Page 1

Exemplar de assinante

Veja nesta edição o local onde você vai votar hoje s e õ ç i e 10 l E 20

O JORNA L Maceió, domingo, 3 de outubro de 2010 | Ano XVII | Nº 14 | www.ojornalweb.com

|

ALAGOAS

R$ 2,00

io tôn An rco Ma

Eleições gerais: hoje, o alagoano vai escolher presidente, governador, senadores, deputados federal e estadual

Mais de dois milhões de alagoanos estão aptos a votar Mais de dois milhões de alagoanos vão às urnas hoje para escolher quem vai ocupar os cargos de presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. A expectativa é de uma participação de 75% do eleitorado, que, em Alagoas, é composto, na maioria, por mulheres. É o que apontam dados do Tribunal Superior Eleitoral. A votação é das 8h às 17h. Páginas A2, A3 e A4 Larissa Fontes/Estagiária Jorge Barbosa

Pense Brasil, vale a pena “pensar nisso” A projeção nacional do cantor Eliezer Setton

Aposentada “adota” pacientes especiais Por iniciativa própria, a aposentada Helena dos Santos (foto), de 62 anos, mora com nove mulheres com problemas metais. Ela mesma recolheu as pacientes num hospital psiquiátrico e as levou para a sua casa. Página A9 Lula Castello Branco

Na região, algumas delegacias estão em péssimo estado

Caderno Dois

Delegacias da região norte estão caindo Delegacias do litoral norte estão caindo aos pedaços. Infiltrações nas paredes, pingueiras, alagamentos, mofo, beliches em dormitórios apertados e, o pior, a carceragem que transforma o policial em agente penitenciário. Página A16

Rodrigo Lombardi comemora sucesso como o “Mauro”

Gás de cozinha é vendido nas esquinas As regras para abertura de ponto comercial para venda de gás de cozinha são rigorosas, mas, ignorando a legislação, muitos comerciantes vendem o produto de forma clandestina, arriscando a vida das pessoas. Página A11

Comércio de Maceió está pronto para o 3o trimestre

Alagoana Neide vive entre as feras do vôlei

Página A21

Esportes

www.ojornalweb.com CMYK


O JORNAL

Política A2

Pauta Geral pautageral@ojornal-al.com.br

DE PLANTÃO A Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Alagoas, estará de prontidão durante todo o dia de hoje para receber eventuais denúncias de irregularidades no processo eleitoral, principalmente relacionadas à compra e venda de votos. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 2121-3207 ou pelo e-mail eleitoral@oab-al.org.br. Segundo a presidente da Comissão, Rachel Cabús, diariamente a OAB recebe ligações e e-mails de eleitores que denunciam políticos ou cabos eleitorais por suposto envolvimento com crimes eleitorais, mas no dia da eleição a tendência é que esse número aumente. “Havendo elementos que podem fundamentar a investigação ou flagrante, nós encaminhamos as informações para o MP Eleitoral ou para a Polícia Federal”, explica. Ainda segundo Rachel Cabús, é natural um número menor de denúncias nas eleições estaduais e nacionais em comparação com as eleições municipais de 2008, quando a OAB de Alagoas recebeu cerca de 500 denúncias. “As denúncias são originadas, em sua maioria, por pessoas envolvidas direta ou indiretamente com o processo eleitoral, e o número de pessoas envolvidas este ano é infinitamente menor que nas eleições municipais, quando centenas de candidatos e seus familiares, assessores, parentes e simpatizantes participavam ativamente de tudo que dizia respeito às eleições, inclusive das denúncias de compra de votos”, justificou. Também há ligações de eleitores que pedem orientações sobre a regularidade ou não de práticas adotadas em sua comunidade por políticos em campanha. “O que fazemos é orientar que façam imagens, tirem fotografias e tentem identificar as pessoas envolvidas para podermos denunciá-las aos órgãos responsáveis. Também aproveitamos para reforçar a mensagem de que o voto não pode nem deve ser vendido e que por ser secreto, não há como ninguém saber em quem a pessoa votou”, adicionou a presidente. A Comissão de Combate à Corrupção da OAB Alagoas entrou em funcionamento na última eleição municipal e atua promovendo ações de conscientização dos eleitores em relação à importância do voto e de combate às diversas formas de corrupção eleitoral.

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Alagoanos vão às urnas hoje para decidir futuro do Estado e do País Pleito deste ano conta com novidades, como voto em trânsito para presidente Alexandre H. Lino Repórter

Neste domingo, mais de 2 milhões de eleitores em Alagoas estão aptos para ir às urnas para escolher o futuro político do Estado e do Brasil. Eles vão votar para deputado estadual, deputado federal, dois senadores, governador e presidente. São mais de 3.500 secções divididas em 55 zonas eleitorais. A expectativa é de uma participação de 75% do eleitorado. Este ano, o primeiro turno ocorre hoje, enquanto o segundo, se necessário, será no dia 31 de outubro. Para garantir a segurança em Alagoas o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou tropas federais em 10 municípios alagoanos. Estão na lista Minador do Negrão, Dois Riachos, São Miguel dos Campos, Roteiro, Porto das Pedras, São Miguel dos Milagres, Santana do Mundaú e São Luís do Quitunde, Jequiá da Praia, Batalha,

Belo Monte, Jacaré dos Homens e Coruripe terão segurança maior durante todo o dia. O pleito de 2010 traz várias novidades, como o voto em trânsito para presidente da República, disponível nas capitais dos estados. Mais de 80 mil eleitores se inscreveram para votar em local diferente de sua zona eleitoral no primeiro turno, sendo quase 1,5 mil em Maceió. Foi também a primeira eleição a ter regulamentada a campanha pela internet. A rede mundial de computadores pôde ser utilizada para arrecadar doações e também a prestação de contas dos candidatos pôde ser acompanhada pela internet em tempo real. Outra novidade é o voto de presos provisórios e adolescentes em unidades de internação em todos os estados, inclusive aqui, onde cerca de 200 presos estão aptos, à única exceção é o Estado de Goiás. Haverá locais de votação em 424 estabe-

lecimentos prisionais e unidades de internação de adolescentes, onde devem votar mais de 20 mil eleitores. A votação ocorre das 8 horas da manhã às 17 horas, pelo horário local. Os diferentes fusos horários em utilização no Brasil obrigam esperar pelo término da votação no último Estado para que se inicie a divulgação dos resultados para Presidência. É proibido entrar na cabine de votação com telefone celular, máquinas fotográficas, câmeras de vídeo ou qualquer outro equipamento que possa comprometer o sigilo do voto. Os eleitores podem ir votar portando bandeiras e broches de candidatos, desde que fiquem em silêncio. Já os mesários não poderão utilizar qualquer propaganda. Também é proibida a distribuição de material de campanha após as 22h do dia anterior à eleição. O voto é obrigatório para os maiores de 18 anos e facultativo para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os que tenham entre 16

e 18 anos. Para votar é necessário a apresentação de um documento com foto na secção onde se está registrado. JUSTIFICATIVA - Quem estiver fora de sua zona eleitoral terá de justificar sua ausência, no dia da eleição, em qualquer local de votação ou posto de justificativa, entre 8h e 17h, com o formulário de requerimento de justificativa eleitoral devidamente preenchido e um documento oficial com foto. Caso o eleitor deixe de votar por motivo de doença ou outro, ele deve procurar seu cartório eleitoral até 60 dias depois das eleições. Quem não justificar terá pagar uma multa de aproximadamente R$ 3. Do contrário, fica impedido de inscrever-se em concurso público, participar de concorrências, obter empréstimos em instituições financeiras do governo, receber remuneração de função ou emprego público e obter passaporte ou carteira de identidade, entre outras sanções.

Lula Casttelo Branco

ADOÇÃO 1 Cerca de 50 candidatos ao Senado Federal, o equivalente a mais de 25% do total, responderam as 35 perguntas do levantamento “Questão Pública: Valores Legislativos, Responsabilidade dos Cidadãos” (www.questaopublica.org.br), plataforma lançada com o objetivo de auxiliar os eleitores a identificar suas afinidades com os candidatos do seu Estado. Entre as respostas, 60% responderam ser favoráveis à adoção de crianças por casais homossexuais; 13% não sabem; 26% são contrários; e 2% dizem que o tema é irrelevante.

ADOÇÃO 2 No site, os candidatos se posicionam em relação a outros temas polêmicos como a maioridade penal (72% dos candidatos não concordam com a diminuição) discriminalização da maconha (55% são contrários e 38% favoráveis) e invasão de terras (51% não acredita que esse seja um instrumento de pressão legítimo, enquanto 43% é a favor).

VICES? Com a chegada do dia das eleições, algumas questões em torno das campanhas ficaram no ar. Em especial, no que se refere à disputa pela Presidência da República. Uma delas foi o “sumiço” dos candidatos a vice-presidente no guia eleitoral. Os deputados federais Michel Temer (PMDB, vice de Dilma Rousseff, do PT) e Índio da Costa (DEM, vice de José Serra, do PSDB) e Guilherme Leal (vice de Marina Silva, ambos PV) mal deram as caras.

CONTINUA A greve dos bancários em Alagoas será mantida amanhã. Segundo o Sindicato dos Bancários, nem mesmo os interditos proibitórios concedidos pela Justiça ao Bradesco e ao Itaú abalaram o ânimo da categoria, que está compensando a abertura desses bancos com mais mobilizações no Banco do Brasil, Caixa Econômica, BNB, HSBC e Santander, entre outras instituições financeiras.

MESMO NÚMERO Há candidatos a cargos proporcionais que, na campanha, usaram, de forma explícita, a imagem de colegas de outros estados. É o caso do advogado e ex-ouvidor-geral do Estado, Elias Barros, candidato a deputado federal de Alagoas pelo PR. Ele não abre mão de usar a imagem do humorista Tiririca, também candidato a federal do PR, mas por São Paulo. Recentemente, inclusive, passaram a circular carros com a imagem de Tiririca, pedindo votos. Detalhe: ambos possuem o mesmo número na urna.

Collor: campanha em zonas periféricas e interior

Lessa: foco foi no apoio recebido de Lula e Dilma

Vilela foi alvo de críticas no início do processo

Para o governo do Estado, a disputa é acirrada As pesquisas indicam que os alagoanos provavelmente terão que voltar as urnas no dia 31 de outubro para escolher o futuro governador. Fernando Collor (PTB), Ronaldo Lessa (PDT) e Teotonio Vilela Filho (PSDB) chegam a reta final da campanha afirmando que serão vitoriosos - em um dos cenários mais complexos dos últimos 50 anos da política alagoana. Já para presidência, a exministra Dilma Rousseff pode ser eleita hoje. Ela lidera com folga todas as pesquisas divulgadas até agora. O senador Fernando Collor somente decidiu ser candidato em maio, saindo do grupo de partidos que formavam a Frente Popular. Ele passou a fazer duras críticas aos indicadores negativos de Alagoas em relação ao Brasil, principalmente na segurança pública. O ex-presidente conseguiu vencer episódios do passado e passou a agregar apoios em vários municípios. Collor fez uma campanha com foco nas áreas periféricas e na zona rural. O candidato também reivindicou receber o apoio

do presidente Lula e da ex-ministra Dilma. Ronaldo Lessa, por outro lado, enfrentou uma campanha das mais difíceis. Primeiro, viu sua Frente Popular perder aliados. Depois, teve o pedido de registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), com base na lei complementar 135/2010, a “Lei do Ficha Limpa”, por ter sido condenado como inelegível em 2005. A decisão de registro de candidatura só saiu na última quinta-feira, direto do plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O pedetista fez uma campanha focada no apoio recebido de Lula e da ex-ministra Dilma Rousseff, além de polarizar com o atual governo, responsabilizado pelos problemas. Já o governador Teotonio Vilela Filho largou bem atrás na campanha. Muito criticado no início da campanha, o tucano praticamente reverteu a situação e na última pesquisa divulgada pelo Ibope na sexta-feira apareceu como líder, com 37% dos votos válidos. Com exceção dos três candi-

datos mais fortes, os outros três inscritos ficaram a maior parte da campanha apenas como figurantes, com exceção de Tony Cloves (PCB), que roubou a cena no debate da TV Pajuçara. O comunista foi tão bem que saiu apontado como ganhador do encontro, além de figurar entre os assuntos mais comentados do Twitter. Saindo desse debate, ele se tornou uma personalidade e protagonizou um espetáculo a parte ao ser barrado no debate da TV Gazeta, com uma liminar do TSE. SENADO - Já para o Senado, a campanha foi uma das mais acirradas e com o maior número de ataques entre os candidatos. A vereadora Heloísa Helena (PSOL) largou na frente e veio perdendo espaço, como apontou pesquisa Ibope divulgada na última sexta-feira. Heloísa já aparecia em terceiro, bem distante dos adversários. Ela responsabilizou o problema ao pouco de tempo no rádio e na TV e aos orçamentos das campanhas dos adversários. Por outro lado, o deputado

federal Benedito de Lira (PP) foi a surpresa da campanha. Candidato a Senado pela chapa governista, ele misturou um programa de TV com tom propositivo e ataques bem-humorados a candidatura de Heloisa Helena. Em paralelo, o candidato foi um dos que mais fez atividades de rua durante os três meses de eleição. Além disso, o parlamentar se focou em sua base política, que conta com mais de 20 prefeitos eleitos em 2008, entre eles o prefeito Cícero Almeida (PP). Já o senador Renan Calheiros (PMDB) evitou a troca de ataques. Ele fez uma campanha focada no interior, com poucas atividades em Maceió e com o apoio do presidente Lula. Os outros candidatos não tiveram muito destaque na campanha e não conseguiram projeção. Eduardo Bomfim (PCdoB), José Costa (PPS), Álvaro Vasconcelos (PTB) bem que tentaram: conseguiram ficar em um “segundo escalão” da campanha ao Senado. Os demais nomes mal apareceram. (A.H.L.) (Continua na página A3)

DIRETAS Com o dia das eleições, antes mesmo do final da apuração, já há candidatos que admitem: podem ter errado na estratégia. As urnas, contudo, é que realmente mostrarão se os “frutos” estão “verdes”, “maduros” ou mesmo “podres”... Até a noite da última sexta-feira, direitos de resposta de candidatos continuavam sendo exibidos na TV. Renan evitou trocar ataques com concorrentes

Lira: propostas e ataques bem-humorados

Heloísa largou na frente, mas perdeu espaço

CMYK


Política

O JORNAL JORNA L A3

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Contexto

Proporcionais: campanha acirrada e tensionada Marco Antônio

Roberto Vilanova - bobvilanova@hotmail.com

O JOGO NÃO É 1 A 1 A eleição este ano em Alagoas tem duas variantes: a Internet e o marqueteiro competente. Sim, claro, tem também o politicamente correto. Nunca mais a política será a mesma depois da Internet. E o político que não souber usá-la; o político que pensar que ainda vale a regra dos velhos tempos estará fadado ao fracasso. Ou se conecta ou dança. A disputa majoritária está embolada e o jogo não será 1 a 1 – e não pode ser. Nunca, na história política de Alagoas, a eleição para governador reuniu três grandes astros: Fernando Collor, Ronaldo Lessa e Téo Vilela. O problema é que, antes, o jornal, o rádio e a televisão faziam a diferença. Mas, isto foi no século passado, porque hoje a Internet juntou os três: jornal, rádio e televisão. Com a vantagem que nenhum dos outros três veículos de comunicação tradicionais tem, que é a interação imediata. Pense nisso.

INÉDITO

NA CELA

Pela primeira vez os presos “sub judice” poderão exercer o direito de votar. Em Alagoas são 239 presos provisórios, ou seja, os que estão presos porque a Justiça ainda não cumpriu com o seu papel de julgá-los.

Serão quatro seções eleitorais extras que a Justiça teve de montar para que os presos, vítimas da morosidade da Justiça, possam exercer o direito de votar. Em Maceió, são 3 seções e mais 1 seção em Arapiraca.

No encerramento de sua campanha, João Lyra fez carreata, caminhada e comício em União com aliados

SOB PRESSÃO Funcionários públicos em Arapiraca estão sendo coagidos a trabalharem de graça. Sem direito sequer ao “vale-transporte”.

DE FORA Dos 331 candidatos que se inscreveram no Tribunal Regional Eleitoral para disputarem a eleição majoritária e proporcional em Alagoas, este ano, 25 desistiram. São 19 para a Assembleia Legislativa e 6 para a Câmara Federal.

SERIAM Seriam 26 desistências se a vereadora Rosinha da Adefal não tivesse apenas trocado de lugar. Ela se inscreveu para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa e depois optou por disputar a vaga para deputada federal.

Na reta final, Rui Palmeira apostou em carreata, em Pão de Açúcar, com apoiadores de sua candidatura

EU NÃO DISSE A disputa para o Senado deve revelar a maior surpresa da eleição este ano, menos para o senador Fernando Collor (PTB) – que acertou em cheio.

SABIA

MÃE DINÁ

O resultado da pesquisa do Ibope, encomendado pela Rede Globo/TV Gazeta e divulgado na sexta-feira, 1º, não foi novidade para o governador Téo Vilela, candidato à reeleição. Ele faz pesquisa de três em três dias.

O governador Téo Vilela acha que a coligação dele elegerá quatro deputados federais, só não adianta os nomes. Dos adversários, Téo acha que estão eleitos João Lyra, Célia Rocha, Renan Filho e Joaquim Beltrão.

FALTA UM PEDAÇO O nono deputado federal eleito é uma incógnita que o governador Téo Vilela prefere não arriscar.

PREJUÍZO

INÉDITO

O candidato a governador Ronaldo Lessa (PDT) acha que mais uma vez foi prejudicado pela indecisão quanto a validade de sua candidatura. “Infelizmente, o guia eleitoral terminou e ficou a dúvida”, disse.

O senador Fernando Collor tem certeza de que está no segundo turno e, com sabedoria, explica que a eleição este ano em Alagoas tem ingredientes jamais vistos. “Ninguém pode dizer que está eleito”, disse.

SÓ NO SAPATINHO “Não tenho nada contra ninguém. O que passou, passou” – desabafou o candidato a senador Benedito de Lira (PP).

EXPRESSAS Quarta-feira, 6, o Senado Federal vota dois projetos que beneficiam os idosos. Tratam-se dos Projetos de Lei Complementares (PLCs) 150/2008 e 156/2008. O projeto 150 reserva 3% dos imóveis financiados com dinheiro público para os idosos, e o projeto 156 reserva os pavimentos no térreo para os idosos. Alagoas é o único Estado onde haverá eleições em barracas. O senador Renan Calheiros se diz tranqüilo e garante que não haverá nenhuma novidade nesta eleição. Para todos, uma boa eleição e que vençam os melhores.

Na porta da Braskem, em Maceió, Pinto de Luna apostou no “corpo a corpo” com eleitores para pedir votos

Já quando o assunto é eleição para Câmara dos Deputados, o quadro fica praticamente traçado. Cada uma das chapas deve eleger três representantes. O quociente eleitoral deve girar em torno dos 160 mil votos. Nas listas dos mais cotados aparecem ao todo 18 nomes para apenas nove vagas. Na chapa que apoia a eleição ao governo do senador Fernando Collor, estão nomes fortes na disputa como os deputados federais Francisco Tenório (PMN) e Antonio Carlos Chamariz (PTB). O destaque ficou pela campanha do ex-deputado federal João Lyra, que, assim como a ex-prefeita de Arapiraca, Célia Rocha, está na disputa pelo posto de mais votado na eleição. Lyra fez uma das campanhas mais fortes e encerrou suas atividades com um comício em União dos Palmares. Correndo em paralelo, Ada Mello (PTB) e o jornalista Muniz Falcão (PRB). Já na coligação que reforça a campanha de Ronaldo Lessa ao governo, dois nomes largaram na frente. O exprefeito de Murici, Renan Filho (PMDB), ancorado na campanha do pai, o senador Renan Calheiros, e o deputado federal Joaquim Beltrão (PMDB), que aproveitou o atual mandato para crescer em bases. Na luta pela terceira vaga outros quatro candidatos: o atual deputado federal Maurício Quintella (PR), a vereadora Rosinha da Adefal (PTdoB), o deputado estadual Paulão e o delegado federal José Pinto de Luna, ambos tentando ser o primeiro nome do PT de Alagoas na história da Câmara dos Deputados. Na chapa governista, a disputa ficou mais difícil e tensionada, desde que o deputado Carlos Alberto Canuto (PSC) anunciou desistência da candidatura e transferiu algumas de suas bases – casos de Pilar e Cajueiro, por exemplo para João Lyra. Ele terminou empurrando uma crise dentro do grupo tucano que já contava com as fortes campanhas de Givaldo Carimbão (PSB) e Arthur Lira (PP). Ficaram correndo por fora vários nomes do PSDB, como o ex-prefeito de Penedo, Alexandre Toledo, o deputado Rui Palmeira, o ex-deputado João Caldas e o ex-vereador Jorge VI (PSC), já um pouco mais longe dos campeões de voto da chapa que está com Vilela. (A.H.L.)

Para ALE, situação de governistas é diferente Diferente da chapa proporcional para Câmara Federal, onde os problemas internos praticamente sacrificaram uma vaga da coligação, o grupo governista na corrida pelas vagas na Assembleia “nada de braçada”. Deve sair do bloco o nome mais votado da eleição, o exprefeito de Teotônio Vilela, Joãozinho Pereira (PSDB). Com ele estão ainda cotados Inácio Loiola, Gilvan Barros, Fernando Toledo, Edval Gaia, Nelito Gomes de Barros e Marcos Ferreira todos do PSDB, além de Jeferson Morais, Temoteo Correia e o pastor João Luiz pelo DEM. Também estão na luta Alberto Sextafeira, Tereza Nelma e Kátia Born, todos do PSB e a vereadora Thayse Guedes (PSC). O bloco faz entre nove e dez nomes. Em paralelo a segunda chapa mais forte é conduzida pelos que apóiam Ronaldo Lessa. No grupo estão os deputados Sérgio Toledo (PDT), Isnaldo Bulhões (PDT), que podem também ser os mais votados na eleição como um todo ao lado de Antonio Albuquerque (PTdoB), Ricardo Nezinho (PTdoB), Carlos Cavalcante (PTdoB), Jota Cavalcante (PDT)

e a deputada Flávia Cavalcante (PMDB), sem contar com Olavo Calheiros e Luiz Dantas, ambos do PMDB, e Alves Correia (PTdoB). A chapa faz entre sete e nove nomes. Em seguida a chapa de Fernando Collor com a provável eleição de quatro deputados. Na lista a coligação já vem com três nomes Cícero Ferro (PMN), Maurício Tavares e Marcelo Victor, ambos do PTB. O grupo deve ser reforçado na Assembleia com a presença do vereador Dudu Hollanda (PMN), presidente da Câmara de Maceió. No entanto, o vereador Marcelo Gouveia (PRB) não pode ser descartado por sua liderança no meio evangélico e o suplente de deputado Dino Filho (PSL) que já revelou ser um nome forte nas urnas. O PRTB conseguiu fazer uma boa coligação com o PV e com o PTN. O partido lidera a lista de nomes fortes e com chances de vitória, mas viu o crescimento de adversários das outras legendas nos últimos dias. Mesmo assim, as urnas devem trazer o deputado João Beltrão como o mais votado. Em seguida a disputa é tensa por uma vaga entre Arnon

Amélio (PMN), Almir Lira (PRTB), Cacalo (PRTB) e João Henrique Caldas (PTN), filho do ex-deputado João Caldas. O PPS montou uma boa estratégia para dobrar a bancada na ALE. Lançou nomes de médio porte aliados ao do atual deputado Marcos Barbosa, que deve ser o puxador de votos do grupo que conta com o vereador de Arapiraca, Severino Pessoa, o radialista França Moura, o líder comunitário Silvânio Barbosa e o ex-deputado federal Regis Cavalcante. Na chapa do PT, que ficou sozinho, a disputa fica mais acirrada entre quatro nomes que despontaram na campanha

na briga por prováveis duas vagas: o deputado estadual Judson Cabral, seguido por Ronaldo do INSS, Marquinhos Madeira e Patrícia Sampaio. A possibilidade é de que dois nomes sejam eleitos. Além disso, tentando somar os prováveis 55 mil votos, vem o PSOL. Com nomes fortes, a “chapa puro sangue” vem com o professor Beto Brito, a fiscal Olga Miranda, o delegado Oldemburgo Paranhos, o jornalista Mendonça Neto, o enfermeiro Wellington Monteiro e o publicitário Nilander Chaves, além de outros 30 nomes que juntos tentam eleger o primeiro estadual do partido. (A.H.L.)

HORÁRIO DE VOTAÇÃO: DAS 8H ÀS 17H. Quem vota: Pessoas com idade entre 18 e 70 anos e jovens com idade entre 16 e 18 anos que fizeram o Título de Eleitor. E quem não votar? Tem até 60 dias para apresentar justificativa na Justiça Eleitoral. O que é preciso: um documento com foto na secção onde está registrado. O que não pode: fazer boca de urna; entrar na cabine com celular ou máquinas fotográficas. O que pode: votar com a camiseta do partido, portar adesivos, broches, bandeiras, desde que em silêncio.

CMYK


Política

O JORNAL JORNA L

A4

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: politica@ojornal-al.com.br

Em AL, mulher é maioria no eleitorado Estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral também mostram que eleitores alagoanos “envelheceram” em relação a 2008 Gilson Monteiro Repórter

Os números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) trazem um retrato dos 2.034.326 cidadãos alagoanos que irão às urnas hoje, 3 de outubro de 2010, para escolher seus representantes para cinco cargos eletivos, bem como os 353 cidadãos que, este ano, resolveram disputar uma vaga para representar a sociedade alagoana em cargos eletivos. As estatísticas do TSE retratam um eleitorado majoritariamente feminino, entre 25 e 34 anos de idade e que possui apenas o ensino fundamental incompleto. Os números do TSE revelam ainda que o eleitorado alagoano “envelheceu”. Entre as eleições municipais de 2008 e as eleições gerais deste ano, a Justiça Eleitoral contabilizou uma queda de 1,81% no eleitorado menor de 18 anos. Por outro lado, o número de eleitores acima dos 70 anos de idade cresceu 0,42%. Em 2008, 64.999 eleitores entre 16 e 17 anos de idade estavam aptos a irem às urnas. Este ano, esse número caiu para 50.645 mil, uma redução de 14.354 eleitores nessa faixa-etária. Para o cientista político Alberto Saldanha, da Universidade Federal de Alagoas, a queda no número de jovens no alistamento eleitoral aponta para um alerta da insatisfação da parcela

mais jovem com a classe política. “Essa redução pode significar um alerta de que a mensagem passada pela classe política no momento não é de convite ao jovem, e sim de afastamento da juventude do processo político. Esse número demonstra a desilusão e o descrédito desses jovens com os escândalos de corrupção e com a impunidade no país”, teoriza Saldanha. MULHERES - Quanto ao quantitativo dividido por sexo, a maioria feminina segue a tendência nacional, registrando um pequeno aumento, 0,33% do eleitorado em relação às eleições de 2008. Nas eleições anteriores, 937.067 mulheres tinham título de eleitor. Este ano esse número passou de 1 milhão, chegando a 52,65% do total do eleitorado ou 1.070.577. Já os homens eram 937.067 em 2008 e hoje são 962.706. Os números em Alagoas refletem o cenário nacional, onde o eleitorado feminino alcança 51,8% do eleitorado, um total de 70.373.971 de votantes. Os homens são 48% dos votantes, ou 65.282.009. A diferença na soma do total de homens e mulheres (98.234 em 2008 e 108.000 em 2010) se deve ao fato de que antigamente o eleitor não precisa informar o sexo na hora de retirar o título de eleitor, o que esta sendo atualizado gradativamente pelo TSE.

Entre candidatos, elas ainda são minoria O número expressivo de mu- dupla não incentiva a mulher a lheres entre os eleitores não se re- se sobressair em outras áreas", flete em termos de candidatu- afirma Saldanha. ras, apesar do crescimento no número de mulheres que conPROJETOS - Diante de pescorrem às eleições. Em Alagoas, quisas que indicam que apesar dos 379 candidatos; 72 são mu- de um possível aumento, a banlheres, e 307 são do sexo mascu- cada feminina no Congresso lino. Esse 4,74% de candidatu- Nacional ficará distante dos 30% ras do sexo feminino se subdivi- exigidos pela minirreforma eleide em uma candidata ao senado; toral para candidaturas de mu12 candidatas à deputada fede- lheres; incentiva o aparecimenral; e 53 disputando as 27 cadei- to de projetos de Lei que busras de deputado estadual. Cinco cam aumentar a expressividade mulheres ainda concorrem como feminina na Câmara Federal e suplentes de senador. no Senado. Entre homens e mulheres esProjeto de lei da senadora te ano seis candidatos concorrem Marisa Serrano (PSDB-MS) preao governo do Estado, dez can- tende incentivar as candidatudidatos concorrendo a duas vagas ras femininas por meio de um no Senado Federal; 272 candidaaumento de 5% para 10% tos disputando 27 vagas na dos recursos do fundo Assembleia Legislativa do partidário para as legenEstado e 65 nomes condas que conseguiram elecorrendo a 9 vagas na ger candidatas na última Câmara dos Deputados. Dos 379 eleição geral para a Considerando o quaCâmara dos Deputados, dro regional, o Nordeste candidatos na proporção do númeocupa o último lugar em no Estado, ro de eleitas. candidaturas femininas Segundo estudo da 72 são com 19,27% dos concorUnião Interparlamentar, mulheres em 139 países o percentual rentes sendo do sexo feminino. Aregião sul tem o de mulheres no Legislativo maior numero de candiFederal seria superior ao datas, 26,47%. Hoje, no Brasil. Entre os países da AméCongresso Nacional, dos rica do Sul, apenas a Colômbia tem 513 deputados federais, apenas 45 representação feminina na Câmara são mulheres, ou 8,7%. No Sena- menor que a brasileira. Na Argendo a situação é semelhante, onde tina, as mulheres já representam apenas 19, dos 81 senadores são 40% do parlamento. mulheres, ou 19, 12, 3% do total. "Esperamos gerar, com isso, O cientista Alberto Saldanha um sistema que se retroalimennão acredita que o baixo núme- ta, ou seja: a busca por mais rero de mulheres disputando a cursos pode incentivar os partieleição seja reflexo de um supos- dos a lançarem candidatas com to desinteresse feminino no uni- maior viabilidade eleitoral. verso político. Quanto maior o número de elei"Há esse conceito, mas eu não tas, maior será o volume de reacredito que seja por aí. Acredito cursos que o partido terá direique há outros elementos, como to. O montante somente será usao conceito machista, ainda muito do para financiar candidaturas forte, onde os homens deixam femininas, atividades de incenas tarefas domésticas para as mu- tivo à filiação partidária de mulheres, que, muito atarefadas aca- lheres e à participação feminina bam não podem deslanchar em na política", disse a senadora, outras áreas, entre elas o engaja- justificando sua proposta à immento político. Essa jornada prensa. (G.M.)

40 PECs para tornar o voto facultativo Alegislação eleitoral vigente prevê que os eleitores de 16 e 17 anos, e os maiores de 70 não são obrigados a votar. Uma prerrogativa que muitos defender que deveriam ser estendidas a todos os eleitores brasileiros. Atualmente, tramitam na Câmara dos Deputados 40 Propostas de Emenda à Constituição (PEC), que prevê o voto facultativo. Pelo Código Eleitoral em vigor, quem

deixar de votar e não se justificar em até 30 dias após a eleição, pode pagar multa de três a 10 salários mínimos. A legislação eleitoral ainda impede o eleitor em débito com a Justiça Eleitoral de participar de concurso público, obter carteira de identidade ou passaporte e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo. (G.M.)

De acordo com dados do TSE, as mulheres já são mais da metade dos eleitores alagoanos, totalizando mais de 70 milhões de votantes

Analfabetos são 15,97% do eleitorado alagoano Uma das maiores preocupações em uma eleição geral, com seis votos para serem digitados na urna eletrônica, é a demora dos eleitores analfabetos na hora de votar. Em Alagoas, 325 mil eleitores são analfabetos, ou seja, 15,97% dos 2.034.326 de eleitores do Estado. O número deixa Alagoas na desconfortável posição de primeiro colocado no ranking de eleitores analfabetos entre os 27 estados da federação. Entre os estados nordestinos, a menor taxa de analfabetismo fica no Rio Grande do Norte, que possui 200.917 (8,14%), pró-

ximo da metade do eleitorado analfabeto de Alagoas. Os chamados analfabetos funcionais, que apenas sabem ler e escrever chega a 472.014 eleitores, ou 23,20%. Em Alagoas, o número de eleitores que irão às urnas hoje sem saber ler ou escrever é 10 vezes maior do que o total de eleitores com formação no ensino superior, que é menos de 2% do eleitorado (39.063 eleitores). Eleitores com ensino superior incompleto chegam 29.522, ou 1,45%. A maior fatia do eleitorado na classificação por grau de ins-

trução se localiza no ensino fundamental incompleto, que detém 32%, ou 651.018 eleitores. Outros 90.178, ou 4.43% tem o ensino fundamental completo. 160.309, ou 7.88% do total de eleitores cursaram até o ensino médio completo. (G.M.) "COMPROMISSO" - Sobre o alto índice de eleitores analfabetos, o cientista político Alberto Saldanha diz que o dado é incoerente com uma sociedade democrática, mas o especialista pondera, rejeitando a tese de alguns formadores de opinião que atribuem à parcela de analfabe-

tos a culpa pela baixa qualidade de muitos representes eleitos. "Tem que haver um compromisso dos governos com a extinção do analfabetismo, pois uma sociedade que se quer democrática e justa não pode conviver com um número tão alto de analfabetos. Compreendo que os analfabetos não possuem muita informação para tomar determinadas decisões, porém, é injusto querer culpa essa parcela de analfabetos por esse quadro de corrupção que temos aí. Esse quadro se deve a toda a sociedade, analfabetos ou não", teoriza Saldanha. (G.M.)

ALAGOAS - ELEIÇÕES 2010 ELEITORADO

2.034.326

HOMENS

962.706 (47%)

MULHERES

1.070.577 (52,62%)

ANALFABETOS

325.009 (15,97%)

Saldanha diz que baixa qualidade de eleitos é culpa de toda a sociedade

ENCHENTES

Juízes estão preocupados com desconforto na votação em tendas Além das filas habituais, os eleitores de Branquinha e Santana do Mundaú, na Zona da Mata, deverão ter um desconforto a mais na hora de votar, considerando que as tendas do Exército são suficientes para abrigar apenas a estrutura da secção eleitoral- a cabine de votação e os mesários - deixando os eleitores expostos ao sol na parte externa das tendas. O desconforto poderá ser grande, considerando a previsão do tempo para o domingo, dia da eleição, com a temperatura máxima nas duas cidades podendo chegar aos 30 graus. Seis tendas - quatro para votação e duas para apoio, já instaladas em Branquinha; e 25 em

Santana do Mundaú, sendo uma delas para apoio -, substituirão os prédios públicos destruídos pela enchente do mês de junho. Em Branquinha, a prefeitura planeja instalar barracas na parte externa das tendas para amenizar o desconforto. “A cidade foi uma das mais atingidas pela enchente, e a saída foi utilizar as tendas. Porém, observamos esse problema com relação aos eleitores ficarem do lado de fora expostos ao sol ou a chuva. Isso pode complicar as coisas. Aqui em Branquinha, a prefeitura disse que deverá instalar duas tendas para que a população possa se abrigar. Esse desconforto preocupa, pois, além

disso, temos as filas”, avalia a juíza eleitoral da 9ª zona eleitoral, Aída Cristina, que abrange Branquinha e Murici. Com relação à segurança da votação nesses locais improvisados, a magistrada se diz tranquila. “A segurança da votação está sob controle, quanto a isso não há problema, pois Branquinha está incluída em todos os planejamentos de segurança das eleições”, avalia Aída Cristina. TRANSFERÊNCIA - Em União dos Palmares não será necessário utilizar as tendas, porém três das nove escolas utilizadas em eleições anteriores para a votação permane-

cem ocupadas por família desabrigadas da enchente. Com o impasse, as seções eleitorais foram transferidas para outras escolas. A Justiça Eleitoral também irá disponibilizar oito ônibus para facilitar a locomoção dos eleitores, por causa da distancia dessas escolas do centro da cidade. Com a mudança, mais de 16 mil eleitores votarão em novos locais, que estão sendo anunciados em emissoras de rádio locais. Os desabrigados resistem em desocupar as três escolas porque parte das barracas ainda não foram instaladas, e algumas delas não possuem estrutura como banheiros químicos e cozinha comunitária.

CMYK


O JORNAL

Nacional

A5

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: nacional@ojornal-al.com.br

Mais de 135 milhões vão às urnas hoje Brasil realiza sua sexta eleição direta consecutiva para presidente da República; nove disputam o Planalto Agência Senado O Brasil realiza hoje sua sexta eleição direta consecutiva para presidente da República, fato inédito desde a Revolução de 30. Os mais de 135 milhões de eleitores já garantem a maior eleição da história do País, na qual serão escolhidos também 27 governadores e vices, 54 senadores, 513 deputados federais e 1.059 deputados estaduais e distritais, totalizando 1.682 cargos. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de 22,5 mil candidatos se registraram para tentar um mandato eletivo a partir do ano que vem. São nove candidatos a presidente da República, 171 candidatos a governador e 273 a senador - e cada um destes é eleito com dois suplentes. Nas eleições proporcionais, são 6.036 candidatos a deputado federal e 15.280 candidatos para deputado estadual ou distrital. Será a oitava eleição seguida para governador, a quarta após a promulgação da emenda constitucional 16/97, que permitiu a reeleição de chefes do Poder Executivo. Neste domingo estão aptos a votar 135.804.433 brasileiros. A maioria, mulheres (51,82% do total, ou 70.373.971 votantes). Os eleitores homens somam 65.282.009, ou 48,97% do eleitorado - o TSE não tem dados sobre o sexo de 148.453 eleitores (0,11%). Quase um quarto dos eleitores (24,15%, ou 32.790.487) tem entre 25 a 34 anos. O voto é obrigatório para os maiores de 18 anos e facultativo para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os que tenham entre 16 e 18 anos. De acordo com o TSE, os eleitores com 16 e 17 anos somam 2.391.252 eleitores e há 9.395.016 eleitores

Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) figuram como os principais candidatos à Presidência; País também escolhe hoje novo Congresso e novos governadores

com mais de 70 anos. As diferenças regionais estão presentes: enquanto São Paulo tem 30.301.398 eleitores, Roraima conta com 271.890 votantes. No exterior, votam 200.392 brasileiros, em 154 cidades. Mais de 66 mil votam em 10 cidades dos Estados Unidos. Os maiores eleitorados brasileiros

foram do País estão em Nova York (21.076 eleitores), Lisboa (12.360) e Boston (12.330). NOVIDADES - O pleito de 2010 traz várias novidades, como o voto em trânsito para presidente da República, disponível nas capitais dos estados. Mais de 80 mil eleitores se inscreveram para votar em

local diferente de sua zona eleitoral no primeiro turno, sendo 12.750 em São Paulo e 8.097 em Brasília. É também a primeira eleição a ter regulamentada a campanha pela internet. A rede mundial de computadores pôde ser utilizada para arrecadar doações e também a prestação de contas dos candida-

tos pôde ser acompanhada pela internet em tempo real. Outra novidade é o voto de presos provisórios e adolescentes em unidades de internação em todos os estados, à exceção de Goiás. Haverá locais de votação em 424 estabelecimentos prisionais e unidades de internação de adolescentes, onde devem votar mais

Eleição deve ser definida no 1º turno em 17 estados e no DF IG/Último Segundo Se confirmadas as projeções apontadas pelas pesquisas de intenção de voto, as disputas pelos governos estaduais serão encerradas logo no primeiro turno em pelo menos 18 unidades da Federação. Levantamento realizado pelo iG aponta que, neste ano, mais governadores tendem a ser eleitos ou reeleitos já neste domingo, em comparação às últimas três disputas eleitorais. Esse cenário aparece em pesquisas no Acre, Amazonas, Pará, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Sergipe, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Espírito Santo, Minas

Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul. Isso significa que, em tese, para 89,4 milhões de eleitores quase 66% do eleitorado nacional -, a eleição para governador deste ano deverá ser encerrada sem necessidade de segundo turno. Em 1998, um ano após entrar em vigor a emenda da reeleição, pouco mais da metade dos governadores (14) foi eleita no segundo turno. Na eleição seguinte, o número foi ainda menor: 13. Em 2006, as eleições foram encerradas mais cedo em 17 regiões – um recorde até então. O levantamento do iG tomou por base recentes pesquisas eleitorais e informações

do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste ano, o quadro segue indefinido em quatro Estados. Em apenas cinco a campanha se encaminha para o segundo turno (Alagoas, Amapá, Piauí, Rondônia e Santa Catarina). A eleição de 2010 tem 19 governadores que tentam a reeleição – dez deles têm chances de liquidar a fatura já no próximo domingo. Entre os favoritos está Eduardo Campos (PSB), que tem 70% das preferências dos eleitores em Pernambuco. Apenas nove governadores que estão na disputa se elegeram em 2006 - os demais assumiram após renúncia, cassação ou morte dos “titulares”.

POLARIZAÇÃO - Para o cientista político Celso Roma, especialista em partidos, a situação pode ser explicada pelo fato de as alianças, na atual campanha, terem sido formadas em torno do eixo “governo/oposição”, cuja polarização, segundo ele, é cada vez mais nítida. Com duas forças opostas, os partidos abrem mão de lançar candidaturas próprias e se agrupar conforme as alianças no plano nacional – com aliados do PT, de um lado, e do PSDB, de outro. O resultado é que as eleições estaduais, como a presidencial, passam a contar cada vez mais com apenas dois candidatos com chances reais de vitória. O cientista político tam-

bém vê a influência do eleitor no aumento de chances de decisão em primeiro turno. “Além disso, por causa dessas alianças, o eleitor atribui cada vez mais valor ao cálculo para não desperdiçar voto (numa terceira via menos competitiva). Esses votos não se pulverizam em cinco ou seis candidatos”, explica. Para o cientista político, a polarização das alianças em torno do PT e do PSDB neste ano está mais acirrada em relação a disputas anteriores. A polarização é neutralizada justamente em Estados onde há candidatos competitivos de partidos que optaram por não se coligar com os candidatos do PT ou do PSDB no plano nacional.

Constituição de 1988 instituiu os dois turnos de votação A eleição em dois turnos foi instituída pela Constituição de 1988, para garantir a maioria dos votos ao presidente da República e aos chefes do Poder Executivo em todos os estados e nos municípios com mais de 200 mil habitantes. Este ano, o primeiro turno ocorre no dia 3 de outubro, enquanto o segundo, se necessário, será em 31 de outubro (primeiro e último domingos de outro, respectivamente) Os dois turnos são considerados eleições independen-

tes, portanto quem não votar no primeiro turno poderá votar no segundo. Conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o eleitor não precisa apresentar o título eleitoral para votar em sua seção, bastando um documento oficial com foto. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão em segundo turno vai de 16 a 29 de outubro. A votação ocorre das 8h às 17h, pelo horário local. Os diferentes fusos horários em utilização no Brasil obrigam

esperar pelo término da votação no último Estado para que se inicie a divulgação dos resultados para Presidência. É proibido entrar na cabine de votação com telefone celular, máquinas fotográficas, câmeras de vídeo ou qualquer outro equipamento que possa comprometer o sigilo do voto. Os eleitores podem ir votar portando bandeiras e broches de candidatos, desde que fiquem em silêncio. Já os mesários não poderão utilizar qual-

quer propaganda. Também é proibida a distribuição de material de campanha após as 22h do dia anterior à eleição. JUSTIFICAÇÃO - Quem estiver fora de sua zona eleitoral terá de justificar sua ausência, no dia da eleição, em qualquer local de votação ou posto de justificativa, entre 8h e 17h, com o formulário de requerimento de justificativa eleitoral devidamente preenchido e um documento oficial com foto. Caso o eleitor deixe de

votar por motivo de doença ou outro, ele deve procurar seu cartório eleitoral até 60 dias depois das eleições. Quem não justificar terá pagar uma multa de aproximadamente R$ 3. Do contrário, fica impedido de inscrever-se em concurso público, participar de concorrências, obter empréstimos em instituições financeiras do governo, receber remuneração de função ou emprego público e obter passaporte ou carteira de identidade, entre outras sanções.

de 20 mil eleitores. As eleições de 2010 terão ainda 1,1 milhão de eleitores, em 60 municípios de 23 estados, identificados pela impressão digital. Em 2008 a identificação biométrica foi utilizada nas cidades de Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São João Batista (SC), que repetem agora a experiência.

Força Nacional vai atuar com a PF Sete mil policiais federais e 711 homens que fazem parte da tropa das Forças Armadas vão atuar nas eleições neste domingo. De acordo com o Ministério da Justiça, o objetivo é evitar qualquer tipo de fraude ou crime eleitoral e garantir a segurança dos eleitores. Essa é a primeira vez que a Força Nacional de Segurança Pública vai auxiliar no dia da votação. O ministro Luiz Paulo Barreto informou que práticas como compra de votos, boca de urna, voto de cabresto e transporte irregular de eleitores serão coibidas pela PF em parceria com a Força Nacional. Barreto também afirmou, durante entrevista coletiva na tarde de sextafeira, que a PF terá unidades volantes em 247 municípios do País. Segundo ele, quatro Estados (Pará, Amazonas, Rio Grande do Norte e Alagoas), além do Distrito Federal, pediram reforço à PF para o domingo. “A Polícia Federal reforçou o efetivo nestes Estados, mas dará apoio em todo o País”, explicou o ministro. Durante a entrevista, Barreto elogiou a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de derrubar a obrigatoriedade de apresentar o título eleitoral e um documento com foto para votar. Para o ministro, “significa o exercício da cidadania acima da democracia. A ideia é permitir que o brasileiro manifeste de forma cada vez mais efetiva seu direito de voto”.

CMYK


O JORNAL

Opinião A6

Flora e florestas “Refere-se a todas as espécies vegetais localizadas no território nacional” Alder Flores Alder Flores, advogado, químico, esp. em Direito, Engenharia e Gestão Ambiental, auditor Ambiental As normas ambientais utilizam os termos flora, floresta e mata, sem estabelecer uma definição de cunho legal. Considerando a importância do conhecimento científico no estabelecimento do direito, cabe ressaltar esses conceitos, visando uma maior clareza sobre o que é legalmente protegido pela lei. A flora consiste num conjunto de plantas de uma determinada região ou período, listadas por espécies e consideradas como um todo. Pode-se entender que a flora, objeto de proteção constitucional, refere-se a todas as espécies vegetais localizadas no território nacional, constituindo o gênero, do qual cada tipo de vegetação constitui uma espécie. Uma questão que deve ser observada diz respeito, a saber, se, nesse conjunto de espécies que compõe a flora, estão inclusas as espécies exóticas ou apenas a vegetação nativa que forma a flora nacional. Isto em outras palavras quer dizer: o critério que define as espécies componentes da flora brasileira, protegida pelo direito, é a localização da espécie, qualquer que seja sua origem, ou apenas o fato de ser nativa? Neste sentido o Código Florestal, em seu artigo 1º, estabelece a proteção das florestas existentes no território nacional e nas demais formas de vegetação, sem distinguir o que é espécie nativa e espécie exótica. Poderá ai haver um tratamento distinto para essas duas categorias, todavia em normas específicas. No entanto ambas compõe a flora brasileira. A flora constitui gênero, do qual as florestas são espécie, constituindo essas últimas. É importante ter em mente que a floresta não dissocia do ecossistema, mas é parte integrante do mesmo. Qualquer dano que um venha a sofrer atingirá os demais componentes, por serem todos parte de um todo: meio físico, floresta e fauna traduzidos em biodiversidade. As florestas, o solo, a água e diversidade biológica são elementos indissociáveis, que formam ecossistemas. As florestas retêm a umidade do solo, mantêm o sistema pluvial e abrigam a fauna. Entretanto é bom salientar que não são apenas as florestas que possuem importância ecológica. Outros tipos de vegetação como, por exemplo, o cerrado, o mangue e a caatinga exercem fundamental papel, não apenas na fixação do solo, evitando a erosão, como também fazendo parte integrante dos ecossistemas que abrigam a fauna que compõem a rica biodiversidade brasileira. De uma maneira sucinta o mangue é um ecossistema formado por uma associação muito especial de animais e plantas que vivem na faixa entre-marés das costas tropicais baixas, ao longo dos estuários, deltas, águas salobras interiores, lagoas e lagunas. Ao contrário de outras florestas, os manguezais não são muito ricos em espécies, mas destacam-se pela abundância das populações que neles vivem. Por isso são considerados um dos mais produtivos ambientes naturais do Brasil. Já a caatinga é um tipo de vegetação brasileira, característica do Nordeste, formada por espécies arbóreas espinhosas de pequeno porte, ocupando cerca de 7% do território brasileiro. O bioma caatinga é único apesar de se localizar em área de clima semi-árido, apresentando grande variedade de paisagem, relativa riqueza biológica e endemismo. Atualmente os ecossistemas do bioma caatinga infelizmente encontram-se bastante alterados, com a substituição de espécies vegetais nativas por cultivos e pastagens. O desmatamento e as queimadas são ainda práticas comuns no preparo da terra para a agropecuária que, além de destruir a cobertura vegetal, prejudica a manutenção de populações da fauna silvestre, a qualidade da água e o equilíbrio do clima e do solo. Finalizando, é importante enfatizar que sobre o aspecto terminológico a Constituição Federal não adotou qualquer sistemática para abordar o tema, mencionando os termos flora e florestas indistintamente.

Meu reencontro com Tereza: realidade sob a forma de utopia “Há sempre uma nova luz e uma nova chance de sobrevivência” Zélia Tenório de Araújo Pedagoga Bem ali, naquela esquina, parece se encontrar o final da rua. Dirijo-me para lá, cambaleando e só. Impossível retornar, agora, quando as minhas opções não prevalecem. Acredito não haver utilizado a melhor vestimenta, nem haver me preparado para fazê-lo da melhor forma possível, mesmo tendo sido favoráveis as oportunidades. Não consegui capacitarme ou os mestres não me proporcionaram a aprendizagem propicia. Olho para o meu eu, e, principalmente, aprecio o meu aspecto físico. Acredito haver transformações recentes enquanto permaneci pelas ruas e avenidas ora iluminadas, ora às escuras. Os meus cabelos, parecidos com a neve, impõem certo respeito aos caminhantes que comigo empreendem o mesmo percurso. O meu corpo procura manter o porte erecto, como se a elegância fosse ainda prioridade, mas absorve os gemidos do meu interior que não suporta as dores, o cansaço, a exaustão. Enfim, caminho há décadas, mesmo me libertando de quedas e tropeços. Meu coração se mantém intacto, às vezes sutil, no seu labor incansável. Sabe armazenar o que vem de fora sem fazer alardes. Os meus olhos continuam avistando o horizonte, essa linha inquebrantável, fixa, reta, que demarca o contorno entre o céu e a terra. Avisto a paisagem verdejante das campinas que tanto busquei, bordadas de flores, de pétalas eternas, de hastes que se entregam à brisa perfumada e fresca sem se romperem nunca. Esse cenário eu sempre apreciei nos meus sonhos, até armazená-los em todos os instantes em que a vida me abraça. Agora, sigo lentamente para angariar mais tempo. Pouco a pouco, procuro livrar-me do suor que reveste o meu corpo. Enxugo a fronte, e, ainda me sirvo do velho espelho de moldura rústica, para constatar que as rugas não estão acentuadas, apesar da insistência das mesmas. A bagagem que as minhas mãos sustentam parece volumosa, mas não posso me desfazer delas; representam o bem ou o mal que pratiquei enquanto cruzei estradas desde o início. Como se fosse um filme de cenários escancarados, onde uma infinidade de atores fez parte do elenco, assisto cada capítulo uma vez mais, estarrecida, sorrindo ou chorando, aplaudindo ou esbanjando críticas, declarando para mim e para os vizinhos de caminhada que o tempo não se esgotou ainda e posso desmanchar algumas cenas desagradáveis, ou permutá-las por outras de melhor timbre. Há sempre uma nova luz e uma nova chance de sobrevivência. Preciso agir como nunca, exercitar as forças restantes, reorganizar o meu mundo, a minha rua, o meu lar para que a minha passagem ofereça lembranças válidas. Apresso-me para alcançar a primeira esquina, livre como as aves que transitam pelo espaço, sem temor algum ou remorso por haverem pousado em lugares incertos. Sinto saudades daqueles que passaram, nunca mais retornaram, como você, Teresa, e, nem me foi possível acompanhá-los até a próxima parada. A saudade também deu origem aos fios de algodão fincados nos nossos cabelos e vestígios de rugas anunciadas no nosso rosto. A saudade, minha doce amiga, foi bem capaz de consumir o nosso jeito de sonhar com a permanência real daqueles que representam a razão da nossa existência. No entanto, eu prossigo acariciando-a, utilizando-a, por que é melhor que ela lateje, pulse e exista dentro de nós, do que nos esquivarmos de fazê-lo. Busco alguma parada para que o meu cansaço seja aliviado e as forças se renovem. Procuro, neste reencontro, dizer-lhe que a vida é uma esperança contínua, muito mais recebemos do que doamos e vale a pena insistir no bem que desejamos. Será válido, Teresa, buscar o aconchego do nosso eterno Amigo, oferecer-lhe amor e confiança, o coração como abrigo, a fragilidade das nossas mãos como sustentáculo, para que Ele nos auxilie como sempre o fez. Nosso Amigo, minha amiga, está ali, no próximo passo ou na próxima esquina. Caminhemos juntas, como sempre o fizemos. A felicidade permanecerá conosco, enquanto O colocarmos como prioridade.

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: opiniao@ojornal-al.com.br

É hora de votar Nos últimos quatro meses, você leu, com certeza, aqui em O JORNAL todos os detalhes da corrida eleitoral. Acompanhou a composição das chapas em todas as instâncias, bem como teve informações sobre convenções partidárias de todos os partidos que disputam estas eleições. Viu de perto como foram feitas as campanhas dos principais candidatos, com propostas, ataques, acordos e rachas. Observou o desenrolar de operações que combateram a compra de voto. Teve acesso a pesquisas em todos os cargos e assistiu a favoritos descerem e azarões subirem. Resumindo: você, leitor de O JORNAL, está preparado para votar. Em todos os cargos que estão em disputa desde o deputado estadual até o governador, passando pelo deputado federal. Você sabe também que nestas eleições votamos em dois senadores e, é claro, os nomes na disputa presidencial – a mais importante desde a redemocratização, pois será a primeira vez que o presidente Lula não estará entre os

candidatos. Logo ele, que perdeu naquela eleição em 1989 e hoje entra para história como o mais popular líder do Brasil. Hoje chega o dia das eleiçções. Serão longas filas em muitas secções. Provavelmente, muitos eleitores vão se enrolar na hora de votar e complicar. Muita gente também vai votar cedinho para ir à praia, além daqueles que fazem questão de viajar para poder justificar e “não participar do processo eleitoral” – isso também faz parte do jogo. No fim do dia, também terá a expectativa para saber quem serão os eleitos e o que será feito caso exista um segundo turno. Portanto, o alagoano e o brasileiro contam com uma arma democrática e devem usá-la sem medo de ser feliz. É importante chegar à urna com escolhas decididas, pensadas e muito bem refletidas de quem pode fazer o melhor por Alagoas e pelo Brasil. O resto é acreditar e esperar o futuro... e que ele venha com mais alegrias do que tristezas.

Ponto de vista

San

Leitura de mundo “Possibilitou que milhares de trabalhadores pudessem sonhar com o diploma de curso superior” Zoroastro Neto Professor universitário Dizem que a educação é o maior patrimônio da humanidade; outros dizem que é o único caminho para a liberdade; outros afirmam que a educação pode alienar... Mas todos concordam que educação é desenvolvimento! A educação é um processo contínuo de transformação do homem na, e pela, sociedade; é uma alternativa em potencial, quando agrega possibilidades de desenvolvimento econômico e social do país. É agir de maneira sistemática sobre o ser humano, tendo em vista prepará-lo para a vida num determinado meio social. É a ação de transmitir às crianças, aos jovens e adultos os princípios, valores, costumes, ideias, normas sociais, regras de vida as quais precisam conhecer para conviver! É, finalmente, o meio por excelência pelo qual a sociedade perpetua e recria as condições de sua própria existência. Com o processo de industrialização ao lado de um esforço de obtenção de capital e tecnologia e de um programa intenso de erradicação do analfabetismo, o mercado de trabalho tornou-se exigente e os trabalhadores necessitaram de uma formação mais aprofundada das técnicas, sobretudo permeando a filosofia e a sociologia, bases do conhecimento enquanto diferencial competitivo na sociedade contemporânea. À consciência, adquirida mediante a formação e ao desenvolvimento intelecto-social, unem-se as mudanças nas empresas e no mundo do trabalho, não mais fomentador do imprevisível ou do imediatismo, mas propulsor da inovação, planejamento e do pensamento flexível, dando lugar ao modelo taylorista-fordista. Pensando assim, padre Teófanes Augusto de Barros funda o Cesmac há 34 anos. Uma institui-

ção que privilegia o capital humano, formando talentos e profissionais competentes, ou seja, preparados para a sociedade do conhecimento no século XXI! Se traçarmos uma linha do tempo situando historicamente a concretização daquela ideia, o velho padre, em pleno regime militar, foi o empreendedor do século XX, que superando as barreiras daquele momento possibilitou que milhares de trabalhadores pudessem sonhar com o diploma de curso superior, sem deixar seus afazeres do trabalho, e ainda à noite cursar uma faculdade, o que certamente era a única esperança de melhorar sua condição de vida. Certamente, a concepção de um centro de estudos, antes com nove cursos de graduação, hoje com mais de vinte, assegurou que conhecer não é simplesmente ver a realidade, como se ela se estampasse mecanicamente pronta e perfeita no olhar aberto, mantido em atitude receptiva. Para padre Teófanes conhecer foi resultado do olhar... de um olhar para inclusão, de uma leitura de mundo (aqui destaco Paulo Freire)! Passados 38 anos, o Cesmac ultrapassa barreiras, inova e conquista espaços pelos diferenciais que o tornam um centro universitário de credibilidade e respeito, com seus cursos de graduação e pós-graduação, laboratórios, clínicas, iniciação à pesquisa, revistas, bibliotecas, coral formado por alunos e colaboradores, cursos de extensão, portal universitário, central de estágios, professores comprometidos, colaboradores dedicados, entre tantos outros elementos que, vistos na totalidade, fazem daquela instituição um caso de sucesso, atualmente sob as batutas do reitor João Sampaio e do vice reitor Douglas Apratto.

O JORNAL Diretor-Executivo Petronio Pereira petronio@ojornal-al.com.br

Marcial Lima Professor Um texto publicado ganha sentidos vários, em razão direta à subjetividade de cada leitor, que elege um determinado juízo de valor conforme seu repertório de vida. Movido por tal fato, um amigo indagou o porquê de focalizarmos “o passado”, trazendo à luz propostas levadas ao poder público; nunca consideradas pelo destinatário, não percebidas pelos formadores de opinião. O que nos move é o sentimento de, com os pés no Maceió de hoje, estarmos enfatizando possibilidades, propondo decisões que poderão influir na qualidade de nosso futuro. Falamos de um presente que é o que é porque continua sendo o que sempre foi. Uma leitura atenta fará ver que o nosso tempo é o agora e o lugar é aqui. Expondo o proposto em um passado recente, sem qualquer eco junto ao poder constituído, questionamos se os órgãos públicos devem continuar valorizando a sazonalidade imposta pelos acordos préeleitorais, que se esvaem em prazos que não ultrapassam a sedimentação das coligações, ou se já é hora de pensarmos em horizontes mais largos, que, embora sem ignorarmos a realidade que pede a conjugação de forças, a condicione a compromissos indutores de processos condizentes com a ética das prioridades, capazes de transpor limites meramente pessoais ou de agrupamentos resistentes ao caminhar da história, que se repetem a cada dois anos, fechando-se em si próprios, sempre atentos às rebarbas do poder. Ao colocarmos os números que expressam as desigualdades que deterioram nossas relações sociais, ao sugerirmos uma ação onde a cultura atue propiciando o desenvolvimento humano, dizemos que, além das favelas que nos saltam aos olhos, existem no Jacintinho, Feitosa, Barro Duro, Sítio São Jorge, Canaã, Jardim Petrópolis, Pinheiro, Santo Amaro, Pitanguinha, Gruta de Lourdes, chãs de Bebedouro e da Jaqueira, Garça Torta, Antares e Benedito Bentes, 34 grotas, onde seres humanos gritam por dignidade; damos visibilidade a um universo estigmatizado como naturalmente violento, o que pereniza estereótipos, a custo da vida de centenas de jovens. Agora em 2010, o Município, através da Secretaria de Direitos Humanos, se compromete com ações resultantes de um diagnóstico consistente quando foram ouvidos os mais variados e representativos segmentos da comunidade - onde Saúde, Educação, Economia Solidária, Meio Ambiente, Esporte, Turismo e Cultura atuem integrados. O objetivo é mobilizar os diversos atores sociais, alinhando políticas públicas em busca da redução da violência letal que vitimiza a população juvenil. Torçamos para que o rescaldo dos embates eleitorais, a partidarização, não venham frustrar as expectativas da comunidade. Cartas à Redação: opiniao@ojornal-al.com.br

EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br site: www.ojornalweb.com Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600 - Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

REPRESENTANTE NACIONAL

PABX (082) 4009-1900

Chefe de Reportagem - Vera Valério redacao@ojornal-al.com.br

FAX/REDAÇÃO (082) 4009-1950

SÃO PAULO: (11) 2178-8700

FAX/COMERCIAL (082) 4009-1960

BRASÍLIA: (61) 3326-3650

Editor de Política - José Árabes politica@ojornal-al.com.br Editora Nacional/Internacional - Vera Alves nacional@ojornal-al.com.br Editor de Economia - Marco Aurélio economia@ojornal-al.com.br Editor de Esportes - Victor Melo esportes@ojornal-al.com.br Editora de Cultura - Alessandra Vieira cultura@ojornal-al.com.br Editor de Veículos - Gabriel Mousinho veiculos@ojornal-al.com.br Editora de Turismo - Nide Lins turismo@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial Eliane Pereira comercial@ojornal-al.com.br

“É o que é porque continua sendo o que sempre foi”

Coordenador Editorial - Voney Malta vfamalta@ojornal-al.com.br

Editora de Cidades - Flávia Batista cidade@ojornal-al.com.br

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

O tempo é agora

Editor Gráfico - Alberto Lima albertolima@ojornal-al.com.br Editor de Fotografias - Marco Antônio marcoantonio@ojornal-al.com.br

FTPI

CLASSIFICADOS (082) 4009-1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (082) 4009-1919 Vendas avulsas Alagoas: Dias úteis - R$ 1,00 Domingos - R$ 2,00 Nºs atrasados - R$ 4,00 Outros estados: Dias úteis - R$ 3,00 Domingos - R$ 5,00 Assinaturas em Alagoas: Semestral - R$ 185,00 Anual - R$ 370,00

RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588

RECIFE: (81) 3446-5832 www.ftpi.com.br Sucursais MARAGOGI – SUCURSAL COSTA DOS CORAIS PRAÇA BATISTA ACIOLY, Nº 17 CENTRO – FONE – 3296-2221 E-MAIL: maragogi@ojornal-al.com.br ARAPIRACA – SUCURSAL AGRESTE AVENIDA RIO BRANCO, 157, SALA 10 CENTRO - FONE - 9933-4999 - Comercial E-MAIL: arapiraca@ojornal-al.com.br

Assinaturas em outros estados: Anual - R$ 560,00 / Semestral - R$ 280,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL


Nacional

O JORNAL JORNA L A7

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: nacional@ojornal-al.com.br

Voto em “ficha suja” será divulgado TSE afirma, contudo, que ele não será computado ao resultado oficial das eleições até ser definida situação de sub judices BRASÍLIA - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de sexta-feira divulgar os votos recebidos pelos candidatos barrados pela Justiça. A publicidade acontecerá de forma separada do resultado oficial da eleição. Entre os candidatos com registro indeferido estão alguns considerados "ficha suja". Ao todo, o TSE já recebeu 1,9 mil recursos de candidaturas impugnadas. A proposta de divulgar os votos de candidatos que tiveram o registro indeferido foi levada ao plenário pelo presidente Ricardo Lewandowski. O pedi-

do para que se divulgasse os votos partiu do PP. O presidente do TSE conversou com a área técnica do tribunal e sugeriu a divulgação dos votos no site do tribunal após a totalização oficial dos votos. Os votos dos candidatos barrados serão divulgados de forma separada, sem que se misture estes votos com os dos outros que disputam a eleição. Estes votos também não serão computados na hora de se proclamar o resultado das urnas. Se posteriormente o candidato obtiver na justiça uma decisão que libere seu registro, os votos

serão incluídos dentro da totalização oficial. O ministro Marco Aurélio Mello foi o único que questionou a regra. Ele entende que os votos deveriam ser divulgados juntos. Alertado que a área técnica disse não mais ser possível fazer mudança nos sistemas, ele acompanhou a decisão da divulgação em separado. Até as últimas eleições, os votos em candidatos nessa situação iam para a legenda, ou seja, eram contabilizados na hora de calcular quantas vagas cada partido teria no Congresso, por exemplo. Uma mudan-

ça na legislação, porém, determinou que esses votos sejam considerados nulos. O ministro Marco Aurélio, porém, já adiantou que pretende questionar essa mudança. Ele sugeriu que a alteração não teria força para "derrubar" o código eleitoral neste aspecto. Marco Aurélio disse que pretende ainda discutir este tema em plenário em outra ocasião. MALUF E JADER - Por estarem por enquanto barrados pela nova lei, campeões das urnas como Paulo Maluf (PP-SP) e Jader Barbalho (PMDB-PA)

Todos os municípios terão urnas biométricas em 2018

terão seus votos considerados a princípio “nulos” no domingo. Mas se vencerem a batalha jurídica posteriormente, os votos que receberam passarão a valer, e deverá haver nova proclamação de resultados. Isso pode levar a uma mudança substancial do cálculo das bancadas e do quadro dos eleitos, tanto no Congresso quanto nos governos. Desde as eleições de 2006 a jurisprudência do TSE define que ficam “suspensos” os votos recebidos pelos políticos que não conseguiram o registro da candidatura, mas tenham recurso

ainda em análise pela Justiça. Em 2009, o Congresso aprovou minirreforma eleitoral colocando essa regra na lei. A novidade nessas eleições é que a Lei da Ficha Limpa levou para essa categoria de candidatos sub judice figurões da política nacional. Maluf, por exemplo, foi o deputado mais votado do país em 2006, com 740 mil votos. De acordo com o TSE, 3.162 políticos em todo o país (14% do total dos candidatos) tiveram o registro negado por Tribunais Regionais Eleitorais -224 devido à Lei da Ficha Limpa.

PEC prevê voto facultativo aos 65 anos

Agência Câmara Agência Senado A biometria, uma nova forma de identificação ainda em fase de testes pela Justiça Eleitoral, será utilizada no pleito deste ano – serão 60 municípios de todas as regiões brasileiras. A tecnologia permite identificar uma pessoa a partir das características de sua íris, retina, impressão digital, voz e formato do rosto e da mão. No sistema biométrico brasileiro, o eleitor é identificado por sua digital e também pela fotografia, que é reproduzida na folha de votação manuseada pelo mesário. Foi utilizada pela primeira vez nas eleições municipais de 2008 em São João Batista (SC), Colorado do Oeste (RO) e Fátima do Sul (MS). A Justiça Eleitoral deverá equipar, até 2018, todos os municípios brasileiros com urnas

Tecnologia de identificação do eleitor através da impressão digital garante total segurança à votação

biométricas, aumentando a segurança da votação e concluindo a informatização do processo eleitoral. Até agora, apenas a identificação do eleitor permanece manual, sendo ele-

trônicas a votação e apuração dos votos. Após entregar o título ao mesário, o eleitor registrará o dedo no sensor biométrico, que desbloqueará ou não a urna

eletrônica para seu voto. A troca do título pela impressão digital ainda depende da montagem de um banco com as impressões de três dedos de cada eleitor.

Está pronta para entrar na pauta de votações do Plenário do Senado a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 34/04 que reduz de 70 para 65 anos a idade em que o voto passa a ser facultativo. A intenção, segundo o autor da proposta, senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS), é dar uniformidade ao tratamento legal em favor do idoso, harmonizando na legislação eleitoral, na Constituição federal e em outras leis infraconstitucionais a idade em que os idosos são agraciados com benefícios. Ele argumenta que nas normas constitucionais e na legislação infraconstitucional a idade padrão para fins de direitos diferenciados e pro-

teção especial é fixada em 65 anos. Zambiasi cita exemplos de legislações que dão tratamento diferenciado ou prioritário aos cidadãos maiores de 65 anos, como o Estatuto do Idoso, e outras leis de cunho processual, tributário ou administrativo, como a Lei n.º 10.048/00, que estabelece que os idosos com 65 anos ou mais terão atendimento prioritário, individualizado e diferenciado, em qualquer repartição pública e em todas as instituições financeiras. “Verifica-se, assim, que a obrigatoriedade do voto aos maiores de 65 anos é norma incompatível com o espírito dos preceitos constitucionais e legais supramencionados”, argumenta o parlamentar.

CMYK


O JORNAL

Internacional A8

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: internacional@ojornal-al.com.br

Guatemala acusa Estados Unidos de “crime contra a humanidade”

Lynette Cook

Americanos infectaram intencionalmente guatemalcos com sífilis há 64 anos O presidente da Guatemala, Álvaro Colom, classificou na sexta-feira de “crimes contra a humanidade” os experimentos feitos entre 1946 e 1948 pelos Estados Unidos que infectaram guatemaltecos intencionalmente com sífilis e gonorreia, e pelos quais Washington pediu perdão. Colom assegurou que será realizada uma “profunda investigação” dos fatos, que afetaram mais de 1,5 mil pessoas, e antecipou que o país analisa apresentar uma denúncia para exigir ressarcimento dos EUA. Segundo o presidente, a maioria das vítimas foi de soldados, presidiários, prostitutas e doentes mentais. O líder ordenou a seus ministros da Saúde, Defesa e Governo que localizem e resguardem os arquivos dos anos em que ocorreram os experimentos, para que sirvam de base a uma pesquisa em conjunto com o governo americano. Além disso, Colom declarou estar ciente de que os experimentos “não fazem parte da política do atual governo” dos EUA, e que pretende, junto com altos funcionários da Casa Branca, fazer uma investigação do episódio. O PEDIDO - Os EUA pediram desculpas na sexta-feira por um experimento conduzido nos anos 1940 no qual os pesquisadores infectaram com sífilis pri-

Ilustração mostra o planeta Gliese 581g e outros exoplanetas

CIÊNCIA

Descoberto primeiro planeta habitável Álvaro Colom diz que pelo menos 1.500 pessoas foram afetadas e que caso será profundamente investigado

Portal Exame sioneiros, mulheres e doentes mentais guatemaltecos. No experimento, destinado a testar a então recém-desenvolvida penicilina, os presos eram infectados por prostitutas e depois tratados com o antibiótico. “O estudo de inoculação da doença transmitida sexualmente conduzida entre 1946 e 1948 na Guatemala foi claramente antiético”, disseram a secretária de Estado Hillary Clinton e a secretária de Serviços Humanos e de Saúde Kathleen Sebelius em um comunicado. “Embora esses eventos tenham ocorrido mais de 64 anos

atrás, estamos indignadas que uma pesquisa tão repreensível possa ter ocorrido sob a fachada de saúde pública. Lamentamos profundamente o ocorrido e pedimos desculpas a todos os indivíduos que foram afetados por tais práticas de pesquisa abomináveis”, disse o comunicado. A experiência, que ecoou o infame estudo Tuskegee dos anos 1960 no qual negros norteamericanos foram deixados sem tratamento para sífilis, foi revelada por Susan Reverby, professora de estudos sobre mulheres no Wellesley College, em Massachusetts. Ela fez a descoberta este

ano, enquanto atualizava um livro sobre o Tuskegee e, o que é incomum para um pesquisador, informou o governo norteamericano antes de publicar seus achados. “Além da penitenciária, os estudos ocorreram num asilo para doentes mentais e em quartéis militares”, afirmou Reverby em um comunicado. “No total, 696 homens e mulheres foram expostos à doença e depois tratados com penicilina. Os estudos seguiram até 1948 e os registros sugerem que, apesar das intenções, provavelmente nem todo mundo foi curado”, afirmou ela. Os achados, que serão publicados em janeiro no Journal of Policy History, associam os estudos de Tuskegee e da Guatemala. “Em 1946-1948, o dr. John C. Cutler, médico do Serviço de Saúde Pública (PHS) que depois faria parte do Estudo sobre Sífilis no Alabama nos anos 1960 e continuaria a defendê-lo duas décadas depois de sua conclusão nos anos 1990, dirigia um projeto de inoculação da sífilis na Guatemala, co-patrocinado pelo PHS, pelos Institutos Nacionais de Saúde, pelo Bureau Pan-Americano de Saúde Sanitária (atual Organização Pan-Americana da Saúde) e pelo governo guatemalteco”, escreveu ela. “Eram os primeiros dias da penicilina e o PHS estava profundamente interessado em saber se a penicilina poderia ser usada para prevenir, e não apenas curar, as novas infecções por sífilis, se poderiam ser desenvolvidos melhores testes de sangue para a doença, quais dosagens de penicilina de fato curavam a infecção e compreender o processo de reinfecção depois da cura”.

Astrônomos anunciaram na quinta-feira a descoberta do primeiro planeta no qual existe a possibilidade para o desenvolvimento de vida. Após 11 anos de análises do Observatório W. M. Keck, no Havaí, um dos maiores telescópios ópticos do mundo, uma equipe de cientistas da Universidade da Califórnia e do Instituto Carnegie de Washington anunciou a descoberta de dois novos corpos ao redor da estrelas, sendo um deles na chamada “zona habitável”. O Gliese 581g é um exoplaneta, assim chamado porque orbita uma estrela que não o nosso Sol. Sua órbita tem pouco menos de 37 dias e sua massa é de três ou quatro Terras, o que indica se tratar de um planeta rochoso, com gravidade o suficiente para que as coisas fiquem na atmosfera. Seu diâmetro é de 1,2 a 1,4 vezes o do nosso planeta. A distância do exoplaneta para seu sol permite a existência da água em estado líquido na superfície. Se confirmada, essa descoberta faria do Gliese 581g o local mais parecido com a Terra já encontrado e o caso mais forte de local potencialmente habitável. Vale dizer que, para os astrônomos, “potencialmente habitável” é um local que pode ter vida, e não necessariamente um no qual humanos sobrevi-

veriam. A “habitabilidade” depende de muitos fatores, mas ter água líquida e uma atmosfera estão entre os principais. DIAS E NOITES ETERNOS - Os dois novos exoplanetas descobertos orbitam uma estrela anãvermelha a apenas 20 anos-luz da Terra, na constelação de Libra, chamada, justamente, Gliese 581. No total, agora são seis os planetas conhecidos ao redor do astro, todos com órbitas quase circulares. Dois de seus planetas estão na chamada “borda” da zona habitável. O planeta “c”, pendendo para o lado quente (próximo demais à estrela), e o planeta “d”, do lado frio (longe demais do astro). Alguns astrônomos acham que este último poderia ser habitável, pois tem uma atmosfera espessa com efeito estufa suficiente para aquecê-lo. O recém descoberto planeta g, no entanto, está bem no meio dessa zona habitável. No entanto, ele tem uma característica curiosa: sua órbita presa à da estrela. Assim, um lado do Gliese 581g está sempre voltado para seu sol, enquanto o outro está sempre no escuro. A zona mais habitável do exoplaneta seria exatamente a linha do meio, entre o dia e a noite. A pesquisa foi patrocinada pela Nasa, a agência espacial americana, e pela National Science Foundation.

CMYK


O JORNAL

Cidades

A9

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Fotos Larissa Fontes/Estagiária

A nova família: convivência tranquila e feliz

Aposentada Helena dos Santos relata como foi processo de adoção

Dia a dia na casa de Dona Helena

Reaprendendo a viver Aposentada “adotou” mulheres que estavam em hospital psiquiátrico Carolina Sanches Editora-adjunta de Cidades

Com um sorriso de satisfação no rosto, Ana Paula dos Santos, de 32 anos, vem até o portão receber a equipe de O JORNAL. Sua rotina é normal, quase trivial, não fosse por ser portadora de distúrbios mentais e ter passado grande parte da vida confinada em hospitais psiquiátricos. Ela e outras oito mulheres convivem em harmonia em uma casa no bairro de Fernão Velho, em Maceió. Na casa da aposentada Helena dos Santos, de 62 anos, mais conhecida por “Dona Helena” elas reaprenderam a fazer operações básicas do dia-a-dia como lavar roupas, cozinhar, ir à feira ou fazer uma faxina na casa sem necessitar do auxílio de ninguém. Algumas são mais dispostas e outras, devido à idade, precisam de ajuda para fazer as atividades. Há nove anos, Dona Helena decidiu “adotar ” mulheres portadoras de deficiência mental. As “meninas” como ela chama, con-

Zefa diz que gosta de viver na casa

Ana Paula mostra tapete que fez

vivem em um clima de harmonia e tranqüilidade depois de saírem de casas de tratamento psiquiátrico ou serem encaminhadas por familiares. Dona Helena conta que trabalhou com enfermagem por muitos anos e que quando se aposentou se sentia só. Ao assistir a uma reporta-

gem sobre o Hospital Escola Portugal Ramalho, a aposentada viu a possibilidade de trazer algumas das pacientes para morar na sua casa. O que ela não sabia, era que essa relação iria mudar completamente sua vida e das mulheres. “Um dia depois de assistir a reportagem eu fui no

hospital. Quando cheguei achavam que eu era doida por querer levar as meninas para casa. Aos poucos, eles foram percebendo que minha intenção era boa e que poderia dar certo. Participei de reuniões e conversas com psicólogos de lá que me explicar como é o tratamento e o convívio”, relata. Ela foi autorizada a levar quatro mulheres para sua casa. “A convivência sempre foi tranquila. Nunca tive problema algum com as meninas na casa. Percebi que minha vida começou a ter mais alegria com elas. Foi então que um local que funcionava como casa para recuperação de viciados em drogas foi fechado e eu decidi alugar o prédio e mudar”, disse. Com uma casa maior, o número de meninas também cresceu. “Aos poucos foram vindo mais mulheres do hospital e também de familiares que me procuravam. Chegamos a ter 12 pessoas aqui, mas hoje tem nove. Se eu pudesse teria mais porque elas não dão trabalho nenhum, só que falta espaço para isso”, expôs.

Dentro da casa o clima é de tranqüilidade. Dona Helena conta que, logo cedo, suas filhas acordam para o café da manhã, mas quem desperta antes fica esperando o horário que a mesa é servida. Antes disso, elas já arrumam as camas e trocaram de roupa. Depois do café, elas continuam suas atividades, incluindo os trabalhos da casa. Existem duas funcionárias que trabalham no local durante o dia e outra que fica no período da noite. “As mais idosas que não podem trabalhar ficam com a ajuda das pessoas que trabalham na casa. As mais novas também ajudam com as roupas delas e na hora do banho”, conta Dona Helena. Nos dias de segunda-feira, as meninas vão para o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) que fica no bairro. Elas se deslocam em um transporte pela manhã e retornam a tarde, dependendo do dia saem mais cedo. Nos outros dias da semana elas têm atividades recreativas e aprendem trabalhos manuais com a ajuda de voluntários. Ana Paula dos Santos contou que já sabia fazer tapetes de retalho de malha porque aprendeu no Portugal Ramalho. Hoje, ela conta que ensina as meninas da casa a fazer o mesmo. “Os tapetes enfeitam a casa, mas eu quero vender também quando já tiver uma grande quantidade”, afirma a moradora da casa que, junto com Maria Aparecida, tem a função de abrir o portão da casa quando alguém chama. “Ficamos com a chave e quando alguém chega, pergunto com quem quer falar e procuro saber se pode entrar. Aqui é muito

bom, antes ficava trancada em um hospital e não podia sair. Aqui é minha casa e, junto com as meninas somos uma família”, disse. Segundo Dona Helena, somente uma de suas filhas precisa ser acompanhada para sair de casa porque, devido a seus problemas mentais, pode não retornar. As outras têm a liberdade de sair quando tiverem vontade, desde que seja comunicado na casa. “Elas saem a tarde para dar uma volta e isso é tranqüilo, todo mundo já conhece e sabem que são as meninas da Dona Helena”, relata. A respeito da relação das meninas com as pessoas do bairro, a aposentada conta que os vizinhos e amigos que apóiam sua iniciativa e que nunca recebeu nenhuma informação deque as meninas deram problema no bairro. “Minhas filhas não são loucas e as pessoas que moram por aqui e meus familiares sabem disso. Se alguém disser o contrário eu não aceito. Graças a Deus nunca vi nenhum preconceito por causa das meninas. Isso não existe aqui”, declara. MANTER – o local não recebe doações e é mantido pela aposentadoria das mulheres que moram na casa. Somente uma delas não recebe o benefício por falta de documentação, mas Dona Helena garante que o dinheiro dá para suprir todas as necessidades. “Nunca busquei outras fontes de dinheiro, até porque aqui é minha casa e das meninas e não quero fazer nenhuma instituição ou entidade. Essa casa é tão importante para elas quanto pra mim que aprendo uma coisa nova a cada dia”, revela a aposentada.

Mudança de comportamento Todas as meninas falam com alegria da casa de Dona Helena e evitam comentar ou não recordam do período que passaram no hospital. Maria Aparecida, por exemplo, diz que nasceu nos Estados Unidos e que não se lembra de ter morado em outro local. Mas se perguntar o que ela acha da casa ela responde “eu gosto muito daqui e não voltaria nem se fosse para os Estados Unidos”. A também moradora, Josefa Rosa, a “Zefa”, diz que é muito bom conviver com todos na casa. “Gosto muito da dona Helena e aqui na casa é muito bom”, relata. Para o coordenador de recreação do Portugal Ramalho, o psicólogo João Neto, a mudança de comportamento das pacientes que foram morar na casa da aposentada é visível. Ele explicou que a atitude dela em adotar as meninas mostra a importância das pacientes retornarem ao convívio em sociedade. “A proposta do hospital foi de inserir no convívio social as pacientes que têm condições de morar com familiares e amigos”, diz.

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L

A10

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Campanha incentiva o consumo de mel “Circuito do Mel”, montado em Maceió, visa estimular um novo hábito de consumo entre as crianças e adultos Apresentar o mel como alimento natural e incentivar seu consumo no cardápio diário dos brasileiros é a proposta da campanha “Meu dia pede mel”, que será lançada em Maceió, aman-

hã. Promovida pelo Sebrae e pela Confederação Brasileira de Apicultura (CBA), a campanha abrange todo o país. Em Alagoas, a ação promocional será realizada na Praça Central do Shopping

Maceió, em Mangabeiras, até o dia 18 de outubro. De acordo com a CBA, o consumo de mel no Brasil é um dos mais baixos do mundo. Cada brasileiro consome, em média,

Brasileiros estão entre os que menos consomem mel em todo o mundo; campanha quer mudar o hábito

120 gramas do produto por ano, número muito inferior aos Estados Unidos, onde a média é de 1,5 quilos por pessoa, e países europeus, que ultrapassam a média de três quilos.

A campanha visa disseminar entre a população os benefícios do mel, não apenas como produto medicinal, mas, sobretudo, como alimento. Rico em vitaminas do

complexo B, C, D e E, minerais e antioxidantes, o mel é um alimento versátil, que pode ser consumido puro ou como ingrediente especial da gastronomia.

Crianças serão o público alvo da atividade que inicia amanhã: brincadeiras e noções de alimentação saudável

Campanha vai focar nas crianças Em Maceió, a campanha está focada em um público especial: as crianças. A ideia é formar nos pequenos alagoanos, indutores de consumo, a cultura da alimentação saudável, com incremento do mel no cardápio. A advogada Izabel Vasconcelos conta que o mel faz parte da dieta alimentar de sua família há três anos e já se tornou item indispensável no cardápio dos filhos. “Diariamente, eles consomem mel, inclusive, por orientação médica, e as crises de renite diminuíram muito. Hoje identificamos no mel, não apenas um ‘remédio’, mas um ótimo complemento alimentar, fonte de energia e vitaminas”, comentou a advogada. No “circuito do mel”, montado na Praça Central do Shopping Maceió, as crianças poderão participar de brincadeiras, atividades de pintura,

gincanas e aprender, de forma lúdica, como funciona o processo de produção e de comercialização dos produtos apícolas. Por meio de um cinema montado dentro do circuito, os visitantes irão aprender sobre a organização, a conservação do meio ambiente e as consequências do desmatamento, além dos benefícios do mel para saúde. “A ideia é que as crianças aprendam que o mel é um alimento nutritivo, gostoso e importante para o seu desenvolvimento. Queremos quebrar o mito de que mel é apenas remédio. A programação está bem diversificada e animada e eles vão aprender de forma divertida”, destacou Rúbia Solange, coordenadora do Arranjo Produtivo Local Apicultura no Sertão (APL), coordenado pelo Sebrae/AL. MEL ALAGOANO - O circuito também será uma

oportunidade de divulgar o trabalho das cooperativas de produtores apícolas de Alagoas e incentivar o consumo de produtos locais. Em Alagoas, além do mel, as cooperativas produzem derivados como pólen, própolis vermelha, vinagre de mel, pimenta com molho de mel, entre outros. De acordo com a coordenadora do APL Apicultura, o mel alagoano tem como diferencial uma produção isenta de pesticidas e herbicidas e baixa umidade, o que permite mais qualidade e um sabor marcante. “A região da caatinga é adequada para produção de mel silvestre e, além disso, por todas as qualidades já citadas, é possível obter, inclusive uma certificação orgânica, que oferece ao consumidor um produto diferenciado”, disse Rúbia.

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L A11

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

Fotos: Lula Castello Branco

Modo seguro de transportar os botijões de GLP: maioria dos entregadores ignora os riscos que corre

Vendas clandestinas e irregulares estão espalhadas em vários bairros de Maceió; fiscalização vai apertar

Gás de cozinha: riscos na hora da venda Entre transporte incorreto e vendas irregulares, população e trabalhadores vivem sob o risco de um acidente Mônica Lima Repórter

Flávia Batista Editora de Cidades

A venda irregular de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o gás de cozinha, ocorre às vistas de todos em Maceió. Bairros da periferia, grotas e favelas são os locais onde mais se encontram irregularidades e, consequentemente, uma ameaça para a vida de muitas pessoas. A-

pesar da operação desencadeada pelo Corpo de Bombeiros (CB), desde o ano passado para coibir os depósitos clandestinos, ainda é possível encontrar esses locais sem grandes dificuldades. As vendas irregulares de botijões são comuns e acontecem em mercearias e outros estabelecimentos, inclusive residências, que tentam se amparar na venda de água mineral, para burlar a lei. Quem deseja abrir um depó-

sito de venda de gás de cozinha dentro do que rege a legislação não terá muitas facilidades, até porque o comércio de GLP carece de muitos cuidados. Exatamente para controlar a revenda do produto, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) lançou a campanha Gás Legal, no final do mês passado. A ideia é combater a venda irregular de gás de cozinha em estabelecimentos não creden-

ciados, como postos de combustíveis, supermercados e padarias. Qualquer interessado em vender botijões de gás, antes de iniciar o comércio deve receber autorização da ANP. A agência adianta que a campanha será educativa, até porque muitos revendedores nem sabem que precisam passar pelo crivo da ANP antes de vender gás. Ao mesmo tempo, a agência vai orientar para que essas pequenas empresas se le-

galizem, junto o órgão regulador, que intensificará o combate ao comércio ilegal, que põe em risco a segurança do consumidor e promove uma concorrência desleal com as empresas formais. A campanha da ANP serviu, ainda, para a criação do Comitê Nacional de Erradicação do Comércio Irregular de Gás de Botijão, que fará ofensiva às revendas irregulares. O período de educação para os

comerciantes vai até o final deste ano, tempo em que a agência conclui um recadastramento das revendas do setor. Após essa data, qualquer empresa vai continuar a ter o direito de solicitar à ANP a autorização para ser um varejista de GLP. Entretanto, aqueles que permanecerem na atividade sem atender à regularização no prazo estarão sujeitos às pesadas multas da agência.

Plano de segurança é essencial para população Regulares vão ao MPE Além da autorização da ANP, o futuro empresário terá, antes de inaugurar o comércio, receber uma licença especial do Corpo de Bombeiros, onde deve ser solicitado um projeto de segurança do estabelecimento comercial. A liberação para a abertura da empresa só acontecerá após uma vistoria no local, para verificar se há condições de funcionamento. Um dos pré-requisitos principais a serem vistoriados será segurança dos estabelecimentos e residências que estão em volta. Antes da operação desencadeada pelo Corpo de Bombeiros para coibir as revendas irregulares, havia um número grande de pontos clandestinos, que funcionavam em mercadinhos, mercearias e até mesmo botecos. Após a ação, triplicou os depósitos que conseguiram se regularizar. “Mas existem alguns que continuam funcionando na clandestinidade. E para coibir que continuem atuando, a corporação mantém o serviço

Genivaldo: depois da interdição, adequou-se às normas exigidas

de inteligência para identificar os que procuram infringir a legislação. Muitas vezes eles chegam através de pan-

fletos que são distribuídos nos bairros”, explicou conforme o major Reinaldo Moura, que responde interinamente

pela diretoria de Serviços Técnicos dos Bombeiros. Pelos dados do Corpo de Bombeiros, atualmente existem regularizados em Alagoas 468 depósitos de venda de gás de cozinha. Desse total, 162 estão estabelecidos em Maceió. Mas a situação era crítica antes da operação, quando apenas 15 estabelecimentos funcionavam de acordo com a legislação em Maceió e 64 em todo o estado. “As investigações continuam para detectar esses pontos de venda, que insistem em atuarem irregularmente”, afirmou major Reinaldo Moura. Dados do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de GLP (Sindigás) estima que, em todo país existam até 100 mil revendas irregulares de gás de cozinha, contra 36 mil autorizadas pela ANP. A entidade calcula que 8 milhões de botijões de gás, de um mercado total de 33 milhões, sejam distribuídos nas revendas ilegais. (M.L./F.B.)

Os comerciantes que regularizaram a situação estão analisando a possibilidade de recorrerem ao Ministério Público, para coibir que os depósitos irregulares continuem funcionando. Genivaldo da Silva, mais conhecido como “Genivaldo do Gás”, teve seu estabelecimento interditado pelo Corpo de Bombeiros durante a operação. Depois do prejuízo, procurou se regularizar para continuar atuando no mercado estabelecido nas proximidades do conjunto Joaquim Leão. Depois de alguns meses, observou que, aos poucos, os clandestinos que foram encerrados juntos com ele, voltaram a atuar na região sem ter a mesma precaução da regularização. “Inclusive algumas mercearias disfarçam a revenda, escondendo os botijões de gás”, denuncia. De acordo com os proprietários do depósito, os que se regularizaram estão sendo prejudicados pelos clandestinos, que continuam

atuando e, inclusive contam com o apoio das empresas que continuam abastecendo. “Os que procuraram se regularizar estão sofrendo, porque a venda de clandestinos continua, alguns chegam a colocar na porta os botijões, para atrair os clientes. E, para isso, contam com a ajuda dos caminhões das empresas que ficam abastecendo”, lamentou. Dono do único depósito regularizado na região, Genivaldo do Gás faz questão de mostrar, através de placas, que possue CNPJ e o selo da empresa fornecedora do produto. “Pago imposto, tenho contador e vejo os clandestinos atuarem sem que nada aconteça”, disse. Após ouvir Genivaldo, a reportagem de O JORNAL identificou um depósito clandestino, funcionando numa residência, na Rua José Marques Ribeiro (antiga Rua dos Pescadores), no Trapiche da Barra, a pouco mais de cem metros da sede do Corpo de Bombeiros. (M.L.)

Exigências para evitar acidentes Para se abrir um depósito, é necessário ter uma área aberta e seguir algumas normas impostas pela ANP. Uma delas é ter um número limitado de botijões. A quantidade vai depender do tamanho da área onde funcionará o estabelecimento comercial. O major Reinaldo Moura diz que é necessário tomar precauções para evitar incêndio ou asfixia com a merloptan, que o botijão contém. “Essa substância retira o ar do ambiente, fazendo com que a pessoa morra por asfixia”. O transporte dos botijões é outra questão em que precisa ser observada em vários aspectos. ALei 12.009, que regulamenta o exercício das atividades de mototaxista e estabelece normas para o transporte de GLP e de garrafões de água foi sancionada em julho de 2009 pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva. Mas até agora ela não é cumprida. Pela legislação, o transporte dos dois produtos só pode ocorrer em “sidicar”, dispositivo preso ao lado da motocicleta. Mas pelas ruas é comum verbotijões de gás em bicicletas, sem proteção, pondo em risco a vida do condutor e de toda a população. (M.L. / F.B.)

CMYK


O JORNAL JORNA L A12

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L A13

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

As drogas, a rua e a degradação humana História de cidadãos que perderam a identidade, a credibilidade, o rumo da vida, mas não a vontade de viver Fotos: Larissa Fontes/Estagiária

Thallysson Alves Estagiário*

Taironi ficou conhecido como Pedrinho: nova identidade para uma vida em que esqueceu e aprendeu tudo

Correr para fugir e depois se esconder para consumir. São essas as situações presentes no cotidiano de dependentes químicos moradores de rua. Traumas, abandono, sofrimento, descrença e exclusão são as principais causas para agirem com rebeldia. Solidão, fome e miséria são as consequências de uma sociedade que finge não vê-los. Não é difícil acharmos um sem-teto dormindo embaixo de qualquer estrutura que o proteja do sol e da chuva. São pessoas que vagam pelas ruas sem a certeza do que esperar para o outro dia. Enfrentam preconceitos para conseguir dinheiro, refeição, trabalho. No entanto, quase sempre ter-

minam o dia despencando de cansaço nas calçadas e estacionamentos de lojas nas cidades. O que não falta são histórias na vida desses homens, mulheres e crianças que vagam pelas ruas, tocam as campainhas das casas na procura de algo que sacie sua fome. Um desejo que vai além do alimento, alcança a recuperação da alma, da alto-estima, do querer e do sonhar. Um dos personagens dessa história triste é Taironi Grício. Abandonado pela família, ele ficou conhecido nas ruas como Pedrinho. Perambula pela cidade sem rumo, atrás de um serviço que possa pagar seu sustento e, principalmente, seu vício. Quando perguntado sobre sua idade, com tristeza respondeu desconhecer seu

próprio tempo de vida, o que demonstrou a estagnação no tempo, sem recursos, sem ajuda, sem ninguém. “Minha família está viva, porém sempre ausente. Não lembro qual foi a idade que eles me deixaram para trás, mas faz muito tempo. Fui jogado em um orfanato por eles. Quando completei 18 anos, tive que sair e me virar nas ruas, onde desaprendi e aprendi tudo. Hoje eles me renegam, não gostam do meu jeito de ser” confidenciou Pedrinho antes de contar que sua mãe reside na casa de uma de suas irmãs no Salvador Lyra, enquanto uma outra foi morar no exterior. “Todo mundo seguiu suas vidas, menos eu”, lamentou e prosseguiu dizendo “por isso eu bebo, só de raiva”.

Rotina sem surpresas ou esperança A rotina do rapaz que aparenta ter idade de aproximadamente 25 anos é simples. Segundo ele, todos os dias acorda cedo, antes de as pessoas saírem nas ruas. “Faço isso para minha própria proteção”, confessou. Andando pela cidade, recolhe latinhas de alumínio para conseguir algum dinheiro. É com desse recurso que ele separa parte para sua alimentação, quando não recebe de um colega a comida. A outra parte tem destino certo: abastecer o vício de álcool e maconha, presentes em sua vida desde a infância. “Já teve dia em que não tinha dinheiro para comprar a cachaça. Então fui até o posto, eles encheram uma garrafa de 1L com álcool combustível e eu

bebi. Tenho que esquecer essa vida”, revelou. Com o ensino fundamental completo, Pedrinho já passou por muita dificuldade. Por ele acreditar ter aparência de marginal, acha que todos os que o encontram na rua o julgam como ladrão ou malandro. “Uma vez estava no Henrique Equelman e atiraram em mim porque me confundiram com um bandido. Os policiais negaram o socorro. Fui para o hospital, e fiquei na urgência por ter perdido muito sangue. Fiquei no soro, tiraram a bala e me deram sangue. Passei um mês internado. Depois de recuperado, saí para as ruas de novo. De volta a realidade”, disse em tom irônico, contando sua versão da vida ou da imaginação.

Ex-violonista de uma antiga banda chamada Massa Rara, Pedrinho lamenta sua vida estar entregue ao vício. Durante a conversa, em alguns momentos ele mostrava uma certa ausência da realidade. Até que, em determinado momento, lembrou ter recebido ajuda de várias pessoas, mas nunca da família. “Me sinto um estranho perto deles. Eles me tratam com inferioridade, como um encosto. Por isso prefiro evitar o contato, inclusive no Natal, época do ano que considero ser a mais infeliz”, disse emocionado e contou que a maconha também entrou em sua vida para o tirar do sofrimento contínuo, mesmo que por breve momento. “Me sinto leve, mais calmo”, descreveu. (T.A.)

Alambrados e calçadas viram as casas dessas pessoas sem rumo

CMYK


Cidades

O JORNAL JORNA L

A14

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cidade@ojornal-al.com.br

A vida, o inferno e a luz da esperança renovada Fotos: Larissa Fontes / Estagiária

A discriminação só atua como agente fortalecedor do sofrimento desses cidadãos que imploram por uma mão estendida para a salvação. Um rapaz de 27 anos, que teve sua identidade preservada por estar jurado de morte, expôs com clareza todas as dificuldades que um dependente químico sofre nas ruas até conseguir ajuda de alguém. Ao demonstrar que no passado era explosivo e intolerante com inimigos, ele contou que, por gostar de frequentar as festas conhecidas naquela época como aerogato, sofreu muitas agressões da polícia e de pessoas que tentavam o intimidar. Admitindo ter agido errado em muitas situações, lembrou que diversas vezes era abordado com brutalidade pelos agentes. “Eu dizia que não tinha nada, mas só em me ver circulando na Ponta Verde, já me perseguiam. Abordavam gritando ‘o que está fazendo aqui maloqueiro?’, então eu respondia que morava na Jatiúca, mas diziam ‘mora nada; compra nóia onde? Quer vender crack aqui, é? E depois de

Depois de ter perdido quase tudo por causa das drogas, a recuperação

muitas agressões verbais, que me envergonhavam por ver as pessoas me olhando, me mandavam ir embora”, recordou. Ahistória desse homem, que hoje é pai de família, é carregada de destruição. Filho de uma enfermeira com um sargento da Polícia Militar, recebeu uma educação de qualidade, baseada nos princípios de uma família cristã. Com o ensino médio completo, técnico em mecânica e conhece-

dor da língua espanhola, hoje ele lamenta ter conhecido os lucros da venda de entorpecentes. “Foi a minha perdição. No início eu só bebia nas farras, onde vendia cocaína e maconha. Comprei um fusquinha e uma mobilete para fazer entrega em domicílio. Até que conheci o crack, que devastou tudo. Acabei com todos os lucros. Fumei ‘o mobiliário’de duas casas, vendi o fusca, a mobilete, minhas rou-

pas de marca e torrei cinco mil reais que estavam no banco. Cheguei a passar quatro dias e quatro noites em um hotel só consumindo. Saí de lá totalmente debilitado. A família me amparava sempre, mas não conseguia impedir o acesso à droga. Perambulei pelas ruas, sumi inúmeras vezes. Minha esposa sofreu muito, mas também não podia comigo. Até que conheci o Projeto Sarar e estou me libertando do inferno, com a ajuda de Deus”, disse com brilho no olhar. Apesar de saber que aparentava naquela época ser um mau-elemento, o ex-dependente químico deixou claro que muito roubou para comprar a droga, mas nunca assaltou. “Eu comprei um revólver, e dei três tiros em um homem. Ele me desafiou, disse que iria me matar. Era ele ou eu, então eu saí e depois voltei armado. Atirei nele, não o matei, mas acabei o deixando paraplégico”, contou. “Me arrependo, pratiquei um erro após a ameaça de outro. Não justifica. Mas quem iria acreditar em mim?”.(T.A.)

Armas e drogas: o resultado é a violência Basta assistir a um noticiário, ou ler as páginas de um jornal, que qualquer um pode encontrar facilmente casos de apreensões de armas e drogas. Segundo dados estatísticos levantados pelos dois grandes comandos da Polícia Militar (CPC e CPI), nos primeiros sete meses deste ano foram apreendidos 750 armas de fogo. Quanto às drogas, o levantamento aponta o crescimento de apreensões relativo ao crack, à cocaína e ao loló. Foram recolhidos 94.25kg no total. No interior, foram recolhidos 3.070kg de maconha, juntamente com 563 pedras de crack.

Segundo o antigo comandante do CPC, tenente-coronel Mário da Hora, responsável pelo levantamento dos dados, as maiorias das prisões teve relação direta com o crime e o tráfico de drogas. “Apesar de não ter um estudo específico sobre os outros crimes ligados ao tráfico, sabemos que muitos assaltos e furtos, por exemplo, estão relacionados ao comércio de drogas”, contou. A afirmação foi confirmada pelo secretário de Defesa Social, Paulo Rubim. “Onde tem droga, tem arma e vice-versa”, assegurou. “A gente acha de tudo. Armas antigas, crack e maconha já é rotina. Ano passado, a

Rubim: onde tem droga, tem arma

Polícia Militar contabilizou uma das maiores apreensões feitas aqui no Estado, e no mesmo período, foi retirada de circulação 4.105kg de maconha na região sertaneja. É de lá a origem da

maconha que circula em Alagoas”, alertou. Para Rubim, são nos bairros periféricos de Maceió que são encontradas com facilidade as drogas. O ex-consumidor do crack, mencionado pela reportagem, confirma e ainda indica que a melhor pedra está num local conhecido como Bastião, no Bom Parto. O secretário também disse que antigamente existiam os “barões do tráfico” porém, hoje, eles não existem e no foram substituídos por vários pequenos traficantes. “Assim dificulta encontrar a fonte dos entorpecentes”, afirmou o secretário. (T.A.)

Institutos apoiam a recuperação Poucas são as campanhas destinadas à recuperação dos usuários de drogas. No entanto, muitas são as campanhas de prevenção contra o uso dos entorpecentes. Amaioria dos trabalhos de recuperação dos dependentes químicos é derivada de obras sociais de cunho religioso, como acontece no Projeto Sarar há 20 anos. Situada na região alta da cidade, nas proximidades da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), foi inaugurada, em 1990, a Associação de Assistência Social Bispo Lindomar Alves, mais conhecida como Projeto Sarar. No local, os internos têm terapia ocupacional, atividades laborais, fabricam blocos de construção e, brevemente, atuarão na fabricação de vassouras. Além dessa associação, Alagoas tem, aproximadamente 14 institutos que cuidam desse público. “Mas desconheço que algum deles não tenha vinculo com alguma Igreja”, apontou Suelen Diane da Silva Cabral, secretária e atuante no Projeto Sarar. Segundo o psicólogo Reginaldo Paiva, membro do Conselho de Combate ao Uso de Entorpecentes, todas as campanhas do Estado são preventivas. “Realmente desconheço uma campanha voltada à recuperação. Geralmente, ou o indivíduo é detido pelo delegado que abriu o inquérito, ou ele é entregue aos hospitais quando o caso exige um cuidado específico”, explicou. Em Maceió, o secretário municipal de Ação Social, Francisco Araújo, indicou os Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Crea) e o Centro de Referência a Assistência Social (Cras) como destino preventivo e educativo, respectivamente. “Lá, o usuário pode encontrar diversos serviços gratuitos, desde cuidados clínicos até os psicológicos. Atendemos cerca de 10 mil pessoas somente no Cras, que possui nove unidades em todo o município”, afirmou. (T.A.) *Sob a supervisão da Editoria de Cidades

CMYK


O JORNAL JORNA L Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br

A15

CMYK


O JORNAL

Municípios A16

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Fotos: Jorge Barboza

Infiltração e mofo destroem as paredes da delegacia de Japaratinga, que afunda em alguns pontos da sede

Beliches apertados, umidade: os dormitórios nem sempre são o melhor lugar para descansar da labuta

Delegacia do litoral norte desmorona Policiais reclamam do desconforto, da insalubridade dos distritos policiais e da carceragem insustentável Jorge Barboza Repórter

MARAGOGI - É comum a reclamação de policiais civis quando o assunto é o local onde eles trabalham. Mais do que uma queixa cotidiana, o desconforto de qualquer mortal ao entrar em uma dessas delegacias do litoral norte é notável: elas são apertadas, escuras e bolorentas. Imagine para quem está ali todos os dias, realizando um trabalho de risco e ainda fazendo plantão aos sábados e domingos. Garganta inflamada, sem voz, policial vai à padaria tomar um café, no centro de Maragogi, e não se contém: “O dormitó-

rio tem muita umidade, não tem espaço para dormir. A gente sai do trabalho cansado, sem ânimo para nada”. De Maragogi a São Luís do Quitunde, salvam-se duas delegacias, a de Porto Calvo e a de Passo do Camaragibe, ambas reformadas, mais espaçosas e sem carceragem. A carceragem é outro problema. A Regional de Matriz do Camaragibe tem uma carceragem com lotação para 25 presidiários. No momento, ela está com 37. Numa delegacia feito a de Matriz, cinco ou seis policiais no plantão, o profissional que devia estar na rua combatendo o crime acaba virando agente penitenciário.

Carceragem de Matriz do Camaragibe: bolor e superlotação

“A encanação está toda ruim. A prefeitura é que está fazendo uma reforma, mas isso já faz tempo e neste período de eleições parou tudo”, contou o agente policial da regional do litoral norte. As paredes descascando, o grude, o pretume se alastrando. Infiltração de água nos cantos, no teto, e quando chove, pinga até pela lâmpada. Em São Luís do Quitunde é assim “Temos um estoque de lâmpadas aqui para repor quando chove. A cozinha vira uma biqueira”, interveio o jovem policial quitundense. Claro, nenhum desses trabalhadores brasileiros quer arriscar o seu emprego por conta de uma matéria de jornal.

“Depois, vem a Corregedoria e transfere a gente para o Sertão”, previne-se um delegado. “Meu amigo, eu estou próximo da aposentadoria. Não bota o meu nome não”, arremeda o outro policial, a cadeira na porta da minúscula delegacia de São Miguel dos Milagres. Para dormir, no plantão de fim de semana, ele põe o colchão em cima das cadeiras, na salinha da recepção. No beliche do dormitório, ele diz: “Sem condição”. TV PARA DORMIR - “No primeiro dia, fico a noite toda vendo TV. Durmo mesmo no segundo dia do plantão, pois aí já estou muito cansado.”

Faltam munição, armas, coletes. E até viaturas. E até policiais. “Eu fico durante a manhã e ao meio-dia o companheiro me rende. É somente um policial por turno, aqui em Porto de Pedras. Quando há uma ocorrência, não tem carro para deslocamento e, mesmo assim, não podemos abandonar a delegacia. Temos de pedir ajuda à Polícia Militar”, desabafou o policial, em uma delegacia que, literalmente, está caindo aos pedaços. Quando chove, a barreira por trás, inunda o cafofo: água e lama. A cadeira, rasgada; o sofá, apoiado por tijolos; a escrivaninha, emendada (pasmem) com fita adesiva. “Estamos fazendo pré-con-

gressos em todas essas delegacias para discutir uma pauta de reivindicações que levaremos ao Congresso Estadual, marcado para o próximo dia 15, em Maceió”, diz o segundo vicepresidente do Sindicato dos Policiais de Alagoas (Sindpol), Edeilton Clóvis dos Santos. Segundo ele, o policial no interior alagoano utiliza dois salários para comprar uma “arma decente” e, da mesma forma, ainda pega por uma boa munição. “Já aconteceu de um prisioneiro partir para cima de um policial com uma faca e recebeu tiros de defesa, mas continuava avançando. Isso acontece porque a arma não presta e tampouco a munição.”

A velha lavanderia da Delegacia de Japaratinga: afundando sobre o antigo aterro do município. A carceragem não dispõe de sanitários

DPJ diz que delegados não solicitam material

Em São Luís do Quitude, biqueira na lâmpada e portão arrombado

MARAGOGI - Rodrigo Rubiale, diretor do Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) da Área 3 (que inclui o litoral norte), reconhece que as condições são difíceis e previsíveis, mas também faz a sua reclamação. “Nós temos munição para fornecer as delegacias. Mas como vamos saber o que está faltando em cada delegacia se o delegado não faz o pedido? Acontece muito isso. Ficamos mesmo sabendo dessas dificul-

dades através do Sindpol”, afirma Rubiale. Segundo ele, todas as delegacias possui viatura, mas, claro, carro quebra. “Temos somente uma oficina. Afila, às vezes, fica bem grande.” Coletes, armas, munições, tudo isso, segundo o diretor do DPJ, pode ser renovado desde que o delegado faça a sua devida solicitação. “Quanto às condições da delegacia, a de Maragogi será transformada segundo o modelo criado no

Rio de Janeiro, chamado Delegacia Legal. Não tem carceragem e até esteticamente é arquitetada para tornar o trabalho do policial mais aprazível. Estamos apenas aguardando a concessão de um terreno pela prefeitura de Maragogi para dar início à construção do novo prédio.” Rubiale afirma, ainda, que a Delegacia Regional de Matriz do Camaragibe será totalmente reformada, retirando dali, tam-

bém, a carceragem. “Será construída uma casa de detenção, em outro local. Infelizmente, o número de funcionários é muito pequeno. Em Arapiraca, já criamos a Casa de Detenção, mas policiais acabam atuando como agente penitenciário. Já aproveitamos o máximo que podíamos do pessoal do setor administrativo. Agora temos de realizar concurso para contratação de policiais e agentes penitenciários.”

CMYK


03ca17_COR_NOVA

O JORNAL

Arapiraca

A17

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Justiça monta esquema para eleições 22ª e 55ª Zonas Eleitorais organizam reforços especiais para combater crimes eleitorais em Arapiraca Lula Castello Branco

Eduardo Almeida Repórter

ARAPIRACA - Com uma população superior a 200 mil habitantes, Arapiraca tem o segundo maior colégio eleitoral do Estado. São 126 mil votantes, o que representa um acréscimo de 5,8% em relação ao último pleito, em 2008. Para esta eleição, a Justiça Eleitoral elaborou um esquema especial, que conta com o apoio das polícias Civil, Militar e Federal. O combate a crimes eleitorais tem sido uma das principais preocupações dos órgãos de fiscalização. O juiz da 22ª Zona Eleitoral, Giovanni Jatubá, diz que a cidade não apresenta um histórico de conflitos durante as eleições. No entanto, ele garante que tanto

a Justiça Eleitoral quanto as polícias estarão atentas a fim de evitar confronto entre correligionários de partidos diferentes, compra de votos e “boca de urna”. O trabalho de orientação aos representantes de diretórios dos partidos teve início há aproximadamente dois meses, na sede do Fórum Eleitoral. “Arapiraca é um município tranquilo, se comparado a outras cidades da região Agreste, que apresentam histórico de problemas durante o período eleitoral. Além disto, como a eleição está no âmbito estadual e nacional, não registramos tantos conflitos. Os crimes que têm acontecido estão relacionados à compra de votos e, provavelmente, à boca de urna no dia de votação. Mas, a Justiça está prepara-

da para encarar este tipo de situação”, afirmou o magistrado. Jatubá informou que a Justiça Eleitoral e a Polícia Federal firmaram parceria no combate a crimes eleitorais. Ele lembrou que, até hoje, está em andamento a operação Varredura Compra de Votos. A ação policial foi desencadeada após denúncias de crimes eleitorais na região Agreste. O magistrado solicitou apoio à PF, que monitorou os pontos de compra de votos e conseguiu prender dois acusados, além de apreender cadastros e material de campanha. “A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão, expedidos pela 22ª Zona Eleitoral, em estabelecimentos que haviam sido monitorados. Nestes locais, foram encontrados cadastros eleitorais, títulos

falsificados e material de campanha de candidatos à disputa proporcional. É comum que estes tipos de crime sejam registrados. O nosso trabalho, entretanto, é coibir essas ações e garantir a tranquilidade do pleito”, acrescenta Giovanni Jatubá. Ainda de acordo com o magistrado, representantes de diretórios municipais dos partidos foram convocados no início de agosto para discutir a eleição deste domingo. Eles receberam instruções quanto às regras de propaganda e sobre o pleito. “Os diretórios foram informados sobre as proibições e orientados para que evitassem problemas com a Justiça Eleitoral. Acredito que este fator deve contribuir para uma eleição tranquila na cidade”, expõe. Eduardo Almeida

O Cartório da 22ª Zona Eleitoral entregou 29 títulos a detentos provisórios no último dia 22; eles devem votar hoje em seção especial

Detentos provisórios votarão nestas eleições ARAPIRACA- Aeleição em Arapiraca contará, pela primeira vez, com votação dentro de presídios. O Cartório da 22ª Zona Eleitoral entregou aos detentos provisórios do Presídio Desembargador Luís Oliveira de Souza, no último dia 22, os títulos de eleitores para que eles possam votar nas eleições que acontecem no dia 3 de outubro. Apenas presos que ainda não foram julgados terão direito a voto sem sair do presídio. Na unidade, 29 detentos devem votar em uma seção especial, que funcionará de 8h às 17h. O analista Mauro de Lima explica que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cadastrou 44 reeducandos no presídio de Arapiraca, mas quinze deles já foram julgados e não poderão

participar da votação. “O TRE mento com foto. “Essa seção iniciou os trabalhos de cadastro deve funcionar como qualquer há cerca de dois meses. Foram outra do País, sem emitidos os títulos de eleitores nenhuma distinção. para que presos provisóEles terão direito a rios participassem voto após apresendas eleições. Mas, tar a documentação como quinze deles exigida”, expôs. É a primeira foram julgados, o núO diretor do Premero de reduziu para sídio Desembargador vez que 29”, acrescentou. Luís Oliveira de SouArapiraca De acordo com za, Genival Leite, exrealiza ele, ontem, foi monplicou que não deve tada uma seção espeser montado nenhum votação cial para que os deesquema especial de dentro do tentos possam votar. segurança para o dia presídio O local funcionará de votação. Ele afirhoje de 8h às 17h e mou que, mesmo contará com mesásendo dia de visitas, rios e fiscais. Para ter devido ao pequeno númedireito ao voto, os ro de eleitores na unidade, não reeducandos deverão haverá mudanças na rotina do apresentar apenas um docu- presídio. “Não há motivos para

aumentarmos o efetivo no dia da eleição, já que apenas 29 detentos participarão do pleito”, disse. Leite informou ainda que os reeducandos tiveram acesso à TV para que pudessem escolher seus candidatos. Segundo o diretor, as áreas de convivência contam com aparelhos, o que permite a eles exercer o direito constitucional. O reeducando José Alexandre da Silva, 28 anos, conta que está preso há mais de dois anos, e que está é a primeira vez que vota sem sair do presídio. “Não pude votar na eleição para prefeito, mas poderei exercer minha cidadania agora. Tenho acompanhado o noticiário e já sei em quem vou votar. Não é porque estou preso que não tenho direito”, destacou.

Policiais militares deixaram a capital na última sexta-feira

Corporação militar recebe reforços ARAPIRACA - O comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, informou que o policiamento em Arapiraca receberá reforço durante esta eleição. O Batalhão conta com um efetivo de 573 militares, que serão reforçados por mais 63 homens. Eles serão distribuídos em 42 locais de votação, tanto da zona rural como da área urbana. “Embora o Batalhão disponha de 573 militares, Arapiraca contará com 187 homens. Eles estarão divididos entre os pontos de votação e o patrulhamento ostensivo no município. A redução se dá porque o efetivo é dividido entre 15 cidades do Agreste. Mas, este número é suficiente para suprir a demanda da região”, acrescentou o coronel Marcos Sampaio.

Segundo ele, o município não apresenta um histórico de problemas e, portanto, não necessitará de atenção especial. Sampaio citou os municípios de Limoeiro de Anadia e Taquarana como pontos problemáticos da região. “Aestratégia é reforçar o policiamento nas cidades problemáticas. Arapiraca continuará com as ações ordinárias, mas terá reforço”, expôs. Sampaio lembrou ainda que a Polícia Militar tem desenvolvido parcerias com a Justiça Eleitoral e com a Polícia Federal. “APM é parceira das instituições que combatem o crime. Nós firmamos parcerias com a Justiça e com a PF, para combatermos de forma efetiva os crimes eleitorais. Nossa expectativa é de que tenhamos uma eleição tranquila”, disse.

CMYK


Arapiraca

O JORNAL JORNA L

A18

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br Fotos: Carolina Sanches

A hora e a vez do mel: apicultores colhem o mel em um dos 23 postos de trabalho criados desde o ano passado na região norte. Houve um aumento de 90% acima do previsto na renda média mensal desses trabalhadores

TERRITÓRIOS DA CIDADANIA

Programa federal diversifica produção Artesanato, produção de própolis vermelha e a fruticultura se destacam em produtividade no litoral norte Da Editoria de Municípios MARAGOGI - Atividades como o artesanato, a produção de própolis vermelha e a fruticultura, presentes no litoral Norte do Estado, destacam-se pelos avanços apresentados na produtividade nos últimos três anos. O crescimento da renda média dos produtores, aliado ao aumento da produção e de postos de trabalho, devem-se às ações executadas através do programa Territórios da Cidadania, implantado na região desde outubro de 2008. O Territórios da Cidadania traz os programas sociais do governo federal, de forma integrada, para os municípios que apresentam os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil. Em Alagoas, a coordenação do programa é da

Secretaria de Estado do Planejamento e do Orçamento (Seplan) e do Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae). Por ser um programa federal, todas as secretarias e órgãos estaduais, a sociedade civil organizada e o poder público são parceiros na execução das ações. Segundo a gerente de desenvolvimento regional da Seplan, Maria Helena da Silva, a secretaria atua na articulação entre os demais parceiros. "A Seplan facilita os meios para realizar as ações", explica. No primeiro ano do projeto, os artesãos do litoral Norte tiveram um aumento de 38 % na sua renda mensal, com 10 % a mais de postos de trabalho. Foram estruturados 62 pequenos negócios de artesanato local nesse período. Para que tais resultados

fossem alcançados, os artesãos aprimoraram suas técnicas de design através de capacitações e consultorias, o que permitiu um incremento na qualidade de seus produtos e, consequentemente, nas vendas. Segundo a diretora técnica do Sebrae, Renata Fonseca, os artesãos locais estão fortalecidos. Foram construídas, em Maragogi, associações diferenciadas, para artesãs que trabalham com a fibra da bananeira e para aquelas que utilizam a quenga do coco. Também começou a funcionar neste mês, em São Miguel dos Milagres, a Casa do Turista, espaço onde serão comercializados os artesanatos produzidos nas cidades litorâneas. "O objetivo do espaço é dar mais visibilidade ao artesanato local e aumentar as vendas

dos produtos", destaca Fonseca. CASA DO MEL - Os produtores de própolis vermelha da região têm a oportunidade de aperfeiçoar a atividade a partir de um regulamento de fabricação de alimentos seguros, criado por consultorias especializadas. Até o final do ano passado, foram criados 23 novos postos de trabalho, com um aumento de 90 % acima do previsto na renda média mensal. Além disso, o programa Territórios da Cidadania assistiu 10 % a mais de produtores de própolis vermelha. A construção de uma Casa do Mel em Porto Calvo, com recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e da prefeitura, vai possibilitar a regularização da produção e a melhoria da qualidade dos produ-

tos finais. Para Renata Fonseca, "a Casa do Mel vai proporcionar o fortalecimento dos grupos de produtores e a geração de empregos e renda na região". Ainda foram aprovados projetos para a construção de mais quatro Casas do Mel, sendo duas em Maragogi, uma em Porto Calvo e uma em São Luís do Quitunde, com recursos do MDA, das prefeituras e da Petrobras. Aqualidade da produção de banana e maracujá na região se destacou, em 2010, graças ao acompanhamento de consultorias tecnológicas. Aprimoramento das técnicas de produção, controle de pragas, preparação de solos e irrigação foram alguns dos conteúdos das capacitações que geraram a compra de R$ 20 mil em bananas, neste mês, pelo

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal. A renda média mensal dos produtores de fruticultura aumentou 230 % no segundo ano do projeto, também marcado pelo crescimento de 10 % nos postos de trabalho, que passaram de 58 para 64. Além de capacitações em diversos setores, o programa conta com medidas para a ampliação do acesso da população a áreas como Educação, Saúde, Agroindústria e ao programa Bolsa Família, do governo federal. Fazem parte do programa as cidades da Barra de Santo Antônio, Maragogi, Porto Calvo, Porto de Pedras, Campestre, Jacuípe, Matriz de Camaragibe, Passo de Camaragibe, São Luís do Quitunde e São Miguel dos Milagres.

Produtores de laranja buscam escoar produção Da Editoria de Municípios MARAGOGI - Os produtores da Zona da Mata alagoana, organizados pela Cooperativa dos Produtores de Laranja Lima (Cooplal) e pertencentes ao Arranjo Produtivo Local da Laranja do Vale no Mundaú, estão conseguindo escapar dos prejuízos deixados pelas enchentes que atingiram o Estado em junho. ACooplal comprou, esta semana, um caminhão para facilitar o transporte e a distribuição das laranjas produzidas na região. O veículo, avaliado em R$ 109 mil, será pago pela coopera-

tiva, com os lucros gerados pelas vendas dos produtores locais. Segundo o presidente da Cooplal, Antônio Carlos, a compra do caminhão somente foi possível com a ajuda dos produtores e parceiros da cooperativa. "Essa conquista é fruto da determinação e luta da cooperativa e do apoio da Secretaria de Estado do Planejamento e do Orçamento (Seplan) e do Sebrae/AL, mesmo diante da catástrofe", disse Antônio Carlos. Para a gestora do APL da Laranja no Vale do Mundau, Leila Flávia de Lima, a compra desse veículo foi de extrema importância para os produtores, pois diminuirá o gasto com car-

regamentos e distribuição. "Os produtores estavam gastando muito com o carregamento das laranjas, já que depois das enchentes as estradas ficaram muito prejudicadas, aumentando o custo do frete. Se é pra investir, que seja em um veículo próprio", disse Leila. O APL da Laranja no Vale do Mundaú conta com 2.500 produtores familiares e abrange os municípios de Ibateguara, Branquinha, São José da Laje, Santana do Mundaú e União dos Palmares. Ele faz parte do Programa de Arranjos Produtivos Locais que é coordenado pela Seplan, em parceria com o Sebrae.

CMYK


Arapiraca

O JORNAL JORNA L A19

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Agricultura familiar recebe incentivo Produtores que vendem ou pretendem vender para a merenda escolar ficarão isentos de pagar impostos Da Editoria de Municípios ARAPIRACA - Os agricultores familiares que vendem ou pretendem vender sua produção para os municípios incluírem na merenda escolar ficarão isentos de pagar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A medida foi aprovada pelo Conselho Nacional de Po-

lítica Fazendária (Confaz) e deve entrar em vigor em poucos dias, após tramitação na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). Aaprovação da medida é resultado da apresentação de um convênio feito pela Sefaz, e ainda deve beneficiar, também, os estados do Acre, Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Tocantins. "Essa já era uma solici-

tação antiga dos agricultores familiares", afirmou o superintendente de Fortalecimento da Agricultura Familiar da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), Janair Veloso. O anúncio foi feito na última quinta-feira pela secretária adjunta da Fazenda, Adaída Barros, durante uma reunião com o superin-

tendente Janair Veloso e o articulador estadual da Rede de Apoio à Comercialização da Agricultura Familiar, Antônio Neto. De acordo com o convênio, publicado no Diário Oficial da União, no dia 28 de setembro de 2010, os Estados incluídos estão autorizados a "isentar o ICMS devido na operação relativa à saída de gênero alimentício pro-

duzido por agricultores familiares que se enquadrem no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e que se destinem ao atendimento da alimentação escolar nas escolas de educação básica pertencentes à rede pública estadual e municipal de ensino do Estado, decorrente do Programa de Aquisição de Ali-

mentos - Atendimento da Alimentação Escolar, no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)". O convênio estabelece ainda que a isenção se aplica aos agricultores familiares, associações ou cooperativas que tenham a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e se estende até o limite de R$ 9 mil por ano por cada agricultor. Fotos: Divulgação

A isenção de impostos foi aprovada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e deve entrar em vigor em poucos dias

Outra demanda do setor é isenção da nota fiscal Segundo o articulador estadual da Rede de Apoio à Comercialização da Agricultura Familiar, Antônio Neto, os agricultores familiares também querem a descentralização da emissão das notas fiscais pela Sefaz e a isenção no valor dessas notas. "Cada nota onera o agricultor em mais de R$ 16. A cada vez que ele vende para merenda, deve pagar uma nota", explicou Antônio Neto. Segundo a secretária adjun-

ta da Fazenda, a emissão das notas, que era feita apenas nos regionais da Sefaz, agora também é feita nos postos fiscais. A intenção é que seja ampliada ou para as prefeituras ou para os escritórios regionais da Seagri. Em relação à isenção no valor da nota, Adaída Barros explicou que o governo do Estado vai elaborar uma mensagem para encaminhar à Assembléia Legislativa Estadual (ALE), solicitando a aprovação dessa isenção para

os agricultores familiares que vendem para a merenda escolar. Lei federal, aprovada em 2009 e em vigor desde janeiro de 2010, garante a todos os municípios a aquisição de pelo menos 30% do valor da merenda escolar da produção da agricultura familiar local. Quando os 102 municípios alagoanos estiverem realizando essa compra, a estimativa é que cerca de 4 mil agricultores familiares sejam beneficiados com a

isenção do ICMS. Também participaram da reunião o superintendente da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística (Sedec), Adelmo Martins, o superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Elizeu Rêgo, a gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Izabel Vasconcelos, e a coordenadora do Fórum ASefaz e a Sociedade, Maria Lopes Milhomes.

CRÉDITO

Cooperativa recebe ajuda para negócios Editoria de Municípios ARAPIRACA- Microempreendedores de Coruripe e costureiras da Associação Nova Esperança, ligadas à Cooperativa Pindorama, estão recebendo atendimento da equipe da Agência de Fomento de Alagoas (Afal), com relação à metodologia de negócios e linhas de crédito oferecidas pelo órgão estadual. AAssociação Nova Esperança de Pindorama reúne cerca de 14 costureiras que trabalham na confecção de fardamentos que são vendidos para a própria cooperativa, além de outros clientes. Segundo Marinalva Vilela, a associação já passou por "momentos difíceis", mas vem aumentando sua clientela e precisa de um empréstimo para investir mais na compra de máquinas, além de capital de giro para a compra de mercadorias. De acordo com Rosália Santos, da Associação Nova Esperança de Pindorama, o volume de produção já ultrapassa 20 mil fardamentos ao ano, que são, em sua maioria, fardamentos especiais para os trabalhadores do corte de cana. "Como estamos expandindo nossos negócios, precisamos de capital de giro para adquirir maior volume de tecidos, e assim poder comprar um estoque que garanta a produção durante todo o ano, e adquirir novas máquinas", explicou Rosália. Além do atendimento às costureiras da associação, o gerente de Projetos da Afal, Thiago Luiz, e o analista Alexsandro Dantas, atenderam micros e pequenos empreendedores informais que foram conhecer as linhas de crédito ofertadas pela a Afal. Após a apresentação, os interessados preencheram o formulário para a proposta de empréstimos e também apresentaram as cópias do RG, CPF, comprovante de residência e conta bancária.

Uma das interessadas na linha de crédito foi dona Maria das Dores da Silva, a Dona Dodô. Ela pretende retirar empréstimo, no valor de R$ 12 mil, para investir em seu negócio de criação e venda de peixes. Dona Dodô, que veio acompanhada de uma neta que também se interessou pela linha de crédito para investir em seu mercadinho, diz que gasta por mês cerca de R$ 1.560,00 para a alimentação dos peixes, e precisa de capital de giro para comprar a ração em quantidade maior, sem prejuízos para investir na ampliação de seus negócios. O crédito produtivo da Afal também interessou a outros empreendedores de Pindorama, a maioria pessoa física, que possuem pequenos negócios como vendas de artesanato, confecções e prestação de serviço, todos gerando emprego e renda, e dinamizando a economia do lugar. O gerente de Projetos da Afal, Thiago Luiz, afirma que a partir do preenchimento dos formulários, com as propostas de empréstimos com limites até R$ 50 mil, a aprovação é feita após a análise do comitê de crédito da Afal. Ele adverte que é importante salientar que os recursos devem ser investidos na produção, valorizando a capacidade de gerar mais empregos e rendas para a região atendida. O diretor de Desenvolvimento e Projetos da Afal, Fábio Leão, explica que o foco da agência é atender aos empreendedores de pequeno porte. Eles devem demonstrar capacidade para alavancarem seus negócios, uma vez que as linhas de crédito disponibilizadas pela instituição são direcionadas prioritariamente para um público que precisa ter um acesso mais rápido e atraente ao crédito, a exemplo da linha criada para o fomento dos Arranjos Produtivos Locais (APLs).

CMYK


Arapiraca

O JORNAL JORNA L

A20

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: municipios@ojornal-al.com.br

Grand

Monde Por Aroldo Marques

E-mail: harold_marques@hotmail.com

UM APRENDIZADO Sempre que voto para mim é um aprendizado, mesmo sendo uma atitude cívica ainda lembra algo forçado como trabalho escravo... Em alguns políticos tive orgulho de ter votado, mas foram poucos, outros me decepcionaram por completo, não porque não conseguir um emprego. Graças a DEUS tenho saúde, inteligência e força para trabalhar... Sempre trabalhei, desde meus 13 anos de idade para pagar minhas escolas, cursos e faculdades... Acho absurdo o povo brasileiro que está "educado" com o "assistencialismo" O voto é um gesto que marca a personalidade do individuo por esse motivo ele não tem preço, portanto é a pratica dos mais aos menos "nobres" e tudo parece normal no Brasil. Nesta eleição que acontece hoje dia 03 de Outubro é bom pensar nas conseqüência do voto errado pois já sofremos muito. As ruas, os logradouros públicos estão todos poluídos de sujeira por todo lado, marcadas pelos desesperos a corrida do poder. "Se eu for eleito, prometo limpar todas as sujeiras que espalhei pelas ruas..." Se sua campanha foi um lixo, como será o seu mandato?

SAUÍPE FOLIA 2010 A empresária Fernanda Canuto (leia-se Concrenorte) e o seu esposo, competente advogado Cláudio Canuto, aproveitaram o final de semana de 15 à 17 de setembro e curtiram a micareta Sauípe Folia no conhecido como um dos principais destinos turístico da Bahia, há apenas 76 km do aeroporto internacional de Salvador. Com direito a festa na piscina com os artistas selados (Harmonia e Netinho ) apresentados só para os hospedes e no geral as bandas; Tomate, Ivete, Eva, Jorge & Matheus, A Zorra, Duas Medidas. Encantados com a viagem Cláudio e Fernanda Canuto recomendam o Sauípe Folia aos foliões brasileiros. " Lá vivemos momentos paradisíacos, segurança e estrutura" enfatizaram!!!

PARA FALAR DE NOVIDADES Antes do final deste ano a ci-

Rose Carrel faz entrega do Prêmio Homem de Sucesso - Troféu Imprensa Social Rose Carrel ao seu amado Marcos Madeira

PARA ONDE IR? Encontro do Reitor do Ifal (antigo Cefet), Sérgio Teixeira Costa, com o presidente Lula e o ministro Fernando Haddad, da Educação, em Brasilia, para confirmar a inclusão de Alagoas na terceira etapa de expansão do Ensino Técnico Profeissional com mais 7 escolas nos próximos anos

dade de Arapiraca vai detonar com as mais novas casas sociais de gastronomias e entretenimentos, o complexo Ilha do Pirá já é uma realidade, última preparativos para abertura da casa, que será show de bola! A cachaçaria Dona Branca na Avenida Ceci Cunha, o restaurante Escritório Comedoria no centro da cidade, o restaurante Republica dos Camarões anexo ao Residencial Ouro Verde, a franquia do Bob´s no centro da cidade e o restaurante e loja de conveniências Dona Marinete do amigo Roberto Carnaúba. Estamos dando boas vindas à vida social arapiraquense!

TROTE DA UNEAL Olha aí uma boa pedida para quem curte uma boa música. Na segunda-feira, dia 4, tem João Felipe no trote dos novos feras da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). No repertório, músicas do nosso Pop Rock e a excelente música popular brasilei-

ra. O show está previsto para começar por volta das 18 horas, logo após o anúncio dos novos alunos. João Felipe, é a mais nova revelação artística de Arapiraca, filho caçula do jornalista Roberto Baía e de Arlete Barbosa Baía. João Felipe anda arrancando suspiro da galera teen feminina com muito talento e beleza no palco.

SERVIÇO DE HOTELARIA Dotado de um excelente serviço de hotelaria, o Hotel Pequeno Príncipe é a bola da vez em Arapiraca, além dos serviços hoteleiros de qualidade D. Elizabeth Queiros juntamente com suas filhas Rusia e Jamaica Queirós tratam com muito carinho e hospitalidade seus clientes, com restaurante servindo o almoço caseiro e um jantar nordestino de primeira qualidade. E, agora funcionando um estruturado auditório com capacidade para 200 pessoas. O Hotel Pequeno Príncipe está aberto para toda sociedade e nos finais das tardes oferece espertinho de carnes na brasa e sempre as 5ª-feiras musica ao vivo. Uma excelente pedida!

ROSE CARREL SEMI JÓIAS EXCLUSIVAS

O conceituado advogado Claudio Canuto e sua amada esposa Fernanda Canuto curtindo férias quando na micareta Sauípe Folia

Uma loja moderna feita com carinho e decorada com bom gosto nas cores que se vê do lilás ao rosa chiclete, antes mesmo de ser bordão da novela global. Rose Carrel tem com slogan a frase " chic é ser original" comercializando óculos de grife nacional e internacional como: Claudia Raia, Ana Hichman, Azzarô, Nike, Fiotucci, Bad Boy, TNG, Puma, Ellus, Victor Hugo, Police, Mercedes Bens, Gustavo Kuerten, ... Entre outras marcas onde Rose Carrel apresenta à sociedade o que há de mais moderno no mercado óptico em óculos solares e de prescrição

médica... E, agora com Semijóias exclusivas, que você poderá conferir acessado o site www.clickarapiraca.com.br no link Rose Carrel você entra o hotsite Rose Carrel Semijóias, ou fazendo uma visita "in loco. Atendendo a exigência de sua grande clientela Rose Carrel vende em especial as marcas mais procuradas e vendidas no país e no mundo que você pode conferir fazendo uma visita à Rua Domingos Correia, 600 - Edifício Veslázquez Arapiraca Alagoas - 0823522.2200.

DIA DA SECRETÁRIA Sim, essa profissional sim é uma verdadeira Mulher de Sucesso, dinâmica e atenciosa Maria Goreth de Góis representa com muito orgulho a força do trabalho que requer ética e etiqueta social, funcionária publica é padrão por natureza... É-lhe peculiar ser agradável, amável e uma amiga verdadeira... No dia 30 de Setembro que se comemorou o dia da Secretária Executiva, meus votos foram para todas aquelas que labutam o secretariado, mas, em especial para a querida secretária do executivo de Arapiraca, gestão Luciano Barbosa, Maria Goreth de Góis... Representando todas as secretárias nossos parabéns!!!

Pintou aquela vontade de ira um lugar onde possa ver gente bonita, atenada ouvir uma boa musica, curtir os artistas da terra? O Botequim do Malandro é a dica mais acertada... Com especialidade em acarajé, pata de caranguejo e siri de coral, são os petisco recorde em pedida. Sob administração de Sandro Roberto e Alessandro Lopes o Botequim do Malandro se faz parada obrigatória do "grand monde" alagoano. Confira!

Trote da Uneal Olha aí uma boa pedida para quem curte uma boa música. Na segunda-feira, dia 4, tem João Felipe no trote dos novos feras da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). No repertório, músicas do nosso Pop Rock e a excelente música popular brasileira. O show está previsto para começar por volta das 18 horas, logo após o anúncio dos novos alunos

2ª BALADA FANTASY Com o propósito de repetir o sucesso da prmeira edição o Levino´s Hall será palco para a 2ª Balada Fantasy, que vai acontecer no dia 20 de novembro, tem como atrações convidadas as bandas: Los Borrachos, Badallada, Baballú + DJ Zuc e DJ Zanzio... A festa é open Bar... VC já escolheu a sua fantasia? A festa permite você realizar sua fantasia e curtir uma festa inesquecível!

A secretária do executivo Luciano Barbosa, Maria Goreth de Gois, homenageada no Dia da Secretária.Parabens!

CMYK


O JORNAL

Economia

A21

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

COMÉRCIO

Tudo pronto para o último trimestre Na expectativa de um dos melhores períodos de vendas e faturamento, setor contrata e reforça estoques Valdete Calheiros Repórter

O comércio varejista está pronto para atender aos consumidores alagoanos neste último trimestre de 2010, iniciado na sexta-feira passada. É justamente nos meses de outubro, novembro e dezembro que os lojistas apostam no lucro certo obtido com as vendas para o Dia das Crianças, as férias, o Natal e as festividades de Ano Novo. As previsões otimistas dos lojistas encontram explicação em recente pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que aponta um crescimento de 12% nas vendas do comércio nos três primeiros trimestres do ano.

Para atender a demanda, o comércio varejista de Maceió já começou as contratações temporárias. O processo foi iniciado na segunda quinzena de setembro. O quadro de novos funcionários deverá ser fechado até o próximo dia 15 deste mês. Aexpectativa da Aliança Comercial dos Retalhistas de Alagoas é de que pelo menos 2 mil pessoas sejam contratadas apenas para trabalhar no comércio de Maceió. De acordo com o presidente da Aliança Comercial, João Correia Barros, cerca de 10% dos empregados temporários deverão passar a integrar o quadro de empregados fixos das lojas. O número de novos empregados temporários é superior ao

registrado pelo setor no mesmo período do ano passado. Em 2009, o comércio gerou cerca de 1.500 novos empregos temporários. O aumento no número de novas vagas encontra explicação na própria perspectiva do comércio que espera aumentar, neste período, também em 10% o volume de vendas registrado em 2009. De acordo com o presidente da Aliança Comercial, João Correia Barros, as expectativas para os novos funcionários são as melhores possíveis. “Seguramente, depois deste período de festas, alguns funcionários começam a ser efetivados. Ou porque se destacaram durante as vendas e os atendimentos ou por uma reno-

vação natural nas vagas de trabalho do comércio”, explicou. Ainda conforme a Aliança Comercial, o comércio varejista está diante dos seus melhores índices de vendas. “A expectativa é muito boa e tende a melhorar ainda mais. Certamente, haverá espaço para funcionários qualificados e empenhados diante de uma nova chance de emprego”, avaliou. Para João Correia Barros vários fatores colaboram para o bom momento do comércio varejista. Entre os quais, “as indústrias instaladas recentemente em Alagoas, o pagamento do 13° daqui a algum tempo, os novos hotéis inaugurados no Estado, a safra da cana-de-açúcar e até mesmo o período eleitoral. Todos

esses aspectos provocam incremento no comércio varejista”. O comércio está movimentado em todos os segmentos. Conforme o levantamento do IBGE, as vendas de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação tiveram alta de 5,4%, outros artigos de uso pessoal e doméstico registraram aumento de 5,2%, de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo subiram 1,5%, tecidos, de vestuário e calçados tiveram elevação de 1% e de móveis e eletrodomésticos subiram 0,6%. Oito atividades do varejo pesquisadas pelo IBGE registraram aumento no volume de vendas: hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas

e fumo (11,9%), móveis e eletrodomésticos (17%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (9,4%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (10,3%), equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (23,2%), combustíveis e lubrificantes (5,6%), tecidos, vestuário e calçados (4,3%) e livros, jornais, revistas e papelaria (4,7%). De acordo com o IBGE, a alta nas vendas do setor de supermercados foi o que mais exerceu contribuição para o crescimento da taxa do varejo (50%). A justificativa para isso é que houve aumento do poder de compra da população e evolução do comportamento dos preços no setor. Yvette Moura

Durante todo o ano, a movimentação de consumidores no centro de Maceió foi intensa e deve crescer ainda mais com as festas natalinas

Dia das Crianças será o melhor em cinco anos

João Correia, da Aliança Comercial: momento econômico é positivo

Para a Aliança Comercial dos Retalhistas de Alagoas, o Dia das Crianças, a ser comemorado no próximo dia 12 de outubro, será o melhor dos últimos cinco anos. Na avaliação do presidente da Aliança Comercial, João Correia Barros, os empresários estão bastante otimistas quanto às vendas neste Dia das Crianças. Na sua opinião, vários fatores contribuem para a expectativa positiva do comércio. “O Centro está mais convidativo e há muitas lojas novas. Até mesmo a antecipação do pagamento do Estado irá contribuir para que este ano, o comércio tenha o melhor Dia das Crianças dos últimos cinco anos”, explicou

João Correia Barros. Conforme a estimativa da Aliança Comercial, os pais ou responsáveis deverão gastar, em média, R$ 50,00 com a compra de presentes para as crianças. Ainda segundo o presidente da Aliança Comercial dos Retalhistas de Alagoas, o Dia das Crianças do ano passado sofreu com os resquícios da crise financeira mundial. O Nordeste é a região com melhores perspectivas de aumento do faturamento na venda de brinquedos, confecções e equipamentos eletrônicos, os itens mais procurados pelos pais ou responsáveis para presentear os pequenos consumidores. E Ala-

goas segue a mesma tendência da região. Apesar do apelo comercial da data e da insistência das crianças em serem presenteadas, os comerciantes têm que oferecer vantagens para atrair os pais. Pensando em conquistar os consumidores, o varejo prepara promoções e aposta no parcelamento das vendas para o Dia das Crianças. Quanto ao Natal, já é possível encontrar em algumas lojas produtos natalinos. Principalmente nas lojas de produtos importados e objetos de decoração. Seja no Dia das Crianças ou no período natalino, o comércio varejista esperar vender como

nunca. Segundo a Serasa, como há maior endividamento e inadimplência em alta, o alongamento de prazos será a alternativa para reduzir o valor das prestações e alavancar as vendas. Os economistas da Serasa indicam que o menor desemprego e a renda em crescimento são fatores determinantes para viabilizar os financiamentos. “Como há maior geração de empregos formais, mais brasileiros receberão 13º salário, o que pode levar parte do varejo a propor o pagamento da 1ª parcela do presente do Dia das Crianças apenas quando da data do recebimento do 13° salário. (V.C.) Continua nas páginas A22 e A23

CMYK


Economia

O JORNAL JORNA L

A22

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

Cartão de Crédito, agora com mais facilidade, estimula consumidor Até mesmo as operadoras de cartão de crédito parecem estar unidas quando o assunto é atrair cada vez mais consumidores. Desde o início do mês de julho, os consumidores passaram a contar com a unificação das máquinas leitoras de cartão de crédito e de débito no comércio. Graças à mudança, o lojista pode alugar apenas uma máquina para operar as transações de cartões de bandeiras diferentes. Já o consumidor não precisará mais se preocupar se determinada loja aceita ou não o cartão que ele possui. A mudança refletiu, principalmente, no bolso do pequeno comerciante, que paga entre R$ 80 e R$ 140 pelo aluguel mensal do terminal de operação. O mo-

delo que vigorou até julho último obrigava o lojista a alugar, no mínimo, duas máquinas de credenciadoras diferentes para receber os cartões da maioria dos consumidores. Atualmente, existem no país 5 milhões de máquinas alugadas de credenciadoras em 1,5 milhão de estabelecimentos comerciais, segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Segundo o presidente da entidade, Roque Pellizzaro Junior, o pagamento do aluguel de máquinas representa cerca de 23% da renda das principais credenciadoras. Ele acredita que, apesar de a medida promover a redução do número de máquinas alugadas, as credenciadoras não

devem ter grandes prejuízos. Para ele, a grande vantagem da mudança é promover o aumento da concorrência no setor, dominado pelas bandeiras Visa e Mastercard. Juntas, elas representam 96,65% do mercado. O presidente do CNDL acredita que, com a competição, devem cair as taxas administrativas, o tempo que o lojista leva para receber da operadora, além do aluguel, cujo valor “deve chegar a zero”. O consumidor também deve ser beneficiado pela criação de bandeiras, que devem oferecer facilidades, como redução de juros e de anuidade, para conquistar os clientes. Atualmente, cerca de 50 tarifas incidem sobre compras feitas

com cartão, o que desestimula a aceitação do “dinheiro de plástico” pelos comerciantes. Para compensar a taxação, os lojistas colocam preços diferentes para o mesmo produto para pagamentos em dinheiro, cheque ou cartão, prática proibida por lei. No Procon, em Alagoas, as operadores de cartões de crédito ajudam a encabeçar a listas dos serviços mais reclamados pelos consumidores. As taxas cobradas pelos cartões de crédito são uma enormidade de tarifas se comparadas às atuais 31 aplicadas pelo setor bancário, cuja carteira de serviços é bem mais ampla. A boa notícia é em relação à redução na quantidade de taxas cobradas pelos cartões de crédi-

to. Graças à pressão do governo e dos órgãos de defesa do consumidor, o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), Paulo Rogério Caffarelli, adiantou que o setor poderá reduzir para entre 20 e 30 o número de tarifas, além de buscar a padronização de cada uma. As negociações entre as operadoras de cartões já começaram com o Banco Central. Aexpectativa de Paulo Rogério Caffarelli é que as mudanças sejam tiradas do papel em até três meses. Mas isso tudo dependerá do palavra final do Banco Central. Apesar de algumas restrições no mercado, o número de cartões saltou de 118.249 em 2000 para 628.015 neste ano, segundo

dados da Abecs. Os cartões de crédito lideram as transações, com 2,9 milhões, seguido pelo cartão de débito com 2,84 milhões. Somente nos primeiros meses deste ano, as duas modalidades já tiveram um crescimento de cerca de 20% no faturamento, na ordem de R$ 157 milhões (para os cartões de débito) e R$ 309 milhões (para os cartões de crédito). A existência de um número recorde de tarifas cobradas atualmente pelos cartões é um dos principais nós que o governo quer desatar e, para isso, prepara regulação ampla do setor, que movimenta quase R$ 550 bilhões por ano. O Banco Central e os ministérios da Justiça e da Fazenda são os responsáveis por essa ação. (V.C.)

Até o segmento de material escolar espera um bom fim de ano com as vendas antecipadas

Confiança: a palavra de ordem Independente do uso do cartão de crédito ou débito, a confiança do consumidor aumentou no mês de setembro em relação ao mês de agosto, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas divulgada na última semana de setembro. O Índice de Confiança do Consumidor da Fundação Getúlio Vargas cresceu 0,7%, passando de 120,9 pontos no mês passado para 121,7 pontos neste mês. Esse é o maior índice da série histórica, iniciada em 2005. A satisfação dos consumidores com a situação atual também melhorou. O Índice da Situação Atual teve um aumento de 3,5%, passando de 136,1 pontos em agosto para 140,8 pontos em setembro, marcando um novo recorde. A satisfação com a situação econômica local foi o item que mais contribuiu para a evolução do índice. A proporção de consumidores que avaliam a situação atual como boa aumentou de 28,1% para 33,6% do total. Já a parcela

daqueles que a consideram ruim passou de 22,6% para 21,2%. Já o Índice de Expectativas, que revela a expectativa para a situação econômica nos próximos meses, caiu 1,1%, passando de 112,8 pontos em agosto para 111,6 pontos neste mês. O percentual de consumidores que esperam uma melhora nos próximos seis meses diminuiu de 28,4% para 26,5%. Já o índice daqueles que preveem uma piora aumentou de 10,7% para 11,3%. As expectativas futuras estão bem promissoras. Se não houver maiores surpresas na economia, a taxa de juros real do Brasil – taxa Selic descontada a inflação – poderá cair para 2% em 2014. A afirmação foi feita pelo secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Nelson Henrique Barbosa Filho, durante o 10º Encontro Nacional de Estudos Estratégicos (10º Enee). A projeção do governo para a taxa de juros real é que feche 2010 em 5,8%. A ten-

dência de queda, disse o secretário, deve continuar pelos próximos anos. “Taxas de juros mais baixas são uma tendência mundial e o Brasil não pode fazer um caminho diferente. Por isso, acredito que teremos condições de baixar os juros reais para 2% em 2014”, afirmou o secretário. Como consequência desses fatores, o comércio alagoano está esbanjando otimismo. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos primeiros sete meses deste ano, o setor acumulou alta de 14,3% no volume de vendas e de 19,2% no faturamento. A movimentação no comércio indica que os consumidores estão mais otimistas em relação à queda da inflação, à expansão da renda pessoal, à redução do endividamento pessoal e à melhoria da situação financeira do país, de acordo com o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A três meses do Natal, algumas lojas já estão com decoração para atrair antecipadamente o consumidor

CMYK


Economia

O JORNAL JORNA L A23

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: economia@ojornal-al.com.br

Lula Castello Branco

Diante da euforia, recomenda-se cautela Apesar das boas perspectivas para lojistas e consumidores é preciso ter cautela para administrar o dinheiro nos últimos meses de 2010 para não começar 2011 sem alguma reserva financeira. Isso porque mais da metade das famílias brasileiras possui algum tipo de dívida, segundo levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Entre os 3,8 mil domicílios pesquisados em 214 municípios, cerca de 54% declararam ter dívidas. Do conjunto das famílias, pouco mais de 11% responderam estar muito endividadas. Outras 16,82% declararam estar mais ou menos endividadas, e 26,25%, pouco endividadas. Entre as famílias endividadas, a dívida média é de R$ 5.426,59. “Aproximadamente 15% das famílias endividadas têm uma dívida de cerca de até metade do rendimento familiar mensal; 21% têm dívida entre 0,50 e 1 vez a renda mensal; 23,5% têm entre 1 e 2 vezes a renda mensal; 16% têm entre 2 e 5 vezes; e 23% têm dívidas de mais de 5 vezes o valor da renda familiar mensal”, diz o Ipea. Em todo o País, cerca de 20% das famílias possuem alguma conta atrasada – destas, 60% acreditam que conseguirão quitar essas contas total ou parcialmente no mês seguinte. O menor grau de endividamento foi verificado entre as famílias com renda de até um salário mínimo: nessa faixa de renda, 58,54% declararam não ter dívidas. Entre as famílias com renda superior a dez salários mínimos, essa taxa cai para 36,92%. Na divisão por faixa etária, são os adultos entre 30 e 50 anos aqueles que mais se percebem muito endividados, enquanto as pessoas com mais de 60 são as que têm menos dívidas. Por regiões, há maior proporção de famílias sem dívidas no Nordeste e Centro-Oeste (53% e 55%, respectivamente), enquan-

to na região Norte apenas 16% das famílias declararam não possuir dívidas. A pesquisa do Ipea apontou que os brasileiros estão otimistas com a situação socioeconômica do país. A pontuação da expectativa das famílias para os próximos 12 meses ficou em 62,75 pontos em agosto, em uma escala de zero (grande pessimismo) a cem (grande otimismo). O Centro-Oeste teve a maior pontuação entre as regiões, de 68,14, enquanto a região Sudeste registra a menor (59,09), indicando grau de moderação para a situação socioeconômica nacional. Para os próximos 12 meses, 58,03% das famílias acreditam que o Brasil passará por melhores momentos. Para os próximos cinco anos, 55,4% das famílias crêem a mesma coisa. Aproporção de famílias que acreditam que o país atravessará piores momentos é de 19,24% e 15,09%, para o curto e médio prazos, respectivamente. O grau de confiança é maior entre as famílias com maior rendimento, bem como para os mais jovens. Também demonstram maior otimismo com a economia do país os homens, os de ensino superior incompleto, os autodeclarados negros e aqueles que recebem algum benefício do governo. Cerca de 77% das famílias creem que estarão em melhores condições financeiras daqui a um ano, enquanto somente 8% projetam expectativa de estarem pior. A expectativa das famílias sobre o futuro próximo é mais otimista na região Norte, onde mais de 87% delas acreditam que estarão melhor. No Sudeste, a proporção de famílias que acreditam que estarão melhor é de 71%. De acordo com o Ipea, o otimismo das famílias é menor quando se consideram as expectativas sobre o consumo. Entre as famílias pesquisadas, 53% acreditam que o momento é ideal para comprar bens duráveis.

Recordista em vendas, os supermercados têm registrado crescimento recorde, com taxas maiores do que as verificadas em outros segmentos

Empréstimo financeiro também está em alta Quem não optar pelas compras à vista ou com cartão de crédito tem ainda a opção do empréstimo. O juro cobrado do consumidor nos empréstimos nunca foi tão baixo. Dados divulgados pelo

Banco Central mostram que a taxa paga pelas pessoas físicas caiu para 39,9% anuais em agosto, a mais baixa desde o Plano Real. Nos últimos meses, mais consumidores têm tomado di-

nheiro em operações com juros menores, o que reduz o juro médio do mercado. O melhor exemplo é o crédito consignado. Em agosto, essas operações cresceram 3,1% em relação a julho. Já o crédito pessoal tradi-

cional, sem desconto em folha de pagamento, avançou 2,2%. Como o juro médio do consignado é de 26,4% ao ano – menor que os 55,3% do crédito pessoal –, a média acaba caindo estatisticamente. (V.C.)

Lógica: consumo em alta e produção aquém do necessário têm elevado gradualmente o preço final

Carne pode ser item de “luxo” em pouco tempo BUENOS AIRES - A carne passará a ser um produto de luxo. A afirmação, feita no Congresso Mundial de Carne, em Buenos Aires, é de Lorenzo Basso, secretário de Agricultura e da Pecuária da Argentina. Ele não está sozinho nessa avaliação, pois é a opinião da maioria dos analistas que participam do evento. Após quatro anos de dificuldades provocadas por baixos preços, crise financeira e excesso de abate de fêmeas nos principais países produtores, o cenário está mudando para a cadeia da carne. A demanda mundial é crescente e os preços sobem. Essa alta vai chegar ao consumidor, e de forma permanente. A inserção de novos consumidores, principalmente de paí-

ses emergentes, é apenas um dos motivos dessa elevação de preço. Mudanças no clima, novas exigências de sustentabilidade e perda de espaço da pecuária (em relação a outros produtos agrícolas) também são motivos que elevam os custos de produção. Pratini de Moraes, ex-ministro da Agricultura, diz que o aumento vai ser contínuo, mas em pequena escala devido à agregação de novos custos à produção. “É mais uma recomposição de preços, já que o câmbio está desfavorável às exportações”. Para Luciano Vacari, da Acrimat (associação que reúne pecuaristas de Mato Grosso), “dizer que a carne será um produto de luxo parece um termo muito pesado e pode inibir o con-

sumo”. Vacari deixa claro, porém, que os preços da carne vão mudar de patamar. “Sem dúvida já era hora desse passo. É um reconhecimento ao novo modelo de produção”. A demanda mundial de carne bovina deve crescer cerca de 9% nos próximos três anos, afirma Sebastião Guedes, do Sindicato Nacional da Pecuária de Corte. Segundo ele, a demanda é forte não apenas externamente, mas também internamente. Para Guedes, o Brasil ainda demorará dois anos para regularizar a oferta. Situação pior vivem os argentinos. Dardo Chiesa, do IPVCA (instituto de promoção na carne no país), diz que, “se fizermos tudo direitinho, só vamos resolver esses problemas em cinco anos”.

CMYK


JORNAL

O JORNAL

A24

Imobiliário

Imóveis.com Theodomiro Jr.

imobiliario@ojornal-al.com.br

PERGUNTA DO LEITOR O leitor Alceu Alvarenga pergunt: “Estou no meio de uma negociação para a compra de um imóvel e já paguei inclusive o sinal. Agora o, dono do imóvel diz que não pode aguardar a liberação do financiamento já que tem um outro interessado no imóvel que quer pagar à vista. O que devo fazer?” A greve dos bancários não atrapalha apenas o dia-a-dia da cidade. Para aqueles que estão comprando um imóvel, a paralisação pode sair ainda mais cara. Se o contrato de compra e venda já estiver fechado, com pagamento do sinal e prazo para a liberação do financiamento, o comprador corre um grande risco de perder o valor pago e ainda ficar sem o imóvel. De acordo com Hamilton Quirino, advogado especialista em Direito Imobiliário, para esses casos, o melhor a se fazer é entrar na Justiça contra o vendedor e provar - por meio de notícias de jornal e avisos do banco - que o descumprimento do contrato foi causado por motivos de força maior. O ideal é que o contrato contemple situações de risco ou que não tenha nenhuma cláusula que preveja a perda do sinal em caso de descumprimento do acordo. Mas, como nem sempre o ideal existe, será preciso tentar negociar com o vendedor e, caso ele não seja maleável, entrar na Justiça.

ARQUITETURA 2012 Maceió sediará o XXIV Congresso Panamericano de Arquitetura (24º CPA), que ocorrerá em novembro de 2012. E evento envolverá quatro grandes economias mundiais (Estados Unidos, Brasil, Canadá e México) e possui expectativa de público de aproximadamente nove mil congressistas, diretos e indiretos.

EVENTO SERÁ UM DESAFIO Para Luiz Dantas, publicitário e um dos articuladores do evento, a realização do 24º CPA será muito significativa para a cidade. “Trazer um evento de grande porte como este será um grande desafio para todos nós”, afirmou.

MAIS ARQUITETURA Arquitetos, urbanistas e pesquisadores da área de tecnologia e ciência se reunirão no II Simpósio Internacional de Sustentabilidade em Arquitetura e Urbanismo (Sisau) para apresentar e debater novas soluções sustentáveis para o Brasil. A ideia é encerrar o ciclo de palestras e debates com um manifesto que incluirá 10 ideias viáveis para aplicação da sustentabilidade na arquitetura e no urbanismo.

EM CURITIBA A segunda edição do evento acontece a partir do dia 5 de outubro, nas três capitais da região Sul - Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre - e é realizada pela Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA).

MINHA CASA 2 A presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho, anunciou esta semana que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve lançar, antes do fim de seu mandato, a segunda fase do programa habitacional Minha Casa Minha Vida.

ATÉ TRÊS SALÁRIOS Segundo Maria Fernanda, a meta da segunda fase será construir dois milhões de novas moradias nos próximos quatro anos, sendo 70% delas destinadas à população com renda de até três salários mínimos.

EM FOCO

O vice-presidente de Responsabilidade Social da Ademi-AL, Ronald Vasco Jr., conseguiu lotar o Teatro Gustavo Leite com o projeto Trabalhador no Teatro. Em sua oitava edição, a iniciativa trouxe o musical infantil Peter Pan. Colaboradores da construção civil alagoana e familiares puderam assistir a peça gratuitamente. Alguns trabalhadores afirmaram, inclusive, que era a primeira vez que estavam entrando num teatro.

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: imobiliario@ojornal-al.com.br

ENTREVISTA / MANOEL JANUÁRIO FILHO

‘Construtoras negligenciam segurança em canteiro’ bruxa está solta na construção civil. Somente neste mês de setembro cinco canteiros foram embargados e pelo menos em dois foram registrados acidentes envolvendo trabalhadores. O último foi neste quarta-feira, num canteiro da Reycon, no Sítio São Jorge, quando uma estaca de escoramento cedeu e a estrutura de concreto veio a baixo. Para falar sobre os bastidores dos canteiros e das construtoras alagoanas, o Jornal Imobiliário ouviu com exclusividade o presidente do Sindicato da

A

Indústria da Construção Civil e do Mobilário, Manoel Januário Filho. Com a experiência de quem atua há 33 anos no setor e há cinco dirige o sindicato que representa 8 mil trabalhadores em Alagoas, Manoel Januário fala dos bastidores de um setor que possui 800 construtoras e emprega entre 45 mil e 50 mil profissionais. Fala também da relação promíscua que algumas empresas mantém com seus empregados para fugir dos impostos e do que vem provocando tantos acidentes e embargos ultimamente. Confira!

Quantos acidentes com afastamento do trabalho a construção civil alagoana registrou em 2010? Tivemos uns cinco acidentes mais graves e cerca de 35 ocorrências menos graves, mas com afastamento do trabalho. Esses números, entretanto, são bem maiores, já que muitas empresas conseguem convencer o trabalhador a permanecer em atividade e deixam de emitir o CAT [Comunicado de Acidente do Trabalho].

vier a óbito ou se ocorrer uma denúncia, é a construtora que terá prejuízo, já que será processada pela família, pelo Ministério Público do Trabalho, pela DRT e por aí vai. Outro problema é o cartão de ponto, não? Tem muito trabalhador batendo a saída no horário normal mas permanece no canteiro recebendo por fora a hora extra. É mais uma ilegalidade que o governo perde mas o trabalhador é quem sai perdendo mais.

E quanto aos óbitos no setor? Dois trabalhadores morretam somente em 2010, um na construção da Loja Tupã, no Tabuleiro, e outro no canteiro da Mendonça Engenharia, na Ponta Verde, quando um trabalhador caiu do andaime.

Como denunciar este tipo de prática? O trabalhador pode se dirigir ao sindicato, que averiguará o problema e comunicará ao Ministério Público ou à Delegacia Regional do Trabalho. O sigilo é total, mas se o trabalhador quiser fazer denúncia anônima também pode.

Quais as principais irregularidades encontradas nos canteiros que podem provocar acidente? O principal risco de acidentes está na borda das lajes e nos andaimes, assim como nas cancelas dos elevadores.

Manoel Januário preside o Sindicato dos Trabalhadores na Construção

O canteiro é um local seguro? Nos últimos 20 anos a segurança nos canteiros aumentou muito. Com a NR 18 [Norma Regulamentadora 18], as construtoras passaram a investir nesta área. O problema é que alguns itens da norma ainda estão sendo ignorados e justamente essa falha vem provocando acidentes.

Sim. Apenas em dois governos tivemos essa falta de mão de obra: na época do Sarney e agora, no governo Lula. Hoje tanto o governo como as empresas estão investindo em cursos de capacitação gratuitos por meio do Senai para formar novos trabalhadores. Até filhos de operários em idade de entrar no mercado está sendo estimulados a se qualificarem.

No passado, o canteiro era visto como um local desorganizado e com condições de trabalho questionáveis? Como é hoje? As empresas melhoraram muito, mas ainda temos casos que remontam a essa época. Numa obra, na Forene, encontramos 50 trabalhadores de chinela e bebendo água da caixa d’água destinada à obra. Numa atividade tão arriscada vocês devem ter seguro de vida, não? Poucas fazem o seguro de seus funcionários. Essa é hoje uma de nossas principais lutas.

Quem são os profissionais mais procurados hoje? Pe d r e i ro, carpinteiro e armador.

“Trabalhadores estão pedindo demissão, recebendo o segurodesemprego e preferindo não assinar a cateira para manter o benefício.”

Falando sobre o mercado de trabalho, hoje está faltando mão de obra?

Quanto tempo para formar um novo trabalhador e qual? O curso é gratuito, financiado pelo governo. O período mínimo é de 60 dias. Hoje só fica desempregado quem quer.

Os trabalhadores estão pulando de uma empresa para outra? No passado essse troca-troca era mais comum, hoje, com o sistema deganhos por produção adotado pela maioria das construtoras, isso não vem ocorrendo com tanta frequencia. Veja o exemplo de um servente. O salário inicial é de

532 reais, mas com a produção esse valor pode chegar a 800 ou até 900 reais. Mas, o que vem ocorrendo nos bastidores da relação empresaempregado é mais grave... O que vem acontecendo nas relações trabalhistas? Alguns trabalhadores pedem demissão, ficam recebendo o seguro-desemprego e quando procuram uma nova construtora preferem não assinar a carteira para permanecer recebendo o benefício. A construtora, por sua vez, aceita a proposta, já que tem a chance de não recolher por alguns meses os encargos previstos em lei. É uma economia tentadora que pode chegar a um terço do salário.

Isso atinge todas as construtoras? Nas construtora maiores os problemas são bem menos, mas ocorrem em todas com maior o menor grau. O sr. comenta que existe um outro fator invisível ligado aos acidentes em canteiro... Os acidentes têm vínculo direto com a alimentação. A rotina no canteiro é puxada e o fato do trabalhador almoçar de meio dia e só largar às 5 da tarde acaba levando o operário a cometer pequenos descuidos, como o verificado no canteiro da Reycon. São quatro horas seguidas de muito trabalho. A gente até brinca que alguns canteiros servem no lanche da tarde o “pão com oche”. É o pão que a gente abre para ver o recheio e diz, “oche”.

Existe algum estudo que com“Acidentes em prove essa tese? Os acidentes canteiro de em obra ocorrem 9h e meio obra ocorrem entre e entre 15h e entre 9h e meio 17h, justamente no período mais dia e entre distante da última refeição do 15h e 17h, trabalhador, jusjustamente no tamente no hoPor que? período mais rário em que o Se ocorrer um camarada está acidente, o trabadistante da de barriga vazia, lhador não poderá ter acesso à última refeição o acaba a levar a erros por descuiproteção social do trabalhador do, como falhas prevista em lei no escoramento. como o período Nos últimos para aposentadoria, o recolhimento do FGTS, o benefício quatro anos, foram cinco ocorda Previdência Social etc. Se rências deste tipo. À primeira vista, só quem sai perdendo nessa história é o governo, não? Na verdade, o empregado é um dos mais prejudicados, mas a empresa também corre riscos.

CMYK


O JORNA L JORNAL

Dois

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Confira as promoções na Revista da TV

B1 Yvette Moura

Alagoas como oração

Eliezer Setton transita por vários ritmos e estilos para decantar seu amor pela terra-mãe; alagoano consolidado como cantor, compositor, forrozeiro, comendador e cantador de hinos busca agora projeção nacional PÁGINAS B2, B3, B7 E B8.

CMYK


O JORNAL JORNA L

Variedades

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

B2

Mestre do forró quieto, bem-comportado Elô Baêta Repórter

s mãos deslizam com gosto nas cordas de um violão com jeito de inseparável. A direita, ocupa-se de sonoros dedilhados; a esquerda, de pulsantes acordes, para o sustento à voz postada em cena. O dizer musical apropria-se do linguajar original dos “matutos” nordestinos por orgulho e vocação. A sempre maestrina sanfona chega, mas não como a sua essência, apenas se ajunta a ele para compor o sentimentalismo rítmico da vez. Sua entrada vem com prenúncios de triunfal. Muitas letras, muitos sons, em um louvor à terra-mãe saído das entranhas. Um forró quieto, bem-comportado, germinando como um grão no cio, soprando nos ares como o uivo quente da ventania do Nordeste, falando ao íntimo como

A

uma oração, é o que se apresenta. Acentuase o cantar das coisas, das gentes, das Alagoas no canto de um alagoano. Foi assim. Assim tem sido. É ovacionando o seu tão bem-amado lugar com o seu cantar, que o cantor, compositor, forrozeiro - e mais outros adornos sonoros que virão nas próximas linhas - Eliezer Setton vem sendo reconhecido por muitos, visto por outros e reverenciado por tantos, sem titubeios, como uma referência no rol das bem-vistas sonoridades nascidas nas Alagoas. E ele não poupa trocadilhos e intertextos - constantes artifícios performáticos das suas letras e da sua presença nos palcos - para falar do seu fazer sonoro em lá se vão anos. Anos que ele faz questão de ilustrar com boas lembranças sobre a sua atração e os seus bons ouvidos, percebidos ainda na inocência, para boas músicas, apura-

dos na intimidade do lar onde viveu bons idos das suas infância e da juventude, no estreito Beco São José, no Centro da capital Maceió, ao som dos clássicos da velha guarda, de Jamelão, de Ângela Maria... No bom convívio com o “gringo do samba” por ser filho de sírio -, um dos fundadores da cheia de méritos rádio Difusora e rei Momo do Carnaval de Maceió por quase duas décadas, Salomão Setton Neto; não por acaso, o seu pai. Nas brincadeiras, das mais favoritas, incorporando a sua veia criativa de compositor parodiando conhecidas canções com letras saídas da sua mente em gracejos aos irmãos. Nos muitos solos no cavaquinho de brinquedo. Nas aulas de violão passadas por sua mãe também achegada aos palcos - aos filhos. Para ele, tudo isso se reflete em quem é hoje, em onde chegou e em onde - sem poupar ideias - ainda almeja chegar.

Bom começo nos festivais “Meu Deus, como eu queria compor música”. Assim pensava Eliezer certos e muitos dias; certas e muitas noites. Mesmo incerta tal qual o terreno dos sonhos, a ideia saiu certeira da sua mente e do sucesso entre amigos para encontrar abrigo nos festivais. Para bailar entre as agruras da seca no sertão de Desesperança - a sua primeira canção gravada - e chegar ao primeiro deles no fulgor de uma idade que ainda beirava os 20 anos. Também vieram dela os brios do seu ingresso no grupo Terra, com os seus tão bem-ouvidos xote, baião e guarâneas nos anos 70 e parte dos 80, marcando sua trajetória como cantor e compositor. Raízes também o levou aos palcos dos festivais. Com ela foi agraciado com o segundo e o terceiro lugares como compositor, além do prêmio de Melhor Intérprete, no IV Festival Universitário de Música, promovido pelo DCE/Ufal. Para ele, fruto de uma feliz parceria com Francisco Elpídio, Raízes foi a sua grande composição. “Foi ela que me disse que eu iria sair do grupo dos mais ou menos. Foi a descoberta de que tinha feito algo top de linha”, revela Eliezer. A partir daí foram poucos os passos para mais participações em mais festivais, como o “Canta Nordeste” - exibido pela Rede Globo -, onde as vistas por ele como sempre inesquecíveis Serra pau (1994) e E quem dera que sêsse (1995) o levaram à final por dois seguidos anos. Mas a sua aventura no rol dos artistas da música não fala apenas de letrados protestos compostos para o universo competitivo dos festivais. Também se abre a um tempo em que deixava ecos da sua voz na interpretação de muitos nomes, nos muitos sons tirados do violão companheiro como “músico da noite” maceioense, das urbanas noites na capital paulista, das boêmias noites cariocas. (E.B.) Continua nas páginas B3, B7 e B8.

As mãos deslizam com gosto nas cordas de um violão com jeito de inseparável.

CMYK


O JORNAL JORNA L

Variedades

B3

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Nasce o forrozeiro Ouvindo o som de Ary Lobo saindo da vitrola em um forró com características da velha guarda. Estabelecendo parcerias no seio dos grandes. Circulando pelos bastidores dos poderosos do ritmo no Estado. Solidificando boas e sólidas amizades com gente do primeiro escalão no cenário musical brasileiro. O fato é que o forró o pegou de jeito. E ele cita nomes, e fatos, e discos, e canções que o sacramentaram como forrozeiro. Um deles, Pedro Sertanejo (pai do conhecido Oswaldinho do Acordeon). Foi da parceria com ele que surgiu Campo formoso, o seu primeiro forró gravado com sanfona e tudo mais compondo o disco de um grande nome no início dos anos 80. Com Oswaldinho nasceu, entre muitas, Na hora H, para despertar a admiração de Elba Ramalho, ser gravada por ela e indicada ao VI Prêmio Sharp. Sem esquecer de Zinho,

Jorge de Altinho, Dominguinhos, Marinês, Novinho da Paraíba, Mastruz com Leite..., interpretando alguns dos seus melhores frutos no cancioneiro nordestino, nem da consagração no seu primeiro espetáculo-solo abrindo a primeira e única Mostra de Inverno de Música sob a lona do Circo Pirueta. É assim, pedindo atenção para o seu forró, que não hesita em dizer: “Sou o forró, me visto de forró, falo pelo forró. Sou baião, sou xote, sou xaxado. Preste atenção no meu forró”, brinca Setton enquanto fala de mais uma boa nova. A presença de Maria minha, com letra de sua autoria e melodia do baiano Targino Gondim, em Fé na festa, o novo disco de Gilberto Gil, lançado este ano. “Nossos ídolos ainda são os mesmos... Só que agora, eles cantam nossas músicas”, diz. (E.B.) Continua nas páginas B7 e B8.

Ouvindo o som de Ary Lobo saindo da vitrola em um forró com características da velha guarda.

TV ABERTA EDUCATIVA 06h00 06h30 07h00 08h00 09h00 10h00 10h30 11h00 11h30 12h00 12h45 13h00 13h30 14h00

-

Via Legal Brasil Eleitor Palavras de Vida Santa Missa Viola Minha Viola A Turma do Pererê Esquadrão Sobre Rodas Castelo Rá-Tim-Bum Janela Janelinha ABZ do Ziraldo Curta Criança Um Menino Muito Maluquinho Catalendas Dango Balango

TV ALAGOAS A emissora não forneceu sua sua programação.

Canal 3 14h30 15h00 16h00 17h00 18h00 18h30 19h00 20h00 21h00 22h30 23h00 00h45 01h45 02h45

-

TV Piá Stadium A'Uwê Ver TV De Lá pra Cá Cara e Coroa Papo de Mãe Conexão Roberto D'Ávila EsportVisão Nova África Cine Ibermédia A Grande Música DOC TV Curta Brasil

Canal 5

Canal 7

TV GAZETA 05h35 06h45 06h55 07h25 08h00 08h10 09h10 09h45 12h30 12h35 13h10

-

Santa Missa Sagrado Gazeta Rural Pequenas Empresas Eleições 2010 I Globo Rural Auto Esporte Esporte Espetacular Eleições 2010 II Aventuras do Didi Os Caras de Pau

14h05 - Temperatura Máxima - 2 Filhos de Francisco 16h31 - Globo Notícia 16h36 - Domingão do Faustão 20h30 - Fantástico 22h55 - Hipertensão 23h50 - Eleições 2010 III 23h55 - Domingo Maior - As Branquelas 01h50 - Sessão de Gala - Obrigado Por Fumar 03h25 - Corujão

Canal 11

TV PAJUÇARA 01h15 05h25 05h55 06h45 07h15 08h00 09h00 10h00 11h00

-

IURD Bíblia em Foco Desenhos Bíblicos Nosso Tempo - IURD Desenhos Bíblicos Record Kids Ponto de Luz Alagoas da Sorte Informativo Cesmac

11h30 12h00 16h00 20h00 22h00 22h10 23h00 00h00 01h15

-

Conexão Tudo é Possível Programa do Gugu Domingo Espetacular Voto na Record Domingo Espetacular A Fazenda Serie Heroes IURD

TV BANDEIRANTES Canal 38 07h00 10h30 11h00 12h00 14h00 14h30

- Info - Brasil Caminhoneiro - Info - Band Kids - Que Dureza - Sessão Livre - Desafiando os Limites 17h00 - Band Eleições 2010 23h30 - Canal Livre 00h30 - Busão do Brasil 00h40 - Mundo Fashion 01h10 - Show Business 02h00 - Cine Band - O Rei Urso Polar 03h45 - Vida Vitoriosa


O JORNAL

Espaço B4

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojorn

Umas poucas palavras

Sávio de Almeida

Esta é uma festa santanense e eu não tenho o direito de meter a colher. É uma festa que veio pela força de coordenação que tem o Zé Melo e a força de organização e entusiasmo que tem a Rossana, a quem se fosse possível, eu dedicaria este número de Espaço. Ela batalhou, trabalhou e deu pronto o bolo no dia da festa. Parabéns. É um par das arábias, com as grandes e benfazejas artimanhas de agregar e de organizar. Zé Melo agregou, Rossana costurou. Para Espaço é um motivo feliz, pois está na raiz deste belo livro. Espaço deseja abraçar a toda Santana e isso da gente mais humilde ao povo mais graúdo. Para nós é extraordinário ver este belo livro em

nossas mãos, graças, inclusive, ao trabalho da Editora de nossa Universidade. Bem que um dia, Espaço terá a felicidade de ver todos os municípios das Alagoas, com seu livro publicado. Vamos comprar o livro, conhecer os santanenses, viajar. Quem sabe, será possível uma viagem por Penedo, coordenada pelos estudantes da Universidade federal de Alagoas que, certamente com seus professores, renovarão a vida intelectual da região. Quem sabe apareça quem deseje caminhar pelos rumos de Arapiraca e Delmiro Gouvéia? Tomará! Espaço dedicará uma singela homenagem ao Zé Melo e à Rossana, trabalhando Santana neste mês de pleno outubro.

O avanço tecnológico de cer fatores que entravaram nos cotidiana da cidade quase na tempos dos nossos avós. A e os candeeiros e as lamparin d'água aposentou os ju tangedores, a mutação da ec equilíbrio entre a produção prestação de serviços típica

Sertão, Sertão Ana Dayse Rezende Dorea ão reminiscências, ecos do passado. Imagens de seixos, de mandacarus, de valentia e de bravura, de aridez e de estranheza. Fragmentos de tudo que é afeto, felicidade e padecimento, saudade, infância e passagem, enfim, Vida. Ao modo do poeta, do sertão trouxemos prendas diversas e do sertão, todos nós, eu e os autores e autoras deste volume que tenho a honra de aqui prefaciar, carregamos conosco a doce herança sertaneja. Mas como dói! Dói constatarmos que o sertão alagoano, a despeito do suor de muitos, continua pouco irrigado em ações capazes de suavizar a áspera realidade de uma gente que, pasmem, em pleno século XXI e situada não tão distante do generoso Velho Chico ainda enfrenta o flagelo da falta de água. Dói enxergarmos que há, e muitas, vidas secas nesta região, um semi-árido que mesmo frente às intempéries climáticas ou sócio-econômicas felizmente resiste em nutrir seu povo com força e coragem para fazer do sertão sua morada, seu santuário. Sertaneja de Pão de Açúcar que sou, cidade irmã de Santana do Ipanema neste sertão de lida diária pelo sobreviver, conheço bem este cenário. Por isso, posso afirmar que o conjunto de textos reunidos neste Sertão Glocal bem servem de bússola aos interessados em percorrer parte da extensa teia de significados que envolve esta condição a mim conterrânea. No caso de Santana, por proximidade e por gosto. Cabe a nós, portanto, manusear este instrumento de navegação com o olhar atento do descobridor ou, se já familiar à paisagem, com o sentimento de fascínio do viajante ou de afeição da filha ou filho ora ausentes. Pois são textos que nos presenteiam com um caleidoscópio de visões sobre uma Santana meio mítica, meio mágica, mas de toda verossímil com suas facetas múltiplas, vultos, micro-histórias, relatos de vida, contradições, sabores... Uma Santana rica em fatos, em fontes, em narrativas. E assim uma Santana não delimitada, e muito além, em seu lado maior e mais belo porque, simplesmente, humano.

S

Aqui, uma pequena pausa para a posteridade: posta a possibilidade de sermos eu e os demais autores e autoras deste Sertão Glocal lidos ou relidos daqui a 50, 100 anos, saibam que foi neste 2010 que a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) levou um de seus campi para o sertão alagoano. Neste ano singular demos o passo inicial na materialização do desejo de gerações de sertanejos que ou tiveram esta oportunidade negada, ou foram forçados a deixar sua terra-pátria em busca de formação superior em outras regiões. Mais que isso, outras datas simbólicas se avolumam neste 2010. Foi neste ano que assistimos ao aniversário de 60 anos do Ginásio Santana, marco na escolarização da juventude sertaneja, santanense em especial, sinalização da chegada da modernidade naquelas terras servidas por águas ora renitentes do Camoxinga, ora obstinadas do Ipanema. E eis que este Sertão Glocal ainda alia estas a outras efemérides. São datas que nos remetem a Aguinaldo Nepomuceno Marques, José Marques de Melo, José Geraldo Wanderley Marques e Breno Accioly... Todos estes, entre muitíssimos outros, exemplos claros do que é o ser santanense. Porém, voltemos ao presente. Pois é o presente que, ainda hoje, marca o sertão com sua secura ímpar, todavia jamais estéril. Não é a toa que o local inspira poetas, escritores, artistas, homens dados à construção do imaginário. Não do nada que do sertão brotam lideranças políticas, sociais, referências em atitudes, saber e cultura. Do sertão estes surgem porque de seu solo e de seus habitantes é exigido por vezes mais. Existe na região, talvez, uma circunstância de vida diversa da do agreste, muito diferente em relação ao litoral ou à zona da mata. Há no sertão um ar e uma aura que nos inspiram e nos empurram ao combate do cotidiano, fazendo do seu habitante antes de tudo um forte, como proclamou o forte Euclides da Cunha há mais de século. Nossa Santana, Ribeira do Panema, é desta espécie. E o santanense, como natural, é seu produto, sua prenda, vivente entre a expectativa da diáspora pos-

sível e a fábula do cangaço. Entre a figura sacerdotal do Padre Bulhões, do pastoril, dos carros de boi e dos grupos de índios Fulni-ô. Da informação via Internet que chega à região. Do "progresso" que, por vezes, exclui ao tentar incluir. E em assim sendo, esta obra conclama os filhos de Santana do Ipanema, sejam os por natureza ou os por adesão, a tecerem a rede de polifonias passadas que, juntas, constroem parcela do espírito santanense. Texto a texto, formando como que um mosaico, a obra imprime um desenho desta localidade, em suas lembranças, em suas atualidades, em suas alteridades. O Sertão Glocal aqui apresentado situa os leitores e as leitoras diante da posição de destaque de Santana no estado de Alagoas. As representações e alegorias traçadas pelos autores e autoras nos confrontam com traços de uma historiografia instigante porque difusa, amparada em muito na história oral, nas recordações pessoais, nos relatos de personagens marcados ou tocados pelas crônicas citadinas, pequeno urbanas ou mesmo rurais. Ou, quando não, nas impressões e sentimentos mais academicamente urdidos por eixos de análises diferentes, em um importante - e necessário - exercício transdisciplinar tendo como um dos fios condutores a história. Não a imponente, não a enquadrada. Mas as vivas histórias, simples histórias, nossas histórias. Se os registros das municipalidades alagoanas são escassos, tal Sertão Glocal, destemido como o sertanejo, está aqui a desmentir com fervor esta lamentável realidade. Daí que feitos como este nos servem de bálsamo quando nos remetemos à ainda visível carência infraestrutural e, por tabela, de desenvolvimento humano da região. Dor que empenhos em atos e letras como os dos autores e autoras deste livro ajudam a abrandar. Mais uma vez, e por fim, o uso da voz do poeta: o sertão, com este livro, torna-se muito mais que uma fotografia na parede. Para todos nós, um significado especial que reside na alma sertaneja passa a se recompor. Que prazer imenso sinto em ser uma diminuta partícipe deste acontecimento.

demonstrava algo possivelmente trivial, mas que me interessou de perto: o recordar coletivamente demandava solenizações, modos de comportamento, o descontraído tinha regras. E o que era para mim, a oportunidade de estar com amigos, terminou sendo uma experiência maravilhosa, pois de repente uma nova geografia e uma nova história se esboçavam, com o urbano de Santana sendo recortado, plotado em um novo mapa; com isto, uma nova história estava sendo escrita por três autores e atores, pois o modo de escrever aquelas geografia e história geravam um belo espetáculo. Não eram autores e atores comuns, no sentido do morador típico de Santana; eles agora eram da classe média bem sucedida, um deles foi Governador do Estado, outro havia sido Secretário de Estado e, finalmente, um deles era reconhecida autoridade no seu campo profissional, um expoente professor universitário. De uma hora para outra, eu estava diante de homens que haviam saído, feito a vida fora de Santana, mas atados a ela.

E era a cidade, mais do que tudo, que os ligava naquele momento: havia a consciência de um local. Sem menos e nem mais, comecei a pensar sobre como os olhos e a cabeça do Professor José Marques de Melo e dos outros haviam filtrado Santana... Estudar este filtro seria algo sedutor. Num de repente, brinco com o dito cujo Professor, dizendo-lhe que o desafiaria a escrever um texto sobre Santana, pois desejaria publicar o material na seção Espaço, em O Jornal. Ele disse que era possível; não insisti, pois sabia que era mesmo possível; caso contrário, ele teria cortado o papo. Eu nunca achei que as pessoas saem, efetivamente, de lugares e amores. Eles readquirem significados. Santana estava em todos eles naquela mesa. Na saída, o Zé Melo confirmou que tudo estava certo. Achei engraçada a situação: o encontro do Professor com o Zé Melo. Passa pouco tempo - um quase nada. Vai que no dia 26/08/2009 para ser preciso, recebo um imêio de JMM: "Caro Sávio: atendendo ao seu desafio, escrevi o texto para a seção Espaço que você edita em O

Comunidade fincada em pleno sertão alagoano,

Pró logos! Luiz Sávio de Almeida Por onde tudo começa neste livro? Sem dúvida pela memória e pelo exercício da recordação. Faz algum tempo e fomos almoçar juntos, numa articulação do Márcio Pinto. Estávamos sentados: ele, Luís Abílio, este escriba e o grande convidado que era o José Marques de Melo. Somente quem foi menino com raízes no interior, entenderia com maior facilidade o que estava acontecendo. Havia o que recordar; no entanto, mais do que isto, havia uma forma de recordar e um eixo comum por onde as lembranças fascinavam e descortinavam a magia de um cotidiano sumido no tempo, mas que persistia em uma nova condição, a de passado, um passado particular, imediatamente partilhado por quem o experimentou. A conversa animava-se, passando pelo sagrado, pelo profano e por inúmeras situações, na busca de elementos comuns, e o interessante é que a comédia assumia toda a proporção do urbano: o trágico e o circunspecto não passavam por ali, no que se

Jornal. Logo mais, remeto a fotografia. Acuse recebimento, por favor. Abraços. JMM". Devo dizer que vibrei por diversos motivos. Em primeiro lugar, pela admiração e carinho que aprendi a ter pelo JMM; em segundo lugar, pela confirmação da minha tese sobre lugares e amores; em terceiro, pelo começo de um grande exemplo para as outras cidades alagoanas e para outros intelectuais que Alagoas mandou para fora. No entanto, o que me emocionava era sentir o sertão em letras. Intelectualmente, corri para verificar o filtro: diáspora. Foi onde a sensibilidade do Professor tocou. O título do artigo era Diáspora intelectual santanense: a vanguarda da terra espinhosa. No mesmo dia respondi: "Ok amigo. mande apenas sua foto, e assim que ela chegar encaminharei. Um abraço e apareça." O artigo foi publicado no dia 30.08.2009 e, a guisa de introdução escrevi: "A diáspora dos intelectuais alagoanos é algo conhecido e normalmente nos faz lembrar do que poderíamos chamar de geração de trinta, quando aparecem nomes como o


B5

al-al.com.br

rto modo removeu os so progresso. A vida ada tem a ver com os eletrificação sepultou nas, o abastecimento umentos e seus conomia trouxe maior o agropecuária e a a do setor terciário.

O que faz Zé Marques Escreve sobre Santana de Ipanema e ensina sobre ela e um mundo de coisas.

Apresentaçao (I) José Marques de Melo e Rossana Gaia

Santana do Ipanema exibe uma identidade mutante, determinada pela sua condição geopolítica transitiva

de Diégues Júnior, Jorge de Lima e outros. Gente que sai por diversos motivos, mas um deles é fundamental: procura de vida. Uma certa feita e faz tempo, fui jantar com o Diégues em sua casa no Rio. Diégues sempre carregava Alagoas por onde andava, tendo um cotidiano meio deslocado; ele praticava uma espécie de geografia forçada pela vida e outra que ficava idealizada por laços e laços efetivos e - vamos reabilitar a palavra - telúricos. Neste dito jantar, perguntei a razão de tanta gente ter partido como, por exemplo, o mestre Aurélio. Resposta esperada: tamanho do lugar, diversas espécies de rabo de foguete... Aliás este é um tema tratado pelo Cícero Péricles. José Marques partiu e lembra de quem partiu, daquilo a que chamamos de lugar. É de uma geração posterior à do Graciliano Ramos, definindo sua trajetória de vida nos idos 60 e consagrando-se posteriormente à intensa atividade de natureza intelectual. Foi a pedido de Espaço, que retornou neste artigo, à Santana do Ipanema e olhou para a saída de talentos e para contribuições que deram".

Mal sabia que Zé Melo estava andando mais rápido do que o futuro. No dia 29 de outubro aparecia outro imêio seu: "Grato e felicitações. Chego a Maceió nesta tarde. Durante a Bienal nos encontramos. Abraços JMM". Neste meio tempo, a escrita sobre Santana já corria em forma de livro que, engenhosamente argumenta sobre o glocal. Estava Santana atualizada, por mais que existisse a noção de um passado. Diáspora e glocal estão postos no filtro ou como a subjetividade partilha o seu mundo. A generosidade dos organizadores e dos autores ensina Alagoas. O livro que Zé Melo e a Rossana organizaram não é apenas uma festa de Santana: rivaliza com o Panema e o Camoxinga na busca de razões para uma sociedade sertaneja, tão parca de estudos. Eis o Prólogo: um pingo da história do texto, um pingo dos rumos do livro, um pingo de recordação sobre um almoço memorável. Um grande abraço em três amigos que comungaram o pão, a cerveja e a massa naquele almoço sem alvoroço: Abílio, Márcio, Zé Melo.

As narrativas do cotidiano municipal ou do imaginário local quase sempre permanecem circunscritas às fronteiras das próprias comunidades que as motivaram. Isso advém da efemeridade precoce inoculada aos capítulos da nossa micro-História pelo provincianismo xenófobo ou pelo paroquialismo ufanista. Nossa preocupação inicial foi justamente a de fugir aos padrões convencionais desse gênero da literatura historiográfica, quando Luiz Sávio de Almeida desafiou os organizadores desta coletânea a resgatar a memória santanense. Pensamos num livro destinado às novas gerações: não apenas os santanenses que hoje habitam o território desbravado pelo Padre Francisco Correia, mas também os brasileiros que se interessam pelo avanço civilizatório no espaço nacional velozmente globalizado. Comunidade fincada em pleno sertão alagoano, Santana do Ipanema exibe uma identidade mutante, determinada pela sua condição geopolítica transitiva. Para nós ela transcende as memórias que trazemos em nossas próprias histórias e está além do espaço geográfico. A pobreza de recursos hídricos a converteu historicamente em "terra de passagem". Seus habitantes primitivos cultivaram o nomadismo caeté, entrecortado por estâncias periódicas que coincidiam com as cheias do riacho Camoxinga, cuja água potável se diluía na foz, ao desaguar no Ipanema. Nas estiagens prolongadas os nativos se deslocavam para os rincões mais irrigados. Transitavam ciclicamente entre as Águas Belas (terra dos fulni-ô) e a Água Branca (refúgio dos "pankararus"). Ou cruzavam os Dois Riachos em busca das minas d'água que brotavam no pé da serra, em Palmeira dos Índios (terra dos xucurus-cariris). Também corriam léguas, pousando no Olho D'Água das Flores, mas atraídos pelo Pão de Açúcar, banhado pela água doce proveniente da Cachoeira que séculos depois seria conhecida com o nome de Paulo Afonso, seu notável "descobridor". Os nossos primeiros colonizadores batizaram o local como Ribeira do Panema, edificada na confluência do rio Ipanema com o riacho Camoxinga. Rio de "água imprestável", o Ipanema corre temporariamente. Seu leito é irrigado pelo caudal impetuoso de água salinizada, quando chove na sua distante cabeceira. Não é sem razão que, ao chegar àquelas plagas para fundar uma casa de beatas, o Padre Francisco Correia tenha invocado a proteção de Santa Ana, mãe de Maria e avó de Jesus, numa espécie de pacto divino capaz de propiciar dias chuvosos para nutrir o solo fértil, engordar o gado leiteiro e matar a sede dos mestiços que por ali se aventuravam. Compreende-se também porque Graciliano Ramos descreveu Santana como "terra espinhosa", cuja paisagem é dominada por mandacarus e cujos remanescentes populacionais, condenados à barbárie resultante do isolamento,

nas frequentes e prolongadas estiagens, eram induzidos a permanecer "fora da lei". O avanço tecnológico de certo modo removeu os fatores que entravaram nosso progresso. A vida cotidiana da cidade quase nada tem a ver com os tempos dos nossos avós. A eletrificação sepultou os candeeiros e as lamparinas, o abastecimento d'água aposentou os jumentos e seus tangedores, a mutação da economia trouxe maior equilíbrio entre a produção agropecuária e a prestação de serviços típica do setor terciário. Hoje, torna-se notória a gradativa conversão do espaço santanense em polo educacional. O processo irrompe em 1938. A fundação do Grupo Escolar arrefece o êxodo rural, retendo temporariamente os jovens dos clãs matutos, pois as empobrecidas famílias, residentes na roça, sofrendo as agruras do minifúndio, demandam a rua para alfabetizar as novas gerações, assim qualificando o contingente migratório direcionado ao sudeste fabril. Prossegue em 1950. A criação do Ginásio atrai jovens das redondezas para dominar saberes compatíveis com as oportunidades advindas do funcionamento da rede de serviços (bancos, oficinas, escritórios, repartições públicas) necessárias ao desenvolvimento do capitalismo na região. Chega ao seu ápice em 2010. A implantação da universidade, principiada em 1995, pela rede estadual de ensino superior, formando zootecnólogos e pedagogos, aprofunda-se com a chegada da universidade federal, instalando o polo de negócios do Campus Sertão da UFAL. A vocação mercantil de Santana do Ipanema converte-se em fator determinante dessa revolução cultural. Desde os primeiros passos da nossa atividade produtiva, temos uma sociedade atrelada ao mercado internacional. Inserida na "civilização do couro", a nossa vida econômica, lastreada pela agricultura de subsistência, teve como eixo principal a exportação de peles bovinas e caprinas, mais recentemente de laticínios. Atentas, por dever de ofício, às flutuações do mercado exportador, as nossas elites assimilaram, por tabela, os componentes da cultura nacional e os resíduos da cultura global nela impregnados, forjando uma cultura mestiça em permanente mutação. Trata-se de ingrediente civilizatório que nos condicionou historicamente, outrora alimentado pelos ciclos migratórios, tendo como agentes os santanenses que robusteceram a diáspora alagoana dentro do território nacional. O avanço das telecomunicações pôs fim ao isolamento sertanejo e agora a disseminação da internet colocou Santana definitivamente na aldeia global. O Sertão Glocal surge como espaço geocultural cujas raízes estão fincadas no árido solo calcinado pela falta d'água, mas nutrido pela têmpera dos seus renitentes povoadores, cujas "vidas secas" denotam teimosia, confiança, perseverança. Mesmo tendo que migrar para sobreviver, retornam periodicamente para reciclar as baterias enfraquecidas pela distância. O livro está à venda na Edufal


O JORNAL JORNA L

Variedades B6

Roteiro

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

Artes plásticas Música Teatro Dança Cinema Literatura Artesanato

cultura@ojornal-al.com.br

Amanhã

 A Associação Teatral Joana Gajuru (foto) realiza, deste segunda até o próximo dia 8, a Mostra Gajuru de Teatro de Rua, no calçadão do centro da cidade e na praça Deodoro. A mostra faz parte das comemorações dos 15 anos de fundação do Joana Gajuru, primeiro grupo de teatro de rua de Alagoas. O evento também faz parte do projeto Gajuru 15 anos - Memórias dos Filhos de Joana, que foi agraciado com o Prêmio Funarte de Artes Cênicas na Rua 2009. As comemorações dos 15 anos do Gajuru incluem ainda exposição de figurinos e o lançamento do catálogo Gajuru 15 anos - Memórias dos Filhos de Joana.

Quinta-feira  Lançamento do livro Rio São Francisco: um ninho de culturas, de Douglas Apratto e Cármen Dantas, às 19h, na Casa Jorge de Lima (Centro).  O I Baile da Primavera vai acontecer às 20h, no Conj. Vale da Serraria, 118, QD A3 (Serraria). Ingressos: individual - R$ 50 (inclui bufê de saladas, jantar, sobremesa e programação artística) / Mesa p/ 4 pessoas - R$ 200 / Mesa para seis pessoas - R$ 300. Mais informações: (82) 99728889 / 3328-5800.  Rolando Boldrin chega a Maceió com o espetáculo Cara do Brasil, no Teatro Gustavo Leite (Centro Cultura e de Exposições de Maceió - Jaraguá), às 20h30. Em um teatro musicado, o artista, que está completando 50 anos de carreira, conta causos do homem comum, da cidade e do campo. Ingressos: R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (estudantes e maiores de 65 anos). Mais informações: (82) 3315-7114 / (82) 3315-1633.  A próxima atração do MPB Petrobras em Maceió é o show de Arnaldo Antunes e Edgard Scandurra, com abertura de Millane Hora. No dia 9 de outubro, às 20h, no Teatro Gustavo Leite. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 7 de outubro, das 8h às 18h, na bilheteria do teatro. Mais informações: (82)3315-3922 / 91678748.

 Em outubro, o Cine Sesc 12h30 exibe, na mostra Curtas do Carlitos, dez curtas-metragens. Trata-se de produções pouco conhecidas do grande público. Os filmes destacam as principais características do vagabundo que, nas condições mais adversas, sempre descobre motivos para sorrir. Por essa razão, a programação, que é gratuita e será distribuída em três segundas-feiras, é imperdível para quem curte a obra de um dos maiores gênios do cinema. Os filmes que constam na programação são Carlitos Repórter, Carlitos no Hotel, Que Farra!, Dia de Estreia, Carlitos Garçom de um Café, Carlitos Faceiro, A Maleta Fatal, Um Amor Cruel, Carlitos & o Relógio e Laços de Paz.

Sexta-feira  A banda Tribo de Jah sobe ao palco do Clube Fênix Alagoano (Av. da Paz) às 20h. Os amantes do reggae vão contar, ainda, com a sonoridade das bandas Vibrações e Adama Roots, além dos DJs Tchuppa, Marcelo Pedra, Boca e David Pedra. Ingressos à venda nos estandes Viva Alagoas. Mais informações: (82) 3235-6950.

Sábado  Para celebrar a data em que completaria 70 anos, o The Jungle Music Bar (Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 1245 - Cruz das Almas) será palco no dia 9 de outubro, às 21h, da festa John Lennon 70. Regado a muito rock and roll, o evento contará com projeção de imagens raras, discotecagem do DJ Finizola, além das apresentações dos grupos Poções Mágicas e Namasque. Ingressos ao preço promocional de R$ 10 à venda até o dia 30 deste mês no Cuscuzeria (próximo ao Massagueirinha). Mais informações: (82) 9978 4519/9321 8113.  O Planeta DJ 2 Maceió é a atração do Armazém Uzina. A discotecagem começa às 22h, com a presença dos DJs paulistas Paulo Pringles e Pazinho, além do DJ Moisés e do VJ James. Ingressos à venda na Cia. das Havaianas e no restaurante Hashi. Mais informações: (82) 9979-5959/32354280.


Variedades Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: cultura@ojornal-al.com.br

B8

O cantador de hinos

O seu repertório cívico também foi estendido à brava gente alagoana com o entoar dos hinos de Maceió e de Alagoas

Um título a mais se posta ao lado dos seus dotes de forrozeiro. Foi uma espécie de chamado, dessa vez, partindo dos hinos cívicos brasileiros. E ele aceitou a convocação de bom grado, tanto que deu uma freada de quase três anos nos lançamentos quase que consecutivos dos seus álbuns para se debruçar em pesquisas cheias de minudências sobre o cancioneiro patriótico do País. Foi Brasil - Hinos à paisana que saiu da sua investida como cantador de hinos. Para compor o álbum, dez deles, os mais significativos, fiéis a originalidade das suas letras, interpretados de dentro do peito, mas despidos das roupagens musicais formais das bandas marciais. Neles, os tamborins, tubas, tarois, cornetas, pistons e bumbus cederam gentilmente o seu lugar para que surgissem na sua voz acompanha-

dos pela placidez musical dos instrumentos que emprestam os seus tons à Música Popular Brasileira. “É um disco atemporal, que pode ser tirado das gavetas a qualquer tempo. No álbum, os hinos são tratados como canções, por isso as pessoas passam a entendê-los melhor e a darem mais atenção as suas letras. É um apelo nacional”, destaca sem esconder que é com ele que pretende alçar os mais altos voos mesmo tendo de deixar a sua amada Alagoas por um tempo, levando-o na bagagem para ser apresentado a muitos brasileiros, de vários cantos do País. O seu repertório cívico também foi estendido à brava gente alagoana com o entoar dos hinos de Maceió e de Alagoas - o último, com os louros de grande responsável pela sua incursão no repertório cí-

vico local e nacional - ocupando um lugar especial em Alagoaníssimo, lançado no início deste ano como uma quase coletânea de tudo o que já fez, já cantou e já fez ouvir. Ele, que também recebe muito bem ser chamado de comendador em reconhecimento aos seus serviços prestados à cultura da terra, o que lhe rendeu a Medalha do Mérito Zumbi dos Palmares e a Comenda Graciliano Ramos; que aceitou as honras de ser capa da recém-publicada revista Oush! Brasil como um dos mais relevantes nomes no seio musical do Estado e que pretende saciar o jejum da ausência de novos discos há algum tempo com o lançamento, em abril do próximo ano, do inédito de forró O Quelso, avisa: “Agora, tudo poderá acontecer. Quem viver verá”. E ouvirá!. (E.B.)

CMYK


O JORNAL

Classificados

D1

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

PONTA VERDE – AV. SANDOVAL ARROXELAS VENDO apto em construção Ed. Oruan, sala de estar, sala de jantar, com varanda, 03 quartos s/ 02 suites, Cozinha, WC social, área Serviço, Dependência completa empregada. 02 Vagas de garagem.Medição individual água e gás. Ponto água quente Wcbs.Ponto de split nos quartos. Piscina, espaço gril, salão festas com copa. A vista R$ 398 mil. Financio direto pela Construtora. Tratar pelo telefone para contatos: 93514440 – CRECI 343

APTO. VENDA FAROL FAROL – VENDO apto (Rua Colégio Marista), Sala L com varanda, 03 quartos sociais, sendo 01 reversivel, Wc social, cozinha, área de serviço, nascente. R$ 155 mil.Tr. 9351-4440 - CRECI 343 FAROL – RES. PRAÇA DOS POETAS – VDO. Aptºs., Sala C/ Var., 02/4 , 01 Suite, Wc, ,Coz., E A/S. Tr. 9946-2711 // 9381-2513 Creci 384. FAROL – EDF. ALBARELO – OPORTUNIDADE - VDO. Aptº 101 E 601, Sala P/ 02 Amb.03/4, E 03 Wcs., Obs: Aceito Carro/Aptº M/ Valor. Pagtº A Vista. Bom Desconto. Ligue 93812513////9946-2711 Creci 384.

GRUTA GRUTA – PRÉDIO NOVO Apenas 04 Unidades, Cada Uma C/ Sala Em L, 03/4, 01 Suite,Wc Social, Dce. E Area De Serviço. 01 Vg. De Gar.. Tr- 9381-2513 // 9946-2711 Creci 384.

JATIÚCA JATIÚCA – EDF. COSTA BRAVA – VDO. Aptº De Frente, C/Sala Em “L”C/ Varanda, 03/4 Sendo 01 Suite, E Demais Comodos. Ligue 9381-2513 ///99462711 Creci 384

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

P.VERDE – EDF. NANTES – OPORTUNIDADE - VDO. Aptº 103 E 306, C/ Sala P/ 02 Amb., 03/4 E 03 Wcs.Obs:. Aceito Carro//Aptº Menor Valor. Pagtº A Vista, Bom Desconto. Tratar pelos telefones para contatos: 9381-2513//// 9946-2711 Creci 384. P. VERDE – EDF. CORAIS – VDO. Sala Ampla C/ Var., 02/4, Wc Social, Coz. A. Se Serv. E Dce. Ligue 93812513///9946-2711 Creci 384.

PONTAVERDE –Aptº c/133m², andar alto, sala de estar/jantar c/varanda, 4 qtos s/2 stes + dce,coz., área serviço, wc social. 3 vagas. Cond. baixo!.. Apenas R$ 370 mil. Tr 93514440 CRECI 343.

PAJUÇARA PÇ LION –VENDO apto novo, sala 2 amb, 2 qtos sociais s/1 ste, coz., área de serviço, wc social, de frente. 1 vaga. Prédio recém entregue, c/salão de festas, gerador, Playground, piscina grande na cobertura. Home. R$ 170 mil.Tr. 9351-4440 Creci 343.

PRADO PRADO – PRAÇA DA FACULDADE - VENDO apartamento sala com varanda, 03 quartos com armários, sendo 01 suite, cozinha com armários,Wc social com armários. 1 vaga. Prédio com churrasqueira, play gound, quadra futebol salão, voley, basquete. Excelente localização. R$ 140.000,00. Tratar pelo telefone para contatos: 9351-4440 CRECI 343.

APTO. ALUGA CRUZ DAS ALMAS C. DAS ALMAS – ALUGO - Aptº A 150mts. Da Orla, C/ Sala Ampla P/ 02 Amb., Com Varanda (Vista P/ O Mar), 02/4, Sendo 01 Suite, E Demais Comodos. Ligue 9381-2513/// 9946-2711 Creci 384.

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE PONTA VERDE – 1ª QUADRA DA PRAIA- VENDO apto, sala 02 ambientes, varanda grande, 03 quartos sendo 01 suíte com varanda, cozinha, com despensa. Área serviço, Wc Social, DCE,. 02 vagas. Nascente. Prédio com 02 elevadores, salão festas. Linda vista permanente pro mar. R$ 280 mil. TR. 9351-4440 CRECI 343.

FAROL – CONDOMÍNIO MORADA DAS ÁRVORES - VENDO apto sala com varanda, 03 quartos sendo 01 suite, todos com armários, lavabo, cozinha, área de serviço, dependência completa empregada, 01 vaga, área útil 115m². salão de festas; piscina, poço artesiano e ótima localização.R$ 155 mil.Tr. 9351-4440 CRECI 343. FAROL – VENDO apto vizinho a UNIMED, sala com varanda, 03 quarto com armários, sendo 01 reversível, cozinha, área serviço, WC social. 01 vaga. Pertinho de tudo. Prédio com gerador, 02 elevadores. R$ 160 mil. TR 9351-4440 CRECI 343.

PONTA VERDE – POR TRÁS DO HOTEL PONTA VERDE. VENDO apto em construção entrega: Outubro 2010 com 140m² área útil contendo: Sala de visita, sala de jantar, com varandão, Gabinete, 03 quartos sendo 02 suítes, Cozinha, Wc social, Dependencia completa empregada, 03 vagas. Prédio com salão de festas, play ground, piscina, churrasqueira. R$ 530 mil. Excelente localização.Tr. 9351-4440 CRECI 343.

JATIÚCA – VENDO/TROCO apto Sala 2 ambientes, com varanda, 4 quartos sendo 02 suites, WC social, Cozinha, Area de serviço, DCE, 02 vagas de garagem. Área útil 120m². R$ 400 mil. Aceito: imóvel menor valor, carro, financiamento. Tr. 93514440 CRECI 343. STELLA MARES – EDF. RENA- VDO. (Motivo Viagem) – Aptº C/ Sala P/ 02 Amb., C/ Var., 02/4, Suite, Mais 01 Ver., Wc, Coz., E A. De Serv.Tratar pelos telefones para contatos: 93812513 /// 9946-2711 Creci 384. JATIÚCA – 147m². Exc. Aptº perto da praia, 4 quartos s/ 1 suíte, 1 reversível, varanda, sala de estar/jantar, com armários, área serviço, WC social. 2 vagas de garagem. Apenas R$ 330 mil. Tratar pelo telefone para contatos: 9351-4440 CRECI 343.

MANGABEIRAS MANGABEIRAS – J. VATICANO –– VDO. Aptº C/ Sala P/ 02 Amb. C/ Var., 03/4, Wc Soc., Coz., E A. De Serv., 01 Vaga De Gar. Coberta. Tr- 9381-2513/// 9946-2711 Creci 384.

PONTA VERDE PONTA VERDE – EXCELENTE aptº na Dep. José Lajes, com 153m², sala de estar/jantar grande com varanda, 03 quartos s/ 1 suíte + DCE, com armários, cozinha, área serviço, WC social. 02 vagas. Pertinho da tranqüilidade.. Apenas R$ 300 mil. Tratar pelo telefone para contatos: 9351-4440 CRECI 343

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

PONTA VERDE (SANDOVAL ARROXELAS) – VENDO apto com sala de estar e jantar com varanda, 03 quartos sendo 02 suítes, cozinha, repleto de armários. Àrea serviço, DCE. 02 vagas. Prédio com salão ginástica, salão festas, sauna, piscina. R$ 325 mil. Tr. 93514440 CRECI 343. PONTA VERDE – VENDO apto em construção com 120m² , ao lado Bompreço. Sala com varanda, 03 quartos sendo 02 suites, 01 Wc social, cozinha. Área de serviço, 02 vagas Nascente. Excelente localização. R$ 398 mil. Financiamento direto com Construtora. Tr. 9351-4440 CRECI 343. PONTA VERDE - VENDO apto novo, recém construído, de frente. Sala com varanda, 03 quartos sendo 02 suites, Cozinha, Wc social, dependencia completa empregada. 02 vagas. Melhor terminação. Área útil 120m². Prédio com salão festas, gerador, guarita, piscina. Medição água e gás individual. pela Caixa Econômica Federal. R$ 530 mil. TR. 9351-4440 CRECI 343.

CMYK


O JORNAL JORNA L

Classificados D2

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

JATIÚCA STELLA MARES – ALUGO - Aptº No Edf. Tenis, C/ Sla P/02 Amb., 02/4 Sendo 01 Suite, Wc Social, Cozinha E Area De Serviço, C/ 01 Vg De Gar. Ligue 9381-2513 /// 9946-2711 Creci 384.

APTOS. PRONTO PARA MORAR CRUZ DAS ALMAS

Ed. Ramage - Studio com 27,00m² todo mobiliado. 01 vaga, piscina, salão festas, restaurante. Condomínio Mahatman Ghandhi =sala 3 ambientes, wc social c/ Box, 3 qtos c/ arms, (st) cozinha c/ arms, serv, dce, 01 vaga, 2 elev, piscina, salão festas, gás individual. PONTA VERDE Ed. Maison D'elseés - Varnada, sala, wc social c/ blindex, 3 qtos (st), coz. c/ arms, serv, dce, 2 vagas. Ed. Demoiselle - Área 120m² Sala c/ var, wc social, 3 qtos s/ 2 suites ( 01 revers) cozinha, serv, dce, piscina, salão festas, 2 vagas livres. Ed. Pascoal I - Cobertura duplex: Área 286m² - Vista para o mar, sala 3 ambientes, 3 qtos s/ 02 suite, wc social, copa/cozinha com armários, serviço, dce. 1º. Piso: Terraço descoberto, piscina, wc, 01 suite com varanda, 03 vagas. Ed. Pallais Royal - Beira Mar 194m² - 3 vgs, piscina, sl. festas, sala 3 amb, c/ terraço, lavabo, 3 suites, coz. serv, dce. Ac. Apto. Ed. Delphos - Área 155m³³ - piso granito, sala 3 amb, c/ var c/ vista mar, home, 3 qtos s/ 2 suites ( sts. c/ arms, coz. c/ arms, serv, dce, 3 vagas, piscina sl. festa Ed. Rui Palmeira - sala c/ varanda, wc soc, 3 qtos s/ 01 revers, coz, serv, wc serv. R$ 150 mil. Ed. Cadore - quarto e sala, coz, wc. Prédio c/ piscina, salão festas, 01 vaga, 2 elev, gerador. R$ 140 mil - pronto para morar.

JATIÚCA Ed. Nirvana - Sala em L, varanda em L, wc social c/ box, 3 qtos (st) c/ arms, coz. c/ arms, serv, dce; Ed. Catuni - Varanda, sala, wc social c/ blindex,, 2 qtos (st) c/ arms, wc suíte c/ blindex, coz. c/ arms, serv, Ed. Saint Tropez - Varanda, sala, lavabo, 3 suites, cozinha, área serviço, dce, 2 vagas, piscina. Ed. São Thiago - Área 90m² - R$ 120 mil - Varanda, sala, wc soc, 3 qtos (st) coz, serv, dce. Financio CEF. Ed. Zuzu - Sala, wc social com Box e arm, 3 qtos sendo 01 c/ arm, coz. com arms, serv, wc serviço. R$ 160 mil. Ed. Xingú - Sala c/ varanda, wc social c/ Box e arm, 3 qtos (st) s/ 01 revers, cozinha c/ arm, serv, wc serv, 2 elev, 01 vaga. R$ 150 mil . Financio CEF. Ed. Candará - Sala c/ var, wc social c/ arms e Box, 3 qtos c/ arms s/ 01 suite, cozinha c / arms, serv, wc serv. R$ 140 mil Ed. Damani - Sala c/ varanda, wc social c/ Box, 3 qtos (st) todos c/ arms, cozinha c/ arms, serv. c/ arms, dce, 2 elev, 2 vagas. R$ 210 mil - Financio CEF. Ed. Romã - Área 84m² - R$ 160 mil - Sala, wc social, 3 qtos (st) coz, serv, 01 vaga. Ed. Porto Valarta - Área media 63m² - novo, prox.. ao Shopping, 2 qtos (st). MANGABEIRAS Ed. Ipeuna - Varanda, sala, 2 qtos (st) s/ 01 c/ arms, wc soc. com box, coz. c/ arms, sob o balcão, serviço. R$ 110 mil. Financio CEF; Ed. Povoa de Varzim - Varanda, sala, wc social, 3 qtos (st) coz, serv., 2 elev, 01 vaga. R$ 170 mil.

Ed. Roberto Malta - Vendo quarto e sala, coz, wc., 2 elev, gerador, gás, 01 vaga, armários, área serviço. FAROL Ed. Palazzo Margiore - Área 250m² - Linda vista mar e lagoa, 4 vagas livres, piscina, churras, apoio, sala estudo, vídeo, ginástica, salão festas mezanino, sala 3 amb. c/ var, home, lavabo, 4 suites s/ 01 c/ hidro, copa, coz, serv, dce. Condominio Egpicio - Sala estante, varanda, wc social com Box, 3 qtos, sociais, cozinha, área de serviço, wc serviço, 2 vagas. R$ 140 mil. Financio CEF. Ed. Porchat - Área 170m² Varanda, sala 2 amb, wc social, 4 quartos sendo 02 suite s/ 01 revers, cozinha, serv, dce. Res. Jardim Alagoas - R$ 130 mil - Sala 2 amb, wc social , 2 qtos c/ arms , coz. c/ arms, , serv, dce. 01 vaga, 01 elev.

CASAS Farol Av. Rotary - Excelente casa com garagem, terraço, 3 salas, gabinete, wc soc, 3 qtos (st) copa, coz, serv, dce. Exc. p/ consultório R$ 300 mil. JATIÚCA Av. Amélia Rosa - R$ 330 mil Térreo: garagem , terraço, gabinete, sala, wc social, cozinha, serviço, dce. 1º. Andar: Terraço, 2 quartos. Av. Amélia Rosa - R$ 320 mil Garagem 2 carros, sala estar e jantar, wc social com armários e Box, 4 qtos s/ 01 suite, cozinha com armários, copa, serviço, dce. SERRARIA Rua Luiz Ramalho de Castro Vendo casa: Térreo com garagem, terraço, sala 3 ambientes, 3 suites, wc social, coz. c/ arm, serv. 1º. Andar: sala TV, terraço, wc social, 3 quartos.

SAN NICOLAS - Área 300m³ Terreno 18x25- Térreo: garagem, sala, wc social, 01 quarto, cozinha, área serviço, dce. 1º. Andar: 03 suites sendo 01 com hidro e terraço. Financio Caixa. LITORAL SUL LOTEAMENTO BARRA MAR - Condominio Barra Mar - Vendo casa: Térreo: garagem, sala, 01 suite reversível, cozinha, serv, depósito, churrasqueira. 1º. Andar: 3 suites sendo 01 com varanda. Condominio com piscina.

PONTO COMERCIAL POÇO Empresarial Wall Street - Vendo sala rérrea com wc, 01 vaga. R$ 45 ml CENTRO AV. BUARQUE DE MACEDO - Vendo prédio próximo ao SEBRAE e TRANSPAL.

TERRENOS

CASA VENDA BARRO DURO VENDO Excelente casa por preço de ocasião, próximo ao Colégio Adventista, sala de estar/jantar, 03 quartos s/ 1 suíte, área serviço, WC social. 02 vagas de garagem, rua asfaltada. Pertinho de tudo. Apenas R$ 185 mil. Ligue agora! TR 9351-4440 CRECI 343.

CENTRO CENTRO – RES. VILA DA PRAIA – Apenas 09 Casas Duplex. Terreo: Sala P/ 02 Amb. Coz. Americana. Pav. Superior: 02/4, Sendo 01 Suite E Wc.. Tr. 9381-2513 / 9946-2711 Creci 384.

FAROL RES. PARQUE DO FAROL - COND. FECHADO Casas Duplex C/ 120 M2 Terreo:Jardim, Garagem, Sala P/ 02 Amb., Wc, 01/4,, Coz. E A. De Serv. Pav. Superior: 03/4, Suite Wc Social. Tr. 9381-2513 / 99462711 Creci 384

OPORTUNIDADE! VENDE-SE excelente casas na Jatiúca, Tabuleiro, Serraria e Ponta Grossa. Tel.: 8822.5050. Creci: 1602. FAROL – VENDO casa com piscina,duplex térreo: 01 terraço, 01 sala, gabinete, 03 quartos sendo 01 suíte, com armários, 01 c/ closet, 01 WCs sociais, 01 cozinha. 1º Andar: Sala, 02 quartos sendo 01 suíte com armários. WC social. E um ponto comercial na frente do terreno. R$ 360 mil. Tr. 93514440 CRECI 343 FAROL – PITANGUINHA – VENDO casa com 390m², sala visita, sala de jantar, sala de TV e som, 02 terraços, Gabinete, 06 quartos sendo 02 suítes, 02 Cozinhas, 02 WC socais, Dependência completa empregada. Garagem 04 carros. R$ 250 mil. TR. 93514440 - CRECI 343.

OUTROS BAIRROS PARIPUEIRA – RUA POR TRAZ DA CASA VASCO VENDO casa terreno 17,50 x 23,90 varanda,02 salas, 03 quartos, copa e cozinha, WC social, quintal enorme.R$ 65 mil. TR. 93514440. CRECI 343

CONDOMÍNIO LAGOA DO PAU – CORURIPE – VENDO ótima casa a beira mar, varandão de frente e lateral, sala de visita grande sala de jantar, 03 quartos, sendo 01 suite, piso em cerâmica, toda mobiliada, muito aconchegante. casa de caseiro, pracinha na frente chuveirão, churrasqueira. A vista R$ 130 mil. TR. 9351-4440- CRECI 343. MURILÓPOLIS – ÓTIMA LOCALIZAÇÃO! Casa nascente, terraço, 3 quartos s/ 1 suíte, sala de estar/jantar, área serviço, WC social. garagem, Apenas R$ 225 mil. TR 9351-4440 CRECI 343. MURILÓPOLIS – MARAVILHOSA casa com piscina, área de lazer, nascente, 3 quartos s/ 1 suíte, sala de estar/jantar, área serviço, WC social. Garagem. Apenas R$ 320 mil. TR 9351-4440 CRECI 343.

PONTO COMERCIAL – LANCHONETE EM FUNCIONAMENTO, COM INSTALAÇÕES E UTENSÍLIOS NA PONTA VERDE. TRATAR: 9331-7774 VENDO casa na Serraria. Valor R$ 130 mil e na Gruta R$ 160 mil. Tr.: 8868-4938/ 9612-4077/ 9113-8185/ 9326-1127. Creci: 1736 SAN NICOLAS – VDO. OU TROCO Por Aptº De Menor Valor Linda Casa, C/ 02 Pav. - Terreo: Jardim, Garagem, Varandão, 02 Salas, Suite, Wc, Coz., Area De Serv. 1º Andar – Gabinete, 02 Suites, Sala De Tv. .Tr- 9381-2513 // 9946-2711 Creci 384.

POÇO VENDO casa c/2 pavimentos na Pça. da Maravilha (Poço), para residência e comércio. Valor R$ 320 mil. Tr.: 8868-4938/ 9612-4077/ 9113-8185/ 9326-1127. Creci: 1736 VENDO casa no Conj. Pajuçara. Valor R$ 220 mil e terreno R$ 130 mil. Tr.: 8868-4938/ 9612-4077/ 9113-8185/ 9326-1127. Creci: 1736

PAJUÇARA

TABULEIRO

VENDO casas em Pajuçara. Valores R$ 115, 170 e 75 mil. Tr.: 8868-4938/ 96124077/ 9113-8185/ 93261127. Creci: 1736

VENDO imóvel em construção med. 20x40, próximo a ferinha do Tabuleiro. Valor R$ 160 mil. Tr.: 8868-4938/ 9612-4077/ 9113-8185/ 9326-1127. Creci: 1736

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

JACARECICA Condominio Ocean Wien Esquina nascente com projeto área 935m². R$ 330.000,00. JARDIM DO HORTO JARDIM DO HORTO II Condomínio fechado - vendo lote nascente medindo 20x45 TABULEIRO DO PINTO LOTEAMENTO JOSÉ FERNANDES TORRES - Terreno de esquina medindo 20m de frente, 16m de fundos, 20m de frente a fundos. LITORAL SUL Barra São Miguel - Arquipélago do Sol - Vendo lote 15x30 no Bahamas

Guia de Serviços

Av. Gov. Osman Loureiro, 171 (anexo a 5ª Avenida galeria), Mangabeiras - Maceió - AL Tel.: 8888.5166/ 3034.7718 Ao lado do Viaduto Industrial João Lyra O ESTALEIRO ESTÁ CHEGANDO, PREPARE-SE!

Life

ESTÉTICA

 CURSO DE MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS  CURSO DE FORMAÇÃO DE PLATAFORMISTA

INFORMAÇÕES: 3035-0198/ 9980-1340/ 9629-9198

Tudo em massagens terapeuticas, anti-stress, relaxamento corporal, drenagem linfatica.

Tudo em estética agende pelo fone:81064-0532, falar com Juliana

CMYK


Classificados Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

O JORNAL JORNA L D3

CMYK


O JORNAL JORNA L

Classificados D4

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: reservas@ojornal-al.com.br

SERRARIA SERRARIA - COND. FECHADO - Casas Duplex Terreo: Garagem, Sala P/ 02 Amb., Lavabo, Coz,. E A., De Sev. -1º Andar: 03/4, 01 Suite, Wc, E Var..Lazer: Piscina, Campo De Futebol, Churasq.,E P. Infantil, Etc. Tr. 9946-2711 / 9381-2513 Creci 384. SERRARIA – “JARDINS DE VERSALLES” – VDO. Casas Duplex (Cond. Fechado).- Terreo: Jardim, Terraço, Sala P/ 02 Amb. Wc, Coz., E A. De Serv.. Pav. Superior: 02 Suites. Lazer: 02 Piscinas, Campo De Futibol, S. De Festas. Tr. 9381-2513 / 9946-2711 Creci 384.

SERRARIA – INVESTIDORES - VDO. 06 Casas Novas, C Sala,/ 02/4, Wc, Coz. E A. De Serv.. Tr. 9381-2513/9946-2711. Creci 384 SERRARIA – PRÓXIMO AO ECO PARK -VENDO excelente Casa com piscina, terreno medindo 24x36, 02 terraços, gabinete, sala visita, sala de jantar, 05 quartos, sendo 02 suítes como armários, 01 c/ closet 02 cozinhas 01 com armários, DCE, muita área verde, nascente, rua asfaltada. Solta nos 04 lados. Excelente localização. R$ 400 mil. Aceito troca por apartamento. Tratar 9351-4440 CRECI 343.

SERRARIA (CONJ. SAMAMBAIA) – VENDO casa com sala de estar e jantar, 03 quartos, cozinha, DCE, Àrea serviço, R$ 150.000,00 mil. Tratar pelo telefone para contatos: 9351-4440 CRECI 343 SERRARIA – Jardim Europa Excelente casa duplex com 385m² padrão classe A, em cond. fechado próximo ao Shopping Pátio Maceió. Sala de estar/jantar, 03 quartos s/ 1 suíte, área serviço, WC social. 04 vagas de garagem, Pertinho de você. Apenas R$ 400 mil. Tratar pelo telefone para contatos: 9351-4440 CRECI 343

4009-1961

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

COMERCIAL VENDA

TERRENOS VENDA

CENTRO

CAPITAL

COMERCIAL – VENDO Estacionamento, c/total infra-extrutura, vagas cobertas, escritório c/wc e wc p/ clientes. Tr 93812513/ 9946-2711 Creci 384.

TABULEIRO- INOCOOP – VENDO área medindo 20x100=2000m². Ótima para galpão , depósito, ou casas do Projeto Minha Casa, minha Vida.R$ 170 mil.Tr. 9351-4440 CRECI 343.

COMERCIAL ALUGA

IMÓVEIS PARA VENDA APARTAMENTOS Ponta Verde Lindo Apartamento! 3 Qts, 2 C/ Armários, Wc Social C/ Blindex, Coz. C/ Armários, Á. De Serviço, 1 Vaga. Ref.Fha-13. Sala, 3 Qts (1ste), Coz., Á. De Serviço, Dce, Armários, 2 Vagas. Ref.Fha-18. Stela Maris 3 Qts (1 Ste C/ Varanda), Sala, Coz., Wc Social, Armários, 1 Vaga. Ref.Fha51. Mangabeiras 3 Qts(1ste), Sala, Coz., Á. De Serviço, Despensa, Wc De Serviço. Ref.Fha-03. Farol 3qts (1 Ste), Sala, Varanda, Coz., C/ Armários, Á. De Serviço, Dce. Murilópolis 3 Qts (1 Ste), Wc, Coz., Área De Serviço, 1 Vaga.

Prado Apt. Reformado C/ 3 Qts (1 Ste), Sala, Varanda, Wc Social, Coz., Dce. Ref.Fha64. Ótima Localização! 3 Qts (1 Ste), Sala, Varanda, Wc Social, Dce. Ref.Fha-61. São Jorge Linda Vista! 2 Qts, Sala, Coz., Wc. Condomínio Só R$ 105,00 C/ Água E Gás. Ref.Fha-05. Nascente! Quarto E Sala, Coz., Wc, Prédio C/ Salão De Festas, Parquinho, Poço Artesiano. Ref.Fha-21.

ALUGA-SE sala para Fisioterapeuta. Tr.: 32313500/ 3235-5711/ 8802-5845

FAZENDAS VENDA PRAIAS PRAIADO PÉBA– VDO. Chacará (clima de campo e praia) c/10 há, casa grande, sala p/3 amb., sala de refeição, 7/4, 3 stes. Avarandada, 1 galpão/ garagem c/ste p/ hospede. 2 casas de morador, fruteiras etc.. Tr. 9946-2711/9381-2513 Creci 384

TABULEIRO – CONSTRUTORES – VENDO 02 Grandes Areas, Exelente Para Construção De “Minha Casa, Minha Vida”. Ligue para os telefones para contatos: 9381-2513///99462711 Creci 384

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

FAROL – CONSTRUTORESTerreno De Esquina, 30,00 X 51,00, (Nascente)- Exelente P// Prédios Ou Cond. De Casas. Tr. 9381-2513 / 9946-2711 Creci 384. VENDO terreno no Sítio São Jorge. Valor R$ 21 mil e casas em Bebedouro. Valores R$ 21 e 110 mil. Tr.: 8868-4938/ 9612-4077/ 9113-8185/ 9326-1127. Creci: 1736 IMPERDÍVEL – Área com 3 mil m² na Via Expressa beira de pista. Ligue agora mesmo.TR. 9351-4440 CRECI 343. VENDO terreno no Tabuleiro, próximo a Escola Rotary, med. 20x100. Valor R$ 250 mil. Tr.: 8868-4938/ 9612-4077/ 9113-8185/ 9326-1127. Creci: 1736

Curso domine o medo de dirigir Só com CNH Tratar: 8800-1966/ 3034-4404 www.domineomedodedirigir.com.br

SERRARIA (ANTARES II) – OPORTUNIDADE! VENDO excelente terreno, murado com portão. Próximo ao Pátio Maceió. Tr. 9351-4440 CRECI 343. JARDIM PETRÓPOLIS – VENDO terreno medindo 12 x 30: Rua sem saída. Todo documentado. Só R$ 80 mil.Tr. 9351-4440 CRECI 343.

INTERIOR JL - VENDO área plana, R$ 30,00 cada m², próximo a pista do aeroporto (Rio Largo) com total infra-estrutura, ideal para grandes empreendimentos imobiliários. Tratar - 9986-7100 - 88063705 (Creci 370)

4009-1961 LIGUE E ANUNCIE

PRAIAS LOTEAMENTO VISTA DO ATLÂNTICO – VENDO Terreno medindo 15 x 28=420m², excelente vista para o mar. R$ 80 mil. Tr. 9351-4440- CRECI 343

LOTES B. STº ANTONIO – VDO. OU TROCO EM CARRO LOTE Medindo 9,50 X 17,00, (Nascente) Perto Da Ponte P/ Ilha - Tr. 99462711 / 9381-2513 Creci 384

EMPREGOS OFERECE-SE OUTRAS ATIVIDADES PRECISO DE crocheteira com disponibilidade de tempo. Ligar 3231-5688/ 9953-2749. Tratar c/Solange Arruda.

EMPREGOS PROCURA-SE DOMÉSTICOS

CASAS Gruta Nascente! 4qts (2 Suítes), 3 Salas, Gab., Wc, Coz., Despensa, Gar. 5 Carros, Jardim De Inverno, Á. De Serviço, Armários. Ref. Fhv-12. Jardim Petrópolis I 4 Qts (2 Suítes), Sala 2 Ambientes , Coz., Á. Serviço, Dce, Pisc., Churras., Gar. 8 Carros, Canil, Wc Apoio. Ref.Fhc01. Feitosa Cond. Fechado 3 Qts, (1 Ste), Sala 2 Amb., Coz., Wc Social, Garagem. Ref.Fhc-08.

OUTROS BAIRROS

TERRENO SERRARIA LOT. CARAJÁS II VENDO 01 terreno no Lot. Carajas II medindo 10m x25m. totalmente nascente, excelente fundação. R$ 90 mil.Escriturado e registrado. Tratar pelo telefone para conatos: 9351-4440 CRECEI 343.

TABULEIRO PRÓXIMO AO AEROPORTO – VENDO terreno com 2 frentes: 1 frente pista do aeroporto medindo 15x60 e nos fundo virado para rua lateral medindo 21x20. Todo documentado. R$ 230 mil.Tr. 9351-4440 CRECI 343.

3 Qts (2 Suites), Coz., Wc E Dependências Externas. 148 M² Área Construida. Jardim Do HortoII Linda Casa! C/ 4 Qts (2 Suites), Sala C/ Varanda, Coz., Wc Social, Dce, 6 Vagas, Jardim. Ref.Fhc07. Nova! 4 Qts (3 Suites), 2 Salas, Coz, Wc, Dece, Jardim. Ref.Fhc-36. Poço 2qts, Coz., 3 Salas, Wc, Varandas, 1 Salão Parte Superior, Á. Serviço, Garagem. Ref. Fhc-06.

Barro Duro 3qts (1 Ste), 2 Salas, Copa/Coz., Despensa, Wc, Dce, Garagem. Ventilada. Ref.Fhc-04. Pinheiro Local Tranquilo! 3 Qts (1 Ste), Sala 2 Amb., Coz., Wc, Quintal, Canil. Ref. Fhc-31. 4 Qts, (1 Ste), Sala, Coz., Á. De Serviço, Dce, Canil, Gar. 3 Carros. Ref. Fhc-15

A LIMPEL LIMPEZA URBANA SELECIONA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS As vagas serão preenchidas de acordo com o disposto no Decreto nº 3.298/99, alterado pelo Decreto nº 5.296/2004.

Interessados enviar currículos para: luciana@limpel.com.br e/ou livia@limpel.com.br

PRECISO TRABALHAR: serviços gerais. Tr.: 91442219, c/Sebastiana ou Cícera. PRECISO TRABALHAR DE: serviços gerais. Tr.: 9144-2219, c/Sebastiana ou Cícera. PRECISO TRABALHAR DE: doméstica, cozinheira, babá e faxineira. Durmo.Tratar pelo fone para contatos.8827-9788

NEGÓCIOS

Empresa do Ramo sucroalcoleiro necessita de Técnica de Enfermagem do Trabalho com disponibilidade para o interior. Interessados enviar currículo para:

SOCIALGUA@GRUPOJL.COM.BR Empresa do Ramo sucroalcoleiro necessita de Enfermeira com pós graduação em Enfermagem do Trabalho com disponibilidade para o interior. Interessados enviar currículo para:

SOCIALGUA@GRUPOJL.COM.BR

Empresa do Ramo sucroalcoleiro necessita de Técnico de Segurança do Trabalho com disponibilidade para o interior. Interessados enviar currículo para:

SOCIALGUA@GRUPOJL.COM.BR

DIVERSOS VENDO todo material para montar loja. Arara, manequim, bustos, cabides, birô, cadeira para escritório, balcão, arquivo estante etc. Tr.: 3325-1785/ 9309-4558.

LICENCIAMENTO, CONSULTORIA E PROJETOS AMBIENTAIS Plano de Gerenciamento de Resíduos - PGRSS / PGRCC RADA, EIA/RIMA, Plano de Contingência, Análise Risco Outros projetos - DNPM,IBAMA, IMA e SEMPMA. André (82) 9999-8430 E-mail: an.melo@hotmail.com

IMÓVEIS PARA ALUGUEL Apartamentos Ponta Verde 4 Qts (3 Suítes), Sala, Varanda, Coz., Dce. Quarto E Sala, Coz., Wc, Mobiliado, Ótima Localização. Jatiuca 3 Qtos (1 Ste), Sala, Varanda, Coz., 2 Banheiros. Ref.Fhal-02. Mangabeiras 3 Qts (1 Ste), Wc, Armários Coz., E 1 Qto. Próx. Praia. Qto/Sala, Coz, Wc, C/ Split. Ref.Fhal-04. São Jorge 2 Qts, Sala, Coz., Wc. Andar Alto. Ref.Fhal05. Qto/Sala, Coz., Wc. Nascente Linda Vista. Ref.Fhal-07. Centro Salas Amplas R$250,00 S/ Wc E R$ 350,00 C /Wc. Podendo Alugar O Prédio Todo. Ref.Fhal-06.

Centro Loja Bem Conservada, C/ 2 Banheiros, Depósito. Ref.Fhal-06. Farol Loja C/ Escritório, Banheiros, Copa E Amplo Pátio. Ref.Fhal- 08.

3033-6000/2122-6018 2122-6024/2122-6025

Distribuidora de PNEUS contrata vendedores externo com experiencia em vendas de pneus.

allan@pneustil.com ESTRUTURA METÁLICA Vendo 2964 m² - completa - Nova - Esta em SP - R$ 120.000,00 - (19) 3645-4656 / 120*39932 / www.metalicaestruturas.com

CMYK


Esportes

O JORNAL JORNA L Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Vivendo entre feras Geremias A. Junior/CBV

Alagoana Neide volta esta semana ao Estado para disputar a etapa de Macei贸 do Circuito Nacional de V么lei de Praia P谩ginas 4, 5 e 6


O JORNA L JORNAL

Esportes 2

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

BatePronto Victor Mélo - jornalistavictor@gmail.com

DEIXEM VIÇOSA JOGAR! Fico imaginado como está a cabeça do atacante Júnior Viçosa. Garoto humilde, de 21 anos, ele tirou a sorte grande. Apresentou um bom futebol no ASA, ganhou destaque na Série B e foi contratado pelo Grêmio. Somente a transferência para um grande centro do futebol brasileiro já seria um bom motivo para o jogador sentir o impacto do novo. Para piorar, seus amigos de Arapiraca, os companheiros de time, a velha camisa alvinegra e os familiares não estão mais por perto, para dar o suporte nos momentos difíceis. Viajou há duas semanas com a cara e a coragem para Porto Alegre, carregando o peso de ser o jogador do futebol alagoano negociado pelo maior valor da história. Essas questões, aliada à grande possibilidade de buscar a independência financeira em curto prazo, não foram as barreiras mais difíceis encaradas pelo jogador. Em Alagoas, uma briga acirrada envolvendo empresários, ASA, Corinthians-AL e até a Federação Alagoana de Futebol deu traços sombrios à negociação. O caso foi parar na Justiça. Nos últimos dias, as partes trocam acusações pela imprensa e o jogador está sendo tratado como uma simples mercadoria. Viçosa se transformou em reais, cera de R$ 1,5 milhão, e, para alguns dirigentes do nosso futebol, parece ter perdido a condição de ser humano. As indefinições sobre quem tem direito na transferência coloca o jogador no olho de um grande furacão. A febre do ouro está cegando nossos cartolas, que, para receber seu quinhão, não estão medindo esforços.

NERVOS DE AÇO Júnior Viçosa não teve acompanhamento psicológico durante sua formação como atleta. Ele chegou ao ASA aos 18 anos e foi trabalhado nos últimos anos pelo técnico Vica. A idade ideal para o atleta receber o devido acompanhamento técnico e psicológico, é de 13 anos. Sem esse apoio, o jogador precisa ser uma máquina para suportar tantos desafios em tão pouco tempo. Torçamos para que Viçosa tenha aço nos nervos. Ele vai precisar.

PRODUTOS Infelizmente, os valores que o futebol movimenta transformaram jogadores em produtos. Perguntada sobre o não aproveitamento da maioria dos atletas da base nas equipes profissionais, a psicóloga do esporte Valéria Sapienza respondeu assim ao site Olheiros. “Dois em 100 tem a oportunidade de crescer e se desenvolver, mas muitas vezes os que ganham tal oportunidade não estão preparados para lidar com as consequências e com isso acabam desperdiçando tal oportunidade até por besteira e outras por algo mais grave, como no caso do Bruno. Os clubes precisam pensar no lado emocional desses atletas e no futuro deles, que pode não ser o futebol”, alertou.

CURTO-CIRCUITO O CRB volta a jogar na próxima terça-feira, contra o AméricaRN, em Natal. Com chances remotas de classificação do Nordestão, essa deve ser a última partida do Galo no ano. O ASA reencontra o Náutico no Brasileiro da Série B na próxima terça-feira, agora em Arapiraca. No Primeiro Turno, o Alvinegro foi derrotado nos Aflitos por 2 x 1, dia 13 de julho.

Luca di Montezemolo deu um recado claro na semana passada ao brasileiro Felipe Massa

Vamos, escudeiro! Montezemolo pede ajuda de Massa a Alonso na reta final do Mundial de F-1 Presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo disse abertamente que espera a ajuda de Felipe Massa a Fernando Alonso nas quatro etapas finais da temporada da Fórmula 1. Enquanto o espanhol ocupa a vice-liderança a apenas 11 pontos do líder Mark Webber, o brasileiro é apenas o sexto na tabela e está fora da briga pelo título. Este ano, Massa já foi obrigado pela Ferrari a ceder a vitória do GP

da Alemanha a Alonso. “Espero um Felipe com grande perseverança nas últimas quatro corridas. Quero um Massa forte, dividindo os pontos com os nossos rivais. Em Cingapura, ele não teve sorte, mas ele está em condições de vencer. Quem corre pela Ferrari não corre por si mesmo, mas pelas cores da Ferrari. Quem quiser correr por si mesmo terá de enfrentar sua equipe”, disparou o dirigente

italiano, em entrevista ao jornal “La Gazzetta dello Sport”. Montezemolo ainda fez questão de defender a opção da Ferrari em privilegiar Alonso nesta reta final de temporada: “A decisão de nos concentrarmos em (Fernando) Alonso provou ser correta. Ele é extremamente forte, muito próximo do time e tem estado em harmonia com todos, mesmo com a preocupação de alguns”.

Ingressos para o GP do Brasil estão quase no fim Os ingressos para o Grande Prêmio do Brasil, que vai ser realizado entre os dias 5 e 7 de novembro, estão quase esgotados. As arquibancadas cobertas dos setores D e S são as únicas que ainda têm ingressos disponíveis.

Os ingressos só podem ser comprados pelo site oficial do evento e variam entre R$ 1.297 e R$ 2.040, com diferença para a quantidade de dias (sexta-feira, sábado e domingo). A organização do Grande Prêmio do Brasil definiu a venda

de ingressos para os treinos livres de sexta-feira. As entradas serão vendidas na bilheteria do autódromo entre os dias 30 de outubro e 4 de novembro, de 9h às 17h (de Brasília). No dia da sessão, os ingressos começam a ser vendidos às 7h.


O JORNA L JORNAL

Esportes

3

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Máquinas de vencer Daniel Fonseca/CBV)

Victor Mélo Editor de Esportes

Juliana e Larissa conquistaram 14 títulos neste ano. As pentacampeãs mundiais de vôlei de praia ficaram em primeiro lugar na etapa do Circuito Nacional disputada no último domingo, em João Pessoa, na Paraíba, e lideram com folga o ranking feminino, com sete títulos conquistadas. Domingo, bateram a dupla Vivian e Andrezza na final por 2 sets a 0, com parciais de 18/14 e 18/11. “Continuamos em busca do título da temporada e vamos lutar muito por isso”, comentou Juliana. No Circuito Nacional, Larissa e Juliana venceram as etapas de Caxias do Sul, Balneário Camboriú, São José dos Campos, Goiânia, Campo Grande, Fortaleza e João Pessoa. No Circuito Mundial, elas conquistaram as etapas de Brasilia, Coréia do Sul, Stavanger (Noruega), Suíça, Áustria, Polônia e Kristiansand (Noruega). Com o resultado final da etapa paraibana, Juliana e Larissa seguem liderando com folga a corrida pelo título da temporada 2010 do Circuito Banco do Brasil. A dupla acumula agora 3.040 pontos, contra 2.240 de Ângela/Val (DF/RJ), 2.140 de Vivian/ Andrezza e 2.080 de Maria Clara/ Carolina e Talita/Maria Elisa (AL/PE). Na etapa da Paraíba, a dupla Pedro Solberg/Harley ficou com o tí-

Larissa é uma das melhores jogadoras do mundo

tulo. Eles venceram na final Márcio e Ricardo, por 2 sets a 1, parciais 14/18, 18/13 e 15/10. “Estamos em ascensão e vamos tentar manter o crescimento até o fim do ano. Dedico esta conquista ao Renato, nosso técnico,

que insistiu muito conosco em relação a algumas coisas e vimos tudo que ele falou acontecer na final”, disse Harley. Após o fim da etapa paraibana, Thiago e Pedro Cunha (SC/RJ) se-

guem liderando a corrida pelo título, agora com 2.680 pontos. Os vicelíderes são Benjamin e Bruno Schmidt, com 2.320, seguidos por Ricardo/Márcio, com 2.180, e Pedro Solberg/Harley, com 2.020.

DUPLAS MASCULINAS DO CIRCUITO

DUPLAS PRINCIPAIS DO CIRCUITO FEMININO

ATLETA 1 ATLETA 2 PR - EMANUEL Fernando Scheffer Rego - EMANUEL / ALISON - ALISON Conte Cerutti - ES RJ - PEDRO Henrique de Miranda D´araújo da CUNHA - PEDRO CUNHA / THIAGO - THIAGO Santos Barbosa - SC DF - BRUNO Oscar de A . N. SCHMIDT - BRUNO SCHMIDT / BENJAMIN - BENJAMIN Insfran - MS BA - RICARDO Alex Costa Santos - RICARDO / Marcio Araujo - Marcio Henrique Barroso De Araujo - CE DF - HARLEY Marques da Silva - HARLEY / PEDRO SOLBERG - PEDRO Salgado Collett SOLBERG - RJ PB - Renato B. da Rocha Gomes - RENATÃO - RENATÃO / JORGE - JORGE Ferreira Terceiro - PB PR - RAPHAEL Berbieri Ambos - RAPHAEL / BERNARDO - BERNARDO Wermelinger Romano - RJ AM - BRUNO Marcelo Lima de Paula - BRUNO / FÁBIO LUIZ - FÁBIO LUIZ de Jesus Magalhães - ES AM - Luiz Junior C. de Jesus - LUIZÃO - LUIZÃO / FERNANDÃO - Fernando de Jesus MAGALHÃES - ES PA - JAN de Souza Ferreira - JAN / FRANCO - FRANCO José Vieira Neto - CE RJ - PEDRO GRAEL Brazão - PEDRO GRAEL / FABIANO - FABIANO da Silva Melo - PE CE - José RODRIGO SAUNDERS Monteiro - RODRIGO SAUNDERS / BILLY - João Luis Pianca Maciel - BILLY - ES RJ - OSCAR Brandão Guimarães - OSCAR / LIPE - Francisco Felipe Martins Rodrigues - LIPE - CE PB - ÁLVARO Magliano de Morais FILHO - ÁLVARO FILHO / VÍTOR FELIPE - VITOR Araújo Gonçalves FELIPE - PB ES - JÚLIO César do Nascimento - JÚLIO / LUCIANO - LUCIANO Ferreira de Paula - ES

ATLETA 1 ATLETA 2 PA - LARISSA França - LARISSA / JULIANA - JULIANA Felisberta da Silva - CE PE - MARIA ELISA Mendes T. Antonelli - MARIA ELISA / TALITA - TALITA Antunes da Rocha - AL RJ - Vanilda dos Santos Leão - VAL - VAL / ÂNGELA - ÂNGELA Cristina Rebolças Lavalle - DF PA - VIVIAN Danielle da Conceição Cunha - VIVIAN / ANDREZZA - ANDREZZA Martins das Chagas - AM RJ - MARIA CLARA Salgado Rufino - MARIA CLARA / CAROLINA - CAROLINA Salgado Collet Solberg - RJ CE - TAIANA de Souza Lima - TAIANA / PRISCILLA LIMA - PRISCILLA Eckstein Lese LIMA - RJ ES - Liliane Simões Maestrini - LILI - LILI / LUANA - LUANA Amorim Madeira - ES PA - IZABEL Cristina Santos - IZABEL / THATI - Thatiana Damasio B. Soares - THATI - PB CE - SHAYLYN Kelly Bruno Bedê - SHAYLYN / ELIZE MAIA - ELIZE Secomandi MAIA 400 - SP - Cristine Munhoz Sant´Anna - CRIS - CRIS / ÉRICA FREITAS - ÉRICA Letícia FREITAS Almeida - MG - 440 400 - PR - AGATHA Bednarczuk - AGATHA / RAQUEL - RAQUEL Peluci Xavier da Silva - RJ - 400 360 - RJ - RENATA Trevisan Martins Ribeiro - RENATA / NEIDE - Claudinere Bento Sabino - NEIDE - AL - 440 400 - CE - NAIANA Rodrigues de Araújo - NAIANA / CIDA - Maria Aparecida Santos - CIDA - SE - 400 260 - ES - JÚLIA Beatriz de A N. SCHMIDT - JÚLIA SCHMIDT / FABÍ - Fabiane Aires Boogaerdt - FABÍ - PB - 280 240 - ES - MARCELLA Alves C. Colnago Daniel - MARCELLA / MARIANA BARROS - MARIANA Falcão do Rego BARROS - PB - 100


O JORNA L JORNAL

Esportes 4

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Em defesa do Estado Aos 24 anos, alagoana Neide segue os passos da consagrada Talita nas areias do vôlei Mauricio Kaye/ CBF

Victor Mélo Editor de Esportes

Neide é a nona colocada no ranking nacional

Alagoas tem duas representantes no Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia: Talita, por afinidade, e Neide, que nasceu em São José da Laje. Uma das principais jogadoras do mundo na atualidade, a sul-mato-grossense Talita iniciou a carreira no voleibol em Alagoas, defendendo as cores do CRB, e chegou no ano passado ao vicecampeonato mundial. Neide disputou muitos qualifyings em Maceió e acabou entrando no grupo destaques da competição, disputando todas as etapas da principal competição nacional. Nesta semana, ela e Talita voltam às areias do Estado para atuarem diante de um público bem conhecido. “Estamos montando acampamento em Maceió a partir

desta semana. Como em todos os anos em que a etapa foi disputada em Alagoas, haverá, inicialmente, o torneio classificatório para a etapa principal do evento, que começa na próxima sexta-feira. Sábado e domingo, vão ser disputadas as semifinais e finais da etapa. Todos os jogos, é bom destacar, vão ser realizados na arena que está sendo montada na praia de Pajuçara”, explicou o assessor de imprensa da Confederação Brasileira de Vôlei, Guilherme Torres. Ele lembrou que Alagoas hoje tem uma legítima representante no circuito. “A Neide se destacou no ano passado e, nessa temporada, faz dupla com Renata, que já brilhou internacionalmente ao lado de Talita, foi mãe e agora está voltando ao Circuito. A alagoana iniciou o ano fazendo parceria com a Érica, de Minas, e

é uma atleta de grande potencial”, comentou Guilherme. Neide também deu seus primeiros no vôlei jogando na quadra. Ela começou a jogar aos 15 anos e foi atleta do CRB por três anos. A jogadora teve uma importante experiência internacional no vôlei francês e, há três anos, voltou ao País com um objetivo: mudar de piso. Na praia, a alagoana atuou também ao lado de Bárbara Seixas. Até agora, seus principais resultados foram o título das etapas Challenger da Espanha e do Chipre do Circuito Mundial 2009 e a quarta colocada na etapa de João Pessoa do Circuito Banco do Brasil 2008. RANKING – Talita é a terceira do ranking brasileiro, com 660 pontos, e Neide ocupa a nona colocação, com 440.

História de campeões em Maceió A etapa de Maceió do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia teve sua primeira edição em 1992. Na época, apenas os homens competiam e os primeiros campeões foram Moreira e Garrido. As mulheres entraram no Circuito dois anos depois e, em Alagoas, as primeiras vencedoras foram Adriana e Mônica. O maior vencedor na categoria masculina foi o paraibano Zé Marco, que conquistou três títulos, dois ao lado de Ricardo e um com Paulo Emílio. Entre as mulheres, Shelda, Adriana Behar e Ana Paula subiram ao alto do pódio em quatro oportunidades. COROADA – Revelada nas praias alagoanas, Talita venceu pela primeira vez em casa no ano passado, jogando ao lado da pernambucana Maria Elisa. “Eu estava deven-

do isso a essa torcida, que sempre me apoiou. Fico feliz em ter conseguido finalmente retribuir esse carinho que recebo toda vez que volto a essa cidade”, disse, após o título, Talita, que nasceu no Mato Grosso do Sul, mas defende a Federação Alagoana no Circuito. Na decisão, elas venceram Ângela/Viviam por 2 sets a 0, com parciais de 18-14 e 18-12. Neste ano, a dupla defende o título na etapa. Na categoria masculina, Alisson e Harley desbancaram os favoritos e levaram a taça em 2009. HIATO – A etapa do Circuito só não foi disputada em Maceió nas últimas décadas em duas temporadas, as de 1996 e 1997. Em 98, as feras voltaram ao Estado e o título ficou com Adriana Behar/Shelda e Franco/Roberto Lopes. (V.M.)

Talita conquistou o vice-campeonato mundial no ano passado e compete ao lado de Maria Elisa


O JORNA L JORNAL

Esportes

5

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Laudemir Nogeira/ CBF

Destaques olímpicos, Ricardo e Emanuel se separaram no ano passado e hoje têm novas duplas no Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia; eles já estão confirmados na etapa de AL

As principais atrações do Circuito Na etapa deste ano, jogadores muito importantes para a história do vôlei de praia brasileiro vão marcar presença na areia de Pajuçara. Campeões olímpicos, Ricardo e Emanuel estão na disputa, mas em times opostos. Emanuel hoje compete ao lado de Alisson, e Ricardo joga com Marcio Araújo. Harley/Pedro Solberg e Thiago/Pedro Cunha também formam duplas de muito destaque. Na modalidade feminina, além de Talita/Maria Elisa e Neide/Renata, o destaque é a dupla Juliana/Larissa, que já conquistou duas etapas de Maceió do Circuito. QUALIFYINGS – A dupla

alagoana já inscrita no qualifyings masculino é Bessa/Thiago Rodrigo. O também alagoano Luciano Bernardino participa da fase de classificação ao lado do paulista Manú. Entre as mulheres, cinco duplas são formadas por alagoanas: Jéssica/Sandressa, Dione/ Lea, Jéssica/Amanda, Naian nara/Luana Santos e Adriely/ Camila Ortiz. Além delas, Eu nyce Verçosa faz dupla com a carioca Lígia, e Meirinha joga ao lado da pernambucana Camila Guimarães. Na fase de classificação, 45 duplas masculinas e 33 duplas femininas vão participar da etapa alagoana, a partir de quinta-feira. (V.M.)

CAMPEÕES DA ETAPA DE MACEIÓ 1992 1993 1994 1995 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009

-

Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió Maceió

-

Moreira/Garrido (PE) Isabel/Roseli (RJ) e Lula/Adriano (PE) Adriana/Mônica (RJ) e Zé Marco/Paulo Emílio (PB/BA) Jacqueline/Sandra (RJ) e Guilherme/Pará (RJ) Shelda/Adriana Behar (CE/RJ) e Franco/Roberto Lopes (CE) Shelda/Adriana Behar (CE/RJ) e Zé Marco/Ricardo (PB/BA) Shelda/Adriana Behar (CE/RJ) e Zé Marco/Ricardo (PB/BA) Ana Paula/Adriana (MG/RJ) e Márcio/Benjamin (CE/MS) Ana Paula/Tatiana (MG/RS) e Guto/Jorge (SP/PB) Sandra/Ana Paula (RJ/MG) e Tande/Pedro Cunha (RJ) Juliana/Larissa (CE/PA) e Tande/Franco (RJ/CE) Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Paulo Emílio/Fred (BA/RJ) Ana Paula/Leila (MG/DF) e Márcio/Fábio Luiz (CE/ES) Juliana/Larissa (CE/PA) e Márcio/Fábio Luiz (CE/ES) Maria Elisa/Val (PE/RJ) e Pedro Solberg/Harley (RJ/DF) Talita/Maria Elisa (AL/PE) e Alison/Harley (ES/DF)


O JORNA L JORNAL

Esportes 6

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

A febre do ouro

Empresários e clubes disputam os valores da negociação de Júnior Viçosa Marco Antônio

Luciano Milano Repórter

A semana que passou foi marcada por confusão, conflito de interesses e até ação na Justiça comum. O pivô da celeuma é o ex-atacante do ASA, Júnior Viçosa, que foi emprestado pelo ASAao Grêmio, de Porto Alegre. Pivô, mas não o culpado, e sim vítima de uma estrutura de empresários do mundo da bola. Dentro de campo, o jogador assinalou 10 gols na atual Série B e ganhou notoriedade. Em 2008, o Alvinegro levou o atacante, que estava escondido no Igaci e o manteve desde então nos times que montou nos estaduais e Série C das duas últimas temporadas. A boa fase do jovem atacante, de 21 anos, despertou o interesse do Grêmio. Antes, a Abyllit, empresa do ramo da bola, fez proposta ao ASA, que analisou, mas resolveu negociar com o time gaúcho. O empréstimo feito até dezembro com opção de compra para Grêmio, como O JORNAL antecipou

com exclusividade, foi de R$ 1,5 milhão, pagos em parcelas. Depois da negociação, apareceram os empresários João Feijó, presidente do Conselho do Corinthians, e irmão do presidente da FAF, Gustavo Feijó, e Edson Mão Furada, de Arapiraca, se dizendo parte do negócio. A princípio, Mão Furada teria comprado 40% dos direitos econômicos do jogador ao Igaci (mas a legislação veta pessoa física adquirir direitos de jogador) e, insatisfeito porque o ASA não aceitou vender Viçosa ao Palmeiras, como era da vontade de Mão Furada, o empresário teria repassado os 40% ao Corinthians na noite da reunião em Arapiraca, há duas semanas. Entretanto, na ação que moveu na Justiça Comum, o Corinthians se contradiz afirmando que havia adquirido parte dos direitos de Júnior Viçosa em 5 de agosto. Mesmo assim, o Corinthians conseguiu liminar obrigando o ASAa pagar o valor dos 40% sob pena de ver o negócio com o Grêmio desfeito.

Viçosa foi o grande destaque do ASA neste ano

Negócio abre crise na Federação Toda a confusão envolvendo Júnior Viçosa causou, também, a renúncia do vicepresidente da FAF, Luiz Henrique, o Quinho, que também é conselheiro do ASA. Em contato com O JORNAL no dia que deixou o cargo, Quinho afirmou que já pensava em deixar a casa do futebol alagoano por falta de tempo para exercer a função, porém se sentiu constrangido com a postura de Gustavo Feijó que, para o exvice-presidente, tomou partido de um problema que envolvia dois filiados da FAF. Só para lembrar, Feijó afirmou que levou o irmão João

Feijó até Arapiraca, onde foram levar uma suposta proposta do Palmeiras e, depois, disse que se sentiu traído pelo ASA por ver o negócio fechado com o time gaúcho. "Perguntei ao Gustavo se ele tinha alguma relação nessa história do Júnior Viçosa, e ele negou. O problema é que depois ele deu entrevista tomando partido por uma das partes (o Corinthians). Quando o assunto estava entre ASA e o empresário de Arapiraca, tudo bem, mas depois passou a ser contra o Corintihans, e o Gustavo não poderia ter se

posicionado de forma alguma", disse Luiz Henrique. Os comentários nos bastidores do futebol garantem que Gustavo Feijó tem, sim, parte no negócio, o que se configuraria em flagrante conflito de interesse por ser dirigente da Federação. Gustavo nega que tenha participação financeira no negócio. "Apenas levei o João, que passaria uma proposta melhor para o ASA, mas o pessoal do clube não aceitou e me senti traído por tudo isso", disse Gustavo. A semana promete ser de novidades em torno do caso. (L.M.)

CSA tem uma semana para iniciar mata-mata A Segunda Divisão do Campeonato Alagoano tem os jogos decisivos marcados para o próximo domingo. Tentando voltar à elite do futebol local, o Azulão vai abrir o mata-mata com o São Domingos, às 16h, no Estádio Rei Pelé. A grande vantagem do Azulão é disputar as duas partidas no Trapichão, ao lado de sua torcida. Acomissão técnica comemorou o fato de os jogos decisivos terem sido marcados para o dia 10 de outubro. Com isso, o técnico Lino teve tempo de fazer ajustes táticos na equipe, além

de ter vantagem na recuperação dos atletas lesionados, casos do atacante Catanha e do volante Anderson Alagoano. O segundo é quem mais preocupa. Ele sofreu uma contratura muscular e ainda é dúvida para a partida. A segunda semifinal vai ser disputada entre São Luiz e Sport Atalaia. Aprimeira partida vai ser disputada domingo, às 15h, em São Luiz do Quitunde, e a segunda está marcada para o dia 17, em Atalaia. De acordo com o regulamento, as duas equipes que vencerem os mata-matas vão se classificar para a Primeira Divisão.


O JORNA L JORNAL

Esportes

7

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Guia do torcedor ALAGOANO DA SEGUNDA DIVISÃO

AGENDA Hoje

Terça-feira

Campeonato Francês 12h00 PSG x Nice 12h00 Lille x Montpellier 16h00 Rennes x Toulouse

Campeonato Brasileiro - Série B 21h00 Portuguesa x Duque de Caxias 21h00 ASA x Náutico Quarta-feira

Clubes

PG J

V

E

D

GM

GS

SG Aprov.

1 CSA

12

5

4

0

1

12

3

9

80,00%

2 Sport

12

5

4

0

1

8

2

6

80,00%

3 São Luiz

9

5

3

0

2

6

5

1

60,00%

4 São Domingos

7

5

2

1

2

6

6

0

46,67%

5 Igreja Nova

3

5

1

0

4

5

14

-9

20,00%

6 Sete de S.

1

5

0

1

4

5

12

-7

6,67%

Semifinais

10/10 - 16h - São Domingos x CSA

Campeonato Argentino - Apertura 14h00 Olimpo x Colón 16h00 San Lorenzo x Estudiantes 18h10 Boca Juniors x Lanús 20h20 Banfield x River Plate Campeonato Português 12h00 Rio Ave x Marítimo 12h00 Nacional da Madeira Portimonense 12h00 Naval x Paços Ferreira 16h15 Benfica x Braga

x

Campeonato Inglês 09h30 Manchester City x Newcastle United 11h00 Liverpool x Blackpool 12h00 Chelsea x Arsenal

10/10 - 15h - São Luiz x Sport Atalaia

MUNDIAL DE FÓRMULA 1 Classificação Posição

Piloto

Equipe

Pontos

01

Mark Webber»

Red Bull»

202

02

Fernando Alonso»

Ferrari»

191

03

Lewis Hamilton»

McLaren»

182

04

Sebastian Vettel»

Red Bull»

181

05

Jenson Button»

McLaren»

177

06

Felipe Massa»

Ferrari»

128

07

Nico Rosberg»

Mercedes»

122

08

Robert Kubica»

Renault»

114

09

Adrian Sutil»

Force India»

47

10

Michael Schumacher»

Mercedes»

46

11

Rubens Barrichello»

Williams»

39

12

Kamui Kobayashi»

BMW Sauber»

21

13

Vitaly Petrov»

Renault»

19

14

Nico Hulkenberg»

Williams»

17

15

Vitantonio Liuzzi»

Force India»

13

16

Sebastien Buemi»

Toro Rosso»

7

17

Pedro de la Rosa»

BMW Sauber»

6

18

Jaime Alguersuari»

Toro Rosso»

3

19

Heikki Kovalainen»

Lotus Racing»

0

20

Karun Chandhok»

HRT»

0

21

Lucas di Grassi»

Virgin»

0

22

Jarno Trulli»

Lotus Racing»

0

23

Timo Glock»

Virgin»

0

24

Bruno Senna»

HRT»

0

25

Nick Heidfeld»

BMW Sauber»

0

26

Sakon Yamamoto»

HRT»

0

Campeonato Alemão 10h30 Stuttgart x Eintracht Frankfurt 12h30 Bayer Leverkusen x Werder Bremen 12h30 Borussia Dortmund x Bayern de Munique Campeonato Espanhol 12h00 Sevilla x Atlético de Madri 12h00 Getafe x Hércules 12h00 Villarreal x Racing Santander 12h00 Almería x Málaga 12h00 Osasuna x Levante 14h00 Barcelona x Mallorca 16h00 Real Madrid x La Coruña Campeonato Italiano 07h30 Lecce x Catania 10h00 Bologna x Sampdoria 10h00 Chievo Verona x Cagliari 10h00 Fiorentina x Palermo 10h00 Genoa x Bari 10h00 Lazio x Brescia 10h00 Napoli x Roma 15h45 Internazionale x Juventus Amanhã Campeonato Português 15h15 Beira-Mar x Sporting 17h15 Vitória de Guimarães x Porto

Campeonato Brasileiro 19h30 Fluminense x Santos 19h30 Guarani x Botafogo 19h30 Grêmio x Grêmio Prudente 21h50 São Paulo x Vitória 22h00 Atlético-MG x Corinthians 22h00 Ceará x Internacional 22h00 Atlético-PR x Vasco Copa Sul-Americana 21h15 Newell s Old Boys x San José Quinta-feira Campeonato Brasileiro 21h00 Palmeiras x Avaí 21h00 Flamengo x Atlético-GO 21h00 Goiás x Cruzeiro Sexta-feira Campeonato Brasileiro - Série B 21h00 Santo André x São Caetano 21h00 América-RN x Ponte Preta Campeonato Argentino - Apertura 19h10 Estudiantes x Olimpo 21h20 Arsenal Sarandí x Banfield Eliminatórias da Eurocopa 12h00 Armênia x Eslováquia 13h00 Cazaquistão x Bélgica 14h00 Andorra x Macedônia 14h00 Hungria x San Marino 14h00 Geórgia x Malta 15h00 Chipre x Noruega 15h15 Luxemburgo x Belarus 15h15 Rep. Tcheca x Escócia 15h30 Áustria x Azerbaijão 15h30 Sérvia x Estônia 15h30 Albânia x Bósnia-Herzegóvina 15h30 Moldova x Holanda 15h30 País de Gales x Bulgária 15h30 Montenegro x Suíça 15h45 Alemanha x Turquia 15h45 Irlanda x Rússia 15h45 Eslovênia x Ilhas Faroe 15h45 Irlanda do Norte x Itália 15h45 Grécia x Letônia 16h45 Portugal x Dinamarca 17h00 Espanha x Lituânia


O JORNA L JORNAL

Esportes 8

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: esportes@ojornal-al.com.br

Lula Castello Branco

DESAFIO INTERNACIONAL

Seleção de futebol de areia pega hoje o Chile Meninas do nado se animam com a inauguração do Parque Aquático

A volta do movimento Nado sincronizado de Alagoas ganha força após a reinauguração da piscina do Cepa Editoria de Esportes O parque aquático do Centro Educacional e de Pesquisas Aplicadas (Cepa) foi inaugurado na última sexta-feira. A recuperação das duas piscinas semiolímpicas tem como principal objetivo resgatar a prática do esporte aquático nos alunos das escolas que fazem parte do Cepa. Com a natação, nado sincronizado e futuramente os saltos ornamentais, o "Projeto Aquáticos no Cepa" busca atender crianças acima de 9 anos e revelar futuros talentos do esporte alagoano. Serão 600 vagas para natação, que terá Luciano Villar, Sérgio e Sandra Corado como

professores. No nado sincronizado serão 100 vagas, com a técnica Erielza Homero. NADO - É a grande novidade para os estudantes da rede estadual. A primeira equipe de natação sincronizada começou a treinar em 2002 e conseguiu trazer para o Estado títulos brasileiro e Norte-Nordeste. Após cinco anos, por falta de incentivo e sem piscina para o treinamento, a equipe acabou. Nos próximos 15 dias, o Cepa estará com a nova equipe. Segundo Erielza Homero, que foi a técnica da primeira equipe do Estado, é gratificante voltar a ensinar nado sincronizado. "Com as meni-

nas da escola pública, vou voltar a ensinar o nado e sei que o esporte tem o grande poder de mudar vidas. Isso me deixa muito feliz e realizada, pois vou reviver tudo novamente", disse a técnica. Por ser uma modalidade esportiva diferente, que atrai muitas crianças, a expectativa é grande. "A partir do dia 6 de outubro estaremos visitando as salas de aula para fazer o convite aos estudantes, mas algumas já vieram perguntar quando seria o início das aulas. Pelo jeito, a implantação do nado sincronizado será bem-recebida por todos", completou Erielza Homero, que deixou transparecer a felicidade por estar novamente no nado.

RIO - O último confronto entre brasileiros e chilenos não traz boas lembranças aos ‘reis da praia’. Na XI Copa Latina, disputada no início do ano, no Rio Quente Resorts (GO), os visitantes venceram o Brasil por 11 x 8, frustrando os mais de 2.000 torcedores que lotaram as arquibancadas da arena do ‘Hot Park’, dando um passo importante para o então título inédito. E aquela derrota está atravessada, ainda mais por ter sido a primeira em sete jogos de rivalidade. Para o Desafio Internacional, que será disputado na manhã de hoje, a partir das 10h30 (horário de Brasília), na cidade de Valparaíso - com transmissão ao vivo pela TV Globo dentro do ‘Esporte Espetacular’ -, o Brasil leva uma equipe que tem base do grupo tetracampeão invicto da Copa do Mundo FIFA (ano passado, em Dubai) e promove três estreias: o goleiro Tiago (AL), o defensor Adiélson (SP) e o atacante Ricardinho (PE). Para Betinho, para ‘vingar’ o mau resultado do início da temporada, é preciso usar a habilidade brasileira e ter atenção com os perigosos contraataques. “Eles jogam fechados, esperando os erros para sair em contra-ataques. Vamos manter o nosso padrão de jogo, de toque de bola e jogadores próximos, assim nosso time vai defender e atacar em bloco, e dar menos es-

paços. É um jogo difícil, perdemos em casa na última partida e agora queremos voltar para o Brasil com a vitória”. Em 2010, a seleção brasileira fez 17 jogos e venceu 16. O retrospecto diante dos chilenos é amplamente favorável ao líder do ranking da FIFA: em sete confrontos, foram seis vitórias verde-amarelas e 63 gols a favor, com 24 contra. Quarta força da América do Sul, o Chile recebeu elogios do técnico brasileiro Alexandre Soares. - É uma equipe que vem evoluindo muito nos últimos dois anos, dos nossos rivais do continente, com certeza, o que mais evoluiu. O Chile fez uma excelente Copa Latina ano passado, foi campeã esse ano e esteve perto de uma vaga para Dubai. Espero um jogo equilibrado em que a técnica da nossa equipe e o entrosamento podem fazer diferença - afirmou o treinador, que acumula 114 vitórias em 118 partidas (três derrotas e um empate) no comando da equipe. CHILE - Echeverria, Torres, Argote, Mena e Palma. Reservas: Febre, Medalla, Ragusa, Durán, Gonzalez, Albuerno e Belaúnde. Técnico: Victor Saravia. BRASIL - Mão, Bueno, Buru, Sidney e Benjamin (capitão). Reservas: Tiago, Betinho, Anderson, Adiélson e Ricardinho. Técnico: Alexandre Soares.


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 2

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0134 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. LAURA DANTAS 0135 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. LAURA DANTAS 0136 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. LAURA DANTAS 0137 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0138 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0139 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0140 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0141 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0142 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0143 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0144 COLEGIO MARISTA DE MACEIO 0145 COLEGIO MARISTA DE MACEIO 0146 ESCOLA HIGINO BELO 0167 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0168 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0169 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0170 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0171 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0172 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0175 ESCOLA HIGINO BELO 0176 COLEGIO SANTA MADALENA SOFIA 0177 COLEGIO SANTA MADALENA SOFIA 0178 ESCOLA ESTADUAL TAVARES BASTOS 0179 ESCOLA ESTADUAL TAVARES BASTOS 0180 ESCOLA ESTADUAL TAVARES BASTOS 0182 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0183 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0184 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0185 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0186 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0187 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0188 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0189 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0190 ESCOLA S E S I 0191 ESCOLA S E S I 0192 ESCOLA S E S I 0193 ESCOLA S E S I 0194 ESCOLA ESTADUAL TAVARES BASTOS 0195 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0196 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0197 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0198 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0200 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. MARIA JOSE 0204 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. MARIA JOSE 0206 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. MARIA JOSE 0210 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. MARIA JOSE 0212 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. MARIA JOSE 0213 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. MARIA JOSE 0215 ESCOLA DE CEGOS CYRO ACIOLY 0216 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LUIZA OLIVEIRA 0219 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. MARIA JOSE 0220 COLEGIO OLAVO BILAC 0223 FAPEC/CET 0225 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0227 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0235 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0236 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0237 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0240 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0242 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0243 ESCOLA ESTADUAL JOSEFA DA CONCEICAO COSTA 0245 ESCOLA DE ESTADUAL PROFA. MARIA DAS GRACAS DE 0246 FAPEC/CET 0248 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0252 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0253 ESCOLA DE ESTADUAL PROFA. MARIA DAS GRACAS DE 0260 ESCOLA DE ESTADUAL PROFA. MARIA DAS GRACAS DE 0261 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0262 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0266 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL DOM PEDRO II 0267 FAPEC/CET 0272 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0273 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0276 ESCOLA ESTADUAL JOSEFA DA CONCEICAO COSTA 0286 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL DOM PEDRO II 0291 ESCOLA DE ESTADUAL PROFA. MARIA DAS GRACAS DE 0292 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0297 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0301 COLEGIO VILA RICA 0303 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0308 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0311 ESCOLA DE EDUC. INF. MARECHAL MASCARENHAS DE 0325 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO VILELA 0327 ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL 0338 ESCOLA DE ESTADUAL PROFA. MARIA DAS GRACAS DE

1ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0002 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0003 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0004 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0005 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0006 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0007 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0008 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0009 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0010 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0011 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0012 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0013 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. LAURA DANTAS 0014 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. LAURA DANTAS 0015 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. LAURA DANTAS 0016 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0017 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0018 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0019 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0020 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0021 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0022 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL GOVERNADOR AFRANIO 0023 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0024 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0025 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0026 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0027 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0028 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0029 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0030 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0031 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0032 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA DA SILVA 0033 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROF. VITORINO DA ROCHA 0034 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROF. VITORINO DA ROCHA 0035 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROF. VITORINO DA ROCHA 0036 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROF. VITORINO DA ROCHA 0039 ESCOLA DE CEGOS CYRO ACIOLY 0044 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0045 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0046 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0047 COLEGIO MARISTA DE MACEIO 0048 COLEGIO MARISTA DE MACEIO 0049 COLEGIO MARISTA DE MACEIO 0050 COLEGIO MARISTA DE MACEIO 0051 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0053 ESCOLA DE CEGOS CYRO ACIOLY 0062 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0063 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0064 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0065 COLEGIO GUIDO DE FONTGALLAND 0066 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. POMPEU 0067 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. POMPEU 0068 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. POMPEU 0069 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. POMPEU 0070 COLEGIO SANTISSIMA TRINDADE 0071 COLEGIO SANTISSIMA TRINDADE 0072 FAPEC/CET 0086 ESCOLA ESTADUAL PROESSOR PEDRO TEIXEIRA 0087 ESCOLA ESTADUAL PROESSOR PEDRO TEIXEIRA 0088 ESCOLA ESTADUAL PROESSOR PEDRO TEIXEIRA 0089 ESCOLA ESTADUAL PROESSOR PEDRO TEIXEIRA 0090 ESCOLA ESTADUAL PROESSOR PEDRO TEIXEIRA 0091 ESCOLA ESTADUAL PROESSOR PEDRO TEIXEIRA 0092 COLEGIO OLAVO BILAC 0093 COLEGIO OLAVO BILAC 0094 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LUIZA OLIVEIRA 0095 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LUIZA OLIVEIRA 0096 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LUIZA OLIVEIRA 0097 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LUIZA OLIVEIRA 0098 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LUIZA OLIVEIRA 0112 ESCOLA SANTA TEREZA D'AVILA 0113 ESCOLA SANTA TEREZA D'AVILA 0114 ESCOLA SANTA TEREZA D'AVILA 0115 ESCOLA SENADOR PETRONIO PORTELA 0116 ESCOLA SENADOR PETRONIO PORTELA 0117 ESCOLA SENADOR PETRONIO PORTELA 0118 ESCOLA SENADOR PETRONIO PORTELA 0119 ESCOLA SENADOR PETRONIO PORTELA 0120 ESCOLA SENADOR PETRONIO PORTELA 0121 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICO - CEFET 0133 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROFA. LAURA DANTAS

JORNAL

0342 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROF. VITORINO DA ROCHA 0344 ESCOLA DE ESTADUAL PROFA. MARIA DAS GRACAS DE 0350 ESCOLA DE ESTADUAL PROFA. MARIA DAS GRACAS DE 0355 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSE CORREIA 0357 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PROF. VITORINO DA ROCHA 0360 COLEGIO ADVENTISTA DE MACEIO 0362 COLEGIO SANTA MADALENA SOFIA 0368 COLEGIO ADVENTISTA DE MACEIO 0373 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO VILELA 0374 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL DOM PEDRO II 0375 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM HELDER 0376 COLEGIO SANTA MADALENA SOFIA 0377 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0378 COLEGIO VILA RICA 0379 COLEGIO OLAVO BILAC 0380 COLEGIO MARIA MONTESSORI 0381 SEST/SENAT 0382 ESCOLA ESTADUAL JOSEFA DA CONCEICAO COSTA 0383 FAPEC/CET 0384 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM HELDER 0385 SEST/SENAT 0386 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0387 COLEGIO MARIA MONTESSORI 0388 FAPEC/CET 0389 COLEGIO CRISTO REI 0390 COLEGIO CRISTO REI 0391 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0392 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM HELDER 0393 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL DOM PEDRO II 0394 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0395 ESCOLA ESTADUAL TAVARES BASTOS 0396 SEST/SENAT 0397 FAPEC/CET 0398 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO VILELA 0399 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM HELDER 0400 ESCOLA ESTADUAL JOSEFA DA CONCEICAO COSTA 0401 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSE CORREIA 0402 COLEGIO CRISTO REI 0403 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0404 ESCOLA DE EDUC. INF. MARECHAL MASCARENHAS DE 0405 ESCOLA ESTADUAL FERNANDES LIMA 0406 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0407 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL JOSE DA SILVA CAMERINO 0408 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0409 SEST/SENAT 0410 COLEGIO ADVENTISTA DE MACEIO 0411 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL MOREIRA E SILVA 0412 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSE CORREIA 0413 ESCOLA ESTADUAL FERNANDES LIMA 0414 ESCOLA DE EDUC. INF. MARECHAL MASCARENHAS DE 0415 SEST/SENAT 0416 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0417 ESCOLA ESTADUAL JOSEFA DA CONCEICAO COSTA 0418 ESCOLA ESTADUAL FERNANDES LIMA 0419 SEST/SENAT 0420 COLEGIO ADVENTISTA DE MACEIO 0421 ESCOLA ESTADUAL JOSEFA DA CONCEICAO COSTA 0422 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL PRINCESA IZABEL 0423 COLEGIO SANTA MADALENA SOFIA 0424 COLEGIO ADVENTISTA DE MACEIO 0425 COLEGIO SANTISSIMA TRINDADE 0426 ESCOLA ESTADUAL FERNANDES LIMA 0427 CONDOMINIO ALDEBARAN 0428 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0429 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. JOSE CARNEIRO 0430 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. JOSE CARNEIRO 0431 COLEGIO SANTISSIMA TRINDADE 0432 COLEGIO ADVENTISTA DE MACEIO 0433 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSE CORREIA 0434 COLEGIO SANTISSIMA TRINDADE 0435 COLEGIO SANTA MADALENA SOFIA 0436 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0437 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. JOSE CARNEIRO 0438 COLEGIO SANTISSIMA TRINDADE 0439 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. JOSE CARNEIRO 0440 COLEGIO CRISTO REI 0441 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SEBASTIAO DA HORA 0442 COLEGIO SANTISSIMO SENHOR 0443 COLEGIO MARIA MONTESSORI 0444 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0445 ESCOLA HIGINO BELO 0446 COLEGIO SANTISSIMO SENHOR 0447 COLEGIO SANTISSIMO SENHOR 0448 COLEGIO VILA RICA 0449 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSE CORREIA

0450 ESCOLA ESTADUAL FERNANDES LIMA 0451 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR. POMPEU 0452 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSE CORREIA 0453 CONDOMINIO ALDEBARAN 0454 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO VILELA 0455 CONDOMINIO ALDEBARAN 0456 COLEGIO CRISTO REI 0457 COLEGIO SANTISSIMO SENHOR 0458 COLEGIO VILA RICA 0459 COLEGIO OLAVO BILAC 0460 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0461 COLEGIO SANTISSIMO SENHOR 0462 ESCOLA ESTADUAL FERNANDES LIMA 0463 CEAGB - ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO VILELA 0464 COLEGIO MARIA MONTESSORI 0465 FORUM ELEITORAL DE MACEIO 0466 FORUM ELEITORAL DE MACEIO 0467 FORUM ELEITORAL DE MACEIO

2ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA PORVINA CAVALCANTE 0002 LAR SAO DOMINGOS 0003 LAR SAO DOMINGOS 0004 LAR SAO DOMINGOS 0005 LAR SAO DOMINGOS 0006 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0007 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0008 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0009 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0010 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0011 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0012 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0013 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE PINHO 0014 ESCOLA PROFESSOR EDUARDO ALMEIDA 0015 ESCOLA PROFESSOR EDUARDO ALMEIDA 0016 ESCOLA PROFESSOR EDUARDO ALMEIDA 0017 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FLORIANO PEIXOTO 0018 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FLORIANO PEIXOTO 0019 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FLORIANO PEIXOTO 0020 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FLORIANO PEIXOTO 0021 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0022 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0023 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0024 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0025 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0026 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0027 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0028 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0029 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0030 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0031 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0032 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0033 CENTRO COMUNITARIO DAS PIABAS 0034 CENTRO COMUNITARIO DAS PIABAS 0035 CENTRO COMUNITARIO DAS PIABAS 0036 CENTRO COMUNITARIO DAS PIABAS 0037 CENTRO COMUNITARIO DAS PIABAS 0038 CENTRO COMUNITARIO DAS PIABAS 0039 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0040 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0041 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0042 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0043 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0044 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0045 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0046 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0047 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0048 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0049 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0050 ESCOLA ESTADUAL JOAO XXIII 0051 ESCOLA ESTADUAL JOAO XXIII 0052 ESCOLA ESTADUAL JOAO XXIII 0053 ESCOLA ESTADUAL JOAO XXIII 0054 ESCOLA ESTADUAL JOAO XXIII 0055 ESCOLA ESTADUAL JOAO XXIII 0056 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0057 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0058 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0059 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0060 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0061 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0062 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0063 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA

EDITORA DE JORNAIS DE ALAGOAS LTDA www.ojornalweb.com ojornal@ojornal-al.com.br

Diretor-executivo Petronio Pereira petronio@ojornal-al.com.br

Editor-geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial Eliane Pereira comercial@ojornal-al.com.br

ENDEREÇO Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL CEP: 57038-800 ATENDIMENTO AO ASSINANTE (82) 4009-1919

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI

SÃO PAULO: (11) 2178-8700 RIO DE JANEIRO: (21) 3852-1588 BRASÍLIA: (61) 3326-3650 RECIFE: (81) 3446-5832

CLASSIFICADOS (82) 4009-1961

www.ftpi.com.br

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÂO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral

3

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0064 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0065 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0066 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0067 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0068 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0069 COLEGIO SANTA CECILIA 0070 COLEGIO SANTA CECILIA 0071 COLEGIO SANTA CECILIA 0072 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0073 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0074 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0075 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0076 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0077 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0078 EDIFICIO DO SENAC 0079 ESCOLA ESTADUAL LADISLAU NETO 0080 ESCOLA ESTADUAL LADISLAU NETO 0081 ESCOLA ESTADUAL LADISLAU NETO 0082 ESCOLA ESTADUAL LADISLAU NETO 0083 ESCOLA ESTADUAL LADISLAU NETO 0084 ESCOLA ESTADUAL LADISLAU NETO 0085 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0086 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0087 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0088 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0089 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0090 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0091 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0092 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MARIO BROAD 0093 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MARIO BROAD 0094 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0095 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0096 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0097 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0098 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0099 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0100 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0101 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0102 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0103 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0104 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0105 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0106 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0107 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0108 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0109 COLEGIO SANTA URSULA 0110 COLEGIO SANTA URSULA 0111 COLEGIO SANTA URSULA 0112 COLEGIO SANTA URSULA 0113 COLEGIO SANTA URSULA 0114 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MARIO BROAD 0115 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MARIO BROAD 0116 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MARIO BROAD 0117 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MARIO BROAD 0118 ESCOLA ESTADUAL VIRGINIO DE CAMPOS 0119 ESCOLA ESTADUAL VIRGINIO DE CAMPOS 0120 COLEGIO IMACULADA CONCEICAO 0121 COLEGIO IMACULADA CONCEICAO 0122 COLÉGIO INTENSIVO 0123 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0124 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0125 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0126 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0127 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0128 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0129 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0130 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0131 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0132 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0133 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0134 COLÉGIO INTENSIVO 0135 COC 0136 COC 0137 COC 0138 COC 0139 COC 0140 IATE CLUBE PAJUCARA 0141 IATE CLUBE PAJUCARA 0142 IATE CLUBE PAJUCARA 0143 ESCOLA SANTA ROSA 0144 ESCOLA SANTA ROSA 0145 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0146 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0147 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0148 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0149 SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL 0150 SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL 0151 EDIFICIO DO SENAC 0152 EDIFICIO DO SENAC 0153 EDIFICIO DO SENAC 0154 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0155 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0156 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0157 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0158 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0159 EDIFICIO DO SESC 0160 EDIFICIO DO SESC 0161 EDIFICIO DO SESC 0162 EDIFICIO DO SESC 0163 EDIFICIO DO SESC 0164 SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL 0165 SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL 0166 SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL 0167 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0168 INSS 0169 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0170 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES

0171 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR BENEDITO DE MORAES 0172 ESCOLA ESTADUAL LUIZ CAMPOS TEIXEIRA 0173 ESCOLA ESTADUAL LUIZ CAMPOS TEIXEIRA 0174 ESCOLA ESTADUAL LUIZ CAMPOS TEIXEIRA 0175 ESCOLA ESTADUAL LUIZ CAMPOS TEIXEIRA 0176 ESCOLA ESTADUAL VIRGINIO DE CAMPOS 0177 ESCOLA ESTADUAL VIRGINIO DE CAMPOS 0178 ESCOLA ESTADUAL VIRGINIO DE CAMPOS 0179 ESCOLA ESTADUAL VIRGINIO DE CAMPOS 0180 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0181 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0182 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0183 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0184 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0185 GRUPO ESCOLAR ANTONIO VASCO 0186 GRUPO ESCOLAR ANTONIO VASCO 0187 GRUPO ESCOLAR ANTONIO VASCO 0188 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NEIDE FRANCA 0189 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NEIDE FRANCA 0190 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0191 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0192 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0193 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0194 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0195 ESCOLA ESTADUAL ANA COELHO PALMEIRA 0196 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA 0197 ESCOLA ESTADUAL LADISLAU NETO 0198 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0199 EDIFICIO DO SENAC 0200 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0201 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0202 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0203 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0204 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0205 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0206 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA 0207 COLEGIO MAIS 0209 COLEGIO MAIS 0211 COLEGIO MAIS 0212 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0213 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0214 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA 0215 COLEGIO MAIS 0216 ESCOLA ESTADUAL ANA COELHO PALMEIRA 0217 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA PORVINA CAVALCANTE 0218 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0219 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0220 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NEIDE FRANCA 0221 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0222 COLEGIO ANCHIETA 0223 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA 0224 ESCOLA ESTADUAL ANA COELHO PALMEIRA 0225 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0227 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0228 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA 0229 ESCOLA ESTADUAL VIRGINIO DE CAMPOS 0230 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0231 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0232 ESCOLA ESTADUAL TEOTONIO BRANDAO VILELA 0234 LAR SAO DOMINGOS 0235 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0236 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0237 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0239 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0241 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0243 CLUBE DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL 0244 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BALTAZAR 0245 ESCOLA ESTADUAL ANA COELHO PALMEIRA 0246 ESCOLA ESTADUAL LUIZ CAMPOS TEIXEIRA 0247 UNIFAL 0248 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0249 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0250 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0251 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0252 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0253 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL KATIA PIMENTEL 0254 COLEGIO ANCHIETA 0255 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0256 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0257 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0258 ESCOLA ESTADUAL MANOEL SIMPLICIO DO NASCIMENTO 0259 UNIFAL 0261 LAR SAO DOMINGOS 0262 COLEGIO ANCHIETA 0263 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0264 CLUBE DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL 0266 CLUBE DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 0267 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0268 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ORLANDO ARAUJO 0270 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR EDUARDO MOTA 0271 ESCOLA SANTA ROSA 0272 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0273 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0274 COLEGIO SANTA URSULA 0275 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ANTONIO SEMEAO 0276 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR BENICIO DANTAS 0277 COLEGIO SANTA CECILIA 0278 COLEGIO ANCHIETA 0279 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LENILTON ALVES 0280 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA EULINA 0281 ESCOLA ESTADUAL LUIZ CAMPOS TEIXEIRA 0282 INSS 0283 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0284 CLUBE DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL 0285 ESCOLA SANTA ROSA 0286 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NEIDE FRANCA 0287 INSS

0288 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SAGRADO CORAÇÃO 0289 INSS 0290 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA RAUL LIMA 0291 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0292 COLEGIO ANCHIETA 0293 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0294 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0295 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0296 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0297 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA PORVINA CAVALCANTE 0298 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SAGRADO CORAÇÃO 0299 COLEGIO SANTA CECILIA 0300 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0301 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL ARNON AFFONSO DE 0302 ESCOLA PROFESSOR EDUARDO ALMEIDA 0303 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0304 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0305 COLEGIO ANCHIETA 0306 IATE CLUBE PAJUCARA 0307 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA RAUL LIMA 0308 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0309 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0310 ESCOLA SANTA ROSA 0311 COLEGIO MAIS 0312 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0313 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0314 COLEGIO SANTA URSULA 0315 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0316 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0317 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0318 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0319 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ROSALVO LOBO 0320 COLÉGIO INTENSIVO 0321 COLÉGIO INTENSIVO 0322 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0323 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SAGRADO CORAÇÃO 0324 COLEGIO ANCHIETA 0325 CLUBE DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 0326 LAR SAO DOMINGOS 0327 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0328 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0329 COLEGIO ANCHIETA 0330 COLÉGIO INTENSIVO 0331 COLÉGIO INTENSIVO 0332 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA JOSE 0333 LAR SAO DOMINGOS 0334 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0335 COLEGIO ROSALVO RIBEIRO DOS SANTOS 0336 ESCOLA ESTADUAL TEONILO GAMA 0337 COLEGIO IMACULADA CONCEICAO 0338 UNIFAL 0339 COLEGIO SANTA URSULA 0340 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0341 ESCOLA ESTADUAL MIRAN MARROQUIM 0342 COLEGIO PASTOR ANTONIO REGO BARROS 0343 COLEGIO SANTA CECILIA 0344 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FLORIANO PEIXOTO 0345 COLEGIO PASTOR ANTONIO REGO BARROS 0346 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SAGRADO CORAÇÃO 0347 COLEGIO PASTOR ANTONIO REGO BARROS 0348 CLUBE DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 0349 ESCOLA ESTADUAL LUIZ CAMPOS TEIXEIRA 0350 CLUBE DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL 0351 UNIFAL 0352 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0353 UNIFAL 0354 COLEGIO SANTA CECILIA 0355 COLEGIO PASTOR ANTONIO REGO BARROS 0356 UNIFAL 0357 UNIFAL 0358 COLEGIO SANTA URSULA 0359 COLEGIO PASTOR ANTONIO REGO BARROS 0360 COLEGIO SANTA CECILIA 0361 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0362 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0363 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0364 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0365 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0366 LAR SAO DOMINGOS 0367 FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 0368 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0369 COLEGIO ANCHIETA 0370 EDIFICIO DO SESC 0371 COC 0372 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0373 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES 0374 COLEGIO ANCHIETA 0375 CLUBE DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 0376 COC 0377 CLUBE DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL 0378 UNIFAL 0379 FITS - FACULDADE INTEGRADA TIRADENTES

3ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0002 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0003 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0004 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0005 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0006 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0007 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO 0008 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO 0009 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO 0010 ESCOLA SANTO ANTONIO 0011 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO

0012 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO 0013 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO 0014 ESCOLA SANTO ANTONIO 0015 ESCOLA SANTO ANTONIO 0016 ESCOLA SANTA AMÉLIA 0017 ESCOLA SANTA AMÉLIA 0018 ESCOLA SANTA AMÉLIA 0019 ESCOLA SANTA AMÉLIA 0020 S I N T E A L (SINDICATO DOS TRABALHADORES NA 0021 S I N T E A L (SINDICATO DOS TRABALHADORES NA 0022 S I N T E A L (SINDICATO DOS TRABALHADORES NA 0023 ESCOLA CISNE BRANCO 0024 ESCOLA CISNE BRANCO 0025 ESCOLA CISNE BRANCO 0026 ESCOLA CISNE BRANCO 0027 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCACAO 0028 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCACAO 0029 ESCOLA ESTADUAL CINCINATO PINTO 0030 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0031 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0032 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0033 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0034 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA FREITAS NETO 0035 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA FREITAS NETO 0036 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA FREITAS NETO 0037 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA FREITAS NETO 0038 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ADEILZA MARIA 0039 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ADEILZA MARIA 0040 ESCOLA ESTADUAL JOÃO PAULO II 0041 ESCOLA ESTADUAL JOÃO PAULO II 0042 ESCOLA ESTADUAL JOÃO PAULO II 0043 ESCOLA ESTADUAL JOÃO PAULO II 0044 ESCOLA ESTADUAL JOÃO PAULO II 0045 ESCOLA ESTADUAL JOÃO PAULO II 0046 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ADEILZA MARIA 0047 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ADEILZA MARIA 0048 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ADEILZA MARIA 0049 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SÉRGIO 0050 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SÉRGIO 0051 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0052 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0053 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0054 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0055 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0056 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0057 ESCOLA ESTADUAL MARIA AMÁLIA 0058 ESCOLA ESTADUAL MARIA AMÁLIA 0059 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0060 ESCOLA MARIA SANTÍSSIMA 0061 ESCOLA MARIA SANTÍSSIMA 0062 COLÉGIO TIRADENTES 0063 COLÉGIO TIRADENTES 0064 COLÉGIO TIRADENTES 0065 COLÉGIO TIRADENTES 0066 COLÉGIO TIRADENTES 0067 COLÉGIO TIRADENTES 0068 COLÉGIO TIRADENTES 0069 COLÉGIO TIRADENTES 0070 COLÉGIO TIRADENTES 0071 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0072 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0073 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0074 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0075 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0076 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0077 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0078 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0079 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0080 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0081 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0082 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0083 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ OLIVEIRA SILVA 0084 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ALMEIDA LEITE 0085 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ALMEIDA LEITE 0086 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ALMEIDA LEITE 0087 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ALMEIDA LEITE 0088 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ALMEIDA LEITE 0089 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ALMEIDA LEITE 0090 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ OLIVEIRA SILVA 0091 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ OLIVEIRA SILVA 0092 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0093 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0094 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0095 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSO LAR I 0096 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ OLIVEIRA SILVA 0097 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ OLIVEIRA SILVA 0098 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0099 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0100 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0101 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0102 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0103 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0104 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0105 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0106 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0107 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0108 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0109 CRECHE ESCOLA MESTRE IZALDINO 0110 CRECHE ESCOLA MESTRE IZALDINO 0111 CRECHE ESCOLA MESTRE IZALDINO 0112 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TEREZA 0113 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TEREZA 0114 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0115 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0116 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0117 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0118 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS)


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 4 0119 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0120 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0121 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TEREZA 0122 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TEREZA 0123 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0124 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0125 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0126 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0127 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0128 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0129 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0130 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0131 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0132 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0133 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0134 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0135 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0136 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0137 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0138 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ANTÍDIO 0139 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ANTÍDIO 0140 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ANTÍDIO 0141 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ANTÍDIO 0142 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ANTÍDIO 0143 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0144 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0145 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0146 INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ( ICBS) 0147 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0148 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0149 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0150 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI PALMEIRA 0151 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI PALMEIRA 0152 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI PALMEIRA 0153 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI PALMEIRA 0154 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI PALMEIRA 0155 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI PALMEIRA 0156 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0157 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0158 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0159 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0160 ESCOLA ESTADUAL DOM ADELMO MACHADO 0161 ESCOLA ESTADUAL DOM ADELMO MACHADO 0162 ESCOLA ESTADUAL DOM ADELMO MACHADO 0163 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ OLIVEIRA SILVA 0164 ESCOLA ESTADUAL CAPITÃO ÁLVARO VICTOR 0165 ESCOLA ESTADUAL CAPITÃO ÁLVARO VICTOR 0166 ESCOLA ESTADUAL CAPITÃO ÁLVARO VICTOR 0167 ESCOLA ESTADUAL CAPITÃO ÁLVARO VICTOR 0168 ESCOLA ESTADUAL CAPITÃO ÁLVARO VICTOR 0169 ESCOLA ESTADUAL CAPITÃO ÁLVARO VICTOR 0170 ESCOLA ESTADUAL DOM ADELMO MACHADO 0171 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0172 ESCOLA ESTADUAL DOM ADELMO MACHADO 0173 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0174 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0175 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0176 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0177 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0178 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ADEILZA MARIA 0179 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SÉRGIO 0180 ESCOLA SESI TRAPICHE 0181 COLÉGIO BOM CONSELHO 0182 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TEREZA 0183 COLÉGIO BOM CONSELHO 0184 COLÉGIO BOM CONSELHO 0185 COLÉGIO BOM CONSELHO 0186 COLÉGIO BOM CONSELHO 0187 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0188 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ OLIVEIRA SILVA 0189 ESCOLA SESI TRAPICHE 0190 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0191 COLÉGIO BOM CONSELHO 0192 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0193 ESCOLA MONSENHOR BATISTA 0194 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0195 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL HERMÍNIO CARDOSO 0196 ESCOLA ESTADUAL CINCINATO PINTO 0197 COLÉGIO TIRADENTES 0198 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0199 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0200 ESCOLA MONSENHOR BATISTA 0201 ESCOLA SESI TRAPICHE 0202 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0203 ESCOLA SANTA AMÉLIA 0204 COLÉGIO TIRADENTES 0205 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO 0206 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0207 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ADEILZA MARIA 0208 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ANTÍDIO 0209 COLÉGIO TIRADENTES 0210 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0211 ESCOLA ESTADUAL CINCINATO PINTO 0212 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0213 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0214 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA NILDA 0215 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0216 ESCOLA SESI TRAPICHE 0217 ESCOLA ESTADUAL CAPITÃO ÁLVARO VICTOR 0218 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0219 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA NILDA 0220 ESCOLA MONSENHOR BATISTA 0222 ESCOLA MARIA SANTÍSSIMA 0223 ESCOLA SESI TRAPICHE 0224 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0225 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0226 ESCOLA ESTADUAL DR. RODRIGUEZ DE MELO

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0228 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0229 CAIC-ESCOLA ESTADUAL MARIA RITA LYRA DE ALMEIDA 0230 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0231 ESCOLA MONSENHOR BATISTA 0232 ESCOLA ESTADUAL MARIA AMÁLIA 0234 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCACAO 0235 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0236 ESCOLA ESTADUAL CINCINATO PINTO 0237 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0238 COLÉGIO BOM CONSELHO 0239 CRECHE ESCOLA MESTRE IZALDINO 0240 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SÉRGIO 0241 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0242 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0243 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0244 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0245 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0246 CAIC-ESCOLA ESTADUAL MARIA RITA LYRA DE ALMEIDA 0247 COLÉGIO BOM CONSELHO 0248 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0249 ESCOLA ESTADUAL AURELINA PALMEIRA DE MELO 0250 ESCOLA ESTADUAL PROF. LIBERALINO BOMFIM DE 0251 ESCOLA ESTADUAL CINCINATO PINTO 0256 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM 0257 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM 0258 CAIC-ESCOLA ESTADUAL MARIA RITA LYRA DE ALMEIDA 0259 ESCOLA ESTADUAL MARIA AMÁLIA 0260 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0261 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0262 ESCOLA ESTADUAL DR. JÚLIO AUTO 0263 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0264 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0265 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0266 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM 0267 ESCOLA ESTADUAL DR. JÚLIO AUTO 0268 ESCOLA ESTADUAL DR. JÚLIO AUTO 0269 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0270 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0271 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO 0272 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA NILDA 0273 ESCOLA ESTADUAL DR. JÚLIO AUTO 0274 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL HERMÍNIO CARDOSO 0275 ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARIA CORREIA DAS NEVES 0276 COLÉGIO MUNICIPAL PIO X 0277 CRECHE ESCOLA MESTRE IZALDINO 0278 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SÉRGIO 0279 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM 0280 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0281 COLÉGIO MARECHAL FLORIANO PEIXOTO 0282 ESCOLA ESTADUAL PROF. ANÍSIO TEIXEIRA 0283 ESCOLA ESTADUAL GUIOMAR DE ALMEIDA PEIXOTO 0284 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA FREITAS NETO 0285 ESCOLA ESTADUAL PROF. LUÍS CARLOS 0286 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCACAO 0287 ESCOLA ESTADUAL PROF. LIBERALINO BOMFIM DE 0288 ESCOLA ESTADUAL DR. JÚLIO AUTO 0289 COLÉGIO BOM CONSELHO 0290 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MAJOR BONIFÁCIO 0291 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0292 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0293 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0294 ESCOLA ESTADUAL DR. JÚLIO AUTO 0295 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCACAO 0296 ESCOLA SANTO ANTONIO 0297 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LINDOLFO COLLOR 0298 ESCOLA ESTADUAL MAJOR EDUARDO EMILIANO DA 0299 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0300 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0301 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL HERMÍNIO CARDOSO 0302 COLÉGIO MUNICIPAL PIO X 0303 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SÉRGIO 0304 ESCOLA ESTADUAL MARIA AMÁLIA 0305 ASSOCIACÃO COMUNITÁRIA DOS MORADORES DE RIO 0306 CRECHE AGENOR FERNANDES PONTES 0307 ESCOLA ESTADUAL PROF. LUÍS CARLOS 0308 COLÉGIO BOM CONSELHO 0309 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0310 ESCOLA CISNE BRANCO 0311 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0312 ESCOLA SANTA AMÉLIA 0313 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI PALMEIRA 0314 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0315 ESCOLA ESTADUAL PADRE CABRAL 0316 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0317 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LINDOLFO COLLOR 0318 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SÉRGIO 0319 SOCIEDADE LAR ASSISTENCIAL NOSSA SENHORA MAE 0320 ESCOLA ESTADUAL PROF. LUÍS CARLOS 0321 COLÉGIO MUNICIPAL PIO X 0322 COLÉGIO BOM CONSELHO 0323 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0324 CAIC-ESCOLA ESTADUAL MARIA RITA LYRA DE ALMEIDA 0325 ESCOLA ESTADUAL TOMAZ ESPÍNDOLA 0326 COLÉGIO BOM CONSELHO 0327 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LINDOLFO COLLOR 0328 ESCOLA ESTADUAL MARIA AMÁLIA 0329 ESCOLA SESI TRAPICHE 0330 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. PEDRO CAFÉ 0331 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0332 ESCOLA ESTADUAL TOMAZ ESPÍNDOLA 0333 CENTRO EDUCACIONAL SÃO JOÃO BATISTA 0334 ESCOLA MARIA SANTÍSSIMA 0335 COLÉGIO BOM CONSELHO 0336 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0337 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA NILDA 0338 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LINDOLFO COLLOR 0339 COLÉGIO BOM CONSELHO

0340 ESCOLA ESTADUAL TOMAZ ESPÍNDOLA 0341 ESCOLA ESTADUAL PROF. LUÍS CARLOS 0342 CAIC-ESCOLA ESTADUAL MARIA RITA LYRA DE ALMEIDA 0343 ESCOLA ESTADUAL ROSALVO RIBEIRO 0344 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0345 ESCOLA SESI TRAPICHE 0346 ESCOLA ESTADUAL ROSALVO RIBEIRO 0347 ESCOLA MARIA SANTÍSSIMA 0348 COLÉGIO BOM CONSELHO 0349 CENTRO EDUCACIONAL SÃO JOÃO BATISTA 0350 ESCOLA SESI TRAPICHE 0351 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0352 ESCOLA ESTADUAL MAJOR EDUARDO EMILIANO DA 0353 ESCOLA ESTADUAL TOMAZ ESPÍNDOLA 0354 ESCOLA ESTADUAL ROSALVO RIBEIRO 0355 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LINDOLFO COLLOR 0356 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0357 ESCOLA MARIA SANTÍSSIMA 0358 CENTRO EDUCACIONAL SÃO JOÃO BATISTA 0359 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0360 CRECHE AGENOR FERNANDES PONTES 0361 ESCOLA SESI TRAPICHE 0362 ESCOLA ESTADUAL ROSALVO RIBEIRO 0363 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0364 ESCOLA ESTADUAL TOMAZ ESPÍNDOLA 0365 CRECHE ESCOLA MESTRE IZALDINO 0366 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL LINDOLFO COLLOR 0367 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES 0368 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NOSSA SENHORA 0369 ESCOLA ESTADUAL ALBERTO TORRES 0370 ESCOLA SESI TRAPICHE 0371 CENTRO EDUCACIONAL SÃO JOÃO BATISTA 0372 ESCOLA ESTADUAL ROSALVO RIBEIRO 0373 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL WALTER PITOMBO 0374 ESCOLA SESI TRAPICHE 0375 ESCOLA ESTADUAL TOMAZ ESPÍNDOLA 0376 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANAIAS DE LIMA 0377 CENTRO EDUCACIONAL SÃO JOÃO BATISTA 0378 COLÉGIO MUNICIPAL PIO X 0380 ESCOLA ESTADUAL DR. MIGUEL GUEDES NOGUEIRA 0381 ESCOLA ESTADUAL DR. EDSON BERNARDES

4ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ANTIGA PREFEITURA 0002 ANTIGA PREFEITURA 0003 ANTIGA PREFEITURA 0004 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0005 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0006 SECRETARIA DE ACAO SOCIAL 0007 SINDICATO DOS TRABALHADORES 0008 SOCIEDADE BENEFICENTE 0009 CAMARA MUNICIPAL DE ANADIA 0010 CAPS - CENTRO DE APOIO PISSICOSOCIAL (ANTIGO 0011 CAPS - CENTRO DE APOIO PISSICOSOCIAL (ANTIGO 0012 CAPS - CENTRO DE APOIO PISSICOSOCIAL (ANTIGO 0013 COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DA PIEDADE 0014 COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DA PIEDADE 0017 COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DA PIEDADE 0018 COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DA PIEDADE 0020 COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DA PIEDADE 0022 COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DA PIEDADE 0026 COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DA PIEDADE 0027 SOCIEDADE BENEFICENTE 0028 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0029 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0030 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0031 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0032 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0033 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0034 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0035 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0036 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0037 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0038 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0041 GRUPO ESCOLAR RUI BARBOSA 0042 GRUPO JOSE MEDEIROS 0043 GRUPO JOSE MEDEIROS 0045 GRUPO JOSE MEDEIROS 0047 GRUPO JOSE MEDEIROS 0048 ANTIGA PREFEITURA 0049 GRUPO ESCOLAR GERALDO TENORIO 0050 GRUPO ESCOLAR GERALDO TENORIO 0051 GRUPO ESCOLAR GERALDO TENORIO 0091 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0092 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0093 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0094 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0097 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0098 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0100 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0101 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0102 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0103 GRUPO ROSA DA FONSECA 0104 GRUPO ROSA DA FONSECA 0105 GRUPO ROSA DA FONSECA 0106 GRUPO ROSA DA FONSECA 0107 GRUPO ROSA DA FONSECA 0111 GRUPO ROSA DA FONSECA 0113 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0114 GRUPO ESCOLAR GERALDO TENORIO 0116 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0117 SECRETARIA DE ACAO SOCIAL 0118 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO 0119 DEPARTAMENTO DE EDUCACAO-ANADIA

0120 GRUPO ESCOLAR GERALDO TENORIO 0121 GRUPO ESCOLAR GERALDO TENORIO 0122 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0123 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0124 GINÁSIO DE ESPORTES DE ANADIA 0125 COLEGIO NOSSA SENHORA MAE DO POVO

5ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA CINECISTA AMELIA VASCONCELOS 0002 ESCOLA CINECISTA AMELIA VASCONCELOS 0003 GRUPO ESCOLAR CEL. PEDRO TEIXEIRA 0004 GRUPO ESCOLAR CEL. PEDRO TEIXEIRA 0005 GRUPO ESCOLAR CEL. PEDRO TEIXEIRA 0006 NUCLEO RURAL DE EDUCACAO IZIDRO TEIXEIRA 0007 NUCLEO RURAL DE EDUCACAO IZIDRO TEIXEIRA 0008 GRUPO ESCOLAR CEL. PEDRO TEIXEIRA 0009 NUCLEO RURAL DE EDUCACAO IZIDRO TEIXEIRA 0010 NUCLEO RURAL DE EDUCACAO IZIDRO TEIXEIRA 0011 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR ORLANDO LINS 0013 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR ORLANDO LINS 0015 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR SILVERIO LINS 0016 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR SILVERIO LINS 0017 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR SILVERIO LINS 0018 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR ORLANDO LINS 0026 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0027 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0028 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0029 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0030 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0031 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0032 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0033 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0034 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0035 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0036 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0037 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0038 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0039 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0040 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0041 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0042 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0043 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0044 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0045 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0046 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0047 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0048 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0049 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0050 GRUPO ESCOLAR 13 DE OUTUBRO 0051 GRUPO ESCOLAR 13 DE OUTUBRO 0052 GRUPO ESCOLAR 13 DE OUTUBRO 0053 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0054 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0055 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0056 GRUPO ESCOLAR 13 DE OUTUBRO 0057 GRUPO ESCOLAR 13 DE OUTUBRO 0058 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR SILVERIO LINS 0059 ESCOLA CINECISTA AMELIA VASCONCELOS 0060 ESCOLA CINECISTA AMELIA VASCONCELOS 0061 GRUPO ESCOLAR CEL. PEDRO TEIXEIRA 0062 GRUPO ESCOLAR CEL. PEDRO TEIXEIRA 0063 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0064 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0065 NUCLEO RURAL DE EDUCACAO IZIDRO TEIXEIRA 0066 NUCLEO RURAL DE EDUCACAO IZIDRO TEIXEIRA 0067 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0068 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0069 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0071 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR SILVERIO LINS 0072 COLEGIO NORMAL JOAQUIM DIEGUES 0073 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0074 ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR MACHADO 0075 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0076 GRUPO ESCOLAR 13 DE OUTUBRO 0077 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0078 ESCOLA DE 1 GRAU DR. MANOEL FIRMINO 0079 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO CARNAUBA 0080 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO CARNAUBA 0081 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR ORLANDO LINS 0082 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0083 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO CARNAUBA 0084 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO CARNAUBA 0085 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO CARNAUBA 0086 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO CARNAUBA 0087 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE 0088 ESCOLA MUNICIPAL SAO JOSE

6ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0002 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0003 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0004 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0005 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0006 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0007 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0008 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0009 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0010 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0011 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0012 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0013 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral

5

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0014 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0015 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0016 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0017 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0018 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0019 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0020 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0021 COLEGIO DR. JOAO CARLOS 0022 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0023 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0024 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0025 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0026 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0027 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0028 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0029 ESCOLA SUZANA CRAVEIRO COSTA DE MEDEIROS 0030 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0031 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0032 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0033 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0034 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0035 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0036 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0037 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0038 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0039 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0040 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0041 SINDICATO PATRONAL 0042 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0043 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0044 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0045 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0046 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0047 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0048 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0049 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0050 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0051 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0052 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0053 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0054 SINDICATO PATRONAL 0055 SINDICATO PATRONAL 0056 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0057 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0058 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0059 ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO VIEIRA DA COSTA 0060 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0061 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0062 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0063 CRECHE MENINO JESUS 0064 CRECHE MENINO JESUS 0065 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0066 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0067 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0068 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0069 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0070 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0071 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0072 GRUPO ESCOLAR FORTUNATO BITTENCOURT 0073 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0074 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0075 SERVICO SOCIAL DA INDUSTRIA 0076 CRECHE MENINO JESUS 0077 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0078 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0079 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0084 CRECHE MENINO JESUS 0085 CRECHE MENINO JESUS 0086 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0087 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0088 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0089 GRUPO ESCOLAR FLORIANO PEIXOTO 0090 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS 0092 ESCOLA ANTONIO AMANCIO DE MELO BASTOS

7ª Zona Eleitoral

0032 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0034 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0035 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0036 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0037 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0038 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0039 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0040 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0041 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0042 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0043 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0044 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0045 ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO GUTTEMBERG BREDA 0046 ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO GUTTEMBERG BREDA 0047 ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO GUTTEMBERG BREDA 0048 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0051 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0052 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0053 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0054 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0055 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0056 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0057 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0059 ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO AMALIO MARIA 0061 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0062 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0063 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0064 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0065 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0066 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0070 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0071 ESCOLA MUNICIPAL GENERAL DE GOIS MONTEIRO 0072 ESCOLA MUNICIPAL SANTA SOFIA 0073 ESCOLA MUNICIPAL SANTA SOFIA 0074 ESCOLA MUNICIPAL SANTA SOFIA 0075 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO MONT SERRAT 0076 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO MONT SERRAT 0077 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0078 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0079 ESCOLA MUNICIPAL SANTA SOFIA 0080 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0081 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0089 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0090 ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO GUTTEMBERG BREDA 0091 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0092 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0093 ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO GUTTEMBERG BREDA 0094 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0095 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0096 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0097 ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO AMALIO MARIA 0098 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0100 ESCOLA MUNICIPAL GENERAL DE GOIS MONTEIRO 0101 ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO AMALIO MARIA 0102 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO MONT SERRAT 0103 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0104 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0105 ESCOLA MUNICIPAL SANTA SOFIA 0106 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0107 ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO GUTTEMBERG BREDA 0108 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0109 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0110 ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO AMALIO MARIA 0111 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0112 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0113 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0114 ESCOLA MUNICIPAL SANTA SOFIA 0115 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0116 ESCOLA MUNICIPAL JOSE DE CARVALHO SOUZA 0117 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO MONT SERRAT 0118 ESCOLA MUN. EDUC. BÁSICA PROF. MARIA ROCHA 0119 ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO GUTTEMBERG BREDA 0120 ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO AMALIO MARIA 0121 ESCOLA MUNICIPAL GENERAL DE GOIS MONTEIRO 0122 ESCOLA MUNICIPAL SANTA SOFIA 0123 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0124 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM

Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0002 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0004 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0005 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0006 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0007 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM 0010 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0011 ESCOLA ESTADUAL DJALMA BARROS SIQUEIRA 0012 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0013 ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO AMALIO MARIA 0014 ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO AMALIO MARIA 0015 ESCOLA MUNICIPAL GENERAL DE GOIS MONTEIRO 0016 ESCOLA MUNICIPAL GENERAL DE GOIS MONTEIRO 0017 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0018 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0019 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0020 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0021 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0022 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0023 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0024 ESCOLA MUNICIPAL LIEGE GAMA ROCHA 0025 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0026 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0027 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0028 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0029 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0030 ESCOLA MUN. CENT. EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. MARIA 0031 ESCOLA MUNICIPAL CLAUDIO DANIEL GAMA AMORIM

8ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0002 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0003 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0004 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0005 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0006 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0007 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0008 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0009 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0010 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0011 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0012 GINASIO NOSSA SENHORA DO PILAR 0013 ESCOLA CRIATIVA 0014 ESCOLA CRIATIVA 0015 ASSOCIACAO DOS PESCADORES 0016 ASSOCIACAO DOS PESCADORES 0017 ASSOCIACAO DOS PESCADORES 0018 ESCOLA PROFESSOR JORGE BARROS 0019 ESCOLA PROFESSOR JORGE BARROS 0020 ESCOLA PROFESSOR JORGE BARROS 0021 ESCOLA MACHADO DE ASSIS 0022 ESCOLA MACHADO DE ASSIS 0023 ESCOLA MACHADO DE ASSIS 0024 CASA DE CULTURA 0025 CASA DE CULTURA

0026 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0027 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0028 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0029 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0030 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0031 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0032 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0033 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0034 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0035 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0036 POSTO DE SAUDE JOSE JULIO CANSANCAO 0037 POSTO DE SAUDE JOSE JULIO CANSANCAO 0038 POSTO DE SAUDE JOSE JULIO CANSANCAO 0039 CASA DE CULTURA 0040 CASA DE FESTEJOS PILARENSE 0041 CASA DE FESTEJOS PILARENSE 0042 ANTIGA SECRETARIA DE SAUDE 0043 CASA DE FESTEJOS PILARENSE 0047 CASA DE FESTEJOS PILARENSE 0048 CASA DE FESTEJOS PILARENSE 0049 CASA DE FESTEJOS PILARENSE 0050 ANTIGA SECRETARIA DE SAUDE 0051 SECRETARIA DE EDUCACAO 0052 SECRETARIA DE EDUCACAO 0053 ESCOLA MACHADO DE ASSIS 0054 ESCOLA MACHADO DE ASSIS 0055 ANTIGA SECRETARIA DE SAUDE 0056 ESCOLA PROFESSOR JORGE BARROS 0057 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0060 ESCOLA OLIVEIRA E SILVA 0061 ANTIGA SECRETARIA DE SAUDE 0062 ANTIGA SECRETARIA DE SAUDE 0063 ESCOLA CRIATIVA 0064 CASA DE FESTEJOS PILARENSE 0065 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL MANOEL RAMOS 0066 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL MANOEL RAMOS 0067 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL MANOEL RAMOS 0068 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL MANOEL RAMOS 0069 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL MANOEL RAMOS 0070 ESCOLA CRIATIVA

9ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA MUNICIPAL ESTAÇÃO DAS LETRAS 0002 GRUPO ESCOLAR MARIO GOMES DE BARROS 0003 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0005 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0007 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0008 ESCOLA JOSÉLIO EFIGÊNIO DE VASCONCELOS 0009 ESCOLA JOSÉLIO EFIGÊNIO DE VASCONCELOS 0010 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0012 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0014 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0015 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0017 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0018 ESCOLA JOSÉLIO EFIGÊNIO DE VASCONCELOS 0019 ESCOLA JOSÉLIO EFIGÊNIO DE VASCONCELOS 0021 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0022 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0023 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0024 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0025 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0026 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0027 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0028 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0029 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0030 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0031 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0032 ESCOLA MUNICIPAL MARIA DA GLORIA DUARTE DE 0033 ESCOLA MUNICIPAL MARIA DA GLORIA DUARTE DE 0034 ESCOLA MUNICIPAL MARIA DA GLORIA DUARTE DE 0035 ESCOLA MUNICIPAL MARIA DA GLORIA DUARTE DE 0036 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0037 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0038 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0039 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0040 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0041 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0042 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0043 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0044 ESCOLA GOVERNADOR LAMENHA FILHO - COLÉGIO DO 0045 ESCOLA GOVERNADOR LAMENHA FILHO - COLÉGIO DO 0046 ESCOLA GOVERNADOR LAMENHA FILHO - COLÉGIO DO 0047 ESCOLA GOVERNADOR LAMENHA FILHO - COLÉGIO DO 0049 GINASIO NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0050 GINASIO NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0051 GINASIO NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0052 GINASIO NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0053 GINASIO NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0054 GINASIO NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0056 PRE-ESCOLAR MUNICIPAL 0058 PRE-ESCOLAR MUNICIPAL 0060 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR LOUREIRO 0061 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR LOUREIRO 0062 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR LOUREIRO 0063 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR LOUREIRO 0064 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR LOUREIRO 0065 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR LOUREIRO 0066 GINASIO NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0068 GRUPO ESCOLAR PEDRO TENORIO RAPOSO 0069 GRUPO ESCOLAR PEDRO TENORIO RAPOSO 0070 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0075 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0076 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0077 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI

0078 ESCOLA ESTADUAL DR. ARTUR LOPES FERREIRA 0079 ESCOLA ESTADUAL DR. ARTUR LOPES FERREIRA 0080 ESCOLA ESTADUAL DR. ARTUR LOPES FERREIRA 0084 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0086 ESCOLA DE 1 GRAU JUVENAL LOPES DE OMENA 0093 GRUPO ESCOLAR MARIO GOMES DE BARROS 0094 GRUPO ESCOLAR MARIO GOMES DE BARROS 0095 GRUPO ESCOLAR MARIO GOMES DE BARROS 0096 GRUPO ESCOLAR MARIO GOMES DE BARROS 0099 JARDIM INFANTIL MANOEL SERAPIAO CALHEIROS 0100 JARDIM INFANTIL MANOEL SERAPIAO CALHEIROS 0101 JARDIM INFANTIL MANOEL SERAPIAO CALHEIROS 0103 GRUPO ESCOLAR PEDRO TENORIO RAPOSO 0105 GRUPO ESCOLAR PEDRO TENORIO RAPOSO 0106 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0107 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0108 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0109 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0110 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0111 ESCOLA MUNICIPAL MARIA DA GLORIA DUARTE DE 0113 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0114 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0115 GRUPO ESCOLAR MARIO GOMES DE BARROS 0116 ESCOLA ESTADUAL DR. ARTUR LOPES FERREIRA 0117 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0119 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0120 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0130 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0131 GRUPO ESCOLAR PEDRO TENORIO RAPOSO 0132 GRUPO ESCOLAR PEDRO TENORIO RAPOSO 0133 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO 0158 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0159 CENTRO EDUCACIONAL DE MURICI 0161 GINASIO MUNICIPAL LUIZ AMORIM LEAO 0162 PRE-ESCOLAR MUNICIPAL 0163 GRUPO ESCOLAR MARIO GOMES DE BARROS 0165 GRUPO ESCOLAR ASTOLFO LOPES 0166 GRUPO ESCOLAR ASTOLFO LOPES 0168 GRUPO ESCOLAR ASTOLFO LOPES 0169 PRE-ESCOLAR MUNICIPAL 0170 GRUPO ESCOLAR ASTOLFO LOPES 0171 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0172 GRUPO ESCOLAR ASTOLFO LOPES 0173 ESCOLA MUNICIPAL ESTAÇÃO DAS LETRAS 0174 ESCOLA MUNICIPAL MARIA DA GLORIA DUARTE DE 0177 ESCOLA MUNICIPAL ESTAÇÃO DAS LETRAS 0178 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO 0179 COLEGIO ESTADUAL PROFESSORA JUDITE NASCIMENTO

10ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR MARQUES DA SILVA 0002 ESCOLA CENECISTA DE 1 GRAU ARÍSIO DE 0003 ESCOLA CENECISTA DE 1 GRAU ARÍSIO DE 0004 ESCOLA CENECISTA DE 1 GRAU ARÍSIO DE 0005 GRUPO ESCOLAR MARQUES DA SILVA 0006 GRUPO ESCOLAR MARQUES DA SILVA 0007 GRUPO ESCOLAR MARQUES DA SILVA 0008 GRUPO ESCOLAR JAIME D'ALTAVILA 0009 GRUPO ESCOLAR JAIME D'ALTAVILA 0010 ESCOLA CENECISTA DE 1 GRAU ARÍSIO DE 0011 ESCOLA CENECISTA DE 1 GRAU ARÍSIO DE 0060 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0061 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0062 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0063 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0064 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0065 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0066 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIA MACEDO 0067 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIA MACEDO 0068 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIA MACEDO 0069 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0070 DNOCS 0071 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIA MACEDO 0072 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0073 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0074 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0075 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0076 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0077 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0078 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0079 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0080 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0081 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0082 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0083 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0084 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0085 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0086 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0087 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0088 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0089 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0090 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0091 DNOCS 0092 DNOCS 0093 DNOCS 0094 DNOCS 0095 DNOCS 0096 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0097 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0098 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0099 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0100 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0101 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0102 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 6 0103 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0104 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0105 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0106 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0107 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0108 CENTRO DE ESTUDOS SUPLETIVO REMI MAIA 0109 CENTRO DE ESTUDOS SUPLETIVO REMI MAIA 0110 CENTRO DE ESTUDOS SUPLETIVO REMI MAIA 0111 CENTRO DE ESTUDOS SUPLETIVO REMI MAIA 0112 GRUPO ESCOLAR MONSENHOR MACEDO 0113 GRUPO ESCOLAR MONSENHOR MACEDO 0114 GRUPO ESCOLAR MONSENHOR MACEDO 0115 GRUPO ESCOLAR MONSENHOR MACEDO 0116 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0117 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0118 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0119 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0120 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0121 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0122 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0123 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0124 DNOCS 0125 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0126 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0127 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0128 COLÉGIO PIO XII 0129 COLÉGIO PIO XII 0130 COLÉGIO PIO XII 0131 COLÉGIO PIO XII 0132 COLÉGIO PIO XII 0133 COLÉGIO PIO XII 0134 COLÉGIO PIO XII 0135 COLÉGIO PIO XII 0136 COLÉGIO PIO XII 0137 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0138 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0139 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0140 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0141 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0142 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIA MACEDO 0143 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0144 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0145 COLÉGIO PIO XII 0146 COLÉGIO PIO XII 0147 ESCOLA MUNICIPAL SÃO CRISTÓVÃO 0148 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0149 GRUPO ESCOLAR GRACILIANO RAMOS 0154 ESCOLA CENECISTA DE 1 GRAU ARÍSIO DE 0156 DNOCS 0159 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0160 DNOCS 0161 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0166 ESCOLA CENECISTA DE 1 GRAU ARÍSIO DE 0170 ESCOLA MUNICIPAL SÃO CRISTÓVÃO 0171 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0172 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0173 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0174 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0175 ESCOLA DE 1 GRAU ESTADO DE NOVA GERSEY 0176 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0178 GRUPO ESCOLAR MONSENHOR MACEDO 0179 GRUPO ESCOLAR MONSENHOR MACEDO 0180 GRUPO ESCOLAR MONSENHOR MACEDO 0182 COLÉGIO SAGRADA FAMILIA 0183 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0184 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0185 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0186 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0187 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0188 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0189 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0190 ANEXO DA ESCOLA DE 1 GRAU JOÃO PAULO II 0191 ANEXO DA ESCOLA DE 1 GRAU JOÃO PAULO II 0192 COLÉGIO LOGUS 0193 COLÉGIO LOGUS 0194 ANEXO DA ESCOLA DE 1 GRAU JOÃO PAULO II 0195 ANEXO DA ESCOLA DE 1 GRAU JOÃO PAULO II 0196 ANEXO DA ESCOLA DE 1 GRAU JOÃO PAULO II 0197 ANEXO DA ESCOLA DE 1 GRAU JOÃO PAULO II 0198 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0199 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0200 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 0201 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 0202 ANEXO DA ESCOLA DE 1 GRAU JOÃO PAULO II 0203 ASSOCIAÇÃO JOÃO PAULO II 0205 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0206 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0207 ASSOCIAÇÃO JOÃO PAULO II 0208 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0209 BAU DA LEITURA 0210 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0212 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0213 CRECHE MUNICIPAL EMANUELLE 0214 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 0215 CRECHE MUNICIPAL EMANUELLE 0216 COLÉGIO CRISTO REDENTOR 0217 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0218 COLÉGIO LOGUS 0219 COLÉGIO LOGUS 0220 GRUPO ESCOLAR ALMEIDA CAVALCANTE 0221 COLÉGIO LOGUS 0222 COLÉGIO LOGUS 0223 CÂMERA DE VEREADORES 0224 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0225 COLÉGIO LOGUS 0226 COLÉGIO LOGUS 0227 COLÉGIO LOGUS

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0228 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0229 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES 0230 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0231 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES 0232 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES 0233 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES 0234 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES 0235 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ VICTORINO DA ROCHA 0236 ESCOLA MUNICIPAL SÃO CRISTÓVÃO 0237 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES 0238 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ VICTORINO DA ROCHA 0239 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0240 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0241 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0242 ESCOLA DE 1 GRAU LUIZ DUARTE 0243 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0244 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0245 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0246 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES 0247 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0248 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0249 CRAS (CENTRO DE REFERENCIA DE ASSISTENCIA 0250 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0251 ANEXO DA PREFEITURA MUNICIPAL 0252 ANEXO DA PREFEITURA MUNICIPAL 0253 ANEXO DA PREFEITURA MUNICIPAL 0254 CÂMERA DE VEREADORES 0255 CRECHE MUNICIPAL EMANUELLE 0256 ANEXO DA PREFEITURA MUNICIPAL 0257 COLÉGIO ESTADUAL HUMBERTO MENDES 0258 BAU DA LEITURA 0259 COLÉGIO PIO XII 0260 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARINETE NEVES

0061 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO 0062 ESCOLA MUNICIPAL JOSE BERNARDES 0063 ESCOLA NOSSA SENHORA DAS CANDEIAS 0064 ESCOLA MUNICIPAL JOÃO DURVAL 0065 ESCOLA MUNICIPAL JOÃO DURVAL 0066 ESCOLA MUNICIPAL JOSE BERNARDES 0068 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO 0069 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N. S. CONCEICAO 0070 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO 0072 GRUPO ESCOLAR SAO SEBASTIAO 0073 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N. S. CONCEICAO 0074 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL GERONIMO DA SILVA 0076 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO 0077 ESCOLA DE 1 GRAU AMBROSIO LIRA 0081 ESCOLA DE 1 GRAU AMBROSIO LIRA 0090 ESCOLA DE 1 GRAU AMBROSIO LIRA 0091 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL GERONIMO DA SILVA 0104 ESCOLA DE 1 GRAU AMBROSIO LIRA 0106 ESCOLA NOSSA SENHORA DAS CANDEIAS 0107 ESCOLA DE 1 GRAU AMBROSIO LIRA 0120 JARDIM DE INFANCIA LIMA JUNIOR 0121 JARDIM DE INFANCIA LIMA JUNIOR 0124 ESCOLA DE 1 GRAU AMBROSIO LIRA 0130 ESCOLA DE 1 GRAU AMBROSIO LIRA 0131 JARDIM DE INFANCIA LIMA JUNIOR 0133 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL GERONIMO DA SILVA 0135 GRUPO ESCOLAR SAO SEBASTIAO 0136 ESCOLA NOSSA SENHORA DAS CANDEIAS 0137 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO

13ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação:

11ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0002 GRUPO ESCOLAR PEDRO FELIX DE MELO 0003 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0006 GRUPO ESCOLAR PEDRO FELIX DE MELO 0007 GRUPO ESCOLAR PEDRO FELIX DE MELO 0008 ESCOLA ESTADUAL BRÁULIO CAVALCANTE 0009 ESCOLA ESTADUAL BRÁULIO CAVALCANTE 0010 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0011 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0012 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0013 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0014 GINASIO DE ESPORTES DR. ÁTILA PINTO MACHADO 0015 GINASIO DE ESPORTES DR. ÁTILA PINTO MACHADO 0016 COLÉGIO SÃO VICENTE 0017 GRUPO ESCOLAR ROSÁLIA SAMPAIO BEZERRA 0018 GRUPO ESCOLAR ROSÁLIA SAMPAIO BEZERRA 0019 ESCOLA ESTADUAL BRÁULIO CAVALCANTE 0020 COLÉGIO SÃO VICENTE 0021 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0022 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0023 ESCOLA ESTADUAL BRÁULIO CAVALCANTE 0024 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0025 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0026 COLÉGIO SÃO VICENTE 0027 COLÉGIO SÃO VICENTE 0028 COLÉGIO SÃO VICENTE 0029 COLÉGIO SÃO VICENTE 0030 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0031 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO SENADOR RUI PALMEIRA 0032 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO SENADOR RUI PALMEIRA 0033 GRUPO ESCOLAR PEDRO FELIX DE MELO 0034 COLÉGIO SÃO VICENTE 0035 GRUPO ESCOLAR PEDRO FELIX DE MELO 0036 GRUPO ESCOLAR PEDRO FELIX DE MELO 0037 ESCOLA ESTADUAL BRÁULIO CAVALCANTE 0038 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0039 ESCOLA ESTADUAL BRÁULIO CAVALCANTE 0040 COLÉGIO SÃO VICENTE 0041 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0044 COLÉGIO SÃO VICENTE 0045 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0046 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0047 COLÉGIO SÃO VICENTE 0048 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0049 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0051 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0056 ESCOLA DE 1º GRAU PADRE JOSÉ SOARES PINTO 0058 GRUPO ESCOLAR PEDRO FELIX DE MELO 0059 COLÉGIO SÃO VICENTE 0061 CLUBE RECREATIVO E EDUCATIVO - CRESUMPA 0062 CLUBE RECREATIVO E EDUCATIVO - CRESUMPA 0063 IATE CLUBE PÃO DE AÇÚCAR 0065 IATE CLUBE PÃO DE AÇÚCAR 0066 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0067 COLÉGIO SÃO VICENTE 0068 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0069 GRUPO ESCOLAR ROSÁLIA SAMPAIO BEZERRA 0070 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO MARIA TAVARES PINTO 0071 ESCOLA ESTADUAL BRÁULIO CAVALCANTE

12ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0055 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO 0056 GRUPO ESCOLAR SAO SEBASTIAO 0057 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO 0058 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO 0060 CENTRO EDUCACIONAL ERNESTO GOMES MARANHAO

0001 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0002 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0003 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0004 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0005 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0006 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0007 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0008 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0009 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0010 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0011 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0012 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0013 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0014 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0015 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0016 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0017 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0018 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0019 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0020 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0021 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0022 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0023 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0024 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0025 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0026 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0027 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0028 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0029 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0030 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0031 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0032 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0033 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0034 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0035 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0036 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0037 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0038 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0039 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0040 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0041 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0042 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0043 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0044 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0045 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0046 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0047 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0048 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0049 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0050 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0051 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0052 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0053 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0054 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0056 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0057 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0058 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0059 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0060 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0061 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0062 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0063 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0064 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0065 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0066 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0067 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0068 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0069 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0070 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0071 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0072 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0073 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0074 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE

0075 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0076 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0077 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0079 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0080 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0081 COLÉGIO ESTADUAL COMENDADOR JOSÉ DA SILVA 0082 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0083 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO VALERIANO DE 0084 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO VALERIANO DE 0085 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO VALERIANO DE 0086 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL CÔNEGO TEOTÔNIO 0087 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL CÔNEGO TEOTÔNIO 0088 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL CÔNEGO TEOTÔNIO 0089 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL CÔNEGO TEOTÔNIO 0091 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO VALERIANO DE 0092 ESCOLA DE 1 GRAU VEREADOR MANOEL SOARES DE 0093 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSOR 0094 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0095 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0096 ESCOLA DE 1 GRAU VEREADOR MANOEL SOARES DE 0097 ESCOLA DE 1 GRAU VEREADOR MANOEL SOARES DE 0098 COLÉGIO DIOCESANO DE PENEDO 0099 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0100 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0101 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0102 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0103 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0104 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0105 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0106 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO VALERIANO DE 0107 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO VALERIANO DE 0108 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL GABINO BESOURO 0109 ESCOLA ESTADUAL ALCIDES ANDRADE 0110 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSOR 0111 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO VALERIANO DE 0112 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ERNANI MÉRO (GRUPO 0113 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA 0114 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSOR 0115 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA RUTH MENDONÇA

14ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0002 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0003 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0004 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0005 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0006 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0007 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0008 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR LUIZ CAVALCANTE 0009 ESCOLA MÁRIO ACIOLY WANDERLEY 0010 ESCOLA MÁRIO ACIOLY WANDERLEY 0011 ESCOLA MÁRIO ACIOLY WANDERLEY 0012 ESCOLA MÁRIO ACIOLY WANDERLEY 0013 ESCOLA MÁRIO ACIOLY WANDERLEY 0014 ESCOLA MÁRIO ACIOLY WANDERLEY 0015 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY 0016 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY 0017 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ RIBEIRO CAMINHA 0018 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ RIBEIRO CAMINHA 0019 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ RIBEIRO CAMINHA 0020 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ RIBEIRO CAMINHA 0021 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0022 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0023 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0024 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY 0025 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY 0026 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0027 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0028 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY 0029 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY 0030 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0031 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0032 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY 0033 ESCOLA ESTADUAL DELMO FERREIRA DA SILVA 0034 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0035 ESCOLA ESTADUAL DELMO FERREIRA DA SILVA 0036 ESCOLA ESTADUAL DELMO FERREIRA DA SILVA 0037 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0038 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0039 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0041 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0042 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0043 GRUPO ESCOLAR D PEDRO I 0044 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0045 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0046 GRUPO GUEDES DE MIRANDA 0047 GRUPO GUEDES DE MIRANDA 0048 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0049 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0050 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0051 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0052 GRUPO GUEDES DE MIRANDA 0053 GRUPO GUEDES DE MIRANDA 0054 GRUPO GUEDES DE MIRANDA 0055 GRUPO GUEDES DE MIRANDA 0056 GRUPO GUEDES DE MIRANDA 0057 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DEP. CECI 0058 GRUPO JOSE PIMENTEL PRADO 0059 GRUPO JOSE PIMENTEL PRADO 0060 GRUPO JOSE PIMENTEL PRADO 0061 GRUPO JOSE PIMENTEL PRADO 0062 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0063 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0064 GRUPO LAMENHA FILHO


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral

7

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0065 GRUPO LAMENHA FILHO 0066 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0067 COLEGIO NOSSA SENHORA DA APRESENTACAO 0068 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DEP. CECI 0069 PÓLO DE ENSINO À DISTÂNCIA DE PORTO CALVO 0070 GRUPO ESCOLAR D PEDRO I 0071 GRUPO ESCOLAR D PEDRO I 0072 GRUPO LAMENHA FILHO 0073 PÓLO DE ENSINO À DISTÂNCIA DE PORTO CALVO 0075 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DEP. CECI 0076 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0077 GRUPO MANOEL FERREIRA DE BARROS 0078 GRUPO MANOEL FERREIRA DE BARROS 0079 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0080 GRUPO MANOEL FERREIRA DE BARROS 0081 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DEP. CECI 0084 PÓLO DE ENSINO À DISTÂNCIA DE PORTO CALVO 0085 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DEP. CECI 0086 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DEP. CECI 0087 GRUPO ESCOLAR D PEDRO I 0089 PÓLO DE ENSINO À DISTÂNCIA DE PORTO CALVO 0090 PÓLO DE ENSINO À DISTÂNCIA DE PORTO CALVO 0091 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0092 GRUPO MANOEL FERREIRA DE BARROS 0093 10ª COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE 0101 CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL MINISTRO RENAN 0102 10ª COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE 0103 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DEP. CECI 0105 10ª COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE 0106 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0107 ESC. MUN. DE ENS. FUND. DOMINGOS F. CALABAR 0108 ESCOLA MÁRIO ACIOLY WANDERLEY 0109 ESC. MUN. DE ENS. FUND. DOMINGOS F. CALABAR 0110 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PEDRO SURUAGY

15ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 GRAU MAJOR 0001 GRUPO ESCOLAR CONEGO AMANDO DE GUSMAO 0002 GRUPO ESCOLAR CONEGO AMANDO DE GUSMAO 0003 GRUPO ESCOLAR CONEGO AMANDO DE GUSMAO 0004 GRUPO ESCOLAR CONEGO AMANDO DE GUSMAO 0005 GRUPO ESCOLAR CONEGO AMANDO DE GUSMAO 0006 GRUPO ESCOLAR CONEGO AMANDO DE GUSMAO 0007 COLEGIO CLOTILDE OITICICA 0008 COLEGIO CLOTILDE OITICICA 0009 COLEGIO CLOTILDE OITICICA 0010 COLEGIO CLOTILDE OITICICA 0011 ESCOLA PADRE CICERO 0012 GRUPO ESCOLAR FRANCISCO LEAO 0013 GRUPO ESCOLAR FRANCISCO LEAO 0014 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0015 ESCOLA DE 1 GRAU ESMERALDA FIGUEIREDO 0016 ESCOLA DE 1 GRAU ESMERALDA FIGUEIREDO 0017 GRUPO ESCOLAR MANOEL SOARES DE SOUZA 0018 GRUPO ESCOLAR MANOEL SOARES DE SOUZA 0019 GRUPO ESCOLAR MANOEL SOARES DE SOUZA 0020 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR POMPEU SARMENTO 0021 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0022 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0023 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0024 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0025 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0026 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0027 GRUPO ESCOLAR FRANCISCO LEAO 0028 GRUPO ESCOLAR FRANCISCO LEAO 0029 GRUPO ESCOLAR DE I E II GRAUS FERNANDINA MALTA 0030 GRUPO ESCOLAR DE I E II GRAUS FERNANDINA MALTA 0031 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR POMPEU SARMENTO 0032 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR POMPEU SARMENTO 0033 GRUPO ESCOLAR DR. GASTAO OITICICA 0034 GRUPO ESCOLAR DR. GASTAO OITICICA 0035 ESCOLA PADRE CICERO 0036 ESCOLA PADRE CICERO 0037 ESCOLA PADRE CICERO 0038 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR POMPEU SARMENTO 0039 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0040 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0041 GRUPO ESCOLAR MARECHAL DEODORO DA FONSECA 0042 GRUPO ESCOLAR MARECHAL DEODORO DA FONSECA 0043 GRUPO ESCOLAR MARECHAL DEODORO DA FONSECA 0044 GRUPO ESCOLAR ODILO ALVARES DE SOUZA 0045 GRUPO ESCOLAR ODILO ALVARES DE SOUZA 0046 GRUPO ESCOLAR ODILO ALVARES DE SOUZA 0047 GRUPO ESCOLAR ODILO ALVARES DE SOUZA 0048 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0049 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0050 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0051 GRUPO ESCOLAR EVANDRA CARNEIRO VASCONCELOS 0052 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0053 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0054 GRUPO ESCOLAR OZORIO MOURA DE LIMA 0055 GRUPO ESCOLAR OZORIO MOURA DE LIMA 0056 GRUPO ESCOLAR DALMARIO DE SOUZA 0057 GRUPO ESCOLAR DALMARIO DE SOUZA 0058 GRUPO ESCOLAR DALMARIO DE SOUZA 0059 GRUPO ESCOLAR DALMARIO DE SOUZA 0060 ESCOLA DR. GUSTAVO PAIVA 0061 ESCOLA DR. GUSTAVO PAIVA 0062 ESCOLA DR. GUSTAVO PAIVA 0063 ESCOLA DR. GUSTAVO PAIVA 0064 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0065 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0066 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0067 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO

0068 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0069 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0070 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0071 GRUPO ESCOLAR DE I E II GRAUS FERNANDINA MALTA 0072 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0073 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0074 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0075 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0076 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0077 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0078 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0079 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0080 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0081 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0082 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0083 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0084 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0085 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0086 GRUPO ESCOLAR MANOEL GENTIL DO VALLE BENTES 0087 GRUPO ESCOLAR MANOEL GENTIL DO VALLE BENTES 0088 GRUPO ESCOLAR MANOEL GENTIL DO VALLE BENTES 0089 GRUPO ESCOLAR MANOEL GENTIL DO VALLE BENTES 0090 GRUPO ESCOLAR MANOEL GENTIL DO VALLE BENTES 0091 GRUPO ESCOLAR MANOEL GENTIL DO VALLE BENTES 0092 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0093 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0094 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0095 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0096 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0097 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0098 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0099 ESCOLA HIGIA RAMALHO DE CARVALHO VASCONCELOS 0100 ESCOLA HIGIA RAMALHO DE CARVALHO VASCONCELOS 0101 GRUPO ESCOLAR DR. GASTAO OITICICA 0102 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0103 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PAULO 0104 ESCOLA DR. GUSTAVO PAIVA 0105 GRUPO ESCOLAR RURAL TABULEIRO DO PINTO 0106 GRUPO ESCOLAR IOLANDA ROMEIRO 0107 ESCOLA HIGIA RAMALHO DE CARVALHO VASCONCELOS 0108 JARDIM INFANTIL ARISTEU LOPES 0109 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PAULO 0110 GRUPO ESCOLAR MANOEL SOARES DE SOUZA 0111 GRUPO ESCOLAR MARECHAL DEODORO DA FONSECA 0112 GRUPO ESCOLAR DERALDO CAMPOS 0113 GRUPO ESCOLAR RURAL TABULEIRO DO PINTO 0114 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0115 GRUPO ESCOLAR IOLANDA ROMEIRO 0116 JARDIM INFANTIL ARISTEU LOPES 0117 GRUPO ESCOLAR RUBENS CANUTO 0118 JARDIM INFANTIL ARISTEU LOPES 0119 JARDIM INFANTIL ARISTEU LOPES 0122 ESCOLA DR. GUSTAVO PAIVA 0123 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0124 GRUPO ESCOLAR DR. GASTAO OITICICA 0125 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0126 GRUPO ESCOLAR DR. GASTAO OITICICA 0127 GRUPO ESCOLAR DERALDO CAMPOS 0128 GRUPO ESCOLAR RUBENS CANUTO 0129 COLEGIO CLOTILDE OITICICA 0130 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0131 ESCOLA DE 1 GRAU REUNIDA 0132 GRUPO ESCOLAR MANOEL SOARES DE SOUZA 0133 GINASIO MUNICIPAL JUDITH PAIVA 0134 GRUPO ESCOLAR IOLANDA ROMEIRO 0135 GRUPO ESCOLAR IOLANDA ROMEIRO 0136 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0137 GRUPO ESCOLAR RUBENS CANUTO 0138 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PAULO 0139 GRUPO ESCOLAR OZORIO MOURA DE LIMA 0140 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0141 ESCOLA PADRE CICERO 0142 ESCOLA PADRE CICERO 0143 GRUPO ESCOLAR FRANCISCO LEAO 0144 GRUPO ESCOLAR RURAL TABULEIRO DO PINTO 0145 GRUPO ESCOLAR FRANCISCO LEAO 0146 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PAULO 0147 ESCOLA DE 1 GRAU ESMERALDA FIGUEIREDO 0148 GRUPO ESCOLAR DALMARIO DE SOUZA 0150 GRUPO ESCOLAR RURAL TABULEIRO DO PINTO 0151 POSTO DE SAUDE JERONIMO DE BARROS 0154 ESCOLA PADRE CICERO 0156 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PAULO 0158 GRUPO ESCOLAR RURAL TABULEIRO DO PINTO 0160 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0163 ESCOLA DE 1 GRAU ESMERALDA FIGUEIREDO 0164 GRUPO ESCOLAR IOLANDA ROMEIRO 0165 GRUPO ESCOLAR MANOEL SOARES DE SOUZA 0166 GRUPO ESCOLAR DE I E II GRAUS FERNANDINA MALTA 0167 POSTO DE SAUDE JERONIMO DE BARROS 0168 GRUPO ESCOLAR MACHADO DE ASSIS 0169 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0171 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0172 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0173 ESCOLA DE 1 GRAU ESMERALDA FIGUEIREDO 0174 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0175 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR POMPEU SARMENTO 0176 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0177 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0178 GRUPO ESCOLAR MACHADO DE ASSIS 0179 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0180 GRUPO ESCOLAR OZORIO MOURA DE LIMA 0181 COMPLEXO EDUCACIONAL TABULEIRO DO PINTO 0182 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSEFA SILVA COSTA 0183 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0184 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0185 ESCOLA DE 1 GRAU ESMERALDA FIGUEIREDO

0186 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCACAO INFANTIL PROF JOSE 0187 ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT 0188 GRUPO ESCOLAR DE I E II GRAUS FERNANDINA MALTA 0189 GRUPO ESCOLAR MACHADO DE ASSIS 0190 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0191 GRUPO ESCOLAR DR. GASTAO OITICICA 0192 ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT 0193 GRUPO ESCOLAR RUBENS CANUTO 0194 ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT 0195 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0196 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0197 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA 0198 ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT 0199 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0200 GRUPO ESCOLAR MACHADO DE ASSIS 0201 GRUPO ESCOLAR RUBENS CANUTO 0202 COMPLEXO ESTADUAL PROFA CLAUDIZETE LIMA 0203 ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT 0204 GRUPO ESCOLAR OZORIO MOURA DE LIMA 0205 ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT 0206 ESCOLA ESTADUAL SANTOS DUMONT 0207 ESCOLA DR. SIDRONIO AUGUSTO DE SANTA MARIA

16ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR AFRANIO LAGES 0002 GRUPO ESCOLAR AFRANIO LAGES 0003 GRUPO MARLI FARIAS LESSA 0004 GRUPO MARLI FARIAS LESSA 0005 EXTENSÃO DO COLÉGIO AFRÂNIO LAGES 0006 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL JOAO FRANCISCO DE 0007 EXTENSÃO DO COLÉGIO AFRÂNIO LAGES 0008 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL JOAO FRANCISCO DE 0009 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL JOAO FRANCISCO DE 0010 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL JOAO FRANCISCO DE 0011 ESCOLA DE 1 GRAU MONSENHOR LUIZ CARLOS 0012 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0013 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0014 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0015 ESCOLA DE 1 GRAU MONSENHOR LUIZ CARLOS 0016 ESCOLA DE 1 GRAU MONSENHOR LUIZ CARLOS 0017 EXTENSÃO DO COLÉGIO AFRÂNIO LAGES 0018 GRUPO ESCOLAR AFRANIO LAGES 0019 EXTENSÃO DO COLÉGIO AFRÂNIO LAGES 0020 ESCOLA DE 1 GRAU MONSENHOR LUIZ CARLOS 0021 ESCOLA DE 1 GRAU MONSENHOR LUIZ CARLOS 0022 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0023 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0024 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0025 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0026 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL BENICIO BARBOSA 0028 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL BENICIO BARBOSA 0031 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0032 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL PRESIDENTE MEDICI 0033 ESCOLA ESTADUAL PADRE TEOFANES AUGUSTO DE 0034 ESCOLA ESTADUAL PADRE TEOFANES AUGUSTO DE 0035 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0036 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0037 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0038 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0039 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL PRESIDENTE MEDICI 0040 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL PRESIDENTE MEDICI 0041 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL VANDA PAIVA 0042 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL VANDA PAIVA 0043 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0044 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL VANDA PAIVA 0046 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL BENICIO BARBOSA 0047 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0048 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0049 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0050 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0051 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL PRESIDENTE MEDICI 0052 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0053 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL PRESIDENTE MEDICI 0055 GRUPO MARLI FARIAS LESSA 0056 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL JOAO FRANCISCO DE 0057 ESCOLA DE 1 GRAU MONSENHOR LUIZ CARLOS 0059 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0060 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0061 ESCOLA ESTADUAL PADRE TEOFANES AUGUSTO DE 0062 CENTRO EDUCACIONAL MARIA DE LOURDES ROCHA 0063 EXTENSÃO DO COLÉGIO AFRÂNIO LAGES 0064 GRUPO MARLI FARIAS LESSA 0065 GRUPO ESCOLAR AFRANIO LAGES 0066 GRUPO MARLI FARIAS LESSA 0067 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL PRESIDENTE MEDICI 0068 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0069 GRUPO ESCOLAR CARLOS LYRA 0070 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL VANDA PAIVA 0071 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL BENICIO BARBOSA 0072 GRUPO ESCOLAR AFRANIO LAGES 0074 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL PRESIDENTE MEDICI 0075 ESCOLA ESTADUAL PADRE TEOFANES AUGUSTO DE 0078 ESCOLA ESTADUAL PADRE TEOFANES AUGUSTO DE 0079 ESCOLA ESTADUAL PADRE TEOFANES AUGUSTO DE 0080 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL BENICIO BARBOSA 0081 ESCOLA ESTADUAL PADRE TEOFANES AUGUSTO DE 0082 EXTENSÃO DO COLÉGIO AFRÂNIO LAGES 0083 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL BENICIO BARBOSA

17ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO MUNICIPAL PREFEITO ROGERIO FARIAS (ILHA)

0002 ESCOLA ESTADUAL SEBASTIAO FELISBERTO DE 0003 ESCOLA ESTADUAL SEBASTIAO FELISBERTO DE 0004 GRUPO MUNICIPAL PREFEITO ROGERIO FARIAS (ILHA) 0005 GRUPO MUNICIPAL PREFEITO ROGERIO FARIAS (ILHA) 0006 GRUPO MUNICIPAL PREFEITO ROGERIO FARIAS (ILHA) 0007 ESCOLA ESTADUAL SEBASTIAO FELISBERTO DE 0009 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0010 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0011 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU D. PEDRO I 0012 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU D. PEDRO I 0013 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU D. PEDRO I 0014 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU D. PEDRO I 0015 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0016 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0017 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0018 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0039 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0040 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0041 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0042 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0043 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0044 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0045 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0046 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0047 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0048 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0049 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0050 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0051 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0052 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0053 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0054 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0055 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0056 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0057 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0058 ESCOLA MONTEIRO LOBATO 0059 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0060 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0061 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0062 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0063 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0064 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0065 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0066 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0067 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0068 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0069 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0070 ESCOLA ESTADUAL SEBASTIAO FELISBERTO DE 0071 GRUPO MUNICIPAL PREFEITO ROGERIO FARIAS (ILHA) 0072 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0073 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU DR. PEDRO ADOLFO 0074 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0076 GRUPO MUNICIPAL PREFEITO ROGERIO FARIAS (ILHA) 0077 GRUPO ESCOLAR MANOEL MONTEIRO DE CARVALHO 0078 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU DR. PEDRO ADOLFO 0082 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0083 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0084 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0085 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0086 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0087 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0088 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0089 GRUPO ESCOLAR MANOEL MONTEIRO DE CARVALHO 0090 GRUPO ESCOLAR MANOEL MONTEIRO DE CARVALHO 0091 GRUPO ESCOLAR MANOEL MONTEIRO DE CARVALHO 0092 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0093 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU DR. PEDRO ADOLFO 0094 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU DR. PEDRO ADOLFO 0095 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU DR. PEDRO ADOLFO 0101 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0102 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0103 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0104 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0105 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0106 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0107 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0108 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0109 ESCOLA PROFESSORA MARIA DO CARMO DE MORAES 0110 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0111 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0118 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0119 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU DR. PEDRO ADOLFO 0120 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU DR. PEDRO ADOLFO 0122 GRUPO ESCOLAR MANOEL MONTEIRO DE CARVALHO 0123 GRUPO MUNICIPAL PREFEITO ROGERIO FARIAS (ILHA) 0125 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0126 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0127 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0128 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0129 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0130 GRUPO ESTADUAL PROFA MARIA MARGARIDA DA SILVA 0131 GRUPO ESCOLAR MANOEL MONTEIRO DE CARVALHO 0132 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU D. PEDRO I 0133 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS 0137 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0138 ADERVAN VERÇOZA E SILVA 0139 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0140 ESCOLA ESTADUAL SEBASTIAO FELISBERTO DE 0141 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0142 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0143 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0144 GRUPO ESCOLAR MANOEL MONTEIRO DE CARVALHO 0145 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU D. PEDRO I 0146 GRUPO ESCOLAR MAJOR NELSON AUGUSTO DO 0147 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0148 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0149 ESCOLA ESTADUAL SEBASTIAO FELISBERTO DE


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 8

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br

0150 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO SARMENTO 0151 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0152 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0153 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0154 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0155 QUADRA POLI-ESPORTIVA 0156 ESCOLA MUNICIPAL PAULO CÉSAR FARIAS 0157 GRUPO ESCOLAR JULIETA RAMOS

18ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR MISAEL GONCALVES 0002 GRUPO ESCOLAR MISAEL GONCALVES 0003 GRUPO ESCOLAR MISAEL GONCALVES 0004 GRUPO ESCOLAR MISAEL GONCALVES 0005 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0006 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0007 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0008 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0009 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0070 ESCOLA DE 1º GRAU FRANCISCO SEBASTIAO SOARES 0071 ESCOLA DE 1º GRAU FRANCISCO SEBASTIAO SOARES 0072 ESCOLA DE 1º GRAU FRANCISCO SEBASTIAO SOARES 0073 ESCOLA JOAO SORIANO BOMFIM 0074 ESCOLA JOAO SORIANO BOMFIM 0075 ESCOLA JOAO SORIANO BOMFIM 0076 ESCOLA JOAO SORIANO BOMFIM 0078 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS IMACULADA CONCEICAO 0080 COLÉGIO MUNICIPAL ESTHER SOARES TORRES 0082 ESCOLA DE 1 GRAU TARCISIO SOARES PALMEIRA 0084 ESCOLA ANA LINS 0085 ESCOLA ANA LINS 0086 ESCOLA ANA LINS 0087 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NUNILA MACHADO 0088 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS IMACULADA CONCEICAO 0089 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NUNILA MACHADO 0090 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NUNILA MACHADO 0091 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS IMACULADA CONCEICAO 0092 COLÉGIO MUNICIPAL ESTHER SOARES TORRES 0093 ESCOLA ANA LINS 0094 ESCOLA ANA LINS 0095 ESCOLA ANA LINS 0096 ESCOLA ANA LINS 0097 ESCOLA ANA LINS 0098 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA 0100 ESCOLA DE 1 GRAU TARCISIO SOARES PALMEIRA 0101 ESCOLA DE 1 GRAU TARCISIO SOARES PALMEIRA 0102 ESCOLA DE 1 GRAU TARCISIO SOARES PALMEIRA 0103 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS IMACULADA CONCEICAO 0104 ESCOLA DE 1º GRAU JOSE CURSINO 0105 GRUPO ESCOLAR JOSE CALAZANS DE MEDEIROS 0106 GRUPO ESCOLAR JOSE CALAZANS DE MEDEIROS 0107 GRUPO ESCOLAR NOEMIA BASTOS 0108 GRUPO ESCOLAR NOEMIA BASTOS 0109 GRUPO ESCOLAR NOEMIA BASTOS 0110 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0111 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0112 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0113 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0114 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0115 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0116 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0117 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0118 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0119 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0120 GRUPO ESCOLAR VISCONDE DE SINIMBU 0121 GRUPO ESCOLAR VISCONDE DE SINIMBU 0122 GRUPO ESCOLAR VISCONDE DE SINIMBU 0123 GRUPO ESCOLAR VISCONDE DE SINIMBU 0124 GRUPO ESCOLAR VISCONDE DE SINIMBU 0125 GRUPO ESCOLAR VISCONDE DE SINIMBU 0126 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS IMACULADA CONCEICAO 0128 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA 0129 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NUNILA MACHADO 0130 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NUNILA MACHADO 0131 ESCOLA DE 1 GRAU DIONISIA APRATTO 0132 SESI 0133 SESI 0134 SESI 0135 SESI 0137 COLÉGIO MUNICIPAL ESTHER SOARES TORRES 0138 ESCOLA DE 1º GRAU FRANCISCO SEBASTIAO SOARES 0139 COLÉGIO MUNICIPAL ESTHER SOARES TORRES 0140 ESCOLA MARIA ROSA 0144 ESCOLA MARIA ROSA 0145 GRUPO ESCOLAR NOEMIA BASTOS 0147 ESCOLA JOAO SORIANO BOMFIM 0148 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA 0149 SESI 0150 ESCOLA MARIA ROSA 0151 ESCOLA MARIA ROSA 0152 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0153 GRUPO ESCOLAR RUI PALMEIRA 0155 COLÉGIO MUNICIPAL ESTHER SOARES TORRES 0156 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NUNILA MACHADO 0157 SESI 0158 ESCOLA MARIA ROSA 0159 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA INEIDE NOGUEIRA 0160 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA INEIDE NOGUEIRA 0161 ESCOLA DE 1 GRAU DIONISIA APRATTO 0162 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MARIO SOARES PALMEIRA 0163 ESCOLA DE 1 GRAU DIONISIA APRATTO 0164 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA INEIDE NOGUEIRA 0165 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA INEIDE NOGUEIRA 0167 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MARIO SOARES PALMEIRA

0170 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MARIO SOARES PALMEIRA 0171 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0172 ESCOLA DE 1 GRAU DIONISIA APRATTO 0173 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA INEIDE NOGUEIRA 0174 ESCOLA DE 1 GRAU DIONISIA APRATTO 0175 ESCOLA DE 1º GRAU FRANCISCO SEBASTIAO SOARES 0176 ESCOLINHA CAMINHO DA VIDA 0177 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOSE FERNANDO LIMA SOUZA 0178 ESCOLA DE 1 GRAU DIONISIA APRATTO 0185 ESCOLA DE 1º GRAU JOSE CURSINO 0186 ESCOLA DE 1º GRAU JOSE CURSINO 0187 ESCOLA DE 1º GRAU JOSE CURSINO 0188 ESCOLA DE 1º GRAU JOSE CURSINO 0189 GRUPO ESCOLAR JOSE CALAZANS DE MEDEIROS 0190 GRUPO ESCOLAR JOSE CALAZANS DE MEDEIROS 0191 GRUPO ESCOLAR JOSE CALAZANS DE MEDEIROS 0192 GRUPO ESCOLAR JOSE CALAZANS DE MEDEIROS 0194 GRUPO ESCOLAR JOSE CALAZANS DE MEDEIROS 0195 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DE SAO MIGUEL DOS 0196 ESCOLINHA CAMINHO DA VIDA 0199 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NUNILA MACHADO 0200 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DE SAO MIGUEL DOS 0203 ESCOLA DE 1 GRAU DIONISIA APRATTO 0205 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0206 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0207 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0208 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0209 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0210 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0211 ESCOLA MARIA ROSA 0212 GRUPO ESCOLAR NOEMIA BASTOS 0213 ESCOLA MARIA ROSA 0214 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOSE FERNANDO LIMA SOUZA 0215 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOSE FERNANDO LIMA SOUZA 0216 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0217 GRUPO ESCOLAR MISAEL GONCALVES 0218 ESCOLA DE 1º GRAU JOSE CURSINO 0219 ESCOLINHA CAMINHO DA VIDA 0220 GRUPO ESCOLAR MISAEL GONCALVES 0221 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DE SAO MIGUEL DOS 0222 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA 0223 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DE SAO MIGUEL DOS 0224 GRUPO ESCOLAR PROFESSORA MEDEA CAVALCANTE 0225 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOSE FERNANDO LIMA SOUZA 0226 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DE SAO MIGUEL DOS 0227 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MARIO SOARES PALMEIRA 0228 ESCOLINHA CAMINHO DA VIDA 0229 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DE SAO MIGUEL DOS 0230 GRUPO ESCOLAR MARIA LOPES BERTOLDO 0231 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOSE FERNANDO LIMA SOUZA 0232 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA 0233 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOSE FERNANDO LIMA SOUZA 0234 ESCOLA MARIA ROSA 0235 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA INEIDE NOGUEIRA 0236 ESCOLA ANA LINS 0237 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA 0238 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA 0239 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOSE FERNANDO LIMA SOUZA 0240 GRUPO ESCOLAR MISAEL GONCALVES 0241 COLEGIO MUNICIPAL LUZINETE E LINDALVA JATOBA

19ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0028 GRUPO ESCOLAR ADEILDO NEPOMUCENO MARQUES 0029 GRUPO ESCOLAR ADEILDO NEPOMUCENO MARQUES 0030 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0032 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0034 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0035 GRUPO ESCOLAR DES. AUGUSTO COSTA 0036 GRUPO ESCOLAR DES. AUGUSTO COSTA 0037 GRUPO ESCOLAR DES. AUGUSTO COSTA 0038 GRUPO ESCOLAR DES. AUGUSTO COSTA 0039 PREFEITURA MUNICIPAL 0040 PREFEITURA MUNICIPAL 0041 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0042 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 0043 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 0044 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0045 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0046 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0047 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0088 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0089 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0090 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0091 COLÉGIO MUNICIPAL SANTA SOFIA 0092 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0093 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0094 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0095 COLÉGIO MUNICIPAL SÃO CRISTÓVÃO 0096 COLÉGIO MUNICIPAL SÃO CRISTÓVÃO 0097 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0098 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0099 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0100 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0101 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0102 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0103 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0104 GRUPO ESCOLAR HELENA BRAGA DAS CHAGAS 0105 GRUPO ESCOLAR ORMINDO BARROS 0106 GRUPO ESCOLAR HELENA BRAGA DAS CHAGAS 0107 GRUPO ESCOLAR ORMINDO BARROS 0108 GRUPO ESCOLAR ORMINDO BARROS 0109 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0110 GRUPO ESCOLAR PADRE FRANCISCO CORREIA 0111 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA

0112 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0113 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0114 GRUPO ESCOLAR PADRE FRANCISCO CORREIA 0115 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0116 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0117 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0118 GRUPO ESCOLAR ORMINDO BARROS 0119 GRUPO ESCOLAR PADRE FRANCISCO CORREIA 0120 GRUPO ESCOLAR PADRE FRANCISCO CORREIA 0121 GRUPO ESCOLAR PADRE FRANCISCO CORREIA 0122 GRUPO ESCOLAR PADRE FRANCISCO CORREIA 0123 GRUPO ESCOLAR ORMINDO BARROS 0124 GRUPO ESCOLAR ORMINDO BARROS 0125 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0126 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0127 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 0128 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 0129 GRUPO ESCOLAR HELENA BRAGA DAS CHAGAS 0130 GRUPO ESCOLAR HELENA BRAGA DAS CHAGAS 0131 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0132 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0133 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DO SERTÃO - ESSER 0134 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DO SERTÃO - ESSER 0135 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU MARIA NEPOMUCENO 0136 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU MARIA NEPOMUCENO 0137 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU MARIA NEPOMUCENO 0146 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 0148 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0149 GRUPO ESCOLAR ORMINDO BARROS 0150 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0151 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0153 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0154 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU MARIA NEPOMUCENO 0161 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0162 CÂMARA MUNICIPAL DE OLIVENÇA 0167 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0168 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DO SERTÃO - ESSER 0169 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DO SERTÃO - ESSER 0174 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0176 CÂMARA MUNICIPAL DE OLIVENÇA 0179 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0180 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU MARIA NEPOMUCENO 0181 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU MARIA NEPOMUCENO 0182 ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR DO SERTÃO - ESSER 0185 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO CARMO 0186 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0187 COLÉGIO MUNICIPAL SANTA SOFIA 0189 COLÉGIO MUNICIPAL SANTA SOFIA 0199 COLÉGIO MUNICIPAL SANTA SOFIA 0202 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0205 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0206 GRUPO ESCOLAR DES. AUGUSTO COSTA 0207 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0208 PREFEITURA MUNICIPAL 0210 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0212 GRUPO ESCOLAR PADRE FRANCISCO CORREIA 0213 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 0214 COLÉGIO MUNICIPAL SANTA SOFIA 0215 COLÉGIO MUNICIPAL SANTA SOFIA 0216 COLÉGIO CENECISTA GINÁSIO SANTANA 0217 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0218 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0220 COLÉGIO SAGRADA FAMÍLIA 0221 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0222 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0224 COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR MILENO F. DA SILVA 0225 COLÉGIO MUNICIPAL SÃO CRISTÓVÃO 0226 COLÉGIO MUNICIPAL SÃO CRISTÓVÃO 0227 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0228 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0229 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0230 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0231 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0232 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0233 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0234 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0235 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0236 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS 0237 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA LAURA MARIA CHAGAS

20ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0041 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0042 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0043 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0044 GRUPO ESCOLAR ARTUR OLIMPIO DOS SANTOS 0045 GRUPO ESCOLAR ARTUR OLIMPIO DOS SANTOS 0046 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL AGAPITO RODRIGUES DE 0047 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL AGAPITO RODRIGUES DE 0048 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0049 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0050 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0051 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL AGAPITO RODRIGUES DE 0052 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL AGAPITO RODRIGUES DE 0053 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0054 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0055 EMATER 0056 EMATER 0057 EMATER 0058 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0059 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0060 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0061 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0062 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0063 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS

0064 ESCOLA ESTADUAL MORENO BRANDAO 0065 ESCOLA ESTADUAL MORENO BRANDAO 0066 GRUPO ESCOLAR NOSSA SENHORA DA CONCEICAO 0067 GRUPO ESCOLAR NOSSA SENHORA DA CONCEICAO 0068 ESCOLA ESTADUAL MORENO BRANDAO 0069 ESCOLA ESTADUAL MORENO BRANDAO 0071 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0072 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0073 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0074 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0075 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0076 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL AGAPITO RODRIGUES DE 0077 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0079 EMATER 0080 ESCOLA ESTADUAL MORENO BRANDAO 0081 EMATER 0082 GRUPO ESCOLAR ESTADUAL PROFESSORA MARIA 0083 GRUPO ESCOLAR ARTUR OLIMPIO DOS SANTOS 0084 ESCOLA ESTADUAL MORENO BRANDAO 0086 ESCOLA MUNICIPAL DE MUSICA PEDRO BASILIO DOS 0087 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE JOSE BATISTA 0088 MERCADO PÚBLICO MUNICIPAL 0089 SECRETARIA MUNICIPAL DE VIACAO, OBRAS E 0090 GRUPO ESCOLAR NOSSA SENHORA DA CONCEICAO 0091 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PADRE JOSE BATISTA 0092 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 GRAU FRANCISCO MANGABEIRA 0093 GRUPO ESCOLAR ARTUR OLIMPIO DOS SANTOS 0094 SECRETARIA MUNICIPAL DE VIACAO, OBRAS E 0095 ESCOLA MUNICIPAL DE MUSICA PEDRO BASILIO DOS 0096 MERCADO PÚBLICO MUNICIPAL 0097 MERCADO PÚBLICO MUNICIPAL 0098 MERCADO PÚBLICO MUNICIPAL 0099 MERCADO PÚBLICO MUNICIPAL

21ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0002 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL O 0003 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL O 0005 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE MATOS 0011 CLUBE SANTANENSE DE ATLETISMO 0013 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE MATOS 0015 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE MATOS 0017 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE MATOS 0018 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE MATOS 0019 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL O 0020 CLUBE SANTANENSE DE ATLETISMO 0021 CLUBE SANTANENSE DE ATLETISMO 0023 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0024 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0025 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0026 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0027 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0028 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0029 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0030 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0031 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0032 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0033 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0034 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0035 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0036 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0037 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0038 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0039 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0040 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0041 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0042 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0043 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0044 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0045 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0046 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0047 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0048 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0049 COLEGIO SANTA MARIA MADALENA 0050 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0051 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0052 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0053 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0054 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0055 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0056 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0057 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0058 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0059 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0060 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0061 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0062 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0063 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0064 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0065 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0066 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0067 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0068 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FILOMENA MEDEIROS 0069 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0070 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FILOMENA MEDEIROS 0071 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0072 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0073 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0074 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral

9

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0075 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS 0076 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS 0077 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS 0078 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0079 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0080 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0081 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0082 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0083 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0085 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0086 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0089 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0091 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0093 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0094 COLEGIO DR. MARIO GOMES DE BARROS 0095 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0096 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0097 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0098 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0099 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0100 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0101 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0102 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0103 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MONSENHOR 0104 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0105 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL O 0106 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MONSENHOR 0108 CLUBE SANTANENSE DE ATLETISMO 0109 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0110 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0111 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS 0112 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS 0113 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS 0114 EDUCANDARIO OLIMPYA AUGUSTA DOS SANTOS 0119 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MONSENHOR 0120 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0121 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0122 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0123 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0125 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0126 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0127 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0128 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0129 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MONSENHOR 0130 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0131 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0133 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0134 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0135 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0136 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0138 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0139 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0140 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0141 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FILOMENA MEDEIROS 0142 ESCOLA ESTADUAL ROCHA CAVALCANTE 0143 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FILOMENA MEDEIROS 0144 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0145 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0146 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0147 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE MATOS 0148 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0149 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0150 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0151 ESCOLA DE 1 GRAU SALOME DA ROCHA BARROS 0152 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL FILOMENA MEDEIROS 0162 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0164 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MONSENHOR 0167 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0168 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MONSENHOR 0169 CLUBE SANTANENSE DE ATLETISMO 0170 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0171 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0172 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0173 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0174 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA 0175 ESCOLA ESTADUAL PAULO SARMENTO 0176 COLEGIO JOSE CORREIA VIANA

22ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0028 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0031 ESCOLA PROFESSORA IZAURA ANTÔNIA LISBOA 0032 ESCOLA DE 1 GRAU ARTUR RAMOS 0033 ESCOLA DE 1 GRAU ARTUR RAMOS 0034 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0035 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0036 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0037 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0038 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0039 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0040 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0041 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0042 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0043 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0044 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0045 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA

0046 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0047 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0048 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0049 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0050 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0051 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0052 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0053 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0054 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0055 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0056 ESCOLA ALTERNATIVA 0057 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR JAYME DE ALTAVILLA 0058 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR JAYME DE ALTAVILLA 0059 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR JAYME DE ALTAVILLA 0060 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR JAYME DE ALTAVILLA 0061 ESCOLA ROTARY 0062 ESCOLA ROTARY 0063 ESCOLA ROTARY 0064 ESCOLA ROTARY 0065 GRUPO ESCOLAR 30 DE OUTUBRO 0066 GRUPO ESCOLAR 30 DE OUTUBRO 0067 GRUPO ESCOLAR 30 DE OUTUBRO 0068 GRUPO ESCOLAR 30 DE OUTUBRO 0117 GRUPO ESCOLAR PEDRO CORREIA DAS GRAÇAS 0118 GRUPO ESCOLAR PEDRO CORREIA DAS GRAÇAS 0119 GRUPO ESCOLAR PEDRO CORREIA DAS GRAÇAS 0120 GRUPO ESCOLAR PEDRO CORREIA DAS GRAÇAS 0136 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0137 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0138 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0139 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0140 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0141 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0142 GRUPO ESCOLAR JOÃO BATISTA PEREIRA 0143 GRUPO ESCOLAR JOÃO BATISTA PEREIRA 0144 GRUPO ESCOLAR JOÃO BATISTA PEREIRA 0145 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0146 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0147 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0148 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0149 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0150 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0151 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0152 GRUPO ESCOLAR CÔNEGO EPITÁCIO RODRIGUES 0153 GRUPO ESCOLAR CÔNEGO EPITÁCIO RODRIGUES 0154 GRUPO ESCOLAR CÔNEGO EPITÁCIO RODRIGUES 0155 GRUPO ESCOLAR CÔNEGO EPITÁCIO RODRIGUES 0156 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CEZÁRIO DE OLIVEIRA 0157 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CEZÁRIO DE OLIVEIRA 0158 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CEZÁRIO DE OLIVEIRA 0159 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CEZÁRIO DE OLIVEIRA 0160 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CEZÁRIO DE OLIVEIRA 0161 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CEZÁRIO DE OLIVEIRA 0162 ESCOLAR ANA BERNARDES SILVEIRA 0163 ESCOLAR ANA BERNARDES SILVEIRA 0164 ESCOLAR ANA BERNARDES SILVEIRA 0165 ESCOLA DE 1 GRAU LÚCIO GOMES 0166 ESCOLA DE 1 GRAU LÚCIO GOMES 0167 ESCOLA DE 1 GRAU LÚCIO GOMES 0168 ESCOLA DE 1 GRAU LÚCIO GOMES 0177 ESCOLA PROFESSOR DERALDO CAMPOS 0178 ESCOLA PROFESSOR DERALDO CAMPOS 0179 ESCOLA PROFESSOR DERALDO CAMPOS 0180 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0181 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0182 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0183 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0184 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0185 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0187 GRUPO ESCOLAR GERMINO PEDRO DOS SANTOS 0188 GRUPO ESCOLAR GERMINO PEDRO DOS SANTOS 0189 GRUPO ESCOLAR GERMINO PEDRO DOS SANTOS 0243 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0244 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0245 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0246 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0247 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0248 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0249 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0250 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0251 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0252 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0253 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0254 ESCOLA ANA CAROLINA DE QUEIROZ 0255 ESCOLA ANA CAROLINA DE QUEIROZ 0256 ESCOLA ANA CAROLINA DE QUEIROZ 0257 GRUPO ESCOLAR PEDRO RAMOS FRANCISCO 0258 GRUPO ESCOLAR PEDRO RAMOS FRANCISCO 0259 GRUPO ESCOLAR PEDRO RAMOS FRANCISCO 0260 GRUPO ESCOLAR PEDRO RAMOS FRANCISCO 0261 GRUPO ESCOLAR PEDRO RAMOS FRANCISCO 0262 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL NUNES DA SILVA 0263 ESCOLA ANA CAROLINA DE QUEIROZ 0264 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0268 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0271 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO JOSÉ 0272 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO JOSÉ 0273 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO JOSÉ

0274 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0275 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0276 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0277 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0278 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0279 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0280 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0281 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO JOSÉ 0282 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO JOSÉ 0284 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0285 ESCOLA DE 1 GRAU ÁLVARO PAES 0290 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0291 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO JOSÉ 0294 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0295 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0296 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0300 GRUPO ESCOLAR PEDRO CORREIA DAS GRAÇAS 0301 ESCOLAR ANA BERNARDES SILVEIRA 0309 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0310 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0311 GRUPO ESCOLAR PEDRO RAMOS FRANCISCO 0315 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO JOSÉ 0316 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0317 ESCOLA DE 1 GRAU ÁLVARO PAES 0318 ESCOLA DE 1 GRAU ÁLVARO PAES 0332 ESCOLA ANA CAROLINA DE QUEIROZ 0333 ESCOLA ANA CAROLINA DE QUEIROZ 0334 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0335 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0341 ESCOLA PROFESSORA IZAURA ANTÔNIA LISBOA 0342 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0343 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0345 ESCOLA ALTERNATIVA 0347 ESCOLA PROFESSORA IZAURA ANTÔNIA LISBOA 0348 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0351 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0352 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0353 ESCOLA DE 1 GRAU LÚCIO GOMES 0354 ESCOLA PROFESSORA IZAURA ANTÔNIA LISBOA 0359 ESCOLA PROFESSORA IZAURA ANTÔNIA LISBOA 0363 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0364 COLÉGIO SÃO FRANCISCO DE ASSIS 0367 GRUPO ESCOLAR JOÃO BATISTA PEREIRA 0368 ESCOLAR ANA BERNARDES SILVEIRA 0369 ESCOLA DE 1 GRAU LÚCIO GOMES 0371 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0372 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0374 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0376 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0380 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ DE SENA FILHO 0383 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL ANDRÉ 0389 GRUPO ESCOLAR PEDRO CORREIA DAS GRAÇAS 0390 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0395 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0399 GRUPO ESCOLAR PEDRO RAMOS FRANCISCO 0401 ESCOLA PROFESSOR DERALDO CAMPOS 0402 ESCOLA ALTERNATIVA 0405 ESCOLA ALTERNATIVA 0406 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0409 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR JAYME DE ALTAVILLA 0410 GRUPO ESCOLAR GERMINO PEDRO DOS SANTOS 0411 ESCOLA ALTERNATIVA 0414 ESCOLA PROFESSOR DERALDO CAMPOS 0416 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0425 ESCOLA ALTERNATIVA 0426 ESCOLA AURINO MACIEL 0427 ESCOLA PEDRO SURUAGY 0428 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0432 ESCOLA AURINO MACIEL 0433 ESCOLA PEDRO SURUAGY 0434 ESCOLA AURINO MACIEL 0435 ESCOLA AURINO MACIEL 0436 ESCOLA AURINO MACIEL 0437 ESCOLA AURINO MACIEL 0438 ESCOLA PEDRO SURUAGY 0439 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0445 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0446 ESCOLA AURINO MACIEL 0448 ESCOLA AURINO MACIEL 0452 ESCOLA AURINO MACIEL 0453 ESCOLA PEDRO SURUAGY 0455 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0456 ESCOLA ANA CAROLINA DE QUEIROZ 0459 ESCOLA PROFESSORA IZAURA ANTÔNIA LISBOA 0460 ESCOLA ALTERNATIVA 0463 ESCOLA PROFESSORA IZAURA ANTÔNIA LISBOA 0464 ESCOLA DE 1 GRAU FERNANDO COLLOR DE MELLO 0466 ESCOLA LINDAUVA EULÁLIA DE FARIAS 0468 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR JAYME DE ALTAVILLA 0469 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0470 ESCOLA DE 1 GRAU LÚCIO GOMES 0471 ESCOLA DE 1 GRAU ARTUR RAMOS 0472 ESCOLA DE 1 GRAU ARTUR RAMOS 0473 GRUPO ESCOLAR GERMINO PEDRO DOS SANTOS 0475 ESCOLA DE 1 GRAU ÁLVARO PAES 0477 GRUPO ESCOLAR CÔNEGO EPITÁCIO RODRIGUES 0478 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0480 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL GUIMARÃES PASSOS

0481 ESCOLA PEDRO SURUAGY 0482 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0484 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0485 ESCOLA PROFESSOR DERALDO CAMPOS 0486 GRUPO ESCOLAR GERMINO PEDRO DOS SANTOS 0487 ESCOLA ALTERNATIVA 0488 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0489 GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CEZÁRIO DE OLIVEIRA 0490 ESCOLA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 0491 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0492 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL GUIMARÃES PASSOS 0493 ESCOLA CEL. JOSÉ BARROS PAES 0494 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0495 GRUPO ESCOLAR GERMINO PEDRO DOS SANTOS 0496 COLÉGIO QUINTELA CAVALCANTE 0497 ESCOLA ALTERNATIVA 0498 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR JAYME DE ALTAVILLA 0499 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR RUI PALMEIRA 0500 GRUPO ESCOLAR JOSE PEREIRA LÚCIO 0501 ESCOLA AURINO MACIEL 0502 ESCOLA PROFESSOR DERALDO CAMPOS 0503 PRESIDIO DESEMBARGADOR LUIZ DE OLIVEIRA SOUZA

23ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0002 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0003 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0004 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0005 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0006 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0007 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0008 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0009 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0010 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0011 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0012 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0013 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0014 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0015 GRUPO ESCOLAR VEREADOR JOSE MARIA GOMES 0016 GRUPO ESCOLAR VEREADOR JOSE MARIA GOMES 0017 GRUPO ESCOLAR MANOEL TOLEDO COSTA 0018 GRUPO ESCOLAR MANOEL TOLEDO COSTA 0019 GRUPO ESCOLAR MANOEL TOLEDO COSTA 0020 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0021 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0022 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0023 NUCLEO MUNICIPAL PORFÍRIO MOREIRA 0024 NUCLEO MUNICIPAL PORFÍRIO MOREIRA 0025 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0026 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0027 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0028 ESCOLA GERALDO MEDEIROS DE MELO 0029 ESCOLA GERALDO MEDEIROS DE MELO 0030 ESCOLA GERALDO MEDEIROS DE MELO 0031 ESCOLA GERALDO MEDEIROS DE MELO 0032 GRUPO ESCOLAR CICERO CABRAL TOLEDO 0033 GRUPO ESCOLAR CICERO CABRAL TOLEDO 0034 GRUPO ESCOLAR CICERO CABRAL TOLEDO 0035 GRUPO ESCOLAR CICERO CABRAL TOLEDO 0036 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0037 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0038 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0039 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0040 GRUPO ESCOLAR TORQUATO CABRAL 0041 GRUPO ESCOLAR TORQUATO CABRAL 0042 GRUPO ESCOLAR TORQUATO CABRAL 0043 GRUPO ESCOLAR TORQUATO CABRAL 0044 GRUPO ESCOLAR TORQUATO CABRAL 0045 NUCLEO MUNICIPAL PORFÍRIO MOREIRA 0046 ESCOLA GERALDO MEDEIROS DE MELO 0047 ESCOLA GERALDO MEDEIROS DE MELO 0048 GRUPO ESCOLAR CICERO CABRAL TOLEDO 0049 GRUPO ESCOLAR CICERO CABRAL TOLEDO 0050 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0051 NUCLEO MUNICIPAL PORFÍRIO MOREIRA 0052 GRUPO ESCOLAR CICERO CABRAL TOLEDO 0053 GRUPO ESCOLAR VEREADOR JOSE MARIA GOMES 0054 GRUPO ESCOLAR MANOEL TOLEDO COSTA 0055 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0056 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0057 ESCOLA DE 1 GRAU EDITE MACHADO 0058 GRUPO ESCOLAR TORQUATO CABRAL 0059 NUCLEO MUNICIPAL PORFÍRIO MOREIRA 0060 ESCOLA GERALDO MEDEIROS DE MELO 0062 NUCLEO MUNICIPAL PORFÍRIO MOREIRA 0063 GRUPO ESCOLAR VEREADOR JOSE MARIA GOMES 0064 GRUPO ESCOLAR INAURA CASADO COSTA 0065 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0066 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0068 ESCOLA ALTINA TOLEDO 0069 ESCOLA ALTINA TOLEDO 0070 CASINHA DA CRIANCA CAJUEIRENSE 0071 CASINHA DA CRIANCA CAJUEIRENSE 0072 CASINHA DA CRIANCA CAJUEIRENSE 0073 ESCOLA MUNICIPAL CICERO CABRAL TOLEDO


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 10

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br

0074 ESCOLA MUNICIPAL DR. ABDON DE PAULA GOMES 0075 ESCOLA MUNICIPAL CICERO CABRAL TOLEDO 0076 ESCOLA MUNICIPAL DR. ABDON DE PAULA GOMES 0077 ESCOLA MUNICIPAL CICERO CABRAL TOLEDO 0078 ESCOLA MUNICIPAL DR. ABDON DE PAULA GOMES 0079 ESCOLA MUNICIPAL CICERO CABRAL TOLEDO 0080 ESCOLA MUNICIPAL DR. ABDON DE PAULA GOMES 0081 CASINHA DA CRIANCA CAJUEIRENSE 0082 ESCOLA MUNICIPAL CICERO CABRAL TOLEDO 0083 ESCOLA MUNICIPAL DR. ABDON DE PAULA GOMES 0084 ESCOLA MUNICIPAL DR. ABDON DE PAULA GOMES

24ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO MUNICIPAL PROFESSORA ZORA CLETO DE 0002 GRUPO MUNICIPAL PROFESSORA ZORA CLETO DE 0003 GRUPO MUNICIPAL PROFESSORA ZORA CLETO DE 0004 GRUPO ESCOLAR ARISTEU DE ANDRADE 0005 GRUPO ESCOLAR ARISTEU DE ANDRADE 0006 GRUPO ESCOLAR ARISTEU DE ANDRADE 0007 GRUPO ESCOLAR ARISTEU DE ANDRADE 0008 GRUPO ESCOLAR ARISTEU DE ANDRADE 0009 GRUPO ESCOLAR ARISTEU DE ANDRADE 0010 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0011 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0012 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0013 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0014 GRUPO MUNICIPAL PROFESSORA ZORA CLETO DE 0015 GRUPO MUNICIPAL ALFREDO DE PAULA CAVALCANTE 0016 GRUPO MUNICIPAL ALFREDO DE PAULA CAVALCANTE 0017 GRUPO MUNICIPAL ALFREDO DE PAULA CAVALCANTE 0018 GRUPO MUNICIPAL ALFREDO DE PAULA CAVALCANTE 0019 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0020 GRUPO MUNICIPAL ALFREDO DE PAULA CAVALCANTE 0021 GRUPO MUNICIPAL ALFREDO DE PAULA CAVALCANTE 0022 GRUPO MUNICIPAL ALFREDO DE PAULA CAVALCANTE 0023 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0024 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0025 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0026 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0027 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0028 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0029 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0030 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0031 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0032 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0033 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0034 ESCOLA DE 1 GRAU DR. ANTÔNIO GOMES DE BARROS 0035 ESCOLA DE 1 GRAU DR. ANTÔNIO GOMES DE BARROS 0037 ESCOLA DE 1 GRAU DR. ANTÔNIO GOMES DE BARROS 0039 ESCOLA DE 1 GRAU DR. ANTÔNIO GOMES DE BARROS 0040 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0047 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0048 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0049 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0050 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0051 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0053 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0057 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0058 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0059 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0061 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0062 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0063 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0065 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0066 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0067 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0068 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0069 ESCOLA DE 1 GRAU DR. ANTÔNIO GOMES DE BARROS 0070 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0071 GRUPO ESCOLAR JOAQUIM LUIZ DA SILVA 0072 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0073 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0074 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0075 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA 0076 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0079 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0080 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0081 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA ANGÉLICA DIAS 0082 COLÉGIO MARIO GOMES DE BARROS 0083 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ANTÔNIO LINS DA ROCHA

25ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 GRAU D. ELIZEU MARIO GOMES DE 0002 ESCOLA DE 1 GRAU D. ELIZEU MARIO GOMES DE 0003 ESCOLA DE 1 GRAU D. ELIZEU MARIO GOMES DE 0004 GRUPO ESCOLAR MARECHAL COSTA E SILVA 0005 GRUPO ESCOLAR MARECHAL COSTA E SILVA 0006 GRUPO ESCOLAR MARECHAL COSTA E SILVA 0007 GRUPO ESCOLAR MARECHAL COSTA E SILVA 0008 COLEGIO MUNICIPAL NAPOLEAO RODRIGUES DA SILVA 0009 COLEGIO MUNICIPAL NAPOLEAO RODRIGUES DA SILVA 0010 GRUPO ESCOLAR BATISTA ACIOLI 0011 GRUPO ESCOLAR BATISTA ACIOLI

0012 GRUPO ESCOLAR BATISTA ACIOLI 0013 GRUPO ESCOLAR BATISTA ACIOLI 0014 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0015 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0016 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0017 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0018 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0019 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0020 ESCOLA ANTONIO VERCOSA COELHO 0021 ESCOLA ANTONIO VERCOSA COELHO 0022 ESCOLA ANTONIO VERCOSA COELHO 0023 ESCOLA ANTONIO VERCOSA COELHO 0024 GRUPO ESCOLAR MANOEL DE MEDEIROS COSTA 0025 GRUPO ESCOLAR MANOEL DE MEDEIROS COSTA 0026 GRUPO ESCOLAR MANOEL DE MEDEIROS COSTA 0027 GRUPO ESCOLAR MANOEL DE MEDEIROS COSTA 0028 COLEGIO MUNICIPAL NAPOLEAO RODRIGUES DA SILVA 0029 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0030 ESCOLA ANTONIO VERCOSA COELHO 0031 ESCOLA DE 1 GRAU D. ELIZEU MARIO GOMES DE 0032 GRUPO ESCOLAR BATISTA ACIOLI 0033 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0034 GRUPO ESCOLAR MANOEL DE MEDEIROS COSTA 0035 GRUPO ESCOLAR BATISTA ACIOLI 0036 GRUPO ESCOLAR MANOEL DE MEDEIROS COSTA 0037 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0038 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0039 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0040 ESCOLA ANTONIO VERCOSA COELHO 0041 GRUPO ESCOLAR MARECHAL COSTA E SILVA 0043 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0045 ESCOLA MUNICIPAL DOUTOR EDVALDO MELO SENA 0046 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0047 COLEGIO MARIA DO LIVRAMENTO PAES DE OLIVEIRA 0048 EXTENSÃO DA ESCOLA ESTADUAL BATISTA ACIOLY 0049 EXTENSÃO DA ESCOLA ESTADUAL BATISTA ACIOLY 0050 GRUPO ESCOLAR MARECHAL COSTA E SILVA 0051 EXTENSÃO DA ESCOLA ESTADUAL BATISTA ACIOLY 0052 ESCOLA DE 1 GRAU D. ELIZEU MARIO GOMES DE 0053 ESCOLA MUNICIPAL ARLINDO ESTANISLAU DA SILVA 0054 ESCOLA MUNICIPAL ARLINDO ESTANISLAU DA SILVA 0055 ESCOLA MUNICIPAL ARLINDO ESTANISLAU DA SILVA 0056 ESCOLA MUNICIPAL ARLINDO ESTANISLAU DA SILVA 0057 ESCOLA AYRES PEREIRA DA COSTA 0058 ESCOLA ESTÁCIO BUARQUE BANDEIRA 0059 ESCOLA MUNICIPAL ARLINDO ESTANISLAU DA SILVA 0060 ESCOLA MUNICIPAL ARLINDO ESTANISLAU DA SILVA 0061 ESCOLA ESTÁCIO BUARQUE BANDEIRA 0062 ESCOLA MUNICIPAL ESPERIDIÃO FRANCISCO NOGUEIRA 0063 ESCOLA MUNICIPAL DOUTOR EDVALDO MELO SENA 0064 EXTENSÃO DA ESCOLA ESTADUAL BATISTA ACIOLY 0065 EXTENSÃO DA ESCOLA ESTADUAL BATISTA ACIOLY

26ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0002 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0003 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0004 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0005 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0006 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0007 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0008 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0009 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0010 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0011 ESCOLA MUNICIPAL DR. JOVINIANO DE ALMEIDA RODAS 0012 ESCOLA MUNICIPAL DR. JOVINIANO DE ALMEIDA RODAS 0013 ESCOLA MUNICIPAL DR. JOVINIANO DE ALMEIDA RODAS 0014 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0015 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0016 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0017 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0018 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0019 ESCOLA CENECISTA TAVARES BASTOS 0020 ESCOLA CENECISTA TAVARES BASTOS 0021 ESCOLA CENECISTA TAVARES BASTOS 0022 ESCOLA CENECISTA TAVARES BASTOS 0023 GRUPO ESCOLAR PROESSOR JOSE BISPO DA SILVA 0024 GRUPO ESCOLAR PROESSOR JOSE BISPO DA SILVA 0025 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0026 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0027 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0028 ESCOLA DE 1 GRAU ADELINA DE CARVALHO MELO 0029 ESCOLA DE 1 GRAU ADELINA DE CARVALHO MELO 0030 ESCOLA CENECISTA TAVARES BASTOS 0031 ESCOLA DE 1 GRAU D. MARIA DE ARAUJO LOBO 0032 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0033 ESCOLA CENECISTA TAVARES BASTOS 0034 ESCOLA MUNICIPAL DR. SILVERIO JORGE 0035 ESCOLA DE 1 GRAU ADELINA DE CARVALHO MELO 0036 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0037 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0038 GRUPO ESCOLAR PROESSOR JOSE BISPO DA SILVA 0039 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0040 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0041 ESCOLA MUNICIPAL DR. SILVERIO JORGE

0042 ESCOLA DE 1 GRAU D. MARIA DE ARAUJO LOBO 0043 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0044 ESCOLA DE 1 GRAU ADELINA DE CARVALHO MELO 0045 ESCOLA DE 1 GRAU D. MARIA DE ARAUJO LOBO 0046 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0047 ESCOLA MUNICIPAL DR. SILVERIO JORGE 0048 ESCOLA DE 1 GRAU D. MARIA DE ARAUJO LOBO 0049 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0050 ESCOLA MUNICIPAL DR. JOVINIANO DE ALMEIDA RODAS 0051 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0052 ESCOLA MUNICIPAL DR. JOVINIANO DE ALMEIDA RODAS 0054 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0055 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0056 CENTRO FEDERAL DE EDUCACAO TECNOLOGICA - CEFET0057 GRUPO ESCOLAR PROESSOR JOSE BISPO DA SILVA 0058 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0059 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0061 ESCOLA DE 1 GRAU D. MARIA DE ARAUJO LOBO 0062 ESCOLA MUNICIPAL JOAQUIM LOUREIRO 0063 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0064 ESCOLA MUNICIPAL DR. SILVERIO JORGE 0065 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0066 ESCOLA MUNICIPAL JOAQUIM LOUREIRO 0067 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0068 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0069 ESCOLA MUNICIPAL DR. JOVINIANO DE ALMEIDA RODAS 0070 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0071 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0072 ESCOLA MUNICIPAL DR. SILVERIO JORGE 0073 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0074 ESCOLA MUNICIPAL JOAQUIM LOUREIRO 0075 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0076 POSTO DE SAÚDE DA BARRA NOVA 0077 ESCOLA DE 1 GRAU ADELINA DE CARVALHO MELO 0078 ESCOLA DE 1 GRAU D. MARIA DE ARAUJO LOBO 0079 ESCOLA DE 1 GRAU ALTINA RIBEIRO TOLEDO 0080 ESCOLA MUNICIPAL DR. JOVINIANO DE ALMEIDA RODAS 0081 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0082 GRUPO ESCOLAR EDVAL LEMOS SANTOS 0083 POSTO DE SAÚDE DA BARRA NOVA 0084 ESCOLA MUNICIPAL DR. SILVERIO JORGE 0085 GRUPO ESCOLAR DEODORO DA FONSECA 0086 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PETRONILA DE GOUVEIA 0087 ESCOLA DE 1 GRAU D. MARIA DE ARAUJO LOBO

27ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0002 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0003 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0004 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0005 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0006 GRUPO ESCOLAR LUIZ BASTOS 0007 GRUPO ESCOLAR LUIZ BASTOS 0008 GRUPO ESCOLAR LUIZ BASTOS 0009 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0010 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0011 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0012 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0013 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0014 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0015 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0016 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0017 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0018 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0020 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0021 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0022 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0023 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0024 GRUPO ESCOLAR LUIZ BASTOS 0025 GRUPO ESCOLAR LUIZ BASTOS 0026 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0027 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0028 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0029 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0030 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0031 PETI 0032 PETI 0033 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0034 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0035 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0036 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0037 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0038 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0039 PRE-ESCOLAR URBANO MALTA FILHO 0040 PRE-ESCOLAR URBANO MALTA FILHO 0041 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0042 GRUPO MUNICIPAL RUI PALMEIRA 0043 GRUPO MUNICIPAL RUI PALMEIRA 0044 GRUPO MUNICIPAL RUI PALMEIRA 0045 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0047 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0048 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0049 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0050 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0051 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA

0052 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0053 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0054 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0055 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0057 GRUPO ESCOLAR LUIZ CELSO MALTA 0058 GRUPO MUNICIPAL RUI PALMEIRA 0059 GRUPO ESCOLAR LUIZ CELSO MALTA 0060 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0061 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0062 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0063 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0064 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0065 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0066 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0067 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0068 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0069 ESCOLA DE 1 GRAU GENTIL A. MALTA 0070 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0071 ESCOLA DE 1 GRAU GENTIL A. MALTA 0073 ESCOLA DE 1 GRAU GENTIL A. MALTA 0074 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0075 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0076 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0077 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0078 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0079 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0080 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0081 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0083 ESCOLA DE 1 GRAU GENTIL A. MALTA 0084 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0085 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0086 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0087 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0088 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0089 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0090 CRECHE CASULO 0091 CRECHE CASULO 0092 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0093 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0094 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0095 CRECHE CASULO 0096 CRECHE CASULO 0097 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0098 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0099 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0100 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0101 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0102 CRECHE CASULO 0103 UNIDADE DE ENSINO MARIA OLINA SOARES 0104 PETI 0105 GRUPO MUNICIPAL RUI PALMEIRA 0106 PRE-ESCOLAR URBANO MALTA FILHO 0107 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0108 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0109 GRUPO ESCOLAR LUIZ BASTOS 0110 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0111 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0112 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0113 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0114 ESCOLA DE 1 GRAU NEZINHO PEREIRA 0116 GRUPO ESCOLAR LUIZ CELSO MALTA 0117 GRUPO ESCOLAR LUIZ CELSO MALTA 0119 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0120 ESCOLA ISOLADA DE 1 GRAU SANTA CRUZ DO DESERTO 0121 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0122 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0123 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PRESIDENTE TANCREDO NEVES 0124 ESPACO SOCIAL POMPILHO BRANDAO 0125 GRUPO ESCOLAR LUIZ CELSO MALTA 0126 ESCOLA DE 1 GRAU RUBEM NUNES DE OLIVEIRA 0127 GRUPO MUNICIPAL RUI PALMEIRA 0129 COLEGIO CENECISTA FELIX MORENO 0130 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0132 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0133 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0134 GRUPO ESCOLAR DEMOCRITO GRACINDO 0135 PRE-ESCOLAR URBANO MALTA FILHO 0136 ESCOLA DE 1 GRAU GENTIL A. MALTA 0137 ESCOLA DE 1 GRAU GENTIL A. MALTA 0138 PETI

28ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0002 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0003 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0004 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0005 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0006 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0007 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0008 ESCOLA MUNICIPAL PROFA MIRTA CORREIA COSTA 0009 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0010 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0011 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0012 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0013 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral

11

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0014 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0015 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0016 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0020 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0021 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0022 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0023 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0024 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0025 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0026 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0027 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0028 ESCOLA MUNICIPAL JOVELINA SALDANHA DA CUNHA 0029 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE 0030 ESCOLA ESTADUAL PROF. ELZA SOARES CAVALCANTE

29ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0002 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0003 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0004 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0005 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0006 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0007 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0008 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0009 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0010 ESCOLA DE 1 GRAU ANTONIO RODRIGUES DE MELO 0011 ESCOLA ROTARY 0012 ESCOLA ROTARY 0013 ESCOLA ROTARY 0014 ESCOLA ROTARY 0015 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0016 ESCOLA DE 1 GRAU ANTONIO RODRIGUES DE MELO 0017 ESCOLA DE 1 GRAU ANTONIO RODRIGUES DE MELO 0018 ESCOLA ROTARY 0019 ESCOLA ROTARY 0020 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO DORIA 0021 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0022 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0023 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0024 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0025 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0026 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0027 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0028 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO DORIA 0029 GRUPO ESCOLAR CONEGO JASSON SOUTO 0030 GRUPO ESCOLAR CONEGO JASSON SOUTO 0031 GRUPO ESCOLAR PEDRO DE OLIVEIRA 0032 GRUPO ESCOLAR PEDRO DE OLIVEIRA 0033 GRUPO ESCOLAR CONEGO JASSON SOUTO 0034 ESCOLA DE 1 GRAU PEDRO ABILIO MADEIRO 0035 GRUPO ESCOLAR PEDRO DE OLIVEIRA 0036 ESCOLA DE 1 GRAU PEDRO ABILIO MADEIRO 0047 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO DORIA 0048 ESCOLA DE 1 GRAU PEDRO ABILIO MADEIRO 0049 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0050 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0051 ESCOLA DE 1 GRAU ANTONIO RODRIGUES DE MELO 0052 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0053 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO DORIA 0054 GRUPO ESCOLAR CONEGO JASSON SOUTO 0055 GRUPO ESCOLAR PEDRO DE OLIVEIRA 0056 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO DORIA 0057 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0058 ESCOLA DE 1 GRAU ANTONIO RODRIGUES DE MELO 0059 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0060 ESCOLA DE 1 GRAU PEDRO ABILIO MADEIRO 0062 ESCOLA DE 1 GRAU ANTONIO RODRIGUES DE MELO 0063 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0064 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0065 ESCOLA RAIMUNDO SOUZA FEITOSA 0066 ESCOLA DE 1 GRAU PEDRO ABILIO MADEIRO 0067 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0068 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS N.S.DA PENHA 0069 ESCOLA DE 1 GRAU ADALBERTO MARROQUIM 0070 ESCOLA DE 1 GRAU PEDRO ABILIO MADEIRO

30ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0002 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0003 ESCOLA MUNICIPAL FREI ARNALDO DE MOTA E SÁ 0004 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0005 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0006 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA AURITA ROCHA 0007 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA AURITA ROCHA 0008 ESCOLA MUNICIPAL 31 DE MARÇO 0009 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0010 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0011 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0012 ESCOLA ESTADUAL DE IPIRANGA 0013 ESCOLA ESTADUAL DE IPIRANGA 0014 ESCOLA ESTADUAL DE IPIRANGA 0015 ESCOLA MUNICIPAL DE PERUCABA 0016 ESCOLA MUNICIPAL DE PERUCABA

0017 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0018 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA AURITA ROCHA 0019 ESCOLA MUNICIPAL 31 DE MARÇO 0020 ESCOLA MUNICIPAL 31 DE MARÇO 0021 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0022 ESCOLA MUNICIPAL DE PERUCABA 0023 POSTO DE SAUDE DE PERUCABA 0024 ESCOLA PEDRO VIEIRA DO NASCIMENTO 0025 ESCOLA PEDRO VIEIRA DO NASCIMENTO 0027 ESCOLA MUNICIPAL FREI ARNALDO DE MOTA E SÁ 0028 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0029 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0030 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0031 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0032 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0033 POSTO DE SAUDE DE PERUCABA 0034 POSTO DE SAUDE DE PERUCABA 0035 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0036 POSTO DE SAUDE DE IPIRANGA 0037 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0038 POSTO DE SAUDE DO ALECRIM 0039 POSTO DE SAUDE DE IPIRANGA 0042 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0043 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA AURITA ROCHA 0044 ESCOLA ESTADUAL DE IPIRANGA 0046 POSTO DE SAUDE DO ALECRIM 0047 ESCOLA MUNICIPAL FREI ARNALDO DE MOTA E SÁ 0048 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA AURITA ROCHA 0050 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0051 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR PEDRO REYS 0052 ESCOLA MUNICIPAL FREI ARNALDO DE MOTA E SÁ 0053 POSTO DE SAUDE DO ALECRIM 0054 ESCOLA ESTADUAL DE IPIRANGA 0055 ESCOLA MUNICIPAL FREI ARNALDO DE MOTA E SÁ

31ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0037 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0038 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0039 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0040 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0041 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0042 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0043 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0044 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0045 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0046 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0047 COLEGIO PAROQUIAL SAO JOSE OPERARIO 0048 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0049 CLUBE DOS CRIADORES DE CAPELINHA 0050 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE LOPES SOBRINHO 0051 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE LOPES SOBRINHO 0052 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0053 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0054 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0055 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0056 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0057 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0058 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0059 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0060 ESCOLA DE 1 GRAU CONSTANCA DE GOES MONTEIRO 0061 COLEGIO PAROQUIAL SAO JOSE OPERARIO 0062 COLEGIO PAROQUIAL SAO JOSE OPERARIO 0063 COLEGIO PAROQUIAL SAO JOSE OPERARIO 0064 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO OLAVO 0065 GRUPO ESCOLAR DE JARAMATAIA 0066 GRUPO ESCOLAR DE JARAMATAIA 0067 GRUPO ESCOLAR DE JARAMATAIA 0068 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO OLAVO 0069 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO OLAVO 0070 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO OLAVO 0071 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO OLAVO 0072 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITO OLAVO 0073 ESCOLA DE 1 GRAU BENEDITA BARBOSA LIMA 0074 ESCOLA DE 1 GRAU BENEDITA BARBOSA LIMA 0076 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0077 ESCOLA DE 1 GRAU BENEDITA BARBOSA LIMA 0079 CLUBE DOS CRIADORES DE CAPELINHA 0081 ESCOLA DE 1 GRAU BENEDITA BARBOSA LIMA 0082 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0083 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0084 COLEGIO PAROQUIAL SAO JOSE OPERARIO 0085 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0086 ESCOLA DE 1 GRAU BENEDITA BARBOSA LIMA 0087 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0088 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE LOPES SOBRINHO 0089 ESCOLA DE 1 GRAU BENEDITA BARBOSA LIMA 0091 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0092 CENTRO EDUCACIONAL ADOVALDO ALBUQUERQUE 0093 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL 0094 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL

32ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA JOAO FRANCISCO SOARES

0002 ESCOLA JOAO FRANCISCO SOARES 0003 ESCOLA JOAO FRANCISCO SOARES 0004 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0005 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0006 ESCOLA AMELIA MARTINS 0007 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0008 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0009 ESCOLA AMELIA MARTINS 0010 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0012 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0015 UNIDADE ESCOLAR MANOEL PORFIRIO 0016 UNIDADE ESCOLAR MANOEL PORFIRIO 0018 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0019 ESCOLA MUNICIPAL DOM ANTONIO BRANDAO 0020 ESCOLA MUNICIPAL DOM ANTONIO BRANDAO 0021 ESCOLA MUNICIPAL DOM ANTONIO BRANDAO 0022 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0023 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0024 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0025 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0026 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0027 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0028 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0029 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0030 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0031 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0032 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0033 ESCOLA AMELIA MARTINS 0034 ESCOLA AMELIA MARTINS 0035 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0037 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0038 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0039 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0042 ESCOLA JOAO FRANCISCO SOARES 0043 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0044 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0045 UNIDADE ESCOLAR MANOEL PORFIRIO 0046 UNIDADE ESCOLAR MANOEL PORFIRIO 0048 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0049 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0050 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0051 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0052 ESCOLA ESTADUAL JOSE SENA DIAS 0053 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0054 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0055 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0056 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0057 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0058 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0063 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0064 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0065 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0066 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0067 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0068 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0069 ESCOLA MUNICIPAL DOM ANTONIO BRANDAO 0070 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0071 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0072 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0073 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II 0074 ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR SERPA 0076 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX I 0077 ESCOLA MUNICIPAL LUIZ TERTULIANO DA PAZ 0078 UNIDADE ESCOLAR DE XINGO - UNEX II

33ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0002 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0003 ESCOLA ESTADUAL CYRIDIAO DURVAL 0004 ESCOLA ESTADUAL CYRIDIAO DURVAL 0005 ESCOLA ESTADUAL CYRIDIAO DURVAL 0006 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0007 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0008 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0009 ESCOLA ESTADUAL CYRIDIAO DURVAL 0010 ESCOLA ESTADUAL CYRIDIAO DURVAL 0011 GRUPO ESTADUAL DE TATUAMUNHA 0012 GRUPO ESTADUAL DE TATUAMUNHA 0013 GRUPO ESTADUAL DE TATUAMUNHA 0014 GRUPO ESCOLAR LUIZ VERCOSA DE ALBUQUERQUE 0015 GRUPO ESCOLAR LUIZ VERCOSA DE ALBUQUERQUE 0016 GRUPO ESCOLAR LUIZ VERCOSA DE ALBUQUERQUE 0017 GRUPO ESCOLAR LUIZ VERCOSA DE ALBUQUERQUE 0018 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR AFRANIO SALGADO 0019 ESCOLA ESTADUAL DE PORTO DA RUA 0020 ESCOLA ESTADUAL DE PORTO DA RUA 0021 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR AFRANIO SALGADO 0023 ESCOLA ESTADUAL DE PORTO DA RUA 0025 ESCOLA ESTADUAL CYRIDIAO DURVAL 0026 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0027 ESCOLA ESTADUAL CYRIDIAO DURVAL 0029 ESCOLA ESTADUAL FRANCISCO FALCÃO 0031 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR AFRANIO SALGADO 0033 ESCOLA ESTADUAL FRANCISCO FALCÃO 0036 ESCOLA DE 1 GRAU PROFESSOR AFRANIO SALGADO

0037 ESCOLA ESTADUAL FRANCISCO FALCÃO 0039 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0040 GRUPO ESCOLAR LUIZ VERCOSA DE ALBUQUERQUE 0041 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JAIME DE ALTAVILA 0042 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS NOSSA SENHORA DA GLORIA 0043 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JAIME DE ALTAVILA

34ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0016 ACOUGUE PUBLICO 0017 ACOUGUE PUBLICO 0018 ESCOLA MUNICIPAL DR. EUCLIDES BOIA 0019 GRUPO ESCOLAR ANALIA TENORIO 0020 GRUPO ESCOLAR ANALIA TENORIO 0021 GINÁSIO POLIESPORTIVO PREF. VALDEMAR PUNÇA DE 0025 ESCOLA MUNICIPAL DR. EUCLIDES BOIA 0026 GINÁSIO POLIESPORTIVO PREF. VALDEMAR PUNÇA DE 0027 ESCOLA MUNICIPAL DR. EUCLIDES BOIA 0028 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0029 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0030 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0031 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0032 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0033 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0035 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0036 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0037 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0038 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0039 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0040 GINÁSIO POLIESPORTIVO PREF. VALDEMAR PUNÇA DE 0041 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0042 GINÁSIO POLIESPORTIVO PREF. VALDEMAR PUNÇA DE 0043 GRUPO ESCOLAR SAMPAIO MARQUES 0044 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0045 GINÁSIO DE ESPORTES CEL. ALOÍSIO TAVARES 0046 GINÁSIO DE ESPORTES CEL. ALOÍSIO TAVARES 0047 GINÁSIO DE ESPORTES CEL. ALOÍSIO TAVARES 0048 GRUPO ESCOLAR ANALIA TENORIO

35ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0003 ESCOLA MUNICIPAL DIVINA LUZ 0004 ESCOLA MUNICIPAL DIVINA LUZ 0005 ESCOLA MUNICIPAL DIVINA LUZ 0006 ESCOLA MUNICIPAL DIVINA LUZ 0007 CRECHE CASULO IEDA GOMES DE BARROS 0008 CRECHE CASULO IEDA GOMES DE BARROS 0009 CRECHE CASULO IEDA GOMES DE BARROS 0010 CRECHE CASULO IEDA GOMES DE BARROS 0011 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0012 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0013 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0014 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0015 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0016 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0017 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0018 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0019 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0021 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0022 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0023 ESCOLA MUNICIPAL MONTEIRO LOBATO 0024 ESCOLA MUNICIPAL DIVINA LUZ 0025 ESCOLA MUNICIPAL DIVINA LUZ 0026 ESCOLA MUNICIPAL DIVINA LUZ 0027 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0028 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0029 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0030 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0031 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0033 ESCOLA MUNICIPAL MONTEIRO LOBATO 0034 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0035 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0036 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0037 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0039 GRUPO ESCOLAR PADRE AURELIO GOIS 0040 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0041 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0042 GRUPO ESCOLAR PADRE AURELIO GOIS 0043 GRUPO ESCOLAR PADRE AURELIO GOIS 0044 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0045 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0046 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0047 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0048 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0049 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0050 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0052 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0053 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0086 ESCOLA MUNICIPAL MONTEIRO LOBATO 0087 ESCOLA MUNICIPAL GOVERNADOR MOACIR LOPES DE 0088 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0089 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0090 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0091 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0092 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0093 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 12

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br

0094 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0095 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0096 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0098 GRUPO ESCOLAR PADRE AURELIO GOIS 0099 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0100 GRUPO ESCOLAR PADRE AURELIO GOIS 0101 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0102 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0103 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0105 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0107 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0109 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0110 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0111 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0112 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0113 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0114 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0115 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0116 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0118 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0119 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0120 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0121 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0122 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0123 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0124 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0125 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0126 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0127 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0128 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0129 ESCOLA MUNICIPAL GOVERNADOR MOACIR LOPES DE 0130 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0133 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0136 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0137 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0138 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0139 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0140 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0141 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0142 ESCOLA MUNICIPAL JOSE ALOISIO VILELA 0143 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0144 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0145 ESCOLA MUNICIPAL GOVERNADOR MOACIR LOPES DE 0146 ESCOLA MUNICIPAL MONTEIRO LOBATO 0147 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0148 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0150 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0152 ESCOLA MUNICIPAL DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA 0155 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0156 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0158 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0159 GRUPO ESCOLAR PADRE AURELIO GOIS 0160 ESCOLA MUNICIPAL MONTEIRO LOBATO 0161 ESCOLA MUNICIPAL JOSE PACHECO FILHO 0162 ESCOLA MUNICIPAL AURELIO BUARQUE DE HOLLANDA 0163 ESCOLA MUNICIPAL GOVERNADOR MOACIR LOPES DE 0164 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0165 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0166 ESCOLA MUNICIPAL MONTEIRO LOBATO 0167 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0168 ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSÉ APRÍGIO 0169 GRUPO ESCOLAR PADRE AURELIO GOIS 0170 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0171 CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL VOVÓ ZIRLENE 0172 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0173 ESCOLA MUNICIPAL GOVERNADOR MOACIR LOPES DE 0174 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO 0175 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0176 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0177 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0178 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0179 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0183 GRUPO ESCOLAR PEDRO JOAQUIM DE JESUS 0184 GRUPO ESCOLAR MONICA ROSA DE JESUS 0185 ESCOLA MUNICIPAL DOM AVELAR BRANDÃO VILELA 0186 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO

36ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0013 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0014 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0015 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0016 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0017 ESCOLA DE 1 GRAU FRANCISCO DOMINGUES 0018 ESCOLA DE 1 GRAU FRANCISCO DOMINGUES 0019 ESCOLA DE 1 GRAU FRANCISCO DOMINGUES 0020 ESCOLA DE 1 GRAU FRANCISCO DOMINGUES 0021 SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL 0022 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0023 SECRETARIA DE SAUDE MUNICIPAL 0024 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0025 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0026 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA JULIA FERREIRA DE 0027 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA JULIA FERREIRA DE 0028 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0029 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA

0052 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA JULIA FERREIRA DE 0053 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0054 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0055 CRECHE MENINO JESUS DE PRAGA 0056 CRECHE MENINO JESUS DE PRAGA 0057 CRECHE MENINO JESUS DE PRAGA 0058 CRECHE MENINO JESUS DE PRAGA 0059 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0060 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA JULIA FERREIRA DE 0061 CRECHE MENINO JESUS DE PRAGA 0062 CRECHE MENINO JESUS DE PRAGA 0063 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA NOSSA 0064 CÂMARA MUNICIPAL DE LIMOEIRO 0065 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA JULIA FERREIRA DE 0066 PREFEITURA MUNICIPAL 0067 PREFEITURA MUNICIPAL 0068 SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL 0069 CENTRO DE SAÚDE MARIA CELINA RIBEIRO DE 0071 SECRETARIA DE SAUDE MUNICIPAL 0072 ESCOLA DE 1 GRAU MARGARITA PALMERINA DE ALMEIDA 0073 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO RIBEIRO 0074 ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ DE MEDEIROS TAVARES 0075 ESCOLA DE 1 GRAU MARGARITA PALMERINA DE ALMEIDA 0076 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO RIBEIRO 0077 ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ DE MEDEIROS TAVARES 0078 ESCOLA DE 1 GRAU MARGARITA PALMERINA DE ALMEIDA 0079 CENTRO DE SAÚDE MARIA CELINA RIBEIRO DE 0080 ESCOLA DE 1 GRAU MARGARITA PALMERINA DE ALMEIDA 0082 SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL 0083 CÂMARA MUNICIPAL DE LIMOEIRO 0084 ESCOLA MUNICIPAL ANTÔNIO ALVES CANUTO 0085 ESCOLA MUNICIPAL ANTÔNIO ALVES CANUTO 0086 ESCOLA DE 1 GRAU MARGARITA PALMERINA DE ALMEIDA 0087 CRECHE NOSSA SENHORA DAS DORES 0088 CRECHE NOSSA SENHORA DAS DORES

37ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0002 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0003 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0004 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0005 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0006 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0007 ESCOLA ESTADUAL FIRMO DE CASTRO 0008 ESCOLA ESTADUAL FIRMO DE CASTRO 0009 ESCOLA DR. JAIME LUSTOSA DE ALTAVILLA 0010 ESCOLA DR. JAIME LUSTOSA DE ALTAVILLA 0011 ESCOLA IZIDORO DA SILVA 0012 ESCOLA IZIDORO DA SILVA 0013 ESCOLA MANOEL ANTONIO DE OLIVEIRA 0014 ESCOLA MANOEL ANTONIO DE OLIVEIRA 0015 ESCOLA MANOEL FERREIRA 0016 ESCOLA PRESIDENTE DUTRA 0017 ESCOLA PRESIDENTE DUTRA 0018 ESCOLA PROFESSORA ANTONIA ROSA 0019 ESCOLA SAO SEBASTIAO 0020 ESCOLA MUNICIPAL MARIA ROSA DE JESUS 0021 ESCOLA MUNICIPAL MARIA ROSA DE JESUS 0022 ESCOLA ESTADUAL DONA SANTA BULHÕES 0023 ESCOLA ESTADUAL DONA SANTA BULHÕES 0024 ESCOLA ESTADUAL DONA SANTA BULHÕES 0025 ESCOLA ESTADUAL DONA SANTA BULHÕES 0026 ESCOLA ESTADUAL DONA SANTA BULHÕES 0027 GRUPO ESCOLAR PADRE HILDEBRANDO MENDES COSTA 0028 GRUPO ESCOLAR PADRE HILDEBRANDO MENDES COSTA 0030 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0031 ESCOLA ESTADUAL FIRMO DE CASTRO 0032 ESCOLA PROFESSORA ANTONIA ROSA 0033 ESCOLA PRESIDENTE DUTRA 0034 ESCOLA MUNICIPAL VEREADOR MANOEL SANTOS ROCHA 0035 ESCOLA MUNICIPAL D. PEDRO II 0036 ESCOLA MANOEL FERREIRA 0037 ESCOLA MUNICIPAL VEREADOR MANOEL SANTOS ROCHA 0038 ESCOLA PRESIDENTE DUTRA 0039 ESCOLA MUNICIPAL D. PEDRO II 0040 ESCOLA ESTADUAL FIRMO DE CASTRO 0041 ESCOLA MUNICIPAL MARIA ROSA DE JESUS 0042 CENTRO EDUCACIONAL PROFESSOR ERNANDE 0043 ESCOLA MUNICIPAL D. PEDRO II 0044 ESCOLA PROFESSORA ANTONIA ROSA 0045 ESCOLA SAO SEBASTIAO

38ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR ARNON DE MELO 0002 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR ARNON DE MELO 0003 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO MANOEL MUNIZ 0004 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO MANOEL MUNIZ 0005 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO MANOEL MUNIZ 0006 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO MANOEL MUNIZ 0007 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0008 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0009 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0010 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ELIO DE LEMOS FRANCA

0011 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ELIO DE LEMOS FRANCA 0012 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ELIO DE LEMOS FRANCA 0013 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ELIO DE LEMOS FRANCA 0014 GRUPO ESCOLAR FAUSTINO VITOR DE ARAUJO 0015 GRUPO ESCOLAR FAUSTINO VITOR DE ARAUJO 0016 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0017 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0018 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ELIO DE LEMOS FRANCA 0019 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ELIO DE LEMOS FRANCA 0020 GRUPO ESCOLAR FAUSTINO VITOR DE ARAUJO 0021 GRUPO ESCOLAR FAUSTINO VITOR DE ARAUJO 0022 GRUPO ESCOLAR FAUSTINO VITOR DE ARAUJO 0023 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL DOUGLAS APRATTO 0024 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL DOUGLAS APRATTO 0025 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL DOUGLAS APRATTO 0026 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0027 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0028 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0029 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR ARNON DE MELO 0030 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0031 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO MANOEL MUNIZ 0032 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0033 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0034 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL DOUGLAS APRATTO 0035 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SENADOR ARNON DE MELO 0036 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0037 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0038 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0039 GRUPO ESCOLAR JOSE GONCALVES 0041 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0042 GRUPO ESCOLAR FAUSTINO VITOR DE ARAUJO 0043 GRUPO ESCOLAR MUNICIPAL DOUGLAS APRATTO 0044 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA 0045 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS CORREIA TITARA

39ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0002 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0003 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0004 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0005 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0006 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0007 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0008 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0009 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0010 ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS MOEDA 0011 ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS MOEDA 0012 ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS MOEDA 0013 ESCOLA ISOLADA DE PARICONHA 0014 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0015 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0016 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0017 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0018 ESCOLA MUNICIPAL PADRE EPIFANIO MOURA 0019 ESCOLA MUNICIPAL PADRE EPIFANIO MOURA 0020 ESCOLA MUNICIPAL PADRE EPIFANIO MOURA 0022 MERCADO PUBLICO 0023 MERCADO PUBLICO 0024 ESCOLA ISOLADA DE PARICONHA 0025 MERCADO PUBLICO 0026 CENTRO COMUNITÁRIO 0027 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0028 ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS MOEDA 0029 ESCOLA MUNICIPAL PADRE EPIFANIO MOURA 0030 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL RAIMUNDO GOMES 0031 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL RAIMUNDO GOMES 0032 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL RAIMUNDO GOMES 0033 ESCOLA ISOLADA DE PARICONHA 0034 ESCOLA ISOLADA DE PARICONHA 0035 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0036 ESCOLA AMÉRICA TORRES 0037 ESCOLA AMÉRICA TORRES 0038 ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS MOEDA 0039 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0040 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL FREIRE DA SILVA 0041 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL FREIRE DA SILVA 0043 ESCOLA MUNICIPAL MANOEL FREIRE DA SILVA 0045 ESCOLA ISOLADA DE PARICONHA 0046 ESCOLA AMÉRICA TORRES 0047 GINASIO MUNICIPAL DE ESPORTES 0048 GINASIO MUNICIPAL DE ESPORTES 0049 GINASIO MUNICIPAL DE ESPORTES 0050 SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 0051 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0052 ESCOLA MUNICIPAL PADRE EPIFANIO MOURA 0053 ESCOLA MUNICIPAL PADRE EPIFANIO MOURA 0056 ESCOLA ISOLADA DE PARICONHA 0058 COLEGIO CENECISTA BARAO DE AGUA BRANCA 0059 ESCOLA ISOLADA DE PARICONHA 0060 CÂMARA MUNICIPAL DE PARICONHA 0061 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0062 ESCOLA MUNICIPAL PADRE EPIFANIO MOURA 0063 GINASIO MUNICIPAL DE ESPORTES 0064 ESCOLA MONSENHOR SEBASTIAO ALVES BEZERRA 0068 CENTRO COMUNITÁRIO

0069 CENTRO COMUNITÁRIO 0070 CENTRO COMUNITÁRIO 0071 CENTRO COMUNITÁRIO

40ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0002 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0003 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0004 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0005 NATERCIA S. DE MENEZES, ESCOLA (FÁBRICA) 0006 NATERCIA S. DE MENEZES, ESCOLA (FÁBRICA) 0007 NATERCIA S. DE MENEZES, ESCOLA (FÁBRICA) 0008 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0009 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0010 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0011 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0012 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0013 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0014 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0015 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0016 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0017 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0018 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0019 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0020 VICENTE DE MENEZES, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0021 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0022 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0023 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0024 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0025 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0026 ESCOLA CASINHA FELIZ 0027 ESCOLA CASINHA FELIZ 0028 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0029 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0030 ELIZEU NORBERTO, GRUPO ESCOLAR 0031 ELIZEU NORBERTO, GRUPO ESCOLAR 0032 ERENICE GOMES DE LIMA, ESCOLA ESTADUAL PROFª 0033 ERENICE GOMES DE LIMA, ESCOLA ESTADUAL PROFª 0034 ESCOLA JOSE BEZERRA DA SILVA 0035 ESCOLA JOSE BEZERRA DA SILVA 0036 GRUPO ESCOLAR CASTRO ALVES 0037 GRUPO ESCOLAR CASTRO ALVES 0038 GRUPO ESCOLAR CASTRO ALVES 0039 MANOEL MOURA, COLEGIO DE 1 GRAU 0040 MANOEL MOURA, COLEGIO DE 1 GRAU 0041 JOAQUIM CORREIA E SILVA,ESCOLA MUNICIPAL 0042 ANTENOR CORREIA SERPA, ESCOLA MUNICIPAL DR. 0043 ESCOLINHA JEITINHO DE NINAR 0044 JOSE CORREIA FILHO,ESCOLA 0045 JOSE CORREIA FILHO,ESCOLA 0046 ANCHIETA, GRUPO ESCOLAR PADRE ( POV. LAGOINHA) 0047 ANCHIETA, GRUPO ESCOLAR PADRE ( POV. LAGOINHA) 0048 ANCHIETA, GRUPO ESCOLAR PADRE ( POV. LAGOINHA) 0049 SAO JOSE, ESCOLA MUN DE ENSINO FUNDAMENTAL 0050 RUI BARBOSA,ESCOLA MUNICIPAL 0051 RUI BARBOSA,ESCOLA MUNICIPAL 0052 JOSE CORREIA DOS SANTOS,GRUPO ESCOLAR 0053 JOSE CORREIA DOS SANTOS,GRUPO ESCOLAR 0054 MANOEL MOURA, COLEGIO DE 1 GRAU 0055 ESCOLINHA JEITINHO DE NINAR 0056 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0057 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0058 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0059 ESCOLA JOSE BEZERRA DA SILVA 0060 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0061 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0062 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0063 CLUBE CANECAO 0064 MARIA DULCE FEITOSA,ESCOLA DE 1 GRAU 0065 NOEMIA BANDEIRA DA SILVA,ESCOLA 0066 NATERCIA S. DE MENEZES, ESCOLA (FÁBRICA) 0067 MARIA DULCE FEITOSA,ESCOLA DE 1 GRAU 0068 WATSON DE GUSMAO, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0069 DELMIRO GOUVEIA, ESCOLA 0070 CLUBE CANECAO 0071 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0072 ELIZEU NORBERTO, GRUPO ESCOLAR 0073 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0074 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0075 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0077 DELMIRO GOUVEIA, ESCOLA 0078 DELMIRO GOUVEIA, ESCOLA 0080 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0081 NATERCIA S. DE MENEZES, ESCOLA (FÁBRICA) 0084 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0086 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0088 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0089 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0090 DELMIRO GOUVEIA, ESCOLA 0091 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0093 SAO JOSE, ESCOLA MUN DE ENSINO FUNDAMENTAL 0094 NOEMIA BANDEIRA DA SILVA,ESCOLA 0095 ELIZEU NORBERTO, GRUPO ESCOLAR 0096 MARIA DULCE FEITOSA,ESCOLA DE 1 GRAU 0097 JOSE CORREIA DOS SANTOS,GRUPO ESCOLAR


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral

13

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0098 WATSON DE GUSMAO, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0099 MARIA DULCE FEITOSA,ESCOLA DE 1 GRAU 0100 ANCHIETA, GRUPO ESCOLAR PADRE ( POV. LAGOINHA) 0101 ESCOLA JOSE BEZERRA DA SILVA 0102 NOEMIA BANDEIRA DA SILVA,ESCOLA 0103 WATSON DE GUSMAO, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0104 ANCHIETA, GRUPO ESCOLAR PADRE ( POV. LAGOINHA) 0105 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0106 LUIZ AUGUSTO DE AZEVEDO, ESCOLA 0107 ESCOLA JOSE BEZERRA DA SILVA 0108 ANTENOR CORREIA SERPA, ESCOLA MUNICIPAL DR. 0109 ERENICE GOMES DE LIMA, ESCOLA ESTADUAL PROFª 0110 WATSON DE GUSMAO, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0111 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0112 AFRANIO SALGADO LAGES, ESCOLA 0113 ELIZEU NORBERTO, GRUPO ESCOLAR 0114 JOSE CORREIA FILHO,ESCOLA 0115 CLUBE CANECAO 0116 RUI BARBOSA,ESCOLA MUNICIPAL 0117 ESCOLINHA JEITINHO DE NINAR 0118 JOAQUIM CORREIA E SILVA,ESCOLA MUNICIPAL 0119 NOEMIA BANDEIRA DA SILVA,ESCOLA 0120 DELMIRO GOUVEIA, ESCOLA 0121 MANOEL MOURA, COLEGIO DE 1 GRAU 0122 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0123 MARIA DULCE FEITOSA,ESCOLA DE 1 GRAU 0124 ESCOLA JOSE BEZERRA DA SILVA 0125 WATSON DE GUSMAO, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0126 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0127 FRANCISCA ROSA DA COSTA,GRUPO ESCOLAR 0128 MARIA DULCE FEITOSA,ESCOLA DE 1 GRAU 0129 WATSON DE GUSMAO, ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS 0130 ELIZEU NORBERTO, GRUPO ESCOLAR 0131 VIRGILIA BEZERRA,ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS

41ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE CORREIA FONTAN 0002 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE CORREIA FONTAN 0003 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE CORREIA FONTAN 0004 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE CORREIA FONTAN 0005 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE CORREIA FONTAN 0006 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0007 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0008 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0011 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0012 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0013 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0014 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0015 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0016 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0017 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0018 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0019 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA 0020 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS SOUZA BARBOSA

42ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0002 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0003 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0004 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0005 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0006 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0007 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0008 GRUPO ESCOLAR DE MONTEIROPOLIS 0009 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0010 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0011 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0012 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0013 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0014 GRUPO ESCOLAR PADRE ANTONIO DUARTE 0015 GRUPO ESCOLAR PADRE ANTONIO DUARTE 0016 GRUPO ESCOLAR PADRE ANTONIO DUARTE 0017 GRUPO ESCOLAR PADRE ANTONIO DUARTE 0018 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0019 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0020 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0021 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0022 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0023 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0024 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0025 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0026 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0027 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0028 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0029 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0030 GRUPO ESCOLAR ELISA ABREU 0031 GRUPO ESCOLAR ELISA ABREU 0032 GRUPO ESCOLAR ELISA ABREU 0033 GRUPO ESCOLAR ELISA ABREU 0062 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0063 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0064 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0065 GRUPO ESCOLAR ANGELO DE ABREU

0066 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0067 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0068 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0069 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0070 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0071 GRUPO ESCOLAR IVONE MENDES SILVA 0072 GRUPO ESCOLAR ANGELO DE ABREU 0073 GRUPO ESCOLAR ANGELO DE ABREU 0074 GRUPO ESCOLAR ELISA ABREU 0075 COLEGIO CENECISTA SANTO ANTONIO DE PADUA 0076 GRUPO ESCOLAR ELISA ABREU 0077 GRUPO ESCOLAR ELISA ABREU 0078 GRUPO ESCOLAR PADRE ANTONIO DUARTE 0082 GRUPO ESCOLAR ANGELO DE ABREU 0083 GRUPO ESCOLAR PADRE ANTONIO DUARTE 0084 GRUPO ESCOLAR ANGELO DE ABREU 0085 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0086 GRUPO ESCOLAR ANGELO DE ABREU 0087 ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA SILVA MELO 0088 ESCOLA VEREADOR IZIDRO PEREIRA FILHO

43ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0002 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0003 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0004 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0005 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0006 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0007 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0008 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0010 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0012 ESCOLA ESTADUAL ODETE BOMFIM 0014 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0015 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0016 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0017 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0018 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0020 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0022 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0025 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0027 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0029 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0030 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0031 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0032 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0033 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0034 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0035 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0037 ESCOLA DE I E II GRAUS NOSSA SENHORA DO PERPETUO 0039 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0040 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SANTA 0043 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SANTA 0044 ESCOLA ESTADUAL MARIA CÂNDIDA DA SILVA 0045 ESCOLA ESTADUAL MARIA CÂNDIDA DA SILVA 0046 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0047 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0048 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0049 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0050 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0051 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0052 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0053 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0054 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0055 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0056 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0057 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0058 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0060 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0063 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0064 ESCOLA MARIA IRACI TEÓFILO DE CASTRO 0065 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0066 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0067 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0069 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0070 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0071 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0073 ESCOLA ESTADUAL MARIA CÂNDIDA DA SILVA 0074 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0075 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0076 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0077 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0078 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0080 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0081 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0082 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0084 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SANTA 0087 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0088 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0089 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0090 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0091 GRUPO ESCOLAR ANTONIO BOMFIM 0092 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0093 GRUPO ESCOLAR SANTOS FERRAZ 0094 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SANTA 0095 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL SANTA

0096 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0097 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE 0098 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA DIVONETE

44ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR OLIMPIA TENORIO LIMA 0002 GRUPO ESCOLAR OLIMPIA TENORIO LIMA 0003 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0004 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0005 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0006 ESCOLA IMACULADA CONCEIÇÃO 0007 ESCOLA IMACULADA CONCEIÇÃO 0008 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0009 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0010 ESCOLA TIRADENTES 0011 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0012 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0013 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0014 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0015 ESCOLA DE 1 GRAU GOVERNADOR GERALDO BULHOES 0016 ESCOLA DE 1 GRAU GOVERNADOR GERALDO BULHOES 0017 ESCOLA DE 1 GRAU GOVERNADOR GERALDO BULHOES 0018 ESCOLA TIRADENTES 0019 ESCOLA TIRADENTES 0020 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0021 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0022 ESCOLA DE 1 GRAU GOVERNADOR GERALDO BULHOES 0023 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0024 ESCOLA DE 1 GRAU GOVERNADOR GERALDO BULHOES 0025 ESCOLA TIRADENTES 0026 CAIC 0027 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0028 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0029 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0030 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0031 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0032 CAIC 0033 CAIC 0034 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0035 CAIC 0036 CAIC 0037 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0038 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0039 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0040 GRUPO ESCOLAR OLIMPIA TENORIO LIMA 0041 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0042 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL EVÂNIO HIGINO DA 0043 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL EVÂNIO HIGINO DA 0044 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL E FUNDAMENTAL SEMENTE 0045 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0046 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0047 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0048 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0049 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL EVÂNIO HIGINO DA 0054 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0055 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL EVÂNIO HIGINO DA 0057 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0059 BIBLIOTECA MUNICIPAL 0060 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0061 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0063 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0064 ESCOLA DE 1 GRAU DEPUTADO JOSE MEDEIROS 0065 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0069 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL E FUNDAMENTAL SEMENTE 0071 CAIC 0072 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0073 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0075 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0077 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0080 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0082 CAIC 0083 CAIC 0085 ESCOLA DE 1 GRAU JOSE ENOQUE DE BARROS 0086 CAIC 0087 CAIC 0090 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0092 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0093 ESCOLA MAJOR VICENTE RAMOS 0094 ESCOLA TIRADENTES 0095 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS DOUGLAS APRATTO 0096 ESCOLA MAJOR VICENTE RAMOS 0097 ESCOLA DE ENSINO INFANTIL E FUNDAMENTAL SEMENTE 0098 ESCOLA DE 1 GRAU GOVERNADOR GERALDO BULHOES 0099 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL EVÂNIO HIGINO DA 0100 CAIC 0101 ESCOLA DE 1 GRAU GOVERNADOR GERALDO BULHOES

45ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 CENTRO PAROQUIAL 0002 CENTRO PAROQUIAL 0003 PREFEITURA MUNICIPAL DE IGACI 0004 CASINHA FELIZ 0005 CASINHA FELIZ

0006 CENTRO PAROQUIAL 0007 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0008 CENTRO PAROQUIAL 0009 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0010 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO MEDEIROS NETO 0011 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0012 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0013 PREFEITURA MUNICIPAL DE IGACI 0014 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA AMELIA SAMPAIO LUZ 0015 PREFEITURA MUNICIPAL DE IGACI 0016 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0017 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0018 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0019 COLÉGIO CENECISTA MONSENHOR MACÊDO 0020 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA AMELIA SAMPAIO LUZ 0021 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA AMELIA SAMPAIO LUZ 0022 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA AMELIA SAMPAIO LUZ 0023 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA AMELIA SAMPAIO LUZ 0024 CASINHA FELIZ 0025 CASINHA FELIZ 0026 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA AMELIA SAMPAIO LUZ 0027 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO MEDEIROS NETO 0028 PREFEITURA MUNICIPAL DE IGACI 0029 PREFEITURA MUNICIPAL DE IGACI 0030 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO MEDEIROS NETO 0031 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE 0032 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE 0033 CENTRO PAROQUIAL 0034 CENTRO PAROQUIAL 0035 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE 0036 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE 0037 ESCOLA DE 1 GRAU MARIA AMELIA SAMPAIO LUZ 0038 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO MEDEIROS NETO 0039 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE 0040 PREFEITURA MUNICIPAL DE IGACI 0041 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO MEDEIROS NETO 0042 ESCOLA MUNICIPAL DEPUTADO MEDEIROS NETO 0043 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0044 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0045 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0046 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0047 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0048 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0049 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0050 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0051 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0052 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0053 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0054 CENTRO PAROQUIAL 0055 ESCOLA ESTADUAL JOÃO RIBEIRO SOBRINHO 0056 ESCOLA MUNICIPAL ANTÕNIO CAETANO DE SOUZA 0057 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA 0058 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA 0059 ESCOLA ESTADUAL JOÃO RIBEIRO SOBRINHO 0060 ESCOLA MUNICIPAL ANTÕNIO CAETANO DE SOUZA 0061 ESCOLA ESTADUAL JOÃO RIBEIRO SOBRINHO 0062 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA 0063 ESCOLA ESTADUAL JOÃO RIBEIRO SOBRINHO 0064 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA 0065 ESCOLA ESTADUAL JOÃO RIBEIRO SOBRINHO 0066 ESCOLA ESTADUAL JOÃO RIBEIRO SOBRINHO 0067 ESCOLA MUNICIPAL ANTÕNIO CAETANO DE SOUZA 0068 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA 0069 ESCOLA ESTADUAL JOÃO RIBEIRO SOBRINHO 0070 CASA CARINHO E ALIMENTO (CCAA) 0071 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA 0072 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA 0073 ESCOLA MUNICIPAL ANTÕNIO CAETANO DE SOUZA 0074 ESCOLA MUNICIPAL DES. JOÃO DE OLIVEIRA E SILVA

46ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0002 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0003 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0004 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0005 COLEGIO LICEU CACIMBIENSE 0006 COLEGIO LICEU CACIMBIENSE 0007 COLEGIO LICEU CACIMBIENSE 0008 COLEGIO LICEU CACIMBIENSE 0009 COLEGIO LICEU CACIMBIENSE 0010 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0011 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0012 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0013 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0014 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0015 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0018 ESCOLA DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0019 ESCOLA DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0020 PREFEITURA MUNICIPAL 0021 PREFEITURA MUNICIPAL 0022 PREFEITURA MUNICIPAL 0023 GRUPO ESCOLAR BELARMINO VIEIRA BARROS 0024 GRUPO ESCOLAR BELARMINO VIEIRA BARROS 0025 GRUPO ESCOLAR BELARMINO VIEIRA BARROS 0026 GRUPO ESCOLAR BELARMINO VIEIRA BARROS


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 14

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br

0027 GRUPO ESCOLAR BELARMINO VIEIRA BARROS 0028 ESCOLA DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0029 GRUPO ESCOLAR BELARMINO VIEIRA BARROS 0031 ESCOLA DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0032 ESCOLA DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0035 ESCOLA DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0036 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0037 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0038 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0039 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0040 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0041 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0042 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0043 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0044 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0045 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0046 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0047 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0048 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0049 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0050 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0051 ESCOLA ESTADUAL CONEGO JOSÉ BULHÕES 0052 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 0053 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 0054 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 0055 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0056 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0057 GRUPO ESCOLAR MUNIZ FALCAO 0058 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0060 ESCOLA DE 1 E 2 GRAU NOSSA SENHORA DAS GRACAS 0061 GRUPO ESCOLAR BELARMINO VIEIRA BARROS 0062 ESCOLA CENECISTA NOSSA SENHORA DA PENHA 0063 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 0064 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS SAO SEBASTIAO 0065 ESCOLA MUNICIPAL CORONEL DEZINHO DUARTE 0066 ESCOLA MUNICIPAL CORONEL DEZINHO DUARTE 0067 ESCOLA MUNICIPAL CORONEL DEZINHO DUARTE 0068 ESCOLA MUNICIPAL CORONEL DEZINHO DUARTE 0069 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

47ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0002 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0003 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0004 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0005 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0006 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0007 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0008 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0009 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0010 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0011 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0012 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0013 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0014 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0015 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0016 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0017 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0018 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0019 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0020 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0021 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0022 ESCOLA ESTADUAL JOÃO FERNANDES VIEIRA 0023 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0024 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0025 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0026 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0027 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0028 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0029 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0030 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0031 ESCOLA ESTADUAL JOÃO FERNANDES VIEIRA 0032 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0033 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0034 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0035 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0036 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0038 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0039 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0040 ESCOLA ESTADUAL JOÃO FERNANDES VIEIRA 0041 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0042 ESCOLA ESTADUAL JOÃO FERNANDES VIEIRA 0043 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0044 ESCOLA ESTADUAL DOM CONSTANTINO LÜERS 0045 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0046 ESCOLA ESTADUAL JOÃO FERNANDES VIEIRA 0047 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0048 ESCOLA MUNICIPAL FELIZARDO DE SOUZA LIMA 0049 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0050 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0051 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0054 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0055 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0056 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0057 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS

0058 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0059 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0060 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0061 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0062 ESCOLA MUNICIPAL MIGUEL MATIAS 0063 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0064 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS 0065 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0066 ESCOLA MUNIC. MONS. HILDEBRANDO VERÍSSIMO 0067 ESCOLA MUNICIPAL PEDRO DE OLIVEIRA SANTOS

48ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0002 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0003 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0004 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0005 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0006 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0007 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0008 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0009 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0010 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0011 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0012 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0013 TEATRO HELENA SANTOS LINS 0014 TEATRO HELENA SANTOS LINS 0015 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0016 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0017 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0018 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0019 UNIDADE ESCOLAR JOVENTINO PINTO DAMASO 0020 UNIDADE ESCOLAR JOVENTINO PINTO DAMASO 0021 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0022 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0023 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0024 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0025 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0026 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0027 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0028 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0029 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0030 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0031 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0032 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0033 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0034 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0035 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS MAJOR JOSÉ TENÓRIO LINS 0036 ESCOLA DE 1 GRAU JOSÉ PATRÍCIO DA COSTA 0037 UNIDADE ESCOLAR JOVENTINO PINTO DAMASO 0038 ESCOLA DE 1 GRAU JOSÉ PATRÍCIO DA COSTA 0039 ESCOLA DE 1 GRAU JOSÉ PATRÍCIO DA COSTA 0040 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0041 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0042 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0043 ESCOLA DE 1 GRAU JOSÉ PATRÍCIO DA COSTA 0044 ESCOLA DE 1 GRAU JOSÉ PATRÍCIO DA COSTA 0046 COLÉGIO SÃO MATEUS 0047 COLÉGIO SÃO MATEUS 0048 COLÉGIO SÃO MATEUS 0049 COLÉGIO SÃO MATEUS 0050 ESCOLA DE 1 GRAU JOSÉ PATRÍCIO DA COSTA 0051 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0052 ESCOLA JOSEFA CAVALCANTE SURUAGY 0053 ESCOLA RITA ALVES COUTINHO 0054 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO 0055 ESCOLA CENECISTA DE 1 E 2 GRAUS DR. JOAO

49ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0002 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0003 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0004 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0005 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0006 GRUPO ESCOLAR DR. JAIME D'ALTAVILA 0007 GRUPO ESCOLAR DR. JAIME D'ALTAVILA 0008 GRUPO ESCOLAR DR. JAIME D'ALTAVILA 0009 GRUPO ESCOLAR GENERAL GOIS MONTEIRO 0010 GRUPO ESCOLAR GENERAL GOIS MONTEIRO 0011 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JOSE DOS SANTOS MOZINHO 0012 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JOSE DOS SANTOS MOZINHO 0013 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JOSE DOS SANTOS MOZINHO 0014 GRUPO ESCOLAR PADRE ANCHIETA 0015 GRUPO ESCOLAR PADRE ANCHIETA 0016 GRUPO ESCOLAR PADRE ANCHIETA 0017 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR AFRANIO LAGES 0018 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR AFRANIO LAGES 0019 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR AFRANIO LAGES 0020 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0021 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0022 GRUPO ESCOLAR SENADOR GUILHERME PALMEIRA 0023 GRUPO ESCOLAR SENADOR GUILHERME PALMEIRA 0024 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0025 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA

0026 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0027 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS PROFESSOR JOSE FELIX DE C. 0028 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0029 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0030 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0031 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0032 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0033 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0034 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0035 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0037 GRUPO ESCOLAR SENADOR GUILHERME PALMEIRA 0038 ESCOLA GOVERNADOR FERNANDO COLOR DE MELLO 0039 GRUPO ESCOLAR PADRE ANCHIETA 0040 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0041 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JOSE DOS SANTOS MOZINHO 0043 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0044 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JOSE DOS SANTOS MOZINHO 0045 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JOSE DOS SANTOS MOZINHO 0046 GRUPO ESCOLAR SENADOR GUILHERME PALMEIRA 0047 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0048 ESCOLA GOVERNADOR FERNANDO COLOR DE MELLO 0049 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0050 GINASIO PAROQUIAL 0051 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0052 GINASIO PAROQUIAL 0053 UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO PREFEITO JOSE SANTOS 0054 GINASIO PAROQUIAL 0057 GRUPO ESCOLAR PROFESSOR AFRANIO LAGES 0058 GRUPO ESCOLAR PADRE ANCHIETA 0059 GRUPO ESCOLAR DR. JAIME D'ALTAVILA 0060 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0061 ESCOLA MUNICIPAL 31 DE MAIO 0062 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0063 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA 0064 ESCOLA MUNICIPAL 31 DE MAIO 0065 GRUPO ESCOLAR GENERAL GOIS MONTEIRO 0066 ESCOLA MUNICIPAL 31 DE MAIO 0067 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA MARIA

50ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GINASIO MUNICIPAL 0002 GINASIO MUNICIPAL 0003 GINASIO MUNICIPAL 0004 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ATANAGILDO BRANDÃO 0005 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ATANAGILDO BRANDÃO 0006 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ATANAGILDO BRANDÃO 0007 GRUPO ESCOLAR JOSE RODRIGUES LIMEIRA 0008 GRUPO ESCOLAR JOSE RODRIGUES LIMEIRA 0009 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ATANAGILDO BRANDÃO 0010 GRUPO ESCOLAR JOSE RODRIGUES LIMEIRA 0011 GRUPO ESCOLAR JOSE RODRIGUES LIMEIRA 0012 GINASIO MUNICIPAL 0013 GINASIO MUNICIPAL 0014 GINASIO MUNICIPAL 0015 ESCOLA ESTADUAL PROFª JOSEFA DE SOUZA LIMA 0016 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0017 ESCOLA ESTADUAL PROFª JOSEFA DE SOUZA LIMA 0018 ESCOLA PRÉ TOBIAS MEDEIROS 0019 CLUBE MUNICIPAL 0020 CLUBE MUNICIPAL 0021 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0022 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0023 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0024 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0025 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0026 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0027 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0028 ESCOLA MUNICIPAL ISMAEL FERNANDES OLIVEIRA 0029 ESCOLA MUNICIPAL ISMAEL FERNANDES OLIVEIRA 0030 ESCOLA MUNICIPAL ISMAEL FERNANDES OLIVEIRA 0031 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL IRINEU 0032 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL IRINEU 0033 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL IRINEU 0034 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0035 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0036 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0037 ESCOLA ESTADUAL PROFª JOSEFA DE SOUZA LIMA 0038 ESCOLA PRÉ TOBIAS MEDEIROS 0039 GINASIO MUNICIPAL 0040 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0041 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL TOBIAS 0042 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANA MARIA TENÓRIO 0043 GINASIO MUNICIPAL 0044 GINASIO MUNICIPAL 0045 GINASIO MUNICIPAL 0046 GINASIO MUNICIPAL 0047 ESCOLA MUNICIPAL AUGUSTO ALVES DA GRAÇA 0048 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0050 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0051 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0052 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0053 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0054 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0055 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0056 ESCOLA MUNICIPAL AUGUSTO ALVES DA GRAÇA

0057 ESCOLA MUNICIPAL AUGUSTO ALVES DA GRAÇA 0058 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0059 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0060 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0061 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0062 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0063 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0064 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0065 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0066 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0067 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0068 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0069 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0070 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0071 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0072 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI 0073 GINASIO MUNICIPAL 0074 ESCOLA PRÉ TOBIAS MEDEIROS 0076 GINASIO MUNICIPAL 0077 GINASIO MUNICIPAL 0078 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ANA MARIA TENÓRIO 0079 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0080 ESCOLA MUNICIPAL AUGUSTO ALVES DA GRAÇA 0081 ESCOLA ESTADUAL PROF.ª JOANITA DE MELO 0082 GINASIO MUNICIPAL

51ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0002 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0003 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0004 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0005 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0006 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0007 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0008 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0009 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0010 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0011 GRUPO ESCOLAR JOSE SOARES FILHO 0012 GRUPO ESCOLAR JOSE SOARES FILHO 0013 GRUPO ESCOLAR JOSE SOARES FILHO 0014 GRUPO ESCOLAR JOSE SOARES FILHO 0015 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0016 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0017 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0018 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0019 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0020 ESCOLA ISOLADA ESTADUAL 0021 ESCOLA ISOLADA ESTADUAL 0022 GRUPO ESCOLAR AGOSTINHO DOS ANJOS 0023 GRUPO ESCOLAR AGOSTINHO DOS ANJOS 0024 GRUPO ESCOLAR AGOSTINHO DOS ANJOS 0025 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0026 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0027 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0028 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0030 EME FUNDAMENTAL GERALDO NOVAIS AGRA 0031 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL OTON 0032 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL OTON 0033 EME FUNDAMENTAL GERALDO NOVAIS AGRA 0035 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0036 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0037 EME FUNDAMENTAL GERALDO NOVAIS AGRA 0038 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL OTON 0040 EME FUNDAMENTAL GERALDO NOVAIS AGRA 0041 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL OTON 0042 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0045 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0046 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II 0047 ESCOLA ISOLADA ESTADUAL 0049 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0050 ESCOLA ISOLADA ESTADUAL 0051 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL OTON 0052 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0053 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0054 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0055 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0056 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0057 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL OTON 0058 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0059 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0060 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0061 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0062 GRUPO ESCOLAR M JOSE DE JESUS VIEIRA CARVALHO 0063 GRUPO ESCOLAR M JOSE DE JESUS VIEIRA CARVALHO 0064 GRUPO ESCOLAR M JOSE DE JESUS VIEIRA CARVALHO 0065 ESCOLA ISOLADA RIACHO GRANDE 0068 ESCOLA ISOLADA RIACHO GRANDE 0069 ESCOLA CENECISTA SAGRADO CORACAO DE JESUS 0070 ESCOLA CENECISTA SAGRADO CORACAO DE JESUS 0072 ESCOLA CENECISTA SAGRADO CORACAO DE JESUS 0073 ESCOLA CENECISTA SAGRADO CORACAO DE JESUS 0074 ESCOLA CENECISTA SAGRADO CORACAO DE JESUS 0075 ESCOLA CENECISTA SAGRADO CORACAO DE JESUS 0076 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0077 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral

15

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br 0078 ESCOLA MUNICIPAL VIVER E APRENDER 0079 ESCOLA MUNICIPAL VIVER E APRENDER 0080 CLUBE SOCIAL E RECREATIVO RUI PALMEIRA 0081 CLUBE SOCIAL E RECREATIVO RUI PALMEIRA 0082 ESCOLA MUNICIPAL VIVER E APRENDER 0083 ESCOLA MUNICIPAL VIVER E APRENDER 0084 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0085 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0086 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0087 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0088 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA DE FATIMA 0089 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0090 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0091 ESCOLA ESTADUAL LUCILO JOSÉ RIBEIRO 0092 CLUBE SOCIAL E RECREATIVO RUI PALMEIRA 0093 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0094 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0095 ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 0096 CLUBE SOCIAL E RECREATIVO RUI PALMEIRA 0097 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL OTON 0098 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL 0099 ESCOLA MUNICIPAL VIVER E APRENDER 0100 ESCOLA ISOLADA RIACHO GRANDE 0101 EME FUNDAMENTAL ELIZABETH JACOBA MARIA BOGERS 0102 EME FUNDAMENTAL GERALDO NOVAIS AGRA 0103 GRUPO ESCOLAR AGOSTINHO DOS ANJOS 0104 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS JOAO PAULO II

52ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0002 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO 0004 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0005 ESCOLA MUNICIPAL DAGMAR MONTEIRO CAVALCANTE 0006 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0007 ESCOLA MUNICIPAL DAGMAR MONTEIRO CAVALCANTE 0008 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0009 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0010 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0011 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0012 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0013 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0015 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0017 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0018 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0019 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0020 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0021 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0022 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0023 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0024 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0025 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0026 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO 0027 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO 0028 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0030 ESCOLA MUNICIPAL DAGMAR MONTEIRO CAVALCANTE 0031 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0032 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0033 ESCOLA MUNICIPAL DAGMAR MONTEIRO CAVALCANTE 0034 ESCOLA MUNICIPAL DAGMAR MONTEIRO CAVALCANTE 0035 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0036 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0037 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO 0038 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO 0039 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0040 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0041 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0043 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO 0044 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0045 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0046 ESCOLA MUNICIPAL DAGMAR MONTEIRO CAVALCANTE 0050 ESCOLA ESTADUAL SATURNINO DE SOUZA 0051 ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA MARIA ANTONIA DE 0052 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0053 COLEGIO MUNIZ FALCAO 0054 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO 0055 ESCOLA MUNICIPAL DAGMAR MONTEIRO CAVALCANTE 0056 ESCOLA SENADOR ARNON DE MELLO

53ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0002 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0003 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0004 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0005 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0006 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0007 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0008 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0009 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0010 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0011 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0012 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0013 ESCOLA MARIO GOMES 0014 ESCOLA MARIO GOMES 0015 ESCOLA MARIO GOMES

0016 ESCOLA MARIO GOMES 0017 ESCOLA MARIO GOMES 0018 ESCOLA MARIO GOMES 0019 ESCOLA MARIO GOMES 0020 ESCOLA MARIO GOMES 0021 ESCOLA MARIO GOMES 0022 ESCOLA MARIO GOMES 0023 ESCOLA MARIO GOMES 0024 ESCOLA MARIO GOMES 0025 ESCOLA MARIO GOMES 0026 CAMARA MUNICIPAL DE JOAQUIM GOMES 0027 CAMARA MUNICIPAL DE JOAQUIM GOMES 0028 CAMARA MUNICIPAL DE JOAQUIM GOMES 0029 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0030 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0031 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0032 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0033 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0034 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0035 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0036 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0037 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0038 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA DO CARMO DE 0040 PRE-ESCOLAR MENINO JESUS 0042 PRE-ESCOLAR MENINO JESUS 0043 PRE-ESCOLAR MENINO JESUS 0045 ESCOLA MARIO GOMES 0046 ESCOLA MARIO GOMES 0047 PRE-ESCOLAR VALQUIRIA MARINHO DE ARAUJO 0049 CÂMARA MUNICIPAL DE FLEXEIRAS 0052 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0054 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0056 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0057 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0059 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0062 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0064 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0066 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0067 CÂMARA MUNICIPAL DE FLEXEIRAS 0069 GRUPO ESTADUAL BENEDITO DE LIRA 0070 GRUPO ESTADUAL BENEDITO DE LIRA 0073 PREFEITURA MUNICIPAL 0074 PREFEITURA MUNICIPAL 0075 CRECHE ANTONIO CAVALCANTE DEALMEIDA 0078 CRECHE ANTONIO CAVALCANTE DEALMEIDA 0079 FORUM DR. FRANCISCO DE FREITAS MACHADO 0080 FORUM DR. FRANCISCO DE FREITAS MACHADO 0081 PRE-ESCOLAR VALQUIRIA MARINHO DE ARAUJO 0083 FORUM DR. FRANCISCO DE FREITAS MACHADO 0084 FORUM DR. FRANCISCO DE FREITAS MACHADO 0085 PRE-ESCOLAR MENINO JESUS 0088 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 0089 ESCOLA MARIO GOMES 0090 CRECHE ANTONIO CAVALCANTE DEALMEIDA 0091 PRE-ESCOLAR VALQUIRIA MARINHO DE ARAUJO 0092 GINASIO GUILHERME CALHEIROS 0093 GRUPO ESTADUAL BENEDITO DE LIRA 0094 PREFEITURA MUNICIPAL 0095 CLUBE BUENOS AIRES 0096 CLUBE BUENOS AIRES 0097 CLUBE BUENOS AIRES 0098 CLUBE BUENOS AIRES 0099 GRUPO ESTADUAL BENEDITO DE LIRA

54ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0002 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0003 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0004 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0005 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0006 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0007 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0008 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0009 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0010 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0011 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0012 ESCOLA ESTADUAL ALFREDO GASPAR DE MENDONCA 0013 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM ANTONIO 0014 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM ANTONIO 0015 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM ANTONIO 0016 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM ANTONIO 0017 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM ANTONIO 0018 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM ANTONIO 0019 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM ANTONIO 0020 ESCOLA ESTADUAL OVIDIO EDGAR DE ALBUQUERQUE 0021 ESCOLA ESTADUAL OVIDIO EDGAR DE ALBUQUERQUE 0022 ESCOLA ESTADUAL OVIDIO EDGAR DE ALBUQUERQUE 0023 ESCOLA ESTADUAL OVIDIO EDGAR DE ALBUQUERQUE 0024 ESCOLA ESTADUAL OVIDIO EDGAR DE ALBUQUERQUE 0026 COLEGIO SAO LUIS 0027 COLEGIO SAO LUIS 0028 COLEGIO SAO LUIS 0029 COLEGIO SAO LUIS 0030 COLEGIO SAO LUIS 0031 COLEGIO SAO LUIS 0032 COLEGIO SAO LUIS 0033 COLEGIO SAO LUIS 0034 COLEGIO SAO LUIS 0035 COLEGIO SAO LUIS 0036 COLEGIO SAO LUIS 0037 COLEGIO SAO LUIS 0038 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0039 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0040 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO

0041 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0042 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0043 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0044 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0046 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0047 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0048 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0049 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0050 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0051 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0052 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0053 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0054 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0055 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0056 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0057 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0058 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0059 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0060 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE ARAUJO DORIA 0061 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE ARAUJO DORIA 0062 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE ARAUJO DORIA 0063 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE ARAUJO DORIA 0064 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0065 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0066 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0067 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0068 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0069 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0070 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0071 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0072 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0073 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0074 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0075 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0076 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0077 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0078 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0079 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0080 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0081 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0082 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0083 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0084 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0085 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0086 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0087 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0088 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0089 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0090 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0091 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0092 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0093 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0094 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0095 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0096 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0097 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0098 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0099 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0100 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0101 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0102 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DR JOSE HAROLDO 0103 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0104 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0105 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0106 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0107 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0108 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0109 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0110 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0111 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0112 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0113 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0114 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0115 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0116 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0117 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0118 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0119 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0120 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0121 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0122 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0123 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0124 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0125 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0126 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0127 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0128 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0129 ESCOLA ESTADUAL DOM OTAVIO BARBOSA AGUIAR 0130 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0131 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0132 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0133 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0134 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0135 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0136 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0137 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0138 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0139 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0140 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0141 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0142 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0143 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0144 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0145 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0146 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0147 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0148 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0149 ESCOLA ESTADUAL DRA. MARIA JOSE DE MELO (CAIC0150 ESCOLA PAULO BANDEIRA (ATUALMENTE JORGE 0151 ESCOLA PAULO BANDEIRA (ATUALMENTE JORGE 0152 ESCOLA PAULO BANDEIRA (ATUALMENTE JORGE 0153 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO

0154 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0155 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0156 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0157 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0158 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0159 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0160 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SELMA BANDEIRA 0161 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SELMA BANDEIRA 0162 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0163 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0164 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0165 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0166 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0167 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0168 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0169 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0170 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0171 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO NENOI PINTO 0172 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0173 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0174 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0175 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0176 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0177 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0178 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0179 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0180 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0181 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0182 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0183 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0184 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0185 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0187 ESCOLA ESTADUAL PROF. REMI LIMA 0188 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0189 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. SUZEL DANTAS 0190 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. DONIZETTI 0191 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0192 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NISE DA SILVEIRA 0193 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0194 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0195 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0196 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0197 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PEDRO SURUAGY 0198 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0199 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0200 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0201 ESCOLA ESTADUAL OVIDIO EDGAR DE ALBUQUERQUE 0202 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0203 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SELMA BANDEIRA 0204 ESCOLA ESTADUAL PROFª. IRENE GARRIDO 0205 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JAYME DE 0206 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0207 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0208 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0209 ESCOLA ESTADUAL MANOEL DE ARAUJO DORIA 0210 ESCOLA ESTADUAL PROFª. MARIA SALETE GUSMAO DE 0211 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0212 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PEDRO SURUAGY 0213 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0214 ESCOLA ESTADUAL ROMEU DE AVELAR 0215 ESCOLA ESTADUAL PROF. REMI LIMA 0216 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0217 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0218 ESCOLA ESTADUAL JORNALISTA LAFAEITE BELO 0219 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0220 ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO RUBENS CANUTO 0221 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0222 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0223 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0224 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. DONIZETTI 0225 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0226 ESCOLA ESTADUAL PROF. REMI LIMA 0227 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0228 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0229 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0230 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DOM OCTÁVIO 0231 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0232 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PEDRO SURUAGY 0233 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0234 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0235 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0236 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SELMA BANDEIRA 0237 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. SUZEL DANTAS 0238 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0239 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0240 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0241 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0242 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0243 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0244 ESCOLA ESTADUAL PROF. REMI LIMA 0245 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. DONIZETTI 0246 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0247 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0248 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0249 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0250 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0251 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0252 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0253 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0254 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0255 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0256 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0257 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0258 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SELMA BANDEIRA 0259 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0260 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0261 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0262 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0263 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0264 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0265 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0266 ESCOLA ESTADUAL PROF. REMI LIMA


O JORNA L JORNAL

Guia Eleitoral 16

Domingo, 3 de outubro de 2010 | www.ojornalweb.com | e-mail: ojornal@ojornal-al.com.br

0267 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0268 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NISE DA SILVEIRA 0269 ESCOLA ESTADUAL DR. GERALDO MELO DOS SANTOS 0270 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0271 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0272 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0273 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0274 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. SUZEL DANTAS 0275 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. DONIZETTI 0276 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0277 ESCOLA MUNICIPAL JAIME MIRANDA 0278 ESC MUN ENS FUNDAMENTAL MARIA DE LOURDES DE 0279 ESC. MUN DE ENS FUNDAMENTAL PROF. HÉVIA VALÉRIA 0280 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0281 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0282 ESCOLA ESTADUAL OVIDIO EDGAR DE ALBUQUERQUE 0283 ESCOLA ESTADUAL PROF. REMI LIMA 0284 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0285 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0286 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0287 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0288 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0289 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0290 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. SUZEL DANTAS 0291 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0292 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PEDRO SURUAGY 0293 ESC. MUN DE ENS FUNDAMENTAL PROF. HÉVIA VALÉRIA 0294 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0295 ESCOLA ESTADUAL DRA. EUNICE DE LEMOS CAMPOS 0296 ESCOLA MUNICIPAL JAIME MIRANDA 0297 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. CORINTHO 0298 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0299 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0300 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0301 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0302 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0303 ESCOLA PROFª MARIA CARMELITA CARDOSO GAMA (CAIC 0304 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NISE DA SILVEIRA 0305 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0306 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0307 ESC. MUN DE ENS FUNDAMENTAL PROF. HÉVIA VALÉRIA 0308 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PROF. DONIZETTI 0309 ESC MUN ENS FUNDAMENTAL MARIA DE LOURDES DE 0310 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0311 ESTABELECIMENTO PRISIONAL FEMININO SANTA LUZIA 0312 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0313 CASA DE DETENÇÃO DE MACEIÓ 0314 ESC. MUN DE ENS FUNDAMENTAL PROF. HÉVIA VALÉRIA 0315 ESCOLA MUNICIPAL JAIME MIRANDA 0316 PRESIDIO DE SEGURANÇA MEDIA CYRIDIÃO DURVAL E 0317 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0318 PRESIDIO DE SEGURANÇA MEDIA CYRIDIÃO DURVAL E 0319 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0320 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0321 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0322 ESCOLA PAULO BANDEIRA (ATUALMENTE JORGE 0323 ESCOLA ESTADUAL MARGAREZ M. S. LACET 0324 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0325 ESCOLA ESTADUAL ROTARY 0326 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PEDRO SURUAGY 0327 ESC. MUN DE ENS FUNDAMENTAL PROF. HÉVIA VALÉRIA 0328 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0329 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0330 ESC MUN ENS FUNDAMENTAL MARIA DE LOURDES DE 0331 ESCOLA MUNICIPAL JAIME MIRANDA 0332 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0333 ESCOLA PASTOR JOSE TAVARES DE SOUZA 0334 ESCOLA PAULO BANDEIRA (ATUALMENTE JORGE 0335 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0336 ESC. MUN DE ENS FUNDAMENTAL PROF. HÉVIA VALÉRIA 0337 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0338 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO BÁSICO FREI DAMIÃO 0339 ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOÃO 0340 ESCOLA ESTADUAL PROF. BENEDITA DE CASTRO LIMA 0341 ESCOLA ESTADUAL PROFª. ROSALVA PEREIRA VIANA 0342 ESCOLA ESTADUAL ONÉLIA CAMPELO (SUBST. COLÉGIO 0343 ESCOLA PAULO BANDEIRA (ATUALMENTE JORGE 0344 ESC MUN ENS FUNDAMENTAL MARIA DE LOURDES DE 0345 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL NISE DA SILVEIRA

55ª Zona Eleitoral Seção: Local de Votação: 0001 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0002 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0003 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0004 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0005 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0006 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0007 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0008 GRUPO ESCOLAR MANOEL LEANDRO DE LIRA 0009 GRUPO ESCOLAR SETE DE SETEMBRO 0010 GRUPO ESCOLAR SETE DE SETEMBRO 0011 GRUPO ESCOLAR SETE DE SETEMBRO 0012 GRUPO ESCOLAR SETE DE SETEMBRO 0013 GRUPO ESCOLAR SETE DE SETEMBRO 0015 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0016 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0017 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0018 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0019 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0020 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0021 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0022 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0023 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0024 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0025 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0026 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0027 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0028 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0029 GINÁSIO VERIDIANO SOARES

0030 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0031 ESCOLA FUNDAMENTAL AFONSO NOGUEIRA DA SILVA 0032 ESCOLA FUNDAMENTAL AFONSO NOGUEIRA DA SILVA 0034 GRUPO ESCOLAR AFONSO DE CARVALHO 0035 GRUPO ESCOLAR AFONSO DE CARVALHO 0036 GRUPO ESCOLAR AFONSO DE CARVALHO 0037 GRUPO ESCOLAR AFONSO DE CARVALHO 0039 GRUPO ESCOLAR AFONSO DE CARVALHO 0040 GRUPO ESCOLAR AFONSO DE CARVALHO 0042 GRUPO ESCOLAR MANOEL HONÓRIO BISPO 0045 GRUPO ESCOLAR MANOEL HONÓRIO BISPO 0046 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0047 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0048 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0049 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0050 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0051 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0052 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0053 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0054 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0055 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0056 GRUPO ESCOLAR TIBÚRCIO VALERIANO DA SILVA 0058 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0059 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0060 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0061 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0062 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0063 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0064 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0065 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0066 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0067 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0068 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0069 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0070 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0071 ESCOLA DE 1 GRAU HUGO LIMA 0072 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0073 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0074 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0075 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0076 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0077 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0078 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0080 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0082 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0083 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0084 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0085 ESCOLA DE 1 E 2 GRAUS ROSA MÍSTICA 0086 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0087 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0088 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0089 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0090 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0091 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0092 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0093 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0094 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0095 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0096 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0097 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0098 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0099 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0100 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0101 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0102 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0103 GRUPO ESCOLAR ADRIANO JORGE 0104 GRUPO ESCOLAR ADRIANO JORGE 0105 GRUPO ESCOLAR ADRIANO JORGE 0106 GRUPO ESCOLAR ADRIANO JORGE 0107 GRUPO ESCOLAR ADRIANO JORGE 0108 GRUPO ESCOLAR ADRIANO JORGE 0109 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JESUS REDENTOR 0110 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MOACIR TEOFILO 0111 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MOACIR TEOFILO 0112 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MOACIR TEOFILO 0113 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MOACIR TEOFILO 0114 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MOACIR TEOFILO 0115 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MOACIR TEOFILO 0116 ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MOACIR TEOFILO 0118 COLEGIO MADRE PAULINA 0119 COLEGIO MADRE PAULINA 0120 COLEGIO MADRE PAULINA 0121 COLEGIO MADRE PAULINA 0122 COLEGIO MADRE PAULINA 0123 COLEGIO MADRE PAULINA 0124 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0125 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0126 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0127 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0128 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0129 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0130 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0131 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0132 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0135 GRUPO ESCOLAR DJALMA MATHEUS SANTANA 0136 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0137 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0138 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0139 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0140 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0141 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0142 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0143 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE 0144 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE 0145 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE 0146 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE 0147 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE 0148 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE 0149 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0150 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0151 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0152 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO

0153 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0154 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0155 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0156 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0157 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0158 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0159 ESCOLA DE 1 GRAU PADRE JEFFERSON DE CARVALHO 0160 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0161 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0162 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0163 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0164 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0165 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0166 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0167 GRUPO ESCOLAR CRISPINIANO DE BRITO 0168 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JESUS REDENTOR 0169 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JESUS REDENTOR 0170 ESCOLA JOÃO SATURNINO DE ALMEIDA 0171 ESCOLA JOÃO SATURNINO DE ALMEIDA 0172 ESCOLA JOÃO SATURNINO DE ALMEIDA 0173 ESCOLA JOÃO SATURNINO DE ALMEIDA 0174 ESCOLA JOÃO SATURNINO DE ALMEIDA 0175 ESCOLA JOÃO SATURNINO DE ALMEIDA 0176 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0177 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0178 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0179 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0180 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0181 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0182 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0183 ESCOLA DE 1 GRAU PARQUE LIONS 0185 FACULDADE DE FILOSOFIA 0186 FACULDADE DE FILOSOFIA 0187 FACULDADE DE FILOSOFIA 0188 FACULDADE DE FILOSOFIA 0189 FACULDADE DE FILOSOFIA 0190 FACULDADE DE FILOSOFIA 0191 FACULDADE DE FILOSOFIA 0192 FACULDADE DE FILOSOFIA 0193 FACULDADE DE FILOSOFIA 0194 FACULDADE DE FILOSOFIA 0195 FACULDADE DE FILOSOFIA 0196 FACULDADE DE FILOSOFIA 0197 FACULDADE DE FILOSOFIA 0198 FACULDADE DE FILOSOFIA 0199 FACULDADE DE FILOSOFIA 0200 FACULDADE DE FILOSOFIA 0201 FACULDADE DE FILOSOFIA 0202 FACULDADE DE FILOSOFIA 0203 FACULDADE DE FILOSOFIA 0204 FACULDADE DE FILOSOFIA 0205 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0206 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0207 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0208 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0209 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE

0210 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0211 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0212 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0213 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0214 CENTRO ESCOLAR GOVERNADOR LUIZ CAVALCANTE 0215 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA APARECIDA 0217 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA APARECIDA 0218 ESCOLA DE 1 GRAU NOSSA SENHORA APARECIDA 0219 GRUPO ESCOLAR JOSÉ LÚCIO DE MELO 0220 GRUPO ESCOLAR JOSÉ LÚCIO DE MELO 0221 GRUPO ESCOLAR JOSÉ LÚCIO DE MELO 0222 GRUPO ESCOLAR JOSÉ LÚCIO DE MELO 0223 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0224 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0225 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0226 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0227 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0228 GRUPO ESCOLAR MANOEL PEREIRA FILHO 0231 ESCOLA INFANTIL PEIXINHO DOURADO 0232 ESCOLA INFANTIL PEIXINHO DOURADO 0234 ESCOLA INFANTIL PEIXINHO DOURADO 0235 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0236 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0237 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0238 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0239 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0240 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0241 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0242 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0243 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0244 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0245 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0246 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JOSÉ RODRIGUES 0247 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0248 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0249 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0250 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0251 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0252 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0253 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0254 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0255 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0256 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0257 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0258 ESCOLA DE 1 GRAU MANOEL LUCIO DA SILVA 0259 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0260 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0261 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JESUS REDENTOR 0262 COLEGIO MADRE PAULINA 0263 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ARCANJO MIKAEL DE 0264 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0265 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0266 GRUPO ESCOLAR 31 DE MARÇO 0267 GINÁSIO VERIDIANO SOARES 0268 COLÉGIO NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO 0269 ESCOLA INFANTIL PEIXINHO DOURADO

OJORNAL 03/10/2010  

OJORNAL 03/10/2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you