Infomir 809

Page 1

MIR

TEMA 2015: Restaurando o Altar para legitimar uma Colheita Fiel

Publicação do Ministério Internacional da Restauração Nº 809 27 de Setembro de 2015

Festa dos

Tabernáculos Celebrando a vinda e o retorno do Messias


02

ATUALIDADES

Oportunidade

Levitas para o Coral O Departamento de Música convida os discípulos do MIR que desejam fazer parte do Coral para realizarem teste vocal. A maior necessidade hoje é de vozes masculinas, mas as mulheres também podem participar.

O Departamento de Comunicação do MIR está selecionando profissionais para as vagas de Designer Gráfico e Jornalista. Os interessados devem deixar CV (com foto), na Administração do MIR, em horário comercial. Pré-requisito: Nível Superior na área de interesse.

Os interessados devem marcar seu dia de teste, que será realizado aos Sábados, das 14h às 15h, na sala de ensaio do MIR. Mas, atenção: somente com agendamento! Contato: Jean Vieira (92) 98156.3915 ou 99162.2169.

Feliz Aniversário | O MIR parabeniza todos os líderes e discípulos que fazem aniversário nesta semana, em especial, Apóstola Josiane Leitão (01/10) e Apóstola Jeruza Costa (03/10). “Tu és o meu Deus, e eu te louvarei; tu és o meu Deus, e eu te exaltarei. Louvai ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.” (Salmos 118:28,29)

Classe de Noivos Teve início neste Sábado, 26, a Classe de Noivos, com o objetivo de proporcionar aos nubentes a preparação para um casamento saudável. Se você está noivo e não fez ainda sua inscrição, corra, pois a Classe estará aceitando as últimas inscrições durante a semana. Envie e-mail para classedenoivos@hotmail.com e aguarde sua ficha. Mais informações com Daniela Melo pelos números 98115.5128 e 3087.2745.


ATUALIDADES

Seminário de Batalha Espiritual

03

“Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.” (Efésios 6:11-13) Estamos na segunda semana do Seminário de Batalha Espiritual. No Domingo passado, a Igreja foi muito edificada com a ministração do Apóstolo Marcel Alexandre, que fez uma introdução ao assunto, mostrando claramente que toda batalha espiritual está diretamente ligada aos seguintes fatos: a quem você pertence e em qual geografia você se encontra. O Seminário continua por mais dois Domingos, dias 04 e 11 de Outubro.

Participe e seja poderosamente abençoado!

Classe Conjugal Começou neste Domingo, 27, a Classe Conjugal, destinada a casais que moram juntos, mas ainda não são casados. Se você perdeu a primeira aula, mas deseja participar do próximo Casamento Coletivo, faça sua inscrição durante a semana. As ministrações ocorrem no Palácio da Família (Av. Pedro Teixeira, 300), aos Domingos, das 9h às 11h. Investimento: R$ 120,00. Mais informações com os Pastores Gilton e Sabrina Solart, pelos fones 99961.9225 e 99287.5617.


04

ESTUDO PARA OS 12

Como devemos seguir a Jesus

Texto: “Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me.” (Mateus 16:24) Verdade Central: Precisamos avaliar como está nossa vida no quesito discipulado, descobrir o quanto estamos abertos ao tratamento no discipulado. Muito mais importante do que ser impactado com a Visão Celular e dizer que é discípulo de alguém, que há um líder sobre você, é a mudança que o impacto causa em sua vida e do que o discipulado lhe proporciona em nível de ensinamento. Introdução: Costumamos ser precipitados em julgar as pessoas, o comportamento que têm em determinadas situações, mas esquecemos de como, muitas vezes, o nosso comportamento também pode causar impacto negativo em outros, quando não nos deixamos tratar. O ser humano tem a tendência de ver mais os erros dos outros do que os seus, e mais os seus próprios acertos do que os dos outros, mesmo que haja muitos acertos e apenas um erro. Devemos aprender a tirar os olhos dos defeitos dos outros e passar a observar as virtudes. Procurar olhar mais para nós mesmos e buscar mudar de atitude. Infelizmente, na Igreja, existem muitos que só gostam de ver os defeitos, por isso nunca conseguem ver as flores que o outro pode colher.

graça de Deus, sofremos transformações, não éramos criaturas boazinhas, como talvez pensássemos ser. Mudamos porque Deus fez uma grande obra em nossa vida. Ao adotarmos a Visão Celular, fomos criticados por uns, amados por outros. Porém, o que importa hoje é que precisamos continuar avançando com as ferramentas que a Visão nos oferece como o discipulado e, acima de tudo, ser fiel a Jesus e aos comandos que estão em Sua Palavra. E, onde houver barreiras, busque mudanças, pois o fato de um homem mudar seu pensamento porque recebeu entendimento sobre algo não faz dele uma pessoa vulnerável. Significa que é inteligente. Mudança X Impacto Uma característica da Visão é sermos alcançados em mudanças. Precisamos avaliar como está nossa vida, porque muito mais importante do que sermos impactados com a Visão, é a mudança que o impacto causa em nós. Alguns ficam apenas no impacto e não avançam, não dão resultados. Deus não quer apenas melhorar as pessoas. Ele quer mudá-las completamente. Uma Igreja sarada reconhece que sempre está precisando de uma mudança radical, que precisa mais de Deus. Só haverá mudança no ambiente geográfico onde estou se eu decidir por esta mudança.

Deus quer nos ensinar, através do discipulado, que precisamos estar abertos ao tratamento. Só ganhamos quando nos abrimos a receber o que o Senhor tem para nós. O discipulado muda a nossa vida quando estamos abertos a ele, ao ensinamento do líder. Faznos acreditar que é possível mudar e crer que as pessoas, se quiserem, também podem mudar.

Temos ensinado que as pessoas mudam para melhor ou para pior. Então, qual foi o nível da sua mudança? Muitos líderes exigem de seus discípulos mudanças que nem eles tiveram. Não podemos exigir das pessoas o que não somos. Não exija de seus discípulos o que você não alcançou, pois você será testado exatamente naquilo que você diz ser forte.

O ser humano é mutável. Muito o Senhor já fez em nós, mas isso não é tudo, muito mais ainda tem para realizar em nossas vidas e através de nossas vidas na vida de outros. Quando fomos alcançados pela

Quem é discípulo sabe se você só mudou de ambiente, de nomenclatura, de visão ou se mudou de vida. O líder decide o ambiente geográfico onde vive, e as pessoas precisam ver que você mudou. Quando o líder


ESTUDO PARA OS 12

decide ser um paradigma diferente, a realidade dos discípulos fica distinta da realidade que viveram. As pessoas precisam de um líder com um discurso inovador, restaurador, que as tire do abismo e as traga para cima. Nós somos essas pessoas, somos a liderança que Deus usará nestes últimos anos para mudar radicalmente a história de onde vivemos. Se o líder não mudar a mentalidade do povo, acaba sendo guiado por ele. Você deve ser a referência para levar o povo até Deus. Você deve ser diferente e fazer diferença. É uma questão de decisão. O tratamento no discipulado nos ensina que podemos mudar para melhor. Mas, os que não se deixam ser tratados mudam para pior. Quando você estiver com os discípulos, nas Células ou com os 12, eles devem perceber o quanto você tem mudado para melhor. Impacto ou mudança? Deus quer promover mudança em sua vida, família, Células, Equipe de 12. Ele quer que você seja um líder aberto a tratamento e ensine os seus discípulos a serem tratáveis, para que todos vejam e percebam que você não foi apenas impactado, mas houve mudanças em sua vida. Peça para Deus transformar você e ajustar seu caráter. Ele quer moldar Suas características dentro de cada um de Seus filhos. Devemos perceber que, ao nosso redor, existem flores, existem pessoas que, como nós, buscam ser diferentes e fazer a diferença neste mundo que jaz no maligno. Nosso olhar, atitude, sentimento e essência devem estar numa só direção: o centro da vontade de

05

Deus, pois Ele quer nos ensinar o Seu caminho para andarmos na verdade (Salmos 86:10). Assim, todos os dias, Deus nos levará a experimentar o novo. Ninguém ficará o mesmo. Seremos levados a dimensões ainda maiores. As pessoas nos avaliam pelo passado, mas Deus nos avalia pelo que somos e pelo que seremos. Ele sabe que se O buscarmos de todo o coração, seremos uma bênção, superaremos e ficaremos boquiabertos com o que Ele fará em nós. Sua vida será chamada novidade de vida e de dias. Você andará nas novidades de Deus. Há líderes que perdem a unção porque se fecham, ficam ensimesmados, achando que já são autossuficientes. Não permita que isso aconteça com você. Saiba que ovelhas e discípulos percebem as mudanças na vida do líder, sejam elas boas ou más. Isso porque são sensíveis e sabem quando o líder está cheio do Espírito ou não. Não deixe cair o nível da unção de Deus em sua vida. São as nossas atitudes que preservam ou nos fazem perder a unção. Seja um líder-discípulo aberto ao tratamento sempre. Ninguém sabe tudo a ponto de não precisar de um líder que o ensine. Seja humilde. Somente um líder humilde se permite ser tratado. Deixe que o Espírito Santo governe a sua vida para que você seja MODELO nesta Visão. Você, sua família, os discípulos, todos verão que a excelência de Deus está em sua vida e que você é alguém transformado por Deus em todos os aspectos porque é um líder aberto ao tratamento. De você sairão milhares de líderes na semelhança de Cristo Jesus.


06

TABERNÁCULOS

Festa dos

Tabernáculos

Celebrando a vinda e o retorno do Messias Para entendermos o que significa Tabernáculos, devemos antes compreender o que significa princípios de restauração. Tabernáculos é uma linguagem de restauração, é uma chamada de mudança plena. Além de ser uma linguagem de nível profético, é uma linguagem de nível espiritual, partindo do coração de Deus.

No Novo Testamento, vemos que, em plena Festa de Pentecostes, houve a liberação do poder sobrenatural do Espírito Santo. Foi exatamente 50 dias após a celebração da Páscoa. Ali, a terra entregava aos Céus os primeiros frutos da semeadura que Jesus fez na Terra quando entregou Sua própria vida como grão de trigo que precisa morrer para frutificar.

Tabernáculos é a festa dos segredos do coração de Deus. Nem todos têm Tabernáculos. Muitos cristãos acreditam que basta celebrar a Páscoa, porque Jesus é o Cordeiro Pascal. Porém, para andar à luz da revelação que Deus tem trazido à nossa geração, uma geração de conquista, precisamos de entendimento ampliado acerca das três festas fixas do Senhor: Páscoa, Pentecostes e Tabernáculos.

Quem tem Páscoa não significa que tenha Pentecoste, mas quem tem Pentecostes, certamente, já tem Páscoa, porque ninguém pode ser batizado no Espírito Santo, receber poder, sem ter passado pela graça salvífica em Jesus.

A Páscoa ou Pessach é a festa que aponta para o Cordeiro, para Jesus, o Redentor e Conquistador de todas as nações da Terra. A mensagem da Páscoa arranca o homem do lamaçal do pecado e o devolve para o Reino de Deus. Jesus morreu e ressuscitou. Essa é a tônica da Páscoa. Em Pentecostes ou Shavuot, celebramos as primícias. É uma festa de inauguração profética, é um ponto de partida. É entregar a Deus os primeiros frutos na certeza de que teremos provisão para todo o ano.

Quem passa pela obra da redenção está no primeiro degrau da revelação, mas há outros degraus para serem galgados. O degrau seguinte é Pentecostes, poder do Espírito Santo. Mas há o terceiro degrau: a Festa dos Tabernáculos. A Festa dos Tabernáculos ou a Festa das Colheitas é uma celebração de grande alegria. Um tempo para agradecer ao Pai por todas as bênçãos recebidas, pelos frutos colhidos. Deus quer que aprendamos a entrar na Sua alegria, pois nós somos salvos e essa salvação é pela graça. Graça, no grego, karis, quer dizer alegria. No hebraico, roni, quer dizer danças e celebração pela libertação.


TABERNÁCULOS

07

A Palavra de Deus nos ensina que o Filho do Homem Se manifestou para nos dar vida em abundância e para que Sua alegria seja completa em nós (Joao 10:10 e 17:13). Alegria completa é aquela que preenche o nível do espírito, da alma e do corpo. A Páscoa nos leva a um choro e um pranto: Jesus morreu. Mas, logo em seguida, vem a alegria: Jesus ressuscitou! Vem, também, a alegria de Pentecostes: o poder do Espírito Santo. Em Tabernáculos, celebramos a alegria do retorno do Messias, celebramos a parousia, a certeza de que o Verbo Vivo de Deus, que Se tabernaculou em nosso meio, cumprirá a promessa de que voltará para arrebatar Sua Noiva, a Igreja. “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.” (João 1:14) “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.” (João 14:3) Hag Sameach! Feliz Festa dos Tabernáculos! Apóstolo Renê Terra Nova

A Caravana do Apóstolo Renê Terra Nova já se encontra em Jerusalém, celebrando a Festa dos Tabernáculos e cumprindo a ordenança de Levítico 23 e a palavra profética de Zacarias 14:16. Acompanhe a cobertura completa através do site cityisrael.net


08

ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Parte 1

A promessa é sempre maior que o deserto “Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo (...) Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam.” (Mateus 4:1,11)

No deserto, quanto mais se depende de Deus e confia nEle, mais preparada a pessoa estará. Quanto mais você se aproximar de Deus, mais pecador se sentirá e será mais desafiado a ser santo.

Todos passam por um deserto. Nem Jesus escapou disso. Se aprendermos a administrar nossa vida enquanto estivermos no deserto, seremos conquistadores. Caso contrário, nenhuma outra situação mais nos ensinará. Se você passar pelo deserto e não souber tirar lições dele, em nenhum outro lugar aprenderá a ver a dimensão do Reino de Deus.

Quando nos aproximamos muito de Deus, percebemos o quanto somos carnais e o quanto temos necessidade de fazer uma aliança. O Espírito Santo permite que cheguemos até o deserto para aprendermos a depender apenas de Deus.

O deserto é o lugar onde: . Não se compra; . Não se vende; . Não se desperdiça; . Não se guarda para amanhã; . Há provisão diária.

O Espírito Santo o conduz ao deserto para: . Renovar a sua autoridade; . Treinar a sua administração de santidade; . Transformá-lo em um líder manso e autêntico. O resultado disso é: . Vitória sobre Satanás e seus demônios; . Restauração da comunhão com o Pai;


ESTUDO PARA AS CÉLULAS

09

. Descoberta dos benefícios de ser servido pelos anjos; . Restauração do ministério; . Autoridade para entrar na terra; . Conquista de territórios novos.

seu povo. E olhou a um e a outro lado, e, vendo que não havia ninguém ali, matou ao egípcio, e escondeu-o na areia... Ouvindo, pois, Faraó este caso, procurou matar a Moisés; mas Moisés fugiu de diante da face de Faraó...” (Êxodo 2:11,12,15)

No deserto, aguçamos a sensibilidade. Ficamos mais sensíveis, perceptíveis e aprendemos a recobrar valores. Uma das coisas que passamos a entender sobre valores quando saímos do deserto e entramos na terra prometida é que saímos da escassez e entramos na prosperidade. Virá um novo suprimento, teremos o fruto da terra e seremos treinados em:

Foram necessários 40 anos numa terra estranha, Midiã, para que o líder Moisés estivesse preparado para ficar à frente de uma multidão. E mais um pouco de tempo no deserto passou esse homem enfrentando a multidão, que não era nem um pouco amistosa.

Gratidão. Muitas pessoas já entraram e saíram de inúmeros desertos, não são mais as mesmas, mas ainda precisam aprender a agradecer a Deus. Devemos manter no nosso coração a gratidão. Comunhão. Após enfrentar o deserto, compartilhamos das experiências que passamos com outras pessoas e elas são edificadas. Isso gera comunhão e fortalecimento, pois os que vencem deserto têm autoridade para ministrar sobre outros a sua experiência. Consciência da dependência das pessoas. No deserto, recebemos a consciência da dependência que temos das pessoas. Passamos a saber o real valor de um amigo e também o valor daqueles com quem convivemos. Isso ocorre porque deserto forma caráter e adestra temperamento. Quem pode ensinar-nos muito sobre deserto é a vida de Moisés e Josué. Eles experimentaram como ninguém essa transformação de mudança de caráter e de temperamento. Moisés Você, com certeza, ouviu falar muito no líder justo, enérgico e temente a Deus chamado Moisés. A Bíblia diz que ele foi o homem mais manso de toda a Terra. Mas, você também, já ouviu falar no Moisés assassino, brigão e fugitivo. Diante de tantas qualidades que Moisés teve, fica até desconfortável imaginá-lo como um assassino. “E aconteceu naqueles dias que, sendo Moisés já homem, saiu a seus irmãos, e atentou para as suas cargas; e viu que um egípcio feria a um hebreu, um do

Moisés recebeu críticas severas ‘na cara’ até dos irmãos Arão e Miriã, que não tinham mais do que reclamar, e resolveram implicar com a cunhada. Ou seja, como se não bastasse todo o problema do povo, que murmurou por causa da comida (Números 11:4-6) e sofreu com uma praga (Números 11:33), ele também teve que aturar os de sua casa falando mal da sua esposa. Eram problemas no trabalho e em casa, e tudo isso literalmente no deserto! E a Bíblia aproveitou exatamente esse momento de briga de família para registrar a transformação ocorrida no temperamento de Moisés: “E falaram Miriã e Arão contra Moisés, por causa da mulher cusita, com quem casara; porquanto tinha casado com uma mulher cusita. E disseram: Porventura falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu. E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.” (Números 12:1-3) E você, como reage quando é criticado no trabalho por todo mundo, chega a sua casa e alguém da sua família ainda o confronta por causa dos seus erros? E se for o discipulador que o ‘aperta’ por causa de um problema no seu caráter que precisa de ajuste? Qual a sua reação? A Bíblia diz que mesmo recebendo as críticas, Moisés era manso. Aproveite os próximos dias para refletir: Quais características precisam mudar em sua vida? Aproveite o deserto que você está passando e permita que o Espírito Santo faça uma transformação em seu interior. Na semana que vem, estudaremos sobre a vida de Josué e sobre os outros ensinamentos que o deserto traz para nossas vidas.


10

NOTÍCIAS

ToYouBible, Bíblia Customizada O aplicativo personaliza a Bíblia, colocando seu nome em milhares de versículos para a leitura diária, meditações e estudo

O universo cibernético é um facilitador na vida também dos cristãos. Com o mercado a cada dia se desenvolvendo com novas tecnologias e com informações imediatas, vários aplicativos são direcionados ao mundo cristão, em específico, a Bíblia Sagrada. Já pensou em ler uma Bíblia com seu nome em milhares de versículos? Já temos essa possibilidade. Recentemente, o Pastor Gregory Ijiwola, da Igreja City Light em Chicago, Estados Unidos, produziu um novo aplicativo da Bíblia que oferece aos cristãos uma possibilidade de customização. Milhares de versículos são alterados de acordo com o nome e sexo de cada leitor. A ToYouBible foi recentemente lançada e, segundo o material de divulgação, trata-se de um aplicativo de Bíblia personalizado para a leitura diária, meditações e estudo. O Pastor Ijiwola afirma que a ideia é permitir que os cristãos tenham uma “experiência mais personalizada em suas leituras devocionais”. Tudo é simples. O criador selecionou todos os versículos bíblicos onde o sujeito original poderia ser substituído. Chamou um membro de sua congregação que é desenvolvedor de software e colocou a ideia online.

Ao fazer o login, o usuário preenche o seu nome, sobrenome e sexo. Automaticamente, o nome do usuário será colocado nos versículos. Quando o usuário é mulher, existe uma mudança automática para que haja concordância textual. Em muitos casos, substitui-se o nome de personagens bíblicos e da nação de Israel. Por exemplo, na ToYouBible o versículo bem conhecido de João 3:16 fica assim: “Porque Deus amou [seu nome] de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que [seu nome] nele creia e não pereça, mas tenha a vida eterna”. Mais um exemplo, o versículo de Miquéias 6:8 fica: “Ele te declarou, ó [seu nome], o que é bom; e que é o que o Senhor pede de [seu nome], senão que pratiques a justiça, e ames a benignidade, e [seu nome] ande humildemente com o teu Deus?”. A ToYouBible está dando o que falar, pois alguns teólogos questionam essa customização, que eles chamam de extrema. O criador, porém, chama apenas de mais uma ferramenta para o Reino de Deus. Milhares de usuários já adquiriram, e o APP está fazendo sucesso.

O aplicativo por enquanto está disponível apenas em Inglês para iOS e Android por uma pequena taxa no valor de R$3,19. O seu criador estuda lançá-lo em outras línguas em breve. Mais sobre a Bíblia personalizada em www. toyoubible.com.


PUBLICAÇÃO DO MINISTÉRIO INTERNACIONAL DA RESTAURAÇÃO - MIR Estrada da Ponta Negra, 5001 Sto. Agostinho, Manaus - Amazonas www.mir12.com.br | mir@mir12.com.br Presidente Ap. Renê de Araújo Terra Nova Vice-presidente Apa. Ana Marita Terra Nova Diretor Administrativo Pr. Régis Thadeu Vice-diretor Administrativo Pr. Cesar Costa Diretora Financeira Apa. Rosângela Matos Vice-diretora Financeira Pra. Anne Menezes Diretora de Comunicação Pra. Francieme de M. L. Costa Diretora de Ação Social Pra. Lucineide Pereira Alves Redação e Edição de Textos Pra. Francieme de M. L. Costa Beatriz Teixeira Cléo Pinheiro Natacha Rocha Projeto Gráfico MaurícioNascimento.com Diagramação Maiko Mendonça Fotos Arquivo MIR Jornalista Responsável Cléo Pinheiro (MTB 019) Informações (92) 3342.2693 CULTOS Cultos de Celebração Domingo, 17h e 19h30. Rede de Homens Segunda-feira (1ª semana do mês), às 19h Rede de Mulheres Terça-feira (1ª semana do mês), às 19h Rede da Família Toda Quarta, às 19h30 Rede de Crianças Todo Sábado, às 16h Rede Juvenil Todo Sábado, às 19h Shabat Sexta-feira, às 19h30 ATENDIMENTO MIR Administração 3233-3344 | 3233-1110 Escritório JUMP 3081-4993 ICEJ - Brasil 3233-4140 Atenção: As mídias e artigos assinados são de exclusiva respon­sabilidade dos anunciantes e escritores. O MIR não se responsabiliza sobre o conteúdo e veracidade de tais palavras e mídias (ou dos fatos). Como Instituição Religiosa, o MIR não veicula no seu periódico semanal o que possa ferir ou contrariar a Palavra de Deus e a fé cristã. Impressão: Gráfica Olitech 3237-3497

Dia 270 | 27 Set 1 Crônicas 10 Ezequiel 23 Lucas 20

Dia 271 | 28 Set 1 Crônicas 11 Ezequiel 24 Lucas 21

Dia 272 | 29 Set 1 Crônicas 12 Ezequiel 25 Lucas 22

Dia 273 | 30 Set 1 Crônicas 13 e 14 Ezequiel 26 Lucas 23

Dia 274 | 01 Out 1 Crônicas 15 Ezequiel 27 Lucas 24

Dia 275 | 02 Out 1 Crônicas 16 Ezequiel 28 Gálatas 1 e 2

Dia 276 | 03 Out 1 Crônicas 17 Ezequiel 29 Gálatas 3 e 4