Issuu on Google+

MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 DOMINGO

ANO 19 NÚMERO 063 R$ 3,00

N

o centenário do CRB, O Jornal traz um especial sobre a carreira de dois dos maiores ídolos do Galo: atacantes Joãozinho Paulista e Silva Cão, que formaram uma ESPORTES dupla até hoje reverenciada pelos torcedores.

ELEIÇÕES DE MACEIÓ

O que se espera do prefeito? O Jornal ouviu especialistas para saber se as propostas apresentadas atendem ao que a cidade precisa para crescer

DE

2012 l DOMINGO

CASA DE ARTE

de campanha, somando guia eleitoral em rádio e TV, caminhadas, entrevistas, sabatinas e palestras,

O JORNAL l MACEIÓ , 23 DE SETEMBRO DE

diano da cidade. O Jornal entrevistou especialistas para saber se os projetos que estão sendo

NOSSA CARA

QUINTAL CULTURAL

apresentados vão contribuir para a melhoria da qualidade de vida A2 em Maceió.

2012 l DOMINGO

S

Fernando Pavão analisa o seu trabalho como protagonista em Máscaras

SalaVIP + TV

Fabulosa fábrica de peças em acrílico e MDF

nas quais os candidatos apresentam suas propostas de gestão em assuntos importantes para o coti-

14

www.mais.al l salavip@

Patrícia Pilar, depois de três anos longe da TV, vive mais uma vilã

ojornal-al.com.br

19

Na moda dos

Nide Lins

acrílicos

Veneta Design, ateliê alagoano voltado ção de peças de para a produdecor casa feitas em acrílic ação e utilidades para a diversos prêmios o e MDF, já nasce com na bagagem 10 E 11

SALAVIP

Lays Peixoto/Estagiária

Faltam 15 dias para que o eleitor de Maceió escolha o futuro prefeito. São mais de dois meses

10 E 11

Felipe Sarmento ,o criador da Veneta, conquista mercado com design inovador

População mundial terá os traços do povo brasileiro A7

AÇÃO PREVENTIVA Thiago Sampaio

Thiago Sampaio

Exemplar de Assinante

O Jornal

Corpo de Bombeiros recomenda que se faça o seguro de casas comerciais como forma de evitar prejuízos futuros

H

Índice de incêndio assusta

EM ARAPIRACA

MAIS RIGOR

Cinquentinhas viram tema de discussão

Senador propõe mudanças no CTB

Residências e casas comerciais estão mais vulneráveis a incêndios que em outras épocas. Pelo menos é o que revela relatório do Corpo de Bombeiros.

Este mês, o clima esquentou e as ocorrências subiram. Foram 55 registros até sexta-feira, contra 48 casos do mês inteiro em 2011. “O incêndio só acontece quando MARÉS

03h41...................................0.6 10h06...................................1.6

16h24...................................0.8 22h30...................................1.7

a prevenção falha”, explica um coronel do Corpo de Bombeiros. Para se prevenir dos prejuízos, as pessoas estão recorrendo ao A12 seguro.

á cinco anos, o movimento Quintal Cultural discute a cidadaB1 nia a partir da fusão de várias artes suburbanas.

A18

FASES DA LUA NOVA..................................................................15/10

CHEIA....................................................................30/9

CRESCENTE.............................................................22/9

MINGUANTE.............................................................8/10

A5

A SSINATURAS : 82 4009.1919 CLASSIFICADOS : 82 4009.1930

P UBLICIDADE : 82 4009.1961 PABX : 82 4009.1900


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A2

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

PROPOSTAS

PautaGeral

O que Maceió espera do seu novo prefeito?

Da Redação pautageral@ojornal-al.com.br

Em Brasília diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Alagoas, Marcondes Grace, e o secretário de Tecnologia da Informação (STI), Henrique Méro, participarão, amanhã, de reunião na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na pauta do evento, a avaliação da execução do planejamento das eleições 2012, especialmente quanto às questões relacionadas aos suprimentos e materiais. A reunião será presidida pelo diretor-geral do TSE, Alcides Diniz da Silva.

O

O Jornal ouviu representantes da Saúde, da Educação e da Engenharia sobre anseios da sociedade

Ídolos Zico e Sandra, dois ídolos do esporte nacional, apareceram na propaganda eleitoral em Maceió pedindo votos, respectivamente, para Peu e Toroca. Zico conheceu Peu no futebol jogando no Flamengo, e Sandra foi convocada para seleção brasileira de vôlei quando Toroca era um dos principais dirigentes nacionais.

IRACEMA FERRO iracemaferro@ojornal-al.com.br

D

Marco Antônio

Inaugura

O Movimento OAB Para Todos inaugurará na terça-feira (25), a partir das 17h, o comitê da campanha da advogada Rachel Cabús na disputa pela sucessão da OAB/AL. A chapa, que terá o advogado Paulo Brêda como vice, tem recebido o apoio de centenas de advogados da capital e do interior, entre eles, o atual presidente Omar Coêlho de Mello e três ex-presidentes da entidade: Marcelo Teixeira Cavalcante, Romany Roland Cansanção Mota e Marcos Bernardes de Mello.

Cresceu A campanha de Galba Novaes ganhou mais força nos últimos dias. Ele tem feito um discurso duro e chamando a atenção por ser um dos candidatos que mais conhecem Maceió. O presidente da Câmara Municipal tem avançado na faixa de eleitores que estão indecisos devido à situação do registro da candidatura de Ronaldo Lessa.

Autorizado A gravação com a voz do ex-prefeito de Palmeira dos Índios, Albérico Cordeiro, na campanha da candidata Patrícia Sampaio (PT) foi autorizada pela família do líder político, falecido em 2010.

Cobranças O plenário da Assembleia Legislativa ficou lotado de estudantes, professores e servidores das escolas de ensino superior do Estado – Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e Universidade Estadual de Ciências da Saúde do Estado de Alagoas (Uncisal) – para a audiência pública que teve como objetivo debater o financiamento e a qualidade do ensino superior voltados para as duas instituições. Não faltaram críticas ao governo estadual, acusado de abandonar as duas instituições.

Outra mira O professor Alexandre Fleming subiu o tom das críticas ao PSDB. O programa do PSOL, que passava mais tempo atacando a campanha de Ronaldo Lessa, agora voltou as baterias contra o deputado Rui Palmeira.

Alerta Os tucanos estão preocupados com o resultado das urnas nas grandes cidades. Com exceção de Maceió, nenhum candidato do bloco tucano lidera pesquisas, e em alguns casos a derrota já é dada como certa, a exemplo de Santana do Ipanema e Penedo. O PSDB focou nas médias e pequenas cidades, onde o partido alcança os melhores resultados.

urante toda a semana, no guia eleitoral em rádio e televisão, em entrevistas, sabatinas e palestras os candidatos a prefeito da capital têm apresentado suas propostas de gestão em assuntos importantes para o cotidiano do maceioense e quem escolheu a capital como sua moradia. No entanto, muitos pontos essenciais para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos podem estar passando a largo das ideias dos postulantes à chefe do Executivo Municipal. O que esperam do novo prefeito o Conselho Municipal de Educação(CME), o Conselho Municipal de Saúde (CMS) e o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea) de Alagoas?. O Jornal procurou seus representantes e questionou o que cada entidade espera do novo prefeito de Maceió e traz nesta reportagem as respostas.

O Jornal questionou o que cada entidade espera do novo prefeito de Maceió a partir do próximo ano

Flávia Citônio, do CMS, acredita que as melhorias na saúde municipal passam pela melhoria das unidades já existentes

CMS espera prioridade para saúde preventiva Representando os usuários, trabalhadores, prestadores e gestores de saúde de Maceió, o Conselho Municipal de Saúde destaca que espera do próximo gestor municipal que priorize as políticas de prevenção e promoção da Saúde. “É necessário focar no fortalecimento da atenção básica que se for bem executada, tem um alto poder resolutivo contra os agravos da saúde, bem como diminuiria significativamente os gastos com a média e a alta complexidade”, aponta a presidente do CMS, Flávia Citônio. Para que a atenção básica possa ser mais eficiente, a presidente do CMS espera que, antes de mais nada, o novo Executivo municipal possa ampliar o acesso dos usuários aos serviços de saúde, garantindo a organização e a humanização da rede assistencial, a expansão

e melhoria das unidades de saúde e ampliação da estrutura técnico-administrativa. Flávia Citônio explica que as melhorias na rede municipal de Saúde passam pela estruturação e manutenção das unidades básicas já existentes, oferecer melhores condições de trabalho e salários para os profissionais, aumento do número de trabalhadores da saúde e integração das ações de assistência farmacêutica às demais ações de saúde, garantindo acesso dos usuários a medicamentos e correlatos de qualidade. A presidente do CMS lembra também a importância de modernizar e implementar as ações da Vigilância em Saúde. “As ações para reduzir os riscos, danos e adoecimento da população passam pelo trabalho integrado da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária, Vigilân-

cia Ambiental e Vigilância das Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Análise da Situação de Saúde”, assinala. Flávia Citônio aponta como um dos grandes gargalos da saúde o orçamento e os recursos humanos, por isso, ela considera essencial assegurar recursos humanos e financiamento para a rede municipal. “É preciso garantir o fortalecimento do controle social, já que a participação social faz parte da efetividade da democracia na gestão no Sistema Único de Saúde. Também queremos que o próximo prefeito deixe que a escolha dos diretores das unidades de saúde seja por meio de pleito eleitoral, não mais por indicação. Desejamos que a sociedade de Maceió tenha o direito de usufruir de serviços de saúde de qualidade com respeito aos princípios do SUS”, diz a presidente. I.F.

MEC defende a educação em tempo integral Uma das propostas para a educação que é unanimidade entre os candidatos a prefeito da capital alagoana é a implantação das escolas em tempo integral, onde as crianças entram pela manhã e só saem à noite, com aulas do currículo formal estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) no primeiro horário e atividades de Esporte, Cultura, Lazer e reforço escolar durante a tarde, além de cinco refeições (café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e café

da noite) diárias. A vice-presidente do Conselho Municipal de Educação - que reúne educadores, estudantes, pais de alunos e outros profissionais ligados à área -, a professora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Sandra Regina Paz, afirma que as escolas de tempo integral são importantes, apresentando excelentes resultados em todas as cidades onde foram implantadas, mas que é impossível fazê-las funcionar a curto prazo. “A curto prazo é aumentar

o processo de precarização. Defendemos escola de tempo integral desde que se garanta infraestrutura não somente para as aulas, mas também para as atividades de Cultura, Arte e Esportes”, destaca.“É necessário ter um quadro docente que comporte esse novo modelo e ele precisa vir com projeto pedagógico, com aumento do quadro docente. A reorganização em termos estruturais é essencial para a implantar uma política de educação integral”, avalia. I.F. Continua na página A3


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A3

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

Contexto

Necessidade de ampliação das escolas existentes

Roberto Vilanova bobvilanova@hotmail.com

Sandra Regina Paz conta que a proposta de começar a nova administração já com educação integral não tem como dar certo porque, como os alunos ficariam o dia inteiro na escola, as vagas na rede municipal cairiam pela metade, já que não haveria possibilidade de matricular os estudantes de um dos períodos. Ela lembra que já há carência de vagas na rede pública e este problema seria agravado. A ideia é que as atuais escolas sejam ampliadas, reestruturadas, novas unidades sejam constr uídas,

O estaleiro

O

Ibama concedeu por 1 ano a ACCTMB para o Grupo Sinergy, que pretende construir o estaleiro no litoral de Coruripe. E o que é ACCTMB? Não é nada, não é nada, não é nada mesmo, pois se trata apenas da sigla da “Autorização de Captura, Coleta e Transporte de Material Biológico”. Trocando em miúdos: o Grupo Sinergy tem o prazo de 1 ano para provar que o estaleiro não vai causar danos ambientais, mas isso não significa dizer que o Ibama vai aceitar as alegações a priori. Ou seja: o Ibama pode aceitar ou não e, se for o caso de recusar, isso implica em outro veto para o estaleiro. Em tempo: a ACCTMB refere-se à nova área que o Ibama sugeriu para o estaleiro.

Longe

No alto

Depois de argumentar que outro local para o estaleiro em Coruripe implicaria no aumento do custo do projeto em torno de 40%, o Grupo Sinergy acatou a sugestão do Ibama e agora vai estudar uma área localizada no povoado de Miaí de Cima, distante 5 quilômetros da área que foi vetada.

O local que o Ibama vetou para o estaleiro em Coruripe foi escolhido pelo governador Téo Vilela, durante um voo de helicóptero com o empresário German Efromovick – que é o presidente do Grupo Sinergy e já possui dois estaleiros no Rio de Janeiro: o Mauá e o Estaleiro da Ilha S/A (Eisa).

Chão da sapata O governador Téo Vilela explicou que descobriu o local durante uma trilha de motocicleta em Coruripe e que foi fácil identificá-lo de cima para baixo.

Clima

Culpa

O juiz Ygor Figueiredo, da 21ª Zona Eleitoral, em União dos Palmares, disse ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Orlando Manso, que o clima político no município estava tranquilo, mas alguns acontecimentos nos últimos dias acirraram os ânimos.

Embora o juiz Ygor Figueiredo não citasse os acontecimentos que acirraram os ânimos políticos em União dos Palmares, a oposição responsabiliza a situação, e a situação culpa a passagem do senador Fernando Collor de Mello pela cidade – que causou sérios estragos.

Cadê meu chapéu E o deputado federal João Caldas, sem ter ainda a quem culpar pelo atentado a sua rádio em União dos Palmares, espera o resultado da investigação – que ainda não encontrou o fio da meada.

Mira

Dia 10

Candidato a prefeito de União dos Palmares, o ex-governador Manoel Gomes de Barros revela a amigos que lhe colocaram como suspeito principal do atentado à rádio do deputado federal João Caldas. Mas até agora ninguém teve coragem de ir até a Fazenda Jurema para ouvi-lo.

Os prefeitos alagoanos eleitos e reeleitos dia 7 de outubro já têm compromisso três dias depois do pleito. Eles estão sendo convocados pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) para integrarem a caravana que vai a Brasília protestar contra os cortes no FPM e Fundeb.

novos professores e servidores sejam contratados via concurso público para só então ser colocada em prática a educação em tempo integral, de forma sistemática e organizada. PLANO O CME espera que o próximo prefeito de Maceió possa implantar o Plano Municipal de Educação. O projeto foi aprovado no ano passado através de conferências nos bairros da capital. “Durante as conferências se deliberou a aprovação do Plano Municipal de Educa-

"A reorganização em termos estruturais é essencial para implantar uma política de educação integral" SANDRA REGINA PAZ Vice-presidente do CME, sobre proposta das escolas em tempo integral

ção, que sinaliza o conjunto de metas, ações e recursos para elevar a qualidade

e garantir a Educação em Maceió”, defende. “O plano estabelece ações para os próximos dez anos, garantindo a universalização da Educação Infantil, realização de concurso público, melhoria da infra-estrutura das escolas, atualização dos professores, formação adequada, mais quantidade e qualidade mo atendimento ao alunado, formação pedagógicas, melhoria salarial para os professores. O Executivo precisa atentar para a implantação deste plano”, especifica a vice-presidente do CME. I.F.

Crea quer projeto executivo para obras em Maceió O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas, o engenheiro Roosevelt Patriota, enfatizou, durante as sabatinas com os candidatos a prefeito da capital realizadas nas últimas três na sede do Crea, a necessidade que o próximo gestor da capital invista em dois pontos básicos no que diz respeito à área tecnológica, ou de obras, como o cidadão preferir chamar. A primeira diz respeito à obrigatoriedade de todas as obras do município terem, além do projeto básico, o projeto executivo, sendo esta uma condição para que possam ser licitadas. “A maior parte das obras licitadas têm apenas o projeto básico e cabe à construtora vencedora da licitação fazer o projeto executivo, o que é um grande erro, porque as construtoras podem fazê-lo aumentando demais os gastos, o que gera a necessidade de aditivos. Esses aditivos tanto podem emperrar as obras, por causa da não liberação da verba extra para cobri-los, como também lesar os cofres públicos. É questão de cuidado com o dinheiro público exigir o projeto execu-

Roosevelt Patriota, do Crea, também defende investimentos na Engenharia Pública por parte da Prefeitura de Maceió

tivo, que é mais detalhado, para licitar as obras”, defende o presidente. Outro ponto que Patriota considera essencial para a nova administração é investir em Engenharia Pública. Ele frisa que pelo menos 52% dos maceioenses não tem dinheiro para contratar serviços de um engenheiro ou arquiteto. A medida viria para assegura às famílias de baixa renda assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social, como parte integrante do direito à moradia. A Engenha-

ria Pública incluiria todos os trabalhos de projeto, acompanhamento e execução da obra a cargo dos profissionais das áreas de arquitetura, urbanismo e engenharia necessários à edificação, reforma, ampliação ou regularização fundiária. O objetivo, segundo Patriota, é evitar as construções em áreas de risco e de interesse ambiental, otimizar e qualificar o uso e o aproveitamento racional do espaço edificado e de seu entorno, bem como dos recursos humanos, técnicos e econômicos empregados no projeto e na construção da habitação

“É essencial formalizar o processo de edificação, reforma ou ampliação da habitação perante o poder público municipal e outros órgãos públicos e promover a ocupação do sítio urbano em consonância com a legislação urbanística e ambiental. O que vemos hoje são imóveis construídos em locais inadequados, por leigos e sem qualquer projeto. São casas frágeis, que podem desabar sobre as famílias, que não atendem aos padrões nos quesitos de eletricidade, instalações hidráulica, ligação à rede de esgoto, sem segurança”, esclarece. I.F.

Saneamento, esgotamento e resíduos sólidos

Navalha na carne O presidente da AMA e prefeito de Cajueiro, Palmery Neto, disse que os cortes no FPM e no Fundeb atingiram 25% em agosto.

Aviso

Falta

Do desembargador eleitoral Antônio Bittencourt Araújo: “A crítica faz parte do embate político e ainda que cause algum desconforto ao candidato, não servirá como sustentáculo para o pedido de resposta, pois o embate de ideias, por mais caloroso que seja, faz parte do jogo eleitoral”.

– “Pergunte a ela (Célia Rocha) o que foi que ela trouxe para Arapiraca nesses dois anos como deputada federal?” – disparou o candidato a prefeito Rogério Teófilo, para ele mesmo responder: “Nada”. Rogério disse que Célia Rocha faltou a quase a metade das sessões na Câmara.

O presidente do Crea Alagoas lembra ainda que o próximo prefeito precisa resolver o problema do saneamento básico, esgotamento sanitário e a destinação correta dos resíduos sólidos, realizar inspeção predial,

tanto nos prédios públicos quanto privados, construir ciclovias por toda a cidade, além de garantir a acessibilidade, fazendo calçadas padronizadas e exigindo que todas as obras atendam às normas de acesso, dando

condições para os portadores de necessidades especiais circularem pela cidade. Outro fator que merece a atenção do prefeito, segundo Roosevelt Patriota, é a agricultura sustentável. “Precisamos de agricultura sustentável

para suprir as necessidades dos maceioenses sem ter que buscar frutas, verduras e legumes de outros Estados. Nossa recomendação é criar uma secretaria que estimule essa atividade no cinturão do município”, indica. I.F.

Rebelde das urnas O deputado Severino Pessoa não seguiu mesmo a orientação do PPS e apoia a candidatura de Rogério Teófilo à Prefeitura de Arapiraca.

O candidato está em São Paulo.

Não informou a agenda.

Manhã - Visita aos bairros Canaã, Antares e Salvador Lyra.

9h - Caravana no Farol.

Expressas Em Arapiraca, pela pesquisa do Ibrape, a maior rejeição do eleitorado é para o candidato Alves Correia. Em segundo lugar vem o candidato Rogério Teófilo. Em Água Branca, o candidato a vereador Cargilson Lacerda se enganou porque os dois seguranças que andam com o candidato a prefeito Roberto Torres não são sicários contratados em Floresta-PE. Tratam-se dos irmãos Kildares e Jairo Farias. O primeiro é agente penitenciário e o outro apenas ajuda o irmão. Cargilson chegou a registrar um B.O. na delegacia de Delmiro Gouveia.

9h - Caminhada no Bela Vista, no Benedito Bentes. Concentração na feirinha do Benedito Bentes II; 15h - Caminhada no Freitas Neto e no Moacyr Andrade, Benedito Bentes. Concentração no final do Freitas Neto.

Não informou a agenda.

Não informou a agenda.

Não informou a agenda.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A4

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

DISPUTAS ESTADUAIS

STF investe em conciliação Objetivo é levantar pontos em que estados discordam e que podem ser negociados sem judicialização

A

iniciativa do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, de reunir procuradores estaduais e representantes da Advocacia-Geral da União para tratar da possibilidade de conciliação de conflitos federativos acabou resultando na criação de um Foro Permanente de Mediação de Conflitos Federativos. O grupo fará levantamentos e mapeamentos de conflitos entre entes da federação, apresentará sugestões de soluções consensuais e sugerirá encaminhamento para conflitos em que não houver possibilidade de conciliação, esclarecendo pontos de discórdia para solu-

ções judiciais. Esse ambiente institucional voltado para a solução extrajudicial de conflitos será coordenado pelo diretor da Câmara de Conciliação e Arbitragem da Advocacia-Geral da União (AGU) e integrado pela secretária-geral de Contencioso da AGU, pelo diretor do Departamento de Contencioso da Procuradoria-Geral Federal (PGF) e pelo presidente e vice-presidente da Câmara Técnica do Colégio Nacional dos Procuradores-Gerais dos Estados e do Distrito Federal. O resultado desse primeiro encontro – que reuniu procuradores apenas dos estados das Regiões Norte e Centro-Oeste – superou as expectativas manifestadas pelo ministro Gilmar Mendes quando do convite feito aos participantes. A intenção inicial era estabelecer canais de diálogo a fim de desenvol-

CASA CIVIL

Ministra reclama de greves dos servidores

A

ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse que houve abuso por parte de servidores públicos na recente onda de greves registrada no país. Segundo ela, o Ministério do Planejamento e a Advocacia Geral da União (AGU) discutem internamente a regulamentação do direito de greve, mas não há uma definição sobre possível envio ao Congresso de projeto de lei por parte do Executivo. “Este tema está em pauta e eu acredito que, com os abusos que tivemos nessa greve recente, com certeza isso vai ter um reflexo nas discussões e nas definições do

Congresso Nacional”, ressaltou. Ela falou no programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços. Sobre a greve dos Correios, Gleisi lembrou que os funcionários paralisaram os serviços no ano passado, quando conseguiram reajuste salarial. “Temos que ter direitos, os trabalhadores podem reivindicar, mas temos que saber que há limites e que há uma situação econômica do país, com limites principalmente no serviço público na questão orçamentária”, disse.

ver uma cultura de consenso na solução dos litígios. Mendes disse que, ao se deparar com o alto número de conflitos federativos existentes no STF, teve a impressão “de que vivemos numa república federativa deflagrada”. O exame dos processos, porém, revelou que a maioria tratava de questões passíveis de superação rápida, que podiam ser resolvidas de outra forma.

"O objetivo é estabelecer um canal de diálogo a fim de desenvolver a cultura do consenso" GILMAR MENDES Ministro do STF, durante reunião com AGU e procuradores Gilmar Mendes contou que tomou um susto ao encontrar um alto número de conflitos federativos tramitando no STF

Da cessão de servidor aos royalties de petróleo Na reunião, os representantes da União e dos estados discutiram vários aspectos dos diversos conflitos que atualmente envolvem os entes federativos. Alguns, como lembrou o juiz federal Jurandi Pinheiro – juiz auxiliar do gabinete do ministro Gilmar Mendes com experiência em projetos de conciliação no Rio Grande do Sul –, tratam de “coisas singelas”, como o pagamento de dias de trabalho a um servidor federal cedido para o Estado do Rio de Janeiro após sua devolução à União. Boa parte dos mais de

cinco mil conflitos federativos atualmente em tramitação no STF são questionamentos, por parte dos estados, de sua inclusão no Cadastro Informativo dos Débitos Não Quitados do Setor Público Federal (Cadin). Os mais complexos envolvem disputas sobre limites territoriais e royalties de petróleo, entre outras. Um dos problemas apontados na reunião foi a falta de dados confiáveis sobre a quantidade de processos, a matéria discutida e as decisões já tomadas pela Justiça em disputas anteriores. Um

levantamento preliminar feito pela AGU revelou que o estado com maior número de litígios é Rondônia, seguido do Rio de Janeiro e Espírito Santo. No primeiro caso, atribui-se a alta litigância a questões sobre demarcações de terras indígenas e, no segundo, a petróleo e royalties. É preciso, porém, aprofundar a análise de partes e temas para avançar na busca de soluções para reduzir a litigiosidade e dar mais celeridade à solução dos conflitos já submetidos ao Judiciário. Esta será uma das principais atri-

buições do Foro Permanente. O convite para a primeira reunião se restringiu aos procuradores dos estados das Regiões Norte e Centro-Oeste porque a ideia do ministro Gilmar Mendes era criar uma experiência piloto que, posteriormente, seria estendida aos demais estados. Como a proposta já evoluiu para um ambiente permanente de comunicação, o Colégio Nacional dos Procuradores-Gerais dos Estados e do DF se encarregou de mobilizar os representantes dos estados das demais regiões.

NA TERÇA

Código Florestal abre agenda do Plenário AGÊNCIA SENADO

A

medida provisória do Código Florestal (MP 571/2012) é o primeiro item da pauta do Plenário na terça-feira (25). A sessão deliberativa foi convocada pelo presidente do Senado, José Sarney, num esforço para possibilitar a votação da matéria até 8 de outubro. A proposta em votação no Senado (PLV 21/2012) modificou o texto original da MP, conforme acordo firmado na comissão mista que fez análise prévia da matéria, e foi aprovada sem mudança pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira (19). Como o texto recebeu apoio unânime dos senadores que integram a comissão mista, a previsão é de que seja aprovado em Plenário sem dificuldade. A dúvida, no entanto, é quanto à reação do Executivo às mudanças feitas na MP. A presidente Dilma Rousseff negou participação do governo no acordo, não assumindo, portanto, compromisso em acatar o que for aprovado no Congresso. Caso a presidente decida pela sanção do texto, estaria concluído o processo de construção do novo Código Florestal (Lei 12.651/2012). Já

Regras para recuperação das margens de rios é um dos pontos principais da medida provisória

em caso de vetos, as lacunas poderão ser cobertas por lei em vigor ou exigir regulamentação por decreto, por projeto de lei enviado pelo Executivo em regime de urgência ou mesmo pela edição de nova medida provisória. RECOMPOSIÇÃO DE APP A principal discordância do governo é sobre a mudança feita na chamada regra da “escadinha”, que beneficia pequenas propriedades com menor exigência de recomposição de Área de Preservação Permanente (APP). No texto

original, estavam previstos benefícios escalonados para propriedades até 10 módulos fiscais, mas, no acordo firmado na comissão mista, foram ampliados para áreas até 15 módulos fiscais, que são as médias propriedades. Além disso, foi reduzida de 20 metros para 15 metros a largura da faixa mínima de mata exigida nas margens de rios, para médios produtores. E para os grandes produtores, a exigência mínima de recomposição de mata ciliar caiu de 30 metros para 20 metros. No P LV 2 1 / 2 0 1 2 , f o i

mantida, para as propriedades maiores, a recomposição máxima de 100 metros de mata. No entanto, foi aprovada norma que delega aos Programas de Regularização Ambiental (PRA), a serem implantados pelos governos estaduais, a definição sobre qual será a obrigação de recomposição de cada produtor, dentro do mínimo e máximo fixados. Como era maioria na comissão mista, a bancada ruralista aprovou, além das mudanças nas regras da “escadinha”, outras emendas que alteraram a MP.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A5

Nacional

www.mais.al nacional@ojornal-al.com.br

LEI SECA

CIDADES GÊMEAS

BULLYNG

Senado aprova substitutivo a projeto que cria free shops

MEC e psicólogos vão atuar nas escolas AGÊNCIA BRASIL

P

ara enfrentar a violência nas escolas brasileiras, o Ministério da Educação assinou na última quinta-feira uma parceria com o Conselho Federal de Psicologia. A parceria prevê um estudo sobre violência nas escolas, elaboração de materiais didáticos e formação de professores para o combate à violência no ambiente escolar. De acordo com o ministro Aloizio Mercadante, oito universidades também vão colaborar com o projeto. Entre os temas que serão trabalhados dentro das escolas estão enfrentamento às drogas, gravidez precoce, homofobia, racismo, discriminação, bullying e bullying eletrônico (feito por meio das redes sociais). “Temos estimado em torno de 8 mil jovens, meninos e meninas, que voltam para casa com todo tipo de constrangimento e que muitas

vezes são vítimas de bullying na escola. Precisamos tratar esses temas com responsabilidade e cuidado, mas enfrentá-los no sentido de respeito à diversidade, ao outro, a valores como os direitos humanos. Os professores e alunos também precisam aprender a solução dos conflitos por meio de diálogo”, disse o ministro. Segundo Mercadante, o trabalho de campo será feito em todo o país. “Vamos trabalhar em todas as regiões do país, nos vários níveis do processo educacional - com pais, alunos e professores - e elaborar materiais pedagógicos, programas de prevenção e subsídios para aprimorar a prática pedagógica e criar uma escola mais atrativa, feliz, respeitosa e pacífica”, disse. O projeto, de acordo com o ministro, terá início em breve. “Em duas semanas estaremos iniciando o processo de trabalho, mas eu diria que o desenvolvimento pleno desse trabalho é para 2013”.

AGÊNCIA BRASIL

“Bebida e direção são absolutamente incompatíveis”, frisa o senador Ricardo Ferraço, ao fazer a defesa de sua proposta

Relator quer tolerância zero com embriaguez Custo da violência no trânsito chega a R$ 30 bilhões por ano, de acordo com o Ipea AGÊNCIA SENADO

S

ó a proibição total e completa do consumo de álcool para quem está ao volante (ou ao guidom) poderá viabilizar a utilização da prova testemunhal ou baseada em imagens contra motoristas embriagados. Esse é um dos princípios nos quais o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) está se baseando para elaborar relatório do PLC 27/2012, que promove uma série de alterações no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). De acordo com Ferraço, caso a lei continue prevendo o limite atual de seis decigramas de álcool por litro de sangue, as provas obtidas sem a intermediação do bafômetro ou do exame de sangue poderão ser impugnadas sob o argumento de que são inadequadas para determinar se o limite foi ultrapassado. O re s u l t a d o é q u e a Mercadante enfatiza importância do diálogo entre estudantes e professores

Professores irão receber treinamento A expectativa do ministro é que, com esse projeto, os “professores tenham mais subsídios e melhores condições para lidar com esses desafios”. Os novos materiais didáticos, voltados para o combate da violência nas escolas, estarão disponíveis logo após a pesquisa de campo ser finalizada. Também será desenvolvido um trabalho de formação de professores para trabalhar com esses temas nas escolas. Para Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) e conselheiro do Conselho Nacional LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), a parceria é positiva. “Vejo com bons olhos a ampliação dessa parceria. É fundamental não só para a questão da homofobia como também para a que envolve drogas, bullying etc. É fundamental que a escola seja um lugar seguro para que as

pessoas possam estudar, não sejam discriminadas e não sofram a violência que muitas vezes faz parte do cotidiano escolar”, falou. Segundo Reis, a escola é um dos ambientes mais importantes para que esse trabalho seja desenvolvido. “A escola é um momento em que as pessoas convivem e as pessoas têm que aprender a respeitar o outro e esse outro pode ser evangélico, católico, ateu, de uma religião africana, judeu ou indígena, mas as pessoas têm que aprender a respeitar o ser humano como um todo”, disse. Durante a 2ª Mostra Nacional de Práticas de Psicologia, encerrada ontem no Anhembi, em São Paulo, o presidente do conselho, Humberto Verona, anunciou também uma parceria entre o órgão e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República para ajudar na criação de comitês de combate à homofobia em todos os estados brasileiros.

ampliação das possibilidades de prova prevista no PLC, de autoria do deputado Hugo Leal (PSC-RJ), seria, na prática, inútil. “Precisamos ter instrumentos eficazes para apertar o cerco a motoristas que dirigem sob efeito de álcool ou de outras drogas psicotrópicas”, adverte Ferraço, que lembra um caso recente de embriaguez explícita captada por uma emissora de TV durante abordagem de policiais a uma jovem no Espírito Santo. O relatório do parlamentar, a ser apresentado nos próximos dias na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), prevê que qualquer concentração de álcool sujeitaria o condutor a penalidades. Para o relator, bebida e direção são absolutamente incompatíveis, e os “alarmantes números da violência no trânsito” impõem a adoção de uma regulação rígida e ampla, capaz, não apenas de punir com rigor, mas de inibir a prática de condução de veículos sob o efeito de álcool. Segundo Ferraço, a Lei Seca aprovada em 2008 provocou uma leve diminuição das mortes em 2009, mas o afrou-

xamento na fiscalização e na conscientização gerou novo aumento em 2010. “Estamos vivendo uma carnificina”, constata o parlamentar. Dados reunidos por ele indicam que, só em 2010, 42 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito no país. O custo econômico da violência no trânsito chegaria, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a R$ 30 bilhões por ano, com medidas como aparato de segurança e tratamento médico. Faz parte do “cerco” defendido pelo parlamentar o estabelecimento da pena de detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter habilitação aos que descumprirem as novas normas. Não é a primeira vez que o parlamentar defende a tolerância zero. No ano passado, o PLS 48/2011, de sua autoria, que retirava do Código de Trânsito qualquer referência a índices tolerados de alcoolemia, foi aprovado na Casa. A matéria seguiu para a Câmara dos Deputados, mas acabou arquivada.

O

plenário do Senado aprovou no último dia 12 o substitutivo da senadora Ana Amélia (PR-RS) ao projeto de lei do deputado Marco Maia (PT-RS) para criação de lojas francas em 28 cidades de fronteira que sejam “gêmeas” com cidades vizinhas. Trata-se da criação dos chamados free shops, lojas que vendem produtos importados com isenção tributária. As cidades gêmeas são aquelas que ficam em fronteira seca, sem divisão muito clara de onde começa uma e termina a outra. Em geral, a divisão é feita por uma rua, ficando o Brasil de um lado e os países vizinhos do outro. São exemplos desse tipo de cidade Tabatinga (AM), no Brasil, e Leticia, na Colômbia e Santa do Livramento (RS) e Rivera, no Uruguai. De acordo com o substitutivo de Ana Amélia, o Ministério da Fazenda e a Receita Federal farão posteriormente a regulamentação do funcionamento desses free shops.

Ana Amélia apresentou o substitutivo

Concorrência desleal é a justificativa Na justificativa de seu substitutivo, a senadora explicou que as cidades brasileiras vêm sofrendo com a concorrência desleal dos produtos importados vendidos muito mais baratos nas cidades vizinhas. “Efetivamente, as cidades localizadas do outro lado da fronteira, que têm regimes tributários diferenciados e mais favoráveis, atraem brasileiros de toda a região, que deixam de comprar no Brasil para lá adquirir uma grande variedade de bens na cidade vizinha”, alega a senadora. O texto prevê que o pagamento nas lojas francas poderá ser feito em moeda nacional ou estrangeira. Além disso, para as pessoas físicas valerão as mesmas regras na aquisição de produtos que atualmente vigoram nos portos e aeroportos com saída internacional. Por essas regras, só são permitidos gastos até US$ 500 por pessoa, com limites de unidades de produtos a serem comprados. Por ter sido apresentado um substitutivo, o projeto precisará retornar à Câmara dos Deputados para última revisão antes da votação final pelos deputados. Em seguida, se aprovada, a matéria irá à sanção presidencial.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A6

Opinião

www.mais.al opiniao@ojornal-al.com.br Frase do dia

Como investigar Sistema Jornal de Comunicação Conselho Consultivo João Lyra (Presidente), José Alfredo de Mendonça Nelson Ferreira

Superintendente Silvia Sacuno silvia.sacuno@sistemajornal.com.br Diretora Comercial Eliane Pereira eliane.pereira@sistemajornal.com.br Editor-Executivo Voney Malta vfamalta@ojornal-al.com.br

O Jornal Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br

N

a década de oitenta e início dos anos noventa era comum a polícia alagoana esclarecer crimes de homicídio no prazo previsto pela legislação. Até mesmo aqueles mais rumorosos, desde que não envolvessem gente grande, na trama criminosa. Esse era o principal requisito: não chegar a pessoas influentes no Estado. O principal método de investigação da polícia alagoana era a tortura. Aliás, tortura ou não, alguns delegados davam show, às avessas, sempre que iam deixar o serviço na extinta Delegacia de Plantão. Era lá, naquele prédio onde hoje funciona o Instituto de Identificação, que tudo começava. Os vizinhos mais próximos do prédio eram testemunhas incomodadas com as sessões de tortura ou de espancamento. A famosa borracha “esclareceu” muitos crimes em Alagoas. Também apelidada de “pirelli” [em alusão à fábrica de pneus], consistia em, durante a sessão de tortura para o esclarecimento de algum crime, o acusado ter a cabeça envolvida por um capuz confeccionado de borracha. Espécie de touca de nadador, mas que cobria até o queixo. Sem respirar e vendo a morte bem perto, o acusado acabava assumindo o crime no qual era acusado. Essa confissão era feita por quem tinha cometido ou por quem não tinha cometido o crime. À polícia, não cabia distinguir quem estava falando a verdade. Depois da confissão, pouco importava

se a pessoa tinha ou não envolvimento no caso. Importava a queda da ponta do gráfico nas estatísticas em relação aos “crimes insolúveis”. Após algumas confissões na polícia, até mesmo os pais dos suspeitos acreditavam no envolvimento deles em determinado crime. Se até os parentes próximos dos acusados acreditavam na participação deles nos crimes, imagine-se a sociedade bem distante das partes. O rótulo de “culpado” grudava como tatuagem na testa dessas pessoas. O tempo passou, e muita gente conseguiu provar que era inocente, muito embora o ônus da prova caiba a quem alega e, no caso, a polícia deveria provar que o investigado tinha, de fato, envolvimento no crime. Mas essa prática era severamente criticada e combatida por defensores dos direitos humanos em Alagoas. Como é ainda hoje. Investigar é assim mesmo: um dia a polícia “acerta um tiro”, no outro dia erra o alvo. Isso fica muito mais frequente numa polícia que, independentemente do motivo, despreza os trabalhos da Perícia Criminal. Na semana que passou, a Polícia Civil esclareceu alguns crimes sem a necessidade desse expediente. Aliás, no Caso Bárbara, por exemplo, a polícia esclareceu o crime sem prender o criminoso nem encontrar o corpo da vítima. Não parece um caminho comum feito pelas investigações, mas ele foi trilhado e está convencendo a todos.

Gerente Comercial Kaline Lages comercial@ojornal-al.com.br Gerente de Recursos Humanos Givaldo Perciano givaldo@ojornal-al.com.br

Charge

Gerente Financeiro Flávio Bastos financeiro@ojornal-al.com.br

Vendas avulsas Alagoas: Dias úteis Domingos Nºs atrasados

R$ 1,50 R$ 3,00 R$ 6,00

Assinaturas em Alagoas: Semestral R$ 270,00 Anual R$ 540,00

“Estamos vivendo uma carnificina”. RICARDO FERRAÇO (PMDB-ES), senador e relator do projeto que propõe mudanças no Código de Trânsito Brasileiro, ao defender a tolerância zero embriaguez ao volante.

Os impactos das mídias sociais na educação José Romero Nobre de Carvalho Professor e diretor-geral do COC Maceió s redes sociais vieram para ficar. O Facebook, por exemplo, conta com mais de 800 milhões de usuários em todo o mundo, sem contarmos as demais redes como Twitter, Youtube, Orkut, Myspace e milhões de blogs espalhados pela internet. Toda essa movimentação arrasta todos nós que desejamos estar conectados com o mundo e certamente envolve também os nossos alunos. Não é surpresa mais vermos crianças com 6 anos tendo acesso a essas redes e se relacionando no mundo virtual da internet. Claro que toda essa novidade traz pontos negativos e pontos positivos. Neste ensaio, buscaremos destacar alguns desses aspectos, para que nós, pais e educadores, possamos estar atentos aos impactos desses ambientes virtuais na vida de nossas crianças. Observemos alguns pontos negativos para quem não sabe usar devidamente essas ferramentas: 1.Tomar como verdade absoluta o que está postado na web pode atrapalhar o aprendizado das crianças. Há sites e postagens que não são de confiança. O veículo aceita tudo e não filtra as informações que divulga; 2. O acesso às redes sociais durante o estudo, por exemplo, pode causar distração e prejudicar o desempenho acadêmico dos alunos; 3.Não podemos deixar crianças e jovens ficarem muito tempo conectados na rede. Eles precisam de interação social real: brincar, conversar, praticar esportes, etc. Somos seres sociais e, por isso, devemos manter um bom relacionamento social com as outras pessoas. E isso não é possível se utilizamos todo o nosso tempo disponível nessas redes sociais; 4. A velocidade do mundo on-line criou novas maneiras de escrever e falar. Por isso, nesses ambientes, utiliza-se comumente uma outra linguagem. É preciso ter cuidado para não nos prendermos apenas a essa forma de se comunicar. A norma culta da Língua Portuguesa precisa ser respeitada. E é ela que deve ser usada nos textos escola-

A

EMPRESA EDITORA O JORNAL LTDA E-mail: ojornal@ojornal-al.com.br Site: www.mais.al Av. Comendador Gustavo Paiva, 3771 A Mangabeiras - Maceió/AL CEP: 57037-280 PABX 82 4009.1900 FAX/REDAÇÃO 82 4009.1950 FAX/COMERCIAL 82 4009.1960 CLASSIFICADOS 82 4009.1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE 82 4009.1919

Sucursal Arapiraca Sucursal Agreste Avenida Rio Branco, 157 Sala 10 - Centro Fones - 3522-5375 / 9199-0007 E-MAIL: municipios@ojornal-al.com.br

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI SÃO PAULO 11 2178.8700 RIO DE JANEIRO 21 3852.1588 BRASÍLIA 61 3326.3650 RECIFE 81 3446.5832 www.ftpi.com.br

Cartas à Redação: opiniao@ojornal-al.com.br Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião de O JORNAL.

O mundo virtual está aí e não iremos parar isso res e em outras situações formais; 5. Nas redes, há uma exposição pública. Muitos estudantes não pensam antes de postar alguns conteúdos não devidos. Resultado: um novo conflito, um novo problema para as famílias e para a escola. Mas há, também, muitos aspectos positivos que precisam ser considerados... 1. As mídias sociais aumentam a interatividade e desenvolvem o pensamento rápido; 2. Estimulam crianças e jovens a conviverem com situações do mundo real. Tomemos como exemplo a situação de “rede-de-contato”, que ajuda a projeção e possibilita negócios; 3. Crianças e jovens convivem com tecnologia, que é a linguagem do mundo contemporâneo. Estão mais rápidos e ativos do que crianças e jovens de ontem; 4. A construção e a desconstrução do perfil tornaram-se especialidades dos jovens. Essa flexibilidade é uma adaptação ao mundo de hoje. Eles controlam o que querem ou não. Deixam de ser passivos e adaptam-se aos diferentes cenários com mais facilidade; 5. A internet é a porta da criatividade, permitindo a todos expressão e visibilidade. Viram só? O mundo virtual está aí e não iremos parar isso. O que precisamos é conhecer esse mundo, interagir com nossos filhos na mesma rede, compartilhar das mesmas amizades e acompanhar o mundo web. Ficar de fora não ajuda. Temos que evoluir. Bloquear os filhos não é educativo, pois não conseguiremos bloquear o mundo. Você tem que se atualizar. Por falar nisso, já tem seu perfil no Facebook? Conhece as mídias que seu filho(a) utiliza? Tem o seu notebook ou tablet? Precisamos de acompanhar. Pense nisso!

A classe de nossos rios Alder Flores Advogado, químico, auditor ambiental e membro da Academia Maceioense de Letras e da Associação Alagoana de Imprensa

O

San

Datas & Fatos A morte de Pablo Neruda Em 23 de setembro de 1973, morre Pablo Neruda, Cônsul do Chile na Espanha e no México, eleito senador em 1945 e embaixador na França, em 1970. Tornou-se marxista e revolucionário. Era a voz angustiada da República Espanhola e, depois, das revoluções latino-americanas. Esteve diversas vezes no Brasil. 1846 - Descoberta do planeta Netuno. 1903 - Fundação, em Lima, no Peru, o jornal La Prensa. 1920 - Nasce Mickey Rooney, ator norte-americano. 1930 - Nasce Ray Charles, músico e cantor norte-americano. 1938 - Uma cápsula do tempo é enterrada na Feira Mundial de Nova York. O compartimento, que contém um chapéu de mulher, filmes e um cachimbo, só poderá ser aberto no ano 6939. 1939 - Morre Sigmund Freud, psiquiatra austríaco, criador da psicanálise. 1940 - Alemanha, Itália e Japão firmam, em Berlim, o pacto Tripartito, de caráter político, militar e econômico. 1943 - Nasce Júlio Iglesias, cantor espanhol. 1949 - Nasce Bruce Springsteen, cantor e músico norte-americano. 1950 - O Senado americano aprova a lei de repressão de atividades antiamericanas, proposta pelo senador republicano McCarthy.

1952 - Rocky Marciano vence por nocaute a Jersey Joe Walkott, e é o primeiro boxeador branco, desde 1937, proclamado campeão mundial de peso pesado. 1959 - Nasce Hortência, uma das maiores jogadoras de basquete do Brasil. 1962 - A rede de TV ABC, estréia Os Jetsons, primeiro programa em cores. 1963 - O presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, é assassinado em Dallas, Texas. 1964 - Igreja admite mulheres no Concílio Vaticano II. 1968 - Brasil desvaloriza moeda. 1973 - O general Perón e sua esposa, María Stella Martínez, retornam ao poder com 60% dos votos, nas eleições presidenciais argentinas. Ele foi eleito depois de passar 17 anos no exílio. 1973 - Morre Pablo Neruda, escritor e político chileno, Prêmio Nobel de Literatura em 1971. 1991 - Declarada oficialmente a independência da Armênia. 1994 - O primeiro bebê de proveta brasileiro gerado durante a menopausa da mãe nasce no Rio de Janeiro. A mãe é uma enfermeira de 53 anos. 1997 - Um show da banda de rock irlandesa U2 une jovens muçulmanos, sérvios e croatas em Sarajevo, na Bósnia-Hezergovina. 1998 - O Paquistão passa a fazer parte do Tratado de Proibição de Provas Nucleares e pede o fim das sanções econômicas internacionais.

Conselho Nacional de Meio Ambiente, através da Resolução 357 estabeleceu a classificação dos corpos de água e deu as diretrizes ambientais para o seu enquadramento, definindo ainda as condições e padrões de lançamento de efluentes e considerou que o enquadramento dos corpos de água deve estar baseado não necessariamente no seu estado atual, mas nos níveis de qualidade que deveriam possuir para atender as necessidades da comunidade, tendo considerado que a saúde e o bem estar humano, bem como o equilíbrio ecológico aquático, não devem ser afetados pela deterioração da qualidade das águas. Esta norma tem por premissa a necessidade de se reformular a classificação existente, para melhor distribuir os usos das águas e melhor especificar as condições e padrões de qualidade requeridos, destacando que o controle da poluição está diretamente relacionado com a proteção da saúde, a garantia do meio ambiente equilibrado e a melhoria da qualidade de vida. Esta Resolução estabelece diretrizes para todos os corpos de águas brasileiros, de águas doces, salobras e salinas. A classificação definida pela legislação deve ser entendida em função dos seus usos preponderantes, atuais e futuros e a classe desses recursos hídricos é o conjunto de condições e padrões de qualidade de águas necessários ao atendimento dos seus usos preponderantes. O Conama estabeleceu para os corpos de águas brasileiros treze classes de qualidade. A classificação das águas é muito importante, principalmente para os programas de controle da poluição, pois permite o enquadramento dos recursos hídricos de uma determinada bacia hidrográfica. Após

O controle da poluição está diretamente relacionado com a proteção da saúde a definição da classe de um determinado manancial é que são adotadas as medidas preventivas e corretivas de controle de poluição, de modo a garantir-se que o mesmo atenda aos padrões e condições estabelecidos. Os padrões de qualidade de água são os teores máximos de impurezas permitidos na água, sendo os mesmos estabelecidos em função dos seus usos. Esses teores constituem os padrões de qualidade, os quais são fixados pelos órgãos públicos, com o objetivo de garantir que a água a ser utilizada para uma determinada finalidade não contenha impurezas que venham a prejudicá-lo. O Conama definiu para todo o território que enquanto não fosse aprovado o enquadramento dos recursos hídricos estaduais, as águas doces serão consideradas classe 2, e as águas salinas e salobras classe 1, independentemente do que entendemos de seus usos. Gostaria apenas de ressaltar que o enquadramento dos recursos hídricos no Estado de Alagoas foi efetivado há 34 anos, através do Decreto nº 3.766, estabelecendo para todos os rios de Alagoas a classe 1 ou 2. Atualmente a realidade é outra. Seria importante que os órgãos competentes iniciassem um processo de reenquadramento dos nossos recursos hídricos. Já é tempo!


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A7

Internacional

www.mais.al internacional@ojornal-al.com.br

EPIDEMIA

FUTURO

Doença misteriosa na Ásia e América Central

População mundial terá traços brasileiros

TERRA

U

m a d o e n ç a re n a l misteriosa vem atacando milhares de pessoas em comunidades rurais do sudeste asiático e da América Central. O aparecimento da doença intriga os pesquisadores, que ainda não conseguiram identificar as causas exatas da enfermidade. No vilarejo de Halmillawetiya, na Província Centro-Nor te do Sr i Lanka, o agricultor Sampath Kumarasinghe, 21 anos, descansa em um banco de madeira em frente à casa que divide com a mãe, viúva. Apesar do calor, ele usa um gorro de lã e seus movimentos são bastante lentos para alguém de sua idade. Como a maioria dos moradores do vilarejo, ele é um plantador de arroz, mas ultimamente ele não tem tido forças para trabalhar. Os rins de Kumarasinghe não funcionam direito. Eles não estão mais conseguindo filtrar seu sangue. "Meu corpo está fraco", ele diz. O agricultor é mantido

vivo pela diálise, que realiza duas vezes por semana em um hospital regional. Ele espera conseguir um transplante de rim. Kumarasinghe é uma das milhares de pessoas na Província Centro-Norte sofrendo de doença renal crônica. Segundo o Ministério da Saúde do Sri Lanka, 15% da população local foi afetada. A maioria dessas pessoas são cultivadores de arroz. A milhares de quilômetros de distância, Maudiel Martínez abre a porta de sua casa simples na comunidade La Isla, no oeste da Nicarágua. Com ossos protuberantes, ele anda como um idoso, apesar de ter apenas 19 anos. "Você me vê agora, mas em um mês eu posso não estar mais aqui. Ela pode me levar de repente", afirma o jovem que já teve o pai e o avô mortos pela doença. A epidemia misteriosa vem ganhando terreno na América Central e já é a segunda maior causa de mortes de homens em El Salvador. Na Nicarágua, a doença mata mais que o vírus HIV e a diabetes combinados.

Primeiros casos surgiram nos anos 1990 A doença renal crônica já matou tantos homens na comunidade de La Isla que o local já é conhecido popularmente como "La Isla de las Viudas" (A Ilha das Viúvas, em português). A epidemia já atinge seis países da América Central, em suas regiões ao longo da Costa do Pacífico. Também foi identificada na Índia e no Sri Lanka. A causa ainda é desconhecida, mas os pesquisadores acreditam que as vítimas estejam sendo contaminadas como resultado de seu próprio trabalho. As epidemias nas três regiões têm vários pontos em comum. As vítimas são em sua grande maioria relativamente jovens agricultores. Muito poucos sofriam de diabetes e de pressão alta, os fatores de risco mais comuns para doença renal. Todos sofrem com um

problema conhecido como nefrite túbulo-intersticial, que provoca desidratação grave e envenenamento do sangue. Em todas as áreas, os primeiros casos apareceram nos anos 1990. As pesquisas até hoje não conseguiram identificar exatamente o causador da doença. Com isso, não há tratamento disponível para a doença, nem uma maneira conhecida de preveni-la. "É importante que a doença renal crônica, que afeta milhares de trabalhadores rurais na América Central, seja reconhecida pelo que é - uma grande epidemia com um tremendo impacto na população", afirma Victor Penchaszadeh, epidemiologista da Universidade Columbia, nos EUA, e consultor da Organização Pan-Americana de Saúde sobre doenças crônicas na América Latina.

Cientista afirma que miscigenação tende a tornar cada vez mais raros olhos azuis e cabelos loiros

é mais difícil a formação de casais com os genes de olhos azuis (que são recessivos), por exemplo.

TERRA

Stephen Stearns diz que maioria da humanidade será de pessoas pardas

E

é que a miscigenação, que ocorre em maior ou menor escala em todos os lugares do planeta, torne o "ser humano médio" uma mistura de africanos, nativos do continente americano e europeus, com uma predominância parda e poucas pessoas de pele muito clara ou muito escura. Essa aparência foi classificada como "brasileira". Como exemplo das mudanças que já ocorrem,

m alguns séculos, a maior parte da população mundial terá traços brasileiros, segundo estudo de Stephen Stearns, professor de ecologia e evolução biológica da Universidade de Yale, nos Estados Unidos. A conclusão foi publicada no site Business Insider. Segundo o especialista, jamais haverá homogeneidade entre todos os povos do mundo, mas a tendência

Francês e descendentes tinham a pele azul A imigração e a globalização enfraquecem os grupos étnicos distintos, como a de homens azuis que existiu em Troublesome Creek, nas montanhas do Estado americano do Kentucky. O peculiar caso ocorreu após a passagem de seis gerações entre os anos 1800 e 1960, descendentes de um imigrante francês chamado Martin Fugate, que tinha uma rara condição sanguínea chamada metemoglobinemia, causada pela junção de um mesmo gene recessivo, responsável por azular a pele. Isolados em uma região sem ligação com o resto do mundo, os parentes de Fugate se relacionaram apenas entre si e mantiveram o gene extremamente raro. Segundo o Business Insider, a história daquela família resume grosseiramente o acoplamento humano desde os primeiros registros: grupos étnicos distintos surgem porque populações próximas se reproduzem entre si.

Stearns citou estudos realizados em 2002 pelos cientistas Mark Grant e Diane Lauderdale, que encontrou apenas 1 em cada 6 moradores dos Estados Unidos não-hispânicos com olhos azuis. Segundo a dupla, a proporção caiu mais de 50% em 100 anos. A explicação é a tendência crescente de pessoas a se relacionarem com outras que não pertencem ao mesmo grupo ancestral. Sendo assim,

GENES RECESSIVOS O biologista John McDonald, da Universidade de Dalware, defende que, além dos olhos claros, outros genes recessivos não devem desaparecer nos Estados Unidos, mas se tornarão cada vez mais raros. "A maioria dos imigrantes que chegam aos Estados Unidos vêm da Ásia, África e América do Sul, o que levará características predominantes do norte da Europa, como cabelo loiro e sardas, sejam cada vez menos encontrados, por conta da miscigenação", explica.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A8

Publicidade

www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

CREA

A9

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

Falso agente aplica golpes em AL Falsário procura vítimas que estejam fazendo reformas em suas casas e não têm autorização para obra LÁYRA SANTA ROSA Layrasantarosa@ojornal-al.com.br

U

m falso agente de fiscalização do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea/AL) está aplicando golpes em Alagoas. A denúncia foi feita na última semana pela entidade que tem recebido uma série de ligações de supostas vítimas do falsário. Esta não é a primeira vez que esse tipo de crime é cometido no Estado. Em 2008, um homem foi preso por falsidade ideológica e estelionato aplicando o mesmo tipo de golpe. As vítimas desse tipo de golpe têm algo em comum: estão fazendo reformas em suas casas e não tem a autorização do Crea para executar a obra. Temendo e sob a ameaça de multa, os ‘construtores’ por conta própria acabam caindo no golpe do falso fiscal, que aceita propina para dar um jeitinho. As vítimas do golpista

Jackson Cabral, do Crea/AL, orienta que vítimas do golpe procurem a polícia

Verdadeiro James (foto) preocupa-se com o uso do seu nome pelo criminoso

são escolhidas aleatoriamente, basta ele passar pela obra e não localizar o alvará do conselho, com a assinatura do engenheiro. “A abordagem é sempre a mesma. Ele se apresenta como fiscal, tem documentação falsa, inclusive com o nome de um dos nossos agentes. Em seguida ele pede para ver o projeto com a assinatura do engenheiro e a autorização do Crea, como a maioria das pessoas faz obra sem essa documentação, ele se aproveita para aplicar o golpe, dizendo que terá que multar em R$ 10 mil”, conta o

da documentação e só então, descobre que foram vítimas de um golpe”, relata o engenheiro.

engenheiro Jackson Cabral de Santana, superintendente do Crea/AL. Para evitar que a multa, junto com o embargo da obra aconteça, o fiscal pede em média R$ 1.500. Como promessa, ele se compromete em não multar, e ainda conseguir um projeto assinado por um engenheiro regularizando a situação. “Muitas vezes as pessoas se desesperam e pagam logo o que ele pede. O falsário vai embora com o dinheiro e não volta mais. Dias depois, o dono da obra entra em contato conosco questionando sobre a regularização

MEDO Existem registros que o falsário já teria percorrido vários bairros de Maceió, a maioria da parte alta da cidade e periferia, além de atacar nas cidades de Maragogi e Delmiro Gouveia. “Não temos muitas informações sobre esse golpista, porque a maioria das vítimas prefere não denunciá-los. Dizem ter medo que ele retorne, mas ele não volta porque sabe

que pode ser preso. Ele é um bandido conhecido. Passa uns tempos aplicando golpes aqui e depois desaparecendo, retornando depois. Ultimamente, registramos essa fraude com ligações de várias partes de Maceió e do interior”, explicou Jackson Cabral. A orientação do Conselho é para que as pessoas procurem a Polícia Civil e prestem queixa contra o falso agente. “Só as vítimas podem denunciar esse tipo de crime, já que a polícia só poderá agir com a queixa formalizada”, disse. “É importante ainda ficar em alerta e se for procurado por

ele, não cair no golpe. Só existe corrupção, porque existe corruptor”. O Crea alerta ainda, que o falso agente costuma se apresentar com o nome de Abel, é alto, gordo e moreno. “O nosso Abel é completamente diferente desse falsário. Além de não ser corrupto. É importante ficar em alerta e se tiver dúvida entrar em contato conosco e consultar, até porque os procedimentos do CREA são completamente diferentes do que ele diz. A gente antes de multar, notifica, dá prazos e principalmente não cobra essa multa alta que ele informa”, orientou. O verdadeiro agente de fiscalização, James Wilton, conta que a princípio ficou preocupado com a utilização do seu nome pelo golpista e pede que as pessoas fiquem atentas. “Fiquei sabendo desse golpe há alguns anos, desconfiamos que esse mesmo cara desapareceu por uns tempos e agora retornou com o mesmo crime. É importante que a população fique atenta para não cair nesse tipo de situação, até porque nenhum fiscal pode pegar em dinheiro. As taxas quando necessários são pagas em banco, através de boleto bancário”, disse.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE S

A10

Publicidade


SETEMBRO DE

2012 l DOMINGO

A11 www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A12

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br Thiago Sampaio

Número de casos de incêndio cresceu este mês

Casos de incêndio crescem em Alagoas Lays Peixoto/Estagiária

Preocupados com os prejuízos nos imóveis, proprietários passam a investir mais em seguros VALDETE CALHEIROS valdetecalheiros@ojornal-al.com.br

O

aumento das ocorrências de incêndio em Alagoas tem preocupado o Corpo de Bombeiros Militar, que atendeu 55 chamadas em imóveis residenciais e comerciais somente do início deste mês até o dia 21. O número é superior ao do mês de setembro do ano passado, quando foram atendidos 48 casos. Noventa e nove por cento desta modalidade de sinistro poderia ter sido evitada. Foi o que garantiu o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros e perito em incêndios, Paulo Marques. “Casos como esses têm como causas a imperícia, a imprudência e a negligência. O incêndio só acontece quando a prevenção falha”, assegurou Paulo Marques. Os registros no Estado estão bastante próximos aos de outras ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros, como as colisões nas estradas e vias públicas, os acidentes

Tenente-coronel Paulo Marques diz que seguro é uma das formas mais completas de se proteger contra sinistros

de trânsito com vítimas e as quedas de motos. Somente no mês passado, o Corpo de Bombeiros foi chamado em decorrência de 94 colisões, 51 acidentes de trânsito com vítimas e 49 quedas de motos. Basta acontecer fato desastroso e irreparável para as pessoas entenderem e se conscientizarem que o seguro continua morrendo de velho, como ensina um dos mais antigos e conhecidos provérbios ou dito popular. Para não fazer parte das estatísticas sobre incêndios, muitas pessoas estão

recorrendo ao seguro contra incêndio, raio e explosão. Foi o que fez a advogada Ianara Saldanha Peixoto. Dona de um escritório de advocacia, a profissional, precavida, se cercou de todos os cuidados ao assinar uma apólice de seguro. “É claro que a gente paga um seguro na expectativa de não precisar. No entanto, há a certeza de que, caso necessite, todas as preocupações e problemas provocados por um incêndio serão totalmente resolvidos pela seguradora”, declarou a advogada, que fez o

seguro do escritório há 12 anos e o da residência há oito. Por ser advogada, Ianara Saldanha Peixoto cercou-se de todos os cuidados necessários antes de fechar negócio com o corretor de seguro,devidamente habilitado. “Certamente foi uma das contratações mais rentáveis e seguras que fiz. Além de todas as proteções, conto com a cobertura dos serviços de alguns profissionais autônomos, como eletricista e encanador, e isso sem precisar recorrer a outras empresas”, ressaltou.

Bombeiro destaca importância do seguro O seguro é importante tanto para residência quanto para prédio comercial. A importância de ter o imóvel segurado contra incêndios foi ratificada pelo tenente-coronel Paulo Marques. “É uma das formas mais completas de assegurar o imóvel contra sinistros”, atestou o oficial e perito em incêndio. Segundo ele, em uma residência, por exemplo, o ventilador é o eletrodoméstico que mais apresenta riscos de causar incêndio. “O ventilador esquenta, esquenta e, por ter uma estrutura de plástico, facilmente é comburido. Em

ambientes comerciais, geralmente, o incêndio é provocado por curtos-circuitos, fiação antiga e aumento de carga”, explicou ele. O tenente-coronel Paulo Marques contou que algumas seguradores solicitam laudo do Corpo de Bombeiros antes da finalização de um contrato. O documento obedece às exigências do Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico e é obrigatório em áreas maiores que 250 metros ou em áreas menores, a depender do tipo de produto que será comercializado. Os condomínios residen-

ciais ou comerciais têm que apresentar um projeto confeccionado por engenheiro. O Corpo de Bombeiros faz a vistoria inicial e, posteriormente, a final, antes do edifício ser liberado à população. “Todos os itens de segurança são observados. Ao final, verifica-se se o projeto condiz com o que está assegurado na edificação e, assim, é emitido o Certificado de Aprovação do Corpo de Bombeiros, cuja validade é anual”, detalhou Paulo Marques. Está aí justamente um dos maiores problemas para a segurança das edificações no

Estado. A corporação não tem efetivo suficiente para realizar fiscalizações e o trabalho é feito por amostragem, denúncias ou mesmo pelo chamamento do proprietário do imóvel. “Contamos com a preocupação do dono do imóvel. O Certificado é um documento estritamente necessário e obrigatório. É como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), mesmo quando não chega, o proprietário tem que ir atrás e procurar ficar em dia com as obrigações”, alertou o oficial. V.C. Continua na página A14


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

Publicidade

A13 www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A14

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

Seguro contra incêndio cobre prejuízo total e parcial nos imóveis Lays Peixoto

O corretor de seguro, Djaildo Costa Batista de Almeida afirmou que o alagoano, como acontece com os demais brasileiros, não está ainda acostumado, como deveria, a fazer seguros para uma série de bens ou patrimônios, como faz quando se trata de automóvel. “É apenas uma questão cultural que, felizmente, está mudando com o tempo. A principal causa da mudança de comportamento é a percepção de que nada é 100% seguro. Sempre há falhas, por menor que seja”, pontuou Djaildo Almeida, que é também diretor da Jaraguá Seguros e diretor do Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Saúde, Empresas Corretoras de Seguros e Agentes de Seguros no Estado de Alagoas (Sincor-AL). Segundo Djaildo Almeida, os investimentos em seguros estão cada vez mais fazendo parte dos orçamentos domésticos e empresariais. No caso das empresas, exemplificou ele, além do risco de vida que as pessoas correm, há o investimento de anos e até em décadas por famílias que depositaram nas empresas todos os sonhos, projetos de vida e, acima de tudo, rendimentos. Conforme o corretor, o Seguro contra Incêndio, Raio e Explosão ganhou ainda mais cobertura por parte das seguradoras. Dependendo

Corretor Djaildo Almeida explica que procura por seguro cresce

dade ao lar e aos negócios. Pesquisas mostram que de cada 100 empresas mais da metade fecha, abre falência em três anos. Fazer um seguro, portanto, é reduzir em muito a possibilidade de risco”, acentuou o corretor de seguro. VANTAGENS

"Uma empresa com prejuízo de R$ 800 mil estaria resguardada com seguro de R$ 10 mil por ano" DJAILDO ALMEIDA Diretor do Sindicato dos Corretores de Seguros e Agentes de Seguros de AL

do contrato, pode ser uma cobertura básica, ampla e de multirrisco. “Estão segurados perigo de explosão, danos causados por chuvas, defeitos nos maquinários, a vida dos funcionários, impacto causado por vendaval, impacto causado por queda d e a e r o n a v e, t u m u l t o s dentro do estabelecimento comercial, perda para pagamento de aluguel, cobertura diária de paralisação, responsabilidade civil”, enumerou. Djaildo Almeida explicou que, ao fazer um seguro mais

amplo, o comerciante estará resguardado caso tenha que fechar o estabelecimento por alguns dias e até meses por causa de um incêndio para pagar o aluguel e os salários dos funcionários ou também em casos em que o cliente tropece no local e precise receber assistência médico-hospitalar. Há também seguradoras que oferecem assistência hidráulica e elétrica para o estabelecimento. “Enfim, há um tipo de específico de seguro para atender a cada perfil de segurado. O seguro é tão amplo

que serve tanto para imóveis próprios quanto alugados. Muitos empresários decretaram falência porque, depois de sofrerem um incêndio ou qualquer outro sinistro, não tiveram como reerguer os negócios. Imagine, então, os prejuízos causados a uma família que perde um imóvel em um incêndio”, ponderou o corretor. Na hora de provar ao cliente, um potencial segurado, as vantagens de se fazer um seguro contra incêndio, raio e explosão, o corretor mostra, em números, que é sempre mais barato pagar

um seguro e estar prevenido do que arcar com o risco e amargar os prejuízos. Djaildo Almeida esclareceu que os impostos sobre uma empresa não deixam de ser gerados porque o fogo destruiu o local. Todas as despesas continuam correndo normalmente. E em um desastre tudo pode acontecer. Desde uma perda parcial facilmente recuperada a uma perda total. “O planejamento de um seguro é tão importante quanto o de abrir a empresa. O seguro é item obrigatório para dar tranquili-

O corretor fez uns cálculos para mostrar o quão vantajoso é para um empresário, por exemplo, assinar uma apólice de seguro. De acordo com Almeida, uma empresa que amarga um prejuízo de R$ 800 mil por causa de um incêndio estaria totalmente resguardada com o pagamento anual de R$ 10 mil. O valor pode ser dividido em dez parcelas. Outra empresa cujo patrimônio financeiro alcança o teto de R$ 2 milhões precisa desembolsar R$ 20 mil ao ano para assegurar seu patrimônio. V.C. Yvette Moura

Prejuízos financeiros acarretados num incêndio são muito maiores do que o valor pago em uma apólice de seguro

Seguro deve ser feito com corretor cadastrado Antes de assinar a apólice de seguro, corretor e segurado avaliam todos os detalhes do estabelecimento, seja comercial ou residencial, e asseguram, através de uma vistoria, se o proprietário precisa ou não fazer alguma alteração no imóvel para poder segurá-lo da forma que deseja. “Posso assegurar que, sempre, ao analisar o custo-benefício, o cliente fecha negócio com o corretor de seguro. E digo mais: o índice de satisfação é imensurável. Chegamos a 100% de renovação. Aliás, é a única soma que conhecemos que chega a 100%”, brincou. Há apenas uma reticên-

cia. Tão importante quanto fazer um seguro é a certeza de fazê-lo com um corretor cadastrado no – Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Saúde, Empresas Corretoras de Seguros e Agentes de Seguros no Estado de Alagoas. Dúvidas para saber sobre a confiabilidade do corretor podem ser sanadas através do site da entidade, cujo endereço eletrônico é: www.sincor-al. com.br. Para mostrar que nada é 100% seguro, Djaildo Almeida mencionou pesquisas que indicam que até mesmo em atividades tidas como 99,99% seguras acontecem erros. “A

cada ano, duas mil prescrições de medicamentos estão acompanhadas por algum tipo de erro; por semana, 370 mil cheques são deduzidos de contas erradas. A cobertura vacinal – atividade considerada 90,90% segura – também passa por falhas. Por ano, 20 mil crianças sofrem convulsões ou tosses convulsivas devido à vacinas defeituosas. Há erros ainda em outras atividades vistas como o mesmo percentual de segurança. A cada dia, 50 recém-nascidos são derrubados por médicos; a cada semana 500 operações cirúrgicas são realizadas de forma incorreta”, relacionou. V.C. Continua na página A15


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A15

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

Incêndios podem acontecer a qualquer momento e em qualquer lugar Exemplos de que os incêndios podem acontecer a qualquer momento e em qualquer lugar não faltaram este ano em Maceió. No dia 26 de junho, a casa de shows Maikai, localizada na Jatiúca, foi parcialmente destruída pelas chamas. O fogo começou pela manhã e em poucos instantes havia consumido rapidamente móveis e equipamentos da boate. O incêndio ficou concentrado no salão, destruindo cadeiras, mesas e forro. Não houve vítimas no incêndio, apenas prejuízos materiais. O proprietário da casa de shows Maikai Show Bar, Guilherme Brandão, abriu mão do laudo que deveria

ser emitido pelo Corpo de Bombeiros sob a alegação de que não tinha seguro para receber. No dia seguinte ao sinistro, oficiais do Corpo de Bombeiros tiraram fotos e fizeram inspeções nas redes elétrica do interior e do exterior do estabelecimento. O dono do estabelecimento, no entanto, pediu para que a perícia não fosse mais realizada. O empresário tinha pressa em reformar o espaço para poder cumprir a agenda de shows previamente acertada. Sem laudo oficial emitido, trabalha-se com a hipótese de que o fogo tenha sido ocasionado por um curto-circuito ou por uma sobre-

carga de energia em algum equipamento. Antes da chegada do Corpo de Bombeiros, a brigada de incêndio do supermercado G Barbosa, que fica vizinho ao Maikai, começou a debelar as chamas. RISCO CALCULADO No dia 22 do mês seguinte, um incêndio foi registrado no Maceió Shopping, no bairro de Mangabeiras. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas foram provocadas por um curto circuito no estoque da loja Levi’s e começaram a causar correria nos clientes e comerciantes do shopping por volta das 17 horas.

O fogo se alastrou rapidamente. A combustão provocou aquecimento da tubulação de gás. Por segurança, as lojas e as salas do cinema foram evacuadas. Também não houve feridos. As lojas atingidas perderam o estoque e sofreram danos na estrutura. Desta vez, seguradas, as lojas não amargaram prejuízos financeiros. O administrador do centro comercial, Robson Rodas, garantiu que os lojistas não sofreriam perdas, haja vista a cobertura completa do seguro. “Existe o seguro da loja que cobre todo o estoque e o seguro geral do Shopping que garante toda a parte física da loja e perdas e danos

Yvette Moura

que cobre o período em que o comerciante ficar parado”, explicou Rodas. VISTORIAS Na tentativa de diminuir essas ocorrências, as vistorias do Corpo de Bombeiros são feitas também em eventos temporários como shows, feiras, convenções, eventos temáticos e shows pirotécnicos que precisam de certificação da corporação para serem realizados. A responsabilidade pela liberação dos certificados é da Diretoria de Serviços Técnicos. Para cada evento, a Diretoria tem um conjunto de requerimentos específicos. Os projetos devem contemplar saídas

de emergência, iluminação, extintores e, sobretudo, a quantidade de pessoas que estará presente. Uma das exigência da Diretoria de Serviços Técnicos é a presença de bombeiros civis, em uma proporção de um para cada 500 pessoas. Em eventos deste porte, a preocupação maior é com a evasão do público em situações de perigo e são os bombeiros civis que ordenam a saída das pessoas e prestam os primeiros socorros em caso de necessidade. Eventos que transgridam as normas de segurança podem sofrer penalidades como cassação, pagamento de multas e até interdição. V.C.

Thiago Sampaio

Maikai amargou prejuízos por não ter renovado seguro de incêndio

Shopping em Mangabeiras estava segurado e teve prejuízos reparados

Taxa é importante para melhorias na qualidade de serviços Os recursos que o Corpo de Bombeiros utiliza para cobrir as despesas dos equipamentos da corporação são provenientes, em parte, da Taxa de Bombeiros, anteriormente chamada da Taxa de Incêndio, adotada no âmbito municipal. Em 1982, o valor era cobrado junto ao boleto do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). O tenente-coronel Paulo Marques

lembrou que, nem sempre, o repasse era feito de forma correta à corporação. Além, disso a taxa de inadimplência era alta. Desde 2006, a taxa foi dissociada do IPTU e, desde então, a inadimplência caiu. Dois anos depois, ao ter a denominação modificada de Taxa de Incêndio para Taxa de Bombeiros, os recursos arrecadados são destinados à manutenção e melhoria da qualidade de

outros serviços da corporação, além de atendimentos a incêndios, a exemplo de salvamentos marítimos. A taxa, no entanto, só pode ser destinada à Maceió, por ser uma cobrança municipal. No primeiro lote deste ano, foram arrecadados quase R$ 1 milhão e 200 mil reais. Uma arrecadação proporcionalmente superior a do ano passado, quando foram arrecadados R$ 1 milhão e 300 mil.

Conforme o tenente-coronel, a taxa de inadimplência é de 60%. E n q u a n t o i s t o, n o s últimos anos, o Corpo de Bombeiros aumentou a capacidade de litros de água dentro das viaturas de 16 mil litros para 70 mil litros. São seis caminhões capacitados para debelar o fogo. Cada viatura custa R$ 450 mil. “Um desencarcerador (equipamento utilizado p e l o s b o m b e i r o s p a ra

retirar vítimas presas em ferragens de automóveis, aeronaves ou qualquer outro ambiente que, devido a sua estrutura metálica, necessita ser cortada por equipamento em forma de tesoura) custa R$ 80 mil. Temos nove. Um em cada quartel do interior e outros três na capital. Para atender a demanda do Estado, seriam necessários no mínimo 15”, detalhou o perito em incêndio.

Paulo Marques reafirmou a importância do pagamento da Taxa de Bombeiro. “Os acidentes, incêndios e fatalidades não escolhem vítimas. É real, portanto, a necessidade urgente de uma conscientização da população para o pagamento da Taxa de Bombeiro e ao mesmo tempo da prevenção contra infortúnios”, concluiu o tenente-coronel Paulo Marques.

Yvette Moura


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A16

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

Mulheres quilombolas de AL sofrem mais de hipertensão Números estão associados a dieta habitual não adequada, sequelas da desnutrição no início da vida e genética

M

esmo longe do caos urbano e dos problemas das cidades mais desenvolvidas, as comunidades quilombolas de Alagoas apresentam uma estatística que segue na contramão do que o Ministério da Saúde considera um dos fatores de risco para desenvolver a hipertensão arterial: o estresse. De acordo com a pesquisa do professor Haroldo Ferreira, da Faculdade de Nutrição (Fanut) da Universidade Federal de Alagoas, foi constatado que a hipertensão atinge três vezes mais as mulheres quilombolas do Estado do que as mulheres da população geral. Os números estão associados, possivelmente, a fatores tais como dieta habitual não adequada, sequelas da desnutrição no início da vida, bem como a genética. Os indivíduos das 39 comunidades quilombolas estudadas, sobrevivem, em sua maioria, da agricultura familiar, cultivando alimentos com a mão de obra no núcleo

parental. Mesmo usufruindo desse sistema como meio de sobrevivência, a população se alimenta de maneira errada. “Eles cultivam para vender, mas o consumo de frutas, legumes e verduras não faz parte do hábito alimentar dessa população”, comentou o professor Haroldo. Em relação ao consumo de frutas, especificamente, o pesquisador acredita que apenas 10% a 15% dos quilombolas ingerem algum tipo do alimento somente uma vez por semana. “Eles não aproveitam as frutas do próprio quintal, seja in natura ou como sucos, dando preferência à chamada “tubaína”, que é o refrigerante genérico, de custo inferior aos das marcas tradicionais”, disse Ferreira. Para chegar a esses dados, a equipe do pesquisador, com apoio da Fundação de Amapro à Pesquisa de Alagoas (Fapeal) e do CNPq, aplicou questionários relacionados ao estado nutricional e às condições socioeconômicas, demográficas e de saúde. Foram cerca de 1.500 famílias que se reuniram nos centros de saúde dos municípios visitados ou por meio de visitas domiciliares. O objetivo era conhecer, entre outras variáveis, a composição

Trinta e nove comunidades quilombolas estudadas sobrevivem da agricultura familiar

corporal, o consumo alimentar habitual e as condições de saúde, especialmente, a prevalência de hipertensão arterial da população feminina de 18 a 60 anos de idade. O professor explica que o que caracteriza um paciente hipertenso é quando a pressão sistólica é maior do que 140 mmHg e/ou a diastólica ultrapassa os 90 mmHg, ou ainda, quando faz uso de medicamento anti-hipertensivo. Além desse critério, eram também investigados os fatores de risco, como antecedentes familiares, hábitos alimentares não saudáveis, obesidade central (acúmulo de gordura no abdomen), entre outros. “A taxa de mortalidade nessa população pode ser bem maior porque tem

dados que predispõem a isso”. Doença relacionada à alimentação Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), a pressão alta é uma das doenças de maior prevalência no País. A SBH estima que haja 30 milhões de hipertensos no Brasil, ou seja, cerca de 30% da população adulta. Níveis elevados de pressão arterial são facilitados por demasiada ingestão de sal, baixa ingestão de potássio, alta ingestão calórica e excessivo consumo de álcool. Os dois últimos fatores de risco são os que mais contribuem para o desenvolvimento de peso excessivo ou obesidade, que estão diretamente relacionados à elevação da pressão arterial.

A prevalência de hipertensão entre as mulheres quilombolas de Alagoas foi de 34,9% e esteve associada ao excesso de peso e à baixa estatura, um indicador de desnutrição no início da vida quando há restrição alimentar entre o período gestacional até os três primeiros anos de vida. Segundo Ferreira, esse perfil, aliado a uma alimentação rica em gorduras e carboidratos refinados, pobre em fibras, vitaminas e minerais, predispõe o indivíduo à obesidade e às doenças a ela associadas, aumentando o risco de morte por enfermidades cardiovasculares. “No caso da população estudada verificou-se que a ingestão energética das obesas não era superior à ingestão recomendada com base nos parâmetros internacionalmente preconizados, o que indica que essas mulheres requerem menos energia para sobreviver e, dessa forma, ainda que consumindo uma quantidade não excessiva de alimentos, são capazes de engordar”, explicou. OUTRAS DOENÇAS A pesquisa do grupo do professor da Fanut constatou altos índices de anemia nas crianças (52,7%). Embora a

prevalência causada por fator genético, como a anemia falciforme, seja mais comum em comunidades quilombolas em virtude da alta frequência de casamentos entre indivíduos com algum grau de parentesco, a maior parte desses casos é devido a um consumo inadequado de ferro, caracterizando a anemia ferropriva. Em toda rede básica de saúde do País e de Alagoas existe o Programa Nacional de Suplementação de Ferro, que distribui sulfato ferroso para crianças e gestantes visando a prevenir a anemia. Contudo, a adesão à prescrição por parte da mãe não é satisfatória, sendo esta, segundo o pesquisador, a maior dificuldade para o êxito do Programa. “É preciso investir pesado na capacitação dos recursos humanos da saúde, sobretudo, dos agentes de saúde, para que possam atuar de forma mais eficiente não só na distribuição do suplemento, mas na orientação sobre sua adequada utilização”, ressalta. Assim como na população geral de Alagoas, a obesidade também está se destacando nas estatísticas das comunidades quilombolas. O problema atinge 7,1% das crianças e 50,1% das mulheres.

ALAGOAS CURSOS

Aulão aberto faz sucesso entre concurseiros PEDRO BARROS pedrobarrosjr@hotmail.com

N

o próximo domingo, dia 30 de setembro, será o grande dia para os 35 mil candidatos a uma vaga no concurso da Polícia Militar de Alagoas. No dia 29, véspera do certame, o Alagoas Cursos vai realizar o “1º Aulão” aberto para o grande público. O evento vai acontecer no ginásio do Sesi durante todo o sábado e vai reunir, além dos alunos do preparatório, concurseiros de outros cursinhos, candidatos de outros Estados. O Aulão promete ser um sucesso oferecendo aos candidatos uma boa medida do que será o certame do dia 30. Além de trabalhar de forma eficaz os conteúdos, priorizando os principais tópicos do edital, a preocupação dos organizadores será tratar, também, do lado emocional dos candidatos. “Controlar ansiedade, manter a motivação além de fazer uma boa revisão vendo os principais tópicos do edital serão os principais objetivos do Aulão”, afirmou a coordenadora pedagógica do preparatório, professora Lucrecia Falcão. Para atingir esse objetivo a coordenadora explicou que a dinâmica do Aulão vai envolver resoluções de questões, dicas e palestra motivacional com dicas e informações de como se preparar e passar em concurso público. Analisar como a organizadora, no caso o Centro de

Lucrecia Falcão: “Nossos professores são motivados e têm larga experiência em aprovação”

Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), trabalha as questões será, também, um dos focos das aulas. A resolução de questões, uma das melhores ferramentas para o candidato medir a sua evolução na corrida em busca do êxito em um concurso público será vista a exaustão. A professora destacou que neste quesito serão analisadas não só questões de

concursos anteriores, mas, também, questões elaboradas pelos professores da casa. “Daremos outras vertentes para as questões que serão trabalhadas, com a elaboração de provas por nossos professores”. O corpo docente, formado por especialistas e mestres, com larga experiência em concursos públicos é apontado pela coordenadora como um dos pontos fortes da insti-

tuição. “Nossos professores são motivados e tem larga experiência em aprovação. São juízes, procuradores, mestres e especialistas. A gente prepara o candidato para vencer”. O material didático é outro diferencial que Lucrecia Falcão faz questão de destaca. “Nós oferecemos aos alunos um material didático de qualidade, direcionado para os conteúdos que o edital

exige e enfatizamos aqueles, que na nossa experiência, tem mais probabilidade de ser cobrado no dia da prova”. Ela disse ainda que a realização do evento é uma provocação, não só aos alunos do Alagoas Cursos, mas também a outros concurseiros. “Nós fomos procurados por muitas pessoas interessadas em que promovêssemos o “Aulão”, inclusive muita gente de outros Estados. Isso nos moti-

vou a preparar essa grande aula diferenciada”, disse. Segundo Lucrecia Falcão, a grande procura dos concurseiros pelo Alagoas Cursos se deve a confiança e ao reconhecimento depositado no trabalho desenvolvido por toda a equipe que compõe o preparatório. A coordenadora resume todo o sucesso alcançado pelo cursinho em uma frase. “A gente prepara para vencer”, enfatizou.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A17

Municípios

www.mais.al municipios@ojornal-al.com.br

OVINOCAPRINOCULTURA

Codevasf vai investir nas famílias do sertão alagoano Iniciativa faz parte do Plano Brasil sem Miséria, do governo federal, que vai investir R$ 800 milhões

A

Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) pretende investir cerca de R$ 800 mil nos próximos meses em atividades de ovinocaprinocultura para inclusão produtiva de famílias em situação de pobreza no sertão alagoano. A iniciativa faz parte do Plano Brasil Sem Miséria do Governo Federal e será integrada ao Programa Alagoas Mais Ovinos do Governo de Alagoas. As perspectivas de investimentos da Codevasf em ovinocaprinocultura foram apresentadas entre os dias 13 e 14 de setembro, no Seminário para o Fortalecimento da Cadeia Produtiva de Ovinocaprinocultura, realizado em Santana do Ipanema por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), com apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) e do Instituto Ambiental Brasil Sustentável (IABS). O evento finalizou os trabalhos de avaliação e diagnóstico do Programa Alagoas Mais Ovinos e foi encerrado com um planejamento de ações conjuntas envolvendo diversas instituições, como Codevasf, Seagri/AL, Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos de Alagoas (Accoal), Fundação Banco do Brasil, entre outras. No encontro, foram distribuídos exemplares do Manual de Criação de Caprinos e Ovinos, produzido pela Codevasf, com o objetivo de divulgar aos técnicos e produtores rurais o uso de técnicas adequadas de manejo visando ao fortalecimento da atividade na região. Entre as ações que foram

deliberadas no seminário, está o fortalecimento da Câmara Setorial da Ovinocaprinocultura de Alagoas, com a entrada de novas instituições, como a Codevasf. “Percebemos que muitas entidades envolvidas atuavam de forma isolada, o que reduzia o potencial de ação. Agora pretendemos agir de forma conjunta e o melhor espaço é a Câmara Setorial”, apontou a economista doméstica Solange Marcelino, chefe da Unidade Regional de Desenvolvimento Territorial da Codevasf em Alagoas. Outro encaminhamento do seminário é que a Codevasf atuará em parceria com a Seagri/AL no Programa Alagoas Mais Ovinos como forma de fortalecer o setor e potencializar as ações das instituições parceiras. Solange Marcelino explica ainda que os próximos investimentos da Codevasf na área

R$ 800 mil serão investidos nos próximos meses em atividades de ovinocaprinocultura para inclusão produtiva de ovinocaprinocultura, por meio do Plano Brasil Sem Miséria, serão priorizados associações, cooperativas e agricultores familiares que já estejam sendo atendidos por algum tipo de assistência técnica. “Esse critério de elegibilidade dos investimentos tem como objetivo racionalizar o uso dos recursos ao destiná-los a projetos que não corram o risco de descontinuidade por falta de assistência técnica que os acompanhe”, esclareceu.

Investimento em ovinocaprinocultura Desde 2010, a Codevasf, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI) e parlamentares do estado de Alagoas, já investiu mais de R$ 500 mil para o desenvolvimento da ovinocaprinocultura em municípios do vale do São Francisco alagoano. Esses recursos do Governo Federal foram aplicados na aquisição e cessão de um laboratório móvel de reprodução animal para ovinos e caprinos e de duas motos para transporte dos assistentes técnicos e extensionistas rurais, cedidos atualmente à Cooperativa dos Agricultores Familiares de Delmiro Gouveia (Coofadel); na aquisição de empacotadoras de leite para o Assentamento da Reforma Agrária Selma Bandeira em São José da Tapera (AL); na aquisição e cessão de tanques

de resfriamento de leite de cabra e de equipamentos para a Unidade de Beneficiamento de Leite de Cabra da Cooperativa de Consumo e Produção dos Criadores de Pequenos Animais de Santana do Ipanema (Copasil) e na compra de equipamentos para a fábrica de sabonetes e sabão de leite de cabra da Associação de Produção Artesanal de Maravilha (Natucapri). Segundo o diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, José Augusto Nunes, a Codevasf, em parceria com a SDR/ MI, pretende intensificar o seu apoio à estruturação da cadeia produtiva da caprinovinocultura, levando em consideração que a atividade é uma ótima alternativa para a inclusão social, produtiva e geração de renda para as famílias do semiárido brasileiro.

CINE SESI

Cinema na praça chega a município para moradores EDITORIA DE MUNICÍPIOS municípios@ojornal-al.com.br

A Ovinocaprinocultura vai beneficiar centenas de famílias em situação de pobreza no sertão do Estado de Alagoas

AMANHÃ

Começa III Jornada de Literatura

C

om o objetivo de incentivar a promoção do conhecimento através da leitura, o Sesc Alagoas por meio do Centro de Difusão e Realizações Literárias, desenvolve diversas ações, dentre elas a III Jornada Sesc de Literatura, que vem acontecendo desde 2008. Esta terceira edição, inicia com as Pré-Jornadas realizadas nas cidades de Viçosa no período de 24 a 28 de setembro e em Arapiraca no mês de outubro. Em Viçosa o foco é a oralidade dos mestres da cultura popular e a obra do educador e artista Ronaldo Aureliano, onde por iniciativa

do SESC foi feito todo o trabalho de restauração no Parque de Esculturas do artista. A Pré-Jornada de Viçosa será desmembrada em três pólos, sendo o primeiro no Parque de Esculturas e Praça das Amêndoas, com foco na “LEITURA”, atuando num intenso diálogo com livros e as figuras míticas e histórias do mestre Ronaldo Aureliano. O segundo pólo acontece na sede do Guerreiro Frei Damião (comunidade Frei Damião), voltado a “CRIAÇÃO LITERÁRIA-IMPROVISO-CORPO”, dialogando com a verve literária dos brincantes de guerreiro, que conviveram durante

anos com o mestre Sebastião e que atualmente é comandada pela Mestra Quitéria. E encerrando com o terceiro pólo desenvolvido no sítio Bananal, reduto do mestre Osório do Reisado, tendo como base para nossas atividades a “MEMÓRIA AFETIVA X MEMÓRIA TEXTUAL”. Nele, o mestre Expedito, filho do mestre Osório nos conduzirá pelas criações do pai. Mestre Ronaldo Aureliano nasceu em 07 de setembro de 1955, um emblemático dia, na cidade de Atalaia/AL. Foi o terceiro dos onze rebentos do “Seu Zeca” e de “D. Minininha”.

té hoje, os moradores da cidade de Teotônio Vilela terão cinema gratuito. A 6ª edição do Cine Sesi Cultural em Alagoas iniciou as exibições ontem. Até o final deste mês de setembro, serão contemplados 14 municípios alagoanos pela iniciativa. Na programação, três curtas e três longas-metragens referências na produção audiovisual brasileira, com exibição começando sempre às 18h30. O Cine Sesi Cultural é realizado pelo SESI e idealizado pela diretora de criação da Aliança Comunicação e Cultura, Lina Rosa Vieira, em parceria com o Instituto Origami. O Cine Sesi é diversão levada a sério. Porque é formação de público; socialização de um bem cultural, a sétima arte; uma espécie de “cinema de guerrilha”. Em seu décimo ano, o projeto continua levando cinema a lugares que não possuem salas de projeção em funcionamento. Entre 2002, quando foi criado, até hoje, o Cine Sesi já passou por 603cidades do interior – algumas dessas cidades mais de uma vez - de 11 estados do País, atingindo mais de três milhões e setecentos mil pessoas. Só no estado de Alagoas, nas cinco edições passadas, foram mais de 70 municípios contemplados, reunindo um público de mais de 510 mil pessoas.

Projeto começou em março e contempla diversos municípios O projeto acontece desde março, no Estado de Alagoas. Ne s t a e d i ç ã o, j á f o ra m contemplados os municípios de Maragogi, Porto Calvo, Matriz de Camaragibe, Paripueira, Marechal Deodoro, Boca da Mata, Campo Alegre, M a t a G r a n d e, D e l m i r o Gouveia, Piranhas, São José da Tapera e São Sebastião. E depois das exibições em Teotônio Vilela, o Cine Sesi Cultural aportará ainda em Arapiraca. Em cada um dos três dias de exibição, serão apresentados um curta e um longa-metragem para a população presente. Na sexta-feira, o público confere o curta Até o Sol Raiá (PE) e o longa, Eu e Meu Guarda Chuva (SP); no sábado, o curta Câmara Viajante (CE) e o longa Pequenas Histórias (MG); e no domingo, o curta Vida Maria (CE) e o longa A Era do Gelo 3. As exibições começam sempre às 18h30.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A18

Arapiraca

www.mais.al municipios@ojornal-al.com.br

IMPASSE

‘Cinquentinhas’ trafegam sem nenhuma fiscalização A falta de fiscalização dos ciclomotores pelas autoridades tem acarretado infrações e acidentes na cidade IZABELLE TARGINO municípios@ojornal-al.com.br

O

incontável número dos ciclomotores, as popularmente chamadas de cinquentinhas, na cidade de Arapiraca, é um dos problemas causados para o já caótico trânsito de Arapiraca. Como praticamente não existem regras, quem anda neste tipo de veículo pouco ou quase nada - se preocupa com as leis de trânsito. Sem fiscalização, é comum presenciar motonetas transitando pela contramão, sobre calçadas e também disputando espaço nas ruas com veículos mais velozes. Muitas vezes, os condutores são menores de idade que, em alguns casos, levam mais de uma pessoa na garupa. É a desordem institucionalizada. De acordo com o Código de Trânsito, todo veículo de duas rodas deve obedecer às regras de trânsito. É obrigatório serem conduzidos por maiores de idade, possuir Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) ou

Carteira Nacional de Habilitação, além de usar capacetes. Porém, na prática, não é isso que vem acontecendo na cidade. De acordo com o comandante do Batalhão de Trânsito, do 3° Batalhão de Polícia Militar de Arapiraca, o tenente Nunes, a falta de fiscalização obrigatória por parte dos órgãos fez com que o veículo se popularizasse, principalmente nas concessionárias. Isso porque os ciclomotores podem ser conduzidos por menores e que não precisam de habilitação. “A ausência de uma cobrança rígida dessas exigências determinadas pela lei faz com que aumente, a cada dia, o número destes veículos nas ruas”, disse o comandante. A chegada das cinquentinhas beneficiou, principalmente, as pessoas de baixa renda, uma vez que o preço de mercado desses veículos ciclomotores varia entre R$ 2 mil e R$ 4 mil. Outro atrativo é a economia na hora da manutenção. Os ciclomotores de 50 cilindradas têm autonomia de rodar até 40 quilômetros com um único litro de combustível. Em Arapiraca, muitos trabalhadores já estão aposentando as tradicionais bicicletas, passando a ir e voltar do trabalho de forma motorizada.

Fiscalização dos veículos fica limitada Andando pelas ruas do centro de Arapiraca, e até na rodovia AL-220, que corta o município, não difícil cruzar com adolescentes conduzindo as cinquentinhas. Na maioria das vezes, eles não são habilitados e andam sem capacetes. Apesar da determinação do Código de Trânsito, estes veículos são pouco, ou quase nada, fiscalizados. Severino Lúcio, da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Arapiraca (SMTT), explicou que o ciclomotor é um veículo motorizado igual a qualquer outro. Como tem uma cilindragem menor que as outras motocicletas, os condutores acreditam que não precisam seguir as regras de trânsito. “As pessoas deixam de usar o capacete, por exemplo, usando o argumento que as cinquentinhas não atingem uma velocidade alta, mas

isso não justifica. Hoje, até os ciclistas usam capacetes apropriados”, argumentou o superintendente. Além disso, Lúcio denunciou que, atualmente, as pessoas estão comprando as cinquentinhas, depois levam em alguma oficina e mandam modificar a cilindragem dos veículos, deixando mais potentes. “Alguns chegam a atingir uma velocidade maior do que cem cilindradas”, disse. Severino Lúcio explicou que apesar de todos os problemas existentes, a fiscalização é limitada. Segundo ele, quem tem o direito de fiscalizar este tipo de veículo é o Detran ou a Polícia de Trânsito, devidamente autorizada pelo órgão. “O Detran, que é o órgão estadual responsável pelos veículos, e o Batalhão de Trânsito é quem tem que fiscalizar”, confirmou ele.

Impasse dificulta solução e aumenta o problema na cidade

Condutores e passageiros transitam pelas ruas de Arapiraca sem capacetes e cinquentinhas não são autuadas

Sem placas, veículos acabam sendo recolhidos O superintendente explicou que a SMTT só pode atuar no caso das cinquentinhas em situações restritas, como se estiverem estacionadas em locais proibidos. Neste caso, o veículo é recolhido e levado para o pátio do órgão, onde fica apreendido até que um responsável, maior de idade, habilitado e portando a nota fiscal do veículo vá retirar. Como este tipo de veículo não possui registro, nem são emplacados, eles acabam ficando isento de autuações e multas. Foi o que explicou o comandante do Batalhão de Trânsito, tenente Nunes. De acordo com ele, as cinquentinha podem ser apreendidas em casos de envolvimentos em acidentes, ou quando estiver sendo conduzidas por menores de idade. Nestes casos, os veículos são recolhidos e dependendo da infração, crime ou contravenção, o veículo é recolhido e os pais ou donos são responsabilizados. “Por não ser emplacada, não tem como autuar e nem multar. A ausência de placa faz com que

o veículo fique isento de notificação”, explicou o comandante. As consequências dessa falta de fiscalização vão além do número desenfreado de vendas e das infrações de trânsito. Sem placas, os ciclomotores se transformaram alvos fáceis dos bandidos tanto para serem roubadas, quando para serem usadas

para a prática dos assaltos. O tenente Nunes explicou que este tipo de veículo facilita a fuga e a não identificação dos assaltantes já que a características são igual para todas. Outra consequência é a quantidade de acidentes envolvendo as cinquentinhas. Grande parte deles é grave pelo fato dos condutores não usarem capacetes.

Quando um veículo é comprado ele tem 15 dias para ser registrado e emplacado. A responsabilidade por esse registro é da SMTT, mas, na prática, isso não acontece. O tenente Nunes explicou que, para a SMTT realizar o registro, existe uma série de procedimentos administrativos e um órgão teria que firmar, pelo menos, cinco convênios . O comandante disse que o Conselho de Trânsito Municipal, do qual faz parte, teve uma reunião, há seis meses, com a SMTT e o Detran, para que este último seja o responsável pelo licenciamento dos veículos, como permite o Código de Trânsito. O superintendente da SMTT, Severino Lúcio, após o pedido ao Detran, no início do ano, a SMTT iria fiscalizar, autuar multar. “Se não tem placa, então como é que vou notificar um ciclomotor. Não somos nós os responsáveis pelo emplacamento. O Detran é quem tem a estrutura para emplacar e licenciar este tipo de veículo”, alegou o superintendente. Severino Lúcio reconhece que a lei diz que o município é o responsável pelo registro, mas alega que não existe essa estrutura. “Então foi pedido ao Detran que isso fosse feito lá. Assim, a SMTT ficaria responsável pela fiscalização. Depois deste pedido, nós fomos informados que o Detran iria autorizar as Ciretrans para fazer o licenciamento. Mas até hoje isso está parado”, disse. Em contato com a assessoria de comunicação do Detran, a reportagem de O Jornal foi informada que o registro e legalização das cinquentinhas é de responsável dos municípios, através da SMTT e que o Detran é responsável apenas pela emissão da ACC e CNH. Enquanto o impasse não se resolve, o número de ciclomotores cresce paralelamente o número de problemas. “Pa ra re s o l v e r e s t e problema, só vejo duas soluções: ou a SMTT busca estrutura para assumir o registro e emplacamento, ou o Detran se responsabiliza”, concluiu o tenente Nunes.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

Publicidade

A19 www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A20

Economia

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br Igor Pereira

Salinas de Maceió, na praia de Ipioca, foi um dos pioneiros do litoral norte da capital alagoana; agora, o destino alagoano é um dos mais requisitados pelos investidores, a exemplo do GJP, que anunciou um resort padrão cinco-estrelas

Ipioca: em breve, paraíso dos resorts GJP Hotéis & Resorts anunciou a construção do empreendimento turístico com 300 apartamentos NIDE LINS nidelins@ojornal-al.com.br

C

om elogios sobre a cor do mar azul-turquesa das praias e os vastos coqueirais de Maceió, o presidente do GJP Hotéis & Resorts, Guilherme Jesus de Paulus, anunciou no último dia 17, numa entrevista coletiva de imprensa em São Paulo, a construção de um resort com 300 apartamentos, além de um condomínio com área mobiliária no bairro de Ipioca. A previsão de início das obras é para 2013. O novo empreendimento hoteleiro em Maceió está inse-

Guilherme Paulus anunciou o resort em Ipioca com padrão cinco-estrelas, restaurantes, adega gourmet, SPA, Fitness Center, área de eventos, serviço diferenciado e personalizado para os hóspedes

rido no projeto maior do grupo que prevê até 2014 investir mais de R$ 1 bilhão para marcar presença em todas as capitais brasileiras. Atualmente, a rede tem hotéis e canteiros de obras em cinco capitais: Salvador, Aracaju, Rio de Janeiro, Natal e Maceió. O objetivo do grupo é estar entre as cinco maiores redes hoteleiras do Brasil em cinco anos. De acordo com o empresário Guilherme Paulus, além do empreendimento em Ipioca também estão previstos a abertura de mais três empreendimentos – Salvador, Rio de Janeiro e Aracaju – exigem investimentos de R$ 500 milhões. Ele ressaltou, ainda, que “já temos dois outros projetos em negociação e que devem se efetivar ainda este ano, além de outros em estudo para 2013”. Guilherme Paulus, não

divulgou o valor que será investido em Ipioca, mas afirmou que, do valor de R$ 500 milhões, a maior parte será destinada para Maceió. “No momento, estamos na fase de licenciamentos; por isso, não posso prevê o valor de investimento em Ipioca”, disse. O novo resort de Ipioca já vai nascer dentro do novo conceito de marca do grupo: será um empreendimento Wish, que traduzindo para o português é “desejo”. O resort será padrão cinco-estrelas, com restaurantes, adega, gourmet, SPA, fitness center, área de eventos, serviço diferenciado e personalizado para os hóspedes. Guilherme Paulus disse que, em Maceió, conta com o apoio da prefeitura e governo do Estado e também será financiando com recursos do Banco do Nordeste. Continua na página A21


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A21

Economia

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br

Mais de R$ 1,5 milhão no Sete Coqueiros Em Maceió, o grupo GJP também administra dois hotéis, o Hotel Sete Coqueiros (Praia de Pajuçara) e o Village Pratagy Resort (Riacho Doce). No hotel Sete Coqueiros o grupo está presente desde 2007, e serão investidos mais de R$ 1,5 milhão na reforma dos 108 apartamentos. Para 2013, começa a ampliação do hotel Sete Coqueiros com mais 126 apartamentos.Já o Village Pratagy Resort, administrado pelo GJP durante três anos, foram investidos R$ 2,5 milhões em reformas. “Investimos em hotelaria porque sempre vai haver alguém querendo uma cama para dormir em algum lugar do País”, disse Guilherme ao final da coletiva. Para o presidente da ABIH, Glênio Cedrim, a expansão do turismo no litoral norte de Maceió será o grande atrativo de investimentos para a capital alagoana

Plano diretor de Maceió deve ser compatível com os resorts O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Glênio Cedrim, é um dos grandes entusiastas do desenvolvimento do turismo sustentável no litoral norte, especialmente de Jacarecica à Paripueira, correspondendo a 23km de belas praias e grandes áreas estratégicas para receber novos empreendimentos turísticos. Um exemplo é o grupo GJP, que vai construir um resort condomínio de luxo em Ipioca, e outros mais já estão em vista. Mas o presidente da enti-

dade faz um alerta. “Este desenvolvimento sustentável só será possível se o governo, prefeitura, entidades, órgãos e ambientais definirem um plano diretor compatível com o conceito dos resorts “pé na areia”. Hoje pelo plano está previsto uma nova via litorânea de Jacarecica até Ipioca, ou seja, uma estrada cortando os terrenos e o mar, inviabilizando futuros projetos de resorts. Os empreendimentos de lazer, sol e mar, que geram 1,2 empregos por apartamentos, não podem ter estradas.

O Salinas de Maragogi vai até a praia, e a população tem acesso à praia, mas asfalto não existe. O conceito de resort pé na areia é integração com a natureza ”, explicou Cedrim. Para ele, a expansão do turismo no litoral norte de Maceió será o grande “alavancador” de investimentos para a capital alagoana, tanto pela sua localização próximo do centro bem como pela sua beleza peculiar de praias e sítios de coqueirais, cenário propício para atrair novos empreendimentos.

“A região norte de Maceió, estendendo até o município de Paripueira, se tivermos um plano diretor voltado para o desenvolvimento do turismo sustentável, daqui a 10 a 20 anos teremos potencial de ter entre 20 a 25 mil leitos gerando mais empregos em Alagoas. Não podemos perder esta oportunidade, temos um litoral fantástico, belas praias, vastos coqueirais. O litoral norte é o destino certo para receber novos investimentos turísticos. É o futuro”, diz o presidente da ABIH. N.L.

APROVAÇÃO Para a secretaria municipal de Promoção de Turismo, Claudia Pessôa, o anúncio de mais um investimento em Maceió é uma prova de que a capital alagoana está em franco crescimento no turismo. “Mais hotéis, mais turistas e novos empregos. O litoral norte de Maceió é onde se dará o desenvolvimento d o t u r i s m o. Gu i l h e r m e Paulus sempre acreditou em Alagoas e trazer um resort 5 estrelas é investir no turismo de qualidade”, disse a secretária. Claudia Pessôa ressaltou que em Ipioca já tem empreendimentos turísticos.“Com a chegada do Salinas de

Maceió já sentimos a diferença na cidade, além da geração de empregos, abriram lojas de artesanato e novos restaurantes”, reforçou. Outro empreendimento em Ipioca é o Magia Hotel Suíte, com a primeira etapa anunciada para ser inaugurada em dezembro de 2013. O Magia Hotel Suíte é um empreendimento do grupo Havengrid, com investimento de R$ 70 milhões. O complexo, que possui 220 apartamentos, 12 mil m² de área verde, 2 mil m² de piscina, auditório para 450 pessoas, além de 4 restaurantes, é um resort com padrão internacional de alto luxo. PREVISÃO Com expectativa de fechar 2012 com faturamento de R$ 100 milhões, o que representará um crescimento de mais de 17% em relação ao registrado no ano passado, a GJP Hotéis & Resorts prevê uma taxa média de ocupação de 66% para seus doze empreendimento hoje em operação. A rede, que projeta crescimento entre 10% e 20% no faturamento para 2013, conta hoje com 1,3 mil colaboradores e, a partir das aberturas deste ano e do Rio em 2013, passará a oferecer mais de 1,9 mil apartamentos. N.L. *A jornalista Nide Lins participou da coletiva de imprensa a convite do Grupo GJP


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

A22

Imobiliário

www.mais.al imobiliario@ojornal-al.com.br

MACEIÓ

Promoção movimenta mercado imobiliário Novos proprietários de residencial compram apartamento e levam um carro 0 km como prêmio

O

mercado imobiliário em Maceió mais uma vez se reinventa. Em uma promoção inédita, lançada pela Telesil Engenharia juntamente com a Zampieri Imóveis, presenteia clientes com 10 carros 0km a cada unidade residencial comercializada. A campanha iniciada no último dia 19, se estende até o dia 31 de outubro, e premiará os dez últimos moradores do Residencial Dr. Tibério Rocha. “São apenas 10 unidades disponíveis. É uma promoção especial de final de ano, uma ação inédita em Alagoas”, afirma o empresário Nilo Zampieri Jr. Entregue em maio, o residencial Dr. Tibério Rocha está situado no coração do bairro do Farol. Com uma estratégia de marketing inovadora, além de acelerar as vendas das últimas unidades, a campanha movimenta ainda mais o setor imobiliário da região. “Nunca uma construtora fez isso que a Telesil está fazendo,

Empresário Nilo Zampieri J. explicou que promoção é uma ação inédita em Alagoas no mercado imobiliário

uma campanha tão agressiva de Marketing, parabenizo os empresários Alfredo Brêda e Osman Ramires, da Telesil pela iniciativa”, avalia Zampieri. CORAÇÃO DO FAROL Contando com toda a infraestrutura de um dos mais tradicionais bairros da capital alagoana, o Residencial Dr. Tibério Rocha, vizinho à Praça Arnon de Mello, é ladeado por colégios, faculdades, hospitais, supermercado, restaurantes, farmácias, boutiques, shopping, correios, bancos, igrejas, postos de combustíveis e outros estabelecimentos comerciais. “É um prédio bastante ventilado, moderno, além disso, é uma área resi-

JUROS

dencial tranquila do Farol. Tudo isso com a vantagem de pagar um condomínio baixo, de apenas R$ 260,00”, assegura Osman Ramires. Com um valor a partir de R$ 239 mil, os imóveis podem ser financiados pela Caixa Econômica Federal. “Também dividimos a entrada e o sinal em até 48 vezes, uma grande vantagem para o cliente. Outro detalhe importante é que a tabela não sofreu qualquer tipo de alteração”, complementa Alfredo Brêda. As unidades residenciais do empreendimento têm três quartos, sendo um suíte, salas de estar e jantar, WC social com descarga seletiva, cozinha, área de serviço e varanda. O lazer é garantido nas pisci-

nas adulto e infantil, salão de festas e churrasqueira. O residencial oferece conforto e segurança ao proprietário com sensores de presença e sistema de monitoramento com câmeras-CFTV, além de excelente taxa de condomínio devido aos investimentos em medidores individualizados de água e gás canalizado. Construído pela Telesil Engenharia, o residencial possui 2 blocos de 13 pavimentos. São 4 apartamentos por andar, 1 vaga de garagem para cada apartamento e 2 elevadores por bloco. Existe ainda área de lazer, copa, sala grupo gerador, salão de festas e piscinas adulto e infantil. As vendas estão a cargo da imobiliária Zampieri Imóveis.

TRABALHO

Taxa tem possibilidade Cresce número de de redução no País empregados formais

A

equipe econômica da presidente Dilma avalia que o cenário econômico atual permite mais um corte de 0,25 ponto percentual na taxa de juros sem comprometer a estratégia da política monetária para o próximo ano. Depois dessa redução, que seria a última do processo de queda dos juros iniciado no ano passado, o Banco Central sinalizaria ao mercado que a taxa Selic pode ficar estável desde que a inflação continue convergindo para 4,5%, o centro da meta. A taxa básica de juros caiu de 12,5% para 7,5% desde agosto de 2011. Em sua última reunião, o Copom (Comitê de Política Monetária) alertou que uma nova redução somente ocorreria com a “máxima parcimônia”. Ou seja, na hipótese de novo corte nos juros, ele não será mais de 0,50 ponto percentual, como ocorreu nas últimas três vezes, mas de 0,25 ponto -reduzindo a taxa para 7,25%. A próxima reunião será em 9 e 10 de outubro. Um último corte, contudo, ainda não é dado como certo. Assessores destacam que a presidente entende que, se necessário, o BC pode interromper o processo de queda para evitar ou postergar uma retomada das altas. No Palácio do Planalto, auxiliares fazem questão de

frisar que a presidente não quer perder o controle sobre a inflação em 2013, o que significaria entrar no último ano de mandato tendo de tomar medidas amargas na economia. Daí que, se for necessário um ajuste nos juros, Dilma dará apoio ao BC. Recentemente, geraram desconforto no banco declarações de autoridades do governo de que não seria preciso subir os juros em 2013. O cenário econômico atual, porém, é visto como benigno pela equipe de Dilma. A avaliação é que o choque de oferta vindo dos EUA desviou temporariamente a inflação da trajetória de conversão para o centro da meta, mas que ela será retomada nos próximos meses, ficando abaixo de 5% no final de 2013. A s e g u ra n ç a v e m d a avaliação de que a economia mundial seguirá num ritmo muito fraco no médio prazo, da redução das pressões sobre preços vindas do setor de serviços e das medidas adotadas pelo governo, como o corte nas tarifas de energia. Do lado do crescimento, a equipe de Dilma já trabalha com uma taxa superior a 1% no terceiro trimestre, o que deve garantir que o país estará crescendo, no final do ano, a uma velocidade de 4%. O crescimento acumulado em 2012 deve ficar abaixo de 2%.

O

s dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho, mostram que a mão de obra formal do país está ficando cada vez mais qualificada. Em 2011, foram criados 2,242 milhões de empregos formais no país, segundo a Rais. Desse total, 25% possuíam ensino superior completo e outro 1,1% é de trabalhadores com mestrado ou doutorado, somando 26,1% com alta qualificação. Essa participação é bastante superior ao estoque de trabalhadores com o mesmo nível educacional. No fim de 2011 estavam empregados 46,3 milhões de trabalhadores de maneira formal no país, dos quais a soma de curso superior, mestrado e doutorado equivalia a 17% do total. Em 2011, o total de 2,242 milhões de novos trabalhadores formais elevou o estoque de vagas em 5,09%. O número total, contudo, representou uma queda de 21,63% em relação à quantidade de postos criados em 2010, que foi de 2,861 milhões. De acordo com o ministério, tal comportamento deu continuidade à trajetória de crescimento de empregos no país, sinalizando um arrefecimento no ritmo de expansão. A Rais unifica as informações sobre emprego e

desemprego, abrangendo trabalhadores celetistas e estatutários. Traz, também, ajustes nas estatísticas, como a inserção de contratações e demissões registradas fora do período legal. O Caged, apresentado mensalmente pelo Ministério do Trabalho, reúne apenas os dados sobre os empregados na iniciativa privada. Dos novos empregos criados em 2011, 2,116 milhões correspondem a empregos celetistas, um crescimento de 5,96% no estoque, alcançando 37,606 milhões. Em 2011, foram contratados 126,3 mil funcionários públicos, o que fez com que o estoque dessas vagas subisse 1,47% para 8,705 milhões. A Rais apontou que o rendimento médio do trabalhador formal brasileiro fechou 2011 em R$ 1.902,13. O montante representa um aumento real de 2,93% em relação ao salário médio em 2010 (R$ 1.847,92). Segundo o Ministério do Trabalho, o rendimento é corrigido pelo INPC e reflete continuidade da trajetória de crescimento da remuneração. A maior diferença entre as unidades da federação com relação à remuneração média em 2011 se deu entre o que um trabalhador formal ganhou em média no Distrito Federal (R$ 3.835,88) e o que recebeu, em média, um trabalhador do Ceará (R$ 1.367,79).


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

Publicidade

A23 www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


A24

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br

JÔ 08 – BARRO DURO 51,00M² - Agora você se realiza! 2 qtos, s/1 ste, sala de estar e jantar, varanda, coz., área de serviço e 2 aptºs c/61,60m² cada, c/3 qtos, s/1 ste; sala de estar e jantar, varanda, coz., área de serviço. A partir de R$ 123.500,00. Minha Casa. Minha Vida. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

APTO. VENDA BARRO DURO JÔ 06 - BARRO DURO - LANÇAMENTO! O 1º imóvel a gente nunca esquece! Aptº com 02 e 03 quartos, sala de estar/jantar,coz.,wc social,área de serviço. Na cobertura: espaço de leitura,espaço de jogos,mirante panorâmico, bar, salão de festas, piscinas c/ deck, playground. A partir de R$ 134.000,00.3 elevadores,até 2 vagas de garagem.Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523 PAULO TIAGO VENDE-1º andar, 2 quartos, sala, coz, área de serviço, 1 vaga, segurança 24 hrs. R$ 93 mil. F: 88996195/8899.6196 Creci-2807 AFRÂNIO SERRARIAEXC. 02 QUARTOS SEUNDO 01 SUITE GARAG 04 CARROS, NASCENTE TERRENO 22X30 ÁREA VERDE, NO FINAL DO JOSÉ TENÓRIO VALOR 250 MIL TRATAR 91161734/ 9935-4419 CRECI 865.

Apto JatiúcaCod: 666 - Monte Carlo apto com 101 à 113m², 3/4, Lançamento no melhor da Jatiúca - entrada e saldo em 100 meses - C.2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

FAROL

Apto MurilopolisCod:966 - Icarai, 2 quartos, rua tranquila, predio caixão - R$ 100 mil - C.2368 9671.4405 / 88787606 monteiroimoveisal.com

REF.: 019 - FAROL. Ap com Sala de estar e jantar, hall, 3 quartos sociais, 1 quarto suíte, banheiro social, dependência de empregada, cozinha e área de serviço, desocupado. R$ 150 mil. Financio pela CEF.Tr. 93514440 e 8729-1044 CRECI 343. REF. 030. FAROL- ED. BARÃO JOSÉ MIGUEL (Próximo Tribunal de Contas) - Em construção. Ap com 112m², sala de estar e jantar com varanda, 3 quartos sendo 2 suítes, hall, WC social, cozinha, área serviço, dce, 2 vagas, nascente. A partir R$ 350 mil. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 / 87290144 CRECI -343. OSES VDE- Edf. Fiori, Prox. Casa da Indústria, 136m², 3 sts + gabinete, R$ 2.435,00/M². Tratar pelos telefones para contatos: 8899-6196/8899-6195. Creci-940

JATIÚCA REF. 028. . STELLA MARIS – Apartamento com sala de estar e jantar, com varanda, 3 quartos sendo 1 suíte, WC social, cozinha, apoio de serviço, dependência de empregada. Área 91m². 2 vagas de garagem. R$ 335 mil. –Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 / 87290144 - CRECI 343. Apto PajuçaraCod:728- Beira mar da pajuçara 190m² 4 suíte, linda vista, nasc C.2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

AFRÂNIO CASA NA SERRARIA, EXC. 02 QUARTOS SEUNDO 01 SUITE GARAG 04 CARROS, NASCENTE TERRENO 22X30 ÁREA VERDE, NO FINAL DO JOSÉ TENÓRIO VALOR 250.MIL TRATAR 9116-1734/ 99354419 CRECI 865

AFRÂNIO EXC; 04 QTS, SUITE, WC SOCIAL + DCE, GAR. 02 C A R R O S , NASCENTE PROX. AO MAIKAI: 600 MIL FINANCIO TR. 91161734 - 9935-4419 CRECI 865

JÔ 10 - JATIÚCA – Saia do aperto! Aptº com 84m²Sala de estar, sala jantar, cozinha, 03 quartos, 02 WC’s, área de serviço. Área de lazer na cobertura: sauna, piscina e salão de festa. 02 vagas. R$ 240.000,00. Nascente! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523 JÔ 14 - JATIÚCA 78,66m2 – E você chegou a pensar que morar bem custasse caro! sala de estar/jantar, varanda, 02 suítes, cozinha, área de serviço, quarto reversível e wc. 02 Vagas - Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

OUTROS BAIRROS JÔ 02 - PINHEIRO - 125M2 - Agora sim, você vai fazer a festa no seu novo AP! Sala de estar, circulação, hall, 03 quartos sendo 1 suíte, wc social, dependência de empregada, cozinha e área de serviço. R$ 150.000,00 – Pra você eu financio! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523 JÔ 05 – SERRARIA - Fase final de acabamento! A sua vida começando agora! Aptº c/ 53,45m² 3 qtos s/1 ste, varanda, sala de estar/jantar. A partir de R$ 117.300,10. Aptº c/ 66,68m² - 3 qtos ste, varanda, sala de estar/jantar. A partir de R$ 130.100,10 - Todos c/áreas de lazer completas. Minha Casa. Minha Vida. Caixa. Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

MANGABEIRAS JÔ 01 – MANGABEIRAS – Prepare sua mudança, venha ser vizinho do Iguatemi. Aptº com 85,33m² - Sala de estar/jantar com varanda, cozinha, área de serviço, 03 quartos sendo1suíte com varanda, 01 social e 01 reversível, wc social, wc de serviço. 01 vaga de garagem. Todo reformado. Com armários, blindex e cortinas. R$ 220.000,00. Vem que tá bom demais! Tel. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

AILTON - STELLA MARIS OPORTUNIDADE APT 03 QUARTOS, VARANDA, ELEVADOR, NASCENTE, APENAS R$ 180 MIL, MOTIVO VIAGEM. ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR 8807-7282/ 93361444 CRECI 759

AFRÂNIO CRUZ DAS ALMAS 02 QUARTOS, SENDO UMA SUITE, WC SOCIAL, DEPENDENCIA COMPLETA, PISCINA, NASCENTE, PRÓXIMO AO SHOPPING NOVO, PERTO DA PRAIA, VLR 300 MIL. TR 9116-1734 - 99354419 CRECI 865

AFRÂNIO JACARECICA EXC: 02 QUARTOS. SALA COZINHA. WC SOCIAL, NASCENTE LAJEADA CONDOMINIO FECHADO APENAS 75 MIL TRATAR; 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865.

AILTON - MURILOPOLIS, OPORTUNIDADE CASA 03 QUARTOS O1 SUITE, GARAGEM, QUINTAL. APENAS R$ 125 MIL ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR 88077282/9336-1444/9935-2263 CRECI 759

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

JÔ 11 – São empreendimentos que dispensam comentários! Pontal – Lançamento à beira-mar Aptº c/ 45,00m² - 2 qtos, c/ste, sala de estar/jantar, coz. - A partir de R$ 111.435,00 – Cond. c/5 torres de 12 andares (cada). Tabuleiro - Em construção - Aptº c/ 51,90m² 2 qtos c/ste, varanda, sala de estar/jantar, coz. A partir de R$ 128.365,00. Completa área de lazer .Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE


A25

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br ATENÇÃO: REGULARIZE SEU IMÓVEL, PROCURE UM PROFISSIONAL CREDENCIADO. LIGUE E MARQUE UMA VISITA. TRATAR 8807 7282/ 9336 - 1444 CRECI 759

Ailton - Jatiúca Aptº 02 quartos, sala, condomínio fechado, apenas R$ 100 mil, aceito financiamento. Tratar 88077282/ 9336-1444 creci 759

PONTA VERDE REF.022 – PONTA VERDESala de estar/ jantar, varanda, circulação interna, 3 quartos sendo 1 suíte, 1 wc social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada, 2 vagas na garagem. R$ 375 mil. Tr. 9351-4440 / 87290144 CRECI 343 OSEAS VDE-BEIRA MAR! 350m2, 4 stes 1 master, sla 3 amb, var, lav, coz, a serv, dce, 5-vgs. Padrão Lares. F: 8899-6196/88996195. Creci-940 REF. 021 – PONTA VERDE - Ap Terraço, sala em L, 3 quartos sendo 2 suítes, Wc social, cozinha, área de serviço, dependência completa de empregada. R$ 400 mil.Tr. 9351-4440 / 87290144 CRECI 343. REF. 020- PONTA VERDE. Ap sala de estar e jantar,03 quartos sendo 1 suíte, dependência completa empregada. Área útil 112m². 1 vaga. Localização privilegiada. Início 1ª quadra. R$ 285 mil.Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI 343. PAULO TIAGO VENDE- 2ª QUADRA, COBERTURA DUPLEX, 270M², NASCENTE, 4 QTS SENDO 3 SUITES, UMA MASTER, SALA DE ESTAR E JANTAR, COZINHA, A.SERV., DCE, AREA DESCOB., PISCINA C/ APOIO, 3 VGS. Tratar pelos telefones para contatos: 8899-6195/8899-6196. C2807

Apto Stella MarisCod:934 - Green Tower, aptos com 1 e 2 quartos, lançamento, área de lazer na cobertura - reserve já o seu! C.2368 - 96714405 / 8878.7606

OSEAS VDE – Edf. Palazzo Farnese, preço reduzido, 155m², 3 sts s/ 1 master, 3 vgs, Padrão Marroquim. F: 8899-6196/8899-6195. Creci-940 REF. 027 – PONTA VERDE. RUA VITAL BARBOSA. Apto sala de estar e jantar com varanda, 03 quartos sendo 01 suíte, dependência completa empregada. 02 vagas. Nascente, Prédio com play ground, piscina, salão de festas.Nascente, Excelente localização. Desocuapado. R$ 290 mil. R$ 100 mil sinal, restante direto Construtora 30x. Tratar pelos telefones: 9351-4440 / 8729-0144 - CRECI 343. JÔ 12 - PONTA VERDE – Um presentão exclusivo para você! Aptº com 82,46m2 – Varanda, sala de estar/jantar, 03 quartos sendo 01 suíte, lavabo, cozinha, área de serviço, web e dependência de empregada, 01 vaga de garagem. R$ 255.000,00 Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523 OSÉAS VENDE- Edf. Mont Alverne, 114m², nas, 3/4 s- 1 ste, sla estar e jantar, var, coz, DCE, a serv, 2-vgs. F: 8899-6196/8899-6195. Creci-940

JÔ 13 - PONTA VERDE LANÇAMENTO! Esplêndido! Contemporâneo! Lindíssimo. Feito para quem é diferenciado! Aptº c/ 161,28m² - 2 por andar. Varanda, sala estar e jantar, ste casal, ste social, ste reversível, qto social, copa/coz., serviço e dce, 2 vagas garagem. Prédio de esquina! R$ 785.845,75 Sinal: de R$ 157.169,15 100 Meses de R$ 6.286,76 – Entrega Prevista: Fev/2014 - Ligue pra conhecer! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

PAJUÇARA JÔ 09 - PAJUÇARA 74,06m2 - É sossego na sua vida e no seu bolso! Sala em “L”, 03 quartos sendo 1 suíte, wc social, cozinha, área de serviço, wc de serviço, 01 vaga no pilotis. R$ 235.000,00 Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

AILTON - TERRENO JARDIN PETRÓPOLES II, ÓTIMO TERRENO MED. 7X30, MURADO ESCRITURADO, PROXIMO AO MAKRO. APENAS R$ 38 MIL TRATAR 8807-7282, ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR: 8807-7282/ 9336-1444 CRECI 759

AILTON - BARRO DURO LANÇAMENTO APTO 02 E 03 QUARTOS, CONSTRUTORA HUMBERTO LOBO, ÓTIMO INVESTIMENTO. SINAL A PARTIR DE R$ 14 MIL, ELEVADOR, AMPLA ÁREA DE LAZER. FINANCIAMENTO DIREITO COM A CONSTRUTORA. TRATAR 8807 - 7282/ 9336 - 1444 CRECI 759

TABULEIRO - VENDE-SE uma casa c/ 3 quartos, 2 suítes, 1 banheiro social, 2 salas, cozinha, garagem, área de serviço. Tratar: 9609-6655/ 963691445

REF -031. PRADO - Ap Beira Mar projeto Minha Casa minha Vida, sala para 2 ambientes, 2 quartos sociais, wc social, cozinha, área serviço, Elevador, PRADO Quadras esportivas piscina, REF: 023- PRADO. PRAÇA 1 vaga. R$ 145 mil. – Tr. DA FACULDADE. Apto 2 9351-4440 e 8729-0144 salas, 3 quartos sendo 1 CRECI 343. suite, todos com armários, POÇO cozinha com armários, área de serviço, dependencia PAULO TIAGO VENDE- Res. empregada, reformado, Jatiuca II, 1º andar, nasc, 2 nascente, 1 vaga. Área qts, sala, cozi, a.serv, 1 vg, 110m². Desocupado. R$ segurança 24 hrs, apto re190 mil. Financio CEF.Tr. formado. R$ 130 mil. F: 9351-4440 / 8729-0144 8899.6195/8899.6196 Creci- 2807 CRECI 343.

SERRARIA

monteiroimoveisal.com

AILTON - SERRARIA, CASA 03 QUARTOS, SALA, OTIMO LOCAL APENAS R$ 140 MIL, ACEITO FINANCIAMENTO. 8807-7282/9331-1444/ 9935-2263 CRECI 759

AILTON - STELLA MARIS VENDO APT 03 QUARTOS. SUITE COM ARMARIOS, VARANDA, ELEVADOR, PROX. AO MAR. VAlOR R$ 220 MIL. Tratar 8807-7282 / 93361444. Creci 759

AILTON - STELLA MARIS PREDIO NOVO 03 QUARTOS, SUITE COMPLETA ÁREA DE LAZER, PEQUENO SINAL + FINANCIAMENTO BANCÁRIO VALOR R$ 250 MIL. 88077282/9336-1444/99352263. CRECI 759

AILTON - PONTA GROSSA VENDO UMA VILA COM 07 CASAS, RENDIMENTO MENSAL DE R$ 1.900 REAIS, ESCRITURADA, OTIMO LOCAL. VALOR R$ 125 MIL, TRATAR 8807 - 7282/ 9336 - 1444 CRECI 759

Apto Gruta- Cod: 710 - Varandas do Horto, apto com 3/4 e 66m², excelente localização no coração do Farol, apartir de R$ 210 mil - Financiamento CEF - Creci 2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

JÔ 07 - SERRARIA - 43M² - Em construção! Sua independência total! Aptº com 03 quartos sendo 01 suíte, sala estar/jantar, WC social, cozinha. Área de lazer fantástica. A partir de R$ 120.000,00. Minha Casa. Minha Vida. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523 REF. 026 – SERRARIA AO LADO SHOPPING PÁTIO. Apto novo, pronto para morar, 2 salas com varanda, cozinha, área serviço, 3 quartos sendo 1 suite. R$ 146 à vista. Sinal R$ 12 mil. Restante pela Caixa Economica. Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI- 343

APTO. ALUGA Apto Farol - Cod: 977 - Terrazos, andar alto, 3/4, 86m², nascente, lazer completo R$ 340 mil C.2368 - 96714405 / 8878-7606 monteiroimoveisal.com

FAROL OSÉAS ALUGA- Por trás do hosp. do açúcar, nasc, 88m², 3/4 s/ 1 ste, var, coz, a. serv, wc soc, wc serv, 1 vg, port eletrônico, R$ 850,00. C/Cond. + IPTU. Tratar pelo telefone para contatos: 9170-4434. Creci- 940

JATIÚCA ALUGA-SE apartamento mobiliado, 3 qtos., dce, varanda, garagem. Próximo ao Divina Gula. Tratar pelo telefone para contatos: 9123-8401 PAULO TIAGO ALUGASTELLA MARIS, PROX. AO DIVINA GULA, QUARTO E SALA, 38M², MOBILIADO, ANDAR ALTO. Tratar pelos telefones para contatos: 8899-6195/8899-6196. C2807

monteiroimoveisal.com

PONTA VERDE PAULO TIAGO ALUGA- 3/4 s- 1 ste, sla estar e jantar, coz,wc, a serv, 1 vg, nasc,. R$ 1.500,00 (Alug, IPTU e Cond).Tratar pelos telefones para contatos:8899-6195. Creci-2807.

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE Apto Farol - Cod: 921 - Mansão Antonio Soares, Lançamento no Farol, 3 e 4 suítes, super área de lazer, apto de 127 a 148m² apartir de R$ 370 mil - C.2368 9671.4405 / 88787606

AFRÂNIO MANGABEIRAS. EXC. QUARTO E SALA NASCENTE ENTREGUA OUTUBRO 2012 APENAS 135 MIL T R . 9 11 6 - 1 7 3 4 , 9935-4419 CRECI 865.

Sala Comercial Stella Maris Cod: 947 - Harmony Trade Center, sala comercial com 34,40m², excelente estrutura - R$ 175mil C.2368 - 96714405 / 8878.7606

CASA VENDA CRUZ DAS ALMAS REF. 029 CRUZ DAS ALMAS Excel.casa c/ótima área residencial, próx. a Faculdade, Hipermercado, Shopping e praias. Sala 2 ambientes,3 qtos s/1 ste, área de serviço, dependência de empregada,garagem e piscina.R$ 450 mil.Área:180m². TR. 9351-4440 / 8729-0144 - CRECI 343.

FAROL REF. 024. FAROL – Casa, jardim, gabinete,2 salas,3 qtos (s/2 stes),banheiro social,coz., depend.completa empregada, área de serviço, 2 vagas garagem,quintal.R$ 350.Tr.93514440/8729-0144.CRECI 343.

JÔ 04 - FAROL - 360m2 Chame os amigos pra fazer aquele baita churrasco! Casa com 02 salas, 03 quartos sendo 2 suítes, wc social, DCE, terraço, área de serviço. Garagem para 04 carros. Nascente! Próx. a Casa Vieira. Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523 JÔ 03 – FAROL – A oportunidade só bate uma vez à sua porta! Casa a 50 metros da Fernandes Lima. Terreno med. 10 x 90m excelente p/comércio e moradia. Sala de estar, sala de jantar, terraço, 3 qtos s/1 ste, wc’s, cozinhas enormes, garagens, quintal grande. 2º piso com outra dependência completa. É muita casa! Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

OUTROS BAIRROS REF. 025 – JARDIM PETRÓPOLIS I –CONFORTÁVEL Casa duplex, nascente. sala de visita sala de jantar, 3 qtos s/2 stes, todos c/armários, coz. C/armários e despensa, área de serviço, quintal grande, área verde frutificada nos fundos. com grande jardim de frente, 02 terraços, 02 vagas de garagem, solta nas laterais. R$ 400 mil. Ligue veja e confira. Aceito financiamento.Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 / 8729-0144 - CRECI 343.

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

AFRÂNIO FEITOSA EXC. 03 QUARTOS ,SENDO UMA SUITE WC SOCIAL WC SERVIÇO SALA COZINHA 110m ÁREA UTIL 145 MIL. TRATAR 9116-1734 /9935-4419 CRECI 865.

REF. 032 – JARDIM PETROPOLIS I – Casa com terraço, 2 salas, 3 quartos sendo 02 suítes, com armários, cozinha, dependência empregada, canil, depósito, piscina, pomar, rua calçada, terreno 24x30. Excelente localização. R$ 450 mil. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440/88290144 CRECI 343.

AFRÂNIO STELLA MARIS: 92 M2 03 QUARTOS SENDO UMA SUITE, DCE VARANDA, PISCINA, 02 VAGAS COND 350 REAIS, VLR 260 MIL TR. 9116-1734 9935-4419 CRECI 865.

AFRÂNIO FEITOSA,APTO. COND. ARTEMISIA EXC 03 QTS, WC SOCIAL SL. 02 AMBIENTES VARANDA WC. SOCIAL ARMARIOS, APENAS 105. MIM TRATA 9116-1734 9935-4419 CRECI 865.

AFRÂNIO MURILÓPOLIS: 110M2, 03 QUARTOS, SUITE, WC SOCIAL, DCE, NASCENTE SALA EM L, VLR 140. MIL TR. 9116-1734 9935-4419 CRECI 865.

Vende-se casa no Conj. Osman Loureiro c/3 quartos, sala, copa, cozinha, 2 banheiros, área, garagem, área de serviço. Tratar: 3324-2156

monteiroimoveisal.com

Casa Alameda do Horto- Cod: 965 - Linda Casa em cond fechado, 4 suítes, duplex, fino acabamento, entrega em julho/12 C2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

Apto Pinheiro Cod:620 - Vida Viva - Lançamento no Pinheiro, 2 e 3 quartos, lazer na cobertura, financiamento CEF - C.2368 9671.4405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

ANÚNCIO INSTITUCIONAL Fruto de Termo de Ajuste de Conduta Firmado com o Ministério Público do Trabalho.

“De acordo com o art. 5º da CF/88 c/c art. 373-A da CLT, não é permitido anúncio de emprego no qual haja referência quanto ao sexo, idade, cor ou situação familiar, ou qualquer palavra e/ ou expressão que possa ser interpretada como fator discriminatório, salvo quando a natureza da atividade assim o exigir.”


A26

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br

COMERCIAL VENDA

COMERCIAL ALUGA

MANGABEIRAS

FAROL

VENDE-SE FRANQUIA de brinquedos com ponto comercial no Maceió Shopping. Tr.: 82 8899-2637.

OSEAS SIMAO ALUGA, Sala Comercial, Empresarial Com. Palmeira, Prox. Pão & Companhia, Predio Com Recepção e elevador, Segurança 24 Hrs, estacionamento para clientes, wc privativo, 21m². R$ 500,00 + cond. F: 9170.4434 Creci-940.

PAJUÇARA REF.033 – PAJUÇARA VENDO sala comercial no térreo da Galeria Pajuçara.R$ 100 mil.Tr.9351-4440/8729-0144. CRECI 343.

EMPRESA DO SETOR SUCROALCOOLEIRO SELECIONA: ENFERMEIRO(A) DO TRABALHO E MÉDICO(A) DO TRABALHO AMBOS COM EXPERIÊNCIA NO SETOR. ENVIAR CURRÍCULO: gestaodep e s s o a s b i o e n e r gia@gmail.com 4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

TERRENOS VENDA CAPITAL OSEAS ALUGA - um terreno na Avenida do Murilópolis, nascente, 15 x 30 - R$ 2.300,00. Tratar pelos telefones para contatos: 8899-6196/88996195. Creci-940

PRAIAS PAULO TIAGO VENDE TERRENO – LITORAL NORTE COND. CORAIS DO SONHO VERDE, Prox. mar,nasc, 432m² s/ 18X24. Tratar pelos telefones para contatos: 8899-6195/88996196. Creci-2807

CASA E JARDIM

AILTON - SANTO EDUARDO, CASA 03 QUARTOS 01 SUITE, OTIMA LOCALIZAÇÃO. R$ 270 MIL TRATAR 8807 7282/ 9336 - 1444 CRECI 759

AILTON - PONTA GROSSA CASA PROXIMO AO TERCEIRO DISTRITO POLICIAL, LAJE, QUINTAL, VALOR R$ 105 MIL. TRATAR: 8807-7282 / 93361444 CRECI 759

AILTON - SANTO EDUARDO CASA 03 QUARTOS 01 SUITE, ÓTIMA LOCALIZAÇÃO. R$ 270 MIL TRATAR 8807 7282/ 9336 - 1444 CRECI 759

ANIMAIS DOMÉSTICOS VENDO lindos filhotes de: Pug, Sharpei, Yorkelrshire, Maltes e Ehih-pzu. Ligue agora para 3313-9781/ 8804-3093/ 9952-9664.

VEÍCULOS FIAT

NEGÓCIOS DIVERSOS

PALIO

VENDE-SE 20 cadeiras escolar, cor verde. R$ 75,00 VENDE-SE um Palio comcada. Tr.: 3326-4050 pleto, 2001, conservado. Tratar pelos telefones para 4009-1961 contatos: 8804-9109/ LIGUE E ANUNCIE 9971-9057.

Guia de Serviços

Pai Bará lhe orienta em todos os seus problemas por mais difíceis que seja. Joga-se búzios e consultas espirituais. Fone: 3356-6168 / 3326-9054 / 9921-2095. Orkut: paibara1@gmail.com Msn: aguasclaras-@hotmail.com Atendimentos: Maceió e Arapiraca-AL

C MY K


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

B1

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Lays Peixoto / Estagiária

Quintal Cultural e o artista autodidata Rogério Dias: uma história com a arte periférica revolucionária de cinco anos, que repercute nas noites de sábado, na Rua Sol Nascente

A arena dos tons

libertários ELÔ BAÊTA cultura@ojornal-al.com.br

F

oi no ano de 2007 que um grupo de artistas autodidatas decidiu deflagrar uma proposta tentadora. Teatralmente e longe da pompa dos palcos tradicionais

maceioenses, eles já buscavam aproximar os cenários periféricos - onde cresceram e que os instigaram a serem cidadãos revolucionários - de uma arte que alvorecia pelo mundo em discursos sociais, políticos e ambientais, principalmente, dos quais poucos se atreviam a

falar. E que sempre os inquietaram. O teatro alternativo do Sol Nascente foi além da magia de seus espetáculos, de suas esquetes sobre histórias de trancoso, de suas performances de rua, montados “a gosto próprio”, em comuni-

dades onde consumir cultura gratuita era tão utópico quanto abraçar um artigo de luxo. Sem os requintes artísticos das encenações convencionais, a Rogério Dias e sua trupe bastaram um terreno, um bico de luz e vontade de mudar a realidade local para estenderem seus ideais artísticos voltados a um “viver socialmente justo” com um movimento de “expressão da cidadania dos que não têm voz”. Assim ele define o Quintal Cultural ao relembrar sua fundação, cinco anos atrás, no chão de barro batido nos fundos da casa onde viveu a maior parte de sua vida e amadureceu seus dotes de jovem de espírito crítico, na Rua Sol Nascente, no bairro do Bom Parto. O Jornal foi um dos primeiros a registrar sua inauguração naquele mês de setembro. “Com sonoplastia – músicas e batuques – criada na nossa região, a ideia de fundar o espaço era experimentar, testar nossa atuação como atores antes de levarmos nosso teatro ao público. E, como um laboratório de experiências teatrais, passamos a propiciar às comunidades momentos de cultura gratuita através de um movimento por vezes opri-

Cinco anos atrás, o Quintal Cultural surgia como um movimento de expressão e discussão da cidadania a partir da fusão de várias artes suburbanas, reflexivas, sobre questões que inquietam o senso crítico das novas gerações. Cantando, dançando, interpretando e escrevendo a realidade das periferias em debates e espetáculos, artistas revolucionários, autodidatas e militantes de causas sociais, políticas e ambientais que afligem Alagoas e o País transformaram o espaço em símbolo da resistência e de propagação do lema “cultura gratuita a todos”. No mês de aniversário de sua fundação, O Jornal revisita seus bastidores com um motivo a mais: as feições urbanas pouco animadoras da ruela onde está instalado, no bairro do Bom Parto.

mido, por vezes rebelde, por vezes anarquista, formado por estudantes e militantes das causas sociais”, diz Rogério. Foi cantando, dançando, interpretando e escrevendo a realidade da periferia que se transformaram em símbolo da resistência e do amor à cultura. Fundir e discutir eram e continuam sendo questão de ordem no Quintal. E falar no Sol Nascente – que continua bem ativo – é entender suas raízes, as quais Rogério ergueu com a ajuda de parceiros com suas mesmas inquietações e pelas quais navega em todo o seu trajeto até agora. A peça “Escola Pau no Freire” – com sua censura à abordagem indevida do método de Paulo Freire nas salas de aula, marcando a abertura do espaço – já mostrava a força do seu êxito como ponto de encontro de várias artes e artistas: teatrais, musicais, dançarinos, cinematográficos, literários. Todos de veia artística suburbana e formadora de consciências. Assim como a premiada “Revolta do mangue”, “O circo sem lona”... Outras dramaturgias de estética marginal assinadas pelos multiartistas do seu teatro fundador.

Um local de luta e resistência, que sobrevive e atrai apreciadores de cultura de vários cantos de Alagoas e de outros estados do País que lá acampam. Que o digam um artista pernambucano e outro paulista – dentre os inúmeros que o visitam – que deixaram o registro de sua passagem por lá com suas pinturas estampando as paredes que rodeiam a arena de espetáculos. Como diz um dos fundadores do Sol Nascente, o ator Ângelo Correia: “Somos sobreviventes. Lutadores contra graves questões que assolam o Brasil e Alagoas. Nosso movimento também gira no sentido de voltar a atenção das crianças para a arte, tirando-as da situação de risco social”. E lembra a agenda intensa de apresentações, nas noites de sábado. Religiosamente. Mas será que essa breve revisita aos bastidores do Quintal Cultural – que no passado já foi O Clube dos Amigos, a sede do grupo Rebeldes e o Centro Cultural Mulugu – e a recente comemoração de seu aniversário são a razão única de sua história voltar a ser assunto em nossas páginas? Continua na página B3


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

B2

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Variedades

Roteiro AMANHÃ Das 9h30 às 11h, no Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa), será realizada palestra com o tema “Patrimônio Histórico e Memória – da legislação ao cotidiano da comunidade”. A capacitação, uma iniciativa da Secult e do Sistema Alagoano de Museus, faz parte do Ciclo de Palestras destinado à qualificação dos gestores e operadores dos museus de Alagoas e será ministrada pela arquiteta e assessora do Pró-Memória, Adriana Guimarães. Mais informações: (82) 3315-7866/8833-9056.

TERÇA O professor e pesquisador Benedito Pontes lança seu quarto CD autoral. Intitulado “A arte de Benedito Pontes numa linguagem emocional”, o disco conta com ritmos e temas diversos e com o instrumental de 26 músicos alagoanos. Entre eles, o piano de Antônio Carmo, o contrabaixo de Fabinho, o violão de Wilbert, a sanfona de Xameguinho (foto) e muitos outros. Gravado no estúdio G (Alagoas), o disco, traz também a voz de Claudinete Lima, Lima Neto, Madalena Oliveira e de outros intérpretes. O show de lançamento está marcado para as 19h30, no Teatro Deodoro, e também será beneficente, já que alimentos não-perecíveis serão trocados por ingressos e doados à creche Horizonte. Mais informações: (82) 9971-9654/9909-9434.

Horóscopo

O Museu Théo Brandão abriu inscrições, até o próximo dia 28, para a “Oficina aberta de danças populares”. As atividades integram o programa “Museu em Movimento” e serão iniciadas no dia 1º de outubro, com ensinamentos sobre o Guerreiro. As aulas acontecem às segundas e quartas-feiras, das 15h às 16h30, ministradas pelo professor Edson Santos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas das 9h às 16h. Mais informações: (82) 32212651/3221-2977.

INSTITUTO OMAR CARDOSO

WWW.OMARCARDOSO.COM.BR

Áries

Touro

Gêmeos

Câncer

20 março a 20 abril

21 abril a 20 maio

21 maio a 20 junho

21 junho a 21 julho

um ótimo dia para defender seus ão é conveniente aventurar-se em vite prejudicar sua saúde, não comeeste dia, que lhe será promissor, Élegais. N E N direitos e para tratar de assuntos novos negócios. Mantenha-se em tendo excessos na alimentação. haverá muita produção profissioHaverá muita tranquilidade em suas atividades rotineiras. As suas Todavia, o sucesso pessoal e a evolução nal e muita facilidade para arranjar seu lar e os amigos do campo profissional estarão dispostos a colaborar com você. Você vai exercer muita influência durante este período junto aos amigos, conhecidos e colegas de trabalho.

amizades ficarão mais fortalecidas, fazendo com que as pessoas de um modo ou de outro, procurem ajudá-lo principalmente no setor profissional.

da personalidade serão evidentes. Ultimamente, você anda correndo atrás de resultados, que não foram semeados no passado.

empréstimos e para solucionar suas dificuldades financeiras. Os astros também anunciam uma fase marcada pela renovação.

Leão

Virgem

Libra

Escorpião

22 julho a 22 agosto

23 agosto a 22 setembro

23 setembro a 22 outubro

23 outubro a 21 novembro

poderá obter lucros compenuas energias poderão ser empregaia dos mais indicados para iniciar a ia em que favorece extraordiVcomocêsadores S D D em negócios relacionados das com resultado. No entanto, evite melhoria da aparência de sua casa, nariamente os seus interesses petróleo e líquidos de um modo assumir compromissos contra os seus tais como nova decoração e reformas. monetários. Pode comprar ou vender geral e na aquisição de bens móveis e imóveis. Encare todos os seus problemas, e procure resolver um a um, com confiança.

interesses, mesmo que seja para agradar a alguém. Nesta fase do ano, você não deve perder um só dia para realizar tudo o que houver de importante para fazer.

Fará ótimas amizades, mas não confie demais em estranhos. Sucesso junto ao sexo oposto. Feliz para o amor.

propriedades. Bom, também, ao amor, a saúde, as novas amizades. Poupe suas economias. Os transportes e as mudanças estão também favorecidos.

Sagitário

Capricórnio

Aquário

Peixes

22 novembro a 21 dezembro

22 dezembro a 20 janeiro

21 janeiro a 20 fevereiro

21 fevereiro a 20 março

a felicidade no terreno tima saúde e bastante capacidade xcelente aspecto astral para iniciar lguma coisa importante, alguma POs rocure Ó E A espiritual e tudo será mais fácil. criativa, você terá neste dia. Pode negócios e empreendimentos de notícia inesperada poderá deixá-lo obstáculos tendem a desaparecer fazer negócios, colocar em prática suas vulto e para tratar de questões jurídicas aborrecido e irritado. Procure superar diante do período propício que se inicia agora. Hoje você lucrará em negócios imobiliários, pelo esforço no emprego de suas economias em fundos públicos.

novas ideias e solicitar favores, que será bem sucedido. O dia promete elevação material e progresso e chances de ganhar na loteria.

que estão em pendência. Positivo para a vida religiosa e ao amor. Você deverá ter cuidado ao se relacionar com a pessoa amada.

sua emotividade colocando-se acima dos acontecimentos. Novas oportunidades de sucesso no plano social e amoroso.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Variedades

Discurso das artes: luta por melhorias na ruela do espaço

TV ALAGOAS - SBT Canal 5

movimento e que será exibido também no próximo mês -, Rogério lamentava a situação do acesso ao espaço, que já virou rotina para os artistas nas noites de sábado. Dentre suas revelações, a descoberta de que sua arte periférica já chegou a ser congratulada pela Câmara de Vereadores de Maceió por sua

O Quintal Cultural fica localizado na Rua Sol Nascente, s/n – Bom Parto. Mais informações sobre o espaço podem ser adquiridas no Facebook Quintal Cultural ou nos blogs: www.blogsakura.blogspot e www.mcz.blogspot.com.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL 2012

Banco pequeno Dito com que se comenta a sobrevivência O sapo, por Estado de de pessoa "má" que sua ordem Sobral escapou de um perigo zoológica (sigla)

(?) medicinais: são Cidades brasileiras contraindicados no 1º cujos portos são trimestre da gestação grandes exportadores de grãos Tecla do micro

Mentiroso, em inglês

Aquela mulher Severo; rígido

Ridicularizadas; desmoralizadas (bras.) É causada por deficiência de ferro

E

L

A

Tornado acessível apenas aos ricos

O metabolismo do corpo em jejum O irmão e assassino de Abel (Bíblia)

Criação de Steven Spielberg (Cin.)

"(?) Back", sucesso dos Beatles

Navio de Colombo Bonito, em inglês

Proteção da pupa O "Q", no baralho

Sensação típica da anestesia local Carcomer Sem intermediários (adv.)

Aviso público sobre concorrência aberta por um órgão governamental (pl.)

"Os (?) sabem mais que os livros" (dito)

(?) presidencial, quarto de luxo Encontrase próximo da morte Ligação Remo, em inglês

TV MAR NET - Canal 25 Sadio Grau de excelência (fig.) Órgão que realiza o censo demográfico

Fazer a última refeição da noite

Apelido; alcunha

Agência espanhola de notícias Enfurecer (?) de linha: o melhor Vigor (fig.)

Princesa de "Shrek" Rede, em inglês Rio da Europa Grama (símbolo)

(?)-line: conectado à internet (ingl.) Muito grande (bras.)

2

Solução

U A N

A D E L

BANCO

"(?) à Alegria", hino da União Europeia

I

Local como a boate ou a discoteca

E

08h00 - Cinemar 09h00 - Palavra Amiga 10h00 - Big Sports 11h00 - Cidade Aflita 12h00 - Almoço C/ Notícia 13h30 - Sobre Rodas 14h00 - Momento Vip 14h30 - Igreja El-Shaddai 15h30 - Informe Cesmac 16h00 - Info Ação Parlamentar 16h30 - Programa Mix 17h00 - Canal Legal 18h00 - Programa do Caique 18h30 - Palavra Amiga 19h30 - Big Sports 20h30 - Cidade Aflita 21h30 - Almoço C/ Notícia 23h00 - Sobre Rodas 23h30 - Momento Vip 00h00 - Igreja El-Shaddai 01h00 - Informe Cesmac 01h30 - Info Ação Parlamentar 02h00 - Programa Mix 02h30 - Canal Legal 03h30 - Programa do Caique 04h00 - Palavra Amiga 05h00 - Big Sports 06h00 - Cidade Aflita 07h00 - Almoço C/ Notícia

SERVIÇO

C

06h30 - Sustentáculos 07h00 - Palavras de Vida 08h00 - Santa Missa 09h00 - Viola Minha Viola 10h15 - Imagens do Brasil 11h15 - Senha Verde 11h30 - Janela Janelinha 12h00 - ABZ do Ziraldo 12h30 - Um Menino Muito Maluquinho 13h00 - Castelo Rá-Tim-Bum 13h30 - TV Piá 14h00 - Anabel 14h15 - Carrapatos e Catapultas 14h30 - Meu Amigãozão 14h45 - Cocoricó 15h00 - Escola pra Cachorro 15h15 - Tromba Trem 15h30 - Senha Verde 15h45 - Curta Criança 16h00 - Papo de Mãe 17h00 - Força da Vida 18h00 - Samba na Gamboa 19h00 - América Latina Tal Como Somos 20h00 - Conexão Roberto D’Ávila 21h00 - EsportVisão 22h00 - Revista do Cinema 22h30 - Soy Loco por Ti Cinema 01h15 - Média Nacional 23h00 - Cine Ibermédia 01h45 - EsportVisão 02h45 - Curta os Curtas 03h00 - DOC TV 04h00 - Telecurso Tecendo o Saber 04h30 - Telecurso Ensino Médio 04h45 - Telecurso Ensino Fundamental 05h00 - Telecurso Tec 05h30 - Salto para o Futuro

transformado em cartilha para ser distribuída em escolas públicas estaduais e municipais. Ao mesmo tempo em que falava ao Caderno Dois sobre outro dos bons momentos de sua arena de apresentações, a estreia de “Dispositivos móveis” - o primeiro curta-metragem saído do

- Compõem sua expressão política e social o Núcleo Cultural Zona Sul, o Abaçá de Angola, o Coletivo Afrocaeté, o Mirante Cultural do Jacintinho, a Corte de Airá, dentre muitos outros.

N

TV EDUCATIVA - TVE Canal 3

Com interpretação crítica sobre questões sociais, Rogério, Juliana e Ângelo integram o grupo de teatro Sol Nascente, o fundador do Quintal

- O Quintal também é o realizador da Articulação da Cultura Popular e Afroalagoana;

A U S T E R O

05h45 - Bíblia Em Foco 06h00 - Nosso Tempo 06h30 - Desenhos Bíblicos 08h20 - Record Kids 09h00 - Ponto de Luz 10h00 - Alagoas Da Sorte 11h00 - Informativo Cesmac 11h30 - Pajuçara 360º 12h00 - Record Kids 12h15 - Tudo É Possível 15h00 - Top Model 16h00 - Programa do Gugu 20h30 - Domingo Espetacular 23h15 - Repórter Record 00h00 - Todo Mundo Odeia O Chris 01h00 - Ponto de Luz

- O movimento é detentor de produções artísticas premiadas. O espetáculo Revolta do Mangue foi congratulado com o Prêmio Jovem da Paz; o Encontro Multiplicidade Artística Periférica recebeu o troféu do Mais Cultura; e o encontro de hip-hop Bomba Periférica (aquele que ofertou os R$ 10 mil que tornaram as feições do Quintal muito mais convidativas ao repensar artístico), o Preto Góes.

A S L A N E T L O I S T E I P Z A A R D A O NA G Ç U N A

TV PAJUÇARA - RECORD Canal 11

- Suas apresentações ocorrem sempre aos sábados, às 20h;

E F I E R A U R

05h15 - Santa Missa 06h15 - Sagrado 06h30 - Gazeta Rural 07h00 - Pequenas Empresas 07h35 - Globo Rural 08h35 - Fórmula 1 – GP de Cingapura 11h05 - Auto Esporte 11h30 - Esporte Espetacular 12h30 - Temperatura Máxima. Filme: Carros 14h20 - The Voice Brasil 15h45 - Futebol 2012 - Atlético GO x Flamengo 18h00 - Domingão do Faustão 20h45 - Fantástico 23h10 - Domingo Maior. Filme: Quem sou Eu? **

- O Quintal Cultural foi fundado em setembro de 2007, no bairro do Bom Parto;

contribuição à comunidade do Bom Parto. “Ao mesmo tempo, não somos congratulados com saneamento básico. Já enviamos à Prefeitura um abaixo-assinado e fizemos um protesto, onde fechamos a avenida principal do bairro, para a resolução desses problemas de infraestrutura que persistem na Sol Nascente há anos”, conta. Para a atriz brasiliense Juliana Tavares, recém-chegada ao movimento, a situação da humilde ruela onde o Quintal está instalado é um disparate ao discurso socialmente justo defendido pelos artistas periféricos. “É um choque de realidade vê o que a nossa arte defende aqui dentro e o que vemos lá fora. É uma coisa muito forte, que nos faz refletir ainda mais no sentido de sermos revolucionários, críticos, à situação em que vivem as comunidades menos favorecidas”, lamenta. Afinal, como diz Rogério Dias, o Quintal Cultural “não é mais do Bom Parto. Nem da Vila Brejal. Mas de Maceió”. Por isso, seu intuito não é apenas ser referência enquanto porta-voz de artes que fazem refletir. Querem, apenas, servir de exemplo para outros bairros. “Queremos nos tornar um ponto de cultura, montar uma escola de artes para oferecer aos nossos jovens e crianças. Nosso foco é salvá-los do banditismo. E já comprovamos: somos redutores reais da violência. Ou seja, quando o Quintal está no auge, a violência cai na comunidade. A arte é nossa voz”, revela. E.B.

T C A L H M I A B A S O R C R A E D I T A M E M A G E E L A T O P O N O D E N O T

TV GAZETA - GLOBO Canal 7

Lays Peixoto/Estagiária

A resposta à pergunta lançada na página de abertura é não. O retorno à biografia cultural do Quintal Cultural tem por trás um motivo bem maior. Capaz de sensibilizar até os mais indiferentes aos que fazem arte em Alagoas. A notícia de que os moradores da Rua Sol Nascente padecem com a ausência de saneamento básico e de calçamento, reivindicados há pelo menos três anos e que ainda não chegaram ao local, foi o grande impulsionador de nossa abordagem. Enquanto seus comandantes artísticos – os atores e músicos do grupo Sol Nascente – encaram um calendário de ensaios preparativos da encenação que vai marcar o retorno das atividades do Quintal após a parada tradicional durante o período chuvoso, assistem ao sofrido acesso de sua comunidade ao local, devido a crateras gigantescas, que tomam conta da rua dia após dia. Com uma feliz ironia, o espetáculo foi nomeado de “Esgoto é vida”. E está prestes a invadir os palcos periféricos. A previsão é de que em outubro, após o tradicional Batuque do Quintal – o ritual sonoro de abertura das apresentações, em um misto regional de coco, maracatu, reggae, funk, break, hip-hop e rock´n´roll –, inicie sua temporada de encenações em diversos bairros da capital e no interior do Estado. A peça vai interagir com as plateias sobre uma questão recorrente ao teatro libertário do grupo: “Por que todo mundo sabe o que é para fazer e ninguém faz?”. E depois será

A V A C A N E S U T O R P R O E U D I R E M A A N O S S ÃO U Q U I U T E I B G E R A C A S A

06h00 - Aventura Selvagem 06h30 - Pesca Alternativa 07h30 - Brasil Caminhoneiro 08h00 - A Grande Ideia 08h30 - Vrum 09h00 - Chaves 11h00 - Domingo Legal 15h00 - Eliana 19h00 - Vamos Brincar De Forca Jequiti 19h40 - Sorteio Da Tele Sena 19h45 - Programa Silvio Santos 00h00 - De Frente Com Gabi 01h00 - O Mentalista / The Mentalist

Mais curiosidades sobre o Quintal

2/on. 3/açu — get — net — oar — top. 4/liar — nice. 5/anuro — basal. 7/austero.

TV

B3


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

B4

Religião

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

CRÔNICA

PalavradeFé

Yvette Moura

Mônica Lima monica@ojornal-al.com.br

“O inverno já acabou e a chuva já passou. As flores estão crescendo e chegou o tempo em que os pássaros estão cantando nas árvores. A primavera chegou”.

Dom Antônio Muniz abençoou a assinatura de candidatos políticos da “Carta da Casa do Arcebispo”

Cantares 2.11 e 12.

Jubileu A comunidade da Igreja de Santa Terezinha está em festa. Começa, no próximo dia 27, as festividades em homenagem ao Jubileu de Ouro, com realização de missa solene todos os dias, a partir das 19h30. Casamento coletivo e uma procissão pelas principais ruas do Farol são as atividades que encerram as homenagens à construção do templo religioso, que foi inaugurado em 30 de setembro de 1962.

Louvor

Adote

A juventude batista está sendo convidada para participar da noite de louvor, que acontece no dia 29 deste mês, na Igreja Batista Betânia, a partir das 19h. O evento contará com a participação dos ministérios Ministério e Essência, Intensidade e Juventude Batista Betânia, além do grupo Louvor e Expressão. O templo fica na Rua da Palma, 309, Vergel do Lago.

“Adote uma Árvore” é o projeto que a Assembleia de Deus do Brasil Novo, em Rio Largo, lança hoje. A iniciativa faz parte das comemorações do Dia da Árvore e tem o objetivo de conscientizar a população sobre a necessidade do cultivo das plantas, que é importante para o meio ambiente. A ação conta com o apoio da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente.

No lar do arcebispo: a edificação de Maceió como cidade de paz

Missões A Assembleia de Deus do Farol encerra, hoje, a 3ª Conferência Missionária e a Feira das Missões, que começou na última sexta-feira, reunindo membros de diversos templos. Este ano, o evento teve como tema “Acende em Mim a Chama que se Apagou” e é um convite para que os fiéis despertem para o projeto de missões, que tem como meta levar a palavra de salvação a todos os lugares do mundo.

Enjoado

Sorriso

A primeira Igreja Batista de Maceió realizará, nos dias 28, 29 e 30 deste mês, mais uma edição do Encontro de Jovens e Adolescentes (Enjoado). O pastor Márcio Meira, da Paraíba, será o preletor do evento, que tem como tema “Quem é Você”. E contará com a participação da banda paulista Storge 2. Mais informações pelo telefone: 3221-0370.

“Adote um Sorriso” é a campanha que a Assembleia de Deus do Salvador Lyra estará realizando para arrecadar brinquedos que serão doados às crianças carentes. As doações podem ser feitas até o dia 7 de outubro. Quem quiser doar pode entrar em contato através do telefone: (82) 3334-3468. Faça a sua doação.

Escolhidas A igreja Metodista Weslyana promoverá, no próximo dia 29, o Chá das Escolhidas – I Encontro da União Feminina. O evento contará com a participação da preletora Elizabeth de Souza, de Caruaru (Pernambuco). O tempo fica na Rua Antônio Reginaldo Pontes Lima, no Jacintinho.

Vicente A Capela da Santa Casa de Maceió realizará, entre os dias 24 e 27 deste mês, a festa de São Vicente de Paulo. Uma missa solene, a partir das 17 horas, marcará o início das festividades no primeiro dia do evento, que este ano tem como tema “Ano de Fé, convite a uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único salvador do mundo”.

Pe. Márcio Manuel Machado Nunes Vice-reitor do seminário e vigário paroquial da Paróquia Senhor do Bonfim, no Poço. á alguns dias, estava na residência episcopal de Maceió. Foi lá que tive Não há como ficar de fora quando se quer a defesa e o direito dos mais desama grata satisfação de constatar a força de um processo democrático parados. No exercício da política, tornamos-nos mais humanos. Como podemos no que há de mais autêntico em sua essência. Estávamos todos reunidos ser ternos e compassivos, sendo pessoas com preocupações políticas! Ou seja, sob a direção do anfitrião Dom Antônio Muniz, num clima de fraternidade como podemos ser mais cristãos vivenciando a realidade política! onde todos se reconheciam como protagonistas de um único destino: o A atmosfera da casa do arcebispo era diferente de tudo o que até então podíbem da estigmatizada cidade de Maceió. Éramos bispo, padres, leigos, amos encontrar entre os candidatos no certame das disputas e ofensas, em seus candidatos; éramos todos, ao mesmo tempo e sem contradição alguma: respectivos horários eleitorais. Cada um, democraticamente, livre, num espaço de cidadãos. dez minutos (nem sempre cumpridos), expunha seus anseios e propostas para a Não era um debate acalorado e cheio de alfinetadas. Não eram palavras e capital das Alagoas. projetos ao vento. Era o momento da verdade. Todos estavam intimados à transDepois do jantar, foi a hora daqueles que, misturados ao povo mais simples, parência que nos faz livres para mostrarmos quem de convivem dia após dia com as dores e os clamores dos fato somos. desvalidos. As perguntas poderiam ser resumidas em: a Recordo-me que um dos candidatos, na primeira bem da verdade, não apenas qual o seu sentimento, mas fala da noite, disse de seu constrangimento em estar qual sua proposta diante das atrocidades que diariamente na casa do Bispo para falar de política. Com certeza, constatamos? referia-se a tudo aquilo que é dito sob o impulso provoNaquele instante, escutou-se testemunhos dramáticado pelas mais diversas intenções. cos, profundamente pessoais, como o do exílio forçado Nada soava de maneira coercitiva, nada de conspor causa de crimes brutais que dizimou famílias. Temas (Chesterton). trangimentos, ninguém era desmerecido ou deixado de de interesse de todos: saúde, educação de qualidade, lado pela posição nas pesquisas. Não se havia necessegurança, saneamento, turismo sustentável, etc. Todos sidade de respostas acaloradas, pois, naquele instante, provava-se o silêncio de com propostas excelentes, desejos e sentimentos nobres. Oxalá, o candidato se saber ser escutado e acolhido indistintamente. Havia abertura e, de maneira vencedor concretize tudo aquilo que apresentou! unânime, queríamos conhecer mais profundamente a pessoa do candidato, não Entre todas essas coisas, o que de mais significativo foi para mim e que guardei apenas seu partido e ideologia. em minha memória estava no potencial da Igreja como instrumento da promoção De uma maneira incrivelmente nova, pude encontrar os candidatos um ao lado humana; isto, desde tempos remotos. De maneira independente e digna, a Igreja do outro, reconhecendo-se como quem tem desejos e sonhos que ultrapassam pode e deve inserir-se no meio político para provocar mudanças. qualquer filiação partidária. Não eram adversários, eram “companheiros”, onde um Não podemos deixar de dizer do marco histórico, fundante e referencial que foi ao lado do outro, podiam falar de seus anseios mais nobres para a edificação de o encontro na casa do arcebispo. De grande proveito para todos os que estiveram Maceió como cidade de Paz. lá e todos que, de alguma maneira, tomarão conhecimento deste e através da Há, de fato, uma política diferente da que se diz entre os desentendidos. Há Carta de Compromisso assinada pelos candidatos, chamada de Carta da Casa uma política que está na alma de todo homem e de toda mulher. Ela nos faz todos do Arcebispo. muito parecidos, nos conduz a todos para o bem da verdade, para a promoção da Nosso reconhecimento à Comissão de Formação Política da Arquidiocese, que dignidade daquilo que temos e somos de melhor como homens e mulheres. Essa organizou esse momento memorável. Foi tudo concluído com a bênção de Dom é a política em que a Igreja, de maneira indissociável, vive. Antônio Muniz.

H

“Não precisamos de uma Igreja que se mova com o mundo; precisamos de uma Igreja que mova o mundo”.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

E

Atlético-MG e Grêmio fazem confronto direto na luta pelo título 7

História: Silva diz que não passou em peneira do CSA e foi para o CRB 4

Esportes O Jornal

Máquina de fazer gols Thiago Sampaio

EEm m comemoração ao centenário do CRB, O Jornal entrevista 2, 3, 4 E 5 os dois principais atacantes da história do clube os


2

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

Esportes O Jornal

HISTÓRIA

BatePronto

Thiago Sampaio

Victor Mélo jornalistavictor@gmail.com

Série D é prejudicial à saúde dos clubes

O

calendário do futebol brasileiro fez estragos no CSA. Um clube com a força do Azulão não pode se dar ao luxo de encerrar suas atividades no mês de setembro. A Série D, por exemplo, não deveria ter mata-matas antes das semifinais. A formação de dois grupos deixaria as equipes em atividade por mais tempo e isso aumentaria seu poder financeiro, com rendas e negociação de patrocínios. Em dois jogos, toda a boa campanha da primeira fase perdeu o sentido e não há mais movimentação profissional no Mutange há duas semanas. Ao menos, a diretoria do clube fez um esforço e manteve o técnico Lourival Santos para a próxima temporada. Ele vai ser fundamental no processo de formação da equipe para o ano do centenário e, pelo desempenho neste ano, tem a confiança da torcida. O marketing do clube precisa trabalhar com gosto nos próximos meses para o CSA fazer caixa no centenário. Mas os projetos criativos também só vão fazer sucesso se o time tiver bons resultados em campo. A primeira missão, e a mais difícil, é tentar bater CRB e ASA no Alagoano. Os dois clubes vão ter um orçamento bem maior para 2013 e esta condição atrai os melhores jogadores para a dupla da Série B. O Azulão precisa ser muito competente na contratação de reforços para fazer a diferença e conquistar seu 38º título estadual no ano em que completa cem anos.

Parceria

Diálogo

Aprovo o empréstimo de Jucemar e Ronaldo ao CRB. Destaques do CSA na Série D, os dois venceram as barreiras da rivalidade e agora defendem a camisa vermelha na Segundona. O Galo ganhou bons reforços e o Azulão colocou dois jogadores de talento numa ampla vitrine. Venceu o futebol alagoano.

Com o fim do prazo de inscrições na Série B, os dirigentes de CRB e ASA vão precisar ter muita habilidade para lidar com os jogadores. Agora, as dispensas em série não podem mais ocorrer, sob pena de os técnicos terem dificuldades para montar até o banco de reservas.

Retorno O centroavante Lúcio Maranhão volta ao time titular do ASA na próxima terça-feira, às 19h30, contra o ABC, em Natal. Vice-artilheiro do Brasil em 2012, o atacante já marcou 37 gols na temporada.

Curto-Circuito O dirigente do CRB Ednilton Lins está empolgado com o retorno do Nordestão. Para ele, a competição regional vai ser mais rentável, pelo custo-benefício, do que a Série B do Brasileiro. “Por isso, conversei até com o Virgílio Elísio (CBF) para que as cotas dos clubes na Segunda Divisão do Brasileiro aumentem. Hoje há uma diferença muito grande entre os valores recebidos por clubes da mesma competição. É impossível competir com Vitória, Goiás e Atlético-PR, por exemplo”, declarou Ednilton.

O atacante Joãozinho Paulista marcou, oficialmente, 153 gols com a camisa do Galo e até hoje trabalha na Pajuçara

Gol é meu sobrenome Joãozinho Paulista foi o maior artilheiro dos cem anos do CRB LUCIANO MILANO lucianomilano@ojornal-al.com.br

D

iz o ditado que Deus escreve cer to por linhas tortas. Este adágio popular se encaixa perfeitamente na história do maior goleador do CRB e um dos grandes ídolos do futebol alvirrubro de todos os tempos, João Edson de Barros, 56, o Joãozinho Paulista ou

João dos Gols. Ele marcou em cinco anos de clube 153 gols vestindo a camisa do CRB. Casado com a alagoana Maria Délia de Barros e pai de uma filha, o paulista de Campinas chegou ao Galo como ‘contrapeso’ de uma negociação do seu primeiro clube, o XV de Piracicaba, com o CRB, envolvendo dois outros atletas que reforçaram o clube em 1976. Com o destino traçado para brilhar no CRB, João dos Gols foi um dos principais responsáveis por tirar o clube do jejum de dois anos sem a conquista de um Campeonato Estadual.

“Sou de Campinas-SP e cheguei ao CRB muito jovem, com apenas 18 anos. À época, o presidente do CRB era Mendes de Barros. Ele foi assistir a uma partida entre o XV e a Portuguesa, em Piracicaba, para contratar Ditinho e Ricardo. Me viram jogando e gostaram do meu futebol. A diretoria do XV me liberou como contrapeso, sem que o CRB tivesse que pagar nada por isso, e fui ficando”, lembrou Paulista, que conversou com a reportagem de O Jornal no Estádio Severiano Gomes Filho, na Pajuçara. Continua na página 3


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

3

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

Joãozinho diz que Jorge Vasconcelos foi seu mestre no futebol Thiago Sampaio

LUCIANO MILANO Lucianomilano@ojornal-al.com.br

M

uito contente por participar da festa do centenário do CRB, João dos Gols revela que o treinador Jorge Vasconcelos foi o grande responsável por transformá-lo num jogador profissional e por ter acreditado no futebol dele quando a desconfiança no CRB era enorme. “O Jorge Vasconcelos foi o anjo na minha vida. Apesar de ter começado no XV, o CRB foi o clube que profissionalizou e devo muito disso ao Jorge. Ele me deu a oportunidade de jogar contra o Canavieiro (hoje Capelense), quando fiz um gol que me credenciou a jogar o Clássico das Multidões contra o CSA, na final do Segundo Turno de 1976. Fomos para a partida e nunca tinha jogado com tanta responsabilidade. Não deu outra: fiz os três gols da vitória por 3x2 e fomos campeões estaduais depois de dois anos”, lembra Joãozinho, que também foi o artilheiro daquela temporada, marcando 20 gols em 13 jogos. Se Jorge Vasconcelos foi a referência do artilheiro, lhe dando oportunidade de jogar aos 18 anos, Joãozinho Paulista elege os amigos Silva Cão, Ivanildo e o hoje treinador Roberval Davino como suas referências dentro de campo. “Cito esses três porque

Joãozinho Paulista no velho Estádio Severiano Gomes Filho

foram fundamentais para eu marcar os 153 gols que fiz pelo CRB. O Silva, por exemplo, ia à linha de fundo e sempre me deixava em condição de balançar as redes. Já com Ivanildo cheguei a marcar 34 gols numa

das temporadas estaduais. Os amigos que fiz aqui no CRB também foram muito importantes para minha carreira”, disse Joãozinho, que hoje é auxiliar técnico e funcionário do clube e já chegou a assumir

o time profissional interinamente como treinador. “Depois de toda minha história no CRB, estou feliz por poder ver o clube completar cem anos sendo campeão estadual e retornando à Série

B do Campeonato Brasileiro. Também quero agradecer, nesse momento de festa, a toda torcida alvirrubra pelo carinho que sempre demonstrou por mim”, declarou Joãozinho Paulista.

Gol no Maracanã e a parceria com o atacante Silva Cão Joãozinho lembra de um fato inusitado envolvendo o companheiro Silva no Maracanã. “Ainda em 1976, fomos enfrentar o Botafogo em jogo do Brasileiro, lá no Rio de Janeiro. Como havia feito muitos gols no Estadual, os companheiros de time me

provocavam para saber se eu jogaria com tranqüilidade no Macaranã ou se ficaria olhando para as arquibancadas do maior estádio do mundo. E não me deixei intimidar. Na jogada tradicional entre mim e o Silva, ele foi para a linha de fundo e cruzou. O goleiro

do Botafogo, Ubirajara, saiu da trave gritado que a bola era dele. Me antecipei a ele e meti de cabeça. Apesar de estar em pouco número, a torcida do CRB ficou do lado das cabines de imprensa. Emocionado, corri para comemorar onde não havia torcedor e as arqui-

bancadas estavam vazias. O Silva gritou me alertando que comemorando o gol naquele canto do estádio eu não sairia nas matérias de televisão”, relembra com muito bom-humor uma passagem de sua carreira que ele elege como pitoresca.

TIME Convidado a escolher o time de todos os tempos do CRB, Joãozinho escalou a seguinte formação: César; Espinosa, Pires, Fifi e Flávio; Deco, Dejair e Gilmar; Roberval Davino, Joãozinho Paulista e Silva. L.M.


4

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 23

DE SETEMBRO DE

2012 l DOMINGO

Esportes O Jornal

Silva marcou época com a camisa do CRB e hoje é comentarista de futebol

Uma bandeira vermelha Comemorando o centenário do CRB, Silva conta histórias e lembra seus feitos no futebol alagoano VICTOR MÉLO jornalistavictor@gmail.com

N

a década de 70, um ponta disparava pela esquerda com a

camisa do CRB, entortava os marcadores e executava cruzamentos perfeitos na cabeça do artilheiro. Não é preciso procurar muitos adjetivos para o torcedor do Galo descobrir quem é o jogador em destaque. Silva Cão marcou época na Pajuçara e até hoje é reverenciado como um dos maiores ídolos do clube. Na semana passada, ele foi escolhido pela crônica para compor o ataque do Galo de todos os tempos,

ao lado do amigo Joãozinho Paulista, e foi um dos homenageados na festa do centenário alvirrubro. “É uma honra fazer parte do time dos sonhos do CRB. Foram anos de dedicação e, felizmente, essas homenagens fazem os jogadores do passado serem conhecidos por torcedores mais jovens”, declarou Silva, que hoje trabalha como contador e também é comentarista esportivo da Rádio Jornal.

APELIDO Aderaldo Dantas da Silva era um menino sempre disposto a aprontar. E foi justamente das traquinagens de infância que veio o apelido marcante. “Eu pintava e bordava quando era garoto e logo o pessoal do Sanatório, aqui em Maceió, começou a dizer: ´Esse menino é o cão`. Fiquei muito bravo com o apelido, meu pai, Albertino Dantas, nem se fala, e foi aí que

pegou”, lembrou Silva. Cão se destacava no Bebedourense e foi campeão alagoano da Segunda Divisão. Ainda garoto, foi convidado para participar de um teste no CSA, mas não foi aprovado. “O técnico Hélio Miranda me viu treinando e disse que eu só sabia cruzar e era muito magrinho”. No mesmo treino, o desempenho de Silva foi observado por Binel, diretor amador do CRB, que o levou para a Pajuçara.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

5

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

Rejeitado em peneira do CSA, Silva se torna ídolo no CRB Quando chegou ao CRB, ainda no time de juniores, Silva disse que se espelhava em dois jogadores do clube. “Gostava muito do Lourival e do Canhoto. Eram jogadores diferenciados, que também merecem destaque nesse período de comemorações do centenário do Galo. No primeiro jogo como profissional, em 1966, marquei o gol da vitória do CRB sobre os Estivadores, por 1 x 0, quando entrei no lugar do Canhoto. Depois, o técnico Claudinho me aproveitou de primeira no clássico contra o CSA e, apesar de estar tremendo feito vara verde, fiz a diferença ao marcar três vezes na vitória por 3 x 1, na Pajuçara. Depois, não parei mais”. FATO INUSITADO Na decisão do Primeiro Turno do Estadual de 1976, Silva quase se consagrou

A bola do tetracampeonato do CRB assinada por Silva

ao marcar um gol decisivo contra o CSA, mas o desfecho da jogada não saiu como o planejado. “O Roberval cruzou, o Joãozinho passou da bola e enganou o goleiro

Paulo Sérgio: eu vinha por trás e cabeceei para o gol vazio. Na certeza do gol, saí para comemorar e, de repente, vi que a torcida do CSA gritava. Quando olhei para trás, meus

companheiros disseram que o massagista Castanha havia entrando em campo e tirado a bola. Fiquei muito furioso, corri atrás do Castanha, mas veio o pessoal do CSA e a

confusão foi estabelecida. Perdemos o título do turno por causa desse lance”, explicou Silva. O ídolo regatiano lembra que o caso teve repercussão nacional e “virou moda massagista e gandula invadir o gramado”. “Tempos depois, trabalhei com o Castanha no CSA, em 1980, e fizemos amizade. Hoje recordamos este jogo com muitas risadas. Virou folclore”, lembra o ponteiro. No CRB, Silva formou a dupla de maior sucesso do futebol alagoano. “Tínhamos um entendimento perfeito, dentro e fora de campo, tanto que até apresentei a esposa do Joãozinho Paulista. No gramado, infernizávamos as defesas e fizemos história com a camisa alvirrubra”, declarou Silva, que nasceu em Maceió, no dia 9 de maio de 1948. V.M.

Craque é reverenciado até hoje nas arquibancadas do Rei Pelé Assim como os principais ídolos do CRB, Silva é representado nas arquibancadas do Rei Pelé numa bandeira com a sua imagem. “É emocionante este reconhecimento. Também fui homenageado na festa do centenário e só posso agradecer a essa torcida maravilhosa por tudo que me proporcionou. Sou muito respeitado também no CSA, até porque procurei a honrar a camisa azulina quando atuei no Mutange, em 1971, conquistando o título estadual, e em 1980, quando fui vice-campeão da Taça da Prata, atual Série B”, declarou Silva era o terror da defesa do CSA. O ponteiro marcou três gols no Azulão logo no primeiro clássico e não parou mais.

“São mais de 90 clássicos, com 64 ou 65 gols marcados. Eu era um garçom que também gostava de comer. Era o arco e a flecha. O jogo mais marcante foi, sem dúvida, o do tetra, em 1979, quando o CRB venceu o CSA por 2 x 0, no Estádio Rei Pelé, com um gol meu no segundo tempo . Foi uma festa inesquecível, até porque o C SA já havia conquistado um tetra e a torcida regatiana nos cobrava muito”, destacou Silva. Atualmente, o craque, aos 64 anos, acompanha o futebol com olhos de analista. “A qualidade do jogador é a mesma da minha época, mas, com medo de perder o emprego, os técnicos podam os atletas, que precisam se matar na marcação e perdem força para criar”.

Silva (último agachado da esq. para a dir.) no CRB de 79


6

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

GUIA DO TORCEDOR SÃO PAULO x CRUZEIRO Hoje, Morumbi, 16h SÃO PAULO – Problemas – Rafael Toloi (terceiro cartão), Luís Fabiano (dores musculares, dúvida) – Time provável (4-2-3-1) – Rogério, Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denílson e Maicon; Lucas, Jádson e Osvaldo; Luís Fabiano (William José). Técnico: Ney Franco. CRUZEIRO – Problemas – Éverton (terceiro cartão), Leandro Guerreiro (terceiro cartão), Sandro Silva (machucado), William Magrão (machucado), Fabinho (machucado), Matheus (machucado, dúvida), Montillo (machucado, dúvida), Ceará (machucado, dúvida) – Time provável (4-31-2) – Fábio, Léo, Thiago Carvalho, Victorino e Marcelo Oliveira; Charles, Lucas Silva, Tinga e Souza; Wellington Paulista e Borges. Técnico: Celso Roth. BOTAFOGO x CORINTHIANS Hoje, Engenhão, 16h BOTAFOGO – Problemas – Antônio Carlos (machucado, dúvida), Marcelo Mattos (machucado), Lucas Zen (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos (Fábio Ferreira), Dória e Márcio Azevedo; Gabriel e Jádson; Fellype Gabriel, Andrezinho e Seedorf; Elkesson. Técnico: Oswaldo de Oliveira. CORINTHIANS – Problemas – Danilo (terceiro cartão), Fábio Santos (terceiro cartão), Ramírez (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Cássio, Alessandro, Wallace, Paulo André e Guilherme Andrade; Ralf e Paulinho; Danilo, Douglas e Romarinho; Émerson. Técnico: Tite. PONTE PRETA x VASCO Hoje, Moisés Lucarelli, 16h PONTE PRETA – Problemas – Wescley (machucado), Gustavo (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Édson Bastos, Tiago Alves, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka e Renê Júnior; Cicinho, Marcinho e Luan; Roger. Técnico: Zé Sérgio (interino). VASCO – Problemas – Tenório (machucado, dúvida), Douglas (machucado), Auremir (machucado), Nílton (terceiro cartão), Carlos Alberto (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Fernando Prass, Jonas, Dedé, Renato Silva e William Matheus; Eduardo Costa e Wendell; Éder Luís, Juninho Pernambucano e Felipe; Alecsandro. Técnico: Marcelo Oliveira. ATLÉTICO GOIANIENSE x FLAMENGO Hoje, Serra Dourada, 16h ATLÉTICO GOIANIENSE – Problemas – Diego Giaretta (terceiro cartão), Marino (terceiro cartão), Danilinho (terceiro cartão), Gustavo (emprestado pelo Flamengo) –

Time provável (4-3-1-23) – Márcio, Marcos, Gílson, Reniê e Eron; Dodó, Pituca, Ernandes e Joílson; Patric e Diogo Campos. Técnico: Artur Neto. FLAMENGO – Problemas – Leonardo Moura (terceiro cartão), Renato (machucado) – Time provável (4-3-12) – Felipe, Wellington Silva, Frauches, Marcos González e Ramon; Victor Cáceres, Luís Antônio, Íbson (Cléber Santana) e Adryan; Liédson e Vágner Love. Técnico: Dorival Júnior. SPORT x CORITIBA Hoje, Ilha do Retiro, 18h30 CORITIBA – Problemas - Pereira (machucado), Émerson (machucado), Roberto (machucado), William (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Vanderlei, Ayrton, Démerson, Escudero e Eltinho; William e Gil; Robinho, Lincoln e Éverton Ribeiro; Deivid. Técnico: Marquinhos Santos. SPORT – Problemas – Edcarlos (terceiro cartão), Magrão (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Saulo, Cicinho, Bruno Aguiar, Diego Ivo e Renê; Tóbi e Rithelly; Gilsinho, Hugo e Moacir; Felipe Azevedo. Técnico: Waldemar Lemos. INTERNACIONAL x BAHIA Hoje, Beira Rio, 18h30 INTERNACIONAL – Problemas - Dagoberto (machucado), Juan (machucado), Kléber (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Muriel, Nei, Índio, Rodrigo Moledo e Fabrício; Ygor, Guiñazú; Fred, D’Alessandro e Forlán; Leandro Damião. Técnico: Fernandão. BAHIA – Problemas – Neto (terceiro cartão), Zé Roberto (machucado, dúvida), Souza (problemas particulares), Jones Carioca (machucado, dúvida) – Time provável (4-3-1-2) – Marcelo Lomba, Mádson, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones, Hélder e Lulinha; Gabriel e Souza. Técnico: Jorginho. ATLÉTICO MINEIRO x GRÊMIO Hoje, Estádio Independência, 18h30 ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Jô (machucado, dúvida), Júnior César (terceiro cartão), Marcos Rocha (terceiro cartão), Rafael Marques (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Victor, Serginho, Leonardo Silva, Réver e Richarlyson; Pierre e Leandro Donizete; Danilinho, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Leonardo. Técnico: Cuca. GRÊMIO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-3-12) – Marcelo Grohe, Pará, Gilberto Silva, Werley e Ânderson Pico; Fernando, Souza, Zé Roberto e Elano; Kléber e Marcelo Moreno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

7

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

Estou louco para jogar Ronaldinho usa jogo do 1º Turno como motivação para duelo entre Atlético-MG e Grêmio

Tricolor vai ter o time ideal para o confronto decisivo

P

ara Ronaldinho Gaúcho, o duelo de hoje, às 18h30, quando o Atlético-MG enfrenta o Grêmio, tem um ingrediente a mais após as ofensas recebidas por ele da torcida gremista, no jogo do primeiro turno do Brasileirão, no Olímpico, em Porto Alegre. À época, vários tricolores levaram faixas com ofensas pessoais a Ronaldinho e a sua família. Após a partida, R49 foi flagrado nos vestiários do estádio desabafando contra as manifestações do torcedor local. “Agora que entra este ingrediente, lembrar de tudo o que aconteceu. Vamos com tudo para conquistar a vitória, precisamos da ajuda do torcedor, pois é um dos jogos mais difíceis do Brasileiro”. “Agora entra tudo de novo, tudo vale de motivação. Estou muito feliz, o momento da equipe é muito bom, estou podendo ajudar com boas atuações, podendo fazer o que

No Primeiro Turno, Ronaldinho Gaúcho foi muito vaiado pela torcida do Grêmio, mas o Atlético-MG venceu por 1 x 0

gosto, que é dar assistência, fazer gols. Estou muito feliz e espero ficar assim até o final”, afirmou. Sobre a importância da partida, Ronaldinho a tratou como uma decisão. Se vencer, o Galo abre seis pontos de

distância do oponente. Se perder, o Alvinegro perde a segunda colocação para os gaúchos, que ficarão com o mesmo número de pontos, mas com uma vitória a mais. “Os primeiros colocados têm condições de brigar pelo

título, não existe um favorito. Acho que todos os primeiros colocados estão na briga. É uma decisão, uma chance de abrir pontos do Grêmio. Estamos prontos para encarar um dos jogos mais difíceis do campeonato”, disse.

Volante Pierre aposta em forte marcação do Galo Di a n t e d o G r ê m i o, a torcida do Atlético-MG terá mais um desafio: empurrar o time contra um concorrente direto na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. E, se depender do volante Pierre, disposição para pressionar o Tricolor Gaúcho no campo de

defesa não faltará. “A postura tem que ser a mesma que temos apresentado na nossa casa: um time que marca muito forte, que não deixa a equipe adversária jogar, com o domínio da posse de bola e velocidade. Vamos procurar aplicar isso hoje para

seguir trilhando nosso caminho rumo ao título”, afirmou. Já acostumado a jogar e vencer no Independência, Pierre sabe que o Galo leva vantagem por já conhecer os atalhos do campo. “Cada detalhe do nosso campo nós conhecemos e vamos procurar

manter esse espírito. Temos bom retrospecto dentro de casa”, afirmou o camisa 55, que convocou a massa para ir ao estádio: “Domingo, teremos casa cheia, pois o torcedor vai comparecer. Vamos corresponder jogando nosso bom futebol”.

O Grêmio está montado para o confronto com o Atlético-MG, às 18h30 de domingo, no Independência. No treinamento da tarde desta quinta-feira, em Atibaia, o técnico Vanderlei Luxemburgo utilizou força máxima e terá seu time ideal para o duelo que pode valer a segunda posição aos gaúchos. Em um trabalho coletivo, Luxa garantiu as presenças de Gilberto Silva, Zé Roberto e também de Anderson Pico, que vinham fazendo atividades especiais por conta do desgaste físico dos veteranos e do lateral, que não tinha sequência de jogo tão forte. Além disso, Fernando, que estava com a Seleção Brasileira, já se reapresentou.

Luxemburgo não quis que filmassem o treino O comandante, como de praxe, cobrou bastante os jogadores. Depois da parte técnica e tática, Luxa ainda pediu aos câmeras que desligassem seus aparelhos. Assim, o time gremista formou com Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Kleber e Moreno. Já os reservas alinharam com Matheus; Tony, Naldo, Vilson e Edilson; Léo Gago, Rondinelly, Marco Antônio e Marquinhos; Leandro e André Lima.


8

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

O que vier é lucro Em Cingapura, Massa diz não estar preocupado com a renovação de seu contrato

O

brasileiro Felipe Massa conseguiu resultados melhores no retorno da Fórmula 1 após o período de férias. O piloto não atribui a evolução a nenhum fator específico, mas quer aproveitar o momento para fazer um bom trabalho, por isso alerta sobre os desgastes de pneus no circuito de Marina Bay, em Cingapura. Segundo Massa, os resultados não apareceram antes devido a diversos incidentes durante a corrida que não permitiam que ele transformasse o bom desempenho em lugares melhores na classificação. “Em termos de velocidade e ritmo de corrida, está como antes. Eu estava tendo boas provas, porém sempre acontecia alguma coisa que não me deixava ter um resultado bom no final”, explicou Massa. O brasileiro afirmou que as últimas conquistas o deixaram mais confiante e reforçou que a incerteza sobre sua permanência na Ferrari não interferem no seu desempenho na corrida.

“Apenas preciso continuar tentando fazer o meu melhor com o carro e não estou muito preocupado porque ainda não assinei meu contrato até o momento. Me sinto mais confiante depois das últimas corridas, pois o resultados, que é o que conta e preciso, apareceram”, declarou. Massa quer continuar a com a boa fase até o final da temporada, contudo, as condições do Grande Prêmio de Cingapura o preocupam em virtude do desgaste de pneus no circuito. “Sofremos com desgaste em algumas corridas, talvez, mais do que esperávamos, por isso, esta é uma pista em que teremos que ficar de olho nisso!

"Apenas preciso continuar tentando fazer o meu melhor com o carro e não estou muito preocupado" FELIPE MASSA Piloto da Ferrari

FIA divulga pré-calendário para a próxima temporada A Federação Internacional de Automobilismo publicou na sexta-feira o calendário provisório para a temporada de 2013. Como já era esperado, o torneio deverá ter duas provas nos Estados Unidos e vai acabar novamente com o

GP de Interlagos, no Brasil. A entrada da segunda prova nos Estados Unidos já era esperada. O GP da América deve ser disputado em Nova Jersey e vai substituir o antigo GP da Europa, que acontecia em Valencia e deixou de

existir. No fim do ano, o GP de Austin estreia na Fórmula 1 e completa a passagem da categoria pelo solo norte-americano. AMÉRICA O problema é que o GP da

América é um dos quatro que ainda não estão confirmados e precisa resolver os últimos detalhes contratuais para realmente existir. Os outros três são os de Cingapura, Coreia do Sul e Alemanha. A temporada de 2013

começará no dia 17 de março, novamente na Austrália. A prova no Brasil, que encerra a temporada, acontece no dia 24 de novembro. O calendário será submetido à aprovação na próxima sexta-feira, em reunião do Conselho da FIA.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

S

Fernando Pavão analisa o seu trabalho como protagonista em Máscaras 14

Patrícia Pilar, depois de três anos longe da TV, vive mais uma vilã 19

SalaVIP + TV

Nide Lins

Na moda dos

acrílicos Veneta Design, ateliê alagoano voltado para a produção de peças de decoração e utilidades para a casa feitas em acrílico e MDF, já nasce com diversos prêmios na bagagem 10 E 11

Felipe Sarmento, o criador da Veneta, conquista mercado com design inovador


2

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

Sala Vip

Inside

Por Marcos Leão inside@ojornal-al.com.br

LOUNGE INSIDE # SMP Depois dos desfiles, nada melhor do que brindar as novas coleções que despontam para o verão. No lounge Inside, decorado pelo querido Aldo Rodrigues, não faltaram tacinhas de Salton para os nossos convidados, além dos mimos criados para presentear-los das grifes Maneka, Viver D’Alegria, Nestlé e Boudoir Esmalteria. Obrigado!

INSIDE: A PRIMEIRA COLUNA SOCIAL INTERATIVA DE ALAGOAS

Divulgação

eiraa Pereir gor Pereira Igor Fotos: IIg

Inovar é palavra que mais define a nossa iniciativa de armar rmar uma redação/lounge desta coluna em plena Semana de Moda daa Palato ueridos para receber nossos queridos leitores, além dos fashionisionnis istas de plantão convidados ado ds do evento. Tudo para informar e registrar o que ue aconteceu de melhor na primeira semana h, de moda do Palato. Ah, detalhe: o top fotógrafoo m Igor Pereira comandouu um fervido studio fotográfico co no espaço, onde foi um m dos ambientes mais disputados. De olho nele! Nossa equipe volta lta nossa rotina normal, e,, claro, a ‘nossa’ redação ão de O Jornal com a sensasação de missão cumprida. d. da

TODA ELA | Em nosso lounge VIP na Semana de Moda Palato, Coca Nogueira mostrou seu lado fashion de ser

EM CENA | Algumas lulus receberam os gifts padronizados da Inside em nosso lounge vipérrimo

BELA | Luciana Amaral vivendo uma ótima fase na vida pessoal e profissional, e essa alegria foi vista no nosso lounge/redação na Semana de Moda Palato

Arara Lucas Barros está no céu: o designer alagoano já está nos últimos preparativos para sua grande estreia na cena fashion nacional. Ele que comanda grife a AP401, lança sua última coleção deste ano, em território alagoano, com supercoquetel, na Mammoth Store, nesta quinta, 27. Tudo para celebrar mais um passo bem-sucedido do moço, que nos próximos meses estará na São Paulo Fashion Week, com direito a um espaço na loja pop up, na edição de outubro do evento, além de compor a badalada Casa dos Criadores, com seu inverno 2013. Sucesso!

ESTILO | Lúcia Bastos entre as lindas de viver que passaram em nosso lounge VIP na semana fashion

Encontro fashion Andrea Freitas faz nesta quarta-feira uma tarde de moda+beleza na sua Maison AF. A estilista fechou uma parceria com a marca de cosméticos Guerlain, com direito a dicas de consultores de beleza, make-ups para a noite e brindes. Além disso, Andrea assina uma linha de vestidos de festas e lança uma linha baby, inspirada na sua filhota. O evento rola a partir das 15h e vai até as 21h. Ah, detalhe: o coquetel será na sua casa de veraneio na Barra de São Miguel. Hot!

Summer

Bons ventos

Frio? Que nada! O verão já batendo à porta, e o casal de empresários Alexandre e Patrícia Carnaúba já está a todo vapor com os preparativos do Praêro, que promete aquecer ainda mais a cena noturna de Maceió nesta temporada de verão. No próximo dia 28, o casal abre um novo conceito de bar de praia. E anda rolando um burburinho de que um casal global já confirmou presença durante todo o final de semana do abre da casa. É esperar pra ver!

Maceió vai ganhar um esquema de locação de bicicletas bem ao estilo do Rio de Janeiro, São Paulo, Londres e Amsterdam. O serviço será inaugurado já no dia 20 de dezembro pelo Certo Digito. Serão duas estações movidas a energia solar, cada uma com dez magrelas, no Bairro do Centro e Farol. Qualquer pessoa vai poder pegar a bicicleta e pedalar; basta fazer um cadastro prévio e pagar uma mensalidade de apenas R$ 10 com o cartão de crédito. O objetivo é melhorar o trânsito na regiões.Ok?!


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

3

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV Fotos: Igor Pereira

ELAS | Silvia Sacuno, Zelma Wanderley e Fátima Viana evidenciando elegância na badalada Semana de Moda do Palato

É PIQUE | Lúcia Cox celebrará o aniversário de sua filha amada, a arquiteta Valéria Cox, que receberá, hoje, não só o carinho extra de sua mãe como de seus amigos queridos por mais um aniversário. Viva!

Extra, extra!

Passaporte

Só mesmo Inside para saber essa: as lojas virtuais de ingressos das duas maiores festas de réveillons de Maceió estão no ar. Toda a tecnologia, design e planejamento utilizados são de criação da agência digital VG Web, tendo a assinatura do empresário Victor Yves. Isso mesmo! A plataforma criada para os réveillons Celebration e Absoluto é chamada de voul e possibilita a compra simplificada em todos os cartões de crédito.Ou seja: os baladeiros já podem garantir o acesso livre para virar o ano aos embalos de Asa de Águia ou Ivete Sangalo. Vai?!

Alfredio Bertini leva seus conhecimentos de cinema para Angola. O produtor irá realizar o Festival Internacional de Cinema de Luanda, que será realizado de 16 a 22 de novembro próximo. Todos os detalhes foram acertados com o Ministério da Cultura, o Instituto Nacional de Cinema e a Cinemateca de Angola. Nos próximos 30 dias, Bertini envia uma equipe para trabalhar in loco.

Agraciado Quem pode pode... O alagoano Yohansson Nascimento, medalhista de prata e ouro da equipe brasileira que participou das Paraolimpíadas de Londres, foi homenageado na sexta, 21, pelo governador Teotonio Vilela, com a Medalha Gustavo Paiva, a maior honraria do esporte de Alagoas. Que tal?!

Tour Chegou o dia! Hoje, Alagoas recebe a 2ª edição de 2012 do Projeto Caravana Brasil da Embratur, responsável pela divulgação do Brasil no mercado internacional. A ação, que tem parceria da Secretaria de Estado do Turismo, traz agentes de viagens da Argentina para conhecer in loco o destino, suas belezas, a qualidade dos serviços e os novos equipamentos turísticos. Bem-vindos!

Novos ares Mirella Lopes vai expandir seus negócios no… Oriente Médio. A cidade de Abril – que fica no norte do Iraque e tem cerca de um milhão de habitantes – deve ganhar uma loja da empresária alagoana até o final deste ano. Mas se engana quem pensa que as araras estarão repletas de biquínis, blusinhas ou jeans justos. As roupas vão ser adaptadas aos costumes locais, e quem está à frente da missão é uma estilista libanesa. Poder!


4

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Inside

RadarArapiraca

Por Marcos Leão inside@ojornal-al.com.br

Expor Dono de um dos mais completos acervos de imagens da cultura alagoana, o fotógrafo e publicitário Hugo Torres irá exibir tudo isso no dia 28 de outubro em Arapiraca, com direito a um panorama minucioso de suas expedições em Alagoas, mais propriamente de seus registros dos índios, em Traipu. Vamos aguardar?!

EM DUO | Juliana e Luis Taboas evidenciando amor e união em noite das mais badaladas da semana

Poderio feminino Só para elas. Pois bem: A Secretaria de Políticas Públicas Para as Mulheres, em parceria com as secretarias de Assistência Social, Indústria, Comércio e Serviços e o Senai, iniciou, no último dia 10, no prédio do Senai, o curso “Mulheres do Brisa do Lago na Construção Civil”.De acordo com a secretária Lúcia de Fátimaa Queiroz Cavalcante, o curso vai capacitar mulheres res e donas de casa em profissionais do setor.

MÉRITO | Rose Carrel entregando ao empresário Adoniran Guerra o troféu Homem de Sucesso, que agitou o último final de semana dos vips da terra do fumo

Arara É mesmo tempo de novidades: Bezinha Amaral acaba de receber as coleções de verão das grifes mais estreladas do Planeta e já está reunindo as bem-nascidas da terra do fumo em seu escritório para apresentar todas as suas escolhas, na qual, ela trouxee do eixo Rio/ São Paulo. Para lulu nenhuma colocar defeito.

Recepção Vânia Mello está armando uma semana especial al com cocktail para que as futuras mamães troquem experiências e expectativas ativas nessa nova fase da vida delas. Nessa quinta não é diferente e, nesse momento, mento, terá uma turma ótima em sua residência na antiga Avenida do Futuro, conferindo o lançamento de sua nova coleção de verão, que fique claro, só para ara kids. Sucesso!

Visita ilustre

BELA DE VIVER | Isabelle Costa arrasando em noite vipada da high society arapiraquense

De olho no lance. O prefeito Luciano Barbosa recebeu, na terça, 18, em seu gabinete no Centro Administrativo Municipal, a ex-jogadora e campeã mundial de voleibol, Sandra Pires, que também é embaixadora do Esporte no Brasil.O encontro contou, ainda, com a presença da secretária de Educação, Ana Valéria Peixoto, e equipe do Departamento de Esportes, e do gerente de Negócios do Banco do Brasil, Josué Dias. Boa! A Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria de Administração e Recursos Humanos, em parceria com o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), concluiu mais um curso de capacitação voltado para os servidores. No período de 17 a 19 deste mês, na Escola de Governo, com uma carga de 21 horas/aula, servidores municipais receberam novos conhecimentos, com o Curso de Metodologia Para Planta de Valores.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Verão Natureza da Hering

O verão da Hering vem com a coleção recheada de peças versáteis e descoladas

L

ooks descontraídos, confortáveis e despojados para curtir os dias mais quentes, inspirados nos elementos da natureza e na Califórnia. Assim é o verão da Hering e sua nova coleção, recheada de peças versáteis, que já chegaram nas lojas da marca. A marca reforça todo o seu DNA com seus “Básicos Nada Básicos”. O verão da Hering vem trabalhado na tendência candy color, em tons suaves, pastel. Os destaques ficam por conta das peças em sarja coloridas em shorts, saias, jaquetas, calças skinny e flare, também tons mais escuros, mas não menos alegres. O efeito desgastado, a cromia e o sombreado também são outras propostas exploradas pela coleção de verão, que também traz estampas étnicas como o navajo e o animal print, além do navy e de florais. Para os homens, a marca aposta em uma cartela de cores com muito vermelho, caqui, verde petróleo e verde claro, além de novos modelos de camisas xadrez e modelagens de calças jeans, principalmente a reta e a skinny, e camisas com decotes em “U” e em “V” estonadas. A linha kids é inspirada na junção da vida marinha e náutica com a terra firme. As peças trazem referências da Tailândia, com ilustrações de barcos, animais e flores da região. Borboletas, lagartos, pássaros e flores estão presentes nas estampas com cores vivas e alegres. A coleção para crianças ainda apresenta, com destaque, “camisetas mágicas”. Desenvolvidas para meninos e as meninas, as estampas aparecem no sol e brilham no escuro. As peças, além de estilosas e confortáveis, prometem muita diversão para a garotada.

Cores neon Prezando sempre pelo conforto, a Ferni, marca expert em couros confortáveis que em Maceió é capitaneada pela empresária Vaninha Nutels, está com uma coleção de verão de encher os olhos. A marca traz peças com as cores neon como protagonistas da vez. Sapatilhas com spikes, tendência garantida na estação mais quente do ano, sapatos, sandálias e handbags surgem nos tons flúor como pink, laranja e azul. Quando não aparecem totalmente nas peças, as cores surgem radiantes em pequenos detalhes que fazem toda diferença. O verão 2013 da Ferni é uma delícia de se ver.

Maminha na Cachaça será uma das receitas do curso Culinária para Domésticas, sob a batuta de Sandra Salles (Ideias Gastronômicas), nos dias 25 e 26, das 14h às 17h, na loja Bontempo. Mais informações: 9109-7253

5


6

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV Fotos: Igor Pereira

Moda Adentro Novo evento Noah Verde:“A moda está presente em todas as coisas, e o conceito da marca Palato tem tudo a ver com esse universo”

de moda em Alagoas confirma o crescimento do setor no Estado

Moda linka com tudo e mais um pouco FERNANDO NUNES fernandonunes_fhgn@hotmail.com

A

jornalista Ana Clara Ga r m e n d i a , a m i g a que vive e trabalha em Paris, costuma dizer que moda linka com tudo, ou seja, que a moda consiste em um universo tão amplo e cheio de detalhes que liga a tudo a nossa volta. “Moda linka com tudo”, volta e meia escreve ela em seu blog, o Moda Paris [http://anaclaragarmendia.blogspot.com. br/] . Foi justamente essa a impressão que tive ao visitar a Semana Palato de Moda (SPM), que aconteceu entre os dias 18 e 20 deste mês, no Palato Farol, espaço inaugurado há três meses. O que faz um supermercado de classe A organizar uma semana de moda? Era isso o que muitos convidados se perguntavam ao chegar ao terceiro andar do prédio espaçoso, localizado logo no início da Avenida Fernandes Lima. Pode parecer que não, à primeira vista, mas a resposta

para esse questionamento é o sentimento comum que move, entre outras coisas, o cosumo de alimentos: o desejo de fazer parte de algo. Conversando com a diretora de marketing do Palato, Noah Verde, a resposta para a pergunta não foi outra. “A moda está presente em todas as coisas e o conceito da marca Palato tem tudo a ver com esse universo”, explicou ao dizer que a semana de moda é uma vontade antiga, de mais ou menos um ano e meio, dela e de outros membros da diretoria da empresa, porém só agora foi possível viabilizar. Sete marcas aceitaram o convite de participar da Semana Palato de Moda, que foi executada após dois meses de preparativos, um tempo considerado pequeno para a pretensão da fashion week que deve ser anual e – ao contrário do que muitos podem pensar – não disputa espaço com os demais eventos locais de moda, como a Alagoas Trend House – que aconteceu no mês passado

– e a Maceió Fashion Design – que acontece no mês que vem. “Já me perguntaram por que apenas três dias evento e eu respondi que nossa ideia era fazer algo pequeno, de início, porém concreto e bem feito, uma vez que os investimentos nessa semana foram altos, além das nossas expectativas”, revela Verde ao falar que os planos são de expandir o evento. Para o setor, a Semana Pa l a t o d e Mo d a é u m a conquista e um avanço. “Em Alagoas, a moda tem diversos segmentos, esse é um evento que preza por marcas de conceito mais glamuroso. Começamos a ter destaque no ramo com a moda praia e hoje podemos mostrar algo mais diversificado e sofisticado”, avaliou o presidente do Sindicato da Industria do Vestuário de Alagoas (Sindvest/AL), Francisco Acioli. “Estes eventos estão crescendo, por causa do apoio da Cadeia Têxtil”, disse.

Casa Maria + Endy Mesquita


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

7

SalaVIP + TV

Passos curtos e firmes

Alagoas vive o melhor momento da moda Salinas

Para todos que compõe a Cadeia Produtiva Têxtil e de Confecção do estado (Sindvest/Al, Fiea/AL, Seplande/ AL e Sebrae/AL), a moda em Alagoas está em um dos seus melhores momentos, em pleno desenvolvimento e expansão. “A ideia é até janeiro de 2014, já ter garantido um forte incremento nas vendas e produção, além do aumento do número de funcionários, gerando mais empregos, renda melhorias no setor”, adianta a assessora especial da Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvi-

metno Econômico (Seplande/ AL), Vânia Amorim, uma das gestoras responsáveis pelo projeto da Cadeia Têxtil. “Todas as ações estão voltadas para o fim de que nós possamos abrir concorrência e comercializar os produtos alagoanos no sudeste, com sucesso”, complementa. Quem passou pela Semana Palato de Moda teve, ao menos, a impressão de que a moda está imersa em todas as coisas que fazemos, seja na ida para o trabalho ou em outra atividade diária qualquer, como ir ao supermercado. F.N. Igor Pereira

Audifax Seabra

Mesmo sendo um evento para convidados, os que estiveram no Palato Farol puderam conferir as criações exuberantes dos estilistas Audifax Seabra – que apresentou vestidos de noivas e festa –, das lojas Casa Maria e Endy Mesqita e Básico Chic; as coleções da Forum e Salinas, além do trabalho das designers Lúcia Bastos e Natália Amaral – que repitou a apresentação emocionante que fez na última Alagoas Trend House, com sua coleção sobre o nome Maria. A moda alagoana, com passos curtos e firmes, vai ganhado espaço e, aos poucos, se desvencilhando da mídia especializada e entrando na vida das pessoas comuns, que trabalham, pagam contas, levam os filhos na escola e, é claro, vão ao supermercado. F.N.


8

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Lily Di Divine ivine

Aromas Truques do mundo da perfumaria

Vejas as principais dicas do Boticário para o consumidor acertar na escolha da fragrância

S

e fazer notar e causar uma boa impressão ao usar um perfume parece uma tarefa fácil. Para não correr o risco de errar e aumentar as chances de sucesso, alguns pequenos truques e cuidados podem fazer toda a diferença: desde a escolha da melhor fragrância para cada ocasião ou tipo de pele até a quantidade ideal a ser aplicada. Dosagem correta Evite usar perfume em excesso. É mais fácil reaplicar uma fragrância do que retirá-la, se colocada em excesso. Por isso, redobre os cuidados na hora da aplicação. Onde aplicar Para aumentar a percepção de perfumação existem pontos estratégicos do corpo para se aplicar um perfume: atrás das orelhas, pescoço e pulso. Esses pontos têm maior irrigação sanguínea e temperatura levemente mais alta, o que permite a evaporação da fragrância de forma mais intensa. Assim, é mais notada no ar. Fragrância certa Provar é a melhor forma de perceber se o produto combina com a personalidade, emoções, estado de espírito e estilo de vida de quem vai usá-lo. Como cada indivíduo tem seu próprio cheiro, de acordo com o tipo de pele, transpiração, hábitos alimentares, uso de medicamentos, entre outros fatores, as fragrâncias também podem proporcionar características únicas dependendo de quem está usando.

Fragrância por ocasião Não há regras rígidas. Nessa hora vale muito avaliar o astral da pessoa e do local para fazer a melhor escolha. Geralmente fragrâncias mais frescas vão melhor durante o dia e em regiões quentes, enquanto as mais sofisticadas combinam melhor com a noite e o clima mais ameno. Fragrância por sexo Não há regras rígidas também. Hoje existem diversos caminhos olfativos para agradar tanto homens quanto mulheres. Eles preferem as fragrâncias amadeiradas e fougère, como Malbec, Zaad e Quasar. Elas, em geral, têm preferência pelas florais e florientais, como Floratta, Annie, Thaty Princess (mais frescas), ou Glamour Secrets Black, Linda e Lily (mais sofisticadas). Mulher com perfume masculino A utilização de perfumes masculinos por mulheres é mais uma questão de gosto pessoal e adequação com a sua personalidade e estilo de vida. Atualmente, existe uma fusão entre as fragrâncias masculinas e femininas – notas florais têm sido usadas com frequência nos perfumes masculinos e notas amadeiradas são usadas nas femininas – fato que diminui as “distâncias” entre os segmentos de perfumaria.

Glamour secret

Quasar

Fixação das fragrâncias A dica não é optar por um ou outro produto porque o fixador é melhor. A existência de fixadores é um dos maiores mitos da perfumaria. O que determina a fixação na pele é a concentração da essência e as matérias-primas utilizadas na composição de um produto e a família olfativa a qual uma fragrância pertence. Notas de vanila, âmbar e madeira são mais duráveis, enquanto os cítricos, que são mais voláteis, evaporam mais rapidamente e duram menos. Tipo de pele e hábitos das pessoas também influenciam na durabilidade de uma fragrância na pele. Uso prolongado O uso contínuo de uma fragrância pode gerar a saturação olfativa ao usuário, ou seja, deixar de sentir o cheiro do produto. Ao mesmo tempo, as pessoas ao redor continuam percebendo o cheiro do perfume com a sua intensidade natural. A dica é alternar com outras fragrâncias de sua preferência. Variação do cheiro Dependendo do tipo de pele, o cheiro de uma fragrância pode variar, mas muito pouco. Interferem nessa questão o grau de oleosidade, a dieta, o nível de transpiração e o uso de remédios. Durabilidade pela temperatura Quanto mais elevada a temperatura, menos o perfume dura na pele porque o calor acelera a evaporação e retenção das notas na pele.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

9

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Verão plus size

Balaio

Novo voos Contando os dias para sua grande estreia no cenário da moda nacional, o designer alagoano Lucas Barros, da AP401, lança sua última coleção deste ano, em Maceió, com um coquetel que promete deixar saudade, no dia27, a partir de 16h, na Mammoth Store. A festança realizada na Mammoth Store, será para marcar mais um largo passo na carreira do designer.

Em Sampa Lucas estreia sua participação na São Paulo Fashion Week, com um espaço na loja pop up na edição de outubro do evento, além de compor o line up da Casa de Criadores, apresentando seu Inverno’2013 como um dos estilistas convidados pelo evento que será realizado em dezembro na capital paulista.

Fé Com referências religiosas e símbolos da Igreja Católica, a nova coleção do designer Lucas Barros vem cheia de bossa. Pautado no trabalho dos artistas Pierre e Gilles, o verão da AP401 será repleto de vermelho, laranja, rosa, azul, branco e preto, algumas das cores estão sendo usada pela primeira vez. O estilista experimenta outros materiais e acrescenta ao seu trabalho de estamparia manual óleo e verniz vegetal, que confere às peças uma textura resinada.

Coração de Jesus Outra referência da nova coleção são as imagens dos pintores ilusionistas nas igrejas barrocas, representadas através de estampas serigrafadas do Coração de Jesus e Maria, boi, leão, águia e outros animais.Além de desenhos de rosas, estampa de céu e da letra “A”, que significa o alfa, o início de tudo, outra simbologia da Igreja.Além disso, a geometria também está presente na coleção.“A geométrica triangular será construída com uma mistura de tecidos leves, pesados e estampados, como musseline, jacquard de seda e algodão. Com algumas peças confeccionadas com este mix de tecidos e materiais, em simbólicos recortes que representam a Santíssima Trindade”, explica o estilista.Este ano Lucas teve a oportunidade de ver uma de suas criações no corpo da rainha Daniela Mercury durante o circuito Barra-Ondina do carnaval de Salvador. Em junho, a primeira edição da L’Officiel Brasil, uma das mais importantes revista de moda do mundo, apresentou Lucas Barros como uma das promessas de moda no país.

Depois do sucesso da primeira coleção assinada por Lara e Laís Amorim, desfilada na Trend House’12, a Maneka lança seu verão em uma tarde repleta de mulheres bonitas, regada a prosecco e comidinhas especiais. A Multimarcas, que também tem loja em Salvador, recebe em suas araras peças plus size que estão, mais do que nunca, na moda. Vestidos, blusas, jeans e uma variedade de tamanhos para a mulherada que não tem medo de mostrar as curvas. Além disso, a coleção exclusiva da Maneka, com assinatura das neo-estilistas Lara e Laís Amorim. A nova coleção de verão será lançada na próxima quinta-feira (27), às 17h, na Maneka , que fica na Rua Eng. Mario de Gusmão 737 - Ponta Verde. Mais informações: 82| 3327-7536.


10

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV Igor Pereira

Capa

“Me deu na veneta” Empresa alagoana criada em agosto deste ano aposta na criação de peças em acrílico para o mercado de decoração e conquista prêmios de design e o coração dos consumidores NIDE LINS nidelins@ojornal-al.com.br

“M

e deu na veneta e eu fiz, pronto!” Tal expressão era frequentemente ouvida, em tempos idos, e queria o autor dizer que “tive uma ideia...”. E foi sustentado neste conceito que o alagoano Felipe Sarmento resolveu mudar, inovar e criar uma nova empresa, a Veneta. Veneta é assim, uma ideia de Felipe, que começou a criar objetos tendo o acrílico como matéria-prima. Usando como laboratório o quarto dos filhos, ele projetou prateleiras e criou o rapel, um cabideiro para colocar bolsas, mochilas, bonés... A ideia deu mais que certo, agradou à família e aos amigos, que aprovaram o novo conceito de design para decoração. Mas o rapel, além de ser o xodó de Felipe Sarmento, também arrematou para a empresa alagoana o primeiro lugar o primeiro lugar na categoria In Domus - Acessórios de Decoração - Quarto. Para criar o rapel, Felipe Sarmento se inspirou no seu próprio estilo de vida. Fã de esportes radicais, ele está sempre se aventurando, descobrindo um mundo diferente e conquistando novos mercados. Afinal, a empresa com fabri-

cação própria já trouxe prêmios para prêmios para a empresa e abriu mercados, além de Alagoas, também no Pará, Rio Grande do Norte, Paraíba,Pernambuco, Sergipe, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Para início de empresa a Veneta criou quatro linhas: Domus, Citrus, Locus e Lumina. Todas são decorativas, totalizando 50 itens. A linha Citrus tem o cabideiro rapel, mexedor de sucos, porta-retratos. A Locus oferece centros de mesa, a Lumina tem luminárias com lâmpadas de Led, que reduzem o consumo de energia, e a Domus traz revisteiros, vasos e bandejas. As peças de acrílico têm design contemporâneo que combina muito bem conceitos de leveza, simplicidade e praticidade. “Todas as peças são desmontáveis, fáceis de lavar, e não são fabricadas com resíduos, são produtos recicláveis, ou seja, um projeto sustentável”, explica Felipe. As fruteiras batizadas de Canoa são super charmosas, principalmente a de cor vermelha, vencedora do Prêmio Design em Acrílico 2012. Não só o nome remete ao nosso Estado, como o desenho lembra nossas canoas. Design pode viajar e estampar nas lojas mundo afora, mas identidade cultural faz toda diferença no mercado globalizado.

Felipe e uma de suas criações, Kriptonita, luminária de mesa com lâmpadas de Led. Proposta sustentável e design inovador


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

11

Charme na mesa “Canoa”, vencedora do Prêmio Design em Acrílico 2012, concedido pelo Instituto Nacional para o Desenvolvimento do Acrílico (Indac), que foi inspirada na forma orgânica das catembas, folhas que protegem o cacho do coco Para sala Porta-retratos para guardar as boas lembranças da família, das viagens.... Fotos divulgação

20 anos no mercado de comunicação visual Felipe Sarmento é responsável pela criação de marcas de muitas empresas alagoanas, 20 anos atrás. Mas além de inventar as logomarcas, ele percebeu que faltava em Alagoas empresas que executassem o serviço. “Na época, tivemos de investir em equipamentos para transformar os desenhos em realidade para as empresas”, lembra. Embora tenha estudado Engenharia Mecânica, Engenharia Civil, Arquitetura, PublicidadeeCiênciadaComputação,

não se formou em nenhum dos cursos. “A verdade é que nunca tive muita afinidade com a academia”, brinca Felipe. Sua experiência vem da prática de lidar de perto com as necessidades de design e comunicação. Acostumado a explorar as propriedades do acrílico na produção de letreiros e projetos sob encomenda, Felipe enxergou no material, com variedades de cores, mais uma opção de criar o que dê na veneta e, claro, um bom negócio, que já estreou no mercado com sucesso.

A ideia de tratar essas criações de forma mais séria surgiu após a visita que o designer fez a uma feira especializada em acrílico, em São Paulo, há pouco mais de um ano. “Lá, vi fabricantes de objetos semelhantes que já vendiam para todo o Brasil e que não possuíam uma estrutura de produção muito maior do que a que eu tinha em minha empresa”, diz. “Percebi que era apenas uma questão de pensar grande e de mostrar nosso trabalho para o mercado”, conta.

Cabideiro Rapel Inspirado no esporte homônimo, o cabideiro Rapel foi criado pela paixão que o designer tem por esportes de aventura, explorando a posição sugestiva dos atletas durante a subida na corda. A maneira lúdica com que forma e função se apresentam e interagem com o universo infanto-juvenil é o principal diferencial inovador do produto, que tem ainda excelente custo-benefício e é de fácil instalação.

Onde encontrar: Presentaria, Ponto Design, Sunça Casa Como preservar: Para a limpeza deste produto, use somente espanador de pó ou pano limpo e macio. Caso seja necessário, lave a peça com água e sabão neutro. Não utilize esponjas ásperas, substâncias abrasivas ou solventes. Para eliminar pequenos riscos ou restaurar o brilho, deve-se polir manualmente a área afetada com um pano macio impregnado com polidor para móveis ou específico para plásticos. Mais informações: www.venetadesign.com.br

Miau Gatinhos charmosos são uma ótima sugestão de presente para guardar os fones de ouvido de forma organizada Luz Na linha Lumina, o ateliê explora a fusão entre o LED, o acrílico e a madeira para produzir luminárias de grande efeito visual, como a luminária de chão

Obon Na linha domus, a bandeja do suschi é charmosa e mais higiênica


12

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

SalaVIP + TV

TV

Talento e sorte Jorge Rodrigues Jorge/CZN

Aos 16 anos, Polliana Aleixo vive o papel mais maduro de sua carreira AMANDA ROLIM POPTEVÊ

P

olliana Aleixo conseguiu virar atriz da Globo com relativa facilidade. Desde que estreou na tevê, em 2007, no especial “O Segredo da Princesa Lili”, a intérprete de Beatriz de “Cheias de Charme”, tem emendado um papel no outro, entre novelas, especiais e séries. “Eu acredito que foi sorte. Sou muito grata em poder fazer o que eu gosto desde cedo”, ressalta. Na trama, Beatriz é a queridinha da escola e de Samuel, encarnado por Miguel Roncato, seu namorado. Mas a popularidade da personagem é bem diferente da realidade da atriz, que é mais discreta. “Mudei muito de colégio, mas nunca fui a mais popular e nem quero porque deve ser muito chato. Falo com todo mundo, mas tenho meu grupo”, revela. Para Polliana, esse é o papel mais maduro da carreira. O namoro sério da personagem e as cenas de beijo a fizeram perceber que, dessa vez, está vivendo uma adolescente de verdade. “Desde o início, eu já sabia que teria um romance, mas foi muito tranquilo. Essas cenas são muito impessoais. Tem 40 pessoas no estúdio assistindo”, explica. O convite para viver Beatriz foi inesperado, mas a atriz aceitou na hora. “Foi uma loucura. No dia seguinte, eu já estava

no Projac testando o figurino e, uma semana depois, comecei a gravar”, recorda. Por causa da correria, não deu muito tempo de se preparar para o papel. Sua maior inspiração foram as garotas com o mesmo perfil “pop” que conheceu ao longo da vida escolar. Mas a atriz conseguiu dar alguns toques característicos à personagem. “Eu mudo a minha voz na hora de interpretar a Beatriz. Sou muito espalhafatosa e ela tem um jeito de falar mais doce”, conta. Esta é a segunda vez em que a jovem atriz entra no meio de

uma trama. A primeira foi em “A Vida da Gente”. O que poderia tornar o trabalho mais difícil para qualquer um, Polliana tira de letra. “Eu já conhecia todo mundo de ‘Cheias de Charme’ e me senti muito bem-vinda nas gravações”, revela. O conforto de Polliana nos estúdios não é à toa. Em cinco anos trabalhando na frente das câmaras, ela já participou de sete produções diferentes. “Eu tenho trabalhado bastante. É uma correria, mas eu gosto muito”, garante. Apesar de trabalhar desde criança, o reconhecimento não

aconteceu da noite para o dia. Desde os sete anos estudando teatro em Curitiba, sua cidade natal, Polliana conseguiu seu primeiro papel na televisão por sorte. Em uma viagem ao Rio de Janeiro com a mãe, quando tinha 11 anos, fez um teste para o especial de fim de ano “O Segredo da Princesa Lili”, da Globo, e conseguiu o papel. Enquanto participava das gravações do musical de Renato Aragão, foi escalada para mais um trabalho, “Beleza Pura”, sua primeira novela. “Acredito que eu estava no lugar certo e na

hora certa”, confessa. Em seu quinto folhetim, ela gosta de saber que o público acompanha seu crescimento e sua carreira. “Na Globo, todo mundo brinca comigo. Tem gente que fala: ‘Antes você era minha irmã e agora vai interpretar minha filha’”, diverte-se. Mesmo com uma carreira promissora como atriz, Polliana pensa em alternativas para o futuro. “Quero fazer Publicidade e Propaganda na Puc-Rio. Quem sabe eu abro um negócio. Acho que dá para conciliar as duas profissões” divaga.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

13

SalaVIP + TV

Mapa da Mina Amanda Rolim

Soltando a voz (GLOBO, DOM, 13h05) Estreia, neste domingo, a versão brasileira do “reality show” americano “The Voice”. Apresentado por Tiago Leifert e Daniele Suzuki, o programa conta com Claudia Leitte, Carlinhos Brown, Daniel e Lulu Santos como jurados. A produção será dividida em três fases: audição, batalhas e shows ao vivo. Nas audições, enquanto estiverem de costas, os jurados podem apertar um botão se gostarem da voz do participante, e assim o cantor passa a fazer parte do time desse treinador. O grande vencedor leva o prêmio de R$ 500 mil, além de um álbum que será gravado pela Universal Music. Caixa de lembranças (REDE TV!, DE DOMINGO PARA SEGUNDA, 0h45) Roberto Frejat é o grande entrevistado de Faa Morena no “Ritmo Brasil” deste domingo. O artista comenta momentos marcantes de sua carreira, a convivência com Cazuza, a época em que tocou

no Barão Vermelho e algumas situações que envolvem sua vida pessoal. “Rock” (TV BRASIL, SEG, 18 h) No “Estúdio Móvel” desta segunda, Liliane Reis tem uma conversa descontraída com a banda Ramirez no bairro da Lapa, Centro do Rio de Janeiro. Destaque no cenário independente, o quarteto está na estrada desde 2002 e já leva três álbuns na bagagem. O terceiro, “Bonanza”, conta com 11 músicas, todas compostas por Thiago Pedalino e Pedro Curvelo. Amor verde e amarelo (RECORD, DE SEGUNDA PARA TERÇA, 0h15) As três maiores paixões nacionais serão o tema do “Roberto Justus +” desta segunda. O apresentador discute grandes unanimidades dos brasileiros: carnaval, samba e futebol. No palco, o empresário recebe Viviane Araújo, que acumula anos de experiência em desfiles na Sapucaí. Além disso, o

cantor Dudu Nobre e o jogador Vampeta batem um papo descontraído sobre as mais diversas músicas de samba e os bons momentos de bola no pé do ex-atleta. Segundas intenções (GLOBO, TER, 22h15) Copacabana vai ficar agitada nesta terça, em “Tapas e Beijos”. Dona Catarina toma a frente do Rei do Beirute quando o marido, seu Chalita, é supostamente internado às pressas. Fátima e Sueli desconfiam das intenções da esposa do amigo e decidem desvendar o que de fato aconteceu com o libanês. Catarina havia anunciado o divórcio do marido por não suportar mais seu comportamento. Mas, de repente, cancelou a separação e assumiu o restaurante, alegando que Chalita está doente. De malas prontas (MTV, QUA, 21h45) Marcelo Adnet desembarca nesta quarta em Aruba, no “Adnet Viaja”. O humorista realiza um divertido show de

“stand-up” para a população das antigas ilhas holandesas. Músicos locais como Big Boy e Dif Pabou ajudaram Adnet a compor e produzir novas músicas para o já vasto repertório de canções bem-humoradas do comediante carioca. Nesta primeira temporada, o apresentador já viajou para Miami e Jamaica. Crise no relacionamento (GLOBO, QUI, 22h) O casal 20 do bairro vai sofrer um abalo na relação, nesta quinta, em “A Grande Família”. A intimidade de Lineu e Nenê será jogada aos sete ventos. O desgaste de tantos anos de casamento e a preocupação com os problemas financeiros passam a assombrar a relação dos dois. Apreensivo, o fiscal pede conselhos sentimentais a Mendonça e Paulão e até recorre a um ritual do Pajé Murici para espantar as energias negativas. No ritmo da madrugada (GLOBO, DE SEXTA PARA SÁBADO, 1h55) O Soul Music vai invadir

a noite desta sexta na edição mensal do “Som Brasil”. O marcante ritmo da “black music” é entoado por diversos nomes da música brasileira. Os convidados da noite são Lia Sophia, os mineiros do Jota Quest, o paulista Junior Black, Sandra de Sá, Hyldon, Lady Zu, Claudio Zolli e Thiago Abravanel. Na “playlist”, versões de sucessos como “Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda”, “Bye Bye Tristeza”, “As Dores do Mundo”, “Me Dê Motivo” e “A Lua e Eu”, entre outros. Estado de beleza (BAND, SAB, 22h15) Na noite de deste sábado, 27 mulheres disputam o título de Miss Brasil 2012. A cantora Ga by A m a ra n t o s s e r á a grande atração do espetáculo. A artista, que ficou conhecida como a Beyoncé do Pará, ganhou ainda mais fama depois de ser convidada para cantar a música “Ex-my Love” na abertura da novela “Cheias de Charme”, da Globo. O concurso será apresentando por Adriane Galisteu.


14

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Personagem da Semana

Melhor que o imaginado Pedro Paulo Figueiredo/CZN

Na reta final de “Máscaras”, Fernando Pavão analisa seu trabalho como protagonista da trama LUANA BORGES POPTEVÊ

N

em sempre o sucesso de uma novela é proporcional ao contentamento dos atores do elenco. A baixa audiência de “Máscaras” foi determinante para que a Record decidisse encurtar sua exibição – a trama, que chegou

a marcar média de 3 pontos, inicialmente estava prevista para terminar no início de 2013, mas exibe o último capítulo no dia 2 de outubro. Os percalços do folhetim, no entanto, não abalaram Fernando Pavão. O intérprete de Otávio está bem satisfeito com o trabalho. “Meu balanço é o mais positivo possível pela experiência de ter feito um protagonista de uma novela do Lauro César Muniz, com tudo que a gente conhece, com um elenco tão competente. Só trago boas lembranças”, enaltece. Para Pavão, inclusive, este é o papel mais difícil que já viveu

na tevê. Afinal, a trama dele passou por várias reviravoltas. Na história, o personagem começou como um fazendeiro comum, cujo principal conflito era a busca pela mulher e filho desaparecidos. Depois, trocou de identidade com o vilão Martin, de Heitor Martinez. Até o momento em que se envolveu em uma organização mundial que pretendia matar o presidente dos Estados Unidos. “É um personagem que me exigiu muito. Com esse lado policianesco, é difícil achar um tom realista sem cair no fantasioso. E tive o cuidado de manter uma coisa crível”, explica.

Entrevista l Fernando Pavão l Ator Houve uma mudança na direção de “Máscaras” no meio do ano. Com a saída de Ignácio Coqueiro, Edgar Miranda assumiu o posto. Isso trouxe algum tipo de dificuldade na rotina de um trabalho que já estava estabelecido até então? Acho que não foi difícil porque todos nós tínhamos o mesmo objetivo. Tanto o elenco como o Edgar. Queríamos fazer o melhor trabalho. Partindo desse princípio, fomos na mesma direção. O Edgar entrou quando já tínhamos um

trabalho construído e os atores tinham seus personagens bem elaborados. Ele soube respeitar isso e acrescentou o nome dele à novela. Como protagonista da trama, em algum momento você ficou preocupado com a baixa audiência? Em nenhum momento a audiência me preocupou. Eu, pelo menos, não pauto meu trabalho pela audiência. Ela parte de uma série de fatores. Às vezes, a gente não entende porque certos produtos têm uma boa

audiência e outros não. Não temos como medir a qualidade pela audiência. A trama do seu personagem é complexa e, a cada capítulo, muita coisa acontece. Que tipo de resposta do público você costuma receber? Sinto que as pessoas percebem a dificuldade da trama. Não é uma novela fácil. Esse lado policianesco realmente é complexo, mas instiga, faz pensar. As pessoas dizem: “Eu achava difícil no começo, mas

comecei a prestar atenção e ela tem uma coisa...”. Uma vez, o Petrônio (Gontijo) falou que uma moça que estava arrumando o quarto dele disse: “Nossa, faz tanto tempo que eu não vejo uma novela que me faz pensar, que me deixa curiosa, querendo descobrir as coisas”. Isso é legal. Particularmente, como espectador, é um tema que me atrai. Este é o seu segundo protagonista seguido na Record – ano passado, você viveu o personagem-título

de “Sansão e Dalila”. Como avalia a sua trajetória na emissora? Desde que entrei aqui, em 2007, só fiz bons personagens. É uma emissora que me dá todas as condições para trabalhar. Nós, atores, conseguimos estabelecer uma parceria na Record. Já trabalhei em todas as emissoras e nunca senti isso em nenhum lugar, esse clima de amizade, de “vamos fazer”, de “vamos brigar pelo nosso produto”. Realmente isso é difícil em um ambiente de trabalho. Em outras emissoras, nunca encontrei.

ANIVERSÁRIOS DA SEMANA DE 23 A 29 DE SETEMBRO 24/09 – Scheila Carvalho, 39 anos. 25/09 – Glória Perez, 64 anos.

26/09 – Cláudio Marzo, 71 anos, Eduardo Tornaghi, 60 anos, Dan Stulbach, 43 anos, Alexandra Marzo, 44 anos, e Leandro Hassum, 39 anos.

28/09 – Domingos de Oliveira, 79 anos, Patrícia França, 41 anos, Guta Stresser, 40 anos, e Helder Agostini, 22 anos.

29/09 – Cid Moreira, 85 anos, e Marcos Frota, 56 anos.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

15

SalaVIP + TV

Teletema Luiza Dantas/CZN

Papel principal – Nanda Costa vai viver sua primeira protagonista em “Salve Jorge”, próxima novela das nove da Globo. Na trama, ela interpreta Morena, uma moradora do Morro do Alemão, no Rio de Janeiro, que fica grávida ainda adolescente e é abandonada pelo namorado. Para criar seu filho sozinha, ela vai à luta. Mas sua vida tem uma reviravolta quando conhece Theo, de Rodrigo Lombardi, um integrante do exército que está ajudando na pacificação de sua comunidade. O figurino da personagem vai ser formado por roupas coloridas e apertadas, além de muito salto alto. A trama tem estreia prevista para outubro. Sempre linda – Pamela Anderson aceitou a proposta de Luciano e veio ao Brasil exclusivamente para cantar a música “Garota de Ipanema”, no palco do “Caldeirão do Hulk”. A atriz ousou no figurino, com pernas e barriga de fora, durante a gravação do programa e chamou atenção com seu físico bem conservado, aos 45 anos. O programa deve ir ao ar no dia 6 de outubro. Tudo em família – Glória Pires vai dividir a cena mais uma vez com Antônia Morais. Mãe e filha estão no elenco de “Guerra dos Sexos”, próxima novela das sete da Globo. Esse é o primeiro folhetim de Antônia, que já participou da série “As Brasileiras”, também ao lado da mãe. Sonho – Depois de vencer o “reality show” “A Fazenda” e faturar R$ 2 milhões, Viviane Araújo continua com sorte. A rainha de bateria do Salgueiro foi convidada por Aguinaldo Silva para participar de sua

próxima novela na Globo. Especial de humor – Em comemoração aos 200 programas gravados, o “CQC” vai contar com a participação de vários humoristas. Entre eles, a apresentadora e comediante da MTV, Dani Calabresa. Com o terno e a gravata típicos dos integrantes do “show”, Dani

vai entrevistar famosos na inauguração de uma boate de música sertaneja. O especial está previsto para ir ao ar no dia 1° de outubro. Show na tevê – O especial de Dia das Crianças do “TV Xuxa” vai ter Taylor Swift como convidada. A cantora internacional esteve no Brasil para divulgar

seu novo álbum, “Red”, e aproveitou para gravar uma participação no programa da Xuxa. De volta à tevê – Mariah Rocha, ex-apresentadora do “TV Globinho”, está no elenco da nova novela da Record, “Balacobaco”. A atriz vai interpretar Luíza, uma jovem que entrará em conflito com a

mãe por se recusar a procurar pretendentes ricos. Reconhecimento – Depois de viver o Darkson de “Avenida Brasil”, José Loreto assina novo contrato com a Globo. O ator já está confirmado para a próxima novela das seis de Walther Negrão, “O Caribe é Aqui”.


16

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

SalaVIP + TV

O que vem por aí

Aspas

EM BUSCA DA FELICIDADE Divulgação

Jorge Rodrigues Jorge/CZN

“Tinha muito medo de fazer esse papel”. Marcos Caruso sobre Leleco, personagem que interpreta em “Avenida Brasil”. O ator acreditava que, por ser paulista e levar um estilo de vida diferente do ex-lutador, poderia não ter o perfil adequado para interpretá-lo (Jornal “O Dia”). “Está faltando tempo”. Daniel de Oliveira justificando o fato de não fazer novela desde 2010, quando atuou em “Passione” (“ego.com.br”). “Estou me achando muito melhor que aos 20”. Giovanna Antonelli, que volta ao ar em “Salve Jorge”, satisfeita com o corpo aos 36 anos (“famosidades.com.br”). “Vou sair do meu lugar confortável de mocinha”. Bianca Bin sobre a expectativa de interpretar a primeira vilã de sua carreira, a Carolina de “Guerra dos Sexos” (“contigo. com.br”). “Continuo na seca, mas estou disposta a mudar”. Sabrina Sato, apresentadora do “Pânico na Band”, ao afirmar que não faz sexo há meses, desde que terminou seu último relacionamento (Jornal “O Dia”). “Sei que estou incrível para minha idade”. Claudia Raia, aos 46 anos, garantindo não ter medo de envelhecer (Revista “Quem”). “As pessoas que vêm ao programa são muito pobres e humildes. Ficar sem o pagamento de um dia pode fazer muita falta no final do mês”. Christina Rocha, apresentadora do programa “Casos de Família”, do SBT, justificando o pagamento de R$ 80 aos parti-

cipantes do programa (“ofuxico. com.br”). “Sou trivial. Não sou de fazer loucuras. Nada de ‘striptease’ ou me pendurar”. Fernanda Lima, apresentadora do “Amor & Sexo”, sobre sua performance na cama (“contigo.com.br”). “Estou carregando esse personagem para a minha vida”. Danielle Winits sobre

Marcela, professora que interpreta em “Malhação”, depois de cinco anos sem fazer novelas (“ego.com.br”). “Aumenta o bumbum, aumenta a popularidade”. Ellen Roche sobre sua marca registrada (“ego.com.br”). “Várias ex dele já posaram”. Antonia Fontenele, a Marlene de “Balacobaco”, contando que seu marido, o diretor Marcos Paulo, apoia que

ela pose nua para a “Playboy” (“extra.globo.com”). “Meu marido sabe que, entre quatro paredes com ele, eu sou a maior quenga do mundo”. Ivete Sangalo quando perguntada sobre o que seu marido, Daniel Cady, acha de sua interpretação como Maria Machadão, dona do Bataclan, em “Gabriela” (Programa “Domingão do Faustão”, da Globo).

O amor é lindo e Juvenal (Marco Pigossi) está com toda coragem para enfrentar quem quer que seja esta semana, em “Gabriela”. O jovem está perdidamente apaixonado por Lindinalva (Giovanna Lancellotti). Mas por conta de forças familiares – o irmão, Berto (Rodrigo Andrade), e a avó, Dorotéia (Laura Cardoso) –, o casal está afastado. Mas por pouco tempo. Teodora (Emanuelle Araújo) trata de promover um encontro entre os pombinhos e assim, Juvenal conta para a amada que eles só não estão juntos por causa de uma armadilha feita para separá-los. Assim, o rapaz tira a moça do Bataclan para se casar com ela. Contudo, Amâncio (Genézio de Barros) não gosta nada dessa história e promete deserdar o filho se ele continuar com a ideia. Juvenal resolve se mudar com Lindinalva para Salvador e lá viver com a mulher. Só que Berto ainda não desistiu da moça. O vilão não facilitará a vida do irmão e está disposto a disputar Lindinalva com ele. Quem será que vai levar a melhor? (Gabriel Sobreira/PopTevê) # Gabriela se entristece com as proibições de Nacib. # Mundinho avisa para Altino que fugirá com Gerusa.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

17

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

A Semana das Novelas Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora – Os capítulos que vão ao ar estão sujeitos a eventuais reedições. Malhação Globo – 17h50 Segunda (24/09) - Lia confessa sua alegria por ver Gil no ônibus. Cicatriz e Tatuado invadem a casa de Marcela. As meninas ficam eufóricas com Cezar, o biólogo responsável pelo passeio. Ju se aborrece com a implicância de Dinho. Nando chega ao apartamento de Marcela e é rendido por Cicatriz. Lia e Dinho disputam para ver quem monta primeiro a barraca. Nando beija Marcela sem querer ao tentar tirar sua mordaça. Todos os meninos ficam encantados com Lia. Ju decide contar a verdade para Dinho. Terça (25/09) - Robson impede Ju de conversar com Dinho. Raquel confirma sua vinda ao Brasil para Tatá. Ju diz a Lia que vai contar para Dinho que não gosta de acampamento. Orelha aconselha Dinho a terminar seu namoro. Robson encontra Morgana lendo na barraca. Dinho e Ju conversam na praia. Fatinha se insinua para Cezar. Dinho acusa Lia de ter estimulado Ju a mentir para ele. Quarta (26/09) - Dinho e Lia discutem. Bruno e os amigos soltam Nando e Marcela e os dois depõem sobre o assalto. Ju se decepciona por Dinho ficar no grupo de Lia. Jorge repreende Isabela por desdenhar os robôs de Leandro. Morgana fica animada para mergulhar. Dinho fala sobre a mãe de Lia e ela se descontrola. Fatinha finge se afogar e Cezar fica furioso ao perceber a mentira. Morgana fica presa na água e pede ajuda, mas Cezar não acredita na menina. Quinta (27/09) - Fera e Gil ouvem os gritos de Morgana e nadam até ela. Cezar corre para ajudar a salvar a garota. Nando avisa a Tizinha que ela não vai mais cozinhar no Misturama. Tatá destrata Marcela. Bárbara e Tizinha deixam Nando sozinho no Misturama. Dinho e Lia são obrigados a formar dupla para pesquisar a mata. Robson e Cezar reúnem todos os alunos no acampamento por causa da chuva. Lia e Dinho se perdem na mata. Ju empresta roupa para as meninas da turma. Lia se desespera quando Dinho cai de um paredão de pedra. Sexta (28/09) - Lia tenta manter Dinho acordado. Ju percebe a ausência de Dinho e Lia. Cezar vai com Fera e Gil procurar os dois. Tico conta para Bárbara que viu Mário beijando Alice. Mário e Alice combinam de viajar. Lia e Dinho começam a se entender. Lorenzo diz a Paulina que vai pedir o divórcio a Raquel. Ana fica enciumada ao ver Bruno beijando Gisa. Ana confessa a Bruno que mentiu para ficar perto dele. Dinho beija Lia.

Lado a Lado Globo – 18h15 Segunda (24/09) - Berenice observa Zé Maria e a namorada. Isabel recebe um recado do padre Olegário para comparecer à igreja. Neusinha seduz Quequé. Albertinho destrata Isabel na frente de Constância. Guerra sugere que Edgar se declare para Laura. Jurema orienta Berenice a não fazer nada contra Zé Maria e Isabel. Isabel percebe o interesse mútuo entre Laura e Edgar. Berenice molha o vestido de noiva de Isabel. Alice conta para Constância que Isabel esteve na casa de Laura. Edgar ouve os elogios que a esposa lhe faz. Terça (25/09) - Edgar afirma para Constância que Laura continuará recebendo Isabel em sua casa. Zé Maria discursa em favor da capoeira. Edgar e Laura se declaram um para o outro. Berenice tenta provocar Isabel. Praxedes briga com Teresa por causa de Eulália. Caniço provoca um acidente com o vestido de noiva de Isabel. Constância fala para Assunção que ele precisa agradar a família Vieira para conseguir um cargo melhor. Ela descobre que Laura e Edgar dormem em quartos separados. Quarta (26/09) - Constância afirma a Celinha que impedirá que Laura acabe com seu casamento. Isabel fica receosa quando Zé Maria fala de casamento. Fernando e Bonifácio discutem por causa de Edgar. Sandra e Teresa tentam convencer Eulália a sair de casa. Caniço se enfurece com Berenice por não cumprir a promessa que fez a ele. Mário e Eliete chegam à confeitaria. Constância pergunta a Laura se ela consumou seu casamento. Quinta (27/09) - Constância não se conforma que a filha não tenha consumado o casamento. Eulália estranha a insistência de Teresa e Sandra para que ela saia de casa. Madame Besançon pede para Isabel se afastar de Jurema. Teresa fica indignada ao descobrir o conteúdo do baú de Eulália. Constância manda Matilde ser sua espiã na casa de Laura. A pedido de Constância, Luiza paga uma mulher para seduzir Edgar. Ele conta para Laura sobre o flerte que recebeu. Laura e Edgar ficam juntos. Sexta (28/09) - Zé Maria reclama por Isabel pagar sua conta na confeitaria. Laura ouve Constância contar para Carlota sobre a moça que se ofereceu para Edgar. Isabel sente-se mal durante o jantar e Zé Maria fica preocupado. Bonifácio não permite que Fernando dirija seu carro novo. Laura tenta convencer Assunção a ajudar o Morro da Providência. Carlota insinua que Constância deve agradar Bonifácio para conseguir um carro. Edgar leva Laura para visitar a redação do jornal. Jurema consulta os búzios para Isabel. Sábado (29/09) - Berenice ouve as revelações de Jurema sobre Isabel. Albertinho escolhe Alice como a menina que Teodoro tentará conquistar. Mário corteja Diva e lhe entrega um buquê de flores. Isabel sai cedo da casa de Jurema para não se encontrar com Afonso. Edgar decide assistir a uma aula de Laura. Assunção e Praxedes sobem o Morro da Providência. Guerra insinua que Bonifácio esteja enriquecendo por meios ilícitos. Berenice conta para Zé Maria a conversa que ouviu entre Isabel e Jurema.

Cheias de Charme Globo – 19h10 Segunda (24/09) - Sônia fica surpresa ao ver Otto jantando com Ivone. Inácio lamenta ter perdido Rosário. As Empreguetes se emocionam com os vídeos dos artistas pedindo que elas se reúnam novamente. Sidney revela que Chayene e Socorro armaram para separar as Empreguetes. Penha, Rosário e Cida fazem as pazes. Gentil especula no rádio sobre o mistério que envolve Inácio e Fabian. Elano sugere que Cida publique seus diários. Sandro treina para sua apresentação no ‘Domingão do Faustão’. Elano conta para Cida que ela não é filha de Sarmento. Terça (25/09) - Gilson e Lygia sofrem por causa de Samuel. Cida pede para Elano acompanhá-la à delegacia para falar com Sarmento. Sônia e Isadora ficam perplexas com a notícia da falsificação do exame de DNA feita por Sarmento. Chayene é desprezada e Socorro é ovacionada pelos fãs no Sobradinho. Sandro vence o concurso. Elano leva Cida para visitar o túmulo dos pais. Sidney leva Inácio para falar com Rosário. Elano e Cida se reconciliam. Quarta (26/09) - Elano garante a Cida que contará para Stela o que aconteceu entre eles. Inácio fica indignado ao saber que Rosário terá de pagar uma multa para os patrocinadores da turnê. Rodinei fica com ciúmes de Liara. Lygia conversa com Gilson. Stela conta para Elano que decidiu voltar com seu ex-marido. Humberto e Ariela resolvem sair de casa. Tom consegue um show para as Empreguetes. Gentil avisa que Fabian e Inácio revelarão todo o mistério que existe entre eles. Quinta (27/09) - Até o fechamento da edição, a emissora não divulgou o resumo do capítulo. Sexta (28/09) - Até o fechamento da edição, a emissora não divulgou o resumo do último capítulo. Sábado (29/09) - Reexibição do último capítulo.

Rebelde Record – 20h Segunda (24/09) - Pilar não consegue falar com Miguel e fica aflita. Arturzinho e Nina ficam felizes ao verem que o plano da carta deu certo. Cilene destrata Artur e deixa o professor perdido. Miguel e Binho usam um rádio amador para localizar Lucy. Ofélia fica cada vez mais encantada por Tadeu. Tadeu fica sabendo que Marcelo quer falar com Cris e fica incomodado. Ofélia ensina Artur a beijar. Pedro desconfia ao saber que Miguel ajudou Binho a voltar para o Elite Way. Roberta e Maria se desentendem. Téo mostra as imagens da pichação de Lucy a Pedro. Terça (25/09) - Roberta e Diego discutem novamente. Pilar e Binho conversam. Eva e Silvia ficam surpresas com o comportamento de Jonas. Márcia consola Roberta. Bernardo tenta se aproximar de Pedro. Os pais dos rebeldes conversam com o empresário da banda. Vitória tenta entrevistar Alice. Tatiana diz a Diego que a segurança do colégio foi reforçada por causa de Lucy. Lucy dorme na rua e é acordada por Fátima, que a chama para passar uma noite em seu quarto alugado. Diego devolve os presentes para Roberta e tira o anel de compromisso. Quarta (26/09) - Penélope diz a Alice que deseja conhecer Franco. Marcelo pede a Becky para ser seu padrinho de casamento. Márcia vê Roberta chorando e tenta ajudar a amiga. Cris sente ciúmes de Marcelo. Pilar tenta entrar no sótão, mas Miguel a impede. Diego fica triste após discutir com Roberta. Miguel e Binho conversam sobre o plano. Fátima descobre que Lucy é herdeira de uma família rica. Lucy aparece como fugitiva em um jornal e Miguel tira satisfação com Leila. Jonas diz a João que Marcos Mion dará uma palestra no Elite Way. Quinta (27/09) - Lucy fala ao telefone com Miguel e o ameaça. Estela, a nova aluna, se apresenta para Jonas e Leila. Roberta chora ao lembrar de Diego. Binho e Miguel armam um plano para despistar Diego. Roberta devolve o anel de compromisso ao ex-namorado. O ex-casal conversa sobre as brigas. Maria e Murilo zoam com Estela. Lucy vai até o Elite Way. As crianças descobrem que Caíque prometeu uma recompensa de dez mil reais para quem achar o cachorro. Vitória entrevista Marcos Mion. Pedro descobre que Binho foi à festa de Alice. Sexta (28/09) - Jonas abre o Elite Way para visitação na semana da criatividade. Miguel se irrita ao saber que Pedro procurou Pilar. Vitória faz sucesso com o novo blog. Alice sente falta de Pedro. Lucy observa Miguel dormindo. Diego e Roberta trocam ofensas.Arturzinho e Nina escrevem mais uma carta para Cilene. Miguel e Pilar namoram enquanto Binho assiste tudo de longe. Pedro vê Binho beijar Pilar e escuta o rapaz dizer que foi ele quem sequestrou Alice e Roberta. Fãs dos rebeldes vão até o Elite Way. Lucy diz a Miguel que planeja fugir do país. Alice e Pedro se beijam.

Carrossel SBT – 18h30

Segunda (24/09) - As meninas falam sobre o nervosismo de Helena durante as aulas. Suzana se aproveita da situação para se passar por amiga delas. Suzana chega à sala de Helena e os alunos correm para abraçá-la. Helena fica desconcertada. Os alunos pedem desculpa para a professora por terem falado sobre o nervosismo dela. Helena passa uma redação aos alunos com o tema “Minha profissão predileta”. Graça comenta com Firmino que está endividada. Paulo conta a Helena que Jaime e Maria Joaquina estão prestes a partir para briga no recreio. Terça (25/09) - Jaime vai até Maria Joaquina e segura o braço da menina. Maria Joaquina diz que seu pai é um grande médico enquanto o pai de Jaime só sabe apertar parafusos. Irritado, ele empurra a garota. Helena chega para intervir na briga. Cirilo tenta defender Maria Joaquina, mas é impedido por Valéria e Davi. Firmino empresta o carro para Graça tirar a carteira de trabalho. Jaime é aplaudido pelos alunos após ler sua redação em sala. Firmino flagra Suzana falando que Graça tinha que ser mandada embora. Firmino flagra Suzana espiando a aula de Helena. Quarta (26/09) - Suzana inventa uma desculpa a Firmino. Rafael diz a Graça que ela terá de pagar uma multa por causa do carro e ela diz que prefere ser presa. Mário comenta com os amigos que seu aniversário é no dia seguinte, mas ninguém se lembra da data. Jaime convida Mário para brincar na casa abandonada. Graça chega à escola e conta a Firmino que o carro dele foi apreendido. Jaime propõe aos amigos que eles façam uma festa surpresa para Mário. Eles vão até a casa de Paulo para fazer o bolo. Quinta (27/09) - Com Marcelina no comando, os garotos fazem um belo bolo a Mário. Germano tem de viajar a trabalho e Natália discute com ele. Mário fica triste por ninguém lembrar de seu aniversário e lamenta a morte da mãe. Mário revela a Natália que é seu aniversário, mas ela á fria com ele. Na casa abandonada, os garotos fazem uma surpresa: entram com o bolo e cantam parabéns a Mário, que fica emocionado. O aniversariante fica animado com a miniatura de carro que ganhou de Jaime. Germano inventa uma desculpa por ter esquecido o aniversário do filho. Sexta (28/09) - Germano vê o filho no quarto olhando a fotografia da mãe. Adriano diz a Chulé que ele não entende de futebol. Roberto e Lilian, pais de Paulo e Marcelina, discutem. Ela afirma que Roberto não precisava ter batido em Paulo por conta da bagunça que ele fez. Kokimoto vai à casa de Paulo, que conta que não pode sair. Rafael e Jaime encontram Germano e Mário na cantina. Os quatro decidem sentar na mesma mesa para jantar. Os garotos vão à casa de Jaime, mas Eloisa diz que ele não vai treinar futebol.

Avenida Brasil Globo – 21h Segunda (24/09) - Carminha convence a família a chamar a polícia para prender Nina. Jorginho revela para Tufão que foi Carminha quem armou o próprio sequestro. Jerônimo desmaia de fome e Picolé o leva até Lucinda. Tessália reclama da insegurança de Darkson. Roni conta sobre sua separação para seus pais. Leandro usa Suelen para se vingar de Wallerson. Nina e Jorginho se despedem de Lucinda. Tufão vai ao aeroporto ao saber que sua esposa denunciou Nina. Lúcio troca a mala da cozinheira, a pedido de Carminha. A polícia encontra dinheiro na mala de Nina e ela é presa. Terça (25/09) - Nina e Jorginho são presos e percebem que caíram em uma cilada. Janaína ameaça Max na frente de Zulmira. Jerônimo confirma a Leleco que Max vivia no depósito de lixo. Jorginho tenta convencer Tufão de que Carminha é má. A família de Tufão acredita que Jorginho tenha sido cúmplice de Nina no sequestro de Carminha. Noêmia, Verônica e Alexia compram roupas na loja de Diógenes. Tufão recebe a confirmação de que algumas notas que estavam com Nina foram usadas no pagamento do sequestro. Jorginho conta para Tufão que é filho de Max. Quarta (26/09) - Tufão passa mal com a revelação de Jorginho, que o aconselha a procurar um dos sequestradores de Carminha. Leandro faz um gol no jogo e o dedica a Suelen. Lucinda avisa a Débora que Jorginho foi preso. Tufão conta para a família que Max é pai biológico de Ágata e de Jorginho. Muricy conta para Carminha que Tufão foi atrás de Serjão e ela se desespera. Max fala com Serjão na favela.Tufão, Leleco e Zenon perseguem o sequestrador. Carminha visita Nina. Quinta (27/09) - Carminha ameaça mostrar para Ivana e Tufão o vídeo em que Nina aparece com Max. Serjão consegue fugir. Suelen troca olhares com Wallerson enquanto beija Leandro. Pilar conta para Cadinho que suas mulheres sabem que ele tem dinheiro guardado na Suíça. Tufão liberta Jorginho, mas os dois discutem. Carminha manda Lúcio enviar o filme que fez de Nina e Max para Ivana. Jorginho visita Nina. A família de Tufão fica indignada ao ver o vídeo. Sexta (28/09) - Ivana se enfurece com Nina e Tufão fica perturbado. Jorginho liberta Nina da cadeia. Ivana confronta Max e vai à casa de Jorginho para falar com Nina. Cadinho diz a Alexia que ela precisa provar que o ama de verdade. Verônica, Noêmia e Pilar levam água para casa em baldes. Suelen garante a Leandro que vai transformá-lo em um astro. Max provoca um acidente ao perseguir Lúcio. Jorginho e Nina vão conversar com Tufão. Sábado (29/09) - Jorginho insiste para que Tufão ouça o que ele e Nina têm a dizer. Max tenta conter a raiva ao saber que Carminha vai transferir Lúcio para um hospital particular. Nina comenta com Jorginho que teme que Carminha faça algo contra Max. Iran convida a família de Débora para jantar em sua casa. Darkson conta para Olenka que Muricy trai Adauto com Leleco. Olenka beija Adauto. Monalisa gosta de ver Iran e Débora juntos. Janaína confirma para Tufão que Lúcio participou do assalto na mansão.


18

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

SalaVIP + TV

FilmesdaSemana Sábado 22/09 Sex and the City: O Filme (SBT, 23h15) Sex and the City The Movie, de Michael Patrick King. Com Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall e Kristin Davis. EUA, 2008, cor, 145 min. Classificação Etária: 16 anos. Comédia – Quatro melhores amigas, Carrie, Samantha, Charlotte e Miranda sempre estão envolvidas em um turbilhão de sentimentos e nunca deixam de trocar as mais loucas experiências. Carrie é uma escritora famosa e apaixonada por Mr. Big; Charlotte e Harry adotaram uma linda menina; Miranda e Steve lutam para criar seu filho e Samantha mudou-se para Los Angeles, onde agencia a carreira de sucesso do seu namorado Smith. Mauá - O Imperador e O Rei (TV Brasil, 22h30) Mauá - O Imperador e O Rei, de Sérgio Rezende. Com Paulo Betti, Malu Mader e Othon Bastos. Brasil, 1999, cor, 132 min. Classificação Etária: Livre. Drama – O longa retrata a biografia de Irineu Evangelista de Souza, o Barão de Mauá, personalidade da história brasileira que se destacou como empresário no Segundo Império do país. Irineu construiu a primeira indústria brasileira, uma fundição e estaleiro em Ponta de Areia, Niterói, no Rio de Janeiro.

Domingo 23/09 Carros (Globo, 12h30) Cars, de John Lasseter. Elenco não informado. EUA, 2006, cor, 117 min. A emissora não informou a classificação etária. Animação – Relâmpago McQueen, um carro de corrida arrogante, está prestes a participar da corrida mais importante da sua vida. Ele se perde no interior dos Estados Unidos, em uma cidadezinha com pouquíssimo movimento que jamais ouviu falar de Relâmpago. Porém, por ter destruído a principal rua da cidade, é condenado a consertá-la, o que pode mudar sua vida. Quem Sou Eu? (Globo, 23h10) Who Am I?, de Benny Chan/Jackie Chan. Com Jackie Chan, Michelle Ferre e Mirai Yamamoto. Japão, 1998, cor, 120 min. A emissora não informou a classificação etária. Ação – Deixado para morrer por um agente traidor da CIA, um soldado luta para recuperar a memória e desfazer um elo internacional de espionagem, antes que inimigos possam acionar uma poderosa e mortal fonte de energia. Com o auxílio de duas belas ajudantes, ele abre caminho através de continentes, enfrenta assassinos armados e planos sinistros em cada esquina.

Segunda, 24/09 Uma Casa de Pernas pro Ar (Globo, 15h35) Are We Done Yet?, de Steve Carr. Com Ice Cube,

Nia Long e John C Mcginley. EUA, 2007, cor, 92 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Em busca de melhor qualidade de vida para a família, um homem decide se mudar para uma pacata residência longe dos grandes centros. A nova casa, espaçosa, parece perfeita. Mas a tranquilidade logo fica comprometida quando entra em cena um excêntrico empreiteiro local, cujo talento para os negócios enlouquece todos a sua volta. Ghost Town – Um Espírito Atrás de Mim (Globo, 22h15) Ghost Town, de David Koepp. Com Ricky Gervais, Tea Leoni e Greg Kinnear. EUA, 2008, cor, 102 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Um rabugento dentista de Manhattan desenvolve a indesejada habilidade de ver gente morta. Mas quando um fantasma bom de conversa o envolve em um plano com sua viúva Gwen, Bertram fica em uma cômica situação entre a vida de agora e a vida póstuma. Antes que Mundo Acabe (Globo, 2h15) Antes Que O Mundo Acabe, de Ana Luiza Azevedo. Com Pedro Tergolina, Eduardo Cardoso e Bianca Menti. Brasil, 2009, cor, 104 min. A emissora não informou a classificação etária. Drama – Daniel é um adolescente crescendo em seu pequeno mundo com problemas que lhe parecem sem solução: uma namorada que não sabe o que quer, um amigo que está sendo acusado de roubo e como sair da pequena cidade em que vive. Tudo começa a mudar quando ele recebe uma carta do pai que nunca conheceu. Em meio a todas essas questões, ele terá de fazer suas primeiras escolhas adultas e descobrir que o mundo é muito maior do que pensa.

aeronave junto com outros passageiros. Do saguão, o grupo assiste à explosão do avião. A partir daí, uma série de premonições faz com que Alex e os sobreviventes busquem um meio de burlar a morte.

Quarta, 26/09 ABC do Amor (Globo, 15h35) Little Manhattan, de Mark Levin. Com Josh Hutcherson, Charlie Ray e Bradley Whitford. EUA, 2005, cor, 84 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – A cidade de Nova Iorque é um local romântico até quando você tem dez anos e está se apaixonando pela primeira vez na vida. É isso que o jovem Gabe descobre ao lado de sua colega de escola Rosemary. Nesta comédia romântica, o amor é visto pelo olhar de duas crianças.

Quinta, 27/09 A Bruxa do Bem (Globo, 15h45) The Good Witch, de Craig Pryce. Com Catherine Bell, Chris Potter e Catherine Disher. EUA, 2007, cor, 89 min. A emissora não informou classificação etária. Fantasia – Uma mulher misteriosa se muda para uma mansão assombrada, fazendo com que todos se perguntem se ela é uma bruxa, mas também despertando a simpatia de muitos e o amor de alguém especial.

Sexta, 28/09 Terça, 25/09 Mudança de Hábito (Globo, 15h35) Sister Act, de Emile Ardolino. Com Whoopi Goldberg, Harvey Keitel e Maggie Smith. EUA, 1992, cor, 100 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Cantora de Night Club testemunha um homicídio cometido por seu amante. Agora, ela tem de fugir e se esconder em um convento. Seu jeito divertido conquista a admiração do grupo de freiras e, de quebra, consegue tornar o desafinado coral de religiosas em um coro cheio de ritmo, balanço e sentimento. Mas a crescente fama do grupo representa um grande risco para sua segurança. Premonição (SBT, 22h45) Final Destination, de James Wong. Com Devon Sawa, Ali Larter e Kerr Smith. EUA, 2000, cor, 98 min. Classificação Etária: 16 anos. Suspense – Ao embarcar com um grupo de jovens de Nova Iorque para Paris, depois da formatura, Alex Browning tem um terrível pressentimento: o avião em que estavam iria explodir pouco depois da decolagem. Em um surto de desespero, ele é retirado da

Space Chimps - Micos no Espaço (Globo, 15h40) Space Chimps, de Kirk De Micco. Elenco não informado. EUA, 2008, cor, 81 min. A emissora não informou a classificação etária. Animação – Ham III, Luna e Titan são chimpanzés enviados pela Nasa em missão espacial, com o objetivo de encontrar vida alienígena. Luna é disciplinada, enquanto Titan é um super-atleta egocêntrico. Já Ham é bisneto do primeiro chimpanzé a ser enviado ao espaço, mas tem mais interesse em ser artista de circo do que um bom astronauta. Obrigados a conviver juntos, os três precisam lidar com suas diferenças para que a missão seja bem sucedida. Se Beber Não Case (SBT, 22:45 h) The Hangover, de Todd Phillips. Com Bradley Cooper, Ed Helms e Zach Galifianakis. EUA, 2009, cor, 100 min. Classificação Etária: 14 anos. Comédia – O dia seguinte à badalada despedida de solteiro de quatro amigos em Vegas promete uma ressaca daquelas. Desmemoriados e desesperados, eles só sabem que um deles perdeu um dente; há um tigre no banheiro do hotel e um bebê no “closet”, e que o noivo simplesmente desapareceu.


O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

19

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

Sala Vip

Em Foco

De tempos em tempos Jorge Rodrigues Jorge/CZN

Depois de três anos, Patrícia Pillar volta às novelas na pele da vilã Constância, de “Lado a Lado” ANA PAULA HINZ POPTEVÊ

A

presença de Patrícia Pillar em novelas é quase bissexta. O último folhetim em que ela atuou do início ao fim foi “A Favorita”, que estreou em 2008, quando interpretou a antagonista Flora. Agora, ela volta à teledramaturgia na pele de mais uma vilã, a Constância de “Lado a Lado”. Encarnar dois papéis de perfil parecido na sequência, no entanto, não a incomoda. “Não faço cálculos de tempo para descansar minha imagem e não vejo problema em fazer duas antagonistas seguidas. Não costumo fazer novelas próximas para poder investir em outras coisas”, argumenta Patrícia, que também participou de “Passione”, em 2010, e de “As Brasileiras”. Além disso, apresentou o “Som Brasil”, em 2011, e se lançou como diretora com o documentário “Waldick, Sempre no Meu Coração”, sobre o ícone da música bregaWaldick Soriano. “Acho importante variar. Faz bem para o artista”, opina. Na novela, Patrícia encarna uma mulher ambiciosa, que bota seus objetivos acima de tudo e todos e acaba provocando o mal. Apesar de suas ações visarem o bem da família, a ex-baronesa usa artimanhas pouco éticas e reprime os

próprios filhos, Laura, interpretada por Marjorie Estiano, e Albertinho, de Rafael Cardoso. “Ela ama os filhos e quer que eles sejam felizes. Só que através do caminho que ela acha certo. A Constância tem uma visão obtusa e conservadora”, avalia. A trama se passa no início do século XX, logo após a criação da República. O Rio de Janeiro enfrenta transformações, como a modernização das ruas e prédios e o nascimento das favelas. Durante a Monarquia, a família de Constância era da aristocracia do café, mas entrou em decadência com o fim da escravatura. Para garantir a posição social do clã, a ex-baronesa mantém um relacionamento extraconjugal com um homem

influente e investe no casamento de Laura com um rapaz rico. A filha, porém, faz parte de um grupo de mulheres que, já na época, sonha em trabalhar e se emancipar. “A Constância acha que o casamento fará a filha feliz e que é a solução para os seus problemas. Mas ela não consegue conter o pensamento da Laura, que vai muito além disso”, analisa. Por valorizar a imagem social da família, a ex-baronesa não admite que Laura seja amiga da filha de escravos Isabel, de Camila Pitanga, e muito menos que Albertinho se envolva com a moça negra e pobre. Para ela, toda a classe social da qual Isabel faz parte é irrelevante e não merece qualquer tipo de consi-

deração. “A novela fala do nascimento da sociedade moderna. E a Constância representa a parte da nossa elite que é egoísta e que não demonstra nenhuma sensibilidade social”, ressalta. Para compor o papel, Patrícia participou de um laboratório sobre os acontecimentos históricos e a cultura do início do Século XX com preparadores da Globo. Nas aulas, aprendeu também alguns trejeitos, como a andar com a elegância de uma baronesa do café. “É maravilhoso ter acesso a tantas informações e uma caracterização tão forte, com vestidos cheios de camadas e rendas. Tudo ajuda na linguagem da personagem”, comemora a atriz, que se empenhou para criar

uma vilã repleta de sutilezas. “A Constância tem características de uma mocinha. Ela é doce e feminina”, destaca. Patrícia já fez inúmeros folhetins de época, como as duas versões de “Sinhá Moça”, de 1986 e de 2006, “Salomé”, de 1991, e “Cabocla”, de 2004. “Eu adoro esse universo”, confessa. Mesmo com as semelhanças entre a atual personagem e as anteriores, especialmente a baronesa Cândida, do “remake” de “Sinhá Moça”, a atriz acredita que os papéis se distanciam em diversos pontos. “Cândida era do campo. Essa é uma ex-baronesa da cidade, o que muda tudo. O declínio financeiro desestrutura a família dela, é outra dinâmica”, compara.


20

O JORNAL l MACEIÓ, 23 DE SETEMBRO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Box Giro Mayra Moraes Fernanda Albuquerque

Isabela Montenegro

Henry Feiden Isadora Paes

BOX GIRO Sumiu do mapa nesse final de semana? Box Giro não. E conta tudo o que rolou nos últimos dias... Nessa época do ano, Maceió entra naquela deliciosa contagem regressiva para o verão. A cidade ganha mais cores, os sotaques se misturam e as festas fervem em cada esquina. Exemplo? A turma fashion baixou em peso no Palato do Farol. Por conta da sua semana de moda. E o melhor? A coluna Inside, O Jornal, assinada por este colunista, se tornou a primeira coluna social interativa de Alagoas, armando no evento fashion um fervido lounge/redação, onde recebeu muita gente linda e Vip da high society alagoana. E como não poderia deixar de ser, registramos quem passou em no lounge Inside. E, claro, só tops. Lógico!

Eles arrasaram na SMP


OJORNAL 23/09/2012