Issuu on Google+

CMYK Maceió, sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: autojornal@hotmail.com ou veiculos@ojornal-al.com.br

Fotos: igor93279039@hotmail.com

Mazda aposta em grande esportivo para atrair publico

Muito mais sedutor e imponente

Página 2

Um banho de elegância nas curvas e requintes on board no seu design


O JORNA L JORNAL 2

Sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

Fotos: Igor Pereira

NEW FIESTA - Global e esportivo - chega ao Brasil uma nova geração Acaba de chegar ao mercado o novo sedan esportivo, completo e global, é o New Fiesta, um carro totalmente novo no conceito, no design e na proposta. A data de lançamento no Brasil foi agosto de 2010. A Ford produziu o veículo numa plataforma inédita global, e o carro chegou ao mercado brasileiro com o mais avançado nível de segurança veicular de seu segmento, além de trazer um padrão primoroso de design. O New Fiesta introduziu mais tecnologia na categoria, tem excelente relação de custo e oferece alta qualidade. Segundo o presidente da Ford Brasil e Mercosul, Marcos de Oliveira, o carro global da Ford é um sedan esportivo, criado para inovar o chamado segmento B Premium, formado por veículos de porte compacto com conteúdo. "O New Fiesta foi concebido para ser referência em design e segurança, sem deixar de lado a qualidade e dirigibilidade com eficiência, apresentando a melhor relação custobenefício da categoria", diz Entre outras inovações, ele é o único do segmento a contar com 7 airbags e oferece 3 anos de garantia. O New Fiesta é um dos lançamentos mais importantes da Ford no mundo e chega para ocupar um lugar de destaque dentro do novo portfólio de produtos. "O New Fiesta é um

símbolo do atual momento de renovação da Ford no mundo. Foi projetado para ser um dos expoentes do nosso crescimento", afirma Marcos de Oliveira. Totalmente novo, o carro é a sexta geração da linha, que vem como um produto verdadeiramente global, oferecido com o mesmo padrão de construção e design em todas as regiões do mundo. Sua plataforma, carroceria e interior são totalmente novos. O projeto contou com a participação dos centros de engenharia e Design mundiais da Ford. E o Brasil, como terceiro mercado global da Ford e responsável por um dos cinco centros mundiais de criação de produto da marca, teve um papel de destaque no seu desenvolvimento. O lançamento do New Fiesta começou em meados de 2009, na Europa, onde já vendeu mais de 500 mil unidades e é líder de mercado. Em seguida, o carro passou a ser vendido em diversos países da Ásia. Este ano, o New Fiesta chega simultaneamente aos Estados Unidos, Canadá, México, Brasil e outros países da América do Sul. Ele é produzido em cinco fábricas ao redor do mundo: em Cuautitlán (México) para as Américas, em Valência (Espanha) e Colônia (Alemanha) para a Europa, e Nanjing (China) e Rayong (Tailândia) para a Ásia.


O JORNA L JORNAL 3

Sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

O design foi um dos focos principais desse trabalho, com o objetivo de criar um carro bonito, capaz de cativar e entusiasmar os consumidores de várias nacionalidades. O gerente de Design da Ford América do Sul, João Marcos Ramos, explica que o New Fiesta oferece o design mais atual da sua categoria. "Ele é um carro que se destaca, à primeira vista, pela grande beleza exterior", salienta. O New Fiesta nasceu dentro da evolução do conceito Kinetic. Essa é uma moderna linguagem, cujo elemento principal é criar um efeito de "energia em movimento". Através de desenho fluído, com planos rápidos e jogo de luz e sombra, o objetivo foi criar um veículo atraente, onde sobressaem os contornos, as proporções e a harmonia. "Criar um carro bonito para agradar diferentes pessoas e culturas foi o objetivo central do projeto. O resultado é um sedan esportivo e com personalidade e muito caráter", diz Ramos. O New Fiesta é um automóvel atual. É um compacto Premium maior que os modelos convencionais hoje existentes e não perde em funcionalidade. Suas dimensões - 4,41 metros de comprimento com cerca de 1,70 m de largura; 1,45 m de altura e 2,49 m de distância entre-eixos mostram um porte robusto e bom espaço interno na categoria. O porta-malas de 440 litros e acomoda diferentes bagagens. A frente do veículo enfatiza a sua personalidade. Com desenho dinâmico e elegante, é marcada por uma grade dianteira cromada de três barras e por outra grade inferior no formato trapezoidal. A superfície do capô é trabalhada e seus contornos elevam o conceito da sensação de movimento. Os faróis são alongados e avançam pelas laterais. Seus refletores internos têm tratamento sofisticado. O formato da lateral do New Fiesta causa a impressão de agilidade que é marcada pela fluidez do desenho. As linhas e planos contínuos também induzem a impressão de movimento. Um toque de esportividade é visto nas suas proporções com a sua finalização inclinada. Há ainda o recurso de uma marcante linha de caráter, que corre pela lateral em sentido ascendente. Ela ajuda a produzir um contraste de luz e realça a cor da carroceria. Também existe um friso cromado separando a carroceria das janelas cujo brilho reforça a elegância. As maçanetas alinhadas aos vincos laterais mantêm a expressão de movimento. A esportividade é destacada ainda pelas rodas de liga leve de 15 polegadas.

O JORNA L JORNAL EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA www.ojornal-al.com.br ojornal@ojornal-al.com.br / veiculos@ojornal-al.com.br

Diretor-Executivo Petronio Pereira petronio@ojornal-al.com.br

Editores Igor Pereira igor93279039@hotmail.com veiculos@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial Eliane Pereira comercial@ojornal-al.com.br

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

Gabriel Mousinho

Colaboradora editorial Jakeline Siqueira

veiculos@ojornal-al.com.br

ENDEREÇO Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS (82) 4009-1970

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700 RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br


O JORNA L JORNAL 4

A traseira do New Fiesta é elegante. De perfil alto, tem uma linha de corte curta para garantir um caráter esportivo. Sua aparência é robusta, mas harmônica com as demais partes do veículo, com lanternas duplas que saem da tampa do porta-malas e avançam no sentido da lateral do veículo. Há uma régua central cromada como elemento de acabamento sofisticado. O desenho do para-choque, em peça única e totalmente integrada, amplia a imagem de solidez. Uma faixa inferior em preto provoca um efeito que alarga

Sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

visualmente o veículo. Esportividade e modernidade do New Fiesta estão também no leque de cores. São oito opções com tonalidades vivas ou sofisticadas, como as sólidas preto Bristol e branco Ártico, as metálicas prata Dublin, vermelho Magenta e cinza Varsóvia e as perolizadas vermelho Córdoba, verde Coimbra e azul Montecarlo. Os designers e engenheiros do New Fiesta pensaram em todos os detalhes do interior do veículo. A cabine apresenta um estilo e posicionamento tipo "cockpit". Ou seja,

permite envolver os ocupantes e dá fácil acesso às posições de comando. Também foi criado um ambiente visualmente atraente. A forma é esportiva e agradável aos sentidos, principalmente pelo uso de materiais de acabamento com toque suave. "O objetivo de agradar aos sentidos é a mais nova tendência do design interno. Além de criar um impacto visual importante, usamos materiais "soft touch" e buscamos uma ergonomia apurada", explica Ramos. Os ajustes da coluna de direção, os bancos bem posicionados e com

diversas regulagens e a colocação dos pedais e da manopla do câmbio foram elaborados para atender motoristas de diferentes biótipos. O acesso confortável ao interior do veículo e o posicionamento dos equipamentos de comando e entretenimento também mereceram atenção especial. "Nosso objetivo é que ele seja agradável e que não "canse" ao longo do tempo. Entendemos que o interior do New Fiesta é um ambiente elegante, esportivo e gostoso de ver", ressalta Ramos.


O JORNA L JORNAL Sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

Novos equipamentos O veículo inaugura uma nova geração de equipamentos, a cabine do New Fiesta é inovadora em muitos aspectos. O painel, por exemplo, exibe na sua parte central uma tela multifuncional de LCD. Ela está posicionada de maneira a possibilitar uma visão clara e fácil acesso tanto para o motorista como para o passageiro.Além de elemento de design moderno, a tela de LCD é inteiramente funcional. Concentra informações multimídia e funcionamento do veículo. Os comandos, abaixo da tela, são dispostos em um teclado tipo celular. O design é inovador. Integra também o conjunto de som CD/MP3-player com entrada auxiliar e sistema RDS de informações de rádio. A decoração do painel combina com os instrumentos disponíveis. Possui inserto prateado em vários locais do painel, incluindo as saídas de ar. Os mesmos insertos também estão no volante (somente na versão topo de linha) e nas laterais das portas. Assim, busca-se criar um ambiente elegante. Na versão mais completa, os bancos de couro trazem frisos laterais contrastantes. A funcionalidade também está presente no New Fiesta. Existem cinco portas-copo, bolsa porta-revistas opcional no encosto do banco do passageiro, amplo porta-luvas e ponto de força de 12V no console. Item importante para conforto são as saídas de ar-condicionado para os bancos traseiros.

Segurança Outro ponto fortíssimo no New Fiesta é o alto nível de segurança veicular. Um conjunto sofisticado e integrado de equipamentos faz dele o carro com padrão mais avançado de segurança do segmento. Entre outros recursos, oferece a opção de 7 airbags - dois frontais, dois laterais, dois de cortina para a cabeça e um de joelho na posição do motorista, além dos freios ABS. "O New Fiesta é um carro que foi desenvolvido para atender as máximas exigências de segurança. Ele recebeu a nota mais alta, cinco estrelas, nos rigorosos testes de impacto da agência Euro NCAP, órgão Europeu mundialmente reconhecido", diz Luis Muniz, da Engenharia de Desenvolvimento da Ford. A estrutura do New Fiesta foi projetada de forma a maximizar a proteção aos ocupantes em caso de impacto, com ampla aplicação de aços especiais de ultra-resistência em diversos pontos da carroceria, cuja rigidez torcional garante excelente robustez estrutural ao veículo. Um sistema de absorção de energia de impacto aplicado nas portas reforça a proteção. A coluna de direção conta com um sistema avançado de absorção de energia de impacto.

5


O JORNA L JORNAL 6

Sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

Fiat Línea 2011 traz novo motor E.TorQ e mais prazer ao dirigir

A Fiat Automóveis acaba de lançar em sua rede de concessionárias a linha 2011 do Linea, um carro reconhecido por suas linhas elegantes, seu requinte, conforto e seus recursos tecnológicos. A grande novidade do modelo 2011 fica para o novo motor 1.8 16V E.TorQ, da FPT - Powertrain Technologies, que dá ao Fiat Linea mais prazer ao dirigi-lo. Este novo e eficiente motor E.TorQ apresenta alto rendimento mecânico graças ao reduzido peso das peças móveis, visando alto torque, excelente desempenho, redução do nível de ruídos e vibrações, economia de combustível, além de baixos níveis de emissão de poluentes. Ele desenvolve 130 cv de potência máxima rodando com gasolina, e 132 cv, com etanol. O torque máximo de 18,4 kgfm (gasolina) e 18,9 kgfm (etanol) é atingido a 4.500 rpm, o que garante rápidas acelerações e tranqüilidade nas ultrapassagens. O Fiat Linea equipado com este motor chega à velocidade máxima de 190 km/h (gasolina) e 192 km/h (etanol). Desenvolvido e produzido na moderna fábrica de Campo Largo, PR, da FPT - Powertrain Technologies, o novo motor 1.8 16V E.TorQ estreou no Fiat Punto, em junho deste ano, e logo depois passou a equipar também os Fiat Doblò, Palio Adventure, Strada Adventure e novo Idea.

No Fiat Linea 2011 o novo motor E.TorQ chega para equipar as versões HLX, HLX Dualogic, Absolute, além das versões LX e LX Dualogic com 127 cv de potência. Para completar a gama o Linea T-Jet, que traz sob o seu capô o motor 1.4 16V Turbo de 152 cv de potência e torque de 21,1 kgm em uma faixa de 2.250 a 4.500 rpm, levando o carro a velocidade máxima de 203 km/h. Muito completo, o Fiat Linea traz uma vasta lista de equipamentos. Entre seus itens estão presentes recursos ultramodernos, que tornam a convivência com o carro mais prazerosa, segura e prática. O Fiat Linea oferece itens como Blue&Me™ NAV com navegador GPS integrado ao painel do veículo, seis airbags, ar-condicionado automático digital, câmbio Dualogic, sensores de estacionamento, chuva e crepuscular, entre outros. O Fiat Linea 2011 também traz novos kits opcionais que oferecem maior conforto e beleza ao modelo, e todos com um excelente contra valor ? em média 25% mais barato caso os itens fossem comprados separadamente. São eles: " Kit Creative I para as versões LX e LX Dualogic. Ele é composto por Blue&Me™ (sistema baseado no Windows Móbile, com porta USB e viva-voz Bluetooth®), rodas em liga leve de 15" mais pneus 195/65 R15.

" Kit Creative II para o Linea Absolute. Ele traz Blue&Me NAV (com todas as funcionalidades do Blue&Me mais navegador GPS integrado ao quadro de instrumentos com operação por comando de voz), rodas em liga leve 17" (inclusive estepe) e pneus 205/50 R17. " Kit Essence II para as versões HLX: formado por ar condicionado automático digital, sensor de estacionamento e rodas em liga leve 17" (inclusive o estepe) + pneus 205/50 R17. Em pesquisa realizada com seus proprietários, o Fiat Linea tem um alto índice de satisfação, onde são apontados, além do produto, também os benefícios de seu pós-vendas, proporcionado pela garantia de 3 anos e pelas ações de relacionamento do Clube L'único. Oferecendo uma excelente relação custo-benefício, confira abaixo a nova gama Linea 2011 e seus preços competitivos: Linea LX 1.816V Flex - R$ 55.450,00 Linea LX Dualogic® 1.8 16V Flex - R$ 58.430,00 Linea HLX 1.8 16V Flex - R$ 58.180,00 Linea HLX Dualogic® 1.8 16V Flex - R$ 61.140,00 Linea Absolute Dualogic® 18.16V Flex - R$ 67.030,00 Linea T-Jet 1.4 16V Turbo Gasolina - R$ 71.290,00


Sรกbado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

7

CMYK

O JORNA L JORNAL


8

Sábado, 11 de setembro de 2010 | www

Sedução em mo com base nas te Cupê Shinari inaugura novo estilo da Mais do que inventar conceitos mirabolantes, os designers e projetistas automotivos gostam mesmo é de ditar estilos. Ou, pelo menos, tentar inaugurar uma nova linha de design com base nas tendências atuais. E essas "escolas visuais" geralmente chegam com um nome garboso. A nova da Mazda, por exemplo, atende pela alcunha Kodo, cuja tradução do japonês para o inglês é Soul of Motion, algo como "alma do movimento". É o que tenta expressar o Shinari, novo conceito da marca japonesa que estará no Salão de Paris a partir de outubro e que vai inspirar os futuros modelos da marca nipônica. De

quebra, além de linhas instigantes e futuristas, o protótipo ainda segue outro "modismo": o dos cupês quatro portas. O tal novo espírito da Mazda quer evocar três características principais, segundo o fabricante nipônico: velocidade, fluidez e sedução. E o Shinari consegue incorporar essas diretrizes em um desenho bastante harmônico e agressivo. O estilo cupê já fica em evidência no capô abaulado cheio de saliências em curva. Dois vincos partem da grade e se aproximam de dois ressaltos que começam nos faróis, se sobressaem nos paralamas e "somem" no meio das portas dianteiras. O conjunto ótico, por sua vez, traz lentes bastante afiladas e que lembram olhos de felinos, com extremidades pontiagudas.


9

w.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

ovimento uma nova linha de design endências atuais

Mazda que enaltece fluidez e velocidade Do centro destes faróis parte um filete cromado acompanhado de uma linha de leds integrada à grade frontal bicuda, que faz um trapézio irregular com contornos arredondados. Na verdade, a moldura desta entrada de ar tenta imitar a logomarca da Mazda e que remete a uma asa. No spoiler com aparência musculosa, os faróis de neblina, em uma linha curta de led, estão inseridos em uma moldura com traços bem definidos e esculpidos. O perfil encorpado segue o estilo inovador do carro. O Shinari tem uma discreta saída de ar após os paralamas que combina com os retrovisores bastante afilados - invenção típica de protótipos e que dificilmente serão empregadas nos modelos de série.

A linha de cintura é irregular e reforça a sensação de movimento do conceito. Acarroceria bastante abaulada e com linhas limpas só é cortada pelo mesmo vinco que se origina da protuberância das caixas de rodas. Além do caimento acentuado típico de cupês, a terceira coluna e o paralamas traseiro ganham volume como se fosse um discreto "culote". O teto, por sua vez, na verdade é um vidro panorâmico que se estende até a traseira. Atrás, a diretriz visual do Shinari se mantém. As lanternas horizontalizadas são pontiagudas, o vidro é bastante inclinado e a tampa do portamalas traz alguns cortes mais bem definidos que contrastam com a saia e o para-lamas mais bojudo. Um con-

junto que, de acordo com a Mazda, quer representar os movimentos de pessoas e animais. Filosofias à parte, por dentro o Shinari promete uma ergonomia sem igual. Segundo a marca, o modelo foi projetado a partir do motorista, ou seja, de dentro para fora. Por esta razão, o habitáculo mais parece um cockpit. Além dos bancos tipo concha, o painel frontal prolonga-se pelos lados e envolve o condutor. O quadro de instrumentos traz mostradores redondos com um sistema de navegação ao centro do velocímetro com indicação por setas. Um display central voltado para o motorista exibe informações adicionais do carro e do sistema de entretenimento, cujos comandos ficam no

botão do console central. A Mazda ainda não revelou detalhes sobre o conjunto mecânico do Shinari, apenas que o modelo vai contar com três modos de condução. Um dispositivo eletrônico atua na direção, comportamento da transmissão, na frenagem e na suspensão. Só que em vez dos tradicionais modos "Normal" e "Confort", a marca quis fazer firula mais uma vez e batizou os primeiros modos de direção de "Business" e "Pleasure" - negócio, para o cotidiano, e prazer, para privilegiar o conforto. Só o nome "Sport" foi mantido e segue a receita: enrijece os amortecedores, deixa a direção mais firme e pesada e coloca as mudanças de marcha obrigatoriamente para o modo manual.

CMYK

O JORNA L JORNAL


O JORNA L JORNAL 10

Sábado, 11de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

Salão internacional do automóvel em São Paulo VOCÊ SABIA? QUE apesar da crise financeira do setor, no Salão de 1981 em sua 12ª edição, teve como destaques: o Gol, o Voyage e a Saveiro, da Volkswagen; a Ford, o Del Rey e a Fiat, a Panorama. QUE em 1972, no 8º Salão foi mostrado o primeiro desenho oficial do Chevette, lançado cinco meses depois. Na mesma edição, uma das curiosidades foi o Kadykete, veículo elétrico brasileiro produzido em série pela Johnson. Nesta edição foram apresentados o Dodge 1.8 (Doginho), o

Maverick, o Puma GTB, o SP-2 e o MP Lafer. QUE em 2000, no 21º Salão Internacional do Automóvel, o evento se despedia do Século XX com diversos lançamentos. Entre as boas novas: o primeiro carro com carroceria totalmente em alumínio da Audi; a vedete da Chrysler, o PT Cruiser; além da pré-estréia do Xsara Picasso, da Citröen. QUE em 1988, a 15ª edição do Salão apresentou novidades eletrôni-

cas nos automóveis fabricados no Brasil. Entre os lançamentos as vedetes: Parati 1.8 Scooter e o Gol GTI, da Volkswagen e a Ford, o XR3. Genuinamente nacional, a Gurgel exibiu seu novo BR-800. QUE em 1966, a quinta edição do Salão coincidiu com a comemoração dos 10 anos da implementação da indústria automobilística nacional. O evento foi marcado pelo lançamento de dois modelos de luxo: o Itamaraty Executivo e o Ford Galaxie, além do

esportivo Puma, sucesso de vendas nos anos seguintes. QUE em 2004 o Salão contou com 180 expositores, 32 marcas de automóveis, 460 veículos diferentes. A Ferrari e a Maserati apresentaram a Ferrari 612 Scaglietti e o super bólido MC-S, respectivamente, ambos inéditos no Brasil, que desembarcaram direto no Salão. Já a Honda fez uma pré-apresentação do Fit e a GM lançou, entre outras novidades, o Meriva.

Novo Uno e Fiat 500 são atrações na

CasaCor Ação da marca transforma o Novo Uno em vaso de flor e apresenta uma garagem temática com o Fiat 500, projetada pelo arquiteto Pedro Lázaro Um Novo Uno, transformado em vaso para um coqueiro, e um Fiat 500 em uma garagem temática, são atrações à parte na mostra de decoração CasaCor, em Minas Gerais. Nesta edição, a Fiat marca presença mostrando a ousadia e modernidade dos novos carros, chamando a atenção de quem passa pela avenida João Pinheiro, uma das principais vias de Belo Horizonte. Na entrada do evento, o Novo Fiat Uno é apresentado de forma surpreendente, servindo de vaso de

plantas, feito com fibra de vidro e reproduzido em proporções reais do carro. Montado pela agência The Marketing Store, o projeto foi inspirado na ação "Criar uma árvore", realizada na Europa, que utilizou o Fiat 500 como vasos de árvores espalhados pelas ruas. Na edição brasileira, o Novo Uno serve de base para um grande coqueiro. A mostra também conta com um projeto do arquiteto Pedro Lázaro, que apresenta o Fiat 500 em um loft estilizado, onde o carro é parte fun-

damental do cenário. "O espaço reúne características de quem possui um Fiat 500, como a modernidade e o gosto por produtos de design sofisticado. Os espaços estão integrados, sugerindo a praticidade deste consumidor moderno", diz Pedro Lázaro. A criatividade e a sofisticação renderam à instalação o prêmio de Melhor Espaço da mostra. "O conceito de sofisticação apresentado todos os anos na CasaCor tem tudo a ver com nossos novos modelos, que estão cada vez mais

ousados no design e na tecnologia. Com esta iniciativa, conseguimos nos comunicar com um público que busca produtos exclusivos", diz João Batista Ciaco, diretor de marketing e publicidade da Fiat. Clientes do L'Unico, clube de relacionamento da Fiat com clientes premium (consumidores dos modelos Fiat 500 e Linea), terão a oportunidade de ver os projetos de perto e receberão convite para visitar a CasaCor, que fica montada até 25 de outubro.


O JORNA L JORNAL Sรกbado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

11


O JORNA L JORNAL 12

Sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

Citroën tem crescimento de vendas em

agosto acima do mercado

A Citroën do Brasil registrou em agosto 7.440 emplacamentos, resultado 8,14% superior ao de julho (6.880 unidades) e acima, portanto, do crescimento médio do mercado, de 3,89%. Em comparação a agosto de 2009 (5.346 unidades), a marca apresentou um crescimento de 39,17%. Este resultado comercial assegurou a Citroën uma participação de mercado de 2,51%, incluindo veículos de passeio (VP) e veículos utilitários (VU). Em 2010, a Citroën já acumula 50.565 veículos emplacados, resultado 16,32% superior às 43.472 unidades comercializadas no mesmo período de 2009. Segundo Mário Mizuta, gerente nacional de

vendas da Citroën, os bons resultados nas vendas são conseqüência da manutenção das competitivas taxas de juros e das agressivas ações comerciais praticadas pela marca. "Tivemos grande aceitação das promoções C3 Plus (com banco de couro, rodas de liga leve e Pack Clim grátis), do Xsara Picasso Avatar (equipado com DVD), além do C4 Hatch com câmbio automático gratuito", explica o executivo. E os números comprovam o sucesso dos modelos Citroën no mercado brasileiro: em agosto, o compacto premium C3 obteve 3.715 emplacamentos, um crescimento de 10,60% em relação a julho. No acumulado do ano o modelo já soma 24.744 unidades, o que o torna o quar-

to modelo mais vendido de seu segmento. Outros destaques na linha Citroën foram o C4 Hatch, com 1.061 unidades, e o C4 Pallas, quarto sedan mais vendido do segmento, com 1.181 unidades. Na gama de minivans, onde a Citroën é líder absoluta com 40% de participação, os modelos da Citroën registraram 1.185 unidades, assim divididos: Xsara Picasso, 713 unidades; C4 Picasso, 361, e Grand C4 Picasso, 111. O modelo top de linha C5, nas versões Sedan e Tourer, somou 61 unidades. Complementando a sua linha de produtos no segmento de veículos comerciais leves, a Citroën emplacou em agosto 199 unidades do modelo Jumper, nas versões Minibus e Furgão.


O JORNA L JORNAL 13

Sábado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

Toyota realiza cerimônia de início da

construção de sua nova fábrica em Sorocaba (SP)

A Toyota realiza hoje, dia 08 de setembro, a cerimônia de início da construção de sua fábrica de Sorocaba (SP). O evento contará com a participação do diretor da secretaria de desenvolvimento da produção do ministério do desenvolvimento, Paulo Bedran, do governador do estado de São Paulo, Alberto Goldman, do prefeito da cidade de Sorocaba, Vitor Lippi, do embaixador do Japão no Brasil, Ken Shimanouchi, do cônsul geral do Japão em São Paulo, Kazuaki Obe, do vice-presidente executivo da Toyota Motor Corporation, Atsuhi Niimi, do presidente da Toyota Mercosul, Shozo Hasebe, do vice-presidente sênior Industrial da Toyota Mercosul, Tsuneo Itagaki, e do vice-presidente Comercial da Toyota Mercosul, Luiz Carlos Andrade Junior, além de outros executivos da empresa. Localizada no quilômetro 92 da rodovia Castello Branco, sentido Interior-Capital, a terceira unidade fabril da Toyota produzirá um recém-desenvolvido carro compacto da marca, cuja produção terá início no segundo semestre de 2012. Primeiramente, serão fabricados por ano cerca de 70 mil veículos nessa nova unidade, que receberá investimento de cerca de 600 milhões de dólares, empregando aproximadamente 1.500 pessoas. A Toyota também estuda exportar esse novo modelo que será fabricado no país. Ao redor da nova fábrica da Toyota também será instalado um parque industrial de fornecedores, que contará com aproximadamente 12 empresas e terá potencial para abastecer toda a cadeia automotiva do interior de São Paulo, gerando aproximadamente 11.000 novos empregos diretos e indiretos na região, de acordo com estimativas da prefeitura de Sorocaba.

A Toyota produzirá em Sorocaba veículos compactos usando a tecnologia flex fuel nos motores. Com relação ao tipo de carroceria, a Toyota planeja fabricar um hatchback e um sedã. Detalhes sobre o design, nome do novo veículo, bem como sua lista de equipamentos de série ainda estão sendo avaliados.

Institucional A Toyota estabeleceu-se no Brasil em 1958, com a construção de sua primeira unidade industrial fora do Japão. Atualmente, a fabricante de automóveis produz peças na sua planta de São Bernardo do Campo (SP) e o Corolla em sua unidade de Indaiatuba (SP). Em busca de um crescimento sustentável, a Toyota objetiva expandir sua produção local, em consonância com o crescimento do mercado brasileiro e de outros mercados emergentes. Com base em seu princípio de contribuir com a sociedade por meio da fabricação de automóveis, a Toyota pretende intensificar sua contribuição com a indústria automotiva brasileira, oferecendo aos consumidores produtos atrativos que atendam às suas necessidades.

Mercado Em 2010, a Toyota do Brasil vem registrando mais um recorde de vendas, se considerado o período entre janeiro e agosto. A marca comercializou nos oito meses deste ano 62.326 unidades, o que representa um crescimento de 11% em comparação com o mesmo período de 2009 (56.234).

O bom desempenho da marca no período se deve ao desempenho dos modelos produzidos pela Toyota Mercosul. O Corolla liderou o ranking dos sedãs médios, a Hilux também se manteve na primeira colocação entre as picapes médias equipadas com motor a diesel, enquanto o SW4 superou seus concorrentes entre os utilitários esportivos médios movidos a diesel.

Desempenho por modelo As vendas do Corolla somaram 35.094 unidades nos oito meses de 2010, o que significa crescimento de 8% em comparação com as 32.625 unidades do modelo comercializadas no mesmo período do ano passado. O Corolla, líder absoluto entre os sedãs médios, detém atualmente 31% de participação de mercado no seu segmento. O resultado da Hilux é ainda mais expressivo. De janeiro a agosto de 2010 foram comercializadas 20.894 unidades da picape, resultado 12% maior do que o período equivalente de 2009, quando a Toyota vendeu 18.546 unidades da Hilux. A previsão é que sejam vendidas, até o fim do ano, mais de 34.000 unidades do modelo. Atualmente, a participação de mercado da Hilux entre as picapes médias a diesel é de 35,6%. O SW4 também registrou crescimento nas vendas. A Toyota comercializou no acumulado deste ano 4.716 unidades do modelo, ou seja, 34% a mais em comparação com as vendas de janeiro a agosto de 2009 (3.514 unidades). Com participação de mercado de 45%, o SW4 lidera o ranking dos utilitários esportivos médios equipados com motor a diesel.


O JORNA L JORNAL 14

Sรกbado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com


Sรกbado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br ou igor93279039@hotmail.com

15

CMYK

O JORNA L JORNAL


O JORNA L JORNAL 16

Sรกbado, 11 de setembro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: veiculos@ojornal-al.com.br


AUTOJORNAL 11/09/2010