Issuu on Google+

Página 04

Página 15

COOMIGASP

R$ 0,50

Edição Quinzenal: 26 de Agosto a 26 de Setembro/2013

Página 14

o

Sétimo entre os melhores parlamentares do Maranhão Página 07

Entrevista Deputado José Alberto Oliveira Veloso Filho (PMDB/MA) Página 02

t

Ministro Edson Lobão recebeu em audiência a Diretoria da Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada/PA Página 15

Cleber Verde luta por reestruturação da Polícia Federal

Vitor Paulo é o 3º Deputado Federal mais produtivo do Brasil

Página 13

Deputado Domingos Dutra-PT/ participa de audiência com os Indígenas Entrevista Wandenkolk Gonçalves Gaiapós

Deputado Federal pelo PSDB/PA Página 13


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

* Por Antônio Carlos / Antonio Carlos (carlitinho)

Sou maranhense e conhecedor do trabalho deste grande homem. José Sarney de vereador a presidente, pôde nos mostrar que também não é fácil ser político. Mesmo assim fez e faz o que é preciso em respeito ao povo que o elegeu. Eu Editor deste jornal Folha do Trabalho, venho mostrar o meu respeito e admiração. Como maranhense que sou nascido em Aldeias Altas, mais precisamente no povoado de Boa Vista onde ali nasceu também o poeta Gonçalves Dias.

A minha admiração pelo sempre e eterno presidente do Brasil José Sarney, não é pelo simples fato de sermos conterrâneos, mas por todo a dedicação que sempre terá pelo povo brasileiro. Presidente Sarney, só desejo muita saúde e que continue até quando Deus quiser ,cumprindo a missão maravilhosa que Ele te deu. E que nem um tipo de fato ou notícia possa abalar a história de luta e de bravura. Um abraço com carinho e respeito deste Editor. E essa dedicatória que leva este veículo de comunicação a publicar na primeira página uma foto ao seu lado, mostra realmente esse respeito que sinto.

Diretor Presidente: Carlos Oliveira (Carlitinho) Diretora Executiva: Doralice Santana Diretora Comercial: Zélia Maria Martins Carneiro Contatos: DF(61) 8564-1597 /MA (99) 9903-9309 / GO (62) 4401-1715 Redação: Carlitinho e Salviano Jornalista Responsável: Lauana Cristina Borges Rosa RG. 5383813-GO Sede: Av. João Rosa S/N Centro – Aldeias Altas – MA Sucursal Goiânia: Av. Nazareth Qd. 63 Lt. 03 Jd. Guanabara – Goiânia – GO Representante Goiás: Salviano Coelho (62) 9277-0519 e-mail: jornalfolhadotrabalho@gmail.com Sucursal Capital do Brasí: CON. JARDIM BOTÂNICO V. CJ I LT. 37 - BRASÍLIA-DF www.jornalfolhadotrabalho.blogspot.com.br

Projeto Gráfico e Editoração 61 8515-7614

2

DEPUTADO FEDERAL CLEBER VERDE PEC dos garimpeiros segue para votação em plenário Com o apoio de todos os partidos a Proposta de Emenda à Constituição PEC 405/2009, de autoria do deputado republicano Cleber Verde (MA), será incluída na pauta do plenário nas próximas semanas. A proposta inclui garimpeiros e pequenos mineradores no Regime Geral da Previdência Social, ao lado de agricultores familiares, parceiros, meeiros e pescadores artesanais. Segundo o deputado, a proposta visa reparar um equívoco e restaurar o respeito e os direitos que esses trabalhadores mere-

cem. “A revogação do enquadramento do garimpeiro no Regime Geral de Pre-

vidência Social como segurado implica uma perda considerável de recursos

para várias famílias brasileiras que sobrevivem desta atividade”, disse.

Cleber participa de Frente no Congresso que luta por reestruturação da Polícia Federal O deputado Cleber Verde participou do lançamento da Frente Parlamentar de Apoio à Reestruturação da Polícia Federal, coordenada pelo deputado federal Otoniel Lima PRB/SP. O evento contou com a participação maciça de policiais federais de todos os estados do Brasil, parlamentares, membros do Ministério Público, policias civis e militares, bombeiros e líderes das associações de classe. O deputado que é consultor jurídico da frente, falou da importância de se lutar e valorizar o policial federal ressaltando que sai governo e entra governo

fica a polícia do Brasil. Na avaliação do parlamentar, a falta de valorização na carreira policial, do ponto de vista estratégico, é um sério problema para o Estado e desestimula a participação de novos e antigos profissionais. Essa Frente é muito importante para trazer a discussão ao Congresso Nacional como, por exemplo, a

falta de efetivo, o assédio moral sofrido pelos policiais e defasagem salarial, incluindo os servidores administrativos.

Para concluir parafraseou Humberto de Campos: O homem que não pugna por seus direitos sequer é digno de tê-los.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

3

Cleber Verde recepciona caravana do PRB Mulher Maranhão na Câmara dos Deputados “Quando uma mulher entra na política, muda a mulher. Quando muitas mulheres entram na política, muda a política”, afirmou o deputado Cleber Verde (MA) parafraseando a ex-presidente do Chile, Michele Bachelet. Para ele, as mulheres devem estar à frente de mandatos, pois, além delas serem maioria da população, conhecem de perto os problemas que afligem muitas famílias brasileiras. “As mulheres, de fato, estão participando mais ativamente da política do nosso país. Lá no Maranhão não é diferente. No dia 08, aconteceu o Encontro Nacional do PRB Mulher aqui em Brasília. Quero cumprimentar de forma especial a

presidente do PRB Mulher, deputada Rosângela, do Rio de Janeiro, que têm feito um excelente trabalho. Registro também a presença das mulheres maranhenses que estão nas galerias do Plenário Ulysses Guimarães neste momento e certamente sairão desse evento com um grande aprendizado”, disse. Quem fez questão de parar para parabenizar a caravana maranhense foi o senador Lobão Filho. Abrilhantam a caravana do PRB Mulher do Maranhão em Brasília a presidente, Jesus Verde, a prefeita de Chapadinha, Ducilene Belezinha, Secretária da Pesca de Cantanhede, Rosa Uchôa e a Prefeita de Sucupira do Riachão, Gilza.

Maranhão está no roteiro de trabalho do Marco Regulatório da Mineração O deputado republicano Cleber Verde (MA) conseguiu incluir o estado do Maranhão na discussão do novo Marco Regulatório da Mineração. A Comissão Especial que trata do PL 5807/13 aprovou o requerimento do parlamentar para realização de reunião na Assembleia Legislativa do Estado. Segundo o parlamentar, a comissão precisa conhecer a realidade dos municípios maranhenses que são usados para transportar toneladas de minérios. “Apesar de não se destacar na exploração, o Estado do Maranhão é estratégico no escoamento. Nós entendemos que seja justo compensar os

23 municípios maranhenses que ficam no corredor de escoamento dos mineiros, pois desses, 19 registraram os mais baixos Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país”, explicou ao apresentar o requerimento para inclusão do Maranhão no plano de trabalho. Código Mineral A Comissão Especial foi criada com intuito de proferir parecer ao Projeto de Lei 5807/2013 do Poder Executivo que estabelece o novo marco regulatório das atividades de mineração.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

4

Um avanço para a juventude um passo para o futuro Fico muito feliz com a aprovação e a sanção do Estatuto da Juventude e a criação do Sistema Nacional de Juventude (SINAJUVE), que promoveram e regulamentaram as políticas de incentivo aos jovens.

O Estatuto trata de redefinir os direitos, para os jovens de 15 a 29 anos, e assegurar o seu cumprimento. Podemos encontrar na lei sancionada no último dia 05 de agosto, vários pontos de grande relevância, como o incentivo a ampla participação dos jovens na formulação, implementação e avaliação dos programas e ações que desenvolvam políticas públicas para o setor, prevendo também os direitos daqueles que privados de liberdade e egressos do sistema prisional, possam ser atendidos e estimulados com educação e trabalho para a reinserção a sociedade. Também, programas de incen-

tivo ao empreendedorismo, ao credito, ao estimulo comercial na produção da agricultura familiar e rural. Não esquecendo os direitos dos jovens indígenas, e dos jovens deficientes a uma melhor inclusão social, na mobilidade urbana e meio ambiente e transporte, educacional e trabalhista, tecnológica e comunicacional. A política publica de atenção à saúde do jovem deverá ter consonância com o algumas diretrizes que possam garantir ações articuladas entre os serviços de saúde e os estabelecimentos de ensino, a sociedade e a família, com visitas à prevenção de agravos. Capacitando os

profissionais de saúde e assistência social para a identificação dos problemas relacionados ao uso abusivo de álcool, tabaco, e outra drogas. Um dos pontos mais conhecidos e divulgado é a meia entrada em eventos culturais e desportivos, além do transporte coletivo interestadual, com reservas a lei de duas vagas gratuitas por veículo para jovens de baixa renda; e reserva de duas vagas também por veículos com desconto de 50% no mínimo, no valor das passagens, para os jovens de baixa renda se esgotadas as vagas prevista anteriormente. Além de fortalecer as políticas para juventude, o Estatuto também garante a criação de espaços para ouvir a juventude, estimulando sua participação nos processos decisórios, para isto será obrigatória a criação dos Conselhos Estaduais e Municipais de Juventude Competirá aos estados coordenar o Sinajuve, em conformidade com o Plano Nacional com a participação da sociedade e dos jovens, editar normas complementares, criar desenvolver e manter programas, ações e projetos para a execução das políticas públicas de juventude.

Sétimo está os cinco melhores parlamentares do Maranhão O Deputado Professor Sétimo está entre os cinco melhores parlamentares maranhenses indicados pelo site de noticias Congresso em Foco, como um dos melhores parlamentares a ser votado por jornalista a receber o premio Congresso em Foco 2013 “Melhores Deputados”. O Prêmio será entregue dia 26 de setembro no Unique Palace, em Brasília. Entre os indicados maranhenses estão:

Domingos Dutra, Sarney Filho, Simplício Araújo e Chiquinho Escórcio. A lista a seguir traz os votos dados na última semana de junho por 166 jornalistas que cobrem o Congresso. Tanto a coleta quanto a apuração dos votos foi acompanhada pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal. Estão em destaque abaixo os parlamentares pré-selecionados para receber o prê-

mio na categoria geral “Melhores Deputados”. Na oportunidade, serão premiados ainda os já selecionados pelos jornalistas para as categorias especiais e os congressistas que serão indicados diretamente pela população. Neste caso, a votação se dará entre 9 de julho e 9 de setembro, e nela será definida também a classificação final de todos os parlamentares que serão homenageados.

Sétimo e as melhorias para a Educação em Timon O Deputado Professor Sétimo (PMDB-MA) esteve na capital maranhense São Luís, em audiência como o Secretário de Educação do Maranhão, Pedro Fernandes, (foto) que está licenciado do cargo de deputado federal, solicitando o atendimento de uma antiga reivindicação feita na gestão do Secretário César Pires. O pedido refere se a instalação de um instituto de Capacitação e Qualificação continuada para os docentes do município de Timon MA. Conforme o Deputado Sétimo, o Secretário de Educação disse que a secretaria está com um novo planejamento para a Educação no Estado e que incluiria o

município no projeto que contempla a criação do instituto no município. O Secretário também teria lhe informado que outras solicitações para o município de Timon serão atendidas. “Será feita a reforma do CAIC U.I - Domingos Rêgo; reforma do Farol da Educação; Unidade de

Ensino Duque de Caxias; Centro de Ensino Marechal Arthur da Costa e Silva; construção da quadra coberta com vestiário no Centro de Ensino Senador Clodomir Millet e também, quadra com vestiário para a Unidade de Ensino Aluísio de Azevedo”, disse o parlamentar, em sessão Plenária.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

5

JORNAL FOLHA DO TRABALHO ENTREVISTA O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE FORMOSA SERRA NEGRA/MA DR. EDMILSON Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Qual a avaliação desses 08 meses de governo? Prefeito Dr. Edmilson: É um grande desafio, não foi nada fácil nesses primeiros meses, além de recomeçar os trabalhos de recuperação das estradas, escolas, hospitais, enfim... as áreas básicas para que a população possa sobreviver com dignidade, travamos uma grande batalha para regularizar os documentos do município para ficar apto a receber recursos dos governos federal e estadual. Nos últimos dois mandatos não tivemos nenhum recurso desta natureza. Hoje graças a Deus e ao trabalho de equipe estamos nos recuperando para receber grandes investimentos para mudar a história desta cidade. Entramos na era do trabalho e do progresso. Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Falenos sobre a questão das estradas, principalmente sobre a MA? Prefeito Dr. Edmilson: O Deputado Alberto Filho é um defensor do nosso município e preocupado com a recuperação da MA 006, que é um pedido de toda a região de Gra-

jaú, Formosa, Fortaleza, para urgência nos reparos. Precisamos que o poder público faça o impossível para resolver essa questão. Não conseguimos escoar a produção e nem socorrer um doente em estado grave! A estrada realmente está tenebrosa. Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): O Senhor esteve em Brasília pela terceira vez e quais recursos que conseguiu do Governo Federal e com a bancada maranhense? Prefeito Dr. Edmilson: Tenho tido grandes apoios como, por exemplo, do Senador João Alberto, Senador Edinho e da bancada de deputados do PMDB. Estamos otimistas, pois, esperamos receber investimentos do PAC e vamos realizar grandes obras do nosso município. Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Como está o relacionamento do poder executivo para com o legislativo no município? Prefeito Dr. Edmilson: Quando assumimos o governo com o pensamento de trabalhar fizemos um compromisso com a população. Mesmo quem

não está na base aliada, se preocupa com o nosso povo, por isso a relação é de harmonia.

ou seja, lá e aqui o meu trabalho é para o povo que me elegeu.

Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): O que o povo pode esperar do seu mandato?

Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Quantas vezes o senhor veio à Brasília como prefeito?

Prefeito Dr. Edmilson: Todos me conhecem e sabem da minha determinação como profissional de saúde que sou MÉDICO. Se me elegeram a minha meta é melhorar a vida dos nossos munícipes. Venho à Brasília regularmente buscar recursos,

Prefeito Dr. Edmilson: Acredito que umas quatro vezes fui recebido no gabinete do senador João Alberto, lá eu me sinto em casa. Aquele gabinete busca servir e mostrar para o que está ali, realmente é satisfatório trabalho.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

ENTREVISTA PREFEITO DE AFONSO CUNHA/MA: JOSÉ LEANE

Ministro Edson Lobão e o Prefeito de Aldeias Altas-MA Dr. Tinoco

ENTREVISTA: DR. TINOCO PREFEITO DE ALDEIAS ALTAS/MA Folha do Trabalho (Carlito): Prefeito é a segunda vez que o senhor está vindo à Brasília, no encontro de prefeitos do Brasil com a Presidenta Dilma. Qual a sua avaliação desse momento para a vida do Brasil. Prefeito Tinoco: A marcha foi muito proveitosa, conseguimos algumas coisas, mas não o que realmente almejávamos. A presidenta está de parabéns, nos recebeu e ajudou principalmente os municípios do Maranhão, para que possamos cumprir com nossos compromissos. Folha do Trabalho (Carlito): Como o Senhor avalia os primeiros meses de governo no município de Aldeias Altas? Prefeito Tinoco: Eu tenho procurado para realizar todos os compromissos feitos em palanque. Concluímos duas pontes de concreto nos primeiros

6

seis meses de governo, ligando o bairro Grand Ville a Vila Costa Pinto e ligando o bairro Matadouro a Vila Rita Reis. Estamos concluindo uma estátua de São João Batista o Padroeiro da nossa cidade, como 22 metros de altura. Estamos pagando todo o funcionalismo em dia sem atrasos. Vamos fazer muito mais, melhorando a situação econômica da nossa gente. Folha do Trabalho (Carlito): Como está a sintonia dos poderes dentro do município? Prefeito Tinoco: Estamos em total harmonia, temos uma Câmara de Vereadores competente e todos comprometidos com a causa pública. Todos os onze vereadores tem nos ajudado no desenvolvimento e no crescimento de Aldeias Altas-MA. Tudo isso é para dar continuidade ao grande governo do nosso antecessor meu amigo José Reis que em oito anos trouxe grandes realizações. Entregou-me uma herança de

dignidade e trabalho, que eu tenho que dar continuidade a essa forma de pensamento promissor. Mais uma vez agradecer aos vereadores compromissados com todas as causas da cidade. Folha do Trabalho (Carlito): Qual a mensagem que o Sr. deixa para o povo do Brasil e para os Aldeenses. Prefeito Tinoco: O povo brasileiro passa por grandes dificuldades, não é a toa que o “Gigante Acordou”. Mas vamos com calma chegar ao nosso destino final. Ao meu município digo que estou sempre a postos para fazer crescer e desenvolver aquela terra que tanto amo de povo ordeiro e que sonha com melhores dias. Vou lançar apenas projetos de melhorias, por exemplo: O combate a pobreza do município de Aldeias Altas, tenho certeza que seremos orgulho do Estado do Maranhão.

Folha do Trabalho (Carlito): Prefeito o senhor está vindo à Brasília pela 2ª vez, e ouviu hoje a palavra da Presidenta Dilma. Como o senhor sai da capital fazendo parte da caravana de prefeitos, deste encontro com a FAMEM? Prefeito José Leane: Nós viemos lutar por uma causa justa dos municípios, houve essa queda do fundo de participação, mas a Presidente deu sua colaboração, nos garantindo aporte financeiro, um agora no mês de agosto e outro no mês de abril do ano que vem. Isso vai nos ajudar muito, é pouco, mas, ajuda de qualquer forma, como por exemplo, também no PAB percapita, vem se preocupando com a saúde ajudando na questão dos médicos, pois no meu município é uma questão muito complicada, temos muita dificuldade para conseguir. Afirmo que a cada ano a marcha tem surtido muito mais efeito, sendo cada vez mais proveitoso.

nesses 10 meses de go- sos para construção de verno o que Afonso Cu- escolas e ginásios na nha recebeu de novo? zona rural. E mais: Estamos inaugurando o Prefeito José Leane: primeiro sistema de Recebemos algumas coi- abastecimento de água sas fruto do trabalho do que estamos fazendo ano passado, temos na zona rural, tudo é nova frota de ônibus es- para esse ano. colares, uma potrol niveladora, aterro sanitário Folha do Trabalho concluído, carro de lixo, (Carlito): Qual a mensaequipamentos para gem que o senhor deiárea de saúde. O Gover- xa para o Brasil e prinnador estará entregan- cipalmente para o do o hospital provavel- povo de Afonso Cunha mente até setembro de no Maranhão? 2013, equipado. Conseguimos a libePrefeito José Leane: ração de 400 mil para Temos que ter perseveconstrução de uma UBS rança, lutar e correr na cidade, além do recur- atrás. Nada de ficar paso para reformar a já rado senão agente não existente no município e consegue. Hoje no Brasil, estamos aguardando a não temos espaço para Folha do Trabalho liberação para reforma os pessimistas e sim (Carlito): O senhor está da UBS de zona rural. Ti- para os otimistas. Então no segundo mandato, vemos também recur- vamos lutando sempre.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

ENTREVISTA COM O DEPUTADO JOSÉ ALBERTO OLIVEIRA VELOSO FILHO (PMDB/MA

7

ENTREVISTA EM BRASILIA COM DUCILENE BELEZINHA, PREFEITA DE CHAPADINHA/MA

Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Qual a satisfação de receber os prefeitos em vosso gabinete parlamentar? Deputado José Alberto Filho: É sempre um prazer receber os prefeitos do nosso estado do maranhão, principalmente os que fazem parte da nossa base eleitoral. Os que passam por aqui sempre procurando benefícios e soluções para os seus respectivos municípios. O meu gabinete está de portas abertas para todos, porque conhecemos de perto a realidade do nosso estado do Maranhão. Quando estou no meu estado faço questão de visitar município por município. A visita dos prefeitos é muito importante porque além das emendas que destinamos, ainda ajudamos a buscar recursos junto aos Ministérios. Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho: Falando em visita o senhor acabou de receber o Prefeito Edmilson de Serra Negra/MA. O senhor ajudou Serra Negra com alguma emenda parlamentar de sua autoria, visto que o município passa por um momento calaminoso que é a questão daquela MA que interliga o município.

Folha do Trabalho (Carlito): Prefeita Belezinha, nos sete meses à frente da prefeitura do município de Chapadinha, o que a senhora já pode avaliar da sua gestão? Prefeito Dr. Edmilson e Deputado Federal Alberto Filho

Deputado José Alberto Filho: Um dos maiores problemas do município de Formosa Serra Negra realmente é a MA, que é uma obra de competência do Governo do Estado e nós já intercedemos junto ao secretário de infraestrutura o Luiz Fernando, e a própria governadora também já está a par da situação. Eu sou testemunha ocular daquela realidade, pois estive presente e trafeguei na estrada do município de Grajaú até Serra Negra por aquela MA. Eu senti de perto o sofrimento daquelas pessoas, inclusive no mesmo dia tive o amortecedor do carro quebrado. Estou intercedendo para que o problema seja

resolvido o mais rápido possível. Tenho uma parceria com o prefeito Edmilson, estamos encaminhando para o município mais de 50 km de estrada, que é uma das maiores necessidades de Serra Negra, pois mais de 60% do local é rural. A emenda destinada só tem a contribuir com o desenvolvimento do local. Falamos também sobre a FUNASA, o assunto foi à proposta de saneamento básico, também para tratar de questões com o Ministério de desenvolvimento agrário, para reivindicar máquinas e implementos agrícolas, e assim melhorarmos a qualidade de vida do povo do município de Formosa Serra Negra.

Prefeita Ducilene Belezinha: A avaliação é positiva, apesar de muita luta, já que quando encontramos a casa bagunçada, achamos que seria muito difícil seguir em frente. Haviam muitos débitos, convênios inacabados. Estamos hoje isentos no Governo Federal. Estamos em Brasília para viabilizar recursos e emendas para o nosso município. Fomos aos Ministérios: Do Turismo, Meio Ambiente, Educação, Saúde, Pesca, ou seja, todos que eu sei que podem nos ajudar e termos grandes parcerias. No governo estadual já temos grande acesso às demandas com a Governadora Roseana Sarney, com o Secretário de Infraestrutura Luiz Fernando, com o Secretário das cidades e Articulação, o Secretário de Agricultura do Estado. Esperamos que sejamos atendidos na reforma do

estádio, reforma do mercado público municipal, ou melhor, na conclusão e reforma de muitas obras que nunca foram entregues anteriormente. O que mais temos dificuldades é com a saúde, falta de profissionais de modo geral, fica muito difícil arcar com tudo isso. Mesmos assim fazemos milagre com os recursos que temos, assumindo os débitos. Em janeiro fomos surpreendidos com tantas divididas, por exemplo, o fundo de participação estava bloqueado por falta de pagamento do PASEP só deste negociamos mais de R$ 500 mil, negociamos

mais de 14 milhões só da previdência, e agora parcelamos mais para retirar a última certidão do Regime de Previdência Própria no valor de quatro milhões, pagando 70.000 mensais. Fora e herança dos precatórios que é muito complicada, quase todo dia tem um bloqueio sendo feito. E temos também convênios que foram retirados 20%, 30%, e que não foram nem dado início as obras, ou seja, temos muitos impasses. Vamos tocar a bola pra frente! Folha do Trabalho (Carlito): O que a prefeita Belezinha deixa de mensagem para o Brasil e para o povo de Chapadinha. Prefeita Ducilene Belezinha: Continuem com fé e esperança. Não estamos em Brasília para gastar o dinheiro do povo e nem aparecer, mas realmente pensando no que nos comprometemos que é realmente honrar o nosso compromisso, e não deixar ninguém desacreditado. Se eu não conseguir fazer tudo, mas farei o melhor no que fizer. Prefeita de Chapadinha/MA Ducilene Belezinha


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

Entrevista o Prefeito de São José de Ribamar-MA e Presidente da FAMEM no Estado do Maranhão Gil Cutrim.

Prefeito de São José de Ribamar, Gil Cotrim, presidente da FAMEM

Folha do Trabalho (Carlito): Como o Sr. vê esse momento para o estado do Maranhão onde a FAMEM vem até Brasília ao encontro da presidenta Dilma? Há um resultado positivo? Prefeito Gil Cutrim: Primeiramente vamos agradecer a presença maciça dos prefeitos do Estado do Maranhão, estivemos em grande número, mostrando uma maturidade e uma união, estamos imbuídos num processo de proposição que é nos fortalecer junto ao Governo Federal. Viemos aqui buscar uma proposta que ameniza o sofrimento do povo brasileiro, principalmente de municípios como os do Maranhão. Nós vimos através do discurso da presidenta e através das propostas do governo federal soluções que podem amenizar esses problemas claro que de forma parcial. Mesmo assim nós que somos prefeitos temos a certeza de que vamos melhorar a qualidade de vida dos nossos munícipes. Só quem vive e administra uma cidade sem estrutura sabe do que está falando e o que veio bus-

car. Pacto Federativo Já! Vamos melhorar a contribuição da UNIÃO como os municípios. Hoje somos os entes que menos recebem recursos, em contrapartida somos os que mais recebem arrecadação. Portanto temos que nos unir e a maior prova disso foi o reconhecimento da presidenta Dilma. Infelizmente ela não declarou o que nós queríamos que era revolver os programas do Governo Federal... De qualquer forma ainda estamos na esperança de que tudo se resolva. Folha do Trabalho (Carlito): O Sr. tem duas vitórias: eleito prefeito da cidade de São José de Ribamar e também eleito presidente da FAMEM por mais 180 prefeitos, num estado que tem 217 municípios. Como o Sr. pode avaliar essa grande aceitação e como está a FAMEM? Prefeito Gil Cutrim: Nós estamos buscando grandes conquistas, e congregar essa união dos municípios e de todos os gestores e estamos com um propósito diferenciado,

onde estamos descentralizando o objetivo da FAMEM, levando às regiões do estado do Maranhão, nós já fizemos um seminário, na região de Imperatriz e no próximo mês iremos para presidente Dutra, para São João dos Campos fazendo também o mesmo movimento, levar o objetivo da FAMEM, levar nossa estrutura aos prefeitos, para que possam conhecer a nossa qualidade. A FAMEM é uma instituição que busca resgatar a dignidade e o fortalecimento dos deputados e dos municípios maranhenses, e mudar a realidade do nosso estado. Não existe estado, sem municípios fortalecidos. Folha do Trabalho (Carlito): Como o sr. analisa as próximas eleições de 2014. A Roseana Sarney já definiu um grupo e lançou o Dr. Luiz Fernandes? Prefeito Gil Cutrim: A FAMEM não tem partido político, segue apenas o fortalecimento dos municípios. Agora, a decisão do governo de lançar "A" ou "B", só esperamos que decidam por um nome que venha agregar e melhorar o Maranhão. Se o governo

lançou o Luiz é porque ele tem seus méritos, eu sou suspeito em falar porque além de ser meu antecessor, é uma pessoa que apoiou a mim e ao meu grupo político. Prestou um grande serviço ao município de José de Ribamar e que tem demonstrado ao estado do Maranhão que pode ser feita sim administração pública de qualidade, basta ter compromisso, planejamento e transparência. É isso que o Luiz Fernando tem passado para o povo do nosso município. Hoje administro a cidade com o seu apoio. Que o povo escolha o melhor para governar o estado do Maranhão. Folha do Trabalho Carlito: Quais são as suas considerações finais? Prefeito Gil Cutrim: Só tenho a agradecer a oportunidade e dizer ao povo do estado do Maranhão e principalmente a comunidade de São José de Ribamar que nós estamos engajados no projeto de melhorar os nossos índices e fomentar cada vez mais o fortalecimento das nossas políticas públicas e levar a qualidade de vida que eles merecem.

VEJA TODAS AS FOTOS DO JANTAR DA FAMEM EM BRASÍLIA NOSSO BLOG

jornalfolhadotrabalho.blogspot.com ANUNCIE (99) 9903-9309 (61) 8564-1597

8 Entrevista Vereador Rogério Cruz PRB/GO

Vereador Rogério Cruz e o Repórter Carlitinho

Folha do Trabalho entrevista Vereador Rogério Cruz PRB/GO, o terceiro mais votado, que este a frente da Secretária Municipal de Gestão de pessoas. Reassumindo seu posto na Câmara Municipal. Folha do Trabalho: Vereador como foi este tempo que o Sr. Passou como Secretário na Prefeitura de Goiânia, e qual foi a experiência a frente da Secretária? Rogério Cruz:Foi uma experiência muito boa, uma vez que nos envolvemos junto com outras pessoas, trabalhando com 49.022 servidores, e tivemos a oportunidade de criar um lapso, tanto com servidores quanto também com Secretários, fizemos boas parcerias, esta minha saída de lá e retorno aqui para a Câmara me deixa bem a vontade, por estes 06 meses de pode esta sempre junto aos Secretários aos servidões que sempre prestaram apoio para gente enquanto estivemos ali. Folha do Trabalho: Vereador e o retorno? Rogério Cruz:O retorno é sempre bom, porque estaremos mais próximos do povo, lá estávamos mais próximos do servidor. E com esta aproximação nós estamos aí fazendo um trabalho de visitas, visitando os setores, todos os finais de semana aos sábados e domingos, setores estes onde nós tivemos nossos trabalhos desenvolvidos e mais presentes desde a época de campanha. Temos sido bem recebidos, pelos moradores dos bairros onde nos temos estado presentes, este projeto que vai se alargando cada semana de poder estar presentes nos setores no futuro até em dias de semana. Por enquanto somente sábados e domingos. Mas tem sido muito importante para mim poder estar perto das pessoas.

Leia matéria na íntegra em nosso blog jornalfolhadotrabalho.blogspot.com


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

Trabalho Social de Qualidade

FEDERAÇÃO GOIANA DE CAPOEIRA

9 CLIKS EM BRASÍLIA

(ESPORTE) A ARTE DA CAPOEIRA

Folha do Trabalho: Aqui em Goiânia, conversamos agora com o Presidente da Federação de Capoeira do Estado de Goiás. Presidente João Salustriano Pereira. Como começou este movimento, e hoje como ele esta se desenvolvendo?

Entrevista em Goiânia com o Contramestre Moçambique (foto) Presidente do Grupo de Capoeira Herança Guerreira que tem como vice-presidente Daiane Morena. Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Moçambique, nós observamos o trabalho que vocês estão prestando a esta comunidade e para a sociedade de um modo geral. Sabemos que você já esteve fora do País. Qual a satisfação de retornar e realizar um trabalho tão fantástico coordenando este grupo não só aqui como em outras cidades do Goiás? Contramestre Moçambique: A sensação é muito boa, é a satisfação do dever cumprido. Eu saí do meu País, não tive apoio algum. O poder público não patrocina como deveria os nossos atletas. Acho que ficam preocupados excessivamente com o futebol, creio que por conta da mídia em todos os sentidos, esquecendo as demais modalidades. Não falo só da capoeira, mas do karatê, judô, jiu-jitsu, kung-fu, e tantas outras. Eu destaco a capoeira por que é algo 100% brasileiro e protegido pelo patrimônio cultural e material do Brasil, ou seja, o Governo Federal deve apoiar. Fora do País eu desenvolvi e tenho vários programas dentro de órgãos federais americanos. O projeto se chama “Boys and Girls Club”, conhecido como after school, para as crianças da rede pública de educação, ou seja, após a aula, praticam essas atividades extracurriculares. Eu consegui implantar a capoeira dentro desses projetos. Só posso te dizer que é sucesso total no país! Então sensação de dever cumprido fora do País. Aqui como você pode ver a quantidade de crianças em apenas um dos nossos núcleos; mas temos vários núcleos em Goiás e Goiânia, também em Minas Gerais. Desenvolvemos sim esse trabalho de capoeira de gingar e respeitar. Só tenho a agradecer a Deus pelo sucesso do grupo Herança Guerreira. Leia matéria na íntegra em nosso blog jornalfolhadotrabalho.blogspot.com

- O movimento surgiu na década de 30 do século passado, quando há época foi proibido pelo então Presidente Getúlio Vargas, quem praticava a capoeira era perseguido e preso, o trabalho de federação começou nos anos 80, sob o comando dos militares da ditadura, com o nome de Federação de Pugilismo, no final da ditadura em 85 abriu-se a possibilidade de formação de novas federações, das diversas artes marciais e lutas, como Capoeira, Karate e outras. Folha do Trabalho: presidente o senhor falou que a capoeira lhe deu tudo, o senhor começou aos seis anos de idade, e como é que funciona já que me disse que trabalha mais com projetos de onde surgi a verba para manutenção? Estes projetos a gente busca parcerias com o governo do estado, com a prefeitura, para que possa dar subsistência, a federação na verdade é vontade, não adianta você querer ser presidente de federação porque o dinheiro não vem fácil, a gente tem que brigar politicamente para se conseguir algum apoio, tem que se jogar o jogo dos políticos, eu por exemplo fiquei 4 anos fora da federação, o pessoal sempre fala que presidente rouba, então eu falei eu vou sair pra vocês roubarem, mas vocês tem fazer melhor que eu fiz, porque se eu roubo e faço se vocês não fizerem vai ficar feio, e ao assumirem não fizeram nada a federação praticamente se extinguiu. E hoje eles até batem palmas porque eu corro atrás, eu trabalho sou funcionário público e faço o trabalho tanto no meu grupo como os outros grupos federados, levando o movimento a participarem de eventos e dando condições para todos, agora mesmo estou indo a Senador Canedo visitar uma academia, e convidar para uma interação, pois a Federação é uma das mais atuantes no estado Leia matéria na íntegra em nosso blog jornalfolhadotrabalho.blogspot.com

A Empresária e administradora de empresas Doralice Santana, recepcionou com muita elegância os amigos em Brasília. Doralice fez questão de apresentar os pontos turísticos tão ovacionados mundo afora. Na oportunidade os casais de empresários participaram de um almoço no apartamento da empresária Doralice com a presença de seus familiares. Leia matéria na íntegra em nosso blog jornalfolhadotrabalho.blogspot.com

TERCEIRA FEIRA DE ARTE E CULTURA DE GOVERNADOR NEWTON BELO - MA A Associação dos Artesãos de Governador Newton Belo e cidades vizinhas na pessoa da nossa Presidenta Iranilde Teles e Vice-Presidente Padre Paulo Ricardo convida toda a população da região para participar do evento no mês setembro.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

10

ENTREVISTA: PREFEITO DE TURILÂNDIA ALBERTO MAGNO-MA Prefeito Alberto Magno: É o PTdoB (70) Folha do Trabalho (Carlito): O Senhor falou de todas as mudanças que aconteceram para o povo de Turilândia. Mas queremos saber qual a experiência desse pouco período de governo e o que lhe fez disputar a eleição.

Folha do Trabalho (Carlito): Como o senhor avalia a marcha dos prefeitos pela segunda vez no ano de 2013? Prefeito Alberto Magno: Uma grande quantidade esteve presente o que é muito importante. Mas aproveitei para visitar vários ministérios buscando recursos (saúde, educação, segurança) para Turilândia. O povo nos elegeu para lutarmos por eles e quero dizer que estou com o Wilsinho nosso assessor me dando suporte. Folha do Trabalho (Carlito): É seu primeiro mandato? Prefeito Alberto Magno: É o primeiro mandato. Assumimos o

município com grandes problemas e pendências, mas estamos confiantes de que vamos fazer uma grande administração para o povo de Turilândia. Folha do Trabalho (Carlito): Nesse curto tempo de mandato, dá para fazer alguma avaliação positiva? Prefeito Alberto Magno: A primeira coisa que fizemos quando assumimos a prefeitura foi reformar todas as escolas do município, compramos todas as carteiras novas, fizemos uma doação de todo o fardamento escolar para os alunos, melhoramos a merenda, entregamos kits escolares. Na saúde anteriormente só tínhamos um médico, agora temos oito

médicos, temos plantonistas em Turilândia não falta médico. Na farmácia básica antigamente não tínhamos remédios e agora temos. Fomos os primeiros a comprar uma ambulância com recursos próprios. Queremos fazer o melhor. Com relação à segurança pública, temos policiamento, reformamos a delegacia. Com relação à infraestrutura fizemos operação tapa buracos. Avançamos muito, demos uma nova roupagem no município. Estamos com o projeto de reformarmos o mercado de peixe. Peço apenas que confiem e apoiem nosso trabalho. Folha do Trabalho (Carlito): Qual o seu partido político?

Prefeito Alberto Magno: Antes eu era comerciante, e resolvi me candidatar a prefeito de Turilândia porque com a minha experiência, governar não é fácil, pois temos que ter consciência que o povo merece um carinho especial.

Assumi com muitas pendências e muitos vetos em todas as áreas. Eu quero dizer que estou confiante que nesses quatro anos vamos fazer uma administração dedicada com amor e humildade para com o povo. Folha do Trabalho (Carlito): Como está o seu relacionamento com a Câmara de Vereadores? Prefeito Alberto Magno: O Presidente da Câmara e os vereadores estão nos apoiando, pois veem que estamos fazendo um governo com seriedade, fazendo um trabalho em prol da comunidade.

Folha do Trabalho (Carlito): Qual a sua avaliação do encontro de prefeitos? Como o senhor sai de Brasília depois de ter ouvido a nossa presidenta? Prefeito Alberto Magno: Esperávamos mais do Governo Federal, mas ela vai liberar uma quantia para os municípios. É pouco, mas, é bem-vinda. Acredito que ela fará um grande governo. Folha do Trabalho (Carlito): Quais são as suas considerações finais? Prefeito Alberto Magno: Só quero agradecer ao Jornal Folha do Trabalho e ao povo de Turilândia.

WILSON FROES SODRE (WILSINHO) é secretário especial do prefeito de Turilândia Alberto Magno. Wilsinho esteve presente no Encontro Nacional de Prefeitos em Brasília com a Presidenta Dilma e participou de um maravilhoso jantar da FAMEM (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão). Na foto juntamente com o prefeito e o chefe de gabinete o Sr. Nilo Costa. Hoje é presidente do PSB de Turilândia/ MA, onde manteve contato com o prefeito eleito por este partido, o ex-deputado federal Ribamar Alves e agora prefeito da cidade de Santa Inês/MA. Já foi candidato a vereador e é atual articulador político na região maranhense, que sempre está em Brasília visitando o deputado federal Cleber Verde, para tratar da política do Estado.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

ENTREVISTA EM BRASÍLIA COM ALUÍSIO SANTOS, SECRETÁRIO DE INFRAESTRUTURA DE CHAPADINHA/MA

ENTREVISTA: PREFEITO DE TIMBIRAS/MA FABRÍCIO DO FOTO mandato? Como o senhor encontrou a cidade e como ela vai andar a partir de agora?

Folha do Trabalho (Carlito): A prefeita lhe deu carta branca para falar em nome do município, por isso eu pergunto: Como está a relação com a Câmara de Vereadores em Chapadinha?

Folha do Trabalho (Carlito): Aloízio, já são sete meses de governo da prefeita Ducilene Belezinha em Chapadinha/MA, eleita pelo PRB, e o senhor está desde o início da jornada. Como é a sua avaliação desse curto período de gestão? Secretário Aluísio Santos: Até agora está sendo satisfatório, apesar de termos encontrado Chapadinha com débitos em todas as esferas que se possa imaginar. Mas passamos esse período buscando mecanismos junto aos nossos deputados federais e as forças políticas que temos no estado. Agora podemos dizer que nosso município está apto a receber esses recursos. Para sair da inadimplência entramos com várias ações na justiça, para que pudéssemos estar embasados na lei. Só para vocês terem uma ideia, fundo a fundo, estado e município, nós tivemos um milhão e meio para poços artesianos e desse montante só haviam sido iniciados dois poços apenas eram para ser um total de 10. E para concluir, desses dois, só um tem água. Resumindo ainda mais problemas com convênios para escolas, enfim um caos total. Encon-

tramos mais de 60 escolas inviáveis para lecionar. Postos de saúde precários. A comunidade de Chapadinha tem ciência dos fatos, mas, estamos com essas forças políticas, como o Deputado Federal Cleber Verde, que sempre tem estado ao nosso lado e disposto a nos ajudar. Só no INSS parcelamos 14 milhões, no IPC (regime próprio) foram mais de cinco milhões em parcelamentos para quitar. Então a ajuda do Deputado Cleber Verde foi fundamental para tirarmos o município da lama. As estradas estavam há mais de 12 anos abandonadas, nós temos 127 escolas migratórias no município com 9 e 10 alunos cada. Nós vamos polarizar essas escolas colocando a frente à qualidade do ensino e em segundo lugar condições para os profissionais de ensino. Nosso município está abandonado há mais de 24 anos! É muito tempo. O que nós queremos nesses quatro anos de governo é com a nossa força e a força e capacidade da prefeita Ducilene Belezinha, temos certeza que Chapadinha vai fazer história de progresso em nossa gestão. Como nos discursos o lema era “VAMOS FAZER 40 ANOS EM quatro”.

Secretário Aluísio Santos: Temos um convívio estreito com o legislativo, mas temos que trabalhar juntos, temos que unir forças e ter a vontade de fazer. Iniciamos o governo com oito vereadores e hoje nós contamos com dez na Câmara. Temos a maioria, mas mesmo assim temos o diálogo com a oposição. É hora de mudar chega de roubalheira e vamos trabalhar para o povo. Obra é para ser feita, iniciada e concluída. Folha do Trabalho (Carlito): Quais são as suas considerações finais? Secretário Aloízio: Tenho a dizer ao povo que estamos tralhando há mais de 13 anos na comunidade, principalmente com o projeto evangelístico e que nós temos uma grande alegria. O maior salário que eu posso ter é ver o povo recebendo o que lhe é de direito. Educação e Saúde de qualidade. Vamos acabar com analfabetismo da nossa gente são mais de 12.000 nessa situação. A educação mudará a nossa história.

Veja entrevista na íntegra no site: www.j.ornalfolhadotrabalho. blogspot.com

11

Folha do Trabalho (Carlito): Qual a importância da sua vinda à Brasília nesses sete meses de mandato? Como o senhor vê esse momento para o Brasil e para o Maranhão, já que é a segunda vez que está aqui à procura de soluções para o município. Prefeito Fabrício do Foto: É muito importante, porque pela primeira vez na história os prefeitos estão se unindo. As manifestações tem mostrado a vontade popular de mudanças. A presidenta viu que ela precisa fazer muito para voltar aos braços do povo, pois sabemos que governar é muito difícil, pelo simples fato de não conseguirmos agradarmos a todos. Eu vejo nessa união de prefeitos a vontade de lutar pelas melhorias do Brasil e das suas cidades. Os municípios estão de parabéns, pois estamos sendo vistos e lembrados e o nosso povo só tem a ganhar com isso. Folha do Trabalho (Carlito): O senhor que é um prefeito muito jovem na cidade de Timbiras, dá para fazer uma avaliação desses sete meses de

Prefeito Fabrício do Foto: Infelizmente recebi o município com muitas pendências e dificuldades. A maioria dos funcionários com salários atrasados. Mas eu creio que estamos no caminho certo, já estamos com salários em dia, a cidade está limpa, a Governadora Roseana Sarney inaugurou um hospital do Estado em Timbiras, a nossa cidade está bem assistida, ou seja, de forma geral já conseguimos visualizar coisas concretas, ainda não está como queríamos, mas mostra que estamos preocupados em fazer o melhor para o nosso povo. Folha do Trabalho (Carlito): Prefeito, o senhor é do PRB, vejo sua ligação com o Deputado Federal Cleber verde. Como é essa parceria e também com a câmara de vereadores? Prefeito Fabrício do Foto: A Câmara de Vereadores, nós sabemos que é um poder paralelo ao Executivo, mas, o Deputado Cleber verde é muito ligado a nossa cidade, é um deputado que já foi votado lá outras vezes, estaremos juntos para o que der e vier nas próximas eleições. Folha do Trabalho (Carlito): Quais são as suas considerações finais? Prefeito Fabrício do Foto: Eu deixo o meu abraço especial a todos, finalizo agradecendo a oportunidade que estão nos dando de mostrar o nosso trabalho e agradecer por tudo que o povo tem feito por nós, confiado e acreditado. Quero dizer que estarei sempre aqui em Brasília e em São Luiz atrás de recursos para melhorar a nossa querida cidade.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

12

DEP WEVERTON ROCHA EM AUDIÊNCIA COM O MINISTRO DA JUSTIÇA Demarcação de terras indígenas Awa Guajá no Maranhão é tema de Audiência pública da pela Funai, o centro produtor que abastece não só a cidade de São João do Caru, mas também os municípios próximos como Bom Jardim, Newton Belo e Zé Doca.

Deputado Weverton Rocha PDT/MA ao Centro Foi realizada no plenário 08 da Câmara dos Deputados uma audiência pública para discutir a demarcação, homologação e ampliação das terras indígenas de Governador de Amarante e AwáGuajá, no Estado do Maranhão. Requerida pelo deputado Weverton Rocha (PDT-MA), a audiência ouviu representantes da comunidade e as autoridades responsáveis pela demarcação de Territórios Indígenas no Brasil, com o objetivo de entender a questão e tentar estabelecer um acordo que possa tranquilizar toda a população envolvida. Segundo o Deputado Weverton, a Audiência é de extrema importância devido ao tema por ela discutido. “Fizemos essa solicitação porque entendemos que alguma coisa estava acontecendo de forma errada no nosso

estado na questão de demarcação de Terras Indígenas. Está faltando que as famílias sejam ouvidas para que não sejam prejudicadas da maneira como estão prestes a ser. Entendo que esta situação não é exclusiva do Maranhão, portanto é preciso ouvir os dois lados”, ponderou o deputado. Representando a Funai e o Ministro da Justiça esteve Carlos Travassos, contrariando alguns deputados e integrantes da mesa, que esperavam a presença do próprio Ministro da Justiça e do Presidente da Funai, dada a importância da pauta. O deputado Weverton, junto ao presidente da Cindra Jeronimo Georgen foram em comitiva, solicitar ao presidente da Camara, Luis Eduardo Alves, a intervenção junto ao Ministério da Justiça para que cesse o processo de intrusão realizado

pela Funai com o apoio do exército. O que foi prontamente atendido, e no dia (21/08) ao meio-dia os deputados, prefeitos e representantes dos produtores foram atendidos pelo Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Saiba mais: No Maranhão a demarcação da Terra Indígena (TI) dos Awá-Guajá, caso seja homologada a área proposta pela FUNAI, afetará diretamente a vida de 40 mil pessoas de quatro municípios, o de São João do Caru, Zé Doca, Newton Belo e Centro Novo, que moram e trabalham na região, sobrevivendo da pesca, agricultura e criação de gado e estão ameaçadas de perder a terra da qual tiram o seu sustento. Há também a questão do povoado Caju, localizado dentro da área demarca-

Para o deputado Weverton a FUNAI, responsável pelo trabalho de demarcação dessas terras, vem muitas vezes conduzindo tais processos de forma pouco transparente e sem a participação da população, e isso precisa mudar. Segundo o deputado, já está protocolada na casa um pedido de CPI para investigação da Funai. “Vamos solicitar também que o Ministério público segure a desinclusão dos produtores rurais na Awá-Guajá com o exército e a força nacional para que a gente tente uma solução pacífica naquela região” afirmou Weverton Rocha.

Produtores Rurais/MA O outro lado: Produtores Rurais do Maranhão A audiência contou com os representantes dos pequenos produtores rurais que vivem e produzem na região. “São 26 anos de luta. Nós produzimos arroz, farinha, feijão, milho da forma mais artesanal e menos agressiva. Depois da portaria não tivemos mais direito a empréstimo, estrada, saneamento básico, nada. Que futuro haverá para nossos filhos”? finalizou Arnaldo Lacerda, Comissão Produtores Rurais São João do Caru MA. Mais cedo, cerca de 315 produtores rurais e familiares dos municípios maranhenses de São João do Caru, Zé Doca, Newton Belo e Centro Novo realizaram manifestação na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, onde com palavras de ordem pediram

a revisão na ampliação da Reserva Awa Guajá. O deputado Weverton, junto ao presidente da Cindra Jeronimo Georgen foram em comitiva, solicitar ao presidente da Camara, Luis Eduardo Alves, a intervenção junto ao Ministério da Justiça para que cesse o processo de intrusão realizado pela Funai com o apoio do exército. CINDRA Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia

Dep.W Rocha apoia Produtores MA


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

13

ENTREVISTA WANDENKOLK GONÇALVES DEPUTADO FEDERAL PELO PSDB/PA Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Qual a data prevista para o acontecimento? Deputado Wandenkolk: Sugerida, mas, não confirmada para o dia 25 de agosto, lá em Curionópolis/PA.

Deputado Federal Wandenkolk PSDB/BA

Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): Deputado nós sabemos que na Serra Pelada tem tido algumas assembleias e o senhor retratou que ira acontecer mais uma no dia 25. O Senhor pode nos adiantar alguma coisa sobre esse momento que os garimpeiros estão vivendo, ou seja, para que seja resolvido o problema de mineração daquela região? Deputado Wandenkolk:

A Assembléia se faz necessária para colocarmos a maioria dos garimpeiros juntos para a eleição da nova direção, pois na última que tivemos o judiciário não sabemos por que, resolveu anular a votação para aquele pleito e ainda reconduziu e empossou a administração anterior. Tudo isso gerou um clima de insegurança e uma possibilidade eminente de um conflito entre os garimpeiros. Nós chegamos a dar uma apaziguada e a ideia é que busque-

mos uma interlocução, para o entendimento das duas diretorias que foram eleitas, uma vez que ambas falam que o interesse maior é o direito do garimpeiro. O que eu busco é a união e unificação de tudo, e vamos cobrar da mineradora esses direitos com relação a vários quesitos junto com a COLOSP E A COLIGASP. Vamos resolver e avançar com certeza, é o que esperamos, trabalho para isso e o garimpeiro em primeiro lugar!

Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): A nossa reportagem esteve presente na última assembleia e o senhor falava do compromisso de representar a Câmara e o Senado Federal como um todo. E os garimpeiros, o senhor como parlamentar, como está à questão para resolver de vez os problemas dos garimpeiros de Serra Pelada? Deputado Wandenkolk: O que fica muito claro é a disputa que acontece há mais de 20 anos, e nem um grupo isolado conseguirá resolver essa questão. A única chance que temos realmente é buscar um entendimento em favor da classe garimpeira é estarmos unidos, principalmente nos pontos básicos, que é aumentar o percentual de participação dos garimpeiros em relação à mina mecanizada e o direito a aposentadoria, vamos levar a

plenários e também a parte da exploração, do paládio, recursos que estão na Caixa Econômica Federal bloqueados e acima de tudo uma prestação de contas da COLOSP, por conta do dinheiro que ainda não vimos a cor. Essa é a grande disputa que hoje paira sobre os diferentes grupos que se instalaram através de Cooperativas e Associações ali em Serra Pelada. Jornal Folha do Trabalho (Carlitinho): O Deputado Cleber Verde colocou o projeto de lei para que os garimpeiros pudessem ter a aposentadoria garantida. O Senhor pode adiantar algo sobre o assunto para nossa reportagem? Deputado Wandenkolk: Foi uma atitude fantástica do Deputado Cleber Verde, porque além da competência que ele tem, também é o autor do projeto que corrige uma injustiça histórica para com a classe garimpeira no que diz respeito à aposentadoria. É um projeto que foi submetido a uma comissão especial para ser analisado e fui indicado como presidente desta comissão. Conseguimos aprovar o relatório com menos de 60 dias por una-

nimidade e agora só esperamos chegar ao plenário da Câmara para distribuir ao Senado e automaticamente ser aprovado. Só precisamos de uma pressão maior pela base aliada do Governo Dilma, que é quem define a pauta em última instância aqui no Congresso Nacional, do qual o Deputado Cleber Verde é integrante. Vou citar também o Deputado Federal João Campos que tem uma boa relação com os garimpeiros de Goiás, por isso estamos organizando um movimento com parlamentares para dar prioridade a esta pauta. “Aqui é que nem feijão, só cozinha na pressão.”

“ O que eu busco é a união e unificação de tudo, e vamos cobrar da mineradora esses direitos com relação a vários quesitos junto com a COLOSP E A COLIGASP.” Deputado Federal Wandenkolk PSDB/BA


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

14

O Ministro Edson Lobão recebeu em audiência no Ministério de Minas e Energia a Diretoria da Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada, a COOMIGASP. Deputado Federal Cleber Verde

Jairo Leite, Dep. Cleber Veder, Jesser Simão, Ministro Lobão, Valder Falcão e Célio Sá

O Ministro Edson Lobão recebeu em audiência no Ministério de Minas e Energia a Diretoria da Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada, a COOMIGASP. Eles vieram a Brasília para apresentar a decisão da justiça do estado do Pará em relação ao processo de legalidade da Assembléia realizada para destituir a direção da

cooperativa. Para o presidente da COOMIGASP Valder Falcão, a reunião foi bastante positiva e pediu aos milhares de associados da cooperativa que mantenham a tranquilidade e confiem na justiça e procurem evitar o conflito que está sendo pretendido por uma minoria de baderneiros que nem pertencem a socieda-

de dos garimpeiros. O Deputado Cleber Verde do PRB/MA, solicitou ao Ministro Lobão apoio para que seja votada com urgência no plenário da Câmara Federal, o projeto de aposentadoria dos garimpeiros que foi entregue pela Comissão Especial ao Presidente da Mesa Diretora, Deputado Henrique Alves.

Valder Falcão Presidente da COOMIGASP

“O trabalho que agente tem feito, as perseguições dos adversários, mas temos suportado. Lá na justiça em Belém, também tive um belo trabalho, eu apresentei ao Ministro pedindo a abertura das contas dos garimpeiros o mais breve possível. Ele me garantiu que vai fazer o possível. A reunião foi muito produtiva, fomos muito bem recebidos, nos deu a oportunidade de dialogar e discutir os fatos.”

“Aproveitamos a oportunidade de ter estado com o Ministro que é do PMDB, para entrar em contato com o Deputado Henrique Eduardo Alves que é o presidente da Câmara, para que nós possamos apreciar de forma célere que eu acredito ainda este mês a PEC dos Garimpeiros. Queremos aprová-la e garantir a aposentadoria e pensão vitalícia aos garimpei-

ros, considerando que é uma espera de muito tempo e nós entendemos que este é o momento oportuno, uma vez que nós temos o apoio de todos os

partidos nesse momento para votar esta PEC. Portanto é uma reunião que teve um êxito, principalmente porque tivemos o apoio do Ministro Lobão”

Célio Sá Assessor Especial da diretoria da COOMIGASP “A reunião com o Ministro Lobão foi muito positiva porque viemos buscar apoio por conta da inviabilidade da cooperativa lá em Curianópolis, por conta das ameaças e dos tumultos. Viemos pedir o apoio da Força Nacional, da Polícia Federal, para que interceda junto aquele projeto tão importante que está prestes a iniciar a produção no final de setembro. Queremos apoio para a abertura das contas bancários dos garimpeiros, para receberem os seus dividendos. Queremos segurança naquela região porque defendemos a classe garimpeira. O presidente Valder é um líder que está desde 1999 nesta luta. As vezes

nos sentimos penalizados injustamente por alguém que não entende ou não é do movimento dos garimpeiros. Eu só tenho a agradecer toda essa luta e quero ser um baluarte nessa empreitada, em prol das famílias, das viúvas e dos filhos dos garimpeiros. Nós vamos vencer. A presença do ex-presidente da COOMISGAP Jesser Simão, está tentando renovar sua licença, ou seja o Valder é presidente apenas pelo afastamento do Jesser. Resolvendo esse problema, acredito que ele deva voltar. Mas o importante é a defesa dos garimpeiros independente do presidente que esteja no comando.

Agora a presença do Deputado Federal Cleber Verde foi muito importante, que ressaltou a defesa de PEC dos garimpeiros. O Deputado Cleber sempre lutou em prol da categoria em todo o Brasil. O que o Deputado defende é tudo que um garimpeiro quer: Uma aposentadoria!


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

15

NOTÍCIAS DE SERRA PELADA/PA

Vitor Paulo é o 3º deputado mais produtivo do Brasil

Nota Colossus Mineração A Colossus Mineração informa a sociedade que as forças policiais do Estado do Pará inibiram a tentativa de invasão ao projeto Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral, ocorrida em Curionópolis (PA) A maioria dos manifestantes é de não residentes na comunidade de Serra Pelada e afastou-se do local do protesto. Até as 18h deste domingo, informações locais indicavam que não há um ponto de concentração dos manifestantes. Não há

registro de vítimas. A tentativa de invasão, anunciada de forma pública antecipadamente e fortalecida em audiência no último dia 16 de agosto, teve apoio parlamentar dos deputados federais Arnaldo Jordy (PPS) e Wandenkolk Gonçalves (PMDB). A organização foi feita por grupos garimpeiros não reconhecidos pela Justiça do Pará como dirigentes da cooperativa sócia do projeto. É impraticável haver diálogo sob coação. A Colos-

sus considera este formato de mobilização violenta como irresponsável, que em absolutamente nada contribui para um futuro de paz duradoura em Serra Pelada. O projeto SPCDM alcançou 85% das obras de implantação, um investimento de R$ 600 milhões que emprega 1.500 profissionais diretos e indiretos – sendo 65% residentes de Serra Pelada. Forças policiais permanecem no local para devolver segurança à vila de Serra Pelada.

JANE VIEIRA/PTB CIDADE OCIDENTAL-GO

Jane Vieira foi A Suplente de Vereadora mais votada entre as mulheres do seu partido na Cidade Ocidental-GO. Atualmente faz trabalhos sociais junto a comunidade

O deputado federal Vitor Paulo do PRB Fluminense, é o terceiro representante da Câmara que mais trabalhou em 2012 em favor de um Brasil mais moderno, justo e competitivo. É o que aponta ranking elaborado pela revista Veja para medir o desempenho dos parlamentares. O ranking está na segunda edição e foi publicado na revista que chegou às bancas neste domingo. O parlamentar republicano está à frente de políticos de peso, como o ex-presidente da Câmara Arlindo Chinaglia (PT-SP), do ex-ministro Jutahy Magalhães (PSDB-BA), do lí-

der do PMDB na Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), de Luiza Erundina (PSB) e outros mais de 500 parlamentares. Os nove eixos de atuação que balizaram a avaliação feita pela revista e a formatação do ranking são: batalha em favor de uma carga tributária menor e de um sistema tributário mais simples, mais infraestrutura, mais qualidade de gestão pública, equilíbrio entre os três poderes, leis trabalhistas justas para empregadores e empregados, diminuição da burocracia, qualidade da educação e marcos regulatórios estáveis aplicados com transparência por agências independentes. A reportagem explica que os deputados e senadores foram classificados de acordo com o posicionamento deles em relação às proposições. Importante dizer que todos os políticos envolvidos em escândalos ou de reputação du-

vidosa foram sumariamente excluídos do ranking. Apenas parlamentares com a ficha limpa integram o levantamento. A equipe de Veja selecionou as proposições mais relevantes entre as centenas de medidas provisórias, projetos de leis ordinárias e complementares e propostas de emendas à Constituição que tramitaram no Congresso em 2012, as 142 que compõem o estudo. Cada um das proposições foram classificadas como favorável ou desfavorável de acordo com seu impacto positivo ou negativo sobre os nove eixos definidos para o levantamento. O segundo passo foi selecionar as ações parlamentares. A saber: a) pareceres em relatoria; b) apresentação de emenda; c) posicionamento em votação nominal; d) pronunciamento em plenário e comissões. Galgaram posições parlamentares que, em seu cotidiano legislativo, defenderam as propostas em favor dos nove temas centrais estabelecidos pela Veja - perderam pontos aqueles que estiveram contra essas ideias em favor de um Brasil mais moderno e competitivo.


“Se o Senhor não abre o mar, ele me fará andar sobre as águas.” Pensamento do Diretor Carlos Oliveira (Carlitinho)

16

ENTREVISTA EM BRASÍLIA COM O PREFEITO DE ALENQUER/PA LUIS MARREIRO (PSC)

ENTREVISTA: PRESIDENTA DO COMEFC E PREFEITA DE BOM JESUS DAS SELVAS/MA CRISTIANE DAMIÃO Folha do Trabalho (Carlito): Como a Senhora Prefeita do Município de Bom Jesus das Selvas e Presidente do COMEFC, avalia o Encontro de Prefeitos, depois de ter ouvido a presidente Dilma Roussef? Prefeita Cristiane: Os prefeitos saem decepcionados mas com uma esperança de que as coisas possam mudar. Como o Brasil já acordou e os prefeitos estão acordados há muito tempo, e agora está gritando a dor que vem sentindo. Eu tenho certeza que “ELA”, como presidente de um País que a apoiou, tenho certeza que que ela vai se sensibilizar e apoiar os municípios.

Folha do Trabalho (Carlito): A senhora esteve numa audiência com o Ministro Lobão que inclusive é maranhense. Qual foi a análise desse momento? Prefeita Cristiane:Eu digo que todas as vezes que eu estive aqui e precisei sempre fui bem atendida. Nós maranhenses devemos nos orgulhar de ter um representante no Ministério de Minas e Energia. Agradeço o trabalho fantástico que ele tem feito pelo Maranhão. Daqui eu saio esperançosa como sempre porque ele é uma pessoa comprometida com o povo do Maranhão. Folha do Trabalho (Carlito): Como está o

O prefeito de Alenquer (PA), Luis Marreiro, do PSC, esteve em Brasília para o Encontro Nacional de prefeitos. Ao Jornal Folha do Trabalho,

Empresário e Consultor Dr. Francisco Rogério Gonçalves Augusto Celebra convênios para as prefeituras que presta serviço junto aos Ministérios do Governo Federal.

movimento do consórcio dos prefeitos do Maranhão? Prefeita Cristiane: Estamos em grande harmonia e união, sempre fazendo encontros e workshops, com as 23 câmaras de vereadores que são defensores dos municípios para expor todos os seus anseios, e as grandes agruras que VALE vem causando e eles estão lá para defender o seu povo. Nós da COMEFC estamos dando essa oportunidade de eles também como gestores gritaram ao Brasil e ao Mundo. Eles também vão gritar ao Maranhão e aos políticos para poderem ajudar o COMEFC nessa luta.

ele falou sobre o evento e fez uma apelo à presidente Dilma Rousseff para que distribua melhor os recursos federais e dê uma atenção espe-

cial à região Norte, principalmente aos municípios pobres, que passam por muitas dificuldades. A presidente Dilma Rousseff anunciou no encontro com cerca de 5 mil novos prefeitos a liberação de R$ 66,8 bilhões para auxiliar os municípios a construir creches, escolas, reformar postos de saúde, levantar novas unidades de pronto atendimento e fazer obras de saneamento e de pavimentação, entre outros investimentos.

O Empresário Dr. Rogério, conseguiu celebrar convênios junto a vários ministérios como por exemplo: Ministério das Cidades, Ministério da Pesca, Minis-

tério da Agricultura, Ministério da Saúde, e também junto ao SNDE, FUNASA, tudo isso para as prefeituras a qual ele presta assessoria: Loreto, Nova Colinas, Feiras Novas do Maranhão, São Felix de Balsa e Alto Parnaíba. O Dr. Rogério é empresário da construção civil e consultor de obras. Participa constantemente de extensa agenda em Brasília. O escritório do Dr. Rogério está sempre apto a servir todos que de deus serviços necessitarem.

EMPRESA: GONÇALVES ENGENHARIA E CONSULTORIA DE OBRAS LTDA. E-MAIL: rogerioaugusto@hotmail.com

RUI MARINHO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS PESCADORES ALTAMIRA/MA

A Associação fundada em 2011 conta hoje com cerca de 300 membros. A vinda de Rui em Brasília foi para participar de debates na Câmara Federal sobre a importância e os valoresdo segmento. Acompanhado do Deputado Cleber Verde defende essa bandeira incansavelmente


Jornal folha do trabalho agosto setembro 2013