Issuu on Google+

Fotomontagem: Igor Pereira

Macei贸, domingo, 6 de fevereiro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: Igor93279039@hotmail.com

Ar-condicionado a G谩s natural, uma realidade em Alagoas Aquecedor solar

para piscina

Eco.l贸gica Design se torna uma decis茫o consciente na hora de decorar a casa


O JORN 2

Domingo, 6 de fevereiro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: igor93279039@ho

Eco.lógica Design - Ecologia e Sustentabilidade no Cerne do Negóci Decisão por um Consumo Consciente Há muito se fala em rever hábitos de consumo e de comportamento para preservar o meio ambiente, mas a maioria de nós é mero ouvinte desse discurso e nada faz para contribuir de forma positiva para essa mudança. A natureza está dando sinais evidentes de que não suporta mais os atuais padrões de produção e consumo. Estamos começando a exaurir as reservas do planeta, desmatando florestas, extinguindo espécies de animais, acelerando o aquecimento global e produzindo mais lixo do que a capacidade do planeta de absorvê-los. É necessária e urgente uma mudança de postura em cada um de nós, e vários são os caminhos possíveis para se reverter este quadro de degradação da natureza. Temos grande poder como consumidores e a cada decisão de compra, podemos optar por produtos que causem menor impacto ambiental e, desta forma, dar nossa contribuição para a melhoria do Planeta.

A Eco.lógica Design, loja capixaba que comercializa objetos de decoração e acessórios femininos desenvolvidos a partir do conceito do ecodesign, tem despertado a atenção tanto por seu ideal "verde", quanto pela qualidade e contemporaneidade de seus produtos, e com apenas dois anos de existência, já ampliou seu alcance de vendas para todo o Brasil através de sua loja virtual recém-inaugurada. Idealizada pela designer Isabela Castello, a Eco.lógica é muito mais que uma loja de produtos ecológicos, ela é uma vitrine que expõe o trabalho de diversos artesãos e design e r s brasilei-

Escultura Cubus P Cubos maciços de lyptus (madeira de refloretamento) são agrupados formando uma mini-escultura. Medidas (CxLxA): 9x9x9 cm Preço: R$ 72,00

Vaso logo Vaso produzido artesanalmente a partir do reaproveitamento de filtros de café que seriam descartados. Medidas (CxLxA): 26x26x34cm Preço: R$ 140,00

ros,

alguns renomados e muitos anônimos ainda, que a cada dia provam que com criatividade e talento, é possível aliar arte, design e sustentabilidade, resultando em um produto "belo", estética e ecologicamente. O ecodesign visa a produção de bens de uma forma que cause menos impacto ambiental, a partir de um processo que emprega diretrizes como a sustentabilidade, a reciclagem de materiais, a utilização de descartes urbanos e a utilização de madeiras renováveis. Entre as matérias-primas empregadas na produção das peças vendidas pela loja estão madeiras e MDF (Medium Density Fiber) certificadas pelo FSC (Forest Stewardship Council), madeiras de demolição, de reflorestamento e de redescobrimento, papel e alumínio reciclados, bambu, fibras, sementes e reaproveitamento de resíduos como jornal, EVA (Etil Vinil Acetato), lacres de latas de refrigerante, filtros de café utilizados e descartados, sobras de madeiras e de MDF, lonas publicitárias, isopor, pó de serra, metal, couro, pet (Politereftalato de etile-

no) e vidro. A responsabilid cial e o conceito de tabilidade não estão tes somente em açõ tuais da marca, mas cerne de seu negóci do processo de prod empresa adota crité cioambientais no p de compra, e a maio de seus fornecedo micro ou pequenas sas, artesãos indiv cooperativas e ONG ganizações não go mentais). No dia a dia da em pequenas ações tamb mostram uma preoc real com o meio am como, por exemplo, balagens de seus p que são de papel Kr terial reciclável) e tod terial de divulgaçã consumo administra é de papel recicl ordem aos funcion minimizar ao máxim pressões e reaprov folhas impressas. No ponto de ven produtos são expos etiquetas que contém mações sobre os m utilizados e seu impa biental, exemplo tam guido pela loja virtu da promoção de aç consumo conscient aos consumidores.

Para saber mais sobre o assunto ecodesign e sustentabilidade, visite o site da loja www.ecologicadesign.com.br e acompanhe também seu O JORNA L JORNAL EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA www.ojornal-al.com.br ojornal@ojornal-al.com.br / veiculos@ojornal-al.com.br

Diretor-Executivo Sálvio de Teine Marciel salviomarciel@ojornal-al.com.br

Editor Igor Pereira igor93279039@hotmail.com

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial Eliane Pereira comercial@ojornal-al.com.br

Colaboradora editorial Jakeline Siqueira

ENDEREÇO Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS (82) 4009-1970

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

REPRESENTANTE NACIO FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700

RIO DE JANEIRO: (21) 3852-15 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br


O JORNA L JORNAL Domingo, 6 de fevereiro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: igor93279039@hotmail.com

3

Akeo aposta na sustentabilidade MARCA INVESTE EM ECOMATERIAIS E VALORIZA MEIO AMBIENTE Especializada na produção de acessórios para mobiliário, a Akeo tem como premissa principal nas suas criações a inovação. Esta característica aparece como base da primeira linha da marca 100% inspirada na natureza: a Linha Essenza. Promovendo o novo conceito de utilizar ecomateriais, a nova linha apresenta ao mercado puxadores fabricados com materiais diferenciados, como: galhos da macieira, casca de coco, couro e cortiça. Assinada pela designer Marlene Gugel, da empresa Object Design de Produtos, a Linha Essenza reforça ao mercado uma das preocupações da empresa e a principal pauta do planeta: a consciência ecológica com a valorização da sustentabilidade. Um toque de natureza na decoração de interiores. É a proposta do puxador modelo Apple. Sua superfície é revestida com a sobra das podas das árvores de macieira, valorizando o meio ambiente e levando para dentro das casas um pequeno fragmento do quintal de frutas saborosas e fresquinhas. A peça é moderna, com design reto, geométrico, íntegro e bem dimensionado. Foi elaborada para se integrar com as disposições aleatórias dos modulados e a versatilidade das distribuições de módulos. A rusticidade da casca de coco aparece de forma sofisticada no revestimento do modelo de puxador Coconut. Suas nuances tonais permitem variadas composições com diferentes materiais. Oferece toque aquecido, criando um jogo de efeitos e cores quentes que se fundem aos madeirados claros e escuros e com as cores sólidas. Este modelo de puxador pode ser aplicado num mesmo projeto em módulos dispostos com hastes. Além de funcional, a peça é decorativa e tem como identidade o requinte e a sofisticação. A textura inconfundível do couro desperta a percepção de aconchego e conforto, e aparece de forma marcante no modelo Leather Canela. Disponível nas cores preto e café. A nobreza da matéria-prima cortiça e sua textura clássica podem ser conferidas no modelo de puxador Cortiça. Imponente, a peça faz elegante composição com mobiliário nos padrões madeirados, com revestimentos semelhantes a pedras e réplicas do clássico tecido Linho - promovendo perfeita integração de texturas e efeitos sobrepostos. Uma lâmina de cortiça aplicada à base de metal, ativa os sentidos através do toque macio. Tem efeito quente e suave.


4

Domingo, 6 de fevereiro de 2011 | www

Gás natural é uma excelente fonte

de energia para residências, escritórios e comerciais Atualmente, a opção pelo gás natural como fonte energética vem sendo cada vez mais utilizada por oferecer vantagens como: segurança, comodidade, e economia. Os estabelecimentos comerciais é um segmento que vem investindo nas múltiplas possibilidades de uso e o alto rendimento energético em caldeiras, fornos, condicionadores de ar, fogões, geradores, aquecedores entre outros equipamentos. No setor comercial, a economia no uso do gás natural em substituição à energia elétrica convencional alcança o percentual de 50%. E, são diversas as soluções para usos simultâneos, como por exemplo, um sistema de ar-condicionado central a gás natural, que pode produzir frio para refrigerar o ambiente e ainda gerar água quente "de graça" como

subproduto, utilizando o calor produzido na central do ar-condicionado (unidade externa). Em Alagoas, os segmentos industrial e comercial contabilizam cerca de 360 usuários de gás natural a exemplo de hotéis, restaurantes, academias, padarias, bares, entre outros, que consomem gás natural para os mais diversos usos. Outro ponto destacado pelos comerciantes que optaram pelo uso do gás natural é o fornecimento contínuo e o fato de não precisar de um espaço para estocar o produto. A climatização é uma tendência, e entre os benefícios deste tipo de solução energética está a confiabilidade no equipamento e no suprimento da energia, além da economia, já que o custo de operação com gás natural é muito menor do que a

refrigeração com uso da energia elétrica. De acordo com a gerente comercial da Algás, Ângela Fernandes, é através da climatização, que foram implantadas várias soluções em Alagoas, a exemplo da cogeração(no Aeroporto Zumbi dos Palmares; da geração de energia(na empresa Macarrão Pajuçara), dos aquecedores de acumulação(no edifício Barcelona) e dos aquecedores de passagem(no edifício Richelieu), assim como a climatização da própria sede da Algás. "Com este processo, todos são beneficiados, além de estendermos os nossos serviços para outros municípios do Estado de Alagoas", ressalta. Apesar de sistemas de climatização que utilizam gás natural já serem uma realidade no eixo Rio-

São Paulo, sua aplicação é dependente de um estudo de viabilidade técnica, onde o tempo de retorno de investimento é um fator decisivo. Segundo o engenheiro Artur Mergulhão, a viabilidade de aplicação destes sistemas só pode ser medida quando relacionada à economia gerada pela redução do consumo de energia elétrica e o investimento inicial. Ele explica que esta relação será mais favorável para clientes que tenham uma maior taxa de uso diário dos equipamentos de climatização, a exemplo de bancos, hotéis, shoppings centers, colégios e até mesmo residências. "Não há limite para sua aplicação. Quem se interessar em estudar a viabilidade de uso desse sistema, basta entrar em contato com a Algás", salienta.


O JORNA L JORNAL

w.ojornalweb.com | e-mail: igor93279039@hotmail.com

5

Piscina ‘no ponto’ e ecologicamente correta. Nestes dias mais frescos, novo aquecedor solar garante a diversão na água O Placalor, movido à energia solar, deixa a água 'no ponto' o ano inteiro. É a solução de aquecimento, tanto pela economia que proporciona, quanto pelo fator ambiental. Com o aquecedor, a descontração na piscina não precisa ser interrompida quando os dias estiverem mais frios. A Sibrape também lança linha de filtros profissionais para piscinas grandes, que dispensa a quantidade de unidades em bateria Imagine uma mangueira de jardim deixada ao sol. Quando abre-se a torneira, a água sai quentinha. Isso mostra que a energia solar foi absorvida pela borracha e transmitida como calor para a água em seu interior. Assim funciona o novo Placalor Sibrape (fotos ao final), que vem com sistema que controla a temperatura desejada. Placas de dois, três ou até quatros metros são apoiadas sobre o telhado mais próximo da piscina e ligadas a uma bomba independente, usada para 'empurrar' a água pra cima. Ao receberem energia do sol, o calor captado por elas é transferido para a água, que circula dentro de suas tubulações de polipropileno. O posicionamento dos coletores solares pode influenciar diretamente no seu rendimento. No Brasil, eles são melhores aproveitados quando apontados para o Norte. Quando não é possível, a instalação de mais unidades supre essa vantagem. O uso da capa térmica Sibrape também ajuda a manter o calor da água, diminuindo o funcionamento da motobomba. O aquecedor Sibrape deixa a água na temperatura ideal: para a prática de esportes pode atingir até 26 º, para o uso recreativo chega a até 28º e, quem busca relaxamento na água, até 32º. O melhor de tudo é que o Placalor trabalha ecologicamente correto por aproveitar a luz do sol para aquecer a água e por não ser poluente. E mais, a energia solar é de graça, portanto, o custo do aquecimento fica apenas por conta do uso da bomba da piscina. Mesmo assim, os gastos após a aquisição das placas são bem menores se comparados à utilização dos aquecedores a gás, elétrico ou qualquer outro sistema, ainda mais no Brasil, país que recebe forte radiação solar o ano inteiro. Certificado pelo Inmetro, o Placalor tem classificação "A" de eficiência energética, portanto, é a maior do mercado, com 100,5 KW/hora. Outro diferencial é que possui o maior número de tubos de elevação, por onde passa a água: há 44 serpentinas que não entopem. Mais um destaque é o seu "Controlador Lógico para Aquecimento Solar", sistema com sensores que garante a temperatura desejada. Pode ser acomodado na casa de máquinas ou num outro local de fácil acesso. A instalação do Placalor é muito simples devido ao seu sistema modular, que dispensa braçadeiras e amarrações: basta um engate rápido para formar conjuntos de placas na quantidade ideal para aquecer a piscina. A escolha de uma empresa profissional e de credibilidade para fazer a instalação adequada é essencial para garantir a eficiência do aquecedor.


O JORNA L JORNAL 6

Domingo, 6 de fevereiro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Sistema de Aspiração Central melhora a qualidade do ar das casas Cerca de 20% da população sofre com problemas respiratórios e alérgicos como bronquite, asma e rinite. O problema atinge principalmente quem mora nas grandes cidades onde a poluição é muito grande. No entanto, muitas vezes a causa da doença está dentro da própria casa, onde se acumulam poeiras, ácaros, pólen e outras substâncias que prejudicam a saúde de milhares de pessoas que sofrem alergias e problemas respiratórios. O Sistema Hayden Aspiração Central é um método de limpeza muito usado nos Estados Unidos, Canadá e Europa, e que está se consolidando no mercado brasileiro desde 1998 com a chegada da Hayden do Brasil pioneira no assunto no país. O Sistema Hayden purifica o ar porque o pó aspirado entra pela tubulação e é conduzido à central de aspiração onde são retidos em um filtro de alta

performance. Dessa forma, ele age ao contrário de um aspirador de ar convencional, onde o ar aspirado, depois de passar pelo filtro, retorna ao ambiente. O produto é instalado em um local específico fora da casa como área de serviço ou garagem, por exemplo, com pontos em diversos cômodos da residência para facilitar a limpeza. A aspiração pode ser feita em piso frio, carpete, sofás e cortinas. O Sistema Hayden - Aspiração Central também prolonga a vida útil de carpetes, tapetes, cortinas e estofados devido a uma limpeza específica. Além de garantia de uma casa mais limpa e livre de poeira e ácaros sem ter que arrastar equipamentos pesados que danificam móveis, portas e paredes, o sistema age de forma silenciosa proporcionando ambientes livres de fatores alérgicos.

Nações Unidas lançam prêmio Água para Vida de melhores práticas O escritório das Nações Unidas de apoio à Década Internacional para Ação Água para Vida 2005-2015 e o Programa das Nações Unidas de Valorização da Água abrem inscrições para a primeira edição do concurso de boas práticas Água para Vida. O objetivo do prêmio é promover os esforços para atingir as metas internacionais fixadas para serem cumpridas por meio do reconhecimento aos melhores projetos, capazes de garantir a gestão sustentável dos recursos hídricos e contribuir para atingir as metas internacional dos Objetivos do Milênio. As melhores práticas devem focar em temas como, por exemplo, gestão integrada dos recursos hídricos, adaptação às mudanças climáticas no setor de recursos hídricos, melhorias na qualidade da água, melhorias na governança da água, etc.. O prêmio será oferecido anualmente em duas categorias: melhores práticas de gestão e melhor prática de mobilização, conscientização e educação. A cada ano, será dada ênfase ao tema selecionado para o Dia Mundial da Água, que em 2011 será Água para as Cidades . Os vencedores serão convidados para evento promovido por ocasião do Dia Mundial da Água e terão um vídeo produzido, com o tema de seu trabalho.


O JORNA L JORNAL Domingo, 6 de fevereiro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: igor93279039@hotmail.com

7

Kia Motors doa US$ 100 mil e um caminhão Bongo às vítimas da região serrana do RJ Em cerimônia realizada nesta quinta-feira, no Parque Municipal de Petrópolis, localizado no distrito de Itaipava, J. W. Sohn, presidente do escritório da Kia Motors Corporation em Miami, entregou ao secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Rodrigo Neves, e ao prefeito de Petrópolis, Paulo Mustrangi, cheque no valor total de US$ 100 mil, enquanto a Kia Motors do Brasil, por seu presidente José Luiz Gandini, fez a doação de um caminhão leve Bongo, em ato de solidariedade às vítimas das recentes enchentes registradas na região serrana do Rio.

A Kia Motors, em sua política internacional de responsabilidade social, participa de ações em vários países do mundo. No Brasil, em julho do ano passado, a Kia Motors destinou doação de US$ 100 mil às vítimas das enchentes do Nordeste. "Esperamos sinceramente que essas doações ajudem a minimizar a dor dos moradores da região serrana do Rio de Janeiro. A soma de atos de solidariedade pode antecipar a recuperação das cidades atingidas pelas enchentes", enfatizou José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil.

RENAULT DO BRASIL OFERECE AJUDA AOS DESABRIGADOS DAS ENCHENTES NO RIO DE JANEIRO Em solidariedade aos desabrigados da catástrofe que assolou o estado do Rio de Janeiro nas últimas semanas, a Renault do Brasil enviou mais de três toneladas de roupas, alimentos não-perecíveis, água e produtos de higiene pessoal. Através de campanha interna, que teve o envolvimento imediato de seus colaboradores de São José dos Pinhais (PR), São Paulo e Jundiaí (SP), foram arrecadadas mais de três toneladas de doações, que servirão de ajuda aos desabrigados da região serrana do Rio. A Renault do Brasil é solidária ao estado do Rio de Janeiro em relação a esta grande tragédia que se abateu sobre o estado. Tradicionalmente, a Renault realiza ações humanitárias entre seus colaboradores. Em 2008, a empresa também arrecadou doações aos desabrigados das enchentes em Santa Catarina.


O JORNA L JORNAL 8

Domingo, 6 de fevereiro de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: igor93279039@hotmail.com


AÇÃO SUSTENTÁVEL 06/02/2011