Page 1

CURSO PROUCA TURMA II TUTORA: MEIRE LÚCIA CURSISTAS •

Ivanildes Barreira Nunes

Makel Carvalho da Costa

Maria de Nazaré Ferreira dos Santos

Raimunda Souza Barros

Rosenilde Dias Rodrigues

MIRACEMA DO TOCANTINS DEZEMBRO DE 2013.


OFICINA JORNAL/ MURAL JORNAL VVF REALIZAÇÃO DA COLETA SELETIVA DO LIXO, REALIZADA COM AS CRIANÇAS DA ESCOLA MUNICIPAL VILMAR VASCONCELOS FEITOSA. APÓS UMA CONVERSA INFORMAL DE CONSCIENTIZAÇÃO COM AS CRIANÇAS A RESPEITO DA IMPORTÂNCIA DE SEPARAÇÃO DO LIXO, RETIRANDO AQUILO QUE SERVE PARA SER REUTILIZADO, AS CRIANÇAS ENTENDERAM QUE O MEIO AMBIENTE NECESSITA DE CUIDADOS E QUE NOS SOMOS OS AGENTES PRINCIPAIS PARA A PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE.


BRASIL É CONSIDERADO COMO CAMPIÃO EM DESPERDICIO, POIS FALTA

INVÉSTIMENTO

POR

PARTE

DOS

GOVERNANTES

EM

ELABORAR PROJETOS QUE POSSIBILITA A CONSTRUÇÕES DE FÁBRICAS.

Está cada vez mais claro que precisamos cuidar do planeta Terra. A Terra é a nossa casa, é ela quem nos fornece tudo o que precisamos para viver, desde alimento, água, até onde morar. Se queremos que a raça humana continue tendo o planeta terra como lar é preciso cuidar da nossa casa. É urgente preservar o meio ambiente.


Uma das medidas mais eficazes para cuidar da Terra é a reciclagem de lixo.

O Projeto Lixo no Lixo O Projeto Lixo no Lixo idealizado pela Escola V. Vasconcelos tem

como

objetivo

incentivar

os

educando

o

reaproveitamento do lixo na construção de brinquedos e outros utensílios que podem ser utilizado no dia-a-dia feitos de materiais simples como garrafas de plásticos, papelão entre outros... Os alunos entrevistaram vários professores e colegas e equipe administrativa da escola.


/fo

Incentivando a criança do presente é uma forma de amenizar os problemas ambientais do futuro.

REFLEXÃO DA OFICINA Na prática do ensino nós professores buscamos inúmeras formas e técnicas de trabalhar um determinado conteúdo, com a finalidade de facilitar o conhecimento para o aluno, propiciando um conhecimento ideal para a formação intelectual e cognitiva do mesmo.


Geralmente, durante o trabalho desenvolvido em sala de aula, o professor utiliza revistas, gibis, panfletos, jornais, entre outros. Todo material apresenta um benefício. Mas nesse momento em especial, é interessante que os educadores reflitam a seguinte questão: Por que utilizar o jornal na escola? Quando usar? O uso do jornal deve ser inserido primeiramente no currículo escolar e no plano político pedagógico da escola. Tal referência não quer dizer especificamente do plano de ação da escola e sim do planejamento. Uma espécie de rastreamento do que o professor pensa e do que ele quer construir. Em um segundo instante entra a reflexão do professor de questionar a si próprio se vale a pena utilizar o jornal e se realmente encontrou boas razões para tal uso, pois caso ocorra o contrário será uma atividade mecânica e limitada. A importância do uso periódico do jornal é no sentido da necessidade do professor em reconhecer os reais atributos que esse material oferece. O jornal é um material considerado rico, desde que utilizado com sabedoria e principalmente planejamento. O jornal oferece uma visão ampla e atualizada que proporcionam o trabalho em conjunto dos recursos que a comunicação oferece, juntamente com tabelas, gráficos, assuntos que exploram a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade. Enquanto educador, o ideal é favorecer a interação do aluno com a realidade social, sendo o jornal considerado uma das fontes para atingir tal objetivo. O jornal coloca o aluno na vivência e reflexão da atualidade, tornando um ser ativo e conseqüentemente participativo da realidade social. O professor é responsável pela formação da cidadania e deve sempre buscar a melhor forma de repassar determinados


conceitos aos seus alunos. Existem inúmeros materiais que podem ser usados com essa finalidade e o jornal é considerado como um deles, pois é extremamente positivo ao ser utilizado pelos educadores, porém de forma sábia, planejada e com objetivos a alcançar. NOSSA OPINIÃO

O grande lance do mural, para nós, é poder divulgar notícias mais breves, como atualizações, semanais ou quinzenais, no máximo. E, principalmente, publicar os nomes e datas dos aniversários. Para muitos, parece irrelevante, mas é fato que todo funcionário adora ver seu nome e/ou foto publicada para todo mundo saber! também achamos muito bacana, porque promove uma grande integração, de fato - e é o que mais falta nas organizações - e as pessoas pedem isso, direta ou indiretamente.

Jorna vvf iva pro  

Oficina Jornal/Mural_grupo_vilmarvasconcelos