Page 1

MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 SEXTA-FEIRA

ANO 19 NÚÚMERO MERO 015 5 R$ $ 1,50

O Jornal

IMA investiga mais dois casos de “casas quentes” na Ponta Grossa

Em entrevista a O Jornal, novo técnico do ASA diz que não conhece o elenco

A9

A12

LEI SECA

A campanha “Lei Seca: Tô Nessa” voltou às ruas de Maceió ontem para, mais uma vez, tentar conscientizar os motoristas sobre os riscos de beber e dirigir. Placas com o que pode acontecer com quem dirige embriagado foram mostradas ostensivamente aos condutores que passaram pela Avenida Álvaro Calheiros, em A10 Mangabeiras.

Raul Placido

Campanha tenta conscientizar os motoristas

Panfletagem e encenação na campanha em Mangabeiras

TORTURA

MP denuncia delegado-geral Chefe da Polícia Civil é acusado de torturar assaltante que matou agente do Tigre e vigilante em assalto à Caixa no Centro O delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, foi denun-

ciado por quatro promotores por crime de tortura contra um assal-

tante que, em 2009, matou a tiros um policial civil e um vigilante

durante assalto à agência da Caixa no centro de Maceió. Mais uma

OLIMPÍADAS

delegada e três agentes também A3 foram denunciados.

Neymar, o nome do time, jogou bem, fez gol e garantiu vitória importante

Time de Mano sofre, mas vence Egito na estreia A seleção brasileira estreou, ontem, nos Jogos Olímpicos com uma vitória apertada sobre o Egito, por 3 x 2, em Cardiff, País de Gales. O time de Mano Menezes goleava no primeiro tempo por 3 x 0, mas permitiu a reação do adversário. A cerimônia de abertura da Olimpíada de Londres está marcada para hoje, a partir A13 das 17h (de Brasília).

PROTESTO FEDERAL

Com a extinção de alguns encargos setoriais, o governo quer reduzir o custo da energia elétrica no País em pelo menos 10%. Uma Medida Provisória deve ser A8 editada no próximo mês.

ÔNIBUS O setor jurídico da Transpal informou, em coletiva de imprensa, que a entidade vai recorrer da decisão judicial que fixou a passagem em R$ 2,10, lembrando que contiA9 nua valendo a de R$ 2,30.

S

ervidores públicos da Ufal e do Ifal, em greve há quase dois A11 meses, fizeram ontem uma manifestação no Centro.

COTAÇÕES DÓLAR (COMPRA)...................2.0200 DÓLAR (VENDA).....................2.0220 POUPANÇA...........................0,5000

EURO (COMPRA).....................2.4614 EURO (VENDA).......................2.4622

DESCARTE www.mais.al l sustentab

Yvette Moura

ENERGIA BARATA

EM MACEIÓ

MARÉS 03h51...............0.6 10h11...............1.7

16h39...............0.6 22h51...............1.7

Agendas de candidatos se intensificam Com o passar dos dias, as agendas de campanha dos candidatos a prefeito de Maceió nas eleições deste ano começam a se intensificar. Ontem, por exemplo, Ronaldo Lessa (PDT) inaugurou seu comitê, Rui Palmeira (PSDB) fez caminhada, Jeferson Morais (DEM) gravou vídeo e Rosinha da Adefal (PTdoB) fez sua primeira A2 atividade de rua. FASES DA LUA NOVA.......................19/7

CHEIA.........................3/7

CRESCENTE................26/7

MINGUANTE................11/7

O JORNAL l MACEIÓ

, 27 DE JULHO DE 2012

l SEXTA-FEIRA

S

Faltam locais para o descarte correto de lixo tóxico

2

ilidade@ojornal-al.c

om.br

Patrulheiros no Congo têm a rá missão que tenta salvar famílias de gorilas 7

dade

Eduardo Leite

Sustentabili

Lixo hospita lar saiba como saúde à sua casa, correta Das unidades de os de forma descartar os resídu

4, 5 E 6

Os caminhos corretos do lixo hospitalar A SSINATURAS : 82 4009.1919 CLASSIFICADOS : 82 4009.1930

P UBLICIDADE : 82 4009.1961 PABX : 82 4009.1900


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A2

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

CAMPANHA EM MACEIÓ

PautaGeral Da Redação pautageral@ojornal-al.com.br

Haiti governador Teotonio Vilela Filho homenageou os militares do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado que representaram Alagoas no 14º Contingente da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti. A solenidade contou com a presença do ministro de Segurança Institucional da Presidência da República, general José Elito.

O

Diferencial

Famoso

A animação nas ruas do Jacintinho demonstrou a força do prefeito Cícero Almeida na periferia de Maceió. Ao subir a Grota do Cigano com o candidato Ronaldo Lessa - primeira prova de fogo da campanha -, Almeida prometeu estar presente em todos os eventos.

O produtor de filmes pornográficos, Anivaldo Luiz da Silva, o Lobão (PSB), tem focado sua campanha na região do Bom Parto, Levada e Ponta Grossa, local onde já é bem conhecido. Recentemente, ele ganhou 15 minutos de fama nacional ao ser entrevistado por Danilo Gentilli, na Band.

Inacessível

Um eleitor de Rosinha da Adefal cometeu uma gafe que promete prejudicar bastante a campanha da candidata. Fechar uma rampa de acessibilidade com um carro estacionado é pura queimação para quem sustenta a campanha em cima do discurso de superar as diferenças. A foto já faz sucesso nas redes sociais.

Colocaram tinta Causou estranheza em Cruz das Almas um muro de mais de 50 metros que estava pichado em favor de Chico Holanda (PP) ter sido novamente pintado de branco. O nome foi coberto e nenhum novo candidato divulgado.

Miopia A direção do PSB em Alagoas reclama, agora, do erro político por ter criado um cenário que forçou a desfiliação da vereadora Tereza Nelma (PSB). O partido faz as contas e avalia que terá dificuldades para eleger um vereador em Maceió. Nelma agora é tucana e está entre as mais cotadas.

Subiu o tom

Valendo

Ronaldo Lessa não ficou chateado com a repercussão de que fez críticas demais ao governador Teotonio Vilela. Ele lembrou que Rui Palmeira evita aparecer ao lado do tucano e reclamou da inoperância do atual governo.

Já está em vigor a lei que permite a produção e comercialização de medicamentos genéricos de uso veterinário no Brasil. A proposta pertence ao senador Benedito de Lira (PP).

Volta ao trabalho Os trabalhadores da Eletrobras Alagoas e Chesf aprovaram a nova contraproposta da empresa para a pauta nacional e resolveram encerrar a greve. A categoria conseguiu um reajuste de 6,6%, mais R$ 2,8 mil de abono em forma de crédito nos tickets alimentação e o abono dos dias parados.

Inaugurações, reuniões e caminhadas na pauta Divulgação

Marco Antônio

Agendas dos candidatos começam a se intensificar, com surgimento de novos compromissos a cada dia DA EDITORIA DE POLÍTICA politica@ojornal-al.com.br

O

s candidatos a prefeito de Maceió aproveitaram o dia de ontem para inaugurações de comitês e espaços, reuniões de campanha, panfletagens e caminhadas. As agendas de campanha começam a se intensificar, com o surgimento de cada vez mais compromissos para a maioria dos que disputam a sucessão do prefeito Cícero Almeida. Ronaldo Lessa (PDT ) reuniu-se com assessores durante a manhã e visitou comunidades à tarde. À noite, ele inaugurou seu comitê, na avenida Álvaro Calheiros, Stella Maris, no prédio onde funcionava o restaurante Barrica’s, ao lado do Blue Shopping. Durante a inauguração, o presidente do PT em Alagoas, Joaquim Brito, anunciou que o ex-presidente Lula terá reunião com Lessa na próxima segunda-feira, quando anunciará seu apoio à candidatura. Também participaram da inauguração o prefeito Cícero Almeida, o senador Fernando Collor (PTB), os deputados Judson Cabral (PT), Ronaldo Medeiros (PT), Jota Cavalcante (PDT) e Dudu Holanda (PSD) e os vereadores Marcelo Malta (PC do B), Silvio Camelo (PV) e Paulo Corintho (PDT). “Vou juntar a experiência de cada um aqui. Experiência na administração é fundamental. O outro candidato fala no novo contra o velho. Novo em quê? Para administrar uma capital, o melhor não é um candidato de fralda não, doutor. Tem que ralar. Esse discurso do velho contra o novo não existe”, disse Ronaldo Lessa, durante a inauguração do comitê, dizendo que tem uma grande responsabilidade ao assumir uma administração bem avaliada. Rui Palmeira (PSDB) fez caminhada, à tarde, no

Com aliados no comitê, Lessa comemora apoio de Lula

Rui participou de sabatina com estudantes do Contato

Divulgação

Jeferson fez gravação de vídeo para seu site na Internet

Divulgação

Nadja conversou com eleitores durante a panfletagem

Divulgação

Rosinha, em caminhada no Centro com seus aliados

Conjunto Cidade Sorriso II e participou de uma sabatina com os estudantes do Contato, na Jatiúca. Ele também gravou para o guia. “Sou ficha limpa e sou vida limpa. Não possuo nenhum processo na Justiça, seja eleitoral ou comum”, afirmou na conversa com os estudantes. Jeferson Morais (DEM) teve encontro com pastores evangélicos, almoçou com a coordenação da campanha no Benedito Bentes. Depois, gravou vídeo de abertura par seu site na internet, teve reunião com o presidente da Ademi e a noite participou de uma entrevista em um bar da orla. “Nosso projeto é coletivo. Vamos conversar sem intermediários”, defendeu ao pregar que estará mais próximo do eleitorado. Galba Novaes (PRB) visitou bairros e comunidades de Maceió e encontrou repre-

Divulgação

Fleming participou de protesto dos professores da Ufal

sentantes da sociedade civil e autoridades. À tarde o candidato reuniu-se com uma emissora de televisão para acompanhar apresentação da cobertura jornalística das Eleições 2012. Já à noite, esteve com lideranças no bairro de Bebedouro. Nadja Baía (PPS) visitou a instituição Casa Bethânia, no bairro da Serraria, pela manhã. À tarde, a candidata realizou panfletagem no Terminal Rodoviário de Maceió, no Feitosa. “É meu compromisso de governo combater a droga em Maceió investindo, também, nesse tipo de iniciativa, que tem se provado ser bastante eficiente em relação à ressocialização do dependente químico” Rosinha da Adefal (PT do B) teve encontro com a comunidade e lojistas no Centro, partindo da Praça Deodoro rumo ao comitê do partido,

localizado em frente à Praça Palmares, ao lado do Restaurante Central, em caminhada. À noite, a candidata inaugurou o espaço “Fale com a Rosinha” em seu comitê. “Não existe desvantagem nenhuma, não podemos envolver a instituição na campanha, a Adefal é uma muito maior”, comentou ao ser questionada sobre o apoio do atual presidente da entidade, Luiz Carlos, a Jeferson Morais (DEM). Alexandre Fleming (PSOL) participou, durante a manhã, da caminhada dos professores da Universidade Federal de Alagoas pelas ruas do Centro de Maceió. À tarde ele reuniu-se com correligionários e coordenadores da campanha. “O uso exacerbado do poder econômico, poluindo a cidade e tentando construir ao máximo uma popularidade superficial é atrasado e sem efeito”, afirmou, pelo Twitter.

Tudo de novo Mesmo com os problemas enfrentados na Justiça, o prefeito afastado de Traipu, Marcos Santos (PTB), montou a mesma chapa da última eleição, colocando a nora, Julliany Machado (PTB), como vice.

Em família Dois cunhados e um filho impediram que o desembargador Orlando Manso comandasse a eleição em Maceió. Com isso, ele transferiu a responsabilidade para desembargadora Elisabeth Nascimento.

9h - Café da manhã com Fernando Brito, chefe de gabinete do ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto, no Hotel Colonial, na Ponta Verde; 17h - Caminhada pelas ruas do bairro Santos Dumont, com concentração no terminal de ônibus.

16h – Caminhada no Pontal da Barra; 19h – Caminhada no Henrique Equelman, com concentração em frente ao Júnior Construção.

Manhã - Panfletagem na Ladeira do Óleo; Tarde - Panfletagem na Rua do Comércio.

Não divulgou agenda para hoje.

Termômetro coronel Mário da Hora – subcomandante-geral da PM – é a bola da vez na corporação. De fino trato e respeito às pessoas, o oficial tem acesso a todos na caserna.

O

grande quantidade de imagens de candidatos estampadas em carros que circulam em Maceió, cujas fotografias foram exibidas recentemente nas páginas policiais.

A

09h - Reunião com a coordenação de campanha; 11h - Gravação de vídeo para redes sociais; 12h - Almoço no Santos Dumont; 17h - Caminhada pelo Triunfo e Flor do Bairro, Jacintinho.

8h30 - Reunião com lideranças da Segurança Pública, na Assomal; 9h30 - Reunião com moradores do Santa Lúcia; 11h - Reunião na Federação da Pesca no Virgem dos Pobres; 15h - Reunião com lideranças comunitárias do Prado, Vergel e Village; 16h - Reunião com comerciantes do Clima Bom.

Assessoria informou que não cumpre agenda de campanha hoje.

Não divulgou agenda para hoje.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A3

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

POLÍCIA CIVIL

Contexto Roberto Vilanova bobvilanova@hotmail.com

Surpresa

P

ara o senador Benedito de Lira, a eleição em Maceió este ano “terá uma grande surpresa” – que ele não se arrisca a antecipar, mas garante que vai deixar “muita gente de queijo caído”. A disputa pela prefeitura tende a se polarizar entre Ronaldo Lessa e Rui Palmeira e esta tendência está bem nítida no desenho eleitoral já traçado. Mas o senador Benedito de Lira não acredita que o prefeito Cícero Almeida possa influenciar decisivamente na transferência de votos. Para o senador Benedito, os votos que Lessa terá são dele mesmo – que já foi prefeito, governador e tem uma atuação na esquerda. Então, a surpresa poderia ser “a terceira força” - que repetiria a história quando Lessa se elegeu prefeito na década de 1990.

Ataca

Sobra

O candidato Ronaldo Lessa foi orientado a “ser mais agressivo” quando falar do adversário, no caso Rui Palmeira, que não pode encostar mais do que já se encostou. O objetivo é evitar que a decisão da eleição vá para o segundo turno.

O candidato Jeferson Moraes acha que seria o principal beneficiado e não houvesse segundo turno em Maceió. A história se repetiria como na década de 1990, quando Lessa se elegeu prefeito na divisão entre três candidaturas.

Além do horizonte Na década de 1990, o atual governador Téo Vilela disputou a eleição com José Bernardes e Lessa se elegeu beneficiando-se da divisão do bolo.

Manter

Grande

O candidato Rui Palmeira está sendo orientado a “manter a postura” e deixar o adversário na expectativa de uma resposta – que jamais virá. Os marqueteiros tucanos apostam na postura do que é “diferente” para marcar a campanha e o eleitor.

O senador Renan Calheiros destacou que o prefeito Cícero Almeida é o “grande diferencial” da eleição em Maceió, com a avaliação positiva da sua administração e a penetração nas camadas populares. “Sem dúvida, o Almeida é o grande eleitor”, definiu.

Até breve

FERNANDO ALDO Arquivo

Delegado-geral é denunciado pelo crime de tortura Além de Paulo Cerqueira, membros do MP também denunciaram delegada Ana Luiza e três agentes DA EDITORIA DE POLÍTICA politica@ojornal-al.com.br

U

m grupo de quatro promotores de Justiça denunciou o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e a coordenadora da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), delegada Ana Luiza Nogueira, e três agentes de polícia pela suposta prática do crime de tortura. A denúncia dos integrantes do Ministério Público Estadual foi protocolada e distribuída para a 2ª Vara Criminal da Capital. Assinam a denúncia os promotores de Justiça Mário Augusto, Elísio Ângelo Murta, Mirya Ferro e Sérgio Simões. Apesar de não haver qualquer confirmação oficial, tendo em vista que o processo

deve correr em segredo de Justiça e não se encontra qualquer dado, de forma aberta, no sistema de consultas de processos do site oficial do Tribunal de Justiça na internet, a denúncia se referiria ao inquérito que apurou os homicídios do policial civil Anderson Lima e do vigilante Aldessandro Ferreira Silva. Ambos foram mortos durante uma tentativa de assalto a uma das agências da Caixa Econômica Federal, no Centro, em 2009. Um dos acusados pelos crimes alegou ter sido torturado durante as investigações pelos delegados e agentes. O processo contra Cerqueira, Ana Luiza e os agentes estaria tramitando, de início, na Corregedoria do órgão. Mas, depois de acusação protocolada no Ministério Público Estadual, o grupo de promotores que subscreveu a denúncia entendeu haver elementos suficientes para que fosse iniciada uma investigação. Após a apuração dos

membros do MPE, a denúncia foi ofertada. A denúncia deve ser encaminhada ao juiz Hélder Loureiro que, apesar de ser titular da 4 ª Vara Criminal, está respondendo, cumulativamente, pelas 2 ª Vara. O Jornal tentou entrar em contato ontem com o magistrado, para saber se ele já teria recebido a denúncia. Mas seu telefone estava desligado. A assessoria de comunicação da Polícia Civil informou a O Jornal que os delegados só devem se pronunciar sobre o assunto após serem comunicados oficialmente sobre a denúncia. O que, segundo a assessoria, não havia acontecido até a noite de ontem. Anteriormente à frente do Deic, Paulo Cerqueira chegou a ser o secretário-adjunto de Defesa Social. Entre o final do mês passado e o início deste, ele foi anunciado e empossado como o novo delegado-geral da Polícia Civil, substituindo no posto o delegado José Edson.

AMEAÇA EM ROTEIRO

O senador Fernando Collor não tem pressa. Ele vive na expectativa real segundo a qual no segundo turno é outra história.

Sobre

Pode

Se as empreiteiras Queiroz Galvão e OAS desistirem o projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na parte alta de Maceió ficará prejudicado. Antes de batalhar pelo dinheiro, o governo do Estado terá de batalhar para convencer as duas empreiteiras.

O VLT da parte alta de Maceió está projetado para ligar a Praça do Centenário ao aeroporto, numa distância de 20 quilômetros divididos em quatro trechos. Mas o governo não pode tocá-lo sozinho e precisa da participação da iniciativa privada.

A distância Presa sob a acusação de mandar matar o vereador José Ferreira, a prefeita afastada de Anadia, Sânia Tereza, trabalha duro na cela pela eleição do filho.

Mudo 1

Mudo 2

O cantor e compositor paraibano Ton Oliveira ligou para uma emissora de rádio em Santana do Ipanema e desabafou: “Nunca passei por uma situação dessas. Eu peço à Justiça que libere a minha música para tocar nas rádios daí” (Santana).

A prefeita de Santana do Ipanema, Renilde Bulhões, se sentiu atingida com a música “O Prefeito”, composta e gravada pelo paraibano Ton Oliveira, em 2000, e a coligação do candidato a sucedê-la conseguiu proibir a execução da música.

Melô do mudo Os adversários da prefeita Renilde Bulhões estavam embalando o eleitorado com a música, e o juiz Durval Mendonça decidiu proibir as rádios de Santana do Ipanema de tocá-la.

Candidato a prefeito aciona órgãos IRACEMA FERRO iracemaferro@ojornal-al.com.br

O

candidato a prefeito de Roteiro, Wladimir Brito (PDT), acionou esta semana o Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Polícia Federal, Tribunal Regional Eleitoral e Conselho Estadual de Segurança para garantir sua segurança, pelo menos, até o pleito de outubro próximo. Ele já tinha procurado as polícias Civil e Militar, após ter sido ameaçado de morte no último domingo. “Temo pela minha vida e pelos meus: filho, irmãos, pais. Quando eu era prefeito, em 2004, renunciei ao cargo após ameaças de mortes a mim e à minha família. Meu vice, Val de Agenor, assumiu o cargo e foi assassinado (juntamente com quatro assessores) um ano depois. Desta vez eu não

vou desistir”, avisa. “Já coloquei meu nome para aprovação popular e as pesquisas apontam que tenho 57% das intenções de voto, o que está incomodando muito os políticos daqui, principalmente o prefeito Fábio Jatobá (PMDB), que não pode se candidatar porque já é reeleito, mas está apoiando o vereador Caetano Alves, do PSDB, para seu sucessor com a ideia fixa de continuar tendo influência nas decisões do município”, aponta. Wladimir conta que estava em sua casa no último domingo quando um homem conhecido na cidade como “Ciço Bala” (e que faria parte da segurança particular do prefeito Fábio Jatobá), apresentando sinais claros de embriaguez, parou seu carro na porta de sua casa, abriu o porta-malas do carro e ligou o som em volume alto. O candi-

dato pediu ajuda à Polícia Militar, que mandou policiais até a casa de Wladimir e “Ciço” teria concordado em abaixar o volume. Mas tão logo os policiais deixaram o local, ele voltou a aumentar o som. Insatisfeito com a provocação, Wladimir foi reclamar com “Ciço”. “O Ciço Bala me esculhambou, chamou outros quatro amigos dele, que são capangas do prefeito, e disse que ia me matar se eu não desistisse de ser candidato à prefeitura. Ele tem um histórico de violência, é temido na cidade, é suspeito de crimes praticados com o irmão, Lau”, garante. Na segunda-feira passada Wladimir procurou a delegacia local e fez um boletim de ocorrência. Depois, procurou o promotor de Justiça Hermman Brito, em São Miguel dos Campos, e denunciou que havia sofrido a ameaça.

TRANSPARÊNCIA

Em Alagoas, TRT divulga salários Expressas A Confederação Nacional do Turismo (CNTur) mandou a consultora Eliana Maia a Alagoas, para estimular a interiorização do turismo. Ela escolheu começar por Coruripe. Com a parceria com o Sebrae, a CNTur está atuando em Alagoas, na Bahia e em Sergipe, com a estimativa de treinar 1.200 pequenos empresários do ramo. – “Vocês têm que ousar mais. Isto aqui (o litoral de Coruripe) é maravilhoso e tem um potencial para ser explorado” – aconselhou a consultora Eliana Maia aos alagoanos. Tombada pelo patrimônio nacional e comparada como a “Ouro Preto do Nordeste”, a cidade de Penedo também está na lista na CNTur.

ALEXANDRE H. LINO alexandrelino@ojornal-al.com.br

O

Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 19ª Região, em Alagoas, começou a divulgar os salários dos magistrados e servidores. Os valores das remunerações estão disponíveis no site da corte e a divulgação cumpre o que determina a nova Lei de Acesso à Informação regulamentada em maio. Os salários brutos variam de R$ 687 para um servidor a R$ 115 mil para um magistrado - inflado com o pagamento de vantagens legais eventuais. A lista está

no www.trt19.jus.br. O TRT está disponibilizando no site as remunerações pagas entre janeiro de 2007 e junho de 2012. De acordo com o que foi divulgado, o subsídio da maior parte dos membros da corte é de até R$ 24 mil, abaixo do teto constitucional que é de R$ 26,9 mil, o equivalente ao salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). No início da semana, o Tribunal de Justiça divulgou os salários. Segundo nota do TRT, além de preservar o interesse coletivo, a divulgação exerce

o direito fundamental de acesso à informação pública. Qualquer cidadão poderá acessar a listagem, uma vez que a publicidade dos salários dos servidores é considerada um modo de efetivar a execução da transparência pública. RESOLUÇÃO Os dois tribunais seguem também uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que determinou que todo o Judiciário se adequasse à lei fazendo a divulgação nominal da remuneração recebida por servidores e magistrados.

Malta Marques: relator do processo

Acusado pelo crime continua preso, decide TJ

O

desembargador José Carlos Malta Marques, que integra a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, manteve a decisão de pronúncia contra Eliton Alves Barros, acusado de participar do assassinato do vereador Fernando Aldo, em outubro de 2007, em Mata Grande, sertão de Alagoas. Para ele, a decisão de pronúncia não se presta a analisar todos os fatos e circunstâncias constantes dos autos: o juiz fica restrito a indicar a existência de provas da materialidade e indícios suficientes de autoria ou participação. A decisão foi publicada na edição de ontem do Diário de Justiça Eletrônico. “Os indícios de autoria, muito embora o acusado afirme sua inocência, principalmente sobre o argumento de que estaria em São Paulo quando do cometimento do assassinato, estão presentes nos autos. A prova testemunhal e as demais provas revelam a probabilidade da participação de Eliton Alves Barros no crime de homicídio que vitimou o vereador Fernando Aldo”, justificou Malta Marques.

Desembargador lembra competência do Tribunal do Júri Ainda segundo o relator, a manutenção da pronúncia também se deve ao fato de reconhecer que o Tribunal do Júri é único órgão competente para realizar o exame aprofundado da prova, sendo soberano para reafirmar a não-culpabilidade do inocente, mas também, para condenar. “A superficialidade na análise das provas de autoria é posta justamente para assegurar ao réu a imparcialidade de veredito do Conselho de Sentença, sem que a decisão de pronúncia possa influenciar na decisão”, ponderou. Eliton Barros será mantido preso, provisoriamente, até seu julgamento pelo Tribunal Popular. No recurso, a defesa também pediu a nulidade do processo, alegando afronta aos princípio do juiz e promotor natural. Segundo Malta Marques, o crime adequa-se à competência da 17ª Vara Criminal da Capital, tendo em vista que se encontra amparada em todos os requisitos legais. Quanto ao Princípio do Promotor Natural, a designação do Grupo Estadual de Combate a Organizações (Gecoc) para atuar na repressão de crimes específicos, notadamente, os relacionados ao combate às organizações criminosa, não caracteriza violação ao princípio, de acordo com o desembargador.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A4

Nacional MARIDO É SUSPEITO

www.mais.al nacional@ojornal-al.com.br

EM LONDRES

Dilma cobra melhor tratamento a alunos Presidenta atacou a política de imigração que está emperrando vistos de bolsistas do Ciência sem Fronteiras

L Márcia, que era enfermeira, pode ter sido morta com o filho na terça-feira

Mãe e filho de 6 anos são achados mortos

P

ORTO ALEGRE - A polícia investiga um duplo homicídio descoberto na manhã de ontem em Porto Alegre. Uma mulher de 39 anos e seu filho, de seis, foram mortos a facadas dentro da própria casa, no bairro Tristeza, área nobre da zona sul da capital gaúcha. Para os investigadores, o principal suspeito é o pai da criança, que foi socorrido na manhã de quarta-feira, depois de pular de uma ponte, na grande Porto Alegre. A enfermeira Márcia Calixto Carnetti foi encontrada no quarto de casal da casa de classe média alta, em um condomínio fechado na rua Sargento Nicolau Dias de Faria. O corpo do filho, Matheus Carnetti, estava em seu quarto. Conforme a Polícia Civil, havia pela casa rastros de sangue. Algumas manchas haviam sido limpas. No quarto da criança foram encontradas três facas que podem ter sido utilizadas nos assassinatos. O caso chegou ao conhecimento da polícia depois que um pescador resgatou o bioquímico Ênio Luiz Carnetti, 46, que teria saltado da ponte do Canal Furado, na BR-290, região metropolitana,

na manhã de quarta. Levado ao hospital com ferimentos a faca e decorrentes da queda, sua família foi comunicada. Ao tentar entrar em contato com Márcia, mas sem sucesso, os parentes da enfermeira acionaram as autoridades. Desde terça-feira, dia do aniversário da enfermeira, seus pais não conseguiam mais entrar em contato com ela. Ontem de manhã, os policiais entraram na residência e se depararam com a cena do crime. Em depoimento à delegada Clarissa Demartini após ser socorrido, Carnetti afirmou que a mulher estava viajando. “O que mais nos chamou a atenção é a frieza do marido. Ele ocultou as informações e negou, inclusive, ter um filho”, disse a delegada. Segundo relatos de colegas de trabalho de Márcia, que estava casada havia cerca de dez anos com Carnetti, o marido já a tinha ameaçado. Conforme o delegado titular de Homicídios de Porto Alegre, Cleber Lima, foram encontrados bilhetes e emails na residência que indicariam que o duplo homicídio teria sido cometido por Carnetti.

TWITTER

Presidenta está entre líderes mais seguidos

R

IO DE JANEIRO - O Twitter da presidente Dilma Rousseff figura entre os mais seguidos pelos líderes mundiais, e o do presidente americano Barack Obama é o campeão absoluto, segundo uma pesquisa da consultoria Burson-Marsteller divulgada ontem. Dois terços dos líderes mundiais estão presentes na rede social, mas a metade deles não segue seus colegas, segundo o estudo. Para a elaboração do relatório “Twiplomacy”, foram analisadas 264 contas oficiais e pessoais de chefes de Estado e de Governo de 125 países. Segundo a pesquisa, 76 líderes mundiais (um quarto dos casos consultados) seguem a conta

do presidente Obama, o mais seguido entre seus colegas. As outras seis contas mais seguidas são a da Casa Branca (61), de Downing Street (residência do chefe de governo britânico, 41), do primeiro-ministro canadense Stephen Harper (20), do atual presidente mexicano Felipe Calderón (20), de Dilma Rousseff (17) e do Palácio do Eliseu (17). Obama segue apenas dois líderes mundiais: o primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, e o russo Dmitri Medvedev. Já o presidente russo Vladimir Putin, o presidente ruandês Paul Kagame, o primeiro-ministro de Cingapura e 35 outras contas do Twitter não seguem nenhum colega.

ONDRES – Em Londres, onde está desde a quarta-feira, a presidenta Dilma Rousseff atacou a política de imigração da Grã-Bretanha e o tratamento dado a bolsistas brasileiros do programa Ciência sem Fronteiras. Em reunião com o primeiro-ministro David Cameron, Dilma não escondeu o mal-estar do governo em relação à dificuldade de estudantes e pesquisadores para conseguir o visto. Segundo o governo brasileiro, a Grã-Bretanha teria criado dificuldades para a concessão das autorizações, como impor uma prova de inglês, que, na avaliação do Itamaraty, seria usada para barrar os brasileiros. Além disso, estaria limitando o número de meses para o visto, que acabaria, muitas vezes, antes do término da bolsa – que, na maioria dos casos, dura de 12 a 15 meses. Por fim, estaria incluindo os estudantes no mesmo grupo dos imigrantes. Brasileiros que vão a turismo para a Ingla-

Dilma em encontro com o primeiro-ministro britânico David Cameron

terra não precisam de visto se forem ficar até três meses. A irritação do governo brasileiro se dá pelo fato de os bolsistas receberem recursos públicos e as universidades e a economia britânica serem beneficiadas, enquanto os estudantes são prejudicados. O acordo de intercâmbio do Brasil com mais de cem universidades britânicas foi assinado em 2011. Pelo entendimento, o governo paga a bolsa, a estadia dos estudantes e pesquisadores na Grã-Bretanha e as taxas cobradas pelas universidades. Em troca, o governo inglês estipularia vagas para os brasileiros e facilitaria a concessão de vistos. O acordo chegou a ser citado pelas autoridades britânicas como um sinal de que Londres está disposta a manter um novo patamar nas

relações bilaterais. O Ministério de Relações Exteriores da Grã-Bretanha avaliou que o impacto dos brasileiros na economia britânica será de cerca de 170 milhões de libras esterlinas por ano. A reunião entre Dilma e Cameron começou com elogios mútuos. O premiê afirmou que o fato de os dois países sediarem jogos consecutivos abre a oportunidade para negócios. Dilma classificou como “brilhante” a preparação da Olimpíada de Londres e disse que o Brasil precisa aprender com os ingleses. Mas, quando teve início a parte privada da reunião, Dilma teria deixado claro que a realidade em relação à cooperação científica é bem diferente do discurso e há um “descompasso” entre a polí-

tica de imigração do país e o acordo de intercâmbio com o Brasil. A presidenta -, que ontem inaugurou a nova sede da Embaixada do Brasil em Londres, durante evento que contou com a exposição “Brasil no Coração” - levou para o encontro com Cameron o ministro de Educação, Aloizio Mercadante. Segundo assessores da pasta, o governo já redirecionou para universidades americanas cerca de cem estudantes que haviam sido selecionados para bolsas na Grã-Bretanha e não conseguiram o visto adequado. A política de imigração do governo desagrada às universidades britânicas, que dizem perder alunos para outros países. Além disso, elas estão reajustando as mensalidades, pois Cameron reduziu o repasse de recursos públicos para a educação, como parte da estratégia de corte de gastos e redução do déficit público. As universidades querem aproveitar a Olimpíada para destacar o interesse em receber estrangeiros. Segundo a organização Universities UK, o país é o segundo do mundo a atrair alunos de fora, atrás apenas dos EUA. Atualmente, 406 mil estudantes de outros países estão na Grã-Bretanha.

REDAÇÃO NO ENEM

Inep investirá R$ 2 milhões S

ÃO LUÍS – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai investir R$ 2 milhões em editais para promover estudos e discussões sobre correção de textos, anunciou ontem o presidente do instituto, Luiz Cláudio Costa, em entrevista coletiva durante a 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Segundo Costa, a medida deve ser divulgada na próxima semana, junto com o Guia do Estudante, publicação com orientações de como ocorrem as avaliações, as correções e como solucionar as dúvidas sobre o exame. A novidade deste ano é o Guia de Redação, material com as redações de alunos que obtiveram nota máxima na edição anterior, comentadas por uma comissão de especialistas. “Ele vai

ajudar muito o estudante e tornará o processo cada vez mais transparente”, disse. Desde o início deste mês, o Inep está treinando 4.300 corretores de redação em todo o Brasil. “Esses professores, que já estão sendo capacitados, terão mais uma semana após a data de realização do exame para treinamento com o tema específico”. Costa disse que são checados mais de 3.400 itens de

segurança e logística para a realização da prova. Os 5,8 milhões de candidatos da próxima edição do Enem, número recorde de inscritos, farão o exame em 140 mil salas de 1.600 municípios do país. “Estamos trabalhando no sistema de segurança para que o participante tenha tranquilidade de fazer as provas”, disse. As provas do Enem 2012 serão realizadas nos dias 3 e 4 de novembro.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A5

Internacional ARGENTINA

www.mais.al internacional@ojornal-al.com.br

CONFLITO NA SÍRIA

Aleppo se transforma em campo de batalha Cristina Kirchner apresenta nota de 100 pesos que homenageia Evita Perón

País lembra 60 anos da morte de Evita

B

UENOS AIRES - O aniversário de 60 anos da morte de Eva Perón, ontem, abriu o debate sobre o legado polêmico dessa ex-primeira-dama amada e ao mesmo tempo odiada na Argentina. A data foi marcada por homenagens organizadas pelo governo da presidente Cristina Kirchner, que costuma estimular as comparações entre sua atuação política e a trajetória de “Evita” - como a mulher de Juan Perón era conhecida. Na quarta-feira, Cristina apresentou uma nota de 100 pesos que passará a circular com o rosto da ex-primeira dama. Ontem, ela inaugurou um programa habitacional em homenagem a Evita. “Ela gostaria que fizéssemos isso”, disse Cristina. Em julho do ano passado, u m m u ra l c o m o ro s t o da ex-primeira-dama foi montado no edifício do Ministério de Desenvolvimento Social, em Buenos Aires, local em que Evita fez um discurso histórico antes de sua morte, em 1952. BIOGRAFIA Maria Eva Duarte de Perón cresceu em uma zona rural muito pobre na Argentina e

aos 15 anos foi para Buenos Aires para tentar uma carreira artística. Alguns anos depois, quando já havia obtido alguma fama, conheceu o coronel Juan Domingo Perón. Eles se casaram em 1945 e, no ano seguinte, Perón foi eleito presidente. Como primeira-dama, Evita supervisionou muitos projetos, incluindo a construção de escolas e hospitais infantis, assumindo a relação com os sindicatos e as políticas de apoio às populações carentes. Ela fez campanha pelo voto feminino, em 1949, e por aumentos salariais para os trabalhadores. Além disso, atuou como ministra de fato da saúde e do trabalho até sua morte, em 1952, aos 33 anos, em função de um câncer de útero. Após a sua morte, o corpo de Evita foi embalsamado e ficou exposto à visitação pública. Depois do golpe de Estado que derrubou o governo Perón, em 1955, ele foi roubado e levado para a Europa, só retornando à Argentina nos anos 70. Muitos admiram Evita, mas outros a veem como representante de um populismo antidemocrático.

Rebeldes afirmam ter o controle de quase metade da cidade; confrontos matam mais de 100

C

AIRO - A cidade de Aleppo, centro econômico da Síria, se transformou ontem no principal campo de batalha entre as tropas governamentais e os rebeldes, que asseguraram controlar quase a metade dos bairros da urbe. Com intenção de recuperar as zonas que estão em mãos da insurgência, o regime de Bashar al-Assad enviou reforços militares à cidade setentrional e também endureceu sua ofensiva contra

várias províncias, fato que voltou a causar a morte de mais de 100 pessoas no país, segundo a oposição. Em Aleppo, a segunda cidade do país, os combates se desenvolveram principalmente ao redor dos distritos sob domínio rebelde, entre eles Al Sukari e Salah ad-Din, que também foram atingidos por bombardeios. Segundo uma testemunha, que se identificou como Wed Al-Hayat, um avião militar do regime bombardeou o bairro de Al Mashhad, enquanto helicópteros militares sobrevoam constantemente a área de Salah ad-Din. Al-Hayat, que mora em Aleppo, disse pela internet que há franco-atiradores apostados em alguns colégios

e no edifício da rádio local. Majid Abdelnur, coordenador da rede opositora Sham em Aleppo, indicou que os bombardeios e os combates provocaram ‘um grande deslocamento da população’, enquanto os reforços militares do regime continuam chegando à cidade. Depois que os confrontos praticamente arruinaram a capital Damasco em meados de julho, a luta entre as forças governamentais e os rebeldes do Exército Livre Sírio (ELS) se estendeu há uma semana para Aleppo. O comandante-em-chefe dos rebeldes em Aleppo, o coronel Abdulyabar Akidi, afirmou ontem que os insurgentes já dominam “quase a metade da cidade”.

Israel também reforça a segurança na fronteira Depois da Turquia, Israel reforçou a barreira ao largo da fronteira com a Síria (na linha de armistício), em meio ao recrudescimento dos combates entre insurgentes e forças leais ao regime. Uma autoridade da inteligência israelense, que pediu anonimato, relatou que o Exército israelense reforçou a segurança na região, com o incremento dos combates no lado sírio de Golan.

Ainda segundo essa fonte de informação, foram colocados obstáculos na fronteira para impedir o tráfego de veículos. Também houve um aumento no patrulhamento aéreo por aviões militares, e mais soldados emboscados do que o normal. Israel teme que o regime sírio lance mão de armas químicas, cuja existência foi confirmada no início a semana por integrantes do

ASSASSINATO DE BRITÂNICO

governo de Bashar al-Assad. MASSACRE Os Estados Unidos disseram ontem que forças leais ao presidente sírio, Bashar al-Assad, parecem estar se “alinhando” para um massacre na cidade de Aleppo, mas voltaram a descartar uma intervenção militar no conflito. O Departamento de Estado afirmou ter relatos confiáveis

de que as colunas de tanques se dirigindo a Aleppo, junto com bombardeios realizados por helicópteros e aviões, representam uma séria escalada na repressão do governo à rebelião armada. “Essa é a preocupação, que vejamos um massacre em Aleppo, e é para isso que o governo parece estar se alinhando”, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland.

CUBA

Raúl Castro quer fazer as pazes com os EUA

H

Gu Kalai com o marido, Bo Xilai, que foi obrigado a renunciar ao cargo no PC

Mulher de ex-líder da China é indiciada

P

EQUIM - A esposa do ex-dirigente comunista Bo Xilai, Gu Kailai, foi indiciada por homicídio doloso, disse a agência de notícias chinesa Xinhua, em mais um capítulo do escândalo que abalou a sucessão na cúpula partidária. Gu e Zhang Xiaojun, empregado da família, são acusados de envenenarem o empresário britânico Neil Heywood, por causa de um “conflito de interesses econô-

micos”, segundo a Xinhua, que disse haver “evidências substanciais e irrefutáveis” contra os dois acusados. O anúncio ocorre a poucos meses de o Partido Comunista (partido único) apresentar sua nova liderança, em um processo sucessório que acontece a cada dez anos. Heywood foi envenenado em novembro de 2011 depois que ameaçou expor um plano de Gu para transferir dinheiro para o exterior.

AVANA - O presidente de Cuba, Raúl Castro, disse ontem que seu governo está disposto a fazer as pazes com os Estados Unidos, inimigo da época da Guerra Fria, e se sentar para discutir qualquer assunto, contanto que seja uma conversa entre iguais. No final da cerimônia do Dia da Revolução, que marca o 59º aniversário da fracassada invasão do Quartel Moncada, Castro pegou o microfone para falar, aparentemente de improviso. Ele repetiu afirmações anteriores de que nenhum assunto será proibido, incluindo as preocupações norte-americanas sobre democracia, liberdade de imprensa e direitos humanos na ilha. “Quando eles quiserem, a mesa está posta. Isso já foi dito por meio de canais diplomáticos”, disse Castro. “Se eles quiserem conversar, nós iremos conversar.” Mas

Washington terá de se preparar para ouvir as reclamações de Cuba sobre a condução dessas mesmas questões nos Estados Unidos e em países europeus, aliados norte-americanos, acrescentou Castro. “Não somos colônia ou fantoche de ninguém”, afirmou o presidente cubano. Washington e Havana não têm relações diplomáticas há cinco décadas. O embargo norte-americano de 50 anos proíbe praticamente todo o comércio e as viagens para a ilha. Washington insiste que Cuba deve instituir reformas democráticas e melhorar a situação dos direitos humanos antes do levantamento do embargo. Dias depois de o importante dissidente Oswaldo Paya ter morrido num acidente de carro, Castro usou palavras duras contra a oposição na ilha, acusando-a de complô para derrubar o governo.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A6

Opinião

www.mais.al opiniao@ojornal-al.com.br Frase do dia

Nitroglicerina Sistema Jornal de Comunicação Conselho Consultivo João Lyra (Presidente), José Alfredo de Mendonça Nelson Ferreira

Superintendente Silvia Sacuno silvia.sacuno@sistemajornal.com.br Diretora Comercial Eliane Pereira eliane.pereira@sistemajornal.com.br Diretor Adm.-Financeiro Bruno Barrionuevo bruno@sistemajornal.com.br Editor-Executivo Voney Malta vfamalta@ojornal-al.com.br

O Jornal

C

aiu como uma bomba na estrutura da Polícia Civil a informação sobre a denúncia oferecida por um grupo de representantes do Ministério Público contra dois delegados da cúpula da instituição e três agentes por crime de tortura. A legislação brasileira considera o crime de tortura como hediondo, o que, normalmente, é cometido por criminosos perigosos e, dificilmente, por autoridades policiais. Para agravar ainda mais a situação, os delegados denunciados são os atuais chefes da Polícia Civil no Estado. Paulo Cerqueira é o delegado-geral, que tem status de secretário. A delegada Ana Luíza Nogueira é chefe da Deic [Diretoria Especial e Investigações e Capturas], um dos principais setores de investigação na estrutura policial. Ou seja, a confusão está criada. Os dois delegados e os três agentes são acusados de torturar um assaltante acusado de matar o policial civil Anderson Lima e o vigilante Aldessandro Ferreira Silva, crimes ocorridos em abril de 2009. Na ocasião, o agente da Polícia Civil integrava o grupo especial da instituição chamado Tigre e cercava a agência da Caixa que estava sendo atacada por um grupo de assaltantes. O agente foi morto com um tiro na cabeça. Este crime revoltou toda a polícia alago-

ana até porque o agente estava no estrito cumprimento do dever legal e foi morto de forma covarde. As investigações se sucederam e alguns suspeitos foram presos. O que confessou a autoria dos disparos fatais no policial e no vigilante disse depois que foi torturado. A denúncia do criminoso ganhou força na Corregedoria Geral de Polícia Civil e, depois, no Ministério Público Estadual. À luz da legislação específica que trata do crime de tortura, os quatro promotores nomeados para investigar o caso reconheceram a participação dos delegados e ofereceram a denúncia. Ontem, nos corredores da sede da Polícia Civil, em Jacarecica, o sentimento era de muita revolta entre os delegados. No entanto, faltou o entendimento de que cada autoridade cuida da sua área de atuação e que ninguém está acima da lei. Não se pode negar, no entanto, que o oferecimento dessa denúncia gerou um grande mal-estar entre as duas instituições que atuam lado a lado, no combate à criminalidade em Alagoas. Principalmente nesse momento, quando a sociedade alagoana estava resgatando a confiança na Polícia Civil, ancorada pelo trabalho sério do Ministério Público.

Charge

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br Gerente Comercial Kaline Lages comercial@ojornal-al.com.br Gerente de Recursos Humanos Givaldo Perciano givaldo@ojornal-al.com.br Gerente Financeiro Flávio Bastos financeiro@ojornal-al.com.br

Vendas avulsas Alagoas: Dias úteis Domingos Nºs atrasados

R$ 1,50 R$ 3,00 R$ 6,00

Assinaturas em Alagoas: Semestral R$ 270,00 Anual R$ 540,00

EMPRESA EDITORA O JORNAL LTDA E-mail: ojornal@ojornal-al.com.br Site: www.mais.al Av. Comendador Gustavo Paiva, 3771 A Mangabeiras - Maceió/AL CEP: 57037-280 PABX 82 4009.1900 FAX/REDAÇÃO 82 4009.1950 FAX/COMERCIAL 82 4009.1960 CLASSIFICADOS 82 4009.1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE 82 4009.1919

Sucursal Arapiraca Sucursal Agreste Avenida Rio Branco, 157 Sala 10 - Centro Fones - 3522-5375 / 9199-0007 E-MAIL: municipios@ojornal-al.com.br

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI SÃO PAULO 11 2178.8700 RIO DE JANEIRO 21 3852.1588 BRASÍLIA 61 3326.3650 RECIFE 81 3446.5832 www.ftpi.com.br

Cartas à Redação: opiniao@ojornal-al.com.br Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião de O JORNAL.

“Quando eles quiserem, a mesa está posta”. RAÚL CASTRO, presidente de Cuba, ao afirmar que seu país está disposto a conversar com os EUA, que há 50 anos impõe um embargo que proíbe o comércio e viagens para a ilha.

O dever de casa Carlos Méro Presidente da Academia Alagoana de Letras ra manhã ensolarada de domingo ou mais certamente de sábado. E lá estávamos, como que a muque a por um pouco desguiados dos quefazeres do dia a dia, proseando miolo de pote no Acarajé do Cauby, quase em cima da curva de onde melhor nos assustamos com o se desmanchar do Alagoinhas. Conversa vai, conversa vem, voltou alguém a reincidir (talvez Carlito Lima) sobre o tema já tão repisado, embora de obstinada atualidade, que revolve o descaso que damos ao cultivo e à preservação da cultura. Exemplo disso, advertiu alguém, é o desamparo a que são condenadas inúmeras instituições prestantes e desinteressadamente comprometidas com os valores culturais, até parece que invisíveis aos olhos dos governantes e da quase maioria dos governados. É bem o caso da Academia Alagoana de Letras, desde há muito sufocada pelo frenesi tributário que faz do Poder Público o seu mais inclemente algoz, enquanto que marginalizada pela indiferença quase que total da iniciativa privada. Há quem diga que, entidades particulares que são, logo constituídas e caminhantes pela convergência dos ideais de quantos lhes fazem os corpos, seriam estes os primeiros responsáveis por seus sustentos e pela oferta de meios a que possam seguir nas suas missões institucionais. E é isso verdade que não há quem possa mascarar. Mas se são os primeiros, por certo que não são os únicos, pois que se entidades coletivas e a ostentarem fictas individualidades jurídicas, pelo que a apontarem para destinos personalizados, agem sim com os olhos postos sobre a coletividade, eis que é a ela que na realidade servem. Ao menos incompreensível, por conseguinte, que adjutorando o Estado no cumprimento do seu dever de amparar a cultura, pelo que reza a cabeça do

E

Imperioso, pois, o imprescindível socorro do Estado e da própria comunidade ducentésimo décimo quinto mandamento da aclamada Constituição Cidadã, dele não colham elas o espontâneo, efetivo e bastante auxílio de que tanto carecem para que se façam prontas e aptas a auxiliá-lo. Da mesma forma que no mínimo intrigante que, diferentemente do que se vê por aí afora, persistam quase de um todo despercebidas pelos polos de riqueza que se espalham no universo social, assim como que não tivessem estes nenhum compromisso com a coletividade que os nutre. Que se valham, por excelência, das contribuições intelectuais e financeiras dos seus sócios, de modo a que possam caminhar com os seus próprios pés, disso não há como se duvidar. Por isso mesmo logo saltou com extrema lucidez Ronald de Mendonça: - É preciso que antes de mais nada cumpramos o dever de casa. Mas o fato é que, por mais vasto e generoso que seja o concurso dos associados, não tem ele como se fazer o suficientemente robusto para garantir o êxito do papel reservado a tais instituições culturais, dada a largueza das ações de destino e benefício coletivo a que se propõem. Imperioso, pois, o imprescindível socorro do Estado e da própria comunidade. Não deslembremos a lição de Guedes de Miranda: A força de uma nação reside mais no fulgor das suas letras que na possança dos seus exércitos.

San

Antônio Fernandes

De livros, leitores & cultura

Napoleão da Hora Farias Escritor e membro da AAI ilva. Chegou ao nosso convívio sentindo o afago da mão divina. Porque em Porto de Pedras é o local onde o crepúsculo apresenta-se majestoso e duradouro. Os raios do sol incidem na ionosfera com uma coloração especial, turquesiana, adentra-se as areias das belas praias, convidando aos pescadores de esperança para a labuta do cotidiano, com o objetivo de garantir o pão nosso de cada dia, ao tempo que dinamizam a economia do abençoado município. Os tios Odilon e Maria do Carmo, católicos praticantes, elevaram o pensamento ao grande poder, e agradeceram pelo seu nascimento. O primogênito, na sua adolescência, possuía um perfil semelhante ao patrono do nosso Exército. Sisudo, comedido, personalidade marcante, físico propício à atividade militar, quando estudante no velho casarão, exercia uma influência positiva nos seus companheiros. Fazia da ciência exata o que bem queria. Na verdade, nasceu para comandar. Ao término do outrora Secundário, sem ajuda de terceiros, começou a preparar-se para as complicadas provas da Academia Militar das Agulhas Negras, sito na cidade maravilhosa, na época era a Capital da nossa República. Concorreu com candidatos de todo o país, e foi aprovado nas primeiras colocações. Seus pais, heróis. Pois o custo total da sua formação militar constituía uma verdadeira fortuna. Mas eles jamais deixaram faltar-lhe nada. Ao sair da Academia, o símbolo da nossa brasilidade, obedecendo ordens dos seus superiores, iniciou a sua peregrinação nas diversas regiões existentes no Brasil. A sua determinação e capacidade eram tão contundentes que, mesmo sem o curso do Estado Maior, exerceu o comando por onde passou. Passaram-se os anos, e por força regimental, teve que submeter-se às provas do Estado Maior das Forças Armadas (EMFA). E o nosso símbolo de brasilidade foi aprovado em primeiro lugar. Concorreu com os demais colegas dos outros Estados da nossa Federação. Após um curso muito pesado, com

S

Na verdade, nasceu para comandar dedicação integral, Silva foi promovido a maior, e logo escolhido para comandar o batalhão de Garanhuns. Os seus comandos, bem como toda a sociedade, admiravam-no. Devido ao merecimento, foi promovido a Tenente-coronel, logo a seguir, Coronel. De enxofre, transferido para a Mauricéia, onde situava-se o tão propalado Quarto-Exército. Oficial de primeira linha, de atitudes enérgicas, mas transparentes. A sua vida militar jamais foi manchada, os seus comandados tornavam-se amigos, devido a sua personalidade autêntica e a sua conduta. Em lá chegando, assumiu por ”N” vezes o seu comando. Por um problema de fórum íntimo, solicitou a sua ida para a reserva. Apesar de ter assumido vários comandos, é uma pessoa simples, sacrificada, sobrevivendo dos parcos soldos, e com a importante e substancial ajuda da inconfundível Maridélia, médica conceituadíssima da terra de Tobias Barreto. Os seus filhos, profissionais liberais, contribuem decisivamente para a formação de uma Pátria mais justa, consequentemente, melhor. Vários alagoanos deram uma contribuição decisiva para a melhoria do Estado Brasileiro. Nos nossos artigos e crônicas, afirmo que a nossa Alagoas é o coração pulsante do Brasil. Jamais nos esqueceremos: Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto, Otávio Costa, José Maya Fernandes, os Góes Monteiro, Mário Lima, Nilton Rodrigues, Rubião, Nabuco Lopes. Considero-o um ilustre alagoano, haja vista ter sido na nossa terrinha a sua realização como ser humano. E ele adorava-a. O Oficial Florisvaldo, detentor de vários cursos, militar na acepção da palavra. E tantos outros, que no momento não me lembro. Silva, são pessoas da sua estirpe que o povo brasileiro está a precisar. Porque se os nossos administradores seguissem o seu exemplo, nós não estávamos mergulhados no mar de lama!

José Maria Oliveira Radialista rofetiza o poeta/ensaísta/cronista ffonso Romano de Sant’anna (Que País é Este?) que as feiras literárias podem vencer o desafio do gosto pela leitura. É verdade. Ele foi criador da tão sonhada universalização da biblioteca em cada município com a criação do Sistema Nacional de Bibliotecas. Tudo isso empolgado com a chamada “geração viajeira” de escritores nas suas viagens pelo país afora comparando com os anos 50/60 quando os autores ficavam restritos a espaços públicos, de forma sedentária. Escreviam durante o dia e se encontravam à noite. Hoje, comenta entusiasmado: os autores não param. São feiras, bienais literárias e festivais que movimentam o mercado literário. É lamentável ver que os nossos jornais não se deram conta desse mundo maravilhoso que é a literatura que nos permite ser cidadãos, conhecedores do nosso País através de ensaístas, poetas, cronistas, romancistas, contistas e que tais, ao fechar suas edições dominicais (como antigamente) aos cadernos literários. Neles, os leitores ávidos da boa leitura “matavam” sua fome de cultura como se surpreendia com o surgimento de novos autores. Para Affonso San’tanna “há consenso de que livro é objeto de extrema importância para a formação cultural do cidadão”. E, para isso, que

P

Nossos jornais não se deram conta desse mundo maravilhoso que é a literatura todos os envolvidos se esforcem para criar o hábito da leitura. Pondo os pés no chão, destaquemos a nossa província. São 102 municípios. Se viajarmos (de trem não é mais possível; de ônibus, o desconforto é grande. De van o perigo ainda é maior, mas, como canta o grande Luiz Lua Gonzaga em Vida de Viajante: “Sigo o roteiro/mais uma estação/E alegria no coração/Inverno e Verão...” Nos quatro cantos desta província, o cronista se arrisca: dêem-me o endereço de uma biblioteca onde concretamente se encontram autores, leitores e livros diariamente, se houvesse comprometimento com a educação. E o poeta desafia “a preocupação é que as feiras tragam a discussão de conteúdo, o que ajuda o interlocutor a perceber o assunto como se estivesse saltando das páginas, tomando vida e desafiando-o a fazer parte, e assim cria-se um ciclo próprio, o hábito da leitura”. É assim que se faz cidade e cidadão. E o saber agradece.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A7

Economia

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br

PREVIDÊNCIA SOCIAL

Devedor poderá parcelar débito Renegociação poderá ser efetuada através do Centro Virtual de Atendimento pela Internet

AGÊNCIA BRASIL

O

s devedores da Previdência Social poderão parcelar contribuições em atraso pela internet. A renegociação pode ser feita no Centro Virtual de Atendimento

VEÍCULOS

ao Contribuinte da Receita Federal (e-CAC). Até agora, os contribuintes só conseguiam fazer o parcelamento de contribuições previdenciárias nas unidades de atendimento da Receita Federal. O parcelamento simplifi-

cado pode ser feito de qualquer computador conectado à internet, sem agendamento prévio nem espera. O procedimento está disponível tanto para pessoas físicas e jurídicas e dispensa a apresentação prévia de documen-

tos. De acordo com a Receita, cada negociação não poderá ultrapassar R$ 500 mil. O contribuinte, no entanto, pode requerer mais de um parcelamento nessa modalidade. Com o parcelamento ordi-

nário, o contribuinte pode dividir em até 60 meses (cinco anos), as dívidas com a União. O único benefício, porém, é o alongamento do prazo. Isso porque a renegociação não prevê desconto nas multas nem nos juros.

PROGRAMA DO LEITE

Inadimplência cai pela Resolução garante reajuste de preço até dezembro 1ª vez desde 2010 AGÊNCIA BRASIL

E

m junho, a inadimplência dos financiamentos de veículos caiu pela primeira vez desde dezembro de 2010. A redução ficou em 0,1 ponto percentual e veio depois do recorde de inadimplência – que considera atrasos superiores a 90 dias – registrado em maio, quando chegou a 6,1%. No mês passado, a taxa de inadimplência ficou em 6%, segundo dados do Banco Central (BC) divulgados ontem. O chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, destacou que os atrasos entre 15 e 90 dias também estão recuando, o que “indica trajetória mais favorável da inadimplência”. Nesse caso, a redução foi 0,5 ponto percentual, ficando em 8%, de maio para junho. Ele acrescentou que a queda

da inadimplência ocorre devido às reduções das taxas de juros, aumento da renda e também devido à maior cautela e seletividade dos bancos ao conceder crédito. Além disso, segundo ele, os bancos estão reduzindo a parcela financiada do valor do carro. Os dados do BC também mostram aumento da média diária de concessões de crédito para a compra de veículos, influenciado pela recente medida do governo de reduzir o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O objetivo do governo foi incentivar a indústria automobilística, que enfrentava queda nas vendas. Em junho, a média diária das concessões cresceu 22,8% em relação a maio. “Essa modalidade vinha em trajetória declinante e mostrou recuperação influenciada pela redução do IPI”, disse Maciel.

OLIMPÍADAS 2016

Banco Central lançará moedas de R$ 1 e R$ 5 AGÊNCIA BRASIL

O

Banco Central (BC) lançará em agosto duas moedas comemorativas em homenagem à entrega da Bandeira Olímpica ao Brasil. Segundo o BC, uma das moedas a ser lançada é a bimetálica especial de R$ 1, que traz no núcleo prateado a legenda “Brasil” com a logomarca dos Jogos Rio 2016 e, no centro da composição, a Bandeira Olímpica. No anel dourado, encontram-se as legendas Entrega da Bandeira Olímpica e Londres 2012-Rio 2016. Dos 2,016 milhões de moedas a serem produzidas, uma parte será comercializada em embalagens especiais para colecionadores por R$ 9,50. O restante será colocado em circulação por meio dos bancos.

Será produzida também moeda comemorativa, em prata, no valor de R$ 5. A tiragem inicial é 5 mil peças. De acordo com o BC, a Bandeira Olímpica ocupará o centro da composição, que será completada com a legenda Entrega da Bandeira Olímpica e a logomarca dos Jogos Rio 2016. No reverso, tem ilustração alusiva a dois ícones das cidades olímpicas: a Tower Bridge, representando Londres, e o Cristo Redentor, representando a cidade do Rio de Janeiro. A composição terá ainda as legendas Londres 2012-Rio 2016 e Brasil. A moeda especial de R$ 5 não vai entrar em circulação, diferentemente da de R$ 1. No caso, os colecionadores podem comprar por R$ 195 cada unidade.

A

gricultores familiares que fazem parte do Programa Social do Leite em Alagoas finalmente receberam uma boa notícia. Foi publicada a resolução Nº 47 do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que estabelece um novo cálculo para os preços de referência do Programa de Aquisição de Alimentos - Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite (PAA - Leite). A medida vale até dezembro. O PAA-Leite, que abrange as atividades do Programa Social do Leite, distribui diariamente 80 mil litros de leite a famílias classificadas em risco social em todo Estado. Para manter esse programa aproximadamente 2,5 mil agricultores familiares fornecem o alimento para industrialização. Em Alagoas, o Grupo Gestor do PAA remunera hoje os produtores com R$ 0,76 por litro. Com a nova tabela esse valor pode chegar a R$ 0,89. Mesmo com a definição do reajuste o setor não demonstra tranquilidade. De acordo com o diretor-presidente da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Aldemar Monteiro, o aumento sugerido pelo MDS que passaria para R$ 0,89, somada a contrapartida do governo do Estado que seria de 10%, não atende a necessidade do setor. “Queremos que o governo alagoano se sensibilize com a situação do setor leiteiro do Estado. Não conseguimos concorrer com a fome. Se o atravessador do estado vizinho oferece R$ 1,00 pelo litro do leite e nós só podemos pagar R$ 0,76, o que vocês acham que o produtor vai

O reajuste atenua a situação de dificuldade, mas não resolve os problemas enfrentados devido à estiagem prolongada

fazer? As vacas dele não têm o que comer e estão produzindo cada vez menos”, questionou o presidente da cooperativa. Devido a estiagem, a preocupação é que haja uma evasão de agricultores do programa. Para o representante dos agricultores familiares, a solução seria o governo do Estado aumentar a remuneração do programa para R$ 1,00 por litro de leite. “Quando a seca começou a dar sinais de que ia se estender, o governo de Pernambuco, por conta própria ajudou os agricultores da bacia leiteira. A medida está amenizando os efeitos da estiagem e é isso que precisamos”, reforçou Monteiro. INDÚSTRIAS Um levantamento feito pela CPLA em parceria com o Sindicato Rural dos Produtores de Leite de Alagoas (Sindileite) constatou que a previsão de perda do setor em 2012, por conta da estiagem, pode chegar a R$ 110 milhões. Foi

com esses números que a diretoria da CPLA se reuniu com o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues, há cerca de um mês, para reforçar a necessidade de uma atenção maior para o setor. Os números são realmente preocupantes, levando em consideração que 90% do setor produtivo do leite no estado é formado por agricultores familiares. “As pautas que levamos a Brasília foi justamente para que as mudanças propostas para o PAA-Leite e outros programas da Conab e MDS sejam debatidas com os produtores e indústrias. A nova resolução, por exemplo, não contempla o reajuste para as indústrias, que também sofrem com a estiagem”, declarou Aldemar Monteiro. A CPLA, que representa ainda 16 laticínios alagoanos, defende um estudo realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empre-

sas em Alagoas (Sebrae/ AL) que constatou a viabilidade da produção tanto por parte do agricultor quanto das indústrias. Conforme o levantamento, não é viável que as indústrias recebam menos de R$ 0,70 por litro de leite beneficiado, já que cabe também a elas a distribuição do alimento. Somente a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas entrega o leite do Programa do Leite em 288 pontos em todo o Estado, em Maceió são 150. Atualmente os laticínios são remunerados em R$ 0,58 por litro pasteurizado. “Existem municípios do interior que temos 12 pontos de entrega, outros que atravessamos um rio para entregar apenas cinco litros de leite. Isso encarece os custos e os gestores não reconhecem. Se não tivermos a sensibilidade do governo o Programa do Leite vai sofrer uma ruptura de entrega”, enfatizou o representante do setor.

WALMART

Grupo faz investimento no interior do Estado FLÁVIA BATISTA flaviabatista@ojornal-al.com.br

C

om foco voltado nas classes C, D e E, o Walmart aumentou ontem sua rede supermercadista em Alagoas. Agora, além das 17 lojas estabelecidas no Estado, o grupo amerciano que detém as bandeiras Bompreço, Hiper Bompreço, Sam’s Club, Maxxi Atacado, abriu uma nova unidade do Todo Dia no município de Teotônio Vilela, a terceira do segmento voltado para a camada mais popular. Para a nova unidade, o grupo investiu cifras no valor de R$ 4 milhões, o que perfazem um investimento total de R$ 15 milhões ao longo

deste ano só para aumentar a rede de supermercado popular Todo Dia. Além da loja de Teotônio Vilela, o Walmart ampliou seu alcance estabelecendo novas lojas em Maceió – no Villa Campestre – e na cidade de União dos Palmares. Para o novo supermercado, a rede varejista abriu uma cartela de 30 novos postos de trabalho no município do Agreste alagoano. Esses funcionários trabalharão para manter uma unidade que segue o conceito de “loja de vizinhança”, com formato mais compacto e mix com cerca de três mil produtos, focados no consumo peculiar do público alvo. O Todo Dia que abriu ontem tem salão de vendas de

450m² e oferece aos clientes setores de açougue, padaria, mercearia, hortifruti, higiene e limpeza, eletroeletrônicos e utensílios domésticos. O grande trunfo da loja, entretanto é focar numa política de venda a preços mais acessíveis. De acordo com o grupo, os produtos expostos nas prateleiras estarão com valores até 10% abaixo dos encontrados normalmente no mercado. Para conseguir esta garantia, o abastecimento das prateleiras é feito através de reposição imediata de produtos que são armazenados em racks, na parte superior das gôndolas. “Essa forma de estocagem ajuda a reduzir os custos e permite oferecer

produtos com preços baixos aos clientes”, explicou o grupo, através da sua assessoria. Os supermercados Todo Dia desenvolvem um conceito de sustentabilidade, reduzindo, por exemplo, os custos de consumo. A loja de Teotônio Vilela foi construída com sistema de iluminação montado para gastar menos energia elétrica, com instalação de lâmpadas T5, que economizam entre 10% e 20%. At u a l m e n t e, e x i s t e m 169 lojas Todo Dia no Brasil (incluindo Teotônio Vilela). O Walmart opera em Alagoas com três Hiper Bompreço, cinco Bompreço, dois Maxxi Atacado, um Sam’s Club e, agora, oito Todo Dia.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A8

Economia OBRAS

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br

ENERGIA ELÉTRICA

PAC 2 finalizou quase 30% dos projetos AGÊNCIA BRASIL

B

alanço divulgado ontem indica que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 já finalizou, até junho deste ano, 29,8% das ações previstas até 2014, valor que corresponde a R$ 211 bilhões. O resultado é 84% superior ao registrado no mesmo período de 2011. Além disso, o programa investiu R$ 324,3 bilhões, o que corresponde a 34% do total previsto até 2014. O valor é 39% maior do que o registrado no primeiro semestre de 2011. Apenas com pagamentos e empenhos feitos com recursos do Orçamento Geral da

União (OGU), entre janeiro e junho, foram investidos R$ 19,7 bilhões, valor 32% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. Já o valor empenhado no primeiro semestre de 2012 atingiu R$ 18,3 bilhões, o que representa um aumento de 57%. A previsão é que o programa execute, entre 2011 e 2014, R$ 955 bilhões, enquanto o valor previsto para conclusão das obras ficou em R$ 708 bilhões e representa 74% do total. Os 26% restantes serão concluídos após 2014 e incluem obras de grande porte como a Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA).

Segundo o governo, a energia é produzida a custo baixo no País

Por MP, governo vai reduzir custo em 10% Decisão deve ser anunciada no início do próximo mês e prevê extinção de encargos setoriais AGÊNCIA BRASIL

O

Minha casa espera chegar a 2 milhões O Programa Minha Casa, Minha Vida já resultou na contratação de 799 mil moradias. Considerando as moradias contratadas na segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), o número sobe para 1,8 milhões, entre apartamentos e casas já contratadas. Desse total, 53% já foram concluídas. Até o final de 2014, o total de contratações previsto é de 2 milhões de moradias. Tendo por base esses números, a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, justificou os benefícios que o governo tem destinado à construção civil. “Esse tipo de financiamento é muito importante porque

alavanca um setor que tem uma participação entre 3% e 5% do PIB”, disse a ministra. Miriam Belchior ressaltou que, além disso, a construção civil é um dos setores mais sensíveis à contratatação de mão de obra. “Portanto, esta é uma das virtudes do nosso processo.” A ministra reiterou que o PAC tem sustentado o crescimento do País ao longo dos últimos seis anos, mas lamentou que nem todos os setores tenham atuado com este objetivo. “Evidentemente, o investimento público não é o único motor do crescimento. [Por isso] o espírito ‘animal’ do empresário tem de surgir [para que haja crescimento].”

Curta CONCURSO O Ministério da Fazenda anunciou seu novo concurso. São 463 vagas, sendo 322 para o Distrito Federal e 141 para São Paulo. Do total, 25 estão destinadas a pessoas portadoras de dificiência. O salário é de R$ 3.104, sendo R$ 2.800 de vencimentos (incluindo gratificações) e R$ 304 de auxílio-alimentação.A carga é de 40 horas por semana, por contratação estatutária. O concurso vale por um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

custo da energia elétrica poderá baixar em pelo menos 10% para consumidores e indústria com a extinção de alguns encargos setoriais, por meio de medida provisória em preparação pelo governo para sair no início de agosto. A iniciativa, cuja informação foi antecipada ontem pelo ministro de Minas e Energia, Edison

Lobão, é mais uma das medidas de incentivo à economia que estão sendo estudadas pelo governo federal. “Estamos trabalhando intensamente em uma medida provisória de alteração das concessões, prorrogando por mais uma vez as concessões de energia elétrica, mas tudo isso com o princípio mantido da modicidade tarifária, que será intenso. Os encargos setoriais serão extintos. Este é o caminho para realmente fazer cair o preço da energia”, disse Lobão, após participar do quarto balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. “A energia na origem e na geração é barata. Mas, ao

longo do caminho, vai encarecendo. O que nós estamos fazendo, basicamente, é retirar os obstáculos do meio do caminho, para que ela chegue na ponta por um preço mais barato”, argumentou o ministro. Segundo ele, as medidas poderão reduzir em pelo menos 10% o custo da energia para consumidores e para a indústria. “A redução que nós estamos prevendo e que está sendo examinada, avaliada e calculada pela Aneel poderá ser de 10% ou um pouco mais”, completou o ministro. Entre os encargos a serem extintos, Lobão destacou as contas de Consumo de Combustíveis (CCC) e de

Desenvolvimento Energético (CDE), além da Reserva Global de Reversão (RGR). “Deveremos mexer também no Proinfa [Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica]”, acrescentou. Lobão disse que programas financiados por esses encargos, como o Luz para Todos, não serão prejudicados, devendo passar a ser custeados pelo Tesouro. Já a redução do ICMS, disse o ministro, deverá ficar a cargo de cada unidade federativa. “Gostaríamos muito que os governos estaduais também reduzissem [o ICMS], mas isso envolve a autonomia de cada um deles”.

TÍTULOS PÚBLICOS

Brasil e México viram refúgio DIÁRIO DO NE

O

s títulos dos governos de países emergentes estão se tornando cada vez mais atrativos nos últimos meses e se aproximando de uma semelhança aos do Tesouro norte-americano - ainda que com juros mais elevados -, dando cada vez mais sinais de que são seguros para investimentos. Em um cenário de crise na zona do euro e de baixo crescimento em vários países, dívidas soberanas denominadas em dólar emitidas por países emergentes como México e Brasil são beneficiadas também por níveis de endividamento mais baixos,

políticas estáveis e perspectivas de crescimento melhores dos que as apresentadas por países da Europa e pelos Estados Unidos. Os bônus em dólar desses dois países têm acompanhado o movimento dos Treasuries. Assim como os bônus americanos, os títulos desses países vêm subindo ao mesmo tempo em que os bônus dos governos da Espanha e de outras economias europeias em dificuldades estão em queda - com o respectivo movimento inverso dos yields (taxa de retorno ao investidor) correspondentes. A correlação entre os títulos de 10 anos dos EUA e do México é de 0,89, em um perí-

odo de 30 dias, de acordo com a consultoria CQG. Uma relação como essa significa que os bônus não têm variado entre si. O prêmio de risco da dívida soberana da Colômbia encolheu de 191 pontos-base sobre os Treasuries no início deste ano para 163 pontos-base atualmente, de acordo com o EMBI Global do JP Morgan. ESCAPE Embora a forte performance sinalize que os mercados não entraram totalmente em pânico, também revela que os bônus denominados em dólar de países com grau de investimento, como Brasil e México, despontam como uma espécie de refúgio dentro

da classe de ativos de mercados emergentes. Brasil, México e Colômbia - todos com grau de investimento - são os principais países citados por analistas e investidores como mercados emergentes seguros. Ainda que esteja ligeiramente abaixo da classificação de grau de investimento, as Filipinas são outra aposta segura, já que investidores locais aplicam em títulos do governo denominados em dólar. “Os prêmios de risco sugerem que países como Brasil, Colômbia, Filipinas e até a Indonésia são mais seguros do que aqueles como a Espanha”, confirma David Spegel, especialista em mercado.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A9

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

PASSAGENS DE ÔNIBUS

Tarifa de R$ 2,30 permanece Transpal informou que valor de R$ 2,10 só passará a vigorar quando publicado no Diário Oficial do Estado PEDRO BARROS pedrobarrosjr@hotmail.com

A

medida judicial que fixa em R$ 2,10 a tarifa do transporte público em Maceió não tem prevalência sobre a decisão anterior do

Tribunal de Justiça (TJ) que estabeleceu o valor de R$ 2,30, em caráter liminar, no final de fevereiro, pelo desembargador Washington Luiz. A avaliação foi feita pelo advogado da Associação de Transportadores de Passageiros de Alagoas (Transpal), Nelson Moura, durante entrevista coletiva realizada no início da tarde de ontem, na sede da instituição. Moura explicou que a decisão do juiz da 14ª Vara Cível da Capital, Igor Figueiredo, que estabeleceu, no último dia 23,

DENGUE

o valor de R$ 2,10 para a tarifa de ônibus urbano de Maceió, só passará a vigorar quando for publicada no Diário Oficial do Estado, acrescentando que a decisão que está em vigor atualmente ainda é a do TJ. “Até sua publicação não tem efeito e não tem prazo para as partes”, disse argumentando porque até o momento a instituição ainda não entrou com recurso no TJ. Ele acredita que existem elementos suficientes para a manutenção da medida do

Tribunal de Justiça. Segundo Moura, em sua decisão o TJ levou em conta argumentos técnicos como a planilha elaborada pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) que estabelecia a tarifa de R$ 2,31. Moura lembrou que desde 2010 não havia sido concedido reajuste para as passagens de ônibus na capital. De acordo com ele, mesmo com o reajuste conferido pela justiça, as empresas operam atualmente com prejuízo. O

GREVE

PONTA GROSSA

Rodoviários farão assembleia e podem parar

Mais uma casa está superaquecida

advogado disse ainda que o reajuste é necessário para a sobrevivência do sistema e para a manutenção dos milhares de empregos que o setor gera em Maceió. Segundo informações, os rodoviários estariam se mobilizando para uma possível paralisação, em protesto contra a redução da tarifa. O motivo seria o comprometimento de reajustes salariais da categoria. (Veja mais na matéria abaixo). Discussão à parte, a popu-

lação ainda sofre com ônibus superlotados e demora nos pontos. O segurança Gilvasson Belarmino, 29, afirma que é favorável ao aumento da tarifa, desde que essa se configure em melhorias para os usuários. Já a estudante Heloisa Araújo, 17, não concorda com o aumento. Ela disse que além da demora, só pega ônibus lotado. O valor de R$ 2,30, cobrado atualmente pela tarifa de ônibus urbano em Maceió, está em vigor desde o dia 27 de fevereiro deste ano.

Eduardo Leite/Estagiário

ELISANA TENÓRIO elisanatenorio@ojornal-al.com.r

Cleide Moreira: “Em Maceió, estamos com 619 casos por 100 mil habitantes”

Notificados 100% no aumento de casos VALDETE CALHEIROS valdetecalheiros@ojornal-al.com.br

D

o mês de janeiro até esta semana, o Estado de Alagoas notificou 20.524 casos de dengue, o que representa um aumento de mais de 100% em relação ao mesmo período de 2011. Na semana passada esse número era de 19.899. Do total de registros de pacientes com a doença, 443 correspondem a casos graves. Quatro pessoas morreram em Alagoas em decorrência da dengue desde o início deste ano. Os óbitos foram registrados nos municípios de Arapiraca, Murici, Olho D´Água das Flores e União dos Palmares. Outras 17 mortes estão sob investigação para confirmar ou não se foram também causadas pela doença. No mesmo período do ano passado, ocorreram 10 óbitos. As estatísticas fazem com que Alagoas esteja com 53 municípios em situação epidêmica, 26 em situação de alerta e 23 sob controle.

As cidades que mais preocupam a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), conforme a coordenadora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Cleide Moreira, são Arapiraca, Dois Riachos, Belém, Maragogi e Palmeira dos Índios. Dos 50 bairros da capital, 41 estão em situação epidêmica, conforme a Sesau. Nos bairros de Canaã, Cruz das Almas, Jatiúca, Mangabeiras, Pajuçara, Pinheiro, Poço, Ponta da Terra e Ponta Verde houve aumento no número do vetor, o mosquito Aedes aegypti. “Somente na Ponta Verde foram registrados 2.495 casos por 100 mil habitantes. A Organização Mundial de Saúde considera aceitável menos que 300 casos da doença por 100 mil habitantes. Em Maceió, estamos com 619 casos por 100 mil habitantes”, declarou a coordenadora. Segundo Moreira, a Sesau adota medidas como busca ativa de casos; acompanhamento dos níveis de infestação predial; intensificação do combate ao vetor, entre outras.

U

ma assembléia prevista para acontecer amanhã irá definir se os rodoviários de Maceió entrarão em greve a partir da próxima terça-feira. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Alagoas (Sinttro/AL), Écio Luiz Ângelo Marques, classificou a possibilidade de paralisação como “muito forte”, já que há três meses não há avanços nas rodadas de negociação da categoria com os empresários do segmento, mesmo com a mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT). No encontro de sábado, que acontecerá às 17h, na sede do Sinttro, localizada no Centro, também serão discutidas as estratégias que o movimento irá adotar, caso a greve realmente seja acatada pela maioria dos rodoviários. Um dos pontos que mais se comenta entre os rodoviários é a possibilidade de haver uma radicalização, ou seja, todos os ônibus pararem de circular. “As estratégias serão ‘costuradas’ aos poucos, até porque não sabemos se, de fato, haverá greve. Tudo dependerá do entendimento da categoria”, frisou Écio. Se depender dos rodoviários, o acordo será fechado com a aprovação – por parte dos empresários do setor – da proposta sugerida pelo MPT.

Cortesia/IMA

VALDETE CALHEIROS valdetecalheiros@ojornal-al.com.br Com assessoria

M

ais uma residência no bairro da Ponta Grossa está apresentando variação de temperatura no solo. Ontem, técnicos do Instituto do Meio Ambiente (IMA) coletaram amostras do solo e da água em um buraco aberto na sala. No ambiente foi registrada temperatura de quase 80°C. De acordo com Paulo Bandeira, filho da proprietária, no início da semana, uma pessoa, contratada para fazer instalações elétricas na residência, pisou no local e notou que o solo estava superaquecido. “Nós verificamos e achamos estranho. Minha mãe reside no local há 52 anos e nunca percebemos nada de diferente”, disse ele. Técnicos da Braskem descartaram risco de explosão depois de não identificarem a presença de gases tóxicos ou inflamáveis. A temperatura inicial do solo, ainda com o piso, apontava 52°C. Com a abertura do buraco, durante a primeira parte da escavação, subiu para 62°. Na parte mais profunda chegou a marcar pouco mais de 78°C. A água coletada estava a 64°C. Por curiosidade, pessoas que estavam no local resolveram colocar um ovo dentro do buraco aberto e após dez minutos ele estava pré-cozido. As amostras coletadas passarão por análises físico-químicas e microbiológicas.

Técnicos do IMA coletaram amostras do solo e da água em buraco na sala

Parte da água foi enviada ao laboratório de microbiologia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) para análise de coliformes, amostras do solo seguiram para um laboratório particular e a análise físico-química da água será feita no laboratório do IMA. Os resultados devem ser divulgados em uma semana. Além disso, serão aplicados questionários em casas vizinhas para verificar se há incidência do problema em outras residências. O diretor técnico do IMA levantou a possibilidade de

o fenômeno desta residência ser o mesmo identificado neste mês em outra casa também do bairro da Ponta Grossa. PRIMEIRA RESIDÊNCIA A primeira residência a apresentar esse fenômeno está localizada a cerca de um quilômetro da segunda. A causa apontada para alteração da temperatura foi a decomposição de matéria orgânica e geração de gases associada às características do solo da região e consequentes reações químicas.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A10

Cidades

www.mais.al cidades@ojornal-al.com.br

LEI SECA

PelaCidade

Ações buscam alertar motoristas em Maceió

Deraldo Francisco pelacidade@ojornal-al.com.br

A “manutenção programada”

N

o processo para manutenção da rede de distribuição de energia, a Eletrobras Alagoas vai precisar interromper o fornecimento hoje em vários bairros de Maceió. A suspensão ocorrerá no período da manhã, quando a programação da televisão brasileira é uma lástima e, basicamente, as pessoas estão trabalhando. Mas haverá, em apenas uma situação, falta de energia no período da tarde toda. Será na Ponta Grossa, que ficará sem energia das 14h às 17h30. A suspensão no fornecimento vai atingir as ruas Boa Sorte e José R. de Oliveira. No Farol, o fornecimento será interrompido por uma hora [das 8h às 9h] na Rua Doutor José Rivadávia e áreas próximas. A coisa vai complicar em Riacho Doce. Das 8h às 12h, as ruas Arthur Cláudio S. Neto e da Praia, mais parte da rodovia AL-101 Norte ficarão sem energia. No Prado também haverá suspensão no fornecimento de energia. Das 7h às 12h ficarão sem energia as ruas Manaus, João Lício Marques, Almirante Tamandaré, 21 de Abril, Caramuru e São João; a Travessa Assis Chateaubriand e a Vila Josefa Matias. Na semana que vem, a Eletrobras dará continuidade à “manutenção programada”.

Atores ficaram na frente dos carros com placas educativas alertando sobre o perigo de dirigir alcoolizado ROBERTA CÓLEN estagio@ojornal-al.com.br

A

presentação na rua com grupo artístico. Foi assim que o Departamento de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) optou, na tarde

Estacionou errado

da última quarta-feira, por uma nova ferramenta para chamar a atenção dos motoristas na Avenida Álvaro Calheiros sobre a Lei Seca. Utilizando camisetas da campanha “Lei Seca: Tô Nessa”, os atores se apresentaram na frente dos carros quando estacionados no sinal vermelho - com placas educativas de trânsito, enfatizando o perigo de dirigir após ingerir álcool. Além das mensagens, alguns motoristas permitiram que seus carros fossem adesi-

vados com o slogan da campanha. De acordo com Maria Amélia Toledo, educadora do órgão, o trabalho reúne arte e vítimas de acidentes no trânsito para conscientizar à população e alertar para a valorização da vida. A Secretaria Estadual da Saúde e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito apóiam as manifestações educativas. Lançada há um mês pelo Governo do Estado com apoio

dos governos federal e municipal, a campanha pretende diminuir o número de acidentes de trânsito causado por motorista embriagados. Lúcio de Melo, diretor do Detran-AL, destacou que o objetivo da Lei não é impedir motoristas de beber, mas sim conscientizar para que eles se divirtam com segurança. Para o diretor do órgão, alternativas como pedir para um amigo dirigir ou ir de táxi evitam que mais mortes sejam registradas.

LATICÍNIOS CAMILA

FEDERAIS Eduardo Leite/Estagiário

Yvette Moura

Parque industrial será leiloado no próximo mês LÁYRA SANTA ROSA layrasantarosa@ojornal-al.com.br

O

A situação está complicada na calçada do Banco do Brasil, agência que fica bem próximo ao Shopping Farol, na Avenida Fernandes Lima. Há um espaço depois do alambrado reservado para o passeio público. Os motoristas que não conseguem estacionar seus carros no espaço do centro comercial ou dos bancos que ficam por ali usam o passeio público. Dessa forma, os carros ficam na calçada, obrigando os pedestres a passarem pela pista, correndo o risco de atropelamento. A situação é constrangedora e arriscada para quem precisa passar por ali a pé. A coluna avisa esses motoristas que não é permitido estacionar ali. Aquele espaço é para a passagem de pedestres.

Banda do barulho

Água no viaduto

Uma banda – não se sabe de que ritmo musical – está tirando a paz dos moradores do entorno da Praça da Faculdade, no Prado. Todo domingo, depois das 14h, os músicos fazem um “concerto” com instrumentos de percussão que, para a comunidade, não passa de uma batucada fora de ritmo. A comunidade reclama do barulho ensurdecedor provocado no que seria o ensaio da banda, principalmente porque moram muitas pessoas idosas na região alcançada pelo barulho. Não se trata de uma repressão à cultura e à liberdade de expressão, mas, como se trata de um espaço público, ele é, então, de todos, não apenas do pessoal da banda. Os direitos alheios devem ser respeitados.

A coluna recebeu, ontem à tarde, denúncias dando conta de que do alto do viaduto que fica logo depois da Praça do Centenário, no Farol, estava caindo uma água suja misturada com fezes. Isso mesmo, os carros que passaram pela Avenida Leste/ Oeste tomaram um banho de cocô. Pelo menos dois motoristas que passaram pelo local deram essa informação à coluna. Não se sabe se a água da chuva arrastou os dejetos para o pequeno viaduto ou se há algum cano levando fezes para a ponte. O certo é que os carros tomaram banho de fezes ontem à tarde. Tanto os que passaram subindo para o Farol ou descendo para a Cambona. Uma vergonha!

Manifestantes cobram reajuste salarial, melhores condições de trabalho e ensino público federal de qualidade

Servidores protestam no Centro PEDRO BARROS pedrobarrosjr@hotmail.com

S

e r v i d o re s a d m i n i s trativos e docentes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) promoveram, durante todo o dia de ontem, manifestações no centro de Maceió com o objetivo de chamar a atenção da população para suas reivindicações. A pauta dos servidores prevê reajuste salarial, melhores condições de trabalho e ensino de qualidade. Segundo Emerson Oliveira, coordenador Jurídico do Sindicato dos Trabalhadores da Ufal (Sintufal), o ato é mais um protesto contra a política do governo federal que não vem tratando os servidores públicos de forma digna. De

Obra na Cincinato Pinto O poder público está executando uma obra para recuperação do asfalto na Rua Cincinato Pinto, no Centro. Um trecho da pista estava parecendo uma tábua de pirulito, e, diante das constantes reclamações, a Prefeitura de Maceió resolveu tomar a iniciativa de providenciar os reparos. Os trabalhos estão sendo lentos, conforme a coluna percebeu esta semana, mas o bom é que algo está sendo feito. Depois dos reparos, a pista ficará em condições melhores de tráfego. Já é um lado.

a fazer greve”, desabafou Oliveira. Até o momento, o governo não tinha sinalizado com nenhuma proposta para os servidores técnicos da Ufal. Em contrapartida, os docentes da instituição analisaram proposta de reajuste salarial variando de 25% a 45%. O aumento que seria concedido em parcelas até 2015 não agradou a categoria que seguindo orientação do Sindicato Nacional dos docentes deverá se reunir em assembleia, no próximo dia 31, quando decidirão se aceitam ou não a proposta. Os servidores percorreram as ruas do Centro e se concentraram na Praça dos Martírios. No local, houve apresentações culturais, bandas e MPB, além de discurso explicando os motivos da manifestação.

CLONAGEM DE CARTÃO

Mais um foragido se entrega ao MPE Yvette Moura

Sujeira nas galerias Na semana passada, a Prefeitura de Maceió iniciou a limpeza das galerias da Rua do Comércio, no Centro. Toneladas de lixo foram retiradas dos locais por onde só deveriam passar a água da chuva. Muita areia foi varrida das ruas direto para o leito das galerias. Pelas brechas dos blocos de concreto passou muito lixo, entre papel, plásticos e embalagens de bebidas. No local, as pessoas reclamam da falta de lixeiras. O poder público alega que já fez a reposição de lixeiras várias vezes e que os vândalos destroem tudo.

acordo com Oliveira, 26 categorias de servidores públicos federais estão em greve, totalizando um universo de 500 mil trabalhadores. Para o sindicalista, o governo tem atacado sistematicamente a categoria dos servidores com projetos que desarticula e inviabiliza o serviço público. Ele chama a atenção para o decreto presidencial publicado, esta semana, no Diário Oficial da União, que permite a substituição de funcionários públicos em greve. “Esse decreto autoriza a substituição de trabalhadores públicos do governo federal, que estejam em greve, por funcionários equivalentes dos Estados ou municípios ou ainda pode contratar terceirizados para substituir esses servidores. O governo federal nos obriga

ELISANA TENÓRIO elisanatenorio@ojornal-al.com.br

M

ais um dos foragidos da Operação Clone se apresentou ontem ao Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/ AL). Segundo a assessoria de comunicação do órgão, Rodrigo Andrade Santos chegou a sede do MPE no final da manhã, acompanhado do advogado João Luiz Araújo, da mãe e do irmão. Depois de prestar depoimento ao coordenador do Grupo Estadual

de Combate a Organizações Criminosas (Gecoc), Alfredo Gaspar de Mendonça, ele foi encaminhado ao Hospital Sanatório, onde fez exame de corpo de delito. Em seguida, o acusado foi para a Casa de Custódia. A expectativa do Gecoc é que outro acusado de integrar a quadrilha que clona cartões de crédito e débito, Francisco Azevedo, conhecido como “Chico Magro”, se apresente a qualquer momento. A Operação Clone foi deflagrada na última segunda-feira

e cumpriu 24 mandados de prisão e 22 mandados de busca e apreensão. Em um único dia, 19 pessoas foram presas, dentre elas dois policiais civis que tentaram vazar informações da operação. Onze veículos, dois Jet skis e mais de R$ 35.700 foram apreendidos em residências na região metropolitana de Maceió e na cidade de São Miguel dos Campos. Também foram apreendidos aparelhos eletrônicos, capacete, munições e uma arma de fogo.

parque industrial dos laticínios Camila, localizado no município de Batalha, será leiloado pela Justiça do Trabalho, no próximo dia 7 de agosto, no Fórum de Santana do Ipanema. Maquinários, mobília, o prédio e o terreno, totalizando 29.375 m² de área total, estão avaliados em R$ 4, 718 milhões. Com a venda desses imóveis, a Justiça espera pagar dívidas trabalhistas, deixadas coma falência da Cooperativa Camila, além da retomada das atividades na fábrica. Para o dia do leilão não existe lance mínimo, apesar do valor da avaliação estipulado pela Justiça. Qualquer empresa do país pode participar da negociação. “Iremos avaliar o melhor preço ofertado, a melhor forma de pagamento e não pode ser preço vil, é preciso se manter próximo à altura da avaliação do imóvel. Fizemos uma praça – tipo de leilão – anteriormente, que ofereceram apenas R$ 1,4 milhão e acabei rejeitando a proposta por não atingir os nossos objetivos”, explicou o juiz do Trabalho, Henrique Cavalcante. “Várias pessoas sobreviviam do laticínio e sofreram com o seu fechamento. Agora estamos leiloando os bens da cooperativa, para pagar dividas trabalhistas de 140 pessoas. Decidimos ainda leiloar toda a estrutura da fábrica, acreditando na possibilidade dela ser reaberta. Se isso acontecer, podemos ter 80 vagas de emprego”, disse o magistrado. Os futuros donos não devem herdar nenhuma divida trabalhista porque, com a negociação, toda essa questão passa a ser resolvida. “Eles só terão que arcar com as dividas de cartório, água, luz e IPTU referentes ao prédio. A questão trabalhista fica zerada”, contou o juiz. O leilão está marcado para acontecer no próximo dia 7, às 14 h, na sala de audiência da Comarca de Santana do Ipanema, que fica na Rua Arsênio Moreira, 335, bairro Monumento. “As pessoas que tiverem interesse em participar da negociação devem chegar no horário com suas propostas.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A11

Municípios

www.mais.al municipios@ojornal-al.com.br

ENFERMEIROS E ODONTÓLOGOS

MozartLuna lunamozart@ig.com.br

Arquivo

Contaminação das lagoas

Grevistas protestam em Teotônio Vilela Categoria diz que, apesar da paralisação, Prefeitura Municipal não apresentou nenhuma proposta IZABELLE TARGINO municipios@ojornal-al.com.br

D

ez dias após o início da greve dos enfermeiros e odontólogos do Programa Saúde da Família de Teotônio Vilela, a prefeitura ainda não apresentou nenhuma proposta para os profissionais da Saúde.

Na manhã de ontem, a categoria fez uma panfletagem na praça central da cidade como forma de protesto. Eles entregaram informativos à população explicando sobre os motivos da greve. “Ontem [quarta-feira], nós fizemos uma passeata pelas ruas da cidade para chamar a atenção do governo municipal. Hoje estamos fazendo isso para que a população saiba os nossos motivos e nos apoiem”, justificou um dos representantes da Comissão Permanente de Negociação de Enfermeiros e Dentistas. Os profissionais estão em

greve desde o dia 17 de julho e reivindicam que sejam pagos todos os direitos trabalhistas que, segundo eles, não estão sendo cumpridos há oito anos. Segundo a comissão, em março deste ano, os profissionais receberam o aumento referente ao salário base e o 13º do ano passado. Em reunião realizadas no início do ano, a Prefeitura garantiu que pagaria até o mês de maio os valores referentes a insalubridade, 1/3 das férias e os décimos terceiros atrasados, mas o acordo não foi cumprido. “Nós só estamos lutando

por um direito que é nosso. Em oito anos, nunca recebemos nossos direitos trabalhistas. A primeira vez que recebemos o décimo terceiro foi no ano passado e isso porque já estávamos mobilizando a justiça. Ninguém nos procurou para apresentar qualquer proposta e vamos continuar em greve”, disse um dentista, integrante da Comissão de Negociação. A secretaria de Saúde de Teotônio Vilela, Ismaíla Pereira, informou que entraria em contato com a reportagem ainda ontem, mas isso não aconteceu.

INVASÃO DE FAZENDA

A procuradora da República Niedja Kaspary é autora do Inquérito Civil Público nº 1.11.000.000642/2011-31, que tem o objetivo de apurar a contaminação do complexo Mundaú-Manguaba e dos rios Mundaú e Paraíba do Meio pelo lançamento de esgoto sem qualquer tratamento.

MPF

Lagoas

O Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas já encaminhou sete recomendações a prefeituras no Estado sobre o funcionamento do sistema de esgotamento. As cidades de Cajueiro, Capela, Pindoba, Atalaia, União dos Palmares, Murici e Messias foram notificadas.

O funcionamento precário do sistema de esgotos tem provocado a poluição do Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba e dos rios federais Mundaú e Paraíba do Meio. Vale ressaltar que já foram destinados mais de R$ 16,6 milhões para a implantação dos sistemas nesses municípios.

Prazo As recomendações têm caráter administrativo. O MPF/AL deu um prazo de 90 dias para cada uma das prefeituras realizarem a efetiva operação dos sistemas, e, caso não seja cumprida, o órgão adotará as medidas judiciais cabíveis.

Alvorada

Arapiraca

O Projeto Alvorada foi criado ainda em 2001 pelo governo federal e visava, por meio de uma parceria com estados, municípios e a sociedade civil organizada, criar as condições necessárias para reduzir a pobreza e as desigualdades regionais do País.

Os vereadores João dos Santos e Graça declararam ontem que são candidatos à reeleição, embora nos bastidores haja informações circulando de que eles estariam realizando entendimento para apoiar outros candidatos.

Barra de São Miguel A população da Barra de São Miguel está revoltada com a Casal, porque a cidade está sem água há três dias; e, segundos os moradores, a empresa não avisou. Muitas famílias tiveram que fazer uso das águas do rio Ninquim e também das chuvas.

Ibama O Ibama deveria ser tão rigoroso com a Prefeitura do Pilar como foi com o veto sobre a instalação do estaleiro Eisa em Coruripe. O Ibama negou a licença ambiental alegando que a obra em Coruripe iria destruir 70 hectares de manguezal. No Pilar, os esgotos correm a céu aberto na lagoa de Manguaba.

Lixões 1

Lixões 2

Dezenas de lixões foram criados e mantidos por diversas prefeituras em Alagoas, alguns como o de Porto Calvo fica às margens da rodovia AL-101 e começa a tomar parte da pista. O interessante é que nenhuma órgão de fiscalização até hoje enxergou o lixão.

Vale lembrar que o governo federal conseguiu aprovar no final de 2010 uma lei ambiental determinando que os municípios apresentasse projeto de construção de aterros sanitários. O governo federal também disponibilizou R$ 1,5 bilhão para esses projetos.

MP O prazo para as prefeituras apresentarem esses projetos de aterro sanitário terminou em julho do ano passado, mas os gestores públicos não foram notificados até hoje pelo não cumprimento da nova lei ambiental. Os lixões continuam crescendo em todo o Estado.

Bando rouba caminhonete Q

uatro homens armados invadiram uma fazenda na zona rural de Traipu e roubaram uma caminhonete. A ação aconteceu no final da tarde da última quarta-feira. De acordo com informações da polícia, José Gomes

de Barros, de 59 anos, ouviu o barulho do motor de seu veículo, que estava estacionado na propriedade, e saiu para ver o que estava acontecendo. Quando ele chegou a área externa da casa, o carro não estava mais no local.

Mo ra d o re s d a re g i ã o informaram a polícia que o veículo foi roubado por quatro homens que estava em duas motocicletas. Eles também contaram que os homens cerraram os cadeados do portão da entrada da fazenda e o arame da cerca

pegaram o veículo, uma D20 ano 95/96 de cor vermelha, carroceria de madeira e placa MUB -6951, e depois fugiram. Policiais Militares fizeram rondas, mas não conseguiram localizar os assaltantes. I.T.

PROGRAMA

Água para Todos começa ações em Arapiraca

A

s mais de 2 mil cisternas de polietileno para consumo humano de água previstas para serem instaladas até o final desse ano em Arapiraca, dentro do programa Água para Todos, começaram a ser recebidas esta semana pelas famílias do município, cujo cadastramento e validação vinham sendo feitos desde abril. O município de Estrela de Alagoas, naregião do Sertão alagoano, e Craíbas, que integra o agreste de Alagoas - assim como Arapiraca -, foram os primeiros a receber as cisternas, que deverão contemplar, numa primeira fase, 7.429 famílias do semiárido do estado, de acordo com a meta da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Arapiraca foi um dos municípios onde a presidenta Dilma Rousseff esteve pessoalmente para lançar, no ano passado, o Plano Brasil sem Miséria - plano de erradicação da pobreza extrema coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), com ações executadas por diversos ministérios. As ações do programa Água para Todos em Arapiraca tiveram início em abril deste ano com o trabalho de cadastramento e validação de famílias potencialmente beneficiárias do programa a partir de dados do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A12

Esportes

www.mais.al esportes@ojornal-al.com.br

Começando do zero Edimar Soares

Novo técnico do ASA, Nedo Xavier chega amanhã e diz que não conhece o elenco alvinegro LUCIANO MILANO lucianomilano@ojornal-al.com.br

O

novo técnico do ASA,o curitibano Nedo Xavier, 59, deve comandar o time alvinegro na partida da próxima terça-feira, contra o Bragantino, em Bragança Paulista, pela 14ª rodada do Brasileiro da Série B. Ne d o c o n f i r m o u s u a chegada para amanhã em Arapiraca em conversa por telefone que manteve com O JORNAL ontem à tarde. O treinador também revelou que não conhece o elenco que vai assumir neste fim de semana e que não assistiu nenhum jogo do ASA nesta Série B, embora tenha acompanhado partidas de outros times pela mesma competição. Recentemente, Nedo foi

demitido do Fortaleza, que foi anunciou o ex-técnico do próprio ASA Vica. O treinador chega para assumir a vaga de Heriberto da Cunha, que foi demitido com toda sua comissão técnica após a quinta derrota seguida na Segunda Divisão. Nedo Xavier será auxiliado por Carlos Pacheco e traz, também, o preparador físico Altamir Vicente Ferreira Júnior. Ainda na conversa que teve com a reportagem, Nedo afirmou que não deve promover mudanças radicais no time que vem atuando. Já sobre reforços, ele afirmou ter ouvido da diretoria que há algumas carências na equipe, mas que só deve tratar de nomes de novos atletas depois que treinar e avaliar o que ASA necessita no momento. “Infelizmente não vi nenhum jogo do ASA nesta Série B. Conheço o Didira porque o enfrentei no ano passado, quando dirigi o Boa-MG, e sei que no elenco há outros atletas de qualidade. Naturalmente, é um momento complicado, o time está na zona de rebaixamento, mas há muita competição pela frente para

Nedo Xavier trabalhou no Fortaleza neste ano

que possamos nos recuperar. Como tenho pouco tempo até o jogo contra o Bragantino, não devo fazer mudanças radicais. A tendência é manter a base

A queda de rendimento do Alvinegro na Série B O gerente de futebol alvinegro, Marcelo de Jesus, não é muito de falar com a imprensa. Porém, ontem, ele topou, também por telefone, falar sobre o momento difícil que vive o clube. Segundo Jesus, a diretoria não errou na avaliação e montagem do time nem perdeu o controle do grupo. O gerente de futebol ainda defendeu a tese de que o ASA caiu de rendimento porque alguns jogadores como Didira, Valdívia, Audálio e o atacante Lúcio Maranhão deixaram de render o que mostraram no Estadual e disputa da Copa do Brasil. “N ã o é u m a q u e s t ã o de a diretoria ter errado na montagem do elenco. Esse mesmo time que está aí foi vice-campeão estadual e jogou em condições de igualdade com o Coritiba, na Copa do Brasil, vencendo em Arapiraca e sendo desclassificado no Paraná por conta de erros da arbitragem. Reconhecemos que o clube não pode pagar valores altos para trazer reforços, porém jogadores como Didiva e Lúcio Maranhão caíram de rendimento e o time foi junto”, declarou Marcelo de Jesus, que também não considera que a diretoria demorou para trocar de treinador. “O futebol é assim. O time perde duas partidas seguidas, já está ameaçado. O que fizemos foi tentar recuperar o técnico Heriberto da Cunha e sua comissão técnica, mas infelizmente não foi possível. Detectamos alguns problemas na execução de tarefas do dia a dia e, depois da derrota para o Goiás, resolvemos entrar em acordo com o Heriberto

e fazer um trabalho de motivação. Mostrar ao grupo que só com muito trabalho é que podemos tirar o ASA da situação difícil que se encontra”,

declarou Nedo Xavier, que, porém, deu uma pista em relação à formação da equipe. “Não tenho um sistema tático que prefiro. Isso acon-

tece muito de acordo com que vamos enfrentar. Mas gosto que meu time jogue com dois atacantes”, disse o novo treinador.

ESPERANÇA

Marquinhos Paraná na mira do CRB

O

presidente em exercício do CRB, Ednilton Lins, confirmou no começo da noite de ontem que a diretoria fez uma proposta ao meio-campista Marquinhos Paraná, que jogou no próprio clube regatiano de 1998 a 2001, atuou quatro anos como titular no Cruzeiro-MG e recentemente foi dispensado pelo Sport-PE. Com mercado ainda em agre-

miações maiores da própria Série B – atuou por mais de seis jogos no Sport e não pode mais se transferir para outro time da Série A – Marquinhos teria salários de aproximadamente R$ 100 mil, o que inviabilizaria um acerto com o CRB. “Quando soubemos que o Marquinhos Paraná deixou o Sport, logo nos apressamos a fazer contato com ele pelo

caráter que tem e pelo que agregaria ao nosso time caso voltasse a vestir a camisa alvirrubra. Na conversa, ele deixou claro que saiu do Sport, mas que ainda não havia pensado no que faria depois disso.”, afirmou Ednilton Lins. Um desconforto muscular tirou o atacante Aloísio Chulapa da partida de amanhã contra o Vitória-BA, às 16h20, em Salvador. L.M.

RIVALIDADE

CSA vence desafio das torcidas VICTOR MÉLO jornalistavictor@gmail.com

A

e mudar o comando”, explicou Jesus. Assim como afirmou o técnico Nedo Xavier, reforços só devem ser anunciados quando o treinador chegar e avaliar o elenco.

Apesar disso, os nomes do meia Jeferson, do Coritiba, e do atacante Júnior V i ç o s a , h o j e n o G o i á s, continuam interessando ao ASA. L.M.

velha rivalidade entre CSA e CRB abriu espaço p a ra u m a d i s p u t a saudável entre as maiores torcidas de Maceió no último final de semana. Com o Azulão e o Galo fazendo boas campanhas, respectivamente, nas séries D e B do Brasileiro, foi lançado nos meios de comunicação um desafio para saber quem levaria mais gente ao Estádio Rei Pelé. Sábado (21), o CRB recebeu o Joinville no Trapichão, pelo Brasileiro da Segunda Divisão, e vendeu 5.506 ingressos do total de 9.70 bilhetes confeccionados. Nesse jogo, a arrecadação foi de R$ 69.658,00 para um público total de 7.014 torcedores. No dia seguinte, o CSA entrou em campo para enfrentar o Itabaiana, pelo Brasileiro da Série D. Empolgada com a campanha do time, a direção mandou confeccionar 14.300

Números da disputa CSA X ITABAIANA Data - 22/07 Local - Estádio Rei Pelé Série D do Brasileiro Bilhetes confeccionados -14.300 Ingressos vendidos - 7.065 Renda - R$ 79.065,00 Público total - 9.135

CRB X JOINVILLE Data - 21/07 Local - Estádio Rei Pelé Série B do Brasileiro Bilhetes confeccionados - 9.750 Ingressos vendidos - 5.506 Renda - R$ 69.658,00 Público total - 7.014

bilhetes e vendeu 7.065, arrecadando R$ 79.065. De acordo com o borderô da partida, 9.135 torcedores compareceram ao Estádio Rei Pelé. Assim, o Azulão ganhou o desafio e, nas arquibancadas, o feito foi exaltado pela torcida durante toda a partida contra o Itabaiana: “É a maior até na Série D”, gritava a massa no estádio. Domingo (29), os dirigentes azulinos esperam bater o recorde de público diante do Sousa-PB, às 16h, e mantiveram o preço dos bilhetes em R$ 15,00 (arquibancadas) e R$ 40,00 (cadeiras).

O Galo tem a chance de se redimir na próxima terça-feira (31), contra o Ipatinga, às 21h50. Com o time em alta na Série B, os dirigentes esperam aumentar a média de público e, principalmente, de arrecadação. A diretoria admite que a venda de pacotes de pay-per-view afasta torcedores do Rei Pelé e mantém os preços promocionais dos bilhetes para atrair público. O Galo cobra atualmente R$ 12,00 (arquibancadas baixas), R$ 20,00 (arquibancadas altas) e R$ 50,00 (cadeiras).


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

A13

Esportes

www.mais.al esportes@ojornal-al.com.br

Com o pé direito Seleção brasileira estreia nas Olimpíadas 2012 vencendo o Egito por 3 x 2

Neymar marcou o terceiro gol da seleção

E

ra para ser uma estreia tranquila, com placar elástico, sem nenhum tipo de problema. Era! A realidade é que o primeiro jogo da seleção de Mano Menezes nas Olimpíadas de Londres acabou com minutos finais dramáticos. Depois de abrir 3 x 0 na etapa inicial, o Brasil permitiu que o Egito fizesse dois gols no segundo tempo e levou sufoco. Mesmo assim,

Zebra, Japão vence favorita Espanha por 1 x 0 Referência no futebol mundial, a Espanha estreou nas Olimpíadas de Londres, na manhã de ontem, de uma forma inesperada. Geração campeã europeia no ano passado e uma das favoritas ao ouro, a Fúria perdeu para o Japão por 1 x 0 e amarga a lanterna no grupo D. Otsu fez o único gol da partida aos 33 minutos do primeiro tempo. Os europeus jogaram com menos um desde os 41 da etapa inicial e escaparam de sofrer uma derrota ainda maior. O confronto foi disputado no estádio Hempden

Park, em Glasgow, na Escócia, já que a modalidade não é concentrada somente em Londres. Com o resultado, o Japão chega aos três pontos. Mais cedo, Honduras e Marrocos empataram por 2 x 2 e somam um ponto cada. No próximo domingo, os espanhóis encaram os hondurenhos, às 15h45m (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV. Já os japoneses pegam os marroquinos, às 13h. O torneio olímpico de futebol masculino conta com 16 seleções,

divididas em quatro chaves. Os dois primeiros de cada grupo avançam às quartas de final. Desses confrontos saem os dois adversários do grupo brasileiros nas quartas de final. A vitória colocou o Japão em boa situação para terminar a fase na liderança, pois ainda enfrentará as duas equipes mais fracas do grupo. Se a Espanha se classificar em segundo, pode pegar a seleção brasileira nas quartas. Para isso, o time de Mano Menezes precisa passar em primeiro.

a vitória por 3 x 2, em Cardiff, no País de Gales, faz o Brasil iniciar com o pé direito a briga pelo ouro inédito. Foram dois tempos muito distintos da seleção. No primeiro, quando abriu 3 x 0 com Rafael, Leandro Damião e Neymar, o Brasil foi avassalador sob a batuta de Oscar. Depois, acomodado com a vantagem, errou muito e permitiu uma reação até então inimaginável do Egito. De qualquer maneira, no geral, o time de Mano Menezes fez por onde merecer a vitória. “Entramos desatentos (no segundo tempo), achamos que o jogo

já estava ganho. Hoje, no futebol, é assim. Você deu uma piscada de olho, vai ser surpreendido”, afirmou Thiago Silva à TV Record, na saída de campo. “E eles têm um time que corre bastante. Não deveríamos deixar, em nenhum momento, eles gostarem do jogo”, completou. Também ontem, pelo Grupo C, a Bielorrússia venceu a Nova Zelândia por 1 x 0. Agora, a seleção brasileira volta a campo nas Olimpíadas de Londres no próximo domingo, às 11h (de Brasília), contra a Bielorrússia, na cidade de Manchester.

FESTA

Abertura está marcada para as 17h

T

udo pronto para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, marcada para hoje, às 17 (horário de Brasília). De olho nos bastidores do evento, o site da BBC elencou 10 pontos e curiosidades que você poderá ver no tão aguardado show no Estádio Olímpico.

COMPARAÇÃO Boyle também contou que se sentirá honrado se sua cerimônia de abertura for comparada com People’s Game, espetáculo que iniciou os Jogos de Sidney, em 2000. O populismo será igual, com diversos figurantes, mas a abertura inglesa deverá ser mais “pomposa” e “punk”.

SEGREDO Quando detalhes da cerimônia começaram a ser vazados na internet, no começo de julho, o Comitê Olímpico teve uma idea para barrar que os participantes de comentar mais sobre a festa: mexeu com o orgulho britânico. Nos telões dos ensaios e no Twitter, a organização lançou a campanha #savethesurprise (salve a salve a surpresa, em tradução livre). INSTRUTORES Com certeza as 80 mil pessoas que estarão no Estádio Olímpico para a abertura dos Jogos estarão empolgadas com o show - afinal, eles pagaram cerca de R$ 6,4 mil para estar lá -, mas para o espetáculo ficar ainda mais emocionante aos olhos de quem vê de fora, haverá instrutores espalhados pela multidão para animá-los e coordená-los. SURPRESAS Responsável pela organização da cerimônia de abertura, o cineasta Danny Boyle ( Trainspotting, Quem Quer Ser Um Milionário? e 127 Horas) tem algumas surpresas na manga para deixar o público ainda mais curioso. Por exemplo,

DESFILE Com 1h29 e nem um minuto a mais, a delegação dos 204 países participante dos Jogos terão que desfilar na Cerimônia de Abertura. Mas, para manter o passo, Boyle tocará a música de Underwold, na esperança que as batidas da canção coloquem os atletas no ritmo.

nem os participantes do espetáculo sabem ainda como a Pira Olímpica será acesa. SHOW Com o tema Isles of Wonder (Ilhas da Maravilhas, em tradução livre), o espetáculo de abertura terá partes escuras - com efeitos de fumaça, espelhos e sombras - até a verde e agradável “terra olímpica”. ARTE Vencedor de oito prêmios Oscar com Quem Quer Ser Um Milionário?, Danny Boyle já disse que a cerimônia dos Jogos Olímpicos de Londres será uma mistura rave, com cinema e prformances teatrais.

LIMITES Os cabos que atravessam e sustentam o teto do Estádio Olímpico de Londres também terão papel importante na Cerimônia de Abertura dos Jogos. Eles serão usados como parte do espetáculo, mas ainda não se sabe como. INVESTIMENTO Será um espetáculo inesquecível, mas alguém vai ter que pagar essa conta, orçada em R$ 85 milhões. Porém, os ingressos, que custam R$ 6,4 mil, ainda não foram todos vendidos. ARREPIO Mesmo com uma possível chuva que pode cair no meio da cerimônia, Boyle certificou que o espetáculo vai ser de arrepiar.

NATAÇÃO

Phelps diz que só vai se divertir Em alguns momentos, parecia show. Quando a música ambiente parava, todo mundo olhava para o palco. Ainda que fosse só um alarme falso. A diferença é que a plateia não era de roqueiros, mas de quase 700 jornalistas que lotaram o auditório do Centro de Imprensa de Londres na tarde de ontem. E o palco não tinha bateria, guitarras ou amplificadores. Mas o microfone estava lá

para o maior atleta olímpico da história. Quando a música parou de vez, Michael Phelps entrou caminhando com o semblante sério, bebendo á g u a n u m a g a r ra f i n h a , calçando chamativos tênis verdes e vestindo o agasalho da seleção americana de natação. Sentou-se à mesa, e só aí lhe caiu a ficha. Impressionado com a quantidade de repórteres que estava ali para ouvi-lo, sacou o celular do

bolso, apontou para os jornalistas e fez questão de registrar o momento. Desde que arrebatou oito ouros nas Olimpíadas de Pequim, Phelps é assim. Onde ele está, não se fala em outra coisa. Desta vez, nada de quebrar todos os recordes possíveis e acumular o máximo de ouros. “Estou mais relaxado, vamos nos divertir. Nunca na minha carreira eu falei em medalhas, são vocês”.


A14

O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br AFRÂNIO APTO. NA JATIÚCA EXC. QUARTO E SALA, DIVISORIA, ARMÁRIOS BLINDEX NASCENTE 160 MIL. TRATAR 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865.

APTO. VENDA CRUZ DAS ALMAS JÔ 05 – CRUZ DAS ALMAS – sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos (sendo 01 reversível), wc social, wc serviço, cozinha e área de serviço. R$ 220.000,00. Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

AFRÂNIO APTO. EM MANGABEIRAS. EXC. QUARTO E SALA NASCENTE ENTREGUA OUTUBRO 2012 APENAS 135 MIL TR.91161734, 9935-4419 CRECI 865

AFRÂNIO CASA EM CRUZ DAS ALMAS 02 QUARTOS, SENDO UMA SUITE, WC SOCIAL, DEPENDENCIA COMPLETA, PISCINA, NASCENTE, PRÓXIMO AO SHOPING NOVO, PERTO DA PRAIA, VLR 300 MIL. TR 9116-1734 9935-4419 CRECI 865

AFRÂNIO MURILÓPOLIS: 110M2, 03 QUARTOS, SUITE, WC SOCIAL, DCE, NASCENTE SALA EM L, VLR 140. MIL TR. 9116-1734 9935-4419 CRECI 865

AFRÂNIO CASA NA SERRARIA, EXC. 02 QUARTOS SEUNDO 01 SUITE GARAG 04 CARROS, NASCENTE TERRENO 22X30 ÁREA VERDE, NO FINAL DO JOSÉ TENÓRIO VALOR 250.MIL TRATAR 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865

FAROL JÔ 08 – FAROL – 94M² - A comodidade é sua vizinha! Aptº nascente e ventilado, c/ 03 quartos, sendo 01 suíte, wc social, sala grande, DCE, cozinha, 01 vaga de garagem. R$ 135.000,00. O prédio tem poço artesiano. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523 REF. 021- FAROL, PINHEIRO – Apto sala 2 ambientes com varanda, 02 quartos sendo 01 suíte, cozinha, área serviço dependência completa empregada.01 vaga. R$150 mil.Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI 343. JÔ 06 – FAROL – Localização espetacular! Aptº com sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, circulação interna, 02 quartos, wc social. R$ 155.000,00. Nascente! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

JATIÚCA JÔ 10 - JATIÚCA – Saia do aperto! Aptº com 84m²- Sala de estar, sala jantar, cozinha, 03 quartos, 02 WC’s, área de serviço. Área de lazer na cobertura: sauna, piscina e salão de festa. 02 vagas. R$ 240.000,00. Nascente! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523 REF. 024 – JATIUCA- STELLA MARIS. Apto sala 02 ambientes, 02 quartos sendo 01 suite, dependência completa de empregada, 01 vaga solta, nascente. Próximo ao Colégio Contato. R$ 170 mil.Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI 343.

Apto PajuçaraCod:728- Beira mar da pajuçara 190m² 4 suíte, linda vista, nasc C.2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

AFRÂNIO CASA NO POÇO, EXC: 03 QTS S/ 01 SUITE, WC SOCIAL, GAR. 02 C A R R O S , NASCENTE, QUINTAL TERR. 12X27 VLR. 185 MIL FINANCIO. TR. 91161734 - 9935-4419 CRECI 865 REF. 026 – JATIÚCA – STELLA MARIS. Apto sala 2 ambientes com varanda, 03 quartos sendo 01 suite, com armários, cozinha repleta armários, de frente nascente. 3ª quadra do mar. R$ 260 mil. Tr. 9351-4440 / 8729-0144 – CRECI 343.

MANGABEIRAS REF. 030. MANGABEIRAS Excelente cobertura no início 2ª quadra do mar. Completa de armários, piso em porcelanato, possuindo os seguintes cômodos e áreas: 1 varanda, 1sala de estar/jantar, 3 qtos s/1 ste, 1 wcb social, 1 coz., 1 área de serviço, 1 wc serviço, terraço descoberto c/piscina, 2 vagas de garagens no sub-solo. Área útil: 137,43 m²; R$ 600 mil. Cond. R$ 350,00. Tr: 9351-4440 /8729-0144. CRECI 343.

AFRÂNIO CASA EM JACARECICA, EXC: 02 QUARTOS. SALA COZINHA NASCENTE LAJEADA CONDOMINIO FECHADO APENAS 75 MIL TRATAR; 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865. JÔ 12 - PRÓXIMO AO MAIKAI – Aptº com 03 quartos s/ 01 suíte, sala de estar/jantar,wc social,cozinha,área de serviço e 1 vaga.Andar alto e nascente. R$ 220.000,00 - Vem que tá bom demais! Tels.8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523 REF. 028 – APTO RESIDENCIAL CLIMÉRIO SARMENTO (vizinho ao Shopping Maceio),sala 2 ambientes com varanda,02 quartos sociais,cozinha,Wc social,1 vaga,nascente.R$ 108 mil.TR. 9351-4440 / 8729-0144 - CRECI 343.

PONTA VERDE JÔ 13 – PONTA VERDE –Aptº com 02 quartos sendo 1 suíte - sala de estar/jantar, varanda, armários, wc social, cozinha,área de serviço,01 vaga.Nascente! R$ 190.000,00.Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

Apto MurilopolisCod:966 - Icarai, 2 quartos, rua tranquila, predio caixão - R$ 100 mil - C.2368 9671.4405 / 88787606 monteiroimoveisal.com

AFRÂNIO STELLA MARIS: 92 M2 03 QUARTOS SENDO UMA SUITE, DCE VARANDA, PISCINA, 02 VAGAS COND 350 REAIS, VLR 260 MIL TR. 9116-1734 9935-4419 CRECI 865. JÔ 07 – PONTA VERDE – Agora você vai morar bem! Aptº c/ 118m2 - varanda, 03 quartos sendo 1 suíte, sala em “L”,wc social,cozinha,área de serviço, DCE,01 vaga.Somente R$ 210.000,00 – Aptº de frente! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523 REF. 027 – PONTA VERDE. Apto sala de estar e jantar com varanda,03 quartos sendo 01 suíte,dependência completa empregada.02 vagas.Nascente,. Prédio com play ground, piscina, salão de festas.Nascente,Excelente localização.R$ 280 mil.R$ 100 mil sinal,restante direto Construtora 30x.Tr. 93514440 / 8729-0144 - CRECI 343. REF -031 -PONTA VERDE – PRAÇA DO SKATE - Apto sala 2 ambientes com varanda,04 quartos s/ 2 suites,lavabo,WC social,dependência completa empregada,cozinha com despensa, área de serviço, 2 vagas. Excelente localização, nascente.R$ 550 mil. Tr. 9351-4440 e 8729-0144 CRECI 343. REF. 022 – PONTA VERDE – SANDOVAL ARROXELAS - Apto com 89m², sala 2 ambientes com varanda,03 quartos sendo 01 suíte , 01 reversível, cozinha, área serviço, 01 vaga. R$ 250 mil.Tr.9351-4440 / 8729-0144 CRECI 343.

PAJUÇARA JÔ 02 – PAJUÇARA – Imperdível à Beira-mar! 02 quartos sendo 1 suíte,varanda,sala,cozinha,wc social,área de serviço.R$ 280.000,00.Nascente! Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

OUTROS BAIRROS REF. 029 – APTO BEIRA MAR EM MACEIÓ. Sala de estar e jantar, 02 quartos sendo 01 suíte, hall, cozinha, área de serviço, ampla área de laser, com quadras de esporte, piscina, playground, 01 vaga. Tudo isso por apenas R$ 125.465 mil. Sinal R$ 20 mil restante financiado em 360 meses pela CEF.Tr.9351-4440 / 8729-0144 – CRECI 343. VENDO apartamento no Cond.Arte Vida com todos os ambientes, com móveis planejados. Tratar 93412691/ 9351-5334.

Sauasuy Lote nascente 10x30. Apenas R$ 16.999,00. Tr.: 8822-5050/ 9326-1903

AFRÂNIO TERRENO NA SERRARIA, EXC 16X30 NASCENTE CONDOMINIO RESERVA DO VALE VALOR 260 MIL. TRATAR 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865.

APTO. ALUGA FAROL REF.: 019 - FAROL – RUA JOSE DE ALENCAR – ALUGO apto grande. 2 salas,3 qtos,s/2 stes,todos c/armários, cozinha grande repleta de armários,dependência completa empregada. 02 vagas.Nascente.Prédio com elevador. Aluguel R$ 1.200,00 tudo incluso. Tr. 9351-4440 e 8729-1044 CRECI 343.

CASA VENDA

Vendo propriedade em Maraial PE com 500 hectares. Boa para criação de gado. Fone: (081) 91075070

TABULEIRO - VENDE-SE uma casa c/ 3 quartos, 2 suítes, 1 banheiro social, 2 salas, cozinha, garagem, área de serviço. Tratar: 9609-6655/ 963691445

AILTON CASA PROX. AO SHOPPING PÁTIO COM 04 QUARTOS, GARAGEM 03 CARROS, ÁREA DO TERRENO 11X100 FRUTIFICADA TRATAR 8807-7282 /93361444. CRECI 759

BARRO DURO

OUTROS BAIRROS

JÔ 04 – BARRO DURO –Traga sua família hoje mesmo! Casa c/200m2 - 2 terraços,sala de estar,sala de jantar,circulação,3 qtos s/1 ste,coz.,wc social, garagem,área de serviço e piscina.R$ 270 mil.Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

REF. 032 – JARDIM PETROPOLIS I – Casa com terraço, 2 salas, 3 quartos sendo 02 suítes, com armários, cozinha, dependência empregada, canil, depósito, piscina, pomar, rua calçada, terreno 24x30. Excelente localização. R$ 450.000,00. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 / 8829-0144 CRECI 343.

CRUZ DAS ALMAS JÔ 11 – CRUZ DAS ALMAS – Linda casa c/excelente área de lazer. sala de estar,jantar,terraço,3 qtos s/1 ste máster c/closet,hidro,sauna,wc social,dce, coz., piscina, garagem, splits, poço artesiano,câmeras (internas e externa),portão eletrônico, canil. Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

FAROL JÔ 03 – FAROL – A oportunidade só bate uma vez à sua porta! Casa a 50 metros da Fernandes Lima. Terreno med. 10 x 90m excelente p/comércio e moradia.Sala de estar,sala de jantar, terraço, 3 qtos s/1 ste, wc’s, cozinhas enormes, garagens, quintal grande. 2º piso com outra dependência completa. É muita casa! Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

AFRÂNIO CASA NA JATIÚCA, EXC; 04 QTS, SUITE, WC SOCIAL + DCE, GAR. 02 CARROS, NASCENTE PROX. AO MAIKAI: 600 MIL FINANCIO TR. 91161734 - 9935-4419 CRECI 865 REF. 025 – JARDIM PETRÓPOLIS I –CONFORTÁVEL Casa duplex, nascente. sala de visita sala de jantar, 03 qtos s/2 stes, todos c/armários, coz. C/armários e despensa, área de serviço, quintal grande, área verde frutificada nos fundos, c/grande jardim de frente, 2 terraços, 2 vagas de garagem, solta nas laterais. R$ 400 mil. Ligue veja e confira. Aceito financiamento.TR. 9351-4440 / 8729-0144 - CRECI 343.

AILTON - ESTELA MARIS VENDO APT 03 QUARTOS. SUITE COM ARMARIOS, VARANDA, ELEVADOR, PROX. AO MAR. VAlOR R$ 220 MIL. tratar 8807-7282 / 93361444. Creci 759

AILTON - ESTELA MARIS OPORTUNIDADE APT 03 QUARTOS, VARANDA, ELEVADOR, NASCENTE, APENAS R$ 185 mil, MOTIVO VIAGEM ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR 8807-7282/ 93361444 CRECI 759

AILTON - PONTA GROSSA VENDO CASA PROX. AO TERCEIRO DISTRITO OTIMO LOCAL, VALOR R$ 12O MIL. TRATAR 8807-7282/93361444. CRECI 759

AILTON - JATIÚCA APTº 02 QUARTOS, SALA, CONDOMÍNIO FECHADO. APENAS R$ 110 MIL, ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR 88077282/ 9336-1444 CRECI 759

AILTON - TERRENO JARDIN PETRÓPOLES II, ÓTIMO TERRENO MED. 7X30, MURADO ESCRITURADO, PROXIMO AO MAKRO. APENAS R$ 38 MIL TRATAR 8807-7282/ 93361444 CRECI 759

SERRARIA JÔ 01 – SERRARIA – O 1º a ligar é o dono! Casa nascente. Sala de estar, sala de jantar, varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, gabinete grande, WC social, cozinha, DCE, garagem, jardim (espaço p/ piscina). Toda solta! R$ 220.000,00 – Motivo: viagem! Vem que tá bom demais! Tratar pelo telefone para contatos: 8811.8410 - Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

AILTON - BARRO DURO EXC. CASA 03 QUARTOS, SUITE, ARMÁRIOS, GARAGEM 03 CARROS, MUITA ÁREA. VALOR R$ 300 MIL, ACEITO FINANCIAMENTO, TRATAR 8807-7282 /9336-1444. CRECI 759

TERRENOS VENDA CAPITAL REF: 023- TERRENO SERRARIACONDOMÍNIO fechado (Reserva Vale)numa localização altamente privilegiada, no bairro da Serraria, onde o seu compromisso é com o bom viver, junto a natureza que vai lhe proporcionar alegria, prazer e contemplação. R$ 250 mil. Tr. 9351-4440 / 8729-0144 CRECI 343.

AILTON - FAROL PRÉDIO COMERCIAL RUA CORONEL LIMA ROCHA . R$ 160 MIL, DOCUMENTADO. ACEITO TROCA, TRATAR 8807-7282 / 9336-1444 CRECI 759

LOTES VENDO OU TROCO por carro terreno no Francês, Lot. Encontro do Mar, med. 12x30. Tr.: 9949-4067/ 8803-3935.

EMPREGOS OFERECE-SE

AILTON - SERRARIA APT CONJ. JOSE TENORIO, REFORMADO, LIQUIDADO, OTIMO LOCAL APENAS R$ 80 MIL. ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR 8807-7282/ 9336-1444 CRECI 759

AILTON - PAJUÇARA OPORTUNIDADE APT BEIRA MAR. APENAS R$ 200MIL. NÃO PERCA TRATAR 8807-7282/ 9336-1444 CRECI 759

AILTON - JACINTINHO OPORTUNIDADE CASA PROX. AO TERMINAL DO CONJ. PEIXOTO. R$ 65 MIL TRATAR 8807-7282/ 9336-1444. CRECI 759

AILTON - SALVADOR LIRA CASA NA AV. PRINCIPAL, ÓTIMA PARA COMÉRCIO DE ESQUINA APENAS R$ 155 MIL APROVEITE. TRATAR: 88077282 9336-1444 CRECI 759

OUTRAS ATIVIDADES PRECISA-SE DE: projetista c/ experiência em projetos de interiores, Autocad e Promob.Tratar: 3235-1195 / 99834722 / 9661-9310.projetos@dimaredortas.com.br enviar C.V.

EMPREGOS PROCURA-SE DOMÉSTICOS

DOMÉSTICOS

PRECISO TRABALHAR DE:cozinheira e serv. Gerais.Tr.: 8719-3554

PRECISA-SE DE folguista que durma no emprego para sábado e domingo. Tr.: 8885-7064/ 96276452

VEÍCULOS VOLKS

PRECISO DE: 2 empregada domésticas, serv. Geral e que sáiba cozinhar e que durma no emprego. Tratar pelos telefones para contatos: 8885-7064/ 9627-6452.

POLO VENDO VW Polo Hatch 1.6 2005, super conservado.Tr.: 9351-6950/ 8818-8135


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

B1

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

O herói negro está de volta Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge estreia hoje, nos cinemas do Brasil, com todas as honras de última parte da trilogia épica de um dos personagens mais amados das HQs e a expectativa de um final apoteótico

JANAINA PEREIRA CinePop

O

filme mais esperado do ano chega às telas brasileiras hoje. Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge ( The Dark Knight Rises), última parte da trilogia de Batman sob o comando de Christopher Nolan, traz em suas 2 horas e 45 minutos de duração toda a expectativa de um final apoteótico para um dos personagens mais queridos das HQs. Se você tem algum temor que o filme não esteja à altura da grandiosidade dos anteriores, pode relaxar: O Cavaleiro das Trevas Ressurge é sensacional. Ok, ele tem lá seus defeitos. É tudo muito explicado, quase didaticamente, para que ninguém tenha dúvidas de nada. Personagens estabelecem relações intensas em segundos, outros têm um final menos glamouroso do que o esperado. Tudo isso, no entanto, não tira a grandiosidade do filme, que tem grandes sequências de ação e encerra a trilogia com muita dignidade. Ponto para Nolan, um diretor que já mostrou que tem competência de sobra. E ponto também para o ótimo elenco, repleto de estrelas, que inclui Anne Hathaway (Selina Kyle/Mulher Gato), Joseph Gordon-Levitt (John Blacke), Marion Cotillard (Miranda Tate) e Tom Hardy (Bane) ao lado de Christian Bale (Bruce Wayne/Batman),

Michael Caine (Alfred), Morgan Freeman (Lucius Fox) e Gary Oldman (Comissário Gordon), o quarteto que atuou em todos os três filmes sempre dando show de interpretação. A história começa exatamente onde o anterior, O Cavaleiro das Trevas (2008), parou. Harvey Dent, o Duas Caras, morreu, mas deixou, supostamente, um legado de justiça em Gothan City. Oito anos depois, a Lei Dent colocou na cadeia um bando de criminosos, Gothan é uma cidade tranquila, Batman sumiu e Bruce Wayne está recluso. Mas um mercenário cheio de má intensão, Bane, quer colocar fogo em Gothan - literalmente. O bilionário Wayne vai precisar sair de seu casulo, mesmo relutando em colocar Batman de volta às ruas. Nessa jornada, em que precisa resgatar a confiança em si mesmo e nas pessoas q u e o c e r c a m , Wa y n e / Batman acaba esbarrando e m d u a s m u l h e re s q u e podem ser decisivas em seu destino - a ladra Selina Kyle e a ambientalista Miranda Tate - e em um jovem policial, John Blake, que questiona a veracidade da idolatria a Harvey Dent. Contar mais é estragar a história, que tem suas pequenas reviravoltas, momentos que não chegam a surpreender, mas dão muito char me ao filme. Com muitos personagens e histórias a desenvolver, o longa dá espaço para todo mundo ter sua grande cena, mas é impossível não destacar o veterano Michael Caine em uma interpretação recheada de emoção, fazendo de Alfred um dos personagens mais queridos da trilogia. Tom Hardy em versão músculos a la Vin Diesel acerta o tom do seu Bane, e os que se preocupavam com a atuação de Anne Hathaway como Selina podem respirar aliviados: a atriz não tenta competir com a inesquecível Mulher-Gato

de Michelle Pfeiffer (em Batman - O Retorno, de Tim Burton - 1991) e cria sua própria versão da personagem em uma atuação correta e segura. É claro que falar de O Ca v a l e i r o d a s Tre v a s Re s s u rg e s e m e l o g i a r a atuação de Christian Bale é uma tremenda injustiça. O ator mostra, de novo,

que o uniforme do homem morcego caiu como uma luva nele e, dessa vez, tem um desafio um pouco maior: em diversos momentos Batman fica em segundo plano para evidenciar Bruce Wayne, apresentado como um homem comum, cheio de defeitos e falhas, que sempre será movido por um sentimento menos nobre: a

vingança. Dessa vez, mais do que nos filmes anteriores, vemos Wayne e suas feridas, e Bale consegue dar o tom certo a esses momentos de exposição do personagem - isso foi o que mais me agradou no filme. Sou muito fã de Batman, e sou fã justamente porque ele não é um herói com superpoderes;

ele é apenas um homem que tentar consertar o mundo a partir de uma vingança pessoal. Focar nesse lado sombrio do personagem deixou evidente que o diretor Christopher Nolan sempre soube o que estava fazendo, o que dá um encerramento épico à trilogia. Em um ano em que os heróis das HQs estiveram em alta nos cinemas, com Os Vingadores e O Espetacular Homem-Aranha, O Cavaleiro das Trevas Ressurge chega para mostrar que nessa briga quem ganha mesmo é Batman. Mesmo que Nolan e Bale jurem que não haverá outros filmes, todo mundo vai especular sobre essa possibilidade. Quando o filme acabou, já me bateu uma saudade imensa dessa bem-sucedida série, que pode ser conhecida como “o Batman de Nolan”. É de se aplaudir em pé um diretor que consegue manter o mesmo nível de interesse e qualidade com um personagem tão complexo como o homem morcego. Mas confesso que, se for para fazer algo meia-boca, é melhor parar por aqui mesmo. E, que me desculpem os fãs do Homem-Aranha, mas espetacular mesmo é o Batman.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

B2

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Variedades

Roteiro HOJE A obra musical de Lulu Santos será homenageada pela banda Social Dance e pelo cantor Lima Neto no Happy Hour Grandes Encontros. A apresentação acontece às 19h30, no Sesc-Poço. Ingressos: R$ 6 (comerciários), R$ 12 (conveniados) e R$ 15 (usuários). Mais informações: 0800 284 2440. EM CARTAZ “Rock-me”, a nova montagem do Grupo Infinito Enquanto Truque (IET), ficará em cartaz no Espaço Cultural Linda Mascarenhas, durante todos os sábados deste mês, sempre às 20h. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) à venda na entrada do Espaço Linda Mascarenhas, uma hora antes de cada sessão do espetáculo. Mais informações: (82) 8826-6266 e 9939-4974.

Apresentando os ritmos nordestinos de tradições como Bumba Meu Boi, Maracatu, Baião, Coco, Guerreiro, Pastoril e Xaxado, o compositor e percussionista Wilson Miranda encerra a temporada

Horóscopo

2012 do projeto Sextas Populares - Ano II. O show acontece no pátio externo do Teatro Deodoro, às 17h30. Entrada gratuita. Mais informações: (82) 33155665/5656.

INSTITUTO OMAR CARDOSO

WWW.OMARCARDOSO.COM.BR

Áries

Touro

Gêmeos

Câncer

20 março a 20 abril

21 abril a 20 maio

21 maio a 20 junho

21 junho a 21 julho

proveite a influência astral deste essoas nascidas sob este signo, A P dia para conhecer o maior número terão possibilidades de sucesso possível de pessoas. As amizades que de algum modo. As influências dos

ia propício para tratar de assuntos ia em que enfrentará algumas oposições e dificuldades impostas D De militares. importantes com autoridades civis por parentes, familiares e vizinho. Não Não entre em conflito com

fizer hoje vai lhe trazer vantagens. Dia promissor para tudo em geral. Procure conhecer melhor seus colegas de trabalho bem como os familiares.

filhos ou pais e pessoas que dizem ser amigas. Ótimo ao romance. Excesso de exigência para com as pessoas demasiadamente sensíveis. Saúde estável.

luminares lua e sol prometem êxito. Boa indicação para a vida sentimental a partir de agora. Viverá uma boa fase astral no próximo período.

se preocupe, pois com autoconfiança e inteligência sairá vencedor. Bom ao casamento ou união. Ocorrências dispersivas, poderão desviar sua atenção dos compromissos.

Leão

Virgem

Libra

Escorpião

22 julho a 22 agosto

23 agosto a 22 setembro

23 setembro a 22 outubro

23 outubro a 21 novembro

ia em que deverá tomar cuidado ia que lhe propicia alguns resultados uita atividade profissional e êxito udo indica que você alcançará Dmissos. D M T com escritos e ao assumir comprosatisfatórios, principalmente em nos negócios e novos empreensucesso em tudo que empreender Verifique antes suas condições. se tratando de planos para o futuro. dimentos sociais, estão previstos para ou imaginar. Dê continuidade ao que A saúde, nesta fase, necessita de maior atenção, bem como o campo profissional e social. Não é um dia favorável para tratar de assunto familiares.

Todavia, deverá desconfiar de quem quer que seja, e evitar desordens que possam afetar sua moral. Momento bom para entabular negócios.

você neste dia. Ótimo estado mental o que lhe dará mais rapidez ao ter que tomar decisões importantes.

tem que fazer. Faça-o com o máximo de entusiasmo e otimismo. Deixe de lado a melancolia e o pessimismo. Cuide de sua aparência.

Sagitário

Capricórnio

Aquário

Peixes

22 novembro a 21 dezembro

22 dezembro a 20 janeiro

21 janeiro a 20 fevereiro

21 fevereiro a 20 março

everá evitar discussão, atritos e Dpessoas disputas com autoridades e com de boa disposição. Por outro

ocê tem inclinação para as ia que terá sucesso em tudo que ense positivamente e não se intimide Va filosofia, D P pesquisas profundas, a medicina, está relacionado com o ensino e a diante das dificuldades que terá, a ciência. Procure convergir educação de crianças, jovens e mesmo neste dia. Haja conscientemente, que

lado, o dia lhe é prometedor de êxito em novas associações e no trabalho. Cuide da sua saúde. Não viaje. Até depois de amanhã, algo poderá dar muito lucro.

tudo isto para o terreno prático, sólido, rendoso. Não fique no mundo dos sonhos. Seja sincero no amor. Conte com a compreensão da pessoa amada.

pessoas adultas. Forte tendência à especulação e muito sucesso nos negócios. Excelente aspecto astral para iniciar negócios e empreendimentos de vulto.

conseguirá resolver todos os seus problemas mais sérios. Êxito romântico e em negócios com o sexo oposto.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

Dois

B3 www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Variedades

TV TV ALAGOAS - SBT Canal 5 06h00 - Jornal do Sbt Manhã 07h00 - Igreja Universal 08h00 - Carrossel Animado com Patati Patatá 09h30 - Bom Dia & Cia 10h00 - Igreja Mundial 12h00 - Plantão Alagoas 13h35 - Igreja Universal 13h15 - Eu, a Patroa e as Crianças 14h30 - Pequena Travessa 15h30 - Marisol 16h00 - Maria Mercedes 16h30 - Maria do Bairro Último Capítulo 17h10 - Tenha Estilo 17h15 - Casos de Família 18h30 - Chaves 19h45 - Sbt Brasil 20h30 - Carrossel 21h15 - Programa do Ratinho 22h45 - Tela de Sucessos Filme: Mr. Nice Guy Bom de Briga Elenco: Jackie Chan, Richard Norton, Mike Lee e Karen Mclymont Gênero: Ação 00h30 - Jornal do Sbt Noite 01h15 - Dois Homens e Meio / Two And a Half Men 02h30 - Tele Seriados I Série: Sobrenatural / Supernatural 04h00 - Encerramento da Programação

heróis os neoconcretos Lygia Clark e Hélio Oiticica, artistas que se exilaram. “Queria sair do Oiticica e da Lygia Clark. Só se fala deles aqui, nos Estados Unidos”, diz Calirman. “Meu foco é em quem ficou. Há muito interesse nos exilados e pouco se fala dos que ficaram no País”. Ela, então, centra atenções em atos específicos de Barrio, Manuel e Meireles, começando pelas célebres trouxas ensanguentadas do primeiro. Antonio Manuel é lembrado pelo momento em que tirou a roupa e desfilou nu pelo Museu de Arte

Moderna do Rio quando foi rejeitado pelo Salão da instituição - ele tentara inscrever seu próprio corpo como uma obra de arte. No caso de Meireles, as garrafas de Coca-Cola e cédulas de dinheiro que fez circular com mensagens políticas são analisados como seus trabalhos mais potentes na época. Um ponto em comum entre os três seria a tradução de uma linguagem plástica de vanguarda, de trabalhos com o corpo ou inseridos na natureza, ao contexto de exceção então em vigor no Brasil.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Ampère (símbolo) A propaganda percebida apenas no subconsciente

Forma dramática da qual Chaplin era especialista Dígrafo de "nascer"

© Revistas COQUETEL 2012

Assassino como Jason Voorhees, dos filmes de terror "Sexta-Feira 13" Linha (abrev.) Urna, em inglês

Um dos motivos do crime passional

Bicho de pelúcia do quarto de meninas

Exerce as funções de criado

O estilo Banheira, de vida do em inglês caipira Chá, em espanhol "Nacional", em PNB (Econ.)

TerreComplemotos menta o benefício Próximo, em inglês do INSS

Saudação esotérica O dia decisivo Cidade paulista próxima a Bauru

Esburacados; rasgados Renata Sorrah, atriz carioca

Acidente Vascular Encefálico (sigla) Homem, em inglês Construção de Noé

O Navio dos Sonhos (Cin.)

Variante de um idioma

Nelson Mandela, o Pai da Pátria da moderna África do Sul Arco, em francês

A da Liberdade situase em Nova York Reprodução Enguia, em inglês Qualquer tipo de camada (p. ext.)

Atencioso Ladeira íngreme Sulcar (a terra) Interjeição de alegria

Classificação universal do incesto

Investiga políticos corruptos (sigla) Cuidadora de crianças Clarão

BANCO

Artigo e numeral (Gram.)

B A B A (?)-shirt, tipo de blusa unissex

(?) qual: igual Rua (abrev.)

Número (?): 1, 3, 5, 7 ou 11 (Mat.)

117

Solução P N A R E R E V A I R D AV E M A N N I C I A R PA R A R C P I M V C I A D L A N A

Verbo de ligação Resistência Tipo de dieta que prescinde da carne

Prefixo de "anticorpo" Para de falar

A

N

uma manhã de abril de 1970, aqueles que passeavam por um parque de Belo Horizonte encontraram trouxas ensanguentadas, carne e ossos em lençóis à beira do rio. Chamaram a polícia, e as 14 trouxas foram recolhidas

dos torturados. É ambíguo, chocante”. Escrito em inglês e com lançamento no País previsto para agosto, “Brazilian Art Under Dictatorship” tem como ponto de inflexão a instituição do AI-5, em 1968, época de recrudescimento da repressão. Nesse momento, a obra de Artur Barrio, Antonio Manuel e Cildo Meireles é revista como resposta à censura e ao medo instalado pelo regime. Embora sejam artistas de peso, a escolha desses três pela autora destoa da bibliografia já produzida sobre o período, que escolheu como

S M I S I M O R S O T A O R S C A O B A A N T R I

TV MAR NET - Canal 25 08h00 - Cinemar 09h00 - Palavra Amiga 10h00 - Big Sports 11h00 - Cidade Aflita 12h00 - Almoço C/ Notícia 13h30 - Sobre Rodas 14h00 - Momento Vip 14h30 - Igreja El-Shaddai 15h30 - Informe Cesmac 16h00 - Info Ação Parlamentar 16h30 - Programa Mix 17h00 - Canal Legal 18h00 - Programa do Caique 18h30 - Palavra Amiga 19h30 - Big Sports 20h30 - Cidade Aflita 21h30 - Almoço C/ Notícia 23h00 - Sobre Rodas 23h30 - Momento Vip 00h00 - Igreja El-Shaddai 01h00 - Informe Cesmac 01h30 - Info Ação Parlamentar 02h00 - Programa Mix 02h30 - Canal Legal 03h30 - Programa do Caique 04h00 - Palavra Amiga 05h00 - Big Sports 06h00 - Cidade Aflita 07h00 - Almoço C/ Notícia

SILAS MARTÍ Folha Online

para perícia. Eram 20 quilos de carne de vaca em putrefação que o artista Artur Barrio espalhou pelo parque como obra de arte, sem assinatura. Um a i m a g e m d e s s e trabalho está agora na capa de um livro lançado nos Estados Unidos por Claudia Calirman, historiadora brasileira radicada em Nova York, sobre a arte brasileira produzida durante o regime militar, desde o golpe de 1964 até 1985. “Esse é o trabalho mais visceral desse período”, diz Calirman. “Não sabe se são pessoas ou animais. Tem a coisa dos desaparecidos,

C U B L I R U U N T O M T E C N A L E T M T I P I A E L E S T S T R A T R B A E L U T UM U G E T A

TV EDUCATIVA - TVE Canal 3 06h30 - Caminhos da Reportagem 07h30 - Expedições 08h00 - Repórter Brasil Manhã 08h45 - S.O.S. Sônia 09h00 - Barney e Seus Amigos 09h30 - Inami 10h00 - Um Menino Muito Maluquinho 10h30 - Janela Janelinha 11h00 - Os Pézinhos Mágicos de Franny 11h30 - A Turma do Pererê 12h00 - Pauta Especial (Local) Reprise 12h30 - Faixa Musical (Local) 13h00 - Pingu 13h30 - Louie 14h00 - Dango Balango 14h30 - Vila Sésamo 15h00 - Anabel 15h15 - Escola Pra Cachorro 15h30 - Cocoricó na Cidade 15h45 - Curta Criança 16h00 - Sem Censura 17h30 - Diverso 18h00 - Estúdio Móvel 18h30 - Karku 19h00 - Vida de Estagiário 19h30 - Programa Especial 20h00 - Vida de Artista – Estreia 20h30 - De Lá Pra Cá 21h00 - Repórter Brasil Noite 22h00 - Nova África 22h30 - Programa de Cinema 00h15 - Cine Ibermédia 02h00 - Sem Censura 03h30 - Aglomerado 04h30 - Telecurso Ensino Médio 04h45 - Telecurso Ensino Fundamental 05h00 - Telecurso Tecendo o Saber 05h30 - Samba na Gamboa Primeira Temporada

Publicação traz referências à produção artística desde o Golpe de 1964 aos anos 80

A S O S P A S S D I N C O E M E S S E R I V E

TV PAJUÇARA - RECORD Canal 11 06h48 - Alagoas Rural 06h55 - Pajuçara Auto 07h00 - Jornal da Pajuçara Manhã 08h40 - Fala Brasil 10h00 - Hoje Em Dia 12h00 - Fique Alerta 13h50 - Feito Pra Você 14h15 - Ponto de Luz 14h30 - Tudo A Ver 17h00 - Olimpíada Cerimônia de Abertura 19h45 - Jornal da Record 20h30 - Rebelde 21h15 - Tudo A Ver 22h15 - A Fazenda 5ª Temporada 23h15 - Máscaras 00h00 - Câmera Record 01h15 - Fala Que Eu Te Escuto 02h00 - Ponto de Luz

Arte brasileira no regime militar é tema de livro

2/té. 3/arc — eel — man — tub — urn. 4/near. 5/ciúme. 7/estrato — titanic.

TV GAZETA - GLOBO Canal 7 04h50 - Sagrado 04h52 - Telecurso Educação Básica Tecendo o Saber 05h10 - Telecurso Profissionalizante 05h25 - Telecurso Ensino Médio 05h40 - Telecurso Ensino Fundamental 05h55 - Globo Rural 06h30 - Bom Dia Alagoas 07h30 - Bom Dia Brasil 08h30 - Mais Você 09h55 - Bem Estar 10h40 - Encontro com Fátima Bernardes 12h05 - AL TV - 1ª Edição 12h50 - Globo Esporte 13h20 - Jornal Hoje 13h50 - Vídeo Show 14h40 - Vale a Pena Ver de Novo Chocolate com Pimenta 16h05 - Sessão da Tarde Filme: Shrek 17h48 - Globo Notícia 17h51 - Malhação 18h20 - Amor Eterno Amor 19h10 - AL TV - 2ª Edição 19h30 - Cheias de Charme 20h30 - Jornal Nacional 21h10 - Avenida Brasil 22h20 - Globo Repórter 23h25 - Gabriela 00h10 - Jornal da Globo 00h45 - Programa do Jô 02h00 - Som Brasil 02h50 - Corujão do Esporte 03h30 - Corujão I

Artistas plásticos, Artur Barrio e Cildo Meirelles são lembrados pela irreverência de suas obras durante o período


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

B4

Social

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Inside

Por Marcos Leão inside@ojornal-al.com.br

Arquivo

Sílvio Romero

Chico Brandão

PODERIO FEMININO | Tâmara Reis Pimenta, além de bela, é o orgulho de seus pais, Rubens e Eda Pimenta, por ter sido aprovada em 1° lugar no curso de Biomedicina na Fits. Parabéns, linda!

Já imaginou unir a poesia de Ledo Ivo com a música de Djavan? Pois isso vai acontecer no novo evento do projeto “Em Maceió chove poesia”, que fará um diálogo entre a poesia de Lêdo e a música de Djavan. Diferente do sarau poético Papel no Varal, em que o palco é aberto para que o público fale poesias, em Djavaneando Lêdo a obra poética de Lêdo Ivo será interpretada pelo também poeta e idealizador do projeto, Ricardo Cabús. Já Djavan será cantado por Igbonan Rocha, acompanhado pelos músicos Jucélio Souza, no sax e na flauta, e Altair Roque, ao violão. O evento acontece no próximo dia 30, às 20h, no Maikai Choparia.

Dias de muita paz – e de hype também – para Daniela Aguilar, Rogério Aguilar e Vera Gamma. As coisas estão se saindo melhor do que a encomenda para eles. É que no próximo dia 31, às 20h, na Pinacoteca Universitária, na Praça Sinimbu, será aberta a exposição “Portal Memória”, com assinatura desses novos (e incríveis, claro!) talentos da cena cultura de Alagoas. Por lá, também haverá o lançamento do livro Esta Rua é Minha, Esta Rua é Nossa.

Compromisso

FESTEJANDO | Competente e querido por gregos e alagoanos, o pneumologista Arthur Gomes Neto, um dos mais pontuados da sua área, festeja hoje mais um aniversário, recebendo mil e uma homenagens de familiares e amigos da diretoria da Santa Casa de Maceió

CELEBRAÇÃO | Queridíssima colunista Jacira Leão arma, hoje, festão daqueles ao estilo indiano de ser para a ala mais vip da cidade para festejar os seus 39 anos de colunismo social, no Armazém Uzina. Parabéns!

A agenda de Teotônio Vilela está, digamos, abarrotada. De encontro com autoridades de outros países a reunião com o ministro da Segurança Institucional da Presidência da República, general José Elito, o governador conversou sobre o Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin). Na reunião, o general explicou o funcionamento do sistema, que acumula informações sobre todos os estados brasileiros. Segundo ele, são 700 cenários no País acompanhados pelo Sisbin, que permite subsídio de informações diversas para a presidenta Dilma Rousseff. Boa!

Chiqueria

em cena

Quem anda curtindo as celebrações da vida é Ana Omena, Cecília Rodrigues, Paulo Magalhães e Sérgio Costa. O motivo? Eles festejaram, ontem, mais um aniversário. Inside, claro, deseja ainda mais felicidades. Viva! Carol Sampaio, embarcando para São Paulo em busca de novidades de bijus de luxo para o seu novo Espaço Novis, com endereço no Stella Maris. Paula Meira embarcou para Nova York para dias de descanso, e na próxima semana é João Marinho quem vai à Big Apple, a trabalho. Linda que só ela, Bruna Toledo reúne a chiqueria em peso, hoje, às 20h, para festejar idade nova, com jantar pilotado pelo chef Romildo Sousa, no Boteco Praia. Fina!

De olho no lance Teotonio Vilela não para! O governador homenageou, ontem, os militares do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado que representaram Alagoas no 14º Contingente da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti. A solenidade contou com a presença do ministro de Segurança Institucional da Presidência da República, general José Elito. Estamos de olho!

Roteiro Agosto chegando e a turma alagoana que não vive sem um snowboard só esperando a neve cair pelas bandas do Chile para começar a temporada nos centros de ski da Cordilheira dos Andes. Entre as montanhas preferidas da turma, as de Valle Nevado, El Colorado e Termas de Chillán, e entre os que vão fazer suas manobras na ‘tabla’, João Souto, Paula Torres, Marilia Campos, Hélio Bernardes, Carlos Gomes e Patrícia Amorim, etc.

Avental de luxo Responsável por levar o melhor da gastronomia aos clientes do luxuoso Hotel Hermitage, na Cervínia, o italiano Roberto Pession, acostumado a cozinhar para paladares sofisticados como as atrizes Julia Roberts e Sharon Stone, que costumam se hospedar por lá, desembarcará no Brasil na próxima sexta-feira (3), para participar da oitava edição do evento gastronômico Ciclo de Chefs, no resort Ponta dos Ganchos, em Santa Catarina. Depois, o chef aterrissa, por aqui, para curtir uma temporada de férias na praia de São Miguel dos Milagres. Chique!

FINESSE | Ana Sampaio, sempre bela, figurando entre as mulheres mais finas e elegantes da sociedade alagoana

Tela Com um trabalho primoroso produzido a partir de colagem de pastilhas de vidro sobre madeira e cerâmica, a artista plástica Vegas Leão arma sua primeira expor no restô Santorégano, em Riacho Doce, hoje, às 18h. Ah, detalhe: a exposição conta com mais de 40 peças, com destaque para as peças com inspiração no folclore alagoano, reproduzindo cenas do Guerreiro. Também chamam a atenção as séries “retratos” e “mandalas”. Todos feitos com a mesma técnica. Imperdível, não é?!

Arquivo

Expor das boas

(Studio Carnaúba

Made in Alagoas

Todo ele Luiz Fernando Samico, conhecido como Samiquinho, lidera a turma jovem que badala na cidade rumo ao feriado de 7 de setembro na praia de Pipa. Por lá, ele promete que o agito não vai parar nem por um minuto. Serão três festas: no dia 6 de setembro, o DJ Mário Fischetti comanda as carrapetas. No dia seguinte é a vez da segunda edição da festa Ballantine’s Journey com os DJs Sunnery James & Ryan Marciano, mas antes Samiquinho planeja uma pool party com um top DJ internacional, que ainda será confirmado no Lago Hotel, em Tibau do Sul.

MUI BELA | Representando a beleza feminina made in Alagoas, a belíssima e jovem empresária de moda Marcela Chaves em momento de puro glamour para lentes de Inside

Cofre Só Inside mesmo para saber: a coluna ficou sabendo que dois novos empreendimentos devem aportar em Maceió. Juntos, os dois novos negócios vão gerar mais de 200 empregos diretos nos três primeiros anos. Entre as empresas está a Surveillance, com um investimento no total de mais de R$ 11 milhões e tem como objetivo a fabricação e comercialização de equipamentos eletrônicos para sistemas de segurança. Sua localização definitiva está prevista para o núcleo industrial Bernardo Oiticica. Que tal?!

Passeio A missão do Instituto de Hidráulica Ambiental da Universidad de Cantabria encerrou sua visita preliminar, por aqui, com um passeio ao Complexo Estuarino-Lagunar Mundaú-Manguaba. Acompanhados de uma equipe do superintendente de Meio Ambiente da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Anivaldo Miranda, e de um grupo liderado pelo diretor-presidente do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Adriano Augusto, os técnicos da universidade espanhola fizeram o reconhecimento da área, que será foco de uma das ações realizadas pelo IH Cantabria em Alagoas.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

S

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

Patrulheiros no Congo têm a missão que tentará salvar famílias de gorilas

Faltam locais para o descarte correto de lixo tóxico 2

7

Sustentabilidade Eduardo Leite

Lixo hospitalar Das unidades de saúde à sua casa, saiba como descartar os resíduos de forma correta

4, 5 E 6


2

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

Sustentabilidade

DESCARTE

Coleta de lixo tóxico ainda é desafio para o Brasil De acordo com a lei, os fabricantes, importadores e revendedores de produtos que podem causar contaminação devem recolhê-los MARIANA BRANCO Agência Brasil

O

descarte de lixo passível de liberar substâncias tóxicas ainda é um problema para o país, apesar de já haver legislação regulamentando o assunto. De acordo com a Lei n°12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, os fabricantes, importadores e revendedores de produtos que podem causar contaminação devem recolhê-los. Mas dois anos após a regra estar em vigor, os cidadãos dispõem de poucos locais adequados para jogar fora pilhas e baterias; pneus; lâmpadas fluorescentes e embalagens de óleo lubrificante e de agrotóxicos. A lei recomenda que haja acordos

setoriais e termos de compromisso entre empresários e o Poder Público para implantar o sistema de devolução ao fabricante no país, prática conhecida como logística reversa. O primeiro passo nesse sentido foi dado apenas no final do ano passado. Em novembro de 2011, o Ministério do Meio Ambiente publicou edital de chamamento para propostas referentes ao descarte de embalagens de óleo. No início deste mês, o órgão lançou mais dois editais: um diz respeito a lâmpadas fluorescentes e o outro a embalagens em geral. No caso das embalagens de óleo, as sugestões continuam sendo debatidas. Quanto aos outros dois editais, segue o prazo de 120 dias para que entidades representativas, fabricantes, importadores, comerciantes e distribuidores enviem propostas à pasta. Enquanto não há um sistema estruturado para destinação de resíduos perigosos, os consumidores continuam fazendo o descarte junto com o lixo comum ou são obrigados a recorrer a iniciativas pontuais de organizações não governamentais (ONGs)

Em Brasília, o Serviço de Limpeza Urbana disponibiliza 13 pontos para entrega de pilhas e baterias

Lâmpadas fluorescentes são alguns dos lixos tóxicos que são recolhidos como lixos comuns

e empresas para fazer a coisa certa. “Alguns pontos comerciais se preocupam em fazer pequenos ecopontos para receber pilhas e baterias, mas é muito diminuto”, avalia João Gianesi Netto, vice-presidente da Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública (ABLP). De acordo com Netto, houve um movimento da própria indústria no sentido de fazer o recolhimento antes de haver legislação específica, pois a maior parte dos produtos é reaproveitável e tem valor agregado. Mas, na opinião dele, a informação sobre como realizar a devolução não é satisfatoriamente repassada às pessoas. “Eu não estou vendo que estejam procurando instruir o cidadão”, avalia. A pesquisadora em meio ambiente Elaine Nolasco, professora da Universidade de Brasília (UnB), diz que as atitudes de logística reversa no Brasil são dispersas. “Está dependendo de algumas localidades. Geralmente são ONGs e cooperativas que têm esse tipo de iniciativa. Em alguns casos há participação do Poder Público, como no Projeto Cata-Treco, em Goiânia”, exemplifica ela,

referindo-se a um programa da prefeitura daquela cidade em parceria com catadores de lixo. O governo do Distrito Federal também instituiu um sistema para recolhimento de lixo com componentes perigosos. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) disponibiliza 13 pontos para entrega de pilhas e baterias, espalhados por várias regiões administrativas do DF. A relação de endereços está disponível na página do órgão na internet. Elaine Nolasco lembra que o risco trazido pelo descarte inadequado de pilhas, baterias e lâmpadas está relacionado aos metais pesados presentes na composição desses produtos – desde lítio até mercúrio. “Pode haver contaminação do solo e do lençol freático”, diz. A Lei n° 12.305 estabelece, de forma genérica, que quem infringir as regras da Política Nacional de Resíduos Sólidos pode ser punido nos termos da Lei n° 9.605/1998, também conhecida como Lei de Crimes Ambientais. Assim, elas podem ser denunciadas às delegacias de meio ambiente das cidades ou ao Ministério Público.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

3

Sustentabilidade

Recicle

Rolhas de vinho

Visão ambiental

Prêmio 2ª edição do Prêmio de Inovação em Seguros Antonio Carlos de Almeida Braga 2012, criado pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (Cnseg), foca nas iniciativas sustentáveis no setor.

A

Sustentabilidade O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros vai premiar as iniciativas do setor voltadas para a sustentabilidade, onde serão observadas questões ambientais, sociais e de governança (ASG) que sejam relevantes para o negócio de seguros.

Inovação O Prêmio Antônio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi lançado em 2011 pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg), visando reconhecer o trabalho dos securitários e corretores, que contribuem para a inovação no mercado. Os responsáveis pelos cases vencedores (1º, 2º e 3º lugares) receberão troféus e prêmios em dinheiro nos valores de R$ 15 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil.

Até 5 de agosto As inscrições podem ser feitas até 5 de agosto pelo endereço eletrônico premioseguro2012.com.br.

O artista Scott Gundersen reutiliza rolhas de vinho para fazer retratos em grande escala. Cada rolha é fixada em uma tela, e o artista usa as manchas de vinho em colorações diferentes para fazer os traços dos desenhos. Os quadros necessitam entre três e nove mil rolhas cada um, dependendo do tamanho. Para mais informações sobre o artista, acesse o Facebook (https://www.facebook.com/scottgundersen.art).

Muitas empresas usam caixas de papelão para transporte de objetos, mas nem sempre o papelão precisaria ser descartado depois do uso. Momentos como mudanças, transporte de produtos entre filiais, armazenagem interna, pinturas e reformas, por exemplo, não exigem a utilização de caixas novas. Assim, surgiu em meados da década de 70 a empresa Caixa de Papelão Deise. Segundo Alexandre Padilha, diretor da empresa, a história começou com seu pai, que organizava o serviço de reutilização de caixas de madeira no transporte de frutas e legumes no Mercado Municipal de São Paulo. Com o tempo, começaram a surgir as caixas de papelão, que também começaram a ser reutilizadas. “Primeiramente foram caixas de frutas e legumes e logo apareceram alguns clientes de outras atividades como: pequenos comércios de diversos segmentos, confecções de roupas e similares, pequenas indústrias, etc”, explica Alexandre. Quando Alexandre assumiu a gerência da empresa, colocou em prática a visão ambiental e multiplicou o comércio das caixas já utilizadas. “Utilizando uma caixa seminova (remanufaturada ou reutilizada) deixa-se de usar não somente uma caixa nova (papel novo) mas poupa-se água, energia, e ainda deixa de usar cloro e soda caustica, produtos utilizados na reciclagem de papelão”, acrescenta Alexandre. Depois de chegarem na empresa, as caixas passam por um processo de análise, em que são descartadas aquelas que não podem ser reutilizadas (apenas duas a cada 1000 caixas em média). Outras precisam ainda passar por pequenos reparos para serem reinseridas no mercado. As que não são reutilizadas são encaminhadas para reciclagem. Mais informações no site da Caixa de Papelão Deise. (http://www.caixadepapelaodeise.com.br)


4

O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JU

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

Sustentabilidade

CAPA Eduardo Leite

Resíduo hospitalar:

na rota do bisturi Acompanhamos toda a rotina do material descartado de hospitais para saber qual o seu destino correto para não poluir o meio ambiente EDUARDO LEITE estagio@ojornal-al.com.br MARCOS MOREIRA

N

o tempo das chuvas que acarretam a proliferação de um mosquito perigoso, o Aedes Aegypti. Nesses momentos, os hospitais e postos de saúde superlotam de pessoas em busca de atendimento devido aos sintomas da dengue. Aumentam o número de pacientes internados, acarretando em maior uso de seringas, remédios, luvas médicas, máscaras, injeções, transfu-

sões e assim por diante. Nas chuvas em Alagoas, acontecem os deslizamentos, maior índice de acidentes por derrapagens nas rodovias. E lá se vão outras seringas, máscaras, luvas, remédios transfusões, uma produção de lixo hospitalar que nunca tem fim. Mas, afinal, qual o destino desses materiais descartados pelos serviços de saúde? “Deveria ir para um grande tubo no aterro sanitário onde

seria queimado. É isso?”, arrisca a professora Zoélia Pinto sem saber ao certo se o que está falando é algo que realmente a convence. “Vai por lixo hospitalar. Depois é enterrado? Não é não?”, tenta a dona-de-casa Sandra Calixto. As perguntas, em geral são respondidas com afirmações. Entretanto, ao falar de lixo hospitalar, a dúvida sobre seu destino é tanta que gera outras indagações ainda mais incer-

tas do que a pergunta inicial. Aonde vai parar toda essa montanha de material descartado pelas unidades de saúde? E em Alagoas, esse trabalho é realizado a contento? Antes de seguir por esse caminho, a reportagem faz uma intervenção necessária para saber como as entidades competentes regulam a gestão do lixo hospitalar e como esse material é definido e visto pelos dispositivos legais.

terápicos vencidos ou deteriorados; Ainda de acordo com o órgão, os serviços de saúde são responsáveis pelo gerenciamento dos resíduos que produzem. “Desde a sua geração até a disposição final” (Conama, Resolução n°5/93). O objetivo dessas normas é desonerar o Estado, de obrigá-lo a fornecer a coleta, e criar dispositivos de biossegurança, uma vez que o material descartado é considerado de risco à saúde pública e ao meio ambiente. Não fogem dessa

regra consultórios médicos ou odontológicos, hospitais clínicas, postos de saúde, laboratórios, farmácias, hemocentros e centros de pesquisa em saúde. E o que faz dos RSS tão perigoso é o seu grau de contaminação, por, muitas vezes, terem contato direto com o organismo humano e animal. Assim, qualquer descumprimento a essas normas resultam em crime ambiental. Em Alagoas, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a Vigilância Sanitária Municipal

e a Estadual, além da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) fazem periodicamente fiscalizações nos grandes hospitais do Estado para saber como andam os cumprimentos dessas normas. Não à toa, a Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) foi citada em um processo criminal por um motorista, funcionário da instituição, ter sido flagrado jogando resíduos em um terreno baldio em Maceió, no mês de fevereiro deste ano. E.L./M.M.

Lixo ou resíduo? Existem hoje algumas regras estabelecidas por órgãos fiscalizadores sobre o lixo hospitalar, principalmente pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A primeira informação a ser considerada dessas instituições, inclusive, é a nomenclatura. O lixo hospitalar é sempre referido como Resíduos Sólidos proveniente dos Serviços de Saúde (RSS), por isso vamos utilizar, a partir de agora, essa denominação e não mais o

termo popular. O Conama (Resolução n° 283/01) define RSS como aqueles: - provenientes de qualquer unidade que execute atividades de natureza médico-assistencial humana ou animal; - provenientes de centros de pesquisa, desenvolvimento ou experimentação na área de farmacologia e saúde; - provenientes de necrotérios funerárias e serviços de medicina legal; - provenientes de barreiras sanitárias e - medicamentos e imuno-


ULHO DE

2012 l SEXTA-FEIRA

5

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

O gerenciamento dos resíduos sólidos provenientes do HGE Eduardo Leite

Com a média de produção de 400Kg de resíduos sólido proveniente de serviços hospitalares, o Hosptital Geral do Estado (HGE) é hoje o maior produtor de RSS em Alagoas. O peso é equivalente a 16 bombonas – grandes recipientes que comportam até 25 Kg de lixo. Luzia Cedrim, administradora responsável pela Coordenação de Resíduos do Hospital, revela o esforço diário de manter o “contaminado” longe do resíduo comum, mas o tamanho da unidade e a precariedade da estrutura que hoje conta, esbarra na burocracia do serviço público. Para se ter uma ideia, boa parte dos lixeiros estão fora do padrão determinado pelas agências de vigilância, sem identificação nem pedais. Uma licitação realizada em 2009 para a compra de novos lixeiros só teve a verba liberada dois anos depois, tendo a

empresa vencedora se negado a fazer a entrega da quantia pedida devido ao preço inflacionado no decorrer do tempo. “Ai fizemos uma nova licitação em 2010, outra em 2011”, explica Cedrim. O HGE conta atualmente com dois profissionais responsáveis pela coleta do resíduo contaminado, mas o número é mais alto tendo em vista as pessoas que participam indiretamente do recolhimento. Luzia tem na ponta da língua a ideal rotina do resíduo pelo hospital: “Primeiro uma pessoa da limpeza leva o cesto exclusivo de ‘contaminados’, identificados pela sacola branca, para os ambulatórios onde recolhe tudo e retorna com o carrinho para os abrigos temporários (localizados um em cada ala do HGE). Depois um dos responsáveis pelos ‘contaminados’ passa em todos os abrigos vestido apropriadamente e leva para o abrigo

Bombonas recebem os resíduos que são transportados para incineração

definitivo, onde é coletado pela Serquip. Isso acontece 5 vezes ao dia”. Na prática, a rotina não se configura bem assim. “Às vezes eles pegam a sacola de lixo com a mão e levam pelo corredor até o abrigo temporário. Temos que ficar de olho para evitar”, revela. Ao andarmos pelo

hospital outras cenas também chamavam a atenção. Lixeiros de resíduos hospitalares sem tampa tendo às vezes luvas usadas no chão. Em um ambulatório havia uma sacola branca jogada no chão, aberta e bem à vista. Dentro dela, embalagens de salgadinho e copos (resíduo comum) misturados com

máscaras e luvas descartadas. “É melhor pecar pelo excesso. Pior seria o contrário: resíduo hospitalar em lixeiras comuns”, minimiza Luzia. E este “contrário”, que se refere Luzia, já aconteceu com ônus e desgaste para sua imagem e para o hospital. Em uma fiscalização realizada pela Slum uma mão humana foi encontrada em meio ao lixo comum em um container “Cheguei a ser ameaçada pelo funcionário da empresa dizendo que iria me prejudicar por causa dessa mão”. O problema foi contornado depois que Luzia tentou explicar a situação complexa da gerência dos resíduos do HGE. Até hoje não se sabe se o inquiridor aceitou as explicações da profissional, mas o fato é que não mais procurou a unidade para fazer qualquer tipo de reclamação. E.L./M.M.

Eduardo Leite

Funcionário deve estar protegido para receber o lixo hospitalar


6

O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

Sustentabilidade Eduardo Leite

O destino final do resíduo Ao sair do campo de atuação de Luzia, os resíduos ficam sob a responsabilidade de Robertisson Kall, Coordenador de Operações da Serquip, empresa que faz a coleta dos detritos contaminados. De sua sala, Kall avista todo o processo de chegada até a incineração do resíduo. Antes de chegar à sala-controle de Kall, no entanto, o visitante pode se impressionar com algumas normas, digamos, incomuns à rotina de um cidadão disperso. As regras, claro, são habituais àqueles que trabalham em locais considerados de risco. “Estaciona ‘de ré’, por favor, pois em caso de acidente fica mais fácil para sair daqui”, orienta um funcionário no estacionamento da empresa. Depois, ao passar pela portaria a caminho da recepção outro espanto com o que informa uma placa “Estamos trabalhando há 102 dias sem acidentes com afastamento”. Lá dentro, um grande galpão com centenas de sacolas cheias de resíduos retirados das bombonas que vieram de várias clínicas e hospitais de Alagoas (essa é a única empresa do Estado com licença ambiental para o manuseio do material contaminado). Ao todo, 52 municípios são atendidos pelos cinco veículos que fazem a locomoção dos resíduos. “Muitas vezes um único carro tem 150 pontos para fazer coleta na sua rota”, revela Robertisson, enquanto olha o galpão para acompanhar a movimentação dos funcionários que manuseiam as bombonas e retiram o material

que será levado ao incinerador. Ao chegar na empresa o caminho do detrito hospitalar é um: a incineração. Quando chegam é feita a segregação, sendo os produtos com maior grau de contaminação ganhando prioridade no manuseio (por exemplo, seringas são queimadas antes dos frascos de remédio). Após a segregação, elas entram câmara primária onde são aquecidos à 850°C e depois passam para câmara secundária onde a temperatura chega à 1250°C. Para garantir a segurança, as cinzas passam por um lavador super aquecido “para derrubar partículas contaminadas que ainda sobram”. Essas cinzas são enviadas para um aterro sanitário específico para RSS em Igarassu, cidade localizada no estado de Pernambuco. O cuidado é tão grande que todos os funcionários que lidam diretamente com os resíduos trajam botas, luvas, máscara, avental, óculos de proteção e protetor facial. Além disso, os funcionários da Serquip têm que estar sempre saudáveis para o trabalho, já que o contato com os resíduos pode desencadear alguma doença. Por isso a empresa faz regularmente campanhas de vacinação e tem convênio com clínicas que fazem exames periódicos nos funcionários. “Aqui só se trabalha se estiver totalmente saudável. Se o funcionário chega com uma gripezinha que seja, é mandado para casa para que não corra o menor risco”, assegura Robertisson. E.L./M.M.

Em Maceió, os pontos de coleta estão presentes no supermercado Extra e nas farmácias de manipulação da rede Alfarma

Robertisson Kall explica que os funcionários da Serquip têm que estar sempre saudáveis para o trabalho, já que o contato com os resíduos pode desencadear alguma doença

Avanço no tratamento de resíduos De acordo com Robertisson, a empresa deve implantar um o sistema de tratamento de resíduos por meio da autoclave. Refere-se a um sistema térmico que consiste em esterilizar o material, mantendo-o sob pressão à temperatura elevada, através do contato com o vapor d’água. Em seguida, o lixo é triturado e pode ser descartado em aterros comuns.

Por meio da autoclave, assim, o RSS seria compactado e não precisaria mais se deslocar até Pernambuco para que pudesse ser depositado em um aterro, o que facilitaria e baratearia o processo de tratamento de resíduos hospitalares. “A previsão é de que o sistema seja implementado aqui até o fim do ano”, confirma Robertisson. Porém, mesmo com o

sistema de autoclavagem implementado, a incineração não pararia de acontecer, já que a autoclave não trata todos os tipos de resíduos hospitalares. O sistema só deve ser utilizado para tratamento de resíduos como sangue e hemoderivados, culturas, resíduos perfuro cortantes, resíduos decorrentes da assistência ao paciente como secreções e excreções, entre outros. E.L./M.M.

Cuidado também em casa Quem pensa que RSS é algo encontrado apenas em hospitais e que não deve se preocupar com esse tipo de resíduo está muito enganado. Robertisson lembra que os frascos de medicamentos não devem ser descartados

como se fossem lixo comum. “O remédio também é resíduo hospitalar e existem pontos de coleta para esse tipo específico de resíduo”. Em Maceió, os pontos de coleta estão presentes no supermercado Extra e nas

farmácias de manipulação da rede Alfarma. Nesses locais, os frascos deixados pelas pessoas são coletados pela empresa, levados ao galpão e incinerados do mesmo jeito que os outros tipos de RSS. E.L./M.M.


O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

Sustentabilidade

CONGO

Missão tenta salvar gorilas Cerca de 200 mamíferos vivem no parque nacional de Virungo, mas estão ameaçados pelos conflitos políticos

U

m grupo de patrulheiros no Congo se prepara para uma missão que tentará salvar famílias de gorilas que desapareceram após uma intensificação do conflito entre forças do governo e rebeldes no país. O governo fez um acordo com o grupo rebelde M23, para permitir que os patrulheiros possam rastrear seis famílias de gorilas-de-montanha. Os cerca de 200 mamíferos vivem no parque nacional de Virungo, localizado ao leste do país, e representam um quarto da população da espécie. O diretor do parque, Emmanuel de Merode, comemorou a decisão: “Nós estamos satisfeitos e aliviados que todas as partes do conflito reconheceram a necessidade de proteger os únicos gorilas-de-montanha do Congo”. Os combates na região se intensificaram em abril, quando a área de conservação fechou as portas ao público. Desde o dia 8 de maio, as equipes responsáveis por acompanhar os gorilas evacuaram a área, que sofreu com intensos conflitos de arti-

lharia pesada e, até mesmo, helicópteros de combate. “Os gorilas são muito espertos. Eles, sem dúvida, ao ouvir as explosões, se afastaram dos locais de conflito. O importante, agora, é localizá-los”, disse à BBC Brasil Lu Anne Cadd, assessora de imprensa do parque. Os patrulheiros do parque são, no momento, os únicos membros do governo autorizados a circular na região. Eles irão se dividir em sete grupos e trabalhar em conjunto com a população local para localizar os gorilas. O trabalho, que estava marcado para ter início nesta semana, será de encontrar os gorilas, identificar cada um deles e checar sua situação de saúde, já que a espécie é muito vulnerável a doenças. Ele vão ainda remover armadilhas e fazer rondas constantes para evitar a atuação de traficantes de animais. O trabalho é considerado de alto risco. Nos últimos 15 anos, 130 deles morreram em serviço. Eles fazem a segurança do parque mais antigo da África. O parque nacional de Virunga tem 7.800 km² e é considerado patrimônio mundial da humanidade pela Unesco. A República Democrática do Congo está em guerra civil há 12 anos e, desde o acirramento dos conflitos, mais de 200 mil pessoas foram desabrigadas.

Os gorilas vivem no parque nacional de Virungo, localizado ao leste do país, e representam um quarto da população da espécie

7


8

www.mais.al l sustentabilidade@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIĂ“, 27 DE JULHO DE 2012 l SEXTA-FEIRA

Sustentabilidade Yvette Moura

Foco

Cavalo-marinho OLIVIA BYINGTON

Galopa Cavalo-marinho Me ensina o caminho Que devo tomar Solta as crinas no vento Galopa no vento Cavalo do mar... FOTO DE YVETTE MOURA

OJORNAL 27/07/2012  

OJORNAL 27/07/2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you