Issuu on Google+

| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

FLASH

INTERNET

Orelhões da Oi com Wi-Fi são retirados no Rio A iniciativa da Oi de instalar novos modelos de orelhões nas ruas cariocas parecia boa no papel, mas não deu tão certo na prática. Na semana passada, o projeto foi testado pela primeira vez no bairro de Ipanema, mas todas as nove cabines foram retiradas de seus locais de funcionamento na tarde da última quarta-feira após solicitação da prefeitura da cidade. O motivo foi a reprovação do produto final por moradores e funcionários das proximidades, que acharam o modelo esteticamente feio, além de ser desconfortável para uso, um obstáculo para a circulação na via e alvo fácil para pichações. Além de servirem como telefones públicos, as cabines da Oi ofereciam internet via Wi-Fi em um raio de até 50 metros. A empresa ainda não deu declarações sobre o caso, nem divulgou se realizará testes com o aparelho em outras cidades.

Designers, profissionais de multimídia e interessados na área de informática estarão reunidos, no próximo dia 27, a partir das 8h30, no auditório do Senac Poço, para uma atualização sobre o uso da ferramenta Flash por meio do Adobe Connect. O evento é uma promoção do Senac em parceria com a Adobe. Para participar, basta doar 1 kg de não perecível que será encaminhado a instituições de caridade de Maceió. O evento estende-se até às 12h e será aberto com uma aula de apresentação da Ferramenta Flash, palestra que será proferida pelo Analista de Sistemas e instrutor do Senac/AL, Flávio Oscar Hahn. Logo depois, será iniciado o seminário online: Desenvolvimento de Games em Flash, junto com a equipe da Adobe. O evento será encerrado com uma rodada de perguntas e respostas sobre o tema discutido. Mais informações: (82) 2122.7801 e 0800 082 2005.

População não aprovou o visual das cabines

Fundador da EA afirma que era de ouro dos games já acabou Em entrevista ao site VentureBeat, Trip Hawkins, um dos fundadores da Electronic Arts, atualmente na desenvolvedora Digital Chocolate, afirmou que a era de ouro dos games já acabou e a culpa é das exclusividades e do licenciamento de jogos. Para ele, o mercado está em uma “era sombria” desde que a Nintendo ini-

Desenvolvimento de Games movimenta o bairro do Poço

ciou essas práticas, ainda nos anos 80. “Tivemos nossa época de ouro quando os jogos eram desenvolvidos em disquetes e [tínhamos] plataformas abertas e livres, nas quais podíamos fazer os jogos como queríamos”, explicou. Para Hawkins, o início da “era dos licenciamentos” também freou a criação de novas gran-

des empresas. Por outro lado, o designer acredita que há esperança nos jogos online e nas redes sociais. Segundo Hawkins, essa nova modalidade de video game independe da influência de grandes desenvolvedoras ou distribuidoras e tem como palco um território plenamente livre, a Internet.

Preso no RJ o "maior hacker" do Brasil Na última quarta-feira, 13 de julho, foi preso no Rio de Janeiro o suspeito de ser um dos maiores hackers do Brasil. O homem, de 31 anos, foi capturado em flagrante enquanto tentava vender licenças falsas de softwares para o Fluminense Football Club. O suspeito, que vinha sendo investigado há quatro meses pelos policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), se passava por representante comercial da Microsoft e se apresentou à polícia como sendo “o maior hacker do Brasil”. Ele também pode ter participado do roubo de até R$ 6 milhões do Banco do Brasil. A Microsoft já tinha conhecimento das atividades do suspeito e já havia, inclusive, feito denúncias formais contra ele. Levado para a sede da DRCPIM, o criminoso foi autuado por falsidade ideológica, estelionato, crime contra relações de consumo, crime contra a ordem tributária, crimes contra lei de propriedade intelectual e fraude no comércio. Se condenado, ele pode pegar até 20 anos de prisão.

Tecnologia SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011

www.ojornalweb.com

Windows 8 poderá rodar pelo pendriver >> Pág. 3

Preso o “maior hacker” do Brasil >> Pág. 8

Orelhões da Oi com Wi-Fi são retirados no Rio >> Pág. 8

TAQUIGRAFIA

A harmonia entre o arcaico e o moderno >> Págs. 4, 5 e 6

Sistema de sinais geométricos milenar ainda resiste aos avanços tecnológicos

CMYK

8


SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011

| www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com

7 CMYK

2

descoberta do aerogel começou com uma pequena brincadeira entre dois cientistas. Desafiado pelo colega Charles Learned, o engenheiro químico Steven Kistler apostou que conseguiria substituir a água existente em uma gelatina por algum gás, sem fazer com que o volume dela diminuísse. O primeiro artigo de Kistler sobre o assunto foi publicado na revista Nature em 1931. Mas, infelizmente, o autor morreu pouco tempo antes de o mundo começar a se interessar pelo seu invento. Faz pelo menos 20 anos que o mundo começou a dar a devida atenção ao aerogel, que já foi utilizado até mesmo em missões espaciais. Mas, afinal, o que o aerogel tem de tão especial?

A

IMAGEM DIGITAL

Gustavo Boroni

**Publicitário, Relações Públicas, Fotógrafo e Professor de Fotografia imagemdigital@gustavoboroni.com.br www.gustavoboroni.com.br

DICA DE CÂMERA Registro do cotidiano em CoresPixel Incentivando a produção das Artes Visuais em Alagoas, os autores das imagens mais interessantes, poéticas, inusitadas ou criativas, avaliadas por mim, serão publicadas aqui na coluna.Uma ótima oportunidade para novos aspirantes a fotógrafos da era digital, mostrar sua visão em Cores Pixels.Envie a fotografia em 300 dpi para imagemdigital@gustavoboroni.com .br, especificando Marca/modelo da câmera e um breve título. Boa Sorte e Bons clicks : D

COLETIVO DE FOTÓGRAFOS Gostaria de agradecer ao Publicitário e Fotógrafo Warley Rossi pela idelização do I Encontro de Fotógrafos realizado dia 13 de julho aqui em Maceió. Bem como parabenizar a todos os apaixonados por clicks que participaram do evento. Nesse mercado existe espaço para todos com talento. E nada melhor do que contemplar o ato de fotografar pela coletividade. ''O registro fotográfico é individual mas o processo criativo pode ser coletivo.''

TÍTULO: O céu de Walt Disney. FOTOGRAFIA: Gustavo Boroni MARCA: NIKON MODELO: D7000

IMG - IMAGEM DO DIA NIKON S3000 Devido à concorrência entre as empresas os valores de produtos tecnológicos estão cada dia mais acessíveis, isto é, hoje você pode encontrar câmeras fotográficas compactas com valores diferentes e bem mais em conta do que cinco anos atrás. Mas para que você faça a escolha certa e encontre um equipamento que realmente seja capaz de suprir todas as sua necessidades e oferecer a tecnologia que merece, indico uma câmera digital de alta qualidade que vem conquistando espaço no mercado. Viajei recentemente para os Estados Unidos , e durante a viagem resolvir compra uma câmera compacta (daquelas do tipo apontar e disparar). Dentre tantas câmeras compactas existentes no mercado, optei pela Nikon S3000.De uma marca bem conceituada no mercado a câmera digital Nikon s3000 além de dispor de alta tecnologia ela inda conta

Nikon D-lighting com um design super moderno e sofisticado, permitindo o seu transporte até mesmo no bolso. Em suas especificações técnicas as que mais se destacam são: lente de cristal grande angular , zoom óptico de até 4x , 12 mega pixel de resolução e tela LCD de 2,7 polegadas com amplo ângulo de visualização. Dentre muitas outras funções que a diferencia das demais, encontrei nesta câmera o recurso D-Lighting, (existente também na linha de câmeras profissionais da Nikon).

Destaca os detalhes para aprimorar os resultados e adicionar um toque criativo, tudo isso otimizando o balanço de exposição geral. O modo fornece excelente correção de sombra e altas luzes com contraste otimizado na fotografia, produzindo reprodução de tons mais amplo em sombras e altas luzes enquanto aplica tecnologia de controle de tom para obter um nível mais agradável de contraste por toda a imagem. O preço no Brasil está estimado em R$ 700,00 reais. Bons Clicks :D

Características do aerogel Quando olhamos para fotos e vídeos do aerogel, fica difícil não imaginar que aquele material tenha saído de um filme de ficção científica. Para começar, ele tem uma aparência translúcida, de cor um pouco azulada. Porém, se posicionado contra a luz, ele fica alaranjado. Além disso, o material pode ser manipulado para que se torne totalmente transparente. Apesar do nome, o aerogel é bastante rígido. O material leva esse nome porque é feito a partir de géis, normalmente de sílica. Em um processo conhecido como secagem supercrítica, os cientistas conseguem extrair a porção líquida do gel, substituindo-a por gases. Graças a esse processo, o aerogel ficou conhecido como um dos materiais menos densos e mais leves do mundo todo: 99,8% dele é composto de espaços que aparentam estar vazios, mas que estão repletos de ar.

2 gramas de aerogel são capazes de aguentar um tijolo de 2,5 kg

AEROGEL

Leve como o ar e forte como o aço Composto basicamente por espaços vazios, o aerogel é o melhor isolante térmico do mundo. Além disso, o material pode ser usado tanto por jogadores de tênis quanto por astronautas Alta resistência O aerogel possui uma estrutura muito forte, podendo aguentar até 4 mil vezes o seu próprio peso. Curiosamente, ao mesmo tempo o material pode ser facilmente quebrado. Ao pressionar um pedaço de aerogel com um pouco de fir-

meza, uma depressão será causada permanentemente na peça. Se for empregado um pouco mais de força, o aerogel pode se estilhaçar, como o vidro de um carro. O aerogel é um dessecante muito forte, isto é, ele pode absorver água e outros líquidos em velocidade e quantida-

de espantosas. Quem trabalha com a manipulação desse material por períodos prolongados de tempo deve, inclusive, usar luvas, caso contrário, alguns pontos da pele acabam secos e quebradiços. Depois de absorver água, a estrutura do aerogel sofre modificações e o material

acaba se deteriorando. Porém, com o devido tratamento químico, o aerogel pode ser transformado em um material hidrofóbico, ou seja, que repele a água. Dessa forma, por mais que ele sofra algum tipo de rachadura, ele não será tão suscetível à absorção de líquidos.


| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

3

UPGRADE

Software promete acabar com o lápis e a caneta na taquigrafia A empresa brasiliense Phonetic Software Ltda, especializada no desenvolvimento de softwares, lançou no final do ano passado, o que promete revolucionar e trazer de vez a taquigrafia para a era digital. A desenvolvedora criou um programa capaz de transformar automaticamente os tradicionais sinais taquigráficos, em palavras da língua portuguesa. O lançamento pode representar a quebra de paradigma na história mundial da escrita rápida, do uso do lápis e da caneta. O novo software é totalmente brasileiro e sua operacionalização requer apenas um teclado especial, phonetic, e um computador para a transcrição de textos capturados, provenientes da conversão automática dos sinais taquigráficos em palavras da língua portuguesa. Os sinais taquigráficos são extraídos do método de taquigrafia criado pelo professor Rogério Mascarenhas. A interface é bem simples do software, Phonetic Steno Digital System, que possui entrada para vários tipos de equipamentos para entrada de dados, tais como, Tablet, PC, Ipad, Smartphone e caneta digital, que permitem o registro da fala com transcrição automática dos sinais estenográficos ou taquigráficos. Outro ponto a favor, é que o treinamento de seis meses que um taquígrafo se submeti, no novo método, cai para apenas 60 dias, afirma a empresa que desenvolveu o software. Porém, uma ressalva, é preciso ter conhecimento da língua portuguesa, afirma a empresa Phonetic Software.

MAIS AGILIDADE Apesar de a taquigrafia ser tida como um método de escrita bem ágil, a empresa promete que com o software, em apenas alguns minutos, o discurso, ou qualquer tipo que seja a transcrição, estará nas mãos do orador. A principal inovação do sistema é a produção do texto imediatamente após a fala. De acordo com a empresa, o software pode ser utilizado em congressos, seminários, reuniões, palestras, depoimentos, entrevistas ou discursos, em qualquer tipo de evento ao vivo. O software promete trazer de vez a taquigrafia para a era digital, e acabar definitivamente com o método tradicional do lápis e da caneta.

Um pouco mais * Um taquígrafo trabalha 6h diárias. * Na Câmara de Maceió o corpo taquigráfico e comporto por três taquígrafos; no Senado 100 e na Câmara do Deputados 62. * O curso de formação dura de seis meses a um ano. * Na Câmara de Maceió o tempo de revezamento é de 3min, no Senado e na Câmara dos Deputados 2min. * Um taquígrafo experiente consegue escrever até 150 palavras por minuto. * No Brasil existem 25 métodos catalogados e em uso. * O que um taquígrafo escreve, outro não consegue decodificar, cada um assume uma identidade própria, traços próprios. * A taquigrafia também economiza papel. Uma folha de bloco na taquigrafia, representa quatro folhas de papel oficio se fosse escrito em língua portuguesa. * Dia do taquígrafo, 3 de maio, data em que os taquígrafos exerceram pela primeira vez a profissão no Brasil, quando em 1823 foi instituída a Constituição Nacional.

Windows XP deve morrer em menos de 1.000 dias Uma atualização publicada na última segunda-feira (11 de julho) por Stephen L Rose, no blog oficial do Windows, afirma que a versão XP do sistema operacional está com os dias contados. Segundo o autor do texto, o software deve perder o suporte estendido em menos de 1.000 dias, motivo mais que suficiente para os usuários migrarem para uma versão mais atualizada. O autor também defende a ideia de que aquilo que era a melhor opção há 10 anos não possui a mesma força atualmente, afirmando que o Windows 7 resolve muitos dos problemas encontrados na versão XP. A partir do dia 8 de abril de 2014, atualizações de segurança e revisões de código não estarão mais disponíveis para o sistema, o que deixará máquinas vulneráveis a qualquer ameaça que surja a partir desse momento. Outro argumento em favor do abandono do Windows XP é o fato de que muitos desenvolvedores terceirizados não estão mais dando suporte ao produto. Com isso, a possibilidade de ocorrência de problemas de segurança ou incompatibilidade cresce, o que deve resultar em mais custos para os departamentos de tecnologia de informação de grandes companhias. O tom do texto produzido por Rose é alarmista, com trechos que afirmam que companhias que não começarem agora mesmo a transição para o Windows 7 correm o risco de expor suas informações a pessoas mal intencionadas. Segundo ele, companhias como Samsung, Boeing e BMW reconhecem a superioridade do sistema operacional atual, que traria mais segurança e aumentaria a produtividade dos funcionários.

SISTEMA OPERACIONAL

Windows 8 poderá rodar através de pendrives Muita coisa vem sendo dita e especulada sobre o sucessor do Windows 7. Além das previsões oficias, há sempre argumentos extraoficiais criados por usuários que conseguiram acesso — de forma legal ou não — a algumas versões de teste do sistema operacional, que tem data de lançamento prevista para 2012. Através dos vazamentos das versões 7955 e 7989 do Windows 8, os curiosos de plantão descobri-

Editora de Jornais de Alagoas Ltda

www.ojornal-al.com.br

ram uma função chamada “Portable Workspace Creator” (criador de espaço de trabalho portátil) que, ao que tudo indica, permitirá a execução do sistema através de algum dispositivo portátil. Apesar de ser possível instalar várias versões do Windows a partir de um pendrive, HD externo ou outro mecanismo de armazenagem com conexão USB, hoje não se consegue fazer o sistema

ojornal@ojornal-al.com.br

Diretor-Executivo LUCIANO GOES

Editor-Geral DERALDO FRANCISCO

Diretora Administrativo-Financeira SILVIA SACUNO

lucianogoes@ojornal-al.com.br

deraldo@ojornal-al.com.br

silviasacuno@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial KALINE LAGES (INTERINA)

Editor de Tecnologia EUDES CAVALCANTE

Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

comercial@ojornal-al.com.br

eudes@ojornal-al.com.br

ATENDIMENTO AO ASSINANTE - (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS - (82) 4009-1961

rodar diretamente a partir de algum desses periféricos — algo que já acontece no Linux, por exemplo. Segundo os rumores, para executar o Windows 8 portátil, será necessário um acessório com pelo menos 16 GB de capacidade de armazenagem. Mesmo assim, ainda fica a pergunta: será que todas as funções da versão completa poderão ser executadas no sistema portátil?

tecnologia@ojornal-al.com.br

Tecnologia Representante Nacional FTPI www.ftpi.com.br

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÃO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

SUPLEMENTO SEMANAL DE O JORNAL São Paulo: (11) 2178-8700 Rio de Janeiro: (21) 3852-1588 Brasília: (61) 3326-3650 Refice: (81) 3446-5832

CMYK

6


| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

CAPA

Taquigrafia resiste ao tempo

| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

Um trabalho meticuloso e pouco conhecido

Na era dos bytes e pixels, forma de escrita milenar ainda sobrevive Roberto Miranda REPÓRTER

uem iria imaginar a 30 anos atrás, que hoje, estaríamos interagindo através das redes sociais, conhecendo amigos, surgindo relacionamentos afetivos e, até, casamentos. Que surgiriam os celulares, e as ligações seriam realizadas com leves toques em seu display, touch screen (tela sensível ao toque), que iriam surgir às grandes sensações do momento, o Ipad, Ipod, a tela em 3D. Que saltaríamos do então, objeto de desejo de muitas crianças, o Atari, para os games

Q

de realidade aumentada, em que o usuário não mais precisa de joystick com cabos e todas aquelas parafernálias. Que provaríamos roupas e relógios pela tela do computar, também chamados de realidade aumentada. Diante de tantos avanços tecnológicos, que não dariam para ser listados, e sem esquecer, a grande revolução proporcionada pelo ourives alemão, à prensa de tipos móveis, uma forma de escrita arcaica, surgida segundo historiadores no ano de 70 a.C., resistiria e passaria a contribuir com a história. A Taquigrafia.

Nem notebook, nem I-pad; lápis e borracha ainda são as ferramentas de trabalho das taquígrafas

Uma forma de escrita criada pelo escravo Marcus Tullius Tiro Taquigrafia é uma forma de escrita abreviada, que usa traços geométricos (retas, círculos, pedaços do círculo), que permite o taquígrafo transcrever simultaneamente discursos, palestras, aulas e cursos com bastante rapidez. Podendo ser utilizada por secretárias, estudantes, professores, escritores, jornalistas. Todos que necessitem fazer anotações rápidas e com fidelidade indiscutível. Também pode ser usado como mensagem cifrada, pois para se ter conhecimento a forma de escrita, requer curso que dura de seis meses a um ano. Pode-se dizer que, é uma forma de escrita sintética, re-

sumida, que visa através de símbolos, resumir um todo.

HISTÓRIA Existem três possíveis linhas históricas para o surgimento da taquigrafia. Alguns historiadores defendem que a taquigrafia surgiu com os hebreus, outros defendem que foi com os gregos. Mas, a mais aceita como sistema de escrita organizada, como a concebida hoje, surgiu a partir das Notas Tironianas, sinais taquigráficos criados pelo escravo Marcus Tullius Tiro, no ano de 70 a.C. Tiro, era o secretário de Cícero, político romano. O historiador G. Sarpe, de-

5

Marta Acyoli explica que o processo utilizado em Maceió é o mesmo utilizado nas Assembleias do Brasil e no Congresso Nacional

fende em seu livro publicado em 1829 “Prolegomena ad Tachygraphiam romanam”, que o primeiro escrito taquigráfico, foi um discurso de Cícero contra Verres, no ano de 70 a.C, escrito por Marcus Tullius Tiro. Existem atualmente catalogados no Brasil 25 métodos usados pelos taquígrafos. E o mais usado, é o método Maron, criado por um Baiano. Afonso Maron, que decidiu criar um método que fosse adequado a língua portuguesa, após estudar vários métodos estrangeiros. Ele iniciou os estudos aos 18 anos, em 1929 e concluiu aos 21, em 1932.

Com poucos traços, na taquigrafia consegue-se escrever uma frase inteira; isso justifica a agilidade do profissional

De acordo com a diretora setor de taquigrafia da Câmara de Municipal de Maceió, Marta Acyoli, o trabalho de um taquígrafo consiste em anotar tudo o que acontece durante uma sessão. “O processo funciona em três etapas: três taquigrafas compõem o setor taquigráfico da Câmara, e tudo o que acontece no plenário, têm que ser anotado, com revezamento entre elas, com três minutos para cada uma, ou seja, um vereador toma a palavra, e uma taquigrafa está tomando nota, quando completar três minutos, outra assume”, explica. “A segunda etapa, pós sessão, é hora de decodificar tudo o que ocorreu no plenário. Cada uma das taquigrafas transcreve as suas anotações, depois, tudo é organizado em um só documento, para seguir para a terceira e última etapa. O momento é de conferência com as imagens do vídeo, para ver se o que foi transcrito, bate com as imagens. Por fim, o documento segue para a correção. Após todo esse processo cuidadoso, o que ocorreu no plenário, está pronto e, ao sair da sala, não se pode mais alterar o documento”, destaca Acyoli. O processo que acontece na Câmara de Maceió é o mesmo utilizado nas Assembleias do Brasil, e no Congresso Nacional, com uma ressalva, o corpo taquigráfico é maior, como exemplo, no Senado, são 100 taquígrafos e na Câmara dos deputados, 62. Acyoli conta que a profissão ainda perdura no Brasil e que ainda existem concursos públicos na área, por causa da agilidade do taquígrafo, mas um fator primordial é que várias instituições públicas não aceitam só as gravações de áudio e vídeo, provenientes do plenário. “As instituições só aceitam áudio e vídeo, se estiver em anexo o documento proveniente da taquigrafia”, esclarece a diretora do setor de taquigrafia da Câmara de Municipal de Maceió, Marta Acyoli. Ela ainda acrescenta que o taquígrafo possui fé pública.

CMYK

4


| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

CAPA

Taquigrafia resiste ao tempo

| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

Um trabalho meticuloso e pouco conhecido

Na era dos bytes e pixels, forma de escrita milenar ainda sobrevive Roberto Miranda REPÓRTER

uem iria imaginar a 30 anos atrás, que hoje, estaríamos interagindo através das redes sociais, conhecendo amigos, surgindo relacionamentos afetivos e, até, casamentos. Que surgiriam os celulares, e as ligações seriam realizadas com leves toques em seu display, touch screen (tela sensível ao toque), que iriam surgir às grandes sensações do momento, o Ipad, Ipod, a tela em 3D. Que saltaríamos do então, objeto de desejo de muitas crianças, o Atari, para os games

Q

de realidade aumentada, em que o usuário não mais precisa de joystick com cabos e todas aquelas parafernálias. Que provaríamos roupas e relógios pela tela do computar, também chamados de realidade aumentada. Diante de tantos avanços tecnológicos, que não dariam para ser listados, e sem esquecer, a grande revolução proporcionada pelo ourives alemão, à prensa de tipos móveis, uma forma de escrita arcaica, surgida segundo historiadores no ano de 70 a.C., resistiria e passaria a contribuir com a história. A Taquigrafia.

Nem notebook, nem I-pad; lápis e borracha ainda são as ferramentas de trabalho das taquígrafas

Uma forma de escrita criada pelo escravo Marcus Tullius Tiro Taquigrafia é uma forma de escrita abreviada, que usa traços geométricos (retas, círculos, pedaços do círculo), que permite o taquígrafo transcrever simultaneamente discursos, palestras, aulas e cursos com bastante rapidez. Podendo ser utilizada por secretárias, estudantes, professores, escritores, jornalistas. Todos que necessitem fazer anotações rápidas e com fidelidade indiscutível. Também pode ser usado como mensagem cifrada, pois para se ter conhecimento a forma de escrita, requer curso que dura de seis meses a um ano. Pode-se dizer que, é uma forma de escrita sintética, re-

sumida, que visa através de símbolos, resumir um todo.

HISTÓRIA Existem três possíveis linhas históricas para o surgimento da taquigrafia. Alguns historiadores defendem que a taquigrafia surgiu com os hebreus, outros defendem que foi com os gregos. Mas, a mais aceita como sistema de escrita organizada, como a concebida hoje, surgiu a partir das Notas Tironianas, sinais taquigráficos criados pelo escravo Marcus Tullius Tiro, no ano de 70 a.C. Tiro, era o secretário de Cícero, político romano. O historiador G. Sarpe, de-

5

Marta Acyoli explica que o processo utilizado em Maceió é o mesmo utilizado nas Assembleias do Brasil e no Congresso Nacional

fende em seu livro publicado em 1829 “Prolegomena ad Tachygraphiam romanam”, que o primeiro escrito taquigráfico, foi um discurso de Cícero contra Verres, no ano de 70 a.C, escrito por Marcus Tullius Tiro. Existem atualmente catalogados no Brasil 25 métodos usados pelos taquígrafos. E o mais usado, é o método Maron, criado por um Baiano. Afonso Maron, que decidiu criar um método que fosse adequado a língua portuguesa, após estudar vários métodos estrangeiros. Ele iniciou os estudos aos 18 anos, em 1929 e concluiu aos 21, em 1932.

Com poucos traços, na taquigrafia consegue-se escrever uma frase inteira; isso justifica a agilidade do profissional

De acordo com a diretora setor de taquigrafia da Câmara de Municipal de Maceió, Marta Acyoli, o trabalho de um taquígrafo consiste em anotar tudo o que acontece durante uma sessão. “O processo funciona em três etapas: três taquigrafas compõem o setor taquigráfico da Câmara, e tudo o que acontece no plenário, têm que ser anotado, com revezamento entre elas, com três minutos para cada uma, ou seja, um vereador toma a palavra, e uma taquigrafa está tomando nota, quando completar três minutos, outra assume”, explica. “A segunda etapa, pós sessão, é hora de decodificar tudo o que ocorreu no plenário. Cada uma das taquigrafas transcreve as suas anotações, depois, tudo é organizado em um só documento, para seguir para a terceira e última etapa. O momento é de conferência com as imagens do vídeo, para ver se o que foi transcrito, bate com as imagens. Por fim, o documento segue para a correção. Após todo esse processo cuidadoso, o que ocorreu no plenário, está pronto e, ao sair da sala, não se pode mais alterar o documento”, destaca Acyoli. O processo que acontece na Câmara de Maceió é o mesmo utilizado nas Assembleias do Brasil, e no Congresso Nacional, com uma ressalva, o corpo taquigráfico é maior, como exemplo, no Senado, são 100 taquígrafos e na Câmara dos deputados, 62. Acyoli conta que a profissão ainda perdura no Brasil e que ainda existem concursos públicos na área, por causa da agilidade do taquígrafo, mas um fator primordial é que várias instituições públicas não aceitam só as gravações de áudio e vídeo, provenientes do plenário. “As instituições só aceitam áudio e vídeo, se estiver em anexo o documento proveniente da taquigrafia”, esclarece a diretora do setor de taquigrafia da Câmara de Municipal de Maceió, Marta Acyoli. Ela ainda acrescenta que o taquígrafo possui fé pública.

CMYK

4


| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

3

UPGRADE

Software promete acabar com o lápis e a caneta na taquigrafia A empresa brasiliense Phonetic Software Ltda, especializada no desenvolvimento de softwares, lançou no final do ano passado, o que promete revolucionar e trazer de vez a taquigrafia para a era digital. A desenvolvedora criou um programa capaz de transformar automaticamente os tradicionais sinais taquigráficos, em palavras da língua portuguesa. O lançamento pode representar a quebra de paradigma na história mundial da escrita rápida, do uso do lápis e da caneta. O novo software é totalmente brasileiro e sua operacionalização requer apenas um teclado especial, phonetic, e um computador para a transcrição de textos capturados, provenientes da conversão automática dos sinais taquigráficos em palavras da língua portuguesa. Os sinais taquigráficos são extraídos do método de taquigrafia criado pelo professor Rogério Mascarenhas. A interface é bem simples do software, Phonetic Steno Digital System, que possui entrada para vários tipos de equipamentos para entrada de dados, tais como, Tablet, PC, Ipad, Smartphone e caneta digital, que permitem o registro da fala com transcrição automática dos sinais estenográficos ou taquigráficos. Outro ponto a favor, é que o treinamento de seis meses que um taquígrafo se submeti, no novo método, cai para apenas 60 dias, afirma a empresa que desenvolveu o software. Porém, uma ressalva, é preciso ter conhecimento da língua portuguesa, afirma a empresa Phonetic Software.

MAIS AGILIDADE Apesar de a taquigrafia ser tida como um método de escrita bem ágil, a empresa promete que com o software, em apenas alguns minutos, o discurso, ou qualquer tipo que seja a transcrição, estará nas mãos do orador. A principal inovação do sistema é a produção do texto imediatamente após a fala. De acordo com a empresa, o software pode ser utilizado em congressos, seminários, reuniões, palestras, depoimentos, entrevistas ou discursos, em qualquer tipo de evento ao vivo. O software promete trazer de vez a taquigrafia para a era digital, e acabar definitivamente com o método tradicional do lápis e da caneta.

Um pouco mais * Um taquígrafo trabalha 6h diárias. * Na Câmara de Maceió o corpo taquigráfico e comporto por três taquígrafos; no Senado 100 e na Câmara do Deputados 62. * O curso de formação dura de seis meses a um ano. * Na Câmara de Maceió o tempo de revezamento é de 3min, no Senado e na Câmara dos Deputados 2min. * Um taquígrafo experiente consegue escrever até 150 palavras por minuto. * No Brasil existem 25 métodos catalogados e em uso. * O que um taquígrafo escreve, outro não consegue decodificar, cada um assume uma identidade própria, traços próprios. * A taquigrafia também economiza papel. Uma folha de bloco na taquigrafia, representa quatro folhas de papel oficio se fosse escrito em língua portuguesa. * Dia do taquígrafo, 3 de maio, data em que os taquígrafos exerceram pela primeira vez a profissão no Brasil, quando em 1823 foi instituída a Constituição Nacional.

Windows XP deve morrer em menos de 1.000 dias Uma atualização publicada na última segunda-feira (11 de julho) por Stephen L Rose, no blog oficial do Windows, afirma que a versão XP do sistema operacional está com os dias contados. Segundo o autor do texto, o software deve perder o suporte estendido em menos de 1.000 dias, motivo mais que suficiente para os usuários migrarem para uma versão mais atualizada. O autor também defende a ideia de que aquilo que era a melhor opção há 10 anos não possui a mesma força atualmente, afirmando que o Windows 7 resolve muitos dos problemas encontrados na versão XP. A partir do dia 8 de abril de 2014, atualizações de segurança e revisões de código não estarão mais disponíveis para o sistema, o que deixará máquinas vulneráveis a qualquer ameaça que surja a partir desse momento. Outro argumento em favor do abandono do Windows XP é o fato de que muitos desenvolvedores terceirizados não estão mais dando suporte ao produto. Com isso, a possibilidade de ocorrência de problemas de segurança ou incompatibilidade cresce, o que deve resultar em mais custos para os departamentos de tecnologia de informação de grandes companhias. O tom do texto produzido por Rose é alarmista, com trechos que afirmam que companhias que não começarem agora mesmo a transição para o Windows 7 correm o risco de expor suas informações a pessoas mal intencionadas. Segundo ele, companhias como Samsung, Boeing e BMW reconhecem a superioridade do sistema operacional atual, que traria mais segurança e aumentaria a produtividade dos funcionários.

SISTEMA OPERACIONAL

Windows 8 poderá rodar através de pendrives Muita coisa vem sendo dita e especulada sobre o sucessor do Windows 7. Além das previsões oficias, há sempre argumentos extraoficiais criados por usuários que conseguiram acesso — de forma legal ou não — a algumas versões de teste do sistema operacional, que tem data de lançamento prevista para 2012. Através dos vazamentos das versões 7955 e 7989 do Windows 8, os curiosos de plantão descobri-

Editora de Jornais de Alagoas Ltda

www.ojornal-al.com.br

ram uma função chamada “Portable Workspace Creator” (criador de espaço de trabalho portátil) que, ao que tudo indica, permitirá a execução do sistema através de algum dispositivo portátil. Apesar de ser possível instalar várias versões do Windows a partir de um pendrive, HD externo ou outro mecanismo de armazenagem com conexão USB, hoje não se consegue fazer o sistema

ojornal@ojornal-al.com.br

Diretor-Executivo LUCIANO GOES

Editor-Geral DERALDO FRANCISCO

Diretora Administrativo-Financeira SILVIA SACUNO

lucianogoes@ojornal-al.com.br

deraldo@ojornal-al.com.br

silviasacuno@ojornal-al.com.br

Diretora Comercial KALINE LAGES (INTERINA)

Editor de Tecnologia EUDES CAVALCANTE

Rodovia AL 101 Norte, Km 06, 3600, Jacarecica - Maceió/AL - CEP: 57038-800

comercial@ojornal-al.com.br

eudes@ojornal-al.com.br

ATENDIMENTO AO ASSINANTE - (82) 4009-1919 CLASSIFICADOS - (82) 4009-1961

rodar diretamente a partir de algum desses periféricos — algo que já acontece no Linux, por exemplo. Segundo os rumores, para executar o Windows 8 portátil, será necessário um acessório com pelo menos 16 GB de capacidade de armazenagem. Mesmo assim, ainda fica a pergunta: será que todas as funções da versão completa poderão ser executadas no sistema portátil?

tecnologia@ojornal-al.com.br

Tecnologia Representante Nacional FTPI www.ftpi.com.br

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÃO REFLETEM A OPINIÃO DE O JORNAL

SUPLEMENTO SEMANAL DE O JORNAL São Paulo: (11) 2178-8700 Rio de Janeiro: (21) 3852-1588 Brasília: (61) 3326-3650 Refice: (81) 3446-5832

CMYK

6


SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011

| www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com

7 CMYK

2

descoberta do aerogel começou com uma pequena brincadeira entre dois cientistas. Desafiado pelo colega Charles Learned, o engenheiro químico Steven Kistler apostou que conseguiria substituir a água existente em uma gelatina por algum gás, sem fazer com que o volume dela diminuísse. O primeiro artigo de Kistler sobre o assunto foi publicado na revista Nature em 1931. Mas, infelizmente, o autor morreu pouco tempo antes de o mundo começar a se interessar pelo seu invento. Faz pelo menos 20 anos que o mundo começou a dar a devida atenção ao aerogel, que já foi utilizado até mesmo em missões espaciais. Mas, afinal, o que o aerogel tem de tão especial?

A

IMAGEM DIGITAL

Gustavo Boroni

**Publicitário, Relações Públicas, Fotógrafo e Professor de Fotografia imagemdigital@gustavoboroni.com.br www.gustavoboroni.com.br

DICA DE CÂMERA Registro do cotidiano em CoresPixel Incentivando a produção das Artes Visuais em Alagoas, os autores das imagens mais interessantes, poéticas, inusitadas ou criativas, avaliadas por mim, serão publicadas aqui na coluna.Uma ótima oportunidade para novos aspirantes a fotógrafos da era digital, mostrar sua visão em Cores Pixels.Envie a fotografia em 300 dpi para imagemdigital@gustavoboroni.com .br, especificando Marca/modelo da câmera e um breve título. Boa Sorte e Bons clicks : D

COLETIVO DE FOTÓGRAFOS Gostaria de agradecer ao Publicitário e Fotógrafo Warley Rossi pela idelização do I Encontro de Fotógrafos realizado dia 13 de julho aqui em Maceió. Bem como parabenizar a todos os apaixonados por clicks que participaram do evento. Nesse mercado existe espaço para todos com talento. E nada melhor do que contemplar o ato de fotografar pela coletividade. ''O registro fotográfico é individual mas o processo criativo pode ser coletivo.''

TÍTULO: O céu de Walt Disney. FOTOGRAFIA: Gustavo Boroni MARCA: NIKON MODELO: D7000

IMG - IMAGEM DO DIA NIKON S3000 Devido à concorrência entre as empresas os valores de produtos tecnológicos estão cada dia mais acessíveis, isto é, hoje você pode encontrar câmeras fotográficas compactas com valores diferentes e bem mais em conta do que cinco anos atrás. Mas para que você faça a escolha certa e encontre um equipamento que realmente seja capaz de suprir todas as sua necessidades e oferecer a tecnologia que merece, indico uma câmera digital de alta qualidade que vem conquistando espaço no mercado. Viajei recentemente para os Estados Unidos , e durante a viagem resolvir compra uma câmera compacta (daquelas do tipo apontar e disparar). Dentre tantas câmeras compactas existentes no mercado, optei pela Nikon S3000.De uma marca bem conceituada no mercado a câmera digital Nikon s3000 além de dispor de alta tecnologia ela inda conta

Nikon D-lighting com um design super moderno e sofisticado, permitindo o seu transporte até mesmo no bolso. Em suas especificações técnicas as que mais se destacam são: lente de cristal grande angular , zoom óptico de até 4x , 12 mega pixel de resolução e tela LCD de 2,7 polegadas com amplo ângulo de visualização. Dentre muitas outras funções que a diferencia das demais, encontrei nesta câmera o recurso D-Lighting, (existente também na linha de câmeras profissionais da Nikon).

Destaca os detalhes para aprimorar os resultados e adicionar um toque criativo, tudo isso otimizando o balanço de exposição geral. O modo fornece excelente correção de sombra e altas luzes com contraste otimizado na fotografia, produzindo reprodução de tons mais amplo em sombras e altas luzes enquanto aplica tecnologia de controle de tom para obter um nível mais agradável de contraste por toda a imagem. O preço no Brasil está estimado em R$ 700,00 reais. Bons Clicks :D

Características do aerogel Quando olhamos para fotos e vídeos do aerogel, fica difícil não imaginar que aquele material tenha saído de um filme de ficção científica. Para começar, ele tem uma aparência translúcida, de cor um pouco azulada. Porém, se posicionado contra a luz, ele fica alaranjado. Além disso, o material pode ser manipulado para que se torne totalmente transparente. Apesar do nome, o aerogel é bastante rígido. O material leva esse nome porque é feito a partir de géis, normalmente de sílica. Em um processo conhecido como secagem supercrítica, os cientistas conseguem extrair a porção líquida do gel, substituindo-a por gases. Graças a esse processo, o aerogel ficou conhecido como um dos materiais menos densos e mais leves do mundo todo: 99,8% dele é composto de espaços que aparentam estar vazios, mas que estão repletos de ar.

2 gramas de aerogel são capazes de aguentar um tijolo de 2,5 kg

AEROGEL

Leve como o ar e forte como o aço Composto basicamente por espaços vazios, o aerogel é o melhor isolante térmico do mundo. Além disso, o material pode ser usado tanto por jogadores de tênis quanto por astronautas Alta resistência O aerogel possui uma estrutura muito forte, podendo aguentar até 4 mil vezes o seu próprio peso. Curiosamente, ao mesmo tempo o material pode ser facilmente quebrado. Ao pressionar um pedaço de aerogel com um pouco de fir-

meza, uma depressão será causada permanentemente na peça. Se for empregado um pouco mais de força, o aerogel pode se estilhaçar, como o vidro de um carro. O aerogel é um dessecante muito forte, isto é, ele pode absorver água e outros líquidos em velocidade e quantida-

de espantosas. Quem trabalha com a manipulação desse material por períodos prolongados de tempo deve, inclusive, usar luvas, caso contrário, alguns pontos da pele acabam secos e quebradiços. Depois de absorver água, a estrutura do aerogel sofre modificações e o material

acaba se deteriorando. Porém, com o devido tratamento químico, o aerogel pode ser transformado em um material hidrofóbico, ou seja, que repele a água. Dessa forma, por mais que ele sofra algum tipo de rachadura, ele não será tão suscetível à absorção de líquidos.


| SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011 | www.ojornalweb.com |

TECNOLOGIA

FLASH

INTERNET

Orelhões da Oi com Wi-Fi são retirados no Rio A iniciativa da Oi de instalar novos modelos de orelhões nas ruas cariocas parecia boa no papel, mas não deu tão certo na prática. Na semana passada, o projeto foi testado pela primeira vez no bairro de Ipanema, mas todas as nove cabines foram retiradas de seus locais de funcionamento na tarde da última quarta-feira após solicitação da prefeitura da cidade. O motivo foi a reprovação do produto final por moradores e funcionários das proximidades, que acharam o modelo esteticamente feio, além de ser desconfortável para uso, um obstáculo para a circulação na via e alvo fácil para pichações. Além de servirem como telefones públicos, as cabines da Oi ofereciam internet via Wi-Fi em um raio de até 50 metros. A empresa ainda não deu declarações sobre o caso, nem divulgou se realizará testes com o aparelho em outras cidades.

Designers, profissionais de multimídia e interessados na área de informática estarão reunidos, no próximo dia 27, a partir das 8h30, no auditório do Senac Poço, para uma atualização sobre o uso da ferramenta Flash por meio do Adobe Connect. O evento é uma promoção do Senac em parceria com a Adobe. Para participar, basta doar 1 kg de não perecível que será encaminhado a instituições de caridade de Maceió. O evento estende-se até às 12h e será aberto com uma aula de apresentação da Ferramenta Flash, palestra que será proferida pelo Analista de Sistemas e instrutor do Senac/AL, Flávio Oscar Hahn. Logo depois, será iniciado o seminário online: Desenvolvimento de Games em Flash, junto com a equipe da Adobe. O evento será encerrado com uma rodada de perguntas e respostas sobre o tema discutido. Mais informações: (82) 2122.7801 e 0800 082 2005.

População não aprovou o visual das cabines

Fundador da EA afirma que era de ouro dos games já acabou Em entrevista ao site VentureBeat, Trip Hawkins, um dos fundadores da Electronic Arts, atualmente na desenvolvedora Digital Chocolate, afirmou que a era de ouro dos games já acabou e a culpa é das exclusividades e do licenciamento de jogos. Para ele, o mercado está em uma “era sombria” desde que a Nintendo ini-

Desenvolvimento de Games movimenta o bairro do Poço

ciou essas práticas, ainda nos anos 80. “Tivemos nossa época de ouro quando os jogos eram desenvolvidos em disquetes e [tínhamos] plataformas abertas e livres, nas quais podíamos fazer os jogos como queríamos”, explicou. Para Hawkins, o início da “era dos licenciamentos” também freou a criação de novas gran-

des empresas. Por outro lado, o designer acredita que há esperança nos jogos online e nas redes sociais. Segundo Hawkins, essa nova modalidade de video game independe da influência de grandes desenvolvedoras ou distribuidoras e tem como palco um território plenamente livre, a Internet.

Preso no RJ o "maior hacker" do Brasil Na última quarta-feira, 13 de julho, foi preso no Rio de Janeiro o suspeito de ser um dos maiores hackers do Brasil. O homem, de 31 anos, foi capturado em flagrante enquanto tentava vender licenças falsas de softwares para o Fluminense Football Club. O suspeito, que vinha sendo investigado há quatro meses pelos policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), se passava por representante comercial da Microsoft e se apresentou à polícia como sendo “o maior hacker do Brasil”. Ele também pode ter participado do roubo de até R$ 6 milhões do Banco do Brasil. A Microsoft já tinha conhecimento das atividades do suspeito e já havia, inclusive, feito denúncias formais contra ele. Levado para a sede da DRCPIM, o criminoso foi autuado por falsidade ideológica, estelionato, crime contra relações de consumo, crime contra a ordem tributária, crimes contra lei de propriedade intelectual e fraude no comércio. Se condenado, ele pode pegar até 20 anos de prisão.

Tecnologia SEXTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2011

www.ojornalweb.com

Windows 8 poderá rodar pelo pendriver >> Pág. 3

Preso o “maior hacker” do Brasil >> Pág. 8

Orelhões da Oi com Wi-Fi são retirados no Rio >> Pág. 8

TAQUIGRAFIA

A harmonia entre o arcaico e o moderno >> Págs. 4, 5 e 6

Sistema de sinais geométricos milenar ainda resiste aos avanços tecnológicos

CMYK

8


TECNOLOGIA 15/07/2011