Issuu on Google+

Informativo

ano 16

OUT

2016

Teatro Carlos Gomes - Blumenau w w w. t e a t ro c a r l o s g o m e s . c o m . b r

Criança fazendo arte

Desde pequena, toda pessoa, ainda que alterando a intensidade e os costumes, é um artista e um apreciador de arte. Podemos dizer que a arte é um elemento de criar e fazer com que a nossa vida diária seja mais agradável e mais satisfatória. Se uma criança inicia esse convívio de forma mais intensa e conhece este universo logo cedo, passa a viver a vida de outra forma e, é claro, passa a fazer arte de outra forma. Na música, elas vivenciam o aprendizado da concentração, respeito e independência. A alegria e o brilho nos olhos fluem de maneira mais intensa. Afinal, não há nada mais prazeroso do que vencer o desafio e conseguir escutar os primeiros sons musicais. A Escola de Música do Teatro Carlos Gomes respira esse universo e proporciona

atividades musicais para todas as idades. Os bebês, por exemplo, podem iniciar essa experiência nas aulas de musicalização infantil. O filho de Vanessa Perini Schiochet, Murilo, tem 10 meses e pratica aulas com a professora Carolina Wachholz. Para a mamãe, as aulas de musicalização são uma diversão. “Observar o encantamento do Murilo com os sons e instrumentos é mágico. A cada aula é uma descoberta, um olhar, um movimento diferente. Ele está sempre interessado, concentrado em tudo que a professora Carol apresenta”, ilustra. Atualmente, a Escola de Música conta com 28 cursos ministrados por 24 professores e, entre estes, muitos são disponibilizados para o público infantil. Paulino Junkes Jr é professor há 14 anos na casa e, além de

alunos adolescentes e adultos, tem também estudantes de 11 e 12 anos. No dia 8 outubro, para comemorar o mês das crianças e mostrar a prática da arte na vivência, com o apoio da Escola de Música, o professor organiza o primeiro Concerto Kids, onde alunos de instrumentos e canto revelam seus talentos no pequeno auditório e mostram mais uma vez porque estudar música e fazer arte são tão importantes. “A música trabalha diversão e melancolia, facilidades e desafios, nosso interior e exterior, e talvez essa diversidade seja um dos motivos dentre os quais ela serve para todas as idades e todos os gostos. O aluno vem pelo som, pelo toque, pela expressão, por aquilo que a Música desperta nele. É isso que mostraremos no concerto, crianças fazendo arte”, explica Paulino Junkes.


ESCOLA DE MÚSICA

TUDO COMEÇA NA SALA DE AULA: PROFESSOR E ALUNO Neste mês, vamos revelar mais momentos que transmitem como a vivência musical é extremamente importante para a educação. Afinal, ela conduzirá para uma formação que orienta e oferece fundamentos para

uma profissão como músico ou, também, como parte importante da vida de quem no futuro seguirá qualquer outra profissão. E isso tem início na vivência musical do aluno com o seu professor na sala de aula.

Aulas de Violão com o professor Jurian Sutter, aluna Sophia Pereira Roza

Aulas de Canto com a professora Mareike Valetin, aluna Giovana Fernandes Bogo

Aulas de Piano com a professora Juliana Furlani, aluno Günther Connan Theilacker

PORQUE FAZER MÚSICA É TUDO DE BOM No dia 23 de outubro será realizada mais uma edição do “Sai do Casulo!” aqui no Teatro Carlos Gomes. Com o tema “Porque fazer música é tudo de bom!”, o evento busca proporcionar aos alunos a oportunidade de se apresentarem informalmente no interior do espaço cênico do grande auditório Heinz Geyer. Esta será uma mostra prévia que antecede a Temporada de Concertos e Recitais da Escola de Música. A ideia principal partiu da demanda dos professores em ter mais espaços, oportunidades e tempo para apresentar a produção dos alunos. Além de trazer uma integração entre alunos, famílias e professores, nos diversos departamentos da Escola de Música. Venha prestigiar! As apresentações iniciam às 17h e a entrada é gratuita.

DESTAQUE TAMBÉM NA MATEMÁTICA A Escola de Música do Teatro Carlos Gomes tem alunos que são destaque além do mundo musical, como é o caso do Lorenzo Andreaus, que pratica Piano. Com apenas 16 anos, ele foi destaque em olimpíadas de matemática, astronomia, física e robótica em nível nacional. Até o momento já foram 12 premiações, sendo que ele ficou em primeiro lugar em seis. Mas as conquistas não param por aí, o jovem talento ainda espera o resultado de quatro competições que estão em andamento. Em 2013, Lorenzo foi o primeiro catarinense a passar na seleção do projeto Preparação Especial para Competições Internacionais (PECI), onde fez seis viagens a Brasília para ter aulas de matemática com profissionais reconhecidos da área.

Aulas de Piano com a professora Sara Pfau, aluna Sophia Klintwort de Almeida

GRUPO ALLEGRA NOS ANCIONATOS E HOSPITAIS

Cantar em grupo é uma experiência valorosa. Imagine dobrar, ou melhor, triplicar a motivação ao cantar em espaços onde a música transforma-se em remédio para a alma e o coração. Assim têm sido os últimos meses do Grupo Allegra, da Escola de Música do Teatro Carlos Gomes. O grupo, que é coordenado pela professora Suelen Mondini, tem encontros todas as segundas-feiras para trocar experiências e sons através do canto. No primeiro semestre surgiu uma nova oportunidade para o grupo, que iniciou a ação de levar música a hospitais e ancionatos da cidade. Pelos corredores ou em espaços previamente preparados, eles apresentam o que desenvolvem em sala, além de levar também uma boa dose de bom humor e boa conversa. O repertório é popular e também resgata algumas canções que fazem parte da memória daqueles que as ouvem. O Grupo Allegra já visitou a Casa Santa Ana e o Hospital Santa Catarina. E a agenda não para por aí. Gostou da iniciativa? Quer participar do grupo Allegra? As aulas são realizadas todas as segundas-feiras, das 15h30min às 16h45min. Marque uma aula experimental gratuita.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A ESCOLA DE MÚSICA secretaria@escolademusicacarlosgomes.com.br | (47) 3037-3400


ESCOLA DE TEATRO

PROVOCADORES DO TEATRO BRASILEIRO Os ensaios e a preparação para o grande dia já começaram. Aquela ansiedade boa e a expectativa já estão batendo na porta. Entre os dias 17 e 20 de novembro, sempre às 20h, os alunos da Carona Escola de Teatro sobem ao palco do Grande Auditório para a 19ª edição da Mostra de fim de ano. Em 2016, o tema que norteará o aprendizado será “Provocadores do teatro brasileiro”, com inspiração em Nelson Rodrigues, Qorpo Santo, Augusto Boal, Plínio Marcos, Oswald de Andrade, Antonio Abujamra, José Celso Martinez Correa, Antunes Filho e Gerald Thomas. Angie Rodrigues, aluna da escola há cerca de cinco anos, está entusiasmada. “Cada semana que passa, cada aula que segue, cada ensaio terminado é um passo em direção ao grande dia. Estamos super ansiosos para a 19ª Mostra, não só para apresentarmos nosso espetáculo, mas também para conferir o resultado das demais turmas. Afinal, todas partiram do mesmo tema e são tantos caminhos possíveis a partir disso. Este processo é riquíssimo e a etapa atual do processo, montagem e ensaio do espetáculo, é a mais legal na minha opinião, quando chega nesta época do ano as turmas estão com o gás todo. Nos cobramos para que ninguém falte, a turma está entrosada, ensaios extras, aulas que começam mais cedo e terminam mais tarde, muitas risadas e aquele frio na barriga que vai aumentando com a proximidade da data e só vai embora depois dos aplausos em novembro”, descreve.

PÉPE SEDREZ NO FENATIB 2016 O diretor da Carona Escola de Teatro, Pépe Sedrez, foi escolhido para ser um dos selecionadores das peças que serão apresentadas na próxima edição do Festival Nacional de Teatro Infantil de Blumenau (Fenatib). Pépe explica como será sua atuação e o que espera da edição de 2017. “Fazer a seleção ou curadoria para um festival de teatro nacional, em sua 20ª edição, com tamanha envergadura, uma vez que se trata do mais importante festival de teatro voltado às crianças no Brasil, sem dúvida é de uma enorme responsabilidade. Mas tranquilizome por ter feito parte da comissão de seleção em vários momentos, bem como tenho feito este tipo de trabalho em outros festivais. O montante de material recebido de todo o Brasil tem uma grande qualidade. Temos a responsabilidade de selecionar trabalhos que venham contribuir com a formação deste público tão específico. Um teatro para crianças pensantes, que dialogue com esta faixa etária e neste contexto em que estão inseridas. O teatro produzido para criança hoje deve considerar todo o arsenal de informações que este ser já possui e instigá-los a buscar além da informação, o conhecimento, o experimento, a experiência”, explana.

SUCESSO DE PÚBLICO E CONTEÚDO Cinco meses e 20 encontros. Uma junção de pessoas, conversas e debates, onde ideias surgiram e conhecimento foi trocado. Assim foram os ciclos de leituras e discussões idealizados pela Cia Carona. Com temas bastante variados, o intuito foi mostrar o real e o melhor conceito de aprendizado e evolução da base teórica. Foi abordada dramaturgia internacional e nacional, de clássicos como “Estado de Sítio”, de Albert Camus, à novíssima dramaturgia brasileira como “Por Elise”, de Grace Passô. Entraram em pauta também períodos específicos do teatro e outras linguagens como “Marina Abramovich e a linguagem da Performance”; o Teatro da Vertigem, grupo de São Paulo; textos filosóficos como Walter Benjamin, teóricos do teatro, entre outros. “Entre tudo, destaco a busca da Cia Carona pela presença da mulher no teatro e nas artes. Procuramos e encontramos mulheres fortes e empoderadas que dignificam o fazer teatral. O machismo de nossa sociedade ainda se reflete no campo das artes, por isso não há melhor maneira de combatê-lo do que com escolhas tão positivas. O objetivo sempre foi criar um espaço de discussão acerca do fazer teatral. Jamais quisemos que fosse uma aula ou palestra da Carona, pelo contrário, um espaço pra discutir e aprendermos juntos. De forma dinâmica e aconchegante, estudamos e conversamos sobre arte, teatro, filosofia, política, sociedade, enfim, um espaço raro e fundamental”, elucida o diretor da Carona Escola de Teatro, Pépe Sedrez.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A CARONA ESCOLA DE TEATRO www.ciacarona.com.br | carona@ciacarona.com.br | (47) 3340-2317


ESCOLA DE DANÇA

BRASIL EM DESTAQUE NO ESPETÁCULO DE FIM DE ANO Além da personagem Duda, que será representada pela aluna Alana Nogueira, o espetáculo de fim de ano do Pró-Dança, “Brasileirando”, terá outro personagem principal, o amigo da jovem, Pedro. E no informativo deste mês vamos trazer um pouco da história de quem estará por trás deste papel. O escolhido para a interpretação foi o aluno Andrey Lenon, de 22 anos. O bailarino pratica sapateado no Pró-Dança desde 2014 e, além disso, também dança Ballet Clássico e estuda Artes Cênicas. Andrey terá pela frente o desafio de interpretar Pedro, um rapaz caseiro, inseguro, de família e que nunca viajou sozinho. A convite de Duda, eles iniciam uma viagem pelo Brasil, a princípio como amigos, porém, em determinado momento, acontece uma aproximação maior entre os dois. “Me pego sonhando acordado com os ensaios e com o espetáculo e me emociono. Sei da responsabilidade imensa que tenho em mãos, mas ao mesmo tempo me sinto muito bem amparado por todos os profissionais da escola, sem falar da minha parceira de cena fantástica que é a Alana. Me sinto extremamente honrado e gostaria de agradecer imensamente a oportunidade”, comenta Andrey.

NOS PALCOS DA OKTOBERFEST Pelo segundo ano consecutivo, o grupo de sapateado do Pró-Dança marca presença na maior festa alemã das Américas, a Oktoberfest. Sete bailarinas se apresentarão ao lado do grupo Velhos Camaradas durante seis dias, com coreografias especiais criadas pela professora Michelle Silveira Nicoletti. O convite foi feito pelo regente do coral, Carlos Oechsler. Quer conferir de perto? Então anote na agenda os dias das apresentações: 5, 9, 15, 17, 19 e 23 de outubro.

ACONTECEU Nos dias 10 e 11 de setembro, a professora Isleide Steil esteve no Pró-Dança para criar uma coreografia especial para o grupo Contemporâneo da Cia de Dança do Teatro Carlos Gomes. A coreografia que fala sobre a Amazônia e sobre o desmatamento fará parte do espetáculo “Brasileirando”, marcado para os dias 8 e 9 de dezembro.

Nos dias 27 e 28 de setembro, foram realizados os exames da Royal Academy of Dance aqui no Pró-Dança Blumenau. Doze alunas da escola e cerca de 25 bailarinas da Escola Espaço e Dança de Chapecó prestaram o exame, que passou sob julgamento de um examinador inglês.

No último mês, os grupos de Dança Contemporânea e de Sapateado estiveram em Florianópolis participando do Prêmio Desterro 2016 com coreografias pré-aprovadas por vídeo para o Festival. Duas foram premiadas: “Cook Tap”, de Michelle Silveira Nicoletti, no gênero Sapateado, categoria conjunto júnior, que ficou em 3º lugar. E “Phoenix”, de Steven Harper, no gênero Sapateado, categoria conjunto adulto, que ficou em 2º lugar.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A ESCOLA DE DANÇA www.prodanca.com | secretaria@prodanca.com | (47) 3326-9669


INSTITUCIONAL

ROMEU E JULIETA NO TEATRO CARLOS GOMES No dia 27 de outubro, o Teatro Carlos Gomes recebe o espetáculo Romeu e Julieta, do Balé Teatro Guaíra. A apresentação faz parte de um projeto que traz uma versão reduzida do romance. A proposta partiu da direção do Balé Teatro Guaíra como forma de democratização e viabilização da obra, tornando-a acessível a diversos públicos. “Em 2015 tivemos retorno positivo deste projeto, alcançando um público estimado de 14 mil pessoas”, comenta a diretora Cintia Napoli. Para esta versão reduzida, o coreógrafo Luiz Fernando Bongiovanni trabalhou com uma equipe de profissionais conhecedores de William Shakespeare e de Sergei Prokofiev. “É um trabalho primoroso do Balé Teatro Guaíra e de Luiz Fernando Bongiovanni que deve ser visto. Uma das grandes montagens do Balé Teatro Guaíra, que coloca esta companhia de dança entre as mais importantes do país”, comenta a diretora-presidente do Centro Cultural Teatro Guaíra, Monica Rischbieter. A circulação do Balé Teatro Guaíra com a montagem Romeu e Julieta tem o patrocínio de O Boticário e Huhtamaki, através da Lei Rouanet. O Balé Teatro Guaíra iniciou no dia 24 de setembro a circulação do espetáculo Romeu e Julieta por seis cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Blumenau será a última a receber o espetáculo de dança. O evento será realizado no dia 27 de outubro, às 20h, no Auditório Heinz Geyer. Os ingressos custam R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada, à venda na bilheteria do Teatro.

PARCERIA CULTURAL Entre os dias 27 de setembro e 1º de outubro, o Teatro Carlos Gomes foi sede de um evento diferenciado. Em parceria com o Sesc SC, a casa recebeu a segunda edição da Feira do Livro do Sesc. Com o tema “Imagens Literárias”, o evento contou com oficinas, apresentações artísticas, encontros com autores e ilustradores, palestras, comércio de livros e chás literários. Foi um grande encontro para discussão e proveito, que reuniu escritores, pesquisadores, artistas, comunicadores e a comunidade. Uma das novidades desta edição foi o “Palco Aberto”, onde as pessoas envolvidas com a literatura puderam divulgar seus trabalhos, e também a presença da Feira setorial de literatura, com envolvimento de autores da região.

Aniversários Desejamos felicidades aos aniversariantes de outubro e novembro de 2016. OUTUBRO 01. Jorge Konder Bornhausen 02. Carol Buhr 04. Claudete Bohn 05. Dieter Hering 06. Sonia Regina Hess de Souza 08. Ingo Padaratz Nelson Luiz Margarida Valmor Estevão 09. Maria Mônica Lobe 10. Marlene Erotides Guimarães Helio Egon Ziebarth 12. Luiz Micheluzzi 15. Alessandro Eichstaedt 16. Marcos Luiz Germer Orlando Gomes Renate Rossmark 21. Aracy Neitzel Roberto Baier 24. Hans Martin Meyer 29. Roberto Buechele 31. Luiz Rodolfo Buch NOVEMBRO 02. Vera Muller 04. Anelise Fischer 05. Hans Guenther Kummrow 06. Evandro Mess dos Santos 09. Edmundo Wehmuth 10. Ralf Paulo Grasel 11. Ronald Reichow Walter Kottmann 12. Rui Leopoldo Hess de Souza 14. Eunice F. Cardoso 16. Selma Fiedler 19. Hildegard R. Schramm 20. Adolar Leo Hermann 21. Valda Stange 24. Margit Gropp 25. Liane Eischtaedt Ursula Petersen Kruger 30. Ulisses Auro Tomelin

QUINTA EDIÇÃO DO COLMEIA TROUXE CERCA DE 270 ATRAÇÕES À COMUNIDADE DE BLUMENAU E REGIÃO Alegria, paixão, arte e muito zum, zum, zum. Assim foi a 5ª edição do Coletivo Laboral Multicultural de Experimentações e Intervenções Artísticas. Entre os dias 24 e 25 de setembro, o Teatro Carlos Gomes inspirou e respirou todo o encanto do COLMEIA 2016. Foram mais de 500 artistas, artivistas e gestores culturais envolvidos em um único propósito, trazer para a comunidade uma programação extensa e, principalmente, cheia de amor e colaboração pela cultura e arte. Nesta edição, o evento teve um número recorde de inscrições, cerca de 270 atrações: sete artesãos (GT artesanato); 21 espetáculos teatrais (GT cênicas); 11 filmes (GT cinema); 14 opções gastronômicas fornecidas pelo GT culinária; 14 apresentações do GT de dança; 52 apresentações e batalhas de break do GT hip hop; 21 atrações do GT literatura; 67 shows musicais para embalar a plateia do GT música; 13 workshops do GT oficinas e 41 obras selecionadas e trabalhadas pelo GT de visuais. Entre as novidades, teve a criação do GT Mobilidade Urbana, que uniu as pessoas do pedal com o fazer artístico, e o GT Criança, onde os grupos de trabalho se uniram para fazer uma rota de atrações especialmente para o público infantil.

www.facebook.com/TeatroCarlosGomes


AGENDA CULTURAL

Quer ficar por dentro da nossa programação? Então cadastre seu e-mail no site www.teatrocarlosgomes.com.br e receba semanalmente as novidades.

IRON MAIDEN E AC/DC COVER

FLORES DE HORTÊNCIA

Música – Indicação livre

Indicação 12 anos

7 de outubro, às 20h30min, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 40 inteira; R$ 20 meia-entrada e R$ 30 promocional antecipado e Clube RBS À venda na bilheteria do Teatro e na Blueticket Menores de 16 anos terão acesso ao evento somente acompanhados dos pais ou responsável legal. Menores de cinco anos não pagam entrada Informações: BASE Produtora

17 de outubro, às 19h30min, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 30 inteira e R$ 15 meia-entrada À venda com a produção e na bilheteria do Teatro Informações: (47) 9109-5852; 9667-0817 ou Kriptoniano781@hotmail.com

ROMEU E JULIETA

SAI DO CASULO!

Dança – Indicação livre

Música – Indicação livre

27 de outubro, às 20h, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada À venda na bilheteria do Teatro Informações: www.tguaira.pr.gov.br

23 de outubro, às 17h, Auditório Heinz Geyer Ingressos: Entrada gratuita Informações: Escola de Música do Teatro Carlos Gomes – (47) 3037-3400

PATRULHA SHOW – AVENTURAS CANINAS

CAZUZA E LEGIÃO URBANA COVER

Indicação livre

Música – Indicação livre

30 de outubro, às 16h, Auditório Heinz Geyer Ingressos: Plateia A - R$ 50 inteira e R$ 25 meia-entrada Plateia B - R$ 40 inteira R$ 20 meia-entrada À venda na bilheteria do Teatro e na Blueticket. Menores de 12 anos pagam meia-entrada não sendo necessária comprovação e terão acesso ao evento somente acompanhados dos pais ou responsáveis Menores de 2 anos não pagam ingresso desde que não ocupem lugar Informações: Anderson Fiorese Produções anderson_1901@hotmail.com

29 de outubro, às 20h30min, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 40 inteira; R$20 meia-entrada e R$ 30 promocional antecipado e Clube RBS À venda no site da Blueticket e bilheteria do Teatro Informações: BASE Produtora

MAURÍCIO MEIRELLES

ESPETÁCULO TIM MAIA E RAUL SEIXAS COVER

Indicação: 14 anos

18 de novembro, às 20h, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 60 inteira; R$ 30 meia-entrada; Comédia solidária: R$ 40 promocional + 1kg de alimento não perecível À venda no site Blueticket e na bilheteria do Teatro. Menores de idade terão acesso ao evento somente acompanhados dos pais ou responsável legal Informações: Agência Hausen

Música – Indicação livre

4 de novembro, às 20h30min, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 40 inteira; R$20 meia-entrada e R$ 30 promocional antecipado e Clube RBS À venda no site da Blueticket e bilheteria do Teatro Informações: BASE Produtora

Este informativo é uma publicação da Sociedade Dramático-Musical Carlos Gomes. Coordenação: Elisete Beck | Produção de Conteúdo: Oficina das Palavras Assessoria de Imprensa e Conteúdo | Jornalista Responsável: Ricardo Ruas (SC 1271 JP) | Projeto gráfico e editoração: Semper Creative | Impressão: Gráfica ZF | Periodicidade: mensal | Correspondência: Rua XV de Novembro, n. 1181 – CEP: 89010-003 | Tel.: (47) 3144-7166 | teatro@teatrocarlosgomes.com.br | www.teatrocarlosgomes.com.br

Apoio Cultural

3321.1300 - www.benner.com.br


[Teatro Carlos Gomes] Informativo - Outubro de 2016