Page 1

Publicação do Ministério Internacional da Restauração Nº 725- 23 de Fevereiro de 2014 • 2014: Ampliando a Colheita pelo Princípio da Honra


02 ATUALIDADES

Nos dias 7 a 9 de Março, o MIR realiza o primeiro Encontro de Casais de 2014

Participar de um Encontro para edificação pessoal é algo maravilhoso. Imagine, então, participar de um Encontro, junto com seu cônjuge, com o objetivo de renovar o casamento, resgatar os princípios de família e sair de lá ainda mais apaixonado? Essa é a proposta do Encontro de Casais, que promove, durante três dias, a oportunidade do casal ser tratado em todas as áreas do matrimônio. Através de ministrações sobre libertação e cura no relacionamento, aliança no espírito, alma e corpo, sexo no casamento e funções sacerdotais, o casal é tratado, edificado e solidificado na Rocha que é Cristo. O Encontro de Casais atinge tanto os casais que estão em crise e precisam de um socorro urgente como

aqueles que vivem bem e querem crescer ainda mais, pois aprenderão princípios importantes para não deixarem as crises se alojarem na aliança. “Fazer o Encontro de Casais é de extrema importância para os cônjuges, independente da forma como vivem. Orientamos que todos os casais façam o Encontro, porque sabemos que se os princípios forem aplicados antes que surjam os problemas, o casal conseguirá êxito familiar”, disseram os Apóstolos Júnior e Cláudia Ayub, líderes da Rede da Família do MIR. Decida participar deste Encontro que, certamente, renovará o sabor do seu casamento. De 7 a 9 de Março, com inscrições nos Cultos da Rede da Família (toda Quarta, às 19h30, no Templo MIR).

PARABÉNS A Família Restauração parabeniza os aniversariantes da semana: Apóstolo Arão Amazonas (23/02); Pastora Welânia Vasconcelos (26/02); Pastor André Leal (01/03); Pastora Ana Nascimento (01/03). “Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.” (Josué 1:9)


MIR Ponta Negra

- Grupo de Idosos Todas as Quartas-feiras, de 8h30 às 10h30. - Grupo de Apoio aos Membros do MIR e Comunidade Quinzenalmente, às Sextas-feiras, de 15h30 às 17h30. - Atendimento ao Público Segunda a Sexta-feira, no horário comercial. - Atendimento Social Segunda a Sexta-feira, manhã e tarde, com agendamento.

MIR Centro Sul

- Aulas de Jiu Jitsu Segunda e Quarta-feira, de 19h às 21h. - Aulas de Street Dance Terça-feira, de 19h às 21h. - Aulas de Ballet Quinta-feira, de 18h às 19h. - Danças ministeriais para adultos Quinta-feira, de 19h às 20h30. - Aulas de karatê Sexta-feira, de 19h às 20h30, e Sábado, de 17h às 18h. Os interessados devem ligar para 8122.2301 (Pra Lucineide Alves) ou 9207.1212 (Pra Cleide Brito).

ATUALIDADES

Atividades do Serviço Social do MIR


04 ESTUDO PARA OS 12

Uma geração de sacerdotes que cumpre princípios “Eu vos tenho amado, diz o Senhor. Mas vós dizeis: Em que nos tem amado? Não era Esaú irmão de Jacó? Disse o Senhor; todavia amei a Jacó. E odiei a Esaú; e fiz dos seus montes uma desolação, e dei a sua herança aos chacais do deserto... O filho honra o pai, e o servo o seu senhor; se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o meu temor? diz o Senhor dos Exércitos a vós, ó sacerdotes, que desprezais o meu nome. E vós dizeis: Em que nós temos desprezado o teu nome? (...) Pois seja maldito o enganador que, tendo macho no seu rebanho, promete e oferece ao Senhor o que tem mácula; porque eu sou grande Rei, diz o Senhor dos Exércitos, o meu nome é temível entre os gentios.” (Malaquias 1:2,3,6,14) Verdade Central: Deus quer levantar uma geração de sacerdotes que vivam pelos princípios da Sua Palavra. O texto mostra duas identidades: a identidade da honra e a identidade da desonra. A identidade da honra está em Jacó; a identidade da desonra está em Esaú. Introdução: Quando Deus foi questionado sobre o amor dEle, Israel disse ao Senhor que o útero de Rebeca era gerador de dois filhos que possuíam o direito da mesma promessa. Em contrapartida, a resposta do Senhor a eles foi que Ele amou Jacó e aborreceu Esaú.

Parte 1

Essa resposta significava que Deus sempre ama aqueles que escolhem viver pelos princípios e aborrece os que buscam a desonra. Viver pelos princípios ou pela desonra, o que você escolhe? Deus ama aqueles que decidem viver pelos mandamentos contidos em Sua Palavra, mas também aborrece os que são ávidos pela desonra. A palavra aborrecer, que está em II Samuel 2:30, significa apagar da memória. Deus está dizendo que remove da Sua memória aqueles que não O preservam. Ele coloca para fora os que O desonram vivendo de acordo com seus próprios desejos. A desonra leva a pessoa para uma terra de desolação. A terra desolada faz com que a pessoa viva sem direito a frutos, a entrar em oásis, a experimentar o novo de Deus. Por isso, Deus disse que assim como amou Jacó, aborreceu Esaú. O aborrecer está para perder direitos. Quando Deus diz que aborreceu Esaú, significa que não insistiu mais em honrar Esaú, nem com a promessa para ele, porque Esaú


se esconder; trocam de endereço, sem um motivo identificador que os respalde para tal atitude. Isso mostra que não querem ser acessadas, identificadas, etc. O poder da intercessão

Toda desonra traz uma herança de maldição Deus disse que amou Jacó. Ele nos ama não porque somos pessoas, indivíduos, mas por sermos guardadores dos Seus princípios. Se fosse por beleza, Deus não tinha destruído Absalão, Saul e tantos outros registrados na história do povo hebreu. Deus também não sai destruindo as pessoas porque elas têm distorções de caráter. Não! Ele envia alguém para ajudar a tratar o caráter, dá muitas chances para que haja correção e somente após a cerviz ser endurecida várias vezes, mostrando que o indivíduo é irrecuperável, então o mal vem sobre a pessoa. Podemos nos lembrar de Adonias. Ele mentiu, e o Senhor o matou. Adonias não morreu porque mentiu naquela ocasião, mas por causa de uma vida construída de forma errada. Então, há um momento no qual a taça de Deus se enche, e Ele fere o indivíduo com destruição que pode ser, até mesmo, de morte. Muitos foram os personagens bíblicos envolvidos com mentiras, enganos, trapaças, como Abraão. Abraão também mentiu. Você pode estar pensando: Então, por que Deus o manteve vivo? Porque encontramos pessoas com distorção de caráter, mas que têm, dentro de si, princípios que brotarão e matarão todos os elementos malignos que existem dentro. Foi por isso que Deus não matou Abraão. Deus viu que havia elementos de vida que estavam sendo construídos no caráter daquele que seria pai de nações. Os homens julgam o exterior, mas Deus, o interior. Há pessoas reprovadas na conduta, mas que o coração está sendo visto por Deus. Às vezes, essas pessoas são intercessoras ao seu próprio favor, por mudança diante de Deus. Elas buscam mudança para agradar o coração do Pai. De igual modo, encontramos pessoas que são terríveis, vivem como se tivessem várias identidades. Não conseguem preservar as características que os identifica como gente. É como alguém que troca de número de celular como se fosse um bandido que tem que

Deus, quando olha para nós, vê uma identidade formada por Ele, ainda que saiba que temos áreas que precisam de transformação. Deus sabe que nossas intercessões e a de nossos irmãos farão com que surja uma semente poderosa, como está escrito em I Pedro 2:23. A graça de Deus é extensiva sobre nós para apagar as marcas do passado. O poder da intercessão na vida de Ló O nosso Deus é um Deus que reverencia a oração dos intercessores, como aconteceu com Sodoma e Gomorra, quando Abraão intercedeu por Ló e sua família. Deus não destruiu a cidade até que a família de Ló fosse removida, por causa de Abraão. Um intercessor pode mudar a história de uma família. Um intercessor pode interromper a destruição de uma cidade. Deus é aliado à intercessão. O poder da intercessão na vida de Jacó Jacó foi um homem que teve sobre a sua vida a intercessão da mãe Rebeca. A Bíblia diz que Rebeca amava mais Jacó que Esaú. Esaú não teve o mesmo nível de intercessão sobre a sua vida como teve seu irmão. Porque apesar de seu pai ser um poderoso intercessor, ele morreu. Quando Isaque morreu, Esaú perdeu o seu intercessor. Jacó manteve-se de pé, por causa da intercessão de sua mãe, que continuou viva. Apesar de todas as atrocidades que Jacó cometeu, sua mãe intercedia sempre por ele. Mas um dia, Deus o levou para o Vale de Jaboque e ali consertou a vida dele. A partir daquele momento, Jacó teve toda sua vida transformada, recebeu uma nova identidade. De Jacó e trapaceiro, ele se tornou Israel de Deus. E quando Deus foi questionado sobre o fato de Rebeca ser o mesmo útero que gerou Jacó e Esaú, o Senhor deixou claro que amou Jacó, mas aborreceu Esaú. Continua...

ESTUDO PARA OS 12

desonrou a Deus. E mais do que isso, a Bíblia diz que Esaú foi colocado em uma terra de desolação, onde a sua herança era de chacais e desertos, ou seja, herança de maldição, por causa da desonra.


06 CONGRESSO

Chegou a hora! Na próxima Sexta, 28 de Fevereiro, terá início o Congresso de Consolidação 2014. Até o dia 04 de Março, a Família Restauração estará reunida no Templo para estudar o tema Uma Geração de Colheita consolidada na Honra. O Congresso de Consolidação é a oportunidade que as ovelhas, os líderes, os Pastores e os Apóstolos do MIR têm de estarem sendo ministrados por cinco dias consecutivos sobre um tema tão importante da Visão Celular no Modelo dos 12: a Consolidação. É tempo de aprender sobre Consolidação, mas, antes de tudo, de ser consolidado e ajustado interiormente através do ensino, comunhão, louvor e adoração. “O Congresso de Consolidação é um tempo específico nosso. É interno: Pastor e Ovelhas, Ovelhas e Pastor. Assim, podemos fazer alguns ajustes e prosseguir para a nossa conquista que será de êxito. Neste ano de 2014, faremos uma COLHEITA consolidada na HONRA, e precisamos estar preparados para colher e para saber o que faremos com a colheita”, disse Apóstolo Renê Terra Nova.

Durante o Congresso, será realizado o Grande Bazar, estratégia para arrecadar fundos para a Campanha Eu Amo Minha Igreja. Traga suas doações ainda esta semana e adquira os produtos durante o Congresso. Lembre-se, também, que Congresso de Consolidação é tempo de apresentar o Fruto Fiel. Observe a escala ao lado, convoque as suas células e vamos, juntos, fazer uma grande celebração ao Senhor. A programação do Congresso se estenderá de Sexta, 28 de Fevereiro, até Terça, 04 de Março, pelas manhãs e noites, com exceção das manhãs de Sábado e Segunda, quando não haverá atividade. E, no Domingo à noite, teremos apenas um Culto de Celebração, às 18h. Aguardamos você e as suas gerações para este tempo precioso de Consolidação!


CONGRESSO

Escala para apresentação do Fruto Fiel 28/02 – Sexta – 19h30 Apóstolos Anselmo e Rosemary Vasconcelos Apóstolos Gean e Daniela Muniz Apóstolos Idenilson e Clice Nascimento Apóstolo Jair Júnior e Pastora Augusta Andrade Regis Tadeu e Pastora Suellen Kanawati Danilo e Pastora Neuza Nardi 01/03 – Sábado – 19h Atenção: No Sábado pela manhã, NÃO haverá programação, somente à noite, às 19h. Apóstolos José e Francilene Monteiro Pastores Marcelo e Andréa Matos Pastores Mikeson e Heloísa Cordeiro Pastores Douglas e Suzy Araújo Pastores Márcio e Vânia Alves Pastores Eleudo e Anne Menezes Pastores André e Gersina Leal Pastores Hilton e Marinês Santos Pastores Marcos Antônio e Nattye Santos Pastora Radja Mar Pastor Jônatas Melo Andreza Lima Brian Santos 02/03 – Domingo – 8h30 Apóstolos Arão e Ester Amazonas Apóstolos Wilson e Cláudia Ayub Apóstolos Luis e Regina Vasconcelos Apóstolos Robson e Neliana Mendonça Pastores Cesar e Francieme Costa

02/03 – Domingo – 18h Celebração Única, às 18h Não haverá apresentação de Fruto Fiel 03/02 – Segunda – 19h Atenção: Na Segunda pela manhã, NÃO haverá programação, somente à noite, às 19h. Apóstolos Gilvan e Thelma Santos Apóstolos Marcos e Rosângela Matos Apóstolo Amsterdam e Pastora Josiane Leitão Apóstolos Alexandre e Elaíse do Carmo Apóstola Leonete Cunha 04/03 – Terça – 8h30 Apóstolos Gilmar e Ana Márcia Britto Pastores Wallace e Auxiliadora Silva Pastores Nilson e Carla Cardoso Pastores Nilmar e Michela Oliveira Pastores Sérgio e Shirley Dias 04/03 – Terça – 19h Apóstolos Marcel e Joice Alexandre Apóstolos Wagner e Adriana Pacheco Apóstolos Elionaldo e Jeruza Costa Apóstolos Sandro e Tenessa Nahmias


08 ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Livres em Deus Parte Final

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (João 8:36) No estudo passado, aprendemos que uma pessoa livre se expressa em tudo o que faz. Então, quando você vir uma pessoa se expressando, esse é o sinal da cura dessa pessoa e do quanto sua alma é ou não livre. Esta semana aprenderemos sobre outros tópicos que nos ensinarão a ser livres e nos expressar livremente. O amor a Deus “Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando pelo caminho, ao deitar-te e ao levantar-te.” (Deuteronômio 6:5-7) Em João 15:12, Jesus disse que há uma ordem para nós, um mandamento que diz que devemos nos amar uns aos outros assim como o Senhor nos amou, nos ama e sempre nos amará. Esta é a Sua ordem para nós: amar vidas. Através da obediência, alcançamos o amor, porque amar é uma decisão. O amor aos inimigos Jesus disse em Mateus 5:44-48: “Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis demais? não fazem os gentios também o mesmo? Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.”

Ao dizer que devemos amar os nossos inimigos, Jesus estava dizendo que, no dia em que decidíssemos amar aqueles que nos perseguem, não teríamos mais motivos para dizer que não gostamos de alguém, porque o amor de Deus vai entrar no seu coração em uma profusão tão grande que você passará a amar as vidas no sobrenatural de Deus. Amar os inimigos é uma ordem do Reino que não deve ser quebrada. Amar uns aos outros como o Senhor nos ama e amar os que nos perseguem significa que não há benefício quando fazemos o contrário. Pare por um instante e pense em uma pessoa que você não gosta, não simpatiza. Pensou? Então, se possível, vá até essa pessoa e faça um conserto com ela. Você só tem a ganhar agindo assim e, mais uma vez, o diabo perderá território, porque o amor vence tudo. Orar pelos inimigos A Bíblia diz que além de amar, devemos orar por nossos inimigos que nos perseguem (Mateus 5:44). Orar pedindo de Deus graça, revelação, unção e paz para que não haja mais motivos para inimizades. É assim que uma pessoa curada age. O curado não permite que mágoa, ressentimento, lembranças ou mesmo alguém que, por ignorância fez algo para lhe prejudicar, prenda a sua vida ao passado. Quem é nascido do espírito vence a obra da carne. Deus nos dará o dom perdoador para que haja liberalidade em nossos corações, para que amemos verdadeiramente uns aos outros. Ao lhe fazerem essa pergunta novamente, se você decidir amar os que lhe perseguem, não terá mais motivo de se lembrar de alguém que lhe causou algum dano. Uma pessoa curada não se permite ficar presa a uma lembrança.


ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Amar a si mesmo Para amar vidas, é necessário ter a habilidade de se amar primeiro, de ter uma alma organizada e renovada. Como está o nível da sua alma? Quando cumprimos os mandamentos, o Senhor organiza o nosso mundo interior. Uma pessoa que não se ama também não ama vidas. Ora, uma pessoa que se autodenomina que não ama a si mesma é porque tem muita coisa em seu histórico. O que faz uma pessoa se amar não é a aparência, o biotipo, o estereótipo, o fator externo, mas o que é somado na alma; isso é o que conduz ao amor ou ao aborrecimento. Há pessoas que são aparentemente bonitas, e se odeiam; outras são aparentemente feias, e se amam. Quem tem uma alma livre se ama e ama vidas. Qual a visão que você tem de si mesmo? Isso é muito importante. As pessoas se veem de acordo com a alma. Deus vai ampliar o conceito que você tem de si mesmo e você expressará a mente de Cristo. O Filho do Homem possuía uma alma que desejamos, e entrará em nós para ampliar nosso conceito, conduzindo-nos ao amor por vidas. O cuidado com a alma Sabemos que pessoas que vivem no mesmo contexto possuem posturas diferentes, e não é por causa das informações que receberam, mas por causa dos lixos que absorveram. São pessoas que só jogam lixo na alma enquanto outras vivem em meio ao lixo, mas não se contaminam, porque gostam de nobreza. São as antíteses ao ambiente. Deus transformará a sua alma e o seu discipulador, e as pessoas olharão para você e verão que você é uma

pessoa de excelência e de muitas conquistas. Tome posse da grandeza do Reino de Deus. Não permita que sua alma fique perturbada. Receba o mandamento de Deus e ame as vidas. Respeito Precisamos nos respeitar. O respeito nos permite enxergar a nós mesmos e às pessoas de forma diferente. Tudo se torna mais compensador quando voltamos a respeitar a vida, respeitar o que fazemos e respeitar as pessoas. Deus quer nos curar em todas as áreas. Uma alma desestressada volta a amar. A alma estressada obstrui o amor. Precisamos remover tudo o que embruteceu a alma para que voltemos a amar. Quando voltarmos a amar, ganharemos, consolidaremos, discipularemos e enviaremos uma equipe de excelência. Deus está desestressando a nossa alma e nos batizando em amor. Somente através do amor aumentamos o nosso nível de conquista. Toda pessoa que vive de bem com a vida prospera muito mais. Não podemos esquecer que Deus nos entregou através de Jesus o mandamento do amor: “O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas chamei-vos amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos dei a conhecer. Vós não me escolhestes a mim mas eu vos escolhi a vós, e vos designei, para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda. Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros.” (João 15:12-17)


10 POLÍTICA E PODER

DO ALTO DA TORRE

O lugar da nossa oração

Bíblia e Política – O casamento que dá certo e cura a sociedade É impossível a mim, sendo um cristão, escrever um texto ou pensar em política, ou mesmo me dirigir a um público essencialmente cristão, e não considerar atentamente no que a Bíblia diz a respeito do assunto que será abordado. Penso que isso se deva ao fato de que dentro de mim está claramente formado o conceito de um estilo de vida baseado no que a Palavra de Deus diz a respeito de um assunto, uma ação ou uma atitude. É como se aquele padrão de Jesus estivesse claramente impregnado dentro de mim: Como era no princípio? Essa era a forma de reflexão de Jesus para os Seus interlocutores: “Isso mesmo que já desde o princípio vos disse.” (João 8:25) Na minha convicção e em concordância com os moldes de Jesus, tudo tem que caminhar por um princípio divino para dar certo. E tenho plena convicção de que fatalmente o êxito das coisas está ligado a uma premissa: Que o princípio estabelecido por Deus, aquilo que Deus diz em Sua Palavra, conduz ao que é correto e exitoso. O fracasso, por sua vez, é exatamente o contraditório dessa premissa. Passamos, então, a considerar alguns pontos para essa reflexão sobre a política e o que se diz a respeito dos conceitos políticos nas referências bíblicas, as causas e as soluções das crises sociais com ênfase na ação do indivíduo e, finalmente, o propósito da política na Bíblia.

1. O conceito político na Bíblia O que a Bíblia tem a dizer sobre política? Na verdade, não encontramos na Bíblia a palavra ‘política’ nem uma definição da mesma. Obviamente porque a Escritura Sagrada não é um manual ou tratado político. Entretanto encontramos do Gênesis ao Apocalipse, a ideia implícita de política.

Folheando as páginas da Bíblia, verificamos que o conceito bíblico de política é o conceito do próprio Deus e de Seus escritores sagrados. A arte de bem governar e administrar com competência são exigências constantes de Deus. Podemos considerar a mensagem do profeta Isaías, sua reivindicação pela justiça social como resultado de uma política responsável e consciente como a reivindicação do próprio Deus que o enviara a profetizar.

2. As causas e as soluções das crises sociais As causas das crises socioeconômicas em nível mundial estão numa política que, por ações de ‘certos políticos’, classificamos como uma política defeituosa. E qual seria a causa desse defeito? É simples, a maioria dos líderes políticos estão querendo dirigir o mundo sem Deus e sem a Bíblia. Acredite, o maior e melhor programa de governo de todos os tempos é a Palavra de Deus. “Quando se assentar no trono do seu reino, escreverá para si num livro uma cópia desta lei, que está diante dos sacerdotes levitas. Conservará a cópia consigo, e a lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer ao Senhor seu Deus, e a guardar todas as palavras desta lei e estes estatutos, para os cumprir, e para que o seu coração não se eleve sobre os seus irmãos, e não se aparte do mandamento, nem para a direita nem para a esquerda, de sorte que prolongue os dias no seu reino, ele e seus filhos no meio de Israel”. (Deuteronômio 17:18-20) Além disso, observe o exemplo do povo de Israel na Bíblia. Na história dos reis de Israel, os reis que governaram sob o temor de Deus e em obediência à Palavra foram bem-sucedidos. O segredo de uma


Presidente Ap. Renê de Araújo Terra Nova 1º Vice-presidente Ap. Wilson Ayub Júnior 2º Vice-presidente Ap. Arão Amazonas Administrador do Templo Pr. Cesar Costa Diretor Financeiro Ap. Anselmo Vasconcelos Diretora de Comunicação Pra. Francieme de Melo Lobato Costa Diretora de Ação Social Pra. Lucineide Pereira Alves Jornalista Responsável Cleo Pinheiro (MTB 019) Edição de Textos Pra. Francieme Costa, Beatriz Teixeira Redação Pra. Francieme Costa, Beatriz Teixeira, Natacha Rocha Projeto Gráfico MaurícioNascimento.com Diagramação Maiko Mendonça Fotos Arquivo MIR, Maiko Mendonça Informações (92) 3342.2693 mir@mir12.com.br CULTOS DAS REDES Rede de Homens Segunda-feira (1a semana do mês), às 19h Rede de Mulheres Terça-feira (1a semana do mês), às 19h Rede da Família Toda Quarta, às 19h Rede de Crianças Todo Sábado, às 16h Rede JUMP Todo Sábado, às 19h Demais Cultos Culto da Brecha Sexta-feira, às 12h Shabat Sexta-feira, às 19h Culto de Celebração Domingo, 17h e 19h15. ATENDIMENTO MIR Ponta Negra 3659-0588 Casa Administrativa 3233-3344 | 3233-1110 Escritório JUMP 3081-4993 ICEJ - Brasil 3233-4140 Impressão Gráfica Olitech 3237-3497 Atenção As mídias e artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos anunciantes e escritores. O MIR não se responsabiliza sobre o conteúdo e veracidade de tais palavras e mídias (ou dos fatos). Como Instituição Religiosa, o MIR não veicula no seu periódico semanal o que possa ferir ou contrariar a Palavra de Deus e a fé cristã.

PLANO DE LEITURA BÍBLICA ANUAL: FEVEREIRO / MARÇO 24 [ 25 [ 26 [ 27 [ 28 [ 01 [ 02 [

] Deuteronômio 10-12 ] Deuteronômio 13-15 ] Deuteronômio 16-18 ] Deuteronômio 19-21 ] Deuteronômio 22-23 ] Deuteronômio 24-26 ] Deuteronômio 27-29

ATUALIDADES

PUBLICAÇÃO DO MINISTÉRIO INTERNACIONAL DA RESTAURAÇÃO - MIR Estrada da Ponta Negra, 5001 Sto. Agostinho - Manaus - Amazonas www.mir12.com.br | mir@mir12.com.br

política eficiente não está na forma de governo nem no regime político, mas na aplicação prática dos princípios morais e civis da lei de Deus. No mundo de pecado em que vivemos, onde os atos desqualificados do indivíduo em sua sociedade apodrecem seu ambiente social, é impossível um governo exitoso. Entretanto, quando os Princípios Bíblicos regem a conduta e a moral dos dirigentes, Deus abençoa a Nação e a sociedade. Quando João Calvino (1509-1564) aplicou em Genebra (Suíça) os princípios da Bíblia, ele revolucionou de maneira extraordinária a vida daquela cidade. A reforma religiosa e político social de Calvino é um marco da história que comprova, entre tantos outros exemplos semelhantes, que fé em Deus e administração pública são uma mistura que dá certo. Isso nos desafia.

3. O propósito da política na Bíblia Observe que de acordo com a Bíblia, a política, em si, é boa porque foi instituída por Deus. O problema está no fato de que nem sempre o poder político é devidamente utilizado. Daí, então, o questionamento deve ir em direção ao político que está fazendo a má política e não à política em si. Isso acontece porque nem todos estão aptos para entender o propósito da política. Qual a finalidade da política? Acredito que os teólogos da Assembleia de Westminster, Inglaterra (1643-1648), definiram biblicamente o propósito

da política quando disseram: “Deus, o Senhor Supremo e Rei de todo o mundo, para a Sua glória e para o bem público, constituiu sobre o povo magistrados civis (líderes políticos) que lhes são sujeitos, e a este fim os armou com o poder da espada para defesa e incentivo dos bons e castigo dos malfeitores.” Vejam nessa declaração que a finalidade da política é dupla. Deus a constituiu para: 1. Sua própria glória. 2. O bem público. Perguntar não ofende: Será que este duplo propósito da política está sendo cumprido em termos de Brasil? É evidente que não, pois notamos ainda na declaração de Westminster que as autoridades receberam da parte de Deus o poder da espada para a defesa dos bons e castigo dos maus. A impunidade desonra a Deus. Em resumo, a Bíblia valoriza a política e os políticos no livro de Romanos 13:1,2. “Toda pessoa esteja sujeita às autoridades superiores, pois não há autoridade que não venha de Deus. As autoridades que há foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenança de Deus, e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação”. Primeiro, porque faz parte da própria essência administrativa de Deus. Segundo, porque são agentes de Deus, quer estejam conscientes ou não, quer acreditem ou não, a fim de governarem com seriedade para que Deus seja glorificado e o povo respeitado, levando-nos, finalmente, a crer que Bíblia e política formam um casamento que dá certo e cura a sociedade. Apóstolo Marcel Alexandre


Infomir 725  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you