Page 1

Vistoria em casas noturnas

Em virtude do episódio relativo ao incêndio de uma casa noturna em Santa Maria, Prefeitura e Corpo de Bombeiros intensificaram a fiscalização nos estabelecimentos da cidade. Os dois órgãos tranqüilizam a população de que a vistoria atinge todos os estabelecimentos do gênero. Em virtude dos fatos Prefeitura e Corpo de Bombeiros devem rever, a partir de agora, os alvarás ativos de todos os locais de reunião de público.

al

O FATO

n Jor

Ano XXXVIII | Edição n.° 2008 | R$ 1,50

CAMPO BOM | Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

Abertura do ano letivo lota o CEI Detalhes na página 3

“Brincando com os amigos”

Como ficam os serviços da Prefeitura no Carnaval

CONVITE PARA CULTO DE 1 ANO DE FALECIMENTO

Centro Administrativo: Não terá expediente na 2ª e 3ª feiras Departamento de Trânsito: A fiscalização de trânsito contará com plantão Unidades Básicas de Saúde e Centro Materno Infantil: Não terão expediente nos dois dias Pronto Atendimento 24h: Funcionará normalmen-

Página 5

Esposa: Ramona Reinheimer Filhos: Gabriela Francesca, Gabriel Francesco, Guilherme Augusto e João Pedro Reinheimer Neto: João Nicolas Reinheimer Schonhals

JOÃO CARLOS REINHEIMER

“Todos os dias, quando acordo, eu me lembro de sua face. O brilho que irradia dos seus olhos me ajuda a seguir com mais animo e alegria, pois, você, é e sempre será, muito especial para mim”. Culto de Memória no domingo (10.02.13), às 9 horas na Igreja Evangélica Luterana do Brasil, localizada na Avenida Brasil ( em frente a Igreja Católica).

Roupas & Acessórios

(51) 9803-2623

te durante todo o feriadão Secretária de Obras, Serviços Urbanos e Trânsito: não terá expediente durante o feriadão Fiscalização: Atenderá em regime de plantão Recolhimento de lixo: ocorrerá normalmente.

Dedicação envolvimento e eficiência.

( Quiksilver, Billabong, Adidas, Ecko e outros)

Presentes,Bijuterias e Utilidades em Geral Cartões Telefônicos

Agora com: Pronto Socorro Elétrico e Hidráulico (Diariamente das 13hs às 21hs,inclusive Feriados)

Rua Benno Bauer, 213-Quatro Colônias-Campo Bom

Contato com Elisa 9212.0732

3529.3043

R. Santa Helena, 348 (fundos) Bairro Centenário - Sapiranga

TELE-TINTAS

3597.3436

Tem a melhor certificação, com o menor preço

Conheça os diversos modelos de purificadores de água que a Purific tem para você. Ligue e marque uma visita. 96157508 Elton de Mello - Franqueado Executivo


GERAL

2

O Fato do Vale

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

Antes que seja tarde A dor pela perda é algo que vai aumentando progressivamente passado o trauma. Para todo aquele que é pai ou mãe de adolescente fica  um  sentimento  em relação à  tragédia que ocorreu em Santa Maria: e se fosse o meu filho lá? Imagino que seja uma dor que supera os limites da alma. Embora criemos os filhos para o mundo, é necessário impor certos limites, especialmente em relação aos vícios. Hoje, a lei proíbe o consumo de álcool e sua venda aos menores de idade. Os valores das penalidades  são altos, especialmente para os donos de estabelecimento que permitem essa venda. A ausência dos pais, muitas vezes ocasionada pela rotina de trabalho, não deveria ser compensada com  “agradinhos” extras aos filhos, a exemplo de presentes ou dinheiro, negligenciando o contexto familiar. Tal fato  decorre, muitas vezes, da culpa que os pais, sobretudo as mães, sentem em relação aos filhos. Daí, trocam o amor ou a dor dos filhos por “presentes”. No, entanto, a “mania de compensar” pode resultar em adultos materialistas, carentes de afeto e com problemas para lidar com o dinheiro, além de acentuar o sentimento de onipotência, típico da juventude. Os  pais, se pudessem, envolveriam os filhos em uma manta de proteção. Como não podem fazê-lo, resta a alternativa de muita oração, diálogo aberto sobre todos os assuntos, orientação e PRESENÇA, que auxilia a manter uma relação saudável com o filho, evitando  a predominância de pensamentos materialistas. Não existem fórmulas mágicas para isso. Mas entendo que o esforço em prol da reversão desse quadro é necessário. Mães costumam ser intuitivas, vivem e morrem pelos seus filhos. Enxergam, muitas vezes, além dos seus olhos. Hoje, eles poderão não entender, mas, amanhã, quando se tornarem pais, terão essa dimensão. Sempre há tempo de mudar qualquer relação. Pais, estejam mais perto de seus filhos, orientem-os, acarinhem-os, mostrem-lhes os melhores exemplos, abracem-os, digam  que os amam  do fundo de seus corações. Sempre há tempo... Exceto para esses  tantos outros pais que dariam a vida para poder ter hoje essa proximidade com seus filhos...

Terezinha Tarcitano TTarcitano Assessoria de Comunicação terezinhatarcitano@yahoo.com.br

O FATO VALE do

Circula às sextas-feiras em Campo Bom, Sapiranga, Araricá e Nova Hartz

Fundado em 20/06/1975 - CNPJ: 72.560.014/0001-70 Diretor Editor | Joelci Luiz Mello (Reg. Prof. 4465) Diretora Comercial | Evanir Eloisa Martini Criação e Produção Gráfica | Rosiane Mello Assistente de Produção | Mariane Mello SEDE: C. Bom - R. Lima e Silva, 29 - Sl 03 - Centro - 3598.6411 Sapiranga - R. São Pedro, 399 - Centro - 3559.5411 e-mail: jornal.js@netwizard.com.br | site: www.jornaljs.com.br As colunas assinadas são de inteira responsabilidade dos autores e não representam necessariamente a opinião do jornal. Também não representam vínculo empregatício com a empresa.

Beleza: um direito de todos

O emérito cirurgião plástico, Ivo Pitanguy, chamado carinhosamente por seus discípulos espalhados pelo mundo de Professor, na sua obra “Direito à beleza” ensina que o ser humano busca na cirurgia plástica não a perfeição estética, mas um equilíbrio entre o seu aspecto físico e a sua autoimagem. Na minha experiência como seu aluno, de 1989 a 1992 e, depois, como cirurgião plástico especialista, observando meus próprios pacientes e aprendendo com eles, desenvolvi o conceito de que a beleza deve ser um direito de todos e não um privilégio de poucos. Em outras palavras, a cirurgia plástica pode ser um instrumento maravilhoso capaz de aliviar o sofrimento das pessoas. É comum que muitos pacientes nem procurem auxílio médico por acreditarem equivocadamente que “plástica não é para eles”, tão baixa está sua autoestima. Para isso, contribui também uma visão, a meu ver, equivocada dos próprios profissionais de Medicina. As outras especialidades médicas, por lidarem com doenças e problemas de saúde que ameaçam a vida, têm a tendência, muitas vezes, de enxergar a cirurgia plástica como supérflua ou como excesso de vaidade das pessoas. Não se dão conta de que a dor psíquica é, muitas vezes, tão ou mais deletéria do que a física. Muitos cirurgiões plásticos, por sua vez, misturam o seu próprio conceito estético e aspectos do seu ego, na avaliação do paciente, deixando de interpretar, adequadamente, a verdadeira causa da insatisfação deste. Exemplo comum é o de pacientes que não se encontram no seu peso ideal e têm uma correção plástica do excesso de pele e gordura abdominal ou do volume e forma das mamas, contraindicada pelo cirurgião plástico que se recusa a operá-los caso não emagreçam antes da cirurgia. Ora, a não ser que o sobrepeso seja tanto a ponto de afetar a saúde e, consequentemente , aumentar o risco do procedimento, esse rigor do cirurgião em relação ao peso acaba apenas por excluir muitas pessoas da cirurgia tão desejada e necessária. E isso simplesmente por elas não se enquadrarem num padrão de beleza que não deveria, no meu ponto de vista, ser aplicado como uma fórmula matemática, pois cada ser humano é física, psíquica e culturalmente único. O que esses pacientes querem é apenas se sentir melhor, com um contorno mais harmônico e não obterem uma perfeição estética que é, muitas vezes, o ideal do cirurgião. Aliás, este, inconscientemente, ao se posicionar como um verdadeiro “escultor da matéria viva”, acaba por se sentir dono dela, quando, na verdade, é simplesmente um médico com sensibilidade e técnicas a serem utilizadas conforme a necessidade de cada indivíduo que lhe pede auxílio, buscando a beleza desejada por cada um deles e não por si mesmo ou por outrem. Os pacientes têm esse direito!

Dr. Pedro Alexandre Cirurgião Plástico drpedroalexandre@bol.com.br www.drpedroalexandre.com.br

CINEMA NO CEI PROGRAMAÇÃO DAS SALAS DE AUDIOVISUAL DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA – CEI

CEI - SALA BÁRBARA PAZ - 01 O ÚLTIMO DESAFIO

PARIS FILMES 107 min. 14 ANOS Scope Dublado

PROGRAMAÇÃO: Sex 08/02/2013 - 18:40 20:40 Sab 09/02/2013 - 15:00 18:40 20:40 Dom 10/02/2013 - 15:00 18:40 20:40 Qua 13/02/2013 - 15:00 18:40 20:40 Qui 14/02/2013 - 15:00 18:40 20:40 Sinopse: Após cair em desgraça em Los Angeles devido a uma operação fracassada, Ray Owens (Arnold Schwarzenegger) parte para o interior e assume a posição de xerife em uma pequena cidade na fronteira dos Estados Unidos com o México. O que ele não esperava era que um poderoso chefão das drogas, que escapou recentemente da prisão, quisesse cruzar a fronteira exatamente na cidade onde trabalha. Para enfrentá-lo Ray precisa reunir todo o pessoal que tem à disposição.

CEI – SALA ALFREDO BLOS - 02 AS AVENTURAS DE PI FOX 130 min. LIVRE Plano Dublado PROGRAMAÇÃO: Sex 08/02/2013 - 20:10 Sab 09/02/2013 - 14:40 20:10 Dom 10/02/2013 - 14:40 20:10 Qua 13/02/2013 - 14:40 20:10 Qui 14/02/2013 - 14:40 20:10

Sinopse:Pi Patel (Suraj Sharma) é filho do dono de um zoológico localizado em Pondicherry, na Índia. Após anos cuidando do negócio, a família decide vender o empreendimento devido à retirada do incentivo dado pela prefeitura local. A ideia é se mudar para o Canadá, onde poderiam vender os animais para reiniciar a vida. Entretanto, o cargueiro onde todos viajam acaba naufragando devido a uma terrível tempestade. Pi consegue sobreviver em um bote salva-vidas, mas precisa dividir o pouco espaço disponível com uma zebra, um orangotango, uma hiena e um tigre de bengala chamado Richard Parker.

VALOR INGRESSOS: R$ 8,00 comunidade; R$ 4,00 estudantes, acima de 60 anos, crianças até 12 anos; R$ 3,00 na promoção de quarta, quinta-feira, sábados e domingos somente nas sessões da tarde. OBS: A programação das Salas de Audiovisual está disponível no site: blog: salasdeaudiovisualcei.blogspot.com - www.campobom.rs.gov.br

Fone: 3597-0435 - Av. Dos Estados, 1080 – Centro – CB

MINUTO DE SABEDORIA JÁ pensou em agradecer a Deus pelo ar que respira, desde que nasceu, sem que jamais le tenha faltado! O ar esta sempre a sua disposição de graça. Agradeça ao Pai também a água que dessedenta, o sol que ilumina o seu dia, dando-lhe oportunidade de trabalhar, a noite que le proporciona o repouso, a saúde, a alegria, os amigos... O agradecimento é uma obrigação que jamais devemos esquecer. Fonte: Livro Minutos de Sabedoria de C. Torres Pastorino


O Fato do Vale

GERAL

3

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

Eventos tradicionalistas realizados em março estão entre as maiores premiações do Estado Mais de R$ 180 mil em premiações serão distribuídos durante o 12º Acampamento da Canção Nativa, 11º Bivaque da Poesia Gaúcha e 35º Rodeio Nacional de Campo Bom.

U

m dos maiores rodeios do Estado, aliado a dois dos maiores festivais tradicionalistas de música e poesia gaúcha do RS. Esse conjunto de iniciativas voltadas à tradição e que ocorre de 1º a 17 de março no Parque Municipal do Trabalhador e que já é receita certa para atrair tradicionalistas do estado todo, tem um atrativo a mais: a premiação. Quem é do ramo garante que os valores pagos nas provas e concursos dos eventos campo-bonenses é um dos maiores do RS e soma mais de R$ 180 mil, cerca de R$ 100 mil a mais que o total pago em 2012. “O grande diferencial de nossa premiação é que premiamos 30 duplas de laço e a premiação das provas artísticas é com certeza a maior do Estado. O nosso Rodeio é destaque no Rio Grande do Sul, tanto em questão de premiação, como em organização e cumprimento de horários. Isso é resultado do trabalho sério que realizamos nesses eventos onde temos compromisso com as tradições gaúchas”, garante Fernando Bilhalva, patrão do CTG Campo Verde e um dos organizadores das provas campeiras. Segundo ele, este ano o evento irá ter pelo menos 30% a mais de participação em relação ao ano passado. “Este ano estamos esperando a vinda de mais de 360 laçadores e mais de 350 CTGs”, completa. O 35º Rodeio Nacional de Campo Bom, 12º Acampamento da Canção Nativa e o 11º Bivaque da Poesia Gaúcha já se consagraram pela grandiosidade e qualificação dos competidores: declamadores, músicos, peões, prendas, laçadores e ginetes. Os três eventos são realizados pela Prefeitura em parceria com as entidades tradicionalistas de Campo Bom sendo o CTG Campo Verde responsável pela organização campeiras; o CTG M`Bororé pelos festivais Bivaque da Poesia Gaúcha e Acampamento da Canção Nativa e os CTGs Guapos do Itapuí e Palanques da Tradição pelas provas artísticas do Rodeio. Paralelamente aos três eventos, ocorre em 2013 a 25ª Festa Campeira do Rio Grande do Sul (Fecars), que pela primeira vez é realizada no Parque Municipal do Trabalhador. MTG destaca a qualidade do evento Para o presidente do MTG, Erival Bertolini, não há dúvida que os eventos tradicionalistas que ocorrem em Campo Bom são um dos maiores e mais qualificados do RS. “Posso dizer com certeza que o Rodeio de Campo Bom é hoje um dos destaques dentro dos eventos tradicionais do RS. Não há dúvida disso pela qualidade, quantidade de dias e participações. Destacaria ainda a estrutura e participações campeiras e artísticas, um diferencial para

o Movimento Tradicionalista Gaúcho”, ressalta. Bertolini também destaca a importância do apoio do poder público para a realização e engrandecimento do evento. “É necessário elogiar a iniciativa da Prefeitura em oferecer aulas de tradicionalismo nas escolas públicas de Campo Bom e incentivar ainda mais a disseminação de nossa cultura, contribuindo para fortalecer ainda mais a cidade nesta área”, diz, referindo-se ao projeto Acolher, de contraturno escolar, que oferece a todos os alunos da rede, opções de lazer, esporte e cultura no turno contrário ao da aula e por conta disso, possui aulas de tradicionalismo em todas as escolas. Saiba mais sobre os festivais que acontecem em março 11º Bivaque da Poesia Gaúcha - O Bivaque da Poesia Gaúcha, que ocorre em 1º de março, dia que serão conhecidos os vencedores, é um tradicional concurso de poesias que reúne em Campo Bom os principais compositores, declamadores e amadrinhadores do RS. O concurso é uma promoção da Administração Municipal em parceria com entidades tradicionalistas com o intuito de integrar a comunidade ao movimento tradicionalista gaúcho por meio do verso e de abrir novos espaços para poetas e declamadores, além de divulgar a arte e cultura gaúcha através da poesia. Tendo a participação de Waldemar Camargo na organização, o Bivaque desse ano terá no palco nomes famosos como Romeu Weber, Adriano Silva Alves e Carlos Francisco Bonino. 12º Acampamento da Canção Nativa – As músicas selecionadas do 12º Acampamento da Canção Nativa sobem ao palco do PMT no dia 2 de março, diz em que transcorre todo o festival, sendo os vencedores conhecidos ao final da noite. O objetivo da competição é incentivar a criação artístico-cultural no universo da música gaúcha, além de oportunizar a revelação de novos talentos e proporcionar o intercâmbio da cultura nativista. Podem participar compositores de qualquer parte do Brasil, desde que as composições estejam ligadas à tradição e cultura gaúcha. Nomes como Robledo Martins, Lisandro Amaral e Jari Terres já estão confirmados para subir ao palco e defender canções nesta edição do evento. PREMIAÇÃO EM 2013: 35º Rodeio Nacional de Campo Bom – R$ 105.200,00 12º Acampamento da Canção Nativa – R$ 61.800,00 11º Bivaque da Poesia Gaúcha – R$ 18.800,00 TOTAL: R$ 185.800,00

Os vencedores do Bivaque de 2012

Palestra marca abertura do ano letivo Caminhos que levam à superação. Este foi o tema da palestra que reuniu cerca de 300 profissionais entre professores, auxiliares de ensino, atendentes gerais e estagiários das 22 escolas municipais de educação infantil de Campo Bom na tarde do dia 5, no auditório Marlise Saueressig, no Centro de Educação Integrada (CEI). O evento marcou a abertura oficial do ano letivo para os docentes de ensino infantil, cujas aulas se iniciaram hoje, envolvendo mais de 2.500 alunos. Organizado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec), o encontro teve como palestrante a psicopedagoga Isabel Cristina Hierro Parolin, especialista em psicodrama e psicopedagogia, mestre em Psicologia da Educação pela PUC de São Paulo e que falou sobre a superação na arte de ensinar. Isabel, que é professora, pesquisadora e que também atua como psicopedagoga clínica e consultora institucional de escolas públicas e privadas em vários estados brasileiros promovendo qualificação dos educadores, ressaltou a importância dos educadores entenderem as mudanças que ocorrem no mundo e na percepção das crianças para poderem ensinar melhor. “Vivemos em um mundo complexo e quando falamos em educação, estamos falando em partilha social, pois o sujeito sente, age e interage no seu processo de aprendizado. Temos de entender esta nova lógica, de um mundo digital, mas compreender que certos processos, como o do silêncio reflexivo, ainda são importantes para fazer a criança

aprender. O processo de ouvir, pensar, subjetivar e fazer uma imersão reflexiva ainda é fundamental para que a criança aprenda e o professor tem que ser parceiro neste processo”, definiu Isabel. Durante a abertura do evento, o vice-prefeito Marcos Riegel lembrou que o ofício de professor funciona como um mecanismo para mudar o mundo. “Quando entrei no escotismo, há 35 anos, aprendi que é muito difícil mudar o mundo, mas que devemos nos esforçar para deixar o mundo pelo menos um pouco melhor do que encontramos. Na profissão de professor, vocês educadores, tem esta possibilidade, de através do ensino dos jovens melhorarem um pouco este mundo”, destacou Riegel. A titular da Smec, Elaine dos Reis, reforçou a importância do ofício de ensinar. “Temos que ter um olhar especial para as crianças, mas também para com nossos colegas educadores e pais de alunos, dando o melhor de cada um de nós e tratando a todos com carinho e respeito”. As atividades alusivas à abertura do ano letivo para os professores de Campo Bom prosseguem no dia 14, no auditório Marlise Saueressig, a partir das 8h30min. Desta vez, os professores do ensino fundamental assistirão a uma palestra do professor Osvino Toillier, presidente do Sindicato do Ensino Privado Gaúcho. No período da tarde, a partir das 13h30min, está programada palestra novamente com a psicopedagoga Isabel Cristina Hierro Parolin. O ano letivo para os alunos do ensino fundamental se inicia dia 18 de fevereiro. Foto: Eder Zucolotto

Cerca de 300 professores da Educação Infantil assitiram a palestra de início do ano letivo


4

SEGURANÇA

O Fato do Vale

Ao viajar neste carnaval cuidado redobrado ao pegar a estrada

Lei Seca O Brasil está fechando o cerco às pessoas que insistem em dirigir depois de consumirem bebidas alcoólicas. No final de dezembro, a presidente Dilma Rousseff assinou uma nova Lei Seca, com regras drasticamente mais duras do que as da anterior. Agora, às vésperas do carnaval, é expedida a regulamentação, com basicamente três mudanças: impõe tolerância zero ao motorista que ingeriu bebida alcoólica, dobra valor da multa e admite uso de vídeo como prova da embriaguez. A multa, que era de R$ 957, saltou para R$ 1.915. Caso o infrator volte a ser flagrado dirigindo alcoolizado dentro de um ano, a multa ficará ainda mais salgada — R$ 3.830. As demais punições continuam valendo: ele perde a carteira de habilitação e fica proibido de dirigir por 12 meses. A nova Lei Seca não admite nem sequer um gole de cerveja. Antes, o motorista era liberado quando o bafômetro detectava qualquer concentração até 0,1 miligrama de álcool por litro de ar. Ou então quando, ao submeter-se ao exame de sangue, o laudo apontava até 2 decigramas de álcool por litro de sangue. Agora, o ar e o sangue não podem conter vestígio nenhum de álcool. Há, porém, uma ressalva de caráter técnico. Os bafômetros usados no Brasil operam com uma margem de erro de 0,04 miligrama de álcool por litro de ar. Por isso, a nova Lei Seca não afeta os motoristas que chegam a esse valor existe o risco de o índice de 0,04 apontado pelo aparelho ser, na realidade, 0. Assim, a norma pune apenas aqueles que têm a partir de 0,05. A terceira mudança na Lei Seca permite que a embriaguez ao volante seja constatada também por vídeos e fotos, por testemunhas e pelo policial. Antes, somente o bafômetro e o exame de sangue podiam comprovar o consumo de álcool. No entanto, muitos motoristas escapavam impunes porque simplesmente se recusavam a soprar o aparelho ou ceder uma amostra de sangue. E eles tinham o respaldo da lei. A Constituição diz que ninguém é obrigado a produzir prova contra si mesmo. Daqui por diante, o policial preencherá um formulário enumerando os sinais de “incapacidade psicomotora” demonstrados pelo motorista. O condutor que exalar hálito de álcool tiver os olhos vermelhos, vomitar, falar arrastado ou não conseguir manter-se de pé, por exemplo, poderá ser punido. O mesmo valerá se ele não souber dizer onde está que horas são ou o próprio endereço. Se for beber chame um táxi ou tenha o amigo da vez, isso pode fazer a diferença. Operação Viagem Segura de Carnaval começa na sexta-feira Com início à zero hora de sexta-feira (8), a Operação Viagem Segura de Carnaval estará nas ruas e estradas de todo o Rio Grande do Sul para proteger a vida dos foliões. A intensiva na fiscalização se estende até a meia-noite da Quarta-feira de Cinzas (13). A Operação Viagem Segura também terá campanhas em rádio e TV alertando para o excesso de

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

velocidade, uma das principais causas de morte no trânsito. Em 2012, quando a Viagem Segura já estava acontecendo, foram registradas 11 mortes no local do acidente, número menor que em 2011, quando ocorreram 19 mortes nos cinco dias de feriado e, em 2010, 32 mortes. Se contabilizados os 30 dias pós-acidente, foram 27 mortes em 2012, 34 em 2011 e 42 em 2010. Esta é a 16ª edição da Operação, que já soma mais de 1,3 milhão de veículos fiscalizados, 175 mil infrações, 17 mil veículos e 5,1 mil CNHs recolhidas, 16,2 mil testes com etilômetro e 4,1 mil motoristas alcoolizados (potenciais causadores de acidentes) retirados de circulação. A Viagem Segura tem como principais parceiros Detran/ RS, Brigada Militar e Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil e EPTC na Capital, sob a coordenação do Comitê Estadual de Mobilização pela Segurança no Trânsito. Também colaboram com a operação órgãos de trânsito municipais, Famurs, Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Vai viajar no Carnaval? É preciso tomar alguns cuidados com o carro antes de pegar a estrada que evitam perder dinheiro e tempo com contratempos no meio do trajeto. Dicas importantes para você fazer uma viagem tranqüila e chegar ao seu destino com segurança. Veja abaixo: Verifique o nível de água do reservatório do sistema de arrefecimento (refrigeração) do motor do veículo e completar se estiver abaixo do recomendado. Evite levar muita bagagem, já que peso extra implica no aumento do consumo de combustível e maior distância de frenagem. Coloque tudo no porta-malas, deixando os volumes mais pesados embaixo. Não deixe objetos soltos no carro, pois eles podem sair do lugar em manobras bruscas e ferir os ocupantes. A carga da bateria deve ser verificada antes de pegar a estrada e, em caso de perda de capacidade, vale a pena trocá-la. Com a pista molhada a atenção precisa ser redobrada. Evite pisadas bruscas no freio e procure dirigir a uma velocidade menor e com o motor mais cheio. Cuidado com as poças na estrada e, em casos de chuvas muito fortes, o ideal é encostar-se ao primeiro posto de gasolina e esperar diminuir. Pista molhada pode causar aquaplanagem. No caso dos motores flex, o ideal é abastecer o veículo com gasolina. Apesar de ser mais cara, a gasolina rende mais e o carro fica com maior autonomia (necessita de menos abastecimentos). Com menos paradas, você chega ao seu destino mais rápido e corre menos risco de ficar sem combustível em estradas com poucos postos de gasolina. Sempre que possível é aconselhável evitar os horários de pico para a viagem – final da tarde, começo da noite e primeiras horas da manhã. Em feriados prolongados é certeza

de congestionamentos. É obrigatório o uso de cadeirinhas ou assentos infantis para crianças menores de sete anos e meio. Use o equipamento ideal para cada faixa etária. Menores de 12 anos somente no banco traseiro. Confira se você está com toda documentação em dia e que não se esqueceu de pegar o RG, a carteira de motorista e o documento do veículo. Verifique o extintor de incêndio. O equipamento vencido rende multa e pode não funcionar corretamente em uma emergência. Leia as instruções de uso para saber como proceder. Veja o nível do fluido de freio no compartimento do motor e, em caso de falta, complete com produto que siga as especificações do manual do proprietário. Verifique o limpador de pára-brisas. Jogue água no vidro e ligue o limpador. Se a varredura (limpeza) não for uniforme, é sinal que as palhetas estão ressecadas ou desgastadas e comprometem a visibilidade. A troca é necessária. Cheque as lâmpadas dos faróis alto, baixo e de neblina, além das luzes dos freios e das setas de direção (pisca). Se possível, faça a regulagem do facho dos faróis, que iluminam menos e ofuscam a visão dos motoristas contrários quando estão mal regulados. Em caso de cerração, diminua a velocidade e acenda os faróis baixos e os de neblina (nunca utilize o farol alto, que diminui ainda mais a visibilidade). Procure uma referência no asfalto, às faixas pintadas no chão, para se manter na trajetória ideal. Só pare no acostamento em casos de extrema emergência. Verifique o nível do óleo e complete com o um produto de mesma especificação se necessário. Nunca utilize o carro com o óleo vencido, o que causa sérios danos ao motor. Verifique o estado de todos os pneus, inclusive o reserva. Faça a calibragem de acordo com a pressão recomendada no manual do proprietário. É recomendável fazer o alinhamento e balanceamento. Cheque também o triângulo, o macaco e as chaves de roda. A maioria dos acidentes é causada pela imprudência dos motoristas. Respeite a sinalização e as leis de trânsito, obedecendo aos limites de velocidade indicados nas placas e mantendo uma distância segura em relação ao veículo da frente. Procure fazer refeições leves antes de pegar a estrada. Comer demais ou ingerir comidas pesadas podem causar sonolência ou mal-estar durante a viagem. E, claro, nunca ingira bebidas alcoólicas. Tenha sempre à mão o número do telefone de emergência da sua seguradora e confirme se o prazo de validade do seguro não venceu. Nunca pegue a estrada com sono. Caso a sonolência chegue durante a viagem, pare em um posto de combustível e tire uma soneca – não é o ideal, mas ajuda. Uma “piscada” mais demorada ao volante pode causar um terrível acidente.


GERAL

O Fato do Vale

5

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

Férias pra curtir com o Brincando com os Amigos

N

as férias escolares de Campo Bom a garotada não quer saber de ficar longe da escola e de seus colegas. É que a cidade conta com o projeto Brincando com os Amigos, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) que proporciona aos alunos da rede pública municipal intensas atividades para aproveitar o que as férias têm de melhor. A edição 2013 do projeto que tem por finalidade aliar brincadeiras, aprendizado e atividade física, teve início nesta segunda-feira, dia 4, e segue até sexta-feira, 8, com atividades durante todo o dia. Neste ano, o projeto envolve cerca de 400 crianças de 7 a 12 anos de idade das 19 escolas de ensino fundamental do município e tem como sede a escola municipal Duque de Caxias, no bairro Quatro Colônias. Também são feitas  atividades na piscina do Centro de Educação Integrada (CEI), no Ginásio Municipal Karl Heinz Kopittke, no Centro de Recreação e Convivência Catléia, além de uma trilha ecológica em uma chácara na zona norte da cidade. De oficinas de judô, passando por dança, oficina de xadrez, jogos aquáticos, brincadeiras e gincana com brinquedos infláveis, esta semana será repleta de diversão para os jovens com as atividades. Sorridente, a jovem Laura Nichmamm, de 8 anos, era só alegria enquanto se divertia na piscina do Centro de Educação Integrada (CEI) na tarde desta terça-feira, 5. Aluna do 3º ano da escola Borges de Medeiros, ela ficou impressionada com o tamanho da piscina semi-olímpica. “É muito grande mesmo, muito legal. E também fiz uma nova amiga”, conta,  ao lado de Manoela Cassen, de 9 anos, aluna de 4º ano da escola Santos Dumont. As duas fizeram parte do grupo de cerca de 40 alunos, entre meninos e meninas, que passou pela piscina na terça. Segundo a professora de educação física da Smec Vanessa Cambruzzi, os alunos participam de diversas atividades lúdicas na água e que ajudam a desenvolver habilidades como coordenação motora e disciplina. “Temos uma equipe de 5 professores de educação física que dá suporte para a atividade. Muitos dos alunos que participam do ‹Brincando’ não possuem piscina em casa e dificilmente teriam possibilidade de aproveitar uma piscina térmica

Férias pra curtir com os colegas de escola muita diversão e aprendizado com o Brincando com os Amigos

semi-olímpica como esta”, define Vanessa. No mesmo dia, na escola Duque de Caxias, a estudante Vitória do Nascimento da Silva, 8, aluna do 3º ano da escola Octacílio Ermindo Fauth, participou de uma oficina de judô. “É tudo muito divertido. Também joguei xadrez e passei pela piscina”, conta a jovem. A titular da Smec, Eliane dos Reis, reforça que ao longo das atividades as crianças são acompanhadas e orientadas por meio de monitores e oficineiros especialmente preparados para o desenvolvimento de cada atividade. “Os pais podem ficar tranqüilos ao saber que seus filhos estão se diver-

tindo, passando por atividades saudáveis, aprendendo, e tudo sob supervisão de profissionais capacitados. Para muitos alunos, cujos pais não têm condições de pagar um clube privado ou nem mesmo tempo de aproveitar as férias escolares com eles, esta semana de atividades faz toda a diferença”, reforça Elaine. O Projeto também fornece lanche e transporte para todas as crianças, e boné e camiseta para identificação de cada aluno participante. Cada grupo participa do projeto em um sistema de rodízio, onde as turmas vivenciam uma oficina diferente a cada dia.

O jornal que vira fera pelo leitor al

OFATO

n Jor

Divulgue a sua empresa em nosso jornal

Para maiores informações:

3598.6411 - 3559.5411

jornal.js@netwizard.com.br - www.jornaljs.com.br Rua Lima e Silva 29 - Sala 3 - Centro de Campo Bom


6

TURISMO

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013.

O Fato do Vale

Florianópolis a Ilha d a magia

P

ensando em viajar vá para Florianópolis. Lá há praias pra todos os gostos e todos os sonhos: praias de águas mansas ou de mar agitado, de acesso fácil ou por meio de trilhas, com infra-estrutura ou semi-desertas. Experimente o prazer de descobrir cada uma delas e boa viagem!

Lazer em Florianópolis A cosmopolita Florianópolis não é somente praia, banho de mar e água fresca. A capital catarinense além das belezas naturais, oferece aos seus visitantes ecléticas opções de Lazer. Tanto para a família que busca sossego e lugar seguro para as crianças quanto para grupos de amigos que querem diversão, adrenalina e gente bonita, Floripa é o destino perfeito. As praias de norte a sul são repletas de atrativos que fascinam os seus visitantes. Algumas mais aptas para esportes náuticos e radicais, ecoturismo, outras para o turismo cultural e histórico. Roteiro Leste A costa leste é o paraíso dos esportes radicais. Dos morros saem parapentes e asas-deltas. As dunas da Joaquina são o berço do sandboard. Em geral, as praias da Joaca e Mole são sedes de campeonatos de surf. As praias da costa leste possuem ondas perfeitas para o surfe profissional. Na Mole sempre rola som ao vivo ou com DJs nos barzinhos da praia. Já a paradisíaca Lagoa da Conceição é mais visitada por praticantes de vela, windsurfe kite-surf. Ao conhecer a Lagoa percebe-se o quanto à ilha é rica em badalação e boa gastronomia. Localizados na região central da lagoa, os bares concentram o maior número de jovens com sede de festa. O Centrinho da Lagoa é conhecido pelos vários bares, restaurantes, casas noturnas, botecos e lojas. Na Avenida das Rendeiras há artesãs que confeccionam inúmeras peças de rendas de bilro. Aos domingos, a Feirinha da Lagoa reúne artesãos que expõem as suas artes ao ar livre. Entre os produtos estão roupas de crochê, artigos de decoração e místicos, alimentos naturais, cachaça artesanal, livros usados e arte hippie. O contato com a natureza é muito valorizado no roteiro leste, são várias trilhas, caminhos sem habitação que mantém as paisagens intactas. Para quem gosta de passeios de barco e ainda curtir uma trilha é só seguir rumo à Costa da Lagoa. O acesso é somente de barco ou por trilha a pé. Chegando à Costa há cachoeira, trilhas mais amenas, restaurantes típicos, lojas de artesanato e um visual muito lindo. A praia da Galheta também é uma boa opção de lazer, ela é reservada aos adeptos do naturismo e não tem nenhum tipo de estabelecimento. Não é obrigatório estar nu, então os curiosos podem ficar à vontade. Também é ponto

muito procurado pelos surfistas em busca de boas ondas. Para completar, a região Leste tem as noites mais agitadas do verão. Roteiro Norte A região norte é a mais populosa durante a alta temporada, pois possui ótima infra-estrutura em prestação de serviços e oferece atrações turísticas para todos os gostos, como mergulho, trilhas, passeio de escuna, banana boat, aluguel de caiaque, dunas. As praias com suas águas mais quentes e calmas são preferências dos banhistas. Para as crianças tem mar calmo em Jurerê,Daniela, Canasvieiras, Cachoeira do Bom Jesus, Ponta das Canas e Lagoinha. Em Jurerê Internacional, bairro localizado no lado esquerdo da praia de Jurerê, a badalação em alto nível rola solta. Vários beach clubs, day party, música eletrônica e mulheres super produzidas. Destino certo de modelos e celebridades. Já as praias de Ingleses, Praia Brava e Santinho seduzem os surfistas com boas ondas. Em Cacupé, Sambaqui e Praia do Forte encontram-se restaurantes típicos com moluscos frescos e com arquitetura açoriana. Para quem gosta de história tem a comunidade de Santo Antônio de Lisboa e as fortalezas, construídas pelos portugueses no século XVIII, uma na praia do Forte e outras duas nas ilhas de Anhatomirim e Ratones. Fazer um passeio de escuna e desvendar os mistérios das fortalezas é um programa bem interessante. Roteiro Sul A porção sudoeste da Ilha preserva as raízes açorianas da cidade. Além do casario histórico, da época do Brasil Colonial, a Freguesia do Ribeirão da Ilha concentra um corredor gastronômico baseado em ostras e mariscos. Já a porção sudeste chama atenção pelas trilhas cercadas de Mata Atlântica e pelas praias com ondas medianas, ideais para o aprendizado de surf. Além do Parque da Lagoa do Peri, onde está a segunda lagoa em tamanho, porém de água doce. O destaque da região é a Ilha do Campeche, que possui pontos de mergulhos, sítios arqueológicos e condições para a prática de trilhas acompanhadas de guias. No Campeche dois endereços certos de agito: Pico do Surf, mais para o lado direito da praia, que rola campeonatos e a galera nativa; e o Riozinho do Campeche, conhecido pela badalação, gente descolada e boa música. Ainda tem o

Novo Campeche, mais sossegado. No extremo sul da Ilha está a semi-deserta praia de Naufragados, com seu farol do século XIX e vista para as ruínas da antiga fortaleza que protegia a entrada da baía sul. A Lagoinha do Leste é o destino ideal para quem gosta de aventura e natureza. A trilha é longa, mas as paisagens do trajeto compensam. Há duas formas de acesso, uma que leva cerca de 50 minutos, pelo Pântano do Sul e a outra que pode levar até três horas de caminhada, pela praia do Matadeiro. No retorno, a parada obrigatória é na praia do Pântano do Sul, berço pesqueiro da ilha. Roteiro Central A maioria dos pontos turísticos não naturais de Florianópolis está no Centro, que foi no passado colonial a vila inicial da capital da província, a Vila de Nossa Senhora do Desterro. A Ponte Hercílio Luz, o Mercado Público Municipal e a Praça XV de Novembro são visitas obrigatórias a quem visita a cidade pela primeira vez. As igrejas, como a Catedral Metropolitana e a Capela do Menino Deus, possuem um grande acervo de arte sacra. Os museus contam um pouco da história da região, como obras representativas da memória política barriga-verde, mobiliários, obras de arte, objetos e documentos oficiais e particulares. As feiras de artesanato da Alfândega e do Largo da Catedral garantem souvenirs pitorescos. Também há muita vida noturna em meio à arquitetura açoriana e portuguesa do século XVII e XVIII, vários bares alternativos. Para apreciar um belo visual, vale a pena subir até o Mirante do Morro da Cruz ou curtir o pôr-do-sol caminhando na Avenida Beira-mar Norte, a principal avenida da cidade. A ilha, com suas belezas, histórias e pessoas, encanta todos. Aventura, diversão, prazer, tranqüilidade. Tudo em um só lugar. Não é para menos que é considerada um dos 85 melhores lugares do mundo para se conhecer. PASSEIOS As praias não são as únicas atrações de Florianópolis. Há lugares que são paradas obrigatórias no roteiro de quem chega a Ilha. O Mirante do Morro da Cruz, por exemplo, situado num dos locais mais estratégicos, é também ponto de referência para muitas pessoas. Além disso, há lugares selvagens onde o homem pode desfrutar de uma vida mais primitiva, em contato com a natureza, como é o caso do turismo rural. As águas termais, as dunas, cachoeiras, parques e áreas de camping, só acrescentam à diversidade de atrativos existentes na grande Florianópolis. A Ponte Hercílio Luz, por exemplo, construída há mais de 70 anos, continua sendo o cartão postal favorito da Ilha. O Palácio Cruz e Sousa, também tombado como patrimônio, foi Palácio do Governo e ainda guarda em seu acervo a memória política barriga-verde. A história de Florianópolis pode ser recapitulada em suas diversas vielas, casas e pequenos prédios que até hoje exalam o charme do antigo Desterro.


O Fato do Vale

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

7


ECONOMIA

8

O Fato do Vale

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

COMPRAR AQUI É SEMPRE BOM

Troca de notas da campanha começa dia 4

A

partir do dia 4 de março, quem tiver notas fiscais de compras no comércio ou de prestação de serviços de empresas de Campo Bom já pode troca-las por números da campanha Comprar Aqui é Sempre Bom e se habilitar para os sorteios programados para 2013. Um carro zero KM, além de motos, eletrodomésticos e eletrônicos integram o rol de prêmios que serão distribuídos em dois  sorteios principais, um em junho (dia 22) e outro em janeiro de 2014 (dia 18). A troca de notas por números concorrentes pode ser feita no setor de Protocolo do Centro

Administrativo Municipal sendo que cada R$ 50,00 em compras do comércio e R$ 25,00 de serviços, dá direito a um número. Para o sorteio de junho, serão aceitas notas datadas a partir de 24 de novembro de 2012 até 7 de junho de 2013. Já para o sorteio de janeiro de 2014, serão aceitas na troca de certificados, notas emitidas entre janeiro e 30 de dezembro de 2013 . Ao total serão distribuídos 50 prêmios principais, 10 instantâneos e mais três específicos para as notas de prestação de serviço (confira abaixo).    NOVIDADE - A novidade desta edição

é que haverá um sorteio a mais, específico para detentores de cautelas trocadas a partir de notas de prestação de serviços. “Buscamos uma forma de incentivar a emissão de nota por prestadores de serviços, por isso incluímos mais três prêmios no sorteio final”, explica, a titular da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo (Sictur) Ieda Lauxen, lembrando que para este sorteio valem notas de advogados, postos de lavagem, imobiliárias, dentistas, médicos, contabilistas, oficinas mecânicas, cabeleireiros, empresas de consertos de  eletrodomésticos, eletrônicos, etc. “São empresas que contribuem com o

ISSQN e devem emitir nota fiscal”, esclarece.  Ela lembra que para poder trocar, o contribuinte deve ter em mãos a nota fiscal. “Recibos não valem”. Segundo ela, só para o sorteio relativo às notas de serviços haverá três prêmio específicos: uma TV 42’ LED´, uma TV 32’ LCD e um notebook, que serão sorteados no dia 18 de janeiro 2014. Ela dá um recado importante: os concorrentes do sorteio específico de serviço também concorrem, automaticamente, aos demais sorteios. “Trata-se de um bônus que oferecemos justamente para incentivar a emissão de notas fiscais de serviços”.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.433/2013, de 22 de janeiro de 2013. ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR E DÁ OUTRA PROVIDÊNCIA. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, autorizado conforme o artigo 1º da Lei Municipal nº 3.943/2013 de 22/01/2013. DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado a abrir Crédito Suplementar no valor de R$ 2.020.000,00 (dois milhões e vinte mil reais), sob a seguinte classificação orçamentária: 0605.13.392.0048.1050.4.4.90.51.00.00.00 – Implantação de Praça dos Esportes e da Cultura – Desp. 401050 R$ 2.020.000,00 Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura do Crédito Suplementar aberto no artigo 1º deste Decreto, o valor dos recursos da União Federal, através do Ministério da Cultura, por força do Termo de Compromisso nº 0363730-90/2011, objetivando a implantação de Praça dos Esportes e da Cultura. Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 22 de janeiro de 2013. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 025/2013

Primeiro sorteio será dia 22 de junho Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 012/2013, de 16.01.2013, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 18.01.2013, outorgando aos nomeados o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2009, de 11.09.2009, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foi revogada a portaria de nomeação abaixo relacionada, em virtude do não comparecimento para assinatura do termo de posse: • Portaria nº 34.814/2013, de 16.01.2013, que nomeou RAFAEL DE ALMEIDA TEIXEIRA para o cargo de Fiscal de Trânsito – 9ª classificação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 05 de fevereiro de 2013. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

EDITAL Nº 023/2013

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeados, a partir de 08 de fevereiro de 2013, os concursados abaixo relacionados, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2011, de 11.02.2011: • Portaria nº 34.912/2013, de 05.02.2013, que nomeia CLAUDENIR FERREIRA DOS SANTOS para o cargo de Professor Ensino Fundamental – Anos Finais - Ciências - 23ª classificação; • Portaria nº 34.913/2013, de 05.02.2013, que nomeia MICHELE ANDRIOLI BATISTA para o cargo de Professor Ensino Fundamental – Anos Iniciais - Música - 29ª classificação. Fiquem os nomeados cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de revogação das presentes Portarias, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes das nomeações. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 05 de fevereiro de 2013. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.426/2013, de 02 de janeiro de 2013.

ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR E DÁ OUTRA PROVIDÊNCIA. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, autorizado conforme inciso III do artigo 4º da Lei Municipal nº 3.926/2012 de 04/12/2012.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.425/2013, de 02 de janeiro de 2013. ABRE CRÉDITO SUPLEMENTAR E DÁ OUTRA PROVIDÊNCIA. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, autorizado conforme inciso I do artigo 4º da Lei Municipal nº 3.926/2012 de 04/12/2012.

DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado a abrir Crédito Suplementar no valor de R$ 32.233,40 (trinta e dois mil duzentos e trinta e três reais e quarenta centavos), sob a seguinte classificação orçamentária: 0803.10.301.0107.2.122.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do Programa HIV/AIDS e Outras DST – Desp. 302122................ R$ 32.233,40

DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado a abrir Crédito Suplementar no valor de R$ 257.146,80 (duzentos e cinquenta e sete mil, cento e quarenta e seis reais e oitenta centavos), sob a seguinte classificação orçamentária: 0606.12.365.0051.1.056.4.4.90.51.00.00.00 – Construção Unidade Progr.Pro Infância Lot.Bem Viver – Desp. 401056..........R$ 257.146,80

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura do Crédito Suplementar aberto no artigo 1º deste Decreto, o valor proveniente do Superávit Financeiro (saldo do ativo potencial), referente às transferências ocorridas no exercício de 2012 e anteriores da respectiva verba vinculada, no valor de R$ 32.233,40 (trinta e dois mil duzentos e trinta e três reais e quarenta centavos). Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 02 de janeiro de 2013.

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura do Crédito Suplementar aberto no artigo 1º deste Decreto, o valor a ser recebido através do Termo de Compromisso PAC 200454/2011 através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE/MEC no total de R$ 257.146,80 (duzentos e cinquenta e sete mil, cento e quarenta e seis reais e oitenta centavos). Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 02 de janeiro de 2013. Registre-se e Publique-se FAISAL MOTHCI KARAM, MÁRCIA ELISA ALVES, Prefeito Municipal. Secretária Municipal de Administração.

Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


GERAL

O Fato do Vale

9

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

Presidente do Legislativo estuda implantação de recepção informatizada

Eduardo Schilling, Rafael Pereira e Max de Souza

Elio Becker no De Sócio para Sócio Retomando sua programação de eventos em 2013, a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha promove, dia 19 de fevereiro, o primeiro De Sócio Para Sócio do ano. O fundador do Centro de Natação e Reabilitação Golfinho, Elio Itamar

Becker, vai contar sua trajetória profissional a partir das 8h, no Auditório na entidade. O De Sócio Para Sócio conta com coffee break e todos os participantes são convidados a levar seus cartões de visita e material institucional de suas empresas. O evento tem o patrocínio de Cia das Cópias,

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 022/2013

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que será nomeada, a partir de 08 de fevereiro de 2013, a concursada abaixo relacionada, com seu respectivo cargo e Portaria, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2009, de 11.09.2009: • Portaria nº 34.911/2013, de 05.02.2013, que nomeia JAQUELINE DALL AGNOL para o cargo de Professor – Séries Iniciais - 148ª classificação. Fique a nomeada ciente de que tem o prazo de 15 (quinze) dias para tomar posse, sob pena de revogação da presente Portaria, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes da nomeação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 05 de fevereiro de 2013. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 001/2013

INSCRIÇÃO PARA SORTEIO PÚBLICO DE VAGAS PARA TURMAS DE BERÇÁRIO DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL/2013 Local: Largo Irmãos Vetter - Rua Tiradentes s/nº - Centro Período: 26 e 27 de fevereiro de 2013 Horário: 13h30min às 19h Documentos necessários: - cópia do registro de nascimento da criança – nascimento até 28/10/2012 ( 4 meses completos); - cópia da carteira de vacina da criança (parte da identificação e do carimbo das vacinas); - comprovante de residência; - comprovante de trabalho atual da mãe ou pessoa legalmente responsável; - comprovante de renda familiar de até cinco salários mínimos. SORTEIO PÚBLICO DE VAGAS Local: Largo Irmãos Vetter – Rua Tiradentes s/nº - Centro Data: 28 de fevereiro de 2013 Horário: 19h Obs: Levar no dia do sorteio o comprovante de inscrição. Em caso de chuva o SORTEIO DAS VAGAS ocorrerá no Ginásio Municipal de Esportes Karl Heinz Kopittke, situado na Avenida Adriano Dias, 720 – Centro. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 04 de fevereiro de 2013. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Duarte Benetti Contabilidade, Unimed VS e Vilage Marcas e Patentes. As inscrições, gratuitas e exclusivas para associados da ACI, podem ser feitas pelo www.acinh.com.br/eventos. Informações pelo fone 2108-2108.

O presidente da Câmara de Vereadores de Campo Bom, Maximiliano Messias   de Souza (PMDB) esteve na Assembléia Legislativa na terça-feira (5)   para conhecer o sistema de informatização da recepção. A intenção é   implantar formato semelhante de atendimento ao público na casa   legislativa de Campo Bom ainda no primeiro semestre deste ano.   Acompanhado do chefe de gabinete, Eduardo Schilling, Max foi   recepcionado pelo coordenador da Divisão de Recepção e Informações da  Assembléia,  Rafael de Aguiar Pereira. Conforme Max de Souza, o Legislativo campo-bonense pretende investir  nesse sistema para proporcionar agilidade e segurança no atendimento.   “Nossa proposta é identificar quem está na Câmara de Vereadores e os   serviços que buscam, proporcionando agilidade no atendimento em um  de-

terminado prazo”, frisa. Atualmente, quem chega à recepção da Câmara  identifica-se com nome e cidade onde mora e o nome do vereador que  quer ser atendido. O atendimento é manual. O presidente da Casa Legislativa campo-bonense  recebeu informações  sobre o sistema operacional da Assembléia, que começou em 2001 e foi   aprimorado em 2007. O processo na capital gaúcha exige apresentação de   documento da

pessoa para posteriormente realizar registro fotográfico   e receber etiqueta de identificação numerada,   o que autoriza  ir ao  setor ou gabinete do parlamentar. O presidente   Max diz que o sistema proporciona segurança, controle de   fluxo, agilidade tempo médio de atendimento é de 30 segundos), emissão   de relatórios de visitantes por parlamentar e identificação de todos  os que estão na Casa Legislativa.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 024/2013

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que será convocado, a partir de 08 de fevereiro de 2013, o Agente Comunitário de Saúde GABRIEL AUGUSTO DE ALMEIDA PADILHA, conforme Processo Seletivo Público nº 09/2011, de 09.05.2011. Fique o convocado ciente de que tem o prazo de 15 (quinze) dias para a assinatura do Contrato, sob pena de cancelamento da convocação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 05 de fevereiro de 2013. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EXTRATO DO EDITAL N° 001/2013 – PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N° 001/2013

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e a vista do contido na Lei Municipal nº 3.945/2013 de 29 de janeiro de 2013, TORNA PÚBLICO que estarão abertas, nos dias 13 e 14 de fevereiro de 2013, inscrições para processo seletivo público destinado a contratação emergencial e temporária de até 03 (três) professores, regularmente habilitados à docência, com escolaridade mínima igual a licenciatura na área de atuação, nos finais do Ensino Fundamental no componente curricular de Geografia e 01 (um) professor, regularmente habilitados à docência, com escolaridade mínima igual a licenciatura na área de atuação, nos finais do Ensino Fundamental no componente curricular de Educação Física e de 06 (seis) professores regularmente habilitados à docência com escolaridade mínima igual ao Ensino Médio na Modalidade Normal (Magistério), ou Licenciatura em Pedagogia, para atuar na Educação Infantil, e 01 (um) Bibliotecário regularmente habilitado para atuação, pelo prazo de até 5 (cinco) meses, prorrogável uma única vez por igual ou inferior período, observado o seguinte: I – FUNÇÕES: O processo seletivo de que trata este Edital destina-se a contratação emergencial e temporária de professores e bibliotecário, para as seguintes funções: FUNÇÕES

N° DE VAGAS

Professor de Educação Infantil 06

ESCOLARIDADE MÍNIMA EXIGIDA Nível Médio – Modalidade Normal (Magistério) Licenciatura Plena em Pedagogia

Professor Componente 01 Licenciatura Plena em Curricular de Educação Física Educação Física

CARGA HORÁRIA CONTRAPRESTAÇÃO SEMANAL MÍNIMA MENSAL (R$) 20 horas

R$ 908,31

20 horas

R$ 1.180,85

20 horas

R$ 1.180,85

Professor Componente 03 Curricular de Geografia

Licenciatura Plena em Geografia ou Estudos Sociais

20 horas

R$ 1.180,85

Bibliotecário 01

Formação superior em Biblioteconomia, e habilitação legal para o exercício da profissão

30 horas

R$ 2.525,04

II - NORMAS GERAIS I - No ato da inscrição, que deverá ser feita pessoalmente, ou por procurador regularmente constituído especialmente para tal fim, o candidato deverá apresentar, obrigatoriamente, o seguinte: - (a) Documento Oficial de Identidade; (b) Uma fotografia tamanho 3x4, recentes e de frente; (c) Procuração específica para a inscrição do outorgante no processo seletivo de que trata este edital, mencionando a função específica pretendida, com firma cartorariamente reconhecida por autenticidade, e acompanhada do Documento Oficial de Identidade do procurador, se for o caso de inscrição por procuração; (d) Atestado médico, constante de receituário médico próprio, especificando claramente a deficiência, com menção expressa ao Código Internacional de Doenças – CID, em caso de candidato portador de deficiência; (e) Prova documental da escolaridade mínima necessária ao desempenho da função pretendida. II - Aos portadores de deficiência são assegurados 5% (cinco por cento) das vagas, na forma do Decreto Federal n° 3.298/99. III - A seleção será feita tendo por base o grau de escolaridade do candidato, o respectivo lapso temporal de experiência docente e os cursos complementares de qualificação que possuir. IV - A convocação e contratação dos selecionados no processo seletivo observará, obrigatoriamente, a ordem classificatória, privilegiará o candidato mais velho em caso de empate, somente poderá ocorrer dentro do prazo de validade da Lei Municipal nº. 3.947/2013 de 29 de janeiro de 2013 decorrido o qual, o candidato perde o direito a contratação, e, importará na apresentação de documentação complementar à exigida para a inscrição. V - A íntegra deste edital, contendo a totalidade do regramento do certame, estará à disposição dos interessados no sítio do Município de Campo Bom na Internet ( www.campobom.rs.gov.br ), e no Centro Administrativo Municipal de Campo Bom, sito na Avenida Independência, n° 800 – Campo Bom/RS – no Setor de Protocolo, nos dias destinados à inscrição, podendo ser obtido pelos interessados, mediante o pagamento da pertinente fotocópia. VI - As inscrições para a participação do processo seletivo deverão ser realizadas nos seguintes prazos, horário e local: - dias 13 e 14 de fevereiro de 2013, das 13h30min às 17h30min, na Secretaria de Educação e Cultura – Departamento Administrativo – 4º Andar - Centro Administrativo Municipal de Campo Bom, sito na Avenida Independência, n° 800, Centro - Campo Bom/RS. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 06 de fevereiro de 2013. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


GERAL

10

O Fato do Vale

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

Jornal O Fato do Vale

O jornal que há 38 anos divulga Campo Bom Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.432/2013, de 22 de janeiro de 2013. ABRE CRÉDITOS ESPECIAIS E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado pela Lei Municipal nº 3.942/2013 de 22 de janeiro de 2013. DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Especiais no valor de R$ 87.000,00 (oitenta e sete mil reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0407.04.122.0015.2.220.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Custos – Desp. 52220.......................... R$ 70.000,00 0407.04.122.0015.2.220.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Custos – Desp. 72220.......................... R$ 2.000,00 0407.04.122.0015.2.220.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Custos – Desp. 92220.......................... R$ 3.000,00 0407.04.122.0015.2.220.3.1.90.94.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Custos – Desp. 682220........................ R$ 1.000,00 0407.04.122.0015.2.220.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Custos – Desp. 242220........................ R$ 3.000,00 0407.04.122.0015.2.220.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Custos – Desp. 302220........................ R$ 5.000,00 0407.04.122.0015.2.220.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Custos – Desp. 412220........................ R$ 3.000,00 Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Especiais abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias: 0401.04.122.0002.2.023.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp.52023.......................... R$ 76.000,00 0401.04.122.0002.2.023.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp.302023........................ R$ 11.000,00 Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 22 de janeiro de 2013. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.421/2013, de 02 de janeiro de 2013.

ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado pela Lei Municipal nº 3.926/2012 de 04/12/2012.

DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 342.000,00 (trezentos e quarenta e dois mil reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0401.04.122.0004.2.023.3.3.90.92.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 342023....................... R$ 1.000,00 0503.04.125.0012.2.042.3.1.90.94.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 682042................................................ R$ 2.000,00 0503.04.125.0012.2.042.3.3.90.93.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 352042................................................ R$ 60.000,00 0606.12.361.0047.2.080.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção do Salário Educação Fundamental – Desp. 412080.............. R$ 110.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 302114................................ R$ 100.000,00 0803.10.301.0107.2.197.4.4.90.52.00.00.00 – Incentivo para Atenção Básica – Desp. 412197......................................... R$ 15.000,00 0803.10.305.0036.2.134.4.4.90.51.00.00.00 – Serviço de Vigilância em Saúde – Desp. 402134....................................... R$ 35.000,00 0901.04.122.0010.2.135.3.3.90.92.00.00.00 – Coordenação e Coordenação dos Serviços – Desp. 342135..................... R$ 19.000,00 Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias: 0401.04.122.0004.2.023.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 302023....................... R$ 1.000,00 0503.04.125.0012.2.042.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52042.................................................. R$ 2.000,00 0503.04.125.0012.2.042.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 302042................................................ R$ 60.000,00 0606.12.361.0047.2.080.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do Salário Educação Fundamental – Desp. 302080.............. R$ 110.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 242114................................ R$ 100.000,00 0803.10.301.0107.2.197.3.3.90.30.00.00.00 – Incentivo para Atenção Básica – Desp. 242197......................................... R$ 15.000,00 0803.10.305.0036.2.134.3.3.90.30.00.00.00 – Serviço de Vigilância em Saúde – Desp. 242134....................................... R$ 35.000,00 0903.17.512.0061.2.149.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção dos Serviços Hídricos/de Esgoto – Desp. 302149................. R$ 2.000,00 0903.25.752.0067.2.152.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Iluminação – Desp. 302152......................... R$ 17.000,00 Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 02 de janeiro de 2013. Registre-se e Publique-se FAISAL MOTHCI KARAM, MÁRCIA ELISA ALVES, Prefeito Municipal. Secretária Municipal de Administração.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.427/2013, de 04 de janeiro de 2013. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E DÁ OUTRA PROVIDÊNCIA. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, autorizado conforme inciso III do artigo 4º da Lei Municipal nº 3.926/2012 de 04/12/2012. DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado a abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 162.207,66 (cento e sessenta e dois mil, duzentos e sete reais e sessenta e seis centavos), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0803.10.301.0107.1.022.4.4.90.52.00.00.00 – Aquisição de Equipamentos para UBS – Desp. 411022..................................... R$ 15.603,59 0803.10.301.0107.1.023.4.4.90.51.00.00.00 – Ampliação da UBS Bairro Celeste – Desp. 401023............................................ R$ 34.281,03 0803.10.301.0107.1.052.4.4.90.51.00.00.00 – Implantação UBS Contrato Repasse 0315945-85/2009 – Desp. 401052.......... R$ 38.693,34 0803.10.301.0107.1.054.4.4.90.52.00.00.00 – Aquisição de Equipamentos para UBS Proposta 1100-03 – Desp. 411054....... R$ 73.629,70 Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, os valores provenientes do Superávit Financeiro (saldo do ativo potencial), referente às transferências ocorridas no exercício de 2012 e anteriores das respectivas verbas vinculadas, no valor de R$ 162.207,66 (cento e sessenta e dois mil, duzentos e sete reais e sessenta e seis centavos). Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 04 de janeiro de 2013. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.431/2013, de 22 de janeiro de 2013.

ABRE CRÉDITOS ESPECIAIS E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado pela Lei Municipal nº 3.938/2013 de 22 de janeiro de 2013.

DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Especiais no valor de R$ 214.000,00 (duzentos e quatorze mil reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0204.04.122.0031.2.219.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62219.................................................R$ 33.000,00 0204.04.122.0031.2.219.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552219...............................................R$ 1.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52013.....................R$ 150.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.1.90.16.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 72013.....................R$ 1.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92013.....................R$ 2.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.1.90.94.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 682013...................R$ 5.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.3.90.14.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 232013...................R$ 3.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.3.90.30.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 242013...................R$ 2.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.3.90.33.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 272013...................R$ 4.000,00 0204.04.122.0111.2.013.3.3.90.36.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 292013...................R$ 100,00 0204.04.122.0111.2.013.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 302013...................R$ 10.900,00 0204.04.122.0111.2.013.4.4.90.52.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 412013...................R$ 2.000,00 Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Especiais abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias: 0201.04.122.0031.2.005.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62005.................................................R$ 33.000,00 0201.04.122.0031.2.005.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552005...............................................R$ 1.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.1.90.11.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 52006.............................................................R$ 151.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.1.90.46.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 92006.............................................................R$ 2.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.1.90.94.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 682006...........................................................R$ 5.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.14.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 232006...........................................................R$ 3.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.30.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 242006...........................................................R$ 2.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.33.00.00.00 – Direção Superior Desp. 272006..............................................................R$ 4.000,00 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.36.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 292006...........................................................R$ 100,00 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.39.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 302006...........................................................R$ 10.900,00 0201.04.122.0111.2.006.4.4.90.52.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 412006...........................................................R$ 2.000,00 Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 22 de janeiro de 2013. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


O Fato do Vale

GERAL

Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

11

EM DEFESA DO CONSUMIDOR Estado indeniza por infecção em hemodiálise O Estado de Santa Catarina terá que indenizar em R$ 300 mil a mulher e dois filhos de um fotógrafo morto por infecção hospitalar. Ele sofria de insuficiência renal crônica e submetia-se periodicamente a sessões de hemodiálise, na Unidade do Rim do Hospital Governador Celso Ramos. 

Segundo Átila A. Nunes, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com .br , a decisão da 3ª Câmara de Direito Público do TJ acolheu em parte os recursos da família e do Estado, e redefiniu os valores da condenação na comarca da Capital.  Em 1º de março de 2006, o paciente foi submetido a uma diálise e, no dia seguinte, internado no hospital. Ficou três dias na Unidade de Tratamento Intensivo e faleceu em decorrência de choque séptico e broncopneumonia, causados por bactéria. Ela é encontrada em ambiente hospitalar, especialmente em equipamentos hospitalares como ventiladores mecânicos, máquinas de diálise e sistemas de ventilação, além de estar presente em fontes de água, na pele e nas mucosas dos profissionais de saúde e dos doentes. 

Os autores pediram que a pensão vitalícia, fixada em 2/3 do salário mínimo em primeiro grau, passasse a ter como base o piso salarial de fotógrafo, categoria profissional da vítima. Já o Estado pleiteou a exclusão de sua responsabilidade e, caso não aceito o pedido, a redução do valor dos danos morais. Em seu voto, o relator, desembargador Pedro Manoel Abreu, manteve a responsabilização do Estado. Para ele, não há dúvidas sobre a contaminação, já que a hemodiálise foi o único procedimento ao qual o paciente foi submetido no período. Desta forma, considerou evidente a contaminação no hospital. 

“Assim, os verdadeiros motivos que levaram o paciente ao óbito não foram quaisquer complicações decorrentes de procedimento de diálise, ou mesmo qualquer atuação desidiosa ou negligente dos médicos que o atenderam, mas deu-se em razão de agentes biológicos nocivos adquiridos no Hospital Governador Celso Ramos durante o tempo de internação, os quais, disseminando processo infeccioso generalizado, provocaram choque séptico: pneumonia hospitalar», concluiu Pedro Abreu. A decisão, unânime, concedeu pensão com base no piso de fotógrafo para a mulher, até que complete 75 anos, e para a filha menor até os 25 anos. Em relação ao pedido do Estado, reduziu a indenização individual de R$ 200 mil para R$ 100 mil. Cabe recurso a tribunais superiores.   Pensionista indenizado por empréstimo não contratado Um motorista receberá R$ 5 mil por danos morais de uma instituição bancária, em razão de desconto indevido na pensão por morte da esposa. Segundo Átila A. Nunes, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com .br , decisão da Câmara Especial Regional de Chapecó confirmou sentença da comarca de Palmitos na ação ajuizada pelo homem ao perceber os descontos, em agosto de 2010. Ele disse que percebeu a redução na pensão e procurou o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), que informou tratar-se de empréstimo no valor de R$ 381,80, parcelado em 60 vezes de R$ 11 com o banco, além de R$ 14,73 a título de reserva de margem para cartão de crédito. O pensionista afirmou não ter contraído o empréstimo e procurou o cancelamento dos descontos tanto na instituição bancária como no INSS, sem sucesso. 

Assim, registrou boletim de ocorrência e ajuizou a ação judicial. Em apelação, o banco afirmou que os danos ao autor foram causados por terceiros. A relatora, desembargadora substituta Denise de Souza Luiz Francoski, considerou a falta de provas apontada na sentença como motivo para mantê-la. Ela entendeu ser correta a aplicação do Código de Defesa do Consumidor, diante da relação entre o autor e o banco, e avaliou como “frágil” o argumento da instituição. “Nem sequer o apelante conseguiu provar os fatos os quais sustentou sua defesa, levando consigo toda a responsabilidade quanto à comprovação da sua alegação, haja vista verificar-se a inversão do ônus probatório em virtude da já mencionada relação de consumo. Não há também, no caso em tela, nenhuma excludente de ilicitude por culpa exclusiva de terceiro que pudesse amparar os argumentos da apelante/demandada», finalizou Denise Francoski. Consumidores entram no ar sem censura e são atendidos. Os consumidores de todo o país podem reclamar, protestar e denunciar livremente, entrando ao vivo no Programa Reclamar Adianta na Rádio Bandeirantes AM 1360 (RJ)

de segunda à sexta-feira, das 10h ao meio dia, podendo ser acessado pela internet: www . reclamaradianta .com. br. O programa tem apoio da equipe do serviço Em Defesa do Consumidor, o maior serviço de interesse público gratuito e personalizado do país, voltado à defesa do consumidor (www.emdefesadoconsumidor.com.br). Acesse o site e peça orientação. O atendimento é 100% gratuito e personalizado.  Seguradora condenada a indenizar Uma empresa de seguros e turismo deve indenizar uma estudante de Uberaba, no Triângulo Mineiro, em R$1.788,90, pelos gastos com o atendimento médico de emergência a que precisou recorrer durante uma viagem à Europa. Segundo Átila A. Nunes, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com .br , a decisão é da 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). A estudante conta que, em junho de 2009, contratou o seguro Passenger Card para viajar à Áustria e, no mês seguinte, teve uma lesão no ombro. Segundo ela, ainda no hospital, entrou em contato com a seguradora e enviou-lhe os documentos solicitados, mas a seguradora continuava pedindo por e-mail os referidos documentos. Ela afirma que, como a seguradora não cumpriu o contrato, teve de arcar com as despesas e posteriormente tentou receber a quantia gasta; como não conseguiu, ajuizou a ação para obter o ressarcimento. 

A seguradora alega que a estudante não adotou as medidas previstas no contrato de seguro, pois não contatou a empresa para que esta lhe indicasse um hospital conveniado e não existia motivo de força maior que justificasse a ausência de comunicação prévia. A seguradora afirma que as cláusulas contratuais são claras e de fácil compreensão e informam o consumidor sobre a forma de proceder no caso de utilização do seguro de viagem. 

Em primeira instância, o juiz da comarca de Uberaba Timóteo Yagura acatou o pedido da consumidora e determinou que a Passenger Card a indenizasse em R$1.788,90. A empresa recorreu da sentença, mas o relator, desembargador Nilo Lacerda, negou provimento ao recurso. Segundo o desembargador, “é evidente a abusividade da cláusula contratual que condiciona o reembolso de despesa médica a prévio contato e autorização da administradora, antes de iniciado o atendimento hospitalar. Resulta óbvio que, no momento da ocorrência do sinistro, seja mesmo impossível adotar essa conduta, especialmente em casos de urgência e gravidade, resultando despropositada, portanto, a imposição de prévia comunicação, o que pode, inclusive, pôr em risco a vida do segurado”.    Construtora indeniza cliente por vender imóvel com problemas A Vértice Engenharia Projetos Ltda. deve pagar R$ 30 mil ao militar H.G.N., que comprou casa com problemas na estrutura. A decisão é do juiz Josias Nunes Vidal, da 18ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua.

Segundo Átila A. Nunes, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com .br , em 7 de fevereiro de 2003, o cliente adquiriu uma casa no valor de R$ 44 mil, no bairro Messejana, em Fortaleza. O autor pagou à construtora R$ 14 mil e o restante foi quitado por meio de financiamento da Caixa Econômica Federal (CEF). Pouco tempo depois de entregue, no entanto, o imóvel apresentou problemas na estrutura física. Durante vistoria, constatou-se umidade na parede lateral e no muro, além de vazamento pelo telhado. A CEF encaminhou documento à Vértice Engenharia estabelecendo o prazo de 20 dias para que fossem tomadas as devidas providências.

A empresa, porém, não realizou nenhum reparo na casa. Por conta disso, H.G.N. ingressou com ação na Justiça. A Vértice Engenharia, em contestação, disse que o laudo apresentado não contém nenhuma assinatura de engenheiro com identificação no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea).Ao julgar o processo, o magistrado considerou ter ficado demonstrada a existência de vícios na obra, sendo a responsabilidade da construtora. “Resta devidamente caraterizado o dano, tanto que a empresa havia se comprometido a reparar os vícios observados pelos engenheiros da Caixa Econômica”.
O juiz determinou o pagamento de R$ 30 mil a título de reparação moral. Sustentou, no entanto, não haver provas dos danos materiais. “A mera estimativa não serve como comprovação desta espécie de danos”, afirmou. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico da última quarta-feira.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 021/2013

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeadas, a partir de 08 de fevereiro de 2013, as concursadas abaixo relacionadas, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2010, de 28.04.2010: • Portaria nº 34.909/2013, de 05.02.2013, que nomeia MARIA VERLANI VARGAS BOHN para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 378ª classificação; • Portaria nº 34.910/2013, de 05.02.2013, que nomeia ELISANDRA DE FREITAS para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 379ª classificação; • Portaria nº 34.916/2013, de 05.02.2013, que nomeia LISIANE SABRINA BEILFUS para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 380ª classificação; • Portaria nº 34.917/2013, de 05.02.2013, que nomeia MARIA SUELI CUSTÓDIO DE SOUZA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 381ª classificação; • Portaria nº 34.918/2013, de 05.02.2013, que nomeia SANDRA DA SILVA CARDOSO para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 382ª classificação; • Portaria nº 34.919/2013, de 05.02.2013, que nomeia KELI RENATA AMARAL BARBOSA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 383ª classificação; • Portaria nº 34.920/2013, de 05.02.2013, que nomeia MURNE DENISE SILVA KELLER para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 384ª classificação; • Portaria nº 34.921/2013, de 05.02.2013, que nomeia FABIANA CRISTINA CASTRO para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 385ª classificação; • Portaria nº 34.922/2013, de 05.02.2013, que nomeia LILIANE MOREIRA DA SILVA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 386ª classificação; • Portaria nº 34.923/2013, de 05.02.2013, que nomeia KARLA VIEIRA DE JESUS para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 387ª classificação; • Portaria nº 34.924/2013, de 05.02.2013, que nomeia ANA MARA LORENZON VIERO para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 388ª classificação; • Portaria nº 34.925/2013, de 05.02.2013, que nomeia CARLA DAIANA PEREIRA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 389ª classificação; • Portaria nº 34.926/2013, de 05.02.2013, que nomeia JAUANI APARECIDA BORGES para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 390ª classificação; • Portaria nº 34.927/2013, de 05.02.2013, que nomeia JANAINA APARECIDA SALASAR para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 391ª classificação; • Portaria nº 34.928/2013, de 05.02.2013, que nomeia CLEUSA REGINA GOMES DRESCH para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 392ª classificação; • Portaria nº 34.929/2013, de 05.02.2013, que nomeia MARLISE ANGRISANI DE LIMA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 393ª classificação; • Portaria nº 34.930/2013, de 05.02.2013, que nomeia PATRICIA CRISTALDO ESTROLASKI para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 394ª classificação; • Portaria nº 34.931/2013, de 05.02.2013, que nomeia MARRONI ELCENIRA ORSI para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 395ª classificação; • Portaria nº 34.932/2013, de 05.02.2013, que nomeia MARIA APARECIDA BONOTO SOUZA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 396ª classificação; • Portaria nº 34.933/2013, de 05.02.2013, que nomeia ZENAIDE RIBEIRO PLASIDO LUIZ para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 397ª classificação; • Portaria nº 34.934/2013, de 05.02.2013, que nomeia ROSANGELA DE OLIVEIRA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 398ª classificação; • Portaria nº 34.935/2013, de 05.02.2013, que nomeia IVONI DA VEIGA OLIVEIRA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza - 399ª classificação. Fiquem as nomeadas cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de revogação das presentes Portarias, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes das nomeações. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 05 de fevereiro de 2013. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

WALDIR FLECK FILHO, Oficial Designado do Registro Civil das Pessoas Naturais de Campo Bom, RS, Faz saber que pretendem casar-se os seguintes nubentes: 12192 - ANDRÉ ROTHE PINTO e KELLY ROGÉRIA ORESTES; 12193 - LUCIANO TOPIN DUTRA e JULIANA REGINA DA SILVEIRA; 12194 - SAMUEL LUÍS SCHUCK e NAIRA LUANA PINHEIRO MARTINS; 12195 - ROBERTO DE SOUZA MICHIELON e HELENA SELBACH SCHMIDT; Quem souber de algum impedimento acuse-o na forma da Lei. Campo Bom, 06 de fevereiro de 2013. Waldir Fleck Filho Oficial Designado


O FATO

Campo Bom, Sexta-feira, 08 de fevereiro de 2013.

do Vale

Café com Qualidade e muitas informações

Reunião mensal com o Sebrae

Com o objetivo de planejar e organizar a planilha de cursos oferecidos no Ponto de Atendimento compartilhado do SEBRAE para 2013, as CDLs dos municípios de Campo Bom e Sapiranga e o Sindimetal reuniram-se na sede da CDL Sapiranga, a fim de definir a agenda de cursos para este ano. Além disso, a reunião mensal de janeiro

discutiu o desenvolvimento das atividades ligadas ao Ponto de Atendimento e diversos assuntos pertinentes à área de qualificação das empresas associadas. Na última segunda-feira (04), realizouse a reunião do mês de fevereiro, onde foram discutidos os detalhes sobre o programa “Na medida”, que será lançado em março.

Inicia o Liquida Tchê!

Iniciou na última segunda-feira (04) a tradicional campanha Liquida Tchê!. A iniciativa, que promove grandes ofertas ao consumidor e preços competitivos, é promovida pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) e CDLs dos municípios.

Um café da manhã especial recheado com muita informação. Assim foi o encontro Café com Qualidade, promovido pela CDL Campo Bom na última terça (05), na sede da entidade. Empresários e colaboradores da cidade reuniram-se para conhecer de perto e tirar suas dúvidas sobre o Programa GDE (Gestão e Desenvolvimento para a Excelência), que inicia sua próxima turma em março. As inscrições para o GDE continuam abertas até o final de fevereiro. Reserve sua vaga pelo telefone 3597-1226.

Expediente no Carnaval

A CDL Campo Bom informa que não haverá expediente nos dias 11 e 12 de fevereiro, devido ao feriado de Carnaval. O horário de atendimento normal será retomado a partir do dia 13/02,

quarta-feira. O atendimento ao público da CDL Campo Bom funciona de segunda a sexta-feira das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 18h30. Aos sábados, das 8h30 às 12h.

Em Campo Bom, 10 lojas participam da campanha: Ótica Carmo, Nô Modas, Loja Ravelo, Katy Calçados, Masterware, Madalena Calçados, Lena Calçados, Makro Modas, Comtek e Clean Jet. O Liquida Tchê! vai até o dia 28 de fevereiro.

Venda de lotes para camping

Inicia no dia 13 de fevereiro o aluguel de lotes para os interessados em acampar durante os eventos tradicionalistas que se realizam no Parque Municipal do Trabalhador (PMT) de 1º a 17 de março. São cerca de 200 espaços, de 7 metros quadrados cada e que poderão ser usados para camping durante o 12º Acampamento da Canção Nativa, 11º Bivaque da Poesia Gaúcha, 35º Rodeio Nacional de Campo Bom e a 25ª Festa Campeira do RS (Fecars). A novidade deste ano fica por conta da Fecars, evento promovido pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) que contará com uma programação cultural diversificada, com provas campeiras e esportivas, apresentações artísticas e integração cultural, reunindo com-

petidores de diversas regiões do Estado, entre os dias 14 e 17 de março. Sobre os lotes Cada lote será alugado pelo valor de R$ 150,00 e poderá ser ocupado por 23 dias, entre os dias 22 de fevereiro e 17 de março. O aluguel de um lote também dá direito a estacionamento para um veículo e ingresso ao parque para o motorista e mais duas pessoas. Interessados em locar os espaços podem se dirigir diretamente ao PMT das 9h às 18h30min, munidos de carteira de Identidade e CPF. Mais informações pelo telefone 3598 8649 com Rosane. Saiba mais sobre os eventos no site da Prefeitura: www.campobom.rs.gov.br.

Quer receber o Jornal O Fato do Vale em casa?

FAÇA JÁ SUA ASSINATURA Ligue para 3559-5411 ou 9989.5411


O Fato do Vale - 08 de fevereiro de 2013  

Edição n. 2008 - Notícias de Campo Bom e região

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you