Issuu on Google+

Exemplar de assinante

O JORNA L Maceió, quinta-feira, 27 de outubro de 2011 | Ano XVIII | Nº 337 |

www.ojornalweb.com

ALAGOAS

R$ 1,50

PSD inicia atuação no Congresso Com ato público para a apresentação de sua bancada no Congresso Na-

cional, o PSD deu início ontem à atividade parlamentar com a presença de

lideranças nacionais e estaduais da legenda. O presidente do PSD em Ala-

goas, deputado federal João Lyra, destacou a força Página A2 do partido. Daniel Cardoso

Silva deixou o Ministério

Aldo é cotado para pasta

Esporte: Silva deixa Ministério Após reunião com a presidenta Dilma Rousseff, Orlando Silva anunciou ontem sua saída do comando do Ministério do Esporte. Ele é alvo de denúncias de

irregularidades na pasta. O substituto definitivo ainda não foi anunciado. O deputado federal Aldo Rebelo (PCdoBSP) é cotado para assumir o cargo. Página A3 Ao lado de Kassab, o presidente nacional do PSD, deputado federal João Lyra, participou do ato de apresentação da bancada no Congresso

Enem pode ser anulado no País No Ceará, após pedido do MPF, o MEC cancelou as provas de 639 alunos; em Alagoas, estudantes ficam apreensivos Mais uma polêmica atingiu em cheio o Enem. No Ceará, uma escola fez um simulado e nove ques-

tões foram semelhantes às aplicadas no Enem. Com isso, o procurador da República Oscar Costa Filho

entendeu que houve vazamento da prova e pediu a anulação do exame em todo o País. O MEC já can-

celou as provas de 639 alunos em Fortaleza. Em Alagoas, diretores de escolas afirmaram que já espera-

vam a divulgação de falhas no exame. Os estudantes que fizeram as provas e estão aguardando o

resultado lamentaram mais esse problema e esperam que o Enem não seja anulado. Página A9

Contra a crise, Dilma quer mais investimento

Wanderson é suspeito

Identificado 4º acusado de morte de vereador

Em reposta à crise econômica, a presidenta Dilma determinou ontem ao BNDES, entre outros órgãos de fomento, a ampliação dos investimentos no País. Segundo o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, Dilma quer alavancar investimentos na infraestrutura e manter ou aumentar no petróleo e no gás. Página A7

Vilela, de Alagoas, e Campos, de Pernambuco, participaram ontem de reunião com o ministro Fernando Bezerra, da Integração

Escolas suspendem as atividades em Alagoas

Recursos para AL-470 liberados

Página A10

Página A9

O Ministério da Integração Nacional vai liberar recursos para implan-

tação da AL-470, que ligará os municípios de Chã Preta (Alagoas) a CorrenNide Lins

Cardápio da primavera traz pratos com flores

Ô de casa!

Página A3

CO TAÇÕES

Dólar (compra) ................. 1.7580 Dólar (venda) ................... 1.7600 Euro (compra) .................. 2.4317 Euro (venda) .................... 2.4328 Poupança ......................... 0,6186

MARÉS 03h30.........................................2.3 09h45.........................................0.0 15h49.........................................2.2 22h02........................................-0.1

RESULTADOS

COPA SUL-AMERICANA

O menu de degustação para a primavera do chef Thiago Maia traz flores, não para enfeitar, mas serem saboreadas, sem receio nenhum. O destaque é o polvo cozido, entre outros ingredientes, acompanhado de flores. Página A16

tes (Pernambuco). O anúncio foi feito pelo ministro Fernando Bezerra

Vasco* 8 x 3 Aurora Libertad* 2 x 0 São Paulo Universidad* 1 x 0 Flamengo

* Classificados

O polvo cozido, servido com purê de cará e flores

aos governadores Teotonio Vilela Filho e Eduardo Campos. Página A2

CRB deve jogar na próxima quarta-feira A CBF deve fechar hoje a questão da Série C. A diretoria do Rio Branco não quer mais brigar na Justiça, e o Luverdense deve ser incluído no Grupo E. A tendência é que o CRB jogue na próxima quarta, em Maceió. Página A12


O JORNAL

Política A2

Pauta Geral pautageral@ojornal-al.com.br

“COM A BARRIGA” A discussão envolvendo a implantação do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) dos servidores da Assembleia Legislativa ainda deve render bastante. O presidente da Assembleia, Fernando Toledo (PSDB), já disse que pretende recorrer de decisão judicial que suspendeu o pagamento de salários de servidores comissionados e que apontou que a Casa estaria descumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ao não implantar o PCCS. Toledo chega a dizer que, se a suspensão do pagamento for mantida, pode haver um “blecaute” nos serviços da Assembleia, tendo em vista que os comissionados que tiveram o pagamento suspenso podem parar as atividades. Por outro lado, os servidores efetivos comemoram a decisão judicial e acreditam que a implantação do PCCS está mais próxima. Contudo, a categoria diz que, se isso demorar, pode cruzar os braços, entrar em greve mesmo. Uma possibilidade que não está longe de acontecer: tudo indica que a implantação do PCCS será, como parece sempre, mais uma das questões que o Legislativo estadual pretende “empurrar com a barriga”. Não que não haja interesse. É que não parece ser essa uma das prioridades da Casa, tendo em vista que o plano já existe há algum tempo. Além disso, investir em comissionados parece ser mais tranquilo. Afinal, diferente dos efetivos, esses servidores não possuem qualquer estabilidade e sempre ficam à mercê de dispensa e substituição caso venham a reclamar algo...

TV ALAGOAS, 30 ANOS A presidente da TV Alagoas, Patrícia Sampaio, manteve audiência com a direção nacional do SBT, em São Paulo. O objetivo foi o de informar sobre os planos de modernização e a programação dos 30 anos da emissora, fundada no começo da década de 80 por Geraldo Sampaio. Assim como a afiliada, a cabeça de rede também está completando três décadas de existência. A ideia de Patrícia, que foi aprovada nacionalmente, é converter o mês de janeiro numa agenda conjunta de atividades voltadas à prestação de serviços de interesse público.

ESTUDANTIL O PSTU se apressou para negar qualquer problema em relação às posições tomadas pelos militantes do partido na eleição do DCE/Ufal. A legenda rebateu ataques de um grupo dissidente que denunciou vistas grossas dos militantes em relação à falta de quórum na disputa vencida pelo PCR.

NA MARRA Um grupo de aproximadamente 50 aprovados para o cadastro reserva no concurso da Eletrobras Distribuição Alagoas bloqueou a entrada e saída de veículos, mantendo cerca de 500 empregados da empresa sob cárcere privado. A atitude truculenta durou aproximadamente meia hora e foi comandada pelo presidente da Central Única de Trabalhadores, Isac Jackson.

GLBT Aprovado em segunda discussão, o projeto de lei que dispõe sobre a garantia da extensão dos benefícios previdenciários da união estável às relações homoafetivas no âmbito da previdência dos servidores públicos civis do Estado de Alagoas. Ideia do deputado Ronaldo Medeiros (PT).

Houve clara pressão da mídia, até porque tratase de uma pasta que ganhou prestígio, por conta da proximidade da Copa do Mundo de Futebol e das Olimpíadas” Marcelo Malta,

vereador por Maceió e vice-presidente do PCdoB em Alagoas, sobre saída de Orlando Silva do Ministério do Esporte

DESABRIGADOS 1 O coordenador da bancada federal alagoana, deputado Joaquim Beltrão (PMDB), a deputada federal Célia Rocha (PSDB) e representantes da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) estiveram, ontem à tarde, com o subchefe da Secretaria de Assuntos Federativos da Presidência da República, Olavo Noleto Alves, e técnicos da pasta para falar sobre a situação dos alagoanos desabrigados pelas enchentes de 2010, que precisarão pagar por suas novas casas.

DESABRIGADOS 2 Noleto Alves disse na reunião, ocorrida no Palácio do Planalto, que vai sugerir uma mesa-redonda entre os ministérios do Planejamento, Cidades, Integração, Fazenda e a Secretaria de Relações Institucionais para tentar dar uma solução ao problema. Mas ele adiantou que é necessário que o Estado de Alagoas, junto com os municípios, também cumpra a sua parte, apresentando a contrapartida.

DIRETAS Vejam como é bom trabalhar com seriedade, competência e honestidade: deu resultado a união entre os governadores Teotonio Vilela Filho (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Foi aprovado o projeto do deputado Jeferson Morais (DEM) que torna lei o parcelamento do IPVA em até seis vezes pelo consumidor. O projeto segue para sanção do governador Teotonio Vilela Filho.

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

PSD dá início oficialmente a sua atuação no Congresso Nacional Liderança do partido apresentou bancada de deputados federais e senadores BRASÍLIA- O Partido Social Democrático (PSD) deu início ontem, oficialmente, a sua atuação no Congresso Nacional, apresentando à população sua bancada de deputados e senadores. A data foi marcada com um ato público com a presença das lideranças nacionais e estaduais do partido. O novo partido também quer garantir logo o direito de apresentar emendas e pedidos para votação em separado de dispositivos de Medidas Provisórias ou de qualquer outra proposição que o partido quiser manter ou derrubar. O partido conta com mais de 150 mil filiados, sendo 55 deputados federais, dois senadores, dois governadores, seis vice-governadores, além de deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. O PSD traz em seu objetivo a participação do povo para defender, apoiar e sugerir as causas. O lema do partido resume o seu estilo de ação: Participar, Sugerir, Decidir. O partido também buscará, através da comunicação digital e redes sociais, a conexão com os cidadãos do Brasil. O presidente nacional do partido, o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, disse que o

Ato público de apresentação da bancada do PSD no Congresso reuniu lideranças nacionais e estaduais do partido

compromisso do PSD é fazer política em favor de um Brasil moderno, desenvolvido, ético, justo e solidário. “Nossos adversários não são inimigos, mas cidadãos com os quais queremos dialogar e debater nossas ideias”, disse. Para o presidente em Alagoas, o deputado fe-

deral João Lyra, fazer parte de um partido como o PSD é motivo de orgulho. “O partido já está nascendo grande. Dos 102 municípios alagoanos, o PSD já tem representantes em 94 deles. E eu, como presidente estadual, me sinto honrado por poder contribuir

para o desenvolvimento de Alagoas e do Brasil”, disse. João Lyra também falou sobre Kassab. “Ele tem se mostrado muito competente, de pulso firme e impetuoso na sua administração e nas suas decisões. Não tenho dúvidas que o PSD está em boas mãos”, afirmou.

Bancada do partido vai votar a favor da DRU Na Câmara dos Deputados, o PSD já anunciou que, apesar da postura de independência anunciada por sua Executiva nacional, sua bancada votará a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga até 2015 a vigência da Desvinculação de Receitas da União (DRU). Ou seja, com a bancada de apoio ao governo da presidente Dilma Rousseff. O texto também dá liberdade à presidenta para gastar como quiser 20% dos recursos orçamentários. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. “Quando derrubamos a CPMF no governo Lula, também votamos favoráveis à DRU porque, como estão, as vinculações prejudicam a capacidade administrativa de qualquer governo”, justifica o deputado federal Paulo Bornhausen (SC). Ele é um dos sete deputados do PSD que assumiram cargo de secretário de Estado e agora voltam a Brasília, para não deixar dúvida quanto ao tamanho da bancada. “Votaremos com o governo na DRU, a independência do partido será mantida. Está decidido que não vamos ocupar car-

gos na administração Dilma as lideranças cobrarem do presiRousseff”, completa o deputa- dente da Câmara, Marco Maia do federal Vilmar Rocha (GO), (PT), espaço físico para instalar a que também integra a bancada legenda e assessoria técnica para do novo partido. instruí-la. “Queremos o espaço A votação da PEC da DRU a que uma bancada do nosso taaconteceria ontem, mas foi adiada manho tem direito”, afirma o para o próximo dia 8 de novemlíder do PSD, deputado bro, segundo informou, federal Guilherme Camem entrevistas a agências pos (SP), para quem as de notícias, o líder do goinstalações da nova lideVotação verno na Câmara dos Derança merecem espaço putados, Cândido Vac- aconteceria nobre. carezza (PT-SP). “Não queremos dar ontem, mas uma de gostoso, nem foi adiada CONGRESSO - O ficar diminuindo nossa para o prazo de filiação à nova importância. Tem que legenda termina hoje, ser um espaço à altura dia 8 de mas, desde ontem, a cúnovembro da terceira maior bancapula do PSD já dava da da Casa”, completa como certo que comanGuilherme Campos, ao daria a terceira maior destacar que foi este o bancada da Câmara, compromisso assumido pelo próatrás apenas do PT e do PMDB. prio Marco Maia. Aparticipação O partido cresceu, a se confir- na partilha dos postos de comanmar a contabilidade do partido, do das comissões técnicas perbasicamente às custas do esfa- manentes da Câmara ficará para celamento do DEM, que deverá o ano que vem, mas o líder avisa perder 19 dos 43 deputados. que de assessoria, já, o PSD não A apresentação dos parla- abre mão. mentares em ato solene no audiA primeira contabilidade da tório Petrônio Portela, no Senado, direção da Câmara indica que a ontem também serviu para que legenda poderá preencher cerca

de 90 cargos de assessor. Outro direito que o PSD quer fazer valer já a partir de hoje são as chamadas prerrogativas de plenário. São elas que garantem, por exemplo, a palavra do líder na hora de fazer comunicações à Casa e de orientar a bancada nas votações. O novo partido também quer garantir logo o direito de apresentar emendas e pedidos para votação em separado de dispositivos de Medidas Provisórias (MPs) ou de qualquer outra proposição que o partido quiser manter ou derrubar. O PARTIDO - Com a proposta de criação anunciada em 21 de março deste ano pelo prefeito paulistano Gilberto Kassab, o PSD teve o pedido de registro nacional aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - e, portanto, sua oficialização - no último dia 27 de setembro. Com isso, a sigla passou a filiar seus integrantes e poderá disputar as eleições municipais de 2012 para prefeito e vereador em todos os Estados do país nos quais esteja presente.

NOVA RODOVIA

Integração vai liberar recursos para a implantação da AL-470 O governo de Alagoas garantiu, junto ao Ministério da Integração Nacional, a liberação recursos para a implantação da rodovia AL-470, na divisa entre Chã Preta (Alagoas) e Correntes (Pernambuco). O anúncio foi feito pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, durante reunião com os governadores de Alagoas e Pernambuco, Teotonio Vilela Filho (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Secretários de Estado também participaram do encontro. A previsão é de que sejam liberados R$ 16 milhões para execução da obra. A rodovia AL-470 é um importante elo de integração cultural e comercial entre Alagoas e Pernambuco. Nos dois esta-

dos, o escoamento da produção agrícola e pecuária para abastecimento dos municípios da região depende da AL-470. A região produz frango, leite, gado de corte, inhame, banana e laranja, entre outros. “Com a pavimentação da AL-470, cerca de 320 mil habitantes do Vale do Paraíba serão beneficiados, pois o escoamento agropecuário da região é facilitado pela rodovia, devido à proximidade de acesso entre os pólos produtores dos dois Estados”, explica o secretário de Estado de Infraestrutura, Marco Fireman. O ministro Fernando Bezerra informou que serão liberados R$ 16 milhões para a obra, sendo que a primeira parcela

será de R$ 10 milhões e sua liberação deve acontecer ainda este ano. No início do próximo ano, o Ministério deverá liberar a segunda parcela, no valor de R$ 6 milhões. Com isso, a obra deverá ser executada em ritmo acelerado e possivelmente estará pronta para ser entregue à população até o início do segundo semestre. FERROVIA - Na audiência, o governador Teotonio Vilela Filho cobrou posição do Ministério sobre a reconstrução da malha ferroviária do Estado. Cerca de 65% dos trilhos foram destruídos nas enchentes que atingiram o Estado em 2010 e até hoje, não foi tomada qualquer providência

para sua recuperação. Segundo o ministro Fernando Bezerra, o assunto já está nas mãos da presidente Dilma Rousseff e aguarda sua decisão. O ministro esclareceu ainda que não está definido quem deve fazer a recuperação das ferrovias alagoanas, se o governo federal ou a Transnordestina Logística S/A, empresa administradora do sistema no Estado. Vilela destacou a importância da agenda conjunta com o governador Eduardo Campos. Segundo ele, quando existe união em defesa dos interesses dos estados do Nordeste, fica mais fácil discutir com o governo federal na busca de soluções definitivas para os problemas dos Estados.


Política

O JORNAL JORNA L

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A3

| www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Contexto Roberto Vilanova - bobvilanova@hotmail.com

Ô DE CASA! A questão das casas para as vítimas das enchentes em Alagoas só será resolvida com uma decisão de governo, ou seja, com a intervenção da presidenta Dilma. Foi isso o que ficou caracterizado na reunião da bancada alagoana em Brasília: aliás, a primeira o ano. Várias propostas foram apresentadas, mas todas deságuam no birô da presidenta – que tem a palavra final e pode bater o martelo. O deputado federal João Lyra (PSD) propôs o encontro de contas com a dívida do Estado, ou seja, o governador Téo Vilela assumiria o débito, e a União descontaria no pagamento da dívida. O deputado Renan Filho (PMDB) propôs uma Emenda Coletiva no Orçamento, mas essa proposta foi suspensa depois que o deputado João Lyra chamou a atenção para o prejuízo que isso poderia causar às Emendas individuais com as restrições de valores por conta do quantitativo da Emenda Coletiva. Falou-se também em Medida Provisória, e isso tem outra implicação, pois exigiria a modificação da lei para tornar a MP nacional e não um caso específico de Alagoas. Mas, seja qual for a proposta aprovada, a palavra final está com a presidenta Dilma; tudo depende do seu consentimento.

AJUDA

NADA

O deputado federal João Lyra (PSD) tem sido categórico no posicionamento em relação à questão das casas para as vítimas das enchentes em Alagoas e reafirmou isso na reunião da bancada em Brasília. Ou seja: ele orienta as famílias a não pagarem a conta.

- “São pessoas pobres, que vivem do Bolsa Família, e perderam tudo. Eu tenho repetido que não paguem. Essas pessoas não são mutuários da Caixa, elas são vítimas de uma tragédia que todo o País assistiu e se comoveu. Portanto, não paguem”, disse o deputado João Lyra.

EXEMPLO MAIOR O deputado federal João Lyra aproveitou para mostrar que fez a sua parte no compromisso assumido ainda com o presidente Lula, para soerguer a Usina Laginha e gerar emprego.

SIGILO

FECHA

O senador Fernando Collor (PTB) é capaz de sair do sério quando ouve alguém falar sobre “sigilo eterno” de documentos oficiais. “Não existe sigilo eterno, isso é tudo falácia. O que existe é o mesmo que existe nos Estados Unidos e na Europa”, sustenta.

Depois de sustentar que nos Estados Unidos e na Europa cuida-se de preservar documentos referentes às pesquisas tecnológicas, no Brasil querem abrir o acesso a esses documentos sem levar em conta a questão de segurança nacional que deve ser preservada.

Após reunião com Dilma, Orlando Silva deixa Ministério do Esporte Secretário-executivo assume comando da pasta de forma interina O ministro do Esporte, Orlando Silva, deixou o cargo no início da noite de ontem após uma reunião de mais de uma hora com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto. Quem assume o comando da pasta, interinamente, é o secretário-executivo do Ministério, Waldemar Manoel Silva de Souza. Um dos principais nomes cotados para assumir o posto é o deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP), alagoano de nascença, que possui bom trânsito no Palácio do Planalto. A saída de Orlando Silva é o resultado de quase duas semanas de desgaste político depois da divulgação da denúncia de que o ministro teria participação em um esquema de desvio de dinheiro público do Segundo Tempo, um programa do federal destinado a promover o esporte em comunidades carentes. O próprio ministro fez o anúncio, em uma entrevista coletiva depois do encontro com a presidenta. Silva, que tinha ao lado o presidente nacional do PC do B, Renato Rabelo, disse que examinou com Dilma a “crise” que, segundo afirmou, foi produzida com as denúncias sobre ele. Ao se dizer vítima de um “linchamento”, reafirmou que a “verdade virá à tona”. “Fui mais

Orlando Silva fala para a imprensa sobre a sua saída do Ministério

uma vez firme, indignado. Falei com a presidenta da minha revolta com esse linchamento público que eu vivi, mas tranquilizei ela afirmando que em poucas semanas a verdade virá a tona e ficará claro para a sociedade brasileira que não há nada que possa me incriminar”, disse Orlando Silva. Sobre as denúncias de desvios do programa Segundo Tempo, o ex-ministro disse que as “ilações” “não têm comprovação prática e os erros identificados por nós no programa foram enfrentados”. De acordo com o Palácio do Planalto, a exoneração, a pedido de Orlando Silva,

será publicada no Diário Oficial da União de hoje. Na entrevista, ele explicou por que pediu a demissão. “Essa é uma decisão consciente que tomei, que a presidenta apoiou por entender que, primeiro, eu posso me defender com mais ênfase a minha honra, que foi ferida sem nenhuma prova cabal”, afirmou. “Saio com o sentimento do dever cumprido. Ainjustiça está em calúnias ganharem ar de veracidade”, declarou o ex-ministro PC DO B - O presidente do PCdoB, Renato Rabelo, disse que a decisão sobre o substituto de Orlando Silva “cabe à presiden-

ta da República”. “O que posso adiantar é o seguinte: a presidenta vai resolver isso logo”, disse ao lado de Orlando Silva. Segundo ele, o partido mantém “relação de grande intimidade e grande identidade” com o governo da presidenta Dilma Rousseff. “Contribuímos para o êxito e a vitória de Lula em 2002 e em 2006 e agora da presidenta Dilma, em 2010”, declarou. Rabelo afirmou que Orlando Silva é “honesto, competente, sincero, um jovem com grande capacidade”. “Nada do que o acusam foi provado”, disse. Sobre o suposto beneficiamento do PCdoB em convênios com a pasta, Rabelo disse que o partido não pode ser comprometido por causa de filiados. A demissão do ministro se deu um dia depois do anúncio de que o Supremo Tribunal Federal autorizou a instauração de inquérito para investigar o ministro, a pedido da Procuradoria Geral da República. No fim da tarde desta quarta, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, anunciou que Silva deixaria o comando da pasta e que a “tendência” é de que o ministério fique com o PC do B e de que haja uma solução de “interinidade”, para que depois assuma um sucessor definitivo.

Em AL, partido lamenta saída de ministro O vice-presidente do PCdoB em Alagoas, o vereador por Maceió Marcelo Malta, lamentou a saída de Orlando Silva da pasta. Ele creditou as crise envolvendo o ex-ministro à força de uma “mídia hegemônica”. “Vejo com preocupação o momento em que

o país está vivendo por conta da força de segmentos hegemônicos da mídia”, disse. Segundo ele, essa mídia se antecipou aos órgãos de fiscalização, como o Ministério Público Federal, que deveriam fazer as denúncias. “Houve clara pressão da

mídia, até porque trata-se de uma pasta que ganhou prestígio, por conta da proximidade da Copa do Mundo de Futebol e das Olimpíadas”, disse Malta, afirmando também acreditar que a decisão de Orlando Silva teve influência do lado pessoal. Ele

também destacou o papel do PCdoB na construção de uma política esportiva para o Brasil como ferramenta de inclusão social e garantiu que o partido continuará ao lado do governo da presidente Dilma Rousseff nessa missão.

TEMPO FECHADO Collor citou o exemplo dos caças AMX, que o Brasil fabrica em conjunto com a Itália. “Vamos abrir essa tecnologia para o mundo, é isso?!”

LUTA

NOVO

O prefeito de Canapi, José Hermes, veio a Brasília para acompanhar a bancada federal na audiência com o ministro dos Transportes, Pedro Passos. Hermes luta pela conclusão da pavimentação da BR316, entre o Carié, que pertence a Canapi, e Inajá-PE.

São apenas 48 quilômetros que estão faltando para a pavimentação completa da BR-316 em Alagoas, e o ministro Pedro Passos prometeu aos senadores Renan Calheiros (PMDB) e Benedito de Lira (PP) mandar fazer novo edital para a obra ainda este ano.

NA PONTE AÉREA O governador Téo Vilela não participou da reunião da bancada federal porque tinha audiência com o presidente do BNDES, cuja sede fica no Rio de Janeiro.

DE PAI

IRMÃO

O secretário de Articulação do Governo, Rogério Teófilo, não parece preocupado com o desfecho da disputa de bastidores pela sucessão em Arapiraca. Mas o que se sabe à boca miúda é que há uma disputa interna, ou seja, dentro de casa.

Embalado pelo resultado das pesquisas que lhe coloca em posição privilegiada na disputa pela Prefeitura de Arapiraca e, ainda mais, contando com o apoio do prefeito Luciano Barbosa, só resta a Ricardo Teófilo convencer o irmão de que a vez é dele.

EXPRESSAS O que mais impressionou no depoimento do ex-coronel Cavalcante, sobre a morte do cabo PM Gonçalves, foram os detalhes. Cavalcante disse que, na reunião na fazenda do deputado Antônio Albuquerque, o deputado João Beltrão pediu a cabeça do cabo Gonçalves ao então deputado Chico Tenório. Segundo o ex-coronel Cavalcante, o deputado João Beltrão falou assim: “Chico (Tenório) de que lado você está?”. O cabo Gonçalves vivia escondido no Rio Grande do Norte e veio a Alagoas para resolver problemas no cartório. Para voltar, ele pediu combustível ao então deputado Chico Tenório. Mas, apesar das revelações consideradas como “colaboração à Justiça” para elucidação de um crime, o Ministério Público vai recorrer contra a absolvição de Cavalcante.

EM PLENÁRIO

“Nova Emater” e carreira de defensor público são aprovados na Assembleia Da Editoria de Política Asessão de ontem da Assembleia Legislativa foi extremamente movimentada. Os deputados aprovaram, por unanimidade, o projeto de lei que cria o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável, mais conhecido como “Nova Emater”. Também foi aprovado o projeto de lei complementar que dispõe sobre a organização da Defensoria Pública e institui o regime jurídico da carreira do defensor público do Estado. As matérias,

de iniciativa do governo estadual tramitaram em caráter emergencial e, por apresentarem emendas parlamentares, foram apreciadas em três sessões, sendo duas extraordinárias. Durante a discussão da matéria que recria a Emater (extinta no final dos anos 90), o deputado Ronaldo Medeiros (PT) informou que o governo aceitou as emendas propostas pela bancada de oposição, composta pelo PT e PMDB. “Por isso, a indicação favorável à aprovação da matéria”, disse. Outro que apresen-

tou emenda ao projeto foi o deputado Sérgio Toledo (PDT). A emenda do pedetista sugeria que os servidores da Carhp (Companhia Alagoana de Recursos Humanos e Patrimoniais), que pertenciam à antiga Emater e que hoje estão para ser demitidos, fossem remanejados em definitivo para a nova autarquia. “Por entendimento da Comissão de Constituição e Justiça, esses funcionários não seriam colocados como membros efetivos dos quadros da nova empresa, mas cedidos. Então, ba-

seado nesse entendimento, acato a rejeição da minha emenda e aprovo a nova emenda apresentada”, declarou o parlamentar. O líder do governo, deputado Edval Gaia Filho (PSDB), observou que a criação da “Nova Emater” é o sonho de pequenos produtores e agricultores rurais que está sendo realizado. “O governo, no momento em que envia o projeto de lei, que foi melhorado e muito nesta Casa, agradece a todos os deputados, inclusive aos da bancada de oposição”, disse.

Casos de violência em Paulo Jacinto

Luiz Otávio é cobrado mais uma vez

Além dos projetos, os deputados voltaram a debater a violência. O deputado Sérgio Toledo (PDT) relatou casos de violência registrados na cidade de Paulo Jacinto. Em 2010 foram dois homicídios. Este ano, 12. Uma elevação de 500%. Segundo o deputado, o município antes considerado pacato, convive hoje com casos de assalto a mão armada. “Paulo Jacinto é um local constituído de grupos de família, onde todos se conhecem”, disse. Sérgio Toledo disse que relatou a situação para o secretário estadual de Defesa Social, Dário César, e para o governador. “Cheguei a conversar com o governador, dizendo que o problema não havia sido solucionado. O delegado de Paulo Jacinto também atua em mais quatro municípios, então não há uma polícia investigativa”, declarou. Ele revelou que o prefeito Marcos Lisboa cancelou todas as festividades de emancipação política por falta de segurança.

Em paralelo o nome do secretário estadual de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio Gomes, voltou a ser assunto na sessão. Ele é citado em uma intensa troca de e-mails capturada pela Polícia Federal entre executivos do Banco Panamericano durante as investigações para apurar as fraudes contábeis de R$ 4,3 bilhões na instituição financeira, que pertencia a Silvio Santos. A coleção de e-mails sugere que, em Alagoas, uma taxa denominada “retorno” 25% sobre pagamentos efetuados ao banco e a outras empresas credoras do Estado - teria sido destinada à campanha eleitoral do PSDB sob a rubrica “doação”. A reportagem foi publicada no jornal “O Estado de S. Paulo”. O deputado Judson Cabral (PT) defendeu que tanto Luiz Otávio quanto o secretário da Fazenda, Maurício Toledo, compareçam à Assembleia

para esclarecer os fatos. “Até porque o secretário já disse que não tem problema nenhum em aqui comparecer”, afirma Cabral. Em aparte ao pronunciamento do deputado Judson Cabral, o líder governista na Casa, deputado Edival Gaia, rebateu as declarações. Ele afirmou que o Legislativo deve discutir o que foi feito pelo governo anterior, que descontou prestações referentes a empréstimos consignados e deixou de fazer o repasse às instituições bancárias. O deputado Olavo Calheiros (PMDB) foi mais duro e afirmou que não há denúncia contra o governo do Estado, mas uma confissão do Executivo, de que há corrupção no pagamento de empréstimos feitos pelo governo alagoano com o Banco Panamericano. “Nessa negociação houve duas partes: o banco, como credor, e o Estado, como devedor e negociador. Uma das partes está

afirmando à polícia e ao Brasil que, ao quitar um débito velho do Estado de Alagoas, o governo cobrou propina de 25%. Não há denúncia, há uma confissão”, declarou Calheiros, para em seguida cobrar do Ministério Público Federal e da Polícia Federal que investiguem os fatos com rigor. Ao retomar pronunciamento, o deputado Judson Cabral reforçou que, se não houve qualquer irregularidade nas transações de empréstimos contraídos pelo Executivo alagoano, que os secretários apresentem as comprovações e encerrem qualquer comentário contrário. Cabral levantou suspeitas sobre o prazo em que houve as transações entre o Estado e o banco Panamericano, envolvido na denúncia publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo. “É estranho que esse pagamento tenha sido feito justamente no ano eleitoral”, acrescentou o petista.


O JORNAL

Nacional A4

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: nacional@ojornal-al.com.br

MPF no Ceará quer anulação do Enem Procurador Costa Filho não tem dúvidas de que houve vazamento de questões de provas do exame O Ministério Público Federal no Ceará vai recomendar ao MEC que anule o Enem 2011 em todo o País após a revelação de um suposto simulado do Colégio Christus, de Fortaleza, com questões idênticas às do exame, aplicado no fim de semana. O procurador da República Oscar Costa Filho soube do caso por meio de estudantes cearenses, que procuraram o MPF para denunciar o suposto vazamento da prova. “É necessário que se imponha, de uma vez, a constitucionalidade no Enem, o que significa o direito de candidatos que se sentirem prejudicados recorrer”, diz Costa Filho. Para ele, houve vazamento de provas do exame. O MEC já acionou a Polícia Federal para apurar o caso e, por isso, o procurador não vê a necessidade de recorrer à Justiça. Mas Costa Filho diz que há provas constituídas para determinar a irregularidade que, segundo ele, não é mais pontual e atinge todos os candidatos inscritos no País. Pelo Twitter o Colégio

Christus afirmou: “Não houve qualquer ato deliberado por parte da escola no sentido que estão dizendo”. No Facebook, postou na terça-feira à noite a seguinte mensagem: “[u]ma Instituição de Ensino que tenha profundo conhecimento da TRI - Teoria da Resposta ao Item - e possua vasto banco de questões fornecidas por professores, por ex-alunos e pela conversão de questões do estilo clássico para estilo Enem poderá ter boa margem de acertos nas avaliações do Enem e em outros vestibulares. O Colégio Christus, há vários anos, tem registrado altos índices de acertos em questões de vestibulares, o que é de conhecimento de todos”. Para Costa Filho, houve quebra de igualdade na disputa. Ele ressalta o fato de as questões serem idênticas. “São indícios de que houve, sim, vazamento.” Segundo o procurador, o episódio comprova o que havia afirmado na sexta-feira, véspera da aplicação do exame. “O Enem é um estelionato intelectual”, disse. Capas das apostilas entregues aos alunos do Colégio Christus, em Fortaleza (CE), contendo nove questões muito semelhantes às do Enem

MEC cancela provas de 639 alunos

Procurador Oscar Costa Filho defende o cancelamento total do Enem

PF apura o vazamento das provas O Ministério da Educação (MEC) acionou a Polícia Federal (PF) para apurar o suposto vazamento do conteúdo da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A notícia do vazamento veio à tona após um aluno do Colégio Christus publicar em uma rede social cópias de fotos de apostilas com questões semelhantes às do exame, aplicado no último final de semana. Embora o material não possua qualquer identificação do estabelecimento de ensino, o próprio ministério, por meio de sua assessoria, afirma que os estudantes do colégio tiveram acesso ao conteúdo há algumas semanas. A PF vai investigar como isso ocorreu. Ainda segundo o MEC, o diretor da escola corre risco de prisão. O MEC monitora desde sábado o tráfego nas redes sociais e notou que havia atividade acima do normal em Fortaleza. Para o ministério, das 14 questões

divulgadas no Facebook, 9 são idênticas às do Enem, 1 é "similar", e as outras 4 não se parecem com às da prova. O procurador Oscar Costa Filho, do MPF no Ceará, já tem em mãos uma cópia do simulado do Colégio Christus, e pretende pedir esclarecimentos ao MEC. Criado em 1998, o exame ganhou importância nos últimos anos ao se tornar pré-requisito para os interessados em bolsas de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni). Ganhou ainda mais peso em 2009, quando passou a substituir o vestibular de boa parte das universidades públicas. Este ano, cerca de 4 milhões de candidatos fizeram o Enem no último fim de semana em 14 mil locais de provas de 1,6 mil cidades. O contrato de aplicação do Enem teve aumento de 190% em relação ao ano passado: saltou de R$ 128,5 milhões, em 2010, para R$ 372,5 milhões.

O Ministério da Educação (MEC) decidiu cancelar as provas dos 639 estudantes do Colégio Christus, de Fortaleza (CE). O ministério reconheceu ontem que um simulado feito pelo colégio, duas semanas antes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), continha nove questões idênticas às do exame --aplicado no fim de semana passado para 5,4 milhões de alunos em todo o país. As questões do simulado foram divulgadas ontem em um perfil do Facebook. Dos 14 itens expostos na rede social, 9 eram idênticos às questões apresentadas pelo Enem. A Polícia Federal foi acionada para investigar o caso. Uma das hipóteses trabalhadas é que as questões vazaram pelo pré-teste do Enem.

A cada ano, o Inep (instituto do MEC responsável pelo exame) aplica provas para alunos de diferentes escolas do país para testar o nível de dificuldade dos itens. Essas questões, após serem testadas, podem fazer parte do banco de itens, de onde saem as questões do Enem. O Colégio Christus foi um dos selecionados para o préteste do Enem 2011. Em nota, a escola informou que as mesmas questões foram usadas em pré-testes realizados pelo ministério. Para o colégio, as questões podem ter entrado em um banco de perguntas da própria instituição por sugestão de alunos que fizeram prétestes, "sem o conhecimento da escola no que diz respeito à origem desses dados".

Com o cancelamento das provas dos alunos do Colégio Christus, os 639 alunos do terão que refazê-la no final de novembro, quando o exame será aplicado à população carcerária. PROBLEMAS - Em 2009, o vazamento da prova provocou a reaplicação do exame para todos os candidatos do Enem. No ano passado, falhas de impressão e montagem das provas obrigaram centenas de estudantes a refazerem o exame. Na edição deste ano, os alunos já haviam reclamado da mudança de locais de prova. O MEC chegou a modificar dez lugares de aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e cerca de 4.500 estudantes foram remanejados.

Colégio nega acesso prévio às questões O diretor da escola cearense que supostamente distribuiu a seus alunos uma apostila com algumas questões semelhantes às do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) afirmou que o colégio não teve acesso antecipado ao conteúdo da prova aplicada no último final de semana. Segundo Davi Rocha, a “coincidência” pode ter sido causada pela metodologia empregada para a confecção do teste. “Estamos achando que o banco de questões da escola foi alimentado por perguntas pré-testadas”, disse Rocha. O diretor lembra que as questões que compõem a prova do Enem são testadas previamente - para avaliar o

grau de dificuldade do item - por meio de avaliações aplicadas a alguns estudantes. Depois desse primeiro teste, as questões são incluídas em um grande banco de itens que fica à disposição do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão responsável pela elaboração do Enem. De acordo com Rocha, alguns alunos do Colégio Christus participaram do último pré-teste e podem ter apresentado as questões a seus professores para que elas fossem resolvidas em sala de aula. Posteriormente, os docentes podem ter incluído essas perguntas no banco de dados da própria escola, alimentado, de acordo com

Rocha, com questões de testes de vestibulares, concursos públicos e provas do Enem de anos anteriores. “Estamos achando que tivemos acesso [às questões do Enem deste ano] sem saber, por meio das questões prétestadas. Os alunos podem ter retirado essas questões dos pré-testes e submetido aos examinadores do colégio”, afirmou o diretor. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), nenhum aluno que participa do pré-teste fica com o caderno de questões. Diante das suspeitas, o ministério acionou a Polícia Federal (PF) para apurar o suposto vazamento da prova e estuda o cancelamento do teste aplicado aos 639 alunos do colégio Christus. Este ano, o Enem foi aplicado a cerca de 4 milhões de estudantes distribuídos por 14 mil locais de 1,6 mil cidades. Em nota, o colégio diz ainda que “desafia a lógica e agride o bom senso alguém imaginar que, tendo de alguma forma conseguido as questões que seriam aplicadas no Enem, fosse o colégio torná-las públicas, entre os seus alunos, dez dias antes do exame”.

Alunos consideram injusto refazer teste Alunos do Colégio Christus consideram injusta a possibilidade de serem obrigados a refazer o Enem. Há cerca de três semanas, eles receberam um simulado preparado pela escola com 9 questões idênticas às do exame, realizado no fim de semana. O colégio afirma em nota que seu banco de questões pode ter recebido sugestões de alunos que realizaram o pré-teste do Enem, no ano passado. O suposto vazamento de questões do Enem dominou as conversas de ontem na unidade de pré-vestibulares do Christus. Alunos disseram que receberam há três semanas os quatro cadernos que continham algumas questões idênticas às do Enem. O material, sem identificação do colégio e sem data, foi entregue por um professor que eles preferiram não identificar. De acordo com os estudantes, os cadernos sequer chegaram a ser corrigidos em sala de aula. Os alunos acreditam que a coincidência das questões é fruto da dedicação da escola e dos professores. “São questões abertas e aplicadas de maneira recorrente. Estavam no banco de dados do Enem. Não temos culpa se nossos professores se esforçam mais que o das outras escolas. Não podemos ser punidos por isso”, disse a estudante Marinna Sá. “Se o MEC não usa questões inéditas, a gente não tem nada a ver com isso”, completa. Para Marinna, não houve má-fé por parte do colégio. “Não foi só de véspera de prova (a entrega da revisão) como estão dizendo nas redes sociais. São questões pré-testadas e a que todo mundo tinha acesso. Nenhum colégio tem o direito de desmerecer o nosso trabalho, o trabalho dos nossos professores”, defende. “Acho injusto ter de refazer, mas se essa for a decisão, a gente vai fazer e vai ter sucesso do mesmo jeito”, disse outra estudante, que pediu para não ser identificada. Os alunos, no entanto, confirmaram que não é comum o colégio distribuir material sem a logomarca. Mas disseram não ter estranhado a iniciativa porque estão habituados a resolver diferentes apostilas ao longo do ano como método de preparação para o Enem.


O JORNAL

Internacional Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A5

| www.ojornalweb.com | e-mail: internacional@ojornal-al.com.br

POR MORTE...

Família Gaddafi estuda processo contra a Otan Afamília de Muammar Gaddafi estuda processar a Otan (aliança militar ocidental) por “crime de guerra” no TPI (Tribunal Penal Internacional) de Haia pela morte em Sirte do ex-dirigente líbio, afirmou à France Presse o advogado francês Marcel Ceccaldi. O advogado disse que a morte foi provocada “pelos disparos da Otan contra o comboio de Muammar Gaddafi, que depois foi executado”. Depois de escapar de Trípoli no fim de agosto, Gaddafi, 69, que durante 42 anos governou a Líbia com mão de ferro, foi capturado no dia 20 de outubro perto da cidade de Sirte (360 km ao leste de Trípoli), linchado e morto a tiros em circunstâncias que ainda não foram esclarecidas. “O homicídio voluntário está definido como um crime de guerra pelo artigo 8 do estatuto de Roma do TPI”, afirmou o advogado, que não informou quando exatamente apresentará a ação. “O homicídio de Gaddafi mostra que os Estados membros não tinham a intenção de prote-

ger a população, e sim derrubar o regime”, disse Ceccaldi. O processo deve ter como objetos os “órgãos executivos da Otan que fixaram as condições da intervenção na Líbia”, os dirigentes que adotaram decisões e os chefes de Estado dos países da coalizão internacional que participaram na operação militar”, completou o advogado. “Ou o TPI intervém como jurisdição independente e imparcial, ou não o faz e, neste caso, a força se impõe ao direito”, acrescentou Ceccaldi. Gaddafi foi enterrado na madrugada de terça-feira em um local secreto, mas a morte ainda provoca polêmicas. O CNT líbio (Conselho Nacional de Transição, órgão político do novo regime) afirma que o ex-ditador morreu com um tiro na cabeça durante um tiroteio. Mas testemunhas e vídeos gravados no momento da detenção levantam as suspeitas de uma execução sumária. Organizações internacionais, incluindo a ONU, pediram uma investigação. O CNT anunciou a formação de uma comissão para investigar o caso.

Apoiadores do ditador sírio Bashar al-Assad participam de ato em Damasco, capital da Síria, enquanto opositores fazem greve geral

Marcha e greve tomam conta da Síria antes de missão árabe chegar Confrontos deixam ao menos 18 mortos; entre eles, nove soldados

Iemenistas queimam véus em protesto contra o governo em Sanaa

IÊMEN

Muçulmanas queimam véus contra a repressão Centenas de mulheres iemenitas incendiaram véus ontem em Sanaa para protestar contra a dura repressão do governo contra os levantes populares no país. Segundo autoridades, novos confrontos durante a noite no país deixaram 25 mortos. Numa das principais ruas da capital, as mulheres estenderam um pano preto sobre o qual depositaram seus véus, formando uma pilha que foi coberta com gasolina e incendiada. Enquanto as chamas se espalhavam, elas gritavam: “Quem protege as mulheres iemenitas das ações dos bandidos?” As mulheres no Iêmen tem tido um papel chave nos levantes contra o governo autoritário do presidente Ali Abdullah Sa-

leh, que iniciaram em março, inspirado nas demais revoltas de países árabes. Neste mês, a ativista Tawakkul Karman foi laureada com o Prêmio Nobel da Paz, junto com duas liberianas, pela sua luta pelos direitos femininos. O protesto desta quarta, no entanto, não está relacionado com os direitos das mulheres ou às questões relacionadas ao uso do véu islâmico –as mulheres que participaram do ato estavam usando véus tradicionais, muitas cobertas da cabeça aos pés. O ato de queimar a vestimenta é um gesto simbólico beduíno que significa um apelo por ajuda pelas tribos, no caso para parar com os ataques aos protestos.

Dezenas de milhares de apoiadores do ditador Bashar al-Assad realizaram ontem uma marcha em Damasco, enquanto seus opositores promoveram uma greve geral na Síria, antes da chegada de uma missão da Liga Árabe com intuito de reunir os dois lados para negociação. Trabalhadores de Homs promoveram uma greve geral para protestar contra a repressão militar de Assad aos meses de levante popular, no qual 3.000 pessoas foram mortas, segundo a ONU. Moradores e ativistas disseram que a maioria dos trabalhadores ficou em casa e muitas lojas fecharam na cidade de um milhão de habitantes.

Grupos opositores afirmam que ao menos 18 pessoas morreram, entre elas nove soldados das Forças Armadas. Nos arredores de Damasco, foram ouvidas explosões e tiroteios em algumas áreas. Duas explosões fortes e disparos também foram ouvidos em Homs, enquanto em Hama, no centro do país, houve disparos com artilharia pesada em um centro médico. Além dos protestos internos, Assad enfrenta pressão internacional para que pare a repressão à oposição. A França disse hoje que regime certamente sucumbirá, mas isso levaria tempo e o conflito poderia se aprofundar. “Isso terminará com a que-

da do regime. É quase inevitável”, afirmou o ministro de Relações Exteriores, Alain Juppé. “Mas infelizmente isso pode levar tempo, porque a situação é complexa, porque há o risco de uma guerra civil entre as facções sírias, porque os países árabes ao redor não querem nossa intervenção”. PROTESTOS PRÓ-REGIME - No centro de Damasco, milhares de pessoas se reuniram para apoiar Assad, no que se tornou uma demonstração semanal de apoio organizada pelas autoridades. A marcha aconteceu antes da chegada de enviados de seis nações árabes para conversas com o ditador, depois do pedido em 16 de ou-

tubro para que oposição e governo realizassem um diálogo na sede da Liga, no Cairo. “O que se espera é que a violência acabe, um diálogo vai começar e as reformas serão alcançadas”, disse o secretáriogeral da Liga Árabe, Nabil Elaraby sobre a delegação liderada pelo Catar, que também inclui Egito, Argélia, Omã, Sudão e Iêmen. Assad afirma que quer realizar uma reforma política, mas que os militantes tentam atrapalhar o processo. A oposição, por sua vez, diz que o ditador não tem a intenção de dar maio abertura ao regime, o que estaria comprovado pelo aumento nas mortes, torturas e prisões de opositores.

TENSÃO

ASSISTÊNCIA

Deputados trocam socos durante votação na Itália

Turquia aceita ajuda externa por terremoto

Deputados italianos trocaram socos no Parlamento ontem, durante uma sessão tensa para votação de um programa de reformas. Pelo menos dois deputados da Liga Norte, que integra a coalizão de centro-direita do governo, lutaram com membros do partido da oposição FLI, de Gianfranco Fini. Dois deputados agarraram a garganta um do outro enquanto outros parlamentares corriam para separá-los. Depois da briga, a sessão parlamentar foi suspensa por vários minutos. Aconfusão começou por causa de declarações sarcásticas feitas na televisão por Fini, alegando que a esposa do líder da Liga, Umberto Bossi, havia se aposentado aos 39 anos de idade. Bossi se recusou a fazer mais do que leves concessões às medidas propostas pelo primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, por causa das objeções da Liga a reformar o sistema previdenciário da Itália como parte das reformas exigidas por líderes europeus. ALiga rejeita qualquer mudança que eleve a idade mínima de aposentadoria de 65 para 67 anos, conforme propõem várias instituições no país, inclusive o Banco da Itália. Berlusconi participa da cúpula da União Europeia em

Claudio Barbato (esq.) segura o pescoço de Fabio Ranieri (dir.)

Bruxelas ontem com uma carta de intenções sobre as reformas para incentivar o crescimento estagnado e reduzir a dívida da Itália. Críticos, entretanto, entre eles banqueiros italianos, dizem ser necessárias garantias mais substanciais. CRISE NA ITÁLIA - No domingo, a União Europeia pressionou a Itália por temer que o país, muito endividado e com crescimento anêmico, ponha em perigo a zona do euro, e pediu a Berlusconi para que colocasse apresentasse medidas concretas antes da reunião europeia ontem.

Na segunda-feira, Berlusconi convocou uma reunião emergencial do seu gabinete para tentar superar a oposição de aliados às reformas econômicas exigidas por sócios europeus do país. O governo italiano, entretanto, não conseguiu chegar a um acordo sobre a reforma da previdência durante a reunião. Líderes da União Europeia estão cada vez mais preocupados com a reação do governo italiano à crise financeira, que pode ameaçar toda a zona do euro caso Roma não consiga controlar suas finanças e recuperar a confiança dos mercados.

O governo turco mudou de postura e decidiu aceitar a ajuda oferecida por vários países, incluindo Israel, para apoiar os trabalhos de assistência após o forte terremoto do último domingo, que deixou 461 mortos e 1.352 feridos na província oriental de Van. Segundo um comunicado do Ministério das Relações Exteriores, são necessárias tendas de campanha e casas pré-fabricadas para alojar as centenas de pessoas que perderam seus lares e que, em muitos casos, não tiveram um teto para se abrigar das baixas temperaturas durante a noite. O comunicado indica que o governo turco contatou todos os países que tinham oferecido ajuda e solicitou esse material. A decisão de aceitar ajuda do exterior inclui também Israel, país com o qual a Turquia mantém tensas relações e que prepara o envio de estruturas que possam ser empregadas, como casas. Nos esforços para buscar sobreviventes, as equipes de salvamento conseguiram resgatar três pessoas ontem, quase três dias depois do terremoto. Os três tinham ficado presos em edifícios na cidade de Ercis, a mais devastada pelo terremoto de magnitude 7,2 na escala Richter. Aúltima pessoa resgatada é Gozde Bahar, uma professora de 27 anos que foi retirada dos escombros, 66 horas depois do sismo.


O JORNAL

Opinião A6

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Júri popular O resultado do julgamento do ex-coronel Manoel Francisco Cavalcante foi uma decisão do Conselho de Sentença. E o que é esse tal de “Conselho de Sentença”? São juízes de fato. Pessoas sem embasamento jurídico obrigatório, profissionais liberais ou não, que se alistam nas Varas Criminais e ficam aptos a julgar as pessoas acusadas de envolvimento em crimes contra a vida. Essas pessoas constituem uma relação de cada Vara Criminal. Em casos de júri popular, 21 são sorteados entre todos que constam na relação. Essa é a primeira fase. Depois, esses 21 são avisados de que serão convocados para o próximo julgamento na pauta da Vara. No dia do julgamento, todos devem comparecer ao Salão do Júri. O magistrado faz a chamada de todos os nomes da relação. Nos casos de alguém faltar, este deve justificar ao magistrado ou então será levado à sessão pela força policial. Isso pouco acontece, mas está previsto no Código de Processo Penal. Entre os 21 jurados, faz-se o sorteio. É legítimo que algum jurado da relação se dirija ao magistrado e solicite liberação do sorteio por motivo de força maior. Necessariamente, isso deve acontecer de comum acordo entre acusação e defesa. Durante o sorteio, o advogado de defesa e o representante do Ministério Público podem recusar até três jurados que forem sorteados. Isso acontece de forma estratégi-

ca. A experiência em julgamentos credencia cada um desses operadores do Direito para aceitar ou rejeitar este ou aquele jurado. Por exemplo, se um réu for julgado por matar uma mulher, a defesa dele vai recusar o maior número possível de mulheres que foram sorteadas para o Conselho de Sentença. Sete nomes devem ser sorteados para compor o Conselho de Sentença. Num julgamento popular, mesmo sendo juízes de fato, eles são mais importantes que os juízes de Direito. Eles só têm duas decisões: condena ou absolve quem sentou no banco dos réus. No caso do julgamento de Cavalcante, no qual ele foi absolvido por quatro votos a três, na Sala Secreta, eles responderam a dois quesitos de forma pouco comum nos julgamentos ocorridos em Maceió. Ao quesito “o réu cometeu o crime?”, a maioria disse que sim. Quando a pergunta foi “o réu deve ser condenado pelo crime?”, quatro jurados responderam que não e três que sim. Dessa forma, a maioria foi pela absolvição. O principal argumento da defesa de Manoel Cavalcante foi o reconhecimento da sua participação no crime, mesmo que de forma indireta acompanhado do pedido de clemência. Pedir perdão aos jurados foi uma estratégia que deu certo e que deve virar escola. No entanto, existe hoje a possibilidade de o julgamento ser anulado e marcado outro para tira a prova dos nove.

| www.ojornalweb.com. | e-mail: opiniao@ojornal-al.com.br

O valor incalculável de um “bom dia” “Não importa a resposta, nem sempre retribuída” Zélia Tenório de Araújo Pedagoga A cada novo amanhecer, mais uma chance de proclamarmos os valores que nos cercam, as oportunidades que vivenciaremos, e, o possível compromisso de acalentarmos, tão somente, pensamentos positivos. À maneira de sempre, tudo vai prosseguindo de conformidade com as diretrizes de alguém que vai dirigindo o mundo de forma discreta e se coloca além das nossas pretensões. Movidos por hábitos comuns, despertamos, diariamente, oramos ou não, nos alimentamos, tomamos destinos programados, ou nos submetemos a improvisos, obrigações cotidianas diversas, quer no lar, no emprego ou em qualquer atividade exercida. Há sintonias e contrastes espalhados pelos recantos que palmilhamos. Afinal, o mundo requer variedades em todos e em tudo, o que o torna menos insípido, quase sempre. Nas calçadas que margeiam as ruas, pessoas vão e vêm, numa pressa comum, como se buscassem realizar, antecipadamente, as tarefas que lhes são atribuídas. Como sempre, me detenho a observá-las, concluindo, que, cada uma delas vai transportando dentro de si um mundo privativo, superlotado de pensamentos, alegrias, tristezas, preocupações, e, tantos sentimentos que não nos é dado o direito de captar. Absorvo, então, sentimentos sustentados por uma saudade incontrolável, lembranças suaves que reanimam a minh’alma e afastarão, por certo, a possível monotonia que as minhas cogitações acarretarão, ou em cada uma delas já se encontra inserida. Atravesso os atalhos do tempo, como se tivesse pressa. Relembro às vezes em que meus pais seguiam conosco em direção a Matriz do Senhor Bom Jesus do Bomfim, na cidade de Viçosa, em todos os domingos e dias santos, sem desculpas, nem interrupções. A seqüência era sempre a mesma: à frente, os onze filhos e, encerrando o cortejo, papai e mamãe. Na rua em que morávamos, de pessoas simples, mas sinceras, muitos ficavam nas janelas aguardando a passagem de tão imponente e infalível desfile, certos de que, um `bom dia` seria afetivamente pronunciado, um sorriso seria ofertado, mesmo pela nossa irmãzinha mais nova, Maria Zaide, que parecia não interpretar a razão de tantas vozes ecoadas ao mesmo tempo, por isso, tinha de acolher a admiração espontânea dos espectadores, na sua inocência de criança mimada.

Éramos observados pelos nossos pais, quanto ao comportamento, às conversas e, principalmente, o modo de cumprimentar os vizinhos e, aqueles que se apresentavam à nossa frente. Todos nós, como se fosse um coro devidamente ensaiado, íamos dizendo um `bomdia` eloqüente, e, ao mesmo tempo, ouvíamos as respostas impostas por sorrisos, movimentos de cabeça e das mãos. E, papai dizia num tom de voz que nos deixava vaidosos: ”Estão vendo, meus filhos, como ficaram contentes com o gesto de vocês!” Na nossa casa, eram obrigatórios determinados procedimentos e vários modos de saudar amigos, conhecidos ou qualquer criatura que se atravessasse no nosso caminho. Bom dia, boa tarde, boa noite, obrigado (a), desculpe, até logo e outros, pareciam impressos nos nossos lábios, repetidos, constantemente. O tempo não foi capaz de anular a aprendizagem imposta por nossos pais, e, todos, prosseguimos exaltando o que angariamos, daqueles que nos legaram tantos hábitos privilegiados e sadios. Preservamos, carinhosamente, os seus ensinamentos mais íntegros que concorrem para eternizar as lembranças mais acolhedoras. Somente reconhece o valor de um ‘bom dia’ e similares, quem os recebe, principalmente, se esses seguem acompanhados de um sorriso, pálido ou extravagante, mas sincero. Fazê-lo a quem quer que seja, não somente a pessoas pertencentes ao nosso convívio, mas a qualquer criatura que cruze o mesmo caminho, aqueles que se encontram nos estendendo a mão, mesmo que não seja o seu gesto correspondido. Não importa a resposta, nem sempre retribuída. Vale a intenção da qual fomos agraciados, valem os impulsos do nosso coração, que parece se avolumar quando desejamos o bem ao próximo, tentamos reanimá-lo, ofertando o melhor que existe dentro de nós. Vale imaginar o paraíso onde os nossos pais se encontram, auxiliando, possivelmente, ao Senhor, na difícil tarefa de conscientizar-nos a continuar distribuindo cumprimentos e sorrisos, reconhecendo em cada um, aquele irmão, próximo ou distante, com direito a uma palavra de carinho e afeto. Ofereçamos um ‘bom dia’ a quem quer que seja e guardemos o calor da resposta que, possivelmente, virá.

Compreenda o momento de parar e o de prosseguir “Dar um passo para trás, para no futuro dar dois para frente é uma boa estratégia” Vitor Luz Jornalista e assessor de imprensa

Bienal do Livro e emancipação “Resta-nos a utopia de que um dia essas questões serão resolvidas Zoroastro Neto Professor do Instituto Federal de Pernambuco-IFPE O sorriso e o olhar são formas expressivas que garantem a certeza de que algo vai bem! Vi vários sorrisos e diferentes olhares na V Bienal do Livro em Alagoas, no último sábado! Infelizmente, os indicadores sociais e educacionais não nos trazem sorriso, muito menos olhares de felicidade ou satisfação! Ainda somos os piores em analfabetismo, saúde e segurança pública, devido à miopia de nossos dirigentes. Com isso, sofremos os efeitos perversos que a “modernização” forçada acarreta, somados à herança secular de atraso, desigualdade e pobreza, típicos de nossa formação histórica. Resta-nos a utopia de que um dia essas questões serão resolvidas. Mas, a Universidade quando planeja, organiza e realiza ações como a Bienal do Livro, nos motiva a crer que é possível ter uma sociedade de leitores. Amadurecer o conhecimento é transformá-lo em ação à medida que o subsidie na reflexão sobre o seu sentido social. A possibilidade de ler, compreender e refletir sobre determinados temas leva-nos a entender melhor os fios (in)visíveis tecidos nas relações sociais do cotidiano, possibilitando um fazer diário diferente, para além do assujeitamento social, econômico e político sempre presente no período eleitoral. Lembra Monteiro Lobato, “um país se faz com homens e livros” (1932). E Tonet ressalta, “o conhecimento não é produzido por uma razão abstrata, mas por um indivíduo histórica e socialmente situado”. Aos colegas docentes recomendo o livro organizado pela profa. dra. Maria Francisca Oliveira Santos, intitulado Os Elementos Verbais e Não-verbais no Discurso de Sala-deaula, publicado pela Edufal. Os autores nos fazem refletir

sobre nossas posturas docentes em sala de aula, a partir de nossas práticas discursivas, sejam gestuais ou linguísticas, tecidas pelas formações ideológicas. Qual o efeito de sentido que o sorriso de um professor provoca na sala de aula? Eis o questionamento que o leitor se depara na apresentação assinada pela dra. Kátia Santos Mota, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Lembra Koch, “[...] a linguagem é constitutiva das próprias possibilidades de significação” (2008, p.27), mediadas pelo (con)texto da interação social, considerando que o interlocutor, constantemente, constrói e reconstrói conceitos acerca das situações vividas e vivenciadas, ou seja, avalia, julga e critica. Logo, acredita-se que a linguagem torna-se o instrumento semiótico capaz de desnaturalizar a consciência de assujeitamento e provocar a superação do poder hegemônico, instaurando a emancipação do sujeito. Portanto, cabe aqui uma breve referência à profa. Sheila Maluf pela coragem, competência, dedicação, empenho e habilidade no fazer do evento que chega a sua quinta edição. E à Magnífica Reitora, Ana Deise, pelas ações deixadas naquela casa de educação. Certamente, parafraseando Maria Bethânia, vocês sonham um sonho impossível; lutam quando é fácil ceder; rompem a incabível prisão; voam num limite improvável para tocar o inacessível chão; abraçaram a questão de virar esse mundo; e não se importam com quantas guerras terão que vencer; virou lei, virou questão; e mesmo diante de tanta diversidade, o mundo vai ver uma flor brotar do impossível chão! Avante, Ufal! Avante, Alagoas!

O JORNAL Diretor-Executivo Luciano Goes lucianogoes@ojornal-al.com.br

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

Diretor Administrativo-Financeiro Francisco Diniz franciscodiniz@ojornal-al.com.br Diretora Comercial Kaline Lages comercial@ojornal-al.com.br

vfamalta@ojornal-al.com.br

mais encontraremos a harmonia perfeita. Descubra, compreenda, aceite e celebre o seu limite. Reconheça que você não é de ferro, muito menos obrigado a acertar sempre. Dar um passo para trás, para no futuro dar dois para frente é uma boa estratégia. Perder para ganhar só é compreendido pelos fortes. Se as coisas não andam muito bem, repense suas atitudes, reveja seus valores, mude sua rota, altere seu relógio e aceite o que vem pela frente. Quando as novidades baterem à sua porta, seja o primeiro a abrir, não esqueça o tapete vermelho e a champagne: eles farão uma incrível diferença para as próximas páginas da sua vida. Após você passar na papelaria da vida, conquistar vários lápis de cor, afiando sua dignidade ao longo do tempo e corrigindo alguns erros, procure pintar as próximas páginas da sua vida de uma maneira singular. Procure se lembrar das pinturas rupestres da antiguidade, elas eram criativas, originais, passavam uma mensagem e deixaram um legado até hoje. Portanto, reconhecer o momento de parar e o de prosseguir não é prova de fragilidade, é reconhecer seus limites. Na verdade, esse autoconhecimento só comprova o quanto flexível e humilde você pode ser!

Datas & Fatos Nasce Theodor Roosevelt - O 26o presidente dos EUA nasceu em 1858 em Nova York e morreu em 1919, enquanto dormia. Seus dois mandatos consecutivos foram marcados pela intensificação da política intervencionista do governo americano no país e no exterior, sobretudo na América Latina. 1917 - O Brasil declarou guerra à Alemanha três anos após o início da Primeira Guerra Mundial. 1965 - O Ato Institucional nº 2 extinguiu os partidos políticos brasileiros.

EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br site: www.ojornalwebcom Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600 - Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

PABX (082) 4009-1900

FAX/REDAÇÃO (082) 4009-1950

Coordenador Editorial Voney Malta

Aprendemos tanto sobre correr atrás do sucesso, prestígio e independência que nos esquecemos de aprender a reconhecer quando parar pelo risco de continuar. Inteligência sempre foi um bem precioso e super disputado nos dias de hoje. Em terra de cego, quem tem olho é rei. No mundo de hoje, quem busca sabedoria vive mais. Conquistamos a habilidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo. Falar ao celular, mandar sms, twittar, abrir emails e cuidar da família são coisas triviais atualmente. Mas vamos entender a importância de pararmos e prosseguirmos quando couber. Nossos pais nos ensinaram que devemos sempre a seguir em frente. O escritor William Shakespeare já dizia: “Aprenda que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não para que você o conserte”. Então, com essa perspectiva e motivação, procuramos dar o nosso melhor todos os dias, procuramos ser diferentes, produzir conteúdos de qualidades, dar nó em pingo d’água e muitas vezes ser essenciais na vida do nosso próximo. E quando a maré muda e o vento sopra contra você, o que fazer? Quando o Dj trocar de ritmo é ridículo continuar no mesmo passo. Ou dançamos conforme a música ou nunca

FAX/COMERCIAL (082) 4009-1960

CLASSIFICADOS (082) 4009-1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (082) 4009-1919 Vendas avulsas Alagoas Dias úteis - R$ 1,50 Domingos - R$ 3,00 Nºs atrasados - R$ 6,00

Outros estados Dias úteis - R$ 7,00 Domingos - R$ 9,00 Assinaturas em Alagoas: Semestral - R$ 185,00 Anual - R$ 370,00

Sucursais

ARAPIRACA – SUCURSAL AGRESTE AVENIDA RIO BRANCO, 157, SALA 10 CENTRO - FONE - 9933-4999 Comercial E-MAIL: arapiraca@ojornal-al.com.br

Assinaturas em outros estados: Anual - R$ 560,00 Semestral - R$ 280,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

REPRESENTANTE NACIONAL

FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700 RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br


O JORNAL

Economia Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A7

| www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

DESEMPREGO

MORADIA

Taxa fica em 10,6%, segundo o Dieese

Crédito para habitação subiu 2,2% em setembro, anuncia BC

A taxa de desemprego em sete regiões metropolitanas do país ficou em 10,6% em setembro, praticamente o mesmo nível registrado em agosto (10,9%). O dado faz parte da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). Segundo a pesquisa, o total de desempregados nessas regiões foi estimado em 2,3

milhões de pessoas em setembro, 52 mil a menos do que no mês anterior. O nível de ocupação aumentou 0,9%. O total de ocupados nas sete regiões pesquisadas chegou a 19,9 milhões em setembro. A população economicamente ativa foi estimada em 22,3 milhões de pessoas. A pesquisa é feita mensalmente nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Paulo e do Distrito Federal.

MINHA CASA

Bancos têm regras de participação O Banco Central divulgou circular ontem com as exigências para que instituições financeiras possam participar do programa “Minha Casa, Minha Vida”. Segundo nota da instituição, as regras têm como objetivo “estabelecer um ambiente institucional mais seguro na execução do programa”. De acordo com as regras do programa, o governo federal oferecerá subsídios em municípios com até 50 mil habitantes. Pela decisão do BC, as instituições financeiras interessadas em participar do programa nessas con-

dições precisam funcionar há pelo menos três anos; estar dentro dos limites mínimos de capital e de patrimônio líquido, ativo permanente e ao Patrimônio de Referência Exigido (PRE) e ainda não possuir restrição que, a critério do BC, “desaconselhe a concessão da autorização”. Detalhes sobre os parâmetros estão na circular nº 3.561. As características dizem respeito apenas às instituições interessadas em participar das operações do “Minha Casa, Minha Vida” com a chamada subvenção econômica.

Com isso, carteira do setor no País alcançou R$ 184,67 bilhões no ano O crédito habitacional teve expansão de 2,2% em setembro na comparação com agosto, segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC). Com esse crescimento, o total da carteira de crédito do setor alcançou R$ 184,675 bilhões. A expansão do financiamento habitacional no mês passado foi ligeiramente superior à média do mercado, que cresceu 2,1% no período. Os financiamentos para a compra de veículos cresceram 1% em setembro ante agosto, e alcançaram R$ 199,318 bilhões. Esta expansão aconteceu apenas nos financiamentos do tipo CDC, que cresceram 2%. Já as operações de leasing tiveram retração de 4,4% no período.

O BC informou ainda que o estoque de operações de crédito do sistema financeiro cresceu em setembro 2,1% ante agosto, atingindo R$ 1,929 trilhão. O movimento fez com que o estoque de crédito passasse de 47,8% do Produto Interno Bruto (PIB) em agosto para 48,4% do PIB no mês passado. No acumulado do ano, o crédito tem expansão de 13,1% e nos últimos 12 meses encerrados em setembro, alta de 19,6%. A média diária das concessões do crédito livre teve alta de 3,4% em setembro ante agosto, segundo o Banco Central. No acumulado do ano, esse indicador teve expansão de 7,1% e, em 12 meses, de 6,4%. A média diá-

ria de concessões para a pessoa física também subiu 3,4% em setembro ante agosto, acumulando no ano alta de 13 8% e, em 12 meses, expansão de 8%. Para pessoa jurídica, o movimento no mês também foi de 3,4% de alta, mas o desempenho acumulado no ano mostra expansão de apenas 3,1% e, em 12 meses, de 5,4%. BASE MONETÁRIA - A base monetária subiu 2,5% em setembro ante agosto, atingindo R$ 184,276 bilhões pelo conceito de média do saldo de dias úteis. Nos últimos 12 meses, o indicador teve alta de 6,5%. O volume de papel moeda emitido subiu 3,4% no mês e 9,2%

em 12 meses, atingindo R$ 141,885 bilhões, enquanto as reservas bancárias tiveram queda no mês de 0,2% e de 1,5% em 12 meses, totalizando R$ 42,392 bilhões. Pelo conceito dos saldos em final de período (ponta), a base monetária subiu 5,1% em setembro ante agosto, acumulando elevação de 7,1% em 12 meses. Por esse conceito, a base monetária totalizou, em setembro, R$ 188,505 bilhões. O volume de papel moeda emitido teve em setembro alta de 3,4% e, em 12 meses, de 7,9%, atingindo R$ 142,008 bilhões enquanto as reservas bancárias subiram 11% no mês e 4,7% em 12 meses, chegando a R$ 46,497 bilhões.

JUROS

LEITE

Taxa média dos bancos recuou para 39% ao ano

Fórum discute setor no Nordeste

A taxa média dos juros bancários caiu 0,7 ponto percentual em setembro, comparado a agosto, e ficou em 39% ao ano, voltando ao patamar de março, depois de cinco meses seguidos de alta, como mostra o Relatório de Política Monetária e Operações de Crédito do Sistema Financeiro, divulgado pelo Departamento Econômico (Depec) do Banco Central (BC). De acordo com o relatório, o declínio mensal no custo do crédito foi determinado por reduções de 0,9 ponto percentual nas operações bancárias de pessoa jurídica, com taxa média de 30% ao ano, e de 0,5 ponto percentual nos créditos para pessoa física, que ficaram na média de 45,7% ao ano. Enquanto isso, a inadimplência manteve-se estável (em 5,3%) em relação aos atrasos superiores a 90 dias. Esse cenário, estimulado pela redução da taxa básica de juros (Selic) no final de agosto, de 12,5% para 12% ao ano, criou condições favoráveis para que as operações de crédito tivessem expansão mais acentuada em setembro que nos meses anteriores. Evolução influenciada também pela depreciação cambial, com ênfase nos financiamentos realizados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e nos adiantamentos sobre contratos de câmbio (ACC). O volume de crédito atingiu R$ 1,929 trilhão no fechamento de setembro, registrando expansões de 2,1% no mês e de 13,1% no acumulado janeiro-setembro.

Repórter

Em 12 meses, o aumento chega a 19,6%. Com essa evolução, a relação crédito/PIB aumentou de 47,8% no em agosto para 48,4% em setembro. Foram con-

tratadas operações no valor de R$ 1,247 trilhão com recursos livres e mais R$ 682,5 bilhões com recursos direcionados, via BNDES, principalmente.

BNDES

Dilma quer investimento como resposta à crise O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou ontem que a presidente Dilma Rousseff quer que vários organismos de fomento de investimentos, entre eles o BNDES, ajudem a alavancar a expansão da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) como a melhor resposta de políticas públicas para que o Brasil enfrente a crise internacional. “Esperamos não precisar atuar da mesma forma que foi necessária em 2008”, afirmou, em evento realizado na Assembleia Legislativa de São

Elisana Tenório

Paulo. “Dilma quer como resposta a esta crise a aceleração dos investimentos. A presidente quer alavancar investimentos, sobretudo em infraestrutura. Vamos manter ou aumentar investimentos em petróleo e gás”. Coutinho tem confiança de que, como o País está forte para enfrentar a crise, o setor privado - empresas e bancos - deve manter o ritmo de suas operações. “Esperamos que o mercado de capitais e o sistema de crédito mantenham o atual ritmo de incremento de suas operações, de forma que possamos

prescindir daquela atuação extraordinária que tivemos em 2008.” Segundo Coutinho, o País não vai registrar recessão porque o que existe atualmente é uma desaceleração para um ritmo sustentável de crescimento. Ele ressaltou que, em razão dos problemas econômicos dos Estados Unidos e da Europa, o mundo inteiro está em desaceleração. “Mas o Brasil não vai entrar em recessão”, afirmou. “A capacidade do País de sustentar o crescimento é o que o diferencia e isso permite ao setor privado manter os investimentos”.

A carta aberta que será redigida, hoje, no final do encontro Fórum Leite Nordeste, representa uma esperança ara os segmentos ligados ao setor do leite da região - Governo, especialistas e, sobretudo, produtores – de que a União mude algumas regras do jogo e, assim, a agricultura nordestina tenha mais condições de prosperar. O evento faz parte do Congresso Internacional do Leite, que acontece até amanhã, no Hotel Ritz Lagoa da Anta, em Maceió. O teor do documento ainda será definido. Porém, sabe-se que dois encaminhamentos irão se sobressair: o pedido para que o Ministério da Agricultura leve em consideração a questão geográfica do Nordeste como requisito para mudança no status de classificação quanto à febre aftosa, em alguns estados, e o estabelecimento de parâmetros na política do preço do leite da região. O secretário de Estado da Agricultura de Alagoas, Jorge Dantas, explica que a situação dos estados nordestinos em relação aos demais está em níveis mais a baixo, o que pode ser revisto, se for levada em consideração a localização geográfica. “Se os outros estados da federação estão ‘na zona livre de aftosa com vacinação’ como é que a doença vai chegar até nós? A única opção seria pelo Oceano Atlântico e, isso, é praticamente impossível. E é isso que queremos que o governo federal leve em conta”, explicou. Em relação à cadeia do leite, o secretário Jorge Dantas ressalta que a instabilidade no preço do produto é o que mais preocupa os produtores da região. De acordo com ele, os efeitos da instabilidade do mercado poderiam ser diluídos por parâmetro de estabilidade. “O mercado é instável e precisa ser mesmo, porém, seria necessário uma política de preço para deixar o setor mais tranqüilo e confiante”, ressaltou. O Fórum Leite Nordeste terá a participação de secretários da Agricultura da região e de representantes da bancada federal que fazem parte da subcomissão do Leite da Câmara Federal. Em Alagoas, a atividade leiteira é voltada principalmente para a agricultura familiar.


Economia

O JORNAL JORNA L

A8

Papel Moeda Marco Aurélio Mello - marcoaurelio@ojornal-al.com.br

PNBL Com o objetivo de estimular a expansão dos serviços de banda larga no Brasil, o governo propôs a desoneração do ICMS que, caso efetivada, vai permitir a oferta de internet de 5 Mb (megabites) por R$ 35, mesmo preço da internet de 1 Mb. De acordo com a Agência Câmara, um conjunto de medidas vai ser anunciado nas próximas semanas, conforme anúncio feito ontem pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Ele foi ouvido na Câmara em audiência da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, para discutir denúncias de superfaturamento em leilão para aquisição de equipamentos para o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Na audiência, Bernardo explicou que o conjunto de medidas vai promover a desoneração de tributos, além de novas regras para assegurar a qualidade da internet e estimular a competição entre as empresas do setor. No caso da isenção do ICMS, o governo está negociando com os governadores dos 26 estados e do Distrito Federal. Bernardo acredita que as medidas vão colaborar com um aumento de R$ 4 bilhões no volume de investimentos das empresas do setor. Atualmente, são R$ 17 bilhões investidos. Quando questionado sobre os efeitos da crise econômica mundial nos planos de expansão dos investimentos em banda larga no País, Bernardo afirmou que a crise impactou mais os países da Europa e, no Brasil, os impactos serão menores do que no exterior. O ministro acredita ainda que, no médio prazo, as filiais das empresas multinacionais estabelecidas no Brasil vão se tornar maiores do que suas matrizes. Bernardo entende que as empresas se acomodaram nos últimos anos e as medidas elaboradas pelo governo vão obrigálas a investir mais. Os usuários também serão beneficiados, já que terão internet mais rápida com custos mais baixos. É o que se espera. Frente às denúncias de superfaturamento no leilão da Telebrás, para a aquisição de equipamentos e sistemas de fibras ópticas, o ministro culpou as empresas que se recusaram a enviar amostras de preços para o leilão eletrônico da Telebrás para aquisição dos produtos. Segundo ele, sem as informações, a Telebrás não teve onde se basear para os preços da licitação, ficando sem parâmetros de preços mínimos.

BEBIDAS Está confirmado. De 8 a 10 de novembro, acontece noCentro de Convenções Ulisses Guimarães, o 2º Congresso Brasileiro de Bebidas - Feira de Fornecedores da Indústria. Haverá palestras, mesas rendondas e deliberações.

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

CNA

Maioria das rodovias do País tem problemas, diz estudo Segundo a entidade, em mais de 57% das vias há alguma deficiência

O estudo aponta que as rodovias da região Norte são as piores do País e as de São Paulo, as melhores

Recurso necessário é de R$ 450 bi O investimento total necessário em infraestrutura no País - rodovias, ferrovias, hidrovias, portos e aeroportos - é de R$ 450 bilhões. Desse montante, R$ 200 bilhões deveriam ser destinados a rodovias, segundo estimativa do diretor executivo da CNT, Bruno Batista. O levantamento mostra também um descompasso entre os investimentos em rodovias e os prejuízos causados por acidentes nas estradas em

2010. Enquanto os aportes federais na malha rodoviária somaram R$ 9,85 bilhões, os prejuízos em função de acidentes totalizaram R$ 14,1 bilhões. Batista criticou o baixo investimento do governo federal em infraestrutura e também a má gestão dos recursos públicos. “A necessidade de investimento é urgente. Se o governo não consegue fazer os investimentos, que forneça a ferramenta institucional para

que a iniciativa privada o faça”, afirmou. O representante da CNT destacou que o governo precisa regulamentar as parcerias público-privadas (PPP). “Este módulo institucional nunca deslanchou no País. Sem esse marco regulatório as empresas não conseguem investir”, disse. Batista informou ainda que de setembro para cá 500 obras em rodovias foram paralisadas em função de irregularidades.

Mais da metade dos 92,747 mil quilômetros de rodovias pavimentadas do Brasil apresentam algum tipo de problema. O diagnóstico foi divulgado ontem pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), em Brasília, na divulgação da 15ª Pesquisa CNT de Rodovias. A pesquisa mostra que 57,4% das rodovias têm alguma deficiência e 26,9% estão em situação crítica. De 2010 para 2011 o estudo mostra o aumento de pontos críticos de 109 para 219. O levantamento foi realizado durante 39 dias, de 27 de junho a 4 de agosto, avaliando 100% das rodovias, nos aspectos do pavimento, sinalização e geometria. O estado de São Paulo continua tendo a melhor malha rodoviária do País, segundo a pesquisa. O ranking das dez melhores rodovias mostra que todas elas passam por São Paulo e são concessões privadas dos trechos. Segundo o estudo, o Pará tem a pior situação. A pesquisa mostra que são discrepantes os resultados das rodovias sob concessão privada e sob gestão pública. De acordo com o levantamento, 66,2% da malha sob gestão pública possui algum tipo de problema, ao passo que na administração privada o índice cai para 13,1%.


O JORNAL

Cidades Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

MOBILIZAÇÃO

Protesto suspende aulas na rede pública Gabriela Lapa Estagiária*

Todas as escolas da rede pública, estadual e municipal, amanheceram fechadas, ontem, em solidariedade ao movimento nacional por 10% do PIB para a educação. Os professores formaram uma comitiva de 93 pessoas, representando todos os municípios alagoanos, e foram a Brasília acompanhar a Marcha pela Educação, que deve reunir cerca de 10 mil servidores para pressionar o Governo Federal a aumentar a verba do setor. Hoje, apenas 4,9% do PIB é liberado para investimentos como o salário dos professores e a infra-estrutura das escolas. “É um número muito pequeno. Para ser completa, atender às necessidades de mestres e alunos, a Educação precisaria de muito mais que isso”, disse a vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores do setor em Alagoas (Sinteal), Maria Consuelo Correia. Segundo ela, o ministro Fernando Haddad ofereceu 7% de aumento gradativo até 2014, mas a categoria se recusa a aceitar menos de 10%. “Mesmo sendo bom, esse percentual ainda não seria suficiente; nós precisamos de muito mais para garantir uma educação de qualidade à população. Por isso, não dá para ficar com 7, tem que ser 10% do PIB”, completou. Além disso, os 10 mil ser-

A9

| www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

vidores que foram a Brasília também reivindicam a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) para o biênio 2011/2012, que já deveria ter sido votado, mas continua emperrado no Congresso Nacional. Segundo Consuelo Correia, essa demora prejudica o cumprimento de boa parte das metas estabelecidas no PNE, programadas para serem implantadas ainda este ano. “Algumas, como o aumento do número de alunos, possuem prazo de conclusão. Nós precisamos da aprovação do plano o mais rápido possível”, destacou. Outro ponto cobrado pelos professores é o respeito ao piso nacional da categoria, que ainda é ignorado tanto pelos gestores municipais quanto estaduais, mesmo sendo obrigatório por lei. Ao contrário de outros Estados, em Alagoas esse número é pequeno, estimado em apenas 4%, mas o Sinteal diz que, ainda assim, é preciso cobrar das Secretarias. Até o final da tarde de ontem, os 10 mil servidores que foram a Brasília aguardavam uma reunião com o ministro Fernando Haddad para discutir a votação do PNE. Eles marcharam do Eixo Monumental à Esplanada dos Ministérios, onde ficaram concentrados, cobrando a abertura de uma mesa de negociação. *Sob a supervisão da Editoria de Cidades

Possibilidade de cancelamento do Enem preocupa estudantes Mais de 75 mil candidatos fizeram as provas do Enem em Alagoas Anna Cláudia Almeida Repórter

A possibilidade do cancelamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) devido a um suposto vazamento de questões no estado do Ceará deixa, novamente, em xeque a credibilidade da nova forma de ingresso nas faculdades brasileiras. A avaliação ocorreu no último final de semana, e mais de 75 mil estudantes estavam inscritos em Alagoas. Foi com surpresa que Edjania Porfírio recebeu a notícia de que a prova poderá ser anulada. Aluna da rede pública estadual em Arapiraca, a jovem de 21 anos afirma ainda não acreditar que o Enem esteja envolvido nesta nova polêmica. “Ano passado tivemos toda aquela confusão com as provas e parecia que desta vez tudo estava caminhando da maneira mais correta”. Edjania Porfírio, que pretende ingressar no curso de Administração, chegou a conferir o gabarito das questões, divulgado pela empresa responsável pelo exame, e se mostrou satisfeita com seu desempenho. Agora, a expectativa da decisão de que uma nova prova possa ser aplicada, deixa a estudante receosa quanto à credibilidade da avaliação. “Acredito que todos os estudantes ficaram angustiados, temerosos com essa notícia.

Vazamento de questões é a nova polêmica envolvendo o Exame

Isso é muito chato porque passamos um ano nos preparando, estudando, fazemos a prova, ficamos na expectativa do resultado e de repente somos surpreendidos com esse suposto vazamento de questões”, desabafou a estudante. A indignação é compartilhada também pela estudante Thauany Alves, 17 anos, que luta para entrar no curso de Medicina. Ela lembra que questões semelhantes são comuns de serem encontradas em provas de vestibular, diferente do que ocorreu no caderno do simulado em Fortaleza. “As questões são idênticas e isso é um absurdo. Não tem lógica ver questões iguais e justamente o simulado foi aplicado semanas antes do exame e fica evidente que houve va-

zamento”, disse a jovem que elogia o método utilizado pelo Enem, mas vê com maus olhos todos os problemas que já se tornaram constantes. Quando o assunto é uma nova aplicação de provas, a estudante é categórica. “As provas que têm questões iguais foram as de ciências naturais. Concordo que somente esta seja aplicada, mas o aluno ter que se submetido a uma nova maratona de provas é muito complicado”, desabafou. Já Amanda Farias, aluna da rede particular de ensino em Maceió, disse que apesar de ter feito uma boa prova, não acha que seria prejudicada com uma nova avaliação. “Mas isso não significa que todo mundo pense da mesma forma. Acho que muita gente se sentirá lesada”.

O vazamento da prova já era algo esperado, segundo Ernesto Stadtler, o diretor pedagógico de uma escola particular de Maceió. Ele explica que existem muitos riscos em uma avaliação aplicada nacionalmente. “Não teremos segurança suficiente para evitar que não ocorram vazamentos. O Enem vai ter problemas todos os anos e não há como garantir o contrário”. Para Stadtler, a única solução viável seria a regionalização do processo, onde cada universidade ficaria responsável pela aplicação, como acontecia nos antigos vestibulares. “A Copeve esteve à frente no vestibular da Ufal e durante anos percebemos a ausência das fraudes”, lembra. Além dos prejuízos financeiros, Stadtler afirma que o maior prejudicado em todo o processo são os alunos. “Eles perdem o estímulo de estudar. O fato de alguém se sair bem numa prova não é garantia que em outra avaliação aconteceria o mesmo”. A reportagem de OJornal conversou com o secretário da Copeve, Zeuxis Morais, que afirmou que, em Alagoas, a instituição não acompanhou nem foi a responsável pela aplicação das provas. Ele disse que está se informando sobre o assunto através da imprensa e espera que não a prova não seja anulada.


Cidades

O JORNAL JORNA L

A10

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

CRIME DE ANADIA

Polícia tem novo suspeito na morte Homem procurado pela polícia é apontado como o condutor do veículo utilizado na execução do vereador Carlos Alberto Jr. Repórter

SUCURSAL – Novas provas, reveladas na manhã de ontem pela Polícia Civil alagoana, apontaram o quarto envolvido no assassinato do vereador pela cidade de Anadia, Luiz Ferreira de Souza, morto com vários disparos de revólver no último dia três de setembro. O suspeito, identificado como Wallemberg Wanderson Torres Silva , reside em Arapiraca, onde, também pela manhã, agentes da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), deflagraram uma operação de busca e apreensão e prisão na residência do pai do acusado, o advogado Wellington Wanderley, que atua na área criminal na cidade. As provas são um vídeo e uma foto do acusado, que vinham sendo mantidos em sigilo pelos delegados integrantes da comissão criada para investigar o crime, Ana Luíza Nogueira, Kelman Vieira e Maurício Henrique Duarte. Contrariando os primeiros depoimentos colhidos no início das investigações, as imagens mostram um veículo Pálio, cor preta, estacionado em frente à residência do policial militar Cláudio Magalhães, apontado pela polícia como autor material do homicídio, desde as primeiras horas da manhã do dia do crime. O PM disse, à época da sua prisão, que passou o dia em sua residência na companhia de um pedreiro, identificado como Edson Sales, o qual afirmou que nenhum veículo estivera na casa do militar. O vídeo, no entanto, desmentiu as ver-

sões apresentadas pelo PM e pelo pedreiro. Nas imagens, o condutor do carro, Wallemberg Wanderson Torres Silva, que reside em Arapiraca, sai do veículo em direção à casa do policial militar Claudio Magalhães e sendo recebido pelo pedreiro. As investigações da comissão de delegados apontaram que o Pálio foi o carro utilizado no assassinato. A Polícia Civil não têm dúvidas sobre a participação do condutor do veículo na ação criminosa. Segundo a comissão de investigação, o objetivo agora é capturar o mais rápido possível Wallemberg, o qual já é considerado foragido da Justiça alagoana. “As imagens somente foram divulgadas agora, em razão de termos concluído a localização do veículo e a identificação do seu condutor. Tínhamos a versão apresentada de que nenhuma pessoa teria chegado à residência do militar no veículo Pálio e que em nenhum momento o veículo esteve na rua onde fica a residência do acusado. No entanto, com as investigações e com as imagens comprovamos que tanto o veículo esteve no local, como também o pedreiro saiu do interior do imóvel do PM e conversou com seu condutor”, esclareceu um dos delegados, através de nota divulgada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil. EM ANADIA - Também na manhã de ontem, a Polícia Civil deflagrou uma operação no município de Anadia, para encontrar novas informações e provas sobre o assassinato do vereador Luiz Ferreira.

Larissa Fontes / Estagiária

Larissa Fontes / Estagiária

Familiares e amigos do vereador assassinado protestaram em frente ao Tribunal de Justiça

Rosa Souza acusou Sânia de autoria do crime

Manifestação pede prorrogação de prisões Gilson Monteiro Repórter

Os suspeitos estão presos, o inquérito está em andamento, mas o receio da impunidade ainda ronda a família do vereador Luiz Ferreira. Ainda abalados, familiares, amigos e colegas de trabalho da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), onde ele lecionava, se reuniram ontem em frente à sede do Poder Judiciário, na Praça Deodoro, para pedir justiça, e apelar para que a prefeita Sânia Tereza e o marido dela, Alessander Leal, acusados da autoria do homicídio, permaneçam presos. Como explicou o cunhado da vítima e advogado da família, João Sapucaia, o receio é que Sânia e o esposo ganhem liberdade, caso a prisão temporária não seja prorrogada.

Os 20 dias da prisão, que já foi prorrogada uma vez pelo desembargador José Carlos Malta Marques, serão completados no próximo dia dois de novembro. No último dia 27 de setembro, o ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça (STF), negou o pedido de liberdade provisória impetrado pela defesa da prefeita. “O prazo da prisão temporária expira no próximo dia dois, e é preciso mais prazo para que o procurador de Justiça apresente a denúncia contra os acusados. A prisão temporária tem dia e hora para terminar, e o que queremos é que os acusados permaneçam presos”, disse Sapucaia. A queixa foi entregue oficialmente ao Tribunal de Justiça por meio de um ofício elaborado pela Associação dos Docentes da Ufal (Adufal).

Na manifestação de ontem, as faixas estendidas por familiares e amigos do vereador assassinado externavam a revolta com o crime. “Chega de impunidade para os crimes políticos em Alagoas”; “Alagoas precisa de paz”; “Adufal clama por justiça no caso do professor Luiz Ferreira”. Durante a manifestação, Rosa Souza, uma das irmãs da vítima, em um raro momento em que conseguiu conter as lágrimas, acusou a prefeita afastada de Anadia, Sânia Tereza, pela autoria do crime. “Foi sim, acreditamos que sim. Quem mais poderia ter sido. Foi ela [Sânia] que ligou para ele na sexta-feira para falar sobre política. Foi ela quem procurou ele para fazer reuniões e sabia da candidatura dele. Cortaram a energia na cidade no dia em que iam votar

as irregularidades da prefeita na Câmara, e ela sabia que ele seria o sexto voto que poderia cassar [o mandato da prefeita]. Ele não tinha inimigos. Conversem com os médicos. Ele tinha um projeto lindo para a saúde daquele município que ele amava. Como vai ser nosso natal. Era ele que unia a todos”, disse Rosa, muito abalada. “Nosso pai, tem 92 anos e está tendo alucinações, tendo visões do Luiz. A esposa do Luiz acabou de passar por uma cirurgia e seria ele que iria fazer essa operação”, disse a irmã da vítima. Já a filha do vereador, Mariana, não quis falar e evitou ser fotografada. Chorando muito, disse apenas que o sentimento dela estava estampado nas faixas erguidas durante a manifestação. “Eu quero o que está nas faixas”, disse.

ASSALTOS

Empresário é preso por liderar quadrilha Da Redação Agentes da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), Seção de Capturas e Custódias Especiais (SECCE), e do Tático integrado de Grupos de Resgates Especiais (Tigre), prenderam, na manhã de ontem, dois homens acusados de participação em uma quadrilha que praticava assaltos a estabelecimentos comerciais em Maceió. Dentre os presos, está o empresário Marco Aurélio Modesto Pereira, conhecido como “Alemão”. O empresário foi preso em um apartamento no bairro Jatiúca. Além de “Alemão”, foi preso Raphael de Freitas Modesto, 22 anos, por estar de posse de drogas. De acordo com os policiais, Marco Aurélio é o líder da qua-

drilha que praticava roubos a casas comerciais, bares e restaurantes de Maceió. Ele é apontado como o mentor do assalto ao bar QG, localizado na Serraria, no dia 18 de julho deste ano. Neste crime, além de Marco Aurélio, tiveram participação, segundo a polícia, os homens identificados como Ronaldo Adriano Lourenço da Silva (falecido) e Jailson José Paes de Freitas Júnior, conhecido como “Jr. Boca”, (que já está preso), além dos foragidos Wallison Carlos Dias da Silva, o “Bibinha”, e Kleyton França Santos, o “Tom”. “Alemão” foi levado ao Instituto Médico Legal para a realização do exame de corpo de delito e, em seguida, transferido para a Casa de Custódia da Policia Civil.

CAVALCANTE

MPE recorre para anular julgamento Da Redação O Ministério Público Estadual (MPE) recorreu da decisão que absolveu por clemência, na última terça-feira, o extenente coronel Manoel Francisco Cavalcante e seu irmão, Marcos Cavalcante, da acusação de assassinar o Cabo José Gonçalves da Silva Filho, crime ocorrido em maio de 1996, num posto de gasolina na Serraria. A promotora Marília Cerqueira formalizou, ontem, o pedido no Tribunal de Justiça (TJ/AL). Como a absolvição não foi unânime entre os sete jurados do conselho de sentença da 7ª Vara Criminal de Maceió, o Ministério Público pôde recorrer e pedir novo julgamento,

para que haja uma condenação e os irmãos Cavalcante obtenham apenas o benefício da redução de pena por delação premiada, já que ambos apontaram os deputados João Beltrão e Antônio Albuquerque e o ex-deputado Francisco Tenório como planejadores e mandantes do homicídio. A promotoria tem agora mais oito dias para apresentar as razões do recurso. Durante o julgamento, a promotora – que atua na 1ª Promotoria Especial Criminal de Maceió – pediu que os irmãos Cavalcante fossem condenados. Mas os jurados, por maioria, decidiram absolver os réus por clemência, já que eles colaboraram com a Justiça.

GRUPO JL

Reserva Santa Tereza recebe visita de empresários belgas Depois de proporcionar a viagem de mais de 50 profissionais do setor sucroenergético à Bélgica, agora foi a vez de Pierre de Porter, presidente internacional da BMS MicroNutrients, retribuir a visita. O empresário e uma comitiva de especialistas em nutrição agrícola tiveram a oportunidade de conhecer, ontem, o santuário ecológico da Fazenda Santa Tereza, do Grupo João Lyra, um dos seus maiores clientes no Brasil, e aproveitaram para estreitar ainda mais a ligação entre as duas empresas. Alexandre Bosco, presidente da BMS no Brasil, afirma que, para as indústrias que trabalham com cana-de-açúcar, os produtos da empresa belga se destacam por terem mais qualidade e produtividade, “há um aumento de cerca de doze toneladas de cana a mais por hectare”. Alexandre, que está acompanhando o presidente internacional da companhia em visita ao Brasil, ainda confirma que a relação entre os países ficará mais próxima: “Estamos programando mais duas viagens à Bélgica para o ano que vem, e pretendemos mostrar com isso como a BMS é uma empre-

Empresários belgas conheceram o santuário ecológico de Santa Tereza com mais de 300 hectares

sa forte e consolidada, e em franca expansão. Só em relação ao ano passado, tivemos um aumento de sete vezes no faturamento”. Além da canade-açúcar, a BMS também trabalha em outras culturas, como a da uva, do café, algodão, soja etc. Para Múcio Novaes, representante da BMS em Pernambuco, a visita também serviu para mostrar à filial belga os

resultados dos usos de seus produtos nas culturas do Brasil. “Eles tem muita aceitação, pois foram pioneiros em nutrição de precisão, uma espécie mais precisa de adubação, onde é feita a análise das reais necessidades da planta”. O superintendente agrícola do Grupo João Lyra, Warriman Feitosa, concorda com o ganho real que os produtos têm dado para a empresa: “já

utilizamos em todas as nossas unidades do Nordeste, e também nas duas usinas de Minas Gerais. Realmente são produtos de qualidade, que dão resultados”. Feitosa foi um dos cinco representantes do Grupo JL que foram a Bélgica, em agosto passado, conhecer a sede da BMS, e conferir in loco o processo de fabricação dos micronutrientes feitos pela empresa.

Visitantes apreciam as belezas de reserva Para o encontro, foi escolhido como cenário o santuário ecológico de Santa Tereza, Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) com mais de 300 hectares voltados à proteção da diversidade da fauna e da flora e à conservação de ecossistemas frágeis ou ameaçados. Além de

conhecerem animais nativos da Mata Atlântica e as piscinas naturais, os visitantes tiveram a oportunidade de aprender sobre o funcionamento do Sistema de Gestão Ambiental do Grupo João Lyra, apresentados a eles pela consultora Marta Ribeiro, uma das responsáveis pelo

projeto. Para Pierre de Porter, a preservação do meio ambiente, como é feita no Grupo JL, é muito importante. Ele acredita que “a manutenção de uma área como essa é um ganho enorme para o meio ambiente. Já vim vinte e cinco vezes ao Brasil, e sei que em

poucos lugares do mundo podemos encontrar um local como esse”, conta. Marcelo Dowsley, um dos representantes da BMS presentes no evento, também elogiou a iniciativa: “fiquei impressionado com o trabalho técnico e profundo feito na reserva Santa Tereza”.


Cidades Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O JORNAL JORNA L

A11

| www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Moradores cobram a construção de uma escola-creche em Ipioca

PelaCidade Deraldo Francisco pelacidade@ojornal-al.com.br

COMUNIDADE CHATEADA

Eles afirmam que não existe escola para as crianças estudarem no bairro

Moradores das ruas Nova, Brasília e Santo Amaro, na Chã de Bebedouro, não ficaram muito satisfeitos com uma manobra da SMTT. As pessoas que têm carros ou que usam táxis e moram nessas ruas e precisam sair de casa entre as 6h e as 9h têm que andar mais e pegar um congestionamento-monstro. Coisa que não acontecia quando faziam o percurso normal, trafegando pela Rua Nova, passando pela Santo Amaro e chegando à saída, em frente à Igreja Nossa Senhora da Conceição. Exatamente nesse local – em frente à igreja – foram colocadas duas placas com informações sobre a proibição do fluxo de veículos naquele trecho que dá acesso à Ladeira Professor Benedito Silva, também chamada Osvaldo Cruz. A seta cortada indica a proibição de tráfego naquele sentido. Embaixo do símbolo, a informação das horas. A decisão remete a uma estupidez gigantesca porque não é isso que vai resolver o gargalo do tráfego. Até porque, essa manobra equivocada ocorre há quase um mês e o trânsito continua lento.

Sumaia Villela

Marco Antônio

MOTORISTA PATETA Esse é o transtorno causado às pessoas que usam carros e que moram ali perto. Para quem está só passando, ou tentando escapar do congestionamento na descida da ladeira, a situação é pior. O motorista só descobre a proibição depois de percorrer mais de um quilômetro na Chã de Bebedouro. Quando chega à “boca da bigorna”, o motorista se depara com as placas de proibição e dois agentes de trânsito cochilando dentro do Voyage da SMTT com o motor e o ar-condicionado ligados. Resta ao pateta, que é como se sente o motorista, dar meia volta e fazer o percurso de retorno ao ponto de partida. A coluna entende que isso é profunda falta de respeito, uma vez que o alerta pode ser feito desde o início da rua, evitando-se, assim, o transtorno para o motorista.

Marco Antônio

Repórter

Uma comissão de moradores de Ipioca, litoral norte de Maceió, se reuniu, ontem pela manhã, com o secretário municipal de Educação, Thomaz Beltrão, para reivindicar a construção de uma escola-creche no bairro. Eles afirmam que, das cerca de mil crianças de seis a 14 anos, apenas trezentas conseguem estudar, todas na cidade de Paripueira. A situação foi descrita pelo presidente da associação de moradores do bairro – que abrange cinco comunidades e mais de dez mil pessoas, Jasiel Pontes. “Muita criança aqui não estuda, fica o dia na rua, é complicado. As escolas de bairros vizinhos não atendem essa idade, e já são lotadas. E os trezentos que conseguiram vaga em Paripueira são transportados em um ônibus velho, sucateado, inseguro”. Segundo o líder comunitário, a reivindicação é antiga, e vem desde os anos 90. “Sempre pedimos, nos mobilizamos, mas nunca houve resposta concreta”, conta. Ele disse que cinco ofícios já foram enviados à secretaria. “Só os que estão comigo, mas ainda tem mais”, informou. Pontes também revelou que existem diversos terrenos de propriedade do Executivo municipal no bairro, mas eles estariam ocupados de forma irregular. “É preciso tomar uma providência, porque

Outra reclamação dos moradores é o abandono da igreja centenária

Maceió precisa assumir a responsabilidade por essas crianças, não Paripueira”, defendeu. Diversos abaixo-assinados, levantados em mais de uma ocasião, também foram levados à reunião.

O secretário Thomaz Beltrão confirmou que existem terrenos da prefeitura no local, e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) já possui a lista. Na segunda-feira, o pró-

prio secretário e mais uma comissão vão até o bairro para identificar em qual desses lotes poderá ser construída a escola. Segundo ele, a construção da unidade de Ipioca será viabilizada pelo Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (ProInfância), integrante do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, do Governo Federal. “Serão 59 novas escolas municipais em Maceió, que a nossa presidente autorizou. Nós estamos levantando informações sobre terrenos próprios em as áreas da cidade”, informou. A visita do secretário em Ipioca ocorrerá às 9h, e contará com a ajuda de moradores e mães de alunos, para que eles participem da escolha do terreno. ABANDONO - Em reportagens recentes, os moradores de Ipioca já tinham denunciado o abandono do bairro, que sofria com assaltos frequentes, principalmente a estabelecimentos comerciais. A igreja de Nossa Senhora do Ó, cuja estrutura danificada foi mostrada em matéria do caderno de Cultura de O JORNAL, também é motivo de preocupação da comunidade, porque, embora tombada como patrimônio histórico, els está danificada e o seu telhado ameaça cair.

“FOI IDEIA DO MAJOR” A coluna esteve no local e ouviu alguns moradores sobre o assunto. Todos se mostraram insatisfeitos com a situação. O curioso nessa história, também, é que as pessoas ouvidas pela coluna contaram que a ideia foi de um major da Polícia Militar que “comanda os agentes de trânsito” que trabalham naquela região. Como assim, um major da PM comandar guardas da SMTT? Os moradores até questionaram: “Será que o superintendente da SMTT sabe dessa manobra aqui na Chã de Bebedouro?

ÍNDIOS

TRÁFEGO É LEGAL

Repórter

A coluna percebeu que a medida adotada pela SMTT é para evitar que, nesse horário de grande movimento de carros, alguns motoristas utilizem aquele trecho como atalho e compliquem ainda mais o trânsito no sentido Centro. Ocorre que, a saída de veículos por ali sempre foi legítima. Tanto é que o impedimento é só das 6h às 9h. Ou seja, o motorista teve cassado um direito seu. Sem contar que aquele não é o problema do engarrafamento que se registra a todo instante e toda hora em Bebedouro. Esse, sim, é um grande problema para a SMTT resolver.

A Fundação Nacional do Índio (Funai) ingressou ontem na Justiça Federal com um pedido de reintegração de posse para a retirada de um grupo de índios das tribos Xucuru-Kariri e Karapotó que ocuparam na noite de terça-feira (25) a sede da fundação, no Centro de Maceió. Os índios das aldeias Monte Alegre e Guariri reivindicam a demarcação de terras e oficialização das aldeias, para que sejam concedidos ao grupo assistências de saúde e educação. Segundo o Cacique Chiquinho, os cerca de 80 índios dependem de um parecer jurídico para resolver o impasse com a Funai. Mas segundo o coordenador regional da Funai, Frederico Vieira, o grupo não é reconhecido oficialmente como índios e precisa passar por um levantamento para que possam receber os benefícios garantidos por lei. Ele alega ainda que existam dificuldades impostas pelas tribos para que esse estudo seja realizado. “A Funai tem que cumprir todas as exigências para que as

Marco Antônio

ÔNIBUS PARADO Há mais de dois meses que este ônibus está parado num cantinho da pista da Avenida Senador Rui Palmeira, mais conhecida como Dique-Estrada. O veículo está “apodrecendo” no local, e as pessoas já reclamaram do fato porque, à noite, ele serve de esconderijo para assaltantes. Na verdade, são ladrõezinhos pé de chinelo, que tomam telefones celulares, vale-transporte ou centavos de real.

O poder público municipal entregou 23 novas lojas aos comerciantes instalados no Mercado da Produção. As lojas tinham sido atingidas por um incêndio.

Os comerciantes que perderam suas lojas alegam que tiveram muitos prejuízos com o atraso na entrega dos novos estabelecimentos. Demorou, mas chegou.

CARO LEITOR, MANDE A SUA RECLAMAÇÃO. PONHA A BOCA NO TROMBONE. SE FICAR CALADO, NÃO RESOLVE. 4009-1994 / 4009-1959 das 8h às 12h

Yvette Moura

Funai pede na Justiça desocupação da sede Anna Cláudia Almeida

tribos sejam reconhecidas. É preciso buscar a descendência e assim comprovar que eles são índios, mas com eles encontramos entraves. O que existe neste caso é um Cacique que reuniu homens brancos, formou uma aldeia e quer que a Funai dê assistência, o que será impossível”, explicou. O coordenador lembra que os verdadeiros índios XucuruKariri repudiam a atitude do grupo, não os reconhece e ameaçam vir à capital para retirá-los do prédio. A audiência solicitada com o diretor da Funai não deve ocorrer, já que Frederico Vieira afirma temer ser feito refém caso não atenda as reivindicações do grupo. Como existe a possibilidade de conflito, funcionários da fundação foram orientados a deixar o prédio e só devem retornar após a decisão judicial. “Ontem, funcionários chegaram a ser ameaçados e devem ir à Polícia Federal relatar o que aconteceu. O que eles querem é ilegal e não poderá ser atendido pela Funai”, finalizou. A etnia Xukuru-Kariri é dividida em 9 aldeias no município de Palmeira dos Índios; já a Karapotó, em 3 aldeias, no município de São Sebastião.

Jornalista Marcos Rodrigues, da Rádio Jornal, um dos agraciados

COMENDA

Comunicadores são homenageados Flávia Batista Repórter

A comunicação e a cultura no centro das homenagens. Foi esse o sentimento que os 44 agraciados com a Comenda Edécio Lopes expressaram na tarde de ontem, durante uma sessão solene da Câmara de Vereadores de Maceió, que concedeu o benefício a profissionais do rádio e jornalistas. O auditório da Faculdade Integrada Tiradentes (Fits), onde aconteceu a sessão, pareceu pequeno diante de tantos nomes das comunicações de Alagoas. Floracy Cavalcante, Arnaldo Ferreira, Ênio Lins, Plínio Lins, Waldemir Rodrigues e Emanuel Canetinha foram alguns dos veteranos que receberam a homenagem dos vereadores de Maceió. Ao lado deles, profissionais na chamada nova geração, como Carlos Melo, Odilon Rios e Marcos Rodrigues, viram seu nome associado a uma das figuras mais emblemáticas da comunicação alagoana. “É um orgulho ter meu

nome associado a uma homenagem que leva o nome de Edécio Lopes, porque cresci ouvindo o programa dele. Ainda estou começando a escrever a minha história como radialista e já começar esta trajetória recebendo esta homenagem me completa”, disse Marcos Rodrigues, apresentador do programa Jornal do Povo, da Rádio Jornal. Antes de entregar a homenagem, o vereador Oscar de Melo, criador da Comenda, explicou o porquê de o nome Edécio Lopes ter sido escolhido. “Foi um dos profissionais mais brilhantes de Alagoas e o que apresentou durante mais tempo um programa de rádio. Foram 43 anos ininterruptos. Tive a sorte de ser repórter dele durante dois anos e levei muitos puxões de orelha, Aprendi muito com ele”, contou o vereador que, ao lado da esposa de Edécio Lopes, Olindina Lopes, entregou a Comenda que foi aprovada por unanimidade por todos os vereadores da Casa de Mário Guimarães.


O JORNAL

Esportes A12

BatePronto Victor Mélo - jornalistavictor@gmail.com

MORTES ABALAM O ESPORTE As corridas são envolventes e, desde os tempos das bigas no Império Romano, despertam grande o interesse popular. Não são poucas as pessoas que acompanham as aventuras de audazes pilotos e suas máquinas maravilhosas através dos tempos. O circo tem ainda hoje imensa projeção e, a cada ano, movimenta mais recursos. Mas há um preço mórbido cobrado pela velocidade. Neste mês, o esporte perdeu dois nomes de grande destaque na Fórmula Indy e na motovelocidade. O primeiro foi o inglês Dan Wheldon, vitima de um acidente fatal há menos de duas semanas no oval de Las Vegas. Comparo, inclusive, os ovais com as antigas arenas romanas, onde a morte era cultuada. O circuito é feito para aumentar os riscos para os pilotos e despertar os instintos mais primitivos do público. Infelizmente, muita gente acompanha o automobilismo para ver os acidentes e muitos dirigentes alimentam, em nome do show business, esse desvio. A Indy Rancing Car, fundada há 15 aos, é hoje bem mais insegura que a Fórmula 1, por exemplo. Certa vez, Nelson Piquet declarou que é impossível diminuir riscos de um acidente grave quando dois carros dividem uma reta a 300 km/h. Concordo, em parte. Nesses casos, o perigo é reconhecido pelo próprio piloto, no entanto, com medidas preventivas, mortes podem ser evitadas. Não é por coincidência que a F-1 não registra um óbito desde o dia 1º de maio de 1994, quando no mesmo fim de semana perderam a vida o brasileiro Ayrton Senna e o austríaco Roland Ratzenberger. Os pilotos e a imprensa exigiram mudanças, e elas foram feitas. Os carros tornaram-se mais seguros e as pistas também receberam um tratamento especial. Com áreas de escape bem maiores, por exemplo, o risco diminuiu, mas, infelizmente, não acabou. A Indy parece não se importar muito com segurança. No oval, quando um carro acerta o muro em altíssima velocidade e retorna para a pista, há grandes possibilidades de ser acertado em cheio por outros veículos. Num desses acidentes, Wheldon morreu aos 33 anos. “Dirigi esses carros por cinco anos. As velocidades são muito altas, muito mais que nos carros da Fórmula 1. Você está a poucos centímetros um do outro e a mais de 300 por hora. Quando as coisas dão errado, elas dão errado de uma forma muito grande”, comentou o ex-piloto Mark Blundell. Desde 1909, já morreram na Indy 41 pilotos. “Quando você olhava o que estava acontecendo na prova de Las Vegas, percebia que era um convite para o desastre e era inevitável em muitos sentidos. Estávamos lá para a última corrida do campeonato e a prova foi disputada em uma pista, mas deveria ter ocorrido em uma mesa de apostas”, atacou Blundell. A motovelocidade é tão perigosa quanto a Indy. Domingo, na Malásia, o italiano Marco Simoncelli sofreu um impacto tão forte quando caiu de sua moto que o capacete quebrou. Os médicos dizem que ele morreu fora do autódromo, mas, pelas imagens, o telespectador percebeu, de pronto, que a morte foi fulminante, diante das câmeras. Além de registrar acidentes de graves proporções, a motovelocidade segue cobrando um alto preço aos seus participantes. Já foram registradas 24 mortes na história da modalidade, sendo três delas na última década.

MORTES NA F-1 Como já escrevi, a F-1 é menos perigosa atualmente do que a Indy e a MotoGP, mas também tem um histórico pesado de acidentes. O primeiro caso fatal aconteceu em 1952, quando o italiano Luigi Fagioli perdeu a vida no GP de Mônaco, aos 54 anos. Ao todo, foram 27 mortes na história da modalidade.

MASSA O brasileiro Felipe Massa sofreu o último acidente grave da F-1. Em julho de 2009, uma peça do carro de Rubens Barrichello acertou o capacete de Massa na Hungria e ele correu riscos de morte. O piloto da Ferrari disse ainda estar chocado com as mortes de Wheldon e Simoncelli. “Claro, nós que corremos, todos sabemos os riscos cada vez que saímos para a pista. Quando você está correndo, você não pensa muito sobre os riscos, você sempre acelera, às vezes, bem forte. Mas, mesmo assim, é um choque terrível quando você vê algo como isso e você se lembra que o risco está lá”, declarou Massa, que vai correr na Índia no próximo domingo.

UM ALTO PREÇO Atual campeão mundial de F-1, o alemão Sebastian Vettel disse que os pilotos sabem dos riscos das corridas e estão dispostos a pagar o preço. “Nós amamos correr, amamos esporte a motor e é perigoso. Existe sempre um certo risco que não podemos evitar e que estamos prontos para aceitar”, comentou o alemão, que também lamentou muito as mortes de Wheldon e Simoncelli.

O RALI DA MORTE O rali mais perigoso do mundo, o Dakar, cobra alto de seus participantes. Lançado em 1978, o rali já teve mais de 58 mortes, os números não são precisos, sendo que 25 foram de pilotos. Com a história da corrida é mais recente do que a Indy e a F-1, por exemplo, a média de acidentes fatais é muito alta.

CURTO-CIRCUITO A Stock Car Brasil nasceu há 32 anos e já teve quatro mortes durante suas provas. A última delas foi registrada neste ano, após grave acidente com Gustavo Soldermann em Interlagos, São Paulo. Nelson Piquet disse que muitas vezes entrou no carro com maus pressentimentos, mas, por amar a velocidade, nunca desistiu de uma prova. Um desses casos ocorreu no GP de Indianápolis em 1992, quando sofreu o acidente mais grave de suas carreira e teve que reconstruir o pé esquerdo.

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Agora vai Com desistência do Rio Branco, CRB deve voltar a jogar na próxima 4a feira

Yvette Moura

Luciano Milano Repórter

O CRB e a Federação Alagoana de Futebol (FAF) aguardam finalmente para esta quinta-feira o desfecho do caso envolvendo Rio Branco, LuverdenseMT e a Justiça Comum. Ontem, o presidente do clube acreano, Natalino Xavier, voltou a falar com O JORNAL e garantiu que o Estrelão havia protocolado na CBF ofício retirando todas as ações que na Justiça Comum do Rio de Janeiro e Acre, que fizeram com que o Grupo E da competição fosse suspenso até a confusão ser resolvida. De acordo com o presidente da FAF, Gustavo Feijó, também em contato telefônico com a reportagem, a CBF deve se pronunciar oficialmente ao longo do dia de hoje. “Estamos aguardando finalmente para amanhã (hoje) o desfecho dessa história cansativa. Mantivemos contato com o Virgilio Elísio, e ouvimos dele que o ofício do Rio Branco já chegou, desistindo das ações, e nesta quinta-feira, a CBF deve se pronunciar quanto ao retorno dos jogos da Série C. Por isso não podemos falar quando o CRB deve voltar a campo. Mas provavelmente deve acontecer na próxima quarta-feira, possivelmente com o LuverdenseMT, aqui em Maceió. Mas é tudo ainda suposição. Pelo menos uma luz no fim do túnel se acen-

Clube de Regatas Brasil deve enfrentar o Luverdense na próxima quarta-feira no Estádio Rei Pelé

deu para o filiado e o Grupo E”, destacou Feijó. O JORNAL ouviu um dos dirigentes do CRB, Alarcon Pacheco, sobre a notícia que enfim o Galo vai poder voltar a campo e tentar carimbar sua vaga na Série B de 2012, competição que disputou durante 15 anos e foi rebaixado em 2008. No ambiente alvirrubro, é momento de alegria e confiança. Alarcon considera que o período parado não vai fazer com que o time perca o ritmo

que vinha imprimindo na Série C, com duas vitórias seguidas em cima do Paysandu-PA. “Todos aqui no CRB recebemos a notícia com muita alegria e com a confiança de que agora poderemos seguir nosso caminho rumo à Série B sem mais percalços. O grupo está querendo jogar e, para nós, o ideal seria jogar no fim de semana. Como não há mais prazo legal para isso, acatamos o que a CBF definir. O período sem jogo acabou sendo positivo para o CRB, que

SÉRIE B

Guarani vence e complica situação do ASA na tabela A abertura da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, na noite da última terça-feira, acabou levando mais preocupação ao ASA na luta contra o rebaixamento. Um dos concorrentes diretos do Alvinegro na briga para se manter na Segunda Divisão em 2012, o Guarani, acabou vencendo por 3x0 o Grêmio Barueri, em Campinas, e subindo do 16º para o 12 lugar, agora com 42 pontos. O resultado aproximou ainda mais o único representante alagoano na Série B do bloco dos que seriam rebaixados, se a competição terminasse hoje: com 41 pontos, o ASA ocupa a 15 posição, à frente apenas o Icasa, que soma 39. Para fugir da incômoda posição na tabela da Série B, ontem à tarde, o técnico Vica seguiu trabalhando a equipe que enfrenta o ABC-RN, no próximo sábado, às 16h. Como era previsto, Vica mudou no coletivo de ontem o time com o qual fez movimentação na tarde de terça-feira. Jogadores como o zagueiro Leandro, o volante Cal e o meia Raul – que ficaram fora do time titular no começo da semana - voltaram a estar entre os 11. Com os novos nomes, Vica também alterou a maneira de jogar, se considerada a formação tática da derrota para o Salgueiro-PE, na 32ª rodada. Ontem, o técnico utilizou três zagueiros – Leandro, Toninho e Di Fábio -, retirou Fabinho Romão do meiocampo, com Cal assumindo o posto, e deixou como reservas Fábio Neves e Reinaldo Alagoano.

Click Arapiraca

ASA vem de uma derrota para o Salgueiro no Coaracy da Mata

Francismar deve articular as jogadas Na teoria, Francismar será escalado para jogar mais próximo de Alexandro, atuando pelo lado esquerdo. Mas a equipe só deve ser confirmada no coletivo desta tarde ou em Natal, momentos antes do jogo contra o ABC, que também luta contra o

rebaixamento. TIME - Tutti; Leandro, Toninho e Di Fábio; Gilberto Matuto, Cal, Marielson, Raul, Francismar e Chiquinho Baiano; Alexsandro. (L.M.)

pôde recuperar jogadores que estavam no Departamento Médico, como André Luiz e Cadu, e descansar das viagens e jogos seguidos”, disse o dirigente. Hoje, o CRB lidera o grupo com 7 pontos, seguido de Paysandu, 3, América-RN, 1, e o Luverdense, que fica com a vaga do Rio Branco e ainda fará todos os jogos a que tem direito na Terceira Divisão, pelo menos foi o que a CBF definiu antes de a Justiça Comum mandar paralisar a disputa.

REGIONAL

Reunião deve definir futuro do Nordestão Depois de atender o apelo dos presidentes das federações de Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas, liderados pelo mandatário da FAF, Gustavo Feijó, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, convocou todos os dirigentes das federações do Nordeste para uma reunião no Rio de Janeiro com o objetivo de discutir os rumos do Nordestão em 2012. De acordo com o próprio Feijó, o encontro deve acontecer na próxima quinta-feira, na sede da CBF, e contará com as presenças dos representantes da Rede Globo de televisão e da Klefer Marketing Esportivo. “Vamos ouvir as propostas da CBF e apresentaremos um plano para que possamos reativar esta importante competição. O campeonato representa muito para a nossa região”, afirmou Feijó. Em contato com O JORNAL, Feijó disse que não pode falar de previsão de calendário, forma de disputa e outros detalhes sobre uma provável reedição da Copa do Nordeste. “Só mesmo na quintafeira, no Rio de Janeiro, é que vamos colocar na mesa o que pensam os presidentes de federações e o que pensa a CBF. Portanto, calendário, se a competição será no primeiro semestre, com os Estaduais, ou depois. Sei que os representantes de Alagoas devem ser mesmo CSA e CRB”, declarou Gustavo Feijó. (L.M.)


Esportes Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O JORNAL JORNA L

A13

| www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Ficamos com a prata Em Maceió, alagoana Sandressa e carioca Thaís perdem na decisão do Circuito Sub-21 Oito títulos em nove etapas disputadas no Circuito Sub-21 Banco do Brasil Vôlei de Praia 2011. Foi esta a marca que as cearenses Rebecca e Carolina Horta alcançaram ontem, com a conquista da etapa de Maceió, a nona da temporada. Na decisão nas areias da Praia da Pajuçara, Rebecca e Carolina superaram Sandressa e Thais (AL/RJ) por 2 sets a 0, parciais de 21/17 e 21/16. Além da etapa de Maceió, Rebecca e Carolina venceram também os torneios realizados em Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Balneário Camboriu (SC), Santa Maria (RS), Salvador (BA) e Aracaju (SE). “A final foi boa, jogamos bem concentradas e isso fez a

diferença, junto com o nosso saque. Estamos chegando perto do nosso objetivo, que é vencer as seis etapas do segundo semestre e fechar o ano com 11 títulos em 12 etapas. Estamos caminhando para isso. A Sandressa e a Thais jogaram bem, mas a torcida contra acabou nos estimulando e jogamos melhor”, explica Carolina Horta. A dupla contou com uma ajuda mais do que especial nas areias de Maceió. Técnico da dupla, o ex-jogador Reis Castro, que também treina as hexacampeãs do Circuito Mundial e bicampeãs panamericanas Juliana e Larissa, comandou a dupla de dentro da quadra na competição, vindo direto de Puerto Vallarta. “Como a Juliana e a Larissa

não treinaram estes dias, o Reis pôde vir conosco para a etapa, o que nunca tinha acontecido. No começo ficamos nervosas, preocupadas demais em fazer tudo certinho, mas a ajuda dele foi muito importante. É um excelente técnico e, mais do que isso, uma pessoa que está vendo o jogo de fora, com a cabeça fria, e que percebe muitas coisas importantes que não vemos dentro da quadra”, diz Rebecca. Com o título na capital alagoana, Rebecca e Carolina ampliaram a vantagem na corrida pelo título da temporada 2011. Campeãs brasileiras Sub-19 em 2010, as cearenses somam agora 3.560 pontos, contra 3.000 de Sandressa e Thais. Vice-campeã, Sandressa comemorou a boa campanha em

casa. Natural de Maceió, a atleta que atualmente reside no Rio de Janeiro acredita que a final foi decidida nos detalhes. “É sempre muito gostoso jogar em casa e a torcida nos ajudou muito a chegar à final. Temos ido bem nas etapas, mas acabamos perdendo por detalhes e foi o que aconteceu novamente aqui. Esperava um título em casa, mas infelizmente ele acabou não vindo”, lamenta a alagoana. Na disputa de terceiro lugar, Haissa e Suellem (PR/PA) conseguiram uma virada impressionante e, depois de estarem perdendo por 20/17 no segundo set, superaram Juliana Simões e Natália Silveira (PR/RJ) por 2 sets a 1 (14/21, 22/20 e 15/10), assegurando a terceira colocação.

Marcus e Guto conquistam mais uma etapa Os irmãos Marcus e Guto (RJ) seguem dominando o segundo semestre do Circuito Sub-21. Os cariocas conquistaram ontem, em Maceió, o terceiro título consecutivo na competição ao derrotar os conterrâneos Ramon e Anderson Melo por 2 sets a 0, com duplo 23/21. Desde o início do segundo semestre Circuito Sub-21 Banco do Brasil, os irmãos ainda não foram derrotados, vencendo as etapas de Salvador (BA), Aracaju (SE) e Maceió. No primeiro semestre, os filhos do ex-jogador Big foram campeões em Vitória

(ES) e Balneário Camboriú (SC). “Estamos jogando bem melhor do que no primeiro semestre”, avalia Marcus. “Ter participado da Universíade e do Campeonato Mundial Sub-21 me fez crescer bastante. Viemos muito motivados para o segundo semestre e nosso objetivo é vencer todas as etapas até o fim do ano”, comenta o mais velho da dupla. Para Guto, a boa campanha dos rivais na decisão valorizou ainda mais a conquista da dupla nas areias da Praia da Pajuçara. “A final foi um jogo muito

bom. Ramon e Anderson jogaram muito bem durante a etapa e chegaram à final sem perder nenhum set. Nós entramos bem, mas foi um jogo difícil. É o terceiro torneio seguido que vencemos e sem perder sets. Só temos que agradecer ao nosso treinador (o pai, Big), ao nosso patrocínio a o nosso projeto”, diz Guto, lembrando que Big foi para Maceió direto de Puerto Vallarta, após comandar a dupla masculina do Chile nos Jogos Pan-Americanos. Para Ramon, a apertada derrota mostra que a dupla está em evolução na reta final

da temporada. “A final foi ótima, só decidida nos detalhes mesmo. Depois da última etapa, quando ficamos em terceiro, vimos que tínhamos que melhorar e nos dedicamos muito nos treinos. O resultado apareceu e, mesmo perdendo a final, o equilíbrio que a decisão teve, mostra nossa evolução”, acredita. Na disputa de terceiro lugar da etapa alagoana, JP e Victor Pallis (RJ) superaram os paraibanos Rodrigo Andrew e Thiago Neves por 2 sets a 0, parciais de 21/14 e 22/20, para garantir a última vaga no pódio.

Torneio adulto vai começar hoje na Pajuçara Com estrelas de primeira grandeza do vôlei de praia nacional em ação desde o primeiro dia, começa hoje, às 8h (de Alagoas), a nona etapa do Circuito Banco do Brasil, em Maceió. A competição prosseguirá até domingo na arena montada na Praia da Pajuçara, em frente ao Hotel Enseada, e a entrada é gratuita em todos os dias de torneio. O primeiro dia de jogos na capital alagoana terá os jogos do qualifying, que reunirão 30 duplas em cada naipe, disputando seis vagas

femininas e seis vagas masculinas na fase principal, que começa amanhã. Entre os 120 atletas inscritos, estão alguns dos destaques do vôlei de praia brasileiro, com o catarinense Thiago, atual campeão do Circuito Banco do Brasil, que jogará com o paraibano Vitor Felipe, vice-campeão mundial Sub-21 em 2009 e 2010. Bicampeão do Circuito Banco do Brasil e do Circuito Mundial, o veterano Franco (CE), que está perto de completar 45 anos, é outra atração,

F-1

Chefe da Force India comemora GP no país Vijay Mallya, chefe da Force India, afirmou que o Grande Prêmio da Índia tem um significado especial para ele. O dirigente garante que esse será o GP mais importante da história de sua escuderia. “Com certeza, essa será nossa corrida mais importante até agora. É um final de semana muito importante para a Force India e estamos determinados em ser o mais competitivos possível”.

Mallya ainda disse que o Grande Prêmio em seu país natal é a realização de um dos seus grandes sonhos. “Estou envolvido com automobilismo há 30 anos e essa é uma das minhas grandes paixões. Eu comprei o primeiro carro do país nos anos 80 e sempre foi meu sonho que, um dia, essa bela nação sediasse um Grande Prêmio. É um momento muito significativo, estou muito orgulhoso.

BOTAFOGO Bogotá - O goleiro Jefferson foi um dos poucos que falou após a derrota do Botafogo para o Santa Fé-COL, na noite desta terça-feira. O arqueiro disse que os jogadores não podem se deixar abater pela goleada sofrida (4 x 1), e afirmou que todos devem se focar exclusivamente no Campeonato Brasileiro: “Precisamos levantar nossa cabeça, não devemos nos afetar com um resultado desse. Só que também não podemos vacilar desse jeito. Agora, o foco está voltado apenas para o Brasileiro, competição na qual estamos bem. Precisamos fazer valer nosso jogo”, disse o camisa 1. O próximo compromisso do Botafogo será no sábado, contra o Cruzeiro, no Engenhão, às 17h. No primeiro turno, o Alvinegro venceu a Raposa por 1 a 0, com gol de Loco Abreu.

ao lado do parceiro Fred (RJ) e dos paraibanos Jorge e Renatão, que, representando a República da Georgia, terminaram em quarto lugar na última edição dos Jogos Olímpicos. A paulista Cris e a amazonense Andrezza, que também disputaram os Jogos de Pequim pelo país europeu, são as líderes do ranking do qualifying no feminino. A paranaense Ágatha e a carioca Bárbara Seixas, bicampeã mundial Sub21, formam uma das duplas favoritas à classificação.

DESTAQUES Representando a nova geração, estão as cearenses Rebecca e Carolina Horta, campeãs brasileiras Sub-19 em 2010 e atuais lideres do ranking do Circuito Sub-21 Banco do Brasil. Cinco atletas com títulos nacionais na categoria Sub21 também participarão da disputa: Bárbara Seixas (RJ), Júlia Schmidt (ES), Fernanda Nunes (RJ), Amanda Maltez (RJ) e Patrícia Wink (RJ).As duplas classificadas se juntarão a outras 12 pré-definidas no torneio principal.

Taís e Sandressa estão em segundo lugar no ranking nacional do Sub-21

RECUPERAÇÃO

Meia Ganso é liberado pelo DM do Santos SÃO PAULO - Depois de 51 dias recuperando-se de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, o meia Paulo Henrique Ganso está liberado para treinar com o restante do elenco santista. Na manhã de ontem, o camisa 10 do Peixe passou por exames para saber se já está recuperado da contusão sofrida durante amistoso entre Brasil e Gana, no dia 5 de setembro, e foi aprovado. “O jogador foi submetido a exames de ressonância magnética e ultrassonografia, hoje pela manhã. Os resultados confirmaram a reabilitação do atleta, que já está liberado para treinar normalmente com o grupo”, disse Rodrigo Zogaib, médico do Santos. Apesar da liberação, ainda

não está definido se Ganso será relacionado para o jogo do próximo sábado, contra o Atlético-PR, no Pacaembu. Nesta terça-feira, o Lancenet revelou que o prazo para retorno de Ganso aos gramados gera discórdia na comissão técnica do Peixe. Profissionais do clube acreditam que o atleta deveria continuar mais tempo na transição entre fisioterapia e preparação física. Por isso, também entende-se que Ganso não deve pegar o Furacão e deveria ficar mais 20 dias fora, readquirindo sua melhor forma física e técnica, para voltar 100%. Ganso está ansioso e com vontade de jogar, mas deixa a decisão nas mãos da comissão, em quem confia para voltar na hora certa.

BRASILEIRÃO

Nova joia do Flu terá sua chance na equipe A expulsão de Leandro Euzébio, unida às lesões de Gum e Digão, abriram brecha para o garoto Elivélton ter a sua primeira oportunidade no time titular no Fluminense. Se depender da vontade, o jovem de 19 anos, criado nas categorias de base e que conta com a admiração do técnico Abel Braga, tem tudo para conquistar os tricolores. Afinal, sua fonte de inspiração tem prestígio no clube: “Eu me inspiro bastante no Thiago Silva. É um cara diferenciado. Ainda é uma grande pessoa fora de campo também”, afirmou. Desde que subiu aos profissionais, com Abel Braga, Elivélton participou em duas partidas, ambas entrando no decorrer do jogo e o Tricolor venceu Atlético-PR e Coritiba. Além de tudo, o garoto parece ser pé quente: “Tive a oportunidade de entrar em algumas partidas, fui bem e o time venceu”, lembrou. Abel já demonstrou que pode apostar na nova promessa da defesa contra o Ceará, no sábado, em Fortaleza: “Temos um menino que está sendo treinado bem, que sempre que

entrou, jogou bem. Confiamos no Elivélton”, analisou Abelão. A confiança impressiona. Com personalidade, Elivélton espera ganhar seu espaço no Fluminense e alcançar o sonho de milhões de garotos no Brasil. “Buscarei meu espaço. Espero que esse jogo traga a confiança da torcida em mim”, disse. Inspirado no Monstro Thiago Silva, como a torcida o chamava, Elivélton terá a chance de mostrar serviço. O ataque do Ceará que se cuide. Vão ter que segurar. Se depender de Abel Braga, Elivélton tem tudo para se firmar na equipe titular do Fluminense. Perguntado sobre improvisar Edinho como zagueiro, o treinador rechaçou a possibilidade e comparou o jovem defensor com o próprio Thiago Silva, a inspiração do camisa 14. “Alguém me falou para colocar o Edinho na defesa e eu falei que tinha jogador da posição (o Elivélton) e não ia improvisar de jeito nenhum. A impulsão dele é melhor do que a do Thiago Silva e a qualidade é parecida. Para mim, não será surpresa se der conta do recado”, elogiou o treinador.


O JORNAL

Turismo & Lazer A14

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: turismo@ojornal-al.com.br

ESPECIAL FEIRA DAS AMÉRICAS

Abav gera oportunidades de negócios para o turismo Evento reúne 822 expositores e mais de 23 mil profissionais visitam a feira Nide Lins Editora de Turismo

A abertura da 39ª Feira das Américas (Abav 2011), no Rio de Janeiro, foi inovadora. Coube ao coreógrafo Carlinhos de Jesus comandar o espetáculo de dança. Também subiu ao palco a apresentadora Xuxa Meneghel, que participou do cerimonial como presidente da fundação que leva o seu nome, para a adesão ao Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual Infanto-Juvenil.

Já as obras de Cândido Portinari ilustraram a abertura do 39º Congresso Brasileiro de Agências de Viagens. A atriz Camila Pitanga também prestigiou o evento, representando um dos muitos brasileiros bem-sucedidos. A abertura mais leve e cultural agradou aos empresários e secretários de turismo alagoanos que marcaram presença no evento. Eles foram unânimes: a Feira da Abav está se consagrando como espaço para encontros de

negócios entre empresários e os agentes de viagem, além de proporcionar articulações entre o público e o privado. Para o presidente da AbavAL, Carlos Palmeira, os agentes de viagens, apesar de ainda não terem a profissão regulamentada, estão vivendo um bom momento com o surgimento de novas operadoras no mercado. “As novas operadoras estão investindo nos agentes de viagens para o sucesso nos negócios. Também existem mais ofer-

tas de produtos turísticos, como o de aventura, rural, luxo, marítimo, resorts, ou seja, são novos mercados para o profissional do turismo”, disse Carlos Palmeira. Neste ano, o congresso da Abav cresceu quase 20% neste triênio. Aedição do evento, que foi realizada de 19 a 21 de outubro, teve 822 expositores, e o número de participantes foi mais de 23 mil profissionais do turismo. A associação comercializou mais 85 espaços na maior feira de turismo da América Latina.

Afrânio Lages (vice) e Carlos Palmeira (presidente da Abav) comemoram mais um sucesso da Feira das Américas

As secretárias Cláudia Paiva (Maceió), Danielle Novis (Alagoas) e Carlos Gatto (presidente da ABIH) em reunião com a TAM Viagens

Empresários alagoanos dos APLs de Turismo participaram do evento numa missão técnica do Sebrae

Frederico Lucena e Ana Cláudia (Resort Jatiúca) com Daniel Santos, da Trend Operadora Trend, na Abav

Família Maceió Mar Hotel: Guga, Cinthya, Luiz André, Adriana Vasconcelos, Milton Vasconcelos e Andrea França

Cláudia Paiva (Semptur) com os diretores do Grupo Receptivo: Alejandro, Jeane Rodrigues, Afonso Dacal, Ana Rogato e Maria Helena

Mauro Vasconcelos, Ana Paula e Carlos Eugênio, do Hotel Ponta Verde

Novidades para o verão 2012 Saldo positivo para Alagoas na Abav. Essa opinião é compartilhada pelas secretárias de turismo Danielle Novis (Alagoas) e Cláudia Pessôa (Maceió) e pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Carlos Gatto. Eles também aproveitaram a Feira das Américas (Abav 2011) para visitar as companhias aéreas e operadoras de turismo. “A Abav, além de promover os destinos turísticos do Estado, também é o espaço ideal para encontrar as operadoras turísticas e as companhias aéreas para traçar novas ações que desenvolvam o turismo alagoano”, disse a secretária da Semptur, Cláudia Pessôa. E muitas ações já começam neste final de ano: a operadora CVC colocará três voos charters semanais das cidades de Brasília, Maringá e Caxias do Sul com destino a Maceió, no período de dezembro até o Carnaval. Para 2012, a companhia aérea Avianca começará a operar com voos regulares para Maceió. De 5 de janeiro até a Páscoa, o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares vai receber voos fretados semanais da Argentina, e a companhia Trip solicitou da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a inclusão de duas novas conexões das cidades de Curitiba e Porto Alegre, com escala em Belo Horizonte, com destino a Maceió. O presidente da Abav Alagoas, Carlinhos Palmeira, ressaltou que a Feira das Américas é uma oportunidade de promover o Estado para mais de 23 mil profissionais que visitaram o evento. “Este ano, contamos com dois espaços: o institucional (destinos) e comercial (hotelaria), onde os agentes de viagens conheceram os produtos turísticos do Estado”, disse Palmeira.

Carolina Feitosa (Master Operadora) e Cláudia Pessôa (secretária da Semptur)

Djacyr Neto, Eliseu Barbosa e José Marinho, do Village Barra Hotel, divulgando o paraíso da Barra de São Miguel

Ana Vasco, Simone Santos e Natália Vasco, do Hotel Porto Praia

BASTIDORES DA ABAV BAIANAS NO SAMBA

SEQUILOS DE MARAGOGI Ricardo e Mirian Canuto, filho e mãe, no congresso da Abav

Antônio Ramos, Susana Vilanueva e Antônio Rodrigues, do Grand Oca Maragogi, promovendo o litoral norte

Ao vivo e a cores, Rita de Cássia, produtora do bolo de Goma Maragogi, mostrou aos congressistas da Abav como são feitos os doces mais queridos dos alagoanos e turistas.

DEBATE

Mulheres de sucesso no turismo: Tereza Rezende e Celeste Vangasse na Feira das Américas, no Rio

Tereza Bandeira (ABIH), Luciana Verrone (Tropicalis), Gildo Galdino (Salinas) e Glênio Cedrim (Salinas)

Para o presidente da Abav, Carlos Palmeira, a entidade deve discutir a possibilidade de a Feira das Américas voltar a ser intinerante. Mas ele alerta que para o sucesso do evento é preciso ter uma boa malha aérea, como é o caso do Rio de Janeiro e São Paulo.Existe uma esperança de que o congresso Abav, depois de 2014 , fique entre o eixo São Paulo e Rio de Janeiro.

As baianas, que sempre deixam mais belo o estande institucional da Bahia, literalmente caíram no samba. Ao som da bateria da Portela, desfilaram pelos corredores da Abav no RioCentro.

RIO ATÉ 2014 Até 2014, a Abav tem contrato com o RioCentro para a realização da Feira das Américas. O Rio de Janeiro é lindo, contudo é uma das cidades mais caras, embora a Abav busque parceria com hotelaria, o fato é que muitos agentes de viagens não tem tarifas atrativas para os profissionais.


Turismo & Lazer Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O JORNAL JORNA L

A15

| www.ojornalweb.com | e-mail: turismo@ojornal-al.com.br Fotos: Nide Lins

A praia de Garopaba é o ponto de partida para observação das baleias

Praias da Rosa e de Garopaba têm cenários completamente diferentes do nosso litoral alagoano: nada de coqueiros, muitos morros e, no mar infinito, a baleia franca, mamífero mais famoso da região Nas montanhas da praia do Rosa, o Sol nasce esplêndido

Navegando pelos mares catarinenses “Santa Catarina. Um Estado de felicidade”. Essa frase define bem o sentimento de passar alguns dias nesse belo Estado brasileiro da região Sul. Das serras ao imenso litoral catarinense há muito o que se descobrir, e alguns lugares são inspiradores, como as praias do Rosa (município de Imbituba) e de Garopaba (município de Garopaba). As praias vizinhas, distante apenas 16 km, têm cenários completamente diferentes do nosso litoral alagoano: nada de coqueiros, muitos morros e, no mar infinito, a baleia franca, mamífero mais famoso da região. Para encontrar a baleia franca é necessário se aventurar mar adentro. Mas “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”, lembre-se do poeta Fernando Pessoa. E quem se hospeda no município de Imbituba tem de acordar cedo, o céu ainda escuro, mas logo surge o sol imenso entre o mar e a montanha, e tudo é mais que perfeito. Saborear o café leve é essencial; afinal, são horas de balanço no mar, tudo para ver a baleia franca.

A baleia franca dá o ar da graça em mergulhos rápidos, aparecendo um pouco de seu corpo gigante

Da praia do Rosa para Garopaba é rápido, e a primeira parada é no Instituto de Baleia Franca, onde os biólogos explicam a importância da preservação dos gigantes dos mares, que quase foi extinto ali mesmo por causa da caça à baleia para extrair o óleo, o único combustível usado na iluminação pública até a descoberta do petróleo. A baleia franca é um animal dócil, e as fêmeas são maiores que os machos, podendo atingir 18 metros de comprimento e pesar cerca de 60 toneladas. Quando está em águas brasileiras, nem mesmo come, vive das reservas de gordura acumuladas nos meses de verão. Ao se alimentar, na Antártica, nada lentamente com a boca aberta e expõe as barbatanas internas, que funcionam como filtro ao captar o alimento próximo da superfície da água. Depois da aula sobre a espécie é chegada a hora de embarcar para observar as baleias, que geralmente são vistas em pares de mãe e filhote, avistados nadando em paralelo à costa e, muitas vezes, expon-

do a enorme nadadeira peitoral ou a cauda, ou dando impressionantes saltos fora da água. O mais emocionante é que a exibição vem acompanhada de som; dá até para imaginar que estão dando boas-vindas. Na realidade, é tudo muito rápido, mas as baleias agora iluminam nossos olhos sem serem alvo de pesca predatória, mas, sim, para apreciar. A temporada reprodutiva das baleias francas no Brasil é de julho a novembro, mas o melhor período para observação na principal área de concentração, a APA da Baleia Franca, é entre a segunda quinzena de agosto e a primeira quinzena de outubro, quando um maior número de francas costuma estar na região, permanecendo por vários dias nas enseadas. No retorno da aventura no mar, deve-se apenas apreciar a Igreja Matriz, construída com óleo de baleia e as milhares de aves à espera dos barcos e peixes. O nome “Garopaba” é indígena e significa, em guarani, “barco, embarcação, canoa”.

Loja da Mormaii, a moda do surf Nesse pequeno paraíso Garopaba estão localizadas uma fábrica, uma loja e uma cafeteria chamadas Mormaii. Aempresa surgiu em 1975, um ano depois da chegada do médico Marco Aurélio Raymundo (Morongo) a Garopaba. O propósito de sua criação era simples: solucionar um problema para o surf. E conseguiu. Desde então, as wetsuits se tornaram indispensáveis para os surfistas curtirem as ondas durante o ano todo. Em seguida, a Mormaii também atendeu os esportistas de mergulho, triatlo, windsurf, bodyboard entre outros, com designs exclusivos. Na loja Mormaii em Garopaba há alguns artigos em promoção. Em anexo, o Surf Bar Mormaii com lanches rápidos, saladas, açaí, sanduíches, sobremesas, cafés... Uma boa opção para conhecer e abastecer as energias.

MUITO VERDE -A praia do Rosa em Imbituba é charmosa, cercada de verde, e no verão, como dizem os mais jovens, “bomba” com os mais variados restaurantes, que não funcionam no inverno. Apraia é reduto de surfistas do Sul e Sudeste do Brasil. Mesmo para aqueles que não sabem pegar onda, há escolas de surf que podem ensinar. O mês de julho é conhecido por ter ondas maiores, mas nessa época recomenda-se usar roupa de borracha, porque a água é fria. O período mais indicado na praia do Rosa é o verão. Assistir ao nascer do Sol é um espetáculo à parte e para os amantes do surf o lugar é o Éden. A jornalista Nide Lins viajou a convite da MASTER OPERADORA (www.master-mcz.com.br) e da CERETUR – Representações, Operadora, Projetos. Site: www.ceretur.com.br Mais informações: (82) 3216-2000


Turismo & Lazer

O JORNAL JORNA L

A16

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: turismo@ojornal-al.com.br

Embarque nidelins@uol.com.br

FESTIVAL EM PENEDO A cidade histórica de Penedo, distante 160 km de Maceió, realiza a 4ª edição do Festival Gastronômico do Baixo São Francisco, no período de 28 a 30 de outubro. O evento tem o objetivo de potencializar, qualificar e diversificar a oferta gastronômica da região, fomentando o desenvolvimento sustentável através do resgate dos elementos da culinária ribeirinha. A principal atração gastronômica é jacarezada gigante, que serve até mil pessoas, a partir de uma receita da culinária ribeirinha do Velho Chico, assinada pelo chef Márcio Moreira Santos. Consta ainda da programação o lançamento do roteiro gastronômico baseado na carne de jacaré, com a participação de oito restaurantes locais, e apoio de professores de diferentes áreas do conhecimento da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), envolvendo os cursos de Turismo, Engenharia de Pesca, Nutrição e Agronomia. Há também exposição e vendas de pratos, apresentações musicais e artísticas, projeções audiovisuais, corrida de garçons, oficinas de formação profissional, feira de produtos de artesanato da agricultura familiar, mostra de fornecedores do ramo e etapa classificatória do Festival Universitário de Música da Ufal. A iniciativa do evento é do curso de Turismo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), por meio do Laboratório de Gestão de Alimentos e Bebidas, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e Way Turismo e Consultoria.

Polvo servido com seu próprio consomê, purê de cará, caramelo de especiarias (caramelo e erva doce) e flores comestíveis

MAIS FESTIVAL Após quatro edições nacionais, a nova diretoria da Associação de Bares e Restaurantes de Alagoas Abrasel/AL - decidiu incluir no cronograma de atividades da entidade um dos maiores e mais importantes eventos de gastronomia do País, o Festival Bar em Bar, que acontece simultaneamente em todo o Brasil entre os dias 3 de novembro e 4 de dezembro.

CAÇAROLA DE SABORES

PREÇO PROMOCIONAL

Four Bistrot também tem pratos executivos e uma releitura do camarão do Bar das Ostras

O Bar em Bar, considerado um marco na vida boêmia das cidades que participam do evento, tem como objetivo reunir estabelecimentos de todos os estados brasileiros com foco na valorização desse segmento que é, sem dúvida, uma das grandes paixões nacionais. Durante um mês, os 1.200 bares e restaurantes participantes do festival em 91 cidades do País, oferecerão aos consumidores um petisco que melhor representa a especialidade da casa a um preço promocional de R$ 10,00.

A primavera do chef Thiago Maia

Nide Lins

GRÁTIS

Editora de Turismo

Um dos diferenciais para atrair mais consumidores a conhecer o Bar em Bar é a Rota de Bar em Bar, onde o cliente que consumir o petisco em cinco estabelecimentos diferentes, e preencher a cartelinha da Rota de Bar em Bar, levará o sexto petisco inteiramente grátis, no estabelecimento que ele escolher, entre os visitados.

40 RESTAURANTES Em Alagoas, 40 bares e restaurantes das cidades de Maceió, Paripueira, Barra Nova e Arapiraca estarão participando deste evento que promete movimentar ainda mais o circuito gastronômico da nossa terra e apresentar aos nossos consumidores a diversidade culinária que nosso estado tem.

ACESSIBILIDADE Apesar de o Brasil ter mais de 28 milhões de pessoas com deficiência, hotéis, meios de transporte e pontos turísticos nacionais não estão preparados para receber esse público. Esses e outros dados foram divulgados na oficina "Adaptabilidade: um viajante diferenciado. Recomendações práticas para hotéis, atrações e companhias aéreas", ministrada por Ricardo Shimosakai, do blog Turismo Adaptad no congresso da Abav.

POUCO EXPLORADO "Esse número é equivalente a 1 bilhão de pessoas deficientes no mundo. É um nicho pouco explorado no País, mas que precisa ser levado em consideração o quanto antes, nem que seja somente voltado para o empreendedorismo", alertou Ricardo, que é cadeirante e já viajou para muitos países. A informação é o maior presente nesse nicho de mercado, mesmo porque, às vezes, nem o próprio deficiente sabe como utilizar a acessibilidade oferecida pelos poucos hotéis nacionais. Segundo Ricardo, é complicado se sentir seguro num País em que o selo de acessibilidade é usado de forma errada. "Já vi hotéis com o selo sem uma cadeira de banho ou com profissionais orientados a não mexer nos móveis, pensando nos cegos. Sem falar que quando um hotel tem quarto adaptado é somente um", contou.

BASTIDORES

O alagoano de coração Átila Borges vai inaugurar, em breve, mais uma loja da operadora TAM Viagens.

Em Alagoas ou em qualquer Estado nordestino, apenas duas estações são bem definidas: o inverno, ameno, e o verão. Mas, se depender do chef Thiago Maia, é possível viver e sentir as quatro estações do ano. E, para a primavera, o nosso chef criou o menu degustação, com quatro pratos, no qual as flores estão presentes não apenas para enfeitar, mas, sim, para serem saboreadas, sem medo. O menu degustação primavera é a proposta do Four (estações) Bistrot, comandado pelo chef Thiago Maia, apenas para o jantar, porque para o almoço os pratos executivos, a exemplo do tradicional filé à parmegiana até saladas de mix de folhas verdes com tomate seco, tomate cereja e legumes levemente passados na manteiga, são ótimas sugestões de refeição honesta e deliciosa. Mas, voltando aos sabores da primavera, o menu degustação é composto de uma entrada, dois pratos principais e sobremesa. Um dos destaques é o polvo cozido à baixa temperatura, servido com seu próprio consomê, purê de cará, caramelo de especiarias (caramelo e erva-doce) e flores. Na receita do polvo predomina a neutralidade dos temperos realçando o sabor do fruto do mar. Já o caramelo em formato de hóstia dá um tom doce ao prato. O consomê é o próprio caldo do polvo, também leve nos temperos, mas adicionando fios de azeite, o que combina muito bem. Quem está acostumado a receitas condimentadas pode estranhar o sabor leve. Leveza nos temperos é a proposta do chef Thiago, que aposta no sabor natural dos alimentos. O polvo é um dos pratos principais do menu da primavera, que começa pela entrada de panqueca aberta de cogumelos com queijo Gruyerè. O segundo prato principal é o cordeiro servido com Ratatouille Sertanejo e chantilly de foie gras. O mais curioso é o chantilly de foie gras (fígado de pato). Para o sucesso da receita o chef Thiago Maia estudou a técnica abordada no livro “Herança culinária e as bases da gastronomia molecular” de Hervé This, o químico francês que levou a cozinha para o laboratório. A sobremesa cestinha com creme patissier, figos e baba de moça também segue a linha de leveza dos doces da primavera.

Thiago Maia apostou na releitura do camarão do Bar das Ostras e salteou o camarão no alho e azeite

Releitura do Camarão do Bar das Ostras

Creme Patissier, figos e baba de moça: a leveza dos doces

Desde que o camarão do Bar das Ostras virou o primeiro registro do patrimônio cultural imaterial do Estado, os chefs começaram a adotar a receita da comadre Oscarlina nas suas cozinhas. Um detalhe importante: os chefs podem seguir a receita à risca ou, então, fazer uma releitura. A opção do chef Thiago é a releitura. Em vez de serem adicionados ao molho, os camarões são salteados no azeite. Além disso, ele usa molho de tomate criado por ele. A farinha usada no preparo da farofa também não é a quebradinha, é a fina. O resultado é bom, mas, como toda releitura, a receita ganha um sabor diferente do criado pela comadre Oscarlina. No mais, o sorvete alagoano, criação do chef Thiago Maia, continua fazendo o maior sucesso. São duas bolas de sorvete de tapioca com cobertura de licor de cana-de-açúcar (tem no Bompreço) com pedacinhos de sequilhos de Maragogi. Rota do Four

Chef Thiago cria menu degustação inspirado nas estações

Preços: almoço - de R$ 20,00 a R$ 29,00 (de segunda a domingo). Menu degustação (jantar) nas quintas, sextas e sábados. Valor: R$ 79,00 por pessoa Rua Prefeito Abdon Arroxelas, 214-A Ponta Verde - Telefone: 4141-1004.


O JORNA L JORNAL

Dois Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

B1

No tempo das

avós Escritora resgata palavras, expressões, hábitos e até modos cotidianos que caíram em desuso no dia a dia do homem popular; “Minidicionário da vovó” será lançado, amanhã, na Bienal do Livro de Alagoas Alessandra Vieira Editora de Cultura

T

udo começou com uma pergunta. Vovó qual o significado desta frase? E o questionamento da neta levou a escritora Maria Soares de Souza a escrever o “Minidicionário da vovó”, livro que resgatou dizeres populares há muito adormecidos. Lançado na Bienal de 2007, o livro – de fabricação artesanal – teve boa aceitação do público, tanto que, este ano, Maria resolveu lançar uma segunda edição revisada e ampliada. “Depois do primeiro lançamento, recebi vários incentivos de amigos para continuar com as pesquisas. Então passei a registrar tudo o que lembrava e ouvia, mantendo sempre a linguagem regional”, contou Maria a O JORNAL. “Minidicionário da vovó” deslumbra pela singeleza com que apresenta verdadeiros tesouros da língua popular das gentes alagoana e nordestina. São palavras, expressões, hábitos e até modos cotidianos que caíram em desuso ou que sofreram mutações no linguajar do homem do povo. “Escrevo alguns momentos vividos durante minha infância e adolescência aqui em Maceió, lembrando a cultura popular, as festas de Natal, cinemas, histórias contadas através da realidade e experiência, que são verdadeiras lições”, diz Maria. Segundo a museóloga Célia Regina, o livro de Maria pode ser definido como uma obra audaciosa, que tem por meta final preservar a identidade dos falares ala-

goanos. “Sua leitura é imprescindível para os jovens compreenderem o significado deste idioma alagoanês, nordestinês e brasileiro, com o qual convivem no confronto cotidiano das gerações, e também para aqueles que conhecem a língua como um traço cultural mais importante no contexto socioantropológico”, comenta. O livro “Minidicionário da vovó” pode parecer, para alguns, um tanto saudosista, no entanto, em tempos em que termos como clicar, twittar, re-twittar e bloggar são verbos conjugados por grande parte da população, pode até ser saudável parar e vislumbrar um passado onde se “abria liberdade no cabelo”; se usava “manga cheque-cheque”; o sabonete da hora era o “Vale quanto pesa” ou o “Layfe-boy”; os remédios receitados pela vizinha era a “pílula de vida do Dr. Ross” (para vermes), o “elixir 914” (para tratamento de sífilis) e o “azeite de carrapato” (para limpar o intestino); e entre os utensílios da casa não podia faltar o “aguidá de barro” (tigela de barro para lavar os pratos ou roupas); o biscuim (decoração de móvel da sala ou do centro); o “bule de ágata azul ou verde”; o “cumbuco” (pote para colocar sal); o “pitisqueiro” (objeto para colocar objetos de cozinha); ou a “radiola” (aparelho para tocar disco de vinil).

Maria Soares de Souza registra tudo o que ouve e lembra resgatando dizeres populares há muito adormecidos

Sobre a escola Em “Minidicionário da vovó”, a escritora também pondera sobre hábitos costumeiros dos tempos das avós. “No grupo escolar se escrevia bastante, da hora que chegava até a hora de sair, copiando tudo o que a professora escrevia no quadro negro. O Ponto era uma anotação com perguntas e respostas para o aluno decorar e ser perguntado no outro dia, um verdadeiro questionário. (...) Para ir ao banheiro, se dizia ‘vou fora’. Para isso, existia uma pedra, um seixo para controlar a ida e a volta dos alunos para a sala de aula. Só poderia ‘ir fora’ uma vez ao dia, pois o recreio seria também para fazer as necessidades, (...) O sino tocava e todos voltavam para a sala de aula – sempre suados. Chegando, tinham que baixar a cabeça na banca durante quinze minutos para descansar antes de recomeçar a aula. Nas bancas sentavam de dois em dois, pois a carteira não era individual; menina ficava com menina e menino ficava com menino. Como era diferente!”. Maria também se pergunta “para onde foi esse tempo?” e resolve listar “algumas ocu-

pações que deixamos de lado” graças à tecnologia, tais como: “aprender datilografia”; “descongelar a geladeira”; “escrever carta para receber e enviar notícias”; “esquentar comida no fogão”; “passar telegrama devido a uma notícia urgente”. Os cinemas de rua de Maceió também mereceram um capítulo na obra de Maria. Na época da vovó havia os cines Colonial (o poeirinha), Ideal, Glória, Lux, Royal e Rex. “Nesses cinemas sempre tinha: matinal pela manhã; matinê à tarde e suarê à noite. (...) Às vezes, ao chegar à bilheteria, esta já se encontrava fechada com uma plaquinha escrito: ‘lotação esgotada’. Então, ficávamos esperando a

segunda sessão (...) Os pais tinham o maior cuidado para os filhos não assistirem a filmes impróprios. Era cuidado demais!”. PARTICIPE - Maria ainda pretende fazer uma terceira edição do livro. Só que esse será com a participação dos internautas. Então, se você tem aquela palavra ou expressão guardada lá no “arco da velha” (olha Maria, essa foi a minha colaboração) mande para minidicionariodavovo@gmail.com. Vá lá: A segunda edição do “Minidicionário da vovó”, de Maria Soares de Souza, será lançada amanhã, às 19h30, na Bienal do Livro de Alagoas.

NO MINIDICIONÁRIO AINDA TEM Abufelar: agarrar; segurar com força Acunhar: colocar uma cunha (para apertar) Basculhante: basculante; vitrô; janela Boço e gibeira: alibeira; bolso ou bolsa pequena colocada na frente da calça Cara de um fucinho do outro: pessoas quando são muito parecidas Coisas de carregação: objetos ou costura malfeitas Tisgo de fome: pessoa quando está com muita fome Vai de Duque: pessoa acompanhada com alguém Xiringar: lançar jato Zimboleu: jogado fora; andar pela rua só


Variedades

O JORNAL JORNA L

B2

Roteiro

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

| www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Artes plásticas Música Teatro Dança Cinema Horóscopo Artesanato

alessandra@ojornal-al.com.br

Hoje

n O próximo espetáculo do projeto Quinta no Arena, em sua

sétima edição, trará ao palco do Teatro de Arena Sérgio Cardoso (anexo ao Teatro Deodoro - Centro de Maceió) história de pescador e muitas outras história de quem freqüenta e trabalha no Mercado da Produção, em Maceió. "Mercado-Rei", do Em-Cena-Ação: Grupo de Pesquisa em Artes Cênicas, será apresentado nesta e na próxima quinta-feira, sempre às 19h. No elenco, Bruno Alves, Vivian Aranda, Nathaly Pereira, Ticiane Simões, Geuves Thiago e Jafé Igor Vasconcelos. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Mais informações: (82) 3315-5665 / 5656.

n O cinema será destaque a partir de hoje com a 2ª Mostra Sururu de Cinema Alagoano que acontece até o próximo dia 30, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas (em frente à praça Sinimbu, no Centro de Maceió). Na "tela", mesas-redondas, palestras, exibição dos 15 filmes alagoanos selecionados no Centro Cultural SESI, entre outros. Todas as atividades da mostra terão entrada franca. Mais informações: http://abdc-al.blogspot.com.

n A escritora e poetisa Arlene Miranda lança o livro "Um novo

amanhecer", às 19h30, no Jaraguá Tênis Clube (Av. Com. Leão, em Jaraguá-Maceió). Arlene Miranda também é jornalista e membro da Academia Maceioense de Letras. Mais informações: aa-assis@ig.com.br.

Amanhã n O sucesso de crítica e público "Antes da coisa toda começar" chega a Maceió com o patrocínio da Petrobras. A montagem dirigida por Paulo de Moraes, faz curta temporada no Teatro Deodoro (Centro), nos dias 28 e 29 de outubro, às 21h, e 30 de outubro, às 20h. No palco, entre os impasses da vida e da morte, a plateia confere curiosas tentativas de não se acomodar diante das regras do mundo. Em cena, os atores (Thales Coutinho, Patrícia Selonk e Rosana Stavis) executam a trilha sonora sob direção musical de Ricco Viana, que integra a banda ao vivo. Indicado ao Prêmio Shell de Melhor Iluminação e ao Prêmio APTR de Melhor Espetáculo, Melhor Autor, Melhor Cenografia e Melhor Iluminação, o espetáculo, que alia humor cáustico a doses impactantes de boa música, traz uma novidade. A classe artística alagoana terá ingresso a preço promocional de R$ 10. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (estudante) à venda na bilheteria do teatro. Mais informações: (82) 3315-5665.

Horóscopo ÁRIES (20 mar. a 20 abr.) Tudo dependerá de suas próprias ações neste dia. Há favorabilidades e desfavorabilidades ao mesmo tempo. Evite atritos com pessoas desconhecidas seja qual for o motivo. Dia bom para passeios.

LEÃO (22 jul. a 22 ago.)

www.omarcardoso.com.br

TOURO (21 abr. a 20 mai.) Muito boa influência para tratar de negócios e assuntos pendentes, para melhorar sua capacidade profissional e para iniciar tratamento de saúde. A vida amorosa necessita de paz e compreensão e o lar também. Ascensão material.

VIRGEM (23 ago. a 22 set.)

Com energia mental e com otimismo, realizará muito neste dia, principalmente no que possa contar com a colaboração de pessoas mais velhas e amigas. Não faça promessas. Bom dia para passeios com amigos.

Influxos excepcionalmente benéficos para a sua vida em conjunto com outras pessoas e no trabalho. Evite a precipitação e os gastos supérfluos. Procure valer-se deste dia para promover a sua elevação em todos os sentidos.

SAGITÁRIO (22 nov. a 21 dez.)

CAPRICÓRNIO (22 dez. a 20 jan.)

A influência astral lhe propicia felizes contatos com os pais, filhos, parentes e com pessoas de sua alta estima. Procure também, levar a paz aos mais necessitados, lhes transmitindo mais otimismo e confiança.

Disposição tranquila e excelente estado mental para entabular novas coisas visando sua melhora geral. A elevação da personalidade será o ponto máximo de seu sucesso. Melhora da saúde, mas não descuide.

GÊMEOS (21 mai. a 20 jun.) Uma fase difícil, em que deverá agir com muita cautela, otimismo, inteligência e vivacidade, para que tudo saia a seu modo. Tome cuidado com os inimigos declarados e cuide da saúde. Neutro no amor.

LIBRA (23 set. a 22 out.) Dia em que sua inteligência se elevará devido ao bom fluxo dos astros sobre seu signo. Contudo, procure compreender melhor seus colegas de trabalho bem como os familiares e a pessoa querida.

AQUÁRIO (21 jan. a 20 fev.)

Reveja suas disponibilidades financeiras e faça algum bom investimento se puder. Êxito no campo profissional, social e nos negócios comerciais que realizar. Muito bom ao amor, viagens e a loteria.

CÂNCER (21 jun. a 21 jul.) Dia de influências favoráveis para novos empreendimentos, principalmente imobiliários. Ótimo para os estudos. Cuide melhor de sua saúde. Viagem crítica, bom para o amor.

ESCORPIÃO (23 out. a 21 nov.) Pense positivamente e não se intimide diante das dificuldades que terá, hoje. Aja conscientemente, que conseguirá resolver todos os seus problemas mais sérios. Êxito romântico.

PEIXES (21 fev. a 20 mar.)

Notícias e novidades com maior interesse podem surgir no final deste dia. Ao tratar de negócios com outras pessoas, saiba avaliar suas possibilidades e as dos outros. Até depois de amanhã, algo poderá dar muito lucro. Quanto ao amor, excelente.


Variedades

O JORNAL JORNA L

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Livros da escritora Ruth Quintella serão lançados na noite de hoje

PINCÉIS

Um bom pincel pode fazer toda a diferença na hora da produção. Saiba quais as vantagens de cada um: Base: espesso e achatado, é indicado para texturas líquidas e cremosas. Depois da aplicação, uniformize a cor com uma esponja; Pó: é grosso, encorpado e bastante macio. Ajuda a deixar a pele aveludada e deve ser usado em movimentos circulares; Blush: tem formato semelhante ao pincel de pó, mas é menor. Evita que o produto se acumule, o que dá um ar natural ao make; Esponja: a ponta feita de espuma facilita a aplicação de sombras em pó. Use apenas para colocar a maquiagem nos olhos; Pincel para esfumar: é farto em cerdas, todas bem curtas. É ideal para aplicar, mesclar e produzir o efeito esfumado nas sombras; Chanfrado: tem cerdas firmes em diagonal. Serve para passar sombras molhadas e fazer traços, além de delinear as sobrancelhas; Leque: o formato é o de uma vassourinha. Ajuda a remover resíduos de sombras e pós que caem sobre a pele já feita. E Boca: pequeno, tem as cerdas mais duras, porém maleáveis. Define o contorno dos lábios e facilita a dosagem da cor.

Alessandra Vieira

Elô Baêta Repórter

By Chico Brandão

A bela empresária Elizabeth Guedes, um grande valor na gastronomia de nosso Estado, sempre presente aos acontecimentos chics da cidade

Up to date ALAGOAS EM DESTAQUE

Alagoas e seus atrativos turísticos são, mais uma vez, destaque na conceituada revista Le Lis Blanc. A edição de outubro de 2011 trouxe em 28 páginas um espacial sobre turismo em Alagoas, com o título “Divina Riqueza Alagoana”, o texto é de Fávia Perin e as fotos de Romulo Fialdini.

ALMA DE BORRACHA

A banda Alma de Borracha volta a ser destaque na programação do Engenho Massayó na próxima sexta, 28. Com repertório inspirado nas maiores bandas dos anos 60, 70 e 80, a turma promete agitar quem quiser curtir um som de qualidade. A programação tem início às 21h.

FREIRINHA

Depois da febre do deco-

te V superprofundo, a novidade fica por conta da comportada – e até então masculina - camisa com a gola fechada até o último botão. A tendência invadiu as passarelas e os eventos fashions mais concorridos do mundo.

QI

A pontuação de QI sempre foi usada para revelar a inteligência de uma pessoa. Os números determinavam se alguém era gênio, inteligente, ou alguém de capacidade mediana. Porém, uma pesquisa mostrou que essa pontuação não é definitiva. Com o passar do tempo, os valores podem sofrer alteração. O estudo foi feito por pesquisadores da University College London. Foram feitos os testes de QI e, quatro anos depois, o procedimento foi repetido. Neste período, alguns alunos ganharam até 20 pontos no QI.

Quer saber

1

O Divina Gula abre suas portas para receber o Divino Jazz, projeto apreciado pelos amantes da boa música. Idealizado por André Generoso, o Divino Jazz já tem público garantido todas as quintasfeiras, a partir das 20h. Hoje, a atração será o som alagoano do Trio Cai Dentro.

2

Quinze filmes alagoanos irão integrar a 2ª Mostra Sururu de Cinema Alagoano, que começa hoje e prossegue até 30 de outubro. Os filmes foram selecionados no Centro Cultural Sesi e serão exibidos no Espaço Cultural Linda Mascarenhas. Detalhe: com entrada franca. Boa oportunidade para conhecer a produção dos cineastas locais.

3

Presente nos principais eventos de beleza e hair style do mundo, Mônica e Napoleão Casado participarão da final do International Trend Vision Award 2011, que acontece no dia 30 de outubro, em Nova York, no PIER 92/94.

B3

| www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Entre os escritores, é unânime o pensamento: "Para ser um bom leitor, o hábito de ler tem de ser cultivado desde a infância". A afirmação não é apenas uma epopéia aos livros amparada por literatos ou por homens, e mulheres, e jovens, de "penas" eloquentes para a prosa, para os versos e rimas, para o discurso escrito. Tal pensar tem na escritora Ruth Quintela prova incontestável. A alagoana que foi apresentada aos livros aos quatro anos de idade, mas não se contentou em apenas apreciá-los com sua leitura. Escrever sobre as coisas de criança e dialogar com os adolescentes com a linguagem dos contos e poemas lhe deram a singularidade de ícone da literatura infantil - com a marca de, com seus desenhos, ilustrar suas próprias obras - e disseminadora do prazer proporcionado pela leitura. Com dez livros já publicados, Ruth se mostra incansável. Desde que lançou "Gogó da ema" - em 1994 -, não parou mais. Declarando a O JORNAL já ter passado "dos oitenta anos de vida e prestes a chegar aos 90", a também professora e boa contadora de histórias continua em plena atividade. Que o digam os infantis "Tiu...Tiu...Tiu...", "Abela bruxa Lilita" e "Uma ema sabida", além dos contos adulto-adolescentes de "Ao longo dos dias". Quatro mais recentes livros da escritora que serão lançados na noite de hoje, no estande da Braskem na Bienal de Alagoas.

SALA AUDÁLIO DANTAS 10h - Palestra: "O Pré-Sal e seus desafios" Marcos Gonçalves (Petrobras - AL) 14h às 15h30 - Palestra: "A Utilização das Mídias Sociais no Ambiente Educacional" Dalgoberto Miquilino Pinho Jr. 16h - Palestra: "O Pré-Sal e seus desafios" Marcos Gonçalves (Petrobras - AL) 19h - Mesa Redonda: "Literatura, memória e globalização" - Presenças Internacionais: Simonetta Agnello, Giancarlo De Cataldo, Giorgio De Marchis

Os empresários estão entre os 40 VIPs brasileiros convidados pela Wella para conferir a final do concurso mundial.

TV ABERTA

4

TV ALAGOAS

A organização WikiLeaks, que publicou milhares de documentos comprometedores de governos do mundo todo, anunciou que deixará de funcionar por falta de financiamento. O WikiLeaks destacou que suspende a divulgação de documentos secretos oficiais devido ao “bloqueio arbitrário e ilegal” feito por empresas americanas, que dificultaram o acesso a fontes de financiamento. Agora, o site se concentrará em arrecadar fundos.

5

O anestesista Fabiano Timbó lança amanhã, às 19h, o livro Como escrever artigos científicos na área da saúde? O lançamento será durante a V Bienal Internacional do Livro de Alagoas, no Café Literário da Editora da Universidade Federal de Alagoas, que está acontecendo no Centro de Convenções, em Jaraguá.

TOPNEWS@OJORNAL-AL.COM.BR

Canal 5

05h30 - Igreja Quadrangular 06h00 - Jornal do SBT - Manhã 07h00 - Igreja Universal 08h00 - Carrossel Animado com Patati Patatá 09h30 - Bom Dia & Cia 10h00 - Igreja Mundial 12h00 - Plantão Alagoas 13h35 - Igreja Universal 14h15 - Amigas e Rivais 15h10 - Cristal 16h00 - Marimar 17h00 - Casos de Família 18h00 - Chaves II 18h40 - SBT Brasil 19h15 - Arnold 20h15 - Aventura Selvagem 20h30 - Horário Reservado ao PSC 20h40 - Aventura Selvagem - Continuação 21h15 - Programa do Ratinho 22h15 - Amor e Revolução 23h00 - A Praça É Nossa 00h30 - Jornal do SBT - Noite 01h15 - Dois Homens e Meio Two And A Half Men 02h00 - Tele Seriados I Série: Chuck 03h00 - Giro da Noticia 05h29 - Encerramento da Programação

Quatro Amigas e um Jeans Viajante (Globo, 15h55) The Sisterhood of the Traveling Pants, de Ken Kwapis. Com Amber Tamblyn, Alexis Bledel e America Ferrera. Brasil, 2005, cor, 119 min. A emissora não divulgou a classificação etária. Drama - Nascidas no mesmo mês, quatro moças crescem juntas e viram grandes amigas. Agora, aos 16 anos, estão prestes a se separar pela primeira vez. Mas, antes, elas encontram uma calca jeans que, estranhamente, cai bem em todas, mesmo tendo físicos diferentes. As amigas decidem comprá-la e iniciar uma irmandade em torno dela, definindo regras segundo as quais cada amiga usa o jeans mágico por uma semana.

NOVELAS A VIDA DA GENTE Rede Globo - 18h

Manuela comenta com Maria que pretende chamar Rodrigo para administrar o negócio. Laudelino afirma a Wilson que não pode emprestar dinheiro para a neta de Iná. Vivi aconselha Cris a ser carinhosa com o marido para manter o casamento. Laudelino revela a Iná que não poderá emprestar dinheiro para Maria e Manuela. Manuela leva Júlia para a casa da avó. Jonas resolve entrar em uma academia e Cris se surpreende. Iná termina o namoro com Laudelino.

AQUELE BEIJO Rede Globo - 19h15 Ruth Quintella escreve sobre as coisas de criança e dialoga com os adolescentes com a linguagem dos contos e poemas

DESTAQUES - Se o destaque do primeiro é o galo felizardo, apresentado com poucas palavras e muitas ilustrações como reza a cartilha de leitura atraente para a educação infantil; e do segundo, a bruxa não de todo mau Lilita, que pensa ser bela e tem no balão mágico companheiro tão fiel quanto sua vassoura do segundo. É em "Uma ema sabida", quase humana, que pensa como gente, come como gente, vive como gente, se comporta como gente, onde está um detalhe tão curioso quanto inédito na caminhada de Ruth. No livro, as tradicionais ilustrações assinadas pela escritora deram lugar as do jovem estudante de Arte do Senac Jefferson Henrique Sales. E ele fala a O JORNAL sobre a experiência, para ele, também inédita. "Para

mim foi uma honra e, ao mesmo tempo, uma surpresa receber o convite de uma escritora como a Ruth Quintela para que ilustrasse seu livro sobre a ema sabida. Um verdadeiro desafio. Foram 12 desenhos em apenas uma semana, onde fiz questão de fazer apenas o contorno da face da ema para que o personagem possa entrar livre no imaginário das crianças. Foi minha primeira experiência profissional e, sem dúvida, o pontapé inicial, o estímulo, para que eu possa seguir em frente nesse universo das ilustrações", disse o estudante, de 24 anos. Vá lá: Os livros de Ruth Quintella, "Tiu...Tiu...Tiu...", "A bela bruxa Lilita", "Uma ema sabida" e "Ao longo dos dias" serão lançados hoje, às 19h, no estande da Braskem da V Bienal Internacional do Livro de Alagoas.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE HOJE AUDITÓRIO 10h às 13h - PROLER Encerramento - Painel: "Lei nº 12.244 - Universalização das bibliotecas escolares no Brasil" - Francisca Rosaline L. Mota e Cícero Péricles 14h às 17h - Palestra "Nossa Língua Portuguesa - Uma Conversa Com o Prof. Pasquale" - Prof. Pasquale Cipro Neto Auditório A: 19h às 21h - Palestra: "Ações culturais com jovens em comunidade de risco" - Licurgo Spinola Auditório B: 19h às 22h - Painel Literário SESC- A nova literatura é uma literatura nova? - Marcelino Freire, autores do Prêmio SESC de Literatura e convidados Mediação de Joelma Rodrigues e Maria José Duarte

FILMES NA TV

SALA LUITGARDE BARROS 10h às 13h - Oficina: "Conte uma História: O Lúdico na Literatura Infantil" - Marize Sarmento e Maria Isabel Barbosa Fernandes (35 vagas) 16h às 18h - Mesa Redonda: "Sertão, República e Nação: Uma Chave de Leitura para a Ação 'Civilizadora' de Delmiro Gouveia na Vila da Pedra" - Elcio Verçosa, Elcio Verçosa Filho e Edivaldo F. do Nascimento (50 pessoas) SALA JOSÉ MARQUES DE MELO Oficina de Inclusão: (para pessoas com deficiência mental e múltiplas) 9h30 às 10h30 - "A baratinha" (60 vagas) 11h às 12h30 - "A cigarra e a formiguinha" (60 vagas) Oficina de Inclusão (para pessoas com deficiência mental e múltiplas) 14h às 15h30 - "A baratinha" (60 vagas) 16h às 18h - "A cigarra e a formiguinha" (60 vagas) SALA MANOEL CORREIA DE ANDRADE Oficina: "Música e Dança na Educação Infantil" - Cleriston Izidro dos Anjos e Gicelma de Oliveira Cavalcante 10h às 12h - Módulo I 14h às 18h - Módulo II (40 vagas) SALA LÊDO IVO 10h às 13h - Oficina: "Entre a Lei e a Prática: subsídios para trabalhar a questão racial no

TV GAZETA

Canal 7

04h57 - Sagrado 05h00 - Telecursos 06h05 - Globo Rural 06h30 - Bom Dia Alagoas* 07h30 - Bom Dia Brasil 08h30 - Mais Você 09h55 - Bem Estar 10h40 - TV Globinho 12h05 - AL TV - 1ª Edição** 12h50 - Globo Esporte 13h20 - Jornal Hoje 13h50 - Vídeo Show 14h45 - Vale a Pena Ver de Novo Mulheres de Areia 15h55 - Sessão da Tarde Filme: Quatro Amigas e um Jeans Viajante (Exibição em HD) *** 17h50 - Globo Notícia 17h53 - Malhação 18h25 - A Vida da Gente 19h15 - AL TV - 2ª Edição 19h30 - Programa Político Partidário 19h40 - Jornal Nacional 20h30 - Aquele Beijo 21h30 - Fina Estampa 22h45 - A Grande Família 23h30 - O Astro 00h15 - Hipertensão 01h00 - Jornal da Globo 01h35 - Programa do Jô 03h00 - Prison Break 03h50 - Corujão

espaço da escola" - Nanci Helena Rebouças Franco (30 vagas) 16h às 17h - Palestra: "A ironia na ficção de Graciliano Ramos." - Neide Medeiros Santos 17h às 18h - Palestra: "A história literária e cultural de Palmeira dos Índios" - Isvânia Marques SALA NISE DA SILVEIRA 10h às 12h30 - Bate-papo com autores 14h às 18h30 - Bate-papo com autores PALCO "LIVRO ABERTO" 10h às 11h, das 14h às 15h e das 15h30 às 16h30 - Leitura com Letras Sonoras 17h às 18h30 - Lançamentos de livros OFICINA DO ESCRITOR 10h às 22h - De pesquisa em pesquisa descubro o mundo - Visita orientada aos processos de funcionamento de uma biblioteca até a descoberta da escrita CAFÉ LITERÁRIO 19h - Lançamento coletivo de autores da Edufal

EDUCATIVA

Canal 3

04h50 - Salto Para o Futuro 05h50 - Telecurso Ensino Médio 06h05 - Telecurso Ensino Fundamental 06h20 - Telecurso Tecendo o Saber 06h50 - Jornal Visual 07h00 - Repórter Brasil 07h45 - Cocoricó 08h00 - Thomas e Seus Amigos 08h30 - Castelo Ra Tim Bum 09h00 - Um Menino Muito Maluquinho 09h30 - Janela Janelinha 10h00 - S.O.S Sonia 10h30 - A Turma do Pererê 11h00 - Conhecer (Local) Reprise 11h30 - Faixa Musical (Local) 12h00 - A Turma do Pererê 12h30 - Catalendas 12h45 - Tromba Trem 13h00 - Dango Balango 13h30 - Vila Sésamo 14h00 - Meu Amigãozão 14h15 - Bob o Contrutor 14h45 - Curta Criança 15h00 - Sem Censura 16h30 - + Ação 17h00 - Estúdio Móvel 17h30 - Clube do Travesseiro 18h00 - Spirou & Fantasio 18h30 - O Trem da Ciência 19h00 - Enfoque (Local) Estreia 19h30 - Programa Partidário Pc do B 19h40 - Da Sua Conta (Local) 20h00 - Repórter Brasil 21h00 - Caminhos da Reportagem 22h00 - Equador 23h00 - A Grande Música 00h00 - Revista do Cinema Brasileiro 00h30 - Oncotô 01h00 - Sem Censura 02h30 - Conexão Roberto D'ávila 03h30 - Caminhos da Reportagem 04h30 - Musicograma

Vicente e Claudia relembram o beijo que trocaram em Cartagena. Orlandinho diz para o pai que Belezinha é o amor de sua vida. Maruschka liga para Alberto e avisa que Rubinho ficou noivo de Claudia. Maruschka questiona Mirta por ter dado seu anel de brilhantes para Rubinho. Ricardo descobre que Camila pediu dinheiro emprestado para Claudia. Felizardo procura Alberto e exige que ele readmita Raíssa na Comprare. Camila briga com Ricardo e desabafa com Claudia. Regina pede abrigo no apartamento de Claudia.

REBELDE Rede Record - 20h30

Pedro fica feliz em ver que seu plano está dando certo. Ele e Alice se declaram um para o outro e se beijam. Roberta e Diego se beijam no quarto dos meninos. Tomás interrompe o momento do casal e Roberta decide ir embora. Pedro espera por Pilar na porta de seu quarto para acompanhá-la até a cantina. Alice pede para Binho para ser seu par no grupo de dança. Pedro diz a Pilar que ela será seu par e deixa a vilã assustada. Tomás e Diego observam a situação de longe. Pedro dança com Pilar. Binho compra a briga do rebelde e decide fazer par com Alice.

FINA ESTAMPA Rede Globo - 21h

Patrícia diz a Tereza Cristina que vai sair de casa. Griselda diz a Quinzé que conseguiu o telefone de um bom advogado. Celeste deixa Solange ensaiar sua dança com as amigas. Renê deixa Patrícia sair de casa e Tereza Cristina fica furiosa. Carolina manda um email para Juan, fingindo ser Letícia. Severino cobra a conta do restaurante de Íris e ela liga para Tereza Cristina, que a manda se entender com Renê. Antenor vai falar com Patrícia.

AMOR E REVOLUÇÃO SBT - 22h15

Até o fechamento desta edição, a emissora não divulgou o resumo do capítulo.

VIDAS EM JOGO Rede Record - 22h15

Francisco decide abrir o envelope e lê que seus irmãos estão no Rio. Rita decide ligar para Francisco. Ele dirige seu carro acompanhando de Patrícia, se distrai por um instante e quase causa um acidente de trânsito. Patrícia grita e Rita ouve sua voz. Irritada, ela desliga o telefone sem deixar que o milionário se explique. Cleber diz a Regina que o garçom que roubou o brinco de Rita desapareceu. Francisco e Patrícia chegam à casa dos irmãos do milionário. Ele fica dentro do carro enquanto a ela vai conversar com a mulher que adotou os meninos. Edmundo reconhece o irmão mais velho.

TV PAJUÇARA 01h00 05h45 06h05 06h15 06h45 06h50 07h40 08h35 11h00 11h05 11h25 12h45 13h00 17h15 18h15 19h00 19h30 19h40 21h00 22h00 00h00 01h00

-

Canal 11

Ponto de Luz Agreste Noticias Alagoas Rural Horário Alternativo Esporte Campeão - Pajuçara Auto - Jornal da Pajuçara Manhã - Fala Brasil - Hoje Em Dia - Casa & Negocio - Feito Pra Você - Fique Alerta - Ponto de Luz - Pan Guadarajara 2011 - Jornal da Record HD - Rebelde - Pan Guadarajara 2011 - Horário Politico PSC - Pan Guadarajara 2011 - Vidas Em Jogo - Pan Guadarajara 2011 - Fala Que Eu Te Escuto - Ponto de Luz


O JORNAL

Classificados B4

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

APTO. VENDA CRUZ DAS ALMAS JÔ 75 – CRUZ DAS ALMAS – Esse tá simplesmente lindo! Res. Jacarecica Nascente – 03 quartos sendo 01 Suíte, Sala estar/Jantar em “L”, WC social, Área de serviço, cozinha. Apenas R$ 123.000,00. Aqui no condomínio tem espaço de sobra para seus filhos brincarem. Bela vista do mar! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

FAROL REF. 004 – FAROL – Apto próximo Tribunal de Contas com sala de estar e jantar extendida, 03 quartos sociais sendo 01 suite, com armários, cozinha repleta de armários, área de serviço, todo reformado, nascente muito ventilado. Prédio pilotis 02 elevadores, piscina,01 vaga garagem, excelente localização. R$ 200 mil. Tr.9351-4440 / 87290144 – CRECI 343

JATIÚCA REF. 009 – JATIÚCA – STELLA MARIS – Apto varanda, sala p/dois ambientes, 2 quartos, sendo 1 suíte, wc social, cozinha, área serviço e 01 vaga de garagem. O prédio tem cinco andares, elevador, salão de festas. Fachada: cerâmica com detalhes em textura. R$ 180.000,00. Tr. 9351-4440 / 87290144 - CRECI 343.

Aluguel de salas comerciais, no 13º andar cobertura com vista para o mar, no Ed. Empresarial Norcon, situado na Av. Comendador Gustavo Paiva, nº 2789, Mangabeiras, tratar com proprietário no tel. 9974-4421 (favor ligar no horário comercial).

JÔ 40 – MANGABEIRAS – Assim é raro aparecer! Apartamento térreo com 137m² Sala de estar/jantar, varanda, 04 quartos REF. 006 – STELsendo 02 suítes, hall, LA MARIS - apto wc social, cozinha Sala de estar/jantar, enorme, área de servaranda, hall, 04 viço, 03 vagas de gaquartos, sendo 02 ragem. R$ 160 mil. suítes e 01 semiConservadíssimo! suíte, wc, cozinha, Aceito financiamento. despensa, wc de Vem que tá bom deserviço, quarto de mais! Tels. 8811.8410 empregada e área MANGABEIRAS / 9117.7137 - Creci de serviço. 02 JÔ 73 – MANGABEI- 2523 vagas de garagem. RAS – Apt° no 6° anPONTA Áreas: Privativa dar c/linda vista p/o VERDE 136,85 m².R$ 450 mar! Muito ventilado! mil. Tratar pelos Todo mobiliado! 3 qtos, REF. 007 – PONTA telefones para con- sala em “L” c/varanda, VERDE – Apto sala tatos: 9351-4440 / coz., wc social, área em Lcom varanda, 30 8729-0144 – de serviço, wc de ser- quartos s/1 suite, 01 CRECI 343 viço. R$ 140 mil. Mo- reversível, cozinha, re hoje mesmo! Vem área de serviço. Área que tá bom demais! 87m². R$ 220 mil.Tr. 4009-1961 Tels. 8811.8410 /9117- 9351-4440 / 8729LIGUE E ANUNCIE 7137. Creci 2523 0144 - CRECI 343.

APARTAMENTOS 01 quarto - Ponta Verde Ed. Costa do Sol - quarto e sala mobiliado a beira mar . Aluguel fixo. Ed. Tabriz - qto e sala, coz, wc. Contrato fixo. Ed. Maranelo - qto e sala prox. ao Bompreço Ponta Verde. Lazer na cobertura - Contrato fixo. 02 quartos - Ponta Verde Ed. Canavial - Apto. 303 - Sala, wc social com blindex, 2 qtos s/1 c/armário, coz., área serviço, wc serviço. R$ 630,00 03 quartos - Ponta Verde Ed. Revenant - Sala c/var, wc social c/box, 3 qtos s/1 ste, wc ste c/box, coz. c/armários, área de serviço, dependência, 2 vagas. Piscina e salão de festas na cobertura. Ed. Mont Carlos - sala, WC social com Box, 2 qtos (st) WC suíte com Box, coz, serv, 2 elev, piscina, salão festas. Ed. Arcade - Vista total p/o mar da var e 2 qtos, var, sala e circulação c/piso em granito, 3 qots; s/1 2 stes (armários em 2) wc´s c/box, e wc casal c/hidro, coz. c/arms, serv, dce, 2 vagas. Lazer na cobertura, piscina, churras, salão festa. Ed. Solar da Praia - andar alto, nascente, vista p/ o mar, sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv, dce, piscina, 01 vaga. Ed. Mansão Paulo VI - Varanda, sala, wc social com Box e arm, 3 qtos sendo 2 com arms, coz. c/ arms, serviço. Ed. Veneza Apto. 201 - sala, wc social, 3 qtos, coz., serviço, dce, 1 vaga. 1ª. quadra. Ed. Veneza Apto. 202 - sala, wc social, 3 qtos, coz., serviço, dce, 1 vaga. 1ª qd.

JÔ 69 – JATIÚCA – CLIMÉRIO SARMENTO – Lindo, lindo, lindo! 2 qtos, wc social grande, sala de estar confortável, varanda, coz., completo de armários, 1 vaga de garagem. Acabamento de 1ª qualidade. Apaixone-se! R$ 120 mil. Vem que tá bom demais! Tels. 8811-8410 /9117.7137. Creci 2523

Ed. Marajó apto 101 - Térreo: sala, wc social, 3 qtos, coz., área de serviço, dependência completa. Ed. Marajó apto 202 - sala, wc social, 3 qtos, coz., área de serviço, dependência completa. 01 quarto - Jatiúca Ed. Ametista 8 - sala, WC social com Box, 01 quarto com arm, cozinha com armário, 2 elevadores. 02 quartos - Jatiúca Ed. Itauba - Sala com varanda, wc´s com Box, 2 qtos com arms, coz. c/ arsm, serv, dependência, 01 elev, gerador. Ed. Seatlle - Novo, 2 qtos s/1 suite, coz, serv. piscina, salão festas 01 ou 2 vagas. Ed. Celves - novo, varanda, sala, wc social c/box, 2 qtos (st) coz, serv. 2 elevadores, 1 vagas. Piscina, salão festas na cobertura; 03 quartos - Jatiúca Ed. Pierre Chalita - nascente, sala c/varanda, 3 stes c/armários s/1 revers, wc´s com espelho, box, arms, coz. c/arms, serv, dce, 2 área descobertas. Ed. Itaperuna - sala c/var, wc soc, 3 qtos (st) s/1 c/arms, coz. c/arm, serv, dependência. 01 quarto - Mangabeiras Ed. Vicenza - 2ª. quadra, quarto e sala mobiliado com área de lazer na cobertura. Excelente mobília. Contrato fixo. 02 quartos - Mangabeiras Ed. Martinica - Beira Mar - Sala c/ var, wc social, 2 quartos, cozinha, serv, dce. 03 quartos - Mangabeiras Ed. Corbusier - Área 103m² - 1ª. quadra,vista p/ o mar, 2 vagas, sala c/ var, wc soc. c/ blindex, 3 qtos s/ 02 suites c/ arms, wc´s suíte c/ blindex. coz. c/ arms, serv. c/ arms, dce.

Ed. Ed São Rafael - sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv, dce. 02 quartos - Cruz das Almas Conj. Dom Adelmo Machado - Alugo c/sala, wc social, 2 qtos, coz. e área de serviço. 02 quartos - Poço Conj. Santo Eduardo - Ed. São Judas Tadeu - sala 2 ambientes, wc soc, 2 quartos, coz., serv. Nascente. 03 quartos - Poço Ed. Bruno Perreli - Varanda, sala, WC soc, 3 qtos (st) coz, serv. 2 elev, 01 vaga. Ed. Relanche - Sala , wc social c/box e arm, 3 qots s/1 ste c/armários e cama, coz. c/arms, serv, 03 quartos - Prado Ed. Antares - Varanda, sala, wc social, 3 qtos (st) coz. c/armarios, serviço, dce. 03 quartos - Serraria Residencial Vale Verde I - sala, WC social 3 qtos (st) coz, serv, piscina, salão festas, 1 vaga. Residencial LE PARC - novo, nascente, sala, wc soc, 3 qtos (st) coz., serviço. Piscina, churrasqueira, salão festas, 1 vaga descoberta. 02 quartos - Feitosa Ed. Tarrasas - sala, wc social, 2 quartos, (st) coz, serv. wc serviço.

CASAS Farol Rua Conego Machado - Terreo: garagem, sala, 1 ste, sala, coz. 1º andar: varanda, wc social, 2 qtos (st), varanda. R$ 1.200,00 + Iptu Rua Conego Machado - Térreo: garagem, sala, wc soc, 1 qto, coz, serv, dce. 1º. Andar: wc social 3 qtos, terraço. R$ 1.100,00. Rua Aristeu de Andrade - Prox. Ao Colégio Batista - exc. Para escritório.

JÔ 79 – PONTA VERDE – Em plena Sandoval Arroxelas – A comodidade bate à sua porta. Apt° com 02 quartos, sala de estar/jantar em “L”, cozinha, área de serviço, WC de serviço. 01 vaga de garagem. Prédio com elevador! R$ 175.000,00. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523 JÔ 33 – PONTA VERDE – 56m² Próximo à Praça Lion - 02 quartos, sala, WC social, cozinha, área de serviço e 01 vaga coberta. Você e a comodidade lado a lado! R$ 150.000,00 - Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

PONTOS COMERCIAIS JATIUCA PRÉDIO - AV. DR. ANTONIO GOMES DE BARROS - (ANTIGAAMÉLIA ROSA) exc. Prédio com 1º. Pav. Com 320m². Exc. Acabamento. TERRENO - Av. Álvaro Otacílio ( Beira Mar ) Alugo terreno vizinho a Galeria Passeio Stella Maris med. 22,50 x 70. Exc. p/ Agência Bancária. TERRENO - Av. Álvaro Calheiros Alugo terreno med. 12x30 ao lado da Le Postiche. TERRENO - Rua Prof. Nabuco Lopes - Alugo med. 12x30. Fundos do Rest. Divina Gula TERRENO - ESQUINAAPÓS O MACEIÓ SHOPPING - Excel. p/agências, lojas, etc....... CASA- Av. Amélia Rosa - Alugo casa para fins comerciais. Precisa reforma. SALA - HARMONY TRADE CENTER - Alugo com 34m² ( pronta) LOJAS - PASSEIO STELLAMARIS - Dispomos de Lojas com 40m² + mezanino com 13m². LOJACOM 303M² - PASSEIO STELLA MARIS - para grandes empresas. Exc. Para Agência Bancária . Farol Rua Oseas Tenório - Prédio de esquina prox. ao UNILAB, com recepção, wc, 7 salas sendo 2 com wc´s. Tabuleiro dos Martins Galpões - Alugo galpões med. 14x42 cada, na rua da Limpel no Clima Bom I. VIA EXPRESSA - EXCELENTE PARA SUPERMERCADO - Galpão com 5.000m² de área construída e 11.000m²de estacionamento.

ANÚNCIO INSTITUCIONAL Fruto de Termo de Ajuste de Conduta Firmado com o Ministério Público do Trabalho.

“De acordo com o art. 5º da CF/88 c/c art. 373-A da CLT, não é permitido anúncio de emprego no qual haja referência quanto ao sexo, idade, cor ou situação familiar, ou qualquer palavra e/ ou expressão que possa ser interpretada como fator discriminatório, salvo quando a natureza da atividade assim o exigir.” JÔ 71 – PONTA VERDE – 90M² - De frente, esquina com a Rua Hélio Pradines. 03 quartos sendo 01 suíte, sala de estar/jantar em “L” com varanda, cozinha, WC social, área de serviço, DCE, 02 vagas de garagem. R$ 230 mil. Ouço proposta. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

REF. 003 – PONTA VERDE – Apto sala com varanda com vista permanente para o mar, sala de estar e jantar, 3 qtos s/2 stes todos c/armários, wc social e da ste c/armários e box vidro temperado, coz. repleta de armários, área de serviço, nascente, muito ventilado, 2 vagas de garagem.R$ 270 mil. Tr.9351-4440 / 87290144 – CRECI 343

REF. 001 - PONTA VERDE –Apto 1ª quadra com área 110m² sala para 02 ambientes com varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, todos com armários, cozinha repleta armários, hall, Wc social, e dependencia completa empregada, 02 vagas, há 100m praia. R$ 320 mil.Tr.9351-4440 / 8729-0144 – CRECI 343.

PAJUÇARA VENDO apto. condomínio fechado, 3 qtos., s/ 1 ste., nascente, coz. C/armários. R$ 150 mil. Tr.: 9969-6960/ 8842-5289.

SERRARIA JÔ 98 - SERRARIA – RES. RUI PALMEIRA – Excelente! Apt° térreo (completamente reformado). Com 03 quartos sendo 01 suíte, sala de estar/jantar, wc social, cozinha, área de serviço, 01 vaga de garagem coberta. R$ 113.000,00. Cond. baixo – Ligue e conheça agora mesmo! Aceito financiamento. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

CASA VENDA CENTRO JÔ 99 – CENTRO – Melhor só em novela! Maravilhosa casa. Totalmente nascente, prox. À Igreja N. S. do Carmo! Área, vários quartos, vários banheiros, sala de estar grande, sala de jantar, cozinha, 02 dependências, garagem para vários carros. R$ 250.000,00. Ouço sua proposta. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

FAROL REF. 008 – CASA FAROL – Ao lado da Praça do Centenário, com 02 salas, 02 quartos, 01 Wc social, cozinha, dependência completa empregada, lavanderia e quintal.Med. terreno: 4,5 x 32,5m.R$ 160,00. Tr. 93514440 / 8729-0144 CRECI 343.

JÔ 66 – STÚDIO IBIZA - Apt° próximo ao mar, com restaurante, piscina e uma vista de deixar Você sem palavras! R$ 125 mil. 1 vaga de garagem. Vem que tá bom demais! Tels. 8811-8410 / 9117-7137. Creci 2523 JÔ 26 – PONTA VERDE –5° andar em plena Rui Palmeira! 108m² de total conforto - Apt° com sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, WC social, cozinha, área de serviço, DCE, 01 vaga – Nascentão! R$ 190.000,00. Apenas 20 passos e Você tá no Bompreço! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

CMYK


Classificados

O JORNAL JORNA L

B5

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

APTOS. PRONTO PARA MORAR PONTA VERDE

D373 - Área 100m² - R$ 340 mil - nascente, sala c/ var, WC social, 3 qtos (st) coz, serv, dce, 2 vagas, lazer na cobertura com piscina, salão festas, ginástica. D370 - R$ 170 mil - prox. a Pç.do Skate - sala c/ var, wc soc, 3 qytos (st) coz, serv, dce, 01 vaga. D367 - Na Sandoval Arroxelas, nascente com varanda, sala, wc social, 3 qtos s/ 01 suite, coz, serv, wc serviço. R$ 300 mil D434 - Área 165m² - sala c/ var, wc sócia, 4 qtos sendo 2 suite com arms, coz. c/ arms, serv, dce, 2 vagas. D362 - Área 137m² - Vista total para o mar - sala c/ var, 3 qtos s/ 02 suites, wc social, coz, serv, dce, 2 vagas. R$ 690 mil. D364 - Ed Solar da Praia - Área 100m² - sala c/ vista para mar, 3 qtos (st0 vista p/ mar, wc soc, coz, serv, dce. 01 vaga, piscina, salão festas, 01 vaga. R$ 250 mil. D365 - Área 150m² - piscina, 2 vagas, sala c/ var, 3 suite, lavabo, coz, serv, dce. R$ 490 mil. E434 - Área 165² - 4 qtos s/ 2 suite, sala c/ var, coz, serv, dce, 2 vagas, na Rua Desp. Humberto Guimarães. R$ 450 mil. E431 - Área 186m - varanda, sala, 4 quartos s/ 02 suites, coz, serv, dce, 2 vagas, piscina, salão festas. D359 - Beira Mar - Área 108m² - R$ 450 mil - Sala, wc social com Box e arm, 03 qrtos sendo 01 suite c/ arms, wc suíte c/ Box e arms, coz. c/ arsm, serv, dce, 2 vagas. E430 - Área 133m² - Varanda, sala, 4 qtos s/ 02 suites, armas, coz, c/ arms, serv, dce, 2 vagas.

E413 e E414 - Beira Mar - Área 192m² - Pronto P/ morar Varanda, sala 3 amb, lavabo, 4 suites, cozinha, serv, dce, 2 vagas. E 428 - Área 194m² - Acab. 1ª. sala 3 ambientes c/ var, lavabo, 03 suites s/ 01 c/ arms, coz. c/ rms, despensa, serv, dce, 3 vagas. D302 - Varanda, sala, wc social c/ blindex, 3 qtos (st), coz. c/ arms, serv, dce, 2 vagas. B533 - quarto e sala,wc coz, serv, 3 elevadores, lazer na cobertua c/ ginástica, salão festas piscina. JATIUCA B536 - Prox. Ao G. Barbosa Jatiúca - Sala c/ var, WC social, 2 qtos (st) coz, serv, lazer na cobertura com piscina, salão festas, churrasqueira. D372 - Beira Mar - Área 191m² - sala c/ var, wc soc, 3 qtos s/ 2 suites, coz, serv, dce, squash, piscina,, 2 vagas. D368 - Área 190m² - BEIRA MAR - Varanda, sala 3 ambientes, wc social, 3 qtos s/ 2 suite, coz. c/ arms, serviço, dce. Aceito até 50% em imóvel. D360 - Ed. Palazzo Impéria - área 114m² - nascente, varanda, sala, wc´s com armários e blindex, 03 quartos c/ armários sendo 01 suite, coz. c/ arms, serv, dce, piscina, salão festas, 2 vagas. D358 - R$ 250 mil - Stela Maris - 3 qtos (st) sala c/ var, coz, serv, dce. Area 105m². E432 - Proximo ao Harmony 136m², 2 vagas, nascente, salão de festas, varanda, sala, 4 quartos sendo 3 suites (01 é reversível) c/ armários, coz.c/ arms, serv, dce.

CASAS Farol C232 - Jardim do Horto - Nova, esquina nascente, com área de 500m² - Térreo: terraço, garagem 3 autos, sala 3 amb, lavabo, 1 suite, coz, despensa, serv, dce, depósito. 1º. Andar: 4 suites s/ 2 c/ var, e uma com hidro. C201 - Rua Sargento Aldo, antiga Rua da Consquista - casa em terreno 6,40 x 18 com 2 pavimentos. R$ 120 mil C209 - Rua Cônego Machado - varanda, 2 suites, sala, cozinha c/ arm. 1º.andar: varanda, sala, wc soc, 2 quartos. C216 - Rua Alfredo Oiticica - Exc. para escritório/consultório - Terraço em L c/ gar, sala de estar, gabinete, sala intima, sala jantar, 3 suites, coz, despensa, dce. PONTAVERDE C223 - Rua José Sampaio Luz Edificada em Terreno de 12x27, com garagem, sala estar c/ jd. Inverno, sala estar, wc social, 03 qtos. (st) coz. serviço, terraço, dce. JATIÚCA C205 - Av. Amélia Rosa Garagem 2 carros, sala estar e jantar, wc social com armários e Box, 4 qtos s/ 01 suite, cozinha com armários, copa, serviço, dce. C240 - Rua São Francisco de Assis - Edificada em terreno 5,30 x 20 - com terraço, garagem, sala, WC social, 03 quartos, cozinha, área serviço, WC serviço. R$ 200 mil. CRUZ DAS ALMAS C215 - A 100m do mar - Térreo: garagem 2 salas estar, sala jantar, wc soc, copa/coz, serv, dce. 1º. Andar: terraço, sala Tv, wc, 4 qtos s/ 2 sts, hidro. 2º. Andar: terraço c/ vista mar, 01 quarto. SERRARIA C203 -SAN NICOLAS - Área 326m³ - Terreno 18x25- Térreo: garagem, gabinete, sala estar/jantar, 01 suite reversível, cozinha, serv, dce. 1º. Andar: 03 suites.

C225 - Lot. Jardim da Serraria Varanda, garagem, sala 2 amb. c/ jd. de inverno, 2 wc´s sociais, 4 qtos s/ 02 suites, coz, serv. LITORAL SUL C214 - LOTEAMENTO RECANTO DOS CAETES - Casa a 100m mar com piscina, churrasqueira, apoio, garagem, terraço, 2 salas, 2 wc´s sociais, 04 quartos sendo 01 suite com closet e hidro, cozinha com despensa, depósito, dce, casa para caseiro.

PONTO COMERCIAL JATIÚCA P605 - HARMONY TRADE CENTER - Vendo sala 601 com 34,81m². R$ 150 mil. HARMONY TRADE CENTER - Dispomos de 3 salas juntas. R$ 140 mil cada. (vendo isoladamente). FAROL P619 - Prédio Rua Oseas Tenório ( Rua do Laboratório Unilab) excelente para consultório, laboratório, escritório, com recepção c/ wc, 7 sala sendo 2 c/ wc, copa.

GRUTA

JARAGUÁ

REF. 005 – GRUTA - CASA – Com jardim, 02 vagas de garagem, sala de visita, sala de jantar, 03 quartos sendo 01 suíte, todos com armários, cozinha como armários, despensa, área de serviço, dependência completa empregada. R$ 285 mil. Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 / 8729-0144 – CRECI 343

REF. 007 – JARAGUÁ – Casa na Rua Barão de Jaraguá c/ sala de visita, sala de jantar, 3 qtos s/1 ste, coz., área de serviço, dependência completa empregada, garagem. Toda reformada, piso em cerâmica, nascente, boa p/morar, excel. p/comércio. R$ 220 mil. Tr. 93514440/8729-0144. CRECI 343.

JACINTINHO VENDE-SE uma casa no Jacintinho c/ 4 casas de aluguel, próximo a antena da 96 FM. Tr.: 3032-3744/ 88330838/ 87485020

OUTROS BAIRROS

COMERCIAL ALUGA CENTRO ALUGUEL - uma sala de 120m², com janelas, dois banheiros, no décimo andar antigo prédio do Banco Econômico, na Rua do Comércio. Excelente para escritório. Tratar: 9925-1837 ou 9179-3601. Creci 01136

NEGÓCIOS

SERV. PROF.

CRIAÇÃO ANIMAL

COLÉGIOS E CURSOS

VENDO lindos filhotes de: Pug, S h a r p e i , Yorkelrshire, Maltes e Ehih-pzu. Ligue agora para os telefones: 3313-9781/ 8804-3093/ 99529664.

MEDO DE DIRIGIR? domine o medo de dirigir psicóloga no carro. Tel.: 8800-1966

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

TEM MEDO DE FALAR EM PÚBLICO? curso falando bem em público GP Cursos. Telefone para contatos: 3035-9246

REF. 002 –CONJ. OSMAN LOUREIRO - Casa com sala de visita, sala de jantar, jardim, terraço, garagem, 3 qtos sociais, Hal, wc social, coz. R$ 110 mil. Pode ser financiada. Tr.9351-4440 / 87290144 – CRECI 343.

TERRENOS ALDEBARAN T808 - ALDEBARAN OMEGA - Vendo lote 16x30. JACARECICA T801 - Condominio Ocean Wien - Esquina nascente, - área 935m². R$ 315.000,00. TABULEIRO DO PINTO T802 - LOTEAMENTO JOSÉ FERNANDES TORRES Terreno de esquina medindo 20m de frente, 16m de fundos, 20m de frente a fundos. R$ 35 mil.

CMYK


Social

O JORNAL JORNA L

B6

Quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Inside

| www.ojornalweb.com | e-mail: inside@ojornal-al.com.br

Por Marcos Leão Com Flávia Farias inside@ojornal-al.com.br

Alessandra Vieira Paz

Marco Antônio

CULTURA Chegou o dia! Sabe o quê? Hoje, as cores e ritmos da cultura popular alagoana vão invadir o palacete da Avenida da Paz, com mais uma edição do projeto Engenho de Folguedos. Marcado para acontecer às 19h. E o melhor: entram em cena a Mazurca da cidade de Jaramataia e Coco Alagoano do mestre Nelson Rosas, de Arapiraca. Anoite ainda conta com a entrega do Prêmio Gustavo Leite aos artistas Chico Cigano, do município de Batalha, e Zé da Véia, de Piaçabuçu. Gente, é tudo aberto ao público. Ok?!

MESTRE / O escritor alagoano Lêdo Ivo, uma das estrelas da V Bienal Internacional do Livro, depois de realizar palestra no evento, foi conferir o especial que O JORNAL produziu sobre Tenório Calvalcanti

BOA AÇÃO

INVESTIMENTO Boa notícia para Braskem. O motivo? O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o limite de crédito para o grupo petroquímico no valor de R$ 2,46 bilhões. O recurso vai apoiar o plano de investimento da empresa nos estados da Bahia, do Rio de Janeiro, de Alagoas e do Rio Grande do Sul. O chefe do departamento de Indústria Química do banco, Gabriel Gomes, ressaltou que a operação visa a agilizar os futuros financiamentos da empresa. As ações planejadas pela Braskem incluem aquisição de máquinas e equipamentos, além de investimentos sociais, ambientais e em tecnologia e inovação. Estamos de olho!

INSIDE

Fino, quer fazer uma boa ação? Então tome nota: fundada em 2005, a Associação Amantíssimo Deus, que trabalha em defesa da cidadania, baseada nos princípios de solidariedade, do companheirismo, da cooperação e do amor ao próximo, sem fins lucrativos, está precisando da sua ajuda. O recanto acolhe, principalmente, moradores de rua em estado de total abandono, oferecendo-lhes casa, comida e tratamentos assistencial e espiritual. Os acolhidos estão necessitando de alimento, roupa, material de higiene e limpeza. Se preferir, você também pode acessar o www.fundacaorevciceromenezes.org.br ou entrar em contato pelos telefones 8821.9537/91421966 e conhecer, ainda mais, as propostas e projetos para esta população. Ajudem!

PERGUNTA... ELAS RESPONDEM

Para homenagear o talento feminino na área da Medicina - já que estamos no mês dedicado à turma do jaleco - fizemos uma ‘sabatina’ com algumas representantes do Conselho de Medicina de Alagoas. Quem estava no Conselho no momento não pôde fugir - coincidência, só mulheres -, e quem não estava... dificilmente escapará em outra oportunidade. Instigamos cada uma a falar sobre um desses temas mais atuais da política de saúde, especificamente assuntos relacionados ao exercício da atividade médica. Confira a seguir o resumo e sintam-se todas homenageadas. Ah, depois vem a versão masculina. Aguardem! Dra. Cláudia Falcão, será que a classe médica vai fechar o ano sem conseguir negociar os honorários com os planos de saúde? O passo mais recente das negociações confirmou que a categoria não abre mão de receber o pagamento dos honorários repassados pelos planos conforme consta na tabela da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), entre R$ 60 e R$ 80 por consulta. O próprio presidente do CFM, Roberto d' Ávila, foi o porta-voz dessa decisão dos colegas médicos. Por sinal, já fizemos duas paralisações: uma em 7 de abril e outra em 21 de setembro, e estamos dispostos inclusive a fazer o descredenciamento se os planos não chegarem a um acordo. Para ficar a par de tudo que vem acontecendo desde 7 de abril em relação à luta por reajuste, é só entrar no site do Cremal e colocar na janela de pesquisa a palavra honorários. Dra. Neilza Vilela, se ainda não houve acordo entre planos e médicos, qual é a alternativa para o impasse? Aqui em Alagoas, algumas operadoras continuam irredutíveis. Foram feitas paralisações nos dias 7 de abril e 21 de setembro, e os donos de planos sentiram no bolso a perda de dois dias de produção. Sem o trabalho dos médicos, não existe faturamento; portanto, a saída é negociar. Acredito que haja caixa suficiente para atender às reivindicações. Também é preciso contratar mais médicos e, claro, pagar dignamente - dessa forma se resolve o impasse. O setor de planos tem obtido retorno acima do esperado, e sempre esteve livre de uma fiscalização mais rigorosa. Agora é que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleceu normas mais rígidas. Também foi fixado em 7,69% o índice máximo de reajuste para os contratos fechados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656/98. O percentual atinge cerca de 8 milhões de consumidores em todo o Brasil. Dra. Edilma Albuquerque, como o setor público remunera o médico? Apresidenta Dilma Roussef não está olhando de frente para o problema real da interiorização dos médicos. Isso ficou claro quando lançou, no começo de setembro, o Programa de Valorização na Atenção Básica. Nós temos uma luta histórica pela implantação de um Plano de Carreira Médica no serviço público federal. Defendemos esse plano como a alternativa para acabar com a falta de médicos nos municípios mais distantes dos centros urbanos, comunidades de difícil acesso, grotas, enfim, bolsões de miséria. Como o salário seria compensador, não faltaria médico. Mas o governo frustrou a esperança de que esse sonho fosse concretizado agora. Além disso, com o Plano Nacional do Ensino Médico o governo pretende multiplicar as escolas de medicina e, consequentemente, o número de médicos. A proposta é levar os recém-formados para municípios de extrema pobreza. Quem ficar dois anos ganhará 20% de pontos extras na nota final das provas de residência, o que é um perigo para a qualidade da medicina, sem falar que fragiliza o poder de negociação da categoria. Dra. Kristyne Régis, voltando aos planos, eles estão preparados para cumprir as novas regras impostas pelo governo (ANS)? Desde o dia 27 de julho, os 45 milhões de usuários de planos de todo o País podem trocar de operadora dentro do que prevê a Resolução Normativa nº 252, editada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que instituiu a portabilidade entre as operadoras, ou seja, o cliente do plano de saúde poderá substituir sua operadora sem que cumpra qualquer carência. Para isso, o consumidor só precisa seguir as regras descritas na Resolução 252 (veja no site do Cremal). Vale também consultar o Guia ANS de planos de saúde (www.ans.gov.br) para identificar planos compatíveis, imprimir o relatório e apresentá-lo à operadora de destino (futura), com os demais documentos. A portabilidade pode ser solicitada apenas no mês de aniversário do contrato ou nos três meses subsequentes.

NIVER |Hoje é dia de o querido fotógrafo/colunista Felipe Camelo atrair todos os flashes, já que comemora mais um aniversário. Desta vez, foi Inside quem o flagrou numa conversa com Cláudio Bugarelli. Mais tarde, o moço recebe amigos, na Ranconi. Felicidades!

MADE IN ALAGOAS Mais uma alagoana para Estado se orgulhar. Como assim? Pois é, Pauline Alencar embarcou, ontem, para Nova York, onde vai participar da grande final do Concurso Internacional Avon Voices, que representa uma busca on-line de talentos no canto. Ela participou de uma verdadeira maratona, cujas etapas foram transmitidas pela Internet, onde as pessoas votaram para que ela conseguisse passar por todas as fases. E sabe o que é melhor? A última apresentação acontece no próximo dia 1º de novembro e, caso Pauline Alencar consiga vencer o concurso, ganhará a gravação de um CD profissional. O evento? É uma oportunidade única para as mulheres e homens de mais de 60 países fazerem suas vozes conquistarem o Planeta. Sorte!

ça?

Dra. Gláucia Barros, a reforma do SUS vai fazer diferen-

Nossas lideranças têm conversado com os parlamentares sobre os ajustes que serão feitos através da Subcomissão de Reforma do SUS. O desafio é analisar o Sistema e desenvolver propostas que possam melhorá-lo; afinal, completou 22 anos agora, em 2011, mas não atende à demanda. Precisa absorver mais brasileiros. É urgente otimizar os serviços e atualizar a legislação. Até 2014, o Ministério da Saúde espera ter pelo menos mil equipes médicas do SUS habilitadas para fazer atendimento em casa, como uma espécie de home care. O foco é oferecer o cuidado domiciliar a pacientes com dificuldade de locomoção ou que não precisam ficar internados em hospitais. O Ministério vai começar a selecionar os municípios interessados em ter o serviço. A meta é ter uma equipe para cada 100 mil habitantes. Dra. Ana Lúcia, qual o diagnóstico do SUS em Alagoas? (Representante do Cremal em União dos Palmares) Em Alagoas, aproximadamente 92% da população (aproximadamente três milhões de habitantes) dependem do SUS, ou seja, pouco mais de dois milhões de pessoas. É o segundo maior Estado no ranking dessa dependência, perdendo somente para o Maranhão, segundo o Censo/2010 do IBGE. Mas o tamanho dessa sobrecarga não foi suficiente para sensibilizar o governo federal a injetar uma fatia maior de recursos para a assistência médica dos alagoanos. Desde 2008, cada alagoano tem direito apenas a R$ 102,00 por ano para atendimento hospitalar - pelo menos na concepção do governo, que repassa esse valor per capita aos gestores. O limite tolerado para despesas com saúde – no caso de Alagoas (teto financeiro) é de R$ 309,7 milhões. Para uma assistência razoável, a estimativa é de que seriam necessários pelo menos o triplo desse valor. Dra. Lidian Navarro, como viu a aprovação da Emenda 29? Foram anos de espera, e a questão ainda não está encerrada. Não adiantou a Câmara votar a favor (no último dia 21/9), já que não definiu a fonte de custeio necessária para viabilizar a Emenda. A presidenta quer saber de onde vai tirar o dinheiro para cobrir o custo que foi supostamente aumentado. O projeto determina que a União destine à Saúde o mesmo valor do ano anterior, mais variação do Produto Interno Bruto (PIB). Os estados devem destinar 12% e os municípios, 15% das receitas. Agora, depende do Senado. Se de fato tratarem o setor saúde como prioridade, vai aparecer recurso suficiente; do contrário, serão longos anos de discussão, o que eu espero não acontecer. O brasileiro já está no limite da tolerância com a desassistência à Saúde. Atualmente vivemos a crise na Atenção Básica, isto é, a dificuldade dos municípios para manter as equipes de PSFs, justamente devido à falta de condições em arcar com as despesas do programa criado pelo governo federal. O próprio SUS também está em colapso. Não resta dúvida de que a Saúde padece de investimentos e da falta de seriedade na administração dos recursos. Dra. Márcia Rebelo, em agosto foi publicada a Resolução 1974 do CFM. Quais as novidades do documento? Esta resolução foi relatada pelo nosso conterrâneo Emmanuel Fortes e estabelece os critérios norteadores da propaganda em Medicina, conceituando os anúncios, a divulgação de assuntos médicos, o sensacionalismo e a autopromoção. Veda ao médico: anunciar especialidade, quando não a tiver; anunciar aparelhagem de forma a lhe atribuir capacidade privilegiada; participar de anúncios de empresas ou produtos ligados à Medicina; permitir que seu nome seja incluído em propaganda enganosa de qualquer natureza; permitir que seu nome circule em qualquer mídia, inclusive na Internet, em matérias desprovidas de rigor científico; fazer propaganda de método ou técnica não aceito pela comunidade científica; expor a figura de seu paciente como forma de divulgar técnica, método ou resultado de tratamento; anunciar a utilização de técnicas exclusivas; oferecer seus serviços por meio de consórcio e similares; oferecer consultoria a pacientes e familiares como substituição da consulta médica presencial; garantir, prometer ou insinuar bons resultados do tratamento. Essa resolução configura-se, antes de tudo, em um guia seguro para os médicos neste campo pantanoso da publicidade.

CMYK


OJORNAL 27/10/2011