Issuu on Google+

al

O FATO

n Jor

Ano XXXVII | Edição n.° 1964 | R$ 1,50

CAMPO BOM | Sexta-feira, 30 de março de 2012.

Cancha de bocha acarpetada

Parque Délcio Lauer ganhou reformas e a cancha de bocha com carpete. Confira na página 6.

Ato de vandalismo na Escola de Arte Educação Página 6

Encenação da Paixão de Cristo

TELE-TINTAS

Página 7

Dedicação envolvimento e eficiência.

3597.3436

Roupas & Acessórios

(51) 9803-2623 ( Quiksilver, Billabong, Adidas, Ecko e outros)

Contato com Elisa 9212.0732

3529.3043

R. Santa Helena, 348 (fundos) Bairro Centenário - Sapiranga

Presentes,Bijuterias e Utilidades em Geral Cartões Telefônicos

Agora com: Pronto Socorro Elétrico e Hidráulico (Diariamente das 13hs às 21hs,inclusive Feriados)

Rua Benno Bauer, 213-Quatro Colônias-Campo Bom

Atendimento humanizado Por Evanir Eloisa Martini Um grande acerto da administração municipal, através da vontade política do prefeito Faisal Karam, foi a instalação do “Posto 24 Horas” no município. Uma lacuna que existia e que hoje podemos dizer que tem um funcionamento eficiente. Posso falar de “cadeira”, pois minha mãe de 78 anos, precisou realizar durante duas semanas curativos no local, todos os dias. Eu a levava e ficava esperando, vendo toda a movimentação dos profissionais que ali desempenham suas funções. Sempre fomos bem recebidas, desde o atendimento na recepção, passando pelas responsáveis pelos curativos, que trabalham na parte da tarde no Posto 24 Horas, pois pela manhã elas desempenham suas funções no Hospital Lauro Réus. Estas duas moças, são um exemplo de profissionalismo, vão além de um simples curativo, dão atenção as pessoas que atendem, fazem da profissão uma verdadeira missão de vida. Sendo outro ponto positivo do local, a triagem para atendimento, que dinamiza o processo. Temos visto, muita coisa positiva no município, principalmente com relação a organização ornamental da cidade, que criou vida multicores em sua paisagem, demonstrando ser um governo preocupado com a qualidade de vida de sua população. Na área educacional, com escolas excelentes e profissionais comprometidos com a missão de ensinar e transmitir conhecimento. Campo Bom é uma cidade exemplo em nossa região, pois sua comunidade é organizada e ajuda a administração municipal, no sentido de preservar os locais públicos, valorizando assim o que é feito em beneficio da mesma. As vezes temos casos de vandalismo, que são isolados, mas que imediatamente a comunidade e o poder público, unidos buscam soluções. Mas este ano teremos eleições e muitas especulações sobre quem serão os candidatos que estarão concorrendo as eleições, que terão a incumbência de bem gerir esta cidade e toda esta engrenagem de progresso e desenvolvimento. Já temos informações que o atual prefeito, Faisal Karam, é pré-candidato do PMDB a reeleição. Agora vamos ver a carroça andar e as melancia se acomodar, pois o mais importante deve ser, colocar a frente do executivo, pessoa comprometida com todos os segmentos, que tenha atitude e valorize as diferenças, para chegar atingir o equilibro necessário para continuar engrandecendo este povo trabalhador, que tem orgulho da cidade que mora. Retomando o inicio de nosso artigo, deixo um abraço a todos que trabalham no Posto 24 Horas, desejando que continuem valorizando seus pacientes e dando atenção merecida a todos, procurando amenizar suas dores. O atendimento com carinho, é um santo remédio que pode fazer milagres.


GERAL

2

O Fato do Vale

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

MEUS TRÊS AMIGOS INESQUECIVEIS Tarsis Pereira de Oliveira, Nilson Guimarães e Anleto Lopez Carretta – nenhum mais entre nós – foram meus inesquecíveis amigo. O último deles (porque o conheci na adolescência) – não chegou a conhecer os dois primeiros. Anleto aos dezoito anos – plena mocidade – quando fazia o serviço militar no quartel da Serraria, morreu afogado na praia, ao fazer um mergulho e ficar preso entre duas enormes pedras situadas debaixo d´agua. Foi meu colega de aula no Colégio Julinho. Era um intelectual de grande sensibilidade. Naquela idade lia de forma sôfrega os grandes clássicos da literatura universal. De origem espanhola (seu avô havia sido jardineiro do Palácio Piratini no tempo de Borges de Medeiros) tinha como seu ídolo magistral poeta da Espanha Garcia Lorca, herói na revolução contra o Ditador Francisco e fuzilado antes dos trintas anos. Tinha grande talento para o desenho e gostava de rabiscar belíssimos moinhos de vento. Casei-me com uma de suas irmãos. Tarsis – por sua vez – vestia a farde com inexcedível capricho e elegância. Apesar de um simples soldado era ele que nos desfiles cívicos condizia a bandeira nacional apesar de no quartel servirem meia dúzia de aspirantes recém saídos da Academia Militar de Agulhas Negras, no Rio de Janeiro. Era um auto didata culto e inteligente. Fumava com naturalidade e a flegma de um lorde inglês no recesso de seu clube predileto, junto a seus pares na velha Londres. No quartel do 7° BC, no bairro Partenon era meu companheiro de armário. Com ele aprendi a ser caprichoso com meu fardamento e trazer minhas botas bem engraxadas. Em sua casa – no bairro- Azenha- onde vivia com sua mãe ainda jovem e inválida- nos dias em que não havia expediente – no quartel - passei muitos momentos de entretenimento e emoção. Discutindo literatura (Omar Khaian era o seu poeta predileto) ouvindo tangos argentinos por Hugo Del Carril sorvíamos taças de vinho da colônia e dissecando os romances de Vitor Hugo e Dostoyewisk – por uma dessas fatalidades em que a vida de um homem é pródiga – teve a infelicidade de matar acidentalmente um colega de farda no alojamento – quando manuseava uma pistola que por todos os motivos devia estar sem balas na agulha. Preso e respondendo processo na cadeia do quartel depois que dei baixa nunca mais o vi. Consta que é grande empresário em São Paulo. Nilson – de meus três amigos – era o mais velho. Trabalhava no Correio do Povo, era poliglota (falava oitos idiomas (línguas) e traduzia telegramas internacionais na redação do jornal ate alta madrugada após o que tomava um lotação mo Mercado Público e ia para cãs no bairro Ipanema, onde morava. Havia casado com uma jovem humilde e analfabeta com a qual teve três filhos. Vários domingos desfrutei de sua companhia. Comendo churrasco debaixo de uma velha figueira. Morreu antes dos 50 anos, vitimado por cirrose hepática. Foram eles para mim – meus três amigos inesquecíveis. Theodoro Ernani de Menezes Nunes Tel.: 35978191

O FATO

do

VALE

Circula às sextas-feiras em Campo Bom, Sapiranga, Araricá e Nova Hartz

Fundado em 20/06/1975 - CNPJ: 72.560.014/0001-70 Diretor Editor | Joelci Luiz Mello (Reg. Prof. 4465) Diretora Comercial | Evanir Eloisa Martini Criação e Produção Gráfica | Rosiane Mello Assistente de Produção | Mariane Mello SEDE: C. Bom - R. Lima e Silva, 29 - Sl 03 - Centro - 3598.6411 Sapiranga - R. São Pedro, 399 - Centro - 3559.5411 e-mail: jornal.js@netwizard.com.br | site: www.jornaljs.com.br As colunas assinadas são de inteira responsabilidade dos autores e não representam necessariamente a opinião do jornal. Também não representam vínculo empregatício com a empresa.

CDL firma parceria

A CDL tem novidades para as associados. Sempre com ações focadas na qualificação, a entidade, em parceria com o SEBRAE, vai oportunizar às micro e pequenas empresas do comércio e bens de serviços agregarem avanços em gestão e aumentarem a competitividade dos seus negócios, através do projeto Mais Varejo Vale dos Sinos. A proposta é levar qualificação aos empresários através de capacitações e cursos a serem realizados nos próximos meses. O projeto será apresentado no dia 17 de abril, a partir das 19h30min, no Clube Oriente. A participação é gratuita e deve ser confirmada pelo telefone 3597 1226. No evento, os participantes também vão conhecer as tendências do

varejo mundial, com a palestra “Big Show – NRF 2012 – Nova York”, ministrada pelo Coordenador da Carteira de Projetos do Comércio e Serviços do SEBRAE RS, Fábio Krieger Lopes dos Reis. Em seguida, o Mais Varejo será apresentado pela gestora de Projetos do Comércio e Serviços do SEBRAE, Maria Anunziata Laitano Mirabelli.

CIEE em novo horário O horário de atendimento do posto do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), na sede da CDL foi alterado. Desde o dia 23 de março, o atendimento ao público - que acontecia às quintas-feiras – passou para às sextas-feiras, das 10h às 11h30min e das 13h30min às 17 horas.

PARA REFLETIR

É através das relações e religiões que o homem se furta à exclusiva influência da materialidade, lembrando-se de sua condição de essência espiritual. Grupo de Estudos Caminheiros de Jesus Rua : Santo Inácio de Loióla,195-Centro

CINEMA NO CEI PROGRAMAÇÃO DAS SALAS DE AUDIOVISUAL DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA – CEI

CEI - Sala Barbara Paz - 01

JOHN CARTER

DISNEY 132 min. 12 Anos Scope LEGENDADO Sexta 30/03/2012 - 18h30min - 20h50min Sábado 31/03/2012 - 15h - 18h30min - 20h50min Domingo 01/04/2012 - 15h - 18h30min - 20h50min Quarta 04/04/2012 - 15h - 18h30min - 20h50min Quinta 05/04/2012 - 15h - 18h30min - 20h50min Sinopse: John Carter é uma aventura de ação envolvente ambientada no misterioso e exótico planeta de Barsoom (Marte). O filme conta a história de John Carter (Taylor Kitsch), que é inexplicavelmente transportado para Marte onde se vê envolvido em um conflito de proporções épicas entre os habitantes do planeta, incluindo Tars Tarkas (Willem Dafoe) e a atraente Princesa Dejah Thoris (Lynn Collins). Em um mundo à beira do colapso, Carter descobre que a sobrevivência de Barsoom e de seu povo está em suas mãos.

CEI – SALA ALFREDO BLOS - 02 TÃO FORTE E TÃO PERTO

WARNER 129 min. 10 Anos Scope LEGENDADO Sexta 30/03/2012 - 18h40min - 21h Sábado 31/03/2012 - 15h10min - 18h40min - 21h Domingo 01/04/2012 - 15h10min - 18h40min - 21h Quarta 04/04/2012 - 15h10min - 18h40min - 21h Quinta 05/04/2012 - 15h10min - 18h40min - 21h VALOR INGRESSOS: R$ 8,00 comunidade; R$ 4,00 estudantes, acima de 60 anos, crianças até 12 anos; R$ 3,00 na promoção de quarta, quinta-feira, sábados e domingos somente nas sessões da tarde. OBS: A programação das Salas de Audiovisual está disponível no site: blog: salasdeaudiovisualcei.blogspot.com - www.campobom. rs.gov.br

Fone: 3597-0435 - Av. Dos Estados, 1080 – Centro – CB

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 071/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 041/2012, de 28.02.2012, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 02.03.2012, outorgando aos nomeados o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2010, de 28.04.2010, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foram revogadas as portarias de nomeação abaixo relacionadas, em virtude do não comparecimento para assinatura do Termo de Posse: • Portaria nº 31.948/2012, de 28.02.2012, que nomeou JOSEANE MACHADO ALMEIDA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 31.949/2012, de 28.02.2012, que nomeou CARINA TERESINHA AMBROZI para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 31.950/2012, de 28.02.2012, que nomeou PRISCILA DE LIMA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 068/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeados, a partir de 30 de março de 2012, os concursados abaixo relacionados, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2011, de 11.02.2011: • Portaria nº 32.249/2012, de 28.03.2012, que nomeia JOEL BENARD para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – Geografia; • Portaria nº 32.250/2012, de 28.03.2012, que nomeia MARIANA ORSI para o cargo de Professor da Educação Infantil; • Portaria nº 32.251/2012, de 28.03.2012, que nomeia PATRICIA DA COSTA KUNT para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – Ciências; • Portaria nº 32.252/2012, de 28.03.2012, que nomeia DAIANE GONÇALVES para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – História; • Portaria nº 32.253/2012, de 28.03.2012, que nomeia KATIA AMORIM MACEDO para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – História; • Portaria nº 32.254/2012, de 28.03.2012, que nomeia MARCELO VASCONCELLOS para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – História. Fiquem os nomeados cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de revogação das presentes Portarias, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes da nomeação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 065/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 045/2012, de 06.03.2012, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 09.03.2012, outorgando aos nomeados o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2011, de 11.02.2011, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foram revogadas as portarias de nomeação abaixo relacionadas, em virtude da assinatura do Termo de Postergação da classificação ou do não comparecimento para assinatura do Termo de Posse: • Portaria nº 31.987/2012, de 06.03.2012, que nomeou JOSE EDIMAR DE SOUZA para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – História; • Portaria nº 31.988/2012, de 06.03.2012, que nomeou JULIANO BACCARIN GERHARDT para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – História; • Portaria nº 31.990/2012, de 06.03.2012, que nomeou GABRIELE ZVIR SALDANHA para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – Ciências; • Portaria nº 31.991/2012, de 06.03.2012, que nomeou CAROLINE MEIRELLES DE FREITAS DIAS para o cargo de Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais – Ciências. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


GERAL

O Fato do Vale

3

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

20 anos das escolas Octacílio Fauth e Dedinho de Ouro

A

manhã do último sábado, dia 24, foi de festa para a comunidade do bairro Vila Rica e região, que comemorou o aniversário de 20 anos das escolas Octacílio Fauth e Dedinho de Ouro, junto à primeira edição de 2012 do programa Festejar é sempre bom – evento que leva diversão e serviços para os bairros de Campo Bom. Diversas apresentações artísticas dos alunos homenagearam os pais, as escolas e os professores. A festa ainda contou com atrações como exposição de fotos, medição de pressão arterial, troca de lixo seco por mudas de plantas, sorteio de prêmios da promoção Comprar Aqui é Sempre Bom,  muitas brincadeiras, apresentações artísticas e a presença do carro-biblioteca Leiturino, que permitiu o empréstimo de livros aos moradores.  Durante a solenidade, o prefeito Faisal Karam falou sobre o ex-vereador Panquinha (João Demétrio), que foi um importante líder comunitário para o bairro Vila Rica. “O Panquinha era o exemplo de um líder de bairro. Ele era chato, no bom sentido, porque estava sempre batendo na porta da Prefeitura para trazer melhorias para a sua comunidade. Os bairros precisam dessas lideranças”, disse o prefeito. Ele também aproveitou para lembrar que este ano será executado uma importante obra no Hospital Lauro Réus, que é uma conquista de toda a comunidade que participou do Conselho Comunitário e decidiu por este investimento. Vamos construir uma UTI e mais 30 leitos no hospital,  uma obra de extrema complexidade e importância para Campo Bom”, ressaltou Faisal.

Elogios e homenagens A cerimônia também contou com a participação das ex-diretoras das escolas Octacílio e Dedinho, que receberam homenagem da equipe diretiva, bem como os ex-presidentes da Associação de Pais. A titular da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec), Eliane dos Reis, lembrou a comunidade da importância de se cuidar dos pa-

trimônios do bairro e elogiou os moradores pelo empenho na preservação das escolas. “A gente cuida do que a gente ama, e a gente cuida da nossa casa. A escola é a segunda casa das nossas crianças e é preciso cuidar dela”, disse Eliane. A  diretora da instituição, Adriana Saraiva Portal, aproveitou o momento para reforçar o compromisso da equipe das escolas com a comunidade. “Os pais, quando vão trabalhar e deixam seus filhos aqui, podem ficar tranquilos, que nós estamos fazendo a nossa parte. Nem sempre acertamos, mas estamos sempre em busca de fazer o melhor e garantir isso às crianças. Que a escola comemore mais vinte anos”, desejou ela.  A manhã de sábado foi de muita diversão também para as crianças que puderam participar de  brincadeiras, de apresentações artísticas e a animação da Madrasta da Cinderela, que conduziu a festa. Outra grande diversão foi a presença da Parada do Leiturino, um carro-biblioteca com um acervo de mais de mil títulos disponíveis para empréstimo para a comunidade. Quem gostou foi o aluno do 4º ano da escola, Ueslei de Sousa Pires, de 10 anos. “Gosto muito de livros e achei muito legal esta biblioteca. Estou levando emprestado um livro de ecologia, porque gosto de ler e ver imagens de animais. A festa toda está muito divertida”, conta o menino. Sorteio Durante o evento a comunidade também pode trocar  notas fiscais de compras e serviços por cupons da campanha Comprar Aqui é Sempre Bom, que no final da manhã sorteou cinco prêmios instantâneos para os participantes do evento. A campanha visa a incentivar a comunidade a comprar em Campo Bom e trocar notas por cautelas premiáveis, concorrendo a valiosos prêmios no final do ano, entre eles um carro zero km. Os prêmios instantâneos de sábado foram:  um televisor, um rádio portátil, uma centrífuga de alimentos, um liquidificador e um aparelho de DVD. 

Carro-biblioteca Leiturino permitiu empréstimos de livros para os moradores

Prefeito Faisal fala da importância de Lideranças na comunidade e cita o ex-vereador Panquinha

Pavimentação na Barrinha a todo vapor

Comunidade da Barrinha vê o desenvolvimento chegando

Estão a todo o vapor as obras de pavimentação e asfaltamento de ruas da Barrinha e que já mudam a cara do bairro e motivam elogios da comunidade. «O pessoal aqui do bairro está muito feliz com as ruas novas, pois acabou a poeira e o barro e agora só temos que comemorar”, ressalta a presidente da Associação dos Moradores da Barrinha, Maglia Gilmara. A industriária Nara Nikititz, 37 anos, também ressalta a importância da obra para os moradores. “Para nós está sendo uma maravilha este asfaltamento, o pessoal esperava há muito tempo por isso. Estamos fazendo de tudo para melhorar a Barrinha, e embora tenha pessoas querendo complicar, a Prefeitura tem olhado muito para o nosso bairro. Nossa associação é pequena, mas o pessoal é unido e todos estão muito satisfeitos», comenta ela. A aposentada Zaida Maria da Silva, 62 anos, conta que a obra de asfaltamento em conclusão pela Prefeitura é esperada há quase 30 anos pelos moradores. “Antes a Barrinha nunca ganhava melhorias, mas agora a Prefeitura está sendo maravilhosa pra nós. Está todo mundo contente com as ruas asfaltadas e felizes com todas as melhorias”, comemora.  O asfaltamento de seis ruas do bairro Barrinha integra um pacote de obras de pavimentação de 22 ruas de Campo Bom e que soma um investimento de R$ 3 milhões da Administração. A melhoria no bairro foi decidida pelos próprios

moradores por meio do Conselho Comunitário de 2010 e cujas obras iniciaram em dezembro do ano passado. Das seis ruas previstas, duas estão prontas (Pio XII e Alzemiro Cardoso) e as próximas a receberem a benfeitoria sãos as travessas Timbaúva, João Olegário, Matias Muller e Kaufman. Segundo o titular da Secretaria Municipal de Obras, Serviços Urbanos e Trânsito, Nírio Breuning, as obras devem ser concluídas na primeira quinzena de abril havendo condições climáticas favoráveis. No total serão mais de 5.000 m² de vias asfaltadas, com investimentos de mais de R$ 400 mil por parte da Administração apenas neste bairro. Do mesmo pacote faz parte a rua Idalino João Martin, no bairro Quatro Colônias, uma das prioridades deste pacote de investimento em virtude de ser um dos principais acessos do bairro. «Tivemos que interromper por alguns dias as obras aqui na Barrinha, mas já retomamos os trabalhos integralmente», avisou o prefeito Faisal Karam durante visita ao bairro essa semana. Segundo ele, por ser uma via que dá acesso a pelo menos quatro bairros de Campo Bom, a Idalino foi duplicada e precisou de atenção especial neste período o que resultou no deslocamento temporário da equipe de trabalho para o Quatro Colônias. A retomada das obras na Barrinha foi recebida com festa pelos moradores. «Não temos do que nos queixar. Nosso bairro está cada vez melhor», resume a presidente da Associação de Moradores.


4

GERAL

O Fato do Vale

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

Secretário Marcos Riegel fala sobre o PIGE

A

sessão Ordinária promovida na segunda-feira, dia 26, contou com a participação do secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Marcos Riegel, que a pedido do vereador Ivo Alves de Souza (PT), participou para falar sobre os projetos da secretaria e principalmente sobre o Programa de Incentivo a Geração de Emprego (PIGE). Já a sessão ordinária contou com a votação de seis projetos do Executivo que tiveram aprovação por unanimidade. O secretário apresentou, através de um audiovisual, estatísticas e a situação do PIGE hoje na cidade. Riegel salientou que Campo Bom tem conseguido diversificar seu polo industrial que atualmente conta com empresas dos setores de metalurgia, tecnologia da informação, móveis, equipamentos eletrônicos, cosméticos, agrícola, embalagens, termoplástico, entre outros, além do calçadista. Ele destacou ainda, que embora algumas empresas empreguem um número limitado de trabalhadores, por serem do segmento tecnológico, possibilitam um retorno econômico grande. Votação Foi aprovado o projeto 021/2012 que altera a lei Municipal nº 3.820/2012 que

A pedido do vereador Ivo Alves, o secretário municipal de Indústria, Comérico e Turismo Marcos Riegel, falou em sessão Ordinária, sobre o Progrma de Incentivo a Geração de Emprego

autorizou o crédito de contribuição do Município de Campo Bom ao Consórcio Público de Saneamento Básico da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos, no montante de R$ 28 mil. Também contou com a aprovação de todos os vereadores, a matéria de número 022/2012 que amplia o limite de despesa com o Projeto Posse Responsável: sem crias nas ruas. Para este ano, estão previstos R$ 46.746,00, que correspondem a 20 mil URMs (Uni-

dade de Referência Municipal). Ainda obteve aprovação o projeto 023/2012 que promove alteração na Lei nº 1.597/1994. Tendo em vista que a competência para regular a matéria inerente ao esgoto doméstico é estadual, sendo o Município apenas credenciado pelo Estado do Rio Grande do Sul, para deliberar, observados os ditames estaduais em determinadas circunstâncias, a alteração se faz necessária para que conste na legislação

municipal a possibilidade do Estado, empreender exigências distintas das locais, questão que envolve as demais comunidades localizadas às margens do Rio dos Sinos. Da mesma forma, aprovado o projeto 024/2012 que autoriza convênio com a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Campo Bom, através do qual mensalmente a entidade receberá um repasse de R$ 2 mil para que possam ser cobertas despesas, além de formar uma parceria através da Secretaria Municipal de Saúde. Também aprovada a matéria 025/2012 que concede abono pecuniário aos servidores vinculados ao IPASEM, que prestam uma jornada laboral de 44 horas semanais e que estão com os respectivos vencimentos mensais definidos em montante inferior ao salário mínimo nacional vigente desde 01.01.2012, igual a R$ 622,00. Mas precisamente sendo o respectivo vencimento mensal atual igual a R$ 547,74, se faz necessário o abono até que atinja o valor do mínimo mensal. Ainda nessa sessão ordinária ficou aprovado o recebimento em doação, da Sociedade Bíblica do Brasil, 3 8 volumes da Bíblia em Braile, oriundos do programa “A Bíblia para pessoas com deficiência”, que beneficia portadores de deficiência visual.

Campo Bom recebe hoje doação de bíblia em braile Com 38 volumes, edição que será doada pela Sociedade Bíblica do Brasil ao Município ficará disponível para consultas públicas na Biblioteca Pública Municipal Antônio Nicolau Orth a partir de abril. Solenidade será às 15h na sede da biblioteca, no CEI.

Campo Bom recebe nesta sexta-feira, dia 30, às 15h, a primeira bíblia em braile da cidade que ficará disponível para consultas públicas. Com 38 volumes que, empilhados, perfazem quase dois metros de altura, a edição especial da bíblia em braile será entregue ao prefeito Faisal Karam na Biblioteca Pública Municipal Antônio Nicolau Orth, no Complexo Cultural do Centro de Educação Integrada (CEI) (Av. dos Estados, 1080, Centro), onde ficará disponível para leitura a partir de abril. A edição completa em braile será doada pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e a cerimônia deve contar com a participação de diversos representantes de entidades e comunidades religiosas, autoridades, bem como da comunidade. No dia 31, no Largo Irmãos Vetter, após a encenação da Paixão de Cristo - Renascimento e Vida, o livro sagrado será simbolicamente entregue à comunidade pelas mãos do prefeito Faisal e representantes de comunidades religiosas. A encenação tem início às 21h. Segundo a SBB, até hoje, apenas oito cidades gaúchas contam com exemplar deste tipo de bíblia. Campo Bom será a 9ª cidade a contar com a edição especial do livro. Saiba mais sobre a bíblia em braile A versão em braile da Bíblia é produzida pela Sociedade Bíblica do Brasil, na Imprensa Braile, integrada à Gráfica da

Bíblia ( localizada na sede nacional da entidade, no município de Barueri/SP). Seu texto adota estrutura gramatical e linguagem mais próximas da falada pelo brasileiro e foi idealizada com o objetivo de ser mais acessível a maioria das pessoas com deficiência visual, alfabetizadas em braile. Como a gravação em braile não permite o uso de letras pequenas, nem de papel de gramatura fina e sequer o uso das duas faces da página (frente e verso), o resultado do trabalho é um livro muito grande que, se empilhados seus 38 volumes, chega a cerca de 2 metros de altura devido à espessura de cada volume. O Alfabeto Braille Conhecida também como a “escrita a branco”, o braile há mais de 150 anos se constituiu na linguagem para ler e escrever utilizada pelas pessoas com deficiência visual em todo o mundo. É um sistema que combina seis pontos. Conforme sua disposição no papel, eles representam determinado símbolo ou letra. Como os pontos ficam em alto relevo, é possível, por meio do tato, ler a mensagem. Os pontos são dispostos num “retângulo”, conhecido por “Cela Braille”. Do seu lado esquerdo ficam, um abaixo do outro, os pontos 1, 2 e 3; e no direito, ficam os pontos 4, 5 e 6. A diferente disposição desses seis pontos permite a formação de 63 combinações ou símbolos braile.

Bíblia em braile estará a disposição da comunidade a partir das 15 horas de hoje

Anistia da dívida ativa com desconto A Secretaria Municipal da Fazenda de Campo Bom alerta os contribuintes que se encerra na sexta-feira, dia 30, a campanha de anistia tributária. Quem aderir à campanha até essa data pode usufruir de 95% de desconto sobre juros e multas de qualquer tributo. Podem fazer uso do desconto contribuintes com débito em atraso de qualquer tipo de imposto municipal. Segundo o prefeito Faisal Karam, a política de recuperação

de créditos não constitui mera facilitação da vida dos devedores em detrimento do bom e regular pagador. “O objetivo é contribuir para que esses recursos possam ser revertidos em melhorias que beneficiem a todos, como a ampliação de leitos e ampliação do hospital Lauro Reus que iniciaremos em breve”.  A campanha de anistia iniciou em novembro de 2011 e contempla contribuintes com pendências no pagamento no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto

Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e Contribuição de Melhorias, entre outros tributos. A única exigência do Município para conceder os 95% de desconto, é que o contribuinte faça o pagamento à vista. Para solicitar anistia o contribuinte deve procurar o setor de Protocolo que  funciona de segunda a sexta-feira, das 12h30min às 18h30min. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3598 8600, ramal 8668 ou 8667.


Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 067/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que será nomeada, a partir de 30 de março de 2012, a concursada abaixo relacionada, com seu respectivo cargo e Portaria, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2009, de 11.09.2009: • Portaria nº 32.255/2012, de 28.03.2012, que nomeia ELISIANE REICHEL MARTINS para o cargo de Professor – Séries Iniciais. Fique a nomeada ciente de que tem o prazo de 15 (quinze) dias para tomar posse, sob pena de revogação da presente Portaria, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes da nomeação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 064/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 044/2012, de 06.03.2012, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 09.03.2012, outorgando aos nomeados o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2009, de 11.09.2009, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foram revogadas as portarias de nomeação abaixo relacionadas, em virtude do não comparecimento para assinatura do Termo de Posse: • Portaria nº 31.993/2012, de 06.03.2012, que nomeou FABIANE HECK HENRICH para o cargo de Professor – Séries Iniciais; • Portaria nº 31.995/2012, de 06.03.2012, que nomeou VIVIANE JANDRES para o cargo de Professor – Componente Curricular – História; • Portaria nº 31.996/2012, de 06.03.2012, que nomeou EDUARDO ANDRÉ LUGUESI para o cargo de Professor – Componente Curricular – História. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 066/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 046/2012, de 06.03.2012, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 09.03.2012, outorgando aos nomeados o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2010, de 28.04.2010, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foram revogadas as portarias de nomeação abaixo relacionadas, em virtude da assinatura do Termo de Postergação da classificação ou do não comparecimento para assinatura do Termo de Posse: • Portaria nº 31.997/2012, de 06.03.2012, que nomeou ANA PAULA SANTOS DE LIMA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 31.998/2012, de 06.03.2012, que nomeou MIRIAN CRISTINA GONÇALVES DA SILVA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 31.999/2012, de 06.03.2012, que nomeou RAQUEL PIRES SIMON para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.000/2012, de 06.03.2012, que nomeou MADALENA MARIA WILBERT DA ROCHA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.001/2012, de 06.03.2012, que nomeou DEJANIRA PADILHA FLOR para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.002/2012, de 06.03.2012, que nomeou ALBINA DENARDI FERRAES para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.005/2012, de 06.03.2012, que nomeou MARIA ENI PETRI MATOZO para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.006/2012, de 06.03.2012, que nomeou ANDREIA CAVALHEIRO para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

GERAL

O Fato do Vale

5

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

ATOS OFICIAIS

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 073/2012

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 072/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 040/2012, de 28.02.2012, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 02.03.2012, outorgando à convocada o prazo de 15 (quinze) dias para assinatura do Contrato, sob pena de ser tornado sem efeito o ato de convocação, com perda de todos os direitos relativos ao Processo Seletivo Público realizado conforme Edital de Processo Seletivo nº 05/2011, de 08.04.2011, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foi cancelada a convocação abaixo relacionada, em virtude do não comparecimento para assinatura do Contrato: • ELISANDRA FERREIRA - Oficineiro – Dança Gauchesca Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 042/2012, de 28.02.2012, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 02.03.2012, outorgando às nomeadas o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2011, de 11.02.2011, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foi revogada a portaria de nomeação abaixo relacionada, em virtude da assinatura do Termo de Postergação de Classificação, para o cargo ao qual prestou Concurso Público: • Portaria nº 31.943/2012, de 28.02.2012, que nomeou ADRIANE AYRES DE OLIVEIRA LANDAL DE CAMPOS para o cargo de Professor da Educação Infantil; Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EXTRATO DO EDITAL N° 001/2012 - PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N° 002/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e a vista do contido na Lei Municipal nº 3.826/2012, de 28.02.2012, TORNA PÚBLICO que estarão abertas, a contar da data da publicação deste édito, inscrições para processo seletivo público destinado a contratação emergencial e temporária de até 06 (seis) professores, regularmente habilitados à docência, com escolaridade mínima igual a licenciatura na área de atuação, para atuar nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental nos componentes curriculares de Matemática, História, Ciências, Língua Portuguesa,Educação Física e Artes e de até 07 (sete) professores regularmente habilitados à docência com escolaridade mínima igual ao Ensino Médio na Modalidade Normal (Magistério), ou Licenciatura em Pedagogia, para atuar na Educação Infantil, pelo prazo de 5 (cinco) meses, prorrogável uma única vez por igual ou inferior período, observado o seguinte: I – FUNÇÕES: O processo seletivo de que trata este Edital destina-se a contratação emergencial e temporária de professores, para as seguintes funções: FUNÇÕES N° DE VAGAS Professor de 07 Educação Infantil

ESCOLARIDADE MÍNIMA EXIGIDA

CARGA HORÁRIA CONTRAPRESTAÇÃO SEMANAL MÍNIMA MENSAL (R$)

Nível Médio – Modalidade 40 horas Normal (Magistério) Licenciatura Plena em Pedagogia

40 horas

1.816,63

2.361,70

Professor Componente 01 Licenciatura Plena 20 horas 1.180,85 Curricular Matemática em Matemática Professor Componente 01 Licenciatura Plena em 20 horas 1.180,85 Curricular História História ou Estudos Sociais Professor Componente 01 Licenciatura Plena em Biologia 20 horas 1.180,85 Curricular de Ciências Professor Componente 01 Licenciatura Plena em 20 horas 1.180,85 Curricular Educação Física Educação Física Professor Componente 01 Curricular de Língua Portuguesa

Licenciatura Plena em Letras Português

20 horas

1.180,85

Professor Componente 01 Curricular de Artes

Licenciatura Plena em Educação Artística e Artes Visuais

20 horas

1.180,85

II - NORMAS GERAIS I - No ato da inscrição, que deverá ser feita pessoalmente, ou por procurador regularmente constituído especialmente para tal fim, o candidato deverá apresentar, obrigatoriamente, o seguinte: - (a) Cópia do Documento Oficial de Identidade; (b) Uma fotografia tamanho 3x4, recentes e de frente; (c) Procuração específica para a inscrição do outorgante no processo seletivo de que trata este edital, mencionando a função específica pretendida, com firma cartorariamente reconhecida por autenticidade, e acompanhada do Documento Oficial de Identidade do procurador, se for o caso de inscrição por procuração; (d) Atestado médico, constante de receituário médico próprio, especificando claramente a deficiência, com menção expressa ao Código Internacional de Doenças – CID, em caso de candidato portador de deficiência; (e) Cópia da Prova documental da escolaridade mínima necessária ao desempenho da função pretendida; (f) Os interessados que apresentaram a documentação necessária à inscrição para o Processo Seletivo nº 001/2012, veiculado pelo Edital nº 001/2012, não necessitam reapresentá-la para inscrever-se no Processo Seletivo Público nº 002/2012, pois será considerada válida para o mesmo, devendo, portanto, somente preencher a pertinente ficha de inscrição. II - Aos portadores de deficiência são assegurados 5% (cinco por cento) das vagas, na forma do Decreto Federal n° 3.298/99. III - A seleção será feita tendo por base o grau de escolaridade do candidato, o respectivo lapso temporal de experiência docente e os cursos complementares de qualificação que possuir. IV -A convocação e contratação dos selecionados no processo seletivo observará, obrigatoriamente, a ordem classificatória, privilegiará o candidato mais velho em caso de empate, somente poderá ocorrer dentro do prazo de validade da Lei Municipal nº. 3.826/2012, de 28.02.2012, decorrido o qual, o candidato perde o direito a contratação, e, importará na apresentação de documentação complementar à exigida para a inscrição. V - A íntegra deste edital, contendo a totalidade do regramento do certame, estará à disposição dos interessados no sítio do Município de Campo Bom na Internet ( www.campobom.rs.gov.br ), e no Centro Administrativo Municipal de Campo Bom, sito na Avenida Independência, n° 800 – Campo Bom/RS – no Setor de Protocolo, nos dias destinados à inscrição, podendo ser obtido pelos interessados, mediante o pagamento da pertinente fotocópia. VI - As inscrições para a participação do processo seletivo deverão ser realizadas nos seguintes prazo, horário e local: - dias 02 a 04 de abril de 2012, das 13h30min às 17h30min, na Secretaria Municipal de Educação e Cultura – Departamento Administrativo – 4º Andar - Centro Administrativo Municipal de Campo Bom, sito na Avenida Independência, n° 800, Centro - Campo Bom/RS. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 30 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


GERAL

6

O Fato do Vale

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

Vândalos depredam Escola de Arte Educação

N

a manhã de segunda-feira,  26, a equipe da Escola de Arte-Educação (EAE)– instituição mantida pela Prefeitura que oferece cursos gratuitos à comunidade – teve uma triste surpresa ao entrar no ginásio do Complexo Esportivo do Centro de Educação Integrada (CEI) onde fica a sala de ginástica olímpica da EAE. Os professores e os alunos se deparam com uma grande bagunça e com o local completamente vandalizado: paredes pichadas, colchões de ginástica rasgados, o armário revirado e o chão todo coberto pelo pó branco dos extintores de incêndio. Além disso, a fechadura da porta dos fundos foi arrombada, e também a caixa da mangueira hidráulica, que fica do lado de fora do prédio. A invasão ocorreu durante o final de semana e nada foi levado do local, evidenciando o ato de vandalismo. “A polícia acredita que a intenção dos bandidos era realmente de depredar o local, porque as características de um roubo são diferentes”, comenta a coordenadora da Escola de Arte-Educação, Sandra Volkmer.”O que dói na gente é ver uma atitude tão voltada à destruição pela destruição. Quem fez isso não estava em busca de algo para roubar, quis apenas de-

Foto: Daniel Gruber

molir, estragar e depredar algo que é de todo mundo e deles também”, desabafa.  Segundo a diretora, o prejuízo para a organização e conserto do local pode chegar a R$ 5 mil, incluindo a limpeza do ginásio, que deve ser feito por uma empresa especializada, já que o material do extintor, que é feito de bicarbonato, pode fazer mal à saúde e está espalhado por toda a parte. Também será necessário revisar parte da pintura da sala que foi pichada com palavras de baixo calão. “É muito triste porque é o contribuinte que terá de pagar por todo esse prejuízo, um dinheiro que poderia ser investido em melhorias na escola”, lamenta ela. O local é usado pela escola, cuja sede fica no Complexo Cultural do CEI, para as aulas de ginástica olímpica, que são oferecidas gratuitamente aos alunos das três redes de ensino.  Criminosos picharam as paredes, arrombaram fechaduras, rasgaram colchões de ginástica e Alunos ficarão sem aula por prazo indeterminado Atualmente 95 alunos fazem parte do curso de ginástica olímpica e ficarão com as aulas suspensas até que o local volte a estar em condições. Além da limpeza, terão de ser repostos os extintores e consertada as fechaduras. Além disso, as paredes devem

cobriram o local com resíduos de extintores de incêndio

ser pintadas antes do regresso dos alunos, pois os vândalos picharam palavrões nelas. Também terá de ser consertado um colchão especial de ginástica que foi rasgado pelos criminosos. A perícia identificou no chão diversas pegadas do grupo que invadiu o local, algumas delas descalças e outras de chi-

nelos de borracha. Sandra conta que além de depredarem o patrimônio público e “brincarem” com os equipamentos do ginásio, os invasores ainda deixaram um bilhete com a palavra “duscupa” escrita nele.  O bilhete foi levado pela equipe de peritos da Polícia Civil.

Inaugurada a nova cancha de bocha acarpetada no Porto Blos

A manhã do último sábado, dia 24, foi para celebrar a amizade, sobretudo entre os moradores do bairro Porto Blos, durante a inauguração da obra de ampliação no Parque Délcio Lauer, que recebeu uma cancha de bocha totalmente remodelada e um espaço para lazer e confraternização. A pista, que era de areia, ganhou um carpete especial e foi aumentada para dar mais qualidade aos jogos da comunidade e também o local que abriga a cancha foi totalmente reformado, com cozinha, banheiro, arquibancada e diversas melhorias. “Melhor do que isso ninguém precisa, está muito linda e o pessoal está adorando. Vamos ter que tirar fichinha para usar este novo espaço”, comemora o aposentado Joaquim Moacir Ramos, 66 anos, um dos moradores do bairro que frequenta o local. Graças à reforma, o ambiente foi todo fechado e coberto, para melhor comodidade dos usuários, que também usam o salão para jogar cartas, fazer churrasco, promover festas e se encontrar com os amigos. “Antes isso aqui era um galpão aberto, e a

gente tinha que cobrir com lona por causa do frio e da chuva”, conta seu João Marino Mônaco, de 78 anos, um dos mais antigos usuários do espaço e um dos primeiros a chegar à solenidade de inauguração do novo espaço, no sábado, quando até fogos de artifício foram lançados pelos moradores para marcar especialmente a data.  Foi ele (João Marino) que, em 1992, fundou o grupo Amigos do Porto Blos, que hoje conta com cerca de 180 integrantes. “Naquela época os equipamentos estavam precários, e tivemos que promover um torneio para arrecadar dinheiro para comprar um jogo de bocha novo, porque o anterior estava quebrado. Esta não é somente uma cancha nova, pois tudo isso aqui é de primeira linha, de muita qualidade. A bocha é um esporte que faz muitos amigos, e esse novo espaço é a realização de um sonho aqui para nós. Não temos palavras para agradecer à Prefeitura por tudo o que tem sido feito por nós”, conta seu João.  Obra tem grande significado

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.835/2012, 22 de março de 2012. DENOMINA RUA DO PLANO DIRETOR, NO LOTEAMENTO FIRENZE, NO BAIRRO METZLER. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º - A Avenida Nº “1”, do Loteamento Firenze, no Bairro Metzler, situada entre as quadras 40, 42, 43, 44 e 83, será denominada de Avenida “URBANO BLAUTH”. Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 22 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Durante a inauguração, que contou com um grande churrasco oferecido pela comunidade, o prefeito Faisal Karam lembrou a importância que a bocha tem para a comunidade do Porto Blos. “Uma comunidade é feita de pessoas que valorizam o seu bairro, que cuidem dele e se juntam para fazer o que há de melhor, que é fazer amizades. E vocês demonstraram que aqui tem tudo isso, pois estamos diante de uma comunidade mui-

Moradores do bairro Porto Blos comemoram a nova cancha de bocha

to unida e atuante”, elogiou  Faisal. Segundo o prefeito, o investimento na obra foi de mais de R$ 150 mil, mas a importância dela para a comunidade é o mais significativo. “Essa obra tem um valor pequeno em se tratando de Administração, mas uma importância muito grande, porque é uma obra que trata de pessoas”, ressaltou Faisal, lembrando que a intenção é de unir ainda mais os grupos de amigos do bairro. “Essa comunidade é diferenciada pela sua união. E o maior ganho que um prefeito pode ter ao entregar uma obra dessas é possibilitar fazer amigos”, completou. O Parque Délcio Lauer, localizado na lateral da Avenida dos Municípios, foi totalmente repaginado, ampliado e reformado. A cancha de bocha foi ampliada em 4 metros no seu comprimento, adaptando-a aos padrões oficiais, e agora poderá receber torneios e campeonatos. “É com grande satisfação que a Administração entrega mais uma obra que reforça o seu investimento no esporte e lazer em

Campo Bom”, disse o titular da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), Deoclécio Schüetz. “Há vinte anos a rua aqui na frente era só poeira, chão batido, não tinha escola, posto de saúde nem campo de futebol decente. Hoje vemos campos, lindas creches e temos a Prefeitura muito presente aqui por meio de obras e muitas melhorias”, destacou o secretário. A área coberta onde está localizada a cancha ganhou uma arquibancada novinha, além de piso, cozinha e banheiros novos. Também recebeu janelas em toda a estrutura, abrigando os usuários do frio e permitindo o uso do local também em dias de chuva. “Essa pista é a grande novidade, está todo mundo ansioso para jogar nela. Nenhum outro lugar da cidade tem uma pista como essa, e virá muita gente de fora do bairro para jogar aqui. Essa parceria com a Prefeitura foi muito boa para nós, está todo mundo muito contente”, destaca o presidente do grupo Amigos do Porto Blos, Ildo da Silva Nunes.


O Fato do Vale

GERAL

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

7

Encenação da Paixão de Cristo traz inovação e promete emocionar mais uma vez a comunidade

A

noite de sábado, dia 31, pro- nidade. O exemplar composto por 38 volumete ser de emoção para os mes que empilhados somam cerca de dois campo-bonenses que compare- metros de altura é uma doação da Sociedacerem ao Largo Irmãos Vetter. de Bíblica do Brasil (SBB) ao Município. Uma semana antes da celebração da Pás- A entrega formal da bíblia pela SBB ao coa, integrantes da comunidade e  atores prefeito Faisal Karam ocorre na sexta-feiprofissionais contarão a história dos últi- ra, dia 30, às 15h, na biblioteca Municipal mos dias de vida de Jesus Cristo na terra Antônio Nicolau Orth, junto ao Complexo por meio do espetáculo Paixão de Cristo, Cultural do Centro de Educação Integrada Renascimento e Vida, que se inicia às 21h e (CEI). No sábado o prefeito entrega simboserá precedido pela já tradicional procissão licamente o exemplar aos moradores. É a luminosa com saída na Avenida Brasil (em primeira vez que o acervo público contará frente às igrejas Católica e Evangélica) às com essa edição especial cujo custo pode 20h30min.  Além da oportunidade de atuar chegar a quase R$ 3 mil. Segundo a SBB, num dos espaços tecnicamente mais quali- até hoje, apenas oito cidades gaúchas conficados da região, os integrantes do elenco tam com um exemplar deste tipo.  terão a chance de contracenar com alguns   nomes conhecidos do cenário gaúcho, Programação Paixão de Cristo 2012:  como a atriz Patsy Cecato (Manual Prático 31/03 - Sábado da Mulher Moderna), que fará o papel de 20h30min – Caminhada Luminosa com Maria no espetáculo realizado em parceria saída da Avenida Brasil, em frente às igrejas com as comunidades religiosas de Campo Católica Santa Teresinha e Evangélica de Bom. Tradicionalmente, a encenação se re- Confissão Luterana. Traga sua vela alizava no final de semana da Páscoa, na 21h – Início da encenação da Paixão de Sexta-feira Santa, mas por uma questão de Cristo, no Largo Irmãos Vetter. Traga sua agenda e para que as igrejas pudessem re- cadeira alizar suas programações, que são intensas * Após a encenação haverá entrega simneste período, a apresentação foi antecipa- bólica da Bíblia Sagrada em Braile para a da. comunidade campo-bonense. A encenação que relata os últimos momentos de Cristo na terra já é tradicional Programação das Comunidades Relina cidade, mas este ano o espetáculo – que giosas de Campo Bom: envolve em torno de Diferente dos anos 100 pessoas, incluinParóquia Santa anteriores quando se do atores profissioTeresinha: nais, amadores e co01/04 - Domingo realizava na Sextaralistas das igrejas – de Ramos: 8h - Profeira Santa, encenação terá diversas novidacissão de Ramos - Inídes. Entre elas, está cio da Semana Santa; alusiva aos últimos a estrutura de palco, 05/04 - Quinta Feira momentos de Cristo na que contará com uma Santa – 20h - Institerra será no próximo passarela ligando o tuição da Santa Ceia palco principal do sábado, dia 31, a partir com Lava Pés; 06/04 Largo até o mirante - Sexta Feira Santa – das 21h no palco do (próximo ao espelho 15h - Celebração da d´água), permitindo Paixão - 19h30min Largo Irmãos Vetter que a encenação seja - Via Sacra e procismelhor visualizada e são do Senhor Morto; com mais interação 07/04 - Sábado Santo: com o público. A peça também conta com 20h - Vigília Pascal; 08/04 - Domingo de um novo time de atores contratados e o Páscoa: 8h, 9h30min e 19h - Missas elenco receberá também novo figurino.     Comunidade Evangélica Comunidade faz parte do elenco Luterana “Da Paz” Além de trazer a magia da Páscoa para 05/04 – Quinta-feira: 20h - Ceia Pascal; as famílias, a encenação também oportuni- 06/04 – Sexta-feira: 9h - Culto de Sextaza aos artistas locais mostrarem seu talento -feira Santa; 07/04 - Sábado: 19h - Culto de para um grande público. Parte do elenco será Sábado de Aleluia; 08/04 - Domingo: 9h formado por pessoas da comunidade que se Culto de Páscoa
 voluntariam para participar dos ensaios e atuar como coadjuvantes e figurantes. Comunidade Evangélica de Confissão A peça tem cerca de uma hora de duração Luterana em Campo Bom e mostrará os principais episódios relaciona01/04 - Domingo de Ramos: 9h - Culdos à morte e ressurreição de Jesus, passan- to; 04/04 Quarta-feira: 13h30min - Culto do pelas estações do Sermão Bem Aventu- com Santa Ceia; 05/04 Quinta-feira Santa: ranças, Maria Madalena, Jesus no Deserto, 19h30min - Culto com Santa Ceia; 06/04 Cerimônia do Lava Pés, Última Ceia, Prisão Sexta-feira Santa: 9h - Culto; 08/04 Dominde Jesus, Pilatos, Via Sacra e Crucificação. go de Páscoa: 9h - Culto com Santa Ceia A encenação da Paixão de Cristo ocorre des  de 2005 no município e reúne um público de Igreja Evangélica Assembleia de Deus cerca de 10 mil pessoas. 03/04 - Terça-feira: 20h – Reunião de Oração; 05/04 - Quinta-feira: 20h – Culto Entrega da Bíblia em braile da Vitória/Libertação; 07/04 – Sábado: 20h Após a encenação no Largo ocorre a en- - Reunião Jovem – Louvor e Testemunhos; trega de uma Bíblia em braile para a comu- 08/04 – Domingo: 20h - Programa especial

Crédito Eder Zucolotto

Encenação da Paixao de Cristo 2011

Segundo menor índice de reprovação A Educação de Campo Bom é mais uma vez exemplo para todo o RS. Desta vez, a cidade se destaca no mais recente levantamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) que aponta Campo Bom como a cidade gaúcha com o segundo menor índice de reprovação entre todos os 497 municípios do Estado no ensino fundamental. O estudo que envolve o desempenho de escolas das três redes de ensino atribui a Campo Bom  a segunda colocação com 7,1% de reprovação e a Guaporé, o topo do ranking, 5,1%. No estudo há cidade como Jaguarão e Dom Pedrito, com índices de 22,4% e 22,1%, respectivamente, os piores desempenhos do Estado no ensino fundamental. Além de estar entre os cinco melhores do RS e ter o melhor índice da região do Vale do Sinos (Sapiranga é o desempenho mais próximo ao de Campo Bom, com 7,6%) a taxa de repetência campo-bonense é menor que a atribuída ao Estado como um todo - no RS o índice de reprovação é de 14,2% - e menor que a do Brasil, que recebeu 10%. A lição de casa: investir na criatividade para tornar as aulas atraentes e interessantes; fomentar projetos lúdicos que permitam aprender com diversão; controlar administrativamente indicativos de qualidade de gestão da educação e gerir a Educação como um investimento e não um custo. Por atender a todos esses preceitos é que Campo Bom soma investimentos de cerca de 40% na área de educação e tem colhido ao longo desta gestão diversos reconhecimentos e prêmios na área (são 35 de 2009 para ca), o que denota a criatividade dos projetos desenvolvidos em sala de aula e que ensinam divertindo, contribuindo para atrair os alunos, incentiva-los a aprender e para os bons índices de aprovação do Município. Os números positivos falam por si: a rede Municipal de ensino saiu em 2008 de um índice de reprovação de 6,66% no ensino fundamental para 2,57% em 2011. Entre 2010 e 2011 a queda foi incrível: 52,7%, passando de 5,44% (2010) para 2,57%. “Na verdade colhemos o resultado de toda uma politica educacional que envolve várias frentes desde investimento na estrutura das escolas, qualificação dos professores, controle dos alunos infrequentes, trabalhos envolvendo as famílias, investimentos em projetos de contraturno escolar. É um somatório”, garante a titular da Secretaria de Educação e Cultura Eliane dos Reis para quem o desafio maior está por vir: manter as taxas e melhora-las. “Estamos tão comprometidos com a aprovação e a presença do aluno em sala de aula que, além dos projetos inovadores implantados nas escolas, mantemos profissionais focados em investigar, acompanhar e reverter situações de infrequencia nas escolas. Detectado o problema, partimos para a solução caso a caso e esse é um diferencial que nos ajuda

a obter conceitos como este do Inep”, garante. Entre os programas focados na criatividade e inovação em sala de aula, pode-se destacar a implantação de lousas interativas computadorizadas em todas as salas de aula do ensino fundamental e projetos que fazem uso de tecnologias digitais, promovendo a interatividade e contextualizando com o dia a dia do aluno, onde a tecnologia é uma realidade. No que diz respeito a investimentos em infraestrutura, só em 2011 a Administração investiu mais de R$ 6 milhões em obras de reforma, construção e ampliação de escolas, tendo construído duas escolas totalmente novas e ampliou o número de instituições na cidade, que passou de 40 para 41 estabelecimentos de ensino municipal. Também é fruto desta administração a implantação de programas como o Acolher, que oferece mais de 50 opções de lazer, esporte, cultura e oficinas no turno contrário ao da aula e que envolve cerca de 7.000 mil participações. Dos 9.254 alunos matriculados na rede em 2012, 6.996 estão no ensino fundamental que é oferecido em 20 escolas. Ao total a rede conta com 41 escolas. “Boa parte deste resultado é reflexo do investimento e do trabalho que realizamos na educação infantil. É nesta etapa que se começa a trabalhar o aluno e despertar nele o interesse pela escola e pelo conteúdo”, acrescenta Eliane.   Os dados do INEP Melhores desempenhos no ensino fundamental: 1º Guaporé - 5,1%; 2º Campo Bom 7,1%; 5º Sapiranga 7,6%  Piores desempenhos no ensino fundamental: 1º - Jaguarão - 22,4%; 2º - Dom Pedrito 22,1%; 5º - São Sepé - 20% RS - 14,2% | Brasil - 10%   Índices de aprovação e reprovação da Rede Municipal de Ensino de Campo Bom nos últimos quatro anos: 2008 - Aprovação 93,44%; Reprovação 6,66% 2009 - Aprovação 94,54%; Reprovação 5,46% 2010 - Aprovação 94,56%; Reprovação 5,44% 2011 - Aprovação 97,43%; Reprovação 2,57%


8

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.261/2012, de 19 de março de 2012. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado conforme parágrafo 1º, inciso IV do artigo 4º da Lei Municipal nº 3.082/2011 de 13/12/2011. DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 9.887.000,00 (nove milhões, oitocentos e oitenta e sete mil reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0201.04.122.0010.2.004.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Junta de Serviço Militar – Desp. 52004................................R$ 10.900,00 0201.04.122.0031.2.005.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62005.........................................................R$ 51.000,00 0201.04.122.0031.2.005.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552005.......................................................R$ 8.710,00 0201.04.122.0111.2.006.3.1.90.11.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 52006.....................................................................R$ 103.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.1.90.46.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 92006.....................................................................R$ 3.300,00 0202.04.122.0007.2.008.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção da Compaq – Desp. 92008........................................................R$ 600,00 0203.02.061.0112.2.010.3.1.90.11.00.00.00 – Serviços Jurídicos – Desp. 52010...................................................................R$ 4.000,00 0204.04.121.0057.2.013.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92013.............................R$ 2.220,00 0301.04.122.0004.2.020.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52020......................................................R$ 38.580,00 0301.04.122.0004.2.020.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92020......................................................R$ 2.040,00 0301.04.122.0031.2.021.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62021.........................................................R$ 2.170,00 0301.04.122.0031.2.021.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552021.......................................................R$ 720,00 0401.04.122.0004.2.023.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52023.............................R$ 295.000,00 0401.04.122.0004.2.023.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92023.............................R$ 14.190,00 0401.04.122.0004.2.024.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.Serv.Vig.Almox.e Patrimônio – Desp. 52024.......................................R$ 45.800,00 0401.04.122.0004.2.024.3.1.90.16.00.00.00 – Manut.Serv.Vig.Almox.e Patrimônio – Desp. 72024.......................................R$ 3.950,00 0401.04.122.0004.2.024.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.Serv.Vig.Almox.e Patrimônio – Desp. 92024.......................................R$ 3.550,00 0401.04.122.0031.2.027.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62027.........................................................R$ 32.810,00 0401.04.122.0031.2.027.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552027.......................................................R$ 192.500,00 0402.04.122.0004.2.030.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92030......................................................R$ 940,00 0403.04.126.0017.2.032.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52032......................................................R$ 14.350,00 0403.04.126.0017.2.032.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92032......................................................R$ 220,00 0501.04.123.0012.2.036.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52036.............................R$ 33.000,00 0501.04.123.0012.2.036.3.1.90.16.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 72036.............................R$ 3.900,00 0501.04.123.0031.2.038.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62038.........................................................R$ 4.700,00 0501.04.123.0031.2.038.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552038.......................................................R$ 30.410,00 0502.04.121.0012.2.039.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serv.de Tesouraria – Desp. 52039......................................R$ 7.310,00 0502.04.121.0012.2.039.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serv.de Tesouraria – Desp. 92039......................................R$ 540,00 0502.04.121.0015.2.040.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serv.de Contabilidade – Desp. 52040.................................R$ 68.100,00 0502.04.121.0015.2.040.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serv.de Contabilidade – Desp. 92040.................................R$ 1.060,00 0503.04.125.0012.2.042.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 72042......................................................R$ 2.140,00 0503.04.125.0012.2.042.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92042......................................................R$ 1.500,00 0504.04.122.0004.2.043.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52043......................................................R$ 13.450,00 0504.04.122.0004.2.043.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92043......................................................R$ 670,00 0601.12.122.0031.2.044.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62044.........................................................R$ 3.460,00 0601.12.122.0031.2.044.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552044.......................................................R$ 6.280,00 0601.12.122.0046.2.045.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52045.............................R$ 51.200,00 0601.12.122.0046.2.045.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92045.............................R$ 6.000,00 0602.12.365.0031.2.048.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552048.......................................................R$ 200.000,00 0602.12.365.0051.2.049.3.1.90.05.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil MDE – Desp. 42049.................................R$ 10.000,00 0602.12.365.0051.2.049.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil MDE – Desp. 52049.................................R$ 455.000,00 0602.12.365.0051.2.049.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil – Desp. 92049..........................................R$ 34.600,00 0603.12.361.0031.2.056.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62056.........................................................R$ 14.400,00 0603.12.361.0031.2.056.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552056.......................................................R$ 116.000,00

O Fato do Vale

0603.12.361.0047.2.057.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educ.Fundamental MDE– Desp. 52057................................R$ 518.000,00 0603.12.361.0047.2.057.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção da Educ.Fundamental MDE– Desp. 72057................................R$ 27.000,00 0603.12.361.0047.2.057.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção da Educ.Fundamental MDE– Desp. 92057................................R$ 15.200,00 0603.12.366.0045.2.062.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.da Educ.de Jovens e Adultos MDE – Desp. 52062.............................R$ 39.000,00 0603.12.366.0045.2.062.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.da Educ.de Jovens e Adultos MDE – Desp. 92062.............................R$ 2.300,00 0604.12.361.0031.2.065.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62065.........................................................R$ 7.300,00 0604.12.361.0031.2.065.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552065.......................................................R$ 1.132.000,00 0604.12.361.0047.2.066.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.da Educação Fundamental Fundeb – Desp. 52066............................R$ 1.436.000,00 0604.12.361.0047.2.066.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.da Educação Fundamental Fundeb – Desp. 92066............................R$ 198.000,00 0604.12.365.0051.2.071.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.da Educação Infantil Fundeb – Desp. 52071.......................................R$ 818.300,00 0604.12.365.0051.2.071.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.da Educação Infantil Fundeb – Desp. 92071.......................................R$ 77.000,00 0605.13.392.0031.2.072.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552072.......................................................R$ 26.400,00 0605.13.392.0054.2.073.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção de Núcleos Culturais – Desp. 52073..........................................R$ 8.400,00 0605.13.392.0054.2.073.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção de Núcleos Culturais – Desp. 92073..........................................R$ 450,00 0605.13.392.0054.2.074.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Banda Municipal – Desp. 52074...........................................R$ 74.500,00 0606.12.361.0118.2.078.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Merenda Escolar – Desp. 52078...........................................R$ 34.100,00 0606.12.361.0118.2.078.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção da Merenda Escolar – Desp. 92078...........................................R$ 3.550,00 0607.08.243.0027.2.083.3.1.90.11.00.00.00 – Atend.Direitos Criança e Adolescente – Desp. 52083....................................R$ 29.100,00 0607.08.243.0031.2.085.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62085.........................................................R$ 3.000,00 0701.08.244.0029.2.087.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52087......................................................R$ 97.000,00 0701.08.244.0029.2.087.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92087......................................................R$ 6.100,00 0701.08.244.0031.2.088.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62088.........................................................R$ 21.300,00 0701.08.244.0031.2.088.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552088.......................................................R$ 15.600,00 0702.08.243.0027.2.090.3.1.90.46.00.00.00 – Man.Casa Pq.Aprendiz Casa de Passagem – Desp. 92090..........................R$ 650,00 0702.08.244.0030.2.095.3.1.90.11.00.00.00 – Assistência a Carentes – Desp. 52095...........................................................R$ 116.000,00 0702.08.244.0030.2.095.3.1.90.46.00.00.00 – Assistência a Carentes – Desp. 92095...........................................................R$ 610,00 0704.16.482.0059.2.107.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52107......................................................R$ 4.300,00 0704.16.482.0059.2.107.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92107......................................................R$ 200,00 0801.10.301.0031.2.109.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62109.........................................................R$ 238.200,00 0801.10.301.0031.2.109.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552109.......................................................R$ 220.000,00 0801.10.301.0107.2.112.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.Progr.de Saúde da Familia PSF – Desp. 52112..................................R$ 601.000,00 0801.10.301.0107.2.112.3.1.90.16.00.00.00 – Manut.Progr.de Saúde da Familia PSF – Desp. 72112..................................R$ 15.000,00 0801.10.301.0107.2.112.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.Progr.de Saúde da Familia PSF – Desp. 92112..................................R$ 23.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.04.00.00.00 – Manutenção dos Serviços da Saúde – Desp. 32114......................................R$ 110.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços da Saúde – Desp. 52114......................................R$ 1.158.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção dos Serviços da Saúde – Desp. 72114......................................R$ 70.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços da Saúde – Desp. 92114......................................R$ 55.000,00 0803.10.301.0107.2.127.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção de Serviço SAMU – Desp. 72127..............................................R$ 13.000,00 0901.04.122.0010.2.135.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52135.............................R$ 211.000,00 0901.04.122.0010.2.135.3.1.90.16.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 72135.............................R$ 26.800,00 0901.04.122.0010.2.135.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92135.............................R$ 5.500,00 0901.04.122.0031.2.136.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62136.........................................................R$ 19.000,00 0901.04.122.0031.2.136.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552136.......................................................R$ 60.300,00 0902.15.451.0069.2.137.3.1.90.11.00.00.00 – Conservação de Vias Urbanas – Desp. 52137...............................................R$ 34.200,00 0902.15.451.0069.2.137.3.1.90.16.00.00.00 – Conservação de Vias Urbanas – Desp. 72137...............................................R$ 5.900,00 0902.15.451.0069.2.137.3.1.90.46.00.00.00 – Conservação de Vias Urbanas – Desp. 92137...............................................R$ 1.500,00 0902.26.782.0101.2.142.3.1.90.11.00.00.00 – Conservação de Estradas – Desp. 52142......................................................R$ 59.000,00 0902.26.782.0101.2.142.3.1.90.16.00.00.00 – Conservação de Estradas – Desp. 72142......................................................R$ 15.000,00 0902.26.782.0101.2.142.3.1.90.46.00.00.00 – Conservação de Estradas – Desp. 92142......................................................R$ 650,00 0903.15.451.0104.2.147.3.1.90.46.00.00.00 – Conserv.Praças,Parques e Jardins – Desp. 92147........................................R$ 570,00 0903.18.541.0064.2.150.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Limpeza Pública – Desp. 52150...........................................R$ 53.600,00


O Fato do Vale

GERAL

9

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

Continuação do DECRETO MUNICIPAL Nº 5.261/2012, de 19 de março de 2012.

0903.18.541.0064.2.150.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção da Limpeza Pública – Desp. 72150...........................................R$ 24.100,00 0903.25.752.0067.2.152.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.dos Serviços de Iluminação – Desp. 52152.........................................R$ 46.700,00 0903.25.752.0067.2.152.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.dos Serviços de Iluminação – Desp. 92152.........................................R$ 400,00 0904.04.122.0004.2.154.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.Serv.Carpintaria e Obras em Geral – Desp. 52154.............................R$ 9.200,00 0904.04.122.0004.2.154.3.1.90.16.00.00.00 – Manut.Serv.Carpintaria e Obras em Geral – Desp. 72154.............................R$ 2.100,00 0904.04.122.0004.2.155.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.da Oficina e Borracharia – Desp. 52155..............................................R$ 2.000,00 0904.04.122.0004.2.155.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.da Oficina e Borracharia – Desp. 92155..............................................R$ 1.000,00 0905.15.452.0031.2.159.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552159.......................................................R$ 2.700,00 1201.04.122.0004.2.166.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52166.............................R$ 21.000,00 1201.04.122.0004.2.166.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92166.............................R$ 700,00 1201.04.122.0031.2.167.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62167.........................................................R$ 4.900,00 1203.23.691.0096.2.174.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços em Comércio – Desp. 52174................................R$ 27.000,00 1203.23.691.0096.2.174.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços em Comércio – Desp. 92174................................R$ 300,00 1301.18.541.0031.2.189.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62189.........................................................R$ 6.200,00 1301.18.541.0063.2.190.3.1.90.11.00.00.00 – Man.Fundo de Defesa do Meio Ambiente – Desp. 52190..............................R$ 32.800,00 1301.18.541.0063.2.190.3.1.90.46.00.00.00 – Man.Fundo de Defesa do Meio Ambiente – Desp. 92190..............................R$ 1.400,00 1401.27.812.0031.2.200.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62200.........................................................R$ 20.000,00 1401.27.812.0103.2.201.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Esporte – Desp. 52201.............................R$ 82.000,00 1401.27.812.0103.2.201.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Esporte – Desp. 92201.............................R$ 650,00 Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias: 0603.12.361.0047.1.008.4.4.90.51.00.00.00 – Constr.Ampl.e Reforma Prédios Educ.Fundam. MDE – Desp. 401008..........R$ 559.000,00 0603.12.361.0047.1.008.4.4.90.61.00.00.00 – Constr.Ampl.e Reforma Prédios Educ.Fundam. MDE – Desp. 421008..........R$ 200.000,00 0603.12.361.0047.2.055.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção do Programa Acolher MDE – Desp. 242055..............................R$ 61.000,00 0603.12.361.0047.2.055.3.3.90.36.00.00.00 – Manutenção do Programa Acolher MDE – Desp. 292055..............................R$ 29.000,00 0603.12.361.0047.2.055.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do Programa Acolher MDE – Desp. 30205................................R$ 80.000,00 0603.12.361.0047.2.057.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental MDE – Desp. 412057.....................R$ 300.000,00 0603.12.367.0052.2.052.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção Educação Especial Fundam. MDE – Desp. 402052..................R$ 272.000,00 0604.12.361.0047.1.011.4.4.90.61.00.00.00 – Constr.Ampl.e Ref.Prédios Educ.Fundam. FUNDEB – Desp. 421011...........R$ 300.000,00 0604.12.361.0047.2.066.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental FUNDEB – Desp. 242066..............R$ 200.000,00 0604.12.361.0047.2.066.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental FUNDEB – Desp. 302066..............R$ 300.000,00 0604.12.361.0047.2.066.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental – Desp. 412066..............................R$ 150.000,00 0604.12.361.0047.2.076.3.3.90.30.00.00.00 –

Manutenção do Programa Acolher – Desp. 242076.......................................R$ 580.000,00 0604.12.361.0047.2.076.3.3.90.36.00.00.00 – Manutenção do Programa Acolher – Desp. 292076.......................................R$ 210.000,00 0604.12.361.0047.2.076.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do Programa Acolher – Desp. 302076.......................................R$ 580.000,00 0604.12.365.0051.2.071.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil FUNDEB – Desp. 412071........................R$ 100.000,00 0604.12.367.0052.2.098.3.3.90.30.00.00.00 – Manut.Educ.Especial Fundamental FUNDEB – Desp. 242098......................R$ 25.000,00 0604.12.367.0052.2.098.4.4.90.51.00.00.00 – Manut.Educ.Especial Fundamental FUNDEB – Desp. 402098......................R$ 50.000,00 0604.12.367.0052.2.098.4.4.90.52.00.00.00 – Manut.Educ.Especial Fundamental FUNDEB – Desp. 412098......................R$ 30.000,00 0605.13.392.0054.2.073.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção de Núcleos Culturais – Desp. 402073........................................R$ 100.000,00 0702.08.244.0029.2.093.3.3.90.39.00.00.00 – Manut.Sistema Único Assistência Social SUAS – Desp. 302093...................R$ 41.000,00 0702.08.244.0066.2.099.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção do Cemitério e da Capela Mortuária – Desp. 402099................R$ 150.000,00 0702.08.306.0038.2.179.3.3.90.30.00.00.00 – Manut.do Progr.Munic.de Seg.Alimentar PMSA – Desp. 242179...................R$ 70.000,00 0702.08.306.0038.2.179.4.4.90.52.00.00.00 – Manut.do Progr.Munic.de Seg.Alimentar PMSA – Desp. 412179...................R$ 39.000,00 0702.08.306.0038.2.179.3.3.90.39.00.00.00 – Manut.do Progr.Munic.de Seg.Alimentar PMSA – Desp. 302179...................R$ 75.000,00 0704.16.482.0059.1.015.4.4.90.51.00.00.00 – Implantação de Complexos Habitacionais Populares – Desp. 401015..........R$ 250.000,00 0704.16.482.0059.1.015.4.4.90.61.00.00.00 – Implantação de Complexos Habitacionais Populares – Desp. 421015..........R$ 49.000,00 0705.16.482.0059.2.108.4.4.90.61.00.00.00 – Atendimento ao Fundo Municipal de Habitação – Desp. 422108...................R$ 50.000,00 0801.10.301.0114.1.020.4.4.90.51.00.00.00 – Ampliação no Atendimento da Saúde Municipal – Desp. 401020..................R$ 1.550.000,00 0901.04.122.0010.2.135.4.4.90.51.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 402135...........................R$ 95.000,00 0902.15.453.0099.2.140.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção de Terminais e Paradas de Ônibus – Desp. 402140..................R$ 29.000,00 0902.26.782.0069.1.027.4.4.90.51.00.00.00 – Construção e Reforma de Pontes e Passarelas – Desp. 401027..................R$ 300.000,00 0902.26.782.0101.2.142.3.3.90.39.00.00.00 – Conservação de Estradas – Desp. 302142....................................................R$ 60.000,00 0903.15.451.0104.1.029.4.4.90.51.00.00.00 – Impant.Ampl.e Remodelação de áreas de Lazer – Desp. 401029.................R$ 500.000,00 0903.17.512.0061.1.030.4.4.90.51.00.00.00 – Impant.Ampliação Macro/MicroDrenagem Urbana – Desp. 401030..............R$ 500.000,00 0903.18.541.0064.2.151.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção da Usina de Reciclagem – Desp. 402151..................................R$ 1.000.000,00 0903.25.752.0067.1.034.4.4.90.51.00.00.00 – Implant.Ampl.e Melhoria Rede Iluminação Pública – Desp. 401034..............R$ 300.000,00 0905.15.452.0008.2.158.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção de Semáforos e Sinalização Viária – Desp. 242158..................R$ 100.000,00 1206.20.601.0075.2.035.4.4.90.51.00.00.00 – Atendim.Fundo Mun.Desenvolvimento Rural FUMDER – Desp. 402035.......R$ 108.000,00 1301.18.541.0063.2.190.4.4.90.51.00.00.00 – Manut.Fundo de Defesa do Meio Ambiente – Desp. 402190.........................R$ 95.000,00 1401.27.812.0103.2.146.4.4.90.51.00.00.00 – Implant.Recup.Manutenção de Módulos Esportivos – Desp. 402146............R$ 400.000,00 Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 19 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Emilio Cacote eleito presidente no Morada do Sol

N

o último domingo (25.03), no Loteamento Morada do Sol aconteceu a eleição para a escolha da nova direção da Associação de Moradores. O pleito com chapa única transcorreu de maneira tranqüila e envolveu a comunidade do bairro. A votação iniciou pontualmente às 9 horas da manhã e teve a supervisão, apoio e fiscalização da União das Associações de Bairros e Vilas de Campo Bom (UABV) na figura do seu presidente, Sandro dos Santos e Carla Graziele da Costa que também é integrante da direção da UABV. Os moradores participaram da eleição que aconteceu embaixo das frondosas árvores do capão existente ao lado do

População do Morada do Sol participou ativamente tanto da eleição quanto do Plebiscito que definiu as prioridades da comunidade a partir do Movimento Popular.

campinho de areia do Morada do Sol. Cadeiras de praia, chimarrão de mão, aliás a bebida mais democrática do mundo, onde o peão e o fazendeiro tomam juntos, assim foi o clima do pleito eleitoral que contou com aproximadamente 180 pessoas votando “Sim”, ou seja, confirmando a vitória da Chapa 1 para presidir a Associação do Morada do Sol. O novo presidente eleito Emilio Borges Siqueira “Cacote” muito conhecido no Movimento Comunitário e Popular, destacou a participação da comunidade na eleição, bem como, lembrou que a entidade vai batalhar por melhorias pontuais e possíveis de se concretizar. “Queremos elevar a qualidade de vida da população e vamos mobilizar a comunidade do Morada do Sol no sentido de buscar estas conquistas. Precisamos estar unidos para avançar”, observou Cacote que por último agradeceu o apoio da UABV no processo eleitoral. Uma das conquistas da Chapa 1 já confirmada será o atendimento de um advogado de forma gratuita (consulta) em dois sábados por mês no Loteamento. Povo da Morada quer escola, centro comunitário e oficinas Durante a eleição houve um Plebiscito onde a comunidade tinha quatro opções de votos, nas quais definiria de forma amplamente democrática, direta e participativa quais as bandeiras de lutas da nova direção. As três mais votadas foram: 1º - Construção de uma escola no bairro * 2º - Construção de um Centro Comunitário * 3º - Criação de Oficinas de Cidadania no bairro

com palestras, cursos, artesanato, teatro, dança, música, trabalhando com as crianças e jovens em turno oposto ao da escola. Direção do Morada: Presidente – José Emilio Borges Siqueira ,Vice-Presidente: Olinto de Oliveira, 1ª - Secretária: Maria de Lourdes da Rosa, 2º - Secretária: Valdair Benitez, 1º - Tesoureiro: Naurelino Rodrigues, 2º - Tesoureiro: Evandro Delmar Fortes - Suplentes da Diretoria Executiva: Clovis Silveira – Joel da Rosa – Odair Jose Ternus - Conselho Fiscal (Titulares): Veli de Freitas Ferreira – Rosimere da Rosa - Gilson Ricardo Arnold - Suplentes do Conselho Fiscal: Oerica Moura Antunes – Mateus Antunes – Loidemar Renato. A data da posse da nova direção do Morada do Sol ainda será definida.

Emilio Cacote ao lado de seu vice-presidente Olinto de Oliveira.


Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.837/2012, de 27 de março de 2012. AMPLIA O LIMITE DE DESPESA COM O PROJETO “POSSE RESPONSÁVEL: - SEM CRIAS NAS RUAS”, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º. Fica ampliado para importância anual igual ao valor de 20.000,00 URMs (vinte mil Unidades de Referência Municipal), correspondentes, nesta data, a R$ 46.746,00 (quarenta e seis mil, setecentos quarenta e seis reais), o limite estabelecido na Lei Municipal nº 3.415/2009, de 19.06.2009, para custeio do projeto “Posse responsável: - sem crias nas ruas”. Art. 2º - As despesas decorrentes desta Lei correrão à conta das dotações orçamentárias próprias. Art. 3º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 27 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.841/2012, de 27 de março de 2012. AUTORIZA O RECEBIMENTO DE BÍBLIA EM BRAILE EM DOAÇÃO GRACIOSA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º - O Poder Executivo Municipal fica autorizado a receber, em doação graciosa, 28 (vinte e oito) volumes da Bíblia em braile, da Sociedade Bíblica do Brasil, com sede na Rua Ernesto Alves, 91, Bairro Floresta, Porto Alegre/RS, entidade sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ/MF 33.579.376/0007-47, através do Programa “A Bíblia para pessoas com deficiência”, que tem por objetivo beneficiar pessoas com deficiência visual, possibilitando a leitura da Bíblia, o que permite a inclusão social, o desenvolvimento cultural, o apoio espiritual, o estímulo a alfabetização e a integração da pessoa com deficiência à vida comunitária. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 27 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.836/2012, de 27 de março de 2012. ALTERA A LEI MUNICIPAL Nº 3.820/2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º. O art. 4º da Lei Municipal nº 3.820/2012, de 14.02.2012, que autorizou o creditamento de contribuição do Município de Campo Bom ao CONSÓRCIO PÚBLICO DE SANEAMENTO BÁSICO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOS SINOS – PRÓ-SINOS, no montante de R$ 28.800,00 (vinte e oito mil e oitocentos reais), relativos a parcela que lhe toca no rateio realizado com outros municípios, para custeio, em 2012, das despesas de administração e planejamento da referida Instituição, passa a vigorar com a seguinte redação: “Art. 4º. As despesas decorrentes desta Lei correrão a conta da seguinte dotação orçamentária: -1 301.18.541.0063.2.169.3.3.71.00.00.00 (Manut. do Pró-Sinos Resíduos Sólidos) desp.602169.” Art. 2º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 27 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

GERAL

10

O Fato do Vale

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.838/2012, de 27 de março de 2012. ALTERA A LEI MUNICIPAL Nº 1.597/1994. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º. O inciso II do art. 13 da Lei Municipal nº 1.597/1994, de 17.08.1994 passa a vigorar com a seguinte redação: “Art. 13 - ... II - a instalação de redes de drenagem pluvial e separadora do esgoto doméstico, esta última sob o passeio, em cada lado da via pública, salvo exigência distinta do órgão ambiental estadual; ...” Art. 2º. O inciso V do art. 16 da Lei Municipal nº 1.597/1994, de 17.08.1994 passa a vigorar com a seguinte redação: “Art. 16 - ... V- projeto completo da rede de distribuição de água potável, com as respectivas especificações técnicas e orçamentos aprovados pela CORSAN, localizando os hidrantes com a aprovação do Corpo de Bombeiros, e, projeto completo da rede separadora do esgoto doméstico, ou do que for diversamente exigido pelo órgão ambiental estadual , também com especificações técnicas e orçamentos aprovados pela CORSAN; ...” Art. 3º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 27 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.840/2012, de 27 de março de 2012. CONCEDE ABONO PECUNIÁRIO AOS SERVIDORES DO IPASEMCB, EM RAZÃO DA ALTERAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º. O Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Campo Bom - IPASEMCB, para atendimento ao disposto no art. 39 § 3o., combinado com o art. 7º - inciso IV, ambos da Constituição Federal, fica autorizado a conceder, aos titulares dos cargos públicos municipais cujo vencimento básico, para uma carga horária semanal de trabalho, de 44 (quarenta e quatro) horas, não atinja o valor do Salário Mínimo Nacional, um abono pecuniário no montante necessário a que tal patamar remuneratório seja galgado. Parágrafo único. Para os fins do estatuído no caput, resta estabelecido que o limite do valor do abono será a diferença entre o vencimento legalmente definido para o servidor, e a quantia de R$ 622,00 (seiscentos e vinte e dois reais) estabelecida como o Salário Mínimo Nacional, a contar de 01.01.2012, pelo Decreto Federal nº 7.655/2011, de 23.12.2011, para uma jornada laboral mensal de 220 ( duzentas e vinte horas ) mensais, ou de 44 ( quarenta e quatro ) horas semanais. Art. 2º. O abono a que se refere o art. 1º desta Lei, será concedido somente relativamente aos meses de janeiro e fevereiro de 2012, na medida em que serão realinhados os vencimentos que o motivam, por ocasião da revisão geral da remuneração dos servidores públicos municipais, a ocorrer no mês de março do ano em curso. Art. 3º. O creditamento do abono pecuniário objeto deste Diploma, aos servidores que ao mesmo tiverem direito, ocorrerá até a data do pagamento dos vencimentos relativos ao mês de março de 2012. Art. 4º. Esta Lei, cujo impacto orçamentário-financeiro consta do respectivo Anexo I, entrará em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 01 de janeiro de 2012. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 27 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.834/2012, 22 de março de 2012. DENOMINA RUA DO PLANO DIRETOR, NO LOTEAMENTO FIRENZE, NO BAIRRO METZLER. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º - A Rua Nº “26” do Loteamento Firenze, no Bairro Metzler, situada entre as quadras 47, 48, 49 e 84, será denominada de Rua “ÉRIA RODRIGUES”. Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 22 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.839/2012, de 27 de março de 2012. AUTORIZA CONVÊNIO COM A ASSOCIAÇÃO DOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DE CAMPO BOM E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores, aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º. O Poder Executivo Municipal fica autorizado a conveniar com a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Campo Bom (pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 92.912.781/0001-09, e sediada em Campo Bom/RS, na Rua São Paulo, s/nº), a junção de esforços objetivando incentivar e orientar a realização de atividades físicas pelos integrantes da terceira idade, com adequado monitoramento das respectivas condições, de sorte a evitar doenças físicas e problemas emocionais. Art. 2º. Para a concretização dos objetivos postos no art. 1º desta Lei, além das demais providências e obrigações previstas no instrumento representativo do convênio, que passa a fazer parte integrante deste Diploma como Anexo I, o Poder Executivo Municipal fica especialmente autorizado a: I - assessorar a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Campo Bom na execução de quaisquer atividades objeto deste convênio, através da Secretaria Municipal da Saúde; II - providenciar o que lhe for possível relativamente ao planejamento estratégico do objeto do convênio, colaborando na fixação de diretrizes de atuação e correção de procedimentos adotados, e o que mais se fizer necessário e possível; III - participar de encontros intermunicipais, regionais e estaduais objetivando angariar dados, trocar experiências e avaliar os métodos de condução do trabalho objeto do convênio; IV - destinar mensalmente à CONVENIADA, a quantia de R$ 2.000,00 (dois mil reais), objetivando cobrir as despesas necessárias ao atendimento dos objetivos do convênio. Parágrafo único. Em contrapartida, a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Campo Bom responsabilizar-se-á, entre outras obrigações assumidas, pelo seguinte: a) elaborar, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde, plano de ação objetivando incentivar e orientar a realização de atividades físicas pelos integrantes da terceira idade, com adequado monitoramento das respectivas condições, de sorte a prevenir doenças incidentes nesta fase da vida; b) providenciar na mão de obra necessária ao desenvolvimento de atividades objeto do convênio, que se responsabilize tecnicamente pelas mesmas; c) colaborar de todas as formas possíveis com os objetivos das atividades a serem desenvolvidas, inclusive participando de encontros intermunicipais, regionais e estaduais objetivando angariar dados, trocar experiências e avaliar os métodos de condução do trabalho; d) acompanhar, supervisionar e avaliar o desenvolvimento das atividades objeto deste ajuste, providenciando para que sejam fornecidos à Secretaria Municipal da Saúde relatórios acerca do trabalho em desenvolvimento; e) sugerir meios de divulgação do convênio entre a população. Art. 3º. O prazo de duração do convênio é de 9 (nove) meses, contado da data da respectiva assinatura, facultada a renovação nos moldes estatuídos pela Lei Federal nº 8.666/1993. Art. 4º. As despesas decorrentes desta Lei correrão à conta da seguinte Dotação Orçamentária: 0301.04.122.0004.2019.3.3 .5.0.41 (Contribuições) - despesa 152019. Art. 5º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 27 de março de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


GERAL

O Fato do Vale

WALDIR FLECK FILHO, Oficial Designado do Registro Civil das Pessoas Naturais de Campo Bom, RS, Faz saber que pretendem casar-se os seguintes nubentes: Edital nº 11.893 – ELISANDRO LODETTI BACHER e ADRIANA BEATRIZ DE PAULA Edital nº 11.894 – LAIR JOSÉ JOAQUIM DA ROSA e SILVANA PEREIRA DE SOUZA Edital nº 11.895 – SANDRO BICA BUENO e SAMANTA SCHUCK Edital nº 11.896 – DANIEL DA SILVEIRA e ELENICE NEIDIANE SCHILLING Quem souber de algum impedimento acuse-o na forma da Lei. Campo Bom, 28 de março de 2012. Waldir Fleck Filho Oficial Designado

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DEMONSTRATIVO SIMPLIFICADO DO RELATORIO RESUMIDO DA EXECUCAO ORCAMENTARIA ORCAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL Janeiro a Fevereiro de 2012 / 1º Bimestre -2012 LRF, Art.48 - Anexo XVIII R$ 1,00 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------BALANCO ORCAMENTARIO - RECEITAS No Bimestre Ate o Bimestre --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Previsão Inicial da Receita 130.000.000,00 Previsão Atualizada da Receita 130.000.000,00 Receita Realizada 27.139.018,44 27.139.018,44 Saldos de exercícios Anteriores (Utilizados para Creditos Adicionais) 5.529.335,80 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------BALANCO ORCAMENTARIO - DESPESAS No Bimestre Ate o Bimestre --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Dotação Inicial 130.000.000,00 Créditos Adicionais 6.793.328,78 Dotação Atualizada 136.793.328,78 Despesa Empenhada 38.511.289,05 38.511.289,05 Despesa Liquidada 21.440.782,12 21.440.782,12 Superávit Orçamentário 5.698.236,32 5.698.236,32 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------DESPESAS POR FUNCAO/SUBFUNCAO No Bimestre Ate o Bimestre --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Despesa Empenhada 38.511.289,05 38.511.289,05 Despesa Liquidada 21.440.782,12 21.440.782,12 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Ate o Bimestre RECEITA CORRENTE LIQUIDA - RCL 116.088.932,86 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------RECEITA/DESPESA DOS REGIMES DE PREVIDENCIA No Bimestre Ate o Bimestre --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Receitas Previdenciárias (IV) 2.099.976,43 2.099.976,43 Despesas Previdenciárias (V) 1.219.763,42 1.219.763,42 Resultado Previdenciário (VI)=(IV-V) 880.213,01 880.213,01 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Meta Fixada no Resultado (%) RESULTADOS NOMINAL E PRIMARIO Anexo de Metas Apurado Em Relacao Fiscais da LDO (a) Ate o Bimestre (b) a Meta (b/a) --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Resultado Nominal 8.478.415,33Resultado Primário 6.306.736,22 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Inscrição Cancelamento Pagamento Saldo RP POR PODER E MINISTERIO PUBLICO Ate o Bimestre Ate o Bimestre --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------RESTOS A PAGAR PROCESSADOS Poder Executivo 2.512.819,73 2.248.314,89 264.504,84 Poder Legislativo 27.925,95 27.807,14 118,81 RESTOS A PAGAR NAO PROCESSADOS Poder Executivo 2.012.307,89 7.032,88 929.674,29 1.075.600,72 Poder Legislativo 11.306,52 9.877,12 1.429,40 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Total 4.564.360,09 7.032,88 3.215.673,44 1.341.653,77 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Limites Constitucionais Anuais --------------------------------------------DESPESAS COM MANUTENCAO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE Valor Apurado % Mínimo a Aplicar % Aplicado ate Ate o Bimestre No Exercício o Bimestre -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Mínimo Anual de 25% das Receitas de Impostos no MDE 4.542.976,79 25,00 23,78 Mínimo Anual 60% FUNDEB Remuneração Magist.Educação Inf.e Fund. 2.538.017,07 60,00 53,88 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Limites Constitucionais Anuais ------------------------------------------------------DESPESAS COM ACOES E SERVICOS PUBLICOS DE SAUDE Valor Apurado % Mínimo a Aplicar % Aplicado ate Ate o Bimestre No Exercício o Bimestre --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Despesas Próprias com Ações e Serviços Públicos de Saúde 2.991.992,12 15,00 15,66 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fonte: Relatório de Balanço Fevereiro/2012. Nota: ”O Relatório da Execução Orçamentária do 1º BIMESTRE/2012, referente a JANEIRO/FEVEREIRO-2012, encontra-se afixado no Átrio da Prefeitura Municipal de Campo Bom, Av. Independência, 800, na horário das 12:30h às 18:30h, das segundas às sextas-feiras, à contar do dia 29 de março de 2012, bem como disponibilizado no site do município WWW.campobom. rs.gov.br e WWW.famurs.com.br”. ILONE MARIA ZIMMERMANN CONTADORA CRC-RGS 053231/0-9

11

Sexta-feira, 30 de março de 2012.

JERRI LUIS DE MORAES CONTROLE INTERNO

CÉLIA FRÖEHLICH SECRETÁRIA DE FINANÇAS

FAISAL MOTHCI KARAM PREFEITO MUNICIPAL

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 069/2012 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeados, a partir de 30 de março de 2012, os concursados abaixo relacionados, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2010, de 28.04.2010: • Portaria nº 32.282/2012, de 28.03.2012, que nomeia RITA DE CASSIA JUNG para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.283/2012, de 28.03.2012, que nomeia MARCIA HELENA HOCH para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.284/2012, de 28.03.2012, que nomeia CATIA REGINA ALVES DA ROCHA MARTINS para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.285/2012, de 28.03.2012, que nomeia JAQUELINE SCHWAIKART para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.286/2012, de 28.03.2012, que nomeia DELVIRA BIRON NASSIFF para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.287/2012, de 28.03.2012, que nomeia NEIDA FABIANA MACHADO para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.288/2012, de 28.03.2012, que nomeia EDIMAR MEDEIROS DE SOUZA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.289/2012, de 28.03.2012, que nomeia ROZANE DE FATIMA FLORES para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 32.290/2012, de 28.03.2012, que nomeia NILZA REGINA BRONSTRUP para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza. Fiquem os nomeados cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de revogação das presentes Portarias, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes das nomeações. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 070/2012

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeados, a partir de 30 de março de 2012, os concursados abaixo relacionados, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 03/2011, de 30.12.2011: • Portaria nº 32.271/2012, de 28.03.2012, que nomeia CESAR HOMERO PASOLD para o cargo de Serviços Gerais da Construção Civil; • Portaria nº 32.272/2012, de 28.03.2012, que nomeia PABLO MARÇAL SILVA TERRA para o cargo de Serviços Gerais da Construção Civil; • Portaria nº 32.273/2012, de 28.03.2012, que nomeia EDUARDO DO LIVRAMENTO para o cargo de Serviços Gerais da Construção Civil; • Portaria nº 32.274/2012, de 28.03.2012, que nomeia JOSIELO LOUREIRO DE MELO para o cargo de Serviços Gerais da Construção Civil; • Portaria nº 32.275/2012, de 28.03.2012, que nomeia DIONATAN BONATTO para o cargo de Técnico em Eletricidade; • Portaria nº 32.276/2012, de 28.03.2012, que nomeia SIMONE BARRETO MARTENS para o cargo de Médico Especialidades Básicas – Clínico Geral – 40 H/S; • Portaria nº 32.277/2012, de 28.03.2012, que nomeia JOSY REICHERT MONTEIRO para o cargo de Médico Especialidades Básicas – Clínico Geral – 40 H/S; • Portaria nº 32.278/2012, de 28.03.2012, que nomeia MÔNICA LEÓN BACIL para o cargo de Médico Especialidades Básicas – Clínico Geral – 40 H/S; • Portaria nº 32.279/2012, de 28.03.2012, que nomeia PAULO PERONI PELLIN para o cargo de Médico Especialidades Básicas – Clínico Geral – 40 H/S; • Portaria nº 32.280/2012, de 28.03.2012, que nomeia KARINA BRASCO PAMPANELLI para o cargo de Médico Especialidades Básicas – Clínico Geral – 40 H/S; • Portaria nº 32.281/2012, de 28.03.2012, que nomeia PRISCILA BECKER PACKEISER para o cargo de Farmacêutico. Fiquem os nomeados cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de revogação das presentes Portarias, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes das nomeações. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 28 de março de 2012. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


O FATO do Vale

37 anos de jornalismo com credibilidade.

Campo Bom, Sexta-feira, 30 de março de 2012.

Canastra: final masculina será domingo

Repetindo o sucesso do ano passado, a grande participação no 2º Torneio Municipal de Canastra de Campo Bom, realizado no último domingo, 25, fez com que a final da categoria masculina  fosse transferida para o próximo final de semana. Será no domingo, dia 1º, a partir das 8h, na sede do grupo da terceira idade Jovens Há Mais Tempo, no Centro. Já a categoria feminina conheceu seu resultado no último domingo, consagrando campeã a dupla Elena Fischborn e Leny Simon, que venceram na final Amélia Scheffer e Rosineide da Silva. Em 3º lugar ficou Rosilei Wagner e Noeli Rohsler, e em 4º Janice Negrini e Isaura Stumpf. A pre-

miação de dupla mais simpática foi para Vilicia Schneider e Sirli Lauck. A competição contou com mais de uma centena de participantes, com jogos realizados no Ginásio Municipal Karl Heinz Kopittke. Na próxima semana, seis duplas masculinas disputarão o título, mas a dupla Nelson e Eri já foi eleita a mais simpática. A entrega da premiação ocorre após a grande final masculina, sendo premiados com troféu e medalhas do 1º ao 3º lugar, e medalhas o quarto colocado. As duplas mais simpáticas também ganham troféu. O torneio é uma promoção da prefeitura de Campo Bom por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

Mulheres homenageadas na Câmara

Elena e Leny foram as campeãs no feminino

Seis campeões na etapa do bicicross

A  última sessão ordinária do mês, na Câmara de Vereadores de Campo Bom, é sempre dedicada a participações de entidades, da comunidade e homenagens. Neste dia 28, as homenageadas foram as mulheres. Numa proposição do vereador Marinho de Moura (PPS), nove mulheres foram agraciadas em lembrança ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no último dia 8 de março. Moura lembra que essas mulheres representam todas as demais moradoras da cidade, já que desenvolvem atividades voluntárias diversas em suas comunidades, sempre em prol dos mais carentes. “São mulheres que, sem importar a idade, ou a origem de onde vieram, têm dedicado suas vidas pela promoção do bem estar”, salienta. Foram homenageadas: Adelina da Silva, moradora do bairro Paulista e conhecida pela atuação comunitária em sua localidade. Ana Cláudia Hausladen, di-

retora da APAE há 23 anos. Maria Iracema de Freitas, conhecida como Vó Iracema, criou 10 filhos e é dedicada às ações comunitárias em seu bairro, o Quatro Colônias. Elizabete Gomes dos Reis, também moradora do Quatro Colônias, também ativa em ações comunitárias junto às crianças. Márcia Britto, fundadora e coordenadora da ONG Criança Cidadã, na cidade, instalada no bairro 25 de Julho. Eliane Ficher, moradora do bairro Santa Lúcia, desenvolve ações comunitárias para as crianças carentes da sua comunidade. Lori Ulrich, moradora do Morada do Sol, também  se dedica a ações voltadas para as crianças. Sônia Oliveira da Rosa, integrante da ONG Mãos que Salvam, que atende crianças em situação de risco. E também a secretária municipal de Educação, Eliane dos Reis, por sua atuação à frente da educação em Campo Bom. 

Aconteceu no último domingo, dia 25/03, na pista municipal de Bicicross  no Parque  Arno Kuntz, a 2ª Etapa do Campeonato Gaúcho de Bicicross 2012. Com a presença de 126 Atletas de todo estado, como Bagé,Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Estrela, Lajeado, Encantado, Santa Maria, Porto Alegre, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Sapiranga, Taquara e Ivoti, que juntamente com 33 atletas campobonenses fizeram o espetáculo sobre duas rodas no lindo domingo de outono em Campo Bom. O público fiel que acompanha o bicicross campobonense há 25 anos também não deixou por menos, pois compareceu mais uma vez em peso para torcer pelos seus atletas, e fez a diferença, pois o time da casa a Liga Campobonense de Bicicross (Lymyt’s Calçados/Toda Música/ Piccolo Tntas), fez 6 campeões em suas categorias; - Wilian Kessler na Boys 11/12 anos, - Jéssica Figueiró (Olí Peças/Shopping das Miudesas/Baiano Pneus) na Girls 15+, - Nicolas Gomes Lauer na Expert 19/24, - Ricardo Figueiró (Olí Peças/Shopping das  Miudesas/Baiano Pneus) na Cruiser 40+, - Naércio  Schwarz (Nóia Bike)  na Four-x, - Claudenir dos Santos (Gaúchinho Motos) na Elite Men,

Comissão especial pró-Trensurb

Nos próximos dias, o vereador Victor, juntamente com os demais membros que formam a Comissão Especial Pró-Trensurb, estarão em Porto Alegre, reunindo-se com o Diretor da TrenSurb, Humberto Kasper, para dar inicio as discussões que envolve a extensão do Metro até Campo Bom. Victor, destaca que esta é a primeira reunião com a empresa, e tem o objetivo de

buscar informações, esclarecimentos sobre os projetos de viabilidade técnica que estão em andamentos, assim como os já executados em Novo Hamburgo. Entretanto, o parlamentar observa que esta é uma luta que esta se iniciando agora, e que necessita do engajamento de entidades de classe, empresários, a sociedade de modo geral, além da vontade políti-

ca das câmaras de vereadores, prefeitos, governo estadual e Federal. A Comissão Especial Pró-Trensurb da Câmara de Campo Bom, foi formalizada no último dia 13 de fevereiro, por iniciativa do vereador Victor, para defender a viabilidade da extensão do Metro até solo campo-bonense. Integram a Comissão Especial, os vereadores Ivo (PT) e Jair (PMDB).

Equipe de bicicross de Campo Bom

Demais Campeões; - Girls até 12 anos - Eduarda Schaffer (Sapiranga), - Girls 13/14 anos - Eduarda Morbach (Sapiranga), - Boys até 6 anos - Thales Schuler (Sapiranga), - Boys 7/8 anos - Gustavo  Wecker (N.Hamburgo), - Boys 9/10 anos - Iago Machado (N.Hamburgo), - Boys 13/14 anos - Luis Parode (Estrela), - Boys 15/16 anos - Lucas Bonadiman (Sapiranga), - Junior Men - Vinicius Silva (Sapiranga), - Expert 25+ - Carlos Chagas (Bagé), - Cruiser 35/39 - Arisson Rakoski (Estrela) - Open Cruiser - Guilherme Marques (N.Hamburgo), O evento deve ser um importante marco para a história do bicicross Campobonense, pois a pista atual completa neste ano 25 anos de fundação e receberá como merecido presente da admistração municipal uma remodelação e atualização sua estrutura para Campo Bom voltar ao circuito Nacional e Internacional da modalidade que hoje é uma modalidade olímpica. O evento foi uma promoção da Liga Campobonense de Bicicross e Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Realização da Federação  Gaúcha de  Bicicross.


O Fato do Vale - 30 de março de 2012