Issuu on Google+

Exemplar de assinante

O JORNA L Maceió, domingo, 24 de abril de 2011 | Ano XVII | Nº 182 |

Edição de hoje traz Veículos e Tecnologia Em virtude dos feriados a Tiradentes e Sexta-Feira da Paixão, O JORNAL não circulou na sexta e no sábado. Assim, os suplementos desses dias são publicados hoje em caráter de excepcionalidade.

Beetle “renasce” em Xangai, Berlim e NY

Blogs: as páginas de sucesso na rede

www.ojornalweb.com

ALAGOAS

R$ 3,00

Os estaduais chegam à reta final no País. Nesta edição, O JORNAL traz um especial sobre os principais jogos do dia, com destaque para o Fla-Flu. Esportes

Bancada federal apoia a instalação de UPPs em AL Requerimento foi encaminhado a ministérios e ao governo estadual pelo deputado João Lyra; secretário de Segurança do RJ, José Mariano Beltrame, fala sobre a proposta de expansão Páginas A2 e A3

Infrator não paga multa por crime ambiental A demora na tramitação dos processos e a má vontade do infrator fazem com que as multas por crimes ambientais não sejam pagas. Nem 1% das multas é pago no País. O problema é nacional, e em Alagoas não é diferente. Governo quer tornar a cobrança eficiente.

Bianca Bin analisa rumos da carreira

Página A9

Igreja Católica celebra hoje a Missa da Páscoa

Muita sofisticação e elegância em desfile

om a Missa da Páscoa, a Igreja Católica encerra hoje os ritos da ressurreição de Jesus Cristo, iniciados na Quarta-Feira de Cinzas, período chamado de Quaresma. Nesta edição, dom Antônio Muniz (foto), arcebispo metropolitano de Maceió, C fala sobre o assunto. “A ressurreição é a maior festa da Igreja. É a destruição da morte pela vida”. Páginas A10 e A11

Contas a pagar no feriadão

Ufal oferece serviços sobre meteorologia Apesar de toda a tecnologia disponível, meteorologistas do Laboratório de Análise de Processamento de Imagens de Satélites (Lapis), da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), reclamam da falta de interesse das autoridades em saber da previsão do tempo. Página A12

Caderno Dois Página A18

MARÉS 02h24.............................................. 0.8 08h26.............................................. 1.7 15h11.............................................. 0.7 21h36.............................................. 1.6

Banda Nenhum de Nós abre sua trajetória musical e detalhes sobre o novo álbum em entrevista exclusiva a O JORNAL Páginas B1, B2, B3, B4 e B5

CMYK


O JORNAL

Política A2

Pauta Geral pautageral@ojornal-al.com.br

TIM A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a prestação dos serviços da TIM definiu que na terça-feira terá sua primeira reunião de trabalho. A CPI também definiu seus cargos: Ricardo Nezinho (PTdoB) como presidente, Ronaldo Medeiros (PT) para vice e Sérgio Toledo (PDT) escalado para relatoria. A comissão ainda conta com a presença de Gilvan Barros (PSDB) e Dudu Holanda (PMN).

NÃO VAI É cada vez menos provável que a secretária municipal de Finanças, Marcilene Costa, seja candidata do grupo do prefeito Cícero Almeida na sucessão do ano que vem. Ela abriu mão da intenção de concorrer ao cargo por questões familiares. Com isso, quem ganhou força (e esperança) foi o secretário de Infraestrutura, Mozart Amaral.

COMEÇOU A campanha da Ufal ainda não começou de direito, mas já está nas ruas de fato. Tanto Eurico Lobo, da situação, quanto Paulo Wanderley, da oposição, estão conversando com professores pedindo apoio, já que a Adufal liberou a base. O Sintufal ainda não tomou posição, e o DCE prefere esperar pela “terceira via”, que deve ser lançada nesta semana.

GREVE A Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas convoca os filiados para uma assembleia na terça-feira, às 14h, para definir as reivindicações da categoria e deliberar sobre a proposta de paralisação das atividades, tendo em vista a intransigência do governo do Estado em cumprir decisão judicial favorável à categoria.

ANTECIPANDO O prefeito de Rio Largo, Toninho Lins (PSB), já está de olho na campanha de reeleição. Um ano antes ele já fechou acordos para receber apoio do senador Renan Calheiros (PMDB), do senador Fernando Collor (PTB) e do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT). Do outro lado, o advogado Marcos Vieira (DEM), derrotado em 2008, tenta a revanche com o apoio de Teotonio Vilela (PSDB).

FORCINHA O Sindicato dos Policiais Civis é um dos mais engajados nas mobilizações contra o governo estadual. Com eleição bem próxima, já existem vozes no Palácio República dos Palmares defendendo o fortalecimento da chapa de oposição que está sendo criada.

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Bancada alagoana apoia proposta de implantação de UPPs em AL Requerimento de implantação já foi encaminhado a ministérios e governo estadual Gilson Monteiro Repórter

Para problemas semelhantes, soluções parecidas. Essa pode ser a filosofia capaz de dar força à expansão do modelo de controle de áreas violentas por meio das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), implantadas com sucesso no Rio de Janeiro. As UPPs, que no Rio libertaram comunidades dominadas pelo tráfico de drogas e pelas milícias e levaram cidadania aos moradores, começam a ser cobradas para outros estados da federação, como irá propor a Comissão Especial de Combate às Drogas, da Câmara dos Deputados. Em Alagoas, o deputado federal João Lyra saiu na frente e já encaminhou, na semana passada, requerimento aos ministérios da Justiça e da Defesa, pedindo atenção ao avanço da criminalidade na capital alagoana e colocando a implantação do modelo carioca como uma das saídas para frear a violência em Maceió, que lidera já há um bom tempo as estatísticas nacionais de homicídios. A proposta, que também está nas mãos do governador Teotonio Vilela Filho (PSDB), conta com o apoio dos demais integrantes da bancada federal alagoana. O coordenador do grupo, deputado federal Joaquim Beltrão (PMDB), diz que a bancada dará total apoio a essa e demais propostas capazes de aplacar a insegurança em Maceió e em Alagoas. “Certamente, a bancada alagoana estará unida em torno dessa proposta do deputado João Lyra. A bancada estará atenta e vigilante para reforçar ideias como

No requerimento, João Lyra destaca a função das UPPs de levar cidadania às áreas a serem assistidas

esta, capaz de reduzir os índices de violência em Alagoas. Junta, a bancada tem mais força para cobrar, para pedir que essa proposta se torne realidade”, disse o parlamentar, reforçando o clamor geral pelo fim da violência desenfreada, em especial na capital alagoana. “A situação em Maceió realmente é muito grave, e toda proposta que possa colaborar positivamente para melhorar essa situação é bem-vinda. Maceió vive um clima de violência insustentável, e a bancada, assim como todo o poder público precisa se mexer, fazer alguma coisa, partir para a ação por meio de projetos efetivos de combate à violência”, avaliou Beltrão. COMISSÃO - Também in-

tegrante da bancada de Alagoas no Congresso Nacional, o deputado federal Givaldo Carimbão (PSB) é o relator da Comissão Especial de Combate às Drogas, da Câmara dos Deputados. É a ele que caberá a tarefa de condensar mais de 30 propostas da Casa relativas a políticas de combate ao uso de entorpecentes. A comissão da Câmara é presidida pelo deputado Reginaldo Lopes (PTMG). Carimbão diz que, como relator, irá propor o modelo das UPPs para todas as unidades da federação. “A proposta do deputado João Lyra é importantíssima. O deputado está de parabéns ao propor uma iniciativa que poderá reduzir drasticamente a violência em Alagoas. Já estava na hora de surgir propos-

tas realmente capazes de atenuar esse câncer que é a violência desenfreada. A criminalidade cresce vertiginosamente, e é urgente que essa proposta do deputado João Lyra angarie o apoio de toda a classe política e demais poderes, para que possamos unir forças para dar cidadania e paz para o maceioense e para os alagoanos em geral”, disse Carimbão, ressaltando as qualidades do modelo adotado no Rio de Janeiro. “O melhor das UPPs é que não apenas afastam o tráfico, mas vêm acopladas de uma série de ações, na educação, na saúde, na assistência social, levando, sobretudo, cidadania para a população. As UPPs fazer, digamos, um serviço completo no combate à violência”, disse o parlamentar.

MÁGOAS A proposta do deputado Ronaldo Medeiros em expulsar a prefeita de Anadia, Sânia Tereza, do PT, ganhou força, mas colocou os dois em lados opostos. A bronca do parlamentar com a prefeita começou na eleição, logo após ter tentado o apoio da petista e descobrir que ela já estava fazendo campanha para um candidato de outro partido.

NÃO POSSO O ex-presidente da Ceal, Joaquim Brito, esteve muito perto de assumir um cargo na direção nacional da Eletrobras, no Rio de Janeiro. Abriu mão. Atual presidente do PT em Alagoas, por motivos pessoais, ele preferia que o cargo fosse aqui.

ARSAL Uma semana depois de O JORNAL revelar com exclusividade o funcionamento de um esquema dentro da Arsal que fraudava a concessão do transporte alternativo e criava “vans fantasmas”, a situação já é bem diferente no órgão. O Ministério Público Estadual entrou na investigação, e a própria direção da Arsal pediu investigação da Polícia Civil.

DIRETAS A tentativa do PCdoB em transformar o professor Edvaldo Nascimento em liderança estadual não emplacou. O vereador de Delmiro Gouveia será candidato à reeleição. O coronel Neitônio Freitas resistiu à crise. Permanece no comando do Corpo de Bombeiros. Bem verdade, pela falta de quadros. O agropecuarista Ormindo Uchoa definiu que novamente será candidato a prefeito em Porto Calvo. Será a terceira disputa pelo comando, desta vez, como favorito. O deputado federal Arthur Lira (PP) é um dos parlamentares que mais frequentam o Palácio República dos Palmares.

Joaquim Beltrão avalia que toda bancada estará unida pela proposta

Carimbão defende a importância da iniciativa proposta por João Lyra

Secretário de segurança do RJ comenta expansão O secretário de segurança pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, comentou a proposta de expandir o modelo das Unidades de Polícia Pacificadora para Alagoas e demais estados, como propôs o deputado João Lyra. Em entrevista por e-mail, ele falou com exclusividade a O JORNAL sobre o sucesso das UPPs no Rio, que já reduziram drasticamente os índices de criminalidade em 64 comunidades fluminenses. Sobre a proposta de Lyra, Beltrame diz que tem recebido delegações de estados e, até, de outros países interessados em conhecer o projeto. O secretário alerta para a necessidade de planejamento para a implantação de cada UPP.

Ele diz que o projeto precisa ser acompanhado de uma infraestrutura de serviços na comunidade, de efetivo policial e um planejamento estratégico. “Recebemos quase que semanalmente aqui na Secretaria de Segurança delegações de outros estados e até mesmo de outros países interessados em conhecer de perto o projeto. São diversos critérios técnicos avaliados por uma comissão de alto nível que definem onde uma UPP será instalada. Além disso, o cronograma precisa estar casado com a disponibilidade de efetivo formado pela PM. Esta é a grande questão. Se há formação de efetivo, há UPP. Um não existe sem o outro. Isso é mais

importante que recurso financeiro, porque a sociedade vem contribuindo com doações, parcerias e convênios”, avalia Beltrame. “Mas nada vai se consolidar se o resto dos serviços, públicos e privados, não acompanharem. Fico feliz em ver que vários projetos estão em pleno andamento. O Rio vive um momento único, não pela ação da polícia, mas pelo engajamento de todas as forças em resolver os problemas. A credibilidade está no ato de fazer bem-feito e com cuidado e não frustrar as pessoas. Hoje, o compromisso de cuidar é o maior desafio da Secretaria de Segurança”, frisa o secretário. No requerimento encaminhado aos ministros José

Eduardo Cardozo, da Justiça, e Nelson Jobim, da Defesa, o deputado federal João Lyra ressalta a importância de projetos que levem cidadania às áreas assistidas pelas UPPs, como alerta Beltrame. “Além da presença ostensiva da polícia e da repressão à criminalidade, é fundamental que programas sociais possam ser desenvolvidos nas comunidades a fim de oferecer arte, cultura, esporte, educação para a população. É por meio de programas sociais que valores como cidadania, paz, solidariedade, tolerância poderão ser trabalhados com os jovens, principais vítimas da violência”, diz o parlamentar. (G.M.) Continua na página (A3)

CMYK


Política

O JORNAL JORNA L A3

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Contexto Roberto Vilanova - bobvilanova@hotmail.com

TRABALHO INFANTIL Inquieta, a advogada alagoana Rosimeire Lopes Lobo trocou a área tributária na Secretaria da Fazenda pelo Ministério Público do Trabalho. Aprovada no concurso público nacional para o MPT, ela foi nomeada para o Mato Grosso e se instalou em Cuiabá. De lá veio para Alagoas, onde empresta sua competência na Procuradoria Regional do Trabalho da 19º Região. Inteligente, ela cursou Serviço Social na Ufal e usa agora o conhecimento da Sociologia com o Direito Trabalhista para ajudar o Estado a reduzir um dos índices sociais negativos na sua ficha – que era o trabalho infantil. Alvíssaras! Ainda falta muito a fazer, mas Alagoas já não ocupa mais os cinco primeiros lugares no ranking nacional dos estados com maior número de crianças trabalhando. Graças à dedicação e à competência da procuradora Rosimeire Lopes, Alagoas agora ocupa o oitavo lugar e se distanciou daqueles estados que mais sacrificam as crianças como mão de obra precoce. Para a procuradora, no lugar de uma pá ou enxada, a criança deve conduzir um brinquedo. Ou um livro.

GERAL

ACORDO

A procuradora do Trabalho, Rosimeire Lopes, pediu para a Secretaria de Saúde lhe informar a causa dos acidentes com crianças que dão entrada nos hospitais públicos, especialmente o Hospital Geral do Estado. Ela quer saber se a criança se acidentou porque estava trabalhando ou brincando.

– “O Ministério Público do Trabalho não é onipresente nem onisciente para saber de tudo o que acontece com a criança, por isso precisamos dessas informações” – explicou a procuradora, que se reuniu com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Toledo, para assinar o acordo com o MPT.

Beltrame aponta estratégias para implantação Ainda na entrevista a O JORNAL, o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro dá orientações de como se escolher os locais mais apropriados para a implantação de uma UPP. “O processo de escolha faz parte de uma estratégia maior, que começou a ser desenhada [no Rio de Janeiro] ainda em 2008. Pensamos em atingir as áreas que mais influenciam a vida da cidade, seja no fluxo de pessoas, na circulação de mercadorias, nos empregos formais, no universo do turismo. Este é o caminho que perseguimos desde o início. Impactar o maior número de pessoas com o efetivo disponível. Claro que entram nesta conta dados técnicos de polícia, como inteligência, índices de violência, histórico do crime, entre outros”, explica Beltrame. Segundo ele, outro fator que pode influenciar no sucesso das UPPs é a utilização de um efetivo policial jovem. “Tivemos a ideia de utilizar policiais recém ad-

Beltrame: “O papel do policial de UPP é a manutenção da ordem”

mitidos na corporação, exatamente para colocar nesse novo serviço gente sem vícios de trabalho, com gás e

vontade de trabalhar. Sabemos que, infelizmente, o trabalho de polícia comunitária é visto com resistência por

algumas pessoas dentro da polícia. Então não queríamos correr o risco de colocar nas comunidades policiais que não acreditam que o sucesso de seu trabalho está diretamente ligado à confiança e consequente parceria da população”, avalia o secretário. “O que deve ser entendido é que o papel do policial de UPP é a manutenção da ordem. No início da ocupação os agentes dos batalhões especiais (Bope e Choque) é que entram nas comunidades, pois são os policiais mais bem preparados para o possível enfrentamento com os bandidos. A polícia pacificadora entra quando esses batalhões dão o parecer de que esses locais estão tranquilos, ou seja, os agentes da UPP precisam fazer a manutenção dessa situação. Esses policiais ficam monitorando essas comunidades e no caso de qualquer indício de alguma represália, os batalhões designados para o enfrentamento é acionado imediatamente”, concluiu. (G.M.)

Proposta repercutiu na Assembleia e na Câmara

MUNDO EM MUTAÇÃO A procuradora Rosimeire Lopes reconhece que antigamente o jovem começava a trabalhar cedo, “mas era porque naquele tempo não havia os perigos do mundo atual”.

OLHO

FILA

Um assessor do exgovernador Ronaldo Lessa disse à coluna que ele “acompanha de longe” a movimentação em torno da sucessão do prefeito Cícero Almeida, e que já tem definida a posição que vai assumir quando o jogo sucessório começar. “O Lessa vai ficar quieto até lá”, disse.

Existem 800 gordinhos em Alagoas na fila de espera para realizar a cirurgia de redução de estômago pelo SUS, mas só o Hospital Universitário (HU) está credenciado e só pode realizar 26 cirurgias por ano. O deputado Joãozinho Pereira (PSDB) sugere o credenciamento de outros hospitais.

DEFESA PRÉVIA

Os pronunciamentos na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal de Maceió, que costumeiramente se atém a críticas ao caos na segurança pública, convergiram, durante a semana que passou, para as expectativas provocadas pela proposta do deputado federal João Lyra de implantar em Maceió as Unidades de Polícia Pacificadora (UPP). No Legislativo estadual, o deputado Jeferson Morais (DEM) disse que a ideia pode ser uma saída para a situação de extrema violência na capital alagoana. “Tra-

O deputado Judson Cabral (PT) saiu em defesa do presidente do Conselho de Segurança Pública, Delson Lyra, que é procurador federal aposentado. “Trata-se de um homem decente”, avaliou o deputado.

APROVA

TANGA

O senador Benedito de Lira (PP) foi o relator do projeto que obriga os diretores indicados para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a serem sabatinados antes pela Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado.

A secretária estadual da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos, Kátia Born, admitiu que Alagoas não sabe quantos índios tem. Pelo censo de 2000 do IBGE, de posse do Estado, são 5.800 índios; pelos números da Funai são 13 mil, mas a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) contou 15 mil índios.

ta-se de uma experiência implantada no Estado do Rio de Janeiro, cujos resultados foram bons. Esse tipo de unidade faz com que a polícia se aproxime da comunidade”, disse o deputado. O pronunciamento de Morais foi apoiado por outros parlamentares, como os deputados Ronaldo Medeiros (PT), Sérgio Toledo (PDT) e Gilvan Barros (PSDB), que, em apartes, elogiaram a proposta. MACEIÓ - Na Câmara Municipal de Maceió, a proposta de Lyra foi apoiada

pelo vereador Pastor João Luiz (DEM). Para o vereador, a iniciativa “sai na frente” em termos de propostas concretas para combater o avanço da violência na capital alagoana. “Parabenizo o deputado federal João Lyra pela brilhante ideia de propor a vinda desse modelo das UPPs para Maceió. Acredito que junto à presidente Dilma [Rousseff, PT], o deputado consiga com mais facilidade um projeto dessa envergadura. Esse modelo já foi implantado no Rio de Janeiro, com sucesso. Com esse

Arquivo

requerimento o deputado João Lyra sai na frente em termos de propostas sérias para combater à violência, que em Maceió já está tornando a convivência importante”, afirmou o vereador. “Com certeza os bandidos que fugiram do Rio estão escondidos em algum lugar. E sabemos que alguns deles estão em Alagoas. São necessárias ações como esta, proposta pelo deputado João Lyra, para que possamos agir contra a criminalidade”, concluiu Pastor João Luiz em seu pronunciamento na última terça-feira. (G.M.) Marco Antônio

NAÇÃO ZUMBI – “Sabemos das comunidades quilombolas” – disse a secretária Kátia Born – “porque o professor Geraldo Majela contou: são 67 comunidades, onde vivem 33 mil pessoas descendentes dos quilombos.”

FUGOU

PENSE

A direção estadual do PSOL não está segura de trazer o Conselho de Ética do partido para ouvir o vereador Ricardo Barbosa. É que o vereador e o PSOL não se entendem quanto à data; da última vez, Ricardo Barbosa se mandou para o Sertão no dia marcado para ser ouvido.

A deputada federal Célia Rocha disse ao exdeputado Marcelino Alexandre que o prefeito Luciano Barbosa continua insistindo para ela sair candidata à Prefeitura de Arapiraca. Resta saber agora se Célia vai reagir aos apelos de Luciano, que não quer ser sucedido por Rogério Teófilo.

EXPRESSAS Nesta segunda-feira, 25, assessores da Secretaria de Defesa Social estarão em Arapiraca para discutirem onde vão instalar as bases da Polícia Comunitária na cidade. Estão previstas a instalação de seis bases da Polícia Comunitária em Arapiraca. Cada base contará com uma viatura, duas motocicletas e duas bicicletas. A secretária Kátia Born anunciou que vai reunir dia 10 de maio as comunidades indígenas para debater a situação de cada tribo. A audiência pública na Assembleia Legislativa para debater a qualidade dos serviços prestados pela Eletrobras Distribuidora, e que estava marcada para o dia 27, será realizada agora dia 9 de maio. O Conselho Nacional do Ministério Público está analisando o dossiê enviado por um advogado e um empresário, e que envolve o município de Rio Largo. Vem chumbo grosso por aí.

João Luiz lembrou que unidades fizeram sucesso no Rio de Janeiro

Jeferson Morais avalia UPPs como saída para o combate à violência no Estado

Conheça o requerimento das UPPs Leia os principais trechos da indicação do deputado federal João Lyra, pedindo a cooperação dos ministérios e governo do Estado na implantação das Unidades de Polícia Pacificadora em Maceió: “O Deputado João Lyra dirige-se a Vossa Excelência para apresentar a seguinte sugestão: Requer o apoio do Ministério da Defesa, em parceria com o Ministério da Justiça e o Governo do Estado de Alagoas, para a implantação de unidades de polícia pacificadora em Maceió. É urgente a criação de um programa nacional efetivo de apoio à implantação de unidades de polícia pacificadora. A ideia não é nova. O próprio ex-presidente Lula, ao final de seu segundo mandato, já defendia uma espécie de ‘nacionalização das unidades de polícia pacificadora’. O objetivo seria a articulação de ações entre a União e os Estados para a

implantação de polícias co- como Rio Largo, Pilar, munitárias. A experiência do Marechal Deodoro, Satuba Rio de Janeiro demonstra ca- e Paripueira. balmente que o combate à (...) Felizmente, é necescriminalidade exige a coor- sário ressaltar o sucesso de denação de esforços da iniciativas conjuntas envolUnião, dos Estados e Muni- vendo o Ministério da Justiça cípios, bem como de toda a e o Governo Estacomunidade. dual de Alagoas, A Presidenta Dilcom destaque para ma também já sinao policiamento colizou que recursos munitário do con“É preciso junto Selma Bando Programa Nacional de Segurança deira, situado no recuperar Pública com Cidacomplexo residenespaços dania (PRONASCI) cial Benedito Bentes. dominados seriam aplicados (...) É imprescinpara expandir a expor milícias dível que o policiaperiência carioca da mento comunitário e UPP para todo o seja expandido para traficantes” outras áreas de País. A implantação de UPP estaria preMaceió, notadamenvista no Plano de te, no Bairro do Aceleração de Jacintinho, na área coCrescimento II, sob nhecida como Grota do Ari. a denominação de Posto Ante o exposto, solicita-se Policial Comunitário. É pre- ao Ministro da Defesa que ciso recuperar para o Poder atue, em parceria com o Público espaços territoriais Governo Estadual e o Midominados por milícias e nistério da Justiça, em prol traficantes. Em Maceió, tra- da implantação de unidades ficantes têm cobrado pedá- de polícia pacificadora em gio de moradores para pode- Maceió, com a efetiva partirem circular em bairros e re- cipação da polícia federal e giões da Grande Maceió do Exército”.

ONU também quer copiar modelo Na última segunda-feira, o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, foi convidado a apresentar a experiência das UPPs a uma equipe de técnicos da Organização das Nações Unidas (ONU). As informações da iniciativa do Rio de Janeiro devem compor uma proposta que sairá da ONU para conter o avanço da violência no mundo. Chamaram a atenção dos integrantes da ONU a capacidade de a iniciativa ser implementada sem intervenções políticas, possibilitando autonomia ao secretário de segurança pública, além da equipe técnica que compõe o grupo que elabora as estratégias no Rio, formado por profissionais especializados. UPP - As UPPs atuam basicamente na recuperação de áreas dominadas pelo tráfico de drogas, atuação da polícia comunitária e um trabalho posterior de melhorias na qualidade de vida, com projetos sociais. (Com agências)

CMYK


Política

O JORNAL JORNA L

A4

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Planos para NE serão debatidos em AL Subcomissão de Desenvolvimento do Nordeste do Senado pretende fazer audiência pública no Estado dia 23 de maio Da Editoria de Política, com Agência Senado

Alagoas deve ser palco, no próximo dia 23 de maio, de audiência pública para discutir ações necessárias para o desenvolvimento do Nordeste por parte do Congresso Nacional e do governo federal. A informação foi anunciada pelo senador Wellington Dias (PT-PI) na última terça-feira, durante audiência da Subcomissão Permanente do Desenvolvimento do Nordeste com o diretor de Planejamento e Articulação de Políticas da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), Guilherme Rebouças. Wellington Dias é presidente da subcomissão do Senado. “Existe um sinal verde para organizamos no dia 23 de maio em Alagoas”, disse o senador, explicando que a proposta de realização de audiência é subsidiar as ações do Congresso Nacional e do Executivo para a Região Nordeste. Na audiência da última terça-feira, o senador disse que o órgão precisa ter “mais força política” para colocar seus planos em prática. Segundo o parlamentar, não adianta “apenas planejar”. “Tem que ter força política para coordenar. Não pode ser um departamento do Ministério da Integração. Ou é um órgão vinculado à Presidência da República com status de ministério para poder dialogar com cada ministro, ou é preferível fechar”, criticou o senador. Ele também pediu que as propostas da Sudene contidas no Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), em processo de elaboração pelo órgão, definam

ações concretas e sejam encaminhadas para a subcomissão. “O plano que eu quero ver tem que dizer isso: tem que saber exatamente o que é e onde é. Se não tivermos a clareza do que precisamos para cada área, não sai”, afirmou Wellington Dias. Ao responder ao senador, Guilherme Maia Rebouças disse que a inclusão de projetos no plano esbarrou na resistência dos ministérios. “A recepção na Esplanada dos Ministérios foi a pior possível. A reação foi: ‘Lá vem o Nordeste de novo pedindo mais projetos, mais isso e mais aquilo’”, disse. O senador Eduardo Amorim (PSC-SE), vice-presidente da subcomissão, também destacou, na ocasião, que o órgão precisa de ações concretas para superar as desigualdades regionais. “Não dá pra ficar apenas na teoria. É preciso ir efetivamente à pratica, ter uma planejamento forte mirando sobretudo em resultados” disse. Também na audiência realizada terça-feira, a senadora Lídice da Mata (PSBBA) afirmou que a Sudene tem que deixar de ser “coadjuvante” e assumir o papel de coordenadora e planejadora do desenvolvimento do país. “É preciso que a Sudene tenha um papel mais de ator principal dessa discussão do desenvolvimento nacional. Senão continuaremos [apenas] batendo palmas para a nova Sudene que surge, que estará brigando de forma titânica para convencer os organismos federais a fazer mínimas ações para o desenvolvimento do Nordeste”, afirmou. Já o senador José Pimentel (PTCE) propôs à Sudene na audiên-

Guilherme Rebouças, da Sudene, e Wellington Dias, que preside a subcomissão, durante a audiência realizada na última terça-feira no Senado

cia que conclua o planejamento regional até o início do semestre para que possa ser incorporado ao Plano Plurianual (PPA) do governo. Na mesma audiência realizada terça-feira, o diretor de Planejamento e Articulação de Políticas da Sudene, Guilherme Rebouças, disse que oprincipal desafio da Sudene não é criar um plano de desenvolvimento para o Nordeste, mas tirar tudo isso do papel. Ele também detalhou a versão para discussão do PRDNE, em processo de elaboração pelo órgão. “O desafio é fazer esse plano acontecer”, disse Rebouças. Segundo o dirigente da Sudene, o

objetivo do plano não é abranger todos os setores importantes para o crescimento da região, mas definir algumas ações prioritárias de forma a orientar os investimentos. Para a superação das desigualdades regionais, Rebouças sugere que estados, municípios e o governo federal formem um “pacto pelo Nordeste”. Na opinião do diretor, apesar de concentrar os municípios com o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, a região não pode ser encarada como um problema, mas como oportunidade para o crescimento. Segundo Rebouças, é preciso criar um modelo de desenvolvimento próprio, levando em

conta as características locais, mas sem esquecer a estratégia de desenvolvimento do país. “O Nordeste não precisa ser São Paulo para depois vir a ser o Nordeste que a gente quer. O caminho para o desenvolvimento não é único”, disse. DIRETRIZES - Dentre as diretrizes para a superação da pobreza no Nordeste e o crescimento econômico da região, Guilherme Rebouças destaca como fundamentais o investimento em educação e infraestrutura. Ele enfatiza ainda a diversidade cultural da região como um grande ativo no momento atual. “É um

ativo que tem grande valor na geração de riquezas numa sociedade do conhecimento”, afirmou. Rebouças informou ainda que o PRDNE é o instrumento por meio do qual a Sudene estabelece objetivos, metas, prioridades e diretrizes para proporcionar o desenvolvimento sustentável, mediante ações articuladas pelos governos federal e estaduais, em consonância com planos e políticas nacionais, estaduais e locais. As diretrizes do plano ainda precisam ser aprovadas pelo Conselho Deliberativo da Sudene, antes de passar por exame do Congresso Nacional.

FICHA LIMPA

PPS pede ao STF que reconheça aplicação da lei a fatos anteriores

Lira pede que MP que diponibiliza recursos seja aprovada com rapidez

ENCHENTES

Senador apela à Câmara para aprovação de MP O senador Benedito de Lira (PP) fez um apelo esta semana, em pronunciamento no Senado, para que os deputados federais aprovem, com a maior rapidez possível, Medida Provisória que autoriza o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a disponibilizar R$ 600 milhões para recuperar o parque produtivo de regiões afetadas por desastres naturais. Entre os Estados beneficiados pela medida, informou o senador, estão Pernambuco e Alagoas. “Peço que os deputados votem essa MP com velocidade, para que a proposta venha para o Senado e possamos aprová-la rapidamente. Isso garantirá que o BNDES coloque empréstimos à disposição dos que perderam seus meios de subsistência com as enchentes”, disse. Benedito de Lira lembrou que desastres naturais vêm

causando grande impacto no Brasil desde 2009 e que, há 11 meses atrás, 19 cidades de Alagoas foram atingidas por enchentes. O senador reconheceu que mudanças climáticas globais são parte do problema, mas disse que a falta de prevenção tem ampliado os danos causados pelas chuvas. “O Estado de Alagoas, o mais atingido pelas enchentes, não recebeu um centavo do governo federal para prevenção em 2010”, disse, lembrando, porém, que o então presidente Lula visitou a região após a catástrofe e liberou recursos emergenciais. O parlamentar informou ainda que a Defesa Civil de Alagoas deve lançar no próximo mês um sistema de monitoramento de chuvas, em parceria com o governo do estado, com a Embaixada Britânica e com o Ministério de Ciência e Tecnologia.

O PPS pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheça a aplicabilidade da lei complementar 135/2010, a Lei do Ficha Limpa, a fatos ocorridos antes da sua publicação. A legenda diz temer que candidatos que vierem a ser barrados nas eleições de 2012 questionem a constitucionalidade da aplicação da lei a condenações anteriores à publicação da norma, em junho de 2010. Recentemente, o STF decidiu que a Lei do Ficha Limpa não pode ser aplicada às eleições de 2010, em votação desempatada pelo ministro Luiz Fux. Ele será relator da Ação Declaratória de Constitucionalidade (ADC) 29, ajuizada pelo PPS na última terça-feira. Na ação, a legenda argumenta que os dispositivos da Lei da Ficha Limpa que tratam de inelegibilidades podem ser aplicados a fatos

anteriores à vigência da norma, sem que isso cause prejuízo ao princípio da irretroatividade da lei penal e da segurança jurídica. O PPS sustenta seu pedido no artigo 14, parágrafo 9º, da Constituição. O trecho diz que lei complementar - como a da Ficha Limpa – “estabelecerá outros casos de inelegibilidade e os prazos de sua cessação, a fim de proteger a probidade administrativa, a moralidade para exercício de mandato considerada vida pregressa do candidato, e a normalidade e legitimidade das eleições contra a influência do poder econômico ou o abuso do exercício de função, cargo ou emprego na administração direta ou indireta”. De acordo com o partido, esse artigo busca atingir as pessoas cuja vida pregressa desautorizaria, em tese, o acesso a um mandato eletivo. E, como os dispositivos da Lei

Ministro Luiz Fux será o relator da ação ajuizada pelo PPS no STF

da Ficha Limpa apenas dão cumprimento ao que determina a Constituição, poderiam ser aplicados a atos e fatos anteriores a 2010. Na semana passada, o Conselho Federal da Ordem

dos Advogados do Brasil (OAB) anunciou que ajuizaria ADC para que o STF tome uma decisão definitiva sobre a validade da Ficha Limpa quanto a critérios como a irretroatividade e a presunção de inocência.

FAZENDA

Comissão pretende discutir “guerra fiscal” com secretários Preocupados com impactos, na indústria nacional, da política de incentivo à importação adotada por alguns Estados, senadores que integram a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado querem discutir o assunto com o Ministério da Fazenda e secretários estaduais da área. A audiência pública será realizada na próxima terça-feira. Autor do requerimento que propõe o debate, o senador Romero Jucá (PMDB-

RR) explicou que a audiência pública visa analisar projeto apresentado por ele que objetiva solucionar os problemas decorrentes da disputa fiscal que se estabeleceu entre os Estados e proteger a produção nacional. “Estamos hoje sofrendo um problema grave de desindustrialização no país, porque estão sendo dados incentivos fiscais a produtos importados em detrimento da produção brasileira”, disse Jucá.

Na justificativa da proposta, ele explica que a entrada de mercadorias importadas em um Estado gera, para essa unidade da Federação, uma arrecadação potencial de Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Isso, associado a políticas de incentivos fiscais pelos estados, na chamada “guerra fiscal”, faz com que o ICMS seja instrumento para estabelecer vantagens comparativas ao produto importado, em detrimento do pro-

duzido no país. Foram convidados para o debate o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa; o secretário da Fazenda da Bahia e coordenador do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), Carlos Marques; o secretário da Fazenda do Espírito Santo, Maurício Duque; o secretário da Fazenda de São Paulo, Andrea Calabi; e o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade.

CMYK


O JORNAL

Nacional

A5

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: nacional@ojornal-al.com.br

CÓDIGO FLORESTAL

Áreas em margens de rios serão revistas Propriedades de até 5 hectares devem ficar livres da exigência de reserva legal, diz relator do projeto Agência Câmara O relator do projeto de reforma do Código Florestal (PL 1876/99 e outros), deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), disse na última quarta-feira que vai modificar seu texto para tornar mais claro que os agricultores não poderão reduzir as áreas de preservação permanentes (APPs) de 30 metros ao longo dos rios. Ele afirmou que essas áreas só poderão ser reduzidas para 15 metros quando o agricultor já houver desmatado e que, mesmo assim, precisará fazer a recomposição. Aldo fez o anúncio após reunião com o presidente da Frente Parlamentar Ambientalista e líder do PV, deputado Sarney Filho (MA), que sugeriu diversas mudanças no projeto do código. Em caso de recomposição das APPs, Sarney Filho defendeu uma área 15 metros para todos os agricultores, enquanto Aldo definiu 15 metros para as grandes propriedades e 7,5 me-

tros para as pequenas, de até 5 hectares. Aldo afirmou que a recomposição de 15 metros seria inviável no caso da Região Nordeste, pois os pequenos agricultores já usam quase toda a terra de suas propriedades. Segundo Aldo, mais de 50% das propriedades no Nordeste têm até 5 hectares e reúnem apenas 0,6% de APPs e reserva legal. Aldo também disse ser a favor de que as propriedades de até 5 hectares não tenham exigência de reserva legal, pois os pequenos agricultores já têm de preservar áreas ao redor de rios e morros. PRESERVAÇÃO - Durante a reunião, Sarney Filho sugeriu que os agricultores que até hoje cumpriram a legislação ambiental sejam beneficiados com medidas como crédito mais barato e isenção do Imposto Territorial Rural (ITR). Aldo disse que vai analisar a proposta.

Sarney Filho disse que é preciso decidir se o País quer um código florestal ou agrícola. Ele defendeu a manutenção de 80% de reserva da Amazônia e disse que a preservação da floresta pode render, no futuro, benefícios econômicos decorrentes da cobrança de serviços ambientais e da pesquisa de fármacos. Sarney Filho afirmou que o projeto do novo Código Florestal traz riscos de mais desmatamentos e, por isso, ainda não deveria ser colocado em votação. O presidente da Câmara, Marco Maia, anunciou na terça-feira que o projeto será incluído na pauta do Plenário nos dias 3 e 4 de maio. O substitutivo de Aldo Rebelo foi aprovado no ano passado por uma comissão especial da Câmara. O líder do PV lembrou também que a presidente Dilma Rousseff assumiu o compromisso, no segundo turno de campanha, de não adotar nenhuma medida que promova desmatamento.

Aldo Rebelo e Sarney Filho definem mudanças no texto que será votado pela Câmara no começo de maio

DEPENDÊNCIA QUÍMICA

Comunidades terapêuticas são contra restrições governamentais Agência Senado

ATLÂNTICO

Redemoinhos oceânicos afetam o clima do País Graffo Um fenômeno alimentado pelas águas lançadas no Atlântico pelo Rio Amazonas surge próximo da costa brasileira e só agora começa a ser conhecido. O encontro de duas correntes oceânicas com as águas do rio forma redemoinhos que se elevam cerca de 40 centímetros acima da superfície do mar, giram como frisbees e chegam a 400 km de diâmetro. Aimportância disso tudo? Os chamados redemoinhos oceânicos influenciam o clima global e a navegação. Sabendo mais sobre os redemoinhos, os navios podem economizar no combustível usando o fluxo da corrente. E sabendo

sobre os efeitos no clima e os monitorando, é possível prevenir incidentes. Os redemoinhos giram no sentido horário, movendo-se no oceano como um frisbee que é jogado ao ar, a cerca de um metro por segundo. Esta velocidade é considerada muito rápida para uma corrente oceânica. Como o fenômeno é relativamente novo, seus impactos ainda estão sendo estudados por cientistas, principalmente norteamericanos. Entretanto, já é de conhecimento que os frisbees persistem na costa brasileira mesmo quando não há movimento entre as correntes, o que indica que há um tipo de mecanismo independente na formação deles.

As restrições governamentais estabelecidas à atuação das comunidades terapêuticas, especialmente ao viés religioso inserido em suas ações, foram criticadas na última quartafeira, em audiência pública da Subcomissão Temporária de Políticas Sociais sobre Dependentes Químicos de Álcool, “Crack” e Outras Drogas do Senado. Os protestos foram puxados pelo frei Hans Heinrich Stapel, fundador da Fazenda da Esperança, sediada em Guaratinguetá (SP), que contestou a suposta tentativa do governo de transformar essas unidades de tratamento em “hospitais”. “É um absurdo a exigência de termos a assistência de um

médico a cada dez dias. Eu acho que só devemos chamá-lo quando houver alguém doente. Mais de 20 mil pessoas já passaram pela Fazenda da Esperança. Eu quero ser respeitado com tudo o que nós fazemos. É preciso trabalhar juntos (governo e comunidades), e não estar um contra o outro”, declarou. Frei Hans argumentou ser preciso não só cuidar da parte física e psíquica, mas também espiritual do dependente de drogas. Segundo informou, há judeus, muçulmanos, evangélicos, ateus entre os três mil jovens em tratamento nas 77 unidades da Fazenda da Esperança espalhadas pelo mundo. Embora os internos tenham sua orientação religiosa respeitada, precisam cumprir algu-

mas regras, como não beber ou fumar, trabalhar e participar de atividades de cunho católico. Fundador da Instituição Padre Haroldo, localizada em Campinas (SP), o jesuíta Haroldo Rahm condenou uma suposta tentativa de se dissociar a questão espiritual da prática terapêutica. Em sua opinião, ciência e espiritualidade precisam ser trabalhadas juntas. Ele também considerou “ridícula” a exigência dos assistidos por essas comunidades - a sua tem 200 jovens em recuperação - passarem por exame médico a cada dez dias. “O que eles (dependentes) precisam é de bom exemplo e do apoio de pessoas que têm interesse neles. É isso que cura”, afirmou.

O presidente da subcomissão, senador Wellington Dias (PT-PI), cobrou apoio do governo federal para essas entidades e adiantou que a Organização Mundial de Saúde (OMS) já reconheceu a necessidade de seu trabalho para a recuperação de usuários de drogas. OBSERVATÓRIO - A vicepresidente da subcomissão, senadora Ana Amélia (PP-RS), também comentou o lançamento do portal Observatório do Crack, na próxima terça-feira, pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). Aideia é levantar dados sobre o uso do “crack” e auxiliar os municípios nas ações de prevenção, reinserção social e recuperação de dependentes.

FRENTE PELA EDUCAÇÃO Frei Hans, da Fazenda Esperança, critica a exigência de médicos Será lançada na próxima quarta-feira, na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar da Educação Profissional e Ensino a Distância. O grupo já conta com a adesão de 240 deputados e pretende incentivar políticas públicas de capacitação de trabalhadores por meio de escolas técnicas, agrícolas e de educação multimídia e via internet. O deputado Agnolin (PDT-TO), que propôs a criação da frente, ressalta a importância das instituições profissionalizantes para melhorar a competitividade do País no cenário internacional. “A desqualificação da mão de obra e os analfabetos digitais colocam o Brasil em um patamar preocupante”, alerta.

A bebida, segundo Emmanoel Cavalcanti, é porta para outras drogas

Especialistas criticam propaganda de bebidas Durante audiência que integra o ciclo de debates sobre o “crack”, promovida na quartafeira pela Subcomissão Temporária de Políticas Sociais sobre Dependentes Químicos de Álcool, Crack e outras Drogas, participantes também criticaram a propaganda de bebidas alcoólicas e a falta de controle sobre a venda dessas substâncias, que funcionariam, de acordo com Emmanuel Cavalcanti, como porta de entrada para outras drogas. “Abebida alcoólica liberada gera um nível de dependência nas pessoas que têm predisposição para a dependência química”, alertou o representante

da Associação Brasileira de Psiquiatria. De acordo com o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), José Luiz Gomes do Amaral, a propaganda de bebidas alcoólicas estimula os jovens a consumir a substância. “Apropaganda maciça incitando, sobretudo os jovens a fumarem e a usarem o álcool talvez esteja também na base para que nós tenhamos uma quantidade tão grande de pessoas afetadas”, disse José Luiz Ele defendeu a instituição de medidas que restrinjam o acesso ao álcool e ao tabaco como o aumento da taxação de cigarros e de bebidas.

LEGALIZAÇÃO - Ao responder a questionamento dos senadores Eduardo Suplicy (PTSP) e Ana Amélia Lemos (PPRS) sobre a possibilidade de legalização das drogas como estratégia para desestimular o consumo, Emmanuel Cavalcanti disse que o Brasil não tem condições de conviver com essa medida. “Não se pode, num país deste que não tem controle nem educação suficiente para que regras mínimas sejam obedecidas, se falar em liberação de qualquer outra substância. Basta o álcool para nos causar problemas. Basta o álcool”, argumentou.

Para o presidente da Subcomissão, senador Wellington Dias (PT - PI), apesar da redução no número de homicídios em países que descriminalizaram a venda dessas substâncias, relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que mais de 200 mil pessoas morrem por ano em consequência do uso de drogas legalizadas. “ Em países que adotaram a liberação de drogas, reduziram-se sim os homicídios, mas também há outra realidade: ampliou-se o consumo, chegando às crianças e a bebês por intermédio das mães grávidas e isso causa outras mortes”, afirmou.

CMYK


O JORNAL

Opinião A6

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com. | e-mail: opiniao@ojornal-al.com.br

As “cinquentinhas” Se nada for feito no sentido de disciplinar – ou mesmo coibir severamente – o tráfego das famigeradas “cinquentinhas”, muita gente vai morrer no trânsito de Maceió. Para quem não sabe, são aquelas motonetas de 50 cilindradas que, nos últimos meses foram vendidas em larga escala e invadiram as ruas da capital. E tanto faz: ruas ou avenidas. Na Fernandes Lima, por exemplo, as “cinquentinhas” parecem uma praga. A legislação de trânsito para elas é tão exigente quanto para uma bicicleta. O condutor não precisa ser habilitado nem usar equipamento de segurança, a exemplo do capacete. Do jeito que é para a bicicleta. Para não dizer que não há nada que fiscalize a sua circulação, é necessário que o condutor porte a Nota Fiscal da compra. Isso mesmo! Basta apenas esse simples documento para sair por aí atrapalhando o trânsito e pondo em risco a vida das pessoas. A vida do condutor da “cinquentinha” é uma delas. Se um veículo desses carregar mais de duas pessoas, não há lei que justifique a aplicação da multa por excesso de passageiros. Pode até formar uma pirâmide humana, como aquela que se vê no desfile de 7 de Setembro em Brasília, que está valendo. Nenhum agente de trânsito pode, legalmente, punir o condutor nem apreender o veículo. A única fiscalização é da polícia [Civil ou Militar]. Quan-

do desconfia do condutor de uma “cinquentinha”, a polícia faz a abordagem e, se ele não apresentar a Nota Fiscal, o veículo é apreendido. Isso porque, de tão liberada que é, a motoneta tornou-se alvo fácil dos ladrões. Em alguns bairros de Maceió, elas são tomadas em assaltos e entregues na boca de fumo para pagamento de drogas. Débito de R$ 100 ou R$ 200 é quitado com uma “cinquentinha” novinha em folha. Dessa forma, barata e sem exigência da legislação de trânsito, a “cinquentinha” é vendida como água no comércio de Maceió. Em cada curva tem uma dessas passando na frente do motorista dando aquele susto. Os motoristas pedem que esses veículos sejam retirados com urgência do trânsito de Maceió. E não se trata de preconceito nem de prepotência. Trata-se de uma questão de segurança. Na semana que passou, um pai de família morreu em consequência de um acidente com duas “cinquentinhas”. Ele seguia para casa com as compras da Páscoa, levando a esposa na garupa, quando foi abalroado por outra motoneta com quatro pessoas. O acidente aconteceu na Praça do Centenário e o veículo causador do acidente trafegava pela contramão. Como não usava capacete – até porque a legislação não exige –, o cidadão caiu, bateu forte com a cabeça no chão e morreu na hora.

Pêssach, a festa da liberdade “O nascimento e a formação da nação dos filhos de Israel” Húdson Canuto Filósofo e professor de Latim e Italiano na Casa de Cultura Latino-Americana da Ufal / hudsonkleber@gmail.com

O termo Páscoa, em hebraico Pêssach, aparece pela primeira vez na Torá no episódio da décima e última praga do Egito: a morte dos primogênitos. Deus ordena que os judeus marcassem, com o sangue de um cordeiro, os umbrais das portas: «e o Eterno verá o sangue e saltará sobre a porta» e nada aconteceria aos israelitas (v. Ex 12,23). O verbo “passará sobre” é, em hebraico, pêssach. É daqui que se origina a nossa palavra Páscoa. Como prescrito na Bíblia (Ex 12,1-8) a Páscoa hebraica é fixada no dia 14 de nissã do calendário hebraico. O calendário hebraico é lunissolar, então o mês inicia com a lua nova e o 15º dia com a lua cheia. O dia 14 de nissã corresponderia à lua cheia depois do dia 21 de março (equinócio de primavera no hemisfério norte). Este ano Pêssach começou a ser celebrada no dia 19 de abril. Como não há uma equivalência exata entre o calendário gregoriano (o nosso) e o calendário judaico, todos os anos Pêssach não cairá no mesmo dia do calendário gregoriano, posto que é uma festa da lua cheia da primavera em Israel. Pêssach é uma festividade hebraica que dura oito dias e que recorda o êxodo e a libertação do povo de Deus que era escravo no Egito. Há dois mandamentos ligados a essa festa: alimentar-se de matzah (pão sem fermento) e a proibição de ingerir qualquer alimento que contenha fermento durante todo o período da festividade. Há

ainda um terceiro mandado (em desuso desde a destruição do 2º templo): a oferta dum cordeiro na tarde do dia 14 de nissã e de comê-lo na mesma noite do sacrifício de Pêssach. Esses mandamentos tornaramse uma ceia particular chamada seder, celebrada nas primeiras duas noites da festa. Outros usos são: comer ervas amargas, pão ázimo, dentre outros, e beber quatro copos de vinho. A importância dessa festa para o judeu é que o êxodo do Egito transformou aquele povo de escravos em uma nação livre! Nas noites de Seder da festa de Pêssach, celebra-se, com grande solenidade e pompa, o nascimento e a formação da nação dos filhos de Israel. O anseio pela liberdade nunca deixou de palpitar nos corações do povo de Israel, anseio este que passou de geração para geração e que atuou como uma motivação espiritual tão forte, que nenhuma opressão ou conquista conseguiu vencê-la. O povo judeu passou por muitos mares de cabeça erguida, enquanto se levantaram ondas de ódio a seu redor. Nessa caminhada, nações poderosas, inclusive impérios imponentes e de grande cultura, desapareceram nas profundezas do mar, agitado pelos acontecimentos universais. São povos, cuja lembrança foi desenterrada pela arqueologia, através de fragmentos rochosos que sobreviveram ao tempo. O povo de Israel, porém, foi poupado pelo Anjo destruidor da História humana.

O desafio da reforma política “Mudar velhas práticas políticas em prol das gerações futuras” Renan Calheiros Senador e líder da bancada do PMDB

Mensagem de Páscoa “Cristo está vivo, incentivando-nos à libertação, à ressurreição e à renovação” João Lyra Deputado federal e membro das Comissões de Constituição e Justiça e de Cidadania e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, da Câmara dos Deputados

Prezados conterrâneos. Hoje, as igrejas abriram suas portas para a celebração da data mais importante da Cristandade. Nesse instante, nossas almas se deixam enlevar pelos sentimentos que nos emocionam nas comemorações deste Domingo de Páscoa. Dobramos os joelhos, lembrando que o Cristo está vivo, incentivando-nos à libertação, à ressurreição e à renovação, cujos significados pedimos licença para empregar em um sentido mais humano, mais social. A Páscoa tem o sentido de libertação, e nesse caso tem de ser celebrada com profunda reverência; afinal, foi Cristo quem derramou o seu sangue em favor de muitos, e o seu sacrifício possibilitou a nossa libertação espiritual. A Páscoa tem o sentido de ressurreição. Jesus disse que é “a ressurreição e a vida”, sugerindo que a ressurreição nos conduzirá a uma pátria livre da pobreza, sempre apoiados nos Seus ensinamentos e infinito amor pelos mais fracos. No sentido de renovação, pensamos no nosso povo, lutando para superar a pobreza, através da

obtenção de condições mínimas de educação, saúde, trabalho e habitação, direitos previstos na Carta dos Homens. Temos absoluta certeza de que nossa gente alagoana, movida pelo espírito da Páscoa, persistirá nas lutas que empreende para ultrapassar e vencer suas dificuldades. Diferentemente da época de Jesus, os líderes atuais que governam o Brasil impuseram-se responsabilidades sociais para a superação da pobreza, que ainda nos flagela. Basta se comparar as condições de hoje àquelas vigentes anos atrás. Que as nossas almas, enlevadas por tão vasto sentimento cristão, anime-nos a perseverar com a mesma segurança e força com que Jesus Cristo caminhou até Sua gloriosa ressurreição, em um domingo como este. Por fim, amigos, que continuemos juntos em todas as Páscoas, em todos os dias de nossas vidas, buscando e fazendo o melhor para o nosso querido estado de Alagoas. Feliz Páscoa!

O JORNAL Diretor-Executivo Luciano Goes lucianogoes@ojornal-al.com.br

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

Diretora Administrativo-Financeira Silvia Sacuno Diretora Comercial Eliane Pereira comercial@ojornal-al.com.br

vfamalta@ojornal-al.com.br

Francisco Dornelles, propor alterações nas leis eleitorais. O nosso sistema proporcional é verdadeiramente anacrônico, confunde o eleitor e produz graves distorções na apuração da vontade popular, a exemplo da diplomação de um candidato menos votado em prejuízo de outro que recebeu mais votos. Talvez o mais adequado fosse reformular o sistema proporcional, adotando o sistema distrital misto, seguindo o bem sucedido modelo praticado na Alemanha desde 1949. Ou simplesmente alterar a fórmula matemática que é utilizada hoje em dia por outra que não provoque tantas distorções, se facilitar o entendimento entre as forças político-partidárias. O sistema distrital misto permite ao eleitor acompanhar e cobrar, com maior eficiência, os compromissos do seu candidato, vinculando o parlamentar às promessas de campanha. Com isso, dentre outros equívocos, poderíamos acabar com o político que só aparece em seu município ou em seu estado de quatro em quatro anos, para pedir votos. Entre outros pontos merecedores de atenção, incluem-se a autonomia dos partidos políticos e a fidelidade partidária. A migração partidária deve ser inibida, mas sem exageros, com o objetivo de tornar mais democrática e equilibrada a relação entre o partido e o seu filiado. Apesar das emoções que o assunto suscita, acredito na maturidade do debate político, até mesmo para avançar na direção de propostas mais polêmicas, como o voto facultativo e a definição de novas normas para a escolha de suplentes do Senado Federal. A reforma político-partidária é mesmo inadiável. Nós que temos a responsabilidade de fazer as leis e representar a vontade popular não podemos perder a oportunidade e vamos enfrentar, com muita serenidade, o urgente desafio de mudar velhas práticas políticas em prol das gerações futuras.

Datas & Fatos 24 de abril - Dia Internacional do Jovem Trabalhador, do Agente de Viagem e Páscoa. Anexação da Cisjordânia - Em 24 de abril de 1950, a Jordânia anuncia a anexação da Cisjordânia, incluindo o setor oriental de Jerusalém, que se torna uma cidade dividida, com o setor ocidental ocupado pelos judeus. Muitos palestinos fogem para países vizinhos. Hoje, a área é um dos principais focos de conflito entre palestinos e israelenses.

EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br site: www.ojornalwebcom Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600 - Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

PABX (082) 4009-1900

FAX/REDAÇÃO (082) 4009-1950

Coordenador Editorial Voney Malta

Alguns estudiosos do tema sustentam que a democracia é um tipo de jogo em que a incerteza é institucionalizada. Porém, é salutar que as normas eleitorais sejam estáveis e de fácil entendimento. Hoje não temos isso e, de quebra, convivemos com um estranho sistema de voto único em candidatura individual que tem, como principal característica, provocar uma disputa voraz entre candidatos do mesmo partido político. É indispensável que o Poder Legislativo assuma a responsabilidade de fazer as reformas necessárias e possíveis, eliminando tanto quanto possível as lacunas da legislação eleitoral, de modo a inibir a excessiva judicialização dos pleitos. O debate sobre a reforma da legislação eleitoral não é simples nem fácil. Por isso mesmo mantém-se na agenda das prioridades nacionais desde o encerramento dos trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte, em outubro de 1988. Devemos fazer as alterações que o momento histórico reclama, mesmo que signifique o início de um novo aprendizado e o receio inerente às transformações institucionais. O reiterado adiamento das reformas gera desinformação, provoca o desgaste da classe política e abala a credibilidade das instituições democráticas. Não serve, portanto, a ninguém. O leque de propostas é grande e existem boas ideias para aperfeiçoar a fidelidade partidária, reforçar a autonomia dos partidos políticos e alterar o sistema eleitoral e o financiamento das campanhas. Talvez seja este o núcleo mínimo da reforma política. Ressalte-se que, sensível ao problema, o presidente José Sarney designou uma comissão de juristas de alto nível para estudar profundamente a matéria e oferecer propostas para erradicar as deformidades da legislação eleitoral. Este mês, designou outra comissão formada por senadores ilustres e experientes para, sob a presidência do senador

FAX/COMERCIAL (082) 4009-1960

CLASSIFICADOS (082) 4009-1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (082) 4009-1919 Vendas avulsas Alagoas Dias úteis - R$ 1,50 Domingos - R$ 3,00 Nºs atrasados - R$ 4,00

Outros estados Dias úteis - R$ 3,00 Domingos - R$ 5,00 Assinaturas em Alagoas: Semestral - R$ 185,00 Anual - R$ 370,00 Assinaturas em outros estados: Anual - R$ 560,00 Semestral - R$ 280,00

Sucursais MARAGOGI – SUCURSAL COSTA DOS CORAIS PRAÇA BATISTA ACIOLY, Nº 17 CENTRO – FONE – 3296-2221 E-MAIL: maragogi@ojornal-al.com.br ARAPIRACA – SUCURSAL AGRESTE AVENIDA RIO BRANCO, 157, SALA 10 CENTRO - FONE - 9933-4999 Comercial E-MAIL: arapiraca@ojornal-al.com.br

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700 RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br


Nacional Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: nacional@ojornal-al.com.br

O JORNAL JORNA L A7

RELIGIÃO

Freira é a advogada dos santos brasileiros Aos 84 anos, irmã Célia aguarda com expectativa a beatificação de Irmã Dulce, prevista para 22 de maio Graffo Postuladora do processo de canonização de Madre Paulina e Frei Galvão, os dois únicos santos brasileiros, a irmã Célia Cadorin, 84 anos, aguarda com expectativa a beatificação de Irmã Dulce. O anúncio deve ocorrer no próximo dia 22 de maio, em Salvador, na Bahia, terra natal da freira. Irmã Célia é postuladora, uma espécie de “advogada” de candidatos a santos. O trabalho inclui reunir provas de vida, virtudes e santidade. Irmã Célia começou a trabalhar em prol dos santos em 1982, quando foi defender a causa da santa Madre Paulina, que nasceu na Itália, mas mudou-se para o Brasil aos nove anos de idade. Maior autoridade religiosa do assunto no país, hoje, conta com a incrível marca de atuar como vice-postuladora ou colaboradora em um total de 16 processos de beatificação e canonização.

CMYK


O JORNAL

Internacional A8

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: internacional@ojornal-al.com.br

A imponente igreja gótica já foi testemunha de 38 coroações; a última delas foi a da rainha Elizabeth II, em 1953

Sepultura de Isaac Newton, o cientista inglês que se notabilizou pela teoria da gravitação, morto em 1727

Palco de casamento real “abriga” 3 mil Abadia de Westminster é o mausoléu de personalidades históricas, como Isaac Newton e Charles Darwin LONDRES — A Abadia de Westminster, onde o príncipe William casará no próximo dia 29 com Kate Middleton, é uma igreja gótica anglicana intimamente ligada há alguns séculos à monarquia britânica, tanto nos momentos alegres como nos tristes. Para William, o templo londrino que recebeu casamentos, coroações e funerais reais, é sobretudo o local do funeral solene de sua mãe, a princesa Diana, em 6 de setembro de 1997, poucos dias depois de sua morte em um acidente de trânsito em Paris. Do tamanho de uma catedral, a igreja também foi o cenário escolhido para, em 20 de novembro de 1947, para o casamento de sua avó, a então princesa Elizabeth com Philip Mountbatten. Seis anos mais tarde, após a morte do pai, ela foi coroada Elizabeth II no mesmo lugar. Dois dos quatro filhos da rainha também casaram na igreja: a princesa Anne com Mark Phillips em 1973 e o príncipe Andrew com Sarah

Ferguson em 1986. Os dois casamentos terminaram em divórcio, assim como o de Charles, que como herdeiro do trono optou pela mais ampla e luxuosa catedral de São Paulo para o casamento com Diana em julho de 1981. O templo, inicialmente romanista e católico fundado no século XI ao lado de um mosteiro beneditino por Eduardo o Confessor, é igreja das coroações de reis e rainhas desde William o Conquistador em 1066. A imponente igreja gótica atual, cujo nome formal é Igreja do Colegiado de São Pedro de Westminster, começou a ser construída durante o reinado de Henry III em 1245. O sepultamento do monarca, em 1272, transformou o local no principal local para os enterros reais durante 500 anos. No total, 17 monarcas estão sepultados nesta necrópole real convertida em mausoléu nacional com mais de 3.000 túmulos de algumas das figuras britânicas mais famosas em todos os

âmbitos, de Isaac Newton a Lawrence Olivier, passando por Charles Dickens e Charles Darwin. Outras personalidades são celebradas no templo, como Winston Churchill ou William Shakespeare. A Abadia de Westminster também foi ao longo da história testemunha de 38 coroações, a última a de Elizabeth II em 1953, a primeira transmitida pela televisão. Aigreja, um dos edifícios góticos mais importantes do Reino Unido, é “royal peculiar”, ou seja, está diretamente sob a jurisdição do monarca, que na Inglaterra também é o Governador Supremo da Igreja Anglicana, e não de uma diocese. No entanto, se autofinancia com a venda de entradas e com os donativos. Mesmo sendo uma das principais atrações turísticas da capital, a igreja, situada ao lado do Parlamento de Westminster, ainda é um local de culto e nela são celebrados vários serviços religiosos diários.

Kate Middleton e o príncipe William irão se casar no próximo dia 29 na igreja onde Diana foi velada, em 1997

CMYK


O JORNAL

Cidades

A9

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Multas ambientais não são pagas Nem 1% do valor chega aos cofres públicos; autoridades dizem que o problema é a morosidade do processo Fotos: Yvette Moura

Carolina Sanches Repórter

A divulgação do relatório do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) constatando que nem 1% do valor das multas aplicadas pelo órgão chega aos cofres públicos trouxe a tona o debate sobre o tema. A reportagem de O JORNAL ouviu representantes de órgãos responsáveis por infrações ambientais em Alagoas e, assim como nos outros Estados, os relatos indicam que as infrações são muitas, mas se efetivar o pagamento delas passa por um longo processo. Os dados mostram que, seja pela demora na tramitação ou pela falta de vontade do infrator, a aplicação da multa é feita, mas na maioria delas o dinheiro não chega aos cofres públicos. No ano passado o Ibama aplicou mais de R$ 16 milhões em multas em Alagoas . Foram 447 autos de infração lavrados em todo Estado, 331 apreensões sendo 195 de animais, 49 de veículos, nove motosseras, 700 m³ em produtos florestais (estaca, madeira e carvão) e

8.567 quilos de pescado, entre lagosta, camarão e peixe. De acordo com o chefe de divisão de proteção ambiental, Giovani Barcelle, as apreensões vão desde desmate a ocupação irregular. Elas são feitas através de denúncias e também do trabalho de fiscalização que é permanente no órgão. Barcelle explicou que nos últimos meses um dos focos das fiscalizações é a ocupação irregular em Áreas de Preservação Permanente. “A ocupação irregular é uma constante em todo Brasil e em Alagoas não é diferênte. Além de ferir a legislação, que proíbe a ocupação, as edificações danificam o meio ambiente, afetam a paisagem, barram o acesso da população às praias e ainda colocam em risco seus freqüentadores”, alerta Barcelle. Para ele, a mudança que ocorreu no Ibama de 2008 pra cá com a criação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) melhorou o trabalho de fiscalização do órgão. O motivo é que o ICMbio ficou responsável pelas Unidades de Conservação, di-

minuindo a área de atuação do órgão. Com relação as multas aplicadas pelo órgão, Barcelle disse que o valor depende do poder aquisitivo do infrator. Com relação ao relatório do Ibama, não há como contabilizar o pagamento das multas aplicadas em Alagoas. Os dados apresentados são nacionais. Segundo o órgão, de 2005 a 2010, do total de infrações ambientais notificadas, a média de 0,75% foi paga. No ano passado, o índice foi ainda menor, apenas 0,2%. A quantidade de multas também caiu. Em 2005, foram aplicadas 32.577, enquanto em 2010 o índice passou para 18.686. Segundo o órgão, a maior parte das autuações está associada a crimes contra a flora, o que inclui desmatamentos, queimadas e venda de madeira ilegal. O baixo percentual de multas efetivamente pagas ocorre em vista da complexa tramitação dos processos de apuração de infrações ambientais. O Pará, no Norte do país, é o Estado que mais deve, e em 2010 somava R$ 1,02 bilhão em Arquivo

Apreensão de animais silvestres está entre um dos crimes ambientais mais comuns em Maceió e no interior

AGU quer tornar cobrança eficiente As a autuações feitas por autarquias federais ficam sob responsabilidade da AdvocaciaGeral da União (AGU). No caso de multa, é lavrado um procedimento administrativo de instrução e o devedor tem a chance de recorrer. Quando acaba esse processo administrativo dentro do órgão, ela é inscrita em dívida ativa. O órgão anunciou que ainda este ano implementará medidas para tornar mais eficiente o pagamento dos créditos referentes a autuações como as multas ambientais do Ibama. O procurador federal Fábio Munhoz, coordenador-geral de cobrança e recuperação de créditos da AGU, explicou que um sistema que fará a gestão de toda a dívida das autarquias federais estará sendo implantado dentro de um mês. E inicialmente vai ser lançado para algumas autarquias como a Fundação Nacional

de Saúde (Funasa), e o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dinit). “Até o final deste ano o sistema deverá atingir todas as autarquias que o órgão administra, um total de 156, incluindo o Ibama. O sistema terá todo o histórico do débito, o que permitirá um maior controle”, afirma. Outra medida em fase de implementação é o protesto das certidões de dívida ativa para valores de até R$ 10 mil. Segundo Munhoz, a medida foi implementada no ano passado em caráter experimental, para a quitação de dívidas relacionadas a autarquias e órgãos públicos, como o Inmetro, Dinit e Agência Nacional do Petróleo (ANP). “A proposta é que esses créditos sejam ressarcidos sem utilizar a máquina do Judiciário”. O programa-piloto, que durou três meses, permitiu a re-

cuperação de 30% das dívidas com esse perfil, um montante equivalente a R$ 500 mil. E em quase 90% dos casos foram efetuados em três dias. “O próximo passo é estender o programa para outras autarquias, entre elas o Ibama”, diz Munhoz. Segundo o procurador, a perspectiva é de que nos próximos cinco anos o índice de recuperação das multas por infrações ambientais cresça, com menos autuações sendo contestadas na Justiça. O procurador cita um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que aponta que cada processo de execução para cobrança de dívidas públicas custa, em média, R$ 4,4 mil e leva cerca de oito anos para que o débito seja quitado. “Não vale mais a pena utilizar o meio judicial para receber esses créditos de menor valor, pois há perda de tempo e dinheiro”, diz.

Redes de pesca e motor apreendidos durante a operação do Ibama e do Batalhão Ambiental em Maceió

multas. Mato Grosso vem em segundo lugar, com R$ 376,5 milhões.

Pela lei, quem não paga multas fica inscrito no Cadastro Informativo de Créditos não

TAC é a melhor alternativa à multa No âmbito estadual, as multas ambientais são aplicadas pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA). De acordo com o presidente do órgão, Adriano Augusto, as autuações são, na grande maioria, por acidentes ecológicos que podem ter ocorrido devido a falta de controle ambiental. Segundo Augusto, mesmo que as multas sejam, de fato, aplicadas e pagas, nada repõem os prejuízos ambientais causados pelo dano. “A função prioritária das multas ambientais, não deve ser, a princípio, uma punição pura e simples da empresa supostamente poluidora ou da pessoa que cometeu o crime ambiental. Acredito muito na conscientização e na pena como última estância”, afirma. Para o presidente do IMA, nenhum valor em dinheiro pode trazer benefícios ao meio ambiente, por isso, ele indica a remediação. “Não deve existir, por parte dos Órgãos Ambientais, qualquer interesse de inviabilizar economicamente o negócio, até porque, multa não recupera área degradada e se um empreendimento for inviabilizado, pouco poderá fazer para a remediação do dano”, expôs. Pela Lei, o órgão é autorizado a suspender a aplicação de grande parte da multa (até 90%) para viabilizar medidas que provoquem inequívoco investimento em tecnologias mitigadoras convertida em ações

mitigadoras. O Termo de Ajuste e Conduta (TAC) é um instrumento contratual, firmado pelo órgão ambiental e o estabelecimento considerado poluidor ou a pessoa que casou alguma infração, que é utilizado nesses casos. Desta forma, o infrator se compromete a pôr em prática uma série de medidas como a adequação de processos, aquisição de novos equipamentos, treinamento, mitigação dos danos causados e prevenção de outros. “Ao invés da multa, por exemplo, no caso de uma devastação o infrator pode replantar uma área. Outra coisa que pode ser feita é a compra de insumos que o órgão ambiental precisa para melhorar a atuação no Estado”, informou. O TAC é um compromisso com força de título executivo, podendo ser cobrado caso as medidas transacionadas não sejam implementadas. Desta forma, enquanto não houver o adimplemento total das bases acordadas, este título executivo ficará suspenso, voltando a ser exigível caso as cláusulas não sejam materializadas no prazo acordado no termo. Uma vez cumpridas todas as cláusulas extingue-se a exigibilidade do título executivo. A multa pode ser quitada na esfera administrativa no próprio órgão, mas quando a pessoa responsável pelo dano não procura fazer isso a cobrança vai para a dívida ativa do Estado.

Quitados do Setor Público Federal (Cadin) e na Dívida Ativa da União.

Parcerias contribuem com ações ambientais As ações os órgãos ambientais no Estado são feitas em parceria com o Batalhão Ambiental de Polícia Militar (BPA) que está intensificando os trabalhos na capital e interior de Alagoas. “Fazemos operações quase todos os das. São diversas apreensões que só são possíveis por causa do serviço de inteligência do Batalhão focado na área ambiental, setor que vai a campo avaliar a modalidade do crime, local e outros detalhes que dão suporte à operação”, informou o tenente Anderson Barros. Este ano, os policiais estouraram uma rinha de canário da terra, em uma chácara em Palmeira dos Índios, emitiram 13 Termos Circunstanciais de Ocorrênca (TCO) por crime de maus tratos e apreenderam 129 pássaros. Entre eles, há espécie de canário avaliada em R$ 30 mil. Segundo o coronel Lima Júnior, o acesso à chácara onde os animais foram apreendidos era feito mediante apresentação de senha. Dados do Batalhão apontam que, somente no ano passado, o órgão apreendeu aproximadamente dois mil animais silvestres; resgatou 183 preguiças, jiboias, gaviões, porcos-espinhos, tamanduás, tartarugas, entre outros bichos, e mais 78 galos de briga; apreendeu 40 redes de arrasto de pesca predatória; além de 200 m³ de desmatamento de madeira da Mata Atlântica. A maior parte das apreensões é feita por meio de denúncia da população. Assessoria/ AGU

2010 IBAMA EM ALAGOAS 447 autos de infração lavrados, no total de R$ 16.862.46,00 em multas 70 Cadastro Técnico Federal - Falta de apresentação de relatório. Se refere a indústrias potencionalmente poluidoras que precisam de cadastro e relatório anual 282 Falta de licença ambiental - Mais direcionada a empreendimentos ou atividades 19 Operações na fauna - Traficantes de animal silvestre ou pessoas que mantém animais em casa sem autorização 55 Flora - Serrarias com madeira ilegal, transporte irregular de carvão ou poda florestal 17 Pesca - Ocorre principalmente no período de defeso do camarão, caranguejo e lagosta 3 Dano a unidade de conservação - Desmatamento feito por empreendimento que fica dentro da área de conservação Segundo Fábio Munhoz, procurador federal, um sistema de gestão de multas estará pronto em um mês

CMYK


Cidades A10

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojor

Católicos comemoram a Páscoa Os ritos pascais são considerados umas das mais importantes comemorações da Igreja Carolina Sanches e Thiago Gomes Repórteres

Os cristãos vivem hoje o momento da ressurreição de Jesus Cristo após os quarenta dias da Quaresma, um dos ritos mais importantes da Igreja Católica, iniciada na quarta-feira de Cinzas, 9 de março. Nesta reportagem, o arcebispo metropolitano, Dom Antônio Muniz, Arcebispo Metropolitano de Maceió, fala sobre a importância do período para os católicos e explica os significados da data para a igreja. Segundo Dom Antônio Muniz, a duração da Quaresma está baseada no símbolo do número 40 nas passagens bíblicas. Nela, são relatadas algumas passagens como a dos quarenta anos que o povo hebreu passou no deserto e os quarenta dias e quarenta noites que Jesus Cristo jejuou. “A quarentena significa um tempo necessário para que cada pessoa dê uma possibilidade a si mesmo de voltar para Deus. O simbolismo maior é que nós temos quarenta dias de preparação para celebrar a Páscoa”. O tempo da Quaresma é de quarenta dias, porém em dias corridos somam quarenta e sete, pois, de acordo com o Cristianismo, o domingo, que já é dedicado como o dia do Senhor, durante a quaresma, não é contado. Após esse período, se inicia o Tríduo Pascal, que termina no Domingo de Páscoa. “A palavra Quaresma vem do latim quadragésima e é utilizada para designar o período de quarenta dias que antecedem a

ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no Domingo de Páscoa”, explica Dom Antônio Muniz. O arcebispo explicou que as celebrações da Quaresma têm início no Domingo de Ramos, pois relembra a entrada triunfal de Jesus, que marca o começo da Semana Santa. Depois, vem a quinta-feira com a instituição da Eucaristia e do sacerdócio, dia em que Jesus ordenou os apóstolos e os colocou na ordem dos segmentos. Ainda na quinta-feira, na parte da tarde, é o momento da Eucaristia, a Santa Ceia. “Este é o momento em que Jesus diz: quem como deste pão, quem bebe deste vinho viverá eternamente. É o sinal sacramental da sua presença”, relata o arcebispo. Na quinta-feira à noite, a igreja lembra o momento que Jesus é preso no Monte das Oliveiras e passa parte do dia da sexta-feira no julgamento. É ás 15h o horário da morte de Jesus, e este também é o horário da missa da Sexta-feira da Paixão, também chamada de Sexta-feira Santa, que relembra a morte do Senhor. Na sexta à noite é feita uma procissão ou ainda a Via Sacra, que lembra as 14 passagens da vida de Jesus. No sábado à noite, o Sábado de Aleluia, é celebrada a Vigília Pascal, também conhecida como a Missa do Fogo. Nela o Círio Pascal é acesso, resultando as cinzas. Os rituais se encerram no Domingo, data da ressurreição de Cristo, com a Missa da Páscoa, que celebra o Cristo vivo. “Aressurreição é a maior festa da igreja é a destruição da morte pela vida”, ressalta o arcebispo.

O arcebispo metropolitano dom Antônio Muniz ressalta a importância da prática da caridade

Tempo de conversão e mudança de sentimento Para o arcebispo, os quarenta dias devem ser dedicados à chegada da Páscoa, da ressurreição de Jesus Cristo. “Nestes dias, nos preparamos para a data. Temos que praticar o jejum, não somente dos alimentos, como nos é imposto, mas também temos que praticar a caridade com próximo e ajudar aqueles que mais necessitam”. Dom Antônio Muniz complementa que a penitência é uma prática externa que deve cola-

borar com uma decisão interna. “Se essa prática não corresponder a uma dimensão interna não serve pra nada. Por exemplo, se você não fizer a prática da Justiça, não socorrer ao pobre, não ajudar ao maltratado, ao excluído, ao sem terra, não adianta de nada a quaresma” orienta, ao acrescentar que a prática religiosa deve representar uma conversão mais profunda do ser humano, mudança de mentalidade e sentimento. (C.S. e T.G.)

Encenação relembra paixão e morte de Cristo A encenação da Paixão de Cristo continua sendo encenada em vários bairros de Maceió. Na semana passada, nem a forte chuva que caia na cidade afastou os fieis que assistiram a apresentação promovida pela Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, situada no conjunto José Tenório, na Serraria. Considerado o maior evento da igreja católica, a Paixão reuniu centenas de pessoas da comunidade. A ideia partiu do pároco José Augusto Silva Melo que convidou o casal missionário Antônio Vieira da Silva e Luciana Vieira. Para o início do projeto, obtiveram parcerias oriundas das comunidades Virgem dos Pobres, localizada no Barro Duro; São Francisco, no Novo Mundo; e São Judas Tadeu, na Serraria. “Há seis anos, eu vim de Santana do Ipanema e propus, há cinco, a Paixão lá na paróquia Virgem dos Pobres. Graças a Deus, este já é o segundo ano aqui em Santa Teresinha”, afirmou o sacerdote. O organizador do evento, Antônio Vieira, envolveu-se durante 40 dias - juntamente com o elenco - para mostrar quem era Jesus Cristo. “Foi um momento grande de preparação, com o intuito de mostrar a sociedade por que estamos aqui hoje”. Para Ana Lúcia dos Santos, apesar de a encenação eviden-

ciar todo o sofrimento de Jesus Cristo, é importante ressaltar que o ‘filho de Deus deu a vida por toda a humanidade’. “Não há prova de amor maior do que esta. O melhor de todo este sofrimento vivido por Jesus é saber que ele foi ressuscitado e vive e reina para sempre”, declarou. Lielma Oliveira comentou que, além de ser o maior ato de amor, a Paixão representa a garra do Salvador. “É por causa disso que nós devemos aumentar a nossa fé em Cristo, porque, sem ele, nada somos. Já pensou se ele não tivesse morrido por nós, na cruz?” – questionou Lielma. NARRATIVA - A encenação dá-se com o julgamento de Jesus Cristo, seguido por sua condenação. Após ser condenado, sofre açoitamentos no percurso para o Calvário, onde é crucificado. Após três dias, ocorre a ressurreição. Padre José Augusto explicou que, antigamente, não se colocava o episódio da ressurreição; porém, hoje em dia, já se evoca, para que a sociedade perceba o verdadeiro sentido da vivacidade de Cristo. “Que esta segunda exibição promova uma maior solidariedade entre as pessoas, de modo que possamos construir uma humanidade mais nova”, enfatizou Augusto. (C.S. e T.G.)


O JORNAL JORNA L A11

web.com | e-mail: cidades@ojornal-al.com.br

ENTREVISTA/DOM ANTÔNIO MUNIZ/ARCEBISPO METROPOLITANO

“Faltam políticas públicas para viciados em AL” Igreja Católica segue firme, no Estado, com os seus projetos sociais direcionados para os dependentes químicos e os mais carentes. Entretanto, o arcebispo metropolitano de Maceió, dom Antônio Muniz, reconhece que, mesmo contribuindo com a sociedade, percebe que a ausência de políticas públicas, por parte do Poder Público, prejudica o futuro de muitos que foram beneficiados por programas da Igreja. O líder católico fala um pouco de como jovens e, agora, mulheres viciados em drogas estão sendo

A

acompanhados por comunidades terapêuticas. Os resultados, segundo dom Antônio Muniz, são excelentes. Em média, metade dos que ficam internados nesstas comunidades conseguem se recuperar do vício, mas esbarram na falta de oportunidade de inclusão no mercado de trabalho. Além desse assunto, ele fala, nesta entrevista, de mais um ato contido na programação da Campanha da Fraternidade, marcado para junho, no dia em que fará um ano da enchente que devastou a região do Vale do Mundaú.

Como está a programação da população? não fez nada. Além disso, enda Campanha da FraternidaFalta consciência política. contra as portas fechadas para de 2011? Você elege pessoas absoluta- emprego e produção, porque Já vivemos dois grandes mente descomprometidas e ig- na Fazenda da Esperança o momentos este ano que foram norantes nesta questão. princípio do trabalho é um os ‘abraços’ à lagoa. princípio terapêutico. O primeiro foi no E como estão dia 29 de março e o os projetos da Há grupos de apoio da segundo foi no dia Igreja voltados ao Igreja para ajudar esses de16 de abril. Todas cuidado ao de- pendentes? as paróquias estivependente químiTemos o Esperança Viva, ram presentes nesta co? que é um grupo de apoio exgrande concentraSemana passa- terno aos núcleos familiares. ção, realizada no da inauguramos Eles buscam ajudar os parenPorto da Lancha. uma linda casa, tes a lidar com a realidade do Fizemos à tarde chamada Betânia, dependente. Para isso, traçam para que as embarpara acolher mu- planos semanais sempre com cações pudessem lheres dependen- o objetivo de ajudar as famílias navegar. Recebetes químicas. Não que vivem nesta situação. mos irmãos de Co- “A questão tínhamos um Fazemos ainda a Missa da Paz. queiro Seco, Santa lugar para as mu- Todas as últimas quintas-feiras Luzia do Norte, ambiental é lheres, somente de cada mês há a celebração Marechal Deodoro, hoje uma para homens. Te- com as pessoas que sofrem a Fernão Velho. O mos ainda a Fa- violência nos determinados IMA nos ajudou urgência da zenda da Espe- bairros. A última aconteceu no com alguns barcos sociedade civil” rança, em Mare- Pilar. O pessoal da comunidae nos posicionamos chal Deodoro, a de leva o nome das vítimas, à beira da lagoa, Comunidade No- convida os familiares que como um abraço que significa va Jericó, o Juvenópolis – com viram os filhos tombarem e um convite à sociedade para a Casa do Servo Sofredor – participam da missa. No prique abrace a causa da Eco- que atua em Maceió, Rio meiro sábado de cada mês logia. Largo e Pilar. Esta casa acolhe temos aqui no São Gonçalo a os homens de rua, viciados Feira da Solidariedade e da Quais eventos estão pro- em drogas. Criamos a Rede Esperança. Reunimos-nos para gramados? Cristã de Acolhimento a celebrar por volta das seis da No mês de junho, no dia Dependentes Químicos para manhã, após a missa tomamos do aniversário das enchentes, coordenar todas estas comu- um café comunitário e, envamos fazer um grande abra- nidades. quanto isso, a Fazenda e as ço, uma grande celebração aos unidades de terapia trazem o rios. A concentração será na Quais os resultados des- que produziram durante o cidade de Branquinha, com ses trabalhos? mês para comercializar duranuma caminhada partindo de Posso dizer te a feira. O recurso serve Rio Largo, Murici em direção que são excepara ajudar na manua Branquinha. Compreenderá lentes do tenção do trabalho com a região entre São José da Laje ponto de visos dependentes químie Rio Largo, que atinge todo o ta das unidacos. curso do rio Mundaú. des. Eles tornam-se fracos Como manter esse Com o tema direcionado na volta. Em trabalho sem o suporte ao meio ambiente, de que média, temos governamental? forma a Igreja se mobiliza por cinquenta por Fica complicado firessa causa? cento de recumar-se sem a política A Igreja já atuava nesta peração. A dipública direcionada questão, porém estamos mais f i c u l d a d e para estas pessoas. incisivos porque vamos traba- maior é que Felizmente há empresas lhar e refletir o ano todo, cha- não dispomos que estão sensíveis ao mando a atenção para a gravi- da política “O recurso serve trabalho e oferecem dade do problema do Meio pública para vagas de emprego a Ambiente, do ecossistema, da dar suporte. para ajudar no quem passou pelas nosameaça e o desequilíbrio am- Trabalhos fa- trabalho com sas unidades. Mas ainda biental provocados pelas tra- mília, o deé pouco. Somente na gédias naturais, principalmen- pendente, a os dependentes Casa do Servo Sofredor te Alagoas que foi castigada motivação, a químicos” atendemos cerca de mil pelas chuvas no ano passado. saída do jovens no ano passado. A questão ambiental, hoje, é vício, mas quando sai não en- Estamos chegando somente uma urgência e uma questão contra inserção social. Quando este ano a trezentos atendide decisão da sociedade civil. o jovem volta encontra o tra- mentos. Com relação à educaficante no mesmo ponto e os ção, ainda temos a sorte de alAlguns problemas com re- colegas na mesma situação, guns colégios serem católicos lação ao meio ambiente ocor- quando não estão mortos. que aceitam estes alunos como rem por falta de consciência Portanto a Segurança Pública bolsistas.

Arcebispo metropolitano dom Antônio Muniz: líder católico em Alagoas


O JORNAL

Universidades A12

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Alagoanos continuam vulneráveis às mudanças meteorológicas Apesar das tragédias, meteorologistas reclamam que autoridades continuam desinteressados nos dados colhidos pelos satélites

Thallysson Alves Estagiário

A falta de interesse dos órgãos públicos e privados em colherem informações dos meteorologistas pode ser um dos fatores que agravam os trágicos resultados das chuvas intensas que chegam a Alagoas. Segundo o meteorologista Humberto Alves Barbosa, apesar de a

Universidade Federal de Alagoas (Ufal) ter adquirido diversos equipamentos e possuir recursos para prever tempestades com um período de antecedência importante, poucos sãos os interessados em conhecer os dados descobertos. O Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis) faz parte do curso de meteorologia da Ufal

e, conforme o mestre em Meteorologia, Ivon Wilson da Silva Junior, membro do Lapis, realiza atividades de pesquisa, assistência tecnológica e treinamento de recursos humanos para a recepção, processamento, interpretação e integração de imagens dos satélites da série Meteosat – satélites europeus do tipo geoestacionário. Conforme os meteorologis-

tas, em 2007 a Ufal instalou e operacionalizou a terceira estação de recepção de imagens do satélite Meteosat. O objetivo do laboratório é atuar em pesquisas científicas e partilhar os conhecimentos adquiridos. “Mas, infelizmente, os dados que geramos em nossas pesquisas não alcançam a população. Temos muita dificuldade quando queremos divulgar nossos

alertas. Dificilmente as empresas e órgãos ligados ao turismo, agricultura, proteção e informação estão acessíveis. Apesar de serem ramos muito dependentes das condições climáticas durante a promoção do serviço”, lamentou Humberto Barbosa. “Precisamos de um canal de comunicação para informar a sociedade quais as áreas de risco que poderão ser afetadas nos

próximos quatro meses, os quais poderão ser afetados por chuvas fortes, dessa vez sob influência do fenômeno ‘La Niña’, conhecido por trazer muitas frentes frias também para o nosso Estado. Há uma necessidade de que se faça um acompanhamento diário nesse período dos fenômenos meteorológicos com o apoio da Defesa Civil do Estado”, declara Barbosa.

Fotos: Thallysson Alves / Estagiário

Lapis é integrante de rede mundial

Meteorologista Humberto Barbosa mostra a formação da tempestade que atingiu o Estado na última terça-feira

Novas tragédias podem ser evitadas Na madrugada da última terça-feira, chegou ao litoral de Alagoas mais uma Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) que obrigou os alagoanos a acordarem às pressas. De acordo com o meteorologista Emanuel Teixeira, a chuva acumulada em alguns pontos da cidade chegou a alcançar a marca de 86 milímetros, mais que suficiente para gerar inundações e desmoronamentos de encostas. No bairro de Fernão Velho, uma barreira desabou e atingiu casas da comunidade. Em Bebedouro, na Rua Cônego Costa, que

corta os trilhos do trem, próximos a estação ferroviária do bairro, o nível das águas do Riacho do Silva subiu, atingiu mais de um metro, e invadiu as residências próximas. Também por isso, as viagens de trem precisaram ser interrompidas, uma vez que os trilhos ficaram instáveis por serem atingidos pelo grande volume de água. Em Jacarecica, o rio, que leva o mesmo nome do bairro, transbordou e invadiu centenas de residências do Conjunto Vale do Jacarecica. O mesmo ocorreu em Ouro Preto, quando o Riacho Salgadinho subiu e derrubou

mais de vinte lares. Algo semelhante a esses lugares aconteceu na Santa Lúcia quando foi presenteado com a formação surpreendente de um “rio”, com direito a corredeiras que levaram pertences de diversas habitações. Segundo o meteorologista Humberto Barbosa, todos esses eventos já eram esperados pelos membros do Lapis. “Essa enxurrada não foi surpresa para a gente, somente para as autoridades e, consequentemente, aos alagoanos. Mais uma vez os prejuízos acontecem quando poderiam ser evitados”, lamentou. (T.A.)

Desde o início de novembro de 2010, as antenas da estação rádio-GPS (Ground Position System) estão instaladas no prédio do Instituto de Ciências Atmosféricas (Icat) da Ufal. Conforme Humberto Barbosa, elas integram a uma rede mundial de localização de raios dedicada à encontrar, em tempo real, todas as descargas elétricas produzidas em todo o planeta. “A estação rádio-GPS é formada por antenas, um receptor GPS, sensores no espectro do VLF (Very Low Frequency, 1-24 kHz) e um computador ligado à internet, conectados entre si através de um cabo. Atualmente, a rede que localiza raios adotada pelo Lapis possui mais de 63 estações rádio-GPS espalhadas pelo mundo. As quais, através do método do Toga (Time of Group Arrival) monitora descargas atmosféricas”, explica o meteorologista. Os dados obtidos com esta estação são retransmitidos via internet para uma estação central localizada na Universidade de Washington (EUA), de onde são complementados por dados provenientes de outras estações já existentes no mundo por via

da rede de raios. Todos os teúdo transmitido”, contou. dados obtidos são compilaDe acordo com o meteodos e arquivados e, a partir rologista, financeiramente a deles, são produzidos mapas instalação é extremamente mensais de descargas elétri- viável, pois os investimencas que são distribuídos pela tos somam cerca de R$ 5 mil Universidade de Washington reais. Os dados das imagens para diversas instituições de satélites (EUMETCast) e científicas internacionais das dados da rede munquais se destaca a UFAL. dial de raios operaS e g u n d o da na Ufal pelo LaBarbosa, a Ufal tem pis reúnem observaacesso às imagens ções de excelência do MSG no âmbito para o estudo e aForam do sistema EUMETcompanhamento Cast da EUMET- investidos R$ 5 dos fenômenos meSAT (agência euroteorológicos, que mil na péia responsável atravessam o oceapor satélites meteo- instalação de no Atlântico e que r o l ó g i c o s ) . equipamentos exercem enorme in“EUMETCast é um meteorológicos fluência sobre a cossistema de baixo ta leste do Brasil. custo de difusão de “É importante informações meteodestacar ainda que rológicas e ambientudo funciona em temtais que permite a po real, 24 horas por dia. distribuição de dados de sa- Também vale ressaltar que télites, de observações in situ, tanto nosso Estado, como o de produtos e de serviços do Brasil, possuem histórica Programa GEOSS [Global vocação agrícola. EntreEarth Observation Systems tanto, em terras alagoanas e of ystem] a usuários que dis- em certas regiões do país, ponham de uma infraestru- ainda há carência de infortura mínima em qualquer mação sistemática sobre o ponto do planeta. Entre os di- monitoramento de tempo e ferenciais para o acesso das clima, com impactos sobre imagens MSG se destacam a a agricultura e meio amsimplicidade dos equipamen- biente”, destacou Barbosa. tos e o refinamento do con- (T.A.)

Equipe de pesquisadores que compõe o Lapis

Defesas Civis desconhecem o Lapis O mestrando Diego Rocha, membro do Lapis, questiona que as coordenadorias de defesa civil, estaduais e municipais, precisam estar mais atentas as previsões dadas pelos meteorologistas. “As chuvas formam em um curto espaço de tempo, sendo assim elas precisam praticar um mecanismo que as deixem sempre informadas”, argumentou. Mas segundo o Coronel Antônio Campos de Almeida, coordenador-geral da Defesa Civil de Maceió (Comdec), os técnicos da coordenadoria sempre buscam informações com meteorologistas, porém somente conheciam os responsáveis pelo Radar Meteorológico, também localizado na Ufal. O mesmo vale para o Coro-

nel Romeiro, coordenador-geral da Defesa Civil de Alagoas. “Mas a partir de agora essa dificuldade em eles informar o que eles assistem acabará. Porém, o alerta continuará a ser dirigido para as defesas civis dos municípios, desse modo evitamos pânico na população”, alegou. “Concordo que ainda não damos o devido valor às previsões meteorológicas, mas avalio que essa situação está mudando. Semana passada, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos [Semarh] inaugurou um novo recurso que promete informar com antecedência de 12 horas dados de chuvas e nível de rios. Essa novidade se chama ‘Sala de Aterta’, pretende evitar desastres naturais e

é interligada com a Agência Nacional de Recursos Hídricos”, disse o coordenador da Comdec. “E a Comdec está envolvida e interessada nas informações que esse recurso divulgará”, completou. “Nós, meteorologistas, precisamos ser rápidos ao divulgar as previsões. Nas regiões tropicais, as nuvens crescem muito rápido. E agora, sob a influência do ‘La Niña’, um fenômeno que esfria além do normal as águas superficiais do Oceano Pacífico, as formações de fortes frentes frias vão se tornar mais comuns. Apróxima já prevemos para essa semana, e será ainda mais intensa que a registrada semana passada”, adiantou Barbosa. (T.A.)

CMYK


O JORNAL

Arapiraca

A13

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Semana violenta assusta no Agreste Em menos de 24 horas, quatro motos roubadas, drogas e armas apreendidas e tentativa de sequestro Fotos: Divulgação

Carlos Alberto Jr. Repórter

ARAPIRACA - A onda de violência que vem assustando os moradores da segunda maior cidade de Alagoas parece não ter controle nos últimos dias. Todos os dias, através dos relatórios enviados pelo 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), pela guarnição de Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) ou pelo Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) apontam um crescimento constante de crimes. Além dos casos de assaltos à mão armada, crimes à queimaroupa em plena luz do dia, tráfico constante de drogas, principalmente do crack, tentativas de sequestro, os bandidos, durante a última semana, mirando suas atenções para as motocicletas. Apenas na última quarta-feira (20) foram quatro assaltos a motociclistas em Arapiraca. Um dos casos que mais cha-

mou atenção dos policiais do 3º BPM foi do grupo de assaltantes que usou um veículo Pajero para roubar uma moto na rodovia AL-220. De acordo com relatório da Polícia Militar, a primeira vítima da quarta-feira de ataques foi Joel Nunes Salustiano, de 36 anos. Ele entregava botijões de gás, como faz em todos os dias, em uma rua no bairro Olho D'Água dos Cazuzinhas, na periferia de Arapiraca. Ele revelou para a polícia que, por volta das 10 horas da manhã, entregava o produto foi surpreendido por dois homens armados em uma moto. Eles levaram o veículo, os dois botijões de gás e fugiram com direção ao Centro da cidade. Já, por volta das 18h40, a estudante Aurelino Bento, 19 anos, retornava para sua residência, no bairro Santa Edwiges, quando foi parada por um veículo modelo Gol bola, na cor preta, quando dois homens armados

Fugitivo da polícia disse ser apenas “aviãozinho” do tráfico

Droga apreendida daria para fazer mais de 100 pedrinhas de crack

saíram com arma em punho exigindo que ela entregasse sua moto Honda Biz-125, placas 7461, ano 2008/2009. Para variar, os bandidos ainda não foram localizados. O jovem Willames Menezes de Vasconcelos, de 20 anos, passava com sua moto Titan de cor prata e placas NLW-6933, pela

giram com destino ao bairro Boa Vista. O assalto mais surpreendente aconteceu na madrugada da última quinta-feira (21). Quatro rapazes de boa aparência que estavam num veículo Pajero abordaram Jimmy Gonçalves da Silva de 34 anos, nas imediações da rodovia AL-220, no trecho do

avenida João Saturnino de Almeida, no bairro Guaribas, quando foi abordado por dois homens armados com revólver. Os bandidos estavam numa moto Fan, de cor preta e placas NLW-5382/AL. Além da moto, os assaltantes levaram o capacete e uma corrente de prata. Segundo a vítima os ladrões fu-

Bairro Santa Edwiges. Nervoso, ele relatou à polícia que foi parado pelos assaltantes que anunciaram o crime e levaram sua motocicleta Honda NXR 150, de cor vermelha e placas NMH1749, um aparelho celular e o capacete. Um dos jovens saiu conduzindo a moto, enquanto os demais seguiram na Pajero.

Ação da polícia é lenta no combate Enquanto os crimes solveu abordar Paulo César que avançam de forma rápida, o aparentava atitude suspeita. Na combate aos mesmos parece revista pessoal foi encontrada andar a passos de tartaruga. a droga. Fato constatado em praticaO acusado alegou que pemente todo o Estado de Ala- gou a droga numa praça do goas. Na mesma quarta-feira bairro Cacimbas para entregá(20), apenas cinco prisões foram la a uma mulher conhecida por efetuadas em Arapiraca pelos Aninha, que mora no bairro policiais militares, em duas op- Bom Sucesso. Ele afirmou ser erações de rotina. Um dos um "aviãozinho", termo usado casos, ainda sem solução, um no tráfico para denominar jovem foi vítima de uma ten- aquelas pessoas que fazem a tativa de sequestro numa movi- ponte entre os traficante e os mentada via de tráfego da usuários. Foi dada voz de pricidade. são ao autor e ele foi conduziQuatro homens, em situ- do a Central de Polícia. ação suspeita, num ponto do Segundo a políSítio Alazão, Zona Rural cia, o entorpecente de Arapiraca foram apreendido dividido abordados por uma em pequenas pedras guarnição da PM. Topara a comercializaArmas dos foram presos por ção no varejo. Cada apreendidas, pedra inteira poderia porte ilegal de armas. cinco prisões ser transformada em Alexandre Marques, de 27 anos, Cristiano mais de 100 pedrine uma de Jesus Correia, de has de crack. tentativa de 23 anos, Rafael Silva sequestro Bezerra, de 23 anos, e TENTATIVA DE José Cosmo de Lira, SEQUESTRO - O joem Arapiraca de 53 anos, foram levvem José Adriano da ados para a Central Silva, de 26 anos, foi de Polícia da cidade. vítima de uma tentaCom eles, foram entiva de sequestro na noite da contradas três espinúltima terça-feira (19), no bairgardas do tipo soca tempero e ro Brasília. A ocorrência aconum revólver calibre 38 de marca teceu por volta das 20h30, no Taurus. cruzamento entre as ruas BraJá no início da noite da quar- sília e Dois de Fevereiro. ta-feira (20), uma pessoa acuDe acordo com informações sada de integrar uma quadrilha dos policiais, José Adriano pasque distribui crack em Arapi- sava pela rua quando quatro raca foi presa. Paulo César Pe- indivíduos em um Vectra de reira da Silva, de apenas 19 cor prata e placas não identifianos, foi preso com duas gran- cadas abordaram o mesmo e des pedras de crack, pesando tentaram colocá-lo dentro do cerca de 206 gramas cada. porta-malas, mas o jovem conA prisão do jovem ocorreu seguiu fugir e procurar ajuda na Rua Expedicionários Brasi- de um vigilante noturno de leiros que liga os bairros El- uma escola. Avítima não soube dorado e Baixa Grande. Uma explicar aos policiais o motivo guarnição da Rocam fazia ron- que teria gerado a tentativa de das pelo bairro, quando re- sequestro.

Alguns dos objetos encontrados pela polícia com fugitivo

Foragido de AL e SE é preso em Arapiraca Um fugitivo do Cadeião de Maceió e procurado pelas polícias civis de Alagoas e Sergipe, identificado como João Gonçalves Júnior, 25 anos, mais conhecido como "Joãozinho", foi preso na última terça-feira (19), em Arapiraca, numa ação policial da Delegacia Regional e do 54º Distrito Policial da cidade. Ele estava numa loja tentando realizar revisão em uma motocicleta. Contra João Gonçalves Júnior pesam dois mandados de prisão em aberto no Estado de Sergipe, por crimes de roubo a casas lotéricas e agência dos Correios. Em Alagoas, "Joãozinho" também responde por crime de roubo. Ele foi autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas. Na casa do acusado, os policiais localizaram vários objetos e utensílios que podem ser resultado de assaltos cometidos por ele, entre os quais um notebook,

Joãozinho era seguido pela polícia; ele pode integrar bando de ladrões

quatro pen drives, três aparelhos de telefone celular, sete relógios, dois capacetes, além de jóias e outros objetos. João Gonçalves também estava em posse de uma pistola inoxidada, calibre nove milímetros, esta de uso restrito das Forças Ar-

madas, com 12 munições, além de outras 25 extras, também com o mesmo calibre. Apolícia apreendeu ainda 19 munições de calibre 12 e uma munição calibre 40. Ainda na residência de Joãozinho foi recolhida uma sacola com maconha, em quantidade

não especificada pela polícia, uma balança de precisão, R$ 16.470,00 em dinheiro espécie, um veículo Celta, de identificação não revelada, uma motocicleta Honda, ano 2011, de propriedade também não revelada pela poícia, uma chave e o manual de um veículo Corolla, com registro de roubo na cidade de Porto Real do Colégio. O bandido foi encaminhado para a Casa de Custodia de Arapiraca, onde ficará até ser transferido para um presídio alagoano ou sergipano. O Chefe de Operações da Central de Polícia da cidade, Jânio Vieira, explicou que o acusado tem sido monitorado por escuta telefônica há vários dias. Segundo ele, "Joãozinho" é integrante de uma quadrilha que, além de traficar drogas, vinha assaltando residências da cidade nos últimos meses e o objetivo, agora, é localizar os demais integrantes da gangue.

CMYK


Arapiraca

O JORNAL JORNA L

A14

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Equipe de mecânicos e técnicos da Repel preparada e aperfeiçoada para atender com agilidade

Motor de ônibus fica pronto em apenas 15 dias; cuidados fazem parte do trabalho diário na empresa

Retífica se torna referência na cidade após investimentos Desde 2010, Repel é a mais procurada em Arapiraca e na região Em 25 anos de mercado, a retífica Repel tornou-se a referência em Arapiraca quando o assunto é a retificação de motores de carros, caminhões e ônibus, seja a diesel ou a álcool. Mesmo com a alta concorrência, proporcional ao crescimento no número de carros nas ruas da cidade, a empresa continua firme no propósito de prestar sempre o melhor serviço. O gerente geral da Repel, Jacinto Soares, acredita que o aperfeiçoamento humano surge como diferencial diante da concorrência, nem sempre leal, como salienta. "O mercado paralelo de retíficas aqui na cidade muitas vezes é desleal. Porém, temos satisfação em dizer que nossa prioridade é trabalhar com o que é certo e justo. E não poderia ser diferente", justifica. Segundo ele, existem cerca de seis oficinas retíficas em Arapiraca. "No entanto existem mais de cem que fazem o serviço, porém sem garantia e procedência. Quem acaba pagando por isso é o consumidor que, na maioria das vezes, procura primeiro o preço e esquece a qualidade e a procedência dos serviços e da mão de obra. E isso pode custar caro para quem queria economizar", explicou o gerente. A preocupação com segurança e treinamento da mão de obra é outra preocupação na

Repel. "Somos a única em Arapiraca que capacitamos e atualizamos a capacitação dos nossos técnicos. Além disso, temos à disposição um engenheiro de segurança que os orienta da melhor forma. Todos trabalham com equipamentos de segurança", disse Soares. Hoje, o fluxo de motores na Repel é de aproximadamente 15 motores todo mês e mais outros tantos enviados por oficinas que mantém parceria com a retífica modelo de Arapiraca. "Além disso, nós temos estrutura para transporte, atendimento especializado, sala de espera climatizada e mais algumas novidades que virão em breve", falou. O serviço chamado Porta-aPorta é outro diferencial da Repel. O cliente, por exemplo, não precisa sair de casa para deixar seu veículo na retificadora. NOVA GERÊNCIA - Desde 2010, Jacinto Soares assumiu a gerência da Repel e, logo no começo, conseguiu impor sua forma de trabalho, dentro fora da empresa. Atualmente a empresa observou um aumento de mais de 100% na movimentação, na diversidade dos serviços prestados. O QUE É RETÍFICA Retífica indica a operação de re-

Estrutura física da loja será ampliada e reformada em breve

construção de um motor que, devido a problemas de lubrificação, superaquecimento ou desgaste excessivo necessita de reparação para que volte às características originais, com o mesmo torque, potência e consumo de um motor novo. O processo de retificação de um motor é uma operação de máquinas operatrizes de alta precisão específicas com o objetivo de eliminar as folgas, empenamentos e os desgastes das peças, a fim de retornarem suas formas originais. Após as peças desgastadas sofrerem todas as etapas de retificação, é necessário a substituição dos componentes internos do motor, tais como: bronzinas, buchas, pistões, anéis, juntas, retentores etc. Tais peças deverão ser de qualidade asseguradas pelas montadoras, para que o motor realmente possa funcionar em sua normalidade. As peças internas do motor, quando em funcionamento, estão em constante atrito, sujeitas a grandes esforços e trabalham sempre em alta temperatura. Os principais sintomas que apontam para a necessidade de se retificar um motor de combustão interna, como gasolina, álcool ou diesel, de um veículo são o alto consumo de óleo lubrificante, excesso de fumaça sendo expelida pelo escapamento, baixa potência, alto

consumo de combustível, motor trabalhando superaquecido e fortes barulhos vindo do motor Outros fatores podem determinar a retífica, antes do tempo, como: motor trabalhando superaquecido; quebra da correia dentada - em alguns motores; falta de óleo lubrificante, ou com baixo nível, ou ainda, o péssimo costume de alguns motoristas de apenas completarem o nível do óleo, mantendo o óleo velho por longos períodos de uso, a mania de "descansar" o pé esquerdo sobre o pedal da embreagem, sair com o motor ainda frio, e evidentemente, a falta de manutenções preventivas. A retífica pode ser completa ou parcial. Costuma-se dizer, por exemplo, retificar a parte de baixo, que significa restaurar a parte do bloco, que inclui camisas dos cilindros, virabrequim, pistões e bielas; ou retificar a parte de cima, o cabeçote: válvulas, guias, sedes e a substituição do comando de válvulas, na maioria dos motores atuais o comando de válvulas trabalha no cabeçote, e em outros, no bloco. Um profissional qualificado e idôneo, através de um exame criterioso do funcionamento do motor, o orientará sobre a melhor solução de retífica. "Aqui na Repel, garantimos peças e serviços com procedência, além de honestidade e orçamento real", concluiu Jacinto.

Jacinto Soares implanta mudanças na empresa desde 2010

CMYK


Arapiraca

O JORNAL JORNA L A15

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Produtor usa adubos em mandiocas Através da coleta e análise de amostras, participantes aprendem a utilizar quantidade de adubo necessário Da Redação Com assessoria

Com o objetivo de otimizar a produtividade e minimizar os custos, produtores que integram o Arranjo Produtivo Local (APL) Mandioca no Agreste, serão capacitados na próxima terça-feira (26) para aprender a coletar adequadamente amostras de solo nas comunidades. A capacitação vai acontecer no

Sebrae de Arapiraca, das 13 às 18h, e será ministrada por professores do departamento de solos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). A equipe gestora do APL é a responsável pela escolha dos 30 produtores que vão participar do curso. A sensibilidade às mudanças e tecnologias e a vontade de multiplicar o que vai ser aprendido no curso estão entre os critérios utilizados

pelos gestores para a seleção dos participantes nos 14 municípios abrangidos pelo Arranjo. “Esse curso é de grande importância para o aumento da produtividade porque os produtores vão aprender a disponibilizar a quantidade real de fertilizante que as plantas precisam”, destacou o gestor do APL, Nelson Vieira. “Se você coloca uma grande quantidade de fertilizante na planta, ela não

absorve tudo. Como o preço do adubo é alto, o produtor acaba gastando excessivamente”, completou. Em um segundo momento da capacitação, os produtores irão a campo com técnicos da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri) para realizar a coleta das amostras de solo, que serão enviadas para a Ufal, onde

RECORDE

Despesca em Igreja Nova rende quatro toneladas de peixes

serão feitas as análises físicoquímicas. Depois da análise, as amostras serão devolvidas para o gestor do APL e o resultado será apresentado aos produtores capacitados para que eles providenciem a aquisição do adubo necessário. ATUAÇÃO CONJUNTA - O APL Mandioca no Agreste integra o Programa de Apoio aos Arranjos Produtivos Lo-

cais (PAPL), coordenado pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande) e pelo Sebrae/AL. Todos os parceiros atuam em conjunto para a geração de ocupação e renda, tendo como base ações coletivas e integradoras direcionadas ao desenvolvimento dos micro e pequenos negócios.

DE NOVO

MPF quer transporte para povos indígenas Da Editoria

Da Redação Com assessoria

Após pouco mais de um ano de manejo, os piscicultores familiares do povoado Jenipapo no município de Igreja Nova (AL), situada no Baixo São Francisco alagoano, comemoram a Semana Santa deste ano com mais pescado e um incremento na renda. Cerca de quatro toneladas de peixes das espécies tilápia, tambaqui e surubim foram despescadas de três açudes comunitários localizados no povoado. A despesca é resultado da ação do Programa de Desenvolvimento da Piscicultura no Baixo São Francisco desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). De acordo com o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nélson de Azevedo, a companhia atua

para desenvolver a piscicultura familiar e empresarial no Baixo São Francisco alagoano por meio do apoio a associações e cooperativas com cessão de equipamentos e alevinos. “No final de 2009, recebemos um pedido da Associação de Produtores Rurais do Povoado Jenipapo para que pudéssemos avaliar como a Codevasf poderia apoiar o desenvolvimento da piscicultura entre seus associação. Muitos plantavam cana e criavam animas como galinha e gado, mas a renda não era satisfatória. A partir dai, realizamos a cessão de alevinos e o resultado é essa despesca de toneladas de peixes”, afirmou. Os pescados cedidos são produzidos no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Itiúba (Ceraqua São Francisco), centro tecnológico da Codevasf situado no município alagoano de Porto Real do Colégio.

A despesca teve início às cinco horas da manhã de quarta-feira passada. Logo que os peixes saíam do açude, eram pesados e comercializados no próprio local, ainda vivos. “Esse peixe está muito bom, no preço e na qualidade”, afirmou Aline Kelli da Silva, moradora do povoado Janipapo, que preferiu adquirir o pescado da Semana Santa diretamente dos piscicultores da região, ao invés de comprar em feiras livres ou mercados. A dona de casa Maria José dos Santos, também moradora de Jenipapo, se disse uma apreciadora do tambaqui e estava eufórica com os peixes que adquiriu junto com o marido. “Minha Semana Santa vai ser abençoada. Compro o tambaqui por aí por R$ 8,00 e às vezes mais caro. Aqui comprei por R$ 6,00 o quilo. Está uma maravilha”, definiu. Para o presidente da Associação de Produtores Rurais

do Povoado Jenipapo, Leandro Batista, a aposta da Codevasf nos piscicultores familiares de Igreja Nova obteve resultados e impulsiona o desenvolvimento da atividade na região. “Essa parceria foi um sucesso. Já solicitamos à companhia o fortalecimento com a cessão de mais alevinos”, declarou. Ainda segundo o presidente da associação, foram quatro toneladas de pescado retiradas após pouco mais de um ano de manejo dos peixes, que serão vendidos no próprio local da despesca e em frigoríficos e feiras livres de municípios como São Sebastião e Penedo. Um dos piscicultores associados que mais comemoraram o resultado da despesca foi o senhor João Batista. “Já conseguimos retirar um tambaqui bem grande daqui do açude. Quando pesamos, ele tinha mais de 7kg”, afirmou. Divulgação

Despesca foi motivo de alegria para pescadores alagoanos

é de 40, para atender as necessidades dos Pólos-base. O Distrito diz aguardar, desde Uma recomendação do janeiro, liberação de recursos Ministério Público Federal para realizar contratação de (MPF) em Alagoas quer ga- motoristas terceirizados, tanto rantir o restabelecimento do quanto de locação de veículos. “Em janeiro/2011, o transporte de pacientes indígenas, bem como dos profis- DSEI/AL-SE prometeu resolsionais de saúde que atuam ver a situação em 45 dias, pela nas áreas indígenas em Ala- contratação de motoristas por goas e Sergipe. Expedida na empresa terceirizada, via proúltima terça-feira (19), Dia do cesso licitatório, criando granÍndio, a recomendação do de expectativa e não cumprinprocurador da República em do até agora, na verdade, sem promover solução Arapiraca José Godoy Bezerra efetiva há cerca de 80 de Souza é destinada à dias, frustrando a Secretaria Especial de todos principalmenSaúde Indígena (Sete aos destinatários sai), à Fundação NaIntensão da assistência”, descional de Saúde (Funasa) e ao Distrito Sabeneficia taca o procurador. nitário Especial Indí- populações TRANSIÇÃO gena de Alagoas e Serindígenas De acordo com o gipe (DSEI/AL-SE), que terão 10 dias para de Alagoas Decreto nº 7.336, de responder ao MPF e Sergipe 19/10/2010, termina neste 19 de abril sobre cumprimento de 2011, o prazo de da mesma. 180 dias para a A situação de aFunasa efetivar a transitendimento à saúde ção da gestão do Sesai para dos povos indígenas em Alagoas e Sergipe é, hoje, o Ministério da Saúde. Coprecária, segundo apurou o mo, a transição ainda não MPF. “Neste momento, ocor- foi concluída, as obrigações re a pior desassistência já da Funasa em relação às vista, chegando ao limite da suas responsabilidades oriparalisação total da saúde in- ginais à Atenção Básica da dígena no estado de Ala- Saúde do Índio permanegoas”, afirma, na recomen- cem, explica o procurador. De acordo com a recodação, José Godoy. “A recomendação é para que o mendação, independenteEstado tome providências mente da garantia do acesso para restabelecer emergen- dos povos indígenas ao Siscialmente a assistência de tema Único de Saúde (SUS), saúde destinados às popula- é assegurada ao índio especial ções indígenas em Alagoas assistência dos poderes públicos a condições sociocule Sergipe”, conclui. Braço executivo da SESAI turais adequadas. Caso a renos estados, O DSEI/AL-SE comendação não seja cumdispõe de apenas 19 motoris- prida, o MPF poderá ajuizar tas oficiais do quadro institu- ações para sanar o impasse cional, quando a necessidade na assistência aos indígenas.

Com assessoria

Preço baixo atraiu compradores que garantiram peixe no feriadão

CMYK


Arapiraca A16

O JORNAL JORNA L Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

CMYK


JORNAL

O JORNAL

A20

Imobiliário

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: imobiliario@ojornal-al.com.br

REGRAS

Empresas devem seguir algumas regras quando o atraso nas obras for inevitável Pâmela Reis Os atrasos na conclusão de obras, cada vez mais frequentes no segmento residencial, podem desencadear uma série de prejuízos para empresas da construção civil. Se não há como se proteger de todas as conseqüências, algumas medidas corretivas podem ajudar a reduzir os estragos. NA OBRA - De acordo com Roberto de Souza, diretor presidente do CTE (Centro de Tecnologia de Edificações), as perdas se agravam a cada mês de extensão no cronograma. Quando os desajustes no prazo começam a dar os primeiros sinais, Souza recomenda a formação de uma força tarefa com profissionais qualificados para diagnosticar a origem do problema. "É preciso colocar uma lupa em cada obra. Medidas generalistas não resolvem", informa o diretor. Identificadas as causas, a equipe deve montar um plano de ação emergencial que entre no detalhe da programação da obra, semana a semana. "Pode ser que não se recupere o atraso, mas se você não fizer nada, um atraso de três meses pode chegar a seis meses ou um ano", diz. Segundo Luiz Fernando Castilho, gerente de orçamentos da Sinco Engenharia, o replanejamento dos serviços deve ser feito a partir de novos parâmetros de produtividade, levando em conta a capacidade de fornecimento do mercado. Castilho levanta a possibilidade de se abrirem novas frentes de trabalho para executar simultaneamente serviços que não dependam um do outro. "Às vezes temos contratado mais de um empreiteiro para o mesmo serviço. Se o fornecedor de gesso, por exemplo, não consegue aumentar a equipe, eu coloco dois empreiteiros, um em cada frente de trabalho", relata. No entanto, a medida implica aumento de custos e exige mais mão de obra em um mercado onde esse recurso já é escasso. "É um exemplo a ser estudado. A solução não é simples e às vezes você pode até perder dinheiro", adverte. Outra medida de contenção é antecipar as contratações com fornecedores e manter um controle mais rígido sobre todas as etapas construtivas, evitando assim que os atrasos se proliferem. "Se tenho gesso para daqui a um mês, tenho que ficar em cima do departamento de suprimentos para saber se já está contratado, quem é a

equipe, se posso mostrar ao empreiteiro quanto ele precisa fazer por dia", exemplifica Castilho. Mas mesmo com todo o empenho para elevar a produtividade, o diretor técnico da Tecnisa Fábio Villas Boas afirma que é difícil conter as perdas financeiras. "O que você pode fazer é atuar ao longo do processo para diminuir o atraso, mas depois que o atraso ocorreu, você tem pouca margem para resolver", afirma. "Quando você está atrasado, acaba pagando hora extra, assumindo custos maiores para conseguir um insumo mais rápido, acaba tendo mais ônus para reduzir o atraso." RELACIONAMENTO COM O CLIENTE - Se na área financeira há pouco o que fazer, no relacionamento com o consumidor alguns cuidados podem até afastar eventuais litígios, evitando perdas ainda maiores com indenizações aos clientes. De acordo com José Geraldo Tardin, presidente do Ibedec (Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo), o fator que mais agrava a insatisfação do consumidor não é apenas o atraso, mas, principalmente, o descaso das empresas na comunicação com os clientes: "A principal reclamação é de que o consumidor não tem qualquer feedback das empresas. Elas colocam no contrato uma carência de 180 dias e não justificam esse atraso". Entre os clientes da ABMH (Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação), a situação é parecida. "As respostas, quando vêm, são genéricas. Temos clientes que já tiveram a data de entrega prorrogada quatro vezes", conta Lúcio Delfino, diretor da entidade. "O atraso, para a maioria das pessoas, é compreensível. O principal problema é a falta de retorno da empresa. Essas pessoas vão fazer a propaganda o mais negativa possível da construtora." Ambos recomendam que a construtora explique, com franqueza e antecedência, os motivos do atraso aos consumidores. Isso evita surpresas desagradáveis na véspera da entrega, quando o consumidor já se planejou para mudar para a casa nova. Segundo comenta Fábio Villas Boas, "se você avisar com muita antecedência que está enfrentando problemas e que provavelmente o prazo será alongado, apesar de não ficar satisfeito, o cliente tem tempo para se preparar e, em geral,

O bom relacionamento com o consumidor pode até afastar eventuais litígios, evitando perdas ainda maiores com indenizações aos clientes

entende que a empresa foi transparente". Se a sua empresa não prevê nos contratos o pagamento de multa aos compradores em caso de atraso, é recomendável que se ofereça também alguma compensação aos clientes. Segundo Lúcio Delfino, "sai muito mais barato do que pagar uma indenização" e, em geral, ajuda a prevenir brigas judiciais. As associações de mutuários aconselham os clientes a enviarem uma notificação extrajudicial à empresa antes de apelar para o Judiciário. Não é preciso esperar a notificação para agir, mas uma vez que a empresa foi notificada, essa é uma excelente oportunidade para se propor um acordo amigável. José Geraldo Tardin conta o caso de uma construtora que, após a notificação, ofereceu a troca do piso de cerâmica por porcelanato, além de melhorias nos banheiros. "O cliente ficou supersatisfeito e recebeu um imó-

vel com acabamento melhor pelo mesmo preço", afirma ele. Outra empresa ofereceu ao cliente o registro, a escritura e o ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) gratuitos - o custo era de R$ 6 mil, segundo Tardin. "Tudo isso, para a construtora, é mais barato e não causa desgaste à imagem", disse. PRAZO DE CARÊNCIA: É SEGURO? - Uma questão que divide opiniões é a adoção do prazo de carência nos contratos de compra e venda: um período de tolerância que pode se estender a até 180 dias a partir da data de entrega. Construtores defendem que a carência é indispensável devido à complexidade do desenvolvimento de uma obra. O advogado Edwin Britto, membro da Comissão de Direito Imobiliário e Urbanístico da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil), justifica: "Pode haver algum problema

de fundações, algum ajuste econômico, atrasos no financiamento. Há uma série de fatores imprevisíveis inerentes ao próprio empreendimento". Por essa lógica, os atrasos começariam a ser contados apenas após o vencimento da carência. No entanto, as associações de mutuários entendem que essa prática é abusiva, pois quebra o equilíbrio contratual assegurado pelo Código de Defesa do Consumidor. "Se a construtora tem o direito de atrasar a entrega em 180 dias, o comprador também deveria ter o direito de atrasar o pagamento das parcelas pelo mesmo período", argumenta Lúcio Delfino, diretor da ABMH. Há ainda quem alegue que a carência só pode ser utilizada se justificada com caso fortuito ou de força maior, como defende José Geraldo Tardin, presidente do Ibedec. De acordo com os entrevistados, não há lei que regulamen-

te essa questão. Mesmo a interpretação do Judiciário é divergente. "Alguns juízes entendem que os seis meses são ilegais. Outros, afirmam que se o cliente assinou o contrato aceitando a dilatação do prazo, ele não tem o que requerer", relata Marcelo Segredo, presidente da ONG ABC (Associação Brasileira do Consumidor). O fato é que, em um processo judicial, caso a decisão seja favorável ao consumidor, o construtor pode ter o prazo de carência anulado e, nesse caso, responderá pelos danos causados desde a data original de entrega. Diante do imbróglio jurídico, o mais prudente é sempre comunicar o atraso aos clientes com antecedência, ainda que a empresa não ultrapasse o prazo de carência. Os entrevistados garantem que muitos consumidores respeitam o que está acordado em contrato. Tudo o que eles precisam é de uma comunicação mais eficiente.

Leilão judicial pode ser boa opção para compra de imóvel SÃO PAULO - Acompra de um imóvel em leilão judicial pode ser uma boa opção para quem quer economizar. Isso porque, segundo informa o advogado e sócio do escritório Moraes Navarro, Dalfovo, Santarosa, Brandão Advogados Associados, Gleynor Alessandro Brandão, o valor de venda neste tipo de leilão é mais competitivo, podendo chegar a 50% do praticado no mercado. Contudo, diz ele, este tipo de compra, muito realizada também por quem quer investir em imóveis, requer cuidados, uma vez que vários pontos devem ser checados antes de se fechar um negócio. NULIDADE - Primeiramente, é importante esclarecer que existem vários tipos de leilões, sendo o judicial caracterizado

pelo fato do bem leiloado ter sido levado à leilão por determinação do Juiz, para o pagamento de uma dívida, de qualquer natureza, do proprietário do imóvel. Assim, orienta Brandão, é importante que os interessados, antes de arrematarem o imóvel, verifiquem se o processo possui algum tipo de nulidade, por exemplo, a falta de intimação do credor hipotecário. Amedida, ressalta o advogado, é necessária pois na hipótese do leilão ser anulado, embora os valores depositados sejam devolvidos de forma corrigida, por conta da morosidade do Judiciário, o comprador fica privado de utilizar o valor em outras situações. Outros cuidados Além disso, ressalta, o interessado deve levantar os débitos

utilização do imóvel, é importante verificar se o mesmo possui moradores, visto que o fato pode gerar um processo, se a saída dos mesmos não for amigável.

do imóvel, como imposto, condomínio, entre outros. Verificar se o imóvel está com a documentação em dia também é essencial, checando,

especialmente, se possui averbação da construção, que, a grosso modo, indica que no terreno há uma casa construída. Além disso, dependendo da

SEM DOR DE CABEÇA Mesmo tomando cuidados, a compra de um imóvel em um leilão judicial ainda pode trazer imprevistos. Após a arrematação, por exemplo, o antigo dono tem cinco dias para apresentar um embargo de arrematação, uma espécie de defesa; dando ao arrematador a opção de contestar a mesma ou desistir da compra, no prazo máximo de 15 dias. Por conta de detalhes como este, sugere o advogado, o ideal é que a pessoa interessada em comprar imóvel em leilão procure ajuda especializada, para checar se tudo está bem, sendo

que os gastos com advogados podem custar, aproximadamente, cerca de 10% do valor do imóvel, dependendo do caso. Para os pequenos investidores, diz Brandão, a criação de uma SCP (Sociedade em Conta de Participação) por um grupo de pessoas é uma opção interessante. Neste tipo de procedimento, explica, o arremate é realizado em nome de uma única pessoa do grupo (sócio ostensivo), que compra e revende em seu nome, para depois dividir o resultado com os demais integrantes (sócios participantes). Na modalidade, um grupo de pessoas pode comprar vários imóveis ao mesmo tempo, aproveitando as ofertas do momento, e diluir o risco financeiro em caso de algum dos leilões vier a ser embargado.

CMYK


O JORNA L JORNAL

Dois

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Confira as promoções na Revista da TV

B1

Divulgação

Nenhum de nós...

Sobre alguns aspectos, há quem diga que os anos 80 ainda não acabaram. Pensando nisso, o Caderno Dois de O JORNAL se abre hoje para falar de dois temas: música e saudade. Música, quando se debruça sobre como tudo começou, a trajetória e a discografia da inesquecível e, ao mesmo tempo, sempre atual banda Nenhum de Nós (foto), que acaba de lançar seu 14º álbum. Saudade, por ser esse o sentimento que o grupo continua a despertar em muitos dos que viveram - mais particularmente colegas (oitentistas) jornalistas da redação - o boom da atmosfera sonora roqueira brasileira na tão bem embalada década de 80. Em entrevista exclusiva a O JORNAL, o guitarrista Carlos Stein fala sobre tudo isso e revela o segredo de eles continuarem assim, inesquecíveis! LEIA NAS PÁGINAS B2, B3, B4 e B5

CMYK


O JORNAL JORNA L

Variedades B2

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Formado inicialmente por Thedy Correa, Sady Homrich e Carlos Stein, o Nenhum de Nós decidiu em 1986 levar a música a sério

Nenhum de nós perdeu o caminho Elô Baêta Repórter

ady, Thedy, Stein, Veco, Vicenti. Possivelmente, estes nomes soam desconhecidos aos ouvidos joviais de garotos e garotas dos seus vinte e poucos anos - ou quem sabe até mais que isso. Já os que vivenciaram a inesquecível atmosfera roqueira brasileira nos tão bem embalados anos 80 podem até se perguntar: “Quem são eles?”. Mas, certamente, logo a dúvida será sanada com a descoberta sobre a que os cinco rapazes estão associados. Na verdade, os três primeiros são amigos de longas datas que, entusiasmados com a crescente efervescência do pop rock nacional na década de 80, resolveram montar uma banda com algumas influências - do rock inglês e dos folks americano e nacional. Logo compuseram a primeira canção - no ano de 1986 -, que se tornou uma espécie de hino contra a violência à mulher. Então, veio a apresentação em um dos palcos do próprio Estado de onde eles vieram, o Rio Grande do Sul. E despertam a atenção do empresário Antônio Meira, que lhes pede uma fita demo e a envia a gravadoras. No ano seguinte, lá estava o trio, na metrópole paulista, para gravar o primeiro disco, Nenhum de Nós; tal qual como o trio foi batizado; tal qual as características em comum dos seus integrantes, que viviam protelando a escolha do nome do grupo, mas um dia sentaram, tentaram e descobriram a saída. “Nenhum de nós enxerga bem (somos todos míopes). Nenhum de nós foi para o quartel. Nenhum de nós isso. Nenhum de nós aquilo. Ficou Nenhum de Nós como o nome da banda”, conta o guitarrista do grupo, Carlos Stein. E tudo começou a acontecer. Eles se postaram no cenário do pop rock nacional. E iniciaram sua história. Um caminho que não se perdeu no tempo. Dura até hoje. Que o digam os nascidos nos anos 70 e fãs de rock´n´roll. Eles podem até não saber exatamente nome por nome dos seus componentes, mas refrigeram a memória ao lembrar das inesquecíveis Camila, Camila (o hino à não violência às mulheres citado no início da matéria) e Astronautas de mármore - apenas duas do baú musical do Nenhum de Nós. Ah! Quantas lembranças, quantos momentos, quanta saudade! demonstrados por muitos que os ouviam no passado e que ainda os ouvem (mais à frente, na página B5, isso será comprovado nos depoimentos de alguns colegas jornalistas, da redação de O JORNAL).

S

CONTINUA NAS PÁGINAS B3, B4 e B5.


O JORNAL JORNA L

Variedades

B3

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Nenhum de nós abriu mão da fidelidade do seu som Mas, afinal, o que o Nenhum de Nós tem de tão especial que resiste ao tempo, com a mesma formação base - apenas o trio original virou quinteto com a chegada de mais dois integrantes, Veco e Vicenti, que aos demais se juntaram nos anos 90 -, sem jamais se perder no esquecimento ou abrir mão da fidelidade do seu som e das suas plateias, como aconteceu com tantos outros, que, como eles, tão bem embalaram os anos 80? Para o seu guitarrista, o segredo está no trabalho movido ao mesmo sonho do início e a noção de que à frente há sempre muito a percorrer. Um caminho que não ficou apenas em algum lugar do passado. Continuou seguindo firme com, além do primogênito álbum Nenhum de Nós, Cardume, lançado em 1989, que entre as suas 11 faixas está a versão da composição de David Bowie Starman, aquela que, na voz de Thedy, virou Astronauta de mármore, uma das grandes marcas do grupo e da geração 80; Extraño (1990); Nenhum de nós (1992), cujos videoclipes de algumas de suas canções levaram a banda ao topo do Top 20 Brasil; Mundo diablo (1996), com a entrada oficial do novo componente, Vicenti, na capa; Paz e amor (1998), voltado às emoções, com uma das faixas, justamente a que dá nome ao disco, falando de uma linda história de amor...; Onde você estava em 93? (1993, mas só lançado em 2000), com capa inspirada na do disco Yellow submarine, dos Beatles; Histórias reais, seres imaginários (2001), falando de coisas simples da vida; Pequeno universo, lançado em 2005, com 13 faixas levando o ouvinte ao pequeno universo do dia a dia. TRANSPONDO DÉCADAS - O som do Nenhum seguiu transpondo décadas, passando ainda pelos álbuns ao vivo Acústico ao vivo, gravado no Theatro São Pedro, em Porto Alegre, em 1994; Acústico ao vivo 2 (2002), com 14 músicas registradas em CD e DVD; A céu aberto (2007), em comemoração ainda que tardia - aos 20 anos da banda; e Paz e amor acústico 2009). E pelas coletâneas "Acervo especial - Nenhum de nós (1993), Shows do século XX - Nenhum de nós (1999); O essencial de Nenhum de Nós, também de 1999, além de 100 anos de música Nenhum de Nós - CD duplo. (E.B.)

Nenhum de nós perdeu o estilo Mesmo sem essa pretensão, o grupo continua firme. Prova disso é Contos de água e fogo, seu 14º álbum, fiel ao histórico da banda no sentido de que, ao mesmo tempo que expõe inovações no som, amplia suas conexões. Basta ouvir Corrente, - o rock que abre o disco - para identificar o que seus produtores chamam de “D.N.A” do grupo gaúcho, ou a faixa em que o vocalista Thedy Corrêa evoca referências a David Bowie e Kraftwerk. “Tiramos as guitarras do armário e pesamos naturalmente as músicas, que são mais densas do que o normal”, ressalta o guitarrista Veco Marques. Uma ênfase guitarreira que eles contam ter sido perceptível desde a veiculação de um veloz primeiro single, Outono, outono, que já anunciava a chegada de sucesso do álbum, bem como a promoção de um segundo single, O último beijo, tão forte quanto o primeiro. Gravado no estúdio Sub-

marino Amarelo, em Porto Alegre, e lançado este mês pelo selo Imã Records, Contos de água e fogo traz um visível e evidente entrosamento do grupo, o que permitiu que quase todas as suas faixas sejam assinadas por Thedy (vocal), Veco e Carlos Stein (guitarras), João Vicenti (teclados e acordeom) e Sady Homrich (bateria e percussão), como a canção que inspirou o título do disco, Água e fogo, gravada com a participação vocal do guitarrista Duca Leindecker. Da safra de inéditas, destaque ainda para a temática original da letra de Primavera no coração, baseada em fatos reais ocorridos com os fãs do grupo, com ecos do grupo Coldplay e um arranjo cinematográfico emoldurando os versos em que Thedy canta as emoções causadas pela chegada de uma banda de rock em uma cidade do interior de cotidiano linear. “Esse disco nasceu sob a ótica do exercício da liberdade criativa”, diz Stein. E Thedy

Fotos: Divulgação

Gravado no estúdio Submarino Amarelo, CD foi lançado este mês

completa: “Apesar da temática urbana de nosso repertório, o Nenhum de Nós é uma banda de interior, e a gente tem muito orgulho disso. Neste disco, a gente quis capturar coisas que acontecem com o

grupo na estrada. É o disco em que a gente mais fala sobre o nosso público, sobre as pessoas que gostam do nosso som”. E é exatamente esse vasto público interiorano que curte e acompanha a banda que mais

vai se identificar com o tom rural da canção Pequena, que, com uma gaita dando o tom de cidade de interior, evoca aquela inconfundível mistura de country e rock que caracterizava o som do cantor norteamericano Johnny Cash (19322003). Contos de água e fogo também traz conexões estrangeiras, como a parceria de Thedy com a “lenda do rock baiano”, Fábio Cascadura, em Mistério profundo. Nela, a melodia dá a base à letra escrita por Thedy em que enquadra a mulher aprisionada ao seu universo interior. Já Um pouquinho, co-produzida pelo músico uruguaio Sócio, mas assinada apenas pela banda, explicita a influência do rock nascido no México, com seus vocais remetendo ao som do grupo mexicano Café Tacuba. A nova investida do Nenhum também está sintonizada com sons propagados em toda a América Latina. Uma visível sintonia quando evoca

o rock dos já lendários argentinos Charly García e Fito Paez na faixa Tu vicio, a única que sintomaticamente traz versos em espanhol, embora tenha sido escrita pelo grupo no Brasil, ou a rota inversa de 3 mil léguas, que traz letra assinada pelo argentino Pablo Uranga, mas seus versos foram originalmente escritos em português. Enfim, como diz o texto de apresentação do novo disco, “as inovações e renovações de ‘Contos de água e fogo´ são muitas. O Nenhum de Nós se mostra em fase de grande maturidade, evidente tanto na parte instrumental do CD como no tratamento das músicas e das letras, embebidas em fina sensibilidade. Ouça o disco e perceba logo nos primeiros acordes que tudo faz sentido na história e no som do Nenhum de Nós”. (E.B.) CONTINUA NAS PÁGINAS B4 e B5.


O JORNAL JORNA L

Variedades B4

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Divulgação

Carlos Stein: “A retomada de nosso trabalho autoral é a grande novidade”

Nenhum de nós perdeu o sonho do início Em entrevista exclusiva ao Caderno Dois, o guitarrista Carlos Stein revela alguns dos tantos segredos que fazem o Nenhum de Nós continuar sendo tão presente quanto atual, nos dias de hoje, no cenário do pop rock brasileiro. - Em relação à banda, como tudo começou? Começamos como um grupo de amigos que queria fazer música. Eram os anos 80 e o pop rock nacional não parava de ganhar espaço. Logo compusemos Camila, Camila (86) e tudo começou a acontecer. E só parece melhorar. O Nenhum de Nós começou com o Sady, o Thedy e comigo Carlos Stein - em 86. Em 92, o Veco entrou para a banda e, em 95, o Vicenti se juntou a nós. E somos esse quinteto desde então. - Há uma história por trás da escolha do nome Nenhum de Nós, não? Precisávamos criar o nome da banda, pois já havia um show marcado e queríamos divulgá-lo. Por algum motivo, vivíamos protelando o batismo. Um dia, sentamos e tentamos descobrir uma “fórmula” para isso: o que temos em comum? Nenhum de nós enxerga bem (todos míopes). Nenhum de nós pegou quartel. Nenhum de nós isso, nenhum de nós aquilo. Ficou Nenhum de Nós. - Há informações de que vocês moravam próximos a um teatro que, mais tarde, foi palco de inúmeras apresentações do grupo. Tinham ideia do promissor futuro musical que estava reservado ao grupo?

É o Theatro São Pedro. Fizemos shows memoráveis lá, como nossos três acústicos. Acho que entramos nessa história de música pela vontade de criar. O sucesso, claro, seria bem-vindo, mas uma consequência do nosso trabalho. Nunca foi o objetivo. Nunca imaginamos que seria tão legal. - Vocês são considerados um marco na musicalidade dos anos 80. A que atribuem esse sucesso? Acho que boa parte dos grupos daquela década estava empenhada em um trabalho de criação do rock “brasileiro”. Nossas tentativas de trazer um pouco da sonoridade do nosso Estado para dentro de nossa música comprova isso. Não sei se somos um marco, mas continuamos trabalhando movidos por aquele mesmo sonho do início. Aos poucos, as pessoas vão nos destinando um olhar mais generoso. Acho que esse é o sucesso que sempre buscamos. - Naquela década, surgiram diversos grupos. Muitos foram extintos logo após, outros permanecem até hoje - como é o caso da banda Nenhum de Nós. Qual o segredo da continuidade do grupo? Ainda temos a noção de que há muito caminho a percorrer. Além do mais, gostamos de trabalhar com música. O Nenhum é ainda o nosso canal preferido para expressarmos nossa criatividade. Temos muitos objetivos em comum, além de uma admiração mútua.

- Quantos discos gravados, entre álbuns, coletâneas e acústicos? Nosso mais novo, o Contos de água e fogo, é o nosso décimo quarto. Temos algumas coletâneas. Se não me engano, três. E três acústicos, que estão entre os 14 que citei. - Há lembranças especiais, sobretudo da geração anos 80, em relação às canções Camila, Camila e Astronauta de mármore. O que elas representam para a banda? São, ainda hoje, músicas muito importantes em nosso repertório. Temos muito orgulho delas e não cansamos de tocá-las, embora haja outras que tenham se tornado indispensáveis em nossos shows. - Há outras composições que vocês definem como a marca registrada do Nenhum de Nós? Sim, músicas que foram muito bem recebidas pelo público, como Você vai lembrar de mim, Paz e amor, Sobre o tempo, Amanhã ou depois, Julho de 83, Vou deixar que você se vá, entre outras. E algumas menos conhecidas que gostamos muito de tocar, mas isso iria encher toda a página. Nossa “marca registrada” se espalha por todo o repertório. - E quanto à introdução de gaita e violino no grupo, foi uma inovação à época? O violino não foi propriamente uma novidade. Nem a gaita. Mas a forma como a usamos é ainda bem original, eu acho, assim como foi na época em que a introduzimos em nosso set.

- E a formação, é a mesma desde o surgimento da banda ou houve mudanças? Ao trio original, acrescentamos o Veco em 92 e depois o Vicenti em 95. Dali em diante, é a mesma turma. Inclusive nossos produtores, Antônio Meira e Dante, que nos acompanham desde o início. - O que o Nenhum de Nós traz no novo álbum, Contos de água e fogo, o 14º do grupo? A retomada de nosso trabalho autoral é a grande novidade. O último havia sido em 2005 - Pequeno universo. Procuramos reconquistar um pouco da liberdade criativa de nosso primeiro trabalho. Nos arriscamos mais. Talvez isso não pareça tão visível à primeira audição, mas uma banda que busca autorreferenciar-se é sempre algo novo. Novos também são nossos parceiros nesse trabalho, como o Fábio Cascadura, do Cascadura da Bahia; o Leoni, um amigo uruguaio; o Sócio, um argentino; o Pablo Uranga. O Duca Leindecker, do Pouca Vogal, cantou uma música conosco. - Quais as perspectivas do grupo em relação a esse novo trabalho? Queremos levar nosso novo trabalho para todos os cantos do País, inclusive para o Nordeste. Ultimamente temos feito shows onde nunca havíamos tocado antes e tomara que Alagoas apareça logo na agenda. Estamos na torcida! (E.B.) CONTINUA NA PÁGINA B5


O JORNAL JORNA L

Variedades

B5

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Nenhum de nós esqueceu Marco Antônio

Nide Lins

“Com certeza, Astronauta de mármore é a grande lembrança do Nenhum de Nós. Nos anos 80 virou uma febre. Em todo canto que a gente andava se ouvia. Mas, para mim, particularmente, ela me lembra o momento em que os meus pais começaram a me deixar frequentar os antigos assaltos (festinhas de jovens e adolescentes), que eram o ponto de encontro de amigos e paqueras. É um hino, uma marca registrada, por todo esse saudosismo que ela traz. Faz uma espécie de túnel do tempo de momentos específicos, meio mágicos, de descobertas, de nossas vidas”.

“Nos anos 80, nós curtíamos muito bandas de fora do País. Nenhum de Nós, assim como Legião Urbana, Capital Inicial e outras, veio para preencher essa lacuna do rock no Brasil, e o carro-chefe deles, sem dúvida, foi Astronauta de mármore. Tinha que rolar nos bailes, naquela época. Para mim, Camila, Camila é a que mais me agrada, tanto a letra quanto a melodia, mas Astronauta de mármore me marcou mais”. Marco Antônio Editor de Fotografia

Flávia Batista

Marco Antônio

Marco Antônio

Editora-adjunta de Cidades

“Astronauta de mármore é inesquecível em relação ao Nenhum de Nós. Mas Camila, Camila era a trilha sonora de todas as festas da minha época de 2º grau. Era incrível porque toda adolescente se achava meio Camila”.

“Acho tão interessantes, quanto apaixonantes, a melodia e a letra de Vou deixar que você se vá. Embora não seja tão famosa quanto às outras canções do Nenhum de Nós, na minha opinião, é uma das composições mais emotivas do grupo.

Vera Valério

José Árabes

Editora de Cidades

Editor de Política

Marco Antônio Marco Antônio

“O Nenhum de Nós me lembra quando eu ainda era um pré-adolescente e comecei a descobrir o rock´n´roll. Ia às matinês de rock do Clube dos Fumicultores, em Arapiraca, muitas delas embaladas por Astronauta de mármore, a música que eles estouraram no início dos anos 80. Foi uma época extremamente boa. Até hoje, quando tenho a oportunidade de ouvi-la, imediatamente me remete àqueles momentos, em que eu estava saindo do meu universo familiar para conviver com outros jovens, que naquela época tinham um pouco mais de consciência social e política, e o Nenhum de Nós, que fez parte da efervescência musical do País, que ainda vivia os efeitos da Ditadura, embalava essa ideologia”.

“Astronauta de mármore. Essa música marca demais a lembrança da primeira viagem mais longa que fiz, de carro, com uma turma de amigos, onde saímos conhecendo Lençóis, Belo Horizonte e outras cidades. Nas rádios e nas festas nas cidades onde a gente parava só dava Astronauta. Não tem como esquecer essa canção por estar muito ligada a esse momento maravilhoso da minha vida”. Volney Malta Coordenador Editorial

“Festinhas da minha juventude. É o que mais me vem à lembrança quando se fala em Nenhum de Nós. Estava entrando na faculdade de Jornalismo, descobrindo a turma, novos amigos. Era um mundo novo, universitário, de conhecimentos, e Nenhum de Nós, junto a outras bandas de rock nacional, embalou muito desses momentos na Ufal. Para mim, Camila, Camila e Deixa o sol entrar são as mais marcantes para mim”.

Luciano Milano

Marco Aurélio

Repórter de Esportes

Editor de Economia


O JORNAL JORNA L

Variedades B6

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

TV ABERTA EDUCATIVA 06h00 06h30 07h00 08h00 09h00 10h15 10h30 11h00 11h30 12h00 12h30 12h45 13h00

Canal 3

-

Via Legal Brasil Eleitor Palavras de Vida Santa Missa Viola Minha Viola Curta Criança Anabel Castelo Rá-Tim-Bum Janela Janelinha ABZ do Ziraldo Tromba Trem Carrapatos e Catapultas Um Menino Muito Maluquinho 13h30 - Catalendas

14h00 14h30 15h00 16h00 17h00 18h00 18h30 19h00 20h00 21h00 22h30 23h00 00h45 01h45 02h45

-

TV ALAGOAS

Canal 5 00h00 - De Frente Com Gabi 01h00 - Série - Arquivo Morto // Cold Case 02h00 - Série - Desaparecidos // Without a Trace 03h00 - Série - Estética // Nip/Tuck 04h00 - Encerramento

06h00 - Aventura Selvagem (Reprise) 07h00 - Pesca Alternativa 08h00 - Vrum 08h30 - Ganhe Mais Dinheiro com Jequiti 09h00 - Igreja Mundial 11h00 - Domingo Legal 15h00 - Eliana 19h00 - Roda a Roda Jequiti 19h45 - Programa Silvio Santos

TV GAZETA 05h50 06h49 07h00 07h30 08h05 09h00 09h30

Canal 7 e a Princesa Lili (Exibição em HD) 15h45 - Futebol 2011 - Campeonato Carioca: Fluminense x Flamengo 18h00 - Domingão do Faustão 20h45 - Fantástico 23h05 - Batendo Ponto 23h35 - Domingo Maior - As Panteras – Detonando (Exibição em HD) 01h25 - Sessão de Gala - Casanova 03h15 - Corujão

Santa Missa Sagrado Gazeta Rural Pequenas Empresas Globo Rural Auto Esporte Esporte Espetacular Final da Superliga Masculina de Vôlei 12h40 - Turma da Mônica - Um conto de Páscoa 13h05 - Os Caras de Pau 13h55 - Temperatura Máxima - O Cavaleiro Didi

-

TV PAJUÇARA 01h15 05h25 05h55 06h45 07h15 08h00 09h00 10h00

-

Canal 11 11h00 11h30 12h00 16h00 20h00 23h00

01h00 -

IURD Bíblia em Foco Desenhos Bíblicos IURD - Nosso Tempo Desenhos Bíblicos Record Kids Ponto de Luz Alagoas da Sorte

TV BANDEIRANTES 05h45 07h00 10h30 11h00 12h00 12h45 13h15 15h00

-

Dango Balango TV Piá Stadium Auwe Ver TV De Lá Pra Cá Cara e Coroa Papo de Mãe Conexão Roberto D'Ávila EsportVisão Nova África Cine Ibermédia A Grande Música Doc TV IV Curta Brasil

Informativo Cesmac Pajuçara 360º Tudo é Possível Programa do Gugu Domingo Espetacular Tela Máxima No Rastro da Bala IURD

Canal 38

Espaço Vida Vitoriosa Infomerciais Brasil Caminhoneiro Infomerciais Auto+ Band Clássicos Band Esporte Clube GOL o grande momento do futebol 18h00 - Terceiro Tempo 20h00 - V.I.P. - Segurança

Especial 21h00 22h50 23h30 00h30 01h00 01h45 03h45 -

Domingo no Cinema Acerto de Contas Canal Livre Mundo Fashion Show Business Cine Band Espaço Vida Vitoriosa

Horóscopo www.omarcardoso.com.br

ÁRIES (20 mar. a 20 abr.) Início de um novo ciclo anual em sua vida, abrindo-se novas perspectivas. Procure as motivações mais verdadeiras e invista seu esforço nelas. Tendência a cometer certas precipitações e a se irritar no trato com o dinheiro.

LEÃO (22 jul. a 22 ago.)

TOURO (21 abr. a 20 mai.) Mercúrio e Marte trarão uma diminuição na autoconfiança e alguns conflitos na vida amorosa. Tendência a se afastar um pouco das pessoas para poder refletir melhor a respeito de si mesmo e daquilo que necessita ser aperfeiçoado.

VIRGEM (23 ago. a 22 set.)

Total renovação das oportunidades e de suas motivações. Recuperação da vitalidade física e da autoconfiança. Maior poder de atuar e de tomar decisões. Época favorável para iniciar novas atividades em todos os âmbitos da vida.

Mudanças profundas na maneira de pensar, devido a pressões circunstanciais e fora de seu controle. Maior desejo de recolhimento para refletir sobre o seu mundo interior. Apesar disso, as amizades continuam favorecidas.

SAGITÁRIO (22 nov. a 21 dez.)

CAPRICÓRNIO (22 dez. a 20 jan.)

Muita atividade junto aos amigos, mas tendência a se envolver em alguns atritos com eles. Novas oportunidades na carreira profissional permitirão uma grande melhoria através de empreendimento pessoal.

Ocorrerão mudanças no trabalho, devido à necessidade de planejar melhor suas ações. E' bom que você se mantenha dentro do planejado para que não haja enganos. Período benéfico para os estudos universitários, para a vida cultural e o contato com outros países.

GÊMEOS (21 mai. a 20 jun.) Mudanças na vida cotidiana, podendo alterar horários, modos de agir e de se comunicar com o ambiente e as pessoas. Época favorável para o início de atividades intelectuais que aperfeiçoem sua mente. Pequenos passeios tenderão a ter sucesso e a serem agradáveis.

LIBRA (23 set. a 22 out.) Dúvidas e sentimentos pouco claros trarão certo conflito interior. Talvez você precise aprender a ser agressivo de uma forma diferente da que lhe é habitual. Condições tranquilas e positivas no trabalho. Continuação da atividade social e das amizades.

AQUÁRIO (21 jan. a 20 fev.) É bom que você busque uma compreensão mais profunda sobre o seu psiquismo e sobre a maneira como se relaciona com as pessoas. Compreendendo melhor a si mesmo, você poderá adquirir mais segurança emocional.

CÂNCER (21 jun. a 21 jul.) Vigor físico e agressividade no seu modo de agir são qualidades que estarão reforçadas em seu caráter. Avida amorosa fará com que tenha impulsos apaixonados, que podem criar situações tensas. A impulsividade será negativa para a carreira profissional.

ESCORPIÃO (23 out. a 21 nov.) Diminuirão os problemas na vida cotidiana, nos meios de transporte e nos estudos, graças a atitudes mais firmes no que toca a esses assuntos. Estímulo positivo para a vida social e a participação comunitária.

PEIXES (21 fev. a 20 mar.) Sua criatividade pessoal e participação de outras pessoas favorecerão o desenvolvimento da carreira profissional. Início de uma fase de mudanças nas suas emoções e na maneira de se relacionar com as pessoas.


O JORNAL

Classificados

D1

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

APTO. VENDA CRUZ DAS ALMAS REF: 007 – POÇO – Aptº com área de 100,25m² - Mobiliado! Varanda, sala de visita e estar, hall, wc social, 03 quartos sendo 01 suíte, cozinha, área de serviço e dependência de empregada. 01 vaga de garagem. R$ 170.000,00 – Condomínio: R$ 300,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

FAROL REF: 048 - FAROL APTº C/ 99M² - Sala de estar e jantar, 3 suítes, sendo 2 reversíveis, DCE, 02 vagas de garagem. R$ 230.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 061 – FAROL –APTº C/ 80,68M2. Sala de estar/ jantar, 03 quartos sendo 1 suíte, varanda, cozinha com armários, área de serviço, DCE completa. 1 Vaga. E só custa isso! R$ 160.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 093 – FAROL – sala p/ 2 ambientes com varanda, 03 quartos sendo 1 suíte c/ varanda e closet, WC social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. Prédio com piscina panorâmica, play ground, salão de festas, gerador, antena parabólica, central de gás, 01 vaga da garagem. R$ 255.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 064 –FAROL Apartamento com 3 Quartos, s/ 1 suíte, área: 89,05m2, varanda, sala para 2 ambientes, cozinha de apoio, WC social, hall de circulação.Vem! R$ 190.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 031 - FAROL 81,75M2 – Aptº com 03 quartos s/ 01 suíte, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha/apoio, WC social, hall. R$ 185.000,00 - TR 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0119 - FAROL Aptº com 116m². - 3 quartos, sendo 1 suíte, varanda, sala de estar/jantar, wc social, dependência completa de empregada, 2 vagas de garagem, R$ 350.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 076 – NO MELHOR DO FAROL – O Apartamento é muito bom! A vista nem se fala! 161,09m² de área, no 15º andar- Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, wc social, área de serviço cozinha, quarto e wc para empregada. Comprou, morou! R$ 400.000,00. Que conhecer? A gente mostra pra você! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 077 - FAROL - Aptº c/ 03 quartos sendo 01 suíte, varanda, sala p/ 2 ambientes, cozinha/apoio, WC social, hall de circulação – área: 81,75m2 - R$ 180.000,00 . TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0148 – FAROL – Apartamento com 133m² de área, 04 quartos sendo todos suítes, 01 suíte master, sala de estar/jantar, varanda, churrasqueira ecológica, copa/cozinha, despensa, dependência completa de empregada, sala de jogos. ENTREGA MARÇO/2011. R$ 425.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 018 - FAROL 81,75M2 DE ÁREA - 03 quartos sendo 01 suíte, varanda, sala para 2 ambientes, cozinha/apoio, WC social, hall de circulação, 1 vaga de garagem. R$ 180.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 019 - FAROL Vizinho a UNIMED, sala com varanda, 03 quarto com armários, sendo 01 reversível, cozinha, área serviço, WC social. 01 vaga. Pertinho de tudo, mais ainda de você! Prédio com gerador, 02 elevadores. R$ 165 mil. TR 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

APTOS. PRONTO PARA MORAR PONTA VERDE

Ed. Rui Palmeira - R$ 165 mil sala c/var, wc soc, 3 qtos s/1 revers, coz, serv, wc serv, 1 vaga, 1 elev. Beira Mar - Ed. Palazzo di Roma - Área 192m² - Pronto P/ morar - Varanda, sala 3 amb, lavabo, 4 suites, cozinha, serv, dce, 2 vagas. Ed. Vitória - sala c/ var, wc soc c/blindex e arms, 3 qtos s/2 stes c/arms, wc´s c/ Box e arms, coz. c/arms, serv, dce, 2 vagas. Ed. Genesis - Sala c/ var, wc social, 3 qtos (st) coz, serv, dce, 2 vagas,, piscina. Parcelo Ed. Bellagio - Sala c/var, 3 stes s/1 revers. (1 c/arms) coz. c/arrms, serv, dce, 2 vagas, piscina; Ed. Puerto Manzano - Pronto p/ morar - 120m² - 2 vagas, nasc, sala c/var,lavabo, 3 qtos s/ 2 stes s/1 revers, coz, serv. dce. Ed. James Thorp - sala c/ var, e estante, wc soc, c/ blindex e arms, 3 qtos s/1 revers, c/arms, coz, arms, serv, 2 vagas. Ed. Revenant - Sala c/ var, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv, dce, lazer na cobertura. Ed. Ravelo - Sala c/ var, 3 stes c/ arms, s/1 revers, coz. c/arms, serv, dce, 092 vagas. Ed. Porto Madero - Sala c/ var, wc social c/ box, 3 qtos (st) wc suite c/ box e espelho, coz, serv, dce, 2 vagas, piscine, salão festas. Ed. Sumatra - sala c/ var, wc social, 2 suites s/ 01 revers, coz, serv. R$ 175.000,00. Ac. Parcelar Ed. Dom Fernando Aragão - Sala c/ var, wc social, 3 qtos (st) s/ 2 com varanda, cozinha, seriço, dce. Ed. Sorrento - Sala, wc social, 3 qtos (st), cozinha, serviço, 2 elev, 01 vaga. R$ 180 mil.

Vendo apto na Ponta Verde, atrás do Maceió Mar Hotel, c/3 qtos. c/armários, sendo 1 suíte, 2 salas, varanda, gabinete, cozinha c/ armários, área de serviço, banheiro, quintal, área 200,00 mtrs. Valor R$ 270.000,00. Tr.: 9199-0007/ 9933-4999 REF: 039 – FAROL COM 220M². 03 quartos sendo 2 suítes, 3 salas, WC social, Dependência de empregada, cozinha, área de serviço. Cobertura espetacular com vista para toda Maceió. Aptº super ventilado! Nos 15º e 16º andares, 01 Vaga de garagem, mas podendo ser utilizada outra. Próximo do Hospital da Unimed e do Colégio Marista. R$ 250.000,00 - IMPERDÍVEL! Cond. R$ 290,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343

FEITOSA REF: 0139 – FEITOSA Sala de estar/jantar, 03 quartos, sendo 01 suíte reversível, circulação, cozinha/área de serviço, WC social, varanda, 01 vaga de garagem. Condomínio fechado, com todas as áreas calçadas e ajardinadas; instalação de gás em todos os apartamentos; Antena coletiva; Salão de Festas; Sauna; Depósito; Banheiro masculino/feminino; Bar; Piscina adulto/infantil; Sala Ginástica. R$ 120.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

JATIÚCA REF: 021 – RIO LARGO – Chácaras e sítios de vários tamanhos e preços. Oportunidades imperdíveis para trazer a sua empresa e também o seu lazer. Ligue agora mesmo e reserve o seu! - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0105 – JATIÚCA – LINDA COBERTURA 359,50M² - 05 quartos sendo 5 suítes, varanda, sala de estar, sala de jantar, cozinha, despensa, dependência completa de empregada, área de serviço, terraço, deck e piscina. R$ 960.000,00 - TR 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 063 – ÁREA DE 98,4M² - Apartº no Stella Maris com 03 Quartos, sendo 1 suíte, 1 quarto reversível, varanda, sala para 2 ambientes, cozinha, WC social, área de serviço, WC de serviço, 2 Vagas de garagem. R$ 200.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

GRUTA

REF: 080 - JATIÚCA UMA VERDADEIRA PINTURA! – 6º andar – nascente Área: 84,22m² sala de estar/jantar, varanda, 02 quartos suítes + 01 quarto reversível, wc social, cozinha área de serviço, WC de serviço, 02 vagas de garagem p/veículo de porte médio. Aproveite! R$ 235.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 012 - GRUTA ÁREA: 103,5M2 Varanda, sala para 2 ambientes, 03 quartos (sendo 1 suíte), mais 1 suíte reversível, cozinha, WC social, área de serviço, quarto reversível de serviço (com opção do 4º quarto). 01 vaga de garagem. R$ 210.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343

REF: 0142 – STELLA MARIS - Apt° com 87,83m² - Sala de estar/jantar c/varanda, 03 quartos, sendo 01 suíte c/ closed e 02 suítes opcionais, cozinha, área de serviço, dependência de empregada – R$ 260.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 0110 – FEITOSA Apartamento com 03 quartos, sendo 1 suíte, sala de estar e jantar, circulação, WC social, cozinha, WC de serviço e varanda, 1 Vaga de garagem: Área: 72,73m2 R$ 90.000,00. Cond. R$ 85,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

Ed. Maison D'elseés - Varnada, sala, wc social c/ blindex, 3 qtos (st), coz. c/arms, serv, dce, 2 vagas. JATIUCA COBERTURADUPLEX - 3 vagas, nascente, sala c/varanda, wc´s c/box e arms, 3 stes c/arms, coz. c/arms, serv, despensa, dce. 1º. Piso: Sala, 1 ste máster c/arms, piscina, área livre. Aceito imóvel. Ed. Conselheiro Artur Jucá 133m², 2 vagas, nascente, salão de festas, varanda, sala, 4 qtos s/3 stes (1 é revers.) c/armários, coz.c/ arms, serv, dce. Ed. Via Verde - Área 120m² - sala c/var, wc social, 3 qtos ( st) coz., serv, dce, piscina, 2 vagas. Ed. Giverny - área 79m² - R$ 200 mil - sala c/var, wc´s c/blindex, 2 qtos c/arms s/1 st, coz, c/arms,, serv, wc serv. 1 vaga. Ed. Doni Coutinho - área 244m² - sala c/var, 4 stes, lavabo, coz., serv, dce, 3 vagas, salão festa, ginástica. POÇO Ed. Relanche - Sala c/var, wc soc c/box blindex, 3 qtos (st) todos c/arms, coz. c/arms, serv. c/arms, 2 elev. 1 vaga. R4 170 mil Ed. Mediterraneo - R$ 150 mil - sala, wc social, 3 qtos (st. c/arms), coz.c/ arms e área de serviço. Jatúca I - R$ 85 mil - Ac. Financiamento - sala, wc soc, 2 quartos, coz, serv. FAROL Ed. Palazzo Margiore - Área 250m² - Linda vista mar e lagoa, 4 vagas livres, piscina, churras, apoio, sala estudo, vídeo, ginástica, salão festas mezanino, sala 3 amb. c/var, home, lavabo, 4 stes s/1 c/ hidro, copa, coz, serv, dce. Edifício Porchat - sala c/ var, 4 qtos s/2 ste (3 c/arms), coz. c /arms, serv, dce, 2 vagas, piscina. Linda vista mar. Ed. Eric Froom - andar alto, sala c/var, wc soc, 3 qtos (st0 coz, serv, dce, 2 vagas.

REF: 001 - JATIÚCA – APTº 6º ANDAR VENDO/TROCO apto c/ Sala p/ 2 ambientes, com varanda, 04 quartos sendo 02 suítes, WC social, Cozinha, área de serviço, DCE, 02 vagas de garagem. Área 120m². R$ 400 mil. Aceito: imóvel menor valor e carro. Também financio. Tr 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 037 – STELLA MARIS – Andar alto, de frente. 115m². Sala com varanda, 03 quartos, sendo 1 suíte + DCE, cozinha, 02 vagas de garagem, R$ 300.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0141 – STELLA MARIS - Apt° com Varanda, sala de estar/jantar, 03 quartos sendo todos suítes, lavabo, cozinha e dependência de empregada. R$ 410.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0104 – JATIÚCA NOVAÇO!! - 162M² - O Aptº: Sala de estar e jantar com varanda, 04 suítes, sendo 2 másters c/ closet e 2 com WC reversível, lavabo, cozinha, despensa, área de serviço, dependência completa de empregada, WC social.O Prédio: subsolo, pilotis, mezanino com salão de festa, bar, salão de jogos, salão de ginástica, piscina com deck, gerador, 02 vagas na garagem. R$ 645.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 062 - JATIÚCA – c/ 3 quartos sociais, com armários, sala de estar/jantar, área: 82,39m2, 01 WC social, cozinha, área de serviço, quarto e WC de empregada. Todo no armário embutido, com 02 varandas, todo reformado, 2 Vagas. Apenas R$ 169.000,00. Pode ser totalmente financiado pela CEF - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 006 – STELLA MARIS - Nascente – QUARTO E SALA - varanda, cozinha. WC social, R$ 150.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 023 - JATIUCA- Sala de estar/jantar com varanda, 04 suítes, sendo uma suíte master com closet, copa/cozinha c/área de serviço e despensa, quarto e banheiro para empregada; Área: 252,07m² - 04 vagas de garagem. R$ 1.400.000,00. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 027 – STELLA MARIS – Uma graça de apartamento - Sala de estar/jantar com varanda, 02 quartos sendo 01 suíte, WC social, copa/cozinha com área de serviço e despensa. Completo de armários; Área: 79m2 - 01 vaga de garagem. R$ 200.000,00 – Cond. R$ 350,00 incluso gás e água. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 0127 - JATIÚCA Apartamento com varanda, 01 sala de estar/jantar, circulação interna, 03 quartos sendo 01 suíte, 01 wc social, cozinha, despensa, área de serviço e quarto e banheiro de empregada: 91,85m², 02 vagas de garagem. R$ 270.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0134 – JATIÚCA - 98,4M2 - Apartamento com 4 quartos:, sendo 1 suíte, 1 Vaga de garagem, varanda, sala para 2 ambientes, 2 quartos sociais, 1 quarto suíte, 1 quarto reversível, cozinha, WC social, área de serviço, WC serviço. R$ 200.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

ANÚNCIO INSTITUCIONAL Fruto de Termo de Ajuste de Conduta Firmado com o Ministério Público do Trabalho.

“De acordo com o art. 5º da CF/88 c/c art. 373-A da CLT, não é permitido anúncio de emprego no qual haja referência quanto ao sexo, idade, cor ou situação familiar, ou qualquer palavra e/ ou expressão que possa ser interpretada como fator discriminatório, salvo quando a natureza da atividade assim o exigir.”

REF: 002 – FAROL – Aptº com área de 100,99m² - Mobiliado! Varanda, sala de visita e estar, hall, wc social, 03 quartos sendo 1 suíte, cozinha, área de serviço e dependência de empregada. 01 vaga de garagem. R$ 140.000,00 - Condomínio: R$ 150,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 055 –JATIÚCA – ÁREA: 43,14 M² - Sala, 01 quarto, varanda, wc social, cozinha. 01 vaga de garagem. R$ 148.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

SITIO SÃO JORGE SERRARIA Exc. p/ Ivestidor - Ed.Racine, 10º. SAN NICOLAS - Área 300m³ Andar, nascente, qto e sala c/arms Terreno 18x25- Térreo: garagem, e box, alugado. Excel. locação. sala, wc social, 1 qto, coz., área serviço, dce. 1º andar: 3 stes s/1 CASAS Farol c/hidro e terraço. Financio Caixa. Av. Rotary - Excel. casa c/gara- Lot. Jardim da Serraria - Varanda, gem, terraço, 3 salas, gabinete, wc garagem, sala 2 amb. c/ jd. de insoc, 3 qtos (st) copa, coz, serv, dce. verno, 2 wc´s sociais, 4 qtos s/2 Exc. p/consultório R$ 380 mil. Rua Sargento Aldo, antiga Rua da stes, coz, serv. Consquista - casa em terreno 6,40 LITORAL SUL x 18 c/2 pavimentos. R$ 130 mil LOT. BARRA MAR - Cond. Rua Cônego Machado - varanda, Barra Mar - casa: térreo: gara2 suites, sala, coz. c/ arm. 1º.andar: varanda, sala, wc soc, 2 quartos. gem, sala, 1 ste reversível, coz., Rua José Maria Correia das serv, depósito, churrasq. 1º andar: Neves - Exc.casa em terreno c/ 3 stes s/1 c/varanda. Cond. c/pis919m², garagem 6 carros, pisci- cina. na, terraço, 4 qtos s/2 stes, coz, LOT. RECANTO DOS CAEserv, dce. Rua Alfredo Oiticica - Exc. p/es- TES - Casa a 100m mar c/piscicritório/consultório - Terraço em na, churrasq., apoio, garagem, terL c/gar, sala de estar, gabinete, raço, 2 salas, 2 wc´s sociais, 4 sala intima, sala jantar, 3 stes, coz, qtos s/1 ste c/closet e hidro, coz. despensa, dce. c/despensa, depósito, dce, casa PONTA VERDE Rua José Sampaio Luz - Edifi- para caseiro. cada em terreno de 12x27, c/ gaPONTO ragem, sala estar c/ jd. Inverno, COMERCIAL sala estar, wc social, 3 qtos. (st) JATIÚCA coz. serviço, terraço, dce. JATIÚCA HARMONY TRADE CENAv. Amélia Rosa - garagem 2 TER - sala 601 com 34,81m². carros, sala estar e jantar, wc so- R$ 135 mil. cial c/arms e box, 4 qtos s/ 1 ste, CENTRO coz. c/arms, copa, serviço, dce. Prédio Comercial - com 3 anStella Maris - Rua Rosa Cabús - dares e aproximadamente 700m² Terraço, garagem, gabinete, sala de construção. Prox. ao Quartel estar/jantar, wc soc c/ blindex, 3 da Policia. qtos (st), coz. c/ arms, serv, dce. JACARECICA GARÇA TORTA Cond. Ocean Wien - Esquina Cond. Morada da Garça - Casa pronta p/morar - área 330m² - nascente c/projeto - área 935m². térreo: sala 2 ambientes, wc so- R$ 280.000,00. cial, 1 qto social, coz., área serTERRENOS viço, dce, garagem. 1º pav: sala JATIUCA TV, 3 stes s/1 master. Cond. c/quaLote na Rua Santo Amaro medindra de tênis, piscina, salão festas. do 12x25. Excelente preço. CRUA DAS ALMAS TABULEIRO DO PINTO A 100m do mar - térreo: garagem 2 salas estar, sala jantar, wc LOTEAMENTO JOSÉ FERsoc, copa/coz, serv, dce. 1º andar: NANDES TORRES - Terreno terraço, sala Tv, wc, 4 qtos s/ 2 sts, de esquina medindo 20m de hidro. 2º andar: terraço c/vista frente, 16m de fundos, 20m de mar, 1 qto. frente a fundos. R$ 28 mil.

APARTAMENTOS Ponta Verde Ed. Veneza - Sala, wc social, 2 qtos, coz.a, área de serviço, dependência, 1 vaga no pilotis. Ed. James Thorp - sala c/ var, wc social, 2 qtos c/ arms s/ 01 suíte, 01 qtos. revers, coz. c/ arms serv. 2 vagas. Ed. Mont Reale - Sala c/ var, wc´s c/ blindex, 3 qtos s/ 01 suite, (suite c /arms) coz c/ arms, service, 2 vagas. Ed. Valparaiso - sala c/ var, wc´s c/ blindex e arms, 3 qtos s /01 suite ( suíte c/ arms) coz, c/ arm, sob o balcão, serv, dce. Ed. Lajedo - 2ª. quadra, Sala, wc social c/box, 03 quartos (st) s/ 2 c/ arms, coz. c/ arms, serv, dce c/ arms, 2 vagas. Ed. Santorini - sala c/coz. americana c/arms, wc soc. c/ box e arm, 1 quarto com arm. Ed. Londres - Varanda, sala, wc social c/ blindex, 03 quartos (st) todos c/ arms, coz. c/ arms, serv, dce, 02 vagas. Ed. Canavial - a 100m do mar - Sala, wc social, 2 quartos, coz., área serviço, wc serviço, 1 vaga. R$ 700,00 + taxas.

Jatiuca Ed. Mar de Java - Sala c/ var, wc´s c/ Box e arms, 3 qtos (st) (st. c/ arms), coz. c/ arms, serv. Wc serv. Ed. Ametista 8 - qto e sala c/coz. americana c/armários fixos e box em vidro temperado. Ed. Oregom - Sala c/ var, wc soc. 2 qtos. s/1 ste, coz., serviço, piscina, 2 elev, gerador. Ed. Ametista 8 - Sala c/cozinha americana c/arms, 01 wc c/ blindex, 1 qto c/armário. Ed. Itauba - nascente, sala c/var, wc soc. c/box, 2 qtos. c/arms, coz. c/arms, serv, dce. 1 vaga. Ed. Rafiné - Sala com varanda, wc social, 3 qtos. (st) cozinha. serviço, dce. Ed. Platanus - Aptos, Nov. var., sala, wc social, 2 qtos (st) coz, serv. Ed. Seatlle - Novo, 2 qtos s/1 ste, coz, serv. piscina, salão festas 1 ou 2 vagas. Mangabeiras Ed. Vicenza - excel. qto e sala mobiliado na 2ª. quadra do mar. Contrato mínimo 90 dias.

Ed. Ed São Rafael - sala, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv, dce. Ed. Messina - varanda, sala, 3 suites s/1 reversivel, cozinha, serv, 01 vaga, 01 elevador. Poço Ed. Montnimes - andar alto, novo, nascente, sala c/var, wc´s c/box, 3 qtos (st 2 c/ arm, coz.c/arms, 2 vags, piscina. Pajuçara Ed. Saveiros - sala 3 ambientes, wc social c/blindex e arms, 3 qtts. s/ 2 stes) stes c/ arms), wc´s ste c/arms e box blindex, coz. c/arms, serv, dce. (apto. recém-reformado todos arms novos). Ed. Studio 413 - sala c/ var, 01 wc, coz. America c/ arm. 1º. Andar: wc soc, 2 qtos (st) Cruz das almas Prox.ao Hotel Matshubara Ed. Village Jatiúca - sala, 1 ste, wc ste c/box, coz. c/arms. e área serviço integrada. Prado Ed. Antares - Var., sala, wc social, 3 qtos (st) coz. c/armarios, serviço, dce. Centro Ed. Núbia - Beira mar - ao lado das Lojas Americana - sala, 2 wc´s social, 3 qtos c/arms, coz. c/armarios, serviço, dce.

CASAS Farol Rua Tereza de Azevedo terraço, garage, sala estar e jantar, wc soc, 3 qtos (st0 coz, serv, dce, depósito. Farol/Pitanguinha Rua Cel. Pacheco Ramalho - Alugo p/escritório, consultório, casa composta de: garagem, recepção c/mesa granito, sala reunião c/mesa granito e armário, circulação c/arm, 2 wc´s, copa c/mesa e arms, 2 salas p/depósito. 1º. andar: 3 salas com arm. e mesa em granito sendo 2 c/wc. R$ 3.000,00. Poço Conj. Sto Eduardo - casa c/sala, wc social, 3 qtos, cozinha, área de serviço.

PONTOS COMERCIAIS Jatiúca N1212 - Av. Álvaro Otacílio ( Beira Mar ) Alugo terreno vizinho a Galeria Passeio Stella Maris medindo 22,50 x 70. Exc. p/ Agência Bancária. N1705 - Av. Álvaro Calheiros - Alugo terreno medindo 12x30 ao lado da Le Postiche.

CMYK


O JORNAL JORNA L

Classificados D2

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

REF: 069 - STELLA MARIS - ÁREA: 88,66M² varanda, uma suíte, 02 quartos, sala, cozinha, wc social, dependência de empregada e área de serviço. R$ 260.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

MANGABEIRAS REF: 045 - MANGABEIRAS - ÁREA 60M², uma suíte, um quarto social, banheiro social, sala, cozinha e área de serviço. R$ 140.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

OUTROS BAIRROS REF: 0137 - ÁREA: 57,66M2 - Sala de estar/jantar, 02 (dois) quartos sendo 01 (uma) suíte, WC social, cozinha, área de serviço e 01 vaga de garagem. R$ 190.000,00 - TR. 9351-4440 /8811- CRECI 343 REF: 028 – 100M² - Rua Empresário Carlos da Silva Nogueira 3 quartos, sendo 1 suite, 1 suíte opcional, WC social, varanda, sala estar/jantar, 2 vagas de garagem. R$ 270.000,00 - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 065 – Varanda, sala de estar/jantar, 01 suíte master, 02 quartos reversíveis, lavabo, cozinha e dependência de empregada. 03 vagas de garagem. Piso em porcelanato polido R$ 390.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

PONTA VERDE REF: 075 – PONTA VERDE - 175,95M² - 04 suítes, Sala estar/jantar, lavabo, Varanda, DCE, 03 Vagas de Garagem. R$ 650.000,00 a negociar - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 084 – PONTA VERDE - 4º ANDAR Apartamento completo de armários. Com 93,87 m².Sala para 2 ambientes, 03 quartos sendo 01 suíte, varanda, WC social, cozinha, área de serviço e dependência completa de empregada, circulação, 02 vagas de garagens. R$ 300.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 030 – OPORTUNIDADE ÚNICA PONTA VERDE – 1ª quadra da Praia – Por trás da Galeria Espaço 20 CM – 7º andar Excelente apartamento com 03 quartos s/ 1 suíte, varanda, sala de estar/jantar, área serviço, WC social. 02 vagas de garagem. R$ 230.000 - TR 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 041 – ÁREA: 85M² - DE FRENTE! PONTA VERDE – 03 quartos, sendo 01 suíte, cozinha, Wc social, dependência de empregada. 02 vagas de garagem. Cond. R$ 375,00 - R$ 240.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 081 – PONTA VERDE - apartamento no 2º andar, com sala de estar para dois ambientes com varanda, sala de jantar, (04) quatro suítes, sendo (01) uma máster com closet e hidro-massagem, lavabo, copa, cozinha, despensa, área de serviço, quarto de serviço e W.C. de serviço. 04 (quatro) vagas de garagem. Área: de 265,55m². R$ 1.445,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 083 – PONTA VERDE – Completo de armários - Sala para 2 ambientes, 03 quartos sendo 01 suíte, varanda, circulação, WC social, cozinha, área de serviço e dependência completa de empregada. 02 vagas de garagens. Área: 106,00m². R$ 327.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 025 – PONTA VERDE - COBERTURA DE FRENTE PARA O MAR LINDO! EXUBERANTE! IMPONENTE! MAJESTOSO E ABSOLUTO. PARA QUE GOSTA DE VIVER COM ESTILO ÚNICO E DIFERENCIADO! Área: 621,94m². R$ 3.100,000 TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 036 - PONTA VERDE – COBERTURA FANTÁSTICA! De frente. 410m². Sala com varanda, 05 suítes todas com instalação para split, cozinha grande, DCE. 04 vagas de garagem, piscina. Prédio com salão de festas, guarita de segurança e muito mais. R$ 1.500.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 050 – PONTA VERDE, próximo ao Bompreço – Área: 59,25m²: - Sala de estar, sala de jantar, 02 suítes, sendo1 com closet, cozinha e área de serviço, 02 vagas de garagem. Apenas R$ 200.000,00. A combinar. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 034 - PONTA VERDE – ANDAR ALTO. Sala de estar/jantar, varanda, 03 suítes, cozinha, Wc social, copa/cozinha, área de serviço, despensa e dependência completa de empregada. 02 vagas de garagem. Prédio com salão de festas, guarita de segurança. Aceita financiamento pela Caixa - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

REF: 054 – PONTA VERDE - Aptº c/ 97,50m² - 03 Quartos sendo 02 suítes, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada, 02 vaga de garagem. R$ 320.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 057 - PONTA VERDE - Aptº c/ 99,77m², 03 Quartos, sendo 02 suítes, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 02 vagas de garagem. R$ 283.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 058 - PONTA VERDE, Aptº c/ 99,77m² - 03 Quartos s/ 02 suítes, varanda, sala para 02 ambientes, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 01 vaga de garagem que comporta 02 veículos pequenos. Reserve o seu! R$ 297.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 033 - PONTA VERDE - com 245m² de puro luxo! De frente! Sendo 02 aptºs por andar, sala com varandão, 04 quartos sendo os 04 suítes, a suíte de casal c/ hidro e varandão, cozinha c/ armários, Wc social, DCE. 02 vagas de garagem. Prédio novo! Com salão de festas, guarita de segurança. R$ 650.000,00. Tudo nele é grande. Venha conhecer! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0115 – PONTA VERDE – 1ª quadra do mar –117m², 5º andar, 03 quartos, sendo 1 suíte, varanda, cozinha, WC social, 1 vaga. R$ 210 mil. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 071 - PONTA VERDE – Com 67,34m² - Aptº no 2º andar (2ª quadra da praia). Sala de estar/jantar, 02 suítes, varanda, hall, cozinha, 01 vaga de garagem. Área: R$ 175.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 053 - PONTA VERDE – Rua Eliseu Teixeira - Esquina com a Dep. José Lages – Quarto e sala 38,91m² Sala, 01 quarto, banheiro social, cozinha, 01 vaga de garagem. R$ 160.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 051 – PONTA VERDE – APTº C/ 83,35M² - R. Sandoval Arroxelas - Sala de jantar, sala de estar com varanda, circulação, 01 suíte, 01(um) quarto social, WC social, 01(um) quarto reversível, cozinha, área de serviço, WC de serviço e 01 vaga de garagem. R$ 300.000,00 a combinar. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 035 - PONTA VERDE – POR TRÁS DO BOMPREÇO Andar alto, de frente! 130m², vista do mar. Sala, 03 quartos grandes, sendo 01 suíte, cozinha, Wc social, dependência completa de empregada. 02 vagas de garagem. R$ 300.000,00. Aceita financiamento pela Caixa. Cond. R$ 630,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 074 – PONTA VERDE - 75,49M² - Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, reversível, cozinha, área de serviço, dependência de empregada R$ 174.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 032 – PONTA VERDE – 8° ANDAR Aptº com 90,83m² próximo à Sandoval Arroxelas. Sala de estar/jantar com varanda em “L”, 03 quartos sendo 01 suíte, cozinha, Wc social, dependência completa de empregada, área de serviço. 01 vaga de garagem. Prédio subsolo e pilotis, salão de festa, gerador, guarita de segurança, etc. Apenas R$ 290.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

REF: 072 – PONTA VERDE: Rua Desportista Humberto Guimarães, 6º andar Apto. Duplex. 1°. piso: sala de estar/jantar, varanda, 02 suítes, 02 quartos sociais, wc social, cozinha, área de serviço, despensa, dependência completa empregada; 2°. piso: sala de estar, terraço, quarto, piscina, jardineiras, 4 vagas de garagem. Área: 256,49m². R$ 750.000,00; Preço do condomínio: R$ 1.000,00 Pagamento: a combinar. Se for colocar tudo o que ele tem, não vai caber no anúncio! TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 073 - PONTA VERDE – Aptº com sala de estar e jantar, hall, 3 quartos sendo 1 suíte e 1 reversível, wc social, cozinha, área de serviço, dependência completa e 2 vagas de garagem. Área: 76,66m². R$ 210.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 052 – NA PARTE MAIS COBIÇADA DA PONTA VERDE – É CLÁSSICO! É GRANDE! Um luxo! Aptº c/ 453,92m2- Varanda, sala de jantar, sala de estar para 4 ambientes, lavabo, estar íntimo, circulação, 03 suítes, 01 suíte master com 02 closets e 02 wcs, ampla cozinha com sala de almoço, despensa, área de serviço com 02 quartos, 01 wc e terraço técnico, dependência de empregada e 06 vagas de garagem. R$ 2.650.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 014 - PARA QUE GOSTA DE TOTAL CONFORTO. COBERTURA PARA SE ADMIRAR. TOTALMENTE NASCENTE E COM VISTA PARA O MAR de Ponta Verde - área de 640m2 - Suíte de casal, várias varandas espetaculares, sala com 18 metros de comprimento, sala de estudos, vestir, Bwc, suítes, dois quartos sociais, hall, circulação, Bwc social, estar íntimo, suíte de hóspede, vestir, salas de jantar e estar, hall de serviço, copa cozinha, despensa, depósito, quarto e Bwc de empregado, bar, lavabo, varanda sacadas e jardineiras. 03 Vagas de garagem, área de lazer maravilhosa na cobertura, com churrasqueira, bar. Um sonho ao seu alcance! R$ 1.350.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0122 – PONTA VERDE - Apartamento QUATO E SALA: Novo! 1 vaga de garagem, sala estar, varanda, WC social reversível. R$ 150.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 091 - PONTA VERDE – COBERTURA DUPLEX: 1º Piso: sala de estar/jantar com varanda, 02 quartos, s/ 1 suíte, WC social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 2º piso: sala de estar, suíte máster, piscina c/ deck e sauna. Área: 182,86m², 02 vagas. R$ 593.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

REF: 0111 – PONTA VERDE - ÁREA: 180M² completo de armários 2ª quadra – rua tranqüila. Apartamento c/ 04 quartos, s/ 2 suítes, sala de estar para 2 ambientes, sala de jantar, WC social, cozinha, varanda, dependência completa de empregada, 2 Vagas de garagem no subsolo. R$ 650 mil. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0140 – PONTA VERDE – Em construção! Área: 60,98m² estar/Jantar, Varanda, 02 suítes, sendo uma reversível, WC social, Cozinha, Área de Serviço. Entrega: Abril/2011. R$ 216.000,00 –TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 015 - PONTA VERDE – Aptº lindo! Projeto original modificado, piso modificado, os armários estão sendo colocados agora! Com 140m² área útil contendo: Sala de visita, sala de jantar, com arandão, gabinete, 03 suítes, Cozinha, Wc social, dependência completa empregada, 03 vagas. Prédio com salão de festas, playground, piscina, churrasqueira. R$ 530.000,00. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0117 – PONTA VERDE – 2º andar de frente – Área: 101,38m², 03 quartos, sendo 1 suíte + DCE, sala c/ varanda, cozinha, WC social, 1 vaga de garagem. R$ 175.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0118 - PONTA VERDE - 02 quartos, sendo 1 suíte, varanda, sala de estar/jantar, wc social, 2 vagas de garagem, Piscina, Bar, Forno de pizza, Churrasqueira, Playground, Medidor individual de água e gás. R$ 260.000,00 - Cond. R$ 200,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0147 – PONTA VERDE – AMETISTA Quarto e sala – 8º andar - Prédio com piscina, salão de festa e sala de jogos. R$ 120.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

REF: 009 – PONTA VERDE - Apartamento com sala para 02 ambientes com varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, circulação, cozinha, despensa, área de serviço e dependência completa de empregada. 02 vagas de garagens. Área: 162,97m². R$ 490.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0146 – PONTA VERDE - Com 76,66m² - Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, reversível, cozinha, área de serviço, dependência de empregada - R$ 178.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0129 – PONTA VERDE – APT° 101 - DE FRENTE! - 137m² - Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte máster grande, dependência completa de empregada. E que dependência! lavabo, cozinha grande, armários nos quartos. TODO REFORMADO. Tá muito bonito! 01 vaga de garagem. R$ 330.000,00 Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0145 – PONTA VERDE - Com 75,49m² - Sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos, sendo 02 suítes, WC social, reversível, cozinha, área de serviço, dependência de empregada - R$ 174.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 005 – PONTA VERDE – BEIRA-MAR - Sala de estar/jantar, 2 quartos sendo 01 suíte, cozinha estilo americana, 1 vaga de garagem. R$ 180.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

VENDO CASA EM PONTA GROSSA - c/2 quartos, 2 wc’s, sala de estar, 01 garagem, quintal. Aceita financiamento. Tratar: 9341-2269

Guia de Serviços

CMYK


O JORNAL JORNA L

Classificados

D3

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br REF: 0138 - PONTA VERDE - Aptº com 91,00m2 – 03 Quartos sendo 01 suíte, sala estar/jantar, cozinha, área de serviço, DCE, varanda, 01 vaga de garagem. Andar alto. R$ 220.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 091 – PONTA VERDE – PRÓXIMO AO BLUE SHOPPING, Apartamento com 100m², 3º andar – sala em “L”, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, WC social, cozinha. Dependência completa de empregada. R$ 170.000,00. Cond. R$ 220,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 0114 – PONTA VERDE – 137M², de frente, próximo a Praça do Skate, 3º andar, sala grande, 03 quartos, sendo 01 suíte, varanda, cozinha, WC social, dependência completa de empregada, 01 vaga de garagem. R$ 250 mil. Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 094 - PONTA VERDE – Uma graça de Cobertura Duplex: 1º Piso: sala de estar com varanda, 02 suítes + 1 quarto reversível, WC social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 2º piso: sala de estar, suíte máster, piscina c/ deck, terraço, 03 vagas. Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 092 – PONTA VERDE – COBERTURA DUPLEX: 145m² - 1º Piso: sala de estar/jantar com varanda, suíte reversível, WC social reversível, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. 2º piso: sala de estar, 02 quartos sociais, WC social e piscina c/ deck e sauna, 02 vagas de garagem. R$ 450.000,00 Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 016 – PONTA VERDE – 177M² - Sala estar/jantar, varanda, 04 quartos sendo 04 suítes, Cozinha, Wc social, dependência completa empregada. 03 vagas. Prédio com salão festas, gerador, guarita, piscina. Medição água e gás individual. Financio pela Caixa Econômica Federal. R$ 600.000,00. Tratar pelos telefones para contatos: 93514440/8811-8410 CRECI 343. REF: 0100 – PONTA VERDE - PRÉDIO NOVO! - 294M² - Apt°: Sala de estar/jantar com varanda, 04 quartos sendo 2 suítes completas e 1 com WC reversível, WC social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. O Prédio: subsolo, pilotis, 03 elevadores, salão de festa com bar, piscina com deck, gerador 02 vagas na garagem. R$ 651.000,00 Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 099 – PONTA VERDE - Varanda, sala de estar e jantar,03 quartos, sendo 01 suíte, wcb, cozinha e área de serviço, com 02 vagas de garagem independentes. Preço: R$ 250.000,00 Cond: R$ 280,00. Próximo ao Colégio INEI - TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0101 – PONTA VERDE - 171M² – O Aptº: Sala de estar/jantar com varanda, lavabo, 04 suítes, circulação, WC social, cozinha, área de serviço e dependência completa de empregada. O Prédio: 07 pavimentos, subsolo, pilotis, 02 elevadores, salão de festa, piscina, gerador, água quente por aquecimento solar, 03 vagas na garagem. R$ 690.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0102 – PONTA VERDE - varanda, sala para dois ambientes, três quartos sendo dois suítes, cozinha, área de serviço, Dependência completa de empregada e duas vagas de garagem. R$ 360.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343 REF: 0103 – 199,49M² Ponta Verde e ainda por cima cobertura! - O Aptº: 1º Piso: Sala de estar/jantar c/ varanda, 02 quartos s/ 1 suíte,WC social, cozinha, área de serviço e dependência completa de empregada.2° Piso: Sala de estar, 01 suíte, piscina com deck, terraço, WC social.O Prédio: subsolo, pilotis, 02 elevadores, salão de festa, gerador, 03 vagas na garagem. R$ 593.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 004 - PONTA VERDE – Acabamento de Alto luxo 300m² - MINI QUADRA DE FUTEBOL E BASQUETE, ÁREA DE LAZER COM 3.500 M², PRÉDIO 3 ELEVADORES Piscina aquecida c/raia de 20 m² Quadra de squash, amplos ambientes sociais, Home theater, 4 stes, varanda c/churrasqueira, sala c/3 ambientes, 100 % Granito, 4 ou 6 Vagas por Aptos, área de serviço, Wc Social, DCE. Valor R$ 1.400.000,00. Tratar pelos telefones para contatos: 93514440/8811-8410 CRECI 343. REF: 0107 - EDF. PORT VILLE II - Ponta Verde Quarto e sala 1 Vaga de garagem R$ 140.000,00. 01 suíte, cozinha, área de serviço Tratar pelos telefones para contatos: 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

PAJUÇARA REF: 026 – PAJUÇARA - BEIRA-MAR de Frente! 3º andar – 73,00m². Compre e alugue por temporada. É dinheiro vivo! 02 quartos, 1 vaga. Apenas R$ 320 mil. No 3º andar, todo mobiliado! Tratar pelos telefones para contatos: 93514440/8811-8410 CRECI 343.

REF: 056 - PAJUÇARA BEIRA-MAR – Aptº c/ 190m² - Nascente - Sala de estar e jantar, 04 suítes, lavabo, DCE, despensa, 03 vagas de garagem. R$ 890.000,00 Cond. R$ 600,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 085 – PAJUÇARA - ED. NEO II Apartamento com sala, terraço, 2 (dois) quartos, sendo 01 (um) suíte, 01 (um) WC social, cozinha, área de serviço. Área privativa: 60m2. R$ 240.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 046 - BEIRA-MAR DE PAJUÇARA – Agora ao seu alcance, 24 horas por dia, o mar que nos encanta o ano todo! De frente. Novo! Andar alto! Belo! 150m². Sala com varanda, 04 quartos s/ 04 suítes, 2 reversíveis, todas com instalação para split, cozinha grande, DCE, despensa, área de serviço, piso em granito, 02 ou 3 vagas de garagem. Prédio com sauna, 3 elevadores, salão de festas, de jogos, guarita de segurança. Lazer na cobertura. Feito pra caber toda sua família! TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

CASA VENDA BARRO DURO REF: 038 - BARRO DURO VENDO Excelente casa nascente por preço de ocasião. Próximo ao Colégio Adventista, sala de estar/jantar, 03 quartos s/ 1 suíte, área serviço, WC social. 02 vagas de garagem, rua asfaltada. Pertinho de tudo, mais ainda de você! Apenas R$ 200.000,00. Ligue agora! TR 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

CENTRO REF: 0130 – CENTRO – Casa totalmente nascente, próxima à Igreja N. Sra. Do Carmo – Sala de estar grande, sala de jantar grande, cozinha grande, cozinha de apoio, 03 quartos sendo 02 suítes, WC social, área de serviço, 02 dependências de empregada, a 2ª no andar de cima, terraço, quintal, garagem p/ 04 carros. Rua calçada e muito sossegada! R$ 260.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

CRUZ DAS ALMAS REF: 059 - CRUZ DAS ALMAS - Casa com 02 varandas, duas salas, 03 quartos sociais, copa-cozinha, 02 wc’s sociais, dependência completa de empregada e piscina. R$ 260.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

CAMBONA REF: 044 - CAMBONA - Sala, varanda, 02 quartos, WC social, circulação cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada, R$ 95.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

FAROL REF: 040 - FAROL Maravilhosa casa c/ 300m² - 05 Quartos, sendo 03 suítes, varanda, sala de estar e jantar, gabinete, w’c Social, DCE e 2 Vagas de Garagem, jardim e quintal. R$ 300.000,00 TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. VENDE-SE uma casa na rua Luiz Rizzo, 276, Farol, com 2 salas, copa, cozinha, 3 qtos. C/ste., dependência de empregada completa, quintal (Incorporaci), med. 12x39. Tr.: 3241-3887

REF: 0130 – NA RUA DO CESMAC – excelente casa para sua empresa, totalmente nascente, – 2 salas grandes, sala de jantar grande, cozinha grande, cozinha de apoio, 03 quartos no 1º andar, sendo 01 suíte, terraço, área grande coberta, WC social, área de serviço, quintal com dependência de empregada, mais 02 quartos no térreo, sendo 1 suíte, garagem p/ 03 carros. R$ 360.000,00 – Terreno medindo 9 x 55. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0126 - CASA NO FAROL – com varanda, gabinete, sala de estar, sala de almoço, terraço coberto, cozinha, copa, banheiro social, duas suítes, um quarto, dependências de empregados com quartos e um quarto de motorista, lavanderia e despensa. Área de construção de 380,00 m2 Área coberta de 418,00m2 Área: 660,00m², garagem para 02 carros. R$ 520.000,00 - Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

4009-1961

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

Aluguel de salas comerciais, no 13º andar cobertura com vista para o mar, no Ed. Empresarial Norcon, situado na Av. Comendador Gustavo Paiva, nº 2789, Mangabeiras, tratar com proprietário no tel. 9974-4421 (favor ligar no horário comercial).

CMYK


O JORNAL JORNA L

Classificados D4

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

REF: 0120 – PRÓXIMA AO TERMINAL DA AV. ROTARY – Com 380m² - Jardim, 02 salas, gabinete, 3 quartos sendo 2 suítes, terraço, sala de estar/jantar, wc social, despensa, banheira de hidromassagem, dependência completa de empregada, garagem p/ 3 carros, jardim. Apaixonante! R$ 390.000,00 - Aceito carro na negociação! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0112 – EXCELENTE CASA PRÓXIMA AO SHOPPING FAROL – Terreno 15 x 30. Jardim, quintal, 03 quartos s/ 1 suíte + gabinete, 3 salas grandes, WC social, 2 jardins de inverno, cozinha grande, área de serviço, garagem para 2 carros. R$ 270.000,00. Excelente para morar ou levar sua Empresa. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 017 - PITANGUINHA – VENDO casa com 390m², sala de visita, sala de jantar, sala de TV e som, 02 terraços, Gabinete, 06 quartos sendo 02 suítes, 02 Cozinhas, 02 WC socais, Dependência completa empregada. Garagem 04 carros. R$ 250 mil. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 022 – FAROL – ÓTIMA CASA - Terraço, garagem, varanda, gabinete, sala de visita, sala de estar/jantar, 03 quartos, 02 banheiros, copa, cozinha, dependência completa de empregada, 190,84m² de área coberta. Apenas R$ 347.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

FEITOSA REF: 011 - FEITOSA – Prox. ao Shopping Miramar - Excelente casa de esquina com 148m2, Sala social, 03 quartos sendo 02 suítes, sala, cozinha, WC social e dependências externas e um ponto comercial. R$ 220.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

GRUTA REF: 0106 - GRUTA CASA PARQUE DO FAROL - 3 quartos, s/ 1 suíte, 2 Vagas de garagem Área: 360m2 Valor: R$ 320.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

JATIÚCA REF: 0128 - JATIÚCA Sala de estar/jantar, varanda, circulação interna, 04 suítes sendo 01 master, lavabo, cozinha com área de serviço e quarto de empregada com banheiro. Completo de armários em 03 quartos sociais, na cozinha e nos banheiros sociais. 247,53m² vagas de garagem. R$ 1.100.000,00 TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

OUTROS BAIRROS VENDE-SE 01 imóvel no Conj. João Sampaio I. R$ 110 mil. (Obs.: o imóvel funcionava uma escola). Tr.: 8831-9121. REF: 010 – CASA JARDIM PETRÓPOLIS – 03 Quartos sendo 03 suítes, 450m² de área, sendo 156,17m2 de área construída sala de estar, sala de jantar, cozinha completa, quarto de empregada completo, 01 banheiro de serviço, área de serviço, despensa e uma garagem. R$ 300.000 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 0143 – ALDEBARAN ÔMEGA Excelente casa com 02 pavimentos, composta de 04 quartos sendo todos suítes, suíte máster com hidro, estar íntimo, closet, WC social com 02 vasos. Closets em todos os quartos, sala de estar, sala de jantar, terraço, despensa, cozinha, área de serviço, WC's sociais, dependência completa de empregada, piscina, poço artesiano registrado, garagem para 03 carros. Apenas R$ 700.000,00. Ao lado um terreno de propriedade da mesma que também está à venda por R$ 300.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 096 – NA PARADISÍACA GARÇA TORTA – Seu Reveillon será inesquecível! Casa com 03 níveis. Nível inferior: sala p/ 3 ambientes, varanda e escritório. Nível Intermediário: entrada com um belo jardim, sala de jantar, estar para 3 ambientes, lavabo, copa, cozinha, garagem, área de serviço e 02 DCE' s. Nível Superior: 1 suíte king, 01 suíte máster, 01 quarto, WC social e ampla varanda com vista para área de lazer e o mar. Área de lazer com amplo jardim, piscina, deck, mirante panorâmico, quiosque com churrasqueira, sauna, WC e depósito. Totalmente à beira-mar. Área: 799m². R$ 1.5000.000,00. TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0124 – PINTANGUINHA – Pra Você que gosta do que é bom! 1º andar em construção. jardim, terraço, mesanino c/ 3 quartos sendo 2 suítes, gabinete, sala de estar, sala de jantar, wc social, despensa, dependência completa de empregada, garagem p/ 2 carros. Apenas R$ 345.000,00 – Também aceitamos carro! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 060 - ALDEBARAN ÔMEGA, SAN NICOLAS E ALAMEDAS DO HORTO - Belíssimas e confortáveis casas em construção e em projeto. Feitas sob medida para Você e sua família. Parece sonho, mais é real! Ligue agora mesmo para maiores informações. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 0123 – PINTANGUINHA - Próxima a garagem da Real Alagoas. Casa de 1º andar em fase final de construção. Com 297m², jardim, terraço, jardim de inverno, 02 salas, gabinete, 4 quartos sendo 3 suítes, terraço, sala de estar, sala de jantar, wc social, despensa, dependência completa de empregada, garagem p/ 2 carros. Apenas R$ 365.000,00 – Também aceito carro na negociação! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 0121 – Na Rua ao lado do Hospital dos Usineiros – Uma casa perfeita em terreno medindo 15 x 30. Com Jardim, 02 salas, gabinete, 3 quartos sendo 2 suítes, terraço, sala de estar/jantar, wc social, despensa, banheira de hidromassagem, dependência completa de empregada, garagem p/ 2 carros. Apenas R$ 370.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 043 – PARIPUEIRA - LOTEAMENTO ÁGUAS MANSAS – Casa com dois pavimentos, varanda, piscina, churrasqueira, sala de estar/jantar, coz., despensa, área de serviço, 03 suítes, sendo 01 reversível. R$ 300.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 082 – O REVEILLON TÁ GARANTIDO - CASA - a 30m da PRAIA Loteamento Praias do Tabuba - Barra de Santo Antônio. Sala de estar/jantar, cozinha americana, 04 quartos sendo 01 suíte master, DCE, área de serviço, jardim, churrasqueira, garagem para 04 veículos de porte médio. Terreno medindo: 15 x 31,30m. R$ 310.000,00 –TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

PONTA VERDE REF: 078 – PONTA VERDE, próxima à Igreja de São Pedro – Casa nascente, 2 salas de estar, jantar, 03 quartos sendo 02 suítes, wc social, cozinha, dep. Completa de empregada, terraço, churrasqueira, piscina, 02 vagas de garagem. Terreno 12 x 30. - R$ 550.000,00. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

TABULEIRO REF: 0116 – TABULEIRO - Condomínio Morada dos Palmares - Casa com varanda, 03 quartos sendo 1 suíte, gabinete, 02 salas, banheiro social, cozinha, dependência completa para empregada, garagem para 3 carros, jardim e quintal. Próxima da antiga Cerâmica Santa Luzia. Área: 250m², s/ 220m² de área construída. R$ 220.000,00 - TR 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 068 - TABULEIRO DO MARTINS – Próximo a Carajás. Casa totalmente nascente, com 3 Quartos, sendo 1 suíte, Jardim, piscina, garagem para 2 veículos, 1 sala para 2 ambientes, DCE, cozinha, área de serviço, banheiro social, quintal, 1 ponto comercial. Área: 140m2. Dá pra creditar? Olha só qual é o preço! R$ 165.000,00. É sua! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 090 – OPORTUNIDADE! TABULEIRO – Casa de esquina Vizinho ao AEROCLUB – Casa com 03 quartos, sendo 1 suíte, 2 salas grandes, gabinete, WC social, quintal. Apenas R$ 140.000,00 - Venha hoje mesmo conhecer! TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343

SERRARIA REF: 020 - SERRARIA – Próximo ao Eco Park – casa muito aconchegante, terreno med. 24x36. Solta nos 4 lados. Com piscina, 2 terraços, gabinete, sala de visita, sala de jantar, 5 qtos, s/2 stes, c/armários, 1 c/closet 2 coz. uma c/armários, DCE, bastante área verde, totalmente nascente, rua asfaltada e pouco movimentada. Excel. localização. R$ 450 mil. Aceito troca por apartamento. Tr. 93514440 /8811-8410 CRECI 343 REF: 013 - SERRARIA – CASA NO ANTARES II - nascente, 03 quartos sendo 1 suíte, cozinha, gabinete, WC social, garagem, jardim, lajeada. È pra vender! Motivo: Viagem. R$ 200 mil. Aceita financiamento. Tr. 9351-4440 /8811-8410 CRECEI 343.

COMERCIAL VENDA CENTRO REF: 0125 – OPORTUNIDADE IMPERDÍVEL DE UM GRANDE NEGÓCIO! Próximo as Lojas Americanas – ESTACIONAMENTO á beira-mar com 1.380m², 02 frentes para ruas pavimentadas. Ligue hoje mesmo! A hora é agora! Apenas R$ 900.000,00 – TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 087 – CENTRO PRÉDIO COMERCIAL. Prédio com vocação comercial e se o comprador desejar pode ter assegurado ótimo aluguel, constituído de 04 pavimentos, sendo o pavimento térreo composto de salão comercial amplo com 02 W.C. e copa, e o 1º, 2º e 3º pavimentos compostos cada um de 05 salas comerciais, contendo cada sala W.C., tendo uma área global de construção de 813,00m2. Terreno medindo 5,72m de largura de frente e de fundos, por 38,00m extensão de frente a fundos em ambos os lados. Rua Barão de Alagoas, no Centro. R$ 750.000 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

FAROL REF: 0133 – POSTO DE COMBUSTÍVEIS NO FAROL – Todo reformado com tanques ecológicos, bombas novas, documentação toda regularizada - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

PAJUÇARA REF: 086 – SALAS COMERCIAIS À BEIRA-MAR - Pajuçara. – Área: 21,00m² - Sala 04: R$ 98.000,00 Sala 05: R$ 92.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

COMERCIAL ALUGA PAJUÇARA ALUGA-SE sala na Pajuçara de preferência para Masoterapeuta e Fisioterapeuta. Tr.: 32313500/ 3235-5711/ 88025845

TERRENOS VENDA CAPITAL REF: 047 – FAROL – UMA LOCALIZAÇÃO INCRÍVEL – EXCELENTE PARA CONSTRUTOR – nascente! 870m² – Rua calçada. Não perca tempo, ligue agora mesmo e comece logo a construir. Apenas R$ 450.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 070 – SERRARIA – Terreno no Res. SAN NICOLAS – 1ª etapa medindo 18 x 25 (450m²) Quadra “L” Ligue e tire sua proposta! TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343.

REF: 029 - JARDIM PETRÓPOLIS – 2ª ETAPA – excelente terreno, nascente, murado nas laterais e nos fundos medindo 12 x 36m, completamente plano. Rua sem saída e de pouco movimento. Todo documentado. É só transferir. Somente R$ 95 mil. Vem que é seu! Tr. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 008 - INACREDITÁVELE IMPERDÍVEL–Área c/3.000m² na Via Expressa em beira de pista? Ligue agora mesmo e venha conferir! CB. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 042 –SN - NÃO ESPERE MAIS! Beira de pista na Via Expressa – Frente p/ 2 ruas e lateral para uma 3ª rua - Área com 1.570m². Ligue agora pra não perder! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 066 – AGORAVOCÊ VAI SER FELIZ! Cond. Fechado. Terreno 15 x 30, bem localizado. R$ 190 mil. Ligue já! TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 003 – TABULEIRO Região que está crescendo muito. Próximo ao Aeroporto – Terreno com 02 frentes: 1 frente voltada para pista do aeroporto medindo 15x60 e nos fundos, virado para rua lateral medindo 20x21. Todo documentado. R$ 230 mil. Ligue agora mesmo. Tr. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

PRAIAS REF: 049 – EXCEPCIONALÁREAÀ BEIRAMAR DE IPIOCA. Com 11,80 hectares 160mts de praia de rara beleza, por 800mts (Rod AL-101- praia). Próximo ao Loteamento ANGRADE IPIOCA. Ligue e procure maiores informações! TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343.

LOTES REF: 098 – ILHA DE SANTA RITA – Excelente lote próximo à pista, perfeito para cabanas de veraneio. Lado direito da Rodovia sentido Francês. Com 5.689,72m². R$ 235.000,00. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 097 – GUAXUMA – Loteamento Gurgury Terreno na rua dos fundos do Hotel, com rio passando atrás. Em frente a passagem que sai de frente pro Mar. Somente R$ 240.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 024 - SERRARIA OPORTUNIDADE! VENDO (Lot. Terra de Antares II) – excelente terreno de grota medindo 675m², murado e com portão. Próximo ao Shopping Pátio Maceió. R$ 100 mil. Tr. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

EMPREGOS PROCURA-SE DOMÉSTICOS PRECISO TRABALHAR DE: cozinheira, serviço gerais, babá, lavadeira e passadeira, c/experiência e referência. Tr.: 9654-3074. PRECISO TRABALHAR DE: faxineira e serviços gerais. Tr.: 8893-9063/ 88124209 PRECISO TRABALHAR DE: faxineira, arrumadeira, lavadeira e passadeira, (diarista, não durmo, R$ 30,00). Tr.: 8887-4570

OUTRAS ATIVIDADES PRECISO TRABALHAR aposentado, educado, tempo integral ou parcial serviços associados a jardinagem ou serviços gerais.Tratar: 3352-7349

VENDE-SEum engate para Celta (completo). Tr.: 91990015/ 9902-6030

VEÍCULOS CHEVROLET CELTA VENDE-SE Celta, 2009, 4 portas, c/ ar + direção + alarme. NOVISSÍMO. Tr.: 91297020/ 9199-0015.

VEÍCULOS VOLKS FUSCA VENDO Fusca 1973, gasolina, todo reformado, azul metálico. R$ 8 mil. Tr.: 99210157.

VEÍCULOS IMPORTADOS HONDA

PRECISO TRABALHAR cuido de idosos, com noção em enfermagem e tiro folgas. Tratar 8892-5932/ 8862-1401

VENDE-SEum Honda Civic 2008, automático, preto, com apenas 30 mil km rodados, excelente estado, único dono, por apenas R$ 55 mil. Contato com 99971896 Renan

VEÍCULOS

SERV. PROF.

ACESSÓRIOS PEÇAS E OFIC.

SERVIÇOS DIVERSOS

VENDE-SE jogo de rodas, aro 14, 4 pneus novos. Tr.: 9199-0015/ 9902-6030.

LABORATÓRIO DE: Prótese Dentária. Genivaldo Almeida. Tr.: 3231-5093/ 9977-3793

JATIÚCA REF: 067 – MANDE O SEU ALUGUELPRAPQP! HARMONY II - SALA COMERCIAL – Aqui você é o verdadeiro dono! Visite agora mesmo - Stella Maris. Que sossego! - R$ 150.000. TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343.

OUTROS BAIRROS REF: 0132 – POSTO DE COMBUSTÍVEIS EM MARIBONDO “Bandeira Branca” No Centro da Cidade. Terreno próprio medindo quase 01 hectare, Posto com lojas anexadas e todas alugadas. - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343

REF: 0113 – COND. JARDIM EUROPA – Excelente casa nova c/ 250m². 04 quartos sendo 3 suítes, sala grande, WC social, cozinha, banheira de hidromassagem, dependência completa de empregada, garagem para 3 carros. Ligue! R$ 400.000,00. TR. 9351-4440 /88118410 CRECI 343. REF: 0109 - JARDIM DO HORTO - Casa c/ 4 suítes. 1º PAVIMENTO: Sala ampla, cozinha, área de serviço, dependência de empregada, jardim, garagem, p/3 carros, varanda, WC, 02 suítes reversíveis. 2º PAVIMENTO: 02 suítes reversíveis com varanda. R$ 620.000,00 - TR. 9351-4440 /8811-8410 CRECI 343. REF: 089 – EM SONHO VERDE PRA SONHAR – Casa próximo à praia, com terraço, sala de visita, jantar, 03 quartos sendo 1 suíte, DCE, varandão, garagem, jardim grande. 02 frentes. Condomínio com quadra de esportes, piscina e bar. R$ 230.000,00 - TR. 93514440 /8811-8410 CRECI 343

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

CMYK


Esportes

O JORNAL JORNA L Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Fla... Ronaldinho promete brilhar no clรกssico decisivo

Rio transpira o ... Rubro-negros e tricolores duelam hoje em jogo eliminatรณrio pelas semifinais da Taรงa Rio

...Flu Em grande fase, Fred comanda o ataque do Fluminense


O JORNA L JORNAL

Esportes 2

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

BatePronto Victor Mélo - jornalistavictor@gmail.com

MOTIVOS PARA TORCER A paixão do torcedor pelo esporte virou tema de estudo em importantes faculdades do mundo. Um deles garante, inclusive, que a auto-estima de alguns aficionados pode aumentar ou diminuir por causa dos resultados de jogos. No Brasil, essa relação está intimamente ligada ao futebol. Homens e mulheres desenvolvem uma relação muito próxima com os times talvez porque essa ligação os remeta à infância, quando a paixão começa a ser alimentada. Considero até o termo paixão inadequado. A palavra não sobreviveria a tantos anos de dedicação. Os torcedores, às vezes, diminuem a intensidade com que acompanham seu clube, mas não o abandona. É um amor que, apesar de muitas vezes não ser correspondido, consegue sobreviver ao tempo e às piores derrotas. Um dos estudos aponta que a disputa esportiva é uma simbologia das guerras entre tribos primitivas. Nesse tempo, os guerreiros eram os representantes genéticos de cada povo e seus feitos eram passados de geração para a geração. Atualmente, esse papel pode ser exercido pelos atletas, que são capazes de desenvolver nos torcedores as mesmas emoções vividas pelos ancestrais nos períodos de batalha. Outro estudo interessante, desenvolvido pelo professor de psicologia Robert Cialdini, da Universidade do Arizona, chegou à conclusão de que apesar de o momento de fracasso unir os torcedores em torno do sofrimento, são as vitórias que fazem o amor ganhar ressonância. Em sua pesquisa, realizada na década de 70, Robert observou que os torcedores usam muito mais as camisas de seus clubes após um triunfo. Eles são “ungidos pela glória” de sua equipe e, inclusive, se sentem parte integrante desse sucesso. O humorista e apresentador Jô Soares conta uma passagem interessante que resume esse sentimento. Ele lembra que durante o jogo entre Brasil e País de Gales, na Copa de 1958, estava num bar lotado no Rio de Janeiro atento às palavras do locutor da rádio. A partida era equilibrada e, mesmo com toda a sua força ofensiva, a seleção não conseguia transpor o forte sistema de marcação do adversário. Eis que, aos 21 minutos da etapa final, Didi aciona Pelé dentro da área. O Rei mata a pelota no peito, tenta aplicar um lençol em Charles, gira o corpo e, antes da chegada de Williams, dá um toque sutil no fundo do gol de Kelsey. Um senhor, que passara todo o tempo solitário e cabisbaixo em sua mesa, se levanta e grita a plenos pulmões: “Comigo é assim!”. Naquele momento, ele era o próprio Pelé e seu feito colocaria a nação nas semifinais do Mundial. Nas derrotas, o torcedor costuma, invariavelmente, buscar culpados pelo fracasso. Nesse momento, ele deixa de ser narrador personagem da história e passa a contá-la na terceira pessoa. O revés foi um erro de solados incapazes de envergar seu escudo. Assim, os dirigentes devem trocá-los após uma pequena série de fracassos. Outro ponto interessante na psicologia do torcedor é que suas frustrações diminuem na medida em que ele compartilha o sofrimento da derrota com os demais aficionados pelo seu clube. Quanto maior for a divisão da dor, mais rápido ela será absorvida e, provavelmente, três ou quatro dias depois da partida, estará lá aquele mesmo torcedor empunhando a bandeira e defendendo as cores de sua aldeia. Essa relação, caro leitor, faz do esporte um bem muito valioso para quem o acompanha e hoje move as ações de marketing mais bem sucedidas da indústria do entretenimento.

Campeonato Alagoano de Futebol de Areia tem o CSA como grande atração desta temporada

Nós vamos invadir sua praia CSA inicia hoje a disputa do Alagoano de Futebol de Areia O torcedor azulino ganhou mais uma modalidade para poder acopmanhar. Isso porque o CSA terá representatividade no Campeonato Alagoano 2011 de Futebol de Areia, e as cores do Azulão estarão nas praias de Maceió. “Estamos cedendo a marca CSA para participar do Campeonato Alagoano de Beach Soccer. Isso é uma forma de mostrar ao nosso torcedor que o CSA é muito mais do que apenas um time dentro das quatro linhas do futebol de campo, e sim uma entidade apaixonante, que tem que ter seguimento em todos os setores do esporte”, afirmou o presidente-execu-

tivo, Jorge VI. O presidente da Federação Alagoana de Beach Soccer, Daniel Fernandes, ressalta que esta é a única Federação do estado filiada à Confederação Brasileira, podendo participar de eventos estaduais, nacionais e internacionais. “Quero parabenizar o presidente Jorge VI e a sua iniciativa do CSA participar do segundo Campeonato Alagoano de Beach Soccer, ao divulgar sua marca e dando ao seu torcedor a chance de vibrar com o azulão nas areias”, agradeceu Daniel Fernandes. O grupo do CSA para disputar a competição terá jogadores de nível, como Márcio

Pereira, Dodinha, atleta da seleção alagoana, Alexandre Borges, o goleiro Macarrão, campeão da Taça Descobrimento do Brasil em Porto Seguro, e o treinador Chiquinho, que vem mantendo contato com mais atletas para fortalecer o elenco. A competição começou neste fim de semana e o CSA estreia hoje, contra o time Rodrigo Auto Peças, às 10h30. Todos os jogos são realizados na praia da Pajuçara, em frente à churrascaria Labaredas. O departamento de comunicação do Azulão disse que vai acompanhar todos os jogos do CSA no Estadual de Futebol de Areia.


O JORNA L JORNAL

Esportes

3

Domingo, 24 de abril de 2011|| www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Velhos conhecidos ASA pode trazer quatro jogadores que fizeram sucesso no clube na Série B do ano passado Luciano Milano Repórter

Paralelamente às finais do Campeonato Alagoano, a diretoria do ASA trabalha nos bastidores visando ao planejamento para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. A competição começa em maio. O Alvinegro estreia no dia 21, um sábado, às 16h, contra a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. De acordo com o supervisor de futebol alvinegro, Marcelo de Jesus, a fase de definição do Estadual não está atrapalhando os trabalhos para a Segunda Divisão. O dirigente afirmou que ele, o presidente-executivo José Oliveira, o Zé da Danco, e o técnico Vica agem silenciosamente

e têm em mente o que deve ser feito na competição nacional. “A Série B começa daqui a pouco menos de um mês e não podemos perder tempo. Por conta disso, já iniciamos o planejamento. Mas é natural que não divulguemos nada agora para não atrapalhar o atual elenco. Na cabeça do Vica, já está tudo traçado para quem permanece na Série B”, declarou Marcelo de Jesus. O diretor disse que os hotéis onde o ASA vai se hospedar durante a Segundona nacional já estão definidos. “Pelo menos isso, podemos divulgar”, brincou o supervisor de futebol. JOGADORES – Como tem procurado fazer nos últimos três anos, a comissão técnica e a diretoria executiva do ASAdevem

manter boa parte do grupo que disputa o Campeonato Alagoano. Devem permanecer os goleiros Tutti e Daniel, o ala Sérgio, os zagueiros Toninho, Ferreira, Leandro Cardoso, além dos meiocampistas Marcelo Costa, Marielson, Vitinha e Raul, assim como o atacante Kaká, todos vieram de outros estados. Outros como André Nunes, Kal, Didira, Tiago, George também são nomes certos para o elenco da Série B. Como reforços, embora a diretoria negue veementemente, jogadores como os meio-campistas Audálio e Márcio Carioca, assim como o meia-atacante Luís Mário estariam com seus retornos acertados para esta temporada. Eles já participaram da campanha do clube na Série

O atacante Luís Mário pode voltar ao ASA para disputar a Série B

B de 2010. Hoje, no futebol árabe, Ciel também estaria em negociação. De novidades, o ASA pode

anunciar o lateral-esquerdo Paulinho e o atacante Alexsandro, ambos campeões alagoanos no ano passado pelo Murici.

SÉRIE C

Diretoria do CRB pede paciência aos torcedores Victor Mélo Editor de Esportes

O meio-campista Daniel renovou o contrato com a diretoria do CRB

Adiretoria do CRB pretendia anunciar os primeiros reforços para a Série C na semana passada, mas preferiu esperar um pouco. O clube desenhou uma parceria com o Corinthians-ALe, depois de alguns desencontros, quer colocar o projeto em prática. De acordo com o presidenteexecutivo do Galo, Marcos Barbosa, a torcida precisa ter um pouco mais de paciência. “Garanto que todo o elenco e a comissão técnica para a Série C vão ser apresentados no dia 16 de maio, quando começa o nosso período de treinos. Estamos trabalhando nos bastidores para tentar fazer o melhor para o clube nesse momento”, explicou o dirigente.

O CRB estreia na Terceirona no dia 16 de julho, no Rei Pelé, contra o Fortaleza, e ainda enfrenta no grupo do Nordeste o América-RN, o Guarani-CE e o Campinense-PB. “Caímos numa chave forte e equilibrada. Vamos trabalhar muito para montar uma equipe competitiva para a Série C. Ameta é recolocar o CRB na Segunda Divisão”, disse o diretor de futebol do clube, Ednilton Lins.

te Paulinho Marília, do Coruripe, também pode acertar seu retorno ao Galo. Até o fechamento desta edição, nenhum contrato havia sido fechado. RECURSOS – Enquanto procura reforços, a direção regatiana também trabalha em outras frentes para captar recursos. Uma das metas dos dirigentes é fechar um bom contrato com a prefeitura de Maceió e o governo do Estado.

ESPECULAÇÕES – O CRB demonstrou interesse no zagueiro Sinval, no meia Everlan e no lateral-esquerdo Paulinho, todos do Murici. A diretoria também pode fazer propostas ao lateral Rafael e ao goleiro Anderson Paraíba, destaques do CSA no Campeonato Estadual. O atacan-

REGRAS – A Série C deste ano tem o mesmo regulamento da competição realizada nos últimos anos. Dois times de cada fase se classificam para as oitavas de final e o último é rebaixado. Sobem para a Segunda Divisão os quatro primeiros colocados da Terceirona.


O JORNA L JORNAL

Esportes 4

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

O resto é paisagem Detentores dos últimos títulos nacionais, Flamengo e Fluminense têm hoje um encontro marcado Victor Mélo Editor de Esportes

Flamengo e Fluminense travam hoje um duelo esperado desde a conquista do título brasileiro pelo Tricolor. Os dois últimos campeões nacionais costumam seguir caminhos parecidos. Para eles, não há meias-medidas: ou vivem uma catarse ou estão de mãos dadas com a crise. Dessa forma, furaram a armada paulista e retomaram a hegemonia carioca no Campeonato Brasileiro. Rubro-negros e tricolores viveram situações inversas nas últimas duas temporadas. Em 2009, enquanto o Flu desafiava a lógica para permanecer na elite, o seu velho rival iniciava uma arrancada fulminante rumo ao título. No ano seguinte, após enfrentar graves problemas administrativos, o Fla sofreu no Brasileirão e correu sérios riscos de rebaixamento. Enquanto isso, o Fluminense derrubava os favoritos Corinthians e Cruzeiro e comemorava seu terceiro título nacional. Antes de o Tricolor renascer triunfal na Libertadores, o início de temporada era mais favorável ao lado rubro-negro da força. Com Ronaldinho e Thiago Neves na equipe, o Fla ganhou projeção de mídia e muitas partidas. Com a conquista da Taça Guanabara, já está garantido nas finais do Carioca e tem a banca de ainda não ter perdido neste ano. Se bater os rivais nessa Taça Rio, fecha a conta e leva para a Gávea a 32ª taça de sua história. Nesse aspecto, o clássico desta tarde também ganha em importância. Com 30 títulos estaduais, o Fluminense tem o objetivo fixo de igualar a marca do Flamengo. Por isso, a partida única que vai definir o finalista da Taça Rio deve levar um grande público ao Engenhão, despertar o interesse das torcidas em todo o País e realçar a magia de um dos mais autênticos espetáculos proporcionados pelo futebol.

Léo Moura e Conca se reencontram no Engenhão

A gloriosa história de dois gigantes do futebol O primeiro clássico entre Flamengo e Fluminense foi disputado no dia 7 de julho de 1912. Nove jogadores titulares do Tricolor que conquistaram o Carioca de 1911 deixaram as Laranjeiras para abrirem o departamento de futebol do Rubro-Negro e o primeiro confronto já estava tomado pela rivalidade. O Fluminense venceu por 3 x 2 e as potencialidades do clássico foram liberadas. O Fla-Flu virou uma lenda do futebol a partir das crônicas dos jornalistas e irmãos Mário Filho e Nelson Rodrigues. O Rubro-Negro e o Tricolor criaram o universo mítico do jogo e o transformaram em arte, com prosa, poesia e personagens complexos. Numa de suas célebres

frases sobre futebol, Nelson resumiu assim a importância do clássico: “Tudo é Fla-Flu, o resto é paisagem”.

Ronaldinho Gaúcho vai disputar nesta tarde o seu segundo Fla-Flu

NÚMEROS – O Fla-Flu já teve 380 edições, com o RubroNegro vencendo 134 vezes e Tricolor ganhando 121 clássicos. Ainda foram registrados 125 empates no duelo. O Fla marcou 568 gols e o Flu 515. O último jogo entre eles foi disputado no dia 13 de março, pela fase de classificação da Taça Rio e terminou empatado por 0 x 0. Hoje, se não houver um vencedor no tempo normal, o finalista vai ser conhecido na decisão por pênaltis. Por isso, os cardíacos precisam consultar seus médicos antes de acompanhar o embate. (V.M.)


O JORNA L JORNAL

Esportes

5

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Rivais entre a euforia e o caos Os dois clubes vivem momentos distintos. O Fluminense conquistou uma classificação épica, quarta-feira, na Taça Libertadores. Com uma vitória por 4 x 2 sobre o Argentinos Juniors em Buenos Aires, o Tricolor contrariou, mais uma vez, os matemáticos e segue vivo na luta pelo maior título de sua história. Também na quarta, o Flamengo jogou muito mal no Engenhão contra o humilde Horizonte-CE e ficou num empate por 1 x 1, pela Copa do Brasil. O time e o técnico

Vanderlei Luxemburgo foram muito cobrados pela torcida e o clima na Gávea não é dos melhores. Apenas a classificação para a decisão da Taça Rio vai dar mais tranqüilidade ao treinador para fazer os ajustes necessários no elenco. EMERSON – Com passado rubro-negro, o atacante Emerson foi o antagonista da última semana no Fluminense. O jogador se indispôs com o presidente do Tricolor, Peter Siemsen, e foi afastado do elenco momentos antes de o jogo com o

Argentinos começar. Jornalistas que cobriam o Flu em Buenos Aires informaram que o jogador vinha cometendo pequenos atos de indisciplina desde a saída do técnico Muricy Ramalho e que a gota d´água foi ele ter cantando o “Bonde do Mengão Sem Freio” no ônibus tricolor. O Sheik foi separado do grupo até amanhã, quando a direção vai decidir qual será o seu futuro. Dificilmente, o autor do gol do título brasileiro do ano passado vai continuar nas Laranjeiras. (V.M.)

Souza ainda está buscando uma vaga no time titular do Fluminense

Souza: um alagoano na alta roda Nascido e criado no CSA, o alagoano Souza é o representante do Estado no aguardado Fla-Flu desta tarde. O meiocampista anda em baixa nas Laranjeiras, mas pode dar a volta por cima justamente num dos maiores clássico do mundo. Ele perdeu, primeiro, a posição para Deco e, depois, para Marquinho, um dos melhores jogadores do Tricolor na batalha da Argentina. O técnico do Flu, Enderson Moreira, se divide agora entre dois amores: a Libertadores e o Campeonato Carioca. O Fluminense tem um compromisso marcado com o Libertad, do Paraguai, para

quinta-feira, no Rio, e não está tão focado no clássico quanto o seu maior rival. Em campo, Enderson deve confirmar o Tricolor com a mesma formação que venceu o Argentinos. Berna vai ser o goleiro, com a defesa sendo formada por Mariano, Gum, Edinho e Julio César. Os volantes escolhidos são Valência e Diguinho, com Marquinho fazendo a transição entre o meio e o ataque. Conca é o responsável pela criação das jogadas e, na frente, o treinador deve continuar apostando nas torres gêmeas: Fred e Rafael Moura. (V.M.)

O meia Thiago Neves foi o jogador do Flamengo que mais se destacou nos clássicos desta temporada

GUIA DO TORCEDOR

Maldonado deve ser a baixa do Fla O técnico Vanderlei Luxemburgo não deve definir o time do Flamengo com a mesma facilidade com que Enderson Moreira vai escalar o Fluminense. O time rubronegro vem de dois empates contra times pequenos, o Horizonte e o Macaé, e precisa de uma sacudida para reagir no

Fla-Flu. O volante Maldonado se machucou na partida de quarta-feira e deve ser substituído por Rodrigo Alvim. O goleiro deve ser Felipe, com a zaga sendo formada por Welliton e David. Nas laterais, Luxemburgo dá liberdade para Leonardo Moura e Renato Abreu encostarem nos ho-

mens de frente. Rodrigo Alvim pode formar a dupla de cabeças-de-área com Williams. Na armação, Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho são os responsáveis pelas jogadas mais agudas da equipe e, no ataque, Luxemburgo pode apostar em Wanderley ou Deivid e Negueba.

X Quando: hoje Onde: Engenhão, Rio Hora: às 16h - TV: Globo Flamengo: Felipe; Léo Moura, Welliton, David e Renato; Rodrigo Alvim, Williams, Thiago Neves e Ronaldinho; Negueba e Wanderley. Técnico: Vanderlei Luxemburgo. Fluminense: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Edinho e Julio César; Diguinho, Valência, Marquinho e Conca; Rafael Moura e Fred. Técnico: Enderson Moreira.


O JORNA L JORNAL

Esportes 6

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Hexa é luxo

Tentando igualar recorde histórico, Sport inicia mata-mata contra o Náutico Victor Mélo Editor de Esportes

Uma frase faz parte do imaginário do torcedor pernambucano desde 1968. De tão repetida pelos torcedores alvirrubros, ela se transformou numa obsessão para o rivais históricos do Náutico. As palavras em questão, quando juntas, são lidas da seguinte forma: “Hexa é luxo”. A frase ganhou força nesta temporada. Inimigo íntimo do Timbu, o Sport pode acabar com a hegemonia vermelha e conquistar o tão esperado hexa neste ano. Para isso, mexeu até com as forças do além. Pagou uma dívida com um pai de santo, contratou jogadores por atacado, tentou recuperar o ânimo da torcida e, na base da pancada, chegou às semifinais do Estadual. Hoje, o adversário do Leão, às 16h, na Ilha do Retiro, é justamente o Náutico, e não é preciso conhecer futebol

para saber que Recife vai parar nesta tarde. Até o Galo da Madrugada está pensando em decretar a antecipação do Carnaval para fazer a festa ao lado dos torcedores na arquibancada. Dizem no Recife que seu coração não é vermelho, rubro-negro ou tricolor. Sua essência é festiva e, por isso, ele dançar o frevo em pleno Domingo de Páscoa. O Timbu se classificou com sobras no grande turno. Por isso, tem a vantagem de decidir a vaga na final, no próximo domingo, nos Aflitos. O Sport perdeu o clássico na semana passada, mas avisa que estava apenas reconhecendo o terreno. Agora, é a vera. “A gente tem a consciência de que é um campeonato diferente por ter o hexa envolvido. Todos estão cientes”, declarou o zagueiro Everton Luís, um dos destaques do Náutico. Para o lateral Wellington

O Náutico vai tentar acabar com as possibilidades de o Sport Recife conquistar o sexto título consecutivo

Saci, a torcida rubro-negra pode fazer a diferença no mata-mata: “Não tem nem o que falar dessa torcida. Só temos que dar os parabéns para ela. Mesmo quando tivemos um início ruim, eles nos apoiaram. Agora, pode ter certeza, nós vamos corresponder a esse apoio”, garantiu o jogador rubro-negro. Além do duelo de gigantes, o domingão esportivo reserva outra partida importante para o Pernambucano. Em Caruaru, o Porto recebe o Santa Cruz na outra semifinal. O jogo também está marcado para as 16h e a expectativa é de que a fanática torcida coral lote o Estádio Luiz Lacerda.

Campeonato Baiano terá um Ba-Vi nas semifinais SALVADOR - As semifinais do Campeonato Baiano vão ser agitadas pelo tradicional BaVi. Com a vitória por 3 x 1 que o Bahia de Feira aplicou sobre o Atlético-BA e a goleada do Bahia em Pituaçu, o Tricolor da capital ficou em segundo lugar no grupo 3, com 10 pontos. O time de Feira foi a 12

pontos e segurou a liderança do grupo. Já que o Vitória já havia garantido a primeira colocação do grupo 4 e da classificação geral, os dois grandes da capital se enfrentam hoje, às 16h, em Pituaçu. A partida de volta está marcada para o dia 1º de maio, no Barradão.

Na última rodada, o Serrano também garantiu vaga nas semifinais, depois de ter empatado sem gols com o Feirense. Assim, o time de Conquista pega o líder do grupo 3, Bahia de Feira, no próximo domingo, no estádio Lomanto Junior. A partida de volta será no Joia da Princesa, no dia 1º de maio.


O JORNA L JORNAL

Esportes

7

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Guia do torcedor AS MAIORES INVENCIBILIDADES DO FUTEBOL BRASILEIRO

O Coritiba pode conquistar hoje o título paranaense no estádio do seu maior rival, o Atlético

O senhor dos números Com 20 vitórias consecutivas, Coritiba está fazendo história Victor Mélo Editor de Esportes

O Coritiba está atormentando a vida de seus adversários nesta temporada. Embalado pelo retorno à Série Ado futebol brasileiro, o Coxa vem atropelando no Campeonato Paranaense e na Copa do Brasil e conquistou, no último domingo, a sua 20ª vitória consecutiva. Amarca impressiona. Os historiadores do futebol dizem não ter estatísticas precisas sobre o tamanho desse feito, mas o clube brasileiro, que num passado recente, conquistou resultados tão expressivos foi o Palmeiras, de 1996, com 21 triunfos seguidos. Na história, o

Benfica é o detentor da maior sequência: 29 vitórias entre os anos de 1972 e 73. Para aumentar o orgulho da torcida coxa branca, o Coritiba precisa apenas de um empate hoje, às 16h, contra o rival Atlético-PR para colocar a faixa de campeão estadual por antecipação. AFederação Paranaense já avisou que, mesmo o clássico sendo disputado no Estádio do Furacão, a Arena da Baixada, vai entregar o troféu no gramado se o Coxa ficar com o título. INVENCIBILIDADE Além do número de vitórias, o Coxa se aproxima do top 10 do Brasil no quesito invencibilidade. O time paranaense não perde

há 32 partidas e precisa manter o ritmo em mais seis jogos para igualar as marcas de Inter e Botafogo, em 1975 e 61, respectivamente Amaior série invicta do futebol brasileiro é dividida entre Botafogo (77 e 78) e Flamengo (78 e 79). Os clubes cariocas passaram impressionantes 52 rodadas sem perder. ASA - Recentemente, o ASA completou nove vitórias consecutivas no Campeonato Alagoano e também chamou a atenção dos historiadores. O Alvinegro, no entanto, empatou com o Corinthians-AL na décima partida e teve a invencibilidade quebrada no jogo seguinte, contra o Coruripe.

Sem Magno Alves, Atlético duela com o América-MG BELO HORIZONTE - O atacante Magno Alves está fora da primeira partida das semifinais do Campeonato Mineiro. Com um estiramento na coxa direita, o jogador está vetado para a partida de hoje, diante do AméricaMG, às 16h (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O substituto deverá ser Ricardo Bueno, que formou o

ataque ao lado de Mancini, no treinamento desta quarta-feira. Magno Alves foi o um dos destaques da equipe atleticana na goleada por 7 x 1 do AtléticoMG, sobre o América TO, no fechamento da primeira fase. O Magnata é o artilheiro do Galo na temporada, com dez gols marcados, nove deles no Campeonato Mineiro.

O Atlético-MG enfrentará o América-MG com vantagem para buscar uma vaga na decisão. Como teve melhor campanha na primeira fase, o Galo se classificará com dois resultados iguais. O departamento médico do AtléticoMG não informou qual será o tempo necessário para a recuperação de Magno Alves.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Botafogo Flamengo Desportiva-ES Bahia Grêmio Santa Cruz São Paulo Grêmio Sport Internacional Botafogo Internacional

(52 jogos, entre 1977/78) (52 jogos, entre 1978/79) (51 jogos, entre 1967/68) (48 jogos, em 1982) (48 jogos, entre 1931/33) (48 jogos, entre 1978/79) (46 jogos, em 1975) (42 jogos, em 1981) (40 jogos, em 1960) (39 jogos, em 1984) (38 jogos, entre 1960/61) (38 jogos, em 1975)

AGENDA DE HOJE Baiano

14h Olympique x Nice

16h Serrano x Bahia de Feira 16h Bahia x Vitória

Carioca 16h Fluminense x Flamengo

Catarinense Paranaense 16h Chapecoense x Joinville 18h30 Figueirense x Avaí

15h50 Cianorte x Cascavel 16h Atlético-PR x Coritiba

Cearense Gaúcho 16h Ceará x Guarany-CE 16h Crato x Quixadá 16h Horizonte-CE x Ferroviário-CE 16h Icasa x Fortaleza 16h Itapipoca x Guarani-CE 16h Limoeiro x Tiradentes-CE

16h Juventude x Internacional Goiano 16h Goiás x Vila Nova-GO

Espanhol

Mineiro

12h Mallorca x Getafe 12h Sevilla x Villarreal 12h Zaragoza x Almería 12h Valencia x Real Madrid 12h Barcelona x Osasuna 12h Athletic Bilbao x Real Sociedad 12h Sporting de Gijón x Espanyol 12h Atlético de Madri x Levante 12h Hércules x La Coruña 12h Racing Santander x Málaga

16h América-MG x Atlético-MG

Francês 14h Nancy x Arles-Avignon 14h Auxerre x Lens 14h Lorient x Lille 14h Lyon x Montpellier 14h Caen x Toulouse 14h Brest x PSG 14h Monaco x Rennes 14h Bordeaux x Saint-Etienne 14h Valenciennes x Sochaux

Paulista 16h São Paulo x Portuguesa 18h30 Palmeiras x Mirassol

Pernambucano 16h Sport x Náutico 16h Porto x Santa Cruz

Potiguar 17h Alecrim x ABC 17h Centenário Pauferrense x Assu 17h Santa Cruz-RN x Palmeira de Goianinha


O JORNA L JORNAL

Esportes 8

Domingo, 24 de abril de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Agora é pra valer, meu! Com jogos eliminatórios, Paulistão marca para hoje jogos de São Paulo e Palmeiras Vipcomm

Victor Mélo Editor de esportes

O Paulistão conta com a ousadia de sua fórmula para recuperar o prestígio. Depois de passar três meses numa fase de classificação sonolenta, as quartas de final do Estadual pedem hoje passagem com dois jogos decisivos. Em partida única, os gigantes São Paulo e Palmeiras enfrentam a Portuguesa e Mirassol, respectivamente. O duelo do Tricolor começa às 16h, e o do Verdão está marcado para as 18h30. Detentores das melhores campanhas do Turnão, eles têm, ao menos, a vantagem de jogar em casa. De acordo com o regulamento, as partidas são eliminatórias. Empate no tempo normal quer dizer decisão por pênaltis e emoção garantida. O Tricolor não gostou nem um pouco do chaveamento. Apesar de ter feito a melhor campanha da primeira fase, o time de Paulo César Carpegiani pegou um adversário encardido nas quartas de final. Tradicional, a Portuguesa promete dar muito trabalho ao São Paulo nesta fase. No Palmeiras, o técnico Felipão confia na forma de seu sistema defensivo e no poder de fogo do atacante

São Paulo vai enfrentar, hoje à tarde, a Portuguesa pelas quartas de final do Campeonato Paulista

Kleber. Com a zaga menos vazada do Paulistão, com apenas oito gols sofridos em 19 partidas, o Verdão primeiro anula os seus adversários para, depois, detoná-los. Invariavelmente, o ponta de lança é o Gladiador, que já venceu batalhas contra os

maiores rivais nesta temporada. O atacante marcou sete dos 28 gols do Verdão no Campeonato Paulista deste ano e é candidato a craque do Estadual. CATARINENSE - Um clássico que vai agitar o fute-

bol do Sul do País neste domingo é Figueirense x Avaí, às 18h30, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O Avaí está animado pela classificação em cima do Botafogo na Copa do Brasil e quer embalar agora diante do velho rival.

Inter e Juventude medem forças no Gauchão 2011 PORTO ALEGRE - A Federação Gaúcha definiu quarta-feira o trio de arbitragem para Juventude x Inter, marcado para hoje, às 16h, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias. O clássico define um dos finalistas do segundo turno do Gauchãoa. Por ter melhor campanha nesta etapa da competição, o time alviverde será o mandante do jogo único. Caso o confronto não se resolva nos 90 minutos, a definição ocorrerá nos pênaltis. Ainda sem poder contar com a volta do meia Oscar, Paulo Roberto Falcão escalou Zé Roberto como titular do Inter. Em coletivo realizado na manhã de quinta-feira, o técnico colorado armou a equipe sem novidades, apenas com a entrada do meia no lugar de D’Alessandro. Depois, Falcão fez um teste. Colocou o lateral-esquerdo Juan no lugar de Zé Roberto e adiantou Kleber para a função no meio-campo. Melhorou o rendimento do time no treinamento. Para finalizar, orientou seus atacantes em jogadas de ataque. O susto do treinamento ficou por conta do lateral Nei. O jogador recebeu um pisão no tendão direito, mas segundo o diretor médico do Inter Paulo Goldenfum, não preocupa para a decisão de domingo. Além dele, Ronaldo Alves recebeu uma pancada nas costelas depois de choque com Renan.


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

Tecnologia DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011

E-COMMERCE

55 lojas suspeitas de golpes

Falsas lojas virtuais roubam clientes

Com preços altamente competitivos, bandidos atraem vítimas para uma armadilha virtual, mas o prejuízo é bem real o fazer compras na internet, procure os sites recomendados por amigos ou que tenha uma credibilidade já comprovada pelo público. Mas caso tenha que comprar em algum site desconhecido não esqueça de seguir as dicas de segurança. Os canalhas virtuais exigem deposito antecipado e pedem de 15 a 20

A

dias para entregar a mercadoria. Tempo suficiente para aplicar o golpe e lesar milhares de pessoas. A maior quadrilha age em Araçatuba, SP e a polícia não investiga esses crimes. Por isso, quando for fazer uso dos serviços bancários pela internet, siga as 3 dicas abaixo para verificar a autenticidade do site.

1 - Minimize a página: se o teclado virtual for minimizado também, está correto, no entanto, se ele permanecer na tela sem minimizar, é pirata! Não tecle nada. 2 - Sempre que entrar no site do banco, digite sua senha ERRADA na primeira vez . Se aparecer uma mensagem de erro significa que site é realmente do banco, porque o sistema tem como checar a senha digitada. Mas se digitar a senha errada e não acusar erro é mau sinal. Sites piratas não tem como conferir a informação, o objetivo é apenas capturar a senha. 3 - Sempre que entrar no site do banco, verifique se no rodapé da página parece o ícone de um cadeado.

Clique 2 vezes sobre esse ícone e uma pequena janela com informações sobre a autenticidade do site deve aparecer. Em alguns sites piratas o cadeado pode até aparecer, mas será apenas uma imagem e ao clicar 2 vezes sobre ele, nada irá acontecer.. Os 3 pequenos procedimentos acima são simples, mas pode evitar que você seja vítima de fraude.

01- ascomputadores.com.br 02- atamicro.com.br 03- atashop.com.br 04- atualmicro.com.br 05- audy.com.br 06- belashop.com.br 07- birishop.com.br 08- bondcompras.com.br 09- buskofertas.com.br 10- claudilivros.com.br 11- clicmicros.com.br 12- compuserveinfo.com.br 13- computecnet.com 14- computronics.com.br 15- cristalshop.com.br 16- cyberfast.com.br 17- ddshop.com.br 18- devairgames.com.br 19- digitalpcs.com.br 20- ecportal.com.br 21- eletromicro.com.br 22- eletrototal.com.br 23- euronote.com.br 24- fiveshop.com.br 25- futuracomputadores.com.br 26- galeriashop.com.br 27- insidecomputers.com.br 28- kaled.com.br 29- kapella.com.br 30- katoecia.com 31- lehugo.com.br 32- litetelecom.com.br 33- matrixshop.com.br 34- maxisound.com.br 35- microata.com.br 36- microfest.com.br 37- multishopcompras.com.br 38- navegantes.com.br 39- netmicros.com.br 40- netstart.com.br 41- nikishop.com.br 42- notestar.com.br 43- oferta10.com.br 44- pcihouse.com.br 45- pcishop.com.br 46- pcvitrine.com.br 47- perfumesreal.com.br 48- portalmicro.com.br 49- ravelnet.com.br 50- rgsuprimentos.com.br 51- saturtec.com.br 52- shopamerica.com.br 53- shopsummer.com.br 54- viaclic.com.br 55- digitalplay.com.br

www.ojornalweb.com

Como salvar Cds e DVDs danificados >> Pág. 3

Fotos apagadas podem ser recuperadas >> Pág. 3

Evite 55 lojas virtuais suspeitas de fraude >> Pág. 8

Páginas alagoanas que fazem fazem sucesso sucesso no no admirável admirável mundo mundo novo novo virtual virtual que >> Págs. 4, 5, 6 e 7

CMYK

8


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011

| www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

7 CMYK

2

FOTOGRAFE MELHOR

Blog da Thay IMAGEM DIGITAL

(blogdathayanne.blogspot.com) Blog da Thay () Thayane Magalhães, jornalista desinibida, aproveita o espaço para publicar pensamentos, emoções e também sua produção jornalística.

Gustavo Boroni

**Publicitário, Relações Públicas, Fotógrafo e Professor de Fotografia imagemdigital@gustavoboroni.com.br www.gustavoboroni.com.br

SONHOS DE CONSUMO CÂMERA FOTOGRÁFICA DIGITAL OU BARRA DE CHOCOLATE? Como se já não houvessem os mais diversos tipos de câmeras digitais no mercado, os japoneses criaram um modelo de câmera digital em um formato realista de uma barra de chocolate. De olho nos chocólatras, a empresa japonesa Fuvi lançou um produto especial: é uma câmera digital pequena medindo 80 × 8 × 50 mm , com capacidade de tirar fotos com uma resolução 640 × 480 pixels, tem função self-timer, conexão USB e memória interna. Além de gravar vídeos funciona com bateria interna. Estão sendo produzidos e comercializados três modelos: chocolate ao leite, chocolate branco e choco-

Isolda Herculano Estudante Sara Mariano, fotografada no show PoucaVogal em Maceió, usando uma câmera digital com Recurso SteadyShot late com morango. Cada uma custa 2.730 ienes (equivalente a R$ 55). É ou não é de dar água na boca? Escolha o seu sabor e bons clicks.

MOBILE/IMAGEM DO DIA Registro fotográfico do cotidiano através da câmera de um celular Fotografia: Gustavo Boroni

Envie sua fotografia tirada ''exclusivamente'' pelo celular para o e-mail imagemdigital@gustavoboroni.com.br, especificando marca , modelo e quantidade de pixels. As imagens mais interessantes, inusitadas ou criativas, avaliadas, serão publicadas aqui na coluna. Uma ótima oportunidade para novos aspirantes a fotógrafos da era digital, mostrar sua visão em Cores Pixels.

(isoldaherculano.blogspot.com) A jornalista Isolda Herculano proporciona ao leitores emocionantes Viagens em Pensamento:

Sua câmera digital possui SteadyShot ? Estive recentemente no show realizado em Maceió do Projeto PoucaVogal, Humberto Gessinger (Engenheiros do Hawaii) em parceria com Duca Leindecker (Cidadão Quem). E percebi que muitos fãs estavam com suas câmeras digitais em punho fotografando os cantores no Palco. Mas será que eles fotografando no entusiasmo do show, lembraram de usar o recurso SteadyShot? O estabilizador óptico de imagens (Steady Shot é o nome que a Sony inventou e registrou para estabilizador de imagens), antes privilégio de máquinas profissionais, é um dos melhores recursos no combate a fotos tremidas causadas pelo eventual movimento da câmera durante o disparo, problema que tanto aflige os usuários das compactas. Os fabricantes adotam diferentes tecnologias, mas no geral este sistema detecta a vibração do sensor e, por meio de processo mecânico, faz a compensação de seu movimento. É bom deixar claro que o estabilizador óptico de imagens não faz milagres, mas se na sua câmera digital você encontra esse recurso, é bom saber melhor aproveitá-lo.

“Todo mundo sofre. E sofrimento não é coisa que se mede com termômetro. Sofre uma criança que perdeu o bichinho de estimação. Sofre um casal que vê o sentimento, de uma hora para a outra, romper. Sofre a mãe cujo filho vai estudar longe, em outro país. E não perguntem de qual tamanho é a dor que cada um sente. É a dor deles. A ninguém cabe dimensionar. Mas é do egoísmo humano achar a sua dor sempre maior que a do outro. O que, cá pra nós, é um deboche diante do sofrer alheio. Eu sou dessas que não gosta de dizer que sofre; não porque esteja imune a isso, e sim, porque acredito que a informação é, quase sempre, irrelevante. É claro que diria a uma pessoa que me magoa, o quanto ela incomoda, tentando chegar perto da solução para aquilo, uma tentativa de não sofrer de novo. Nada mais”. Isolda Herculano

Outros blogs http://pedrocabralfilho.blog.uol.com.br http://www.devaneiosatuais.blogspot.com/ http://cacosinconexos.blogspot.com/ http://alagoasdiario.com.br/blog/blog6.php Blog do professor de Marketing Flex


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

UTILITÁRIO

CÂMERA DIGITAL

Léo Villa Nova (leovillanovablog.blogspot.com)

Trabalha há 20 anos como diretor de arte em uma agência de propaganda resume que seu blog: “É uma espécie de resgate da vida real. Minha principal ferramenta nessa missão vem sendo a fotografia. Depois da Internet, nem todo mundo quer ler uma história que tenha mais de mil palavras”.

Nide Lins

(www.ojornalweb.com/categoria/blogs/nide-lins) A jornalista oferece a oportunidade de saborear deliciosas dicas de gastronomia regional como o pirão do São Francisco, o cuscuz recheado ou o escondidinho do Hermeto. Várias receitas publicadas são testadas e aprovadas pelos internautas que capricham nos comentários.

Carlito Lima

Fotos apagadas podem ser facilmente recuperadas V ocê já deve ter visto alguém próximo apagar todas as fotografias de uma festa que ainda estavam na câmera, ou melhor, que não haviam sido salvas no computador, não? Isso já deve ter acontecido com você. Infelizmente, você ainda não tinha conhecimento sobre este programa que possibilita a recuperação das fotos, vídeos e arquivos de áudio de sua câmera fotográfica. Interessante não? No entanto, quando isso acontecer com você é preciso que não utilize mais a câmera até que seja realizado o processo logo abaixo, pois quando apagamos as fotos, vídeos, enfim, os dados da máquina fotográfica, de um Pen Drive, MP3 Player, por exemplo, na verdade não apagamos, apenas ocultamos. Desta forma, só serão apagados quando novos dados forem salvos na memória, então, capturando novas fotografias você definitivamente perderá as fotos já perdidas. Entendeu? Então, ao perceber que você perdeu todas as fotos, não utilize sua câmera. O programa que possibilita a você ter todas as fotos de volta é o PC Inspector Smart Recovery, que está disponível para download em seu site oficial www.pcinspector.de. Desta

forma, após tê-lo baixado e instalado em seu computador, execute o programa nos três passos seguintes para recuperar as suas fotos perdidas: 1° Passo Selecione o drive que é criado pela sua câmera, aquele que você sempre utiliza para transferir as fotografias de sua câmera para o computador. 2º Passo Em seguida, selecione o formato dos arquivos que serão recuperados, sendo que se você não sabe ou esqueceu o formato das fotografias,

então, abra uma pasta de fotos tiradas por esta câmera digital e verifique o formato. Caso não tenha ou por algum outro motivo não tenha conseguido, selecione o formato .JPG, que é o formato mais utilizado e comum para imagens. 3º Passo Selecione uma nova pasta para salvar ar fotos em seu computador. Perceba que você já realizou os três passos necessários, agora basta clicar na opção “Start” para que o programa PC Inspector comece a procurar os arquivos deletados/perdidos. Simples e fácil não?

Aprenda a recuperar CDs/DVDs danificados Você sabe o que significa recovery? Em português, quer dizer recuperação, desta forma, o CD/DVD Recovery é um software de grande utilidade quando se faz necessária a recuperação de arquivos corrompidos tanto de CD quanto de DVD. Este programa atua realizando um escaneamentos nos setores da mídia, CD ou DVD, recuperando assim, os dados danificados e copiando apenas os dados corretos quando possível para o disco rígido (HD). Sua eficiência é maior ainda quando os dados a serem recuperados são imagens, vídeos e áudio. Dentre os formatos que podem ser recuperados pelo software CD/DVD Recovery, encontram-se RM, MPEG, JPEG, AVI e MP3, e ainda tem grande amplitude quanto a compatibilidade com as mídias e discos, como DVDRW, DVD-R, DVD-ROM, DVD, CD-RW, CD-R, CD-ROM, CD e ainda compatibilidade com arquivos nos formatos UDF e ISO9660. No entanto, caso você pensa que o programa age rapidamente engana-se, pois é necessário um bom intervalo de tempo para a recuperação de dados, sendo que dependendo do tamanho dos mesmos, há casos em que o programa teve que continuar em atividade em até 35 horas. Por isso, tenha paciência. Onde você pode fazer o download do CD/DVD Recovery? É preciso que você acesse sites específicos de downloads, seguros e que contam com a autorização para disponibilizá-lo, e para isso, indicamos a você o Baixaki (www.baixaki.com.br/download/cd-dvd-datarecovery.htm), sendo este um dos mais completos e utilizados sites na internet. Lembrando que é preciso instalá-lo corretamente para que o mesmo seja executado, e quanto a interface, saiba que é de simples utilização e de fácil entendimento para facilitar ainda mais seu trabalho. Agora que você já sabe como recuperar os dados de seu CD ou DVD não perca mais tempo, baixe o CD/DVD Recovery agora mesmo e comece a operação. Fonte: www.blogdicas.com.br

(blogdocarlitolima.blogspot.com)

Editora de Jornais de Alagoas Ltda

Figura muito querida na sociedade alagoana, ex-capitão do Exército, ex-prefeito de Barra de S. Miguel, engenheiro, ambientalista, descobriu seu talento de escritor só aos 61 anos quando em 2001, por insistência de amigos, foi editado seu primeiro livro de memórias, mas é em seu diário virtual que satisfaz sua vontade de contar causos de Maceió e depoimentos com enfoque especial sobre 1964. Carlito Lima servia na 2a Companhia de Guardas no Recife, teve convivência com presos políticos como Arraes, Julião, Paulo Freire, Pelópidas Silveira, Gregório Bezerra entre outros. Descoberto como excelente contador de história já deu até entrevista no programa do Jô Soares.

3

DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

www.ojornal-al.com.br

ojornal@ojornal-al.com.br

Diretor-Executivo LUCIANO GÓES

Editor-Geral DERALDO FRANCISCO

Diretora Administrativo-Financeira SILVIA SAKUNO

lucianogoes@ojornal-al.com.br

deraldo@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial ELIANE PEREIRA

Editor de Tecnologia EUDES CAVALCANTE

Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

comercial@ojornal-al.com.br

eudes@ojornal-al.com.br

ATENDIMENTO AO ASSINANTE - (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS - (82) 4009-1970

tecnologia@ojornal-al.com.br

Tecnologia Representante Nacional FTPI www.ftpi.com.br

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÃO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

SUPLEMENTO SEMANAL DE O JORNAL São Paulo: (11) 2178-8700 Rio de Janeiro: (21) 3852-1588 Brasília: (61) 3326-3650 Refice: (81) 3446-5832

CMYK

6


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

Blogs alagoanos

DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

5

Blog do Birrada blogdobirrada.blogspot.com Ailton Cruz , repórter fotógrafico, relata suas experiências pessoais da época em que trabalhou em Angola e posta as percepções clicadas no país africano.

estão bombando na rede Eudes Cavalcante EDITOR DE TECNOLOGIA

logar é uma maneira gostosa de unir-se a uma comunidade geograficamente ilimitada. Todo ser humano precisa sentir-se parte de um grupo e os blogs são um jeito delicioso de saciar a sede de expressão e interação. Blogar é divertido e tem um poder de atração muito grande para quem es-

B

creve e para quem lê. Não importa qual assunto blogar, mas com certeza você vai fazer parte de uma “comunidade” de pessoas que se interessam pelo mesmo assunto que o seu. Em 2007, o motores de buscas de blogs já indicavam a existência de mais de 112 milhões de blogs, hoje, já são mais de 200 milhões. Não é possível precisar quantos blogs alagoanos habitam nessa extratosfera produ-

tiva. Mas alguns blogueiros de nossa terra estão ganhando popularidade na rede mundial. Seja para divulgar sua produção artística, profissional, emoções ou pensamentos, esses desbravadores enriquecem a inteligência coletiva no admirável mundo novo do universo virtual. Isso prova que a tecnologia não está somente nas máquinas avançadas. A tecnologia está também nas pessoas.

Máclein, (alagoasdiario.com.br/blog/blog7.php)

jornalista, cantor e compositor encontrou no seu blog “Quiprocó” uma forma interessante para debater a produção cultural brasileira. Com conteúdo gabaritado, aborda em seu espaço temas diversos e trata com desenvoltura arte, cultura e comunicação.

“O prazer de fotografar me faz enxergar novos horizontes, e através dos cristais das lentes, percebo melhor o que significa a vida para mim.” Ailton Cruz

Victor Mélo

Blog do Tchôla

(www.blogdovictormelo.com.br)

(jornaldoocio.blogspot.com) O jornalista tem um grande público que acompanha o seu material esportivo, com um vasto leque de fontes no Brasil e no exterior, sempre traz novidades dando vários furos até nos grandes sites de notícias nacionais. Com milhares de acessos mensais, embora o assunto favorito seja o esporte, não fica preso a um tema, mas aborda também, política, religião, literatura, economia. Seu blog é livre de qualquer amarra, como tem quer ser.

O jornalista botafoguense Marcos Rodrigues, o Tchôla, que se diz um militante das causas impossíveis, utiliza o seu blog como um verdadeiro desabafo produtivo, fala de tudo um pouco, mas quase sempre com uma pitada de humor. O internauta percebe de cara que o blog é utilizado como uma forma de terapia das notícias estressantes do dia-a-dia. É leve, inteligente e levado em tom de brincadeira. Diferente da postura profissional séria que o respeitado jornalista Marcos Rodrigues impõe em sua produção profissional diária.

Blog do Bob (cadaminuto.com.br/blog/blog-do-bob) Bob, como é carinhosamente conhecido pelos leitores e amigos, afima ser o primeiro blogueiro da imprensa alagoana. Começou no Jornalismo em 1973. Foi repórter do Jornal do Brasil (1977/88) atuando como correspondente do JB em Alagoas e na Paraíba. Redator de Política do Jornal de Brasília (1992/93) e atualmente colunista político de O Jornal, onde assina a coluna Contexto.

CMYK

4


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

Blogs alagoanos

DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

5

Blog do Birrada blogdobirrada.blogspot.com Ailton Cruz , repórter fotógrafico, relata suas experiências pessoais da época em que trabalhou em Angola e posta as percepções clicadas no país africano.

estão bombando na rede Eudes Cavalcante EDITOR DE TECNOLOGIA

logar é uma maneira gostosa de unir-se a uma comunidade geograficamente ilimitada. Todo ser humano precisa sentir-se parte de um grupo e os blogs são um jeito delicioso de saciar a sede de expressão e interação. Blogar é divertido e tem um poder de atração muito grande para quem es-

B

creve e para quem lê. Não importa qual assunto blogar, mas com certeza você vai fazer parte de uma “comunidade” de pessoas que se interessam pelo mesmo assunto que o seu. Em 2007, o motores de buscas de blogs já indicavam a existência de mais de 112 milhões de blogs, hoje, já são mais de 200 milhões. Não é possível precisar quantos blogs alagoanos habitam nessa extratosfera produ-

tiva. Mas alguns blogueiros de nossa terra estão ganhando popularidade na rede mundial. Seja para divulgar sua produção artística, profissional, emoções ou pensamentos, esses desbravadores enriquecem a inteligência coletiva no admirável mundo novo do universo virtual. Isso prova que a tecnologia não está somente nas máquinas avançadas. A tecnologia está também nas pessoas.

Máclein, (alagoasdiario.com.br/blog/blog7.php)

jornalista, cantor e compositor encontrou no seu blog “Quiprocó” uma forma interessante para debater a produção cultural brasileira. Com conteúdo gabaritado, aborda em seu espaço temas diversos e trata com desenvoltura arte, cultura e comunicação.

“O prazer de fotografar me faz enxergar novos horizontes, e através dos cristais das lentes, percebo melhor o que significa a vida para mim.” Ailton Cruz

Victor Mélo

Blog do Tchôla

(www.blogdovictormelo.com.br)

(jornaldoocio.blogspot.com) O jornalista tem um grande público que acompanha o seu material esportivo, com um vasto leque de fontes no Brasil e no exterior, sempre traz novidades dando vários furos até nos grandes sites de notícias nacionais. Com milhares de acessos mensais, embora o assunto favorito seja o esporte, não fica preso a um tema, mas aborda também, política, religião, literatura, economia. Seu blog é livre de qualquer amarra, como tem quer ser.

O jornalista botafoguense Marcos Rodrigues, o Tchôla, que se diz um militante das causas impossíveis, utiliza o seu blog como um verdadeiro desabafo produtivo, fala de tudo um pouco, mas quase sempre com uma pitada de humor. O internauta percebe de cara que o blog é utilizado como uma forma de terapia das notícias estressantes do dia-a-dia. É leve, inteligente e levado em tom de brincadeira. Diferente da postura profissional séria que o respeitado jornalista Marcos Rodrigues impõe em sua produção profissional diária.

Blog do Bob (cadaminuto.com.br/blog/blog-do-bob) Bob, como é carinhosamente conhecido pelos leitores e amigos, afima ser o primeiro blogueiro da imprensa alagoana. Começou no Jornalismo em 1973. Foi repórter do Jornal do Brasil (1977/88) atuando como correspondente do JB em Alagoas e na Paraíba. Redator de Política do Jornal de Brasília (1992/93) e atualmente colunista político de O Jornal, onde assina a coluna Contexto.

CMYK

4


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

UTILITÁRIO

CÂMERA DIGITAL

Léo Villa Nova (leovillanovablog.blogspot.com)

Trabalha há 20 anos como diretor de arte em uma agência de propaganda resume que seu blog: “É uma espécie de resgate da vida real. Minha principal ferramenta nessa missão vem sendo a fotografia. Depois da Internet, nem todo mundo quer ler uma história que tenha mais de mil palavras”.

Nide Lins

(www.ojornalweb.com/categoria/blogs/nide-lins) A jornalista oferece a oportunidade de saborear deliciosas dicas de gastronomia regional como o pirão do São Francisco, o cuscuz recheado ou o escondidinho do Hermeto. Várias receitas publicadas são testadas e aprovadas pelos internautas que capricham nos comentários.

Carlito Lima

Fotos apagadas podem ser facilmente recuperadas V ocê já deve ter visto alguém próximo apagar todas as fotografias de uma festa que ainda estavam na câmera, ou melhor, que não haviam sido salvas no computador, não? Isso já deve ter acontecido com você. Infelizmente, você ainda não tinha conhecimento sobre este programa que possibilita a recuperação das fotos, vídeos e arquivos de áudio de sua câmera fotográfica. Interessante não? No entanto, quando isso acontecer com você é preciso que não utilize mais a câmera até que seja realizado o processo logo abaixo, pois quando apagamos as fotos, vídeos, enfim, os dados da máquina fotográfica, de um Pen Drive, MP3 Player, por exemplo, na verdade não apagamos, apenas ocultamos. Desta forma, só serão apagados quando novos dados forem salvos na memória, então, capturando novas fotografias você definitivamente perderá as fotos já perdidas. Entendeu? Então, ao perceber que você perdeu todas as fotos, não utilize sua câmera. O programa que possibilita a você ter todas as fotos de volta é o PC Inspector Smart Recovery, que está disponível para download em seu site oficial www.pcinspector.de. Desta

forma, após tê-lo baixado e instalado em seu computador, execute o programa nos três passos seguintes para recuperar as suas fotos perdidas: 1° Passo Selecione o drive que é criado pela sua câmera, aquele que você sempre utiliza para transferir as fotografias de sua câmera para o computador. 2º Passo Em seguida, selecione o formato dos arquivos que serão recuperados, sendo que se você não sabe ou esqueceu o formato das fotografias,

então, abra uma pasta de fotos tiradas por esta câmera digital e verifique o formato. Caso não tenha ou por algum outro motivo não tenha conseguido, selecione o formato .JPG, que é o formato mais utilizado e comum para imagens. 3º Passo Selecione uma nova pasta para salvar ar fotos em seu computador. Perceba que você já realizou os três passos necessários, agora basta clicar na opção “Start” para que o programa PC Inspector comece a procurar os arquivos deletados/perdidos. Simples e fácil não?

Aprenda a recuperar CDs/DVDs danificados Você sabe o que significa recovery? Em português, quer dizer recuperação, desta forma, o CD/DVD Recovery é um software de grande utilidade quando se faz necessária a recuperação de arquivos corrompidos tanto de CD quanto de DVD. Este programa atua realizando um escaneamentos nos setores da mídia, CD ou DVD, recuperando assim, os dados danificados e copiando apenas os dados corretos quando possível para o disco rígido (HD). Sua eficiência é maior ainda quando os dados a serem recuperados são imagens, vídeos e áudio. Dentre os formatos que podem ser recuperados pelo software CD/DVD Recovery, encontram-se RM, MPEG, JPEG, AVI e MP3, e ainda tem grande amplitude quanto a compatibilidade com as mídias e discos, como DVDRW, DVD-R, DVD-ROM, DVD, CD-RW, CD-R, CD-ROM, CD e ainda compatibilidade com arquivos nos formatos UDF e ISO9660. No entanto, caso você pensa que o programa age rapidamente engana-se, pois é necessário um bom intervalo de tempo para a recuperação de dados, sendo que dependendo do tamanho dos mesmos, há casos em que o programa teve que continuar em atividade em até 35 horas. Por isso, tenha paciência. Onde você pode fazer o download do CD/DVD Recovery? É preciso que você acesse sites específicos de downloads, seguros e que contam com a autorização para disponibilizá-lo, e para isso, indicamos a você o Baixaki (www.baixaki.com.br/download/cd-dvd-datarecovery.htm), sendo este um dos mais completos e utilizados sites na internet. Lembrando que é preciso instalá-lo corretamente para que o mesmo seja executado, e quanto a interface, saiba que é de simples utilização e de fácil entendimento para facilitar ainda mais seu trabalho. Agora que você já sabe como recuperar os dados de seu CD ou DVD não perca mais tempo, baixe o CD/DVD Recovery agora mesmo e comece a operação. Fonte: www.blogdicas.com.br

(blogdocarlitolima.blogspot.com)

Editora de Jornais de Alagoas Ltda

Figura muito querida na sociedade alagoana, ex-capitão do Exército, ex-prefeito de Barra de S. Miguel, engenheiro, ambientalista, descobriu seu talento de escritor só aos 61 anos quando em 2001, por insistência de amigos, foi editado seu primeiro livro de memórias, mas é em seu diário virtual que satisfaz sua vontade de contar causos de Maceió e depoimentos com enfoque especial sobre 1964. Carlito Lima servia na 2a Companhia de Guardas no Recife, teve convivência com presos políticos como Arraes, Julião, Paulo Freire, Pelópidas Silveira, Gregório Bezerra entre outros. Descoberto como excelente contador de história já deu até entrevista no programa do Jô Soares.

3

DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

www.ojornal-al.com.br

ojornal@ojornal-al.com.br

Diretor-Executivo LUCIANO GÓES

Editor-Geral DERALDO FRANCISCO

Diretora Administrativo-Financeira SILVIA SAKUNO

lucianogoes@ojornal-al.com.br

deraldo@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial ELIANE PEREIRA

Editor de Tecnologia EUDES CAVALCANTE

Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

comercial@ojornal-al.com.br

eudes@ojornal-al.com.br

ATENDIMENTO AO ASSINANTE - (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS - (82) 4009-1970

tecnologia@ojornal-al.com.br

Tecnologia Representante Nacional FTPI www.ftpi.com.br

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÃO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

SUPLEMENTO SEMANAL DE O JORNAL São Paulo: (11) 2178-8700 Rio de Janeiro: (21) 3852-1588 Brasília: (61) 3326-3650 Refice: (81) 3446-5832

CMYK

6


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011

| www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

7 CMYK

2

FOTOGRAFE MELHOR

Blog da Thay IMAGEM DIGITAL

(blogdathayanne.blogspot.com) Blog da Thay () Thayane Magalhães, jornalista desinibida, aproveita o espaço para publicar pensamentos, emoções e também sua produção jornalística.

Gustavo Boroni

**Publicitário, Relações Públicas, Fotógrafo e Professor de Fotografia imagemdigital@gustavoboroni.com.br www.gustavoboroni.com.br

SONHOS DE CONSUMO CÂMERA FOTOGRÁFICA DIGITAL OU BARRA DE CHOCOLATE? Como se já não houvessem os mais diversos tipos de câmeras digitais no mercado, os japoneses criaram um modelo de câmera digital em um formato realista de uma barra de chocolate. De olho nos chocólatras, a empresa japonesa Fuvi lançou um produto especial: é uma câmera digital pequena medindo 80 × 8 × 50 mm , com capacidade de tirar fotos com uma resolução 640 × 480 pixels, tem função self-timer, conexão USB e memória interna. Além de gravar vídeos funciona com bateria interna. Estão sendo produzidos e comercializados três modelos: chocolate ao leite, chocolate branco e choco-

Isolda Herculano Estudante Sara Mariano, fotografada no show PoucaVogal em Maceió, usando uma câmera digital com Recurso SteadyShot late com morango. Cada uma custa 2.730 ienes (equivalente a R$ 55). É ou não é de dar água na boca? Escolha o seu sabor e bons clicks.

MOBILE/IMAGEM DO DIA Registro fotográfico do cotidiano através da câmera de um celular Fotografia: Gustavo Boroni

Envie sua fotografia tirada ''exclusivamente'' pelo celular para o e-mail imagemdigital@gustavoboroni.com.br, especificando marca , modelo e quantidade de pixels. As imagens mais interessantes, inusitadas ou criativas, avaliadas, serão publicadas aqui na coluna. Uma ótima oportunidade para novos aspirantes a fotógrafos da era digital, mostrar sua visão em Cores Pixels.

(isoldaherculano.blogspot.com) A jornalista Isolda Herculano proporciona ao leitores emocionantes Viagens em Pensamento:

Sua câmera digital possui SteadyShot ? Estive recentemente no show realizado em Maceió do Projeto PoucaVogal, Humberto Gessinger (Engenheiros do Hawaii) em parceria com Duca Leindecker (Cidadão Quem). E percebi que muitos fãs estavam com suas câmeras digitais em punho fotografando os cantores no Palco. Mas será que eles fotografando no entusiasmo do show, lembraram de usar o recurso SteadyShot? O estabilizador óptico de imagens (Steady Shot é o nome que a Sony inventou e registrou para estabilizador de imagens), antes privilégio de máquinas profissionais, é um dos melhores recursos no combate a fotos tremidas causadas pelo eventual movimento da câmera durante o disparo, problema que tanto aflige os usuários das compactas. Os fabricantes adotam diferentes tecnologias, mas no geral este sistema detecta a vibração do sensor e, por meio de processo mecânico, faz a compensação de seu movimento. É bom deixar claro que o estabilizador óptico de imagens não faz milagres, mas se na sua câmera digital você encontra esse recurso, é bom saber melhor aproveitá-lo.

“Todo mundo sofre. E sofrimento não é coisa que se mede com termômetro. Sofre uma criança que perdeu o bichinho de estimação. Sofre um casal que vê o sentimento, de uma hora para a outra, romper. Sofre a mãe cujo filho vai estudar longe, em outro país. E não perguntem de qual tamanho é a dor que cada um sente. É a dor deles. A ninguém cabe dimensionar. Mas é do egoísmo humano achar a sua dor sempre maior que a do outro. O que, cá pra nós, é um deboche diante do sofrer alheio. Eu sou dessas que não gosta de dizer que sofre; não porque esteja imune a isso, e sim, porque acredito que a informação é, quase sempre, irrelevante. É claro que diria a uma pessoa que me magoa, o quanto ela incomoda, tentando chegar perto da solução para aquilo, uma tentativa de não sofrer de novo. Nada mais”. Isolda Herculano

Outros blogs http://pedrocabralfilho.blog.uol.com.br http://www.devaneiosatuais.blogspot.com/ http://cacosinconexos.blogspot.com/ http://alagoasdiario.com.br/blog/blog6.php Blog do professor de Marketing Flex


DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

Tecnologia DOMINGO, 24 DE ABRIL DE 2011

E-COMMERCE

55 lojas suspeitas de golpes

Falsas lojas virtuais roubam clientes

Com preços altamente competitivos, bandidos atraem vítimas para uma armadilha virtual, mas o prejuízo é bem real o fazer compras na internet, procure os sites recomendados por amigos ou que tenha uma credibilidade já comprovada pelo público. Mas caso tenha que comprar em algum site desconhecido não esqueça de seguir as dicas de segurança. Os canalhas virtuais exigem deposito antecipado e pedem de 15 a 20

A

dias para entregar a mercadoria. Tempo suficiente para aplicar o golpe e lesar milhares de pessoas. A maior quadrilha age em Araçatuba, SP e a polícia não investiga esses crimes. Por isso, quando for fazer uso dos serviços bancários pela internet, siga as 3 dicas abaixo para verificar a autenticidade do site.

1 - Minimize a página: se o teclado virtual for minimizado também, está correto, no entanto, se ele permanecer na tela sem minimizar, é pirata! Não tecle nada. 2 - Sempre que entrar no site do banco, digite sua senha ERRADA na primeira vez . Se aparecer uma mensagem de erro significa que site é realmente do banco, porque o sistema tem como checar a senha digitada. Mas se digitar a senha errada e não acusar erro é mau sinal. Sites piratas não tem como conferir a informação, o objetivo é apenas capturar a senha. 3 - Sempre que entrar no site do banco, verifique se no rodapé da página parece o ícone de um cadeado.

Clique 2 vezes sobre esse ícone e uma pequena janela com informações sobre a autenticidade do site deve aparecer. Em alguns sites piratas o cadeado pode até aparecer, mas será apenas uma imagem e ao clicar 2 vezes sobre ele, nada irá acontecer.. Os 3 pequenos procedimentos acima são simples, mas pode evitar que você seja vítima de fraude.

01- ascomputadores.com.br 02- atamicro.com.br 03- atashop.com.br 04- atualmicro.com.br 05- audy.com.br 06- belashop.com.br 07- birishop.com.br 08- bondcompras.com.br 09- buskofertas.com.br 10- claudilivros.com.br 11- clicmicros.com.br 12- compuserveinfo.com.br 13- computecnet.com 14- computronics.com.br 15- cristalshop.com.br 16- cyberfast.com.br 17- ddshop.com.br 18- devairgames.com.br 19- digitalpcs.com.br 20- ecportal.com.br 21- eletromicro.com.br 22- eletrototal.com.br 23- euronote.com.br 24- fiveshop.com.br 25- futuracomputadores.com.br 26- galeriashop.com.br 27- insidecomputers.com.br 28- kaled.com.br 29- kapella.com.br 30- katoecia.com 31- lehugo.com.br 32- litetelecom.com.br 33- matrixshop.com.br 34- maxisound.com.br 35- microata.com.br 36- microfest.com.br 37- multishopcompras.com.br 38- navegantes.com.br 39- netmicros.com.br 40- netstart.com.br 41- nikishop.com.br 42- notestar.com.br 43- oferta10.com.br 44- pcihouse.com.br 45- pcishop.com.br 46- pcvitrine.com.br 47- perfumesreal.com.br 48- portalmicro.com.br 49- ravelnet.com.br 50- rgsuprimentos.com.br 51- saturtec.com.br 52- shopamerica.com.br 53- shopsummer.com.br 54- viaclic.com.br 55- digitalplay.com.br

www.ojornalweb.com

Como salvar Cds e DVDs danificados >> Pág. 3

Fotos apagadas podem ser recuperadas >> Pág. 3

Evite 55 lojas virtuais suspeitas de fraude >> Pág. 8

Páginas alagoanas que fazem fazem sucesso sucesso no no admirável admirável mundo mundo novo novo virtual virtual que >> Págs. 4, 5, 6 e 7

CMYK

8


OJORNAL 24/04/2011