Infomir 780

Page 1

MIR

TEMA 2015: Restaurando o Altar para legitimar uma Colheita Fiel

Publicação do Ministério Internacional da Restauração Nº 780 08 de Março de 2015

Contagem Regressiva Faltam 10 dias para o

Seminário de Honra


02

ATUALIDADES

Feliz Aniversário O MIR parabeniza a todos os líderes e discípulos que fazem aniversário esta semana, em especial, a Apóstola Joice Alexandre (11/03) e Pastora Suellen Kanawati (11/03). “Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.” (Daniel 12:3)

A Rede da Família ainda tem vagas para a

Classe de Noivos. O curso começa no dia 14 de Março e é direcionado para quem não mora junto e já está noivo. As aulas serão ministradas no Templo do MIR, às 15h, todos os Sábados. Informações: 98248.5396 (William Santiago) 98115.5128 e 99312.0581 (Daniela Melo). Email: classedenoivos@hotmail.com

A Rede de Crianças

continua com inscrições abertas para a Escola de Líderes e para o Encontro com Deus. Ainda dá tempo de matricular o seu filho! As atividades serão realizadas no período de 27 a 29 de Março. Inscrições na Rede, aos Sábados, às 16h.


ATUALIDADES

A mulher é um presente de Deus para a Terra. Ela veio como um projeto do Pai do Céu para o cumprimento de um propósito, pois, através dela, viria o Messias, o Cristo, Aquele que esmagaria a cabeça da serpente. O dia 8 de Março nasceu para comemorar o novo papel da mulher, com o reconhecimento da sua capacidade de atuar em diversos ministérios, exercendo seu chamado com competência e sabedoria, tanto no âmbito secular como no eclesiástico. Na sociedade moderna, esse respeito foi galgado com muita luta e grandes reivindicações. Homens e mulheres são iguais perante Cristo, mas possuem diferentes papéis e funções na família e na Igreja. Louvamos a Deus pela vida das mulheres, por elas serem uma peça fundamental para trazer o ser humano para a Terra e atalaias dentro da família, agindo com sabedoria. Tito 2:8 aplica-se àquelas mulheres que têm cumprido o seu chamado e são responsáveis por formarem famílias que tenham linguagem sadia. As mulheres hebreias cuidavam dos filhos com grande alegria e respeito, agindo como mães cristãs, pois os filhos são herança do Senhor, o fruto do seu galardão; são bênçãos. E quão importante papel tem as mulheres! Elas mantêm ordem em sua própria casa, são responsáveis pela saúde emocional do lar e, às vezes, ainda trabalham para ajudar no suprimento da família. Isso é uma prova de que Deus continua cuidando dos Seus filhos, levantando um exército de guerreiras destemidas, corajosas, intrépidas e incansáveis a fim de vencer todas as dificuldades na força do Senhor.

03

O papel da mulher na Igreja é um ministério que nunca será esgotado ou defasado, pois mulheres podem instruir outras mulheres e ainda podemos contar com aquelas que são espiritualmente maduras para treinar as mais novas, através do discipulado, fazendo com que a Palavra de Deus seja digna de Honra. Hoje temos o privilégio de fazermos parte dessa Grande Comissão que o Mestre Jesus Cristo ordenou: que Seus discípulos fizessem outros discípulos (Mateus 28:19,20). O Mestre nos chamou, comissionou, e somos as testemunhas prédeterminadas por Ele. Recebemos nova autoridade e unção para fazer crescer o Reino de Deus, com o objetivo de saquear o inferno e povoar os Céus, usando essa autoridade que nos foi outorgada. Não abriremos mão daquilo que já é nosso. Você, mulher, nasceu para trazer o brilho de Cristo para a vida de outras pessoas. A mudança já chegou! Tomaremos posse daquilo que Deus deixou para nós e, com responsabilidade, cumpriremos a nossa tarefa, avançando para o nosso alvo, que é Cristo. Não deixaremos outros ocuparem o lugar que é nosso e que foi conquistado por alto preço. Deus abençoe cada mulher e faça prosperar as obras das suas mãos, abençoando cada uma para viver uma vida tranquila e sossegada, agindo com sabedoria e não deixando para amanhã o que se pode fazer hoje. Você nasceu para ser mais do que vencedora! Parabéns, Mulheres Guerreiras! Apóstola Ana Marita Terra Nova

Rede de Mulheres - 10 de Março - Terça-feira - Aguardamos você!


04

ESTUDO PARA OS 12

A certeza de um chamado de êxito Texto: “Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.” (I Samuel 16:7) Verdade Central: Um coração agradável a Deus é o ponto de partida para a construção de um chamado de êxito. Introdução: Um chamado de êxito consiste numa rota árdua e tem um preço. Na vida de Davi, isso fica bem exemplificado. Vejamos alguns processos dessa construção: 1. O caminho da cabra montês “...e foi em busca de Davi e dos seus homens, até sobre as penhas das cabras monteses.” (I Samuel 24:2) Este é o caminho dos desafios: escalar montanhas, que significa galgar os lugares mais altos. As cabras monteses não ficam em lugares baixos. Porém, para alcançar os lugares altos, para subir montanhas, é preciso fazer um esforço. Se não houver treinamento, há desistência. No ministério, é preciso haver esforço: você vai “ralar” os joelhos, as mãos, ferir os pés, vai haver alguns deslizes e muito desconforto. Porém, você exultará quando alcançar os lugares altos. Não esqueça, também, que para subir montanhas, não se leva além do necessário.

Além disso, na montanha não se faz tendas, pois não é lugar de descanso, mas de desafios. 2. As estratégias de guerra espiritual “Pois não é contra carne e sangue que temos que lutar...” (Efésios 6:10-20) Todos que começam o ministério têm que aprender a entrar no reino do espírito e anular as estratégias do inferno. A santidade é primordial para isso. Para conhecer as estratégias de guerra espiritual, temos que conhecer os inimigos espirituais. Também precisamos conhecer quem são os anjos, arcanjos e querubins, os quais fazem parte do exército celestial. Estamos transformando uma nação, então, não vêm aplausos, vêm guerras. Se não estiver preparado, você é tombado. “Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes.” (Efésios 6:13) 3. Trabalhar em fundamento autorizado e não em fundamento alheio “Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei...” (Tito 1:5) Cada um tem o seu território a conquistar. Devemos respeitar limites. Quando entramos no território


ESTUDO PARA OS 12

do irmão, abrimos legalidade para o inimigo. Trabalhar em fundamento alheio e fazer proselitismo desautorizam a unção e atraem a queda. O trabalho autorizado promove a ordem e estabelece bases. 4. Aprender os princípios do Reino dos Céus “Ouvistes que foi dito aos antigos... Eu, porém, vos digo...” (Mateus 5: 21-22) Os princípios do Reino dos Céus são diferentes do reino do mundo. Você deve negar a si mesmo, esmurrar a carne, aprender a morrer diariamente, a ser o último, a ser o menor, a descer se quiser subir, tomar a cruz todos os dias e o dia todo, a ser simples como a pomba e prudente como a serpente. Você terá um chamado a um ministério de êxito quando estiver totalmente voltado para os princípios da Palavra de Deus e não sair desses princípios. 5. Reconhecer a excelência do chamado “... se alguém aspira ao episcopado, excelente obra deseja.” (I Timóteo 3:1) A Bíblia diz que só o desejo do episcopado já é um excelente desejo. Mas, essa chamada tem que ser inconfundível: “Eu sou chamado!”. Um líder deve estar sempre no lugar de sua chamada, e não renunciar nunca, mesmo que este lugar seja exposto na linha de frente.

05

Conclusão Há, ainda, uma observação importante: fazer discípulos é obedecer a um mandamento de Jesus, e devemos fazê-los em todas as nações. Essa é uma chamada universal, feita para todos os filhos de Deus e não apenas para quem tem um ministério pastoral. “E os onze discípulos partiram para a Galileia, para o monte que Jesus lhes tinha designado. E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram. E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mateus 28:16-20) O ministério pastoral é algo para Deus realizar. Um pastor nunca vai estar escondido dos olhos de dEle. Um pastor comissionado diretamente do Trono será testificado, no tempo de Deus, por todos como um líder a quem o Senhor escolheu, ainda que esteja escondido lá no campo, sem ninguém ver. Existem coisas no coração dos homens que nenhum de nós sabe, mas Deus conhece, pois “o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração” (I Samuel 16:7b).


06

SEMINÁRIO DE HONRA

S eminário de H onra 2015

Restaurando a Honra pelo

Altar Santo De 19 a 21 de Março, o Ministério Internacional da Restauração vai realizar a 7ª edição do Seminário de Honra. O Seminário faz parte da agenda anual do MIR desde 2009, quando o Apóstolo Renê Terra Nova decidiu abordar o tema O Código da Honra, por reconhecer que a Igreja necessita compreender que o Reino de Deus funciona por Princípios, e a Honra é um dos principais, por proporcionar acesso à prosperidade de forma integral, ou seja, em todas as áreas da vida daqueles que decidem trilhar esse caminho.


SEMINÁRIO DE HONRA

“Em 2015, respeitando o tema Restaurando o Altar para legitimar uma Colheita Fiel, vamos falar sobre Restaurando a Honra pelo Altar Santo, visto que não existe uma restauração verdadeira se não partir do Altar e das nossas vidas. Estamos conclamando os discípulos não apenas do MIR, mas de todo o Brasil e também nações, a limpar o Altar de Deus, não somente o altar físico, mas, principalmente, o altar pessoal, que representa o coração, a alma, a forma de sentir, pensar, agir, interagir... Como filhos de Deus, independente do status espiritual, devemos nos portar de tal maneira que as pessoas nos vejam como uma referência e não como um escândalo, por isso precisamos limpar as vestes

sujas para nos vestir de vestes de honra. Assim, exaltaremos o nome do Senhor que tem procedido maravilhosamente para consoco”, falou o Apóstolo Renê Terra Nova. Você que é do MIR ou de uma Igreja de cobertura em Manaus, no Brasil e nas nações, é o nosso convidado a vir aprender sobre o tema inesgotável chamado Honra. Para se inscrever, você pode vir ao Templo do MIR durante todos os Cultos e também de Segunda a Sexta, em horário comercial, na Casa Administrativa. Aguardamos você!

Temas abordados nos 7 anos de realização do Seminário de Honra 2009 - O Código da Honra 2010 - A Gênese da Honra 2011 - Korban: a essência da Honra 2012 - A Presença fala mais que palavras 2013 - Fidelidade e Lealdade, bases saudáveis da Honra 2014 - Educação Financeira & Prosperidade Bíblica 2015 - Restaurando a Honra pelo Altar Santo

O que: Seminário de Honra 2015 Quando: 19 a 21 de Março Onde: Templo do MIR

As inscrições podem ser realizadas no Templo do MIR, durante todos os Cultos, e de Segunda a Sexta, em horário comercial, na Casa Administrativa.

07


08

ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Misericórdia e Justiça de Deus na família

Quando nossas atitudes não são aprovadas, tornamo-nos adversários de Deus, ou seja, anulamos a atuação de Deus em nossa vida, em nosso histórico, em nossa família. É isso o que diz o livro de Naum 1:2. “O Senhor é um Deus zeloso e vingador; o Senhor é vingador e cheio de indignação; o Senhor toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos.” Muitos se perguntam por que algumas situações não vão bem em casa e ficam procurando alguém para culpar na tentativa de justificar suas falhas. O fato é que essas pessoas esquecem que Deus é justiça e tudo Ele vê. Há quatro preceitos que fazem parte da vida de um homem e envolvem a família: 1. Ser justo Precisamos andar conforme a justiça, a razão e o direito. Isso significa uma vida de retidão, imparcialidade, integridade. Existe uma finalidade no ser justo, que é ser exato, preciso. Temos que observar exatamente os Princípios Bíblicos para não andarmos debaixo de conceitos errados, como querer ser agradável às pessoas apenas para receber aplausos, para que nos reconheçam e até nos respeitem. Devemos ser justos para que não entremos em erros que venham prejudicar o Reino de Deus e, consequentemente, nossas vidas e família. 2. Viver como justo Para quê devemos viver como justos? O que nos leva a viver como justos? O amor e o respeito que temos por Deus e pela família. É o que nos motiva e nos faz ver que vale a pena guardar alguns sentimentos, enfrentar algumas situações para viver em justiça e retidão. Muitas vezes, até temos vontade de falar

tudo o que pensamos, mas nos deparamos com o fato de que existe em nós uma nova maneira de pensar, andar e agir. Nós não podemos decepcionar a Deus nem aqueles que andam conosco e acreditam em nós. 3. Andar como justo Muitos são os questionamentos que nos vêm à mente: Por que temos que andar como justos e para quem temos que andar como justos? Vale a pena fazer as obras de um justo? Para responder a essas perguntas, devemos compreender que há dois tipos de conhecimentos: 3.1 Conhecimento natural Qualquer um pode exercer justiça. Como os juízes, por exemplo, que cuidam da justiça deste mundo com respaldo e responsabilidade. Esta é uma justiça natural. 3.2 Conhecimento espiritual ou sobrenatural Essa é a justiça que excede a do homem. Existe até um adágio popular que diz que a justiça de Deus tarda, mas não falha. O conhecimento da justiça natural é aquele que faz com que erremos ou tomemos atitudes no campo natural. Mas a justiça sobrenatural é aquela regida por Deus e que nos faz além de justos, justificados. Um homem só pode ser justificado pela fé e por ela tem paz e comunhão com Deus (Romanos 5:1,2). A nossa família precisa conhecer a justiça de Deus? Se Deus trabalhasse apenas na justiça, a nossa família mereceria a salvação dEle? Não. Não se equivoque. Nós não somos justos, porque resolvemos ser bonzinhos, mas porque Aquele que é Bom resolveu nos tornar justos pela fé.


09

ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Qual é a diferença, então, entre um homem justo e um homem justificado? Qual é a diferença entre uma família de justos e uma família de justificados? O que é a essência para essa justificação? A diferença está em saber que o homem justificado passou pelo Calvário e, por isso, perde a alternativa de viver como homem injusto, como homem infiel, porque agora ele conhece a Deus e não pode mais viver qualquer tipo de vida. A vida dele tem que ser irrepreensível (II Pedro 3:14). 4. Decidir ser justo Qualquer pessoa que decide ser justa pode fazer as coisas corretamente. Tenho a certeza de que você conhece pessoas que não são crentes, mas que compram as coisas e pagam. Isso é justo? Sim. Mas há pessoas que são crentes, compram e não pagam. Outro exemplo é o de pais de famílias que nunca adulteraram, mas existem crentes que adulteram. Isso é justo? É justo que um homem nascido de novo, em aliança com o Senhor, viva em infidelidade, viva em adultério? Não! Não é justo, mas acontece. No dia a dia, todos somos tentados. Mas devemos usar todas essas oportunidades para vencermos o diabo e a carne, dizendo não ao inferno e sim para Deus. Deus olha para a sua família com misericórdia e justiça, e Ele instalará na sua casa a salvação e a redenção, para que ela seja chamada de muros de salvação, portas de salvação do Deus Todo-Poderoso. Deus quer que a Sua justiça entre em operação dentro da nossa casa, porque a misericórdia de Deus entra com bandeiras, mas a justiça de Deus entra com espadas para anular as questões da alma e acender as questões do espírito. O que é a espada de Deus? É o tempo da justiça dEle. A espada de Deus entrará em sua casa e a colocará em ordem, mudando a história de toda a sua família. Você crê nisso? Para a misericórdia é o estandarte, mas para a justiça é a espada. Deus tem uma casa que é chamada Trono. Justiça é o Seu nome, verdade está por volta dEle. A base

da Casa de Deus é chamada justiça (Salmos 89:14 e 97:2). Em nossa casa, repousará essa essência vinda dos Céus e ela será colocada como base nas estruturas da nossa casa. A justiça de Deus está vindo em direção à sua casa e ela será chamada a base da justiça de Deus; à volta da sua casa, habitará a verdade do Todo-Poderoso. Deus quer construir o nosso lar e nos dar casa nova. Ele quer nos dar uma residência física, mas antes quer nos dar uma residência espiritual. Para que isso aconteça, Ele decidiu viver dentro de nós e nos reorganizar, colocando em nossas vidas Sua justiça e Sua verdade. Nenhum de nós, no plano de Deus, terá uma quase casa, pois conhecemos o Calvário. Uma quase casa não é casa e nem uma quase família é família. Não faz parte do caráter de Deus dar nada pela metade para o homem. Algumas pessoas confundem casa com lar. O lar é a estrutura de segurança da família; a casa, um lugar onde a estrutura reside. Nem toda casa é um lar e nem todo lar tem uma casa. Porém, Deus nos chama para termos uma casa completa. Em sua casa, entrará primeiro o estandarte que vai ser a bandeira da misericórdia e atrás virá a justiça de Deus para que todas as coisas que estão em desordem, sejam organizadas. Ele fará isso e você se alegrará muito com toda a sua família. Chegou o tempo de Deus para sua casa. A família não é um jogo de xadrez em que um dia se ganha e no outro se perde. A família é um projeto de Deus que independe de sorte. E justamente por ser um projeto, prevalecerá em ordem, e o diabo não tocará nela. Jesus não permitirá que a ruína, a desgraça, a tormenta e os vendavais destruam a sua família, pois ela irá colecionar as vitórias do Senhor.


10

ATUALIDADES

Templo do MIR ganha jardins e nova pintura Você já deve ter percebido que as áreas ao redor do Templo do MIR estão mais bonitas. Em Fevereiro, elas começaram a ganhar pequenos jardins. Uma empresa especializada foi contratada para cuidar de tudo e já começou a plantação de grama e de várias plantas ornamentais. Junto com as 12 palmeiras imperiais que já existiam na entrada da Igreja, elas completam o projeto paisagístico do MIR. Outra obra que também começou no mês passado foi a pintura de toda a parte externa da Igreja. Em pouco tempo, o branco e laranja das paredes vão estar completamente renovados. A Administração do MIR fez questão de fazer esse investimento para trazer ainda mais beleza ao Templo

que é considerado uma das obras arquitetônicas mais bonitas de Manaus e também para tornar o ambiente agradável para os discípulos desfrutarem. Mas nem todos reconhecem e honram esse esforço, tanto que já foram registrados casos de galhos de plantas quebrados ou arrancados e destruição de algumas áreas, principalmente por crianças. Por isso, se você tem filhos, oriente-os e ensine-os a, desde cedo, zelar e respeitar a Igreja. Discípulo do MIR, ajude a cuidar desse espaço, lembre-se de que, mais que uma construção, feita por mãos de homens, esta é Casa de Deus, um palácio erguido para o louvor da Sua glória.


PURIM

11

Rede JUMP incentiva o trabalho missionário e o evangelismo Em 2015, a Rede JUMP decidiu escolher temas diversos para serem apresentados, todos os meses, aos jovens do MIR. Depois das discussões sobre sexualidade, em Fevereiro, chegou a vez de falar sobre Missões em Unidade, uma forma de despertar a juventude para um tema que deve ser levado a sério, principalmente nos dias atuais: a perseguição e a matança de cristãos. Essa é uma realidade em várias partes do mundo mas, principalmente, na região do Oriente Médio, em países como a Síria, onde recentemente

Dia 69 | 10 Mar Levítico 17 e 18 Salmos 119:41-80 Lucas 1

PUBLICAÇÃO DO MINISTÉRIO INTERNACIONAL DA RESTAURAÇÃO - MIR Estrada da Ponta Negra, 5001 Sto. Agostinho Manaus - Amazonas www.mir12.com.br mir@mir12.com.br Presidente Ap. Renê de Araújo Terra Nova 1º Vice-presidente Ap. Wilson Ayub Júnior

Dia 70 | 11 Mar Levítico 19 Salmos 119:81-128 Lucas 2

dezenas de cristãos foram assassinados pelo grupo Estado Islâmico. A programação de Março inclui ministrações específicas durante os cultos da Rede e o incentivo para o “Cada um traz um”, uma forma de estimular os discípulos a convidarem visitantes e ganharem vidas para o Reino de Deus, uma forma também de fazer Missões. No dia 27 de Março, os jovens vão fazer uma grande ação de evangelismo em várias áreas de

Dia 71 | 12 Mar Levítico 20 Salmos 119:129-176 Lucas 3

2º Vice-presidente Ap. Arão Amazonas Administrador do Templo Pr. Cesar Costa Diretor Financeiro Ap. Anselmo Vasconcelos Diretora de Comunicação Pra. Francieme de Melo Lobato Costa Diretora de Ação Social Pra. Lucineide Pereira Alves Jornalista Responsável Cléo Pinheiro (MTB 019)

Dia 72 | 13 Mar Levítico 21 Salmos 120, 121, 122, 123 e 124 e Lucas 4

Redação e Edição de Textos Pra. Francieme Costa Beatriz Teixeira e Cléo Pinheiro Projeto Gráfico MaurícioNascimento.com Diagramação Maiko Mendonça Fotos Arquivo MIR Informações (92) 3342.2693 mir@mir12.com.br

Manaus, e, no dia 28, o último Sábado do mês, será realizada uma vigília com a participação de toda a Rede JUMP do MIR e das Igrejas de cobertura na capital e no interior do Amazonas. As atividades vão começar às 18h e só terminam às 6h da manhã de Domingo. Serão doze horas de oração e de um grande clamor pela Igreja perseguida e por avivamento. Será um mês de grande impacto, e você, que é jovem, não pode ficar de fora!

Dia 73 | 14 Mar Levítico 22 Salmos 125, 126 e 127 Lucas 5

CULTOS Cultos de Celebração Domingo, 17h e 19h30. Rede de Homens Segunda-feira (1ª semana do mês), às 19h Rede de Mulheres Terça-feira (1ª semana do mês), às 19h Rede da Família Toda Quarta, às 19h30 Rede de Crianças Todo Sábado, às 16h

Dia 74 | 15 Mar Levítico 23 Salmos 128, 129 e 130 Lucas 6

Rede Juvenil Todo Sábado, às 19h Shabat Sexta-feira, às 19h30 ATENDIMENTO MIR Ponta Negra 3659-0588 Administração 3233-3344 | 3233-1110 Escritório JUMP 3081-4993 ICEJ - Brasil 3233-4140

Dia 75 | 16 Mar Levítico 24 Salmos 131, 132, 133, 134 e Lucas 7

Impressão: Gráfica Olitech 3237-3497 Atenção As mídias e artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos anunciantes e escritores. O MIR não se responsabiliza sobre o conteúdo e veracidade de tais palavras e mídias (ou dos fatos). Como Instituição Religiosa, o MIR não veicula no seu periódico semanal o que possa ferir ou contrariar a Palavra de Deus e a fé cristã.