L Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

CMYK


O JORNAL

Economia

A29

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

ENTREVISTA/DANIELLE NOVIS - PRESIDENTE DA CTI/NE

“Malha aérea é problema em todo o País” Nide Lins Repórter

s mulheres estão, cada vez mais, galgando cargos estratégicos, tanto no setor público quanto no privado. Em Alagoas, duas mulheres ocupam a postos-chave no Turismo: Danielle Novis, na Secretaria Estadual, e Cláudia Pessôa, na Secretaria Municipal de Maceió. Ambas sem indicação política, mas com o aval do empresariado do setor. Recentemente, Danielle foi eleita presidente da Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI/NE). É a primeira mulher a dirigir a entidade que congrega nove estados do Nordeste. O fórum tem como meta atrair turistas e investimentos do exterior para a região. Para isso, todo ano, é realizada a Brazil National Tourism Mart (BNTM), que traz operadores internacionais para

A

- Na coletiva de imprensa em Natal, a senhora anunciou que a CTI/NE terá um calendário de ações para a entidade e um planejamento estratégico para os próximos anos. O que já há de concreto? - Nesse período à frente da CTI/NE, temos o objetivo de promover uma gestão compartilhada e descentralizada, sendo ao mesmo tempo uma gestão integrada, pressupondo a participação de todos os secretários do Nordeste envolvidos nas ações que são relevantes e comuns ao setor para a região. Então, nossa proposta é fazer um planejamento estratégico que ainda não existe na CTI. No próximo mês, estaremos realizando a 1ª Oficina de Planejamento Estratégico, que envolve as secretarias de Estado e as capitais dos destinos indutores, capitaneada pelo Ministério do Turismo e esse é outro objetivo: aproximar as capitais do Nordeste no processo de planejamento da entidade. Outra ação a avaliação da BNTM maior evento de promoção internacional do Brasil e que acontece na região -, como um todo e não apenas a sua edição, ou seja, saber o que o evento representa para a promoção do

conhecer os produtos e destinos do Nordeste. Na última edição do evento, que aconteceu este mês em Natal, foram fechados US$ 470 milhões em negócios. Na entrevista a seguir, ela nos fala sobre seus planos e ações que pretende desenvolver no comando da CTI/NE. Danielle Novis é graduada em Administração de Empresas com especialização em Gestão e Marketing de Destinos Turísticos pela The George Washington University Schooll of Business e Consultoria Turística pela Universidade Iberoamericana em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina. Atuou durante os últimos nove anos como gestora do Programa Sebrae de Turismo e na Área de Comércio Varejista no Sebrae/AL, onde se especializou nas áreas de planejamento estratégico e desenvolvimento e formatação de produtos. Em 2006, exerceu o cargo de diretora-executiva do Maceió Convention e Visitors Bureau.

Nordeste e também do País. Ainda nesta reunião, vamos planejar a próxima edição da BNTM, em 2012, para que o evento atenda às expectativas de todos. - Existem poucas opções de voos para os nordestinos viajarem pela própria região. Os estrangeiros que gostam de conhecer mais de um estado também enfrentam a mesma dificuldade. Na coletiva, a senhora falou que era preciso criar incentivos fiscais para as companhias aéreas regionais. Quais seriam esses incentivos? - O problema da malha aérea é comum em todo o País. No Nordeste, essa situação também é difícil, já que a política de aviação é muito séria e cara. O Brasil, através dos seus fóruns e secretarias vem trabalhando com o governo federal, bancadas e Legislativo, as opções e alternativas de interesse dos estados, a exemplo da questão tributária. Muitos estados já possuem sua política de desoneração tributária para o setor, mas precisamos que essa seja uma política pública comum a todos. Nossa proposta é que na CTI exista uma comissão para trabalhar com as

e dos operadores. O Maranhão já sinalizou a intenção, desde o ano passado, de sediar o evento, até em função dos 400 anos da cidade de São Luís. E agora, nesse momento, existem alguns pleitos para 2013. Os destinos que tenham interesse em sediar vão enviar suas propostas concretas, sinalizando as ações, os resultados a serem obtidos e até mesmo para que esse pleito seja avaliado de forma técnica pela CTI e pelos estados, para que dessa forma possamos ter a sede de 2012. companhias aéreas, a melhoria da malha e a captação de novos fretamentos, que são itens importantes para o Nordeste e os estados que não têm uma malha regular internacional. - Numa conversa informal, o secretário de Turismo da Bahia disse que não tinha interesse em sediar a BNTM, porque o custo é alto. Quanto custa o evento para o Estado que vai sediar? E quais os parceiros do evento? - Aideia é que a BNTM tenha o papel rotativo, que ela aconteça em todos os estados nordestinos pela sua importância de

promover a região no mercado exterior, além, claro, de ser a maior vitrine dos atrativos e da sua política de comercialização. É um evento caro, custa em média R$ 2,5 milhões, mas é também um evento que pressupõe uma articulação política, empresarial e institucional muito forte. Há vários atores envolvidos, a CTI é na verdade a entidade que organiza e orquestra essas parcerias. É importante a presença do Ministério do Turismo, Embratur, dos governos estaduais e da iniciativa privada. Impossível acontecer a BNTM sem o envolvimento das companhias aéreas, da hotelaria local

- Nestes 20 anos da BNTM tem como mensurar o crescimento do número de turistas estrangeiros no Nordeste? Qual o principal mercado emissor? Quantos investimentos estrangeiros e quais os municípios que mais receberam estes empreendimentos? E o perfil dos estrangeiros que investem na região? - ACTI tem um Departamento de Estudos e Pesquisas e na Oficina de Planejamento, estamos programando um nivelamento das ações e estrutura da mesma para que todos os secretários e integrantes do conselho possam entender a melhor forma

de otimizar sua atuação. Anossa proposta é que cada estado mostre suas informações pontuais, como: o aumento do fluxo, a expectativa de crescimento, o número de novos hotéis, novos leitos. Assim, a CTI terá um banco de dados para representar o peso que o turismo tem na região Nordeste, não só em investimentos, na geração de empregos e aumento de fluxo, mas nas perspectivas futuras, mostrando a importância do setor para o desenvolvimento e crescimento do País através da atividade turística. - Estes 20 anos de BNTM trouxeram resultados para Alagoas? Quais? - A BNTM é um dos eventos mais importantes do País. É o único internacional do Brasil que acontece no Nordeste, uma vitrine para que os estados e as empresas possam colocar suas estratégias e se mostrar de forma competitiva. O evento também estreita a relação com as áreas comerciais das empresas. O Estado tem como resultado o fortalecimento de redes e alianças comerciais. Mostrar o crescimento e fortalecimento das empresas dos destinos é extremamente importante.

CMYK


Economia

O JORNAL JORNA L

A30

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

EQUIPOTEL

Nordeste é oportunidade de negócios Pela 1ª vez realizada na região, feira de equipamentos para hotéis e restaurantes garantiu negócios de R$ 780 milhões Fotos: Thallysson Alves/Estagiário

Thallysson Alves Estagiário*

Oportunidade. Essa é a palavra que define bem a primeira edição da Equipotel no Nordeste, realizada em Recife (PE), que terminou na última sexta-feira. O evento reuniu cerca de 12 mil pessoas do segmento de hotelaria e restaurante que visitaram mais de 180 estandes espalhados em 10 mil m² no Centro de Convenções de Pernambuco. A expectativa dos organizadores foi alcançar a marca de R$ 780 milhões de negócios em vendas durante os próximos doze meses. Entre as empresas expositoras no evento estava à franquia alagoana Viver de Arte, voltada para produtos de decoração e imobiliário para hotéis e restaurante. AFeira Internacional de Equipamentos, Produtos, Serviços, Alimentos e Bebidas para Hotéis, Motéis, Flats, Restaurantes, Bares, Lanchonetes, Fast Food, Cozinhas Industriais, Lavanderias e Similares (Equipotel) acontece desde 1961 na capital de São Paulo. Segundo Kátia Castro, filha da fundadora e diretora-superintendente do Grupo Equipotel, ela surgiu a partir dos congressos de hotelaria realizados naquela região, local que vivia um turismo em forte ascensão. “Foi uma ideia muito inteligente de minha mãe. Na primeira edição eram apenas 16 estandes. Mas, a procura foi tamanha que em 1982 deixamos os congressos e consolidamos nossa marca no mercado”, contou. Pernambuco é apontado pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Enrico Fermi, como um estado que cresce acima dos níveis nacionais. Outra razão para Recife receber a primeira

edição da Equipotel Nordeste foi ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. “O governo está incentivando a criação de novos hotéis no Estado. Temos 3.200 apartamentos passando por reformas e outros quatro mil em construção. Além de um novo hotel a ser construído e outro em fase de planejamento”, disse o secretário de turismo do Estado de Pernambuco (Setur-PE) André Campus. Para a realização da feira, Kátia Castro revelou que a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) cedeu o espaço no Centro de Convenções, enquanto a Recife Convention & Visitors Bureau indicou as melhores firmas para montagem e segurança. Além disso, R$ 200 mil foram investidos pela Setur-PE para serem aplicados em diversas contratações. “Mas não sabíamos o quanto é caro a compra de passadeiras [material usado no chão para os visitantes caminharem entre os estandes]. Todas tiveram que ser trazidas de São Paulo. Era mais barato trazer de lá do que comprar aqui”, expôs. No entanto, a versão Nordeste da feira foi considerada um sucesso por seus organizadores. Conforme o diretor executivo da Equipotel, Marcelo Vital Brazil, já foram fechadas novas datas para edições nos próximos quatro anos, sempre no mês de maio. “Em 2012 será de 23 a 25; 2013, de 22 a 24; 2014, de 21 a 23; e 2015, de 20 a 22”, adiantou. “Estamos confiantes que as bases do Grupo serão São Paulo e o Nordeste. O Nordeste tem hoje a maior expectativa de crescimento em números de hotéis. Por isso acredito que não deixaremos à região”, declarou Kátia Castro.

Para os apaixonados: uma das grandes atrações da feira foram as novas banheiras, como esta em formato de coração

AL em busca de seu próprio espaço no mercado “Alagoas vem se posicionando como Estado com fortes atrativos na rede hoteleira. Seus hotéis são novos, existem em número suficiente, e estão preparados para receber praticamente todos os tipos de turistas”, comentou o presidente a Abih, Enrico Fermi. Para ele, a realização da Copa do Mundo no estado vizinho causará excelentes impactos econômicos,

principalmente se for eleito como subsede da competição. Entre as vantagens, Enrico Fermi aponta a geração de novos empregos e o aquecimento da economia local. “É um Estado que tem muitos e diferentes atrativos. É muito procurado nas agências de viagens e tem condições de oferecer beleza, qualidade e conforto aos seus turistas”, disse.

Pensando nesse futuro evento, a Viver de Arte já demonstra expectativa de vender mais seus produtos. “Por isso visitamos a Equipotel de São Paulo ano passado e agora participamos da primeira versão nordestina. Temos uma identidade própria e conhecida, inclusive, no exterior. Acreditamos que esse é o momento de iniciarmos conversas que resultarão em negó-

cios no futuro”, defende a sócia da marca, Rosa Piatti. No momento, Maceió concorre contra outras cidades para ser eleita subsede do mundial de futebol. Acapital já passou na primeira etapa das avaliações realizadas pela Federação Internacional de Futebol e Associados (Fifa), que aponta o Estádio Rei Pelé como provável Centro de Treinamento de Seleções. (T.A.)

Vaso sanitário com equipamentos que facilitam a vida dos portadores de deficiência, como os cadeirantes

Entre as novidades, muita tecnologia Muitas foram às novidades apresentadas na feira. Elas variaram desde lançamentos de produtos sustentáveis até os eletrônicos. Para os empresários visitantes, a reunião de todos os produtos foi à oportunidade deles conhecerem propostas de soluções, além de adquirir novos contatos para formalizar negócios. A empresa AcquaLife apresentou sua banheira “Desejo”, que tem formato de coração e diferentes cores. “Nós a desenvolvemos exclusivamente para motéis. Nossa ideia foi sair do tradicional, e já vendemos para Alagoas. Ela já chega montada, tem o motor embutido e entregamos em qualquer cidade do Brasil”, garantiu o diretor da empresa Leandro Moscon. No campo da informática, a APP Sistemas divulgou um novo instrumento de reservas para hotéis. “Agora, tanto a reserva como o pagamento podem ser feitos pela internet. O futuro hóspede, em seu computador, pode verificar a disponibilidade, preço, fotos do apartamento e ainda realizar o pagamento com segurança, através do cartão de crédito. Um voucher é gerado, e

junto com ele vai um mapa da localização do empreendimento”, explicou o gerente comercial Rogério Libreti. Ao conforto do hóspede, a Ônix lançou duas novidades de camas: a Segóvia e o Monte Castillo. A primeira é excelente para aqueles que buscam soluções para acomodar quatro pessoas em um quarto. Além de ser de casal, ela possui duas outras camas embutidas que podem ser arrastadas e oferecem melhor conforto ao visitante. Enquanto a segunda tem uma tecnologia nas molas que, quando alguém senta em um dos lados do colchão, o outro não se move. Os criadores indicam para aqueles casais em que um dos parceiros é inquieto no momento do sono. Para garantir acessibilidade aos portadores de deficiência nos mais variados ambientes, a Arco Unidade de Sinalização apresenta novas técnicas de sinalização que podem ser aplicadas em qualquer tipo de edificação. Enquanto a Profilo Smart apresentou ao Nordeste uma nova solução para melhor generalizar os espaços, especificamente para os cadeirantes. “Nossos proje-

tos foram baseados no conceito de desenho universal. Uma coluna, esteticamente trabalhada, é instalada na parede e alcança o comprimento de até 6m. Nela, são instaladas estruturas que podem se locomover para os quatro lados. Elas podem ser aplicadas nas áreas molhadas e ao sanitário. No caso da pia, criamos outra estrutura que permite adaptar sua altura”, explicou a arquiteta Sonia Borges. E para as academias, a Fit 4 Fitness Store apresentou sua esteira com televisão em touchscreen. “Nela, o atleta pode se exercitar enquanto assiste qualquer programa transmitido pela TV, DVD ou USB”, disse o coordenador comercial Carlos Alberto. “Se a feira foi lançada para nos dar oportunidade de fechar novos contratos, então ela foi bem sucedida. Saímos com muitos contatos de empresas especializadas em cozinhas e bancadas. Espero que nos próximos meses consigamos formalizar as compras”, declarou o sócio do restaurante Portugália, Nuno Curvelo. (T.A.) * Sob a supervisão da Editoria de Economia

CMYK


Economia

O JORNAL JORNA L A31

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

EspaçoConsumidor Thiago Gomes consumidor@ojornal-al.com.br 4009.1995 (no horário da tarde)

ENERGIA PRÉ-PAGA A coluna já informou que os medidores inteligentes de energia começarão a ser testados em algumas cidades do País a partir do segundo semestre de 2011. Caso seja mesmo eficientes como se espera, estudos estão sendo feitos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para implantar uma nova modalidade de cobrança por esse serviço: a pré-paga. Quem usa e aprova essa forma de pagamento na telefonia móvel poderá optar também na energia elétrica. A estratégia é bem simples e vai funcionar semelhantemente às linhas dos aparelhos celulares. O consumidor alagoano que tiver em casa o medidor inteligente vai firmar um acordo com a Eletrobras de que pagará um determinado valor por mês. Caso este limite exceder, o usuário precisaria ‘recarregar’ ou teria o fornecimento cortado. Como o medidor informa ao dono da casa quanto já foi gastado, inclusive por meio de avisos sonoros e luminosos, o monitoramento ficará mais fácil. Ainda haverá consulta pública promovida pela Aneel para analisar a questão. A conta de luz pré-paga não tem nada de novidade. Em países como Estados Unidos e Argentina, os consumidores dispõem desta modalidade e mais de 80% aprovam.

CRIANÇA E CONSUMO A farra da publicidade visando ao mercado consumidor infantil começa a ser finalmente debatido no Congresso Nacional. Esta semana, um seminário na Câmara dos Deputados discutiu o Projeto de Lei 5,921/2001, que regulamenta o setor. A proposta pretende acabar com alguns excessos cometidos na publicidade endereçada aos baixinhos. Um exemplo são países que proíbem publicidade infantil no horário da manhã. O projeto traz regras tímidas, mas pode ser um começo para acabar com a filosofia do “pode tudo” em vigor.

VELOCIDADE DA INTERNET Quem já teve a curiosidade de testar a velocidade da Internet em casa que é oferecida pela empresa de banda larga pode perceber que nem sempre o resultado é o mesmo do que foi prometido durante a assinatura do contrato. Muitas empresas cobram do consumidor a velocidade máxima que ele pode conseguir, e não a velocidade que ele efetivamente recebe. E isso infringe o direito dos usuários. Em outras partes do País, decisões judiciais foram favoráveis aos consumidores prejudicados. Muitos puderam até cancelar o contrato sem o pagamento de multa. Mesmo com vários fatos que podem interferir na navegação virtual, a empresa tem a obrigação de cumprir a velocidade prometida.

ACONTECEU A Assembleia Legislativa Estadual aprovou nesta semana a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Eletrobras Alagoas. O fornecimento de energia é alvo de muitas reclamações dos consumidores alagoanos. Alguns dizem que as interrupções do serviço são corriqueiras. O Procon de Alagoas segue de ‘olho’ no preço dos combustíveis em Maceió. Até que o valor da gasolina baixou, mas os motoristas reclamam demais. Toda semana, o órgão vai divulgar o resultado de uma pesquisa nos postos da capital. Até a sexta-feira, o litro da gasolina custava, no mínimo, R$ 2,83. O etanol, R$ 2,35. O Senado aprovou o Cadastro Positivo. Os consumidores que são bons pagadores terão seus dados incluídos em um sistema e poderão ganhar juros menores. Procon Alagoas - Rua Dr. Cincinato Pinto, 503, no Centro da capital. Atendimento gratuito pelo número 151. Mande sua denúncia, dica ou dúvida para a coluna Espaço Consumidor. Todos os domingos, em O JORNAL.

COMBUSTÍVEL

Falta de investimento ameaça produção de etanol no Brasil Expectativa é que haja déficit para atender à frota crescente de carros flex A freada nos investimentos do setor sucroalcooleiro, após o revés sofrido com a crise mundial de 2008, poderá interromper o sucesso do etanol brasileiro, uma experiência vista como modelo no mundo inteiro. Sem grandes projetos à vista, a expectativa é de que haja déficit de canade-açúcar para atender à frota crescente de veículos flexíveis, cuja participação no mercado nacional tem avançado a uma taxa média de 35% ao ano desde 2006. Se não houver uma reversão no quadro, a previsão é de que o volume de carros bicombustível abastecidos com etanol caia gradualmente. A participação, que já atingiu 60% na safra 2008/2009, recuou

para 45% neste ano e pode des- atingir o objetivo. Para os própencar para 37% em 2020/2021, ximos dez anos, a segundo dados da União da diferença tende a Indústria de Cana-deaumentar e alcançar açúcar (Unica). Na 400 milhões de toprática, o motorista neladas se novos terá de consumir projetos não saírem Estima-se mais gasolina, por do papel. que os causa da desvantaEsse déficit deve carros gem do preço, ou reocorrer mesmo duzir o uso do veícom a expansão abastecidos culo. prevista para as 430 com etanol A meta da Unica usinas em operação cai para era abastecer com hoje, diz o presi37% em etanol 66% da frota dente da Unica, de bicombustíveis Marcos Jank. A ex2020 ou seja, dois terços pectativa é de que, do mercado. Mas juntas, elas acresfalta matéria-prima. centem 342 milhões de Nesta safra, por toneladas de cana nos próxiexemplo, o déficit mos dez anos, sendo 146 miseria de 143 milhões de tone- lhões até 2015. Isso vai envolladas de cana para conseguir ver a renovação dos canaviais

e a expansão da área plantada. Mas, esses investimentos serão suficientes apenas para atender a uma parte da demanda. Para abastecer 66% dos carros flex, o País teria de dobrar a área plantada, chegando a algo como 18 milhões de hectares - isso, nos padrões atuais, sem considerar as novas tecnologias, que poderão aumentar a produtividade. Na safra atual, o aumento da área plantada será de 4,8%, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Nas contas de Jank, o setor precisará de R$ 80 bilhões de investimentos nos próximos dez anos para atender à demanda. Isso significa 133 usinas ou 15 unidades por ano.

CLASSE C

Celular e Internet móvel viram “febre” SÃO PAULO - Engana-se quem imagina que Internet móvel é algo apenas para os brasileiros com alto poder aquisitivo. Ao contrário: o número de integrantes da classe C que acessam a rede por meio de um smartphone cresce em um ritmo bastante acelerado. Aexplicação é simples: “para muitas pessoas de classe C, D e E é mais fácil e barato aderir a um plano de dados para seu aparelho celular do que comprar um computador e assinar um pacote de banda larga”, afirma André Torreta, sócio-diretor de uma empresa especializada. O diretor-presidente do Data Popular, Renato Meirelles, desmistificou a ideia de que consumidores com menos renda compram apenas celular pré-pago. “Para vocês terem uma ideia, 49,1% dos cidadãos da classe C possuem aparelho celular com planos pós-pago e 56,2% com planos pré, ou seja, é preciso acabar com a ideia de que pré-pago é para pobre. Pelos números é fácil concluir que alguns integrantes da nova classe média possuem, inclusive, aparelhos com os dois tipos de planos, para poder acessar a Internet e aproveitar as promoções oferecidas pelas operadoras”. Quando consideradas as classes C, D e E, esse número muda: 60% possuem planos pós-pagos e 87% pré-pagos.

INTERNET MOBILE Ainda segundo dados do Data Popular, 60% da classe C possuem chip de mais de uma operadora.”Não é difícil ver pessoas com até quatro aparelhos, ou quatro chips para conseguir usar todas as promoções oferecidas pelas principais operadoras do País. Como normalmente elas lançam planos em que você fala de graça com aparelhos da mesma operadora, o cidadão dessas classes opta por ter um chip de cada uma. Se você acessar a agenda de contatos dessas pessoas vai ver que ela mudou, hoje cada amigo “ganhou” o sobrenome da operadora”, diz. Já Torreta afirma que o mundo está se digitalizando pelo celular e não mais pelo computador. “Hoje, no País são 33 milhões de computadores e 134 milhões de celulares. Mais da metade dos possuidores do aparelho móvel comprou um smartphone no ano passado”. Ainda segundo ele, o celular possui vantagens que os computadores não possuem. “Além do pacote de dados ser mais barato, quem tem pouco poder aquisitivo, pega ônibus, trem, metrô e demora até 3 horas para chegar ao trabalho, nesse meio tempo, com o celular com Internet, lê notícias, aprende línguas, estuda outros assuntos, ou seja, é um ótimo negócio”.

CMYK


JORNAL

O JORNAL

A32

Imobiliário

Imóveis.com imobiliario@ojornal-al.com.br

Com crescimento de 7,5% na economia em 2010 e uma valorização de 40% do real frente ao dólar nos últimos dois anos, o brasileiro já é um dos principais compradores de imóveis de luxo de Miami, segundo revela levantamento do Wall Street Journal

MIAMI De acordo com o jornal, 60% dos imóveis vendidos na região no ano passado foram para estrangeiros, sendo que os compradores do Brasil se destacam, merecendo, inclusive, ação de marketing direcionada. Além de Miami, os brasileiros também chamam a atenção em outras cidades ao redor do globo, como é o caso de Nova York, onde se destacam juntamente com os compradores chineses; e Paris, onde a presença dos milionários brasileiros como donos de imóveis também está crescendo.

WALL STREET JOURNAL Ainda conforme a pesquisa do Wall Street Journal, em muitas das grandes cidades do mundo o mercado de luxo de imóveis residenciais tem estado aquecido por conta da presença de estrangeiros, sobretudo dos compradores de países em desenvolvimento. Em Londres, por exemplo, os estrangeiros foram responsáveis por 65% das vendas de imóveis de luxo. Nos Estados Unidos, a presença de compradores estrangeiros passou de 12% para 18% entre 2009 e 2010. Dentre os principais compradores, além dos brasileiros, destaca-se a forte presença dos chineses e o retorno dos russos.

FEIRÃO 1 A sétima edição do Feirão da Casa Própria, organizado pela Caixa Econômica Federal, movimentou em torno de R$ 9,3 bilhões em negócios fechados e encaminhados, nos dois primeiros finais de semana, afirmou o banco no último dia, 23. O volume é superior ao registrado em 2010, quando o evento gerou R$ 8,4 bilhões em negócios. Entre sexta-feira e domingo, mais de 229 mil visitantes passaram pelos eventos de Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Campinas. Nos últimos dois finais de semana, o Feirão reuniu um público total de 411 mil pessoas.

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: imobiliario@ojornal-al.com.br

CBIC

Últimas mudanças no Código Florestal prejudicam as cidades Entidades representativas do setor imobiliário e da indústria da construção estão apreensivas com as últimas mudanças realizadas no texto do Projeto de Lei que estabelece o novo Código Florestal, conforme ficou evidente na apresentação da Emenda Global, levada ao plenário da Câmara dos Deputados em 11 de maio. O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Paulo Safady Simão, alerta que a supressão de alguns trechos do Projeto de Lei cria um vazio jurídico preocupante sobre temas extremamente relevantes para as áreas urbanas. "As alterações efetuadas no Projeto simplesmente esquecem que o novo Código Florestal terá impacto não apenas sobre as áreas rurais ou de florestas, mas sobre todas as cidades". Os problemas ocasionados pelas alterações foram formalmente apresentados aos parlamentares por meio de ofício encaminhado conjuntamente pela CBIC e o Sindicato da Habitação de São Paulo. Caio Portugal, vice-presidente de Desenvolvimento Sustentável e Loteamento do Secovi -SP explica que: "Foram suprimidos incisos do artigo 3º imprescindíveis para que seja possível estabelecer um novo marco regulatório. Tais incisos definem claramente o que é, por exemplo, Interesse Social, onde estão descritas atividades como regularização fundiária de assentamentos humanos ocupados por famílias de baixa renda e implantação de infraestrutura pública destinada a esporte, lazer, atividades educacionais e culturais em áreas urbanas consolidadas. Ainda, a captação e condução de água e mesmo a produção de alimentos", afirma. O inciso Utilidade Pública, que foi suprimido, tratava de aspectos como proteção sanitária; obras de infraestrutura

Para os empresários da construção civil, a não reinserção de determinados dispositivos vai representar obstáculos à implantação de infraestrutura urbana, como saneamento básico

destinada ao serviços públicos de transporte, saneamento, energia, mineração, telecomunicações e radiodifusão. Já o referente à Intervenção ou Supressão de vegetação eventual e de baixo impacto ambiental, focalizava ações como abertura de instalações necessárias à captação de água e efluentes. Para o presidente em exercício do Secovi-SP, Ciro Scopel, a não reinserção desses dispositivos vai provocar um vazio regulatório."Os setores imobiliário e da construção não vão contar com um instrumento legal que permita eventuais intervenções em área de preservação permanente, especifica-

mente em área urbana. Isto representa obstáculos à implantação de infraestrutura urbana (saneamento, sistemas de escoamento de águas pluviais, sistemas viários, etc.), bem como à produção de moradias", enfatiza Scopel. A expectativa do setor é que os parlamentares corrijam o rumo e restabeleçam os incisos suprimidos. "O Código Florestal volta a plenário, para ser votado, no dia 24 de maio. Confiamos que, responsavelmente, os deputados garantam não apenas a preservação das florestas, mas também o desenvolvimento sustentável das cidades", conclui o presidente em

exercício do Secovi - SP. Finalmente, alerta ainda o presidente da CBIC, Paulo Safady Simão, "se o Congresso não restabelecer o texto anterior do Projeto de Lei, corremos o sério risco de uma paralisação do mercado imobiliário, devido principalmente à insegurança jurídica que será instaurada. É sempre bom lembrar que a ausência de regras claras acaba promovendo a ocupação e a invasão irregular levando aos piores resultados possíveis do ponto de vista do urbanismo e da qualidade de vida da população". Fonte: CBIC

FEIRÃO 2 A programação continua entre 3 e 5 de junho em Belém. Entre 10 e 12 de junho, a cidade de Florianópolis recebe o Feirão, em seu último final de semana. No Rio de Janeiro, o banco recebeu mais de 66 mil visitantes, que movimentaram R$ 1,16 bilhão. Na capital federal, o evento atraiu quase 41 mil pessoas, com giro de R$ 827 milhões. Em Recife, 44 mil pessoas compareceram, com R$ 613 milhões em recursos aplicados. Na capital mineira o Feirão registrou cerca de 32 mil visitantes, e R$ 840 milhões, enquanto na cidade de Campinas reuniu 21 mil visitantes, movimentando R$ 616 milhões.

COMPETITIVIDADE O Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias - PROCOMPI, uma parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI), desenvolveu o Projeto: Fortalecimento da Gestão e da Competitividade das Empresas da Construção Civil de Maceió, que foi apresentado aos associados do Sinduscon-AL na última quarta-feira, 25, às 17h, na sede da entidade, localizada na Av. Fernandes Lima, 1909 - Farol. O projeto tem o objetivo de apoiar ações de estímulo ao fortalecimento de micro e pequenas indústrias, priorizando a implementação de ações coletivas e será desenvolvido em três pilares estratégicos: Meio Ambiente, Inovação e Fomento ao Associativismo.

ALUGUEL Levantamento da Lello Imóveis revela que 64% dos imóveis vagos no estado de São Paulo foram alugados em aproximadamente um mês. Deste total, 11% conseguiram inquilinos em apenas uma semana. A pesquisa, divulgada na última sesta sexta-feira (27), mostra ainda que 22% dos imóveis disponibilizados para locação entre janeiro e abril foram alugados em um prazo de cinco a dez semanas. Já 14% das unidades levaram mais de 10 semanas para conseguirem inquilinos. Na comparação com o mesmo período de 2010, o número de novas locações residenciais cresceu 6% e o valor médio dos novos contratos ficou em R$ 1,6 mil. O mercado aquecido colabora para que os imóveis disponibilizados para locação sejam ocupados rapidamente, especialmente os que contam com dois dormitórios. Os bem localizados, próximos a estações de metrô, e em bom estado de conservação não chegam a ficar uma semana vagos.

2010

RECIFE

Construção civil foi o setor que mais contratou O nível de ocupação na Região Metropolitana do Recife (RMR) aumentou em 20 mil postos durante o mês de abril em relação a março, de acordo com os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), trabalho realizado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) e a Agência Condepe/Fidem. O resultado representou uma melhora de 1,3% no nível de emprego. "Trata-se de uma recuperação boa na conjuntura de curto prazo. Significa mais gente entrando na População Economicamente Ativa (PEA). As empresas estão procurando mais trabalhadores e a tendência é de aumento, já que historicamente o segundo semestre é melhor em relação ao primeiro", disse o economista da Condepe/Fidem, Rodolfo Guimarães. Em relação a abril de 2010, o mercado de trabalho recifense criou 133 mil novos postos de trabalho, equivalendo a uma variação positiva de 9,2%. Os setores que mais contrataram foram o da construção civil, com crescimento de 27,7%, seguido de serviços (9,7%) , comércio (9,5%) e indústria da transfor-

mação (5%). Além da maior média de empregos outro dado positivo é a renda das pessoas economicamente ativas. "Em relação a outras capitais, não fomos a que mais aumentou os rendimentos. São Paulo aumentou 8,7%, na comparação anual e, Recife, 7,8%. O que é interessante é que nós estamos observando, principalmente a partir de 2010, uma expansão do emprego e rendimetno moderado. Isso levou um aumento da massa de rendimento, mas em 2010 houve expansão no rendimento. Temos uma média anual de 20% de melhoria de renda, na comparaççao de abril 2011 com abril 2010. Ou seja, essa massa salarial representa 15,1% de poder de compra a mais em um ano na RMR, descontando a aceleração inflacionária", comentou o economista. Com relação ao nível de desemprego, a média local vem se mantendo estável desde o final do ano passado em 13%, aproximando o Recife da média nacional de 11%. Historicamente este indicador sempre foi bem mais alto em relação à média nacional. FONTE: Jornal do Commércio

Conta de luz: mais de 300 milhões em compensações

Nos 12 meses do ano passado, os consumidores de energia elétrica receberam R$ 360,24 milhões em compensação por interrupções no fornecimento de energia elétrica. De acordo com dados publicados nesta sexta-feira (27) pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), no ano passado, foram pagas 94,89 milhões de compensações, sendo que o maior número delas concentrou-se no Sudeste (35,48 milhões). Em termos de valores, porém, a região Norte foi a campeão de 2010, totalizando R$ 114,5 milhões, contra R$ 111,88 milhões no Sudeste. Na primeira região, foram feitos 18,58 milhões de paga-

mentos. Compensação Ainda segundo a Aneel, dentre os motivos que levaram as empresas de energia a praticarem as compensações, estão o descumprimento dos indicadores individuais de duração de interrupção por unidade consumidora, a frequência equivalente de interrupção por unidade consumidora e a duração máxima de interrupção contínua por unidade consumidora. Os clientes que têm direito ao ressarcimento devem ter o valor devido creditado na fatura em até dois meses após o período de apuração, que corresponde ao mês no qual ocorreram as interrupções.

CMYK


O JORNA L JORNAL

Dois

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Confira as promoções na Revista da TV

B1

Renda de bilro: arte de uma terra sagrada Um saber que poucos sabem como, quando nem de onde veio. Passado de geração a geração com sabedoria e beleza. A renda de bilro é uma tradição que tem no município agrestino de São Sebastião o seu maior guardião. Tecida longe do cenário do mar, ou de grandes rios ou lagoas, o ofício tornou-se tão característico ao ponto de transformar o lugar em “terra das rendas de bilro”. O Caderno Dois de

O JORNAL foi conhecer melhor essa atividade artesanal - herdada das portuguesas em séculos de trabalho -, do tempo em que ainda havia escravos por lá, que encontrou nos dedos hábeis das mulheres da comunidade a forma ideal para se disseminar ao ponto de ser reconhecida como parte indissociável de sua cultura. LEIA NAS PÁGINAS B3, B4 E B5

CMYK


O JORNAL JORNA L

Variedades B2

Roteiro

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Artes plásticas Música Teatro Dança Cinema Horóscopo Artesanato

alessandra@ojornal-al.com.br

Hoje  Levando ao palco uma abordagem bem-humorada de temas do cotidiano, o espetáculo “Fora do normal”, solo de stand up do humorista Fábio Porchat, será encenado no Teatro Gustavo Leite (Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso – Jaraguá), às 20h30. Ingressos: plateia - R$ 60 (inteira) e R$ 30 (estudante); mezanino – R$ 50 (inteira) e R$ 25 (estudante), à venda no estande Viva Alagoas (Maceió Shopping). Mais informações: (82) 3034-3600/8106-5413.

Quinta-feira  A mulher e sua convivência com o preconceito e a repressão é tema da exposição “Campo imaginário I – nudez, um dia das mães...”, do artista alagoano Paulo Santo, que será aberta às 20h, na Pinacoteca Universitária (Praça Sinimbu, 206 – Centro). Utilizando materiais diversos, pós-consumo e pinturas sobre Eucatex, a mostra poderá ser visitada até o dia 8 de julho, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h30 às 12h30 e das 14h às 18h; terças e quintas, das 8h30 às 12h30 e das 14h às 20h.

Em Breve

 Sucesso no teatro e no cinema brasileiros, o espetáculo “A gaiola das loucas” (foto) agora chega a Maceió. A comédia será encenada no Teatro Gustavo Leite (Centro Cultural e de Exposições - Jaraguá) nos dias 10, 11 e 12 de junho. Ingresso à venda no estande Sue Chamusca (Maceió Shopping). Mais informações: (82) 3235-5301/9925-7299.

Horóscopo www.omarcardoso.com.br

ÁRIES (20 mar. a 20 abr.) Conte consigo mesmo em todas as empresas, por mais árduas que possam parecer. Os outros irão notar sua tenacidade e persistência podendo lhe tributar o dobro de crédito a partir deste dia. No amor, aja com sinceridade. A saúde está favorecida.

LEÃO (22 jul. a 22 ago.)

TOURO (21 abr. a 20 mai.) Momento em que deverá enfrentar alguns obstáculos, em seu lar. Mas se usar de fato a inteligência conseguirá superá-los com sucesso. Boa fase para adquirir a casa própria e para elevar-se no campo profissional. Evite viajar, pode causar acidentes.

VIRGEM (23 ago. a 22 set.)

Pequenas oscilações na vitalidade física e mental. Não exija demais do seu organismo e procure adaptar-se as modificações intensas que estão ocorrendo. Procure descobrir o que está mudando em você.

Algumas dificuldades na vida social e familiar estão previstas para hoje. Cuide também da saúde, da reputação e principalmente de seu dinheiro, pois está predisposto a gastar a esmo. Ótimo aos estudos.

SAGITÁRIO (22 nov. a 21 dez.)

CAPRICÓRNIO (22 dez. a 20 jan.)

Momento feliz com muitas novidades e atrações, principalmente nos assuntos sentimentais e pessoais. O seu trabalho trará bons resultados bem como os negócios e novas amizades. Aproveite esse momento para organizar um programa diferente.

Dia em que sua mente estará bastante alerta para obter novas e valiosas informações em relação aos amigos e parentes. Um passeio poderá também marcar este período. Bom fluxo astral e compra e venda de produtos para lavoura e agropecuária.

GÊMEOS (21 mai. a 20 jun.) Pleno desenvolvimento dos assuntos profissionais. Os tratamentos de saúde poderão levá-lo a uma melhoria orgânica com bastante facilidade. Uma revisão na maneira de lidar com o cotidiano será importante para melhorar seu relacionamento com a pessoa amada.

LIBRA (23 set. a 22 out.) Período decisivo para as mudanças relativas à sua emotividade e para direcionar melhor as suas ideias. Procure ver como o fato de deixar de lado certas situações poderá abrir as portas para novas realizações. Harmonia na vida a dois.

AQUÁRIO (21 jan. a 20 fev.) Maior facilidade para eliminar certas situações que haviam se tornado inadequadas, abrindo caminho para uma renovação global na sua vida. Possibilidade de grandes desenvolvimentos na vida material.

CÂNCER (21 jun. a 21 jul.) Muitas atividades profissionais e êxito nos negócios e novos empreendimentos sociais e familiares, estão previstos para você. Ótimo estado mental o que lhe dará mais rapidez ao ter que tomar decisões importantes.

ESCORPIÃO (23 out. a 21 nov.) Não assuma compromissos ou responsabilidade sem antes estudar suas reais condições. Mais energia, otimismo e determinação lhe é recomendado. Uma fonte de inspiração tomará conta de você neste período.

PEIXES (21 fev. a 20 mar.) Cuidados para não magoar seus companheiros de trabalho, criticando demasiadamente suas qualidades profissionais, pois todas as pessoas possuem valor naquilo que fazem, independente do reconhecimento dos outros.


O JORNAL JORNA L

Variedades Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

B3 Fotos: Yvette Moura

Mestra Clarice Severiano: reconhecida como Patrimônio Vivo de Alagoas pela arte de bilro

São Sebastião e as rendeiras de bilro Shirley Nascimento Repórter

Alagoas é mesmo um Estado rico em tradições, desde seus folguedos, passando pela culinária e pelo artesanato. Em quase todas as cidades é possível encontrar alguma manifestação que sintetize em um objeto, uma dança ou um jeito de fazer centenas de anos de aprendizagem ancestral. São Sebastião, cidade agrestina entre Penedo e Arapiraca, há 130 km de Maceió, é um desses lugares que mantêm no seio de sua população guardiões de um saber que quase ninguém mais tem conhecimento de como, quando nem de onde veio, mas que é passado de geração a geração com sabedoria e beleza: as rendas de bilro. A povoação que deu origem à cidade nasceu a partir de um tropeiro que decidiu

ficar naquele lugar movimentado, por ser localizado entre pontos já importantes à época e por isso servir de pouso para viajantes. Há cerca de duzentos e cinquenta anos, José Luiz fazia a rota Penedo-Palmeira dos Índios regularmente. Um dia fixou residência e constituiu família no lugar conhecido como Salomé, junção das palavras sal e mel, mercadorias das mais transportadas por ali. Com o passar do tempo, outras pessoas resolveram se instalar na vizinhança da hospedaria de José Luiz, trazendo novos negócios e prosperidade ao lugar, que, em 1960, desmembrou-se de Igreja Nova e tornou-se município, sob as bênçãos de Nossa Senhora da Penha, padroeira de São Sebastião. O nome atual da cidade deve-se a uma homenagem ao santo e ao governador de Alagoas à

época, Sebastião Muniz Falcão, que colaborou com sua emancipação. Hoje, a população do município é de pouco mais de trinta e dois mil habitantes. A economia local é baseada na agricultura familiar e na pecuária, mas há outra atividade que já era exercida pelo menos desde o tempo em que havia escravos por lá, que cantavam e tocavam violas, berimbau e rabeca nas noites de folga da lida: a produção de rendas de bilro, feita por mulheres da comunidade, que aprenderam com portuguesas que deixaram a terra natal com suas famílias em busca de uma vida melhor no novo continente. Com essas mulheres das regiões litorâneas de Portugal veio toda uma herança cultural acumulada por séculos de trabalho, mas que se entrelaçou entre os dedos hábeis das

mulheres de São Sebastião a ponto de se tornar parte indissociável de sua cultura. Ao contrário do que acontece com o próprio bilro no Ceará, no Maranhão, no Rio de Janeiro, em Santa Catarina, no Rio Grande do Norte, ou com outros trabalhos de renda por aqui mesmo, em São Sebastião a renda é feita longe do cenário do mar, ou de grandes rios ou lagoas. Esse tipo de atividade sempre foi associada a comunidades de pescadores, tendo muitas vezes surgido inspirada em apetrechos utilizados na pesca, como é o caso do filé, tão característico de comunidades maceioenses ou de outros cantos de Alagoas. Enquanto os homens pescam, as mulheres tecem, de Norte a Sul do Brasil. Não em São Sebastião. Mas isso não impediu que a cidade ficasse conhecida, em todo o País, como “terra das

Portal indica peculiaridade artística da cidade Logo na entrada da cidade, o visitante avista um grande portal, construído em maio de 2008, em homenagem às rendeiras. Nele, há a imagem de uma das mais antigas em atividade hoje, a mestra Clarice Severiano dos Santos, 76 anos, que, naquele mesmo ano, foi contemplada no Registro do Patrimônio Vivo de Alagoas, uma iniciativa do governo do Estado que significa uma ajuda de custo aos mestres em troca de que transmitam seu saber a outras pessoas. O portal que identifica a peculiaridade da cidade para quem passa pela estrada e o apoio para que dona Clarice e outras rendeiras participem de feiras de artesanato são algumas das ações desenvolvidas pelo município em prol da atividade artesanal. Nos anos 80 houve um grande incentivo ao trabalho das rendeiras de São Sebastião. Foram realizadas oficinas e até uma escola onde se aprende a técnica foi inaugurada. Datam dessa época as primeiras participações em feiras por Alagoas e fora também. Certa vez, uma primeira-dama do Estado, em entrevista no programa de televisão de Jô Soares, presenteou o apresen-

tador com uma toalha de renda de bilro confeccionada por uma rendeira da cidade. No início dos anos dois mil, uma iniciativa federal, o Artesanato Solidário, realizou novas oficinas com a comunidade, na tentativa de valorizar a produção rendeira. Mas, até hoje, elas não contam com uma estrutura mínima de comercialização, sequer com um ponto de referência coletivo onde possam ser encontradas e ter suas peças vendidas, apesar de parte delas estarem organizadas na Associação das Mulheres Rendeiras de São Sebastião. A organização, que conta com 27 associadas, não possui sede e realiza reuniões no prédio da Secretaria de Cultura. “Até o momento, não temos um local apropriado. Oferecemos o prédio da secretaria para a venda, mas nós mesmos já mudamos uma vez este ano e devemos mudar de novo”, é o que diz o secretário de Cultura, Férenc Puskas. Quem quiser encontrar uma das rendeiras de São Sebastião vai ter que contar com a boa vontade de moradores da cidade que indiquem o endereço. Por sorte, não é difícil. (S.N.)

Peças não possuem ponto de referência para serem comercializadas na cidade

Uma atividade que beira a extinção Hoje, a atividade entrou em processo de desaparecimento, contando com cada vez menos rendeiras em cada local onde ainda existe Brasil afora. As peças, que às vezes demoram meses para serem feitas, perdem espaço para as industriais, num mundo onde todos têm pressa. Além disso, quase ninguém mais está disposto a pagar o valor que essas peças realmente têm, considerando mais que o tempo, todo o sentimento e o saber ancestral depositado nesses produtos da cultura tradicional. Há lugares onde o bilro é mais valorizado, ou ao menos lembrado, como em Florianópolis, onde consta em nome de avenida e na letra do hino oficial da cidade, que abriga também Centro de Referência da Renda de Bilro

de Florianópolis. O prédio abriga uma sala de exposição permanente, com variados tipos de renda produzidos na capital, além de loja, biblioteca e centro museográfico com acervo de fotos, vídeos, folhetos, livros e outros materiais de registro deste artesanato. Tem ainda um local para oficinas permanentes de repasse de saberes tradicionais sobre cantorias, formas de fazer o pique, pontos e almofadas, entre outras atividades. Por aqui, o tratamento dispensado à cultura, principalmente à popular, é bem diferente, mesmo com toda a boa vontade de algumas prefeituras, secretários de cultura e abnegados. Mas o bilro resiste, só não se sabe até quando. (S.N.) Continua nas páginas B4 e B5


O JORNAL JORNA L

Variedades

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

B4

A mulher de cento e oitenta bilros O aspecto franzino de dona Clarice, de 76 anos, engana quem a vê pela primeira vez. Uma das pioneiras da atual geração de rendeiras de São Sebastião, aprendeu a tecer no bilro com mãe, como quase todas as mulheres, com a idade de apenas oito anos. “Mexia nos bilros de minha mãe sem saber o que estava fazendo e enganchava tudo, ela reclamava. Até que fez uma almofadinha pra mim e eu comecei”, relembra. “Meu sonho era aprender a costurar. Mas, aos oito anos, ganhei meu primeiro dinheirinho com renda de bilro e comprei boneca, roupinha pra ela e até sabão pra

lavar, então não parei mais”, relembra. Ela guarda até hoje os primeiros bilros. Depois de casada, dona Clarice, que nasceu e passou toda a vida em São Sebastião, trabalhava na roça, com o ex-marido, e, após colocar as filhas pra dormir, ia se debruçar sobre a almofada de bilros, até duas horas da manhã. No decorrer de sessenta e oito anos, a mestra adquiriu osteoporose, problemas de vista e de coluna. “Antes era pior, fazia sentada no chão. Mas, mesmo com esses problemas de saúde, faço todos os dias, até onze horas da noite, assistindo televisão.

Só paro na hora da missa”, conta. “De tudo o que eu já fiz e faço na vida o que mais gosto é da renda”, diz, para que não haja dúvidas, a senhora mãe de oito filhos – “mas cinco morreram” – e avó de um casal de netos. Dona Clarice se destacou entre as rendeiras de São Sebastião não somente pela perfeição com que troca os bilros e faz os pontos do rendado, mas por ser uma mulher determinada, que enfrentou com fibra muitas dificuldades. Há cerca de quarenta anos, quando nem transporte regular havia entre São Sebastião e Maceió, embalava seus

produtos e vinha para a capital oferecê-los de porta em porta. “Uma vez tive que dormir na rodoviária porque a senhora que havia me encomendado umas toalhas havia viajado. Quando o dia amanheceu, voltei a casa dela e entreguei a encomenda”, conta. Com persistência, formou uma clientela que foi cada vez mais ampliada, e depois vieram as feiras, que ajudaram ainda mais a divulgar a arte de dona Clarice. “Nos anos 80, veio um povo de Maceió atrás de artesãos pra participar de uma feira em homenagem a um presidente do Brasil que vinha vi-

sitar Alagoas. Muitas mulheres que faziam renda foram chamadas, mas ninguém queria ir. Eu fui”. Depois de participar de feiras no Rio de Janeiro, em Penedo, em Belém do Pará, Brasília e Maceió, além de vários outros lugares, a mestra Clarice conquistou clientes em todo o País. “Via o avião passar no céu e dizia que ainda ia voar num deles. Na primeira vez, pensava que ia demorar uns cinco dias até chegar ao Rio de Janeiro, mas, no mesmo dia, já estava lá”, brinca. Ela só não foi a outros países ainda, “por causa da osteoporose, não gosto de lugares frios”, justifica. (S.N.)

Yvette Moura

Dona Clarice, além da renda, confecciona almofadas para outras rendeiras e miniaturas, que são vendidas como peças decorativas

Concorrência com rendas industrializadas - Durante a conversa, dona Clarice aborda aspectos da produção atual da renda de bilro que contribuem para o seu desaparecimento. “Antigamente, mais de cem mulheres faziam renda em São Sebastião, hoje são no máximo trinta. As meninas mais novas querem emprego no governo porque lá o salário é certo, mas com a renda não é assim”, analisa. Hoje em dia, há mais opções de trabalho para a população feminina, com maior rendimento, diferentemente do tempo em que as mestras aprenderam a fazer a renda de bilro. Além disso, há a concorrência das rendas industrializadas e ainda a ação dos atravessadores. Dona Clarice relata que suas encomendas diminuíram bastante desde que vendedores de São Braz e até mesmo de São Sebastião começaram a comprar a produção de outras rendeiras e revender em Maceió e outras cidades. Um aspecto que chama a atenção na terra dos bilros é que dificilmente se encontra uma peça de roupa pronta para comprar na casa de uma rendeira. Elas preferem trabalhar confeccionando peças de fitas, que serão compradas por pessoas acostumadas a essa intermediação e que repassam os rolos dos bordados

a costureiras. Só depois disso é que é possível obter peças prontas para o uso, pelo menos no caso das roupas, a não ser em caso de encomendas. Algumas delas sequer sabem por quanto é vendida uma peça pronta. Já o metro da fita varia de sete a cinquenta e cinco reais na cidade. Dona Clarice faz não somente a renda de bilro, mas também almofadas, inclusive para outras rendeiras, e também em miniaturas, vendidas como peça de decoração. Nesse caso, o recheio é de retalhos de malha. Os bilros, de madeira jatobá, são feitos por um marceneiro. Os desenhos que serão seguidos pela mestra até que se obtenha a renda são feitos pela filha, que decalca o papelão com os alfinetes. “Ela sabe rendar, mas é formada em Direito e está estudando num cursinho para fazer concurso”, diz a mãe. A mestra, que sabe fazer todo tipo de renda de bilro e já deu aulas nas extintas Emater e LBA, entre outros locais, chega a utilizar cento e oitenta bilros para fazer uma única peça. Vai depender do tamanho da mesma e da complexidade do traçado. Ela ilustra uma peculiaridade da arte do bilro e da renda em geral com um episódio ocorrido em São Sebastião. Praticamente,

não há homens fazendo renda. “Um homem aqui da cidade tentou fazer o bilro, mas ficou mal falado. Ele estava aprendendo com a avó. Eu acho que, se for pra ganhar dinheiro honesto, não tem problema”. Ela acredita que a tradição ainda vai durar muito e defende a renda feita em Alagoas. “Época que vem muito turista, como final de ano e em janeiro, é quando mais procuram aqui em casa. A renda mais bonita, a mais bem feita, é a de Alagoas. Aqui não tem renda mal feita”. Um dos momentos mais felizes em mais de seis décadas dedicadas ao bilro foi quando recebeu a homenagem estampada no portal na entrada da cidade. “Fiquei muito feliz porque tive resultado com meu trabalho, com apoio ou sem apoio, e conheci muita gente boa”. Dona Clarice também foi homenageada pelos Correios quando São Sebastião completou 50 anos que havia se tornado cidade e teve uma foto sua estampando um selo. Mas ninguém pense que ela está pensando em descansar os bilros tão cedo. “Continuarei fazendo a renda até o dia que o homem lá de cima me deixar fazer, até quando ele disser ‘já trabalhou muito aí, então muda pra cá’”. (S.N.)

Atividade surgiu na Itália no Século XV Apesar de ter chegado ao Brasil por mãos portuguesas, a renda de bilro surgiu na Itália, no século XV. Depois de ser conhecida também na França, a arte do rendado chegou a Portugal e consequentemente aos lugares sob sua influência cultural. Junto com a técnica e todo o universo a ela ligado, com o passar do tempo, tomaram forma também expressões da cultura popular como “você pensa que babado é bico?”, “fazendo renda”, “onde há rede, há renda”, “moça na janela, nem bilros, nem panela”, “não meta a mão em almofada alheia”, entre muitas outras. Até mesmo Lampião, um dos personagens mais controvertidos da História do Nordeste, teria se rendido aos encantos dessas mulheres de mãos hábeis e deixado de herança à cultura brasileira a canção que é praticamente um hino, “Olé, mulher rendeira”. Cantada em verso e prosa, a renda também serviu de base para artigos de estudiosos e pesquisadores como Manuel Diegues Júnior, com seu “Rendas de bilros, manifestações típicas do nosso artesanato”, publicado em 1964 pela revista carioca Esso, e Artur Ramos, que, com

Luiza Ramos escreveu “A renda de bilros e sua aculturação no Brasil”, em 1948. Utilizada no vestuário e em peças de guarnição da casa, a renda de bilro tem seus padrões estabelecidos e conservados por cada comunidade através da criação, herança de piques (cartão de papelão em que é picado o desenho da renda com alfinetes) de mães para filhas, de troca de modelos e do ensino. Por isso, quase todas as rendeiras de um lugar conhecem os mesmos desenhos. É através da repetição, de geração em geração, que a tradição se mantém. Em São Sebastião, todas as rendeiras entrevistadas utilizam alfinetes de metal no lugar dos espinhos utilizados pelas cearenses, almofadas cilíndricas preenchidas com folha de bananeira seca, em vez de cavaletes com travesseiros presos, como em algumas cidades do Rio de Janeiro décadas atrás, e linha esterlina número vinte, que é uma linha fina, de cor branca, em vez do cordão mais grosso e de diversas cores utilizado em outros lugares do Nordeste. (S.N.) Continua na página B5


O JORNAL JORNA L

Variedades Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

B5 Fotos: Yvette Moura

Maria Rosa dos Santos se dedica ao tilintar dos bilros de madeira desde os 8 anos de idade

Rendeira Suzana Pacheco não acredita na continuidade da arte

Escola de rendeiras: manutenção da tradição Dona Clarice não é a única mestra em atividade em São Sebastião. Há pelo menos mais uma meia dúzia da mesma geração que ela, além de seguidoras. A administração municipal inaugurou, há cerca de vinte anos, uma escola de rendeiras, que atualmente funciona de forma improvisada num dos prédios da Secretaria de Educação e que repassa a arte da renda dos bilros para trinta meninas com idade entre oito e dezessete anos, num curso sem tempo definido, conforme explica a atual diretora de Cultura do município, Vânia Moraes. "A escola existe para que a tradição não morra. O tempo do curso vai depender do aprendizado de cada aluna". Vânia, que também é presidente da Associação das Mulheres Rendeiras de

São Sebastião, explica que a associação adquire as peças das rendeiras, paga a produção e depois comercializa em outras cidades do Estado ou até em outras capitais, como Salvador e Aracaju. Lojas de grife de Maceió também são clientes assíduas. "Temos um projeto de abrir um ponto na entrada da cidade, mas, mesmo sem isso, temos encomenda até 2012", conta. Ela explica que uma blusa de renda de bilros pode custar cerca de trezentos e cinquenta reais, enquanto uma colcha de cama de casal pode chegar a cinco mil. "As pessoas não entendem o valor, mas, quando veem fazendo, valorizam mais porque o trabalho é muito grande". Antigamente, renda de todos os tipos eram utilizadas em enxovais inteiros, em todas as camadas sociais. Hoje, pra-

ticamente só é procurada por uma clientela diferenciada. Ao mesmo tempo em que adquiriu requinte, foi deixando de fazer parte do cotidiano de muitas pessoas. Além de Vânia, outras duas professoras revezam-se no ensino da arte tradicional da renda na escola de rendeiras, Júlia dos Santos e Maria José Davi. Elas ensinam a meninas como Maria Carolina Moreira de Souza, que, com treze anos, já faz bilro há três. "Minhas colegas me chamavam pra vir para essa escola e eu dizia que não vinha porque achava que nunca ia aprender", conta. Maria Vitória Alves da Silva ainda vai fazer onze anos, há dois está na escola. "Troquei o curso de música pelo de renda de bilro. Quando eu tiver filhas, quero ensinar a elas", diz, orgu-

lhosa, enquanto troca bilros e faz a trança, passo básico na produção de rendas. As meninas iniciam o aprendizado com apenas dois pares de bilros. À medida que vão se acostumando com o manuseio das peças, a dificuldade vai aumentando. Depois da trança, aprendem a fazer a traça, o paninho, o olho de pombo. Com dedicação e pelo menos alguns meses de treino, estarão fazendo fitas, lagartas, bico-das-viúvas. Suzana Pacheco da Silva, 67, também aprendeu com a mãe quando era criança a manusear os bilros. "O movimento das mãos é que dá o verniz nos bilros", explica. Ao contrário de dona Clarice, ela não gosta de viajar e acredita que a renda vai acabar. Mas também não pensa em largar o ofício tão cedo. "Só deixo quando morrer. Pra

mim, é um divertimento". Apesar das horas diárias dedicadas sobre a almofada de bilros, diz que não tem nenhuma peça para uso próprio. Ela também foi professora da escola de rendeiras. "As meninas vão dois dias e faltam outros dois. Assim a renda vai acabar", enfatiza. Essa é a mesma opinião de Maria Rosa dos Santos, 68, que desde os sete acostumou-se ao tilintar dos bilros de madeira. "Agente passa, às vezes, um dia em duas florzinhas", exemplifica. Ela também foi mestra de meninas na escola mantida pelo município e também tem sua produção vendida para lojas conhecidas na capital, através da associação de São Sebastião, mas, como as outras, não costuma participar das feiras. "Só me aparto da minha almofada quando morrer". (S.N.)

Na escola, cerca de 30 meninas aprendem o ofício em curso sem tempo definido


Variedades

O JORNAL JORNA L

B6

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

RELIGIÃO

Dom Muniz: um cidadão de Maceió Yvette Moura

Gabriela Lapa Estagiária*

Há quatro anos à frente da Arquidiocese, Dom Antônio Muniz comemora uma temporada de projetos que vem ajudando a mudar a vida de muitos alagoanos. Com trabalhos voltados a pessoas carentes, ele já apoiou a transformação de milhares de jovens e adultos marginalizados. Agora, através da Câmara de Vereadores, o paraibano ordenado em Pernambuco é oficialmente cidadão honorário de Maceió – um mérito, que ele faz questão de dizer, não ser pessoal, mas da Igreja como um todo. A homenagem da Câmara foi entregue no mesmo dia em que o arcebispo recebeu a comenda Selma Bandeira, criada para prestigiar as personalidades que lutam pelos direitos humanos e pela cidadania. Em Alagoas, trabalhos como a Fazenda da Esperança e as casas Bethânia e do Servo Sofredor são exemplos de como o apoio da Arquidiocese tem contribuído com esse objetivo. A primeira, sediada em Marechal Deodoro, é voltada à recuperação de dependentes químicos adultos. Em um espaço aberto, rodeado por muito verde, eles têm a oportunidade de aprender uma nova filosofia de vida, baseada na religião e na solidariedade. Os outros dois, com o mesmo princípio, acolhem homens e mulheres desamparados, vítimas de violência. “Ainda temos o Esperança Viva, que é um grupo de apoio externo aos núcleos familiares,

Grande batismo celebra centenário da Assembleia de Deus Thiago Gomes Repórter

elembrando tempos antigos, a Assembleia de Deus (AD) em Alagoas deve batizar nas águas em torno de duas mil pessoas – ou até mais – na manhã do dia 12 de junho, na praia de Sete Coqueiros. A atividade integra a programação comemorativa ao centenário da denominação no País. Ou seja, no Brasil inteiro, uma atividade igual vai acontecer simultaneamente. A meta nacional, de acordo com a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), é de batizar cem mil novos membros da igreja neste dia. O presidente da AD em Alagoas, pastor José Antonio dos Santos, afirmou que o Estado vai seguir minuciosamente o cronograma do centenário, com eventos relacionados à data em todas as congregações da capital e também do interior. Com o batismo, a pretensão da Assembleia de Deus em Alagoas é lotar a orla da praia das 8h às 12h. Todos os dirigentes de Maceió e do interior estão convocados a participar da atividade, segundo informou o pastor José Laelson

R Arcebispo recebeu a comenda da Câmara na manhã da última sexta-feira

para ensiná-los a lidar melhor com a realidade do dependente”, explica o arcebispo. Apesar de ser reconhecido como grande mantenedor desses projetos, Dom Antônio Muniz diz que os créditos são, primeiro, da Igreja. “O elogio que é feito às ovelhas é, antes de tudo, fruto do trabalho de um bom pastor”, justifica. Mas quem observa a sua dedicação e o seu envolvimento em cada atividade que desenvolve não deixa de destacar a importância do seu papel. “Ele recebe as pessoas sem distinção de classe, raça ou cor. É tudo de bom que se pode esperar de um religioso”, diz a vereadora Fátima Santiago, responsável pela entrega da comenda Selma Bandeira. TRAJETÓRIA - A trajetória do arcebispo Dom Antônio Muniz, natural de Princesa Isabel, na Paraíba, começou na capital alagoana, em fevereiro de 2007, quan-

do assumiu a Arquidiocese. Ao longo dos cinco anos de trabalho, buscou soluções não só para dependentes químicos e marginalizados, mas para a própria igreja local através da reorganização da faculdade católica e da restauração da Catedral. Agora, colhendo os frutos de sua dedicação, o religioso comemora, mas diz que muito ainda precisa ser feito. “É uma alegria ver os resultados, mas nós precisamos de soluções para vários outros problemas. Os trabalhos feitos com dependentes, por exemplo, são eficientes na recuperação do vício, mas não têm condições de dar suporte à pessoa recuperada porque não há como garantir um emprego, a inserção social dela. Quando o jovem volta para a sociedade, encontra o traficante no mesmo ponto e os colegas, na mesma situação”, diz Dom Muniz. *Sob a supervisão da Editoria de Cultura

da Silva, primeiro secretário da Convenção dos Ministros da Assembleia de Deus em Alagoas (Comadal) e líder da igreja no bairro do Pinheiro, na capital. Os candidatos a descer as águas serão dos 102 municípios alagoanos. Laelson divulgou ainda que, durante o batismo, os assembleianos aproveitarão o momento para evangelizar os banhistas e moradores daquela região. O objetivo é fazer o resgate de pessoas não-cristãs e convidá-las para visitar uma Assembleia de Deus mais próxima, sobretudo na semana da comemoração dos 100 anos da igreja. “Vai ser uma grande atividade evangelística, alegre, com a participação do povo de Deus. O batismo desperta a emoção nos membros, nos que vão descer as águas e também nos que ainda não conhecem a Palavra. Vamos aproveitar a ocasião e buscar mais pessoas para o Reino de Cristo. Participe você também”, convidou o pastor Laelson. O comando do evento estará sob a responsabilidade do pastor-presidente José Antonio dos Santos e dos demais líderes da Comadal. Há possibilidade de diversos visitantes de outros estados acompanharem a cerimônia do batismo.

Programação chegará também às congregações O cronograma de atividades do Centenário da AD no Brasil foi definido em junho do ano passado, em plenária convocada pela Mesa Diretora da CGADB, no Rio de Janeiro. A programação foi escolhida para fazer com que cada congregação se envolva na festividade. Oficialmente, a Assembleia de Deus faz 100 anos de fundação em 18 de junho, dia em que os missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren iniciaram o chamado Movimento Pentecostal em Belém, no Pará. A programação terá início na manhã do dia 5 de junho, com uma Escola Dominical Especial em todo o País, contando a história das Assembleias de Deus. À noite ocorrerá, em todas as congregações assembleianas brasileiras, o “Culto

da Centésima Ovelha”, com a intenção de resgatar os que estão afastados do Evangelho. No dia 13, data posterior ao do batismo, acontece em Belém (PA) um culto em gratidão a Deus pelo Centenário da AD, reunindo apenas as lideranças nacionais da denominação. De 13 a 16, em todas as igrejas, haverá cultos festivos com pregadores, corais e cantores locais. Já nos dias 17 e 18 serão realizadas grandes concentrações evangelísticas nas capitais, com a expectativa da presença de cerca de dez mil pessoas por noite, em cada evento. O encerramento será no domingo, 19 de junho, com a realização da Santa Ceia do Senhor em todas as igrejas, pela manhã, e do culto de gratidão a Deus à noite.

Cerca de duas mil pessoas devem descer às águas da praia de Sete Coqueiros para serem batizadas

CMYK


O JORNAL

Classificados

D1

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

APTO. VENDA CRUZ DAS ALMAS REF: 0151 - CRUZ DAS ALMAS - Varanda, 02 quartos, 01 com suíte, sala de estar/jantar, w.c. social, copa/cozinha, área de serviço e 01 vaga de estacionamento. Área: 58,70m². Condomínio: R$ 275,00 - Apenas R$ 165.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0108 - CRUZ DAS ALMAS - Edf. Aquamarine – 66,85m² - 03 Quartos sendo 01 suíte, BWC, sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, varanda. R$ 208.556,00 - ENTREGA PREVISTA: julho/2013 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343 – 3 QTS (1 ste), sala 2 amb., varanda, coz., 1 vaga. creci 1391. ref-fha-13. tel. 3033-6000 / 2122-6018/ 6025. REF: 007 – POÇO – Aptº com área de 100,25m² Mobiliado! Varanda, sala de visita e estar, hall, wc social, 03 quartos sendo 01 suíte, cozinha, área de serviço e dependência de empregada. 01 vaga de garagem. R$ 170.000,00 – Condomínio: R$ 300,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0129 - CRUZ DAS ALMAS Edf. Aquamarine - Aptº 602 - 60,94m² - 02 quartos sendo 01 suíte, BWC, sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, varanda, R$ 197.683,00 Entrega Prevista: julho/2013 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0108 - CRUZ DAS ALMAS - Edf. Aquamarine – 66,85m² - 03 Quartos sendo 01 suíte, BWC, sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, varanda. R$ 208.556,00 - ENTREGA PREVISTA: julho/2013 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343 –

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

FAROL REF: 018 - FAROL 81,75M2 DE ÁREA - 03 quartos sendo 01 suíte, varanda, sala para 2 ambientes, cozinha/apoio, WC social, hall de circulação, 1 vaga de garagem. R$ 180.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 048 - FAROL APTº C/ 99M² - Sala de estar e jantar, 3 suítes, sendo 2 reversíveis, DCE, 02 vagas de garagem. R$ 230.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 039 – FAROL COM 220M². 03 quartos sendo 2 suítes, 3 salas, WC social, Dependência de empregada, cozinha, área de serviço. Cobertura espetacular com vista para toda Maceió. Aptº super ventilado! Nos 15º e 16º andares, 01 Vaga de garagem, mas podendo ser utilizada outra. Próximo do Hospital da Unimed e do Colégio Marista. R$ 250.000,00 IMPERDÍVEL! Cond. R$ 290,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0155 – FAROL – 94,00M² - Lançamento – Prazo de entrega: Dezembro de 2012 - 03 quartos, sendo 01 suíte, wc social, varanda, sala de estar/jantar, cozinha, dependência completa de empregada, 02 vagas de garagem. R$ 310.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 042 – FAROL - PALAZZO SAN PIETRO 03 quartos sendo 3 suítes, varanda, sala de estar/jantar, WC social, dependência completa de empregada, 02 vagas de garagem. R$ 376.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 - CRECI 343 REF: 029 - FAROL - VINICIUS CANSANÇÃO 91,27m² - Prazo de Entrega: Novembro/2012 – 03 quartos, sendo 01 suíte, sala de estar e jantar, varanda, wc, cozinha, área de serviço e dependência de empregada. R$ 248.858,36 - Rua Manoel Maia Nobre - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

APTOS. PRONTO PARA MORAR PONTA VERDE

E413 e E414 - Beira Mar - Área 192m² - Pronto P/ morar Varanda, sala 3 amb, lavabo, 4 suites, cozinha, serv, dce, 2 vagas. E 428 - Área 194m² - Acab. 1ª. sala 3 ambientes c/ var, lavabo, 03 suites s/ 01 c/ arms, coz. c/ rms, despensa, serv, dce, 3 vagas. B501 - Prox. Ao Palato - Sala c/ var, wc soc, 2 qtos (st0 coz, serv. Parcelo - entrega prevista Abril/12. B523 - R$ 230 mil - novo, 2 vagas, piscina, sala c/ var, wc soc, 2 qtos (st0 coz, serv. D311 - Rua Dr. José Correia Filho - Sala, wc social, 3 qtos (st), cozinha, serviço, 2 elev, 01 vaga. R$ 180 mil. D339 - Pronto p/ morar, prox. ao salão Fios de Cabelo - 120m² 2 vagas, nasc, sala c/ var,lavabo, 3 qtos s/ 2 suites s/ 01 revers, coz, serv. dce. D337 - R$ 430 mil - Rua Gaspar Ferrari - sala c/ var, wc soc c/ blindex e arms, 3 qtos s/ 02 suites c/ arms, wc´s c/ Box e arms, coz. c/ arms, serv, dce, 2 vagas. D335 - Área 100m² - Prox. a Praça do Skate - Sala c/ var, wc social, 3 qtos (st) coz, serv, dce, 2 vagas,, piscina. Parcelo D331 - Área 137m² - Prox. ao Hotel Ponta Verde - Sala c/ var, 03 suites s/ 01 reversival (01 c/ arms) coz. c/ arrms, serv, dce, 2 vagas, piscina; D328 - Proximo a Cultura Inglesa - Sala c/ var, e estante, wc soc, c/ blindex e arms, 3 qtos s /01 revers, c/ arms, coz, arms, serv, 2 vagas. D324 - Prox. ao Bompreço Ponta Verde - Sala c/ var, 03 suites c/ arms, s/ 01 revers, coz. c/ arms, serv, dce, 02 vagas. D323 - Rua Vital Barbosa - Sala c/ var, wc social c/ box, 3 qtos (st) wc suite c/ box e espelho, coz, serv, dce, 2 vagas, piscine, salão festas.

REF: 0148 – FAROL – Apartamento com 133m² de área, 04 quartos sendo todos suítes, 01 suíte master, sala de estar/jantar, varanda, churrasqueira ecológica, copa/cozinha, despensa, dependência completa de empregada, sala de jogos. ENTREGA MARÇO/2011. R$ 425.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 061 – FAROL –APTº C/ 80,68M2. Sala de estar/ jantar, 03 quartos sendo 1 suíte, varanda, cozinha com armários, área de serviço, DCE completa. 1 Vaga. E só custa isso! R$ 160.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 064 –FAROL Apartamento com 3 Quartos, s/ 1 suíte, área: 89,05m2, varanda, sala para 2 ambientes, cozinha de apoio, WC social, hall de circulação.Vem! R$ 190.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0157 – FAROL 115M² - 03 quartos sendo 1 suíte, sala de estar/jantar, WC social + DCE Cond. R$ 220,00 – R$ 160.000,00 - Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343. Marroquim REF: 019 - FAROL Vizinho a UNIMED, sala com varanda, 03 quarto com armários, sendo 01 reversível, cozinha, área serviço, WC social. 01 vaga. Pertinho de tudo, mais ainda de você! Prédio com gerador, 02 elevadores. R$ 165 mil. TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 031 - FAROL 81,75M2 – Aptº com 03 quartos s/ 01 suíte, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha/apoio, WC social, hall. R$ 185.000,00 TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 077 - FAROL - Aptº c/ 03 quartos sendo 01 suíte, varanda, sala p/ 2 ambientes, cozinha/apoio, WC social, hall de circulação – área: 81,75m2 - R$ 180.000,00 . TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

OPORTUNIDADE! VENDO 3/4,wc social,1 vaga na garagem,1 andar. Só R$ 90.000,00, ACEITO FINANCIAMENTO BACÁRIO. TR. 99786430/ 8896-3946 creci 1007 REF: 0119 - FAROL - Aptº com 116m². - 3 quartos, sendo 1 suíte, varanda, sala de estar/jantar, wc social, dependência completa de empregada, 2 vagas de garagem, R$ 350.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 076 – NO MELHOR DO FAROL – O Apartamento é muito bom! A vista nem se fala! 161,09m² de área, no 15º andar- Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, wc social, área de serviço cozinha, quarto e wc para empregada. Comprou, morou! R$ 400.000,00. Que conhecer? A gente mostra pra você! Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 093 – FAROL – sala p/ 2 ambientes com varanda, 03 quartos sendo 1 suíte c/ varanda e closet, WC social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. Prédio com piscina panorâmica, play ground, salão de festas, gerador, antena parabólica, central de gás, 01 vaga da garagem. R$ 255.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 010 - FAROL COND. RES. DR. TIBÉRIO ROCHA - BLOCO 02 – 67,56m² - Aptº c/ 03 quartos, sendo 01 suíte; sala de estar e jantar, varanda, cozinha, área de serviço. Prédio: área de laser com salão de festa, piscina adulto e criança, churrasqueira, guarita de segurança, bicicletário e medidores individuais de água e gás. - R$ 161.500,15 Financiamento: Caixa. Em frente à Praça Arnon de Mello - Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

D308 - Prox. a Familia Juliano - Sala c/ var, wc social, 3 qtos (st) s/ 2 com varanda, cozinha, serviço, dce. D302 - prox. Igreja SãpPedro Varanda, sala, wc social c/ blindex, 3 qtos (st), coz. c/ arms, serv, dce, 2 vagas. JATIUCA D348 e 349 - Área 80m² - R$ 185 mil, cada - Varanda, sala, wc´s c/ Box e arms, 3 qtos (st0 sendo 2 c/ arms, coz, c/ arms. serv. D344 - próximo ao Shopping Área 90m² - 2 vagas, andar alto, nascente, sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv. pronto p/ morar. D342 - Área 90m² - R$ 260 mil - sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st0 coz, serv, dce. E418 - COBERTURADUPLEX - Stella Maris 0 03 vagas, nascente, sala c/ varanda, wc´s c/ Box e arms, 03 suites c/ arms, cozinha c/ arms, serv, despensa, dce. 1º. Piso: Sala, 01 suite máster c/ arms, piscina, área livre. Aceito imóvel. E419 - Proximo ao Harmony 133m², 2 vagas, nascente, salão de festas, varanda, sala, 4 quartos sendo 3 suites (01 é reversível) c/ armários, coz.c/ arms, serv, dce. B516 - No Stella Maris - área 79m² - R$ 200 mil - sala c/ varm wc´s c/ blindex, 2 qtos c/ arms s/ 01 st, coz, c/ arms,, serv, wc serv. 01 vaga. E419 - 2ª. quadra do mar - Àrea 244m² - sala c/ var, 4 suites, lavabo, cozinha, serv, dce, 3 vagas, salão festa, ginástica. POÇO D347 - Coj. Rosa dos Ventos Varanda, sala, wc soc. c/ blindex, 3 qtos, coz. c/ arms, serv, wc serviço c/ blindex. B524 - Conj. Santo Eduardo Sala 2 ambientes, wc social, 2 quartos, cozinha, área serviço. D343 - na Rua Pedro Américo Sala c/ var, wc soc c/ Box blindex, 3 qtos (st) todos c/ arms, coz. c/ arms, serv. c/ arms, 02 elev. 01 vaga. R4 170 mil

D322 - na Rua Pedro Américo R$ 150 mil - Sala, wc social, 3 quartos (st. c/ arms), coz.c/ arms e área de serviço. B522 - Jatúca I - R$ 85.000,00 Ac. Financiamento - sala, wc soc, 2 quartos, coz, serv. FAROL E416 - Proximo ao Crea - Área 250m² - Linda vista mar e lagoa, 4 vagas livres, piscina, churras, apoio, sala estudo, vídeo, ginástica, salão festas mezanino, sala 3 amb. c/ var, home, lavabo, 4 suites s/ 01 c/ hidro, copa, coz, serv, dce. E417 - Prox. ao Crea - sala c/ var, 4 qtos s/ 2 suite ( 03 c/ arms), coz. c /arms, serv, dce, 2 vagas, piscina. Linda vista mar. D336 - Prox. ao Mirante São Gonçalo - andar alto, sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st0 coz, serv, dce, 2 vagas. SITIO SÃO JORGE B520 - Ed.Racine - Exc. p/ Ivestidor - 10º. Andar, nascente, quarto e sala c/ arms e box, alugado. Excelente locação.

REF: 002 – FAROL – Lançamento. Entrega: Março de 2012 - Varanda, sala de estar e jantar, 03 quartos, sendo 01 suíte, WC Social, cozinha, WC Serviço, 02 vagas de garagem. R$ 174.000,00 Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343

FEITOSA REF: 0110 – FEITOSA Apartamento com 03 quartos, sendo 1 suíte, sala de estar e jantar, circulação, WC social, cozinha, WC de serviço e varanda, 1 Vaga de garagem: Área: 72,73m2 - R$ 90.000,00. Cond. R$ 85,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0139 – FEITOSA Sala de estar/jantar, 03 quartos, sendo 01 suíte reversível, circulação, cozinha/área de serviço, WC social, varanda, 01 vaga de garagem. Condomínio fechado, com todas as áreas calçadas e ajardinadas; instalação de gás em todos os apartamentos; Antena coletiva; Salão de Festas; Sauna; Depósito; Banheiro masculino/feminino; Bar; Piscina adulto/infantil; Sala Ginástica. R$ 120.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

GRUTA OPORTUNIDADE! VENDO apto. c/3 qtos., 1 ste. R$ 115 mil, ac. Financiamento pela Caixa. Tr.: 8896-3946/ 91040871. Creci 1007 REF: 006 – GRUTA 74,06M² - Lançamento Prazo de Entrega: Julho de 2013. Varanda, sala de estar e jantar, 03 quartos, sendo 01 suíte, WC Social, cozinha, AS, WC Serviço e 01 vagão para 02 (dois) automóveis de médio porte. R$ 200.000,00 - TR 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 012 - GRUTA ÁREA: 103,5M2 Varanda, sala para 2 ambientes, 03 quartos (sendo 1 suíte), mais 1 suíte reversível, cozinha, WC social, área de serviço, quarto reversível de serviço (com opção do 4º quarto). 01 vaga de garagem. R$ 210.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

JATIÚCA C205 - Av. Amélia Rosa Garagem 2 carros, sala estar e jantar, wc social com armários e Box, 4 qtos s/ 01 suite, cozinha com armários, copa, serviço, dce. C208 - Stella Maris - Terraço, garagem, gabinete, sala estar/jantar, wc soc c/ blindex, 3 qtos (st), coz. c/ arms, serv, dce. CRUZ DAS ALMAS C215 - A 100m do mar - Térreo: garagem 2 salas estar, sala jantar, wc soc, copa/coz, serv, dce. 1º. Andar: terraço, sala Tv, wc, 4 qtos s/ 2 sts, hidro. 2º. Andar: terraço c/ vista mar, 01 quarto. SERRARIA C203 -SAN NICOLAS - Área 326m³ - Terreno 18x25- Térreo: garagem, gabinete, sala estar/jantar, 01 suite reversível, cozinha, serv, dce. 1º. Andar: 03 suites. C225 - Lot. Jardim da Serraria Varanda, garagem, sala 2 amb. c/ jd. de inverno, 2 wc´s sociais, 4 qtos s/ 02 suites, coz, serv. LITORAL SUL CASAS C214 - LOTEAMENTO REFarol CANTO DOS CAETES - Casa a C201 - Rua Sargento Aldo, anti- 100m mar com piscina, churrasga Rua da Consquista - casa em queira, apoio, garagem, terraço, 2 terreno 6,40 x 18 com 2 pavimen- salas, 2 wc´s sociais, 4 qtos s/1 ste tos. R$ 120 mil c/closet e hidro, coz. c/despensa, C209 - Rua Cônego Machado - vadepósito, dce, casa para caseiro randa, 2 stes, sala, coz. c/arm. 1º PONTO andar: var., sala, wc soc, 2 qtos. C211 - Rua José Maria Correia COMERCIAL das Neves - exc.casa em terreno JATIÚCA c/919m², garagem 6 carros, pisci- P605 - HARMONY TRADE na, terraço 4 qtos s/2 stes, coz, serv, CENTER - Vendo sala 601 com dce. 34,81m². R$ 135 mil. C216 - Rua Alfredo Oiticica - Exc. TERRENOS para escritório/consultório - Terraço JACARECICA em L c/gar, sala de estar, gabine- T801 - Cond. Ocean Wien - este, sala intima, sala jantar, 3 suites, quina nascente - área 935m². R$ coz, despensa, dce. 280.000,00. PONTAVERDE TABULEIRO DO PINTO C223 - Rua José Sampaio Luz - T802 - LOTEAMENTO JOSÉ Edificada em Terreno de 12x27, FERNANDES TORRES com garagem, sala estar c/ jd. Terreno de esquina medindo 20m Inverno, sala estar, wc social, 03 de frente, 16m de fundos, 20m qtos. (st) coz. serviço, terraço, dce. de frente a fundos. R$ 28 mil.

APARTAMENTOS Ponta Verde Ed. James Thorp - sala c/var, wc social, 2 qtos c/arms s/1 ste, 1 qtos. revers, coz. c/ arms serv. 2 vagas. Ed. Londres - Varanda, sala, wc social c/ blindex, 3 qtos (st) todos c/arms, coz. c/arms, serv, dce, 2 vagas. Ed. Santorini - sala c/ coz. americana c/arms, wc soc. c/box e arm, 1 qto c/arm. Ed. Maranelo - Disponibilidade - Apto. 105 e 609 - sala, 01 quarto, wc, cozinha tipo americana c/ área serv. Integrada. Ed. Canavial - a 100m do mar - Sala, wc social, 2 qtos, coz., área serviço, wc serviço, 1 vaga. R$ 700,00 + taxas. Ed. Veneza - sala, wc social, 2 qtos, coz., área de serviço, depend., 1 vaga no pilotis. Jatiúca Cond. Vilagio di Roma - Ed. São Marco - nasc., sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv. Ed. Itaperuna - sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st) s/1 c/arms, coz. c/ arm, serv, dependência.

JATIÚCA REF: 063 – ÁREA DE 98,4M² - Apartº no Stella Maris com 03 Quartos, sendo 1 suíte, 1 quarto reversível, varanda, sala para 2 ambientes, cozinha, WC social, área de serviço, WC de serviço, 2 Vagas de garagem. R$ 200.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0144 – JATIÚCA – 54,10M² - Aptº quarto e sala, WC social, cozinha, 01 vaga de garagem. R$ 191.000,00 - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 021 – RIO LARGO – Chácaras e sítios de vários tamanhos e preços. Oportunidades imperdíveis para trazer a sua empresa e também o seu lazer. Ligue agora mesmo e reserve o seu! 200 x 200 / 60 x 180 / 60 x 220 / 50 x200 / 58 x 180 / 14 x 180 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 023 - STELLA MARIS –111,70M² Lançamento – Prazo de entrega: Abril de 2013 03 quartos, sendo 01 suite, wc social, varanda, sala de estar/jantar, cozinha, dependência completa de empregada, 02 vagas de garagem. R$ 447.000,00 - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 024 - JATIÚCA Residencial Mont Sinai 102,66m² - Prazo de Entrega - Novembro/2011 - sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, wc social, cozinha, área de serviço, quarto e wc de serviço. R$ 377.537,33. Direto com a Construtora ou Banco do Brasil - Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343. REF: 0136 – STELLA MARIS – 108,00M² Lançamento - Aptº c/ varanda, sala de estar/jantar, 03 quartos todos suítes sendo 1 reversível, WCB de serviço, cozinha, área de serviço, dependência completa, 02 vagas de garagem. R$ 373.000,00 - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0132 – STELLA MARIS – 102,19M² - Aptº c/ varanda, sala de estar/jantar, 03 quartos todos suítes sendo 1 reversível, WCB de serviço, cozinha, área de serviço, dependência completa, 02 vagas de garagem. R$ 389.000,00 - Próximo ao Centro Médico Harmony Tr. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

Ed. Oregom - Sala c/var, wc soc. 2 qtos. s/1 ste, coz., serviço, piscina, 2 elev, gerador. Ed. Mar de Java - Sala c/ var, wc´s c/box e arms, 3 qtos (st) (st. c/arms), coz. c/arms, serv. Wc serv. Ed. Itauba - nasc., sala c/ var, wc soc. c/box, 2 qtos. c/ arms, coz. c/arms, serv, dce. 1 vaga. Ed. Rafiné - Sala c/varanda, wc social, 3 qtos. (st) coz. serviço, dce. Ed. Platanus - Aptos, Nov. Varanda, sala, wc social, 2 qtos (st) coz, serv. Ed. Seatlle - novo, 2 quartos s/1 ste, coz, serv. piscina, salão festas 1 ou 2 vagas. Mangabeiras Ed. Absolut - novo, sala c/ var, wc´s c/box e arms, 2 qtos (st) c/ arms, coz. c/ arms, serv. Ed. Vernaza - quarto e sala mobiliado. Piscina na cobertura. Contrao mínimo 90 dias. Ed. Vicenza - excelente quarto e sala mobiliado na 2ª. quadra do mar. Piscina na cobertura. Contrato mínimo 90 dias. Ed. Ed São Rafael - sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv, dce.

REF: 0105 – JATIÚCA – LINDA COBERTURA 359,50M² - 05 quartos sendo 5 suítes, varanda, sala de estar, sala de jantar, cozinha, despensa, dependência completa de empregada, área de serviço, terraço, deck e piscina. R$ 960.000,00 - TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 041 – JATIÚCA ÁREA: 65,69M2 Varanda, sala de estar e jantar, suíte, suíte opcional, quarto, bwc, cozinha, área de serviço e 01 vaga de garagem. R$ 220.000,00 - Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343 REF: 062 - JATIÚCA – c/ 3 quartos sociais, com armários, sala de estar/jantar, área: 82,39m2, 01 WC social, cozinha, área de serviço, quarto e WC de empregada. Todo no armário embutido, c/ 02 varandas, todo reformado, 2 Vagas. Apenas R$ 169.000,00. Pode ser totalmente financiado pela CEF - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 037 – JATIÚCA Edf. PALAZZO DI MARE 107,55m² - Sala em L, varanda, 03 quartos sendo 1 suíte + suíte opcional + quarto social + quarto de empregada ou opção para gabinete), WC social, WC empregada, cozinha , serviço e até 03 vagas de garagem. R$ 387.581,06. Prazo de Entrega: 36 meses. Esquina com a Av. João Davino - Tr 93514440 /8811-8410 - CRECI 343 REF: 0141 – STELLA MARIS - Apt° com Varanda, sala de estar/jantar, 03 quartos sendo todos suítes, lavabo, cozinha e dependência de empregada. R$ 410.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0142 – STELLA MARIS - Apt° com 87,83m² - Sala de estar/jantar c/varanda, 03 quartos, sendo 01 suíte c/ closed e 02 suítes opcionais, cozinha, área de serviço, dependência de empregada – R$ 260.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0154 – STELLA MARIS – 97,78M² Lançamento – Prazo de entrega: Dezembro de 2012 - 03 quartos, sendo 01 suite, wc social, varanda, sala de estar/jantar, cozinha, dependência completa de empregada, 02 vagas de garagem. R$ 368.000,00 - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

Poço Ed. Relanche - sala , wc social c/box e arm, 3 qots s/1 ste c/armários e cama, coz. c/arms, serv, Ed. Via Del Mare Apto 702 - nascente, sala, wc soc. c/ box e arms, 3 qtos c/ arms s/ 1 ste, coz. serv, dce, 2 vagas. Ed. Via Del Mare Apto 1002 - nascente, sala, wc soc., 3 qtos s/1 ste, coz. c/arms, dce, 2 vagas. Cruz das almas Ed. Village Jatiúca - sala, 1 ste, wc ste c/box, coz. c/arms. e área serviço integrada. Prado Ed. Antares - Varanda, sala, wc social, 3 qtos (st) cozinha com armarios, serviço, dce. Serraria Conj. José Tenório - sala, wc social, 2 qtos, coz, serv. R$ 400,00. Cond. R$ 50,00. Iptu incluso.

CASAS Farol Rua Aristeu de Andrade Prox. Ao Colégio Batista - exc. Para escritório. Rua Tereza de Azevedo - terraço, garage, sala estar e jantar, wc soc, 3 qtos (st coz, serv, dce, depósito.

REF: 0134 – JATIÚCA 98,4M2 - Apartamento com 4 quartos:, sendo 1 suíte, 1 Vaga de garagem, varanda, sala para 2 ambientes, 2 quartos sociais, 1 quarto suíte, 1 quarto reversível, cozinha, WC social, área de serviço, WC serviço. R$ 200.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 030 – JATIÚCA RES. SAINT MORITZ 275,00m² Sala de estar para dois ambientes, sala de jantar, quatro suítes, lavabo, varanda, copa/cozinha, despensa, área de serviço, quarto de serviço e bwc de serviço, três vagas de garagem. R$ 1.931.276,90 - Av. Álvaro Otacilio - Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343. REF: 0104 – JATIÚCA NOVAÇO!! - 162M² - O Aptº: Sala de estar e jantar com varanda, 04 suítes, sendo 2 másters c/ closet e 2 com WC reversível, lavabo, cozinha, despensa, área de serviço, dependência completa de empregada, WC social.O Prédio: subsolo, pilotis, mezanino com salão de festa, bar, salão de jogos, salão de ginástica, piscina com deck, gerador, 02 vagas na garagem. R$ 645.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 001 - JATIÚCA – APTº 6º ANDAR VENDO/TROCO apto c/ Sala p/ 2 ambientes, com varanda, 04 quartos sendo 02 suítes, WC social, Cozinha, área de serviço, DCE, 02 vagas de garagem. Área 120m². R$ 400 mil. Aceito: imóvel menor valor e carro. Também financio. Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343. AMETISTA I - vendo apto na Jatiuca, 3 qtos, c/armarios,sendo 01 suíte, c/ armários, cozinha c/ armários /depencias c/ banheiro /varanda 2 vargas na garagem /medindo 98m. Ttratar; 9972.3561 REF: 046 – JATIÚCA – ÁREA: 76,11M² - Sala de estar/jantar com varanda, 03 quartos, sendo 01 suíte e 01 reversivel, WC social, cozinha, área de serviço com WC de serviço. R$ 249.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

Centro N4861 - Pç. São Vicente - 1º andar: sala, 2 qtos s/ 1 ste, wc soc, coz, serv, dependência. Rua Santa Maria - Alugo c/sala, 3 quartos, wc soc, cozinha, serviço, quintal. Serraria Casas Prox. ao Conj. José Tenório: Terreo; garagem, sala única, wc social, coz., serv. 1º andar: wc social, 3 qtos s/1 ste.

PONTOS COMERCIAIS Jatiúca N1212 - Av. Álvaro Otacílio ( Beira Mar ) Alugo terreno vizinho a Galeria Passeio Stella Maris med. 22,50x70. Exc. p/ Agência Bancária. N1705 - Av. Álvaro Calheiros - Alugo terreno med. 12x30 ao lado da Le Postiche. Av. Amélia Rosa - casa p/fins comerciais. Precisa reforma. THE SQUARE - Alugo várias salas individuais ou conjugadas. de 54m²a 174m². PASSEIO STELLAMARIS - Dispomos de Lojas com 40m² + mezanino com 13m². PASSEIO STELLAMARIS - para grandes empresas. Exc. Para Agência Bancária área com aprox. 250m².

REF: 027 – STELLA MARIS – Uma graça de apartamento - Sala de estar/jantar com varanda, 02 quartos sendo 01 suíte, WC social, copa/cozinha com área de serviço e despensa. Completo de armários; Área: 79m2 - 01 vaga de garagem. R$ 200.000,00 – Cond. R$ 350,00 incluso gás e água. TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 047 – STELLA MARIS – Edf. JOSÉ GUILHERME - 88,17m² - 04 quartos, sendo, 01 suíte e 01 reversivel, varanda, sala de estar e jantar, cozinha, área de serviço com WC e até 02 vagas de estacionamento para carros médios. R$ 301.277,00 Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343. 94M². 3 qtos ( 1 ste), sala, varanda, coz., wc social, dce, 1 vaga. ref.fha-30. creci 1391. tel. 3033-6000 / 2122-6018 / 6025. REF: 069 - STELLA MARIS - ÁREA: 88,66M² - varanda, uma suíte, 02 quartos, sala, cozinha, wc social, dependência de empregada e área de serviço. R$ 260.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 083 – JATIÚCA 104,42M² - Lançamento – Prazo de entrega: Setembro de 2011 - 03 quartos, sendo 01 suite, wc social, varanda, sala de estar/jantar, cozinha, dependência completa de empregada, 03 vagas de garagem. R$ 373.000,00 - Tr. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 072 – JATIÚCA – 2ª quadra da praia - Edifício Le Terrace - 118,00m²- 03 suítes amplas, sala de estar/jantar, WC social, DCE, varanda. Aptºs entregues com móveis planejados em mdf, com a qualidade e garantia da Evviva Bertolini. Armários em todos quartos, nos wc’s sociais e cozinha. Cond: R$ 350,00. Localização espetacular: esquina c/ a av. Júlio marques luz. R$ 452.000,00 Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343 REF: 080 - JATIÚCA UMA VERDADEIRA PINTURA! – 6º andar – nascente - Área: 84,22m² sala de estar/jantar, varanda, 02 quartos suítes + 01 quarto reversível, wc social, cozinha área de serviço, WC de serviço, 02 vagas de garagem p/veículo de porte médio. Aproveite! R$ 235.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF. 0115 - STELLA MARIS Edifício Felicità Aptº 1003- área 92,65 - 03 quartos sendo 1 suíte, sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, wc social dependência completa, varanda. R$ 316.387,00 - Entrega: outubro/2011 - TR. 93514440 /8811-8410 - CRECI 343 REF: 055 –JATIÚCA – ÁREA: 43,14 M² - Sala, 01 quarto, varanda, wc social, cozinha. 01 vaga de garagem. R$ 148.000,00. TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

JACARECICA COND. FECHADO c/ 3 qts, wc social, sala, varanda, coz., área de serviço, wc de serviço. financia. tel. 3033-6000 / 2122-6018 / 6025.

MANGABEIRAS REF: 045 - MANGABEIRAS - ÁREA 60M², uma suíte, um quarto social, banheiro social, sala, cozinha e área de serviço. R$ 140.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 059 – NÃO PERCA MAIS O SEU TEMPO PROCURANDO QUARTO E SALA. VOÇÊ ACABA DE ENCONTRAR O QUE TANTO SONHAVA! Mangabeiras - a duas quadras da praia!!! Lançamento único! Edficio Vila do Conde - área: 38,06m². 40% vendidos em apenas 5 dias - Sala de estar/jantar, quarto, banheiro social e cozinha com área de serviço. VENHA LOGO E GARANTA O SEU ANTES QUE ACABE!!! Entrega Prevista: Nov/2012 – R$ 124.551,35 - TR. 93514440 /8811-8410 - CRECI 343.

OUTROS BAIRROS REF: 065 – Varanda, sala de estar/jantar, 01 suíte master, 02 quartos reversíveis, lavabo, cozinha e dependência de empregada. 03 vagas de garagem. Piso em porcelanato polido R$ 390.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 028 – 100M² - Rua Empresário Carlos da Silva Nogueira 3 quartos, sendo 1 suite, 1 suíte opcional, WC social, varanda, sala estar/jantar, 2 vagas de garagem. R$ 270.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

CMYK


O JORNAL JORNA L

Classificados D2

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

PONTA VERDE REF: 071 - PONTA VERDE – Com 67,34m² Aptº no 2º andar (2ª quadra da praia). Sala de estar/jantar, 02 suítes, varanda, hall, cozinha, 01 vaga de garagem. Área: R$ 175.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0107 - EDF. PORT VILLE II - Ponta Verde Quarto e sala 1 Vaga de garagem - R$ 140.000,00. 01 suíte, cozinha, área de serviço - TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 073 - PONTA VERDE – MAISON BLANC – De 99,21 a 162,49m²- 03 quartos sendo 01 suíte + 01 suíte master, varanda, sala de estar/jantar, WC social, DCE, área de serviço, cozinha. Esquina c/ a Av. Dep. José Lages - Tr 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0114 – PONTA VERDE – 137M², de frente, próximo a Praça do Skate, 3º andar, sala grande, 03 quartos, sendo 01 suíte, varanda, cozinha, WC social, dependência completa de empregada, 01 vaga de garagem. R$ 250 mil. Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 074 – PONTA VERDE - 75,49M² - Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, reversível, cozinha, área de serviço, dependência de empregada - R$ 174.000,00 Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

REF: 0117 – PONTA VERDE – 2² quadra da praia - Área: 116,55m² sala de estar/jantar, 03 quartos, sendo 01 suíte wc social,cozinha, área de serviço e DCE; 1 vaga(cabem 02 carros). R$ 380.000,00 Forma de pagamento: à Combinar TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 057 - PONTA VERDE - Aptº c/ 99,77m², 03 Quartos, sendo 02 suítes, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 02 vagas de garagem. R$ 283.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 092 – PONTA VERDE – COBERTURA DUPLEX: 145m² - 1º Piso: sala de estar/jantar com varanda, suíte reversível, WC social reversível, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 2º piso: sala de estar, 02 quartos sociais, WC social e piscina c/ deck e sauna, 02 vagas de garagem. R$ 450.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 058 - PONTA VERDE, Aptº c/ 99,77m² 03 Quartos s/ 02 suítes, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 01 vaga de garagem que comporta 02 veículos pequenos. Reserve o seu! R$ 297.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 075 – PONTA VERDE - 175,95M² - 04 suítes, Sala estar/jantar, lavabo, Varanda, DCE, 03 Vagas de Garagem. R$ 650.000,00 a negociar TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 091 - PONTA VERDE – Cobertura Duplex: 1º Piso: sala de estar/jantar com varanda, 02 quartos, s/ 1 suíte, WC social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 2º piso: sala de estar, suíte máster, piscina c/ deck e sauna. Área: 182,86m², 02 vagas. R$ 593.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343 REF: 054 – PONTA VERDE - Aptº c/ 97,50m² - 03 Quartos sendo 02 suítes, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada, 02 vaga de garagem. R$ 320.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0109 - PONTA VERDE - EDF. VITREO RESIDENCE - 218,52m² - Entrega: Out/2012 - 04 Quartos sendo 03 suítes, sala de estar/jantar, WC social, varanda, DCE, cozinha, 03 vagas de garagem - R$ 859.500,00 Rua Machado Lemos - TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 034 - PONTA VERDE - Res. Mont Vernon 146,98m² Varanda, sala de estar e jantar, 03 suítes, cozinha, área de serviço e dependência de empregada. Prazo de Entrega Maio/2012. R$ 630.424,32 - Av. Sandoval Arrochelas - Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343. REF: 0122 – PONTA VERDE - Apartamento QUATO E SALA: Novo! 1 vaga de garagem, sala estar, varanda, WC social reversível. R$ 150.000,00. TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

REF: 0103 – 199,49M² Ponta Verde e ainda por cima cobertura! - O Aptº: 1º Piso: Sala de estar/jantar c/ varanda, 02 quartos s/ 1 suíte,WC social, cozinha, área de serviço e dependência completa de empregada.2° Piso: Sala de estar, 01 suíte, piscina com deck, terraço, WC social.O Prédio: subsolo, pilotis, 02 elevadores, salão de festa, gerador, 03 vagas na garagem. R$ 593.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0102 – PONTA VERDE - varanda, sala para dois ambientes, três quartos sendo dois suítes, cozinha, área de serviço, Dependência completa de empregada e duas vagas de garagem. R$ 360.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0101 – PONTA VERDE - 171M² – O Aptº: Sala de estar/jantar com varanda, lavabo, 04 suítes, circulação, WC social, cozinha, área de serviço e dependência completa de empregada. O Prédio: 07 pavimentos, subsolo, pilotis, 02 elevadores, salão de festa, piscina, gerador, água quente por aquecimento solar, 03 vagas na garagem. R$ 690.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0100 – PONTA VERDE - PRÉDIO NOVO! - 294M² - Apt°: Sala de estar/jantar com varanda, 04 quartos sendo 2 suítes completas e 1 com WC reversível, WC social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. O Prédio: subsolo, pilotis, 03 elevadores, salão de festa com bar, piscina com deck, gerador 02 vagas na garagem. R$ 651.000,00 - TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 091 – PONTAVERDE – PRÓXIMO AO BLUE SHOPPING, Apartamento com 100m², 3º andar – sala em “L”, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, WC social, cozinha. Dependência completa de empregada. R$ 170.000,00. Cond. R$ 220,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 084 - PONTA VERDE - ÁREA: 146,90M² - Sala de estar e jantar c/ varanda, gabinete, 03 quartos sendo 01 suíte máster e 02 suítes sociais, bwc, cozinha, área de serviço, varanda de serviço, quarto e bwc de empregada, circulação. 03 vagas de garagem. Podemos entregar este aptº. conforme planta original (4 quartos). R$ 568.000,00 Entrega prevista Junho/2011 - Tr 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 052 - PONTA VERDE – Quarto e sala - 01 quarto, sendo suite, sala/jantar, cozinha/serviço. R$ 144.000,00 – TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 032 – PONTAVERDE – 8° ANDAR - Aptº com 90,83m² próximo à Sandoval Arroxelas. Sala de estar/jantar com varanda em “L”, 03 quartos sendo 01 suíte, cozinha, Wc social, dependência completa de empregada, área de serviço. 01 vaga de garagem. Prédio subsolo e pilotis, salão de festa, gerador, guarita de segurança, etc. Apenas R$ 290.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 035 - PONTA VERDE – Rua Hélio Pradines. 76,00m² - 03 quartos, sendo 01 suite, wc social, varanda, sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço c/wc. R$ 327.000,00 mil. Salão de festas, sala de estudo, sala de ginástica, bar, wc masc/fem, deck, piscina, churrasqueira, jardins e terraço descoberto. Tr. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 038 – PONTA VERDE - ÁREA 130,74M² - Sala de estar e jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, WC social, cozinha, área de serviço e dependência de empregada c/ WC. Vaga de garagem: 01. R$ 349.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 - CRECI 343 REF: 033 - PONTA VERDE - com 245m² de puro luxo! De frente! Sendo 02 aptºs por andar, sala com varandão, 04 quartos sendo os 04 suítes, a suíte de casal c/ hidro e varandão, cozinha c/ armários, Wc social, DCE. 02 vagas de garagem. Prédio novo! Com salão de festas, guarita de segurança. R$ 650.000,00. Tudo nele é grande. Venha conhecer! Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 050 – PONTA VERDE, próximo ao Bompreço – Área: 59,25m²: - Sala de estar, sala de jantar, 02 suítes, sendo1 com closet, cozinha e área de serviço, 02 vagas de garagem. Apenas R$ 200.000,00. A combinar. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0118 - PONTA VERDE - 02 quartos, sendo 1 suíte, varanda, sala de estar/jantar, wc social, 2 vagas de garagem, Piscina, Bar, Forno de pizza, Churrasqueira, Playground, Medidor individual de água e gás. R$ 260.000,00 - Cond. R$ 200,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

REF: 051 – PONTA VERDE – APTº C/ 83,35M² - R. Sandoval Arroxelas - Sala de jantar, sala de estar com varanda, circulação, 01 suíte, 01(um) quarto social, WC social, 01(um) quarto reversível, cozinha, área de serviço, WC de serviço e 01 vaga de garagem. R$ 300.000,00 a combinar. TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343 REF: 053 - PONTA VERDE – Rua Eliseu Teixeira - Esquina com a Dep. José Lages – Quarto e sala 38,91m² - Sala, 01 quarto, banheiro social, cozinha, 01 vaga de garagem. R$ 160.000,00. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 036 - PONTA VERDE – EDF. DUBAI 95,49M² - Lançamento! Entrega: março de 2012 Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos sendo 02 suítes + 1 quarto reversível, cozinha, área de serviço. R$ 289.622,81 Rua Hélio Pradines - Tr 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 081 – PONTA VERDE - apartamento no 2º andar, com sala de estar para dois ambientes com varanda, sala de jantar, (04) quatro suítes, sendo (01) uma máster com closet e hidro-massagem, lavabo, copa, cozinha, despensa, área de serviço, quarto de serviço e W.C. de serviço. 04 (quatro) vagas de garagem. Área: de 265,55m². R$ 1.445,00 - TR. 93514440 /8811-8410 - CRECI 343 REF: 0115 – PONTA VERDE – 1ª quadra do mar –117m², 5º andar, 03 quartos, sendo 1 suíte, varanda, cozinha, WC social, 1 vaga. R$ 210 mil. TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

3 QTS - sendo 1 suite c/ armários, sala c/ varanda, coz. c/ armários, 2 vagas de garagem. ref. fha-27. 3033-6000 / 21226012/6025 REF: 0145 – PONTA VERDE – Com 75,49m² Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, reversível, cozinha, área de serviço, dependência de empregada R$ 174.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. 160M² 4 qts (3 stes), coz., á. de serviço, dce, completo de armários, 3 vagas, nascente. 30336000 / 2122-6012/6025 REF: 0140 – PONTA VERDE – Em construção! Área: 60,98m² estar/Jantar, Varanda, 02 suítes, sendo uma reversível, WC social, Cozinha, Área de Serviço. Entrega: Abril/2011. R$ 216.000,00 –Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. 2 QTS (1ste), sala, varanda, coz., dce, c/ armários todeschini, 2 vagas. ref.fha-33. 3033-6000 / 2122-6012/6025 83M² nascente. 3 qts (1 suite), sala, varanda, coz. c/ armários, wc c/ blindex, 2 vagas. Financia. Tratar pelos telefones para contatos: 3033-6000 / 21226012/6025 REF: 0137 – BEIRA-MAR DA PONTA VERDE - Sala de estar/jantar, 02 quartos sendo 01 uma suíte, WC social, cozinha americana, 01 vaga de garagem - R$ 180.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

REF: 0156 – PONTA VERDE – Área: 133,39m² - Mobiliado – 04 quartos sendo 03 suítes, varanda, sala de estar, sala de jantar, WC social, dependência completa de empregada, 02 vagas de garagem. R$ 350.000,00 - Tr 93514440 /8811-8410 - CRECI 343. REF: 0147 – PONTA VERDE – AMETISTA Quarto e sala – 8º andar - Prédio com piscina, salão de festa e sala de jogos. R$ 120.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343 132M² . 3 suites, sala ampla c/ varanda,wc social, coz., área de serviço, dce, 3 vagas, completo de armários. tel. 96654557. 3033-6000 / 21226012/6025 REF: 0146 – PONTA VERDE - Com 76,66m² Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, reversível, cozinha, área de serviço, dependência de empregada R$ 178.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0111 - PONTA VERDE – 125m² - 100% nascente, andar alto de frente! - 03 Quartos sendo 01 suíte, sala de estar/jantar grandes, WC social, varanda com vista para o mar, DCE, cozinha, 02 vagas de garagem - R$ 300.000,00 – Av. Dep. José Lajes - TR 93514440 /8811-8410 – CRECI 343 REF: 003 - Praça Lion – de frente – 02 quartos sendo 01 suíte, Sala de estar/jantar com varanda, 01 wc social, cozinha, terraço e wc de serviço e área de lazer no mezanino. R$ 170.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 059 – NA MELHOR LUGAR DA PONTA VERDE – Área: 64,96m2 - Sala, varanda, 1 quarto social, 1 wc social, bar, cozinha, área de serviço R$ 140.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0174 – PONTA VERDE - 2ª quadra da praia - Sala de estar/jantar, 03 quartos, sendo 01 suíte wc social,cozinha, área de serviço e dependência de empregada completa; Área: 116,55m², 01 vaga de garagem com capacidade para 02 carros. R$ 380.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 3 SUITES - sala, varanda, coz., á. de serviço, dce completo de armários, 2 vagas. creci 1391. tel. 3033-6000 / 2122-6018 / 6025. REF: 004 - PONTA VERDE – Acabamento de Alto luxo 300m² - MINI QUADRA DE FUTEBOL E BASQUETE, ÁREA DE LAZER COM 3.500 M², PRÉDIO 3 ELEVADORES Piscina aquecida c/raia de 20 m² Quadra de squash, amplos ambientes sociais, Home theater, 4 stes, varanda c/churrasqueira, sala c/3 ambientes, 100 % Granito, 4 ou 6 Vagas por Aptos, área de serviço, Wc Social, DCE. Valor R$ 1.400.000,00. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440/88118410 CRECI 343. REF: 0158 – PONTA VERDE - 156M² - Estar Intimo, Sala de Jantar/estar, ampla varanda com mais de 9m², 03 suítes sendo 1 máster cozinha com copa, DCE, 02 vagas de garagem. R$ 500.000,00 (a combinar) - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343.

Guia de Serviços

CMYK


Classificados Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

O JORNAL JORNA L D3

CMYK


O JORNAL JORNA L

Classificados D4

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

VENDO CASA EM PONTA GROSSA - c/2 quartos, 2 wc’s, sala de estar, 01 garagem, quintal, toda cerâmica e lageado. Aceita financiamento. Tratar: 9341-2269 REF: 009 – PONTA VERDE - Apartamento com sala para 02 ambientes com varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, circulação, cozinha, despensa, área de serviço e dependência completa de empregada. 02 vagas de garagens. Área: 162,97m². R$ 490.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 070 – PAJUÇARA – Beira-mar - Dolce Vitta 137,75m² - 03 quartos sendo três suítes, sala de estar/jantar, varanda gourmet, wcb social, cozinha, DCE, piso em porcelanato. R$ 508.000,00 - Av. Dr. Antônio Gouveia - Tr 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 005 – PONTA VERDE – BEIRA-MAR Sala de estar/jantar, 2 quartos sendo 01 suíte, cozinha estilo americana, 1 vaga de garagem. R$ 180.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

3 QTS (1 ste), sala ampla, wc social, coz., dce, 1 vaga, c/ armários em ótimo estado. prédio c/ salão de jogos, quadra, playground, ventilado. apenas r$ 140.000,00. ref.fha-61. creci 1391. tel. 3033-6000/ 2122-6018 / 6025.

REF: 0127 - PONTA VERDE – Lançamento. Entrega: dezembro/2012. Aptº c/ 88,45m² - - Apt° com varanda, sala de estar/jantar, 03 quartos sendo duas suítes , 1 reversível, WCB de serviço, cozinha/serviço, dependência completa. R$ 250.000,00 - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 014 – PONTA VERDE – 2º prédio da praia – 100m², andar alto – sala de estar e jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, dependência completa de empregada, 01 vaga de garagem. R$ 290.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 025 – PONTA VERDE - COBERTURA DE FRENTE PARA O MAR LINDO! EXUBERANTE! IMPONENTE! MAJESTOSO E ABSOLUTO. PARA QUE GOSTA DE VIVER COM ESTILO ÚNICO E DIFERENCIADO! Área: 621,94m². R$ 3.100,000 - TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

PRADO

POÇO REF: 0113 – POÇO – PRÓXIMO AO SESC – Aptº com 72m² - 03 quartos sendo 1 suíte, sala em “L”, varanda, WC social, dependência de empregada, cozinha. O condomínio tem piscina, play-ground, bastante espaço para seus filhos se divertirem! R$ 120.000,00 - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

SERRARIA REF: 094 - SERRARIA 115,53M² - Entrega: dezembro/2011 Lançamento – Apartamento duplex - 1º pav.: sala de estar/jantar, cozinha/serviço, wc social, 02 quartos, sendo 01 suite. 2º pav.: terraço descoberto, bar, 01 suíte. R$ 250.000,00 - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

APTO. ALUGA OUTROS BAIRROS

REF: 016 – PONTA VERDE – 177M² - Sala estar/jantar, varanda, 04 quartos sendo 04 suítes, Cozinha, Wc social, dependência completa empregada. 03 vagas. Prédio com salão festas, gerador, guarita, piscina. Medição água e gás individual. Financio pela Caixa Econômica Federal. R$ 600.000,00. TR. 93514440/8811-8410 CRECI 343.

QUARTO, SALA, coz., wc social, mobiliado, localização privilegiada. 30336000 / 2122-6012/6025

PAJUÇARA

PRONTO p/ morar 3 qts (1 ste), sala, coz., área de serviço, 1 vaga, completo de armários e cortinas. 3033-6000 / 21226012/6025

REF: 026 – PAJUÇARA BEIRA-MAR de Frente! 3º andar – 73,00m². Compre e alugue por temporada. É dinheiro vivo! 02 quartos, 1 vaga. Apenas R$ 320 mil. No 3º andar, todo mobiliado! TR 93514440/8811-8410 CRECI 343. ]REF: 0138 – PAJUÇARA – 75,15m² - Aptº c/ varanda, sala de estar/jantar, 02 quartos sendo 1 suíte, WC social, cozinha, área de serviço, 02 vagas de garagem. R$ 266.201,03 - Rua José Correia Filho - Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 085 – PAJUÇARA ÁREA: 68,52M² Varanda, sala de estar e jantar, 03 quartos, sendo 01 suíte, wc social, cozinha e área de serviço, com 01 vaga(cabem 02 carros. Prox. Col. INEI/Praça Lyons, R$ 245.000,00 - Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343. 3 QTS (1 ste), sala estar e jantar, wc social, coz., 1 vaga. creci 1391. ref.fha25. tel. 3033-6000 / 21226018 / 6025. REF: 056 - PAJUÇARA BEIRA-MAR – Aptº c/ 190m² - Nascente - Sala de estar e jantar, 04 suítes, lavabo, DCE, despensa, 03 vagas de garagem. R$ 890.000,00 - Cond. R$ 600,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

STUDIO mobiliado, ótima localização próx. praia. 3033-6000 / 21226012/6025 QUARTO, SALA, cozinha, wc, prédio c/ salão de festas, playground, super ventilado. creci 1391. tel. 3033-6000 / 2122-6025.

CASA VENDA CENTRO REF: 0130 – CENTRO – Casa totalmente nascente, próxima à Igreja N. Sra. Do Carmo – Sala de estar grande, sala de jantar grande, cozinha grande, cozinha de apoio, 03 quartos sendo 02 suítes, WC social, área de serviço, 02 dependências de empregada, a 2ª no andar de cima, terraço, quintal, garagem p/ 04 carros. Rua calçada e muito sossegada! R$ 260.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

CAMBONA REF: 044 - CAMBONA Sala, varanda, 02 quartos, WC social, circulação cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada, R$ 95.000,00. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

FAROL 3 QTS (1 suite), wc social, dce, 2 vagas de garagem. ref.fhc-01. tel. 3033-6000 / 2122-6018 / 6025.

REF: 017 - PITANGUINHA – VENDO casa com 390m², sala de visita, sala de jantar, sala de TV e som, 02 terraços, Gabinete, 06 quartos sendo 02 suítes, 02 Cozinhas, 02 WC socais, Dependência completa empregada. Garagem 04 carros. R$ 250 mil. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 022 – FAROL – ÓTIMA CASA - Terraço, garagem, varanda, gabinete, sala de visita, sala de estar/jantar, 03 quartos, 02 banheiros, copa, cozinha, dependência completa de empregada, 190,84m² de área coberta. Apenas R$ 347.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0120 – PRÓXIMA AO TERMINAL DA AV. ROTARY – Com 380m² Jardim, 02 salas, gabinete, 3 quartos sendo 2 suítes, terraço, sala de estar/jantar, wc social, despensa, banheira de hidromassagem, dependência completa de empregada, garagem p/ 3 carros, jardim. Apaixonante! R$ 390.000,00 - Aceito carro na negociação! TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0112 – EXCELENTE CASA PRÓXIMA AO SHOPPING FAROL – Terreno 15 x 30. Jardim, quintal, 03 quartos s/ 1 suíte + gabinete, 3 salas grandes, WC social, 2 jardins de inverno, cozinha grande, área de serviço, garagem para 2 carros. R$ 270.000,00. Excelente para morar ou levar sua Empresa. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 16X30. pinheiro 3 qts (1 ste), gabinete, 2 salas, varanda, wc social, coz., quintal, solta. r$ 250.000,00. financia.ref.fhc.17. REF: 040 - FAROL Maravilhosa casa c/ 300m² - 05 Quartos, sendo 03 suítes, varanda, sala de estar e jantar, gabinete, w’c Social, DCE e 2 Vagas de Garagem, jardim e quintal. R$ 300.000,00 TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0130 – NA RUA DO CESMAC – excelente casa para sua empresa, totalmente nascente, – 2 salas grandes, sala de jantar grande, cozinha grande, cozinha de apoio, 03 quartos no 1º andar, sendo 01 suíte, terraço, área grande coberta, WC social, área de serviço, quintal com dependência de empregada, mais 02 quartos no térreo, sendo 1 suíte, garagem p/ 03 carros. R$ 360.000,00 – Terreno medindo 9 x 55. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

FEITOSA REF: 011 - FEITOSA – Prox. ao Shopping Miramar - Excelente casa de esquina com 148m2, Sala social, 03 quartos sendo 02 suítes, sala, cozinha, WC social e dependências externas e um ponto comercial. R$ 220.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 OPORTUNIDADE! VENDO casa c/2 qtos., laje, cerâmica. R$ 35 mil, não ac. Financiamento. Tratar pelos telefones para contatos: 8896-3946/ 9104-0871. Creci 1007

GRUTA REF: 0106 - GRUTA CASA PARQUE DO FAROL - 3 quartos, s/ 1 suíte, 2 Vagas de garagem Área: 360m2 - Valor: R$ 320.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

Aluguel de salas comerciais, no 13º andar cobertura com vista para o mar, no Ed. Empresarial Norcon, situado na Av. Comendador Gustavo Paiva, nº 2789, Mangabeiras, tratar com proprietário no tel. 9974-4421 (favor ligar no horário comercial).

JATIÚCA REF: 0128 - JATIÚCA Sala de estar/jantar, varanda, circulação interna, 04 suítes sendo 01 master, lavabo, cozinha com área de serviço e quarto de empregada com banheiro. Completo de armários em 03 quartos sociais, na cozinha e nos banheiros sociais. 247,53m² vagas de garagem. R$ 1.100.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

JACINTINHO OPORTUNIDADE! casa com 2/4, quintal, sala, boa localizaçao. R$ 38 mil, não aceito financiamento. Tr.: 8896-3946/ 9104-0871. Creci 1007

OUTROS BAIRROS REF: 0143 – ALDEBARAN ÔMEGA - Excelente casa com 02 pavimentos, composta de 04 quartos sendo todos suítes, suíte máster com hidro, estar íntimo, closet, WC social com 02 vasos. Closets em todos os quartos, sala de estar, sala de jantar, terraço, despensa, cozinha, área de serviço, WC's sociais, dependência completa de empregada, piscina, poço artesiano registrado, garagem para 03 carros. Apenas R$ 700.000,00. Ao lado um terreno de propriedade da mesma que também está à venda por R$ 300.000,00 TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 078 – SONHO VERDE I, Casa em dois lotes, área de 900,00m² de terreno, nascente, com uma ampla área verde em sintonia com uma ótima área de lazer com piscina enorme e extenso deck com quiosque, cinco quartos, sendo três suítes, três quartos internos na casa e duas suítes num anexo, amplas varandas, fruteiras, cisterna, etc. Registrado. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0124 – PINTANGUINHA–Pra Você que gosta do que é bom! 1º andar em construção. jardim, terraço, mesanino c/ 3 quartos sendo 2 suítes, gabinete, sala de estar, sala de jantar, wc social, despensa, dependência completa de empregada, garagem p/ 2 carros. Apenas R$ 345.000,00 – Também aceitamos carro! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 VENDE-SE 01 imóvel no Conj. João Sampaio I. Prédio em ótima condições. R$ 110 mil. Tr.: 8831-9121. REF: 0126 – BARRANOVA – Terreno 16 x 20 - sala de estar/jantar, 02 quartos sendo 01 suíte, WC social, cozinha, garagem, jardim, quintal, lageada, piso cerâmico. R$ 100.000,00. Próximo ao Bar do Pelado - Tr 9351-4440 /8811-8410 - CRECI 343 REF: 060 - ALDEBARAN ÔMEGA, SAN NICOLAS E ALAMEDAS DO HORTO Belíssimas e confortáveis casas em construção e em projeto. Feitas sob medida para Você e sua família. Parece sonho, mais é real! Ligue agora mesmo para maiores informações. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 089 – EM SONHO VERDE PRA SONHAR – Casa próximo à praia, com terraço, sala de visita, jantar, 03 quartos sendo 1 suíte, DCE, varandão, garagem, jardim grande. 02 frentes. Condomínio com quadra de esportes, piscina e bar. R$ 230.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 043 – PARIPUEIRA LOTEAMENTO ÁGUAS MANSAS – Casa com dois pavimentos, varanda, piscina, churrasqueira, sala de estar/jantar, cozinha, despensa, área de serviço, 03 suítes, sendo 01 reversível. R$ 300.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 096 – NAPARADISÍACA GARÇA TORTA – Seu Reveillon será inesquecível! Casa com 03 níveis. Nível inferior: sala p/ 3 ambientes, varanda e escritório. Nível Intermediário: entrada com um belo jardim, sala de jantar, estar para 3 ambientes, lavabo, copa, cozinha, garagem, área de serviço e 02 DCE' s. Nível Superior: 1 suíte king, 01 suíte máster, 01 quarto, WC social e ampla varanda com vista para área de lazer e o mar. Área de lazer com amplo jardim, piscina, deck, mirante panorâmico, quiosque com churrasqueira, sauna, WC e depósito. Totalmente à beira-mar. Área: 799m². R$ 1.5000.000,00. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0121 – Na Rua ao lado do Hospital dos Usineiros – Uma casa perfeita em terreno medindo 15 x 30. Com Jardim, 02 salas, gabinete, 3 quartos sendo 2 suítes, terraço, sala de estar/jantar, wc social, despensa, banheira de hidromassagem, dependência completa de empregada, garagem p/ 2 carros. Apenas R$ 370.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0123 – PINTANGUINHA - Próxima a garagem da Real Alagoas. Casa de 1º andar em fase final de construção. Com 297m², jardim, terraço, jardim de inverno, 02 salas, gabinete, 4 quartos sendo 3 suítes, terraço, sala de estar, sala de jantar, wc social, despensa, dependência completa de empregada, garagem p/ 2 carros. Apenas R$ 365.000,00 – Também aceito carro na negociação! TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 082 – O REVEILLON TÁ GARANTIDO CASA - a 30m da PRAIA - Loteamento Praias do Tabuba - Barra de Santo Antônio. Sala de estar/jantar, cozinha americana, 04 quartos sendo 01 suíte master, DCE, área de serviço, jardim, churrasqueira, garagem para 04 veículos de porte médio. Terreno medindo: 15 x 31,30m. R$ 310.000,00 –TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

PAJUÇARA REF: 079 – PAJUÇARA – Excelente casa nascente c/ 03 quartos sendo 1 suíte, sala de estar/jantar, sala de TV, área, terraço, cozinha americana, garagem para 2 carros e quintal. R$ 260.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0149 – PAJUÇARA - Casa com 03 quartos, sala de estar e jantar, cozinha, wc social, quintal. Armários no quarto e cozinha e estante na sala. Área: 4,40m por 27,00m. R$ 140.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

POÇO 4 QTS (1 ste), sala estar, sala jantar, coz., desp., dce, á. serviço, quintal. ref.fhc-09. 3033-6000 / 2122-6012/6025

TABULEIRO REF: 068 - TABULEIRO DO MARTINS – Próximo a Carajás. Casa totalmente nascente, com 3 Quartos, sendo 1 suíte, Jardim, piscina, garagem para 2 veículos, 1 sala para 2 ambientes, DCE, cozinha, área de serviço, banheiro social, quintal, 1 ponto comercial. Área: 140m2. Dá pra creditar? Olha só qual é o preço! R$ 165.000,00. É sua! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 IMÓVEL Vende-se no Conj. João Sampaio I. Prédio em ótimas condições. Valor R$ 110 mil. Tratar: 8831-9121 CHÁCARAS DA LAGOA cond. fechado, 1.070m², nasc., 4 qts (2 suites c/ varanda), 2 salas, coz., despensa, wc, gar. p/ 10 carros, piscina, jardim, churrasqueira, canil, r$ 350.000,00. creci 1391. tel. 3033-6000 / 21226018 / 6025. REF: 0116 – TABULEIRO - Condomínio Morada dos Palmares - Casa com varanda, 03 quartos sendo 1 suíte, gabinete, 02 salas, banheiro social, cozinha, dependência completa para empregada, garagem para 3 carros, jardim e quintal. Próxima da antiga Cerâmica Santa Luzia. Área: 250m², s/ 220m² de área construída. R$ 220.000,00 - TR 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 090 – OPORTUNIDADE! TABULEIRO – Casa de esquina Vizinho ao AEROCLUB – Casa com 03 quartos, sendo 1 suíte, 2 salas grandes, gabinete, WC social, quintal. Apenas R$ 140.000,00 Venha hoje mesmo conhecer! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 JARDIM PETRÓPOLIS I 5 qts, (4 suítes 2 reversíveis), sala, coz., dce, mezanino, jardim, pisc., churras., canil. creci 1391. tel. 3033-6000 / 2122-6018 / 6025. ref.fhc-30.

SERRARIA

PAJUÇARA

REF: 013 - SERRARIA – CASA NO ANTARES II nascente, 03 quartos sendo 1 suíte, cozinha, gabinete, WC social, garagem, jardim, lajeada. È pra vender! Motivo: Viagem. R$ 200 mil. Aceita financiamento. Tr. 9351-4440 /8811-8410 CRECEI 343.

REF: 086 – SALAS COMERCIAIS À BEIRA-MAR - Pajuçara. – Área: 21,00m² - Sala 04: R$ 98.000,00 - Sala 05: R$ 92.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

VENDE-SE uma casa na Serraria, c/1º andar, sala, cozinha, 4 qtos., wc e varanda. Tr.: 9905-1398 ou 3328-1115. REF: 015 – SERRARIA CASA LOT. SAMAMBAIA – 03 quartos, terraço social, sala de estar/jantar, circulação, WC social e cozinha. R$ 224.000,00 - Tr 93514440 /8811-8410 - CRECI 343. REF: 099 – SERRARIA – Cond. Fechado - Casa com 542m² - 03 Suítes sendo uma máster com hidro, salão de fetas/jogos, piscina adulto/infantil, churrasqueira, - R$ 800.000,00 a combinar - Tr 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

SALVADOR LYRA REF: 0150 – OPORTUNIDADE RARA! Conjunto Salvador Lira – Casa – 1º. piso: 02 quartos, sendo 01 suíte com hidromassagem, sala de estar/jantar, cozinha americana, dependência completa, despensa, quintal e área de lazer. 2º. piso: 03 salas, área de serviço, garagem para 02 carros e jardim. 314,00m de área construída. R$ 180.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

COMERCIAL VENDA

COMERCIAL ALUGA CENTRO PONTO COMERCIAL centro mercado 10x30 pronto p/ loja, armazém, etc. 3033-6000 / 21226012/6025

MANGABEIRAS ALUGO sala ampla no Norcon Empresarial, local. na Av. Com. Gustavo Paiva, 2789 (em frente ao Maceió Shopping). Tr.: 9909-9270/ 8851-8553/ 3356-6281

TERRENOS VENDA CAPITAL REF: 066 – AGORA VOCÊ VAI SER FELIZ! Condomínio Fechado. Terreno 15 x 30, bem localizado. R$ 190.000,00. Ligue já! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

CUIDO DE IDOSOS: como noção em enfermagem. Tr.: 8862-1401

REF: 049 – EXCEPCIONAL ÁREA À BEIRA MAR DE IPIOCA. Com 11,80 hectares 160mts de praia de rara beleza, por 800mts (Rod AL-101praia). Próximo ao Loteamento ANGRA DE IPIOCA. Ligue e procure maiores informações! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

FAROL

JATIÚCA REF: 067 – FAROL – É um achado!! Excelente casa – Próxima à Mavel Terreno 12 x 30 - 03 quartos sendo 01 suíte com closet, sala de estar grande, sala de jantar, gabinete, lavabo, terraço, área, cozinha, wc social, área de serviço, despensa, 02 dependências com 1º andar. Rua muito calma! R$ 320.000,00 - Tr 93514440 /8811-8410 - CRECI 343

DOMÉSTICOS

REF: 008 - INACREDITÁVEL E IMPERDÍVEL – Área com 3.000m² na Via Expressa em beira de pista? Ligue agora mesmo e venha conferir! CB. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 087 – CENTRO - PRÉDIO COMERCIAL. Prédio com vocação comercial e se o comprador desejar pode ter assegurado ótimo aluguel, constituído de 04 pavimentos, sendo o pavimento térreo composto de salão comercial amplo com 02 W.C. e copa, e o 1º, 2º e 3º pavimentos compostos cada um de 05 salas comerciais, contendo cada sala W.C., tendo uma área global de construção de 813,00m2. Terreno medindo 5,72m de largura de frente e de fundos, por 38,00m extensão de frente a fundos em ambos os lados. Rua Barão de Alagoas, no Centro. R$ 750.000 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 0133 – POSTO DE COMBUSTÍVEIS NO FAROL – Todo reformado com tanques ecológicos, bombas novas, documentação toda regularizada - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

EMPREGOS PROCURA-SE PRECISO TRABALHAR DE: lavadeira, passadeira e serviços gerais, à domicílio. Tr.: 8711-0266.

PRAIAS

REF: 0125 –OPORTUNIDADE IMPERDÍVEL DE UM GRANDE NEGÓCIO! Próximo as Lojas Americanas – ESTACIONAMENTO á beira-mar com 1.380m², 02 frentes para ruas pavimentadas. Ligue hoje mesmo! A hora é agora! Apenas R$ 900.000,00 – TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

PRECISA-SE DE: vendedor de forro de PVC externo, motorizado, no end. Av. Tomás Espíndola, nº 80 – Farol – Maceió – AL.

OPORTUNIDADE! VENDO lote no Tabuleiro, medindo 6x18 próximo a FEDERAL. Só R$ 17.000,00. Tr. 8823-2080/ 9972-8960/ 9104-0871. Creci 880

CENTRO

REF: 0153 – CENTRO -Sala Comercial - Andar alto - Rua do Comercio. Área: 150m² . R$ 150.000,00 - Tr 93514440 /8811-8410 - CRECI 343.

COM��RCIO

LOTES REF: 098 – ILHA DE SANTA RITA – Excelente lote próximo à pista, perfeito para cabanas de veraneio. Lado direito da Rodovia sentido Francês. Com 5.689,72m². R$ 235.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

OUTRAS ATIVIDADES

CUIDO DE: idosos. Tr.: 8705-3945 PRECISO TRABALHAR: Secretária, atendente, recepcionista e vendedora interna. Tr.: 8808-7240/ 8809-0112. CUIDO DE IDOSOS: casa ou hospital, com noção em enfermagem. Tratar pelo telefone para contatos: 8897-6870

VEÍCULOS ACESSÓRIOS PEÇAS E OFIC. JOGO DE RODA - Vendese - GM esportivo aro 14, com 4 pneus novos. Tr. 9902-6030 / 9129-7020. VENDE-SE jogo-de-roda GM Sportivo, aro 14, c/4 pneus novos. Tratar pelos telefones para contatos: 9902-6030/ 9129-7020.

VEÍCULOS IMPORTADOS

NEGÓCIOS

SUZUKI

VENDE-SE UM FREEZER 2 portas Fricon e uma masseira com moedor, 3 kg. Vende-se uma Cadeira Ab Strech 3 em 1 para abdominal. 8815-4422 / 9184-6986

MOTO SUZUKI MARAUDER preta /2002 superconservada. Tratar pelo telefone para conatos: 9996-9295

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

DIVERSOS

INFORMÁTICA COMPRAMOS: cartuchos de Tonner SCX 4600. Tr.: 3317-6839/ 8704-6878

REF: 0152 - LOTEAMENTO RESERVA DO VALE - Loteamento fechado, com deslumbrante vista para um pedacinho da mata atlântica. Infra-estrutura: praças playground, salão de festas, piscina com deck, quiosque, campo de futebol society, quadra de tênis, quadra de areia, pista de cooper formada por uma trilha existente no meio da mata. R$ 250.000,00 - Se ficar pensando... vai perder! TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 097 – GUAXUMA – Loteamento Gurgury Terreno na rua dos fundos do Hotel, com rio passando atrás. Em frente a passagem que sai de frente pro Mar. Somente R$ 240.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

EMPREGOS OFERECE-SE DOMÉSTICOS PRECISO TRABALHAR - Faxineira e serviços gerais: Tratar pelo telefone: 8842-6332.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

"EMPRESA SELECIONA: ASSISTENTE SOCIAL COM EXPERIÊNCIA NO SETOR SUCROALCOOLEIRO. ENVIAR CURRÍCULO: sucroenergiagestaodepessoas@hotmail.com ".

Precisa-se de profissional que cozinhe o trivial requintado para duas pessoas, com as duas últimas, referências na área da Ponta Verde. Ligar em horário comercial: 9974-2559

CMYK


Esportes

O JORNAL JORNA L

ASA vai enfrentar Goiás e Sport, dois dos favoritos ao título da Série B PÁGINA 4

Marco Antônio

Zona de turbulência

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br


O JORNA L JORNAL

Esportes 2

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

BatePronto Victor Mélo - jornalistavictor@gmail.com

OS DESAFIOS DA SELEÇÃO O técnico Mano Menezes ainda não mostrou serviço na seleção. Desde que assumiu o comando do escrete, ele ficou longe dos resultados expressivos. A rigor, o Brasil fez apenas uma boa partida sob o seu comando, na estreia, quando o time venceu o EUA por 2 x 0 com grande atuação de Ganso e Neymar. Desde a lesão do camisa 10 do Santos, a seleção perdeu muito em criatividade. O treinador já testou Renato Augusto, Douglas e Jadson, por exemplo, mas nenhum deles deu qualidade ao meio-campo canarinho. Esse é o motivo de o treinador deixar Ganso de sobreaviso para a Copa América. Ele se recupera da segunda lesão em menos de um ano e ainda é uma incógnita. A aposta de Mano é o jovem Lucas, revelação do São Paulo. O jogador já demonstrou qualidade no escrete, mas tem características diferentes das de Ganso. Ele carrega mais a bola e dribla em velocidade. O camisa 10 do Santos, ao contrário, cadencia o jogo e é bem mais efetivo nos passes. Um é meia-atacante; o outro é armador. Mano sabe que seu principal teste está por vir. Ele chegou à seleção na condição de segunda opção e vai começar a ser cobrado a partir do mês de julho. O Brasil vai disputar a Copa América na Argentina, e a exigência de críticos e torcedores vai aumentar. Por isso, ele deu um tempo no trabalho de renovação do grupo e fez uma convocação de segurança. Julio Cesar, Lúcio, Maicon e Elano, por exemplo, voltaram à seleção após alguns meses de ausência. Com eles em campo, a transição entre gerações pode ser menos traumática para a seleção e, principalmente, para Mano. Dunga assumiu a seleção sob o signo da desconfiança. Ele só foi mantido no cargo porque os resultados de seu trabalho até a Copa foram expressivos. Mano perdeu nos principais desafios que enfrentou com a seleção até agora. O maior deles foi disputado no ano passado, contra a Argentina. A derrota por 1 x 0, com gol de Messi, foi um mau sinal. O outro revés, na sequência, diante da França, também por 1 x 0, intensificou o receio da torcida. A partir do próximo sábado, Mano vai precisar mostrar serviço. A seleção faz um amistoso contra a Holanda, algoz da última Copa, e, no dia 7, faz um jogo festivo contra a Romênia na despedida de Ronaldo. Depois dessa partida, o treinador vai fechar a lista para a Copa América. Ele já chamou 28 nomes para a competição e, desses, seis vão ser cortados.

Ronaldo vai se despedir oficialmente da seleção brasileira no próximo dia 7, contra a Romênia

Ensaiando a despedida Ronaldo treinará com elenco do Corinthians antes de jogo pela seleção

NÚMEROS No comando da seleção, Mano Menezes trabalhou em seis partidas. Ele venceu quatro, contra adversários de menor expressão (EUA, Irã, Ucrânia e Escócia), e perdeu duas ( diante das tradicionais Argentina e França), tendo aproveitamento 66,7%. O primeiro jogo foi disputado no dia 10 de agosto, contra os EUA. A última partida foi realizada dia 27 de março, com vitória da seleção por 2 x 0 sobre a Escócia, em Londres.

APOSTA O meia Thiago Neves é a bola de vez no setor de criação da seleção brasileira. O jogador, que está se destacando na temporada com a camisa do Flamengo, deve ser testado por Mano.

CURTO-CIRCUITO A seleção brasileira estreia na Copa América dia 3 de julho, contra a Venezuela, em La Plata, Argentina. O segundo jogo da competição está marcado para o dia 7 de julho, contra o Paraguai, em Córdoba. O terceiro vai ser disputado dia 10 de julho, diante do Equador, também na cidade de Córdoba.

SÃO PAULO - O retorno de Ronaldo ao CT Joaquim Grava, do Corinthians, na manhã de ontem, marcou o início da preparação do jogador para voltar aos gramados. Às vésperas da despedida pela seleção brasileira, no dia 7, contra a Romênia, no Pacaembu, o Fenômeno já tem detalhada no Timão sua programação de preparação física e das ações promocionais da 9ine - sua agência de marketing - para o adeus com a Amarelinha. A partir de terça-feira, o elenco corintiano deve ganhar o reforço de Ronaldo nos treinos. O Fenômeno passará por uma preparação com bola, também, antes de fazer sua despedida com a Seleção. Após o primeiro dia no centro de treinamento do Timão, de-

partamento médico e preparadores físicos traçaram uma programação para o ex-atacante, que trabalhará com bola, nos campos do CT, com os ex-companheiros de clube. “O Ronaldo veio fazer uma sessão de treinamento, com fortalecimento muscular e trabalho aeróbico, com o objetivo de adquirir resistência. Nada muito específico, pois foi só o primeiro dia. Na próxima semana, ele virá ao CT com o objetivo de fazer um trabalho no campo, com bola. Ele treinará com os outros jogadores e poderá participar das atividades”, afirmou o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, que trabalhou com Ronaldo nos últimos anos. Na próxima semana, o elenco poderá treinar com bola, ao lado do Fenômeno,

na terça e na quarta-feira, antes de viajar a Extrema, em Minas Gerais, para desocupar o CT Joaquim Grava, que será utilizado pela Seleção Brasileira, e por Ronaldo. Segundo Júlio Stancati, médico do Corinthians, e que também acompanhou o primeiro dia da preparação de Ronaldo, o Fenômeno conservou a silhueta, apesar do tempo parado, desde a aposentadoria, anunciada no dia 14 de fevereiro deste ano. “Ele está bem, está com a mesma aparência, não parece ter ganhado peso, mesmo sem jogar há um bom tempo. Ele treinou, fez exercícios aeróbicos, porque o que tenta resgatar agora é um pouco do condicionamento físico, para poder jogar alguns minutos”, disse.


O JORNA L JORNAL

Esportes

3

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Inimigo do tempo Lesionado, Pato ainda pretende disputar a Copa América e manda recado para Mano: “Depende de você”

Alexandre Pato encerrou no último domingo a temporada que poderia ser considerada a melhor de sua carreira. Gols pelo Milan, afirmação na seleção brasileira, hoje dirigida pelo técnico Mano Menezes. Porém, mais uma lesão, atrapalhou os planos do jogador, principalmente com a camisa amarelinha. Diante do Udinese, pelo Campeonato Italiano, o atacante deslocou o ombro e está na luta para participar da Copa América, que será disputada entre 1º e 24 de julho, na Argentina. Na temporada 2010-2011, Pato foi o artilheiro do Milan no Campeonato Italiano, com 14 gols, ao lado de Robinho e do sueco Ibrahimovic. Na Champions League e na Copa da Itália balançou a rede duas vezes em casa. Com a amarelinha, ele fez três gols em três jogos, tornando-se o homem-gol da repaginada Seleção Brasileira. “Foi realmente um ano maravilhoso, um dos melhores. Apesar das lesões, aprendi muito com tudo isso, amadureci. Aprendi a trabalhar mais os meus músculos. O legal é que fui campeão pela primeira vez na Itália”, afirmou Pato, que na última quinta-feira foi examinado pelos médicos José Luís Runco, da Seleção Brasileira, e Michael Simoni, exFluminense. Mesmo com grandes clubes da Europa

interessados na contratação do jogador, o futuro será mesmo em Milão, segundo informou o empresário Gilmar Veloz. Por outro lado, a Copa América ainda é incerta, já que a lesão no ombro pode tirar o atleta do torneio. Mesmo precisando correr contra o tempo para estar na lista que será divulgada no dia 7 de junho, Pato brincou ao comentar uma possível conversa telefônica com o comandante canarinho. “Conversaria com os médicos para tomar a melhor decisão e diria ao Mano caso ele me ligasse: “professor, quero disputar a Copa América e depende de você”, comentou o jogador, dando a entender que estará apto a disputar o torneio. Mesmo confiante em participar do torneio, Pato não quer precipitar o retorno à Seleção Brasileira. Para ele, o ideal é cumprir todas as etapas da recuperação antes de voltar aos gramados. “A Copa é em 2014. Antes disso, tenho que me preocupar com a minha saúde, com o meu corpo. Quero chegar bem até lá. Claro que fico chateado em me machucar, mas foi no último jogo e estávamos entrando de férias. Não posso jogar os amistosos, mas posso trabalhar duro para tentar chegar à Copa América”.

Rio é o favorito para abrir a Copa de 2014 A indicação do Riocentro, no Rio de Janeiro, como sede do IBC (sigla em inglês de Centro Internacional de Transmissões) da Copa do Mundo de 2014 faz da cidade fluminense favorita para receber a abertura da competição. Das outras quatro candidatas, o iG apurou que Belo Horizonte e Brasília estão fora da disputa. Salvador tem um padrinho forte, mas problemas estruturais, e São Paulo, a preferida da Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados), superou questões legais, mas ainda não consegue viabilizar financeiramente a construção do “Fielzão”, estádio do Corinthians que foi indicado pelo COL(Comitê Organizador Local) como palco preferencial para o jogo inaugural. Receber o IBC desequilibra e praticamente define a disputa a favor do Rio. Além de ser o palco da decisão do Mundial, a cidade já conta com anuência implícita do Governo Federal. O ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., confidenciou em evento recente que o Rio de Janeiro tem atualmente 90% de chances de abrir e fechar a Copa. Como duas das principais atrações de uma Copa no Rio, é natural que o COL e a Fifa façam da cidade a base estratégica do Mundial brasileiro. SEGUINDO PADRÃO As últimas Copas do Mundo seguiram essa lógica – a cidade que ganhou o IBC levou também o jogo inaugural. Em 2010

o mundo viu uma situação idêntica à qual está para ser confirmada no Brasil. Joanesburgo foi o palco da abertura, da final e do Centro de Imprensa. Em 2002 e 2006 Seul e Munique receberam, respectivamente, os jogos inaugurais e centro de imprensa das Copas da Ásia e da Alemanha. Receber o Centro de Imprensa é fundamental em uma Copa do Mundo por dois motivos: primeiro pela quantidade jornalistas, que normalmente gastam mais do que turistas, que ficarão somente no Rio durante o Mundial – pessoas de retaguarda de emissoras de TV e de Rádio não viajam pelas sedes, permanecendo apenas no IBC. Segundo que a Fifa costuma realizar na cidade do Centro o jogo inaugural, que é o que recebe o maior número de jornalistas, mais até do que na final. O Rio também terá o IBC na Copa das Confederações, em 2013. Por meio da assessoria, a secretaria especial para a Copa da prefeitura paulistana parabenizou o Rio e informou que a cidade trabalha normalmente para receber a abertura da Copa do Mundo. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o COL (Comitê Organizador Local) e o Ministério dos Esportes não se pronunciaram até o momento. Indicar o Rio como sede do IBC, para membros do Comitê paulista, é mais uma maneira de pressionar o Governo de São Paulo a liberar dinheiro para a construção do “Fielzão”.

Estádio do Maracanã passa por reformas para o Mundial de 2014


O JORNA L JORNAL

Esportes

Agremiação Sportiva Arapiraquense

4

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

ASA Marco Antônio

Didira deve voltar ao time titular do ASA contra o Goiás

Teste de força ASA trabalha para encarar, na sequência, Goiás e Sport Luciano Milano

nacional. O próximo compromisso será contra o Sport Recife, às 16h do dia 11, um sábado, no estádio Coaracy O ASA viaja na tarde de hoje para da Mata Fonseca. O detalhe da sequencia inicial de jogos é que Goiânia onde na próxima terça-feira o único representante do enfrenta o Goiás, às 21h, no Serra Estado na Segunda Divisão Dourada, na terceira rodatrês dos indicados pela mídia da do Campeonato Brasinacional como candidatos leiro da Série B. Esta será a Jogo em fortes ao acesso à Série A em segunda vez que o Alvi2012: Ponte Preta, Goiás e negro joga longe de casa Goiânia Sport. Quanto mais somar nessa Série B. Na estreia, envai ser contra clubes que, teoricafrentou a Ponte Preta, em disputado mente, não concorrem com o Campinas, e acabou sendo Alvinegro nesse começo de goleado por 5x0. Já na terçana próxima disputa, melhor será para a feira passada, o time arapiterça pontuação que evitará uma raquense fez sua primeira queda do ASApara a Série C. apresentação diante de sua Só para lembrar, em torcida e se reabilitou do ve2010, quando participou xame em São Paulo, batenpela primeira vez da Série B, o ASA do os também paulistas do terminou em nono lugar, com 52 ponAmericana, por 2x1. Depois do jogo desta terça-feira, o tos somados. Deles, foram dois conASA retorna para Alagoas e se prepa- tra a Ponte Preta, nos empates em ra para o quarto jogo na competição Arapiraca e Campinas, além de uma

Repórter

vitória por goleada em cima do Sport, em Arapiraca, por 4x1. O técnico Vica fala sobre a curiosidade na tabela do ASA nas quatro primeiras rodadas da Segunda Divisão. “Em alguns casos com certa diferença financeira, que é importante, os 20 clubes da Série B estão mais ou menos em condição similar na competição. Claro que os times citados, Sport, Ponte Preta, Goiás e ainda o Vitória, por exemplo, são apontados pela imprensa como os possíveis times a brigar por vaga na Serie A em 2012. Essa é uma realidade que o ASA não vive, pelo menos na teoria. Mas isso não significa que estaremos brigando o tempo todo para não ser rebaixado, isso foi visto no ano passado. Todos sabem a boa campanha que fizemos. Enfrentar três dos candidatos ao acesso nas três rodadas iniciais da competição é um bom teste para nosso time, faz parte da tabela e não temos muito o que reclamar”, declaro Vica.

Vica não conta com zagueiro e atacantes Para a partida contra o Goiás, Vica ainda não vai poder contar com o zagueiro Ferreira e o atacante Fernando Sá, ambos no Departamento Médico. Já o atacante Wanderley ainda não reúne condições físicas para atuar, mas espera ficar à disposição contra o Sport, na semana que vem. Quem está liberado para atuar é o lateral-direito Raulen, que acabou se machucando na semana que antecedeu a partida contra o Americana e desfalcou o time na ocasião. Porém, seu retorno ao time titular não foi garantido por Vica, uma vez que Sérgio substituiu Raulen, fez um excelente jogo e marcou o gol da vitória por 2x1. Outros que devem ganhar a posição são Didira e Vitinha. Os dois treinaram entre os titulares, saindo da equipe Marielson e Raul, respectivamente. TIME - Tutti; Leandro, Toninho e Thiago Alves; Sérgio, Marcelo Costa, Galiardo, Didira, Vitinha e Maurin; Alexsandro. Técnico Vica. (L.M.)


O JORNA L JORNAL

Esportes

5

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Nova experiência Técnico do CRB, Flávio Lopes vai iniciar trabalho com 90% do elenco formado pela diretoria Luciano Milano

Flávio Lopes chega na próxima quinta-feira

Repórter

O técnico Flávio Lopes, do CRB, tem apresentação marcada para a próxima quinta-feira, dia 3, pela manhã na Pajuçara. Anunciado há duas semanas para dirigir o time na briga por uma vaga na Série B de 2012, Lopes teve como último trabalho profissional o América-RN. Apesar da pouca idade, 45 anos, o treinador tem em seu currículo nada menos que 20 clubes, assim como a experiência de ter sido gerente de futebol do Atlético-MG. A experiência no Galo da Pajuçara será única para Flávio Lopes. Isso porque, como ele próprio revelou, essa será a primeira vez que chega a um clube de futebol onde o elenco já está formado em cerca de 90%. Dos mais de 20 jogadores anunciados até agora, apenas

três deles - o zagueiro Felipe e o atacante Marinho e o meia Everton - foram indicações dele. Segundo o diretor de

futebol Ednilton Lins, pelo menos mais um jogador deve ser contratado por indicação do treinador. Flávio Lopes che-

gou a dizer que tal situação não é a ideal, mas que topou o desafio porque teve uma conversa franca com a diretoria e a garantia de que o elenco formado é para lutar por uma boa campanha na Série C e, consequentemente, o retorno à Segunda Divisão. "É comum hoje em dia que o técnico prefira formar, montar, seu elenco. Os jogadores que a gente conhece, têm confiança e já teve a oportunidade de trabalhar em outra oportunidade. No CRB, chego com o elenco quase todo formado pela diretoria, mas tive a garantia dos diretores de que o elenco formado é de qualidade, experiente e que tem tudo para fazer uma boa Série C e brigar por uma vaga na Segunda Divisão. Indiquei quatro jogadores porque são atletas que vão me dar, também, uma boa base para a competição", declarou Flávio Lopes.

Clube de Regatas Brasil

CRB

Direção quer evitar desmanche Segundo os diretores do CRB, além da experiência e dos bons trabalhos que fez pelo futebol, principalmente do Nordeste, uma das condições para que o clube fechasse a contratação de Flávio Lopes foi ele aceitar dirigir o time alvirrubro já com o elenco praticamente formado. De acordo com o diretor de futebol, Ednilton Lins, o CRB teve outras experiências negativas com treinador formando todo o grupo e acabou sofrendo por conta disso. Na visão do CRB, se o técnico chega em uma equipe e leva com ele o elenco, uma possível saída do treinador faz com que haja um desmanche entre os jogadores, que também vão preferir sair com o treinador. "Sem contar que o outro treinador que for chegar pode acabar tendo uma relação desgastada com o novo grupo. Questões como aceitação e outros aspectos. Não vou falar em nomes, mas em três oportunidades nos últimos

anos o CRB sofreu com treinador formando o elenco. Quando foi embora, levou alguns jogadores e o time se prejudicou. Agora, nós assumimos a responsabilidade de montar o grupo e o Flávio Lopes foi bastante receptivo, até porque garantimos a ele que o elenco tem qualidade. Claro que ele nos pediu para indicar quatro jogadores da confiança dele e nós já trouxemos dois, o Felipe e o Marinho (Everton também fechou)", declarou Ednilton. Marinho e Felipe, além de Bruno Moreno e Michel são aguardados amanhã em Maceió. Já o goleiro Anderson Paraíba e o meia Cleiton só devem se apresentar no dia 6, após o fim dos campeonatos estaduais que disputam, no Tocantins e Segunda Divisão da Bahia, respectivamente. COCA - O JORNAL ouviu um dos técnicos que, no momento, não está em atividade no futebol local. Ex-Murici, Atalaia,

ASAe Ipanema, Coca falou rapidamente sobre o assunto. Para ele, a estrutura dos times por aqui faz com que, em geral, o técnico inicie seus trabalhos já com boa base do elenco formada. Para ele, o ideal seria contar com os jogadores que estejam no clube - assim como os da casa, se a base for forte - e poder indicar jogadores com quem já trabalhou. "Quando você é chamado para dirigir um clube, pelo menos aqui em Alagoas, o técnico chega e já encontra alguns dos jogadores no clube. Para mim, não há problema em trabalhar assim porque entendo perfeitamente a situação das agremiações. Porém, se lhe for dada a possibilidade de indicar um atleta que você conheça a qualidade e seja de sua confiança, também passa a ser u aspecto importante para o treinador", explicou Coca, que teve passagens marcantes como jogador em CRB e CSA, na década de 80.

O atacante Marinho foi um dos quatro atletas indicados por Flávio


O JORNA L JORNAL

Esportes 6

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Segundo ato Rodada do Campeonato Brasileiro vai ser fechada hoje por seis partidas Victor Mélo Editor de Esportes

A segunda rodada do Brasileirão vai ser encerrada hoje com seis partidas. O jogo mais interessante vai ser o duelo entre Cruzeiro e Palmeiras, às 16h, no Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG. A Raposa perdeu na estreia e busca a reabilitação. O Verdão venceu o clássico com o Botafogo, por 1 x 0, e quer manter o ritmo em Minas. O jogo marca o reencontro do atacante Kleber, do Palmeiras, com seu exclube. A TV Globo mostra para Alagoas o duelo entre Bahia e Flamengo, às 16h, no Estádio do Pituaçu, em Salvador. A partida marca o reencontro da torcida do Tricolor com a Primeira Divisão, já que o time jogou fora de casa no último domingo, quando foi derrotado pelo AméricaMG, por 2 x 1. O Fla vai contar com o volante Willians. O jogador agrediu Negueba no treino de quartafeira, foi afastado e, depois, reintegrado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. O Rubro-Negro goleou o Avaí, por 4 x 0, na estreia e a boa atuação de Ronaldinho Gaúcho aumentou a expectativa em relação à equipe. O meia disse que está aperfeiçoando seu condicionamento físico e que pretende manter o nível nas

próximas partidas. O Corinthians deve enfrentar hoje, no Pacaembu, o mistão do Coritiba, que inicia na próxima quarta-feira a decisão da Copa do Brasil e deve poupar seus principais titulares. Com três pontos na competição, o Timão tem uma boa oportunidade de manter os 100% de aproveitamento. O jogo está marcado para as 16h, em São Paulo. Fechando os jogos das 16h, o Atlético-PR busca reabilitação contra o Grêmio. O Furacão foi goleado pelo Atlético-MG na primeira rodada e o Tricolor perdeu, em pleno Olímpico, para o Timão. Duas partidas envolvendo clubes cariocas estão programadas para as 18h30. Em má fase, o Fluminense duela com o Atlético-GO, em Goiânia. O Dragão bateu o Coritiba por 1 x 0, no Paraná, e está motivado para o jogo. O Flu ainda vive um período de transição e precisa vencer para espantar a crise. O Vasco recebe o América-MG, em São Januário, com o pensamento distante. Finalista da Copa do Brasil, o clube deve escalar os reservas nesta noite. BALANÇO - Na primeira rodada, em 10 partidas, foram marcados 25 gols, média de 2,5. Os mandantes venceram cinco jogos, os visitantes conquistaram quatro vitórias e ainda foi registrado um empate.

VASCO Na noite desta sexta-feira, o departamento médico do Vasco teve acesso ao resultado das ressonâncias feitas pelo atacante Eder Luis e pelo lateral-esquerdo Ramon, que sairam reclamando incômodo na coxa na última partida, contra o Avaí. Segundo Alexandre Campello, médico do clube, há a possibilidade de ambos atuarem na primeira partida da final da Copa do Brasil, contra o Coritiba, na próxima quartafeira, em São Januário. Os exames detectaram apenas um mínimo edema em ambos os jogadores. No caso do camisa 7, no adutor mínimo da coxa esquerda e, no caso de Ramon, no músculo posterior da coxa esquerda.. “A expectativa é de que eles possam se recuperar para jogar a primeira partida da final. Vai depender da recuperação e evolução de cada um. Mas eles não estão descartados do primeiro jogo”, disse Alexandre Campello.

Os destaques da primeira rodada Flamengo, Atlético-MG e São Paulo foram os grandes destaques da primeira rodada do Brasileirão. Ronaldinho fez sua melhor partida com a camisa do Flamengo e comandou a goleada por 4 x 0, dia 20, sobre o mistão do Avaí, no Rio. O Galo demonstrou segurança defensiva e poder ofensivo diante de um frágil AtléticoPR, em Sete Lagoas-MG. Com dois gols, Magno Alves fez as pazes com a massa após a má atuação nas finais do Mineiro. A vitória por 3 x 0 deu mais tranqüilidade ao técnico Dorival Jr. para fazer os ajustes necessários na equipe. O estreante Guilherme se movimentou, procurou jogo, mas ainda não está com o ritmo ideal. Quando engrenar uma seqüência de partidas, deve dar caldo. O São Paulo venceu o atual campeão, Fluminense, por 2 x 0, no Rio. O grande destaque do clássico tricolor foi o meiaatacante Lucas, que destruiu o sistema defensivo montado pelo técnico Enderson Moreira. O zagueiro Gum foi a principal vítima da qualidade do jogador são-paulino, que marcou o segundo gol e protagonizou os lances mais bonitos da partida. SURPRESA O Figueirense desbancou o Cruzeiro em Florianópolis. Apostando na correria de seus jovens jogadores, o Alvinegro segurou o ímpeto ofensivo da Raposa, que perdeu com um gol contra de Marquinhos Paraná. Cuca ainda precisa fechar os espaços na defesa da Raposa. O time ainda dá muitos espaços ao adversário por causa do esquema ofensivo do treinador. ARMADILHA - O Corinthians venceu o Grêmio na base do contra-ataque. O Timão se entrincheirou no campo defensivo, principalmente no primeiro tempo, mas explorou bem as jogadas rápidas pelas pontas na etapa final e conquistou uma importante vitória, fora de casa, por 2 x 1. Liedson fez um golaço. (V.M.)


O JORNA L JORNAL

Esportes

7

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Poder de persuasão Segundo pesquisa de empresa alemã, Barcelona tem a maior torcida da Europa Victor Mélo Editor de Esportes

A empresa alemã de marketing esportivo Sport+Markt apresentou um estudo interessante sobre a força das torcidas na Europa. O primeiro colocado no ranking é o Barcelona, com 57, 8 milhões de torcedores. A diferença entre o Barça e o segundo colocado, o Real Madrid, é considerável. O clube merengue fechou a pesquisa com 31, 3 milhões de fãs. O Manchester United é o terceiro, com 30, 6 milhões. A formação de equipes espetaculares na última década contribuiu para a disparada do Barcelona. O sucesso nos gramados se refletiu no número de adeptos e, assim, a marca do clube catalão se valorizou. JUVE - A queda da Juventus no ranking mostra que escândalos e maus resultados podem diminuir muito a força de uma torcida. A Juve chegou a comandar a lista, mas hoje ocupa o modesto 10º lugar, com 13, 1 milhões de torcedores.

Torcida do Barcelona cresceu muito nas últimas décadas e assumiu a liderança na Europa

RANKING DAS TORCIDAS DA EUROPA 1. Barcelona-ESP – 57,8 milhões de torcedores 2. Real Madrid-ESP – 31,3 3. Manchester United-ING – 30,6 4. Chelsea-ING – 21,4 5. Bayern Munique-ALE – 20,7

6. Arsenal-ING – 20,3 7. Milan-ITA – 18,4 8. Internazionale-ITA- – 17,5 9. Liverpool-ING – 16,4 10. Juventus-ITA – 13,1 11. Zenit-RUS – 12,6

12. CSKA Moscou-RUS – 10,5 13. Spartak Moscou-RUS – 9,0 14. Olympique Marselha-FRA – 7,8 15. Ajax-HOL – 7,1 16. Galatasaray-TUR – 6,8

CBF reluta em antecipar a janela de transferências deste ano SÃO PAULO - ACBF descarta antecipar a janela de transferências por considerar que eliminará um problema, mas criará um outro. Segundo um diretor da entidade, que pediu para não ser identificado, a mudança daria condição de jogo aos reforços para um bom início de Brasileiro, porém limitaria novas aquisições aos clubes que fracas-

sarem ao longo da competição. O movimento pela antecipação da janela partiu do Corinthians, que contratou Alex, ex-Spartak Moscou (RUS). O clube confirmou o interesse em também trazer Seedorf, mas este renovou contrato com o Milan (ITA). E por ora não chegou a um acerto com Fábio Simplício, atualmente no Roma (ITA).

O Grêmio repatriou Gilberto Silva, ex-Panathinaikos (GRE), e contratou o argentino Miralles, do Colo-Colo (CHI). Afim de contar logo com os reforços, o clube fez através da Federação Gaúcha de Futebol uma consultou à CBF. O parecer foi negativo. Para a mudança, a CBF teria de enviar uma solicitação à Fifa com um mês de antecedência

em relação ao novo período. Apesar de já ter feito isso no passado, beneficiando o Internacional e prejudicando o São Paulo em uma final de Libertadores, a entidade agora está relutante. Caso não mude de ideia, os contratados só poderão estrear em agosto, no Campeonato Brasileiro ou na Copa Sul-Americana.

Fifa investiga o dirigente Joseph Blatter A Fifa confirmou, sexta-feira, através de um comunicado, que abriu uma investigação contra o próprio presidente, Joseph Blatter, a pedido de Mohamed Bin Hammam, candidato a presidência da entidade e opositor do mandatário suíço. O procedimento contra Blatter, pelo qual o presidente terá de dar explicações diante do Comitê de Ética no próximo domingo, dia 29 de maio, será aberto dois dias depois de o mesmo órgão abrir outro expediente disciplinar contra Hammam e o vice-presidente da Fifa Jack Warner, de Trinidad e Tobago, por suposta má conduta no processo eleitoral. O pedido de Hammam de incluir Blatter na investigação da qual ele é alvo se baseia no fato de que o membro americano do Comitê Executivo da Fifa, Chuck Blazer, teria informado com antecedência a Blatter sobre possíveis pagamentos às delegações presentes a uma reunião recente da União Caribenha de Futebol (CFU), relacionada com as eleições do dia 1º, sem que este fizesse nada ou se opusesse, segundo o catariano. “Não posso opinar sobre o procedimento que foi aberto hoje (sexta-feira) contra mim. Os fatos falarão por si só”, declarou Blatter em comunicado remitido à Agência EFE. A Fifa anunciou sexta que há dois dias seu Comitê de Ética havia aberto um procedimento disciplinar contra o vice-presidente Jack Warner e Mohammed Bin Hammam, por possível violação do mesmo Código de Ética. A abertura dos procedimentos ocorreu após a denúncia apresentada pelo integrante do Comitê Executivo e secretário-geral da Concacaf, Chuck Blazer. A denúncia, que foi transferida ao secretário-geral da Fifa, o francês Jerome Valcke, informou sobre uma reunião da União Caribenha de Futebol (CFU), organizada conjuntamente por Jack A. Warner e Mohammed Bin Hammam e realizada entre os dias 10 e 11 de maio, relacionada as próximas eleições presidenciais da Fifa. O Comitê de Ética realizará uma audiência com os três envolvidos neste domingo na sede da Fifa, em Zurique, na Suíça.


O JORNA L JORNAL

Esportes 8

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Discurso humilde Cauteloso, chefe da Red Bull não acredita em hegemonia de Vettel MONTE CARLO - O desempenho de Sebastian Vettel na atual temporada é ainda mais regular que no ano passado, quando foi campeão mundial. Em cinco provas ocorridas até aqui, ele conquistou quatro vitórias e lidera o Mundial com 41 pontos de vantagem para o segundo colocado, Lewis Hamilton, da McLaren. Mesmo com tudo isso, no entanto, o seu chefe na Red Bull, Christian Horner, não acredita que o domínio irá continuar por muito mais tempo. Hoje, o alemão disputa a tradicional corrida de Mônaco, a partir das 9h (de Brasília). A ótima fase de Vettel já começa a gerar preocupação no circo, com o medo de que a categoria volte aos tempos de he-

gemonia de um só piloto, como foi com o também germânico Michael Schumacher, e os fãs percam o interesse no esporte. Horner, no entanto, não acredita que isso vá acontecer com a renovada Fórmula 1. “Meu trabalho é tentar vencer, e não tornar as corridas interessantes”, bradou. “Mas acho que não faremos isso com o esporte, todas as provas até aqui foram bastante emocionantes. Apesar de termos vencido quatro delas, foram corridas fenomenais e ‘Seb’ teve muito trabalho para conquistá-las”, argumentou. Horner pensa que as provas não têm sido fáceis, e por isso ele não crê em uma hegemonia de Vettel, ao menos não tão cedo.

Para o dirigente taurino, cada prova tem contado uma história diferente, que, pelo esforço de seu piloto, tem tido o mesmo final. “Cada prova que ele ganhou, precisou passar de alguém. Precisou fazer manobras incríveis sobre (Felipe) Massa, (Jenson) Button e (Nico) Rosberg, e no último final de semana teve que trabalhar muito duro”, analisou. “Acho que teremos de ver prova a prova. Acreditamos que em Montreal (Canadá) a Mercedes virá muito forte. Mas penso que teremos de ver corrida a corrida, estamos sendo regulares e sem muita diferença de desempenho de uma prova para a outra”, relatou.

Mônaco: estratégias de pneus diferentes

Vettel é o líder do Mundial de Pilotos

MONTE CARLO - A Pirelli espera ver estratégias de paradas no pit stop bem distintas em Mônaco. Paul Hembery, diretor esportivo da marca, acredita que, quem quiser, poderá, tranquilamente, adotar uma estratégia de duas paradas na corrida monegasca, pois os pneus estão durando bem. “Eu crio que as equipes devem conseguir fazer duas paradas, pois vão ter de utilizar os pneus supermacios”,

disse o dirigente. Como em Mônaco, uma boa colocação de largada é crucial, devido a grande dificuldade em ultrapassar, os pilotos terão que fazer uma equalização perfeita entre largar bem, mas usar mais jogos de pneus, ou salvar para a corrida, mas correr o risco de largar mais atrás. “A posição de largada é um prêmio aqui, mas alguns pilotos terão de adotar muitas estratégias diferentes”, declarou.


Jornal da TV Maceió, domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

Globo estreará série na próxima terça-feira Página 5

Programação da TV Página 10

O JORNAL JORNA L


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV 2

Domingo, 29 de maio de 2011 | ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

ASPAS

Pedro Paulo Figueiredo/CZN

"Hoje, tem muita história boba. E novela boba é muito cansativa". Gabriel Braga Nunes, o Léo de "Insensato Coração", que demorou 15 anos para gostar de fazer televisão, explicando porque é preciso analisar bem um personagem de novela antes de aceitar interpretá-lo (Jornal "Folha de S. Paulo").

"É ótimo sozinha e acompanhada". Cleo Pires, que viveu a Estela de "Araguaia", sobre o uso de brinquedinhos eróticos de "sex shops" (Revista "IstoÉ Gente").

"Gera uma demanda, tem gente que acha que você é o personagem". Leonardo Miggiorin, o Roni de "Insensato Coração", admitindo que interpretar um personagem "gay" acaba provocando o assédio do público masculino (Revista "Quem").

"Foi tão engraçado que o cara virou meu amigo". André Gonçalves, o Áureo de "Morde & Assopra", sobre a cantada que levou de um homem no banheiro, quando era mais jovem (Jornal "Extra").

"Os meus méritos e o meu caminho têm sido ditados por mim". Jayme Matarazzo, o príncipe Felipe de "Cordel Encantado", garantindo que o fato de ser filho do diretor Jayme Monjardim não o ajudou na carreira de ator (Revista "Quem").

"Sabe aqueles exames novos, tipo mapeamento do cérebro? Adoro e peço para fazer". Deborah Evelyn, a Eunice de "Insensato Coração", assumindo ter um comportamento obsessivo em relação à saúde ("extraonline.com.br").

"Tem talento, mas simpatia zero". Otávio Mesquita, em sua página no Twitter, depois de tentar entrevistar Mayana Moura no "Prêmio Contigo! de TV".

"Hoje, não faria, mas amanhã, não sei". Bruna Linzmeyer, a Leila de "Insensato Coração", sobre a possibilidade de posar nua ("ego.com.br").

"Estou sem freio!". Roberta Rodrigues, a Fabíola de "Insensato Coração", sobre sua atual fase de solteira, em que sai e beija na boca sem compromisso (Programa "Domingão do Faustão", da Globo).

"Me rasgo toda de ciúme". "As pessoas me chamam mesmo é de Magda". Marisa Orth (foto), a Valéria de "Macho Man", que continua sendo lembrada por seu papel em "Sai de Baixo", que ficou no ar de 1996 a 2002, mesmo depois de já ter interpretado várias outras personagens, como a dra. Michele de "S.O.S. Emergência" e a Rita de "Toma Lá, Dá Cá" (Revista "Contigo!").

“Você não vai me perguntar se eu sou veado, né? Nunca precisei responder isso”. Jorge Fernando, no ar em “Macho Man”, ao ser questionado sobre sua sexualidade (“ego.com.br”).

Maria Pinna, a Babi de "Malhação", assumindo que é possessiva em relação ao namorado, Bruno Gissoni, que interpreta o Pedro na novela ("ego.com.br").

"Nunca, em minha vida, fui uma fogosa como a Bibi". Maria Clara Gueiros ao dizer que, diferentemente de sua personagem em "Insensato Coração", faz o tipo tímida ("ego.com.br").


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV

3

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

PERSONAGEM DA SEMANA

Leonardo Vieira busca se reinventar com Ernesto de Vidas em Jogo

Luiza Dantas/Carta Z Notícias

Por Gabriel Sobreira PopTevê

Interpretar personagens de tons dramáticos, sejam mocinhos ou vilões, não é novidade para Leonardo Vieira. Talvez por isso ele esteja tão feliz ao dar vida a Ernesto, um "garanhão" e parasita, em "Vidas em Jogo", da Record. "O meu personagem é um vendedor de cachorro-quente engraçado, divertido, leve, safado e mulherengo", derrete-se. No folhetim de Cristianne Fridman, Ernesto é amante de Divina, interpretada por Vanessa Gerbelli. Ela é casada com Severino, vivido por Paulo César Grande, um dos acertadores da loteria. A relação entre Ernesto e Divina é baseada na troca. Ele satisfaz as fantasias e as vontades da esposa infiel, enquanto ela realiza os caprichos do vendedor de cachorro-quente. "Acho que o público vai gostar e se divertir com a safadeza e a malandragem dele", opina. Por enquanto, Leonardo acredita que seu papel não deva ser encarado como um vilão. "A princípio, não estou fazendo nem um pouco com este cunho", defende. Longe das telenovelas há quase dois anos – desde o fim de "Os Mutantes – Caminhos do Coração", em 2009 –, Leonardo acredita que está com toda atenção e disponibilidade cênica e corporal para encarar outra vez o ritmo intenso de gravações. "A Record me deu esse privilégio de ficar dois anos parado, o que achei ótimo. Agora estou voltando com gás total" , vangloria-se.

P - Existe alguma diferença no processo de composição para um personagem que flerta com a vilania e, ao mesmo tempo, é cômico? R - Não, aliás não estou pensando nele como um vilão caricato, mas sim em um personagem leve, bem-humorado. Ele não chega a ser um papel cômico, mas é bem engraçado. E é completamente diferente dos personagens anteriores da minha carreira. Os outros que já fiz são mocinhos românticos ou então vilões. O Ernesto é bem diferente de tudo isso. P - Você estava afastado da tevê há quase dois anos. Quais as razões para aceitar o convite para "Vidas em Jogo"? R - Eu aceitei o personagem porque obviamente sou funcionário da casa. O fato de o personagem ser leve e não ter muita carga dramática foi um diferencial que achei muito interessante. P - Muitas cenas do seu personagem são sem camisa. Isso, de alguma forma, incomoda você ou muda na sua interpretação?

R - Não, de maneira alguma. A Cristianne explora esse lado do personagem de tirar a camisa de maneira bem interessante. Até porque ele é muito safado e tem muitas cenas de motel. Afinal, ele e a Divina estão sempre se encontrando às escondidas. E em um motel não dá para ficar de roupa (risos). P - Você participou de "Prova de Amor", a primeira novela produzida pela Record no RecNov, e agora está no folhetim mais recente, "Vidas em Jogo". Como avalia sua participação e o investimento da emissora em telenovelas? R - "Prova de Amor" era uma novela simples que não necessitava de tanto investimento porque era uma trama de cotidiano, de cenários simples e de externas cariocas. "Vidas em Jogo" é a quarta novela que faço na emissora. Estou junto com a empresa e acredito na Record, que está em crescimento e vai crescer ainda mais. Me sinto privilegiado por estar contratado por uma empresa e trabalhando. Temos alternativas e não ficamos só fechados a uma única empresa, existem outras. O SBT está produzindo, a Record produz sem parar e acho que vai produzir cada vez mais.

ANIVERSÁRIOS DA SEMANA DE 29 DE MAIO A 4 DE JUNHO 29/05 – Débora Bloch, 48 anos, Juliana Knust, 30 anos, e Danton Mello, 36 anos. 31/05 – Marco Nanini, 63 anos, e Marília Gabriela, 63 anos. 01/06 – Sophia Reis, 23 anos. 02/06 – Heloísa Raso, 56 anos, e Caio Blat, 31 anos. Nesta data, há 36 anos, foi ao ar o primeiro capítulo de "O Noviço". A novela foi uma adaptação de Mário

Lago da comédia teatral homônima de Martins Penna, com direção de Herval Rossano. Na produção, Carlos (Pedro Paulo Rangel) é um jovem aventureiro que faz de tudo para se ver livre do autoritarismo do tio Ambrósio (Jorge Dória). Depois de ser enviado para um convento, o rapaz foge e desmascara todas as trapaças do tio. Com imagens em preto-e-branco, o pano de fundo era a cidade do Rio de Janeiro e os

costumes cariocas no Século XIX. Germano Filho, Fábio Mássimo, Marilu Bueno, Haroldo de Oliveira, Isabel Ribeiro e Maria Cristina Nunes, entre outros, também faziam parte do elenco. 03/06 – Luíza Curvo, 26 anos. 04/06 – Hugo Carvana, 74 anos, Ângelo Antônio, 47 anos, Giovanna Gold, 47 anos, e Ítala Landi, 69 anos.


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV 4

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

MAPA DA MINA Por Natalia Palmeira

BOA AÇÃO

TRIÂNGULO INUSITADO

INTERVALO MUSICAL

(Globo, dom, 13 h)

(Globo, ter, 23 h)

(MTV, qui, 23:30 h)

Pedrão e Jorginho têm uma difícil missão neste domingo: ensinar cidadania às pessoas. No novo episódio de "Os Caras de Pau", os amigos decidem começar a coleta seletiva e passam a separar o lixo em sua residência. A boa ação começa em descartar um vidro de palmito. A partir daí, surgem diversas dúvidas com relação ao destino do palmito, que é orgânico, do recipiente, que é de vidro, da tampa, que é de metal e do rótulo, que é de papel.

"A Mulher Invisível" estreia na tevê em formato de série. Com Selton Mello, Luana Piovani e Débora Falabella, a produção é inspirada no filme homônimo de Cláudio Torres e também vai contar com Álamo Facó, Déborah Wood e Marcos Suchara no elenco.

O 3º "Grêmio Recreativo" vai ao ar nesta quinta. Arnaldo Antunes recebe a participação de Pepeu Gomes, Marina Lima e um time de músicos da nova geração com Marcelo Jeneci, Laura Lavieri, Tulipa Ruiz, Ortinho, Estevan Sinkovitz, Curumin, Régis Damasceno e Gustavo Ruiz.

PEGANDO ONDA

LITERATURA

(TV Brasil, ter, 19 h)

(TV Brasil, sex, 22:30 h)

O novo episódio de "Galera do Surf" tem muitas intrigas e brigas. Ao sentir-se pressionada, Anna decide provar que pode fazer parte da Academia e promove um desafio a Joe. Caso saia derrotada, ela terá de deixar o grupo.

Nélida Piñon é a homenageada no "Autor por Autor". O programa mostra a vida e obra da escritora que sempre esteve à frente de seu tempo. Em 1990, assumiu uma cadeira na Academia Brasileira de Letras e, seis anos depois, tornou-se a primeira mulher a assumir a presidência da instituição.

VELOCIDADE (Band, dom, 13 h) A prova mais tradicional da Fórmula Indy vai ser transmitida, ao vivo, neste domingo. A "500 Milhas Indianápolis" terá cinco representantes brasileiros: Vitor Meira, Hélio Castroneves, Bruno Junqueira, Tony Kanaan e Bia Figueiredo.

BAILA COMIGO BALADA

(SBT, qua, 20:15 h)

NOVA FÓRMULA (SBT, seg, 19:30 h) Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto assumem a bancada do "SBT Brasil" a partir desta segunda. A dupla marca um novo formato de jornalismo na emissora, que pretende fazer a cobertura das notícias mais dinâmica, opinativa e moderna.

(TV Brasil, sab, 18:30 h) A última semifinal de "Se Ela Dança, Eu Danço" acontece nesta quarta. Os candidatos vão apostar em apresentações diferentes para garantir um lugar no "baile final". Jarbas Homem de Mello, Lola Melnick e João Wlamir vão decidir quem chega lá.

MV Bill e Nega Gizza recebem a cantora Sandra de Sá no "Aglomerado". Entre as apresentações musicais, a representante da música "black" bate-papo com os anfitriões. Na estreia do quadro "Na Pista", o programa mostra o que as pessoas escolhem para vestir nas noites.

Rapidinhas # A Globo transmite o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. (Globo, dom, 8:50 h) # O Bahia enfrenta o Flamengo em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo. (Globo, dom, 15:45 h) # Neste domingo, estreia o "Concurso Bate-Cabelo", no "Eliana". O programa conta com Robytt Moon, a "drag queen" que é rainha do bate-cabelo. (SBT, dom, 15 h) # Lucas e Deco descem até Ilha Bela, em São Paulo, para um curso de mergulho no "MTV Sports". (MTV, seg, 22:45 h)

# No "It MTV", Carol Ribeiro mostra como se vestir para a balada. A "DJ" e "personal stylist" Lara Gerin dá dicas de estilo e ainda uma aula de "DJ" para Carol. (MTV, qua, 22 h) # No segundo episódio da última temporada de "Tal Mãe, Tal Filha - Gilmore Girls", Rory está triste pela ausência de Logan e Lane volta de sua desastrosa lua de mel. (SBT, qua, 3 horas) # O turismo de aventuras é o tema do "Caminhos da Reportagem". O programa mostra como esta atividade vem crescendo no Brasil e no mundo. (TV Brasil, qui, 23 horas)


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV

5

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

Longe do fim

PRIMEIRA MÃO

Insensato Coração

Mulher Invisível aposta em triângulo amoroso irreal

Luana Piovani, Selton Mello e Débora Falabella

Luiza Dantas/CZN

Claudio Torres e Guel Arraes

Por Ana Paula Hinz PopTevê

mito da mulher perfeita povoa a imaginação dos homens. Tomando como base o confronto entre a fantasia e a realidade, a série "Mulher Inivisível" estreia, na Globo, no próximo dia 31, no lugar de "Divã". A história é uma adaptação do filme homônimo lançado em 2009. "Eu trabalho com a ideia de que a série se passa seis anos após o filme", conta o diretor Claudio Torres, que comemora a ida de seu projeto para a televisão. "A chance de você poder ver um personagem do cinema que você criou vivendo outras histórias é um prazer enorme", empolga-se. Foi logo após o lançamento do longa-metragem, que Claudio Torres teve a ideia de transformá-lo em série. Em parceria com a Conspiração Filmes, a Globo repete, em "Mulher Invisível", a tática de levar filmes para a televisão. Foi o caso de "Carandiru", "Ó Pai, Ó" e, mais recentemente, "Divã". "Eu acredito que o cinema pode servir de piloto para alguns projetos na televisão e ser uma fonte de ideias", argumenta Guel Arraes, diretor de núcleo. O resultado da adaptação originou uma trama centrada em um triângulo amoroso – com o ar fantasioso do célebre romance "Dona Flor e seus Dois Maridos", de Jorge Amado. "É uma comédia romântica que tem a cada episódio histórias fechadas. O que amarra cada um é a relação entre a mulher invisível e a mulher real, que vai se desenvolvendo e mudando ao longo dos episódios", adianta Guel. Na produção, os protagonistas da versão cinematográfica, Selton Mello e Luana Piovani, estão de volta com a missão de repetir o sucesso de seus personagens, Pedro e Amanda. No filme, Pedro chegou a acreditar na existência de Amanda, mas na série ele tem plena consciência de que ela é fruto de sua imaginação. "Ela não é humana, mas quer a felicidade do Pedro. Se a felicidade dele é que ela vá embora, ela tem essa generosidade", defende Luana Piovani. A novidade no rela-

O

Luiza Dantas/CZN

Pedro Paulo Figueiredo/CZN

Álamo Facó e Deborah Wood

cionamento dos dois é Clarice, esposa de Pedro, que entra na história para dar um tempero à trama. "A Clarice é muito inteligente. Ela é pressionada pelo trabalho, mas é apaixonada pelo marido", analisa Débora Falabella, que encarna a personagem. Na série, Pedro e Clarice são um casal que vive os problemas do matrimônio e a sensação de que o cônjuge não é mais o mesmo da época em que se conheceram. Em meio a isso, surge Amanda, que aparece para Pedro como uma forma de escape da realidade. "O Pedro idealiza uma mulher que se parece com ele, mas a Clarice é que é a mulher real na vida dele", compara Débora. Durante os cinco episódios que irão ao ar, Clarice enfrenta seus próprios sentimentos em relação à mulher invisível. No início, ela tem ciúmes, mas no decorrer do tempo, vai considerá-la fundamental em seu relacionamento com Pedro e até passar a vê-la como aliada. Nem só Pedro e Clarice vão se envolver em conflitos. Wilson, interpretado por Álamo Facó, é o melhor amigo de Pedro e vive uma relação de idas e vindas com Silvinha, de Deborah Wood. Apesar dos dois terem um romance, ele não faz o estilo fiel. "Ele é muito mulherengo e já ouviu falar tanto na Amanda que também queria poder vê-la e participar da brincadeira. Ele dá vários conselhos para o Pedro, mas todos são péssimos", diverte-se o ator. Com um ar cosmopolita, "Mulher Invisível" tem locações em diferentes pontos do Rio de Janeiro, como prédios no Flamengo e boates na Zona Sul. As câmaras que fazem as gravações são as mesmas usadas em longa-metragens. "Ficou com um ar cinematográfico", comemora Carolina Jabor, que assina a direção com Claudio Torres. Além dos dois, a equipe de direção da série conta também com a participação de Selton Mello, que foi responsável pelo quinto e último episódio da produção. "Se fosse apenas como ator não sei se me animaria tanto a participar, estou muito mais envolvido com a direção de projetos", confessa. Luiza Dantas/CZN

Divulgação

O QUE VEM POR AÍ

Luiza Dantas/CZN

Divulgação

Romance de novela é assim mesmo: só se resolve no final. Com Marina (Paola Oliveira - foto) e Pedro (Eriberto Leão - foto) não poderia ser diferente. Depois de um período calmo, as turbulências voltaram. Nos próximos capítulos de "Insensato Coração", um exame de DNA confirma que o filho que Irene (Fernanda Paes Leme) está esperando é mesmo do piloto. Abalada, a "designer" é firme em sua decisão e coloca um ponto final em sua história com Pedro. Léo (Gabriel Braga Nunes) não perde tempo e decide ir atrás de Marina. Depois, Pedro flagra os dois abraçados. Raul (Antônio Fagundes), que não é bobo nem nada, diz para o piloto que Léo pretende conquistar sua ex-namorada. A partir daí, Pedro se empenha em descobrir como Irene engravidou. Ele consegue enganar a prima e fica sabendo que Léo a convenceu a fazer uma inseminação artificial. Só que antes que Pedro pudesse provar a história para Marina, o vilão atropela Irene, acabando com a "prova do crime". Com certeza, agora vai ficar bem mais difícil convencer Marina de toda a verdade. (Luana Borges/PopTevê) # Raul pede demissão.

Deborah Wood, Selton Mello, Luana Piovani, Álamo Facó, Débora Falabella e Marcos Sucharad

Débora Falabella, Luana Piovani e Selton Mello

Débora Falabella e Selton Mell

# Eunice vê Júlio conversando com Daisy e fica furiosa.


O JORNA L JORNAL 6

TV POP

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

Pedro Paulo Figueiredo/CZN

Sorte grande Vidas em Jogo

EMBALOS DE DOMINGO - Depois das mulheres mostrarem que têm gingado, no próximo domingo, será a vez do grupo masculino se apresentar no "Dança dos Famosos". Miguel Roncato (foto), que interpretou o italiano Alfredo de "Passione", é um dos participantes da competição do "Domingão do Faustão". "Poder ver as mulheres dançando pode ter sido um privilégio, mas na prática o assunto é outro", conta ele, que quando criança já havia se apresentado com um grupo de dança no Rio Grande do Sul. "Tive um ano inteiro para ensaiar, não uma semana. Estou muito nervoso", admite o simpático ator. "Adorei o convite, vai ser legal voltar a dançar. Estou muito empolgado e espero que abra portas para outros trabalhos na tevê", torce.

PREPARO - "Fina Estampa", título provisório da próxima novela da nove da Globo, estreia em agosto e a produção já está a mil. Na última semana, os atores começaram a gravar as cenas da nova trama de Aguinaldo Silva. Christiane Torlone foi uma delas. A atriz será uma vilã mais perversa do que a Nazaré de "Senhora do Destino", vivida por Renata Sorrah. Prestes a voltar ao ar, Christiane já tratou de emagrecer alguns quilinhos extras. DE OLHO NA BALANÇA - Suzy Rêgo largou a dieta para viver a Duda, uma mulher que trapaça as regras do spa para perder peso. Mesmo assim, a atriz não abriu mão da saúde e procura manter uma alimentação saudável. Suzy, no entanto, já pensa nos quilinhos que terá de perder quando terminar "Morde & Assopra". Ela, que está usando manequim 46, quer voltar a usar o tamanho 40.

IDEIA PATERNA - Sidney Sampaio está tão empolgado com a paternidade que passará a se dedicar mais ao universo infantil. No final de maio, ele vai escrever para um blog sobre paternidade. A ideia surgiu a partir da vontade de ter sido pediatra na infância. Para o ano que vem, Sidney já pensa em um segundo filho. BOA OPORTUNIDADE - Déborah Wood não esconde a empolgação com o novo trabalho na tevê. A atriz, que atuou em "Clandestinos - O Sonho Começou", faz parte do elenco de "A Mulher Invisível", seriado baseado no filme homônimo que estreia dia 31. Na produção, ela será Silvinha, uma divertida secretária da agência de publicidade de Clarisse, vivida por Débora Falabella. "Estou muito feliz. Todos são muito bons e experientes. Dá a certeza de que o trabalho vai ser muito bem feito", conta ela, que vai atuar ao lado de Selton Mello e Luana Piovani, entre outros.

NOVO FOCO - Sem planos para a televisão, Letícia Birkheuer está focando no lado empresária. Ela é dona da marca de roupas LB. Grávida de cinco meses, a modelo e atriz também já pensa no casamento, que está programado para acontecer depois que o bebê nascer. E faz uma ideia do modelo do vestido que usará: nada que pareça um bolo de aniversário e sem véu na cabeça.

OLHO DE SOGRA - Em "Morde & Assopra", Sérgio

DE VOLTA - Longe da tevê desde que interpretou a Désiree em "Ti-Ti-Ti", Mayana Neiva se prepara para voltar aos folhetins em breve. A atriz vai ganhar uma personagem em uma novela que já está no ar, mas faz suspense sobre qual. Mayana deve estrear a nova personagem a partir de junho.

NOVO COMANDO - O SBT já pensa em quem vai

Marone vive entre a cruz e a espada com o péssimo relacionamento de Natália e Salomé, vividas por Carol Castro e Jandira Martini. O curioso é que o intérprete de Marcos já passou por situação parecida. "Minha mãe já implicou com uma namorada minha. O pior é que ela conseguiu separar nós dois", lembra, entre risos. substituir Eliana quando a apresentadora sair de licençamaternidade. Durante os dois meses de ausência da loura, o programa vai ser comandado por um apresentador da emissora e um artista convidado. A cantora de axé Claudia Leitte é uma das cotadas para participar do "Eliana".

O QUE VEM POR AÍ

Divulgação

A turma do bolão já aposta na loteria há muito tempo. Carlos (André Di Mauro - foto) será fundamental para concretizar o sonho do grupo de levar alguns milhões para casa. Nos próximos capítulos de "Vidas em Jogo", o artesão vê que o último número sorteado foi o que ele escolheu. Apesar de estar eufórico, Carlos não consegue falar de jeito nenhum com os amigos para dar a notícia de que todos eles estão milionários. Sem dinheiro, ele pega R$ 50 emprestado com um mendigo que conseguiu juntar a quantia ao longo do dia. Carlos corre até a reunião dos amigos e todos ficam radiantes com a novidade. Com o desenrolar do tempo, no entanto, o grupo começa a ter divergências sobre o dinheiro. Carlos dá R$ 500 para o mendigo que o ajudou em gratidão e recebe dele o conselho de não se deixar levar pelo dinheiro. O novo milionário começa a perceber que os amigos estão mudados por causa do prêmio que receberam e fica preocupado. E agora, será que a grana vai conseguir corromper a amizade do grupo? (Ana Paula Hinz/PopTevê) # Os moradores do prédio invadido são expulsos. # Começa o procedimento de aborto de Patrícia.


O JORNA L JORNAL Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

7

EM FOCO

Chantagem

Carol Castro mistura drama e humor em Morde & Assopra

Rebelde

PopTevê

Nos últimos tempos, personagens meigas e boazinhas foram frequentes na carreira de Carol Castro. Ao contrário do início da carreira, marcada por papéis sensuais e maliciosos, como a sedutora Gracinha de "Mulheres Apaixonadas", sua estreia na tevê em 2003. No ar como a doce Natália de "Morde & Assopra", ela torce para ver a personagem com um pouco mais de astúcia. É que na trama de Walcyr Carrasco, ela interpreta uma jovem que padece nas mãos da sogra, interpretada por Jandira Martini. "Quando gravo as cenas da Natália com a Salomé, fico imaginando qual será o desfecho. Quando ou se ela vai reagir. Penso: 'ah, se fosse comigo'", conta, substituindo o constante sorriso e jeito bem-humorado por uma feição brava. Na história, Natália é casada com Marcos, vivido por Sérgio Marone, e passa por "poucas e boas" com as armações da "jararaca" Salomé. Apesar do sofrimento nítido da mocinha, as situações provocadas pela sogra chegam a ser engraçadas. Para Carol, transitar pelo humor com um papel dramático é um dos pontos mais complexos do trabalho. "É também o que deixa a personagem rica. Quanto maior o desafio, maior a motivação para fazer um bom trabalho", destaca ela, que tenta encontrar o tom ideal para Natália com uma interpretação realista. "É uma tragicomédia. Mas

da parte da Natália, não tem piada. É chororô mesmo", analisa. Apesar do tom naturalista da personagem, Carol não encontra nenhuma identificação com os dilemas de Natália. Ao contrário do que escuta das telespectadoras. "Ouço muita mulher dizendo que sabe o que estou passando na novela", conta, aos risos. Já Pedro Paulo Figueiredo/CZN Carol garante que nunca vivenciou situação similar. "Todas as sogras que passaram pela minha vida foram muito queridas e me trataram super bem", relembra. O distanciamento com a personagem é também pelo tipo de educação de Natália. Criada por padres, a jovem tem um jeito mais introspectivo e ingênuo. "Ela teve ensinada a dar a outra face para bater. Estava prestes a virar freira quando se apaixonou pelo Marcos. Muito diferente da vida em cidade grande", analisa a carioca de 27 anos. Mas o jeito cheio de pudores de Natália fica de lado nos momentos românticos ao lado de Marcos. Para Carol, esse é o elemento que traz ainda mais humor para o cotidiano dramático da personagem. "As cenas entre eles são quentes. Ela só se solta com o Marcos e entre quatro paredes, mais ainda assim com um certo receio. Isso faz das situações ainda mais engraçadas", explica. Além de esposa dedicada, Natália é ótima na cozinha. Para dar vida ao papel, a atriz aproveitou seus dotes culinários para mostrar intimidade com o fogão. "Não sou nenhuma mestre-cuca, mas faço um macarrão com molho branco muito bem", completa. No ar na novela das sete, Carol vive uma dupla jornada. Além das gravações da novela, ela está em turnê com o espetáculo "Dona Flor e Seus Dois Maridos". Apesar da rotina cansativa, a atriz não reclama do ritmo intenso de trabalho. "Vale a pena. Estar envolvida com o trabalha me deixa bem e mais feliz", comenta.

O QUE VEM POR AÍ

Por Natalia Palmeira

Divulgação

Quem tem "rabo preso" tem mais é de se preocupar mesmo. Nos próximos capítulos de "Rebelde", Leonardo (Juan Alba foto) fica tenso com a proximidade entre Márcia (Carla Diaz) e Diego (Arthur Aguiar). Os dois estão cada vez mais amigos e ficam empolgados na hora de contar para o político sobre a eleição para representante. Mas Leonardo tenta como pode evitar que essa amizade cresça mais e se torne, quem sabe, um romance. O problema é que tem gente de olho nessa história. Silvia (Cássia Linhares) não perde tempo e descobre o segredo de Leonardo: ele é o pai de Márcia e é quem paga os estudos da garota. A vilã, então, resolve chantagear o político e diz que ele precisa casar com ela. Sem ter para onde fugir, ele acaba cedendo à pressão, mas garante que Silvia não terá direito a nada do que é dele. Quem fica surpreso com a notícia do casório é Diego, que não entende nada e decide investigar melhor essa história. Será que ele vai descobrir que tem uma irmã que já faz parte de sua vida? (Luana Borges/PopTevê) # Carla aconselha Becky a se apaixonar de novo. # Tomás acha que Diego está tendo alguma coisa com Alice.


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV 8

TELETEMA

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br Jorge Rodrigues Jorge/CZN

Pernas curtas Morde & Assopra

O QUE VEM POR AÍ

Divulgação

SEM PARAR – Murilo Benício (fofo) está se preparando para voltar a viver o protagonista de "Força Tarefa". Depois de interpretar o Tenente Wilson na terceira temporada da série, o ator já começará a se dedicar a outro trabalho na Globo. Ele foi confirmado no elenco da próxima novela de João Emanuel Carneiro, que vai estrear no lugar de "Fina Estampa", título provisório da próxima novela das nove.

REMOLDE – A partir do dia 30 deste mês, o "SBT Brasil" estará de cara nova. Além de um novo cenário, o telejornal será comandado por Joseval Peixoto e Rachel Sheherazade. Carlos Nascimento irá para o "Jornal do SBT Noite". GALÃ – A próxima novela escrita por Miguel Falabella – que está provisoriamente sendo chamada de "Beijo na Boca" – terá Fiuk em seu elenco. O ator e cantor estava longe da programação da Globo desde que interpretou o Bernardo de "Malhação".

ESNOBADO – Danilo Gentili ficou conhecido como repórter do "CQC", da Band. Mas as brincadeiras e pegadinhas feitas por ele não têm rendido bons frutos. A produção do seu "talk show", previsto para ser lançado no segundo semestre, está com problemas para encontrar entrevistados interessados em participar do programa.

"Casseta & Planeta, Urgente!", terá um novo trabalho na Globo. Ele estará, em breve, desempenhando uma função artística no "Fantástico".

POLÊMICAS – Depois do beijo entre duas mulheres, "Amor e Revolução" exibirá também um beijo entre dois homens. Os atores que farão a cena são Carlos Thiré e Lui Mendes, que interpretam o diretor de teatro Chico Duarte e o carcereiro Jeová, respectivamente. Mas as polêmicas na novela do SBT não param por aí. Em breve, Marilice Cosenza aparecerá na trama no papel de uma mulher que está grávida do Padre Inácio, vivido por Pedro Lemos.

RETORNO – Fora da tevê há dez anos, Maurício Mattar vai voltar a fazer novela. O ator estará em "Fina Estampa", próxima trama de Aguinaldo Silva na Globo. Na história, ele se chamará Ferdinand e será um cafajeste, dono de uma rede de vôlei na praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

INTIMIDADE – A terceira temporada do "Amor e Sexo" já começou a ser gravada. O programa, comandado por Fernanda Lima, voltará a falar de assuntos polêmicos na grade da Globo. Mas, ao contrário das últimas duas edições, será exibido nas noites de quinta. A estreia está prevista para o dia 7 de julho.

INDEPENDENTE – Cláudio Manoel, humorista do

Não há mentira que nunca seja descoberta. Pelo menos, não vai demorar para que Guilherme (Klebber Toledo - foto) seja desmascarado. Depois de enganar a Deus e o mundo dizendo que é médico, o picareta vai ter de arcar com as consequências de sua mentirada. Primeiro é Dulce (Cássia Kis Magro -foto)) que descobre que o filho andou mentindo esse tempo todo. Já Alice (Marina Ruy Barbosa) não consegue esquecer a frustração de não ter se casado com o "médico" bonitão. Mas é Minerva (Elizabeth Savalla) que não vai deixar barato. Dulce sugere que o filho procure um emprego, mas a mãe de Alice não pretende deixar que ele leve a ideia adiante. Ela manda prender o rapaz. Para a sorte dele, Dulce não vai aguentar ver o filho preso e decide "mover mundos e fundos" para libertar Guilherme. Até vender a casa que moram é uma opção na hora de tirar o mentiroso da cadeia. Com tanta mentira espalhada por aí, Guilherme conquistou alguns inimigos. Talvez na cadeia ele esteja mais seguro. (Natalia Palmeira/PopTevê) # Celeste beija Áureo para provocar ciúmes em Abner. # Júlia vai tomar satisfações com Josué para saber o motivo de estar sendo prejudicada.


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV

9

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

A SEMANA DAS NOVELAS CORDEL ENCANTADO - Rede Globo - 18h Segunda (30/05) - Herculano usa Inácio para enfrentar Jesuíno. Herculano chega com o príncipe ao acampamento e avisa Cândida sobre o acordo que fez com Jesuíno. Augusto acredita que exista uma relação entre Herculano e Jesuíno, mas Úrsula e Nicolau tentam desfazer as suspeitas do rei. Jesuíno ateia fogo na tenda de Herculano e consegue salvar Inácio. Filó fica nervosa ao ouvir Neusa falar sobre Bartira. Florinda ouve as crianças conversando sobre Petrus. Jesuíno leva Inácio até o palácio.

Terça (31/05) - Jesuíno vai embora do palácio sob o olhar desconfiado de Augusto. Úrsula sugere que Augusto dê a Jesuíno o título de cavaleiro de Seráfia. Benvinda teme por seu filho ao saber o que ele fez para salvar Inácio. Florinda vê Petrus no cinema e desmaia. Padre Joaquim aconselha Jesuíno a aceitar a homenagem de Augusto. Florinda revela para Zenóbio que viu o homem mascarado. Timóteo planeja atrapalhar a homenagem ao seu rival. Jesuíno decide aceitar a homenagem de Augusto.

Quarta (1/06) - Timóteo tenta avançar contra Jesuíno, mas é impedido por Tibungo e Batoré. Cândida não consegue convencer Herculano a ir atrás do filho. Augusto pede para Jesuíno salvar Seráfia e deixar Açucena se casar com Felipe. Dora e Felipe discutem. Augusto e Helena vão até a fazenda para acertar o casamento de Inácio e Antônia. Florinda leva Petrus até Zenóbio, que o ajuda a tirar sua máscara. Úrsula tem um pesadelo com Petrus. Jesuíno conta para Açucena que é filho de Herculano.

Quinta (2/06) - Açucena fica espantada com a revelação de Jesuíno. Zenóbio reconhece Petrus e diz a Florinda que contará a Augusto que ele está vivo. Inácio e Antônia marcam a data do casamento. Augusto fala para Baldini que está disposto a tudo para impedir o casamento de sua filha. Virtuosa arruma o vestido de noiva de Açucena. Zenóbio fica enciumado com o carinho com que Florinda trata Petrus. Timóteo diz que Batoré pode levar Antônia embora se ele prometer ajudá-lo a acabar com o casamento de Açucena e Jesuíno.

Sexta (3/06) - Batoré retira Antônia à força do carro de Timóteo. Todos na igreja estranham a demora da noiva. Batoré atropela uma mulher na estrada para fugir de Inácio. Zenóbio fica incomodado com o jeito com que Florinda trata Petrus. Inácio promete cuidar dos filhos da mulher que Batoré atropelou. Úrsula conta o plano de Timóteo para Herculano. Miguézim consola Inácio. Batoré pede que Timóteo ajude-o a pegar Antônia. Úrsula ouve o plano de Augusto para impedir o casamento de Jesuíno e Açucena.

Sábado (4/06) - Úrsula pede para Cesária convencer Augusto a desistir de impedir o casamento de Açucena. Zenóbio chora ao ver Petrus beijar o rosto de Florinda. Augusto diz a Cesária que só poderia ficar com ela se o povo de Seráfia a aceitasse. Petrus fica perturbado ao ver Florinda e Zenóbio juntos. Batoré ameaça romper com o acordo feito com Timóteo caso ele não se case com Antônia. Inácio afirma que ajudará os pobres e seguirá sua missão.

REBELDE - Rede Record - 19h00 Segunda (30/05) - Diego ganha a eleição e se torna o novo representante de turma. Todos comemoram e Pilar fica irritada por só ter tido dois votos. Os rebeldes se organizam para ensaiar para o show. Beth diz a Pedro que o que ela irá contar mudará a vida dele. Ela conta ao filho que o pai dele tinha um problema que acabou com todo o dinheiro da família. Pedro diz a Beth que não tem mais raiva de Franco e que não confia mais nas coisas que sua mãe diz. Ele diz que irá viver longe dela. Beth que tenta impedir o filho, mas Pedro está decidido.

Terça (31/05) - Roberta desabafa com Diego, mas diz que não irá atrapalhar mais os estudos do namorado.Roberta e Alice se encontram na Vila Lene. A patricinha diz que brigou com seu pai por causa de Pedro e que já sabe de tudo. Pedro escuta tudo escondido e se sente culpado. Diego conta a Márcia que está namorando Roberta em segredo. Pedro vai à casa de Teresa pedir desculpas à Alice. A patricinha diz que só irá conversar na hora do ensaio.Carla diz ao resto da banda que o ensaio será no Bar do Genaro.

Quarta (1/06) - Os meninos tocam no Bar do Genaro e se esquecem dos problemas. Pingo pede para Vicente convencer Pedro a voltar para casa. Pedro diz a Beth que precisa ficar longe dela para pensar. Beth liga para Franco e avisa que Pedro sumiu. Tomás desabafa com Débora e diz que está gostando de alguém, mas não quer dizer quem é. Leonardo diz a Silvia que ela venceu e que eles irão se casar.

Quinta (2/06) - Roberta leva Alice para casa e as duas dão da cara com Pedro. Ele pede para conversar com a patricinha. Os rebeldes se encontram. Artur passa por eles dizendo que a aula será diferente e ninguém entende. Pedro esbarra em Pilar, pede desculpas e a filha do diretor estranha. Diego pede para Pingo fazer um favor. O ajudante de Teresa decide ajudá-lo. Pedro desabafa com Tomás sobre seus problemas e diz que ama Alice. Diego e Roberta fogem para se encontrar. Quando o casal vai se beijar Alice flagra os dois, que levam um susto.

Sexta (3/06) - Roberta e Diego tentam fingir que se odeiam, mas não convencem Alice, que ouviu tudo. Pilar percebe que algo está acontecendo com Pedro e fica feliz. Pedro tenta se aproximar de Alice, mas não consegue e decide que agora ficará com todas as meninas. Tomás dá uma bronca em Pedro e conta que viu Diego colado em Alice. Pedro diz que amigo não faz isso e Tomás fica mexido.Pilar diz a Pedro que gostou dele desde que o viu na moto. Ele, então, a desafia e a encosta na parede.

MORDE & ASSOPRA - Rede Globo - 19h50 Segunda (30/05) - Dulce conversa com Guilherme e descobre as mentiras do filho. Naomi conta para Ícaro que Rafael teve uma enfermeira chamada Amanda. Pimentel revela a Ícaro que tem novidades sobre Naomi. Leandro procura Naomi e pergunta se ela tem uma irmã gêmea. Dulce sugere que Guilherme procure emprego de faxineiro. Alice desperta no hospital e pergunta por Guilherme. Minerva manda prender Guilherme. Júlia avisa a Dulce que Guilherme foi preso.

Terça (31/05) - Dulce decide contratar um advogado para libertar Guilherme da cadeia. Aquiles alerta Dulce de que o custo do processo para defender Guilherme será muito alto. Lílian visita Alice e é humilhada. Naomi tenta convencer Akira a lhe dar a chave do laboratório de Ícaro. Júlia pede que Ícaro sonde Abner para tentar descobrir quem mandou Josué agir contra ela. Dulce se aconselha com Padre Francisco e procura Salomé para lhe propor um negócio.

Segunda (30/05) - Norma ouve a conversa entre Léo e Teodoro. Eunice tenta tranquilizar Júlio, que pensa em processar Rafa. Léo explica a Cortez sua ideia para aumentar o faturamento do banco. Júlio decide se separar de Eunice. Raul pede demissão e Vitória não entende o porquê. Vitória vê Carol e Raul se beijando. Norma descobre qual era a ópera preferida de Estela. André fica incomodado ao descobrir que Carol e Raul estão namorando. Norma tenta confundir Teodoro para que ele a confunda com Estela.

Terça (31/05) - Eunice diz a Zuleica que Irene está grávida de Pedro. Norma contrata Ismael para seguir Léo. Natalie pede para Nelson analisar o contrato de casamento pré-nupcial proposto por Cortez. Ismael fotografa Léo almoçando com Marina. Eunice vai ao trabalho de Júlio e ele não gosta da visita. Beto diz a Alice que é casado. William insinua que André esteja com ciúmes de Carol. Irene e Pedro fazem o exame de DNA para comprovar a paternidade do bebê que ela está esperando.

Quarta (1/06) - Salomé compra a casa de Dulce e a faxineira se oferece para alugar o imóvel. Dulce pede a Marcos um emprego para Guilherme no café. Dulce tira Guilherme da cadeia e ele critica a mãe por ter vendido a casa onde eles moravam. Salomé aparece na fazenda para ver Tonica e Abner estranha. Salomé tenta raptar Zariguim e cai em uma armadilha. Guilherme começa a trabalhar no café. Josué conta para Salomé que Ícaro lhe fez perguntas sobre a acusação contra Júlia. Alice vai ao café com Inês e vê Guilherme.

Quinta (2/06) - Alice diz a Renato que se vingará de Guilherme. Salomé conversa com Naomi e pede que ela despiste Ícaro sobre a história do incêndio de Abner. Naomi tenta descobrir com Salomé se há outra entrada para o laboratório de Ícaro. Alice conta para a mãe que encontrou Guilherme no café de Marcos e Minerva ameaça fechar o estabelecimento. Guilherme fala para a mãe que foi humilhado por Alice no café e se recusa a voltar a trabalhar como garçom. Minerva finge que perdeu seu anel e pede para revistar a bolsa de Lílian.

Sexta (3/06) - Alice ouve a mãe dizer que tem um segredo. Júlia vai atrás de Josué com Ícaro e pressiona o segurança a revelar por que está querendo prejudicá-la. Herculano conta que Abner preservou o nome de Júlia quando denunciou Josué pelo incêndio. Josué insinua que tem costas quentes e Xavier revela para Júlia que viu o segurança conversando com Minerva antes e depois do incêndio. Alice surge no café e arma outra confusão com Guilherme.

Sábado (4/06) - Guilherme é demitido do café. Ícaro promete conseguir um emprego para Júlia e ela se anima. Cristiano alerta Júlia de que a pessoa que a incriminou queria separá-la de Abner e ela suspeita de Celeste. Leandro vai à casa de Ícaro e Naomi pede que ele a ajude a entrar no laboratório do marido. Dulce pede que Marcos devolva o emprego de Guilherme no café e Natália apoia. Guilherme se recusa a voltar a ser garçom e Dulce impõe que ele venda cocada na praça.

Sexta (3/06) - Léo age friamente com Pedro, que perde a paciência com o irmão. Ismael mostra para Norma as fotos que tirou de Léo e Irene. Raul e Pedro suspeitam de que Léo possa ser o responsável pela morte de Irene. Pedro tenta contar a verdade para Marina, mas ela não acredita nele. Pedro sai em busca de provas do atropelamento de Irene. Léo faz com que Eunice acredite que Pedro seja o culpado pela morte de Irene. Léo finge se emocionar durante uma conversa com Marina.

Sábado (4/06) - Eunice fica abalada com uma conversa que tem com Leila. Vinícius beija Cecília. Marina repreende Raul por tentar falar com ela sobre Pedro. Eunice acredita que será convidada para o casamento de Teodoro e decide se reconciliar com Júlio. Pedro e Raul se emocionam no enterro de Irene. Ismael se encontra com Zulmira e descobre que a moça atropelada por Léo estava esperando um filho de Pedro. Eunice convence Júlio a voltar para casa. Léo diz a Marina que se sente atraído por ela.

INSENSATO CORAÇÃO - Rede Globo - 21h Quarta (1/06) - O resultado do exame de DNA revela que Pedro é o pai do bebê. Pedro fica transtornado com a notícia. Marina coloca um ponto final em seu relacionamento com Pedro. Léo conversa com Pedro e o vilão decide ir atrás de Marina. Pedro flagra Léo abraçando Marina em seu escritório. Teodoro beija Norma. Raul diz a Pedro que Léo pretende conquistar Marina. Teodoro pede Norma em casamento. Raul acusa Léo de ter tentado matar Pedro.

Quinta (2/06) - Léo nega a acusação de Raul e o expulsa de sua casa. Pedro diz a Raul que precisa descobrir como Irene engravidou. Júlio conta para Oscar que está separado de Eunice. Marina destrata Eunice, que finge não se abalar. Eunice vê Júlio conversando com Daisy e fica furiosa. Natalie e Cortez se casam. Pedro engana Irene e descobre que Léo a convenceu a fazer uma inseminação artificial. Pedro conta para Raul tudo o que descobriu sobre o irmão. Léo atropela Irene e Ismael fotografa tudo. Léo se surpreende ao encontrar Pedro em seu apartamento.

AMOR E REVOLUÇÃO - SBT - 22h00 Segunda (30/05) - José e Filinto discutem no quarto em que Olivia está internada. Aranha e Fritz interrogam padre Inácio. Maria, Jandira, Batistelli e padre Bento conseguem passar pela fronteira. Beto Grande recebe seus amigos na cantina para comemorar a liberdade. Aranha e Fritz vão à casa de Lola e Luís procurar subversivos. Olivia continua em coma. Filinto pede para a enfermeira Julia deixá-lo sozinho com a mulher. Ele pega um travesseiro para sufocá-la.

Terça (31/05) - Dr. Ruy entra no quarto e Filinto disfarça. José discute com Lobo Guerra sobre o comportamento doentio de Filinto. Batistelli, Jandira e Maria estão em Cuba. Eles participam do treinamento de guerrilha. Batistelli entrega carta de amor de José a Maria. Geraldo Cordeiro, Davi, Bartolomeu, ao lado de guerrilheiros, invadem base militar em Três Passos, no Rio Grande do Sul. Em reunião, Tenente Telmo relata aos militares suas experiências ao ficar infiltrado no grupo de teatro.

Quarta (1/06) - Em Cuba, Maria escreve carta para José. Ela descreve sua rotina no acampamento, seus ideais e sobre o amor que sente por ele. José Guerra desafia Lobo Guerra ao dizer que ele nunca suja as mãos. Aranha e Fritz interrogam Duarte. O delegado está com uma cópia do texto que o grupo pretende montar. Duarte confirma a autoria. Ele é levado para a sala de torturas. No acampamento, Jandira sente dores fortes no ventre. Ela começa a sangrar.

Quinta (2/06) - Duarte é interrogado por Aranha. O delegado questiona o texto da peça que o grupo Vanguarda está montando. Dra. Marcela vai ao Dops com habeas corpus para soltar Duarte. Aranha faz ameaças a Marcela e diz que Duarte não está nas dependências do Dops. Geraldo Cordeiro e Bartolomeu transmitem textos de Leonel Brizola pela rádio, em Três Passos, no Rio Grande do Sul. Davi conta aos dois que tropas militares estão fechando o cerco.

Sexta (3/06) - Olivia mexe os dedos da mão. Julia vê. Padre Bento diz a padre Inácio que não pode entregar a carta de José a Maria. Marta diz a Bete que Luís não a merece. Lola tem um pressentimento ruim. Heloisa e Henrique se beijam. Fritz pergunta a Duarte qual a pretensão do grupo de teatro Vanguarda. Aranha pede para Cardoso colocar Dra. Marcela para fora do Dops. A advogada exige visitar as celas do Dops. Ao levar Marcela para a carceragem, Aranha a prende.

VIDAS EM JOGO - Rede Record - 22h15 Sexta (3/06) - Regina e Patrícia partem Quinta (2/06) - Adalberto não aceita Quarta (1/06) - Os seguranças impeTerça (31/05) - Carlos diz que trocou Segunda (30/05) - O último número sorpara a clínica, deixando Cleber no apartair para o hotel de Rita e perde a paciência dem que o grupo entre e começa uma alo último número do jogo e entrega o carteado é o que Carlos escolheu. Ele não consemento aguardando Francisco. Severino com a insistência de Zizi. Ele insinua que gazarra. A polícia é acionada e chega rapitão para Francisco. O rapaz vê os númegue se conter e explode de alegria. Aturma do pede a Ernesto que descubra quem é o sua filha é prostituta. Carlos começa a se damente. Patrícia conversa com Juliana e dá ros e explode quando verifica. Os moradobolão, que não sabe do jogo diferente, fica trisamante de sua esposa, em troca de dinheidar conta de que o dinheiro está mudana entender que fará o aborto para satisfares do prédio invadido são expulsos e a te. Cleber e Regina comemoram o ano novo ro. Francisco vai até o apartamento de do seus amigos. Francisco liga para zer a vontade de sua mãe. O gerente se turma do bolão decide levá-los para o hotel. juntos. Ele diz que a polícia irá até o prédio da Regina, mas encontra Cleber. O ex-policial Patrícia, que ainda hesita para atender, nega a hospedar tantas pessoas, mesmo Rita liga para Zizi e a convida para ir até empresária e expulsará todos os moradores. pede cem mil reais para contar onde fica a mas atende porque sua mãe pede. Ela se com as vagas reservadas previamente, mas o hotel onde se hospedará com seus amiRegina expulsa Raimundo de sua festa. A clínica de aborto. O novo milionário aceinega a continuar em um relacionamento cede à pressão e acata ao pedido. Regina diz gos. A turma chega ao hotel. Quando vê o turma do bolão, com exceção de Carlos, se ta. Patrícia é sedada quando Francisco chega e o sambista decide ir até a casa de sua a Maurício que oferecerá propina para a grupo, um segurança chama reforço, reúne com todos os amigos para comemorar à clínica. Surpresa, Regina diz que sua filha amada. prefeitura com o objetivo de conseguir venachando que pode acontecer um arrastão o ano novo. Acontagem regressiva para o fim já está na cirurgia. der seu prédio, que agora está desocupano local. do ano se inicia. Perto do fim, Carlos chega com do. Zé e anuncia que o grupo está milionário. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora – Os capítulos que vão ao ar estão sujeitos a eventuais reedições.


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV 10

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

FILMES DA SEMANA

TV ABERTA EDUCATIVA 06h00 06h30 07h00 08h00 09h00 10h15 10h30 10h45 11h00 11h30 12h00 12h30 12h45 13h00 13h30 14h00 14h30 15h00 16h00 17h00 18h00 18h30 19h00 20h00 21h00 22h30 23h00 00h55 01h55 02h55

-

Canal 3

Via Legal Brasil Eleitor Palavras de Vida Santa Missa Viola Minha Viola Curta Criança Anabel Meu Amigãozão - Estreia Castelo Rá-Tim-Bum Janela Janelinha ABZ do Ziraldo Tromba Trem Carrapatos e Catapultas Um Menino Muito Maluquinho Catalendas Dango Balango TV Piá Stadium O Planeta Azul Ver TV De Lá Pra Cá Cara e Coroa Papo de Mãe Conexão Roberto D'Ávila EsportVisão Natália Cine Ibermédia A Grande Música Doc TV IV Curta Brasil

TV ALAGOAS

A Família do Futuro (Globo, 13:55 h) Meet The Robinsons, de Stephen J Anderson. Com Russell Crowe, Christian Bale e Logan Lerman. EUA, 2007, cor, 95 min. A emissora não informou a classificação etária. Aventura – Lewis é um jovem brilhante que inventa o rastreador da memória, uma máquina que o ajudará a encontrar sua mãe biológica. Porém, a máquina é roubada antes mesmo de ser utilizada. Ele recebe, então, a visita do jovem misterioso Wilbur Robinson, que o leva a uma viagem no tempo.

Canal 5

06h00 - Cory na Casa Branca 06h30 - Aventura Selvagem (Reprise) 07h30 - Pesca Alternativa 08h30 - Vrum 09h00 - Igreja Mundial 11h00 - Domingo Legal 15h00 - Eliana 19h00 - Roda a Roda Jequiti 19h40 - Sorteio da Tele Sena 19h45 - Programa Silvio Santos 00h00 - De Frente Com Gabi 01h00 - Série - Arquivo Morto // Cold Case 02h00 - Série - Desaparecidos // Without a Trace 03h00 - Série - A Sete Palmos // Six Feet Under 04h00 - Encerramento

TV GAZETA 05h35 06h35 06h49 07h15 07h55 08h50 10h55 11h10 12h30 13h05 13h55 15h45 18h00 20h45 23h05 01h05 02h35 03h50

-

01h15 05h25 05h55 06h45 07h15 08h00 09h00 10h00 11h00 11h30 12h00 16h00 20h00 23h00 01h00

-

Canal 7

Santa Missa Sagrado Gazeta Rural Pequenas Empresas Globo Rural Fórmula 1 – GP de Mônaco Auto Esporte Esporte Espetacular Aventuras do Didi Os Caras de Pau Temperatura Máxima A Família do Futuro (Exibição em HD) Futebol 2011 Campeonato Brasileiro: Bahia x Flamengo Domingão do Faustão Fantástico Concerto Para Gonzaga Domingo Maior Carga Explosiva 2 (Exibição em HD) Sessão de Gala A Condessa Branca Corujão

TV PAJUÇARA

Canal 11

IURD Bíblia em Foco Desenhos Bíblicos IURD - Nosso Tempo Desenhos Bíblicos Record Kids Ponto de Luz Alagoas da Sorte Informativo Cesmac Pajuçara 360º Tudo é Possível Programa do Gugu Domingo Espetacular Série Heroes IURD

TV BANDEIRANTES 05h45 - Espaço Vida Vitoriosa 07h00 - Infomerciais 10h30 - Brasil Caminhoneiro 11h00 - Infomerciais 12h00 - Auto+ 12h30 - Fórmula Indy 14h00 - Band Esporte Clube 15h00 - GOL o grande momento do futebol 15h30 - Futebol 2011 18h00 - Terceiro Tempo 20h10 - V.I.P - Segurança Especial 21h00 - Domingo no Cinema - Desta Vez Te Agarro 22h50 - Acerto de Contas 23h30 - Canal Livre 00h30 - Mundo Fashion 01h00 - Show Business 01h45 - Cine Band - 48 Horas para Morrer 03h45 - Espaço Vida Vitoriosa

DOMINGO 29/05

Canal 38

Desta Vez Te Agarro (Band, 21 h) Smokey and the Bandit II, de Hal Needham. Com Burt Reynalds, Jackie Gleason, Jerry Reed. EUA, 1980, cor, 97 min. Classificação Etária: Livre. Comédia – Bandit, um alcoólatra recém abandonado pela namorada, recebe uma proposta excêntrica de dois irmãos: transportar um elefante até uma convenção, por 24 horas. O único problema é que o animal está prestes a dar à luz a qualquer momento. La Perdición de Los Hombres (TV Brasil, 23 h) La Perdición de Los Hombres, de Arturo Ripstein. Com Rafael Inclán, Patricia Reyes Spindola e Luis Felipe Tovar. México/Espanha, 2000, cor, 109 min. Classificação Etária: 18 anos. Comédia – Duas mulheres compartilham suas vidas com um homem. Quando ele morre, surge o conflito entre as duas. Ambas querem enterrar o cadáver, e os equívocos e mal-entendidos se agravam, à medida que elas expõem seus pontos de vista sobre a morte. Carga Explosiva 2 (Globo, 23:05 h) The Transporter 2, de Louis Leterrier. Com Jason Statham, Alessandro Gassman e Amber Valletta. EUA/França, 2005, cor, 87 min. A emissora não informou a classificação. Ação – Frank Martin é um ex-agente das forças especiais. Como favor a um amigo, concorda em trabalhar para uma poderosa família como guarda-costas de um garoto de 6 anos. Quando o menino é sequestrado, ele se vê obrigado a colocar suas habilidades em prática em uma tentativa de resgate. A Condessa Branca (Globo, 0:35 h) The White Countess, de James Ivory. Com Ralph Fiennes, Natasha Richardson e Vanessa Redgrave. Inglaterra/EUA/Alemanha/China, 2005, cor, 135 min. A emissora não informou a classificação etária. Drama – O filme acontece na corrupta e bombardeada atmosfera de Xangai dos anos 30, que em breve seria totalmente destruída pelo exército japonês e a guerra civil. Neste cenário, um homem cego desenvolve um curioso relacionamento com uma jovem russa. 48 Horas para Morrer (Band, 1:45 h) Xchange, de Allan Moyle. Com Stephen Baldwin, Pascale Bussieres e Kim Coates. Canadá, 2000, cor, 109 min. Classificação Etária: 14 anos. Suspense – Em um futuro próximo, uma empresa chamada X Change possui uma tecnologia que permite que as pessoas troquem de corpo com alguém que esteja no destino desejado. Por acidente, um membro da companhia acaba trocan-

do de corpo com um terrorista e é forçado a se esconder e lutar para impedir o terrorista de concretizar seus planos.

SEGUNDA 30/05 O Medalhão (Globo, 16:20 h) The Medallion, de Gordon Chan. Com Jackie Chan, Lee Evans e Claire Forlani. EUA/China, 2003, cor, 88 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – A história acontece nos dias atuais. Dois policiais de Hong Kong são designados para prender um criminoso. Eles chegam na Irlanda e começam a investigação, mas logo são atacados. Porém, um milagre acontece e ambos voltam à vida. Loucas por Amor, Viciadas em Dinheiro (Globo, 22:20 h) Mad Money, de Callie Khouri. Com Diane Keaton, Queen Latifah e Katie Holmes. EUA, 2007, cor, 104 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Bridget Cardigan sai em busca de um emprego depois que seu marido é demitido. Após ter ficado anos sem trabalhar, ela consegue uma vaga no banco da reserva federal americana. Lá, junto com suas colegas de trabalho, decide tomar uma atitude para mudar um sistema que não valoriza seus talentos e sonhos. Houve uma Vez Dois Verões (Globo, 2:10 h) Houve uma Vez Dois Verões, de Jorge Furtado. Com Ana Maria Mainieri, André Arteche e Pedro Furtado. Brasil, 2002, cor, 75 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – No Rio Grande do Sul, Chico, adolescente em férias na praia, se apaixona por Rosa, com quem passou uma única noite - a primeira da vida dele. A mocinha some para tristeza de Chico. Mais tarde, de volta a Porto Alegre, é Rosa que procura por Chico, dizendo-se grávida. É o início de uma relação conturbada e cheia de surpresas.

TERÇA 31/05 Programa de Proteção para princesas (Globo, 16 h) Princess Protection Program, de Allison Liddi. Com Demi Lovato, Selena Gomez e Nicholas Braun. EUA, 2009, cor, 89 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Quando a princesa Rosalinda é ameaçada por um ditador do mal, ela é levada embora pelo programa de proteção para princesas, uma agência secreta que cuida de princesas em perigo. Mason, um agente do programa, esconde Rosalinda em sua própria casa e ela passa a se disfarçar de uma adolescente normal. Os Gatões: O Começo (SBT, 23 h) The Dukes of Hazzard: The Beginning, de Robert Berlinger. Com Jonathan Bennett, Randy Wayne e April Scott. EUA, 2007, cor, 95 min. Classificação Etária: 14 anos. Comédia – Os primos encrenqueiros, Bo e Luke Duke, são enviados de castigo pelos pais para a fazenda do tio Jesse. Lá, descobrem que as terras dele correm perigo. Por isso, os primos entram de vez no negócio da família e passam a distribuir uma bebida ilegal produzida pelo tio.

QUARTA 01/06 O Resgate do Papai (Globo, 16:10 h) Dadnapped, de Paul Hoen. Com Emily Osment, David Henrie e Jason Earles. EUA, 2009, cor, 90 min. A emissora não informou a classificação etária. Aventura – Melissa é a filha do famoso escritor de livros de mistérios Neal Morris. Seu pai está mais interessado em criar missões e aventuras emocionantes para seu herói fictício do que em dedicar seu tempo a ela. Porém, quando Neal é sequestrado por um grupo de fanáticos, Melissa vai ao seu resgate sem pensar duas vezes.

QUINTA, 02/06 Jump In! (Globo, 16:10 h) Jump In!, de Paul Hoen. Com Corbin Bleu, David Reivers e Shanica Knowles. EUA, 2007, cor, 85 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Adolescente do Brooklyn prepara-se para se tornar campeão de boxe, um antigo sonho do seu pai. Além disso, ele concorda em ajudar sua vizinha que precisa de mais um integrante no seu time de pular cordas. Durante o caminho, o jovem percebe que o mais importante é seguir o coração. O Mergulho (TV Brasil, 23 h) O Mergulho, de Silvio Margarido. Elenco não informado. Brasil, 2009, cor, 52 min. A emissora não informou a classificação etária. Documentário – O documentário tem como protagonista o rio Acre, que separa a cidade de Rio Branco. O filme expõe as relações estabelecidas pelas pessoas que viram a transformação da cidade moldar as margens do rio.

SEXTA 03/06 Zoom: Academia de Super-heróis (Globo, 16:10 h) Zoom, de Peter Hewitt. Com Tim Allen, Courteney Cox e Chevy Chase. EUA, 2006, cor, 83 min. A emissora não informou a classificação etária. Ação – Quando a Terra corre o risco de ser destruída, um super-herói aposentado e fora de forma é chamado para transformar um grupo de adolescentes desobedientes em super-heróis de verdade. Com a ajuda de uma intelectual, aprenderão a unir seus poderes para combater uma terrível ameaça. Desafio Final (SBT, 23 h) Clementine, de Du Yeong Kim. Com Steven Seagal, Dong-jun, Hye-Ri Kim e Seo-Woo Eun. EUA/Coreia, 2004, cor, 100 min. Classificação Etária: 14 anos. Ação – Kim, policial expulso da corporação, vai para os ringues de Taekwondo para sobreviver. Sua dedicação à nova carreira o leva ao sucesso. Quando ele decide abandonar as lutas apenas para se dedicar à educação da sua filha, mafiosos a sequestram e o obrigam a lutar contra o grande campeão, Jack Miller. O Fim do Sem Fim (TV Brasil, 23 h) Clementine, de Cao Guimarães, Lucas Bambozzi e Beto Magalhães. Elenco não informado. Brasil, 2001, cor, 92 min. Classificação Etária: 14 anos. Documentário – Os diretores percorreram 40 cidades para escolher seus entrevistados. Todos têm em comum uma profissão dos tempos antigos, que raramente se vê nos dias atuais.


O JORNA L JORNAL

Jornal da TV

11

Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br

Herói do sertão

NOME PRÓPRIO

Cordel Encantado Divulgação

Por Natalia Palmeira PopTevê

Fernanda Torres poucas vezes se comprometeu com projetos de longa duração na televisão. Por isso, foi surpreendida quando soube que "Tapas & Beijos" era a aposta humorística da Globo para ficar no ar até o fim do ano. "Eram apenas 18 episódios. Estava com projetos no teatro, mas tive de adiar para o ano que vem", destaca a intérprete da divertida Fátima. Filha dos atores Fernanda Montenegro e Fernando Torres, seria natural que ela fosse presença constante na tevê. Mas o caminho da atriz não foi de grande dedicação ao veículo. Tanto que, seu último trabalho fixo em novelas foi como a protagonista de "Selva de Pedra", há 25 anos. Mas ela garante que o caminho mais dedicado ao cinema e teatro não foi premeditado. "Foi natural. Nessa época, só pensava em ir para o mundo. Ganhei como melhor atriz do Festival de Cannes e passei 15 anos viajando ou para festivais de cinema ou fazendo filmes e teatro. Quando voltei ao Brasil, começaram os seriados", justifica, lembrando do prêmio pela atuação no filme "Eu Sei que Vou te Amar", de Arnaldo Jabor. Na série escrita por Cláudio Paiva, Fernanda empresta sua veia cômica para dar vida a Fátima, a animada vendedora da "Djalma Noivas". Atolada em problemas financeiros, ela ainda tem de lidar com os pequenos contratempos no trabalho. No entanto, é no âmbito sentimental que a personagem se encontra sempre encrencada. "Ela é aquele tipo de amante eterna.

É um casamento interessante", define a atriz, explicando a relação extraconjugal de Fátima com Armane, interpretado por Vladimir Brichta. "A Fátima é 'casada' com ele em Copacabana. Quando vai para o Méier, ela é casada com a Suely", conta, entre risos, citando o papel de Andrea Beltrão, melhor amiga com quem divide apartamento, no bairro da Zona Norte do Pedro Paulo FIgueiredo / Carta Z Notícias Rio. A relação de amizade entre elas, aliás, vai além da ficção. As atrizes são amigas desde a adolescência quando começaram a estudar teatro no Tablado – famoso curso de formação de atores fundado por Maria Clara Machado. "Somos todos muito amigos. Não tem nenhuma estranheza, é como uma família", ressalta Fernanda, que já havia contracenado com a maior parte do elenco. Elas atuaram juntas no especial de fim de ano "Projeto Piloto" e quando a Andrea fez uma participação em "Os Normais". "Só não conhecia o Érico. Não posso olhar para ele que tenho vontade de rir. Digo: 'Brás, assim fica difícil'", conta, bem-humorada. O trabalho em "Tapas & Beijos" marca a volta de Fernanda à tevê com uma personagem fixa. A última foi a Vani de "Os Normais" – ela ficou na pele da alucinada de 2001 a 2003. De lá para cá, se envolveu com o teatro e o cinema, deixando espaço apenas para curtas participações na tevê. Mesmo depois de sete anos, a Vani, ainda é destaque na carreira da atriz. Tanto que não é difícil encontrar elementos da personagem em outros trabalhos cômicos de Fernanda. "É um trabalho que resiste ao tempo. Até hoje as pessoas me param na rua para falar sobre as doidices da Vani", analisa.

O QUE VEM POR AÍ

No ar em Tapas & Beijos, Fernanda Torres fala sobre a carreira

Jesuíno (Cauã Reymond - foto) poderia ser comparado a Hobin Hood, o fora-da-lei que roubava dos ricos para dar aos pobres. Ele e seu bando até roubaram comida da fazenda de Timóteo (Bruno Gagliasso) e distribuíram aos colonos. Nos próximos capítulos de "Cordel Encantado", o bando de justiceiros se prepara para enfrentar os cangaceiros. A tropa, inclusive, vai ganhar ajuda da força feminina. Ao lado de Quiquiqui (Marcello Novaes), Setembrino (Glicério Rosado), Galego (Renan Ribeiro), Baldini (Emílio de Mello) e Zenóbio (Guilherme Fontes), Jesuíno ainda vai contar com Açucena (Bianca Bin) e Dora (Nathalia Dill). A segunda missão do bando é salvar Inácio (Maurício Destri). O príncipe é a arma de Herculano (Domingos Montagner) para enfrentar Jesuíno. E como todo bom justiceiro, ele não vai medir esforços para livrar Inácio das mãos do cangaceiro. O problema é que essa briga pode acabar trazendo à tona a verdade sobre a paternidade de Jesuíno. Augusto (Carmo Dalla Vecchia) até acredita que possa haver alguma relação entre Jesuíno e Herculano, mas Úrsula (Débora Bloch) e Nicolau (Luiz Fernando Guimarães) tentam desfazer as desconfianças do rei de Seráfia. Mas essa iniciativa não tem nenhuma boa intenção. Já é de se esperar que a dupla esteja sempre pensando no seu próprio bem. E o ato heróico de Jesuíno vai trazer muitas consequências. Augusto resolve dar o título de cavaleiro de Seráfia para o sertanejo. A questão que fica é se ele vai aceitar. O mais provável é que essa atitude de Augusto seja mais um plano para afastar a princesa de Jesuíno. # Batoré sequestra Antônia no dia do casamento com Inácio. # Florinda tenta se aproximar de Petrus.


Jornal da TV 12

O JORNA L JORNAL Domingo, 29 de maio de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: jornaltv@ojornal-al.com.br


OJORNAL 29/05/2011