Page 1

Janeiro / Fevereiro 2018 - Zona Sul de Porto Alegre/RS - Ano 31 - Nº 268 - 3246.0848 - 98401.3603 - jornal@jornalecao.com.br

DISTRIBUIÇÃO

GRATUITA Gustavo Cruz / O Jornalecão

Nível baixo do Guaíba expõe sujeira Pág. 3

LEIA TAMBÉM NESTA EDIÇÃO: Abertas inscrições para conselheiros e delegados do Plano Diretor

Entidades de proteção animal já estão habilitadas no Nota Fiscal Gaúcha

Sinal analógico de televisão com os dias contados

Ônibus voltam a utilizar tabela de horários normal

Pág. 3

Pág. 5

Pág. 8

Pág. 8


CLUBE de VANTAGENS

2

Nova Casa de olho nas tendências em móveis Empresa estará na Movelsul para trazer as novidades aos clientes da Zona Sul de Porto Alegre

De 12 a 15 de março de 2018, os olhos do setor moveleiro estarão voltados para Bento Gonçalves, onde se realiza a Movelsul, maior feira de móveis da América Latina. Referência de moda para ramo moveleiro, na feira é apresentada aos lojistas a nova coleção de produtos, com as principais tendências para próximos dois anos. Como de costume, a Nova Casa estará lá, fazendo compras para trocar todo o show-room da loja sediada na Avenida Juca Batista. Assim, os clientes da Zona Sul de Porto Alegre poderão adquirir, em primeira mão, os lançamentos de diversas marcas. Para estar ainda mais sintonizada com os clientes, a Nova Casa também facilitou ainda mais a aquisição dos móveis, com a opção de pagamento com boleto bancário, sem burocracia e sem demora na análise cadastral. E o parcelamento pode ser feito em até dez vezes, sem juros, com o primeiro pagamento em até 60 dias. Uma oportunidade única e realmente diferenciada. Não perca!

Com distribuição gratuita, O Jornalecão e parceiros lançam tabela da Copa do Mundo O Jornalecão está lançando a sua tradicional Tabela da Copa do Mundo, publicada, pela primeira vez, em 2006. Com o patrocínio de empresas e profissionais da Zona Sul, serão distribuídas, gratuitamente, milhares de tabelas para os moradores da região acompanharem 64 jogos do Mundial de futebol. A distribuição terá início em maio, mais de um mês antes da Copa, que será realizada na Rússia a partir de 14 de junho. Na edição de Abril de O Jornalecão, serão divulgados os locais de distribuição gratuita da Tabela. As empresas interessadas em anunciar podem entrar em contato pelos telefones 3246-0848, 98401-3603 ou pelo e-mail jornaljornalecao@gmail.com.

TURMA DO GUAÍBA

Por Jean Picoo

Porto Alegre / RS

Verão 2018


Porto Alegre / RS

COMUNIDADE

Verão 2018

3

Baixa no Guaíba expõe o lixo descartado incorretamente

Dicas de volta às aulas

Fevereiro é o mês em que os nossos filhos retomam à rotina nas Escolas. Visando a segurança das crianças, pais e dos professores, essas dicas são orientações para o retorno seguro às aulas: • Conduza seus filhos à escola ou entregue-os a pessoas de sua confiança. Uma boa pedida é que os vizinhos ou parentes se revezem na tarefa; • Nunca esqueça de travar as portas e manter os vidros do seu automóvel sempre fechados; • Ao transportar crianças, coloque-as no banco de trás; • Use sempre o cinto de segurança; • Na volta às aulas, colabore com a fluidez do trânsito e a segurança de seu filho, evite parar em fila dupla e não demore no embarque e desembarque de passageiros; • Toda criança deve saber seu endereço, telefone, nome dos pais ou responsáveis ou de quem vai buscá-la na escola; • Evitar contatos com estranhos chamando a atenção, com gritos e gestos, das pessoas que estiverem por perto, quando abordados; • Oriente seu filho para andar em grupo no trajeto das escolas ou em longas caminhadas. Não andar sozinho em locais ermos; • Não aceitar presentes de estranhos.

A pouca chuva e o calor dos primeiros meses do ano fizeram com que o nível de volume de água baixasse, expondo uma triste realidade: a quantidade de lixo nas margens do Guaíba. Pneus, colchões, roupas, calçados, madeiras, latas, garrafas, plásticos, sacolas e todo tipo de resíduo, descartados de forma irregular, presos aos galhos da vegetação da orla, deixaram à mostra os resquícios do descaso de parte da população. Por que isso acontece?

Existem muitas razões para o principal manancial da capital gaúcha estar poluído, desde a sujeira dos rios que o formam (três dos cinco principais rios que formam o Guaíba estão entre os mais poluídos do Brasil), passando pelo despejo de esgoto doméstico e de detritos industriais, além do descarte irregular de lixo às suas margens ou nos 27 arroios espalhados pela cidade. Embora menos perigosos para os seres humanos que os resíduos líquidos, que se diluem na água, os resíduos sólidos são visíveis, além de prejudicarem a fauna e a flora. O fato é que, seja o esgoto doméstico, os produtos químicos vindos da indústria e da agricultura ou o simples papel de bala jogado no chão, toda a sujeira descartada indevidamente na capital gaúcha tem um destino certo: o lago Guaíba.

O que fazer?

Para a situação chegar a este ponto, não existe apenas um responsável. O poder público precisa fazer e fiscalizar leis de proteção ambiental e punir exemplarmente os infratores, enquanto a iniciativa privada deve buscar alternativas sustentáveis para sua cadeia de produção e a população deve ficar atenta, pois é através de suas escolhas (seja pelo voto ou pelo consumo) que são tomadas decisões importantes, na iniciativa privada e também por órgãos públicos. Se estivesse limpo, seria muito mais fácil aproximar a população do Guaíba, mas, diante da nossa realidade, a urgência é maior. Como a população não pode tomar banho nem praticar esportes na maior parte de suas águas, a relação com o Guaíba permanece distante, piorando a cada geração que cresce sem ver esse cenário mudar. Segundo Jean Pico, autor da série de quadrinhos Turma do Guaíba, produzida em parceria com O Jornalecão e criada como estratégia para valorizar o manancial, “as crianças que não tiveram a oportunidades de tomar banho no Guaíba estão crescendo sem acreditar que é possível desfrutar do manancial, e isso é muito perigoso, pois, assim, elas se engajarão menos em sua recuperação”. Qualquer resposta para o problema da poluição do Guaíba, não importa a esfera em que ela ocorra, passa pela conscientização, pelo reconhecimento da importância da educação e do cuidado com os nossos mananciais.

A Voz do Leitor

EMPREENDEDORISMO Por Felipe Augusto Gestor Comercial e de Marketing

O senhor Raimundo Biazetto (foto ao lado) é um exemplo de morador. Tem 81 anos e, há mais de 20 anos, conserva a praça e a frente de sua casa na Avenida Juca Batista, fazendo varreção no local. É com atitudes como esta que acredito que o nosso país tem jeito, cada um fazendo a sua parte... Vamos também colaborar com a limpeza das nossas ruas, praças e calçadas em 2018! Parabéns, senhor Raimundo!

Como o WhatsApp pode melhorar seu negócio Uma das principais vantagens do aplicativo WhatsApp é o fato de ser gratuito, sendo necessário, apenas, estar conectado à internet e um aparelho de celular adequado. Outro diferencial é a possibilidade de realizar diversas atividades simultâneas enquanto conversa com alguém neste aplicativo, uma vez que pode atender telefone, responder um e-mail, atender pessoalmente e, em paralelo, realizar um atendimento via WhatsApp. As pessoas não têm mais paciência para atender um telefonema a todo instante. Por outro lado, responder uma mensagem de WhatsApp é algo rápido, fácil e muito mais cômodo. Nos negócios, o WhatsApp poderá ser eficiente, mas é preciso planejar. Do contrário, você apenas enviará mensagens dispersas que confundirão o consumidor. Com método, tudo fica claro e organizado. É importante ter uma estratégia de marketing integrada a outros canais. Comece divulgando o número da empresa neles. Ao usar todos os meios de interação, você trará mais pessoas para a lista de contatos. Utilize algumas postagens do Facebook, Instagram, Twitter e site. No marketing, tudo deve ser feito com cautela, porque estamos tratando, antes de tudo, da imagem do negócio. Se você for muito agressivo, seus clientes acharão que você está forçando a barra. E isso trará prejuízos grandes. Dessa forma, não saia adicionando todos sem permissão. Daí para frente, crie promoções, divulgue produtos, seja criativo e não se esqueça que o cliente que lhe der uma reciprocidade deve ter também uma reciprocidade diferenciada para a sua fidelização por este canal. Boas vendas e sucesso!!! Dicas e sugestões, entre em contato com Felipe Augusto: WhatsApp: 99143.4345 mktfelipe@yahoo.com.br facebook.com/felipe.varejo

Gustavo Cruz / O Jornalecão

Nilson Gomes - líder comunitário da Zona Sul de Porto Alegre

Abertas inscrições para conselheiros e delegados do Plano Diretor Entre as atribuições, estão participar da definição de políticas de crescimento da cidade e análise de grandes projetos de construções e seus impactos

O prazo para inscrição de chapas para concorrer aos cargos de conselheiros e delegados do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA) se estende até 5 de março. Em cada uma das oito regiões de planejamento da cidade (três delas englobando a Zona Sul de Porto Alegre), os moradores elegem um conselheiro titular e dois suplentes (que representam a região no CMDUA), além de delegados, que participam dos fóruns regionais de planeja-

mento, colaborando também em decisões estratégicas para o destino da capital. Porto-alegrenses escolhem seus representantes a partir do final de março

De 29 de março a 23 de abril, serão realizadas as eleições, em locais divulgados posteriormente. Confira as datas de realização das assembleias na Zona Sul de Porto Alegre e os bairros que compõem cada região:

12/04 (quinta-feira)

16/04 (segunda-feira) Região 06:

23/04 (segunda-feira)

Cristal, Santa Tereza, Medianeira, Glória, Cascata, Belém Velho.

Camaquã, Cavalhada, Nonoai, Teresópolis, Vila Nova, Vila Assunção, Vila Conceição, Tristeza, Pedra Redonda, Ipanema, Espírito Santo, Guarujá, Serraria, Hípica, Campo Novo, Jardim Isabel.

Restinga, Ponta Grossa, Belém Novo, Lageado, Lami, Chapéu do Sol.

Região 05:

Região 08:


SAÚDE

4

Hospital Beneficência Portuguesa corre risco de fechar Desde o final de 2017, está acesa a “luz amarela” de um tradicional hospital da capital gaúcha: o Beneficência Portuguesa, que corre risco de fechar as portas caso a situação não melhore. Desta vez, houve tempo para uma reação da sociedade em prol de sua manutenção. Entidades diversas, personalidades e a sociedade em geral estão chamando a atenção para o problema, tentando sensibilizar os gestores públicos e buscando mais apoios para a instituição.

A preocupação também chamou a atenção do Legislativo, com a criação de frentes parlamentares em defesa do Hospital Beneficência Portuguesa, que estão em ação desde o final do ano passado. Na Câmara Municipal de Porto Alegre, vereadores formaram a frente, presidida pelo vereador Thiago Duarte (que também é médico). Já na Assembleia Legislativa, é o deputado estadual Pedro Ruas quem preside a frente parlamentar.

Corrida da Paz agitou a orla de Ipanema Evento incluiu corrida de 5 km e caminhada de 3 km

No dia 18 de fevereiro, foi realizada mais uma edição da Corrida da Paz 2018 - CISM Day Run, uma prova sem fins competitivos que ocorre, anualmente, em vários países, a fim de promover a prática esportiva e a integração entre as Forças Armadas e a sociedade civil. Nesta edição do evento na praia de Ipanema, foram realizadas duas provas (5 km de corrida e 3 km de caminhada). Todos os participantes receberam certificado de participação. O evento foi promovido pelo 3° Batalhão de Comunicações e pelo 8° Esquadrão de Cavalaria Mecanizada, ambos do Exército Brasileiro e sediados na Zona Sul de Porto Alegre, com apoio do Clube do Professor Gaúcho (CPG).

Palavra do presidente - Ricardo Dreher - presidente do Instituto Libertação

Volta às aulas: Período para os pais redobrarem a atenção

No começo do ano letivo, a maior preocupação dos terapeutas é que os pais (ou responsáveis) acompanhem os primeiros meses do(a) filho(a) no retorno à escola que já estudavam ou na chegada à nova escola. É importante que estejam atentos, também, aos novos alunos que estão se integrando à comunidade escolar. Alguns dos alunos que “migram” de outras unidades de ensino podem ter problemas relacionados a drogas. Por isso, problemas que acontecem longe dos olhos dos responsáveis, como as famosas “matadinhas de aula”, podem estar associadas ao consumo de substâncias como o álcool, além de outras substâncias psicoativas. Então, vale a pela ressaltar aos pais e mães que fiquem atentos, conheçam a escola, os colegas do(a) filho(a), as pessoas que a frequentam, verifiquem a assiduidade escolar, sempre controlando a mudança de hábitos (o fator preponderante para verificar se há algo de errado). Se seu filho(a) chegar agressivo(a), com sono, fome ou até sem fome, isto pode estar associado ao uso de substâncias psicoativas...

Dependência química tem controle: peça ajuda! Ligue 98470-7694

Porto Alegre / RS

Verão 2018

Dr. Thiago Duarte Médico e vereador de Porto Alegre

GRAVIDEZ CONSCIENTE

Em áreas de maior vulnerabilidade social de Porto Alegre, como a Restinga, uma em cada três grávidas é adolescente, ou seja, tem menos de 18 anos completos. Isto desencadeia uma série de problemas sociais e de saúde: antes dos 18 anos, a gravidez é, por definição, de alto risco, a menina não está plenamente desenvolvida e aumentam situações como a prematuridade e, depois de nascida a criança, surgem as dificuldades para a mãe precoce desempenhar a maternidade em sua plenitude. Um dos mais visíveis dos desdobramentos da gravidez precoce é a evasão escolar. Dos 7 aos 14 anos de idade, 98,6% das meninas estão no colégio. E, dos 15 aos 19 anos de idade, o número de alunas baixa para 21% (elas saem da escola, em grande parte, porque engravidam). Em um caso que atendi no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, tive contato com duas irmãs com um ano de diferença - uma grávida e a outra acompanhando a irmã mais nova-, ambas menores de idade. A jovem grávida já estava na segunda gestação, não tinha conseguido colocar o implante subcutâneo; a outra irmã teve acesso ao implante de anticoncepcional. Pouco mais de um mês depois do nascimento, a jovem mãe me procurou no hospital para colocar o implante de anticoncepcional (o “chip”, como ela e a irmã o chamavam). Perguntei se queria mesmo o anticoncepcional. Ela disse: “Sim, doutor, quero muito”. Indaguei se estava bem de saúde e a jovem mãe me garantiu: “Sim, estou ótima, só sinto, às vezes, uns enjoos”. Fiz o exame e já estava grávida de novo, de gêmeos, menos de 45 dias depois de ter dado a luz. A irmã, mais velha, que teve acesso ao planejamento familiar, estava prestando exames para ingressar na faculdade, enquanto a irmã, um ano mais nova, deu a luz a seu segundo filho e seguia fora da escola, vivendo do Bolsa Família. Em resumo, uma irmã acabou tendo quatro gestações indesejadas, por não ter tido acesso ao anticoncepcional. A outra, que teve acesso, conseguiu ter outra perspectiva de desenvolvimento social e humano. Fiz perto de 7 mil partos, como médico municipal em um hospital público. O parto mais precoce que realizei foi de uma menina de 11 anos da Restinga, cujo pai de seu filho era o próprio irmão. No total, 85% das demandas do Conselho Tutelar da Restinga são motivadas por abuso sexual. Perto de 80% destes casos apresentam situações de abuso dentro da família, sendo que muitos destes casos acabam ensejando gestações indesejadas de meninas adolescentes. As mais prioritárias políticas públicas na área da saúde no município de Porto Alegre deveriam ser o planejamento familiar e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Estas duas políticas públicas caminham juntas. Porto Alegre é a capital brasileira dos casos AIDS, e também é a capital brasileira dos casos de Sífilis, que tiveram um aumento de 5 mil por cento. Infelizmente, a repercussão desta escalada da Sífilis é a morte de crianças com várias semanas de gestação dentro da barriga das mães. A Sífilis já se apresenta como a maior causa de morte fetal intraútero e também causa de retardo mental de crianças na primeira infância. O aumento vertiginoso destas doenças em Porto Alegre não está sendo contemplado com políticas de saúde, como cuidados no pré-natal. As grávidas infectadas por Sífilis, com seis aplicações de antibiótico em período adequado, conseguem impedir a repercussão da doença no feto, mas, muitas vezes, falta o antibiótico no posto de saúde. O Bolsa Família deveria premiar os casais que planejam suas gestações, para não ser percebido como um prêmio para aquelas e aqueles que não se preocupam com planejamento familiar ou prevenção a doenças sexualmente transmissíveis, as DSTs. Urge que as meninas das periferias de Porto Alegre possam ter acesso aos meios para decidirem quando querem ter filhos, e não podemos fazer vistas grossas para o fato de que muitas destas gestações indesejadas de adolescentes acontecem por abuso dentro das próprias famílias. “Um filho deve ser a melhor coisa do mundo, isto acontece quando ele vem no momento exato. Se vier no momento incorreto, sem planejamento familiar, pode ser a experiência mais angustiante de uma vida.”

Conversamos pelo Facebook: www.facebook.com/drthiagoduarte


Porto Alegre / RS

BEM-ESTAR

Verão 2018

5

Entidades de proteção de animais já podem ser indicadas no programa Nota Fiscal Gaúcha Consumidores cadastrados no programa concorrem a prêmios e também podem beneficiar instituições das áreas de educação, saúde e assistência social Reunião de capacitação foi realizada em 21 de fevereiro Gustavo Cruz / O Jornalecão

Desde o início de 2018, as entidades de defesa e proteção dos animais já credenciadas ao programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) estão aptas a ser indicadas pelos cidadãos cadastrados e, posteriormente, receber recursos. Desde o final de 2017, as instituições começaram a solicitar o credenciamento junto à Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH), por meio do site www.sdstjdh.rs.gov. br. Mais de 30 entidades já estão habilitadas a receber recursos e participaram da primeira reunião de capacitação, realizada em 21 de fevereiro, na sede da Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ), gestora do programa desenvolvido em parceria com outras secretarias (SEDUC, SES e SDSTJDH). Na ocasião, o coordenador social do programa NFG, Ademar Vendruscolo, e a coordenadora

do Grupo de Implantação do NFG Pró Animal, Lourdes Sprenger, esclareceram as principais dúvidas das entidades já habilitadas no segmento de Proteção Animal. Neste ano, haverá o repasse de R$ 1 milhão, a ser dividido entre as instituições participantes da área de proteção animal, cuja inclusão não modificará a forma de distribuição de recursos destinadas para Educação, Saúde e Assistência Social, que contam com destinação própria de recursos.

Indicação do CPF na nota fiscal garante vantagens ao consumidor e entidades Com a inclusão das entidades de defesa e proteção animal no programa, os mais de 1,5 milhão de participantes já cadastrados agora podem indicar cinco entidades (anteriormente, eram apenas quatro). No momento da compra em estabelecimentos participantes, ao incluir o CPF na nota, o consumidor ganha pontos no programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG), que lhe garantem o direito de concorrer a prêmios em dinheiro e de auxiliar entidades que indica. Em 2018, R$ 15 milhões serão destinados às entidades habilitadas, com o mesmo valor sendo destinado aos prêmios para os contribuintes. Além disso, os participantes, podem ganhar descontos de 2% a 5% no valor do IPVA. O cadastro é realizado no site www.nfg.rs.gov.br. Depois, basta informar o CPF ao fazer as compras, somando pontos que aumentam as chances de ser sorteado, além de beneficiar quatro entidades de sua região (uma de cada segmento) e uma de qualquer das outras 28 regiões do Estado (de qualquer um dos quatro segmentos incluídos programa - Educação, Saúde, Assistência Social e Proteção Animal), colaborando também para o aumento da receita estadual e no combate à sonegação, garantindo mais recursos para o Governo do Estado investir em melhorias que beneficiarão a população.

Vai Totó faz “cãomemoração” no 3° aniversário A Corrida e Caminhada Vai Totó - de cães acompanhados por seus tutores - realiza uma “cãomemoração” especial de 3º aniversário. O evento, agendado para 25 de março (domingo), a partir das 9h, no Parque Ramiro Souto (que integra a Redenção), na área central de Porto Alegre, contará com arrecadação de rações e muitas outras atividades. Mais informações e inscrições em www.vaitoto.dog e pelo fone/WhatsApp (51) 99941-1144.


CLASSIFICADOS

6 ADVOGADOS

BICICLETAS

LAVAGEM

REBOQUES

BOUTIQUE MÓVEL

COMIDA CONGELADA

LOJAS

REFORMAS

CABELEIREIRO

Reformas em geral - hidráulica, elétrica e pintura. F.: 99751-4603, c/ Tuti.

RELIGIÃO FLORICULTURA

CHAVEIRO GÁS

PET SHOP

CONTABILIDADE RAS Contabilidade - serviços contábeis em geral. Regularize sua empresa. Evite multas! DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA - Fone: 30622799 / 98587-5261.

CONTROLE REMOTO

MÁQUINAS

PODOLOGIA

RELOJOARIA Relojoaria Homero - Consertos de Relógio de pulso, parede, mesa e eletrônicos. Conserto e fabricação de jóias. R. Dr. Armando Barbedo, 338 Tristeza. Fone: 3312.6878.

BICICLETAS

LANCHES

MÁQUINAS de COSTURA

VIDRAÇARIA

PNEUS, RODAS e OFICINA

TRANSPORTE


EDUCAÇÃO e CULTURA

Porto Alegre / RS

Colégio Odila Gay da Fonseca premia leitora do ano Como forma de estimular o hábito da leitura, a biblioteca do Colégio Odila Gay da Fonseca, localizado no bairro Ipanema, na Zona Sul de Porto Alegre, premiou, no dia 10 de janeiro, a aluna Maria Eduarda Frantzeski Irmão, de 10 anos, da turma 41, como leitora do ano. Maria Eduarda ganhou a distinção não apenas pela quantidade de livros que retirou por empréstimo na biblioteca durante o

7

Verão 2018

ano de 2017, mas também por sua assiduidade e cuidado ao devolvê-los. A equipe do jornal O Jornalecão, que também trabalha para fomentar a leitura, parabeniza a aluna Maria Eduarda por cultivar desde tão cedo o hábito de ler, e felicita também a escola e a biblioteca por realizarem e divulgarem a iniciativa.

Facebook Biblioteca do Colégio Odila Gay da Fonseca

Maria Eduarda, de 10 anos

BRIQUE DE IPANEMA - 3 anos

Por Marcia Morales - Moradora do bairro Ipanema, Gestora Cultural e Delegada pelo RS no Colegiado Setorial Artesanato do CNPC-MinC

O Brique de Ipanema ê um projeto que iniciou em meados de 2015 e, hoje, está consolidado. Entre os responsáveis pelo início e pela continuidade do nosso brique, estão a imprensa comunitária e os pequenos empresários do bairro, o Colegiado Setorial Nacional - CNPC-MINC, o pessoal que trabalha na Casa do Artesão, na SMDE e na SMS, as associações comunitárias, os moradores e os visitantes e, principalmente, os nossos expositores e expositoras. Podemos afirmar que isso acontece por causa do respeito, da confiança e do comprometimento com o ARTESANATO. São sentimentos que nascem ou se renovam com a evolução pessoal e a dedicação dos envolvidos que são apaixonados pelo que fazem. Por isso, quando profissionais qualificados e apaixonados se aproximam, convivem em harmonia entre si, com a comunidade e os visitantes, temos o que possibilita a realização de cada edição do Brique de Ipanema.

Ipanema volta a sediar eventos Após o veraneio, diversas atividades movimentam região do calçadão O último final de semana de fevereiro (dias 24 e 25 de fevereiro) foi agitado em Ipanema, na Zona Sul de Porto Alegre. Com o retorno dos moradores da capital que estavam “veraneando”, o movimento foi grande no calçadão e na orla, onde dois eventos chamaram a atenção do público. No Bangalô Ipanema, na Avenida Guaíba, 444, o Encontro Holístico Verão 2018 oportunizou aos participantes atendimentos personalizados pelos terapeutas do espaço, além do oferecimento de produtos terapêuticos, palestras, vivências e arrecadação de

alimentos não perecíveis para posterior doação. E, também na Avenida Guaíba, entre a Rua das Laranjeiras e a Avenida Jardim, dezenas de expositores da região voltaram a realizar o tradicional Brique de Ipanema, oferecendo diversos itens de artesanato, antiguidades, artes e alimentos artesanais. O evento é realizado, geralmente, em dois domingos de cada mês, ao ar livre, podendo ser cancelado em caso de chuva. As próximas datas e as demais informações sobre o evento podem ser conferidas pelo www.facebook.com/briquedeipanema.

Março

2018

ÁRIES – Você é um ser dinâmico e impetuoso por nature-

LIBRA – Nem tudo são flores e colorido na vida. O lado escuro, feio e desarmônico também existe. Aceite este fato e transite acima deles com fé e otimismo. Você não irá mudar os outros, mas pode melhorar-se a cada dia.

TOURO – Mesmo a contragosto, você está sendo empurrado à ação. Mexa-se e verás que existe harmonia e prazer também em coisas novas e diferentes da rotina tranquila.

ESCORPIÃO – A agressividade pode ser uma arma que se volta contra ti. Não exageres demais na tua defesa. Prestes atenção e tenhas calma para sentir a fé e o otimismo que estão se manifestando dentro de ti. Use saídas criativas para as dificuldades e não guardes rancor.

za. Mas, às vezes, é necessário ter cautela e observar antes de agir, sob pena de tomar o rumo incerto. A lua nova do dia 17/03 pede muita atenção ao iniciar coisas novas.

GÊMEOS – Otimismo é a marca deste período. Otimismo e leveza. Fuja das polêmicas e das discussões. O momento é para falar o menos possível. CÂNCER – Você mudou de ideia quando sentiu-se atingido(a) na sua autoestima? É agora que deves ter humildade e rever minuciosamente os seus sentimentos e suas ações. A emoção mal compreendida pode nos trair através de ilusões. LEÃO – O cinema e a música ocupam e alimentam a alma neste período. Trazem refinamento e leveza para o espírito. É o momento de tornar concreta uma fase de novas vivências com muita paz. VIRGEM – As críticas podem abalar os sentimentos mais nobres. Não se deixe dominar por palavras agressivas e rudes. Use a sua inteligência e seu conhecimento para rebater com elegância os ataques dos opositores.

SAGITÁRIO – O otimismo exagerado pode turvar a visão dos detalhes das coisas. A pressa pode colocar-te em caminhos difíceis de trilhar. Busque a tranquilidade, e verás que existem outros seres à sua volta que também querem buscar um caminho promissor. Há espaço para todos na estrada da vida. CAPRICÓRNIO – O período agora é de transformação, e você está aceitando isso. Depois de retirar os entulhos que pesam na caminhada, tudo fica mais leve. Você sabe muito bem como construir. Agora já pode desfrutar de algo que há muito foi almejado. AQUÁRIO – Você gosta de novidades e de coisas e fatos inusitados. A criatividade está latente e pedindo passagem. Concretize as ideias novas adormecidas até agora. Chegou o momento certo. PEIXES – Fase de harmonia e bem-estar. A lua nova de 17/03 será em seu signo. Aproveite a harmonia e a paz para iniciar alguma atividade. O sol está brilhando em seu signo.


N° 268 - Ano 31 27 de Fevereiro de 2018

Editor: Guilherme Cruz da Silveira Jornalista: Gustavo Cruz da Silveira Reg. Prof. MTBRS 9793 Arte / Projeto Gráfico: Jean Pierre Corseuil (Pico Artes Visuais) Edição: GuiCS Edições CNPJ: 11.774.659/0001-11 Impressão: Grupo Sinos Colaboração: Adília Cruz da Silveira e Valtor José Rodrigues da Silveira

DISTRIBUIÇÃO

GRATUITA

Fim do sinal analógico de TV se aproxima Porto Alegre é uma das cidades que só contarão com a transmissão por sinal digital a partir de 15 de março Foi adiado por 45 dias o desligamento do sinal analógico de televisão em 107 cidades gaúchas, incluindo Porto Alegre. Para quem tem televisores fabricados desde 2012 não muda nada, pois o acesso ao sinal digital se dá com a antena UHF. Já aqueles que possuem aparelhos fabricados até 2011, sem o selo DTV ou com tubo atrás da tela, vão necessitar de antena UHF e do conversor digital para continuar assistindo televisão a partir da segunda quinzena de março. A maioria destes terá de comprar o seu kit, mas alguns têm direito a recebê-lo gratuitamente.

Beneficiados por programas sociais têm direito ao conversor gratuito Milhares de pessoas têm direito a receber, gratuitamente, os kits (conversor e antena UHF) para receber o sinal da TV digital, necessário para televisores produzidos antes de 2012 e que só recebem o sinal analógico. Para retirar o kit, é necessário acessar www.sejadigital. com.br, ligar para o fone 147 ou comparecer em Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), levando o CPF ou o Número de Identificação Social (NIS) do titular do benefício. Tem direito ao benefício as famílias que participam de diversos programas sociais do Governo Federal. Então, antes, é só conferir se você tem direito ao kit gratuito.

Ônibus voltam a utilizar tabela normal Início das aulas aumenta frequência de viagens nas linhas do transporte público Durante dois meses, as linhas de ônibus de Porto Alegre tiveram uma redução média de 9% no número de viagens realizadas. Mas, desde 26 de fevereiro, a frequência de viagens voltou a ser normalizada. Para conferir os horários em vigor até o Natal, acesse www.eptc.com.br

Profile for O Jornalecão

O Jornalecão (Janeiro-Fevereiro / 2018) - Edição 268  

O Jornalecão - Jornal de Bairro da Zona Sul de Porto Alegre/RS – Brasil

O Jornalecão (Janeiro-Fevereiro / 2018) - Edição 268  

O Jornalecão - Jornal de Bairro da Zona Sul de Porto Alegre/RS – Brasil

Advertisement