Issuu on Google+

Informativo

ano 16

JUN

2016

Teatro Carlos Gomes - Blumenau w w w. t e a t ro c a r l o s g o m e s . c o m . b r

Uma vida na ponta dos pés Três décadas de dedicação marcam o nome e a arte de Maria Beatriz Niemeyer como parte da história do Teatro Carlos Gomes

É impossível falar do Pró-Dança de Blumenau e não se lembrar de Maria Beatriz Niemeyer. A elegante bailarina fez da dança uma paixão e vocação de vida. Depois de 30 anos à frente da direção do Pró-Dança, sem contar os anos de professora e aluna da Escola de Ballet, o talento que levou o nome do Teatro Carlos Gomes para palcos de todo o mundo, agora se prepara para o próximo passo: a saída do Pró-Dança e o começo de uma nova etapa da vida. Mas como será viver sem estar em meio ao burburinho de alunos, ao brilho de espetáculos e à ansiedade de novas produções? Ninguém melhor para expressar essa complexa junção de emoções que a própria Beatriz. “Iniciei no Ballet Clássico aos quatro anos de idade. Aos 19 comecei a lecionar como professora assistente de Miss Pauline Stringer, já havia feito exames perante a Royal Academy of Dance de Londres, e decidi seguir carreira em Dança, paralelamente a outra profissão. Estudei Direito e Letras.

Fiz especializações nas duas áreas e atuei como advogada e professora. Mas, simultaneamente, me dediquei ao Ballet até realizar meu objetivo de tornar-me professora credenciada da Royal Academy. Parece que atualmente sou a pessoa que há mais tempo circula pelos corredores do nosso Teatro. Na década de 60, como aluna, dancei ao som da Orquestra regida pelo Maestro Heinz Geyer. Na década de 70, integrante do Corpo de Baile, construí o sonho de um dia ser diretora da Escola de Ballet. Na década de 80 fui convidada para esse cargo, no qual permaneci por 30 anos. Vi o Teatro passar por diversas fases: de glória e de dificuldades. Testemunhei a gestão de diversas diretorias. Agora saio de cena, pois desejo ter um pouco mais de tempo para meus projetos pessoais. E para o Pró-Dança é útil haver uma renovação. Após três décadas, penso ter deixado um bom legado, mas também é preciso reconhecer que novas gerações têm um novo expertise, têm uma visão inovadora,

e vou ficar feliz em ver a Escola rejuvenescer. As novas diretoras também foram alunas de ballet clássico e se especializaram em outros gêneros, têm conhecimento de causa e gosto pela dança. Nisso tudo, sentirei falta das aulas de Ballet que ministrava, especialmente na condução do Corpo de Baile, nos tempos em que era composto por muitos e competentes bailarinos. Cada aula, para mim, tinha que ter magia, entusiasmo e acontecer como se o mundo lá fora não existisse. Gostaria de agradecer ao Teatro Carlos Gomes, a todos que são e foram Pró-Dança de Blumenau, a todas as famílias e aos blumenauenses que acreditaram na mesma Dança em que eu acreditei. Foi um privilégio ter tido este lugar como minha segunda casa por tantas décadas. E para finalizar, quero deixar um recado para todos, que nunca parem de ler, de estudar, de pesquisar, de modernizar seu pensamento. E que o aprendizado constante não seja solitário, mas sim compartilhado, como é tão próprio da Arte. E, junto com uma sede constante de evolução, cultivem a persistência! Como a Arte em nosso país ainda não é valorizada o suficiente, é preciso que os artistas sejam teimosos (no melhor sentido!)”, Maria Beatriz Niemeyer. Em junho deste ano, quando Beatriz deixa a direção artística do Pró-Dança, Charles Bretzke também entrega a direção administrativa da escola. Ambos serão substituídos por Michelle Silveira Nicoletti e Bruna Georgi.


ESCOLA DE MÚSICA

A vivência musical na Escola de Música Nos próximos dias 24, 25 e 26 de junho será realizada mais uma edição da Temporada de Inverno da Escola de Música do Teatro Carlos Gomes. Estes eventos que trazem concertos e recitais são tradicionais e já fazem parte do programa de vivência musical dos alunos. A oferta dessas oportunidades diferenciadas são programadas e previstas com os alunos e professores em conjunto, através de um desenvolvimento confortável e natural, gradativo e crescente, desde a sala de aula até as ações de avaliação perante os professores e ao compartilhamento diante de um público. Com estas perspectivas e visando o crescimento e o amadurecimento do aluno, eventos são realizados frequentemente, trazendo aperfeiçoamento do aprendizado e da performance. Estas oportunidades de avaliações e performances, organizadas em eventos, são as seguintes:

1) Testes e avaliações do conteúdo desenvolvido no semestre em provas de execução de repertório e exercícios diante do professor ou/e banca de professores. 2) Aulas Coletivas reunindo alunos e professores de diversas classes de instrumentos ou de um instrumento específico para uma aula especial com conteúdo diferenciado, ministrado por um ou mais professores do curso. 3) Apresentações Internas dos alunos, realizadas em uma das grandes salas da Escola de Música do Teatro Carlos Gomes, com a presença de colegas, famílias e professores. 4) Sai do Casulo!, evento realizado geralmente dentro do espaço cênico do palco do grande auditório Heinz Geyer ou em outro espaço alternativo, de característica informal, onde o aluno decide voluntariamente

se apresentar, escolhendo forma e repertório. Esta é uma mostra prévia que antecede as duas Temporadas de Concertos e Recitais da Escola de Música do Teatro Carlos Gomes. Neste ano, o evento foi realizado no dia 15 de maio. 5) Temporada de Inverno e Temporada de Verão são concertos e recitais que acontecem durante dois, três ou quatro dias em cada temporada, o repertório gira entre música popular e música erudita nos dois palcos da casa, Willy Sievert e Heinz Geyer. Diferentemente dos outros eventos, nas Temporadas de Inverno e de Verão somente participam os alunos que se sentem aptos para um bom desempenho e de comum acordo com o professor, tendo em vista o significado de se apresentar nos palcos como o espaço do artista e a experiência que deve ser sempre positiva para o aluno.

Anote na agenda Temporada de Concertos de Inverno da Escola de Música do Teatro Carlos Gomes • Concerto de Música Erudita – 24 de junho, às 20h, Auditório Willy Sievert • Concerto de Música Popular – 25 de junho, às 17h, Auditório Willy Sievert • Grande Concerto – 25 de junho, às 17h, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 10 inteira e R$ 5 meia-entrada. À venda na bilheteria do Teatro.

ACONTECEU

Sob a coordenação da professora Carolina Coelho Wachholz, foi realizado no dia 28 de abril, na Escola de Música do Teatro Carlos Gomes, o “Musikids Workshop”, com Maive Arndt. A musicoterapeuta, especialista em Educação Musical e compositora de canções para bebês, atualmente reside nos Estados Unidos, onde desenvolve um trabalho de Musicalização com crianças americanas e filhos de brasileiros. As inscrições para o trabalho com Maive excederam a meta, reunindo professores de Blumenau e cidades da região. MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A ESCOLA DE MÚSICA secretaria@escolademusicacarlosgomes.com.br | (47) 3037-3400


ESCOLA DE DANÇA

Pró-Dança

Um novo olhar

Conheça um pouco sobre Patricia Otto

Com a saída de Maria Beatriz Niemeyer, referência quando se fala em ballet clássico, o Teatro Carlos Gomes e o Pró-Dança foram em busca de um talento que pudesse oferecer o mesmo conhecimento e, também, o mesmo amor pela dança. Desde o dia 5 de maio, Patricia Otto faz parte do cotidiano dos alunos e professores da escola. Com um extenso currículo nacional e internacional, a bailarina fará encontros periódicos no Pró-Dança com os professores para que seja feito um trabalho em conjunto, unindo a enorme experiência que já possuem com um olhar de fora. O objetivo é perceber a dança clássica com um toque mais contemporâneo. Já em relação aos alunos, o foco é dar a oportunidade de estarem em contato com uma profissional que consegue trabalhar de forma bem específica as questões didáticas e metodológicas que os professores estão buscando. “Meu objetivo é dar a eles mais uma oportunidade de ouvir. Ouvir seus corpos sob outra orientação e estímulo. Estímulo visual, auditivo, do toque, do imaginário. Muitas vezes eles recebem diversas correções diárias com seus professores e não conseguem acessar esse lugar e, de repente, uma pessoa de fora diz a mesma coisa e a “mágica” acontece. Como gosto de dizer: recebemos gotas de informação diariamente, essas gotas vão acumulando e enchendo esse copo (corpo/ mente) e temos a sensação de que nada mudou, mas, de repente, uma gota faz com que tudo transborde. Tenho paixão por trabalhar o pensar do bailarino na técnica de dança clássica. Toda a base do meu trabalho é o alinhamento e a consciência corporal. Instigar o aluno a se perguntar por onde? Como? Para quê? Por quê?”, explica Patricia.

Formada em dança pela Escola de Dança do Teatro Guaíra e pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, também é especialista em Consciência Corporal – Dança, pela Faculdade de Artes do Paraná. Possui registro profissional na habilitação de artista nas funções de bailarina, coreógrafa, maître de ballet, ensaiadora de dança e direção de produção, além de certificado em Pilates Matwork Exercises, pelo Physicalmind Institute. Tem no currículo cursos de aperfeiçoamento em Dança Clássica e que relacionam a arte da docência nesta área tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos e França, como por exemplo: Barra Solo, Técnica Específica Masculina, Técnica de Duetos, Dança na Escola, Metodologia Aplicada à Dança, Pilates para Ballet, Organização Corporal e Alinhamento, entre outros. Como coreógrafa, além da adaptação do ballet “A Bela Adormecida” e da montagem de “Branca de Neve” para a Escola de Dança do Teatro Guaíra, criou mais de 80 trabalhos, alguns apresentados em Nova Iorque e na Suíça. Recebeu prêmios, com destaque para “Troféu de Revelação Coreográfica” no 15º Festival de Dança de Joinville. Desde 1993 é coreógrafa e professora da Escola de Dança do Teatro Guaíra nas disciplinas de Técnica de Dança Clássica, Pontas, Técnica Específica masculina. Atualmente, ocupa o cargo de Supervisora Artística. Em novembro de 2007, participou da fundação da Associação de Bailarinos e Apoiadores do Ballet do Teatro Guaíra e, desde então, faz parte do quadro de diretores.

Delícia de culinária Vem aí o 3° Jantar Italiano e você é nosso convidado especial. O evento é promovido pelo Grupo de Dança Contemporânea do Pró- Dança e será realizado no dia 18 de junho no Cecon, localizado na Rua dos Pioneiros, 277, Bairro Água Verde. Os ingressos serão vendidos por R$ 30 para adultos e R$ 15 para crianças entre quatro e 10 anos. Você pode garantir sua entrada com os integrantes do grupo ou na secretaria da escola. No jantar será servido um cardápio com dois tipos de massas e três de molhos. Serão realizados vários sorteios durante o evento também. Esperamos por você!

ACONTECEU

No dia 6 de maio, 35 alunos do Pró-Dança participaram de um workshop gratuito realizado pela escola em parceria com a Grão Cia de Dança Contemporânea, de Florianópolis. O foco foi o aprendizado em Dança Contemporânea, um momento de troca de informações e aprendizado. No dia 14 de maio, os alunos do Pró-Dança tiveram a oportunidade de participar da Mostra de Dança Mery Rosa Kids, no Teatro Municipal de Itajaí. Foram cerca de 15 alunos, com idade entre oito e 10 anos. O objetivo foi mostrar o trabalho feito nas aulas de sapateado e ballet infantil, além de proporcionar a esses alunos a experiência de dançar em outro palco, com outros grupos. No evento, se apresentaram escolas de dança de todo o estado, com coreografias de vários gêneros. MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A ESCOLA DE DANÇA www.prodanca.com | secretaria@prodanca.com | (47) 3326-9669


ESCOLA DE TEATRO

Ciclos de leituras e discussões As novidades continuam na Carona Escola de Teatro. Através do projeto “20 anos da Cia Carona”, o grupo teatral começou a promover diversos encontros especiais. São ciclos de leitura e discussão, que tem o objetivo de ir além do esperado e do que é visto sempre. Os encontros querem mostrar que o real e o melhor conceito de aprendizado e evolução da base teórica são a junção de pessoas, conversas e debates, onde ideias surgem e conhecimento é trocado. Nos ciclos são realizadas discussões sobre textos teóricos e dramatúrgicos de grandes mestres do teatro. O público-alvo está sendo formado por profissionais e estudantes de teatro de grupos locais, mas também pessoas interessadas em debater o fazer teatral. Em maio foram realizados quatro encontros que trouxeram diálogos sobre Albert Camus (O Estado de Sítio), Antonio de Araújo (Teatro da Vertigem) e Antonio Abujamra (Provocações). Se você não pôde participar e ficou interessado, não deixe de acompanhar as redes sociais da Cia Carona. Lá você encontrará o cronograma deste mês: www.facebook.com/CiaCarona

#provocadoresdoteatrobrasileiro Como já citamos aqui no informativo, neste ano, a Carona Escola de Teatro trará para os palcos o tema “Provocadores do Teatro Brasileiro”. Durante todo o ano, os alunos serão norteados a aprenderem sobre grandes nomes do teatro nacional. Foram escolhidas mentes privilegiadas que, com seu inconformismo, suscitaram novos olhares, sentimentos e pensamentos acerca das relações humanas. Um deles será Nelson Rodrigues, considerado um dos maiores dramaturgos brasileiros e escritor de obras polêmicas que retratavam a realidade da vida, o que lhe trouxe ao longo do tempo críticas boas e ruins. Entre os anos de 1941 e 1943, ele escreveu duas peças teatrais: “A mulher sem pecado” e “Vestido de Noiva”. Nelson levou uma vida cheia de tristezas e essas amarguras e tragédias sempre chegavam ao público através de peças e livros. Usava uma linguagem simples e inovava os textos teatrais, por isso, é considerado um renovador do teatro brasileiro.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A CARONA ESCOLA DE TEATRO www.ciacarona.com.br | carona@ciacarona.com.br | (47) 3340-2317


Aniversários

INSTITUCIONAL

Você ainda pode ser um parceiro! Foi divulgada no Diário Oficial da União, dia 17 de dezembro de 2015, a aprovação do projeto e a captação de recursos até 31 de dezembro de 2015 e da prorrogação da captação de recursos para o presente ano no dia 5 de janeiro de 2016, para o “Projeto de Plano Anual de Manutenção” do Teatro Carlos Gomes. Até dezembro de 2016, a casa está apta a buscar parceiros e executar o projeto que ajuda a manter o Teatro e, com isso, alivia a carga tributária, cada vez mais alta. Isto foi possível através da Lei Rouanet, no artigo 18, que permite o abatimento de 100% junto às empresas tributadas com base no lucro real de até 4% do imposto devido. Venha ser um parceiro da cultura e da arte! Duas empresas já aderiram ao projeto: Baumgarten Gráfica e Cartondruck. Mas o Teatro ainda precisa captar mais recursos para pedir a liberação da verba para a conta de movimentação do projeto, que só acontecerá quando chegar aos 20% do total aprovado. Se você tem interesse em ajudar, entre em contato através do e-mail diretoria@teatrocarlosgomes.com.br ou do telefone 3144-7166, com Elisete. Neste ano, o valor captado pode ser de R$ 443,6 mil.

Desejamos felicidades aos aniversariantes de junho e julho de 2016.

JUNHO 04. ALVIN RAUH NETO JAMILE SCHEAD HARTMANN 05. FRANCISCO HOELTGEBAUM ANTONIO CARLOS PAES LOUREIRO EVELÁSIO PAULOVIEIRA 06. JEAN PRAYON 08. ELEONORE DE FIGUEIREDO 10. SÉRGIO FERNANDO HESS DE SOUZA 11. ARLINDO BERNART IRMANGART METZKER STARK 13. ILVENI DE FREITAS MELRO 16. THEREZINHA PEDROSA DE NÓBREGA 21. CELSO HOFFMANN DA SILVA 22. OTÍLIA DE SOUZA 23. AIDA RABE 26. ALOÍSIO NEVES 28. FELIPE SCHMIDT JULHO

Renovação de 1/3 do Conselho Deliberativo

01. JORGE LUIZ BUECHLER 02. JOÃO ROLF WIRTH 04. MARILENE JOSEFA GUENTER 05. RALF KLEIN 11. NILDO SCUSSEL 12. WERNER FRISCHKNECHT 16. ANNELISE GRAHL 17. ALICE RUEDIGER 22. MARCELO SILVEIRA RONALDO BAUMGARTEN JUNIOR SOLANGE DICKMANN 23. HERCÍLIO CELSO BAUMGARTEN 24. JOÃO ARNO BAUER JÜERGEN KONIG 26. WERNER KESKE RUBENS SOMBRIO 30. RENATE GROSCHINSKI 31. HANS PRAYON RUBENS GIESE

De acordo com o caput do artigo 21 do Estatuto Social da Sociedade Dramático Musical Carlos Gomes, o presidente do Conselho Deliberativo, Félix C. Theiss, assumiu a Coordenação do Processo Eleitoral. A nominativa recebida para eleição de 1/3 dos membros do Conselho Deliberativo para gestão até 2019, tudo de acordo com o artigo 20 e o Inciso I do artigo 21, é composta dos seguintes candidatos: Anselmo de Souza, Carlos Tavares D’ Amaral, Ingo Padaratz, Lourival Hari Saade, Paulo Cesar Lopes, Paulo Roberto Ostermann, João Nivaldo Tomazzia e Sueli M. Vanzuita Petry. Apresentada a nominata aos sócios presentes na Assembleia Geral Ordinária, o grupo foi eleito por unanimidade dos presentes e empossados com uma calorosa salva de palmas.

Conselho de Honra Em conformidade com o artigo 20 e artigo 21 do Inciso I, também foi apresentada a nominata para eleição do Conselho de Honra para o período 2016/2017, com os candidatos: Dieter Hering e Wandér Weege, que foram eleitos e empossados como Conselheiros de Honra, por unanimidade dos sócios presentes.

Concerto Conselho Fiscal histórico Em conformidade com o artigo 20 e

artigo 21 do Inciso I, do Estatuto Social da entidade, a nominata para eleição dos membros do Conselho Fiscal Titulares: Ari Leandro Gonçalves, Marcelino Campos e Moacir Krambeck, e membros Suplentes: Bruno Hoeltgebaum, Carlos Adell Pericas e Rubens Giese foi eleita e empossada por unanimidade dos sócios presentes para gestão no período de 2016/2017.

Diretoria Executiva

Em consonância com o artigo 19, observado o seu parágrafo único, foi apresentada a chapa colegiada designada como candidata para eleição à Diretoria Executiva, com gestão no período de 2016 a 2019, e aprovada na Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo, dia 26 de abril, às 19h, na sede da Sociedade, sendo: Ricardo Stodieck para Presidente; Conrado Odebrecht Filho para Vice-Presidente; Guilherme Benno Guenther para Vice-Presidente Administrativo e Valda Stange para Vice-Presidente Financeiro. Submetida aos Sócios presentes, a chapa foi ratificada, eleita e empossada até a próximaAssembleia Geral Ordinária, em 2019.

A memória do Teatro Carlos Gomes é repleta de capítulos marcantes. Um deles ficou eternizado por páginas de um jornal especial que registrou um concerto alusivo aos 50 anos de carreira do Maestro Heinz Geyer e a despedida dele dos palcos. A edição do informativo Cidade, do dia 10 de maio de 1971, fez uma retrospectiva do quão forte foi a influência de Geyer para a música, não apenas local. A edição original desse informativo foi entregue recentemente ao Teatro Carlos Gomes. O documento, hoje uma relíquia, estava em mãos de um conselheiro, senhor Carl Heinz Lueders. Além do jornal, Carl entregou uma carta que declarava uma homenagem feita ao maestro Geyer por sua equipe de músicos: a compra de uma viagem para que ele e a esposa fizessem um tour pela Alemanha.

www.facebook.com/TeatroCarlosGomes


Agenda Cultural Quer ficar por dentro da nossa programação? Então cadastre seu e-mail no site www.teatrocarlosgomes.com.br e receba semanalmente as novidades.

INOVANDO TODO DIA, COM BEL PESCE

NO GOGÓ DO PAULINHO

Palestra – Indicação livre – 2h

Teatro – Indicação 14 anos

7 de junho, às 20h Auditório Heinz Geyer Ingressos: 2º lote R$ 120 (+R$ 12 taxas) inteira e R$ 95 (+R$ 9,50 taxas) meia-entrada. 3º lote R$ 150 (+R$ 15 taxas) inteira e R$ 125 (+R$ 12,50 taxas) meia-entrada à venda em: https://www.sympla.com. br/1-inovagene-palestra-bel-pesce__66203 Informações: 3321-7800 ou gerencia@institutogene.org.br

9 de junho, às 20h Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 60 inteira, R$ 30 meia-entrada e R$ 40 convênio Clube Santa e promocional, com doação de um agasalho. À venda na bilheteria do Teatro e no site da Blueticket Informações: www.paulinhogogo.com.br ou www.hausen.art.br

SHOW “DOIS” DE MAREIKE VALENTIN E BANDA

PARTIU PORTUGAL COM DIOGO PORTUGAL Comédia – Indicação 14 anos – Duração 1h15min

Música – Indicação 12 anos – 1h30min

19 de junho, às 18h30min, Auditório Willy Sievert

19 de junho, às 20h Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 60 inteira; R$ 30 meia-entrada e R$ 30 convênio para Clube Santa. À venda na bilheteria do Teatro e no site da Blueticket.

Ingressos: R$ 40 inteira e R$ 20 meia-entrada (válida também para alunos e funcionários das Escolas do Teatro). À venda na bilheteria do Teatro.

Informações: www.c5producoes.com

Informações: (47) 9653-9739 ou produção@mareikevalentin.com.br

TEMPORADA DE CONCERTOS DE INVERNO DA ESCOLA DE MÚSICA DO TEATRO CARLOS GOMES

DETE PEXERA EM “NEM TE CONTO”

Erudito e Popular – Indicação livre

Comédia – Indicação livre – Duração 1h15min

25 de junho, às 20h Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 40 inteira e R$ 20 meia-entrada ou ingresso promocional R$ 20 + um produto de limpeza (que será destinado para o Sítio Dona Lúcia e deve ser entregue no dia do espetáculo). À venda na bilheteria do Teatro. Informações: (47) 9635-5050 com Luke ou equiperizzih@gmail.com

“CONCERTO DE INVERNO KAN – 20 ANOS 20 HISTÓRIAS”

Concerto de Música Erudita – 24 de junho, às 20h, Auditório Willy Sievert Concerto de Música Popular – 25 de junho, às 17h, Auditório Willy Sievert Grande Concerto – 26 de junho, às 17h, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 10 inteira e R$ 5 meia-entrada. À venda na bilheteria do Teatro. Informações: Escola de Música do Teatro Carlos Gomes (47) 3037-3400

JOÃOZINHO E MARIA NA CASA DA BRUXA Teatro infantil – Indicação livre – 1h

Música – Indicação livre – 1h30min

29 de junho, às 20h30min, Auditório Heinz Geyer Ingressos: R$ 10 inteira + um agasalho em bom estado; R$ 5 (para crianças, idosos e convidados especiais) + um agasalho em bom estado. À venda no Espaço Kan ou na bilheteria do Teatro Carlos Gomes. Informações: www.espacokan.com.br

2 de julho, às 15h Auditório Willy Sievert Ingressos: R$ 30 antecipado; R$ 70 inteira e R$ 35 meia-entrada (estudantes, idosos, menores de 18 anos, e para o adulto que acompanhar a criança). Crianças acima de um ano e adultos, pagam ingressos separadamente. À venda na bilheteria do Teatro na semana do espetáculo. Informações: (48) 9982-3685

Este informativo é uma publicação da Sociedade Dramático-Musical Carlos Gomes. Coordenação: Elisete Beck | Produção de Conteúdo: Oficina das Palavras Assessoria de Imprensa e Conteúdo | Jornalista Responsável: Ricardo Ruas (SC 1271 JP) | Projeto gráfico e editoração: Semper Creative | Impressão: Gráfica ZF | Periodicidade: mensal | Correspondência: Rua XV de Novembro, n. 1181 – CEP: 89010-003 | Tel.: (47) 3144-7166 | teatro@teatrocarlosgomes.com.br | www.teatrocarlosgomes.com.br

Apoio Cultural

3321.1300 - www.benner.com.br


[Teatro Carlos Gomes] Informativo - Junho de 2016