Issuu on Google+

MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 QUARTA-FEIRA

ANO 18 NÚMERO 510 R$ 1,50

Eduardo Leite/Estagiário

Exemplar de Assinante

O Jornal

CRB já está pronto para iniciar hoje o mata-mata das finais contra o ASA

Conselho de Ética do Senado abre processo contra Demóstenes Torres

A13

A2

EM 2013

Maceió terá mais vereadores Integrantes da Câmara Municipal derrubaram proposta que visava manter as atuais 21 cadeiras; novo número ainda indefinido ROBERTA DIAS Thiago Sampaio

Após uma sessão que durou mais de seis horas, ontem, na Câmara Municipal de Maceió, os vereadores decidiram derrubar a proposta feita pelo presidente da Casa, Galba Novaes (PRB), de

manter em 21 o número de cadeiras da Casa. Mas não decidiram qual deverá ser o tamanho da nova composição da Câmara a partir do próximo ano, que poderá A3 chegar a até 31 vereadores.

IPVA

TRANSTORNO

ALE mantém o parcelamento em três vezes

Falta de água atinge parte de Arapiraca

A3

A12

DENGUE

No IML, familiares da estudante Roberta Dias não reconheceram como sendo dela o corpo que foi sepultado como indigente

Para família, jovem está viva O corpo de uma mulher que deu entrada no IML e foi sepultado como indigente não

é da estudante Roberta Dias, que está desaparecida desde o último dia 11 de abril. A afirma-

ção foi feita ontem pela dona de casa Mônica Reis, mãe da jovem A9 e que mora em Penedo.

Sesau confirma que aumento foi de 60% Dados da Secretaria de Saúde revelam que, de janeiro a abril de 2012, houve um crescimento de 60% nos casos de dengue no Estado em relação ao mesmo 2 l QUARTA-FEIRA

O JORNAL l MACEIÓ , 9 DE MAIO DE 2012

l QUARTA-FEIRA

V

PARTO NATURAL

TRAGÉDIA EM GOIÁS

período no ano passado. Nesse período foram notificados 6.336, e desses a Sesau confirmou 3.927. No período houve 241 casos da A11 forma grave da dengue.

Fisioterapia ajuda crianças e bebês a respirar melhor

Vida Saudáv el

Benedito Braga/Jornal Hoje/Agência Estado

Com mais saúdee e amor na hora de dar à luz

2

www.mais.al l vidasaud

Em Maragogi, alimentação Ayurvedica promove o bem-estar

avel@ojornal-al.c

om.br

8

Parto na

tural, uma opção de amor

Ecohar

Hospital-Matern idade São Rafael deu início a uma camp parto natural, educa anha pelo vando gestantes ndo e incentide lher um procedime Maceió a escosaudável na hora nto mais de dar à luz 4, 5 E 6

SUPLEMENTO

TAXA DE JUROS

Bancos querem a ampliação de crédito O

autor confesso da chacina em que sete pessoas foram degoladas em Goiás, Aparecido Souza Alves, cinco delegados e dois peritos criminais morreram, ontem, na queda do helicóptero da Polícia Civil A4 usado para reconstituir o crime. A equipe retornava para Goiânia quando ocorreu o acidente.

COTAÇÕES DÓLAR (COMPRA)...................1.9370 DÓLAR (VENDA).....................1.9390 POUPANÇA...........................0,5561

EURO (COMPRA).....................2.5201 EURO (VENDA).......................2.5211

MARÉS 05h53...............2.1 12h15...............0.2

18h32...............2.0 18h32...............2.0

Através da Febraban, os bancos destacam que apenas a redução dos juros não vai ser suficiente para ampliar o crédito no Brasil. A afirmativa é em resposta FASES DA LUA NOVA.......................20/5

CHEIA........................6/5

CRESCENTE................28/5

MINGUANTE................12/5

à estratégia do governo de forçar a queda das taxas bancárias e estimular a fluidez de crédito. Para os bancos, a inadimplência em alta A7 é a maior barreira. A SSINATURAS : 82 4009.1919 CLASSIFICADOS : 82 4009.1930

P UBLICIDADE : 82 4009.1961 PABX : 82 4009.1900


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A2

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

“LETRAS PODRES”

PautaGeral Da Redação pautageral@ojornal-al.com.br

Arquivo

Jornal do Povo

Justiça Federal em AL condena os acusados Ex-secretário da Fazenda e economista estão entre condenados; ex-governador Suruagy não foi punido EDITORIA DE POLÍTICA politica@ojornal-al.com.br

H

oje, o programa Jornal do Povo, da Rádio Jornal, completa um ano de existência. Comandado desde o início até os dias atuais pelo experiente e dinâmico jornalista Marcos Rodrigues, o programa tem tido boa aceitação por parte do público. Na pauta diária, além dos assuntos que geram polêmica não só no Estado como também no País e no mundo, as questões que envolvem o dia a dia da capital alagoana - especialmente no que se refere ao trânsito de Maceió - e os bastidores da política são o forte desta atração diária da Rádio Jornal que vai ao ar de segunda a sábado, das 7 às 12 horas. Diversas personalidades do Estado já foram entrevistadas por Marcos Rodrigues no programa. Além disso, a ampla participação direta do público, através do telefone e da Internet, é outra marca do Jornal do Povo. Parabéns à equipe!

Agentes de saúde A Comissão de Certificação instituída pelo prefeito Cícero Almeida (PP) para finalizar o processo de efetivação de agentes de saúde e de endemias do município está convocando todos os profissionais da área que tiveram esse processo impedido no início do ano, por decisão judicial, a apresentarem os documentos necessários à comprovação do período de trabalho, colocando-os à disposição da Comissão para a realização de análise apurada no que diz respeito ao direito à efetivação no serviço público. A medida foi definida na última reunião da Comissão.

A

Justiça Federal em Alagoas condenou o ex-secretár io da Fazenda do governo de Divaldo Suruagy, José Pereira de Souza, a uma pena de cinco anos, sete meses e 15 dias de reclusão em regime semi-aberto e multa, além do ressarcimento aos cofres públicos pelo chamado “Escândalo dos Precatórios”, operação realizada em 1995 com a venda de Letras Financeiras do Tesouro Financeiro do Estado de Alagoas, as chamadas “Letras Podres”. Na

sentença, o juiz federal titular da 3ª Vara, Paulo Machado Cordeiro, condenou ainda o economista Marcos Vinícius Boa Ventura Guimarães a nove anos e sete meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, além de multa e ressarcimento solidário ao Estado de Alagoas. Foram condenados também os sócios, à época, do Banco Divisa S/A. Roberto Sampaio Corrêa, Genival de Almeida Santos Filho, Galdino de Farias Alvin Neto, Ricardo Theófilo Rossi e José de Vasconcelos Silva foram condenados a quatro anos, um mês e 15 dias de reclusão em regime semi-aberto, mais multa além do ressarcimento do Tesouro Estadual, valores a serem calculados na fase de liquidação de sentença. O processo tramitou inicialmente na Justiça Federal do Rio de

Janeiro, inclusive no Tribunal Regional Federal (TRF) da referida região e no Supremo Tribunal Federal (STF), para, depois, chegar à Justiça Federal em Alagoas. Não houve punição ao e x - g ov e r n a d o r D i v a l d o Suruagy. Ele acabou sendo beneficiado pela prescrição processual, tendo em vista que tem mais de 70 anos de idade. Para quem tem essa faixa etária, o prazo de prescrição do crime é reduzido pela metade, de acordo com o artigo 115 do Código Penal. Segundo o magistrado federal, a conduta dos réus José Pereira e Marcos Vinícius, consubstanciadas na apresentação de informações inverídicas e utilização de documentos falsos, tiveram o desígnio de obter a autorização para a emissão de Letras Financeiras do Tesouro do Estado de Alagoas que, mais

tarde, beneficiariam construtoras, empreiteiras e bancos. “Mais de 60% dos títulos emitidos foram utilizados em pagamento de empréstimos bancários, taxas de sucesso e dívidas com empreiteiras”, diz o juiz federal, em sua sentença. Paulo Cordeiro cita considerações finais do Banco Central, ao ressaltar que todo o esquema gerou uma dívida para o Estado de Alagoas no valor histórico de R$ 300 milhões, chegando a um valor de R$ 475milhões, com os acréscimos do custo de remuneração dos títulos, correspondentes á taxa Selic. Conclui, ainda, que o total dos participantes do esquema, incluindo-se corretoras e demais pessoas que negociaram os títulos no mercado financeiro, apropriaram-se de recursos na ordem de R$ 52 milhões.

DEMÓSTENES

SESSÃO NA TV Divulgação

Conselho de Ética do Senado abre o processo

De mal

O

Não chamem para a mesma mesa o presidente da Câmara Municipal de Maceió, o vereador Galba Novaes (PRB), e o presidente do PSDB em Alagoas, Claudionor Araújo. Os dois andaram se estranhando, através de declarações públicas...

Título Eleitoral Termina hoje, em todo o País - inclusive em Alagoas -, o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral para regularização do Título de Eleitor. Também é o fim do prazo para transferência de domicílio eleitoral, solicitação do documento para aqueles que votarão pela primeira vez nas eleições de outubro próximo e para os eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida que precisam pedir transferência para uma seção eleitoral especialmente adaptada.

Combate... A Eletrobras Distribuição Alagoas e o Ministério Público Estadual lançam hoje, a partir das 8 horas, no Centro de Convenções, em Jaraguá, a “Campanha de Combate ao Furto de Energia Elétrica”. Com a mensagem-chave: “Ampliamos a fiscalização para combater o furto de energia. A Eletrobras está fazendo a parte dela, mas o maior fiscal é a sua consciência”, a campanha alerta para o aumento das equipes de inspeção e, ao mesmo tempo, estimula a população a, desde já, adotar uma postura ética e correta no consumo de energia.

... aos “gatos” A campanha também visa divulgar o conjunto de ações que a distribuidora vem adotando para combater os desvios (gatos) e furtos de energia elétrica (ligações clandestinas). Entre as ações, segundo a assessoria de comunicação da Eletrobras, “parceria com o Ministério Público na denúncia de entidades, gestores públicos e de grandes clientes que fraudam energia” e “corte do fornecimento em condomínios que impedem acesso de equipes da distribuidora”.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Alagoas, Omar Coêlho, anunciou apoio da entidade à manifestação que as associações e sindicatos ligados aos advogados públicos federais - advogados da União, procuradores federais, procuradores da Fazenda Nacional e procuradores do Banco Central - e de defensores públicos federais realizam hoje em todo o País. Em Maceió, a manifestação acontece às 14 horas, na sede da OAB Alagoas, no Centro. As categorias cobram melhorias das condições de trabalho.

Termômetro advogado José Firmino de Oliveira, que passa a comandar a Comissão de Combate à Corrupção da OAB Alagoas.

Assembleia e TC assinam convênio

O

s presidentes da Assembleia Legislativa, deputado Fernando Toledo (PSDB), e do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Luiz Eustáquio Tolêdo, assinaram ontem termo de convênio de mútua cooperação para inserção das sessões plenárias do TC na grade de programação da

TV Assembleia de Alagoas, pelo sistema de TV a cabo e na Internet, através do site oficial da Assembleia. O contrato terá vigência de 60 meses, podendo ser prorrogado, sem custos para o Tribunal. Esta iniciativa, segundo o presidente do TC, constitui ponto importante do programa de transpa-

rência das ações desenvolvidas pelo órgão na orientação, fiscalização e julgamento dos atos praticados pelos gestores públicos em Alagoas. Estiveram presentes também ao ato os conselheiros Cícero Amélio, vice-presidente do TC, e Otávio Lessa, além diretores e coordenadores do órgão.

CHEQUES DA ESPECTRO

Manifestação

O

Luiz Eustáquio Tolêdo e Fernando Toledo assinaram, ontem, o termo de convênio de mútua cooperação

A

proposta de manter em 21 o número vereadores em Maceió, que foi rejeitada ontem pelo plenário da Câmara Municipal.

Defesa de Lucca pede sua liberdade Na manhã de ontem, a assessoria jurídica da Associação dos Delegados de Polícia impetrou habeas corpus para tentar soltar o delegado Haroldo Lucca no Tribunal de Justiça. Ele está preso preventivamente indiciado pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. Lucca, juntamente com mais cinco pessoas, que também foram indiciadas, é acusado de furtar cheques apreendidos pela Operação Espectro, em março deste ano, que investiga um

desvio de R$ 300 milhões destinados à compra de alimentação para o Sistema Prisional. A assessoria jurídica da Adepol acredita que o habeas corpus deve ser concedido pelo TJ. Lucca e os demais indiciados teriam descontado cerca

de R$ 121 mil em cheques, dos mais de R$ 900 mil sumidos da Delegacia de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Decotap). O delegado era o titular da Decotap e comandava o inquérito da Operação Espectro.

s integrantes do Conselho de Ética do Senado aprovaram por unanimidade, na manhã de ontem, o relatório preliminar do senador Humberto Costa (PT-PE) que pediu abertura de processo disciplinar contra o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) por quebra de decoro parlamentar. A ação poderá resultar na perda do mandato do senador. Demóstenes é suspeito de ter utilizado o cargo de parlamentar para beneficiar o bicheiro Carlos Augusto dos Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso em fevereiro pela Polícia Federal durante a Operação Monte Carlo. A instauração do processo disciplinar será oficializada com a publicação no “Diário do Senado Federal” da decisão do colegiado. Na reunião desta terça, Humberto Costa apresentou um resumo do seu relatório preliminar de 64 páginas. O resumo defendeu, em seis páginas, a abertura do processo disciplinar. “O Senado precisa dar resposta à sociedade sobre como enxerga todos os indícios elencados que ligam o senador Demóstenes Torres ao contraventor Carlinhos Cachoeira”, disse o relator. Com a abertura do processo, Humberto Costa precisa preparar um relatório final, que vai indicar qual penalidade pode ser aplicada ao parlamentar. A punição vai desde censura à perda do mandato. Nesta parte do processo, Demóstenes poderá se defender no conselho. Se indicar pela cassação, o parecer do Conselho de Ética será encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) para exame dos aspectos constitucional, legal e jurídico, o que deverá ser feito no prazo de cinco sessões ordinárias.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A3

Política

www.mais.al politica@ojornal-al.com.br

VEREADORES DECIDEM

Contexto Roberto Vilanova bobvilanova@hotmail.com

A mãe dos pobres e o que faltava para o PT alagoano decolar era um empurrãozinho, então vem aí uma verdadeira estocada da presidenta Dilma que tem efeito eleitoral devastador especialmente no Norte e Nordeste. Domingo, no “Dia das Mães”, a presidenta Dilma vai anunciar em rede de televisão e rádio o “Bolsa-Mãe”, que destina R$ 70 para todas as mães. Surpreendida, a oposição denuncia a jogada eleitoreira que deve permitir ao PT pelo menos manter as cinco prefeituras de capitais no Norte-Nordeste, a região onde a presidenta Dilma deu uma lavagem de votos no adversário. Se o PT alagoano não fosse o que é, essa seria a chance de o partido pegar carona e também contabilizar lucros. Mas já se sabe que o principal beneficiário do “Bolsa-Mãe” será outro. A presidenta Dilma quer entrar para a história como a “mãe dos pobres”.

S

Apenas O ex-governador Ronaldo Lessa explica que “apenas falou o óbvio” quando disse que o desembargador Orlando Mando não deveria presidir uma eleição na qual ele (Lessa) participa. “Todo mundo sabe das nossas divergências, que são públicas; logo, ele (o desembargador) não estará isento no processo (eleitoral)”, disse Lessa.

Câmara vai ter mais vereadores em 2013 Proposta que mantinha atuais 21 cadeiras foi recusada; texto que propõe aumento para 29 vagas será votado GILSON MONTEIRO gilsonmonteiro@ojornal-al.com.br

O

s vereadores de Maceió não entraram em consenso e a nova composição da Câmara Municipal de Maceió continua em aberto. Depois de uma sessão

de mais de seis horas, realizada ontem, a única certeza é que o número de cadeiras irá aumentar, considerando que a proposta de manter as atuais 21 cadeiras (do presidente Galba Novaes, do PRB), e 25 (do 1º secretário, Silvio Camelo, do PV), foram rejeitadas. Com isso a proposta até agora mais viável, de 29 vagas, do vereador Carlos Ronalsa (PP), deverá ir à votação, que ainda não tem data marcada. “Ou seja, Maceió hoje não sabe quantos vereadores possuirá no próximo ano.

Não se conseguiu chegar a um consenso, o que se sabe é que não serão os atuais 21 nem 25, porque as propostas foram rejeitadas”, disse o vereador Ricardo Barbosa (PT), que, como relator, emitiu parecer favorável à proposta inicial de emenda à Lei Orgânica do Município que previa um aumento de 10 vagas, elevando para 31 o número de cadeiras. A nova composição tem como base a Constituição Federal, que prevê até 31 vagas nas casas legislativas

com população entre 900 mil e 1,050 milhão de habitantes. Mas a proposição “até” abriu uma brecha para a polêmica, que deverá ser resolvida até o próximo dia 10, data para as convenções partidárias de acordo com o calendário eleitoral. “Agora temos até o dia 10 para votar essa alteração e ainda tem muito o que se debater. Não há consenso, mas temos que correr devido ao tempo determinado pelo calendário eleitoral”, disse Barbosa.

Argumentos a favor e contra acréscimo de vagas

Caso antigo O desembargador Orlando Manso chegou a reafirmar que Lessa está inelegível devido à condenação no processo que ele (desembargador) moveu e ganhou por injúria e difamação.

Livre

Solta

O advogado Marcelo Brabo, um dos mais atuantes na área do Direito Eleitoral, já consultou vários tribunais eleitorais sobre a situação do ex-governador Ronaldo Lessa e garante não haver impedimento algum para a sua candidatura. Mas, se houver, vai recorrer às instâncias superiores.

O presidente do PT do B, Marcos Toledo, ainda não fechou o negócio e a deputada federal Rosinha da Adefal continua na berlinda. Toledo não falta conversar com mais ninguém, mas até agora o que mais se aproximou do negócio foi o PT – que não tem muita bala na agulha na majoritária.

Carioca da gema A vereadora Heloísa Helena pode sair candidata a senadora pelo Rio de Janeiro, em 2014, se atender à sugestão da ex-senadora Marina Silva.

Passo

Mais

Autor da PEC 300 que institui o piso nacional para o policial civil, militar e bombeiros militares, o senador Renan Calheiros ensina que a motivação do policial é o primeiro passo para o sucesso do combate à violência – que cresce assustadoramente no País e mais gravemente em Alagoas.

– “Não basta aparelhar, dar armas e viaturas para a polícia se o policial está desmotivado. O policial não pode sair às ruas para resolver o problema dos outros, se ele mesmo deixou em caso vários problemas para resolver” – disse o senador Renan, que pediu mais investimento em segurança.

Para o X-9 Além de motivar o policial, Renan defendeu o investimento em serviços de inteligência e mobilidade policial.

Duplo

Negou

A vereadora Fátima Santiago fica sem jeito quando alguém pergunta sobre o voto duplo, na questão da definição do número de vereadores – que ela jura defender 21, mas está sob suspeita de ter votado favorável a 31 vereadores. “Não gosto de falar sobre isso, porque me machuca muito”, diz.

O chamado “grupo dos 6”, composto pelos vereadores contrários realmente ao aumento do número de vagas, acusa a vereadora Fátima Santiago de traição. É que, na votação para se definir o número de vagas, Fátima votou duas vezes – sim e não. Ela nega, mas não convence o “grupo dos 6”.

Causa própria Em tempo: os vereadores que defendem o aumento das vagas são exatamente os que se elegeram na pindaíba e temem pela reeleição.

Os pronunciamentos na sessão de ontem foram marcados pelos mesmos argumentos quando o projeto esteve em pauta no ano passado. Oscar de Melo (PP), Heloísa Helena (PSOL), Tereza Nelma (PSDB), Silvânia Barbosa (PTdoB) e Pastor João Luiz (DEM) e o presidente da Câmara, vereador Galba Novaes atacaram a mudança na composição da Casa questionando o possível aumento dos gastos e a real necessidade da capital alagoana ter mais dez vereadores. Considerando a filosofia de que o efeito é maior quando o problema é “sentido no bolso”, um dos argumentos mais eficazes saiu do pronunciamento do presidente da Casa, que levou a plenário os números das finanças da Casa, tentando provar matematicamente que mais dez vereadores vão onerar o Legislativo. “Para se ter uma idéia do impacto financeiro, vou apresentar aqui os números que me foram repassados pela auditoria da procuradoria da Casa: Atualmente a Câmara tem seu orçamento de pouco mais R$ 49 milhões. A estimativa de receita para 2013

Galba citou números para argumentar contra aumento do número de vagas

é de R$ 52 milhões. O custo estimado é de R$ 36 milhões para a realidade de hoje. Caso haja aumento os números da despesa vão para: Funcionários, R$ 22 milhões. Vereadores, quase R$ 4 milhões. Com assessorias: mais de R$ 10 milhões. Cargos comissionados são mais de R$4 milhões. O total é cerca de R$ 41 milhões ou 78,88% da despesa referente aos 52 milhões da receita que está estimada para 2013”, disse Galba. Os números do presidente da Casa foram reforçados com os argumentos de outros vereadores. “Queremos discutir qualidade, e não quantidade”, disseram, em uma só voz, Oscar de Melo e Pastor João

Luiz. Heloísa Helena também não poupou críticas. “Já são vereadores demais. Cadê a redução dos cargos comissionados para readequar a Casa a mais vagas? Fazer conta no período eleitoral é normal. O que não posso aceitar é essa tese que a criação das vagas não acarretaria no aumento das despesas. Querem empurrar goela abaixo o piso como teto. Essa defesa é inaceitável, é hipócrita”, disparou a vereadora do PSOL. A tucana Tereza Nelma voltou a comparar o número de cadeiras do Legislativo Municipal com o Estadual. “São 27 deputados para o Estado. Para que um município com 31 vereadores?”, questionou.

FAVORÁVEIS Na defesa do aumento das vagas os vereadores não pouparam argumentos, indo buscar razões até mesmo fora do Estado. Marcelo Malta (PCdoB) distribuiu em plenário e à imprensa uma consulta feita ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Sergipe, que endossaria o aumento das vagas. Outro discurso recorrente foi o do aumento da representatividade. “Claro que se aumentando as vagas teremos mais espaço para pequenos partidos, aumentando também a representatividade. Seria mais espaço, de repente, para o líder comunitário chegar ao Legislativo. Defendo a ampliação para corrigir uma distorção provocada pelo aumento da população e para que tenhamos mais vereadores honestos e probos. Não defendemos o aumento para termos mais vereadores ladrões dos cofres públicos”, disse o vereador Ricardo Barbosa. Francisco Holanda (PP) se limitou a falar em “cumprimento da lei”. “Está na lei, é constitucional. Não posso ir contra à lei”, disse, com o Diário Oficial em mãos. G.M.

População já se mostrou contrária à alteração Nas ruas, o aumento de mais 10 vagas na Câmara Municipal de Maceió encontrou resistência da sociedade. Em setembro do ano passado, associações comunitárias espalharam outdoors onde repudiavam a proposta. As placas, afixadas no Barro Duro, Cambona e Benedito

Bentes, traziam os dizeres “Não precisamos de mais vereadores. Precisamos de mais professores, médicos, policiais...”. A manifestação foi patrocinada pelas associações comunitárias do Salvador Lira, Conjunto José Maria de Melo, Jardim Tropical, Largo da Codeal e Conjunto Henri-

que Equelman. Os outdoors expostos em Maceió seguem a mesma linha de manifestações registradas em Santa Catarina, na cidade de Jaraguá do Sul, no ano passado. Lá, a Câmara também queria aumentar o número de vereadores. Mas, diante da pressão pública,

recuou e decidiu arquivar o projeto. Em uma pesquisa informal, sem efeito científico, realizada por O Jornal, em 29 de junho, das 100 pessoas ouvidas nas ruas de Maceió e por telefone, 78 se declararam contrárias ao aumento das vagas. G.M.

PARCELAMENTO IPVA

Expressas Ex-deputado e ex-interventor de Roraima, Rubens Vilar quer voltar à política. Mas Vilar quer voltar à política pelo interior, mais precisamente, como prefeito de Delmiro Gouveia, a sua terra natal. Dos 50 bairros de Maceió, seis foram selecionados como os que mais registram acidentes com motos. O levantamento foi realizado pelos estudantes de Enfermagem da Ufal, José Lins e Robson da Silva. Os bairros mais violentos para motoqueiros são: Tabuleiro do Martins, Farol, Serraria, Barro Duro, Trapiche da Barra e Jacintinho. Os estudantes da Ufal são também militares do Corpo de Bombeiros e foram orientados na pesquisa pela professora Ruth Cizino.

ALE mantém veto à alteração P

or 13 votos contra sete, os deputados estaduais mantiveram ontem, durante a sessão na Assembleia Legislativa, o veto ao projeto de lei que altera o parcelamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O projeto previa que o parcelamento do imposto, que hoje pode ser feito em no máximo três meses, fosse estendido

para até seis parcelas. A proposta da nova forma de parcelamento do IPVA, que é recolhido pela Secretaria de Estado da Fazenda, foi apresentada pelo deputado Jeferson Moraes (DEM). A semana começou movimentada na Casa. Na pauta da sessão, havia 20 vetos, no entanto, apenas seis foram apreciados, sendo um derrubado e os demais mantidos.

Outros sete processos foram retirados de pauta por solicitação de líderes partidários, a exemplo do que dispõe sobre a inclusão de medidas sobre direito à acessibilidade digital aos portadores de deficiência visual. “FICHA LIMPA” O único veto derrubado foi o que dispõe sobre os percentuais de ocupação das funções

de confiança e dos cargos em comissão no âmbito do Estado, como também proíbe de ocupar cargos no governo do Estado, as pessoas ditas “ficha suja”, ou seja, os que forem alcançados Lei Complementar 135, de 04 de junho de 2010, a “Lei Ficha Limpa”. De autoria do deputado Ronaldo Medeiros (PT), o projeto de lei foi mantido por 14 votos contra 6.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A4

Nacional

www.mais.al nacional@ojornal-al.com.br

MASSACRE DE CARAJÁS

TRAGÉDIA EM GOIÁS

Major condenado a 158 anos se entrega

Helicóptero cai e mata 8 após reconstituição

B

ELÉM - O major da Polícia Militar José Maria Pereira de Oliveira se apresentou na manhã de ontem na prisão do Centro de Recuperação Especial Anastácio das Neves, no município de Santa Izabel, no Pará. O policial militar foi condenado a 158 anos e 4 meses de prisão pelo massacre de Eldorado dos Carajás, quando 19 sem-terra foram mortos em 1996. De acordo com informações da assessoria de imprensa do Sistema Penal do estado, o major chegou à penitenciária acompanhado do advogado, José Arnaldo Gama. Outro envolvido no caso, o coronel Mário Colares Pantoja, foi detido na tarde de segunda-feira. Ele foi condenado a 258 anos pelo mesmo

crime. Os mandados de prisão foram expedidos na segunda-feira pelo juiz Edmar Pereira da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Belém, de acordo com o Tribunal de Justiça do Pará. O processo contra os militares transitou em julgado no mês de abril e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que a sentença fosse “imediatamente cumpr ida”. Na segunda, o Tribunal de Justiça do Pará decretou a prisão dos dois militares. Ambos respondiam em liberdade por força de habeas corpus obtido junto ao Supremo Tribunal Federal. Durante os últimos 16 anos, todos os recursos contra as sentenças condenatórias foram esgotados.

O major José Maria Oliveira (D) foi condenado a 158 anos e 4 meses de prisão

Entre os mortos estão cinco delegados e o assassino confesso da chacina de sete pessoas

U

m helicóptero da Polícia Civil de Goiás caiu na zona rural de Piranhas, no interior do estado, e matou as oito pessoas que estavam a bordo. A aeronave participava da reconstituição da chacina em que sete pessoa foram mortas e degoladas em Doverlândia, no final de abril. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Goiás, as vítimas são: o superintendente da Polícia Judiciária de Goiás, o delegado Antônio Gonçalves Pereira dos Santos; os delegados Bruno Rosa Carneiro, Osvalmir Carrasco Metali Júnior, Jorge Moreira da Silva e Vinícius Batista da Silva; os peritos criminais Marcel de Paula Oliveira e Fabiano de Paula Silva; além do principal suspeito do crime, Aparecido de Souza Alves, 22 anos. A equipe estava retornando para Goiânia depois de realizar a segunda etapa da reconstituição da chacina. Segundo o assessor da Polícia Civil, Norton Luiz Ferreira, o helicóptero teria passado por uma revisão na segunda-feira. Antônio Gonçalves, e o delegado de Doverlânia, Vinícius Batista, estavam responsáveis por conduzir o segundo dia dos trabalhos de repro-

Aparecido de Souza no primeiro dia de reconstituição do crime, realizada na quinta-feira da semana passada

dução simulada dos fatos. Na primeira parte da reconstituição, realizada na última quinta-feira com a coordenação da delegada-geral de Polícia Civil, Adriana Accorsi, os investigadores teatralizaram, com ajuda de dublês, as duas primeiras mortes: do proprietário da fazenda e do filho dele, mortos dentro da casa. Ontem, a polícia decidiu usar manequins para representar as cinco vítimas mortas na área externa da propriedade. De acordo com a Policia Civil, o helicóptero Koala AW 119K (prefixo PP-CGO), fabricado pela norte-americana Augusta Westland, caiu por volta das 16h30, no interior de uma fazenda em Piranhas, a 325 quilômetros de Goiânia. Testemunhas disseram ter

visto o helicóptero girando sobre o próprio eixo e em seguida caindo. O CASO As sete pessoas foram mortas e degoladas no último dia 28 em uma fazenda no sul de Goiás. O crime aconteceu por volta das 17h em Doverlândia (a 403 km de Goiânia). Além do fazendeiro Lázaro de Oliveira Costa, 57, foram mortos seu filho, Leopoldo Rocha Costa, 22, e o vaqueiro Eli Francisco da Silva, 34, funcionário da fazenda. As outras vítimas - Miracy e Joaquim Manoel Carneiro, o filho do casal, Adriano, e a namorada dele, Tames Mendes da Silva - eram amigos do fazendeiro e haviam ido ao local entregar um presente de casamento.

Dois dias depois a polícia prendeu Aparecido Souza Alves em flagrante. Ele tinha o tênis sujo de sangue e, com ele, foram encontrados um celular e uma carabina que pertenciam às vítimas. Os corpos do fazendeiro e de seu filho foram encontrados dentro de um banheiro da propriedade por outros vizinhos que passaram pelo local e estranharam o silêncio, a porta fechada e a ausência dos proprietários. Os restos mortais das outras cinco vítimas foram encontradas horas depois nas proximidades. Aparecido disse que teria recebido R$ 50 mil pelo crime, mas depois mudou a versão, dizendo ter matado por vingança. Outras três pessoas estão presas suspeitas de participação na chacina.

LIXOS NO BRASIL

CEARÁ

42% têm destinação inadequada

Gays podem usar nome de guerra em escolas

S

ÃO PAULO – A quantidade de resíduos sólidos gerados no Brasil em 2011 totalizou 61,9 milhões de toneladas, 1,8% a mais do que no ano anterior, de acordo dados do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2011, lançado ontem pela Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), durante a 11ª Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas da Cidade de São Paulo. Do total coletado, 42% do lixo acabam em local

inadequado. Segundo o diretor executivo da Abrelpe, Carlos Silva Filho, o crescimento de resíduos sólidos no período de 2010 para 2011 foi duas vezes maior do que o crescimento da população, que foi de 0,9% no período. “Se continuarmos nessa curva ascendente de crescimento ano após ano e não conseguirmos, de alguma forma, adotar ações adequadas para conter essa geração, certamente, em médio prazo, nossos sistemas de gestão de resíduos entrarão em

colapso”. O estudo mostra ainda que, em 2011, foram coletados 55,5 milhões de toneladas de resíduos sólidos, o que resulta em uma cobertura de 90%. “Cerca de 10% de tudo o que é gerado acabam em terrenos baldios, córregos, lagos e praças. Esse problema é recorrente em praticamente todas as cidades do país”, disse Silva Filho. Da quantidade coletada, o Sudeste responde por 53% e o Nordeste por 22%. “Nessas duas regiões estão concentrados 75% de todo o lixo do país”.

Coleta seletiva é feita por 58,6% das cidades Segundo o Panorama, 42% dos resíduos sólidos foram destinados em locais inadequados como lixões e aterros controlados. Filho ressaltou que a Abrelpe considera a segunda opção inadequada porque, do ponto de vista ambiental, têm o mesmo impacto negativo que os lixões. “O aterro controlado não protege o meio ambiente como um aterro sanitário”. De acordo com a publicação, a quantidade de lixo levado para aterros sanitários pode ter sido maior em porcentagem, mas ao analisar a quantidade nota-se que em 2011 a situação piorou.

“Em 2010 o volume de destinação inadequada foi 22,9 milhões de toneladas contra 23,2 milhões de toneladas em 2011”, disse. O Panorama indica ainda que dos 5.565 municípios brasileiros, 58,6% do total, afirmaram ter iniciativas de coleta seletiva, o que significa um aumento de 1% em comparação ao ano anterior. Com relação à coleta de lixo hospitalar, os municípios coletaram e destinaram 237,6 mil toneladas de resíduos de saúde, das quais 40% têm destino inadequado. “Dessa porcentagem temos 12% indo para lixão, sendo depositados

sobre o solo sem tratamento prévio, não só contaminando o meio ambiente mas trazendo um risco muito grave para as pessoas que tiram seu sustento desses lixões”, diz a publicação. Para Silva Filho, o cenário revelado pelo Panorama precisa ser modificado até agosto de 2014, quando acaba o prazo para o cumprimento das metas da Lei Nacional de Resíduos Sólidos. Na avaliação do diretor executivo, as empresas do setor estão preparadas para enfrentar o desafio, pois têm tecnologia, conhecimento técnico e mão de obra.

F

ORTALEZA - Uma lei divulgada no Diário Oficial do Estado do Ceará (DOE) no último dia 3 dá direitos aos travestis e transexuais a usarem os nomes sociais (nomes escolhidos, ou os conhecidos nomes “de guerra”). A determinação veio por meio de resolução do Conselho Estadual de Educação do Ceará e já vale desde a publicação no DOE. A resolução vale para toda unidade de educação básica ou de ensino superior que esteja ligada ao governo do Estado. O presidente do Conselho, Edgar Linhares Lima, vê a determinação como uma saída para diminuir o impacto do preconceito nestas unidades. Com a nova determinação, a pessoa deverá fazer a matrícula com o nome civil, registrado na certidão de nascimento, mas poderá acrescentar o nome que é conhecido no convívio social. O direito de incluir o nome social vale para homens e mulheres com 18 anos ou mais. A inclusão do nome social poderá valer para menores de 18 anos, desde que com autorização dos pais ou responsáveis ou mesmo por decisão judicial.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A5

Internacional

www.mais.al internacional@ojornal-al.com.br

AFEGANISTÃO

TERROR

Otan admite morte de família em ataque

Narcotráfico silencia imprensa do México

C

ABUL - A Isaf, força armada da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) no Afeganistão, admitiu ontem sua responsabilidade na morte de uma família afegã no sul do país na semana passada. “Neste estágio da investigação, podemos confirmar o incidente ocorrido em Helmand (sul). Nós pediremos desculpas oficiais para a família nos próximos dias”, declarou ontem o tenente-coronel Stewart Upton, porta-voz da Isaf. O gabinete do governador da província de Helmand informou, por meio de um comunicado, que a família foi morta intencionalmente na sexta-feira durante um bombardeio aéreo efetuado após o ataque a postos

de controle da Isaf feito por insurgentes. O presidente afegão Hamid Karzai convocou na segunda-feira o comandante da Isaf, o general americano John Allen, e o embaixador dos EUA em Cabul, Ryan Crocker, para uma “reunião de emergência” depois de a Isaf ter matado, de acordo com ele, várias dezenas de civis em bombardeios recentes em Logar (sul de Cabul), Helmand (sul), Kapisa (nordeste) e Badghis (noroeste). “Se a vida dos afegãos não for protegida, o acordo de parceria estratégica vai perder a sua substância”, advertiu Karzai. A Isaf afirmou que investiga três outros incidentes mencionados pelo presidente afegão, sem dar detalhes.

SOBRE ROMMNEY

Barack Obama tem 7 pontos de vantagem

W

ASHINGTON - O presidente dos EUA, Barack Obama, lidera as intenções de voto para as eleições no país em pesquisa divulgada ontem pela agência de notícias Reuters. No levantamento, o democrata aparece com 7 pontos de vantagem sobre o virtual candidato republicano Mitt Romney. De acordo com o estudo, feito pelo instituto Ipsos, Obama tem 49% dos votos, contra 42% de Romney, abrindo vantagem em relação à pesquisa de abril, em que o democrata liderava com vantagem de 4 pontos. O instituto revela que o

primeiro lugar de Obama se deve ao apoio dos eleitores independentes, que não têm associação direta com nenhum dos dois partidos . A avaliação do governo do presidente democrata mostra que 48% da população americana aprova as medidas feitas por Obama, contra 40% que reprovam, uma elevação de 11 pontos em relação a abril. No mês passado, 37% dos eleitores mostraram visão positiva em relação ao mandato de Obama, contra 57% que avaliaram de forma negativa. A Reuters e o Ipsos entrevistaram 1.131 eleitores por telefone para a pesquisa de maio.

Jornalistas são assassinados pelos cartéis em disputa pelo poder

C

IDADE DO MÉXICO - Os narcotraficantes mexicanos aplicaram uma política de terror contra os jornalistas que não se submeterem as suas ordens, com assassinatos atrozes, decapitações e esquartejamentos de comunicadores, com os quais conseguiram silenciar a imprensa em muitas regiões do México. Nos últimos cinco anos, “o poder do narcotráfico silenciou um grande setor do jornalismo nacional”, disse Raúl Omar Martínez, presidente da Fundação Buendía e diretor da Revista Mexicana de Comunicação. Na semana passada, os corpos de três fotógrafos e de uma funcionária de um jornal apareceram esquartejados, poucos dias depois do assassinato da correspondente da prestigiada revista Processo, em Veracruz, no Golfo do México. Algumas das vítimas foram por conta própria a encontros nos quais foram mortos. Gabriel Huge, um dos jornalistas assassinados em Veracruz na semana passada, ao sair de casa no dia que desapareceu, entregou sua câmera à irmã Mercedes. “Agora penso que ele sabia o que ia acontecer”, disse ela também mãe de um fotógrafo de 22 anos assassinado junto com seu tio. Ninguém sabe com certeza a poderosa razão que os motivou a ir a esses encontros. Segundo um jornalista de Veracruz, desde que mataram em julho de 2011 Yolanda Ordaz de la Cruz, do jornal Notiver, seus colegas não haviam voltado a ser “convocados” pelos narcotraficantes, disse uma fonte sob anonimato. Até então, repórteres e fotógrafos de fontes policiais de Veracruz eram convocados de vez em quando pelos pistoleiros, que exigiam que publicassem algumas notícias e não outras, e chegaram a agredi-los por não terem obedecido, segundo vários depoimentos.

Envoltos em sacos, corpos mutilados dos fotógrafos Gabriel Huge e Guilhermo Luna Varela são retirados de canal

MataZetas promove massacres contra rival Entre 2008 e 2011, os Zetas controlaram as atividades criminosas e acossaram a imprensa local no porto de Veracruz. Mas em meados de 2011, o grupo Nueva Generación ou MataZetas, vinculado ao cartel de Sinaloa, liderado pelo poderoso chefe Joaquín “Chapo” Guzmán, conseguiu entrar nesse território para combater os Zetas, realizando grandes massacres. Um repórter de Veracruz, que falou na condição de não

ser identificado, ilustrou as ameaças que pesam sobre os jornalistas em Veracruz. “Um comandante da polícia que era sua fonte em poucos meses vira um Zeta e te liga para dar informação”, disse o repórter. “Eu me perguntava se um dia a moeda ia virar e outra organização quisesse me pressionar. Isso foi o que aconteceu” quando chegaram os MataZetas, disse por sua vez outro jornalista que confessa

querer abandonar a profissão. Oito trabalhadores da imprensa foram assassinados em Veracruz no último ano, incluindo Regina Martínez, da revista Processo. Veracruz, um dos três estados mais populosos do México, com 8 milhões de habitantes, é considerado pela organização Repórteres Sem Fronteiras como um dos 10 lugares mais perigosos do mundo para exercer o jornalismo.

Congresso aprova lei para proteger repórteres O Comitê de Proteção dos Jornalistas (CPJ), com sede em Nova York, denunciou em Veracruz uma “combinação de negligência e corrupção generalizada entre as forças de segurança, particularmente no nível estadual”. Antes de fazê-lo em Veracruz, Los Zetas - um perigoso cartel do narcotráfico criado na década de 1990 por ex-militares de elite desertores - conseguiram silenciar completamente a imprensa em Tamaulipas, um estado vizinho fronteiriço com os Estados Unidos.

Algo semelhante aconteceu na também fronteiriça Ciudad Juárez, de 1,3 milhão de habitantes. Em setembro de 2010, o Diário de Juárez, após o assassinato de um de seus fotógrafos, publicou uma mensagem dirigida aos cartéis da droga no qual perguntava: “o que querem de nós?”. “O que querem que publiquemos ou deixamos de publicar, para sabermos a que vamos nos ater”, disse em seu editorial. Alguns dias depois, o governo do presidente Felipe

Calderón anunciou um plano de proteção a jornalistas. O Congresso aprovou há uma semana uma lei para proteger repórteres em risco. Mas os assassinatos continuam. Segundo a estatal Comissão Nacional de Direitos Humanos, desde 2000 morreram 79 jornalistas e 14 desapareceram no México. Alberto Herrera, diretor da Anistia Internacional no México, considerou que com uma impunidade de 98,5% nestes casos, as agressões continuarão.

Unesco condena o assassinato de jornalistas Na última segunda-feira, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, condenou o assassinato dos três jornalistas no México. Em nota, a diretora-geral da agência, Irina Bokova, disse que não deve haver impunidade. Bokova pediu às autorida-

des mexicanas que ajam rapidamente para encontrar os autores dos assassinatos. Os corpos do fotógrafo Gabriel Huge, que trabalhava para o jornal Notiver, e de Guillermo Luna Varela, do Veracruznews foram encontrados no último dia 3, dentro de sacos plásticos às margens do canal Boca del Rio.

Os dois cadáveres foram achados exatamente no dia em que se comemorava a Liberdade de Imprensa em todo o mundo. Perto do local, foram achados ainda o corpo de um fotógrafo aposentado, Esteban Rodriguez, e de Iracema Becerra, companheira do jornalista Guillermo Luna.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A6

Opinião

www.mais.al opiniao@ojornal-al.com.br Frase do dia

A verdade Sistema Jornal de Comunicação Conselho Consultivo João Lyra (Presidente), Arnaldo Cansanção Antonio Rezende José Alfredo de Mendonça Nelson Ferreira

Superintendente Silvia Sacuno silvia.sacuno@sistemajornal.com.br Diretora Comercial Eliane Pereira eliane.pereira@sistemajornal.com.br Diretor Adm.-Financeiro Bruno Barrionuevo bruno@sistemajornal.com.br Diretor Jurídico Átila Machado atilamachado@ojornal-al.com.br Editor-Executivo Voney Malta vfamalta@ojornal-al.com.br

A

política do quanto pior melhor não é simpática a quem pensa no coletivo. Muito menos ao formador de opinião, que tem como ofício informar bem as pessoas sobre o assunto a que se propõe falar. Criar fatos, maquiar números ou desenhar quadros drásticos não é pertinente ao formador de opinião. Esconder o caos também não. Diariamente, o jornalista exerce o seu caráter na condução das atividades profissionais. Se outro tipo de profissional deve ter a ficha limpa, o jornalista deve ter, então, uma ficha cristalina. Sua proteção é, dessa forma, a consciência de fazer a coisa certa. A verdade deve ser dita, doa a quem doer, sem terrorismo nem distribuição do medo. O jornalista sabe que o seu papel é o de informar à sociedade, e que isso deve ser feito da forma menos traumática possível. Obedecendo-se às regras do bom jornalismo. No domingo que passou, O Jornal trouxe em suas páginas uma matéria especial, bem apurada e escrita com cuidado e esmero sobre uma situação vivida pela segurança pública em Alagoas. O material jornalístico mostrou com números e informações reais que, mesmo com a ideia administrativa da bonificação para cada arma apreendida no Estado, as ações não mostraram os resultados desejados.

O Jornal

Pelo menos quando os dados são comparados com os números relativos ao primeiro trimestre do ano passado. A reportagem obteve os números relativos a esse quesito [apreensão de armas] das entranhas da instituição. Os dados foram extraídos de documentos oficiais obtidos de forma lícita. Foi um trabalho lento, mas líquido e certo. Apresentados à autoridade competente, que podia inclusive desmenti-los, eles [os dados da matéria] foram mantidos. Ou seja, não houve contestação de quem poderia fazê-la. Dessa forma, a reportagem de O Jornal agiu corretamente no limite certo na coleta de dados e apresentação desses sobre a apreensão de armas em Maceió e região metropolitana. A análise baseada nos números foi fiel à apuração: não houve crescimento no número de apreensão de armas no primeiro trimestre de 2012, quando esse mesmo período foi comparado com o de 2011. Essa é a verdade sobre a apreensão de armas na capital e cidades próximas, as que integram a Grande Maceió. A verdade não precisa de retoques nem de maquiagem. Sua beleza natural fascina a todos nos quatro cantos do mundo.

Charge

Editor-Geral Deraldo Francisco deraldo@ojornal-al.com.br Gerente Comercial Kaline Lages comercial@ojornal-al.com.br Gerente de Recursos Humanos Givaldo Perciano givaldo@ojornal-al.com.br Gerente Financeiro Flávio Bastos financeiro@ojornal-al.com.br

Vendas avulsas Alagoas: Dias úteis Domingos Nºs atrasados

R$ 1,50 R$ 3,00 R$ 6,00

Assinaturas em Alagoas: Semestral R$ 270,00 Anual R$ 540,00

EMPRESA EDITORA O JORNAL LTDA E-mail: ojornal@ojornal-al.com.br Site: www.mais.al Av. Comendador Gustavo Paiva, 3771 A Mangabeiras - Maceió/AL CEP: 57037-280 PABX 82 4009.1900 FAX/REDAÇÃO 82 4009.1950 FAX/COMERCIAL 82 4009.1960 CLASSIFICADOS 82 4009.1961 ATENDIMENTO AO ASSINANTE 82 4009.1919

Sucursal Arapiraca Sucursal Agreste Avenida Rio Branco, 157 Sala 10 - Centro Fones - 3522-5375 / 9199-0007 E-MAIL: municipios@ojornal-al.com.br

REPRESENTANTE NACIONAL FTPI SÃO PAULO 11 2178.8700 RIO DE JANEIRO 21 3852.1588 BRASÍLIA 61 3326.3650 RECIFE 81 3446.5832 www.ftpi.com.br

Cartas à Redação: opiniao@ojornal-al.com.br Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião de O JORNAL.

“Você pode levar um cavalo até a beira do rio, mas não conseguirá obrigá-lo a beber água”. FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BANCOS (FEBRABAN), em informativo, sobre a estratégia do governo em querer forçar os bancos a baixarem os juros.

A vida é uma viagem Alberto Rostand Lanverly Membro do Instituto Histórico de Alagoas e da Academia Maceioense de Letras inda estudante universitário, desenvolvi paixão, toda especial, pela área dos transportes. Assim, ao colar grau, aprofundei estudos naquele setor, numa época em que a mesma não era, nem um pouco, valorizada. Hoje, anos depois, entendo que, ao optar pelo aprendizado da “movimentação” dos veículos, estava também pormenorizando o conhecimento da “existência dos homens”, aqui na terra, pois, a vida é uma verdadeira viagem, por estradas e caminhos, simples ou complexos, mas que viabilizam a evolução da humanidade. Neste “vai e vem” cotidiano, nos deparamos com “pistas livres”, cruzando campos férteis e verdejantes, que representam instantes de felicidade com a família, conquistas na profissão ou, até mesmo, sorrisos das pessoas que nos acompanham. Sofremos com os engarrafamentos, caracterizados pelos inesperados tropeços do “dia a dia”, diante dos quais todos reduzem a velocidade do deslocamento e, em determinadas situações, até param. Nesses momentos, alguns logo após conseguem retomar sua trajetória original, enquanto outros ali permanecem, necessitando do “auxílio” de um reboque para fazê-los andar. Ficamos felizes com os companheiros de viagem. Ao embarcarmos, somos recebidos por nossos “dois amores” e, assim, com o passar dos tempos, vivenciamos a subida e descida de vários passageiros. Vibramos com a chegada dos filhos e netos, para nos entristecermos com o desembarque de “pessoas” que estiveram a nosso lado e que, durante muito tempo, consideramos como insubstituíveis, mas, devido às leis da natureza, tiveram de desocupar espaço para novos viajantes, mesmo permanecendo, para sempre, vivos em nossos corações.

A

Sofremos com os engarrafamentos, caracterizados pelos inesperados tropeços do “dia a dia” Assim, avaliando o deslocamento neste meio de transporte que, é a vida, imagino, se um dia sentirei saudades do momento da descida “no terminal da despedida”, quando, espero, deixarei bem sentados, em poltronas confortáveis, com vista panorâmica para o infinito do universo, os amados que, muito tempo antes, em um dia de alegria, “vi subirem” e, imediatamente, terem destaque no ambiente que frequentavam. Portanto, enquanto desfruto da comodidade do veículo que me leva, nesta “exuberante” excursão existencial, orgulho-me por verificar que, em meu entorno, sempre viajaram “usuários” que souberam ser, além de fortes, decididos quando se fez necessário, também “domaram e venceram” os desafios que as rotas percorridas habitualmente reservavam. Sinto-me realizado, por ter a certeza de que, nesta movimentação, tenho procurado viver de forma coerente, buscando absorver o que de bom possui cada passageiro, agradecendo por nunca ter estado sozinho ao longo do itinerário, mesmo quando as “companhias” não embarcaram na mesma plataforma, ou que não estivessem ocupando assento na ala que frequento. De trem, ônibus, navio ou avião, automóvel ou a pé, o que importa é saber usufruir, em plenitude, a verdadeira viagem, que é a vida.

Sob o sol forte... San Yvette Maria Moura Jornalista

Datas & Fatos Mohammed Ali perde título O boxeador Cassius Clay, Mohammed Ali, ganhou por três vezes o cinturão mundial dos pesos pesados. Lutou também contra a segregação racial nos EUA. Ele foi um dos símbolos da oposição à Guerra do Vietnã. Em 9 de maio de 1967, perdeu seu título mundial ao se negar a prestar serviço militar. 1502 - Cristóvão Colombo sai da cidade de Cádiz para realizar sua quarta viagem às Américas. 1551 - É criada a Universidade de Lima, no Peru. 1883 - Nasce José Ortega y Gasset, escritor e filósofo espanhol. 1926 - Os norte-americanos Richard E.Byrd e Floyd Bennet sobrevoam, pela primeira vez, o Pólo Norte. 1927 - A cidade de Camberra é eleita sede do governo da Austrália. 1936 - O dirigivel alemão Hindenburg realiza o vôo Frankfurt-Nova York. 1936 - Nasce Glenda Jackson, atriz britânica. 1940 - Segunda Grande Guerra Mundial: Tropas britânicas ocupam a Islândia e as ilhas Feroe. 1940 - Hitler autoriza a eutanásia na Alemanha. 1943 - Um incêndio destrói a Biblioteca Nacional do Peru. 1946 - O rei Vittorio Emmanuel III da Itália abdica em favor de seu filho Umberto II. Três semanas depois, um plebiscito decide pela implantação da República, e a família real é obrigada a deixar o país. 1950 - A França convida a Alemanha para juntar-se à ela no domínio de atividades econômicas muito importantes para a Europa: o carvão e o aço. 1950 - O ministro francês do Exterior, Robert Schuman, declara que, em cinco anos, será criada uma organização comum na Europa. Posteriormente, surgiu a Comunidade Econômica Européia.

s vincos da face, queimada do sol; a textura da pele, prematuramente enrugada; as mãos calejadas de empunhar diariamente a enxada; os dentes escassos na boca, revirando um talo seco de capim; os olhos miúdos lançados no horizonte à busca de algum sinal... Encontrei Luís Antônio da Silva carregando dois tambores de água vazios sobre uma carroça – puxada por um animal tão magro e desalentado quanto ele – logo na entrada da cidade de Jaramataia, na manhã da última quinta-feira. O português truncado à moda camponesa, a fala mansa e pastosa comum aos sertanejos, que eu valorizo tanto, não me impressionaram mais do que saber a idade do nosso entrevistado, nascido no mesmo ano que eu. O aspecto envelhecido, como se ostentasse respeitosos sessenta e poucos anos, nada mais era do que o reflexo perverso da falta de oportunidades e dos desafios constantes a que está submetido o homem do campo. Logo pude constatar que a textura ressequida estampada na pele de Luís Antônio nada mais era do que o padrão do lugar: impresso na face das mulheres, na falta de perspectiva dos homens, no olhar absorto dos idosos, nas paredes das casas de taipa, na copa das árvores da caatinga, e até no leito dos rios. “Descabriados”, a muito custo esses seguiam o seu curso, cabisbaixos e humildes, falhando aqui e ali, enquanto os açudes e as cacimbas, não menos majestosos, recolhiam-se a uma insignificância que não era sua. Tal a paisagem inóspita encontrada pela equipe deste matutino na reportagem sobre a longa estiagem no Sertão alagoano – escrita por Láyra Santa Rosa e fotografada por mim –, que estam-

O

1962 - Francisco J. Orlich Bolmarich assume a presidência da Costa Rica. 1967 - Cassius Clay, conhecido como Mohamed Alí, perde o seu título de campeão mundial de boxe nos Estados Unidos, por se negar a prestar serviço militar com risco de ir ao Vietnã. 1968 - Violentos conflitos entre polícia, operários e estudantes ocorrem em Paris, deixando mais de mil pessoas feridas. 1970 - O boxeador mexicano Vicente Saldívar conquista o título de campeão mundial de peso pluma. 1972 - O presidente norte-americano Richard Nixon ordena o bloqueio dos portos do Vietnã do Norte. 1978 - Aldo Moro é encontrado morto em Roma. Ele foi assassinado pelas Tropas Vermelhas, após três semanas de seqüestro. 1984 - O governo do Haiti proíbe qualquer tipo de atividade política que não seja do partido oficial. 1985 - Um Desfile Militar ocorre em Moscou em comemoração aos 40 anos da vitória da URSS sobre a Alemanha, na Segunda Guerra Mundial. 1989 - Cerca de 200 soldados das tropas do Panamá ocupam a Junta Nacional de Escrutínio, revoltados com a publicação dos primeiros resultados das eleições, que acabaram anuladas. 1993 - O Partido Colorado vence as primeiras eleições presidenciais e legislativas no Paraguai em 40 anos. 1995 - Na Costa Rica, o tribunal máximo da república declarou inconstitucional a obrigatoriedade do diploma de jornalista, pois impossibilita exercer um direito a liberdade de expressão assegurado a todos. 1996 - O escritor de novelas peruano-espanhol Mário Vargas Llosa recebe o Prêmio da Paz da Associação de Editores e Livreiros da Alemanha. 1998 - Morre Adolfo Waitzman, compositor de origem argentina.

Existe toda uma “indústria” dando suporte a esse estado de coisas pou a capa do último domingo (06). Afora pisar com os próprios pés o solo áspero e enlameado dos açudes, no entanto, e registrar com a própria câmera a paisagem árida da seca, nada do que vimos pode ser considerado propriamente uma novidade ou surpresa. Afinal, intensa ou amena, a seca é uma realidade de todos os anos para aquela região. Surpresa mesmo é ver só agora os gestores se mobilizando para tentar amenizar os efeitos danosos de uma longa estiagem, e assistir ao governo do Estado rogar a Deus que mande chuva. Surpresa é constatar que no terceiro milênio ainda enfrentamos problemas corriqueiros e recorrentes como esses à maneira de principiantes. Surpresa é descobrir que, por trás da escassez da água, do sofrimento e da miséria dos que se encontram presos a situações como essa, existe toda uma “indústria” dando suporte a esse estado de coisas, e muita gente tira o seu “sustento” da desgraça alheia. Surpresa, aliás, talvez nem seja a palavra mais adequada: faz muito tempo que essa “dinâmica” está estabelecida nos sertões nordestinos. E, certamente, muitos candidatos serão eleitos, no próximo ano, com os “votos da seca”.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A7

Economia

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br

QUEDA DE BRAÇO

“Juro baixo não amplia crédito” Em informativo da Febraban, bancos cobram a adoção de outras medidas

A

mudança nas regras da caderneta de poupança, que entrou em vigor na sexta-feira, funcionou como estímulo adicional para o mercado trabalhar com a expectativa de novos cortes na Selic. Mas a redução esperada da taxa básica de juros pode não destravar a concessão de crédito pelos agentes econômicos de uma maneira que cumpra o objetivo do

governo. “Alguém já disse que ‘você pode levar um cavalo até a beira do rio, mas não conseguirá obrigá-lo a beber água’”, observa a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em uma cutucada indireta à estratégia do governo de tentar estimular a fluidez do canal de crédito com redução das taxas. “É possível criar condições mais favoráveis à expansão do crédito reduzindo as taxas básicas, mas uma ampliação efetiva das operações passa por uma postura mais agressiva, tanto dos emprestadores como dos tomadores de crédito, que por sua vez depende de expectativas econômicas mais otimis-

tas”, pondera a entidade em seu Informativo Semanal Bancário. Após a alteração da remuneração da caderneta de poupança eliminar o empecilho para novas reduções da Selic, o governo já revelou que continuará empenhado nas negociações para diminuição do custo dos empréstimos. Mas, o informe da Febraban mostra que os agentes econômicos seguem refratários à pressão governamental diante do quadro econômico. “Os números da nossa pesquisa de projeções seguem apontando uma postura cautelosa dos agentes econômicos, que reflete precisamente a deterioração

"Você pode levar um cavalo até a beira do rio, mas não conseguirá obrigá-lo a beber água" FEBRABAN, Federação Brasileira dos Bancos sobre a estratégia do governo para baixar juros

do cenário externo, combinada com um nível ainda elevado de inadimplência no mercado doméstico”, destaca a entidade. Entre as projeções

Segundo entidade, inadimplência está subindo Balanços divulgados pelos bancos mostraram níveis maiores de inadimplência, um fator que tem represado as novas concessões. No Itaú Unibanco, o indicador, considerando atrasos nos empréstimos acima de 90 dias, fechou março em 5,1% ante 4,9% do último período de 2011. No Bradesco, o índice terminou março em 4,1%, acima dos 3,9% do quarto período do ano passado. Em março de 2011, o indicador estava em 3,6%. O índice de inadimplência do Banco Santander foi de

4,5% no primeiro trimestre deste ano, 0,5 ponto porcentual acima do registrado em igual período do ano passado e no quatro trimestre de 2011 (4,0%). No Banco do Brasil, o indicador fechou março em 2,2%, acima dos 2,1% de dezembro e do primeiro período de 2011. Mas como o banco tem sido usado pelo governo como uma ferramenta de convencimento para que os bancos privados reduzam suas taxas finais nos empréstimos, a instituição elevou seu provisionamento em 36%

Concessão pode baixar tarifas

S

SELIC A Pesquisa de Projeções e Expectativas da Febraban mostrou ainda resultados distintos em relação ao futuro da política monetária no Brasil, apontando uma previsão de queda maior da taxa básica de juros neste ano, mas elevação mais forte em 2013. Os bancos revisaram a projeção para a Selic do final deste ano para 8,5% ao ano, de 9% ao ano no levantamento de março. A revisão foi motivada

pelo teor da ata do encontro do Copom, divulgada no dia 26, pela modificação na remuneração da poupança, indicadores moderados de atividade doméstica e renovação das preocupações sobre o cenário externo. Mas, cresceu bastante a parcela dos que esperam que a Selic subirá mais em 2013. Para 59,3% dos economistas, a Selic voltará ao patamar de 10% ao ano em dezembro do próximo ano. Na pesquisa anterior, 44,8% esperavam que a Selic subiria para 9% ao ano no fim de 2013.

FGV

ENERGIA

imulações da Agência Nacion a l d e E n e rg i a Elétrica indicam que, se houver renovação dos contratos de concessão de energia, que vencem a partir de 2015, pode haver uma redução nas tarifas de até 12%. A informação é do diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner. “A Aneel fez uma série de simulações, com uma série de premissas e os valores podem ir de 3% a 10%, ou 12%. Depende de que condições serão colocadas e que valores vão ser fixados para essas tarifas”, afirmou

para créditos de recuperação duvidosa.

Hubner. A redução viria por meio do cálculo dos ativos das usinas que já foram amortizados e, portanto, deixariam de ser remunerados. O Tribunal de Contas da União (TCU) renovou na semana passada o prazo de 60 dias para que o Ministério de Minas e Energia defina se as concessões serão renovadas ou licitadas e o modelo que será seguido. Depois desse prazo, a Aneel terá 30 dias para encaminhar um plano de ação ao TC U q u e c o n t e n h a datas, atribuições e responsáveis para avaliar os ativos das concessões.

colhidas pela entidade, as operações de crédito devem crescer 16,2% em 2012, ritmo inferior aos 16,6% no levantamento de março de 2012. MANTEGA O dado reflete que a seletividade na concessão de novos empréstimos continua, o que é considerado um fator negativo para estimular a economia como pretende o governo. Recentemente, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, destacou que os bancos orientaram suas agências a serem mais seletivas na concessão de crédito à população, o que para ele é um fator negativo e que não deveria ocorrer num

contexto de economia com inflação sob controle e taxa Selic em trajetória de queda desde agosto. “A solução para esse problema (inadimplência) é aumentar o volume de crédito e reduzir os spreads”, disse o ministro. Para a Febraban, porém, a aceleração do ritmo de concessões depende, sobretudo, da melhora econômica doméstica e externa. “A piora nos indicadores (especialmente externos) abre espaço para quedas adicionais dos juros básicos, mas ao mesmo tempo parece impor uma cautela adicional aos agentes econômicos”, destaca o texto da Febraban.

DIA DOS NAMORADOS

Para lojistas, juro elevará vendas

O

Dia das Mães, segunda melhor data para o comércio depois do Natal, ainda nem chegou, mas os lojistas já estão otimistas com as vendas do Dia dos Namorados, em 12 de junho. A expectativa da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) é de que, até junho, os preços das mercadorias já tenham caído nas compras a prazo devido às recentes medidas adotadas

para reduzir os juros. “Da queda até a implantação nas redes de varejo há uma demora. No Dia das Mães, vamos ver um pequeno reflexo disso, muito mais pela propensão do consumidor a comprar mais. Já para o Dia dos Namorados grande parte das lojas estará com o preço dos produtos mais baixos”, afirmou o diretor de Relações Institucionais da Alshop, Luís Augusto Ildefonso da Silva.

FALÊNCIAS

Alta de alimentos alcança setor varejista

O

aumento dos preços dos alimentos processados, que impulsionou a alta dos bens finais no Índice de Preços ao Consumidor Amplo - Disponibilidade Interna (IPA-DI) em abril deve chegar ao consumidor já em maio, informou ontem a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os alimentos processados saíram de uma alta de 0,36% em março para 1,70% em abril. Contribuíram para este resultado os aumentos em açúcar refinado (de -1,95% para 1,87%), arroz beneficiado (de 0,30% para 1,19%), carne bovina (de -0,50% para 3,35%), carne suína (de -1,74% para 1,44%) e leite industrializado (de 1,49% para 2,26%). “A gente pode esperar em maio algum repasse da carne bovina, porque os preços no atacado e no varejo andam juntos e o repasse não é demorado”, afirmou Salomão Quadros, coordenador de Análises Econômicas do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV. “Os laticínios estão em fase de entressafra, mas não sei dizer se tem algum fator agravante”, disse. Segundo ele, parte do aumento da carne bovina deve-se a um novo fôlego nas exportações. “O câmbio está ajudando. O mercado interno não teve assim uma reação de demanda tão forte. Mas o preço da carne é um

Pedidos recuaram em abril, revela Serasa

O só. O preço que a gente vai pagar no mercado interno vai subir, nem que seja por uma melhora da competitividade da carne importada.” Também aceleraram a alta de preços o óleo de soja refinado (de 3 00% para 7,87%) e a margarina (de 2,24% para 6,25%). “Alguns efeitos de alimentos vão chegar rapidamente ao varejo, mas não necessariamente com essa mesma intensidade”, ponderou Quadros. O IGP-DI subiu 1,02% em abril, após avançar 0,56% em março. A variação acumulada até abril ficou em 3,86%, contra 3,32% nos 12 meses acumulados até março.

mês de abril registrou 165 pedidos de falência em todo o País, a maioria foi de micro e pequenas empresas (MPE). O número foi menor que os 173 requerimentos observados em março último, e maior que os 133 de abril de 2011. Os dados são do Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, divulgado ontem. Do total de pedidos de falência realizados no período, 89 foram efetuados por MPE, 51 por médias e 25 por grandes. Para os economistas da Serasa Experian, em abril as empresas começaram a aproveitar os juros mais baixos no crédito, para pagar dívidas atrasadas junto a credores. A expectativa em relação ao Dia das Mães, segunda melhor data do ano em vendas para o varejo,

165 pedidos Essa foi a quantidade de solicitações em todo o País, segundo estudo da Serasa promove a procura por recursos para produção e formação de estoques. Na mesma direção, está o Dia dos Namorados, em junho, o que favorece as empresas em dificuldade e facilita a sua recuperação. Deve ser destacado, que o menor número de dias úteis em abril ante março, em razão dos feriados, também contribuiu para o recuo nos registros de falências decretadas e recuperação judicial.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A8

Economia

www.mais.al economia@ojornal-al.com.br

POUPANÇA

Extratos bancários já estão com nova regra

PapelMoeda Marco Aurélio Mello marcoaurelio@ojornal-al.com.br

Fotos: Arquivo

Classe média e seus desejos

D

ados do estudo divulgado pelo instituto de pesquisas Data Popular revelam que 83,2% da nova classe média pouparia se sua renda dobrasse, contra 80% da média dotal dos brasileiros que faria a mesma coisa. O estudo, que avalia o desejo de compra de eletrodomésticos, aponta que 80% da nova classe média investiria mais em móveis e eletrodomésticos se sua renda dobrasse. Em contrapartida, apenas 26,3% de todos os brasileiros fariam o mesmo. Ainda de acordo com a pesquisa, 40,5% da nova classe média faria algum curso se o salário dobrasse, percentagem parecida com a dos brasileiros em geral para o mesmo item (40%). O levantamento revelou ainda que, de 2002 para 2011, os gastos com contratação de serviços das famílias brasileiras dobraram (aumentaram 101,4%) enquanto as despesas com aquisição de bens de consumo diversos cresceram apenas 27,6%. A duplicação do valor gasto pelas famílias brasileiras com a contratação de serviços em 9 anos foi bastante influenciada por manutenção do lar (categoria composta principalmente por energia elétrica, TV por assinatura, telefonia, consertos de eletrodomésticos e móveis), com 169,3% de crescimento, e com serviços esporádicos (gastos com cabeleireiras, manicures, lavanderias, cerimônias familiares e práticas religiosas), com 106,8% de crescimento, diz o estudo.

Vale Verde 1 O presidente da Mineração Vale Verde, James Bannantine, esteve em Alagoas para confirmar a implantação de uma mineradora voltada principalmente para a extração de cobre. A previsão é que o estudo de viabilidade econômico-financeiro seja finalizado até o mês de agosto e as obras sejam iniciadas até junho de 2013, com um prazo de execução que varia entre 18 e 24 meses. O valor total de investimentos previstos é da ordem de US$ 500 milhões.

Vale Verde 2 Em reunião com integrantes do governo do Estado, foi anunciado que a mineradora vão gerar, na fase de construção, cerca de mil empregos. Já em sua fase operacional, até 700 novos postos de trabalho entre diretos e indiretos. Além dos US$ 500 milhões de investimentos, a empresa vai injetar, durante o período de 15 anos, US$ 100 milhões na economia alagoana em custos operacionais.

Mandioca A Amafil, empresa de produtos a partir da mandioca, estuda a possibilidade de instalar uma unidade em Taquarana, agreste alagoano, investindo cerca de R$ 7 milhões em sua fase inicial e outros R$ 19 milhões em uma possível ampliação. Manoel Antonio da Silva, diretor da empresa, explicou que técnicos farão, nos próximos meses, estudos ambientais do solo e das principais áreas onde há o cultivo do produto, como também testar a qualidade da mandioca da região. A empresa hoje tem uma linha com mais de 60 tipos de produtos como polvilhos doce, farinhas e farofa pronta.

Mudança acontece na remuneração quando a taxa Selic estiver em 8,5% ao ano ou menor

O

s bancos começaram a emitir extratos da poupança de acordo com as novas regras, anunciadas pelo governo na semana passada. O Bradesco informou que desde ontem os clientes do banco contam com extrato adaptado. Esse extrato tem o saldo total, o valor da poupança antiga, chamada Poupança Fácil, e o valor de acordo com as novas regras, previstas na Medida Provisória (MP) 567. Segundo o banco, no caso de saques, o dinheiro será retirado prioritariamente do saldo dos depósitos realizados a partir de 4 de maio. Depois de esses recursos serem esgotados, será usado

No Banco do Brasil, a partir de agora haverá duas variações para a poupança

o saldo anterior. Mas, pela nova regra da remuneração da poupança estabelecida pela MP 567, o cliente pode solicitar ao banco que o saque seja feito do dinheiro depositado antes do dia 4 de maio. Entretanto, para isso é preciso que haja manifestação formal do titular da conta. A nova regra, anunciada na última quinta-feira, estabelece mudança na remuneração quando a taxa básica de

juros, a Selic, estiver em 8,5% ao ano ou menor do que esse patamar. Nesse caso, o rendimento passa a ser 70% da Selic mais a Taxa Referencial (TR). Atualmente, a Selic está em 9% ao ano. Assim, a remuneração continua sendo 0,5% ao mês mais a TR. O Banco do Brasil (BB) lembrou que, no caso dos saldos existentes até 3 de maio, não houve mudanças no rendimento. Mas, agora não é mais possível fazer depósitos

“nessa conta antiga”. Assim, os novos depósitos passam a ter seus registros feitos de forma separada das cadernetas de poupança antigas. Segundo o BB, o cliente que fez depósitos a partir de 4 de maio passa a ter duas variações de poupança – a 01 (regra antiga) e a 51 (regra nova). “Assim, se ele tinha a variação 01, agora passa a ter a variação 51 também. E, ao solicitar um extrato, independentemente da variação escolhida, ele receberá em um mesmo documento os extratos das duas variações da poupança”. Por exemplo, se o cliente tinha saldo de R$ 1,5 mil na poupança antiga (variação 01), em 3 de maio, e fez um depósito de R$ 500 no dia 7 deste mês (variação 51), seu extrato apresentará a movimentação das duas contas de poupança separadamente, constando, inclusive, a forma como foi calculado cada rendimento.

Prazo para mudança no documento é de 30 dias Segundo a Caixa, o novo extrato da poupança já está disponível. De acordo com o banco, o extrato reúne informações sobre os depósitos antigos e os novos. No caso de saques, o sistema dará prefe-

rência para os depósitos mais recentes. No último dia 4, o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, explicou que os bancos serão obrigados a apresentar nos

extratos os saldos das cadernetas de poupança, discriminando os depósitos novos e os antigos, com o índice de correção de cada um. De acordo com o secretário, os bancos têm prazo até 30

dias para separar, no extrato, o saldo registrado até o dia 3 de maio e os novos depósitos. Mas, segundo ele, os bancos indicaram ao governo que podem fazer as alterações antes desse prazo.

Guido Mantega irá ao Senado explicar alteração A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado marcou para o próximo dia 15 uma audiência pública para que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, fale sobre as mudanças da caderneta de poupança. Ontem, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, havia acertado, durante um café da manhã com líderes partidários, que Mantega estaria à disposição dos parlamentares para expli-

car a medida provisória que altera a forma de remuneração da poupança. Após a aprovação do requerimento, o presidente da comissão, senador Eduardo Suplicy (PT-SP), informou que Mantega já confirmou participação na audiência. A MP é uma das apostas do governo para baixar a Selic para patamares inferiores a 8,5% ao ano, sem que haja uma migração de investimen-

tos de fundos para a caderneta. “São dois assuntos importantes que os líderes estão entendendo que devem ser debatidos nos próximos dias”, disse Ideli, à saída do encontro, realizado no gabinete do líder do governo no Senado Eduardo Braga (PMDB-AM). “(Ele vai) apresentar os dados sobre as modificações na poupança e principalmente para que os juros caiam”,

completou. Não está descartada a ida de Mantega também a uma comissão da Câmara dos Deputados, casa em que a MP da poupança tramitará inicialmente. A ministra disse que o governo espera ver aprovado pelo Congresso a medida provisória até meados de 2012, antes, portanto, do recesso parlamentar e do inicio da campanha municipal.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A9

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

GRÁVIDA DE PENEDO

“Estudante ainda pode estar viva” ELISANA TENÓRIO elisanatenorio@ojornal-al.com.br

Corpo encontrado não é o de Roberta Costa; IML diz que era de moradora de Satuba

O

corpo encontrado ontem em adiantado estado de decomposição na zona rural de Coruripe não é da estudante Roberto Costa Dias, 18, que está desaparecida há quase um mês. A confirmação vinda após o reconhecimento atra-

vés das fotografias retiradas pelos peritos do Instituto de Criminalística reacendeu as esperanças dos familiares da jovem. De acordo com o diretor do Instituto de Criminalística, Gerson Odilon, o corpo encontrado ontem é de uma moradora de Satuba.

Depois da boa notícia, os familiares de Roberta, que estudava no Ifal de Penedo, continuam esperando por uma pista que leve até a jovem. “Nossas esperanças reacenderam; se Deus quiser vamos encontrá-la viva”, disse o pai da estudante, Adenir Dias.

Para ele, o pr incipal suspeito pelo desaparecimento de sua filha – que está com dois meses e meio de gravidez - é o namorado dela, de 17 anos, identificado apenas pelo nome de Paulo. “Desde que minha filha disse que estava grávida, ele

(Paulo) insistiu para que ela abortasse. Em um único dia, ofereceu quatro comprimidos. Na semana seguinte, a mãe de Roberta foi conversar com a mãe dele (de Paulo), e a resposta que a família deu foi oferecer um coquetel abortivo”, contou Adenir.

Família desconhecia relacionamento da adolescente As duas famílias moram em Penedo, mas praticamente não se conhecem. “Só vim saber da existência deles com a gravidez”, revelou Adenir. No início da manhã de ontem, a mãe de Roberta, Mônica Reis, esteve em Maceió e conferiu o material encontrado pelo IML. Ela descartou a hipótese de que os restos mortais sejam da filha. “A arcada dentária é totalmente diferente”, assegurou Amanda Reis, irmã de Roberta. O delegado que investiga o caso, Rubem Natário, aguarda o resultado do trabalho de inteligência, tendo solicitado a quebra de sigilo telefônico da vítima. O procedimento deve ser agilizado devido ao pedido do corregedor-geral de Justiça, d e s e m b a rg a d o r Ja m e s Magalhães, que solicitou da empresa telefônica prioridade no repasse das informações para a equipe da Polícia Civil. “Só a partir deste monitoramento é que poderemos prosseguir com as investigações. As pessoas com quem ela falou dias antes do desaparecimento são fundamentais para definirmos uma diretriz”, explicou o delegado.

POLÍCIA FEDERAL

Superintendente ainda não tem data de posse A Assessoria da Polícia Federal confirmou ontem que o delegado Omar Gabriel Haj Mussi ainda não tem data para assumir como o novo superintendente de Alagoas. Ele já está em Maceió. Haj Mussi assume o cargo no lugar do delegado Amaro Vieira, que deixou o cargo em março, após ficar pouco mais de dois anos na superintendência - e deixar o cargo bastante desgastado, em conflito direto com agentes. O novo superintendente já adiantou que não vai se pronunciar oficialmente sobre os trabalhos desenvolvidos pela PF em Alagoas enquanto não for empossado em caráter definitivo. QUEM É Haj Mussi é paranaense e naquele estado também já esteve à frente da superintendência da PF. Ele se destacou nas operações de combate ao tráfico de drogas, especialmente na fronteira com o Paraguai. Recentemente, o delegado estava em um treinamento no Rio de Janeiro.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A10

Cidades

www.mais.al cidade@ojornal-al.com.br

PROFESSOR NEIVA

Crime teria sido premeditado Delegado adianta pedido de prorrogação por 30 dias e descarta que morte tenha sido por homofobia PEDRO BARROS JR Colaborador

O

assassinato do professor José da Luz Neiva, 52, ocorrido no dia de 10 de março, tem requintes de crime premeditado. A informação foi confirmada pelo delegado Gilson Rêgo, responsável pelas investigações, que descartou ainda da cena do crime qualquer envolvimento da vítima com questões homossexuais.

“Homofobia? Não há nada disso”, destacou, ressalvando “a identificação das causas e natureza do crime só será possível quando prendemos o autor material e intelectual, se houver este”. Gilson Rêgo adiantou que vai pedir prorrogação do inquérito por mais 30 dias. O delegado informou que solicitou ajuda à Direção Espe-

cial de Investigação e Capturas e que pretende resolver definitivamente o caso com a implantação da Delegacia de Homicídios, prevista para entrar em funcionamento até início de junho. As investigações estão sendo acompanhadas de perto pelo Sindicato dos Professores. Segundo o presidente Eduardo Vasconcelos, o dele-

gado garantiu prioridade para o caso e que o crime não ficaria impune. Vasconcelos destacou que o quebra-cabeça, no qual o caso se configurou “está quase montado”. CENA DO CRIME O professor foi morto por estrangulamento, conforme atestaram laudos do Instituto

Médico Legal. Neiva foi encontrado em um dos quartos do Motel Oásis. Segundo uma das versões, investigadas pela polícia, logo após o professor entrar no local, um homem chegou em um táxi, e este mesmo teria, horas depois, se identificado na portaria, no momento da saída, como se fosse a vítima.

FATALIDADE

PESQUISA INTERNACIONAL

Operador morre em acidente

Alagoas é violento para mulheres

Yvette Moura

IRACEMA FERRO iracemaferro@ojornal-al.com.br

ELISANA TENÓRIO elisanatenorio@ojornal-al.com.br

O

operador de autoclave, Adeilton Joaquim da Silva, 51, o “Del”, morreu ontem após um acidente dentro da fábrica da Sococo, em Mangabeiras. Ele foi atingido por uma tampa do equipamento quando passava pelo setor de produção levando um carrinho. As informações da empresa são de que ele estava a cerca de três metros e meio do equipamento quando a tampa foi arremessada e atingiu sua cabeça. Funcionários da Sococo chegaram a acionar o Samu, mas, quando a equipe chegou, o industriário já estava morto. O acidente aconteceu por volta das 8h20. Todos os funcionários foram dispensados do trabalho. Eles saíram em grupos de cinco, todos calados, abatidos e sem falar com a imprensa. Policiais militares chegaram à fábrica logo após o acidente. Peritos do Instituto de Criminalística tiveram acesso à fábrica da Sococo às 9h30, sendo seguidos por

A

Problema na máquina de esterilização de cocos provocou a morte de Adeilton da Silva, há 12 anos na empresa

agentes do 9° Distrito Policial e da equipe do Instituto Médico Legal. Um fiscal federal da Procuradoria Regional do Trabalho também esteve na fábrica para obter detalhes. PRIMEIRA VEZ O diretor-presidente, Émerson Tenório, apresentou a versão da Sococo acompanhado do engenheiro de manutenção, David Passos. Ele declarou que esta é a primeira vez que acontece um acidente com morte dentro da empresa em 48 anos de atividade em Maceió. “Estou na direção da

empresa há 39 anos e sempre tivemos baixíssimos índices de acidentes, nenhum deles fatal. Vamos fazer uma ampla investigação. Não sei explicar exatamente como ocorreu, mas as autoridades estão fazendo a perícia. O autoclave em questão vai ficar interditado”, garantiu Tenório. Ele explica que o autoclave, que é um equipamento utilizado para esterilizar os cocos, tem uma trava primária, que é preciso rodar para que ela trave, e a trava secundária, que fecha com uma alavanca. “Não houve explosão nem esgarçamento. A hipótese é

de que não houve um fechamento correto da trava primária nem da secundária antes da utilização do autoclave e que quando a pressão aumentou dentro do equipamento, a tampa se soltou e foi arremessada. Não posso dizer que foi falha mecânica nem humana. Vamos investigar e a polícia também está investigando. Tenório destaca que Adeilson trabalhava na fábrica há 12 anos e que a empresa já está fornecendo auxílio psicológico, funeral e subsistência para família da vítima, que esteve no local e foi recebida pelos diretores.

lagoas é o segundo estado onde mais se mata mulher no Brasil. O saldo da criminalidade foi identificado no estudo “Mapa da Violência”, do Instituto Sangari divulgado na última segunda-feira. De acordo com os dados, a taxa alagoana é de 8,3 assassinatos para cada 100 mil habitantes. Já o percentual de Maceió é de 5,9 para cada morte. O Espírito Santo foi o mais violento no ranking com 9,4 casos/ 100 mil mulheres. E em terceiro ficou o Paraná com 6,3 homicídios. O mais grave é que o índice de mulheres assas-

sinadas em Alagoas supera a média nacional, que ficou em 4,4 homicídios femininos por grupo de 100 mil. A taxa alagoana também é maior do que a Colômbia (6,2), Belize (4,6) e Cazaquistão (4,3). “Precisamos acordar o mais rápido possível porque está claro que há uma falha, grave. É preciso buscar o que está faltando”, alertou a presidente do Conselho Estadual de Defesa da Mulher, Eulina Neta. Ela revelou que a violência doméstica continua sendo o principal fator desencadeador dos assassinatos femininos, mas apontou que o tráfico tem sido responsável pela elevação no número de mortes.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A11

Cidades

www.mais.al cidades@ojornal-al.com.br

ASSALTO A BANCO

PelaCidade

Sindicato cobra mais segurança no interior

Deraldo Francisco pelacidade@ojornal-al.com.br

Campanha para as velhinhas

U

ma campanha da paróquia de Bebedouro com o Coral Christo está arrecadando fraldas geriátricas para as velhinhas do Abrigo Luíza de Marilac, que fica na Rua Mem de Sá, em Bebedouro. Na instituição há dezenas de idosas cujas idades variam de 70 a 100 anos. Ou seja, há vários séculos de experiência morando no Luíza de Marilac, uma das poucas instituições dedicadas a cuidar de idosas. O trabalho na instituição é todo voluntário, e a ajuda vem de várias pessoas solidárias à causa. Mas, na campanha, também são aceitos produtos de limpeza e higiene pessoal. As fraldas – que devem ser no tamanho G – serão entregues às idosas do abrigo no próximo domingo, que é Dia das Mães. Nesse dia, muitos filhos e filhas, netos e netos, bisnetos e bisnetas, estarão no abrigo visitando suas velhinhas. Haverá uma missa para todos da instituição, do coral, da paróquia e familiares das idosas. A coluna apoia a campanha e divulga até o número do telefone para quem pretende fazer algum tipo de doação: 3241-1565.

Arquivo

Levantamento feito por categoria mostrou que 90% dos assaltos são registrados no interior do Estado

A Sdardo Leite/Estagiário

Uma rua interditada

Não teve jeito mesmo. A Rua Cleto Marques Luz, na Levada, foi interditada. Não tinha mesmo como os carros trafegarem por ali. A rua é aquela que fica na lateral da Igreja São Francisco de Assis. O esgoto das casas está sendo despejado direto no leito da rua que um dia teve um calçamento. A rua é uma alternativa para o motorista que está no entorno do Mercado da Produção e precisa pegar a Rua General Hermes, a principal da Cambona e que se estende até o Bom Parto; ou então, para quem precisa fazer o percurso inverso, para escapar do trânsito na Francisco de Menezes, aquela que beira o trilho.

Limpeza na MAC-204

Acabou o “rio” podre

A coluna constatou, ontem, um trabalho de limpeza na MAC-204, nos trechos que ficam no São Jorge e em Jacarecica. Uma equipe da Slum trabalhou o dia inteiro capinando o mato, varrendo, retirando a areia que fica nos cantinhos da pista e pintando o meio-fio e a base dos postes. Isso facilita a visualização do motorista que precisa passar por ali todos os dias. Sem contar que a pista, à noite, está mais bem iluminada. A coluna lembra, no entanto, que essa operação deve ser periódica e que, se for desse jeito, não haverá problemas com o mato invadindo a pista e oferecendo riscos aos motoristas.

A coluna observou, ontem, que acabou a agonia das pessoas devido ao vazamento de um esgoto na Ladeira Passos de Miranda – Ladeira do Calmon –, em Bebedouro. Também não era para menos, a situação estava beirando o absurdo. A rede de esgoto estourou num ponto bem próximo a uma borracharia que, com o passar dos dias, foi “abraçada” pelo “rio” de água podre. O fato, inclusive, gerou um protesto que parou o trânsito no entorno da Praça Lucena Maranhão. Mas o bom é que não existe mais o vazamento e tudo está sequinho no local, e as pessoas podem passar e trabalhar sem transtornos.

Ações violentas de bandidos em agências do interior do Estado são frequentes e assustam o Sindicato dos Bancários

andam as investigações. Queremos uma resposta”, afirmou o presidente da entidade, Jairo França. O encontro de hoje foi marcado depois que a entidade de classe solicitou uma audiência com o governador Teotonio Vilela, ainda no início do mês de abril. De acordo com o sindicato, a situ-

ação que os bancários passam hoje é considerada grave pois atinge os familiares de gerentes, usados como reféns nos assaltos. “A falta de segurança é ruim para gente, para os Correios, para os vigilantes, enfim, para toda sociedade”, completa França. Na sexta-feira passada, uma sessão pública na Assem-

bléia Legislativa debateu os casos de violência em agências bancárias e agências dos Correios. Na oportunidade, alguns números foram apresentados. Até o mês passado o sindicato registrou 17 ações criminosas – entre assaltos e arrombamentos de caixas eletrônicos – contra bancos em Alagoas.

Os Correios já registraram 33 assaltos este ano PORTAL MAIS.AL redacao@mais.al O número de agências dos Correios assaltadas em Alagoas nesses primeiros meses de 2012 tem preocupado os Correios. Desde o início do ano, 33 agências foram alvo da ação de bandidos, segundo dados da direção da empresa, que possui 108 agências espalhadas por todo o território do Estado. Cajueiro, São Sebastião, Batalha, Lagoa da Canoa, Campo Grande, Dois Riachos, Major Isidoro, Capela, Girau

Assim não pode E, por falar em autoridades de trânsito, a coluna observou, ontem, duas situações com o mesmo carro oficial e em locais diferentes. Um veículo modelo Blazer, doado pelo governo federal – pelo menos é o que a placa sugere – pertencente à Guarda Municipal estava estacionada com duas rodas na calçada e duas na pista. Esse tipo de estacionamento não é permitido para nenhum mortal, e o motorista daquela viatura também é mortal. As situações não pareciam ser de urgência e emergência. Ou seja, não havia necessidade para a irregularidade. A coluna lembra que o cumprimento da lei é obrigação de todos.

do Ponciano e Joaquim Gomes estão entre os municípios cuja as agências dos correios foram assaltadas desde janeiro. Soma-se ainda à lista, duas agências assaltadas na tarde dessa segunda-feira (7), em Maribondo e Maceió. E m Ma r i b o n d o, d o i s homens armados invadiram o a agência e renderam clientes e funcionários. Os assaltantes fugiram levando todo o dinheiro do cofre e dos caixas. O outro caso ocorreu no bairro do Bebedouro. Os Correios, por medida de segu-

DENGUE

Casos crescem 60% comparados a 2011 Sdardo Leite/Estagiário

Kombi no Dique-Estrada

Parece que a Avenida Senador Rui Palmeira – o Dique-Estrada – foi mesmo escolhida para ser o depósito de carros velhos. Na semana passada, a coluna divulgou o “enterro” de um ônibus no local. Hoje, trata-se desta Kombi velha que foi abandonada pelo dono, e a ação do tempo e dos ladrões está transformando-a numa sucata. A coluna entende que aquele trecho de Maceió já tem tantos problemas e não precisa de mais este. Até porque esses veículos têm dono. E que, se já não servem mais, por que não são vendidos num ferro-velho? O que não pode é sair sujando a orla lagunar naquele trecho que é tão bonito. A coluna pede o apoio das autoridades de trânsito para que observem os casos.

cúpula da segurança pública de Alagoas recebe hoje, às 10h, a visita dos diretores do Sindicato dos Bancários. No encontro, que acontece na sede da Secretaria de Defesa Social (SDS), será debatido o crescente números de assaltos a bancos nos últimos meses. Um levantamento feito pelo sindicato mostrou que 90% dos assaltos a bancos em Alagoas acontece em municípios do interior que, em sua maioria, são carentes de policiamento e delegacias. Segundo o Sindbancários, é necessário reforçar a segurança preventiva para evitar que ocorram outros assaltos. Os sindicalistas destacam os casos em que foi registrado sequestro a gerentes e o uso de explosivos. Eles informaram que pretendem cobrar mais investimentos em segurança e medidas para inibir novas ações criminosas. “Amanhã [hoje] vamos saber do governo o que está sendo feito e como

DA REDAÇÃO cidades@ojornal-al.com.br

H

ouve aumento nos casos de dengue em Alagoas. Segundo o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau). De 1º de janeiro até 21 de abril deste ano foram notificados 6.336 e 3.927 estavam ainda sob investigação, com 515 descartados. Em relação ao último boletim da Sesau, estão sob investigação 5.095 e 8.568 notificados. Comparado ao mesmo período no ano passado, o crescimento foi de 60% das notificações. Até agora, 97 dos 102 municípios alagoanos notificaram 8.568 casos suspeitos de dengue, mas não está descartada a ocorrência nos demais

municípios. Foram registrados 11 casos de dengue tipo 4, considerado o caso mais grave da doença. Foram registrados 241 casos suspeitos das formas graves de dengue, representando um aumento de 126%, Com a finalidade de monitorar a presença do vírus no estado, foram adotadas as medidas pertinentes a essa situação como: busca ativa de casos, acompanhamento dos níveis de infestação predial, intensificação do combate ao vetor, além de educação em saúde, comunicação e mobilização social. Verificando a incidência de casos, Alagoas apresenta 28 municípios em situação epidêmica, 31 em situação de alerta, 38 sob controle e cinco sem informação.

rança e orientação da Polícia Federal – responsável pela apuração dos crimes – não revelam a lista completa das agências que sofreram algum tipo de ação criminosa nos últimos meses, nem a quantia total de dinheiro levada pelos assaltantes. A direção afirma que vem intensificando suas ações de segurança, através de capacitação de seus vigilantes e investimentos em equipamentos, como câmeras de segurança e alarmes. Um grupo de trabalho foi montado na Diretoria Regio-

nal de Alagoas para analisar cada uma das ocorrências e além disso, a empresa está atuando em conjunto com a Polícia Federal e os órgãos de Segurança Pública do Estado para minimizar esses acontecimentos. A reportagem do portal mais.al entrou em contato por telefone com a Delegacia de Combate ao Crime Contra o Patrimônio da Polícia Fedral, para saber andamentos das investigações a as principais providências da PF para elucidar os casos, mas não conseguiu ouvir o delegado.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A12

Municípios

www.mais.al municipios@ojornal-al.com.br

ARAPIRACA

MozartLuna

Izabelle Targino

lunamozart@ig.com.br

São José da Tapera

refeito Jarbas Ricardo, que apoia um projeto social que usa a música, está realizando uma grande mudança na vida. O professor José da Silva trabalha com 200 crianças que estão aprendendo a tocar flautas transversais.

Muitos moradores recorrem a cacimbas para abastecer as casas

P

Porto Calvo 1 A situação política em Porto Calvo não oferece muita esperança ao povo sofrido do município. Na disputa por uma vaga na Câmara de Vereadores, o nome de Adriano Moveis, liderança comunitária do Bairro da Mangazala, surge como favorito nas pesquisas realizadas. Já na disputa pela prefeitura, o nome do vereador David Pedrosa caiu depois do apoio do prefeito Kaika.

Porto Calvo 2 O centro da cidade de Porto Calvo sofre com a falta de saneamento básico chegando a ter uma rua conhecida como “Rua da Bosta”, que fica bem atrás do Mercado Público Municipal. Muitos logradouros da cidade fezes correm pelas portas das casas saindo dos esgotos domésticos como no século 16. Um absurdo.

Moradores estão sem água nas torneiras Problema começou na última sexta-feira, quando uma queda de energia rompeu a rede em São Brás IZABELLE TARGINO municipios@ojornal-al.com.br

Maragogi Vários correligionários estão cobrando a presença do ex-prefeito Sérgio Lira de Maragogi. Segundo um componente do grupo do ex-prefeito é preciso que ele se faça mais presente na cidade e dê as coordenadas políticas como o principal adversário do prefeito Marcos Madeira, que comemora a cada dia o crescimento de seu pré-candidato, Henrique Madeira.

Seca 1

Seca 2

O prefeito de Olho d’Água do Casado, Gualberto Pereira, está sendo denunciado por moradores dos povoados rurais por não estar fornecendo água em carros-pipa. Uma equipe de reportagem da SBT gravou semana passada a denúncia que deverá ir ao ar. O moradores acusam o prefeito de estar atendendo apenas os aliados políticos.

O rebanho bovino da região do semiárido alagoano está sendo dizimado pela seca. O preço da arroba do boi caiu para R$ 50,00 na feira de gado. Muitos criadores estão desesperados e, se não chover nos próximos 15 dias, cerca de 40% do rebanho do sertão vai morrer de sede e fome. Essa era a hora de os 43 quilometros do canal do sertão está funcionando.

Marechal 1 A ação de vândalos vem trazendo sérios prejuízos para a população da região da Terra da Esperança. O mais recente desses aconteceu na última semana, quando medidores de energia dos poços de capitação, como a grande caixa d’água e algumas cisternas foram danificados, causando curto circuito, chegando a queimar várias bombas elétricas, que fazem a condução da água para os reservatórios. Devido a tudo isso, algumas residências da comunidade ficaram quase uma semana com problemas no abastecimento.

Marechal 2 A inauguração do Mercado das Carnes em Marechal Deodoro está prevista para ser realizada no dia 24 de maio, quando o prefeito Cristiano fará a entrega oficial do prédio, adquirido e construído com recursos do município. O novo mercado é um sonho para a população deodorense, que terá a disposição uma ampla, moderna e confortável estrutura, tudo de acordo com as exigências sanitárias.

Segurança

Piso para policiais

O senador Renan Calheiros pediu ontem, no Senado, a aprovação da PEC 60/2005, de sua iniciativa, que vincula recursos da União, estados e municípios para o setor de segurança pública, por cinco anos. A proposta de Renan torna obrigatório o gasto em segurança. Muitos municípios já assumiram o papel dos estados na área de segurança pública.

A implementação do piso nacional para os policiais militares, civis e bombeiros militares foi defendida ontem, no Senado, pelo senador Renan Calheiros. Ele disse não ter dúvida de que a carreira da área de segurança deve integrar o rol das chamadas atividades típicas de Estado. Hoje, a desvalorização da atividade policial começa pelos baixos salários.

M

oradores dos bairros da parte alta de Arapiraca continuam sem abastecimento de água. O problema teve início na última sexta-feira (4), quando uma queda de energia ocasionou o rompimento

de uma tubulação da Adutora do Agreste, no município de São Brás. Em alguns bairros, os moradores já estão sem água há mais de dez dias, por causa do rodízio de abastecimento, que foi prejudicado ainda mais devido ao novo problema na adutora. De acordo com o supervisor de operações da Casal em Arapiraca, Marco Antônio, o problema da última sexta-feira só foi resolvido na tarde de sábado. “A princípio, o reparo seria feito no mesmo dia, mas o problema era mais complicado e precisamos repor uma peça”, disse ele.

Após o reparo, o bombeamento foi iniciado, mas, segundo Marco Antônio, no domingo pela manhã, novas quedas de energia atrasaram o processo de abastecimento. “Somente na tarde de domingo, é que a energia voltou ao normal, mas continuou oscilando em Campo Grande, onde temos um sistema intermediário”, explicou. O supervisor explicou que aguarda que o abastecimento da parte alta deve ser normalizado ainda essa semana. DRAMA Enquanto a água não chega

SÃO MIGUEL

NO AGRESTE

Quatro corpos em apenas um dia

D

ois homicídios marcaram a noite da última segunda-feira em Arapiraca. O primeiro aconteceu no Sítio Piauí, zona rural do município. O segundo na comunidade Mangabeiras. O agricultor Edvaldo Maciel da Silva, 51, foi assassinado a tiros, no Sitio Piauí, por dois homens que chegaram em uma motocicleta, de placa não identificada. Eles dispararam várias vezes contra o agricultor e fugiram. Edvaldo Maciel não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O outro homicídio aconteceu na Rua Projetada, Quadra B, em Mangabeiras. No local, os policiais encontraram o corpo de Sebastião Barbosa de Oliveira Filho, 33, que residia no Bairro Senador Arnon de Melo. Ele foi executado com vários tiros. Na comunidade, a polícia não conseguiu levantar informações sobre o crime. Entre os moradores, prevalece a lei do silêncio.

às torneiras, moradores do bairro Planalto dependem da boa vontade dos vizinhos que tem cacimbas e cisternas. Antônia de Araújo, diz que sua sorte é a cacimba que tem em casa. Ela conta que acaba ajudando muito vizinhos quando os reservatórios ficam secos. “Sempre tem o pessoal que vem aqui e pega um balde ou dois. A gente vai se ajeitando até que a água chegue nas torneiras”, disse. Para Marco Antônio, o problema da falta de água em Arapiraca e região só será resolvido com a construção da nova adutora.

Os corpos foram levados para o IML de Arapiraca e os autores de ambos os crimes não foram identificados. Já na manhã de ontem, moradores do Sítio Pau Ferro, zona rural de Arapiraca, encontraram um corpo em uma estrada vicinal da região. Segundo os policiais, o corpo era de homem, sem nenhuma identificação, e apresentava sangramento na parte da cabeça. Não havia qualquer marca de tiro ou arma branca no corpo da vítima, o que fez a polícia crer que o homem pode ter sido vítima de atropelamento. TENTATIVA Também na noite de segunda-feira, um homem foi preso acusado de tentar matar a própria mãe, no bairro Jardim das Paineiras, em Arapiraca. Silvânio Messias da Silva, 25, usou uma faca de cozinha para ferir a vítima. Ao perceber a movimentação, vizinhos chamaram

a polícia, que ao chegar ao local, encontraram Maria de Lourdes Lira da Silva, 66, com a mão direita e os dois braços cortados. A vítima foi socorrida e levada para a Unidade de Emergência do Agreste e o acusado foi preso em flagrante e levado para a Central de Polícia. IRMÃOS No Povoado Poço da Ilha, na zona rural de Olho d’Água Grande, a noite de segunda-feira também foi violenta. Uma disputa por terras resultou na morte de Manuel Messias dos Santos, 50, assassinado pelo irmão Sinval dos Santos, 47. De acordo com a polícia, as brigas entre os irmãos eram constantes e, na noite de segunda, Manoel Messias foi atingido por tiros de pistola calibre 12. A vítima chegou a ser socorrida e levada para a Unidade de Emergência, mas já chegou ao hospital sem vida. O acusado fugiu após o crime. I.T.

Polícia “estoura” ponto de tráfico de drogas EDITORIA DE MUNICÍPIOS municipios@ojornal-al.com.br

P

oliciais da Delegacia Regional de São Miguel dos Campos prenderam, na manhã de ontem, dois acusados de tráfico de drogas. José Wilames Alves da Silva e Darlan Souza Caetano de Lima estavam em frente a uma casa localizada na Rua do Cabaré, no Centro, onde moravam e comercializavam os entorpecentes. Na operação foram apreendidas 220 pedras de crack, maconha, seis celulares e um revólver calibre 32. Um terceiro suspeito, Edson Candido Campos conseguiu fugir antes da chegada da polícia. Segundo os policiais, a casa foi localizada após uma denúncia de um usuário de drogas que estaria sendo ameaçado de morte pelos traficantes. Uma agenda com anotações de dívidas também foi encontrada no local. Nela havia informações de débitos de até R$ 5 mil. Os acusados foram encaminhados para 6ª DRP onde foram autuados pelo delegado Aylton Cavalcante.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A13

Esportes

www.mais.al esportes@ojornal-al.com.br

O vermelho e o negro

Fotos: Yvette Moura

CRB e ASA iniciam hoje o mata-mata que vai decidir o Campeonato Estadual VICTOR MÉLO jornalistavictor@gmail.com

C

RB e ASA iniciam hoje a tão esperada decisão do Campeonato Alagoano. Garantidos na Série B do Brasileiro, os times fizeram um alto investimento para a disputa do Estadual e eram favoritos desde o início da temporada. As expectativas se confirmaram e os dois abrem o mata-mata das finais às 20h45, no Estádio Rei Pelé. O regulamento não valo-

riza goleadas no confronto. Se um time atropelar o adversário por qualquer placar no primeiro jogo da decisão e perder por 1 x 0 no próximo sábado (12), em Arapiraca, haverá prorrogação. Se houver empate no tempo extra, o campeão do Estado será conhecido na disputa por pênaltis. Teoricamente, o Alvinegro leva uma pequena vantagem por ter vencido o sorteio dos mandos de campo. Assim, pode definir o campeonato jogando no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O CRB tenta fazer valer o seu mando na noite desta quar ta, no Trapichão. Campeão do Primeiro Turno, o Galo treinou intensamente nas duas últimas

semanas para estar pronto para o confronto com o seu maior algoz nesta década. O time regatiano não vence o rival há cinco anos e tenta quebrar a escrita num dos clássicos mais importantes da história do confronto. Os alvirrubros também lembram que o CRB empatou duas vezes com o ASA nas finais do Primeiro Turno e conquistou o título na decisão por pênaltis. “É um duelo de equipes qualificadas e, certamente, haverá um equilíbrio de forças. Vamos fazer o máximo para conquistar este título tão importante para o Galo”, declarou o lateral-esquerdo Jadilson, um dos mais experientes do grupo vermelho. O ASA vem embalado pela conquista do Returno

ASA e CRB já decidiram o Primeiro Turno

em cima do CSA. Com uma vitória em casa e um empate fora, o Alvinegro ficou com a taça e, para completar, ainda

Galo e Alvinegro devem ter todos os titulares

Augusto e Elsinho devem travar outro duelo

Alvinegro chega à quinta decisão seguida LUCIANO MILANO lucianomilano@ojornal-al.com.br O noticiário esportivo alagoano dos últimos cinco anos não muda quando o assunto é final de Campeonato Alagoano. Desde 2008 o ASA tem participado das decisões locais seguidamente. Finalista desta temporada, desta vez contra o CRB, o Alvinegro coleciona nos últimos quatro anos dois vice-campeonatos, 2008 e 2010, e dois títulos de campeão alagoano, 2009 e 2011. Em 2008, perdeu para o CSA. No certame seguinte, passou pelo Coruripe; foi derrotado pelo Murici no ano passado e voltou a dominar o cenário estadual batendo outra vez o time do Litoral Sul, que agora em 2012 caiu para a Segunda Divisão. Além do que fez nos últimos quatro anos, o ASA é o papão de títulos da década passada: a saga do time alvinegro teve início em 2000, com seqüência em 2001, 2003, 2003 e 2005. 2003 foi justamente a única vez que CRB e ASA fizeram uma final de campeonato: o Alvinegro venceu no Rei Pelé por 4x1, e perdeu em Arapiraca por 2x1, sagrando-se campeão no

saldo de gols. Mais uma vez finalista, o ASA chega forte novamente na briga pelo bicampeonato alagoano. Vai fazer a final em casa, o que para o técnico Heriberto da Cunha foi uma

"O trabalho do ASA vem sendo feito desde a época do saudoso presidente Paulo Tenório" JOSÉ OLIVEIRA, presidente do ASA

justiça pelo que o clube fez no Estadual e tem feito nos últimos anos nos Estaduais. “Quando cheguei aqui, conhecia o ASA, mas de longe, porque nunca havia treinado o clube. Agora com a informação de que o clube chegou nas últimas cinco finais do Campeonato Alagoano, aumenta ainda mais a responsabilidade de todos nós pela manutenção do nome do ASA no topo do futebol alagoano. O ASA

é um clube vitorioso, acostumando a chegar a finais. Essa é mais uma. Sabemos da dificuldade e qualidade do CRB, que luta pela conquista no ano do Centenário deles. Mas temos confiança de que nossas chances são grandes também”, declarou Heriberto da Cunha. Para o presidente-executivo José de Oliveira, o Zé da Danco, a ascensão do ASA no futebol alagoano e brasileiro – hoje o time representa o Estado na Série B, ao lado do CRB e disputou também as cinco últimas Copas do Brasil – é fruto do trabalho focado no planejamento e união de todos pelo bem do clube. “Não só os cinco últimos anos, importantes, mas o trabalho do ASA vem sendo feito desde a época do saudoso presidente Paulo Tenório, passando por todos os que dirigiram o clube e aprenderam um pouco, dando suas contribuições. Tudo isso reflete no espaço que o ASA ganhou até no cenário nacional com a Série B e as Copas do Brasil que temos participado. Agora estamos em mais uma final e o pensamento é ser campeão, respeitando naturalmente o adversário”, comentou Zé da Danco.

Roberto Fonseca e Heriberto da Cunha devem contar com a força máxima para o primeiro duelo da decisão. No Galo, o treinador vem escalando a equipe nos coletivos no esquema 3-5-2, com Ítalo ou Nilson formando a zaga ao lado de Rodrigão e Filipe. No meio-campo, ele deve apostar em Daniel, Everton Luiz e Giovani. Na frente, a tendência é que a dupla Wanderley e Rodrigo Dantas seja efetivada. O volante Jorginho e o ala Gabriel foram poupados do treino do ASA na segunda-feira, mas devem atuar. Assim, o time pode ser o mesmo que enfrentou o CSA no último sábado. O Alvinegro também joga com três zagueiros, Audálio, Gaúcho e Fabiano, mas com seis homens no meio-campo – Gabriel (Alan), Cal, Jorginho (Thiago Gaúcho), Valdivia, Didira e Augusto. Na frente, o artilheiro Lúcio Maranhão é o responsável pelos gols da equipe. V.M.

Ficha Quando: hoje Onde: Estádio Rei Pelé, em Maceió; Hora: às 20h45; Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ); Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Altemir Hausmann (Fifa-RS); Ingressos: R$ 50,00 (cadeiras), R$ 20,00 (arquibancadas altas) e R$ 10,00 (arquibancadas baixas); Bilhetes à venda: 18 mil

CRB Cristiano; Filipe, Rodrigão e Ítalo (Nilson); Elsinho, Daniel, Everton Luiz, Giovani e Jadilson; Wanderley e Rodrigo Dantas. Técnico: Roberto Fonseca.

ASA Jônatas; Audálio, Gaúcho e Fabiano; Gabriel (Alan), Jorginho, (Thiago Gaúcho) Cal, Valdivia, Didira e Augusto; Lúcio Maranhão. Técnico: Heriberto da Cunha.

ostenta a maior pontuação do campeonato. Finalista dos dois turnos, o time de Heriberto da Cunha

tem 48 pontos na classificação geral. O Galo fez uma campanha ruim no Segundo Turno e tem 36.

Reformulação Divulgação

Artilheiro do CSA no Estadual, Rony entrou na lista de dispensados

CSA dispensa 11 e contrata mais dois

O

CSA segue na montagem do elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D, que começa em maio. A estreia do Azulão, terceiro colocado no Estadual, está prevista para acontecer no dia 27, contra o Vitória da Conquista, no Rei Pelé. Depois de acertar com o volante Gueba, na tarde de ontem a diretoria confirmou mais duas contratações: às do lateral-esquerdo Celico, do Treze-PB, e do atacante Paulinho Macaíba, velho conhecido da torcida azulina. Ontem também, a diretoria azulina divulgou lista com onze jogadores que não fazem mais parte do time para a Série D. Entre eles está o atacante e um dos vice-artilheiros do Estadual, Rony, que marcou 13 gols. Segundo o CSA, o jogador tem vínculo com o Sampaio Correia e será devolvido ao time de origem. Além do atacante, deixam o Azulão os volantes Leís e Douglas Silva, os meias William César e Kel, e os também atacantes Reinaldo Gaúcho e Jean Assis. Ex-jogador de CRB, Corinthians-AL e do próprio CSA, o goleiro

Anderson Paraíba estaria apalavrado com o clube do Mutange, mas o martelo entre as partes ainda não havia sido batido até o fechamento desta edição. Outros nomes como o do lateral-esquerdo Paulinho e o meia Everlan, ambos do Murici, e do zagueiro Adalberto, outro do Treze-PB, e do meia Safira, do Corinthians do Paraná, são cogitados para defender o CSA na Quarta Divisão. Nenhum desses nomes foi confirmado pela diretoria. Já o ídolo do Azulão, goleiro Flávio, dificilmente permanecerá no clube para a competição nacional. Segundo o jogador e a diretoria, as partes ainda não chegaram a um entendimento financeiro para a renovação de contratado do goleiro visando ao restante da temporada. De acordo com o calendário divulgado pela CBF, a Série D começa neste mês e vai até setembro. Além do V itór ia da Conquista,Feirense-BA e o Souza-PB estão no grupo do Azulão. Resta ser definido o representante de Sergipe que também está na chave do CSA. Confiança e São Domingos disputam a vaga. L.M.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A14

Esportes

BatePronto Victor Mélo jornalistavictor@gmail.com

Vantagens e desvantagens dos finalistas

O

CRB vai ter que ser ligado na tomada nesta noite. O time conquistou o Primeiro Turno com inteira justiça em cima do ASA, mas resolveu tirar férias no Returno e não passou nem mesmo pela fase de classificação. Para completar, o técnico Paulo Comelli aceitou proposta do Criciúma e abriu espaço para Roberto Fonseca trabalhar a equipe apenas para os dois jogos finais. Em duas semanas de treino, o técnico observou o elenco e o adversário e hoje terá um teste de fogo contra um adversário empolgado. O ASA não tirou o pé do Campeonato Alagoano, tanto que conquistou o Returno e foi finalista do Primeiro Turno. No geral, a pontuação alvinegra tem 48 pontos, contra 36 do adversário desta noite. Apesar dessas ponderações mais favoráveis ao atual campeão alagoano, considero o duelo extremamente equilibrado. Se o Alvinegro tem a vantagem de estar em ritmo de decisão, o Galo está muito mais inteiro, com todo elenco à disposição do treinador e, acima de tudo, descansado. Os treinadores vão fazer um jogo de xadrez a partir de hoje e, ao certo, já têm estratégias prontas para o confronto. O Alvinegro conta com a habilidade de Didira, o poder de fogo do artilheiro Lúcio Maranhão e a força de sua defesa. O CRB confia na intensidade de seus laterais, na experiência do elenco e nas bolas aéreas para fazer a diferença. No Rei Pelé, a sorte vai ser lançada às 20h45.

Apresentado

www.mais.al esportes@ojornal-al.com.br

Virou obrigação Oswaldo admite que responsabilidade do Botafogo na Copa do Brasil aumenta após derrota

A

derrota de 4 x 1 para o Fluminense na primeira partida da decisão do Campeonato Carioca coloca o título nas mãos do rival e, por consequência, aumenta a pressão para o Botafogo diante do Vitória, admitiu o técnico Oswaldo de Oliveira. Um resultado positivo ou empate sem gols nesta noite, às 19h30, no Engenhão, coloca o time alvinegro nas quartas de final da Copa do Brasil. “A re s p o n s a b i l i d a d e aumenta sim, não há como negar. Temos que saber conviver com isso (as derrotas). Temos de estar preparados. Essa é a nossa profissão, temos de saber lidar. A copa do Brasil é muito importante para nós”, afirmou o treinador do Botafogo. Oswaldo disse que percebeu uma boa aceitação da derrota traumática - a única da temporada - por parte

dos jogadores. “Senti o time muito bem. Nós não tínhamos perdido ainda, mas já havíamos tido momentos adversos”, disse o treinador, que lembrou o empate de 1 a 1 com o Madureira pelo Estadual. Na ocasião, o Botafogo acabou sendo muito criticado. “Eles já conseguiram reagir bem antes e senti o grupo assim também. Tenho certeza que na hora de iniciar o jogo todos estarão muito bem”.

CRUZEIRO

SÃO PAULO

Loco Abreu está confirmado no Botafogo contra o rubro-negro baiano

Aceitando bem a derrota ou não, o treinador buscou conversar com os jogadores nos últimos dois dias para reforçar a necessidade de recuperação imediata. “Isso é um fato corriqueiro na vida de quem participa de competições do futebol. Os jogadores já passaram por isso, eu também, não tem segredo. Estamos acostumados a viver numa gangorra entre a euforia e a depressão. Temos de entrar

em campo de forma equilibrada”, declarou. Jogar de forma equilibrada, na visão do técnico, é buscar o gol, mas sem se descuidar atrás, já que a equipe inicia a partida classificada. “Precisamos ir atrás da vitoria sem esquecer que, se não tomarmos gol, estamos garantidos na próxima fase”, explicou Oswaldo. “Precisamos levar em conta o regulamento. Contra o Guarani (vitória fora de casa por 2 x 1 e empate por 0 x 0 em casa) só fomos ameaçados uma vez e tivemos varias chances de marcar. Se fizermos da mesma forma, vamos conseguir a classificação”. O caráter de definição da partida vai obrigar o técnico a utilizar o centroavante Loco Abreu, que foi poupado de todo o confronto contra o Guarani e não está 100% fisicamente. “Com o caráter tão decisivo, eu prefiro usar o Loco. Semana passada ele tinha voltado a sentir dores. Esta semana esta reagindo melhor. Se tiver apto, vai iniciar a partida. Até porque ele foi substituído com 20 min de jogo contra o Fluminense”.

PORTO ALEGRE

O atacante Alexsandro foi anunciado no primeiro pacotão de reforços do ASA para o Brasileiro da Série B, mas havia o risco de o jogador não se apresentar. Com outras propostas, o jogador retardou a apresentação - marcada a princípio para sexta-feira (4), mas, enfim, iniciou os treinamentos nesta segunda-feira (7) no Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.

Alagoano Souza deve ser titular contra o Atlético-PR

Grêmio não se preocupa com mudanças na defesa

Boa opção

O

meio-campo, sólido, terá sua formação ideal. Mas a defesa do Grêmio estará modificada para o confronto com o Fortaleza, às 22h, hoje, no Olímpico. A partida que decide a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil terá um estreante na lateral esquerda e um até pouco tempo afastado na zaga. Como não poderá contar com Pará, suspenso pela expulsão no Ceará, Vanderlei Luxemburgo decidiu não improvisar. Já sem Julio Cesar, com lesão no joelho esquerdo, o técnico alçou aos titulares o garoto Dener, de 20 anos, que retornou de empréstimo ao término do Gauchão para o Veranópolis, clube em que se encontrava.

Um dos destaques do Murici na temporada, o atacante volta ao ASA para compor o grupo e ser uma das opções ofensivas do técnico Heriberto da Cunha. Enquanto o time se prepara para as finais do Estadual, a diretoria segue trabalhando nos bastidores para reforçá-lo.

Dida na areia Sem atuar profissionalmente desde 2010, o goleiro Dida, 38 anos, entrará em uma nova etapa na carreira a partir do próximo dia 12 de maio: vai reforçar o Milan no Mundialito de Clubes de futebol de areia, que será disputado na Arena Guarapiranga, em São Paulo. O brasileiro defendeu o clube italiano de 2000 a 2010, passando um período entre 2001 e 2002 emprestado ao Corinthians.

Organização Recebi muitas mensagens nos últimos dias de leitores querendo saber o horário do jogo entre CRB e ASA, hoje, no Rei Pelé. Informei que seria às 20h45, mas, desde já, peço à Federação Alagoana de Futebol para definir horários de jogos à noite com antecedência, até para acostumar o torcedor. Essa incógnita sobre datas e horários às vésperas das decisões afastam público do estádio.

Série D do Brasileiro A CBF divulgou nesta segunda-feira que o Brasileiro da Série D já tem 35 clubes confirmados para a edição deste ano, que será disputada de 27 de maio a 30 de setembro. Ao todo serão 40 times lutando pelo título de campeão brasileiro da Série D em 2012. Cada um dos 26 estados e o Distrito Federal terão no mínimo um representante na competição. De acordo com a CBF, as cinco últimas equipes serão conhecidas na próxima semana, quando os campeonatos estaduais de 2012 chegarem ao fim. Acre, Pará, Roraima, Sergipe e o Distrito Federal ainda não têm seus representantes definidos.

Sul-Americana via Nordestão A CBF deve confirmar que o Nordestão de 2013 vai garantir vaga na Copa Sul-Americana. Buscando agradar a todos no futebol nacional, o atual presidente da Confederação, José Maria Marin, já prometeu aos dirigentes da região que vai colocar esta cláusula no regulamento do torneio.

Curto-Circuito Por critérios técnicos, CRB e ASA vão ser os representantes de Alagoas nas copas do Brasil e do Nordeste do próximo ano. A classificação deve gerar um aumento de R$ 600 mil no orçamento dos dois clubes alagoanos para a próxima temporada.

Cruzeiro está praticamente definido para o jogo de hoje, às 22h, contra o Atlético-PRm em Minas. E uma novidade pode aparecer na lista de titulares da Raposa. O alagoano Souza, reserva no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, deve figurar entre os 11 prediletos do técnico Vágner Mancini no confronto. A substituição deve ocorrer, porque a formação com três volantes - Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira e Amaral - não agradou ao técnico. O treinador soma tudo isso a uma série de fatores, que colocam o apoiador em condição de jogo. “A entrada do Souza no jogo contra o Atlético-PR é quase certa. É um atleta que chegou bem à equipe, está com moral e tem um astral muito diferente. É um jogador, que no dia a dia do clube, tem conversado muito com todos os companheiros e ajudado bastante o nosso grupo”, explicou o comandante. Em sua estreia com a camiseta da Raposa, Souza atuou apenas em 45 minutos. O jogador substituiu o volante Amaral no intervalo do confronto diante do Furacão e mudou a forma de jogar da equipe. Contudo, a evolução não foi suficiente para os cruzeirenses saírem com um resultado positivo do estádio Durival Britto. Hoje, o Cruzeiro deve atuar com: Fábio; Diego Renan, Alex Silva, Léo e Everton; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Roger e Souza; Wellington Paulista e Anselmo Ramon.

O

Meia Valdivia e atacante Barcos são os destaques do elenco do Palmeiras

Reforçado, Palmeiras vai receber o Paraná

M

ontar o meio de campo do Palmeiras foi uma tarefa complicada para o técnico Luiz Felipe Scolari diante do Paraná, para a primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil. Na ocasião, o técnico não tinha à disposição Daniel Carvalho e Wesley, todos no departamento médico, e Marcos Assunção era dúvida. Para o confronto da volta, agendado para hoje, às 22h, na Arena Barueri, a missão ainda será difícil, só que o “problema” da vez é o excesso de opções. Assunção, Márcio Araújo, João Vitor, Valdivia e Patrik entraram em campo em Curitiba e terão mais concorrentes para o novo duelo contra os paranaenses. O meia Felipe, que estava emprestado ao Mogi Mirim, voltou ao time na última segunda, foi regularizado e já quer reestrear pelo Verdão. Além disso, a coxa direita não incomoda mais Daniel Carvalho, que deixou o estaleiro na última semana. “Felipão vai ter uma boa dor de cabeça. Só o Wesley está no departamento médico

e não pode jogar. Conseguimos treinar bastante essa semana, não posso contar como foi (risos). Felipão vai decidir quem entra hoje, com certeza”, disse Daniel Carvalho. O comandante alviverde fechou vários dos treinos do Palmeiras nas últimas semanas e despista sobre quem será titular no meio campo. A principal dúvida é se o técnico irá utilizar Valdivia ao lado de Daniel Carvalho ou apenas um dos meias se juntará aos três volantes no setor, esquema que ele adotou na partida de ida. Daniel minimiza a disputa com o Mago. “O Felipão sempre diz que não tem só 11 titulares, e isso me deixa tranquilo. A volta do Valdivia foi excelente para nós, e se eu puder jogar, ótimo. Mas estou trabalhando e sei que a concorrência é grande, mas tudo isso é bom para o Palmeiras”. Felipe corre por fora neste páreo. Ele, inclusive, pode ser escalado ao lado de Barcos, como segundo atacante, posição que desempenhava no Sapão.

Hoje Alagoano – Decisão 20h45 CRB x ASA Libertadores 19h30 Unión Española x Boca Juniors 22h00 Corinthians x Emelec 22h00 Lanús x Vasco Copa do Brasil 19h30 Botafogo x Vitória 22h00 Cruzeiro x Atlético-PR 22h00 Palmeiras x Paraná Clube 22h00 Grêmio x Fortaleza Liga Europa 15h45 Atlético de Madri x Athletic Bilbao


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

A15

Esportes GERENTE

LIBERTADORES

Flamengo espera a resposta de Zinho

A

presidente Patrícia Amorim, considerou como um “ótimo nome” a eventual contratação de Zinho, tetracampeão mundial em 1994 com a seleção brasileira e campeão brasileiro pelo clube em 1987 e 1992, como novo gerente do futebol do Flamengo. No entanto, a dirigente não quis dar detalhes da negociação, que segundo ela, está fora da sua alçada e vem sendo tocada pelo vice-presidente rubro-negro, Paulo Coutinho. “Não recebi nada em relação ao Zinho ainda, ou de qualquer outro executivo, então aguardo. Se não chegou nada até mim é porque ainda não tem nada fechado”, explicou Amorim, no evento de lançamento da TV Fla, uma parceria do clube com a emissora Esporte Interativo, que vai trazer conteúdo exclusivo, a partir do próximo dia 15 de maio, em programas semanais, para os torcedores por meio do canal de TV e pela própria internet. Nos bastidores, porém, a chegada de Zinho é vista com bastante confiança. Em entrevista à rádio Estadão/ESPN, o ex-jogador se mostrou confiante em um acerto e disse que até a próxima quarta-feira dará uma resposta definitiva

www.mais.al esportes@ojornal-al.com.br

ao convite. Antes, Zinho teria que acertar a sua saída da Fox Sports, emissora onde atua como comentarista, além de se desvincular do Nova Iguaçu, clube da Baixada Fluminense onde tem participação administrativa. O único fator que poderia emperrar o acerto entre as partes é o término do mandato da presidente Patrícia Amorim em dezembro, caso assuma uma nova presidência, Zinho não estaria garantido no prosseguimento do planejamento do futebol do clube, prazo este, portanto, que o ex-meia julgaria muito curto para desempenhar a nova função. E n q u a n t o a g u a rd a a resposta positiva de Zinho, Patrícia Amorim reforça a tese de que, para um torneio longo como o Campeonato Brasileiro - o Flamengo estreia no dia 19, em Recife, contra o Sport - a presença de um diretor de futebol fará toda a diferença. “Tem que haver um trabalho estratégico de planejamento em cima disso tudo. Uma pessoa antenada no mercado para quando se abrir uma janela tem que estar a par das coisas que estão acontecendo no cenário como um todo”, destacou Patrícia.

COPA DO BRASIL

Sinal de alerta Contra Emelec, Corinthians tenta superar escrita de 12 anos em mata-mata

F

az tempo que a torcida do Corinthians não sabe o que é comemorar uma classificação no mata-mata da Copa Libertadores da América. Mais exatamente 12 anos e 15 dias, desde que eliminou o Atlético-MG nas quartas de final da competição em 2000, em 23 de maio daquele ano. Desde então, confrontos de ida e volta para o clube do Parque São Jorge na América do Sul têm sido motivo para se esquecer. Eliminado pelo Palmeiras nas semifinais da Libertadores da ocasião, o Corinthians coleciona insucessos no torneio desde então. Foram quatro participações, com três eliminações nas oitavas de final e uma na primeira fase, diante do Tolima-COL, em duelo que culminou na aposentadoria do atacante Ronaldo em 2011. O principal carrasco corintiano desde então foi o River Plate-ARG, que derrubou o time em 2003 e em 2006 - nesta última, o tumulto da torcida provocou até mesmo a ocupação policial em partes do Estádio do Pacaembu. Em 2010, também nas oitavas de final, o carrasco foi o Flamengo, que passou para as quartas com uma derrota por 2 x 1 em São Paulo - o time rubro-negro venceu no Rio de Janeiro por 1 x 0 e se beneficiou do gol marcado fora de casa. Na sequência, foi eliminado pela Universidad de Chile.

Ralf é um dos principais jogadores do Corinthians neste ano; Timão precisa bater o time do Emelec em São Paulo

Em 2012, o Corinthians tem mais uma chance de superar este espinho na garganta. Hoje, às 22h, o time encara o Emelec-EQU pelas oitavas de final. Na partida

de ida, em Guayaquil, os dois times ficaram no 0 x 0. A partida no Estádio George Capwell ficou marcada pelas críticas à arbitragem e pela expulsão do meia-atacante

DECISIVO

POLÊMICA

Ofício da CBF deixa dúvida sobre Caso Oscar

São Paulo vai tentar implodir a Ponte Preta

S

ão Paulo - Os números jogam a favor do São Paulo no duelo de amanhã contra a Ponte Preta, às 21h50, no Morumbi. Precisando de dois gols de vantagem para avançar às quartas de final da Copa do Brasil, após a derrota por 1 x 0 em Campinas, os são-paulinos esperam que jogar em casa seja mais uma vez decisivo nesta temporada, soma cinco vitórias em seu estádio com a vantagem necessária. “Dentro de casa temos de impor nosso ritmo. Sabemos que precisamos do resultado, já que perdemos semana passada. O grupo está muito concentrado e vamos trabalhar forte durante a semana para reverter esta situação”, analisou o meia Cícero, um dos principais nomes do elenco são-paulino na atual temporada. Apesar de reconhecer a força dos números em seus domínios, os são-paulinos

projetam um duelo equilibrado e lembram que a Ponte eliminou o Corinthians nas quartas de final do Paulistão ao vencer o jogo único no Pacaembu (3 x 2). Para Lucas, as estatísticas servem para motivar o grupo, mas ele não que ver ninguém acomodado esperando o resultado acontecer naturalmente. “O retrospecto no Morumbi é muito bom, mas o histórico não entra em campo. Vai ser um jogo difícil e não podemos nos apegar nessas coisas. É um time diferente, outra competição”, alertou Lucas. Mesmo em um momento turbulento, os atletas pedem apoio da torcida e acreditam que as arquibancadas cheias serão um motivo a mais para o time se superar e ficar com a vaga. “Jogar no Morumbi sempre é especial. E sabemos que o apoio da torcida será muito importante para nós”, concluiu Lucas.

Jorge Henrique. Nesta quarta-feira, a história do Corinthians promete ser sofrida em virtude do resultado no duelo de ida. A equipe alvinegra precisa vencer por qualquer placar para se garantir. Já o Emelec avança com qualquer vitória ou com empate com gols. Um novo 0 x 0 leva o duelo para os pênaltis - e, por isso, as cobranças já andaram até sendo treinadas pelo técnico Tite. Mesmo assim, os jogadores mostram confiança. “A gente costuma dizer que todo jogo é o jogo mais importante. Mas não dá para comparar um jogo de Campeonato Paulista sem diminuir o Paulista - com um jogo de Libertadores. Esse jogo tem uma importância decisiva para a gente”, disse o atacante Emerson. “Tem que ir tranquilo para o jogo. Não adianta colocar tudo isso na cabeça, porque acaba atrapalhando”, completou.

O técnico Cristóvão Borges foi muito vaiado pela torcida do Vasco após a vitória por “apenas” 2 x 1 sobre o Lanús

Vasco encara o Lanús na Argentina

F

ora das finais do Campeonato Carioca, o técnico Cristóvão Borges comandou coletivos nos últimos dias utilizando como equipe titular a mesma que venceu, sob vaias, o Lanús-ARG, por 2 x 1, na primeira partida entre as duas equipes pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América, em São Januário. O segundo encontro com os argentinos está marcado para hoje, às 22h (de Brasília). Com Juninho Pernam-

bucano e Felipe no meio de campo titular, o treinador cruz-maltino realizou apenas uma alteração durante as últimas atividades: tirou Rômulo, que diante dos argentinos sentiu dores na coxa direita, mas não teve nenhuma lesão constatada em exame feito posteriormente, para entrar Fellipe Bastos. Desta forma, o time escolhido por Cristóvão Borges como titular contou com Fernando Prass; Fagner, Renato Silva, Rodolfo e

Thiago Feltri; Rômulo (Fellipe Bastos), Juninho Pernambucano, Felipe e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro. O zagueiro Dedé, em fase final de recuperação do edema ósseo em sua perna esquerda, ficou na fisioterapia no Rio, realizando trabalhos específicos. Após o triunfo em casa, o Vasco vai à Argentina com a vantagem de atuar pelo empate para conseguir uma vaga nas quartas de final da Libertadores.

Até o fim da tarde de ontem ainda não havia uma posição clara sobre a escalação de Oscar pelo Inter contra o Fluminense, nesta quinta-feira, às 22h (de Brasília), no jogo de volta pelas oitavas de final da Taça Libertadores. A CBF enviou um ofício para Conmebol e Federação Gaúcha de Futebol (FGF) alegando que o jogador está inscrito como jogador do Colorado. No entanto, no mesmo comunicado, a entidade máxima do futebol brasileiro não foi totalmente clara. Se por um lado diz teve de inscriver o jogador como atleta do Inter, por outro afirma que rmantém contrato em vigor com o São Paulo. Também não será desta vez que D’Alessandro retornará aos gramados. O meia p e r m a n e c e r á e m Po r t o Alegre, realizando um trabalho de recondicionamento físico e está fora do confronto desta quinta-feira contra o Flu. O jogador também não atuou na primeira partida do mata-mata.


A16

O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

www.mais.al reservas@ojornal-al.com.br APTO. VENDA CRUZ DAS ALMAS JÔ 05 – CRUZ DAS ALMAS – sala de estar/jantar, varanda, 3 qtos (s/1 reversível), wc social, wc serviço, coz. e área de serviço. R$ 220 mil. Aceito Financiamento. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

REF. 027 – PONTA VERDE. VENDO apto sala de estar e jantar, 03 quartos sendo 01 suíte, dependência completa empregada. 02 vagas. Nascente,. Prédio com play ground, piscina, academia completíssima de ginástica. Salão de festas. Condomínio baixo.R$ 260. Nascente, Excelente localização. mil.Tr. 9351-4440 / 8729-0144 - CRECI 343.

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

JÔ 13 – PONTA VERDE – Aptº c/2 qtos s/1 ste - sala de estar/ jantar, varanda, armários, wc social, cozinha, área de serviço, 01 vaga. Nascente! R$ 190 mil.Vem que tá bom demais! Tels. 88118410 / 9117.7137 - Creci 2523

FAROL REF. 029 – FAROL. Excelente casa com 02 terraços, gabinete, sala de visita, sala de estar, sala de jantar, 3 qtos s/1 ste todos c/armários, coz. repleta de armários, 4 vagas de garagem, dependência completa empregada, jardim grande na frente, excel. quintal todo gramado terreno medindo 15x50, nascente. Local. privilegiada. R$ 650 mil.Tr.9351-4440 / 8729-0144 – CRECI 343

PAJUÇARA JÔ 02 – PAJUÇARA – Imperdível à Beira-mar! 2 qtos s/1 ste, varanda, sala,coz.,wc social,área de serviço. R$ 280 mil. Nascente! Vem que tá bom demais! Tels. 8811-8410 / 9117.7137 - Creci 2523

OUTROS BAIRROS

FAROL JÔ 06 – FAROL – Localização espetacular! Aptº c/sala de estar/jantar, coz., área de serviço, circulação interna, 2 qtos, wc social. R$ 155 mil. Nascente! Vem que tá bom demais! Tels. 88118410 / 9117.7137 - Creci 2523

JATIÚCA JÔ 10 - JATIÚCA – Saia do aperto! Aptº c/84m²- Sala de estar, sala jantar, cozinha, 03 quartos, 02 WC’s, área de serviço. Área de lazer na cobertura: sauna, piscina e salão de festa. 02 vagas. R$ 240 mil. Nascente! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

REF. 022 – PAJUÇARA – Apto c/área 109,48m² sala de estar e jantar c/varanda, 3 qtos s/1 ste, wc social, hall, dependência completa de empregada, coz., 2 vagas independentes, excelente local. Novo (Nunca habitado). Andar alto. R$ 380 mil.Tr. 93514440 / 8729-0144 CRECI 343

OUTROS BAIRROS

PRADO

JÔ 03 – GRUTA DE LOURDES – Ao seu alcance! Aptº com sala de estar/jantar, 3 qtos s/1 reversível, varanda, wc social, coz., wc de serviço. R$ 125 mil. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

PONTA VERDE JÔ 07 – PONTA VERDE – Agora você vai morar bem! Aptº c/ 118m2 - varanda, 03 quartos sendo 1 suíte, sala em “L”, wc social, cozinha, área de serviço, DCE, 01 vaga. Somente R$ 210.000,00 – Aptº de frente! Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523 JÔ 08 – PONTA VERDE – Praça do Skate - um SHOW de AP! 03 quartos sendo 01 suíte, sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, WC social, 01 vaga. Nascente e todo reformado! R$ 160.000,00. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

JÔ 11 - PRADO – Aptº com 103,82m2 – Espaçoso e confortável! 03 quartos sendo 1 suíte - 1 sala de estar/jantar,varanda,WC social,copa, cozinha, circulação, área de serviço, DCE.01 vaga.R$ 190.000,00.Vem que tá bom demais! Tels.8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

POÇO JÔ 01 – POÇO – Andar alto Aptº c/71,00m2 - 3 qtos s/1 ste, sala de estar/jantar, varanda, wc social, coz., área de serviço e wc de serviço! R$ 245 mil. Vem que tá bom demais! Tels. 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

APTO. ALUGA FAROL FAROL – ALUGUEL. POR TRÁS COLÉGIO MARISTA. Apto c/sala 2 ambientes, 3 qtos sociais, wc social, copa e coz., dependência empregada.1 vaga. R$ 800,00, incluso já cond. e IPTU. Tr. 93514440 / 8729-0144. CRECI 343.

FAROL – ALUGUEL. Apartamento frente Mirante São Gonçalo. Sala de visita com varanda, sala de jantar, 3 quartos, sendo 2 suítes, todos com armários, Wc social, cozinha com armários, área de serviço, dependência completa de empregada.02 vagas. De frente, nascente. Prédio com salão festas, piscina, gerador, guarita segurança.Medidor individual de gás. R$ 1.500,00 + condomínio + IPTU. Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 /8729-0144. CRECI 343.

CASA VENDA BARRO DURO JÔ 04 – BARRO DURO – Traga sua família hoje mesmo! Casa com 200m2 02 terraços, sala de estar, sala de jantar, circulação, 03 quartos sendo 1 suíte, cozinha, WC social, garagem, área de serviço e piscina. R$ 270.000,00. Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 Creci 2523

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

REF. 021- ALDEBARAN- Casa com 03 terraços, 03 salas, lavabo, 04 suites sendo 02 com closet, todas com armários, cozinha grande repleta de armários, despensa, dependência completa empregada, depósito, quintal. 03 vagas garagem.A biente bem projetado com muita ventilação e bastante luminosidade. Ligue veja e confira.R$ 860 mil.Tratar pelos telefones para contatos: 9351-4440 / 8729-0144. CRECI 343. VENDE-SE uma casa no Graciliano Ramos c/3 qtos., 2 stes., garagem, 2 salas, 1 wc social, cozinha. Tratar pelos telefones para contatos: 9609-6655/ 9695-8643

REF. 025 – JARDIM PETRÓPOLIS I –CONFORTÁVEL Casa duplex, nascente. sala de visita sala de jantar, 03 quartos sendo 02 suites, todos com armários, cozinha com armários e despensa, área de serviço, quintal grande, área verde frutificada nos fundos. com grande jardim de frente, 02 terraços, 02 vagas de garagem, solta nas laterais. R$ 395 mil. Ligue veja e confira.TR. 9351-4440 / 8729-0144 CRECI 343.

TERRENOS VENDA CAPITAL

SERRARIA

REF. 026 – TABULEIRO - VENDO área medindo 61,40x226 frente ao Aeroporto com 13.200m² rua calçada, murada, toda plana, registrada, com toda infraestrutura.Excelente localização para instalação de sua empresa. R$ 650 mil. Tr. 9351-4440 / 87290144 – CRECI 343.

REF. 024 – SERRARIA -VENDO casa Conjunto Carajás. Jardim terraço 03 vagas, sala de estar e jantar, 03 quartos sendo 01 suíte, Wc social, cozinha, área serviço, quintal.R$ 250 mil.Tr. 9351-4440 / 8729-0144. CRECI 343.

REF. 028 –JACARECICA – VENDO uma ÁREA COM 30 HECTARES, próxima a nova Avenida Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com várias benfeitorias.Valor do M² R$ 40,00. TR. 9351-4440 / 8729-0144 CRECI 343.

REF. 020 – SERRARIA- COND. JARDIM EUROPA. Linda casa duplex, sala de estar e jantar, terraço, 03 quartos sendo: 01 suíte master, 01 suíte, Wc social, Cozinha, despensa, área serviço, jardins 02 vagas. Repleta de armários de luxo.Excelente localização. R$ 680 mil. Tr. 93514440 /8729-0144 - CRECI 343.

JÔ 12 - SERRARIA – LIGUE JÁ! Uma grande oportunidade pra quem tem pouco dinheiro. Excelente terreno com uma casa em construção. Próximo ao Shopping Pátio Maceió – Apenas R$ 95.000,00. Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523

4009-1961

4009-1961

LIGUE E ANUNCIE

LIGUE E ANUNCIE

Precisa-se de médico PSF - no Município de Campo Alegre. Tratar: 9981-6523 / 9118-2311/ 9316-0939 / 9316-5971 / 9187-8474 LOTES JÔ 09 – CONDOMÍNIO ATLANTIS – Alto luxo! Excelente lote nascente, medindo15x30m. E o preço? R$ 210.000,00. Conta outra! Vem que tá bom demais! Tratar pelos telefones para contatos: 8811.8410 / 9117.7137 - Creci 2523 VENDO OU TROCO por carro terreno no Francês, Lot. Encontro do Mar, med. 12x30. Tratar pelos telefones para contatos: 99494067/ 8803-3935.

EMPREGOS PROCURA-SE DOMÉSTICOS PRECISO TRABALHAR: cozinheiram serviço gerais ou babá, c/experiência e referência. Tr.: 88458155. PRECISO TRABALHAR DE: lavadeira e passadeira profissional. Tr.: 8715-6729, c/ Carmelita.

VEÍCULOS MOTOS VENDO moto Kasinski 150cc, CRZ Off Rod. Super nova. Tr.: 96890110 VENDO moto Suzuki 800cc,2002, preta, super nova. Tr.: 9996-9295

NEGÓCIOS DIVERSOS VENDE-SE uma estufa com 10 bandeja de inox, c/ 5 meses de uso. R$ 350,00. Contato: 87020178/ 8824-4957

SERV. PROF. SERVIÇOS DIVERSOS AGILI PEDRAS - Sua pavimentação com paralelos de qualidade, entrega em mediata.Também em grandes quantidades. Tr.: 9671-7791/ 8886-4000


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

B1

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Livro questiona Em Três vezes Zumbi, os historiadores Jean Marcel Carvalho França e Ricardo Alexandre Ferreira afirmam que as feições do herói mudam conforme as conveniências ideológicas de cada geração

Jean Marcel Carvalho França (na rede) e Ricardo Alexandre Ferreira, autores do livro Três vezes Zumbi

PAULO WERNECK Folha Online

A

história absolveu Zumbi. Mais que isso, deu-lhe um lugar de destaque no panteão nacional: 315 anos depois da queda de Palmares, aniquilado pelo bandeirante Domingos Jorge Velho, o herói negro dá nome a tudo, de universidade a banda de rock. O dia de sua morte, 20 de novembro, é um feriado cada vez mais celebrado – o dia da consciência negra vem contribuindo para o “esvaziamento”

a mitificação de Zumbi do 13 de maio (Abolição) e sua protagonista branca, a princesa Isabel. Em abril, o Supremo Tribunal Federal referendou as cotas raciais nas universidades, uma vitória inequívoca dos movimentos que têm em Zumbi o seu mártir. A unanimidade do mito, porém, é bastante recente. E, como mostram os autores do recém-lançado Três vezes Zumbi, os historiadores Jean Marcel Carvalho França e Ricardo Alexandre Ferreira, as feições do herói mudam conforme as conveniências

ideológicas de cada geração. Ao mostrar como uns e outros “construíram” seus próprios Zumbis, eles lançam uma fagulha de provocação às vésperas do 13 de Maio. Ou, como disse Ferreira, põem “uma pulga atrás da orelha” do leitor dos livros de história, para não comprar o que lê pelo valor de face. Na tese dos autores, a “canonização” recente do líder quilombola, que o transformou num porta-bandeira dos oprimidos, é uma “construção” histórica. A ausência de dados biográficos sobre um

homem cuja existência deixou poucas pistas facilitou a inclu-

Mais pop do que nunca na era Lula, Zumbi tem figurino apropriado para o momento político são de capítulos fantasiosos na narrativa.

Mais pop do que nunca na era Lula, Zumbi tem figurino apropriado para o momento político – daí, talvez, o interesse recente em sua figura. “É um outro Brasil que está contando o seu passado, inventando o seu passado”, disse França. “A elite branca tradicional de Higienópolis já inventou o seu passado há muito tempo. Já tem a mitologia”. Como exemplo da conversão de Zumbi em ícone de todo tipo de minorias, França e Teixeira citam a tese de Luiz Mott, do Grupo Gay da Bahia,

que retratou Zumbi como homossexual. E s s e “a n a c r o n i s m o”, escrevem os autores, “faria um historiador como Lucien Febvre revirar no túmulo”. Mott disse que não teve “o beneficio da dúvida” e que os autores “nem desconstruíram sequer uma das cinco pistas” apresentadas por ele de que Zumbi seria gay. Não há, diz, “nenhuma prova de que o mitológico líder quilombola era heterossexual”. O antropólogo diz que França e Teixeira estão “dominados pela ideologia heteronormativa”.

Zumbi como herói romântico da esquerda O elo com a causa gay, mostram eles, vem de uma “construção” mais ampla: no século 20, sua rebeldia vinha a calhar como herói romântico da esquerda. Historiadores ligados ao movimento negro também são questionados. França e Teixeira recriminam o endosso de Flávio dos Santos Gomes a passagens fantasiosas escritas por Freitas, baseadas “em supostas cartas que só ele [Freitas] leu”, como aquela que descreveria a infância de Zumbi como coroinha. O líder imantado pela esquerda é o terceiro dos três anunciados no título. Antes dele, vêm o dos séculos 17 e 18, ameaça ao empreendimento colonial português, e o do século 19, providencialmente posto de lado pelos bem-pensantes na construção da identidade nacional. O mesmo poderia ser feito com outros. Para França, temos fascínio por figuras “desviantes”, como Zumbi ou Tiradentes, e relegamos figuras “da ordem”, como a princesa Isabel. “Não sabemos fazer uma história da norma”.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

B2

Dois

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Variedades

Roteiro EM BREVE A partir do próximo dia 17, a Pinacoteca Universitária passa a abrigar a primeira exposição individual de Alice Jardim, a partir das 20h, no Espaço Universitário Cultural (Praça Sinimbu). DOBRA vai apresentar em suas fotografias e vídeos, composições que delineiam a cidade a partir das luzes, ilusões montadas com imagens reais. A mostra fica em cartaz até o dia 29 de junho.

No próximo dia 18, às 22h, no Cine Sesi (Pajuçara) será realizada a 1ª Mostra de Clipes Alagoanos Mais, uma ação do Coletivo Popfuzz. Além das exibições, a banda Eek, que está lançando o clipe da música “Calendários”, toca nos intervalos. Ainda tem exposição de flyers, cartazes de shows e fitas K7 da cena alagoana de todos os períodos possíveis. Ingressos: R$ 12 e R$ 6.

As crianças de Maceió poderão curtir o espetáculo teatral A galinha pintadinha no próximo dia 20, às 17h, no Teatro Gustavo Leite (Jaraguá). No palco, os personagens mais queridos dos pequenos vão alegrar o público com as músicas preferidas da meninada como: A barata, A galinha e o Galo Carijó, Alecrim, Formiguinha, Mariana conta, Meu lanchinho, O sapo, Pintinho amarelinho, Quem está feliz, Sapo Cururu, Se essa rua fosse minha e outras. Duração do espetáculo: 1 hora. Ingressos: R$ 25 (criança ou estudante) e R$ 50 (inteira) à venda na Farmácia Permanente (Maceió Shopping), Folia Brasil (Gbarbosa Stella Maris), Stand do Maceió Ingressos no (Maceió Shopping). Mais informações: (79) 30343600 / 8106 5413.

Horóscopo

INSTITUTO OMAR CARDOSO

WWW.OMARCARDOSO.COM.BR

Áries

Touro

Gêmeos

Câncer

20 março a 20 abril

21 abril a 20 maio

21 maio a 20 junho

21 junho a 21 julho

boas qualidades e habilidades tensão que você vinha sentindo no ocê poderá voltar a tomar o ndícios favoráveis nos seus assuntos Sfica,uasinfluenciarão A V I de maneira benéperíodo anterior já estará complecomando da sua vida. Interesse pessoais e profissionais. Obtenção de pessoas importantes para você. tamente resolvida e um clima de muita especial, por enquanto, na vida a dois. O segredos importantes. Continue tendo O trabalho e o amor estão em bom aspecto. Você sentirá uma forte necessidade de expressar suas ideias com novas pessoas, poderá fazer com que consiga atingir tudo o que deseja.

harmonia é o que estará fazendo parte agora de sua rotina, o que influenciará em todos os setores da sua vida.

coração falou mais alto. Apesar de não estar completamente decidido sobre o caminho a seguir, você não resistirá e acabará voltando ao seu amor.

confiança em si mesmo. A partir de hoje você estará se encaminhando para um melhor período que terá seu início no próximo dia três.

Leão

Virgem

Libra

Escorpião

22 julho a 22 agosto

23 agosto a 22 setembro

23 setembro a 22 outubro

23 outubro a 21 novembro

ssuntos econômicos o aborrecerão stá benéfica influência atingirá ndecisão para tomar atitudes. Pensaoje poderá tirar proveitos inesperaA E I H logo nas primeiras horas deste dia. diretamente sua capacidade mental, mentos pessimistas, sem razão de ser. dos pelas amizades que vier a fazer, Mas não se aborreça, pois a tarde terá dando mais disposição para entabuProcure animar-se. Nervosismo exagerealizar boa parte de suas esperanças e ótimas chances de colocar tudo em ordem. Excelente para conseguir a casa própria e para abrir uma caderneta de poupança.

lar e pensar nas novas empresas e especulações que pretende realizar. Favorável à loteria e a sorteios. Aguarde momentos intensos, carregados de romantismo.

rado cuide-se. O desejo de terminar seu relacionamento amoroso já não estará tão intenso.

desejos de progredir social, profissional e financeiramente. Aceite as dificuldades e procure relaxar, assistindo a um filme ou lendo um bom livro.

Sagitário

Capricórnio

Aquário

Peixes

22 novembro a 21 dezembro

22 dezembro a 20 janeiro

21 janeiro a 20 fevereiro

21 fevereiro a 20 março

que promete muito êxito omento pouco indicado para os eu desenvolvimento mental e profisum dos dias mais negativos para Pdevidoeríodo M S É material, social e profissional, negócios e aos assuntos sociais. sional será notável, hoje, juntamente assumir compromissos importantes, ao bom aspecto astral em seu Evite atrito com seus inimigos. Cuide de com as relações importantes que assinaturas de papéis que possam horóscopo. Todavia, para que tudo saia conforme suas pretensões aja com otimismo, confiança em si e mais entusiasmo.

sua saúde. Seus impulsos emocionais, já fortes por sua natureza, estarão ainda mais expostos nesta fase.

pretende fazer. Todavia, evite iniciar novas amizades e confiar demasiadamente em pessoas estranhas.

comprometê-lo e cuidado com os inimigos. Excesso de exigência para com as pessoas demasiadamente sensíveis.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

Dois

TV GAZETA - GLOBO Canal 7 04h50 - Sagrado 04h52 - Tecendo o Saber 05h10 - Telecurso Profissionalizante 05h25 - Telecurso Ensino Médio 05h40 - Telecurso Ensino Fundamental 05h55 - Globo Rural 06h30 - Bom Dia Alagoas* 07h30 - Bom Dia Brasil 08h30 - Mais Você 09h55 - Bem Estar 10h40 - TV Globinho 12h15 - AL TV - 1ª Edição** 12h50 - Globo Esporte 13h20 - Jornal Hoje 13h50 - Vídeo Show 14h35 - Chocolate Com Pimenta 16h10 - Filme: Mamãe Saiu Com Um Vampiro *** 17h51 - Globo Notícia 17h54 - Malhação 18h25 - Amor Eterno Amor 19h15 - AL TV - 2ª Edição** 19h30 - Cheias de Charme 20h30 - Jornal Nacional 20h55 - Avenida Brasil 21h45 - Taça Libertadores – Lanús x Vasco 23h50 - Jornal da Globo 00h20 - Programa do Jô 01h55 - Mentes Criminosas 02h40 - Corujão

TV EDUCATIVA - TVE Canal 3 05h50 - Salto para o Futuro 06h50 - Telecurso Ensino Médio 07h05 - Telecurso Ensino Fundamental 07h20 - Telecurso Tecendo o Saber 07h50 - Jornal Visual 08h00 - Repórter Brasil 08h45 - Cocoricó 09h00 - Os Pequenos Robôs 09h30 - Castelo Rá-Tim-Bum 10h00 - Um Menino Muito Maluquinho 10h30 - Janela Janelinha 11h00 - Os Pézinhos Mágicos de Franny 11h30 - A Turma Do Pererê 12h00 - Vida De Artista (Local) Reprise 12h30 - Faixa Musical (Local) 13h00 - A Turma do Pererê 13h30 - Catalendas 13h45 - Carrapatos e Catapultas 14h00 - Dango Balango 14h30 - Vila Sésamo 15h00 – Escola Pra Cachorro 15h15 – Cocoricó na Cidade 15h30 - Cedric 15h45 - Curta Criança 16h00 - Sem Censura 17h30 - Alto-Falante 18h00 - Estúdio Móvel 18h30 - Aborrecentes 19h00 - O Mundo Perdido 19h30 - Comentário Geral 20h00 - Conhecer (Local) Estreia 20h30 - Ser Saudável 21h00 - Repórter Brasil 22h00 - 3 A 1 23h00 - Força da Vida - Estreia 00h00 - A TV Que se faz no Mundo 00h30 - América Latina Tal Como Somos 01h30 - Cara e Coroa 02h00 - Sem Censura 03h30 - Observatório da Imprensa 04h30 - Caminhos da Reportagem 05h30 - Expedições

TV MAR NET - Canal 25 08h00 - Cinemar 09h00 - Palavra Amiga 10h00 - Big Sports 11h00 - Cidade Aflita 12h00 - Almoço C/ Notícia 13h30 - Sobre Rodas 14h00 - Momento Vip 14h30 - Igreja El-Shaddai 15h30 - Informe Cesmac 16h00 - Info Ação Parlamentar 16h30 - Programa Mix 17h00 - Canal Legal 18h00 - Programa do Caique 18h30 - Palavra Amiga 19h30 - Big Sports 20h30 - Cidade Aflita 21h30 - Almoço C/ Notícia 23h00 - Sobre Rodas 23h30 - Momento Vip 00h00 - Igreja El-Shaddai 01h00 - Informe Cesmac 01h30 - Info Ação Parlamentar

Falamansa lança disco em homenagem a Luiz Gonzaga Divulgação

EDUARDO TRISTÃO GIRÃO Estado de Minas

As sanfonas do rei é o primeiro disco que o Falamansa lança às vésperas dos festejos de São João

D

iferentemente de chover no molhado, gravar um disco só com músicas de Luiz Gonzaga no ano em que se comemora o centenário de seu nascimento tem sabor de gratidão para o grupo de forró Falamansa. O quarteto formado por Tato (voz e violão), Alemão (zabumba), Valdir (sanfona) e Dézinho (triângulo) reconhece no “velho Lua” sua maior referência – e isso vale para letra e música. Assim chega às prateleiras As sanfonas do rei – Tributo aos 100 anos de Luiz Gonzaga. “Tudo o que a gente faz, a existência da banda, a busca cultural pelo ritmo e a ideologia de usar a música como meio para passar uma mensagem existe por causa de Luiz Gonzaga. Esse disco talvez seja mais importante para nós do que toda nossa discografia. É incrível como as temáticas dele têm influência nas letras da banda, ao falar de alegria, fé, amor e até consciência ambiental”, afirma Tato. BRILHO Quase todo gravado e mixado no estúdio Outros Sentidos, em São Paulo, entre o fim do ano passado e janeiro, o álbum tem 16 faixas. Apenas uma é escrita pelo grupo: As sanfonas do rei, de Tato. “Gravamos zabumba, triân-

gulo e baixo juntos para não perder o suingue do forró ao vivo. Isso dá dinâmica típica”, conta ele, que assina produção, direção e mixagem. Para o repertório, foram mesclados sucessos com músicas não tão conhecidas da discografia do mestre. No primeiro caso estão canções como Sabiá, Qui nem jiló e Nem se despediu de mim; no segundo, Indiferente, Xote ecológico e Alegria pé de serra. “Para selecioná-las, parti de 500 músicas. Seria um disco duplo com 30 faixas, mas escolhemos aquelas com temática semelhante à nossa, essa coisa de fazer o bem por meio da letra”, explica Tato. O vocalista conta que pela primeira vez usou um ukulele, instrumento havaiano seme-

lhante ao cavaquinho. “Ano passado fizemos turnê pelos Estados Unidos e trouxe um para casa. A sonoridade é bem pura e simples”, justifica. O som pode ser ouvido nas canções Indiferente, Sabiá e Xote ecológico. Além desse, outro instrumento usado pela primeira vez num disco do grupo foi a alfaia, tambor típico do maracatu, empunhado em Erva rasteira/Festa, da qual participam Jorge Du Peixe e Gustavo da Lua, da Nação Zumbi. AGREGADOS A propósito, outros convidados especiais participam da homenagem a Gonzagão, como os trios Virgulino e Nordestino, que tocam em Bom pra uns e Amei à toa,

respectivamente. Além deles, colaboraram Dominguinhos (Nem se despediu de mim), Elba Ramalho (Sanfoninha choradeira, que ela já havia gravado nos anos 1980), Miltinho Edilberto e Janaína Pereira (Serena no mar) e, em Qui nem jiló, integrantes do projeto social Meninos do Morumbi, ao qual o grupo está ligado desde 2007. Por fim, em A hora do adeus, o quarteto faz um “dueto virtual” com Luiz Gonzaga. “Tentamos ser muito fiéis às gravações originais. Nos sucessos não dá para mexer, que é para não estragar, e nas menos conhecidas também não é bom fazer isso para que cheguem ao ouvido do público como Luiz Gonzaga queria. A única

na qual ousei um pouco mais foi Sanfoninha choradeira, que passei de xote para forró”, observa Tato. PRÓXIMOS PASSOS As sanfonas do rei é o primeiro disco que o Falamansa lança às vésperas dos festejos de São João. Por esse motivo, os shows que o grupo fará em junho e julho serão baseados nesse trabalho, incluindo cenário novo. Ainda este mês, o quarteto embarca para os Estados Unidos, onde fará quatro shows. Já em setembro, a agenda prevê um mês de turnê pela Europa. Segundo Tato, é provável que o CD renda um DVD antes de o grupo se concentrar na produção do próximo disco de inéditas.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br Ser como (?) Welles, cineasta Frankenstein, por de "Cida- seu aspecto físico dão Kane" (?) Bello, atriz

Cidadania (?), título de distinção Princesa indiana Relativas a terremoto

© Revistas COQUETEL 2012 Ramos do Direito Finlândia Público e Privado e Suécia Tecla de gravação Muito bom (gíria) do videocassete

(?) Johnson, ator de "Fina Estampa"

Tipo de camisa usada por jogadores de golfe Prover; Dinheiro abastecer (bras. Planta gíria) medicinal também chamada coração-de-jesus Iluminação proibida ao passar pela blitz

Prefixo de "posfácio" (?) está: eis aqui

"Futebol", em CBF Cosmético facial Coisa sem importância (?) Kingston, cantor de "Beautiful Girls" Aquela que gosta de fazer o mal (p. ext.) Antônio Vieira, Aspirante a um padre emprego português

Ouvir, em espanhol Acre (sigla)

Autor de "Palpite Infeliz" (MPB)

BANCO

(?) Robbins, ator de "O Jogador"

1.500, em romanos Criar asas Livro de registro de assembleias Lago, em francês "Disc", em CD

Título de chefe etíope 78

Solução P R I A E R I C A S D E P O S O N L T O O I R M D A I L A C A T O R A S

TV PAJUÇARA - RECORD Canal 11 06h48 - Alagoas Rural 06h55 - Pajuçara Auto 07h00 - Jornal Da Pajuçara Manhã 08h40 - Fala Brasil 10h00 - Hoje Em Dia 12h00 - Casa & Negócio 12h05 - Feito Pra Você 12h30 - Fique Alerta 14h20 - Ponto De Luz 14h30 - Tudo A Ver 16h45 - Tudo Mundo Odeia O Chris 19h00 - Rebelde 20h00 - Jornal Da Pajuçara Noite 20h30 - Jornal Da Record

Variedades

M C H O N O R A R A N I S I S M I S O R T I R N R N G U A C F A R O L A B A S E N I C A S A D I C E A V C A N D I D N O E L

TV ALAGOAS - SBT Canal 5 06h00 - Jornal Do SBT - Manhã 07h00 - Igreja Universal 08h00 - Carrossel Animado Com Patati Patatá 09h30 - Bom Dia & Cia 10h00 - Igreja Mundial 12h00 - Plantão Alagoas 13h35 - Igreja Universal 14h15 - Eu, A Patroa E As Crianças 14h30 - Pequena Travessa 15h30 - Marisol 16h30 - Maria Do Bairro 17h25 - Tenha Estilo 17h30 - Casos De Família 18h30 - Roda A Roda 19h45 - SBT Brasil 20h30 - Corações Feridos 21h15 - Programa Do Ratinho 22h45 - Cante Se Puder 00h00 - Aventura Selvagem 00h35 - De Frente Com Gabi

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

3/lac — oír. 4/base — nica — rani — sean. 5/guaco — irado.

TV

B3


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

B4

Social

www.mais.al cultura@ojornal-al.com.br

Inside

Por Marcos Leão inside@ojornal-al.com.br

Embarque

Caçarola

Telma César Cavalcanti não brinca em serviço, mesmo. Isso porque a professora-mestra de Dança da Ufal se une ao Instituto Brincante, que tem à frente o multifacetado Antônio Nóbrega, pesquisador, bailarino e incentivador da produção cultural, e ministrará, amanhã, uma palestra com o tema “O Coco Alagoano e seus trânsitos”, uma oficina de dança específica para a Cia de dança, dirigida por Antonio, em São Paulo.. Boa sorte!

Para os iniciantes no mundo da gastronomia e apaixonados pela culinária francesa, o chef Gerard Jeanneau irá comandar um workshop de Culinária Clássica Francesa quando junho chegar. Jeanneau irá mostrar as técnicas e o cardápio clássico francês adquirido em 20 anos de carreira em restaurantes como o famoso Jean Pagés, em Paris. Depois contamos mais...

Vida de cão

BELEZA PURA | Cristina Suruagy Nogueira reforçando o poderio de mulheres elegantes em ensaio sofisticado de Dressa Mello

PARA INSPIRAR Com o Dia das Mães está se aproximando e muitos Como filhos ainda não escolheram o presente, Inside filho selecionou sele cionou uma personalidade das mais bacanas e quiss saber o que ela irá presentear sua mamãe, m claro. Serve Serv ve também para inspirar nossos leitores, leito não é?! Juliane Mede Medeiros, empresária, vvai presentear ssua mãe ccom um kit ccompleto da lilinha Nativa SSPA da Boticárrio, com direito aao lançamento da Violeta Senses

Quem tem cão ou gato sabe o quanto os bichinhos são loucos por chocolates, iogurtes, sorvetes e outras iguarias. Só que, entre gostar e poder consumir, há um longo caminho. Para quem não resiste aos olhares pidões dos pets, promete aterrissar em Maceió o sorvete apropriado para bichos, o IcePet. Os distribuidores garantem que os produtos são feitos com ingredientes específicos para cães e com qualidade comprovada pelo Ministério da Agricultura. Estamos de olho!

ELES | O advogado Wellington Calheiros e Fernando Dória ladeando o ministro do STF, Carlos Ayres de Britto, formando trinca de homens notáveismulheres notáveis

Sala de aula Todo mundo já deve está sabendo que foi o tempo em que aluno aprendia apenas na sala de aula, certo? Então, hoje, além de aprender, é preciso colocar em prática; retribuir para a sociedade o seu conhecimento. É para colocar em prática o que foi aprendido em sala de aula que alunos da Estácio FAL participam, hoje, de uma mobilização com prestação de serviços gratuitos para a comunidade, com serviços gratuitos de massoterapia, avaliação física e postural, alongamento, aferição de pressão arterial, minicursos sobre elaboração de currículos e palestras e atendimentos sobre direitos do consumidor, do idoso e da criança e do adolescente. Boa!

Receita Breno Gama inova mais uma vez e recria o tradicional ‘Gnocchi’ (nhoque) utilizando um ingrediente regional do seu restô italiano Maria Antonieta: a fruta-pão. O novo prato elaborado para o Festival Brasil Sabor, da Abrasel, que este ano homenageia a Itália, é uma criação do chef. A receita mistura um dos mais típicos ingredientes nordestinos ao preparo do clássico gnocchi italiano. O Festival Brasil Sabor acontece até o dia 3 de junho, com desconto de 20% no valor do prato, de segunda à quinta. Hummm...

TODO ELE | Osvaldo Viegas, secretário de Cultura de Alagoas, somando prestígio em noite literária que movimentou a agenda dos vips da capital

Exótico Nem adianta fazer cara feia. Dizem que a carne de jacaré é uma delícia e anda conquistando os paladares dos mais exigentes de Maceió. A iguaria exótica pode ser encontrada na Mix das Carnes, mas, para conhecer e prová-la, o empresário Fernando Falcão – que comanda a boutique de carnes na Ponta Verde – arma uma noite de degustação, hoje, às 18h, na Galeria Boulevard. Imperdível e ponto.

Investimento Camarão que dorme, a onda leva! Pensando nisso, o executivo James Bannantine, presidente da Mineração Vale Verde, vai implantar em Alagoas uma mineradora com operações voltadas principalmente para a extração de cobre. A previsão do diretor é que o estudo de viabilidade econômico-financeiro seja finalizado até agosto e as obras sejam iniciadas até junho.

Chiqueria

em cena

Top jornalista Plínio Lins arma o seu famoso “Conversa de Botequim”, amanhã, no restaurante Maikai, tendo como convidado especial o desembargador James Magalhães. Marina Pontes de Miranda já reservou seu convite vip no concorrido espetáculo Xanadu, que neste final de semana baixa, por aqui, no Teatro Gustavo Leite. Jânio Fernandes está feliz da vida com o resultado final do seu Bistrô Fernandes, que teve inauguração ontem.

Fernanda Cavalcante preparando festão luxo para o abre de sua loja Mimo das Artes, dia 24. Sorte para ela!


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

V

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

Fisioterapia ajuda crianças e bebês a respirar melhor 2

Em Maragogi, alimentação Ayurvedica promove o bem-estar 8

Vida Saudável

Parto natural,

uma opção de amor Hospital-Maternidade São Rafael deu início a uma campanha pelo parto natural, educando e incentivando gestantes de Maceió a escolher um procedimento mais saudável na hora de dar à luz

4, 5 E 6


2

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

Vida Saudável

Fisioterapia para bebês Igor Pereira

Quando a gripe compromete a respiração, a melhor dica é levar as crianças para profissionais especializados VALDETE CALHEIROS valdetecalheiros@ojornal-al.com.br

Q

ualquer mãe fica desesperada diante de uma gripe contraída pelo filho. Quando a virose vem acompanhada pela dificuldade de respirar, a preocupação aumenta consideravelmente. Felizmente, uma área de profissionais da saúde – que não a Pediatria – está ajudando a diminuir a angústia das mães e a livrar as crianças dos desconfortáveis sintomas da gripe. O profissional em questão é o fisioterapeuta. A fisioterapeuta Raphaela Oliveira atende em sua clínica bebês, crianças e adultos que precisam ser submetidos a sessões de fisioterapia respiratória para melhorar o quadro clínico. Fisioterapia respiratória é a prática da fisioterapia que atua no tratamento de pacientes, de todas as idades, com distúrbios pulmonares agudos e crônicos. A prática pode ser realizada em hospitais, Unidades de Terapia Intensiva (UTI), clínicas e em domicílio, caso o paciente necessite. “O tratamento fisioterápico respiratório é feito através de técnicas manuais e/ou instrumentais. Tem como objetivo a remoção de secreções das vias aéreas, reduzindo a obstrução brônquica e a melhorando a resistência das vias aéreas, facilitando as trocas gasosas, reduzindo o trabalho respiratório”,

explicou Raphaela Oliveira, que atua como fisioterapeuta respiratória e está concluindo o mestrado em terapia intensiva. O pequeno Valmir Gabriel Apolinário, de apenas seis meses de idade, é um dos pacientes da fisioterapeuta. O bebê não conseguia expelir as secreções da sua primeira gripe. Raphaela Oliveira explicou que para que as técnicas sejam aplicadas de maneira correta e eficaz, faz-se necessária uma criteriosa avaliação do paciente. Isto porque cada técnica tem seus objetivos, suas indicações e contra-indicações, e acima de tudo, as técnicas devem ser executadas da maneira correta para que haja resultados significativos.

Solicitação vem de médicos como pediatras, alergologistas, pneumologistas e clínicos gerais “As sessões de Fisioterapia respiratória são indicadas principalmente para casos de patologias pulmonares agudas e crônicas como pneumonia, bronquite, asma, Síndrome do Lactente Chiador (Bebê Chiador), DPOC, enfisema, tosse crônica, assim como pré e pós operatório de cirurgias cardíacas, entre outras’, detalhou a profissional. Ela disse que são objetivos gerais da fisioterapia respiratória, nas afecções agudas, diminuir o período da doença ou de sua repercussão funcional. E nos processos crônicos, retardar a progressão ou mantê-los estacionados.

O pequeno Valmir Gabriel sob os cuidados de Raphaela Oliveira: em crianças, o tratamento é realizado de forma lúdica

Melhoria da ventilação pulmonar Entre os objetivos específicos, estão a remoção de secreções pulmonares, a diminuição do trabalho respiratório, a melhora da ventilação pulmonar e trocas gasosas, a promoção da reexpansão pulmonar, o aumento da mobilidade torácica, a reeducação da musculatura respiratória e a prevenção de complicações pulmonares, além do aceleramento da recuperação . “A técnica usada pela Fisio-

terapia respiratória é contra-indicada em casos de fraturas de costelas, pneumotórax não drenado e hemorragias pulmonares”, completou Raphaela Oliveira. As sessões de fisioterapia respiratória são solicitadas pelos médicos pediatras, pneumologistas, alergologistas, cardiologistas, clínicos gerais, incluindo até outras especialidades dependendo do caso do paciente.

Depois das sessões, facilidade para respirar

Sessões não substituem tratamento médico Geralmente são necessárias, no mínimo cinco sessões. No entanto, a quantidade de sessões pode variar dependendo da patologia e do progresso do paciente. O quadro é avaliado diariamente pelo fisioterapeuta. Atualmente as sessões de fisioterapia respiratória são disponibilizadas pelos planos de saúde. As sessões

particulares custam, em média, R$ 40 a R$ 50 reais. As sessões de fisioterapia respiratória atuam tanto na prevenção como no tratamento das afecções respiratórias. Cada sessão dura de 30 a 40 minutos em média (dependendo do quadro de cada paciente). Em crianças o tratamento é realizado de forma mais lúdica possível,

evitando ao máximo qualquer tipo de dor e desconforto. “É importante salientar que a fisioterapia respiratória é um tratamento adjuvante ao médico que visa acelerar o processo de melhora do paciente. As sessões não substituem medicações nem o tratamento médico”, frisou Raphaela Oliveira.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

3

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

Vida Saudável

ESTUDO

Restrição alimentar na gestação pode afetar saúde da criança Cientistas da Unesp revelam alterações de enzimas e transportadores no intestino da prole cujas mães sofreram restrição proteica durante a gestação KARINA TOLEDO Agência FAPESP

U

ma pesquisa feita na Universidade Estadual Paulista (Unesp) comprovou que a restrição alimentar materna durante a gestação causa alterações no intestino da prole que perduram até a vida adulta. Tais alterações podem colaborar para o estabeleci-

mento da obesidade observada em animais nascidos nessas condições. Os resultados do estudo, feito com ratos, vão ao encontro da chamada hipótese da programação fetal, já levantada por outros trabalhos da literatura, segundo a qual o organismo do feto se adapta a um ambiente intrauterino adverso. Como esse metabolismo poupador se mantém após o nascimento, o indivíduo se torna mais propenso a engordar caso o padrão de ingestão calórica melhore. Na pesquisa, coordenada pela professora Maria de Lourdes Mendes Vicentini Paulino, do Instituto de Biociências do campus da Unesp em Botucatu, foram investigados os efeitos da

baixa ingestão proteica durante a gestação sobre a atividade e expressão gênica de enzimas intestinais e sobre a expressão gênica e imunolocalização de transportadores intestinais da prole, que são fundamentais para a absorção de nutrientes no intestino. “Para um nutriente ser absor vido, ele pr imeiro precisa ser digerido por enzimas até alcançar um tamanho pequeno o suficiente para atravessar a membrana das células do intestino. E para que essa travessia ocorra, as moléculas precisam se ligar a proteínas que atuam como transportadores”, explicou Paulino. Foram avaliadas a atividade e a expressão gênica das enzimas sacarase, lactase

e maltase – responsáveis pela digestão de carboidratos. “Para saber o quanto a síntese dessas enzimas estava sendo estimulada, medimos a abundância do RNA mensageiro relacionado a esse processo”, disse Paulino. MEDIÇÃO Para medir a quantidade de enzimas presente nas células intestinais, um raspado de mucosa foi incubado com o carboidrato a ser digerido. “Se a intenção é medir a quantidade de sacarase, por exemplo, coloca-se a mucosa em tubo na presença de uma solução de sacarose. A enzima presente na mucosa quebra esse carboidrato em moléculas de glicose e de

frutose. Ao final, a glicose originada na reação é quantificada para a determinação da quantidade de enzima presente”, explicou a pesquisadora. Também foram avaliadas a presença e a expressão gênica de dois transportadores de moléculas de glicose – o SGLT1 e o GLUT2 – e de um transportador de peptídeos – o PEPT1. “Por meio de um estudo de imunohistoquímica, em que foram analisadas as células intestinais, verificamos a presença desses transportadores. Também medimos a proliferação das células intestinais e a altura das vilosidades, para saber se a superfície de absorção de nutrientes estava aumentada”, disse Paulino.


4

O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MA

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

Vida Saudável

Hospital-Maternidade São Rafael deu início a uma campanha pelo parto natural, educando e incentivando gestantes de Maceió

Em defesa da vida Menos agressivo para o organismo, parto natural virou tema de campanha de maternidade, que busca chamar a atenção de gestantes em Maceió GABRIELA LAPA gabrielalapa@ojornal-al.com.br

U

ma das explicações para a origem da palavra “cesariana” supõe que, na Roma Antiga, sem condições de ter o filho de forma natural, a mãe do imperador Júlio Cesar tenha antecipado o parto com uma intervenção cirúrgica. Verdade ou não, o fato é que ao contrário do que aconteceu com a mãe de Cesar, muitas gestantes, hoje, são adeptas do parto programado, a famosa cesariana, mesmo quando têm condições de saúde favoráveis ao procedimento normal. Uma pesquisa da Fiocruz, divulgada no ano passado, mostrou que a média de cesáreas feitas, no Brasil, já passa de 50% - o dobro da taxa registrada em países desenvolvidos, nos quais ela fica em 25%. Para tentar reverter esses números, o Hospital Maternidade São Rafael deu início a uma campanha pelo parto natural, educando e incentivando gestantes de Maceió

a optar por um procedimento mais saudável na hora de da à luz. “A tecnologia, o acesso à informação e a conquista da independência feminina acabaram fazendo da cesárea uma convenção. Muitas mulheres preferem o parto natural, mas acabam fazendo a cirurgia porque aprenderam que é melhor não sentir dor, porque as outras fazem e elas não querem ser diferentes. Mas não é bem assim. O corpo da mulher é biologicamente preparado para dar a luz. Essa história de que “a maior dor do mundo é a do parto” é mais uma convenção do que uma verdade absoluta”, explica o médico Jailton Costa, diretor do São Rafael. Idealizada por ele, a campanha de incentivo ao parto natural começou este mês, e vai, em fase de ‘teste’, até julho. Ela engloba o treinamento de toda a equipe de atendimento do hospital, realização de palestras e ações na comunidade próxima ao São Rafael. “Acho que falta um trabalho de base, uma ação que leve informação suficiente a todas as gestantes, pois a falta dela também é um dos fatores que provocou o aumento do número de cesáreas. Nossa localização estratégica, perto da comunidade, vai permitir ações melhor direcionadas, para que essas mães carentes compreendam as vantagens do parto natural”, avalia o diretor.

Jailton Costa, diretor do São Rafael, o corpo da mulher é biologicamente preparado para dar à luz


AIO DE

2012 l QUARTA-FEIRA

5

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

Campanha abrange sistema privado e público

Jailton Costa defende a cesariana apenas em casos de risco, ou seja, quando a saúde da mãe ou do bebê não permite o parto natural

Mais segurança para mãe e bebê Segundo Jailton Costa, o índice de cesáreas, no Brasil, cresceu cerca de 60% nos últimos 10 anos. “Dez anos atrás, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estimava que 35% dos procedimentos nas maternidades seriam cirúrgicos, contra 65% naturais. Hoje isso se inverteu de tal forma, que você chega a ver 80% de cesarianas”, alerta.

Para o médico, a cesariana deveria ser realizada apenas em casos de risco, quando as saúdes da mãe ou do bebê não permitissem o parto natural. Ele defende que, enquanto procedimento cirúrgico, ela provoca um desgaste maior do organismo, que passa despercebido pelas gestantes por causa da anestesia. “A evolução da analgesia,

hoje, faz com que o pós-operatório da cesariana seja bem mais cômodo, mesmo sendo longo. As mulheres acreditam que é melhor, mas não percebem que, na verdade, ficam mais fragilizadas e por um tempo bem maior, do que se tivessem optado por um parto natural. Nessa situação, não há pós-operatório, a mulher pode receber alta

no mesmo dia e já ir para casa fazendo tudo, normalmente. O organismo do bebê está mais maduro, pois ficou até o fim no corpo da mãe, até estar pronto o suficiente para vir ao mundo. De várias maneiras, o parto natural é bem mais vantajoso. Por isso estamos incentivando a inversão desses números da OMS”, defende.

Na campanha realizada pelo hospital, as ações de orientação vão abranger tanto o sistema privado, quanto o público. Segundo Jailton Costa, o índice de realização de cesáreas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é tão elevado quanto na rede particular, por isso a equipe de enfermagem e um grupo de estudantes ligados ao São Rafael vão orientar gestantes também neste setor. “Nós temos a ala do SUS separada da recepção privada por convenção, todo hospital, toda maternidade é assim. Mas o atendimento e a atenção à gestante são os mesmos em ambos os setores. Pelo SUS, o trabalho de conscientização se torna ainda mais importante, pois geralmente essas mães que não possuem plano de saúde são pessoas carentes, de comunidades onde há falta de informação. Muitas vezes, elas têm mais filhos do que gostariam, de uma maneira que não lhes agrada, porque não tiveram esclarecimento. Nós queremos melhorar isso, e levar informação ao máximo possível de pessoas”, destaca o médico. Além da orientação dada pelos enfermeiros, e pelos próprios médicos, a campanha a favor do parto natural contemplará, também, o sorteio de um salário mínimo por mês, entre as gestantes que adotarem o procedimento no São Rafael. Segundo Jailton Costa, a expectativa do hospital é chamar a atenção das famílias, e expandir, futuramente, a prática, para outras maternidades do estado. “Nós queremos ser um exemplo. Estou confiante com os resultados dos próximos três meses, acredito que nós conseguiremos incentivar, sim, as mães, a fazerem parto natural. Com o tempo, nosso objetivo é estimular outras maternidades a fazerem o mesmo, e juntos, reduzirmos as taxas tão altas de cesarianas”, complementa.


6

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

Vida Saudável

CAPA Fotos: Igor Pereira

A dor da felicidade

“Sempre pensei em ter um filho de parto normal. Foi uma experiência sublime. É a dor da felicidade”, disse a jornalista Elô Baêta sobre o nascimento de seu primeiro filho, Jean Victor Baêta de Saboya, hoje com 18 anos. Para a jornalista, ter um filho de forma natural foi uma das decisões mais certas de sua vida. “Fiz o pré-natal e deu tudo certo. É um momento tão mágico, indescritível, que até hoje lembro do olhar do meu filho, nos primeiros minutos após o nascimento, em cima do meu ventre, como havia eu pedido à obstetra”, relembra Elô. O sucesso da gravidez e do parto, para Elô Baeta, tem a participação de sua médica, que lhe orientou durante toda a gravidez. “Fiquei atenta aos sintomas, como cólicas intensas, sangramento. E, quando o momento chegou, correu tudo dentro do previsto. As horas que antecedem o parto têm uma magia toda própria. Encontra-se força, coragem, serenidade, algo sublime mesmo, para esperar a tão aguardada hora do nascimento. São duas coisas antagônicas: vivencia-se a dor, mas também uma profunda felicidade”, diz a jornalista, que também se preparou para o segundo parto natural. Mas, na hora h, o bebê mudou de posição e, nos últimos instantes, enrolou-se no cordão umbilical, o que inviabilizou o procedimento. Gabriel Henrique Baêta de Saboya, hoje com 14 anos, veio ao mundo através do parto cesárea.

FLÁVIA FARIAS flaviaflarias@ojornal-la.com.br NIDE LINS nidelins@uol.com.br

A

escolha do parto natural, para algumas mulheres, é uma decisão difícil; para outras, uma opção natural da vida. O suplemento Vida Saudável entrevistou quatro funcionárias de O Jornal que passaram pela experiência do parto natural, e todas são unânimes no sentido de que a dor faz parte do processo, mas vem junto com a felicidade de ser mãe.

Rejane Maria

O primeiro filho marcou a vida de Rejane Maria da Silva. Inexperiente, a primeira gravidez aconteceu aos 20 anos e apresentou a ela um lado menos romanceado do parto natural. “Fiz todo o pré-natal e, por mais que o médico, me falasse como seria na hora, a realidade você sente no momento em que o bebê vai nascer”, relembrou Rejane, que precisou fazer um corte cirúrgico. Mesmo não tendo uma boa experiência em seu primeiro parto, Rejane não pensou duas vezes na hora de ter mais filhos, optando pelo parto natural nas três gestações seguintes. “A recuperação é muito mais rápida. A mulher se sente melhor”, disse ela. Por constrangimento, Rejane evitou, nas outras gravidezes, ficar muito tempo no hospital, esperando até o último momento para ir à maternidade. “Nos meus três primeiros filhos tive a sorte de ter uma tia minha, que é enfermeira, me acompanhando. Mas fazia de tudo para não chegar ao hospital cedo. Queria ir quando não tivesse muita gente. Passava o dia inteiro sentindo as dores, prestava atenção no intervalo das contrações e só ia para lá quando não aguentava mais e via que o bebê ia nascer. Há nove anos, quando minha última filha nasceu, o medo foi maior por não estar em Alagoas. Mesmo assim, só fui para o hospital quando vi que não podia esperar mais. Fui a pé, porque morava perto, entrei e em menos de meia hora ela havia nascido”, disse Rejane, que teve quatro filhos de forma natural, Arilwendson, Anne, Andressa e Amanda.

Elô Baêta

A fotógrafa Yvette Moura teve suas duas filhas de forma natural, Jade e Maya. A primeira foi a Jade, que contou com toda infraestrutura do hospital no Recife, já a Maya teve o auxílio precioso da parteira Neci. “As duas experiências foram positivas; minhas filhas nasceram saudáveis e minha recuperação foi rápida”, disse Yvette. Natural de São Benedito do Sul, Neci é um exemplo raro da profissão de parteira, que está praticamente extinta. Com sua sabedoria, ela deu vida a muitas Mayas. “Estava na casa de minha irmã, às 9 horas, começou a dilatação, mas ainda era pequena. Então, a parteira me disse: vá andando com sua dor, quando aumentar a dilatação vamos fazer o parto”, lembra a fotógrafa. Para Yvette foi tudo muito tranquilo, apenas ela, a parteira e a irmã na hora do parto. Assim nasceu Maya, às 11 horas. Às 17 horas, a fotógrafa já estava caminhando com a filha, simples assim. “Desde a primeira gravidez, eu tinha a convicção de que o parto natural era opção certa. Acredito na vida de forma natural, acho que cesárea só em último caso, quando a mãe ou filho corre risco de vida. A dor é da natureza, mas sabemos que ela passa e vivemos o prazer de ser mãe”, disse Yvette Moura.

Maria de Lourdes

Yvette Moura

Com as consultas do pré-natal em dia, Maria de Lourdes nem percebeu que havia entrado em trabalho de parto. “Era Sexta-Feira da Paixão, e meu marido, na época, havia me abandonado e não percebi que as cólicas eram, na verdade, contrações. Passei o resto da noite fazendo minha irmã cozinhar. Pedia peixe e ela fazia; mas aí eu mudava de ideia. Pedia ovo, ela cozinha; aí eu dizia que não queria mais. Estava impaciente”, revelou. Às 11 da noite foi levada para a maternidade e antes da 16 horas, do outro dia, sua primeira filha nasceu. “Chorei bastante, pois via outras grávidas chegando e saindo com seus filhos e eu ainda lá. Achava que algo iria dar errado. Depois das 15 horas fui ao banheiro e vi que estava sangrando. Foi aí que a enfermeira me levou para a sala de parto nasceu”, contou ela. Quatro anos depois e de um novo casamento, nasceria seu segundo filho, de parto normal, mas sem traumas. “Mudei meus hábitos e tive uma gravidez mais tranquila. Aprendi a usar a dor a meu favor, pois antes não sabia e fazia força ou contrário”, revelou ela, que contou com a ajuda da equipe médica para facilitar no nascimento do bebê. Recorrer a uma cesariana sempre esteve fora de questão, tanto para Rejane como para Maria de Lourdes. Para elas, a ideia de uma cirurgia estava ligada a problemas. “Sempre achei que cirurgia era porque o bebê estava atravessado ou com o cordão umbilical enrolado no pescoço. De outra forma, não vejo a necessidade. Já vi muitas mulheres da minha família sofrerem para se recuperar. Quando você faz um parto natural, no outro dia está pronta para correr”, disse Maria de Lourdes.


O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

7

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

Vida Saudável

ESTATÍSTICAS

Como combater um vilão silencioso Médica alerta sobre os cuidados que ajudam a evitar a “pressão alta”

Saúde do homem é discutida em palestra

E

e acordo com estatísticas do Ministério da Saúde – MS, a cada três mortes de pessoas adultas, duas são de homens. E esse índice é ainda mais alarmante na faixa etária dos 20 aos 30 anos, onde a cada cinco pessoas que morrem, quatro são homens. Ainda de acordo com o MS, os homens vivem em média sete anos menos que a mulher. Isso tem uma explicação, o homem cuida menos de sua saúde. Pensando em minimizar essas estatísticas, o curso de Enfermagem da Faculdade Integrada Tiradentes – Fits realizará uma palestra sobre

stresse. Este é “vilão” mais comum para o aumento dos níveis da pressão dentro dos vasos sanguíneos, conhecido como pressão alta, resultado da contração do coração a cada batimento. Dentre os fatores causadores deste mal, a obesidade e sistema nervoso também merecem destaque. A pressão arterial é necessária para que o sangue circule em todo o nosso corpo e faz parte do sistema cardio-circulatório. Em alguns casos, este problema de saúde está relacionado ao fator genético e é mais comum em homens do que em mulheres e pessoas com idade mais avançada. De acordo com a Drª Andrea Santos, do Hapvida Saúde, o valor máximo da pressão em um adulto deve ser de 140 milímetros de mercúrio e um mínimo de 90. “É preciso observar, pelo menos uma vez por mês, como anda a pressão, pois ao passar de

D

140 milímetros de mercúrio, há uma possibilidade de a pessoa sofrer um infarto, por exemplo. E o pior é que nem sempre as pessoas sentem os sintomas da pressão alta”, explica. Entre os sintomas da doença, os mais comuns são dores de cabeça, enjôos, palpitações e até sangramento pelo nariz. A médica alerta, ainda, que nos dias de hoje, algumas crianças chegam a apresentar problemas de pressão e que é necessário estar atento aos cuidados com os filhos. “Hoje, com o aumento da ingestão de gordura e esse costume de vida sedentária, muitas crianças passaram a apresentar problemas com a pressão, o que é preocupante,

pois o comum é que este mal apareça depois dos 40 anos. É hora de colocar as crianças para praticar exercícios, porque elas precisam se movimentar”, afirma a médica do Hapvida. Evitar o estresse, praticar exercícios físicos, diminuir o consumo de sal são algumas das indicações para quem deseja evitar problemas com a pressão arterial. “O que eu recomendo é que as pessoas procurem ter qualidade de vida. É preciso viver melhor, viver com mais qualidade, buscar estar próximo das pessoas que fazem bem porque assim evitamos o estresse que é um vilão de todas as doenças. A opção certa é viver bem para viver mais”, finaliza a Drª Andrea.

a Saúde do Homem. O evento acontece no dia 16 de maio, a partir das 19h, no auditório da instituição. A palestra será ministrada pelo professor da Fits, Carlos Andrade Vieira Junior e pelo médico do Programa de Saúde da Família de Paripueira, Dr. Benedito Martins. O projeto tem como objetivo fornecer aos homens informações fundamentais para a manutenção da saúde deles. O tema será aprofundado através de diálogos e debates, discutindo os pontos negligenciados e mostrando as formas de remediá-los.

Roteiro Palestra Saúde do Homem Dia: 16/05

Hora: às 19h Local: Faculdade Integrada Tiradentes – Fits

Esportes podem prevenir osteoporose A

osteoporose é vista por boa parte da população como um mal feminino, que oferece poucos riscos aos homens. Mas eles também devem se preocupar com a prevenção dessa doença, e esportes podem ser benéficos nessa questão. De acordo com um novo estudo, a prática de espor-

tes durante quatro horas por semana, feita por homens na adolescência e juventude, aumenta a massa dos ossos, dando proteção contra o desenvolvimento da osteoporose na idade avançada dessas pessoas. “Homens que aumentaram sua atividade de carga de peso entre os 19 e 24 anos não apenas

desenvolveram mais osso, mas também tinham ossos maiores quando comparados a homens que foram sedentários durante esse mesmo período”, explica o pesquisador Mattias Lorentson, da Universidade de Gothenburg, na Suécia. A pesquisa foi publicada no periódico Journal of Bone and Mineral Research.


8

O JORNAL l MACEIÓ, 9 DE MAIO DE 2012 l QUARTA-FEIRA

www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br

Vida Saudável

BEM-ESTAR

Suco de couve com maça para começar o dia de bem com a vida

Isabel, do Ecohar Yoga Ashram: um espaço para prática de bem-estar

Saladas, grãos, azeites e temperos dão toque no Ecohar

Vegetariano sem preconceito Alimentação Ayurvedica (em indiano,significa ciência da vida) aposta em temperos, sementes, grãos e derivados de leite NIDE LINS nidelins@ojornal-al.com.br

S

ó de ouvir falar em comida vegetariana, ou seja, alimentação sem carnes vermelha ou branca, muita gente já faz cara feia. Mas deixe de lado o preconceito e se permita conhecer novos sabores, temperos, texturas, vegetais, sementes, grãos, brotos (sementes germinadas) e novas técnicas de cozimento em nome de uma dieta saudável. Equilíbrio entre o corpo e a mente é a proposta da gaúcha Isabel Sehbe, que criou o Ecohar Yoga Ashram, um espaço para prática de bem

estar. O local equivale a um meio de hospedagem, com conceito bem delineado de conviver e aprender sobre os ensinamentos milenares da yoga. Um encontro do equilíbrio da mente e do corpo. Na proposta de Isabel, também se encaixam a dieta saudável especialista em alimentação Ayur vedica (Indiano,significa: ciência da vida). Este conceito é seu estilo de vida, que ela divulga em Maragogi e Recife. “Se me convidarem para dar aula sobre alimentação vegetariana, em Maceió, também aceito”, diz a pernambucana. Na sua cozinha, os depósitos de sementes estão espalhados por toda parte. As de mostarda preta, cominho e coentro são a base do condimento dos alimentos. Cada semente tem uma função. A de coentro é refrescante, calmante, digestiva e reduz os gases. A de mostarda tem gosto apimentado, é digestiva

e excitante, e a de cominho tem aroma marcante, é digestiva e equilibra todas as constituições. As três juntas realçam o sabor dos alimentos. O arroz agulha, o mais comum na culinária brasileira, é presença constante no Ecohar , com o tempero das sementes. Elas são adicionadas ao azeite quente, mas com atenção para não queimar, depois vem o arroz, açafrão, cenoura e chuchu ralados e, por último, água para cozinhar. O grão fica solto e temperado na medida. Aliás, na culinária vegetariana Ayurvedica a tradição é servir no prato todos os alimentos de uma vez só, ou seja, não se come primeiro a salada para depois saborear o arroz, é tudo junto. Um dos destaques da cozinha de Isabel é a paella vegetariana, feita com arroz, pimentões verde, amarelo e vermelho, vagem, tomate, açafrão, azeite de oliva, caldo

de legumes caseiros, pimenta – do - reino e sal a gosto. Na culinária vegetariana Ayurvedica não estão incluídos ovos, que não fazem parte da linha lacto vegetariana. Já leite e derivados são aceitos, como o queijo servido numa tapioca de massa fina e crocante, macaxeira ou inhame, frutas, suco de couve (antioxidante) e maçã (adstringente) na medida. Café e chás à vontade. A cozinha vegetariana Ayurvedica é diversificada e saudável, ajuda o organismo a funcionar direitinho e, o melhor, é saborosa, uma grata surpresa.

Roteiro O Ecohar Yoga Ashram, na baixa temporada, só abre as portas para grupos de no mínimo 5 pessoas; na alta temporada, funciona normalmente. Quem deseja conhecer a gastronomia Ayurvedica deve reunir um grupo e provar os sabores da comida saudável.


OJORNAL 09/05/2012