Page 1

Convite para os 50 anos da Fenac Página 8

O FATO al

n Jor

Ano XXXVII | Edição n.° 1944 | R$ 1,50

Piscinas do 15 com novidades Página 10

CAMPO BOM | Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Sorteio de Loterias no Largo Irmãos Vetter Caminhão da Sorte está no Largo Irmãos Vetter onde ocorre o sorteio das Loterias da Caixa Página 3

Roupas & Acessórios

(51) 9803-2623

( Quiksilver, Billabong, Adidas, Ecko e outros)

Presentes,Bijuterias e Utilidades em Geral Cartões Telefônicos

Agora com:

Pronto Socorro Elétrico e Hidráulico (Diariamente das 13hs às 21hs,inclusive Feriados)

Rua Benno Bauer, 213-Quatro Colônias-Campo Bom

Dedicação envolvimento e eficiência. Contato com Elisa 9212.0732

Palestra sobre Quiropraxia

Gincana de Bairros

3529.3043

R. Santa Helena, 348 (fundos) Bairro Centenário - Sapiranga

Iniciou ontem e vai até o dia 26, com a escolha da Corte da Gincana neste sábado Página 5

Mais de 100 pessoas pertencentes ao grupo de idosos da IECLB de Campo Bom ouviram com muita atenção a palestra realizada pelo quiropraxista Gustavo Reichert (foto) no dia 09/11 na sede da Comunidade Evangélica. Gustavo orientou os idosos sobre cuidados posturais, patologias comuns a essa faixa etária e os benefícios da Quiropraxia.

3597.4150 9945.8552 3038.4150

TELE-TINTAS

3597.3436


GERAL

2

O Fato do Vale

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

“Comanches” e “Caubois” X “Guaranis” e Gaúchos Não me passam desapercebidas as enormes distâncias que separam o Texas, a Califórnia, o Kansas e o Wioming, entre outros Estados da Federação dos EUA do território onde se situam as verdejantes coxilhas do “Pampa” gaúcho. O caudal imenso de água salgada que é o Oceano Atlântico as separam de forma inquestionável. Desde antes do início do século passado a maneira de viver dos povos de lá e de cá apresentava - nas zonas de campo - significativas semelhanças. Desde a época do cinema mudo e em preto e branco os cinéfilos se acostumaram a ver as façanhas de um John Waine, de um Gary Cooper - com suas indumentárias típicas de “cauboi” - a perseguir os assaltantes de bancos, os ladrões de gado e a disputar com os “peles vermelhas” (em combates sangrentos) os férteis territórios a serem desbravados pelos colonizadores brancos. Via-se os índios “em pêlo”, enganchados nas ilhargas de seus cavalos, munidos de arco e flexa travar lutas heróicas contra o branco opressor. Que lhes arrebatava os campos de caça onde as manadas de bufalos selvagens lhes fornecia a carne e o couro para o alimento e a confecção de suas vestes contra o frio de inverno. Aqui, nas coxilhas da fronteira com o Uruguai e Argentina, naquelas pequenas cidades os bancos ainda não existiam. As economias eram guardadas debaixo do colchão. Mas os ladrões de gado infestavam as estradas de “chão batido”, arrebentavam nas madrugadas os aramados e dali arrebanhavam cavalos, gado vacum e ovelhas, dilapidando o patrimônio das estâncias. Como era uma região pouco habitada, as distâncias enormes os bandos de malfeitores se refugiavam dos homens da lei em zonas de dificil acesso, sendo dificil capturá-los. No oeste americano os índios esbulhados em suas terras tinham a liderá-los caciques habeis na luta, salientando-se, entre eles, o cacique “Touro Sentado”, da tribo “comanche”. Aqui entre nós mais uma identidade entre os dois povos estava a personagem soberba, altaneira e brava do “Cacique” “Sepé Tiaraju”, chefiando os índios na luta contra os usurpadores brancos de suas terras. A literatura gaúcha mostra com exuberância de detalhes a vida e a personalidade desse heróico guerreiro. Os “caubois” americanos - nas horas de folga - bebiam uisque. Alguns, mesmo montados portavam no alforge, à tiracolo, uma garrafa da bebida. Nos nossos “Galpões”, crepitando no “fogo de chão” sempre havia uma tora de eucalipto alimentando as chamas que aqueciam a chaleira preta de ferro para o mate. ou a feijoada na panela para o almoço e o “carreteiro” ao jantar. Não era usual o consumo de cachaça. Que - por sua vez - era vendida na “venda” à beira da estrada. Um varal de madeira se apoiava entre dois moerões e ali eram cabresteados os cavalos à sombra do arvoredo, à espera de seus donos. Quando eu era guri presenciei alguns desses episódios de nossa zona de fronteira, quando passava minhas férias escolares na estância da minha avó, em Rosário. Theodoro Ernani de Menezes Nunes Tel.: 35978191

O FATO VALE do

Circula às sextas-feiras em Campo Bom, Sapiranga, Araricá e Nova Hartz

Fundado em 20/06/1975 - CNPJ: 72.560.014/0001-70 Diretor Editor | Joelci Luiz Mello (Reg. Prof. 4465) Diretora Comercial | Evanir Eloisa Martini Criação e Produção Gráfica | Rosiane Mello Assistente de Produção | Mariane Mello SEDE: C. Bom - R. Lima e Silva, 29 - Sl 03 - Centro - 3598.6411 Sapiranga - R. São Pedro, 399 - Centro - 3559.5411 e-mail: jornal.js@netwizard.com.br | site: www.jornaljs.com.br As colunas assinadas são de inteira responsabilidade dos autores e não representam necessariamente a opinião do jornal. Também não representam vínculo empregatício com a empresa.

Artigo Jurídico

Cláudio Luis Martins | Advogado

OAB/RS 78.291

A garantia de impenhorabilidade dos bens de família Ter casa própria é uma conquista protegida por lei. Há pouco mais de duas décadas, a definição do chamado bem de família vem sendo examinada pelo Judiciário a partir da Lei nº. 8.009/1990, que passou a resguardar o imóvel residencial próprio da entidade familiar nos processos de penhora. A ideia é proteger a família, visando defender o ambiente material em que vivem seus membros. Nessa linha, o STJ tem firmado jurisprudência que pacifica o entendimento sobre situações não previstas expressamente na lei, mas que são constantes na vida dos brasileiros. Imóvel habitado por irmão do dono ou por pessoa separada, único imóvel alugado, penhorabilidade dos móveis dentro do imóvel impenhorável... Seja qual for a hipótese, o STJ “aplica a lei tendo em vista os fins sociais a que ela se destina”. A questão foi destaque ontem (1º) no saite da corte.”A lei do bem de família visa a preservar o devedor do constrangimento do despejo que o relegue ao desabrigo” - afirma a corte. O entendimento levou o STJ a garantir o benefício da impenhorabilidade legal a pequenos empreendimentos nitidamente familiares, cujos sócios são integrantes da família e, muitas vezes, o local de funcionamento confunde-se com a própria moradia. Um credor tentava a penhora de um imóvel em que funcionava uma pequena empresa, mas no qual também residia o proprietário (o devedor) e sua família (REsp nº 621399). “A lei deve ser aplicada tendo em vista os fins sociais a que ela se destina”, ponderou em seu voto o então ministro do STJ Luiz Fux, atualmente no STF. O julgado observou que o uso da sede da empresa como moradia da família ficou comprovado, o que exigia do Judiciário uma posição “humanizada”. Para o ministro, expropriar aquele imóvel significaria o mesmo que alienar o bem de família.“A impenhorabilidade da Lei n. 8.009/90, ainda que tenha como destinatárias as pessoas físicas, merece ser aplicada a certas pessoas jurídicas, às firmas individuais, às pequenas empresas com conotação familiar, por exemplo, por haver identidade de patrimônios”, concluiu o ministro. Já no caso de um imóvel misto, cujo andar inferior era ocupado por estabelecimento comercial e garagem, enquanto a família morava no andar de cima, a 3ª Turma permitiu o desmembramento do sobrado ao julgar em 2009 o REsp nº 968.907. Com isso, a parte inferior foi penhorada para satisfação do credor. “A jurisprudência desta corte admite o desmembramento do imóvel, desde que tal providência não acarrete a descaracterização daquele e que não haja prejuízo para a área residencial”, declarou a ministra Nancy Andrighi, relatora do recurso. Estabelece o art. 1º da Lei nº. 8.009/90: “O imóvel residencial próprio do casal, ou da entidade familiar, é impenhorável e não responderá por qualquer tipo de dívida civil, comercial, fiscal, previdenciária ou de outra natureza, contraída pelos cônjuges ou pelos pais ou filhos que sejam seus proprietários e nele residam, salvo nas hipóteses previstas nesta lei”. Na maioria dos casos, a proteção legal recai sobre o imóvel onde o devedor mora com sua família. Mas há situações em que o STJ já entendeu que a proteção deve subsistir mesmo que o devedor, proprietário do imóvel, não resida no local. Em 2009, no julgamento do REsp nº 1.095.611, a 1ª Turma considerou impenhorável a casa onde moravam a mãe e o irmão de uma pessoa que estava sofrendo ação de execução. “O fato de o executado não morar na residência que fora objeto da penhora não tem o condão de afastar a impenhorabilidade do imóvel”, disse o ministro Francisco Falcão, lembrando que a propriedade pode até mesmo estar alugada a terceiros, desde que a renda sirva para cobrir o aluguel de outra ou para manter a família. O conceito de família é um dos pontos que mais exigiram exercício de interpretação do Judiciário. A pessoa sozinha, por exemplo, pode ser considerada uma família para efeito da proteção da Lei nº 8.009/90? Sim - concluiu o ministro Gilson Dipp. Conforme seu voto, “o conceito de entidade familiar agasalha, segundo a aplicação da interpretação teleológica, a pessoa que é separada e vive sozinha”. A decisão é de 1999, quando a 5ª Turma julgou o REsp nº 205.170. “A preservação da entidade familiar se mantém, ainda que o cônjuge separado judicialmente venha a residir sozinho. No caso de separação, a entidade familiar, para efeitos de impenhorabilidade de bem, não se extingue, ao revés, surge uma duplicidade da entidade, composta pelos ex-cônjuges”, acrescentou o ministro Luiz Fux em 2007, no julgamento do REsp nº 859.937, na 1ª Turma – caso de um devedor de ICMS que estava sendo executado pela Fazenda Pública de São Paulo. Fonte: espacovital.com.br

Claudio Luis Martins é advogado, atuante nas áreas do Direito do Trabalho, Direito Previdenciário, Direito Civil, Direito de Família, Defesa do Consumidor e Direito Comercial. Telefone para contato: 9133.2171

PARA REFLETIR No trabalho em que possas fazer o melhor para os outros, encontrarás a quitação do passado, as realizações do presente e os créditos do futuro . Grupo de Estudos Caminheiros de Jesus Rua : Santo Inácio de Loióla,195-Centro

CINEMA NO CEI

PROGRAMAÇÃO DO CINEMA DAS SALAS DE AUDIOVISUAL DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA – CEI

CEI - Sala Barbara Paz - 01 NÃO TENHA MEDO DO ESCURO VINNY 100 min. 12 ANOS Plano Legendado

sexta 18/11/2011 - 19h - 21h10min sábado 19/11/2011 - 15h10min - 19h - 21h10min domingo 20/11/2011 - 15h10min - 19h - 21h10min quarta 23/11/2011 - 15h10min - 19h - 21h10min quinta 24/11/2011 - 15h10min - 19h - 21h10min Sinopse: Sally Hurst (Bailee Madison), uma criança solitária e introvertida, acaba de chegar a Rhode Island para morar com o pai, Alex (Guy Pearce), e a nova namorada dele, Kim (Katie Holmes), na mansão do século 19 que eles estão reformando. Enquanto explora a ampla propriedade, a menina descobre um porão oculto, intocado desde o estranho desaparecimento do construtor da mansão um século antes. Quando Sally, inadvertidamente, liberta uma raça antiga e obscura de criaturas que conspiram para dragá-la para as profundezas infinitas da misteriosa casa, ela precisa convencer Alex e Kim que não se trata de uma fantasia – antes que o mal que espreita na escuridão os consuma.

CEI – SALA ALFREDO BLOS - 02

GIGANTES DE AÇO

DISNEY 128min. 10 ANOS Scope Dublado

sexta 18/11/2011 - 18h40min - 21h sábado 19/11/2011 - 15h - 18h40min domingo 20/11/2011 - 15h - 18h40min quarta 23/11/2011 - 15h - 18h40min quinta 24/11/2011 - 15h - 18h40min -

21h - 21h 21h 21h

Sinopse: ‘Gigantes de Aço’ se passa em um futuro próximo, e acompanha Charlie Kenton (Jackman), um lutador de boxe frustrado após o esporte se tornar uma modalidade de alta-tecnologia, sendo comandado por robôs altamente desenvolvidos. Ele abandona a profissão e começa a viver da venda de restos de robôs para o ferro velho. Quando sua vida parece ter encerrado, ele se reúne com seu filho para construir e treinar uma nova geração de robôs.

VALOR INGRESSOS: R$ 8,00 comunidade; R$ 4,00 estudantes, acima de 60 anos, crianças até 12 anos; R$ 3,00 na promoção de quarta, quinta-feira, sábados e domingos somente nas sessões da tarde. OBS: A programação das Salas de Audiovisual está disponível no site: blog: salasdeaudiovisualcei.blogspot.com www.campobom.rs.gov.br Fone: 3597-0435 - Av. Dos Estados, 1080 – Centro – CB


GERAL

O Fato do Vale

3

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Caminhão da Sorte das Loterias da Caixa está em Campo Bom

Sorteio das Loterias da Caixa, reuniram muitas pessoas no Largo Irmãos Vetter

C

ampo Bom do dia 14 até 19 de novembro, passou a ser chamada de “A Capital Nacional da Sorte”, com a realização dos sorteios da Loteria Federal, Lotomania, Quina, Dupla Sena, Timemania e Mega Sena, no Largo Irmãos Vetter. Uma intensa programação foi organizada, que iniciou na segunda e vai até sábado, com sorteios realizados no dia 14, 16, 17, e hoje a noite, a partir das 20 horas, com sorteios da Quina e Dupla Sena, já no sábado, acontece o sorteio da Loteria Federal, 19h Quina, Lotomania, Timemania e Mega-sena, às 20 horas. Após os sorteios, a comunidade terá a oportunidade de assistir um show com a banda Flor da Serra, no Largo Irmãos Vetter. É a primeira vez que Campo Bom recebe o Caminhão da Sorte da Loteria da Caixa, mas tudo foi possível, devido uma parceria firmada entre a Caixa Econômica Federal, Prefeitura Municipal de Campo Bom e Clube 15 de Novembro. A gerente da agência da Caixa em Campo Bom, Lucia

As pessoas faziam fila, para tirar uma foto personalizada

Helena Leite Rodrigues fala desta oportunidade, “o Caminhão é bastante disputado, foi uma vitória para nós, e uma forma de nos inserir nas comemoração do Esporte Clube 15 de Novembro, no seu centenário”, reforça Lucia Helena, que conclui, “esta é uma oportunidade de demonstrar a transparência dos sorteios da Caixa, com a presença dos auditores populares.” A responsável pela programação das comemorações dos 100 anos do Esporte Clube 15 de Novembro, Amanda Becker, lembra da importância da divulgação que iniciou no começo do mês, promovendo o centenário do Esporte Clube 15 de Novembro, do jogo realizado na terça-feira, entre os máster do 15 x seleção gaúcha de máster, sendo um jogo festivo. Hoje à noite, dia 18, com inicio às 20 horas, acontece o baile de comemoração do centenário do esporte, na sede social do Clube 15 de Novembro, momento de confraternização e de recordar as conquistas do clube. Sobre o Caminhão da Sorte Amanda Becker reforça a

parceria entre a Caixa, Prefeitura e Clube 15 de Novembro, que viabilizou os sorteios da Loteria da Caixa na cidade. Texto e fotos: Evanir Eloísa Martini Jornalista – Reg. Prof. 15.181 Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 163/2011

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 154/2011, de 26.10.2011, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 28.10.2011, outorgando aos nomeados o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2009, de 11.09.2009, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foram revogadas as portarias de nomeação abaixo relacionadas, em virtude do não comparecimento para assinatura do Termo de Posse: • Portaria nº 31.399/2011, de 26.10.2011, que nomeou MAURO FELIPE FURLAN para o cargo de Auxiliar Administrativo Escolar; • Portaria nº 31.400/2011, de 26.10.2011, que nomeou RAQUEL VETTER para o cargo de Auxiliar Administrativo Escolar. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 16 de novembro de 2011. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 164/2011

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 153/2011, de 26.10.2011, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 28.10.2011, outorgando aos nomeados o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de serem tornados sem efeito os atos de nomeações, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2011, de 11.02.2011, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foram revogadas as portarias de nomeação abaixo relacionadas, em virtude da assinatura do Termo de Postergação de Classificação, para o cargo ao qual prestou Concurso Público: • Portaria nº 31.396/2011, de 26.10.2011, que nomeou CRISTIANE RANGEL FORNECK para o cargo de Professor do Ensino Fundamental Anos Finais – Ciências; • Portaria nº 31.397/2011, de 26.10.2011, que nomeou QUELI PEREIRA DOS SANTOS para o cargo de Professor do Ensino Fundamental Anos Finais – Ciências.

Lucia Helena Rodrigues, gerente da Caixa-agência Campo Bom, Amanda Becker, responsável pela programação do centenário do Esporte Clube 15 de Novembro, Marcos Riegel, secretário de Indústria e Comércio, Marco Aurélio Feldes, presidente do Clube 15 de Novembro, e Armin Rudi Blos, incansável nas atividades que envolvem o Esporte do Clube 15 de Novembro

Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 16 de novembro de 2011. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


GERAL

4

O Fato do Vale

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Top Qualidade RS Vale do Sinos reuniu mais de 400 pessoas

O

Comitê Regional Qualidade RS Vale do Sinos e a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha reuniram, na noite de quintafeira (10), mais de 400 pessoas durante a realização do Top Qualidade RS - Vale do Sinos, que homenageou as 12 empresas que foram reconhecidas no Prêmio Qualidade RS, do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), ciclo 2011. Além delas, 63 organizações foram certificadas por participarem do SAG (Sistema de Avaliação de Gestão). O evento aconteceu na Sociedade Aliança de Novo Hamburgo, contando com coquetel entre os presentes.                                                                                                           O presidente do Comitê, David Paludo, também vice-presidente de Qualidade e Competitividade da ACI, reforçou a data de realização do evento, que marca, mundialmente, o Dia da Qualidade, conforme proposto pelas Nações Unidas. Paludo também ressaltou que, desde sua fundação, em 1997, o Comitê VS compartilha 76 Prêmios Qualidade RS, sendo que em 2008 foram quatro empresas premiadas, em 2009 sete, em 2010 oito e, este ano, 12, um recorde entre todos os Comitês do Estado do Rio Grande do Sul. Durante os últimos dez anos, o Comitê também tem sido destaque no PGQP, recebendo troféu pelo seu desempenho entre os 80 Comitês do Estado. E recebeu, ainda, dois prêmios destaques em comunicação, na divulgação do Congresso Internacional da Qualidade, o maior evento da Qualidade no mundo. “A busca pela excelência é uma estrada infinita e sem

limites de chegada. E o reconhecimento das empresas serve de inspiração para que outras organizações entrem no sistema da qualidade”, afirmou ele. Com o propósito de reconhecer as empresas que participaram do ciclo de avaliações, bem como as empresas destacadas no Prêmio Qualidade RS 2011, o presidente eleito da ACI, Marcelo Clark Alves, que assumirá a entidade em janeiro do próximo ano, enfatizou que “o Vale do Sinos tem merecido destaque no movimento pela Qualidade no RS, sendo o evento de hoje, um exemplo disso, um momento de festa e comemorações. A busca pela excelência deve ser a mola mestra para a inovação e para um mundo melhor. Nossa organização, não importa o tamanho, micro, pequena, média ou grande empresa, e mesmo em cada indivíduo, deve estar inserida com a qualidade no dia a dia. Nosso desafio, para a próxima gestão 2012/2013, é de continuar apoiando as atividades do Comitê Regional da Qualidade para o crescimento das empresas”, antecipou ele. Marcelo Alves também agradeceu a todos os envolvidos, os integrantes do Comitê Vale do Sinos, que de maneira voluntária vêm disseminando os conceitos e as ferramentas da qualidade nas empresas. De forma especial, agradeceu ao vice-presidente da ACI e presidente do Comitê da Qualidade, David Paludo, que nestes últimos quatro anos liderou com excelência essa causa para o desenvolvimento sustentável da região, consolidando a missão da entidade. Na próxima gestão da ACI Evandro Kuntz passa a assumir o cargo.

Foto: Lu Freitas

Mais de 12 empresas foram reconhecidas no Prêmio Qualidade RS

Em nome do presidente do Conselho Diretor do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade, Ricardo Felizzola, falou a diretora de Operações do PGQP, Débora Giacomet, lançando um desafio: “Queremos tornar a nossa região do Vale do Sinos uma referência em gestão.” Débora afirmou ao público presente que gestão significa conhecimento, liderança, métodos e pessoas. “Sem estes quatro pilares uma organização não se sustenta. Gestão significa resultados. É a excelência do que fazemos, mostrando potencial e maturidade. E prova disto é o reconhecimento destas 12 empresas premiadas”, complementou ela. Durante o evento foi transmitida uma mensagem do presidente do Conselho Superior do PGQP, empresário Jorge Gerdau Johannpeter. As 12 empresas que receberam o reconhecimento:

Troféu Prata: Artecola Indústrias Químicas Centro Tecnólogico do Couro - Senai Serviço Social da Indústria - Novo Hamburgo Troféu Bronze: Centro de Educação Profissional Senai Gustavo Copé Cigam Software Corporativo Exatus Assessoria Empresarial Senac Novo Hamburgo Teevo - Tecnologia da Evolução Medalha Bronze: Serviço Social da Indústria - Campo Bom Serviço Social da Indústria - Sapiranga Top Marcas Confecções Empresa Brasileira de Teconologia e Administração em Convênios Hom Ltda.

O jornal que vira fera pelo leitor

OFATO al

n Jor

Realize um ótimo negócio! Anuncie no Fato!

Ligue: 3598.6411 - 3559.5411 - Rua Lima e Silva, 39 - Sala 3 - Campo Bom - Centro


GERAL

O Fato do Vale

5

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Gincana de Bairros movimenta a cidade

Aliança faz serenata para a equipe Amigos

U

Dona Celeste faz serenata para a equipe Paulista

ma das promoções realizadas pela Prefeitura Municipal de Campo Bom, que realmente movimenta a comunidade, propiciando integração e lazer, é a Gincana de Bairros. As provas promovem o convívio fraterno entre as 13 equipes participantes. Na quinta-feira, dia 17, e hoje a noite, dia 18, acontecem as serenatas, momento único desta programação, na qual a alegria e divertimento tomam conta das equipes, da organização e de todos que prestigiam a gincana. Além das serenatas já é tradicional a festa da vizinhança, desfile

Equileste faz serenata para a equipe Rio

de carros alegóricos e a realização de tarefas que resgatam a história de Campo Bom e sua gente, além de provas que envolvem pesquisa. Escolha da Corte da Gincana de Bairros É hoje a noite a escolha da Corte da Gincana de Bairros, quando 13 lindas jovens estarão no Largo Irmãos Vetter, sendo entrevistadas por um corpo de jurados, desfilando e defendendo uma boa pontuação para suas equipes.

Vamos conhecer as 13 candidatas

Equipe Aliança - Fernanda Machado

Equipe Amigos - Ana Carolina Ferreira

Equipe Amigos do Santa lúcia - Carina Fernandes

Equipe Dona Celeste - Deise Silva dos Santos

Equipe Equileste - Valéria Wagner

Equipe Equivida - Daniele Dias

Equipe Os Genuínos - Vanusa Marschner

Equipe Paulista - Aline Betina Blaus

Equipe Porto Rico e Barra - Jéssica Aline Finger

Equipe Rio - Letícia Rohsler

Equipe Tchê - Liamara Bueno

Equipe Tudo de bom - Deise Cristina da Silva

Equipe unidos da Metzler - Bruna Campos


6

TURISMO

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Lonely Planet traz dicas para viajar com o melhor custo-benefício

N

a hora de planejar uma viagem o orçamento pode impor limitações. No entanto, é bom ter em conta que cidades consideradas como cidades caras, também têm boas opções e alternativas para diminuir seus gastos. A Lonely Planet selecionou dez destinos com uma boa relação custo-benefício para você montar sua viagem para 2012. Nordeste dos EUA As cidades do nordeste dos Estados Unidos, como Nova York, Boston ou Washington não estão entre as mais baratas do mundo. Mas você pode economizar, e muito, aproveitando a recente explosão de empresas de ônibus muito baratas como Megabus e BoltBus. Essas companhias ligam as três principais cidades, mas também outras como Toronto, Pittsburgh e Charlotte, por preços que podem chegar a 5 dólares ou até 1 dólar a ida. Quer mais? Os ônibus são confortáveis e contam com internet sem fio e poltronas espaçosas. Um ótimo jeito de se locomover pela região sem precisar gastar com aviões. Japão O Japão teve um ano de 2011 muito difícil, com um violento terremoto que deixou milhares de mortos e destruiu cidades. O turismo, claro, se viu muito afetado pela catástrofe. Mas em 2012, o país espera se reerguer definitivamente e conta com o apoio de visitantes. Apesar de ser uma cidade cara, Tóquio tem boas ofertas de hospedagem em acomodaçőes tradicionais japonesas por bons preços. Além disso, muitas atraçőes da cidade, como grandes templos, parques e jardins botânicos são gratuitas, ou muito baratas, como o Museu Nacional de Tóquio. Outras atraçőes do país como esquiar em Nagano ou visitar a Disney são mais baratas do que em outros países. Tajiquistão O explorador Marco Polo ficou impressionado quando conheceu este canto da Ásia central. Você também ficará ao ver as magníficas paisagens. E tudo é muito barato, incluindo o aluguel de um carro com motorista para percorrer as estradas do Tajiquistão. Alugar um carro por vários dias, passando pela fronteira com o Afeganistão e pela estrada de Pamir, considerada uma das que têm algumas das melhores paisagens do mundo, custa cerca de 300 dólares. Alojamento e comida em pequenos vilarejos antigos pode custar menos de 10 dólares por dia. Porto Visitar Porto, cidade portuguesa famosa pelo seu vinho, pode ser um excelente negócio. Conectada com as principais cidades da Europa por linha aéreas “low coast” (de baixo custo), Porto é uma cidade encantadora, com ruas estreitas, belas praças e fachadas de azulejo. Pequenos hotéis com vista sobre o rio podem custar menos de 40 dólares por noite, e se mover pela cidade com os tradicionais bondinhos é uma pechincha. A poucas horas de Porto, você pode visitar a região do Alto Douro, produtora do vinho do

O Fato do Vale

Dicas garantem viagem tranquilo para família

Porto onde você pode conhecer o processo de elaboração e, claro, degustar a bebida, se alojando em casarões de mais de duzentos anos por 80 dólares por noite. Lesoto O Lesoto é um pequeno país africano completamente cercado pela África do Sul. Com montanhas, cavernas, e animais, o país é uma alternativa econômica ao seu poderoso vizinho. Os pôneis fazem parte da tradição do país e são considerados como o melhor jeito para percorrer trilhas estreitas. A trilha de Malala, ao sudeste de Masuru, capital do país, tem paisagens incríveis e pode custar com tudo incluído (guia, cavalos, acampamento e refeiçőes) 50 dólares diários. Iquitos, Peru Um cruzeiro pelo rio Amazonas pode custar uma fortuna, sem incluir o preço dos vôos. Mas a coisa fica muito mais barata se você organizar sua viagem começando em Iquitos, no Peru. Um vôo desde Lima, capital peruana, custa cerca de 100 dólares ida e volta. Estando lá, você pode organizar excursões para pescar piranhas, avistar botos e se aventurar no coração da floresta amazônica, por um preço muito menor ao dos pacotes comprados com antecedência. São Francisco, Estados Unidos A alegre cidade da Califórnia é cara para seus habitantes, mas pode ser aproveitada pelos turistas sem gastar muito. Pequenos hotéis boutique perto de Union Square têm diárias por menos de 100 dólares, uma pechincha em comparação a outros destinos como Los Angeles. O transporte público é ótimo e você não precisa gastar em táxis nem para sair do aeroporto. A cidade tem muitas atraçőes gratuitas, como passear pelo Golden Gate, aproveitar as praias e visitar galerias de arte. Quanto às refeiçőes, San Francisco também tem boas opçőes, como burritos que valem por um almoço completo (com arroz, feijão e carne) por apenas 5 dólares. Ohrid, Macedônia Sempre existe um novo destino a ser descoberto na Europa. A Macedônia está crescendo em popularidade graças às paisagens montanhosas, seus vinhedos, lagos e igrejas bizantinas. Tudo, com preços bem baixos, seja na capital, Skopje, ou no coração espiritual do país, a encantadora cidade medieval de Ohrid. Quartos custam menos de 10 dólares por noite, e ônibus levam os visitantes até pontos como o Parque Nacional de Galicica, com trilhas e lagos. Mérida, México Os resorts de Cancún recebem milhares de turistas ano após ano cobrando preços muito altos. Na cidade de Mérida, você pode encontrar o charme das praias mexicanas da Península de Yucatán, alojando-se em pequenos hotéis com preços bem inferiores ao de grandes cidades turísticas como Cancun. A cidade em si também é bem interessante: a praça central tem catedrais do século 16 e galerias de arte, e nos finais de semana, é um ponto de encontro de turistas e locais.

Todos sabem que dezembro, é mês de comemorações de Natal e Ano Novo, e sinônimo de viagem para muitas famílias. Antes de colocar o pé na estrada, é necessário tomar uma série de precauções para garantir uma viagem tranquila. Entretanto, na ansiedade da viagem, muitos motoristas acabam deixando para depois pequenos cuidados que podem fazer uma grande diferença. Veja as dicas da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias – ABCR para garantir uma viagem tranquila. As checagens mais simples podem ser feitas num posto de combustível ou, caso o motorista tenha conhecimento, poderá fazê-las em casa mesmo: conferir o nível do fluido do radiador, óleo (motor e freio) e a água para o limpador de pára-brisa. Também é muito importante checar se todas as luzes e setas funcionam corretamente. Se alguma estiver queimada, será necessário trocá-la. Devem estar no veículos todas as ferramentas obrigatórias: macaco, chave de roda e triângulo para sinalização e extintor de incêndio dentro do prazo de validade. O motorista deve verificar se os cintos de segurança estão funcionando perfeitamente. Há alguns outros cuidados que exigem a contratação de um profissional. Numa oficina, devem ser feitas as checagens dos freios e da parte elétrica do veículo. Num posto de combustível, o motorista deve calibrar os pneus e, se estiverem carecas, deverá seguir para uma oficina e substituí-los. As dicas acima valem também para as motos. Além disso, tanto o motociclista quanto a pessoa que estiver na garupa devem usar capacetes certificados pelo Inmetro. Todas essas checagens contribuem para uma viagem segura, mas, uma vez na rodovia, os cuidados devem ser outros: dirigir com atenção e respeito a legislação de trânsito. Além disso, devem ser tomados alguns cuidados extras, como em caso de neblina, comum em muitas rodovias. Por isso, é bom ter atenção redobrada, principalmente na parte da manhã. Em caso de neblina, o motorista deve reduzir a velocidade gradativamente, guiar-se pela sinalização da pista, manter distância do carro a sua frente e ligar o farol baixo. Se a visibilidade estiver muito prejudicada, é melhor seguir até um lugar seguro, como um posto ou uma base de apoio ao usuário, e só então parar o carro. Outra dica importante é não ligar o pisca alerta quando estiver dirigindo por um trecho de neblina, pois isso pode dar a impressão para o carro detrás que ele está parado e pode causar um acidente. Vale também para as rodovias um ditado popular muito conhecido: é melhor prevenir do que remediar. Fonte: www.autoban.com.br


GERAL

8

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

O Fato do Vale

Autoridades são convidadas para o evento de 50 anos da Fenac Após entregarem um convite especial para que o deputado Marco Maia, presidente da Câmara dos Deputados, esteja

presente no evento que vai comemorar os 50 anos da Fenac, o prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, e o dire-

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 162/2011 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no Art. 9º da Lei Municipal nº 2.409/2003, de 13.01.2003, e a publicação do Edital nº 152/2011, de 26.10.2011, no jornal O Fato do Vale, na edição do dia 28.10.2011, outorgando à nomeada prazo de 15 (quinze) dias para tomar posse, sob pena de ser tornado sem efeito o ato de nomeação, com perda de todos os direitos relativos ao concurso realizado conforme Edital de Concurso nº 01/2010, de 28.04.2010, e considerando também o certificado emitido pelo Departamento de Pessoal, NOTIFICA, pelo presente Edital, que foi revogada a portaria de nomeação abaixo relacionada, em virtude do não comparecimento para assinatura do Termo de Posse: • Portaria nº 31.392/2011, de 26.10.2011, que nomeou ALICE VANDERLEIA FELISBERTO CORREA para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 16 de novembro de 2011. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

tor-presidente da Fenac, Elivir Desiam, também aproveitaram a viagem à Brasília, na semana passada, para conversar com deputados, senadores e outros gaúchos que integram cargos importantes no Governo Federal, fazendo questão que eles estejam em Novo Hamburgo no próximo dia 21. “Além de comemorar o cinquentenário da Fenac, queremos mostrar a força que o setor do couro e calçado possui em nível nacional”, destaca Desiam.  Entre os políticos que receberam os convites estão os senadores Pedro Simon, Ana Amélia Lemos e Paulo Paim, além de Alessandro Teixeira, secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Crédito: Divulgação

O prefeito de Novo Hamburgo, Tarcísio Zimmermann, e o diretor-presidente da Fenac, Elivir Desiam, entregaram convites para Alessandro Teixeira, secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, e para os senadores Pedro Simon Município de Campo Bom e Ana Amélia Lemos. Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO Nº 5.176/2011, de 18 de outubro de 2011. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 160/2011 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeados, a partir de 18 de novembro de 2011, os concursados abaixo relacionados, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2009, de 11.09.2009: • Portaria nº 31.429/2011, de 09.11.2011, que nomeia FÁBIO NEREU CABRAL para o cargo de Professor –Componente Curricular – História. • Portaria nº 31.438/2011, de 09.11.2011, que nomeia VIVIANE JANDRES para o cargo de Professor –Componente Curricular – História. • Portaria nº 31.439/2011, de 09.11.2011, que nomeia RAQUEL ARNOLD para o cargo de Auxiliar Administrativo Escolar. • Portaria nº 31.440/2011, de 09.11.2011, que nomeia FABÍULA KERSCH DIETER para o cargo de Auxiliar Administrativo Escolar. Fiquem os nomeados cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomar posse, sob pena de revogação da presente Portaria, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes da nomeação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 09 de novembro de 2011. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 161/2011 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeadas, a partir de 18 de novembro de 2011, as concursadas abaixo relacionadas, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2010, de 28.04.2010: • Portaria nº 31.430/2011, de 09.11.2011, que nomeia ELIEGE LORENZON para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 31.431/2011, de 09.11.2011, que nomeia MARA ROSELI BECKER para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza; • Portaria nº 31.432/2011, de 09.11.2011, que nomeia ROSEMERE DA LUZ BLAS WITZORECKI para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza. • Portaria nº 31.441/2011, de 09.11.2011, que nomeia LONEVALSI WEBER DO NASCIMENTO para o cargo de Serviços de Cozinha e Limpeza. Fiquem as nomeadas cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de revogação das presentes Portarias, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes da nomeação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 09 de novembro de 2011. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado pela Lei Municipal nº 3.652/2010 de 07/12/2010. DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 241.900,00 (Duzentos e Quarenta e Um Mil e Novecentos Reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0406.20.601.0075.2.035.4.4.90.51.00.00.00 – Atendimento ao Fundo Municipal de Desenv.Rural FUNDER – Desp. 402035...........R$ 15.000,00 0601.12.122.0046.2.045.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 302045........................................R$ 10.000,00 0602.12.365.0051.2.050.3.3.50.43.00.00.00 – Auxilio Financeiro P/ Escolas de Educação Infantil – Desp. 162050...........................R$ 29.000,00 0603.12.361.0047.2.057.3.1.90.05.00.00.00 – Manutenção do Ensino Fundamental – Desp. 42057..................................................R$ 2.000,00 0603.12.361.0047.2.058.3.3.50.43.00.00.00 – Auxílio Financeiro P/ Escolas de Educação Fundamental – Desp. 162058.................R$ 36.000,00 0702.08.244.0030.2.095.3.3.90.32.00.00.00 – Assistência a Carentes – Desp. 262095......................................................................R$ 2.900,00 0801.10.301.0114.1.020.4.4.90.51.00.00.00 – Ampliação do Atendimento da Saúde Municipal – Desp. 401020................................R$ 7.000,00 0901.04.122.0010.2.135.3.3.90.92.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 342135........................................R$ 21.000,00 0903.15.451.0058.2.144.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção da Infra-estrutura Urbana FEP – Desp. 402144......................................R$ 80.000,00 1201.20.601.0085.2.170.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção Agricultura/Horto Municipal – Desp. 402170...........................................R$ 37.000,00 1301.18.541.0063.1.014.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 411014..................................................................R$ 2.000,00

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias: 0602.12.365.0051.2.050.4.4.90.42.00.00.00 – Auxílio Financeiro P/ Escolas de Educação Infantil – Desp. 392050.................. R$ 29.000,00 0603.12.361.0047.2.058.4.4.90.42.00.00.00 – Auxílio Financeiro P/ Escolas de Educação Fundamental – Desp. 392058........ R$ 36.000,00 0603.12.361.0048.1.009.4.4.90.52.00.00.00 – Controle Ampliação e Remodelação de Módulos Esportivos – Desp. 411009.... R$ 2.000,00 0608.13.392.0054.2.086.3.3.90.30.00.00.00 – Fundo Especial Promoção de Atividades Culturais – Desp. 242086................... R$ 10.000,00 0702.08.244.0030.2.095.3.3.90.36.00.00.00 – Assistência a Carentes – Desp. 292095..............................................................R$ 2.900,00 0801.10.301.0035.2.194.3.3.90.30.00.00.00 – Controle do Diabete Mellitos FMS – Desp. 242194............................................. R$ 7.000,00 0903.15.451.0058.2.144.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção da Infra-estrutura Urbana FEP – Desp. 242144..............................R$ 45.000,00 0903.15.451.0063.1.028.4.4.90.51.00.00.00 – Implantação e Manutenção de Parques – Desp. 401028.................................... R$ 35.000,00 0903.15.451.0104.1.029.4.4.90.52.00.00.00 – Implantação Ampliação e Remodelação de Áreas de Lazer – Desp. 411029..... R$ 5.000,00 0904.22.662.0058.2.156.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção da Fábrica de Artefatos de Cimento – Desp. 242156..................... R$ 12.000,00 0904.22.662.0058.2.156.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção da Fábrica de Artefatos de Cimento – Desp. 302156..................... R$ 4.000,00 1202.22.333.0092.1.038.3.3.90.39.00.00.00 – Qualificação da Mão de Obra no Município – Desp. 301038.............................. R$ 37.000,00 1202.22.661.0113.2.173.3.3.90.39.00.00.00 – Promoção do Crescimento Econômico – Desp. 302173..................................... R$ 15.000,00 1301.18.541.0063.1.047.3.3.71.00.00.00.00 – Manutenção Pró-Sinos Resíduos Sólidos – Desp. 601047................................. R$ 2.000,00 Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 18 de outubro de 2011. Registre-se e Publique-se FAISAL MOTHCI KARAM, MÁRCIA ELISA ALVES, Prefeito Municipal. Secretária de Administração.

Meio Frango Beneficente A comunidade do bairro Santa Lucia está mobilizada em apoio a reconstrução de uma residência que queimou recentemente na Rua Washington Luis nas proximidades da Escola de Educação Infantil Waldemar Ramão. O incêndio consumiu toda a residência e não houve possibilidade de salvar nada. A comunidade se organizou e vai realizar no dia 03 de dezembro um meio frango em beneficio da moradora que teve sua casa queimada. O evento será realizado na Capela do Divino Espirito Santo e o cartão terá custo de R$ 10,00. O meio frango será apenas para levar. Os cartões estão sendo vendidos pelos organizadores e também podem ser adquiridos pelo telefone: 3597.2170. É momento de nos mobilizarmos e mostrar que a solidariedade faz a diferença, com união, mobilização em breve a residência será reconstruída.

Prato Principal A Regional ACI Campo Bom realiza, dia 1°de dezembro, o Prato Principal, que terá como tema “Política e Economia em Tempos de Desenvolvimento: Velhas Perspectivas e Novas Armadilhas”. O palestrante será o cientista político Álvaro Filipe Oxley da Rocha. A reunião-almoço acontece a partir das 11h45min, no Espaço Aplausus, na Av. Brasil, 2412, sala 20, no Centro Comercial II, em Campo Bom. As presenças podem ser confirmadas pelo fone 3597-4511 ou pelo e-mail campobom@ acinh.com.br. O patrocínio é do Banco do Brasil.


GERAL

O Fato do Vale

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Agilidade para adequar o Simples Gaúcho

A

gora que a presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que atualiza as faixas de receita das empresas enquadradas no Supersimples, o líder da bancada do PMDB, deputado Giovani Feltes, insiste para que o governo estadual estenda aos pequenos e microempresários do RS os mesmos benefícios da correção em 50% do limite de faturamento. “É importante para nossa economia que estas medidas passem a vigorar de simultânea a partir de 1º de janeiro de 2012”, reforçou Feltes, que já havia acionado a Secretaria da Fazenda para adequar o Simples Gaúcho em termos de isenção ou tributação diferenciada. A partir do próximo ano, a receita bruta anual máxima para as microempresas ingressarem no Supersimples sobe de R$ 240 mil para R$ 360 mil. Já as empresas de pequeno porte, que atualmente têm um limite de faturamento bruto entre R$ 240 mil até R$ 2,4 milhões, passarão a ter os benefícios tributários até o teto de R$ 3,6 milhões. O Sebrae projeta que cerca de 5,6 milhões de empresas sairão beneficiadas com a lei sancionada na última quinta-feira. Além de beneficiar toda a gama de indústrias e estabelecimentos comerciais que se enquadram no novo teto de faturamento, Feltes destaca que a adequação do Simples Gaúcho trará reflexos diretos para o setor

calçadista, uma vez que a grande maioria das atividades de produção é feita através dos ateliers. “Por isso, esperamos agilidade do governo gaúcho. Temos pouco mais de um mês pela frente para assegurar os benefícios também a partir de janeiro de 2012”, mencionou o líder do PMDB. 300 mil empresas no RS A primeira experiência bem sucedida do governo do RS em apoio aos microempresários ainda vem do Governo Rigotto (PMDB), ainda 2005, com a implantação de um modelo próprio dentro do programa RS Competitivo, beneficiando desde então cerca de 300 mil empresas. Nos últimos três anos, o Simples Gaúcho vem adotando os mesmos parâmetros do programa federal, com isenção total do ICMS para micro e pequenos com faturamento de até R$ 240 mil anuais. Já a partir deste teto, até o limite em vigor de R$ 2,4 bilhões, há uma tabela progressiva de redução. A Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas unifica seis impostos federais, mais o ICMS (estadual) e o ISS (municipal), com alíquotas que variam de 4% a 11,61% para o comércio, de acordo com o faturamento. Para as indústrias, há acréscimo de meio ponto percentual e, para os serviços, incidem 50% a mais dos percentuais cobrados do comércio.

BM realiza prisão por tráfico A Brigada Militar, através da 3ª Companhia do 32º Batalhão de Polícia Militar, na quarta-feira (16/11), às 20h, no bairro Barrinha, na cidade de Campo Bom, na Travessa Pio XII, prendeu em flagrante delito Mirian Viviane Thiel Melo, de 25 anos de idade, por tráfico de entorpecentes. Através de uma denúncia de tráfico em um bar, o Grupo de Operações Especiais de Campo Bom (GOE), juntamente com seu comandante major Otero, deslocou ao local, onde foi localizado os produtos entorpecentes. Foi apreendido no bar 165 gramas de cocaína que es-

tavam embaladas em quatro pacotes, sendo três pacotes pequenos e um grande, 2,9 gramas de maconha, um televisor marca LG Lcd, quatro aparelhos celulares, dois Dvds, um home teather, furadeira, e também foi recolhido no local um veículo

Volkswagen Gol e uma motocicleta. O fato foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Novo Hamburgo (DPPA), onde a proprietária do bar foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.

Prisão por porte ilegal de arma A Brigada Militar, através do Grupo de Operações Especiais (GOE) da 3ª Cia do 32º Batalhão de Polícia Militar, na quintafeira (10/11), às 14h, na Av. São Leopoldo, no centro de Campo Bom, prendeu em flagrante delito Rodrigo Ismael dos Santos da Silva de 27 anos, Claudinei Johann de 23 anos e Jeisson Alexandro Pinheiro de 20 anos por porte ilegal de arma de fogo. A Brigada Militar de Campo Bom recebeu um informe de que um grupo tentaria um assalto na cidade, sendo posicionadas viaturas em pontos estratégicos da cidade a fim de coibir qualquer ação criminosa. Na operação, um veículo GM/Kadett de cor prata ao se deparar com uma viatura do GOE empreendeu fuga, foi realizado um cerco policial onde feita à abordagem, constatou-se que no interior do veículo havia três indivíduos armados. Um dos indivídu-

os estava foragido e portava um revólver TAURUS calibre 38 na cintura, no interior do veículo também foi encontrado uma pistola Taurus calibre 7,65, dois carregadores de pistola, 32 munições de calibre 38, 49 de calibre 7,65, e uma touca ninja. Os indivíduos já possuíam antecedentes por roubo e foram encaminhados a Delegacia de Polícia de Campo Bom para registro do flagrante.

9

O santo homem e a lei da gravidade Na época da “rebordosa” ou dos anos de chumbo onde o lema era: direita volver e o verde oliva a cor oficial nos carros a gente podia ler – Brasil – Ame ou deixe-o e os Incríveis cantavam “Eu te amo meu Brasil eu te amo, meu coração é verde, amarelo, branco, azul anil... eu tem amo!” E num porto não muito alegre um certo sargento Raimundo apareceu boiando no Guaíba morto com as mãos amarradas... Depois se descobriu que o sargento por não delatar seus companheiros foi levado para a beira do rio e torturado, porém num descuido dos trogloditas covardes, o sargento escapou e entrou rio adentro onde se afogou. E nos festivais da Record, Geraldo Vandré falava das flores vencendo os canhões. Em Porto Alegre nos altos da Borges, Jairo de Andrade, um herói enlouquecido de esperanças encenava Mokimpot no seu Teatro de Arena berço da resistência e ainda na terra Brasil, o Chico Buarque cantava apesar de você e ainda avisava ao Augusto Boal que “a coisa aqui está preta” e o rei foi na Inglaterra onde visitou Caetano no exílio e depois enrolou a censura cantando “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos...” E nossa pimentinha, Elis Regina com o “Bêbado e o equilibrista”, cobrava a volta do irmão do Henfil (Betinho) e denunciava que muita gente sumiu num rabo de foguete. Na America Latina inteira o “Condor” mostrava suas garras, exemplo clássico: Lilian Celiberty e Universindo Dias. No planeta bola, o Inter formava um dos melhores times da sua história e contratava junto ao Penharol do Uruguai, o melhor zagueiro do mundo, Elias Ricardo Figueroa Brander, ou simplesmente Figueroa. Quando chegou diziam que o gringo era baixinho... Foram ao Aeroporto e descobriram que tinha 1,88, portanto era alto. Alguns diziam era extremamente feio, porém não era verdade, pois logo caiu no agrado da mulherada... Os mais céticos afirmavam que Figueroa era um zagueiro tosco que chutava para onde apontava o nariz... ( tipo Felipão). No primeiro treino todos comprovaram que era técnico, dominava a bola no peito, mas se preciso fosse endurecia e seu cotovelo ficou conhecido por muitos (Palhinha, Tarcisio...) E por último diziam que ele era um ignorante; um alienado. Um dia num jantar na casa de Érico Veríssimo em Petrópolis, Figueroa após uns vinhos olhou o céu portoalegrense e citou um poema de Pablo Neruda. Pronto... Era alto, bonito, sabia jogar com elegância e ainda era um erudito! E no Morungava tinha gente que esperava pela volta do Brizola... Lá por 1976 havia apenas a Arena (base do regime militar) e o MDB que abrigava a todos os segmentos ideológicos que se opunham ao golpe que muitos teimam ainda hoje em dizer que foi revolução (foi golpe, pois a Constituição foi rasgada num quartelaço golpista, alías, o Brasil deveria aprender um pouco com a Argentina com relação a este passado que a gente não pode e não deve esquecer). E na minha Morungava havia um vereador da Arena chamado João de Deus, político astuto, daqueles que trocava pneu de avião no ar ou se fazia de porco vesgo para comer em dois cochos. O João era uma versão tupiniquim do Antônio Carlos Magalhães (Toninho Malvadeza), resguardado é óbvio as devidas proporções. Conta-se que um dia lá pelas bandas do Passo da Caveira, em busca de votos, João parou a Rural Willys e chegou numa casinha humilde beira de estrada, onde perguntou a uma velha senhora “Como vai o seu esposo?” E a velhinha sorvendo um chimarrão, meio contrariada, retrucou: “Meu marido seu João, morreu faz três anos”. Disfarçando e tentando remendar o furo, o velho João de Deus com ar professoral lascou: “Morreu para a senhora, mas para mim que era amigo dele... O coitado continua vivo aqui dentro”, observou quase em lágrimas. A velha senhora de cabelo branco com a neve dos Andes já irritada disse: “Ainda bem que morreu aquela praga seu João. Ele só bebia e xaropeava todo mundo”; admitiu a quase octogenária senhora. Para não perder o voto, ainda tentando remendar, o político de olhar aquilineo argumenta olhando para dentro da sala da casinha humilde com as paredes caiadas “Mas não parece senhora... Tudo indica que ele era um homem bom... Veja só a foto dele neste quadro aí na parede da sala... Até parece um santo!” destacou João de Deus. E aí perdendo a estribeira a velhinha contrariada com a vassoura na mão em atitude ameaçadora observa: “Seu João aquele ali no quadro não é o meu velho... Aquele ali é um quadro do Padre Reüs”. Depois da furada João se despediu e seguiu com sua Rural pelo Morungava a fora em busca de votos. Outra feita ele prometeu para um colono lá do Pituva a construção de um açude. Passados dois anos do pleito, o velho João de Deus chegou no sítio do colono que mais bravo que nenê cagado reclamou da não construção do açude prometido em troca do voto. “O pessoal da Prefeitura veio aqui, mas disseram que não dá para fazer o açude por causa de uma tal lei da gravidade” Mas o vereador João de Deus para não perder o eleitor garantiu: “Olha este negócio eu não estava sabendo, mas é coisa da oposição... Fica tranqüilo que vou criar um projeto para acabar com esta tal lei da gravidade e teu açude vai sair”, afirmou todo cheio de razão o atilado vereador do Morungava. Jair José Wingert cronicasdojair.blogspot.com.br


GERAL

10

O Fato do Vale

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Piscinas do 15 com novidades

Este ano a titulo de experiência o Clube 15 de Novembro esta lançando: PASSAPORTE PISCINA não sócio(Promoção 100 anos de Futebol e 118 anos de Clube) O passaporte será Mensal e Vale para o casal e mais um dependente até 16 anos com

um custo total de R$ 150,00 OBS; Casal com mais de um dependente paga um extra mensal de R$ 30,00 ou seja o que exceder a partir do segundo dependente até 16 anos. EXEMPLO - Casal com um filho até 16 anos o custo mensal é de R$ 150,00 Casal com dois filhos até

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EXTRATO DA AUTORIZAÇÃO Nº 002/11 – VISA MUNICIPAL

A Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Bom faz saber aos seus interessados e ao público em geral que, conforme o parágrafo único do Artigo 28 da Portaria nº 344/98 e Art. 124 da respectiva Instrução Normativa, está com cadastro aprovado para comercializar medicamentos à base de SUBSTÂNCIAS RETINÓICAS, constantes da relação “C2”, Portaria SVS/MS 344/98, o seguinte estabelecimento: Razão Social: DROGARIA MAIS ECONÔMICA S.A. CNPJ: 94.296.175/0121-48 Endereço: Av. João Schumann, 30 – salas 1 e 2 - Centro – Campo Bom/RS CEP: 93700-000 Autorização nº 002/11 – VISA Municipal Campo Bom, 11 de novembro de 2011. ILAINE SALETI PLETSCH, Secretária Municipal de Saúde. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

LEI MUNICIPAL Nº 3.788/2011, de 16 de novembro de 2011. AUTORIZA A DESTINAÇÃO DE RECURSOS PARA A PROMOÇÃO DA 10ª GINCANA DE BAIRROS DE CAMPO BOM, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, tendo a Câmara Municipal de Vereadores aprovado, sanciona e promulga a seguinte: L E I: Art. 1º. O Poder Executivo Municipal, objetivando incentivar a continuidade da Gincana de Bairros de Campo Bom, fica autorizado a destinar, para a estruturação, organização, divulgação, transporte, realização de festas e baile, e, premiação dos participantes da sua décima edição, a realizar-se no período de 16 de novembro de 2011 à 26 de novembro de 2011, a importância de até R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais). Art. 2°. A premiação referida no art. 1o deste Diploma, além de troféus para as cinco equipes melhores colocadas, observará o seguinte: a) equipe vencedora: - prêmio pecuniário de R$ 4.000,00 (quatro mil reais), e custeio do transporte (ida e volta) de 40 (quarenta) pessoas, em veículo de transporte coletivo, para passeio na Serra Gaúcha; b) equipe colocada em segundo lugar: - prêmio pecuniário de R$ 3.000,00 (três mil reais); c) equipe colocada em terceiro lugar: - prêmio pecuniário de R$ 2.000,00 (dois mil reais); d) equipe colocada em quarto lugar: - prêmio pecuniário de R$ 550,00 (quinhentos e cinquenta reais); e) equipe colocada em quinto lugar: - prêmio pecuniário de R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais). Parágrafo único. Além dos prêmios referidos nos incisos do caput deste art. 2°: a) serão concedidos diplomas, medalhas e troféus para participantes de destaque no curso da 10a Gincana de Bairros de Campo Bom; b) será concedido, mediante a apresentação do pertinente Plano de Trabalho e Aplicação de Recursos, auxílio no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para a Associação dos Moradores do Bairro de onde se originar a equipe vencedora da 10ª Gincana de Bairros de Campo Bom, de sorte que realize, durante o exercício de 2012, o evento “Tem Festa na Vizinhança”. Art. 3º - As despesas decorrentes desta Lei correrão à conta das seguintes dotações orçamentárias: I - 1204.23.695.0094.2.175.3390.30.00.00.00 - Desp. 242175 II - 1204.23.695.0094.2.175.3390.31. 00.00.00 - Desp. 252175 III - 1204.23.695.0094.2.175.3390.36. 00.00.00 - Desp. 292175 IV - 1204.23.695.0094.2.175.3390.39. 00.00.00 - Desp. 302175 Art. 4° - Esta Lei entrará em vigor na data da respectiva publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 16 de novembro de 2011. Registre-se e Publique-se FAISAL MOTHCI KARAM, MÁRCIA ELISA ALVES, Prefeito Municipal. Secretária de Administração.

16 anos o custo mensal é de R$ 180,00 Tem opção também para CASAL DE NAMORADOS com um pacote Mensal de R$ 150,00 O custo de acompanhante de sócio diário, visitante em Campo Bom será R$ 15,00 IMPORTANTE: Cada inte-

ressado deve comprar o Passaporte na Secretaria do Clube juntamente com um sócio que será o responsável pela indicação. Levar duas fotos e documentos. A Piscina  inicia suas atividades em 19/11/2011 Maiores infor. Secretaria do Clube, Vasti- 3597 1025

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EDITAL Nº 159/2011 FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais, pelo presente Edital, NOTIFICA que serão nomeadas, a partir de 18 de novembro de 2011, as concursadas abaixo relacionadas, com seus respectivos cargos e Portarias, conforme Edital de Concurso Público nº 01/2011, de 11.02.2011: • Portaria nº 31.427/2011, de 09.11.2011, que nomeia SANDRA LAND para o cargo de Professor Ensino Fundamental - Anos Finais – Língua Estrangeira Moderna/Inglês. • Portaria nº 31.428/2011, de 09.11.2011, que nomeia OLGA CRISTINA DA ROSA PEREIRA para o cargo de Professor da Educação Infantil. • Portaria nº 31.436/2011, de 09.11.2011, que nomeia MAITE SCHLOTTFELDT OCANHA para o cargo de Professor Ensino Fundamental – Anos Finais - Ciências. • Portaria nº 31.437/2011, de 09.11.2011, que nomeia ELOISE RIEGEL para o cargo de Professor Ensino Fundamental – Anos Finais - Ciências. Fiquem as nomeadas cientes de que têm o prazo de 15 (quinze) dias para tomarem posse, sob pena de revogação das presentes Portarias, com conseqüente perda de todos os direitos decorrentes da nomeação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 09 de novembro de 2011. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EXTRATO DA PORTARIA Nº 31.383/2011, de 24 de outubro de 2011. APOSENTA SERVIDORA. A DIRETORA DE PREVIDÊNCIA DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE CAMPO BOM – IPASEM/CB, no uso de suas atribuições legais, conforme o Decreto nº 5.154/2011, de 14 de setembro de 2011, e de conformidade com o que estabelece art. 40, parágrafo 1°, inciso III, alínea “b”, §§ 3° e 17 da Constituição Federal, com a redação dada pela Emenda Constitucional n° 41/2003, de 19.12.2003, RESOLVE: Conceder aposentadoria voluntária, por implemento de idade, à servidora MARIA GORETI GOSI BORBA, matrícula nº 4232, Auxiliar de Serviços Gerais, Nível Básico, Subfaixa 04, lotada na Secretaria Municipal de Educação e Cultura, regime jurídico único – estatutário, carga horária de 44 horas semanais, com proventos mensais proporcionais a sete mil, setecentos e oitenta e seis dias (7786/10950), no valor total com base no artigo 1° da Lei Municipal nº 3.443/2009, compostos das vantagens de 20%, relativos a subfaixa 04, nos termos do artigo 7o da Lei Municipal nº. 2.412/2003, de 16.01.2003, combinado com os artigos 2° e 3° da Lei Municipal nº 2.441/2003, a vantagem pessoal, correspondente ao percentual de 9,5833, incorporados nos termos dos parágrafos 1°, 2° e 3° do artigo 32 da Lei Municipal 2.046/2000 e a parcela complementar da diferença decorrente da incorporação de vantagens pessoais, conforme artigo 146, parágrafo único da Lei Municipal n° 2.409/2003, combinado com a Lei Municipal nº 2.412/2003 e a Lei Municipal n° 2.441/2003, tudo com fundamento na média aritmética simples das maiores remunerações utilizadas como base para as contribuições da servidora aos regimes de previdência a que esta esteve vinculada, correspondente a 80% de todo o período contributivo desde a competência julho de 1994, nos termos da Constituição Federal, com a redação dada pela Emenda Constitucional nº 41/2003, a ser custeada pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais - IPASEM/ CB, a partir de 24 de outubro de 2011. Gabinete da Diretoria de previdência do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Campo Bom – IPASEM/CB, 24 de outubro de 2011. GREICE GOMES DA SILVA HOERLLE, Diretora de Previdência do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Campo Bom – IPASEM/CB. De Acordo: FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EXTRATO DA PORTARIA Nº 31.386/2011, de 24 de outubro de 2011. APOSENTA SERVIDORA. A DIRETORA DE PREVIDÊNCIA DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE CAMPO BOM – IPASEM/CB, no uso de suas atribuições legais, conforme o Decreto nº 5.154/2011, de 14 de setembro de 2011, e de conformidade com o que estabelece o Art. 3° da Emenda Constitucional n° 47/2005, RESOLVE: Conceder aposentadoria voluntária à servidora LUIZA JARNETE DORSCHEID DE VARGAS, matrícula nº 2642, Auxiliar de Ensino, Nível Médio, subfaixa 05, lotada na Secretaria Municipal de Educação e Cultura, regime jurídico único – estatutário, carga horária de 44 horas semanais, com proventos mensais integrais, no valor total com base no artigo 5º da Lei Municipal nº 3.443/2009, compostos das vantagens de 25%, relativos à subfaixa 05, nos termos do artigo 7o da Lei Municipal nº. 2.412/2003, de 16.01.2003, combinado com os artigos 2o e 3o da Lei Municipal nº 2.441/2003, a vantagem pessoal, correspondente ao percentual de 17,5000, incorporados nos termos dos parágrafos 1°, 2° e 3° do artigo 32 da Lei Municipal 2.046/2000 e a parcela complementar da diferença decorrente da incorporação de vantagens pessoais, conforme artigo 146, parágrafo único da Lei Municipal nº 2.409/2003, combinado com a Lei Municipal nº 2.412/2003 e a Lei Municipal nº 2.441/2003, nos termos da Constituição Federal, com a redação dada pela Emenda Constitucional nº 47/2005, a ser custeada pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais IPASEM/CB, a partir de 24 de outubro de 2011. Gabinete da Diretoria de previdência do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Campo Bom – IPASEM/CB, 24 de outubro de 2011. GREICE GOMES DA SILVA HOERLLE, Diretora de Previdência do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Campo Bom – IPASEM/CB. De Acordo: FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

EXTRATO DE EDITAL Nº 12/2011 O MUNICÍPIO DE CAMPO BOM, TORNA PÚBLICO que realizará CURSO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL de JOVENS e ADULTOS, na modalidade de formação inicial, em parceria com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL - DEPARTAMENTO REGIONAL DO RIO GRANDE DO SUL, através da AGÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SENAI SADY SCHMIDT. 1 - CURSO DE TÉCNICAS EM ATENDIMENTO – CALL CENTER - visa capacitar o participante para atuar no atendimento de telemarketing, arte de negociar, comunicação verbal e tele-cobrança. Carga Horária: 30 horas Período e Horário de Realização: 28/11/2011 a 09/12/2011 Dias: segunda-feira à sexta-feira Horário: 18h 30min às 21h 30min Local: As aulas serão ministradas na agência de Educação Profissional Sady Schmidt, situado na Avenida Brasil, nº 1977, Centro, Campo Bom/RS. Número de Vagas: 20 (vinte) Requisitos: Idade mínima de 17 anos; Ensino Médio; Residir em Campo Bom e preenchimento de ficha de inscrição. 2 – LOCAL E PERÍODO DE INSCRIÇÃO: Protocolo do Centro Administrativo Municipal, no período de 17 a 24 de novembro de 2011 3 - DOS DOCUMENTOS PARA A INSCRIÇÃO Cópia Carteira de Identidade (documento oficial com foto) ou Carteira Profissional; Cópia do Cadastro de Pessoa Física – CPF. Cópia de comprovante atual de residência. 4 - DA SELEÇÃO DOS CANDIDATOS Caso o número de candidatos inscritos seja superior ao número de vagas, será realizado sorteio público, no dia 25 de novembro de 2011, às 15 horas, no Centro Administrativo Municipal, 1° andar, Sala de Reuniões do Departamento de Licitações. Maiores informações poderão ser obtidas junto ao Protocolo do Centro Administrativo Municipal. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 16 de novembro de 2011. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


O Fato do Vale

GERAL

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

11

Em defesa do consumidor Condenado médico que esqueceu metal no seio de paciente A 6ª Câmara de Direito Civil condenou o médico Charles Jean Berger a pagar R$ 15 mil por danos morais a Tânia Miriam Panini. Ela ajuizou ação na comarca de Blumenau, após ser submetida a cirurgia para retirada de microcalcificações no seio, detectadas em mamografia. Nos autos, outro profissional consultado confirmou que as microcalcificações não haviam sido retiradas, e que um fragmento de fio metálico fora esquecido no seio da paciente. Na ação, Tânia pediu, também, indenização por parte do Hospital Dia Oswaldo Cruz, e apelou da sentença que negou tal pagamento por entender não haver responsabilidade da instituição. Este entendimento foi mantido pela relatora, desembargadora substituta Cinthia Beatriz da Silva Bittencourt, já que o médico não era funcionário do hospital nem fazia parte do corpo clínico. Para a magistrada, apenas caberia a condenação do hospital se o profissional atendesse no local e fosse procurado diretamente pela paciente, diante da presunção de credenciamento. Como isso não ficou claro, a relatora afirmou haver culpa apenas de Charles Jean. Apesar de médicos não tratarem a questão como esquecimento, Cinthia entendeu ter havido negligência do profissional, que não pediu radiografia após o procedimento. Átila Nunes Neto, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com . br , concorda com a desembargadora: “cabe ressaltar que a apelante teve de se submeter a outra cirurgia para a retirada das microcalcificações, bem como do ‘fragmento de agulha’, fato este que vem referendar que o procedimento realizado pelo apelado não foi bem-feito”, concluiu.   Empresa de implantes dentários condenada A 8ª Vara Cível do Fórum de Santo Amaro condenou uma empresa de implantes odontológicos a ressarcir cliente que alegou ter tido problemas estéticos após a realização de uma cirurgia. Segundo a autora, após a realização do procedimento cirúrgico, sua dentição apresentou problemas estéticos, em razão da retirada de parte da gengiva e que a empresa, para sanar os danos, sugeriu a troca e outros dois ‘pivôs’ que a mulher já possuía. Para tanto, foi celebrado novo contrato, mas o novo procedimento não corrigiu o problema. Ela reclamou novamente, afirmando que houve má prestação de serviço, que lhe causou danos estéticos, materiais e morais. Átila Nunes Neto, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com . br , concorda com a decisão: “a verba indenizatória decorrente dos danos moral e estético tem objetivo de minimizar a dor e aflição suportada. O valor da indenização apresenta caráter compensatório, não podendo constituir fonte de enriquecimento ilícito, defeso por lei”. A sentença fixou a quantia de R$ 7 mil por danos morais e estéticos e reembolso do valor de R$ 2.375,00 pago pelo tratamento.   Consumidores entram no ar sem censura e são atendidos. Os consumidores de todo o país podem reclamar, protestar e denunciar livremente, entrando ao vivo no Programa Reclamar Adianta na Rádio Bandeirantes AM 1360 (RJ) de segunda à sexta-feira, das 10h ao meio dia, podendo ser acessado pela internet: www . reclamaradianta .com. br.  O programa tem apoio da equipe do serviço Em Defesa do Consumidor, o maior serviço de interesse público gratuito e personalizado do país, voltado à defesa do consumidor (www . emdefesadoconsumidor .com. br). Acesse o site e  peça orientação.  O atendimento é 100% gratuito e personalizado.  Banco do Brasil indeniza por descontos indevidos na conta A juíza Mirian Porto Mota Randal Pompeu, da 27ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua, condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 5 mil ao aposentado A.O.S.S.. Além disso, a instituição terá que devolver, em dobro, os valores descontados indevidamente da conta do cliente. De acordo com o processo), em fevereiro de 2010, ele foi informado da existência de débito no valor de R$ 289,12. A dívida era referente à parcela em atraso de contrato firmado com o banco. O aposentado autorizou a quitação da quantia, mediante desconto em folha de pagamento. Mesmo depois de pagar o débito, continuou tendo dinheiro retirado da conta. Ao todo foram subtraídos R$ 611,24. O correntista solicitou que a instituição financeira devolvesse os valores, mas o pedido foi negado. Por esse motivo, entrou com ação judicial, com pedido de liminar, objetivando impedir que o banco realizasse novos descontos. Requereu ainda indenização por danos morais, além da devolução em dobro da quantia subtraída indevidamente. A empresa contestou, afirmando que não houve nenhum ato

ilícito. Garantiu ter agido dentro das normas legais e que não ficou comprovado o dano moral. Átila Nunes Neto, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com . br , concorda com a magistrada: “ o cliente passou por vexame, constrangimento e humilhação ao ser cobrado por dívida já quitada”. Na sentença, a juíza determinou que o Banco do Brasil pague indenização e devolva os valores retirados em dobro. Itaú paga R$ 15 mil por cadastrar nome no SPC O Banco Itaú foi condenado a pagar indenização por danos morais, no valor de R$ 15 mil, ao estudante H.T.M., que teve o nome indevidamente cadastrado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). A sentença foi proferida pelo juiz titular da 15ª Vara Cível, Gerardo Magelo Facundo Júnior. O estudante alega que, no dia 05 de novembro de 2009, ao tentar fazer uma compra a prazo, foi informado de que seu nome constava no cadastro de inadimplentes. Posteriormente, descobriu que a negativação havia sido feita pelo Banco Itaú, com quem jamais possuiu qualquer relação jurídica. Ele enviou um fax ao banco, pedindo que seu nome fosse retirado do SPC, por não possuir nenhuma dívida. O autor também se dirigiu à empresa, mas, segundo ele, foi maltratado pelo gerente, que nada fez para solucionar o problema. O Itaú apresentou contestação, alegando que um cartão de crédito havia sido solicitado por uma pessoa que se identificou como sendo H.T.M., apresentando documentos originais de RG, CPF e comprovantes de renda e residência. A instituição financeira alegou que, se houve fraude, foi tão vítima quanto o consumidor, não podendo ser culpado pela falta de cuidado do requerente com seus documentos e informações pessoais. Átila Nunes Neto, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com . br , concorda com o juiz: “segundo as normas do Banco Central, o Itaú foi negligente ao verificar a documentação necessária para a concessão do cartão, causando por isso dano desnecessário ao autor.” Empresa de crédito condenada por não depositar dinheiro A 2ª Turma Recursal do Fórum Professor Dolor Barreira condenou a Oboé Crédito, Financiamento e Investimento S/A a pagar R$ 18.600,00 pelos danos morais e materiais causados ao cliente A.A.O.N.. O relator foi o juiz Francisco Carneiro Lima. Segundo os autos, o cliente contratou empréstimo com a empresa, em 29 de janeiro de 2009, para compra de um imóvel. Ficou acertado que o desconto seria feito em folha de pagamento. Pelo acordo, a Oboé depositaria o valor na conta de A.A.O.N. no dia 1º de fevereiro do mesmo ano. Dessa forma, ele adquiriu o imóvel, pagando parte da quantia à vista. O restante seria quitado com o dinheiro do empréstimo. Ele emitiu cheque que foi apresentado ao banco no dia 3, sendo recusado por insuficiência de fundos, pois a empresa não efetuou o depósito. De acordo com o processo, o cliente precisou vender a própria casa por preço abaixo do praticado no mercado para honrar o compromisso. Inconformado, recorreu à Justiça requerendo reparação pelos danos sofridos. O Juízo da Vara Única da Comarca de Independência, a 309 km de Fortaleza, condenou a financeira a pagar indenização de 18.600,00 sendo 9.300,00 pelos danos materiais e igual quantia a título de reparação moral. A Oboé entrou com recurso na Turmas Recursais. A empresa pediu a rejeição dos danos ou a limitação da indenização em R$ 500,00. Ao julgar a ação, a 2ª Turma manteve, por unanimidade, a decisão de 1º Grau. Átila Nunes Neto, coordenador do serviço Em Defesa do Consumidor . com . br , concorda com o relator: “nesse caso, a relação é regida pelas normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que elege a responsabilidade objetiva do fornecedor de serviços por prejuízos que possa causar aos consumidores”, disse.

WALDIR FLECK FILHO, Oficial Designado do Registro Civil das Pessoas Naturais de Campo Bom, RS, Faz saber que pretendem casar-se os seguintes nubentes: Edital nº 11.786 - ADEMIR MACHADO BUENO e VERA LUCIA WEBER Edital nº 11.787 - RODRIGO MARTINS DE MEDEIROS e ROSANE DA SILVA BRIZOLLA Edital nº 11.788 – JEFERSON IVAN DA SILVA e JOICI JANETE OLIVEIRA DOS SANTOS Edital nº 11.789 – ALEXSANDRO GONÇALVES PUENTE e BERENICE PADILHA Edital nº 11.790 – CHRISTOFARI MULLER DE MATOS e BRUNA VIEIRA DE OLIVEIRA Edital nº 11.791 – ODINEI GUERRES LOPES e RAQUEL CRISTINA SCHUCH Edital nº 11.792 –VALMIR RODRIGUES e JOSIANE ANGELA GOSENHEIMER DE LIMA Edital nº 11.793 – LAUDINEI DE OLIVEIRA e LUCIANA SIMONI TEIXEIRA Edital nº 11.794 – RENATO JOSÉ DE BRITO e MARIA ODETE FELICÍSSIMO DA CONCEIÇÃO Edital nº 11.795 – BRUNO SILVEIRA DA SILVA ROSA e BRUNA JANIARA RODRIGUES Edital nº 11.796 – TIAGO LEMES RODRIGUES e DAIANA DA COSTA Edital nº 11.797 – NERI PERKOSKI e INÊS TERESINHA LOPES Edital nº 11.798 – PAULO RICARDO MAUSER e ROSA MARIA GOMES Quem souber de algum impedimento acuse-o na forma da Lei. Campo Bom, 16 de novembro de 2011. Waldir Fleck Filho Oficial Designado


O FATO do Vale

36 anos de jornalismo com credibilidade.

Campo Bom, Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Campo Bom em Washington: visibilidade internacional

Campo Bom se despediu dos Estados Unidos semana passada,  com a certeza do dever cumprido. Além de representar o Brasil como único concorrente de uma rede municipal no Fórum Mundial de Educação Inovadora, promovido pela Microsoft  em Washington DC (EUA)  , voltou da capital americana com  a certeza de que muitos dos desafios propostos pelos melhores professores e lideres educacionais do mundo, estão sendo aplicados na rede municipal de ensino campo-bonsense.  Muito há que se caminhar, mas o orgulho de saber que muito mais que o uso da tecnologia em sala de aula, Campo Bom prepara seus alunos como cidadãos do mundo, responsáveis e cientes de seus direito, é o  grande prêmio

do grande encontro mundial onde as  experiências compartilhadas com educadores de 120 países e a oportunidade de mostrar que em Campo Bom a inovação é um desafio diário, fez do evento uma oportunidade  enriquecedora. Mais do que prêmios, o que se buscou no Fórum Mundial  foi mostrar a capacidade de Campo Bom, a força colaborativa de sua comunidade e os talentos inovadores que há na rede de professores da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. A participação  no evento certamente inspirará novos desafios para a cidade que adora inovar, que dá espaço e oportunidades para a criatividade e que certamente orgulha a todos por sua presença nos Estados Unidos, entre os melhores do mundo.

caixa.gov.br

PRA VOCÊ, PODE SER O CAMINHÃO DA MUDANÇA. MUDANÇA DE VIDA. O Caminhão da Sorte das Loterias CAIXA está em Campo Bom. Aproveite para apostar e participar dos sorteios, a partir das 19h.

Dias 14/11 e de 16/11 a 19/11

LARGO IRMÃOS VETTER, CENTRO CAMPO BOM/RS

SAC CAIXA: 0800 726 0101 (informações, reclamações, sugestões e elogios) Para pessoas com deficiência auditiva ou de fala: 0800 726 2492 Ouvidoria: 0800 725 7474

O Fato do Vale - 18/11/11  

Edição n.° 1944 | CAMPO BOM | Sexta-feira, 18 de novembro de 2011.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you