Issuu on Google+

MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 DOMINGO

ANO 19 NÚMERO 029 R$ 3,00

O Jornal

BENEDITO BENTES

Chacina: 2 anos sem solução Três adolescentes e um jovem foram mortos com tiros na nuca no meio de uma mata; crime caminha para a impunidade Amanhã faz quatro anos que três meninos, com idades entre 14 e 15 anos, e um jovem de 24,

todos sem passagem pela polícia, foram mortos numa mata no Benedito Bentes. As vítimas

foram obrigadas a ficar de joelhos antes de serem executadas com um tiro na nuca. Foram mortos:

Bruno Mendes e Diego Henrique, 15 anos; Lucas Barbosa, 14; e José Ricardo, 24. Nesta edição, O Jornal

conta como está o caso hoje e que criminosos não foram encontraA14 dos.

ESCLARECIDO

A ingestão de lixo no mar é a principal explicação que os biólogos do Instituto Biota de Conservação têm para a grande quantidade de tartarugas que foram encontradas mortas na costa de Maceió nos últimos dias. Atualmente, os técnicos do instituto lutam para salvar a vida de uma tartaruga verde, encontrada na lagoa Manguaba. São poucas as expectativas de o animal sobreviver devido à grande quantidade de lixo que ele ingeriu. Em 10 dias, 14 tartarugas encalharam na costa de Maceió, mas 12 morreram. A9

Thiago Sampaio

Lixo no mar é a causa de mortes de tartarugas

DISPUTA EM MACEIÓ

Tartaruga Verde chegou ao Biota entre a vida e a morte após comer plástico no mar

OLIMPÍADAS

SÉRIE D

PATERNIDADE

BOM NEGÓCIO

ojornal-al.com.br

www.mais.al l esportes@

As promessas que o eleitor deverá ver no guia eleitoral

, 12 DE O JORNAL l MACEIÓ

l DOMINGO AGOSTO DE 2012

E

Cerimônia de encerramento dos Jogos está marcada para hoje 4

CSA precisa de um empate para chegar aos mata-matas 8

al portes O Jorn

Es

uro Com chave de o No último dia das

O Jornal fez um levantamento das propostas dos candidatos a prefeito de Maceió sabatinados, na última semana, em série da Fecomércio. As promessas devem ir ao ar no horário eleitoA2 ral gratuito.

ão masculina Olimpíadas, seleç

contra a Rússia istar o primeiro lugar 3 de vôlei tenta conqu

Seleção de vôlei busca hoje o tri contra a Rússia

www.mais.al l salavip@

CSA tenta garantir a classificação contra Feirense

, 12 DE AGOSTO DE O JORNAL l MACEIÓ

2012 l DOMINGO

S

SalaVIP + TV

Produção de a, moda masculin e em Alagoas, segu na contramão do resto do Brasil

ojornal-al.com.br

Carol Abras celebra a volta de sua personagem à trama de “Avenida Brasil” 15

6

Divulgação

Amor

sem mediidas

or de ser O poder transformado antes de pai é sentido mesmrem. Para os herdeiros nasce história Lucas Romariz, sua sentido novo u ganho de vida Lucca quando soube que 10 E 11 estava chegando

O CSA precisa apenas de um empate para passar de fase na Série D do Campeonato Brasileiro. Hoje, o time recebe o Feirense-BA, às 17h, no Estádio Rei Pelé, e conta com a presença de sua torcida.

O novo sentido que os filhos dão à vida dos pais

Em expansão, reciclagem já movimenta milhões de reais Materiais como latas, papel, papelão e restos de construção são a base para um nicho de mercado considerado promissor. A reciclagem de produtos está em franca expansão no País e moviA18 menta bilhões de reais.

NO SEMIÁRIDO

Cortesia

Fósseis de 11 espécies de animais pré-históricos – mamíferos da “Era do Gelo” – estão sendo estudados, analisados e catalogados num projeto executado no A11 semiárido alagoano.

Eduardo Leite/Estagiário

Estudo analisa 11 espécies de animais pré-históricos

Projeto envolve muita dedicação e paciência dos estudantes participantes

MARÉS 06h06...................................0.7 12h06...................................1.5

18h26...................................0.8

Comandados pelo professor Jorge Luiz Lopes, estudantes fazem os levantamentos

FASES DA LUA NOVA....................................................................17/8

CHEIA....................................................................31/8

CRESCENTE.............................................................24/8

MINGUANTE...............................................................9/8

A SSINATURAS : 82 4009.1919 CLASSIFICADOS : 82 4009.1930

P UBLICIDADE : 82 4009.1961 PABX : 82 4009.1900


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A2

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

ELEIÇÕES EM MACEIÓ

PautaGeral Da Redação pautageral@ojornal-al.com.br

A justificar s cartórios eleitorais de todo o Estado já começaram a convocar, apenas via Correios e Diário Oficial, os mesários que atuarão nas eleições municipais deste ano. Em Maceió, nas quatro Zonas Eleitorais, mais de 6.600 mesários devem ser convocados para compor as mesas receptoras de votos. Os mesários que forem convocados, mas que, por algum motivo, não poderão comparecer para atuar no dia do pleito eleitoral, devem comunicar sua ausência ao juiz eleitoral da respectiva Zona onde votam. As informações são da assessoria de comunicação da Justiça Eleitoral. O motivo para que o mesário seja dispensado do serviço eleitoral deve ser justo e plausível, como problemas de saúde física ou mental. Ninguém será dispensado por motivos banais ou infundados. O mesário é um dos personagens mais importantes no processo eleitoral por representar o povo; é o cidadão atuando efetivamente na construção da democracia”, disse o juiz eleitoral Carlos Cavalcanti de Albuquerque Filho, responsável pela 2ª Zona de Maceió. O serviço de mesário é obrigatório e sempre gratuito. Em caso de recusa ou abandono injustificado, o mesário faltoso poderá ser punido administrativa e criminalmente. Administrativamente, a punição é o pagamento de multa, estipulada pelo juiz eleitoral. Já no âmbito Penal, o Código Eleitoral determina que recusar ou abandonar o serviço eleitoral sem justa causa pode acarretar em detenção por até dois meses e também o pagamento de multa.

O

Dilma em AL 1 A Braskem já encaminhou aos meios de comunicação convite para a inauguração de sua fábrica de PVC em Alagoas, no próximo dia 17, a partir das 11 horas, no Polo Cloroquímico do Estado, em Marechal Deodoro. Tamanha é a importância do evento que a presença da presidenta da República, Dilma Rousseff, já está confirmada.

IRACEMA FERRO iracemaferro@ojornal-al.com.br

O

guia eleitoral começa a ser veiculado no próximo dia 21, mas o que o eleitor pode esperar dos candidatos a prefeito da capital? Embora não tenham o mesmo tempo para expor suas ideias

na televisão e no rádio, os candidatos tiveram a oportunidade de apresentar suas propostas durante a semana passada, na série de sabatinas promovida pela Federação do Comércio de Bens e Serviços de Alagoas

RONALDO LESSA (PDT) Diferencial: Pretende utilizar seus conhecimentos como engenheiro civil, ex-prefeito, duas vezes governador e assessor especial do Ministério do Trabalho para governar. Foi o único a falar da necessidade de novos cemitérios.

a educação fundamental, com esporte, cultura, lazer e cidadania. Valorização dos profissionais da educação com melhores salários e concurso público para suprir as carências. Saúde: Construir mais postos de saúde, maternidade municipal, hospital muni-

Diferencial: Usar seus conhecimentos no exercício dos mandatos de deputado estadual e federal para administrar a capital de Alagoas.

Dilma em AL 3 Só lembrando, esta é a segunda visita oficial de Dilma como presidenta da República a Alagoas. Na primeira, no ano passado, ela foi a Arapiraca, onde lançou o projeto Água Para Todos, que faz parte do programa Brasil Sem Miséria.

Sobrou

Vaga no TC

O presidente da Câmara de Maceió, Galba Novaes (PRB), disse esta semana que a Casa de Mário de Guimarães já tem cerca de R$ 4 milhões ‘em caixa’ que deve ser devolvido ao Executivo, como sobra do duodécimo. No ano passado foram devolvidos R$ 8 milhões, que o vereador diz ter sido resultado da “economia” feita por ele e seus pares.

A Assembleia Legislativa ainda não desistiu da indicação da cadeira vaga no Tribunal de Contas do Estado. A Casa pretende recorrer novamente ao Supremo Tribunal Federal (STF) para conquistar o direito de indicar seu presidente, Fernando Toledo (PSDB). O Tribunal de Justiça já decidiu que a indicação pertence ao procurador Gustavo Santos, do Ministério Público de Contas.

Educação: Implantar centros de ensino integral, onde as crianças chegam pela manhã e só saem à noite, e valorização dos profissionais da educação.

cipal e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e PSF em 100% da cidade. Segurança Pública: Investir na Guarda Municipal, equipando, treinando e garantindo melhores salários aos agentes, além de implan-

O

s políticos com contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado, que encaminhou a lista esta semana ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

tar videomonitoramento nas ruas. Tr a n s p o r t e e mobilidade urbana: Planejar e fazer obras estruturantes que garantam qualidade no transporte e na mobilidade para os próximos 20 anos.

Thiago Sampaio

Saúde: Informatização do sistema de saúde do município, integrando marcação de consultas, exames e entrega de medicamentos, com o intuito de eliminar as filas, construção de dez postos de saúde, já no começo de seu governo. Trazer as academias do idoso - projeto do governo federal - e investir na saúde preventiva dos idosos, o que

reduziria o consumo de remédios.

Educação: Investimento efetivo de 25% do orçamento em educação, cursos profissionalizantes, primazia na qualidade de ensino, merenda escolar adequada e gestor como exemplo para as crianças.

postos de saúde e profissionais. Instrumentalizar a equipe da maternidade Denilma Bulhões.

Segurança Pública: Reforçar o policiamento já existente com os homens da Guarda Municipal. Transporte e mobilidade urbana: Licitação dos transportes públicos, “o que

deve melhorar o preço e a qualidade, por causa da concorrência”, item no qual deverá requerer apoio ao Ministério Público Estadual, além da construção de ciclovias, e apoio à implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na capital alagoana.

NADJA BAÍA (PPS) Diferencial: Propõe a retirada do quartel do 59° BIMtz da Avenida Fernandes Lima (indo para uma área fora do perímetro urbano) e a instalação de um Instituto Municipal de Educação Profissionalizante no local, além da transformação do Parque da Pecuária num Centro de Serviços e Cursos.

Saúde: Construção de maternidades públicas, mais

Segurança Pública: Guarda Municipal será treinada pela Polícia Militar e equipada com armas não-

-letais. Criar o Fundo Municipal de Segurança Pública. Tr a n s p o r t e e mobilidade urbana: Requalificação dos transportadores alternativos para empregarem sua força de trabalho em outras frentes, como trens urbanos.

JEFERSON MORAIS (DEM) Diferencial: Usar sua experiência no exercício do mandato de deputado estadual para saber onde buscar recursos federais e onde empregá-los.

Termômetro

(Fecomércio) dispondo, cada um, de uma hora para responder questões da organização do evento e da platéia. O Jornal fez um resumo das propostas de cada candidato nas principais áreas, com base em suas respostas durante as arguições na sabatina. Continua na página A3

Thiago Sampaio

RUI PALMEIRA (PSDB)

Com investimentos de R$ 1 bilhão, a planta terá capacidade produtiva de 200 mil toneladas por ano. O montante eleva Alagoas ao posto de maior produtora da resina na América Latina. Em todo o Brasil, a produção de PVC da Braskem é de 700 mil toneladas por ano.

s aplicadores de adesivos automotivos com a chegada do período eleitoral: os chamados para novas aplicações só cresce a cada dia no Estado.

O Jornal fez um levantamento das ideias que eles apresentaram na sabatina da Fecomércio

Educação: Implantar escolas de tempo integral para

Dilma em AL 2

O

O que os candidatos devem propor no guia

Educação: Maior desafio do Poder Executivo municipal. Implantar uma escola em tempo integral, evitando que as crianças tenham contato

com as drogas e colocando-as para aprender música, teatro e praticar esportes. Saúde: Lutar para ter 20 postos de saúde que funcionem dia e noite na capital alagoana para atender à população. Segurança Pública: Colocar em prática a valorização

dos servidores da Guarda Municipal de Maceió, torná-la melhor equipada e preparada para ter parceria com o governo do Estado e garantir a segurança da população na capital alagoana. Transporte e mobili-

dade urbana: Fazer cumprir a lei municipal que proíbe o tráfego de caminhões na Avenida Fernandes Lima, no Farol, durante o dia e estendê-la para a Via Expressa, na parte alta da cidade, além da ampliação do alcance do Veículo Leve sobre Trilhos.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A3

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

GALBA NOVAES (PRB)

Contexto

Diferencial: Pretende usar sua experiência de vereador há 16 anos, bem como de morador da periferia de Maceió e os inúmeros projetos que já criou para melhorar a capital. Seu vice, o coronel da Polícia Militar Ivon Berto, ficará responsável pela área de segurança pública, tendo em vista a experiência em seus anos como militar.

Roberto Vilanova bobvilanova@hotmail.com

O absurdo

P

reocupado com a agilidade, a competência e a eficiência da investigação do Ministério Público, um grupo de delegado de polícia forçou a entidade nacional da classe a agir para impedir que os promotores também possam fazer investigação criminal. Surgiu, então, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 37, que impede o Ministério Público de investigar. Trata-se de contra-senso, além de agressão à sociedade, porquanto o poder da denúncia é exclusivo do Ministério Público. Para alívio da sociedade, a PEC 37 ou “PEC do Absurdo” está sofrendo forte oposição no Congresso Nacional - que se desmoralizará se aprová-la.

Arquivo

Diferencial: Quer usar sua experiência como vereadora e deputada federal, além de gestora da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal) para gerir melhor os recursos e fazer o SUS funcionar na capital. Educação: Construção de escolas em todos os bairros, manutenção e ampliação das

Batendo ponto

Saúde: Garantir 100% de atendimento do PSF na capital e utilizar esses profissionais para promover a saúde preventiva de doenças como

H P V, c â n c e r d e mama, hanseníase. Construir mais postos de saúde e contratar médicos, enfermeiros, dentistas e psicólogos. Segurança Pública: Investir no Bico Legal, que é o emprego de policiais militares no policiamento do Centro de

unidades já existentes, realizar concursos públicos, melhoria salarial para os profissionais. Investir em educação profissionalizante e construir escola de hotelaria do município. Saúde: Recuperar as 60 unidades de saúde da capital, apresentar projetos ao Ministério da Saúde para a captação de recursos e gerir as verbas

Maceió durante 6 horas em seu horário de folga, recebendo salário-extra da prefeitura. Tr a n s p o r t e e mobilidade urbana: Reduzir de 600 para 500 o número de ônibus nas ruas (ele defende que é preciso que os ônibus tenham maior velocidade). Yvette Moura

ROSINHA DA ADEFAL (PTDOB)

Especial O presidente da Assembleia, deputado Fernando Toledo, disse que “nada poderia fazer” para evitar o esvaziamento da Casa - que ainda não conseguiu se reunir. Ele explicou que existe um acordo regimental, pelo qual os deputados flexibilizam os seus horários em ano eleitoral.

Educação: Primeiro ato como prefeito é destinar 40% do orçamento para a Educação. Implantar a jornada integral com seis refeições, esporte, cultura e lazer.

com responsabilidade. Criar programas de saúde da mulher, do homem e da criança, além de valorizar os profissionais. Segurança Pública: Fortalecer a Guarda Municipal. Implantar videomonitoramento, ampliar a iluminação

urbana e cercar os terrenos baldios (que são esconderijos para criminosos). Tr a n s p o r t e e mobilidade urbana: Pavimentação das ruas, calçadas adequadas, ciclovias, corredores de transporte específicos, investimentos no VLT e implantação do metrô.

ALEXANDRE FLEMING (PSOL)

-”Mas, eu estou todos os dias na Assembleia. Às vezes me desloco para o interior, mas sempre passo um expediente na Assembleia” - garantiu o presidente Fernando Toledo.

Onde

Como

Se eleito prefeito de Maceió, o candidato Galba Novaes promete investir 40% do Orçamento do município em educação. Nem São Paulo, o município mais rico do país, dispõe de tamanha folga orçamentária e só tem dinheiro para investir 20% em educação.

No pedido de “habeas-corpus” a defesa do ex-deputado federal Francisco Tenório alegou que ele está em campanha eleitoral. Mesmo assim, o pedido foi negado e o julgamento pelo assassinato do cabo PM Gonçalves está marcado para este mês.

Diferencial: Quer dividir Maceió em sete subprefeituras, que serão responsáveis por apresentar as demandas e acompanhar o trabalho das secretarias em cada região da cidade, regionalizando a administração.

uma das subprefeituras. Os alunos da educação fundamental ficariam na escola das 7h às 18h, com aulas do currículo normal, mais Esportes, Cultura, Lazer e Cidadania. Construção de creches em todos os bairros.

Educação: A primeira medida é criar uma escola de tempo integral para cada

Saúde: Aumentaria a cobertura do PSF com a implantação de mais 148 equi-

pes. Construir novos postos de saúde, um hospital municipal e investir em saneamento básico.

Saúde, Cultura.

Segurança Pública: Ampliar o quadro da Guarda Municipal, equipar, dar bons salários. Investir em iluminação pública e em políticas de Educação Lazer,

Tr a n s p o r t e e mobilidade urbana: Acredita que a Avenida Fernandes Lima não comporta VLT. A solução seria metrô de superfície com um eixo do Pontal A Ipioca e outro do Centro até o Tabuleiro do Martins.

Segurança Pública: Integrar a Guarda Municipal aos órgãos de segurança pública do Estado (Polícias Civil, Militar e Federal), reforçar o setor de inteligência. Não admite guardas municipais armados, “pois podem ser transformar em uma milícia”.

Tr a n s p o r t e e mobilidade urbana: Implantação do BRT (Bus Rapid Transit ou trânsito rápido de autocarros/ônibus), que são veículos articulados ou biarticulados que trafegam em canaletas específicas ou em vias elevadas, com capacidade similar ao VLT.

Língua afiada O ex-coronel Cavalcante será a primeira testemunha de acusação contra o ex-deputado federal Chico Tenório a ser ouvida pelo juiz Maurício Breda.

Nota

Azul

A rede municipal de ensino em Arapiraca tem hoje 37 mil alunos matriculados para os dois turnos e, desses, 8 mil estão matriculados em escolas de tempo integral. Ou seja: 8 mil alunos chegam de manhã à escola e voltam para casa no final da tarde alimentados e asseados.

Para não dizer que só existe notícia ruim em Alagoas, os dados positivos de Arapiraca estão sendo usados pelo ministro da Educação, Aloísio Mercadante, como “puxão de orelha” indireto nos demais administradores municipais do país - que nada fizeram pela educação.

SÉRGIO CABRAL (PPL) Diferencial: É contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, classificando-a como “uma tendência neoliberal, uma cartilha do FMI para tolher o desenvolvimento do país e ele ser neo-colonizado”. Acabar com o Mercado da Produção, no Centro, e transformá-lo em estação de transbordo. Educação: Garantir matrí-

culas para todas as crianças e adolescentes, sem que os pais tenham que dormir nas filas para conseguir uma vaga. Ensino de qualidade em tempo integral. Saúde: Buscar verba federal para criar UPAs e melhorar os postos de saúde já existentes. Levar o PSF para 100% da cidade.

Aula de reforço O problema é que o ministro Aloísio Mercadante, no “puxão de orelha indireto”, diz assim: “Até Alagoas avançou na educação”. No caso, Arapiraca.

O pão

Nosso

Até junho de 2013, as empresas de ônibus Massayó, Piedade e Cidade de Maceió terão de distribuir cestas básicas com os seus 840 empregados, entre eles motoristas e cobradores. A sentença é do Ministério Público do Trabalho.

Mas as empresas de ônibus punidas não podem distribuir qualquer cesta básica. O Ministério Público do Trabalho fixou 12 itens considerados essenciais na cesta básica e que não podem ser substituídos por “alimentos genéricos”.

NOVO CÓDIGO PENAL

ª

Senado fará audiência na 3 O

ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), participa na próxima terça-feira de audiência pública no Senado para falar sobre o projeto de lei que trata da reforma do

Código Penal. Dipp presidiu a Comissão de Juristas que elaborou o anteprojeto de lei da reforma do Código Penal, com 543 artigos, agora transformado em PLS, a ser analisado por uma

Comissão Especial Interna do Senado, que promove a audiência pública. OUTROS JURISTAS O debate também contará com a participação do desem-

bargador José Muiños Piñeiro e do professor Luiz Flávio Gomes. Ambos são membros da comissão de juristas que elaborou o anteprojeto de reforma do Código Penal.

Aliviando a carga As empresas de ônibus só estarão dispensadas de distribuir a cesta básica em novembro e dezembro, por causa do esforço financeiro para o pagamento do 13o salário.

Expressas

10h - Panfletagem e adesivagem na orla da Ponta Verde.

Dia dos Pais em família.

Não informou agenda.

Em Arapiraca, o vereador Robério Ataíde, que havia desistido da reeleição, voltou atrás e desistiu de desistir. Disse que havia se precipitado na decisão.

7h - Café da manhã do Dia dos Pais, na Assembleia de Deus Cohab Jacintinho; 8h - Panfletagem no sinal da Avenida Jatiúca; 19h - Participação em culto da Assembleia de Deus - Aliança Renovada, no Graciliano Ramos.

- “Fiquei nervoso com o resultado do exame que fiz para aferir minha diabetes, cuja taxa está altíssima” - disse o vereador Robério, ao explicar que não desistiu da reeleição. O padre Vicente, de Joaquim Gomes, diz que a capela de Nossa Senhora de Fátima já está com 60% construída. Os 40% restantes virão de um novo “mutirão da fé” previsto para este mês. Em União dos Palmares, a expectativa é com o debate entre os candidatos a prefeitos Manoel Gomes de Barros e Beto Baía, que está marcado para o próximo dia 14.

8h - Panfletagem na praia da Ponta Verde, em frente ao antigo Alagoinhas.

17h - Caminhada no Vale do Reginaldo.

Dia dos Pais em família.

Não informou agenda.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A4

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

OPERAÇÃO SANGUESSUGA

TCU manteve condenação de Jarbas Omena, de Messias Candidato aparece como o responsável por superfaturamento na aquisição de uma ambulância DA EDITORIA DE POLÍTICA politica@ojornal-al.com.br

A

o contrário do que o candidato a prefeito por Messias do PSDB, Jarbas Omena, informou em matéria publicada na edição do último dia 22 de O Jornal, o Tribunal de Contas da União (TCU) manteve, contra ele, acórdão que condena suas contas por superfaturamento na aquisição de um ônibus com consultório médico-odontológico para o município. Ele foi punido a pagar uma multa de R$ 5 mil e a devolver R$ 18 mil que foram desviados no golpe. Informação esta que veio na edição do último dia 15 também de O Jornal. A unidade foi adquirida de uma das empresas investigadas pela Operação Sanguessuga, da Polícia Federal. A condenação de suas contas possibilita o enquadramento do candidato na lei complementar 135/2010, a

Lei da Ficha Limpa. A norma impede a candidatura de quem teve contas rejeitadas pelo TCU. O relator do recurso de reconsideração apresentado por Omena junto ao órgão de fiscalização, ministro Augusto Nardes, aponta que o candidato não conseguiu apontar “elementos capazes de afastar o valor do superfaturamento apurado” e que, por isso, deveria ser rejeitado o recurso do tucano. O ministro doTCU até narra que o candidato e ex-prefeito d e Me s s i a s a p re s e n t o u alegações com o objetivo de “demonstrar a regularidade na realização dos dois procedimentos licitatórios, um para a aquisição do veículo e outro para a transformação” em ambulância. Contudo, Nardes coloca que Omena “não foi chamado em audiência por tal ocorrência” e que, por isso, “tais argumentos não têm o condão de modificar a decisão” recorrida. Em seu voto, o ministro do TCU também aponta que todas as alegações de Omena com o objetivo de afastar a condenação ao débito resultante da multa e do valor a devolver aos cofres públicos “foram todas refutadas” pelos técnicos do

órgão. O plenário do TCU decidiu, com base no voto de Nardes, conhecer o recurso de Omena, mas rejeitá-lo. E mais: dar conhecimento da decisão ao Fundo Nacional de Saúde (FNS), Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus) e à Procuradoria da República em Alagoas. O acórdão contendo decisão sobre o recurso movido pelo candidato é do último dia 24 de julho e está registrado no TCU sob o número 5409/2012. IMPUGNAÇÃO Semanas atrás, com base na condenação do TCU e na Lei da Ficha Limpa, a coligação “Messias Pra Nossa Gente” - que tem como candidato a prefeito Zacarias Pichilau, do PTdoB -, pediu a impugnação do registro de candidatura a prefeito de Omena para as eleições deste ano. De acordo com a decisão do ministro do TCU Aroldo Cedraz, de número 021.420/2009-0, a empresa fornecedora do veículo adquirido pela Prefeitura de Messias consta da lista de firmas participantes do esquema de fraudes em licitações para aquisição de unidades móveis de saúde identificados na “Operação Sanguessuga”.

Apesar de ter afirmado que havia revertido situação, Jarbas Omena continua com condenação de suas contas no TCU

TEMPO NO GUIA

TSE fixou as bancadas na Câmara

N

a sessão administrativa da última quinta-feira, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou resolução que dispõe sobre a representação dos partidos que deve ser considerada para a distribuição do tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão nas eleições municipais de 2012. A resolução do TSE serve de orientação aos juízes eleitorais na distribuição do horário de propaganda eleitoral no rádio e na TV entre os partidos e coligações. O horário de propaganda eleitoral começa no dia 21 de agosto. As informações são do site oficial do TSE na internet. De acordo com a resolução, os juízes eleitorais deverão observar a representação de cada legenda, nos termos do anexo da resolução, para a distribuição dos dois terços do horário destinado à propaganda eleitoral gratuita de cada eleição entre os partidos e as coligações que tenham candidato. O anexo da resolução fixa as bancadas de deputados

federais dos partidos, que servirão de parâmetro para que os juízes eleitorais calculem a repartição do tempo do horário gratuito no rádio e na TV. O TSE aprovou o texto com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que, ao julgar ações diretas de inconstitucionalidade, definiu como deve ser feita a distribuição dos dois terços do tempo reservado à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. PSD O anexo da resolução fixa em 51 os deputados federais, titulares de mandato, que migraram para o Partido Social Democrático (PSD) na condição de fundadores, ou seja, no prazo de 30 dias após a criação da legenda. O partido teve o registro deferido pelo TSE no dia 27 de setembro de 2011. Em junho último, o STF decidiu que, para efeito de distribuição do horário de propaganda eleitoral no rádio e na televisão, o PSD

tem direito ao tempo correspondente ao dos deputados federais que migraram para a legenda, considerando os que foram efetivamente eleitos e que se transferiram do partido de origem diretamente ao PSD. LEGISLAÇÃO De acordo com a Lei 9.504/1997, a Lei das Eleições, cabe aos juízes eleitorais distribuírem os horários reservados à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão entre os partidos políticos e as coligações que tenham candidato. Devem dividir um terço do tempo igualitariamente e dois terços do tempo proporcionalmente ao número de representantes na Câmara dos Deputados de cada partido, considerado, no caso de coligação, o resultado da soma do número de representantes de todos os partidos políticos que a integrarem. Para isso, os juízes devem tomar como critério a representação de cada partido político na Câmara na eleição passada.

Informações sobre valor das doações eleitorais Pessoas físicas e jurídicas que fizerem doações para as campanhas de partidos e candidatos que concorrerão nas eleições municipais deste ano podem informar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o valor das contribuições e das contratações de bens e serviços. A informação é voluntária e fundamental para dar maior transparência às contas de campanha dos políticos. Os

dados serão utilizados pela Coordenadoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Coepa) do TSE na análise da prestação de contas dos candidatos. Nas eleições de 2010, o TSE recebeu 14.754 informações do tipo. Para enviar ao TSE informações sobre as doações e contratações de bens e serviços, as pessoas físicas e jurídicas devem se cadastrar por meio de um formulário eletrô-

nico. No cadastro, o usuário terá de criar uma senha. O formulário de cadastro também pode ser acessado em link disponível no box “Destaque”, localizado na página principal do TSE. Basta clicar em “Confira os dados da primeira prestação de contas parcial de campanha, além de outras informações sobre o tema” e em “Cadastro para informações voluntárias de campanha”.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A5

Nacional MINISTRA AFIRMA

www.mais.al nacional@ojornal-al.com.br

EDUCAÇÃO

JORNALISMO

“Brasil irá superar a extrema pobreza”

Profissionais de 34 países vão se reunir em SP

ASCOM / MDS

CDN – COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

B

RASÍLIA - “Conseguimos cumprir todas as nossas metas. Por isso, temos certeza de que vamos superar a extrema pobreza no Brasil”, afirmou a ministra Tereza Campello, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, ao fazer o balanço do primeiro ano do plano de superação da extrema pobreza, durante os Diálogos Governo e Sociedade Civil: Brasil Sem Miséria, na última quarta-feira, no Palácio do Planalto. A ministra destacou a busca ativa, estratégia do Estado de ir atrás dos extremamente pobres, e as ações de qualificação profissional e assistência técnica rural. “O Brasil Sem Miséria atingiu suas metas para os primeiros 12 meses”, disse, Segundo Tereza Campello, o governo não quer só propiciar melhoria de renda, mas

que a população saia da miséria em todos os sentidos. “Quem é extremamente pobre não tem acesso a um conjunto de bens e serviços do Estado”, lembrou Tereza Campello. Por isso, segundo ela, a grande meta é cumprir três grandes eixos: garantia de renda, inclusão produtiva e acesso a serviços. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) pretendia, até o fim do ano, incluir mais 660 mil famílias ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, mas no meio deste ano já havia chegado a 687 mil. “É sinal de que teremos de rever a meta, pois provavelmente havia mais gente excluída do que estimávamos”, avaliou a ministra, levando em conta que 14% desse contingente são quilombolas, indígenas, ribeirinhos, povos e comunidades tradicionais.

Assistência social: recursos sobem 35% Os recursos para assistência social cresceram 35% desde 2010, informou a titular do MDS, destacando a criação de equipes volantes (1.564), lanchas e barcos para chegar a populações de difícil acesso (129) e Centros POP (93), que atendem à população em situação de rua. Foram constr uídas também 2.077 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e ampliado o Mais Educação (escola em tempo integral), que de 15 mil passou a contemplar 33 mil escolas – aquelas com crianças do Bolsa Família subiram de 5,3 mil para 15 mil. Segundo a ministra, uma meta ousada é a oferta de

cursos de qualificação para 1 milhão de pessoas até 2014. Até julho, foram abertas 390 mil vagas em 189 tipos de cursos, com quase 200 mil inscrições. Na área rural, Tereza Campello apontou a assistência técnica a 170 mil famílias, a construção de cisternas para 137 mil lares e a ampliação e modificação do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA). A ministra também ressaltou a importância da participação social, como fóruns e conselhos e disse que a proposta do governo é garantir uma vez por ano um debate com todas essas instâncias.

S

Daniel Cara teme que deputados façam modificações ao texto que foi aprovado pela comissão especial em junho

PNE vai voltar à Câmara para novo debate Governo defende discussão ampliada sobre percentual mínimo para o investimento na área

B

RASÍLIA – O Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado por unanimidade em junho pela comissão especial que analisou a matéria, deverá ir ao plenário da Câmara. Um recurso de autoria do líder do governo Arlindo Chinaglia (PT-SP) para que o projeto seja

votado no plenário da Casa antes de seguir para o Senado já conta com a assinatura de 122 parlamentares – o mínimo para que o requerimento seja apreciado são 51 deputados. O PNE estabelece 20 metas educacionais que o país deverá atingir no prazo de dez anos. A principal delas, alvo de muita polêmica durante a longa tramitação do projeto, é a que estabelece um patamar mínimo de investimento em educação – atualmente o Brasil aplica 5,1% do Produto Interno Bruto (PIB) na área. O governo defendia um índice

de 7,5% do PIB, mas os deputados da comissão especial aprovaram a meta de 10% do PIB. As 122 assinaturas estão sendo conferidas pela Mesa da Câmara porque pode haver divergências ou duplicatas. Há ainda a possibilidade de parlamentares retirarem o apoio ao recurso. Se for atingido o mínimo de 51 deputados, o requerimento precisa ser aprovado no plenário. Caso seja aprovado, todos os 513 deputados deverão analisar e votar o projeto antes que ele possa seguir para o Senado.

Origem de novos recursos precisa ser definida De acordo com a Secretaria de Relações Institucionais (SRI) da Presidência da República, que articulou a aprovação do recurso, o objetivo de levar o PNE a plenário é fazer com que o debate

seja ampliado já que o tema é importante “e envolve muitos recursos” para ser discutido apenas por uma comissão especial com 16 deputados. A SRI questiona o fato de que o PNE não aponta de onde virão

os novos recursos que vão bancar a ampliação do investimento e esse tópico precisa ser mais discutido. O último PNE esteve em vigência entre 2001 e 2010. Atualmente o país não tem um plano em vigor, já que o texto do novo PNE foi enviado para a Câmara em dezembro de 2010 e só foi aprovado em junho de 2012. Para a Campanha Nacional pelo Direito à Educação (CNDE), uma das entidades da sociedade civil que participou de forma mais ativa da tramitação do plano, a ida do projeto ao plenário é uma “irresponsabilidade” dos deputados porque atrasa ainda mais a implantação das estratégias e o cumprimento das metas. Segundo o coordenador-geral da CNDE, Daniel Cara, caso o projeto vá a plenário, não apenas a questão do financiamento pode ser mudada, mas também outros pontos do plano que foram negociados e debatidos com a sociedade civil na comissão especial. A entidade irá tentar dissuadir os deputados para que o requerimento não seja aprovado. “Levar o PNE ao plenário é atrasar os rumos da educação para milhões de brasileiros”, afirma Cara.

ÃO PAULO - As inscrições para a 68ª Assembleia Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), que acontecerá entre os dias 12 e 16 de outubro, no Hotel Renaissance, em São Paulo, estão abertas. Com a participação de importantes jornalistas, empresários e estudantes de comunicação de 34 países, o encontro contará com debates e painéis sobre o presente e o futuro do jornalismo no continente americano, transformando a capital paulista, por quatro dias, na voz em prol da defesa da liberdade de imprensa e informação nas Américas. A 68ª Assembleia Geral da SIP espera receber em torno de 600 participantes que discutirão temas como liberdade de expressão, ética, o papel de repórteres e editores, novos modelos de empresas jornalísticas, ameaças à imprensa, violência contra jornalistas, a ação do narcotráfico, censura judicial e os processo de “legitimação” do controle da imprensa. Especialistas de internet, da área jurídica e de estratégia de mídia também debaterão assuntos correlatos.

Inscrições podem ser feitas até o dia 12 de outubro A presidenta Dilma Rousseff estará na abertura oficial, enquanto o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso discorrerá sobre a liberdade de expressão e de informação como um direito natural. Ainda entre os palestrantes, o CEO do The New York Times, Arthur Sulzberger Jr., e o presidente do diário espanhol El País, Juan Luis Cebrián. Também confirmados estão a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva; Paul Steiger, da ONG Pro Publica, de Nova York; Ken Doctor, analista de mídias sociais nos EUA; Caio Túlio Costa, professor de jornalismo da ESPM; Fernando Saguier, do jornal argentino La Nación; Milton Coleman, presidente da SIP; Ricardo Gandour, diretor de conteúdo do Grupo Estado; entre outros. A realização do evento na capital paulista vem ao encontro de desafios inquietantes para a categoria em plena era digital. Mais de 30 jornalistas do continente foram assassinados desde o início de 2011, oito deles no Brasil, sendo quatro apenas este ano. O cenário de abusos cometidos contra jornalistas se repete dentro e fora do território nacional, com casos registrados nos países vizinhos como México, Venezuela, Equador, Nicarágua e Argentina. Na edição brasileira da Assembleia será apresentado com destaque o resultado de uma pesquisa inédita com editores de jornais das Américas sobre as condições e o exercício da profissão. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sipsaopaulo. com.br até o dia 12 de outubro.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A6

Opinião

www.mais.al opiniao@ojornal-al.com.br Frase do dia

Chacina da Mata Sistema Jornal de Comunicação Conselho Consultivo João Lyra (Presidente), José Alfredo de Mendonça Nelson Ferreira

Superintendente Silvia Sacuno silvia.sacuno@sistemajornal.com.br Diretora Comercial Eliane Pereira eliane.pereira@sistemajornal.com.br Diretor Adm.-Financeiro Bruno Barrionuevo bruno@sistemajornal.com.br Editor-Executivo Voney Malta vfamalta@ojornal-al.com.br

O

que esperar de uma polícia judiciária que já levou dois anos para investigar uma chacina na qual quatro pessoas sem antecedentes criminais foram as vítimas? Para a sociedade alagoana seria interessante que, mesmo com todos os prazos expirados, a instituição mandasse às barras do tribunal os verdadeiros culpados pelo crime investigado. A pressa em esclarecer um crime de repercussão acaba fazendo isso. Quanto à Chacina da Mata – como a imprensa batizou a matança –, o caso foi investigado de forma apressada e apresentados alguns suspeitos de envolvimento no crime. Mas, depois de alguns meses de investigações e com a prisão de suspeitos que até hoje juram inocência, o caso foi concluído e dado como encerrado. Mas não estava encerrado. Tanto não estava que o Ministério Público Estadual devolveu as investigações para a Polícia Civil tomar tenência e fazer novas diligências. Quando o representante do parquet estadual faz isso é o mesmo que dizer: essas investigações não servem para incriminar os suspeitos. Ou seja, são fracas na essência

da palavra. Mas o caso começou errado porque essa matança aconteceu num sábado, e a polícia só iniciou as investigações na segunda-feira, quase 72 horas. Nesses três dias, os criminosos tiveram tempo suficiente para destruir as provas e fugir deixando a menor quantidade de rastros possível. Quando mais distante de um crime, mais dificuldade a polícia terá para esclarecê-lo a contento. Nesse caso da Chacina da Mata, muita gente foi presa, inclusive um capitão da Polícia Militar. Na casa do oficial, a Polícia Civil recolheu cartuchos e pólvora. O oficial era instrutor de tiros e usava esse material de segunda categoria nos exercícios. No entanto, todas as pessoas que foram presas já foram colocadas em liberdade por conta da falta de provas. Amanhã, o crime faz dois anos e, ao que tudo indica, voltou para a estaca zero. As pessoas que foram presas durante as primeiras investigações pedem a sequência rigorosa das investigações. Mas algumas delas não querem apenas isso. Querem ser indenizadas pelo Estado por danos morais. Está na lei.

Charge

O Jornal Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br Gerente Comercial Kaline Lages comercial@ojornal-al.com.br Gerente de Recursos Humanos Givaldo Perciano givaldo@ojornal-al.com.br Gerente Financeiro Flávio Bastos financeiro@ojornal-al.com.br

Vendas avulsas Alagoas: Dias úteis Domingos Nºs atrasados

R$ 1,50 R$ 3,00 R$ 6,00

Assinaturas em Alagoas: Semestral R$ 270,00 Anual R$ 540,00

“Conseguimos cumprir todas as nossas metas. Por isso, temos certeza de que vamos superar a extrema pobreza no Brasil”. TEREZA CAMPELLO, ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, ao fazer o balanço do primeiro ano do plano Brasil Sem Miséria.

Para meu pai Alder Flores Advogado, químico, auditor ambiental e membro da Academia Maceioense de Letras e da Associação Alagoana de Imprensa

P

ai com o passar dos anos cada vez mais o admiro e vejo o quanto o senhor foi importante na minha vida e ainda continua sendo, mesmo estando em outro plano. Algumas pessoas dizem que eu pareço muito com o senhor tanto fisicamente, como nos gestos, expressões, comportamento e maneira de ser. Ora, como poderia ser diferente, sou filho, e sempre formos muitos ligados, deste a minha infância até a fase adulta, tendo convivido com o senhor quase que diariamente por mais de 43 anos, como não poderia assimilar suas virtudes e excluir seus defeitos. Seus ensinamentos permanecem em minha mente e sempre procuro repassá-los para meus filhos. Após sua inda para outros mundos, não tenho com quem dividir meus, sentimentos, sofrimentos, dificuldades e tomada de decisões, entre outros fatores que me afligem no dia a dia. Em nosso tempo, o senhor era meu porto seguro, meu incentivador e orientador para a minha tomada de decisão, através de uma conversa franca, direta, objetiva e de homem para homem, sempre ressaltando, ande dentro da lei para o amparo da lei. Sempre que releio seus livros não consigo conter a emoção, parece que o estou vendo, em nossa casa, com a família ou às vezes com poucos amigos, naqueles dias animados. Um cronista Paraibano, mas radicado em nossa cidade, escreveu uma crônica neste mesmo periódico intitulada “Aldo Flores, o cronista”. Nesta crônica quantas coisas bonitas e verdadeiras foram escritas a exemplo “Aldo, não é um poeta no sentido do versejar, é poeta, sim, na forma

Sucursal Arapiraca Sucursal Agreste Avenida Rio Branco, 157 Sala 10 - Centro Fones - 3522-5375 / 9199-0007 E-MAIL: municipios@ojornal-al.com.br

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI SÃO PAULO 11 2178.8700 RIO DE JANEIRO 21 3852.1588 BRASÍLIA 61 3326.3650 RECIFE 81 3446.5832 www.ftpi.com.br

Cartas à Redação: opiniao@ojornal-al.com.br Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião de O JORNAL.

de captar a essência das coisas, dos seres e do mundo. Suas crônicas são pingos de chuvas correndo pela vidraça, vendedora de amendoins, mulheres bonitas, romances passados, meditações sadias e engraçadas dentro da madrugada”. É meu pai, além disto, o senhor com muito esforço e através do seu próprio brilho, foi oficial do exercito, jornalista, professor de inglês, funcionário público, Promotor de Justiça, Professor de Direito penal, Escritor e membro da Academia Alagoana de Letras, apesar, de como disse o ilustre amigo paraibano em sua crônica “Admito que muitos não gostasse dele, pois Aldo Flores sempre se encaramujou, durante parte da vida, ilhou-se, dando a entender que estava de um Aldo e a humanidade de outro. No entanto a sua riqueza interior permitia, certo ou errado, tal atitude. A família era o seu porto seguro”. Meu inesquecível pai, o senhor cumpriu sua missão, no entanto ainda lhe peço que me oriente para eu possa me livrar dos inimigos amigáveis, e conduzir o meu barco para finalmente aportar no tão almejado porto seguro. Um beijo.

Mãe, compra para mim?

EMPRESA EDITORA O JORNAL LTDA E-mail: ojornal@ojornal-al.com.br Site: www.mais.al Av. Comendador Gustavo Paiva, 3771 A Mangabeiras - Maceió/AL CEP: 57037-280 PABX 82 4009.1900 FAX/REDAÇÃO 82 4009.1950 FAX/COMERCIAL 82 4009.1960 CLASSIFICADOS 82 4009.1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE 82 4009.1919

Seus ensinamentos permanecem em minha mente e sempre procuro repassá-los para meus filhos

José Romero Nobre de Carvalho Professor e diretor-geral do SEB COC Maceió

San

A

Datas & Fatos Tratado de Hay-Herrán Em 12 de agosto de 1903, o senado da Colômbia se nega a ratificar o Tratado de Hay-Herrán. O documento estabelecia o arrendamento de uma faixa de território do istmo do Panamá aos Estados Unidos para a construção de um canal e o uso exclusivo por 100 anos. 1546 - Morre Francisco de Vitoria, espanhol considerado o fundador do Direito Internacional. 1806 - Tropas mandadas por Santiago Liniers reconquistam Buenos Aires para os ingleses e fazem prisioneiros o general William Berestford e 1.200 homens. 1821 - A Universidade de Buenos Aires é inagurada na Igreja de Santo Inácio, por iniciativa de Juan Martín de Pueyrredón. 1848 - Morre George Stephenson, inventor inglês da locomotiva à vapor. 1851 - O mecânico norte-americano Isaac Merrit Singer registra a patente da máquina de costura, em Boston. 1866 - Nasce o escritor espanhol Jacinto Benavente, ganhador do Prêmio Nobel em 1922. 1881 - Nasce Cecil B. de Mille, produtor norte-americano de cinema. 1888 - A União Geral de Trabalhadores (UGT) é criada em Barcelona, durante o Congresso de Sociedades Operárias. 1903 - O Czar Nicolas II ordena a criação de un protetorado no Extremo Oriente. O Japão protesta por causa da presença de tropas russas na Coréia. 1903 - Em 1903, o Senado da Colômbia se nega a ratificar o Tratado de Hay-Herrán, que estabelecia o arrendamento aos Estados Unidos de uma faixa de território do istmo do Panamá para construírem um canal e ter seu uso exclusivo por 100 anos. Os Estados Unidos organizaram uma rebelião no Panamá que, depois da intervenção de tropas norte-ameri-

canas, culminou com sua independência. 1905 - O presidente argentino, Manuel Quintana, sai ileso de um atentado terrorista preparado por um anarquista catalão. 1906 - O judeu Alfred Dreyfus deixa a prisão depois de receber o perdão do governo francês. O capitão da artilharia francesa foi vítima de preconceito e seu caso gerou um dos mais calorosos debates intelectuais do século XX. 1907 - Nasce Miguel Torga, escritor português. 1908 - Os restos mortais do conquistador espanhol de Porto Rico, Juan Ponce de León, são transportados do Convento de Santo Toms de Aquino para a Catedral de São João. 1908 - A fábrica Ford Motor Company de Detroit (EUA) coloca no mercado o primeiro modelo de automóvel Ford T 333. 1911 - Nasce Mario Moreno, ator cômico mexicano. 1912 - Nasce Sam Fuller, cineasta norte-americano. 1914 - Nasce Luis Mariano, cantor espanhol. 1914 - França e Inglaterra declaram guerra contra o Império austro-húngaro. 1928 - A primeira escola de samba, denominada Deixa falar, foi fundada por sambistas do bairro do Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. 1936 - É promulgada uma lei que estabelece no Peru o seguro social obrigatório. 1948 - Os Estados Unidos reconhecem o governo da Coréia do Sul. 1949 - Nasce Fernando Collor de Melo, político e ex-presidente brasileiro. 1949 - Nasce Mark Knofler, guitarrista britânico, líder do grupo Dire Straits. 1953 - A União Soviética testa secretamente a bomba H, sua primeira bomba de hidrogênio. 1955 - Morre Thomas Mann, escritor alemão, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura em 1929.

o assistir a programas de TV com meus filhos, na hora do comercial, sempre escuto: Pai, compra! A minha esposa também vive essa experiência, e, claro, aproveitamos o momento para educar. É possível que você também tenha crescido numa época em que os presentes só eram dados em datas especiais: no aniversário, no Dia das Crianças e no Natal. Os finais de semana e os feriados eram reservados para a tão sonhada Coca-Cola e doce ou sorvete de sobremesa. Nesses dias, os meninos brincavam de pique - esconde, jogavam bola, pegavam frutas no quintal do vizinho, subiam em árvores e soltavam pipas. Muitos também brincavam de queimado, mas com receio, pois isso era considerado brinquedo de menina. Ganhar era uma maravilha e pouco se via de TV. Não tínhamos tempo, pois queríamos brincar. Na época, as meninas brincavam de casinha e de escola. Como se fossem donas de casa, faziam comidinha e cuidavam dos filhos, suas bonecas, reproduzindo o universo das famílias. As crianças não tinham uma educação cheia de vontades. As mochilas e lancheiras não eram as da moda. Elas eram usadas enquanto duravam e muitas vezes eram herdadas de irmãos ou primos. Ninguém nos forçava a consumir nada além do que realmente necessitávamos. Na escola, os professores eram firmes com a gente, e a diretoria... Nossa, que medo! Notas baixas nem pensar, e indisciplina na escola... Nossa, o que era isso? Minha mãe me tomava o ponto diariamente e íamos crescendo assim, felizes. Hoje, o que mais escutamos dos filhos é marca de roupa, de tênis e de eletrônicos. Querem decidir o restaurante do final de semana e até a roupa que nós, pais, devemos vestir.

Querem decidir o restaurante do final de semana e até a roupa que nós, pais, devemos vestir As mudanças aconteceram de forma gritante e, se não tivermos cuidado, perderemos a oportunidade de mostrar aos filhos que a felicidade também está em coisas simples. Não se trata de saudosismo, nem quero aqui dizer que a vida era melhor e a das crianças de hoje é pior. Longe de mim! Cada geração tem seu tempo. Mas é importante considerar os exageros! É preciso estar atentos a vários aspectos: como está a disciplina das crianças? Estão recebendo valores éticos e morais? Estão estudando e cumprindo as obrigações? Respeitando as pessoas? Você está seguro quanto à formação de sua criança? Tem oportunizado a ela uma boa acolhida emocional? É preciso refletir sobre o modelo de educação que estamos dando aos filhos. Queremos que tenham todas as oportunidades, mas também que possuam uma boa “cultura de valores”. Não os queremos fúteis. Terão tudo o que lhes pudermos oferecer, sabendo que são privilegiados porque PODEM TER, mas devem ser ensinados desde pequenos que PRECISAM SER. Assim, chame-os ao diálogo sempre e faça-os valorizar o que conquistam. Tenha certeza de que teremos crianças felizes, seguras e conscientes, que serão adultos também felizes e seguros.


O JORNAL l MACEIĂ“, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

Publicidade

A7 www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A8

Internacional

www.mais.al internacional@ojornal-al.com.br

CHILE

Bolívia pode ter o mar de volta Grande parte do território do país foi tomada após Guerra do Pacífico e com Tratado de 1904 OUTRAS PALAVRAS

A

sociedade civil organizada do Chile começa a se levantar como uma voz a favor de uma saída para o mar da Bolívia, ao considerar que é um direito dos cidadãos daquele país a recuperação de parte de seu território.

“Essa sociedade tem, em geral, um pensamento favorável à demanda marítima do Estado boliviano, no entendimento de que os povos devem ser solidários entre si e que isso constitui um obstáculo para o desenvolvimento desse país”, afirma a coordenadora de comunicação do Observatorio Ciudadano, Paulina Acevedo. A Bolívia, um dos países latino-americanos atualmente sem litoral (como o Paraguai), perdeu seu acesso aos oceanos na Guerra do Pacífico, de 1879 a 1884, contra

o Chile, que também envolveu o Peru. La Paz e Santiago firmaram um Tratado de Paz, Amizade e Comércio em 1904, que definiu as fronteiras atuais e fez da Bolívia um país sem litoral. Os cidadãos bolivianos consideram que o acordo limitou o desenvolvimento de seu país, colocou obstáculos ao comércio e representou uma ameaça à segurança nacional. A falta de saída para o mar da Bolívia, e a reivindicação por uma, marcaram as relações bilaterais, que desde 1978 se mantém limitadas a

nível consular. Entre 2006 e 2010, La Paz e Santiago aproximaram-se e trabalharam uma agenda de treze pontos, na qual, pela primeira vez, se abordou o tema marítimo. Nesse período, o Chile era governado pela socialista Michelle Bachelet (2006-2010); e a Bolívia pelo índio de esquerda Evo Morales, que começou seu primeiro mandato em 2006 e assumiu o segundo em 2011. Mas desde a chegada ao poder do direitista Sebastián Piñera, no Chile, o diálogo bilateral ficou congelado.

Morales leva disputa a tribunais internacionais Entidades defendem referendo com chilenos Em 23 de março deste ano, o presidente boliviano Evo Morales tomou uma ação controversa, ao anunciar a decisão de levar aos tribunais internacionais a disputa pela saída para o mar com o Chile, diante da falta de propostas “concretas, úteis e factíveis” por parte de Santiago. Em junho último, deu novo passo adiante, ao se reunir em Haia

com o presidente da Corte Internacional de Justiça, Peter Tomka, quando expôs a aspiração boliviana de resolver a disputa com ajuda do direito i n t e r n a c i o n a l . Ta m b é m reuniu-se com representantes da Corte Penal Internacional. Antes, durante a Assembleia Geral da Organização de Estados Americanos (OEA), realizada nos dias 4 e 5 desse

mês, em Cochabamba (Bolívia), o chanceler anfitrião, David Choquehuanca, pediu ao governo de Piñera a abertura de renegociação do Tratado de 1904. O chanceler do Chile, Alfredo Moreno, afirmou que Santiago não irá ceder parte de seu território “assim como nenhum país o faria”, e que o Tratado de 1904 já havia estabelecido as fronteiras.

O QUE DIZ A HISTÓRIA

Disputas com o Brasil remontam a 1867 O primeiro tratado de limites entre o Brasil e a Bolívia foi assinado em 1867, quando ainda não se conhecia corretamente a situação geográfica dos rios na Bacia Amazônica; tanto que um de seus artigos estabelecia a linha limite saindo do rio Madeira, por um paralelo para oeste, até as nascentes do rio Javari - estabelecendo ainda que se essas nascentes estivessem ao norte do paralelo (o que de fato ocorreu), a linha deveria seguir “desde a mesma latitude” até aquela nascente. Em 1898, verificou-se que à vista do Tratado de 1867, a região do Acre pertencia originalmente ao Peru, porém naquela região havia

uma população considerável de origem brasileira. Isso causou diversos atritos, já que a população não queria se submeter ao governo boliviano. Diversas revoltas surgiram, e a situação de insubmissão se estendeu até 1903, quando o Brasil ocupou militarmente o território. Conseguiu-se então pacificar o Acre, e através de uma multa paga aos arrendatários anglo-americanos, declarou-se a desistência dos arrendatários. No mesmo ano de 1903, reabriram-se as negociações propondo-se, por parte do Brasil, um acordo de permuta equitativa de território, já que era interesse do Brasil

manter sob seu domínio uma população que era brasileira, apesar de o território ser, pelo Tratado de 1867, pertencente ao Peru. Depois de uma série de propostas e contrapropostas, o Tratado de Petrópolis foi assinado, ficando acordado que mediante compensações territoriais em vários pontos da fronteira, a construção pelo Brasil de uma estrada de ferro (a Madeira-Mamoré), a liberdade de trânsito pelo caminho de ferro e pelos fluviais até o Oceano Atlântico e mais uma indenização de dois milhões de libras esterlinas, a Bolívia cederia o Acre. E, desta vez, houve uma verdadeira expansão territorial.

A postura atual do estado chileno “não representa a opinião de todos os cidadãos que o compõem”, diz a ativista Paulina Acevedo, cuja organização tem uma área de ação muito ampla e representa muitos setores sociais. “Muitas organizações sociais de diferentes naturezas são favoráveis a encontrar uma solução de saída para o mar para a Bolívia, com ou sem soberania. Sabemos que a perda desta saída não foi decisão soberana, mas resultou de um

conflito armado”, completou ela. Paulina considera que o Estado chileno “insiste em não estabelecer uma relação duradoura com a sociedade civil organizada; por isso, não sabemos qual seria o resultado, em caso de um plebiscito sobre a reivindicação boliviana. Esse tipo de consulta não é possível sem uma reforma constitucional, mas submeter o tema a um referendo não é uma proposta apenas das organizações sociais.

Também houve pronunciamentos a favor por parte de figuras importantes de todo o campo político e mesmo militar. Em 2007, por exemplo, fez-se um gesto simbólico, que expressou o ponto de vista dos movimentos sociais chilenos diante da reivindicação boliviana. O próprio Evo Morales se surpreendeu, ao ser recebido por 20 mil pessoas que gritavam “mar para a Bolívia”, quando chegava à Cúpula dos Povos, paralela à Cúpula Iberoamericana que aconteceu em Santiago.

Pesquisas mostram uma sociedade dividida Em abril de 2011, uma pesquisa do jornal chileno El Mercurio, o mais influente do país e de tendência conservadora, avaliou que 64,2% das pessoas aceitariam facilitar uma saída para o mar para a Bolívia, ainda que sem concessão de soberania. Em novembro do ano passado, uma pesquisa da empresa Adimark e da Universidade Católica revelou que 40% dos entrevistados são a favor de dar benefícios compensatórios ao país vizinho. Juan Carlos Skewes, diretor do curso de antropologia da Universidade Alberta Hurtado, disse que no Chile

existe uma civilidade “não majoritária, mas significativa”, que permite que alguns reconheçam os direitos que de outros povos. Por isso, teria surgido, da sociedade civil, “uma reflexão mais cívica, uma inspiração mais cosmopolita e mais abrangente com respeito à Bolívia ao que, entendo, são suas demandas legítimas”. O estudioso lembrou que no norte do Chile existe uma importante convivência trinacional, com Bolívia e Peru. Baseia-se em uma raiz histórica e cultural que une o mundo andino e reconhece uma visão de mundo, práticas culturais, formas de

vida e rituais que são patrimônio comum da região. Skewes assegurou que o Chile lidou com o cenário internacional de uma forma muito individualista e separada de seu entorno regional, o que faz com que o país enfrente certas vulnerabilidades. “Suspeita-se que o Chile já não tem e não terá a simpatia que historicamente teve de países como Brasil, muito menos, Peru ou Argentina”, afirma. Esperando por uma solução, a Bolívia firmou acordos com Peru e Argentina que lhe permitem acesso parcial ao Pacífico e Atlântico.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A9

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

Thiago Sampaio

Tartarugas encontradas são levadas para o Instituto Biota

Lixo mata tartarugas em Maceió Nos últimos dez dias, 14 animais foram localizados nas praias da capital alagoana LÁYRA SANTA ROSA layrasantarosa@ojornala-l.com.br

D

entro de um balde de água salgada na sede do Instituto Biota de Conservação, em Ipioca, a tartaruga da espécie Chelonya Midas ou Verde como é popularmente conhecida, luta para sobreviver. A pequena foi encontrada por equipes do Batalhão de Polícia Ambiental no final de julho, num dos canais da Lagoa Manguaba, está debilitada e deve morrer. Essa não será a primeira e nem a última tartaruga a encalhar em Maceió, que acaba vindo a óbito após ingerir lixo urbano nos oceanos. “A situação desse animal é bem crítica. As chances dela sobreviver são mínimas, quase zero. Mas, estamos tentando tudo que podemos. Ela está fazendo um tratamento de fluidoterapia, medicada com antibióticos, sendo hidratada e com lavagens intestinais”, contou o presidente do Biota, o biólogo Bruno Stefanis. “Acreditamos que ela ingeriu muito lixo e isso acabou petrificando o intestino, que culminou com uma série de doenças e fazendo com que ela não se alimentasse mais. Essa situ-

ação se repete diariamente e com a maioria dos animais que encontramos encalhados na nossa costa”. Apenas nos últimos dez dias, 14 tartarugas foram localizadas nas praias da capital alagoana, só que doze delas estavam mortas. Um desses animais com vida foi encontrado na manhã da última sexta-feira, na Praia da Guaxuma, por barraqueiros que tentaram salvá-lo retirando-o da água. “Logo cedo, à tartaruga estava na beira sendo arrastada pela maré. Tentamos colocá-la de volta ao mar, mas ela sempre voltava para areia. Decidimos retirá-la, colocamos em um balde e chamamos o Ibama, que mandou chamar o Batalhão Ambiental, que passou para os Bombeiros. Infelizmente, ficam nesse jogo de empurra”, comentou o barraqueiro José Ronaldo Lins. Quem atendeu ao chamado de socorro foi mais uma vez a equipe do Biota, que a princípio recebeu uma ligação, informando que o animal estava morto. “Vamos recolhê-lo, avisar ao Ibama que mais uma tartaruga foi encontrada, já que a guarda pertence a eles e iniciar os cuidados. A princípio, sabemos que ela estava a deriva há alguns dias, está magra e desidratada. As chances de sobreviver também são pequenas, mas iremos tentar”, afirmou a diretora do instituto, a bióloga Eri Araújo. Continua na página A10

Bruno Stefanis, do Biota, tenta salvar mais uma tartaruga encontrada na praia


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A10

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br Fotos: Thiago Sampaio

Sacola plástica é o principal motivo das mortes Como não existe um órgão que cuide especificamente da vida marinha em Alagoas, uma estimativa das ONGs que trabalham com a preservação de tartarugas, como é o caso do Biota, é que apenas este ano mais de 47 tartarugas tenham encalhado no litoral de Maceió. Porém, este número pode ser muito maior. “Estamos vivendo um momento delicado e preocupante. Acredito que esse número pode ser até cinco vezes maior do que contabilizamos, já que somos acionados apenas para os trechos urbanos. Muitas vezes as pessoas encontraram as tartarugas mortas e dão destino para a carcaça”, explicou Bruno Stefanis. A maioria dos animais que é encontrada com vida é levada para tratamento, porém não resiste e acaba vindo a óbito. “Esse ano conseguimos reintroduzir apenas uma tartaruga, o restante acabou morrendo. Infelizmente, quando elas encalham o estado de saúde está bem agravado. É um trabalho duro, com o acompanhamento de veterinário”, disse o biólogo. A sacola plástica tão usada nos dias de compras em supermercado pode ser o principal motivo para a crescente mortandade de tartarugas marinhas que chegam a costa alagoana. Com a proximidade do período de desova no início de setembro, esses animais são os principais alvos dessa poluição que atinge os mares. Ao chegarem ao litoral para deixarem seus ovos, elas acabam confundindo os plásticos com águas vivas, seu alimento preferido. De acordo com o presidente do Biota esse número de tartarugas encalhadas pode aumentar ainda mais nos próximos meses. “Estamos chegando a setembro, que é o mês de início da desova. Nesta época as tartarugas se aproximam ainda mais da costa e acabam se alimentando do lixo. Elas costumam confundir principalmente as sacolas plásticas com algas e terminam sufocando”, relatou. Quando o Biota recebe um chamado para encalhes nas praias de Maceió, eles encaminham uma equipe para fazer todo o levantamento. A necropsia é feita ainda no local e é retirado material para análise. Desse levantamento, pelo menos 90% dos

mento quantitativo e ainda coletamos material biológico que servem para pesquisas. Atualmente, estamos em contato com dois pesquisadores, que devem estudar a situação dessa mortandade nas nossas praias. Isso pode nos ajudar a provar que Alagoas é um estado com presença maciça desses animais e que aqui eles correm risco”, afirmou Bruno Stefanis.

Stefanis: “Elas confundem sacolas plásticas com algas e acabam sufocando”

Vidro armazena material plástico retirado do estômago das tartarugas

resultados da coleta feita do estômago das tartarugas, o lixo doméstico tem aparecido como causa aparente das mortes. “Já encontramos bola de sopro, teclado de computador, pedaço de haste flexível e sacolas plásticas no orga-

nismo de tartarugas”, comentou Eri Araújo. To d o s o s d a d o s d o s animais são computados e arquivados, além de muitas vezes serem solicitados por pesquisadores da vida marinha. “Fazemos um levanta-

APOIO E AÇÕES Sem incentivos do Governo Federal ou Estadual, o Biota trabalha no litoral maceioense desde 2009 e tem se tornado referência nos cuidados com tartarugas. “As pessoas precisam entender que esse trabalho é feito de forma voluntária. Não estamos aqui para substituir a ação do Estado, mas sim para buscar apoio e ações que possam mudar essa realidade”, colocou o presidente do Biota. “Hoje, nos registros do Projeto Tamar, Alagoas está fora do cenário das tartarugas, com a presença apenas de um fiscal na Praia do Peba. Isso tem atrapalhado investimentos nesse setor e acabamos esquecidos. Tudo que fazemos é com estrutura limite, através do nosso investimento e de voluntários”. Segundo Bruno Stefanis, a participação da população nessa ação com as tartarugas é muito importante. “O nosso trabalho como é feito de forma voluntária, precisa da ajuda das pessoas, inclusive no momento de localizar esses animais encalhados. Por isso, quem encontrar deve entrar em contato conosco através dos números 9115-5516 ou 8815-0444 que iremos passar orientações de como proceder, ou mesmo ir até o local da ocorrência. Dessa forma, estamos coletando dados ou mesmo ajudando a tartaruga a sobreviver”, disse. O biólogo orienta ainda que as pessoas evitem tocar ou mover a tartaruga encalhada. “Não sabemos o que animal tem. Existem doenças nessas tartarugas, tumores especificamente, que podem ser transmitidos ao homem. É melhor evitar”, comenta. “Recentemente, formos informados ainda, que algumas pessoas estavam retirando o casco da tartaruga morta. Isso é ilegal e sujeito a responder por crime ambiental”. L.S.R.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A11

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

MAMÍFEROS PRÉ-HISTÓRICOS

Museu estuda e cataloga fósseis Material é retirado de campos em Delmiro Gouveia, Olho d’Água do Casado e Piranhas VALDETE CALHEIROS valdetecalheiros@ojornal-al.com.br

O

s animais pré-históricos estão muito vivos no Estado e habitam o Museu de História Natural da Universidade Federal de Alagoas. Naquele local, espécies representantes do período pleistoceno, são exaustivamente estudadas, analisadas, catalogadas e, acima de tudo, admiradas pela equipe do professor doutor em Paleontologia, Jorge Luiz Lopes da Silva. Atualmente, o especialista dedica-se ao Projeto “Mapeamento, Prospecção e Coleta de Fósseis de Mamíferos Pleistocenos no Semi-Árido Alagoano” que concentra as atividades de campo nos municípios de Delmiro Gouveia, Olho D´Água do Casado e Piranhas. São obje-

Dependendo do exemplar, o trabalho de escavação pode durar dias ou até mesmo meses

tos de estudo, os mamíferos da “era do gelo”. No total, são 11 espécies. São animais extintos sem qualquer relação direta de

ancestralidade. Dependendo do exemplar, o trabalho de escavação pode durar dias ou até mesmo

meses. Jorge Luiz Lopes coordena um grupo de estudantes de Ciências Biológicas. Entusiasmado, o professor

doutor explicou que, proporcionalmente, Alagoas é um dos Estados em que há mais registros de fósseis daquela época.

“Somos o segundo menor Estado do país e temos 60 sítios paleontológicos distribuídos em 20 municípios. Cerca de 40% dos achados está concentrada na região semi-árida alagoana. Estamos falando de espécies de 10, 50 e até 80 mil anos atrás”, detalhou ao acrescentar que tanto o fóssil mais velho – 84 mil anos – e o mais novo – 10 mil anos – foram encontrados no município de Maravilha. Jorge Luiz Lopes fala também de outras raridades. Em Piranhas, relembra o pesquisador, foi encontrado o fóssil de uma preguiça gigante com um filhote na região uterina. “A preguiça mãe morreu ainda durante a gestação. É um achado único no Brasil. O animal chegava a aproximadamente seis metros de altura”, disse. Ao recolher o material em campo, a equipe do pesquisador leva-os até o Museu de História Natural e inicia os processos de limpeza, colagem e tombamento dos fósseis.

Fósseis revelam passado, clima e vegetação No Museu de História Natural, exemplares de ossos fossilizados de megamamíferos pleistocênicos de Alagoas dá a sensação de que se pode viajar no tempo diante de dentes, úmeros, tíbias, fíbulas, fêmures, escápulas, crânios, pélvis, vértebras, costelas, rádio, ulna, ossos da mão e do pé de vários animais da megafauna. “Através desses fósseis sabemos como era o passado, o paleoclima, a vegetação, o que os animais comiam, como viviam. Precisamos entender o passado para termos mais responsabilidade no presente e nos precavermos para o futuro”, ensinou o professor doutor. Jorge Luiz Lopes relembra que “em Inhapi, foi encontrada a carapaça de um tatu gigante com tamanho aproximado de um Fusca. Em Inhapi, foi encontrada a carapaça de um tatu gigante com tamanho aproximado de um Fusca; em Olho D´ Água do Casado foi encontrado parte de um chifre de cervídeo (um veado campeiro, um animal pequeno) seu fóssil é ainda mais raro devido à fragilidade dos osso do chifre; até mesmo ossos de pássaros e madeira fossilizada nós conseguimos encontrar”. A presença de crianças nos locais em que são encontrados os fósseis deixa o professor bastante animado. “Os olhos das crianças se enchem de curiosidade e elas fazem questão de nos ajudar”. PERÍODO PLEISTOCENO O Pleistoceno foi o período quaternário que ocorreu entre 1,8 milhão a 11.000 anos atrás. A biologia pleistocênica era moderna, pois muitos gêneros e espécies de coníferas pleistocênicas, musgos, plantas flores, insetos, moluscos, pássaros, mamíferos e de outros seres vivos sobrevivem até hoje. Continua na página A12


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A12

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

Projeto busca ampliar conhecimento do passado para entender evolução Fotos: Eduardo Leite/Estagiário

Contudo o Pleistoceno foi caracterizado também pela presença de mamíferos e de pássaros gigantes. Mamutes e seus primos os mastodontes, búfalos, tigres dente de sabre e muitos outros mamíferos grandes viveram no pleistoceno. No fim do Pleistoceno, todas estas criaturas foram extintas. Foi durante o Pleistoceno que ocorreram os episódios mais recentes de glaciações, ou de idades de gelo. Muitas áreas de zonas temperadas do mundo foram alternadamente cobertas por geleiras durante períodos frios e descoberta durante os períodos interglaciais mais quentes em que as geleiras recuaram. O Pleistoceno viu também a evolução e a expansão da espécie humana, Homo Sapiens, e no fim do Pleistoceno os seres humanos tinham se espalhado por quase todo o mundo. O projeto pretende ampliar o conhecimento do passado para entender a evolução da espécie, além de contribuir

com um acervo que é patrimônio histórico-cultural para o Estado. De acordo com Jorge Luiz Lopes, em Alagoas os principais Sítios Paleontológicos estão concentrados principalmente na região semi-árida onde os fósseis são encontrados em depósitos chamados de ”Tanques”. O projeto “Mapeamento, Prospecção e Coleta de Fósseis de Mamíferos Pleistocênicos no Semi-Árido Alagoano” é uma iniciativa vinculada ao setor de Paleontologia e em parceria com o setor de Geologia e que vem registrando várias descobertas nos sítios paleontológicos do Estado. A pesquisa é financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O projeto também orienta a população dos municípios em que os fósseis são encontrados sobre a importância do material e de como devem proceder no caso de um achado – possivelmente – paleontológico. V.C

Pesquisadores restauram fósseis de animais encontrados no Sertão

Iniciativa vem registrando várias descobertas e analisando o material

Museu de História Natural foi criado em 1990

Ossos encontrados por equipe são, em grande quantidade, fragmentados

Criado em 1990 como um órgão suplementar de natureza técnico-cultural, o Museu de História Natural vem dando apoio científico-cultural às atividades de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cooperação Técnica, no campo das Ciências Naturais, aos estudantes, professores, pesquisadores, técnicos e à comunidade em geral. O Museu, desde a sua criação, vem desenvolvendo estudos nos ecossistemas locais, valorizando também o conhecimento das populações tradicionais sobre o uso dos recursos naturais do Estado. Desses estudos resultam

coleções sistemáticas científicas, testemunhas de nossa biodiversidade (atual e fóssil), das riquezas minerais e da ocupação humana no decorrer da história (arqueologia e antropologia). Com a missão de contribuir para o enriquecimento científico do País, à medida que difunde os resultados de suas pesquisas, o Museu de História Natural busca despertar o espírito científico e o amor à natureza, disseminando os conhecimentos, valores e comportamentos voltados para a preservação dos ecossistemas. O Laboratório de Paleon-

tologia do Museu de História Natural realiza pesquisas paleontológicas no Nordeste do Brasil, com ênfase nas bacias Sergipe e Alagoas, em depósitos quaternários continentais e costeiros no âmbito da Paleontologia de Vertebrados (peixes, répteis e mamíferos), da Micropaleontologia e em ambientes cársticos (fósseis de cavernas e bioespeleologia). A etimologia da palavra Paleontologia compõe-se de três raízes gregas: palaiós – antigo; ôntos – o ser, o que é; e lógos – tratado, fundamento, razão. Em sentido literal, ensinou o professor doutor, pode

Como se tornar um paleontólogo

Descobrindo a história do Sertão alagoano No fim do Pleistoceno na área que atualmente corresponde ao sertão de Alagoas, a vegetação arbustiva/arbórea era escassa, o que pode ser evidenciado pelos dados obtidos através da análise do isótopo 13 do carbono nos dentes dos proboscídeos e das preguiças gigantes, nos quais foram obtidos valores que sugerem que estes animais alimentavam-se de gramíneas. “A associação faunística encontrada em Alagoas, com ossos inteiros e até articulados além da grande quantidade de ossos muito fragmentados, nos tanques indica que os animais pereceram na região, de fome, sede ou doença e seus restos foram transportados por fluxo de detritos para o interior dos tanques”, explicou o professor doutor. Confor me Jorge Luiz Lopes, foram encontrados registros de ocorrência de mamíferos pleistocênicos nos municípios de Igaci, Jaramataia, Major Isidoro, Maravilha,

Olho d’Água do Casado, Ouro Branco, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema, Piranhas, Delmiro Gouveia. Outros três são citados na literatura: Anadia, São Luiz do Quitunde e Penedo e os outros dois citados por moradores das localidades onde foram encontrados fósseis: São José da Tapera e Inhapi. Destes, apenas em São José da Tapera não houve confirmação por parte dos pesquisadores. “O único fóssil de cervídeo (veado) encontrado em Alagoas no município de Piranhas trata-se de um chifre esquerdo quase completo o qual por suas características e ramificações está sendo atribuído a espécie Blastoceros sp, conhecido como cervo do pantanal. É o maior e mais robusto dos cervos viventes sul americano. Chegam a medir entre 1,0 e 1,25m de altura, possuem orelhas grandes e chifres grossos não muito longos.”, explicou o professor. V.C

ser expresso pela frase “Estudo dos Seres Antigos”. Como ciência, a Paleontologia engloba a análise descritiva e interpretativa da vida, durante os períodos geológicos, através do estudo dos fósseis. O termo foi criado no século XIX por Blainville em 1825. Do ponto de vista da Geologia ela contribui para o entendimento dos paleoambientes, idade relativa das rochas e da evolução cronológica do planeta. Do ponto de vista da Biologia ela contribui para entendimento da origem e evolução da vida no planeta. V.C.

Professor Jorge Luiz Lopes explica que descobertas indicam que animais pereceram de fome, sede ou doença

No Brasil não existe um curso específico para Paleontologia, ou seja, não existe “graduação em paleontologia”. Os interessados em seguir esse campo do conhecimento científico, via de regra, deve fazer graduação em Biologia ou em Geologia e, logo após, ir para a pós-graduação (mestrado/doutorado) e concentrar seus estudos na pesquisa paleontológica. Uma forma do aluno de iniciar sua preparação para se tornar um futuro paleontólogo, é durante sua graduação em Biologia ou Geologia cursar disciplinas que de alguma maneira contribuam para sua futura formação. Um exemplo que podemos dar é o caso do Curso de Ciências Biológicas da Ufal que além da disciplina obrigatória de Geologia e Paleontologia também possui disciplinas eletivas, como Paleoceanografia, Bioespeleologia e Paleontologia dos Vertebrados. V.C


O JORNAL l MACEIĂ“, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

Publicidade

A13 www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A14

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

INFORMALIDADE

CHACINA DA MATA

O comércio nas ruas e calçadas da cidade

Dois anos e crime continua sem culpados

Fotos: Eduardo Leite/Estagiário

Para garantir o orçamento familiar, muitos improvisam e recorrem ao mercado informal ELISANA TENÓRIO elisanatenorio@ojornal-al.com.br

E

les fazem da rua seus locais de trabalho. Transformam calçadas em lanchonetes, estacionamentos, pontos de venda e tudo o mais que pode render dinheiro para garantir o orçamento familiar. Sem acesso ao mercado formal, a saída para centenas de pessoas foi improvisar na geração de renda. E o resultado para muitos foi positivo: mesmo sem querer revelar o montante do faturamento mensal ou semanal, os autônomos admitem que o lucro ultrapassa mais que o salário mínimo e os deixam independentes para tocar seu próprio negócio. A “Tia da coxinha” é um exemplo de independência e prosperidade financeira. Há 19 anos, a potiguar Vânia Maria da Cruz, 42, trabalha na Rua Professor Ângelo Neto, no Farol, vendendo coxinhas para um leque de clientela fixa que inclui alunos e professores de escolas, cursinhos pré-universitários e universidades da redondeza, além de hospitais, empresa de comunicação, residências e muito mais. Mesmo sem ter revelado o valor do lucro, dá para ter ideia da margem do seu faturamento. Segundo a própria “tia”, como é chamada por todos, a média da venda diária do produto fica em torno de 200 a 250. Cada unidade custa entre R$ 2 a R$ 2,50, dependendo do sabor escolhido. “Não posso reclamar, pois minhas coxinhas saem muito mesmo”, admite a ambulante. E ela tem razão. Em um curto espaço de tempo chegam a parar carros em frente ao seu carrinho. Eles vêm de várias partes da cidade só para saborear o salgado.

Há mais de 30 anos, José dos Santos toma conta dos carros que estaciona na Rua Sá e Albuquerque, no Jaraguá

Guardar carros para garantir a renda da família Já o guardador de carros José dos Santos, 47, não teve a mesma iniciativa. Há mais de 30 anos, ele “toma conta” dos carros que estacionam na Rua Sá e Albuquerque, em Jaraguá. Mas, até agora, nem sequer pensou em pagar INSS. “Acho que me faltou informação”, justificou. A rotina de José dos Santos - também chamado de “coleguinha” por alguns de seus tantos clientes [funcionários públicos municipais e federais, bancários, comerciantes, comerciários, empresários e tantos outros] – é árdua. Ele saí de sua casa, no Benedito Bentes, por volta das 4h. Às 7h30, no máximo, já pode ser visto andando de um lado para outro em Jaraguá. Para angariar mais clientes, José dos Santos se desdobra em fazer milagres para arrumar aquela vaguinha tão

bem-vinda... Mas não é só isso: caso chova, “Coleguinha” arruma um guarda-chuva; se precisar de um recado ou levar alguma encomenda, também é só chamá-lo... Na prática, além de guardador de carros é Office-boy e até segurança, pois fica de olho em quem se aproxima de seus clientes. “Não sei como consegue ser tão rápido. A impressão que se tem é de que fica em vários lugares ao mesmo tempo. Gosto muito dele. É muito prestativo e está sempre de bom humor”, disse o bancário Marcos Luiz dos Santos. José dos Santos não estabelece uma quantia específica para guardar cada carro. “O cliente dá quanto pode”, explica. Com esse discurso, ganha diariamente - dependendo do

freguês e de cada um deles - de centavos a R$ 50,00. A média diária, porém, é de R$ 1 a R$ 2. Os melhores clientes, segundo conta, são os deputados, quando aparecem na Prefeitura de Maceió. “As gorjetas deles são no valor de R$ 50. É muito bom!”, festeja. Mas o que não revela, de jeito nenhum, é quanto consegue apurar no final do mês. “É difícil saber porque varia muito”, argumenta, acrescentando que, apesar da incerteza do futuro, gosta muito do que faz. “Consegui criar meu filho de 16 anos com o dinheiro daqui. É com este dinheiro que ele está estudando e, se Deus quiser, entrará em breve em uma universidade. Não posso reclamar de falta de sorte na vida, pois tenho condições de comer e uma casa para morar”, diz.

Procura por lanche motivou decisão de abrir o negócio O início da carreira profissional de Vânia teve início quando o cunhado dela, que é taxista, comentou que todos os dias muitos alunos ficavam querendo fazer um lanche rápido quando saiam da escola. Foi quando a ideia de colocar um carrinho oferecendo coxinha e refrigerante começou. E, de lá para cá, a rotina se mantém. A ambulante sai do Jacintinho, onde mora, às 5h da manhã para, às 7h, já estar a postos na sua ‘lanchonete’. Ela permanece no local até às 21h. “Faço o que gosto, tenho os meus clientes e, o mais importante, não tenho patrão”, comemora. Para não passar por imprevistos no futuro, Vânia paga o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) como autônoma.

Vânia aproveitou a proximidade com uma escola e montou um negócio para vender salgados e refrigerantes

Banca de caldo e salgados existe há 13 anos O autônomo Everaldo Ramos Nascimento, 41, também é um caso de sucesso. Sua banquinha ocupa parte da calçada da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) há 13 anos. No local é servido refrigerante, caldo de cana, salgados e guloseimas para clientes fixos e esporádicos que passam constantemente pelo local.

Assim como tantos outros, Everaldo sai ainda de madrugada do Conjunto Frei Damião, no Benedito Bentes, onde mora, para, ainda bem cedo, já ter começado a trabalhar. Para agradar os clientes, ele espalha mesas e cadeiras fazendo do local uma lanchonete improvisada. E a iniciativa tem dado

certo. Sem revelar faturamentos, ele apenas confirma que não tem do que reclamar. “A gente trabalha muito, mas tem o respeito dos outros e consegue administrar sua própria vida”. Para Everaldo, o inverno representa o pior período, mas, mesmo assim, ele nunca tentou mudar o rumo de sua vida profissional.

VALDETE CALHEIROS valdetecalheiros@ojornal-al.com.br

A

“Chacina da Mata” como ficou conhecida a execussão de quatro jovens completa dois anos amanhã. Bruno Mendes da Silva, de 15 anos, Diego Henrique da Silva Galvão, 15, Lucas Barbosa, 14, e José Ricardo da Silva, 24, foram assassinados no dia 13 de agosto de 2010, em um crime que chocou os alagoanos. Todos foram mortos com tiros na cabeça. As vítimas moravam no Conjunto Cidade Sorriso, área disputada por traficantes. Passados dois anos, o capitão da Polícia Militar Paulo Eugênio Freitas – apontado pelas investigações policiais como autor da chacina e que teve o nome inocentado posteriormente – tem o direito de responsabilizar o Estado por ter apontado seu nome como autor da chacina. Há alguns dias, o capitão esteve reunido com a direção-geral da Polícia Civil com o objetivo de pedir celeridade na conclusão do inquérito policial que investiga o crime. Nos últimos dois anos, o oficial Paulo Eugênio tem gasto todo seu tempo para reunir informações para provar sua inocência e apontar erros que a polícia teria cometido para, segundo sua defesa, incriminá-lo. O inquérito foi concluído pela delegada Sheila Carvalho e remetido à Justiça em outubro de 2010. Ele foi devolvido posteriormente à Delegacia de Homicídios por falta de elementos que apontassem os autores materiais e intelectuais do crime.

Segundo o escritório de advocacia que atende ao capitão, o oficial foi desonrado e apontado como alvo de investigações e processos administrativo e judicial, teve a residência vistoriada e submetida à busca e apreensão judicial. Familiares do capitão afirmaram que seus filhos ficaram em estado de depressão e tiveram a rotina e a honra expostos à acusações injustas. “Queremos apenas Justiça. Por nós e pela família dos jovens que foram mortos. As investigações aconteceram rapidamente e de forma errada. Tinha-se pressa em apontar para a sociedade os culpados. O que acabou não acontecendo. Ele [capitão Paulo Eugênio] foi apontado como bode expiatório. Tanto é que as pessoas apontadas como os criminosos foram comprovadamente inocentados. E até hoje os verdadeiros criminosos estão soltos e, inclusive, podem estar matando mais pessoas”, disse um parente do oficial, que acredita que seu nome foi apontado porque o militar desenvolve um trabalho de combate ao tráfico de drogas na região do Benedito Bentes e que desagrada a um pequeno grupo político. Desde a chacina, o militar procura o Conselho Estadual de Segurança, o Ministério Público Estadual (MPE) e a Ordem dos Advogados do Brasil, em uma saga que pretende levar à Justiça com pedidos de retratação e indenização por danos morais. Segundo a família, foram dois crimes: a chacina e as acusações sobre o capitão.

Crime causou repercussão em Alagoas O crime causou grande repercussão em Alagoas e apontou o capitão Paulo Eugênio como um dos autores do crime. Posteriormente, ficou provado que o militar nada tinha a ver com a chacina. Á época, o oficial era instrutor de tiros e possuía várias munições em sua residência para ministrar estas aulas. De acordo com as investigações, as munições eram as principais evidências de que o oficial seria o autor do crime. Os familiares das vítimas disseram à polícia que os jovens não tinham passagem pela polícia e eram do “bem” e que, no dia do crime, tinham apenas ido buscar lenha no loteamento para fazer fogo já que em casa não possuíam fogão. Familiares disseram que os rapazes teriam sido vítimas de vigias do loteamento. Também foram presos durante a investigação policial: o cabo Cícero Nascimento, o cineasta e líder comunitário no Benedito Bentes, Leonardo Francisco da Silva, Eliberto Marcelino da Silva e Jaime José de Lima. Naquele ano, as investigações apontavam a existência de uma milícia agindo no bairro do Benedito Bentes. Os justiceiros foram apontados como policiais e ex-policiais militares. Investigações Retomadas – A tese inicial das investigações – as milícias – foi derrubada e

deu lugar a uma segunda linha de investigação. A hipótese aponta para quatro traficantes da Grota da Alegria, que queriam se vingar do mais velho dos rapazes chacinados, o servente José Ricardo da Silva. Segundo uma testemunha secreta, Ricardo teria provocado a ira destes suspeitos, que são indiciados em vários outros crimes, sem ter noção do perigo em que estava se metendo. Figura conhecida no Conjunto Cidade Sorriso, Ricardo era tido como farrista e mulherengo, quase sempre encontrado em bares da região. Em meio a esta vida desregrada, o servente teria se envolvido em um “desentendimento com os suspeitos de tráfico”. No final do mês passado, as investigações começaram a ser conduzidas pela Delegacia de Homicídios, que ganhou um novo formato depois da implantação do Plano de Segurança. De posse de alguns dados, o Ministério Público Estadual solicitou diligências com objetivo de obter mais informações sobre alguns suspeitos para posterior denúncia. Há expectativa que nos próximos dias o caso chegue ao fim com a prisão dos envolvidos. Através de assessoria de comunicação, a Delegacia de Homicídios informou que não irá se pronunciar porque as investigações estão ocorrendo conjuntamente com o MPE.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A15

Municípios

www.mais.al municipios@ojornal-al.com.br

ANÁLISE DAS LAGOAS

IMA apresentou resultados Relatório mensal mostrou que lagoas apontam as condições de potabilidade no complexo

A

Diretoria de Laboratório do Instituto do Meio Ambiente apresenta sexta-feira (10) o resultado das análises feitas nas amostras colhidas em 19 diferentes pontos do complexo estuarino-lagunar Mundaú-Manguaba. Considerando o período do ano, os resultados são apontados como aceitáveis, quanto à potabilidade, pela equipe técnica.

Todos os parâmetros analisados seguem a resolução nº 357, de março de 2005, do Conselho Nacion a l d o Me i o A m b i e n t e ( Co n a m a ) . No re l a t ó r i o podem ser observados itens como: número mais provável (NMP)/100 ml de coliformes termotolerantes; oxigênio dissolvido (OD); demanda bioquímica de oxigênio (DBO); demanda química de oxigênio (DQO); salinidade e cor, entre outros. Alguns aspectos chamam a atenção, como a quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas fozes dos rios Remédio e Salgado, assim

Amostras foram colhidas em dezenove pontos do complexo

como nos canais da Levada e da Assembleia. Entretanto, “são seis pontos em desconformidade, enquanto 13 estão em conformidade, ou seja, são mais de 50% pontos considerados potáveis, com baixa presença de coliformes”, explica Carlos Soares, diretor do laboratório. Ele disse ainda que “o resultado está aceitável porque os números não apresentaram grandes alterações, considerando o período do ano, o inverno. Alguns itens que estão indicados fora dos parâmetros também têm que ser observados nesse contexto”, explicou. Além disso, os resultados

apontam que as águas coletadas estão consideradas salobras, quando a salinidade está compreendida entre 0,50‰ e 30‰ , e doces, quando a salinidade é inferior a 0,50‰. As coletas foram feitas no dia 25 de julho nas lagunas Mundaú e Manguaba, assim como nas fozes dos rios Mundaú, Salgado, Sumaúma e Paraíba do Meio; zona dos canais – foz do rio Remédio, Boca da Barra e no Riacho Cachoeira. O período entre a coleta e a apresentação dos resultados é longo por causa da quantidade de testes feitos para gerar o relatório, que é mensal.

RESGATE

JUBILEU DE OURO

Projeto estimula brincadeiras

Diocese inicia comemorações

A Secretaria de Saúde de Arapiraca, por meio da Área Técnica de Promoção da Saúde, está executando o projeto “Resgatando Brincadeiras de Criança com Ênfase na Cultura de Paz”. Profissionais estão pintando aviões (amarelinhas) e trilha do trânsito (educativa) nas escolas da rede municipal de ensino de Arapiraca. “As pinturas são mais um recurso para resgatar as brincadeiras infantis, que foram esquecidas, e, dessa forma, melhorar a relação interpessoal, prevenindo a violência, estimulando a prática de atividades físicas e combatendo o sedentarismo”, explicou a assistente social Fátima Ramalho.

A Diocese de Palmeira dos Índios iniciou ontem as atividades comemorativas aos seus cinquenta anos de instalação, com chegada da Imagem Peregrina da Padroeira Nossa Senhora do Amparo à Sé diocesana e Concelebração Eucarística. O evento conta com diversas homenagens e se estende até o dia 19 no qual acontecerá Solenidade presidida pelo Núncio Apostólico do Brasil. “Na s c o m e m o r a ç õ e s do jubileu áureo de nossa Diocese tenho a certeza de que o Senhor nunca abandonou a sua Esposa, a sua bem-amada Igreja; a sua graça sempre superabundou em nós e em nosso meio, por isso, a Ele a

As escolas Benjamim Felisberto, Caic, José Pereira Lúcio, João Lúcio da Silva, José Pereira Sobrinho, Dom Constantino Lüers, Marieta Rodrigues Peixoto, Professor Lúcio Alberto de Melo, Lourenço de Almeida, Jaime de Altavila, Manoel Humberto, Guimarães Passos, Cônego Epitácio Rodrigues, Anna Bernardes Silveira, das zonas rural e urbana, já tiveram suas pinturas concluídas. O psicopedagogo Damião Lima enfatiza que, o brincar na vida da criança, ajuda no desenvolvimento social, psíquico e físico, estimulando o aluno na aprendizagem. “Através da brincadeira, o aluno forma conceitos, rela-

ciona ideias e estabelece relações lógicas, desenvolvendo também a expressão oral e corporal, reforçando habilidades sociais e reduzindo a agressividade, bem como a construção de seu próprio conhecimento”, salientou. O grupo IEC, sob a coordenação do psicopedagogo Damião Lima e Ricardo Leão, assistente social, idealizador da trilha do trânsito, são responsáveis pelas atividades. A idealizadora do projeto “Resgatando Brincadeiras de Criança”, a assistente social Fátima Ramalho ressalta a importância da iniciativa para a melhoria da qualidade de vida dos alunos da rede municipal de ensino em Arapiraca.

glória, e a nós, ‘servos inúteis’, o trabalho”, comenta Dom Dulcênio Fontes de Matos, Bispo diocesano de Palmeira dos Índios desde 2006. Todos os dias Bispos das diversas dioceses do Brasil se fazem presentes para as Celebrações Eucarísticas na Catedral e em diversas paróquias, demonstrando assim verdadeira comunhão da Igreja com as celebrações deste jubileu. Na programação do evento consta a realização de um Simpósio Eucarístico, permitindo assim reflexões sobre a Eucaristia e adoração ao Santíssimo Sacramento pela santificação do clero. Dentre os conferencistas encontram-se Padre Elison Silva, da Arquidio-

cese de Maceió, e Padre Jânison de Sá Santos, da Arquidiocese de Aracaju, ambos com formação acadêmica na área catequética. O último dia reúne a Bênção doMarcodoJubileuàs16helogo em seguida a Solene Concelebração de encerramento pelo Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giovanni D’Aniello. A presença do prelado significa a comunhão de toda Diocese de Palmeira dos Índios com o Santo Padre, o Papa Bento XVI. “Sem dúvida será um momento ímpar na história de toda a Diocese que durante estas atividades viverá dias mais intensos da sua experiência de fé”, afirma o Diácono Jerônimo Pereira.

Conhecendo um pouco da história A Diocese de Palmeira dos Índios foi criada aos 10 de fevereiro de 1962 pelo Santo Padre da épocaJoãoXXIIIcomafinalidade de dar“aos povos cristãos a oportunidade de conservar cuidadosamente a religião e de ajustar o modo de vida aos preceitos do Sagrado Evangelho”. Mesmo tendo sido criada em fevereiro

daquele ano, a Sé Diocesana de Palmeira dos Índios só foi instalada em 19 de agosto pelo Núncio Apostólico da República Brasileira. Para a composição do território da nova circunscrição eclesiástica foram desmembrados municípios das Dioceses de Maceió e Penedo. Para primeiro Bispo de Palmeira dos Índios,

em 04 de julho de 1962, foi eleito por João XXIII, o paraibano Dom Otávio Aguiar Barbosa, na época, Bispo de Campina Grande (PB). Atualmente a Diocese encontra-se sob a guarda de Dom Dulcênio Fontes de Matos, sendo assim transferido para ser o quarto Bispo Diocesano de Palmeira dos Índios.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A16

CASA DE CUSTÓDIA

Arapiraca

www.mais.al municipios@ojornal-al.com.br

Presos acima da capacidade Izabelle Targino

Superlotação e falta de estrutura da Casa de Custódia de Arapiraca preocupam direção IZABELLE TARGINO municipios@ojornal-al.com.br

P

assados pouco mais de dois anos da inauguração, a Casa de Custódia da Polícia Civil em Arapiraca está superlotada. O problema é antigo, mas, hoje, a população carcerária é de 155 detentos, quase o dobro da capacidade máxima, que é de 90 presos. Com apenas dez celas, os detentos chegam a dividir espaço com mais de quinze pessoas num único lugar e muitas vezes não tem espaço nem para sentar. De acordo com o diretor da Casa de Custódia, Jorge

Samuel, há alguns dias a situação estava pior e já chegaram a coloca 22 detentos numa única cela. “Hoje a Casa de Custódia tem 155 detentos quando a capacidade máxima é de 90. Mas há poucos dias som estávamos com165 custodiados. Nós não temos mais espaço físico para receber mais ninguém, mas todos os dias chegam presos aqui”, disse o coordenador. Como não há celas suficientes, os presos ficam amontoados, causando preocupação entre os agentes e o próprio coordenador. “Nós temos dez celas para abrigar todas as pessoas que estão aqui. Para não haver tantos problemas, nós estávamos organizando uma distribuição de forma que os mais perigosos ficavam nas celas de baixo; presos menos perigosos nas de cima, e os presos por estupro ficam separados

Amontoados em poucas celas, detentos disputam espaço com outros presos e pertences pessoais

dos outros. Porém, por conta da grande quantidade de presos que temos hoje, não temos condições de dividir dessa maneira”, argumentou Samuel. O problema da superlota-

ção se torna ainda pior à noite, quando os presos vão dormir. Segundo o diretor, devido à quantidade de gente, para poder dormir, os presos retiram todos os pertences das celas e se dividem entre os que

ficam em colchonetes e os que vão dormir em redes. “Tudo, comida pratos e talheres de plástico, depósitos, é colocado no pátio para poder aumentar o espaço deles. Como não cabem todos

no chão, alguns começaram a trazer redes e eu tive que permitir”, explicou Jorge Samuel. Sozinha, a Casa de Custódia absorve presos de três Distritos Policiais de Arapiraca, além de mais oito cidades que fazem parte da 4ª Região do Departamento de Polícia Judiciária da Área 2 – Girau do Ponciano, Lagoa na Canoa, Olho D’água Grande, Feira Grande, Limoe i ro d e A n a d i a , Ca m p o Grande, Craíbas e Traipu. Os presos ficam na casa de custódia aguardando a decisão da justiça quanto à liberdade ou a transferência para o presídio. Em Arapiraca, algumas pessoas estão detidas há mais de dois anos. “Temos pessoas que já estão aqui desde antes da Casa de Custódia ter sido inaugurada. Outras já foram detidas quatro vezes. A quantidade de reincidentes é altíssima”, disse o coordenador.

Visitas ficam prejudicadas com lotação

Possível solução renova esperança

Com o alto número de presos, a quantidade de policiais civis que trabalham na Casa de Custódia não é suficiente. Nas quintas-feiras, a situação é agravada com a chegada dos familiares que saem de vários municípios vizinhos para visitar parentes. A reportagem do O Jornal foi conferir a situação e logo na chegada se deparou com uma grande quantidade de gente que, por volta das 11h, ainda esperava sua vez de entrar. Jorge Samuel explica que a visita inicia às 9h e segue até às 13h. Por conta da grande quantidade de parentes, foi organizado um esquema de distribuição de fichas por ordem de chegada.

Para tentar amenizar a situação, Jorge Samuel disse que o juiz de execuções penais de Arapiraca, João Luiz de Azevedo Lessa, autorizou que à medida que fossem tendo alvarás de soltura no presídio, detentos seriam transferidos. Para o diretor, o impacto social que poderia causar uma fuga ou rebelião seria muito grande. A Casa de Custódia de Arapiraca localizada numa movimentada avenida de acesso a cidade e rodeada de residências e comércio. Jorge Samuel explicou que há alguns dias entrou em contato com o responsável pela administração do presídio, capitão Anísio, que informou que duas celas do presídio estavam sendo desocupadas e logo iria poder receber alguns detentos. Para Samuel, apesar de não resolver completamente o problema, seria uma forma de amenizar. “Pelos menos poderão ser transferidos os presos mais complicados e perigosos”, expôs. Procurado pela reportagem, o diretor de Polícia Judiciária da Área 2, delegado Flávio Saraiva disse que já existem alguns projetos para melhorias na infraestrutura da Casa de Custódia de Arapiraca. Quanto à questão da superlotação, o delegado afirmou que após a construção do novo presídio, no município de Craíbas, a quantidade de presos na Custódia vai diminuir.

As fichas começam a ser entregues logo cedo e acabam às 9h, quando os visitantes começam a entrar. De acordo com ele, não existe um limite de fichas, mas quem chega depois das 9h não entra mais. É autorizada a entrada de dois familiares, dependendo de cada caso, a mãe e a esposa do preso. Entretanto, Samuel explica que, por conta da quantidade de detentos, isso fica inviável. “Já tem essa quantidade de presos e se fossem entrar as duas pessoas que são permitidas, não caberiam aqui. A sorte é que nem sempre vem mãe e esposa no mesmo dia. Só estamos liberando uma pessoa. Às

vezes, quando é idoso, eu deixo entrar”, justificou. Depois de entregar as fichas, as pessoas vão entrando de seis em seis para poder passar pela revista. Para controlar todo esse movimento, o diretor disse que o efetivo é menor que o necessário. Maria Cicera Firmino é mãe de um dos presos, que está há três meses detido. Como mora em Maceió, ela só visita o filho uma vez por mês e reclama: “Lá dentro está muito cheio. É um tumulto muito grande e a gente não encontra nem um lugar para sentar”. Dona Josefa Maria da Silva foi visitar o irmão. Para consegui passar mais tempo na visita, ela disse que chegou a Casa de Custódia antes das 5h da manhã. “Eu vim logo cedo pra entrar logo. Mas quando cheguei aqui já tinham mais de quarenta pessoas na minha frente”, relatou. Jorge Samuel reconhece a burocraciadodiadevisitas,mas, segundo ele, é uma maneira de organização justamente para evitar algum tumulto. “A entrada de quem chega mais tarde demora porque nós temos todo um protocolo a seguir. Antes de encontrar com os presos, as pessoas têm que passar pela revista e isso demora um pouco. Sabendo disso, muita gente chegam aqui na quarta à noite e dormem na porta, mas não temos outra opção”, justifica.

Na porta, famílias esperam sua vez para entrar para a visita

Problema também na infraestrutura Além da superlotação outro preocupa a direção da Casa de Custódia e os familiares dos detentos: a estrutura deficiente do local. Apesar de ser relativamente novo, pois foi inaugurado há pouco mais de dois anos, os problemas são notáveis. Desde a recepção até as celas, é fácil encontrar paredes com infiltrações. As instalações elétricas, em alguns pontos do prédio, estão expostas, com emara-

nhados de fios. A reportagem não teve acesso à parte interna, mas muitos familiares fizeram questão de falar sobre os problemas. De acordo com eles, a fossa está estourada e em um dos corredores o mau cheiro é quase insuportável. Os banheiros estão entupidos e dentro das celas, a falta de higiene é grande. Além disso, em algumas celas as lâmpadas estão queimadas e não foram trocadas.


O JORNAL l MACEIĂ“, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

Publicidade

A17 www.mais.al comercial@ojornal-al.com.br


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A18

Economia

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br

RESÍDUO VALIOSO

Reciclagem é nicho promissor Yvette Moura

Somente o alumínio reciclado no Brasil movimenta na economia em torno de R$ 1,8 bilhão por ano DIÁRIO DO NE

O

que tinha como destinação lixões e aterros sanitários virou um dos mais promissores nichos de mercado não só no Brasil como em todo o mundo. Os resíduos produzidos diaria-

mente nos lares, comércio e na indústria estão retornando ao dia a dia após passarem por processo de reciclagem e ser reaproveitados pelos segmentos produtivos. Latas, garrafas, ferro, plástico, papel e até restos de podas de árvores estão sendo recuperados e transformados para gerar dividendos financeiros. A cada dia, surgem novas oportunidades de negócio tendo como matéria-prima aquilo que há alguns anos era desprezado nas calçadas e nos

contêineres. “Esse é um mercado que continua promissor e que cresce a cada dia. Com o advento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a tendência é de se aproveitar mais resíduos gerados. Com isso, vão surgir mais empresas voltadas para a reciclagem e aumentará o número de empregos”, garante o presidente do Sindicato das Empresas de Reciclagem e Resíduos Sólidos Domésticos e Industriais do Estado do Ceará (Sindiverde), Marcos Albuquerque.

Material de construção produz argamassa Para ele, a cada momento o mercado descobre novas formas de lidar com o reaproveitamento de materiais que antes eram levados para aterros ou descartados de forma nociva ao meio ambiente. “Um exemplo disso é a sobra de material da construção civil que está sendo transformado em argamassa e retornando assim ao mercado”. Levantamento realizado bianualmente pelo Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre) corrobora com o entendimento do Sindiverde. A pesquisa realizada junto a 443 municípios brasileiros em 2010 comprova

que o papel/papelão lidera em termos de material reciclado, com 39,9%, seguido pelo plástico (19,5%), o vidro (11,9%), metais (6,8%), embalagem longa vida (1,9%), alumínio (0,9%) e eletrônicos (0,2%). Por região, a Sudeste lidera em termos de realização da coleta seletiva, com 50%, seguida pela Sul (36%), Nordeste (10%), Centro-Oeste (3%) e Norte (1%). CUSTO Outro dado importante é que o custo desse tipo de coleta é hoje quatro vezes mais caro do que a maneira tradicional de se coletar o lixo.

Entretanto, a disparidade já foi maior. Em 1994, o custo era dez vezes maior. Em relação à maneira como a coleta seletiva é processada, 78% é da forma mais tradicional, de porta em porta; 44% em postos de entrega voluntária e 74% através de cooperativas de catadores. Vale salientar que muitos municípios trabalham com mais de uma opção, daí a aparente distorção (acima de 100%) do percentual total. No que diz respeito aos agentes envolvidos no serviço, 62% são de cooperativas, 52% das próprias prefeituras e 26% particulares.

O que antes era jogado fora passa, agora, por um processo e gera emprego e renda, movimentando milhões em reais

Papel continua sendo campeão do processo O campeão no mercado da reciclagem é o papel, incluindo aí suas variações, inclusive o papelão. Responsável por 39,9% desse nicho de mercado, para se ter uma ideia do reaproveitamento, nada menos do que 28% de tudo o que circulou no País nesse segmento em 2010 foi fruto da reciclagem, conforme o Cempre. Isso corresponde a aproximadamente um milhão de toneladas de papel de escritório. No mesmo ano, o consumo per capita brasileiro de papel de escritório foi de 44 quilos por habitante ao longo de um ano. Nos Estados Unidos, no mesmo período, atingiu-se a cifra de 288 quilos. PET Em 2010, o Brasil consumiu 505 mil toneladas de Poli Tereftalato de Etileno (PET) pós-consumo. Desse montante, 56% veio da reciclagem, num total de 282 mil toneladas. As garrafas são recuperadas principalmente através de catadores e cooperativas, além de fábricas e da coleta seletiva das prefeituras. Para se ter uma ideia da riqueza desse material, com ele é possível se fabricar a fibra de poliéster para a indústria têxtil, para ser utilizada como fios de costura, forrações, tapetes e carpetes, mantas de tecido não tecido (TNT), dentre outras aplicações conhecidas. Em 2009, o Brasil foi o segundo país do mundo em reciclagem de PET, com 56%, perdendo para o Japão, que

atingiu índice de 72,1%. Além de evitar o envio do material para os aterros, o reaproveitamento implica em grande racionalização de energia já que utiliza apenas 0,3% do que seria necessário para a produção da resina virgem. Além do mais, pode ser reciclado inúmeras vezes sem que o produto final sofra prejuízo. VIDRO O Brasil produz em média 980 mil toneladas de embalagens de vidro por ano. Cerca de 45% da matéria-prima empregada é reciclada na forma de cacos. Segundo o Cempre, o principal mercado para recipientes de vidros usados é formado pelas vidrarias que compram os cacos dos sucateiros ou recebem diretamente de suas campanhas de reciclagem. Pode ser ainda aplicada na composição de asfalto e pavimentação de estradas, construção de sistemas de drenagem contra enchentes, produção de espumas e fibra de vidro, bijuterias e tintas reflexivas. LATAS DE AÇO O mercado de sucata de aço é bastante importante e tende a crescer sempre, pois a indústria siderúrgica precisa do material para poder atingir uma nova produção. Em 2010, foram geradas 33,3 milhões de toneladas de aço bruto no País, das quais, 604 mil toneladas foram de folhas de aço para embalagens. Trata-se do material mais reciclado no mundo. Em 2010, foram nada menos do

que 424 milhões de toneladas que passaram pelo processo em todo o planeta, incrementando empregos. PNEUS Tapetes de automóveis, mantas para quadras esportivas, pisos industriais e borrachas de vedação são alguns itens produzidos a partir da reciclagem de pneus que, após triturados, recebem óleos aromáticos e produtos químicos desvulcanizantes, formando um tipo de borracha. O número de postos de coleta de pneus usados no País ainda é relativamente pequeno, apenas 600. Conforme a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos, o Brasil reciclou em 2010 cerca de 311 mil toneladas, o que corresponde a aproximadamente 62 milhões de unidades. ALUMÍNIO Trata-se do material mais reaproveitado através de processos de reciclagem no Brasil. Em 2010, o percentual atingiu 98%. Para se ter uma ideia do que isso representa, movimentou R$ 1,8 bilhão na economia nacional, segundo o Cempre. Somente a etapa de coleta (compra de latas usadas) injetou R$ 555 milhões, o equivalente à geração de emprego e renda para 251 mil pessoas. A lata de alumínio é usada normalmente como embalagem de bebida. Cada brasileiro consume, em média, 54 latas por ano.

Outros materiais começam a ser reaproveitados Mais recentemente, além do aproveitamento do material da construção civil para fabricar argamassa, outras atividades de reciclagem vão ganhando espaço no mercado. É o caso da fabricação de briquetes, uma espécie de carvão ecológico que substitui a lenha. É produzido com sobra de coco, palha de coqueiro, pó de serraria e também com restos de poda de árvores. Para se ter uma

ideia, mensalmente, são recolhidas em Fortaleza 1.800.000 quilos de podas que eram levados para o aterro sanitário e hoje são reaproveitados pelos produtores de briquetes. O material, além de ter maior poder de fogo que a lenha, ocupa quatro vezes menos espaço e ainda poupa a natureza. Outro item que vem sendo utilizado com sucesso é o óleo de cozinha usado que está sendo processado e

transformado em biodiesel. Antes, era lançado nos esgotos, causando grande prejuízo ao meio ambiente. Hoje, é coletado em restaurantes, hotéis, padarias, lanchonetes, bares e restaurantes e vendidos à usina de biodiesel da Petrobras que funciona em Quixadá. O chamado lixo eletrônico também começa a ganhar um outro destino nas mãos de empresas que passaram a se interessar por ele.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A19

Economia

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br

ENERGIA ELÉTRICA

Medidor eletrônico agora tem regulamentação pela Anatel Agência aprovou a normatização dos equipamentos, que darão início a uma nova era de consumo DIÁRIO DO NE

A

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o regulamento dos medidores eletrônicos de consumo de energia, o que possibilitará aos consumidores pagar preços mais baixos pela eletricidade consumida fora dos horários de pico. No futuro, esses equipamentos também permitirão que as distribuidoras ofereçam novos serviços, como a energia pré-paga, ou ainda a venda e distribuição do excedente de energia gerada por meios solares ou eólicos domiciliares. Essa regulação era o que faltava para uma sensível

mudança no segmento de consumo de energia no País, que já ocorre em outros países e era esperada no Brasil. Vale lembrar que, para ter os medidores digitais, é preciso que a concessionária de energia tenha passado pelo 3º ciclo de revisão tarifária. Na prática, os medidores digitais propiciam a formação da chamada rede inteligente (ou smart grid, no jargão da área), que funcionará como a “internet da energia”, nas palavras do diretor relator do regulamento, André Pepitone. “Essa tecnologia reduz a conta de luz do consumidor, diminui as perdas de energia no sistema e aumenta a qualidade dos serviços prestados”, afirmou ele. “Os consumidores deixarão de receber informações apenas ao final de cada ciclo de faturamento e passarão a ter papel mais ativo no relacionamento com a distribuidora e o sistema elétrico”, elogia.

Baixa renda não será incluída De acordo com a Aneel, a nova sistemática não inclui a chamada baixa renda. Os

subgrupos que terão acesso à tecnologia são os consumidores residenciais (exceto baixa

renda) e industriais. Conforme a agência, os consumidores rurais devem ser incluídos,

pois podem optar pela tarifa branca e apresentam cargas moduláveis, de forma que as

informações trazidas pelos medidores podem ser importantes a esses usuários

O sistema de cobrança diferenciada de energia foi aprovado pela Aneel em novembro do ano passado, mas dependia dos medidores eletrônicos para que pudesse ser implementado. Nesse modelo - que será opcional para os usuários - a eletricidade consumida nos horários de menor demanda na rede, batizada como “Tarifa Branca”, custará cinco vezes menos que os preços cobrados no pico de consumo e três vezes menos que as praticadas nos horários intermediários. Por outro lado, nos momentos de pico, o custo será maior. Além da diferenciação por horário, os medidores inteligentes poderão comunicar quedas de energia às distribuidoras em tempo real, agilizando o processo de restabelecer a rede de força. O equipamento também permite o corte ou religamento remoto do serviço nas residências, sem precisar da presença de um técnico da companhia no local. No prazo máximo de 18 meses, as distribuidoras brasileiras terão que oferecer o novo equipamento para os consumidores que o solicitarem.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

A20

Imobiliário

www.mais.al imobiliario@ojornal-al.com.br

FINANCIAMENTO

Lei das novas regras facilita a portabilidade Alteração foi feita durante a tramitação da medida provisória no Congresso Nacional, convertida em lei

A

lei que estabeleceu as novas regras de remuneração da poupança foi publicada no Diário Oficial da União, acrescida de medida que facilita a portabilidade do financiamento para compra da casa própria entre os bancos. De acordo com a Lei 12.703, quando o cliente transferir o financiamento

de um banco para outro, será eliminada parte do processo burocrático para transferir a garantia do bem. A alteração foi feita durante a tramitação, no Congresso Nacional, da medida provisória sobre as novas regras de poupança, agora convertida em lei. A lei permite que uma averbação na troca de credores seja suficiente para mudar a garantia hipotecária ou alienação fiduciária do imóvel. Atualmente, o mutuário tem o direito de migrar seu financiamento imobiliário para um banco que ofereça taxas e condições mais vantajosas para o

pagamento. No entanto, para fazer isso, precisa pegar o empréstimo com a nova instituição financeira, quitar o financiamento com o banco anterior, ir ao cartório fazer o registro do imóvel e depois fazer a alienação fiduciária. Agora, segundo o relator da medida provisória, Henrique Fontana (PT-RS), a averbação de transferência terá um custo menor para o cliente bancário. Ainda será preciso regulamentação da nova regra de migração do crédito imobiliário pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Qu a n t o à s re g ra s d e remuneração da poupança, continua valendo o que estava definido na medida provisória. Sempre que a taxa básica de juros, a Selic, estiver em 8,5% ao ano ou abaixo desse patamar, o rendimento da poupança é 70% da Selic mais a Taxa Referencial (TR). Quando a Selic for superior a 8,5%, vale a regra antiga de reajuste pela TR mais 0,5%. Atualmente, a Selic está em 8% ao ano. A lei também estabelece que o Banco Central divulgue a remuneração da poupança, que já pode ser consultada pela Internet.

INFRAESTRUTURA

PAC deve sair esta semana O

governo adiou para esta semana a reunião com os empresários, inicialmente prevista para a última terça-feira, em que a presidente Dilma Rousseff pretende anunciar o pacote de estímulo aos investimentos, que inclui um novo programa de concessões à iniciativa privada na área de infraestrutura e medidas para reduzir o custo da energia elétrica para o setor produtivo. De acordo com o Palácio do Planalto, o adiamento ocorreu por causa da dificuldade de conciliar a agenda dos quase 30 empresários convidados para o evento, o terceiro encontro, da que a presidente realiza, neste ano, com representantes das maiores companhias brasileiras e estrangeiras instaladas no país. Dirigentes de empresas que respondem por parcela considerável do Produto

Interno Bruto (PIB) brasileiro devem participar da reunião com Dilma, como Vale, Odebrecht, Marcopolo, Embraer, Itaú e Bradesco, além de representantes de entidades de classe, como a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O adiamento acabou atendendo aos interesses do governo, que está com dificuldades para fechar a conta dos investimentos, diante da queda no ritmo da arrecadação tributária e da pressão do funcionalismo por reajustes de salários. A necessidade de novas medidas de estimulo, no entanto, é cada vez mais urgente diante do pessimismo com o crescimento da economia. Na última edição do relatório semanal Focus, divulgado ontem pelo Banco Central, os analistas do

mercado financeiro estimam que o PIB crescerá apenas 1,85% em 2012, previsão ainda mais baixa que a de apenas 1,9% com que trabalhavam na semana passada. TARIFA MAIS BARATA A redução do custo da energia é um pedido antigo dos empresários. Eles reclamam que os diversos encargos que incidem na conta de luz, encarecem a produção e tiram a competitividade dos produtos brasileiros diante dos competidores externos. Desse modo, em muitos casos, acaba sendo mais barato importar do que produzir localmente. De acordo com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, a desoneração planejada pelo governo deverá baratear a tarifa em mais de 10%. A grande expectativa em relação às novas medidas está

no chamado “PAC da infraestrutura”, o novo programa de concessões de rodovias, ferrovias, aeroportos, portos e obras de energia, que visa, ao mesmo tempo, retirar barreiras ao desenvolvimento e elevar a taxa dos investimentos. “Oportunidades não faltam”, ressalta Paulo Godoy, presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), que torce por uma presença maior do capital privado em grandes obras. As ferrovias estão entre os destaques das novas concessões. Para Rodrigo Vilaça, diretor executivo da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), os atuais concessionários também gostariam de uma maior abertura para a iniciativa privada construir novas estradas de ferro, como um novo ramal da Ferrovia Norte-Sul.

SETOR IMOBILIÁRIO

Santander anuncia reduções O

Santander anunciou reduções de taxas para o financiamento de imóveis. Para clientes que aderirem ao pacote Serviços Imobiliários Van Gogh, as taxas mínimas praticadas passam a ser de 9,5% ao ano, mais a Taxa Referencial (TR), para financiamentos de imóveis com valor abaixo de R$ 500 mil, e 10% ao ano mais TR para imóveis acima deste valor. E para clientes que aderirem aos serviços Van Gogh e trouxerem a conta-salário ao banco, as taxas mínimas serão de 8,8% ao ano mais TR, para imóveis com valor inferior a R$ 500 mil, e de 9,5% mais TR para imóveis com valores superiores. Para fazer a adesão ao pacote de serviços Van Gogh e poder desfrutar das taxas reduzidas, o cliente deve pagar R$ 45 mensais e deve

Pacote ainda oferece serviços de assessoria ao cliente para fazer a compra

se manter no plano por, no mínimo, seis meses (período de carência). O pacote, além de oferecer taxas reduzidas, oferece serviços de assessoria ao cliente para compra do imóvel, desconto de 25% no seguro do imóvel e em outras modalidades de seguro e também taxas diferenciais para outras linhas de investimento, como em CDB e previdência.

Para clientes que não contratarem os ser viços do pacote Van Gogh, as taxas continuam as m e s m a s. Se g u n d o Jo s é Roberto Machado, diretor executivo de negócios imobiliários do banco, a taxa média das linhas de crédito imobiliário praticadas anteriormente pelo banco e também fora do serviço Van Gogh é de 10,5% e a taxa máxima, que não foi

modificada, é de 11%. Machado explica que as reduções visam a trazer mais clientes ao banco e também aumentar o volume de transações de quem já é correntista. “O banco entende a importância do produto, não só no relacionamento de longo prazo com o cliente, como na carteira de crédito de outros ativos do banco. O cliente que tem crédito imobiliário realiza um volume de transações 30% maior do que os outros clientes, descontando a transação do crédito imobiliário”, explica. As novas taxas estão valendo desde o dia 7 de julho. A contratação do financiamento pode ser feita nas agências do Santander em todo Brasil e, segundo o banco, 75% dos financiamentos são aprovados imediatamente. Os prazos do financiamento podem chegar a 35 anos.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

B1

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Entrevista l Kid Abelha

Aos 30 com gosto de...

quero mais ELÔ BAÊTA cultura@ojornal-al.com.br

E

m uma indissolúvel carreira que comemora três décadas, a sonoridade do Kid Abelha continua resistindo ao tempo e gerações como poucos dos bem-nascidos nos embalados anos 80. A formação é a mesma de quando surgiram. O “gás” musical, também. Juntos, fazem com que o trio de pop rock permaneça no coração do brasileiro como um dos mais queridos do País. Sorte, perseverança, muito trabalho, dedicação? O Caderno Dois teve um bate-papo exclusivo com a banda,

Vocês estão completando 30 anos de estrada no cenário musical nacional. Qual o segredo de o grupo se manter indissolúvel, permanecendo no coração dos amantes do pop rock brasileiro por tanto tempo? Interessante... Certamente poderíamos responder a esta pergunta de duas formas bem diferentes. A primeira é que não acreditamos que exista um segredo, uma fórmula para essa permanência. O que aconteceu, na verdade, foi fruto da sorte, de muita dedicação, de muito trabalho e perseverança, pois, ao longo desse tempo, tivemos vários momentos de provação. A segunda maneira é que talvez exista, sim, uma química especial que nos une e que, ao longo desses anos, tivemos a oportunidade e o privilégio de aprimorá-la, exercitando-a de um jeito despretensioso, espontâneo e natural. Ambas as versões são verdadeiras, mas ainda assim não poderíamos explicar a permanência durante tanto tempo senão pelo apoio e pela aprovação por parte do nosso público e dos

nossos fãs, com quem estabelecemos desde o início uma relação de cumplicidade e uma completa sintonia. Vamos voltar no tempo. Como começou a história do Kid Abelha? Como acontece com outras bandas nacionais, nasceu na garagem? A banda se formou ao longo do ano de 1982. Nos conhecemos por intermédio de amigos comuns. Coincidentemente estudamos todos na mesma universidade, mas não nos conhecemos lá. Desenho industrial, Letras, Engenharia eletrônica, Direito e História foram os cursos que tentamos terminar, até que, em um determinado momento, nossos compromissos profissionais acabaram nos impedindo de manter a mínima frequência às aulas. Infelizmente, nossas garagens de prédios não nos permitiram realizar o sonho do estereótipo da famosa banda de garagem. Acredito que cada um tinha uma trajetória musical indivi-

que desembarcou em Maceió para um apoteótico show de aniversário, na noite de ontem, onde lançaram “Multishow ao Vivo – Kid Abelha 30 anos”. No mais novo registro, eles reúnem DVD, Bluray e CD e apresentam um apanhado de canções de todas as épocas, com arranjos excepcionalmente originais. Na conversa, eles foram convidados a um irresistível flashback, onde a tônica não poderia ser outra senão “o segredo de tanto sucesso”. Confira a entrevista na íntegra.

dual, que resultou em um grupo com formação e trajetória históricas. Como isso se deu? Na verdade, éramos todos muito jovens naquela época, e seria muito pretensioso afirmar que já tínhamos uma trajetória musical. Alguns de nós tínhamos uma pequena experiência de apresentações em teatros, barzinhos e no que eu considero um dos maiores desafios: o de tocar para uma pequena, às vezes minúscula, plateia. Como acontece e é natural em toda banda, cada um trouxe consigo uma enorme variedade de influências musicais. Adentrando na memória do Kid Abelha, qual a primeira música composta pelo grupo e o palco do primeiro show? Nós atribuímos ao dia 13 de novembro o início oficial de nossas atividades, com uma apresentação no “Circo Voador”. Nossa primeira música, se não me engano, foi “Vida de cão é chato pra cachorro”, da mesma época de “Distração”.

Qual a grande inspiração. Ou melhor, o que vocês curtem em termos de música brasileira? A música brasileira é tão, mas tão rica, que a gente poderia ficar aqui horas e horas na tentativa de reverenciar tudo de bom que já foi feito e que nossa memória permite lembrar. Aproveitando que estamos na semana de seu aniversário, vou lembrar de “Alegria, alegria”, que, na minha infância, juntamente com Os Mutantes e todas aquelas belas canções que ele compôs para a Gal Costa trouxeram um sopro de libertação e me remetem, mesmo nos dias de hoje, à lembrança de uma criação profundamente original, inspirada e com um extremo frescor de novidade. Estou falando, é claro, do Caetano Veloso. Três décadas e, claro, grandes lembranças? É muito legal e curioso lembrar que, na época em que nossas músicas começaram a tocar nas rádios, havia no final do dia uma relação das dez mais pedidas, e tivemos a honra de ouvir

nosso primeiro sucesso – “Pintura íntima” – dividindo o horário com obras-primas como “Geni e o Zepelin”, do Chico Buarque. Depois disso, as rádios passaram a estabelecer uma programação muito segmentada e fomos obrigados a ouvir apenas um gênero de cada vez. Só rock, só lambada, só sertanejo, só axé, só pagode e por aí vai... Uma pena. Alguma grande influência sonora comandando todo esse percurso do Kid? São muitas as influências. Na verdade, são muitos distintos universos sonoros, por exemplo: Roberto e Erasmo (nossos Lennon e McCartney), Rita Lee, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Lulu Santos e inúmeros outros que não vem ao caso citar. No início, nossa geração teve a intenção de se colocar com um discurso mais simples e direto. Era uma forma de nos diferenciar da estética da geração anterior. No começo do Kid, também ouvíamos muito bandas inglesas. Continua na página B3


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

B2

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Variedades

Roteiro AMANHÃ Versos de Charles Bukowski, ao som do americano Atiba Taylor e do alagoano Ricardo Lopes serão as atrações do projeto Em Maceió chove poesia. O show, marcado para as 20h, no Maikai Choparia, passeará pela obra de caráter “debochado” e estilo coloquial, unida a clássicos do blues interpretados pelos vocais, sax e teclado de Taylor e pela mistura de jazz, rock e blues de arranjos contemporâneos, ligados à cultura popular nordestina, da guitarra de Lopes. Ingressos: antecipados R$ 7 (meia) e R$ 14 (inteira), à venda nas farmácias Ao Pharmacêutico; na bilheteria do Maikai, no dia do show, R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira). Mais informações: (82) 8135-5990/contato@lumeeiro.org. TERÇA O Cine Misa iniciou sua programação com um calendário de produções. No próximo dia 14 será exibido Invasor, de Beto Brant. No dia 21, a telona será invadida por Alma Corsária. E, fechando o ciclo de exibições, o dia 28 será marcado pelo filme Estrelas radiosas, seguido de debate com o diretor Pedro da Rocha e a produtora Vera Rocha. As sessões do cine são gratuitas e acontecem todas as terças-feiras, às 19h, no Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Praça Dois Leões - Jaraguá).

EM CARTAZ Inscrições abertas para o Festival Literatura em Vídeo 2012 até o dia 30 de setembro. Realizado pelas editoras Ática e Scipione, com apoio da MTV, da produtora Buriti Filmes e do portal Tela Brasil, o projeto é voltado a educadores e alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio das redes pública e privada de todo o País. O concurso tem como objetivo incentivar o hábito pela leitura e estimular a criatividade. Mais Informações no site http://www.literaturaemvideo.com.br.

Horóscopo

INSTITUTO OMAR CARDOSO

WWW.OMARCARDOSO.COM.BR

Áries

Touro

Gêmeos

Câncer

20 março a 20 abril

21 abril a 20 maio

21 maio a 20 junho

21 junho a 21 julho

pouco propício para tratar de De paraiaassuntos jurídicos e financeiros impor ideias em seu campo

evitar a tensão nervosa diante das Sacabarepessoas importantes, tudo poderá bem neste dia. De qualquer

s negócios que tem em vista, podevite desavenças, questões e desarmonias na vida doméstica. Por outro lado, E O rão ser realizados com vantajosos terá sucesso nos negócios relacionados lucros, pois as transações comerciais

profissional. Igualmente, tudo que diz ser novo, (negócios, empresa, etc.) deve ser posto de lado. Reponha as energias fazendo apenas o que lhe dá prazer.

maneira, mantenha a serenidade e não discuta com ninguém. Cuidado com problemas de crédito. Namorar, cozinhar e o contato com a terra estão favorecidos.

estarão em evidência. Agora evite receios infundados e preocupações negativas. Excelente para o amor, assuntos familiares e ao romance.

com construção e com metais de um modo geral. Massagens, tratamentos de pele e cabelos, ajudarão a revitalizar seu organismo, aliviar as tensões, e tornar o seu dia mais agradável.

Leão

Virgem

Libra

Escorpião

22 julho a 22 agosto

23 agosto a 22 setembro

23 setembro a 22 outubro

23 outubro a 21 novembro

ara que tudo saia a contento, deverá ase em que receberá boas sugestões ivre-se de suas preocupações F para solucionar de vez suas dificulda- Ltomando atitudes positivas para Po nervosismo tomar uma atitude inteligente e evitar des financeiras e bom também para solucioná-las. O dia se apresenta que de nada adianta. Sucesso junto ao sexo oposto e não se descuide da saúde. As atividades manuais podem ser a melhor forma de você entrar em contato com suas emoções.

iniciar negócios imobiliários e para solicitar a casa própria. Harmonia amorosa e familiar. Você sentirá a necessidade de se expressar publicamente, exibindo sua criatividade.

positivo aos negócios arriscados e as empresas precipitadas. Terá bom relacionamento com os filhos. Um período propício aos seus relacionamentos sociais e amorosos.

neste dia, qualquer ação, que EPorvite, possa afetar seu equilíbrio nervoso. outro lado, sua saúde melhorará totalmente assim como suas chances de sucesso geral também serão evidentes. Não fique inerte quando chamado a agir fora dos seus anseios pessoais.

Sagitário

Capricórnio

Aquário

Peixes

22 novembro a 21 dezembro

22 dezembro a 20 janeiro

21 janeiro a 20 fevereiro

21 fevereiro a 20 março

seu potencial criativo continua forte. ia em que poderá obter os resulD tados pretendidos em seu campo O É certo que pessoas conhecidas irá profissional. Pode, também, iniciar ajudar você profissionalmente nestes próximos dias. Use sua inteligência para influenciar os superiores para conseguir o que deseja.

negócios e tratar de assuntos pessoais que será bem sucedido. Necessidade de sair em busca de segurança material, com muita determinação para atingir o que deseja.

oderá atrair pessoas do sexo oposto. spetacular influência astral. Poderá Pcometendo E Evite prejudicar sua saúde não realizar grandes e lucrativos excessos alimentares, alconegócios, ter sua situação financeira ólicos e profissional. Não confie demais, também, em subordinados e estranhos. Todavia o sucesso pessoal e a evolução da personalidade serão evidentes.

elevada, receber dinheiro considerado perdido. Você estará buscando descobrir o seu verdadeiro papel na sociedade. O período exige cautela.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

Dois TV TV ALAGOAS - SBT Canal 5 06h00 - Aventura Selvagem 06h30 - Pesca Alternativa 07h30 - Brasil Caminhoneiro 08h00 - A Grande Ideia 08h30 - Vrum 09h00 - Igreja Mundial 11h00 - Domingo Legal 15h00 - Eliana 19h00 - Vamos Brincar de Forca Jequiti 19h40 - Sorteio da Tele Sena 19h45 - Programa Silvio Santos 00h00 - De Frente Com Gabi 01h00 - O Mentalista / The Mentalist 02h00 - Alvo Humano / Human Target 03h00 - Chase 04h00 - Encerramento da Programação

TV GAZETA - GLOBO Canal 7 05h45 - Santa Missa 06h45 - Sagrado 06h55 - Gazeta Rural 07h25 - Pequenas Empresas 08h00 - Globo Rural 08h55 - Auto Esporte 09h30 - Esporte Espetacular 12h20 - Aventuras do Didi 12h55 - Os Caras de Pau 13h45 - Temperatura Máxima Filme: Encantada (Exibição em HD) 16h00 - Futebol 2012 Campeonato Brasileiro Atlético MG x Vasco 18h00 - Domingão do Faustão 20h45 - Fantástico 23h05 - Domingo Maior Filme: 16 Quadras (Exibição em HD) 00h50 - Sessão de Gala Filme: Quebrando a Banca (Exibição em HD) 02h50 - Corujão

TV PAJUÇARA - RECORD Canal 11 06h30 – Alagoas da Sorte 07h00 – Olimpíada – Atletismo 08h45 – Olimpíada – Vôlei Masc Brasil X Rússia - Final 11h30 – Tudo É Possível 13h30 – Programa do Gugu 17h00 – Olimpíada Cerimônia de Encerramento 20h00 – A Fazenda 5º Temporada 21h00 – Domingo Espetacular 23h15 – Repórter Record 00h15 – Todo Mundo Odeia o Chris 01h15– Ponto de Luz

TV EDUCATIVA - TVE Canal 3 06h30 - Sustentáculos 07h00 - Palavras de Vida 08h00 - Santa Missa 09h00 - Viola Minha Viola 10h15 - Curta Criança 10h30 - Janela Janelinha 11h00 - Os Pezinhos Mágicos de Franny 11h30 - A Turma do Pererê 12h00 - ABZ do Ziraldo 12h30 - Tromba Trem 12h45 - Carrapatos e Catapultas 13h00 - Pingu 13h30 - Louie 14h00 - Dango Balango 14h30 - TV Piá 15h00 - Stadium 16h00 - Os Protetores do Planeta 17h00 - Ver TV 18h00 - De Lá Pra Cá 18h30 - Cara e Coroa 19h00 - Papo de Mãe 20h00 - Conexão Roberto D’Ávila 21h00 - EsportVisão 22h30 - Curta TV 23h00 - Cine Ibermédia 00h30 - DOC TV IV 01h30 - EsportVisão 03h00 - De Lá Pra Cá 03h30 - Samba na Gamboa 04h30 - Telecurso Ensino Médio 04h45 - Telecurso Ensino Fundamental 05h00 - Telecurso Tecendo o Saber 05h30 - Salto para o Futuro

B3 www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Variedades

Entrevista l Kid Abelha l Grupo musical

“O sucesso é algo que nos inspira e faz bem” Esperavam entrar o século 21, com enxurradas de novos grupos e estilos surgindo, com o mesmo entusiasmo do começo e encantando novas e antigas gerações? É engraçado. A virada do século é algo que representa em nosso imaginário um poderoso divisor de águas. Eu lembro que, quando eu era menor, tinha dúvidas se testemunharia essa passagem. E, fazendo uma correlação com a nossa trajetória, ficamos muito surpresos ao olhar para trás e imaginar que aquele grupo, que parte da imprensa e da crítica da época declarou, em tom de condenação, se tratar de uma “banda de um só verão”, esta aqui até hoje e conseguiu realizar coisas que não podia imaginar. Quanto à aproximação com o público, a música tem esse poder de conexão entre as pessoas, elas nos relatam com frequência momentos marcantes de suas vidas relacionados a uma determinada música nossa. Isto é muito bacana. Nessas três décadas, qual o saldo musical do Kid Abelha. Ou seja, quantos CDs, DVDs e composições até agora? São 15 CDs e agora três DVDs

e um BluRay, em que produzimos nossas próprias composições. As inúmeras canções continuam bem atuais e no gosto do público, um diferencial importante e pouco comum aos grupos nascidos nos sonoros anos 80. Isso se deve ao estilo de vocês ou há algo de mais especial que os mantém no mercado até hoje? É claro que esse sempre foi o nosso objetivo: fazer músicas que tocassem e motivassem as pessoas. Mas, você tem razão, em grande parte pode estar relacionado ao nosso estilo de compor. Sempre valorizamos muito as canções. Nós sempre tivemos o cuidado de fazer nossas músicas e arranjos de uma forma diferente e original. Mas, muitas vezes, acontecia que a gente quebrava a cabeça para apresentar algo bem diferente e as pessoas vinham comentar: “Esta música é a cara de vocês”. Então, só nos restava achar graça, mas talvez aí tenhamos percebido que havíamos desenvolvido uma identidade sonora própria da banda. Coisa que é muito importante.

A inesquecível e sempre bem lembrada “Como eu quero” pode ser considerada a obra-prima do grupo? “Como eu quero” é, sem dúvida, uma música muito importante na nossa carreira. Foi nossa primeira “balada”. Lembro que nosso produtor (o Liminha, que foi dos Mutantes) nos perguntou, na época, se tínhamos noção do que poderia representar uma música lenta no repertório de uma banda. É claro que não tínhamos a menor ideia! Essa canção estava esquecida no meio de tantas outras bem mais agitadas. A gente ouve ela tocar até hoje, nos mais diferentes horários e em estações de rádios bem distintas.

as que necessitam de mais regularidade.

rativo desses trinta anos, em que incluímos também uma música inédita. Nesse repertório de 21 canções apresentamos cerca de 17 em seus arranjos originais. É muito interessante para os fãs, que vão ter a oportunidade de nos ouvir e nos ver tocando algumas músicas do comecinho do Kid em seus arranjos originais. Coisa que, provavelmente, não fazemos desde a época em que elas foram lançadas. Não se trata de um projeto com uma característica exclusivamente “retrô”. Na verdade fizemos um apanhado de todas as fases e todas as épocas do Kid, incluindo os maiores sucessos.

A vocalista Paula Toller, assim como os demais componentes do Kid, como aconteceu com tantas outras bandas nascidas àquele tempo, poderia ter seguido carreira solo.A escolha de se manter juntos, tocando e compondo, foi absolutamente pessoal ou há outras circunstâncias que os envolvem? Acredito que, sem dúvida, é uma escolha pessoal de cada um. A vontade de continuar trabalhando juntos depois de tanto tempo. No nosso caso, ainda tivemos a oportunidade de experimentar a carreira solo, nos bem-sucedidos trabalhos da Paula e do George. Talvez o apelo do nosso público tenha funcionado como uma motivação extra para permanecermos unidos.

Individualmente, vocês vivem dos palcos ou cada um tem outras paixões profissionais as quais também se dedicam? Com certeza, é difícil qualquer outra paixão profissional competir com a música. Mas uma das características de nossa profissão é também a singularidade de nossa rotina de trabalho e dos nossos horários, o que dificulta bastante a realização rotineira de outras atividades, principalmente

Não poderia finalizar sem, novamente, falar em segredo. O que há por trás de todo esse entusiasmado sucesso? Acho que o “entusiasmado sucesso” é aquele que nos motiva de tal forma que acaba nos transportando para uma outra dimensão. Às vezes, para uma dimensão de bem-estar e relaxamento; outras vezes, para uma dimensão de pura excitação e alegria juvenil. Sem dúvida, o sucesso é algo que nos inspira e nos faz bem. E.B.

Este mês, vocês estão lançando Multishow ao Vivo - Kid Abelha 30 anos. Na verdade, muito mais que um disco, mas um projeto. Fale-nos um pouco sobre ele. É um registro em DVD, Bluray e CD de um show comemo-

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br El. comp.: todo Modelos de saia Marajó e Bananal

Aquele que executa sumariamente, sem julgamento legal

© Revistas COQUETEL 2012 Diz-se São depodo te- sitadas na conta lefonema poupança DDD

O país Fornece dos gurus sombra Deserto em dias de sol asiático

Pedaço de papel

Índice da Bolsa de Valores (sigla)

À (?): sem ter o que fazer Artigos do vestuário O mês das noivas

(?) Powel, violonista brasileiro

Utensílio cilíndrico usado em pintura

Estrago, Letra do sobretudo infinitivo em navios verbal mercantes

Pessoa A serra do culta (fig.) pico da Porção de Neblina oceano Lima Duarte, para Paloma Duarte

Longos; compridos

Espécie de jangada (?) Altman, cineasta

1ª vogal Devastação

(?)-8, grupo dos países mais ricos Turba (bras.) Referir-se Íon com A parte superior carga negativa Medida de (Quím.) radiação Nunca precede "P" e "B" Ervamate, para os índios

Natação (abrev.) Saudação da tourada Pequena igreja O pronome como "me" (Gram.)

Local de trabalho do carteiro (pl.) 80

Solução S A O L E A A I B M

O I N L I H A D S S M E A R R O B E R T

I E L N C H T O A E N R O L U M I R I B A L A S O N O A R N A M I D O NO

I OF O N G A A D O R I B V M A I O O R D A D E A V O S A G R O R C I M A I A N T C D A A E R U A S

BANCO

Albert Einstein, físico

3/caá — ror. 4/álea — gobi. 5/baden — imeri.

TV MAR NET - Canal 25 08h00 - Cinemar 09h00 - Palavra Amiga 10h00 - Big Sports 11h00 - Cidade Aflita 12h00 - Almoço C/ Notícia 13h30 - Sobre Rodas 14h00 - Momento Vip 14h30 - Igreja El-Shaddai 15h30 - Informe Cesmac 16h00 - Info Ação Parlamentar 16h30 - Programa Mix 17h00 - Canal Legal 18h00 - Programa do Caique 18h30 - Palavra Amiga 19h30 - Big Sports 20h30 - Cidade Aflita 21h30 - Almoço C/ Notícia 23h00 - Sobre Rodas 23h30 - Momento Vip 00h00 - Igreja El-Shaddai 01h00 - Informe Cesmac 01h30 - Info Ação Parlamentar 02h00 - Programa Mix 02h30 - Canal Legal 03h30 - Programa do Caique 04h00 - Palavra Amiga 05h00 - Big Sports 06h00 - Cidade Aflita 07h00 - Almoço C/ Notícia

Oscar Niemeyer, arquiteto Fábrica Renque de de sabão árvores


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

B4

Religião PalavradeFé Mônica Lima monica@ojornal-al.com.br

“Sejamos como a primavera, que renasce cada dia mais bela... Exatamente porque nunca são as mesmas flores”. Clarice Lispector De Joelhos “Pais de joelhos, filhos em pé” é o projeto que está sendo realizado pela igreja Batista Betel, reunindo os pais interessados em orar pelos filhos. Inicialmente, o projeto deveria permanecer até julho, mas, diante da frequência dos fiéis, que ultrapassou 60 pessoas, a direção da igreja decidiu dar continuidade. As reuniões acontecem toda quarta-feira, sempre às 19h30.

Perdão

Seminário

O romance espírita do alagoano Marcos Alencar é uma das atrações da 22ª Bienal do Livro de São Paulo, que acontece até o próximo dia 19. O livro, lançado em abril deste ano, é o primeiro romance espírita do Estado e está na relação dos mais vendidos no primeiro semestre. A obra tem recebido elogios da crítica literária espírita.

O pastor Daniel Silva será o palestrante do Seminário de Missões, que acontecerá na Assembleia de Deus do Clima Bom. O evento está previsto para acontecer de 15 a 17 de outubro, a partir das 19 horas. O investimento é de R$ 15 e garante material e certificado. Mais informações: (82) 96636011/8860-0907.

Homenagem A partir da próxima sexta-feira, a Arquidiocese de Maceió inicia as homenagens à Nossa Senhora dos Prazeres, padroeira da capital alagoana. A programação começa sempre a partir das 6h, com celebração eucarística, e prossegue à noite, na Catedral Metropolitana, com reflexões sobre temas diversos, apresentação de coral e venda de comidas típicas. No dia 27, uma procissão pelas principais ruas do Centro encerra as festividades.

Líderes

Louvorzão

O pastor Jorge Noda estará ministrando a palavra durante a Conferência para Líderes Cristãos, que acontece nas próximas sexta e quarta-feira, no Espaço Cultural, na Praça Sinimbu. Essa é uma oportunidade para os fiéis que trabalham com liderança ou pretendem liderar grupos. A inscrição custa R$ 20. Mais informações: (82) 9914-2233/88148890.

A comunidade do Antares terá seu primeiro “Louvorzão Gospel” no dia 1º de setembro. Diversas bandas participarão do encontro, entre elas, as Chamados para Adorar, Ungidos de Deus, Filhos do Mandamento e Nação Ungida. A Escola Nise da Silveira será o palco do evento, que está marcado para começar às 18h. O ingresso custa R$ 5. Participem.

Romeiros Os romeiros que vão a Juazeiro do Norte, em setembro, terão um encontro no dia 7, em frente à Igreja Matriz de Santo Antônio, em Bebedouro. O encontro reúne devotos do Padre Cícero e da Mãe de Deus, que participam tradicionalmente da bênção do chapéu. A missa acontecerá ás 17 horas.

Armando

Helena

Um dos nomes de maior sucesso da música evangélica, o cantor Armando Filho se apresenta na próxima sexta-feira, na Assembleia de Deus do T abuleiro do Martins. A apresentação acontece durante o encerramento da Campanha Pingo de Gente, que arrecadou enxoval para crianças de zero a cinco anos.

Funcionários, pacientes e comunidade católica estão sendo convidados para os festejos em homenagem à Santa Helena, na capela do Hospital Universitário. As homenagens começam nesta terça-feira e prosseguem até o dia 17 deste mês. Durante os quatro dias haverá celebração com a participação de lideranças religiosas e corais, sempre a partir das 10h30.

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Entrevista l Márcio Manuel l Bacharel em Teologia

Padre conta a história do primeiro bispo de AL P

rocurando resgatar as raízes mais remotas da Igreja que está em nosso Estado, o padre Márcio Manuel Machado Nunes, de 28 anos, reuniu no livro “Dom Antônio Brandão: Um Bandeirante nas Terras das Alagoas” a história do primeiro bispo da então criada Diocese das Alagoas, como antigamente foi erigida. Com previsão de lançamento para o próximo dia 30, às 19 horas, no Seminário Provincial N. S. da Assunção, a obra se tornará conhecida ao público. Em entrevista, o sacerdote diocesano retrata como foi a elaboração da publicação e a realidade da produção eclesiástica em nossa terra. Arquivo

Como foi a iniciativa de elaborar um livro sobre Dom Antônio Brandão? Por que a vida dele chamou a atenção do senhor? Sempre percebi em mim um interesse latente pela história; isso em vários aspectos. Quando ingressei no Seminário Provincial N. S. da Assunção, mergulhei mais profundamente na história eclesiástica do nosso Estado de Alagoas. Na época, havia recebido a incumbência de elaborar uma pesquisa sobre os bispos de nossa Arquidiocese e, logo que me deparei com a figura de Dom Antônio Brandão, fiquei admirado! Ele nasceu na cidade sertaneja de Mata Grande, terra de meus antepassados e familiares. E tem em sua biografia características exemplares de coragem, intrepidez, persistência; tudo isso em um contexto histórico desfavorável para a vivência da fé católica. Padre Márcio Manuel: interesse na produção eclesiástica, no passado e na identidade histórica da Igreja em Alagoas

Quais aspectos do livro que mais destaca? A biografia de Dom Antônio Brandão foi escrita buscando-se contextualizá-la em sua época. Acompanhando os passos de nosso biografado, nos deparamos com muitas figuras emblemáticas, personalidades que marcaram época, seja nos contextos mundial (Papa Leão XIII), nacional (Dom Frei Vital, mártir) ou político estadual (Governador Euclides Malta). O livro é um resgate da figura de Dom Antônio, de sua época e de pessoas marcantes de seu tempo. Outro aspecto importante é que, ao pesquisar nos arquivos da Cúria Metropolitana, fui percebendo a necessidade urgente de arrolar os documentos existentes. Alguns estão se deteriorando e no livro procurei revivê-los. Espero que seja um grande impulso para novas investigações históricas sobre a Igreja do nosso querido Estado das Alagoas.

Visto que a obra é fruto de um trabalho acadêmico, houve alteração da linguagem para a publicação ou foi preservada a terminologia científica? Sem comprometer o rigor e a precisão, indispensáveis à qualquer pesquisa histórica, busquei escrever de maneira clara e acessível. A simplicidade e a objetividade estão longe de serem opostas. Meu interesse maior é que mais pessoas tenham acesso à história da nossa Igreja em Alagoas, percebam a riqueza de seu passado e possam sentir sua identidade fortalecida. Penso que, por falar de nossa Igreja, pode servir de leitura para a mais simples dona de casa ao mais erudito pesquisador. Há interesse em expor o livro em outras ocasiões, como eventos, palestras, etc? Lançarei também o livro nas bibliotecas das cidades que exerço meu ministério

sacerdotal: Jacuípe, Jundiá e Campestre. Recebi um convite para apresentá-lo no Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, mas ainda sem datas fixas. Na medida do possível, estou aberto a convites para estudos e palestras sobre a história eclesiástica de Alagoas.

Diante da falta de iniciativas na área da Historiografia Eclesiástica alagoana, qual a sua análise dessa realidade? Costumo dizer que a História Eclesiástica de Alagoas é, ainda, uma preciosa e exótica floresta que, retirando-se raras e corajosas exceções, tem sido pouco explorada. Os historiadores e pesquisadores que se decidem a tal intento devem, consideravelmente, levar a cabo uma árdua tarefa, que é iniciada desde os primeiros passos, ao se buscar fontes e documentos históricos seguros nos arquivos até se chegar ao

término da sempre inacabada exploração; noutras palavras, até a publicação. Este é o seu primeiro livro publicado. Há perspectivas de novas obras? Por gostar muito de escrever, acredito que sim! Mas estou consciente de que exigirá denodado esforço. Penso muito em outras tantas histórias que precisam ser contadas ou recontadas, e em muitas de nossas igrejas seculares, que necessitam do resgate de suas histórias. A própria paróquia em que exerço minhas atividades pastorais, em Jacuípe, é um exemplo. A primeira igrejinha foi erigida em 1698 e dedicada a São Caetano. Logo que cheguei à cidade, li e pesquisei muita coisa interessante, mas, quanto a escrever e publicar, ainda não sei ao certo... O fato é que precisamos resgatar a história de fé do povo alagoano desde a colonização até os nossos dias.


C1

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br

AFRÂNIO APTO. NA JATIÚCA EXC. QUARTO E SALA, DIVISORIA, ARMÁRIOS BLINDEX NASCENTE 160 MIL. TRATAR 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865.

APTO. VENDA

AFRÂNIO STELLA MARIS: 92 M2 03 QUARTOS SENDO UMA SUITE, DCE VARANDA, PISCINA, 02 VAGAS COND 350 REAIS, VLR 260 MIL TR. 9116-1734 9935-4419 CRECI 865.

CRUZ DAS ALMAS JÔ 05 – CRUZ DAS ALMAS – sala de estar/jantar, varanda, 03 quartos (sendo 01 reversível), wc social, wc serviço, cozinha e área de serviço. R$ 220.000,00. Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

AFRÂNIO APTO. EM MANGABEIRAS. EXC. QUARTO E SALA NASCENTE ENTREGUA OUTUBRO 2012 APENAS 135 MIL TR.91161734, 9935-4419 CRECI 865

FAROL OSEAS VDE, PROX. CEPA, 96M², 2º andar, 3/4 s/1 st,var, coz., dce, 1vg, R$ 168 mil, Ac. caixa, F: 88996196/8899-6195 Creci940 REF.02. FAROL (PRÓXIMO TRIBUNAL DE CONTAS) Em construção. Ap com 112m², sala de estar e jantar com varanda, 3 quartos sendo 2 suítes, hall, WC social, cozinha, a.serviço, dce, 2 vagas, nascente, R$ 350 mil. Tr. 9351-4440 / 87290144 CRECI -343.

AFRÂNIO CASA NO POÇO, EXC: 03 QTS S/ 01 SUITE, WC SOCIAL, GAR. 02 C A R R O S , NASCENTE, QUINTAL TERR. 12X27 VLR. 185 MIL FINANCIO. TR. 91161734 - 9935-4419 CRECI 865

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE Apto JatiúcaCod: 666 - Monte Carlo apto com 101 à 113m², 3/4, Lançamento no melhor da Jatiúca - entrada e saldo em 100 meses - C.2368 - 96714405 / 8878.7606

AFRÂNIO CASA EM CRUZ DAS ALMAS 02 QUARTOS, SENDO UMA SUITE, WC SOCIAL, DEPENDENCIA COMPLETA, PISCINA, NASCENTE, PRÓXIMO AO SHOPING NOVO, PERTO DA PRAIA, VLR 300 MIL. TR 9116-1734 9935-4419 CRECI 865

AFRÂNIO MURILÓPOLIS: 110M2, 03 QUARTOS, SUITE, WC SOCIAL, DCE, NASCENTE SALA EM L, VLR 140. MIL TR. 9116-1734 9935-4419 CRECI 865

AFRÂNIO CASA NA JATIÚCA, EXC; 04 QTS, SUITE, WC SOCIAL + DCE, GAR. 02 CARROS, NASCENTE PROX. AO MAIKAI: 600 MIL FINANCIO TR. 91161734 - 9935-4419 CRECI 865

REF.01. PONTA VERDE Em construção, ap. com 149,49m² sala de estar e jantar, 4 qtos s/3 stes s/1 ste master, quarto reversível para gabinete, varanda gourmet c/bancada de apoio e ponto elétrico, churrasqueira, coz. C/despensa, DCE, área de serviço. Prédio c/3 elevadores, s/2 sociais e 1 de serviço. Piso porcelanato. 2 vagas. R$ 645 mil. Parcelo direto e pelo banco. Entrega jan/2013. Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI 343.

monteiroimoveisal.com

REF.10. FAROL – Ap. com sala de estar e jantar, com varanda, 3 quartos sendo 1 suíte, WC social, hall, cozinha, área de serviço e dependência de empregada. Área: 91 m². R$ 320 mil. Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI- 343 OSES VDE- Edf. Fiori, Prox. Casa da Indústria, 136m², 3 sts + gabinete, R$ 2.435,00/M². F: 88996196/8899-6195. Creci940 OSEAS VDE-PROX. CEPA, 99M², elev. 3/4 s/ 2 sts, sala, coz, dce, 2 vg, nasc, R$ 275 mil, F: 88996196/8899-6195 Creci940

JÔ 06 – FAROL – Localização espetacular! Apartamento com sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, circulação interna, 02 quartos, wc social. R$ 155.000,00. Nascente! Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

JÔ 08 – FAROL – 94M² -A comodidade é sua vizinha! Aptº nascente e ventilado,c/ 03 quartos, sendo 01 suíte, wc social, sala grande, DCE, cozinha, 01 vaga de garagem. R$ 135.000,00.O prédio tem poço artesiano.Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

JÔ 10 - JATIÚCA – Saia do aperto! Aptº com 84m²Sala de estar, sala jantar, cozinha, 03 quartos, 02 WC’s, área de serviço. Área de lazer na cobertura: sauna, piscina e salão de festa. 02 vagas. R$ 240.000,00. Nascente! GRUTA Vem que tá bom demais! VENDO apto. na Gruta c/3 Tels. 8811.8410 / qtos., s/1 ste. 78m². R$ 140 9117.7137 - Creci 2523 mil. Tr.: 3317-5447

JATIÚCA REF. 09. STELLA MARIS –Ap. com sala de estar e jantar, com varanda,3 quartos sendo 1 suíte, WC social, cozinha, apoio de serviço,dependência de empregada. Área 91m². 2 vagas de garagem. R$ 335 mil. Tr. 9351-4440 / 87290144. CRECI- 343 Sala Comercial Stella Maris Cod: 947 - Harmony Trade Center, sala comercial com 34,40m², excelente estrutura - R$ 175mil C.2368 - 96714405 / 8878.7606

JÔ 12 - PRÓXIMO AO MAIKAI – Aptº com 03 quartos s/ 01 suíte, sala de estar/jantar, wc social, cozinha, área de serviço e 1 vaga. Andar alto e nascente. R$ 220.000,00 - Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

OSEAS VDE – Prox. ao Palato, 3/4 sendo 1 st, sala em 2 amb. Varanda, coz. DCE, 2vgs, . F: 8899-6196 Creci-940 REF.08. EXCELENTE COBERTURA duplex na Ponta Verde. No primeiro piso: sala de estar, sala de jantar, varanda, lavabo, hall, 3 stes s/ uma de vestir, coz., despensa, área de serviço, dependência de empregada. Escada para acesso à cobertura, com sala de estar, 1 suíte, piscina c/deck, ducha, churrasqueira, WC e terrace. 4 vagas de garagens. Área útil de 329,94 m². R$ 1 milhão e 250 mil. Tr. 9351-4440 / 87290144. CRECI- 343

Apto MurilopolisCod:966 - Icarai, 2 quartos, rua tranquila, predio caixão - R$ 100 mil - C.2368 9671.4405 / 88787606 monteiroimoveisal.com

REF.11. PONTA VERDE – Sala de estar e jantar com varanda, 3 quartos sendo 1 suíte com closet, ampla cozinha com despensa, área de serviço e dependência de empregada. 2 vagas. R$ 600 mil.Tr. 93514440 / 8729-0144. CRECI343 EXCELENTE REF.07. OPÇÃO À BEIRA-MAR, na bela praia de Ponta Verde. Ap. com sala de estar, sala de jantar, varanda social, 4 quartos sendo 1 suíte, WC social, cozinha, lavanderia, dependência de empregada, área 178m², 2 vagas. R$ 850 mil. Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI- 343

AFRÂNIO CASA EM JACARECICA, EXC: 02 QUARTOS. SALA COZINHA NASCENTE LAJEADA CONDOMINIO FECHADO APENAS 75 MIL TRATAR; 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865.

AFRÂNIO CASA NA SERRARIA, EXC. 02 QUARTOS SEUNDO 01 SUITE GARAG 04 CARROS, NASCENTE TERRENO 22X30 ÁREA VERDE, NO FINAL DO JOSÉ TENÓRIO VALOR 250.MIL TRATAR 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

JÔ 07 – PONTA VERDE – Agora você vai morar bem! Aptº c/ 118m2 - varanda, 03 quartos sendo 1 suíte, sala em “L”, wc social, cozinha, área de serviço, DCE, 01 vaga. Somente R$ 210.000,00 – Aptº de frente! Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

ANÚNCIO INSTITUCIONAL

monteiroimoveisal.com

Terreno SerrariaCod:959 - Lot Serramar - cond fechado - lotes apartir de 235m² Entrada e saldo financiamento bancário - C.2368 - 9671.4405 / 8878.7606

Apto Ponta Verde - Cod:984 - Quarto e sala completo de mobilia, lindo apto, nascente, lazer completo - C.2368 9671-4405 / 8878.7606

4009-1961

Apto Farol - Cod: 921 - Mansão Antonio Soares, Lançamento no Farol, 3 e 4 suítes, super área de lazer, apto de 127 a 148m² apartir de R$ 370 mil - C.2368 9671.4405 / 88787606

monteiroimoveisal.com

Apto Stella Maris - Cod:991 Toronto, 3/4, nascente, 2vgs soltas, lindo apto R$ 255mil C.2368 - 96714405 / 8878.7606

monteiroimoveisal.com

monteiroimoveisal.com

Apto Mangabeiras - Cod:151 Horácio Ferreira, pronto para morar, 3/4, 81m², lazer completo - R$ 270 mil aceita CEF - C.2368 9671.4405 / 8878.7606

Apto Ponta Verde - Cod: 982 Chamberry, cobertura garden, 4 suítes, nascente, c/piscina e churrasqueira - Creci 2368 - 9671-4405 / 8878.7606

monteiroimoveisal.com

monteiroimoveisal.com

LIGUE E ANUNCIE

OUTROS BAIRROS

PONTA VERDE

AFRÂNIO TERRENO NA SERRARIA, EXC 16X30 NASCENTE CONDOMINIO RESERVA DO VALE VALOR 260 MIL. TRATAR 9116-1734 OU 9935-4419 CRECI 865.

monteiroimoveisal.com

Fruto de Termo de Ajuste de Conduta Firmado com o Ministério Público do Trabalho.

“De acordo com o art. 5º da CF/88 c/c art. 373-A da CLT, não é permitido anúncio de emprego no qual haja referência quanto ao sexo, idade, cor ou situação familiar, ou qualquer palavra e/ ou expressão que possa ser interpretada como fator discriminatório, salvo quando a natureza da atividade assim o exigir.”

C MY K


C2

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br

JÔ 13 – PONTA VERDE – Aptº com 02 quartos sendo 1 suíte - sala de estar/jantar, varanda, armários, wc social, cozinha, área de serviço, 01 vaga. Nascente! R$ 190.000,00. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523 PAULO TIAGO VENDE- 2ª QUADRA, COBERTURA DUPLEX, 270M², NASCENTE, 4 QTS SENDO 3 SUITES, UMA MASTER, SALA DE ESTAR E JANTAR, COZINHA, A.SERV., DCE, AREA DESCOB., PISCINA C/ APOIO, 3 VGS. F: 9919.6073 C- 2807

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

Apto PajuçaraCod:728- Beira mar da pajuçara 190m² 4 suíte, linda vista, nasc C.2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

AFRÂNIO APTO. NO STELLA MARIS: 92 M2 03 QUARTOS SENDO 1 SUITE, DCE VARANDA, PISCINA, 02 VAGAS COND. R$ 350,00 VLR 260 MIL TR. 91161734 - 9935-4419 CRECI 865.

REF. 05. PONTA VERDE – Ap com 2 salas amplas com varanda, 3 quartos sendo 2 suítes, todos com armários, cozinha com armários, dependência completa empregada, 02 vagas. A. útil 109m². R$ 410 mil. Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI- 343 OSEAS VDE – Edf. Palazzo Farnese, preço reduzido, 155m², 3 sts s/ 1 master, 3vgs, Padrão Marroquim. F: 8899-6196/8899-6195. Creci-940 OSEAS VDE-BEIRA MAR! 350m2, 4-stes 1master, sla 3amb, var, lav, coz, a.serv, dce, 5-vgs. Padrão Lares. F: 8899-6196/8899-6195. Creci-940

VENDO APTO. Edf. Mont Alverne, 114m², nas, 3/4 s- 1ste, sla estar e jantar, var, coz, DCE, área de serv, 2-vgs. F: 88996196/8899-6195. Creci940

PAJUÇARA JÔ 02 – PAJUÇARA – Imperdível à Beira-mar! 02 quartos sendo 1 suíte, varanda, sala, cozinha, wc social, área de serviço. R$ 280.000,00. Nascente! Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

TABULEIRO Apto Gruta- Cod: 710 - Varandas do Horto, apto com 3/4 e 66m², excelente localização no coração do Farol, apartir de R$ 210 mil - Financiamento CEF - Creci 2368 - 96714405 / 8878.7606

VENDE-SE apto. no Conj. José Tenório, bloco 33, 3º andar, 2 qtos., reformado. Tr.: 8877-2420.

TRAPICHE REF. 04. TRAPICHE - Ap Beira Mar projeto Minha Casa minha Vida, sala para 2 ambientes, 2 quartos sociais, wc social, cozinha, área serviço, Elevador, Quadras esportivas piscina, 1 vaga. R$ 145 mil. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 / 87290144. CRECI- 343

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

monteiroimoveisal.com

PONTA VERDE

APTO. ALUGA FAROL ALUGO APTO. Por trás do Hosp. do Açúcar, nasc, 88m², 3/4 s/ 1 ste, var, coz, a. serv, wc soc, wc serv, 1 vg, port eletrônico, R$ 850,00. C/Cond. + IPTU. F: 9170-4434. Creci- 940

JATIÚCA PAULO TIAGO ALUGASTELLA MARIS, PROX. AO DIVINA GULA, QUARTO E SALA, 38M², MOBILIADO, ANDAR ALTO. F: 9919.6073 C-2807 AILTON - BARRO DURO, EXC. CASA 03 QUARTOS, SUITE, ARMÁRIOS, GARAGEM, 03 CARROS, MUITA ÁREA. VALOR R$ 300 MIL, ACEITO FINANCIAMENTO, TRATAR 8807-7282 /9336-1444. CRECI 759

AILTON - FAROL PRÉDIO COMERCIAL, RUA CORONEL LIMA ROCHA. R$ 160 MIL, DOCUMENTADO. ACEITO TROCA, TRATAR 8807-7282 / 9336-1444 CRECI 759

CASA VENDA BARRO DURO JÔ 04 – BARRO DURO – Traga sua família hoje mesmo! Casa com 200m2 - 02 terraços, sala de estar, sala de jantar, circulação, 03 quartos sendo 1 suíte, cozinha, WC social, garagem, área de serviço e piscina. R$ 270.000,00. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

ALUGO APTO. 3/4 s- 1ste, CRUZ sla estar e jantar, coz, wc, DAS ALMAS área de serv, 1 vg, nasc,. R$ 1.500,00 (Alug, IPTU e REF. 06. CRUZ DAS ALMAS Cond). F:8899-6195. Creci- - Excelente casa com ótima área residencial, próxima a 2807. Faculdade, Hipermercado, Shopping e praias. Sala 2 ambientes, 3 quartos sendo 1 suíte, área de serviço, dependência de empregada, garagem e piscina. R$ 450 mil. Área: 180m². Tr. 93514440 / 8729-0144. CRECI343 ATENÇÃO: REGULARIZE SEU IMÓVEL, PROCURE UM PROFISSIONAL CREDENCIADO. LIGUE E MARQUE UMA VISITA. TRATAR 8807 7282/ 9336 - 1444 CRECI 759

TERRENO A VENDA AILTON TERRENO JARDIN PETRÓPOLES II, ÓTIMO TERRENO MED. 7X30, MURADO ESCRITURADO, PROXIMO AO MAKRO. APENAS R$ 38 MIL TRATAR 8807-7282/ 93361444 CRECI 759

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE TABULEIRO - VENDE-SE uma casa c/ 3 quartos, 2 suítes, 1 banheiro social, 2 salas, cozinha, garagem, área de serviço. Tratar: 9609-6655/ 963691445

FAROL Apto Stella MarisCod:934 - Green Tower, aptos com 1 e 2 quartos, lançamento, área de lazer na cobertura - reserve já o seu! C.2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

JÔ 11 – CRUZ DAS ALMAS – Linda casa com excelente área de lazer. sala de estar, jantar, terraço, 03 quartos sendo 1 suíte máster com closet, hidro, sauna, wc social, DCE, cozinha, piscina, garagem, splits, poço artesiano, câmeras (internas e externa), portão eletrônico, canil. Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

AILTON - JACINTINHO, OPORTUNIDADE CASA, PROX. AO TERMINAL DO CONJ. PEIXOTO. R$ 65 MIL TRATAR 8807-7282/ 9336-1444. CRECI 759

AILTON CASA PROX. AO SHOPPING PÁTIO COM 04 QUARTOS, GARAGEM 03 CARROS, ÁREA DO TERRENO 11X100 APENAS R$ 160 MIL. FRUTIFICADA TRATAR 88077282 /9336-1444. CRECI 759

Ailton - Jatiúca Aptº 02 quartos, sala, condomínio fechado apenas R$ 110 mil, aceito financiamento. Tratar 88077282/ 9336-1444 creci 759

Apto Farol - Cod: 977 - Terrazos, andar alto, 3/4, 86m², nascente, lazer completo R$ 340 mil C.2368 - 96714405 / 8878-7606 monteiroimoveisal.com

Vendo propriedade em Maraial - PE com 500 hectares. Boa para criação de gado. Fone: (081) 9107- 5070

JÔ 03 – FAROL – A oportunidade só bate uma vez à sua porta! Casa a 50 metros da Fernandes Lima.Terreno med. 10 x 90m excelente p/comércio e moradia. Sala de estar, sala de jantar,terraço,3 qtos s/1 ste, wc’s, cozinhas enormes, garagens, quintal grande. 2º piso com outra dependência completa.É muita casa! Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tels.8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

JACARECICA OSEAS VDE - COND.OCEANIS, vista mar, 4/4, s/3sts, gab, pisc. mobiliada, R$ 780 mil, F: 88996196/8899-6195 Creci940.

OUTROS BAIRROS VENDO casas em Pajuçara. Valores R$ 250, 180 e 170 mil; em Jatiúca. Valores R$ 160 e 210 mil e no Prado R$ 130 e 180 mil. Tr.: 9113-8185/ 8868-4938/ 8147-1431/ 9612-4077. Creci 1736 Casa Alameda do Horto- Cod: 965 - Linda Casa em cond fechado, 4 suítes, duplex, fino acabamento, entrega em julho/12 C2368 - 96714405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

Apto Pinheiro Cod:620 - Vida Viva - Lançamento no Pinheiro, 2 e 3 quartos, lazer na cobertura, financiamento CEF - C.2368 9671.4405 / 8878.7606 monteiroimoveisal.com

C MY K


C3

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br

AILTON - SANTO EDUARDO, CASA 03 QUARTOS 01 SUITE, OTIMA LOCALIZAÇÃO. R$ 270 MIL TRATAR 8807 7282/ 9336 - 1444 CRECI 759

AILTON - FAROL, EXCELENTE CASA 04 QUARTOS O1 SUITE, GARAGEM 02 CARROS QUINTAL. APENAS R$ 220 MIL ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR 8807-7282/93361444. CRECI 759

AILTON - ESTELA MARIS, VENDO APT 03 QUARTOS. SUITE COM ARMARIOS, VARANDA, ELEVADOR, PROX. AO MAR. VAlOR R$ 220 MIL. Tratar 8807-7282 / 93361444. Creci 759

AILTON - SALVADOR LIRA, CASA NA AV. PRINCIPAL, ÓTIMA PARA COMÉRCIO DE ESQUINA APENAS. R$ 155 MIL APROVEITE. TRATAR: 8807-7282/ 9336-1444 CRECI 759

PRECISO TRBALHAR DE companhante de idoso,c/experiência.Tr.: 8104-0882

AILTON - ESTELA MARIS, OPORTUNIDADE APT 03 QUARTOS, VARANDA, ELEVADOR, NASCENTE, APENAS R$ 185 MIL, MOTIVO VIAGEM. ACEITO FINANCIAMENTO. TRATAR 8807-7282/ 93361444 CRECI 759

VEÍCULOS CHEVROLET VECTRA

TERRENOS ALUGUEL CASA ALUGA FEITOSA REF.12. FEITOSA – ALUGO casa c/1º andar, sala grande c/terraço, 3 qtos s/1 ste TERRENOS c/varanda, wc social, copa e coz., 2 vagas. Portão eléVENDA trico e cerca elétrica. R$ PRAIAS VENDOno Jacintinho casas nos 850 com IPTU incluso. Tr. valores de R$ 70,28 e 50 mil, 9351-4440 / 8729-0144. PAULO TIAGO VENDE e apto.no valor de R$ 80 mil e CRECI- 343 COND. CORAIS DO SONHO no Tabuleiro, próx. a Carajás, COMERCIAL VERDE, Beira mar, 12X30. casa nos valores de R$ 115 e F: 8899-6195/8899-6196. ALUGA 60 mil.Tr.:9113-8185/ 8868Creci-2807 4938/ 8147-1431/ 96124077. Creci 1736

SERRARIA JÔ 01 – SERRARIA – O 1º a ligar é o dono! Casa nascente. Sala de estar,sala de jantar,varanda, 3 qtos s/1 ste, gabinete grande,wc social,coz.,dce,garagem, jardim (espaço p/ piscina).Toda solta! R$ 220 mil – Motivo:viagem!Tel.8811.8410 - Creci 2523

OUTROS BAIRROS

REF:03. FRANCÊS- Terreno Loteamento Via Mares meALUGO sala no Edf. Maceió dindo 15x30 R$ 77 mil Tr. Work Center,6º andar,toda mo- 9351-4440 – CRECI 343. biliada, infra estrutura de 1ª LOTES linha.Tratar com a proprietária: VENDO OU TROCO por 82 9913-8768 carro terreno no Francês, Lot. Encontro do Mar, med. 4009-1961 12x30. Tr.: 9949-4067/ LIGUE E ANUNCIE 8803-3935.

CAPITAL

VENDE-SE Vectra mais famoso da cidade, completo, cor prata,ano 2000.Tr.:9903-3349

VEÍCULOS VOLKS

OSEAS ALUGA - um terrePOLO no na Avenida do Murilópolis, nascente, 15 x VENDO VW Polo Hatch 1.6 30 - R$ 2.300,00. 2005, super conservado. Tr.: 9351-6950/ 8818EMPREGOS 8135

PROCURA-SE

NEGÓCIOS DOMÉSTICOS DIVERSOS

PRECISO TRABALHAR DE: cozinheira e serv. Gerais. ACEITA-SE ENCOMENDAS Tratar pelo telefone para DE: doces e salgados. Tr.: 3338-2829 contatos: 8719-3554

EMPRESA DO SETOR SUCROALCOOLEIRO SELECIONA: ENFERMEIRO(A) DO TRABALHO E MÉDICO(A) DO TRABALHO AMBOS COM EXPERIÊNCIA NO SETOR. ENVIAR CURRÍCULO: gestaodep e s s o a s b i o e n e r gia@gmail.com

C MY K


C4

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br

Guia de Serviços

Pai Bará lhe orienta em todos os seus problemas por mais difíceis que seja. Joga-se búzios e consultas espirituais. Fone: 3356-6168 / 3326-9054 / 9921-2095. Orkut: paibara1@gmail.com Msn: aguasclaras-@hotmail.com Atendimentos: Maceió e Arapiraca-AL

C MY K


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

E

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Cerimônia de encerramento dos Jogos está marcada para hoje 4

CSA precisa de um empate para chegar aos mata-matas 8

Esportes O Jornal

Com chave de ouro No último dia das Olimpíadas, seleção masculina de vôlei tenta conquistar o primeiro lugar contra a Rússia 3


2

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

GINÁSTICA ARTÍSTICA

BatePronto Victor Mélo jornalistavictor@gmail.com

O tempo passou para a seleção feminina

O

futebol feminino foi uma decepção para o Brasil nos Jogos Olímpicos. O tempo passou na janela e os nossos dirigentes não viram. O trabalho de renovação foi mal feito, as competições perderam força e nossos ícones já apresentam sinais de desgaste. A alagoana Marta, por exemplo, foi a sombra da jogadora que encantou o mundo nos Jogos de Atenas e Pequim. Talvez as suas conquistas individuais e até as dificuldades encontradas na modalidade tenham feito a camisa 10 perder o brilho. Faltou arranque à alagoana e, em Londres, ela parecia estar fora de sintonia com o time. No geral, também tivemos graves problemas táticos. O Japão não é a quinta maravilha do futebol, mas nos eliminou com facilidade por sua aplicação ao sistema de jogo. As atletas da equipe dominam os fundamentos e sabem fechar os espaços. Assim, mal tivemos chances de tentar o empate. A seleção feminina, Cesar Cielo e Maurren Maggi chegaram aos Jogos com status, por causa da boa campanha feita em Pequim, mas não corresponderam às expectativas. As três modalidades precisam urgentemente apontar os sucessores de uma geração vencedora.

O peso da derrota A festa da seleção após a derrota para o Japão também pegou mal. Deu a impressão que as meninas não estavam muito preocupadas com os resultados dos Jogos Olímpicos. O mínimo que um atleta precisa fazer na competição mais importante do mundo é sentir a dor de uma derrota.

Subindo

Descendo

Sarah Menezes, que trouxe uma medalha de ouro para o Nordeste. Quem conhece as condições ruins oferecidas aos atletas da região sabe do mérito que essa piauiense tem em conquistar um resultado tão expressivo.

Fabiana Murer, destaque negativo da delegação brasileira em Londres. Ela desistiu de tentar a classificação no salto com vara e foi muito criticada pelo mundo olímpico. A brasileira sai das Olimpíadas muito pior do que chegou.

Curto-Circuito O alagoano Gabriel Mendes conquistou a medalha de prata da Copa Européia de Praga, na semana passada, e ainda comemora o resultado expressivo na categoria sub-20. Treinando agora no Flamengo, o atleta espera disputar as Olimpíadas de Londres, em 2016.

No Brasil, o ginasta Arthur Zanetti exibe a medalha de ouro para os jornalistas; ele já está pensando em Londres 2016

É só o começo Arthur Zanetti já projeta treinos visando aos Jogos do Rio de Janeiro

S

ÃO PAULO - Depois de desembarcar no Aeroporto Internacional de Cumbica na manhã 5a feira, em Guarulhos (SP), e ser muito festejado no local pelo histórico ouro olímpico que conquistou na ginástica artística nos Jogos de Londres, Arthur Zanetti revelou que voltará aos treinos, já vislumbrando futuras

competições importantes, sendo que agora ele começa a focar a sua participação na Olimpíada de 2016, no Rio. “ Vou voltar a treinar amanhã (sexta) e isso já será o começo da minha preparação para 2016”, revelou Zanetti, em entrevista coletiva, na qual também garantiu que pretende manter a estrutura que fez dele um campeão olímpico, e sequer cogita a possibilidade de deixar São Caetano do Sul, cidade onde nasceu e treina. O ginasta teve uma chegada ao Brasil de pop star após a conquista da meda-

lha de ouro nas argolas da ginástica artística dos Jogos de Londres. Família e amigos levaram faixas para comemorar o retorno, que contou com grande cobertura da imprensa. Ele bem que tentou ser discreto, mas os amigos do clube Santa Maria não deixaram. Ainda nesta quinta, o novo medalhista de ouro vai ter seu feito festejado em uma carreata em São Caetano do Sul. Para isso, porém, ele estabeleceu uma condição: “Se for para passear no carro dos bombeiros quero ir com meus amigos porque eles me ajudaram a chegar até aqui”.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

3

Esportes O Jornal

Três é demais! Seleção masculina de vôlei tenta conquistar hoje o seu terceiro ouro olímpico

S

e deu para fazer dentro da casa deles, por que não daria para repetir a dose numa Londres verde-amarela? Campeão mundial há dois anos em Roma, eliminando os anfitriões nas semifinais, o Brasil voltou a encontrar os rivais em um grande palco na sexta-feira. Mais uma vez, a vitória valia a vaga na decisão, agora das Olimpíadas. Com as cores do país espalhadas pelas arquibancadas, ficou mais fácil se sentir em casa, e a equipe de Bernardinho não decepcionou. Como se não bastasse, desta vez a vitória veio acompanhada de um reci-

Bernardinho levou a seleção masculina de vôlei à grande decisão olímpica e pode fazer história na manhã de hoje

tal com requintes de massacre. A exemplo das meninas,

que passaram à decisão um dia antes, os homens também

cravaram seu 3 a 0 (25/21, incríveis 25/12 e 25/21). Resta

agora contar as horas lutar pelo terceiro ouro olímpico do vôlei masculino nacional. A decisão será hoje, às 9h (de Brasília), contra a Rússia, que o Brasil já atropelou na primeira fase por 3 a 0. Agora, o cenário é diferente, e ninguém acredita em jogo fácil. O SporTV e a Record transmitem a partida ao vivo para todo o País. No Mundial de 2010, a seleção de Bernardinho despachou os italianos nas semis por 3 a 1, em jogo repleto de rivalidade com direito a frases provocativas dos dois lados. Desta vez, o clima era mais ameno. Com os carrascos Estados Unidos e Polônia eliminados, o Brasil aproveitou a primeira etapa de um caminho teoricamente mais tranquilo. Como se pudesse haver algo realmente tranquilo numa reta final olímpica.

2016

Passagem da bandeira é aguardada no Brasil

U

m Brasil de cores e ritmos, orgulhoso das suas raízes, mas também das suas conquistas, será apresentado ao mundo, hoje, na simbólica Passagem da Bandeira Olímpica durante a Cerimônia de Encerramento dos Jogos de Londres 2012. Serão 225 dançarinos de diversas nacionalidades – incluindo 31 brasileiros - em um espe-

táculo de oito minutos, um convite à primeira edição do maior evento esportivo do planeta sediada na América do Sul. Os artistas ensaiam desde julho. Há três semanas, o ritmo da preparação se intensificou e, nos últimos dias, ensaios diários acontecem em locais afastados do centro da capital britânica.


4

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

Erros no basquete

O

Festa de despedida dos Jogos Olímpicos está marcada para a tarde de hoje, às 17h (de Brasília), e vai agitar os atletas

Despedida clássica Festa de encerramento dos Jogos ganha nome de “Sinfonia da música britânica”

A

cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres, que será realizada hoje, a partir das 17h (de Brasília, promete ser um grande espetáculo musical para 80 mil pessoas, com participação de diversas bandas britânicas. O coreógrafo Kim Gavin será o diretor artístico e terá a difícil tarefa de tentar igualar ou superar a beleza da festa oferecida por Danny Boyle na cerimônia

de abertura, que se destacou pela originalidade e senso de humor. Segundo os organizadores dos Jogos de Londres 2012, a festa que fecha o maior evento poliesportivo do mundo terá o nome de “Sinfonia da música britânica”, e será uma reverência aos artistas e canções produzidas no Reino Unido nos últimos 50 anos. Os detalhes do evento não foram divulgados, mas são esperadas as participações do grupo Take That, do cantor George Michael, entre outros. Há rumores também sobre uma nova reunião das Spice Girls. A ex-spice Victoria, mulher do jogador de futebol inglês David Beckham, sugeriu por meio de

seu Twitter que as integrantes poderiam voltar a atuar neste domingo. Segundo a imprensa britânica, Kim Gavin busca inspiração nos locais mais emblemáticos de Londres, que são conhecidos por todo o mundo, com o Big Ben, a Tower Bridge. Cerca de 4 mil pessoas participarão da festa, entre elas, 380 crianças. Com marca a tradição olímpica, os atletas entrarão mais uma vez no Estádio Olímpico, mas desta vez juntos, e não separados por países, mostrando que são “uma só nação”. Três bandeiras serão hasteadas, a da Grécia, berço dos Jogos, a do Reino Unido e a do Brasil, sede de 2016.

s números finais da vitória da Argentina sobre o Brasil por 82 a 77, pelas quartas de final do basquete masculino nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, na quarta-feira, acabam mascarando, aos mais desavisados, uma falha gritante que pode ter contribuído demais para a eliminação da seleção brasileira na competição. Os cinco pontos de diferença que o placar apontou poderiam perfeitamente ter sido a favor do time brasileiro, caso a equipe tivesse um aproveitamento bem melhor nos lances livres. Na e s t a t í s t i c a f i n a l da partida, o Brasil teve a seu favor ao longo da partida, realizada na North Greenwich Arena, um total de 24 lances livres, tendo convertido exatamente a metade (12). Já os argentinos puderam cobrar quatro a mais (28), porém converteram 19, um aproveitamento de 68% neste fundamento. “Claro que num dos elementos que determinam a vitória ou derrota de uma

equipe na partida são os tiros livres, e este aproveitamento deveria ser de 80, 90%. Nosso percentual foi muito baixo e para isso há somente uma solução: treinar. E não basta treinar durante os 45 dias de preparação, mas 365 dias por ano. Só se melhora arremesso, arremessando, não conheço outra solução para isso”, disse Magnano, na entrevista coletiva após a partida. O treinador argentino, contudo, preferiu não ficar amarrado aos números para comentar a eliminação do basquete masculino brasileiro em sua primeira participação em Olimpíadas nos últimos 16 anos. “Faço a avaliação não de um jogo, mas de todo um trabalho. Se tivesse visto um grupo sem comprometimento com o trabalho, não estaria orgulhoso. Mas não foi isso que eu vi nestes dois meses em que estivemos nesta preparação para os Jogos Olímpicos. Estou orgulhoso pela atitude de todos. Se tivéssemos tido um resultado positivo, seria muito melhor”, explicou Magnano.

Em Londres, Brasil teve um péssimo aproveitamento nos lances livres


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

5

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

Em busca da glória Franck Caldeira é uma das esperanças do Brasil na maratona masculina

O

atleta Franck Caldeira participa da maratona dos Jogos Olímpicos de Londres com novo técnico e fôlego recuperado para garantir uma boa prova hoje, às 7h (de Brasília) quando os melhores maratonistas do mundo tomam as ruas da capital britânica. Franck agora compete pelo clube Orcampi/ Unimed e está sendo treinado por Ricardo D’Angelo, mesmo treinador de Vanderlei Cordeiro de Lima. Depois de vencer os 42 quilômetros dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, o maratonista de Sete Lagoas,

Minas Gerais, alcançou a classificação para as Olimpíadas com o sexto lugar na Maratona de Milão, em abril deste ano, quando marcou 2h12min03. Esta será a segunda vez que Franck corre em solo olímpico, depois de ter abandonado a competição nos Jogos de Pequim, em 2008. “Desta vez quero terminar a prova, e bem”, comenta. A sua história no esporte começou em casa, quando saía para correr com o irmão Paulo César, também fundista. Aos 17 anos, deixou a cidade natal em Minas Gerais para treinar na equipe Pé de Vento, em Petrópolis (RJ). O maratonista passou também pelo clube Cruzeiro e é até hoje recordista brasileiro juvenil dos 10.000 metros, com o tempo de 29min28.77, conquistado no Mundial de Juvenis em Kingston, em 2002.

Entre seus títulos no Brasil estão a vitória da São Silvestre de 2006, o bicampeonato da Meia Maratona do Rio e o tricampeonato da Volta da Pampulha. Além de Franck Caldeira, os atletas Marílson Gomes e Paulo Roberto de Almeida Paula também representam o Brasil na competição em Londres. PAULO O Ppaulista Paulo Roberto de Almeida Paula é um atleta persistente. Ele mostrou essa característica na luta para conseguir a qualificação para integrar a seleção brasileira na Olimpíada de Londres. Na luta pela vaga na maratona, o corredor, nascido no dia 8 de julho de 1979, na cidade de Pacaembu, conseguiu nada menos do que três vezes o índice exigido.

Marilson dos Santos diz que pensa no pódio

Franck Caldeira quer manter a tradição do Brasil na maratona olímpica

São Paulo - Marilson Gomes dos Santos, que nasceu em 6 de agosto de 1977, em Brasília, é um fenômeno nas corridas de longa distância e o seu principal trunfo, além do fôlego, velocidade e resistência, é a determinação mostrada nos treinos e nas competições. A maratona masculina fechará o torneio olímpico de Atletismo, hoje, a partir das 7h (de Brasília).

Marilson, que começou no esporte no futebol com os colegas em Ceilândia (DF), é considerado um fundista completo e eclético, já que obteve marcas expressivas nos 5.000 m, 10.000 m, meia maratona (21.097 m) e maratona (41.195 m). Foi para o atletismo para acompanhar o irmão mais velho, Marco, que já praticava o esporte. Com talento,

mudou-se para São Paulo aos 15 anos, seguindo depois para Santo André, onde mora até hoje com a mulher, Juliana Gomes dos Santos, campeã dos 1.500 m no PAN do Rio de Janeiro 2007, e com o filho Miguel. Marilson participou de três edições dos Jogos Pan-Americanos e ganhou cinco medalhas: uma de ouro e duas de prata nos 10.000 e duas de bronze nos 5.000 m.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

7

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

ATLÉTICO-PR Marco Antônio

ASA volta a jogar fora de casa na terça-feira

A

d O ASA tem ensaiado reação para fugir à zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. Na última sexta-feira, o Alvinegro entrou em campo para enfrentar o Guarani, em Arapiraca, sabendo que um empate já tiraria a equipe da 17ª posição com 14 pontos. Após duas partidas seguidas em casa, o grupo se prepara para seguir viagem até o Sul do País, onde na próxima terça-feira à noite, enfrenta o Atlético-PR, no Estádio Gigante do Iteberê, pela 17ª rodada da competição nacional. Com o objetivo de reforçar o time em setores da equipe que demonstraram carência até agora, a diretoria apresentou três reforços na semana passada, sendo que um deles, o lateral-esquerdo Diogo, do Sport-PE, não agradou à comissão técnica e já voltou para Pernambuco. Já os outros três, o experiente e rodado zagueiro Irineu, ex-Flamengo, Paraná e ABC-RN, o também zagueiro Walisson, ex-Fortaleza, além do meia Davi Ceará, estão em Arapiraca e se dizem prontos para começar a ajudar o Alvinegro, caso o técnico Nedo Xavier opte por levá-los para o Paraná. O último a desembarcar em Arapiraca foi Irineu. “Posso dizer que me considero apto para jogar. Mas claro que depende de regularização e da opção do treinador. Vim para ajudar e espero contribuir para o ASA”, disse Irineu. L.M.

Elsinho deixou o Galo e deve ser apresentado nesta semana pelo Figueirense

Visões distintas Torcida sofre sem Elsinho, mas dirigente diz que CRB tem subsititutos à altura LUCIANO MILANO lucianomilano@ojornal-al.com A notícia que movimentou o noticiário esportivo do CRB na semana passada foi a saída do meio-campista Elsinho para o Figueirense-SC, que segura a lanterna do Brasileiro

da Série A. O jogador chegou ao clube como lateral-direito, mas acabou sendo deslocado para jogar no novo setor depois que o técnico Roberto Fonseca assumiu o time alvirrubro ainda nas finais do Estadual desta temporada. Habilidoso e bastante veloz, Elsinho passou a ser uma peça importante no sistema tático da equipe, como válvula de escape em contraataques. O jogador era um dos artilheiros do Galo na Série B, com quatro gols marcados, ao lado de

Geovani e Wanderley. Se a torcida e parte da imprensa acreditam que o CRB perderá muito sem Elsinho no time, o mesmo não acontece com o gerente de futebol do clube, Alarcon Pacheco. Em contato com O Jornal quando recebia o mais novo contratado, o volante Mineiro, ex-Mirassol-SP, Alarcon afirmou que ele prefere crer que o time não irá cair de rendimento por conta da ausência do meio-campista. “Não sei se outro jogador

vai passar o pé em cima da bola, como Elsinho fazia, porque torcedor, infelizmente, gosta muito dessas coisas. Naturalmente, a gente lamenta a saída de todo qualquer bom jogador do time. Mas no elenco, temos o Luciano, Wanderley e agora o Mineiro que podem fazer a mesma função que o Elsinho desempenhava. Além disso, o CRB tem sua maneira de jogar, principalmente dentro de casa, e não vai abrir mão disso por um jogador”, dise Alarcon. Pacheco.


8

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l esportes@ojornal-al.com.br

Esportes O Jornal

Perto do paraíso CSA precisa de um empate contra o Feirense para passar de fase na Série D VICTOR MÉLO jornalistavictor@gmail.com

O

CSA entra em campo hoje com a missão de conquistar um simples empate para garantir a classificação nos mata-matas da Série D do Brasileiro. Invicto na competição nacional, o Azulão recebe o Feirense, às 17h, no Estádio Rei Pelé. Com sete pontos e um jogo a menos, o time baiano vai para o tudo ou nada no confronto. Neste Brasileiro, o Azulão visitou o adversário em Senhor do Bofim e venceu por 3 x 1. O problema é que o CSA perdeu três jogadores muito importantes para o esquema do técnico Lorival Santos. Com dores no joelho, o lateral esquerdo Fabiano está fora de combate e deve ser substituído por Celico. Na

CSA ainda está invicto na competição

zaga, Leandro, suspenso, vai ser trocado por Cléberson. O meia Washington tem problemas particulares, foi liberado para viajar para o Rio Grande do Norte e deve ser substituído por Warley, aumentando o poder ofensivo da equipe, ou Safira. O Azulão soma 14 pontos na competição e até agora venceu os três jogos que

disputou em casa, contra o Sousa, o Vitória da Conquista e o Itabaiana. Depois do jogo desta tarde, o time folga na tabela e encerra sua participação na fase de classificação no dia 24, na cidade de Senhor do Bonfim, contra o lanterna Vitória da Conquista. MARCA O técnico Lorival Santos

vai comandar hoje o CSA pela 24ª vez. Nas 23 partidas já disputadas ele conquistou 15 vitórias, obteve sete empates e perdeu apenas uma vez, ainda no Estadual, para o ASA. O aproveitamento do time com o treinador é de 75%. Nesta Série D, o Azulão disputou seis partidas, vencendo quatro e empatando duas.

Grupo A4 1 2 3 4 5

Clube CSA Sousa-PB Feirense-BA Itabaiana-SE Vitória da Conquista-BA

PG 14 11 7 5 1

JG 6 6 5 6 5

VI 4 3 2 1 0

EM 2 2 1 2 1

DE 0 1 2 3 4

GP 9 7 8 5 5

GC 3 5 7 8 11

SG 6 2 1 -3 -6

%A 77.8 61.1 46.7 27.8 6.7

Direção ainda procura reforços O técnico do CSA, Lorival Santos, ainda espera que a direção contrate, ao menos, dois jogadores para o Brasileiro da Série D. As prioridades são um lateral esquerdo e mais um atacante, e até o perfil desses atletas já foi traçado. “Lorival não indica jogadores por nomes, e sim pelas características. Ele traça o perfil do reforço, como um atacante destro ou, por exemplo, um meia-atacante que atue pela esquerda. Assim, os dirigentes vão buscar atletas que se encaixem nesses pedidos”, explicou o assessor de imprensa do Azulão, Bruno Felix. Bruno disse ainda que não é a questão financeira que está pesando para que o clube não contrate os reforços. “A situação já está melhor, mas é claro que o fato de passarmos as próximas três semanas com apenas uma arrecadação - a do jogo deste domingo, contra o Feirense - atrapalha. Mas a questão maior é que a Série D está afunilando e não dá para propor contratos longos com o início do mata-mata. Assim, esperamos que alguns times sejam eliminados para que possamos buscar atletas da Série D mesmo”, informou.

Ficha técnica Quando: hoje Onde: Estádio Rei Pelé, às 17h CSA - Flávio; Leandrinho, Cléberson, Adalberto e Celico; Levi, Jucemar, Jonatas e Ronaldo; Safira e Paulinho Macaíba. Técnico: Lorival Santos. Feirense - Naldo; Rodrigo, Mota, Everton e Saubara; Baiano, Joadson, Mailson e Cleiton; Ramon e Fernando. Técnico: Duduzinho.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

S

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

Produção de moda masculina, em Alagoas, segue na contramão do resto do Brasil 6

Carol Abras celebra a volta de sua personagem à trama de “Avenida Brasil” 15

SalaVIP + TV

Divulgação

Amor

sem medidas

O poder transformador de ser pai é sentido mesmo antes de os herdeiros nascerem. Para Lucas Romariz, sua história de vida ganhou novo sentido quando soube que Lucca estava chegando 10 E 11


2

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

Sala Vip

Inside

Por Marcos Leão inside@ojornal-al.com.br

Feliz, feliz, Dia dos Pais! Inside não poderia deixar passar em branco esta data tão especial que é o Dia dos Pais. Acreditamos que o amor de um pai é algo ilimitado, algo que não pode falhar, algo no qual acreditar mesmo que seja contra o mundo inteiro. Nos dias da nossa infância, gostamos de pensar que nosso pai tudo pode; mais tarde, acreditaremos que seu amor pode compreender tudo. Hoje, a coluna está repleta de pais queridos, do bem e felizes por ter recebido essa dádiva de Deus de ser pai. Vida feliz a todos! Fotos: Luciana Peixoto e Fernando Soares

Luciano Peixoto e sua bela filha Luciana em registro de pura alegria

José Peixoto Accioly com sua linda herdeira Sofia em registro dos mais felizes

Beto Soares e sua herdeira Renata mostrando o quanto são unidos e felizes

Wal Leão evidenciando estilo para dar e vender com seus herdeiros Túlio e Fernando

Thiago Quintella em plena alegria com seu herdeiro João

Theo Calheiros em registro especial com sua Marina para as lentes da Inside


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

3

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Omar Coêlho, em felicidade pura, ilhado pelas suas lindas filhas

Mário Marroquim feliz da vida com seus herdeiros Ighor, Mariana e João Pedro

O papai Alexandre Garcia e sua Fernanda Giarato com o herdeiro Gabriel

Em momento especial, Antony Sena com sua Christina e suas belas filhas

Sérgio Cabral sendo paparicado pelos seus queridos filhos

Em momento de felicidade total, o médico Antônio Carlos de Moraes com seus filhos Felipe e Victor

Competente geriatra, Denis Antonio Mello com suas lindas Mel e Luiza

Aldemar Monteiro é puro carinho com seus filhotes João e Lara

Neli festejando com Vitória o Dia “D” do papai Julio Cezar


4

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Inside

RadarArapiraca

Por Marcos Leão inside@ojornal-al.com.br

Fernando Soares

Arquivo

Fernando Soares

TODO ELE | Ricardo Leão em momento de carinho extra com seu herdeiro João Arthur. Um lindo registro para festejar, hoje, o Dia dos Pais. Mais amor e ponto EM CENA | Sandro e Mirella Leão e seus herdeiros Ana Paula, Sarah e Paulo Neto em cena inesquecível de festa familiar, digna de porta-retratos

Missão PAPAI | Querido por gregos e alagoanos, o papai do ano Yale Fernandes Barbosa festejando a data especial ao lado de seus filhos e de sua esposa, Hareta

Extra, extra! Só mesmo Inside para saber essa: na última sexta, o prefeito Luciano Barbosa assinou o Termo de Cessão da Casa da Cultura para ampliação e uso do imóvel para implantação de biblioteca pelo Senac. A solenidade ocorreu na sala de reuniões do gabinete do prefeito, no Centro Administrativo Municipal, e contou com a presença do presidente da Federação do Comércio do Estado de Alagoas (Fecomércio), empresário Wilton Malta. Estamos de ollho!

Adélia Lúcia Leite teve a missão de representar o prefeito Luciano Barbosa, na última quinta, no Fórum Municipal de Psicologia, que aconteceu no auditório do Cria. Por lá, o assunto era um só: “Os avanços da Psicologia na Política de Assistência Social”. Ah, detalhe: lá também foi cenário para festejar os 50 anos da profissão no Brasil, esta segunda edição do evento visou reunir profissionais da área para discutir e debater a atuação do profissional de psicologia na política de Assistência Social.

Ação do bem Olha só que bacana: a Secretaria Municipal de Saúde está executando o projeto “Resgatando Brincadeiras de Criança com Ênfase na Cultura de Paz”. Profissionais estão pintando aviões (amarelinhas) e trilha do trânsito (educativa) nas escolas da rede municipal de ensino de Arapiraca. “As pinturas são mais um recurso para resgatar as brincadeiras infantis, que foram esquecidas, e, dessa forma, melhorar a relação interpessoal, prevenindo a violência, estimulando a prática de atividades físicas e combatendo o sedentarismo”, explicou a assistente social Fátima Ramalho.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

Esquadro Uma nova casa Tons claros e um ambiente amplo servem de moldura para as criações de acessórios da Artsório, inaugurada na Ponta Verde FLÁVIA FARIAS flaviafarias@ojornal-al.com

A

s irmãs Ariana e Juliana Gameleira estão trilhando o caminho do sucesso. Não bastasse escolherem a renda renascença como matéria prima de suas criações, conquistando o bom gosto das alagoanas, a dupla vê as peças de sua Artsório ganharem novos rumos, chegando a compor o figurino da atriz Ildi Silva, que está no ar, em Gabriela, remake que passa na Globo. A n t e s d e i n v e s t i re m tempo, dinheiro e talento na Artsório, cada uma pretendia seguir trilhas bem diferentes. Enquanto Ariana estudava para se tornar fisioterapeuta, Juliana cursava arquitetura. Com a demanda pelas peças originais das irmãs aumentando, foi preciso deixar de lado suas formações e se focar em seu empreendimento. “Por enquanto a loja está tomando todo o nosso tempo – nós fazemos parte de todo o processo de criação e confecção das peças e de administração da loja. Estamos muito felizes com a Artsório, e se tudo continuar bem, não pretendemos seguir nossa formação”, afirmou Juliana. Apesar de não trabalhar na área, foi dela o projeto das duas lojas que administra em parceria com Ariana. Para a

nova unidade, por causa dos detalhes, ela quis surpreender a todos que entrassem na loja. “Para isso, criamos um espaço clean, aliando uma decoração moderna com o estilo provençal, que sempre fui apaixonada, pois remete à riqueza dos luxuosos móveis franceses dos séculos XVI e XVII. Criei tudo isso em um espaço com cores claras para destacar ainda mais os acessórios da loja”, revelou. As molduras penduradas, estrategicamente, numa das paredes da Artsório servem para destacar cada acessório, como se fosse mesmo um quadro, uma obra de arte. N o Fa r o l também existem algumas molduras, porém espalhadas pela loja. De acordo com Juliana, neste outro projeto, a opção foi fazer um “cantinho” reservado que reunisse as molduras, mas em desordem para quebrar a monotonia de uma parede cheia de quadros. “Assim podemos colocar em destaque alguns acessórios que queremos, sempre fazendo a troca”, disse ela. Para ambientar a nova loja, Juliana decidiu manter um pouco do padrão da loja do Farol por causa da identidade visual da marca. Desse modo, segundo ela, quem entrasse já perceberia que estava em “uma Artsório”.“As diferenças ficaram por conta dos detalhes. Então

usei basicamente os mesmos materiais: porcelanato de cor clara no piso, que dá sofisticação e leveza; vários espelhos, que transmitem uma sensação de amplitude no ambiente; móveis em madeira de lei, na cor branca, destacando apenas a mesa central, na cor marrom; e paredes brancas”, destacou a arquiteta. Apenas a parede do cantinho das molduras foi pintada de amarelo para dar um destaque. Como as irmãs tem gostos parecidos, Ariana não ficou de fora do projeto e deu, sim, seus palpites. Assim que o projeto inicial foi feito, as duas foram fazendo as alterações n e c e s s á r i a s. “Confesso que ela deveria ter feito arquitetura também, pois tem muita noção de espaço, proporção e bom gosto”, se derrete Juliana. A parceria entre as duas é mais que natural e os bons resultados obtidos também. Com as duas lojas, precisaram aumentar ainda mais a produção, pois precisam manter as lojas sempre cheias. E sempre seguindo as coleções. “Lançamos o nosso preview de Verão na inauguração e no dia 16 lançaremos nossa coleção verão 2013 no desfile realizado no alagoas Trend House. No dia seguinte a coleção já vai estar nas lojas. Além disso, queremos aumentar nosso público nacional com a criação do e-comerce que brevemente estará funcionando”, disse Juliana.

Fotos: Jean Charles

SalaVIP + TV

A fisioterapeuta Ariana Gameleira e a arquiteta Juliana Gameleira comemoram o sucesso do projeto de sua Artsório

5


6

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Moda Adentro Tem para homem? A produção de moda masculina em Alagoas segue na contramão do resto do Brasil FERNANDO NUNES fernandonunes_fhgn@hotmail.com

A

pergunta do título é mais pertinente do que parece ser, principalmente, se tratando da moda produzida em Alagoas. As vésperas do Alagoas Trend House, que acontece entre os dias 13 e 17 de agosto – soa um pouco triste e esquisito responder a pergunta com um não. Mas a verdade é que não há roupas para homens em Alagoas, pelo menos que tenham design e confecção executados completamente aqui. Soa de forma triste, porque nos vem o sentimento claro de que não temos opções locais que interpretem, entendam e traduzam as vontades dos alagoanos quanto ao vestir. O que é muito contraditório quando se observa o fenômeno da mudança de hábito de consumo e da expansão do mercado de moda masculina no Brasil. A impressão que se tem é que os empresários/criadores alagoanos não conseguem compreender (ou não tentaram ainda) o movimento natural da moda, onde tudo surge e ressurge com os anos. Talvez seja importante saber que desde meados do século XIV, quando apareceu o traje curto masculino, até o século XIX – quando o terno se tornou a indumentária da “grande renúncia”, a moda masculina apresentava

Lucas Barros e Henrique Muniz (abaixo): oxigenando a moda masculina alagoana

mais novidades e mudanças do que a feminina. Agora, em pleno século XXI, vivemos um momento semelhante e vou exemplificar o por quê. O filósofo francês Gilles Lipovetsky disse em sua obra – O Império do Efêmero – que “os novos cânones de elegância masculina, a discrição, a sobriedade, a rejeição das cores e da ornamentação” fizeram da moda e seus artifícios uma prerrogativa feminina. Felizmente, a realidade fielmente descrita por Lipovetsky não é mais a mesma e para compreender isso basta olhar para qualquer rapaz ao seu lado na rua e perceber que os códigos do vestir estão dizendo justamente o oposto. Há cores, um infinidade delas – nas calças, nas camisetas, nos tênis –, as ornamentações modernas mudaram as concepções de sobriedade e descrição e definitivamente a moda masculina entrou em trânsito. É esquisito que empresários, que já estão posicionados no setor aqui no estado, não se interessem pela exploração desse nicho e se

contentem apenas em comercializar roupas produzidas fora – nos também nordestinos Pernambuco e Ceará – e no restante do país. O argumento de alguns criadores ainda é o mercado local tímido, que justifica a retração. Além de Lucas Barros (AP401), que há algumas estações não produz peças masculinas – o que promete mudar no verão 2013 –, por não encontrar aceitabilidade necessária para impulsionar a produção, minha lembrança traz o nome do estilista Henrique Muniz, que por algum tempo tentou impulsionar este mercado, há cerca de 5 anos, quando este “boom” do consumo masculino era um embrião. A situação, porém, pode mudar em breve. Segundo Ana Paula Dantas, gestora da Cadeia Produtiva Textil e de Confecções do Sebrae-AL, as possibilidades de crescimento do setor são muitas e já estão sendo estudadas. “Começamos a fazer um mapeamento das empresas que estão atuando nesse segmento para incluí-

-las no projeto Moda Alagoas”, confirma a gestora ao dizer que este é um interesse comum do Governo e do Sindicato da Indústria do Vestuário de Alagoas (Sindvest), colocar o homem em foco. Ana Paula adianta ainda que, nesta sexta edição da Alagoas Trend House, será

possível conhecer uma nova marca masculina que fará sua estréia no mercado local com peças disponíveis para compra em uma loja pop up do evento. A Pássaros, da empresária Marta Melo, trará da cidade de Arapiraca sua moda com a cara do homem alagoano. É aguardar essa chegada!


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Closet

Com que roupa... Vocalista da banda Bleach mostra seu lado prático na hora de se vestir FLÁVIA FARIAS flaviafarias@ojornal-al.com.br

B

runo Patricio é cantor e também trabalha com moda, como vendedor na loja Hit, uma das queridinhas da cidade. Segundo ele, seu humor interfere, bastante, na hora em que vai se vestir. Se você o encontrar usando cores fortes, pode saber que: ou ele está animado ou muito ansioso. “Quando estou

muito feliz, animado e até ansioso por algum motivo, uso sempre vermelho, que é uma das minhas cores preferidas. Laranja, amarelo, entre outras, também entram na lista”, afirmou. Mas, apesar desses momentos mais chamativos, o vocalista da banda Bleach se diz fã das cores sóbrias, levando para o seu guarda-roupa peças em cinza e preto. “Mas no geral me vejo muito de roupa azul. Não sei por que, mas a maioria das minhas roupas é azul”, brincou. Nos palcos, carrega no visual, usando e abusando de coturnos, blazers e camisas.

Bruno Patrício veste: Polo - Lacoste Cardigan - Triton Tênis - Lacoste Jeans - Diesel

Longe dos holofotes, Bruno é mais prático e não dispensa um bom jeans. “Combino com tênis estilo cano médio (que é mais confortável) e sobreposição de t-shirt mais camisa ou pólo mais cardigan”, disse. Os cardigans, aliás, são sua marca registrada. Por passar muito tempo em estúdio, entre ensaios e gravações, os casaquinhos são seus companheiros inseparáveis. “Quando saio do estúdio e estiver quente, basta tirar a peça de cima. Se esfriar, ele volta à produção. É bem prático, principalmente se rolar um barzinho com amigos. Estou sempre preparado”, disse.

7


8

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Balaio Flávia Farias flaviafarias@ojornal-al.com.br

Contra o sol

Degustação

Marca líder no mercado americano de antioxidantes e queridinha de celebridadess de Hollywood, SkinCeuticals traz para o Brasil mais uma inovação. Este mês, chegou às às farmácias Physical Fusion UV Defense. Ideal para peles sensibilizadas por tratamentos estéticos (como peelings, lasers e ácidos), o fotoprotetor alia alto nível de proteção contra raa os raios UVB e UVA (tem FPS 50 e PPD 21) a uma fórmula 100% física, sem parabenos e com cor de base universal. Com textura ultrafluida, Physical Fusion UV Defense é as resistente à água e ao suor, tem ação matificante e é color adapt, ou seja: apresenta esferas translúcidas de cor que se adaptam aos diferentes tons de pele, disfarçando eritema e conferindo um acabamento natural. O novo fotoprotetor tem na composição Óxido de Zincoo e Dióxido de Titânio – ingredientes que conferem proteção 100% física, bloqueando os raioss solares nocivos à pele. Preço sugerido: R$ 89

Igor Pereira

Brilliancy O Peixarão

Há 17 anos à frente de uma das lojas pioneiras no Nordeste quando o assunto é “ plus size” , a Maneka das irmãs Lara e Laís Amorim lança sua primeira coleção assinada por elas, a Brilliancy, inspirada na alegria, vibração e exuberância de suas clientes. Pensando nestas formosas mulheres, Lara e Laís Amorim criaram peças que valorizam as formas em vez de escondê-las. Abusaram das cores fortes e estampas de lenço, tendência queridinha do inverno e que é presença confirmada no verão. Tudo isso mostrado em kaftans, vestidos e sais mulet. Entre os tecidos estão o linho, a leveza das rendas e tules, o brilho do lurex, paetês e lantejoulas em roupas jovens para mulheres contemporâneas que sempre querem estar bem vestidas. A coleção especial da Maneka será apresentada com muita alegria e promete arrancar suspiros da plateia no próximo dia 14 (terça feira), durante a Alagoas Trend House – Semana de Moda de Alagoas -, realizada na Vox Room, em Jaraguá.

Para os papais que gostam da boa comida alagoana, a dica é seguir para o restaurante O Peixarão e comemorar o seu dia. Aos filhos que desejam deixar a data ainda mais saborosa, que tal uma boa peixada regional ou mesmo uma peixada ao engenho?

Para carregar rregar S você deixou para a última hora, uma ótima dica de presente para os pais descolados é a Se bbolsa bo lsa de mão Trilhas Pillat (R$141), da Trilhas & Rumos. Ideal para uso em pequenas viagens, academia, e para o trabalho, a bolsa é feita com tecido de alta rresistência (1200D com resinagem PU3x), zíperes reforçados na tampa pprincipal, com puxadores que facilitam o acesso. Suas alças de mão, na parte ssuperior e na lateral, vêm com reforços em rebite, para maior resistência. su Poss Possui alça de ombro acolchoada e regulável. Seus dois bolsos nas laterais servem para separar roupas molhadas, livros, óculos, documentos, etc.

As novidades da edição 2012 do Casamento do Ano não param. A maior feira de business no segmento de festas e eventos acontece nos dias 23 e 24 de outubro, no Palato Farol, novo local de luxo da cidade. Entre as novidades, alguns chefs alagoanos estarão presentes preparando comidinhas gourmet como opção para servir em festas de casamento e aniversários. Um dos nomes confirmados é o da neochef alagoana Juliana Almeida. Tendo no currículo diversos cursos na área, a chef é especialista em “finger food”, culinária prática e visualmente bela, ótima para as ocasiões mais finas. Todas as delícias preparadas por Juliana Almeida poderão ser conferidas durante os dois dias do evento. As noivas, com certeza, terão opções de sobra na hora de escolher o menu para o dia mais especial de suas vidas. Mais um luxo que os visitantes encontrarão no Casamento do Ano!


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

9

SalaVIP + TV

Maria: nome forte Um dos nomes mais inspiradores que existe, Maria proporciona inúmeras possibilidades para a composição de uma coleção de moda. Religioso, místico, popular, forte, entre tantos outros adjetivos, este nome e seus significados serviram de inspiração para a estilista Nathália Amaral compor seu verão 2012/13, que será lançada no dia 15 de agosto durante a Alagoas Trend House. A coleção vem com muitos tecidos leves como cetim, gazar de seda, musseline, e

O poder paterno tule, além de algumas composições feitas com linho. As cores harmônicas presentes nas peças, como azul, off white e verde água foram inspiradas na beleza do nome. Aplicações, bordados e muitas texturas pontuam a coleção. A estreia de Nathália Amaral na Trend House’12 promete ser com muitas surpresas boas como trilha sonora de Millane Hora cantando ao vivo, e a cenografia assinada pelo arquiteto Alan Gaia.

No mundo delicioso dos cakes Inspirada no mundo dos doces, a coleção Glacê, da estilista Larissa Nunes, promete deixar todos com água na boca. Os famosos cakes produzidos por sua mãe, a cake designer Rosa Maria Nunes, foi o ponto de partida para a estilista desenvolver seu verão 2012/13, que será desfilado no próximo dia 14 de agosto, na Alagoas Trend House – Semana de Moda Alagoas. Na cartela de cores, as candy colors apararem em calças capri, vestidos, saias e blusas. Elementos do universo dos doces dão um toque especial às roupas. A coleção Glacê está recheada de peças para mulheres jovens e cheias de atitude. Um desejo à parte!

Sabatelli Os papais terão um fim semana com comemoração em na Sabatelli. No almoço ou jantar domingo, no consumo de uma garrafa de 750 ml do premiado vinho uruguaio H Stagnari Tannat Viejo, o homenageado ganha outra garrafa de 375 ml. O famoso tinto é o “Tannat” (tipo da uva) mais premiado do mundo, com medalhas em Bruxelas, Eslovênia, Paris, Chile, Turquia e Espanha. A dica é aproveitar a promoção para degustar com os novos pratos do restaurante, como o Camarão al pomodoro calabrês (com spaghetti ao molho pomodoro levemente picante) e o delicioso Filé al Funghi.

de dobro de

Não basta ser pai, tem que participar. A frase, que ficou famosa em uma campanha publicitária dos anos 80, representa até hoje a importância da figura paterna na criação do filho. Diferente do que muitos pensam, a função paterna é tão importante quanto a materna. De acordo com a psicóloga do Hapvida, Rochelle Moreira, os pais ocupam um lugar fundamental na formação da estrutura psíquica da criança. “Segundo a psicanálise, o pai é o responsável pela inserção da noção de lei, de limite. Isso permite que o sujeito entenda e internalize as necessidades sociais e, assim, tenha mais facilidade em lidar com as situações difíceis, principalmente aquelas que envolvem frustração”, diz a especialista, que atua no Hapvida Saúde. RELAÇÃO No passado, os pais costumavam somente ocupar a posição de “provedores do lar”,

representando aquele modelo autoritário e ausente. Hoje, mais presentes e participativos, eles sabem que criar vínculos afetivos fortes com seus filhos é extremamente positivo para os ambos. “O equilíbrio é fundamental em todas as relações. Da mesma forma que é necessária a imposição de limites, a atenção, o carinho e as demonstrações de amor, que são vitais para a validação da autoridade”, diz Rochelle. Segundo a especialista, uma relação disfuncional pode acarretar em sérios danos à estrutura psíquica do indivíduo, prejudicando sua capacidade de sentir-se seguro e de tomar decisões. “Para que essa relação se estabeleça de forma saudável, é necessário que o pai se interesse pelo mundo do filho e acompanhe seu crescimento em todos os momentos, tantos nos de lazer, como nos de obrigações e deveres”, disse.


10

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Capa

“Um pedaço de mim” Mudar sua vida, renovar os planos, trocar fraldas e ter medo do futuro de alguém que mal conhece; ser pai tem dessas coisas FLÁVIA FARIAS flaviafarias@ojornal-al.com.br

M

uita coisa mudou na vida de Lucas Romariz desde que soube o que pequeno Lucca chegaria. Nem os onze anos entre namoro e noivado com Monique o prepararam para a emoção que sentiu ao pegar seu herdeiro pela primeira vez. Era sua continuação que estava em suas mãos e o executivo, acostumado a tomar grandes decisões, se viu miudinho diante do filho recém-nascido. A decisão de voltar para Maceió se deu como um alívio para o casal que tinha metas parecidas e uma rotina quase exaustiva. Tudo ficou mais fácil quando a natureza resolveu colaborar. “Eu e minha esposa morávamos em São Paulo. Ela médica e eu executivo de uma multinacional, mal tínhamos tempo para nos encontrar em nossa própria casa. Nossa rotina de trabalho estava muito pesada e no início de carreira buscávamos nosso crescimento profissional à custa de nossa qualidade de vida; foi então que, ao saber que seríamos pais, decidimos que nosso objetivo era constituir uma família bacana e para

isso teríamos que ter tempo para nos dedicar ao presentinho que receberíamos em nove meses”, disse Lucas. UMA NOVA VIDA Em Maceió, a rotina continuou quase a mesma - ele trabalhando 12 horas por dia e ela com a rotina da residência médica, que fazia na Santa Casa. O que mudou foi o cenário. Maceió servia, segundo ele, para curar o stress. No dia 15 de julho, deste ano, Lucca

“Troco (fralda), sim. Monique pode confirmar. Faço arrotar, troco fraldas, dou até de mamar (risos). Não é fácil. Monique diz que sou um ‘pãe’ e fico muito feliz.” nascia e colocou, literalmente, ordem na casa. “Quando ele nasceu dedicamos a mudar nossa rotina. Hoje trabalho apenas as oito horas normais de trabalho. Ainda chego em casas disposto e tento, ao máximo, ajudar Monique a cuidar de nosso pequeno. O que mudou bastante são as horas de sono que se tornaram bem poucas”, revelou. Não há dúvidas de que Lucca chegou no tempo certo. Seu pai contou que ele e a esposa até já tinham começado a programar uma

gravidez. A vontade de se tornarem pais era grande. Afinal, foram onze anos de namoro antes de casarem e o sonho de ter sua prole só crescia. Mas a decisão de quando seria ficou nas mãos do menininho que hoje domina a mente de Lucas e Monique. “Em relação a ele, tenho os medos que todos têm: a falta de segurança, drogas e tudo aquilo que possa fazer mal a ele. O único plano que traçamos, foi poder dar a ele toda a base para que seja uma boa pessoa, um cara legal. É isso o que queremos. Que nos ame como o amamos; que seja uma pessoa honesta; digna, porque assim também fomos criados”, disse. Os c u i d a d o s c o m o herdeiro começaram logo cedo. Mesmo com uma rotina corrida, Lucas acompanhou, como pode, o desenvolvimento do seu bebê. Nos primeiro ultrassom não conseguiu ver nada. Mesmo assim vibrou. À medida que Lucca ia tomando forma, crescendo, o amor ficava mais forte. Mas no final da gestação, um problema de saúde de sua mãe, que mora em Campinhas, dificultou sua vigília. “Tive que correr para lá, então não participei do chá de bebê, do final da montagem do quartinho dele, dos últimos exames. Curti tudo de longe. Pela primeira vez na vida desmarquei uma reunião por motivos pessoais: para vê-lo na ultrassom. Experiência única”, revelou Lucas, que hoje é diretor da Faculdade Raimundo Marinho. F.F.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

11

Entrevista | Lucas Romariz | Empresário Teve medo diante da nova responsabilidade? Considerava-se pronto para exercer a “função”? Medo? Não, não... Receio?? Todos. Acho que queremos fazer para nossos filhos sempre mais do que nossos pais fizeram por nós. Não tinha como ter medo de receber esse presente. Estamos curtindo o momento, outros problemas que virão, com a idade dele, deixaremos para pensar na frente. Acreditamos no diálogo aberto, na verdade e no amor que temos por ele, tudo isso ligado a uma boa dose de disciplina. Tenho formação militar, ele vai andar na linha! (risos) A responsabilidade é grande, mas não senti medo! Qual a lembrança mais marcante na sua estreia como pai? Ah, sem dúvida, a primeira vez que o peguei no colo. Muito por conta das circunstâncias em que tudo aconteceu e da preparação que fizemos para recebê-lo. Eu tinha acabado de voltar de Campinas, minha mãe havia melhorado, eu estava aliviado. Cheguei em Maceió no dia 15/07, às 2 horas da manhã. Cheguei em casa, fui direto para o quartinho dele para ver ao vivo como tinha ficado, antes que eu fosse para o meu quarto, minha esposa veio até mim e disse que estava tendo contrações e que ele iria nascer. Fizemos as malas, ligamos para o hospital e fomos informados que não havia vaga. Ficamos doidos, mas como ele queria nascer antes da hora, demos um jeitinho e às 12:10 horas, do mesmo dia, ele nasceu. Ele me esperou chegar para nascer. Tem como explicar? Quando ele nasceu e o peguei no colo ainda no centro cirúrgico, foi como se eu tivesse nascido de novo. É um pedaço de mim.

Como aproveita o tempo livre ao lado dele? No momento apenas trocando as fraldas, curtindo muito essa fase inicial, dormindo pouco. Não vejo a hora, de poder ir à praia, assistir aos jogos do timão (ele já é corinthianíssimo, assim como eu), andar de bicicleta, levar para natação, escola, fazer coisas do dia a dia. Isso sim será curtição.

Você é do tipo de pai que troca fralda, coloca para dormir? Ou brincar é a sua especialidade? Troco (fralda) sim. Monique pode confirmar. Faço arrotar, troco fraldas, dou até de mamar (risos). Cuido e tento ajudá-la ao máximo. Não é fácil. Monique diz que sou um “pãe” e fico muito feliz. Como se avalia como pai? É difícil fazer essa análise,

pois será meu primeiro Dia dos Pais e ele nem terá um mês de vida, mas acho que “dou para o gasto”. Tento fazer o melhor, estar presente sempre e passar muito amor e segurança. Minha avaliação virá quando ele for grande e se tornar um grande homem. Quero aproveitar ao máximo todas as fases, todo mundo diz que passa muito rápido e isso me preocupa. Quero ser um pai presente.

Qual a melhor lembrança do seu pai? Ele foi o seu maior exemplo? Eu tenho algumas lembranças marcantes do meu pai, um cara trabalhador que sempre primou muita pela responsabilidade no trabalho. Ele sempre foi o amigo de todos, que promovia festas em casa e que era louco para que eu virasse piloto, me colocou no kart. Lembro da primeira vez que treinei, eu era um desastre no começo, depois até que melhorei, mas para ele eu era sempre como o Senna. Enfim, um cara que eu amo independente de qualquer coisa, que sempre estará ao meu lado, mesmo estando longe. Aproveito para desejar a ele um lindo Dia dos Pais e dizer que eu o amo muito! Sei que é Dia dos Pais, mas não posso esquecer de falar da minha mãe que em vários momentos em que meu pai estava longe, segurou as barras e fez de nós quatro pessoas muito felizes. O que pretende passar de lição para o seu pequeno? Além de amar o Corinthians? (risos) A lição que aprendi com minha mãe e com meu pai: que o mais importante é ter respeito pelas pessoas e às diferenças. Que com trabalho tudo é possível e que a família são os amigos que Deus escolheu para gente.


12

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

SalaVIP + TV

Antena

Pérola irregular Usando fibra natural, o estilista alagoano Marcus Telles apresenta a coleção de filé arrematada por semijoias de designer espanhola ASSESSORIA

A

edição 2012 do Alagoas Trend House já desperta curiosidade em muita gente, ainda mais quando o assunto é o desfile do estilista Marcus Telles. Ele, que morou em Milão durante quase dez anos, voltou para Maceió com o melhor da alta costura. Traçando pontos e linhas de corda do autêntico filé, o estilista promete abrilhantar a noite do próximo dia 14, com o desfile “Pérola Irregular”. Entre um nobre tecido francês e uma sofisticação extravagante do tecido italiano, a identidade

do estilista ganha vida nos tons preto, dourado, vermelho, laranja e nude. A maior novidade deste ano para a coleção do desfile é que todas as peças recebem influências menos agressivas ao meio ambiente. Isso porque a corda do filé que está sobreposta aos modelos únicos de Marcus Telles, é feita a partir de uma fibra100% natural e totalmente hand made. O capricho para o line up do desfile de Telles também

será notado pelas luxuosas cadeiras estilo Luís XIV que estarão montadas ao longo do tapete vermelho da passarela. No sentido de preciosidade, o nome “Pérola” representa o valor que o filé tem para o estilista, que valoriza esta renda assim como uma bela joia. E “Irregular”, porque ao mesmo tempo em que o ponto do filé tem forma, ele se torna disforme nas mãos e criações de Marcus Telles. Somada às produções de Marcus Telles, a designer de semijóias, recém-chegada da Espanha, Marceli Pitta, dará o toque final do desfile. Os acessórios da alagoana são feitos à base de pedras semipreciosas e ganham destaque pela beleza e suntuosidade. “Assim que fiquei sabendo que Marceli Pitta havia voltado para Alagoas, entrei com contato e já inclui essa profissional no meu casting de acessórios”, afirma o estilista.

Marcus Telles e suas criações. Hand made segue como grande aposta em sua nova coleção


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

13

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Estilo União refinada Empresária alagoana traz nova marca de acessórios que esbanjam luxo e sofisticação

L

ançar tendências. Essa é uma das missões dada a pessoas onde o bom gosto impera. No próximo dia 15, a empresária Edênia Diniz, mostra seu poder e realiza o lançamento da sua coleção Verão 2013, trazendo uma valiosa novidade: peças exclusivas da designer Maria Dolores, conhecida e bem vista nas revistas como Vogue, Marie Claire e com clientes como Sarah de Oliveira entre outras famosas. Coordenando uma equipe que entende tudo sobre acessórios de luxo, Edênia adiciona um tempero extra ao já famoso

acervo de sua Plátanos, uma das lojas mais procuradas pelas mulheres refinadas do Estado com esta nova marca. Para deixar tudo ainda melhor, ela reafirma sua parceria com a talentosa designer italiana Alessandra Lendaro Vigh, que tem causado frisson com as suas peças. Além terem se tornado objeto de desejo das bem-nascidas de Alagoas, elas estão ganhando grande repercussão em nível nacional, sendo destaque em revistas e clientes pra lá de Vips. Um petit comitê será armado na próxima quinta-feira, dentro da Plátanos, com organização da querida Mamá Omena, que transforma grandes lançamentos em momentos inesquecíveis. O evento contará com a presença de muita gente bonita e antenada. Igor Pereira

Edênia Diniz e Alessandra Lendaro Vigh, anfitriãs do evento

Sarah de Oliveira usando uma peça do Verão 2013, da designer Maria Dolores, que vem com exclusividade para a Plátanos


14

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

Box Giro Points fervendo na city

Patrícia Moreira e Renata Castro

Outro point que está dando o que falar é a Musique. Lá, anda lotado de gente bonita e a paquera está rolando solta. E o melhor: a casa de eventos recebeu, ontem, o agito da famosa banda carioca Kid Abelha. Muita gente Vip apareceu na cena e curtiu uma das noites mais incríveis que o lugar já recebeu. Legal, né?!

André Carvalho e Renata Lucena

Animados... Uma festinha que foi invadida por modernos e descolados da cidade foi a Sexta Universitária, tendo como anfitrião Matheus Vilela, que comandou o badalo animadíssimo, reunido o que há de melhor no setor. Muita gente estilosa bateu ponto na Loop Lounge. Entre os modernosos, Karla Brandão e Carolina Leão, arrasaram e mostram que os alagoanos têm muito estilo para dá e vender. Bacana! Danielle Mariano e Filipe Leite

Juliana Alves e Rebeca Pedrosa

Maikai ferve e Box Giro inova mais uma vez Já o Maikai Show Bar colocou o samba para animar, ontem, com nada mais nada menos que Boca de Forno. A mais bonita da noite? Bruna Omena. Uiuiui... Nem precisa dizer que a noite ferveu? Ei, querido leitor, a coluna está esperando as fotos inesquecíveis de suas baladas para boxgiro@hotmail.com. Vai perder?! Eu não! Então, fui...

Gilson Allain e Cláudia Ferraz

Maria Luiza Leão e Hiago Serpa


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

15

SalaVIP + TV

TV

Carol Abras celebra a volta de sua personagem à trama de “Avenida Brasil” ANA PAULA HINZ POPTEVÊ

A

maturidade de Carol Abras se manifesta fortemente em seu trabalho. Em alguns momentos, até mesmo fisicamente. Na pele da intensa Begônia, de “Avenida Brasil”, da Globo, a atriz imprime uma imagem de mais velha. Mas basta vê-la pessoalmente para perceber que a energia e as feições são compatíveis com seus 24 anos. A postura e a atuação em cena causam essa diferença, que pode ser benéfica, mas também tem seu lado negativo. “Se eu tiver de interpretar uma pessoa mais jovem, talvez isso traga dificuldades”, pondera a atriz, que também tem interesse em fazer personagens com idades bem diferentes da sua. “Eu gosto de sair do padrão, então seria interes-

sante poder fazer alguém de 18 anos tanto quanto alguém de 30. Acho importante sair da zona de conforto”, avalia. Na novela, Carol encarna a irmã adotiva da protagonista Nina, de Débora Falabella, e comemora as particularidades do papel. Uma delas é o sotaque. Como Begônia é de uma família argentina, a atriz eventualmente diz algumas palavras hispânicas e já apareceu falando em espanhol. “Seria complicado para o público entender os diálogos em outra língua, então as duas irmãs são bilíngues e se comunicam em português”, descreve. Como já falava espanhol, a atriz não precisou se dedicar muito. Mas usou uma viagem já marcada à Argentina e ao Chile para treinar. “Aproveitei para ouvir e falar bastante. Até me proibi de falar português nesse período”, conta. Suas primeiras cenas também foram na Argentina. Em Mendonza, cidade do Oeste do país, a atriz gravou as sequências que mostram a vida de Nina antes de decidir voltar ao Brasil para se vingar da ex-madrasta,

Luiza Dantas/CZN

Veio para ficar

Carminha, encarnada por Adriana Esteves. “A paisagem da região é linda e as pessoas de lá foram muito receptivas”, relembra. Depois de participar do início do folhetim, Carol ficou alguns meses sem gravar. Há pouco tempo, porém, sua personagem veio para o Brasil atrás da irmã adotiva e a partir de agora

fica até o fim da trama. “Desde o início, eu sabia que ia voltar. Então, foi bom para me preparar e acompanhar o que estava acontecendo na história”, revela. Begônia viajou ao Brasil após um período internada em uma clínica de reabilitação. E, apesar de ainda não ter tido muitas cenas mostrando a perturbação mental causada pelas drogas, a atriz quis conhecer melhor quem enfrenta o problema. Para isso, frequentou reuniões dos Narcóticos Anônimos e visitou clínicas especializadas. “É uma realidade muito forte. Poder ouvir e conversar com especialistas e pessoas que têm esse tipo de vício foi um grande aprendizado”, destaca. “Acho importante entender bem o universo da personagem para poder defendê-la com propriedade”, completa. Antes de fazer a novela de João Emanuel Carneiro, a atriz já tinha participado de outras produções como “Paraíso”, “Tempos Modernos” e, mais recentemente, “Morde & Assopra”. No último folhetim, na pele

da malvada Tânia, teve um bom retorno do público, mas nada comparado ao atual papel. “As pessoas querem saber o que vai acontecer com a Begônia, mas isso nem eu sei”, diverte-se. Mesmo com a enorme repercussão do folhetim – que tem marcado picos de 51 pontos no ibope –, Carol não quer imaginar se a oportunidade vai ou não representar um crescimento de sua carreira na tevê. “Prefiro não projetar muito o futuro. Quem é ator sabe que a profissão é extremamente instável”, frisa. Para seu alívio, trabalhos não faltam. Além de “Avenida Brasil”, a atriz está prestes a lançar o filme “Augustas”, de Francisco Cesar Filho, em que interpreta uma prostituta. No cinema, aliás, já fez várias personagens viscerais. Como a masculinizada traficante Marcin do filme “Se Nada Mais Der Certo”, de José Eduardo Belmonte.“Depois da novela, vou fazer outro filme com o Belmonte”, revela, citando o longa que está sendo provisoriamente chamado de “A Magia do Mundo Quebrado”.


16

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

SalaVIP + TV

Mapa da Mina Ana Paula Hinz Análise amorosa (GLOBO, DOM, A PARTIR DE 20h45) Na estreia da segunda temporada de “A História do Amor”, do “Fantástico”, Daniel de Oliveira e Fernanda de Freitas encenam situações e questionamentos típicos de qualquer casal. No primeiro episódio, os atores discutem o preço do amor e debatem a relação do sentimento com o dinheiro, mostrando que, desde a Pré-história, interesses econômicos estão unidos à relação amorosa. O quadro terá seis episódios. Festa olímpica (RECORD, DOM, 17 h) Os Jogos Olímpicos de Londres terminam neste domingo. E a Record transmite o encerramento do evento, que se chamará

“Sinfonia da Música Britânica”. O nome é uma referência aos artistas do Reino Unido e celebra as mais famosas músicas dos últimos 50 anos. Como o Rio de Janeiro será a próxima sede, o país fará uma pequena apresentação, que antecipará o que o mundo poderá conferir em 2016. Vários brasileiros farão parte, entre eles o famoso gari Renato Sorriso. Confusões jovens (GLOBO, SEG, 17h45) A nova temporada de “ M a l h a ç ã o”, d a G l o b o, estreia, nesta segunda, apostando em tramas dinâmicas e modernas. Entre as diversas histórias de amor, está a conturbada relação de três jovens. Ju, Dinho e Lia, vividos, respectivamente, por Agatha Moreira, Guilherme

Prates e Alice Wegmann, se envolvem em um triângulo amoroso que afeta a amizade das duas garotas. O folhetim é escrito por Rosane Svartman e Glória Barreto. Papos quentes (MTV, SEG, 22h30) O “MTV Sem Vergonha” recebe a atriz Juliana Schalch para um papo apimentado sobre sexo e papéis sensuais na tevê e no cinema. Além da convidada, Titi e Didi comandam “games” desavergonhados e debatem sobre as principais notícias sexuais da semana. O “talk show” tem ainda uma dançarina de “pole dance” que atua como ajudante de palco. Alô? (TV BRASIL, TER, 22 h) Os problemas da telefonia

celular no Brasil são o foco do “Observatório da Imprensa”. O programa analisa as restrições que foram impostas pela Anatel a três operadoras de celulares. Também debate sobre as necessidades de investimento no setor e sobre os problemas técnicos que tanto incomodam os usuários. Dicas experientes (MTV, QUA, 23h30) O “Luv MTV”, com Ellen Jabour no comando, terá a presença de Rachel Pacheco, mais conhecida como Bruna Surfistinha. A ex-garota de programa ajudará a participante da vez, Renata, a conquistar o garoto dos seus sonhos. Os pretendentes serão todos atletas e Renata precisará escolher qual deles melhor combina com ela.

Folclore no ar (TV BRASIL, QUI, 7h30) A série “Expedições” é dedicada a festa Bumba Meu Boi, do Maranhão. Paula Saldanha e Roberto Werneck mostram que os grupos que participam do evento são de várias localidades do estado e têm culturas e até sotaques bem diferentes. O programa revela também a lenda que deu origem à festa. Veia musical (MTV, SEX, 20 h) Um novo especial da MTV homenageará artistas que amam a música. “Para Gostar de Música” trará uma série de documentários que mostrarão, em programas temáticos, entrevistas com artistas que têm em comum uma forte característica ou dom musical. A partir daí, a produção discute o poder da música na sociedade.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

17

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

O que vem por aí

Aspas

Luiza Dantas/CZN

Divulgação

FIM DO MISTÉRIO

“Fiquei muito à vontade”. Nathália Rodrigues, a Natascha de “Gabriela”, sobre ensaio nu para a “Playboy” (Jornal “Diário de S. Paulo”). “Tenho pesadelos com umas coisinhas de perseguição, com vilanias”. Adriana Esteves revelando que interpretar a Carminha de “Avenida Brasil” mudou suas noites de sono (Revista “Veja”). “Tive dificuldade, sim. Mas fiz”. Maitê Proença sobre gravar a cena em que dona Sinhazinha, sua personagem em “Gabriela”, e o amante, Osmundo, de Erik Marmo, são mortos pelo Coronel Jesuíno, de José Wilker. Quando tinha 12 anos, Maitê perdeu a mãe, que foi morta pelo próprio pai por ciúme (Revista “Quem”). “As pessoas não me dão

trabalho, pois acham que sou rica”. Antonia Fontenelle, que volta ao ar em “Balacobaco”, próxima novela da Record, dizendo que ser casada com o diretor Marcos Paulo só atrapalha sua carreira (Revista “Quem”). “Antigamente, eu viajava de jatinho. Agora não dá mais”. Sandy, ao afirmar que sua vida não é tão luxuosa como na época em que cantava com o irmão, Junior (Revista “Quem”). “Eu sempre divido a conta. Até a do motel”. Adriana Biroli, que viveu a Patrícia de “Fina Estampa”, ao defender a ideia de que a mulher pode ter atitudes, muitas vezes, consideradas mais apropriadas para os homens (“gente.ig.com.br”).

“Assim, posso me aposentar cedo”. Maisa Silva, a Valéria de “Carrossel”, aos 10 anos, citando uma das vantagens de ter começado a trabalhar cedo (Revista “Caras”). “Sempre tem algum engraçadinho que vem me perguntar quanto é o programa”. Giovanna Lancellotti, a Lindinalva de “Gabriela”, sobre a repercussão de sua personagem, uma das meninas do Bataclã (“igirl.ig.com.br”). “Meu corpo é para as minhas personagens”. Carolina Dieckmann ao revelar que deve mostrar mais o corpo com o próximo papel, uma participação em “Salve Jorge”, do que fez na pele da “periguete” Teodora, em “Fina Estampa” (“ego.com.br”). “Quando a gente não gosta

de uma coisa, tem de tirar mesmo”. Vera Fisher, sobre cirurgia plásticas. Recentemente, ela admitiu ter tirado um pouco da barriga e do culote que a estavam incomodando (“ego. com.br”). “Estou preparada”. Sheron Menezzes, sobre uma possível repercussão negativa do público em relação à sua próxima personagem, a vilã de “Lado a Lado”, trama substituta de “Amor Eterno Amor” (“ego.com.br”). “Queria estar mais magro, mas as gravações começaram cedo e não deu tempo de emagrecer”. Murilo Benício, o Tufão de “Avenida Brasil”, justificando o uso de cinta no início da novela, quando seu personagem era um jogador de futebol famoso (“ego.com.br”).

Jorginho (Cauã Reymond) tem motivos de sobra para ser um rapaz perturbado. A cada semana, descobre algum segredo sobre sua vida. E, nos próximos capítulos de “Avenida Brasil”, não será diferente. Empenhado em suas investigações, Jorginho deixa o depósito de lixo antes que Lucinda (Vera Holtz) volte. Depois, ele se esforça para se lembrar do pai. Mas logo ele não precisará mais fazer isso. É que Neide (Claudia Assumpção) revela para Jorginho a tal informação. E a notícia não poderia ser pior. O pai do jogador de futebol é Max (Marcello Novaes), justamente uma das pessoas que ele mais odeia. Jorginho conta que descobriu a identidade do pai para Nina (Débora Falabella) e Lucinda. Logo em seguida, vai atrás de Max e os dois discutem. Nina se desespera. Ela pede para que Jorginho não conte para Tufão (Murilo Benício) de quem é filho. Mesmo assim, ele vai até a mansão e pressiona Carminha (Adriana Esteves). A megera acaba fazendo a cabeça do filho contra Nina. Cismado, ele pergunta para a cozinheira se ela ficou com o dinheiro do sequestro de Carminha. Em quem será que Jorginho irá acreditar dessa vez? (Luana Borges/PopTevê) # Adauto estranha a falta de interesse de Muricy. # Cadinho sofre com o tratamento de suas três mulheres.


18

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

FilmesdaSemana Domingo, 12/08 Encantada (Globo, 13h45) Enchanted, de Kevin Lima. Com Amy Adams, Patrick Dempsey e James Marsden. EUA, 2007, cor, 107 min. A emissora não divulgou a classificação etária. Comédia – Giselle é uma bela princesa banida por uma rainha malvada de seu mundo mágico e musical. Agora, a jovem está na Manhattan dos dias atuais e recebe a ajuda de Robert, um advogado divorciado por quem se apaixona. Só que Giselle já está prometida em casamento para o príncipe Edward, que decide também deixar o mundo mágico para reencontrar sua amada. Invasão Súbita (RedeTV!, 22 h) Detention, de Sidney J. Furie. Com Dolph Lundgren, Alex Karzis e Corey Sevier. EUA/Canadá, 2003, cor, 94 min. Classificação Etária: 14 anos. Ação – Sam Decker é um ex-soldado americano que vive um trauma de guerra: durante a operação na Bósnia, há 10 anos, ele foi incapaz de salvar uma criança, refém de guerrilheiros. Hoje, Sam é professor de uma escola repleta de alunos desmotivados e problemáticos. No mesmo dia em que Sam decide pedir demissão, a escola é invadida por um grupo de terroristas fortemente armados. Agora, o ex-soldado vai ter de enfrentar seus antigos pesadelos e correr contra o tempo para tentar evitar dezenas de mortes inocentes. Crônicas Chilangas (TV Brasil, 23 h) Crónicas Chilangas, de Carlos Enderle. México, 20092, cor, 100 min. Com Regina Orozco, Patricio Castillo e Rodrigo Ostap. Classificação Etária: 18 anos. Comédia – Três personagens, todos com uma forte obsessão, têm suas vidas entrelaçadas. Eles precisam lidar com seus medos e buscar uma forma de encarar a vida sem precisar perder o bom humor. 16 Quadras (Globo, 23h05) 16 Blocks, de Richard Donner. Com Bruce Willis, Mos Def e David Morse. EUA, 2006, cor, 105 min. A emissora não divulgou a classificação etária. Ação – O policial Jack Mosley recebe uma missão de última hora: escoltar Eddie Bunker por 16 quadras até o tribunal. Eddie é um presidiário que só quer depor, ganhar a liberdade e abrir uma padaria. Só que Eddie vai depor contra policiais que querem matá-lo. Correndo contra o tempo, Jack e Eddie precisam fugir dos policiais corruptos e chegar a salvo no tribunal. Quebrando a Banca (Globo, 0h50) 21, de Robert Luketic. Com Jim Sturgess, Kevin Spacey e Kate Bosworth. EUA, 2008, cor, 123 min. A emissora não divulgou a classificação etária. Drama – Um aluno tímido da melhor universidade tecnológica dos EUA é recrutado para um grupo que, nos fins de semana, segue para Las Vegas e usa suas habilidades para ganhar no jogo. Liderados por um professor de matemática, gênio de estatística, eles

ganham pesado nos cassinos. O que fazem não é ilegal, mas o risco é grande, e eles precisam ficar um passo a frente dos donos do cassino.

Suspense – O detetive Harlan Regis é escalado para investigar a morte de uma funcionária na Casa Branca. Logo, ele percebe que os agentes do serviço secreto escondem um segredo.

Segunda, 13/07 Hitch – O Conselheiro Amoroso (Globo, 15h50) Hitch, de Andy Tennant. Com Will Smith, Eva Mendes e Kevin James. EUA, 2005, cor, 118 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Alex “Hitch” Hitchens é um lendário e, propositalmente, anônimo “Doutor do Amor” que vive em Nova Iorque. Em troca de determinada taxa, ele se dispõe a ajudar homens a conquistar as mulheres de seus sonhos. Só que quando ele se apaixona de verdade, sua vida profissional e romântica entram em crise. O Sequestro do Metrô 123 (Globo, 22h20) The Taking Of Pelham 123, de Tony Scott. Com Denzel Washington, John Travolta e John Turturro. EUA, 2007, cor, 106 min. A emissora não informou a classificação etária. Ação – Acusado de suborno, o executivo do metrô de Nova Iorque, Walter Garber, trabalha agora como controlador de tráfego. Sua disciplinada rotina, porém, entrará em rota de colisão com Ryder, sujeito arrogante que, acompanhado de sua quadrilha, fez um vagão de refém. Sexo Com Amor? (Globo, 2h25) Sexo Com Amor?, de Wolf Maya. Com Carolina Dieckmann, Eri Johnson e José Wilker. Brasil, 2007, cor, 99 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Três casais, em estágios de vida, idades e classes sociais diferentes, têm uma coisa em comum: suas vidas amorosas passam por um momento turbulento. Falta de desejo, traição, amor, paixão, insegurança e provocações. Para complicar ainda mais, são chamados para uma reunião quando seus filhos são flagrados folheando um livro de arte erótica.

Terça, 14/07 Sob a Mesma Lua (Globo, 16 h) Under The Same Moon, de Patricia Riggen. Com Adrian Alonso, Kate Del Castillo e Eugenio Derbez. México e EUA, 2007, cor, 106 min. A emissora não informou a classificação etária. Drama – Com a esperança de garantir um futuro melhor para seu filho Carlitos, Rosário sai do México e vai trabalhar ilegalmente nos Estados Unidos. O menino fica aos cuidados de sua avó. Mas quando esta morre, o garoto embarca em uma jornada para cruzar a fronteira americana em busca da mãe. Crime na Casa Branca (SBT, 22h45) Muder at 1600, de Dwight H. Little. Com Wesley Snipes, Diane Lane e Daniel Benzali. EUA, 1997, cor, 107 min. A emissora não informou a classificação etária.

Quarta, 15/08 Velozes e Furiosos (Record, 00 h) The Fast and the Furious, de Rob Cohen. Com Vin Diesel, Paul Walker e Michelle Rodriguez. EUA, 2001, cor, 106 min. Classificação Etária: 14 anos. Aventura – Domenic Toretto é o líder de uma gangue de corridas de ruas em Los Angeles que está sendo investigado pela polícia por roubo de equipamentos eletrônicos. Para investigá-lo, é enviado Brian Spindler, que se infiltra na gangue na intenção de descobrir se Toretto é realmente o autor dos crimes e se há alguém mais por trás dele.

Quinta, 16/08 Um Encontro com seu Ídolo (Globo, 16h05) Win a Date with Tad Hamilton, de Robert Luketic. Com Kate Bosworth, Topher Grace e Josh Duhamel. EUA, 2004, cor, 95 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia – Garota típica do interior – ingênua e cheia de sonhos – participa de um concurso que dá como prêmio um encontro romântico com o astro de cinema Tad Hamilton. Para sua própria surpresa, ela ganha. Seu amigo e colega de trabalho, que é secretamente apaixonado por ela, entra em desespero porque nunca imaginou que um dia teria de competir com um astro das telas.

Sexta, 17/08 A Máscara do Zorro (Globo, 15h40) The Mask of Zorro, de Martin Campbell. Com Antonio Banderas, Anthony Hopkins, Catherine Zeta-Jones. EUA, 1998, cor, 136 min. A emissora não informou a classificação etária. Aventura – Depois de perder sua filha e sua esposa, Don Diego é preso por mais de 20 anos. Quando consegue fugir, trata Alejandro Murrieta como seu pupilo e planeja transformá-lo em um novo Zorro. Redline – Velocidade Sem Limites (SBT, 22:45 h) Redline, de Andy Cheng. Com Nathan Phillips, Nadia Bjorlin e Angus Macfadyen. EUA, 2007, cor, 95 min. Classificação Etária: 12 anos. Ação – A bela piloto e mecânica, Martin, filha de um corredor morto nas pistas, se arrisca em corridas ilegais patrocinadas por chefões da máfia, onde a velocidade, alguns dos carros mais caros do planeta e lindas modelos são o combustível para a adrenalina.


O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO

19

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

Sala Vip

A Semana das Novelas Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora – Os capítulos que vão ao ar estão sujeitos a eventuais reedições. Malhação Globo – 17h50 Segunda (13/08) - Mocotó se distrai com uma mulher e deixa o carro descer a ladeira desgovernado. Ju passa na casa de Lia para irem à escola. Com o pequeno acidente, Mocotó é obrigado a prestar serviço comunitário. Ju elogia Dinho para Lia, mas ela critica a amiga. O diretor Mathias apresenta Mocotó para os alunos como o novo orientador vocacional do colégio. Orelha filma com um celular o time de Dinho jogando futebol. Dinho observa Ju se maquiar e elogia o resultado. Isabela elege Lia como sua monitora. Dinho oferece carona para Ju em sua bicicleta e os dois se beijam. Terça (14/08) - Lorenzo tenta conversar com Lia. Alice e Mário se preocupam com o futuro de Dinho. Lia e Ju fazem pacto de nunca brigar por um garoto. Ju se anima para ver Dinho, mas estranha o jeito como ele a trata. Isabela implica com Leandro na sala dos professores. Mathias questiona Mocotó sobre o trabalho de reformar a praça que ele propôs aos alunos, que fazem guerra de tinta. Mocotó perde o controle da turma. Bárbara deixa Tico com Mário. Mathias vê os alunos sujos de tinta e se enfurece com Mocotó. Quarta (15/08) - Orelha usa Max, o robô de Leandro, para espiar o banheiro das meninas. Fatinha dá dicas para Ju conquistar Dinho. Lia descobre a gravação feita pelo robô e arma um plano contra os meninos. Mocotó tenta explicar a Verônica o motivo de ainda não ter pintado a praça. Lia não deixa Ju contar para Dinho sobre a gravação que fizeram no celular de Orelha. Leandro dá um robô para Isabela. O vídeo de Orelha dá errado e os meninos implicam com ele. Dinho confidencia para Tico que pretende viajar o mundo quando se formar e Alice ouve a conversa. Quinta (16/08) - Orelha divulga o vídeo no TV Orelha e Ju e Lia implicam com ele. Dinho pede para Tico guardar o segredo. Ju sai apressada para casa quando Bruno liga para ela. Fatinha pergunta se Lia tem ciúmes de Ju com Dinho. Orelha acusa Rafael de ter contado para as meninas que eles pretendiam filmá-las. Fatinha sugere a Ju que faça uma festa em sua casa e convide toda a turma. Paulina incentiva Lorenzo a recomeçar sua vida e procurar um novo amor. Ju decide se arrumar para a festa sem a ajuda de Lia e Fatinha. Dinho vai à casa de Ju com os meninos e fica encantado ao vê-la. Sexta (17/08) - Orelha, Pilha e Dinho elogiam Ju. Isabela aceita o convite de Mocotó para a festa. Fatinha incentiva Ju a beijar Dinho. Tatá não consegue dormir com o som da festa na casa ao lado. Mocotó dança com Fatinha e Isabela fica envergonhada. Tatá pede para Lorenzo contar como ele conheceu sua mãe, Raquel. Mocotó convida Isabela para dançar. Dinho não mostra tanto interesse por Ju e ela fica desanimada. Ju e Dinho dançam juntos. Bruno chega em casa de surpresa e repreende a irmã por causa da festa. Fatinha é rejeitada por Bruno e beija Dinho na frente de Ju.

Amor Eterno Amor Globo – 18h15 Segunda (13/08) - Laudelino revela a Angélica o paradeiro de Rodrigo. Angélica confessa para Laudelino que Melissa e Dimas são os responsáveis pelo sequestro de Rodrigo. Branco entrega para Melissa os falsos exames de Solange. Rodrigo e Pedro descobrem como localizar Juca e comemoram. Dimas tenta disfarçar o nervosismo. Jacira não se sente bem e deixa Elisa preocupada. Virgílio explica para Melissa que há um detetive o seguindo e que, por isso, não pode procurar Angélica. Rodrigo conta para Miriam que encontrou Juca. Rodrigo descobre que Juca foi assassinado na cadeia. Terça (14/08) - Pedro diz a Rodrigo que o assassinato de Juca foi encomendado. Solange pede para Miriam se afastar de Rodrigo. Laís não perdoa Marlene. Arrasado com a morte de Juca, Dimas culpa Melissa. Valdirene conta para Tati que Henrique gostou dos brigadeiros de Jáqui.Rodrigo sente-se mal ao tocar em Solange. Laudelino leva Angélica para o Rio de Janeiro. Edu beija Marlene, mas ela o afasta. Rodrigo leva os exames de Solange para Gabriel. Elisa faz uma montagem com a foto de Salvador e Alice e a coloca dentro de um livro. Angélica observa Rodrigo de longe e se emociona. Quarta (15/08) - Angélica vê Teresa e desiste de falar com Rodrigo. Rodrigo conta para Elisa que levou os exames de Solange para Gabriel. Dimas avisa a Melissa que Fernando se lembrou de Juca. Elisa faz com que Rodrigo veja a foto que ela modificou. Beto comenta com Bruno que Juliana está com ciúmes dele com Cris. Beatriz descobre nas sessões de regressão de Miriam que ela e Rodrigo também têm ligação no passado. Pedro sugere que Jacira mostre suas bijuterias para Gil. Quinta (16/08) - Rodrigo tenta entender o sonho que teve com Elisa. Ele também sonha com Miriam e fica ainda mais confuso. Regina afirma a Fernando que Miriam não se casará com ele. Melissa confessa a Dimas que ela criou Elisa. Gracinha vê Jair beijando Neusinha. Rodrigo vai à casa de Beatriz para nova sessão de regressão. Virgílio flagra Laudelino com Angélica. Melissa pede para Regina avisá-la caso Rodrigo marque uma consulta com Beatriz. Rodrigo confessa a Beatriz que precisa descobrir se Elisa é a mulher de sua vida. Sexta (17/08) - Miriam mostra para Priscila a gravação de sua sessão de regressão. Virgílio conta para Melissa que descobriu onde Angélica está. Gabriel afirma a Rodrigo que o caso de Solange é muito grave e que ele precisará apoiar Elisa. Fernando garante ao pai que não contará para Melissa que Priscila é sua irmã. Jacira descobre que está grávida e pede para Gracinha e Valéria não contarem para Tobias. Seth salva Melissa de Zenóbio. Melissa exige que Dimas se livre de Angélica. Sábado (18/08) - Melissa ameaça Dimas. Jáqui aluga uma loja para fazer brigadeiros. Bruno beija Cris, que o afasta. Pedro desconfia do detetive que colocou atrás de Virgílio. Eduardo pede para conversar com Laís. Priscila conta para Laura que Fernando quer se aproximar dela. Virgílio fica irritado por não conseguir falar com Melissa. Angélica decide escrever uma carta para Rodrigo, revelando a verdade sobre seu sequestro. Tobias destrata Jacira. Rodrigo conta para Miriam que teve um sonho que pode mudar a vida dos dois. Virgílio vê Melissa em Rio Fundo.

Cheias de Charme Globo – 19h15 Segunda (13/08) - Fabian convida Rosário para cantar com ele no ‘Caldeirão do Huck’. Lygia fica feliz com o entrosamento entre Samuel e Gilson. Otto beija Penha. Sônia sonha com Sandro. Gilson beija Lygia. Penha e Cida não gostam de saber que Rosário e Fabian vão cantar sem elas. Durante reunião, Penha e Rosário discutem. Dinha flagra Inácio pesquisando sobre Rosário na internet. Sandro reclama do novo emprego que Ruço encontrou para ele. Alejandro se surpreende ao encontrar Brunessa em sua casa. Chayene invade o apartamento de Rosário. Terça (14/08) - Fabian usa spray de pimenta em Chayene, por tentar acabar com o jantar dele com Rosário. Lygia flagra Alejandro e Brunessa juntos. Laércio se preocupa com as manchetes que lê na internet. Elano se emociona ao perceber seu prestígio no novo escritório. Conrado tenta se aproximar de Cida. Tom tenta disfarçar o nervosismo diante de Rosário ao falar sobre Fabian. Alejandro pede para conversar com Lygia. Tom pensa em convidar Inácio para se passar por Fabian. Quarta (15/08) - Inácio sente ciúmes de Rosário com Fabian. Lygia não consegue perdoar Alejandro. Máslova percebe a impaciência de Neiva com Valda. Gracinha discute com Sônia e Ariela fica agradecida. Chayene pede para Laércio chamar madame Kastrup. Inácio aceita proposta de se passar por Fabian, sugerida por Tom, para provar o amor de Rosário. Rosário flagra Socorro ouvindo atrás da porta. Cida reclama da insistência de Conrado em querer se encontrar com ela. Elano fica encantado com Stela. Lygia pergunta se Penha pediu demissão porque foi assediada por Alejandro. Quinta (16/08) - Cida conversa com Conrado. Penha afirma para Lygia que Alejandro deu em cima dela. Elano admira Stela. Fabian insiste para que Inácio ensaie antes de se passar por ele. Chayene pensa em estragar o novo clipe das Empreguetes. Isadora vê Conrado e Cida se beijando. Conrado confessa para toda a família que sempre foi apaixonado por Cida e decide se separar de Isadora. Cida pensa em Conrado. Otto convida Penha para ir com ele ao show de Alcione. Isadora pega a senha do cartão de crédito de Cida. Conrado implora para que Cida fique com ele.

Rebelde Record – 20h30 Segunda (13/08) - Miguel diz a Jonas que é o pai do filho de Pilar. Pedro é sequestrado e amarrado por bandidos. Lucy aproveita que Binho está desacordado para amarrá-lo. Beth recebe telefonema dos sequestradores. Pilar fica emocionada com a ajuda de Miguel e o abraça. Pilar solta Binho enquanto Miguel segura Lucy. O sequestrador diz a Pedro que se não pagarem o resgate, Beth irá presa. Roberta e Alice saem de casa para tentar resgatar Pedro. Jonas e Leila desconfiam do comportamento dos rebeldes. Pilar não se sente bem e trata Jonas friamente. Terça (14/08) - Tadeu lembra da placa da van que sequestrou Pedro e conta a Diego. Os rebeldes conseguem enrolar Tadeu e saem do loft atrás de Pedro. Os sequestradores tentam negociar com Franco. Tadeu e Tatiana se beijam e Marcelo chega. Franco dá bronca nos rebeldes após saber do plano. Miguel faz carinho em Pilar e Binho fica com ciúme. Marcelo flagra Tadeu e Cris aos beijos e diz que desiste da disputa. Ofélia fica desesperada ao perceber que Lucy fugiu. Pilar e Miguel se beijam. Pedro consegue fugir, mas é surpreendido pelo sequestrador. Quarta (15/08) - Pedro dá cotovelada no bandido e consegue fugir. Pilar e Miguel se desculpam após beijo. Pedro liga para Alice. Tatiana encontra Lucy conversando com Tadeu. Pedro tenta distrair os sequestradores até a chegada da polícia. Franco chega junto com a polícia, que prende os sequestradores. Miguel chora de emoção ao encontrar com Lucy, que saiu do surto. Tadeu dá a primeira aula de teatro para o terceiro ano. Franco faz surpresa a Eva e a presenteia com um carro. Pilar confessa que está apaixonada por Miguel. Binho diz a Jonas que é o pai do filho de Pilar.

Sexta (17/08) - Cida dispensa Conrado. Sônia também usa o cartão de crédito de Cida junto com Isadora. Elano contrata Stela. Fabian se esforça para treinar Inácio. Alejandro fica arrasado com o fim de seu casamento. Elano e Cida se encontram e conversam. Cida descobre que seu cartão foi roubado. Lygia avisa a Elano que não quer ver Penha no escritório. Cida diz a Sônia e Isadora que vai denunciá-las. Sandro chora ao ver Penha com Otto no show. Cida transforma Sônia e Isadora nas empregadas da mansão.

Quinta (16/08) - Jonas fica indignado com a revelação de Binho e exige um teste de DNA. Lucy não se conforma ao saber que Miguel está apaixonado por Pilar. Cris fica arrasada após Marcelo dizer que desistiu dela. As rebeldes tentam aconselhar Pilar. Becky e Vicente conversam sobre o casamento. Roberta e Diego fazem planos para o futuro. Maria e Vitória seguem Pingo. Tomás faz surpresa para Carla e a presenteia com um cordão. Maria e Téo entram no esconderijo e são seguidos por Pingo. Artur pede outra chance a Cilene. Binho ameaça empurrar Pilar escada abaixo.

Sábado (18/08) - Cida percebe que deixou Elano esperando por ela. Dinha tenta descobrir o que Inácio está armando. Elano marca um encontro com Cida. Sônia e Isadora são obrigadas a se vestir e trabalhar como empregadas da mansão. Naldo implica com Máslova e Conrado. Cida conta para Elano que Conrado a beijou. Tom conta que as fabianáticas se reuniram na porta da casa de Chayene. Rosário decide visitar Fabian na clínica. Tom diz que Inácio dará uma entrevista coletiva no lugar do sósia. Patrick leva Sandro para almoçar em casa e Penha não gosta. Rosário encontra Inácio/Fabian.

Sexta (17/08) - Pilar cai da escada. Michel chega e vê Pilar no chão. Raul diz a Beatriz que não gosta mais dela. A moça dá um beijo nele para provocar Aline, que também beija Raul. Cilene sente saudade de Artur. Binho diz a Miguel que exigirá um exame de DNA. Maria e Vitória fofocam e contam para os alunos que Pilar está grávida. Jonas diz a Leila que Pilar está bem. Leila pergunta a Tomás se ele roubou as chaves do porão. Pilar acorda e vê Lucy ao seu lado, que diz que veio para cuidar dela e do bebê.

Carrossel SBT – 20h30

Segunda (13/08) - Paulo flagra Maria Joaquina dando um bilhete de agradecimento a Daniel. Matilde e Olívia bolam um plano para derrubar a professora Helena. As duas espiam a aula da professora. Sr. Morales chega à escola e Olívia o leva para ver as melhorias. Eles se aproximam da sala de Helena e Olívia tenta falar mal da aula, mas Sr. Morales elogia. Maria Joaquina lava o cabelo com o presente que acredita ter ganhado de Daniel e as madeixas ficam azuis. No pátio, as meninas desconfiam que Paulo seja o culpado por ter pregado a peça em Maria Joaquina. Carmen desmaia. Terça (14/08) - Miguel diz a Helena que Carmen está tendo uma crise de apendicite e precisa fazer uma cirurgia com urgência. Olívia libera Helena para ir ao hospital com Carmen. A menina se preocupa com os pais, que não terão dinheiro para comprar os remédios necessários. Olívia chega à sala de aula para substituir Helena e os alunos ficam desesperados. Frederico chega ao hospital e ele e Inês se abraçam. Helena chega à escola e os alunos ficam radiantes com a presença da professora. Frederico pede perdão a Inês e afirma que quer voltar a morar com a família. Quarta (15/08) - Helena diz aos alunos que Carmen está bem. A professora pede para Miguel deixar os alunos visitarem Carmen. A menina acorda e diz que está feliz por ver os pais juntos. Valéria diz a Cirilo que ele fará o discurso na visita a Carmen. Cirilo tenta estudar o texto que recebeu de Valéria, mas o acha esquisito. Maria Joaquina humilha Cirilo no pátio da escola. Helena e os alunos chegam ao hospital. Miguel afirma a Frederico que a cirurgia de Carmen não teve nenhum custo. Cirilo faz o discurso a Carmen, com texto diferente. Quinta (16/08) - Jaime tenta copiar o exercício de Valéria. Matilde confessa para Helena que não aguenta mais os alunos do terceiro ano. A professora conversa com os alunos e explica que Matilde não está bem de saúde. Cirilo diz a Paulo e Mário que as galinhas estão na sala de música. Matilde organiza as crianças em fila para a aula de música. Quando eles entram, se deparam com a sala suja de penas e cocô de galinha. Professora Matilde tem uma síncope e desmaia. Paulo e Mário comemoram. Helena pede a Jaime para entregar o envelope à diretora Olívia. Ele abre e copia as respostas da prova. Sexta (17/08) - Os alunos estudam para a prova de matemática. Jaime está com a cola no bolso. Davi cochicha a Valéria que Jaime está colando. Jaime é o primeiro aluno a terminar o teste e todos comentam. Helena fica perplexa ao corrigir a prova dele. Na sala, ela parabeniza o aluno. Jaime se sente arrependido e revela a Helena que colou na prova. A professora afirma que não vai contar nada, mas que dará outro exame para ele fazer. Davi briga com Paulo por conta de Valéria.

Avenida Brasil Globo – 21h Segunda (13/08) - Lucinda vai à mansão falar com Nina. Silas tenta convencer Diógenes a reatar com Dolores. Olenka revela a Monalisa que Silas ainda é apaixonado por ela. Ian convida Débora para sair, mas ela recusa. Verônica reclama da mudança de Monalisa para o prédio. Cadinho adoece e decide ficar na casa de Alexia. Jorginho tenta se lembrar de seu pai. Os homens do Divino sentem falta de Suelen. Alexia, Verônica e Noêmia discutem como cuidar de Cadinho. Terça (14/08) - Max exige que Nina o ajude a se livrar da perseguição de Nilo. Silas diz a Monalisa que vai junto com ela para Ipanema. Durante o treino do time do Divino, Suelen é fotografada sem roupa. Roni e Suelen dormem juntos. Muricy não mostra interesse por Adauto e ele estranha. Verônica inventa histórias para que Monalisa desista de comprar o apartamento em seu prédio. Cadinho reclama do tratamento das suas três mulheres. Jorginho visita Carminha, mas Tufão se irrita com o comportamento dele. Quarta (15/08) - Leandro não gosta do jeito com que Lúcio e Darkson falam de Suelen. Monalisa comenta com Ivana que Tufão está apaixonado por outra mulher, mas não sabe quem. Diógenes consegue convencer Dolores a morar em sua casa, mas como amiga. Nilo pilota a lancha de Max e fica encalhado na areia. Verônica, Noêmia e Alexia ficam com ciúme da médica que examina Cadinho. Jorginho procura Neide para tentar descobrir quem é o seu pai. Zezé visita Carminha na casa de repouso. Quinta (16/08) - Carminha consegue fugir da casa de repouso. Neide revela a Jorginho quem é o seu verdadeiro pai. Carminha e Max discutem. Jorginho revela a Nina e Lucinda que descobriu que é filho de Max. Janaína percebe que Zezé está envolvida na fuga de Carminha da casa de repouso. Leandro flagra Diógenes e Dolores em clima de romance. Adauto vê Carminha e Lúcio conversando e conta para Tufão. Tufão, Zenon e Janaína encontram Carminha e Lúcio. Jorginho vai atrás de Max. Sexta (17/08) - Max e Jorginho discutem. Carminha se faz de vítima e Tufão acredita. Leleco e Muricy marcam novo encontro e Zezé flagra os dois. Ivana vê Max e Nina conversando e fica enciumada. Leleco discute com Tessália. Nina pede a Jorginho que não conte que ele é filho de Max. Tessália conversa com Darkson e acha que está sendo traída por Leleco. Muricy mente para Adauto e combina uma viagem com Leleco. Monalisa reata com Silas e Olenka comemora. Suelen é convidada para fazer um ensaio fotográfico e Roni não gosta. Ivana vê fotos de Nina no celular de Tufão. Sábado (18/08) - Ivana quer saber se a mulher que Tufão está apaixonado é Nina. Carminha manipula Jorginho contra Nina. Dolores e Roni tentam convencer Suelen a não posar para a revista.Tessália resolve seguir Leleco. Max não consegue ficar com Nina e fica frustrado. Jorginho discute com Débora por causa de Iran. Olenka e Monalisa ficam nervosas com o novo apartamento. Jorginho pergunta a Nina se ela ficou com o dinheiro do sequestro de Carminha.


20

www.mais.al l salavip@ojornal-al.com.br

SalaVIP + TV

O JORNAL l MACEIÓ, 12 DE AGOSTO DE 2012 l DOMINGO


OJORNAL 12/08/2012