Page 1

O JORNAL DO NOSSO BAIRRO Atestamos que a tiragem da edição de Julho/2015 é de 10 mil exemplares

Julho 2015 - Porto Alegre/RS - Ano 29 - Nº 238 - 3737.1378 - 8403.6513 - jornaljornalecao@gmail.com - www.jornalecao.com.br

Zona Sul

Carla Patrícia Schroetter

debaixo d’água Pág. 5

FARMÁCIA SANTA RITA Julho foi marcado pelo maior alagamento dos últimos 30 anos, trazendo prejuízos e transtornos

CONFIRA NESTA EDIÇÃO: Assembleia regionais do OP na Zona Sul serão realizadas em agosto Pág. 3

D I S T R I B U I Ç Ã O

Segue polêmica sobre limites dos bairros Pág. 12

G R A T U I T A


2

N° 238 - Ano 29 25 de Julho de 2015

A Voz Voz do do Leitor Leitor A

Pontos de distribuição Aberta dos Morros

- Minimercado Casca

Av. Juca Batista, 2971

- Mini Mercado Peg e Pag

Av. Juca Batista, 3227

- Restaurante Mirante do Guaíba

Av. Juca Batista, 2980

- Sabor de Café

Av. Juca Batista, 3250, loja 3

- Super Postal

Assunção

- Super Tchê Barbaridade

- Bazar e Vidraçaria Aliança

Promessas

- Ferragem Nova Ipanema

Amigos e amigas aqui da Ponta Grossa: estou lendo em O Jornalecão deste mês (Junho 2015), número 237, que “Solução para alagamentos na Ponta Grossa ainda está longe”. Moro na Ponta Grossa há 20 anos e tudo continua na mesma, pra pior. Tenho certeza que no ano que vem vai aparecer um monte de vereadores(as) mentindo que vão nos ajudar.

Geraldo Luz - morador da Ponta Grossa

Participe: envie sua opinião para jornaljornalecao@gmail.com ou pelo Facebook (OJornalecao)

Charge ------------------------------------------ Pico

- Mini Mercado e Lancheria Zucco - Ótica Brilho no Olhar - A Padaria

Av. Pereira Passos, 74

Belém Novo - Agafarma

Av. Dr. Cecílio Monza, 11010

- NCC Belém Novo Av. Juca Batista, 7570

Rua General Rondon, 1701

Campo Novo

- Super Tchê Barbaridade Beco do Paladino, 77

Cavalhada

- Agafarma Cavalhada

Av. Juca Batista, 2154

- Supermercado Irmãos Lunardelli R. Dona Elvira, 199

- Travessia Café e Crepe Av. Guaíba, 10810

- Upgrade Informática Av. Juca Batista, 2396

- Comercial de Combustíveis Pasqualini

Jardim Urubatã

- Bazar e Papelaria Tio Toninho Francisco Mattos Terres, 51

- Mercado Urubatã

Av. Celestino Bertolucci, 50

- Supermercado Carboni Av. Juca Batista, 3821

- Variedades Bertolucci

Av. Celestino Bertolucci, 520

Av, Cavalhada, 2593

Medianeira

Cavalhada, 2593

Av. Dr. Carlos Barbosa, 1301

- Celular Sul

- Mundo D’água

Av. Cavalhada, 2206

- O Poderoso Lanches Av. Cavalhada, 3417

- Supermercado Pezzi

Nonoai

- Boa Escolha Hortifruti Av. Nonoai, 455

- Supermercado Bassani

Pedra Redonda

Chapéu do Sol

Av. Coronel Marcos, 1140

R. Paulo F. Gastal, 266

- Ferragem Müller

Av. Coronel Massot, 1507

- Auto Posto Santa Clara

- Bar e Armazém Ica

Ponta Grossa

- Mercado Jardel

Rua Reinaldo Müller, 222

Estrada Chapéu do Sol, 2389

- Mini Mercado Luna

Cristal

- Padaria Pão da Hora

- Mercado Italiano

Av. Coronel Massot, 692

Espírito Santo

- Cheiro de Pão Padaria e Confeitaria Av Serraria, 207

- Mercado Sol

Rua Olegário Dias Maciel, 300

- Mini Mercado e Açougue Ortiz Rua Carijós, 240

- Supermercado Postal Rua Carijós, 405

Guarujá

- Academia Ponto de Equilíbrio

A Prefeitura Municipal de Porto Alegre resolveu sair na frente, mesmo sem a liberação dos recursos do BID e lançou o Programa Guaíba Vive, correspondente à parte do Pró Guaíba que tem relação com a cidade, com recursos próprios, que serão devolvidos pelo Governo Estadual. As obras feitas pela prefeitura estão levando mais tempo que o normal, pois os recursos até então eram escassos, mas já se notam resultados significativos: o Lami já é balneável desde dezembro de 1992 e a região de Ipanema já está com uma grande parte realizada, tendo uma das duas estações de bombeamento pronta e a outra em fase de conclusão, faltando, por fim, a estação de tratamento de esgoto, que, sem dúvida, com os recursos do BID, será construída em breve.

Av. Cristiano Kraemer, 5124

Av. Coronel Marcos, 1926

- Super Teutônia

PORTO ALEGRE SAIU NA FRENTE

Av. Eduardo Prado, 1954 - Shop. Jardim Verde

R. Camaquã, 149

R. Dr. Pereira Neto, 1749

O governador Antônio Britto, assinou no dia 26 de junho de 1995, o Contrato de Financiamento do Pró-Guaíba, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que concede empréstimo de 132,3 milhões de dólares, que somado a 88,2 milhões garantidos pelo Estado, são suficientes para a realização da primeira das quatro etapas do PróGuaíba, que prevê a recuperação do Guaíba e dos rios que nele desembocam (Sinos, Gravataí, Caí e Jacuí), que abrangem 222 municípios, o equivalente a 30% do território gaúcho e a 67% da população, com 6,5 milhões de habitantes. O projeto que foi formulado há 6 anos, no governo Pedro Simon, e que foi uma das prioridades de Collares, o qual não pode receber o empréstimo em 1993, pois o Governo Federal não garantia a quantia que o Estado deveria investir, deve começar a sua primeira etapa nas bacias do Guaíba, Sinos e Gravataí, com a construção de 4 estações de tratamento de esgotos nos próximos meses e expansão e melhoramento dos sistemas de saneamento na área metropolitana de Porto Alegre e em Cachoeirinha, entre outras medidas de controle da poluição e de proteção do Guaíba e afluentes, visando à despoluição da água, ar e solo destes rios. O Pró-Guaíba, está previsto para 12 anos, com um custo estimado na ordem de 1 bilhão de dólares.

Av. Cavalhada, 5956

Jardim Isabel

- Super Carboni

Liberadas verbas para limpar o Guaíba

Rua Pitrez, 30

Camaquã

- Padaria e Confeitaria Vaccari

Notícia publicada na edição de Julho/1995 em O Jornalecão

Av. Tramandaí, 565

Av. Juca Batista, 7346

R. das Espatódeas, 260 - Loja1

- Padaria e Armazém da Dinda Estr. da Ponta Grossa, 1800

- Padaria Ramires Machado R. das Espatódeas, 390

- Rona Bazar e Ferragens

Estr. Retiro da Ponta Grossa, 4501

- Sul Bazar

Estr. Retiro da Ponta Grossa, 1010 / Lj 03

- Supermercado Muller R. Reinaldo Muller, 313

- Supermercado Sanhudo

Estr. Retiro da Ponta Grossa, 1135

Av Serraria, 609

Serraria

Av Serraria, 1490

Rua Amigos, 304

- Farmácia Popular Med - Mini-Mercado Casa do Filé R. Agenor Mendes Ouriques, 549

- Mini-Mercado Riboli Av Orleans, 444

- Casa do Pão

Teresópolis

- Padaria Elite

Av. Teresópolis, 3149

- Mini Shopping Maria

Tristeza

- Padaria Lelé da Cuca

Av. Wenceslau Escobar, 2966

Av Serraria, 1617

- ABC Vidraçaria

Av. Serraria, 1034

- Buongiorno

Av. Serraria,1557

- Gelson Lanches

Hípica (Nova Ipanema)

- Lupel Papelaria

- Supermercado Santa Rita - Boa Escolha Hortifruti

Av. Edgar Pires de Castro, 977

- Lago’s Restaurante

Av. Edgar Pires de Castro, 1840 - lojas 3 e 4

- Minimercado e Açougue Escobar Av. Juca Batista, 6025

- Padaria e Confeitaria Milleum Av. Edgar Pires de Castro, 1001

Av. Otto Niemeyer, 1207 Dr. Armando Barbedo, 300 Rua Dr. Armando Barbedo, 332, Loja 4

- Panus & Mangas

Rua Dr. Armando Barbedo, 424

- Tudo Fácil

Av. Wenceslau Escobar, 2666

- Vivaz Moda Íntima

R. Armando Barbedo, 490 loja 101

- Posto do Vale

Vila Nova

Ipanema

Estr. João Salomoni, 1397

Edgar Pires de Castro, 1620 lj 01

- Agafarma Farmácia Av. Juca Batista, 2205

- Central do Piso Juca Batista, 799

- Churrascaria Brasão Av. Cel. Marcos, 2111

- Clube do Professor Gaúcho Av. Guaíba, 12060

- Cor da Terra

Eduardo Prado, 2150

- Dapelle Farmácia de Manipulação Av. Eduardo Prado, 2080, lojas 102 / 103

- Ipanemão Loterias

Av. Tramandaí, 480, Loja 08

- Ipanema Sports

Av. Coronel Marcos, 2353

- Lotérica Portal da Sorte

Av. Eduardo Prado, 1954 - Shopping Jardim Verde

- Lotérica Texacão Av. Juca Batista, 2277

- Mini Mercado WD

Rua Conselheiro Xavier da Costa, 3174

- Super Hoffmann

- Tospanne Pães e Doces

Av. Vicente Monteggia, 1000 - F: 3249-5541


COMUNIDADE COMUNIDADE

Porto Alegre / RS

Julho 2015

3

CTG Descendência Farrapa comemora seu 30º aniversário

Gustavo Cruz / O Jornalecão

Durante a noite de 4 de julho, o CTG Descendência Farrapa realizou um jantar baile especial comemorativo aos 30 anos da entidade, completados em junho. Além das homenagens aos fundadores do centro de tradições gaúchas que, atualmente, tem como patrão Celso Echeli, foram realizadas declamação, Festa contou com momentos apresentação de invernadas e de emoção e homenagens outras atividades, no galpão crioulo da entidade (na Avenida Cavalhada, 6735, no bairro Ipanema). Na ocasião, também foi divulgada a data de outro tradicional evento promovido pela entidade: o Baile do Idoso, que neste ano está programado para 2 de agosto, no mesmo local, com a participação da comunidade, empresas locais e de idosos No dia 29 de junho, o preatendidos por entidades beneficentes. feito José Fortunati sancionou a lei 11.860/2015, que denomina como Avenida Principal da Ponta Grossa o trecho compreendido entre a Avenida Juca Batista e a rotatória de confluência das estradas Ponta Grossa e Retiro da Ponta Grossa. O trecho em questão, de, aproximadamente, 3 quilômetros,

Estrada Retiro da Ponta Grossa tem trecho com nome alterado

Associação do Jardim Isabel comemora 40º aniversário

Gustavo Cruz / O Jornalecão

A atual presidente Marília e seu esposo, Luiz Antônio de Paoli Azevedo (também presidente em outras gestões), receberam placa de homenagem por sua atuação comunitária

A noite de 7 de julho foi especial para dezenas de integrantes da Associação Comunitária Jardim Isabel Ipanema (Ascomjisa) que comemoraram o 40º aniversário da entidade que começou sua trajetória em 1975, quando a sigla da entidade era Ascomjip e o atual bairro Jardim Isabel fazia parte de Ipanema. Durante o jantar comemorativo, fundadores da entidade foram homenageados e houve a apresentação de uma placa comemorativa aos 40 anos da entidade (com o nome de todos os que deram início às atividades). Além disso, o casal Marília e Luiz Antônio de Paoli Azevedo (presiden-

tes atual e anterior da Ascomjisa, respectivamente) também foram agraciados com uma placa e aplaudidos. Mas as comemorações do 40º aniversário da Associação Comunitária do Jardim Isabel Ipanema continuaram dia 11 de junho, com atividades esportivas e também a realização de um almoço, com a tradicional paella, preparada pelo grupo da Confraria do Jardim Isabel. No dia 4 de junho, foram realizadas outras atividades comemorativas: jogos para as crianças (com integrantes da Escola Arco-Íris) e um Gre-Nal entre pais e filhos na Praça Adel Carvalho, local onde está instalada a sede da entidade.

antes fazia parte da Estrada Retiro da Ponta Grossa, que manterá esta denominação até o seu final, no Morro da Ponta Grossa. O projeto protocolado na Câmara Municipal, em 2014, pelo vereador Márcio Bins Ely, e foi tema de reunião da Comissão de Urbanismo, Transporte e Educação (Cuthab) e, posteriormente, aprovado pelo

Legislativo Municipal, em maio de 2015. A solicitação, feita pela comunidade por meio de abaixo-assinado, deve-se a confusões para entrega de correspondências e encomendas, além de possibilitar mais condições de desenvolvimento de um polo de comércio e serviços no bairro Ponta Grossa, atraindo mais investimentos.

Zona Sul se prepara para as Assembleias Regionais do Orçamento Participativo O ciclo 2015-2016 do Orçamento Participativo (OP) inicia, de 27 de julho a 4 de agosto, com as assembleias temáticas, e prossegue nas três semanas seguintes, com as assembleias regionais (confira o calendário completo em www.portoalegre.rs.gov.br). A primeira região da Zona Sul de Porto Alegre a realizar sua plenária é a Cruzeiro (dia 6 de agosto), na Escola Municipal José Loureiro da Silva, na Avenida Capivari, 1999 – bairro Santa Tereza. Já no dia 10 é a vez da Região Centro-Sul, no Centro Regio-

nal Centro-Sul (antigo Cecopam), Rua Arroio Grande, 50 – bairro Cavalhada. Os moradores da região Cristal estarão dia 12 de agosto na Escola Municipal Professor Eliseu Paglioli, na Rua Butuí, 221. No dia seguinte (13/8), a vez da região Sul, no Centro de Eventos Zaffari Juca Batista (Av. Juca Batista, nº 925 – bairro Ipanema). A Restinga realiza sua plenária no dia 24 de agosto, no Cecores – Centro de Comunidade da Vila Restinga (Avenida Economista Nilo Wulff, s/nº). No dia 25/8, moradores da Região Extremo Sul se encontram no

Ginásio da Paróquia Nossa Senhora de Belém (Avenida Heitor Vieira, nº 494 – Belém Novo). Todos os encontros de regiões da Zona Sul têm início às 19h e, em cada um deles, os participantes elegerão os conselheiros que integrarão o Conselho do Orçamento Participativo (COP) e também as prioridades para investimento em cada região. Além disso, ao se cadastrar para votar, o morador informa a entidade de seu bairro ou localidade e, a cada dez inscritos, um delegado é indicado para atuar no OP.

Festa para famílias do Jardim das Oliveiras Durante a tarde e a noite de 4 de julho, dezenas de famílias do Jardim das Oliveiras participaram de uma festa beneficente organizada por Jorge e Juliana Fortuna, Julia, Giovana, Rita e mais 80 colaboradores, entre moradores e empresários do Guarujá e de bairros vizinhos. Foram oferecidos, gratuitamente, 20 bolos, 50 kg de pinhão, 600 cachorros-quentes e outros pratos típicos dos festejos juninos. Cama elástica, pesGustavo Cruz / O Jornalecão caria, tobogã e jogo de argola foram as brincadeiras preferidas das crianças participantes do evento, que chega a sua 3ª edição com o objetivo de ser anual (com a próxima festa prevista para o primeiro sábado de junho de 2016).


4

Porto Alegre / RS

SAÚDE

Julho 2015

Cuidados com a alimentação ajudam a enfrentar o rigor do inverno

Uma alimentação adequada pode evitar em até 70% as infecções respiratórias, crises de rinite, bronquite, sinusite e as gripes indesejadas. Com o frio, as pessoas costumam se afastar das verduras e frutas por considerá-las frias, preferindo alimentos quentes e calóricos. É uma tendência natural do nosso corpo, que instintivamente quer reter mais gorduras para enfrentar o frio. Mas exis-

tem estratégias para não nos afastarmos das vitaminas: as frutas podem ser levemente aquecidas e acrescidas de mel e canela, por exemplo, e as verduras e legumes podem ser refogados ou cozidos numa gostosa sopa. Alimentos indispensáveis no inverno: - laranja (pela vitamina C), - mamão (pela vitamina A), - bergamota (pelo magnésio, que ajuda a controlar a

temperatura do corpo, melhora a absorção do cálcio e o combate a infecções. Verduras como alface, couve e repolho também oferecem magnésio), - abacaxi (que atua nas inflamações e é bom para quem tem bronquite), - o alho e a cebola também são preventivos para as doenças do frio, - os alérgicos e com rinite devem ingerir iogurte, que auxilia na desobstrução nasal.

A babosa e os benefícios para a saúde Desde os primórdios da civilização, a babosa é reconhecida pelo seu extraordinário poder de cura. Os princípios ativos da babosa são bactericidas e anti-inflamatórios comprovadamente eficazes na hidratação e renovação celular. A babosa

contém vitaminas A, C, E, B1, B2, B3, B6, B12, B13 e mais de 20 minerais, renovando e reforçando o sistema imunológico. Além de ser muito eficiente para a cicatrização de cortes e queimaduras, a polpa da babosa pode ser usada contra

Rodas de casais grávidos às terças em todo o Brasil Integrando a rede de Rodas de Casais Grávidos que acontecem semanalmente em diversos estados do país, o grupo Flor da Vida também está realizando os encontros em Porto Alegre. As rodas de conversa acontecem no Espaço Flor da Yoga (Avenida Protásio Alves, 3149, sala 405), às terças-feiras, das 19h30 às 21h30, e são ideais para trocar experiências, conhecer assuntos voltados à gestação, parto, pós-parto e amamentação, incluindo aspectos físicos, emocionais, energéticos e espirituais, voltados ao parto natural, à autonomia e ao empoderamento feminino e masculino. O objetivo é oportunizar às mulheres e seus companheiros uma melhor preparação para este momento de transformações. Para participar, o valor de troca é R$ 10,00 por pessoa ou R$ 15,00 por casal. Leia mais em www.facebook.com/pages/Flor-da-Vida

espinhas, caspa, psoríase, rugas e até dores musculares. A babosa pode, inclusive, ser ingerida e usada como hidratante corporal (em receita com mel e iogurte, por exemplo), pois é desintoxicante hepática, digestiva, laxativa e purgativa.


MEIO AMBIENTE AMBIENTE e e ESPORTES ESPORTES MEIO Guilherme Cruz / O Jornalecão

Chuva intensa aumenta o nível do Guaíba e faz estragos

Praia de Ipanema foi invadida pela água O mês de julho foi de chuva em excesso no Rio Grande do Sul. Os prejuízos foram grandes em diversas regiões, entre as quais a Zona Sul de Porto Alegre. Além de transbordamento de arroios, casas invadidas pela água e ruas alagadas e esburacadas, desta vez os grandes volumes de precipitação causaram danos ao calçadão de Ipanema, que teve bancos removidos pela força da água e partes do calçadão quebradas. A quantidade de água, lixo e vegetação do lago que invadiu a Avenida Guaíba foi enorme e chamou a atenção de quem passava.

Porto Alegre / RS

Julho 2015

5

As enchentes e a sujeira

O Guaíba é um importante manancial para todo o Rio Grande do Sul, mas, principalmente, para moradores da Zona Sul, que convivem lado a lado com ele. Este lago, que recebe de braços abertos os quatro rios que lhe trazem suas águas (que chegam já prejudicadas por entulhos, esgotos domésticos e agrotóxicos das indústrias ribeirinhas), recebe também muitos dejetos e lixos da própria cidade que se formou ao seu redor desde a época da chegada dos casais açorianos. Quando o Guaíba enche e transborda, suas águas carregadas de latas, garrafas PET, sacolas plásticas, madeiras, móveis quebrados, etc., fica ainda mais evidente o descaso de parte da população. Parece que é um grito de socorro que o velho Guaíba está soltando com suas ondas revoltas, destruindo a orla e mostrando para todos o lixo

que está escondido lá no fundo. Suas águas também são fonte de vida e desenvolvimento de espécies esquecidas, que, assim como os humanos, têm direito à vida. Além dos peixes, existem os sapos, as rãs e os pássaros que habitam suas margens, os mamíferos (capivaras, lontras, ratões do banhado) e répteis (jacarés e tartarugas), entre outros. Sem ter culpa, eles sofrem com a degradação ambiental produzida pelo seu habitante mais inconsequente e irresponsável: o bicho homem. Mas por que isto acontece? Já contamos com as coletas de lixo orgânico e reciclável em muitos locais da cidade. Todos podem, de forma muito fácil, separar os lixos que produzem e colocá-los adequadamente embalados na frente de suas casas nos dias certos das coletas. Não sabe os dias que passam? Pergunte aos vizinhos ou ligue 156 (Fala Porto Alegre). Também existe

a coleta de lixos eletrônicos e os Ecopontos, para recebimento de entulhos em geral. Vamos cuidar melhor do lixo, porque, ao ser jogado nas ruas, um dia ele chegará aos esgotos e, mais adiante, chegará ao Guaíba, prejudicando os animais que nele habitam e, em última instância, a nós mesmos, que bebemos sua água e que, por nossa própria culpa, não podemos mais nos banhar em suas águas já tão poluídas.

Fique atento aos locais para descarte de lixo mais próximos da Zona Sul:

Resíduos eletrônicos - devem ser levados para o DMLU Glória (Rua Carvalho de Freitas, 1012 - Fone: 3332.0340) ou para a PROCEMPA (Av. Ipiranga,1200 - Fone: 3289.6336). Ecopontos - Funcionam de segunda a sexta (das 7h30 às 17h) e no sábado (até 12h) e recebem madeira, móveis velhos, colchões, terra, entulhos, caliça, cerâmicas, sucata de ferro, eletrodomésticos, resíduos arbóreos, etc. Também são PEOF (pontos de entrega de óleo de fritura). Denuncie Saiba como achar os Ecopontos da Zona Sul: descartes irregulares UDC Cruzeiro do Sul - Av. Cruzeiro do Sul,1445 - bairro Cruzeiro. Fone : 3231.6064 no seu bairro através do telefone 156 UDC Diário de Notícias - Av. Diário de Notícias,1111- bairro Cristal - Fone: 3311.4730


CLUBE DE

6

LEITOR DE O JORNALECÃO TEM BENE

Os moradores da Zona Sul de Porto Alegre são convidados para visitar as loja liberais proporcionam (ver anúncios dos participantes nesta página). En

Registro de marcas foi o principal tema da 14ª Confraria do Clube de Vantagens

Fotos Gustavo Cruz / O Jornalecão

Mais de 20 empresários e Palestra sobre marcas foi prestigiada profissionais integrantes do pelos integrantes do grupo Clube de Vantagens Zona Sul participaram da 14ª Confraria do grupo, realizada durante a noite de 15 de julho na sede do Kumon Unidade Ipanema. O destaque do encontro foi a palestra de Robson Alves Maschio, da Creazione, sobre registro de marcas e patentes de invenções. Como os participantes tinham muitas perguntas a fazer, a apresentação se estendeu até o final do encontro, mas a Confraria contou com outras atrações. A professora Helena Dutra, coordenadora do Kumon Unidade Ipanema, contou um pouco dos 20 anos de utilização do método de ensino na região. E o jornalista Flávio Dutra também divulgou o lançamento de seu livro “Crônicas da mesa ao lado”, que apresenta histórias que ele ouvia de outras pessoas (página ao lado). Também houve tempo para apresentação de novos integrantes e relato de novidades e promoções, além da entrega de brindes, entre eles adesivos que incentivam o consumo consciente de água e energia Robson Alves Maschio, da Creazione elétrica, produzido pela RVB Comunicação Visual.

Próxima Confraria marcada para 10 de agosto O próximo encontro dos empresários e profissionais da Zona Sul que estão demonstrando na prática como fazer bons negócios e oferecer vantagens aos seus clientes está agendado para 10 de agosto (segunda-feira), às 19h30, na Ótica Brilho no Olhar (Avenida Juca Batista, 3250, loja 3), que comemora seu primeiro aniversário no dia anterior. Minéia e Adriano Fraga serão os anfitriões da 15ª Confraria do Clube de Vantagens Zona Sul, recepcionando os participantes e empresários interessados em conhecer as ações do grupo.

visualletras@visualletras.com.br

APRESENTE ESTE EXEMPLAR DO JORNAL, FAÇA SUAS COMPRAS OU U


VANTAGENS ZONA SUL

Porto Alegre / RS

Julho 2015

7

EFÍCIOS NAS EMPRESAS QUE ANUNCIAM NESTA PÁGINA!

as que oferecem estas vantagens ou fazer contato por telefone para conferir os benefícios que as empresas e profissionais ntre as promoções especiais que algumas lojas do grupo oferecem, estão os descontos às terças e às quintas-feiras.

Kumon comemora 20 anos em Ipanema Divulgação

Método de ensino de Matemática, Português e Inglês foi criado no Japão

Integrante do Clube de Vantagens desde 2014, o Kumon - Unidade Ipanema está comemorando seu 20º aniversário em 2015. Coordenada pela professora Helena Dutra, a unidade conta com uma média de 80 alunos, interessados em aprender por meio do método japonês criado pelo professor Toru Kumon para formar jovens que façam a diferença no mundo atual, desenvolvendo a rapidez de raciocínio e o cálculo mental. Hoje, passados 20 anos, o Kumon é referência em método de ensino individualizado para aprendizado de Matemática, Português e Inglês. “Tenho muito orgulho de ver alguns de meus alunos formados, entre arquitetos, dentistas, advogados, biólogos e outras tantas profissões”, destaca professora Helena.

Professora Helena Dutra: anfitriã da 14ª Confraria

Livro “Crônicas da Mesa ao Lado” apresenta histórias ouvidas de terceiros Divulgação

papofinal.final.com.br

Kumon Ipanema - Rua da Gávea, 351 conjunto 204 - Ipanema - Fones: 3028-3701 / 8404-8472

Histórias originais que ganharam repercussão e incentivo (curtições, comentários, compartilhamentos) em postagens do Facebook estão retratadas na obra “Crônicas da Mesa ao Lado”, que o jornalista Flávio Dutra lançou em julho. A obra se divide em partes: Crônicas da Mesa ao Lado, com a advertênFlávio Dutra cia de que nem tudo é verdade; Crônicas do Cotidiano, que retrata a vida real; Crônicas da Nostalgia, sobre o que pode ser contado do passado do autor; e uma coleção de frases, algumas emprestadas, “ouvidas na mesa ao lado”. O livro “Crônicas da Mesa ao Lado” pode ser adquirido nas livrarias Bamboletras, Palavraria, Koralle e no Santander Cultural. Pedidos pelo correio para fladutra@uol.com.br. A ideia de um livro com histórias que ouviu de terceiros começou a se formar em 2009, quando criou o blog ViaDutra (http://viadutras.blogspot.com.br). Em mais de 40 anos na profissão de jornalista, o autor já presidiu a Fundação Piratini e foi secretário de Comunicação do Rio Grande do Sul e de Porto Alegre, entre diversas outras atividades.

UTILIZE OS SERVIÇOS PRESTADOS E PERGUNTE POR SUA VANTAGEM!


EDUCAÇÃO e CULTURA

8

Porto Alegre / RS

Julho 2015

O que é “Cultura Viva”? Por Marcia Morales Salis - gestora cultural - marcia_ms@msn.com

Exposição

“Desdobramentos da Natureza” no Jardim Botânico

Integrando as comemorações de 60 anos do Jardim Botânico, o Grupo de Arte Teatino (Ângela Oliveira, Carmen Sansone, Eleonor Branco, Estelita Branco, Júlia Toba, Olenca Quintian, Rosa Lang, Rosângela Coelho, Sandra Fraga e Valquíria Muniz), com a participação das artistas convidadas Leci Bohn, Mara Caruso e Suzana Campozani, expõe “Desdobramentos da Natureza” – mostra coordenada por Estelita Branco –, até 27 de setembro (de terça a domingo, das 9h15 às 17h), na Sala de Exposições do Museu de Ciências Naturais, na sede da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul (Rua Dr. Salvador França,1427). Vale a pena conferir!

Projeto do Brique Itinerante será reapresentado Mais de um ano após ser detalhado pela gestora cultural Marcia Morales Salis, em reunião realizada em maio de 2014, o Projeto Brique de Ipanema ou Brique Itinerante de Artes Integradas será apresentado novamente aos interessados no Travessia Café e Crepe (Avenida Guaíba, 10810), no bairro Ipanema. No encontro agendado para 5 de agosto, às 19h, além de nova apresentação do projeto - atualizado, de acordo com as sugestões recebidas -, será formada a Comissão prévia de gestão e organização do brique. Deverão participar da reunião, gestores culturais, artistas e artesãos, dirigentes de entidades culturais, representantes na Câmara Municipal e das secretarias de Cultura, de Turismo e de Produção, Indústria e Comércio.

Divulgação

Leia mais em https://www.facebook.com/events/396389867216658/

Cultura Viva na Zona Sul Leila Rosso Bettim e Ricardo Atti (representantes da Regional Sul do Ministério da Cultura) realizaram, na noite de 20 de julho, uma oficina (aberta ao público em geral) sobre os editais do Cultura Viva, abertos pelo Ministério da Cultura e realizados pela Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural, para inscrição de projetos relativos à Cultura de Redes, Pontos de Mídia Livre e Pontos de Cultura Indígena. O objetivo do encontro, realizado na sede da Associação Gaúcha de Artes Integradas (AGAS), no Centro Cultural Zona Sul, foi explicar detalhes sobre a elaboração dos projetos e orientar os interessados em inscreve-los. Mais informações em http:// www.cultura.gov.br/cultura-viva1.

“Encontre o seu Ser e crie uma vida sem limites” em bate-papo na Fnac Morador da Zona Sul de Porto Alegre, o escritor Jorge Barcellos, autor de “Encontre o seu Ser e crie uma vida sem limites”, realizará palestra e bate-papo sobre o tema do livro (transformação interior através da metafísica e da espiritualidade aplicadas no dia a dia), na FNAC - BarraShoppingSul, na noite de 15 de agosto, a partir das 19h30. A entrada é gratuita e a programação prevê ainda venda da obra, autógrafos e comemoração com espumante ao final do evento.

De acordo com o Ministério da Cultura (http://www.cultura. gov.br/cultura-viva), a “Política Nacional de Cultura Viva”, criada em 2014, garante o amplo acesso “aos meios de produção, circulação e fruição cultural a partir do Ministério da Cultura, e em parceria com governos estaduais e municipais e por outras instituições, como escolas e universidades”, e se destina a toda a população. “Cultura Viva” já está presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, vem sendo recepcionada em diversos municípios e divulgada nos bairros das principais cidades brasileiras por seus agentes culturais engajados. No Rio Grande do Sul, a Lei Nº 14.663, de 30 de dezembro de 2014 (publicada no DOE n.º 253, de 31/12/2014), instituiu a “Política Estadual de Cultura Viva” e, em seu Artigo 3º, considera como beneficiários prioritários os agentes culturais, artistas, professores e quaisquer grupos sociais e indivíduos que desenvolvam ações de arte, cultura e educação; os grupos em situação de vulnerabilidade social e com acesso restrito aos recursos públicos, privados e meios de comunicação; as comunidades tradicionais indígenas, rurais, quilombolas e itinerantes; e os estudantes, crianças e adolescentes, jovens e idosos de todos os segmentos sociais. Ao promover as mais diversas linguagens artísticas e os segmentos culturais, a “Lei Cultura Viva” valoriza e evidencia as práticas culturais de base comunitária, a juventude e os idosos, os Indígenas, os Quilombolas, a cultura de Matriz Africana, a produção cultural urbana, enfim, a cultura popular. Desde que foi sancionada, em 22 de julho de 2014, a Lei nº 13.018 instituiu a “Política Nacional de Cultura Viva”, mais simplificada e desburocratizada em relação aos processos de prestação de contas e ao repasse de recursos para as organizações da sociedade civil - resultado de um intenso processo de participação da sociedade civil, que envolveu os Pontos de Cultura já existentes, os parlamentares, os gestores estaduais e municipais, as universidades e os órgãos de controle. Na “Lei Cultura Viva”, dois importantes instrumentos foram propostos: a autodeclaração dos Pontos de Cultura e o Termo de Compromisso Cultural (TCC). A autodeclaração permite o reconhecimento, o mapeamento e a certificação de entidades e coletivos culturais que queiram se tornar Pontos de Cultura, e o TCC é um novo instrumento de parceria entre a Administração Pública e os Pontos de Cultura que poderão receber recursos através da participação em editais, mais simplificado e adequado à realidade dos agentes culturais. Por isso, esta Lei poderá garantir o pleno exercício dos direitos culturais aos brasileiros, na produção, no registro, na gestão de iniciativas culturais, ao estimular a elaboração e a gestão compartilhada e participativa junto à sociedade civil, das políticas públicas da cultura. Por ser uma Lei que valoriza iniciativas culturais já existentes, por meio de apoio e de fomento da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, garante o respeito à cultura e à diversidade cultural como expressão simbólica e como atividade econômica cujos meios de fruição, produção e difusão tornam-se acessíveis a todos, sem distinção. Assim, a “Lei Cultura Viva” potencializa os empreendimentos culturais comunitários que se desenvolvem a partir da cooperação e da solidariedade, bem como o surgimento, o uso e a apropriação das diversas linguagens artísticas e espaços públicos e privados, Gustavo Cruz / O Jornalecão disponibilizados para a ação cultural. Oficina realizada no Centro Cultural Zona Sul (dia 20 de julho) tratou dos editais Cultura Viva


NOSSO LAR na ZONA SUL

Porto Alegre / RS

Julho 2015

9

Alimentos da estação Previsões para 25 de julho a 24 de agosto de 2015 ÁRIES – Não adianta irritar-se. As coisas nem sempre saem como a gente quer. Libere, solte os problemas. Deixe-os ir. Tudo se resolverá no seu devido tempo. Paciência.

Frutas da época: Kiwi, morango, bergamota pocan e laranja Legumes da época: Batata doce, chuchu, inhame, mandioca, mandioquinha e pepino. Verduras da época: Acelga, agrião, brócolis, couve, couve-flor e escarola.

ESCORPIÃO – Chutar o balde e entregar as armas não é a solução. Lembre-se que os nativos de Escorpião sempre matam um leão por dia. Você já deveria estar acostumado com isso.

TOURO – Os problemas financeiros podem ser resultados de exageros SAGITÁRIO – Parece que tem cometidos. Fique alerta que o tempo grilhões prendendo os pés? Disciplina, foco e paciência. trará a tua recuperação. Use a criatividade e o vigor GÊMEOS – Disciplina e concentração para escapar do momento difípedem a sua atenção. A lua nova do cil. Mas mantenha a disciplina. dia 14/08 pede silêncio e meditação. Ela ensina.

Fruta do mês: laranja As laranjas mais leves são as que possuem menos suco. Ao comprá-las, escolha sempre as mais pesadas. - As laranjas de casca fina geralmente têm mais suco. - Antes de descascar as laranjas, cubra-as com água fervente e deixe descansar por 5 a 10 minutos. A parte branca sairá com facilidade, deixando-as perfeitas para serem usadas em saladas ou como decoração. - Rale as cascas da laranja, leve-as ao forno baixo até secarem bem. Coloque-as em vidro bem fechado. Você poderá usar em bolos, biscoitos, pudins. Se desejar, poderá congelar a casca da laranja ralada, sem precisar secá-la.

CÂNCER – Fase de romantismo e planos para o futuro. Resista às ideias irreais e faça uma leitura realista do teu momento.

CAPRICÓRNIO – Você já chegou onde queria. Para dar mais um passo, modifique-se. Otimismo e leveza no coração operam milagres. Mesmo que você não LEÃO – A lua nova de 14/08 e o Sol acredite neles. entrando em Leão trarão novas possibilidades de realizações. Faça o melhor AQUÁRIO – O ar alimenta o de ti para o teu novo ano astrológico. fogo. Medite bem sobre o fogo que você está alimentando. Falta VIRGEM – Período de produção no de paciência, pressa, irritação... trabalho. Qualquer problema de saúde dê um tempo para as coisas anserá curado ou resolvido. Fase neutra. darem como você deseja. LIBRA – Não deixe as questões pessoais atrapalharem o momento. A criatividade e o amor estão batendo na sua porta. O momento financeiro de baixa irá passar.

PEIXES – Você sonha, romantiza, reza por um amor impossível. Coloque os pés no chão, não dói e é mais seguro. Use a imaginação para escrever.

FLORES DA ESTAÇÃO:

Manacá da Serra

*Os nativos de cada signo sentirão os efeitos das previsões conforme a disposição planetária do seu mapa natal.

TURMA DO GUAÍBA

CAMINHADA NA ORLA

Por Pico

Por Jorginho

Nome científico: Tibouchina Mutabilis Nativa da Mata Atlântica, popularizou-se no paisagismo devido ao seu espetacular florescimento. Existem 2 tipos: 1 - a árvore Manacá da Serra, que atinge 6 a 12 metros de altura, com floração no verão, 2 - a variedade Manacá da Serra Anão (ou Nana), que atinge de 2 a 3 metros e é mais precoce, iniciando a floração com menos de meio metro. Tem porte arbustivo e é mais usada em jardins ou vasos. Sua floração ocorre no inverno e é uma das poucas plantas que enfeitam nossos jardins com suas flores na época mais fria do ano. Deve ser cultivada em solo fértil e com boa drenagem, adaptando-se bem ao clima do Rio Grande do Sul. Suas flores são duráveis e desabrocham na cor branca, mudando aos poucos para o rosa e depois lilás.Assim, em um mesmo pé podemos encontrar as 3 cores, o que a torna especial.


PROCUR CUREI, EI, ACH ACHEI EI PRO

10

Porto Alegre / RS

Julho 2015

CLASSIFICADOS CLASSIFICADOS ADVOGADOS

BRIK

LAVAGEM

PONTO COMERCIAL Vendo ponto comercial de Lancheria na Avenida Teresópolis, com tudo dentro. Barbada! Motivo: doença. Contatos: 8571-2507, 8224-1115 e 9438-7111

ESTOFARIA

RELIGIÃO

LOJAS CHAVEIRO

FARMÁCIA

RELOJOARIA

PADARIA

AULAS DE GUITARRA

Relojoaria Homero - Consertos de Relógio de pulso, parede, mesa e eletrônicos. Conserto e fabricação de jóias. R. Dr. Armando Barbedo, 338 - Tristeza. Fone: 3312.6878.

FARMÁCIA SANTA RITA

GÁS

SITES

CONSTRUÇÃO Chame o vizinho! Pequenos consertos e outros serviços (elétrica, hidráulica, pintura, etc). Profissional experiente. Dagoberto. Fone: 9716.6479.

CONTABILIDADE INFORMÁTICA

RAS Contabilidade - Serviços contábeis em geral - Regularize sua empresa. Evite multas! Fone: 3062-2799 / 8587-5261.

AULA PARTICULAR Acompanhamento Escolar / Auxílio ao Tema - Leciona-se 1º e 2º graus, 3ª idade, concursos e supletivos. Também a domicílio. Tratar: 3249.5553/9682.0529.

CONTROLE REMOTO

PET SHOP Adote um cãozinho abandonado. Doa-se cães com e sem raça definida. De vários portes. Contato fone: 8555-2084 (oi) e whats 8238-8705.

TRANSPORTES

CURSOS TRANSPORTE

CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL: Qualifique-se para o mercado de trabalho! Turmas reduzidas. Teoria e prática. Local: Centro de Porto Alegre. Inscrições F.: 3062-2799 / 85875261. Invista em você! Inscreva-se já!

BICICLETAS

DOCES E TORTAS

PODOLOGIA

VIDRAÇARIA

ELETRICISTA Técnico Eletricista João Batista (Eletricista SENAC) - Residencial e Comercial. Orçamento sem compromisso. Fones: 3248-6850/8194-1635.


Cantinho do Auxílio Jurídico

Por Aurora Cristina Cecatto (consultora jurídica) edaraujo@via-rs.net

A Fase da Conciliação na Justiça

A conciliação já vem sendo realizada na Justiça Trabalhista e nos Juizados de Pequenas Causas, evitando o seguimento do processo de forma prolongada. Na Justiça Estadual, qualquer uma das partes pode entrar com pedido de conciliação diretamente no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, localizado no 6º andar do Foro Central, que valoriza e estimula a autonomia e a solução consensual dos conflitos, visando à celeridade e à efetividade na resolução da demanda. A conciliação é um meio usado em conflitos breves com uma posição ativa, neutra e imparcial. É um processo consensual que busca uma harmonização entre as partes. O Novo Código de Processo Civil trará diversas inovações ao sistema processual brasileiro, dentre elas a fase da conciliação, que será um momento processual próprio, valorizando a autocomposição, com a função de evitar uma longa demanda, cabendo a cada um fazer a sua parte. Há a tentativa de aproximação dos interesses das partes para um acordo através de um ambiente propício ao entendimento mútuo e resolução antecipada do conflito. São benefícios da conciliação: redução do desgaste emocional e do custo financeiro, construção de soluções para as necessidades dos interessados, satisfação das partes, rapidez na solução dos conflitos, garantia de privacidade e sigilo. O juiz designará audiência de conciliação, na qual as partes terão um conciliador na busca de soluções dos conflitos. Não haverá necessidade de produção de provas, evitando os gastos com documentos e deslocamentos aos fóruns. Na audiência, o juiz não impõe uma decisão, as próprias partes decidem pela melhor solução do problema de forma espontânea, pacífica, voluntária e de comum acordo. Em geral, na conciliação há concessões recíprocas, com vistas a resolver antecipadamente o conflito com um acordo razoável para ambas as partes. Para maiores informações ou outras dúvidas judiciais, estamos à disposição dos leitores de O Jornalecão. Cecatto & Araujo Advogados Rua Paulo Derly Strehl, 101 (Ao lado do Zaffari da Juca Batista) Contatos: 3286-1192 / 8433-4922 E-mail: edaraujo@via-rs.net

CMPA

OPINIÃO OPINIÃO

Até o Batman se fecha em casa Cleiton Freitas

vereador de Porto Alegre e delegado de Polícia

Ficamos chocados ao constatar que autoridades e/ou celebridades são mortais, têm familiares, circulam e correm os mesmos riscos que qualquer cidadão, que buscam refúgio e segurança em casa e para a sociedade, que tranca suas portas e que sonha com um super-herói como o Batman para aliviar seus temores. Que momento vivenciamos, em que os criminosos mandam fechar escolas e decretam toque de recolher nas comunidades? Assistimos e vemos estampadas nas manchetes da imprensa ações cada dia mais ousadas, chegando ao nível do deboche. Também são noticiados os números estarrecedores das ações policiais. Vemos a Polícia fazer muito bem seu trabalho, apesar de todas as carências, do sucateamento da máquina e da ausência de investimento. Operações exitosas desmancham quadrilhas, apreendem toneladas de drogas, armamento e todo tipo de material bélico que transita em quantidade no submundo do crime. Procedimentos são instaurados aos quilos. Investigações são realizadas. Os indicadores de eficiência mostram dados estarrecedores. O trabalho do Batman está sendo feito. Temos verdadeiros heróis na segurança pública. Ainda assim, o nível de insegurança é alto. Até os super-heróis têm seus momentos de cidadão comum, de fragilidade, principalmente quando se atenta para as necessidades, quando se quer fazer um bom trabalho e não encontra respaldo para tanto. Onde está o nó? Para onde correr? Não podemos nem queremos ficar trancados em casa ou esperando pelo Batman. Precisamos colocar a máquina para funcionar e para isto é necessário que as engrenagens estejam alinhadas. É aí que percebemos uma ruptura, um abismo. Uma parte do sistema repreende, apreende, prende. A outra parte não educa e solta. Estamos vivenciando um momento de fragilidade dos sistemas. As estruturas existentes não estão dando conta das necessidades. O pouco investimento histórico em educação está mostrando suas repercussões com a falta de segurança pública, com o domínio de espaços onde o poder público não se fez presente, com o descrédito da sociedade nas instituições e na política. Os movimentos de 2013 foram marco histórico, porém não falamos ou analisamos suficientemente aquelas manifestações. O que significa o povo na rua gritando? Dentre algumas respostas possíveis, acredito que uma delas é o grito do Basta! Basta de conversa sem ação, política sem noção. Chega de desvio de verbas públicas, de falta de investimento em infraestrutura, saneamento básico, saúde e educação. Precisamos agir emergencialmente, mas também plantar um futuro. Queremos que este momento crítico e de crise produza um amadurecimento na sociedade onde possamos vislumbrar dias em que os super-heróis permaneçam no nosso imaginário e todos nós, libertos das cercas e muros, circulando em lugares com boas condições de vida. Acreditem que isto é possível. Apostemos na educação e logo teremos um mundo muito mais humano e justo.

Porto Alegre / RS

Julho 2015

11

Dicas Imobiliárias

Por Simone Carvalho - simone.carvalho@lfsul.com.br

Invista certo, compre imóvel

Tenho falado para amigos e clientes para não deixarem o dinheiro parado ou em poupança, o melhor investimento é a compra do imóvel. A melhor forma de visualizar a passagem deste momento é girar o dinheiro, para a economia não parar. Comprar imóvel na planta ou em construção significa uma economia e investimento de valores pequenos, pois você irá planejar o seu orçamento mensal e garantindo de acordo forma que não irá ficar sem dinheiro e apertado mensalmente. O imóvel na planta ou em construção é um dos melhores investimentos, neste momento, as Construtoras não cobram juros, reajustam pelo INCC, Índice da Construção Civil, que é fácil de acompanhar e não ter surpresas no final da construção... O mercado está focado em investir em salas comerciais, pois, além da rentabilidade em comprar na planta, podem ainda posteriormente lucrar e garantir uma remuneração na locação destes imóveis. O imóvel em construção garante um investimento futuro e lucrativo. Você investe agora, pagando parcelas, por exemplo: no prazo de até 36 meses, direto à Construtora. Assim, você se organiza para o final da obra e liberação do habite-se. Se houver saldo remanescente, você poderá optar por financiamento e utilizar o seu FGTS. Nenhuma instituição financeira irá remunerar um investimento com o retorno da compra de um imóvel. Não deixe dinheiro parado invista suas economias na compra de imóvel e vai pagando para Construtora. Não pense duas vezes, invista certo. Sempre tome alguns cuidados para fazer um bom negócio, e não tornar um futuro problema. Compre através de um Corretor, leia atentamente o contrato, veja se tudo que lhe foi prometido está especificado no contrato, informe-se sobre a Construtora, se é sólida se tem recursos próprios para finalizar a obra, pois estamos em época de alerta. E, claro, se quiserem minha ajuda, me enviem email...

LF SUL Corretora de Imóveis - Empresa familiar há mais de 40 anos no ramo imobiliário


O JORNAL DO NOSSO BAIRRO Atestamos que a tiragem da edição de Julho/2015 é de 10 mil exemplares

Julho 2015 - Porto Alegre/RS - Ano 29 - Nº 238 - 3737.1378 - 8403.6513 - jornaljornalecao@gmail.com - www.jornalecao.com.br

Limites de bairros da Zona Sul ainda geram polêmica Apesar da realização de reuniões com a comunidade desde 2012, os limites de alguns bairros da Zona Sul ainda geram controvérsias entre moradores da região. O projeto de lei que altera ou mantém as áreas de divisa de todos os bairros, além de criar alguns novos, está previsto para ser votado na Câmara Municipal e, após, deve seguir para sanção ou veto do prefeito. Antes, no entanto, o assunto poderá ainda ser tema de debates, pois alguns limites ainda não estão consolidados e há demanda para criação de novos bairros, como Aberta dos Morros, Boa Vista do Sul, Cohab Cavalhada e Sétimo Céu. Uma das áreas de maior dificuldade de definição de divisas está localizada na região da Avenida Juca Batista, entre os morros da Tapera e das Abertas. Conhecida popularmente como Aberta dos Morros, ela está incluída, pela proposta, nos bairros Campo Novo e Hípica. Devido à “ampliação” destes dois bairros, a Aberta dos Morros passou a incluir apenas a área próxima à Estrada Costa Gama, entre Belém Velho e Hípica.

Gustavo Cruz / O Jornalecão

SMURB/PMPA

Reunião da Cuthab contou com a presença de moradoresda região Devido a estas e outras polêmicas, a Comissão de Urbanismo, Transporte e Habitação (Cuthab), da Câmara Municipal, realizou reuniões em três regiões do Orçamento Participativo (OP). Na noite de 6 de julho, no CTG Descendência Farrapa, foi a vez de se manifestarem moradores de bairros que incluem as regiões Sul e Extremo Sul, além de representantes do Município e também três vereadores da Cuthab presentes (Delegado Cleiton, Engenheiro Comassetto - presidente da comissão - e Reginaldo Pujol), a fim de ouvir a comunidade para analisar possíveis alterações no projeto.

O arquiteto da Secretaria Municipal de Urbanismo (Smurb) Túlio Calliari destacou que o mapa enviado para a Câmara Municipal é aquele discutido e sugerido pelas comunidades e que “houve uma construção técnica em cima dos bairros que existem desde 1959 para que os limites acordados virem lei”, lembrando que, na Câmara, as comunidades têm a oportunidade de discussão e realizar emendas. Já Anadir Alba e Rosane Demarco, conselheiras do Fórum de Planejamento das Regiões 6 e 8, respectivamente, enfatizaram a participação da comunidade, para opinar sobre as mudan-

Parte do mapa da cidade que mostra a proposta de alterações de bairros nas regiões Sul e Centro-Sul, publicada em O Jornalecão em 2014 e também disponível no site www.jornalecao.com.br

ças, em reuniões realizadas nos últimos três anos, o que, apesar de todo o esforço, não foi o suficiente para agradar a todos, pois muitos moradores não participaram das discussões no momento adequado.

Avenida da Serraria ganha lombadas Foram instaladas em julho duas lombadas na Avenida da Serraria, uma nas proximidades da Rua Antônio Josephino Perrone e outra perto da esquina com as ruas Murá e Victor Issler. A obra atende reivindicação histórica da comunidade (solicitada por diversas entidades e moradores ao longo dos anos, preocupados com o grande número de acidentes nas imediações). A melhoria faz parte da revisão da sinalização viária de trecho da Avenida da Serraria, entre as avenidas Juca Batista e Orleans (com um extensão de mais de 2 quilômetros), anunciada pela EPTC em maio.

D I S T R I B U I Ç Ã O

Gustavo Cruz / O Jornalecão

G R A T U I T A

Profile for O Jornalecão

O Jornalecão (Julho/2015) - Edição 238  

O Jornalecão - Jornal de Bairro da Zona Sul de Porto Alegre/RS - Brasil

O Jornalecão (Julho/2015) - Edição 238  

O Jornalecão - Jornal de Bairro da Zona Sul de Porto Alegre/RS - Brasil

Advertisement