Issuu on Google+

CMYK

O JORNA L JORNAL 12

| www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com Sábado, 23 de julho de 2011|

Maceió, sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Gol e Fox Rock in Rio: exclusividade e sonoridade são os principais atrativos

Insight

Páginas 6 e 7

Concessionária Honda em Maceió expõe carro híbrido, que faz 65 km com um litro de combustível Páginas 2 e 3

Honda City 2012 Carro premiado chega às revendas respaldado por um histórico de sucesso Página 4


2

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Concessionária expõe

carro híbrido da Honda Maceió é a primeira capital do Nordeste a receber o modelo; carro fica até hoje

A loja Taiyo, concessionária Honda em Alagoas, está expondo em sua loja, um dos veículos híbridos da marca, o Honda Insight. O carro chegou a Maceió na terça-feira (19), após passar por grandes capitais como Curitiba e São Paulo. Maceió é a primeira cidade do Nordeste a receber a visita do carro, que possui fabricação no Japão, Europa e América do Norte e comercialização em dois países da América do Sul: Chile e Argentina.

O JORNA L JORNAL Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

11

OS GIGANTES

DA FORD As picapes gigantes Ford Super Duty F-650/F-750 atingem um segmento de compradores ligados ao trabalho pesado, mas, também, de proprietários com instinto de superioridade e até de exibicionismo. Quem guia um veículo desse porte não passa desapercebido aonde quer que esteja. O inicio da produção aconteceu no ano 2000, para substituir as gerações anteriores dos F-600, F-700 e F800, que estavam no mercado desde 1980. As gigantes Super Duty atuais destinam-se ao mercado de utilitários para a construção civil, reboque, empresas de transporte, diversão off-road e como pau-pra-toda-aobra de prefeituras. As modernas F-650 e F-750 são produzidas pela Ford Motor Company em "joint venture" com a Navistar International, na fábrica de Escobedo, no México. As picapes Ford utilizam chassi do caminhão International e são equipadas com motores Cummins Diesel e gasolina Ford V-10, 6.8 litros com 362 cv de potência. Para 2012, a Ford já anunciou um novo "facelift" da cabine que receberá um interior mais atualizado, dentro da moderna linha Super Duty, com ampla tecnologia de eletrônica embarcada, além de um novo motor a gás natural comprimido. A gama de versões é grande e inclui modelos com tração 4x4 e câmbio de 6 velocidades com transmissão automática.

CMYK

O JORNA L JORNAL


Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

10

O JORNA L JORNAL Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Portal interativo abre espaço para lojistas, clubes e proprietários mostrarem suas criações D epois de meses e até anos a fio incrementando seus carros, o maior desejo de proprietários de veículos modificados é expor suas criações. Com o portal interativo [SpecialCars] (www.specialcars.com.br) agora é possível ir além dos tradicionais encontros e exibir veículos através de fotos e vídeos pela internet, além de interagir com outros usuários. Lojistas e clubes também podem mostrar seus carros gratuitamente. O diferencial do portal é a possibilidade de encontrar informações sobre as peças utilizadas nos veículos. O [SpecialCars], criação do especialista em tecnologia e apaixonado por carros modificados Marcelo Hayashi, é uma mistura de blog e redes sociais e permite uma intensa interação entre os usuários. "Há mais de dez anos participo de fóruns e clubes de automóveis. E percebi que, além de trocar informações, quem é aficionado deseja ver os carros em todos os seus detalhes", diz Hayashi.

"Antes, a única opção eram os encontros. Com a internet, a barreira da distância foi quebrada, mas sentia falta de um lugar em que todos pudessem mostrar suas criações e peças usadas nos veículos, além de interagir. Daí surgiu o conceito do

[SpecialCars]", explica. Em menos de um ano, o portal conquistou o público e já tem mais de 100 mil visitantes por mês, audiência conquistada com informações de carros modificados do mundo inteiro. Agora o [SpecialCars] entra em uma

nova fase e inaugurou a seção "Vitrine", espaço para consumidores e lojistas mostrarem seus carros e detalhar os produtos que foram utilizados. "Nos fóruns era comum ficarmos discutindo quais eram os equipamentos utilizados e onde encontrá-los. E as lojas também dependiam apenas dos catálogos oferecidos pelos fabricantes para mostrar seus produtos instalados", conta Hayashi. "Agora os lojistas podem gratuitamente mostrar seus carros e de seus clientes no site. Ao mesmo tempo, o portal dá a opção ao comerciante, fabricante ou distribuidor de detalhar os equipamentos utilizados, trazer informações sobre preços, contatos das lojas e até vender pela internet. Uma grande ajuda para quem quer montar seu carro", destaca.

Suporte ao usuário e interação Outro diferencial do [SpecialCars] é o suporte ao

usuário que deseja publicar fotos de seu veículo. O portal trata as imagens e edita informações como a placa dos veículos. "Além de zelar pela qualidade do conteúdo, pensamos na segurança do usuário", afirma Hayashi, que avalia também os critérios para publicação. "A ideia é de que o espaço seja democrático, ou seja, todos podem exibir suas criações, independente se a alteração for estética ou mecânica. Somente pedimos que os carros estejam em bom estado de conservação - sem amassados, por exemplo - e que as fotos e vídeos tragam detalhes das modificações". A visibilidade é garantida pela intensa movimentação no site e integração com redes sociais como Twitter, Facebook e Orkut. O portal disponibiliza ainda códigos para publicação em blogs e fóruns. Fotos e vídeos também podem ser compartilhados em sites como You Tube, Flickr e Vimeo.

O carro vai ficar com visitação aberta ao público e a ação faz parte de um projeto que visa sensibilizar o governo na diminuição da alíquota para importação deste tipo de veículo automotivo. Atualmente, o governo trabalha com uma taxa de 22% de imposto, em exceção para os veículos vindos do México, onde o acordo Brasil México permite que a taxa de importação seja zerada. Para os demais carros, a taxa de importação fica em 50% do valor do carro. O mesmo aconteceria com o Honda, caso o governo regulamente sua comercialização de carros híbridos aqui no Brasil. Estes tipos de carro, assim como o Insight, possuem dois tipos de motores: um a combustão - como nos demais carros - e um motor elétrico. O motor elétrico é acoplado em baterias que ficam próximas ao motor a combustão. Ao ser dirigido em baixa rotação, o motor elétrico logo é acionado, automaticamente. Apesar de possuir o nome "híbrido", ele também funciona a combustível, principalmente em estradas. Uma das maiores vantagens é o seu desligamento automático, quando o carro fica parado por um tempo considerável, como acontece nos sinais de trânsito. De acordo com Chicuta, gerente de vendas da Taiyo, o carro apresenta uma economia superior a qualquer carro comercializado atualmente. "O carro híbrido, apesar de também funcionar com combustível, chega a rodar 65 km com um litro de combustível dentro da cidade. Ele é, inclusive, menos poluente, agride menos o meio ambiente", explica. O funcionamento O Meio Ambiente é outro ponto forte dos modelos híbridos, pois são veículos com sustentabilidade. O carro híbrido, a exemplo do Honda Insight, é abastecido com gasolina e a queima dos resíduos é reaproveitada para

abastecer as baterias que colocam o carro em funcionamento com o motor elétrico. Além disso, são carros extremamente modernos, mais leves e eliminam menos gases poluentes. "Todos os modelos que são comercializados hoje são com câmbio automático. Esta é uma tendência mundial. Em 2012, 2013, por exemplo, apenas carros híbridos serão fabricados nos Estados Unidos, justamente por serem sustentáveis, econômicos e ecologicamente corretos", afirma o gerente Chicuta. A partir do dia 24, o Honda Insight volta a percorrer o Brasil. Saindo de Alagoas, o carro passará ainda pelos Estados de São Paulo, Minas Gerais, além de outros estados do Sudeste, Norte, das cidades de Recife e Fortaleza, Região Sul e Brasília, onde acontecerá estrategicamente a última parada. Lá, representantes da Honda vão ter encontro com políticos e um dos assuntos da pauta será o valor da alíquota para importação do veículo no Brasil. "A ideia da Honda é fazer com que o modelo chegue ao Brasil com um preço acessível. Este é um modelo de carro que deve ser incentivado para importação, por se tratar de um veículo com qualidades diferenciadas. Nós que fazemos parte da rede de concessionárias Honda no Brasil, torcemos para que a resposta do governo seja positiva", finaliza. Promoção Paralelo à visita do Honda Insight em Maceió, a Taiyo lança uma promoção especial. Durante o período de exposição do carro híbrido, toda a linha Honda estará com taxas de financiamento reduzidas e os clientes que adquirirem o New Civic ganham, automaticamente, uma TV de plasma de 42". Já para os clientes do Honda City, os carros de modelo automático serão vendidos pelo preço de mecânicos.

3

CMYK

O JORNA L JORNAL


Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

4

Honda City 2012 chega às concessionárias No início do ano, o Honda City foi eleito pelo segundo ano consecutivo "O Melhor Carro para a Pessoa com Deficiência", em pesquisa promovida pela Revista Nacional de Reabilitação. Recentemente, outro bicampeonato. Conquistou o título de "A Melhor Compra" do ano na categoria "carros de R$ 50 mil a R$ 60 mil", em pesquisa realizada pela revista Quatro Rodas. Não bastasse isso, já ultrapassou a casa das 50 mil unidades emplacadas em apenas dois anos de existência. Ou seja, um veículo premiado e o mais vendido em sua categoria. Com esse privilegiado cenário, a Honda Automóveis anuncia a chegada da linha 2012 do sedan à rede de concessionárias. Ele mantém tudo o que um consumidor almeja em um veículo: conforto, espaço, comodidade e potência. Comercializado em quatro versões (DX, LX, EX e EXL), o Honda City proporciona, acima de tudo, bem estar aos ocupantes. A começar pelo fato de ter sido desenvolvido sob o conceito cool lounge, que visa oferecer o máximo de soluções inteligentes que privilegiam funcionalidade e ergonomia. Todas as versões têm um confortável sistema de reclinação dos bancos traseiros com dois estágios. Isso permite que os passageiros relaxem e se sintam confortáveis durante longas viagens. O espaço de seu portamalas supera a expectativa do consumidor ---capacidade para 506l. O volante tem ajuste de profundidade e altura, oferecendo uma posição natural de direção. Para completar, o Honda City possui painel blackout com acesso às informações claras e precisas sobre autonomia, consumo instantâneo, consumo médio, hodômetro parcial e hodômetro total. O motor i-VTEC Flex (Controle Eletrônico Variável de Sincronização e Abertura de

O JORNA L JORNAL 9

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

CHINESES NO BRASIL Novas marcas para a próxima década *Stephan Keese

Chery, Geely, JAC, Changan, Great Wall - Nunca ouviu falar? Bem, é melhor você se acostumar com essas marcas rapidamente porque, em pouco tempo, você pode encontrar-se comprando uma delas. Fabricantes chineses são a força emergente da indústria automotiva para a próxima década. A principal força motriz deles é o próprio mercado interno: as vendas de carros na China devem crescer de aproximadamente 16 milhões de veículos no ano passado para mais de 25 milhões até 2015. Com este forte vento em popa, as marcas chinesas estão lentamente se tornando uma séria ameaça para as montadoras ocidentais, coreanas e japonesas, já estabelecidas no mercado. Mais importante ainda, os chineses estão aprendendo rapidamente como desenvolver e construir carros. Apenas cinco anos atrás, os primeiros carros chineses exportados falharam miseravelmente

Válvulas) de 1.5l está em todas as versões do City. O propulsor gera 115 cv a 6.000 rpm, na utilização de gasolina, e 116 cv a 6.000 rpm, quando for apenas álcool. O motor possui torque de 14,8 kgf.m a 4.800 rpm. Ou seja, excelente potência e torque com baixo consumo de combustível. Todas as versões, exceto a EXL, possuem transmissão automática ou manual, de cinco velocidades. A versão top de linha está disponível apenas com transmissão automática. Para uma resposta mais eficiente e precisa da direção, o modelo conta com o sistema de direção eletricamente assistida EPS (Electric Power

Steering), que o torna mais leve em baixas velocidades e firme em altas. Não bastasse isso, o Honda City 2012 se mostra um modelo muito seguro. Todas as versões possuem airbag frontal duplo (motorista e passageiro), apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos para os cinco ocupantes e para maior conforto, todas as versões contam de série com ar condicionado e trio elétrico (vidros, travas e retrovisores). O sedan foi projetado com o Advanced Compatibility Engineering (ACE), que incorpora uma estrutura frontal interna para auxiliar na absorção

e na dispersão de impactos em uma grande área. Há um compromisso com a segurança dos pedestres e, para isso, a superfície do capô foi desenvolvida para se deformar, assim como o para-choque, e minimizar impactos de um eventual atropelamento. As versões DX e LX têm freios dianteiros a disco e traseiros a tambor. Já as versões EX e EXL vêm equipadas com freios a disco nas quatro rodas, ABS e EBD (Electronic Brake Distribution), sistema que calcula e distribui a pressão apropriada a cada roda em frenagens bruscas, evitando seu travamento e mantendo a dirigi-

bilidade. Todas as versões contam com rodas de liga leve. O Honda City 2012 tem três anos de garantia, sem limite de quilometragem, e estará disponível nas cores Branco Taffeta Sólido, Dourado Poente Metálico, Prata Global Metálico, Grafite Magnesium Metálico, Cinza Paladium Metálico, Preto Cristal Perolizado e Verde Deep Perolizado. Seus preços públicos sugeridos são de R$ 53.620 (DX MT), R$ 57.500 (DX AT), R$ 57.420,00 (LX MT), R$ 61.300,00 (LX AT), R$ 62.975,00 (EX MT), R$ 66.855,00 (EX AT) e R$ 72.625,00 (EXL AT) com frete incluso (base Estado de São Paulo).

em testes europeus de qualidade e segurança. Os carros de hoje, no entanto, já atingiram um nível em que, embora não os permita competir com um Volkswagen ou Chevrolet em termos de qualidade, oferecem uma alternativa interessante ao consumidor. Desenhados por empresas européias de design (muitas vezes italianas), equipados com fornecedores globais, e montados sob a supervisão de experientes ex-administradores dos concorrentes ocidentais, estes carros estão se tornando cada vez mais atraentes. E a possível falta em termos de qualidade e desempenho é muitas vezes compensada por uma garantia estendida, mais itens de série e o preço. A maioria desses carros são totalmente equipados com itens que são difíceis de encontrar em carros brasileiros comparáveis. E, com um preço frequentemente inferior a R$ 40.000 (incluindo impostos e custos de importação), já oferecem uma es-

colha atraente para o consumidor. No futuro, estou convencido que veremos muitos mais desses carros nas ruas brasileiras. É um objetivo declarado do governo chinês para globalizar "heróis locais". E, em termos de mercado, uma economia em expansão como a do Brasil oferece uma base de clientes emergente que está altamente interessada em carros de baixo custo, bem planejados e bem equipados. No entanto, as marcas chinesas no Brasil ainda têm um longo caminho a percorrer. Eles precisam desenvolver sua marca, reforçar a sua rede de vendas e de serviços, localizar a produção e adaptarse às necessidades do consumidor brasileiro. No entanto, pense em marcas como a Hyundai e Kia 10 anos atrás e compare com o ponto em que estão hoje. Agora extrapole esse desenvolvimento para marcas chinesas e você verá que daqui a 10 anos, a maioria de nós pode ter um carro chinês na nossa garagem.

CMYK

O JORNA L JORNAL


8

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

O JORNA L JORNAL 5

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Bagageiro sobre duas rodas A motocicleta Maxi Trail Versys 650 chega ao Brasil na versão Tourer. O modelo será fabricado pela Kawasaki Motores do Brasil na planta de Manaus. O preço parte de R$ 32.990 e atinge os R$ 35.990 na versão topo de linha, equipada com freios ABS. O motor é um bicilíndrico de 649 cc capaz de gerar 64 cv de potência.

por Augusto Paladino

Retoque transitório

Maternidade de besouros

Enquanto não ganha uma nova geração, a Toyota Hilux passará por mais um face-lift para segurar a briga com as pick-ups médias, como Chevrolet S10 e Ford Ranger. A atualização deixará o visual do modelo da marca japonesa mais próximo ao do SUV Highlander. A produção da Hilux 2012 começa em outubro, na fábrica argentina de Zárate. No Brasil, as vendas do novo modelo devem ser iniciadas apenas no início de 2012.

Simpatia ao ar livre A oferta de opções de modelos da Mini para o Brasil ganhou mais um reforço. Depois da versão de entrada - o Mini One, vendida por R$ 69.950 -, a marca aposta na outra ponta da tabela, com o Cooper S John Cooper Works Cabriolet, que desembarca no Brasil por R$ 149.500. A configuração conversível do hatch esportivo também vem equipada com o motor 1.6 16V turbo de 211 cv - o mesmo da versão

com teto. O Mini JCW conversível atinge os 235 km/h e leva 6,9 segundos para ir de zero e 100 km/h. Entre as soluções específicas para esta configuração, estão a capota com acionamento elétrico e barra anticapotagem.

A produção da nova geração do Beetle já começou na planta da marca alemã na cidade mexicana de Puebla. As primeiras unidades fabricadas serão destinadas à Alemanha e aos Estados Unidos, com entrega prevista para setembro. A nova releitura do famoso besouro impulsionou investimentos de US$ 400 milhões e gerou 2 mil novos empregos na unidade fabril mexicana. O novo Fusca deve chegar ao Brasil em 2012.

Borracha estreante O pneu radial Multihawk foi apresentado pela Firestone, subsidiária norte-americana da Bridgestone, como o novo produto principal da marca para veículos de passeio no Brasil. O novo pneumático substitui as linhas F-570 e F-590, mas mantém os preços dos antecessores - em média R$ 280. Uma das principais novidades é a resistência ao rolamento 10% menor, conseguida graças à utilização de uma borracha mais rígida na área da banda de rodagem.

CMYK

O JORNA L JORNAL


Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

6

7

Volkswagen Polo tem versão atualizada

Volkswagen

lança Gol e Fox Rock in Rio

Dirigibilidade e desempenho são destaques da linha Polo

Série especial celebra a participação da marca no evento Uma inédita série especial, envolvendo dois modelos distintos, foi desenvolvida pela Volkswagen para celebrar a décima edição do Rock in Rio, um dos maiores eventos musicais do mundo. O Gol e o Fox Rock in Rio, além de contarem com acabamento inspirado pelo festival que acontecerá em Setembro e Outubro próximos, com patrocínio da Volkswagen, trazem de série ampla gama de equipamentos que os tornam uma atraente opção de compra. Voltados para o público jovem, os dois modelos especiais foram desenvolvidos pelo departamento de design da Volkswagen do Brasil, coordenado por Luiz Alberto Veiga. O gerente-executivo da área, além de designer, é um incondicional fã de rock e guitarrista em suas horas vagas gosto revelado, no ano passado, na apresentação de outro veículo especial com inspiração musical, o Gol Vintage, criado para comemorar os 30 anos do VW Gol. O diferencial dos dois carros da série está no marcante acabamento customizado nas partes interna e externa. Em alusão às cores do evento, Gol e Fox Rock in Rio serão oferecidos nas tonalidades Azul Boreal e Branco Cristal, e matizes diferenciadas de vermelho para cada um dos modelos: Flash para o Gol e Tornado para o Fox. O Gol Rock in Rio tem motor 1,0 Total Flex, com 76 cv e vem equipado com rodas de liga leve de 14 polegadas com design Alameda, na cor Cinza Ubatuba. Já o Fox Rock in Rio é impulsionado pelo motor Total Flex 1,6 litro, com 104 cv, e utiliza rodas de liga leve com 15 polegadas e design Tribal, também Cinza Ubatuba. O acabamento levemente escurecido dos aros reforça a esportividade do conjunto. Visual exclusivo O destaque maior na lateral dos dois modelos é o largo adesivo que corre ao longo das duas portas, na parte inferior. Original, além do logotipo Rock in Rio, o

friso ousa ao incluir uma inédita cena em silhueta, típica de um show de rock, mostrando o envolvimento do público. A coluna B dos carros é recoberta por um adesivo preto e, no Gol, a banda inferior sob as portas tem acabamento em preto fosco. A dianteira do Gol Rock in Rio traz um friso cromado no para-choque, além de faróis escurecidos, como ocorre também no Fox. Na traseira, destacam-se as lanternas, também escurecidas, e uma faixa preta entre os refletores, na parte inferior. Outros adesivos pretos são usados na tampa traseira e no local da placa.

Interior A série Rock in Rio se destaca interiormente pelos bancos exclusivos, em tecido malharia Rock cinza. Os assentos dianteiros têm logotipos vermelhos bordados no encosto e, na lateral, a silhueta de uma guitarra, em azul. O teto e as colunas são escurecidos, em cinza Antracite, tornando o ambiente mais acolhedor e simultaneamente esportivo. Detalhes internos, como os aros das entradas de ar e a moldura em torno da alavanca de câmbio são vermelhos e o cinzeiro remo-

vível conta com logotipo na tampa uma peça que não fumantes poderão, eventualmente, preferir usar fora do carro, como porta-lápis ou objeto de decoração. As soleiras das portas, em alumínio, também trazem o logotipo exclusivo da série. O volante multifuncional é o mesmo que equipa o Passat, e o sistema de som - fundamental para o espírito da série - tem quatro alto-falantes e dois tweeters e conta com CD Player com Bluetooth, MP3, entradas USB e cartões SD e I-Pod.

Produção limitada A série especial Rock in Rio será oferecida durante apenas três meses, a partir de julho, e terá produção limitada, o que garantirá sua exclusividade. No período, serão feitos apenas 900 exemplares mensais do Gol e 350 do Fox Rock in Rio. Além de contarem com um veículo diferenciado, os compradores da série Rock in Rio terão um benefício extra, que certamente irá agradar a quem é fã do rock'n roll: receberão uma senha exclusiva, que dará direito a baixar através da Internet músicas gravadas ao vivo durante o evento. A Volkswagen submeteu a linha Polo a uma atualização no design externo, dando ao Hatch e ao Sedan aparência mais esportiva e moderna, alinhada com as tendências adotadas pela marca. Ambos os modelos passaram por várias mudanças estéticas, mas mantêm inalteradas suas características básicas de conforto, desempenho e dirigibilidade. Lançado no Brasil em 2002, o Polo se destacou por trazer para o país tecnologias inovadoras e um vasto pacote de itens de conforto e conveniência, tornando-se referência do segmento dos compactos pela excelência de seu projeto. Com exceção do Bluemotion, por suas características especiais, todas as outras versões do Polo Sedan e do Hatch oferecem, de série, direção hidráulica, ar-condicionado e destravamento interno da tampa traseira. Airbags dianteiros e freios ABS equipam toda a linha Polo, assim como sensores de aproximação na traseira, que facilitam o estacionamento. Pioneiro no segmento O Polo foi o introdutor, no Brasil, da classe dos compactos premium. Desde o início de sua fabricação, em 2002, o Polo brasileiro foi exportado para inúmeros países, iniciando pela América Latina - Colômbia, Equador,

Peru, Guatemala, Venezuela e México. No ano seguinte, passou a disputar os mercados da Alemanha e da Áustria. No total, o Polo brasileiro já foi exportado para mais de 20 países. O prazer ao dirigir é uma característica marcante do Polo, resultado de um aprimorado acerto de suspensão e da excelente rigidez torcional da carroceria, garantindo maior estabilidade e segurança. Ele é o único compacto no Brasil confeccionado com chapas de espessura variável (tailored blank), mais leves e resistentes, duplamente zincadas para proteção contra a ferrugem. Também é o único fabricado com solda a laser de alta precisão, em uma linha automatizada com 400 robôs. Realinhamento Para adequação ao mercado, houve um realinhamento na oferta do Polo Hatch. A versão 2.0 GT foi substituída pela 2.0 Sportline, e a 1.6 E-Flex deixa de ser ofertada. O sistema de partida a frio do 1.6 E-Flex, que dispensa o tanque auxiliar de gasolina, passa a integrar o 1.6 Bluemotion. A gama do Sedan permanece inalterada. Design - principais alterações A dianteira do Polo passa a contar com faróis de maior impacto visual e interior negro. A grade tem

acabamento em preto brilhante e o para-choque dianteiro passa a ser totalmente liso, proporcionando uma impressão de maior "limpeza" na face do veículo. O Polo Sportline tem faróis de neblina com molduras em cinza Ciclone. A versão Comfortline traz molduras cromadas. Nas laterais, o friso que corre a meia-altura das portas é mais fino e elegante. Nas versões Sportline, eles são pintados em cinza Ciclone e com faixas laterais em cinza Ciclone ou prata, combinando com a pintura do carro. Os espelhos retrovisores externos e o spoiler são maiores em todas as versões e, no Sportline, são pintados de preto brilhante. As rodas de liga leve das versões esportivas e do Sedan, com 15 polegadas, são inteiramente novas, na cor cinza Ciclone para o Sportline e em prata para a versão Comforline. O Polo Sedan pode ser equipado opcionalmente com teto solar em todas as suas versões. Na traseira, o Sedan ganhou o tom cereja nas lanternas, e o Hatch, lanternas escurecidas. Os para-choques traseiros tanto no hatch quanto no Sedan passam a ter design mais limpo com retro-refletores na parte inferior. O Hatch 2.0 Sportline tem ponteira dupla no escapamento.

CMYK

O JORNA L JORNAL


Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

6

7

Volkswagen Polo tem versão atualizada

Volkswagen

lança Gol e Fox Rock in Rio

Dirigibilidade e desempenho são destaques da linha Polo

Série especial celebra a participação da marca no evento Uma inédita série especial, envolvendo dois modelos distintos, foi desenvolvida pela Volkswagen para celebrar a décima edição do Rock in Rio, um dos maiores eventos musicais do mundo. O Gol e o Fox Rock in Rio, além de contarem com acabamento inspirado pelo festival que acontecerá em Setembro e Outubro próximos, com patrocínio da Volkswagen, trazem de série ampla gama de equipamentos que os tornam uma atraente opção de compra. Voltados para o público jovem, os dois modelos especiais foram desenvolvidos pelo departamento de design da Volkswagen do Brasil, coordenado por Luiz Alberto Veiga. O gerente-executivo da área, além de designer, é um incondicional fã de rock e guitarrista em suas horas vagas gosto revelado, no ano passado, na apresentação de outro veículo especial com inspiração musical, o Gol Vintage, criado para comemorar os 30 anos do VW Gol. O diferencial dos dois carros da série está no marcante acabamento customizado nas partes interna e externa. Em alusão às cores do evento, Gol e Fox Rock in Rio serão oferecidos nas tonalidades Azul Boreal e Branco Cristal, e matizes diferenciadas de vermelho para cada um dos modelos: Flash para o Gol e Tornado para o Fox. O Gol Rock in Rio tem motor 1,0 Total Flex, com 76 cv e vem equipado com rodas de liga leve de 14 polegadas com design Alameda, na cor Cinza Ubatuba. Já o Fox Rock in Rio é impulsionado pelo motor Total Flex 1,6 litro, com 104 cv, e utiliza rodas de liga leve com 15 polegadas e design Tribal, também Cinza Ubatuba. O acabamento levemente escurecido dos aros reforça a esportividade do conjunto. Visual exclusivo O destaque maior na lateral dos dois modelos é o largo adesivo que corre ao longo das duas portas, na parte inferior. Original, além do logotipo Rock in Rio, o

friso ousa ao incluir uma inédita cena em silhueta, típica de um show de rock, mostrando o envolvimento do público. A coluna B dos carros é recoberta por um adesivo preto e, no Gol, a banda inferior sob as portas tem acabamento em preto fosco. A dianteira do Gol Rock in Rio traz um friso cromado no para-choque, além de faróis escurecidos, como ocorre também no Fox. Na traseira, destacam-se as lanternas, também escurecidas, e uma faixa preta entre os refletores, na parte inferior. Outros adesivos pretos são usados na tampa traseira e no local da placa.

Interior A série Rock in Rio se destaca interiormente pelos bancos exclusivos, em tecido malharia Rock cinza. Os assentos dianteiros têm logotipos vermelhos bordados no encosto e, na lateral, a silhueta de uma guitarra, em azul. O teto e as colunas são escurecidos, em cinza Antracite, tornando o ambiente mais acolhedor e simultaneamente esportivo. Detalhes internos, como os aros das entradas de ar e a moldura em torno da alavanca de câmbio são vermelhos e o cinzeiro remo-

vível conta com logotipo na tampa uma peça que não fumantes poderão, eventualmente, preferir usar fora do carro, como porta-lápis ou objeto de decoração. As soleiras das portas, em alumínio, também trazem o logotipo exclusivo da série. O volante multifuncional é o mesmo que equipa o Passat, e o sistema de som - fundamental para o espírito da série - tem quatro alto-falantes e dois tweeters e conta com CD Player com Bluetooth, MP3, entradas USB e cartões SD e I-Pod.

Produção limitada A série especial Rock in Rio será oferecida durante apenas três meses, a partir de julho, e terá produção limitada, o que garantirá sua exclusividade. No período, serão feitos apenas 900 exemplares mensais do Gol e 350 do Fox Rock in Rio. Além de contarem com um veículo diferenciado, os compradores da série Rock in Rio terão um benefício extra, que certamente irá agradar a quem é fã do rock'n roll: receberão uma senha exclusiva, que dará direito a baixar através da Internet músicas gravadas ao vivo durante o evento. A Volkswagen submeteu a linha Polo a uma atualização no design externo, dando ao Hatch e ao Sedan aparência mais esportiva e moderna, alinhada com as tendências adotadas pela marca. Ambos os modelos passaram por várias mudanças estéticas, mas mantêm inalteradas suas características básicas de conforto, desempenho e dirigibilidade. Lançado no Brasil em 2002, o Polo se destacou por trazer para o país tecnologias inovadoras e um vasto pacote de itens de conforto e conveniência, tornando-se referência do segmento dos compactos pela excelência de seu projeto. Com exceção do Bluemotion, por suas características especiais, todas as outras versões do Polo Sedan e do Hatch oferecem, de série, direção hidráulica, ar-condicionado e destravamento interno da tampa traseira. Airbags dianteiros e freios ABS equipam toda a linha Polo, assim como sensores de aproximação na traseira, que facilitam o estacionamento. Pioneiro no segmento O Polo foi o introdutor, no Brasil, da classe dos compactos premium. Desde o início de sua fabricação, em 2002, o Polo brasileiro foi exportado para inúmeros países, iniciando pela América Latina - Colômbia, Equador,

Peru, Guatemala, Venezuela e México. No ano seguinte, passou a disputar os mercados da Alemanha e da Áustria. No total, o Polo brasileiro já foi exportado para mais de 20 países. O prazer ao dirigir é uma característica marcante do Polo, resultado de um aprimorado acerto de suspensão e da excelente rigidez torcional da carroceria, garantindo maior estabilidade e segurança. Ele é o único compacto no Brasil confeccionado com chapas de espessura variável (tailored blank), mais leves e resistentes, duplamente zincadas para proteção contra a ferrugem. Também é o único fabricado com solda a laser de alta precisão, em uma linha automatizada com 400 robôs. Realinhamento Para adequação ao mercado, houve um realinhamento na oferta do Polo Hatch. A versão 2.0 GT foi substituída pela 2.0 Sportline, e a 1.6 E-Flex deixa de ser ofertada. O sistema de partida a frio do 1.6 E-Flex, que dispensa o tanque auxiliar de gasolina, passa a integrar o 1.6 Bluemotion. A gama do Sedan permanece inalterada. Design - principais alterações A dianteira do Polo passa a contar com faróis de maior impacto visual e interior negro. A grade tem

acabamento em preto brilhante e o para-choque dianteiro passa a ser totalmente liso, proporcionando uma impressão de maior "limpeza" na face do veículo. O Polo Sportline tem faróis de neblina com molduras em cinza Ciclone. A versão Comfortline traz molduras cromadas. Nas laterais, o friso que corre a meia-altura das portas é mais fino e elegante. Nas versões Sportline, eles são pintados em cinza Ciclone e com faixas laterais em cinza Ciclone ou prata, combinando com a pintura do carro. Os espelhos retrovisores externos e o spoiler são maiores em todas as versões e, no Sportline, são pintados de preto brilhante. As rodas de liga leve das versões esportivas e do Sedan, com 15 polegadas, são inteiramente novas, na cor cinza Ciclone para o Sportline e em prata para a versão Comforline. O Polo Sedan pode ser equipado opcionalmente com teto solar em todas as suas versões. Na traseira, o Sedan ganhou o tom cereja nas lanternas, e o Hatch, lanternas escurecidas. Os para-choques traseiros tanto no hatch quanto no Sedan passam a ter design mais limpo com retro-refletores na parte inferior. O Hatch 2.0 Sportline tem ponteira dupla no escapamento.

CMYK

O JORNA L JORNAL


8

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

O JORNA L JORNAL 5

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Bagageiro sobre duas rodas A motocicleta Maxi Trail Versys 650 chega ao Brasil na versão Tourer. O modelo será fabricado pela Kawasaki Motores do Brasil na planta de Manaus. O preço parte de R$ 32.990 e atinge os R$ 35.990 na versão topo de linha, equipada com freios ABS. O motor é um bicilíndrico de 649 cc capaz de gerar 64 cv de potência.

por Augusto Paladino

Retoque transitório

Maternidade de besouros

Enquanto não ganha uma nova geração, a Toyota Hilux passará por mais um face-lift para segurar a briga com as pick-ups médias, como Chevrolet S10 e Ford Ranger. A atualização deixará o visual do modelo da marca japonesa mais próximo ao do SUV Highlander. A produção da Hilux 2012 começa em outubro, na fábrica argentina de Zárate. No Brasil, as vendas do novo modelo devem ser iniciadas apenas no início de 2012.

Simpatia ao ar livre A oferta de opções de modelos da Mini para o Brasil ganhou mais um reforço. Depois da versão de entrada - o Mini One, vendida por R$ 69.950 -, a marca aposta na outra ponta da tabela, com o Cooper S John Cooper Works Cabriolet, que desembarca no Brasil por R$ 149.500. A configuração conversível do hatch esportivo também vem equipada com o motor 1.6 16V turbo de 211 cv - o mesmo da versão

com teto. O Mini JCW conversível atinge os 235 km/h e leva 6,9 segundos para ir de zero e 100 km/h. Entre as soluções específicas para esta configuração, estão a capota com acionamento elétrico e barra anticapotagem.

A produção da nova geração do Beetle já começou na planta da marca alemã na cidade mexicana de Puebla. As primeiras unidades fabricadas serão destinadas à Alemanha e aos Estados Unidos, com entrega prevista para setembro. A nova releitura do famoso besouro impulsionou investimentos de US$ 400 milhões e gerou 2 mil novos empregos na unidade fabril mexicana. O novo Fusca deve chegar ao Brasil em 2012.

Borracha estreante O pneu radial Multihawk foi apresentado pela Firestone, subsidiária norte-americana da Bridgestone, como o novo produto principal da marca para veículos de passeio no Brasil. O novo pneumático substitui as linhas F-570 e F-590, mas mantém os preços dos antecessores - em média R$ 280. Uma das principais novidades é a resistência ao rolamento 10% menor, conseguida graças à utilização de uma borracha mais rígida na área da banda de rodagem.

CMYK

O JORNA L JORNAL


Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

4

Honda City 2012 chega às concessionárias No início do ano, o Honda City foi eleito pelo segundo ano consecutivo "O Melhor Carro para a Pessoa com Deficiência", em pesquisa promovida pela Revista Nacional de Reabilitação. Recentemente, outro bicampeonato. Conquistou o título de "A Melhor Compra" do ano na categoria "carros de R$ 50 mil a R$ 60 mil", em pesquisa realizada pela revista Quatro Rodas. Não bastasse isso, já ultrapassou a casa das 50 mil unidades emplacadas em apenas dois anos de existência. Ou seja, um veículo premiado e o mais vendido em sua categoria. Com esse privilegiado cenário, a Honda Automóveis anuncia a chegada da linha 2012 do sedan à rede de concessionárias. Ele mantém tudo o que um consumidor almeja em um veículo: conforto, espaço, comodidade e potência. Comercializado em quatro versões (DX, LX, EX e EXL), o Honda City proporciona, acima de tudo, bem estar aos ocupantes. A começar pelo fato de ter sido desenvolvido sob o conceito cool lounge, que visa oferecer o máximo de soluções inteligentes que privilegiam funcionalidade e ergonomia. Todas as versões têm um confortável sistema de reclinação dos bancos traseiros com dois estágios. Isso permite que os passageiros relaxem e se sintam confortáveis durante longas viagens. O espaço de seu portamalas supera a expectativa do consumidor ---capacidade para 506l. O volante tem ajuste de profundidade e altura, oferecendo uma posição natural de direção. Para completar, o Honda City possui painel blackout com acesso às informações claras e precisas sobre autonomia, consumo instantâneo, consumo médio, hodômetro parcial e hodômetro total. O motor i-VTEC Flex (Controle Eletrônico Variável de Sincronização e Abertura de

O JORNA L JORNAL 9

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

CHINESES NO BRASIL Novas marcas para a próxima década *Stephan Keese

Chery, Geely, JAC, Changan, Great Wall - Nunca ouviu falar? Bem, é melhor você se acostumar com essas marcas rapidamente porque, em pouco tempo, você pode encontrar-se comprando uma delas. Fabricantes chineses são a força emergente da indústria automotiva para a próxima década. A principal força motriz deles é o próprio mercado interno: as vendas de carros na China devem crescer de aproximadamente 16 milhões de veículos no ano passado para mais de 25 milhões até 2015. Com este forte vento em popa, as marcas chinesas estão lentamente se tornando uma séria ameaça para as montadoras ocidentais, coreanas e japonesas, já estabelecidas no mercado. Mais importante ainda, os chineses estão aprendendo rapidamente como desenvolver e construir carros. Apenas cinco anos atrás, os primeiros carros chineses exportados falharam miseravelmente

Válvulas) de 1.5l está em todas as versões do City. O propulsor gera 115 cv a 6.000 rpm, na utilização de gasolina, e 116 cv a 6.000 rpm, quando for apenas álcool. O motor possui torque de 14,8 kgf.m a 4.800 rpm. Ou seja, excelente potência e torque com baixo consumo de combustível. Todas as versões, exceto a EXL, possuem transmissão automática ou manual, de cinco velocidades. A versão top de linha está disponível apenas com transmissão automática. Para uma resposta mais eficiente e precisa da direção, o modelo conta com o sistema de direção eletricamente assistida EPS (Electric Power

Steering), que o torna mais leve em baixas velocidades e firme em altas. Não bastasse isso, o Honda City 2012 se mostra um modelo muito seguro. Todas as versões possuem airbag frontal duplo (motorista e passageiro), apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos para os cinco ocupantes e para maior conforto, todas as versões contam de série com ar condicionado e trio elétrico (vidros, travas e retrovisores). O sedan foi projetado com o Advanced Compatibility Engineering (ACE), que incorpora uma estrutura frontal interna para auxiliar na absorção

e na dispersão de impactos em uma grande área. Há um compromisso com a segurança dos pedestres e, para isso, a superfície do capô foi desenvolvida para se deformar, assim como o para-choque, e minimizar impactos de um eventual atropelamento. As versões DX e LX têm freios dianteiros a disco e traseiros a tambor. Já as versões EX e EXL vêm equipadas com freios a disco nas quatro rodas, ABS e EBD (Electronic Brake Distribution), sistema que calcula e distribui a pressão apropriada a cada roda em frenagens bruscas, evitando seu travamento e mantendo a dirigi-

bilidade. Todas as versões contam com rodas de liga leve. O Honda City 2012 tem três anos de garantia, sem limite de quilometragem, e estará disponível nas cores Branco Taffeta Sólido, Dourado Poente Metálico, Prata Global Metálico, Grafite Magnesium Metálico, Cinza Paladium Metálico, Preto Cristal Perolizado e Verde Deep Perolizado. Seus preços públicos sugeridos são de R$ 53.620 (DX MT), R$ 57.500 (DX AT), R$ 57.420,00 (LX MT), R$ 61.300,00 (LX AT), R$ 62.975,00 (EX MT), R$ 66.855,00 (EX AT) e R$ 72.625,00 (EXL AT) com frete incluso (base Estado de São Paulo).

em testes europeus de qualidade e segurança. Os carros de hoje, no entanto, já atingiram um nível em que, embora não os permita competir com um Volkswagen ou Chevrolet em termos de qualidade, oferecem uma alternativa interessante ao consumidor. Desenhados por empresas européias de design (muitas vezes italianas), equipados com fornecedores globais, e montados sob a supervisão de experientes ex-administradores dos concorrentes ocidentais, estes carros estão se tornando cada vez mais atraentes. E a possível falta em termos de qualidade e desempenho é muitas vezes compensada por uma garantia estendida, mais itens de série e o preço. A maioria desses carros são totalmente equipados com itens que são difíceis de encontrar em carros brasileiros comparáveis. E, com um preço frequentemente inferior a R$ 40.000 (incluindo impostos e custos de importação), já oferecem uma es-

colha atraente para o consumidor. No futuro, estou convencido que veremos muitos mais desses carros nas ruas brasileiras. É um objetivo declarado do governo chinês para globalizar "heróis locais". E, em termos de mercado, uma economia em expansão como a do Brasil oferece uma base de clientes emergente que está altamente interessada em carros de baixo custo, bem planejados e bem equipados. No entanto, as marcas chinesas no Brasil ainda têm um longo caminho a percorrer. Eles precisam desenvolver sua marca, reforçar a sua rede de vendas e de serviços, localizar a produção e adaptarse às necessidades do consumidor brasileiro. No entanto, pense em marcas como a Hyundai e Kia 10 anos atrás e compare com o ponto em que estão hoje. Agora extrapole esse desenvolvimento para marcas chinesas e você verá que daqui a 10 anos, a maioria de nós pode ter um carro chinês na nossa garagem.

CMYK

O JORNA L JORNAL


Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

10

O JORNA L JORNAL Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Portal interativo abre espaço para lojistas, clubes e proprietários mostrarem suas criações D epois de meses e até anos a fio incrementando seus carros, o maior desejo de proprietários de veículos modificados é expor suas criações. Com o portal interativo [SpecialCars] (www.specialcars.com.br) agora é possível ir além dos tradicionais encontros e exibir veículos através de fotos e vídeos pela internet, além de interagir com outros usuários. Lojistas e clubes também podem mostrar seus carros gratuitamente. O diferencial do portal é a possibilidade de encontrar informações sobre as peças utilizadas nos veículos. O [SpecialCars], criação do especialista em tecnologia e apaixonado por carros modificados Marcelo Hayashi, é uma mistura de blog e redes sociais e permite uma intensa interação entre os usuários. "Há mais de dez anos participo de fóruns e clubes de automóveis. E percebi que, além de trocar informações, quem é aficionado deseja ver os carros em todos os seus detalhes", diz Hayashi.

"Antes, a única opção eram os encontros. Com a internet, a barreira da distância foi quebrada, mas sentia falta de um lugar em que todos pudessem mostrar suas criações e peças usadas nos veículos, além de interagir. Daí surgiu o conceito do

[SpecialCars]", explica. Em menos de um ano, o portal conquistou o público e já tem mais de 100 mil visitantes por mês, audiência conquistada com informações de carros modificados do mundo inteiro. Agora o [SpecialCars] entra em uma

nova fase e inaugurou a seção "Vitrine", espaço para consumidores e lojistas mostrarem seus carros e detalhar os produtos que foram utilizados. "Nos fóruns era comum ficarmos discutindo quais eram os equipamentos utilizados e onde encontrá-los. E as lojas também dependiam apenas dos catálogos oferecidos pelos fabricantes para mostrar seus produtos instalados", conta Hayashi. "Agora os lojistas podem gratuitamente mostrar seus carros e de seus clientes no site. Ao mesmo tempo, o portal dá a opção ao comerciante, fabricante ou distribuidor de detalhar os equipamentos utilizados, trazer informações sobre preços, contatos das lojas e até vender pela internet. Uma grande ajuda para quem quer montar seu carro", destaca.

Suporte ao usuário e interação Outro diferencial do [SpecialCars] é o suporte ao

usuário que deseja publicar fotos de seu veículo. O portal trata as imagens e edita informações como a placa dos veículos. "Além de zelar pela qualidade do conteúdo, pensamos na segurança do usuário", afirma Hayashi, que avalia também os critérios para publicação. "A ideia é de que o espaço seja democrático, ou seja, todos podem exibir suas criações, independente se a alteração for estética ou mecânica. Somente pedimos que os carros estejam em bom estado de conservação - sem amassados, por exemplo - e que as fotos e vídeos tragam detalhes das modificações". A visibilidade é garantida pela intensa movimentação no site e integração com redes sociais como Twitter, Facebook e Orkut. O portal disponibiliza ainda códigos para publicação em blogs e fóruns. Fotos e vídeos também podem ser compartilhados em sites como You Tube, Flickr e Vimeo.

O carro vai ficar com visitação aberta ao público e a ação faz parte de um projeto que visa sensibilizar o governo na diminuição da alíquota para importação deste tipo de veículo automotivo. Atualmente, o governo trabalha com uma taxa de 22% de imposto, em exceção para os veículos vindos do México, onde o acordo Brasil México permite que a taxa de importação seja zerada. Para os demais carros, a taxa de importação fica em 50% do valor do carro. O mesmo aconteceria com o Honda, caso o governo regulamente sua comercialização de carros híbridos aqui no Brasil. Estes tipos de carro, assim como o Insight, possuem dois tipos de motores: um a combustão - como nos demais carros - e um motor elétrico. O motor elétrico é acoplado em baterias que ficam próximas ao motor a combustão. Ao ser dirigido em baixa rotação, o motor elétrico logo é acionado, automaticamente. Apesar de possuir o nome "híbrido", ele também funciona a combustível, principalmente em estradas. Uma das maiores vantagens é o seu desligamento automático, quando o carro fica parado por um tempo considerável, como acontece nos sinais de trânsito. De acordo com Chicuta, gerente de vendas da Taiyo, o carro apresenta uma economia superior a qualquer carro comercializado atualmente. "O carro híbrido, apesar de também funcionar com combustível, chega a rodar 65 km com um litro de combustível dentro da cidade. Ele é, inclusive, menos poluente, agride menos o meio ambiente", explica. O funcionamento O Meio Ambiente é outro ponto forte dos modelos híbridos, pois são veículos com sustentabilidade. O carro híbrido, a exemplo do Honda Insight, é abastecido com gasolina e a queima dos resíduos é reaproveitada para

abastecer as baterias que colocam o carro em funcionamento com o motor elétrico. Além disso, são carros extremamente modernos, mais leves e eliminam menos gases poluentes. "Todos os modelos que são comercializados hoje são com câmbio automático. Esta é uma tendência mundial. Em 2012, 2013, por exemplo, apenas carros híbridos serão fabricados nos Estados Unidos, justamente por serem sustentáveis, econômicos e ecologicamente corretos", afirma o gerente Chicuta. A partir do dia 24, o Honda Insight volta a percorrer o Brasil. Saindo de Alagoas, o carro passará ainda pelos Estados de São Paulo, Minas Gerais, além de outros estados do Sudeste, Norte, das cidades de Recife e Fortaleza, Região Sul e Brasília, onde acontecerá estrategicamente a última parada. Lá, representantes da Honda vão ter encontro com políticos e um dos assuntos da pauta será o valor da alíquota para importação do veículo no Brasil. "A ideia da Honda é fazer com que o modelo chegue ao Brasil com um preço acessível. Este é um modelo de carro que deve ser incentivado para importação, por se tratar de um veículo com qualidades diferenciadas. Nós que fazemos parte da rede de concessionárias Honda no Brasil, torcemos para que a resposta do governo seja positiva", finaliza. Promoção Paralelo à visita do Honda Insight em Maceió, a Taiyo lança uma promoção especial. Durante o período de exposição do carro híbrido, toda a linha Honda estará com taxas de financiamento reduzidas e os clientes que adquirirem o New Civic ganham, automaticamente, uma TV de plasma de 42". Já para os clientes do Honda City, os carros de modelo automático serão vendidos pelo preço de mecânicos.

3

CMYK

O JORNA L JORNAL


2

Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Concessionária expõe

carro híbrido da Honda Maceió é a primeira capital do Nordeste a receber o modelo; carro fica até hoje

A loja Taiyo, concessionária Honda em Alagoas, está expondo em sua loja, um dos veículos híbridos da marca, o Honda Insight. O carro chegou a Maceió na terça-feira (19), após passar por grandes capitais como Curitiba e São Paulo. Maceió é a primeira cidade do Nordeste a receber a visita do carro, que possui fabricação no Japão, Europa e América do Norte e comercialização em dois países da América do Sul: Chile e Argentina.

O JORNA L JORNAL Sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

11

OS GIGANTES

DA FORD As picapes gigantes Ford Super Duty F-650/F-750 atingem um segmento de compradores ligados ao trabalho pesado, mas, também, de proprietários com instinto de superioridade e até de exibicionismo. Quem guia um veículo desse porte não passa desapercebido aonde quer que esteja. O inicio da produção aconteceu no ano 2000, para substituir as gerações anteriores dos F-600, F-700 e F800, que estavam no mercado desde 1980. As gigantes Super Duty atuais destinam-se ao mercado de utilitários para a construção civil, reboque, empresas de transporte, diversão off-road e como pau-pra-toda-aobra de prefeituras. As modernas F-650 e F-750 são produzidas pela Ford Motor Company em "joint venture" com a Navistar International, na fábrica de Escobedo, no México. As picapes Ford utilizam chassi do caminhão International e são equipadas com motores Cummins Diesel e gasolina Ford V-10, 6.8 litros com 362 cv de potência. Para 2012, a Ford já anunciou um novo "facelift" da cabine que receberá um interior mais atualizado, dentro da moderna linha Super Duty, com ampla tecnologia de eletrônica embarcada, além de um novo motor a gás natural comprimido. A gama de versões é grande e inclui modelos com tração 4x4 e câmbio de 6 velocidades com transmissão automática.

CMYK

O JORNA L JORNAL


CMYK

O JORNA L JORNAL 12

| www.ojornal-al.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com Sábado, 23 de julho de 2011|

Maceió, sábado, 23 de julho de 2011 | www.ojornalweb.com.br | e-mail: igor93279039@hotmail.com

Gol e Fox Rock in Rio: exclusividade e sonoridade são os principais atrativos

Insight

Páginas 6 e 7

Concessionária Honda em Maceió expõe carro híbrido, que faz 65 km com um litro de combustível Páginas 2 e 3

Honda City 2012 Carro premiado chega às revendas respaldado por um histórico de sucesso Página 4


AUTOJORNAL 23/07/2011