Issuu on Google+

O JORNA L JORNAL

Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br | Edição: 74

Divulgação

Andira Jucá: a amazona

Inside

Renda

It boy

Sociedade

Os diferentes tipos

Filipe Lyra mostra seu estilo

CMYK


O JORNAL JORNA L

C2

Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

BOX GIRO

ESPAÇO JARAGUÁ EM CENA... Oi, queridos! Apesar do friozinho, Maceió está mais quente do que nunca. O motivo? A cidade não para de receber eventos fervidos. Por aqui, não se fala em outra coisa, o show da despedida oficial do Exaltasamba, que aconteceu nessa sexta, no Espaço Jaraguá. O lugar foi o metro quadrado mais disputado da semana. Por lá, gente VIP como André Porto, Patrícia Alcântara, Luiza Amorim, Soraya Almeida e Mariana Lopes, chamaram a atenção de todos os presentes no Camarote Celebration. O ponto alto da noite? O Show de Timbalada, claro. Uiuiui.... GALÃ DO BREGA CONTINUA BOMBANDO... Para colocar água na boca de quem ainda não curtiu, a "Quinta Chandon", continua fervendo de gente linda e a paquera rola solta por lá... Além disso, o Maikai pilotou

Alan Machado e Romero Marques

na sexta-feira, uma noite pra lá de divertida com Vitor Piralho, Rei Joe e Vô Biu, tocando Los Hermanos. Ah, sim, a coluna observou que o cantor Galã continua fazendo sucesso e muito entre os baladeiros da cidade. Anoite foi bombadissima. Ficamos sabendo que o cantor brega está prestes a assinar com uma megagravadora e que estaria na sua agenda, uma visita ao programa de Faustão, na Rede Globo. Será? LE HOTEL FERVENDO DE VIP Já a sexta-feira do Le Hotel vem conquistando uma legião de Vips alagoanos. Por lá, rola um dos dias mais animados para se estar. O motivo? Rola uma mistura de forró com sertanejo, onde faz o povo sacolejar até altas horas. E quem comandou a animação foi Mano Walter e Junior Mendes. E ai, vai encarar? Um domingo de paz para todos. Fui...

Sergio Gomes de Barros

Por Marcos Leão boxgiro@hotmail.com

Fabiano e Fabricio Navarro

Jaqueline Bernado e Renata Machilha

Jorge Moraes, Carlos Roberto Oliveira e Alano Vaz

Kiko Selva e Miau Caldas

Os belgas Hakim Gouram e Faris Maaden, fazendo sucesso na cidade

CMYK


O JORNAL JORNA L

C3 Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

CAPA

Fotos: Divulgação

A história de uma

Por Flávia Farias

Em nosso Estado, ela é reconhecida como uma das melhores profissionais da odontologia. Dedica-se, de corpo e alma, a profissão, aumentando, a cada ano, sua cartela de clientes. São 17 anos trabalhando para melhorar o sorriso dos alagoanos. Mas Andira Jucá vai além. Ela é um dos grandes nomes de um esporte onde até bem pouco tempo apenas os homens enfrentavam: provas em cima de um cavalo mangalarga marchador. Sala Vip foi ouvir suas histórias, recheada de vitórias, e apresenta a amazona que está colocando a bandeira de Alagoas, no lugar mais alto do pódio.

Marco Antônio

campeã paixão pelos cavalos começou impede que ela assuste muita gente. quando Andira tinha três "Certa vez, fui convidada a particianos. Caçula de oito irpar de uma competição longe de mãos, ela nasceu tempos deAlagoas. O prêmio seria uma pois de seu pai se desfazer da dessas TV's enormes, de LCD. fazenda que possuía. Treinei bastante e durante "Nenhum dos meus ira viagem ficava pensando mãos gostava da vida no em como ia trazer no campo, então ele deciavião uma TV tão grandiu vender a propriede", contou rindo, gadade. Aí eu nasci e rantindo que é uma acabei herdando esse pessoa competitiva. amor pela terra. Ser competitiva, Quando criança aliás, está dificultanfiquei na dúvida do suas participações entre ser veterinária em algumas provas. ou dentista. Mas as Nessa, cujo prêmio más experiências que era uma TV, Andira tive com os profisdescobriu, assim que sionais que cuidam de chegou ao evento que animais me fizeram deas demais competidosistir", contou. Aos dez ras não participariam da anos começou a fazer hiprova caso ela se inscrepismo, mas desistiu logo. vesse. "Aquilo me deu uma "Achei muito parado. Queria raiva. Treinei muito e sabia pegar o cavalo e correr o que poderia conseguir um Com sua filha, na época com quatro anos de idade, na mundo", brincou. Não deu outra: bom resultado. O organizador garupa de um elefante saiu das e passou a cavalgar quanqueria que eu apenas observasse as do ia à fazenda de amigos. apresentações. Virei uma espécie de O que poderia servir de empecilho, só hors concours", ou seja, ela era boa demais fez reforçar o interesse da odontóloga. Anos mais para disputar o pódio. Hoje ela participa de provas tarde, depois de descobrir que manter um cavalo era cada vez mais difíceis e além da marcha, faz as de mais fácil do que pensava, resolveu fazer sua primei- apartação e as funcionais. Em 2007, ganhou o título de ra aquisição. "Há dez anos, durante uma conversa com Melhor Amazona, durante a Exposição Nacional. Como amigos, fiquei sabendo sobre um hotel para cavalos, prêmio, levou para casa um pingente de ouro, em foraqui na cidade. Vi que poderia comprar um e mantê- mato de ferradura, que usa no dia-a-dia. "Mas não lo lá, sem me preocupar com os cuidados com o ani- posso mais concorrer a este prêmio. Ele só é concedimal. Soube disso num sábado, no domingo já estava do uma vez", lamentou. atrás de um animal para comprar. Uma semana depois, De lá para cá, a premiada amazona vem se dedio cavalo foi comprado e levado para sua nova casa. cando ao treinamento de jovens promessas do esporDesde então posso manter o meu hobby sem maiores te, entre eles, sua filha, Laís. "Em 2010, ela ficou em preocupações", revelou. segundo lugar numa grande competição. Esse ano, o Ouvindo isso, até parece que andar a cavalo é ape- menino que treinei, acabou em prinas um passa tempo na vida da dentista. Seu hobby meiro", se orgulha. Andira é levado muito a sério. Andira percorre o país com- aproveita suas viagens petindo com seu manga-larga, participando de provas para ministrar aulas de em que apenas os peões das fazendas se davam bem. como montar com Isso até ela chegar para competir. Em pouco tempo responsabilidade. ficou conhecida no meio, colecionando ótimos resul- "Tem quem diga tados. "Comecei com as competições destinadas às que tenho uma mulheres. Ganhei muitas disputas e vi que podia ir escola de camalém. Passei para outras categorias até disputar pro- peões, pelos vas em que apenas os homens concorriam. A emoção resultados de era outra. O desafio maior. Me orgulho em ter conse- meus alunos", guido ficar entre os melhores, em várias oportunida- comemorou, des", disse. afirmando A persistência de Andira a colocou num patamar que o olhar clídiferenciado. Em uma das etapas disputadas na cate- nico de dentista goria masculina, a amazona teve que enfrentar três a ajuda na lida provas diferentes com outros 120 homens. Na primei- com os cavalos e ra e na segunda prova, ficou em quarto lugar. Na ter- seus aprendizes. ceira, cravou o sexto lugar. Feito memorável, se ava- "Olho e já sei qual o proliarmos que os outros participantes, em sua maioria, blema. Para lidar com os bieram peões experientes. O tipo mignon de Andira não chos é preciso usar a inteligên-

A

Apesar de seus títulos, Andira afirma que a odontologia está em primeiro lugar

cia, a sutileza. Não precisa de força. O cavalo tem que captar o que você está pensando. Somos como um centauro, com a cabeça de homem e o corpo de animal", disse. Em dez anos de competição, ela já teve quatro cavalos. O primeiro, batizado de Príncipe, ajudou Andira a entender o modo como se trabalhar com o animal. Depois veio o Chacal e Horus. Atualmente, ela e a filha dividem a garupa de Japaratuba Espanhol. "Os três últimos não pude escolher o nome. Como são registrados pelos antigos donos, junto com seu pedigree, não dava para rebatizá-los. O Espanhol não deixa ninguém montar nele, apenas eu e Laís. Isso é bom, mas já tive problemas com um outro cavalo por esse motivo. Como haviam provas em que o árbitro precisava subir no cavalo e esse também não deixava, precisei vendê-lo para não para de competir. O engraçado era que ele virava o pescoço para sentir o cheiro de quem estava sobre ele. Se não fosse eu, derrubava", contou. O amor de Andira pelo universo dos cavalos revela uma de suas maiores características: a determinação. Segundo ela, não gosta de esperar por nada nem por ninguém e isso, acredita, a ajuda a obter resultados tão Andira no Campeonato expressivos. Uma de suas Nacional, realizado em conquistas pode ser atrijulho deste ano, em Belo buída ao modo como doHorizonte mina seus cavalos, ao ensinar para sua herdeira como encarar o mundo. "Consegui criar minha filha num universo de mulheres fortes. Se você mostra respeito, pode fazer as coisas acontecer, sem fraquejar. Apessoa tem que ter coragem e demonstrar sua força", destacou a amazona que consegue controlar um animal que pode atingir até 400 quilos.

CMYK


O JORNAL JORNA L

C4

Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

IT BOY

O jeito Filipe de ser ilipe Lyra é desses meninos que não param. Entre um trabalho e outro, aproveita o tempo livre para estar com os amigos e colocar o papo em dia. Mas os dias não têm sido tão livres assim, desde 2009, quando abriu o cerimonial que leva o seu nome: Filipe Lyra Eventos. "Fiz mais e vinte formaturas, casamentos, aniversários, festas de debutantes, corporativas. Meu último trabalho, e o mais importante, foi o receptivo da Presidenta Dilma, que realizei, em sua chegada, no Aeroporto Zumbi dos Palmares, no último dia 18", contou. A frase que usa para se definir é simples, mas diz muito a seu respeito: "Faço o que amo e faço porque amo". Não há como duvidar que os eventos para os quais trabalha o realizam plenamente. "É como se eu tivesse nascido para isso: para o estresse, o correcorre, os imprevistos, o pensamento rápido", contou. Como todo it boy, o moço chama a atenção por onde passa. Mas isso não podia ser diferente. Fã de peças com qualidade, e l e

F

adora as boas marcas e só escolhe peças que valorizam seu tipo físico. Entre as eleitas: Dopping, Adct, Acostamento, Calvin Clein, Lacoste. Mas não dispensa as roupas que não tem marca conhecida. "Sempre que viajo acho uma ou outra bonita e eu sei que vai ser difícil ver alguém na rua com a mesma roupa...", confessou. Quando pode, foge para Recife ou São Paulo. "Na verdade adoro viajar, seja qual for o destino, sempre que não estou trabalhando pego o carro e viajo ou então compro uma passagem e vou pro mundo. Respirar novos ares, e voltar mais inspirado pro trabalho".

CMYK


O JORNAL JORNA L

C5 Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

PASSOS VIP

Os passos de Charlotte Olympia brasileira Andréa Dellal conseguiu produzir duas filhas de sucesso. A mais conhecida por aqui é Alice, a exótica modelo, que usa cabelo raspado de um lado contrastando com uma vasta cabeleira do outro. Atitude, por sinal, é sua marca registrada. A outra filha se chama Charlotte Olympia e é uma das designers que mais tem chamado a atenção da mídia internacional por criar sapatos e acessórios que são objetos de desejo de muitas mulheres.

A

king, a corda, a estampa de onça e o jeans. Identificar um Olympia é bem fácil. Como Loubottin, que usa em seus solados a cor vermelha, ela estampou na parte de baixo de cada peça uma teia de aranha dourada (logotipo de sua marca). Outro detalhe: quase todos os modelos de Charlotte tem uma "super meia pata", no caso do clássico, ela é dourada. A marca já conquistou o coração de várias fashionistas como Emma Watson, Olivia Palermo, Blake Lively, Sarah Jessica Parker, Sienna Miller entre outras.

IDENTIDADE UM PÉ NO BRASIL Assim como a Casadei, a marca italiana de sapatos que já virou hit entre as celebridades, a marca da designer de sangue brasileiro e inglês, está ganhando o mercado. Sua grife mistura as influências do estilo trendy e alternativo de Londres, com o tropicalismo brasileiro. A moça estudou em uma das mais renomadas e tradicionais escolas de calçados em Londres e começou a sua marca de calçados e acessórios em 2007, depois de trabalhar na Ungaro e Giambatista Valli. Ela gosta de misturar tendências, como o color bloc-

Sua última coleção foi inspirada em Carmen Miranda e se chama "Blame It on Rio". Com um toque tropical bem brasileiro, os modelos vêm com recortes de frutas, plumas, madeira, algumas rasteiras e claro, saltos vertiginosos. Todos os sapatos desta coleção foram batizados com nomes de brasileiras como: Bebel, Laís, Dolores… Para quem se interessou, saiba que um par de sapatos Charlotte Olympia custam entre 400 à 900 dólares e é facílimo de encontrar. As melhores lojas do mundo todo como o Reino Unido, Grécia, Estados Unidos, Itália, Mônaco, Canadá, Japão, Dubai, Rússia, Arábia Saudita, Ucrânia e até mesmo no Brasil, seus sapatos podem ser encontrados. Se não quiser bater perna, acesse o site Net-A-Porter.

A criadora e suas criaturas: Charlotte Olympia em meio aos seus modelos de sapato

A atriz Emma Watson usou uma das criações da designer, premiere do último filme da saga de Harry Potter

CMYK


O JORNAL JORNA L

C6

LUXO

Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

Renda-se!

renda é um tecido nobre capaz de conferir delicadeza e sensualidade a qualquer look. Mas você sabe qual é a diferença entre a tão falada renda francesa e a brasileira? Martha Medeiros sabe e numa entrevista para Mariana Weickert, no programa Vamos Combinar, do canal GNT. "A gente trabalha na contramão do fast fashion. A gente trabalha no slow fashion Somos hoje o único do mundo a fazer uma renda à mão, 100% manual. A francesa tem um repór, um desenho que se repete por toda a renda. Quanto maior o desenho for, mais cara é a peça", explicou a dona de uma das maison mais comentadas entre os fashionistas. Martha, que começou sua carreira fazendo roupa para bonecas, explicou que suas rendeiras conseguem fazer um vestido com um desenho que não se repetem em nenhum momento. "Posso deixar as mangas com um desenho, o corpo com outro, a cauda com outro", contou. Por ser feita a mão, uma camiseta Martha Medeiros pode levar até quatro meses para ficar pronta. È uma peça rápida de ser fabricada. "Já um vestido de noiva leva mais ou menos um ano e meio", revelou. A

A

estilista ainda brincou que a moça pode arrumar uma namorar e deixar claro para o rapaz que o vestido de noiva dela vai levar um ano, um ano e meio para ficar pronto. Ele vai ter tempo para faazer o pedido. Quem levar para casa uma renda brasileira vai, ao longo do tempo, ter uma peça mais bonito. Segundo a estilista, a peça quanto mais lavada e passada fica mais bonita.

Dica de Martha: Uma renda de algodão pode ser tingida.

Vestido em renda francesa: desenho que se repete

Júlia Petit, de Martha Medeiros

Modelo Martha Medeiros

CMYK


O JORNAL JORNA L

C7

NOIVDADES

Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

Tequila mais consumida no México, chega ao Brasil americana Brown-Forman traz para o Brasil a tequila el Jimador, a mais consumida no México segundo dados Nielsen & Iscam. Elaborada com 100% Agave Azul, principal matéria-prima da tequila, e envelhecida em barris de carvalho, el Jimador possui sabor peculiar e sua chegada cria um novo nível de qualidade entre as marcas no país. Disponível em duas versões Reposado e Blanco - a tequila se diferencia das demais que agregam corantes artificiais e são compostas por apenas 51% de agave. A versão Reposado apresenta cor dourada e toque amaciado com notas de baunilha e caramelo devido ao processo de produção especial e envelhecimento de dois meses em barris de carvalho branco. Já a Blanco é clara, transparente e engarrafada logo após sua destilação. Possui o sabor sutil do agave cozido e notas cítricas naturais da planta. Criada em 1994, el Jimador é produzida e engarrafada pela Casa Herradura, fundada em 1870 e uma das melhores destilarias do México. Em 2007, ganhou o prêmio "Best Distillery of the Year" pela revista Wine Enthusiast, sendo a primeira destilaria de tequila a receber um prêmio de tanto prestígio.

PARA O DIA DOS PAIS Com a proposta "Descubra o menino que existe em seu pai", a Natura fala desta relação e apresenta oito presentes que combinam lançamentos, produtos do portfólio e alguns itens exclusivos para a data. "Assim como você, seu pai já viveu as alegrias de ser criança. Também já olhou para o mundo e viu tantas possibilidades maravilhosas que bem sabia por onde começar. Descubra o menino que seu pai ainda é."

A

DO VINHO Algumas tradições passadas de pai para filho marcam a vida. E para homenagear uma delas - o prazer pelo mundo do vinho, O Boticário lança a fragrância Duo Malbec Nebbiolo. A novidade, que tem como base o álcool vínico macerado em barris de carvalho, é o resultado entre a intensidade das uvas Malbec e a sofisticação das uvas Nebbiolo. O produto chegou às 3.020 lojas da rede, em edição limitada. "Esse ano homenageamos o que há de mais precioso na relação entre pais e filhos - os ensinamentos. E o vinho representa bem esse conceito por estar ligado à tradição e ao tempo. Para complementar, também criamos estojos para os diferentes estilos de pai", explica a gerente da categoria de Datas Comemorativas de O Boticário, Mirele Martinez.

PENÉLOPE CHARMOSA, RESORT COLECTION A inspiração aconteceu quando a simpática personagem decidiu sair de férias rumo a uma cidade ensolarada e vibrante, que respira novidades e tendências em cada esquina. Movida pelo colorido que encontrou, ela resolveu dar uma repaginada no seu visual. Além do já conhecido "cor de rosa", Penelope resolveu ousar e se aventurar com outras cores. Assumidamente fashionista, adotou os tons pasteis que já invadiram as coleções de verão das grifes internacionais mais badaladas e também puderam ser conferidas nos principais eventos de moda nacionais."

DESFILES

EFEITO "…a proposta é de máxima ousadia em efeitos e cores que surpreendem. Com o conceito de tecnologia, aliada à moda, Risqué lança a Edição Especial Color Effect, com seis opções de cores que provam que, literamente, nem sempre a primeira impressão é a que fica. Nessa edição nada é o que parece. As cores dos esmaltes dos frascos se transformam nas unhas e refletem novas cores com a luz. Uma cobertura que aplicada sobre outra cor é capaz de transformá-la, revelando novas nuance e cores com brilhos profundos em dimensões…" (…)

A semana gosto está sendo aguardado com ansiedade pelos fashionistas da região. De 15 a 19, daquele mês, o histórico bairro do Jaraguá vai se transformar num verdadeiro "quartel general" fashion, durante a Alagoas Trend House'11, a semana oficial de moda, design, decoração e gastronomia do Estado. Em sua 5ª edição, o evento reunirá no Armazém Uzina alguns dos principais criadores da moda alagoana, grifes consagradas, decoradores e expositores, além da imprensa nacional e local, blogueiros de moda, celebridades e convidados. O investimento chegou à casa dos R$ 300 mil e tem a produção da SM Bureau e apoio do Sebrae, da Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur/AL) e da Secretaria de Turismo de Maceió (Semptur), a Alagoas Trend House'11 pretende ser uma vitrine para a produção de moda, o turismo e a gastronomia do Estado. Segundo James Silver, curador de moda da semana, o evento tem crescido rapidamente em tamanho e importância e conquistado a atenção de importantes veículos da mídia nacional. "Nosso próx-

A

imo passo agora será transformá-lo numa passarela de moda para todo o Nordeste a partir de 2012", diz. MADE IN ALAGOAS E MAIS Durante os cinco dias de Alagoas Trend House'11, uma programação de cerca de 30 desfiles dará destaque à produção alagoana com nomes como o do estilista Marcus Telles, que volta à terrinha diretamente de Milão para interpretar em alta-costura o filé, principal renda alagoana, além das grifes Maia Piatti, Manzuá, Apto401, Flor de Mandacaru e Los Santos D'Arca. Acriação alagoana de acessórios será também outro grande foco de atenções com as coleções de marcas como Caleidoscópio, Carol Paz (que apresentará a linha desenvolvida com exclusividade para a grife Poko Pano, de Paola Robba), Artsório (e Sta Paz. Além deles, grifes nacionais como Mara Mac, Farm, Amapô e Colcci já se preparam para trazer a Alagoas a reinterpretação dos desfiles recémapresentados no São Paulo Fashion Week, Fashion Rio e Minas Trend.

Luciano Huck com os gêmeos Fernando e Felipe, de Tanque D’Arca

CMYK


O JORNAL JORNA L

C8

Domingo, 31 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com | e-mail: salavip@ojornal-al.com.br

Inside

Por Marcos Leão Com Flávia Farias inside@ojornal-al.com.br

Fashion Day

A

s empresárias e queridinhas das bem nascidas da cidade Kristhine Calheiros, Ana Waleska Bulhões e Aline Rijo Correia estão preparando um superevento fashion que promete sacudir a cidade nos próximos dias. Trata-se do Fashion Day, um bazar de roupas, sapatos e acessórios de algumas das marcas badaladas da cidade, com precinho bem amigo. O auê fashion acontece nos dias 30 e 31 de agosto, no Espaço Pierre Chalita. Os ingressos custarão R$ 10, sendo metade do valor revertido para instituições de combate ao câncer. Então, a coluna uniu as empresárias e quis saber mais detalhes sobre o auê fashion. Aproveite! Qual o objetivo maior do Fashion Day? Aline Rijo: Difundir uma mentalidade moderna de consumo, como acontece nos grandes centros. Agrupando num só espaço as melhores lojas da cidade. Além disso, oferecer ao público um mercado de moda alternativo, onde é possilvel investir em peças de vida longa e com respaldo de marcas renomadas, a preços extremamente convidativos.

Ana Waleska Bulhões

Kristhine Calheiros

O que os compradores vão poder encontrar durante os dois dias de evento? Ana Waleska Bulhões: Um ambiente agradável, climatizado, com lojas de roupas, acessórios,

Aline Rijo

TEATRO O projeto que vem marcando a história das artes em Alagoas há mais de dez anos, o Teatro Deodoro é o Maior Barato, está de volta após quase três anos, e nada melhor que um recomeço com o sucesso da atualidade, que é o espetáculo Devassas, que tem a atriz alagoana Ivana Iza como destaque deste monólogo, que lotou teatros desde o ano passado, e que será apresentado na próxima quarta (o novo dia do projeto), nesta quarta, 3, às 19h, no Teatro Deodoro. A direção é de Flávio Rabelo também alagoano. Tipo tem que ir.

ELETRÔNICO Não há mais o que explicar sobre som eletrônico. Definitivamente deixou de ser um som de vanguarda e se tornou algo concreto na sociedade. Desde as batidas sem vocal - que agrada a poucos - à experimentos musicais da sonoridade eletrônica com os mais variados ritmos. Não é tendência: é realidade! E nesse emaranhado de vertentes que o próprio estilo eletrônico tem, o House, pode se dizer, agrada gregos e troianos. Estudadas batidas envolventes com, invariavelmente, vocais femininos, não só agradam quem pouco entende do estilo, como também até os mais xiitas. Por tudo isso, a HUG, que há anos desenvolve um trabalho perseverante no cenário alagoano, traz para a Loop Lounge a festa "House Mag Party", neste sábado,6, tendo o som dos DJs Dri.K, AJ Perez, Renato Cordista e Barão.

bolsas e sapatos. Tivemos a preocupação de criar um lounge com espaço gourmet onde a ida ao Fashion Day possa se transformar num delicioso programa para, quem sabe, o dia todo. Informação de moda também estará por toda parte. E a certeza do cliente, que fará investimentos em peças com preço máximo de R$ 150,00, é a nossa garantia. Já existem planos para próximas edições? Kristhine Calheiros:A intenção do fashion Day é oferecer moda a um custo atrativo, pontuando o calendário duas vezes ao ano, no final das coleções de primavera-verão e outono-inverno.

BADALAÇÃO Depois dos badalados lounges montados em Nova Iorque e Dubai, a Ciroc decidiu, enfim, investir em terras tupiniquins e trouxe o primeiro da América do Sul para a capital paulista. A Sophie Lounge abriga o primeiro Private e recebeu na quarta, 27, a festa Let's Burn MTV, sob a batuta do DJ Leo Janeiro. Os vips, por ex-

emplo, puderam escolher entre camarotes exclusivos ou presidências privativos, com atendimento bilíngue exclusivo e o convidado ainda pode regular o volume do som. Quem passou por lá? O empresário alagoano Gustavo Gomes e nos contou que o lugar é puro luxo. Tá bom ou quer mais?

RECICLAGEM Está só Inside sabe: a exposição coletiva 'Papel A3' Persivaldo Figueirôa entre os será aberta dia 12 artistas da Exposição Papel A3 de agosto, às 19h, na Galeria Sesc Arapiraca, com obras dos artistas visuais Adriana Jardim e Achiles Escobar. O tema em comum às obras dos três artistas é que todos eles trabalham com esculturas em papel machê. A expor ficará aberta à visitação até 03 de setembro, de terça a domingo, das 12h às 18h. Ai, que ansiedade para visitar a exposição!

MADE IN ALAGOAS Inside adora uma inovação, vocês devem ter notado, não é verdade? Pois bem, montamos um editorial de moda todo especial, onde mostrará através da seção 'Made in Alagoas', os talentos mais efervescentes do universo fashion alagoano. No abre alas, escalamos a estilista Nathália Amaral para mostrar seu modelito, ostentado pela top Thayane Oliveira, que fez megasucesso na festa Eletrowhite, onde a inspiração foi o sertão. O lugar escolhido para o editorial foi o Bodega do Sertão, com beleza de Junior Gavazzi e a produção por conta de Fellipe Jhonatas Mendes. Confira! Nathália Amaral

Nathália começou desenvolvendo suas coleções para o evento Valentinas , onde foi uma das fundadoras e organizadoras. Em 2009 fez parceria com a estilista Roberta Queiroz onde desenvolveram coleções para a marca “duAS” durante dois anos. Hoje, Nathália e Roberta, apesar do sucesso com a marca, estão seguindo planos diferentes, e Nathália Amaral volta para carreira solo, onde desenvolve peças sob medida para formatura, casamento, reveilons, fantasias, além de pedidos para noivas, que em breve já estarão sendo executados.

CMYK


SALAVIP 31/07/2011