Page 1

ESCOLA MUNICIPAL LAGOA ENCANTADA

PROJETO CIRANDA DOS LIVROS

ALUNA: CAMILA ANDREZA DA SILVA AVELINO Prof.ª PERLÚCIA ARANTES


Criar no educando o hábito de leitura é um dos objetivos que permeiam a Instituição Escola. As histórias estão presentes em nossa cultura há muito tempo e o ato de contá-las estão intrínsecos em diversos aspectos que promovem: à construção da identidade, o desenvolvimento da imaginação, à capacidade de ouvir o outro e à de se expressar. Além disso, a leitura aproxima a criança do universo letrado e colabora para a democratização de um de nossos mais valiosos patrimônios culturais: a escrita. Sendo assim. Acreditamos ser de suma importância favorecer as crianças a familiarização com o universo literário, só sendo possível com o contato regular aos textos e a participação em diversas situações de conto, leitura e produção.


Suzana estava deitada no sofá com um cobertor, neste dia estava chovendo e dando trovão. Suzana e Juliana estavam com muito medo. Juliana falou: _ Vamos desligar o rádio e a TV! Elas morrendo de medo foram desligar. Quando as meninas se levantaram escutaram um barulho, elas subiram para o quarto da mãe delas, quando chegaram lá em cima, escutaram uma voz e elas reconheceram que era a voz do pai delas. Os três escutaram um barulho debaixo da cama, quando eles viram eram um gato preto que a bruxa deixou para Juliana. Era o presente de bruxa!


Era uma vez um sapo que não obedecia à mamãe, fazia o que queria, dizia que ele era um sapo limpo e que ninguém maltratava ele. Ele disse que gostava de água suja. Um dia ele viu uma piscina e disse: _ Eu vou dar um mergulho depois eu saí! A menina da casa viu o sapo na piscina e a mãe dela disse: _ Ui! Um sapo na piscina!! A mamãe foi lá dentro da casa pegou uma peneira de limpar piscina. O sapo ele deu um salto que foi parar no hospital e ele resolveu contar toda a verdade para a sua mamãe, e nunca mais ele desobedeceu a ela.


Timóteo era um tatu que só vivia em sua toca. Um dia, ele foi para a floresta pegar água e comida, quando ele chegou lá na floresta ele viu uma lua cheia. Ele ficou olhando, a Lua cheia e se esqueceu da água e da comida. Quando ele foi para a toca dele todo mundo ficou perguntando: _ Cadê a água e a comida? Eu vi a Lua cheia e fiquei olhando então me esqueci! Tudo o que o tatu falava era com rimas. Dona Tatua disse para todos que era proibido tatus fazer rimas. Timóteo foi até a Lua cheia para ver se ele voltava ao normal, mas não adiantou no final todos os tatus estavam também em rimas.


Biriba trabalhava a muito tempo no circo de seu Adão. Um dia, Biriba foi dormir, quando ele acordou percebeu que estava muito triste. Ele disse: _ Vou dar uma gargalhada para ver se me alegro! Em pouco tempo Biriba percebeu que a risada dele tinha sumido! Biriba ficou desesperado, foi correndo avisar ao senhor Adão. Biriba saiu a procura de sua risada e não encontrou. Então foi até a cigana e pediu para ela ver se encontrava a sua risada. A cigana não conseguiu e Biriba ficou muito triste. Então Biriba ele ouviu um risada, ele reconheceu que era a sua que estava com uma garotinha chamada tristonha, ele explicou para ela o que aconteceu chamou ela para trabalhar no circo com ele e o nome dela mudou para Felícia!


Cindi quando acordou olhou para a janela e viu o Sol, o vento forte e começou a conversar com seu urso Jujuba. Disse: _ Jujuba eu vou lá à casa de Tito meu amigo, e é hoje que ele vai me ajudar a fazer uma pipa. Toda vez que eu peço para fazer uma pipa ele nunca deixa, diz que pipa não é para meninas é só para meninos. Agora eu vou na casa dele e ele vai ter que me ensinar. Quando Cindi chegou lá, ela viu se amigo Tito muito triste e perguntou: _ Porque você esta triste Tito? E Tito respondeu: _ A minha pipa esta presa no telhado! Deu um vento forte e ela ficou lá!! De repente Cindi começou a voar e Tito segurou nos pés dela, foram parar em um mundo das pipas, conheceram vários nomes de pipas e com se faz uma. Voltaram para casa, e então Tito foi fazer uma pipa junto com cindi e foram brincar.


Dorinha precisava usar óculos porque mal enxergava o quadro e isso era motivo para muitas pessoas da sua sala colocar apelidos nela. Ela chegou muito chateada em casa e foi direto para o quarto. A mamãe de La percebeu e foi perguntar o que tinha acontece ido. Dorinha respondeu: _ Zeco me chamou de quatro olhos! A mãe dela disse que se ela não ligasse para o que seus colegas de classe falavam então eles parariam. Então Dorinha falou para a mamãe dela que não iria mais ligar, para o que seus colegas falassem dela. Dorinha pegou os óculos dela e colocou numa caixinha de bilhetes, mas mesmo assim, Beto e Zeca continuavam a abusar dela. Dorinha chegou em casa e sonhou com um planeta perfeito, lá tudo era do mesmo jeito, das mesmas cores e ele percebeu que se tivermos com tudo igual é muito chato. Então ela descobriu que não existe um planeta perfeito, só na sua imaginação.


Briga de cachorros não é brincadeira aquela briga foi a mais terrível com um jacaré, os cachorros queriam pegar ele. O jacaré se chamava Tim, ele fez com que se parecesse com um cachorro de raça e muito feroz. Tim ficou paralisado e os cachorros ficaram olhando para ele. Tim deu uma carreira que ninguém pegava ele.Quando chegou mais lá na frente, o caçador pegou Tim e os próprios cachorros foram e soltaram Tim e viram que ele era um jacaré bom.


Todos os dias depois que Pedro voltava da escola, tomava banho, almoçava, arrumava o quarto, fazia a lição, brincava e ainda tinha um tempão para lunetar. Pedro observava várias janelas, ele olhava a velhinha assistir TV, duas irmãs e um velhinho. Certo dia, Pedro levou um baita susto e ficou vermelhinho de vergonha, ele baixou e ficou escondido pensando xiii.... Fui descoberto. Viu que também tinha uma garota lunetando e acabaram as lunetas se encontrando. No dia seguinte Pedro foi a te a janela colocou seu nome em um papel e o número do seu telefone, a garota da mesma forma também escreveu seu nome e o número do telefone, então Lúcia foi à casa de Pedro os dois ficaram amigos e foram lunetar juntos!!


Todos os animais da floresta ficavam irritando o pássaro sem cor, ele ficava triste mais depois ele nem ligava ficava rindo. Um dia um velho mágico falou para o pássaro que ele tinha muitas cores. Quando você ir voando por aí verá suas cores. O pássaro perguntou: _ Quem vai me dar às cores? O velho disse vá voando que você descobrirá. O pássaro foi voando quando chegou mais na frente tinha um menino se afogando, e o pássaro foi e ajudou. O menino disse: _ Obrigado pássaro vermelho! O pássaro voou e nem entendeu. Ele saiu ajudando várias pessoas e cada um que chamasse de amarelo, verde, rosa e azul e o pássaro ficou todo colorido, o pássaro voltou para agradecer ao velho pássaro mágico e o velho respondeu que tudo isso fazia parte da sua bondade para com os outros.


A casa de João Pedro era toda bagunçada, cheia de relógios, pela mesa, pela sala, cozinha, quarto, ele adorava consertar relógios. Um dia João Pedro foi até a igreja consertar o relógio e acabou quebrando. Quando estava indo para casa tinha um sapo enorme na porta da igreja e não deixava ele passar Pedro correu para casa, chegando assustado e a sua mãe perguntou: _ O que ouve?- Eu estava apenas brincando – respondeu. A mãe dele mandou ir tomar banho, aí Pedro falou que depois iria, a mãe ficou um pouco preocupada, pois olhou para o relógio e disse que os ponteiros não saiam do lugar só marcavam 10 para as cinco. Ele foi até a casa de Zé Mané e pediu para ele consertar o relógio da igreja, Zé Mané consertou e todos os relógios ficaram bons.


Tadeu gostava muito quando a mãe dele dava comida para as galinhas, quando o pai dele chegou disse: _ Filho trouxe um presente para você!! Quando Tadeu viu eram dois capotes. Tadeu respondeu: _ Diferentes, mas eu gostei pai! A mãe de Tadeu tinha um tejubim a mãe e o pai de Tadeu pensava que o tejubim ia comer os capotes e não sabiam o que fazer. Resolveram ir na casa do vovô Neném o pai do pai de Tadeu. Vovô Neném deu uma ideia para que o tejubim não comesse os capotes e então deu certo e viveram felizes para sempre!!


Júlia é uma menina bem pequenininha mais tão pequena, que ela cabe em um ninho de passarinho. Ela só fazia chorar, chorar, e seu irmão André ele não suportava mais o choro de Júlia. Um dia ele pegou Júlia que estava dormindo e colocou na casinha do cachorro que se chamava sorvete. André continuou brincando com seus carrinhos, quando a mãe de André chegou, pegou Júlia na casinha do sorvete e começou a reclamar com André. Anos depois Júlia já estava grande, andando, ela estava dentro do berço vendo André brincar com seus carrinhos. André achou um barril e toda a vez que chovia ele entrava dentro dele e começava a imaginar coisas e em frente ao barril ele colocou uma faixa com os dizeres “proibido entrada de meninas” e Júlia sem saber ler ficou olhando para o barril com seu gatinho.


O menino de cabelos violeta sonhava com um pássaro branco de cabelos violetas e com longas asas, ele sempre sonha com esse pássaro. Um dia, ele pediu para um tatuador desenhar um pássaro no braço esquerdo para ver se ele encontrava, quando foi andando ele viu um índio com a cara pintada de branco e perguntou ao índio: _ você viu esse pássaro aqui? O índio respondeu que não. O menino saiu perguntando a todos os índios e todos responderam que não viram o pássaro dos seus sonhos, o menino mergulhou ele foi falar dentro da água. E lá no fundo formou-se uma bolha que levou ele até o céu de repente ele caiu e virou o pássaro branco de longas asas e de cabelos violetas, dos seus sonhos ele ficou muito feliz.


PREFEITO JOÂO DA COSTA BEZERRA FILHO VICE-PREFEITO NILTON DA SILVA NETO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÂO IVONE CAETANO DE OLIVEIRA SECRETÁRIA ADJUNTA IRENICE BEZERRA DA SILVA DIRETORIA DGTEC TELMA LÚCIA DE LUCENA DIRETORES DA UTEC IBURA MARIA APARECIDA DO NASCIMENTO CARLI DE PAULA ROCHA COSTA COLABORADORA SIMONE RODRIGUES LAUREANO ESCOLA MUNICIPAL LAGOA ENCANTADA DIRIGENTES JOSIANE TENORIO MAURICÉIA PROFESSORA COORDENADORA DO PROJETO PERLÚCIA ARANTES

CIRANDA DOS LIVROS  

PROJETO PROFESSORA PERLUCIA

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you