Issuu on Google+

Publicação do Ministério Internacional da Restauração Nº 723- 09 de Fevereiro de 2014 • 2014: Ampliando a Colheita pelo Princípio da Honra


02 ATUALIDADES

O primeiro Seminário de 2014 promovido pela Rede da Família teve início na Quarta, 05 A Rede da Família nasceu com o objetivo de dar suporte às famílias através de ensinamentos para os casais, para os pais, para os filhos. Dessa forma, as famílias podem ser consolidadas e fortalecidas. Uma das formas eficientes que a Rede encontrou para transmitir esses ensinamentos é através da realização de Seminários. A escolha de um tema específico e o tempo dispensado para tratar o assunto (geralmente quatro semanas), permitem que os participantes sejam solidificados naquela área. Na Quarta, 05, teve início o primeiro Seminário do ano, com o tema Conhecendo os Ciclos da Família. “Esse seminário tem o objetivo de nos levar a conhecer a dinâmica da nossa casa, entendendo que nossa família se move através do tempo como espiral. Você entenderá

como é a sua família e, assim, levantará uma geração forte e poderosa”, explicou a Apóstola Cláudia Ayub. Na ministração, o Apóstolo Júnior Ayub falou sobre a Fase do Ninho. Ele explicou a importância de resolver o passado para entrar no casamento, ou seja, não entrar no relacionamento com pendências. “É muito triste descobrir, após casados, quem foi o cônjuge no passado. Se não formos curados, podemos viver lambendo as feridas do passado. Mas é maravilhoso construir um futuro juntos, sabedores de que o passado ficou no passado”, ensinou. Todas as famílias do MIR estão convidadas para participar e trazer outra família para ser edificada também. Dê mais este passo rumo ao objetivo de ser a família mais feliz de toda a Terra!

O primeiro Encontro de Casais de 2014 será nos dias 7, 8 e 9 de Março. As inscrições já estão abertas e são limitadas. Aguardamos você na Rede da Família para fazer sua inscrição.


ATUALIDADES


04 ESTUDO PARA OS 12

Mantendo firme a palavra da confissão “Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.” (Mt 5:37) Verdade Central: A Bíblia diz que a nossa palavra deve ser sim, sim; não, não. Isso significa que não devemos titubear diante do que estamos falando. Ou temos certeza, ou não temos. Ou fizemos algo, ou não fizemos. Quando não há firmeza no que está sendo falado, é porque entrou procedência maligna. Introdução: Jesus deixou inúmeros ensinamentos para nossas vidas. Em tudo, Ele foi modelo, exemplo. Ensinava com autoridade e, por isso, Sua vida impactava até mesmo os doutores da lei. O que falta hoje na vida de líderes, discípulos e do povo de Deus em geral, é ser firme diante de toda e qualquer situação, seguindo os ensinamentos do Mestre. O líder de êxito não pode ter: Um discurso contraditório; Um coração distante da promessa; Uma alma amargurada. Por quê? Porque um discurso contraditório, um coração distante da promessa e uma alma amargurada são fatores que paralisam e impedem uma conquista brilhante.

1. Um discurso contraditório A Bíblia diz que, em Jesus, temos o Amém. Fomos chamados para um decreto que não pode ser confundido. “Pois, tantas quantas forem as promessas de Deus, nele está o sim; portanto é por ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio.” (II Co 1:20) O líder não deve ter, como característica principal na sua vida, a contradição entre a pregação e a prática. Seu discurso não pode ser equivocado. Nenhum discípulo quer seguir um líder que diz uma coisa e faz outra.

Uma conquista é mantida por uma palavra segura, sábia e verdadeira, na qual não há dolo algum. O líder de êxito em suas conquistas deve caminhar de mãos dadas com o discurso e a prática. Ambos devem andar como um casal unido. “Ao concluir Jesus este discurso, as multidões se maravilhavam da sua doutrina; porque as ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas.” (Mt 7:28,29). O segredo de Jesus foi falar com autoridade. Ele falava o que vivia e vivia o que falava. Jesus não possuía discurso diferente de atitude e isso O fazia atrair as multidões. Nosso ensino é muito mais importante vivido do que falado.

2. Um coração distante da promessa “O seu coração está bem firmado, ele não terá medo, até que veja cumprido o seu desejo sobre os seus adversários.” (Sl 112:8). Todo coração voltado para Deus espera em Suas promessas sem se distanciar dEle. Porém, um coração longe das promessas do Pai não alcança o êxito, por mais que o deseje. Nosso Deus é um Deus de promessas. E Ele diz: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.” (Pv 4:23). O coração fala de sentimento, vontade, desejo, dentre outras coisas. Por isso, a Bíblia diz: “Onde estiver o seu coração aí está o seu tesouro.” (Mt 6:21) Há mais de 250 referências bíblicas sobre coração, todas relacionadas entre si. Somos uma geração de líderes que precisam ter o coração em Deus, viver para Ele. “Escondi a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti.” (Sl 119:11) No Salmo 53:1, o salmista denuncia um coração insensato,


Deus quer que tenhamos um coração puro e limpo, livre de toda a imundícia do mundo. “Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem.” (Pv 27: 19). Ou seja, assim como a água reflete o rosto, o coração reflete quem somos. Por isso, a Palavra diz em Provérbios 15:13: “O coração alegre aformoseia o rosto; mas pela dor do coração o espírito se abate.” Existem pessoas que têm uma palavra branda, parecem ser tão calmas, mas na realidade não são o que parecem ser. “A sua fala era macia como manteiga, mas no seu coração havia guerra; as suas palavras eram mais brandas do que o azeite, todavia eram espadas desembainhadas.” (Sl 55:21). Há pessoas que chegam às outras fingindo amar, mas por trás ferem e golpeiam. Isso revela uma falsidade muito grande. “Cessou para sempre a sua benignidade? Acabou-se a sua promessa para todas as gerações? Esqueceu-se Deus de ser compassivo? Ou na sua ira encerrou ele as suas ternas misericórdias? E eu digo: Isto é minha enfermidade; acaso se mudou a destra do Altíssimo? Recordarei os feitos do Senhor; sim, me lembrarei das tuas maravilhas da antiguidade. Meditarei também em todas as tuas obras, e ponderarei os teus feitos poderosos. O teu caminho, ó Deus, é em santidade; que Deus é grande como o nosso Deus? Tu és o Deus que fazes maravilhas; tu tens feito notória a tua força entre os povos.” (Sl 77:8-14) Deus não Se esquece das promessas que fez, mas o coração do homem, muitas vezes, se distancia delas por causa da enfermidade da alma, colocando a culpa nos outros. Na verdade, cada um deve olhar para dentro de si e perceber o quanto se deixou enfermar. “Minha alma ainda os conserva na memória, e se abate dentro de mim. Torno a trazer isso à mente, portanto tenho esperança. A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele. Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.” (Lm 3:20-26) As promessas do Senhor devem estar ativadas em nossa memória. O próprio Deus diz: “Procura lembrar-me; entremos juntos em juízo; apresenta as tuas razões, para que te possas

justificar!” (Is 43:26). Como lembrar das promessas se não abrirmos a boca diariamente para proferi-las e lembrá-las ao Pai? Devemos ser como um bebê dentro do útero da mãe: totalmente dependente. Necessitamos de Deus para tudo em nossa vida, e entre você e o Senhor não deve haver segredo. Não podemos ser restituídos se não lembrarmos a Deus as Suas promessas. A Sua Palavra não mente e Ele mesmo nos pede: Lembra-Me! Um coração fora da promessa paralisa a conquista.

3. Uma alma amarga O líder que deseja conquistar não deve ter uma alma amarga. É como se a dança estivesse fora do tempo da música. Toda amargura de alma na vida do líder deve ser renunciada para que nada venha impedir suas conquistas. A amargura é uma raiz que se infiltra no coração e traz perturbação e contaminação, paralisando o líder. É preciso arrancá-la! “Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.” (Hb 12:15) Como líderes, precisamos quebrar os jugos opressores sobre o coração, trazendo à memória o que nos dá esperança (Lm 3:21). Lembre ao Senhor as promessas e peça o Seu renovo, acompanhado de novos decretos. Quando um líder vive o que fala, prospera. No discurso bíblico, os líderes que não viveram as promessas entraram em derrota. Aqueles que venceram as adversidades conquistaram o êxito. Precisamos administrar as dificuldades e não deixar o inimigo encontrar brechas. A Palavra de Deus deve ser lembrada por nós todos os dias. Enquanto estivermos na Terra, devemos andar em novidade de vida, caminhando na revelação do Senhor e lembrando as Suas promessas. É assim que o líder de excelência caminha sempre alcançando novos territórios. Um discurso contraditório, um coração distante da promessa e uma alma amargurada são fatores que paralisam e impedem uma conquista brilhante. Permita-se ser acolhido por Deus, retendo apenas o que é benéfico para sua vida e ministério. Deus cumprirá as promessas que fez a você, tão-somente não distancie o seu coração do Senhor. Coloque-se diante do Pai e contemple as promessas, veja cada uma delas se cumprindo.

ESTUDO PARA OS 12

que não possui sabedoria: “Diz o néscio no seu coração: Não há Deus. Corromperam-se e cometeram abominável iniquidade; não há quem faça o bem.”


06 CONGRESSO

“Abram os olhos e vejam os campos! O que foi plantado já está maduro e pronto para a COLHEITA.” João 4:35


CONGRESSO

Nos dias 28 de Fevereiro a 4 de Março, o Ministério Internacional da Restauração estará mergulhando para um tempo de ensino, comunhão, louvor, adoração e celebração ao Rei. Todos os anos, por cinco dias, enquanto muitos estão celebrando a carne, nós nos reunimos para aprender mais de Deus e da Sua Palavra. Com enfoques diferentes, o tema CONSOLIDAÇÃO é sempre abordado para nos levar a patamares maiores. E no ano que estamos debaixo do decreto de uma COLHEITA poderosa pelo princípio da HONRA, precisamos saber o que fazer para consolidar o que Deus entregará em nossas mãos.

“O Congresso de Consolidação é um tempo específico nosso. É interno: Pastor e Ovelhas, Ovelhas e Pastor. Assim podemos fazer alguns ajustes e prosseguir para a nossa conquista que será de êxito. Neste ano de 2014, faremos uma COLHEITA consolidada na HONRA, e precisamos estar preparados para colher e para saber o que faremos com a colheita”, disse Apóstolo Renê Terra Nova. E neste Congresso, teremos o diferencial do Grande Bazar, que todos os dias estará aberto para abençoar os filhos do MIR. Você que virá será abençoado duplamente, com a Palavra de Deus e com excelentes oportunidades de compras. Esperamos você!

O que: Congresso de Consolidação 2014 | Quando: 28 de Fevereiro a 04 de Março | Onde: Templo MIR


08 ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Princípio do Descanso “Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim te aprouve. Todas as coisas me foram entregues por meu Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar. Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mateus 11:25-30)

A

Bíblia mostra um convite de libertação para que cadeias sejam quebradas. Esse convite é específico, é para um grupo de pessoas específicas: todos os que estão cansados, sobrecarregados, que têm pesos sobre os ombros, que estão desesperados, desanimados. A estes, Jesus chama: “Vinde a mim”. Não é fácil cumprir o Princípio do Descanso, de levar tudo ao Pai no corre-corre do mundo atual. Porém, tudo na vida tem um motivo e um objetivo. A Bíblia é um livro de direções e de Princípios. É por isso que tudo que está escrito na Palavra tem um objetivo. “Tudo que foi escrito, para nosso ensino foi escrito.” (Romanos 15:4) Deus quer que conheçamos Suas direções e Seus Princípios, pois um povo que tem conhecimento vive mais. “O meu povo perece, porque lhe falta o conhecimento.” (Oséias 4:6). Esse viver mais está relacionado à guarda dos Princípios espirituais. O salmista disse: “Os teus princípios para mim são vida e por isso os escondi no meu coração para que eu não peque.” (Salmo 119:11) Guardar a Palavra no coração para não pecar é para aqueles que cumprem os Princípios. Quem não conhece Princípios peca e morre, porque vive no salário do pecado. Mas aqueles que obedecem vivem bem, sadiamente. Por que esse ensinamento? Por causa do princípio: o salário do pecado é a morte. Deus escreveu Seus Princípios não para agradar intelectuais, eruditos, cultos. Os Princípios foram escritos

para aqueles que nasceram de novo. Você nasceu de novo? Então este princípio e todos os outros que estão na Palavra de Deus são para você. Pelos Princípios, vamos viver mais e viver bem.

Shabat – Princípio de descanso no Senhor O Senhor nos deu um princípio para descansarmos: o Shabat. O Shabat é uma visão de privilégio. O Mestre diz: “... e encontrareis descanso para a vossa alma”. (Mateus 11:29). O descanso da sua alma é Yeshua. Você está passando por algum problema? Saiba que nenhum problema é maior que a solução. Mesmo que a solução ainda não tenha chegado, você tem uma promessa: descansar no Senhor. Yeshua é o seu descanso e isso é o princípio do Shabat. Muitos que se dizem teólogos, entendidos e cultos ainda não compreenderam isso. Deus não revelou Seus segredos aos sábios, mas aos pequeninos. Por que aos pequeninos? Porque eles não colocam dificuldades, nem racionalismos, nem indagações para Deus. Os pequeninos são aqueles que guardam no coração duas coisas: mansidão e humildade. Mansidão e humildade são Princípios para descanso psicológico, emocional, afetivo. O que tem prendido o homem a uma vida cheia de problemáticas, estresse e desorientação é a falta do descanso. Por isso, o Senhor quer orientar-nos. E Ele fala que essa orientação não é para quem é sábio ou entendido, é para quem é humilde e manso. Você pode até ser sábio e entendido, mas também tem que ser manso e humilde. Ou pode ser ignorante e inculto, e não ter nada de simplicidade, mansidão e humildade. Deus quer encontrar no seu coração a mansidão e a humildade. O Senhor nos diz neste tempo que precisamos ter uma visão de quem é o Filho. Ninguém conhece o Pai senão o Filho e ninguém conhece o Filho senão o Pai. Os dois falam da mesma essência e dos mesmos Princípios. Mas, o texto diz que o Filho é conhecido por “aquele a quem o Filho o quiser revelar.” O Filho Se deu a revelar a algumas pessoas


que olhamos é a circunstância. Mas, mesmo olhando para a circunstância, precisamos andar pelos Princípios de Deus que mudam circunstâncias.

O caráter do Pai é revelado aos filhos

Não estaríamos falando em Princípios e conhecimento se não houvesse um porquê e um para quê. O objetivo de Deus com o conhecimento é trazer libertação. Deus não quer ninguém preso em cadeias: cadeias do medo, das enfermidades, dos problemas, das angústias.

E, a quem o Filho Se revelou, o caráter do Pai se revelou no mesmo nível. Quem conhece ao Filho, conhece o Pai, pois os dois são um (João 14:7-11). Isso fala de essência e de conhecimento dos Princípios de Deus. O Filho veio revelar o caráter do Pai e todos nós vamos nos parecer com o Pai, em Seu caráter. Deus não está procurando quem é o mais sábio ou quem tem os melhores discursos, Deus está procurando filhos para revelar o Seu caráter, essência e Princípios. Você que é filho de Deus tem o direito de receber do Filho, Jesus, a revelação do caráter do Pai no seu caráter e de viver segundo os Princípios de Deus. Isso só é possível porque o Pai conhece o Filho e o Filho conhece o Pai, completamente. Onde está o princípio disso? No conhecimento da identidade. Eu tenho que conhecer aquele que me legitimou. Quando conhecemos a identidade um do outro, a verdade se manifesta. O texto de João 8 diz: “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” Não existirá libertação se não houver o conhecimento da verdade. O conhecimento é a vivência do Princípio. Muitas pessoas sabem que Jesus salva e liberta, mas não são salvas nem libertas. Por quê? Porque não aceitaram, não viveram o Princípio. Sabem a verdade, mas lhes falta o conhecimento, a ação, a mudança. O Senhor tem nos dado conhecimento nestes dias e “Toda a terra será cheia do conhecimento do Senhor como as águas cobrem o mar” (Isaías 11:9). Nós encheremos as praças, as ruas com pessoas sedentas de Deus para que o conhecimento as alcance e as liberte. Porém, até o conhecimento da verdade ser estabelecido em nosso caráter, viveremos uma guerra, porque a primeira coisa

A Bíblia nos mostra um convite de libertação para que cadeias sejam quebradas. “Vinde a mim”. Essa visão de privilégio, de reconhecer o Shabat como descanso, mostra os motivos de Jesus, o porquê dEle chamar aqueles que já conheceram o Filho: para lhes dar a libertação específica do cansaço e da opressão. A opressão é um peso oriundo de algum fato ou alguma pessoa. Porém, Jesus o chama para desoprimi-lo, para ensinar-lhe o caminho do descanso, para ensinar-lhe a viver a Palavra, a tornar reais em sua vida os Princípios Bíblicos que você já conhece, mas que, às vezes, não vive. Deus quer trazer alívio para sua alma. Se Deus o convida, é porque Ele pode dar o banquete. Creia que o convite é legítimo e a promessa também. O Senhor quer trazer alívio psicológico para você conseguir decidir, produzir e prosperar. Deus já decidiu isso, e se você decidir com Ele, haverá alívio e descanso para a sua alma. O nosso jugo e a nossa carga são muito pesados. Mas, Jesus tem uma troca para fazer conosco. Ele toma nosso jugo pesado e nos dá um jugo suave; toma nossa carga pesada e nos dá uma carga leve. Só o Senhor Jesus faria uma troca dessas! Entregue a sua causa nas mãos dAquele que sabe resolver, pois Ele tem o melhor. Você pode até dizer que já entregou, mas, então, por que está com este peso no coração? Entregue! A entrega não é com a razão humana, é pela fé, para os que confiam em Deus. O Senhor tem reservado para você o descanso e o alívio. Não hesite, atenda o convite do Mestre!

ESTUDO PARA AS CÉLULAS

e você é uma delas. O Filho está dando-nos os Seus Princípios e trazendo luz ao nosso entendimento. Você tem recebido essa revelação. Isso é um privilégio!


10 POLÍTICA E PODER

DO ALTO DA TORRE

O lugar da nossa oração

“... uma oração ao Deus da minha vida” (Salmo 42:8b) Certamente Deus pôs sonhos e desejos em seu coração. Daí decorre o fato de termos metas que queremos alcançar e situações que cremos que podemos mudar. Porém, sempre que a vida se torna difícil, e que a pressão aumenta, com frequência somos tentados a pensar que Deus “se esqueceu de nós, por isso andamos lamentando [queixando-se]” (v.9). Esse não é o momento de dar-se por vencido. Não é o momento de, como alguém que alcançou determinada idade, aposentar-se ou mesmo retirar-se de cena. O salmista Davi sabia a quem podia recorrer nessas horas de tribulação. Esse “homem segundo o meu coração [de Deus]” (Atos 13:22) insistiu em buscar o SENHOR nos dias difíceis e fazer notórios os Seus grandiosos feitos através de cânticos [salmos] que expressam a bondade de Deus a todos os que dessem ouvidos. Talvez você tenha muitas circunstâncias adversas. E eu sei que, às vezes, parece que quanto mais oramos, tudo se torna pior. Some-se o fato de que você continua fazendo o que é certo, porém não obtendo os resultados esperados. Contudo, quero afirmar que não há ninguém capaz de erguer você dos seus abismos pessoais como o SENHOR, seu Deus.

É hora de adotar uma nova atitude! Esse é o momento de “pôr-se de joelhos diante do Pai”! (Efésios 3:14). Davi estava longe de ser um homem perfeito, mas entendeu algo que todos nós devemos compreender: Quando os momentos de tribulação chegam, mesmo a tribulação que causamos a nós mesmos, ou quando temos metas a alcançar, ou ainda circunstâncias que necessitamos mudar, devemos recorrer a Deus e esperar por Seu auxílio com paciência.

Se “as tuas lágrimas têm sido o teu alimento dia e noite” (v.3), ou se “está abatida a tua alma” (vv.5,11), adote uma nova atitude, “venha ao altar de Deus, [ponha-se de joelhos], entoe louvores e espera em Deus” (Salmo 43:4,5).

Ele nunca nos desapontará! “... o SENHOR, durante o dia, te concederá a sua misericórdia, e à noite contigo estará o seu cântico” (v.8a). Lembre-se dessas verdades acerca do Deus a quem você serve e depois as proclame a todos os que darão ouvidos. Também defina com clareza qual é a sua prioridade e não se permita ser interrompido pelas muitas possibilidades ou por uma sobrecarga de indagações pessoais. Aprenda a criar hábitos. O ato de escovar os dentes, por exemplo, foi criado por você. E é infalível. Duvido você não escovar os seus dentes e ter um dia agradável. De maneira semelhante, os fumantes que ficam um dia sem fumar. Cada hábito que nós criamos conscientemente terá consequências de curto, médio e longo prazo. Alguns hábitos nos ELEVAM, outros hábitos podem nos prejudicar. Posso afirmar que apresentar todas as manhãs uma oração ao Deus da minha vida aqui no templo do MIR é um bom hábito que eu criei. “Em 2014, todos mudarão de sorte”. Pastor Nilmar Oliveira, Prof. MSc.


Presidente Ap. Renê de Araújo Terra Nova 1º Vice-presidente Ap. Wilson Ayub Júnior 2º Vice-presidente Ap. Arão Amazonas Administrador do Templo Pr. Cesar Costa Diretor Financeiro Ap. Anselmo Vasconcelos Diretora de Comunicação Pra. Francieme de Melo Lobato Costa Diretora de Ação Social Pra. Lucineide Pereira Alves Jornalista Responsável Cleo Pinheiro (MTB 019) Edição de Textos Pra. Francieme Costa, Beatriz Teixeira Redação Pra. Francieme Costa, Beatriz Teixeira, Natacha Rocha Projeto Gráfico MaurícioNascimento.com Diagramação Maiko Mendonça Fotos Arquivo MIR, Maiko Mendonça Informações (92) 3342.2693 mir@mir12.com.br CULTOS DAS REDES Rede de Homens Segunda-feira (1a semana do mês), às 19h Rede de Mulheres Terça-feira (1a semana do mês), às 19h Rede da Família Toda Quarta, às 19h Rede de Crianças Todo Sábado, às 16h Rede JUMP Todo Sábado, às 19h Demais Cultos Culto da Brecha Sexta-feira, às 12h Shabat Sexta-feira, às 19h Culto de Celebração Domingo, 17h e 19h15. ATENDIMENTO MIR Ponta Negra 3659-0588 Casa Administrativa 3233-3344 | 3233-1110 Escritório JUMP 3081-4993 ICEJ - Brasil 3233-4140 Impressão Gráfica Olitech 3237-3497 Atenção As mídias e artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos anunciantes e escritores. O MIR não se responsabiliza sobre o conteúdo e veracidade de tais palavras e mídias (ou dos fatos). Como Instituição Religiosa, o MIR não veicula no seu periódico semanal o que possa ferir ou contrariar a Palavra de Deus e a fé cristã.

PLANO DE LEITURA BÍBLICA ANUAL: FEVEREIRO 10 [ 11 [ 12 [ 13 [ 14 [ 15 [ 16 [

] Números 4-6 ] Números 7-9 ] Números 10-12 ] Números 13-15 ] Números 16-18 ] Números 19-21 ] Números 22-24

Um sacerdote cheio de alegria A primeira Rede de Homens de 2014 ensinou aos sacerdotes o poder da alegria A primeira reunião da Rede de Homens de 2014 marcou o início de um novo tempo para os sacerdotes do Ministério Internacional da Restauração. O louvor ministrado pelo Apóstolo Gilmar Britto sinalizou o que Deus faria na noite: um derramar extraordinário da unção de alegria. O Apóstolo Renê Terra Nova começou a ministração da Palavra perguntando: Sacerdote, onde está sua alegria? Baseado no texto de Provérbios 15:15, o Apóstolo ensinou que os sábios têm muitos patrimônios, mas um deles é a alegria contínua: “É justo e humano você ficar triste em alguns momentos, mas não deve viver triste. Rompa com aquilo que lhe traz contínua tristeza!”. E continuou: “O que tem roubado sua alegria? Um homem de Deus triste é um mau testemunho para o Céu e um mau respaldo para a Terra. Quando estamos constantemente tristes, apagamos a presença de Deus. O lugar da sua tristeza não é o lugar da sua chamada. Se estamos tristes, temos que orar pedindo a Deus que nos mude de lá”. No final, os homens decidiram romper com a tristeza e mergulhar na alegria do Senhor, pois “o coração alegre é um banquete contínuo” (Provérbios 15:15). Pelo êxito da primeira reunião da Rede, você, homem de honra, tem todos os motivos para se agendar para a próxima: dia 03 de Março, às 19h30, no Templo. Participe e traga um visitante!

PARABÉNS | A Família Restauração parabeniza os aniversariantes da semana: Apóstolo Wagner Pacheco (10/02); Pastor Marcos Matos (14/02); Danilo Nardi (14/02). “O Deus eterno é a tua habitação, e por baixo estão os braços eternos; e ele lançará o inimigo de diante de ti, e dirá: Destrói-o.” (Deuteronômio 33:27)

ATUALIDADES

PUBLICAÇÃO DO MINISTÉRIO INTERNACIONAL DA RESTAURAÇÃO - MIR Estrada da Ponta Negra, 5001 Sto. Agostinho - Manaus - Amazonas www.mir12.com.br | mir@mir12.com.br


Durante o Congresso de Consolidação (28 de Fevereiro a 4 de Março), o MIR realizará um novo Grande Bazar com a participação de toda a Família Restauração. As doações devem ser entregues no Altar, durante os Cultos de Celebração aos Domingos. “Durante todos os Cultos estaremos orando e abençoando aqueles que trouxerem as doações para a Campanha Eu Amo Minha Igreja. Vamos aquecer a Campanha novamente”, disse o Apóstolo Renê Terra Nova.

Haverá uma área específica para a alimentação. Aos interessados em colocar Stands, Pastor Cesar Costa tem as informações (92) 8121.4000.


Infomir 723