Issuu on Google+

ANO - X - Nº 76 - FEVEREIRO - 2014 - e-mail:jornalbrasilianoticias@gmail.com

DIABETES Seria mais doce viver sem ela. Como não é possível só resta se adaptar Página 05

Clean Service:

Dr. Arimar Mendes:

Imposto de Renda

Sucesso em recursos humanos

Seguradoras perdem na justiça

Acerto de contas com o leão

Página 09

Página 06

Página 10


Águas Claras

02

Alfabetização Cidadã Imposto de Renda 2014 A entrega da declaração do Imposto de Renda 2014, ano-calendário 2013, terá início no dia 6 de março e se estenderá até 30 de abril. O download do programa de declaração já foi liberado pela Receita FederaL. O contribuinte deve, então, organizar seus documentos para não cometer erros ou omissões que levem à malha fina. Além disso, quanto antes o documento for entregue, mais cedo vem a restituição. Este ano, os lotes devem começar a ser liberados a partir de junho. Neste ano, estão obrigadas a apresentar o documento as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 25.661,70 ou rendimentos não tributáveis acima de R$ 40 mil, ou, ainda, quem tinha bens com valores a partir de R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2013. O contribuinte que perder o prazo pagará multa de 1% ao mês sobre o imposto devido, sendo que o valor mínimo é R$ 165,74. Fique atento, entre no site da receita e veja mais informações

Geraldo Gonçalves Júnior Diretor Geral

EXPEDIENTE Comunicações El Shaday LTDA: e-mail:jornalbrasilianoticias@gmail.com DIRETOR GERAL Geraldo Gonçalves Júnior JORNALISTA RESPONSÁVEL Geraldo Gonçalves Júnior DRT-DF 5280/2003 SEDE: ÁGUAS CLARAS QS 11 A/04 (61) 8413-5730 / 3963-5730 SEDE TAGUATINGA (61) 8413-5730 Projeto Gráfico e Editoração Fabinho Dias (61) 8515-7614 Os artigos assinados serão de inteira responsabilidade de seus autores. Proibida a reprodução sem autorização por escrito

Perfil do Administrador

Denilson Bento da Costa Nascido há 44 anos em Brasília, Denílson Bento da Costa é servidor do Governo do Distrito Federal: professor de História da Secretaria de Educação. Especializou-se em ciências políticas e sociais e militou no Sindicato dos Professores do DF, onde chegou a ser diretor. Atuou também como secretáriogeral da Confederação Nacional dos

Trabalhadores em Educação, até ser convidado pelo Governador Agnelo Queiroz, em janeiro de 2012, para ocupar o cargo de secretário de Estado de Administração Pública. Desde então já foi Secretário de Educação, Assessor Especial da Governadoria do DF e foi nomeado no dia 04 de dezembro de 2013 para a Administração Regional de Águas Claras.

O projeto Alfabetização Cidadã da Universidade Católica de Brasília está com as inscrições abertas para os cursos de Alfabetização de Jovens e Adultos e Alfabetização Digital (informática básica). Os cursos serão oferecidos para a comunidade carente do DF e são completamente gratuitos. Também estaremos oferecendo vagas para aqueles que desejam atuar como alfabetizadores. Neste sentido, gostaríamos de contar com o seu apoio na divulgação dos cursos para o público. Estaremos a disposição para maiores informações pelo telefone: 3356-9162, ou no site: O Projeto está com vagas para alfabetizadores para atuarem nas cidades satélites com maior demanda de analfabetismo, preferência que o alfabetizador more na cidade onde dará aula. http://www.ucb.br/Noticias/2/5480/ AlfabetizacaoCidada/


Cidades

Atendimento especializado para pessoas surdas a no Núcleo Iniciais de Brasília O Núcleo de Iniciais de Brasília da Defensoria Pública do DF (DPDF) contará com um intérprete da Língua Brasileira de Sinais – Libras todas as segundas e quartas-feiras, das 14h às 18h, para que a comunicação efetiva seja garantida no atendimento às pessoas com deficiência auditiva. A iniciativa é mais uma conquista da parceria entre a DPDF e a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos, (APADA/DF) que juntos visam oferecer aos assistidos surdos um atendimento acessível e mais humanizado. O Núcleo de Iniciais de Brasília é o local em que se inicia a abertura de um processo. A pessoa surda deve procurar o setor de Iniciais para orientação jurídica nas áreas de famí-

lia, cível e consumidor. O andamento do processo e eventuais audiências também serão acompanhados pelo profissional. O Núcleo funciona na Estação do Metrô 114 Sul, na Praça do Cidadão.

03


Publicidade

04


Saúde & Bem Estar

É possível viver bem com diabetes A doença é séria, requer cuidados especiais, mas há como lidar com ela de maneira tranqüila. Prevenção, controle e informação são os caminhos mais indicados para isso O diabetes é a terceira causa de morte no mundo, superada apenas pelas doenças cardio-circulatórias e pelo câncer. Calcula-se que, de cada 100 pessoas, sete sofram com o mal.

Ritmos diferentes Para entender a doença é preciso saber que glicose e insulina dependem uma da outra - e ninguém sobrevive sem elas. A glicose é o combustível para os mais de 100 trilhões de células do organismo. É obtida a partir dos alimentos que, depois de digeridos, são transformados em glicose (açúcar) que chega às células por meio da corrente sangüínea. Para entrar em cada uma delas e fornecer a energia necessária para que tudo funcione corretamente, a substância precisa de uma espécie de chave fabricada pelo pâncreas, o hormônio insulina. Esta última acompanha os altos e baixos das taxas de glicose a que o corpo está sujeito, dia e noite. Nenhuma das duas pode sobrar ou faltar. O que ocorre no diabetes: há carência completa ou parcial de insulina. Resultado: o açúcar não tem como entrar nas células e estaciona no sangue.

Sentir muita sede, urinar com freqüência acima do usual, ter perda de peso inexplicável e visão embaçada podem ser sinais da doença Felizmente, novas pesquisas e métodos - engenharia genética, transplantes, remédios de última geração - avançam no sentido de trazer mais qualidade ao dia-a-dia do paciente. A descoberta mais importante, no entanto, não passa pelos laboratórios ou centros cirúrgicos, mas pelo bom senso. "É possível controlar e até evitar a doença quando se adota um estilo de vida saudável", diz a endocrinologista Caroline Bulcão (SP), mestranda em diabetes na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Com uma ressalva: há casos em que, além da mudança de hábitos, é necessário tomar medicamentos.

Seria mais doce viver sem ela. Como não é possível só resta se adaptar

05


Justiça

Seguradoras perdem na justiça Empresa terá de fazer o reenbolso de quase nove mil reais. Em Brasilia uma Seguradora de Saúde negou atendimento a uma cliente que precisou arcar com todas as despesas do tratamento. A paciente entrou na justiça para conseguir a devolução desse dinheiro e agora a empresa terá de fazer o reembolso de quase

9.000,00 ( nove mil reais ) . O advogado de Maria Aparecida, Doutor Arimar Mendes explicou que a seguradora não deixou claro no contrato a existência de uma tabela de reembolsos para casos como esse seus contratantes, o que levou ao ressarcimento total.

A professora universitária Maria Aparecida (foto) precisou realizar um procedimento médico de urgência mas a seguradora contratada pela empresa onde ela trabalha não tinha a disponibilidade de fazer o procedimento . Maria Aparecida precisou procurar um outro médico, arcar com todos os custos e logo depois solicitar a devolução do dinheiro. Esse pedido de reembolso foi negado. Maria Aparecida apresentou os recibos de pagamento do médico e a seguradora negou o pagamento do reembolso, recorreu três vezes e lhe foi negado .

A decisão partiu do fórum do Juizado cível do Riacho Fundo I , Distrito Federal, e foi confirmado por unanimidade pela primeira turma do TJDFT. Para Maria Aparecida o ganho não é só monetário, mas também para a justiça Brasileira e traz mais visibilidade para todos os casos semelhantes que afetam a maioria dos Brasileiros.

Dr. Arimar Mendes

Diz o advogado Dr. Arimar : “ Na omissão desse contrato, a seguradora não pode restringir o direito da segurada do reembolso total. Para que ela tivesse possibilidade de direito a pleitear isso , deveria se ter um contrato, e nesse contrato deveria conter de forma clara e específica o quanto de percentual deveria ser deduzido no reembolso“.

Dr. ARIMAR MENDES ADVOGADO OAB DF nº 34464 3022 - 5577 / 8463-5367 AC 03 Lote 18 Salas 04/05 Subsolo - Riacho Fundo I

06


Cidadania

Na Hora do Riacho Fundo ganha posto de atendimento do Procon

O Secretário de Justiça, Alírio Neto, inaugurou um novo posto do Procon na unidade da Subsecretaria de Modernização do Atendimento Imediato ao Cidadão (Na Hora), localizada no Riacho Fundo. Agora, as seis unidades do Na Hora passam a oferecer o serviço de defesa do consumidor. A unidade do Riacho Fundo, antes voltada para o atendimento empresarial, registrou em janeiro de 2013, 8.478 atendimentos. Com a ampliação dos serviços à população, e a instalação dos postos de Emissão de Passaportes da Polícia Federal e do Instituto de Identificação da Polícia Civil, já foram re-

gistrados em janeiro deste ano, 18.101 atendimentos na unidade. De acordo com o último relatório simplificado de gestão do Na Hora, o Índice Médio de Satisfação do mês de janeiro, na unidade, alcançou 98,39% de excelência no atendimento. Esse índice é o resultado da avaliação do cidadão-usuário dos serviços do Na Hora, que faz uso do teclado eletrônico disponibilizado após seu atendimento. Esta avaliação está baseada nos valores do Na Hora, na sua missão e, principalmente, na satisfação plena do usuário. “O alto índice de reconhecimento no trabalho do Na Hora me dá a certeza de que, se a gente fizesse uma avaliação com o Procon, ele também atingiria o mesmo nível, pois são duas prestações de serviço que contam com a confiança do cidadão, ele sabe que ao se dirigir a uma delas, terá seu problema resolvido com agilidade”, avalia Alírio Neto.

"É uma vitória podermos juntar dois serviços que a população procura tanto em um mesmo local. Temos orgulho de olhar hoje para essa unidade e ver o quanto ela se desenvolveu, e isso em função das demandas da população, pois é para ela que trabalhamos", disse o secretário de Justiça.

07


Governo Federal: Copa do Mundo

08

Copa do Mundo: Programa Brasil Voluntário prorroga prazo para inscrições Prazo para é estendido para 16 de março. Interessados terão mais dez dias para se cadastrar e participar da seleção do programa de voluntariado do governo federal para a Copa do Mundo

A atuação, integrada com o programa de voluntariado da FIFA, envolve auxílio a torcedores, imprensa não-credenciada e turistas, em aeroportos, áreas de fluxo (como centros co-

merciais e pontos turísticos), entorno dos estádios e eventos de exibição pública, além de áreas de mobilidade urbana (como terminais de ônibus e estações de metrô) e centro

aberto de mídia nas cidades onde este serviço estiver disponível. Para participar, é necessário ter mais de 18 anos e disponibilidade para atuar no mínimo sete dias, seguidos ou intercalados, em turnos de 4 horas diárias. A seleção também levará em conta a participação nos treinamentos virtual e presencial (assiduidade e desempenho), perfil compatível com a área de atuação e número

de vagas em cada área de atuação. Serão disponibilizadas até 1.500 vagas em cada sede do torneio: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Todas as etapas do programa – treinamento e atuação – serão certificadas pela Universidade de Brasília (UnB).

www.brasilvoluntario.gov.br


Recursos Humanos

RECURSOS HUMANOS

Marcilio da Costa Pires - especialista em Recursos Humanos e Gestão de Pessoas da Clean Service

Por trás de toda empresa de sucesso há um departamento indispensável: o de Recursos Humanos. Antes vista como um setor voltado apenas para contratação e dispensa de funcionários, a área é cada dia mais responsável pelo crescimento de uma organização, de acordo com especialistas. Com esta demanda, a

empresa Clean Service, que administra condomínios há quase três anos e é uma vertente no mercado de trabalho, possui em sua diretoria um profissional que soube aliar sua formação acadêmica com a experiência de mais de duas décadas nas fileiras do Exército para implantar métodos sugestivos, coercitivos e de ha-

09

“O potencial de cada empresa está na valorização de seus profissionais” bilidades para encaixar cada funcionário de acordo com o perfil de seus clientes. Estamos falando do Sr Marcilio da Costa Pires - especialista em Recursos Humanos e Gestão de Pessoas da Clean Service - que diz sempre em seu discurso que as empresas tem que dar conta de que o seu maior patrimônio é a pessoa, o funcionário. - “Somente ele tem o poder de gerar riqueza, transformar um negócio, um produto, em algo rentável e se você cuidar bem das pessoas, elas vão cuidar bem da sua empresa” Em uma rápida entrevista percebe-se o diagnóstico e a atenção dada a este fundamento. 1. Como é lidar com esta área tão sensível em sua empresa? - Primeiramente tem que gostar do que se faz. Não é fácil a sintonia empresa-colaborador. Em um primeiro momento ele precisa do emprego, mas depois esquece-se disso. A cada dia surge um problema novo e

o desdobramento tem que ser rápido. O cliente pede e a empresa imediatamente tem que atender. Se o funcionário não está atendendo àquilo que lhe é destinado a fazer ele é substituído ou deslocado para outro posto. Portanto, para lidar com esta área você tem que ser um estrategista, procurando diminuir tempo, custos e agradando seu cliente. 2. Qual a maior dificuldade encontrada para selecionar a pessoa certa para cada local de trabalho? - Falta de qualificação. Um funcionário porque trabalhou como vigia de obra acha que pode ser agente patrimonial, uma secretaria do lar chega na empresa e diz que é auxiliar de serviços gerais. Isto tudo para empresa tem custo, pois tem que treinar esta pessoa e o mercado não oferece tantas variantes. Em alguns casos, alguns funcionários chegam a dizer que se não der certo aqui, rapidamente ele arruma outra vaga. É desanimador quando ouvimos isso. Se houvesse uma qualifi-

cação melhor não teria tanto currículo em minha gaveta esperando para ser chamado. 3. A Clean Service vem se destacando no mercado, apesar da falta de mão-de-obra qualificada. O que a empresa faz para superar esta lacuna? - Investe pesado na seleção, analisa cada currículo e perfil de seu futuro funcionário e procura encaixar este colaborador de acordo com a necessidade dos clientes. Além disso, depois de contratado, os nossos funcionários dispõe de benefícios que nenhuma outra empresa oferece. E mais, destacando-se no seu posto passa a concorrer por promoções dentro do nosso quadro interno. 4. Quais as perspectivas para o futuro da empresa? - Manter a qualidade dos serviços oferecidos aos nossos clientes, procurar sempre estimular nossos colaboradores a crescerem junto conosco, e claro, alcançarmos o patamar de melhor empresa de terceirização de mão-de-obra condominial de Brasília.


Economia & Finanças

ACERTO DE CONTAS COM O LEÃO Consultor Régis Varão Dia 06/03 tem início a abertura de prazo para o contribuinte enviar o Imposto de Renda (IR) para a Receita Federal (RF), tendo até 30/04 para o ajuste de contas, que ao longo dos anos tem deixado o Leão mais faminto. Isso coloca o Brasil (36,3%) em 2º lugar com maior tributação na América Latina, Argentina (37,3%) em 1º, e Uruguai com 26,3% em 3º (10 p.p. abaixo do Brasil), segundo a OCDE. Há décadas a RF corrige a tabela do IR abaixo da inflação, o que leva a uma defasagem acima de 50%. A média dos rendimentos tem subido acima do IPCA, e mais trabalhadores são obrigados a declarar ao Leão, o que explica, em parte, essa elevada carga tributária. A RF criou mecanismos para que o contribuinte utilize tablets e smartphones, e a declaração pré-preenchida. Nesta, o contribuinte terá todas as informações das fontes pagadoras entre outros, referentes à declaração anterior, tendo apenas que acrescentar novas informações e fazer as atualizações. O contribuinte deve ficar atento aos detalhes e evitar a correria de última hora, que pode levar a inclusão de valores incorretos e a omissão de dados relevantes Regis Varão é Consultor de Finanças Pessoais, Economista com mestrado e doutorado em economia, Bacharel em Direito, Professor Universitário e ex-servidor do BACEN. Site: www.ravecofinancas.com.

como uma fonte pagadora. A desatenção pode reduzir o imposto a receber, levar o contribuinte a pagar mais do que deveria, e até mesmo a fazer estágio na malha fina da RF. Assim, junte os recibos, as declarações de fontes pagadoras etc, e confira com atenção a declaração antes de entregar. Deverá declarar ao Leão o contribuinte que auferiu em 2013, rendimentos tributáveis acima de R$ 25.661,70, rendimentos isentos como poupança, indenização de seguro por roubo e seguro-desemprego, superior a R$ 40 mil deverá ser declarado a RF. Também deverá declarar o contribuinte que obteve renda de atividade agrícola acima de R$ 128.308,50, e todos os contribuintes com patrimônio acima de R$ 300 mil. Temos dois formatos de declaração, uma simplificada, que é fácil de ser preenchida, e tem um desconto de 20% da renda tributável, limitado a R$ 15.197,02, valor este que substitui todas as reduções estabelecidas pela RF. Já o formato completo, é indicado para quem recebe valores acima daquele. Os valores dos abatimentos continuam decepcionantes, mas o contribuinte deve observar os lançamentos para sua utilização. A seguir, os abatimentos a serem lançados no modelo completo. Dependentes estão contemplados com desconto de R$ 2.063,64, não havendo limite quantitativo. Na educação o abatimento contempla gastos com cursos regulares, educação infantil, fundamental, ensino médio, profissionalizante, superior e pós-graduação, limitado a R$ 3.230,46 por CPF. As despesas médicas com consulta e tratamentos médicos/

odontológicos, planos de saúde, psicoterapia, fisioterapia, terapia ocupacional, acupuntura podem ser deduzidos, mas o contribuinte deve ter em seu poder os recibos com nomes, CNPJ etc, desses gastos caso a RF o “convide” a comprová-los. Temos abatimentos na área da previdência social, que pode ser descontado a contribuição ao INSS desde que o contribuinte tenha rendimento tributável. Quanto à previdência complementar pode ser abatido até 12% sobre o total dos rendimentos tributáveis, se o contribuinte tem Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL), por exemplo, entre outros. Empregada doméstica tem abatimento no imposto devido, da contribuição patronal paga à previdência social limitado ao valor de R$ 1.078,08 por um único empregado doméstico. Doações de incentivo a instituições vinculadas aos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente, ao Fundo de Amparo ao Idoso, às leis de incentivo à cultura, fundo nacional de cultura, projetos culturais etc, obedecem o teto de 6% do imposto devido. O imposto a pagar pode ser reduzido no ganho de capital com a venda de imóvel, se for abatido a comissão do corretor do lucro auferido, pois o imposto (15%) incidirá sobre um valor menor (lucro - corretagem), ocasionando economia. O rendimento de aluguel de imóvel pode ser dividido entre o casal, reduzindo o imposto a pagar, desde que o imóvel esteja em nome do casal, as declarações forem em separado, e o contrato de aluguel estiver em nome dos dois.

No caso de autônomos, despesas com contas de água, luz, telefone, aluguel etc, podem ser dedutíveis, desde que não superem o valor da receita mensal auferida. A sugestão para os casais é fazer simulações, avaliando se a declaração deve ser feita separadamente ou em conjunto. Uma boa dica é aproveitar o feriado de carnaval e faça simulações, o que pode gerar economia, suavizando a mordida do faminto Leão.

10


Coluna Cristã

Governador Agnelo Queiroz assinou decreto que possibilita venda e concessão dessas áreas

Terrenos de templos religiosos serão regularizados O decreto que permite a licitação de terrenos de templos religiosos, com preferência para os atuais ocupantes, foi assinado pelo governador Agnelo Queiroz. A iniciativa permitirá a regularização urbanística e fundiária das unidades imobiliárias ocupadas por entidades religiosas de qualquer culto para celebrações públicas, entidades de assistência social e povos ou comunidades tradicionais no Distrito Federal. O governador afirmou que um terço dos terrenos do DF estava irregular. “Fizemos um grande trabalho de regularização. Os templos religiosos e entidades sociais são uma área especial, mas tínhamos muita dificuldade para legalizar as áreas que ocupam. Buscamos todos os caminhos para garantir segurança jurídica e a regularização”, declarou Agnelo. O decreto abrange os templos e entidades que já ocupavam o terreno antes de dezembro de 2006. Essas áreas serão licitadas, e os ocupantes terão a opção de comprar ou receber a conces-

são de uso. “A licitação será para Concessão de Direito Real de Uso, com opção de compra, e até 240 meses para pagar”, explicou o secretário de Habitação, Geraldo Magela. A Terracap convocará as entidades relacionadas na Lei Complementar nº 806/2009 para que apresentem requerimento de regularização, juntamente com a documentação exigida, no protocolo da Secretaria de Habitação (Sedhab). “Com a assinatura desse decreto, teremos condições de publicar o primeiro edital em poucos dias”, garantiu Magela. Antes da licitação, todos os terrenos a serem licitados serão vistoriados pela Terracap, para comprovar a utilização para atividades religiosas e de assistência social. As entidades que prestam serviço social permanente poderão ter a Concessão de Direito Real de Uso gratuitamente. Neste caso não terão a opção de compra.

11



Jornal brasília notícias Fevereiro de 2014