O Jornalecão (Novembro / 2021) - Edição 310

Page 1

Novembro 2021 - Nº 310 - Ano 35 - Zona Sul de Porto Alegre/RS - jornal@jornalecao.com.br - 3246-0848 / 98403.6513 Divulgação

Porto-alegrense escolherá marca para a cidade

Identidade visual vai fazer parte da divulgação de Porto Alegre a partir da comemoração do 250º aniversário Página 8

LEIA TAMBÉM NESTA EDIÇÃO: Autor da Turma do Guaíba realiza oficina pelo Programa Adote um Escritor

Prefeitura busca parcerias para construção de marina pública na cidade

Programa Sabi+ forma sua primeira turma do curso de patinação

Entrevista com Simone Amado, nova Gerente Regional Sul da Sicredi União Metropolitana RS

Pág. 2

Pág. 3

Pág. 4

Pág. 5


Editor: Guilherme Cruz da Silveira Jornalista: Gustavo Cruz da Silveira Reg. Prof. MTBRS 9793 Arte / Projeto Gráfico: Jean Pico Edição: GuiCS Edições CNPJ: 11.774.659/0001-11 Impressão: Gráfica Araucária Colaboração: Adília Cruz da Silveira, Aline Vargas e Valtor José Rodrigues da Silveira

N° 310 - Ano 35 - Novembro de 2021 Chapéu do Sol

Aberta dos Morros

- Mini Mercado e Lancheria Zucco - Bar e Armazém Ica - Mercado e Ferragem Lima Belém Novo - Mercado Jardel - Loteria Sorte Certa Cristal - NCC Belém Novo - Super Hoffman

Camaquã

- Mercado 22 - Padaria e Confeitaria Vaccari - Super Teutônia

Cavalhada O Jornalecão é distribuído, gratuitamente, em mais de 15 bairros da Zona Sul de Porto Alegre

- Agafarma Cavalhada - Celular Sul - Dauge - Mundo D’água - Supermercado Bassani

Espírito Santo

Hípica

- Dapelle Farmácia de Manipulação - Mercado e Açougue Navegantes - Moser Água Mineral - Padaria e Confeitaria Milleum - Posto do Vale - Super Kan - Tri da Sorte Loterias

- Mini Mercado e Açougue Ortiz Ipanema - Academia Plus Point - Padaria Montevideo - Agafarma Farmácia Juca Batista Guarujá - Agropal - Agafarma Farmácia Guarujá - Clube do Professor Gaúcho - Farmácia Popular Med - Galeria Ipanema - Mini-Mercado Riboli - Ipanema Sports - Mini Shopping Maria - Lotérica Portal da Sorte - Padaria e Confeitaria Trevisan - Lotérica Texacão - Supermercado Santa Rita - Mini Mercado David

Autor da Turma do Guaíba realiza oficina pelo Programa Adote um Escritor no bairro Sarandi Divulgação

O autor do projeto de valoautores e autoras de forma a fomentar nos estudantes o rização do Lago Guaíba atrainteresse pelas questões revés da arte e da educação, o professor e cartunista Jean lacionadas ao processo de Pico, realizou, na noite do dia escrita e de leitura. 26 de outubro, uma oficina soAlém de levar exemplares do primeiro livro do projeto, bre a relação entre sua obra com a história que originou a e o saneamento básico para série e foi base para o TCC alunos do EJA (Educação de (Trabalho de Conclusão de Jovens e Adultos), das séries Curso) que o graduou pedainiciais, do curso totalidade 5 e para professores da Escola gogo, o autor falou sobre a Jean Pico e a Municipal de Ensino Básico importância do saneamento colaboradora Aline Vargas Dr. Liberato Salzano Vieibásico para a recuperação ra da Cunha, no bairro Sarandi. A iniciativa do Guaíba, assim como de todos outros faz parte do programa de incentivo à leitura mananciais, explicando como os processos Adote um Escritor, realizado pela Prefeitura de tratamento de água e de esgoto, e sobre de Porto Alegre desde 2002, que direciona como a gestão dos resíduos e da drenagem verba para equipar as bibliotecas da rede urbana é fundamental para que possamos municipal e proporcionar contato direto com nos banhar novamente em suas águas.

Nova revista deve estar nas ruas até o Dia do Lago Guaíba, em novembro Paralelamente às oficinas, o trabalho para o lançamento da próxima revista segue a todo vapor. Inicialmente previsto para outubro, o lançamento da nova edição foi adiado para a segunda quinzena de novembro, a tempo de integrar as come-

morações do Dia do Lago Guaíba, celebrado sempre no último domingo do mês. Para colaborar com o projeto e garantir a distribuição gratuita das revistas, assim como as oficinas em escolas públicas, existem duas formas: anunciando

sua empresa e seus serviços na próxima edição ou comprando o livro que originou a série, que está sendo vendido a R$ 20, diretamente com o autor, o professor e cartunista Jean Pico, pelo telefone (WhatsApp) 98183-1773.

- Mini Mercado WD - Minimercado Casca - Restaurante Bangalô - Restaurante Mirante do Guaíba - Super Postal - Super Tchê Barbaridade - Supermercado Irmãos Lunardelli - Tabacaria Ipanema - Tudo pra Bicho

Jardim Urubatã

- Bar do Luiz - Casa do Pão - Mercado Urubatã

Jardim Isabel

- Posto Pasqualini

Pedra Redonda

- Sociedade de Engenharia RS

Ponta Grossa

- Ferragem Müller - Padaria e Armazém da Dinda - Padaria Pão da Hora - Padaria Ramires Machado - Rona Bazar e Ferragens - Supermercado DiSul - Supermercado Müller

Tristeza

- Gelson Lanches - Panus & Mangas - Dauge

Vila Nova

- Super Hoffmann

Galeria de arte realiza exposição especial e homenageia Antonio Soriano Acervo da família

Mostra destaca obra de Soriano, que residia na Zona Sul

A Bublitz Galeria de Arte, localizada na Avenida Neusa Goulart Brizola, 143, no bairro Petrópolis, está comemorando 33 anos com uma exposição especial, com 33 obras de 33 artistas, até 25 de novembro, com visitação gratuita e possibilidade de ser conferida virtualmente no site virtual.galeriabublitz.com.br/. Além de outros nomes consagrados da arte gaúcha e nacional, como Ado Malagoli, Aldemir Martins, Carlos Scliar, Carybé, Jane de Bhoni, Kenji Fukuda, Vasco Prado e Vitório Gheno, o destaque fica por conta da homenagem ao artista Antonio Soriano, falecido em 2016, com o lançamento de uma série composta por cinco gravuras numeradas, graças a uma parceria da família de Soriano e de uma empresa de gravuras artísticas do Brasil. Nascido em Santo Ângelo, em 1944, Soriano foi morador da Zona Sul de Porto Alegre, no bairro Guarujá, e recebeu muitos prêmios com a arte e a publicidade, alcançando destaque nacional e participando de várias exposições pelo país. Soriano também foi um dos primeiros leitores, assinantes e incentivadores de O Jornalecão, sendo um dos primeiros entrevistados e tendo doado uma de suas telas para promoção realizada pelo periódico em uma das tradicionais festas de aniversário do jornal de bairro realizadas nos anos 90.


COMUNIDADE

Porto Alegre / RS

Novembro 2021

3

Iniciada recuperação de novo trecho da Avenida Juca Batista

Prefeitura busca parcerias para criação de uma marina pública na Orla do Guaíba

Divulgação PMPA

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) iniciou, no dia 13 de outubro, serviço de recuperação estrutural em novo trecho da Avenida Juca Batista, entre a Estrada Chapéu do Sol e a Rua Heitor Vieira. O trabalho será realizado em 3.563 metros de via e faz parte do Programa de Requalificação Viária da prefeitura. Além da recuperação do asfalto, o serviço executado por uma empresa terceirizada envolve a limpeza de redes de drenagem e bocas de

Luciano Lanes / PMPA

lobo, além da instalação de rampas de acessibilidade. O investimento é de cerca de R$ 3 milhões e a estimativa de entrega está prevista para fevereiro de 2022. A SMSUrb também trabalha na recuperação estrutu-

ral em outro trecho da via, entre a Avenida Cavalhada e a Estrada Edgar Pires de Castro. O serviço, que iniciou em abril, está sendo realizado em 4.622 metros de via, incluindo trechos em paradas de ônibus. O contrato com a empresa prestadora de serviços prevê a recuperação do pavimento em 22 paradas de ônibus que já tinham concreto, a demolição e reconstrução de duas paradas e a construção de outras 10, totalizando 34 trechos em concreto, cada um com 45 metros de extensão.

Gabinete da Causa Animal vacina mais de cem cães no Beco do Adelar GCA/PMPA

A Prefeitura lançou edital de chamamento público para estudos de viabilidade de uma marina pública na Orla do Guaíba. O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) foi publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa). Por meio da colaboração do setor privado, o município quer criar um espaço que possibilite o acesso de pequenas embarcações à área de terra. A análise contribuirá na complementação do projeto para a futura licitação da concessão do Trecho 2 da Orla do Guaíba. De acordo com a secretária municipal de Parcerias, Ana Pellini, a marina pública é uma demanda antiga dos gaúchos e impulsionará atividades náuticas no Lago Guaíba, atualmente praticadas somente em clubes privados. O PMI consiste na elaboração de estudos para implantação, gestão, operação e manutenção da marina na área do trecho 2 do Parque Urbano da Orla do Guaíba. Os estudos complementares compreendem modelagem econômico-financeira, estudos de engenharia, arquitetura e impacto urbanístico.

Vacinação antirrábica, orientações sobre guarda responsável e serviços veterinários prestados pela Unidade de Saúde Animal Victória (Usavi) e educação animalista para crianças fizeram parte de ação realizada, na manhã de 29 de outubro, no Beco do Adelar, na Zona Sul de Porto Alegre. No total, mais de cem cães foram imunizados contra a raiva durante a atividade realiza-

da pela Prefeitura, por meio da equipe do Gabinete da Causa Animal (GCA), que contou com o apoio da Subprefeitura Sul e da Unidade de Saúde Nova Ipanema, na divulgação e na organização da ação, da Assembleia Legislativa (que doou cartilhas infantis de educação sobre o mundo animal) e da Secretaria Municipal de Educação (que forneceu lápis de cor).

Fios e cabos aéreos irregulares começam a ser removidos na cidade A Prefeitura de Porto Alegre e a CEEE Equatorial iniciaram, em outubro, a retirada de cabos e fios aéreos em situação irregular na Capital, que ofereçam riscos, localizados em postes com estrutura compartilhada (telefonia, TV a cabo ou fibra óptica). Os trabalhos começaram no bairro Sarandi, na Zona Norte de Porto Alegre. Conforme o superintendente técnico da CEEE Equatorial, Júlio Hofer, todas as empresas cadastradas já foram avisadas. “Orientamos para que providenciem sua regularização do compartilhamento de postes, a fim de evitar o desligamento de clientes

Luciano Lanes / PMPA

cujas prestadoras de serviço estejam com contratos em vigor junto à CEEE Equatorial.” Os clientes atendidos também estão sendo comunicados, por e-mail, das intervenções que ocorrerão nos próximos dias. A ação entrou na fase final partir do dia 28 de outubro, quando serão removidos todos os cabos de empresas não regularizadas. O objetivo é garantir maior segurança para a população, para quem trabalha nos postes e também reduzir a poluição visual da cidade. O cronograma de ações pode ser conferido em www.ceee.equatorialenergia.com.br.


SAÚDE e BEM-ESTAR

4

Porto Alegre / RS

Novembro 2021

Cuidador de idosos: uma profissão do futuro Divulgação

Uma carreira atual e As pessoas que quipromissora em nossos serem se preparar para dias é a de Cuidador de esta bela profissão têm, Idosos. Isto se deve ao na Zona Sul, uma ótima fato de que nós estamos opção: a Escola de Cuitendo uma vida mais londadores, concebida pelos ga com tantas descoespecialistas da Anjos da bertas científicas que se Guarda Home Care, locaAlunos da turma de outubro / 2021 sucedem. Vemos por aí lizada no tranquilo bairro idosos que mostram uma saúde de ferro. de Belém Novo. O curso tem 70 horas (40 Mas, no momento em que o idoso não de aula teórica, 26 de aula prática e 4 de estiver tão bem, será importante a ajuda estágio), fornece certificado, apostila digide um cuidador. Muitas vezes, os familia- talizada ou impressa, carteira de Cuidador, res precisam trabalhar e não têm o tempo além de oferecer, também, aulas de fisiotenecessário para acompanhar o seu ente rapia. O aluno recebe certificado, que vale querido que precisa de cuidados especiais para prova de títulos para Concursos Públie qualificados. cos, além de ter seu currículo enriquecido. Para conhecer a Escola de Cuidadores, localizada na Rua Heitor Vieira, 518, bairro Belém Novo, acesse o site www.anjosdaguardacare.com.br e as redes sociais (Facebook e Instagram - anjosdaguardacare) ou ligue para 98573-1998

Qual papel o Kumon desempenha no desenvolvimento de seus alunos? Arquivo O Jornalecão

Vivemos uma era de mercado de trabalho eximuitas informações e girá, mais do que nunca, transformações, de forma profissionais proativos, que aquilo que sabemos dinâmicos e com habilidahoje - especialmente sodes autodidatas. bre tecnologia - pode estar Diante desse cenário, Unidade Ipanema está localizada na Av. Tramandaí totalmente defasado em qual o papel que o Kumon poucos anos, tamanha a velocidade com desempenha? Sempre em parceria com os que o conhecimento humano avança. No pais ou responsáveis pelos alunos, o que o futuro, a capacidade de aprender não será método Kumon faz é agregar à educação apenas uma qualidade profissional, será familiar e escolar, sem o objetivo de ser um uma questão de sobrevivência, pois, segun- mero complemento, mas, sim, de desendo relatórios do Fórum Econômico Mundial, volver habilidades que serão assimiladas e até 2030, muitas das competências que as assumidas para a vida como um todo, não empresas esperam de seus funcionários apenas parte dela. Para tal, o Kumon se serão bem diferentes de hoje, sendo ne- apoia em três pontos fundamentais, como cessário aprender a lidar com mudanças. O pode ser conferido abaixo: Parceria: Os familiares devem ajudar os alunos com a organização e o planejamento de estudos, apoiando a realização das atividades, pois, assim, de forma conjunta, o desenvolvimento de habilidades acontece de forma mais rápida, eficiente e duradoura.

Prioridade: Saber elencar prioridades é fundamental para o desenvolvimento humano, seja ele físico, psicológico e/ou intelectual. Estabelecendo e organizando as prioridades para agir, não apenas conseguimos entender e estabelecer a resolução de problemas, como conseguimos, também, enxergar mais claramente suas soluções.

Disciplina: A disciplina é simplesmente a forma como organizamos a nossa liberdade. É saber e fazer o que precisa ser feito, movidos pela própria percepção e vontade. Se entendermos e sentirmos a importância do que estamos fazendo, o aprendizado é sempre mais profundo e carregado de vida.

Informações sobre o Kumon e seu método na Unidade Ipanema (Avenida Tramandaí, 480, loja 7), que está com matrículas grátis até 20 de dezembro, pelo telefone 3028-3701.

Primeira turma de curso de patinação se forma no SABI+ Camila Dilélio

A pandemia atrapalhou a concretização de muitos dos planos sonhados para o retorno do protagonismo do papel social da SABI na região, mas não impediu Formandos com a prof. Caroline, as monitoras, que o Centro Cultu- e o presidente da SABI, Marco Antônio Cunha ral SABI+, com muita luta e dedicação, realizasse alguns dos cursos gratuitos para jovens das escolas públicas da Zona Sul, como planejado. Um desses cursos foi o de patinação, sob a orientação da professora Caroline Quaresma, que aconteceu durante este ano de 2021, seguindo todos os protocolos de segurança e higienização necessários para a saúde dos participantes. E, na tarde chuvosa de 6 de novembro, aconteceu a solenidade de formatura, contando com a participação dos familiares, amigos e da diretoria do Centro Cultural. Foi um momento muito especial, com vibrações que remetiam à alegria do dever cumprido e do sonho realizado. Foram entregues os certificados aos formandos, que ouviram palavras de incentivo para continuarem com esforço e foco, assim como fizeram para chegarem até esse momento tão especial. Em 2022, o Curso de Patinação acontecerá novamente, bem como muitos outros cursos previstos que o Centro Cultural SABI+ ainda deve proporcionar, visando a formação técnica e cidadã dos jovens da Zona Sul. Para mais informações, acesse as redes sociais da SABI (facebook.com/sabimais/ e instagram.com/sabi_mais/) ou contate pelos telefones 9818-40146 e 98186-0510.


COOPERATIVISMO

Porto Alegre / RS

Novembro 2021

5

Moradora da Zona Sul assume Gerência Regional Sul da Sicredi União Metropolitana RS Originária de Dom Pedrito, Simone Amado mudou-se para Porto Alegre com apenas 3 anos de idade e, desde então, vive na capital. Há mais de 14 anos no Sicredi, Simone assume a Zona Sul como casa, residindo há mais de 30 anos nessa região que é “tudo de bom” e é com essa vivência e carinho pela Zona Sul que assume a Gerência Regional Sul da Sicredi União Metropolitana. Mesmo estando em casa, O Jornalecão foi até a agência Eduardo Prado para dar boas-vindas e conhecer um pouco mais sobre o trabalho da nova gerente e dos planos da cooperativa para a região. Acervo pessoal

Por ser moradora e conhecer bem a Zona Sul, o que espera da relação com a comunidade ao assumir a Gerência da Regional Sul? Esperamos dar seguimento ao ótimo trabalho do Sandro Soares, gerente da região pelos últimos 3 anos, e equipe para ampliar ainda mais o relacionamento da cooperativa junto à nossa região. Hoje, o Sicredi é muito bem visto aqui, a comunidade nos reconhece e confia na cooperativa. Quando um trabalho é bom, temos que dar seguimento, pois, assim, a participação das nossas agências no crescimento da Zona Sul será natural. Como diz a Caroline Porto Alegre, Gerente de Atendimento, “vamos pintar a Zona Sul de verde”! O Sicredi teve início no Rio Grande do Sul e, hoje, está em todo o país, expandindo-se sem deixar de valorizar as questões locais, assim como a Zona Sul de Porto Alegre. Como a cooperativa pode ajudar a Zona Sul e vice-versa? O sistema Sicredi nasceu em 1902, em Nova Petrópolis, com o padre suíço Theodor Amstad, com o objetivo de desenvolver a região, pois ele já tinha a visão de que, se as pessoas trabalhassem juntas, o retorno seria maior para todos. Agora, com a entrada do Sicredi no estado do Espírito Santo, pintamos o Brasil inteiro de verde! A nossa missão - valorizar o relacionamento, oferecer soluções financeiras para agregar renda e contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos associados e da

Simone Amado é a nova gerente do Sicredi na Região Sul de Porto Alegre

sociedade - é a base para um sistema no qual várias pessoas trabalham por um mesmo objetivo, nós valorizamos verdadeiramente o relacionamento. A grande diferença do Sicredi é que priorizamos a relação com o associado para poder oferecer a solução que ele precisa. No momento que eu entendo a sua necessidade, posso oferecer a solução mais adequada para você. Atualmente, temos mais de 100 cooperativas pelo país, mas trabalhamos sempre por regionalização. O sistema vem crescendo ano a ano, e a nossa cooperativa também. E aí vem o crescimento de tudo, da empresa, das pessoas, dos associados e da região como um todo. Quando o associado entende que ele é dono, que, se trabalhar com a cooperativa tudo o que precisa no mercado financeiro - seja uma abertura de conta ou qualquer produto que lhe interesse e seja necessário - ele ajudará a cooperativa a crescer e, em contrapartida, a cooperativa consegue devolver para a comunidade, através do seu Fundo de Desenvolvimento Social, uma melhor qualidade de vida.

Qual é a diferença em contratar uma cooperativa?

É o retorno que a cooperativa dá para todas as pessoas envolvidas - associados, colaboradores, comunidade. Todos os produtos que uma instituição financeira bancária pode oferecer, o sistema cooperativo do Sicredi também oferece. Tudo que você traz de movimentação financeira gera retorno: uma parte volta ao associado como distribuição de resultado e outra parte volta para a comunidade, pois o associado entende a importância de abrir mão de parte do seu resultado para o Fundo de Desenvolvimento Social, destinando 3% do resultado da cooperativa de volta para a região em que ela está inserida. Quanto maior for o resultado da cooperativa, maior é o valor que retorna para a comunidade. Por isso é tão importante termos os associados trabalhando sempre conosco, porque conseguimos aumentar o resultado e trabalhar mais com o desenvolvimento social. Uma coisa gera a outra em um círculo virtuoso de crescimento. Ao mesmo tempo, não temos como aumentar a base de associados se eu não tiver um colega para atender esses associados, não temos como colocar uma nova unidade de atendimento se não tiverem pessoas para trabalhar, e isso também faz o desenvolvimento das regiões onde o Sicredi está, pois a expansão da cooperativa abre novas vagas no mercado de trabalho local.

Com a pandemia e o momento de dificuldades pelo qual a sociedade vem passando, como o cooperativismo pode ajudar? O cooperativismo vem como uma terceira via, porque a gente trabalha com o ganha-ganha: tem que ser bom para o associado, para a empresa e para a comunidade. Nós, enquanto empresa, representamos milhares de associados, então não podemos e não vamos fazer algo que seja bom para um lado, mas que prejudique os demais. São nesses momentos de dificuldade que o cooperativismo faz a diferença, porque, quando você trabalha em uma relação de ganha-ganha, olhando o indivíduo e o relacionamento que você quer construir e manter com ele, conseguimos entender suas verdadeiras necessidades. A cooperativa trabalha dentro de quatro pilares: colaborador, associado, empresa e comunidade. Às vezes a pessoa diz que não é envolvida com a comunidade, mas, se você é parte de uma cooperativa, mesmo que seja indiretamente, você é envolvido, sim, com a comunidade. Se esse associado entende o quanto ele é importante, que o quanto ele movimenta dentro da cooperativa vai voltar para ele e sua comunidade, a empresa cresce e tem resultados melhores, o que, consequentemente, gera um maior retorno para a comunidade. Nesse momento tão diferente que vivemos de pandemia, a Cooperativa tem ajudado, não somente através de seus projetos sociais, mas também no dia a dia, a cada associado no momento em que o conhecemos e o atendemos dentro da sua necessidade.


Porto Alegre / RS

CLASSIFICADOS

6 ADVOGADOS

CONTROLE REMOTO

ESTÉTICA

PET SHOP

Novembro 2021 REFLEXOLOGIA

RELOJOARIA

VENDO IMÓVEL

BICICLETAS

Sítio em Itapuã - A 1 km da Lagoa Negra, 20X50, plano, R$ 70 mil, e 10X50, plano, R$ 35 mil. Escriturados. Tratar fone: 99859-6790 - particular.

PODOLOGIA

VIDRAÇARIA

RELIGIÃO

LOJAS ELETRICISTA

CHAVEIRO

VINHOS


Porto Alegre / RS

VARIEDADES

Previsões para Novembro de 2021 ÁRIES –Você caminha sob a luz do Sol. Ela ilumina a estrada e mostra as coisas ocultas. Mas cuidado. Ela também pode causar uma cegueira momentânea e causar algum engano. TOURO – Busque a tranquilidade na alma. Porém, não se deixe levar por falsas imagens. Segurança e conforto são o que você preza na vida. GÊMEOS – O pensamento e as ideias fluem sem dificuldades. Sua mente voa longe e alto. Cuidado. Plutão pega pelos pés e derruba quem não olha para o chão. CÂNCER – Um bom período para colocar em ordem as desarrumações do ano. Entre imaginação e razão, fique com as profundezas da alma. LEÃO – Analise até onde você pode ir neste momento. Aceite o limite e aprenda com ele. Tente mudar sem destruir as coisas boas que já foram conquistadas. VIRGEM – Deixe crescerem as asas. Voe com a leveza das penas. Se os calçados são pesados, descalce-os. Abra o coração e liberte o colorido que habita dentro dele. LIBRA – Vá com calma. Cuide para não tropeçar nos próprios pés. Analise se o que você vê é real ou apenas imaginação. O momento é delicado para decisões rápidas. ESCORPIÃO – O Sol anuncia uma nova caminhada na vida. A Lua nova do dia 04/11 é favorável para iniciar ideias já amadurecidas. A fé em si mesmo deve ser reforçada. SAGITÁRIO – Clareza mental é o que você necessita agora. Preste atenção na vida e nas palavras faladas e escritas. Mantenha sempre harmonia e paz interior. CAPRICÓRNIO – Respire fundo e abra os olhos. As dificuldades não deixaram rastro. Não se prenda ao que não existe mais. Crie uma nova realidade e deixe o Sol iluminar o caminho. AQUÁRIO – Época de fé e desenvolvimento mental. Mantenha sempre o equilíbrio das coisas e a justiça nas ações. PEIXES – Não se deixe enganar pelas falsas bondades. Mantenha firmes os seus valores. O reino divino não é aqui.

7

Novembro 2021

Músicas das décadas de 70, 80 e 90 embalam noites de sexta-feira na Ipanema Comunitária DJ Heidner brinda ouvintes da rádio comunitária com composições clássicas das pistas de dança no século 20

Arquivo pessoal

Uma das novidades da Rádio Ipanema Comunitária, sinDJ Heidner tonizada no FM 87.9 pelos moradores do bairro e redondezas e também pela internet em www.ipanemacomunitaria. com.br, é o programa Nostalgia, comandado pelo produtor de música eletrônica DJ Heidner, que trabalhou em diversas casas noturnas de Porto Alegre e Região Metropolitana durante os anos 1990, com músicas da eurodance e synth pops. Morador do bairro Ipanema, Vinícius Heidner Cruz (o DJ Heidner) brinda os ouvintes da rádio comunitária da Zona Sul com canções e o melhor do flash back, embalando as noites de sextas-feiras, a partir das 22h, com um repertório repleto de clássicos das pistas da dança das décadas de 70, 80 e 90. Vale a pena conferir!

Banda Besixdouze lança álbum misturando psicodelia retro-futurista e rock gaúcho Divulgação

‘Besixdouze Satellite Circuda Besixdouze, com o talento de meuntibus’ é o álbum de estreia ambos se complementando e da banda de Rock Alternativo dando fruto a uma obra equilibraBexisdouze, liderada pelo casal da e coerente que tem sentido, Eduardo Faleiro e Fabíola Barsem, em momento algum, conreto, que assina suas criações trastar com o clima alucinógeno com os pseudônimos Evan Nave que as canções evocam. Não à Dudu e Fabíola e Neila Alien, respectivamente. toa, Eduardo trabalha escrevenO nome da banda remete ao plado para trilhas sonoras de filmes neta asteroide B612, onde vive de ficção científica e álbuns para o Pequeno Príncipe, personagem da obra diferentes bandas há algum tempo. clássica de Saint Exupéry, e traduz bem a O álbum de estreia da banda Besixdouze atmosfera retro-futurista das músicas e os foi gravado ao longo de um ano e foi lançatemas abordados. do em 2020, mas, em função da pandemia, Eduardo – ou Evan Nave, ou mesmo teve suas ações de lançamento junto ao púDudu, como era conhecido na infância, no blico reduzidas, mas disponibilizadas pela bairro Guarujá, quando conheceu os funda- internet. Em abril deste ano, a versão física dores de O Jornalecão – já esteve nas pá- do álbum ficou pronta e já está à venda. Paginas do jornal antes, mas não pela música. ralelamente, os artistas já estão trabalhando Na ocasião, um torneio de videogame que no próximo álbum, que deve ser lançado em ele venceu, na década de 90, foi noticiado. outubro. Além de Evan Nave (guitarra base Mas, desde muito cedo, Eduardo já era mú- e efeito) e Neila Alien (vocal), a banda tamsico e uma figura muito conhecida na Zona bém conta com os músicos Pedro Oliveira Sul, chamado por muitos de “Dudu Louco”. (Bateria), Renan Delgado (guitarra solo), Com uma infância conturbada e uma ado- Florence Ribeiro Barreto (violino), Franco lescência transtornada pelo uso de drogas, Salvadoretti (flauta transversal), Tiago BarEduardo sempre gostou de compor e essa reto (baixo), Bruno Previdi (baixo), Edisto dal foi e tem sido sua arma contra a dependên- Santo Junior (teclados, bandolim e banjo), cia química, como um relato psicodélico dos Vini Tonello (teclados) e Eduardo Antunes anos e abusos vividos lapidados com o es- Nichele (gaita). O álbum ‘Besixdouze Satellimero e a minúcia da consciência conquista- te Circumeuntibus’ tem 10 faixas, a capa foi da. Quando Eduardo conheceu Fabíola Bar- feita por Renan Trindade e o CD físico pode reto, uma vocalista e bailarina consagrada, ser comprado através do perfil no Instagram eles se casaram, assumiram as personas de (@besixdouzeoficial) e pode ser encontrado Evan Nave e Neila Alien e formaram a Ban- nas plataformas musicais listadas abaixo: open.spotify.com/album/0TCHCCeaBUa8qHuQqOLQQN www.besixdouze.com.br e soundcloud.com/besixdouze-92573848


VALORIZAÇÃO LOCAL

8

Porto Alegre / RS

Novembro 2021

População escolherá marca de Porto Alegre Público vai poder votar entre as três marcas finalistas para que uma delas represente a capital gaúcha a partir da comemoração dos 250 anos da cidade Até o dia 30 de novembro, a população porto-alegrense terá a oportunidade de escolher a marca que, a partir da comemoração do aniversário de 250 anos de Porto Alegre, em março do ano que vem, será a imagem de reconhecimento da capital gaúcha perante os moradores, os turistas e os empreendedores, a exemplo do que já fizeram cidades internacionalmente reconhecidas, como Nova Iorque, Barcelona e Amsterdam. A iniciativa partiu da ABEDESIGN/RS (Associação Brasileira de Empresas de Design - Regional RS), formada por 13 empresas de design. O objetivo é um posicionamento coerente e único e uma identidade

Versão Caminhos

Versão Formas

visual contemporânea que represente a força e a pluralidade da nossa cidade, orgulhando seus habitantes, atraindo visitantes e fomentando investimentos. Desde o início do projeto, ainda em 2017, foram definidas as três premissas: protagonismo voluntário, autoria coletiva e propriedade comunitária. São três opções disponíveis para a população escolher, todas resultantes de um processo colaborativo e rigoroso, além da cocriação e voluntariado que reuniu

Versão Horizontes

40 empresas de design e inovação de Porto Alegre, representadas nas versões: Caminhos, Formas e Horizontes. Cada uma delas possui um conceito diferente e toda uma gama de possibilidades de exploração da imagem da cidade, como publicidade em órgãos públicos, materiais de divulgação, adesivagem de ônibus, entre outros. Para conhecer as marcas, seus conceitos e materiais de divulgação e votar, acesse www.marcapoa.com.br.

Atenta à sustentabilidade, casa de religião de matriz africana realiza limpeza espiritual coletiva de final de ano no bairro Lami Acervo pessoal

Com o final do ano chegando, a busca por limpeza espiritual e energética para entrar em 2022 com todas as forças para realizar os sonhos adiados também se intensifica. Na Zona Sul de Porto Alegre, no bairro Lami, existe uma casa de religião de matriz africana chamada Ylê Oya Afefé Owo, dirigida pelo Pai Rodrigo da Oyá, que oferece acolhimento espiritual, realiza trabalhos religiosos e pratica Jogo de búzios, mantendo sempre o respeito e a preocupação com a preservação da natureza, usando preceitos da sustentabilidade para realizar seus trabalhos. Segundo Pai Rodrigo, “a natureza é sagrada, pois é nela que

Pai Rodrigo de Oyá

habita Orixá”, explicando a escolha do centro por matérias biodegradáveis - como TNT, papel seda ou folhas de bananeira – em suas oferendas, assim como o hábito de nunca deixar garrafas, copos ou quaisquer outros materiais plásticos ou de vidro no chão, até porque, segundo ele, “o contato com a terra é fundamental” para os trabalhos espirituais – motivo pelo qual, por exemplo, os trabalhos são realizados com os pés no chão, as oferendas são plantadas e as

velas nunca são deixadas acesas. A casa de religião de matriz Africana Ylê Oya Afefé Owo vai promover, nos dias 6, 7 e 8 de dezembro, limpeza espiritual coletiva de final de ano, com o objetivo de renovar as esperanças e concentrar forças para celebrar o novo ciclo e retomar os projetos inconclusos. As limpezas espirituais coletivas serão com hora marcada e começam pela manhã e se estendem até a noite. A casa de matriz Africana Ylê Oyá Afefé Owo está localizada na Rua Chrispim Antônio Amado, 84, no bairro Lami, e os agendamentos e os esclarecimentos podem ser feitos pelo telefone e WhatsApp 99115-5095.

Fernando Gay da Fonseca é homenageado com nome de rua Janete Machado

O prefeito Sebastião Melo sancionou, no final de setembro, com base em projeto de lei proposto pelo vereador Idenir Cecchim, lei que denomina logradouro no bairro Ipanema, na Zona Sul da capital, como Rua Fernando Affonso Gay da Fonseca. Professor, escritor, jurista, diplomata e político, o homenageado residiu por muito tempo no bairro e faleceu em 2017, aos 93 anos de idade, e era filho de Odila Gay da Fonseca, também ilustre moradora de Ipanema que foi homenageada ao emprestar seu nome para a mais tradicional escola do bairro, além de uma rua no Jardim Botânico, na Zona Norte da cidade.


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.